Page 1

ANO 01 . EDIÇAO 02 . MAI/2012 Edição gratuíta e exclusiva para download!

bi! Vire um Zum bies m o Z a d s ic F Fan ual Survivor Man hcraft s u B l ia c e p s E tégias a r t s E : ll a B t Pain ! e muito mais


QUEREMOS CÉREBROS ! : A J E S U O

PA

TRO

CINA

DORES

Buscamos parcerias! ! ir g r u s m e d o p s a s e r Surp contato: camargo@zombies.com.br Para


editorial Olá Resistentes, estamos aqui com a segunda versão da Revista Zombies, mais preparados do que nunca! E nessa edição estaremos apresentando, bushcraft, aliás somente uma introdução para a galera conhecer os seus conceitos e de onde surgiu, mas parece ser um quadro que veio para ficar, pois nas próximas edições. O nosso administrador Ciryatan e o membro Hugo estarão montando dicas reais e avaliações de séries e filmes, enfim muito para se desenvolver ainda. E também teremos o manual do sobrevivente dentre outras coisinhas a mais bastante agradáveis aos olhos. Lembrado que as vagas para novos patrocinadores estão abertas!

sobre o editor Nick: Hollyc Nome: Theo Salles Idade: 18 anos Profissão: Estudante (cursando design gráfico) Arma Preferida: Bastão de baseball Em caso de ataque: Ir atrás da família :/

orças F s a d l a u n a 04... M EUA s o d s a d a m r A Ball 06... Paintraft 09... Bushc inhas 13... Quent m Zumbi 16... Vire u 18... Curtas ombie Z a m e in C . .. 9 1 ics 22... Fan-F

expediente

Diretoria Zombies: Cyriatan (Valdeir F Camargo) e Phobos (Lucas Palazzo); Layout e Diagramação: Gangrel7 (Luciano A. Leal); Jornalista Responsável: Renan Nogueira UFG Jornalismo; Fotos: Internert; Colaboradores: REC (João Pedro) / Keppler (Pedro) / Tornado (Luis Felipe) e Mustang (Antonio Marcos) As matérias contidas nesta edição são de responsabilidade de seus autores. Até agora não encontramos nenhum zumbi de verdade.

errata Na última edição, a pressa foi tanta que acabamos cometendo algumas gafes. Na matéria sobre armas, escrita pelo Lider Alpha, o nome correto dele é Julio Cesar, tem 24 anos, é casado com a senhora Alpha e tem uma filhinha.


survi vor

l a u n a m

A I C N E V I V SOBRE s

a d a m r a s a c r das fo s o d i n u s o d a t dos es

SE VOCE PENSA EM ADQUIRIR CONHECIMENTO, UMA BOA DICA É PROCURAR NA NET PELO MANUAL DE SOBREVIVENCIA DAS FORÇAS ARMADAS DOS ESTADOS UNIDOS. O MANUAL ESTA RECHEADO DE DICAS DE SOBREVIVENTES

Psicologia de SobrevivEncia

Algo que muitos de nós não nos lembramos na hora de sobreviver é o nosso mental. Nossa mentalidade, tanto como o físico deve estar no mínimo, sã. Muitos perdem a vida pelo simples fato de não persistirem, unindo corpo e mente para sobreviver. Por isso é importante compreender os mistérios da psicologia na sobrevivência. Existem casos registrados oficialmente de pessoas que foram acidentadas e passaram por riscos de sobrevivência, mas, chegaram com vida ao hospital, foram tratadas, mostravam ótima recuperação, mas morreram. Tudo isto pela desistência da mente. Se sua mente desiste de viver, de lutar, de tentar vencer, seu corpo faz o mesmo. Usemos como exemplo, o espírito humano. Este ser de aparência, formato e ideias inexplicáveis, vêm sendo algo que é descrito como existente de verdade. Contei com a ajuda de um manual de sobrevivência, no qual encontrei: “Os nossos corpos são máquinas muito complexas, mesmo quando submetidos a condições de vida inumanas e degradantes, a vontade de viver pode lhe sustentar. Sobreviventes de campos de concentração alemães referiram a vida, em condições terríveis, que valia ser vivida.”

4


O PAnico e o Medo

Muitos de nós demonstramos maestria em táticas e experiências na teoria, mas na prática tudo é e será diferente. As condições que teremos se formos invadidos pelos nossos amigos zumbis, será péssima. Portanto não teremos tempo e recursos disponíveis aos montes (em parte, teremos) para gastar o tempo todo para se fazer uma simples armadilha. Quase todos que se veem isolados, perdidos e sozinhos tem medo, medo de praticamente tudo, porém, o medo também é nosso aliado, pois aguça nossos sentidos.

compilado por Nick: Keppler Nome: Pedro Couto Idade: 14 anos Profissão: Escritor (amador) Arma Preferida: M16 Em caso de ataque: Pegar meu mapa da rota de busca do grupo de sobrevivência e fugir para o interior!

SobrevivEncia: Em grupo ou sozinho?

A sobrevivência em grupo é algo que requer organização e preparação. Um grupo de sobreviventes, interagindo para sobreviver pode ser algo ótimo, mas com certeza uma hora os problemas surgiram. Inveja, raiva, ambição... Todos os sentimentos a flor da pele. Ter um grupo pode não só ajudar na busca de alimentos, a construir abrigos, se defender, etc. Mas também pode ser um perigo a mais, grandes grupos podem arruinar suas chances de sobreviver! Um grupo muito grande requer muita organização e as “operações” devem ser bem elaboradas para que não se ocorram perdas significativas. Além do fator mental, já que pessoas ao seu redor te dão maior segurança. Mas se você deseja ir sozinho para esta batalha, faça-o! Porém, digo-lhe uma coisa: Você vai querer ao menos alguém ao seu lado, pois com o tempo sua mente estará se tornando um verdadeiro Mindfuck, de tão trollada por você mesmo.

saiba mais:

Acesse: www.zombies.com.br

Na próxima edição:

Mais informaçOes!

Primeiros-Socorros

Mal-estar, doenças e infecções são um grande problema na hora de sobreviver ao Z Day, e ninguém quer ter uma diarréia no meio de uma fuga contra zumbis. Então, vamos ao último tópico da matéria de Sobrevivencialismo. Mantenham-se sempre limpos, a higiene básica do corpo, olhos, orelhas e boca pode evitar muitas doenças.

