Page 1

Nº 3 | Junho 2013

DESPORTO

INATEL e Fundação Benfica unidas na promoção social Património HOTEL DA PRAIA EM ALBUFEIRA

Férias INATEL

Para todos os gostos

Paraíso à beira mar CULTURA Uma viagem por Ibsen chega ao Teatro da Trindade

Primeira edição do “Concurso Nacional 2013/2015 – Festival INATEL” na Caparica


Proteja o coração do seu carro. O motor é o coração do seu carro. Cuide dele com os nossos melhores combustíveis de sempre. Todos os combustíveis BP contêm Invigorate™, com a sua fórmula única que protege contra a acumulação de resíduos prejudiciais, ajudando a manter o seu motor saudável e em forma. Visite bp.pt para saber mais.


TL Maio 2013 // FUNDAÇÃO INATEL // 3 // SUMÁRIO

// EDITORIAL

5 Notícias

9 Espaço Associado:

O caminho das pedras

Afonso Rocha

10 Cultura: Concurso INATEL/Teatro Novos Textos

12 Tema de capa: Viagens INATEL “Para todos os gostos”

14 Desporto: Protocolo com Fundação Benfica

16 Viagens: Peregrinação à Terra Santa

17 Hotelaria: Hotel Albufeira

18 Património: Edifício da Praia em Albufeira

19 INATEL Social: Dias Tranquilos

20/ 21 Ecrãs e Em cena: espetáculos e novos filmes em cartaz

22 Motor; Palavras Cruzadas; Sugestões

O

espírito da livre parceria marca mar e sol do Algarve em condições económicas de com enorme força as atividades máximo conforto. Mais um passo no cumprimento da INATEL. Com renovadas da missão da Fundação, a qual (insisto, sem me colaborações com parceiros de cansar!) não é ser mais um grupo de hotelaria; é ser elevada representatividade va- a instituição de apoio à ocupação dos tempos livres mos ampliando a nossa ação, ao e à recuperação de esforços de quem trabalha ou mesmo tempo que são geradas importantes siner- trabalhou toda a vida e aqui encontra o acesso prigias entre entidades que prosseguem fins comple- vilegiado ao lazer, que de outra forma lhe escapamentares. É o caso do protocolo que assinamos em ria. abril com as duas centrais sindicais portuguesas, Quando o leitor folhear esta edição do TL estará CGTP e UGT, cujos representantes integram, aliás, a reabrir as suas portas o Teatro da Trindade. o Conselho Geral da Fundação. Com estes protoco- Beneficiado com obras de requalificação, o nosso los iremos criar, estou certo, vantagens que se reve- Teatro volta ao convívio com o seu público para ser larão estimulantes para os sindicalizados das orga- o grande espaço de acolhimento daquilo que de nizações representativas dos trabamelhor se produz entre nós em terlhadores. mos de espetáculo e de manifesO Trindade volta Num plano diferente, com o tação cultural popular. O Trindade para ser mesmo espírito de parceria celebravolta para ser devolvido à cidade e devolvido à mos um protocolo com a Fundação ao país como a grande casa onde se cidade e ao país Benfica, no qual aliamos o convite celebra a cultura popular e cujas como a grande ao desporto para os mais desfavoretábuas serão pisadas tanto pelos casa onde se cidos entre os jovens ao combate grandes vultos profissionais da celebra a cultura pela inclusão social das suas famícena portuguesa como pelos heróipopular e cujas lias. Espero que outros clubes descos amadores que criam e recriam, tábuas serão portivos se disponibilizem para paràs vezes em condições tão difíceis, pisadas tanto cerias similares. Também assomanifestações de criação cénica e pelos grandes ciações empresariais se mobilizaram musical popular de enorme qualivultos com o mesmo espírito de parceria dade. profissionais da para colaboração com a INATEL. O Todos estes pequenos grandes cena portuguesa passos que vos sinalizo pontuam Conselho Empresarial do Tâmega e como pelos Sousa, tal como a Associação um verdadeiro “caminho das heróicos Empresarial da Região de Viseu pedras”, que estamos a percorrer amadores assinaram connosco protocolos de em conjunto. Face às dificuldades colaboração que abrem os nossos que o país enfrenta, a Fundação serviços, em condições vantajosas, INATEL continuará a contribuir às empresas suas associadas e, sobretudo, aos cola- para a vida mais plena de todos os que através da boradores das mesmas. nossa ação encontram o espaço de respiração A nossa requalificada hotelaria faz crescer, retemperadora que lhes dará mais alento para entretanto, a oferta de qualidade que propomos seguir o seu próprio caminho rumo à cidadania aos nossos associados e à população em geral. Em completa. I Albufeira, o renovado Hotel da Praia entrará em funcionamento a partir deste verão. Aí, muitos milhares de associados poderão desfrutar do melhor Presidente da Fundação INATEL

Jornal Mensal e mail: tl@inatel.pt | Propriedade da Fundação INATEL Presidente do Conselho de Administração: Fernando Ribeiro Mendes Vice-Presidente: José Manuel Soares; Vogais: Jacinta Oliveira e Álvaro Carneiro Sede da Fundação: Calçada de Sant’Ana, 180, 1169 062 LISBOA, Tel. 210027000 Nº Pessoa Colectiva: 500122237 Diretor: Fernando Ribeiro Mendes Coordenadora de edição: Teresa Joel Logótipo: Fernanda Soares Design: José Souto Fotografia: José Frade Redação: Calçada de Sant’Ana, 180 1169 062 LISBOA, Telef. 210027000 Colaboradores: Ana Lynce Amaral, Carlos Blanco, Ernesto Martins, Joaquim Diabinho, Joaquim Paulo Nogueira, José Baptista de Sousa, José Lattas, João Cachado, Lúcia Torres, Mário Caetano, Patrícia Ribeiro. Publicidade: Direção de Marketing (DMRI) Telef. 210027189; Impressão: FLAT FIELD, Marketing e Promoções Lda., Campo Raso 2710 139 Sintra tel. 214345400 Dep. Legal: 41725/90. Registo de propriedade na D.G.C.S. nº 114484 Preço: 1,00 euro Tiragem deste número: 75.276


TL Junho 2013 // FUNDAÇÃO INATEL // 5

Inovação e empreendedorismo INATEL promove Franchising Social No passado dia 14 de maio, a Fundação INATEL apresentou publicamente o seu mais recente projeto, “Franchising Social”, desenvolvido com o objetivo de implementar uma rede de agências de viagens e de espaços de restauração com a marca INATEL.

T

al como nos indica o nome escolhido, a exploração destes novos espaços será cedida a entidades exteriores à fundação, em regime de franchising, e todo o projeto reveste-se de um carácter social muito forte, quer na sua planificação quer no conjunto de serviços e preços que se pretende oferecer à população, sempre com a qualidade que tem caracterizado a ação da INATEL ao longo dos seus quase 78 anos de existência. A sessão pública de apresentação do “Franchising Social”, organizada no salão nobre do edifício sede da Fundação, foi aberta pelo seu presidente, Fernando Ribeiro Mendes, que, na sua intervenção, apresentou sumariamente o conceito e o grande empenho da INATEL em reforçar a sua oferta no âmbito social, pensada numa lógica em que o benefício direto para a população está presente em todas as fases do seu desenvolvimento. Transmitiu, também, ao público presente a mensagem do Ministro da Solidariedade e da Segurança Social, Pedro Mota Soares, que, por motivos de agenda, não pôde estar presente. Nesta mensagem, o ministro fez referência quer ao valor acrescentado da inovação e do empreendedorismo sociais, enquanto agentes da maior importância no combate à exclusão social e ao desemprego, quer ao contributo da INATEL, através da ação que esta tem desenvolvido no estímulo e no reforço da economia social. Durante esta sessão, assistiu-se igualmente à assinatura dos seis protocolos de colaboração que a INATEL estabeleceu até ao mo-

1

2

3

4

mento, no âmbito do projeto, e que visam a participação e a complementaridade das entidades presentes nos vários processos inerentes à sua implementação. Nomeadamente, o Instituto do Emprego e Formação Profissional; a Cooperativa António Sérgio para a Economia Social; a Santa Casa da Misericórdia de Lisboa, através do seu projeto social BIS Banco de Inovação Social, também recentemente apresentado; o Banco Espírito Santo; o banco Montepio Geral; e a Sociedade Histórica da Independência de Portugal. Após a assinatura dos protocolos, teve lugar um espaço de discussão sobre o tema “Inovação Social e Emprego”, com a participação de João Cotter Salvado, diretor de Investigação do Instituto de Empreendedorismo Social; Maria

do Carmo Marques Pinto, diretora do Departamento de Empreendedorismo e Economia Social da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa; e Octávio Oliveira, presidente do Instituto do Emprego e Formação Profissional. Em todas as intervenções, ficou bem patente o grande valor que o empreendedorismo e a inovação sociais representam como criadores de oportunidades, do desenvolvimento e da cidadania. A encerrar a sessão, houve ainda tempo para uma sessão de esclarecimentos aos futuros candidatos presentes, apresentando, de uma forma mais detalhada, as várias fases do processo de receção e avaliação de candidaturas, a formação que será proporcionada aos candidatos e o modelo de negócio pretendido pela INATEL.

