Page 1

Vítimas da febre amarela

Surto da Doença

Pág.12

Escândalos de pedofilia no universo esportivo

Editorial

Pág.02

Infectologista esclarece dúvidas sobre a doença

Febre Amarela

Passarela será

construída Pág.10

Prefeito Vitor Penido atende solicitação do vereador José Guedes e garante que a construção da passarela no Trevo dos Cristais será realizada ainda este ano

Pág.04

Mato alto oferece risco paramoradores Direto da Comunidade

Pág.02

Transmissão ao vivo de Villa Nova e Uberlândia

TV Banqueta

Pág.17


A Banqueta

Oportunidades de emprego

Pedofilia no esporte

O ex-médico da Confederação Americana de Ginástica, Larry Nassar, foi afastado do cargo, depois de ser condenado, a mais de 60 anos de prisão, por posse de pornografia infantil. Agora, o ex-membro da confederação americana é apontado como o autor de abusos sexuais contra meninas, inclusive, ex-atletas da Seleção Americana de Ginástica, que eram crianças, quando foram molestadas. Entre as vítimas, que somam mais de 100 mulheres, está Simone Biles, que conquistou cinco medalhas na Olimpíada do Rio de Janeiro 2016. A atleta denunciou o crime, por meio do Twitter, ao ver os depoimentos de outras vítimas, hoje adultas, relatando sobre a forma como Larry agia.

Nos depoimentos, as mulheres expuseram todos os problemas de autoestima e níveis acentuados de sofrimento gerados pelos abusos sucessivos cometidos pelo acusado. Larry Nassar era visto como um profissional exemplar, acima de qualquer suspeita dos pais ou responsáveis, mas que demonstrou ser dono de um caráter doentio e frio. Por mais assustador que isso pareça, homens e mulheres como ele, caminham todos os dias entre nós e os abusos ocorrem além dos consultórios médicos, local onde teriam sido cometidos os crimes, neste caso. Eles também podem se estender a espaços religiosos, escolares e, até mesmo, dentro de casa. Esses casos servem de alerta aos sinais que muitas crianças e adolescentes, vítimas deste tipo de violação, apresentam, por exemplo, a mudança repentina de comportamento. Incômodo e medo diante de determinadas pessoas não devem ser negligenciados pelos responsáveis. Apesar de alguns criminosos serem condenados pela Justiça, as sequelas emocionais desses atos cruéis tendem a acompanhar as vítimas de abusos, por toda a vida, e encadear crises depressivas que podem levar até ao suicídio, como o caso da expaciente, Chelsey, uma das vítimas de Larry, que cometeu suicídio em 2009.

A massa de ar quente e seco deve predominar na RMBH, no final de semana, o que deve tornar a temperatura elevada. Mín: 17 Máx: 28

Sol entre nuvens

Mín: 18 Máx: 29

Sol entre nuvens

Ruibran dos Reis

Mín: 18 Máx: 29

Sol entre nuvens

Diretor da Regional da Climatempo Minas

Nova Lima - Raposos - Rio Acima - 26 de jan. a 01 de fev. de

Socila (Centro) seleciona: manicure. Agende entrevista pelo telefone: 3541-0213.

Analista de crédito (Nova Lima). Exclusiva para mulheres entre 18 e 26 anos, com fácil acesso ao Centro. Currículo: rh@perfectabrasil.com.br.

Instituto Arena da Alegria (Nova Lima) seleciona estagiários de Pedagogia. Estudantes a partir do 4° período. Horário: 7h às 13h. Interessados devem ter afinidade com crianças de dois anos. Currículo: adm@aaalegria.com.

Aux. de qualidade (Nova Lima). Cursando técnico de Gestão de Qualidade. Experiência de 6 meses. Necessário conhecimento no pacote Office. Currículo até 01/02 para: recrutamentokonicaminolta@gmail.com.

Esteticista (Nova Lima). Salário: R$ 1.500 + benefícios. Superior completo ou último período de Estética e Cosmetologia, e áreas afins e ter fácil acesso ao Vila da Serra + experiência com vendas. Horário: 12h às 21h e 9h às 18h (sábados). Enviar currículo para: recruta2@criesolucoes.com.br. Cozinheiro (ambos os sexos). Necessário experiência e ensino médio completo e ter fácil acesso ao Jardim Canadá. Jornada de 44h semanais. Enviar currículo para o email: curriculo@coleguium.com.br.

