Page 1

S M

G

16 anos de olho nos fatos

ANO XV - Nº 292

1ª Quinzena de Julho/2009

Continua a saga Riacho dos Machados F

az tempo que lideranças e moradores do entorno do Córrego Riacho dos Machados, em São Mateus se desdobram em reivindicações, reuniões e vigilância quanto ao andamento das obras que envolvem o complexo. Desde o começo até agora houve desde ânimo e festa por conta do início das obras até a decepção e preocupação quanto ao ritmo que a empresa contratada vinha adotando no trabalho. Entretanto, segundo relato de liderança, após visita ao local em julho, são boas as perspectivas da obra ser entregue no final do ano, conforme prometido. Página 8

E ditorial

Opinião

Moralizar o Senado? Não pode ser sério

A pipa no ar e os riscos na terra

DISTRIBUIÇÃO GRATUITA

Munícipes lamentam por árvores cortadas

A

reportagem ouve a população e mostra o que vem acon tecendo na Praça Antonio Donizete Risco com as árvores de 20, 30 anos que estão sendo cortadas quando, eventualmente, poderiam estar sendo removidas para as proximidades, conforme vontade da comunidade. Página 6

Decoração, Moda, Boa Saúde, Os quatro elementos e Fábula sobre a verdade Página 9

Página 2

Amigos e parentes celebram o aniversário da Lucy

Mais uma vez, num ambiente de descontração, alegria, fartura e sorrisos fáceis a aniversariante foi surpreendida com a presença de todos que montaram e abrilhantaram uma festa que ninguém gostaria que acabasse. Gente amiga de longa, média e recentes datas. Gente que deixou os afazeres de lado para homenagear essa mulher guerreira e destemida que vem fazendo história em São Mateus. Sua incansável luta por uma sociedade melhor é reconhecida e respeitada até mesmo pelos adversários de ontem e de hoje. Página 10

Verdadeira Revolução no transporte sobre trilhos Conheça as novidades sobre a revolução no sistema de transporte por trilhos com o resumo da longa entrevista exclusiva concedida à Associação dos Jornais da Zona Leste – Ajorleste pelo secretário dos Transportes Metropolitanos José Luiz Portella. Página 4

Subprefeito atende munícipes do Parque Sapopemba Em atenção a várias solicitações que surgem diariamente na assessoria de gabinete, o subprefeito Clovis Luis Chaves visitou no dia 03, uma praça localizada na região do Parque Sapopemba. Ali ouviu de moradores as diversas reivindicações e se comprometeu com algumas delas. Página 3

G

S

Novos zeladores são diplomados na Subprefeitura São Mateus

Página 3

M

Para anunciar ligue: 2962-3172 gazetamateus@terra.com.br

visite nosso site www.gazetasaomateus.com.br


Gazeta São Mateus

Página 2

Opinião A pipa no ar e os riscos na terra

E ditorial Moralizar o Senado? Não pode ser sério

D

iante do mar de lama sempre presente com suas barbaridades republicanas, os brasileiros estão a se perguntar, sem conseguir respostas consistentes, o que mais será necessário acontecer para que um dia, quem sabe, tenhamos, nós os brasileiros, instituições minimamente respeitáveis. A cidadania fica de fora porque tem sido difícil suplantar o longo período de engessamento cívico causado pelas ditaduras no século 20. A tomada de consciência é um processo lento e quase sempre inconcluso. Basta ver ao seu redor e você vai encontrar quem não está nem ai para o que vem acontecendo no Senado. É uma pena porque diversas coisas precisam de outro rumo. Pode não parecer, mais uma das raízes profundas desse estado de coisas é a falta de democracia nos processos decisórios internos de cada partido. A reforma política é uma das saídas para acabar com a despolitização e a descaracterização da própria prática política e acabar de vez com coronelismo que deve ser lembrado aqui e que veremos mais adiante. Antes de chegarmos ao tema, entretanto, lembramos que já foram tantos os escândalos em Brasília e no Senado que este parece até insignificante. Existe uma crise de Estado e a cidadania. A cidadania ativa indo para um lado e as instituições estatais Executivo, Legislativo e Judiciário para outro. Esses mesmos poderes sequer se entendem entre eles, e depõe contra um dos argumentos para o seu funcionamento: a harmonia. O Executivo impõe, o Legislativo responde com uma permanente chantagem e o Judiciário, por vezes entrando em campos que não são seus, dá palpites e toma decisões nem sempre felizes. Com isso, ficamos alguns de nos discutindo que Estado e sociedade queremos. Discutimos a estrutura do Brasil, país que parece, mas não se comporta como uma federação. Se assim fosse o Senado teria muita importância, pois nele estariam sendo discutidas as diferenças dos estados autônomos e haveria papel para os senadores resolverem os problemas. Concretamente este país mais parece um império onde o Executivo federal age impondo regras as suas peças; estado e municípios, enquanto o Senado se ausenta das questões relevantes e se transforma numa agência atrás de recursos federais para suas regiões chegando a fazer chantagem querendo contrapartidas para aprovar aquilo que foi proposto pelo Executivo e recusado pela Câmara ou até mesmo pela sociedade. Hoje, então, está reduzido a uma agência de empregos para parentes de senadores, engolidos pelo próprio nepotismo e pelo controle dos funcionários. Diante desses impasses há quem discuta que o Senado é obsoleto, mesmo porque com a atual crise percebe-se que ele não responde nem as necessidades do próprio Estado nem da cidadania. É aqui que entra a figura dos coronéis. Sarney, atual presidente do Senado é ape-

nas um deles. Sarney assumiu provisoriamente a presidência após a morte de Tancredo Neves, em 1985. Já tinha diversos mandatos como: deputado, governador biônico, senador e presidente do PDS. Sua vida já era conhecida de todos. Com o apoio do Congresso conseguiu prorrogar o seu mandato por mais um ano. Deixando a presidência elegeu-se senador pelo Amapá, ou seja, um dos coronéis de maior destaque na cena nacional. As irregularidades agora denunciadas no Senado acontecem há pelo menos 15 anos e colateralmente o interesse em denunciá-las agora trouxe mais uma vantagem para Lula. Pela primeira vez os políticos que mandaram e desmandaram neste país querem apurar as irregularidades, embora só retroajam a 2002, espertamente tirando da reta o governo FHC. Será que querem mesmo? Nunca foi apenas o Sarney. Um pouco antes teve o Renan Calheiros que renunciou à presidência do Senado porque tem uma filha fora do casamento (reconhecida por ele) e que foi sustentada por um empresário. Fiquemos nos dois para não ir mais longe. Sempre que as denúncias de corrupção aparecem, a imprensa elege as “vozes da moralidade” para darem seus comentários indignados. O povo tende a acreditar que esses caras são os corretos. Pura hipocrisia. Se a grande imprensa tivesse de fato compromisso com a verdade, escolheria aqueles de ficha limpa Não é o que está acontecendo. Entre os “arautos” atuais, temos o José Agripino Maia, primo de Agaciel Maia, diretor do Senado envolvido em diversas suspeitas. Agripino se fez na política na ditadura e tem contra si uma série de denúncias e irregularidades. Outro: Heráclito Fortes, também dos tempos da ditadura. Tinha em seu gabinete, desde 2003, como funcionária fantasma, Luciana Cardoso, filha de FHC. Recentemente defendeu o pagamento de R$ 6,2 milhões em horas extras para 3.883 funcionários durante o mês de janeiro, em pleno recesso, quando não houve trabalho parlamentar no Congresso. Mais um desses guardiões; o senador Arthur Virgílio gritava contra o caixa 2 do PT, que chamou de “mensalão” para ficar mais grave, mas em entrevista a um grande jornal em novembro de 2000, reconhecia que “foi obrigado” a fazer caixa 2 na campanha para o governo do Amazonas. Reconhecia o fato publicamente porque o crime já prescrevera. Quando prefeito de Manaus teve nada menos que 46 operações e obras consideradas pelo Tribunal de Contas como irregulares. Enfim são esses, entre outros, os políticos, também coronéis, os escolhidos pela grande imprensa para dar depoimentos condenando a corrupção. Fica claro que a intenção de moralizar o Senado não é tão séria e, também, não revela que uma das intenções é o de paralisar o Senado prejudicando o governo e principalmente o país, além de intimidar os deputados de apoio a este governo, afinal estamos quase em clima de campanha eleitoral. (JMN)

Profº Janilson das Neves Pinheiro CRA/SP 45.080 OAB/SP 102.159-E CRC/SP 1SP156862/0-9 • ADMINISTRAÇÃO: De bens, empresas e condomínios; • ADVOCACIA: Causas Cíveis, Família e Trabalho; • ARQUITETURA: Projetos, Decoração e Desdobro; • CONTABILIDADE: Abertura, Alterações e Encerramentos; • INFORMÁTICA: Organização, Sistema e Programa; • ENGENHARIA: Plantas, Regularização e Construções; • QUALIDADE: Implementação e Implantação de Cursos

GÊ ASSESSORIA E CONSULTORIA Site: www.geassessoria.com.br @Mail: geassessoria@geassessoria.com.br

F: 2010-0543 - Fax: 2015-0883 Av. Satélite, 539 – Cidade Satélite – São Mateus

1ª Quinzena de Julho/2009

T

Luci Mendonça Diretora do Jornal

Uma mistura criminosa de cola de madeira com vidro moído que a criançada, adolescentes e até alguns adultos usam em linhas das pipas que soltam pelos céus da cidade tem sido a razão de uma série de acidentes onde algumas das vítimas perderam a vida com pescoços cortados como numa degola. É neste período e no final do ano, durante as férias escolares, que os céus das periferias são tomados por pipas de todas as espécies, principalmente nos bairros e aglomerados urbanos pobres das cidades. Empinar pina no campo, no descampado e no meio rural é até uma prática agradável e faz a felicidade de meninos e adultos. O mesmo não se pode dizer para as cidades grandes.

em se tornado rotina aci dentes com motociclistas que passam pelas áreas onde os papagaios são empinados. Sem aquela proteção improvisada, uma espécie de haste de arame junto ao guidão em frente ao corpo para enroscar a linha evitando que ela tenha contato com o corpo e principalmente o pescoço, motociclistas que não conseguem perceber a presença da linha, sempre sofrem acidentes; seja com o susto, seja caindo da moto que fica desgovernada e, pior, tendo o pescoço ou o rosto cortado pela mistura criminosa. E é assim também em São Mateus onde tenho visto, principalmente nas ruas secundárias, gente empinando papagaio sem levar em conta o risco que eles apresentam. E nem é só o tal do cortante que conforme notícias quase que diárias podem vitimar aeronaves, pedestres, ciclistas, skatistas e outros, tem também o risco do contato com a rede elétrica. É muito comum os pipas se enroscarem nos fios públicos de eletricidade e é muito mais comum ver um bando de garotos tentando laçar o papagaio enroscado com os chamados “réus” que nada mais é que um contrapeso, normalmente uma pedra na ponta da linha e que em lançamentos

Convite Comunidade Samba Maria Cursi

tentam retirar o pipa enroscado. Na maior parte das vezes fica até pior: onde estava enroscada apenas a pipa começa a se enroscar réus de toda espécie. Até tênis e chinelos velhos podem ser vistos nos fios imundos. O problema com a tentativa de desenroscar as pipas é que as linhas tem cerol que vai cortando as proteções do fio desencapando-o e tornado-o propício a descargas elétricas inesperadas. Diversas notícias dão conta de acidentes graves e até fatais com as pessoas tentando retirar pipas enroscadas. Quando perguntamos as crianças porque gostam de empinar pipas apesar dos riscos, quase sempre não temos respostas diferentes dessa, “Gostamos é der mandar as pipas que estão próximas”, algo como tirar a alegria e fazer a tristeza do outro. O prazer maior mesmo é tirar as pipas próximas de circulação cortando suas linhas e, se possível, laçando-a para ficar em poder dela. Empinar pipa é uma coisa tão antiga e ocorre em muitos países. Nasceu lá no Oriente onde até hoje o sentido é fantasiar os céus e exibir pipas ricamente decoradas com suas coreografias aéreas. Nas periferias de São Paulo, por

exemplo, nada desse sentimento sobrou. Em seu lugar a competição; o gosto por derrubar a pipa do outro e para isso vale tudo, inclusive essa mistura criminosa. Não bastasse isso empinar pipa tem sido sempre um risco que muitas vezes pais ou responsáveis não se dão conta. Crianças caindo de lajes onde gostam de estar porque em nível mais alto e com menos obstáculos é muito comum. Crianças tomando tombos e sendo atropeladas pelas ruas por causa da distração com as pipas no ar também ocorrem quase todo santo dia. Agora se tem uma coisa que aborrece quem não participa dessa prática é quando no afã de catar as tais pipas mandadas, crianças e adolescentes chegam ao cumulo de invadir casas, quintais e principalmente telhados alheios sem se importar com os estragos que vão causando. Se, com certeza, empinar pipa vai continuar sendo uma brincadeira de crianças e adolescentes, a prática tem que ser monitorada pelos adultos que, espera-se, tenha uma noção maior do perigo, mesmo porque eles não podem continuar alegando que ainda não sabem que o uso de cortante nas linhas de pipa é crime.

