Issuu on Google+

01 de Maio de 2012

Ano I - Edição 17 - STI e Foz do Iguaçu - 01/05/12 - R$ 1,00

Santa Terezinha de Itaipu:

30 anos de história e progresso Foto: Divulgação

Página 3

Mercado Comun do Sul (MERCOSUL) Página 02

Entrevista

Prefeita Ana Carlessi relembra realizações de seus dois mandatos

Página 05

A história de Israel Nandi em Santa Terezinha Página 06

Veja em nossas páginas algumas mensagens alusivas ao aniversário de STI Páginas 08 até 17

Coluna Prosa & Verso

O Tradicionalismo Página 18

2º campeonato de Rolimã agitou STI Página 19

A história de Santa Terezinha de Itaipu confunde-se com a de muitas outras cidades da região Oeste do Paraná, pela forma de colonização Página 3

Claudio Eberhardt: dois mandatos de progresso

Salão do Livro terá Erasmo Carlos e Domenico de Masi

O ex-prefeito Claudio Eberhardt, que cumpriu dois mandatos à frente da prefeitura de Santa Terezinha de Itaipu, também faz uma análise de suas administrações, na qualidade de único a ter alPg. 7 cançado a reeleição nestes 30 anos.

O professor e escritor italiano Domenico de Masi confirmou sua presença no V Salão Internacional do Livro de Foz do Iguaçu. Também está confirmada a presença do cantor e compositor Erasmo Carlos. O Salão do livro será reali-

zado de 4 a 13 de maio, na Praça das Nações em Foz do Iguaçu. Além de grandes autores de renome nacional e internacional, haverá dança, música, apresentação de peças teatrais e contação de histórias. Página 21

Esporte

Foz: Canchas de bocha serão inauguradas dia 5 de maio Página 24


Geral

2

01 de Maio de 2012

Mercado Comum do Sul (MERCOSUL) Mercado comum entre os paises do sul, formado pela Argentina, Brasil, Paraguai e Uruguai. Não é apenas uma área de livre comércio entre esses países, mas também uma união alfandegária com objetivo de se tornar um mercado comum buscando a integração, sendo superada apenas pela figura da união econômica. Uma área de livre comércio é um âmbito territorial no qual não existem alfândegas internas. Isso quer dizer que os produtos de qualquer um dos países membros podem ingressar nos outros sem pagar taxas alfandegárias; como se vendessem em qualquer lugar do país de origem. No ano de 1985 a Argentina e o Brasil assinaram a Declaração de Foz do Iguaçu, sendo a base para a futura integração. Em 1990 foi registrado na ALADI o Acordo de Complementação Econômica. Neste mesmo ano houve a intenção de Paraguai e Uruguai se jun-

tarem no processo de integração, a partir daí estabeleceu-se um acordo para criar um mercado comum entre estes quatro países. Em 1991, mais precisamente em 21 de março deste ano, foi assinado o Tratado de Assunção pelos Chanceleres da argentina, do Brasil, do Paraguai e do Uruguai para a criação de um Mercado Comum entre estes países. Para fazêlo, se previu a elaboração de um programa de liberação comercial, a coordenação de políticas macroeconômicas e a criação de uma Taxa Externa Comum, assim como outras normas e disciplinas comerciais, que vigeriam a partir de 1º janeiro de 1995. Até 31 de dezembro de 1994, o Mercosul tinha uma estrutura institucional provisória que abarcou o período de transição estabelecido pelo Tratado de Assunção. Dessa maneira, em 17 de dezembro de 1994, os Presidentes em funções e

os Ministros das Relações Exteriores da Argentina, do Brasil, do Paraguai e do Uruguai assinaram o Protocolo de Ouro Preto, que estabelece a estrutura institucional dos organismos administrativos e políticos do Mercosul. No nível mais alto desta estrutura hierárquica está o Conselho do Mercado Comum (CMC), constituído pelos Ministros das Relações Exteriores e da Economia de cada país membro. Um degrau mais abaixo está o Grupo Mercado Comum (GMC), que funciona como corpo executivo, composto por 16 membros em representação dos Ministérios da Economia e dos Bancos Centrais de cada país. No nível seguinte está a Comissão de Comércio do Mercosul (CCM), encarregada de assistir o GMC e velar pela aplicação dos instrumentos da política comercial comum; a Comissão Parlamentar Conjunta (CPC), órgão representativo dos parlamen-

tos dos países do Mercosul; o Foro Consultivo Econômico e Social (FCES), em representação dos setores econômicos e sociais, e a Secretaria Administrativa do Mercosul (SAM), com sede permanente na cidade de Montevidéu, que dá apoio operativo e é responsável da prestação dos serviços dos outros órgãos do Mercosul. Com a ampliação da sua área de abrangência teve a entrada de vários membros-associados, como o Chile (1996), Bolívia (1997), Perú (2003) e Venezuela (2004), culminando em 2005 com o acordo entre Mercosul e o Pacto Andino que deflagra a proposta de criação da Comunidade SulAmericana de Nações. O Mercosul é uma realidade econômica de dimensões continentais com uma área de 12 milhões de quilômetros quadrados representa um mercado potencial de 200 milhões de habitantes e um PIB acumulado de mais de 1 trilhão de

dólares colocando-se entre as quatro maiores economias do mundo ficando atrás do NAFT, União Européia e do Japão. Os idiomas oficiais e de trabalho do Mercosul, em conformidade com o artigo 46 do Protocolo de Ouro Preto, são o espanhol e o português. Em 21 anos de existência o bloco se desenvolveu muito, mas ainda há muitos entraves burocráticos que precisam ser revistos como é o caso das tarifas para importação e exportação que são altas e ainda a melhoria da infraestrutura que pode contribuir para a redução do custo do transporte. Estes são alguns dos desafios para o desenvolvimento do Mercosul. Quero deixar claro que este tema é muito amplo e seu conteúdo é muito consistente, o que relatei aqui é apenas um resumo deste bloco econômico que tem muitos desafios pela frente. ANTONIO C. PITONDO


Especial aniversário

01 de Maio de 2012

3

Santa Terezinha de Itaipu: 30 anos de história e progresso A história de Santa Terezinha de Itaipu confunde-se com a de muitas outras cidades da região Oeste do Paraná, pela forma de colonização. Durante o ciclo da erva-mate e da madeira, onde hoje se encontra a sede do Município de Santa Terezinha de Itaipu, havia uma mata densa e compacta, rica em madeira de alto valor comercial. No início do século XX, foram feitas algumas concessões para a exploração da erva-mate, a atual área do município fazia parte destas concessões, as quais posteriormente voltaram a incorporar-se ao Patrimônio da União. A extração da erva-mate tornouse comercialmente impraticável em função das normas adotadas, fazendo com que toda a região Oeste paranaense fosse interrompida em sua expansão. A maior fonte geradora de renda desta região era a extração da erva-mate, que chegou ao seu final. Na década de 50, grupos econômicos adquiriram do governo do Paraná glebas de terra na região, com a finalidade de colonização. A Colonizadora Criciúma Ltda., que possuía terras próximas a Foz do Iguaçu, foi um dos grupos que teve maior contribuição para a colonização de Santa Terezinha de Itaipu. Os investidores conseguiam comprar terras a preço muito baixo na região, com o compromisso de transformar as partes de terra devolutas em núcleos habitacionais. As áreas de terra correspondentes ao que é hoje o município de Santa Terezinha de Itaipu estavam divididas em lotes de quarenta alqueires cada um. O pagamento era feito de uma pequena entrada tendo o restante do saldo parcelado. Nesta época foram erguidas as primeiras construções no povoado. O escritório da colonizadora era improvisado em cima de um caminhão, onde se efetuavam as negociações de terra. Em 1952 foi montado o primeiro acampamento da colonizadora, uma casa de madeira coberta por sapé, para acomodar pioneiros e funcionários da empresa. Neste mesmo ano

