Page 1

Chá de hibisco ajuda a emagrecer e elimina a gordura localizada

Cansou da progressiva? Saiba como ter os cachos de volta

Ano XIX | Nº 73 | Assinatura

Em tempo de crise, saiba como ajustar o orçamento para sair do vermelho

Marina Elali A cantora revela sua trajetória de sucesso e consagração musical


EDITORIAL

Abrace o que a vida te oferece!

E

ntre altos e baixos, nem sempre somos gratos por tudo que a vida nos oferece; algumas vezes nos perguntamos por que merecemos ter que passar por determinada dificuldade. Uma coisa é certa, não podemos mudar o passado, mas podemos olhar para nossos problemas de uma maneira diferente. Passe a encarar as dificuldades como uma oportunidade de viver algo novo, uma vida diferente sem a presença daquela dificuldade. Consiga forças para solucionar todos os problemas como se a cada vitória sua vida fosse renovada, como o passar de uma página em um livro com uma folha repleta de novidades. Não tenha medo da possibilidade de uma nova vida, somos seres completamente adaptáveis, prontos para o inesperado. Ganhe coragem e abrace todas as oportunidades, pois, na próxima página do livro, pode aparecer algo surpreendente e muito positivo.

Rua Ceará, nº 1108, Shopping Boulevard 405, sala 105 Pituba - Salvador / BA CEP 41830-451 CNPJ: 02.916.516/0001-06 Telefones: 71 3492-1010 / 3012-5916 / 9103-5846 Onde encontrar a revista Mosaico: Através do telefone: 71 3492-1010 Assinaturas: R$ 100,00 (anual) – 06 (seis) exemplares Telefone: 71 3492-1010 E-mail: revistamosaico@ig.com.br Site: www.revistamosaico.com.br Diretora Geral Silvia Damasceno Diretora Financeira Dadi Damasceno de Araújo Jornalista Responsável Carlos Amorim – DRT/BA 1616 Fotografia Roberto Cunha bahiamoda@hotmail.com Tadeu Miranda fotografo.tadeu@gmail.com Textos Laurinete Gomes – DRT/BA 2981 lauragova02@hotmail.com

autor desconhecido

Revisão Carlos Amorim Elva do Valle

Boa Leitura!

Designer G2 Design Photo

Silvia Damasceno

Colaborou nesta edição: Igor Alisson Tobias de Matos Marcos Pitta Sandra Fagnani Tiragem: 20.000 exemplares Impressão: Halley SA. Gráfica e Editora Os artigos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião da revista Mosaico. Todo e qualquer artigo aqui publicado não pode ser reproduzido total ou parcialmente. Cartas, dúvidas, sugestões e críticas: Endereço completo, RG e telefone devem ser remetidos para a Diretoria da Redação Mosaico Rua Ceará, nº 1108, Shopping Boulevard 405, sala 105 Pituba - Salvador/BA – Brasil. CEP: 41.830-451. As cartas podem ser editadas em razão do seu tamanho para facilitar a compreensão.


SUMÁRIO

NEGÓCIOS 40 • Equilíbrio financeiro Como evitar dívidas e ajustar o orçamento em tempos de crise

BEM-ESTAR 42 • Tem cheiro de primavera no ar Flores típicas da estação ajudam na harmonia da casa

44Capa

54 • MÚSICA PERSONALIDADE

Marina Elali

58 • Olívia Santana Uma mulher extraordinária que rompeu as barreiras da pobreza

60 • COMPORTAMENTO 10 • CURTAS ESTÉTICA

38 • Abacate Apesar de sua fama de calórico, pode ajudar no emagrecimento

14 • Fotodepilação O procedimento garante resultado mais eficaz e seguro

50 • Fertilidade masculina Comer diariamente carne processada pode contribuir para a infertilidade dos homens

30 • Criolipólise Conheça o tratamento estético que promete reduzir a gordura localizada

62 • Pão Conheça as razões para não excluí-lo de sua dieta

32 • Antocianina está com tudo Além de proteger a pele, ajuda a recuperar o corpo depois do treino

NUTRIÇÃO 16 • Aprenda como ganhar massa muscular de um jeito delicioso 20 • Chá de hibisco A bebida é um poderoso aliado para eliminar gordura localizada 52 • Os benefícios da pimenta Além de fazer bem para a saúde, ajuda na longevidade

SAÚDE 18 • Colesterol Mulheres sofrem com colesterol alto mesmo com uma alimentação saudável

64 • Musculação na terceira idade

CABELO 22 • Quero meus cachos de volta Técnicas para transição de cabelo alisado para cacheado 24 • Óleo de moringa Sua riqueza nutritiva restaura o cabelo e ajuda a evitar o envelhecimento dos fios

Bons hábitos de saúde ajudam a prevenir o Alzheimer

EVENTOS 68 • Restaurante Carro de Boi Lança Carta de Cervejas Especiais 70 • Kall Medrado Lança seu EP “Sonhos Gratuitos” 72 • Mulheres reais e estilosas Na passarela da Paradoxus no Barra Fashion Glamurama 74 • Natura lança Tez Para simplificar o cuidado com o rosto 76 • 7ª Feira Cosmética Movimenta o mercado de beleza na Bahia

84 • LANÇAMENTOS

26 • Columbré Tudo que você precisa saber sobre a nova tendência para colorir o cabelo 28 • Erros que podem danificar seus cabelos Saiba quais são os deslizes mais comuns que podem prejudicar as madeixas

34 • ENSAIO TADEU MIRANDA

56 MUSICALIDADE

Henrique e Diego


CURTAS

Estudo revela que ômega 3 pode proteger jovens contra esquizofrenia De acordo com um estudo publicado da revista Nature Communications, uma suplementação em ômega 3 pode reduzir, significativamente, o risco de desenvolver esquizofrenia em pessoas jovens e que correm esse risco. Para chegar a esse resultado, um grupo de pesquisadores australianos e austríacos deu suplementos alimentares à base de ômega 3 por 12 semanas a um grupo de 41 pessoas com idade entre 13 e 25 anos, consideradas com alto risco de desenvolver psicoses. Comparando-as com um grupo de 40 jovens da mesma idade e com risco semelhante, mas que receberam placebo, os pesquisadores descobriram que apenas 10% dos jovens do primeiro grupo haviam desenvolvido esquizofrenia nos sete anos seguintes, contra 40% no segundo grupo.

Benefícios: O ômega 3 é um ácido graxo essencial, indispensável para o bom funcionamento do cérebro, sistema nervoso e retina, mas também se acredita que tenha um efeito benéfico sobre o coração e a saúde mental.

Iogurte no combate ao colesterol A versão do iogurte contendo probióticos conquistou seu lugar no ranking de alimentos saudáveis. É que esses micro-organismos vivos, adicionados aos laticínios, fazem muito mais do que apenas atenuar o sabor ácido de queijos e iogurtes. Eles habitam naturalmente o intestino, formando a flora bacteriana, e ali ajudam a digerir os alimentos, participam da síntese de vitaminas, enzimas e minerais, aumentam o aproveitamento de nutrientes, como cálcio e ferro,

10 | Revista Mosaico • Edição 73 • 2015

e ainda fortalecem o sistema imunológico, ampliando a resistência a infecções. Por ser tão útil ao bom funcionamento intestinal, o iogurte tanto pode ser indicado para alívio da prisão de ventre quanto para o tratamento da diarreia. Outras funções dos probióticos é  diminuir a absorção do colesterol, de acordo com estudos do laboratório conduzidos pela Escola de Ciências Moleculares da Universidade Victoria, na Austrália. Por isso,

o coração também sai ganhando quando eles aparecem na mesa. Há também indícios, ainda não comprovados, de que facilitam o controle da pressão arterial, diminuem as agressões impostas ao estômago pela bactéria H. pylori (causadora de úlcera) e previnem infecções urogenitais. Outro benefício do iogurte é sua riqueza em vitaminas do complexo B, essenciais ao sistema nervoso.


Revista Mosaico • Edição 73 • 2015 | 11


CURTAS

Lavar a escova de cabelo evita danos aos fios

Confira as dicas para limpar a sua escova de maneira correta: 1 – Primeiramente, retire, com ajuda de um pente, os fios de cabelos agarrados nas cerdas da escova, mas com muito cuidado para não danificar as cerdas e comprometer a função da escova. 2 – Lave  a escova com cuidado para não danificar, de preferência com shampoo ou sabão neutro, água corrente e esponja macia, para que não perca a cor ou função. Se a sujeira estiver impregnada, coloque de molho por 30 minutos.

A

s escovas de cabelo sujas podem provocar danos ao couro cabeludo, arrancar cabelos e, o pior de tudo, causar até mesmo doenças, já que favorecem a proliferação de microorganismos. Para manter as cerdas limpas de forma correta, não basta somente retirar os fios presos após cada escovação.

3 – Por fim, enxágue a escova em água corrente e deixe secar em local ventilado longe do sol. Evite também secá-la utilizando secador ou estufa, pois isto compromete a qualidade e função do acessório. O ideal é que a escova seja lavada a cada 15 dias.

Benefícios do repolho para o sistema urinário

A

ssim como a couve-flor, o repolho  é um  alimento  crucífero com grande capacidade de retardar o envelhecimento das células. Pois é rico em fitoquímicos, que tem o poder de quebrar os radicais livres antes que eles possam danificar o organismo e formar tumores. O alimento também é fonte de diversas vitaminas  indispensáveis, como a B6, a C e a K, e ainda contém ácido fólico, sem contar que também tem fibras. Ele também está entre as hortaliças com menor quantidade de potássio. Eis um dos motivos para o qual é ideal para prevenir, mas, principalmente, para controlar problemas no sistema urinário. Assim como as demais hortaliças, é pobre em gorduras e carboidratos, mas se destaca pelo alto teor mineral, contém cálcio, ferro e magnésio e, principalmente, vitaminas. Outro ponto favorável a essa verdura é seu preço. É uma adição acessível para a dieta renal e fácil de encontrar. O repolho cru é um importante complemento para quem faz diálise.

12 | Revista Mosaico • Edição 73 • 2015


Revista Mosaico • Edição 73 • 2015 | 13


ESTÉTICA

Fotodepilação

O procedimento garante resultado mais eficaz e seguro

T

oda mulher sabe a importância que a depilação tem em sua vida, seja por um cuidado estético ou de higiene, principalmente para exibir partes do corpo que, geralmente, ficam mais expostas com roupas mais cavadas e curtas. Ter algumas partes do corpo livre de pelos deixou de ser um simples costume. Afinal, quem é que gosta de axilas e pernas cabeludas? O hábito de se depilar é bastate antigo. Existem várias técnicas para se livrar dos pelos indesejados e, recentemente, surgiu um novo método de depilação com a proposta de eliminar ou reduzir significativamente os pelos de forma duradoura: a fotodepilação. A técnica, a rigor, é a mesma da depilação a laser, mas promete dois diferenciais: baixo custo e ausência total de dor.

Entenda como funciona O procedimento é feito através do método de Luz Intensa Pulsada (LIP). Uma máquina libera um flash de luz que procura pela melanina presente nos pelos. A substância, que é a responsável pela cor preta do fio, atua como condutora do calor, levando-o até a raiz dos pelos que é, então, queimada e eliminada. A depilação a laser utiliza, basicamente, o mesmo método, mas apresenta algumas diferenças, como a utilização de luz mais con14 | Revista Mosaico • Edição 73 • 2015

centrada e em uma potência maior. A fotodepilação é indicada para casos de foliculite pilosa e para pelos indesejados em qualquer região do corpo. A pele ideal para a realização da fotodepilação é a pele clara com pelos escuros e grossos. No entanto, ela pode ser usada para qualquer fotótipo (tonalidade da pele), isto porque é possível realizar uma graduação que se adapte ao fotótipo do paciente, o que possibilita o tratamento das peles mais claras às mais escuras. A técnica funciona e seu resultado é duradouro, deixando a pele livre de pelos por muito tempo, sendo quase definitiva. Por isso, apenas é necessário algumas sessões de manutenção para a retirada de pe-

quenos pelos que voltam a aparecer com o tempo.

Contraindicação Gestantes, pessoas com vitiligo, pele bronzeada ou infecções ativas no local a ser tratado devem evitar a LIP, pois podem ocorrer hipo ou hipercromia, isto é, alterações da coloração da pele. Pessoas em uso de medicações que aumentem a fotossensibilidade, como alguns antibióticos e antiacneicos, também devem evitar o tratamento com Luz Intensa Pulsada (LIP). A manutenção deve ser feita pelo menos uma vez ao ano. Após a sessão inicial, o cliente deve fazer uma única sessão de manutenção, a cada ano, para eliminar os pelos novos que nasceram.


Revista Mosaico • Edição 73 • 2015 | 15


Feijão com arroz: Essa parceria é

NUTRIÇÃO

perfeita porque os aminoácidos do feijão se unem aos do arroz e formam proteína. Assim juntos, ajudam a reparar os músculos. Rico em fonte de carboidrato, o arroz ainda fornece energia, outro combustível importante para o processo de recuperação da musculatura.

Tofu: Nem todo mundo gosta do

Aprenda como ganhar massa muscular de um jeito delicioso

S

abemos que nos tempos modernos as pessoas tendem a ser pouco saudáveis devido ao grande ritmo que elas levam. Com o estresse do dia-a-dia e também com o estilo de vida sedentário, eles se alimentam de forma incorreta e não praticam atividade física com regularidade. Assim, a qualidade de vida fica cada vez mais comprometida. Porém, a boa notícia é que pesquisas revelam que o brasileiro tem se preocupado em melhorar a qualidade de vida e a mídia tem enfatizado bastante esse quesito, principalmente focando em aspectos como o risco de doenças cardiovasculares, o que, de certa forma, preocupa muito a população. Para estarmos em dia com nosso corpo, especialistas indicam uma receita simples, como beber bastante água, praticar atividades fí-

16 | Revista Mosaico • Edição 73 • 2015

sicas e manter uma alimentação saudável. A adoção desses hábitos pode, então, proporcionar às pessoas melhor condição para enfrentar a atual vida cotidiana, que é muito agitada e repleta de estímulos estressantes. Por isso, notamos hoje que as pessoas têm procurado, cada vez mais, as academias para a prática de exercícios físicos. Quando se fala em ganho de massa muscular, logo se pensa em proteínas. Correto! Elas são importantes para os músculos, até porque quem malha para conquistar um corpo firme precisa de proteína. Sem ela, o músculo não se forma e o efeito do exercício não aparece. Mas proteína não é tudo. Carboidrato, gordura boa, água, vitaminas e minerais também são importantes para o ganho de massa muscular.

