Page 1

Festivais de verão Há muito mais festivais do que pensas!

Revista Forum Estudante | Verão 2017 | Edição n.º 298 | Disponível apenas por assinatura com o custo mensal de 1€

Vanessa Martins

fitness

João Cajuda

viagens

Isabel Silva

nutrição

3blogs para um verão perfeito


4 | Forum Estudante | Verão’17

/Sumário

No Entardecer dos Dias de Verão

No entardecer dos dias de Verão, às vezes, Ainda que não haja brisa nenhuma, parece Que passa, um momento, uma leve brisa... Mas as árvores permanecem imóveis Em todas as folhas das suas folhas E os nossos sentidos tiveram uma ilusão, Tiveram a ilusão do que lhes agradaria... Ah, os sentidos, os doentes que vêem e ouvem! Fôssemos nós como devíamos ser E não haveria em nós necessidade de ilusão ... Bastar-nos-ia sentir com clareza e vida E nem repararmos para que há sentidos ... Mas graças a Deus que há imperfeição no Mundo Porque a imperfeição é uma cousa, E haver gente que erra é original, E haver gente doente torna o Mundo engraçado. Se não houvesse imperfeição, havia uma cousa a menos, E deve haver muita cousa Para termos muito que ver e ouvir ...

www.forum.pt Telefone 218 854 730 FAX 218 877 666 Email geral@forum.pt Direção Gonçalo Gil goncalo.gil@forum.pt Fotografia Fábio Rodrigues, Gonçalo Gil Design Miguel Rocha miguel.rocha@forum.pt Patrícia Basílio

Alberto Caeiro, in “O Guardador de Rebanhos - Poema XLI” Heterónimo de Fernando Pessoa

Redação Fábio Rodrigues fabio.rodrigues@forum.pt Assinaturas Paula Ribeiro Tel.: (218 854 730) pribeiro@forum.pt Anuidade: 10€ Publicidade Félix Edgar (Tel.: 218 854 103) felix.edgar@forum.pt Comunicação José Maria Archer (Tel.: 218 854 780) Cátia Nogueira Natália Pirtac Distribuição Vítor Silva (Tel.: 218 854 755) vitor.silva@forum.pt Produção Monterreina, Madrid Tiragem: 40 mil exemplares FORUM ESTUDANTE Revista de Cursos, Escolas e Profissões Propriedade e Edição de: PRESS FORUM, Comunicação Social, S.A. Capital Social: 60.000,00¤ NIF: 502 981 512 Periodicidade Mensal Depósito Legal n.º 510787/91 Registo ICS n.º 114179 Sede Tv. das Pedras Negras, nº 1 - 4.º 1100-404 Lisboa Tel.: 218 854 730 | Fax: 218 877 666

Vincent van Gogh Campo de Milho com Ciprestes, 1889 National Gallery, London

Administração Roberto Carneiro (Presidente) Rui Marques Francisca Assis Teixeira

Festivais de verão Há muito mais festivais do que pensas!

Revista Forum Estudante | Verão 2017 | Edição n.º 298 | Disponível apenas por assinatura com o custo mensal de 1€

Vanessa Martins

fitness

João Cajuda

viagens

Isabel Silva

nutrição

3blogs para um verão perfeito

SUMÁRIO

06 Escolas Concurso “ESEN tem talento” na ES Emídio Navarro, em Viseu 08 Nutrição 4 alimentos para o bronze perfeito e 5 alimentos que te vão ajudar a estar hidratado 24 Pancadas Situações a evitar no verão 30 Desporto Não há Mundial nem Europeu. E agora? 46 Bloguers 3 blogs para um verão perfeito 66 Festivais de verão Se calhar não conheces estes... 82 Música Os Quatro e Meia metem “os pontos nos is” 86 Cinema Logan: Este filme não é para velhos 94 Videojogos Os mais aguardados 102 Tecnologia As apps que te podem ajudar nesta altura 106 HorosCopos Nem no verão o Prof. Ésotanga mete folga :(

Revista Forum Estudante #298 // Verão 2017 // e-mail: geral@forum.pt // www.forum.pt


6 | Forum Estudante | Verão’17

/Escolas

QUANDO HÁ TALENTO NA ESCOLA

A Escola Secundária Emídio Navarro, em Viseu, promove, anualmente, o concurso “ESEN tem talento”, oferecendo aos alunos a oportunidade de mostrar em palco as suas qualidades. A edição de 2017, que se realizou em junho, contou com música, teatro, dança e… a magia de um cubo. No alinhamento da sexta edição, a música predominava. Versões de Nina Simone, Simone de Oliveira ou U2 eram alguns dos exemplos. Contudo, a vitória sorriu mesmo a Rodrigo Figueiredo, aluno do 9.º ano que, em 8 segundos, resolveu um cubo mágico (2x2). O evento é dividido em duas partes. Para além do concurso de talentos, inclui ainda uma vertente puramente de espetáculo, onde diversos alunos mostram as suas aptidões em diferentes domínios. Na edição de 2016, houve espaço para Bach em viola, fazer uma viagem pelo mundo da Disney, interpretar partes da Mensagem de Fernando Pessoa e ainda para a criação de um espetáculo teatral a partir de histórias de vida. Uma das responsáveis pela produção deste evento, Filomena Gato – que integra os Serviços de Psicologia e Orientação da ESEN – destaca a forma como elementos de toda a comunidade escolar são envolvidos. Por outro lado, acrescenta, este evento significa também a aproximação de alunos de áreas diferentes e que, desta forma, dão o seu contributo. O “ESEN tem talento” conta ainda com a parceria da Junta de Freguesia de Viseu, do Conservatório Regional de Música Dr. Azeredo Perdigão, da Escola de Dança Lugar Presente e do Núcleo de Estágio do Curso de Educação Social da Escola Superior de Educação de Viseu.


sischool.wsu.ac.kr

Queres estudar numa universidade internacional de renome?

[

]

Num país que ocupa a 5.ª posição no que diz respeito à qualidade da educação?

Na Woosong University, Sol International School, Coreia do Sul, oferecemos uma formação superior 100% lecionada em inglês, currículo americano, com cerca de 80% de professores estrangeiros e com mais de 50% de estudantes internacionais vindos de todo o mundo. Aqui oferecemos-te a possibilidade de obter uma formação com qualidade mas com preços mais competitivos quando comparados com universidades de países nativos de língua oficial inglesa, obtendo os mesmos benefícios e reconhecimento internacional. Através da Woosong University, tens a possibilidade de estudar fora, por 6 meses, 1 ano ou até metade da tua formação superior, na medida em que temos parcerias com mais de 300 universidade internacionais em todo o mundo, tais

como, Florida Atlantic University, EUA, SHMS, Swiss Hotel Management School, ICHM, International College of Hotel Management, Australia, Emirates Academy, Dubai, Institut Paul Bocuse, Franca, Middlesex University, Reino Unido, entre outras, oferecendo assim a possibilidade de obteres um certificado de formação superior em dois continentes, Ásia e America/ Europa/ Médio Oriente. Vem estudar num campus cheio de facilidades, como piscina, ginásios, dormitórios, restaurantes, e muitas outras infraestruturas, num país seguro, com um custo de vida baixo e onde podes vivenciar uma nova cultura. O que precisas? Ter nível médio da língua inglesa e vontade de aprender. Aposta no teu futuro connosco!

Oferta Formativa

› Gestão Hoteleira › Artes Culinárias › Gestão da Restauração e Catering › Tecnologias de Comunicação › Gestão

Currículo Americano

100% em Inglês

+ de 300

Universidades Internacionais parceiras 80% de Professores + de 50% de alunos internacionais Bolsas de Estudo Preços vantajosos e competitivos

SOL INTERNATIONAL SCHOOL

Mais informações: admission_sis@wsu.ac.kr


8 | Forum Estudante | Verão’17

/Nutrição

4 ALIMENTOS PARA O BRONZE PERFEITO

Sabias que o bronze pode ser intensificado, tornando-se mais bonito e duradouro, através da alimentação? Conhece algumas formas de o conseguir.


Para alcançar um bronzeado mais intenso e duradouro, os alimentos que deves comer são os que são ricos em betacaroteno - um pigmento natural encontrado em plantas e é o responsável pelas cores vibrantes dos legumes e frutas. É este pigmento que te vai permitir conseguir alcançar o melhor bronze da tua vida e, ao mesmo tempo, melhorar o teu sistema imunológico. Agora que já sabemos que trabalhar para o bronze é uma coisa boa, fica a advertência: não exageres! A Direção Geral de Saúde recorda que a exposição aos raios Ultravioleta (UV) pode ter graves consequências para a pele, os olhos e para o sistema imunitário.   Como tal, a DGS recomenda que evites a exposição solar entre as 11h e as 17h e utilizes um protetor solar adequeado ao teu tipo de pele (preferencialmente superior a factor 30), renovando a aplicação de duas em duas horas. 

Ainda que nos ofereçam esbeltos bronzeados, os raios UV são agressivos para a nossa pele, podendo mesmo deixar marcas a médio-prazo. Como tal, é também importante que garantas a tua hidratação através da ingestão de água, fruta ou sumos naturais e evitando as bebidas açucaradas e gaseificadas.  De acordo com a Organização Mundial de Saúde, estima-se que, por ano, morram cerca de 66 mil pessoas, devido ao cancro da pele. A revista Veja realça que o número de casos cresceu “55% em 10 anos”.

Segundo a nutricionista Daniela Duarte, autora do blog Agita Kalorias, deixamoste a indicação, nas próximas páginas, alguns dos alimentos que tens de começar a comer.


10 | Forum Estudante | Verão’17

/Nutrição

CENOURA

Este é o alimento mais conhecido e associado a este tema. Além de estimular a produção da melanina, contém vitamina C e potássio.

CE NOU RA


Queres Investir No Teu Futuro? Estuda No Estrangeiro.

Mais informações em www.ef.edu.pt

www.ef.com/forum-estudante

Já pensaste tirar uma licenciatura numa Universidade internacional? Ou aprender uma nova língua? Faz um curso com a EF e prepara-te para o futuro. EF Education First Av. João Crisóstomo, nº38 C Escritório 2, 1050-127 Lisboa Tel: 213 173 470 E-mail: EFportugal@ef.com Facebook: www.fb.com/EFPortugal Instagram: www.instagram.com/efportugal

O que tens a ganhar:

Porquê a EF:

• Mais oportunidades de emprego em Portugal e no Estrangeiro • Fluência numa língua estrangeira • Conhece pessoas de todo o mundo • Desenvolvimento de “soft skills”

• Cursos de Línguas no Estrangeiro de 2 a 52 semanas • Colocação em Universidades Estrangeiras • Oportunidades variadas de realizar um Gap Year • Escolas em 19 países, 50 destinos e 9 línguas

Centros Internacionais de Idiomas


12 | Forum Estudante | Verão’17

/Nutrição

BATATA DOCE

BA TA TA/ DO CE

Este é um dos elementos mais consumidos pelos atletas. É um legume rico em vitamina A e C e em sais minerais, como o fósforo, ferro e cálcio. Também é um alimento antioxidante e atua como antiinflamatório em algumas partes do sistema nervoso.


