Page 1

Quadrilha vicecampeã no Arraial de BH

Pé Roxo

Pág.12

Maquiagem é diferencial para o look

Festa Julina

Pág.08

Cirurgias ortopédicas Pág.10

Hospital Nossa Senhora de Lourdes, em parceria com a Prefeitura de Nova Lima, realiza procedimentos cirúrgicos de alta complexidade e busca ser referência no SUS

Jovem conquista segundo lugar na Europa

Concurso de Piano

Pág.06

Descontos em viagens e eventos

ID Jovem

Pág.04

Casal ganha prêmio internacional

Fotografia de Casamento

Pág.14


A Banqueta

Nova Lima - Raposos - Rio Acima - 13 a 19 de julho de 2018

Oportunidades de emprego

Um fio de esperança

O mundo inteiro acompanhou ansioso o drama sofrido pelo grupo de crianças e o técnico de futebol tailandeses presos, desde o dia 23 de junho, em uma caverna de difícil acesso, no interior da Tailândia. Tudo teria começado, após o treino dos “12 Wild Boars”, nome do time de futebol composto por eles. Empolgados com a comemoração do aniversário de um dos membros, as crianças teriam seguido o técnico Tham Luang Nang Non (25) para explorar a caverna, mas foram surpreendidos por uma forte tempestade que inundou o local. Mergulhadores ingleses os encontraram com vida, no dia 3 de julho, mas ninguém sabe como eles sobreviveram dez dias completamente isolados, no escuro e em condições tão adversas.

A notícia do encontro do grupo de 12 meninos, entre 11 e 16 anos, trouxe um alento para as famílias dos desaparecidos, mas a angústia por revê-los estava longe do fim. Mesmo amparados por médicos, mergulhadores e uma extensa equipe de voluntários internacional, a missão de resgate se mostrou custosa. O medo de novas inundações preocupava, já que a temporada de monções se aproxima no país. Além disso, os responsáveis pela equipe de resgate se viam diante de diversos desafios: como seria possível retirar as crianças, sem qualquer experiência com mergulho no local e também se comunicar com eles? Somente uma criança possuía conhecimentos básicos de inglês. Com um enredo incrível, a história, certamente, deve render nas “telonas” e não faltarão heróis. Por exemplo, o técnico que teria jejuado para poupar comida para os garotos e ensinado a eles técnicas de meditação. Também, os mergulhadores ingleses que os encontraram e o exmergulhador da Marinha Tailandesa, Suman Gunan, que não sobreviveu ao percurso e morreu no dia 5 de julho tentando realizar o salvamento. A expectativa e a corrente de otimismo para que tudo desse certo parece ter se sobressaído ao clima de final da Copa do Mundo de Futebol. A humanidade parece não estar totalmente perdida, afinal.

O tempo permanece nublado, no final de semana, com nebulosidade variada na RMBH. A frente fria segue para o litoral. Mín: 13 Máx: 23

Parcialmente nublado

Mín: 12 Máx: 24

Sol entre nuvens

Ruibran dos Reis

Mín: 12 Máx: 24

Parcialmente nublado

Diretor da Regional da Climatempo Minas Jornal A Banqueta de Notícias - 433ª Edição

Analista de crédito (Nova Lima). Vaga exclusiva para mulheres, entre 18 e 29 anos, com fácil acesso ao Centro da cidade. Currículo: r h @ p e r f e c t a b r a s i l . c o m . b r. Informações: 3694-3349. Posto Jambreiro seleciona: caixa/balconista para trabalhar na loja de conveniência. Ambos os sexos com experiência na função. Pessoas entre 25 e 35 anos podem participar do processo seletivo. Interessados devem entregar currículo no Posto Jambreiro, MG-030, km 18. Informações: 3581-7047.

Analista ADM Pessoal Sr. (Nova Lima). Superior em Administração, Ciências Contábeis ou Tecnologia em Gestão de Recursos Humanos. Necessário experiência e domínio em Excel. Cadastro no site: www.recrutamentointeligente.com.br

Engenheiro orçamentista de terraplanagem (Nova Lima). Superior em Civil ou Eng. de Produção. Necessário experiência na área e conhecimento no Pacote Office, AutoCAD, MS Project e inglês básico. Cadastro no site: www.recrutamentointeligente.com.br

Advogado cível (Nova Lima). Superior completo. Necessário CNHB e experiência na área. Ter domínio no Pacote Office e em navegação e busca. Cadastro no site: www.martinsguerra.com.br.