também foi construído o Hotel São Pedro, visando os compradores que viriam conhecer a região. No ano seguinte, a colonizadora instalou uma serraria e posteriormente uma olaria, iniciando assim o ciclo da madeira em escala industrial. Iniciou-se então o êxodo de famílias de Santa Catarina em busca de terras para o cultivo de suas lavouras. Estas famílias almejavam transformar a região Oeste, ainda coberta pela mata virgem, em cafezais, a exemplo da região Norte do estado. Segundo os corretores da época, seria realizado um tipo de plantação e cultivo de café chamado "sombreado", uma nova espécie que havia sido inventada para facilitar nas transações de terra. Um dos argumentos usados nas negociações era que o tipo de solo seria semelhante ao do Norte do Paraná e o clima favorável a este tipo de plantio. Havia, porém a necessidade da derrubada das matas. A madeira garantiria o investimento aplicado nos cafezais. Isto de fato aconteceu, mas a plantação do café sombreado não obteve sucesso em virtude do clima da região. Em julho de 1953 caiu sobre a região uma geada muito forte, a qual destruiu os cafezais e o sonho dos colonos que haviam investido no plantio do café sombreado. Mas a terra era fértil e constatou-se a viabilidade do cultivo de outras culturas como milho, feijão, hortelã e, posteriormente, soja. Santa Terezinha progrediu significativamente no ano de 1953. A movimentação comercial começava a crescer, com alguns estabelecimentos no ramo de secos e molhados e de materiais de construção, que atendiam as necessidades mais urgentes da pequena vila. Com a abertura da Rodovia BR-35, hoje BR-277, que ligava Cascavel à Foz do Iguaçu, começavam a circular os primeiros veículos, inclusive o automóvel da Colonizadora Criciúma, que trazia os compradores da companhia. Em 1955 foi construída a primeira casa de alvenaria, o primei-

Município de Santa Terezinha de Itaipu, jovem e próspera, orgulho de nossa gente

ro posto de gasolina e a primeira igreja católica da comunidade, batizada em homenagem à Santa Teresinha. Quatro anos mais tarde, a Câmara Municipal de Foz do Iguaçu decretou a criação do Distrito Administrativo de Santa Terezinha, com a delimitação da planta colonizadora. A Lei nº. 230, da criação do distrito, foi publicada no Diário Oficial do Estado do Paraná nº. 212, de 19 de novembro de 1959, página 10. Em 1959, José Miliolli foi nomeado primeiro subprefeito de Santa Terezinha ficando até 1961, ano que Olívio Buzanello foi nomeado permanecendo até 1964. Ataíde Frasson ocupou interinamente a função em 1964, quando Olívio Buzanello desincompatibilizou-se, para concorrer à Câmara de Vereadores de Foz do Iguaçu. Na sequência o Sr. Domingos Zanette permaneceu sob o comando no período de 1965 a 1975; e, novamente de 1975 a 1982, Olívio Buzanello voltou a comandar o até então, distrito. Ainda em 1982 o Sr. Dorival Gonguiller assumiu o cargo interinamente no ato de descompatibilização de Buzanello para concorrer à Câmara do novo município de Santa Terezinha de Itaipu, recém emancipado.

Emancipação Em meados de 1981, a população do distrito era de 11.137 habitantes, sendo 7.792 da área urbana e 3.745 da área rural. Santa Terezinha possuía vida própria e condições territoriais para se tornar um município. Nesta época foram criadas comissões, com o objetivo de recolher assinaturas e levantar a documentação necessária para dar início ao processo de emancipação. Com a parte burocrática já resolvida, o número oficial de habitantes e de residências, a arrecadação suficiente para independência econômica, o número de eleitores e o mapa oficial do distrito, a comissão pró-emancipação e uma comitiva popular foram a Curitiba entregar o projeto ao governador do estado Ney Braga. Santa Terezinha era na época o maior distrito do Brasil, tanto em população como em arrecadação. Em 20 de dezembro de 1981 foi realizada uma consulta plebiscitária para a emancipação do Distrito Judiciário de Santa Terezinha, tendo como resultado 95% de votos favoráveis. Em 03 de maio de 1982 foi sancionado pelo governador Ney Braga a Lei nº. 7.572, a qual criava o Município de Santa Terezinha.

O projeto de emancipação obteve êxito, pois Santa Terezinha possuía todos os requisitos para se tornar independente, tanto por sua localização, condições geográficas, políticas e demográficas. O novo município abrange as seguintes vilas: Vila Vitorassi, Aparecidinha, São José, Bergamasco, São João do Canavial, Três Fazendas, Dois Lapachos, Apepu Grande e Barro Branco. A Santa Terezinha acrescida de “Itaipu” - O nome do município foi alterado para Santa Terezinha de Itaipu, pois já existiam na Bahia e no Ceará outros dois municípios com o nome de Santa Terezinha. Foi acrescida “Itaipu” devido à construção da barragem no Rio Paraná, no município de Foz do Iguaçu, a Itaipu Binacional. Com a elevação de distrito a município, Santa Terezinha teve suas primeiras eleições municipais em 1982, assumindo o cargo de primeiro prefeito municipal a senhora Lenir dos Reis Spada.

Fundação Fundado em 03 de maio de 1982, conforme Lei Estadual nº. 7.572, pelo desmembramento de Foz do Iguaçu, do qual era distrito.


4

Especial aniversário

01 de Maio de 2012

Quais as balizas jurídicas para criação de cargos em comissão? Quais as balizas jurídicas para criação de cargos em comissão. Pelo que se extrai da literatura os cargos em comissão são bastante comuns no setor público e ocorrem sempre que houver a necessidade de contratação de funcionários para cargo de confiança. Assim compreender como se dá a nomeação desses cargos torna-se interessante na medida em que se amplia o conhecimento em relação à administração pública e o balizamento legal para tais nomeações. Os cargos e comissões podem ser preenchido por qualquer pessoa (brasileiro ou estrangeiro), mesmo as que exerçam função pública desde que preencham os requisitos estabelecidos em Lei e sejam observdos os princípios da legalidade, impessoalidade, moralidade, publicidade e eficiência. A criação de cargos e comissão deve estar previsto em lei. A necesside de privisão legal é uma exigência constitucional prevista no arti 48, inciso Xe 61, II alinea a, que estabelecem normas de repetição obrigatoria nas Constituições Estaduais e Leis Orgnâncias municipais. Essa privisão constitucional encontra-se regulamentada nos artigos 48, inciso X, e 61, II, alínea “a”, que são normas de repetição obrigatórias, ou seja, são de inserção compulsória nas Constituições Estaduais e Leis Orgânicas Municipais. No que se refere ao

Poder Legislativo, pelo que se deprende do artigo 48, 51 e 52 da Constituição Federal de 1988, a competência e privativa podendo a criação de cargos em comissão ser feita por meio de resolução. No Poder Judiciário a criação també é privativa e depende de lei de iniciativa do Supremo Tribunal Federal, Tribunais Superiores e Tribunais de Justiça, tal como se infere da leitura do artigo 96, inciso II, alínea “b” da Constituição Federal. No que diz respeito ao Ministério Público a Constituição assegura autonomia funcional e administrativa, podendo este órgão propor ao Poder Legislativo a criação e extinção de seus cargos e serviços auxiliares, provendo-os por concurso público de provas ou de provas e títulos, a política remuneratória e os planos de carreira; cabendo à lei dispor sobre sua organização e funcionamento. Pelo que se pode observar a criação de cargos em comissão são cargos de confiança destinados somente para atribuições de direção, chefia e assessoramento. A nomeação e livre podendo ser ocupado por qualquer pessoa, Inclusive por servidores públicos concursado. A previsão legal para essas nomeações são previstas na Constituição Federal de 1988, contudo não assegura a seus titulares estabilidade no emprego. Aracely de Souza