5 1. Assinatura de protocolos 2. Abertura da sessão pública pelo presidente da Fundação, Fernando Ribeiro Mendes 3. Octávio Oliveira, presidente do IEFP 4. João Cotter Salvado, diretor de Investigação do IES 5. Maria do Carmo Marques Pinto, diretora do Departamento de Empreendedorismo e Economia Social da SCML

O “Franchising Social” consiste numa iniciativa através da qual a Fundação INATEL pretende contribuir, de facto, para o desenvolvimento económico e social de uma forma sustentável. Numa primeira fase, planeia-se a abertura de um espaço de turismo em Espinho e de dois espaços de restauração, em Lisboa e Porto. I


6 // FUNDAÇÃO INATEL // TL Junho 2013

Protocolos com UGT e CGTP

A

Fundação INATEL celebrou, em abril último, protocolos de colaboração com a UGT União Geral de Trabalhadores, e a CGTP-IN Confederação Geral dos Trabalhadores Portugueses Intersindical

Nacional, que prevêem a colaboração “no sentido de aproveitar as potencialidades” das respetivas instituições, e o desenvolvimento de uma “cooperação institucional mútua no que respeita às atividades de lazer, cultura e desporto,

ligadas ao aproveitamento dos tempos livres dos seus associados e respetivas famílias”. A Fundação esteve representada pelo seu presidente, Fernando Ribeiro Mendes, e pelo vogal do conselho de administração, Álvaro

Carneiro. Pelos novos parceiros assinaram João Proença, secretário-geral da UGT; Arménio Carlos, secretário-geral da CGTP-IN, e Libério Domingues, membro da Comissão Executiva do Conselho Nacional. I

Grupo Rentokil Initial Rentokil Controlo de Pragas Initial Higiene Initial Medical Premium Scenting

Rentokil Initial Portugal Complexo Industrial de Vialonga, Fracção C1 e C21 Granja de Alpriate 2626-501 Vialonga Tel: 808242412 Web: www.rentokil.pt Web: www.initial.pt Web: www.ambius.pt

A Solução Integrada de Higiene para o Seu Negócio

Na Rentokil Initial acreditamos que o controlo do nível de higiene deve ser considerado em todas as áreas sujeitas a riscos. O nosso objectivo é a protecção da sua saúde, oferecendo-lhe produtos e serviços de higiene de alta qualidade que reduzem o risco de propagação de bactérias. Orgulhamo-nos de fornecer um serviço de excelente qualidade, que garanta à sua empresa uma imagem positiva e ambientes saudáveis e higienizados. Contacte-nos e obtenha uma inspecção gratuita.


TL Junho 2013 // FUNDAÇÃO INATEL // 7

INATEL estabelece parcerias com empresas do Tâmega e Sousa

A

unidade hoteleira de Entreos Rios foi palco, em maio, da assinatura de um protocolo entre a Fundação INATEL e o CETS Conselho Empresarial do Tâmega e Sousa. O protocolo foi assinado por Fernando Ribeiro Mendes e José Manuel Soares, presidente e vice-presidente da Fundação, respetivamente, e pelo presidente e vicepresidentes do CETS, Luís Miguel Ribeiro, Nuno Fonseca e José Reis. A cerimónia, presenciada por dezenas de empresários da região do Tâmega e Sousa, contou com a presença e intervenção do Secretário de Estado da Solidariedade e Segurança Social, Marco António Costa, e do presidente da Câmara Municipal de Penafiel, Alberto Santos. Marco António Costa realçou o dinamismo do sector empresarial

da região e da capacidade de trabalho dos seus empresários, referindo ainda que o protocolo com a INATEL manifesta um novo caminho para a sustentabilidade económica da instituição e um excelente exemplo de cooperação entre a economia social e a economia privada. Fernando Ribeiro Mendes sublinhou, por sua vez, o papel da

economia social no apoio ao tecido empresarial, destacando o objetivo de traçar estratégias que procurem a auto-sustentabilidade e novos mercados. O protocolo firmado permitirá às mais de 6000 empresas associadas do CETS o acesso ao universo de atividades e serviços da Fundação em condições preferenciais.I

Protocolo INATEL/AIRV

Festival INATEL na Caparica

A

inda em abril, teve lugar a assinatura de um protocolo entre a INATEL e a Associação Empresarial da Região de Viseu que permite a todos os associados, empresários e trabalhadores da AIRV, o acesso ao universo de atividades e vantagens da Fundação. O protocolo foi subscrito pelo presidente da INATEL, Fernando Ribeiro Mendes, e pelo presidente da AIRV, João Cotta. I

0 5 na Anos

EL INAT

A primeira edição do “Concurso

Queijo Branco Fresco dos

Nacional 2013/2015 – Festival

Açores (INATEL Graciosa);

INATEL”, integrado nas

Caldo Verde à Minhota (INATEL

celebrações do 78º aniversário

Cerveira); Arroz de Polvo

da Fundação, terá lugar na

(INATEL Caparica); Leitão da

unidade hoteleira da Caparica,

Bairrada (INATEL Luso); Carne

dia 16 de junho.

de Porco à Alentejana (INATEL

A organização do “Festival

Castelo de Vide); Tarte de

INATEL” pretende promover uma

Amêndoa (INATEL Albufeira).

mostra das melhores práticas a

Valores de inscrição: associado

nível nacional dos CCD, no

1º escalão: 30€; não associado

âmbito das artes da

1º escalão: 40€; associado 2º

representação, música, teatro,

escalão: 40€; não associado 2º

dança ou espetáculos

escalão: 50€. O 1º escalão inclui

etnográficos.

rendimentos até 485€; no 2º

O programa inclui um almoço

escalão rendimentos superiores

dedicado à gastronomia das

a 485€.

diversas regiões do país: Bolo

Mais informações: T. 210027142 /

do Caco (INATEL Porto Santo);

inatelsocial@inatel.pt / www.inatel.pt

Completam, este mês, 50 anos de ligação à Fundação INATEL os associados: Aldemiro Antunes Matos, de Quinta do Anjo; Carmelina Rodrigues Paula, Maria Isaura Lage Pereira, de Lisboa; José Medeiros Marques, de Leiria; Manuel Portela Sousa, de Agualva.

// COLUNA DO PROVEDOR

Kalidás Barreto provedor@inatel.pt

N

estes tempos que evocam a solidariedade com os que menos têm e a fraternidade entre estes, porque nada se consegue sem luta e sem esforço, alguns dos nossos associados vêm lembrando a hipocrisia da campanha anti-tabágica, espalhada por todo o lado e, claro, também nas nossas Unidades Hoteleiras. Por um lado, advertem o Governo e os fabricantes de cigarros, zelosos da saúde dos tabagistas, que o “tabaco mata”, por outro, continua a venderse, cobrando os primeiros, interessantes impostos e lucros e os outros candidatam-se a um cancrozinho pulmonar! Então se o tabaco mata porque se vende com piedosas advertências? Não seria preferível que nos maços de cigarros e nas máquinas se escrevesse: “Fume porque o suicídio é livre e estamos num país livre; viva a liberdade!” Ó lógica da hipocrisia! Razão tinha um anónimo que afirmava: “Prefiro que me ofereças uma flor agora que estou vivo, e não me envies um lindo ramo quando morrer. Prefiro que me digas umas palavras de ânimo agora que estou vivo, e não um inspirado poema quando morrer.” A que me permito acrescentar: Prefiro dar-te um conselho duro enquanto estás vivo e não um triste lamento depois de morreres.


8 // FUNDAÇÃO INATEL // TL Junho 2013

Conferência “Práticas da Comédia” no Teatro da Trindade

D

e 20 a 22 de junho o Teatro da Trindade acolhe “Práticas da Comédia”, uma conferência internacional, organizada pelo Centro de Estudos de Sociologia e Estética Musical da Faculdade de Ciências Musicais da Universidade Nova de Lisboa (CESEM), com a presença de investigadores ligados a instituições de Itália, do Brasil, dos Estados Unidos da América, de França e de Portugal. O programa tem como temas: “Cartografias do cómico teatral”, “Lisboa e Rio de Janeiro: Instituições, regimes e géneros do liberalismo“, “Formas de Censura: Lisboa, Rio de Janeiro e Viena”, “O fenómeno transnacional da opereta: Paris, Lisboa, Nova Iorque, Rio

de Janeiro “, “Formas de Censura: Lisboa, Rio de Janeiro e Viena“, “Jogos de Modernidade” e “Lisboa, fim do século: Dentro e fora do Teatro Trindade“. Entre os investigadores e académicos nacionais presentes, encontram-se Gabriela Cruz, Paulo Ferreira de Castro, Maria José Artiaga e Luísa Cymbron, que constituem a Comissão Científica e Organizadora e, ainda, Mário Vieira de Carvalho, Isabel Mões, Isabel Gonçalves, Filipe Gaspar, associados do CESEM, Ana Isabel Vasconcelos, do Centro de Estudos de Teatro da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, e Irene Fialho, do Centro de Literatura Portuguesa da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra. I


TL Junho 2013 // ESPAÇO DO ASSOCIADO // 9

“Amor e cumplicidade…”

// À CONVERSA COM...