Rua do abandono

Direto da Comunidade

“Moro na Rua Joaquim Venâncio Soares, no bairro Cabeceiras, e está difícil conviver com os inúmeros problemas existentes aqui. São lotes vagos com mato alto, lixo que atrai animais peçonhentos, falta de sinalização, buracos na via e diversos carros abandonados. É uma vergonha a situação do local. Já reclamei com os órgãos responsáveis, mas nada foi feito.” Tamirys Viana Cabeceiras

Resposta - A Prefeitura de Nova Lima informou que uma equipe da Zoonoses esteve no local e identificou sete veículos abandonados sem focos do mosquito Aedes aegypti. O órgão esclarece que as placas foram Contato: 31 3541-5701

Alô Banqueta

2

O jornal A Banqueta de Notícias se exime de qualquer responsabilidade BEX Edições Ltda. CNPJ: 11.160.970/0001-70 Fale conosco: 31 3541-5701 / 98569-2926 ou abanqueta@gmail.com sobre opiniões e pontos de vistas expressos em artigos, anúncios e Diretor: Frederico Sarti Mendes publicações assinadas que Jornalista responsável: Júnia Rodrigues exprimam conotações políticas, Redação: Júnia Rodrigues, Janaína Santos e Hully Monteiro religiosas ou sociais, por não Diagramadora: Sônia Souza refletirem as convicções desta Diagramadores aux.: Jordana Matos e Tatiana Dias Comercial: Clauzy Barbosa: 99847-9631-Efigênia Veloso: 98848-4388 diretoria. Reservamo-nos o direito de erro gráfico. Gráfica Editora Sempre - 16.000 exemplares

registradas e os proprietários serão notificados, assim como, os proprietários dos quatro terrenos que estão com mato alto.

“Sou leitora assídua do impresso e gostei bastante da matéria ‘Resgate da Cultura’ publicada em junho, na edição 430. Parabenizo a todos da equipe do A Banqueta de Notícias por darem visibilidade à área e assim incentivar projetos culturais na nossa cidade.” Renata Carvalho Mina D’água


Nova Lima - Raposos - Rio Acima - 13 a 19 de julho de 2018

A Banqueta

3


4

A Banqueta

ID Jovem Nova Lima - Raposos - Rio Acima - 13 a 19 de julho de 2018

Governo Federal

Mais de 400 mil jovens brasileiros estão tendo acesso ao programa federal ID Jovem. Por meio da emissão do documento é possível garantir descontos de até 50% em eventos esportivos, culturais e até duas vagas gratuitas em veículo rodoviário ou ferroviário de transporte interestadual. A iniciativa abrange, exclusivamente, jovens de 15 a 29 anos, com renda familiar mensal máxima de dois salários mínimos, cadastrados no CadÚnico e com Número de Identificação Social (NIS) atualizado, há pelo menos 24 meses. Com o objetivo de aumentar o número de jovens de Nova Lima cadastrados no programa, o município realiza ações para incentivar sua adesão.

Desconhecimento do programa

As ações relacionadas ao programa em Nova Lima são coordenadas pela Secretaria de Desenvolvimento Social em conjunto com a Coordenadoria de Políticas Públicas para a Juventude. Segundo Yhuri Silveira, à frente da coordenadoria, o número de beneficiados pelo programa poderia ser maior, mas o desconhecimento ainda é o principal entrave à abrangência da iniciativa. “Para ter acesso ao documento, a pessoa já deve estar inscrita no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo

Programa garante para jovens de baixa renda descontos em viagens interestaduais, eventos esportivos e culturais

Federal (CadÚnico), uma plataforma que possibilita ainda, a inserção em outros programas sociais, inclusive, o Bolsa Família e o Vida Nova. O ID Jovem foi criado, em 2017, para atender a esse mesmo recorte de carência”, explica.

Cadastro no CRAS

De acordo com o coordenador, estreitar a relação com o perfil abrangido pelo programa tem sido um desafio. Inúmeras ações itinerantes foram realizadas, no último ano, a fim de conscientizar estudantes de escolas públicas sobre a importância do direito. Apesar disso, para Yhuri, o número de cadastrados no ID Jovem ainda é irrisório na cidade. “Visitamos escolas e bairros sempre que possível e incentivamos o cadastro no programa. É só comparecer com os documentos pessoais e o número do NIS no Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) mais próximo. Infelizmente, a maioria dos jovens não leva o processo adiante”, observa.