Confira os pratos deliciosos para ganhar massa muscular:

sabor do queijo de soja. Mas, de todos os produtos à base de grão, ele é o que mais concentra proteína e cálcio, protegendo músculos e ossos. Também é rico em magnésio, mineral que evita o enfraquecimento dos compostos que participam do processo de fornecimento de energia. Porém, o que mais se destaca no tofu são as isoflavonas, substâncias que contribuem para o equilíbrio dos hormônios femininos. Quando os hormônios estão em equilíbrio, o acúmulo de gordura diminui e os músculos trabalhados no exercício aparecem mais.

Carnes: As proteínas de origem animal são consideradas as melhores para os músculos, porém, junto, pode vir uma dose gigante de gordura saturada e colesterol. É por isso que o frango, desde que desprovido da pele, é uma boa opção para quem precisa de proteína. Se você prefere a carne vermelha, fique com os cortes magros, como coxão mole, patinho e alcatra.

Ovo: Tanto a clara quanto a gema são ótimas para os músculos. A clara é riquíssima em ovoalbumina, uma proteína formada por aminoácidos do tipo leucina. E a gema carrega gorduras boas, como a monoinsaturada e ômega 3, substâncias que combatem os processos inflamatórios provocados durante o exercício, facilitando a recuperação dos músculos.


Revista Mosaico • Edição 73 • 2015 | 17


SAÚDE

A

arquiteta Vanessa Gusmão, 38 anos, ocupa seus dias com pelo menos duas horas de exercícios na academia. Esteira, abdominais e musculação, de três a cinco vezes por semana, ajudam para que ela mantenha as medidas de 1,69m e 54kg. Magra e com atividade física na rotina desde a adolescência, ela nunca desconfiou do que viria descobrir numa consulta habitual com o ginecologista. Depois de pedir um exame de sangue completo, o diagnóstico: colesterol alto. Ao contrário do que se pensa, o problema não atinge apenas as pessoas obesas. Segundo profissionais, para gerenciar seu colesterol, o primeiro passo é saber quais são os níveis do seu colesterol, para que você possa estar no controle da saúde do seu coração. Segundo uma pesquisa encomendada recentemente pelo Ministério da Saúde, mais da metade da população brasileira está acima do peso. Consequentemente, as atenções recaem para o colesterol “ruim” (LDL), comumente associado aos hábitos de quem está com sobrepeso.

A pesquisa revelou ainda que 22,2% das mulheres adultas entrevistadas apresentam o problema, embora tenham hábitos alimentares mais saudáveis do que os homens. O colesterol na mulher sofre variações de acordo com sua taxa hormonal. Por isso, é mais comum a mulher apresentar a taxa de  colesterol mais alta nas fases de gravidez e menopausa. Além do fator hereditário, há outros elementos que predispõem as pes18 | Revista Mosaico • Edição 73 • 2015

Colesterol

Mulheres sofrem com colesterol alto mesmo com uma alimentação saudável

soas com peso ideal ao descontrole nas taxas de colesterol. Algumas doenças podem causar o aumento nas taxas de colesterol no sangue, como a insuficiência hepática, que prejudica o metabolismo das gorduras, e o hipotireoidismo, que é a baixa nos hormônios da glândula tireoide. A diminuição desses hormônios também diminui a quantidade de receptores de LDL, o que faz o colesterol ruim aumentar. Entre outras causas mais comuns do colesterol alto na mulher, estão a pílula anticoncepcional à base de estrógeno e progesterona, que pode interferir nos níveis de HDL e LDL, anabolizantes, hipotireoidismo, diabetes descontrolada, obesidade, insuficiência renal e consumo de bebidas alcoólicas em qualquer quantidade.

Entenda o colesterol Enquanto uma parte dessa gordura é produzida pelo fígado, a outra chega por meio da alimentação. No

sangue, ela circula ligada a proteínas formando partículas, no qual as que mais se destacam são a LDL e HDL. De acordo com profissionais, a principal diferença entre elas é que a LDL carrega o colesterol para os tecidos do organismo enquanto a HDL o despacha para o fígado, onde acontece sua eliminação sobre a forma de sais biliares. É daí que vem a má fama da LDL: quando aparece em grandes quantidades, ele contribui para a formação de placas de gordura (ateromas). Essas, por sua vez, podem obstruir a circulação de um órgão importante, como o coração, levando a várias causas, como o infarto. Segundo especialistas, há casos em que a genética do paciente leva a desequilíbrios nos níveis de colesterol. Nos outros, a alimentação costuma ser o grande gatilho para o surgimento do problema.


NUTRIÇÃO

Chá de hibisco A bebida é um poderoso aliado para eliminar a gordura localizada

É

mais difícil eliminar a gordura localizada de algumas regiões do corpo que de outras. Esse é o caso do quadril e do abdômen. Por isso, aqueles que querem exibir um corpo mais saudável, sem os temidos ‘pneuzinhos’, antes de tudo é preciso ter uma alimentação balanceada e uma rotina de exercícios. Além disso, para dar uma forcinha na perda de peso, a nutricionista Luci Soares sugere tomar diariamente o chá de hibisco. “Certamente que um dos benefícios mais estudado desse chá é a perda de peso. O conhecimento milenar a respeito da bebida já falava sobre isso, desde que foi descoberta a eficiência do chá no tratamento da obesidade e na eliminação da gordura do abdômen”, explica. Todos esses efeitos têm sido atribuídos aos polifenois, que são moléculas antioxidantes presentes no hibisco. As propriedades antioxidantes previnem o organismo de alguns outros problemas, como pressão alta, diabetes, problemas no fígado e nos rins, câncer e síndromes metabólicas de um modo geral. De origem africana e asiática, a flor de hibisco, utilizada para o prepa-

20 | Revista Mosaico • Edição 73 • 2015

ro do chá, possui o nome científico de Hibiscus sabdariffa, e se diferencia do conhecido hibisco de jardim. A espécie foi introduzida no Brasil como um alimento funcional. Mas vale algumas ressalvas ao seu consumo. O chá de hibisco é contraindicado para gestantes porque pode causar deformidades no feto e, por isso, também deve ser evitado por quem está tentando engravidar. O consumo regular do chá de hibisco pode baixar a pressão arterial e, por isso, é contraindicado para quem tem hipotensão, mas é um ótimo remédio caseiro para quem é hipertenso. A fertilidade e os hormônios podem ser afetados pela ingestão excessiva do chá de hibisco. Alguns estudos mostram que o hibisco tem componentes que interferem nos níveis de estrogênio.

Outros benefícios do chá de hibisco Auxilia no combate ao inchaço: Ajuda a eliminar as toxinas do organismo, responsáveis pela retenção de líquidos, inclusive o inchaço do período menstrual. Previne problemas como anemia, dor de cabeça e cansaço: Isso porque possui boa quantidade de

ferro, que atua no transporte de oxigênio no organismo. Possui ação diurética: A bebida tem efeito diurético, por isto é um aliado para evitar a retenção de líquidos. Um estudo publicado no Journal of Ethnopharmacology da Sociedade Internacional de Etnofarmacologia, observou que o flavonoide quercetina, presente na bebida, é um dos nutrientes que ajuda a proporcionar essa ação. Controla o colesterol:  Pesquisas feitas com 53 pacientes, portadores de diabetes, concluiram que o consumo do chá de hibisco contribui para a diminuição do colesterol ruim, LDL e aumento do colesterol bom, HDL. A bebida diminuiu o colesterol LDL em 8% e aumentou o HDL em 16,7%. 


Revista Mosaico • Edição 73 • 2015 | 21


CABELO

Quero meus cachos de volta Técnicas para transição de cabelo alisado para cacheado

N

os salões de beleza, as escovas progressivas são preferência. A tendência dos fios lisos veio para ficar e está em alta há alguns anos. Com a diversidade de tipos de cabelo do brasileiro, muitas mulheres de cabelos crespos e cacheados resolveram entrar na onda dos lisos. Porém, nem sempre o resultado sai do jeito que a pessoa quer, e reverter esse processo não é tão simples assim. Os profissionais sinalizam que a melhor opção para voltar ao cacheado é cortar toda a parte alisada do cabelo para que ele cresça mais forte e renovado. Qualquer alisante altera definitivamente a estrutura do cabelo. Não há muita coisa a fazer a não ser cortar e se livrar dos fios alisados. Para as mulheres que têm cabelos longos, a dificuldade em cortar é maior por não se identificarem com outro visual. Nesse caso, os especialistas aconselham a ter paciência e cortar aos poucos até se adaptar ao curto. Pode escolher um corte que camufle o aspecto transitório de crespo da raiz e liso nas pontas. Se for aplicado um produto para soltar a raiz, é melhor deixar o cabelo crescer. Em outros casos, as mulheres podem aderir aos cortes modernos que ajudam a eliminar a parte danificada dos fios.

Outras opções Se você não se adaptar ao curtíssimo e vai cortar aos poucos, para driblar os fios esticados, abuse de finalizadores, como pomada ou mousse e use babyliss para criar ondas. Outra opção é manter a raiz lisa com 22 | Revista Mosaico • Edição 73 • 2015


chapinha e investir em acessórios que camuflem a diferença entre as partes do cabelo. A hidratação e a cauterização ajudam a proteger as madeixas nesse processo enquanto o cabelo cresce novamente. O ideal é que a hidratação seja realizada uma vez por semana enquanto a cauterização seja uma vez por mês. Como já vimos, não dá para retirar a química do fio, mas você pode dar uma ajudinha para que ela saia mais rápido. Lave o cabelo todos os dias e, uma vez por semana, aplique um shampoo de limpeza profunda. Não faz milagre, mas já ajuda. Esse processo exige muita hidratação. Para evitar e controlar o frizz, aplique toda semana uma máscara que contenha queratina ou óleos na fórmula. Para tentar uniformizar as texturas, escove a raiz ou seque o compri-

mento com um difusor. Você pode ainda fazer chapinha ou enrolar os fios com babyliss, mas é melhor deixar estas ferramentas para os dias de festa ou balada, já que elas agridem muito os fios.

tanto nos casos de relaxamento como em alisamentos. A substância é mais potente porque tem pH bastante alcalino, que provoca a abertura das cutículas do cabelo e uma melhor penetração do produto.

Como funcionam os alisamentos

Tioglicolato de amônia: Tem um processo diferente: a substância quebra as pontes de dissulfeto dos aminoácidos de cistina, gerando uma formação dupla para cada cistina. Por meio desse processo, a queratina sofre inchaço, tornandose maleável para ser enrolada ou alisada, e depois se utiliza um oxidante para interromper o processo.

O alisamento é um processo químico muito agressivo e precisa ser feito com muito cuidado. Os alisamentos agem nas pontes de dissulfeto, responsáveis pelo formato dos fios e por ligar as proteínas encontradas no eixo do cabelo. O que significa que, quando as substâncias alisantes quebram essas ligações, os fios ficam lisos e não voltam mais ao seu formato original, deixando um efeito irreversível. Há substâncias de uso liberado que são capazes de alisar os fios com segurança: Hidróxido de sódio: O hidróxido de sódio, também chamado de soda cáustica, é mais potente e usado

O hidróxido de guanidina: A guanidina tem o mesmo princípio que o hidróxido de sódio, mas é menos potente e sua reação menos nocivas que o hidróxido de sódio, que chega a causar queimadura grave no couro cabeludo se for mal utilizado.


CABELO

Óleo de moringa

Sua riqueza nutritiva restaura o cabelo e ajuda a evitar o envelhecimento dos fios

A

indústria de cosmético continua surpreendendo. Depois do sucesso do óleo de argan, surge um novo aliado para a beleza dos cabelos e já está dando o que falar. Trata-se do óleo de moringa, que possui propriedades antioxidantes e nutritivas, além de minerais em sua composição, que fazem com que sua ação sobre o fio seja mais completa.

produto de cabelo, nos atentamos para aqueles específicos para nosso tipo de fio. O óleo de moringa tem a vantagem de ser ideal para todos os tipos de cabelo, porém é mais indicado para cabelos ondulados ou cacheados, que costumam ser mais secos. Entretanto, também é indicado para quem passou por processos químicos, pois ajuda a repor o lipídio dos fios.

O óleo também é rico em ácidos graxos e vitaminas A e C. A sua ação antioxidante é capaz de proteger os fios da atuação dos radicais livres, poluição, cloro e outros agentes externos. O produto ainda traz minerais em sua composição e o mais potente ácido graxo ômega 9. O novo óleo também tem capacidade de proteção térmica para chapinha e secador.

Os profissionais recomendam o uso como finalizador para hidratar e reduzir o frizz, além de ser também adicionado em máscaras para hidratação dos fios. Assim como qualquer outro óleo, é importante não exagerar na aplicação, pois o cabelo pode ficar com o aspecto pesado. O resultado é um cabelo mais brilhante, macio e sedoso.

Sempre que vamos comprar algum 24 | Revista Mosaico • Edição 73 • 2015

Além dos já citados, existem outras maneiras de aproveitar os benefí-


cios dos produtos que levam óleo de moringa na fórmula. Algumas marcas já produzem shampoos e condicionadores, e outras possuem produtos mais especializados que funcionam para tratamento ou como finalizadores. Os benefícios do produto são tantos que até uma nova escova progressiva foi criada com o óleo extraído dessa espécie. Também conhecido como plástica hollywoodiana, o alisamento com óleo de moringa é novidade nos salões brasileiros, mas já faz sucesso há algum tempo com as celebridades estrangeiras. Ela funciona como uma escova progressiva, mas é menos agressiva que os procedimentos comuns. Ao mesmo tempo ela alisa, tira o volume e hidrata os fios. Segundo especialistas, a técnica pode ser aplicada em todos os

tipos de cabelo e alisa até os mais crespos. Ela também funciona como um tratamento graças ao seu poder de recuperar fios danificados ou com fissuras, e dá para fazer em cabelo com química.

Curiosidade O produto é obtido pela prensagem das sementes da árvore de Moringa oilefera, considerado um dos mais leves e estáveis da natureza. Originária da Índia, a planta também pode ser encontrada em alguns países africanos como também em alguns asiáticos, como Nepal e Malásia, sendo rica em fontes de nutrientes. Além de usos cosméticos, o óleo de moringa também é usado para cozinhar em algumas regiões, pois tem excelentes propriedades nutricionais e polifenóis, que beneficiam o organismo e ajudam na prevenção de doenças. Já a utilização desse óleo para a beleza não é novo, pois desde épocas remotas, no Egito, as pessoas preparavam unguentos para a pele, que cicatrizavam lesões de forma mais rápida pelo seu poder purificante e deixavam a textura mais bonita, brilhante e sedosa. Isso porque o óleo tem propriedades antissépticas e anti-inflamatórias. Ele também é amplamente usado para massagens e aromaterapia.


