Voz de Nazaré

Page 1

ARQUIDIOCESE

DE BELÉM

Pe. Florence Dubois Fundador

www.fundacaonazare.com.br belém, De 29 de dezembro de 2017 a 4 de janeiro de 2018

D o jornal católico da família D

ANO CIV - Nº 804 - PREÇO AVULSO: R$1,00

luiz estumano

FELIZ ANO NOVO! São os votos da Arquidiocese de Belém a todo o povo de Deus. Que Santa Maria de Belém, nossa padroeira, possa interceder junto a Jesus por infinitas graças sobre todos no Ano Novo prestes a começar.


2

belém, De 29 de dezembro de 2017 a 4 de janeiro de 2018

Opinião Privilégio de ser católico João Carlos Pereira

charge do andré abreu

Jornalista e professor jcparis@orm.com.br

Possível receita para 2018

N

Comente esta charge: voz@fundacaonazare.com.br

Panorama José Pereira Ramos joseulina1@gmail.com

História da Arquidiocese

D

Economista e escritor

esejando um Feliz Ano Novo a todos os leitores, relembro fatos históricos. Neste 1ºde janeiro desejo homenagear meu irmão, Dom Alberto Gaudêncio Ramos. Em 01/01/1949, aos 33 anos de idade, 9 anos de padre, foi sagrado Bispo do Amazonas, na Catedral de Belém. Foram sagrantes Dom Jaime de Barros Câmara, Arcebispo do Rio de Janeiro - foi Arcebispo de Belém de 01/01/1942 a 25/07/1943-, Dom Mário Villas Boas, Arcebispo de Belém, e Dom Anselmo Pietrulla, Bispo de Santarém. Foi a primeira vez que um Cardeal visitou oficialmente a nossa cidade. Quando dispuser de tempo e espaço, contarei detalhes dessa visita. Dom Alberto Ramos tomou posse na Catedral de Manaus em 21/01/1949. Três anos após, 18/02/1952, o Papa Pio XII - que o havia nomeado bispo -, elevou-o a 1º Arcebispo de Manaus

Encontro Fraterno ivens Coimbra Brandão

ivenscb@oi.com.br; ivenscb@gmail.com

Virada de ano

F Engenheiro civil e escritor

az sentido ouvir-se dizer que no dia 31 de dezembro, último dia do ano civil, ocorre a ‘virada’ do ano. De fato, dez dias antes, o nosso planeta, em sua trajetória elítica, faz uma curva mais ‘fechada’, assim iniciando mais uma jornada. Partilhando informações que nos foram repassadas no tempo de colégio e que hoje podem ser ativadas com ajuda da internet, ora invoca-se a fantástica realidade que o Cosmo encerra. Reflitamos, então, por exemplo, sobre o movimento de translação da Terra em torno do Sol ao percorrer 930 milhões de quilômetros a cada volta completa, perfazendo o total de 365 dias, cinco horas e quarenta e oito minutos. Sua velocidade é 120 vezes maior que a de um avião a jato comercial, isto sem considerar seu deslocamento ao acompanhar o sistema solar ao longo de nossa galáxia. Uma

Fun­da­do em 5 de ju­lho de 1913 fundador Pe. Flo­ren­ce Du­bois, bar­na­bi­ta

arquidiocese de belém-pará

presidente Dom Alberto Taveira Corrêa Arcebispo Metropolitano de Be­lém do Pa­rá vice-presidente Monsenhor Marcelino Ferreira Vigário-geral da Arquidiocese de Belém do Pa­rá

(37 anos de idade, o arcebispo mais jovem do mundo), criando nova Província Eclesiástica. Em 1957, ainda Pio XII o transferiu para a Arquidiocese de Belém como seu Arcebispo, cargo que exerceu por 32 anos consecutivos. O tempo corre. Já se passaram 68 anos que o primeiro e único belenense foi ordenado Bispo. No domingo passado, na coluna “Opinião” do jornal “O Liberal”, o médico e escritor Amaury Dantas escreveu interessante artigo sobre o dedicado padre Raul Tavares de Souza, que foi do meu tempo da Ação Católica. Eu era da JIC e ele da JUC. Apresso-me a retificar um equívoco daquele articulista. Está anotado na agenda pessoal de Dom Alberto Ramos: 24/11/1957 – “Em frente à Matriz de Santo Antônio, ordenei o padre Raul Tavares de Souza “coram populo”. Tudo saiu bem”. Significa que a cerimônia em latim, no rito da época, foi feita voltada para o público e não com os celebrantes de costas para o povo, como era habitual. E isto só acontecia em ocasiões especiais. Foi o 1º padre que Dom Alberto ordenou quando Arcebispo de Belém. simples conta levou-me a concluir já haver percorrido, ao longo da minha vida, passageiro do planeta Terra, cerca de 78 bilhões de quilômetros. Ufa! Segundo conclusões atuais da ciência, tudo começou com uma grande explosão: “Desde o Big Bang, cada instante foi dimensionado com precisão incrível. (...) Qualquer desvio, por mais insignificante que fosse, teria impedido o surgimento dos minerais que compõem as estrelas, os planetas e as galáxias; consequentemente, não teriam surgido as condições para que a vida – especialmente a vida humana – aparecesse sobre a Terra. Aí foi como que moldado o ‘código genético’ do universo. Tudo isto dá testemunho da existência de Deus” (Ciência e fé em harmonia - Aquino, Felipe Rinaldo Queiroz – 4ª ed. Lorena SP – Cléofas, 2007). Nesta ‘virada’ de ano, na condição de criaturas feitas à imagem e semelhança de Deus, faz sentido meditar sobre a nossa origem para, alimentados em nossa fé, reiniciarmos nova caminhada, animados pela esperança. FELIZ ANO NOVO!

DIRETOR GERAL Padre Roberto Emílio Cavalli Junior diretor administrativo e financeiro ­Marcos Aurélio de Oliveira diretor de comunicação Mário Jorge Alves da Silva diretor de captação de recursos ­Arnaldo Pinheiro

a reta final de 2017, algumas palavras se impõem sobre qualquer texto, ou toda oração. A primeira, talvez mais importante de todas, é gratidão. Por ser o mais nobre dos sentimentos (só perde para o amor e para a amizade, mas perpassa seus domínios), a gratidão deve ser nossa melhor passagem para o encontro com o Criador. Ser grato significa repetir, de outra forma, uma frase da oração que o Senhor nos ensinou: “seja feita a Sua vontade”. Ao agradecer, digo que a vontade de Deus se fez e a mim apenas resta remercear, porque me tornei digno da vontade de Quem me criou. E como Ele só quer o meu bem, por mais difíceis que tenham sido as provações, penhorar gratidão é fundamental. Meu amado e saudoso confessor, amigo e pai, padre Luciano Ciman, me ensinou: “agradeça antes de pedir”. É isso que faço. Depois de gratidão, esperança é o Norte para qualquer momento. Se ela sumir de nossos lábios e de nosso coração, estaremos com um pé

na beirada do precipício. Um ser humano sem esperança nem merece essa condição. Vegetais e minerais não anseiam por dias melhores. Os homens, sim. Sem esperança, não aquela esperança boboca, do verbo esperar, tipo aguardar sentado, não há amanhã. Outra palavra necessária para o ano novo é fé. Não a fé conformadinha, tristonha, mas verdadeira, ativa, flamejante, em busca de um contato sincero com o Sagrado, que faz da religião, seja ela qual for, um autêntico canal de religação do homem com o Criador. Outras expressões, também fundamentais, como saúde, alegria, trabalho e disposição para a vida, não podem ser colocadas em segundo plano. Juntas, produzem uma bela fórmula de dias felizes. Como os ingredientes e suas poções são absolutamente individuais, sugiro que cada um se transforme no seu próprio alquimista e manipule, na dose certa, a receita de viver bem no ano que começa e sempre. Feliz ano-novo!