Carteirinha

A formatação do programa ID Jovem remete a antiga carteirinha de estudante. A principal vantagem em relação ao documento é que a pessoa não precisa estar matriculada em uma instituição de ensino para garantir o direito. “Após o cadastro dos dados no CRAS ou pelo aplicativo ID Jovem 2.0, o inscrito deve imprimir o cartão virtual com

validade de 180 dias. Com esses dados atualizados e outro documento oficial com foto em mãos, basta apresentar o cartão impresso ou validar a autenticidade por meio do leitor de QR code, junto às bilheterias de eventos culturais e esportivos ou prestadores de serviços de transporte interestadual”, esclarece.

Política de concessão da passagem interestadual

Yhuri explica que o Estatuto da Juventude garante também ao inscrito a reserva de duas vagas gratuitas em cada veículo, comboio ferroviário ou embarcação de transporte interestadual de passageiros. “Além dessas passagens, há duas vagas com desconto de 50% (meia-passagem), que podem ser adquiridas depois de esgotadas as vagas gratuitas. O bilhete de viagem do jovem deverá ser solicitado com antecedência de, no mínimo, três horas em relação ao horário da partida do ponto inicial da linha, mesmo que o embarque seja em ponto intermediário do trajeto”, completa.

Mais informações

Coordenadoria de Políticas Públicas para Juventude - Praça Bernardino de Lima, 80, 3º andar (gabinete do vice-prefeito). Atendimento: 8h30 às 11h e das 13h às 17h30. Tel.: 3541-9729.


Nova Lima - Raposos - Rio Acima - 13 a 19 de julho de 2018

A Banqueta

5


6

Segundo lugar na Europa

Nova Lima - Raposos - Rio Acima - 13 a 19 de julho de 2018

Foto: Júnia Rodrigues

Destaque Internacioal

O sonho da nova-limense Milena Katharine Nero de se tornar uma pianista profissional está sendo trilhado aos poucos, entretanto, as mais de quatro horas diárias de estudo do instrumento já se refletem em resultados significativos na carreira da adolescente de 13 anos. No dia 24 de junho, ela viajou para participar de um concurso de piano, em Portugual, e conquistou o segundo lugar na competição, na categoria Juvenil (até 13 anos), sendo a única brasileira da competição. A primeira experiência em concursos, principalmente, em âmbito internacional, motiva a moradora do bairro Nossa Senhora de Fátima a seguir em frente para adquirir cada vez mais técnica e reconhecimento no cenário da música clássica.

Desafio e encantamento

Milena retornou da viagem na terça-feira (10). Segundo ela, ter a oportunidade de conhecer a cidade de Sardoal, em Portugal, além de apresentar o que aprendeu ao longo de sete anos de estudo foi uma experiência única que só lhe traz boas lembranças. “O auditório onde me apresentei estava cheio e fiquei um pouco nervosa ao subir no palco, mas não perdi a confiança”, diz. Milena apresentou três músicas sequenciais escolhidas pelos jurados: a Sonata de Scarlatti, a Sonata de Mozart e os Estudos de Cramer, obras cujo grau de dificuldade é considerado alto para a idade da adolescente.

Representante do Brasil

O concurso integrou o III Encontro Internacional de Piano de Sardoal, organizado pela Academia Internacional de Música "Aquiles Delle Vigne" e pelo município de Sardoal, cuja realização foi de 29 de junho a 8 de julho. Pianistas de todas as idades e de diversos países como Rússia, Bélgica, Hungria e Portugal estiveram presentes e divididos em quatro categorias. Milena foi a única brasileira a fazer parte desta edição. “Conversei com participantes de outras nacionalidades com o apoio da minha professora de piano. Foi muito interessante conhecer um pouco de outras culturas. Além disso, participei de três concertos junto de competidores e profissionais renomados”, relata.

Foco em 2019

As conquistas da adolescente são possíveis graças ao apoio da família e amigos. Segundo a mãe de Milena, Juliane Nero, a filha ainda não conseguiu uma bolsa de estudo em Coimbra (premiação do primeiro lugar), mas a possibilidade de participar do concurso e superar as expectativas já foram grandes presentes. Além disso, a segunda colocação rendeu à jovem um certificado e a possibilidade de participar do encontro na Europa, no ano que vem - na categoria Júnior (de 14 a 17 anos) - sem a necessidade de realizar teste de

seleção.