Hospital Vila da Serra seleciona (06) técnicos de Enfermagem. Não é necessário experiência. Escala: (12x36). Salário: R$ 1.280 + benefícios. Currículo até 31/01 para: vagas@hospitalviladaserra.com.br.

Terra de ninguém

Direto da Comunidade

“Moro na Rua Augusto de Lima e estou indignado com a situação dessa região. Em algumas áreas, o mato ultrapassa os telhados das casas. Em meio a um surto de febre amarela na cidade, a prefeitura deveria vistoriar todos os lotes, mesmo sem autorização dos proprietários. Só do trajeto da minha rua até a Av. Henrique Otero, eu contei oito imóveis cheios de matos e, certamente, com o mosquito Aedes aegypti. Se os donos não são capazes de cuidar de seus terrenos, que a prefeitura tome alguma providência!”

Cássio de Sales - Centro

Resposta - A Prefeitura Municipal de Nova Lima informou que uma equipe será encaminhada para o local e, caso seja necessário, os proprietários dos imóveis serão notificados para realizar a limpeza dos Contato: 31 3541-5701

Alô Banqueta

2

O jornal A Banqueta de Notícias se Jornal A Banqueta de Notícias - 410ª Edição exime de qualquer responsabilidade BEX Edições Ltda. CNPJ: 11.160.970/0001-70 Fale conosco: 31 3541-5701 / 98569-2926 ou abanqueta@gmail.com sobre opiniões e pontos de vistas expressos em artigos, anúncios e Diretor: Frederico Sarti Mendes publicações assinadas que Jornalista responsável: Júnia Rodrigues Redação: Júnia Rodrigues, Júlia Leal, Janaína Santos e Hully Monteiro exprimam conotações políticas, religiosas ou sociais, por não Diagramador: Elton Corrêa David refletirem as convicções desta Diagramadores aux.: Jordana Matos e Tatiana Dias Comercial: Clauzy Barbosa: 99847-9631-Efigênia Veloso: 98848-4388 diretoria. Reservamo-nos o direito de erro gráfico. Gráfica Editora Sempre - 16.000 exemplares

lotes. A administração pública ainda esclarece que, somente com o apoio da população, será possível diminuir irregularidades como essa. Denúncias podem ser feitas pelo telefone: 3541-4376.

“Parabéns à equipe da TV Banqueta pelas transmissões dos jogos do Villa Nova. As narrações estão excelentes e os apresentadores são ótimos, sempre com comentários relevantes.” Jota Lucena Cabeceiras


Nova Lima - Raposos - Rio Acima - 26 de jan. a 01 de fev. de 2018

A Banqueta

3


amarela A Banqueta

Dúvidas sobre a febre

4

O surto de febre amarela em Nova Lima tem assustado a população. Neste mês, já foram registradas seis mortes pela doença e os casos suspeitos não param de aumentar. A preocupação dos moradores cresce e as dúvidas sobre o assunto seguem à mesma proporção. O Jornal A Banqueta de Notícias foi às ruas para saber das pessoas quais são os questionamentos mais frequentes sobre o assunto e convidou um infectologista para esclarecer as perguntas.

Macacos também são vítimas

Dentre as dúvidas dos novalimenses, uma delas se refere a relação dos macacos com a transmissão da febre amarela. Muitos acreditam que o animal transmite o vírus para os humanos, no entanto, o infectologista Dr. Guenael Freire explica que os animais também são vítimas. Segundo o médico, os casos de febre amarela registrados em Nova Lima são do tipo silvestre e a transmissão ocorre pela picada dos mosquitos Haemagogus ou Sabethes, que vivem predominantemente em áreas silvestres ou matas. Os macacos não causam a doença, mas indicam a presença do vírus em determinada região. “Esses animais morrem por febre amarela e, eventualmente, o homem também pode ser picado pelo mosquito transmissor e ser infectado”, completa.

