Page 1

Edição gratuíta e exclusiva para download!

ANO 01 . Nº 01 SET/2012

HiGh leveL

Conheça toda a trajetória dessa grande saga! GAMES • ANIMES • FILMES • HQS • LIVROS • E... MUITO MAIS!


Low Level

High Level

HiGh leveL


HiGh leveL

editorial Ufa! Demorou, mas finalmente saiu a tão sonhada primeira edição do site High Level! Um processo que vem sendo realizado há mais ou menos 3 meses. Muita coisa aconteceu no meio do caminho até que estivesse tudo pronto. Agora nosso site já está funcional e podemos receber novos membros. Estavamos na secura de lançar logo a revista, mas tivemos um certo contratempo: o nascimento da filha do Dark. E como resultado, a esposa dele que iria fazer a correção da revista, agora está usando muito bem o seu tempo cuidando da pequenininha que requer atenção especial. Como não somos especialistas e temos certeza de que erros irão aparecer, estamos lançando a:

1a PROMOÇÃO HiGh LeVeL! Quem encontrar mais erros na Revista ganhará 2 cartazes (tam.32x44) e 1 banner (tam. 70x30) impressos em papel couche. Basta o vencedor escolher as imagens e nós enviamos por correio! Os chatos, digo, participantes, podem enviar um e-mail para gangrel7@gmail.com citando onde os erros foram encontrados. O mais chato, digo, o que encontrar mais erros, ganha! Boa leitura à todos!

up! by Gangrel7

índice

Revista HighLevel: Dark Rider • Gangrel7 Madmax • Houdini Moka_Sama • Warrior The Comedian Layout e Diagramação: Gangrel7 Fotos/Illustrações: ^ ^ Internert ^ ^ A Revista Highlevel tem por objetivo divulgar o site highlevel.com.br. As matérias contidas nesta edição são de responsabilidade de seus autores (ou seja, pode botar a culpa na gente mesmo). Somos viciados APENAS em jogos, filmes, livros e revistas. NÃO USE DROGAS.

Noltalgia............................................................. 4 Anime: Naruto................................................... 7 Info: Crossovers..............................................12 Dica de Leitura................................................14 Capa: Diablo 3.................................................18 Role-playing-game: Vampiro........................26 Reload: Thundercats: ....................................30 Rapidinhas: Zuuummmm!.............................32 Bate-papo........................................................34 HighLevel | 3


NostalGia

Só um pulinho no passado Abrimos essa área da revista com um certo saudosismo. Afinal de contas, muitos filmes que marcaram época nós tivemos a felicidade de assistir no cinema e fizeram parte da nossa vida. Embora os filmes de antigamente não dispusessem de grandes aparatos tenológicos, nosso olhar era menos atento, não tinhamos o conhecimento que temos hoje, nem um olhar tão crítico, de forma que os “efeitos especiais” eram vistos como algo perfeito e ficávamos nos perguntando “noooossa, como fizeram isso?” Porém, conforme o tempo foi passando e alguns olhares críticos foram observando algumas falhas, somado ao surgimento dos DVDs e a abertura de muitos making-off, o segredo por trás dos efeitos foramsendo revelados e nós passamos a ter um olhar mais apurado. Lembro que quando assisti “Highlander” pela primeira vez, fique encantado. A idéia de um guerreiro imortal, que lutava do lado do bem e manejava uma espada contra o típico vilão era perfeita. Junte-se aqui os efeitos especiais, os corpos decapitados que se elevavam do chão e os raios de energia que fluiam do derrotado para o vencedor... enfim, o filme era perfeito. Também me recordo que quando assistia muitos filmes de terror, eu morria de medo. De fato,

durante grande parte da minha infância eu tive medo do Michael Jackson por causa do “Thriller”. E filmes como “A Hora do Espanto” deixavam todos de cabelos em pé. Não menos emocionante, eram as aventuras do Indiana Jones. Quem não se recorda da célebre cena no fim do primeiro filme “Os Caçadores da Arca Perdida”, onde os mocinhos fecham os olhos para não ver “o poder de Deus” e lucram permanecer vivos, enquanto todos os nazistas são dizimados pelas incríveis forças que mais espíritos que executavam a vingança divina? Foi o máximo. Mas, muitos anos depois, se o seu saudosismo for muito forte e você não resistir a tentação de rever novamente seu filme predileto, esteja preparado para algumas boas decepções. O poder que fluia no filme do Highlander era “desenhado”! Todos os raios de energia que eu via quando criança não passavam de... desenhos! E na Hora do Espanto, pode-se observar um “fio” (um não, vários) que movimentam o enorme cachorro que aparece no filme e me amedrontava. E os fantasmas do Indiana Jones? Antiga-

Thriller: Michael era o monstro que me assustava quando criança. 4 | HighLevel


Pode parecer tosco hoje em dia, mas eu amava os filmes com monstros feitos em stop-motion!

Star Wars: exemplo de filme que usava e abusava de efeitos especiais.

mente eram inimagináveis, hoje em dia, efeitos especiais de filmes de segunda. Confesso que senti vergonha pelo fato de meus sobrinhos assistirem Thriller e rirem... como isso foi possível? Riram do causador do meu maior medo, meu pior vilão e arquinimigo pessoal, que me fazia dormir todas as noites com a luz acesa e coberto com todas as cobertas disponíveis (para proteção) e morrendo de medo. Entretanto, algumas coisas eram tão bem feitas que não deixavam margem para duvidar de como tinha sido feito. Tomando Star Wars como exemplo, mesmo sabendo que a grande maioria dos soldados que aparecem em uma certa cena foram pintados e que o monstro gigante, habitante solitário de um planeta e que tenta devorar a nave dos nossos heróis foi feito ao estilo fantoche, nossos olhos se negam a acreditar. Claro, não podemos negar a grandeza e beleza das modernas tecnologias que nos permitiram vivenciar nas telonas os nossos tão sonhados livros prediletos. Você já

imaginou como seria “Eu Robo?”, “Piratas do Caribe”, “Avatar” ou mesmo “Toy Story” sem a tecnologia atual? Ah, o computador... esse destruidor dos filmes antigos. Um monstro terrível, saido dos piores pesadelos torna-se real e vivo diante de nossos olhos. E em bem menos tempo e com bem menos trabalho que demoraria para animar o mesmo monstro pelo processo stop-motion. Mas ainda assim, mesmo sem os recursos tecnológicos, eu sou um saudosista. Ainda me encanto com os monstros de filmes antigos como “Simbad” e “Fúria de Titãs”.

up! by madmax

HighLevel | 5


Você está preparado para o apocalipse zumbi?

Se o assunto é zumbis, converse com quem realmente entende do assunto.

Leia também nossas revistas!

Filmes, jogos, sobrevivência, treinamento, preparação... E isso é só o começo! Venha fazer parte da Resistência Brasileira! www.zombies.com.br

6 | HighLevel


anime

Naruto: siga a raposa! Quando decidimos montar essa primeira edição, surgiu o dilema: sobre qual anime iriamos falar? Haviam várias hipóteses, mas acabamos optando pelo Naruto, não apenas porque gostamos, mas porque é um anime que tem um público bem fiel. O mangá começou a ser produzido em 1999 e em 2002 tornou-se um anime, para alegria dos fãs. A série tem como personagem principal o Naruto (dãããã) e conta a sua trajetória. Naruto é um garoto que está treinando para ser um grande ninja. E ele não é nada humilde: quer se tornar um Hokage, o ninja mais poderoso e grande líder da Vila da Folha.

