Page 1

Paranaguá, Janeiro/2013 - Edição 003 - Valor R$ 9,90

Renovação de CNH passa a ser feita pela internet ACIAP HOMENAGEIA COMANDANTE RABELLO consultas ao spc voltam a crescer

PARANAGUÁ TEM NOVO PREFEITO

San Rafael um dos hotéis mais respeitados do Brasil

Revista

Destaque

1


Editorial Chegamos à terceira edição de nossa revista, em um trimestre movimentado com as eleições em outubro, que elegeram prefeitos e vereadores de nossa região. Observamos militantes partidários das mais variadas siglas em defesa

Paranaguá tem novo prefeito e 17 vereadores

de posições na maioria

Encerramento do Varejo Mais Ação 2012

das vezes apaixonadas e, muitas vezes radicais na discussão de melhorias para a nossa gente. Cabe destacar

12

também que atravessamos o ano valorizando as pessoas de nossa terra, que também queremos o melhor para o Litoral Paranaense, somando com a valorização do nosso empresariado de modo geral. Certamente no ano que se inicia, nós estaremos nos esforçando ainda mais, para colocar o nosso litoral em posição de evidência. Agradecemos aos nossos leitores que nos deram suporte necessário, respondendo positivamente a cada edição, fazendo com que, a Revista que fala do nosso Litoral tivesse no decorrer do ano o Destaque almejado. Feliz ano novo! Que venha 2013!

expediente A Revista Destaque Litoral é uma publicação da

04

Hotéis sem controle

27 A estrada do progresso

12

Diretor: Eder Zanoni Torres Gomes Diretora de Marketing e Publicidade: Alessandra de Cássia Dias Gomes Comercial: 41 | 3425.4141 Email: destaquelitoral@destaquelitoral.com.br Site: www.destaquelitoral.com.br Jornalista Responsável: Sandro Martins

Os artigos assinados não representam necessariamente a opinião da Revista Destaque Litoral

Renovação de CNH no PR passa a ser feita pela internet em 2013

38


Novo Rumos Mario Roque toma posse como prefeito em Paranaguá

C

om o Ginásio Joaquim Tramujas praticamente lotado, os munícipes de Paranaguá puderam acompanhar no primeiro dia de 2013, a cerimônia de posse do novo prefeito, Mario Roque. O presidente da câmara de Paranaguá Marquinhos Roque, deu inicio aos trabalhos da sessão de posse. Pela primeira vez na cidade, o filho deu posse ao pai. Isso porque foi eleito presidente da Câmara de Vereadores. O evento que começou às 15h, logo de inicio foi marcado pela quebra de protocolo por parte do novo prefeito. Antes que o exprefeito Baka saísse das dependências do ginásio fez questão de observar algumas palavras. Mario Roque lembrou a maneira que se despediu do mesmo local, há oito anos, debaixo de vaias e frases desrespeitosas orquestradas por pessoas encolerizadas. Para que não acontecesse o mesmo com o

4

Revista

Destaque

Baka, o novo prefeito pediu aos presentes que batessem palmas na saída do agora ex-prefeito. Sem dúvida mais um ponto favorável para a administração Roque, que dá vistas logo de inicio de como se faz uma gestão democrática e de respeito ao ser humano. A cerimônia contou também, com a presença do deputado estadual Mauro Moraes (PSDB) que disse que haverá uma ótima relação entre a prefeitura de Paranaguá e o governador Beto Richa. “O Alceu Maron era o candidato do governador antes das eleições, mas temos que lutar pelo progresso do Paraná. Hoje existe uma parceria entre o governador e o Roque, por isso vamos dar todo apoio ao prefeito”, disse o parlamentar. O deputado afirma que o governador prometeu pagar o ISS do Porto à cidade. Ainda sobre a questão do ISS, Moraes disse que os pagamentos deverão


Diplomação de Mário Roque como prefeito ser realizados a partir deste ano e os valores dos anos anteriores devem continuar tramitando na justiça. De acordo com o prefeito de Paranaguá Mário Roque, esta é a primeira conquista deste pleito. “No primeiro

dia como prefeito já tivemos uma grande conquista. O governador reconhece que Paranaguá se dá ao máximo para o estado. Nada melhor para a cidade, que o governo nos pague esse imposto que é devido”, disse Roque.

Na ultima parte do evento, um imbróglio, devido ao desleixo no final de sua administração o ex-prefeito Baka deixou de exonerar os secretários, não restando alternativa para aquele momento, Roque perguntou ao

corpo jurídico presente se poderia fazê-lo verbalmente. Em seguida exonerou todos e deu posse aos novos secretários. Esta é a terceira vez que Mario Roque é eleito como prefeito de Paranaguá.

A posse foi realizada no Ginásio Joaquim Tramujas

Revista

Destaque

5


Portos paranaenses

R$ 4,3 bilhões em

O

governo federal anunciou nesta quinta-feira (06), em Brasília, o Programa de Investimentos em Logística do Sistema Portuário Nacional. Em cerimônia realizada no Palácio do Planalto, presidida pela presidente Dilma Roussef, foi apresentado o detalhamento do programa que será implementado por meio de medida provisória que altera a lei 8.630/93, de modernização dos portos. Para o Paraná estão previstos R$ 4,3 bilhões de possíveis investimentos a serem realizados através de concessões e

6

Revista

Destaque

arrendamentos de novas áreas portuárias. O superintendente da Appa, Luiz Henrique Dividino, disse que o programa é um avanço. “Praticamente 20 anos após o primeiro marco legal, estamos tendo uma revisão dos modelos e um aperfeiçoamento da lei atual”, disse. Além disso, Dividino explicou que o Paraná está preparado para por em prática o que foi anunciado. “Nós nos preparamos para isso, nos antecipamos. No meio do ano, já preparamos um Plano de Zoneamento e Desenvolvimento alinhado com os mais modernos conceitos da área portuária. Já

foi aprovado por unanimidade e também finalizamos o programa de arrendamento, já adequado dentro do Plano Nacional de Logística Portuária e que já foi protocolado na Antaq”, explicou o superintendente. Paranaguá já protocolou na Agência nacional de Transportes Aquaviários (Antaq) um programa de arrendamentos que levantou 20 áreas possíveis de serem arrendadas e que, juntas, somam investimento de R$ 1,1 bilhão. Fora isso, Paranaguá receberá R$ 860 milhões para a realização da dragagem. O ministro Leônidas