Assim na terra como no céu ... Pe. Helio Fronczak

heliofronczak@gmail.com

Cada dia pode ser Natal! É Natal! O Verbo se fez homem e acendeu o amor na Terra. É Natal! E gostaríamos que nunca acabasse. Ensina-nos, Senhor, como perpetuar a Tua presença espiritual entre os homens. É Natal! Que o Teu amor aceso na Terra arda nos nossos corações e nos amemos como Tu queres! Então, estarás presente entre nós. E cada dia, se nos amarmos, pode ser Natal. (Chiara Lubich, Da E volta o Natal, Cidade Nova Editora 1998, pág. 78/79) São estes meus votos sinceros para 2018.

coordenação Bernadete Costa (DRT/PA 1326) conselho de programação e editoração Padre Agostinho Filho de Souza Cruz Cônego Cláudio de Souza Barradas Edwaldo Lobo Monteiro editoração eletrônica Sérgio Santos (DRT/PA 579) As­si­na­tu­ras, dis­tri­bui­ção, ad­mi­nis­tra­ção e re­da­ção Av. Go­v. Jo­sé Mal­cher, Ed. Pau­lo VI, 915 CEP: 66055-260

- Na­za­ré, Be­lém - PA Te­l.: (91) 4006-9200/ 4006-9209. Fax: (91) 4006-9227 Re­da­ção: (91) 4006-9200/ 4006-9238/ 4006-9239/ 4006-9244/ 4006-9245 Site: www.fundacaonazare.com.br E-mail: voz@fundacaonazare.com.br Um veí­cu­lo da Fun­da­ção Na­za­ré de Co­mu­ni­ca­ção ­CNPJ nº 83.369.470/0001-54 Im­pres­so no par­que grá­fi­co de O Li­be­ral

fundação nazaré de comunicação


belém, De 29 de dezembro de 2017 a 4 de janeiro de 2018

Conversa com meu povo

3

Arcebispo

Dom Alberto Taveira Corrêa Arcebispo Metropolitano de Belém do Pará

“Q

uando se completou o tempo previsto, Deus enviou seu Filho, nascido de mulher, nascido sujeito à Lei, para resgatar os que eram sujeitos à Lei, e todos recebermos a dignidade de filhos. E a prova de que sois filhos é que Deus enviou aos nossos corações o Espírito do seu Filho, que clama: “’Abá, Pai!’” (Gl 4,46). O tempo do relógio e dos calendários não é suficiente para entender a vida humana. Faz-se necessário vêlo do ponto de vista daquele que é senhor do tempo e que o supera, para quem “um dia é como mil anos e mil anos como um dia” (2 Pd 3,8). De fato, diante de Deus afirmamos com clareza: “Nossos anos de vida são setenta, oitenta para os mais robustos, mas pela maior parte são fadiga e aborrecimento, passam logo e nós voamos. Quem conhece o ímpeto da tua ira, quem teme a violência do teu furor? Ensina-nos a contar nossos dias e assim teremos um coração sábio” (Sl 89, 10-12). A plenitude do tempo chegou quando Deus quis! Como fazer encontrar o nosso tempo com o tempo de Deus? Como fazer para que os dias do ano que termina não voem como penas ao vento e se percam, mas tenham sentido profundo e sejam incorporados como tesouro em nossa história? A Igreja aprendeu, no correr dos tempos, a contar os dias a partir de seu Senhor, para não parar nas fadigas ou no ócio eventual que acabam até por irritar nossa frágil natureza. É que para os homens e mulheres de fé, o que corre se chama história de salvação e não minutos aproveitados ou desperdiçados. Tudo coopera para o bem dos que amam a Deus (Cf. Rm 8,28). A chave do tempo está em professar a fé e declarar o amor a Deus. Aí tudo adquire seu pleno sentido, pois a escolha primeira é amar a Deus, antes de optar pela alegria ou pela dor, pelo riso ou pelas lágrimas. Trata-se de buscar em primeiro lugar o Reino de Deus e a sua

O mistério do tempo

divulgação

w A chave do tempo está em professar a fé e declarar o amor a Deus

justiça, e todas as coisas serão dadas por acréscimo. Por isso, a pessoa de fé entende que não há que se preocupar com o dia de amanhã, pois ele terá sua própria preocupação! A cada dia basta o seu cuidado (Cf. Mt 6,33-34). Com o dia de hoje há que se “ocupar”, viver bem cada momento presente, transformando-o em oportunidade para amar a Deus e o próximo. Se a alguém pode parecer simplista tal afirmação, se apenas aceitar o desafio de experimentá-la, será possível ver os frutos. Nesta perspectiva, o que fazer do passado, cuja sombra tantas vezes aparece como fantasma que assusta? Primeiro, uma gratidão imensa pelos dons recebidos, pelo bem que a pessoa foi capaz de fazer, um olhar positivo sobre todas as pessoas e acontecimentos. Depois, uma decisão carregada de sabedoria é experimentar o perdão. Perdoar as pessoas que nos ofenderam, perdoar a nós mesmos pelas falhas, faltas e pecados e, mais ainda, recorrer à fonte do perdão que é a misericórdia infinita de Deus. Continua válida e profundamente curativa a proposta da Igreja, que se chama “Sacramento da Reconciliação”. Uma boa e sincera confissão, diante daquele tribunal cuja sentença é sempre a absolvição, é um santo remédio, e quantas são as pessoas que necessitam redescobri-lo!