Jovem pianista, moradora do bairro Nossa Senhora de Fátima, era única brasileira a integrar concurso em Portugal Gratidão

Juliane Nero reforça que sem os professores Norma Silvestre e Felipe Silvestre o sonho de Milena não seria possível. Segundo ela, aulas de piano costumam ser muito caras, mas a adolescente tem a oportunidade de recebê-las, gratuitamente, desde os seis anos. “São professores renomados que enxergaram esse dom dado a minha filha por Deus. Hoje, vemos Milena brilhar também fora do Brasil, o que nos enche de orgulho”, conclui.

Ação entre amigos

Para ajudar a pagar os custos da viagem, que somam, aproximadamente, R$ 9 mil, familiares e amigos de Milena organizaram uma ‘Ação entre Amigos’, cujo objetivo é rifar um violino completo, com case. A rifa é vendida no valor de R$ 10. Para comprar basta entrar em contato com Jeter Nero (irmão de Juliane) pelo telefone: 98708-4587. O sorteio acontece no dia 08/09.


Nova Lima - Raposos - Rio Acima - 13 a 19 de julho de 2018

A Banqueta

7


A Banqueta

Modelos: Fernanda Miguel e Natácia Cardoso

8

Nova Lima - Raposos - Rio Acima - 13 a 19 de julho de 2018

Arraiá 2018

As festas juninas e julinas são tradicionais nas comidas, nas danças e também nos figurinos. Quando o assunto são as roupas, uma maquiagem criativa promete ser um diferencial para complementar o look. E a festa não precisa ser cheia de glamour para sair na tendência. Segundo a maquiadora e professora de maquiagem, Bianca Magnani, diversas novidades do universo das makes chegam para deixar as caipiras “chique no último” e dentro da moda em qualquer arraiá.

Casamento ideal

De acordo com Bianca, para o figurino ficar completo, a maquiagem faz toda a diferença, seja qual for a ocasião, como as quadrilhas dos meses de junho e julho. “O que adianta estar bem arrumado e o rosto não se destacar? A maquiagem pode até ser menos elaborada e mais leve, entretanto, deixará a pele uniforme, corrigirá alguma espinha, por exemplo, e permitirá que a junção entre roupa e make harmonize o conjunto”, explica Bianca Magnani.

Tendências para 2018

As sardinhas nas bochechas nunca saem de moda

nas festas caipiras, porém em 2017 e, agora, em 2018, as pintas com efeito natural (feitas de forma mais suave e em tamanho menor) são uma tendência muito utilizada no meio artístico. Além dessa possibilidade, usar pequenas pedras adesivas é outra ideia criativa e que dá um tom diferente às sardas. “Muito utilizados no Carnaval deste ano, esses adesivos podem substituir o lápis de olho no desenho das bolinhas. A produção fica diferente e com um charme especial”, completa. Nas duas possibilidades, o blush deixará a produção caipira ainda mais bonita.

Ousadia na produção

Para Bianca, os tradicionais “arraiás” permitem ousadia na produção. Dessa forma, ao utilizar a sombra, por exemplo, a maquiagem nos olhos pode ter poucas cores, em combinação com as do vestido, ou até mesmo ser multicolorida, uma vez que a festa tem a utilização de muitos tons por

Maquiagens tendência nas festas julinas deste ano são um diferencial para complementar o look

tradição. Os cílios postiços são indicados para realçar ainda mais o olhar e deixar a produção glamurosa. Já no caso do batom, a dica é abusar das cores fortes.

Maquiagem artística

Para brincar ainda mais com a criatividade existem opções bem elaboradas que prometem ser a atração dos festejos. Bianca domina a técnica das maquiagens artísticas e conta que já fez algumas com o tema junino que foram grande sucesso. Entre elas está o espantalho, um personagem sempre presente nos arraiás. Além dele, um caipira, onde a própria maquiadora se transformou no personagem. “Tem várias formas de sair do comum. No ano passado, me vesti de homem e fiz as sardinhas naturais. São opções para quem quer ser diferente e arrasar na festa”, conclui. biancamagnanimakeup (31) 99126-5005


Nova Lima - Raposos - Rio Acima - 13 a 19 de julho de 2018

A Banqueta

9


10

A Banqueta

Cirurgias ortopédicas Nova Lima - Raposos - Rio Acima - 13 a 19 de julho de 2018

Foto: ilustrativa

Capa

A Fundação Hospitalar Nossa Senhora de Lourdes (FHNSL), há mais de 20 anos, presta atendimento em ortopedia para a população de Nova Lima e região. Entretanto, devido à alta demanda de cirurgias ortopédicas na cidade, a unidade firmou uma parceria com o governo municipal, em outubro do ano passado, para iniciar a realização de procedimentos cirúrgicos de alta complexidade no município. Desde então, a fila de espera para essas cirurgias tem diminuído a cada dia e a instituição tem buscado ser referência em ortopedia no Sistema Único de Saúde (SUS).

