Issuu on Google+

Máx: 30°C / Mín: 10°C

R$ 1,00

EDIÇÃO - 8.826

VARGINHA , 13 DE SETEMBRO DE 2013

Prefeito veta projeto que prevê remoção de carros abandonados Projeto voltou para a Câmara, onde uma comissão analisa a possibilidade de derrubar o veto Após ser aprovado pela Câmara Municipal, o projeto que prevê a retirada de carros que estão abandonados há mais de 30 dias nas ruas de Varginha foi vetado pelo prefeito Antônio Silva. O projeto voltou para a Câmara Municipal e uma comissão está analisando a possibilidade de derrubar o veto do prefeito. O projeto de lei,

aprovado por unanimidade pelos vereadores de Varginha no mês de julho, é de autoria do vereador Carlos Costa (PTB). Segundo ele, a situação traz muitos outros problemas para a cidade. “O veículo abandonado só causa transtorno, atrapalha o trânsito, além da poluição visual”, afirma o vereador.

Clientes da Cemig em Varginha começam a receber fatura no momento da leitura em 2014

LOCAL/PÁGINA 05

LOCAL/PÁGINA 06 Projeto de lei havia sido aprovado por unanimidade pelos vereadores de Varginha

PÁGINA 09

www.jornalgazetadevarginha.com facebook.com/gazetavga gazetadevarginha@gmail.com twitter.com/gazetavarginha

PONTO DE VIST A VISTA

OAB Varginha oferece curso telepresencial de Direito do Trabalho e a Interdisciplinariedade

Concorra a ingressos

DIREITOS/PÁGINA 10

Café: governo libera R$ 3,16 bi em recursos para financiamentos 05/10 - 16h e 18h - Theatro Capitólio

Tito 01

Pontos de venda: Gallery Lanches e Tindolelê

Recorte este cupom e concorra ao sorteio de 6 ingressos para o espetáculo

Prefácio e saudação Página 2

O cupom deverá ser entregue na sede do Jornal Gazeta de Varginha, que fica na Avenida dos Imigrantes, 445, Santa Maria

Nome:................................................. Telefone:.............................................. LOCAL/PÁGINA 03


GAZETA DE VARGINHA, 13/09/2013

PONTO DE VISTA

02

Palavras de Vida

Deveres e qualificações dos ministros TITO 1 1 - PAULO, servo de Deus, e apóstolo de Jesus Cristo, segundo a fé dos eleitos de Deus, e o conhecimento da verdade, que é segundo a piedade, 2 - Em esperança da vida eterna, a qual Deus, que não pode mentir, prometeu antes dos tempos dos séculos; 3 - Mas a seu tempo manifestou a sua palavra pela pregação que me foi con-

fiada segundo o mandamento de Deus, nosso Salvador; 4 - A Tito, meu verdadeiro filho, segundo a fé comum: Graça, misericórdia, e paz da parte de Deus Pai, e da do Senhor Jesus Cristo, nosso Salvador. 5 - Por esta causa te deixei em Creta, para que pusesses em boa ordem as coisas que ainda restam, e de cidade em cidade estabelecesses presbíteros, como já te mandei:

6 - Aquele que for irrepreensível, marido de uma mulher, que tenha filhos fiéis, que não possam ser acusados de dissolução nem são desobedientes. 7 - Porque convém que o bispo seja irrepreensível, como despenseiro da casa de Deus, não soberbo, nem iracundo, nem dado ao vinho, nem espancador, nem cobiçoso de torpe ganância; 8 - Mas dado à hospitalidade, amigo do

bem, moderado, justo, santo, temperante; 9 - Retendo firme a fiel palavra, que é conforme a doutrina, para que seja poderoso, tanto para admoestar com a sã doutrina, como para convencer os contradizentes. 10 - Porque há muitos desordenados, faladores, vãos e enganadores, principalmente os da circuncisão, 11 - Aos quais convém tapar a boca; homens que transtor-

nam casas inteiras ensinando o que não convém, por torpe ganância. 12 - Um deles, seu próprio profeta, disse: Os cretenses são sempre mentirosos, bestas ruins, ventres preguiçosos. 13 - Este testemunho é verdadeiro. Portanto, repreende-os severamente, para que sejam sãos na fé. 14 - Não dando ouvidos às fábulas judaicas, nem aos man-

damentos de homens que se desviam da verdade. 15 - Todas as coisas são puras para os puros, mas nada é puro para os contaminados e infiéis; antes o seu entendimento e consciência estão contaminados. 16 - Confessam que conhecem a Deus, mas negam-no com as obras, sendo abomináveis, e desobedientes, e reprovados para toda a boa obra.

A hora certa para pendurar as chuteiras O terceiro pênalti perdido na semana passada por Rogério Ceni em pleno Morumbi, trouxe à tona alguns dilemas vividos por executivos e empresários nos últimos tempos: existe a hora certa de literalmente, pendurar as chuteiras? Vale a pena esticar a carreira a qualquer custo? A maior expectativa aliada à melhoria na qualidade de vida, fez com que senhores e senhoras na faixa dos sessenta ou mais, ainda sintam-se totalmente aptos e capazes para fixar objetivos, liderar equipes, cumprir metas, conquistar novos mercados, viajar e enfrentar longas e extenuantes jornadas de trabalho. O segundo grupo, composto pelos empresários, em geral têm maior autonomia. A frente de seus negócios, criados ou herdados, tornam-se uma espécie de lenda viva na organização, mesmo que já tenham passado o bastão para a próxima geração. Antônio Ermírio de Moraes e Abílio Diniz fazem ou fizeram parte deste grupo. Já os executivos têm contra si os estatutos e regulamentos das empresas, os quais fixam a idade máxima

para se aposentar. Quem conviveu anos ou décadas com secretárias, motoristas, combustível pago, planos de saúde de primeira linha e um cartão de visitas que abria portas e convites, tornar-se um simples mortal do dia para a noite pode ser um forte baque caso não esteja preparado. Ir ao banco, ao correio, revisar o carro, consertar o computador e anotar os recados, podem ser tarefas interessantes nas primeiras semanas. Comparo a carreira de um executivo ao ciclo de vida de um produto, composto por quatro fases: introdução, crescimento, maturidade e declínio, o qual tem se tornado cada vez mais curto, face às inovações, tecnologias, globalização, competitividade e consumismo. Já se foi o tempo em que fogões e geladeiras duravam décadas na cozinha de nossas mães. Hoje compramos um computador, smartphone, eletrodoméstico ou veículo, já sabendo que em alguns meses ou anos estarão ultrapassados, seja em design ou desempenho. As carreiras inexo-

ravelmente seguirão o mesmo movimento, onde cabelos brancos e óculos para presbiopia, também conhecida como vista cansada, deixarão de ser sinônimo de experiência adquirida, adquirindo conotações negativas. Neste cenário de maior expectativa de vida e menor tempo útil como profissional, desenvolver uma nova ocupação torna-se essencial aos profissionais precavidos e cientes de que diferentemente do veículo Gol, não poderão renovar-se eternamente em novas versões para se manterem no mercado. Acredito que não haja uma hora mais correta ou adequada para se pensar no assunto, porém deixá-la para a fase do declínio pode não ser uma boa estratégia, haja vista que alguns projetos consomem anos para tornarem-se realidade ou prover um retorno financeiro satisfatório, caso o profissional não consiga viver com as reservas acumuladas durante a carreira. Abrir um negócio, tornar-se consultor, conselheiro, professor, técnico de futebol, cartola ou comentarista são ati-

vidades que requerem ou deveriam requerer preparo e dedicação prévia. Talvez uma boa estratégia seja aproveitar os últimos anos em que esteja na ativa, seja ou não por vontade própria, para começar a colocar seu plano B em prática. O contracheque garantido no final do mês e a rede de relacionamentos podem ajudá-lo a planejar a transição com mais calma, esteja sozinho ou com o acompanhamento de um mentor. Ter uma nova atividade ou carreira certamente ajudará na perda do sobrenome corporativo, seja por aposentadoria ou demissão de profissionais seniores, comum em épocas de redução de custos. Enfim, o ex-goleiro artilheiro tem ensinado que às vezes é melhor sair de cena quando ainda se é querido e valorizado, com o risco de queimarmos a imagem construída a duras penas durante décadas. Com sua postura de querer se manter a qualquer custo no posto, colocou-se em uma verdadeira arapuca, haja vista a situação inédita que sua equipe de co-

ração se encontra, insistindo em permanecer na zona de rebaixamento. Infelizmente para Rogério Ceni, a letra da mú-

sica de Ney Matogrosso: "se correr o bicho pega se ficar o bicho come", nunca esteve tão viva.

Marcos Morita

Telefones (35)3221-4668 (35)3221-4845

Av. dos Imigrantes, 445 - Santa Maria CEP 37022-560 VARGINHA/MG

CNPJ: 21.535.075/0001-47

E-mail: gazetadevarginha @gmail.com gazetacomercial2 @yahoo.com.br Endereço eletrônico: www.gazetavarginha.com.br

Diário de Circulação Regional - Diretora Administrativa: Ana Maria Silva Piva Jornalista Responsável: Lanamara Silva MTB -8304 JP - Editor: Rodrigo S. Fernandes Sindjori - MG 312/99 Administração/Revisão: Lanamara Silva - Paulo Ribeiro da Silva Fernandes (Jornalista e superintendente de redaçãoTB.16.851) - Horário de funcionamento das 08:00hs às 18:00hs ENDEREÇO: Redação e Departamento de Publicidade

ABRAJORI - Associação Brasileira de Jornais do Interior SINDJORI - Sind. Prop. de Jornais e Revistas do Interior ADJORI - Associação dos Jornais do Interior ADI - Associação dos Jornais do interior de Minas Gerais A redação não se responsabiliza por conceitos emitidos em artigos assinados, mesmo sob pseudônimos, que são de inteira responsabilidade de seus autores.