O tempo do relógio e dos calendários não é suficiente para entender a vida humana Ainda à mesma luz, nenhum ano é perdido e jogado no lixo. Ao invés de tentar esquecer os revezes da sociedade ou da política, ou, quem sabe, as derrotas pessoais em todos os campos, que tal integrar tudo, aproveitando para o bem as lições deixadas pela vida? Há algo a fazer com o futuro, que muitas vezes repetimos pertencer a Deus, e é verdade! Insegurança é pretender adivinhá-lo, ou antecipá-lo, “morrendo de véspera”. Serenidade é

deixar que ele aconteça. Inteligência é aprender a confiar na Providência de Deus e equilibrar os passos do dia a dia com previdência e equilíbrio. Maturidade é estar prontos a fazer o que depender de nós, superando a ansiedade que nos tira a paz. Entretanto, o que temos à disposição é o presente, e o futuro será uma sucessão de momentos presentes bem vividos! O dia 1º de janeiro, Solenidade de Santa Maria, Mãe de Deus, é Dia Mundial

da Paz. Na belíssima oração da “Ave Maria”, cujas palavras brotam tão espontaneamente de nosso coração, dizemos assim: “Santa Maria, Mãe de Deus, rogai por nós, pecadores, agora e na hora de nossa morte. Amém”. Quanta sabedoria e piedade em tão poucas palavras, repetidas por nós desde a mais tenra infância! Só temos certeza de dois momentos: o de nossa morte, quando deveremos apresentar-nos diante de Deus, em nossa páscoa

pessoal, que esperamos seja de grande alegria, e o “agora”. Sim, na “Ave Maria” rezamos o mistério do tempo, comprometendo-nos a viver intensamente este agora, repleto de possibilidades, desafios e alegrias, acolhendo com prontidão a tarefa cotidiana de preencher com amor todas as nossas decisões e os passos a serem dados. Para o ano que está para começar, é bom fazer o propósito de preencher com amor o relacionamento com as pessoas, e este é o melhor meio para sermos felizes. Falando da acolhida aos migrantes, o Papa Francisco propõe quatro atitudes, a serem praticadas em relação a eles, e nós os temos bem perto, bastando pensar nas levas de indígenas, vindos de outros países, que aportam em nossa região norte, ele indica, com a luz da Palavra de Deus, estas práticas que servirão para iluminar, a partir dos irmãos mais pobres, todo o relacionamento humano, no tempo que nos é dado: “Acolher”, não repelir as pessoas para lugares onde as aguardam perseguições e violências: “Não vos esqueçais da hospitalidade, pois, graças a ela, alguns, sem o saberem, hospedaram anjos” (Hb 13,2). “Proteger” lembra o dever de reconhecer e tutelar a dignidade inviolável dos que fogem dum perigo real em busca de asilo e segurança e impedir a sua exploração: “O Senhor protege os que vivem em terra estranha e ampara o órfão e a viúva” (Sl 146,9). “Promover” é apoiar o desenvolvimento humano integral dos que chegam de fora, pois Deus “ama o estrangeiro e dá-lhe pão e vestuário” (Dt 10,1819). “Integrar” é permitir que esses irmãos e irmãs participem na vida da sociedade que os acolhe, para que de todos nós se possa dizer: “Portanto, já não sois estrangeiros nem imigrantes, mas sois concidadãos dos santos e membros da casa de Deus” (Ef 2,19). Vale como programa para viver o mistério do tempo em 2018, à luz da Palavra de Deus e da Palavra da Igreja!


4

belém, De 29 de dezembro de 2017 a 4 de janeiro de 2018

Arquidiocese agenda de dom antônio de assis ribeiro

agenda de dom irineu roman

agenda de dom alberto corrêa n De 29 de dezembro de 2017

n De 29 de dezembro de 2017

n De 29 de dezembro de 2017

n SEXTA, 29 DE DEZEMBRO 19h - Missa de ordenação Diaconal de Gabriel Aparecido Paes (Limeira - SP) n SÁBADO, 30 DE DEZEMBRO 18h - Missa (Santuário São Judas Tadeu - Belo Horizonte - MG) n DOMINGO, 31 DE DEZEMBRO 12h - Missa (Fazenda da Esperança) 21h - Missa - Solenidade da Santíssima Mãe de Deus (Catedral) n SEGUNDA, 1 DE JANEIRO DE 2018 10h - Missa com as Irmãs Missionárias de Jesus Bom Samaritano (Asilo Cidadela São João de Deus Marituba) 17h - Missa de posse da Coordenação da RCC Belém (Catedral) n TERÇA-FEIRA, 2 DE JANEIRO 8h - Gravações 11h - Missa (Comunidade Sementes do Verbo) 19h - Missa com a Comunidade Renovados com Cristo (Agulha - Icoaraci) n QUARTA, 3 DE JANEIRO 8h - Gravações 20h - Missa na posse do ECC (Paróquia da Santa Cruz) n QUINTA, 4 DE JANEIRO 06h25 - Missa (Carmelo Santa Teresinha)

n SEXTA, 29 DE DEZEMBRO

n SEXTA, 29 DE DEZEMBRO 19h - Missa na igreja matriz Nossa Senhora da Conceição - Benfica n SÁBADO, 30 DE DEZEMBRO 11h - Missa e Crisma no TABOR - Icoaraci 19h - Missa na igreja matriz São Pedro e São Paulo Guamá n DOMINGO, 31 DE DEZEMBRO 19h - Missa na Comunidade Nossa Senhora das Graças - Pratinha n SEGUNDA, 1 DE JANEIRO DE 2018 19h - Celebração da Missa n TERÇA, 2 DE janeiro 6h30 – Missa na Residência Episcopal 9h - Gravações n QUARTA, 3 DE janeiro 6h30 – Missa na Residência Episcopal 14h - Programa Fé e Vida - Rádio Nazaré FM 16h - Audiência 18h30 – Missa na Comunidade Santa Rosa (Paróquia São Francisco Xavier) - Marco n QUINTA, 4 DE JANEIRO 6h30 - Missa na Residência Episcopal 8h - Gravações 11h - Audiências

a 4 de janeiro de 2018

a 4 de janeiro de 2018

a 4 de janeiro de 2018

18h - Missa - Casa das Irmãs Missionárias da Santíssima Trindade n SÁBADO, 30 DE DEZEMBRO

11h - Missa - Fazenda Esperança 19h30 - Missa - Comunidade Sagrada Família Paróquia Santa Edwiges n DOMINGO, 31 DE DEZEMBRO

9h - Missa- Baixo Acará 19h - Missa - Paróquia Sagrada Família (festividade) n SEGUNDA, 1 DE JANEIRO DE 2018

8h30 - Missa - Baixo Acará 18h - Missa- Basílica (28 anos de ordenação Sacerdotal) n TERÇA, 2 DE JANEIRO

8h30 - Audiências 10h - Atividades CNBB 19h30 - Missa - Comunidade Santo Antonio (Paróquia Mistério da Transfiguração do Senhor) Curuçambá n QUARTA, 3 DE JANEIRO

8h30 - Audiência 19h - Missa com “Mães que oram pelos filhos” (Paróquia Nossa Senhora do Perpétuo Socorro) n QUINTA, 4 DE JANEIRO

8h30 - Audiências 14h - Programa “Entre nós” - Rádio Nazaré FM 19h - Missa - Paróquia Santa Edwiges

Os compromissos de Dom Alberto Taveira podem sofrer alterações sem aviso prévio.

Os compromissos de Dom Antônio de Assis podem sofrer alterações sem aviso prévio.

Os compromissos de Dom Irineu Roman podem sofrer alterações sem aviso prévio.