Alta complexidade

Hospital Nossa Senhora de Lourdes, em parceria com a Prefeitura de Nova Lima, realiza procedimentos cirúrgicos de alta complexidade e busca ser referência no SUS

Readequação da unidade

Para tornar-se um hospital referência em tratamento ortopédico de alta complexidade no SUS, a FHNSL passou por algumas readequações estruturais. Segundo o ortopedista, nos últimos anos, os blocos e leitos cirúrgicos foram reformados para melhorar o atendimento dos pacientes. Além disso, a diretoria da unidade tem buscado, constantemente, recursos para a compra de materiais hospitalares por meio de parcerias com a iniciativa privada. “Nosso objetivo é oferecer à população um serviço mais abrangente e de qualidade, por isso, temos trabalhado para que o hospital tenha um cirurgião para cada subespecialidade da ortopedia”, explica.

Redução na fila de espera

De acordo com Dr. Gustavo Damazio, ortopedista na FHNSL, há 18 anos, cirurgias ortopédicas de alta complexidade são aquelas que demandam maior cuidado em seu procedimento e necessitam de equipamentos e equipes especializados para sua realização. Elas podem ser de substituição como as próteses de joelho e quadril, de reconstrução ligamentar e reparo de cartilagem como as de videoartroscopia e de correção de deformidades das mãos e dos pés.

Desde que a parceria foi firmada, a prefeitura tem feito um repasse mensal à FHNSL para custear parte das despesas com as cirurgias ortopédicas de alta complexidade. Dessa forma, a instituição consegue adquirir equipamentos médicos e contratar profissionais especializados para as intervenções cirúrgicas. Até o momento, o setor de ortopedia, composto por 12 especialistas, já realizou diversos procedimentos em todas as faixas etárias no município. “Houve uma redução significativa na fila de espera, porém devido à enorme demanda reprimida dos casos, os resultados para zerar a lista só serão atingidos a médio prazo”, comenta o ortopedista.

Cirurgias caras

Segundo o Dr. Gustavo, na maioria das vezes, a população não tem acesso ao procedimento adequado devido ao alto valor dos componentes utilizados nas cirurgias de alta complexidade.

Algumas delas podem chegar até R$ 40 mil em hospitais particulares. “Os procedimentos realizados pela FHNSL são gratuitos e não geram nenhum custo à população. Sem contar que reduzem significativamente a espera na fila que pode durar até cinco anos”, analisa.

Próteses para qualidade de vida

Entre as cirurgias realizadas pelo hospital, uma das mais importantes e complexas é a de artroplastia, que visa substituir as articulações danificadas do paciente por uma prótese bem parecida com o membro primário. “Estes são procedimentos que melhoram substancialmente a qualidade de vida da população. As pessoas recebem atendimento médico de qualidade, sem custos e que permite que elas consigam se locomover, novamente, sem dores ou desconfortos”, finaliza.

Investimento na saúde

Segundo informações da Prefeitura de Nova Lima, o órgão repassa à FHNSL, além dos valores contratuais com o SUS, uma fonte de recurso fixa de R$ 1.350.000,00 ao mês e uma variável de R$ 600.000,00 no primeiro semestre deste ano, para os procedimentos, exclusivamente eletivos, ou seja, aqueles que podem ser programados mediante indicação de consultas oriundas das Unidades Básicas de Saúde (UBSs) e/ou Policlínica. O órgão ainda informou que a parceria firmada com o hospital busca ampliar os atendimentos e acabar com a demanda reprimida de cirurgias ortopédicas, além das urológicas e exames de imagem na cidade. Atualmente, o governo municipal destina 24,1% de seu orçamento para a saúde, algo que gira em torno de R$ 1.400 por ano para cada habitante.