educação Centro de Estudos de Línguas - CELs

Convidamos a todos para participar de mais uma festa beneficente onde estaremos comemorando cinco anos de samba. Na realidade nossa atividade é divulgar o samba de antigamente, mas, principalmente, estar sempre promovendo eventos para arrecadação de alimentos que são doados as instituições da comunidade de São Mateus. Já está confirmado a participação de vários grupos de sambistas de São Paulo, como o Samba da Vela, o Berço do samba de São Mateus, o Buteco do Timaia e outros movimentos de Samba de São Paulo. Sua participação e muito importante. Dia: 19/7 Local: Av.Maria Cursi 621 Aceni Entrada um quilo de alimento não perecível Horário :apartir das 13h00 Cel: 8655-1863 ou 9188-9186 Emerson Madureira ou Reinan

BENEFÍCIOS - INSS ***EVITE FILAS*** • APOSENTADORIA • PENSÃO POR MORTE • ACIDENTE DE TRABALHO • REVISÃO DE APOSENTADORIA E PENSÃO • DEPARTAMENTO JURÍDICO PRÓPRIO • CONTAGEM DE TEMPO DE SERVIÇO • ANÁLISE DE DOCUMENTOS

• MULHERES E HOMENS a partir de 65 ANOS ou DEFICIENTES, podem ter direito a um benefício, mesmo sem nunca terem contribuído ao INSS

FAÇA VALER SEUS DIREITOS! ATENDEMOS EM DOIS ENDEREÇOS: Av. Satélite, 543A - sala 1 - São Mateus - SP – Fone: 2012-6397 Rua 7 de Abril, 118, cj. 202, sala 01 – Centro – Fone: 3151-2991

G azeta S ão M ateus Expediente Empresa Jornalística Gazeta São Mateus Administração, Publicidade e Redação: Rua Libra, 85 - Jd. Santa Bárbara São Mateus - São Paulo - Cep: 08330-370 Fone:/Fax: 2962-3172 - Cel: 9431-7658 e-mail: gazetamateus@terra.com.br Diretora: Luci Mendonça Diretora Comercial: Cristina Mendonça da Silva Jornalista Responsável: Luci Mendonça – Mtb 43029-SP Redação: J. de Mendonça Neto Repórter Fotográfico: Giuseppe Celestino Diagramação: Dario Silveira - Cel: 7610-3222 (Obs: Matérias assinadas não representam, necessariamente, a opinião do jornal) Fotolito e Impressão: Gráfica Pana - Fone: 3208-2487 CNPJ - 02.740.573/0001-87 Proibida a reprodução total ou parcial dos textos Tiragem: 20 mil exemplares Circulação: São Mateus, Itaquera, Guaianazes, Vila Formosa, Mooca, Vila Prudente, São Miguel, Tatuapé e Mauá Distribuição gratuita

O

Centro de Estudos de Línguas - CELs é um projeto da Secretaria de Educação que oferece cursos de alemão, japonês, francês, espanhol e italiano para os alunos das escolas estaduais. Criado em 1987, o objetivo é proporcionar aos alunos do ensino fundamental e médio, diferentes oportunidades de desenvolvimento lingüístico, enriquecimento do currículo e acesso a outras culturas. Cursos de alemão, japonês, francês, espanhol e italiano estão disponíveis aos alunos das escolas estaduais Todos os alunos da rede estadual já têm aulas de inglês. Os novos cursos são uma oportunidade de aprender

uma terceira língua. Eles são compostos de seis semestres e ao final de três anos de aula, os alunos recebem um certificado de conclusão. Para se inscrever é preciso ser aluno da rede estadual (cursos regulares ou supletivos). Estudantes de escolas técnicas estaduais também podem se matricular. Os interessados devem procurar a unidade CEL mais próxima, levando comprovante de matrícula escolar e identidade. Os estudantes menores de 18 anos devem estar acompanhados de um responsável. Hoje existem 84 Centros de Estudos de Línguas espalhados pelo Estado, que oferecem mais de 45 mil vagas.

Convite Conseg do 55DP Parque São Rafael convida, a comunidade para participar da posse da nova diretoria. Neste dia será apresentado o projeto (OQUE FALTA) para o biênio 2009/2011 Local: Churrascaria Gel 2000 Horário: 19h30 Dia: 31/07/2009 Convites com Cristina e Julio R$17.00 Fone: 2018-1399 Avenida Sapobemba 13913


Gazeta São Mateus

1ª Quinzena de Julho/2009

Izaura Alves da Silva

O

Subprefeito de São Ma teus, Clóvis Luiz Chaves, em atenção às várias solicitações que surgem diariamente na Assessoria de Gabinete, visitou na sexta-feira, 03 de julho uma praça localizada na região do Parque Sapopemba. As reivindicações dos moradores são relativas à iluminação pública, poda da vegetação lindeira ao córrego, conserto dos brinquedos, plantio de árvores, construção de uma ponte, gabião e esgoto a céu aberto. A assessoria de gabinete é um setor de atendimento ao público e serve como uma espécie de vigia para as ações realizadas ou não pela subprefeitura. Por exemplo: ao realizar um SAC junto à Praça de Atendimento, o munícipe aguarda pela conclusão do

infraestrutura

Tricotando em São Mateus

Subprefeito atende chamado de munícipes do Parque Sapopemba

Homenagem continua na promessa

serviço, caso isso não ocorra, as pessoas buscam entrar em contato direto com o subprefeito, que semanalmente atende aos munícipes (sempre às terças e quartas - feiras mediante agendamento). Quando o Clóvis não pode atender pessoalmente, seus assessores fazem a vez e atendem aos munícipes. Foi dessa forma que a reclamação da senhora Isaura Alves da Silva, 76 anos, residente à Rua Campo Azul há 37 anos, chegou ao conhecimento do subprefeito. A partir de uma reclamação por falta de iluminação na praça, os assessores de gabinete visitaram o local e verificaram a real necessidade da implantação de iluminação pública. Após a vistoria, os detalhes foram levados ao subprefeito que ficou curioso em conhecer a praça. Uma visita foi agendada para o dia 7 de julho. Acompanhado pelo coordenador de obras, o subprefeito encontrou uma comissão de moradores que expuseram todas as necessidades da pra-

Subprefeito Clovis Luis Chaves, atendendo comissão de moradores

ça. Ele caminhou pelo leito do córrego, observou os detalhes a serem estudados no projeto e o mais importante, ouviu às reivindicações dos munícipes. Durante sua permanência no local, Clóvis pôde observar, também, uma obra que a Sabesp, em parceria com a Pre-

feitura está realizando para as futuras instalações de um parque linear que contemplará aquela região. Após sua vistoria, Clóvis informou que os pedidos serão encaminhados aos setores competentes para providências.

Prefeito descentraliza as Juntas Militares para todas as subprefeituras

Em São Mateus serviço é oferecido desde 2005

s jovens em idade mili tar poderão se dirigir à Subprefeitura mais próxima de sua casa para fazer o Alistamento Militar. O prefeito Gilberto Kassab assinou um decreto que autoriza a transferência do atendimento das Juntas e Delegacias de Serviço Militar para todas as 31 subprefeituras. A previsão é de que no segundo semestre as subprefeituras já estejam

aptas para o atendimento. O trabalho será coordenado pela Secretaria de Segurança Urbana, junto com a Secretaria de Coordenação das Subprefeituras e de Modernização e Gestão. De acordo com o prefeito “O decreto que assinamos nos dá a oportunidade de fazer um atendimento mais eficiente aos nossos jovens, contando com as ações efeti-

vas das secretarias, em especial das subprefeituras, com apoio do Exército”. Atualmente o serviço já é oferecido em algumas subprefeituras, entre elas está a subprefeitura São Mateus, que diariamente atende os jovens que estão nessa fase. A Junta Militar de São Mateus foi criada em 19/05/99 e relaciona-se tecnicamente com a 15ª Delegacia do Serviço Militar; em 01/06/2005 transferiu-se para as instalações da Subprefeitura. A Junta tem como responsabilidade o atendimento aos assuntos pertinentes e ligados à Lei do Serviço Militar e atende aos munícipes residentes nas áreas da Subprefeitura de São Mateus e da Subprefeitura de Cidade Tiradentes, perfazendo um total de 57 bairrosVilas, Jardins, Chácaras, Parques- apresenta uma média de 7.000 atendimentos por ano. A Junta de São Mateus não efetua apenas o Alistamento

Militar Unificado para o Exército, Marinha de Guerra e Força Aérea Brasileira dos jovens no ano em que completam 18 anos. Além do Alistamento Militar regido pela Constituição Federal e pela Lei do Serviço Militar nº 4375 de 17/08/ 1964, exige a formalidade de após o alistamento o retorno do jovem por mais três vezes à Junta. Além dessas medidas, foi anunciada a parceria do município de São Paulo com o Exército nos estudos para a modernização do sistema de cadastramento dos jovens, por meio do qual será testada a sistemática hoje aplicada para obtenção de passaporte. O novo sistema permitirá que o jovem, usando qualquer computador pela internet, inclusive os mais de seis mil computadores dos 300 telecentros da Prefeitura instalados em toda a cidade, faça seu préalistamento, agilizando assim o seu atendimento.

meio ambiente Novos zeladores são diplomados na Subprefeitura São Mateus

A

Subprefeitura São Mateus diplomou na tarde do dia 3 de julho mais uma turma de zeladores de praças. A cerimônia que aconteceu no auditório da subprefeitura contou com a presença do Subprefeito Clóvis Luiz Chaves, Andréa Correa Zuppo Franco - Secretaria do Trabalho; Fátima Pessoa Pando Secretaria do Verde e Meio Ambiente; Renata Tride L. da Costa - professora do curso para zeladoria de praças; Robertinho - chefe da Unidade de Áreas Verde (UAV) de São Mateus; Ivete Vítor - secretária geral da UAV; Ivone Vitor ; estagiária da Secretaria do Verde; Silas Macedo - engenheiro agrônomo da subprefeitura. Após um mês de capacitação, os zeladores estão prontos para cuidarem de mais praças. Nessa nova turma, mais

58 zeladores foram diplomados. Durante o evento os novos zeladores de praça se emocionaram com a entrega do certificado e cada um agradecia, à sua maneira, a oportunidade de voltarem ao mercado de trabalho, um dos objetivos do programa. Os zeladores são capacitados nas técnicas e práticas de manutenção de áreas verdes, para execução dos trabalhos nas praças. Os temas abordados em sala de aula foram: preparo do solo, de vasos, o plantio de mudas, noções de paisagismo, meio ambiente, cuidado e manutenção de gramados, forrações, arbustos e árvores. Além de deixar as praças sempre limpas, os zeladores contribuem para o aumento da conscientização dos munícipes pelos locais públicos e a redução dos custos com a ma-

Lideranças e familiares do Major Oscar, já falecido, foram informadas que a UBS Jardim Tietê passaria a se chamar Major Oscar, uma justa homenagem a um homem que muito contribuiu para o progresso de São Mateus. A iniciativa do vereador Gilson Barreto e assinada pelos 55 vereadores, entretanto, ainda não saiu do papel.

Para o desapontamento de familiares

cidadania

O

Página 3

Não é preciso dizer como familiares e amigos estão desapontados. Por duas vezes foram avisados que a placa iria ser colocada na UBS, o que não aconteceu. Os familiares estão chocados com a promessa que não se cumpre. Vale lembrar que a viúva do major está muito doente. Ela que foi a primeira professora a lecionar em São Mateus.

