Page 1

FUNFARME n

o

t

Ano XIII / Nº 176 - Setembro - 2016

í

c

i

a

s

Funfarme recebe duas importantes premiações

Prêmio Amigo do Meio Ambiente Os engenheiros Abílio Martins e Rodrigo Plazas seguram o prêmio, ladeados pelo diretorexecutivo da Funfarme, Dr. Horácio Ramalho, e o vicediretor-executivo, Dr. José Luis Esteves Francisco

“Excelência da Saúde 2016” A gerente de enfermagem do HCM, Alari Furlan, com o troféu referente a este prêmio nacional, ao lado do Dr. Horácio, e de outras lideranças do HCM, a gerente administrativa, Gianna Matheus, o diretor-clínico do hospital, Dr. Paulo Poiati Junior, e a enfermeira Lígia Garavello

Confira na página 3 as iniciativas que levaram a Funfarme a conquistar as premiações


Revista Funfarme

Editorial

Prêmios que refletem o reconhecimento da sociedade Os últimos anos têm sido de importantes in-

para o meio ambiente e na sua sustentabilidade.

vestimentos e melhorias constantes em todas as

O que motivou o prêmio foi nosso projeto no

áreas de nosso complexo hospitalar, refletindo

qual, em parceria com a CPFL, trocamos mais de

em nossos serviços e atendimento. Ressaltamos

16 mil lâmpadas fluorescentes por LEDs em todo

sempre: temos muito ainda a avançar e as mel-

o complexo hospitalar, resultando em economia

horias devem ser constantes. Para nossa satis-

de energia elétrica e benefícios ao meio ambiente.

fação, nestes anos também a sociedade tem

O outro prêmio, o “Excelência da Saúde

reconhecido este nosso empenho, a qualidade

2016”, contemplou o HCM por ter implantado

e a importância da Funfarme para a região de

o protocolo de prevenção de queda em pediatria

várias maneiras e se manifestado quando a isso

com o objetivo de evitar acidentes com os paci-

de várias formas, uma delas, nos agraciando

entes internados na instituição. Esta premiação

com prêmios.

foi entregue pela “Healthcare Management”,

Foi o que aconteceu nas últimas semanas,

grupo de mídia nacional que reúne revista e site

quando o complexo Funfarme comemorou

especializado na cobertura da gestão na Saúde e

duas importantes conquistas, estampadas na

em divulgar as boas práticas no setor.

capa desta edição e que você pode conferir na página ao lado.

Estes prêmios, como todos os que recebemos, devem significar reconhecimento e alegria

Pela terceira vez, nossa Fundação recebeu o

não apenas para os colaboradores diretamente

Prêmio “Amigo do Meio Ambiente 2016”, re-

envolvidos nestas iniciativas, mas também para

conhecimento da Secretaria de Estado da Saúde

toda a comunidade da Fundação. Assim, as Dire-

de São Paulo às instituições que desenvolvem

torias da Funfarme e de suas Unidades parabeni-

iniciativas que resultam em impactos positivos

zam a todos!

Diretoria Funfarme

Expediente Informativo da Fundação Faculdade Regional de Medicina (Funfarme) Ano XIII/ Nº 176 Setembro - 2016 • Diretor Executivo da Funfarme: Dr. Horácio José Ramalho • Vice-Diretor Executivo Funfarme: Dr. José Luís E. Francisco • Diretor Administrativo do HB: Dr. Jorge Fares • Vice-Diretora Administrativa do HB: Dra. Amália Tieco R. Sabbag • Diretor Clínico do HB: Dr. João Fernando Picollo de Oliveira • Vice-Diretor Clínico: Dr. William José Duca

2

Funfarme Notícias - Setembro - 2016

• Diretor Técnico: Dr. Paulo Nogueira • Vice-Diretor Técnico: Dr. Maurício de Nassau Machado • Diretor do Hemocentro: Dr. Octávio Ricci Júnior • Diretor do Ambulatório: Dr. Aldenis Borim • Diretora do Lucy Montoro: Dra. Regina Chueire • Diretor do HCM: Dr. Antônio C. T. Gusson • Vice-Diretora do HCM Dra. Eloísa Galão • Diretor Clínico do HCM: Dr. Paulo Poiati Junior • Vice-Diretor Clínico do HCM:

Dr. Wagner Vicensoto • Diretor Técnico do HCM: Gustavo Henrique de Oliveira Produção Editorial: Intermídia Comunicação Empresarial Telefone: 17 3011-5435 Jornalista responsável: MTB 24.527 Jornalista: Fernanda Martinazzi Estagiário: Carlos Cristal e Marina Biaso Diagramação: Roger Goulart Impressão: Gráfica Fotogravura Rio Preto Tiragem: 2000 exemplares


Revista Funfarme

Amigo do Meio Ambiente A Funfarme classificou-se entre as 15 melhores instituições no Prêmio “Amigo do Meio Ambiente 2016”, concedido anualmente pela Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo às organizações de saúde que atendem o SUS em âmbito nacional e se destacam por iniciativas de proteção ao meio ambiente e de sustentabilidade. A fundação recebeu o prêmio pelo projeto “Eficiência Energética”, no qual, em parceria com a CPFL, substituiu 16.042 lâmpadas fluorescentes por LEDs no complexo hospitalar. A troca de lâmpadas resultou em benefícios para o meio ambiente e gera economia de energia e financeira. “Reduzimos em cerca de 841 mil megawatts/hora (MWh) o consumo de energia por ano, economia de 5,65% do consumo total da fundação”, afirmou o engenheiro eletricista da Funfarme, Abílio Martins.

Estes 841 MWh são suficientes para abastecer cerca de 350 residências com consumo mensal de 200 KWh (quilowatts/ hora) durante 12 meses.