Homilia Dominical Padre Romeu Ferreira romeufsilva@gmail.com

A) Texto: Lc 2,22-40

Formado em Exegese pelo Pontifício Instituto Bíblico de Roma

22 Quando se completaram os dias...da mãe e do filho, conforme a lei de Moisés, Maria e José levaram Jesus a Jerusalém, a fim de apresentá-lo ao Senhor, 23conforme está escrito na lei...: “Todo primogênito...deve ser consagrado ao Senhor”. 24Foram...oferecer o sacrifício..., como está ordenado na lei do Senhor. 25Em Jerusalém havia um homem... Simeão, o qual era justo e piedoso e esperava a consolação do povo de Israel. O Espírito Santo... 26 lhe havia anunciado que não morreria antes de ver o Messias...do Senhor.

27Movido pelo Espírito, Simeão veio ao templo. Quando os pais trouxeram...Jesus para cumprir o que a lei ordenava, 28Simeão tomou o menino... e bendisse a Deus: 29“Agora, Senhor,... podes deixar teu servo partir em paz; 30porque meus olhos viram a tua salvação, 31que preparaste diante de todos os povos: 32luz para iluminar as nações e glória do teu povo Israel”. 32O pai e a mãe de Jesus estavam admirados...34Simeão os abençoou e disse a Maria, a mãe de Jesus: “Este menino vai ser causa...de queda como de reerguimento para muitos em Israel. Ele será um sinal de contradição. 35...Quanto a ti, uma espada te traspassará a alma”. 36Havia...uma profetisa...Ana...

Era de idade...avançada; quando jovem, tinha sido casada...sete anos com o marido. 37Depois...viúva e agora...com oitenta e quatro anos. Não saia do templo...servindo a Deus com jejuns e orações. 38Ana chegou nesse momento e pôs-se a louvar a Deus e a falar do menino a todos...39Depois...,vo ltaram à Galileia, para Nazaré, sua cidade. 40O menino crescia...cheio de sabedoria; e a graça de Deus estava com ele. B) Comentário “Todo primogênito do sexo masculino deve ser consagrado ao Senhor”. Isto ditava a lei mosáica, quanto ao primeiro filho do casal. Assim, a sagrada família é modelo de

vivência da fé; ela cumpre seus deveres. “Maria e José levaram Jesus a Jerusalém, a fim de apresentá-lo ao Senhor” (v 22-23; Lc 1,41-42). Conforme a tradição religiosa familiar, Jesus pratica em sua vida, o que aprendeu em casa. Em seu ministério, ele cura um leproso e diz: “Olha não digas nada... vai mostrar-te ao sacerdote, e faz a tua purificação e oferta como determina a lei escrita por Moisés, para que te sirva de testemunho” (Mc 1,44). O que ensinamos e aprendemos em família? Rezamos juntos em família? Praticamos a caridade em família? Tantas famílias em crise, e é certamente por falta de vivência conjunta! As crianças

apreendem melhor, vendo! Praticando com os pais! “Quando se completaram os dias para a purificação da mãe e do filho”... O que significa isso? O ‘resguardo da parida’: quarenta dias após o parto (Lv 12,1-4). O número 40 significa um período completo da vida humana; de purificação; de recuperação; etapa vital. Participam aqui no templo, dois idosos: Simeão, justo e piedoso, que agradece a Deus e profetisa a ação dolorosa de Maria na redenção do salvador; e Ana que servia a Deus com jejuns e orações e que falava do menino a todos. Será se estamos com o menino, reconhecendo a graça de Deus e falando dele a todos? Eis a nossa missão!

Liturgia da Semana w 29/12, SEXTA-FEIRA

Cor (Branco) Leitura (1Jo 2,3-11) Responsório (Sl 95) Evangelho (Lc 2,22-35)

w 30/12, SÁBADO

Cor (Branco) Primeira Leitura (1Jo 2,12-17)

Responsório (Sl 95) Evangelho (Lc 2,36-40)

w 31/12, DOMINGO Cor (Branco) 1ª Leitura (Eclo 3,3-7.14-17a) Responsório (Sl 127)

2ª Leitura (Cl 3,12-21) Evangelho (Lc 2,22-40)

w 01/01, SEGUNDA-FEIRA

Cor (Branco) 1ª Leitura (Nm 6,22-27) Responsório (Sl 66) 2ª Leitura (Gl 4,4-7) Evangelho (Lc 2,16-21)

w 02/01, TERÇA-FEIRA Cor (Branco) Leitura (1Jo 2,22-28) Responsório (Sl 97) Evangelho (Jo 1,19-28)

w 03/01, QUARTA-FEIRA

Cor (Branco) Primeira Leitura (1Jo 2,29–3,6)

Responsório (Sl 97) Evangelho (Jo 1,29-34)

w 24/08, QUINTA-FEIRA

Cor (Branco) Leitura (1Jo 3,7-10) Responsório (Sl 97) Evangelho (Jo 1,35-42)


belém, De 29 de dezembro de 2017 a 4 de janeiro de 2018

5

Vaticano

“Jesus está nas crianças do mundo” O Papa listou uma série de situações da atualidade em que podemos identificar Jesus Cristo

C

om informações Vatican News. Em sua mensagem de Natal, na manhã da segundafeira, 25, tradição mantida no Vaticano, da sacada central da Basílica de São Pedro, o Papa Francisco mencionou uma série de situações da atualidade em que podemos identificar Jesus e concedeu à cidade e ao mundo a benção Urbi et Orbi. A seu lado, os Cardeais Leonardo Sandri, Prefeito da Congregação para as Igrejas Orientais, e Prosper Grech, O.S.A., Consultor da Congregação para a Doutrina da Fé, que proferiram a fórmula da indulgência plenária com as condições definidas pelo direito canônico. “Jesus nasceu por um dom de amor de Deus Pai, que ‘tanto amou o mundo, que lhe entregou o seu Filho Unigênito’ e isto nos enche de comoção porque é demasiado grande a ternura do nosso Pai”, iniciou o Papa dirigindo-se à multidão que desde as primeiras horas da manhã tomou a Praça São Pedro. “Hoje, enquanto sopram no mundo ventos de guerra e um modelo de progresso já ultrapassado continua a produzir degradação humana, so-

fotos: divulgação

cial e ambiental, o Natal lembra-nos o sinal do Menino, convidando-nos a reconhecê-Lo no rosto das crianças, especialmente daquelas para as quais, como aconteceu a Jesus, ‘não há lugar na hospedaria’”. Reconhecer Jesus na realidade de hoje