5


inform acoes

paint ball Nesta segunda materia sobre paint ball iremos falar de estrategias de jogo e como atuar corretamente em equipe.

Umas das primeiras coisas a se analizar é: em que campo em vou jogar? Sabendo isso, escolhem-se roupas, tipos de camuflagem e estratégias de equipe para o jogo. Hoje ensinarei uma estrategia de jogo, dando alguns exemplos. Quando pensamos em estratégia, acredito que todos lembramos daquela famosa cena do filme “Tropa de Elite”:

super presente

de natal

EL R ESSA INCRÍV VAMOS SORTEA ORES! RE OS LEITer T N E A 90! E R A C S Á M /Fev eiro de 19 o, alizado no dia 31

, manol O sorteio será re ada por primeiro am ch sa es o nd ! O sniper se você está le -shot da Zombies ad he do lin tro o?! Mais uma você ganhou ou de Natal em Mai te en es Pr ! pô ! E vá ler a tá aqui do lado tudo a sua volta he Ol ! IA RA ST vez: NÃO SE DI matéria direito!

6

“Cap. Nascimento: “O conceito de estratégia, em grego strateegia, em latim strategi, em francês stratégie... Os senhores estão anotando? Vou pedir isso na prova. ...em inglês strategy, Em alemão strategie, em italiano strategia, em espanhol estrategia...” Auxiliar: “Senhor! O senhor 05 está dormindo.” Cap. Nascimento: “Oh, senhor 05! Tenha a bondade. (Entrega ao 05 uma granada e puxa o pino). Senhor 05, se o senhor deixar essa granada cair, o senhor vai explodir o turno inteiro. O senhor vai explodir os seus colegas, o senhor vai explodir os meus auxiliares, o senhor vai me explodir. O senhor ainda vai dormir, senhor 05? 05: “Não, senhor!” Nascimento: “Estamos todos confiando no senhor. Eu vou retomar o raciocínio. O conceito de estratégia, em grego strateegia, em latim strategi, em francês...””


SimulaçAo Urbana

Se você irá jogar em um campo de simulação urbana, é interessante treinar invasão de quartos e locais em equipe. Esta invasão organizada consiste em cada membro do grupo de invasão irá se direcionar para uma direção assim que entrar no quarto, conforme figura ao lado

Jogo de Bandeiras

No jogo de bandeiras, se seu time tem 12 pessoas, divida em 3 grupos, com 6, 4 e 2 pessoas. Deixe 2 para tomar conta da bandeira na retaguarda, envia 4 para um lado do campo e 6 para o outro. De forma ordenada, avance com o grupo de 4 até no máximo 1/3 do campo, de forma que eles segurem o avanço inimigo. com o grupo maior, com 6 integrantes, ataque! Mas lembre-se, para cada membro que avança, devemos sempre ter alguém para cobrir. Tenha sempre um líder, dessa forma não haverá tempo para discussão de estrategias durante o jogo, o que o líder decidir o grupo fará. De posse da bandeira inimiga, volte ao seu campo deforma organizada também, se passou apenas a metade do jogo. Quem carrega a bandeira, deverá sempre estar no meio do grupo, ou seja, de dos 6 que foram ao ataque, sobraram 3, quem carrega a bandeira deverá ser o segundo, que nunca deverá ser o primeiro a avançar nem o ultimo, para evitar que a bandeira seja recuperada pelo inimigo. Lembre-se, independente da estratégia que o grupo adote, o principal é trabalhar em equipe.

saiba mais:

Acesse: www.zombies.com.br Na proxima edição iremos falar mais de camuflagem!

feito por Nick: Tornado Nome: Pedro Ricardo Idade: 23 Profissão: Administrador de Empresa Arma Preferida: Arco e flecha ou balestra. Em caso de ataque: pegaria a gobag e me esconderia com camuflagens.

7


Conheça DDTANK da 337 DDTANK é um jogo casual, ou seja, não é aquele jogo que te faz um escravo do computador. No entanto, as pessoas que começam a jogar DDTANK não param, isso é paradoxal, não é mesmo?

Escolhemos um jogador do DDTANK-337 para falar sobre o jogo. Staff Zombies: Lord, qual o objetivo do jogo? Lord°Dark: O objetivo do jogo é ficar forte, ser reconhecido e fazer amizades. Staff Zombies: Lord, o que o ddtank representa pra você? Lord°Dark: Para mim é um jogo muito divertido, estimulante! A melhor sensação é de fazer sua arma ou equipamento ficar brilhando, mais forte. Staff Zombies: O jogo é grátis? Lord°Dark: Totalmente! Aqueles usuários que querem ficar forte podem conseguir itens em missão, mas normalmente o pessoal gasta 5 reais por mês para ficar com mais vida, mas apenas isso. Staff Zombies: Não perca o jogo e jogue assim como o Lord, venha se aventurar no ddtank.

INFORMAÇOES DO USUARIO

Seu nick: Lord°Dark Sua idade: 16 Cidade: Gama DF Brasília


t f a r c h bus

survi vor

A ARTE DA SOBREVIVENCIA

NUM MUNDO INFESTADO DE ZUMBIS A SOBREVIVENCIA PODE ESTAR EM LEVAR UMA VIDA NOMADE. VOCE ESTA PREPARADO?

Olá galera, nessa matéria irei falar sobre o Bushcraft que tem sido muito comentado e praticado por muitos em todo mundo, o termo em si nada mais é do que a criação e construção de objetos com “mato”, conhecido como uma técnica de sobrevivência de criar e produzir tudo do mato, ou vegetação ao seu redor. Variando desde a construção de abrigos, jangadas, cordas, ferramentas e até mesmo fazer fogo sem fósforos ou isqueiros. O termo e a prática são antigos, mas veem ressurgindo a cada dia, se popularizou em 2004 no Reino Unido com o programa chamado Bushcraft (Discovery Channel) gravado com Ray Mears, e atualmente o que mais fez sucesso no Brasil foi o Man vs Wild (A Prova de Tudo, Discovery Channel) com o protagonista Bear Grylls, e o meu preferido, o programa começou em 2006 e até hoje passa na TV, onde Bear o protagonista, vai somente com a roupa do corpo e uma faca para uma parte do mundo e precisa encontrar novamente um povoado (claro com uma equipe de filmagem que o ajuda dependendo da situação de risco).