Cristino apresentou o Programa, que avaliou como um ato importante e significativo para melhoria do sistema portuário nacional. “Nosso objetivo é promover a competitividade e desenvolvimento da economia brasileira, incentivando a expansão e promovendo a modernização dos portos. E isso conseguiremos aumentando a movimentação de cargas com menor custo”, disse. A presidente Dilma Roussef disse que o programa é um convite para que o empresariado invista na modernização dos portos brasileiros. “Portos eficientes são fundamentais


investimentos até 2017

para o desenvolvimento do Brasil. As novas regras vão acelerar o processo de concessão e oferecem maior segurança jurídica para quem está disposto a investir. Queremos uma explosão de investimentos”, disse a presidente. Cristino anunciou que R$ 54,2 bilhões serão aplicados em novos investimentos em arrendamentos e Terminais de Usos Privativos (TUPs), sendo R$ 31 bilhões até 2014/2015 e R$ 23,2 bilhões entre 2016/2017. Para os portos do Sul, estão previstos R$ 3,36 bilhões até 2014/2015 e R$

4,2 bilhões, até 2016/2017. Só para Paranaguá estão previstos R$ 1,038 bilhão até 2014/2015 e R$ 3,329 bilhões até 2016/2017. Estes investimentos são relativos à iniciativa privada, que irá aplicar recursos com as concessões e arrendamentos. Ainda foram anunciados R$ 6,4 bilhões para investimentos federais – através de recursos do PAC – para melhorias nos acessos aquaviários e terrestres. Os acessos aquaviários receberão R$ 3,8 bilhões, através da segunda etapa do Plano Nacional de Dragagem. A principal mudança do plano é a previsão

de contratos de dragagem com 10 anos de duração e contratação em blocos. “Desta maneira, teremos ganhos de escala”, disse o ministro. Deste montante, R$ 860 milhões serão destinados para a dragagem em Paranaguá. As licitações começam a ser realizadas a partir de abril de 2013. Para os acessos terrestres, serão destinados R$ 2,2 bilhões para rodovias e R$ 436 milhões para ferrovias. Ao todo, serão feitas 45 intervenções que beneficiarão 18 portos. Mudanças Uma das novidades

anunciadas é relativa ao aprimoramento do marco regulatório portuário. A principal mudança é que as outorgas deixam de existir e todas as licitações para novas concessões ou arrendamentos serão feitas por leilão: ganha quem ofertar a maior movimentação de cargas com o menor custo tarifário. Outra mudança significativa é referente aos terminais de uso privativo. Antes, os portos privados tinham que movimentar carga própria preponderantemente. Agora, estes terminais poderão movimentar as cargas próprias

Revista

Destaque

7


Portos paranaenses e de terceiros, sem diferenciação entre elas. Fora isso, as autorizações de novos Terminais de Uso Privativo serão feitas por chamadas públicas. Também houve mudança na organização insitucional do setor. O Conselho Nacional de Integracao de Políticas de Transporte (Conit), subordinado à Presidencia da República, vai cheficar a Empresa de Planejamento e Logística (EPL), que, por sua vez, será a gestora da SEP, Ministério dos Transportes e do Serviço de Aviação Civil. A Antaq integra-se à SEP que irá cuidar também dos portos fluviais e lacustres. Também está prevista a integração das autoridades nos portos: fazendária, po-

licial, de saúde, sanitária e marítima, com a criação do Conaportos. De acordo com Cristino, o objetivo é diminuir o tempo de espera dos navios nos portos e dar mais eficiência. Praticagem Também será criada a Comissão Nacional de Assuntos de Praticagem, que vai trabalhar em parceria com a Marinha e irá regulamentar o trabalho da categoria. “Com esta

comissão, saberemos realmente quanto vale cada manobra”, disse o Ministro. Fora isso, foi anunciado um concurso, a ser realizado no início de 2013, para 206 novas vagas de práticos. Participaram do anúncio o vice-presidente da República, Michel Temer, o presidente do Senado, José Sarney, o presidente da Câmara dos Deputados,

Marco Maia, a ministra chefe da Casa Civil, Gleisi Hoffmann, o ministro dos transportes, Paulo Sérgio Passos e o comandante da Marinha, Julio Soares de Moura.

Para entender o que foi anunciado O Programa de investimentos em Portos, anunciados nesta quinta-feira (6), pelo Governo Federal, trabalha em três frentes: Retomada da capacidade de planejamento no setor portuário; Aprimoramento do marco regulatório; e Novos investimentos. Investimentos em acessos (Recursos Federais- PAC) Novos investimentos em concessões, arrendamentos e TUPs * No total, os novos investimentos chegam a R$ 60,6 bilhões. Abaixo, confira a distribuição dos investimentos anunciados, para novos investimentos em concessões, arrendamentos e TUPs:

8

Revista

Destaque

*Um total de R$ 6,4 bilhões, sendo R$3,8 bilhões para investimentos em acessos aquaviários e R$2,6 bilhões, terrestres (sendo R$ 2,2 bilhões para acessos rodoviários e R$ 436 milhões para ferroviários). Em relação aos acessos terrestres, a presidente anunciou 45 intervenções em 18 portos. * Na retomada da capacidade de planejamento do setor portuário, se destaca o Plano Nacional de Draga-

gem II (que abrange as dragagens de aprofundamento e manutenção, nos canais de acesso, bacia de evolução e berços, prevendo contratos

de 10 anos e contratação em blocos – com ganhos de escala. As licitações a partir de 2013). Abaixo, os valores:


Revista

Destaque

9


matinhos Notícias da Aciap - Gestão 2011/2013 Encerramento do Varejo Mais Ação 2012

12

Revista

Destaque

O Projeto Varejo Mais Ação 2012, realizado pelo Sebrae, com o apoio da Fecomércio e em parceria com a Aciap e Senac, teve início em Abril e atendeu 16 empresas do segmento de comércio e prestação de serviços na

cidade de Paranaguá. O encerramento regional do projeto deu-se no dia 28 de Novembro, no auditório do Sebrae em Curitiba, quando aconteceu a premiação das empresas nas categorias Referência e Revelação,


Notícias da Aciap - Gestão 2011/2013 após o desenvolvimento de diversas etapas que foram acompanhadas in loco pelos consultores do Sebrae. Receberam os prêmios na categoria Revelação: Pet Shop Filhotes e Fricotes (Loja Vencedora), Bié Bordados (2º

Destaque), Loja Amarelinha (3º Destaque). Receberam os prêmios na categoria Referência: CJC Informática (Loja Vencedora), Loja Mundo de Aventura (2º Destaque), Barão Auto Center (3º Destaque).