Abílio Martins e Rodrigo Plazas exibem, orgulhosos, a placa alusiva ao prêmio, resultado do empenho e apoio de todos os colaboradores da Funfarme

Protocolo de prevenção de queda infantil do HCM ganha prêmio nacional em saúde O Hospital da Criança e Maternidade (HCM) recebeu o prêmio “Excelência da Saúde 2016”, promovido pela Revista Healthcare Management, sendo escolhido na categoria “Boas Práticas e Compliance”. A iniciativa vencedora foi o protocolo de prevenção de queda em pediatria, implantado no HCM para evitar estes acidentes. O protocolo foi elaborado pela enfermeira Giovanna Lopes de Souza, supervisora da Emergência Pediátrica, com a colaboração da enfermeira Bruna Cury. “Adaptamos a escala de classificação de risco de queda canadense “Humpty Dumpty”, considerada uma referência em todo o mundo para a realidade do HCM. Com base nesta classificação, sinalizamos na pulseira de identificação de cada paciente se o risco de ele cair é alto ou baixo, orientando assim as medidas preventivas por parte da equipe de enfermagem“, explicou Giovanna.

A gerente de enfermagem do HCM, Alari Furlan de Jesus, recebeu o prêmio, em cerimônia realizada pela revista no Guarujá

Após a inauguração do HCM, há três anos, foi necessário padronizar os processos de trabalho assistenciais e, neste último ano, principalmente os que visam à segurança do paciente. O prêmio ressalta o compromisso de nossa equipe multiprofissional com a qualidade assistencial prestada pelo hospital. Alari Furlan de Jesus, gerente de enfermagem do HCM Funfarme Notícias - Setembro - 2016

3


Revista Funfarme

3º Congresso Internacional de Cirurgia Geral consolida-se como um dos maiores eventos científicos do país O Congresso proporcionou a oportunidade de centenas de pessoas poderem compartilhar o seu conhecimento e experiências, não só acadêmicas e profissionais, mas também de vida. Dr. Horácio Ramalho, diretor executivo da Funfarme

A Famerp/Funfarme realizou, do dia 22 a 24 de setembro, seu 3º Congresso Internacional de Cirurgia Geral, já considerado um dos maiores eventos científicos do Brasil desta ampla área médica. O evento trouxe as últimas novidades em técnicas e tratamentos nas várias subespecialidades da cirurgia. O prestígio e importância do evento foram evidenciados pela grande adesão de participantes: 600 profissionais de 19 diferentes Estados brasileiros. Promovido em parceria com o Colégio Brasileiro de Cirurgiões (CBC), o Congresso reuniu em exposição 95 trabalhos científicos de médicos e alunos de instituições de todas as regiões do país.

TOTAL DE INSCRITOS TOTAL DE PALESTRANTES TOTAL DE PARTICIPANTES

531 57 588

Transplante Multivisceral é destaque no evento

Diretorias e médicos da Funfarme e Hospital de Base recepcionaram Dr. Rodrigo Vianna (de preto) e avaliaram a viabilidade da implantação do Serviço de Transplante Multivisceral no HB e de parceria com o hospital de Miami 4

Funfarme Notícias - Setembro - 2016

Para a abertura do Congresso, a Famerp/ Funfarme trouxe, como convidado internacional, o cirurgião brasileiro Rodrigo Vianna, um dos maiores especialistas do mundo em transplante de intestino/multivisceral. Diretor do Serviço de Transplantes do Jackson Memorial Hospital, da Universidade de Miami. Dr. Rodrigo proferiu duas palestras. Numa, relatou brevemente sua trajetória profissional. Na outra, apresentou resultados significativos obtidos por sua equipe no campo do transplante de intestino/multivisceral.


Revista Funfarme

ACONTECEU

Funfarme realiza exames e tira dúvidas da população em evento no Poupatempo

Para chamar a atenção para as doenças cardíacas e prestar informações à população, médicos do HB e estudantes da Famerp atenderam gratuitamente o público que passou pelo Poupatempo, no centro de Rio Preto. A ação fez parte da campanha “Setembro Coração”, que teve a adesão da Funfarme/Famerp e outras instituições de saúde da cidade. “Nossos profissionais e estudantes não pararam um minuto sequer, o que demonstra o quanto a população é carente de informações e atendimento nesta área”, ressaltou Dr. Paulo Nogueira, cardiologista da Funfarme e um dos coordenadores da iniciativa.

Lucy Montoro celebra o Dia da Pessoa com Deficiência com palestras para pacientes e familiares

“O poder que os pais exercem é um conjunto de deveres em relação aos filhos menores, já que o fato de terem suas guardas e companhia implica em garantir os direitos fundamentais deles”, afirmou Dr. Pelarin, durante sua palestra

Nada melhor do que celebrar o Dia da Pessoa com Deficiência oferecendo informações valiosas a ela e seus familiares. Foi o que fez a Unidade do Instituto de Reabilitação Lucy Montoro, no dia 22 de setembro, ao promover seu 2º Ciclo de Palestras, para o qual trouxe três convidados com temas bastante valiosos ao deficiente físico. O juiz da Vara da Infância e Juventude de Rio Preto,

Dr. Evandro Pelarin, falou sobre os direitos da criança e do adolescente, em especial aos portadores de necessidades especiais. Em seguida, de maneira descontraída, a Profa. do Curso de Enfermagem da Famerp, Adriana Pelegrine dos Santos, abordou a sexualidade do paciente com lesão medular. Ao final, o educador físico do Lucy Montoro, Marcelo Jamil Humsi, enfatizou a importância da atividade física para a pessoa com deficiência. Funfarme Notícias - Setembro - 2016

5


Revista Funfarme

Profissionais da Funfarme recebem treinamento sobre sistema de auxílio à tomada de decisões A Funfarme disponibiliza a seus colaboradores três eficazes ferramentas que os oferecem informações e conhecimento atualizados e valiosos para que se aprimorem profissionalmente e possam oferecer atendimento ainda melhor à população. E, no dia 20 de setembro, a fundação ofereceu um treinamento para apresentar e explicar os benefícios de uma das delas, o portal UpToDate, ferramenta de suporte a decisões clínicas baseadas em evidência compartilhadas. Saiba mais abaixo sobre o UpToDate e as outras duas ferramentas.