QUANTO MAIS SE CARREGA NA MENTE MENOS SE CARREGA A L I H C O NA M Autor desconhecido

“Fato curioso sobre o programa A prova de Tudo, o episódio piloto é chamado o The Rockies, foi gravado nas montanhas rochosas, o que pra mim foi o melhor episódio que vi na vida, pois o Bear não usa a faca, ele faz uma lâmina com pedra lascada, se prejudica bastante no episódio e chega a chorar vendo a foto da família, mas sobrevivência é isso, temos que nos apegar em algo para poder sobreviver.”

10

Entre outros que também surgiram hoje em dia, o importante em ressaltar que mesmo sendo programas educativos, todos os protagonistas são pessoas bem treinadas, Bear Grylls era das forças especiais do Reino Unido, e muitos que praticam essa arte são militares, outros possuem cursos ou estudos na área. Se você pretende, ou tem interesse em praticar essa arte, em primeiro lugar, treine e pratique com alguém bem preparado e conhecedor no assunto. E não pode ter estomago fraco, a comida não é a das melhores, e o luxo não existe, mas não tem o porque de ter medo, o ser humano possui essa habilidade e conhecimento há muitos anos, mas hoje temos cidades e civilizações, que facilitam a nossa vida, um click e temo fogo de um esqueiro, coisa que antigamente não eram muito fácil de se ter. Também vale lembrar o conhecimento para o bushcraft não fica somente na construção de coisas, e na sobrevivência geral em si, analizando o ambiente que se está, o que comer, e também em primeiros socorros que abrangem de técnicas modernas ao conhecimento das plantas em si, usado por índios, medicina oriental, entre muitas coisas que iremos dar dicas e comentar em futuras matérias


s l l y r g r bea e t s e i b m a zo e u q r o h l e acha m norris o chuck

Continua >>> 11


zumbis serao sempre os melhores praticantes de bushcraft Sobre membros do Zombies.com. br o bushcraft se popularizou tão bem, que já foi cogitado fazer um “Zombie Camping”, não houve um nome certo para isso, mas a ideia é se isolar e aprender a viver com pouca coisa, um treino mesmo de bushcraft mais focado num Z-Day, tanto esperado por muitos, e o primeiro vai acontecer no meio pro fim do ano, nenhuma data marcada ao certo, mas terão poucos participantes, somente parte da Staff fará, mas não desanimem, futuramente

pretendemos fazer algo maior, porque não um curso de sobrevivência do próprio Zombies? Sim é um plano futuro, mas falaremos disso mais para frente, por enquanto ficamos por aqui, não percam as próximas edições da revista, separaremos o bushcraft em duas partes, uma para falar de algum episódio ou fato acontecido em uma dessas séries que nos impressionou, e a outra parte com dicas e tutorias reais sobre coisas usadas e criadas no bushcraft.

Bom acho que é isso galera, pra quem tem interesse e curiosidade no assunto, por favor, estudem muito, assistam “A Prova de Tudo” e outros programas no assunto, claro, também leiam bastante livros de sobrevivência. E nunca dispense um bom curso de sobrevivência e nunca, nunca se aventure sozinho.

escrito por saiba mais:

www.zombies.com.br Procure pela categoria “Sobrevivendo”

12

Nick: ph0b05 Nome: Lucas Idade: 26 Profissão: Analista de Suporte Arma Preferida: Pistola, de preferência calibre 380 a 45 no máximo. Em caso de ataque: se trancar em algum lugar e esperar o tempo suficiente para sair e tomar uma atitude!


s a h n i t n que

survi vor

walking dead As novas mudanças na serie feita por Robert Kirkman estão deixando os fãs de TWD ainda mais loucos para ver o próximo episódio, pouco se sabe se ainda vai continuar a receber as mesmas mudanças que teve na HQ, agora que o personagem Shane morreu (e já morreu tarde e era pra ser igual o da HQ) Rick tem que arrumar um novo amigo que seria o Tyrese, melhor e mais forte amigo de Rick neste novo mundo, ao lado de Michonne se tornam os dois braços de Rick. Ao contrario do que era pra ser a nova temporada vai se passar na Cadeia onde se tem boa parte da HQ. A Michonne não era para ter aparecido agora e sim o Tyrese, ainda não sabemos se o Robert Kirkman vai colocar a filha e o namorado da filha do Tyrese, agora que foi revelado que todos eles estão infectados, na HQ o Rick só descobre que todos estão infectados devido a esses dois o que o faz voltar ao primeiro acampamento onde ele encontrou sua esposa e filho, desenterrar o Shane e matá-lo de vez. Nesse meio período de tempo muito mais coisas acontecem dentro da prisão. Se tudo continuar como está vai melhorar, é só não matar mais pessoas desnecessárias.

resident evil 6 Resident Evil Operation Raccon City (também chamado RE6 pelos maiores fãs) não vai contar com aqueles zumbis que raciocinam. Vai ser mais no estilo RE3, zumbis de verdade, muita emoção e sustos. Sem contar um belo cenário montado para o super game. A história vai se passar dentro da Raccon City, a cidade da Umbrella e o objetivo é sair antes que tudo exploda. E os personagens mais famosos estão de volta ao elenco!

pesquisado por Nick: RECº Nome: Leonardo Idade: 21 Profissão: Estudante (Gastronomia) Arma Preferida: Qualquer arma branca (não precisam recarregar) Em caso de ataque: se manterá em casa por algumas semanas até a onda de terror passar.

apocalipse z O livro “Apocalipse Z O Inicio do Fim” é na verdade um diário, que conta a história toda de um sobrevivente, passando por muitos apertos e poucos momentos felizes. A história tem muita tensão, com grandes e importantes detalhes, começando dos pontos de ruptura, desde que começaram os primeiros ataques e as primeiras notícias e informações que são omitidas do mundo todo. Conta ainda como foi possivel a fuga de sua casa e como é importante manter laços de amizade, desde animais até a presença de pessoas ao seu lado, mesmo que seja para poder conversar. Enfim, o livro conta com apenas 467 páginas deste maravilhoso diário, recomendado para pessoas que gostariam de saber como se portar diante de um apocalipse zumbi. Vale a pena!

mais novidades: www.zombies.com.br

Procure pela categoria “Noticias”... ou pesquise no fórum!