Especial aniversário

01 de Maio de 2012

5

Prefeita Ana Carlessi relembra realizações de seus dois mandatos Santa Terezinha de Itaipu comemora neste dia 3 de maio o seu trigésimo aniversário de emancipação. O Jornal Cataratas vem realizando uma série de reportagens com os emancipacionistas e personalidades políticas que deram sua contribuição para o progresso e desenvolvimento do município. Personalidades vêm sendo entrevistadas por nós, como o ex-deputado Tércio Albuquerque, que deu grande contribuição na luta pela emancipação. Nesta edição, uma de nossas entrevistadas é a atual prefeita Ana Maria Carlessi, matéria focada em sua gestão anterior (19972000), na atual gestão ela tem como grande feito a realização da Primeira Expomilho que alcançou grande sucesso. Ana Carlessi tem uma longa e ascendente carreira pública no município de Santa Terezinha. Tudo começou quando a gestora era ainda apenas uma funcionária de carreira, isso na gestão da então prefeita Lenir Spada (1983-1988). Na época atuou na agência

Sempre tive uma coisa em mente, a transformação só é possível através da educação, por isso grande parte dos investimentos que fiz naquela época foram nesse setor

dos Correios e também na Unidade Mista de Saúde. Como funcionária lotada na saúde Ana passou a ter contato direto e constante com a população, oportunidade que não desperdiçou, pois logo em seguida, mais precisamente nas eleições de 1988, viria a se candidatar ao cargo de vereadora. Na oportunidade foi eleita pelo PMDB, partido que permanece até hoje, a mais votada com 537 votos. Como vereadora na gestão do então prefeito Carlinhos Montemezzo (1989-1992), Ana conquistou junto ao grupo político que pertencia, a credencial para candidatarse a vice-prefeita ao lado de José Luiz Dias, o Juca. Ven-

Prefeita de Santa Terezinha de Itaipu Ana Maria Carlessi

ceram a eleição e trabalharam lado a lado entre 1993 a 1996. Com seu carisma e popularidade, foi em seguida indicada para ser a candidata à prefeita nas eleições de 1996. Numa eleição com três concorrentes, Ana obteve em sua mais uma vitória, sendo eleita a chefe do executivo para o período de 1997 a 2000. Em 2000, Ana não concorreu a nenhum cargo político, mas assumiu o posto de diretora da 9ª Regional de Saúde em 2002. Volta ao páreo nas eleições de 2004, mas não obtêm êxito na candidatura à prefeita. Já em 2008, concorre novamente e com margem apertada de votos vence o pleito tornando-se prefeita pelo segundo mandato.

Primeira gestão

Ana Carlessi "conquistamos muitos recursos que tem levado nosso município a uma posição de destaque na região"

Sobre sua gestão anterior, entre 1997 a 2000, Ana enfatiza que executou obras importantes, mas dá destaque para a educação. "Sempre tive uma coisa em mente, a transformação só é possível através da educação, por isso grande parte dos investimentos que fiz naquela época foram nesse setor". Engrossa a lista de obras

voltadas à educação a construção da escola municipal Cecília Meireles; construção da Biblioteca Pública; cobertura da quadra esportiva do Colégio Estadual Arcângelo Nandi; ampliação do Colégio Estadual Dom Manoel Konner (cozinha e biblioteca); ampliação das creches Santa Mônica e Parque dos Estados; reforma da Escola Municipal Nossa Senhora do Carmo; implantação do ensino fundamental no bairro Santa Mônica com a criação do Colégio Ângelo Antônio Benedet, que em princípio funcionou em salas de aula cedidas na escola municipal Monteiro Lobato; inauguração do CAIC

implantando a Escola Municipal Olímpio Sprícigo e ainda a doação do prédio da antiga Escola Criciúma para a associação Pestalozzi que atua com a educação especial. "É um legado importante que deixamos para nossa educação. Ainda hoje ela é nossa preocupação. No início deste mandato, por exemplo, fizemos a troca do material pedagógico passando a trabalhar com as apostilas da Editora Positivo, quem tem filhos que estudam na rede municipal sabem muito bem da qualidade, pois o material é o mesmo de muitas escolas particulares. E a prova mais

clara de que funcionou foi a conquista do índice de 6.4 no IDEB (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica) em 2010", pontua Ana Carlessi. Perguntada sobre possíveis dificuldades para gerenciar o município e conquistar recursos na gestão anterior, Ana recorda que foi muito diferente de agora. "Daquela vez que fui prefeita o governador do Estado era o Jaime Lerner, e apesar de eu ser de um partido de oposição, conquistamos muitos recursos, não houve retaliação; pelo contrário tivemos muita atenção do governo do Estado".


Especial aniversário

6

01 de Maio de 2012

A história de Israel Nandi em Santa Terezinha de Itaipu Israel Nandi tem uma história que se confunde com a história do próprio município de Santa Terezinha de Itaipu. Iniciou sua vida comercial como dono de farmácia, foi vereador, secretário de esportes e empresário do ramo imobiliário, tendo como sócio Lindomar Jose Dias ao longo de uma década, embora nos últimos tempos ele esteja mais como colaborador, mas destaca a importância da atividade que lhe rendeu muitas amizades, especialmente com os agricultores, que lhe rendeu uma benéfica bagagem de conhecimentos. Chegou em Santa Terezinha de Itaipu em 1969, portanto a 43 anos, ele veio para atuar no ramo de farmácia e trabalhou com isso durante 21 anos, criou 5 filhos e vive até hoje na cidade e diz que não troca Santa Terezinha por lugar nenhum, porque foi aqui que conheceu pessoas, família, amigos, fundadores, pioneiros, crianças, jovens, e idosos, que se tornaram uma família muito grande: "Participei de todos os eventos, desde a época em que Santa Terezinha ainda era distrito e trabalhamos para que Santa Terezinha fosse o que é hoje, participando de tudo para o qual era convidado". Israel Nandi foi candidato a vereador em l998, na primeira legislatura do novo município e logrou êxito em ser eleito por duas vezes, mesmo sem ter conhecimento de causa: "Eu não tinha noção de politica, não tinha conhecimento do que se fazia numa câmara municipal, mas a pedido de amigos, participei e fui eleito exer-

ci o cargo durante 8 anos, tendo a honra de presidir o legislativo por dois anos. Aprendi muito, na época se trabalhava por amor à camisa, o salariozinho era insignificante, mas o que interessava era a vontade de mostrar serviço e ajudar que o município se projetasse da forma que está hoje. As primeiras leis e quase que maioria das leis de Santa Terezinha foram feitas e votadas nos primeiros anos de mandato. Estudamos muito, aprendemos muito na política e sempre gostei dela e participo da vida política". Comprovando sua atuação, Israel foi um dos fundadores do PFL (DEM) de Santa Terezinha de Itaipu e continua no Partido até hoje e disse que briga em defesa da sigla da qual faz parte; ale disso foi sócio fundador do Rotary Clube e presidente por três oportunidades. Na administração pública já ocupou o cargo de secretário municipal de esportes, onde procurou trabalhar de acordo com a estrutura que lhe foi oferecida na época e destaca a dedicação de sua equipe de trabalho que muito contribuiu para o sucesso de sua gestão. Pescador apaixonado, Israel fala dessa paixão: "Pescar é o meu esporte preferido, eu gosto de pescar, mas gosto de participar de todos os eventos. Sou sócio fundador da Anpasti, e presidi a associação por duas vezes e me orgulho de ter colaborado, tanto que continuo ajudando sempre que possível. Não é porque completei 69 anos que eu vou me acomodar, quero participar da vida social da minha cida-

de por muito tempo". Na análise de Israel Nandi, nestes 30 anos de emancipação de Santa Terezinha de Itaipu, os governantes que passaram pelo Palácio 3 de Maio, mostrou que uns foram mais arrojados e outros nem tanto, mas no gera todos foram importantes para o desenvolvimento do município que hoje está projetada a nível de Estado, como uma cidade boa de se morar sendo procurada por muita gente. "Santa Terezinha tem um espaço muito grande para crescer e vai crescer em todos os seguimentos. Quem quiser fazer um bom investimento que venha para Santa Terezinha que é cidade de progresso e de futuro", aconselha Israel.