CTeSP

Microbiologia e Biologia Molecular 2 ANOS

Licenciaturas

Ciências Biomédicas Laboratoriais (DR, 2ª SÉRIE - Nº 117 - 21 DE JUNHO DE 2016/AVISO Nº 7767) 4 ANOS

Ciências Forenses e Criminais

(DR, 2ª SÉRIE - Nº 169 - 3 DE SETEMBRO DE 2013/AVISO Nº 10951) 3 ANOS

Ciências da Nutrição

(DR, 2ª SÉRIE - Nº 149 - 5 DE AGOSTO DE 2014/AVISO Nº 9028) 4 ANOS

Ciências da Saúde

(DR, 2ª SÉRIE - Nº 105 - 30 DE MAIO DE 2012/AVISO Nº 7552) 3 ANOS

Enfermagem

(DR, 2ª SÉRIE - Nº 220 - 12 DE NOVEMBRO DE 2009/DECLARAÇÃO DE RETIFICAÇÃO Nº 2809) 4 ANOS

Alojamento disponível no CAMPUS

Fisioterapia

(DR, 2ª SÉRIE - Nº 172 - 4 DE SETEMBRO DE 2009/AVISO Nº 15632) 4 ANOS

Prótese Dentária

(DR, 2ª SÉRIE - Nº 128 - 4 DE JULHO DE 2012/AVISO Nº 9183) 3 ANOS

Psicologia

(DR, 2ª SÉRIE - Nº 125 - 2 DE JULHO DE 2013/AVISO Nº 8417) 3 ANOS

Saúde e Estatística

(DR. 2ª SÉRIE – Nº 130 – 07 DE JULHO 2017/ AVISO Nº 7716) 3 ANOS

Mestrado Integrado Ciências Farmacêuticas

(DR, 2ª SÉRIE - Nº 139 - 22 DE JULHO DE 2014/AVISO Nº 8486) 5 ANOS

Engenharia Biomédica

O TEU SUCESSO

(DR, 2ª SÉRIE - Nº 108 - 5 DE JUNHO DE 2014/AVISO Nº 6862) 5 ANOS

Medicina Dentária

(DR, 2ª SÉRIE - Nº 105 - 30 DE MAIO DE 2012/AVISO Nº 8417) 5 ANOS

É O NOSSO COMPROMISSO!

www.egasmoniz.com.pt

Campus Universitário | Quinta da Granja | Monte de Caparica | 2829-511 Caparica


14 | Forum Estudante | Verão’17

/Nutrição

BE TE RRA BA

BETERRABA

Nem todos gostam deste legume. Tem um sabor muito particular. Para além de ser rica em betalaína, o seu fator antioxidante atrasa o envelhecimento e ajuda a preservar a pele.


16 | Forum Estudante | Verão’17

/Nutrição

PAPAIA

Para além da papaia ajudar no bronzeamento, é uma fruta rica em antioxidantes que ajuda a controlar o envelhecimento e o funcionamento do sistema digestivo, uma vez que é muito rico em fibra.

PA PAI A Existem outros alimentos que te podem ajudar a alcançar este efeito: tomate, pimento, pêssego, abóbora, espinafre ou couve são alguns exemplos.


tu és do tamanho do mundo que conheces

JÁ PENSASTE FAZER UM ANO SABÁTICO? vIAJA Ao TEu ESTILo tudo confirmado e com segurança sustenta o teu gap year vive experiências únicas

Onde vai seR a viagem da tUa vida? escolhe o que fazer e onde

anosabatico.pt 218 404 656 info@anosabatico.pt

+30 Países +100 atividaDes


18 | Forum Estudante | Verão’17

/Nutrição


ALIMENTOS QUE TE VÃO AJUDAR A ESTAR HIDRATADO Com o calor que se faz sentir no verão, é fundamental que mantenhas o teu corpo hidratado. Mais de metade do teu corpo é constituído por água e ela é essencial para o bom funcionamento do teu organismo. Diariamente, na tua alimentação consomes alimentos que te ajudam neste processo. Fica a conhecer os 5 aliados à hidratação. A água, para além de regular a temperatura do corpo, ajuda a eliminar as toxinas, garante o bom funcionamento do sistema digestivo e renal, hidrata a pele e o cabelo, entre outras coisas. O consumo de água é a opção mais óbvia e

é, de facto, muito importante. Mas a hidratação não ocorre apenas quando ingeres água. Apresentamos-te alguns alimentos que são excelentes opções para manteres o teu corpo num estado de equilíbrio... e bem hidratado.


20 | Forum Estudante | Verão’17

/Nutrição

MELANCIA

O valor calórico desta fruta é muito baixo: 90% da melancia é constituída por água. Por essa razão, esta é uma das frutas que te podem ajudar a perder peso.

PEPINO

Cerca de 95% da sua composição é água. O pepino é muito utilizado para fazer sumos detox, de forma a ajudar a eliminar as toxinas que existem no teu organismo.


VIVE UÉVORA Os espaços da Universidade de Évora encontram-se dispersos pela cidade, maioritariamente intra-muralhas, no centro histórico, onde funcionam as suas quatro Escolas, o Instituto de Investigação e Formação Avançada, os seus Centros de Investigação e as residências académicas. Numa cidade classificada como Património Mundial pela UNESCO há 30 anos, esta foi a opção desde a refundação da UÉ em 1973, que tem proporcionado aos seus estudantes uma vivência académica única.

LICENCIATURAS PÓS-GRADUAÇÕES MESTRADOS DOUTORAMENTOS

www.oferta.uevora.pt GABINETE DE ACESSO AO ENSINO SUPERIOR | Telf. 266 760 220 | gaes@uevora.pt


22 | Forum Estudante | Verão’17

/Nutrição

MELÃO

Esta é uma fruta muito consumida no verão. O melão é muito refrescante e muito hidratante, uma vez que é constituído, maioritariamente, por água. De igual forma, é uma fruta com baixo índice calórico e rico em antioxidantes.

AIPO

Um legume é muito utilizado em sopas e saladas, o aipo é rico em água, em vitaminas B e C, potássio, sódio, cálcio, fósforo e ferro.

TOMATE

Apesar de ser visto por muitos como um legume, a verdade é que o tomate é uma fruta. É utilizada diariamente na alimentação e é muito prática. É rica em licopeno, antioxidantes, água e fibras.


LICENCIATURAS LICENCIATURAS LICENCIATURAS

MESTRADOS MESTRADOS MESTRADOS

Cursos Técnicos Superiores Profissionais Cursos Técnicos Superiores Profissionais CANDIDATURAS ABERTAS Cursos Técnicos CANDIDATURAS ABERTAS Superiores Profissionais CANDIDATURAS ABERTAS

ENSINO SUPERIOR PÚBLICO

BARCELOS . BRAGA . GUIMARÃES

ENSINO SUPERIOR PÚBLICO

BARCELOS . BRAGA . GUIMARÃES

ENSINO SUPERIOR PÚBLICO

BARCELOS . BRAGA . GUIMARÃES


24 | Forum Estudante | Verão’17

/Pancadas

4

SITUAÇÕES ATENTAR EVITAR ESTE VERÃO Provavelmente, vão acontecer. Mas vamos trabalhar para que não aconteça. Mas, em toda a sinceridade, é quase certo que vão acontecer. Tipo 99,99999% de certeza. Ou mais. Boa sorte.


CURSOS 2017/18


26 | Forum Estudante | Verão’17

/Pancadas

FICAR ATRÁS DE UM NORUEGUÊS/A DE 2 METROS NUM CONCERTO

Não deixa de ser impressionante que, tendo a Noruega pouco mais de 5 milhões de habitantes, encontremos tantas vezes um norueguês ou norueguesa em concertos. Sobretudo, à nossa frente. Estes gigantes e simpáticos nórdicos gostam de ocupar o espaço entre nós e o palco, obrigando-nos a contínuas contorções de pescoço e àqueles saltinhos ridículos que não gostamos de admitir que damos. Quem diz norueguês, diz sueco, dinamarquês ou até outra nacionalidade qualquer, na verdade. O espaço imediatamente à nossa frente é uma espécie de Assembleia-Geral Nações Unidas, onde várias nacionalidades convivem, nomeadamente a nossa, desde que, claro, com uma altura equivalente a uma pequena Torre Eiffel. Em concertos, não dá jeito. E a tentativa de convencer o gigante a pegar-nos às cavalitas raramente funciona.

1

2 MERGULHOS DE CHAPA

Um clássico do verão. O mergulho de chapa pode ser hilariante ou doloroso, conforme aconteça, respetivamente, aos outros ou a ti. É, de qualquer forma, uma situação a evitar. Para além da óbvia dor e vermelhidão de costas, barriga e sabe-se lá que mais partes do corpo, a “chapa” constitui um raro momento de humilhação. Há dois momentos péssimos numa chapa. O primeiro é quando pressentes que vai acontecer – há uma vertigem no estômago, uma tremura na garganta. Contudo, o mais terrível é o segundo momento: quando nadas para voltar à tona, com uma profunda dor e a esperança que ninguém tenha visto a tua exibição. Infelizmente para ti e para todos, a “chapa” faz o favor de ser um momento sonoro, que capta a atenção do ouvinte mais longínquo. Nem precisas de ver. Basta-te ouvir o tão familiar som, tão reconhecível como uma banda de cera que se arranca. “Que chapão”, dizes, sorridente e confiante. Sem saber que, mais ou cedo ou mais tarde, te vai calhar a ti.


28 | Forum Estudante | Verão’17

/Pancadas

PALMADAS EM COSTAS ESCALDADAS

3

PERDER OS ÓCULOS DE SOL

Reza a lenda que, durante um verão, perdemos cerca de 578,94 vezes os nossos óculos. A maior parte das vezes, contudo, estes acabam por aparecer. O susto de colocar as mãos ao bolso/mochila é serenado, assim descobrimos que os temos pendurados na testa ou, pior, que os estamos efetivamente a usar. Porém, nem sempre. Vezes há em que salvamos o par de óculos in extremis, qual resgate do Soldado Ray-Ban, ao voltar à esplanada ou café e descobrir o par de lentes abandonado sobre a mesa. É aí que os agarramos com todo o carinho e agradecemos ao santo da ótica ocular veraneia. O pior é quando não aparecem. Andamos angustiados durante uns tempos, lembrando a forma como aqueles óculos encaixavam perfeitamente no nosso tipo de cara, como eram confortáveis, como nos davam mais estilo do que merecíamos. Nunca mais vamos encontrar outros iguais, pensamos, entristecidos. Até que, como em tanta coisa na vida, encontramos o próximo par que nos fascina.

No momento antes da palmada, o tempo abranda, como nos filmes. Temos as costas escaldadas (motivo: ah-este-sol-já-não-queima) e conseguimos prever todos os acontecimentos que se seguem. O movimento não dura mais de dois segundos mas o tempo alonga-se. Ainda abrimos a boca e gritamos naquele tom de voz distorcido do slow motion de Hollywood mas de nada vale. Um Então, tudo bem?, seguido de dor. A nossa expressão faz com que quem nos cumprimenta perceba tudo imediatamente, desfazendo-se em desculpas. Ainda com uma expressão de dor no rosto, asseguramos que não faz mal, não há problema, tudo bem, enquanto arremessamos insultos telepáticos. A lição de tudo isto? Usar protetor. A simpatia e expressividade nunca devem ser reprimidas.