Resista com a família EnerGy’n’ Nutrition O apocalipse zumbi está chegando! E com isso fechamos uma parceria que realmen te possa nos ajudar a sobreviver no Z-Day. Um resistente deve estar preparado para as advers idades de um mundo já destruído, seu fôlego de ve estar no ápice para aquela situação de pe rigo em que correr talvez seja a única solução. A EnerGy’n’ Nutrition se apresenta ne ssa edição de Maio e fará preços ótimos para aq ueles que curtirem sua fanpage e a da equipe Zo mbies – claro. Brindes e muitos mais serão so rteados em sua fanpage, não fique de fora. Su plementos para todo o Brasil, com frete grátis a partir de um determinado valor. Curta a págin a, malhe pesado, corra como o vento e sobrev iva!


VIRE UM ZUMBI

nossa capa

Resolvemos dar uma mAozinha para vocE transformar suas fotos e criar sua prOpria Dark-Art. Como fãs de zumbis, acredito que todos nós um dia pensamos em nos fantasiar de zumbis, seja para ir a uma festa a fantasia ou até mesmo participar de uma Zombie Walk. Mas, por falta de tempo, oportunidade ou uma série de outros fatores, para muitas pessoas fica apenas nisso: um desejo que não se torna realidade. Nosso objetivo não é ensinar photoshop, nem somos a última palavra em edição de imagens. Existem centenas de bons tutoriais na net e com certeza se você for um aprendiz dedicado e tiver perseverança, encontrará muito material interessante. Vale lembrar também que em se tratando de photoshop, existem vários meios de se chegar ao mesmo resultado. E quanto maior for o seu capricho e tempo dispensado, mais detalhes você poderá incluir na sua dark-art. Para esse tutorial, usei um técnica relativamente simples e rápida, que consiste em aplicar imagens de ferimentos, cortes, sujeira, etc em cima da imagem escolhida. Com isso, além de pouparmos tempo, ainda adicionamos uma certa realidade à foto, já que os ferimentos são reais.

Primeiros passos

Para iniciar, escolha uma imagem para transformar. Vale lembrar que embora nossa revista seja virtual, sonhamos com o dia em que esta belezinha será impressa. Por isso eu sempre uso imagens com alta qualidade (no Google, pesquise imagens tamanho GRANDE). Caso você vá usar apenas para colocar no facebook, não precisa se preocupar muito com isso. Se você for usar uma foto sua, recomendamos ainda fazer uma pose legal (o que nem sempre conseguimos quando pegamos fotos de beldades)

Zumbis Porquinhos

feito por

16

Nick: Gangrel7 Nome: Luciano Idade: 33 Profissão: Arte Finalista Arma Preferida: “Rompe Cérebro” Em caso de ataque: terá cautela, pois sabe que não é o Rambo.

Zumbis só tem uma preocupação na vida: comer. Eles não tomam banho, não passam perfumes, nem se preocupam com o vestuário. Então teremos que sujar o rosto. Para isso, procure imagens de SUJEIRA). Dica: sempre pesquise em INGLÊS para obter melhores resultados. Seu inglês é péssimo? Use o TRADUTOR.

TA com dodOi?

Um zumbi levou no mínimo uma mordida, ou várias. Talvez ele tenha sido esfaqueado, atiraram nele, tropeçou e caiu um tombo, foi atropelado, espancado... Enfim, nunca se sabe ao certo o que acon-


teceu realmente, já que zumbis não são de falar muito. Então, faça uma busca por ferimentos, queimaduras, fraturas, tiros, facadas, mordidas etc. Use a sua imaginação e ative o “Estomago de Ferro: Mode On”. Se conseguir, procure adequar os ferimentos à sua foto, isso fará com que sua dark-art pareca mais real.

Olhar apaixonado de peixe-morto

Zumbis geralmente tem olhos de “peixe-morto” (já que eles estão mortos). Aqui vale lembrar que quando imaginamos um zumbi ou mesmo nos filmes, os olhos deles são esbranquiçados, sem vida). O caminho das pedras é procurar por olhos com “catarata”. Tem bastante olhos legais para você usar. Lembre-se de usar o bom senso: um zumbi não é um vampiro, então pupilas vermelhas e sexys não combinam, mas você pode pegar um olho todo vermelho, mostrando uma hemorragia ocular por exemplo. Dica: ou você coloca o novo olho por cima e usa uma máscara para apagar, ou recorta o olho original, deixa a imagem transparente e joga o novo olho atráz. Lembre-se de esfumaçar em volta (usando a ferramenta Gota), para dar um efeito mais real.

Zumbis nAo sAo palhaços

Minha primeira Dark-Art na zombies foi criticada justamente pelo exagero. Fiz uma dark-art da Jessica Alba e me empolguei, jogando sangue pra todo lado. Como já estava usando no avatar e fiquei sem tempo de corrigir (mentira, era o ego de artista falando) não fiz a correção. A segunda, da Megan Fox já foi mais elaborada e não exagerei tanto. Lembre que zumbis estão mortos, mas nem todos estão ensanguentados ou cobertos de sangue. Use a criatividade e lembre-se: quanto mais real parecer, melhor!

No escurinho é mais gostoso

Você pode até trabalhar em uma imagem com bastante luminosidade, mas geralmente, deixar o fundo escuro acaba facilitando bastante sua vida. Em alguns casos você também pode colocar um outro cenário atráz, para adicionar mais realismo à sua imagem.