Sou natural da linda vila de Cinfães, Beira Litoral, onde nasci em 1946, e frequento as instalações da INATEL há mais de trinta anos.

verão, “na praia, em família, com as crianças ainda pequenas”, nas antigas colónias de férias da Foz do Arelho e

C

onheço perfeitamente as unidades hoteleiras da Foz do Arelho, Manteigas, Vila Nova de Cerveira, Entre-os-Rios, Albufeira, Oeiras e Castelo de Vide. São instalações bastante acolhedoras, funcionais e permitem-nos dar largas ao prazer de viver e de estar, quase sempre junto ou muito próximo à natureza. As minhas “relações” com os hotéis INATEL são de “amor” e de cumplicidade. Foi num deles que “comecei” a minha vida de escritor, e noutros, tenho dado “largas” à minha veia poética. Não me esqueço, que foi em 1993, quando passava férias de Cerveira, que comecei a escrever o meu livro “Olhos D’Água Histórias de Um Tempo Sem Tempo”, apresentado e lançado no passado mês de abril, em Lisboa, contando precisamente a vida dos povos do interior beirão, que desaguavam nas grandes cidades, neste caso na cidade do Porto. Sendo o “meu herói” um rapazinho de onze anos, cedo ele teve que se “desenrascar”, de caixote às costas pelas ruas, vielas e “ilhas” do Porto, até à idade da tropa. Seguindo para Moçambique, como marinheiro, participa numa guerra que não era a sua, nem a nossa, e mais tarde, já nos inícios dos anos setenta, engrossa o caudal de milhares e milhares de

portugueses que tiveram de ir procurar, longe, o pão e a liberdade que lhes negavam em Portugal, nos “bidonvilles” de França, Bélgica e Alemanha. Também foi nos hotéis INATEL que criei algumas das minhas poesias mais significativas. Lembro-me de uma, em particular, que também “nasceu” de Cerveira, relatando o aproximar de dois corações: (…) De tudo me lembro… / E de ti,/meu amor... / Nunca me esquecerei! Por tudo isto, disse e repito, que as minhas relações com os hotéis INATEL são de amor, de carinho, e até de cumplicidade. Neles, em momentos em que a vida nos “atira contra a parede”, para o “fosso”, sempre encontrei meios de ultrapassar esses momentos menos bons, e sempre que posso, e a vida me permite, regresso. Agora que estou reformado e me dedico mais à escrita, frequento mais ainda estas belas e acolhedoras instalações, dando largas à minha criatividade, vivendo a vida repleta de sonhos e de encantos. Como disse, sou reformado, passo a minha vida entre o Brasil e Portugal, sou, por assim dizer, um andarilho de sonhos, mas não esqueço as minhas origens da Beira, nem o meu país, apesar dos momentos críticos e de angústia que estamos a atravessar. Dediquei a minha vida, primeiro no comércio, depois como militar, como emigrante, como jornalista, e já mais tarde, como empresário e gestor, especializado em finanças, tributação e administração. Pelo meio, fui um combatente pela liberdade, quando ela nos era sufocada pelo regime do “antigamente” e dirigente associativo na área da solidariedade social, tendo sido, no local que adotei para viver, em Sintra, conselheiro municipal para a área da infância. I Afonso Rocha Associado da INATEL

Albufeira. José Gomes considera que a Fundação INATEL significa, acima de tudo, um “bom convívio”, sobretudo agora que beneficia de maior disponibilidade para Nesta edição, o “TL” conversou

viajar. Tem aproveitado para

com Nuno Godinho, 50 anos,

participar nos programas de

associado desde abril de 2012,

viagens de Turismo para Todos e

na agência de Santarém,

Turismo Sénior todos os anos e,

motivado pelas boas

frequentemente, mais do que

recordações de infância, pois,

uma vez por ano. “Gostamos –

“há muitos anos, em criança, ia

salienta – de ir para conhecer

de férias com os meus pais e

novos lugares, descansar e

irmãos” para as instalações de

conviver”. O seu entusiasmo já

Albufeira. Recorda que “a praia

convenceu dez novos

logo ali, o serviço de excelência

associados, atuais

e o ambiente familiar, foram os

companheiros de viagem com

ingredientes necessários e muito

quem habitualmente partilha

bons que nos proporcionaram

gostos comuns, “participamos na

uns descansos agradáveis”. Por

noite de talentos, dançamos,

ter tido essa boa experiência, e

lemos poesia, fazemos ginástica

pela necessidade de marcar

e outras atividades”. Elogia

férias, “conversei com a minha

todos os serviços, incluindo o

mulher e recorremos à INATEL,

alojamento e a alimentação,

tornando-nos associados”. Para

apenas lamenta a duração do

Nuno Godinho a Fundação

programa, “é pena serem só seis

significa uma mais-valia,

dias, porque quando ganhamos

“oferece e ajuda a escolher um

amizade ao grupo, temos de

leque muito variado de

regressar a casa”.

oportunidades para o gozo de férias” e outras atividades lúdicas. Agradam-lhe as ofertas de Turismo e aprecia, particularmente, usufruir das unidades hoteleiras pela qualidade e preços praticados. Conversamos, também, com José Guilherme Gomes, 83 anos, associado há 46 anos, animado pela possibilidade de desfrutar das férias de


10 // CULTURA // TL Junho 2013

Festival Internacional Máscara Ibérica

A

s ruas de Lisboa foram palco, entre 9 e 12 de maio, do VIII Festival Internacional Máscara Ibérica, uma iniciativa da PROGESTUR (Associação para o Desenvolvimento do Turismo Cultural), em parceria com a EGEAC (empresa de gestão de equipamentos e animação cultural da Câmara Municipal de Lisboa).

Tendo a Praça do Rossio como espaço âncora, o festival contou com o já tradicional Desfile Máscara Ibérica, com cerca de 500 mascarados, divididos em 30 grupos. A Fundação INATEL marcou presença neste Festival, no qual teve a oportunidade de dar a conhecer o seu trabalho ao nível do Turismo e do património identitário português. I

INATEL/Teatro Novos Textos A FNAT, antecessora da INATEL, convidou em 1943 três dramaturgos a escreverem textos e organizou o primeiro concurso em novembro de 1944. O concurso foi decorrendo com frequentes interregnos. Alguns anos após o 25 de Abril, a INATEL retomou a prática dos concursos de originais para teatro, mas essa também não foi uma fase

FOLK Cantanhede – Semana Internacional de Folclore

regular. Em 1991 foi criado o “INATEL / Teatro Novos Textos”, com o

Realizou-se no passado dia 7 de maio, no Park Hotel Marialva, a apresentação oficial do FOLK

objetivo de fomentar o

Cantanhede – Semana Internacional de Folclore 2013, que decorrerá de 6 a 13 de julho, um dos

dramaturgos de língua

9 Festivais CIOFF portugueses. Na apresentação esteve presente a presidente da Associação CIOFF Portugal e Administradora da Fundação INATEL, Jacinta

bienal passou a anual em 2002.

Oliveira. O evento contou também com a presença de todos parceiros e promotores do evento, e comunicação social.

tem como patrono o malogrado

aparecimento de novos portuguesa. De periodicidade Nesse ano foi criado um prémio especial dedicado aos jovens com idade até aos 25 anos, que dramaturgo Miguel Rovisco. O concurso INATEL / Teatro Novos Textos reafirma-se assim, com o intuito de

Reunião Sector Sul da Europa e África do CIOFF

estimular novos autores para a escrita de textos originais em língua portuguesa promovendo

D

ecorreu de 5 de maio, em Sabaudia, Itália, a Reunião do Sector da Europa do Sul e África. Este encontro contou com a participação de 12 países entre os quais Portugal, com a presença da presidente da Associação CIOFF Portugal, Jacinta Oliveira. Foram pontos de ordem a aprovação da realização de uma proposta ao CIOFF Mundial para a autonomi-

zação dos países da Europa do Sul dos países Africanos, criando para estes últimos um Sector independente dos demais. Procedeu-se igualmente à eleição por dois anos do presidente do Sector, Rafael Maldonado (Espanha), secretária e Representante do Sector no CIOFF Mundial, Anna Maria Boileau (Itália), e tesoureira do Sector, Anne Marie Ciolfi (França). I

OFICINA DE VÍDEO INTRODUÇÃO À FICÇÃO com Gonçalo Luz 15, 16, 22, 23 junho | 10-13h / 14-18h Dirigido ao público interessado em cinema de ficção e de criação, produção e montagem de filmes em vídeo c

informações: www.inatel.pt

e divulgando novos valores literários na área do Teatro. Grande Prémio INATEL e Prémio Miguel Rovisco Entrega de originais: 1 de julho a 14 de Outubro; Informações: Teatro da Trindade / Agências INATEL; T. 211155740/ cmagalhaes@inatel.pt; Regulamento: www.inatel.pt


TL Junho 2013 // ARQUIVO HISTÓRICO // 11

Preservar para as gerações futuras Enquanto fonte de informação histórica, a fotografia inspira especiais cuidados no que respeita à sua preservação, em virtude da instabilidade do suporte e produtos químicos envolvidos na sua composição.

www.inatel.pt

TURISMO J Ú N I O R

FÉRIAS INESQUECÍVEIS Muita dinâmica e diversão

COLÓNIAS E CAMPOS DE FÉRIAS

S

e o papel, por exemplo, é susceptível de perdurar séculos a fio sem sofrer grandes alterações dependendo da gramagem e qualidade , já a fotografia tem uma longevidade muito reduzida, estimando-se que, em perfeitas condições de acondicionamento e preservação, não deverá ultrapassar os 200 anos. Daí a preocupação das principais bibliotecas e arquivos fotográficos de referência em encontrar soluções que visem prolongar o tempo de vida útil da fotografia, com o objectivo último de legar a informação nela contida às gerações futuras. O caso que hoje apresentamos é paradigmático, na medida em que, para além do momento fixado na fotografia, é visível o discurso proferido pelo Professor Marcello Caetano em 23 de Setembro de 1969, por ocasião do ‘XXXVI Aniversário da Promulgação do Estatuto do Trabalho Nacional’,

não residenciais (6-17 anos) que de Jogos 1.º de Maio 5 dias segunda a sexta preço associado €100 . t. 210 027 142

residenciais (8-15 anos) Unidades Hoteleiras INATEL: Foz do Arelho | 6 dias domingo a sexta preço associado desde €180 . t. 210 072 384

de julho a agosto 2013 que teve lugar na Colónia Férias ‘Um Lugar ao Sol’ da F.N.A.T., actual Unidade Hoteleira da Costa da Caparica. Chamamos a atenção para a actualidade do tema abordado, isto é, a enunciação clara e sucinta do modelo de ‘Estado Social’ que hoje se pretende transformar. I José Baptista de Sousa [o autor escreve de acordo com a antiga grafia]

ONITORES especializados Workshops | Torneios desportivos | Orientação | Piscina | Praia | Vela | Canoagem Música | e muitas outras atividades…


12 // TEMA DE CAPA // TL Junho 2013

Férias INATEL

Para todos os gostos Na INATEL, os nossos colaboradores trabalham incansavelmente para que todos possam usufruir das férias e do seu direito ao descanso. «O turismo pode e deve ser fator de esperança para muitas economias frágeis. Em caso nenhum, o objetivo da conservação natural do território deve servir de pretexto para o seu açambarcamento por parte de uns poucos» (Declaração de Montreal, 1996). A INATEL Turismo, como agência de viagens registada no Turismo de Portugal, tem para si programas únicos, nacionais e internacionais, dos quais destacamos:

Passeios de um dia

E ainda uma oferta diversificada e

Colónias de Férias

Passeios temáticos educativos,

muito competitiva das praias das

Férias de mar e de campo a

lúdicos e também divertidos.

costas espanholas.

pensar nos mais jovens.