Homenagem dos netos, amigos e familiares No dia 13 de abril, Israel completou 69 anos de idade e recebeu comovente homenagem de amigos e familiares, especialmente dos netos. Segundo ele, chega aos 69 Anos bem de saúde e praticando atividades físicas e comparecendo ao trabalho diariamente, apesar de já ter se aposentado. É de seu feitio participar das atividades comunitárias trabalhando pelo bem comum, sendo que a política merece um capítulo especial na sua vida. A respeito da homenagem pres-

tada no dia de seu aniversário, ele disse: "Foi uma homenagem que me comoveu, porque estavam presentes meus netos Éderson Rafael, Camila Gabriely, Juliana e Giovanni Junior. Foi uma emoção muito grande, porque a família é o alicerce de tudo isso, se não tivesse uma família a meu lado, me apoiando e dando sustentação, seria bastante difícil o dia-a-dia. A nossa preocupação é muito grande, especialmente com os netos, porque com os filhos o tempo

O que é ser velho? É ter mais de 65 anos de idade e entrar na fila dos aposentados e idosos? Difícil responder esta questão quando falamos de você vô Israel! Você, está sempre disposto para uma pesca (o que aliás é uma de suas grandes paixões), nos cerca de muito carinho, de muito amor. Que nos dá tudo sem nada pedir. Que nos ama mais que a si próprio, sempre com muito ânimo para nos levar para uma pescadinha. Vô que Deus o abençoe cada dia mais e que nos dê a bênção de sempre tê-lo conosco, nos ensinando que na vida sempre se vence com muita paciência (que aliás você tem de sobra). Você é para nós, seus netos, e toda a sua família um grande exemplo de experiência, de trabalho, de honestidade, de fé , de firmeza e principalmente de muito amor. Nós amamos muito voce e queremos hoje te desejar muita saúde, para que possamos tê-lo ao nosso lado durante muitos e muitos anos, e podermos desfrutar da sua companhia. Parabééééééééns.

C

era escasso para dedicar a eles, mas agora mais acomodado como avô, tenho mais tempo para ficar junto com os netos, orientando-os, informando e formando-os, porque a nossa juventude hoje precisa de um grande apoio familiar, porque é bastante complicado devido a violência e drogas, e precisamos mostrar a eles o caminho certo, é preciso estar atento e dar apoio. Graças a Deus tenho uma família exemplar que me dá muito orgulho e espero que seja assim por muito tempo".

omo poderei homenagear você, se todas as formas parecem simples, diante do que você merece. Hoje é seu aniversario e eu gostaria que você sentisse algo especial no peito, uma vontade de viver, uma alegria incontrolável, uma satisfação por estar completando mais um ano de vida, com quase todos os sonhos realizados. Porque fazer aniversário é sentir nascer uma esperança de dias melhores e você vô, tem contribuído muito pela união da família, por isso me orgulho tanto, por estar parabenizando este grande homem que é. Continue acreditando, sonhando, e um dia, tudo será como você quer. Eu estarei ao seu lado, aprendendo sobre a vida e lhe ensinando obre esperança. Feliz aniversário vô, conte com meu carinho, sei que sabe bem mais que eu, mas quem sabe muito também se surpreende com as surpresas do destino. Parabéns, feliz aniversário.


Especial aniversário

01 de Maio de 2012

7

Claudio Eberhardt: dois mandatos de progresso O ex-prefeito Claudio Eberhardt, que cumpriu dois mandatos à frente da prefeitura de Santa Terezinha de Itaipu, também faz uma análise de suas administrações, na qualidade de único a ter alcançado a reeleição nestes 30 anos. “É gratificante saber que desempenhamos o nosso papel, fomos avaliados e reavaliados pela população, tendo sido o único prefeito reeleito na história do município e com certeza o nosso papel tecnicamente e politicamente foi cumprido, fico satisfeito vendo o reco-

nhecimento da população ao nosso trabalho no dia-adia, no contato que nós temos e com certeza Santa

contexto regional”, avaliou Eberhardt. Com relação às obras feitas nas suas gestões, Cláudio considera que o conjunto desenvolvido nos oito anos em que foi prefeito envolveu todos os setores da vida pública, desde o setor de saúde, esportes, até a área industrial, passando por estradas vicinais que foram pavimentadas e acrescentou: “O mais gratificante de tudo isso, foi ter uma equipe que compreendeu o programa a ser cumprido e o nosso papel na melhoria do índice de desen-

Isso foi importante, porque nos fez cobrar mais da equipe, nos fez adotar critérios interessantes no controle interno e externo. Meu relacionamento com os vereadores sempre foi bom e num nível essencialmente técnico Terezinha é uma terra próspera e o seu futuro, com certeza, será de ocupar um papel importante dentro do

Claudio Eberhardt, que cumpriu dois mandatos de prefeito em Santa Terezinha de Itaipu

volvimento humano da população que foi cumprido e o IDH foi melhorado, segundo o Ministério da Saúde e é por isso que é gratificante. Santa Terezinha, dentro do nosso plano, que apresentamos durantes dois pleitos eleitorais, conseguimos fazer com que acontecesse o resultado e foi aquilo que a população esperava. Envolve uma série de condições e a gente na vida sempre quer mais e o administrado também sempre quer mais. É evidente que um município não depende só de seus próprios recursos, mas também de programas federais, de programas estaduais e sempre fica alguma coisa em aberto, porque um município nunca fica pronto, sempre tem as suas demandas no dia-adia, a população cresce a cidade se desenvolve e as demandas sempre vão acontecer, mas dentro do que nós nos propusemos a fazer, pelos programas de governo que apresentamos, conseguimos cumprir com aquilo que nos comprometemos, é claro que a medida que o tempo passava novas demandas surgiram, obrigando o administrador a desempenhar o seu papel e principalmente assumir a responsabilidade, sempre haverá muito a fazer”. Relacionamento com a Câmara: A respeito do relacionamento com o legislativo, Cláudio lembra que em 2001, no seu primeiro mandato, enfrentou uma

oposição ferrenha na Câmara de Vereadores, mas considera isso como um fato positivo e explicou por que: “Isso foi importante, porque nos fez cobrar mais da equipe, nos fez adotar critérios interessantes no controle interno e externo. Meu relacionamento com os vereadores sempre foi bom e num nível essencialmente técnico” Santa Terezinha de Itaipu hoje: O ex-prefeito se eximiu de tecer comen-

tários sobre o atual momento do município, pois teria de analisar a administração atual e segundo ele, se assim agisse estaria faltando com a ética na política. “Eu me resguardo, até por uma questão ética, de avaliar o governo que está acontecendo. Acredito que Santa Terezinha pode mais, mas quem tem que avaliar é a população e quem avalia governo são as urnas. Eu fui avaliado na minha reeleição em 2004, e acho que bem avaliado, porque fui reeleito.


8

Especial aniversรกrio

01 de Maio de 2012


01 de Maio de 2012

Especial aniversรกrio

9


10

Especial aniversรกrio

01 de Maio de 2012


01 de Maio de 2012

Especial aniversรกrio

11


12

Especial aniversรกrio

01 de Maio de 2012


01 de Maio de 2012

Especial aniversรกrio

13


14

Especial aniversรกrio

01 de Maio de 2012


01 de Maio de 2012

Especial aniversรกrio

15


16

Especial aniversรกrio

01 de Maio de 2012


01 de Maio de 2012

Especial aniversĂĄrio

Anestino Martins de Oliveira completou no Ăşltimo dia 15 de abril 103 anos de idade. Apesar da idade seu Ernestino ainda ĂŠ frequentador do grupo da Melhor Idade Amor e Carinho,