Skills necessArias

Para você se sentir mais à vontade na hora de zumbificar uma foto, procure por tutoriais sobre: Camadas, Máscaras, Recorte de imagens, Cor e Saturação, Filtros (principalmente o Desfoque Gaussiano). E principalmente, aprenda a usar o Pincel (ajuda nas máscaras) e também a ferramente Desfoque. Lembre-se: quanto mais tempo você dedicar à sua imagem, melhor!

bies m o z a d e t n e s e r p verdadeira)

(dessa vez é verdade

Se depois de tudo isso nós simplesmente terminássemos a matéria assim, tenho certeza que você, nosso leitor querido (caramba, sou muito puxa-saco), estaria fulo da vida. Afinal, de que adianta EXPLICAR, se o que interessa mesmo é FAZER? Então, estou disponibilizando um arquivo em PSD (photoshop) para você ter um modelo e ponto de partida! A partir de agora, você pode fazer sua dark-art! Agora o céu é o limite! Ou seria melhor dizer “O cemitério é o fim?”

saiba mais:

www.zombies.com.br Procure pela categoria “Imagens” dentro do Fórum da Zombies!

17


nossa capa

CURTAS CURTAS saiba um pouco do que ro

lou no forum!

[TAticas] Taticas de sobrevivencia descartadas!

Mini-resumo: Bom, no Z-Day, não importa o quão pacifista você for, você vai querer se armar, quanto maior melhor não é? Isso é está errado! Todo mundo vai ter a mesma ideia que você, fora que os próprios donos da loja vão ter essa ideia também, e vão querer proteger o seu arsenal de qualquer pessoa que quiser colocar as mãos no mesmo. Então, se você correr para uma loja de armas você vai encontrar um monte de pessoas na frente, tentando entrar na mesma loja junto com você e os donos da loja vão estar dentro da loja armados impedindo qualquer pessoa de tocar no arsenal. Link do Post: http://www.zombies.com.br/forum/index. php?showtopic=2825

[Filme] World War Z

Mini-resumo: Ainda não está confirmado, mas a expectativa para o lançamento de “World War Z” é tão grande que a produção pode se transformar em uma trilogia. Link do Post: http://www.zombies.com.br/forum/index. php?showtopic=3022

[TECNICA] COdigo Morse

Mini-resumo: Todo guerreiro comunicante deve saber o código morse, devido aos atuais meios de comunicação. Foi quase esquecido! Eu mesmo digo, que nunca usei, mas é como andar de bicicleta você nunca esquece. E um dia pode precisar... Link do Post: http://www.zombies.com.br/forum/index. php?showtopic=1978

[Equipamento] Lanternas

Mini-resumo: Muito se fala sobre no dia Z a importância de se ter uma boa lanterna, mas com a variedade atual, qual tipo escolher? Esse tópico não visa dizer qual é a melhor escolha, mas apresentar os tipos e suas qualidades, pra na hora vocês escolherem a que acharem melhor... Link do Post: http://www.zombies.com.br/forum/index. php?showtopic=1635

[Tutorial] Limpando Alimento (Animais)

Mini-resumo: Coloque o peixe sobre uma tábua ou sobre a pia, segure-o firmemente pelo rabo e raspe as escamas com um escamador ou o lado cego de uma faca, segurando-a quase em ângulo reto em relação ao peixe e trabalhando a partir do rabo em direção à cabeça. Link do Post: http://www.zombies.com.br/forum/index. php?showtopic=3137

[HipOtese] E se um tiro na cabeça não resolver?

Mini-resumo: E se um tiro não resolver? E se quando você der um tiro e destruir uma parte do cérebro do bixo, o que restou do cérebro dele (e que já não deveria estar vivo), também desafie todas as leis da biologia e da medicina e encontre um outro caminho? Ou ainda, se a mutação tornou seu cérebro capaz também de ignorar grandes ferimentos, como todo o resto do seu corpo já o faz? Link do Post: http://www.zombies.com.br/forum/index. php?showtopic=2861

para ver mais:

Acesse: www.zombies.com.br

Associe-se. Pesquise. Divirta-se!

garimpado por

Nick: Mustang Nome: Antonio Marcos Idade: 21 Profissão: Almoxarife Arma Preferida: Colt M4A1 com Red Dot Em caso de ataque: Reuniria os familiares e iria para um abrigo no campo no qual estenderia uma bandeira da Resistencia Zombies.


plague

cinema zombie

(Australia - 2009) tt Simpson Escrito e dirigido por Ma

Embora tenha apenas 17 minutos de duraçAo, esse curta australiano nao deixa a desejar. Ao contrário da vasta maioria de filmes de baixo orçamento do gênero, Plague não conta com um aspecto amador: boa fotografia, maquiagem convincente, atuação segura do protagonista e trama que consegue se resolver graças à boa direção e edição. O que mais me chamou a atenção, porém, foi a trilha sonora. Além de conseguir manter o clima de suspense e tensão nos momentos de ação, adiciona perfeitamente dramaticidade nos momentos de solidão e reflexão do protagonista. A trama é simples: um imigrante ilegal recém-chegado na Inglaterra se depara com o caos do apocalipse zumbi. Sozinho e com poucos recursos, tem a missão de sobreviver. O que parece até banal demais é justamente um dos elementos do curta que o faz funcionar: a simplicidade. Quase completamente sem diálogos, a historia é narrada pelo protagonista). O grande trunfo se encontra no modo que a situação é retratada pelo diretor. O lado humano é evidenciado, expondo assim uma sutil fragilidade que acaba por fazer o expectador se identificar ao se solidarizar. No final das contas o solitário sobrevivente se encontra reduzido apenas com um martelo para se defender, fugindo com uma bicicleta, faminto e lidando com a frustração de falhar na busca do seu sonho por um futuro melhor em outro país. Altamente recomendado, esse curta pode ser assistido gratuitamente e em ótima qualidade na página que o diretor Matt Simpson mantém no Vimeo: http://vimeo.com/6407379

ito por r c s e Nick: Chevy Chase Nome: não informado Idade: 30 Profissão: não informado Arma Preferida: Qualquer uma que estiver ao alcance Em caso de ataque: Correria para as montanhas

Sobre o Autor: Atende pela alcunha de Sr. Chase e gosta de jardinagem, biscoitos de gengibre e filatelia. Alem disso, é também aficionado por cinema: desde grandes blockbusters até pequenas produções independentes. Qualquer duvida ou sugestão, entre em contato: http://www.zombies.com.br/forum/index.php?showuser=1892

19


FAN FICS

S A I R O T HIS R A I P E R R DE A

SELECIONAMOS ALGUns trechos DAS MUITAS HISTORIAS DA SEÇAO "FANFICS" DO NOSSO FORUM. boa leitura! PS: os textos nao foram revisados, sendo mantido o original dos autores