Almoço Regional de Cabrito em

Foz do Arelho – 180€ (8 aos 15

Entre-os-Rios (€60); Festejar o

Ilhas

anos)

Solstício de Verão de Sintra (€77);

Vários circuitos na Madeira e nos

Entre-os-Rios – 195€ (6 aos 16

Os Caminhos da Maçonaria em

Açores, combinando o que de

anos)

Lisboa e Sintra (€65); Mercado

melhor as nossas ilhas têm para

Medieval de Óbidos (€64); Noite

oferecer (desde €633).

Espetáculos Viagens a partir de todos os

Tropical no Tejo com jantar a bordo (€86); Rota dos Golfinhos (desde

Circuitos Temáticos

distritos do país para assistir ao

€69); Crimes, Fantasmas e

Circuitos de 3, 5 e 7 dias por locais

vivo a eventos únicos, desde

Lendas, um passeio noturno por

memoráveis.

teatros memoráveis a concertos

Lisboa (€39); Passeio

Especial Cerveira (desde €363);

únicos, produções mais eruditas ou

Gastronómico no Oeste e Jardim

Mafra, Ericeira e Mariscada (desde

mais populares, a preços muito

Budha Eden (€63); Exposição da

€266); Jardins Geológicos no

favoráveis e sempre com a

Joana Vasconcelos (desde €52).

Alentejo (desde €298); A Viagem

confiança INATEL.

do Elefante – Homenagem a

Efemérides

Saramago – desde €338); Rota

Acontecimentos memoráveis que

João Paulo II (desde €412);

Viagens e programas internacionais Descubra destinos diferentes a

vale a pena recordar… A Lisboa de Cesário Verde (€57);

Festas e Romarias

preços convidativos, com

Comemorar a Amália Rodrigues;

Descubra as nossas tradições.

organização INATEL ou elaboradas

Recordar a Tragédia do Incêndio

Cruzeiro no Rio Douro na Noite de

em parceria com outros

no Chiado (€42); A Primeira

S. João (desde €223); Mercado

operadores de confiança no

Transmissão Pública da RTP (€53);

Medieval em S. Mª Feira (desde

mercado.

€168); Romaria de N. Sr.ª Agonia

Praias

(desde €408); Pelos Caminhos da

5 ou 7 noites de sol, mar e

Transumância (desde €236).

Circuitos e Museus Espanha Um país surpreendente, com uma

diversão para mais tarde recordar. Algarve (desde €382); Porto Santo

Roteiros Ecológicos

diversidade cultural e paisagística

(desde €615 com voo incluído);

Viva a natureza e deixe-se

apaixonante.

INATEL leva-me à praia - 1 dia de

surpreender!

Astúrias, Paraíso Natural (desde

praia e piscina com almoço e

Paisagem protegida Sintra/Cascais

€505); Cantábria (desde € 515); La

transporte – adultos €23 | crianças

(desde €199); Maravilhas Naturais

Rioja (desde €475); Rota de D.

€12

das Berlengas (desde €249)

Quixote de La Mancha (desde


TL Junho 2013 // TEMA DE CAPA // 13

€405); Madrid (desde €440); Bilbao

(desde €1.490).

(desde €650 com voo incluído);

// PROMOÇÕES

Barcelona (desde €620 com voo

Américas

incluído); Castilla e Leon (desde

À descoberta do outro lado do

Com Unidades Hoteleiras

agosto pode também reservar

€305); Cuenca, Cidade

Atlântico.

modernamente equipadas, na

para Caparica, Vila Ruiva e

Surpreendente (desde €355).

Canadá e EUA, de 4 a 17 de

praia e na montanha, na

Linhares da Beira com

outubro, uma viagem a não perder.

natureza e na saúde e bem-

descontos entre 20% e 40%.

Circuitos Europeus

estar, criamos regularmente

Claro que em 2013 não

promoções por forma a garantir

esquecemos as crianças, que

tão perto…

E ainda um programa especial

uma oferta acessível e com uma

são nossas convidadas nos

Sul da Toscânia (desde €855);

“Turismo Para Todos”, à

boa relação entre a qualidade e

meses de junho e setembro e

Lagos Italianos (desde €1.235);

descoberta de Portugal e Espanha

o preço praticado.

ainda a pensar nelas

Vale do Mosela e Vale do Reno

(desde €267 e €295).

Os próximos meses não serão

desenvolvemos uma oferta para

(desde €1.095); Sul de Inglaterra,

Além da grande oferta de viagens,

exceção e poderá fazer a sua

as Unidades Hoteleiras de

Gales e País de Shakespeare;

a INATEL apresenta ainda um

reserva em condições bastante

Entre-os-Rios e Manteigas –

Terras Altas da Escócia (desde

leque de 17 unidades hoteleiras à

vantajosas para as nossas

“Um dia nas Termas – a minha

€1.295);

sua escolha. Excelentes

Unidades Hoteleiras, em junho

primeira experiência” – válida de

Um mundo de diversidade, aqui

localizações, qualidade e serviço,

usufrua de 30% e 40% de

julho a setembro, permitindo o

Ásia

são três caraterísticas comuns às

desconto em reservas efetuadas

acesso a tratamentos termais

Berço das maiores religiões do

Unidades Hoteleiras, que pode

para o Gavião (Alamal) e Vila

em condições vantajosas para

planeta.

testemunhar em família ou entre

Nova de Cerveira,

uma duas ou mais noites de

Turquia Especial (desde €699);

amigos, em lazer ou em negócio,

respetivamente, e em julho e

estada.

Peregrinação à Terra Santa

de norte a sul do país e ilhas.

www.inatel.pt

UM DIA NAS TERMAS Tratamentos das vias respiratórias DESTINADOS A CRIANÇAS desde: €65* Promoções válidas em julho, agosto e setembro nas Termas de Manteigas e Entre-os-Rios *Inclui uma noite em quarto duplo para dois adultos e uma criança (até 12 anos) com pequeno-almoço, consulta e tratamento termal.


14 // DESPORTO // TL Junho 2013

INATEL e Fundação Benfica unidas na promoção social

Comemoração do Dia Mundial do Yoga

C

oncretizar projetos de inovação e desenvolvimento social, envolvendo as duas instituições, é o objetivo do protocolo celebrado, em abril, com a Fundação Benfica. Em concreto, a nova parceria destina-se a desenvolver dois projetos sociais específicos: “Para Ti Se Não Faltares” e “Tu Decides Bem”. O projecto “Para Ti Se Não Faltares” visa a implementação de atividades lúdicas e pedagógicas para crianças e jovens, dos 6 aos 16 anos de idade, de forma a combater o absentismo, o abandono escolar precoce, a violência escolar na perspetiva do desenvolvimento pessoal e social de crianças e jovens. Inserido na formação de agentes de arbitragem, o projeto “Tu

A Confederação Portuguesa do Yoga organiza a Conferência Mundial do Darshana – Filosofia e Ciência, com mestres mundiais do Yoga, astrónomos e astrofísicos, no Fórum Lisboa, a 22 de junho, e uma mega aula de Yoga para adultos e crianças, dia 23, pelas 10h30, na pista de

Decides Bem” tem como finalidade a mobilização de jovens, entre os 17 e os 35 anos de idade, para a frequência de cursos ou ações de formação nesta área da INATEL. Pela Fundação Inatel, assinaram

o protocolo o seu presidente, Fernando Ribeiro Mendes, e o administrador Álvaro Carneiro. Pela Fundação Benfica, assinaram o seu presidente, Luís Filipe Vieira, e o presidente executivo, Carlos Móia. I

atletismo municipal Prof. Moniz Pereira, em Lisboa. Todos os anos centenas de praticantes oriundos de todo o país e do mundo celebram o Dia Mundial do Yoga, candidato na ONU e UNESCO a primeiro Dia Global, de iniciativa portuguesa, comemorado desde 2001 pela

Up and Down BTT

Confederação Portuguesa do Yoga. A mega aula de Yoga é destinada a todos aqueles que

A

feira de desporto Big Shop realiza-se dias 27 e 28 julho, no Pavilhão Desportivo da Fundação INATEL, em Viseu. Ao longo do fim-de-semana pode usufruir de diversas atividades desportivas, assistir à entrega de prémios aos vencedores do BTT Up and Down e, ainda, pode aproveitar para renovar os seus equipamentos desportivos. No mesmo fim-de-semana rea-

queiram celebrar um Dia pelo planeta, pela fraternidade mundial, pela Vida e Humanidade, e pelo esbatimento das desigualdades mundiais. Mais informações: tel. 217 802 810/ 910 507 904 www.confederacaoportuguesado

liza-se o contra-relógio por equipas, sendo a última etapa do Up and Down BTT, em Mangualde e o

Duatlo Up and Down. Mais informações: Agência de Viseu: T. 232 423 762/ ag.viseu@inatel.pt I

yoga.pt/ www.diamundialdoyoga.com/


TL Junho 2013 // DESPORTO // 15

Taça Fundação INATEL de Santarém

R

ealizou-se no passado dia 1 de maio, como vem sendo tradição, a “Festa do Futebol” em Santarém, com a realização das Finais da Série 1 e da Série 2 da Taça Fundação INATEL Agência de Santarém. Este ano, os jogos realizaram-se em Abrantes e a organização do evento coube ao CCD Centro Cívico Cultural de Alferrarede Velha em parceria com a Agência e com a autarquia de Abrantes. O CCD ACR Espinheirense venceu por 2-1 o CCD Arados FC e sagrou-se campeão da Série 2, e o CCD ARCF Almoster sagrou-se tricampeão distrital ao derrotar o CCD CF Benfica do Ribatejo. Para além destes últimos, também o CCD CCC Alferrarede Velha e o CCS CPCD Sentieiras garantiram a presença na fase nacional da Taça INATEL.