Sintomas

Outra dúvida recorrente se refere aos sintomas da febre amarela e quais as medidas devem ser tomadas. Segundo Dr. Guenael, os primeiros sintomas são inespecíficos e se assemelham à dengue, como febre, desânimo, dor no corpo e nas

Nova Lima - Raposos - Rio Acima - 26 de jan. a 01 de fev. de

Infectologista esclarece os principais questionamentos da população sobre a doença

articulações, mas o quadro pode evoluir e outros sinais aparecem. “Duas manifestações chamam atenção do paciente infectado por febre amarela, sendo a coloração amarelada da pele e das mucosas e a tendência ao sangramento”. Diante dos sintomas iniciais apresentados é importante procurar imediatamente um Pronto Atendimento para que sejam realizados os exames complementares.

Dose única

Devido ao grande número de casos da doença na cidade, muitos nova-limenses procuram o posto de saúde, mas alguns voltam sem se vacinar. Um dos motivos é a garantia de proteção da dose única, estabelecida em abril de 2017, pelo Ministério da Saúde. Anteriormente a data, a dose de reforço da febre amarela era feita após 10 anos. A mudança gerou muitas dúvidas relacionadas a eficácia da vacina de dose única. Dr. Guenael esclarece que estudos científicos comprovaram que uma única dose garante a proteção por toda a vida. “Os casos geram dúvidas, mas a vacina é eficaz. Pessoas doentes em Nova Lima nunca tomaram sequer uma dose”, completa.

Contraindicações

Além das pessoas que vacinaram em qualquer época da vida, outros grupos voltaram para casa sem a dose. Segundo o infectologista, o Ministério da Saúde estabeleceu algumas contraindicações para receber a vacina. Dentro do grupo estão as pessoas imunodeprimidas, como pacientes oncológicos, aquelas que fazem tratamento de doenças reumáticas, portadores do HIV com baixa imunidade, além disso, indivíduos com histórico de reação alérgica grave após ingestão a ovo.

Vacinação das crianças

No caso das crianças, a determinação do Ministério

Saúde

da Saúde é vacinar a partir de nove meses de vida. “A Secretaria de Saúde de Nova Lima optou por manter esta exigência, isso porque, as crianças abaixo de nove meses ainda não tem o sistema imunológico totalmente desenvolvido”, informa.

Sem exigência do relatório médico

A partir dessa quinta-feira (25), na hora da vacinação, o município não exige mais o relatório médico dos idosos, acima de 60 anos, e das gestantes que amamentam crianças menores de seis meses, desde que haja a interrupção da amamentação por 10 dias, após a imunização. Contudo é necessário que esse público passe por avaliação feita por médicos ou equipe de enfermagem, dentro das salas de vacina. Deve-se responder um questionário e serão observadas as condições para tomar a dose. Caso surja alguma contraindicação, encaminha-se o paciente ao médico.

Dr. Guenael completa que pessoas idosas têm risco maior de ter doenças crônicas e algumas delas diminuem a imunidade, o que pode ocasionar complicações. “A pessoa pode até desenvolver a febre amarela com a própria vacina, porque a dose é feita de vírus vivos enfraquecidos. Sendo assim, deve ser analisado caso a caso”, ressalta.

Tratamento

Em virtude do grande número de mortes por febre amarela, muitas pessoas têm dúvida se existe cura para o paciente infectado. De acordo com o infectologista, a febre amarela não tem tratamento específico, apenas os sintomas. “Algumas evoluções são tão graves que, mesmo com o diagnóstico rápido e todos os recursos disponíveis, o paciente não resiste”, finaliza.


Nova Lima - Raposos - Rio Acima - 26 de jan. a 01 de fev. de 2018

A Banqueta

5


6

A Banqueta

Nova Lima - Raposos - Rio Acima - 26 de jan. a 01 de fev. de


Nova Lima - Raposos - Rio Acima - 26 de jan. a 01 de fev. de 2018

A Banqueta

7


8

A Banqueta

Nova Lima - Raposos - Rio Acima - 26 de jan. a 01 de fev. de


Nova Lima - Raposos - Rio Acima - 26 de jan. a 01 de fev. de 2018

A Banqueta

9


10

Capa

A Banqueta

Passarela será

construída Nova Lima - Raposos - Rio Acima - 26 de jan. a 01 de fev. de

Prefeito Vitor Penido atende solicitação do vereador José Guedes e garante que a construção da passarela no Trevo dos Cristais será realizada ainda este ano Após sete anos de muitas batalhas, a história da construção da passarela no Trevo dos Cristais, localizado na rodovia MG-030, finalmente terá um final feliz. O prefeito de Nova Lima, Vitor Penido (DEM), atendendo à reivindicação do presidente da Câmara Municipal de Vereadores, José Guedes (DEM), garantiu, nesta semana, que entregará a obra ainda este ano. A construção da passarela está incluída no pacote de obras que será realizado no município.