Mais aAanpdatovasm lento e dificilmente desviavatomnao s o D a ci En iv v re b o S A arrombamen a, mas aind quando ouvi um vindo pela florest

Os (Bastões q chamativa ou simplesm Eram além de um Havia Umas caixas nada e no ult um estranho do Olho de Hó grupo que co governando o ferramentas e Devia se do portão de m que foram pess uma tropa. Vestiam tinham M16 em tinha 6 balas, eu bem escuro no po dormindo em cim porta dos fund os, estávamos era oú luzes apagaram q Eles eram do grupo “quarto Reic no lado ociden tal. S assim têm se u pod ainda mais de pois d tais nunca se fodera Ouvimos pass os e e estava meio tu rva. atrás da garage Eu m e tu com o macha do na m Soldado: Com p Tenma: Tô com e Soldado: Quê!? De surpresa, pe jorrava para ci ma. A vis cair. Mas aind a assim a se tivesse perd ido o con

vam ltava pela janela mortos vivos esta am. Micaela já sa bi be e Alguns daqueles m va ira at pular.” e saltou mais baderneiros que as a sua vez para ltar e pegar. Felip en vo ap ra o pa nd s ra ai olhar do bando de pe m es va la não da pre a mantinha já estava na jane casa, mas agora minha faca , sem a da r ro xa nt pu de de sala , mas Felipe i as te is tra o nossas co o em punho , e eu “Tinhámos deixad consigo o seu facã zia e não podetra e a, av in imag a janela da casa, ra pa s da lta rápido do que eu vo as st amos com as co no cinto.” na bainha presa ados deles. “Estav de ro os ita , evitando m ta es a, floresta pela dire da ” ro s. Felipe : - E agor nt to de er ra ob pa sc o de rrend os em campo senão seríamos r aqui. “ Fomos co ue agora estávam po rq os po , m to va ui r, m ríamos ficar muito rre r co rre co , temos que se um milagre.” sta. Teríamos que Gabriel : - Vamos de dentro da flore chance se houves os da m er ltar , um dos ría qu te es Só da o. nham lipe começou a vo a do barulh Fe o us ca nd r ua po os zumbis que vi “Q o . nd do vi e erra deveria ter entre zumbis por perto ar caso algo dess Era uma mulher, ud o. aj nd ra ra pa ca aberto, cheio de go en al do para e saia florida. aqui , eu fiz um casaco jeans ça para nós e ficou ia be st ca Felipe : - Espera ve a , u ca ro vi an s br te le s, pe ntes estavam a tavam tão distan m mais, só os de Tinha cabelos loiro tia o. is st ex ro o no zumbis que não es nã da os di bi us lá ro sem encostar os quando foi mor ngava sangue. Se por o braço dent pi ria ca de bo po a e seus 25 a 30 an su qu e o de an s por um elástic um buraco tão gr Cabelos amarrado sta , e na barriga po buraco. “ ex lo ra os estendidos , be tu fra um a um is provocou ndo com os braç po ca , an go m al a mostra. Na perna m nh vi co e ra va só o resto quanto el ém antes a atingi da, mas hoje esta lin rto do zumbi, en r pe se ra ria pa ve nas bordas. Algu o de ss r pa mulhe ente a atingi na i passo a ando viva aquela itos e vigorosam pe Qu . “Calmamente fu us jo se se s de ao m ro co nt enco mais. E haviam. dor, misturado , poderiam haver r levei meu pé de lta ra ar vo ag em e i gemia um som de m he e ol ss e i icaela atrás de ergu i. Antes que pude as estocadas me minha direção. M du em s e ai -s m m de do que um dia fo ra is ra vi po e s ao encontro cos mpora direita. De movimentos brus nte para os zumbi fre os de am o er nd eb cabeça, bem na tê ha rc in pe m s ca sua mão trazia . Fui m mais distante to fosse desmaiar o um louco , e em en m om co m o er Outros que estava nd qu rre al co qu incêndio e em contro parecia que a com princípio de vindo ao meu en va e ta lip es Fe a jo mim ficará pálida, or ve ag o eb do ingiu com força acolhi do menos perc Micaela Felipe at antes havia nos e de qu rto sa pe de Micaela. Quan ca ar A eg a. ch . Ao pois de atingir o tocha improvisad e iniciava um foco via percebido, de el ha m m co ne a uma espécie de a ch el to e a a e sem perder pegá-la Felipe esbarrava u a mão da menin aela pronto para ic ro M gu se de la cada planta que rto ae pe ic M va zumbi que esta cas . Chegando em s as costas de um onte de folhas se m um em a elipe se referia ao ad nç i la to pra aqueles (F an o qu tã s zumbi a tocha fo en se o, es nd ra nto pa diminui a correr.” percebi sua voz ir de distração. Ta rv do se an i m qu va o ritmo continuou va e la ta ae qu es , ic a a nd mM sa toch os baderneiros ai tre as árvores co Felipe : - Deixa es a casa enquanto já ia sumindo en ro e nt ip el co “F en . s) de ro m ei va rn zumbis e os bade vos ainda caminha rria pela floresta ns dos mortos vi gu Al r. rre co a avam enquanto co ei nh ra ar e comec m os lh .” direção ao fogo pido. Ga do acontecido ção batia bem rá perto andando em ra co am av eu tomando ciência ss m , pa rte s fo bi dade. Expressões s zum o estava icaela. Vários do rto em alta veloci M “Minha respiraçã pe r da a po e e do lip an Fe ss pa os, mas nenhum carne rder o rastro do es em seus corp mais o cheiro de çõ de ra e e ce rd m tentando não pe la ta di va e e ta qu er es o s se ap mutilaçõ rcebiam mesm la , mas as árvore , vários tipos de de es . nt ro os da nt enquanto uns pe nt an de le s s ra ai re pa m ve vam amos hiam os cadá Micaela que esta quanto mais corrí e a e st lip re Fe de vazios preenc flo ar Na nç . ca zio ra al r. Apenas o va i o passo deu pa expressão de do r. Quando aperte rre co ra ” pa e. ço qu pi pa o o menor era o es costumada com to cansada e desa ui m a ci re pa la Micae