Finais Nacionais

A

Toda esta festa, com quatro mil pessoas na assistência, foi marcada pela grande animação cultural promovida pela organização, com torneio triangular de escolinhas de

futebol, atuações do Rancho Folclórico e do Grupo de Dança Infantil do CCC Alferrarede Velha, e da Banda Filarmónica de Rio de Moinhos. I

Fase Final das Modalidades Coletivas Andebol, Basquetebol Masculino e Feminino, Futebol, Futsal e Voleibol Masculino e Feminino decorrem dia 23 de junho, no Parque de Jogos 1.º de Maio, em Lisboa. É o encerramento da época desportiva Inatel, com o apuramento dos vencedores nas diferentes modalidades por equipas. No período da manhã, realizam-se as meias-finais de Futsal, no período da tarde acontecem as finais das restantes modalidades. Venha apoiar a sua equipa! I


16 // VIAGENS INATEL // TL Junho 2013

Peregrinação à Terra Santa Se qualquer viagem de lazer habitualmente corresponde à concretização de um sonho, é preparada ao pormenor, alimenta esperanças, entusiasma e é vivida intensamente, que poderíamos dizer da viagem que é o objetivo de qualquer cristão: ir à Terra Santa? Sim, somos peregrinos por natureza e vocação. E eis aqui uma deslocação impregnada de fé, uma peregrinação no sentido pleno.

Á

rida no aspeto e agradável em tudo o resto, assim poderíamos definir Israel e a Palestina, situadas no médio Oriente, já na Ásia. Numa terra de conflitos, o peregrino encontra a paz e a alegria dos que se sabem a caminho de algo melhor. Em setembro, poderá chegar a Telavive e viver alguns dias nesta terra. Alojar-se em Tiberíade, onde se vê o mar da Galileia, passando por Haifa (cidade construída nas encostas do Monte Carmelo e que tem uma história que remonta aos tempos bíblicos) é a primeira etapa. Perto encontram-se Caná da Galileia (lugar do primeiro milagre de Jesus), e Nazaré. Sair para o Monte das bem-aventuranças, que foi cenário da pregação de Jesus, concretamente do sermão da montanha, do milagre da multiplicação dos pães e do primado de S. Pedro, é também um local para eternizar sentimentos através das fotografias. Com uma paisagem tranquila, a alma transporta-se a 21 séculos atrás. Esta sensação prolonga-se na visita a Cafarnaum, e com a travessia em barco pelo mar da Galileia extenso lago de água doce, fronteira entre Israel, Cisjordânia e Jordânia , palco de alguns milagres de Jesus e inspiração para sua pregação sobre mar, peixes, redes e pesca. Almoçar num restaurante à beira do lago marca uma das fases do dia. Mas é à tarde, com uma subida em táxi ao Monte Tabor, para visitar a Basílica da Transfiguração, onde poderá contemplar a magnífica vista panorâmica do Vale de Jezrel. Os peregrinos podem permanecer recolhidos para meditar a frase do Evangelho:

// Viagens INATEL Peregrinação à Terra Santa 17 de setembro Desde 1490 € Mais informações: Agências INATEL e www.inatel.pt

“Como é bom estarmos aqui…”! Ver o rio Jordão, onde batizavam S. João Baptista e Jesus, e aproveitar para renovar as pro-

messas do batismo, tocando águas com história é uma vivência que fica na memória e nalgum frasco de água, que volta a Portugal. Também o mar morto, com a possibilidade de tomar banho nas suas águas permite uma experiência audaz. Tem este nome devido à grande quantidade de sal que tem, dez vezes superior à dos demais oceanos, donde decorre a escassez de vida em suas águas. Essa grande quantidade de sal aumenta a sua flutuabilidade, e os banhistas bóiam facilmente.

E chega-se a Jerusalém, uma das cidades do mundo com mais história e das mais disputadas pelos povos. Visitam-se os lugares que estão gravados nos livros, nos filmes, na Bíblia: Monte das Oliveiras, o recinto do Pai-Nosso, em cujo interior se encontram as placas com a oração do Pai Nosso em mais de cem línguas, Getsémani, a Basílica da Agonia, a Via Dolorosa que percorre toda a parte ocidental da cidade de Jerusalém, acabando na Igreja do Santo Sepulcro, o Muro das lamentações, o local mais sagrado do judaísmo. A tradição de introduzir um pequeno papel com pedidos entre as fendas do muro tem vários séculos de antiguidade. Ali, encontrarse-á ainda mais com a cultura judaica: os trajes, o aspeto das gentes, o uso do tamult e do talit (com os quais os homens judeus cobrem a cabeça). Nesta expedição não fica de fora a nova Jerusalém, com hotéis e parques modernos, passando pelo Knesset (parlamento de Israel) e pela universidade hebreia. Passando por Jaffa, localizada na extremidade sul de Telavive, na costa mediterrânea, conhecida em tempos antigos como o portão para a Terra de Israel: o porto mais antigo do mundo. Com um voo direto de ida e volta, estes sete dias, desenhados com experiência, com alojamentos de conforto, que permitem repousar e retomar forças para desfrutar do dia seguinte, com o acompanhamento de um guia franciscano local, um acompanhante INATEL e um sacerdote, guia espiritual, vão deixar marca. I Ana Lynce Amaral


TL Junho 2013 // HOTELARIA // 17

INATEL Albufeira Mar, sol e diversão Separada do Alentejo por fortes colinas e serras, o Algarve parece um jardim plantado no extremo sul de Portugal. As flores misturam-se com os cultivos e as hortas ladeadas por alfarrobeiras, figueiras, amendoeiras e longos pomares de laranjeiras.

A

costa marítima é muito arenosa, com praias de areia dourada, o seu clima suave de todo o ano, transformam-no num destino turístico em que as pequenas aldeias de pescadores, facilmente se transformaram em lugares de veraneio com estilo internacional, com destaque para a atual cidade de Albufeira. Conservando o nome árabe que significa “fortaleza do mar”, a antiga e carismática vila de pescadores acompanhou o elevado desenvolvimento da região, nas últimas décadas, convertendo-se na estação de veraneio mais famosa do Algarve.

É nesta divisão simbólica do este e oeste Algarvio (Sotavento e Barlavento) que a Fundação INATEL possui, junto à praia, uma das mais modernas unidades hoteleiras (dividida por dois edifícios), ideal para quem gosta de mar, sol e diversão, mas também para quem gosta de passar momentos repousantes em família e amigos, jogar ténis ou desfrutar dos espaços amplos e confortáveis dos bares e salas de lazer. O Hotel dispõe de 327 quartos, piscina, bares, restaurantes, esplanadas sobre a praia, espaço infantil e salas de jogos.

Gastronomia A vizinhança do mar explica a importância e qualidade das caldeiradas de peixe à pescador, dos filetes de atum, das cataplanas, dos carapaus alimados, do arroz de lingueirão e dos mariscos. Na doçaria, original e criativa, pontificam os doces de amêndoa, figo e alfarroba, com destaque para os Dom Rodrigos, morgados, tartes variadas, etc.

cidade de albufeira encontra placas indicativas da INATEL. Do Porto seguir pela A1 até Santarém, entrar na A13, direção Sul, entrando na A2 na zona de Marateca. Seguir as mesmas indicações. I INATEL ALBUFEIRA Hotel Av. Infante D. Henrique 8200-862 ALBUFEIRA T. 289 599 300/1 / inatel.albufeira@inatel.pt www.inatel.pt

Como chegar De Lisboa seguir pela A2 e sair na Via do Infante em direção a Albufeira/Portimão. Ao entrar na

Coordenadas GPS 37º 05’ 14” N 08º 14’ 34” O

Receita // CATAPLANA DE PEIXE 4 pessoas

Receita // CARAPAUS ALIMADOS 4 pessoas

Ingredientes:

regue com azeite. Adicione o

Ingredientes

Mergulhe os

200 gr de tamboril; 200 gr de

peixe e tempere com o vinho

1 kg de carapaus frescos de

carapaus na

cherne; 200 gr de pargo; 200 gr

branco e o brandy ou conhaque.

tamanho médio; 1 kg de batata;

água fervente e

pata-roxa; 200 gr de camarão;

Junte novamente as cebolas e

sal marinho tradicional q.b.;

deixe cozer por

250 gr de amêijoas; 2 cebolas; 2

os pimentos cortados.