Será que a placa é cara? Já se passaram dois anos e até agora nada. Será que a placa custa tão caro assim? Que tal a comunidade fazer uma vaquinha? Bom esse é o caso. O outro aconteceu com a família Mendonça. O vereador Gilson Barreto propôs uma homenagem dando o nome de Maria Helena Mendonça, mãe da diretora da Gazeta a Praça Nebulosas com a Rua Libra. Os vereadores aprovaram já faz um ano e três meses.

Não fomos nós que pedimos... Não foram os familiares que foram à porta de ninguém para pedir nada. O vereador teve essa iniciativa por sua conta. Parece que ele teve boa vontade, pena que até agora nada aconteceu, a praça continua sem nome e os familiares estão aborrecidos. Não se brinca com o sentimento de familiares que perderam seus entes queridos.

E, agora dispensamos As famílias Mendonça e do Major Oscar agradecem ao vereador Gilson Barreto, mas deixam registrados que não permitem mais o nome dos seus familiares expostos em lugar nenhum. Não se brinca com o sentimento.

As luzes continuam se apagando Conforme publicado na 2ª quinzena de junho sobre as lâmpadas apagadas no Iguatemi até agora nada foi resolvido. Pior, aumentou. Tem mais lâmpadas apagadas nas ruas Gabriele Martinemgo, 268 e na Rua Pedro da Esperança, 420, no Jardim Augusta e outras na Avenida Ragueb Chohfi, 4103 e na Rua Antonio Coutinho, 245, informa o presidente da SAB Jardim Helena e Augusto, Antonio Curcino que continuará reclamando até que a Ilume se mexa.

Teretetê do Dr. David O homem realmente não é fácil! Lula tem razão quando afirma que “Sarney não é uma pessoa comum”. Só resta saber como a justiça o tratará: de forma comum ou incomum? Dr. David Neto - Médico e Jornalista

Bafão forte! Meus amigos, o Rotary Clube São Paulo de São Mateus está desmoronando. Digo isso porque o clube de serviço para servir ao próximo é o lema dos rotarianos, entretanto, aqui em São Mateus os associados estão completamente perdidos em vaidades e muitas brigas. Os desentendimentos acontecem a muito tempo. Fofocas, então? Nem se fale. Vocês poderiam imaginar que até tapa saiu em uma das reuniões. Verdade, um escândalo! Ficamos sabendo antes e para preservar o clube nos calamos. Mas, como nada muda... o presidente se invocou e meteu a mão na cara de um companheiro. Quer horror! Foi um vexame para os rotarianos, né?

Será que é a mesma coisa em outros lugares? Eu me pergunto será que nos outros clubes rotarianos é assim? Existem panelinhas, que na verdade já é um caldeirão como aqui? Será que faz parte do regimento interno os tapas e os leva-e-traz e as fofocas que a gente nem se espanta mais?

Posse com porradas E a nova diretoria do RC São Mateus tomou posse. O presidente que estava saindo do cargo não conversava com o que estava assumindo. Foram eles que se estapearam. A nova diretoria já assume o clube desgastado. Uma pena, porque o Rotary “é um clube para servir ao próximo”, mas como nem eles se entendem e se respeitam... vai saber!

E logo na primeira reunião... Outra confusão. O novo tesoureiro que assumiu reconheceu que não tinha experiência e solicitou a ajuda do tesoureiro que estava saindo do cargo. Este, por sua vez, simplesmente disse “Se vira”. Pronto, estourou outra bomba.

De pavio curto O novo tesoureiro, um italiano ou descendente de sangue quente soltou os cachorros e mandou todos para a PQP. Isso é o atual Rotary de São Mateus. Muita baixaria. Ele só queria umas orientações para o desempenho no novo cargo. Em minha opinião, por enquanto, acho melhor os rotarianos ficarem em suas casas assistindo novela. Pelo menos não correm o risco de se pegarem.

GAZETA SÃO MATEUS nutenção deles pela subprefeitura. Os zeladores de praça” recebem um auxílio mensal de R$ 488,25 por meio do Programa Operação Trabalho. Nas praças em que a primeira turma de zeladores já estão trabalhando, os moradores estão satisfeitos, como é o caso da Praça Edgar Carioca, modelo de zeladoria. O morador Manoel

Sanches não poupa elogios “Minha praça está 1000%, gostaria de aproveitar essa oportunidade e agradecer a subprefeitura. Hoje a praça está bem cuidada, pintada, grama aparada. Antes tinha muito problema de vandalismo”. Diariamente é possível observar o movimento intenso de crianças e idosos nessa praça.

Para anunciar 2962-3172

Aqui o seu anúncio é LEGAL!


Gazeta São Mateus

Página 4

transportes

1ª Quinzena de Julho/2009

Ambicioso projeto e sinergia na implementação da expansão do transporte metropolitano de São Paulo

Verdadeira revolução no transporte sobre trilhos Competência indiscutível e grande vontade de concretizar os projetos em tempo recorde foi o que demonstrou José Luiz Portella

U

ma verdadeira revolução no sistema de transporte por trilhos é o resumo da entrevista exclusiva concedida à Ajorleste pelo secretário dos Transportes Metropolitanos José Luiz Portella. A entrevista realizada na sede da Secretaria teve início, após uma breve dissertação sobre a Associação dos Jornais da Zona Leste (Ajorleste) que congrega em seu quadro de associados os principais jornais da região, com uma explanação do secretário que destacou: “Eu fico feliz em falar principalmente com vocês, pessoal da imprensa, que pode transmitir à população em geral, não somente os números, mas tudo que está sendo feito em São Paulo no setor dos transportes, geralmente todo mundo gosta de pegar números, 20 bilhões, não sei quantos trens etc e tal. Óbvio que isso é uma via, mas não é a que melhor representa o que está sendo feito, por que o que está sendo realizado é uma coisa que pensa no todo, com uma sinergia, com uma abrangência, que nunca antes foi feito. Acredito que isso seja o caminho para resolver o problema de transporte mesmo até 2014, com certeza até 2010 um grande salto vai ser dado. Porque essas ações estão sendo feitas de forma sistêmica. Então, duas coisas eu digo que são inéditas como o plano de transportes e elas são fundamentais, elas que marcam a diferença. O plano pode ser um conjunto de projetos que se faz, somase tudo, aquilo dá um valor etc. Só que isso não dá um impacto e o resultado necessário. O transporte é algo absolutamente que funciona em conjunto, em rede, sinérgica, não adianta melhorar um lado da cidade se não melhorar o outro. Não adianta melhorar uma linha, não melhorar a outra. As duas grandes diferenças que estamos trabalhando nesse sistema de plano de expansão é que em primeiro lugar, não estamos mexendo em uma linha, nem em duas. Nós estamos trabalhando com todas as linhas. Algumas linhas com intervenções brutais, outras médias, mas todas estão sendo melhoradas. Em sistema de transporte se arrumar uma e não arrumar as outras, você leva o problema para as outras. Como analogia, é como se fosse um sistema sanguíneo. É assim que funciona o sistema de transporte. Uma sinergia, se você tiver com as coronárias funcionando bem, se uma tiver ruim, dá o infarto. Segundo lugar, tem de mexer em tudo, ou seja, tem de pensar em todo o sistema. Não pode pensar só em expansão. Expansão é aquilo que mais vem à cabeça das pessoas, porque querem ter mais linhas. Querem que chegue mais longe. É normal. Acontece que se expande a linha e não compra trem, é o que ocorreu, nós tivemos um grande aumento de usuários com o bilhete único e um período sem compra de novos trens. O metrô e o sistema de trens é como um carrossel que funciona à base de quase velocidade constante. Todos têm que andar na mesma velocidade, pois senão chega lá, não gira, pára em algum lugar. Você tem um carrossel e estica esse carrossel, aumenta, para atender mais gente e manter o mesmo número de

trens, o que vai acontecer, o intervalo de trens vai aumentar e vai transportar menos gente por hora. Então começa a superlotar, porque você tem o mesmo número de trens para percorrer uma distância maior ou número de passageiros maior. Resultado: o trem vai demorar mais para passar. Se passava a cada três, quatro minutos, vai passar a sete, a oito a dez. O que interessa no transporte é o número de transportados por hora, por minuto, por segundo. O número de transportados por hora vai diminuir. Então a expansão tem de vir agregada a dois valores principais: operação, que é comprar mais trens e comprar sinalização que é o sistema que permite colocar os trens mais próximos. Não se coloca um trem mais próximo um do outro a seu bel prazer, sem sistema de segurança. O que aconteceu em Washington agora bateu lá, porque o sistema é muito antigo e o trem correu mais do que a velocidade permitida pelo sistema. Então colidiu com o trem da frente. O sistema que não permite essa colisão chama APC, ele é cada vez mais modernizado e o último tipo chama-se CBTC. Esse é o sistema que estamos implantando. Isso permite aproximar muito os trens. Não adianta comprar trens sem um sistema de segurança. Na operação tem de comprar mais trens e sistemas que permite aproximar com segurança. Por última manutenção. Quase nenhuma linha tem só trens novos. Só a linha quatro que vai inaugurar agora e linhas novas que virão. Se você tem um trem velho e um trem novo, se o velho ta na frente e parar o trem novo não consegue andar se o outro está na frente quebrado. É o sistema, que quem está fora não vê isso. O que tem de fazer? Tem de pegar os trens velhos, da linha 1(azul) que estão com trinta e cinco anos a frota e a linha Vermelha com vinte e cinco anos. O que vamos fazer: vamos reformar 60% desse trem. Os trens reformados ficarão iguais aos novos. Iguais nas condições, porque a caixa dele, a aparência continuará, mais os equipamentos, os softwares vão ficar iguais, com ar condicionado para dar conforto e tal”. Sinergia “Esse ponto é que muda totalmente o plano de transporte. É isso que permite ter a sinergia. Todo o sistema sanguíneo vai estar bem irrigado, funcionando, o sangue vai correr saudavelmente. E nós estamos pensando em todas as regiões de São Paulo de uma maneira sistêmica. Eu acredito que talvez a mais bem servida venha ser a Zona Leste e fico muito contente. Porque a Zona Leste, quando você vai lá, bem para a periferia é uma região muito sofrida, com menos trabalho próximo da casa das pessoas, o que faz com que levam mais tempo se deslocando de casa ao trabalho. O que vamos ter em relação à Zona Leste: A Zona Leste vai ficar supimpa! Em termos de que chamamos de transporte de alta capacidade, que é metrô, trem. Vamos transformar as linhas da CPTM na mesma qualidade do metrô, que significa intervalos baixos, com trens novos, estações novas, confiabilidade etc.

Por onde vai escoar a mobilização da Zona Leste? Começando pela linha Safira, que é a linha 12. Essa vai se transformar em qualidade de metrô. A linha 11 que nós agora já levamos até Mogi, já é o Expresso Leste. De Guaianases para frente já tem uma baita qualidade, quase de metrô. Vão ser feitas melhorias para atingir a qualidade de metrô. Depois vai ter a linha Vermelha que está sendo melhoradas. Vão chegar dez trens novos e vamos reformar a linha inteira bem como toda a frota de trens dessa linha”. Metrô Leve Tiradentes e Expresso ABC “Posteriormente vamos ter esse caminho que é uma coisa nova, que vai da Vila Prudente à Cidade Tiradentes que será o metrô leve, passando por Oratório, Vila Ema, Parque São Lucas, Vila Industrial, São Mateus. Paralelamente, a linha Turquesa que vem lá de Mauá, região do ABC, ao lado, a gente vai ter uma linha, o Expresso ABC com quatro estações, que vai possibilitar chegar ao centro de São Paulo em poucos minutos, o que também vai permitir ao pessoal da Zona Leste através da linha Branca e da Cidade Tiradentes a sua utilização. Com isso o pessoal da Zona Leste vai poder também se conectar na estação Tamanduateí e vai economizar cerca de duas horas por dia no seu deslocamento para o trabalho”. Linha Branca “Além dessas linhas todas, que estamos falando no sentido longitudinal, a continuação da linha Verde, que vai sair da Vila Prudente e vai colocar o sujeito na região da Avenida Paulista, vamos ter a linha Branca que vai sair do Tamanduateí indo até o Tiquatira, passando pela Penha. Essa linha Branca vai descongestionar totalmente a linha Vermelha, que é mais cheia, porque todo mundo a partir de Penha vai poder entrar no circuito, descer aqui, ir para a região da Paulista, região Sul, sem precisar passar pela Sé. Todo o sistema troncal vai estar feito, depois, o que vai precisar é metrô leve no sentido transversal. Daí as mudanças no transporte de ônibus, pois não fará mais sentido alguém pegar um ônibus na Cidade Tiradentes e ir direto até o centro, sendo que poderá fazer a integração com o sistema troncal. Após o sistema troncal estar pronto, os outros sistemas de média e pequena capacidade terão de se adequar ao troncal, de alta capacidade. O prefeito ficou de fazer o corredor Celso Garcia, conforme prometeu. A Zona Leste evidentemente não vive sozinha e o sistema todo vai ganhar característica que hoje não existe. Então são duas novidades: essa que falei do sistema chegando ao troncal e a outra é que é exatamente estabelecer e completar uma rede. Você vai entrar no extremo da Zona Leste e poder chegar a qualquer lugar, no extremo da zona Sul, da Zona Norte ou da Zona Oeste, pagando uma tarifa única. Fica que nem Paris, que vai ter menos metrô que a gente. Em meados de 2010 vamos chegar a 220 km e em 2014 a 240, com o trem ga-