GAZETA DE VARGINHA, 13/09/2013

LOCAL

03

Café: governo libera R$ 3,16 bilhões em recursos para financiamentos Recursos foram repassados a 26 bancos contratados pelo Fundo de Defesa da Economia Cafeeira O Departamento do Café da Secretaria de Produção e Agroenergia do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) assinou contratos com 26 agentes financeiros para repasses de recursos de R$ 3,16 bilhões autorizados do Fundo de Defesa da Economia Cafeeira (Funcafé) na safra 2013. O dinheiro já disponibilizado financia as operações de custeio, investimento, colheita, estocagem, aquisição de café, capital de giro para a indústria e linha extraordinária de crédito destinada à composição de dívidas de produtores. Os extratos dos con-

O dinheiro já disponibilizado financia custeio, investimento, colheita, estocagem, aquisição de café, entre outras operações

tratos assinados com o bancos foram publicados em edições do Diário Oficial da União en-

tre os dias 15 e 20 agosto e 6 e 11 de setembro. São eles o Banco ABC Brasil, Banestes, Banco

Ministério da Saúde inclui vacina contra coqueluche para grávidas na rede pública A decisão de incluir, na rede pública, a vacina contra a coqueluche para gestantes foi oficializada pelo Ministério da Saúde nesta quarta-feira (11), via portaria publicada no “Diário Oficial” da União. A pasta pretende oferecer a vacina a partir de 2014, em cronograma ainda a ser fechado. Com a vacina DTPA (difteria, tétano e coqueluche acelular) para gestantes, o governo busca dar imunidade, indiretamente, aos bebês. Da-

do Brasil, Banco Fibra, Banco Original, Bicbanco, Itaú S.A., Itaú BBA, Rabobank, Banco Pine, Santander Brasil, Ribeirão Preto, Votorantim, Banco Tokyo, Cooperativa Central de Crédito de Minas Gerais (Crediminas), Credivar, Cooperativa Central de Crédito do Espírito Santo, Agrocredi, Cooperativa de Crédito Rural de Patrocínio (Coopacredi), Cooperativa de Crédito da Região de Alpinópolis e Cooperativa de Crédito do Carmo do Rio Claro.

dos oficiais indicam que 70% dos casos de coqueluche em 2011 foram em crianças menores de um ano, e 92% em bebês de até sete meses de idade. Em 2011, o país registrou 55 mortes pela doença - todas entre crianças menores de seis meses de idade. O esquema vacinal da criança contra a coqueluche começa com uma primeira dose de vacina aos dois meses de idade; a segunda é dada aos quatro meses, e a terceira aos seis

meses. Dois reforços são dados: um aos 15 meses e um aos quatro anos de idade. Na avaliação do ministério, crianças menores de seis meses de idade são as mais vulneráveis à doença, por não terem completado o esquema básico de vacinação, com as três primeiras doses. Assim, ao vacinar as mães, o governo pretende ampliar a imunidade da criança e evitar um canal de transmissão ao bebê.

BNP Paribas Brasil, Banco BPN Brasil, Banco Bradesco, Banco CITI, Banco Cooperativo do Brasil (Bancoob), Banco

Distribuição Conforme distribuição dos recursos do Funcafé para 2013, no total de R$ 3,16 bilhões,

BASS ELEVADORES

foram destinadas para as operações de crédito de custeio até R$ 650 milhões; para estocagem, R$ 1,14 bilhão; para financiamento para aquisição de café, R$ 500 milhões; para financiamento de contratos de opções e operações em mercados futuros, R$ 50 milhões e para recuperação de cafezais danificados, R$ 20 milhões. Também foram distribuídos recursos para o financiamento de capital de giro para as indústrias de café solúvel de até R$ 150 milhões. Já para as indústrias de torrefação de café, até R$ 200 milhões, e para as cooperativas de produção, R$ 450 milhões.

A Eficiência no Transporte Vertical

- Elevadores Hidráulicos Residenciais - Elevadores Elétricos com ou sem Casa de Máquinas - Elevadores Panorâmicos - Elevador para Heliponto - Plataformas para Portadores de Necessidades Especiais (PNE) - Monta-Cargas e Monta-Pratos - Elevadores para Automóveis - Elevadores de Cargas

(14) 99622-2734 / (11) 3936-3663

jrbosco@terra.com.br / www.basselevadores.com.br


GAZETA DE VARGINHA, 13/09/2013

LOCAL

04

Enem: Erro ortográfico vai tirar pontos da redação A redação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) deste ano não permitirá erros de ortografia para que o estudante obtenha a nota máxima, apesar de um dos textos apresentados nesta quinta-feira (05), como exemplo pelo Ministério da Educação ter a palavra "espanhóis" escrita sem o acento em uma das três vezes em que é citada. De acordo com o ministro da Educação, Aloizio Mercadante, o exemplo foi proposital, mostrando que "situações limite" podem ser desculpadas - no caso, a aluna demonstrou que sabia a grafia correta em outras duas vezes e claramente esqueceu o sinal em uma das vezes. O edital da reda-

Segundo Luiz Claudio, o edital só previa nota zero para quem fugisse completamente ao tema da redação

ção deste ano prevê que "desvios gramaticais serão aceitos como excepcionalidade e quando não caracterizarem reincidência" - ou seja, esquecimentos como o da aluna usada como

exemplo podem ser desconsiderados, desde que se possa ver que o estudante conhece a norma culta da língua. "O entendimento dos nossos especialistas é que isso mostra o com-

pleto domínio da norma culta. Você tem uma pessoa jovem sob pressão ali", diz o Luiz Claudio Costa, presidente do Instituto Nacional de Estatísticas e Pesquisas Educacionais (Inep), órgão

responsável pela prova. O edital deste ano não vai deixar passar textos que tenham inserções sem nenhuma relação com o texto. No ano passado, vieram à tona redações em que os estudantes tinham colocado receitas de miojo e hinos de times de futebol no meio do texto. Segundo Luiz Claudio, o edital só previa nota zero para quem fugisse completamente ao tema da redação. Fugas parciais diminuíam a nota, mas não zeravam. Dessa vez, casos desse tipo anularam a prova. O manual, que está ano estará disponível apenas na internet, esclarece dúvidas comuns dos estudantes, como por exemplo o número de linhas e a necessi-

dade de colocar títulos, o que pode levar à nota zero - além dos casos citados, ter até sete linhas apenas, impropérios, desenhos, desrespeito aos direitos humanos - e que habilidades exatamente o estudante deve demonstrar. Também explica como será feita a correção. Este ano o MEC também usará dois corretores e um terceiro será chamado caso a diferença de notas passe de 100 pontos - em 2012, era de 200 pontos. Com a redução, o ministério estima que mais da metade das provas terá que passar por um terceiro avaliador. Uma simulação foi feita e, nela, 52,9% das provas tiveram mais de 100 pontos de diferença na nota.


GAZETA DE VARGINHA, 13/09/2013

LOCAL

05

Prefeito veta projeto que prevê remoção de carros abandonados Projeto voltou para a Câmara, onde uma comissão analisa a possibilidade de derrubar o veto Após ser aprovado pela Câmara Municipal, o projeto que prevê a retirada de carros que estão abandonados há mais de 30 dias nas ruas de Varginha foi vetado pelo prefeito Antônio Silva. O projeto voltou para a Câmara Municipal e uma comissão está analisando a possibilidade de derrubar o veto do prefeito. O projeto de lei, aprovado por unanimidade pelos vereadores de Varginha no mês de julho, é de autoria do vereador Carlos Costa (PTB). Segundo ele, a situação traz muitos outros problemas para a cidade. “O veículo

abandonado só causa transtorno, atrapalha o trânsito, além da poluição visual”, afirma o vereador. O projeto de lei vetado prevê que os carros removidos sejam levados para pátios credenciados pelo Departamento de Trânsito (Detran) e que o dono do veículo seja multado. Entre os problemas que carros abandonados trazem para a cidade estão riscos à saúde pública, poluição visual, além de ocuparem vagas que deveriam ser para circulação de veículos. Se o veto do Executivo for derrubado e a lei

VENDE-SE UMA CHÁCARA NA ZONA RURAL , PRÓXIMA AO SÍTIO ENGRENAGEM CONTENDO: CASA COM 03 QUARTOS, 01 SALA, 01 BANHEIRO, 01 COZINHA INTERNA E UMA ÁREA EXTERNA COM FOGÃO À LENHA. TERRENO COM 1.800M2, COM VÁRIOS PÉS DE FRUTAS (MANGA, JABUTICABA, LIMÃO, MEXERICA, ACEROLA, GOIABA, BANANA, LARANJA).

CASO HOUVER INTERESSE, LIGUE PARA (35)-9834-0140 MARCELO

entrar em vigor na cidade, os donos de veículos serão notificados e terão que pagar multa, que varia de R$ 574,62 a R$ 957,70. Em entrevista à nossa reportagem, no início de agosto, o chefe do Departamento de Transporte e Trânsito de Varginha, Eduardo Sepini, disse que a prefeitura iria estudar qual departamento de fiscalização seria responsável pela remoção desses carros. A declaração contradiz a decisão do prefeito Antônio Silva de vetar o projeto de lei. Poços de Caldas Em Poços de Caldas, um decreto publicado no Diário do Município em abril deste ano prevê que carros abandonados podem ser removidos das ruas. Os veículos começaram a ser guinchados e levados para o almoxarifado da prefeitura. A Guarda Municipal é quem está colocando em prática as determinações do de-

Projeto aprovado por unanimidade pelos vereadores prevê a retirada de carros que estão abandonados há mais de 30 dias nas ruas de Varginha

creto. De acordo com o decreto, o veículo abandonado é identificado pelo Departamento Municipal de Trânsito com uma advertência para que o dono tome providências em até 15 dias. Se o veículo não for retirado no prazo, será considerado abandono e ele é guinchado. Os custos da remoção são encaminhados ao proprietário.