Mas nosso pequeno herói tem uma série desvantagem em relação aos outros aspirantes a ninja: ele é tido com um pária por muitas pessoas da Vila da Folha (Konoha) O motivo? É que quando ainda era um bebê, o seu pai, que foi o quarto Hokage, selou a Kyuubi, a raposa de 9 caudas no corpo do Naruto. A Kyuubi é uma criatura gigantesca e extramamente poderosa, dona de uma enorme quantidade de chakra e uma força descomunal, o que a torna um inimigo terrível. A história nos conta que a 9 caudas atacou a Vila da Folha e matou inúmeras pessoas. Então o pai do Naruto, Minato Namikaze, selou a raposa dentro do seu filho para salvar a vila da destruição, morrendo no processo. Não bastasse isso, Naruto ainda é um grande pestinha, o que aumenta ainda mais a sua impopularidade. Naruto nunca foi muito inteligente por assim dizer, e sofria muito para conseguir passar nas provas, precisando ser ajudado pelo seu professor. Logo no início da série, é possível ver algumas das brincadeiras do Naruto, como o Sexy-no-Jutsu, que é um jutsu (técnica) exclusiva do Naruto, onde ele se transforma em uma garota muito bonita e praticamente nua, tendo apenas algumas nuvens para cobrir suas partes. Naruto utiliza-se dessa artimanha várias vezes para derrotar alguns de seus adversários ou mesmo conseguir alguns favores no decorrer da série. Geralmente quando Naruto usa essa técnica os seus adversários são derrotados, caindo desmaiados após terem um grande sangramento no nariz (o nariz sangrando é a forma japonesa de dizer que se está excitado). O lado cômico da série é uma constante, seguindo bem o estilo de outros animes e mangás, assim como a paixão de Naruto por Sakura e a eterna rivalidade com Sasuke, HighLevel | 7


anime

A nove caudas que está dentro do Naruto. Causa de seus problemas e também a sua melhor arma.

com os quais nosso garoto forma uma equipe, logo após tornar-se um gennin, quando então tornam-se alunos de Kakashi, chamado de “Ninja Copiador”. A partir desse ponto eles passam a realizar algumas missões, que vão desde entregar encomendas, até recuperar objetos. Nessas missões, Naruto e seus amigos enfrentam vários desafios e pôem à prova suas habilidades. Um dos pontos fortes da trama é que os ninjas apresentados são totalmente diferente dos ninjas que estávamos acostumados a ver nos filmes do cinema, pois os poderes e habilidades ninjas mudam de personagem para personagem. Cada familia desenvolveu sua própria habilidade e técnicas de

luta que a tornam única, fazendo com que cada oponente se torne uma verdadeira incógnita para seu adversário. Embora quase todos os personagens tenham alguns conhecimentos e habilidades primárias idênticas (como velocidade, saltar grandes distâncias, andar sobre a água, escalar paredes, jogar estrelas ninjas, etc), é muito divertido ver personagens que eram simples “figurantes” se revelarem grandes lutadores no decorrer do anime e mostrarem técnicas totalmente diferentes dos outros. Conforme o tempo vai passando, embora continue mantendo a característica humorística do personagem, Naruto vai evoluindo e torna-se um grande lutador.

MINI GUIA DE PERSONAGENS DO NARUTO Como o universo de Naruto é muito extenso, colocamos aqui alguns dos personagens principais. Sim, ficaram faltando muitos personagens e se você conhece a história, talvez não concorde com nossa escolha. Mas, como o espaço é limitado e o objetivo não é ser um guia definitivo, acreditamos que essa selação de personagens já deve servir para quem nunca assistiu a série. Quem sabe no futuro não fazemos outra matéria?

8 | HighLevel

Naruto Uzumaki

É o personagem principal. Não é muito bem visto por algumas pessoas por ter a 9 caudas presa dentro dele. Não é muito inteligente, mas sonha em se tornar um Hokage. É apaixonado por Sakura e vive disputando com Sasuke. Naruto oscila entre um personagem engraçado e determinado, de forma que suas lutas são bastante interessantes. Não tem a mínima noção do perigo, agindo muitas vezes por impulso.

Sakura Haruno

É a grande paixão de Naruto. Muito inteligente, é dona de um gênio forte e vive batendo no Naruto e e brigando com ele. É apaixonada por Sasuke, chegando mesmo a declarar seu amor por ele. É integrante da equipe de Naruto e segundo o mestre do grupo (Kakashi) ela é a integrante que tem o melhor controle sobre seu chakra. Na segunda parte da série ela acaba sendo treinada por Tsunade.


especial NARUTO Ao longo da trama, Naruto desenvolve novos poderes e inclusive consegue liberar o chakra da Kyuubi e com isso seus poderes se elevam a níveis mais altos. Além de Kakashi, Naruto acaba tendo como professor o ninja Jiraya, que lhe ensina várias técnicas e inclusive como invocar sapos, o que é uma parte muito divertida na série, principalmente quando aparece Gamabunta, o rei dos sapos, um sapo gigante, que aparece vestido de kimono e possui uma katana. Mas acredito que um dos maiores feitos de Naruto foi dar uma popularidade positiva para os ninjas. Se olharmos para a história, enquanto os samurais eram tidos como guerreiros honrados, lutando apenas com suas espadas, os ninjas

Sasuke Uchiha

Sasuke é um garoto solitário, fechado e convencido, achando-se superior aos outros, sendo o principal rival de Naruto. É um dos últimos integrantes de sua família e tem um grande ódio pelo irmão, que foi o responsável por matar todos, deixando apenas Sasuke vivo. Possui o Sharingan, que permite que ele veja os movimentos dos inimigos e possa copiá-los, entre outras coisas. Na família de Sasuke, o Sharingan é hereditário.

eram por assim dizer a escória, utilizando-se de subterfúgios, atacando pelas costas, nas sombras, usando bombas de fumaça, veneno e muitas vezes de forma covade. Costumavam dizer que se você precisa -se que um serviço fosse executado com honra, deveria chamar um samurai. Mas se o serviço tivesse que ser executado a qualquer custo, deveria chamar um ninja.

O sexy-no-jutsu de Naruto: todos os personagens em quem ele usou isso (excessão de Jiraya) sangraram o nariz e foram derrotados.

up! by MOKA_SAMA

Kakashi Hatake

É o responsável pelo treinamento de Naruto, Sakura e Sasuke. É conhecido como “Ninja Copiador Kakashi” e tem o olho esquerdo sempre coberto por causa do Sharingan (que ele ganhou), descobrindo-o apenas durante as lutas, razão pela qual possui mais de 1.000 jutsus. Ele é designado como sensei de Naruto, Sasuke e Sakura, mas eles ficam muito assustados ao descobrir que ele nunca havia passado nenhum aluno.

Hiruzen Sarutobi

Ele foi um dos hokages mais fortes da vila e o que viveu mais tempo. Foi o terceiro hokage e depois que o pai de Naruto (quarto hokage) morreu, ele assumiu novamente o cargo. Mesmo velho ainda era um dos melhores ninjas de Konoha e enfrentou Orochimaru em uma batalha, embora tenha morrido na luta. Teve três grandes alunos, chamados de “Sennins Lendários de Konoha”, e são eles: Tsunade, Jiraya e... Orochimaru. HighLevel | 9


anime

Jiraiya

É conhecido como o Sábio do Sapo, como um ninja pervertido (Naruto o chama de Ero Sennin) e por ser escritor de livros para adultos. Geralmente aparece montado em um sapo enorme. Muito divertido, toma Naruto por pupilo, ensinando-o a técnica de invocar sapos, além de outras técnicas. Graças a intervenção dele, liberando uma das travas do selo, Naruto consegue evoluir no treinamento e controlar melhor o seu chakra.

Rock Lee

Chamado por Naruto de “sombrancelhudo”, é em muitos aspectos uma “cópia” de seu sensei, Maito Gai, inclusive fazendo as mesmas coisas absurdas. Sendo incapaz de fazer jutsus, ele focou todo o seu treinamento na técnica de luta corpo-a-corpo, forçando seu corpo ao extremo, mas adquirindo grande força e agilidade. Seu grande sonho é provar que mesmo sendo incapaz de fazer jutsus ainda pode se tornar um grande ninja. 10 | HighLevel

Tsunade Senju

Apesar de já ser velha, ela tem uma aparência jovem, graças a uma técnica ninja que ela usa, sendo considerada por isso umas das ninjas mais belas do mundo. Dona de um temperamento forte e explosivo, é uma adversária terrível, que controla o chakra e consegue usá-lo de uma forma muito destrutiva. Contudo, sua principal habilidade está na área medicinal, mas ironicamente sua principal fraqueza é ficar paralisada ao ver sangue.

Neji Hyuuga

Neji é primo Hinata e portanto possui as mesmas habilidades, porém supera em muito a força da sua prima. Devido ao seu passado, ele é um personagem muito orgulhoso e arrogante. Por pertencer à família secundária, tinha o conceito de que uma pessoa era predestinada desde o nascimento e nada no mundo poderia mudar isso. Contudo, ao ser derrotado por Naruto em uma batalha que ele já julgava ter vencido, seus conceitos começam a mudar.

Orochimaru

Ele é o grande vilão da primeira fase do anime. É um adversário terrível, possuidor de grandes conhecimentos e uma sede insana pelo poder. Como vingança por não ter sido escolhido como hokage para substituir Sarutobi, ele arquitetou um plano para destruir a Vila da Folha, criando a Vila Oculta do Som. É capaz de invocar cobras gigantes, esticar partes de seu corpo, etc. Em resumo: faz o que puder para vencer e adquirir poder.