CABELO

Tudo que você precisa saber sobre a nova tendência para colorir o cabelo

Maya Winck Make-up/hair Especialista em terapia capilar, colorimetria corretiva, cortes terapêuticos e maquiagem. Ela está há três anos na Castelle e é colunista de beleza do Bahia Notícias.

M

udança cai bem, ainda mais quando se trata de inovar a cor dos cabelos. A supertendência para o final do semestre que está fazendo o maior sucesso é a técnica Columbré. Trata-se da mistura das técnicas de mechas ombréhair descoloridas e recoloridas usando cores super-radiantes, sendo elas sozinhas ou em forma de arco-íris. O uso de produtos de boa qualidade interfere diretamente no resultado do traba26 | Revista Mosaico • Edição 73 • 2015

lho; depois de descolorir é preciso usar tintas com pigmentações fortes que fixem a cor nas mechas e, após escolher o tom desejado, é só ousar. Os cabelos que usam progressivas, alisamentos e outras químicas, que podem causar reações como amônia, merecem atenção redobrada. Não faça nada sem antes buscar o conselho de um profissional de sua confiança. A revista Mosaico conversou com a

Foto: Roberto Cunha

Columbré

especialista Maya Winck que vai ajudar a entender melhor como a técnica funciona. Revista Mosaico: O que é a técnica Colombré? Maya Winck: Trata-se da mistura do famoso ombréhair, que são mechas descoloridas nas pontas, estilo californiana com alguns fios descoloridos iluminando o topo e laterais. O procedimento é feito com o uso de tintas com cores radiantes. Os


tons mais procurados são os azuis, verdes, rosas e pinks, e a mistura de dois ou mais tons dão um toque a mais, além do uso da técnica em forma de arco-íris, usando vários tons misturados. RM: Como é feito o procedimento? MW: Após descolorir as mexas com descolorante e Ox (água oxigenada), os cabelos devem ser lavados e recondicionados para receber a cor desejada, separando as mechas com papel alumínio e pintando, esperando o tempo de pausa e com enxágue das mechas separadamente. Após o processo de pintura, é necessário cauterizar os fios para repor os nutrientes perdidos com o processo químico.

com alisamentos e progressivas devem ter cuidados redobrados. As grávidas podem abusar do Colombré após o 4º mês de gestação, pois como não tem contato direto com o couro cabeludo, não provoca nenhum dano ao bebê nem à mamãe. Mas lembrem-se de falar com seu médico antes de qualquer procedimento durante a gestação RM: Quanto tempo dura a cor? MW: A duração pode variar de 1 mês a 3 meses e a tonalidade também vai variando conforme as lavagens de banho de mar e piscina. É aconselhável proteger os fios coloridos com óleos protetores.

RM: Esse procedimento é indicado para todo tipo de cabelo?

RM: Quais os cuidados para a cor durar um pouco mais?

MW: Todos os tipos de fio podem fazer o Colombré, mas é necessário fazer um teste de mexas e compatibilidade química para evitar reações que podem vir a ocorrer durante o processo de descoloração. Os fios

MW: A hidratação e nutrição são essenciais para manter a cor, pois um fio bem nutrido mantém a cor fixa por mais tempo e as cutículas fechadas. Quanto mais os fios estiverem sadios mais a cor irá bri-

lhar e permanecer. RM: A técnica pode ser feita em casa? MW: Sabemos que nós mulheres somos capazes de fazer tudo e qualquer coisa em casa. Na internet existem vários vídeos que ensinam de cremes capilares milagrosos a descolorir e cortar as próprias madeixas. Mas atenção! É necessário entender o mínimo do que vai fazer para não acabar tendo que ligar, desesperada, para sua cabeleireira no meio da noite. RM: Pode combinar mais de uma cor? MW: O uso de vários tons cai muito bem. O rosa suave com o pink fica lindo e o cobre com o vermelho faz o tom de fogo. Para aquelas que gostam de radicalizar, pode usar o azul e verde. Enfim, além dos tons misturados em forma de arco-íris, pode combinar várias cores, é só usar a criatividade e colorir.

Revista Mosaico • Edição 73 • 2015 | 27


CABELO

Erros que podem danificar seus cabelos

Foto: Roberto Cunha

Saiba quais são os deslizes mais comuns que podem prejudicar as madeixas

Hallinson Costa Beauty artist

T

oda mulher quer ter um cabelo bonito e saudável. E com isso investem tempo e dinheiro para ficarem satisfeitas com as madeixas. Mesmo assim, há sempre queixas, como raiz oleosa, fios quebradiços, excesso de frizz, enfim, a lista é grande. Manter a beleza das madeixas depende muito das decisões que tomamos. Saber o que não se deve fazer é um dos passos que precisa de atenção. A revista Mosaico conversou com o cabeleireiro e maquiador, Hallinson Costa, que revelou as seis roubadas capilares que você nunca deve fazer.

1 – Muitas clientes, às vezes, resolvem dar aquela “aparadinha” na franja, porém, por mais simples que pareça o procedimento, existem técnicas para cada tipo e forma de cabelo. Quem resolve fazer esse procedimento por conta própria, na maioria das vezes, acaba recorrendo ao profissional para tentar consertar o que não deu certo. Quando isso ocorre, muitas vezes tem que esperar essa franja crescer para então consertar. 28 | Revista Mosaico • Edição 73 • 2015


2 – Mechas é outra coisa que nunca se deve tentar fazer em casa. Existem alguns vídeos na internet com técnicas de clareamento em mechas, tipos de ombré ou técnica de mechas com efeitos mais iluminados. Esse serviço só deve ser feito por um profissional especializado, porque em todo o cabelo existe um fundo de clareamento, e os caminhos até chegar o tom desejado não são tão simples assim.

3 – Escurecer o cabelo porque não está gostando da cor. Esse é outro caso “comum” que, às vezes, muitas clientes fazem depois de realizarem procedimentos, como mechas ou clareamento demasiado do cabelo. Elas acham que o cabelo ficou ressecado com aspecto poroso e não querem ou não têm tempo para cuidar dos cabelos loiros. Então resolvem escurecer o cabelo e comprar uma coloração com tom mais escuro, achando que vai resolver o problema. Não vai! E muito possivelmente irá manchar esse cabelo.

4 – Clientes que fazem mechas claras, em tons de loiro, e vão à piscina, quando saem do banho o cabelo está esverdeado. O que fazer nesse momento de aflição? No desespero aparecem várias “sugestões caseiras” e imediatistas, e uma delas é o vinagre. Nunca faça isso! Pois irá danificá-los ainda mais. O cabelo quando feito mechas ou qualquer outro tipo de química requer um cuidado maior, seja por nutrição ou fortalecimento dos fios. O ideal seria procurar um profissional para fazer a limpeza desse fio e a remoção desse pigmento indesejado no cabelo.

5 – Outra receitinha caseira não recomendada, porém muito utilizada hoje em dia, é a famosa neutralização dos indesejados tons amarelados, com uma mistura de hidratação (ou qualquer creme hidratante) na cor branca com violeta. A violeta é aquele líquido que vende em toda farmácia usado, antigamente, para curar ferimentos e arranhões. Esse procedimento deve ser feito nos salões, mas pode ser feito em casa desde que usem produtos de linhas específicas para essa situação. Até porque existe um tempo de pausa para esse “desamarelador” agir no cabelo e um tempo a mais que permaneça poderá alterar a nuance desse cabelo. Por ter bastante pigmento violeta e pelas cutículas dos fios loiros estarem abertas, ainda que neutralize este tom, o tempo de ação do produto deverá ser respeitado.

6 – Outro procedimento que não deve ser feito em casa são os alisamentos, sejam eles de amônia, hidróxidos ou o mais atual, que são de substâncias ácidas e famosas selagens. Esse procedimento também deve ser feito por um profissional que não só aplique, mas que oriente e respeite a saúde desses fios, para que não ocorra nenhum corte químico, ou seja, o cabelo vir a partir. Muitas dessas químicas feitas não são compatíveis uma com a outra, ainda que sejam compatíveis é necessário respeitar o tempo entre a aplicação de uma e de outra, para se ter um cabelo mais saudável.

Revista Mosaico • Edição 73 • 2015 | 29


ESTÉTICA

Criolipólise Foto: Roberto Cunha

Conheça o tratamento estético que promete reduzir a gordura localizada

Zilah Sales Fisioterapeuta com formação em Reeducação Postura Global Acupunturista (RPG), formação em drenagem linfática/modeladora com atuação em  pré e pós-operatório de cirurgia plástica, mastectomia e linfedema.

N

unca na história da humanidade a preocupação com a estética esteve tanto em evidência. Tratamentos corporais relacionados à redução de medidas, queima de gordura localizada, além do combate à flacidez e a celulite, estão entre os mais procurados. Um dos procedimentos que está fazendo sucesso é a criolipólise, principalmente por sua promessa em eliminar gordura. A técnica tem sido cada vez mais procurada especialmente por não ser invasiva e por sua aplicação durar apenas uma hora em cada região. Desenvolvida por pesquisadores da Universidade de Harvard, nos Estados Unidos, a criolipólise  usa baixas temperaturas para acabar com a gordura localizada. O procedimento é bastante simples: o aparelho é colocado na superfície da pele fazendo as células de gordura serem congeladas a temperaturas negativas para serem destruídas. Em contato com a baixa temperatura, as células de gordura, chamadas de adipócitos, se rompem totalmente. Em consequência, o corpo entende que elas não fazem mais parte do organismo e as expelem naturalmente. De acordo com a profissional Zilah Sales, o

30 | Revista Mosaico • Edição 73 • 2015


resultado não é imediato. “Por se tratar de um processo lento, devido aos seus efeitos fisiológicos relacionados à inflamação profunda e liberação de células e mediadores químicos específicos gerando apoptose (morte celular), só é possível visualizar a melhora do quadro após, aproximadamente, 15 dias depois da aplicação. A partir daí, é possível visualizar alguma mudança que se intensifica em 30 dias e tende a melhorar até o resultado final com três meses”, explica. Outro atrativo para o procedimento é que não é necessário ficar em repouso. “Após sua aplicação, o paciente pode retornar normalmente às suas atividades. Pode ocorrer hematomas, dor e leve alteração de sensibilidade após a sessão que tendem a cessar em poucos dias”, frisa.

Mas atenção, pacientes com casos de flacidez excessiva, disfunções renal e hepática e hérnia umbilical são contraindicados. Outras recomendações devem ser atendidas: “É necessário cuidado na presença de cicatrizes e tatuagens na região para que não haja alteração do tecido pós-aplicação. Os casos pós-cirúrgicos também devem ser avaliados com cautela, pois a técnica utiliza uma sucção muito forte ao selecionar a área de gordura a ser tratada”, adverte. Vale destacar que, antes de se submeter a qualquer processo, é fundamental buscar maior informação a respeito das técnicas e dos profissionais para que o resultado esteja de acordo com o esperado e assim evitar problemas. Todo procedimento envolve riscos, por isso a necessidade de realizar uma avaliação adequada com pro-

fissionais capacitados. O perigo é maior quando esse profissional não possui habilitação técnica para avaliar o estado de saúde do paciente nem para manusear determinados aparelhos. Portanto, é essencial ter o cuidado de escolher o profissional capacitado para realizar esse procedimento e os aparelhos utilizados precisam ter registro na Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) assim como suas mantas que, além disso, precisam ser descartadas após seu uso para que não haja risco de queimaduras.


ESTÉTICA

Antocianina está com tudo

Além de proteger a pele, ajuda a recuperar o corpo depois do treino

32 | Revista Mosaico • Edição 73 • 2015


A

s antocianinas  são pigmentos responsáveis pela tonalidade da pele e das cores escuras de muitas plantas e flores, incluindo frutas e vegetais. Cientistas concluíram que alimentos ricos dessa substância possuem altíssimo poder antioxidante e anti-inflamatório. Estudos comprovaram que a antocianina ajuda a prevenir doenças, como câncer, diabetes, Alzheimer, glaucoma, perda da função cognitiva, osteoporose, irritação e úlceras gástricas, dermatites, problemas cardiovasculares, inflamação pulmonar alérgica e obesidade. O interesse recente pelo estudo das antocianinas deve-se, principalmente, ao potencial de aplicação desses compostos, como corantes na indústria de alimentos. Alguns extratos vegetais, que contêm antocianinas, já são usados com essa finalidade, como os obtidos do bagaço de uva, subproduto da indústria de suco e vinho, do repolho roxo, da batata-doce e do hibisco, entre outros. Entretanto, têm sido obtidas evidências de que as antocianinas têm propriedades vasodilatadoras e neuroprotetoras. Pesquisas investigaram o papel das antocianinas sobre a memória e relacionaram as alterações provocadas por esses compostos com o sistema colinérgico, que envolve a produção e degradação do neurotransmissor acetilcolina e sua participação na transmissão de sinais químicos entre os neurônios que o produzem, considerado um dos primeiros sistemas cerebrais a serem afetados pela doença de Alzheimer. Os estudos demonstraram que tratamentos de curto e longo prazos com antocianinas levaram a uma reversão dos déficits de

memória associados à doença de Alzheimer. Também foi observado que as antocianinas foram capazes de regular a atividade de importantes enzimas relacionadas à neurotransmissão, enzimas que controlam os níveis de íons de sódio, potássio e cálcio dentro das células, e ainda a densidade da acetilcolinesterase, uma das principais enzimas alteradas nas fases iniciais do desenvolvimento da doença de Alzheimer. Onde encontrar As antocianinas estão presentes em todos os alimentos naturais, como frutas, verduras, legumes e cereais, que possuem coloração que vai do vermelho e roxo ao azul. Por isso, vale apostar na uva, cereja, morango, amora, maçã e, principalmente, mirtilo, pois é, disparada, a fruta com mais antocianina. Outra opção é ingerir legumes e hortaliças; aposte também em berinjela, beterraba e repolho roxo. Para aproveitar todos os benefícios da antocianina, os alimentos devem ser consumidos crus e frescos, pois o cozimento e o armazenamento destroem a substância e anulam rapidamente os seus efeitos poderosos. Uma alternativa prática é ingerir a antocianina estabilizada em cápsulas, ideais para quem não consegue comer, diariamente, uma boa porção de frutas e legumes.

forte dos 150 flavonoides diferentes. Os testes laboratoriais indicaram também que as antocianinas podem inibir o crescimento de tumores e células do câncer de mama. Obesidade: Estudos preliminares sugerem que podem proteger contra a obesidade. Os cientistas descobriram que os ratos, alimentados com uma dieta rica em gordura, ingeriram antocianina enriquecida por oito semanas e ganharam menos peso do que os ratos alimentados com uma dieta rica em gordura sem antocianinas. Diabetes: As antocianinas aumentam o metabolismo do açúcar no sangue, e os estudos mostram que eles podem ter um efeito positivo sobre a produção de colagênio anormais, um efeito colateral de diabetes que contribui para um mau controle do açúcar no sangue. Outra pesquisa provou também que as antocianinas podem ser eficazes na prevenção da retinopatia, uma condição diabética que pode conduzir à cegueira. Saúde do coração: Vários estudos têm demonstrado que as antocianinas podem diminuir os níveis de colesterol, pressão arterial, aumento do fluxo sanguíneo e de força capilar e combate ao estresse oxidativo, que beneficiam a saúde cardiovascular e ajuda a prevenir doenças cardíacas.