Outras Ferramentas

Portal UpToDate

Eu e os residentes usamos diariamente a ferramenta. Ela nos ajuda nas decisões de qual conduta tomar, fechar diagnósticos e optar por terapêuticas. Dr. Jorge Fares, diretor administrativo do HB e clínico geral

É um servidor online que funciona como base de dados para pesquisa técnica na área médica, Mais de 6.300 médicos autores, editores e revisores reconhecidos mundialmente usam um processo editorial rigoroso para sintetizar as informações. O acesso ao Portal pelos docentes, médicos, residentes e alunos começou há 7 anos, por meio de assinatura anual. É uma ferramenta importante que contém o que há de mais atualizado sobre as especialidades, mudanças na prática médica, informações ao paciente, fármacos, calculadoras médicas, autores e editores médicos e assuntos interessantes dos editores do Portal. Desta maneira, estes profissionais estão sempre em contato com referências do que há de mais novo na medicina. Mais de 1,1 milhão de médicos em 180 países e quase 90% dos centros médicos acadêmicos nos Estados Unidos contam com o UpToDate para oferecer o melhor atendimento

Sobre o revisor técnico

Prof. Dr. Antonio Carlos Assumpção

• Doutor em Fisiopatologia da A eletrocardiografia é um método de diagnóstico de Cirurgia (Universidade Estadual de Campinas - Unicamp). grande utilidade na clínica diária, mas que traz dificuldades • Mestre em Fisiopatologia em Clínica Médica (Unesp - de interpretação, Botucatu). por ser um dos mais complexos da medicina. Ciente• Graduado em Medicina dessas dificuldades, o ex-aluno da 4ª turma (Faculdade de Medicina de Itajubá-MG). da Faculdade• Especialista em Cardiologia de Medicina de Rio Preto, de 1976, Dr. José (SBC-ABM), Medicina Luiz Ferreira dos Santos lançou o livro “Eletrocardiograma Intensiva (AMIB-AMB), ao alcance deEstimulação Cardíaca todos” para auxiliar colegas profissionais da Artificial (DECA-SBCCV) e Eletrofisiologia Clínica Invasiva saúde. O livro,(SOBRAC-SCB-AMB). que chegou a sua 3ª edição, já faz parte do acervo da Famerp. “Para avaliar um eletrocardiograma, é necessário compreender bem a anatomia, fisiologia e a atividade elétrica cardíaca, conhecimentos estes que requerem dedicação no estudo e exercício prático constante com o exame”, disse o autor. ISBN 978857655545-2

9 788576 555452

ph1596_capa_final.indd 1

6

Funfarme Notícias - Setembro - 2016

ClinicalKey é uma plataforma de busca clínica para atualização e prática profissional que disponibiliza a informação mais atual e abrangente para todas as especialidades médicas e. Endereço: www.clinicalkey.com

Capes O Portal de Periódicos da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) é uma biblioteca virtual, com acervo de mais de 38 mil títulos, 123 bases referenciais, 11 bases dedicadas exclusivamente a patentes, que reúne e disponibiliza a instituições de ensino e pesquisa no Brasil o melhor da produção científica internacional. Endereço: www.periodicos. capes.gov.br

Dr. José Luiz Ferreira dos Santos Sobre o autor

Dr. José Luiz

Eletrocardiograma ao alcance de todos

Este livro busca apresentar a interpretação do eletrocardiograma (ECG) de maneira simples, para que todos os interessados possam ter acesso aos conhecimentos básicos sobre esse importante exame, que possibilita profundas informações acerca do desempenho do coração, de forma rápida, sem riscos ao paciente e a custo acessível a todos.

DR. JOSé LUIz FERREIRA DOS SAntOS

Ex-aluno da Famerp lança 3ª edição de livro sobre eletrocardiografia

ClinicalKey

• Mestre em pela Univer Campinas -

• Especialista e em Ecodo (Sociedade Cardiologia

• Graduado e Faculdade d José do Rio

3a edição

Eletrocardiograma ao alcance de todos


Revista Funfarme

ACONTECEU

Presidente do Congresso Paulista de Nefrologia visita colegas para ouvir sugestões para edição 2017 do evento O presidente do Congresso Paulista de Nefrologia, Dr. Lucio Requião, visitou a Funfarme para ouvir de seus colegas nefrologistas sugestões para a organização do Congresso da especialidade, em 2017. Secretário da Sociedade Brasileira de Nefrologia (SBN) e nefrologista do Serviço de Transplante do Hospital Albert Einstein, Dr. Lucio conheceu o HB, em particular, os Setores de Transplantes e Hemodiálise. “O HB é o sexto hospital-escola que visito e, honestamente, fiquei impressionado com sua estrutura. As informações obtidas aqui serão muito válidas para o Congresso.” Os nefrologistas Drs. João Fernando Piccolo, Rodrigo Ramalho, Horácio Ramalho e Mário Abbud Filho recepcionam Dr. Lúcio Requião na Funfarme

Médica apresenta resultados da adoção da diálise peritoneal como alternativa à hemodiálise

Dra. Dayana apresenta Programa implantado na emergência do HC há dois anos

O Ciclo de Palestras da disciplina de Nefrologia da Famerp/Funfarme trouxe a nefrologista Dayana Bitencourt para falar sobre a experiência e os resultados do Programa de Diálise Peritoneal Não-planejada do Hospital de Clínicas da Faculdade de Medicina de Botucatu (HC-FMB/UNESP). O Programa oferece ao paciente com indicação médica para a diálise peritoneal a opção de fazê-la ao invés da hemodiálise. Caso opte pela diálise, o tratamento é iniciado imediatamente, prosseguindo até a alta hospitalar. Posteriormente, o paciente retorna ao hospital três vezes por semana para fazer diálise, enquanto sua família é treinada para dar continuidade ao procedimento em casa.