Tenten

É a terceira integrante do time dos alunos de Gai. Muito habilidosa com armas e capaz de acertar 100 vezes no alvo. Devido a isso, sua técnica de luta é basicamente composta por invocar armas usando pergaminhos e lança-los contra o inimigo, sendo a ninja com o maior arsenal. Também sabe lutar com bastão e correntes. Vive brigando com Lee por causa de seu treinamento pesado e é uma boa companheira para Lee e Neji.


especial NARUTO

Kabuto Yakushi

Kabuto é um personagem que tem uma interrogação pairando sobre ele. Agindo muito tempo como espião, acabou se tornando o braço direito de Orochimaru. Embora seja ainda jovem, é um ninja notável, conhecedor de várias técnicas, mas principalmente as medicinais. Embora sirva aos designios de Orochimaru, por diversas vezes ele usou seus poderes para curar outros personagens, deixando uma incógnita sobre como ele é.

Sarutobi Konohamaru

Neto do terceiro hokage, é um personagem muito engraçado. A amizade entre ele e Naruto começou quando Konohamaru se queixou para Naruto que ninguém o tratava pelos méritos dele, mas apenas como neto do hokage. Eles tornaram-se bons amigos e Naruto até mesmo ensinou alguns jutsus para ele. Konohamaru pode ser classificado como fâ nº 1 de Naruto e afirma que será o 7º hokage, depois de Naruto, claro, que será o 6º.

Hinata Hyuuga

É uma personagem doce, timida e tremendamente apaixonada por Naruto. Pertence ao clã Hyuuga, e sua família é dividida em duas partes, sendo ela a herdeira do lado principal (que lidera). A habilidade de sua família, o Byakugan, lhes confere uma visão de 360º, enxergando através de obstáculos e permitindo que vejam até mesmo os pontos de chakra do inimigo, desferindo ataques que o deixam incapacitado.

Gaara

Gaara é um ninja da Vila Oculta da Areia e semelhante a Naruto, também teve uma criatura selada dentro dele, a Shukaku, de 1 cauda. Assim como Naruto, ele sofreu o mesmo desprezo e humilhações, e enquanto Naruto fez amigos, Gaara afundou-se no problema. Ele leva um vaso nas costas, com areia que ele carregou com seu próprio chakra e que pode controlar à vontade, usando tanto para defesa quanto para ataque.

Maito Gai

É o professor de Neji, Lee e Tenten. Vive disputando com Kakashi, tendo-o como seu rival, de forma semelhante a Naruto vs Sasuke. Mas ele é tão fanático com essas disputas que acaba fazendo propósitos insanos, como por exemplo, dar 5 voltas na vila plantando bananeira, etc. É um personagem que vive fazendo muitas poses e tem como grande propósito fazer com que Lee se torne um ninja de verdade.

Kankuro

É irmão de Gaara, de quem tem muito medo. É um personagem que controla fantoches. Assim, durante a luta, não é ele quem ataca ou repele os ataques do inimigo, mas sim seus fantoches. Essa técnica é usada geralmente por ninjas mais “fracos” e como todos os ninjas que se controlam fantoches, Kankuro não é bom em combates muito próximos. Porém, ele se utiliza de suas habilidades para enganar o inimigo durante a luta. HighLevel | 11


info

Crossovers: quando o impossível acontece! Embora uma grande parte da população desconheça o fato, nem todos os super-heróis pertencem à mesma empresa. Em outras palavras é impossível o Hulk se encontrar com Super-Homem, porque o primeiro é da Marvel e o outro da DC. E não existe nenhuma chance de se encontrarem, porque um não existe no universo do outro. Da mesma forma, é impossível que o Homem-Aranha encontre com o Conan, pois embora pertençam à mesma editora, eles vivem em eras totalmente diferentes. E em se tratando de jogos, embora não estejamos falando de editoras, mas de empresas de games, obviamente, é impossível que o Mario Bros se encontre com o Sub-Zero do Mortal Kombat, porque aqui também as regras acima se aplicam. Fui correto no meu raciocínio? Em partes sim, mas estamos tratando do mundo da fantasia e também colocamos aqui o fator dinheiro. Se as duas partes donas dos respectivos personagens decidirem abrir uma excessão e juntarem os mesmos, isso vai acontecer. O motivo? Pode ser um evento cósmico, um portal interdimensional, uma brecha no tempo, o capricho de um deus, etc. Simplesmente acontece. E convenhamos, para nós, usuários/leitores, pouco importa o motivo, o mais divertido é ver os en-

contros e se tiver pancadaria então, melhor ainda! Claro, muitas vezes não gostamos nenhum pouco do resultado. Geralmente as partes envolvidas acabam entrando em um acordo sobre o objetivo desse encontro e para todos os efeitos, a história aconteceu em uma realidade alternativa, um outro universo. Correto? Errado. Se assim desejarem, podem fazer com que o evento influencie um dos personagem. Temos por exemplo o encontro entre o Batman e o Spawn. Eles uniram forças, mas diferente dos outros crossovers, Batman não gostou nem um pouco de seu novo aliado e ao término do encontro ele afincou um batarangue bem na cara do Spawn. Nas histórias do Batman o encontro nunca ocorreu, mas quem leu Spawn lembra que ele passou a usar um cadarço no rosto, ou seja: no universo do Spawn, o encontro foi real. Ou estou mentindo? Aqui, demos apenas uma pincelada. Nas próximas edições, faremos uma análise mais profunda.

up! by houdini

Ironicamente, nunca vimos nenhum crossover em que outros heróis enfrentaram o Chapolin Colorado. Será que ele não tem nenhum adversário digno de sua astúcia? 12 | HighLevel


crossovers

Alguns casos Estamos mostrando apenas alguns encontros que ocorreram. Existem muitos outros, mas vamos nos aos encontros das histórias em quadrinhos. Não incluimos nesta categoria os games, porque nem sempre existe uma boa razão para o encontro. E além disso, quem joga Marvel x Capcom está pouco ligando por qual motivo o Ryu se aliou ao Hulk. O objetivo nos jogos é se divertir e não ficar filosofando!

BATMAN X SPAWN

SPIDERMAN X SUPERMAN

Vindo para Nova York através de um arsenal, Batman acaba confrontando Spawn. Eles acabam lutando entre si até perceberem que estão do mesmo lado e mesmo a contragosto, acabam trabalhando juntos para impedir a ameaça.

Os piores inimigos dos dois heróis, Dr. Octopus e Lex Luthor se aliam para destruir o planeta. Os dois heróis se enfrentam, até descobrirem os planos dos seus inimigos e então se aliam, conseguindo salvar o mundo do plano dos vilões.

SPIDERMAN X SONJA

WOLVERINE X CONAN

Após uma exibição em um museu, um feiticeiro da era hyboriana e Sonja acabam vindo parar em nosso tempo. Sonja está usando o corpo de Mary Jane (esposa do Homem-Aranha) e acabam lutando juntos para combater o feiticeiro.

LOBO X JUDGE DREDD

A história é um tanto engraçada, como boa parte das histórias do Lobo. Os dois acabam se aliando contra uma gangue e não chegam a se enfrentar de fato. Em uma parte da história Lobo se refere à Dred como “quem é a donzela?”.

Wolverine é mandado para a era de Conan. Na história, temos duas batalhas entre eles. Conan vence a 1ª mas Wolwerine ganha a 2ª, ficando na era hiboriana com Sonja. Conan vem parar em nosso tempo e acaba matando o Cicople.