Outros benefícios das antocianinas Prevenção do câncer: Os antioxidantes são considerados grandes combatentes da atividade de radicais livres no organismo. Um estudo revelou que as antocianinas podem ser o antioxidante mais Revista Mosaico • Edição 73 • 2015 | 33


34 | Revista Mosaico • Edição 73 • 2015


Revista Mosaico • Edição 73 • 2015 | 35


36 | Revista Mosaico • Edição 73 • 2015


Revista Mosaico • Edição 73 • 2015 | 37


SAÚDE

Abacate O

abacate é um fruto nativo do continente americano, mais precisamente no México, América Central até a Colômbia, Venezuela, Equador e Peru. Considerado como uma espécie subtropical, é bem adaptado em todas as regiões do território brasileiro.

a alimentação e a origem destas

De acordo com Luciana F. Queiroz, até pouco tempo atrás, o seu consumo era vetado para portadores de obesidade, hipertensão arterial, diabetes, dislipidemias, doenças cardiovasculares e outras patologias, que estão associadas ao acúmulo de gordura no organismo devido a inter-relação entre

novos conceitos surgiram e, entre

38 | Revista Mosaico • Edição 73 • 2015

Foto: Roberto Cunha

Apesar de sua fama de calórico, pode ajudar no emagrecimento Luciana F. Queiroz Nutricionista / CRN 1.959

doenças. Esse fruto era considerado um vilão nas mesas. “Temia-se o consumo por achar que a gordura presente no abacate fizesse mal à saúde. Hoje, com a divulgação da importância da alimentação equilibrada, eles, a evidência de que esse fruto tem inúmeros benefícios à saúde, antes não valorizados”, explica.

tias, diabetes e dislipidemias. “Sua composição é nutricionalmente interessante dada à quantidade significativa de ácido oléico, vitamina C, fibras, esteróis e mesmo calorias”, salienta. Outros benefícios desse alimento é o tipo de gordura presente que não ataca o fígado, elimina a sensação de peso no estômago e facilita a

Ainda de acordo com a profissio-

digestão. “Ao contrário do que se

nal, o consumo de abacate auxilia

pensa, o consumo de gordura é li-

no tratamento de doenças crôni-

berado desde que seja priorizado a

cas, especialmente nas cardiopa-

sua qualidade. A depender do tipo


de gordura, esse macronutriente não é nocivo como dizem, e pode ajudar no processo de emagrecimento.” Portanto, ingerir abacate um pouco antes das refeições principais proporcionará, a médio prazo, um emagrecimento natural, pois, além de diminuir o apetite, também controla a produção de insulina, mantendo um nível estável de glicose no sangue, sem os famosos picos que ocorrem após a absorção de uma refeição mais farta e mais rapidamente digerida. O alimento é muito importante também para os adeptos da atividade física com o objetivo de ganhar massa muscular. “Quando consumimos o abacate à noite, antes de dormir, estimulamos a produção do hormônio GH, responsável, entre outras coisas, pelo crescimento e

aumento da massa muscular”, destaca. O abacate pode ser introduzido na alimentação de diversas formas. Confira as dicas da nutricionista!

Sorvete de abacate: 5 abacates 1/2 litro de leite (de preferência meio gordo ou magro) 1 xícara (chávena) de açúcar (caso preferir adoçante) 1 limão (suco)

Modo de preparo: Ferva o leite com o açúcar e deixe esfriar. Bata o abacate com o suco de limão, coloque o leite frio e bata de novo. Coloque no congelador por 2 horas, depois bata de novo e está pronto para servir.

Salada de abacate 4 abacates 400g de tomate 1 xícara (chávena) de azeitona

2 colheres (chá) de orégano 1/2 limão (suco) 1 maço salsinha ou coentro

Modo de preparo: Corte os abacates em cubos e tempere com limão e sal. Lave os tomates e corte-os em quatro partes, tempere com sal e orégano. Coloque todos os ingredientes numa tigela, regue com o molho e misture delicadamente. Decore com salsa ou coentro.

Como fazer o molho: 1/2 xícara (chá) de creme de leite ou iogurte natural 1 colher (sopa) de suco (sumo) de limão 1 colher (sopa) de queijo ralado 1/4 maço de salsa ou coentro Sal a gosto Bata todos os ingredientes no liquidificador até ficar um molho homogêneo.


Foto: Roberto Cunha

NEGÓCIOS

Flávio Lopes economista

Equilíbrio

Financeiro

Como evitar dívidas e ajustar o orçamento em tempos de crise

U

ltimamente a palavra mais falada do brasileiro é crise. Muita gente viu sua vida mudar em poucos meses, as despesas aumentam e não se consegue honrar os compromissos financeiros, a situação do emprego já não é mais estável, amigos e parentes se mostram cada vez mais distantes. O que fazer diante desse triste cenário?

cada vez mais importantes.

Confira as dicas do economista para ajudar a sair das dívidas e equilibrar o orçamento

Atravessar um momento de crise realmente é muito ruim. O problema é que muitas pessoas se desesperam e acabam deixando de lado o controle dos gastos e outros vão além: contraem mais dívidas, o que gera uma bola de neve.

Fazer um levantamento de toda a sua situação financeira. “Pois, os recursos nesse momento ficam mais escassos e as necessidades do ser humano continuam ilimitadas. Por isso, devemos adotar algumas medidas, como fazer um levantamento dos ganhos e compará-los com as dívidas fixas e variáveis, e elaborar um planejamento para não gastar mais do que ganha, começando com uma lista de prioridades”, frisa.

O economista Flávio Lopes revela que em tempos de instabilidade na economia, planejamento, acompanhamento dos gastos, pesquisa de preços e negociação tornam-se

Sair de um crédito caro para um mais em conta. “Se estiver devendo a cinco pessoas, o ideal é tomar um empréstimo no valor do montante das cinco. Paga à vista a

40 | Revista Mosaico • Edição 73 • 2015

todos esses e ainda exige desses credores um deságio, que é uma redução dos juros em cada parcela, quita a todos e só fica com uma dívida”, explica. Planejar as compras dentro da sua atual realidade. “Se tem um desejo ou uma necessidade de comprar algo, deposite um valor fixo todo mês como se fosse um pagamento de uma prestação em uma caderneta de poupança por um determinado período e, ao final, compre à vista e ainda exija um desconto, pois, em época de crise onde há uma retração na demanda (procura), os comerciantes fazem qualquer negócio para vender e também pagar as suas contas”, ressalta. Procurar poupar. “Se capitalize, guarde pelo menos 10% do que ganha todo mês e estabeleça um tempo longo para você ver o saldo. Se possível, quebre o cartão de crédito que o banco lhe oferece, pois poderá trazer tentação em gastá-lo.” Cumprir sempre o que promete. “Não perder o crédito, honrar com os compromissos assumidos”, finaliza.


Revista Mosaico • Edição 73 • 2015 | 41


BEM-ESTAR

Tem cheiro de primavera no ar Flores típicas da estação ajudam na harmonia da casa

P

ara aproveitar o clima da estação mais cheirosa do ano, nada melhor do que trazer

um pouco da beleza e do perfume das flores para dentro de casa. Versáteis e supercoloridas, as repre-

um dia comum em uma data especial, um ambiente simples em um local mais aconchegante. O convívio com as plantas proporciona sensação de prazer, diminui o estresse e melhora a qualidade do

sentantes da primavera conferem

ar e da vida de forma geral. Além

um incrível e inebriante aroma. As

desses benefícios, o que se sabe

plantas têm o poder de transformar

aos poucos é que elas, segundo o

42 | Revista Mosaico • Edição 73 • 2015

feng shui, também deixam os ambientes mais harmoniosos. As cores e flores típicas dessa época merecem espaço em nossa decoração não só na primavera, mas em qualquer época do ano. Deixe sua casa mais florida e alegre, escolha um arranjo bem bonito que harmonize com as cores do ambiente. Você pode até usar a criatividade na hora de escolher o vaso para pôr as flores. Estudiosos apontam que o fluxo das estações e as fases da lua afetam a vida no campo, o nosso ânimo e as mudanças no tempo. Na verdade, os quatro ciclos das estações indicam pontos de mudança de energia da natureza dentro de nós mesmos. Porém, nas grandes cidades, o movimento sutil da força


não é percebido com tanta consciência. A primavera é o começo de um novo ciclo. É o período de regar nossos jardins e plantar sementes para o nosso processo de renascimento. Durante o equinócio da primavera, quando a força do dia e da noite tornam-se iguais, devemos nos integrar conscientemente à natureza que todo ano renova seu ciclo de nascimento e ressurreição, muito favorável ao novo início. Aposte nas flores para atrair Prosperidade: Nandinha, azulzinha, orquídea lilás, hortênsia e zamioculca colocadas na varanda e na entrada principal dentro ou fora de casa. As flores púrpuras e as trepadeiras são indicadas. Harmonia e bem-estar: Azaleia de flor rosa e amor-perfeito para jardins que ficam em frente da casa. Use violetas cor-de-rosa nos ba-

nheiros, janelas da cozinha e áreas de serviço. Elas trazem sorte, proteção e paz. Amor e boas amizades: Jasmim, lavanda, azaleia branca e buxinho são indicadas para varandas e jardins laterais. Lírio e copo-de-leite

para salas de jantar. E para trair o amor, além do jasmim, flores nas cores rosa, branca e vermelha. Tenha por perto amor-perfeito, hibisco e árvore-da-felicidade macho e fêmea no mesmo vaso. Para mais amigos, flores brancas.


CAPA

A

primeira coisa que nos vêm à cabeça, sempre que se ouve falar em Marina Elali, é a voz marcante e cheia de personalidade, que a torna uma das maiores cantoras da música popular brasileira.

Marina nasceu em Natal, no Rio Grande do Norte, e formou-se em música e canto no Berklee College of Music, em Boston, nos Estados Unidos. Depois da temporada nos Estados Unidos, a artista participou do programa Fama, da Rede Globo, e logo emplacou a música Você, sucesso em todo o Brasil. Além de novelas, filmes, minisséries e especiais, a cantora já participou de mais de 250 programas televisivos em todas as emissoras nacionais. No cinema, a voz de Marina marcou temas de filmes. Em dez anos de carreira, Marina Elali acumula 18 grandes duetos nacionais e internacionais, sete DVDs e mais de 30 CDs (coletâneas nacionais e internacionais). Atualmente, a ganhadora de dois discos de ouro está compondo ao lado de nomes da música latina e americana. O novo CD será totalmente autoral. E enquanto aguardamos esse trabalho, conheça a Marina um pouco mais nessa entrevista exclusiva à à revista Mosaico.

Marina Elali Dotada de um talento extraordinário e forte carisma, a cantora celebra dez anos de sucesso

44 | Revista Mosaico • Edição 73 • 2015


Revista Mosaico: De onde vem essa paixão pela música? Marina Elali: Quando eu era criança o que mais gostava de fazer era brincar de ser artista. Na escola, em casa, nas festas, em todo lugar. Aos 2 anos e meio comecei a fazer aulas de balé clássico na escola. Dancei balé durante dez anos e me apaixonei pela música clássica e pelo som do piano. Quando tinha uns 7 anos fiz um teste para entrar no coral infantil do Colégio Marista de Natal, onde eu estudava, e ali descobri o que eu realmente queria fazer, cantar! Eu adorava cantar e dançar na frente do espelho. Meu microfone era a minha escova de cabelo, meu pedestal era um cabo de vassoura que eu prendia entre a cama e o colchão, e a minha plateia era as minhas bonecas e ursinhos de pelúcia, coisa de criança mesmo.  Além disso, estudei piano, fiz ginástica rítmica e fiz também parte de um grupo de teatro durante a minha adolescência. E o mais interessante é que eu levava tudo a sério, porque eu sabia que ia ser artista e que tudo aquilo era parte da minha preparação. Hoje, sinto que cada apresentação foi muito importante. No palco eu me sinto à vontade, me sinto em casa, e tenho certeza que o fato de ter subido ao palco, desde criança, me ajudou muito. RM: Falando nisso, quando teve certeza que queria viver de música? ME: Aos 7 anos, quando assisti ao show de Madonna Ciao Italia. Ainda lembro do dia em que assisti esse show na TV e fiquei completamente apaixonada pelo trabalho dela. Assistia e dizia para mim mesma: “Um dia eu quero fazer isso. Cantar, dançar e interpretar, tudo ao mesmo tempo. Quero ser cantora, quero ser artista”. 