4


Uma carreira de sucesso no sector de atividade com maior crescimento no mundo inteiro Gestão Hoteleira | Gestão de Eventos | Turismo | Gestão de Spa | Artes Culinárias | Hotel Design São as grandes cadeias mundiais de Hotelaria que vão à Suíça para o recrutar. A aposta certa num mercado de trabalho incerto.

Qualquer licenciatura dá acesso aos cursos de pós graduação e mestrado do SEG. Com apenas mais um ano de curso as suas hipóteses de obter emprego vão-se multiplicar. E não se trata de um emprego qualquer; terá acesso a posições de relevo no setor de Hotelaria,Turismo e Culinária em qualquer parte do mundo.

Para mais informações, contacta: Tel: 218132535 | multiway@multiway.org

SWISS EDUCATION GROUP Montreux | Switzerland | T +41 21 965 40 20 info@swisseducation.com | www.swisseducation.com

www.multiway.org


30 | Forum Estudante | Verão’17

/Desporto

NÃO HÁ MUNDIAL NEM EUROPEU. E AGORA? Se as grandes competições desportivas são uma parte fundamental do teu verão, não desesperes. Juntámos algumas das propostas desportivas de alta competição, para os meses de julho e agosto.


CICLISMO TOUR DE FRANCE (1 A 23 DE JULHO) No ano em que celebra a 104.ª edição, a Volta à França em Bicicleta vai cobrir mais de 3500 quilómetros, ao longo de 23 dias. O número de espectadores ao vivo desta competição ultrapassa largamente alguns dos grandes eventos desportivos: 10 a 12 milhões de pessoas. Para esta edição, o diretor da corrida, Christian Predhomme, revelou que o objetivo passa por ter “uma corrida mais aberta e menos controlada”. Na luta pela camisola amarela, 18 equipas irão competir entre si, sendo que o britânico Christopher Froome (vencedor da edição de 2016), da Team Sky, é tido como o grande favorito, pelas casas de apostas.


32 | Forum Estudante | Verão’17

/Desporto

TÉNIS WIMBLEDON (3 A 16 DE JULHO) O torneio de ténis mais antigo do mundo realizase, desde 1877, no All Englands Club, na distrito de Wimbledon, em Londres. É tido como a competição de ténis mais reputada e é o único dos principais torneios que ainda é disputado em relva. Em 2016, o britânico Andy Murray conquistou Wimbledon pela segunda vez, depois de vencer Milos Raonic. A edição de 2017 de Wimbledon poderá proporcionar uma passagem pela nostalgia dos anos 2000: Roger Federer e Rafael Nadal são apontados como favoritos, por especialistas como Mats Wilander.


34 | Forum Estudante | Verão’17

/Desporto

FUTEBOL GOLD CUP (7 A 26 DE JULHO) Realizada de 2 em 2 anos, a Gold Cup reúne as seleções de futebol que estão integradas na CONCACAF, determinando assim o campeão da América do Norte, Central e das Caraíbas. As duas equipas que têm dominado a competição são o México e os Estados Unidos, sendo que o último vencedor que não um destes foi o Canadá, em 2001. Nos últimos anos, outras seleções têm tido algum protagonismo: a Costa Rica (depois de uma campanha histórica no Mundial de 2014) ou as Honduras (após uma boa prestação na Copa Centro-americana) poderão ser conjuntos a ter em conta.


Ciências Agrárias Ciências da Educação e Comunicação Ciências Empresariais Ciências da Saúde Engenharia


36 | Forum Estudante | Verão’17

/Desporto

FUTEBOL EUROPEU DE FUTEBOL FEMININO (16 DE JULHO A 6 DE AGOSTO)

O Campeonato da Europa de Futebol arranca a 16 de julho na Holanda e conta, pela primeira vez, com a seleção portuguesa. Depois de eliminar a Roménia, no play-off de acesso, a seleção nacional vai enfrentar Inglaterra, Espanha e Escócia (outra estreante) na fase de grupos da 12.ª edição. Pela primeira vez, em 2017, a competição vai ter 16 equipas, sendo que a seleção Alemã, Francesa e Inglesa são tidas como as grandes favoritas, pelas casas de apostas.


CINEL

Centro de Formação Profissional da Indústria da Electrónica, Energia, Telecomunicações e Tecnologias da Informação

INSCRIÇÕES ABERTAS CURSOS DE ESPECIALIZAÇÃO TECNOLÓGICA (CET) Nível 5 de Qualificação Profissional | Diploma de Especialização Tecnológica

Tecnologias e Programação de Sistemas de Informação Desenvolvimento de Produtos Multimédia Automação, Robótica e Controlo Industrial Gestão de Redes e Sistemas Informáticos Telecomunicações e Redes

CURSOS DE APRENDIZAGEM Nível 4 de Qualificação Profissional | Equivalência ao Ensino Secundário

Técnico de Eletrónica, Automação e Computadores Técnico de Eletrónica, Automação e Comando Técnico de Eletrónica Médica Técnico de Multimédia

Lisboa | Porto w w w. c i n e l . p t


38 | Forum Estudante | Verão’17

/Desporto

GOLFE BRITISH OPEN (20 A 23 DE JULHO) O mais antigo dos quatro principais torneios profissionais de golfe realizase, anualmente, no Reino Unido. Com um prize money de cerca de 8 milhões de euros, o British Open atribui ao vencedor mais de um milhão. Na última edição, o sueco Henrik Stenson fez história ao bater o record da competição, com um resultado de 20 tacadas abaixo do par, em 72 pancadas.


40 | Forum Estudante | Verão’17

/Desporto

ATLETISMO CAMPEONATO DO MUNDO (5 A 13 DE AGOSTO)

Disputado a cada dois anos, o Campeonato do Mundo de Atletismo distingue-se pela diversidade desportiva: corrida dos 10000 metros, triplo salto, salto com vara, lançamento de marte, são alguns dos exemplos. A primeira edição teve lugar em Helsínquia, em 1983, sendo que a edição de 2017, realizada em Londres, será a 16.ª edição da prova. O número de eventos incluídos e atletas tem subido gradualmente. Em 1983, concorreram 1355 atletas em 41 eventos. Em 2015, em Pequim, foram 1936 atletas distribuídos por 47 eventos. No quadro de medalhados, destacam-se os Estados Unidos, com 318 medalhas, seguidos da Alemanha, com 162. Portugal ocupa a 28.ª posição deste ranking, com 17 medalhas (5 de ouro).


*

EMPREGABILIDADE

*


42 | Forum Estudante | Verão’17

/Desporto

BADMINTON CAMPEONATO DO MUNDO (21 A 27 DE AGOSTO)

O Campeonato do Mundo de Badminton realiza-se na Arena Emirates, em Glasgow, na Escócia. A primeira edição realizou-se em 1977, na Suécia, sendo que, atualmente, apenas não se realiza o campeonato em ano de jogos olímpicos. A edição de 2017 é antecipada pela organização com a frase: “o desporto de raquetes mais rápido do planeta vai tomar conta da Arena Emirates, em 7 dias de ação”.


CANDIDATURAS 2017/2018 1ª FASE - 1O DE JULHO A 11 DE AGOSTO DE 2017

(1º Ciclo)

(1º e 2º Ciclo)

ARTES VISUAIS - FOTOGRAFIA

ARQUITETURA

ARTES PLÁSTICAS E INTERMÉDIA CINEMA E AUDIOVISUAL DESIGN DE COMUNICAÇÃO TEATRO

ARTE CONTEMPORÂNEA ARTE EM ESPAÇO PUBLICO DESIGN TIPOGRÁFICO E EDITORIAL ESTUDO DE PERFORMANCE

(2º Ciclo)

ESCRITA DRAMÁTICA

REALIZAÇÃO – CINEMA E TELEVISÃO

MOTION GRAPHICS E INTERACÇÃO PAISAGEM

Oferta formativa e condições de acesso disponíveis em: www.esap.pt

Serviços Administrativos da ESAP Largo de S. Domingos nº 80 4050-545 Porto Tel: 223 392 130 / Fax: 223 392 139 E-mail: geral@esap.pt


44 | Forum Estudante | Verão’17

/Desporto

BMX CAMPEONATO DO MUNDO (25 A 30 DE JULHO)

O Campeonato do Mundo de Motocross de Bicicletas realiza-se anualmente, durante três dias, sendo que o vencedor recebe uma medalha de ouro e uma rainbow jersey (camisola arco-íris), desde 1927. Na edição seguinte, o vencedor tem a oportunidade de usar esta camisola durante a competição. Em 2016, o francês Joris Daudet foi o vencedor. Na categoria masculina, enquanto a colombiana Mariana Pajón. Portugal tem uma medalha de ouro nesta competição.


pub

pub

Quali ficate ;-) Entra em www.upt.pt e fica a conhecer tudo o que a Portucalense pode fazer por ti nesta fase tão decisiva para o teu futuro.

DIREITO SOLICITADORIA RELAÇÕES INTERNACIONAIS ECONOMIA GESTÃO GESTÃO DA HOSPITALIDADE GESTÃO E SISTEMAS DE INFORMAÇÃO INFORMÁTICA EDUCAÇÃO SOCIAL PSICOLOGIA pub

TURISMO Segue-nos

9 a 13 de abril

26 de junho a 1 de julho

26 de junho a 1 de julho

3 a 8 de julho

10 a 15 de julho

10 a 15 de julho

24 a 29 de julho

24 a 29 de julho

31 de agosto a 7 de setembro

EXPERIÊNCIAS INESQUECÍVEIS ESCOLHE A TUA. Inscreve-te em www.forum.pt

Mais informações: 218 854 730


ctesp e licEnciaturas cursos técnicos supEriorEs profissionais (ctesp) Escola supErior aGrária

Análises Químicas e Biológicas Cuidados Veterinários Desporto Equestre e Zootecnia - NOVO Energias Renováveis Gestão e Qualidade Ambiental - NOVO Produção Agrícola Proteção Civil Tecnologia Alimentar

Escola supErior dE Educação

Escola supErior dE artEs aplicadas

Animação Sociocultural Aplicada à Gerontologia Assessoria e Comunicação Empresarial - NOVO Desporto Recreação Educativa para Crianças - NOVO

Comunicação Audiovisual

Escola supErior dE tEcnoloGia

Automação e Gestão Industrial Comunicações Móveis Desenvolvimento de Produtos Multimédia Fabrico e Manutenção de Drones - NOVO Instalações Elétricas e Telecomunicações Reabilitação do Edificado Redes e Sistemas Informáticos - NOVO Tecnologias e Programação de Sistemas de Informação

Escola supErior dE GEstão

Gestão Empresarial Gestão e Produção de Cozinha Organização e Gestão de Eventos Restauração e Bebidas

licEnciaturas Escola supErior aGrária

Escola supErior dE Educação

Agronomia Biotecnologia Alimentar Engenharia de Protecção Civil Enfermagem Veterinária Produção de Alimentos e Nutrição Humana

Desporto e Actividade Física Educação Básica Secretariado Serviço Social

Escola supErior dE artEs aplicadas

Contabilidade e Gestão Financeira Gestão Comercial Gestão Hoteleira Gestão Turística Solicitadoria

Design de Comunicação e Audiovisual Design de Interiores e Equipamento Design de Moda e Têxtil Música - variante de Canto Música - variante de Formação Musical Música - variante de Instrumento Música - variante de Música Electrónica e Produção Musical

Escola supErior dE saúdE dr. lopEs dias

Ciências Biomédicas Laboratoriais Enfermagem Fisiologia Clínica Fisioterapia Imagem Médica e Radioterapia

Escola supErior dE GEstão

Escola supErior dE tEcnoloGia

Engenharia Civil Engenharia das Energias Renováveis Engenharia Electrotécnica e das Telecomunicações Engenharia Industrial Engenharia Informática Tecnologias da Informação e Multimédia

/ipcb.pt

www.ipcb.pt

@IPCBoficial

/ipcb.pt

politecnicocbranco


47 | Forum Estudante | Verão’17

/Blogoesfera

OS CONSELHOS E DA BLOGOSF RA PARA UM

VERÃO

PERFEITO Falámos com os bloggers João Cajuda, Vanessa Martins e Isabel Silva, para te ajudar a tornar o verão de 2017 inesquecível. E memorável a todos os níveis, com novas formas de olhar as viagens, o fitness e a nutrição. Tudo para que tenhas o melhor verão de sempre.