Sami Zahra (vice-presidente) e Soeli Cooper de Carvalho (Presidente)

Solenidade de Posse do CONSEG Paranaguá Foi realizada na noite de 29 de Novembro, nas dependências da Aciap, a solenidade de posse do Conselho Comunitário de Segurança de Paranaguá, anteriormente nominado de Conseg/Leste, mas que a partir de tal data, por determinação da Coordenação Estadual dos Conselhos Comunitários de Segurança de Paranaguá – CECONSEG, será o único Conselho a ser constituído e empossado na cidade, palavras da Coordenadora Michelle Lourenço Cabral. A solenidade foi prestigiada por autoridades da área de segurança de Paranaguá e da capital, representantes da comunidade, além de personalidades importantes da cidade de Paranaguá. Tomaram posse como membros efetivos: Soeli Cooper de Carvalho (Presidente),

Sami Mohamad Zahra (vice-presidente), Roraine Gonçalves da Silva (1ª Secretária), Jefferson Luiz Rizental (2º Secretário), Angela Maria Palanicheski (1ª Tesoureira), Anwar Hamud Hamud (2º Tesoureiro), Edenir José Gonzaga (Conselho Fiscal); Dr. Marcos Eduardo Andrade, Dra. Dora Maria Schuller e Emilio Parron Vengrus (Conselho Deliberativo); Leila Hassan Nascimento e Armando Toufic Ali Hajar (Conselho de Ética). Tomaram posse ainda como membros efetivos natos: Ten. Cel. Flávio José Correia (Comandante do 9º BPM), Dr. Miguel Marcelo Stadler (Delegado Chefe da 1ª SDP), Marcia Garcia (Secretaria Mun. Defesa Social), Maria Alice Melo Cordeiro (Chefe da 3ª Ciretran), Arquimedes Anastacio (Presidente da Aciap).

Revista

Destaque

13


Notícias da Aciap - Gestão 2011/2013

ACIAP homenageia o Comandante Rabello A comunidade empresarial de Paranaguá, representada pela diretoria da Aciap – Associação Comercial Industrial e Agrícola de Paranaguá, realizou na noite de terça-feira dia 4 de Dezembro, uma reunião especial de diretoria para homenagear ao Capitão-de-Mar-e-Guerra José Henrique Corbage Rabello, Capitão dos Portos do Paraná. O Comandante Rabello que chegou a Paranaguá em Janeiro de 2010, quando de sua nomeação

como Comandante da Capitania dos Portos, cumpriu sua missão pelo período de dois anos, onde buscou reunir a comunidade portuária, no sentido de buscar soluções para os problemas eminentes como a sinalização marítima e a falta de dragagem, que por muitas vezes causaram preocupação não somente às autoridades de segurança marítima, mas também a todos os usuários do Porto de Paranaguá, além dos atores direta ou indiretamen-

te envolvidos nas atividades marítimas portuárias. Porém este não foi o único trabalho desenvolvido pela equipe do Comandante Rabello ao longo destes dois anos, que também atuou na salvaguarda da vida humana, em especial nos alagamentos ocorridos no nosso litoral, especificamente na região de Morretes, quando das intensas chuvas caídas em Março de 2011. Outro exemplo deste trabalho foi o apoio dado pela Capita-

nia durante a realização da procissão marítima em homenagem a padroeira do Paraná, Nossa Senhora do Rocio, terceira maior festa religiosa do Brasil. O Comandante Rabelo após ouvir as palavras proferidas pelo Sr. Adriano Gustavo Vidal, Conselheiro Nato da Aciap e Presidente da Praticagem, recebeu das mãos do Presidente da Aciap, Arquimedes Anastacio, uma placa em sua homenagem.

Adriano Vidal, Comandante Rabello e Arquimedes Anastacio

Da assessoria

14

Revista

Destaque


Revista

Destaque

15


Associação comercial e empresarial de guaratuba

ACIG promove Ação com o SEBRAE Na primeira semana de agosto, o SEBRAE juntamente com Aparecido Massi /GRUPO LANTERI de (Curitiba) apresentaram a peça “Atitudes para seduzir o Cliente”, na programação do encerramento do Varejo Mais em Ação que é um projeto em conjunto com a ACIG. O evento reuniu vários expectadores no ISEPE entre comerciantes, empresários e alunos. O teatro abordou de um modo divertido as atitudes que levam o cliente a serem conquistados e que afastam também o cliente pelo atendimento, foi uma forma lúdica de mostrar os fatos do dia a dia do cliente com o atendimento, além de reunir os participantes do Projeto Varejo Mais em Ação, foi feita uma divulgação para todos os comerciantes de Guaratuba também.

16

Revista

Destaque


Consultas ao SPC volta a crescer em setembro Pela quarta vez no ano o número de consultas ao banco de dados do Serviço Central de Proteção ao Crédito (SPC), da Associação Comercial e Empresarial de Guaratuba, voltou a crescer . Estamos acompanhando um crescimento já esperado. Dos cinco meses do ano somente o mês de abril é que não houve elevação. Os demais se mantiveram crescente com uma elevação de 8,1% no mês. A elevação aconteceria independente das vendas referentes ao Dia das Mães ao analisar os números crescentes. A previsão é que em praticamente todos os meses do ano tenhamos elevação no

número de consultas. A procura pelos dados do SPC se deve a preocupação do lojista em buscar segurança no momento de vender pelo crediário. Na

hora da negociação é preciso ter segurança em vender, muito importante ao alertar os lojistas. É preciso buscar informações para não ter cliente inadimplente, ao

apontar as informações do SPC como as mais completas e as mais amplas existentes na atualidade. Ao consultar e havendo pendência em qualquer cidade do Brasil, o lojista pode evitar um mal maior em vender e não receber pelo produto. Para consultar o banco de dados do SPC leva-se dois segundos, pelo atendimento pessoal diretamente na ACIG .De segunda á sexta das 08:30 ás 12:00 e das 13:30 ás 18:00. Rua José Nicolau Abagge,nº 368 –Centro (41)3472-1376 (41)3472-9009 Consulte, tire suas dúvidas.

Jornal de Guaratuba se associa e fortalece ainda mais o espírito associativista Nossa Missão Exercer, fundamentada nos princípios e valores institucionais, a livre defesa dos interesses dos associados e da sociedade e prover soluções geradoras de valor que contribuam para o desenvolvimento sustentável da sociedade. Nossa Visão Ser reconhecida por sua forte liderança e influência institucional, alicerçada por uma atuação independente e representativa dos interesses de seus associados e da sociedade. Nossos Valores Ética Responsabilidade Transparência Sustentabilidade Independência Tradição com inovação e ousadia

Revista

Destaque

17


    

                                  

     

         

      

 

          !"#$   %&%#'()****+ ,"-.'"$'('"$+ /,"-.'"$')*#"

18

Revista

Destaque


           

       



    

 







   

  

       

  #    

   

  

         !"#$#%&'(((( )!$*+,-%%&%.)/*+,-%%'( Revista

Destaque

19


Associação comercial de pontal do paraná

Comerciantes fazem manifestação contra saída de empresas

Manifestação nas proximidades do trevo de Praia de Leste e da entrada do município de Pontal do Paraná, no litoral do Estado. Os manifestantes protestaram contra a suspensão das atividades de duas empresas - Techint e Subsea 7.