Aos 15 anos comecei a fazer shows em Natal. Eu “abri” vários shows para artistas consagrados. Fiz amizades, dividi o palco com alguns deles e, aos poucos, fui ganhando experiência. No início eu fui pelo caminho da intuição, mas aos 17 anos tomei uma das decisões mais importantes da minha carreira. Decidi estudar música e canto. Parei de fazer shows e fui para Boston, nos Estados Unidos, estudar no Berklee College of Music. Morei quase quatro anos lá e me formei em música e canto. Foi uma das melhores épocas da minha vida. Morro de saudade. Sempre que posso vou lá para me “reciclar”. É impressionante como estudar faz a diferença.  Quando voltei de Boston vim morar no Rio de Janeiro. Não conhecia quase ninguém do meio artístico, e, por isso, a batalha foi grande. Mas sou determinada e fui atrás das pessoas com quem eu queria trabalhar. Gravei um CD independente e consegui apresentar à Som Livre que, graças a Deus, se interessou.  Confesso que me surpreendi quando percebi que estava dando tudo certo e me senti honrada em fazer parte do mercado da música. O meu primeiro disco me trouxe muitas alegrias. “Marina Elali” foi Disco de Ouro e teve sete músicas incluídas em trilhas sonoras da Rede Globo, com destaque para One last cry. RM: Você já fez duetos com vários artistas. Tem algum em especial que você gostaria muito de gravar? ME: Tem vários, mas quero deixar nas mãos de Deus. Desde que comecei a minha carreira tive o privilégio de gravar mais de 20 duetos e todos são muito especiais para mim. Sou grata aos artistas com quem já gravei e confesso que adoRevista Mosaico • Edição 73 • 2015 | 45


CAPA ro duetos. Um dos meus últimos lançamentos, por exemplo, foi o CD/ DVD  “Marina Elali Duetos – Homenagem a Luiz Gonzaga e Zédantas”. O trabalho foi gravado no Recife pela Globo Nordeste em homenagem a Luiz Gonzaga, o “Rei do Baião”, e Zédantas, compositor, principal parceiro de Gonzagão e meu avô materno. RM: Poucos artistas conseguiram emplacar tantas trilhas sonoras em novelas. Fale um pouco do seu novo trabalho, o CD “Novelas”. ME: Um dos meus maiores sonhos era cantar temas de novela e um dia lançar um CD com vários interpretados por mim. Batalhei muito e esse dia chegou. A Som Livre acaba de lançar o CD “Marina Elali – NOVELAS”, no ano de comemoração aos 50 anos da Globo. Estou muito feliz, mal posso acreditar. Sou grata a todas as pessoas que me deram oportunidade de ter músicas, não só em novelas como também em filmes e minisséries. Sempre digo que quando uma música faz parte de uma trilha sonora, ela entra na vida das pessoas

de uma forma muito especial. E o interessante é que cada tema que cantei teve uma história diferente. Algumas eu gravei especialmente para as trilhas e outras já estavam nos meus discos. RM: Viver de música não é fácil. Qual foi a sua maior motivação para persistir no sonho? ME: O carinho dos meus fãs, a minha fé e a sensação de que, através da minha arte, estou cumprindo uma missão aqui na terra. Confesso que, em alguns momentos, até pensei se deveria seguir em frente, mas nestes momentos a vida sempre mandou um sinal. Hoje, tenho certeza de que preciso continuar levando alegria, esperança e amor para os meus fãs. RM: Se pudesse definir com uma palavra o atual momento de sua carreira, qual seria?  ME: Autoral. Estou compondo todas as músicas do meu novo CD e está sendo um momento muito especial para mim. Os meus fãs sempre me pediram para eu gravar um CD com todas as minhas músicas e eu também senti que estava na hora. Espero que vocês gostem. Em 2016 estará nas lojas. RM: Milhares de cópias vendidas, prêmios recebidos e uma trajetória de sucesso. Você se sente realizada? ME: Sim. Sinto-me feliz e grata por tudo que conquistei até aqui. Não foi fácil, mas valeu a pena e sinto que a caminhada só está começando. Ainda tenho muito amor e muitas mensagens para passar.

46 | Revista Mosaico • Edição 73 • 2015

RM: Por falar nisso, como você avalia esses dez anos de carreira? ME: Quando olho para trás me lembro que há dez anos eu era uma menina de Natal que sonhava em ser cantora, em ser respeitada e reconhecida. Hoje, faço parte da vida de muitas pessoas através da minha música, da minha voz e da minha energia. Que a vida continue me surpreendendo e me dando oportunidade de fazer o que mais amo na vida: cantar e fazer o bem. Acredito que tudo acontece como deve acontecer e sempre agradeço a todas as pessoas que me ajudaram a chegar até aqui e, principalmente, a Deus por ter me dado o dom da música. É muito bom saber que, pelo simples fato de eu tirar uma foto com um fã, dar um autógrafo ou um sorriso, eu posso deixá-lo feliz. Fico emocionada quando alguns fãs dizem que rezam por mim. Respeito muito o meu público, e por isso faço tudo com dedicação. Que eu ainda possa subir em muitos palcos porque cantar ao vivo é uma das melhores coisas do mundo para mim. É quando me sinto plena, feliz. Amo cantar e ver a reação positiva dos meus fãs. Adoro saber que, depois do show, as pessoas voltam para casa mais felizes, que por alguns minutos elas se esquecem dos seus problemas, se divertem, se emocionam. Antes de cada show peço a Deus que me ilumine para que eu transmita apenas energia positiva para cada pessoa que está ali presente e depois do show agradeço a Deus por tudo. Que venha mais coisas boas, mais fãs e mais realizações.


RM: Você participa de perto de todos os assuntos de sua carreira? ME: Sim. Desde o início da minha carreira eu sempre gostei de me envolver em tudo relacionado à parte artística. Sempre tive grandes profissionais ao meu lado e com eles eu produzi meus CDs, dirigi meus shows e compus músicas para todos os trabalhos. Gosto do palco e dos bastidores. Adoro gravar em estúdio, acompanhar a criação dos arranjos, gosto de editar vídeos, escolher as fotos, criar novos projetos. Não sei chegar só para cantar. Gosto de cuidar de todos os detalhes. Acredito que assim consigo imprimir a minha identidade em tudo que faço. RM: Quando os baianos terão oportunidade de vê-la? ME: Espero que em breve. Amo a Bahia e os meus fãs baianos. Tenho algumas fãs que fizeram tatuagens em minha homenagem e duas destas são baianas. Esse amor não tem preço, é incrível, me inspira e me faz um ser humano melhor. Estou com saudade dos palcos da Bahia.  RM: Você casou recentemente. Como administra a família passando tanto tempo na estrada? ME: Tive sorte porque me apaixonei e casei com o produtor musical JC Salvatierra, então ficou mais fácil porque nós trabalhamos e viajamos juntos. Atualmente, estamos morando no Rio e a única dificuldade é que a minha família mora em Natal e a dele em Miami. Como nós dois valorizamos e amamos muito as nossas famílias, sempre damos um jeitinho de visitar todo mundo, mas confesso que vivo com saudade.

da. Procuro me alimentar de forma saudável. Bebo muita água, cuido da minha voz e danço bastante nos meus shows. Adoro comer frutas e comidas integrais. Não como fritura, não bebo refrigerante e evito bebidas alcóolicas. Adoro comer doces, mas eu me controlo para comer apenas em ocasiões mais especiais. Como eu adoro maquiagem, um dos meus maiores cuidados é tirá-la antes de dormir, limpar bem o rosto e usar os cremes adequados ao meu tipo de pele. Também cuido bastante do meu cabelo. Adoro os produtos da Kérastase e da Redken. Outra dica que parece clichê, mas que é muito importante em minha opinião, é estar bem. Cuidar da saúde, da alma, do coração, ser feliz, estar em paz, tudo isso reflete no olhar. RM: Você já atuou no cinema e na televisão. Pretende seguir a carreira de atriz? ME: Amo todas as formas de arte e acho que todo cantor tem alma de ator. Vivemos personagens diferentes a cada canção. Pelo menos eu sou assim. Quem sabe? RM: Quais os projetos para esse segundo semestre? ME: Vou gravar o meu terceiro álbum de estúdio que será totalmente autoral. Mal posso esperar para ver a reação dos meus fãs que, durante muitos anos, me pediram para lançar um CD só com músicas minhas. Beijos com amor para você leitor da revista Mosaico.

RM: Quais são os cuidados de beleza que você não abre mão? ME: Sou vaidosa e gosto de me cuidar, mas nada de forma exageraRevista Mosaico • Edição 73 • 2015 | 47


CAPA

Espero vocês na minha rede social: @marinaelali 48 | Revista Mosaico • Edição 73 • 2015


SAÚDE

Fertilidade masculina Comer diariamente carne processada pode contribuir para a infertilidade dos homens

E

statísticas mundiais a respeito da infertilidade mostram que mais ou menos 15% dos casais que desejam engravidar apresentam algum tipo de infertilidade. Durante muito tempo, os empecilhos eram todos atribuídos às mulheres e só recentemente passaram a fazer parte do universo masculino. Talvez seja essa a razão de se saber tão pouco sobre a infertilidade no homem. As novas pesquisas revelam que os hábitos à mesa podem alterar profundamente a fertilidade masculina. Uma pesquisa realizada pela Universidade de Harvard, nos Estados Unidos, analisou a dieta e a comparou com o tamanho e a forma do esperma de 156 homens que enfrentam infertilidade. Os que consumiam regularmente carne processada tiveram valores, significativamente, mais baixos de esperma normal em comparação aos que ingeriam pouco bacon, salsichas, hambúrgueres e presunto. De acordo com especialistas, o 50 | Revista Mosaico • Edição 73 • 2015

consumo de substâncias processadas cheias de gorduras saturadas, conservantes e hormônios interferem na qualidade do esperma, pois  aumentam a quantidade de espécies reativas de oxigênio, que são moléculas degenerativas, presente no estresse oxidativo. O estresse oxidativo é o resultado do desequilíbrio entre as espécies reativas de oxigênio e antioxidantes.  E quando isso ocorre, ao mesmo tempo em que a quantidade de antioxidantes naturais do esperma estão diminuídas, as espécies reativas de oxigênio da própria célula provocarão danos e disfunções nos espermatozoides, contribuindo para a infertilidade. Segundo pesquisadores, limitar a quantidade de bacon, por exemplo, a menos de uma fatia por dia já pode representar, em média, 30% a mais de espermatozoides normais em comparação ao que tem o hábito de comer carne processada. Os que costumam se alimentar com peixe tiveram vantagem semelhan-

te contra os que não os incluem na sua dieta regular. Outro estudo revelou que o hábito de comer carne processada, como bacon, salsicha e presunto, faz com que os homens também tenham menos sucesso nos tratamentos de fertilização in vitro (FIV) em comparação àqueles que mantêm uma dieta sem esse tipo de alimento. Os resultados mostraram que a taxa de sucesso na fertilização in vitro foi 28% maior para os homens que comiam pouca carne processada quando comparados àqueles que incluíam esse tipo de alimento na dieta do dia-a-dia. Os pesquisadores concluíram também que esses alimentos processados estão diretamente ligados a outros problemas de saúde, como doenças cardíacas, diabetes, problemas de acidez, doenças inflamatórias e câncer. Os cientistas afirmam que as pesquisas estão em caráter inicial e que novas investigações ainda necessitam ser realizadas para confirmar e afirmar, com certeza, a relação entre os alimentos processados e a infertilidade masculina.


Revista Mosaico • Edição 73 • 2015 | 51


NUTRIÇÃO

Pimenta

Foto: Roberto Cunha

Os benefícios da

Além de fazer bem para a saúde, ajuda na longevidade

Raildes Ferreira Bomfim Nutricionista CRN- 4552

S

endo uma das especiarias mais consumidas no mundo, a pimenta está presente na nossa mesa há mais de 500 anos. A pimenta é um condimento de sabor ardente devido a uma substância com propriedades analgésicas e energéticas. O poder nutricional e medicinal faz da pimenta um alimento muito saudável, proporcionando diversos benefícios à saúde. A pimenta é um alimento saudável bastante recomendado, onde diversas pesquisas científicas comprovam seus benefícios à saúde. “Além de ser fonte de vitaminas C, A e complexo B, estudos demonstram que a capsaicina, fitoquímico presente na pimenta e que dá ardência ao alimento, pode prevenir

uma série de doenças”, frisa a nutricionista Raildes Bomfim. Por conta desses benefícios, a pimenta hoje é classificada como um alimento funcional, contribuindo para o bom funcionamento da saúde. “Esses benefícios à saúde são um incentivo a mais para o consumo da especiaria, porém deve-se ter o cuidado ao escolher o produto, dando preferência às pimentas in natura, aos molhos artesanais ou caseiros, com adição apenas de vinagre e uma quantidade adequada de sal”, explica. Referindo-se aos molhos industrializados, “vale salientar que todo alimento industrializado, por mais que pareça natural, sofre processos que promovem modificações e consequentemente perda de um nutriente, além de conter uma grande quantidade de sal utiliza-

do na sua conservação”, diz. A Organização Mundial de Saúde (OMS) aponta o sódio como fator preocupante da alimentação que pode gerar e agravar doenças. Portanto, se recomenda ingestão de, no máximo, 2 gramas por dia de sódio, referencia à OMS. Baseado em pesquisas dos princípios ativos e benéficos da capsaicina, a pimenta ajuda a combater algumas doenças. “Ela tem grande efeito antioxidante, previne o envelhecimento precoce, em especial as pimentas do gênero capsicum, que possuem propriedades antioxidantes devido à presença de capsaicina, que confere ardência e propriedades funcionais ao organismo”, explica. A capsaicina é capaz também de prevenir o acúmulo de gordura na região abdominal e atua como coadjuvante no emagrecimento. “O uso da pimenta vermelha durante as refeições estimula o sistema nervoso, produzindo o aumento da liberação de catecolaminas, noradrenalina e adrenalina, com consequente diminuição do apetite e da ingestão calórica, bem como de gorduras nas refeições seguintes”, frisa. Isso mostra que a pimenta pode

52 | Revista Mosaico • Edição 73 • 2015


ser útil ao emagrecimento, promove o controle do colesterol, ajuda a manter a pressão arterial em níveis normais, além de manter os níveis de LDL colesterol e triglicerídeos sob controle. Possui também propriedades antimutagênicas e anticarcinogênicas, atua na prevenção do diabetes e apresenta ainda propriedades vasodilatadoras, impedindo a formação de coágulos e aumentando o calibre de vasos sanguíneos, fatores que reduzem as chances de um ataque cardíaco ou acidente vascular cerebral. Principais tipos de pimenta Entre os vários tipos de pimenta, as mais consumidas são as vermelha, malagueta, dedo-de-moça, cambuci, cumari-do-pará, de cheiro e murici. Sendo a pimenta malagueta a mais conhecida e utilizada no Brasil, por ter várias formas de

preparo e modo de consumo, são mais versáteis para a indústria de alimentos e mais estimadas por condimentar a comida e excitar o apetite, além de possuir propriedades medicinais, cientificamente comprovadas, e valores nutricionais importantes à saúde. Conclui-se então que a pimenta é um alimento saudável que não há grandes contraindicações a ela. “Apenas ressaltando que o ardor da capsaicina pode causar, por exemplo, desconfortos abdominais em indivíduos que possuem gastrite. Salientando que esses possíveis desconfortos são uma questão particular de cada indivíduo. Eu oriento uma ingestão moderada, pois doses exageradas podem irritar a área gastrointestinal.”