ISABEL SILVA nutrição

JOÃO CAJUDA viagens

VANESSA MARTINS fitness


48 | Forum Estudante | Verão’17

/Blogoesfera

“DEVEMOS TER CUIDADO AO LONGO DE TODO O ANO E NÃO APENAS NO VERÃO”


Em conversa com a Forum, Vanessa Martins partilha alguns dos cuidados a ter no verão, desmistificando alguns dos mitos sobre a perda de peso, por exemplo. Acima de tudo, ressalva, é importante ter cuidado com a saúde durante todo o ano.


50 | Forum Estudante | Verão’17

/Blogoesfera


No Frederica, escreves regularmente sobre duas vertentes essenciais para o bem-estar: a nutrição e o exercício. Podes revelar-nos alguns cuidados específicos a ter no verão, nestes dois campos? Devemos ter cuidado ao longo de todo o ano e não apenas no verão. A saúde e bem estar constrói-se ao longo da vida, e é no inverno que se faz o corpo para o verão. Por isso ter uma alimentação equilibrada e saudável e fazer exercício fisico já não é segredo para ninguém que são cuidados essenciais a ter sempre.

Não sou fundamentalista, como de tudo, gosto de treinar e quero passar uma imagem positiva às pessoas que me seguem. Muitas vezes, há uma tendência para as “dietas em contrarelógio” antes do verão. Existem planos eficazes que permitem ficar em forma, em períodos de tempo mais curtos, ou pensas que não passa de uma ilusão? Isso não existe de todo, a probabilidade de ganhar o dobro do peso depois dessa dieta é muito grande. A perca de peso consciente e gradual sem duvida que será mais benéfica e saudável. O resultado também será mais satisfatório. Tendo em conta as especificidades do verão - temperatura, clima, exposição solar - quais pensas que poderão ser alguns dos exercícios ideais para esta estação do ano?  Aproveitar e treinar ao ar livre, o tempo convida e há que aproveitar. Caminhadas ou corridas com bom tempo é sempre agradável e ainda ficamos com um bronze saudável.  O Frederica contém ainda uma vertente específica de cuidados de beleza. Quais são alguns dos cuidados mais importante a ter no verão? 

Protetor solar especialmente. Não só no verão mas principalmente usar um factor mais alto, no corpo todo e no rosto que está sempre mais exposto ao sol. Depois da criação do 100 Desculpas, no final do ano passado, qual o balanço que fazes até agora? E para onde vês este projeto “caminhar”? O 100Desculpas é um projecto em crescimento que nasce com a vontade de motivar pessoas que estão sempre arranjar desculpas para não treinar. Com um simples clique podem me ver a treinar e fazer igual. A intenção é por o pessoal a mexer, o objectivo é sempre chegar a mais gente.  Pensas que a popularidade crescente dos teus projetos, centrados em temas como alimentação ou hábitos de vida saudáveis, denota uma maior preocupação da população com estes temas, no seu dia-a-dia?  Sem duvida que sim, todos querem ter uma vida saudável, ninguém quer ficar doente por isso procurar sobre temas que ajudam a tornar a nossa vida mais saudável e estar informados disso é  uma procura constante nos dias de hoje. Não sou fundamentalista, como de tudo, gosto de treinar e quero passar uma imagem positiva às pessoas que me seguem. Tanto no Frederica como no 100 Desculpas, quais são as principais dúvidas que as pessoas te fazem chegar?  As pessoas andam atentas a novidades, querem descobrir produtos novos, sítios novos, e sinto que as redes sociais e seguir influnciadores ajuda muito na busca dessas novidades. Se eu sigo uma pessoa que gosto e me identifico com o seu lifestyle e se ela sugerir um restaurante para ir, eu mais facilmente quero lá ir conhecer do que se eu ler um artigo numa revista. Porque essa pessoa influencia a minha escolha e eu acredito nas escolhas dela. E isso é uma busca constante dos meus seguidores.


52 | Forum Estudante | Verão’17

/Blogoesfera

“VIVER NÃO É SÓ TRABALHAR E PAGAR AS CONTAS. ISSO É SOBREVIVER”


João Cajuda fez das viagens a sua vida profissional, deixando em segundo plano uma carreira no mundo da representação e fundando uma agência nesta área. Em conversa com a Forum, deixou alguns conselhos sobre viagens, salientando a importância de conhecer novos mundos: “para um jovem, é muito importante viajar, no sentido em que este se apercebe que há diferenças no Mundo e aprende a respeitar essas diferenças”.


54 | Forum Estudante | Verão’17

/Blogoesfera


Associamos muito facilmente viagens ao verão. Qual a razão para esta ligação? É no verão que a maioria das pessoas tem férias, está bom tempo e as pessoas tem a tendência para sair de casa e viajar mais, seja para dentro ou fora de Portugal. Mas eu, por exemplo, tenho maior tendência para viajar fora do verão. Principalmente, porque os valores ficam mais caros no verão. Por outro lado, Portugal tem um clima tão bom, principalmente no verão, que não faz muito sentido ir para outro país. Geralmente, viajo fora das épocas alta. O preço é mais convidativo e, na época

Para um jovem, é muito importante viajar, no sentido em que se apercebe que há diferenças no Mundo e aprende a respeitar essas diferenças.

alta, pode acabar-se por perder um pouco a autenticidade do lugar. Lisboa, por exemplo, é uma cidade que tem turistas o ano inteiro (risos) mas que, no verão, fica mais descaracterizada, por haver mais turistas do que locais.

Existe a tendência de associar o exotismo de uma viagem à distância. Achas que essa é uma condição indispensável para se ter uma experiência diferente? O exotismo puxa-nos sempre para os países tropicais, dos quais estamos algo longe. Quando se pensa em viagens exóticas, pensa-se em países como as Caraíbas, a Tailândia ou o Brasil… No entanto, não concordo

a 100% com essa ideia, porque, por exemplo, Marrocos é um país que fica aqui ao lado e que acho que é extremamente exótico. A todos os níveis: na cultura, nas paisagens – é completamente diferente e fica quebrada essa regra.

Face ao contexto de um jovem estudante do ensino secundário, o que é que achas que pode ser uma viagem interessante? Nos jovens, existe muito a viagem de Interrail pela Europa. Foi uma viagem que eu ainda não fiz. Mas tenho muitos amigos que fizeram e sei que nessas idades – e em qualquer idade, na verdade – acaba por ser uma experiência única. Obviamente que a Europa tem um custo mais elevado, mas hoje em dia há hostels opções de alimentação mais baratas: viaja-se muito com pouco dinheiro. Mas se quiserem um país exótico e totalmente diferente, Marrocos é um excelente destino. É perto, é barato e é completamente diferente.

Há também uma acessibilidade diferente ao turismo, hoje em dia. Parece que, nos últimos sentimos que as coisas estão, realmente mais perto. Sentes que isso mudou um pouco o contexto do que é fazer turismo? Acho que mudou. Há 10 anos não viajava tanto como viajo hoje. Hoje, é muito fácil de viajar: existem imensos transportes, low-costs, hostels. Viajar tornou-se mais acessível do que há 10 atrás, provavelmente. E também acho que as pessoas se abriram um bocadinho para o Mundo: têm curiosidade de conhecer novas pessoas, novos países, novas cidades. Acho que este “bichinho” tem tendência a piorar (risos). Daqui a 10 anos ainda se vai viajar mais do que se viaja hoje.


56 | Forum Estudante | Verão’17

/Blogoesfera

Do ponto de vista de um jovem que esteja a pensar fazer uma viagem, quais são as principais coisas que deve ter em mente? Bom, a principal coisa é poupar. Há que estabelecer certas prioridades e ir buscar dinheiro a algum lado. Eu não tenho por hábito sair muito à noite, poupo dinheiro nas saídas e acho que isso é uma das primeiras dicas. Depois, é importante arranjar um trabalho: a não ser que tenham uns pais que lhe financiem a viagem, tem de se encontrar forma de ganhar dinheiro. E depois é tudo uma questão de logística e pesquisa. Hoje em dia, é muito barato viajar e, se fizermos uma pesquisa, não faltam imensos sites com dicas ou plataformas que encontram as melhores alturas para comprar voos, por exemplo.

Pensas que, por vezes, as coisas estão mais acessíveis do que parecem? Tenho essa opinião. Recebo muitos emails de pessoas que escrevem “Ah, quem me dera poder viajar”. Eu percebo que nem todas as pessoas tenham condições para poder viajar. Mas acho que, se fizer um esforço, com as ferramentas que existem, mesmo um jovem – com um trabalho parttime talvez – consegue fazer uma viagem interessante.  

As viagens começaram a certa altura a ocupar cada vez mais espaço na tua vida. Consegues definir o porquê desse crescimento? Não te sei dizer (risos). Eu fazia televisão, representava e cansei-me um bocadinho do estilo de vida que tinha. Primeiro, decidi ir estudar para a universidade. Porque, mal acabei o secundário, comecei a trabalhar em televisão e sentia vontade de passar por essa experiência. Depois, enquanto estava a tirar o meu curso de Ciências da Comunicação, acabei por criar o meu blog como uma ferramenta de estudo e de prática. As coisas aconteceram e foram crescendo naturalmente. Era uma coisa que me dava e me dá imenso gosto. Adoro o que faço e dedico-lhe muitas horas e isso acabou por dar frutos. Há cinco anos, se me perguntassem se ia trabalhar no que estou hoje, eu achava que não. Muitas pessoas perguntamme: “eu também gostava, como é que consigo?”. Não há uma receita ou então eu não sei explicar. Depende muito do trabalho da pessoa, do que ela pretende fazer e do seu esforço.