água; azeite e vinagre q.b.; 1

cerca de 5

tomates maduros; 1 pimento

Em seguida, adicione os

cabeça de alhos.

minutos. Retire-

verde; 2 dentes de alho; 2 dl de azeite; 1 dl de vinho

tomates maduros sem peles e sementes, finamente

os do lume e mergulhe-os em Preparação

água fria. Com os dedos vá

branco;

cortados, e os dentes

Amanhe os carapaus retirando-

friccionando a pele até a

0,5 dl de brandy ou

de alho picados e a

lhes as vísceras e, se preferir, a

remover por completo, a este

conhaque; 1 folha de

folha de louro. Junte

cabeça. Lave-os bem e

processo dá-se o nome de

disponha-os, num alguidar

alimar. Disponha-os numa

perfurado, em camadas

travessa e tempere

Para finalizar, decore com

alternadas com bastante sal

generosamente com azeite e

camarão e amêijoas. Vai ao

marinho, (a última camada deve

vinagre. Descasque os alhos,

Preparação

lume durante 15 minutos.

ser de sal). Deixe em salmoura

corte-os em lâminas e deite

Tempere o peixe com sal. Numa

A cataplana é servida com

de um dia para o outro. Passe-

sobre os carapaus. Sirva-os

cataplana, junte as cebolas

batatas previamente cozidas à

os depois por água para

acompanhados por batatas

cortadas às rodelas e os

parte, cortadas às rodelas, em

remover o sal. Leve um tacho

novas cozidas e/ou uma salada

pimentos cortados em tiras e

volta da mesma.

com água ao lume até ferver.

de tomate.

louro; 2 batatas; sal e piri-piri q.b.; 1 ramo de salsa.

ainda um ramo de salsa.


18 // PATRIMÓNIO INATEL // TL Junho 2013 Fotos: José Frade

Hotel da Praia – Albufeira Paraíso à beira mar Totalmente reabilitado e equipado, iniciando um novo ciclo de vida como Hotel de três estrelas, o veterano edifício da Praia da Unidade Hoteleira de Albufeira abre as suas portas no próximo mês de julho

A

Unidade Hoteleira de Albufeira que já contava com 217 quartos nos dois edifícios existentes (Edifício Principal e Edifício do Turismo), fica agora, com o Hotel da Praia, com mais 110 quartos dos quais 16 são comunicantes e 16 são suites, de modo a possibilitar a sua utilização por famílias, um novo Snack Bar com capacidade para 69 lugares sentados, Sala de Refeições, Galeria Exterior, Área Comercial e vê recuperada a antiga “Esplanada INATEL” junto à Praia, equipada com chapéus de sol, mesas, cadeiras e sofás. Modernidade e conforto A obra do Hotel da Praia dotou os seus exíguos quartos com generosas áreas e amplas varandas que se debruçam sobre a praia. As próprias instalações sanitárias têm iluminação natural, com vista para o mar. O mobiliário dos quartos é moderno, funcional, e foi criado com o objetivo de libertar o máxi-

mo de espaço dentro do alojamento. Os quartos com vista MAR apresentam-se nas cores do Oceano e os quartos com vista TERRA têm as cores da Falésia. Todos os quartos estão equipados com TV, cofre, minibar, telefone, internet via wireless e no exterior junto à entrada de cada quarto existem cacifos individuais para guardar equipamento de praia dos clientes, tais como chapéus de sol e brinquedos de praia das crianças. Situadas no último piso do edifício, e desenhadas a pensar na recuperação da serenidade e bem estar, que o stress do quotidiano esvazia, as 16 suites do Hotel sugerem, aos seus utentes, a estadia num navio em pleno Atlântico. Duas suites dispõem de “banheira de hidromassagem” com água aquecida , isolada do espaço da sala apenas por uma parede de vidro. Quando a temperatura do ar o permitir, a banheira de hidromassagem comunicará diretamente com o terraço. As suites, de dimensões generosas, possuem sofás cama para duas pessoas e mobiliário com minibar. Tanto os quartos como as salas possuem TV. Os terraços exteriores variam entre 47 e 11m2, possuem palas para sombreamento, espreguiçadeiras e mobiliário exterior, e são pavimentados com “Deck” e relva sintética. As áreas sociais do Hotel (lobby, bar, sala de refeições) foram decoradas a pensar no ambiente descontraído à beira mar, com predomínio das cores branco e azul mar e temas marítimos na decoração de todos os pisos do edifício: peixes, búzios, estrelas e caracóis do mar. Simultaneamente a história do edifício está retratada nas suas novas paredes por meio de quadros em acrílico e papel de parede, que ilustram as diferentes épocas de construção, assim como os acontecimentos notáveis, como a inauguração da Colónia de Férias dos Trabalhadores. A localização singular, única na costa algarvia, aliada ao seu moderno e confortável equipamento, fazem do Hotel da Praia o lugar ideal para as suas férias. I Lúcia Torres


TL Junho 2013 // INATEL SOCIAL // 19

Dias Tranquilos

www.inatel.pt

Programa para todos os que pretendem passar um período de férias pelo tempo que desejarem, a partir dos 55 anos A partir de julho, a unidade hoteleira INATEL Oeiras está à sua espera, com a proximidade à praia e tranquilidade, conjugada com a vida citadina de Lisboa e Cascais. Na famosa “Linha” pode conhecer a zona histórica e a arquitetura paisagística desta cidade multifacetada e mundialmente conhecida. Aproveite os dias de verão na praia, a frescura dos jardins e esplanadas em Lisboa e os passeios na marginal de Cascais. I

VIAGENS INTERNACIONAIS TURISMO PARA TODOS

CIRCUITOS EUROPEUS

HUELVA 16 a 21 junho Partidas: Bragança | Macedo | Mirandela | Guarda | Viana Castelo | Braga | Porto. Desde: €295*

SUL DA TOSCÂNIA 07 a 12 julho Partidas: Porto | Lisboa Desde: €855*

ESPANHA - CIRCUITOS CANTÁBRIA 01 a 07 julho Partidas: Lisboa | Santarém | Leiria | Coimbra. Desde: €515* ROTA D. QUIXOTE DE LA MANCHA 23 a 27 julho Partidas: Faro | Setúbal | Lisboa | Santarém. Desde: €405*

ESPANHA CIDADES PATRIMÓNIO CASTILLA Y LEON 24 a 27 junho Partidas: Viana do Castelo | Braga | Porto | Aveiro | Viseu Desde: €305*

TERRAS ALTAS DA ESCÓCIA 12 a 19 julho Partidas: Porto | Lisboa Desde: €1295* MÁGICA REPÚBLICA CHECA 21 a 28 julho Partidas: Porto | Lisboa Desde: €1100* CÁTAROS 03 a 10 agosto Partidas: Porto | Lisboa Desde: €845* LAGOS ITALIANOS 10 a 16 agosto Partidas: Porto | Lisboa Desde: €1235*

VIAGENS NACIONAIS Vila Ruiva

PASSEIOS DE 1 DIA

ILHAS - AÇORES

FESTEJAR O SOLSTÍCIO DE VERÃO EM SINTRA 22 junho Partidas: Leiria | Santarém | Lisboa Desde: €77

CIRCUITO FLORES E S. MIGUEL 14 a 19 agosto Partida: Lisboa Desde: €772*

CRIMES, FANTASMAS E LENDAS 06 julho Partida: Lisboa Desde: €39

Piódão

“INATEL TURISMO”, RNAVT n.º 2954

E

ste programa é dirigido a todos aqueles que pretendem passar um período de férias 15 dias, um mês, três meses ou, se preferirem, o tempo que desejarem com um leque de serviços incluídos, nomeadamente, os fantásticos e habituais passeios lúdicos e culturais. Os participantes deverão ter mais de 55 anos e podem ser acompanhados por cidadãos de qualquer idade. A filosofia deste programa explica o sucesso que se tem observado, entre janeiro e março, no INATEL Vila Ruiva Hotel. Onde houve oportunidade de passar um inverno reconfortante com a bela paisagem de estevas, da zona de Fornos de Algodres, em plenas faldas da Serra da Estrela. Em junho, pode ficar no INATEL Piódão Hotel e conhecer, entre muitas outras coisas, a Aldeia de Janeiro de Cima, onde as casas estão cobertas por fragmentos de motivos geométricos de xisto e situadas numa região de grande beleza natural, junto às margens do belo e sinuoso rio Zêzere, por entre pinhais e locais históricos. A aldeia beirã Meiruge revela-se através das casas de pedra, e distingue-se na região pela sua atividade comercial de vestuário, pelos objetos de ferro, pela arte de “mestres” alfaiates e sapateiros. Atualmente, novos elementos se integram nesta dinâmica como, por exemplo, o fabrico de queijo de ovelha e requeijão.