20

R

By C0NQU*ERRO

By Zombiekil

ler


A ResistEncia (É in

Util)

caixotes esta vam abertos e... Oh yeah! que parecem Sinalizadores dinamites, mas militares se acesos mos ou uma fumaç tram uma luz a. Era para m de cor ostrar a posiçã mente para ilu o para helicóp minar o camin teros ho) e também m todos calças um monte de verdes e blus ro up as. as brancas de ma jaqueta. Tr todos os taman ouxe a caixa co m os “Flares” hos, a mais dois po e roupas para stos, então de eles. cidimos ir todo s empilhadas s juntos ao pr cheias de com óximo. ida enlatada. timo um marte No próximo nã lo e um macha o havia do. Estranham sinal de um ol ente os dois tin ho. Parecia um ham que meu pai órus. Não era vivia falando, um bom sinal. o tal O olho de Hór omeçou a guer us era o símbo ra há muito te lo do mpo atrás. Até lado ocidental hoje eles exis do mundo. Mal tem, ditos Illuminat chamar os ou is. Decidi pega tros para dorm r as ir. er umas 2h da madrugada qu ando ouvimos madeira, que ve um estouro. Ve io a baixo. Grito io s, barulhos de soas que fizer carro, estava cl am isso. Era um aro exercito organi zado, ou melho r, calças iguais ás nossas e ja quetas da cor mãos e revolv da areia. Todo eres na cintur s a. 14 ou mais. u ia morrer an Minha Desert tes de poder só fazer qualquer osto, mas eles coisa útil. Esta acenderam Fl va ares do lado de ma de trapos fora. Estávam no canto da ga ico os ragem. Saímos to-me o ún e esperamos el da garagem pe vemos. Sin ti s es guardarem ne, o u n a im m r u la todos os jipes único que não guiu se e nós, h e u s q n o s c a a rd . O lugar aond d e a p tinha iluminaç o. N ves, las e ão. Ficamos lá quase todas. A ente sozinh de sangue frio, nem a éu chora pe lm ra te li , por 30min, e as ta inda era poss Lá fora, o c e ível ouvir conv grande plan em mesmo os animais o de ocupação ersas em ingl ente nesse iv s, n v do o re d amb ra o a s ês p . ais pre o por um h ch”. Era assim lh m e s v o o o ã p m s e e d que os illumin um nem m um pedaço atis chamavam o, não sou hos, nada! São só umas eu trocava ca cola. Nã imais marin o seu governo s versões mais c n na á a A e tr d a a m o s e s p o n a o n novas dos Naz ue 4 a der. O Nazism e um c sico, m q fí s a u ro it e b fr m m s is le ta ta lo s e u o ficou bem co mas ainda p E atrás , bata nhecido durant e desejaram lembro que, a 4 anos o derretido dela. Graças ao ij m e u re q p m m o e e c s a guerra e “Neo Nazismo” tas os os a. Eu búrguer rio, as garo dos Illuminatis am tanto. Mas eu daria tod ra ha carapaç á in je tr o n m o H a c . d .. s o lo á e d , os orienisso é estória or tr gordo, p casa dormin om meus amigos. Ago para outro dia que havia p eu disse para ra ficar em a e outra hora. p reparou no l eles se deitare o re s não b p menos c te m e fu s m na areia, e ida de fado... Dore futebol, ao u peguei o mac rt o a e m p d r a a ta id m s u rt e a m a p té inha visão hado e espere perna ima de a eu trocav i o veado pass por uma últ daço velho de pão, po stou com a om udo que pode E a ? id v m e a d lt ar s fa . o Ele entrou ver era uma so c meus an por um pe res não me rrer. Estou mbra encostad mão. o que tenho r que as do a parei de andar e co d a na parede o tu P el a . o ív o c is p o v tr m é u te , e nunc muito fiaram patriota, que fa o , im o tr s it a s u a e m s o a m já s zes aí? erna anos, e s me me faltam mento, ma de minha p o a uns 10 endo tua mãe o it s e m lo ir u e d c s s o s ú e lh n o m . uerdo, , os a no quebrada ao olho esq eus dentes ma pancad o m u ã ç e e d d ra i a m fr p u o m s co tive a . Eu cáries em aca que em pois sempre ara a outra fr eguei o macha , p e a is d a m ta u m n o e é v d o e do e passei no direit diferença i a força d seu pescoço. ão no olho são começou ão nem perd .. is v O sangue o minha vis a alquer a embaçar, m s i is rd r e o p p as não pareci caçarem qu braçar. nunca a s apaguei. Não e te im n s m s la e a u r o b a la m m o qu como se tives e eu ia ons os a i, nunca mas mes se desmaiado, me. Não se ço também r, para me c u a ntrole do meu fo o d , a ju o u a s g ri e r b ia m a m c as como corpo. sangue e sa meu Ana para ma gota de ara comer sos fora de fi p s ín s a p a r PeterDagga le e o m d ç u u ” o a m Eu “raç loca culação, da própria de uma eja ndo eles co a e o u u e q q u e o q u r m q o s o e lh h audição u me as ac carne, m mparável, o e tudo começou minha uçou ra saber, m o a c p r s ze le e ra d p virei um entem um cérebro ag s depois qu guas, eles s antes, meu ao certo ma i e e d s o za ã e n p em suas lín u m E a. idados de li uma gozad lmente tendo os cu se preferir, o ã n o m r... Principa s e ze m fa , a u ri ro e o u q lh izeram rno até me que o gove absurdo... F ntidos. e o o s d lg s a u ro , e b e m d m a s le alid am se me todos o ndo agora e noé em re el e todos que decidir ou a d rd a o rc c a re a , r a a H atureza imagináv transform forças da n rte não a merda in s queriam a igreja, ele rações, mas deu num m mortos, seja pelas r , po so repa nessa arca ira fora e to d n a ju o final m ir e s todas as p d o tentam osso destin inferno n a n le s A e a u a m q , e a s n u re e r lorar luga que abriga os para exp m diversos . Eu lembro im e s id s io o iv n d ô m s a m o g e n ri d ntrou Nós s ab pelos ue ela enco trar. Nós no feita toda de madeira. q n e o s la o e d im u r g dar rmouor aza conse primeiro an ela transfo asa, mas p e c o d g a a lo r s a a e c c o ifi a ç s rt dos bra ra fo foi es ordeu-a no m vírus e se tornar um as úteis pa m is o e c u r q ra te u s c e pro a por u aldito e malditos, m morada ser consumid ssas a foi um dos n a por. São ne . : Ver su o e e it s -s n o a re b b u o m m ç e e e on om idos -se. L ão é divertid 16 horas pois o sol c s esconderijos, proteg n s te n a le a s eu camb passam da m sair de s a fome. Acho que já contaminados resolve e saciar su s a s re p s s o a u e s u r q a , ç a ite aca, para c horas, a no sua visão fr o id v e d z, da lu