20

Revista

Destaque


Professora Shirley ministrou e organizou diversas palestras para a Aciapar A ACIAPAR mensalmente promove palestras para os empresários e seus colaboradores e também para a comunidade sendo estas gratuitas e seguindo a programação, no dia 13 de agosto de 2012 o presidente Odalbor Ferreira Alves fêz a abertura da palestra “ A importância do uso de Equipamentos de Segurança no Trabalho. A palestra demonstrou a importância do trabalho seguro e as responsabilidades de cada trabalhar na sua jornada diária. Na ocasião os participantes interagiram com as dinâmicas. “A vida não tem preço por isso use o equipamento de segurança no trabalho”, esta foi a frase que finalizou a palestra da Administradora e Mestre Shirley Paczkowski aos presentes.

Jantar em comemoração ao Dia do Comerciante

Revista

Destaque

21


22

Revista

Destaque


Revista

Destaque

23


Funerária Medianeira

“Confesso que às vezes ficava desanimada, mas logo lembrava das palavras que meu pai dizia;

O sol nasce para todos minha filha”

A

população feminina conquistou ao longo da história muitos direitos que foram importantes para elas se tornassem o que são hoje. A presença de uma mulher governando o país é uma grande conquista feminina. As mulheres deixaram de ser o sexo frágil, e passaram a exercer posições de liderança, usando toda a sua razão e habilidade para fazer várias coisas ao mesmo tempo. A empresária Soeli Cooper de Carvalho é um bom exemplo que reafirma este momento importante para as mulheres, responsável

24

Revista

Destaque

pela Funerária Medianeira, no começo, passou por momentos difíceis para a estruturação de sua empresa, mas com muita perseverança consegui vencer. Sua profissão foi inspirada pelo pai, Odair Cooper que fabricava as urnas e as vendia para as funerárias de onde moravam. Desde pequena, Soeli observava com muita a atenção o manejo que seu pai dava na confecção dos caixões e arranjos. Passado algum tempo ela e o marido Olavo de Carvalho, decidem morar em Paranaguá e em 1984,

abrem as portas da Funerária Medianeira na cidade mãe do Paraná e anos depois uma filial em Guaratuba. “Lembro-me da alegria que tivemos logo quando começamos e a tristeza no passar dos meses, entrava mês e terminava mês sem fazer um funeral, foi assim por quase um ano. Confesso que às vezes ficava desanimada, mas logo lembrava das palavras que meu pai dizia; ‘O sol nasce para todos minha filha’. E assim recarregava minhas forças” conta Soeli. Tanta determinação cominou com o sucesso de seu empreendimento e hoje o serviço funeral de sua empresa é considerado um dos melhores do país, a começar com as técnicas de tanatopraxia(arte de embelezamento e conservação), também ornamentação de flores naturais ou artificiais, arranjos, coroas, ternos, vestidos, véus e ônibus para o cortejo. Além desses servi-

ços a Funerária Medianeira oferece ainda objetos para pessoas em estado de convalescência como; cadeiras de rodas para banho e passeio, muletas, bengalas, andadores e colchões d’água. Além da Funerária Medianeira, a empresária divide o tempo com outra função a de presidente do Conselho Municipal de Segurança Setor Leste. Tem por finalidade a formulação e o controle da política de segurança e defesa social do Município. Recentemente a equipe do Conselho de Segurança atuou de forma fiscalizadora na Festa do Rocio, para a manutenção sobre vários aspectos de segurança, e segundo Soeli os resultados foram muito surpreendentes. “Atuamos usando crachás de identificação e podemos perceber a importância na prática de nossas ações, ajudamos de maneira efetiva para o bom andamento de todos os setores da maior festa religiosa do Paraná”. Finalizou Soeli.


Mudanças Paranaguá é uma empresa que executa mudanças em todo Brasil a mais de 20 anos, trabalhando com seriedade, compromisso e responsabilidade, buscando o máximo em perfeição. Tudo que você espera de uma empresa de mudanças, encontrará na Mudanças Paranaguá. Uma empresa preparada para manusear, embalar, transportar e executar sua mudança com total segurança. Modernos materiais de embalagem, mão-de-obra

especializada, equipe experiente e profissionalismo, são os diferenciais que fazem a satisfação de seus clientes. Mudanças interestaduais são realizadas através de transporte rodoviário oferecemos serviços exclusivos para todo o território nacional utilizandos caixas de papelão, polibolha, papelão ondulado, e outros materiais para proteger seu patrimônio. Tão importante quanto a pontualidade de uma mudança é o perfeito acondicionamento do material . Veja os cuidados que diferenciam nosso trabalho: Proteção individual para cada peça, através de cobertores e acolchoados Retirada de acessórios/ componentes, tais como: pé de geladeira, pé de máquina de lavar, mangueiras,

antenas, etc. Desmontagem e montagem de guarda roupas, mesas, estantes, camas, berços, etc, sempre que necessário Proteção para móveis, sofás e poltronas, peças em madeira , com papelão ondulado ou manta. Embalagem em papel para proteger peças delicadas, cobertura em plástico bolha ou papelão. Engradados de madeira para quadros e objetos sensíveis que não puderem ser embalados nas

caixas padronizadas. Caixas de papelão padronizadas para: roupa de cama e banho, roupas pessoais de gaveta, armário e Buffet, livros, discos, revistas etc.

Revista

Destaque

25


Recepção do casamento da Ana Paula e Cleiton num cenário dos sonhos

A Orange Decorações materializa Sonhos

A

Orange Decorações destaca-se no cenário do litoral do Paraná por transformar simples eventos em grandes acontecimentos. É a experiência de onze anos e a concretização de quase dois mil eventos que atestam a condição da empresa. A Orange foi criada pela empresária Mary Neide Von Fossen no início da década, levantando a bandeira do fortalecimento da economia e geração de renda da Região. Embora a firma de decoração tenha em seu currículo o atendimento a grandes empresas nacionais e internacionais, inclusive na capital do Estado, são as festas particulares que fazem a fama da Orange. A satisfação do cliente e convidados corre no boca a boca dando testemunho da competência da equipe Orange nos mínimos detalhes. Segundo Mary Neide, o sucesso da Orange não tem segredo, tem princípio ético que é a base para qualquer negócio bem sucedido. Mary Neide diz que a materialização de um sonho de casamento ou de um aniversário, por mais simples ou