Oeiras

CIRCUITOS TEMÁTICOS

FESTAS E ROMARIAS

ESPECIAL CERVEIRA 23 a 28 junho Partidas: Faro | Beja | Santarém | Leiria Desde: €363*

CRUZEIRO NO RIO DOURO – NOITE DE SÃO JOÃO 22 a 24 junho Partidas: Portalegre | Setúbal | Almada | Lisboa | Aveiro Desde: €223*

GIRO MAFRA – ERICEIRA E MARISCADA 05 a 07 julho Partidas: Viseu | Guarda | Covilhã | Castelo Branco Desde: €266*

INATEL LEVA-ME À PRAIA

ROTEIROS ECOLÓGICOS

UM DIA NA PRAIA E NA PISCINA – INATEL Caparica 17 junho a 26 julho (partidas diárias - 2.ª a 6.ª feira) Partidas: Lisboa | Almada Desde: €23 Criança (04-11 inclusive): €12

MARAVILHAS NATURAIS DAS BERLENGAS Partidas 05 a 07 julho: Viana Castelo | Braga | Porto | Aveiro | Coimbra 12 a 14 julho: Almada | Lisboa | Santarém Desde: €249*

* Preços por pessoa em quarto duplo. Não inclui taxa de serviço de €10 por reserva. | Informações gerais: t. 210 072 384


20 // FUNDAÇÃO INATEL // TL Junho 2013

// ECRÃS

// LIVROS

“Oscarizados” e apelativos

EDIÇÕES INATEL “REFORMADOS E TEMPOS LIVRES”

Este mês chegam às salas dois vencedores de “óscares”: o regresso do clássico “Até à Eternidade”, de Fred Zinnemann com Burt Lancaster e Deborah Kerr e o documentário musical, “À Procura de Sugar Man”, um “hino” ao poder da música. Na net, a escolha vai para um olhar, breve e singular, sobre a natureza

de Maria João Valente Rosa Edições Colibri – INATEL, 1999; (145 pp); PVP: 7,16 € (40% desconto para Associados); À venda nas Agências e Sede.

A população portuguesa está a envelhecer e assim deve continuar no futuro. A partir da idade da reforma, tirando a

Cinema

Televisão

preocupação com as obrigações

Até à Eternidade, de Fred

Depois do Adeus | série

familiares e preocupações com a

Zinnemann | EUA,1953

portuguesa | RTP 1, domingos, às

saúde, há que continuar com a

com Burt Lancaster, Deborah Kerr,

21h15

ligação ao meio social. As

Montgomery Clift, Frank Sinatra.

O motivo inspirador é o êxodo, em 1975, de centenas de milhares de portugueses que abandonaram Angola rumo à “metrópole” debaixo de um clima de incerteza e angústia, temerosos e desencantados com os ventos de mudança pós-queda do império. Eficaz o uso de imagens e banda sonora da época, em “diálogo” com a ambiência. Bons desempenhos do sector interpretativo.

Cópia restaurada – Estreia dia 6, UCI Cinemas El Corte Inglês Lisboa /Gaia.

O reencontro com um dos ícones maiores do cinema clássico norteamericano dos anos 50. Baseado no best-seller de James Jones que Fred Zinnemann (“O Comboio Apitou três Vezes” e “Júlia”, entre outros) adaptou com sensibilidade e talento, “From Here to Eternity” (no original) é um drama carregado de intriga, conflito e adultério que sessenta anos depois ainda resiste bem ao tempo. Vencedor de oito “óscares”. À Procura de Sugar Man, de Malik Bendjelloul | GB/Suécia, 2012 Com Rodriguez, Stephen ‘Sugar’ Segerman e Dennis Coffey Estreia 6 junho.

Vencedor do “óscar” deste ano para o melhor documentário, “Searching for Sugar Man” é o relato da vida de Sixto Rodriguez um cantor e compositor de rock norte-americano dos anos 70, comparado a Bob Dylan e aos The Beatles, momentaneamente aclamado como o melhor músico da sua geração foi num ápice votado ao esquecimento. O que parece mover o cineasta é testemunhar a riqueza, a originalidade e o enorme potencial criativo de Rodriguez. Prémios do Júri e do Público no Festival de Sundance. Excelente é a banda sonora.

atividades fora do âmbito laboral são uma componente importante na vida dos reformados. Este livro é o resultado dum inquérito à população reformada (ativa e futura) sobre a sua participação em várias atividades de lazer. informações: mabreu@inatel.pt

DVD

Tel. 210027182

O Baile, de Ettore Scola | França/Itália, 1982 | Edição

NOVIDADES EDITORIAIS

Alambique Filmes; PVP: 15€

“DUQUESAS E MARQUESAS

Vale a pena (re)visitar este supremo divertimento dos anos 80 aclamado pela crítica e o público. Centrado num salão de danças popular, “Le Bal” faz o desvendamento de quase cinquenta anos de história a de França, de 1936 à actualidade. Uma torrente emocionante de canções, música, bailados e corpos em movimento quase ininterruptos durante cerca de duas horas. Sem quaisquer diálogos.

DE PORTUGAL”

Internet

que marcaram e embelezaram o

Nature in a time lapse |

desenrolar da vida do nosso

(http://vimeo.com/64942796)

país. São vivências de várias

Um vídeo talentoso e delicado, rodado em time-lapse e slow motion. Realização de Les Films du Phacochère.

mulheres cobertas de amor e

de Ana Cristina Pereira e Joana Troni Editora Esfera dos Livros, 2013; (248 pp); PVP: 19 €; À venda nas lojas FNAC.

Marquesas, duquesas e condessas, viveram no glamour da corte portuguesa, onde protagonizaram várias histórias

ambição, apaixonadas pelas artes e literatura, que as historiadoras Ana Cristina Pereira e Joana Troni nos

Joaquim Diabinho

relatam nesta obra.

[O autor escreve de acordo com a anti-

Patrícia Ribeiro

ga ortografia]


TL Junho 2013 // FUNDAÇÃO INATEL // 21

// EM CENA

Viagem por Ibsen chega ao Trindade De 4 a 14 de julho o Teatro da Trindade apresenta I.B.S.E.N., texto de Miguel Castro Caldas, um projecto da encenadora e actriz Cristina Carvalhal, vencedor de um International Ibsen Scholarship, em 2012, atribuído pelos Ibsen Awards. Susana Paiva

A

o atribuir o prémio o júri destacou a forma como a proposta apresentada por Cristina Carvalhal queria criar um novo texto dramático a partir do universo de Ibsen, o maior dramaturgo norueguês do século XIX, relevando também o facto do processo de criação do espectáculo incluir oficinas de movimento, música, escrita e interpretação. Cristina Carvalhal teve a ideia de concorrer aos Ibsen Awards e desafiou Miguel Castro Caldas para este novo projecto da Causas Comuns, produtora onde a conhecida actriz tem dado seguimento a um trabalho autónomo como encenadora, desde 2003, criando algumas vezes espectáculos a partir de textos de autores portugueses, como Jacinto Lucas Pires, Pedro Eiras e o próprio Miguel Castro Caldas. Sobre Henrik Johan Ibsen (18281906) é importante notar que é considerado um dos criadores do teatro realista moderno. Das suas peças realistas (a sua obra tem também influências do romantismo e do simbolismo) caracterizadas por uma vigorosa crítica social e política, destacam-se Espectros (1881), Casa de bonecas (1879), Um inimigo do povo (1882), O pato selvagem (1884) e A dama do mar (1889). Para a criação de I.B.S.E.N., o escritor e dramaturgo Miguel Castro Caldas, para além das já referidas peças do período realista, visitou também obras do período simbolista, como O Construtor Solness (1892), John Gabriel Borkman (1896) e Quando nós os mortos despertarmos (1899). Miguel Castro Caldas andou seis meses mergulhado no univer-

Levy, David dos Santos, Inês

Anita Guerreiro e Simone de Oliveira. A direcção musical e orquestrações são de Nuno Feist, direcção técnica e desenho de Luz de Paulo Santos, desenho de Som de Ricardo Figueiredo. Uma produção Fundação INATEL e Buzico.

Rosado, João Lagarto, Luis Gaspar,

De 13 a 16 de Julho – 5ª a Sábado

Manuela Couto, Sara Carinhas,

às 21h30 e Domingo às 16h

Sílvia Filipe e Stephanie Silva | E

Descontos especiais para

ainda: Berta Bustorff, Carlos

Associados.

Desenho de luz: José Álvaro Correia | Desenho de som: Sérgio Delgado | Apoio ao movimento: David dos Santos | Fotografia: Susana Paiva | Produção executiva: Mafalda Gouveia | Elenco: André

Colaço, Carmo Gelpi, Dora Martinez Pinto, Erica Rodrigues,

Sala Estúdio do Trindade

Irene Sofia Vaz, Jorge Mendonça

3xBeckett=...

Oliveira, Maria Angelina Mateus,

De 10 a 20 de Julho em cena na Sala Estúdio, do Teatro da Trindade, uma produção da Propositário Azul Associação Artística construída a partir de pequenos textos de Beckett e encenada por Jim Boerlin, estreada o ano passado em Nova Iorque, no Instituto Cervantes. O trabalho de Beckett oferece uma perspectiva tragicómica e negra sobre a natureza humana, sendo o expoente daquilo a que se convencionou chamar o teatro do absurdo. Os dramatículos apresentados são VAI E VEM, PASSOS e NÃO EU (os dois primeiros foram há dois anos apresentados também por São José Lapa, Valerie Bradel e Inês Lapa Lopes, no Teatro Mirita Casimiro, em Cascais). Sábado 21h45, Dom 17h.

Maria Helena Falé, Marisa Costa,

so de Ibsen e trouxe depois para os ensaios uma versão inacabada, aberta para receber o contributo dos actores e dos participantes nas oficinas de criação (que funcionaram no espaço INATEL Mouraria e foram dirigidas a associados da Fundação). Para o dramaturgo, há duas impressões muito fortes que ficam desta sua viagem pelo teatro de Ibsen: por um lado a relação entre o colectivo e o individual: “ O perigo que é quando uma pessoa fala em nome dos outros”, assinala Castro Caldas. Por outro, a ideia de que as personagens que encontrou não têm futuro. Na peça que escreveu o dramaturgo faz uma transposição desta ideia de ausência de futuro para o palco: “É como se o palco fosse um lugar insuportável, onde todos somos olhados e onde não há solução para nada. Como se para arranjar uma solução eu tivesse de sair dele”.