nhando qualidade do metrô. Essa soma de fatores é que vai mudar a vida das pessoas. Eu tenho certeza que mesmo o sujeito ouvindo assim, ele não consegue na verdade processar, porque a vida dele é um desconforto brutal entrar num ônibus, e ele fala - que bom seria - e não consegue imaginar. Quem está no ramo e que consegue vê assim a simulação desse processo, por isso que a gente vive uma angustia que quanto mais cedo chegar vai ser uma felicidade imensa. E, a Zona Leste, seguramente vai ser a região mais bem servida, coisa muito natural por ser a zona mais populosa de São Paulo”. Sobre a Linha Branca? “A linha Branca nasce em Vila Prudente e vai até o Tiquatira. Na Vila Prudente ela integra com a Linha Verde, metrô Leve Cidade Tiradentes, Expresso ABC. Na Penha a interligação com a Linha Vermelha”. A ampliação do metrô vai melhorar o trânsito de São Paulo? “Sem duvida melhora, mais o trânsito de São Paulo tem de ter restrição ao carro, mesmo com uma rede de 300, 400 quilômetros. Paris tem metrô e tem congestionamento. Nova Iorque tem mil e quarenta e dois quilômetros de metrô e tem congestionamento. Sistema viário tem sua capacidade. O volume de carros que entra em São Paulo é brutal, são quase mil carros por dia, além do estoque. O que roda normalmente nem chega a 50% da frota. Tem grande parte que está na garagem que as pessoas gostariam de usar e só não fazem por causa dos congestionamentos. A hora que o trânsito melhorar elas vão para a rua. A solução é criar estacionamentos próximo ao metrô, o que iniciamos. Isso vai permitir redução de viagens. Você pega o carro vai até o metrô e na volta pega o carro no estacionamento próximo ao metro ou do trem e retorna à sua casa. Além dos estacionamentos, também os bicicletários nas estações. Os terminais de ônibus junto às estações, tanto do metrô como da CPTM. Agora, os trens da CPTM vão ser melhores do que os do metrô, muitos são novos, outros estão sendo feitos agora, com ar condicionado etc. Vamos iniciar um serviço de taxi, trem, aonde o usuário chega à estação e solicita um taxi” . Os estacionamentos já estão funcionando? “Temos dois já em funcionamento: um em Itaquera, com tarifa a R$ 7,10 e outro na estação Imigrantes ao custo de R$ 8,45, com direito a duas passagens de metrô ou de trem, em período de 12 horas, com R$ 1,00 por hora adicional. Mais sete estão em licitação. A prefeitura também vai providenciar estacionamentos próximo às estações”. A linha Branca tem projeto e já está em licitação? “A linha Branca está em projeto funcional, que é o primeiro, praticamente pronto, agora a gente vai fazer a licitação do projeto básico, que é mais detalhado. Posteriormente a licitação da obra. O início da obra está previsto para dezembro de 2010 e o término em final de 2012, começo de 2013. Vai passar por Orfanato, Vila Ema, Água Rasa, Anália Franco, Vila Formosa, Aricanduva, Penha, chegando à região do Tiquatira. Agora que está em licitação é a linha Laranja”. E o Expresso Aeroporto? “O Expresso Aeroporto que são dois. O expresso que vai direto ao aeroporto de Cumbica, saindo da Luz, que vai em 20 minutos, sem parada, está em licitação aberta, está em fase de audiência pública, responder perguntas etc, a linha 14, Onix. O outro expresso que vai até Congonhas, saindo de São Judas, que é a linha Ouro, segue à Água Espraiada, encontrando com a linha 5 e depois até o Morumbi interligando a linha Esmeralda”. O expresso aeroporto vai utilizar a linha até Ermelino Matarazzo? Não. “O expresso aeroporto é uma linha totalmente nova, construída, ao lado dele corre a linha Jade, que é o trem de Guarulhos, esse para em estações e compartilha a linha Safira até

Engenheiro Goulart, daí segue em direção ao Parque Ecológico e a Guarulhos”. Quantas estações do metrô vão ser inauguradas em 2009? “Não sei especificar em 2009. Vamos entregar na gestão 28 estações ao todo. Quem entregou mais até agora foi Laudo Natel com 12. Vamos entregar 28 e vamos deixar 35 prontas já para o próximo governador”. O que está sendo feito para prevenir violência no metrô? “O metrô há um ano e pouco já atingiu o padrão internacional de segurança. É uma avaliação que o comitê de metrôs tem, que você tem que ter menos de uma ocorrência e meia por milhão de passageiros transportados. Como nós estamos transportando três milhões e meio do metrô mais um milhão da CPTM, que dá 4,5 milhão, então tem de ter menos de quatro e meia ocorrências pelo número de passageiros transportados. Nas estações do metrô a segurança é brutal. Também é mais fácil porque é tudo fechado. Na CPTM o sistema é aberto, com muitos locais sem muro. A gente está fazendo coisa que nunca foi feita. Vamos fazer muro em toda a extensão das linhas, 260 quilômetros, colocar câmeras de segurança. A grande luta é aproximar a CPTM do Micro. Hoje a sensação que se tem no metrô é de desconforto pela superlotação. A partir da chegada dos novos trens, a linha Verde está recebendo o quinto trem agora. Quando chegar os novos trens na linha Azul, na linha Vermelha, isso em 2010". Os trens estão sendo construídos onde? “Alguns começaram a ser feitos na Espanha, mas a Espanha montou uma fábrica no Brasil. Então os dez primeiros na Espanha, numa série de 17 para o metrô e 40 para a CPTM mais outros vão ser feitos no Brasil, na CAF em Hortolândia, interior de São Paulo, dando empregos aos brasileiros. Outros 16 trens estão sendo feitos na Alstom na Lapa. Estão sendo também reformados 98 trens, alguns na Alston, em Três Rios, outros pela Bombardier, tudo no Brasil”. Até 2010, quantos trens devem chegar na linha Vermelha e para a CPTM na região Leste? “Dez trens novos para a linha Vermelha e 20 para a linha Safira”. A linha Safira vai ser modernizada antes da Coral? “Um pouco antes, mais ou menos no mesmo tempo. A Coral já está bem modernizada, precisa de poucas mudanças”. Qual o limite de intervalo? “Depende da sinalização. O limite de intervalo, um trem pode chegar ao máximo há quinze metros um do outro. Conforme a linha, conforme o trem permite intervalos de 50 segundos, 40 segundos, depende do lugar”. Em relação ao cronograma

da obra da expansão de entrega de Vila Prudente, vai ser mantido? “Sim, março, abril de 2010. Estamos com as obras no prazo. Até o final de 2010 esperamos entregar a estação Oratório, que é a primeira do Metrô leve. A obra da linha Laranja vai iniciar em setembro de 2010. Porque falo da linha Laranja? Alguém sai da Zona Leste quer ir à Freguesia do Ó, quer ir ao Grajaú, ao Morumbi. Todas as linhas se conectando passa a servir a todos os cidadãos de todas as regiões da cidade. A linha Amarela também é da Zona Leste. Nós temos a OD, (pesquisa Origem Destino) que é feita de dez em dez anos, fizemos agora, uma pesquisa cara. A grande São Paulo foi dividida em quatrocentas células, nós ouvimos cem mil pessoas em 33 mil domicílios. O resultado é que a gente fica sabendo de onde sai e para onde vai, todos os deslocamentos”. Corredor da EMTU, São Mateus, Jabaquara, se transformaria em metrô? “Não. O Corredor vai ser melhorado, eletrificado para ter um transporte limpo, mais no presente não tem nenhum projeto de se transformar em metrô leve”. Saindo da Zona Leste, indo na região metropolitana, o que se tem concreto ou de projeto? “Todas as linhas da CPTM que nós estamos melhorando chegam aos 22 municípios e à periferia. A linha Diamante chega á região de Osasco, A linha Rubi chega à Jundiaí. Todas chegam à periferia e atingem os municípios da grande São Paulo”. O trecho de Guaianases à Mogi? “A linha vai ser reformada, alguns trechos vão ser trocados, virão mais trens. Hoje nós temos apenas com um trem fora do pico, mais vamos colocar trens novos assim que chegar”. A linha Laranja onde fica? “A linha Laranja é a linha da Freguesia do Ó. Ela vem da Brasilândia, passa na Freguesia, passa na região da sagrada academia do Palmeiras e chega à São Joaquim na linha 1. É a chamada linha das universidades, porque na própria São Joaquim, tem a Uni nove, a FMU, passa pela PUC, pela FAAP, pelo Mackenzie. Entrocada com ela existe a linha Prata, que sai da Cachoeirinha e vem até a Lapa”. Como se dá a reforma dos trens? “A reforma que estamos fazendo é a reforma R5, que compreende 60% do trem, a máxima que pode ser feita. Mais que isso só trem novo”, concluiu o secretário. *José Luiz Portella é engenheiro Civil com especialização em administração e gerenciamento. Formou-se, em 1975, na Escola de Tecnologia Mauá. Foi secretário executivo do Ministério dos Transportes, assessor especial no governo Franco Montoro e secretário executivo no Ministério do Esporte e Turismo. Portella presidiu o Grupo de Trabalho Especial que criou o Estatuto do Torcedor.


Gazeta São Mateus

1ª Quinzena de Julho/2009

antifumo

urbanismo

Em SP, 81% dos bares já se adaptam à lei antifumo

D

e cada dez bares e restau rantes de São Paulo que receberam a visita da blitz caça-fumaça, oito já iniciaram o processo de adaptação à lei antifumo. O índice de 81% de adequação à legislação (que determinou a proibição do uso do cigarro em ambiente fechado e baniu os fumódromos) foi calculado pelo governo do Estado, após balanço feito nos primeiros cinco dias da operação educativa antitabaco que estreou no início deste mês e se estende até o dia 31. No período, foram visitados 3.861 estabelecimentos do tipo, em 30 cidades paulistas. A retirada de cinzeiros das

mesas internas, o treinamento dos funcionários para abordar os clientes que acenderem o cigarro ou a colocação de adesivos indicativos sobre a proibição do fumo foram os quesitos que renderam a entrada do estabelecimento comercial na categoria “em adaptação”. A correria para se enquadrar às normas é explicada porque o prazo para a lei não render punição a infratores se aproxima do fim. A partir de 7 de agosto, o local que permitir o fumo poderá receber multa de até R$ 3 mil. Até bitucas ou indício de fumaça podem servir como evidência. A reincidência levará à

criança

C

Prefeito planta jabuticabeira em nova praça na Vila Ema

suspensão de atividades por até 30 dias (renováveis). A capital recebeu o maior número de blitze educativas (36,7%). A Secretaria de Estado da Saúde, autora do levantamento sobre a adequação dos bares e restaurantes visitados (e uma das pastas responsáveis pela fiscalização da lei antifumo) encarou com otimismo o dado de 81% . Para o secretário de Estado da Saúde, Luiz Roberto Barradas, a aceitação da população ao banimento do cigarro em ambiente coletivo é a garantia da efetividade da legislação. Para ele, a lógica é a mesma da Lei Cidade Limpa, que proibiu outdoors e mudou as fachadas na capital paulistana. “Também não existem milhares e milhares de fiscais para a Cidade Limpa. Mas a lei pegou por causa do amplo apoio popular. É isso que vai acontecer agora com a lei antifumo”, acredita. A população poderá contribuir com denúncias pelo site http://www . leiantifumo . sp . gov . br ou por um telefone que será ativado no próximo mês. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