Curso de Capacitação Teórica e Prática sobre ventilação mecânica para fisioterapeutas Como instituição de ensino referência no Estado, a Funfarme promoveu o 1º Curso Teórico e Prático para capacitação de fisioterapeutas que atuam na atenção básica da região no qual os profissionais tiveram acesso a técnicas de ventilação mecânica invasiva. O curso foi motivado pelo aumento crescente do número de pacientes que precisam utilizar suporte de ventilação mecânica em suas casas. Funfarme Notícias - Setembro - 2016

7


Revista Funfarme

Simpósio discute ações que reduzam ainda mais a sepse no complexo

Dra. Suzana Lobo, médica intensivista da Funfarme, membro da Comissão de Sepse e referência no Brasil sobre esta infecção generalizada, apresentou as últimas novidades discutidas no mundo e enfatizou que o diagnóstico e tratamento precoces são a maneira mais eficaz de combatê-la

A sepse é implacável. A cada ano, no mundo, surgem cerca de 30 milhões de novos casos, dos quais, 6 milhões atingem recém-nascidos e 10 milhões, mães. Embora o Hospital de Base venha obtendo resultados no combate à sepse melhores do que a média dos hospitais brasileiros, Diretoria e os profissionais envolviA sepse é o conjunto de mados nunca estão satisfeitos. Por isso, pelo nifestações graves em todo o segundo ano consecutivo, a instituição reorganismo produzidas por uma alizou o simpósio com o tema “Desafios do infecção. Chamada antigamente Atendimento em Hospitais de Ensino”.

O que é sepse

de septicemia ou infecção no sangue, hoje a sepse é mais conhecida como infecção generalizada.

Pesquisa ajuda a classificar perfil de pacientes que respondem melhor ao tratamento de sepse

Tema mostra sua importância ao lotar dois anfiteatros Conectados via circuito interno de TV, médicos e enfermeiros envolvidos com o controle da infecção no HB e no HCM apresentaram os principais dados sobre a sepse na Funfarme e no país, nos últimos anos, e as novidades na atenção e manejo dos pacientes. O reconhecimento do tema pela comunidade da Fundação ficou evidente pela adesão ao evento. Para sediá-lo, foram necessários dois anfiteatros, que ficaram lotados

8

Funfarme Notícias - Setembro - 2016

Em busca de melhores resultados e tratamentos mais efetivos, Dra. Suzana Lobo e sua equipe realizaram pesquisa com o objetivo de demonstrar a importância de se agilizar a internação em UTI de pessoas que apresentem a doença. Foi justamente está a conclusão a que se chegou avaliando os resultados do tratamento de 149 pacientes internados na Emergência do HB com sepse grave ou choque séptico. O estudo mostrou que o tratamento obteve resultados mais positivos nos mais jovens e que foram transferidos para a UTI em até seis horas após a entrada na Emergência.

Nossos dados são bons em relação aos hospitais brasileiros, mas queremos nos aprimorar cada vez mais. Para os próximos anos, traçamos a meta de diminuir o tempo de início de antibiótico e a taxa de mortalidade em decorrência da sepse. Marcia Lopes enfermeira da Comissão de Combate à Sepse na Funfarme


Revista Funfarme

dá show de solidariedade A Funfarme teve mais uma demonstração do carinho e consideração da população. Desta vez, estes sentimentos foram demonstrados através dos mais de 5.000 produtos doados à Loja do Bem, iniciativa do Iguatemi que, durante 11 dias, cedeu uma loja onde os clientes do shopping puderam conhecer um pouco mais a fundação, participar de palestras e atividades e doar produtos de higiene pessoal e toalhas.

5.176

produtos doados, entre absorventes, sabonetes, creme dental, escova de dente, toalha de banho, xampu, condicionador, lâmina de barbear, papel higiênico, fio dental, sabonete líquido, cotonetes, fralda infantil, colônia infantil, lenço umedecido, desodorante, caixa joia, lençol e fronha. A Funfarme precisa de 6 meses para angariar o que conseguiu nos 11 dias da Loja do Bem (veja quadro ao lado). O balanço surpreendeu diretores da fundação e colaboradores envolvidos na organização da loja. “As doações vão ajudar centenas de nossos pacientes do SUS. Agradecemos muito os colaboradores envolvidos neste projeto e a população pelo carinho”, disse a superintendente assistencial da Funfarme, Maria Regina Jabur.

Alguns dos colaboradores que participaram da Loja do Bem exibem, felizes, pequena parte dos produtos doados

Mais de 5 mil itens arrecadados Produtos Absorvente Sabonetes Creme dental Escova de dente Toalhas de banho

Janeiro a junho 2016 Loja do Bem 480 1768 1413 1529 1018 882 898 473 188 1428

Funfarme reúne fotos de pacientes transplantados em exposição no Dia Nacional de Incentivo à Doação de Órgãos Em alusão ao Dia Nacional de Incentivo à Doação de Órgãos, 27 de setembro, a Funfarme montou exposição com fotos e depoimentos de pacientes transplantados nos mais de 20 anos de Serviço na instituição. Só em 2015, o HB e o HCM realizaram 262 transplantes (96 de rins, 63 de córneas, 52 de medula óssea, 48 de fígado, 2 de pâncreas/rim e 1 de coração).

Funfarme Notícias - Setembro - 2016

9


Revista Funfarme

Dia do Secretário é celebrado com palestra sobre imagem pessoal Em 30 de setembro, comemora-se o Dia da Secretária, e elas são às centenas na Funfarme. Para celebrar a data, secretárias e secretários assistiram a palestras de professores da Unirp sobre o tema “Construindo uma Imagem de Sucesso”. A plateia não perdeu a oportunidade de esclarecer dúvidas sobre a postura profissional e roupas mais adequadas para o. Mais fotos podem ser acessadas na intranet.

Crianças em tratamento no HCM são modelos em campanha para doação e confecção de perucas Pacientes do Setor de Oncologia do HCM foram modelos fotográficos para uma das campanhas do projeto “Cuca Feliz”, que tem como proposta arrecadar mechas de cabelos para a confecção de perucas para crianças com câncer. Idealizadora da campanha, a jornalista Cacá Junqueira pretende conscientizar a população sobre os desafios do doente com câncer e incentivar cada vez mais pessoas a serem doadoras.