O Papa listou uma série de situações da atualidade em que podemos identificar Jesus: “Vemos Jesus nas crianças do Oriente Médio, que continuam a sofrer pelo agravamento das tensões entre israelenses e palestinos”; disse, pedindo orações pelo diálogo que conduza à coexistência pacífica de dois Estados dentro de fronteiras mutuamente concordadas e internacionalmente reconhecidas. “Vemos Jesus no rosto das crianças sírias, ainda feridas pela guerra que ensanguentou o país nestes anos; nas crianças do Iraque, ainda contuso e dividido pelas hostilidades que o afetaram nos últimos quinze anos; e nas crianças do Iêmen, onde perdura um conflito em grande parte esquecido, mas com profundas implica-

w O papa francisco durante a mensagem de Natal, na Praça São Pedro

ções humanitárias sobre a população que padece a fome e a propagação de doenças”. “ Vemos Jesus nas crianças da África, sobretudo nas que sofrem no Sudão do Sul, na Somália, no Burundi, na República Democrática do Congo, na República Centro-Africana e na Nigéria. Vemos Jesus nas crianças de todo o mundo, onde a paz e a segurança se encontram ameaçadas pelo perigo de tensões e novos conflitos”. Foram também men-

cionadas as situações conflituosas na península coreana, na Venezuela, e as violências na Ucrânia. E as crianças vítimas de realidades sociais difíceis: “ Vemos Jesus nas crianças cujos pais não têm emprego e naquelas cuja infância foi roubada, obrigadas a trabalhar desde tenra idade ou alistadas como soldados por mercenários sem escrúpulos; vemos Jesus nas inúmeras crianças forçadas a deixar o seu país, viajando sozinhas em

condições desumanas, presa fácil dos traficantes de seres humanos”. Direito de dignidadedas minorias

Francisco chamou ainda a atenção para o drama dos migrantes que colocam a vida em risco, enfrentando viagens extenuantes que por vezes acabam em tragédia, e voltou com o pensamento à sua recente viagem a Mianmar e Bangladesh: “Espero que a Comunidade Internacional não

cesse de trabalhar para que seja adequadamente tutelada a dignidade das minorias presentes na região. Jesus conhece bem a tribulação de não ser acolhido e a dificuldade de não ter um lugar onde poder reclinar a cabeça”. “Que o nosso coração não fique fechado como ficaram as casas de Belém” E antes de conceder a bênção apostólica, dirigiu um pedido final: “Como a Virgem Maria e São José, como os pastores de Belém, acolhamos no Menino Jesus o amor de Deus feito homem por nós e comprometamonos, com a sua graça, a tornar o nosso mundo mais humano e mais digno das crianças de hoje e de amanhã”. Antes de se despedir, Francisco enviou seus votos de Boas Festas a todos os irmãos e irmãs na Praça e àqueles unidos nos vários países através do rádio, televisão e outros meios de comunicação. “Que o nascimento de Cristo Salvador renove os corações, suscite o desejo de construir um futuro mais fraterno e solidário, conceda alegria e esperança a todos. Feliz Natal!”.

Acolhendo Deus com humildade e generosidade Com informações Vatican News. Antes de rezar o Angelus do domingo, 24 de dezembro, o Papa comentou a narração de Lucas em que o anjo anuncia a Maria que conceberá um filho, que será o Messias. Para acolher o projeto de Deus, como fez Maria, é preciso humildade e generosidade, a mesma atitude de seu Filho quando veio ao mundo. Foi o que explicou o Papa da janela de seu escritório aos fiéis que participaram da oração, na Praça São Pedro.

O anúncio do anjo a Maria e sua reação

“Maria não se exalta diante da perspectiva de se tornar a mãe do Messias”. “Uma frase breve, que não fala de glória, de privilégio, mas somente de disponibilidade e serviço. Maria não se exalta diante da perspectiva de se tornar a mãe do Messias, mas permanece modesta e expressa a sua adesão ao projeto do Senhor. Maria não se vangloria, é humilde e modesta, como sempre”. “Este comportamento – ressaltou o Papa

do projeto de Deus”. Deus exalta os humildes

wo filho de deus: humildade e generosidade quando veio ao mundo

– nos faz entender que Maria é realmente humilde e não tenta se

mostrar; reconhece que é pequena diante de Deus e feliz por ser as-

sim. Ao mesmo tempo, sabe que de sua resposta depende a realização

“Maria – comentou o Papa – se revela a colaboradora perfeita do projeto de Deus e no Magnificat proclamará que ‘Deus exaltou os humildes’”. “Admiramos nossa Mãe por sua resposta ao chamado e à missão de Deus e peçamos a ela que ajude cada um de nós a acolher o projeto de Deus em nossas vidas com sincera humildade e corajosa generosidade”, concluiu o Papa.

Almoço de Natal para 200 mil amigos de S. Egídio no mundo

S V

e quisermos celebrar o verdadeiro Natal, contemplemos este sinal: a simplicidade frágil de um recém-nascido. Ali está Deus. (23 de dezembro) amos libertar o Natal da mundanidade que o tomou como refém! O verdadeiro espírito do Natal é a beleza de sermos amados por Deus. (22 de dezembro)

Com informações Vatican News. A Comunidade que promove ‘corredores humanitários’ para o ingresso de refugiados na Itália realiza há 35 anos almoços de Natal para pobres nos continentes do Sul do mundo. Do tradicional almoço romano na Basílica de Santa Maria em Trastevere participaram na segunda-feira, 25, centenas de pessoas em ou-

tras cidades italianas e milhares na Ásia, África e América Latina: semteto, idosos, imigrantes, detentos e crianças de rua das periferias das do Sul do mundo. Estima-se que na Itália cerca de 60 mil pessoas já participaram destes encontros. Os convidados são os amigos da comunidade, gente pobre, ajudados durante todo o ano. Nos almoços, se misturam ajudantes e

ajudados. E não só nas igrejas, mas também em 55 cárceres italianos o evento se repete. Os almoços de Natal de Santo Egídio se realizam com a ajuda de benfeitores e simbolizam uma mensagem de paz e solidariedade contra toda divisão e indiferença. Ao longo dos anos, têm despertado em muitos a generosidade e a vontade de ajudar os mais pobres.


6

belém, De 29 de dezembro de 2017 a 4 de janeiro de 2018

Igreja no Mundo

Templo destruído no Iraque é reaberto

Local foi muito afetado e recuperado com apoio da Fundação Pontifícia Ajuda à Igreja que Sofre

C

om informações da agência Gaudium Press. O templo católico em Telleskuf, no Iraque, um dos lugares de culto severamente afetados pela invasão das forças do ISIS, é o primeiro a ser reinaugurado, neste mês de dezembro, como parte da campanha de apoio da Fundação Pontifícia Ajuda à Igreja que Sofre. A construção renasce com uma maior beleza e dignidade e sua abertura foi qualificada pelo Arcebispo Caldeu de Erbil, Dom Bashar Warda, como “um forte impulso para os demais povos cristãos”.