Sabes precisar quando começaste a sentir esse gosto pelas viagens? A maioria das pessoas gosta de viajar. Por isso, não tenho nada dentro de mim que qualquer outra pessoa não tenha. Eu tenho talvez uma experiência de vida um pouco diferente. O meu pai era e é treinador de futebol e, desde pequeno, fui habituado a mudar de cidade quase todos os anos. Para muitas pessoas, isso faz alguma confusão – deixar os amigos, fazer novos, mudar de casa. Mas foi uma coisa que, para mim, se tornou natural e uma necessidade. Tinha também de mudar de cidade. Fazia já parte de

O meu pai [Manuel Cajuda] era e é treinador de futebol e, desde pequeno, fui habituado a mudar de cidade quase todos os anos. Para muitas pessoas, isso faz alguma confusão – deixar os amigos, fazer novos, mudar de casa.

mim essa mudança. Acho que foi esse conhecer novas cidades, novas pessoas, novas culturas, desde pequeno, que me faz gostar tanto de viajar e conhecer novos lugares.

Recordaste de alguma viagem que, nesse crescimento, tenha sido especialmente marcante? Não necessariamente pela dimensão ou exotismo. Não há nenhuma viagem em que diga “não gostei nada”. Há países e situações que te marcam mais, obviamente. Provavelmente, a viagem que mais me marcou foi à India, pelo choque cultural e pelas situações que presenciei e que vivi. Fiz essa viagem há cinco anos. Já tinha viajado bastante antes – a Marrocos, ao Egito, a países com um estilo diferente do Europeu. Achei que estava preparado para conhecer a Índia. Mas, de facto, a Índia é toda uma nova dimensão e experiência. Tudo é demasiado intenso e forte e tive situações para as quais fiquei bastante sensibilizado, como com a pobreza. Presenciei coisas que mudaram um pouco a minha visão do mundo. Nós estamos aqui. Esta é a nossa realidade. Mas existem muitas mais e é interessante conhecê-las.


58 | Forum Estudante | Verão’17

/Blogoesfera

No website da agência de viagens que fundaste – a “Leva-me” – pode ler-se “queremos que regresses a casa e que vejas que nada mudou, excepto tu”. É sair da zona de conforto que torna uma viagem inesquecível? Pode ser inesquecível no bom ou mau sentido (risos). Mas sim, acho que é nessas situações que se cresce enquanto ser humano. O contacto com outras pessoas totalmente diferentes, com pensamentos diferentes, atitudes diferentes… Nada é tomado como garantido e, nas viagens que fazemos, é isso que pretendemos. Queremos que as pessoas viajem e que tenham um contacto diferente com outra cultura. Que se sintam mais sensibilizadas para a diferença.

Do ponto de um jovem, ainda em desenvolvimento, pensas que esse conhecimento do diferente assume uma importância ainda maior? Penso que sim. Viajar é importante em qualquer idade, sobretudo para um jovem. É uma oportunidade de conhecer o Mundo – e é para isso que cá viemos. Viemos cá, ao planeta Terra, para viver. Não para trabalhar ou pagar contas. Isso é uma coisa que a nossa sociedade criou e que faz parte: obviamente que temos de trabalhar para sobreviver. Viver não é só isso. Mas trabalhar e pagar contas é sobreviver. Para um jovem, é muito importante viajar, no sentido em que se apercebe que há diferenças no Mundo e aprende a respeitar essas diferenças. Penso que a universidade é uma excelente escola, obviamente, e que toda a gente a deve frequentar. Mas viajar também é uma excelente escola. Penso que se deve tentar combinar as duas coisas.

querem ir sozinhas e juntam-se ao grupo. É interessante porque, muitas vezes, passado dois dias, já não sei quem veio sozinho ou acompanhado: parecem já todos amigos.

Numa viagem, o tempo necessário para fazer amizades é encurtado? Sim. E, ao mesmo tempo, o tempo parece que estica. As pessoas vão sozinhas e, muitas vezes, acabam por voltar com 22 amigos. Passam-se anos e continuam a ter contacto. Nem sempre são da mesma cidade ou país e, sempre que viajam, acabam por se visitar. Gosto muito dessa vertente. São viagens muito descontraídas em que o importante é as pessoas se divertirem. Mas é importante que as pessoas estejam disponíveis: para socializar ou passar por situações imprevisíveis.  

Hoje em dia, há também um crescimento do turismo em resort. Achas que esse é um turismo oposto ao que promoves na Leva.me? Totalmente. Até porque nas minhas viagens mudamos de hotel quase todos os dias. Mas acho que é importante haver também esse tipo de viagens. Eu também já o fiz. Ainda agora estive uma semana das Maldivas e estive em dois hotéis, fechado naquelas ilhas. Às vezes é bom, sabe bem… Quando uma pessoa está cansada e não quer fazer nada a não ser descansar, tomar banhos de piscina ou mar, dormir e comer bem. É um bom género de viagens. Mas não é o que mais gosto de fazer, de facto.  

Qual o conceito da Leva.me?

Neste teu trabalho de blogger de viagens, foste ganhando uma dimensão internacional gradualmente. Sentes essa dimensão ao vivo? E por que é que se registou?

São viagens de grupo e o itinerário é feito por mim. Tento sempre mostrar às pessoas um pouco do que mais gosto do país: seja paisagens, cultura ou tradições. Obviamente, não consigo fugir a certos pontos turísticos – eles fazem parte. Mas tento equilibrar para que não seja uma viagem diferente, com um estilo descontraído de pegar na mochila e de dizer “vamos descobrir um novo país e uma nova cultura”. São grupos até 23 pessoas, a maioria não se conhece e viaja sozinha. Até porque, hoje em dia, é difícil marcar um jantar de amigos, quanto mais umas férias com amigos (risos). Muitas pessoas não têm companhia para viajar, não

Eu faço vídeos dos países, sempre que viajo. Talvez por isso, muitas pessoas desses países começaram a acompanhar-me. Eu tenho muitos seguidores brasileiros, por exemplo, talvez pela língua. Depois tenho de outros países: Filipinas, Indonésia, Vietname, Marrocos… Acho que tenho seguidores em mais de 90 países. É incrível como o mundo hoje em dia está conectado. Eu já passei situações como estar na indonésia, numa lojinha de atividades, e perceber que a senhora me conhecia. O mundo hoje é muito pequeno e a Internet não tem fronteiras. E o meu trabalho também. Por isso, acho normal que pessoas de outros países me sigam.


60 | Forum Estudante | Verão’17

/Blogoesfera

“SOMOS O QUE COMEMOS” À Forum, a blogger Isabel Silva destaca alguns dos hábitos alimentares que é preciso ter em conta no verão (e não só). Uma visão centrada no conceito “do bem”. E o que é “ser do bem”, perguntamos? “É saber partilhar, praticar o elogio, respeitar a essência dos alimentos, respeitar e saber escutar o corpo”.


bom e u,

ro

62 | Forum Estudante | Verão’17

/Blogoesfera


No teu blog “I am Isabel Silva», não deixas de lado «as gordices”, como lhe chamas. Que lugar ocupam estes alimentos numa alimentação equilibrada? Acho que é muito importante ter sempre uma alimentação equilibrada. Para mim, somos o que comemos. Logo tenho os meus cuidados. Mas há sempre os dias da “asneira”. É tudo uma questão de equilíbrio. O melhor é conhecer bem o nosso corpo para saber como recuperar depois de uma boa asneira (risos). De qualquer das formas, acho que o importante prende se com a quantidade que comes e regularidade. Isso faz todo a diferença!  

Na descrição, escreves sobre “pôr tudo em movimento”. É para ti um objetivo fomentar o dinamismo nas pessoas que te seguem? Se sim, como procuras alcançar essa meta? O que eu gosto mais é de partilhar. O meu blog, tal como o meu livro, são maneiras de partilhar e de chegar aos meus seguidores. E se me seguem, é porque gostam ou se identificam com o meu estilo de vida. Gosto de passar este meu estilo do “bem”.

Muitas vezes, referes que és “do bem”. Que mensagem pretendes passar com essa expressão?

Como disse anteriormente, somos o que comemos. Logo, para mim, eu como todos os alimentos que fazem bem à minha saúde, tanto a nível físico como espiritual. É esta a mensagem que pretendo passar. Que encontrem os vossos alimentos, a vossa “vida do bem”.  Ser do Bem é saber partilhar, praticar o elogio, respeitar a essência dos alimentos, respeitar e saber escutar o corpo. 


64 | Forum Estudante | Verão’17

/Blogoesfera

Esse é o conceito central do teu livro “O meu plano do Bem”. Como defines os principais pilares desse plano? Depois de encontrar os produtos que me fazem bem, é organizar-me. Toda as semanas encomendo um cabaz de produtos biológicos, assim como os meus biovivos. Adoro criar os meus pratos consoante os alimentos que tenho em casa. E odeio desperdiçar comida, portanto, muitas vezes, crio novas receitas com o que tenho.

Referes também a necessidade de “sair da zona de conforto”. De que formas é que efetuas essa saída? Recentemente, acabei de sair da minha zona de conforto quando deixei nas mãos do público a mudança da minha cor de cabelo e adorei! Para mim, sair da zona de conforto é um desafio. E eu adoro desafios. Apresentar programas em direto semanalmente é um desafio. Correr meias maratonas e maratonas é um desafio. Todos os dias, melhorar um bocadinho, ser um bocadinho melhor, é um desafio.

No contacto que estabeleces com os teus seguidores, quais são algumas das principais dúvidas que te pedem para esclarecer, relativamente ao às práticas desportivas ou alimentares no verão? As pessoas gostam de saber quais são os sítios para onde eu vou correr. Perguntam-me também como é que consigo coordenar o trabalho com todo o desporto que faço. Pedemme muitas vezes as receitas daquilo que faço e mostro tudo através do meu blog ou do instagram.

Pensas que o interesse do público pelos temas da nutrição e bem-estar indicia uma atitude mais preocupada com hábitos de vida saudável? Sem dúvida. Cada vez temos mais acesso à informação, logo sabemos o que é que cada alimento contém. Cada dia abrem mais supermercados biológicos, o número de livros sobre nutrição aumentou e muito. Nota-se, diariamente, que o público tem mais interesse por estes temas, o que é ótimo. Espero que continue assim!


“Recentemente, acabei de sair da minha zona de conforto quando deixei nas mãos do público a mudança da minha cor de cabelo e adorei!”


66 | Forum Estudante | Verão’17

/Festivais de Verão


A CADA FESTIVALEIRO, O SEU FESTIVAL Não são o NOS Alive, nem o Sudoeste, nem o Super Bock Super Rock. Não são o Rock in Rio, nem sequer o Paredes de Coura. Se procuras um festival centrado num conceito que proporcione uma experiência diferente, estas podem ser boas opções para o teu verão.


68 | Forum Estudante | Verão’17

/Festivais de Verão

BONS SONS “O FESTIVAL DE MÚSICA PORTUGUESA” 11 A 14 DE AGOSTO DE 2017 Passe: 40€ (com campismo) Concertos: Capitão Fausto, Mão Morta, Orelha Negra, Samuel Úria, José Cid, Joana Barra Vaz, Rodrigo Leão e Frankie Chavez, entre outros Site: bonssons.com Descrevendo-se como “o maior e mais diverso festival dedicado à música portuguesa”, o Bons Sons tem vindo a afirmar a sua posição na agenda festivaleira nacional. Para além de apenas conter projetos musicais portugueses no seu alinhamento, este festival aposta numa experiência “fora da cidade”, realizando-se na aldeia de Cem Soldos (Tomar) – uma localidade que é mesmo “fechada” para este evento. No interior da aldeia, são montados 8 palcos que se cruzam com as ruas, praças e a própria igreja da localidade. Pela mesma razão, a organização destaca o envolvimento “da população local” na realização do festival: são os habitantes de Cem Soldos que “acolhem e servem” festivaleiros. Desta forma, o seu conceito assenta “no desenvolvimento local, através do incentivo à economia, contribuindo para a fixação das gerações mais jovens na região”.