LOBO X BATMAN

Aqui, temos as clássicas histórias do Lobo no estilo Mad. Em uma realidade alternativa muito doida, o Coringa é irmão do Batman e para proteger seu irmãozinho, Batman hipnotiza Lobo, que vira um agente “do bem”, tipo um hippie. HighLevel | 13


dica de leitura

O melhor espadachim de todos os tempos Não importa se você já tem uma visão definida de outro espadachim. O seu ídolo por se bom, mas depois de ler esse texto, você com certeza vai mudar de idéia. O nome do cidadão em questão é Miyamoto Musashi. E sim, ele existiu de verdade sendo considerado o melhor espadachim de todos os tempos no Japão. O motivo? Bom, basta dizer que ele foi o responsável por desenvolver a técnica de luta com duas espadas, chamada de “Niten Ichi Ryu”. E simplesmente detém a bagatela de ter vencido 60 duelos... Embora os samurais carregassem as duas espadas, eles lutavam mais com a espada maior, destinada a lugares mais amplos. A espada

14 | HighLevel

menor era usada em lugares mais fechados. Um samurai não portava um escudo como os guerreiros ocidentais, pois a própria espada fazia as vezes de arma de ataque e defesa. Portanto, ao desenvolver a técnica com duas espadas, Musashi foi além do usual, e o estilo surgiu instintivamente, em uma ocasião em que Musashi se encontrava enfrentando vários inimigos ao mesmo tempo. Embora o estilo desenvolvido por Musashi seja mais conhecido pela técnica das duas espadas, ele também abrange técnicas separadas para ambas as espadas e também para o bastão longo. Musashi viveu de 1584 à 1645

e é venerado com um herói no Japão. Além de um grande guerreiro, ele escreveu diversos livros sobre esgrima e também estratégia, sendo o “Livro dos Cinco Anéis” o mais conhecido de todos. Ele é tão importante na cultura japonesa que inspirou livros, filmes, mangás, jogos... Acreditamos que você já deve ter ouvido falar de um mangá chamado “Vagabond”. Se a sua resposta é “sim”, saiba que estamos falando da mesma pessoa. Se sua resposta for não, está esperando o que para ir atrás? Mas, nosso assunto nessa matéria é o livro que conta toda a trajetória do Musashi e foi escrito por Eiji Yoshikawa. Apesar de ser inspirado em fatos reais da vida de


Musashi, estamos falando de um romance, mas que não tira nada do brilho da leitura. A obra é dividida pelo autor em 7 livros, sendo eles: Terra, Água, Fogo, Vento, Céu, as Duas Forças e a Harmonia Final. Essa divisão serve para mostrar o caminho que Musashi trilha em busca da perfeição. Na época em que li, eram dois volumes, mas agora você consegue encontrar uma edição comemorativa dividida em três volumes. Vamos citar algumas passagens para despertar o seu interesse. Em um determinado momento, Musashi dirige-se para o templo Hozoin, onde os monges haviam desenvolvido a técnica com a lança. Ao entrar no território do templo, Musashi avista um velhinho que estava trabalhando na horta e ao passar por ele dá um salto, tendo a impressão que o velho havia lhe arremessado a enxada. Contudo, o velho continuava seu trabalho normalmente. Ao chegar no local dos treinos, Musashi passa por uma espécie de entrevista e após assistir o monge que estava fazendo as demonstrações derrotar seu oponente, Musashi é o único ali com coragem para enfrentá-lo. Antes de lutarem, o monge dá um golpe com a lança em um alvo de madeira e o atravessa (detalhe: a lança não estava com a lâmina). E Musashi estava com uma espada de madeira, para treino. O mesmo velhinho da horta aparece na porta e grita para o monge não enfrentar o oponente, pois se o fizesse ele iria morrer. E avisa para deixar que o monge superior que retornaria alguns dias depois enfrentasse o adversário.

Em sua arrogância, o monge ignora o aviso do velho e partem para a luta, dando ele e Musashi um único golpe. O monge cai no chão e quando seus companheiros vão tentar acudi-lo, o velho grita novamente da porta “seus idiotas, eu avisei, ele está morto”. E estava mesmo! Musashi fica com uma cara de “puxa, que droga, o que eu fiz?” e o velho o chama para conversar. Quando indagado do porque Musashi pulou quando passou pelo velho, ele é informado que não foi o velho que atacou Musashi, mas o próprio espirito combativo de Musashi que o fez pular, indo até o velho e voltando... Em outra passagem, bem mais pra frente, alguns oponentes querem desafiar Musashi para um duelo. Como foi um andarilho, Musashi não tinha muitas posses, nem grandes luxos e nosso herói está sentado, comendo arroz em uma hospedaria bem vagabunda. Pois bem, como o lugar não é dos melhores, haviam muitas moscas no lugar e ao se sentarem

diante de Musashi, os oponentes observam enquanto Musashi retira as moscas do seu arroz com o hashi. Após alguma observação, eles acabam fugindo, desistindo do duelo. O motivo? Se você é da velha guarda, deve se lembrar do filme “Karatê Kid”, onde o senhor Miyagi pegava as moscas com o hashi, correto? A diferença é que enquanto o senhor Miyagi usava sua rapidez e habilidade com os hashis, pegando as moscas no ar, Musashi simplesmente pegava as moscas como se elas fossem “feijões”. Detalhe: as moscas “deixavam-se” pegar, dóceis, sem voar nem se mexer! Depois dessa, qualquer um fugiria!

up! by GanGrel7

Os livros do Musashi: Vol I e Vol. II

HighLevel | 15


Faรงa da

HiGh leveL

a sua casa!

16 | HighLevel


Acesse. Inscreva-se. Suba de nĂ­vel! www.highlevel.com.br HighLevel | 17


CAPA

Diablo 3 O mal está de volta! Um pouco de nostalgia

Falar de Diablo é principamente, lembrar do passado. Não tem como lembrar a quantidade de noites que varei jogando. Contudo, o grande especialista na área sempre foi o Dark, de forma que sempre que conseguiamos nos encontrar no jogo ele atulhava meu personagem com inúmeros itens, dos quais muitas vezes meu personagem não conseguia usar por serem para levels mais altos. Bom, vamos ao jogo?

Diablo I

O primeiro jogo da série se passa na cidade de Tristam. Bem, cidade é meio exagerado, é uma meia duzia de casas e alguns gatos pingados de personagens, mas isso não vem ao caso. Você tem três opções de personagens para jogar: guerreiro, arqueira e mago. A grosso modo, jogadores iniciantes começavam com o guerreiro, os intermediários com a arqueira e os experientes (eu diria

O primeiro Diablo: uma grande novidade para a época. 18 | HighLevel

pacientes) com o mago. A cidade de Tristam é o lugar onde você pode se curar, comprar e reparar itens, conversar, descobrir informações, enfim, fazer tudo isso de forma calma e tranquila, já que não existem monstros aqui. Você retorna várias vezes para cá e conforme vai avançando no jogo começam a aparecer algumas passagens para que você retorne mais facilmente, sem precisar voltar tudo para trás. A trama gira em torno de Albrecht, filho do rei Leoric, que foi raptado por demônios e levado pelas catacumbas que existem abaixo do Santuário da cidade. O rei se reuniu com o arcebispo Lazarus e partiram em busca do filho, para nunca mais voltar. E.. fim! Não! Aqui é que começa o jogo com a chegada de um personagem muito importante, que num acesso de heroismo (eu diria loucura) segue catacumbas abaixo para resolver o problema. No decorrer do jogo, você descobre que Diablo, um dos três demônios que domina o inferno foi aprisionado em uma pedra (Soulstone) há muitos e muitos séculos atráz, mas com a ajuda de seu escravo corrompido o arecebispo Lazarus (traira), arquiteta um plano para


eSPeCial diablo 3

Diablo II: as muitas mudanças tornaram o jogo ainda mais interessante . voltar ao mundo, porém, só consegue fazer isso através de um corpo mortal. Ao final do jogo quando finalmente derrota Diablo, ao retirar a soulstone de sua cabeça, num último ato de heroismo, para conter o mal, o herói coloca a pedra na sua própria cabeça. E Cain (que é um NPC do jogo) reza para que o personagem seja forte o suficiente para conter o mal que agora está dentro dele.

Diablo II A continuação da saga começa imediatamente após o término do primeiro jogo, pois o herói perdeu o controle de sua alma (não diga?). Porém, para conseguir enfrentar e derrotar o Diablo, você deve enfrentar outros demônios menores, além de Mephisto e Baal, irmãos de Diablo. Sendo que Baal você enfrenta apenas se adquirir a expansão do jogo. Para inicio de conversa, você joga em 4 grandes atos e pode escolher agora 5 tipos diferentes de personagens: um bárbaro, uma feiticeira, uma amazona, um paladino e um necromante. E, se você adquirir a expansão consegue ainda ter mais 2 classes de personagens, o druida e a assassina. Enquanto no Diablo I todos os personagens conseguiam praticamente soltar os mesmos tipos de magia (embora com níveis de força diferentes), agora cada personagem tem poderes únicos, de forma que a escolha do personagem influência na jogabilidade. Além disso, cada personagem possui trilhas (skills) próprias, o que torna um mesmo tipo de personagem diferente de um jogador para outro.