O projeto da passarela no Trevo dos Cristais havia sido aprovado pelo Departamento de Edificações e Estradas de Rodagem de Minas Gerais (DEER-MG), em 2012, porém, em 2013, o órgão, ao lado do Ministério Público (MP) e da Prefeitura de Nova Lima, decidiu transferir a obra para o trecho em frente ao Colégio Santo Agostinho, próximo ao Condomínio Vale dos Cristais. Dessa forma, os moradores dos bairros Chácara Bom Retiro, Alvorada, Chácara dos Cristais, Cristais, BNH e Bom Jardim continuaram sem um lugar adequado e seguro para atravessar a via.

Pacote de obras

Segundo o prefeito Vitor Penido, a construção da passarela não estava incluída no pacote de obras e reformas que serão realizadas em diversos bairros da cidade, este ano. Porém, o gestor reconheceu a importância do empreendimento. “Mesmo longe da prefeitura, sempre acompanhei a luta do meu amigo, José Guedes, para conseguir a implantação de uma passarela naquele trecho. Por isso, resolvi incluir a obra nesse pacote. Garanto à população que, até dezembro deste ano, entregaremos a tão sonhada passarela para os moradores da região”, enfatiza.

“População merece a passarela”

O histórico da construção da passarela no Trevo dos Cristais

é longo. Os moradores da região vivem uma expectativa para ver o projeto concluído, desde 2010. O presidente da Câmara Municipal, José Guedes, apoia a iniciativa e torce para que ela saia do papel. “Sempre lutei para isso. Quando acreditei que a obra seria realizada, de uma hora para outra, os órgãos públicos envolvidos a transferiram para o Condomínio Vale dos Cristais. Foi um absurdo! O número de pessoas beneficiadas com a passarela no local é infinitamente maior do que naquela região. É por isso que, há mais de 30 anos, caminho com Vitor Penido. Aos poucos, ele vai acertar o que está errado na cidade”, completa o vereador.

Relembre o caso

Em 2010, o MP e a Promotoria de Justiça de Defesa do Meio Ambiente, Habitação e Urbanismo de Nova Lima firmaram um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC), no qual obrigavam a Construtora Erinus Empreendimentos S/A a construir uma passarela, em frente ao Trevo dos Cristais. O projeto serviria de medida compensatória por uma infração de lei

cometida pela empresa, durante as obras do condomínio Rossi Botânique, ao lado do Shopping Ponto Verde. O TAC deveria ser aprovado pelo DEER-MG em, no máximo, 60 dias. Depois disso, a Prefeitura de Nova Lima deveria fiscalizar a situação do projeto para, só então, emitir o alvará de licença para a construção dele. Dessa forma, a Erinus teria seis meses para concluir a obra.

Projeto aprovado pelo DEER

Em 10 de abril de 2012, o DEER aprovou o projeto da passarela, no Trevo dos Cristais, e, em 07 de agosto do mesmo ano, a Prefeitura de Nova Lima emitiu o alvará de licença para implantação da obra.

DEER volta atrás na decisão

Entretanto, em novembro de 2013, o DEER definiu que não havia viabilidade técnica para a construção de uma passarela no Trevo dos Cristais. Segundo informações do órgão, a estrutura do empreendimento ficaria muito alta e os moradores continuariam atravessando a rodovia pelo meio da pista.

Transferência da passarela para condomínio

Em 27 de fevereiro de 2015, o MP, representantes da construtora, prefeitura municipal e DEER fizeram um acordo judicial substituindo a medida compensatória de implantação da passarela no Trevo dos Cristais pelo pagamento pecuniário substitutivo, no montante de R$ 1,2 milhão, a ser pago pela construtora em quatro parcelas iguais. O valor da medida compensatória foi destinado ao pagamento da passarela do condomínio Vale dos Cristais que, em agosto de 2016, foi inaugurada. A mudança gerou revolta nos moradores do bairro Cristais e região, que até hoje, não possuem uma passagem adequada para atravessar a via.