17


Prosa & Mate

18

01 de Maio de 2012

e-mail: prosaemate_sti@hotmail.com

O Tradicionalismo Agora o gaúcho e seus usos e costumes estão ameaçados. A forte propaganda americana seduz a juventude de nossa terra, com as Seleções, as revistas em quadrinhos e o cinema, o “cowboy” e toda uma gama de heróis norte-americanos. E por trás disso tudo, se vão as ricas divisas acumuladas pelo Brasil durante o conflito e vem o plástico, o uísque, a Coca-Cola e o chiclé, além das armas velhas e veículos de guerra usados que estão sobrando nos Estados Unidos. Nesta época já existem muitos jornais em Porto Alegre e no interior do Estado e só na capital várias fortes emissoras de rádio. Agora sim, o Rio Grande do Sul parece ter saudade do gaúcho. A nova entidade que os rapazes sonham fundar seria um clube exclusivamente masculino, só com 35 sócios (para evocar o ano em que começou o Decênio Heróico) e a sede seria um rancho no Parque da Redenção. Mas as férias escolares interromperam os planos. Reencontram-se todos com o começo das aulas, em 1948 e a 24 de abril, no amplo e sólido porão do solar da família Simch, na Rua Duque de Caxias (hoje existe um moderno edifício no lugar) funda-se, depois de muita discussão, o “35” – Centro de Tradições Gaúchas, nome proposto por Barbosa Lessa. Flávio Ramos propõe o lema: “Em qualquer chão – sempre gaúcho!”. Guido Mondin desenha o símbolo: o número

35 atravessado por uma lança de cavalaria. Glaucus Saraiva imagina toda uma nomenclatura campeira para os cargos de diretoria e repartições do novo centro e é eleito o seu primeiro Patrão. E logo o chamamento do “35” encontrou resposta. A 8 de agosto desse mesmo ano (menos de 4 meses depois da fundação do “35” CTG) os rapazes de Porto Alegre tem que ir a Taquara, onde se funda o CTG “O Fogão Gaúcho”, copiando em tudo o modelo proposto pelo Pioneiro, “sui-generis”, original, único no mundo onde cada célula (CTG ou entidade tradicionalista afim) guia-se obrigatoriamente pelos mesmos princípios e normas de ação. O tradicionalismo tem aspectos especiais e específicos, que são os culturais, divididos em ciências e artes. Os aspectos especiais são cinco e todos são fundamentais. Faltando qual-

(CONTINUAÇÃO)

quer deles, já não se fala em tradicionalismo.

Aspecto cívico É o que primeiro se nota nas atividades do CTG. Lá estão as bandeiras e os hinos, do Brasil e do Rio Grande do Sul, nas festas, nas solenidades, nos desfiles de cavalaria e nas sedes são comuns os quadros retratando os nossos heróis e figuras patrióticas. O gaúcho tem duas pátrias: a Pátria Grande, que é o Brasil e Pátria Pequena, ou Chica, que é o Rio Grande do Sul.

Aspecto filosófico O aspecto filosófico do Tradicionalismo é dado pelos quatro documento básicos que norteiam obrigatoriamente (aprovado em três congressos e uma convenção) todos os centros de tradições gaúchas. O primeiro é a tese “O sentido e o valor do Tradicionalismo Gaúcho”, de Barbosa Lessa, aprovada no I Congresso Tradicionalista do RGS,

em Santa Maria, julho de 1954. O segundo é a tese “A função acultuadora dos centros de tradições gaúchas”, de Carlos Galvão Krebs, aprovada no II Congresso Tradicionalista do RGS, julho de 1955. O terceiro é a Carta de Princípios do Movimento Tradicionalista do RGS, de Glaucus Saraiva, aprovada no VIII Congresso Tradicionalista do RGS, em Taquara, julho de 1961 e o quarto é a tese “A função social do MTG”, redigida por Antônio Augusto Fagundes sob orientação de Onésimo Carneiro Duarte, aprovada pela Convenção Tradicionalista de Lagoa Vermelha, em julho de 1984. Esses quatro documentos fundamentais ditam a filosofia do Tradicionalismo, dandolhe unidade e tornando-o um movimento. Se não, haveria entidades tradicionalistas com orientação própria, sem um sentido comum, como sucede em outros países.

Aspecto ético

Aspecto recreativo

Esse é o aspecto da filosofia não escrita do tradicionalismo, que diz sobre o permitido e o proibido dentro das entidades tradicionalistas, mas informalmente. Porque não se realizam bailes de carnaval dentro de um CTG? Porque o Papai Noel não entra em CTG? Porque não existe homossexual no tradicionalismo? Porque não existe droga? Perguntas frequentes mas, nada disso é proibido pelos estatutos e regimentos internos e, no entanto, a ética do tradicionalismo disciplina esses assuntos sem o uso das sanções, apenas por sua força intrínseca, forte como tudo o que a gente leva naturalmente dentro de si.

Além de tudo o que oferece, o tradicionalismo precisa oferecer aos associados também recreação. Lá está a roda de mate, o churrasco, o arroz-de-carreteiro, o cigarro palheiro e o infaltável fandango, que é o momento de recreação por excelência do tradicionalismo. Entre os aspectos específicos, ou culturais, do tradicionalismo, estão as ciências e as artes. As ciências são todas aquelas que, com seus conhecimentos, podem auxiliar o movimento no que se propõe. A história diz do passado glorioso, homens e momentos que construíram o Rio Grande do Sul. A geografia localiza pagos e querências, rios, lagoas, cerros, onde às vezes as lendas também estão presentes. A linguística estuda o falar gauchesco. A zoologia, bichos como o cavalo e o boi, fundamentais na história do gaúcho. A botânica, estuda árvores e plantas. Sem essa ciência, como saberíamos sobre a ervamate?

Aspecto associativo Toda a entidade tradicionalista reveste obrigatoriamente o caráter de associação civil, organizada e registrada de acordo com a lei brasileira. O tradicionalismo é obrigatoriamente coletivo. Individual, quando muito, a tradição.


01 de Maio de 2012

Geral

19

2ยบ campeonato de Rolimรฃ agitou STI


Geral

20 Astrologia

ÀRIES Não permita que uma discussão boba acabe se transformando numa grande ferida; e assim afastando seus familiares. Controle sua irritabilidade fará bem para sua saúde. O clima no trabalho tende a ser de camuflagem; pode rolar certa tensão provocada por críticas. Pratique exercícios físicos para aliviar a tensão. Amor favorecido dedique-se mais. N. 84 TOURO Assuma suas responsabilidades com mais determinação. Com determinação e firmeza nas decisões certamente conseguirá resultados bem positivos. Conte com ajuda dos colegas, mas não empurre pra eles tarefas que são suas, haja com honestidade e será mais fácil a convivência com as pessoas. No amor. Saia da rotina invente algo diferente. N. 04. GÊMEOS Tenha cuidado para não ficar pensando demais e acabar se estressando. Você anda preocupado demais com o rumo da própria vida. Sua mente não para de ter idéias e questionar. Dê um passeio ao ar livre, divirta-se mais com os amigos e pessoas de alto astral, Lhe fará muito bem. O contato com a natureza as vezes se faz neces-

sário. N 97. CÂNCER Aproveite esses dias para curtir mais o amor, seja buscando uma pessoa diferente, carinhosa... Ou revitalizar um relacionamento já existente. Invista num clima romântico. No trabalho não lhe faltará imaginação, só falta colocar as idéias em prática. Evite confrontos familiares. Novas amizades estão favorecidas. N. 38 LEÃO - Vejo que sua facilidade em lidar com situações novas e desafiadoras, será reconhecida pelos superiores. Não seja tímido, não se esconda atrás da mesa. Levante a cabeça e enfrente os novos desafios. Isso ajudará a valorizarse. Com a pessoa amada falta dedicação. Deixe o orgulho de lado. N. 14 VIRGEM - O excesso de agitação ou de preguiça é prejudicial. Procure o equilíbrio para não comprometer o andamento das coisas. Não fazer nada às vezes é bom, mas não é momento pra isso. Troque idéias com pessoas mais próximas, que você admira, fará bem ao seu coração. Saúde favorecida. Controle a ansiedade. N. 28. LIBRA - Seu trabalho pode diminuir o tempo dedicado aos familiares e a casa. Procure mudar essa