As fases são geradas aleatoriamente, de forma que cada vez que você inicia o jogo com um personagem novo terá um caminho diferente para seguir. A cada vez que você termina o jogo pode avançar no modo, indo de normal para pesadelo e por último inferno, sendo que neste último se o seu personagem morrer é para sempre, você não pode jogar novamente com ele. Logo no início do jogo após completar um missão você pode contratar um mercenário, que no primeiro ato é uma amazona, mas que você pode mudar nos outros atos. É possível equipar esse mercenário e ele também evolui no decorrer do jogo. Houve também uma grande melhoria com relação aos itens. Algumas armas tem espaço para serem aplicadas jóias ou runas, o que aumenta bastante o dano de um item. Algumas pedras adicionam veneno, raios, fogo ou congelam o oponente. No segundo ato, você consegue o “Horadric Cube”. Esse cubo permite que você guarde coisas dentro dele, liberando mais espaço no seu inventário, além de poder combinar as pedras, formando pedras cada vez maiores e portanto aumentando o ataque. HighLevel | 19


HiGh leveL 20 | HighLevel


HiGh leveL HighLevel | 21


CAPA Ainda no Ato I você volta para a cidade de Tristam, que dessa vez está toda destruida e cheia de demônios. Aqui você consegue libertar Cain, que irá lhe quebrar um belo galho, identificando itens para você totalmente de graça por ter salvo a sua vida. E você adquire a perna de Wirt (que também estava presente no Diablo I) após terminar o jogo. Com ela consegue-se abrir um portal para acessar o “Cow Level”, onde pode enfrentar vacas assassinas. Isso tudo começou como uma grande piada, mas foram tantos jogadores pedindo que os produtores do jogo adicionaram esse nível.

simplesmente criando uma conta grátis na battle.net, onde consegue jogar apenas o primeiro ato. A história se passa novamente no Santuário localizado em Tristam. Fale a verdade, é uma ótima cidade para se morar, não? Mas a cidade agora está remodelada. Bem, na verdade ela foi destruida e agora você está na Nova Tristam. Graças ao 3d, tanto as cenas de animação, como o jogo em si estão com um visual fantástico. Agora o cenário sofre alterações, quando

Diablo III

Entre as inúmeras novidades, o jogo agora só funciona se você tiver acesso a internet. Aqui temos “uma faca de dois legumes”: se não tiver uma conexão, você não joga. Em compensação, você pode jogar em vários computadores com o mesmo personagem, já que ele fica armazenado no servidor do jogo. E se você ainda não tem o dinheiro, pode jogar gratuitamente,

22 | HighLevel

Os gráficos ganharam um visual muito mais bonito nessa versão

você destrói algumas coisas (antes eram apenas as barricas). Agora podemos jogar com som totalmente em portugues. E diga-se de passagem, capricharam bastante nesse quesito. As vozes, músicas de fundo e todos os sons foram arquitetados para tornar o jogo bem interessante. Você pode escolher entre 5 classes de personagens. E uma coisa muito legal: agora é possível escolher o sexo deles. Para aqueles que só gostam de jogar com perso-


eSPeCial diablo 3

nagens femininas como eu, é uma mão na roda. O Bárbaro é para quem gosta de pancadaria e força bruta. O Caçador de Demônios é praticamente uma mistura da assassina e da amazona, mais focado em combates a distância com arcos, bestas e armadilhas. O Monge seria uma mistura do paladino e da assassina de Diablo II, usando seus poderes para curar a si próprio ou seus aliados e também atacar os inimigos. O Feiticeiro é uma versão remodelada do necromante. Ele pode invocar criaturas e zumbis para atacar os inimigos ou lançar maldições contra eles. A Arcanista seria a feiticeira das outras versões, que usa fogo, gelo e raios para atacar seus inimigos. A jogabilidade não sofreu muitas alterações nessa versão, bastando clicar no inimigo para atacar. Se a sua arma permitir, você pode apertar a tecla SHIFT para atacar o inimigo sem precisar se mover até ele. É possível também atacar vários inimigos, pressionando o botão

do mouse e mirando num grupo de inimigos. Nesta nova versão, você não precisa clicar em todos os itens para pega-los. Com relação ao dinheiro e aos globos de vida, por exemplo, basta passar em cima deles para pegá-los. A visualização dos itens também ficou mais fácil: agora ele exibe um comparativo entre os dois itens, poupando um tempo precioso de análise. O baú também passou por uma grande transformação. Jogadores das versões anteriores lembram o perrengue que era quando

você iniciava um novo personagem e queria “presenteá-lo” com algum item. Agora, todos os seus personagens tem acesso ao mesmo baú, legal não? Outra grande melhoria também é referente a itens com pedras incrustadas. No Diablo II, se você fizesse isso, não tinha mais volta, perdia as pedras definitivamente ou ficava com uma arma mais fraca. Agora, é possível pagar um artesão para retirar sua pedra e poder aproveitá-la em outros itens, o que permite reaproveitar as pedras.

A personagem Leah, além de bonitinha, tem uma voz... HighLevel | 23


CAPA

Considerações Finais Nós somos um pouco suspeitos para falar do jogo, já que pelo que deu pra perceber somos fãs. Então tudo o que falarmos vai soar como babação de ovo mesmo. As melhorias feitas nessa edição tornaram o jogo do Diablo uma experiencia empolgante. Não tivemos acesso a prévia do jogo, que foi lançada um pouco antes, mas gostamos muito do que vimos quando jogamos. O darkrider fez questão de comprar o box original, com direito a camiseta, porque quer ter certeza que nunca irá perder o login e a senha. Eu (gangrel) tive que me contentar em jogar a versão free do jogo, mas já deu pra sentir que as

Requisitos Mínimos: Windows

• Windows® XP/Vista/7 (Pacotes de Serviço Mais Recentes) com DX 9.0c • Intel Pentium® D 2.8 GHz ou AMD Athlon™ 64 X2 4400+ • NVIDIA® GeForce® 7800 GT ou ATI Radeon™ X1950 Pro ou melhor • 1 GB RAM (XP), 1.5 GB (Vista/7) • 12 GB disponíveis no disco rígido • DVD-ROM (necessário para versões de varejo apenas) • Ligação de banda larga à Internet • 1024x768 resolução mínima

Mac

• Mac® OS X 10.6.8, 10.7.x ou mais recente • Intel® Core 2 Duo • NVIDIA® GeForce® 8600M GT ou ATI Radeon™ HD 2600 ou melhor • 2 GB RAM • 12 GB disponíveis no disco rígido • DVD-ROM (necessário para versões de varejo apenas) • Ligação de banda larga à Internet • 1024x768 resolução mínima

**Fonte: http://us.battle.net/

24 | HighLevel

melhorias foram muitas. Acredito que um dos maiores desafios para os idealizadores do jogo, é justamente “evoluir” o jogo, mas de certa forma manter algumas características para que os jogadores se sintam bem e não tenham que aprender tudo num jogo totalmente diferente. Nossa classificação é 10! Só pela voz da Leah eu já teria dado 15! Só lamentamos não ter a fase da vaca, como fizeram questão de anunciar (enquanto o jogo é carregado exibem algumas dicas).

up! by KinG darkRider e Gangrel7


HiGh leveL

Depois de sua performance em “Avengers” contra Loki, Hulk recebeu inúmeras propostas de emprego em restaurantes e padarias... HighLevel | 25


Role-playinG Game

Os vampiros estão mais próximos do que você imagina Vamos arrumar encrenca com as fãs, mas definitivamente esse cara não é um vampiro, ele é uma fada que brilha!

26 | HighLevel

Para muitas pessoas, o termo RPG é sinônimo de um programa para reeducação postural. Mas para uma grande maioria de fãs do gênero, RPG é a abreviação de “role-playing-game”. Existem vários jogos para consoles e pc que se utilizam do mesmo termo. E temos também o RPG de cartas, como Magic, por exemplo. Mas nessa matéria estamos nos referindo aqui ao jogo baseado nos livros e com rolagem de dados. Sobre os outros estilos falaremos futuramente. Bom, basicamente, para um jogo de RPG acontecer é necessário ter um sistema de jogo, que pode ser D&D, Lobisomem, Vampiro, Gurps, etc. Definindo-se o sistema

de jogo você precisa de um mestre (também chamado de narrador) e de alguns jogadores. Cada jogador irá montar um personagem usando uma ficha específica, que conterá todas as habilidades e poderes do seu personagem. Uma vez que todos os jogadores tenham seus personagens o Mestre começa a contar uma história e cada personagem interage na mesma, tomando ações de acordo com seu personagem. Enquanto o jogador controla apenas a ação do seu personagem (mas que pode interferir no curso da história), o Mestre é ao mesmo tempo o maior aliado e o pior inimigo dos jogadores. É ele o responsável por criar os desafios, incluir os


VAMPIRO inimigos, quebra-cabeças e também auxiliar os personagens quando estes não conseguem resolver algum problema sozinhos. Bons mestres conseguem atingir um meio termo, fornecendo uma boa dose de perigos e vitórias, além de despertar o interesse dos jogadores por continuarem a história. Muitos grupos acabam jogando durante muito tempo com seus personagens, evoluindo os mesmos durante os jogos, de forma que seus personagens vão se tornando mais fortes, aprendendo novas habilidades e ganhando novos poderes. As disputas são resolvidas utilizando-se dados especiais, que podem ter 6, 8, 10, 12 ou 20 lados, dependendo do sistema que você está jogando.