Os veículos retidos podem permanecer por 30 dias no pátio do almoxarifado da prefeitura. Se neste prazo o dono não aparecer, é o município que decide o destino do veículo. Pouso Alegre Segundo a assessoria da prefeitura, não há uma legislação específica sobre carros abandonados nas ruas de Pouso Alegre. Os

veículos podem ser removidos se oferecerem risco à saúde pública, como criadouro de mosquito da dengue, se o veículo está estacionado em local irregular ou se os documentos não estiverem em dia. Um estudo está sendo realizado pela Secretaria de Transporte para a criação de um projeto de lei que regulamenta a situação.


GAZETA DE VARGINHA, 13/09/2013

06

LOCAL L

Beneficiários do Bolsa Família já podem fazer atualização do cadastro A ministra do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, Tereza Campello, pediu ontem (12), que todos os beneficiários do Bolsa Família atualizem seus cadastros no programa até o dia 13 de dezembro desde ano. Segundo Tereza Campello, os beneficiários podem comparecer à prefeitura ou a um centro de referência de assistência social (Cras) de sua cidade portando documento de identificação com foto, autodeclaração de renda, número de telefone e endereço para fazer a atualização do Cadastro Único (CadÚni-

co). No mês passado, o Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS), que coordena o programa,estimou que 1,6 milhão de famílias estavam nessa condição. A atualização cadastral é feita a cada dois anos. Como é um pré-requisito para permanência no programa, sem ela o beneficiário deixará de receber a bolsa - o que pode ocorrer voluntariamente, no caso de famílias que entendem não precisar mais do auxílio. “Ninguém deixa de fazer a atualização de dados, porque sabe

A atualização cadastral é feita a cada dois anos

que não recebe o benefício. O que tivemos, ao longo de dez anos, foram milhares de pessoas que deixaram de atualizar porque não precisavam mais do programa e deram espaço

para outros entrarem”, informou a ministra. Segundo a ministra, o cadastro único também evita fraudes ao programa. “Se souberem de casos de fraude, denunciem. Va-

mos manter a veracidade do cadastro do Bolsa Família”, disse Tereza, sobre as denúncias, que podem ser feitas por meio da ouvidoria do ministério (0800-7072003).

Em 2013, o Programa Bolsa Família completa dez anos de existência, com a estimativa de ter tirado 22 milhões de pessoas da extrema pobreza. O governo estima que haja 13,8 milhões de famílias no programa, cujo orçamento alcança R$ 23 bilhões – o equivalente a 0,5% do Produto Interno Bruto brasileiro (PIB). O valor médio do benefício é R$ 150, concedido a famílias com rendimento mensal inferior a R$ 140 per capita. O benefício é pago por meio de um cartão magnético, geralmente sob a titularidade da mulher.

Clientes da Cemig em Varginha começam a receber a fatura de energia no ato da leitura em 2014 Os municípios das microrregiões de Varginha e Lavras terão o sistema implantado a partir de Fevereiro de 2014. A Companhia Energética de Minas Gerais Cemig está inovando o processo de leitura dos medidores de consumo de energia elétrica e emissão das faturas. Por meio do processo de Faturamento Imediato, a Empresa vai disponibilizar a fatura aos clientes no momento da leitura, gerando mais transparência e otimização ao

Leiturista da Cemig emite conta no ato da leitura, na cidade de Cruzília

processo. A implantação deste sistema no Sul de

Minas está sendo feita de forma gradativa. Até final de setembro, cer-

ca de 33 mil clientes urbanos da Base Operativa de Caxambu que compreende outros 10 municípios, receberão suas faturas de energia no ato da leitura. A partir de outubro, o serviço será estendido para as Bases Operativas de Andrelândia, Bom Jardim de Minas, São Lourenço e Itanhandu (que totalizam 15 municípios), chegando assim a aproximadamente 100.000 instalações. Até dezembro a proposta é levar o faturamento imediato para as

Bases Operativas de Itajubá e Três Corações. Junto com a conta, a Cemig está entregando folhetos com informações sobre o novo sistema e prestando esclarecimentos, quando necessário. Agilidade O Faturamento Imediato, também denominado OSB,On Site Billing (faturamento no local de consumo) consiste na utilização de um microcoletor de dados de leitura com um software instalado, que permite a re-

alização do cálculo do valor da fatura imediatamente após a leitura do consumo de energia elétrica na residência do cliente, para que, em seguida, por meio de uma impressora térmica portátil, o leiturista proceda a emissão da fatura e faça a entrega ao cliente. Dessa forma, o consumidor poderá acompanhar a leitura e a impressão da sua fatura de energia e saber imediatamente o consumo e o valor da conta.


GAZETA DE VARGINHA, 13/09/2013

REGIONAL

07

Unidade móvel da Cemig vai levar dicas de 07 eficiência energética para população de Candeias Orientar as pessoas sobre o uso eficiente e seguro da energia, a fim de combater o desperdício, além de divulgar informações sobre como evitar queimadas e acidentes envolvendo a rede elétrica. Este é o objetivo principal objetivo da unidade móvel Eficiência Energética, que a Companhia Energética de Minas Gerais – Cemig levará ao município de Candeias nesta sexta-feira, 13/ 09. Esse projeto utiliza um caminhão tipo baú, de 12 metros de

A unidade móvel da Cemig estará aberta a visitação pública e tem como objetivo orientar as pessoas sobre o uso eficiente e seguro da energia

comprimento por 4 de largura, 3,5 de altura, com 8 toneladas. Den-

tre as principais atrações da unidade móvel, destaca-se o pro-

Mourões e Madeiras Tratadas Rodovia Três Pontas a Santana da Vargem Fazenda Macaúbas

Tel: (35) 9952-5000 ou 8807-2658

Comprimento 1,6m a 75m Diâmetro 4cm a 25cm Valores R$ 2,30 a R$ 280,60

atendimento@tpmouroes.com /tpmouroes@gmail.com

www.tpmouroes.com.br

tótipo de aquecedor solar, equipamento que mostra o aprovei-

tamento térmico da energia solar em aquecimento da água. Outras atrações são o protótipo do sistema fotovoltaico e o painel de eficiência em iluminação, onde os visitantes podem ver a diferença do consumo de energia elétrica. Entre diferentes lâmpadas, e comprovar que substituir o chuveiro elétrico por um aquecimento térmico solar, além de contribuir para diminuir a sobrecarga de consumo no horário de ponta, pode reduzir em até 40% o valor da conta de ener-

gia. Quem visitar a unidade móvel da Cemig também ficará por dentro das ações ambientais e campanhas de prestação de serviços da Empresa. A unidade móvel da Cemig estará aberta a visitação pública das 08 às 17 horas, na Av. 17 de dezembro, em frente à prefeitura. Através de parceria entre a Cemig e a Secretaria Municipal da Educação, estudantes das escolas públicas do município conhecerão de perto as atrações deste veículo.

FIEMG leva Sacode a Praça para a cidade de Três Pontas neste sábado O Sacode a Praça vai agitar o município de Três Pontas, no Sul de Minas, no próximo dia 14 de Setembro, sábado, das 9h às 16 h. O evento realizado pela Regional Sul da Fiemg em parceria com SESI e EPTV, leva a toda à comunidade e familiares de industriários 11 novos brinquedos infláveis, Circuito SESI Saúde e distribuição de cartilhas que orientam as famílias sobre a importância de exercitar em casa o orçamento familiar. O evento vai acontecer na Rua Regina Célia Vicentina, 297, Bairro Aristides Vieira, em Três Pontas. No local haverá ainda a largada da 16ª Etapa do Circuito Sul Mineiro de Corrida de Rua SESI que antecede ao Sacode a Praça e vai classificar os primeiros colocados nas categorias indústria e comunidade, masculino e feminino, para a Corrida Integração, realizada em Campinas-SP. A prova de

O Sacode a Praça vai agitar o município de Três Pontas

Campinas é uma das cinco mais importantes corridas de rua do atletismo brasileiro e os classificados participam do evento com todas as despesas pagas. A corrida terá um percurso de cinco quilômetros e é necessário, para a realização da inscrição, cada participante trazer um quilo de alimento não perecível, exceto sal. Os alimentos arrecadados são doados a instituições de caridade da cidade. Em cada edição o evento reúne uma média de público de 2 mil pessoas. Sacode a Praça é um projeto de res-

ponsabilidade social da indústria sul mineira e foi idealizado pelo Dr. Ary Novaes, presidente da Fiemg Regional Sul, que tem sede em Pouso Alegre. Há 11 anos o projeto tem percorrido as cidades do Sul do Estado levando diversão, entretenimento e ações voltadas à qualidade de vida, cidadania, integrando a indústria e a comunidade. No período o Sacode a Praça já recebeu um público estimado em mais de 1,5 milhão de pessoas. A próxima edição do Sacode a Praça acontece dia 21 de Setembro na cidade de Cambuquira.