Nova Lima - Raposos - Rio Acima - 13 a 19 de julho de 2018

A Banqueta

11


AA Banqueta Banqueta

Nova Lima - Raposos - Rio Acima - 13 a 19 de julho de 2018

Tradição Mineira

Fotos: Fernanda Ribas e André Solano

12

Pé Roxo Quadrilha nova-limense é a vicecampeã do concurso estadual do Arraial de Belo Horizonte

A quadrilha do Pé Roxo, criada no bairro Nossa Senhora de Fátima, há mais de 54 anos, encanta o público nova-limense com suas apresentações. As cores dos vestidos rodados, os passos coreografados e a animação dos dançarinos trouxeram para o grupo, no início deste mês, o título de vice-campeã estadual do Arraial de Belo Horizonte 2018. Com nota 10 em todos os quesitos de avaliação, eles só não ficaram em primeiro lugar por causa de 37 centésimos a menos no tempo de permanência no palco.

“A magia do balancê”

A quadrilha do Pé Roxo se apresentou no Arraial de Belo Horizonte, no dia 30 de junho, com o tema “Conto de fadas junino: a magia do balancê”. Durante a apresentação, os 19 casais de dançarinos contaram, por meio da dança, a história de uma jovem que sonhava em participar de um baile na cidade desde sua infância. Porém, até a realização do grande sonho, ela enfrenta diversos obstáculos até encontrar o amor de sua vida.

Nota máxima

A apuração aconteceu na terça-feira (3) e, para a surpresa do marcador da Pé Roxo, Hudson Silva (32), a equipe nova-limense ficou em segundo lugar no grupo estadual do arraial. O título de campeã ficou com a Pequizá, de Montes Claros, e o terceiro lugar com a Pé na Brasa, de Santa Luzia.

“Tiramos nota máxima em todos os quesitos e ficamos com 50 pontos no total, assim como a primeira colocada. Porém, o critério de desempate é o tempo de permanência no palco e ela ficou 37 centésimos a mais que a gente”, explica.

Título a caminho

Não foi a primeira vez que o grupo conquistou, neste ano, o segundo lugar em um concurso de quadrilhas. No início do mês de junho, a Pé Roxo também foi vice-campeã em competições nas cidades de Brumadinho e Sabará. Segundo Hudson, os resultados foram frutos de um bom trabalho e têm motivado ainda mais a equipe. “Ensaiamos muito neste ano e todos os componentes deram o seu melhor. Acredito que com essa dedicação e esse empenho, logo conquistaremos o título de campeã”, conta animado.

Destaque nas apresentações

A professora nova-limense Natália Arcanjo (31) é dançarina da Pé Roxo há quatro anos. Atualmente, ela também se apresenta como noiva do grupo e representa o papel da jovem sonhadora do conto de fadas. Destaque em quase todas as apresentações devido a sua simpatia e animação, ela conta que a harmonia do grupo é essencial para conquistar o público e os jurados. “Nossa função é transmitir com clareza a história contada e mostrar o que a gente realmente

sabe fazer, além de deixar as pessoas com gostinho de quero ver mais”, brinca.

Arraial de Nova Lima

A prefeitura municipal, em parceria com a Pé Roxo, vai realizar, neste final de semana, nos dias 13, 14 e 15 de julho, o Arraial de Nova Lima. Durante os três dias de festa, o Espaço Cultural vai ser palco das apresentações de 18 grupos de quadrilhas de Minas Gerais que também se apresentaram na capital mineira. “Vivi uma época em que existiam 15 grupos de quadrilha só na cidade. Quero resgatar essa tradição e o Arraial é uma ótima oportunidade para isso. Nossa expectativa é de trazer para nossa terra a mesma magia apresentada em Belo Horizonte”, analisa Hudson.

Dançarinos

No início do ano, a Pé Roxo enfrentou dificuldades para formar os casais devido à desistência de alguns dançarinos. No entanto, depois de uma campanha nas escolas estaduais de Nova Lima, o grupo conseguiu convocar novos membros. “Qualquer pessoa que goste de dançar e se divertir pode fazer parte da nossa quadrilha. Estamos sempre de portas abertas para receber a população”, finaliza.

Seja um quadrilheiro!

Para integrar o grupo de quadrilha nova-limense, basta enviar mensagem para o Facebook: Arraial Pé Roxo ou para o Instagram: @arraialperoxo.