“Me comove que a igreja de São Jorge não apenas tenha voltado a abrir, mas que o faça com mais beleza e mais glória que antes”, expressou-se o Arcebispo antes da Missa. “Assim é a providência de Deus”. A estrutura do templo, que se conservou estável apesar dos saques, foi dotada de arcos, elementos decorativos e uma nova iluminação que oferecem uma aparência digna e elegante. O Patriarcado Caldeu trabalhou na recuperação de Tellekuf com as ajudas internacionais arrecadadas

fotos: divulgação

w templo católico em Telleskuf, no Iraque: novas estruturas, mais beleza

em favor dos cristãos perseguidos. Cerca de 1500 famílias cristãs

constituíram a comunidade local de fiéis que começaram a retornar

à população. “Dois terços da população já retornou”, informou Dom

Warda. “Era necessário um sinal claro de que a Igreja também reiniciava suas atividades”. “Um grande agradecimento a todos aqueles que têm tornado possível que celebremos hoje a vitória do retorno”, disse o Arcebispo. “O Estado Islâmico pretendia nos eliminar, no entanto, eles desapareceram e nós voltamos a Telleskuf. A reabertura da igreja é e será um símbolo poderoso para todas as outras aldeias e nos fortalecerá em nosso empenho para reconstruí-las. Graças a vocês se volta a louvar a Deus e a presença cristã poderá ser preservada”.

Visita do Papa ao Peru: presos confeccionam 200 mil terços Com informações da agência Gaudium Press. A visita do Papa Francisco ao Peru só ocorrerá em janeiro de 2018. No entanto, ela já está produzindo bons frutos. Isso porque 1.200 internos de 11 penitenciárias femininas e masculinas

de Lima, Peru, estão trabalhando dia e noite na confecção de 200 mil terços. “Há três meses eles se capacitaram para a elaboração dos terços que servirão como recordação da visita do Papa Francisco aqui ao nosso país”, explicou

através de um vídeo o Padre Luis Gaspar, diretor da comissão organizadora da Arquidiocese de Lima para a visita do Santo Padre. O Presidente do Instituto Nacional Penitenciário (INPE), Carlos Vásquez, agradeceu ao Arcebispo de Lima pe-

la oportunidade que a Arquidiocese está oferecendo, na qual estão envolvidas 11 penitenciárias simultaneamente. “Mil e duzentas pessoas trabalhando para produzir em tempo recorde os 200 mil terços que estamos seguros que conseguiremos entregar”,

afirmou Vásquez. Uma das detentas que participam da confecção dos terços manifestou que “fazer os terços é uma alegria e um privilégio, pois nem todo mundo terá a mesma oportunidade. É até uma bênção!”. O Papa Francisco

chega ao Peru no dia 18 de janeiro de 2018 e permanecerá no país até o dia 21 de janeiro. Durante esse período o Pontífice visitará as cidades de Lima, Puerto Maldonado e Trujillo. O tema desta visita apostólica será “Unidos pela esperança”

Igreja no Brasil

Imagem da Mãe Aparecida na China Com informações do Portal A12. Neste mês de dezembro a imagem de Nossa Senhora Aparecida participará de um grande encontro interreligioso na China, promovido pela Associação de Religiões Chinesas Tradicionais, o Monastério Budista e o Museu do Buda em Taiwan. A previsão para este ano de 2017 é de que 50 mil representações religiosas participem do evento na China. O ‘When Buddha Meets the Gods 2017’ acontece anualmente e reúne diversas representações religiosas, com o objetivo de unir as vozes em ora-

ção pela paz no mundo, o respeito e a igualdade. O evento promove ainda a cultura e a arte religiosa, com a presença dos símbolos de fé de cada representação. O encontro será realizado no Museu do Buda no dia 25 de dezembro. O reitor do Santuário Nacional, padre João Batista de Almeida, será o responsável por levar a imagem da padroeira do Brasil para a China. “É algo totalmente novo na minha vida: eu nunca participei, até este ano, de uma celebração onde várias religiões tenham ali a sua participação. A pri-

w encontro ‘When Buddha Meets the Gods 2017’ ocorre anualmente

meira vez aconteceu no dia 28 de outubro no templo Zu Lai na ci-

dade de Cotia em São Paulo, e ali nós fomos convidados para parti-

cipar deste evento em Taiwan. É algo que gera muita expectativa de

como é estar ao lado de quem professa outras crenças, outra disciplina, então é algo muito novo”, contou o reitor. Padre João Batista destacou que o diálogo interreligioso tem sido uma bandeira da Igreja Católica, com constantes insistências do Papa Francisco e da própria CNBB (Conferência Nacional dos Bispos do Brasil). Por isso, o reitor destaca a importância de Nossa Senhora Aparecida, símbolo nacional do povo brasileiro, assumir o seu lugar nesse espaço de diálogo e interação religiosa que o mundo está fazendo.

Convento de Santa Tereza, em Olinda, celebra o Natal com as crianças

w crianças atendidas participaram de toda a programação

Com informações da agência Gaudium Press. O educandário do Convento de Santa Tereza, em Olinda, celebrou na última segunda-feira, 18 de dezembro, as festividades natalinas com a presença de aproximadamente 70 alunas que fazem reforço na escola. O Educandário Santa Tereza pertence à Santa Casa da Misericórdia, da Arquidiocese de Olinda e Recife.

Na parte da manhã, houve apresentação de jogral e canto, com as crianças protagonizando a encenação do nascimento de Nosso Senhor Jesus Cristo. Ao meio-dia, os participantes foram convidados para a missa celebrada pelo Padre Luciano Brito. Em seguida, o Padre Luciano contou a origem de São Nicolau, bispo que dava presentes às crianças pobres em sua cidade. Além disso, o sa-

cerdote destacou Jesus como o centro do Natal e expressão maior do amor de Deus. “Receber o carinho do padre e de seus colaboradores foi uma grande alegria não somente para as crianças, mas para as irmãs e funcionárias também”, comentou Irmã Eurivana, religiosa da congregação das Filhas da Caridade de São Vicente de Paulo, que é também superiora do educandário.


belém, De 29 de dezembro de 2017 a 4 de janeiro de 2018

7

Igreja

Caderno de partitura e cd ajudam a preparar cantos da CF e Quaresma Material foi elaborado pela equipe de Reflexão de Música Litúrgica, da CNBB As equipes de Música e Liturgia das comunidades e paróquias da Igreja no Brasil já podem ter acesso ao Caderno de Partituras e Cifras do hino da Campanha da Fraternidade (CF) 2018 e cantos para o período da Quaresma – Ano B. O material foi elaborado pela Equipe de Reflexão de Música Litúrgica vinculada à Comissão Episcopal Pastoral para a Liturgia da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB). Também já pode ter acesso ao cd com as músicas da CF 2018 cujo tema é “Fraternidade e superação da violência”. “Na tempo da Quaresma, o canto litúrgico se reveste de luto, da ausência do ‘Glória’ e do ‘Aleluia’, um canto sem flores e sem as vestes da alegria”,

divulgação

diz o texto que introduz a publicação. O assessor da

Música Litúrgica, irmão Fernando Vieira, SJ, ex-

plica que o material tem um caráter bem didático.