GAZETA DE VARGINHA, 13/09/2013

08

REGIONALL

Móveis de Cana da Índia geram renda para familiares de presos Detentos integram o projeto “O Domínio da Arte”, desenvolvido no Presídio de Boa Esperança Vendas garantidas de toda a produção de mesas, cadeiras, aparadores e outros objetos feitos de Cana da Índia até o final deste ano empolgam os detentos artesãos do Presídio de Boa Esperança, situado no Sul de Minas. Os utensílios artesanais são criados e tomam forma, de segunda a sexta-feira, em um espaço cedido, situado ao lado da unidade prisional. A divulgação e venda das peças contam com o apoio dos familiares e é mais um estímulo para os presidiários. Sete presos integram o projeto “O Domínio da Arte”, criado após um curso de artesanato em fibras naturais rígidas, promovido pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar), no qual, além de fabricar os móveis, também aprenderam a ensinar o ofício a outros detentos. A venda das peças ajuda no orçamento das famílias dos presos artesãos e outra parte vai para compra de itens necessários na confecção das peças, como sisal, parafusos, pregos, madeira, verniz e cola. A matéria-prima é coletada em duas propriedades da região por presos que saem sob escolta de agentes da unidade prisional. O diretor-geral do presídio, Bruno Tiso Pereira, considera a ressocialização o principal objetivo do projeto. “Os presos têm demonstrado conscientização sobre a importância do trabalho para a reintegração social. Esta atividade, em especial, além de contri-

O trabalho autônomo reforça o vínculo do preso com a família

buir na remissão de pena, alivia a mente e dá confiança em um futuro melhor para a vida do preso e de seus familiares”, ressalta. Passo a passo Os presos dominam todo o processo artesanal de fabricação e ainda compartilham suas experiências pessoais e profissionais. O detento Antônio Messias, 32 anos, conta ter trabalhado em reforma de móveis e que isto ajuda na criação das peças. “Estou muito feliz de trabalhar aqui, me sinto útil e ajudo nas despesas de casa.”, diz. Messias explica todas as etapas da produção. "Primeiro é preciso fazer as medidas, em seguida queimar as peças escolhidas, 'embuxar' (colocar madeira dentro da Cana da Índia), montar a estrutura, 'bater' o sisal nas extremidades, passar cola e envernizar", ensina. O espaço localizado ao lado do Presídio de Boa Esperança, onde é realizado todo o processo, pertence ao Serviço de Obras Sociais da Prefeitura de Boa Esperança. Trata-se de

um terreno de aproximadamente 400m², onde outros presos também cultivam uma horta. Benefício geral Atualmente, aproximadamente 12.500 presos das unidades administradas pela Subsecretaria de Administração Prisional (Suapi) da Secretaria de Estado de Defesa Social (Seds) exercem as mais diversas atividades produtivas, que vão desde a construção civil e a limpeza urbana, até a fabricação de circuitos elétricos, material esportivo e equipamentos eletrônicos, passando por artesanato, padaria, frigorífico, produção de roupas e sacolas ecológicas. Para trabalhar nos presídios, penitenciárias ou centros de remanejamento do sistema prisional, o detento precisa passar pela indicação das Comissões Técnicas de Classificação (CTCs) das unidades prisionais. Elas são formadas por advogados, médicos, psicólogos, assistentes sociais e agentes penitenciários, que avaliam a situação de cada preso,

para verificar se têm perfil para as vagas disponíveis, analisando, por exemplo, questões de segurança e de saúde. Pelo trabalho, os detentos recebem re-

missão da pena – a cada três dias de trabalho têm menos um na sentença. Além disso, muitos são remunerados diretamente, recebendo, na maior parte das vezes, ¾ do salário mínimo, conforme determina a legislação vigente, ou pela venda daquilo que produzem, como acontece na produção de artesanato. Nos casos em que o preso é renumerado, o valor do pagamento é dividido em três partes: 50% pago ao preso no mês seguinte à realização do trabalho; 25% destinado a pecúlio, que é levantado quando o detento se desliga do sistema prisional; e outros 25%

utilizados para ressarcimento ao Estado. O trabalho autônomo reforça o vínculo do preso com a família. São os familiares que levam o material a ser trabalhado e que vendem o produto fabricado, gerando renda. O trabalho no sistema prisional tem se mostrado benéfico para todos: o Estado cumpre sua função de humanização e ressocialização dos indivíduos que estão presos; os detentos têm a oportunidade de se profissionalizarem enquanto cumprem pena; e os parceiros contam com mão de obra mais barata e alta produtividade.

Guapé recebe etapa das Olimpíadas Regionais da APAE A atual direção da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE) de Guapé, estará trazendo para nosso município, uma das etapas das Olimpíadas das APAEs da região. A Etapa de Guapé será realizada no próximo dia 13 de setembro (sexta-feira) no clube Ipê Campestre, com a cerimônia de abertura em frente a Prefeitura Municipal, a partir das 8 horas. Estarão participando das Olimpíadas, 10 cidades com suas respectivas APAEs (Guapé, Passos, Piumhi, São Sebastião do Paraíso, Carmo do Rio Claro, São Roque de Minas, Capitólio, Pratápolis, Alpinópolis e Itau de Minas). A Etapa de Guapé conta com as seguintes modalida-

A Etapa de Guapé conta com as seguintes modalidades: Vôlei, peteca, dominó, dama e jogo da memória

des: Vôlei, peteca, dominó, dama e jogo da memória. A APAE de Guapé estará na disputa de três: Peteca, dominó e jogo da memória. Satisfeita com Guapé sendo uma das etapas das Olimpíadas das APAEs, a diretora da APAE de Guapé, Gicêuda Goulart, ressaltou sobre a importância para os alunos participarem de eventos como este; “Na APAE estamos sempre buscando o bem estar dos

alunos, e com atividades esportivas, conseguimos estimular a autoestima e superação de cada um deles. Além das atividades esportivas, as Olimpíadas das APAEs ajudam na interação entre os próprios alunos”. As Olimpíadas das APAEs da região são dividas em três etapas. A primeira, já realizada, aconteceu em Passos. A segunda etapa será em Guapé e por fim a última em Piumhi.


GAZETA DE VARGINHA, 13/09/2013

09

FATOS E VERSÕES

Clima de festa Na última quarta 11/09, aconteceu na Assembleia Legislativa de Minas Gerais - ALMG, a cerimônia de homenagem a Organização Internacional do Café, com a presença de vários políticos e autoridades do Café, momento em que o titular da coluna conversou com autoridades como o presidente do Sindicato Rural de Varginha, Arnaldo Botrel, o presidente do Centro de Comercio do Café de Minas, Arquimedes Coli, o secretário de Governo de Varginha, Leandro Acayaba e o deputado estadual Dilzon Melo, entre outros tantos. Em clima de congraçamento, os assuntos foram os mais variados, discutiu-se sobre café e política, que alias sempre andam juntos, as composições para as eleições de 2014, e especulações sobre 2016.

Informal O deputado estadual Dilzon Melo (PTB) disse que acha “pouco provável” que a dobradinha formal “Dilzon estadual e Dimas federal”, que foi construída em eleições passadas, volte a ser editada em 2014. Segundo o parlamentar “ele e Dimas atuam de forma diferente e já não a vantagens ou razões” para que voltem a fazer dobradinha, pelo menos em Varginha. No entanto, o deputado estadual disse que não haverá restrições aos cabos eleitorais que desejarem trabalhar informalmente para o “DiDi, Dilzon estadual e Dimas federal”. A conferir!

No caminho frutífero, o céu (ou inferno) que espere! Na conversa que tive com o deputado Dilzon Melo em Belo Horizonte, vê-se que o parlamentar esta feliz com sua fase política. Seu PTB venceu as eleições em Varginha, onde o parlamentar possui “excelente relacionamento” com o governo municipal. No âmbito estadual o PTB (leia-se Dilzon) tem participado ativamente da gestão estadual. Já no Legislativo mineiro onde o deputado ocupa, pela segunda vez, a 1ª secretaria da Assembleia Legislativa de Minas, cargo importante por gerenciar o caixa bilionário do Legislativo mineiro, o parlamentar consolida ainda mais seu poder político. Em escala municipal, não dúvidas de que Dilzon Melo é hoje a maior autoridade política da cidade, na esfera estadual, Dilzon figura entre as “cabeças do poder”. Já na esfera federal, embora Dilzon não seja um “medalhão nacional da política”, o parlamentar mineiro sabe bem o que acontece nos bastidores políticos e empresariais, e “nada com os grandes tubarões da política nacional”. Não por coincidência, em seu aniversário, Dilzon costuma receber em sua casa figuras como o presidenciável Aécio Neves (PSDB) e o ex-deputado Roberto Jefferson, presidente nacional do PTB e delator do caso do Mensalão. A se ver esta desenvoltura, imagina-se que mais nada falta ao abastado parlamentar que começou sua vida como farmacêutico prático, vendendo sibalenas atrás do balcão em Varginha. Mas se engana quem acredita que Dilzon se “deu por satisfeito” com o quadro atual. “Para Dilzon, ainda falta atingir o sonho. O marco indelével e relevante desejado em sua vida parlamentar, a seu ver, o ápice como deputado: Presidir a Assembléia Legislativa de Minas”. Pelo que se vê nos olhos do deputado, quando fala de seu desejo, é bem provável que Dilzon se recuse a candidatar-se a prefeito em Boa Esperança ou Varginha, (como já ventilaram), ou mesmo disputar vaga no Tribunal de Contas, aposentar ou qualquer outra coisa, ate que se sente na cadeira de presidente do Legislativo. “Por sua obstinação em trilhar o caminho frutífero do Poder, Dilzon não morreria sem antes realizar seu sonho, o céu (ou inferno) que espere”!