10 Funfarme Notícias - Setembro - 2016


Revista Funfarme

Jovens profissionais concluem programa de aprimoramento Mais um ciclo de treinamentos dos menores aprendizes e estagiários encerrou-se, desta vez, com 55 participantes. Eles adquiram conhecimento e desenvolveram habilidades que certamente serão importantes nas suas trajetórias profissional e pessoal.

A ideia é que eles construam suas carreiras na Funfarme, o que damos total apoio. Caso não aconteça, queremos que estejam preparados e capacitados para enfrentar o mercado de trabalho e serem bem sucedidos. O resultado foi bastante positivo. Pudemos norteá-los para que eles conheçam todas as possibilidades de crescimento profissional.

O diretor executivo, Horácio Ramalho, fala aos menores aprendizes (foto abaixo)

Cristiane Midori, responsável pelo setor de Recursos Humanos

Programa de estágio da Funfarme é destaque em revista nacional O programa de estágio da Funfarme ganhou grande reportagem na Revista Agitação, publicação nacional com tiragem 60 mil exemplares, distribuída a empresários, comerciantes e empreendedores de todo o país. A revista é editada pelo CIEE (Centro de Integração Empresa-Escola), com o qual a Funfarme mantém parceria há mais de 16 anos para oferecer estágios a alunos dos ensinos médio e superior.

Funfarme Notícias - Setembro - 2016 11


Revista Funfarme

Primeiro transplante de pulmão da história do HB é um sucesso e paciente tem alta hospitalar

42 dias após ser submetido ao 1º transplante de pulmão da história, Antônio Pelaio Dias, de 53 anos, recebeu alta hospitalar no dia 6 de outubro. É a primeira vez que um paciente sobrevive a este procedimento em toda a região Noroeste do Estado de São Paulo.

Presente inesperado

Equipe Multidisciplinar se despede do aposentado

Todos em nossa instituição estamos muito orgulhosos e felizes por vermos o vigor com que o Pelaio vai para a casa. O transplante de pulmão definitivamente está incorporado à nossa instituição. Dr. Horácio José Ramalho, diretor-executivo

Próximos meses requerem cuidado

Quando foi diagnosticado com a doença pulmonar obstrutiva crônica, Pelaio vendeu toda sua tralha de pesca por achar que não iria mais voltar à beira do rio. Ao saber desta história e que o paciente vencera a doença, o aposentado Irineu Cocenzo, amigo do cirurgião torácico Dr. Henrique Nietmann, decidiu fazer uma surpresa a Pelaio e, no dia de sua alta hospitalar, presenteou-o com equipamentos novos. 12 Funfarme Notícias - Setembro - 2016

A “caminhada ainda é longa, mas a chance de Pelaio evoluir bem é grande”, disse o médico pneumologista Rafael Musolino, no dia da alta do paciente. Os cuidados devem ser grandes nos próximos meses, sobretudo em relação ao risco de rejeição do órgão e infecção. Pelo menos, nos próximos três meses o paciente retornará ao Hospital de Base semanalmente para ser avaliado pela equipe médica.


Revista Funfarme

UTI Cardiológica (Ucor) recebe novo aparelho de ultrassom

Somente nos dois primeiros meses, o aparelho foi utilizado para o diagnóstico de 35 pacientes da Ucor

A UCor recebeu um moderno aparelho de ultrassom portátil, que possibilita aos médicos realizarem exames no leito hospitalar, agilizando o diagnóstico e beneficiando o paciente, que não precisa se deslocar para o Setor de Diagnóstico por Imagem. Quinze médicos e residentes da cardiologia fizeram treinamento para operar o novo equipamento. De acordo com a supervisora de enfermagem da UCor, Vanessa Bonafim, o aparelho de ultrassonografia guiada é mais seguro e prático por possibilitar o acompanhamento de procedimentos invasivos como, por exemplo, a passagem de cateter venoso central, e para realização de biópsias.

Dra. Luisa Saad Hanem, residente da cardiologia, utiliza o aparelho de ultrassom para exame diagnóstico

Raio-X digital agiliza atendimento no PA A Funfarme incorporou um novo aparelho de Raio-X digital, exclusivamente usado para atendimentos clínicos e de trauma no Pronto Atendimento do SUS. “O paciente não precisa mais ser deslocado ao Setor de Radiologia para fazer o exame. O equipamento é exclusivo do PA, o que agiliza muito os atendimentos, favorecendo os médicos e, sobretudo, os pacientes”, explica Marilza Guerra da Silveira, coordenadora da Radiologia.

3.500

raios-X são feitos, em média, todo mês, no PA e Emergência do SUS.

Paciente sendo avaliado no Pronto Atendimento Funfarme Notícias - Setembro - 2016 13


Revista Funfarme

Colaboradoras se despendem da Fundação com festa Em reconhecimento ao trabalho dedicado à Fundação, deretores e colegas surpreenderam 3 colaboradoras que se aposentaram, Fátima Ferreira Crispim Pessoa, auxiliar de limpeza, há 28 anos na instituição, Maria Liria Amaral Rodrigues, técnica de enfermagem, há 18, e Maria de Fátima Oliveira, há 28 anos, receberam, no dia 11 de outubro, festa de despedida e placa de agradecimento da diretoria e superintendência da Funfarme. Maria Liria Amaral

Maria de Fátima Oliveira Fátima Ferreira Crispim

Para comemorar o Dia das Crianças, o HCM, em parceria com os grupos de voluntários, preparou várias atrações para divertir seus pacientes e os acompanhantes. O intuito foi estimular nas crianças a percepção do lúdico, característica da infância. Palhaços, super-heróis e mágicos supreenderam e conquistaram sorrisos e gargalhadas. No dia 12 de outubro, as atividades se multiplicaram ainda mais: aula de ioga, contação de histórias, pinturas e tatuagens, dança hip-hop e grafitação nos muros da instituição.