O cantor Battata é a nova promessa do axé

MÚSICA

S

apão e sua equipe decidiram investir pesado no sucessor do hit Vou desafiar você, que já conta com mais de 6 milhões de views no YouTube, e para isso o cantor convocou dois grandes nomes do funk, Mr. Catra e MC Guimê, para acompanhá-lo no Rei do baile. A direção do clip ficou, mais uma vez, nas mãos de Isabelle Lopes e a K2L assina a produção executiva. No vídeo o Rei do baile, que tem como referências Rich Gang e Jay Z., Sapão eleva o nível e vive um magnata que recepciona seus amigos em uma grande festa na mansão. O clima do baile é de ostentação e diversão, com direito a muito espumante Castellamare. Além dos companheiros Catra e Guimê, o clip também conta com a participação surpreendente de MC Marcelly. Para compor ainda mais o clima de sofisticação da festa, a banda Big Time Orchestra, que participou da última edição do SuperStar, também marca presença no clip. A locação escolhida foi o Salão Nobre de Laranjeiras no Rio de Janeiro. As gravações começaram às 18 horas e terminaram por volta das 4 horas da manhã, e contou com cerca de 80 figurantes.

54 | Revista Mosaico • Edição 73 • 2015

Cantor e compositor, Battata colocou sua personalidade artística no atual projeto. Com mais liberdade para criar e inovar no axé e sem deixar de lado o que é feito pelos grandes percussores do estilo, ele lançou recentemente o primeiro EP da carreira. O trabalho, com seis faixas autorais em parceria com Vinni Rodrigues e Cassiopeya, possui uma pegada do axé music com influências do raggae e elementos eletrônicos misturados à típica percussão baiana. No álbum foram gravadas canções inéditas, além da nova música de trabalho Que molejo é esse?, uma batida extremamente dançante e envolvente, que já ganhou o público dos seus shows e das redes sociais. As canções de Battata mesclam o romantismo, com letras que falam de amor, agito e paquera, mas sem perder a levada forte do axé. É nessa mistura que ele aposta para ganhar espaço e representar a música baiana no Brasil e no mundo.

o

Sapão lança novo clip com MC Guimê e Mr. Catra – Rei do Baile

: Divulgaç ã

t

o:

Fo

Foto

Di

vu

lga

ç ão

A

criatividade e irreverência são algumas das características que, aliadas à qualidade musical, destacam Battata no atual cenário musical baiano. Ainda criança, teve seu primeiro contato com a música através do pai, que, apaixonado pelos ritmos percussivos, incentivou o filho a tocar percussão. Logo foi percebida a facilidade para o canto e, aos 15 anos, trocou a percussão pelo microfone, formando uma banda com amigos da escola.


ção

lga

vu Di

t

o:

Lexa está solteira, mas sem tempo para namorar. O foco é o trabalho. “Disponível” é o nome do primeiro álbum de carreira da cantora que será lançado em setembro pela Som Livre. “Estou muito feliz, estamos trabalhando no repertório desse disco há quase um ano. Cada música foi escolhida a dedo e fala de situações que eu mesma vivi. Posso adiantar que serão 13 faixas, sendo seis composições minhas. O nome do CD traduz o que estou vivendo nesse momento. Estou disponível para o trabalho, para os meus fãs, para quem quiser me conhecer”, explica. O nome “Disponível” é homônimo à música que está no EP Posso ser lançado nas plataformas digitais no primeiro semestre desse ano. A novidade em primeira mão é que, com o CD, a canção também ganhará um clip.

“Esse CD está bastante especial com inéditas releituras e regravações de clássicos, inclusive da música caipira, como é o caso de Aurora do mundo, que é uma das poesias mais bonitas da nossa história. Busquei com meu diretor musical, Marquinhos Nascimento, elementos modernos e diferenciados. Nesse disco, o público vai perceber uma nova sonoridade, porém respeitando a essência da música sertaneja e voltando às verdadeiras raízes. Espero que a galera curta e abrace esse projeto”, comenta Rick Sollo, que nessa nova fase está sendo empresariado pela Vibe Promoções Artísticas.

ç ão

Quando questionada se levou a sério a ideia de achar um par pelo aplicativo, Lexa diz: “Não sei se daria certo comigo! Acho meio estranho marcar um encontro com alguém que não conheço pessoalmente, mas também não acho impossível dar certo. Conheço algumas pessoas que se conheceram pela internet e namoram até hoje’’, frisa.

C

om um trabalho repaginado e parcerias diferenciadas, o cantor Rick Sollo acaba de finalizar o primeiro CD da nova fase de sua carreira. O álbum intitulado “Foi Deus” traz 16 faixas, com canções inéditas e regravações de sucessos sertanejos. Conta com as participações especiais de Daniel, Rionegro & Solimões, Chitãozinho & Xororó, Bonni e Belluco, Gusttavo Lima, Marciano e Padre Fábio de Melo.

lga

Mas Lexa avisa: “Disponível, nunca fácil. Achei muito divertido. Encontrei algumas pessoas que eu realmente conhecia. Uns meninos que estudaram comigo no colégio e na faculdade. Tem gente que continua igual ou pelo menos não atualizou a foto do perfil”, conta a cantora.

Rick Sollo apresenta novo CD com participações especiais

vu

A

cantora criou uma conta no Tinder, famoso aplicativo de paquera on-line, e avisou pelas redes sociais: ‘’Estou disponível’’. Para não deixar dúvidas que a conta está sendo usada pela cantora, o perfil tem o selo de verificação do próprio Tinder.

Di

Fo

t

o:

Lexa está “disponível”

Fo

Revista Mosaico • Edição 73 • 2015 | 55


MUSICALIDADE

De Cuiabá ao topo das paradas

Fotos: Divulgação

Conheça a trajetória de Henrique e Diego, a dupla que conquistou o Brasil

N

ascidos em Cuiabá, capital do Mato Grosso, os jovens iniciaram na vida artística separadamente, até que o destino se encarregou de cruzar seus caminhos. Diego Barros da Silva despertou o interesse pela música quando criança. Aos 4 anos, inspirado pelo avô, maestro da Polícia Militar, ele se destacava como puxador da escola de samba A estrela do Oriente, na qual seu avô era presidente. Anos mais tarde, já na adolescência, o artista foi vocalista da banda de pagode Porque Não, onde permaneceu durante três anos, precisando se desligar devido aos estudos. Por outro lado, foi através dos estudos que, em 1998, Luiz Henrique Teixeira começou a cantar no grupo de jovens da escola, no qual, em menos de cinco meses, aprendeu também a tocar violão. A partir daí, já era certo que o sonho desse menino era viver nos palcos e shows da vida. Decidido, Henrique saiu em busca de seu objetivo acompanhando o trabalho de duplas sertanejas e trabalhando como roadie em uma produtora.

56 | Revista Mosaico • Edição 73 • 2015


(2012)”, ambos gravados de forma independente, e mais dois CDs e dois DVDs lançados pela gravadora Sony Music.

Assim nasceu a dupla O encontro desses dois talentos aconteceu em 2002, quando Henrique fazia parte da banda de pagode Jeito de Ser como backing vocalist e tocando violão e, pouco tempo depois assumiu o posto de vocalista. Precisando de mais um integrante, a banda saiu à procura de um novo músico, foi aí que o Diego surgiu. Nascia ali uma grande amizade que cresceu e se fortificou, até que em 2005 os dois saíram da banda para criarem a dupla sertaneja Henrique & Diego. Uma parceria de sucesso Atualmente, residindo em Campo Grande, Mato Grosso do Sul, onde está localizado o escritório Dut’s Promoções e Eventos, a dupla traz na bagagem dois CDs promocionais: Te peço volta, lançado em 2009 e o álbum “Henrique & Diego

O primeiro DVD da carreira, “Henrique & Diego – Ao Vivo em Campo Grande” foi gravado em 2012, possui 18 faixas, com participações de Gusttavo Lima, Humberto e Ronaldo e Matheus e Kauan, e sucessos como Me liga, Canudinho (Coração sem noção), Zuar e Beber, entre outras. Já o segundo álbum gravado em 2014, “Henrique & Diego – Tempo Certo Ao Vivo em Campo Grande”, foi lançado recentemente com 18 faixas inéditas, entre elas Suíte 14, Esqueci você, Emburradinha, Senha do celular e outras, que, mesmo em pouco tempo de exposição, as faixas estão sendo bem executadas e disseminadas pelos fãs dos sertanejos. O novo trabalho também traz participações especiais de MC Guimê, Bruninho & Davi, Turma do Pagode, César Menotti & Fabiano e Thiago & Donizeti, e tem a produção de Dudu Borges do StúdioVip e a direção de vídeo de Terra Produções. E assim, com vozes marcantes, muito talento, simplicidade e dedi-

cação, Henrique e Diego seguem levando suas músicas apaixonadas e contagiantes pelas rádios e shows por todo o Brasil, conquistando, com muita determinação e carisma, um lugar cativo no coração do público de todo o país. Eles arrasam na web A música de trabalho da dupla Suíte 14, com participação do funkeiro MC Guimê, foi lançada na internet e, desde então, os números de visualizações só cresceram. Com apenas dois meses, o vídeo atingiu rapidamente 5 milhões de views e 97,3% de like’s no canal do Youtube (HenriqueeDiegoVEVO). Atualmente, o vídeo ultrapassa 15 milhões de views. A música ficou em primeiro lugar no dia do lançamento nas rádios, e entre os Top 5 do Hot 100 da Billboard, também foi destaque em diversos sites de música e referência em diversas mídias, alcançando o primeiro lugar no ranking nacional. O clip de Suíte 14 é o mais visto na VEVO este ano à frente inclusive. de lançamentos internacionais, e já bate mais de 70 milhões de visualizações em seis meses da estreia.

Revista Mosaico • Edição 73 • 2015 | 57


Fotos: Roberto Cunha

CABELO PERSONALIDADE

Olívia Santana

Uma mulher extraordinária que rompeu as barreiras da pobreza e se tornou um ícone das lutas pela igualdade racial, social e de gênero

S

oteropolitana da comunidade do Alto de Ondina, a secretária de Políticas para as Mulheres do Estado da Bahia se destaca no cenário da política por sua luta pela igualdade de gêneros e eliminação da desigualdade racial. O difícil início da vida não impediu a militante de lutar pelo que acreditava. Formada em pedagogia pela Universidade Federal da Bahia (UFBA), Olívia foi vereadora e secretária de Educação e Cultura de Salvador, além de chefe de gabinete da Secretaria do Trabalho, Emprego,

58 | Revista Mosaico • Edição 73 • 2015

Renda e Esporte do governo do Estado da Bahia. Trabalhou como professora em escola infantil, ensinou no Centro de Arte e Educação Alternativa, atendendo crianças com deficiência, obtendo assim grande reconhecimento pelo seu trabalho. Tornou-se sócia-fundadora da Associação de Desenvolvimento da Educação Especial (Adep), atuou no Centro de Educação e Cultura Popular (Cecup), onde trabalhou em projetos de formação de professores de escolas comunitárias, além de ser presidente do Diretório Acadêmico de Pedagogia e secretária de Edu-

cação e Cultura do Diretório Central dos Estudantes da Universidade Federal da Bahia (UFBA) em 1988. A secretária Olívia Santana conquistou posição de destaque na luta contra a discriminação racial e, junto a outros colegas, organizou o grupo Juventude Negra, que discutia a participação dos negros na universidade, tornando-se sóciafundadora da União de Negros pela Igualdade (Unegro), entidade que presidiu em 1994. Também é sóciafundadora da União Brasileira de Mulheres (UBM) e integrante do Fórum Nacional de Mulheres Negras


(FNMN). Em entrevista exclusiva à revista Mosaico, a secretária fala sobre educação e preconceito, entre outros assuntos. Revista Mosaico: Sua origem é bem humilde. Qual foi sua maior motivação para seguir em frente e mudar a realidade em que vivia? Olívia Santana: Foi o desejo de mudança, de acreditar e valorizar as poucas oportunidades que tive. A educação fez toda diferença na minha vida e minha mãe, Maria José Santana, sempre a valorizou. Uma mulher de luta que trabalhava desde os 9 anos e só teve salário aos 19 anos. Esse exemplo serviu para que eu reagisse para fazer diferente. Minha mãe foi a grande responsável pelo meu desenvolvimento humano e acadêmico. Eu tinha um sonho de ser professora. Iniciar a primeira série foi muito significante para mim e, a partir daquele momento, determinei que precisava chegar a algum lugar. Fui servente, limpei muito chão, conclui o ensino médio, fiz vestibular e passei no da UFBA para pedagogia. Essa foi a maior vitória que eu tinha alcançado e, depois desta, outras vitórias vieram. RM: Já enfrentou preconceito por ser negra e como reagiu?