Guela larga Diversas autoridades estaduais tucanas e outras

tantas da base do governo estadual cantam numa só voz, nos bastidores, que o tucano Pimenta da Veiga será mesmo o candidato a governador do PSDB, com a benção de Aécio Neves. E mais, que a princípio, Aécio e seu grupo tucano desejavam que toda a chapa majoritária, (candidato a governador, vice e senador) fosse do PSDB, o que atormenta a base aliada, repleta de líderes políticos de outros partidos que sempre estiveram com Aécio e sonhavam com uma “lugar ao sol” na chapa majoritária. A questão ainda não esta decidida, e talvez apenas a vaga de candidato a vice-governador ou de senador poderia “sobrar” para os aliados. Pelo que se vê, iguais na “fome pelo poder”, PSDB e PT tem mais semelhanças do que diferenças.

Estranho no ninho Um “expoente do PTB” disse à Coluna que “não foi escolha da administração municipal a permanência do médico Vismário Camargos no Conselho de Administração do Hospital Regional”. Para a fonte, o explícito apoio do médico cardiologista a Corujinha (PT), candidato petista derrotado pelo prefeito Antônio Silva nas eleições de 2012, fez com que o atual governo municipal ficasse “desconfortável” para indica-lo no conselho, mas que ainda assim, o médico permanece na administração do Regional por “outras razões”. “Em que pese a questão política, ele (Vismário) atua bem e Varginha realiza um intenso trabalho na área de cirurgias cardíacas” disse a fonte ouvida.

As compras Caminham discretas, porem intensas, as conversas para que o Centro Universitário do Sul de Minas – UNIS, realmente adquira o UNICOR em Três Corações. A medida iria consolidar o UNIS no entorno de Varginha e fortalecer a instituição contra as muitas outras universidades que miram o Sul de Minas. Em tempo, os rumores de que a Faculdade de Medicina de Pouso Alegre também seja “posta a venda” são cada dia maiores, o que também “aguça compradores” de olho no curso de medicina, que é a “jóia da coroa” no mercado de ensino superior. Alias, o curso de medicina é disputado em Varginha por UNIS, UNIFENAS e UNIFAL. Por certo, “se tivesse cheque especial a altura” o UNIS não pensaria duas vezes para “fazer uma oferta pela Faculdade de Medicina de Pouso Alegre”.

Disputa crucial Autoridades do Governo de Minas e do Legislativo estadual e federal confirmaram, nos bastidores, que se o aeroporto de cargas de Pouso Alegre realmente sair primeiro que o de Varginha, há grande possibilidade de, no futuro, o Porto Seco que hoje esta em Varginha, precisar se deslocar para Pouso Alegre. A medida seria o caminho natural, se Pouso Alegre tornar-se um forte centro industrial e de distribuição de cargas, deixando Varginha e Poços de Caldas a “comer poeira” nesta área. Segundo informações apuradas pela coluna, a construção do aeroporto de Cargas de Pouso Alegre seria uma Parceria Público Privada - PPP, que já contaria com no mínimo R$ 250 milhões em financiamentos de governos e principalmente de empresas privadas. Já o aeroporto de cargas de Varginha, que seria mais fácil e barato de construir, necessitaria de bem menos recursos, porem não contaria com o mesmo apoio privado no seu financiamento, dependendo única e tão somente dos recursos estatais.

Números da desigualdade Segundo o jornalista Cláudio Humberto, os 124 brasileiros mais ricos detêm R$ 544 bilhões (12,3% do PIB), é o que diz a agência Mercopress. Metade do País vive com US$130 mensais. As desigualdades no Brasil são antigas e difíceis de se mudar no curto prazo. Trazendo o problema para nossa Varginha, percebam que a maior parcela dos devedores do município é formada por uma pequena parcela de grandes empresas e alguns poucos “homens de negócio, com muito prestígio no poder para não serem perturbados por cobradores da dívida ativa”.

Na tela da TV O presidenciável tucano Aécio Neves tem neste mês de setembro a sua segunda oportunidade no ano para se mostrar ao eleitor e melhorar o desempenho nas pesquisas. No dia 19, o presidenciável estrelará programa de dez minutos do PSDB em rede nacional. Depois, seguirá por mais alguns dias na TV em 40 inserções de 30s, também no horário de propaganda do seu partido. É a chance que o “mineiroca” (mistura de mineiro com carioca) terá para mostra que é mais que um “playboy com boa assessoria de marketing”, como dizem seus adversários políticos.

Postergando o problema A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) confirmou a possibilidade de adiar em dois anos a transferência da iluminação pública (manutenção de postes, lâmpadas e demais componentes) das concessionárias de energia para as prefeituras, agendada para 31 de janeiro de 2014. A proposta segue para audiência pública, que deve ser marcada nos próximos 20 dias. A princípio, segundo a Aneel, a proposta de adiamento diz respeito apenas aos municípios com menos de 50 mil habitantes. Se aprovada, a extensão no prazo beneficiará 92% dos municípios mineiros. No Estado, 787 das 853 cidades possuem menos de 50 mil moradores, segundo dados da Associação Mineira de Municípios (AMM). Para o presidente da AMM, Antônio Andrada, o adiamento no prazo é motivo para comemorar. No entanto, seria de extrema importância que todos os municípios recebessem o benefício. “As cidades não têm condições de assumir o serviço no curto prazo”, afirma. De acordo com ele, a falta de estrutura pode fazer com que o interior mineiro atravesse um apagão. Além disso, a falta de pessoal especializado na prestação do serviço poderia aumentar em mais de 30% os custos da manutenção. “A Cemig compra equipamentos em escala, as cidades, não”, diz ele. Se realmente o repasse da iluminação pública aos municípios se der apenas em 2016, muitos municípios vão poder planejar melhor, mais esta, grande responsabilidade que lhes é jogada nas costas. Se a medida tiver validade para todos os municípios, como pleiteiam os prefeitos de Minas, Varginha também sairá no lucro, pois ainda não conseguiu uma solução para assumir a responsabilidade pela iluminação pública. Porém, vale ressaltar, mesmo que Varginha tenha que assumir tal responsabilidade somente em 2016, não pensar já agora, numa solução para esta responsabilidade é apenas continuar na irresponsabilidade e protelar um grande problema.

Um carro para dois motoristas com caminhos diferentes A coluna conversou com dois políticos municipais do PP, líderes no partido, e se espantou com a visão oposta e contraditória de ambos. Para um deles, que já trabalha sua candidatura a prefeito em 2016, a reeleição do deputado Dimas Fabiano, e a disputa pela prefeitura em 2016 devem ser o foco do PP agora. Para o político, é importante que o PP entre nas eleições de 2014, se preparando paras as eleições de 2016. Já identifique agora prováveis aliados e construa um grupo político forte para enfrentar a possível candidatura do PT e a provável reeleição do grupo liderado pelo PTB/PSDB em 2016. Já o outro líder pepista acha que o PP não deve focar esforços para disputar a eleição de prefeito em 2016, uma vez que, segundo ele, “não ha candidatos para isso no partido”. Este outro político acha que o PP deve caminhar em parceria com o grupo político formado pelo PTB e PSDB, sem disputar a prefeitura em 2016, mas sim focar na eleição de vereadores e ficar na “periferia do Executivo”, onde poderia ocupar “três ou mais secretarias, dependendo do sucesso na eleição de vereadores”. Os dois pepistas divergem quanto a disputa de 2016. Será que estes líderes não vão “afinar o discurso”? RODRIGO SILVA FERNANDES é advogado e articulista político do Jornal Gazeta de Varginha Escreve todas as quartas e sextas - Contatos com a coluna pelo e-mail: rodrigogazeta@bol.com.br


GAZETA DE VARGINHA, 13/09/2013

SAIBA SEUS DIREITOS

10

A elegibilidade 1. INTRODUÇÃO A capacidade eleitoral pode ser exercida de duas formas antagônicas, a capacidade eleitoral ativa, e a capacidade eleitoral passiva. A capacidade eleitoral ativa se refere basicamente ao direito de votar nos pleitos eleitorais, portanto que a pessoa ostente a condição de cidadão, ou seja, que esteja quite com a justiça eleitoral. Já em relação à capacidade eleitoral passiva ela se resume à capacidade de ostentar a qualidade de candidato no pleito, e a conseqüente diplomação no caso de sair vitorioso nas eleições, é em suma

a capacidade de ser votado. No entanto para que o cidadão possa requerer a condição de candidato, ele deve atender a duas exigências básicas e cumulativas, reunir todas as condições de elegibilidade estabelecidas em sede constitucional e reguladas em lei, e não incorrer em nenhuma causa de inelegibilidade estabelecida na nossa constituição ou em Lei Complementar como a LC 64/90, também conhecida como a Lei das Inelegibilidades, e a LC 135/ 2010, mais conhecida como a Lei da Ficha Limpa. Conforme jurispru-

dência firme do TSE (vide AgR, Resp Eleitoral 480-70, Relatora Ministra Nancy Andrighi, Dje 08/04/2013, p. 23), a presença das condições de elegibilidade e ausência das causas de inelegibilidades devem ser constatadas no momento da formalização do pedido da candidatura, ressalvados os casos de superveniência de alterações fáticas ou jurídicas que afastem a inelegibilidade, como o caso de posterior absolvição em processo criminal de improbidade administrativa que ainda esteja em curso no momento do registro da candidatura. Outro parêntese deve ser aberto também

em relação ao requisito de idade mínima para o cargo, que no momento da formalização da candidatura deve-se aferir se o candidato ostentará a idade exigida para o cargo até o dia da posse, de acordo com o §2º do artigo 11 da Lei 9.504/97. Resta salientar que as condições de elegibilidade são taxativamente previstas em sede constitucional, posto a nossa carta magna não ter previsto a figura da Lei Complementar para disciplinar outros casos de elegibilidade como o fez com as causas de inelegibilidade. Portanto o legislador só poderá se utilizar