Nova Lima - Raposos - Rio Acima - 26 de jan. a 01 de fev. de 2018

A Banqueta

11


12

A Banqueta

Vítimas da febre amarela Nova Lima - Raposos - Rio Acima - 26 de jan. a 01 de fev. de

Situação de Emergência

Nova Lima identifica 17 casos da doença entre suspeitos, mortes confirmadas e diagnósticos positivos sem óbito. Primeiro caso infantil é registrado e segue sob investigação

Nova Lima é a cidade com maior número de mortes por febre amarela em Minas Gerais, desde o início de 2018. Foram seis óbitos confirmados e os casos suspeitos crescem a cada dia, o que fez com que a cidade decretasse situação de emergência em saúde pública por surto de febre amarela. Do total de 17 casos identificados no município, nove ainda estão sob suspeita da doença e não evoluíram a óbito. Um deles se refere a uma criança de três anos, moradora do bairro Buritis em Belo Horizonte, mas com residência nos bairros Vale do Sereno e Jardim de Petrópolis, em Nova Lima. Ela segue internada no Hospital Infantil São Camilo, em BH. O caso, divulgado nesta terça-feira (23), é o primeiro infantil identificado na cidade. Segundo a Prefeitura de Nova Lima, a vítima não tinha recebido a vacina contra a doença.

Além dos nove casos suspeitos notificados em Nova Lima, dois receberam diagnóstico positivo para febre amarela. Na quarta-feira (24), um deles recebeu alta. Um morador do bairro Alto do Gaia, 39 anos, que também não havia sido vacinado. A outra vítima com diagnóstico positivo, moradora da Mata do Engenho, segue internada. Também na quarta-feira foi liberado do hospital um adolescente de 17 anos, que veio de Porto Seguro (BA), para São Sebastião das Águas Claras (Macacos), cujo caso não foi confirmado como sendo febre amarela. O A Banqueta apresenta a relação de todos os 17 registros da cidade. Eles servem de alerta e reforçam a importância de se prevenir contra uma doença que mata.

Casos confirmados

1) M.C.P., 43 anos, pintor lanterneiro Localidade: Honório Bicalho (casa da mãe) e Santa Rita (casa da esposa e filho) - Veio de São Paulo em 23/12/17 03/01/18: atendimento na FHNSL 06/01/18: óbito. 09/01/18: confirmado com febre amarela. - Não era vacinado 2) L.J.F., 60 anos, topógrafo Localidade: Galo 02/01/18: atendimento na FHNSL 05/01/18: óbito 11/01/18: confirmado com febre amarela - Não era vacinado

3) A.S.C., 46 anos, atuava com capina e plantio Localidade: Santa Rita 02/01/18: atendimento na FHNSL 05/01/18: transferido para o Hospital Eduardo de Menezes (BH) 07/01/18: óbito 10/01/18: confirmado febre amarela

- Não era vacinado

4) M.C.A., 47 anos, atuava com instalação de placas em Diadema/SP Localidade: Santa Rita. Veio de SP para festas de final de ano, em 19/12/17 06/01/18: atendimento UPA - 07/01/18: atendimento na FHNSL 08/01/18: transferido para o Hospital Eduardo de Menezes 11/01/18: confirmado com febre amarela 14/01/18: óbito - Não era vacinado

5) E.T.S., 41 anos, serralheiro Localidade: Cascalho 06/01/18 e 07/01/18: atendimento na UPA 09/01/18: atendimento na FHNSL. Transferido para o Hospital Eduardo de Menezes 11/01/18: óbito 16/01/18: confirmado com febre amarela - Não era vacinado 6) I.J.S., 46 anos, desempregado Localidade: área rural de Santa Rita 14/01/18: atendimento na FHNSL - CTI 18/01/18: óbito 18/01/18: confirmado com febre amarela - Não era vacinado

7) J.C.K., 39 anos Localidade: Mata do Engenho (Macacos) 14/01/18: internada no Hospital Vila da Serra 18/01/18: confirmada com febre amarela - Não era vacinada