26

Revista

Destaque

sofisticado - como aqueles de debutantes - começa no primeiro contato e pode levar poucos dias, meses ou até mais de um ano para ser efetuado. “Dentre tantos detalhes que iniciar uma festa, o fio da meada sempre

será o desejo do cliente,” destaca. Mary Neide conta com o apoio de um staff de profissionais de primeira linha e fornecedores, igualmente reconhecidos no mercado, somando em prol do aconte-

cimento. Na área do registro ela tem a parceria da única foto jornalista de Paranaguá, Dolly Polasek, com mais de vinte anos de experiência no setor, dando à festa o status de acontecimento através do site www.sempalavras.com. br, o primeiro de foto reportagem do Brasil. Para saber mais dessa mulher empreendedora e da empresa genuinamente parnanguara acesse www. orangedecoracoes.com.br Fotos: Sem Palavras

Giovana vivendo o sonho no aniversário do primeiro aninho


Fiscalização

U

Hotéis sem controle

m dia desses, a novela das oito mostrou uma realidade que infelizmente abrange uma parcela da hotelaria em nosso país. O jeito displicente que muitos hotéis utilizam para não perder clientes no momento de realizar o registro no estabelecimento. Na cena uma mulher que pratica o tráfico de bebês para o exterior, entra em um determinado hotel com algumas crianças, na maior facilidade, nenhum funcionário se quer indaga se as crianças eram parentes da mulher ou pediu algum documento. Infelizmente neste caso a ficção imita a realidade e os descasos com o que deveria ser levado a sério, não param por aqui. Partindo do principio que, tudo de que um cri-

minoso precisa para ficar impune é diminuir seus rastros. O Paraná, não foge a regra. Uma falha no sistema de fiscalização dos hotéis em nosso estado pode estar tornando empresários e autoridades cúmplices de uma série de crimes sexuais contra crianças e adolescentes. Uma investigação feita por professores e alunos de Jornalismo da Universidade Positivo em parceria com a Gazeta do Povo revelou o problema: menores de idade podem se registrar em hotéis do estado sem qualquer documentação, mesmo em companhia de adultos, o que facilita a ação de pedófilos e de redes de exploração sexual. Sob a orientação de duas professoras, durante cinco meses oito alunos

da universidade visitaram estabelecimentos em cinco cidades: Curitiba, Foz do Iguaçu, Paranaguá, Guaratuba e Matinhos. A reportagem fez um teste simples: pediu a uma adolescente que tentasse se registrar em 33 hotéis. Acompanhada de um repórter, a menina, de 17 anos, conseguiu entrar sem problemas em 29 deles. Foi barrada apenas em quatro, como a lei exige que ocorra em todos os casos. Isso significa que, do total de hotéis pesquisado, 88% descumpriram uma obrigação legal. Um desses quatro hotéis que passou no crivo da fiscalização foi o San Rafael em Paranaguá, que conta com uma equipe de funcionários treinados e capacitados prontos a atender seus clientes com

total atenção, cordialidade e segurança, crianças ou adolescentes sem estar devidamente documentado e na presença dos responsáveis, não podem se hospedar. Requisitos estes que fazem do San Rafael um dos hotéis mais respeitados do Brasil. É bom lembrar que, a legislação obriga os estabelecimentos a preencherem a Ficha Nacional de Registro de Hospedes. Mas nem todos o fazem. É preciso informar nome completo, o número da carteira de identidade e o tempo de estadia. Além disso, menores de 18 anos, de acordo com o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), não podem se hospedar em hotéis desacompanhados de pais ou responsáveis ou sem sua autorização expressa.

Revista

Destaque

27


28

Revista

Destaque


Revista

Destaque

29


Casa do Caminhão

A estrada do progresso “A maioria dos empresários quando monta uma empresa em Paranaguá já espera ter sucesso imediato”...

N

atural de União da Vitória, Agostinho Sloboda está em Paranaguá a mais de 30 anos. Determinado em seus planos em desenvolver uma empresa sólida que gerasse empregos aos parnanguaras, fundou a Casa do Caminhão. A empresa abriu as portas em primeiro de outubro de 1999. “Quando começamos tínhamos um espaço físico pequeno, com o tempo fomos ampliando, e um dos fatores mais importantes para a expansão de nosso trabalho foi sem dúvida a forma acolhedora dos moradores desta cidade. Gosto muito daqui e me considero um parnanguara de coração”, diz o empresário. A Casa do Caminhão

32

Revista

Destaque

está situada na Avenida Airton Senna da Silva, 5858. Os negócios são administrados por Agostinho e mais dois sócios, Vilmar Antônio Sacomori e Renato Padovan. Um trio muito bem organizado como comenta o empresário da Casa do Caminhão; “nunca brigamos, mantemos a mais perfeita harmonia e ética no modo de gerenciar nossos negócios”. Ele destaca também que para prosperar com um determinado empreendimento é preciso paciência. “A maioria dos empresários quando monta uma empresa em Paranaguá já espera ter sucesso imediato, e não é assim, é necessário fazer investimentos em obras, terrenos, logística, material humano qualificado para a geração de empregos. Ao longo desses anos in-

vestimentos em 1800 metros quadrados para área de estocagem, dispomos também de infraestrutura própria para treinamento em 357 m², para 60 pessoas e está equipado com churrasqueira, banheiros e cancha para bocha. Nossos mecânicos precisam estar atualizados e bem treinados, bem como toda a nossa equipe. Não podemos ficar para trás”, enfatiza o empresário. Em fase de ampliação à empresa continua investindo na cidade. “Construímos recentemente um prédio com 550 m entre as partes inferior e superior será a nossa importadora que estará funcionado em 2013, o nosso centro de distribuição de peças. Na opinião de Agostinho, o

maior desafio que o empresário encontra hoje para ter êxito é chamado de ‘Carga Tributária’, segundo ele as obrigações são várias e as vantagens são poucas. Faz menção também da importância do porto para a cidade. “Paranaguá é totalmente dependente do porto, ele representa a mola mestra que faz girar a renda perca pita da cidade. É preciso se inteirar de todos estes aspectos para poder sobreviver em um mercado tão competitivo como o nosso. Em relação a politica o empresário também não recebe apoio. Paranaguá é uma cidade tricentenária e já passou da hora de termos administradores públicos que pensem mais na população gerando mais infraestrutura, fomentando empregos e cursos para mão de obra qualificada. Se agissem desta forma teríamos mais jovens trabalhando nas empresas e menos dependentes químicos pelas ruas”. Nestes 13 anos a Casa do Caminhão atendeu milhares de clientes e continuará com muito trabalho e dedicação a prosperar, a prova disso, é que a empresa espera contratar em 2013 mais funcionários e ampliar ainda mais a geração de empregos no município. Hoje a empresa conta com uma equipe especializada para atendê-lo com toda segurança, garantindo tanto a total procedência de fornecedores, produtos e serviços garantindo qualidade, agilidade e facilidade a todos os clientes.


fiat

Fiat Florença “Nossos clientes, não são tratados como números, mas como amigos ou parentes da família Fiat Florença. Aqui literalmente você está em casa”.