M

oradores da Vila Ema, na Zona Leste, ganharam uma área de lazer totalmente revitalizada. A praça Vilas Unidas recebeu playground, área verde e uma quadra de grama sintética. Em visita à área na manhã desta sexta-feira (10), o prefeito Gilberto Kassab plantou uma jabuticabeira, simbolizando a muda de número 4 mil na região. A revitalização da praça, de 3 mil m², e a construção da quadra foram realizadas pela Subprefeitura de Vila Prudente/Sapopemba, que investiu R$ 115 mil na área. "É mais um equipamento voltado ao lazer e a atividades esportivas em uma região que precisava da recuperação dessa área. Esperamos continuar, seja em cooperação, seja com verbas do orçamento, avançando neste programa de recuperação das áreas públicas", disse o prefeito. Acompanhado do subprefeito de Vila Prudente, Wilson Sergio Pedroso Júnior, e do secretário de Esportes, Lazer e Re-

creação, Walter Feldman, Kassab vistoriou a área e, na nova quadra, arriscou algumas jogadas e fez dois gols. "Cada vez mais estamos fazendo quadras sintéticas na cidade. Assim como a recuperação de praças, é um modelo que está dando certo", completou o prefeito. Área verde O paisagismo foi um dos pontos de destaque da reforma. Além de aumentar a área verde da região, foi feito um jardim onde, antes, era feito o

descarte clandestino de entulho e lixo. A revitalização também trouxe um espaço novo para as crianças, com brinquedos, balanços, gangorras, escorregador e mesas para jogos. O passeio público no entorno da praça, que fica entre as ruas Bernardino Pantaleão e Aquiles Stendel, foi feito com piso de concreto. Já no passeio interno foi colocado revestimento de brita, material que permite manter a permeabilidade do solo. Foram substituídas também todas as guias e sarjetas.

saúde

São Paulo assume compromisso pelos direitos de crianças e adolescentes

om o objetivo de garantir os direitos de crianças e adolescentes da periferia, o Unicef (Fundo das Nações Unidas para a Infância) lançou, em São Paulo e no Rio de Janeiro, nesta terça e quarta (7 e 8/7), o programa Plataforma dos Centros Urbanos. Favelas, assentamentos irregulares, cortiços e periferias terão prioridade nas ações que esperam reduzir os impactos que a falta de acesso a estruturas básicas e serviços essenciais causam na vida de meninos e meninas. Para atingir o objetivo, o programa pretende articular diferentes setores da sociedade. Também participam da iniciativa as cidades de Itaquaquecetuba (SP) e do Rio de Janeiro, onde o programa foi lançado nesta quarta (8/ 7). A Plataforma dos Centros Urbanos contará com 20 metas municipais e 30 metas comunitárias relacionadas aos direitos das crianças e adolescentes, que serão monitoradas ano a ano. O acompanhamento será feito até 2011, um ano antes das eleições municipais.

Página 5

Os que avançarem no cumprimento das metas vão receber certificado. Em relação ao direito à Educação, serão monitoradas a ampliação do atendimento na Educação Infantil (creche e pré-escola); a redução do abandono, da repetência e da distorção idadesérie no Ensino Fundamental; a universalização do acesso à escola de crianças e jovens de 6 a 14 anos e as metas do Ideb - Índice de Desenvolvimento da Educação Básica. Durante o lançamento da Plataforma, o prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab, firmou o compromisso de trabalhar para cumprie as metas. Para Marie-Pierre, representante do Unicef no Brasil, o programa é uma nova forma de fazer políticas públicas, baseada na co-responsabilidade, no diálogo e na complementaridade de todos os agentes sociais. “A Plataforma é uma aliança, onde cada um atua de acordo com as suas competências, de forma articulada com os demais parceiros”, explica. Na primeira etapa do programa participarão 126 comunidades das três cidades, representantes do governo federal, estadual e municipal, da sociedade civil e da iniciativa privada. O próximo passo, será a expansão do projeto para outras cidades brasileiras.

Medicamento para colesterol será entregue gratuitamente em casa

A

Secretaria Municipal de Saúde incluiu a sinvastatina no Programa Remédio em Casa, que passará a ser fornecida a partir do dia 13 de julho. Essa ação faz parte da Agenda 2012, e estima-se atender, inicialmente, 10 mil pacientes. As pessoas que precisam controlar os elevados índices de colesterol e triglicérides (dislipidemia) contam com uma novidade a partir deste mês. O Programa Remédio

em Casa (PRC), da Secretaria Municipal da Saúde, que completa quatro anos de funcionamento em julho, acaba de incluir novo remédio – sinvastatina - para auxiliar na prevenção de doenças cardiovasculares. A medida beneficiará também os portadores de hipertensão e diabetes que já são atendidos pelo programa. A dislipidemia, um dos principais problemas associados à hipertensão, preocupa a Organização Mundial da Saú-

de (OMS), que prevê aumento de doenças cardiovasculares nos países em desenvolvimento, como o Brasil. A sinvastatina passa a ser fornecida na próxima segunda-feira, dia 13. Sua inclusão no Programa Remédio em Casa faz parte da Agenda 2012 - plano de metas estabelecido para a gestão municipal. A estimativa inicial é atender cerca de 10 mil pacientes. O “Remédio em Casa”, criado em 2005 em cinco Uni-

dades Básicas de Saúde (UBSs), está disponível atualmente em 420 unidades. Em junho, a iniciativa alcançou a marca de 500 mil receitas entregues em domicílio. Os portadores de doenças crônicas, que precisam estar cadastrados, recebem medicamentos suficientes para 90 dias. Após esse período, devem retornar à UBS para nova consulta e exames. Pesquisa do Ibope aponta que 99% das pessoas atendidas aprovam o programa.

Estresse atinge 90% da população

J

á reparou como a maioria das pessoas que nos cerca vive estressada? Seja por problemas de trabalho, por causa da correria do dia-a-dia ou mesmo por conta do trânsito. A verdade é que o estresse afeta 90% da população do mundo, de acordo com dados da

Organização Mundial de Saúde (OMS). Mas por que esse número é tão alarmante? De acordo com a psicóloga Maura de Albanesi, o estresse é um distúrbio de ansiedade e atinge tantas pessoas por conta do ritmo acelerado do mundo. “Com a globaliza-

ção e o acesso a um milhão de informações em um curto espaço de tempo, o cérebro das pessoas acaba não acompanhando as mudanças”, explica a especialista. Somado a esse processo de mudanças constantes, as pessoas geralmente realizam atividades intensas, como trabalho, cuidar da casa e dos filhos. E esse ritmo estressante acaba contribuindo para o desenvolvimento ou piora do problema. “As pessoas que realizam atividades intensas costumam se focar em uma coisa só. Esquecem o lazer, não variam as atividades e ficam muito restritas. Isso gera estresse”, diz a psicóloga, que ainda completa que o problema ocasiona cansaço, insônia, ataque cardíaco e memória falha. Mas como lidar e evitar que o estresse afete você? Maura dá dicas específicas para cada caso:

No trânsito O ideal é aproveitar o tempo que as pessoas passam dentro do carro para ouvir uma boa música, refletir sobre a vida, ouvir palestras, livros ou comédias gravadas em CD e tentar fazer trabalho de meditação ativa para relaxar. No trabalho As pessoas não devem ficar pensando em tudo que tem que fazer ao longo do dia e sim fazer uma coisa de cada vez. “Devemos tirar essa mania de achar que se preocupar demais é sinônimo de responsabilidade. O ideal é fazer, não apenas pensar em fazer”, diz. No cotidiano As pessoas devem respeitar seus limites, não ficar focadas a apenas uma atividade, fazer coisas prazerosas, como viajar, fazer ginástica, passar mais tempo com a família e amigos.


Gazeta São Mateus

Página 6

jacu pêssego

1ª Quinzena de Julho/2009

política

Munícipes lamentam Alckmin e Aloysio Nunes por árvores cortadas acirram disputa para 2010

Zé Lagoa colhe frutos da jaqueira que em breve vai ser cortada.

Rua Barros Penteado com suas arvores frondosas que agonisam

F

az tempo que este jornal vem falando sobre a extensão do traçado da Jacu Pêssego em direção ao ABC e, de tempos em tempos, vamos acompanhando as ações promovidas pela Dersa ou sob responsabilidade dela, sejam negociações, derrubadas de edificações e outros procedimentos. Quase sempre mesmo com o conhecimento prévio dos envolvidos sobre as ocorrências, quando ocorre é sempre um momento de comoção. Desta feita, mais uma vez, a reportagem registra as impressões da comunidade que vem sentindo o impacto das transformações. Gildete Ribeiro de Almeida é comerciante estabelecido no ramo de auto peças, na Avenida Ragueb Chohfi. Até quando? Nem ele mesmo sabe. Nos próximos dias deverá receber a visita de representantes da Dersa para ver como vai ocorrer a sua remoção do local onde hoje está estabelecido. Mesmo assim, neste momento não é essa a prioridade dele. Gil, como é mais conhecido, chamou a reportagem para mostrar o que vem acontecendo na Praça Antonio Donizete Risco. As árvores de 20, 30 anos estão sendo cortadas quando, eventualmente, poderiam estar sendo removidas para as pro-

ximidades, considera o munícipe. A praça ganhou esse nome apenas em 2007, mas desde o início da década de 90, ela vem sendo cuidada e protegida pelos moradores do entorno. Segundo Gil, naquela ocasião a comunidade reunida conseguiu evitar que uma invasão clandestina transformasse o local em um ajuntamento de moradias irregulares. Deste então ele e também, principalmente, José Cavalcanti, conhecido como Zé Lagoa, vem cuidando de plantar árvores frutíferas no local. Zé Lagoa cuida de um terreno com duas centenas de metros quadrados e transformou-o num pequeno pomar e horta de onde a comunidade se serve do que ali é produzido. Durante a visita da reportagem pudemos constatar um pé de jaca cheio de frutos. “Estão cortando as árvores com moto-serras sem nenhum aviso prévio ou esforço de remoção. Para eles cortar em pequenos pedaços é mais fácil do que replantar”, entristece-se Gil que mora do outro lado da rua no sentido contrário ao terreno que tem seguramente mais de 50 árvores de vários tamanhos. “Todo nosso esforço para conservar e plantar no local está indo por (moto) serra abaixo”, ironiza.

Não se trata de não aceitar a chegada das obras, explicam, elas já foram decididas e não tem como parar a essa altura do campeonato. “Essas árvores não precisariam ser cortadas. Um pouco mais de boa vontade e elas poderiam ser plantadas nas proximidades”, considera Gil, respaldado por Zé Lagoa. Da sua parte, Zé Lagoa, aguarda o contato da Dersa para ver em que condições ele vai ser indenizado pelas benfeitorias como ter evitado que o espaço se tornasse um terreno baldio e ter feito o plantio em seu terreno e na extensão de toda praça. No local tem muitas árvores antigas e que poderiam eventualmente ser aproveitadas na rua Barros Penteado que deverá ser alargada, pois, na condição de travessa da Rua Confederação dos Tamoios, a rua deverá ser um dos acessos a Jacu Pêssego. Gil desconfia que em vez de aproveitarem as árvores de bom tamanho nas obras da rua, a Dersa opte por plantar árvores que, muito jovens, quase uns arbustos, poderão ter dificuldade de crescer caso não sejam cuidadas. Zé Lagoa registra que vem cuidando do local nos últimos 35 anos e só na sua pequena horta e pomar pode ser encontrado entre outras coisas, pés de abacate, manga, abacaxi, jaca, etc. “Comecei plantando tudo isso também para cuidar de que o barranco ficasse escorado”, explica, enquanto lembra dos pés de laranja e de pitanga que havia esquecido de citar. Apesar da tristeza que vem tomando conta pelo que vem ocorrendo naquele espaço por conta das obras da Jacu Pêssego, Gil vai ter outro desafio em breve: sua loja deverá ser desapropriada e ele não sabe ainda em que condições. Apenas reconhece que retomar vai ser difícil, segundo informações que ouviu extra-oficialmente, a Dersa está estimando em R$ 632,00 p/ metro quadrado o valor médio dos comércios locais fora da avenida que, por sua vez, está com valor estimado em R$ 1140,00 p/m2. “A diferença é quase o dobro. Com certeza vou ter muita dificuldade para voltar a instalar o meu comércio na avenida principal, eu e alguns outros comerciantes”, finaliza.