InIcio O 2 1 / 4 0 FFM

By Keppler

do Fim

21


FAN FICS Sonho... m u e d aio até a im F O - 21:15 alquer e s daria, u q a p u ro Pa ma

Entrei na coloco u rça-feira io chato... 0 14:04 te dormindo, fr 1 a 0 m u u n /2 ti 4 tá n /0 s o 7 e c m pouco... e já ddy Dia 2 que levar u r mente, Fre , mal acabou o verão te ta u n o le v , i, a e as Acord e queijo... de manhã ueijo em c s terríveis de presunto to frio logo a tem presunto ou q n s e a V . m .. ra a g outros apó ri a s s d o to in n pad a a e c z e u ta s d a ão lembro de raiva e pães e uns pior que n querer três levanta num acesso u o v , ia d - Bom soa que rceira pes amanhã... “Já é a te não chova daria a e P u q o a... joguei d ro V e T p s ...” !e mpre acord e levei tendente! e a s o le e e s ferimentos que tá frio hoje hein a is d id i m ... ente, com toda assim ndo na porta, pra co - Pô até s praticam a a semana ra r id a presto e v e c p s n s s i u e a a n v v o o s ando n cachorr tragédia - A ma ri o c m , e tá a , ir o ê e d p d n a de agora, fala gela meu terremotos o, sempre estava na Chego no e ri e s iá u e c q p ti o ri o n g lh , e e ta d presunto v do terroris a TV, final o queijo e dia, atenta lta... Ligo é o v g a a tr m ó u s r , o da mbro é iss Freddy pra 11 de sete ormir... e d d s a e o d lt , o o v atençã eto, e ir d o s is r e to v não aguen atender. a-feira rdoado pra 5:20 quart to 0 a 0 1 io e 0 m /2 4 do Dia 28/0 AZO! u levantan TUM, PALL chamar, vo M e U ar! T m g lu e M U o a T rt o gend r na po te te ro a p b tá m s é e u e Ouço alg dio, strando qu dico do pré Freddy mo s de abrir a porta. cendo? in S te ! n o U o A é c ! a o U g A tá io ante nte do que ovo né? (D Pergunto, carro de n cê está cie o u v e , - Quem é? m ra a m c i ra , abre a ão risca - É o Diogo roblema de agora, n uin.) p meu carro tão conseg , o o u l ã o a c n u s s q ri , ta o s m ã fi e -N egra u qu ssoas o descobri cara, os cin endo comida por pe ã n a s iv a ra m e , d a o s esde gente bo grande surt ando tudo, pessoas ar, aqui em santos d ... m a u rt o V, p T a a n rt ro g lu Ab o co s cidaso, tá tudo que é o fortes, tã ork e outra pior que is m it Y , e u a ra o v m a d o c o n N ã e o s c ã té s -N e tá aconte tarde, BH também a o, as cena infectadas nhar direit a m p ta m n tem de o a c v a le o d s elas omeçou on a c d e a u n q to e e c d o alerpare e mesmo são Paulo o país estã d m e e d , ú e a it ! o S o n d e terem od cen ontem de gurança e ctadas até o tá aconte ead? e s fe S is in e o s d d a o n o ri u s s tá des pelo m ara? Tipo Left for D com as pe o, os Secre o, mas entã ão entrar em contato ã n o m casa - Sério c s is é je e n o que trancado e o i r e h a s r c o fi o p ã u n a o s v ? - Hã rem em ca bom então ais tarde, soas a fica to. s m e r p a s lh io a não a a b o a d n tan ar no préd o irei tr o assu tr ã d n n r e , o lh ra m e a é c u m g boa nin aqui por um estudo ue notícia não deixar s ficar por q o s ra m a p a m v o , , ix o a a s d b n - Nos rédio) lá em o pessoal e informa cer... rteiro do p o vai aconte o d e n (p u a q io rd o o rg c o é a d S ven , avisei o ém sair, to - Legal cara pra não deixar ningu re aqui, e mas o e chamar! ser que mo pão ainda, bre m coisa só m u r e o u d lq ra a b u o q ui, do so ha s hoje. , estarei aq ssando, tin e ter falado comenta s que a ra p a c a v o il ta u s q e id ue - Tran de um mê pra ver o q fome mesmo, lembre saber, mais liguei a tv ia m ir e tudo que e , s s a o s - Tá bom! a n a v a c , esta divórcio e m 39 ei em le o o u e r c q ra n ra ia e a il p p tr i m u e e s u fa a Bom, m arando, jog unca que um pai de até, ajuda va me enc n s é melhor esar de tudo! ta a , s a m e h , o o in d d m a ra e a b do ap esfom ue ideia abalhando çar a vida, ad haha, q , sempre tr to pra tentar recome o it e ir Left for De d r o computad s, to pron nem ligo o nas 26 ano ade do assunto! e p a m o c l na l a gravid foi dito, afi ra ver qua Ligo a TV p

By ph0b05

participe voce tambem Filie-se ao fórum e escreva sua história. Estamos sedentos por sangue, digo, por hovas histórias. Escritores amaradores (ou não ) são sempre bem vindos!

22


FACA PARTE DA RESISTENCIA : WWW.ZOMBIES.COM.BR

lute. resista. afilie-se.


! r a n a g n e e ix e d e s n達o

s a l e , s a l e b o m s e m s達o mortais! FACA PARTE DA RESISTENCIA : WWW.ZOMBIES.COM.BR

Revista Zombies 02  

Segunda edição da Revista Zombies

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you