14 Funfarme Notícias - Setembro - 2016


Revista Funfarme

Funfarme/Famerp avalia com a Secretaria do Estado os seus Programas de Aprimoramento e Aperfeiçoamento A Funfarme/Famerp realizou seu 4º Encontro de Supervisores dos Programas de Aprimoramento e Aperfeiçoamento para avaliar sua condução, resultados e discutir cenários futuros. O evento contou com a presença de Eni Tani, coordenadora do programa de aprimoramento profissional da Secretaria do Estado de São Paulo (falando, na foto ao lado) e com diretores e lideranças da fundação e da faculdade. A Funfarme possui um dos maiores programas de aprimorandos e aperfeiçoandos do Estado.

964

aprimorandos já se formaram desde 1981, quando foi instituído o programa

688

concluíram o Programa de Aperfeiçoamento, que existe desde 2000

Tratamento digno e atitudes preventivas são foco do Iº Curso de Cuidadores

Dra. Regina Godoy, geriatra, ressaltou que os cuidadores são responsáveis por modificar o ambiente para os idosos, tornado-o mais seguro

O idoso e o atendimento de qualidade dado a ele foi o tema central que norteou o 1º Curso de Cuidadores da Funfarme, organizado pelo Serviço de Fonoaudiologia da instituição, no dia 17 de setembro. Gratuito, o evento ofereceu a cerca de 60 profissionais conhecimentos relacionados às áreas da geriatria, psicologia, nutrição e fonoaudiologia. “Neste curso, quisemos ampliar o conhecimento dos cuidados e ressaltar que, com atitudes certas, os cuidadores colaboram muito para os riscos e acidentes, assegurando a saúde e bem-estar do idoso e, consequentemente, reduzindo sua presença nos serviços de saúde”, disse Magali Orate, chefe do Serviço de Fonoaudiologia. Participaram também do evento a gerente de enfermagem da Funfarme, Edna Castro, e a fisioterapeuta Laís Helena Carvalho. As palestras inspiram-se em três temas centrais: 3 a compreensão do envelhecimento; 3 os principais problemas de saúde recorrentes nos idosos; 3 e o tratamento digno dado a eles.

É importante salientar que 70% dos alunos são cuidadores formais e que, mesmo técnicos no assunto, ainda procuram atualizações na área e a Funfarme desempenha esse papel de disseminar o conhecimento. Magali Orate, organizadora do Curso e coordenadora da COAPRIMO

A qualificação do curso não tem igual. Nunca vi uma integração tão grande entre os profissionais da área e os hospitais. Além disso, eles abrangem diversas áreas dos cuidados com o idoso, ressaltando sempre o tratamento humazinado. Daniela Santana dos Santos, Cuidadora

Funfarme Notícias - Setembro - 2016 15


Revista Funfarme

Refletir

O Poder dos Quietos Osmar Silva

“Eles, os Quietos, têm características que estão sendo cada vez mais apreciadas. Muitas das pessoas mais criativas da história eram introvertidas. O silêncio é um ingrediente crucial da criatividade. A persistência também exige reflexão e calma. Introvertidos não desistem facilmente. Albert Einstein, um introvertido notório, disse “não é que eu seja muito inteligente; é que eu fico nos problemas por muito tempo”. Partindo da ascensão do ideal de extroversão no século XX, Susan Cain questiona os valores dominantes no mundo empresarial de hoje. De modo inspirador, a autora nos apresenta histórias de introvertidos de sucesso e oferece inestimáveis conselhos sobre como os tímidos podem tirar vantagem das suas características. Em O poder dos quietos, Susan Cain contempla também as crianças introvertidas em capítulo especial com dicas para pais e professores. O poder dos Quietos tem o poder de mudar para sempre a maneira como os introvertidos se veem e, talvez mais importante, como as outras pessoas os veem. O poder dos Quietos, esse livro eu recomendo. Boa leitura para todos!” Osmar Silva é superintendente administrativo da Funfarme

“O poder dos quietos”, da americana Susan Cain, mostra que a introversão é ingrediente fundamental para a criatividade e a inovação. O livro é um dos mais vendidos do ano nos Estados Unidos, segundo o jornal The New York Times

Atividades do Outubro Rosa trazem humanização a pacientes e as deixam mais bonitas Para chamar a atenção à importância da prevenção do câncer de Mama, a Fundação recebeu diversas ações em prol das pacientes que passam por tratamento na instituição. No dia 13 de outubro, uma jovem violinista tocou músicas clássicas aos pacientes do ICA. O intuito era o de acalmar e humanizar o ambiente. Já no dia 20, foi a vez da ONG Amigos de Cuca, em parceria com professora e alunos de estética de uma Universidade de Rio Preto, maquiarem pacientes e funcionárias do ICA e Quimioterapia.

Violinista se apresenta no ICA; acima e à direita, maquiadoras e colaboradores no ICA e, abaixo, na Quimioterapia 16 Funfarme Notícias - Setembro - 2016


Homenagem ...amor

Revista Funfarme

Ser secretária é...

Adriana Carla da Costa Dias é uma das secretárias mais experientes da Funfarme, onde está há 19 anos. Estimulada a relembrar estas quase duas décadas, ela se emocionar o difícil começo em Rio Preto. Natural de Lins, deixou os pais e a cidade com apenas 17 anos para “fazer o futuro” em cidade maior. Trabalhou por cinco anos no comérAdriana, cio, mas enfrentava grandes dificuldaem frente à des financeiras, quando surgiu uma Recepção da vaga no HB. “Tinha uma filha de seis Quimioterapia meses e me lembro que, ao ser chamada pelo hospital, tive que ir a pé por falta de dinheiro para o ônibus”, conta, tentanto conter as lágrimas. Formada em secretariado, Adriana descobriu durante o processo seletivo que não havia vagas para secretária.”Não desanimei. Consegui a vaga de copeira, agarrei a chance e trabalhei com muita dedicação.” Assim foi durante 10 anos até que, finalmente, surgiu a oportunidade de ser transferida para o cargo que tanto desejava, no Setor de Quimioterapia. “Fiquei meio preocupada, por ser um setor delicado. Anos antes, uma priminha de cinco anos havia falecido, em decorrência de uma leucemia. Mas isso serviu de aprendizado, decidi encarar mais esse desafio e abraçar a causa. Hoje, sou muito feliz e faço tudo com muito amor!”