Enfim, vampiros!

Após essa breve introdução, vamos ao que interessa: vampiros! O sistema todo é baseado no livro “Vampiro: a Máscara”, que você encontra na editora Devir. Nesse livro você aprende sobre a sociedade dos vampiros, poderes, habilidades e particularidades de cada clã de vampiro. Contudo, se você quiser ter mais material para estudo, pode adquirir mais livros, como “Vampiro: A Idade das Trevas” (destinado à jogos ambientados na época medieval), o “Leis da Noite” (destinado a jogos de ação ao vivo), os livros de cada clã (que fornecem mais informações), o “Guia da Camarilla”, “Guia do Sabath”, os livros de cada clã, etc. Aqui depende do quanto você está disposto a gastar e da informação que deseja. Existem duas maneiras de se jogar vampiro: você pode jogar

da forma tradicional (chamada de mesa), que é exatamente como descrevemos na introdução, utilizando-se a rolagem de dados ou, você pode jogar a chamada “ação ao vivo”, que é o que chamamos de “live”, igual a um teatro. A principal diferença entre elas é que, enquanto numa mesa você descreve seu personagem e a ação que o mesmo faria, em um “live” você interpreta o personagem, vestindo-se e agindo como seu personagem faria. Nos lives utilizamos as regras do “Leis da Noite”, que é o livro que contém as regras e adaptações para tornar o jogo mais fluído. Entre as adaptações, temos por exemplo, o uso de jo-ken-po para se resolver as disputas (ao invés dos dados) e algumas alterações que determinam o que você consegue fazer com cada poder e habilidade do seu personagem. Outra adaptação também é que, via de regra, num live você simplesmente deixa de ser você mesmo e todas as ações e falas que fizer são do seu personagem. salvo quando você indicar o contrário, fazendo o gesto da mão fechada em punho no peito. Isso nós chamamos de ON/OFF. ON é o seu personagem, OFF é você mesmo. Via de regra, os lives são jogados sempre à noite, para entrarmos no clima. Algumas disciplinas (que são os poderes dos vampiros) também ganham alguns gestos específicos. Como por exemplo o uso de “auspicius” (sinal de positivo com a mão direita em cima da mão esquerda aberta), o sinal de “ofuscação” (mão no peito, fazendo o número de pontos que você tem nessa disciplina) ou o sinal de “bomba” (sinal de po-

O jogo no estilo “horror pessoal” é uma forte característica do jogo

sitivo), quando o seu personagem possui potência ou rapidez 3. Além disso, temos também a questão de segurança: lives são proibidos para menores de 18 anos (salvo com autorização dos pais) e você não pode encostar em outro jogador. Portanto, se seu personagem dá um murro na cara de outro personagem, essa cena será apenas descrita e no máximo você fará o gesto, mas longe do rosto do seu colega. Armas e bebidas alcóolicas também são proibidas, portanto, se seu personagem anda com uma katana você terá apenas um cartão identificando que você está de posse dessa arma. A nível mundial, quem controla os jogos de vampiro é a OWBN (One World By Night) e aqui no Brasil nós temos a BBN (Brasil By Night) que é filiada da OWBN. Por sua vez, cada cidade ou região do Brasil é filiada a BBN e dessa forma temos a possibilidade de jogar com personagens de outras cidades. Ou até mesmo de outros países, se você planejar

HighLevel | 27


Role-playinG Game direitinho, tiver grana para viajar pro exterior e souber falar outra língua. Cada cidade filiada à BBN é chamada de “house”. Eu joguei durante vários anos pela house de Sorocaba (SBN = Sorocaba By Night). E através da house de Sorocaba tinha a possibilidade de jogar em outras cidades também filiadas. A vantagem de jogar por uma house é que uma parte da ação/comunicação é controlada via e-mail. Dessa forma você pode, por exemplo, enviar seu personagem para executar uma tarefa no Nordeste, sem necessidade de viajar para lá. O pessoal que joga acaba muitas vezes viajando para outras cidades quando tem oportunidade ou quando acontece algum evento importante no jogo. Para terem uma idéia, a house de Sorocaba realiza todos os anos o chamado “Live Giovanni” que reune pessoas do Brasil inteiro. Em OFF é uma oportunidade do pessoal se reunir e jogar durante 3 dias. Em ON, a familia Giovanni, residente em Itu dá uma festa para seus amigos sanguessugas.

Entendendo melhor o jogo

• Os vampiros são divididos em duas grandes seitas: a “Camarilla”, que é a dominante e o “Sabath”, que representa a resistencia rebelde. Temos além disso os chamados “Independentes” e os “Anarquistas”. • Os vampiros se referem a si mesmos como “membros”. Eventualmente também se referem a si mesmos como cainitas (uma referência a Cain, que teria sido o primeiro vampiro). • Os humanos são chamados de “rebanho” e em alguns casos alguns são escolhidos para servirem como escravos, tornando-se o que chamamos de “carniçais”. • A chamada “máscara” é uma regra que os vampiros seguem de fazer o possível e o impossível para não se deixar descobrir. Vampiros que revelam sua verdadeira identidade para os humanos ou outras criaturas sobrenaturais são punidos, muitas vezes com a morte. Enquanto a Camarilla luta para preservar a máscara, o Sabath não se preocupa tanto com isso, se não atrapalhar os interesses deles. • Quando um vampiro se ali28 | HighLevel

menta (morde alguém) isso é chamado “beijo” e não transforma a pessoa em vampiro, sendo inclusive, extremamente prazeiroso, tanto para o vampiro, quanto para a vítima. Para se “criar” um vampiro é realizado o chamado “abraço”, que consiste em beber todo o sangue da vítima e então dar um pouco do seu sangue para ela, mesmo que seja algumas gotas, que é o mesmo processo mostrado no filme “Entrevista com o Vampiro” • No momento do “abraço”, todo vampiro adquire uma “besta”, que é por assim dizer o seu lado sombrio. Em casos extremos, o vampiro entra em “frenesi” e a besta se manifesta. O frenesi está associado geralmente a situações de risco de vida ou quando o vampiro está muito irritado. • Vampiros sofrem dano por sol e por fogo, e por isso temem essas duas coisas com um medo absurdo. Isso é o chamado “rotschrek” e é semelhante ao frenesi, com a diferença que enquanto no frenesi o vampiro ataca quem está perto, no rotschrek o vampiro foge desesperado. • Embora nem sempre apareçam no jogo, pode acontecer do seu personagem encontrar com outros seres sobrenaturais, como por exemplo lobisomens (garou), fadas (changeling), vampiros do oriente (kueijin, uma categoria totalmente diferente), magos, etc. Geralmente esses encontros são bem conturbados e salvo algumas exceções resultam em morte. • Quando se toma do sangue de um vampiro por 3 vezes seguidas, cria-se o chamado “laço de sangue”, no qual aquele que bebeu adquire uma espécie de amor incondicional pelo outro, fazendo mesmo com que entregue sua própria vida se for preciso.