Geraldo Alckmin

P

or trás do discurso conci liador, os secretários paulistas do Desenvolvimento, Geraldo Alckmin, e da Casa Civil, Aloysio Nunes Ferreira Filho, travam uma guerra silenciosa pela indicação para disputar o Palácio dos Bandeirantes pelo PSDB. Oficialmente, os dois tucanos investem na tese de que é cedo para falar na eleição de 2010. Na prática, comandam uma extensa agenda de articulação, com direito à composição do leque de alianças e a um calendário de eventos pelo interior. Embalados pelas últimas pesquisas, alckmistas dizem não ter dúvida de que a escolha do ex-governador para disputar o Palácio dos Bandeirantes ocorrerá “naturalmente”. O plano é não repetir o erro da campanha municipal do ano passado, em que Alckmin se opôs ao governador José Serra (PSDB) e saiu candidato contra o prefeito Gilberto Kassab (DEM). Enquanto alckmistas se vangloriam da vantagem nas pesquisas - no último levantamento do Ibope, ele teve 51% no

melhor cenário -, o time de Aloysio aposta numa aliança ampla em torno do chefe da Casa Civil. Dizem contar, por exemplo, com o compromisso de Kassab de retribuir o apoio que teve em 2008. Com ele, viria o cobiçado PMDB do ex-governador Orestes Quércia. Os planos dos dois secretários já estão sendo postos à prova bem longe do Palácio dos Bandeirantes. Há meses, Alckmin e Aloysio reservam espaço na agenda para visitar o interior. Aloysio, por exemplo, tem viajado corriqueiramente para receber homenagens e agradecimentos por intermediar a liberação de investimentos. Só desde o início do ano, ele recebeu o título de cidadão em cidades como Ituverava, Mogi-Mirim, Osvaldo Cruz e Fernandópolis. Alckmin, por sua vez, não perde uma inauguração de obra no interior. As favoritas têm sido as Escolas Técnicas (Etecs) e Faculdades de Tecnologia (Fatecs), que lhe permitem investir desde já na bandeira da educação para a campanha. No final de maio, ele viajou para Fernandópolis, no noroeste paulista. Lá, anunciou a duplicação da Etec local. A cerimônia ocorreu apenas alguns dias após Aloysio receber o título de cidadão fernandopolense. “Qualquer um que for indicado pelo governador Serra para nós está bom”, contou o prefeito Luiz Vilar (DEM). Aliados dos secretários admitem que a ordem é não poupar esforços para cair nas

Aloysio Nunes Ferreira Filho

graças de Serra. Ainda assim, ambos se empenham em disfarçar o clima de disputa. Os dois sentaram-se há algumas semanas para uma conversa que, dizem aliados, ocorreu em tom “totalmente amigável”. Falaram de sucessão estadual, porém com foco na importância que ela terá na corrida presidencial. A direção do PSDB paulista minimiza a movimentação. “Está tudo correndo da forma mais harmônica possível”, diz o deputado Mendes Thame (PSDB-SP), presidente da sigla no Estado. “Nenhuma decisão será tomada antes de março do ano que vem”, amenizou o deputado Arnaldo Madeira (PSDB-SP). O secretário de Esportes de Kassab, Walter Feldmann, reconhece que a disputa existe. Mas diz que ela “será conciliada naturalmente”. “Os bolos estão sendo colocados no forno.” No time alckmista, o deputado Edson Aparecido (PSDB-SP) desconversa. “A prioridade é fortalecer o governo estadual.” As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

cidade Donos de calçadas irregulares podem ser multados Segundo Secretaria das Subprefeituras, multa é de R$ 200 por metro

Pedestres reclamam das condições precárias de passeios em São Paulo

B

uracos, elevações e peda ços soltos de concreto são apenas algumas das barreiras que o paulistano enfrenta diariamente nas calçadas da cidade de São Paulo A Prefeitura de São Paulo alerta que uma lei municipal determina que os proprietários dos imóveis mantenham os espaços em pleno estado de conservação.Quem infringe essa lei pode receber multa de R$ 200 por metro linear da calçada.

Troncos, foi o que sobrou de uma árvore de 30 anos, que agora deve ir para algum forno

Multa . A lei municipal 10.508,

que trata de muros, passeios e limpeza, o proprietário de um estabelecimento ou de uma residência deve manter livre uma faixa mínima de 90 centímetros em sua calçada. Além disso, deve mantê-la em perfeito estado. Conforme a Secretaria Municipal das Subprefeituras, isso quer dizer que os donos devem manter suas calçadas limpas e não utilizá-las como depósito de lixo. Quem infringe essa lei pode receber multa de R$ 200 por metro linear da calçada. De 2005 a 2008, a secretaria aplicou, em toda

a cidade, 9.831 multas. Apenas neste ano, 418 proprietários foram autuados. Segundo a secretaria, a fiscalização dos passeios é feita por meio de denúncias ou em vistorias rotineiras. Após receber a reclamação, a subprefeitura responsável pela área envia um fiscal que pede para o dono regularizar a situação em 30 dias. Caso isso não aconteça, multa de R$ 200 por metro linear é aplicada. A cada 30 dias uma nova multa será aplicada, até que proprietário informe à subprefeitura a regularização.


1ª Quinzena de Julho/2009

Gazeta São Mateus

Página 7

Um aniversário diferente

Era uma vez uma Amélia, mais conhecida como Dedé. Pois bem, Dedé aniversariou no dia 2 e fez uma festa diferente. Chamou os parentes e alguns amigos e se mandou para o Portal do Vinho. Antes, entretanto, ela havia feito uma peregrinação pelos comerciantes do pedaço e arrecadou prendas. Serviram para a festa? Não, não era essa a intenção da Dedé. Simplesmente ela promoveu uma rifa e arrecadou R$ 500,00. Fez uma bela festa, então?

Fez sim, mas não foi com o dinheiro arrecadado com a rifa. O dinheiro arrecadado com a rifa ela passou

para a diretora deste jornal, Lucy Mendonça, com a incumbência de ela repassar em alimentos para a creche Santa Rita. Lucy aceitou a tarefa e procedeu conforme o combinado. E você? Que tal fazer uma festa de aniversário igual à dessa singela historinha? Atitude louvável da Dedé e o apoio do Bazar Mimas, Lojinha Verde, M9 Médicos, Lanchonete Judi, Perfumaria Azzumi, Jimp Confecções, Irane (Hair) e o Portal do Vinho.

INFORME PUBLICITÁRIO

É lixo, mas não custa nada embrulhar

T

odos os dias os caminhões de coleta de lixo domi ciliar recolhem aproximadamente 12 mil tonela das de resíduos que os moradores da cidade de São Paulo descartam. O material é bastante diverso. Além de diferentes tipos de embalagens, papeis e plásticos, latas e vidros que poderiam ser reciclados, o lixo domiciliar é composto também por sobras de alimentos, roupas e sapatos velhos e uma infinidade de itens sem utilidade. Geralmente, o lixo que as famílias produzem e descartam é inofensivo, mas em diversas ocasiões alguns moradores jogam junto alguns objetos que podem causar ferimentos, seja no coletor de lixo ou em alguma pessoa que eventualmente mexa no material que será recolhido. Estamos falando aqui de latas abertas, cacos de vidro, garrafas, copos e pratos quebrados, entre outros materiais que eventualmente são jogados no lixo sem o correto acondicionamento. Pensando no bem estar de seus profissionais, a EcoUrbis Ambiental S.A. fornece luvas bastante resistentes, e o tecido das calças e camisas dos uniformes são grossos para não rasgarem com facilidade. Todo esse cuidado, no entanto, em muitos casos não é suficiente. Infelizmente, muitas pessoas ainda jogam no saco de lixo diversos objetos potencialmente perigosos sem qualquer cuidado, e o resultado é que, a despeito de todas as ações preventivas que a empresa toma, em algumas ocasiões seus funcionários acabam se machucando. Como não é possível saber o que está dentro de cada saco, um caco de vidro ou uma garrafa quebrada pode causar um estrago considerável caso não tenha sido embalado adequadamente, ou seja, embrulhado com jornal. O mesmo procedimento pode e deve ser adotado para copos e pratos quebrados. No caso de latas, um cuidado adicional que pode ser tomado é baixar a tampa depois de retirado o conteúdo. A EcoUrbis Ambiental, concessionária responsável pela coleta de lixo domiciliar nas regiões Sul e Leste da cidade, observa que não apenas seus colaboradores estão sujeitos a se machucar, mas também os funcio-

Cacos de vidro, garrafas e copos quebrados, entre outras coisas, devem ser embalados com jornal para que ninguém se machuque

nários responsáveis por recolher o lixo em prédios comerciais e residenciais. Assim, em primeiro lugar, lembre de separar o lixo seco dos restos de comida. Esses resíduos poderão ser reciclados e, assim, deixam de ir ao aterro sanitário. Cooperativas e centrais de tria-

gem da região podem receber esses resíduos. Procure um ponto de coleta próximo à sua casa. Em segundo lugar, lembre de embrulhar. Se todo mundo parar um ou dois minutos para embrulhar um objeto que pode causar ferimentos, ninguém vai se machucar.


Gazeta São Mateus

Página 8

Os lucros da morte de Michael Jackson

infraestrutura Continua a saga o Riacho dos Machados

F

az tempo que lideranças e moradores do entorno do Córrego Riacho dos Machados, em São Mateus se desdobram em reivindicações, reuniões e vigilância quanto ao andamento das obras que envolvem o complexo. Desde o começo até agora houve desde ânimo e festa por conta do início das obras até a decepção e preocupação quanto ao ritmo que a empresa contratada vinha adotando no trabalho. Em mais de uma ocasião a comunidade se reuniu com representantes da Prefeitura que contratou a empreiteira e com parlamentares para discutir a situação. Os esforços parecem que valeram a pena, conforme nos informa o Xavier, uma dessas lideranças mais atentas. Segundo informe por email a redação, ele próprio vistoriou as obras durante o feriado do dia 9 de julho e constatou que apesar do feriado a obra seguia com muitos trabalhadores envolvidos para entregar a obra, conforme promessa feita recentemente no final deste ano. Claro, lembra Xavier, que ele se referia ao lado da obra que estava contemplado no projeto original. Um dos lados do córrego não foi incluído na licitação original, mas, segundo ele, as coisas por lá também estão avançando com o envolvimento dos moradores. Xavier lembra que mesmo do lado contemplado e onde a obra, agora, está se desenvolvendo em ritmo adequado as pessoas não relaxam e ficam vigilantes tendo até construído certa cumplicidade com os trabalhadores da empreiteira. “A idéia é manter a fiscalização permanente para conquistar essa tão sonhada obra”, escreveu. A previsão é que em dezembro deste ano, 2000 metros de obras concluídas realizem o

1ª Quinzena de Julho/2009

sonho de quase 30 anos das pessoas daquela comunidade. Do outro lado não contemplado ainda pela licitação, o esforço da comunidade é para incluir aquele trecho nas obras, algo em torno de 400 metros. As pessoas estão se movimentando, assegura Xavier, que lembra que nesse período, o principal assunto da reunião do Conselho de Segurança – Conseg foi às obras do Córrego Riacho dos Machados. Lá estiveram além das autoridades da segurança, parlamentares, representantes da prefeitura e diversas lideranças envolvidas na reivindicação. Em maio último uma comissão composta pelo secretário de Obras da Prefeitura, Dr. Marcos Penido, pelo deputado estadual Adriano Diogo e pela vereadora Juliana Cardoso, ambos do PT, além

de outros, realizaram uma breve vistoria e puderam até indicar algumas correções que a empreiteira iria adotar. Resumindo a sua impressão sobre a sua visita as obras no feriado, Xavier ainda lembra que a Prefeitura vem passando regularmente os valores a empreiteira e que por isso espera a conclusão, de fato, em dezembro deste ano, visto que o prazo já foi prorrogado de agosto para o final de ano. Outra pendência preocupante diz respeito à readequação de um dos canos da Sabesp que deve ser realizada paralelamente as obras do córrego para que não se corra o risco de arrumar e depois quebrar. CET se compromete com sinalização Conforme noticiamos na edição 288 deste ano o cruza-

mento entre a Avenida Vila Nova Artigas, Rua Gaia, Rua Amador de Souza, Rua Professor Antônio Sampaio Doria que é continuação da Rua Gaia, no Jardim Tietê, ao lado do córrego Riacho dos Machados vinha sendo palco permanente de acidentes entre carros e pedestres, conforme registrado, inclusive em vídeo produzido por Lourivaldo Delfino, morador e liderança local. Pois bem, a situação é tão preocupante que foi objeto também de reportagem do SPTV 1ª Edição da Rede Globo de Televisão no início de julho onde um representante da CET alegou que a situação seria resolvida definitivamente só em meados do ano de 2010, alguma coisa próxima de um ano. Naturalmente, a situação é grave e não pode esperar tanto tempo. Para compensar, o entrevistado do programa explicou, depois, que estaria propondo uma solução paliativa com a qual pretende evitar que os problemas de batidas continuem ocorrendo no local. Já é alguma coisa. Se conseguir evitar os absurdos que lá vem ocorrido conforme muito bem registrado pelo videomaker já ajuda. Em outra ocasião, Lourival Delfino conseguiu a façanha lamentável de registrar dois acidentes no mesmo dia, o segundo cerca de menos de duas horas depois do primeiro. Por isso vale a pena assistir ao vídeo “A vida só tem sentido quando alguém morre, CET - Centro de Enganadores e Tratantes deixa moradores sem farol e que se explodam literalmente (...)”, conforme diz a chamada do vídeo que pode ser assistido no http:/ /videolog . uol . com.br/video?444147 (acessado às 10h30, dia 13/06/09) publicado em 31 de maio de 2009 às 12:04.