A

Fiat Automóveis é uma das empresas automobilísticas com maior crescimento no mercado brasileiro e líder de vendas no setor. Em Paranaguá a marca é representada através da Concessionária Fiat Florença. A primeira loja da rede foi fundada em 1979, na capital do Paraná. A loja de Paranaguá foi inaugurada em primeiro de setembro de 2008, na Rua Maneco Viana, 1852. Diariamente atende dezenas de pessoas, que buscam realizar o sonho do carro novo. João Roberto, 52 anos é uma delas, define a concessionária como uma das melhores em atendimento. “Cheguei aqui há poucos minutos e já estamos para fechar negócio, tudo indica que vou começar o ano

de carro novo”. O Gerente da Fiat Florença Paranaguá, Rafael Pedro acredita que a preferência da concessionária se dá pela qualidade dos

serviços, que prioriza a excelência no atendimento. “Nossos funcionários recebem periodicamente treinamentos para melhor atender aos nossos

clientes, não são tratados como números, mas como amigos ou parentes da família Fiat Florença. Aqui literalmente você está em casa”. Comenta Rafael. Com total empenho em atender e surpreender os clientes, superando suas expectativas e atuando dentro de um sistema harmônico de valores, cuja premissa básica é o contínuo aperfeiçoamento da qualidade - do atendimento até a prestação dos serviços – A empresa preza sempre pela transparência nas negociações. Mais um indicativo que denota o excelente momento da loja é que apesar dos poucos anos de existência, já é líder no seguimento automobilístico em Paranaguá, com aproximadamente 100 carros vendidos ao mês e vem crescendo cada vez mais. “Acreditamos que até o fim de ano, quando acaba a data limite para o IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados), deveremos superar nossos índices de vendas”. Acrescentou Rafael. A Fiat Florença Paranaguá conta também com uma oficina super moderna, com mecânicos altamente treinados e qualificados para cuidar do seu veículo. Assim como milhares de clientes e muitos parceiros, você também pode contar com a loja da Fiat Florença em Paranaguá.

Revista

Destaque

33


Acompanhe o relato de gratidão pelo ano que está terminado e os projetos que serão realizados em 2013 pelos diretores do Colégio Jerusalém Maurici Alves e Mirian Alves.

E

m 2013 o Colégio Evangélico Jerusalém completará 15 anos de fundação. Será um ano de celebração e novas conquistas para todos os envolvidos na história e na construção desta instituição de ensino que têm feito à diferença se estabelecendo como um referencial em educação na cidade de Paranaguá. Queremos expressar a Deus a nossa gratidão e louvor a tudo que já realizamos. Acreditamos que a conquista de quaisquer objetivos é fruto da soma de muitas forças. Na educação não é diferente: sempre nos unimos com pessoas que têm objetivos comuns a nós, os resultados são sempre satisfatórios. Hoje podemos comemorar essa trajetória de vitórias por termos pessoas como vocês que confiaram e ajudaram a construir a nossa história. A nossa meta é oferecer a melhor qualidade de ensino a todos os nossos alunos. Convidamos vocês a continuarem caminhando conosco. “Juntos, fazemos o melhor pelo seu filho”. Esse é o tema do Positivo e de suas escolas conve-

34

Revista

Destaque

niadas para o próximo ano. A frase traduz a importância da união entre pais, alunos, professores e todos os integrantes da comunidade escolar, e sua parceria com o maior grupo educacional do Brasil: Grupo Positivo. A integração e troca de experiências se reflete na melhor qualidade de ensino para todos os alunos. Temos certeza que o desenvolvimento do aluno desde a Educação Infantil ao Ensino Médio, só acontece com sucesso, através da junção par-

ticipativa entre todos os agentes da comunidade escolar: pais, alunos, professores e demais colaboradores. Por isso convidamos a família a estar unida a escola em prol de bons resultados educacionais. Queremos juntos construir resultados ainda melhores. O dueto Valores X Competências, são princípios que permeiam nossa proposta pedagógica. O “Ser e Ter”, devem ser desenvolvidos em harmonia. Não adianta investirmos somente no acadêmico para obter resultados do “Ter”, e descuidarmos da formação do caráter com bons valores que é o “Ser”. Também não podemos priorizar apenas o “Ser”, cuidando da formação emocional, pessoal e religiosa e não prepararmos nossos alunos para a competitividade de mercado, que é a realidade da vida. Diante desse desafio nossa Proposta pedagógica foi toda reformulada em 2012, para implantação em 2013. Queremos trabalhar para um desenvolvimento integral de nossos alunos. Com uma avaliação formativa que vise levar o aluno a entender que o mesmo não deve buscar a recuperação de notas ou conceitos, mas de saberes e conteúdos.

O importante é aprender e ser feliz fazendo isso. Nessa fase que marca a adolescência de nossa escola e a tradição para projetos mais arrojados, temos novas metas e objetivos a serem ampliados. Aproveitemos para compartilhar conquistas recentes: O Colégio Evangélico Jerusalém e o grupo Positivo ampliaram suas parcerias. Nossa instituição foi a primeira do Brasil a firmar contrato de parceria com a Universidade Positivo para implantação de cursos de Pós Graduação à Distância, com as perspectivas de cursos de pós presencial, graduação a distância em um breve espaço de tempo. Somos também uma, das duas escolas, escolhidas no Paraná, para a implantação de um Projeto Piloto do Curso “Positivo Pré Vestibular”, para que aulas dadas no cursinho, sejam retransmitidas em nosso Colégio. Estamos aguardando a aprovação para a implantação do Curso de Formação de Docentes em nível médio na modalidade normal para o ano de 2013. Convidamos vocês, para juntos, construirmos uma escola que faça o melhor pelos seus alunos.