Cada vampiro no seu clã

Cada clã possui 3 disciplinas, que são os poderes dos vampiros no jogo, embora um vampiro possa aprender outras disciplinas se alguém lhe ensinar. Contudo, algumas disciplinas são específicas de alguns clãs e o simples fato de aprender ou “querer” aprender certas disciplinas pode resultar na morte do seu personagem, pois alguns clãs são muito ciumentos de


seus poderes. Estamos dando apenas um ponto de partida: • Brujah: o clã vai do extremo de ter filósofos em suas fileiras a rebeldes que adoram brigas. Defeito: entram em frenesi muito fácil. Disciplinas: Potência, Rapidez, Presença. • Malkaviano: todos no clã, sem excessão possuem uma loucura, adquirida antes ou depois do abraço. Defeito: loucura. Disciplinas: Auspicios, Demência, Ofuscação. • Nosferatu: todos no clã são monstruosamente feios, adquirindo essa aparência após o abraço. Via de regra, eles controlam os esgotos. Defeito: aparência. Disciplinas: Potência, Animalismo, Ofuscação. • Toreador: todos no clã possuem algum dote artístico e são amantes das artes. Defeito: podem ficar em transe diante de uma obra de arte. Disciplinas: Auspicios, Rapidez, Presença. • Tremere: o clã é formado por bruxos que se tornaram vampiros, devido a sua busca pela imortalidade. Defeito: laço de sangue com os anciãos do clã. Disciplinas: Dominação, Auspicios, Taumaturgia. • Ventrue: o clã é um dos idealizadores da camarilla e no geral são líderes, dentro e fora da seita. Defeito: tomam sangue de um único tipo de vítima. Disciplinas: Fortitude, Dominação, Presença. • Gangrel: todos no clã tem um forte contato com a natureza. Defeito: quando entram em frenesi, adquirem caracteristicas animais, o que vai tornando-os animalescos. Disciplinas: Animalismo, Fortitute, Metamorfose. • Giovanni: o clã é também

uma enorme família de necromantes. Defeito: a mordida deles dói terrivelmente. Disciplinas: Potência, Auspicios, Necromancia. • Ravnos: o clã é formado por “descendentes” dos ciganos. Defeito: todos tem uma fraqueza por roubar. Disciplinas: Animalismo, Quimerismo, Fortitude. • Setitas: o clã pode ser seguido até o antigo Egito e eles querem reviver o seu deus “Set”. Defeito: sofrem danos quando expostos à luz. Disciplinas: Ofuscação, Presença, Serpentis. • Lasombra: o clã é de certa forma semelhante aos ventrue no que diz respeito a liderança e eles são um dos fundadores do Sabá. Defeito: não refletem nos espelhos. Disciplinas: Potência, Dominação, Tenebrosidade. • Tzimisce: um dos clãs fundadores do Sabá, provém dos grandes senhores feudais. Defeito: tem obrigatoriamente de dormir com um pouco da terra de onde foram abraçados. Disciplinas: Animalismo, Auspicius, Vicissitude.

Montando e dando vida ao seu personagem

Tudo isso que mostramos é apenas uma pontinha do iceberg. Bons jogadores montam personagens únicos e fogem desses estereótipos, realmente dando vida a seus personagens. Os livros ainda incluem várias qualidades, defeitos, comportamentos, etc e maiores informações sobre como montar seu personagem. Então, mãos à obra!

up! by GanGrel7

Da direita pra esquerda: Vampiro: a Máscara, Vampiro: a Idade das Trevas e o livro para “live”: Leis da Noite HighLevel | 29


reload

Thundercats: o sucesso do passado está de volta! De tempos em tempos alguns produtores resolvem lançar alguma coisa nova, mas quando faltam idéias novas e nada parece agradar, eles relembram alguns dos velhos clássicos. E as vezes, a lembrança é tão forte que acabam optando por reativar novos projetos. Ou, simplesmente, podem ser os próprios donos originais, que sedentos por fazer mais dinheiro, resolvem reabrir o baú e dar uma nova roupagem para sua velha mina de ouro. E em muitos casos, o resultado é excelente. Quando foi lançado na década de 1980, os Thundecarts abriram uma nova era nos desenhos animados. Eles são da época em que os desenhistas não tinham tanto recursos, mas mesmo assim davam um verdadeiro show de enredo e qualidade. Quem assistiu os episódios originais (para não falar antigos) com certeza deve ter na memória algumas histórias ou alguns trechos delas. E com certeza deve se lembrar do boneco do Lion que acendia os olhos ou do thundertank. 30 | HighLevel

Caso você tenha ficado com água na boca (ou no cérebro) e a criança dentro de você ficar repetindo “snarf, snarf”, procure na internet e assista os episódios antigos que a diversão garantida. Mas, se você aceita um conselho, em se tratando de Thundercats, embora o desenho original tenha sido muito bom, a nova roupagem não deixa nada a desejar. Para inicio de conversa, todos os personagens e a própria trama ganharam uma nova roupagem. Além disso, como agora o desenho está sendo produzido em estilo anime, temos vários elementos desse universo presentes na história, bem como a presença de alguns conceitos e filosofias orientais. Se você espera um remake fiel ao passado, esqueça. Embora sejam em tese os mesmos personagens, eles tem algumas particularidades que os tornam bem diferentes dos Thundercats que conheciamos. Faremos um apanhado geral sobre as diferenças e esperamos que as infos não seja um “spoiler” para você. Se for, nos desculpe!

No original, os Thundercats viviam em Thundera, mas como o planeta estava a beira de um colapso eles tiveram que fugir de lá e vieram parar no Terceiro Mundo. No novo, todos os personagens já estão no Terceiro Mundo e Thundera é o reino mais próspero desse mundo, mas é destruído em um grande ataque dos lagartos. No original, os thundercats tinham acesso a vasta tecnologia. No novo, embora sejam o reino mais forte, eles ainda vivem em um sistema feudal e são avessos a tecnologia, preferindo o uso da magia. No original, Tygra não tinha nenhum parentesco com Lion-O, mas nessa versão eles são irmãos e vivem disputando e brigando entre si. Embora Tygra seja o irmão mais velho de Lion-O, ele não é o Senhor dos Thundecarts por uma questão de “linhagem” e outras coisinhas mais que entrão como spoiler... No original, Jaga apareceu apenas no inicio da trama e depois fazia suas aparições no melhor estilo “mestre dos magos”. No novo ele tem uma participação mais ativa e


garanto que você vai se surpreender com a agilidade dele. No original, Lion-o ainda era uma criança quando deixou Thundera e embora ele tenha se tornado adulto fisicamente devido a uma falha na sua capsula durante a viagem, ele ainda mantinha a mentalidade de uma criança/adolescente. No novo, ele é um adolescente/ jovem e embora ainda seja imaturo, tem força e poder para enfrentar os desafios à altura. No original, Cheetara era bonita. No novo, meu irmão... ela é uma verdadeira gata, motivo de discórdias e brigas entre Lion-O e Tygra. No original, Panthro era o mais forte de todos os thundercats, mestre em artes marciais e usava um nunchaku. No novo, ele é “o cara”. Não apenas ele é o mais forte, como é o maior de todos. É dono de um temperamento forte e usa um cabelo no melhor estilo samurai (no original ele era careca). No original, Willy Kat e Willy Kit eram adolescentes e muito parecidos. No novo, é possível identificar com rapidez quem “é o menino e quem é a menina”. Eles dão um toque bem engraçado à nova trama e agora são realmente crianças. Pergunta que não quer calar: No desenho, apenas os dois possuem rabo. Será que eles são uma espécie diferente de gatos? Ou será que quando crescem os Thundercats perdem o rabo? Ou ainda... será que os personagens mais adultos escondem o rabo dentro da calça? No original, Snarf era um verdadeiro chato, medroso e só ficava reclamando. Era por assim dizer um “Garfield” que falava e se achava a última bolacha do pacote. No novo eles fizeram o enorme favor de

torna-lo realmente um bixo de estimação. Continua medroso, mas não fala, ou seja, é um gatinho mesmo. Graças a Deus! Quanto aos vilões, eles ganharam um ótimo upgrade. Enquanto no original Munn-Rá quase não saia de sua pirâmide, no novo ele tem um veículo próprio. Além disso, você deve se lembrar que o antigo ficava forte quando invocava os “antigos espíritos do mal”. Na nova versão ele vira um verdadeiro monstro, enorme e forte. No original, Simeano, Escamoso e Chacal não eram páreo para os Thundercats e geralmente quando a situação apertava eles fugiam desesperados. Nessa nova versão eles estão bem mais bombados e grandes. Fisicamente podemos equipará-los ao Panthro, o que faz deles agora inimigos terríveis. Além disso a nova história está bem mais interessante. E alguns personagens coadjuvantes, trazem um certo saudosismo para quem assistiu o desenho original. A trilha sonora de entrada está muito legal e em alguns episódios, você chega até a lembrar alguns episódios antigos, com algumas cenas de batalha. Enfim, o resultado final ficou excelente. Agora os Thundercats não estão mais por cima da carne seca. Mas eles estão lutando e é isso que importa! Será que falei demais? Whiskers!

up! by MAd MAX

HighLevel | 31


preview

Avengers: pancadaria total e muita diversão! O ano de 2012 foi muito esperado pelas suas estréias cinematográficas. E uma das mais esperadas era o filme dos vingadores, que foi lançado em Maio. Eu fiquei muito contente, já que até então o fim do mundo estava programado para o final do primeiro semestre, mas o antigos deuses maias estouraram o prazo do projeto. Devo admitir que estava dividido entre a felicidade extrema e o medo, afinal de contas eu ainda tinha a imagem daquele Hulk de gelatina lutando com puddles gigantes que me deixou extremamente desapontado em 2003. Só depois