A morte de Michael Jackson está rendendo verdadeiras fortunas e o seu enterro, podese dizer, foi um “sucesso total”. Discos, vídeos, roupas, figurinos, publicações e, provavelmente, daqui a pouco, filmes, seriados, novelas, livros etc. vão renovar e atualizar a memória e a trajetória do astro-rei do mundo pop contemporâneo, talvez o ídolo e ícone mais emblemático do que, há cerca de meio século, Theodor Adorno e Max Horkheimer denominaram de “indústria cultural”, isto é, a indústria para entretenimento e modelagem mental das massas humanas. As pompas e circunstâncias do enterro de Jackson, contudo, ao som da canção I´ll be there, mais pareceram um “verdadeiro circo”, como nas palavras da veterana atriz Elizabeth Taylor, 77 anos, ela mesma ícone dos primórdios desta indústria cultural, que disse ter sido “amiga íntima” do astro, mas recusou-se a participar do “circo”, um estranho espetáculo transmitido ao vivo para o mundo inteiro, em audiência planetária, estimada por alguns em um bilhão de pessoas. Ou, nas palavras do jornalista Zuenir Ventura, em sua coluna em O Globo, um “festivo espetáculo de necrofilia”. Desde sua morte, em con-

dições e situação ainda nebulosas, uma carga impressionante de informações circula no mundo inteiro a respeito do astro pop. E é na mídia e através dela que se opera esta circularidade. Desde notícias, aos mais diversos gêneros de expressão e comunicação, do twitter e celulares às velhas formas impressas em papel de jornais e revistas. Mídia hoje transnacional, mundializada e que se movimenta como um “príncipe eletrônico”, na expressão do sociólogo Otávio Ianni, “povoando o imaginário de muitos em todo o mundo”. Muitas lágrimas ainda não caíram, até porque, para muitos, Michael Jackson ainda não morreu. Para outros, ele já estava morto há muito tempo. Faltavam apenas os lucros do enterro. Nilo Sergio S. Gomes, Jornalista, pesquisador, colaborador e articulista do EcoDebate.

Anima Mundi 2009 divulga programação Um dos maiores festivais de animação do mundo, o Anima Mundi, chega este ano a sua 17ª edição com a participação de 40 países com 401 filmes na programação. A mostra passará pelo Rio de Janeiro entre os dias 10 e 19 de julho; segue depois para São Paulo, onde ocupará o Memorial da América Latina e o Centro Cultural Banco do Brasil (apenas exibição de filmes), de 22 a 26 de julho. Mais de 1300 curtas-metragens foram inscritas, de diversas partes do mundo. O Brasil será representado por 66 filmes; Franças (56), Reino Unido (47), Estados Unidos (46), Alemanha (24). As demais são produções da Ucrânia, Taiwan, República Tcheca, Moçambique, Letônia, Eslováquia e Croácia. Longas, curtas, infantil e portfólio são as divisões para quatro mostras competitivas com direito a classificação e prêmios. Outras quatro categorias não-competitivas completam a mostra: animação em

curso, futuro animador e panorama de curta e longa. Além da sessão com os filmes a mostra terá fóruns de debates e encontro com convidados internacionais - o estoniano Priit Pärn, o francês Michel Ocelot e o animador/ pesquisador norte-americano Amid Amidi -, oficinas e workshop com Mike Cachuela (que trabalhou nos filmes Coraline, Ratatouille, Noiva Cadáver, entre outros). Serviço Anima Mundi - Rio de Janeiro, 10 a 19 de julho CCBB, Centro Cultural dos Correios, Casa França Brasil, Odeon BR, Oi Futuro, Praça Animada e Estação Botafogo - R$ 6 (inteira) e R$ 3 (meia). São Paulo, 20 a 26 de julho Memorial da América Latina - Av. Auro Soares de Moura Andrade 664, Barra Funda R$ 6 (inteira) e R$ 3 (meia) e no Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB) - Rua Álvares Penteado, 112, Centro – Gratuito. Informações: 11 31133651/ 3652

Colégio Santa Bárbara Toda estrutura necessária para o pleno desenvolvimento e bem estar do aluno

Importante! PROMOÇÃO: AMIGOS DO COLÉGIO SANTA BÁRBARA Seja apresentado por um aluno do Colégio Santa Bárbara e obtenha um desconto especial na anuidade de 2009. Venha fazer parte dessa grande família!!

• Educação Infantil • Ensino Fundamental • Médio • Profissionalizante Rua Deinos, 165 – Cidade Satélite – São Mateus – Informações pelos telefones: (11) 2919-6734 • 2919-8224 • 2919-5091 www.colegiosantabarbara.com.br atendimento@colegiosantabarbara.com.br


Gazeta São Mateus

1ª Quinzena de Julho/2009

Página 9

rituais

decoração

Os Quatro Elementos Como e onde usar o papel de parede A aplicação do papel não leva mais que 20 minutos

A cor está no ar. As tendências internacionais de decoração corroboram essa afirmação, mas os brasileiros ainda são um pouco refratários à idéia, principalmente no quesito papel de parede, segundo o designer de interiores Moreno. "Acredito nos tons cítricos, mas, se for muito inusitado para o cliente, sugiro uma cor acetinada" conta. Em um de seus projetos, ele usou um papel de parede verde-água, que, mesmo sendo claro, deu personalidade ao ambiente. "Isso é o mais importante, independentemente da cor", diz ele, que está projetando uma casa com

papel de parede no teto. E, mesmo com cores neutras, é possível inovar. Como fez a arquiteta Erica Salguero, de São Paulo, ao aplicar um papel bege, que contém discretos desenhos que aparecem de acordo com a iluminação. Segundo a arquiteta, a colocação do papel de parede é muito rápida. "Em uma parede, aplica-se em 20 minutos com cola sem cheiro", explica. Se enjoar da cor ou estampa, a retirada também é fácil. "O papel sai por inteiro, como um adesivo", diz. Um conselho: não aplique papel sobre papel, porque, aí sim, corre-se o risco de rasgar na hora de retirar.

moda Tendência para verão 2010 Na semana do São Paulo Fashion Week, além das tendências de moda, tabela de cores e inspirações para a próxima temporada, os acessórios ganham destaque. Os estilistas mostraram suas coleções repletas de detalhes e muitas novidades.Para a estação mais quente do ano, a aposta fica por conta das max bijoux, colares, muitos colares, óculos de sol, chapéu, bolsa, pulseiras, arranjos de cabelo. Não há certo ou errado, a ideia é brincar com a criatividade e misturar peças que combinem com o estado de espírito da ocasião. Vale lembrar que o verão

merece cor, use e abuse do pink e do laranja. Cores que estão com TUDO, inclusive para peças e maquiagem.

Casaco de couro para a estação fria do ano Se você gastou muito dinheiro na aquisição de uma jaqueta de couro e esqueceu a peça por anos dentro do armário, não se preocupe. A moda voltou, e com tudo. A jaqueta de couro pode ser encontrada em várias modelagens, das mais simples às trabalhadas com costuras e detalhes. A peça é uma ótima opção para o inverno e pode ser usada com acessórios que garantem o sucesso do look, sem contar que é super resistente e dura anos no guarda-roupa.

O Elemento FOGO

Energia alta, rápida e grande talento para desfazer conexões

Não há quem não saiba o quanto o Fogo é de extrema necessidade para o homem. Aquece seu alimento, sua casa e oferece conforto. Porém é também um elemento perigoso se estiver fora do nosso controle, podendo causar danos irreparáveis. Em outras palavras, o elemento Fogo na astrologia representa a força do espírito. É o desejo da

vida, a vontade de ser. Para os signos de Áries, Leão e Sagitário isto significa pressa, impaciência, ação individual, esperança, confiança em si próprio, paixões, desejo de vencer e honestidade. Os signos de Ar abanam as chamas do Fogo, fornecendolhes novas idéias, o que torna esses dois elementos compatíveis.

O Elemento Energia concentrada, lenta e grande talento para desfazer conexões TERRA Touro, Virgem e Capricórnio compõem o elemento Terra. São signos providos de muita paciência e auto-disciplina, capazes de alcançar seus ideais com muita persistência. Esses signos tendem a confiar mais no raciocínio prático do que nas inspirações. Os signos deste elemento podem ser bastante cau-

telosos e convencionais, fazendo-os duvidar das pessoas com mente ágil. Suas principais características são: aplicação, concentração mental, esforço e espírito conservador. Acima de tudo, esses signos devem se preocupar mais em observar o mundo invisível, o mundo que não possui a forma concreta da Terra.

O Elemento Energia alta, rápida e grande talento para estabelecer conexões AR Todos os seres terrestres estão conectados, pois todos respiramos o mesmo ar. Isso faz com que esse elemento se torne coletivo. Pessoas com o signo de Gêmeos, Libra e Aquário compõem o elemento da mente, geralmente se adaptam com facilidade e são muito curiosos. Enquanto os signos de Fogo desejam algo,

os de Ar idealizam as coisas imateriais. Possuem uma maneira impulsiva de agir, sentimentos artísticos, preferência pelas mudanças objetivas e tendem à distração. Esse indivíduo pode caminhar na neblina, sem saber como aplicar suas energias, ou pode ter sua mente tão clara como o ar antártico.

O Elemento Energia concentrada, lenta e grande ÁGUA talento para estabelecer conexões Assim como a Terra, o corpo humano é composto 70% de Água, o que nos leva a crer na importância vital deste elemento. Também é conhecida como solvente universal, ou seja, é capaz de dissolver mais substâncias que qualquer outro líquido conhecido por nós. Na astrologia, a Água pode ser simbolizada pela

alma ou a emoção. Câncer, Escorpião e Peixes levam consigo as características deste elemento, o que significa sua sensibilidade e vulnerabilidade tão marcantes. Por isso, se não controlam suas reações emocionais acabam passando por freqüentes instabilidades interiores.