Escola Superior de Educação de Coimbra Politécnico de Coimbra

www.esec.pt/licenciaturas

Artes e Multimédia > Arte e Design

> Comunicação e Design Multimédia > Estudos Musicais Aplicados > Teatro e Educação

Educação

Comunicação e Turismo

> Animação Socioeducativa *

> Comunicação Organizacional * > Comunicação Social

> Desporto e Lazer > Educação Básica > Gerontologia Social

> Gastronomia

> Língua Gestual Portuguesa

> Turismo *

Formação Orientada para a Profissão Visite-nos em www.esec.pt

Escola Superior de Educação de Coimbra Rua Dom João III - Solum 3030-329 Coimbra, Portugal

Email: info-cursos@esec.pt Tel.: 239 793 120 Fax: 239 401 461

* funciona também em regime PL

www.esec.pt facebook.com/esec.coimbra www.youtube.com/user/esectv


70 | Forum Estudante | Verão’17

/Festivais de Verão

BYONRITMOS “TRIBUTO À DIVERSIDADE MUSICAL” 19 A 22 DE JULHO DE 2017 Passe: 20€ (com campismo) Concertos: Jonny Abbey, Winga Kan, The Miami Flu, Nação Vira-Lata, Samba Sem Fronteiras, Toques do Caramulo e Fogo Fogo. Site: byonritmos.com É em Baião, distrito do Porto, que se realiza o Byonritmos – um festival que se descreve, na sua página de Facebook, como o “resultado de um desejo partilhado por um grupo de jovens ligados às artes plásticas e performativas”. A primeira edição realizou-se em 2006 e teve como objetivo juntar “diferentes artes, géneros e estilos, para um público intergeracional”, acrescenta a mesma fonte. A sustentabilidade ambiental é também uma das preocupações centrais do festival cujo conceito assenta no lema “entre natureza, dança, tradição e sustentabilidade”. Organizado pela associação Byonritmos e pela Câmara Municipal de Baião, este evento musical inclui ainda uma feira de restauração e artesanato.


Queres concluir o 12º ano?

Garante o teu futuro!

Eletrónica e Telecomunicações

Eletrónica, Automação e Comando

Frequência Gratuita

Últimas Vagas! Sabias que?

Eletrónica e Telecomunicações

Nestes cursos vais conseguir:

Eletrónica, Automação e Comando

Reparar telemóveis

Construir drones e robôs

Instalar e configurar redes de fibra ótica

Desenvolver programas e apps

Orientar antenas parabólicas para televisão

Instalar e reparar equipamentos

Ligar amplificadores e colunas de som

Programar e configurar redes de automação

Portas abertas para o mundo do trabalho Cofinanciado por:

917 873 709 | divulgacao@gustaveeiffel.pt | www.gustaveeiffel.pt


72 | Forum Estudante | Verão’17

/Festivais de Verão

ANDANÇAS “FESTIVAL INTERNACIONAL DE DANÇAS POPULARES” 8 A 11 DE AGOSTO DE 2017 Passe: 100€ (com campismo) Concertos: Sebastião Antunes, Solune, Malino, Ahkorda e Akdeniz, entre outros Site: andanças.net O Andanças descreve a sua missão como a promoção da música e a dança popular como uma forma de intercâmbio entre gerações, saberes e culturas. Nesse sentido, este festival junta, em Castelo de Vide, a tradição e a contemporaneidade, numa lógica de um espectador ativo – conforme recorda a organização, “no Andanças, é possível aprender mais de meia centena de estilos de dança diferentes”, numa união intercultural que agrega danças portuguesas, africanas, americanas, balcânicas, ciganas, galegas, entre muitas outras. O foco na diversidade cultural prende-se com o conceito de que “a música popular (também) é sinónimo de identidade e muitas vezes da sua sobrevivência”. O próprio festival assume-se como uma “alternativa aos outros festivais de verão”: um espaço onde se dança, se faz música, se experimenta e onde “se partilham e se cruzam propostas e ideias para um mundo melhor”.


74 | Forum Estudante | Verão’17

/Festivais de Verão

MÚSICAS DO MUNDO “MÚSICA COM ESPÍRITO DE AVENTURA”

21 DE JULHO A 29 DE JULHO Passe: 50€ Concertos de: Leyla McCalla, Saul Williams, N3rdistan, Lura, Chico Trujillo, Cristina Branco e La Mambanegra, entre outros Site: fmmsines.pt Uma presença habitual na costa alentejana, o Festival de Músicas do Mundo, em Sines, descreve o seu próprio público como “espectadores-descobridores”. A proposta é a de “música com espírito de aventura”, mostrando a diversidade das expressões musicais do Mundo. O conceito musical subjacente ao FMM é o da “world music” – uma noção bastante lata que agrega estilos como o folk, o jazz ou a música urbana. Por essa razão, a organização assume procurar “as músicas do mundo reais como são feitas e vividas no nosso tempo: músicas miscigenadas, marcadas pelos contactos entre artistas de origens geográficas e culturais diferentes”. Desde a sua fundação, em 1999, o festival já recebeu mais de 1 milhão de espectadores, com músicos oriundos de mais de 100 países e regiões.


CANDIDATURAS LICENCIATURAS | MESTRADOS | PÓS-GRADUAÇÕES | MBA´S NOVA LICENCIATURA EM COMÉRCIO E RELAÇÕES ECONÓMICAS INTERNACIONAIS NOVOS MESTRADOS EM: 

ANÁLISE DE DADOS E SISTEMAS DE APOIO À DECISÃO

GESTÃO DO MAR

GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS


76 | Forum Estudante | Verão’17

/Festivais de Verão

LISB-ON “JARDIM SONORO” 1 A 3 DE SETEMBRO DE 2017 Passe: 55€ Concertos de: Amp Fiddler, Cassy, De Los Miedos, Mary B, Nina Kraviz, Tony Allen e Tako, entre outros site: lisb-on.pt A aposta do Lisb-On centra-se numa “experiência urbana”, onde a cidade é o palco central. Por essa razão, este festival realiza-se, durante três dias, no Parque Eduardo VII, em Lisboa, descrevendo-se como um “jardim sonoro quase secreto”. A experiência, garante a organização, é “feita para despertar os sentidos”, juntando num mesmo conceito “lazer e prazer”. O alinhamento musical percorre as várias tonalidades da música eletrónica, numa experiência que é descrita como “a festa mais cool da capital”.


78 | Forum Estudante | Verão’17

/Festivais de Verão

MILHÕES DE FESTA “O DERRADEIRO FESTIVAL DE MÚSICA ALTERNATIVA EM PORTUGAL” 20 A 23 DE JULHO Passe: 55€ (com campismo) Concertos de: Graveyard, The Gaslamp Killer, Enablers, TAU, Pixvae, Ghost Wavvves + Mike El Nite e Conjunto Cuca Monga, entre outros. Site: milhoesdefesta.com O Milhões de Festa celebra este ano a sua décima edição e a organização promete música “tão diversa como fresca”. Em comum, o alinhamento procura o “intercâmbio cultural” e passa por regiões musicais como o “pop dançável” ao “metal mais extremo”. Para o Milhões, o desafio consiste em “renovar as propostas e oferecer uma nova perspetiva sobre a produção musical em todo o Mundo”. Para tal, este festival é pensado para “o público curioso, com o propósito único de desafiar as suas próprias limitações”. Realizado em Barcelos, o Milhões de festa conta com quatro palcos, entre os quais um “palco-piscina”.


pub C

M

Y

CM

MY

CY

CMY

K


80 | Forum Estudante | Verão’17

/Festivais de Verão

FESTIVAL DO CRATO “UM DOS MAIORES EVENTOS REALIZADOS NO ALENTEJO” 23 A 26 DE AGOSTO Passe: 28€ ou 32€ (com campismo) Concertos: Diogo Piçarra, Matias Damásio, John Newman, Eagles of Death Metal, Piruka, Samuel Úria, Mundo & Sam the Kid, entre outros Site: festivaldocrato.com Realizado pela primeira vez em 1984, este evento nasceu com “o intuito de promover os valores culturais e tradições da região”, destaca a Câmara Municipal do Crato. É por essa razão que, mesmo depois da passagem para o conceito de Festival, em 2010, a Feira de Artesanato e Gastronomia tem mantido o seu lugar de destaque. Em 2017, realiza-se a 33.ª edição desta feira. A organização define o festival como “um dos maiores eventos realizados no Alentejo”, sendo que, em 2017, a aposta recaiu em “alguns dos melhores projetos da música nacional e internacional”. Uma das novidades deste ano é o “dia extra” a dia 22 de agosto. O recinto inclui, para além da referida feira de artesanato e gastronomia, uma zona de acampamento e um palco after-hours.


QUERES INVESTIR NO TEU FUTURO? ESTUDA NO ESTRANGEIRO.

MAIS INFORMAÇÕES EM

www.ef.com

www.ef.com

Já pensaste tirar uma licenciatura numa Universidade internacional? Ou aprender uma nova língua? Faz um curso com a EF e preparate para o futuro.

EF Education First Av. Miguel Bombarda, nº 36 - 2F 1050-165 Lisboa Tel: 21 317 34 70 E-mail: centrosidiomas.pt@ef.com FB: www.fb.com/EFPortugal

O que tens a ganhar:

Porquê a EF:

• Mais oportunidades de emprego em Portugal e no Estrangeiro • Fluência linguística numa língua estrangeira • Conhece pessoas de todo o mundo • Desenvolvimento de “soft skills”

• Cursos de Línguas no Estrangeiro de 2 a 52 semanas • Colocação em Universidades Estrangeiras • Oportunidades variadas de realizar um Gap Year • Escolas em 16 países, 44 destinos e 7 línguas

Centros Internacionais de Idiomas


82 | Forum Estudante | Verão’17

/Música


83 | Forum Estudante | Verão’17

/Música

OS QUATRO E MEIA METEM “OS PONTOS NOS iS” Banda lançou recentemente o seu primeiro álbum e um dos seus elementos, Mário Ferreira, contou à Forum mais sobre este trabalho e as raízes do grupo.


84 | Forum Estudante | Verão’17

/Música

No total, são seis elementos, naturais de diferentes zonas do país. Sertã, Braga, Carregal do Sal ou Águeda são alguns exemplos. Hoje, estão juntos num mesmo projeto musical - os Quatro e Meia - banda que lançou a 30 de junho o seu primeiro álbum de estúdio. Contudo, a história desta banda tem já quatro anos e começa num desafio lançado em Coimbra. “Foi Coimbra que nos juntou”, começa por explicar Mário Ferreira, acordeonista e vocalista. Todos os elementos do grupo estudaram nesta cidade, tendo estabelecido contacto “pelos amigos dos amigos e nos ambientes académicos”. Em 2013, foram desafiados a participar na gala solidária de uma academia de dança. A importância deste espetáculo fica patente também no nome do grupo. Quando estavam a entrar em palco,

ouviram perguntar pelo nome do projeto. “Não tínhamos pensado no assunto”, conta Mário. Devido à diferença de alturas entre os então cinco elementos, alguém disse “Os Quatro e Meia e o nome ficou”. Depois da entrada de um elemento adicional, “já não fazia sentido mudar o nome” que, hoje em dia, continua a “fazer todo o sentido”, explica o músico.