OS: Sempre enfrentei e continuo enfrentando preconceito até hoje das mais sutis às mais evidentes. Hoje me sinto mais forte para enfrentar essa situação. É um problema do olhar a mulher negra sempre em ocupações subalternas. Estamos rompendo com essa barreira ou propondo romper. É preciso se fortalecer nessa estrutura brutalmente desigual. Eu, como mulher negra, sofro preconceito, sim. RM: Qual a importância da Secretaria de Políticas para as Mulheres do Estado da Bahia para as mulheres? OS: É muito importante. As mulheres devem decidir por sua própria vida, traçar seu caminho livremente, ter poder de livre escolha. A missão da SPM-BA é elaborar, propor, articular e executar políticas públicas para todas as mulheres, respeitando suas diferenças, com prioridade para as mulheres em situação de pobreza e/ou vulnerabilidade social em todo o Estado da Bahia. A SPM-BA realiza diversas campanhas de enfrentamento à violência contra a mulher.  Desenvolvemos ações e projetos em articulação e cooperação com os demais órgãos e entidades do Poder Executivo estadual, facilitando e apoiando a

inclusão do conceito e da prática do enfoque de gênero nas políticas públicas estaduais. RM: O perfil da juventude de hoje já não é o mesmo dos tempos da ditadura. O que poderia justificar o desinteresse de boa parte dos jovens pela política? OS: Penso que essa juventude são filhos do período democrático que não entende certas conquistas que tivemos. Penso que o fato de ser jovem não significa ser politicamente avançado. Está faltando um mergulho da juventude na essência das questões políticas e sociais do país. É fundamental fortalecer essa geração de jovens. RM: São grandes as queixas em relação à qualidade do ensino público na Bahia. O que reflete na formação do jovem? Qual é o maior desafio da educação? OS: Temos que nos unir e enfrentar o pacto de mediocridade que existe. Por isso é importante esse projeto de partilha. É necessário ter dinheiro de novos investidores na educação. É preciso colocar redes de escolas estruturadas, dignas de receber alunos e professores capacitados. Precisamos redefinir os parâmetros da escola pública se quisermos oferecer boas perspectivas. Revista Mosaico • Edição 73 • 2015 | 59


CABELO COMPORTAMENTO

Bons hábitos de saúde ajudam a prevenir o

Alzheimer D e acordo com a Associação Brasileira de Alzheimer (Abraz) no Brasil, cerca de 15 milhões de pessoas com mais de 60 anos têm Alzheimer, doença incurável acompanhada de graves transtornos às vítimas. Nos Estados Unidos, é a quarta causa de morte de idosos entre 75 e 80 anos. O Alzheimer é uma doença crônica que atinge, principalmente, a população idosa. Trata-se de uma forma de demência que afeta a memória, as funções cognitivas e a capacidade de realização de tarefas. Caracteriza-se por uma perda de neurônios colinérgicos, o

60 | Revista Mosaico • Edição 73 • 2015

que reduz o número de conexões cerebrais. Estima-se que cerca de 100 mil novos casos da doença surgem no Brasil a cada ano. Os indivíduos mais afetados são idosos, entretanto, há uma forma que atinge pessoas com idade inferior a 65 anos, conhecida como Alzheimer precoce ou familiar. Segundo especialistas, um dos grandes problemas causados pela doença é a redução da capacidade de discernimento, isto é, o doente não consegue entender a consequência dos seus atos, não manifesta a sua vontade, não

desenvolve raciocínio lógico por causa dos lapsos de memória e perde a capacidade de comunicação, impossibilitando que as pessoas o compreendam. Fator de risco: Embora as causas ainda não sejam bem conhecidas, atribui-se a fatores genéticos, ambientais e estilo de vida os desencadeadores da doença de Alzheimer. Certamente a idade é o principal fator de risco para o desenvolvimento da doença, entretanto, outras variáveis podem contribuir para o seu aparecimento, como o tabagismo, história familiar de Alzheimer e diabetes. Sintomas: Os iniciais incluem principalmente a perda de memória. À medida que a doença evolui, outras habilidades do paciente ficam


comprometidas, como a capacidade de fazer julgamentos e raciocínio, orientação espacial e equilíbrio. O diagnóstico é realizado por neurologistas através de diversos exames do status mental, neuropsicológicos e exames de imagem. Complicações incluem o aumento da incidência de quedas e doenças infecciosas do trato respiratório.

Dicas para a prevenção do Alzheimer

as chances de desenvolver Alzheimer e, por isso, é importante fazer 30 minutos de atividade física 3 a 5 vezes por semana. Algumas atividades físicas recomendadas são jogar tênis, praticar natação, fazer ciclismo, dançar ou praticar jogos de equipe, por exemplo. Manter a pressão arterial controlada: A pressão arterial alta está relacionada com o surgimento precoce da doença de Alzheimer

Estimular o cérebro: O ideal é guardar 15 minutos por dia para fazer atividades, como aprender algo novo; falar uma nova língua ou tocar um instrumento; treinar a memória, memorizando a lista de compras, por exemplo; fazer jogos de estratégia, puzzles ou palavras cruzadas.

e demência. Assim, pacientes com

Fazer exercícios regularmente: Fazer exercícios físicos regularmente pode diminuir em até 50%

mências, inclusive o Alzheimer.

hipertensão devem seguir as indicações do médico. Ao adotar esse estilo de vida, o indivíduo apresenta menor risco de desenvolver doenças cardiovasculares e estará estimulando a função cerebral, tendo um menor risco de desenvolver de-


SAÚDE

conheça as razões para não excluí-lo de sua dieta

A

popularidade do pão é antiga. Desde os tempos pré-históricos, o pão é um alimento de primeira necessidade em quase todas as sociedades. Tão logo os caçadores se estabeleceram em sociedades agrícolas, aprenderam como transformar cereais em pão. Esse alimento simples requeria apenas pedras para moer o grão em farinha fina ou grossa, água ou outro líquido

Foto: Roberto Cunha

Pão

Anavalda da Silva Oliveira Nutricionista / CRN – 3152

para a liga e um meio de assar ou cozinhar. Valor nutricional – Ao longo dos anos, o pão é tido como uma refeição suficiente para uma nutrição completa. Isso não é verdade. “O pão contém amido, proteína e algumas vitaminas e minerais, mas está longe de ser nutricionalmente completo, porque é pobre em vitaminas essenciais como A, B12, C e D. Muitos dos nutrientes no cereal são destruídos pela moagem e processamento, mas alguns, especialmente o cálcio, ferro,

tiamina, riboflavina e niacina, são acrescentados para repor os níveis originais ou até aumentálos. Assim, a farinha branca enriquecida, geralmente, tem mais vitaminas do complexo B do que o pão integral”, explica a nutricionista Anavalda Oliveira. A profissional acrescenta ainda que as farinhas de cereais integrais podem ser mais nutritivas que as muito processadas. Além disso, elas também contêm mais fibras. “O acréscimo de outros ingredientes também aumenta o valor nutricional do pão. Dependendo do tipo de pão, podem ser ovos, melado, passas e outras frutas secas, cereais integrais e queijo”, completa. Ainda de acordo com a nutricionista, contrário à crença popular, o pão não engorda. “Uma fatia de pão branco ou de trigo integral contém entre 65 e 80 calorias. No entanto, passar manteiga, margarina ou outros produtos gordurosos no pão faz com que ele se torne calórico e capaz de engordar”, esclarece. O pão também pode apresentar alguns inconvenientes, pois os diversos aditivos, como conservantes, emulsificantes e branqueadores ou corantes para prolongar a sua validade e melhorar sua aparência, não alteram o valor nutricional, mas a maioria dos pães comerciais podem possuir elevados teores de sal para pessoas que estão em dieta com restrição de sódio.

62 | Revista Mosaico • Edição 73 • 2015


Confira 2 dicas da nutricionista Pão integral de passas e ameixas Ingredientes: 2 colheres de sopa de fermento biológico fresco 2 colheres de sopa de açúcar mascavo 2 colheres de sopa de óleo de milho 2 colheres de chá de sal marinho 2 copos americanos de água morna 1 copo americano de passas e ameixas (sem caroços) picadas 8 colheres de sopa de melaço de cana 2 colheres de sopa de canela em pó Farinha de trigo integral (o suficiente) 250g de gérmen de trigo para cada 500g de farinha de trigo integral Modo de preparo: Coloque em um recipiente fundo um copo americano de água mor-

na, fermento, açúcar mascavo e um punhado de farinha de trigo integral. Abafe e deixe fermentar por mais ou menos 1 hora. Após a fermentação, acrescente óleo de milho, sal, um copo americano de água morna, passas e ameixas, melaço de cana, canela em pó, gérmen de trigo e farinha de trigo integral. Misture tudo até obter uma massa homogênea e que não grude nas mãos. Trabalhe essa massa sem sovar por alguns minutos e deixe descansar em um local abafado por mais ou menos 1 hora. Enquanto isso, unte duas formas grandes para pães. Após a massa ter descansado, divida ao meio e coloque nas formas untadas e deixe descansar por mais ou menos 40 minutos. Depois asse em forno quente por mais ou menos 35 minutos. Assim que tirar os pães do forno, desenforme e pincele com melaço de cana.

Pão rápido de assadeira Ingredientes: 2 canecas de leite morno 1 xícara rasa de açúcar 2 ovos inteiros 2 colheres de sopa de fermento de pão ½ colher de sopa de sal 3 colheres de sopa de manteiga 3 ½ xícaras de farinha de trigo Modo de preparo: Bata no liquidificador todos os ingredientes e, por último, a farinha de trigo. Aos poucos, coloque a mistura na assadeira untada e polvilhada e deixe descansar 30 minutos. Após esse tempo, asse em forno médio por mais ou menos 20 minutos. Ao retirar do forno, ainda quente, acrescente queijo ralado.

Você sabia que... Os pães mais antigos e mais simples são os ázimos (sem fermento) feitos com mistura de farinha fina ou grossa com água. Podem ser assados, fritos ou cozidos no vapor. Exemplos desse tipo de pão são a tortilla mexicana, o pão árabe e alguns tipos de bolachas. A adição de fermento, bicarbonato de sódio ou outros agentes à mistura de farinha e água faz a massa do pão crescer, dando-lhe uma textura mais leve e mais fina do que a dos tipos sem fermento. A maioria dos pães encontrados nas padarias é fermentado. O sabor e a textura do pão depende do tipo de farinha utilizada e da forma pela qual ela e outros ingredientes interagem. Em muitos países industrializados, os pães mais populares são feitos de farinha de trigo, que produz um pão de textura leve. Quando a farinha de trigo é misturada com líquido, as proteínas do glúten absorvem a água para formar uma massa elástica que prende o gás proveniente da fermentação; formam-se bolhas de dióxido de carbono resultando na textura leve. O sabor e a textura também são influenciados pelo tipo de líquido utilizado para a mistura com água pura, leite, cerveja, suco de frutas e água do arroz ou da batata cozida. Açúcar ou mel podem ser acrescentados para “alimentar” a levedura e fazer o pão crescer mais rápido.

Revista Mosaico • Edição 73 • 2015 | 63


SAÚDE

Musculação na terceira idade

H

á pouco tempo, envelhecer era sinônimo de ficar em casa numa cadeira de balanço fazendo crochê ou jogando dominó com um grupo de amigos. Porém, a inserção da atividade física, como contribuição para a melhora da qualidade na expectativa de vida na terceira idade, vem ganhando força, e uma das que mais se destaca é a musculação. Ao passar dos anos e com a aproximação de uma idade mais avançada, alterações das características antropométricas, induzidas pelo envelhecimento e perdas funcionais, como redução de força e potência, funções cardiovasculares e respiratórias, agilidade e flexibilidade, são notadas de forma bem significativa. No entanto, com a prática da musculação, a de64 | Revista Mosaico • Edição 73 • 2015

gradação desses fatores torna-se amenizados. Com a intervenção de um educador físico, será oferecido ao indivíduo uma contribuição com a prescrição de uma atividade sadia e segura, que irá promover a desaceleração da sarcopenia (perda de massa muscular), força muscular e mineralização óssea, trazendo de volta ao indivíduo uma autonomia das atividades diárias, que foi deixada de lado em função da perda de suas capacidades funcionais. Sendo assim, conclui-se que a adesão de idosos, a um programa de exercício físico resistido, irá facilitar a melhora significativa nas adaptações musculares e funcionais. O ACSM (American College of Sports Medicine) recomenda no mínimo duas sessões semanais desse trei-

namento, para que esses benefícios sejam notados, e tragam de volta ao idoso sua capacidade física que foi desestruturada ao longo dos anos, recuperando sua qualidade de vida.

Igor Alisson Tobias de Matos Educador físico graduado pela Faculdade de Tecnologia e Ciências (FTC) e especialista em fisiologia e prescrição do exercício pela Universidade Gama Filho (UGF/RJ) CREF. 5167 G/BA


Ação de compra Com revistas, o público é ativo. Tanto em

vendas avulsas quanto em assinaturas, é ele quem seleciona, entre inúmeros títulos, quais informações sobre quais assuntos quer receber. E mais: as informações estão sempre disponíveis. Então, é o leitor quem faz o horário nobre.

Envolvimento

Leitura requer alta concentração. Portanto, entre todas as mídias, as revistas são as que possuem menor índice de dispersão.

Experiência única Ao ler uma revista, o leitor sente que o tempo e o dinheiro investidos realmente valem a pena, pois a aquisição de informações aumentam seu conhecimento e seu poder de reflexão. Alcance As revistas possuem amplo alcance. Tanto em termos de público quanto em termos territoriais. Emoção Recursos gráficos somados

aos texto provocam diversas reações. As pessoas riem, rememoram, analisam, desejam. Enfim, se emocionam e se conectam intensamente com as marcas anunciadas.

Facilidade de interpretação

As redações utilizam linguagem clara, objetiva e de fácil compreensão.

Canais alternativos Há muito tempo as revistas deixaram de ser comercializadas somente em bancas. Hoje, é possível adquirir revistas em lugares como supermercados, cabeleireiros, quiosques e hospitais. Esses novos canais aumentam a compra por impulso e oferecem maior comodidade ao consumidor. Portabilidade As revistas acompanham o consumidor aonde quer que ele esteja. Estando sempre à mão, o leitor é impactado nos mais diferentes lugares. Inclusive, nos pontos de venda onde são decididas as compras. Qualificação

Quem compra revistas tem poder de consumo. O público leitor é formado por consumidores altamente qualificados que, além de adquirir produtos se tornam propagadores de suas qualidades.

Revista Mosaico • Edição 73 • 2015 | 65


66 | Revista Mosaico • Edição 73 • 2015


Revista Mosaico • Edição 73 • 2015 | 67


EVENTOS

Restaurante

Carro de Boi Lança Carta de Cervejas Especiais

N

o final de agosto, o restaurante Carro de Boi, em parceria com o site “Gastronomia Salvador” do casal Daniele Coni e Cristiano Moraes, realizou uma “Degustação Guiada de Cervejas” exclusiva para convidados, onde  foi lançada a nova “Carta de Cervejas Especiais” do restaurante. O evento contou com o apoio da DEC Beers, Interfood e Gaya. A harmonização levou os convidados a uma experiência única no universo das cervejas especiais, provando que a cerveja harmoniza perfeitamente com inúmeros pratos e ingredientes. Entre os presentes, estavam Gabriela Martinez,

68 | Revista Mosaico • Edição 73 • 2015

Raiza Cardoso, Lilian Brasileiro, Daniele Coni, Dalton Soares, Marcello Fontes, Laura Gomes, Tairine Ceuta, entre outros. A casa é gerenciada pelo sommelier de cervejas, Vinício Carvalho, formado em 2014 pelo Instituto da Cerveja Brasil e pela Associação Brasileira de Sommelier (ABS) de São Paulo. Com a experiência adquirida, Vinício adentrou no vasto universo das cervejas especiais e preparou uma “Degustação Guiada” com seis harmonizações incríveis, que levaram os convidados a descobrir novos sabores e magníficas combinações com cervejas e pratos da gastronomia regional.