8) G.L., 39 anos, pedreiro Localidade: Alto do Gaia 15/01/18: admissão da UPA 17/01/18: transferido para o Hospital Eduardo de Menezes 19/01/18: confirmado com febre amarela 24/01/18: alta hospitalar - Não era vacinado

Casos suspeitos

1) C.A.S., 42 anos, pedreiro Localidade: Alvorada 15/01/18: início dos sintomas em Acuruí - Itabirito 19/01/18: transferido para o Hospital Eduardo de Menezes - Exames em análise - Não é vacinado 2) V.M.J., 50 anos Localidade: Boa Vista 20/01/18: atendimento na FHNSL 21/01/18: transferido para o Eduardo de Menezes 22/01/18: exames em análise - Não é vacinado

3) L.A.C., 47 anos Localidade: pessoa em situação de rua do Jardim

Canadá 30/12/17: atendimento na FHNSL 21/01/18: suspeita de febre amarela 22/01/18: exames em análise - Não é vacinado

4) H.M.R., 17 anos Localidade: proveniente de Porto Seguro (BA) para Macacos 19/01/18: atendimento na UPA 20/01/18: transferido para o Hospital Eduardo de Menezes 20/01/18: exames em análise 24/01/18: alta hospitalar - Não é vacinado 5) A.R.P., 57 anos Localidade: Jardim Canadá 22/01/18: atendimento na UBS - Jardim Canadá 22/01/18: UPA - exames em análise - Vacinado: 19/01/18

6) B.D.P., 3 anos Localidade: morador do bairro Buritis e frequentador dos bairros Vale do Sereno e Jardim de Petrópolis 22/01/18: atendimento médico no Hospital Infantil São Camilo (BH) 22/01/18: exames em análise - Não é vacinado

7) D.S.F., 61 anos Localidade: Parque Aurilândia 23/01/18: atendimento na UPA 23/01/18: exames em análise - Não é vacinado

8) W.R.S., 36 anos Localidade: Rio de Peixe 23/01/18: atendimento médico no Hospital Mater Dei 24/01/18: internado no Hospital Mater Dei 24/01/18: exames em análise - Não é vacinado

9) D.F.S., 30 anos Localidade: Alvorada 20/01/18: atendimento médico na UPA 21/01/18: transferido ao Hospital Eduardo de Menezes 23/01/18: exames em análise - Não é vacinado

Bairros com casos identificados: Honório Bicalho, Galo, Santa Rita (3 casos), Cascalho, São Sebastião das Águas Claras (2 casos), Alto do Gaia, Alvorada (2 casos), Boa Vista, Jardim Canadá (2 casos), Jardim de Petrópolis, Parque Aurilândia e Rio de Peixe.

Primatas com febre amarela: Até o fechamento desta edição, quatro macacos foram confirmados com a doença em Nova Lima: 1 no Bosque da Ribeira, 2 no Pasárgada e 1 na Vila Sans Souci (Macacos).


Nova Lima - Raposos - Rio Acima - 26 de jan. a 01 de fev. de 2018

A Banqueta

13


14

A Banqueta

Nova Lima - Raposos - Rio Acima - 26 de jan. a 01 de fev. de


Nova Lima - Raposos - Rio Acima - 26 de jan. a 01 de fev. de 2018

A Banqueta

15


16

A Banqueta

Vitória épica

Ontem, Nova Lima reviveu seus momentos de glória. A cidade, que sempre respirou o Villa Nova, estava um pouco esquecida de viver grandes vitórias do Leão do Bonfim. O estádio Castor Cifuentes, assim como o gramado, estava lindo. A torcida do Villa compareceu em peso. Os torcedores do Atlético, a imprensa e as autoridades foram bem acolhidos e não houve registro de brigas. Ou seja, a cidade de Nova Lima provou que pode, tranquilamente, receber os grandes clássicos do futebol mineiro apresentando estrutura adequada. O Alçapão está muito melhor que vários estádios do interior, mas parece que havia um pouco de má vontade aí. Entretanto, essa impressão virou coisa do passado com a partida dessa quinta-feira (25). Dentro de campo, o Villa Nova mudou “da água para