Está organizado de modo que a A mesma música é

apresentada em duas páginas diferentes, sendo uma com partitura musical destinado a quem tem formação musical e outra apenas com as notas para quem não tem formação musical. Além dos cantos da CF 2018, o material apresenta uma série de sugestões que podem contribuir com a criatividade das equipes de música locais, ressalta irmão Fernando. A publicação do material é fruto da parceria entre as Edições CNBB e a editora Paulus. A publicação do Caderno de Partituras e Cifras sai a baixo custo aos interessados, mas também pode ser baixada a no seguinte via site da CNBB.. Já o CD da CF 2018 pode ser adquirido no blog da Edições da CNBB.

Mundo juvenil e a fé cristã Dom Antônio de Assis Ribeiro - Bispo Auxiliar de Belém (domantoniodeassis@arqbelem.org)

Um projeto Educativo-Pastoral para o Setor Juventude (I Parte) 1

A necessidade de um projeto Com alegria queremos comunicar a todos os senhores párocos, agentes de pastorais, religiosos(as) e lideranças comunitárias que a Arquidiocese de Belém do Pará tem um projeto educativo-pastoral para o Setor Juventude. O mesmo, em breve, será colocado nas mãos dos nossos párocos, jovens animadores e lideranças pastorais em geral. E qual é a sua origem? Ele é fruto de um sério esforço conjunto de escuta, avaliação, reflexão sobre os nossos desafios pastorais no campo juvenil, estudo em grupo, discernimento conjunto e tomada de decisões em assembleia. Portanto, tratase de um documento que vem das bases da pastoral juvenil, mas alicerçado nos grandes princípios norteadores da proposta pastoral da CNBB para o Setor Juventude. Esse projeto, por sua história, é um sinal evidente do protagonismo juvenil de muitas lideranças das mais variadas expressões juvenis que, durante três meses, em seis reuniões e uma grande assembleia com 114 lideranças definiu essa agenda de compromissos para o Setor Juventude para os próximos anos. Após o Sínodo de 2019, haverá uma avaliação, revisão e reelaboração do mesmo. A necessidade de um projeto se justifica pela seriedade da missão da Igreja diante dos jovens. O desafio de “evangelizar educando e educar evangelizando” não pode ser

encarado simplesmente pela boa vontade. Por outro lado, a vulnerabilidade das circunstâncias exige de todos os evangelizadores e educadores o firme propósito de não perderem o foco. O projeto ajuda!

2

Por que “educativopastoral”? Evangelização e educação é um binômio (dois nomes, duas palavras) inseparáveis para a ação pastoral da Igreja Católica, sobretudo, em relação ao serviço pastoral com crianças, adolescentes e jovens. São pessoas em processo de desenvolvimento! Esse duplo compromisso deriva da própria missão da Igreja que existe para evangelizar e promover a dignidade humana. Não há verdadeira evangelização onde não se leva em conta a promoção integral da pessoa humana. Educar evangelizando e evangelizar educando é uma síntese da promoção integral da pessoa humana que envolve a totalidade da sua realidade visível e invisível, necessária para o presente e para o futuro, importante para o mundo e condição para a perspectiva celeste, evidente comunhão entre Fé e Razão. A fé nos educa e a educação integral estimula a fé, ou seja, a abertura do ser humano à transcendência.

3

O projeto é uma carta de intenções O projeto significa um olhar erguido para o futuro; quer manifestar a nossa seriedade pastoral diante dos desafios da

evangelização dos jovens. Porque a missão evangelizadora é séria, então devemos projetá-la, programá-la e animá-la com alegria e zelo. O projeto educativo-pastoral do Setor Juventude é uma grande e ousada “Carta de Intenções”, ou “Projeto de Navegação Pastoral” que tem como finalidade contribuir para a promoção da solidez, seriedade e organicidade da gestão pastoral do Setor Juventude na Arquidiocese de Belém. A meta de tudo é a evangelização da Juventude: o despertar da Fé e o crescimento segundo a medida de Jesus Cristo homem perfeito.

4

Uma resposta aos desafios sócio-pastorais O referido projeto quer ser uma resposta eclesial à delicada situação infanto-juvenil da região metropolitana de Belém profundamente marcada pela violência juvenil, consumo de entorpecentes, homicídios, gravidez precoce e mau uso do tempo livre. Há, por outro lado, muitos jovens afastados da Igreja e que precisam retomar a vida eclesial se forem estimulados por outros jovens. Segundo o mapa da violência e criminalidade (2016) houve nos últimos anos em todo o território nacional um grave aumento da criminalidade juvenil, culminando com um elevado número de homicídios. O mapa nacional da violência apresenta os 30 municípios mais violentos do Brasil, com população acima de 100 mil habitantes. Infeliz-

mente, quatro desses municípios são do Estado do Pará e dois deles estão na região metropolitana de Belém, a saber, Ananindeua e Marituba. Diante dessa realidade não podemos ficar parados. Como juventude católica organizada queremos dar a nossa contribuição para a redução dessa grave situação. A maioria dos homicídios acontece nos finais de semana, nas periferias e tem como vítimas jovens de 18-29 anos, envolvidos no tráfico de drogas, desempregados e pobres. Enfim, desejoso de caminhar em comunhão com a Arquidiocese de Belém, já estão inseridos nesse projeto os eixos fundamentais decididos na IX Assembleia Arquidiocesana de Pastoral, a saber: a missionariedade, a pastoral de conjunto (comunhão), a formação, a espiritualidade, o serviço profético da caridade e a comunicação. Inserimos também nesse projeto o compromisso com a sustentabilidade financeira das nossas ações pastorais para que tenhamos os meios necessários para a digna promoção das nossas atividades pastorais.

alcançar esse objetivo, o setor juventude abraça os seguintes compromissos específicos. - Estimular a consciência da necessidade da Comunhão na ação pastoral entre as diversas expressões juvenis; - Promover de modo orgânico o dinamismo da missionariedade do setor juventude; - Fomentar a importância da articulação entre os diversos carismas nas paróquias e regiões episcopais; - Promover o sentido e a necessidade da espiritualidade nos diversos atores da promoção da pastoral juvenil; - Incentivar o testemunho profético dos jovens através do serviço da Caridade; - Favorecer um contínuo processo de comunicação, articulação e intercâmbio de experiências e valores através do espaço do Setor Juventude; - Estimular a adoção de estratégias de captação de recursos financeiros e técnicos em vista da autossustentabilidade dos compromissos do Setor Juventude; - Garantir a promoção de processos de educação à fé da juventude católica

5

1 2

Objetivo geral e específicos O projeto tem como objetivo geral contribuir para consolidar o protagonismo juvenil na evangelização e promoção humana das Juventudes da Arquidiocese de Belém em comunhão na diversidade dos carismas em vista da promoção do Reino de Deus. Para

REFLEXÃO:

Você acha que é importante projetar a nossa ação educativo-pastoral? Quais são, no seu parecer, os maiores desafios para a evangelização das juventudes? Os dados sobre violência na região metropolitana de Belém são graves! O que esse fenômeno está acusando?