OAB Varginha realizará curso telepresencial sobre Direito do Trabalho e a Interdisciplinariedade teiro Dr. Eduardo Gatti

Dados do Curso NOME DO CURSO: DIREITO DO TRABALHO E A INTERDISCIPLINARIDADE CERTIFICADO: DIGITAL INÍCIO: 30/09/2013 19:00 FIM: 03/10/2013 21:00 CARGA HORÁRIA: 8 hs STATUS: ATIVO MÉTODO: TELEPRESENCIAL COORDENAÇÃO: Dr. Carlos Augusto Marcondes de Oliveira Mon-

PROGRAMA: 30/9 - segunda-feira Boa-fé objetiva e a função social do contrato. Dr. Fábio Vieira Figueiredo 1/10 - terça-feira Reflexos da falência e a repercussão judicial nos contratos individuais de trabalho. Dr. Marcelo Tadeu Cometti 2/10 - quarta-feira

Dr. Gustavo Chalfun OAB/MG 81424 Av Princesa do Sul, 556 - Varginha - MG Tel: 3222-4801

gustavo@chalfun.com.br

Dr. Daniel Piva OAB/MG 81667 Delfim Moreira, 258, sala 201- CentroVarginha -MG Tel: 3222 2851

dapiva@ig.com.br

Eficácia dos direitos fundamentais e os contratos individuais de trabalho. Dr. Carlos Augusto Marcondes de Oliveira Monteiro 3/10 - quinta-feira Questões penais relacionadas com o Direito do Trabalho. Dr. Rogério Cury

OBSERVAÇÃO: PREÇOS: ESTUDANTE GRADUAÇÃO 10,00 ADVOGADO INSCRITO NA OAB 15,00 OUTROS PROFISSIONAIS 20,00 FICHA DE INSCRIÇÃO: http://cursos.aasp.org.br/ fichacurso.aspx?id_cu rso=20796&id_unid=226

MATERIAL DE APOIO:

DATA DO ACEITE: 11/09/ 2013 17:09:32 QDE. DE VAGAS: 100

PÁGINA DO PROGRAMA: http://cursos.aasp.org.br/ detalhecurso.aspx?id_curso =20796&id_Aceite=42220

Drª. Patrícia Bregalda Lima OAB/MG 65099 Av Salum Assad. David, 70 - Santa Luiza Tel: ( 35) 3214-5051

patriciabregalda@varginha.com.br

de leis para regulamentar as condições de elegibilidade que já existem em nossa Constituição Federal, mas de modo alguma prescrever condições que não estejam contidas no texto constitucional. 2. CONDIÇÕES DE ELEGIBILIDADE As condições de elegibilidade vêm previstas taxativamente no artigo 14, §3º, da Constituição Federal, que no mesmo dispositivo remete à lei o papel de regulamentar as referidas condições que são: a nacionalidade brasileira, o pleno exercício dos direitos políticos, o alistamento eleitoral, o domicílio eleitoral na circunscrição, a filiação partidária e a idade mínima exigida para cada cargo. 2.1. Nacionalidade Brasileira A condição de nacionalidade brasileira como não foi especificada no dispositivo constitucional, abrange tanto os brasileiros natos como os naturalizados, já que a própria constituição veda qualquer diferenciação entre brasileiros natos e naturalizados salvo as decorrentes do próprio texto constitucional, como ocorre em relação a alguns cargos privativos de brasileiros natos em virtude de sua função estratégica e de sua importância para a defesa e soberania do Estado. Nesse ínterim o §3º do artigo 12 da CF prescreve que são privativos de brasileiro nato os cargos de: Presidente e Vice-Presidente da República; Presidente da Câmara dos Deputados

Dr. Gustavo Pinto Biscaro

Extraído do site: DireitoNet

Dr. Vicente Lima Lorêdo OAB/ MG 84.176 20ª Sb-Seção Rua Maria Benedita, 63 -sala 106- Vila Pinto 3223-5362/Cel :9988-3485

OAB/MG 106.276 R Argentina, 169 - Vila Pinto Tel: (35) 3222-1049

gustavopbiscaro@gmail.com

e do Senado Federal, e por lógico Presidente do Congresso Nacional; Ministro do STF, carreira diplomática; oficial das forças armadas e Ministro de Estado da Defesa. A única exceção à condição de nacional é o caso dos portugueses, que devido à cláusula de reciprocidade inserta no texto constitucional no artigo 12, §1º, têm a sua condição equiparada à dos nacionais naturalizados para que possam exercer os seus direitos políticos no território brasileiro, se houver essa mesma garantia para os brasileiros que residam em Portugal. Referida reciprocidade foi firmada entre Brasil e Portugal através do Decreto 3.927/2001, que promulgou o “Tratado de Amizade, Cooperação e Consulta entre a República Federativa do Brasil e a República Portuguesa”, em 22 de abril de 2001 na cidade de Porto Seguro. O artigo 17 do decreto retro citado dispõe que serão concedidos os direitos políticos aos brasileiros em Portugal e aos portugueses no Brasil, que residirem habitualmente por pelo menos 3 anos no país, mediante requerimento à autoridade competente, desde que seus direitos políticos não estejam suspensos no Estado de origem, e ressalta ainda que o gozo dos direitos políticos no país de residência importará na suspensão do exercício dos mesmos direitos no país da nacionalidade.

vicentelloredo@yahoo.com.br

Mande sua pergunta para: gazetadireitos@yahoo.com.br


GAZETA DE VARGINHA, 13/09/2013

SAÚDE

11

Nova vacina controla vírus semelhante ao da Aids 07 Cientistas dos Estados Unidos afirmam que descobriram uma vacina capaz de controlar a resposta imunológica em macacos contra o Vírus de Imunodeficiência Símia (SIV), semelhante ao vírus HIV, causador da Aids em humanos. As informações foram publicadas na ultima quarta-feira (11) pela revista científica "Nature". O estudo foi realizado por cientistas da Universidade de Saúde e Ciências de Oregon com macacos rhesus. Segundo a pesquisa, a vacina foi produzida a partir do emparelhamento de uma cepa alterada do vírus citomegalovírus (RhCMV) com o SIV. O RhCMV está presente em grande parte da população

A vacina é capaz de controlar a resposta imunológica em macacos contra o Vírus de Imunodeficiência Símia (SIV), semelhante ao vírus HIV

desses macacos. A versão modificada do citomegalovírus gerou e manteve indefinidamente as células T com o chamado "efeito memória", com capacidade de procurar e destruir células infectadas pelo SIV. As

células T são um componente essencial do sistema imunológico do organismo e combatem doenças. No entanto, essas células presentes em vacinas convencionais não foram capazes de eliminar o vírus.

De acordo com os resultados do estudo, 50% dos macacos que foram vacinados manifestaram respostas imunológicas estáveis e controladas de um a três anos. Após este período de testes, os pesquisadores tam-

bém descobriram que em grande parte dos símios parecia que a infecção inicial de SIV tinha erradicado, porque não foram encontrados resíduos do vírus. “Através deste método, fomos capazes de ensinar o corpo do macaco a melhorar suas defesas de combate à doença. Nossa vacina mobilizou uma resposta das células T que foi capaz de ultrapassar os invasores SIV em 50% dos casos tratados", disse Louis Picker, um dos autores do estudo, em comunicado divulgado pela universidade. Segundo os cientistas, esta investigação demonstra também que este tipo de vetor de citomegalovírus oferece um grande

potencial não só para a cura destas infecções persistentes, mas também para sua prevenção e para desenvolver estratégias de vacinação. "Estamos esperançosos de que [a técnica] de emparelhamento do CMV modificado com o HIV possa levar a um resultado semelhante com humanos”, afirmou Picker. Embora a equipe de pesquisadores ainda não tenha determinado quando poderia chegar a desenvolver uma vacina contra o vírus da imunodeficiência humana, Picker assegurou que sua próxima meta é "determinar se a vacina pode erradicar completamente o SIV em símios com a infecção mais desenvolvida".