Destaque para as cervejas  Vedett Extra White com bolinhos de bacalhau. A cerveja combinou bastante com o toque de acidez do limão no bolinho. A  Bamberg  Rauchbier tem sabor levemente defumado e harmonizou perfeitamente com o bolinho de feijoada recheado com couve e bacon. A degustação foi finalizada com a Liefmans Fruitesse on the Rocks, que tem cor avermelhada, sabor de frutas vermelhas e foi harmonizado com cupcake de brigadeiro branco e frutas vermelhas, o que mostrou a todos que algumas cervejas combinam, sim, com sobremesas.


Revista Mosaico • Edição 73 • 2015 | 69


EVENTOS EVENTO

Kall Medrado

Lança seu EP “Sonhos Gratuitos”

O

Fotos: Divulgação

s fãs da Kall Medrado já podem comemorar. A cantora lançou seu mais novo projeto em Salvador. No evento, a artista apresentou as canções do “Sonhos Gratuitos”, que já foram lançadas nas principais plataformas digitais, além de mostrar, com exclusividade para os presentes, o clip da canção de trabalho antes de ir para a página da artista na VEVO. “O público poderá ver de perto esse trabalho que fizemos com todo carinho. Esse é um show especial que estou muito ansiosa para fazer”, disse Kall. O EP “Sonhos Gratuitos” tem duas fases. A primeira foi em 2008, com influências do jazz. E agora, em 2015, tem referências em ritmos do pop norte-americano, fusionados ao R&B. Tudo sem perder a essência brasileira. “Trabalhamos com muito carinho para apresentar um projeto maduro e com referências de grandes nomes nacionais e internacionais”, garante Kall. A cantora confirma ter mergulhado em inspirações de artistas, como Adele, Rihanna, Ariana Grande e Jennifer Lopez. Com o sucesso de sua passagem pelo The Voice Brasil em 2014, a artista, no primeiro semestre, se dedicou à produção visual e repertório musical do seu projeto. André Magalhães é o produtor executivo do EP e do show. Kall Medrado iniciou sua carreira profissional em 2011 e tem dividido sua história musical entre projetos acústicos e performance, como live vocal em grandes festivais de música eletrônica, entre eles Paradise Weekend e três edições da Ministry of Sound. Com sua banda, ela está à frente do projeto MusiKall, sucesso nas noites soteropolitanas e que ganhará o Brasil em breve.

70 | Revista Mosaico • Edição 73 • 2015


EVENTOS EVENTO

Mulheres reais e estilosas na passarela da Paradoxus no Barra Fashion Glamurama

M

ulheres reais e de todos os estilos. Esse foi o exemplo que a Paradoxus mostrou no pocket desfile durante o batepapo com as blogueiras baianas, comandado pela jornalista Juliana Ferraz, do Barra Fashion Glamurama, no Shopping Barra, em setembro. No espaço montado na Praça Central, a empresária Regina Weckerle participou da discussão sobre a relação da mulher com a moda e a sua personalidade em se vestir. No comando da Paradoxus, ao lado 72 | Revista Mosaico • Edição 73 • 2015

de Aline Weckerle, Regina afirmou que a mulher pode sonhar com vários estilos que atendem a sua personalidade, sem se perder em um mar de propostas e se tornar uma vítima da moda. “Não existe mais a ditadura da moda. Em cada coleção tem várias tendências convivendo juntas, dando chance às pessoas de escolher aquela que lhe cai melhor”, comentou Regina. Uma pequena parte da coleção Primavera-Verão 2016, que também tem uma variedade de inspirações

e referências que passam pelos anos 70 pelo romantismo até as tribos nômades dos desertos, foram apresentas pelas glamurettes baianas Bianca Solla, Carol Barreto de Araújo, Gina Gitirana, Lívia Lopes, e Nathália Velame. Entre as top blogueiras, a Paradoxus também vestiu Carol Lisboa, Marcella Brandalize e Cris Rocon. “E eu estou usando uma blusa também da Paradoxus, que vai ser a minha peça curinga do verão”, comentou Juliana Ferraz, do Grupo Glamurama.


Revista Mosaico • Edição 73 • 2015 | 73


EVENTOS EVENTO

Para simplificar o cuidado com o rosto, Natura lança Tez

N

o encontro com jornalistas no início do mês de setembro em Salvador, a Natura

apresentou sua nova linha: a Tez. Descomplicada e prática, a nova linha da Natura foi feita especialmente para quem abandonou ou nunca teve o hábito de cuidar do rosto Após uma extensa pesquisa de hábitos e atitudes da brasileira, a Natura identificou que existe uma grande parcela da população que não tem nenhum tipo de cuidado específico com o rosto, e por isto precisa de produtos mais simples, práticos e acessíveis. Essa é a proposta de Natura Tez, uma linha que simplifica o cuidado com o rosto por meio de produtos multibenefícios, 74 | Revista Mosaico • Edição 73 • 2015

com sensorial prazeroso e fórmulas inteligentes que mantém o pH natural da pele. “Natura Tez traz em sua fórmula o respeito ao pH da pele do rosto, e isto é importante, pois a nossa pele

não possui pH neutro como muitas pessoas pensam. Ele varia de acordo com a região do corpo”, explica Joana Miranda, gerente de desenvolvimento de fórmulas para o rosto da Natura.


Revista Mosaico • Edição 73 • 2015 | 75


EVENTOS

7

ª

Feira Cosmética movimenta o mercado de beleza na Bahia

J

á consagrada no calendário de eventos do setor, a 7ª Edição da Feira Cosmética Bahia 2015, que

aconteceu de sábado até segundafeira de 18 a 20 de julho, das 12h às 20 horas no Hotel Fiesta em Salva-

76 | Revista Mosaico • Edição 73 • 2015

dor, mais uma vez foi um sucesso. Durante três dias, os profissionais do setor e o público em geral tiveram oportunidade de conhecer e comprovar a eficiência e a qualidade de diversos lançamentos em

cosméticos, perfumaria, produtos naturais, acessórios para salões de beleza e muitos mais. O evento contou com o patrocínio do Sebrae/BA.


Show de profissionais de beleza Vários shows de famosos cabeleireiros e maquiadores aconteceram nos palcos montados nos stands das marcas que participaram da Feira. Além de cortes e pinturas de cabelo, o público conferiu as novidades para sobrancelhas e novas técnicas para pintar as unhas com esmaltes revolucionários. Algumas marcas também apresentaram, na prática com o público, as novidades em produtos de cabelo, cabelos naturais, tesouras e apliques. Sucesso do Congresso A Cosmética Bahia 2015, a revista Mosaico e o Sindicato dos Trabalhadores e Consultores do Ramo de Beleza do Estado da Bahia (Sindicobe) também promoveram o 19°Congresso Internacional Científico de Cosmetologia e Estética da Bahia com palestras de renomados profissionais do Brasil, além da Brazilis Cosméticos apresentar o pré-congresso. Também foi destaque nessa edição o Simpósio de Micropigmentação Avançada e o Simpósio de Cabelo com Val Mariotte. No piso onde foi realizado o Congresso, houve um espaço para exposição e comercialização de produtos para estética. As marcas presentes foram: Valmari, Aragon, Brazilis, Santé e Corpo e Mente. As novidades Este ano, o evento foi marcado por grandes novidades. A Casa dos Kits apresentou o esmalte aromatizado que permanece nas unhas por longo tempo. A Vult Cosmética lançou sua linha de esmaltes com Grazi Massafera. Os esmaltes têm uma tecnologia exclusiva, chamada UBS, que combina três fatores: Revista Mosaico • Edição 73 • 2015 | 77


uniformidade, brilho e secagem.

tratar o cabelo e o couro cabeludo.

A Mutari trouxe seu carro-chefe: a

A Ky Charme trouxe selagem, redu-

escova de ouro, uma revolução em

tor de volume e seu carro-chefe: a

hidratação que promete força, re-

escova ultravioleta (zero formol). A

sistência e brilho. Indicada para to-

Di Cristal apresentou toda a linha

dos os tipos de fios, principalmen-

turmalina, progressivas para ca-

te os mais danificados, e o Detox

belos afro, matizadores, linha de

Capilar promove desintoxicação da

manutenção bicho-da-seda e linha

raiz às pontas e controle da oleosi-

SOS Argan.

dade, além de tonalizantes e matizadores.

O carro-chefe Innovar Professional foi a nova linha de hidratação do

Já a Vogue Cosmetics apresentou

alho que promove um resultado de

sua linha de alisamento, o botox

reconstrução do cabelo imediato.

capilar e a escova matizadora. Seu

Helena Hair Designer fez diversos

carro-chefe foi o anabolizante capi-

penteados casuais e sofisticados.

lar, um complexo de proteínas para

A Lakshimi apresentou o que há

78 | Revista Mosaico • Edição 73 • 2015

de melhor em cabelos naturais. Já a Keyow Profissional, entre outras novidades, apresentou a excelente hidratação de 3 minutos. A Perffio Cosméticos, empresa atuando há dez anos com multimarcas, agora se lança no mercado profissional da beleza como indústria e marca própria. A Perffio levou um grande lançamento – o elastincare – produto à base de colágeno, elastina, arginina e acido hialurônico.


Revista Mosaico • Edição 73 • 2015 | 79


Destaque no Nordeste A Cosmética, que se tornou referência para o setor na Bahia e em todo o Nordeste, contou com muitos stands e, aproximadamente, 3.000 mil pessoas por dia. O evento tem como objetivo também estimular a capacidade empreendedora dos profissionais da área e promover oportunidades de aperfeiçoamento dos trabalhadores com informações antes só encontradas em outras regiões. O evento também proporcionou encontro dos profissionais do setor com as empresas de cosméticos, aparelhos, exportadores, importadores e os mais conceituados nomes que atuam no país. Negócios O setor é um dos que mais cresce no Brasil. A Bahia se destaca com mais de 100 indústrias de cosméticos, sendo que algumas delas já exportam produtos voltados para o público negro diretamente da África. Segundo dados do Euromonitor, o Brasil ocupa a terceira posição em relação ao mercado mundial de higiene pessoal, perfumaria e cosméticos.

80 | Revista Mosaico • Edição 73 • 2015


Revista Mosaico • Edição 73 • 2015 | 81


82 | Revista Mosaico • Edição 73 • 2015


ANÚNCIO

Revista Mosaico • Edição 73 • 2015 | 83


LANÇAMENTOS

Creme Pelefina À base de partículas de prata, o creme Pelefina da Bio Genetyc  proporciona uma esfoliação intensa em pés ressecados ou com calosidade.   Sua formulação contém nano partículas de prata que protege contra bactérias e fungos, facilita a cicatrização, regenera a célula epidérmica, possui ação antitranspirante e inibe os maus odores. Para potencializar a hidratação, é enriquecido com vitamina E, ureia e extratos botânicos, como aloe vera, calêndula, camomila, sálvia e carité. Preço sugerido: R$ 45,00

Kit PRO-Hair Califórnia Girl

Shampoo e Condicionador Over Glam Cabelos severamente danificados por agressões do dia-a-dia, como vento seco e poluição ou fragilizados por processos químicos, perdem brilho e maciez, além de ficarem quebradiços e com frizz. Para recuperar a beleza das madeixas de dentro para fora, a Sachê Professional indica o Shampoo e Condicionador Over Glam, capazes de promover a restauração do fio da raiz até as pontas. Preço médio: R$ 33,00 (cada)

84 | Revista Mosaico • Edição 73 • 2015

Independentemente da estação do ano, os cabelos loiros com luzes e mechas nunca saem de moda. Para clarear os fios com segurança e rapidez e manter o visual iluminado, a Nick & Vick Cosmetics possui em linha o Kit  PRO-Hair Califórnia Girl, um sistema de clareamento gradativo ativado com o calor do secador, ideal para fazer luzes e mechas californianas em cabelos loiros ou castanhos claros naturais. Preço médio: R$ 34,90

Frizz Ease Secreat Weapon A John Frieda lança o Frizz Ease Secreat Weapon, um creme finalizador com óleo de abacate, silicone, glicerina, filtro solar, proteína vegetal e ureia. Esse produto amacia e dá brilho aos fios sem deixá-los oleosos, e possui fórmula absolutamente inovadora, que penetra em cada fio de cabelo nutrindo-o e protegendo-o por 24 horas dos efeitos da umidade e agressões externas. Preço médio: R$ 68,00


Mask Hidratação Profunda Manteiga de Manga Indicada para cabelos cacheados com tendência a frizz, a máscara capilar de hidratação intensiva, com manteiga de manga, apresenta alto poder emoliente e diminui o volume dos fios. Contém óleo vegetal que ajuda a diminuir o frizz, glicerina e silicone, que garantem uma hidratação profunda, conferindo muito mais brilho às madeixas. Preço médio: R$ 32,00 

Massage Lotion for Stretch Marks Loção de massagem para hidratar e prevenir o aparecimento das indesejáveis estrias.  Rico em manteiga de cacau 100% pura, o produto é enriquecido com vitamina E e Bio-C Elaste™ um blend para aumentar a capacidade da elasticidade da pele. Combina ingredientes naturais superiores com os maiores avanços da ciência para um estiramento saudável da pele. Bio-C Elaste™ pro-ativo da pele combina colágeno, elastina, centella asiática, óleo de argan, óleo de amêndoa, manteiga de karité e firmadores da pele.   Preço médio: R$ 67,50

Firming Lotion Loção firmadora que tonifica a pele e pode ser usada a qualquer momento, mesmo após a gravidez ou perda de peso. Combinação de manteiga de cacau, colágeno, elastina e karite dão firmeza, melhorando a elasticidade e textura da pele. Além disso, ginseng e vitamina E ajudam a nutrir e rejuvenescer. Contém coenzima q10, que é um antioxidante que estimula as células da pele para tonificar e suavizar. Preço médio: R$ 67,50

Spray Secante de Esmalte Cuidar bem das mãos e estar com as unhas sempre esmaltadas e impecáveis virou regra entre as mulheres, e o spray secante de esmalte é item indispensável, principalmente nos dias mais quentes, pois, além de auxiliar na secagem e evitar que acidentes estraguem todo o trabalho, o produto forma uma película protetora de alto brilho, proporcionando maior durabilidade e uniformidade ao esmalte. Para manter as unhas lindas, a Mohda Cosméticos possui duas opções de spray secantes: spray secante com óleo de argan e spray secante de esmaltes original. Preço sugerido de cada: R$ 15,00 

Revista Mosaico • Edição 73 • 2015 | 85


ANÚNCIO

86 | Revista Mosaico • Edição 73 • 2015


ANÚNCIO

Revista Mosaico • Edição 73 • 2015 | 87


88 | Revista Mosaico • Edição 73 • 2015

Revista mosaico edição 73