...respeito “Respeito e dedicação são fundamentais para qualquer coisa que se faça na vida”. Esta frase norteia a vida pessoal e profissional de Maria Celina Silva Zerezuela ou simplesmente Celina, como é conhecida a secretária da Gerência do HCM, simplesmente apaixonada pelo o que faz: o secretariado. Após trabalhar em banco e no comércio, ela teve sua primeira experiência na área da Saúde, em 2001, numa UBS, onde foi recepcionista e secretária. “Eu fazia o agendamento. Quatro anos depois, surgiu a oportunidade de vir para a Funfarme, nem hesitei. Seria um novo desafio, numa instituição bem maior.” Vencido rigoroso o processo de avaliação e contratação, Celina tornou-se secretária da Gerência de Enfermagem do HB. Em 2013, com a inauguração do HCM, foi transferida. Muito organizada, como deve ser uma secretária, Celina não deixa de constar em sua agenda alguns compromissos indispensáveis, neste caso, não os profissionais, mas os dedicados ao corpo, a mente e a alma: academia e hidroginástica quatro vezes por semana, alternadamente, a piscina com as amigas, aos sábados, e o encontro com os quatro irmãos e a igreja, aos domingos. A pessoa que mora mais longe dela é uma das com quem tem um dos maiores vínculos em sua vida: a única filha, resultado do casamento que já dura lindos 36 anos, mora em Jundiaí onde trabalha.

Principalmente em suas primeiras consultas, os pacientes chegam muito cabisbaixos e entristecidos. Então a gente sempre busca uma maneira de fazer com que eles se sintam melhor e mais confortáveis. Conforme o tratamento avança, percebemos uma melhora muito grande na autoestima dos pacientes e isso é reconfortante.

Mimos Toda a dedicação e respeito dispensados aos profissionais da Funfarme voltaram em forma de reconhecimento (como o panfleto ao lado). Com a abertura do HCM, Celina passou novamente por avaliação e foi selecionada para secretariar a Diretoria do novo hospital. “Sou muito grata por todo carinho que recebo dos diretores, das gerências administrativas e de enfermagem, com quem, hoje, trabalho mais diretamente”, agradece.

Funfarme Notícias - Setembro - 2016 17


Revista Funfarme

Aumentam casos de câncer de mama em mulheres mais jovens

1 novo caso de câncer de mama foi registrado a cada 2 dias, em média, no ICA.

A incidência do câncer de mama vem aumentando entre as mulheres mais jovens. É o que mostram os números de atendimentos feitos pelo Instituto do Câncer (ICA), do Hospital de Base. Em 2015, 66 dos 171 novos pacientes tinham menos de 50 anos, ou seja, elas representam mais de um terço (38%) do total. O Setor de Registro Hospitalar de Câncer ainda não concluiu a tabulação dos dados de 2015, mas estes números reforçam a importância da prevenção desde cedo.

Fatores de risco • Idade • História familiar • Alta densidade do tecido mamário • Fatores reprodutivos: menarca precoce, menopausa tardia, nuliparidade • Não amamentação • Sedentarismo • Obesidade Gráfico 1: Faixa etária da descoberta do diagnóstico, RHC – Hospital de Base,2015 • Tabagismo • Etilismo Como prevenir? • Terapia de Não há segredo. É simples se prereposição venir do câncer de mama. Primeiro, hormonal uma vida saudável: ter dieta balanceada, fazer atividade física, não fumar após a e evitar bebidas alcoólicas, sobretumenopausa do, em excesso. Segundo, apalpar as mamas com frequência e fazer a mamografia. A partir dos 40 anos, o exame deve ser feito anualmente. Para as mulheres na menopausa, é aconselhável não fazer reposição hormonal ou fazê-la sob orientação estrita do médico.

18 Funfarme Notícias - Setembro - 2016

A atriz Patrícia Pillar é um exemplo de que o câncer de mama pode atingir mulheres jovens. Ela descobriu a doença aos 38 anos. Felizmente, está curada. Veja abaixo a lição que extraiu da experiência:

É uma sorte muito grande eu ter vencido o medo ter o hábito de fazer o auto-exame. É muito melhor vencer o medo porque, se você encontra o nódulo no começo, mantém sua mama, a cicatriz é pequena e a chance de recuperação é imensa.


Revista Funfarme

Biblioteca Dicas de livros da “Biblioteca Dr. José Paulo Cipullo”, situada no térreo do HB. Colaboradores, pacientes e acompanhantes podem retirá-los. Informações no ramal 1843.

Extraordinário De R. J. Palacio

O livro conta a história de Auggie, um menino que nasceu com uma síndrome genética cuja sequela é uma severa deformidade facial. Em um manifesto em favor da gentileza, ele enfrenta uma missão nada fácil quando começa a frequentar a escola pela primeira vez: convencer os colegas de que, apesar da aparência incomum, ele é um menino igual a todos os outros.

O pequeno laboratório de Deus De G. W. Carver

Filho de escravos, aquele menino negro não era muito diferente de tantos outros que têm nascido mundo afora, exceto porque tinha um sonho, pelo qual doou sua vida: o de lutar pela sua gente. Contrariando todos os prognósticos, ele se tornou um dos maiores cientistas do mundo.