Nova Lima - Raposos - Rio Acima - 13 a 19 de julho de 2018

A Banqueta

13


14

A Banqueta

sucesso Cliques de Nova Lima - Raposos - Rio Acima - 13 a 19 de julho de 2018

Reconhecimento

A preparação de um casamento envolve muito mais do que um vestido e uma festa. Tudo o que compõe a cerimônia é pensado com carinho e atenção para representar o amor entre os noivos. E capturar esses momentos é a especialidade dos fotógrafos nova-limenses Júlio de Freitas e Maraíse Silva, casados há quatro anos. A parceria na vida rendeu bons frutos também no trabalho. No mês de junho, eles foram premiados em primeiro e segundo lugar de um concurso internacional de fotografias com imagens de alianças capturadas durante casamentos registrados por eles.

O concurso

O casal tem o costume de acompanhar vários blogs especializados em fotografia e, em maio, um deles anunciou a realização de um concurso internacional em parceria com uma famosa joalheria de Nova York. A premiação era um vale-compras em uma loja americana de equipamentos fotográficos no valor de 1.200 dólares para o primeiro colocado e 300 dólares para o segundo. O tema não podia ser melhor: alianças. Há 17 anos fotografando casamentos, o casal possui um belo acervo de fotos e viu nesse concurso uma oportunidade para melhorar seus equipamentos de trabalho.

Resultado inesperado

O processo aconteceu totalmente online e o casal concorreu com, aproximadamente, 300 pessoas de diversos lugares do mundo. Cada um deles enviou três fotos. O resultado foi divulgado via e-mail, no

Casal de fotógrafos nova-limense ganha concurso internacional de fotografia com imagens de alianças dia 4 de junho, e para surpresa de Júlio de Freitas (34), a foto dele tinha conquistado o segundo lugar. “Fiquei super feliz quando vi, mas não conseguia saber quem tinha ficado em primeiro lugar. Liguei para minha esposa e pedi para ela acessar o e-mail. Brinquei que, com certeza, a foto vencedora era a dela e para nossa surpresa foi, exatamente, isso que aconteceu”, relembra.

Análise das fotos

O blog fez uma publicação, posteriormente, parabenizando os vencedores e enviou os valescompras a eles. Mas, o maior reconhecimento para Maraíse Silva (33) foram às observações usadas para descrever as fotografias. Segundo ela, o casal gosta de capturar os momentos felizes das pessoas e, por isso, optaram pela cobertura dos casamentos. “Minhas fotos são mais voltadas para o lado sentimental e as do Júlio para o lado estético e o avaliador conseguiu captar isso. Ele descreveu a minha como uma foto orgânica, limpa e com significados fortes e a dele como técnica, com uma luz mais trabalhada e com uma composição bem pensada”, comenta.

a história dos noivos. Esse é nosso objetivo, registrar tudo aquilo que tem história e significado. Nossas fotos não estão focadas somente nas alianças, mas em todo o contexto do casamento”, explica.

Entre os melhores

O casal já participou de outros concursos antes e é a segunda vez que é premiado ao mesmo tempo em um concurso internacional. Em outubro do ano passado, eles receberam o selo de premiação da Bride Association depois de terem suas fotos reconhecidas pela associação. A empresa Dois Cliques, fundada por eles, há oito anos, também recebeu um prêmio, em maio, por estar entre as dez melhores de fotografia de casamento em Minas Gerais. “Temos muitas inspirações em fotógrafos estrangeiros e quando a gente ganha um prêmio assim, fica a certeza de que nossa fotografia é tão bonita quanto a deles e isso é gratificante demais”, finaliza Júlio.

História registrada

A fotógrafa ainda atribui ao resultado à característica utilizada por ela e o marido na hora de fotografar. De acordo com Maraíse, os dois gostam de capturar o universo de transformação na vida das pessoas. “As alianças são itens escolhidos com atenção e carinho e têm uma relevância para

Foto: Júlio de Freitas

Foto: Maraíse Silva


15

A Banqueta

Nova Lima - Raposos - Rio Acima - 13 a 19 de julho de 2018


16

A Banqueta

Começa a Taça BH de Futebol

O Villa Nova estreia na Taça BH de Futebol Sub-17, nesta terça-feira (17). A equipe comandada pelo treinador Cicinho encara o Botafogo do Rio de Janeiro, no campo do Villa Nova, às 17h. Um pouco antes, às 15h, também no Alçapão do Bonfim, tem a partida entre Internacional do Rio Grande do Sul e Novorizontino de São Paulo. O Villa é o cabeça de chave do grupo H, que tem sede em Nova Lima. Quarenta clubes de diversas regiões do país irão disputar a competição, entre os dias 17 e 31 de julho. As equipes foram distribuídas em dez grupos, formados por quatro clubes. Os times jogam entre si, dentro de cada grupo, em turno único. Estarão classificados para as