OS ELEMENTOS NA MAGIA O Sol, Elemento ativo - masculino, aparece nas magias desde a antiguidade, é fonte de toda energia e vida humana. Sua função é promover nossa auto- consciência, auto-expressão, através da criatividade. Símbolo da alegria, vitalidade, nobreza, beleza, sorte, iluminação,vontade, dignidade, orgulho. A Lua, Elemento passivo - feminino, possui uma energia que atua em cada uma de suas fases de forma diferente. A Lua é quase sempre ligada a fertilidade e abundância. Regularizadora das nossas funções psíquicas, através da memória e do esquecimento. Símbolo do equilíbrio emocional.

boa saúde Conheça algumas opções de chá para curtir o frio de uma maneira saudável O chá é uma bebida preparada através da infusão de folhas, flores, raízes de chá, ou Camellia sinensis, como é cientificamente conhecido. Cada variedade adquire um sabor definido de acordo com o processamento utilizado, que pode incluir oxidação, fermentação, e o contato com outras ervas, especiarias e frutos. Uma xícara de chá, além de deliciosa, é o convite para a boa saúde, pois fornece nutrientes importantes que ajudam a minimizar doenças. Conheça os benefícios dos chás mais populares. Boldo: Estimulante da digestão, secreção biliar, distúrbios intestinais e hepáticos. O chá combate à prisão de ventre, gases intestinais e transtorno do fígado, atua na degradação de gorduras, é indicado em intoxicações alcoólicas. Camomila: Alivia gases intestinais, desintoxica o fígado, auxilia no tratamento de reumatismo e da excitação

Os quatro elementos (Terra, Ar, Água e Fogo) são divididos em dois grupos. O Fogo e o Ar são considerados ativos e a Água e a Terra passivos. Essa divisão se assemelha aos dois grupos da filosofia chinesa: yin representa Água e Terra e yang o Fogo e o Ar.

nervosa, melhora enxaqueca, dor de dente, insônia, enjôos e é um ótimo tônico para a pele. Usado para cólicas em lactentes, regula os intestinos. É Antiinflamatório e calmante, utilizado em crises depressivas e febres. Cidreira (Capim Limão): Indutora do sono alivia dores de cabeça e gases intestinais, indicada para digestão, cólicas menstruais, distúrbios renais, conjuntivites, tosse, espasmos, febres, diarréias, reumatismos, histerias, afecções do estômago, nervos e palpitações do coração. É sedativa, analgésica, calmante, diurética, hipotensora, depurativa, expectorante .Erva Doce: Calmante dos nervos, elimina mau hálito, toxinas da pele, gases intestinais, cólicas intestinais de criança e do ventre. Estimula o apetite, digestão, secreção biliar, restaura fluxo menstrual e aumenta o leite das lactantes. Bom contra azia, também utilizado na culinária como

aromatizante. Hortelã: Indicada para o tratamento da febre, vermes, espasmos, gases intestinais, sistema nervoso, inflamações uterinas, resfriado, faringite, tosse, afecções da garganta, coceiras, sarampo, inchaços, dor-de-cabeça, rinite, conjuntivite, cólicas, diarréia, problemas estomacais, intestinais e respiratórios. O chá é lactante, estimulante digestivo, descongestionante nasal, perspirante, anestésico e analgésico. Chá Verde e Branco: Extraídos da planta Camellia sinensis, os chás verde e branco possuem níveis concentrados de catequinas e polifenóis, substâncias que agem na prevenção do câncer. Também combatem os radicais livres, protegendo as células e retardando o envelhecimento com mais eficiência que as vitaminas C e E. Além disso, esses chás ajudam a emagrecer, fortalecem as veias e as artérias e reduzem os teores de colesterol ruim.

O Mel, dá força aos assuntos ligados aos sentimentos. É o símbolo da docilidade da bondade e do amor. Se estiver inimizado com alguém, escreva o nome da pessoa em um papel, coloque num prato virgem, derrame mel sobre o papel. Acenda uma vela em cima do papel, ofereça para o anjo da guarda dela e aguarde que a reconciliação virá. O Sal Grosso, tem a propriedade de afastar quebranto e mau olhado, utilize um punhado para banho. Sua força vem das águas do mar, por isso purifica e protege. A Água, símbolo da renovação, recomeço e de uma nova vida. Este elemento aparece sempre nas magias por eliminar os flúidos negativos. Quando usada água benta de igreja o efeito é muito melhor, porque o padre está investido do poder divino. As Ervas, aparecem nas magias geralmente em conjunto com a água, nos chamados banhos de cheiro e descarrego. Representam uma forma de contato do ser humano com o elemento terra. As mais comuns são: "Arruda, Guiné, Alecrim, Benjoim, Alfazema, Espada de São Jorge."

Fábula sobre a verdade Um dia, a Verdade andava visitando os homens sem roupas e sem adornos,tão nua como o seu nome. E todos que a viam viravam-lhe as costas de vergonha ou de medo ninguém lhe dava as boas vindas. Assim, a Verdade percorria os confins da Terra, rejeitada e desprezada. Uma tarde, muito desconsolada e triste, encontrou a Parábola, que passeava alegremente, num traje belo e muito colorido. -Verdade, por que estás abatida? - perguntou a Parábola.

-Porque devo ser muito feia já que os homens me evitam tanto! -Que disparate!-riu a Parábola- não é por isso que os homens te evitam.Toma, veste algumas das minhas roupas e vê o que acontece. Então a Verdade pôs algumas das lindas vestes da Parábola e, de repente, por toda à parte onde passava era bem vinda. -Pois os homens não gostam de encarar a Verdade nua; eles a preferem disfarçada.


Gazeta São Mateus

Página 10

1ª Quinzena de Julho/2009

Amigos e parentes celebram o aniversário da Lucy Com a felicidade ao máximo, com a serenidade ao seu lado em todo amanhecer, com o êxito em cada fase da sua vida, com o amor da qual ela é merecedora e que nunca termina, com as boas lembranças de tudo o que foi vivido, com um caminho que a está guiando até um grandioso futuro e com os sonhos se convertendo em realidade. Foi praticamente assim que a diretora deste jornal, Lucy Mendonça viveu e vive durante todo esse período de sua vida. E foi com mais tantos votos de felicidade plena que amigos próximos, familiares e convidados estiveram presentes a sua festa de aniversário no último dia 7. Mais uma vez, num ambiente de descontração, alegria, fartura e sorrisos fáceis a aniversariante foi surpreendida com a presença de todos que montaram e abrilhantaram uma festa que ninguém gostaria que acabasse. Gente amiga de longa, média e recentes datas. Gente que deixou os afazeres de lado para homenagear essa mulher guerreira e destemida

Imobiliária

Jardim da Conquista

Compra - venda - administração de imóveis 92494165 / 80760515 Email: damarle@ig.com.br

Rua Travessa Somos Todos Iguais 774 JD da Conquista

Deposito de Lingerie O barato é aqui A maior variedade da região

Três endereços para melhor servi-la:

Aquários sob medida Esquadrias de alumínio padronizada /02 anos de garantia Persianas Nacional e Importada Vidros Comum e Temperado Portas Sanfonadas, Espelho, molduras, vidros jateados etc.

 2754-2646 Rua Manoel Mourato 05 Jd. Vila Carrão Próximo a feira de domingo

INTERAEREO.COM

Agente autorizado

Passagens aéreas para todo Brasil Precisa viajar? Então viaje de avião, agora você pode! Rápido, pratico e barato. Varias CIA Tam - Gol-Webjet-Azul Ótimos preços

Temos também pacotes para todos Brasil Nacional e internacional Parcelamento no cartão de credito Consulte nossos preços sem compromisso Fone 011 27361736 / 011-33845451 E-mail sergio.fernandes@yahoo.com.br

Rua Ernesto Manograsso 13 - São Mateus - Fone: 20186670 Avenida Mateo Bei 3187 - São Mateus - Fone: 20158033 Rua Flores do Piauí 85 - Itaquera - Fone: 20745667.

sta faça sua fe or com o melhgião preço da re

3 Marias Ltda ENTREGAMOS NA REGIÃO DE SÃO MATEUS

Assistência técnica especializada em TV, som, dvd ,micro ondas ,lcd etc Philips,LCD, CCE,Sony e outras marcas

Fabricamos caixa, potencias e amplificadores sob encomenda.

Fone 20181399 Avenida Sapobemba 14765 - Sao Mateus

R. Mauro Bonafé Pauletti, 220 - Jd. 3 Marias - São Mateus - SP

WDL Creci 071128

ASSESSORIA PREVIDENCIÁRIA

• Aposentadoria Atendimento ta • Amparo assistencial ( Homem/ Mulher) . a sex gratuito de seg s, • Deficiente (qualquer idade) das 8 às 19:30h s • Auxílio doença às 15h 8 das sábado • Auxílio reclusão • Aposentadoria por invalidez CONSULTA AO SERASA!! • Contagem de tempo

WDL IMÓVEIS

Aceitamos imóvel alugar, administrar OU vender,

Rua Ernesto Manograsso 78, (A 50 mts da av. Mateo Bei)

• 2962-9236 • 2013-3183 • 9881-4776 (Falar com Geraldo)

Para anunciar 2962-3172

aceitamos encomendas

Rua Cadência, 342 - Fones: 3793-5682 / 8767-3268

C O N S U L T O R I A LIMPE SEU NOME  SPC os para  serasa Empréstim  Cartórios servidor s, o d ta n apose  Bancos deral fe , o públic  Lojas l municipa  Financeiras  Cartões de Credito  Cheques  Certidões em geral em todo Brasil

3793 01 76 & PLANOS DE SAÚDE R SEGUROS Proteção para toda sua família e investimento Seguro de automóvel, condomínio, transporte, residencial, saúde, de vida, empresarial Consórcio auto/imóvel, seguro de aluguel ro, só com

Segu ! de seguro corretor

Roger de Oliveira - www.rseguros.com

Nextel id:30*10313 / 92497949 / 78468361 / 34228623 Rua Mimas, 71 Cidade Satélite São Mateus

AQUI VOCÊ ENCONTRA TUDO PARA A SUA FESTA.

FONE: 2919-2606

almoço de terça a sábado das 12 às 15 horas

Avenida Mateo Bei, 2526 - sala 4

Temos salão e chácara para festas

Alugamos toalhas de mesa, freezer, churrasqueiras, mesas e cadeiras!

Massa Fresca em geral aceitamos todos cartões

Paiva Tech Eletrônica

Email:julio.paiva@hotamil.com.

EXPERIMENTE O CHOPP´S DE VINHO

rotisserie e cantina

com ou sem móvel

s Passagens nacionais e internacionais Cruz ur o Passagens para estudantes Marít eiro Seggens imos Cursos e trabalho no Exterior via

Depósito de Vasilhames

que vem fazendo história em São Mateus. Sua incansável luta por uma sociedade melhor é reconhecida e respeitada até mesmo pelos adversários de ontem e de hoje. Figura pública que é, Lucy Mendonça, conquistou ao longo de sua vida na lida com um dos mais ativos jornais regionais de São Paulo um respeito sólido com o seu jeito correto e ético de lidar com as difíceis tarefas de colocar em circulação e oferecer suas opiniões ao juízo de leitores. Como mãe, avo, amiga, liderança e principalmente mulher, Lucy tem feito de sua vida um caminho de correção, de disposição e desprendimento em busca do bem comum. Por essas e outras razões muitos amigos lembraram dela neste dia, parte deles estiveram lá oferecendo o seu sorriso, o seu respeito, o seu mimo e seus presentes a essa que é uma das figuras mais queridas de São Mateus. Parabéns Lucy. Não é a toa que parentes e amigos sempre querem celebrar o seu aniversário. JMN

Big

+ Farma

E X P R E S S Medicamento e perfumaria

Aceitamos todos cartões de crédito

Trabalhamos com as seguradoras Liberty seguros Sul América Bradesco Mapfre Marítima Porto seguro

Operadora de plano de saúde Santamaria Greenline Prevent Senior Medial Unimed Dix Saúde Sancil Intermedica Serma Golden Cross

CEMESMA - CENTRO MÉDICO SÃO MATEUS S/C LTDA • Várias Especialidades • FONES: 2919-5146 2962-5176

Oftalmologia Dr. Mitsuo Koshimizu CRM 35459

Disk entrega 2734-3946

Av. Mateo Bei, 3471 - São Mateus - SP

Avenida Somos Todos Iguais 569 JD da Conquista

EXAME MÉDICO PARA MOTORISTA CREDENCIADO PELO DETRAN Rua Elísio Ferreira, 544 – São Mateus – SP (Próx. ao Cartório de São Mateus) – Fone: 2919-0769

Casa do norte

RECORDAÇÕES NORDESTINAS

A melhor cozinha nordestina da região DE TERÇA A DOMINGO • Ambiente familiar PIZZA, • Amplo espaço,com dois ambientes para seu conforto • Pratos típicos nordestinos ESFIHAS • Baião de dois com carne de sol NO BIGS.. • Buchada de bode À PARTIR • Carne de sol na tábua DAS 18HS • Escondidinho • Galinha com baião de dois Fones 2751-7673 • 2751-7607 • Galinhada • Muqueca de carne seca Av. Sapobemba,16048 – Jd Rodolfo Pirani www.recordacoesnordestinas.com.br

Dr. Mauro Esteves Figueredo Médico clínico - Crianças, Adultos e Idosos

Atendimento: seg. a sexta-feira das 7 às 9.30hs

Fone 27352166 Rua Tantos Caminhos, 100 JD da Conquista Referência: ponto final da perua Caixa D’água


Gazeta Sào Mateus - Edição 292  

Edição 292 do Jornal Gazeta São Mateus

Advertisement
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you