Biblioteca do Shopping HB empresta 11 livros, em média, por dia A Funfarme acredita em iniciativas que fomentem o saber, a leitura e a educação. Uma delas foi a abertura da Biblioteca do Shopping HB que, já no seu primeiro mês de funcionamento, mostrou-se um sucesso. Apenas nestes 30 dias, 331 livros foram emprestados, ou seja, uma média de 11 por dia. E a comunidade demonstrou sua gratidão pelo novo espaço cultural doando-lhe 138 livros. “A biblioteca recebe todos os públicos e, quanto mais exemplares tivermos, maiores serão a rotatividade e as possibilidades de leitura. Agradecemos a todos e nos disponibilizamos para receber novas obras literárias”, disse Silvia Kawata, colaboradora do Setor de Hotelaria da Funfarme.

Os gêneros literários mais lidos Infantil/infanto juvenil: 106

Orfandades

De Pe. Fábio de Melo

Literatura nacional: 44

O livro traz histórias curtas e comoventes, muitas vezes até divertidas, que tratam das mais diversas formas de orfandade. Padre Fábio busca com este livro revelar o quanto sofremos e o quanto nos tornamos vítimas da dor provocada pelas ausências que enfrentamos pela vida.

Literatura estrangeira: 40 Romance: 40

Agradecimentos No dia 10 de setembro sofri um infarto. Estava com amigos médicos que me levaram ao HB. Foi a melhor coisa que poderia ter me acontecido. Fui rapidamente e muito bem atendido na emergência, o que vai fazer toda a diferença pro resto da minha vida. Após a angioplastia, fui encaminhado para a UTI. Aí é que a experiência se completou. Estou impressionado e agradecido com o atendimento que tive também na UTI. Fiquei por 48hrs e fui muito bem tratado pelos médicos, mas, o que realmente me impressionou foi a boa vontade, carinho, profissionalismo e interesse da equipe de enfermagem. Marcelo Dela Torre – Rio Preto

Sou funcionária da instituição, meu marido André Luiz Ferreira fez cirurgia vascular no dia 13 de setembro. Escrevo para agradecer a todos pelo atendimento, disponibilidade e humanização. Fomos muito bem atendidos. Agradeço aos médicos, setor de internação, equipe de enfermagem, operacional e portaria. Um forte abraço. Marta Elisa Valente – Rio Preto

Meus sinceros agradecimentos pelo atendimento que minha mãe, Aurora de Matos Gonçalves, recebeu enquanto esteve hospitalizada. Aos médicos da neurologista, pela atenção e compreensão dispensada, às equipes de enfermagem, profissionais de fisioterapia, terapia ocupacional que foram de suma importância para sua recuperação. A todos meus sinceros agradecimentos. Adriana Matos Mirassol Funfarme Notícias - Setembro - 2016 19


Revista Funfarme

LEISHMANIOSE VISCERAL Especialista do HC de São Paulo dá palestra de atualização sobre leishmaniose a profissionais da Saúde Médicos, residentes e profissionais da Saúde assistiram, no dia 19 de setembro, à palestra sobre Leishmaniose Visceral, ministrada pelo Prof. e Dr. José Angelo Lauletta Lindoso, especialista em doenças infecciosas e parasitárias pelo Hospital das Clínicas de São Paulo (HC). Durante o Encontro, realizado no anfiteatro do mezanino do HB, profissionais da região também apresentaram palestras, inclusive, com indicadores da doença no Brasil, e discutiram casos. O que é a leishmaniose? É uma doença crônica sistêmica, caracterizada por febre de longa duração, perda de peso, fraqueza, anemia, entre outros sintomas. Quando não tratada, pode evoluir para óbito em mais de 90% dos casos. Onde ocorre? Zoonose rural, vem se expandindo para áreas urbanas, sendo o cão a principal fonte de infecção. Como é transmitida? Através da picada de mosquitos flebotomíneos. A fêmea infectada pica cães ou outros animais infectados e depois pica o homem, transmitindo o protozoário Leishmania chagasi. Não ocorre transmissão direta de pessoa para pessoa. Como é diagnosticada? O diagnóstico laboratorial baseia-se principalmente em exames imunológicos e parasitológicos. Como é o tratamento? Utiliza-se o antimoniato de N-metil glucamina ou a Anfotericina B lipossomal ou o Desoxicolato de Anfotericina B, disponíveis na rede de serviços do SUS. Como prevenir? Combatendo o mosquito transmissor com a limpeza periódica dos quintais, retirando matéria orgânica em decomposição (folhas, frutos, fezes de animais e outros entulhos que favoreçam a umidade do solo), dando destino adequado ao lixo orgânico e limpando os abrigos de animais domésticos. Referência: 1. Brasil. Ministério da Saúde. Secretaria de Vigilância em Saúde. Guia de vigilância epidemiológica. 7. ed., 2010 – Leishmaniose visceral. 11. – Brasília: Ministério da Saúde, 2010. 2. Brasil. Ministério da Saúde. Secretaria de Vigilância em Saúde. Manual de vigilância e controle da leishmaniose visceral. Disponível em: <http://bvsms.saude.gov.br/bvs/ publicacoes/manual_vigilancia_controle_leishmaniose_ visceral_1edicao.pdf> Acesso em: 10/10/2016.

Gráfico 1 - Percentual de casos confirmados de leismaniose Visceral por faixa etária, no HB/HCM/FUNFARME no período de 2011 à 26/09/2016.*

Fonte: SINANnet-FII_NHE/HB/FUNFARME

* dados provisórios

Gráfico 2 - Nº de casos de Leishmaniose Visceral e letalidade(%), por ano de notificação no NHE/HCM/FUNFARME no período de 2011 a 26 de setembro 2016.*

Fonte: SINANnet-FII-NHE

Nº de casos

Letalidade

Doenças de Notificação Compulsória! - NOTIFIQUE NHE/FUNFARME - Ramais do NHE/HB – 1380 e 1837 . Segunda a sexta-feira, das 7h30 às 17h30. www.hospitaldebase.com.br/nhe - À noite, nos finais de semana e feriados, o telefone do plantão da Vigilância Epidemiológica do município de São José do Rio Preto é (17) 99784-8863. 20 Funfarme Notícias - Setembro - 2016

Revista hb setembro 2016  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you