01 de Maio de 2012

rotina e tornar seu dia a dia mais feliz. Com a pessoa amada, freqüente lugares diferentes, será bastante divertido. Surpreenda a quem ama libra. Novas propostas de trabalho poderão surgir, pense com carinho antes de decidir. N 46 ESCORPIÃO - Dias um pouco parados sem grandes novidades. Mas nem por isso deixe de cumprir com suas obrigações de rotina. É preciso agir de forma responsável e competente, mesmo não gostando. Evite confronto com pessoas próximas e controle a impaciência. Amor favorecido, mas se controlar o ciúme melhora ainda mais. N.77 SAGITÁRIO - Procure uma forma de se defender das vibrações dos ambientes que freqüenta . Proteja-se. Sua mente está fervilhando na tentativa de entender o que se passa com você. Seu corpo tende a ficar cansado. Viva a vida sem pensar tanto no amanhã. No fim tudo dará certo. Amigos contam com sua ajuda. Colabore no que for possível. N. 97 CAPRICÓRNIO - Se estiver só, quando menos esperar, poderá conhecer uma pessoa especial. Alguém da família apresentará a você. Se já namora, dê mais atenção e espaço para conversas ao pé do ouvido, e passeios que deixem gostosas lembranças. Seja mais cúm-

plice de sua pessoa amada. No trabalho você anda muito sério, mito fechado. Sorria mais. N. 62 AQUÁRIO Fique atento com pessoas maldosas, alguém pode tentar dividir os lucros da vitória com você sem merecer. Fique de olho nos colegas de trabalho e tudo correrá bem. Se surpreenderá até com os resultados alcançados. A ansiedade de conhecer alguém especial pode levá-lo a se envolver com a pessoa errada. Seja paciente. N. 41 PEIXES Aproveite para curtir intensamente a pessoa amada. Faça programas divertidos diferentes. Mas evite forçar a barra para tornar a relação mais séria. Deixe que vá se transformando aos poucos. Cuide de sua saúde alimentando-se melhor. Boas noites de sono também farão bem. No trabalho confie em sua capacidade de organização. 15

Professora DELAMARIS

PROFESSORA DELAMARIS - ASTROLOGIA E TARÔ | DELAMARIS2009@HOTMAIL.COM CONSULTA COM HORA MARCADA (45) 9903 2465 | Foz do Iguaçu


Geral

01 de Maio de 2012

Salão do Livro terá Erasmo Carlos e Domenico de Masi

Vida Passageira Se pudéssemos ter consciência do quanto nossa vida é passageira, talvez pensássemos duas vezes antes de jogar fora as oportunidades que temos de ser e de fazer os outros felizes. Muitas flores são colhidas cedo demais. Algumas, mesmo ainda em botão. Há sementes que nunca brotam e há aquelas flores que vivem a vida inteira até que, pétala por pétala, tranqüilas, vividas, se entregam ao vento. Mas a gente não sabe adivinhar. A gente não sabe por quanto tempo estará enfeitando esse Éden e tampouco aquelas flores que foram plantadas ao nosso redor. E descuidamos. Cuidamos pouco. De nós, dos outros. Nos entristecemos por coisas pequenas e perdemos minutos e horas preciosos. Perdemos dias, às vezes anos. Nos calamos quando deveríamos falar; falamos demais quando deveríamos ficar em silêncio. Não damos o abraço que tanto nossa alma pede porque algo em nós impede essa aproximação. Não damos um beijo carinhoso “porque não estamos acostumados com isso” e não dizemos que gostamos porque achamos que o outro sabe automaticamente o que sentimos. E passa a noite e chega o dia, o sol nasce e adormece e continuamos os mesmos, fechados em nós. Reclamamos do que

21

não temos, ou achamos que não temos suficiente. Cobramos. Dos outros. Da vida. De nós mesmos. Nos consumimos. Costumamos comparar nossas vidas com as daqueles que possuem mais que a gente. E se experimentássemos comparar com aqueles que possuem menos? Isso faria uma grande diferença. E o tempo passa... Passamos pela vida, não vivemos. Sobrevivemos, porque não sabemos fazer outra coisa. Até que, inesperadamente, acordamos e olhamos pra trás. E então nos perguntamos: E agora? Agora, hoje, ainda é tempo de reconstruir alguma coisa, de dar o abraço amigo, de dizer uma palavra carinhosa, de agradecer pelo que temos. Nunca se é velho demais ou jovem demais para amar, dizer uma palavra gentil ou fazer um gesto carinhoso. Não olhe para trás. O que passou, passou. O que perdemos, perdemos. Olhe para frente! Ainda é tempo de apreciar as flores que estão inteiras ao nosso redor. Ainda é tempo de voltar-se para Deus e agradecer pela vida, que mesmo passageira, ainda está em nós. Pense!... Não o perca mais! www.rivalcir.com.br

O professor e escritor italiano Domenico de Masi confirmou sua presença no V Salão Internacional do Livro de Foz do Iguaçu. Também está confirmada a presença do cantor e compositor Erasmo Carlos. O Salão do livro será realizado de 4 a 13 de maio, na Praça das Nações em Foz do Iguaçu. Além de grandes autores de renome nacional e internacional, haverá dança, música, apresentação de peças teatrais e contação de histórias. A abertura do Salão do Livro está marcada para as 9 horas do dia 4 de maio com a palestra de Ana Lee que exibirá o filme “Deus e o Diabo na Terra do Sol”, de Glauber Rocha, seguido de palestra. A escritora Anna Lee desenvolveu estudos na Sorbone sobre o premiado diretor brasileiro. A abertura solene do Salão do Livro será as 19 horas, com a presença de autoridades e apresentações musicais. Em seguida haverá palestra com Paulo Markum, autor de diversos livros, entre eles“Cabeza de Vaca”, e “Vlado”, sobre a morte de Vladmir Herzog. Markun foi apresentador do programa Roda Viva, da TV Cultura. No sábado haverá uma grande palestra seguida de debate com a escritora e pedagoga de renome nacional, Matha Medeiros. Ela é jornalista e escritora gaúcha, colunista do jornal Zero Hora de Porto Alegre, e de O Globo, do Rio de Janeiro. Strip-Tease (1985), Editora Brasiliense - São Paulo, foi o primeiro de seus 20 trabalhos publicados entre romances, crônicas e poesias. Com olhar atento ao universo feminino, muitas de suas publicações ganharam adaptações para o teatro e cinema como; Trem-Bala (1999), já na 9ª edição, Divã (2002), Tudo que eu queria te dizer (2007), Doidas e Santas (2008) e Fora de Mim (2010), que ganhará adaptação este ano. Domenico de Masi se apresenta no dia 07, às 20 horas, no auditório 2 do Sa-

lão do Livro e vai palestrar sobre “A Felicidade”. Professor de Sociologia do Trabalho na Universidade La Sapienza de Roma e diretor da S3 Studium, é autor do famoso livro “O Ócio Criativo”,obra considerada revolucionaria no meio corporativo. De Masi é autor também de “Desenvolvimento sem Trabalho”, “A Emoção e a Regra” e “O Futuro do Trabalho”, que também se destacaram no universo do trabalho. O sociólogo é o responsável pela ideia de que o descanso é um acelerador da criatividade e defende que o trabalho deve estar associado ao conceito de prazer, que as pessoas precisam utilizar seu tempo livre para relaxar e permitir que a criatividade tome conta do pensamento. A apresentação de Erasmo Carlos será no dia 10, às 20 horas, também no auditório 02. O cantor ministra a palestra com o tema “Minha fama de mau”. Erasmo nasceu no Rio de Janeiro, é cantor e compositor de várias músicas famosas, como O Tremendão, Mulher, Rock in Roll e sua parceria com Roberto Carlos rendeu mais de 500 composições. O jornalista e escritor Domingos Meireles ministra uma palestra no auditório 02, na sexta-feira, dia 11, às 19 horas. A palestra “1930 – Os Órfãos da Revolução” terá a participação especial de Flávio Tavares, autor do livro “1961 – O Golpe Derrotado”. Meireles ainda participa de uma mesa de discussões no dia 12, às 11 horas, juntamente com o jornalista Aluisio Palmar e Flávio Tavares. Domingos Meireles, que participa pela segunda vez do salão do livro, será o patrono do evento.“Elegemos Domingos justamente pela sua ligação com a cidade. Ele é um amigo de Foz”, disse o presidente da Fundação Cultural, Adelino de Souza. O jornalista investigativo, Amaury Ribeiro Jr também é convidado do Salão do Livro e faz palestra no domingo, dia 06, quando