Nova Lima - Raposos - Rio Acima - 26 de jan. a 01 de fev. de

o vinho”, em comparação aos outros jogos que fez na competição. A vitória, por 1 a 0, marcada pelo gol de pênalti, assinalado por Daniel Morais, foi incontestável. Uma vitória épica, com a cara do Villa Nova, na raça, na vontade e na força do Leão. Se antes, o Villa pensava que teria que brigar para não cair, agora briga para se classificar para a fase seguinte do Mineiro. O próximo duelo acontece em Uberlândia, neste domingo (28). Como de costume, a TV Banqueta também coloca seu time completo em campo. A emissora é a única da cidade a transmitir as partidas in loco. O pré-jogo começa às 15h30 e, na segunda-feira (29), você rever todos os lances da partida no Banqueta Esporte, às 20h. Só conferir no Canal 6 da Net ou acessar o site tvbanqueta.com.br para acompanhar, de perto, o Leão no Mineiro 2018.

Novo reforço no Galo

O Atlético confirmou a sétima contratação para 2018, o meia argentino Tomás Andrade. O jogador, de 21 anos, chega por empréstimo até o final do

ano e com os direitos econômicos fixados em 3,750 milhões de euros (cerca de R$ 14,7 milhões). Tomás pertence ao River Plate e, apesar de ser tratado como uma das revelações do clube, não vinha sendo aproveitado pelo técnico Marcelo Gallardo. Antes do meia canhoto Tomás Andrade, o Atlético já tinha oficializado as contratações do lateral-direito Samuel Xavier, o zagueiro Iago Maidana, o volante Arouca e os atacantes Erik, Róger Guedes, Ricardo Oliveira.

Cruzeiro na liderança

O Cruzeiro goleou o Uberlândia por 4 a 0, na quartafeira, e assumiu a liderança do Campeonato Mineiro. Como aconteceu na primeira partida celeste no Mineirão, o time jogou bem, mas dessa vez, conseguiu marcar mais gols e acabou atropelando o clube do Triângulo Mineiro. O artilheiro Fred continua sem marcar gols na sua volta ao Cruzeiro. Na próxima rodada, o Cruzeiro enfrenta o Tombense, amanhã, às 19h, no Ipatingão. Já o Uberlândia recebe o Villa Nova, domingo, às 17h, no Triângulo.

No Fundo do Baú

Esta semana, vamos homenagear o time Sub-15 do POC, campeão invicto do nova-limense de futsal de 2017. Na final, a equipe goleou o Unidos da Bola por 6 a 1. A comissão técnica é formada por Hélcio, Breno e Fábio. Os destaques do POC foram Cauã, artilheiro da competição e, Raique, goleiro menos vazado. Em pé: Yago, Raique, Kauê, Cauã, Pedro e Hélcio.

Agachados: Rafael, Gabriel, Ryan, Claytinho, Vinícius, Davi e Bernardo.

POC - Sub-15

Enquete - Quais foram os melhores jogadores do POC, campeão de futsal, da categoria Sub-15, de 2017? Envie seu e-mail para enquete: abanqueta@gmail.com. Participe!

Resposta da enquete anterior - Os melhores jogadores do Morro Velho, campeão amador Sub-13, foram: Em 1º lugar, com 60% dos votos, ficou o treinador Roger Márcio. Em 2º, com 40%, ficou Jhonata Henrique, artilheiro da competição.


Nova Lima - Raposos - Rio Acima - 26 de jan. a 01 de fev. de 2018

A Banqueta

17


18

A Banqueta

Nova Lima - Raposos - Rio Acima - 26 de jan. a 01 de fev. de

Tarde de festa

O aniversário de Marilene Ribeiro reuniu, em uma deliciosa tarde de dezembro, amigos e familiares, no Restaurante Realíssimo. Festeira “de carteirinha”, a poderosa comemorou a data ao som da Banda Kero Biss, que esbanjou simpatia e animação durante todo o evento. Além disso, a comida de boteco, uma das especialidades do estabelecimento, agradou em cheio aos convidados, que aproveitaram para valer. A confraternização se estendeu até o início da noite e se tornou mais um momento digno de ser lembrado pela aniversariante. Fotos: José Carlos


Nova Lima - Raposos - Rio Acima - 26 de jan. a 01 de fev. de 2018

A Banqueta

19


20

A Banqueta

Nova Lima - Raposos - Rio Acima - 26 de jan. a 01 de fev. de

A banqueta 410m  
A banqueta 410m  
Advertisement