Os pontos nos is “Esse primeiro concerto acabou por correr bem e fomos desafiados a continuar”, recorda Mário Ferreira. Desde então, a banda tem continuado, acrescenta: “sentimos que as pessoas pedem para continuar e temos gosto no que fazemos”. Desde então, os cursos foram terminados e os elementos desempenham novas profissões, sendo


85 | Forum Estudante | Verão’17

/Música

que durante estes quatro anos, têm acumulado as vidas profissionais e a carreira musical. De resto, para Mário Ferreira, esta é uma das características que define o grupo e que representa uma mais-valia. “Todos trabalham e têm uma vida para além da música – nas nossas letras referimos pormenores comuns do quotidiano e isso acaba por conectar mais facilmente com as pessoas”, explica. Para o futuro, revela Mário Ferreira, esta dinâmica será para manter. O lançamento deste álbum é um marco para o grupo, salienta Mário Ferreira: “é o momento em que decidimos colocar os pontos nos is e lançar um álbum”, depois de três anos com o lançamento de alguns singles ocasionais. O músico define o estilo musical dos Quatro e Meia como “pop acústico”, resultante da junção de

diversas sonoridades: “somos seis elementos, com vários instrumentos e influências diferentes – isso passa para as próprias músicas”. Outra das características deste álbum é o seu “tempo de maturação”, no final de quatro anos enquanto banda, considera Mário Ferreira, uma vez que “espelha a evolução enquanto banda, grupo e estilo musical”. O resultado final deixou os Quatro e Meia satisfeitos: “o álbum espelha o que somos – músicos imperfeitos em constante evolução e, nesse sentido é um álbum honesto, sincero, como gostaríamos que a nossa música fosse entendida”. Para além de concertos no Meo Marés Vivas (14 de julho) e no Sol da Caparica (12 de agosto), Os Quatro e Meia vão realizar um showcase na FNAC do Norte Shopping-Porto (15 de julho).


86 | Forum Estudante | Verão’17

/Cinema


LOGAN

ESTE UNIVERSO NÃO É PARA VELHOS Fechando a trilogia de filmes sobre Wolverine, Logan traz-nos uma nova visão sobre o universo dos superheróis – e da forma como são contadas as suas histórias.

Crítica por David Félix

Realizador: James Mangold Com: Hugh Jackman, Patrick Stewart, Dafne Keen Classificação:


88 | Forum Estudante | Verão’17

/Cinema

“Toda a gente sabe que a velha fórmula não está a resultar como resultava”, explicou James Mangold, o realizador de Logan, à Vanity Fair. Uma rápida visita ao site da Marvel pode elucidarnos relativamente ao que refere o cineasta americano: desde 2000, mais de 30 filmes foram realizados ou estão agendados, dentro do universo Marvel. Grande parte dos títulos foram lançados nos últimos quatro anos. A fórmula a que se refere Mangold, de resto, foi fundada em 2000, com o lançamento de X-Men, de Bryan Singer. Embora com um nível de produção bastante mais modesto, o filme mostrou que revisitar o universo dos superheróis, utilizando novas técnicas e linguagem cinematográfica, trazia uma

garantia: sucesso de bilheteiras. A tendência seria confirmada com Spider-Man e, durante os anos seguintes, os grandes estúdios apostariam neste tipo de projeto – reutilizar histórias antigas, demonstrando, à imagem do universo da banda desenhada, os imensos e notáveis poderes de indivíduos excecionais. 17 anos – e 6 filmes – depois, James Mangold volta a contar a história de Wolverine, desta vez, tendo em atenção esta fórmula. Para Mangold, o público quer ver novas abordagens. E os estúdios de produção estão atentos a essa necessidade: “os estúdios conseguem, com o milagre das máquinas de marketing, espremer

o precisam para não perder dinheiro nestes filmes – mas acho que estão a ficar mais assustados e procuram duas coisas: formas de fazer estes filmes custarem menos e maneiras de os fazer sentir frescos”. De acordo com o realizador, na preparação deste filme, o objetivo passou por “tentar inclinar o filme para a personagem”. É aqui que surge o “novo velho Wolverine”. Em Logan, ele é sobretudo tratado pelo seu nome “civil” (James Howlett), usa óculos para ler, coxeia da perna direita e tem em mãos a tarefa de cuidar de Charles Xavier – o poderoso Professor X – que sofre de uma doença mental degenerativa. Aparentemente, Mangold e Jackman


89 | Forum Estudante | Verão’17

/Cinema

retiraram inspiração em filmes como The Wrestler e em westerns como Shane – Os Brutos Também Amam. Em 2013, o realizador já tinha procurado construir um retrato mais humano de Wolverine, num filme rodado no Japão. Desta feita, o novo filme de Mangold pretende mostrar um outro lado do super-herói: o que acontece quando envelhecem? E o que acontece aos filmes de superheróis, quando a fórmula envelhece? O resultado atinge o espectador com indiscutível intensidade. As habituais representações de super-heróis como seres todos poderosos, imunes aos problemas que nos afligem, contrastam fortemente com o retrato do superherói enquanto alguém habitado por dúvidas, dores ou arrependimento.

A violência e brutalidade presente em Logan parece ser também, de alguma forma, uma resposta aos retratos de guerras polidas e limpas de blockbusters, confinadas ao PG-13 (13 anos de idade). “Na vida real, as pessoas morrem”, diz Logan, a certa altura, referindo-se ao exagero da representação do Universo X-Men. A certa altura, durante o filme, é o próprio Logan que ataca as representações de super-heróis, referindo-se ao facto de as coisas más do mundo não poderem ser resolvidas por “um idiota de collants”. É esta desconstrução de um universo (cada vez mais) sedimentado no nosso imaginário que impele a narrativa de Logan. Não contendo uma abordagem

absolutamente original, Logan tem a virtude de confrontar a forma como consumimos este género amplamente massificado. O filme não traz em si uma fórmula ou solução – não deveremos esperar um Kent, um Parker ou um Stark, num futuro próximo. As “novas formas” encontradas pelos estúdios de que fala James Mangold deverão aproximar-se mais dos recentes Deadpool ou até AntMan. Mais violência, mais humor, mais autorreferenciação, como se a lente tivesse engolido a internet. A fragilidade, a dúvida e a nuance não cabem num filme de super-heróis. Afinal de contas – e parece ser essa uma das mensagens de Logan – o universo dos super-heróis não é para velhos.


90 | Forum Estudante | Verão’17

/Cinema

11 RAZÕES PARA SAIR DE CASA E IR AO CINEMA As salas de cinema são fresquinhas e fazem bem ao espírito. Fica a conhecer algumas das estreias para os meses de julho e agosto.


91 | Forum Estudante | Verão’17

/Cinema

ESTREIAS

JULHO

A VIDA EM ESPERA

HOMEM-ARANHA

VIOLAÇÃO DE CONFIDENCIALIDADE

UMA VIAGEM PELO CINEMA FRANCÊS

Bryan Cranston (Breaking Bad, Godzilla) veste a pele de um homem bem-sucedido que decide, um dia, sair de casa e esconder-se, sem contudo deixar de acompanhar a vida da sua família, bem como as consequências do seu desaparecimento.

THE SEA OF TREES

O novo filme de Gus Van Sant (Milk, O Bom Rebelde) junta Naomi Watts e Matthew McConaughey para contar a história de Arthur Brennan – um americano que decide conhecer a floresta de Aokigahara, no Japão, e acaba por entrar numa viagem de reflexão e autoconhecimento, com o japonês Takumi Nakamura (Ken Watanake)

Em dificuldades económicas, Duval (François Cluzet) aceita uma proposta de emprego que consiste em transcrever escutas telefónicas. Esta será a porta de entrada para um mundo de conspiração política.

Peter Parker (Tom Holland) conta com o apoio de Tony Stark (Robert Downey Jr.) para encontrar o caminho para a afirmação. Pelo meio, há espaço para uma luta com o Abutre (Michael Keaton).

Bertrand Tavernier assina um documentário que pretende ser um “acto de gratidão para todos os realizadores, argumentistas, atores e músicos” que apareceram na vida do cineasta. Desta forma, a viagem passa por nomes como Renoir, Becker, Truffaut, Demy ou Bresson.


92 | Forum Estudante | Verão’17

/Cinema

ESTREIAS

AGOSTO

ÍNDICE MÉDIO DE FELICIDADE

Baseada no livro homónimo de David Machado, a nova película de Joaquim Leitão acompanha a história de Daniel, um português que viu a crise económica retirar-lhe o emprego, a esposa e os filhos. Qual o caminho para encontrar a felicidade?

THE DARK TOWER

VILLA CAPRI

2:22

EMOJI: O FILME

Um cavaleiro pistoleiro (Idris Elba) batalha um inimigo (Matthew McConaughey) que tenta destruir a Torre Negra – uma estrutura que mantém a unidade do universo. A história de ficção científica é baseada numa obra de Stephen King.

I AM MICHAEL

O novo filme de James Franco conta a história de Michael Glatze, um ativista que decide esconder a sua homossexualidade, arranjando uma namorada e enveredando por uma carreira como pastor cristão e anti-gay.

Um padrão de eventos começa a repetir-se na vida de Dylan Branson (Michiel Huisman), todos os dias, terminando às 2:22h em ponto. Dylan terá de resolver este mistério para preservar uma nova paixão da sua vida.

Esta comédia junta dois pesos pesados: Morgan Freeman e Tommy Lee Jones. Representado um ex-agente do FBI e um advogado, os dois procuram defender-se de um ataque da máfia, num campo de golfe.

A história passa-se em Textopolis, a cidade onde os Emojis favoritos dos utilizadores de smartphone. O sonho dos emojis é serem utilizados nos textos dos humanos. O filme acompanha a história de Gene, um emoji que nasceu com um bug no sistema e que pode trocar de rosto, ao contrário de todos os outros.


25

anos

fama

VIVE A VIDA, CRESCE COM A FORUM. www.forum . pt


94 | Forum Estudante | Verão’17

/Jogos

JOGOS MAIS AGUARDADOS DO VERÃO Nas férias, há tempo para tudo. Para sair de casa e… para ficar em casa. Fica a conhecer alguns dos lançamentos mais esperados para o verão de 2017.


95 | Forum Estudante | Verão’17

/Jogos

SPLATOON 2 21 de julho

Depois do êxito de Splatoon, lançado em 2015, a Nintendo aposta agora numa sequela que segue a mesma mecânica: um third person shooter, com grande enfase no modo multiplayer, permitindo jogos com oito utilizadores. A mecânica de jogo vai manter-se, com a utilização de tinta para marcar território e navegar pelos mapas de jogo. Relativamente ao modo de campanha, o enredo começa nove meses após o final de Splatoon.