32 | HighLevel

do Edward Norton em 2008 eu comecei a ver um raio de esperança, apesar de ter a Liv Tyler no papel de Beth. Me desculpem, mas sou birrado com essa mulher desde a sequência de LotR onde simplesmente reinventaram a personagem do livro para a atriz aparecer mais. Mas voltando, em 2008 também tivemos Robert Downey Jr como Tony Stark. Apesar de também termos um pé atrás com a escolha do ator, ele provou ser o melhor ator para interpretar o “gênio, bilionário, playboy e filantropo” que veste a armadura do Homem de Ferro. No segundo filme, para

Scarlet Johanson intepretando a Viúva Negra. Nem precisava ser assim boa de briga.

alegria dos nerds (pelo menos os meninos) nos foi dada a graça da Viúva Negra, interpretada pela Scarlett Johansson. Eu sou suspeito pra falar (sim eu fiquei bobo com a atriz e personagem nos filmes). A esta altura do campeonato “Thor” já estava com data marcada e este foi o filme mais esperado da saga Marvel por este que vos es-


AVeNGeRS creve, afinal de contas um bárbaro brutamontes solucionando seus problemas na base da marretada é a minha mais pura visão de um herói. Mais empolgado fiquei ao saber que existia o projeto para o lançamento de uma mini-série animada para promover o herói que a Marvel achava não ser tão conhecido. Infelizmente não foi pra frente. Chris Hemsworth veio a calhar no papel de Thor e arrancou suspiros do público feminino e incentivou os meninos a ir para a academia depois de uma cena onde ele simplesmente aparece sem camisa. E tivemos Natalie Portman ganhando o coração do herói, um romance bem vindo, mesmo sabendo que ninguém compete com Lady Siff. No mesmo ano tivemos a estréia de Capitão América, com Chris Evans que também atuou como o Tocha Humana, mas desta vez fez o papel do herói mais forte do mundo, já que carrega em seus ombros o peso de todos os maiores e nobres ideais dos quais a nação americana se orgulha. Babação de ovo, não? Sou alérgico ao patriotismo

exagerado. Mas o filme foi legal! Depois dos filmes do Iron Man e do segundo filme do Hulk (não considero o anterior bom o bastante), Thor e Capitão América, somando-se aos nossos surtos de tanto esperar terminarem os créditos dos filmes no cinema para ver uma mera cena, finalmente anunciam os Vingadores. Um filme excelente, com cenas memoráveis de pancadaria, tanto entre os próprios heróis, como do Hulk espancando um certo deus nórdico fracote. Curiosidade: vocês sabiam que a voz do Hulk foi feita por Lou Ferrigno, que interpretava o Hulk nos seriados antigos? Outra cena muito interessante foi o pensamento do Capitão América quando ele diz que “só existe um Deus, e ele não se veste assim”. Isso sem falar nos diálogos inteligentes e sarcásticos de Tony Stark. E para aqueles que não procuram spoilers, lamentamos, mas tivemos após os créditos a aparição de ninguém menos que Thanos!!!! Sim, ele é o grande vilão por trás de tudo e isso significa que o próximo filme

promete, já que tem ninguém menos que o píor inimigo do universo Marvel, capaz de rivalizar com todos os nossos heróis e até mesmo sair na mão com o Hulk de boa. Agora, se inicia a espera de 2015, que é a data anunciada para o segundo filme. Espera essa apenas possível já que nesse meio tempo teremos Iron Man 3, Thor 2 e Capitão América 2. Com certeza, os próximos três anos serão no mínimo interessantes e promissores, vamos torcer e esperar que a qualidade dos filmes mantenha o seu crescimento exponencial.

up! by the Comedian

Top list High Level: precisamos da sua opinião Nossa revista e nosso fórum estão engatinhando. Mas gostariamos muito da sua ajuda para montarmos nossa Top List. Queremos saber a sua opinião sobre os seguintes temas: • Filme • Desenho • Anime • Mangá • Revista • Livro • HQ • Game para PC • Game para Console Vamos publicar mensalmente no nosso fórum e bimestralmente na revista. Para aqueles que gostam de tudo “bem explicadinho”, por enquanto as informações serão “ge-

néricas”. Ou seja, não estipulamos categorias nem subdivisões dentro de cada grupo. Optamos por essa política porque não temos idéia de quantos e-mails vamos receber e quais serão os itens votados. Mas conforme formos recebendo as informações, estaremo atualizando essas informações e criando as subdivisões se assim forem necessárias. Para votar basta que você envie um e-mail para gangrel7@gmail. com e dê seu voto. Apenas lembrando que você só pode votar uma única vez e apenas indicar um item em cada categoria, ok? Contamos com vocês!

TOP LIST

Ajudem-nos! Ou teremos “Tomates Verdes Fritos” como Melhor Filme!

up! by equipe High level HighLevel | 33


bate-papo

Não temos jogadores como antigamente Os mais novos que nos desculpem, mas os mais velhos vão concordar comigo. Os novos jogadores de hoje em dia não chegam aos pés dos da velha guarda. Claro, existem exceções. E temos alguns casos em que, parafraseando um grande amigo meu, “o discípulo ultrapassou o mestre”. Muitos pais e tios que jogam com os filhos ou sobrinhos desde pequenos percebem que em um determinado momento é hora de retirar o time de campo e deixar a garotada brincar sozinha. Frases como “estou ficando velho” ou “tenho coisas mais importantes para fazer” escondem um certo quesinho de mágoa. Afinal, é duro perder o título de expert para seu próprio filho ou ser vencido pelo sobrinho. Mas, em contrapartida, na grande maioria dos casos, nós ainda somos melhores. Parafraseando um outro amigo meu “quem jogava os jogos de antigamente consegue jogar qualquer jogo de hoje em dia”. E o contrário? É aplicável? Nem sempre. E o motivo é simples. Antigamente, você só tinha acesso a jogos se tivesse um video-game ou fosse em um fliperama. Hoje eles podem ser encontrados no pc, no celular, no tablet. E enquanto nós éramos fiéis a determinados jogos, a garotada de hoje troca de jogo como quem troca de fralda.

34 | HighLevel

Quem é das antigas como eu deve se lembrar que íamos na locadora no sábado e alugávamos um único jogo, que ficaria conosco durante todo o final de semana. O cartucho chegava a ficar quente de tanto que jogávamos e como não tinhamos outra opção, em muitos casos nós até conseguiamos fazer final no jogo. E olhe que muitos jogos pareciam não ter mais fim. Não tinhamos como salvar o jogo e se você não fosse bom de verdade geralmente morria antes da metade do jogo. Quem não se lembra de “Ghouls n ghosts” e “Kid Camaleon”? De vez em quando acontecia de pegarmos um jogo chato ou muito difícil. Daí, ou aprendiamos na marra ou então ficamos o final de semana suspirando porque não tinha outro jogo pra brincar e não conseguiamos passar daquela parte. Na minha lista de jogos não terminados entra o “Altered Beast”, que nunca consegui passar daquela fase do tigre e Chakan, que nunca consegui também fazer final. Mas no geral, vibrávamos quando conseguiamos terminar um jogo. Até hoje lembro quando terminei o “Streets of Rage”. Um dos melhores jogos que já existiram! E na segunda-feira, lá íamos nós pra escola, contar orgulhosos que havíamos conseguido fazer a final no

jogo. Era comum os jogadores baterem fotos da televisão para provar que tinham conseguido terminar o jogo realmente. Alias, era o único jeito, porque quando você desligava o vídeo-game perdia tudo. O mesmo acontecia com as dicas. Ou você comprava uma revista com os macetes, ou então aprendia na marra. Alguns colegas tinham caderninhos cheios de código, até mesmo de jogos que nunca jogaram. Mas era melhor prevenir não é mesmo? Mas a criançada de hoje vive em outra realidade. Se chegam em uma fase muito difícil, eles perdem logo a paciência e procuram na sua pasta de Cds um outro que seja mais fácil. Ou então, vão no google e pesquisam o que querem. Tudo mais fácil. Mas não tenho inveja. Ou será que tenho?

up! by warrior


- Filhinho, coma brócolis, pra crescer e ficar grande e forte como o Hulk! - Mãe, eu não vou ficar verde né? - Claro que não filhoooo...

HiGh leveL


Na próxima edição, segredos odiosos serão revelados...

HiGh leveL

Revista High Level 1  
Revista High Level 1  

Edição 1 da Revista High Level.

Advertisement