Mais de um terço da população mundial pode ter deficiência de vitamina D A deficiência da vitamina D pode levar a uma série de complicações de saúde, como raquitismo, osteoporose e até câncer. Mesmo assim, estudos que analisam seu nível entre a população mundial são raros. Por causa disso, pesquisadores da Universidade de Heidelberg, na Alemanha, realizaram uma revisão de 195 pesquisas conduzidas em mais de 168.000 voluntários em 44 países ao redor do mundo. O resultado, publicado na revista British Journal of Nutrition, mostra que mais de um terço desses estudos detectou níveis insuficientes da vitamina na população local. Resultado: 37,3% dos estudos detectaram níveis médios de 25(OH)D abaixo do 50 nmol /L, mostrando que a população analisada possuía deficiências em vitamina D A principal fonte de vitamina D é o Sol, mas ela também pode ser en-

contrada em alimentos como leite e ovos. Baixos níveis da substância podem ter um impacto sério na saúde da população, principalmente no desenvolvimento dos ossos e músculos. Em crianças, a deficiência de vitamina D é uma das causas do raquitismo, enquanto que em idosos ela está associada com a osteoporose e a um risco elevado de fraturas. Evidências cada vez maiores apontam também para o aumento do risco de câncer e doenças cardiovasculares. Por isso, os pesquisadores alemães analisaram uma série de estudos publicados ao redor do mundo sobre o assunto. Cada um deles avaliava o nível de 25(OH)D — um produto do metabolismo da vitamina D — no sangue da população local. As autoridades de saúde consideram que pessoas com um nível abaixo dos 50 nanomoles por litro (nmol/ L, a medida mais comum

para medir a concentração da substância no sangue) tem algum tipo de deficiência no consumo da vitamina D. “Embora tenhamos encontrado um alto grau de variabilidade entre os diversos relatórios sobre o consumo de vitamina D, 37,3% deles relataram níveis insuficientes de 25(OH)D na população”, diz Kristina Hoffmann, pesquisadora da Universidade de Heidelberg, na Alemanha. Armazenada no fígado, promove a absorção de cálcio e fósforo do intestino. A evidência mais forte sobre seus benefícios é a proteção contra fraturas ósseas, mas pesquisas também já relataram uma associação entre a vitamina e uma menor prevalência de doenças cardiovasculares e câncer. A deficiência da vitamina pode provocar raquitismo, alterações no crescimento e nos ossos, além de reduzir a imunidade. A principal fonte da substância é

A principal fonte de vitamina D é a luz do Sol, mesmo assim, grande parte da população possui baixos níveis dessa vitamina no snague

o sol, mas também é possível obtê-la em alimentos ricos na substância, como bacalhau, salmão, leite e gema de ovo. Segundo o estudo, as faixas da população que mais sofrem com a deficiência da vitamina são os recém-nascidos e os idosos internados em asilos e hospitais. A região que teve os níveis mais altos de vitamina D em todo mundo foi a América do Norte. Os pesquisadores consegui-

ram encontrar poucos estudos sobre a América do Sul, o que não permitiu uma análise realmente representativa da região. A Fundação Internacional de Osteoporose, que reúne pesquisadores e médicos da área, afirma que o estudo deve servir como um incentivo para maiores investigações acerca do tema, bem como para medidas de saúde pública que melhorem os níveis da vitamina nos grupos de

maior risco. “Dado o aumento global no número de idosos e o aumento de quase quatro vezes nas fraturas de quadril desde 1990, as autoridades de saúde pública devem analisar o impacto que esse nível inadequado de vitamina D tem sobre os riscos de fratura e na saúde em geral de sua população idosa, bem como das crianças e adolescentes”, diz Judy Stenmark, diretora da fundação.


GAZETA DE VARGINHA, 13/09/2013

12

EVANGÉLICA

Pastor lamenta postura de cristãos que ironizaram a morte de Champignon A morte do baixista Champignon, ex-integrante do Charlie Brown Jr., foi muito lamentada por seus colegas de profissão e amigos pessoais nas redes sociais. Entretanto, alguns internautas que não mantinham um relação de proximidade com o músico fizeram comentários com teor de julgamento ou ironia, pelo fato de Champignon ter cometido suicídio. Um dos colegas de profissão do músico, o cantor e ator Leo Jaime, chegou a criticar essa postura ainda no calor da notícia, e afirmou que “não existe prêmio para quem julga os outros mais rápido”. O mesmo comportamento incomodou o pastor e blogueiro Renato Vargens, líder da Igreja Cristã da Aliança. Num artigo falando es-

Entretanto, alguns internautas que não mantinham um relação de proximidade com o músico fizeram comentários com teor de julgamento ou ironia

pecificamente sobre comentários publicados por cristãos sobre o caso, Vargens demonstrou tristeza pela forma como muitos fiéis falaram friamente sobre a condenação ao inferno. “Por favor me res-

ponda sinceramente como é que pode crentes em Jesus falar do inferno com tanta naturalidade, sem contudo derramar uma lágrima sequer? Confesso que fico estarrecido com o sarcasmo de alguns,

bem como a frieza de outros, que aparentemente estão felizes com o falecimento de Champignon”, escreveu Renato Vargens. O pastor citou um trecho de um discurso de Jonathan Edwards

sobre o inferno e a atitude dos cristãos em relação à pregação de que o caminho oposto à salvação é a perdição. Em sua fala, Edward diz que “se nós que cuidamos das almas soubéssemos como é o inferno e conhecêssemos a situação dos condenados à perdição, ou se por algum outro meio nos tornássemos conscientes de quão pavorosa é a condição deles; se ao mesmo tempo soubéssemos que a maioria dos homens foi para lá e víssemos que nossos ouvintes não se dão conta do perigo – nestas circunstâncias, seria moralmente impossível que evitássemos mostrarlhes com muita seriedade a terrível natureza de tal desgraça e como estão extremamente ameaçados por ele. Nós até mesmo lhe clamaría-

mos em alta voz”. Vargens retoma lamentando a postura desses cristãos que, aparentemente, não refletem sobre a complexidade do assunto e o real tamanho das consequências de ser condenado ao inferno: “Os que falam do inferno sem lágrimas nos olhos e com frieza na alma apontam para o fato de que não entenderam a mensagem do Evangelho. Ouso afirmar que se entendêssemos de toda nossa alma o que significa o inferno não seríamos tão maldosos em nossos comentários, antes pelo contrário, choraríamos diante do Eterno, simplesmente pelo fato de sabermos que uma alma se perdeu”. Fonte:http: noticias.gospelmais.com.br

Pesquisa mostra que maioria dos brasileiros é contra o envolvimento de líderes religiosos na política Que a mistura entre política e religião não é bem vista pelos brasileiros já se sabe. O ditado popular que diz que os temas não devem ser discutidos é uma prova de que o povo não gosta quando um interfere no outro. Agora, uma pesquisa realizada pela Confederação Nacional

do Transporte (CNT) confirmou isso: seis em cada dez brasileiros são contrários à candidatura de líderes religiosos a cargos eletivos. Em números mais específicos, 57,8% dos entrevistados disseram serem contra, enquanto 38,7% se mostraram favoráveis. A postura parece ser semelhante quanto a

candidatos que são apoiados por igrejas: 66,2% disseram que não votariam neles, enquanto que 28,5% responderam que aceitariam a indicação. Na política brasileira atual, o maior ícone de líderes religiosos que se tornaram políticos, ou políticos que se elegeram a partir do apoio de igrejas é a bancada

evangélica, que reúne 76 deputados federais e dois senadores. A pesquisa da CNT foi realizada entre os dias 31 de agosto e 4 de setembro, e entrevistou duas mil pessoas, de 135 cidades do Brasil, em 21 estados diferentes, segundo informações do site da revista Exame.


GAZETA DE VARGINHA, 13/09/2013

BRASIL

13

Universidades federais reservaram em 2013 mais 07 vagas para cotas que o previsto em lei, aponta estudo As universidades federais reservaram mais que o dobro de vagas para as cotas em 2013, superando as metas de adesão gradual prevista na Lei 12.711, apontou levantamento feito pelo Grupo de Estudos Multidisciplinares da Ação Afirmativa, da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj). No primeiro ano, as 58 universidades federais teriam de destinar 12,5% das vagas a alunos de escolas públicas, de baixa renda, pretos, pardos e indígenas. O percentual chegou a 31,5%. "Várias delas já ti-

As universidades federais reservaram mais que o dobro de vagas para as cotas em 2013

nham cotas altas antes da lei, algumas de 30% a 40%. Então, muitas delas mantiveram o que já tinham com pequenas alterações, sem partirem da estaca zero", destrincha João Feres, pro-

fessor de Ciência Política e integrante do grupo da Uerj. Em 2012, 32 instituições ofereceram 30.264 vagas para cotistas (a partir de programas com critérios próprios), equiva-

lente a 21,6%, percentual superior ao exigido pela lei. Com a padronização dos critérios e a adesão de mais 18 universidades à lei, o número cresceu cerca de 96% em 2013.

"Foi um pico, com a adesão das 18 de uma só vez. Quando entram, já reservam pelo menos os 12,5% determinados pela lei, e isso conta muito no número total", explica Feres. A lei prevê, até 2016, reserva de 50% das vagas das instituições federais de ensino superior para alunos de escolas públicas, de baixa renda, pretos, pardos e indígenas. Conforme o levantamento, 19 universidades federais já atingiram a meta prevista para 2016 e outras definiram percentuais superiores aos 12,5% (mínimo ). Com isso,

foram ofertadas 59.342 vagas para cotistas, 151% a mais que as 23.591 previstas se todas as universidades cumprissem apenas o mínimo previsto na lei. O avanço ocorreu em todas as regiões do país, porém de forma diferenciada. Enquanto no Sul, houve salto de 31,9% para 45,8%, no Norte, o crescimento passou de 16,4% para 22,2%. O Centro-Oeste apresentou alta de 17% para 31,6%, acima da média nacional de 9,9 pontos percentuais. O Nordeste teve variação de 20,3% para 28,7%, e o Sudeste, de 20,7% para 31%.