96 | Forum Estudante | Verão’17

/Jogos

FINAL FANTASY XII: THE ZODIAC AGE 11 de julho

11 anos depois de Final Fantasy XII, a Square Enix traz uma remasterização HD do jogo. De acordo com o produtor, Hiroaki Kato, a nova versão The Zodiac Age trará quatro novidades, essencialmente: será um jogo mais balançado (“e mais fácil”), com a inclusão de dois novos modos de jogo. Por último, esta versão vai incorporar, à semelhança dos títulos mais recentes de Final Fantasy, um sistema mais flexível no desenvolvimento dos personagens.


97 | Forum Estudante | Verão’17

/Jogos

AGENTS OF MAYHEM 15 de agosto

Passado no universo de Saints Row, este jogo é um título de open world, jogado na terceira pessoa. Agents of Mayhem promete o retrato de uma versão futurista de Seul, na Coreia do Sul, e inclui 12 agentes diferentes. Em cada missão, o jogador pode escolher três personagens, explorando assim este universo, sendo que cada um dos personagens tem as suas características especiais e mais-valias.


98 | Forum Estudante | Verão’17

/Jogos

UNCHARTED: THE LOST LEGACY 23 de agosto

O fim de Nathan Drake não significa, como seria de esperar, o final da saga Uncharted. Desta feita, em The Lost Legacy, as protagonistas são Chloe Frazer e Nadine Ross, personagens que já fazem parte do universo do videojogo. O enredo do jogo é posterior ao último título da série e centra-se no passado de Chloe Frazer e uma busca por uma relíquia na Índia.


99 | Forum Estudante | Verão’17

/Jogos

DESTINY 2 6 de setembro

A sequela de Destiny é, à sua imagem, um jogo que mistura elementos de MMO (Massively Multiplayer Online) e de RPG. De resto, este novo título vai incorporar alguns melhoramentos na comunicação entre utilizadores, permitindo a pesquisa de equipas ou clans. Já relativamente às personagens, vão ser incorporados os mesmos três tipos: hunters, warlocks e titans.


102 | Forum Estudante | Verão’17

/Tecnologia

APPS QUE VÃO MELHORAR O TEU VERÃO

Com a chegada do verão ficas com tanto tempo disponível que não sabes o que fazer, ou queres fazer e não sabes como. Para não ficares deprimido e chateado com a vida, aqui estão sete aplicações gratuitas que podes instalar no teu dispositivo e aproveitar o verão ao máximo.


103 | Forum Estudante | Verão’17

/Tecnologia

PICSART

Photo Studio & Collage Para quem gosta de fotografia, esta aplicação é uma boa opção, não é só por ser gratuita. Conta com 500 milhões de instalações e é muito fácil de usar. Tem diversas ferramentas, efeitos, colagens, milhões de adesivos originais, entre outras coisas. Com esta aplicação vais tornar as tuas fotografias únicas e originais. O limite é a tua imaginação.

TASTEMADE

Mesmo não sendo um cozinheiro nato, esta aplicação vai ajudar-te a fazer os melhores pratos e da forma mais fácil. Vais poder aprender a fazer pratos diferentes, inovadores, internacionais e acima de tudo, muito saborosos. Todas as receitas são exemplificadas em vídeo.


104 | Forum Estudante | Verão’17

PUMPUP

/Tecnologia

O PumpUp é uma aplicação que te vai ajudar a alcançar a forma física que ambicionas, mas acima de tudo, que sejas saudável. Conta já com 5 milhões de membros de 150 países. Tem um programa vasto de 700 exercícios diferentes, com ou sem peso, diferentes rotinas de treino, e podes sempre contar com o apoio de atletas olímpicos, a personal trainers e nutricionistas certificados.

MOOVIT

A Moovit é considerada a aplicação de transportes públicos líder no mundo, contando já com mais de 560 milhões de utilizadores. Se tinhas receio de andar de transportes agora já podes ficar tranquilo, tens toda a informação que precisas numa só aplicação. A aplicação tem diversas ferramentas, como seres notificado quando tens que sair do transporte, quanto tempo demora a viagem, entre outras. Podes utilizar a Moovit em mais de 1400 cidades, vais poder ir viajar e andar nos transportes como se fosses de lá.

WI-FI FINDER

Quando estás de férias tem esgotar o nosso plafond de que não fiques excluído do aplicação ajuda-te a encon públicas ou pagas.


105 | Forum Estudante | Verão’17

mos a tendência a e dados móveis. Para o mundo digital esta ntrar as redes wi-fi,

/Tecnologia

WATTPAD

Já com mais de 100 milhões de utilizadores, esta aplicação já foi mencionada em diferentes órgãos de comunicação, como The New York Times, MacWorld, The Guardian, Globo, entre outros. Tens acesso a uma biblioteca gigante, em constante crescimento e atualização, ilimitada de livros e histórias gratuitas.

TERRARIUM TV

Uma aplicação gratuita que te oferece a possibilidade de assistires e fazeres o download de um número ilimitado de filmes e séries em boa qualidade. Não és obrigado a ver o filme no teu dispositivo, podes faze share para a TV e é como se estivesses, quase, no cinema.


106 | Forum Estudante | Verão’17

/HorosCópos

LEÃO

VIRGEM

BALANÇA

Os nativos de Leão tem um perfil curioso. São aquele tipo de pessoa que costuma dizer, com uma cara muito séria, “no verão, praticamente não como carne – é só peixe e salada”. Tudo isto, claro, enquanto degustam um bife do lombo enrolado em bacon, com acompanhamento de soufflé de enchidos e presunto crocante. Prevejo que, este verão, quase vais conseguir trocar a pizza barbecue pela salada grega. Quase.

Todos conhecemos a situação. Um grupo avança pela berma da estrada, num agradável passeio de verão. A berma não é propriamente larga, o que faz os elementos do grupo seguirem muito juntos. Neste ponto, surge sempre o “elemento toupeira”, o membro do grupo que fura entre as pessoas, procurando estar perto de toda a gente. Muitas vezes, apontando a lanterna do telemóvel a olhos alheios. Este verão, nativos de virgem, não sejam “toupeiras”.

Sinto que alguns nativos de Balança tentaram, recentemente, comunicar comigo no plano astral, procurando, sem sucesso, influenciar as minhas intocáveis e fidedignas previsões. Em resposta, conferenciei com o ascendente de Orion e com os feiticeiros da constelação de Camelopardalis. Como castigo, durante uma hora, este verão, vão sentir aquela impressão irritante, depois do banho, de que ainda têm areia nas orelhas.

(23/07 a 22/08)

(23/08 a 22/09)

(23/09 a 22/10)


107 | Forum Estudante | Verão’17

/HorosCópos

Essencialmente, o verão é como uma formiga com febre: uma coisa quente e pequena Sabem aquelas coisas que, de tanto ansiarmos, parece que nem conseguimos aproveitar? Como se, a cada dia que passa, sentíssemos um novo tic, um novo tac, um risco no calendário, o sentimento de que há mais um dia de verão que já não volta. Sabem? Essencialmente, isso é um exagero. Sentem-se na vossa cadeira de praia, reforcem o protetor na planta dos pés e acompanhem as minhas previsões de verão.

ESCORPIÃO

SAGITÁRIO

CAPRICÓRNIO

Os nativos de Escorpião continuam a acreditar que o Euromilhões é um bom investimento para as férias, tendo em conta que, efetivamente, recebendo o prémio, as férias se tornariam definitivas e eternas, provavelmente. Continua a acreditar, Escorpião. Não te esqueças é de aproveitar as férias provisórias, just in case.

Temos de conversar, Sagitários. Continuam a achar que os concursos de salto para a piscina são uma boa ideia. O que não está nada mal, a não ser que nos recordemos d’O Incidente de 2014, quando um mortal à retaguarda te custou umas costas em brasa e a risada geral. Certifica-te apenas, antes de saltar, que não há telemóveis a gravar.

Só para vocês, Capricórnios. Regras para uma boa aplicação do protetor solar: Aplique o protetor com pele limpa e seca. Espalhe o creme em movimentos circulares. Não esqueça partes como peito do pé, mãos ou orelhas. Reaplique o protetor a cada 2 horas e sempre que for mergulhar De nada.

(23/10 a 21/11)

(22/11 a 21/12)

(22/12 a 19/1)


108 | Forum Estudante | Verão’17

/HorosCópos

AQUÁRIO

PEIXES

CARNEIRO

Os nativos de Aquário prometeram a si mesmos um verão “radical”. A palavra é habitualmente utilizada pelo primo quarentão durante os jantares de Natal [“isso é bué radical, men!”], quando quer ser “fixe”. Os nativos de Aquário, contudo, estão a pensar em desportos radicais. Atirem-se de cabeça no desafio! Sem esquecer a aterragem, contudo.

Quando chega o verão, os nativos de Peixe começam a denotar uma certa tendência para as conversas longas. Desabafos sentimentais, sermões, considerações gerais sobre a vida, considerações específicas sobre a vida – tudo isso é muito positivo e bemvindo, quando o nosso interlocutor está interessado em ouvir. Começa a contar os “hum-hum” distraídos e avalia a situação caso a caso.

Alguém disse um dia que o chapéu é a única peça de roupa que quando se usa, não se sente na cabeça, e quando se tira, ainda se sente na cabeça. Serve isto para dizer que o mundo dos chapéus é complexo e misterioso, tal como é a forma como os continuamos a perder, em variadas situações. Fica a dica: se estiver vento, perto de uma falésia, segura o chapéu com uma das mãos.

TOURO

GÉMEOS

CARANGUEJO

Estás a ver aquela situação em que o teu melhor amigo ou amiga marcou um café com dois ou três pessoas e não te convidou, e depois viste um post do instagram na vossa esplanada preferida, e depois viste os comentários do “pessoal” a dizer “ganda tarde #gandatarde”, e depois sentiste que estavas sozinho ou sozinha no Mundo e que nada fazia sentido? Esquece isso. De certeza que já te esqueceste de alguém, uma vez na vida. Agora, foi a tua vez de ser esquecido momentaneamente.

Os nativos de Gémeos são, por natureza, irrequietos. Por essa razão, quando na praia, começam a assumirse como verdadeiros artistas circenses. Queres ver eu a fazer a espargata? E a roda? E o salto encarpado à retaguarda com saída em dupla pirueta? Nada contra, amigos e amigas de Gémeos. Mas acho que poderiam começar a variar os números como fazer malabarismo com seis embalagens de protetor. Salta menos areia.

O caranguejo ficou para o fim, ainda que esta seja uma altura do ano em que ele se evidencia. Os nativos deste signo têm uma tendência natural para brilhar na praia, tal a quantidade de óleos de coco, fórmulas de coco, auto-bronzeadores e coisas afins que espalham pela pele. Ao ponto de dois astronautas se terem queixado à comunidade científica internacional do reflexo que emanava de uma certa cidade portuguesa. Repensem os cremes que colocam no corpo, amigos caranguejos. O factor 50 é sempre mais seguro.

(20/01 a 18/02)

(21/04 a 20/05)

(19/02 a 20/3)

(21/05 a 20/06)

(21/03 a 20/04)

(21/06 a 22/07)


#298 Revista Forum Estudante - Verão 2017  

Verão perfeito: Falámos com os bloggers João Cajuda, Vanessa Martins e Isabel Silva, para te ajudar a tornar o verão de 2017 inesquecível. E...

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you