vai ministrar uma palestra sobre “A Privataria Tucana”, no auditório 02. O jornalista já foi ganhador de três prêmios Esso; quatro Vlademir Herzog e em dezembro de 2011, lançou o livro A Privataria Tucana, onde relata um suposto esquema usado no Brasil para lavagem de dinheiro em paraísos fiscais. Eric Nepomuceno é jornalista e escritor. Foi correspondente pelo Jornal da Tarde na Argentina e pela Veja na Espanha e México. Trabalhou na Rede Globo como editor e foi cronista do Caderno B, do Jornal do Brasil. Seus livros de contos e de não-ficção ganharam vá-

rios prêmios, inclusive o Jabuti pela tradução de autores de língua espanhola. Em 2007 lançou o livro O Massacre sobre a tragédia de Eldorado dos Carajás lhe rendeu o segundo lugar na categoria livro reportagem no Jabuti 2008. O escritor ministra palestra sobre “Garcia Marques”, no dia 13, às 20 no Salão do Livro. Já o jornalistas Flávio Tavares foi um dos presos políticos durante a ditadura militar e, nos anos 70, ficou exilado na Argentina, se tornando correspondente dos jornais Folha de São Paulo e O Estadão. Voltou para o Brasil em 1979. Hoje vive e trabalha em Búzios/RJ.

CLASSIFICADOS JC * VENDE-SE UMA ÉGUA MANGA LARGA. INTERESSADOS LIGAR NO FONE:9972-9249 FALAR COM RISIOMARA VENDE-SE UMA MOTO TWISTER 2002 - 2003. INTERESSADOS LIGAR NO TELEFONE 9974.8161. VENDE-SE A PAPELARIA E BAZAR CLABEL, NA AV DOS ESTADOS, 1840 AO LADO DA SONIA HELENA. COM MAIS DE 20 ANOS NO MERCADO. VALOR A COMBINAR...INFORMAÇÕES PELO 3541-3630 OU 9975-2610 COM MIRO PARNOFF. VENDE-SE UMA CASA NO CONJUNTO CATARATAS. CASA DE LAJE,NOVA, COM 70 METROS QUADRADOS. INTERESSADOS ENTRAM EM CONTATO COM O TELEFONE 9974.8161

Quer anunciar seu classificado gratuitamente? Mande e-mail para gerson@blogdolago.com.


Geral

REFLEXÕES SOBRE ADORAÇÃO Silvano Amorim1. Adorar é a forma mais sublime e eficaz de reverenciar a Pessoa de Deus. 2. Quando adoramos declaramos reconhecer a supremacia de Deus sobre o Universo e a soberania de Deus sobre Suas criaturas. 3. Quando louvamos a Deus, nos apresentamos a Ele. 4. Na adoração Ele Se apresenta a nós. 5. Na adoração o respeito assume a forma mais sublime, numa devoção que supera o limite do natural. 6. A palavra grega usada para adorar em Lc 4.8 e Jo 4.24 é proskuneo. 7. Somente DEUS é digno e merecedor de adoração, Mt 4.9,10, ou seja, nenhum homem jamais deve receber adoração de qualquer natureza, At 10.25,26. 8. Adorar a Maria ou a Pedro é um insulto a Deus. Jesus não concedeu qualquer grau de excelência ou superioridade a membros de Sua família humana, Mt 12.46-50. 9. Adorar ídolos ou imagens é claramente proibido nas Sagradas Escrituras, Dt 8.19; I Co 6.9,10; 10.14. 10. Anjos não podem nem devem ser adorados, visto também serem criaturas de Deus, Cl 2.18; Ap 22.8,9;. 11. Existe a adoração ignorante, que resulta do total desconhecimento dos princípios universais da adoração devida ao Criador, At 17.22,23. 12. Devemos corrigir esse tipo de adoração, como Paulo o fez, At 17.24-29, poise la jamais será aceita por Deus, v.30. 13. Os princípios universais da adoração aparecem em vários trechos da Bíblia. Não podemos esquecer, por exemplo, II Tm 3.16,17; II Pe 1.3. 14. A adoração que não procede de um coração piedoso e puro se torna vã e as pessoas que a praticam frequentemente a mesclam com elementos da tradição humana, Mt 15.7-9; Cl 2.6-8. 15. Devemos adorar a Deus de forma que nossa adoração Lhe agrade, Lc 6.46. 16. Toda adoração que agrada a Deus deve ser feita em espírito e em verdade, Jo 4.24. 17. A verdadeira adoração deve ser seguida de piedosa oração, At 4.24-31, sempre de acordo com a vontade de Deus, I Jo 5.14; At 16.25. 18. Deus nos ajude a ser adoradores exemplares, para a glória de Seu Santo Nome!

01 de Maio de 2012

Guardas Municipais apreendem quase um milhão de reais em dinheiro na Vila Portes Na manhã de sábado (28), por volta das 09:00 horas, Guardas Municipais de Foz do Iguaçu, da Viatura 7664 (R06), realizavam patrulhamento pela região da Vila Portes, quando avistaram um veículo Van / Toyota, modelo Liteace Noha, ano 1996, de cor azul, o qual o condutor falava ao celular. Os Guardas Municipais que também são agentes de trânsito, abordaram o veículo para lavratura de uma notificação de trânsito, o qual ao verificarem que no porta malas do veículo se encontrava diversas jaquetas e diversos invólucros com aproximadamente um milhão de reias em diversas

Foto: Enrique Alliana

22

Os Guardas Municipais conduziram os acusados e o dinheiro para a PF

notas. Diante dos fatos o dinheiro, o condutor identi-

ficado como Viviano Ramon Ojeda Gomes, e também um casal oriundo do Estado de São Paulo a Sede da Policia Federal de Foz do Iguaçu, para averiguação. Antes de serem conduzidos a Policia Federal, os envolvidos ofereceram todo o dinheiro aos funcionários

públicos municipais, se o liberassem. Tecnicamente não configurou evasão de divisas, pois a abordagem ocorreu na Rua Di Cavalcanti, esquina com a Rua Santo Rafain, no Bairro Vila Portes, porem os envolvidos deverão provar licitude do dinheiro.


Esporte

01 de Maio de 2012

23

Foz é a mais homenageada em evento da Federação Paranaense de Basquete O Secretário de Esportes e Lazer, Márcio Ferreira e o Diretor da Secretaria de Esportes, Heraldo Soares Junior, estiveram presentes no Jantar Prêmio Destaque do Basquetebol Paranaense 2011. O evento que marca a homenagem aos destaques do basquetebol paranense do ano anterior, foi realizado com sucesso absoluto, em Santa Felicidade - Curitiba (PR). O presidente da Federação Paranaense de Basquete, Amarildo Rosa, a Presidente de honra da Federação, Hortência Marcari e o Presidente da Confe-

deração Brasileira de Basquete, Carlos Nunes foram os anfitr?es da noite de gala. Amarildo Rosa, fez a entrega da premiação aos atletas, técnicos, clubes, árbitros, personalidades e municípios que foram destaques nas competições de 2011. Na ocasião, a Confederação Brasileira de Basketball (CBB), aproveitou a oportunidade para homenagear os prefeitos Paulo Mac Donald Ghisi, de Foz do Iguaçu, representado pelo Secretário Márcio Ferreira; Beto Costa (Goioerê); e Hilário Andraschko (Palmas) em reconhecimento ao tra-

balho feito nas suas cidades em prol do Basquetebol Brasileiro. Em 2011 Foz do Iguaçu sediou várias fases dos estaduais de base, além da Copa Tuto Marchand adulta masculina. No evento foram homenageados também os Técnicos Honorários, que ao longo dos anos contribuíram para o desenvolvimento do basquetebol paranaense, e ainda os apoiadores da modalidade no estado, assim como os meios de comunicação que divulgam o Basquetebol Paranaense. O Secretário de Esportes e Lazer de Foz do Igua-

Esportistas iguaçuenses em companhia da Hortência

çu, Márcio Ferreira, agradeceu o reconhecimento da Confederação Brasileira de Basquete. Segundo ele, o

resultado se deve a uma junção de atividades realizadas por toda a equipe da Secretaria de Esportes, esse

prêmio incentiva nossa equipe a realizar um trabalho melhor do que já tem sido feito.