Miguel Brinca, Miguel Viegas, Rita Pascácio, Sandra Cristina Chambel, Xavier Faria Lopes. De 4 a 14 de Julho – 3ª a Sábado às 21h30 e Domingo às 16h M/12 | Duração – aprox. 75 min

“Esta Vida é uma Cantiga” Uma homenagem às músicas do Teatro de Revista assinala a reabertura do Teatro da Trindade, criada a propósito do encerramento do Parque Mayer, em 2002, resulta de uma colaboração entre Henrique Feist e Vitor Pavão dos Santos. Henrique Feist, que assina a direcção artística, integra o elenco com Wanda Stuart, FF, Anabela, com as participações especiais de

“Dramatículos”, de Samuel Beckett. Encenador: Jim Boerlin. Assistência de Encenação: Hugo Sovelas. Produção: Carla Pomares. Actores: Rocío Galán, Sara Graça e Sónia Neves. Cabelos: Luísa Vieira. Guarda-Roupa: Catherine Siracusa. Cenografia: Giovanni Villaro. Dese-

FICHA ARTÍSTICA

nho de luz: William Agosto (NY) e

Autor: Miguel Castro Caldas |

Alexandre Costa (Lisboa).

Direcção: Cristina Carvalhal |

Joaquim Paulo Nogueira

Cenografia e Figurinos: Ana Vaz |

[O autor escreve de acordo com a anti-

Adereços: Stephane Alberto |

ga ortografia]


22 // FUNDAÇÃO INATEL // TL Junho 2013

// MOTOR

// SUGESTÕES

Novo Kia Rio já dá cartas

Por Mário Caetano Palestrante inspirador & Life changer

O

novo Kia Rio foi desenhado para dar a volta à cabeça de qualquer um. Deslumbrante à vista, este “hatchback” tem muito para oferecer, desde os excelentes níveis de conforto e equipamentos inesperados para a sua classe, até à adaptação da mais recente tecnologia áudio e sistemas de segurança de última geração. Tudo com custos de utilização também muito reduzidos. Concebido com uma eficiência de consumos de combustível e uma redução de emissões de CO2, o novo Kia Rio apresenta-se no mercado com uma garantia única de sete anos. O novo Kia Rio, com preços a partir dos 12.090 euros, está ainda dotado do sistema “start and stop”. Dispõe, ainda, de design e de uma construção com base nos mais altos padrões de eficiência, oferecendo a confiança dos seus produtos aos clientes muito para além da construção em fábrica e que assegura um serviço de excelência e segurança para todos aqueles que escolhem um Kia. Da grelha frontal, a toda a linha lateral e terminando na robustez da traseira, o Rio deslumbra com tantos detalhes de classe. É a forma e a

função em perfeita sintonia: luzes diurnas, e espelhos retrovisores com a mais alta tecnologia LED são bons exemplos disso. Desenhado para surpreender o Kia Rio traz consigo uma qualidade premium, muito estilo e excelentes equipamentos. O ar condicionado automático mantém a temperatura mais desejada para condutor e passageiros, enquanto um avançado sistema áudio entretém todos os ocupantes. A ergonomia do habitáculo assiste o condutor sempre que possível para que este possa concentrar-se na estrada, mas também no conforto. O painel de instrumentos desportivo integra o computador de bordo e o volante ajustável apresenta várias funcionalidades que ajudam na sua concentração. A Kia disponibiliza três motores eficientes e de grande performance: dois motores a diesel e um a gasolina. Tecnologias, entre os 75 e os 90 cavalos, que oferecem a poupança máxima de combustível. Uma excelente aerodinâmica, associada a pneus de baixa resistência potenciam ainda mais a economia de combustível. I Carlos Blanco

// PALAVRAS CRUZADAS // Por José Lattas 1

HORIZONTAIS: 1 Aptidão; Concelho limítrofe de

VERTICAIS: 1 Aquele; Fatia; Medida agrária. 2 Adejar; Cerimónias. 3 Banda; Bebida alcoólica obtida por fermentação e consequente destilação dos pro dutos extraídos da cana de açúcar; Catálogo. 4 Período; Achaques; Morada. 5 Preposição simples; Teor. 6 Franja; Deseje; Enguia. 7 Portanto; Aplicara; Conjunção disjuntiva. 8 Atalaia (invertido); Acto sole ne, com que a Igreja comemora o sacrifício do corpo e do sangue de Jesus Cristo. 9 Género de plantas da família das Orquidáceas; Maior artéria do corpo dos mamíferos; Igualdade em farmácia. 10 Disposição; Empresa de televisão e rádio estatal italiana (sigla); Doença dos brônquios. 11 Foz; Assistência Médica Internacional (sigla). 12 Mérito; Já; Partido. 13 Encargo; Manto; Título dado aos governadores das províncias da Abissínia. 14 Cerco (plural); Negócio. 15 Puxador; Moeda única europeia (plural); Cloreto de sódio que ordinariamente se emprega como tempero.

2

3

4

5

6

7

8

9 10 11 12 13 14 15

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13

Soluções HORIZONTAIS:1 TALENTO; AMADORA. 2 ALAR; IRADA; ONOS. 3 LEDA; RALAR; MUDA. 4 AO; PA; E; ER; SA. 5 PR; MO; UVA; IA; SE. 6 O; RARAS; ORAGO; U. 7 SAÚL; MARRA; OPÔR. 8 T; METER; TIARA; O. 9 AR; SÓ; AMA; MA; CS. 10 IR; MI; I; AI; RO. 11 ATOL; ROSAS; CAIS. 12 ROLA; OUSAM; OSSA. 13 ÉS; RIS; A; AAR; AL.

Lisboa. 2 Elevar; Iracunda; Descanso (invertido). 3 Risonha; Molestar; Substituição. 4 Composição de preposição e pronome demonstrativo; Protactínio (s.q.); Érbio (s.q.); Apelido. 5 Presidente da República; Multidão; Fruto da videira; Corria; Sueste (abreviatu ra). 6 Preciosas; Padroeiro. 7 Primeiro rei de Israel; Abalroa; Confrontar. 8 Aplicar; Ornamento que, entre os Medos e os Persas, os soberanos punham na cabeça. 9 Disposição; Ermo; Governanta; Cânhamo da Índia ou de Manila; Césio (s.q.). 10 Abalar; Nota musical; Grito; Letra grega. 11 Grupo de recifes de coral, mais ou menos circulares; Alegria; Desem barcadouro. 12 Elegante ave de migração, columbina, abundante em Portugal de Abril a Setembro; Tentam; Serra do Alto Alentejo. 13 Aconteces; Gracejas; Maior rio da Suíça; Mais.

A SUA motivação vive entre duas variáveis Quando a desmotivação nos visita e bate à porta, nós podemos fazer três coisas: 1. convidá-la a entrar 2. fechar a porta e ignorá-la, ou 3. sentir-nos gratos, sabendo que este é o momento para agir. Se a recebermos, ela instala-se confortavelmente, e se deixarmos, ela simplesmente fica a viver lá em casa. Se lhe fechamos a porta e a ignoramos, ela ficará sobre o tapete à espera, à espera, à espera que a porta se abra para ela poder entrar e ela acabará por entrar. Se agirmos, avançamos fechando a porta e começamos imediatamente a fazer algo, seja subir ou descer as escadas. O importante é fazer. Só que fazer por fazer, faz-nos muitas vezes fazer mais do mesmo. E se antes de fazermos pensarmos “Porquê?” Porque vou subir a escada? Porque a vou descer? Porque vou mudar de relação? Porque a vou manter? Porquê atingir este objectivo no trabalho? Porque quero fazer este investimento financeiro? Porque razão como tanto? Porque motivo tenho de começar a fazer exercicio fisico? Porque é importante para a empresa que eu atinja resultados? Porque é importante para mim? Quando a desmotivação quer entrar, é bom que tenhamos clareza nos nossos objectivos, pois clareza é poder, e poder é sabermos exactamente o que queremos da vida. Quando temos um forte propósito e descobrimos o número de razões e porquês suficientes para fazermos aquilo que queremos, conseguimos manter-nos focados nos nossos objectivos. O propósito dá-nos alma aos objectivos, aumenta-nos a capacidade de resiliência, impele-nos para a acção contínua e focada, faz-nos transformar o impossivel em algo que apenas demora mais algum tempo a acontecer. Traga clareza para aquilo que quer, descubra o número máximo de porquês para atingir o seu objectivo e entre em acção. A SUA motivação vive entre duas variáveis. Propósito Motivação Clareza de objectivos Veja mais em www.mariocaetano.net


MOBILIDADE

REFOCUS IT

REDUÇÃO DE CUSTOS

A PRIMEIRA CLOUD PARA GRANDES EMPRESAS Face Cloud Business Experts

&RQKHFHPRV SURIXQGDPHQWH RV GHVDnjRV GDV JUDQGHV RUJDQL]D©·HV 3RU LVVR VDEHPRV R TX¥R LPSRUWDQWH « GLVSRU GH XP VHUYL©R  HnjFD] DOWDPHQWH GLVSRQ¯YHO DVVHJXUDGR SRU XPD HTXLSD HVSHFLDOL]DGD TXH OKH JDUDQWH R FRQIRUWR QD DGR©¥R GH QRYDV WHFQRORJLDV Ũ 7UDQVL©¥R DMXVWDGD ¢ UHDOLGDGH GH FDGD RUJDQL]D©¥R Ũ 6HJXUDQ©D GD VXD LQIRUPD©¥R DWHVWDGD SHOD FHUWLnjFD©¥R ,62  Ũ 6ROX©·HV FORXG HQGWRHQG FRPXQLFD©·HV  ,7

Connosco a informação da sua empresa está em boas mãos.

Tempo Livre junho 2013  

Tempo Livre junho 2013

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you