Nova Lima - Raposos - Rio Acima - 13 a 19 de julho de 2018

oitavas de final, os primeiros colocados de cada grupo e os seis melhores segundos colocados. Além dos jogos do dia 17, Nova Lima receberá os seguintes confrontos: Villa x Novorizontino, na quinta-feira, dia 19, às 15h, e Botafogo x Internacional, às 17h. No sábado, dia 21, Botafogo x Novorizontino, às 15h, e Villa x Internacional, às 17h. O time do Villa vem de dois amistosos preparatórios. No último sábado, perdeu por 1 a 0 para o Soccer e, na última terça-feira, venceu o América-TO por 1 a 0. E amanhã, o Leão faz seu último teste, às 9h, no campo do Villa Nova, contra o Betim. Volta do Brasileirão: Após a parada para a disputa da Copa do Mundo, o Campeonato Brasileiro volta na próxima semana. Os times tiveram tempo de preparação para voltarem na “ponta dos cascos” para o segundo semestre. Além desse tempo de treinamentos, as equipes foram ao mercado e terão mudanças importantes. No

América, a principal modificação fica por conta do comando técnico do time: saiu Enderson Moreira e chegou Ricardo Drubscky. No Atlético chegaram: David Terans, José Welison, Denílson, Yimmi Chará, Edinho e Leandrinho. Por outro lado, o zagueiro Bremer foi para a Torino, da Itália; e também saíram Otero e Yago. No Cruzeiro, a base foi mantida, mas uma contusão afetou o ataque da Raposa. O time celeste que já não contava com o centroavante Fred, contundido desde o meio do primeiro semestre, perdeu também Sassá, que passou por cirurgia no joelho e para por 3 meses. Com apenas dois jogadores para o ataque, Raniel e Rafael Sóbis, o Cruzeiro foi ao mercado e trouxe o experiente atacante Hernán Barcos, ex-jogador do LDU, Palmeiras e Grêmio. Outra boa notícia é a recuperação do atacante David. O jogador é um velocista e suas características serão importantes o elenco celeste.

No Fundo do Baú

Nesta semana, vamos relembrar do time da Prefeitura de Nova Lima da década de 80. O ex-prefeito Cassinho e o vereador José Guedes, então funcionários do órgão público, organizavam, uma vez por mês, um jogo de futebol entre o time da prefeitura contra outro time da cidade.

Em pé: Eurico Seabra, Ailton Otinha, Gilberto Otinha, Cassinho Magnani, Wilson, Helinho Guedes e Álvaro. Agachados: João, Juninho, Renatinho, Chico e José Guedes.

Sentados: Ivan Guedes, Iguatemy Guedes, Fernando e Ivana Guedes.

Time da Prefeitura de Nova Lima

Enquete - Quais foram os melhores jogadores do time da prefeitura da década de 80? Envie seu e-mail para: enqueteabanqueta@gmail.com. Participe!

Resposta da enquete anterior - Os melhores jogadores do time Kero Biss de 2018 foram: em 1º lugar, Marco Aurélio, com 50% dos votos. Em 2º, com 30%, Mutchula. E, em 3º, com 20% dos votos, Lincoln.


17

A Banqueta

Nova Lima - Raposos - Rio Acima - 13 a 19 de julho de 2018


18

A Banqueta

Nova Lima - Raposos - Rio Acima - 13 a 19 de julho de 2018

Inauguração do Boi Villa

Os apreciadores de cortes nobres têm, desde a última terça-feira (10), uma nova opção de espaço para se deliciar na Vila Lavinsky: o Boi Villa. Os empresários Alberto Wu e Fernando Baltazar (Parmeggiana Trattoria), responsáveis pelo novo empreendimento, trouxeram o espaço para a cidade, após observarem a carência do nicho na região. O restaurante privilegia a autêntica Parrilla porteña, além de cortes mais nobres de caça e da raça Angus. O local ainda oferece os melhores rótulos de vinhos selecionados, exclusivamente, para harmonizar o cardápio refinado. A inauguração também contou com o repertório caloroso de Duo Centopeia e Nath Rodrigues no violino para afastar o frio. Fotos: Alberto Wu


19

A Banqueta

Nova Lima - Raposos - Rio Acima - 13 a 19 de julho de 2018


20

A Banqueta

Nova Lima - Raposos - Rio Acima - 13 a 19 de julho de 2018

A Banqueta 433  
A Banqueta 433  
Advertisement