Programa Mais Médicos adia atividades com profissionais estrangeiros O governo adiou em pelo menos uma semana o início das atividades dos médicos estrangeiros e brasileiros formados no exterior no programa Mais Médicos. Pelo cronograma, os profissionais deveriam começar a trabalhar na segunda, dia 16. Oficialmente, o governo diz que os bolsistas pediram uma semana extra de formação. Na prática, ganha-se tempo para resolver ações judiciais, falhas e resistências até na concessão de licenças de trabalho. O Ministério da Saúde alega que o adiamento acontecerá porque esses médicos passarão por uma semana de acolhimento nas capitais em que vão atuar para conhecer peculiaridades locais. "Será uma

formação complementar", afirmou o ministro, Alexandre Padilha. Esse "acolhimento", porém, não estava previsto no cronograma. A estada dos profissionais ainda será acertada com os Estados. Um dos principais entraves está no fato de que vários Conselhos Regionais de Medicina (CRMs) se recusam a fornecer o registro provisório a esses profissionais sem que eles façam a revalidação oficial do diploma e apresentem a comprovação de proficiência na Língua Portuguesa. Além disso, como o Estado mostrou anteontem, por causa da demora no pedido oficial de registro provisório, outros conselhos - como São Paulo, Minas e

Rio Grande do Sul ameaçavam só liberar licenças após o dia 18. "É um fator de prejuízo para o programa", afirmou ontem o secretário de Gestão de Trabalho e de Educação de Saúde, do Ministério da Saúde, Mozart Sales. Ele acompanhou o ministro Luís Inácio Adams, da AdvocaciaGeral da União (AGU), ao Tribunal Regional Federal (TRF-5), no Recife, para protocolar recurso contra a decisão da Justiça Federal do Ceará, que desobrigou o Conselho Regional de Medicina do Ceará (Cremec) de fornecer os registros aos médicos que vão atuar naquele Estado. Segundo a AGU, há 57 ações contra o programa em andamento (mais informações nesta página).

Os médicos passarão por uma semana de acolhimento nas capitais em que vão atuar para conhecer peculiaridades locais

De acordo com o ministério, o governo decidiu promover essa semana de acolhimento porque houve demanda dos médicos. "Os profissionais vão ter compreensão da média e alta complexidade, vão entender como funciona a rede de referência em cardiologia, uma central do Samu, a regulação de leitos",

afirmou o secretário. Mais problemas, no Programa Mais médicosAlém do Ceará, ontem o Conselho Regional do Espírito Santo negou o pedido de registro provisório de dois médicos que trabalhariam no programa. O órgão entrou com ação civil pública contra o Mais Médicos dia 20. E os problemas

não acabam por aí. O conselho de São Paulo, por exemplo, diz que recebeu documentos incompletos, feitos em cópias simples, sem traduções oficiais, o que dificultaria a análise dos dados. Por isso, o ministério agendou uma visita ao local amanhã, a fim de fazer uma conferência da documentação.


GAZETA DE VARGINHA, 13/09/2013

14

INTERNACIONAL

Chilenos lembram os 40 anos do 07golpe militar que resultou na morte do presidente Salvador Os 40 anos do golpe militar no Chile, que resultou na morte do presidente Salvador Allende, foram lembrados no ultimo dia (11) por milhares de chilenos que foram às ruas com flores emoldurando fotos do presidente e de milhares de desaparecidos, mortos e torturados da ditadura militar que se instalou no país. Houve missas, discursos e marchas de protesto. Salvador Allende preferiu morrer no La Moneda a ser preso pelo general Augusto Pinochet, que naquele dia

Salvador Allende governou o Chile entre 1970 e 1973

inaugurou 17 anos de sangrenta ditadura. Cerca de 3 mil pessoas desapareceram ou foram executadas nos anos de chumbo, segundo a última das quatro comissões da Verdade do Chile. A maioria das violações aos direitos humanos ocorreu no inicio da ditadura. Os militares chilenos decidiram fazer uma varredura para eliminar todo tipo de oposição: parlamentares, sindicalistas, funcionários e simpatizantes do governo de Allende. Músicos também foram perseguidos, entre eles Victor Jara, assassinado pelos agentes da repressão chilena. Milhares de foram levados ao Estádio Nacional, o maior estádio de futebol do Chile. Entre eles, o professor universitário Felipe Aguero. Ele lembrou que os prisioneiros eram levados ao vestiário, sem espaço para deitar. Eram chamados, pelo

microfone, para ser “interrogados” sob tortura. “Vi muitos passarem na minha frente e voltarem quebrados”, disse. Quarenta anos depois do golpe militar, segundo Aguero, os chilenos continuam lutando por justiça. Pinochet morreu aos 91 anos, em 2006, sem nunca ter sido condenado por seus crimes entre eles, o de corrupção, considerado “imperdoável” por muitos empresários que em 1973 apoiaram o golpe militar. Na época, Allende pretendia implantar um modelo socialista, com reforma agraria, estatização de serviços públicos e nacionalização de recursos naturais, afetando empresas norteamericanas, que investiam no país. Documentos desclassificados provam hoje o que muitos suspeitavam, na época, que os Estados Unidos e as ditaduras da região conspiraram contra Allende, desde o primeiro

dia de seu governo. Para o professor, Pinochet não apenas derrotou o projeto de Allende, como conseguiu implantar outro modelo econômico neoliberal. O Chile recuperou a democracia em 1990, mas Pinochet continuou pairando como uma sombra no poder. Garantiu para si o comandado das Forcas Armadas e uma vaga, como senador vitalício. E deixou uma Constituição que – até hoje, limita os poderes dos políticos. Daqui a dois meses o Chile elege um novo governo, o sexto em mais de 20 anos de democracia. A grande favorita, nas pesquisas de opinião, e a ex-presidente Michelle Bachelet. Segundo ela, o grande desafio vai ser mudar a Constituição de 1980 e o sistema educacional, que levou milhares de estudantes às ruas em 2011 e 2012, duas heranças dos tempos de Pinochet.

Polícia da Índia usa jato colorido para conter manifestantes A polícia da cidade de Shopian, na região da Caxemira, na Índia usou um jato colorido para conter um protesto de manifestantes na ultima quinta-feira (12). Policiais detiveram partidários de Abdul Rashid, que seguiam em direção a um prédio do governo local, em Srinagar. Os manifestantes protestam contra a morte de um jovem na cidade de Shopian. Ele vítima de confronto com forças policiais locais na ultima quarta-feira (11). Um toque de reco-

Os manifestantes protestam contra a morte de um jovem na cidade de Shopian

lher foi estabelecido na cidade, que fica no sul da Caxemira, onde cin-

co pessoas morreram desde o último fim de semana.


GAZETA DE VARGINHA, 13/09/2013

COLUNA SOCIAL

Momento, Sabor e Alegria ÁGUA DOCE CACHAÇARIA

15


GAZETA DE VARGINHA, 13/09/2013

16

ESPORTE

Boa volta a campo hoje contra o Atlético-GO no Serra Dourada Time de Varginha ocupa a sétima posição na tabela, com 32 pontos, e está a cinco pontos do G4 O Boa Esporte volta a campo nesta sexta-feira (13/9), pela 22ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. A partida será contra o Atlético-GO, às 19h30, no Serra Dourada, em Goiânia. O time de Varginha ocupa a sétima posição na tabela, com 32 pontos, cinco a menos que o Joinville, último time do G4. O time goiano é o penúltimo colocado, com 20 pontos, e luta pra tentar fugir do rebaixamento. Chateado O técnico Nedo Xavier, do Boa Esporte, anda chateado com a arbitragem. Segundo ele, vários erros vêm sendo cometidos contra o seu time. O jogo contra Bragantino, na última segun-

judicando. Não acredito que seja perseguição, mas o negócio é que estão errando muito contra a gente”, disse o treinador. Com o ponto conquistado, o Boa Esporte perdeu a chance de ficar próximo do G-4 da Série B do Campeonato Brasileiro. Abatido, Nedo espera que o time minei-

Atenção, Pelo primeiro turno, os dois times empataram em 0 a 0 no Melão

da, terminou empatado em 0 a 0. O resultado, no entanto, poderia ter sido diferente. Aos 11 minutos do primeiro tempo, Fernando Karanga mandou para as redes, mas viu o auxiliar Andrea Mar-

celino de Sá mal anular o que seria o primeiro gol mineiro. Sem deixar de criticar a atuação de sua equipe, o técnico Nedo Xavier lamentou o ocorrido e disse não ser a primeira

vez que deixa o campo prejudicado pela arbitragem. “Jogamos mal, mas a gente poderia ter ganho. Tem jogos que estão acontecendo certas coisas que estão nos pre-

Superliga acata pedido de TVs, reduz sets e gera temores Principal novidade na temporada 2013/2014 da Superliga de vôlei, a redução dos sets de 25 para 21 pontos ainda é uma incógnita. Adotada pela CBV (Confederação Brasileira de Vôlei) para atender a um pedido feito à federação internacional por uma comissão de TV e marketing, a mudança tem gerado uma série de preocupações entre as equipes que disputam a competição nacional. A primeira reação das equipes após a definição da

ro se recupere na partida de hoje. “Chateado todo mundo está. O elenco está triste por não ter conseguido os três pontos em casa, mas a gente tem que se reerguer, trabalhar e recuperar os atletas porque temos uma viagem e um jogo difícil pela frente”, analisa.

redução dos sets foi mudar a rotina de treinos. Com parciais mais curtas, os times passaram a priorizar atividades intensas e mais curtas. Contudo, a intensidade dos treinos não foi a única mudança provocada pelos sets mais curtos. “O ritmo de atuação vai ter de ser mais intenso, com possibilidade menor de um reestabelecimento. Isso impacta no componente físico, mas principalmente no psicológico”, ponderou José Ricardo Ribeiro, supervisor do Vivo/

Minas. Além da preparação física e da concentração, a redução dos sets gerou uma preocupação sobre as

consequências. Submetidos a uma intensidade maior de exercícios, os atletas passam a correr mais riscos.

Proprietários de barcos, lanchas e jet ski! A Marinha do Brasil estará realizando em Madre de Deus de Minas prova para obtenção da carteira de arrais e motonauta. Os interessados devem entrar em contato o quanto antes!!!

Vagas limitadas!!! Contato: (35) 9803-9783 gilbertoimpacto42@hotmail.com SEJA HABILITADO E NAVEGUE COM SEGURANÇA!!!! Este documento é de porte obrigatório para condutores de embarcações a motor


Gazeta de Varginha - 13/09/2013