Revista

Destaque

35


Coopanexos

“Não chegamos a 100% ainda, mas já melhorou 70%” Nesta entrevista o presidente da Cooperativa de Transportes e Anexos de Paranaguá (Coopanexos), José Pereira de Jesus (Pereirinha), fala dos avanços conquistados para a agilização de mercadorias pelo porto da cidade mãe do Paraná. DL - Pereirinha, em que aspecto melhorou os serviços realizados pelo Sindicato? Depois de uma dificuldade que já durava há algum tempo em relação à carga e descarga de mercadorias no TCP (Terminais de Contêineres Paranaguá), que subentendemos como porto, encontramos uma saída. Nós lutamos para a agilização destas cargas e conseguimos através de uma reunião onde ficou firmada que todo o serviço se fará pelo método de “agendamento”, isso já ocorre em outros portos do Brasil, como Santos e Itajaí, este método permite que os caminhões não entrem em filas, agilizando a importação e exportação de produtos. Uma reivindicação nossa e dos demais tomadores de serviços em Paranaguá. Não chegamos a 100% ainda, mas já melhorou 70%. Para se ter uma ideia, antes nós levávamos para fazer um ou dois serviços de carga quase dezoito horas, hoje realizamos neste mesmo tempo, quatro a cinco viagens de carga. Aumentando e muito a produção. DL - Com esse método adotado para o

36

Revista

Destaque


embarque e desembarque de carga aumentou também o volume de carga? Pode até parecer paradoxal, mas o que aumentou não foi o volume de carga, que continua sendo o mesmo. O que aumentou foi o fluxo de carga e descarga. A cidade de Paranaguá tem uma grande área portuária e na maioria das vezes os trabalhos realizados eram travados, as cargas permaneciam nos caminhões e estes involuntariamente serviam como armazéns. Hoje melhorou muito e a absorção de cargas está quase no seu ideal. DL - Em sua opinião o que fez a TCP adotar este sistema de mobilidade de cargas? Esta é uma ótima pergunta. O que mudou na verdade, foi a maneira de encarar o problema, de julho para agosto a própria TCP perdeu algo significativo em cargas para outros portos, devido a morosidade na descarga. O exportador tem um foco, ele visa preço mais principalmente a não perda de embarque. Tem também o comprador da mercadoria lá de fora, que espera chegar na data prevista e acaba não chegando,

em alguns casos o navio ia embora sem a carga, gerando frustação para todos. Felizmente unimos esforços e conseguimos contornar este problema e hoje certamente a TCP, adotando esta visibilidade para o embarque e desembarque de cargas irá conquistar e reconquistar o número de clientes que deverão operar pelo porto de Paranaguá. DL - Como o senhor avalia o grau de importância dos trabalhos do porto no relacionamento entre o município de Paranaguá e o Governo do Estado? Sem desmerecer os demais estados, mesmo porque quanto mais atividades pelo nosso porto melhor, mas hipoteticamente se levássemos em consideração somente o volume de cargas do estado do Paraná, já seria o suficiente para um movimento continuo de mercadorias. Digo “se”, por que nem tudo é exportado por aqui. Por isso é que sou defensor da valorização do nosso estado, temos que prestigiar principalmente o que é nosso, pode parecer bairrismo, mas penso que este estado é muito produtivo e um estreitamento com as empresas

daqui é muito importante para o desenvolvimento e manutenção de nosso porto. DL - Seguindo essa mesma linha de pensamento, como o senhor avalia a eleição do prefeito Mario Roque e o relacionamento dele com os governos estadual e federal? Eu conversei muito com Mario Roque antes e depois da eleição, ele é meu amigo como sindicalista e como vizinhos, moramos perto um do outro na Raia e costumávamos jogar um futebolzinho de vez em quando. Tenho amizade

com ele independente da política. Acho que todo o politico independente do cargo eletivo que ocupa ou que vai ocupar deveria esquecer a sigla partidária e trabalhar única e exclusivamente para o povo. Para que isso aconteça os poderes Municipal, Estadual e Federal devem trabalhar juntos. Eu espero que esta gestão que é a terceira de Mario Roque, possa ser gerida com o pensamento de estreitamento principalmente entre o município e o estado. Que de agora em diante prevaleça à unidade da gestão pública.

Revista

Destaque

37


Ciretran Paranaguá

Renovação de CNH no PR passa a ser feita pela internet em 2013

C

ondutor que estiver com documento perto do vencimento receberá correspondência com boleto para ser quitado e deverá fazer agendamento de exame pelo site do Detran. A partir de 2013, os motoristas paranaenses não precisarão ir ao Departamento de Trânsito (Detran-PR) para renovar a Carteira Nacional de Habilitação (CNH). A medida, anunciada nesta segunda-feira (26) pelo governo do Paraná, prevê que quando o documento estiver perto do vencimento, o condutor será notificado por uma correspondência. Ele então poderá agendar pela internet a consulta médica - necessária para a obtenção da renovação - e receberá a nova habilitação em casa. A previsão do Detran-PR é modificar a forma de atendimento no início do próximo ano, mas a data exata não foi especificada. Os procedimentos necessários serão feitos nas clínicas credenciadas, com exceção da troca de fotografia.

O novo sistema - A partir do momento em que o novo sistema entrar em vigor em 2013 - um boleto com código de barras (no valor de R$ 101,79) - com um aviso do vencimento da CNH - chegará pelos Correios para o pagamento. - Depois de efetuar o pagamento, o motorista deverá agendar, pelo site do Detran, a consulta médica exigida pela legislação de trânsito. - Na clínica, o exame físico e a coleta de impressões digitais serão os procedimentos realizados. - No caso de ser aprovado no teste, o Departamento de

38

Revista

Destaque

Trânsito emite automaticamente a CNH, que tem prazo de cinco dias úteis para chegar até o endereço cadastrado pelo condutor. Observação: o novo sistema será implantando apenas no ano que vem. Os condutores que forem renovar a carteira de habilitação agora - ainda em 2012 - precisam cumprir as exigências do sistema atual. Mais informações podem ser obtidas no site do Detran. Atualmente, os condutores são obrigados a repetir a troca da imagem do documento em todas as renovações. A partir da implantação do novo sistema, a foto precisará ser feita novamente apenas de 10 em 10 anos, de acordo com a Agência Estadual de Notícias, órgão oficial de comunicação do governo do Paraná.


O Detran-PR estima que no primeiro ano 527 mil renovações serão feitas pelo novo sistema. O número representa 64% do total previsto para o ano. Em três anos, o órgão de trânsito estadual estima que 1,4 milhão de habilitações sejam feitas sem a necessidade de comparecimento nas sedes físicas em todo o Paraná.

Novo prédio A Ciretran Paranaguá comandado por Maria Alice de Mello Cordeiro, está em novo endereço. Rua: Domingos Peneda s/n, Bairro São Vicente, atendendo de segunda a sexta, das 8h as 14h. A nova sede conta com salas de reciclagem, prova eletrônica, pista de exames categorias A e B e pátio para veículos apreendidos ao todo . são 10 mil m² de área total e 1.314 m² de área construída. O novo espaço reúne todos os serviços do Detran em um só lugar, com uma estrutura e comodidade aos usuários. No local existe ainda caixa eletrônico do Banco do Brasil para pagamento de taxas. O Ciretran com suas novas estruturas atende todo o litoral do Paraná. Foram investidos R$ 2,4 milhões no novo prédio. A Circunscrição Regional de Trânsito (Ciretran) em Paranaguá faz 8 mil atendimentos por mês, na área de habilitação e veículos.