Foz está na final da disputa para sediar X Games em uma cidade com BSB e um dos responapelo sustentável, sáveis pela missão de de frente para as trazer o X Games para Cataratas em Foz Foz do Iguaçu em do Iguaçu. Algo to2013. "A ideia de fazer talmente diferente, o Fozk8 foi mostrar exatamente de acorpara os iguaçuenses do com o desejo da quais são as vantagens, ESPN", completa. o legado e a visibilidaPara sair na de internacional que frente na candidatuum evento como o X ra e mostrar a beleGames pode deixar za de suas terras aos para cidade". amantes dos esporA ESPN, criadora tes radicais a BSB dos jogos, visitará e em parceria com a agendará reuniões nas RTMF, do skatista cidades concorrentes. bicampeão mundial O anúncio das três cide Bowl, Pedro dades sedes será feito Barros e com o em abril. apoio da Prefeitura Cidade conhecida internacionalmente pelas Cataratas do Sobre a BSB Municipal de Foz Iguaçu concorre com oitos cidades para receber o maior do Iguaçu e da Con- evento de esportes radicais do mundo O quadro de sócios federação Brasileira de Skate O curitibano bicampeão mundial da companhia é composto por (CBS) realizou em novembro o de street, Carlos Andrade, o Pio- Marcelo Doria, na presidência; Fozk8, primeiro campeonato inter- lho, sagrou-se campeão. Eduardo Rezende, como vice-prenacional de mini ramp (mini half) "O X Games é o maior evento sidente, Rodrigo Ubarana, como no Brasil. O evento realizado den- de esportes radicais do mundo. Os diretor financeiro e de operações, tro do Parque Nacional do Igua- planos da ESPN para esse campe- e José Carlos Brunoro, presidente çu, de frente para as Cataratas, reu- onato é transformá-lo no terceiro do conselho da BSB. Em dez anos niu mais de 40 atletas entre os me- maior evento esportivo do plane- de atuação no mercado, a BSB lhores do mundo e contou com a ta, depois da Copa do Mundo e possui em seu portifólio clientes cobertura dos canais ESPN, Glo- Olimpíadas", afirma Guilherme como Eletrobras, Semp Toshiba, bo Local, Record e bandeirantes. Cozza, diretor de marketing da Telefônica, Panasonic, Samsung, Tonico Lopes/AMN

A cidade de Foz do Iguaçu, no Paraná, é uma das finalistas na disputa para sediar três edições internacionais do X Games a partir de 2013. Ao todo nove cidades se classificaram para final da competição que se iniciou em maio de 2011 com 40 cidades de 21 países. Além de Foz, São Paulo e Rio de Janeiro representam o Brasil na concorrência. As cidades de Barcelona (Espanha), Cancun (México), Lisboa (Portugal), Munique (Alemanha), Santiago (Chile) e Whistler (Canadá) também estão na corrida. A candidatura da cidade das Cataratas do Iguaçu, considerada uma das setes maravilhas do da natureza, se iniciou em julho de 2011 quando três executivos da Brunoro Sport Business embarcaram para Los Angeles para apresentar a diretoria dos canais ESPN, detentora do evento, seu projeto para a candidatura da cidade de Foz do Iguaçu (PR) como cidade sede da competição em 2013, 2014 e 2015. "Estamos falando de um evento que reúne mais de 130 mil espectadores e 382 milhões de lares telespectadores", afirma Marcelo Doria, presidente da BSB. "Nada melhor que realizá-lo no Brasil,

Pão de Açúcar, Bombril, Red Bull, Bradesco, Nike, Hypermarcas, Eurofarma e Banco BMG. Entre entidades e agremiações, a empresa já viabilizou contratos de patrocínio com Confederação Brasileira de Basquete, Federação Paulista de Futebol, Santos Futebol Clube, Corinthians, Flamengo, Palmeiras, Cruzeiro, entre outros. Sobre o X Games O X Games foi criado em 1995, nos Estados Unidos, com o nome The Extreme Games. Atualmente, o evento é reconhecido mundialmente, tornando-se uma referência em esportes de ação. Em 2008 o Brasil recebeu pela primeira vez uma etapa mundial, realizada no Sambódromo do Anhembi, em São Paulo. Os principais atletas nacionais e internacionais competiram em três modalidades divididas em seis categorias: Skate (Street e Vert); BMX (Street e Vert) e Moto X (Best Trick e Step Up). O X Games de 2009 foi a edição mais vista da história nos EUA, quando 44 milhões de pessoas acompanharam o evento nos canais ESPN, ESPN2 e ABC, durante os quatro dias de duração.


Esporte

24

01 de Maio de 2012

Editoria de esportes  Pedro Fontoura 

Tudo pronto para a inauguração do Centro de Treinamento de Bocha de Foz do Iguaçu. A obra executada pelo Município em parceria com o Governo Federal teve parte dos recursos liberada através de uma emenda do deputado federal Eduardo Sciarra e indicação do vereador Luiz Queiroga. O centro de treinamento tem duas quadras oficiais, cada uma com 24 metros de largura e 5,5 metros de altura. As pistas são recobertas com carpet e os painéis luminosos indicam com facilidade a pontuação de cada equipe. O Centro de Treinamento conta ainda com banheiros projetados para portadores de necessidades especiais, e espaço físico para uma cozinha. Para o público que for assistir às competições serão instaladas banquetas, já

que o jogo é dinâmico e quem acompanha está sempre se movimentando. De acordo com o secretário de Esporte Márcio Ferreira, agora o município pode contar com uma estrutura para treinamento dos bochófilos e principalmente sediar competições municipais, estaduais e até nacionais. "O ginásio coberto, que abriga o centro de treinamento foi estrategicamente construído ao lado do Centro de Convivência do Idoso para oferecer aos grupos da terceira idade mais uma atividade de lazer e esporte", destacou o secretário. O presidente da Associação dos Bochófilos de Foz do Iguaçu, popularmente conhecido como Zé da Bocha, fiscalizou os trabalhos finais de construção das quadras e ficou bastante entusiasmado com o resultado do projeto. "Com a inauguração do Centro, queremos também incentivar os mais jovens a descobrir as vantagens e a emoção que

Foto: Antonio Lopes

Canchas de bocha serão inauguradas dia 5 de maio

Centro de Treinamento de Bocha foi estrategicamente construído ao lado do Centro de Convivência do Idoso no Jardim São Paulo

a prática da bocha, traz para o atleta, tanto físico como mental", planeja Zé da Bocha. Segundo ele, "essa era uma reivindicação antiga dos moradores e amantes do esporte. Esse tipo de jogo faz parte da cultura regional e é muito praticado em clubes particulares e

nos bairros". Zé da Bocha observa ainda que a seleção de Foz tinha que treinar em uma estrutura emprestada e mesmo assim conquistou o título de campeã paranaense (feminino). "Agora, com essas quadras poderemos treinar mais profissionalmente e ao mesmo tempo realizar torneios interestaduais", conclui o presidente da Associação. As quadras de bocha estão anexas ao Centro de Convivência do Idoso,

no Jardim São Paulo e a inauguração acontece no dia 5 de maio. O projeto orçado em R$ 312 mil, conta com R$ 200 mil repassados pelo Ministério do Esporte e uma contrapartida de R$ 112 mil do município. A bocha tem trazido reconhecimento para Foz do Iguaçu. A seleção feminina conquistou em 2011, o título de campeã Paranaense e agora se prepara para disputar o campeonato

brasileiro, que deverá ser realizado no mês de agosto. Durante quatro anos seguidos, o município foi primeiro lugar nos Jogos Abertos do Paraná. A bocha é um esporte que não tem idade, pode ser praticado por quem tem de dez a 90 anos. A seleção de Foz é formada hoje por atletas entre 40 e 65 anos, mas os jovens que se interessarem também poderão participar.


Edicao 17