Revista

Destaque

39


9º Batalhão comemora 48 anos

E

m comemoração aos 48 anos, do 9º Batalhão de Polícia Militar, conhecido como o Batalhão do Litoral, uma solenidade marcou a data de 26 de outubro na sede em Paranaguá. Durante o evento algumas pessoas receberam menção honrosa dividida nas seguintes categorias, mérito pessoal, destaque do mês e amigo da Polícia Militar. A solenidade realizada na parte de manhã, teve a presença do Comandante-Geral da Polícia Militar, coronel Roberson Luiz Bondaruk, o comandante do

40

Revista

Destaque

9º Batalhão da Polícia Militar, tenente-coronel Flavio José Correia, e demais autoridades, bem como oficiais e praças da unidade, além de convidados e familiares. Menção Honrosa – na solenidade algumas pessoas foram homenageadas com uma medalha que visa agraciar aqueles que de alguma maneira auxiliaram para o desenvolvimento do 9 Batalhão da Polícia Militar. As medalhas foram entregues a praças da corporação por mérito pessoal, a policiais militares que realizaram se destacaram em

suas atividades e as pessoas que de alguma forma colaboraram para a segurança pública tornando-se amigos da Polícia Militar. História - Através de um decreto foi criado em, outubro de 1964, o Corpo de Polícia Portuária instalada em um dos armazéns do Porto de Paranaguá. Devido o aumento da população em 1977, foi elevado ao patamar de batalhão, passando a ser composto por 290 policiais militares, entre oficiais e praças, que desde então cuidam da segurança dos sete muni-

cípios da região litorânea. Atualmente o 9º Batalhão da Policia Militar é um órgão de execução subordinado ao Comando de Policiamento do Interior em duas Companhias, a Primeira Companhia responsável pelas cidades de Paranaguá, Morretes, Antonina e Guaraqueçaba e a Segunda Companhia responsável pelas cidades de Pontal do Paraná, Matinhos e Guaratuba. No período das férias de verão o número populacional passa de aproximadamente 100 mil para quase 1,5 milhão de pessoas.


Novos soldados deverão estar em atividade em 2013 Desde maio de 2012, novos soldados estão em treinamento fazendo parte do Curso de Formação de Soldados da Polícia Militar nas dependências do Quartel do 9º Batalhão da Polícia Militar e demais Companhias do Litoral (Pontal do Paraná e Matinhos). No total 164 alunos estarão aptos a exercer suas atividades no inicio de 2013. De acordo com o comandante Flávio José Correia do 9º Batalhão da Polícia Militar, os alunos-soldados participaram de treinamento intensivo baseado em aulas teóricas, atividades práticas e estágio supervisionado. A formação seguiu a filosofia do Ronda no Bairro, que é de policiamento comunitário, de proximidade entre o policial e o cidadão. O curso esta no estágio de finalização e os novos soldados estão ansiosos esperando o momento de serem utilizados para a prática no

combate a criminalidade. Em primeiro momento os formandos estarão realizando os serviços de policiamento, sempre acompanhado com um graduado, ou policial mais antigo, para que possam se familiarizar com a profissão escolhida. O coordenador geral do CFSD (Curso de Formação de Soldados), Tenente Muriel Xavier, tendo como auxiliadores o sargento Davi, sargento

Osmail e demais companheiros, o qual conta com uma equipe de direção de apoio especializada, incluindo instrutores e monitores. Nessa etapa final os novos formandos se integraram as modalidades de serviços como: policiamento ostensivo, policiamento comunitário, policiamento de trânsito, sentinelas de guardas do batalhão entre outras atividades. A escola de formação de

soldados de cada turma esta sendo realizada nos seguintes locais: quartel do 9º Batalhão da Policia Militar esta com uma turma dois pelotões, totalizando 75 alunos. A Companhia de Pontal do Paraná está com turma de dois pelotões totalizando 75 alunos. A Companhia de Matinhos está com uma turma de um pelotão, totalizando 35 alunos.

Revista

Destaque

41


GRH

Gerencial Recurso Humanos

O

Seis anos de experiência em Paranaguá

recurso mais valioso que uma empresa possui são as pessoas que a constituem. De fato, as pessoas são a própria empresa, e o talento delas é o fator mais importante para que uma organização atinja seus objetivos. A Gerencial Recursos Humanos com seis anos de experiência em Paranaguá e Curitiba sabe da importância de selecionar profissionais qualificados para a sua empresa. No entanto, alerta para alguns cuidados que as empresas devem ter antes de efetivar o contrato com uma empresa de recursos humanos. Uma delas é a situação fiscal da empresa e o recolhimento de tributos municipais, estaduais, federais e principalmente a situação com a secretaria da Receita Federal no que se refere à situação de recolhimento à previdência social e Caixa Econômica Federal com relação ao FGTS. Outro fator que também serve de alerta refere-se ao contratante, que na maioria das vezes procura no mercado empresas de recursos humanos, bem abaixo do mercado, esquecendo-se do principal na contratação: qualidade nos serviços prestados e a idoneidade da empresa contratada.

42

Revista

Destaque

A Gerencial Recursos Humanos segue um padrão de contratação que prima pela qualidade na prestação de serviços, cumprindo fielmente com suas obrigações referente a seus colaboradores, bem como, junto a todos os órgãos públicos. Como uma empresa experiente em recrutamento de pessoas, para as mais variadas áreas do mercado de trabalho, a Gerencial denota que, este é o período do ano em que mais se contrata os chamados, ‘funcionários tem-

porários’. Só para estabelecer um parâmetro de comparação com os outros países, o Brasil é o terceiro que mais emprega ‘temporários’ no mundo, perdendo apenas para os Estados Unidos e a África do Sul. Em Curitiba, Paranaguá e litoral milhares de pessoas serão contratadas, absorvendo mão de obra especificada para as mais diversas áreas de trabalho. Para esclarecer estes e outros assuntos a GRH, está a sua disposição. O objetivo da GRH é ser parceiro dos clientes, de modo

que estes possam se manter focados apenas no seu negócio principal, no que é essencial e estratégico, como aumentar sua produtividade, explorando novas oportunidades e delegando para as prestadoras de serviço as tarefas que não fazem parte de sua atividade principal. Em 2013 nossa empresa estará atendendo com a mesma agilidade, ética e qualidade nossos clientes, contribuindo com os seus resultados através das pessoas que integram suas equipes.


Revista

Destaque

43


Revista Destaque Litoral 03  

Terceira Edição da Revista Destaque Litoral Diagramada por Gediel Mendes