3


8

belém, De 29 de dezembro de 2017 a 4 de janeiro de 2018

Nazaré Repórter

rádio nazaré

fm

J Estudo bíblico

z mh 3 . 91 fotos: divulgação

A Catedral de Belém retoma em 2018 seu estudo bíblico. Centrados na Palavra de Deus e nas Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora da Igreja no Brasil, os estudos são uma proposta de um itinerário de formação bíblica que oferece aos alunos um conhecimento geral aprofundado da Sagrada Escritura, como resposta a uma necessidade urgente, presente em diversas realidades da Igreja do Brasil.Em abril haverá curso nos dias 14 e 15, das 8h30 às 12h. A escola bíblica São Jerônimo é um projeto da Faculdade Católica de Belém, Instituto Parresia (Comunidade Católica Shalom) e da Catedral de Belém. O itinerário bíblico já foi oferecido com sucesso em cidades como Brasília, Fortaleza, Aracaju e Belém (Catedral

J Formação para leigos A Escola Santa Teresa de Espiritualidade 2018, também da Catedral de Belém, promoverá nos dia 14 e 15 de março, das 19h

l Especial Ano Novo na rádio Nazaré

às 21h30, uma formação voltada para leigos interessados no âmbito da história da espiritualidade, com o objetivo de promover o conhecimento do vasto e rico

patrimônio espiritual cristão. A formação abrange todo o conteúdo das S a g r a d a s E s c r i t u r as em 8 módulos de 12h/ aula.

A Rádio Nazaré FM convida você a vivenciar 2018 com as bênçãos e as maravilhas de Deus! Nos dias 31 de dezembro e 1º de janeiro de 2018, sintonize 91,3 Mhz e acompanhe o Especial de Ano Novo. No dia 31, às 21h, transmissão da Santa Missa direto da Catedral de Belém. No dia 1º de janeiro, celebramos o Dia Mundial da Paz, a confraternização

entre os povos. A programação terá meditações apresentadas por sacerdotes da Arquidiocese de Belém e por colaboradores da Fundação Nazaré de Comunicação. A Rádio Nazaré FM deseja aos leitores do jornal Voz de Nazaré e suas famílias um feliz e abençoado Ano Novo repleto de amor, saúde e paz.

Rádio Nazaré FM - 91,3. A serviço da vida. nossa missão é evangelizar!

rede nazaré de VESTIBULAR

televisão

A Faculdade Católica de Belém segue inscrevendo até o dia 18 de janeiro para o seu vestibular os dias 20 e 21 para cursos de bacharelado em Teologia e Filosofia. As inscrições podem ser feitas no site católicadebelem. com.br ou presencialmente na faculdade situada na BR 316, Km 6, Águas Lindas, em Ananindeua. São 316 vagas ofertadas em Filosofia, sendo 46 vagas para o turno da manhã e 91 vagas para o turno da noite; e em Teologia, sendo 92 vagas para o turno da manhã e 87 vagas para o turno da noite. Mais informações: (91) 32552324/98442-5713.

30

l MISSA PELO ANO NOVO AO VIVO J ACAMPAMENTO A Juventude da Comunidade Católica Shalom Belém e a Comunidade Shalom convidam para o Acamp’s Belém (Acampamento de Jovens Shalom) de 17 a 21 de janeiro. A programação inicia-se às 15h do dia 17 e encerra-se no dia 21, às 18h. O evento será em Benfica, com atividades lúdicas e espiritualidade que busca levar a juventude a uma grande

experiência com o Amor de Deus. Participantes devem fazer pré-inscrição no site http://www.bit. ly/acampsbelem. A coordenação informa que é necessário o inscrito levar roupas e calçados adequados às atividades do retiro. A saída dos ônibus para o acampamento está prevista o dia 17, às 17h, do Centro de Evangelização São Brás – Tv. 3 de Maio,

1618, entre Gentil e Magalhães, São Brás, Belém. A previsão de chegada dos ônibus é para o dia 21, às 21h, no mesmo local da saída. Informações: (91) 3353-9956/ 98991-8109/983420373, e redes sociais Facebook - https:// www.facebook.com/ juventudeshbelem e Instagram - https:// www.instagram.com/ ventudeshbelem

GRATIDÃO Agradecidos a Deus, em primeiro lugar, o jornal Voz de Nazaré encerra esta coluna onde o personagem principal é a comunidade com suas notícias breves, mas de profunda evangelização, com esta bela imagem de crianças da Paróquia Nossa Senhora Auxiliadora, encenando o auto de Natal naquela comunidade do bairro do Anita Gerosa. Feliz 2018, povo de Deus!

J Curados para Amar A Comunidade Kerigma convida para a primeira edição do “Curados para amar” em 2018 com o tema “Ide e pregai o Evangelho a toda criatura. Eis os sinais

al can

que acompanharão”, ministrado pelo padre Neuzivan Gama e por Alex de Castro, membro consagrado daquela comunidade. O evento será domingo, 7 de

janeiro, das 8h às 18h, no salão da Paróquia de São Judas Tadeu, situada na avenida Alcindo Cacela, bairro da Condor, em Belém. Santa Missa encerrará a programação

animada por louvor, Adoração ao Santíssimo Sacramento, pregação e programação especial para crianças. Participe! Informações: (91) 981561222.

Acompanhe pela TV Nazaré, canal 30 – ou na sintonia de sua cidade – no domingo, 31, a transmissão ao vivo da Missa em ação de graças pelo fim do ano que se encerra na Arquidiocese de Belém. A celebração eucarística será na Catedral, às 21h, presidida pelo Arcebispo Metropolitano de Belém, Dom Alberto Taveira Corrêa. Na segunda-feira, 1º de

portal nazaré

janeiro, acompanhe a transmissão ao vivo da Santa Missa na solenidade de Santa Maria Mãe de Deus, direto do Vaticano, às 6h, sob a presidência do Papa Francisco. w. ww re. a naz .br o a com dac fun

l Mensagem do Dia Mundial da Paz no Portal O Vaticano divulgou a mensagem escrita pelo Papa Francisco para o Dia Mundial da Paz, comemorado todos os anos a 1º de janeiro, na Solenidade da Santa Mãe de Deus, Maria. Na mensagem para 2018 o Pontífice destaca a realidade dos migrantes e refugiados, “homens e mulheres em busca de paz”. Acesse

fundacaonazare.com.br e leia o texto na íntegra. A equipe do Portal Nazaré também aproveita para desejar a todos que nos acompanham um 2018 repleto da graça e do amor de Deus.


belém, De 29 de dezembro de 2017 a 4 de janeiro de 2018

9

Fundação Nazaré Escute na Rádio Nazaré FM 91.3 SEXTA - FEIRA 05h00 - ABERTURA DA EMISSORA 05h00 - Lírio Mimoso 05h05 - Cura-me Senhor 05h10 - Ângelus - Liturgia das horas - Láudes 05h30 - Oração do Terço - Mistérios Dolorosos 06h00 - A Voz do Pastor 06h15 - Forrozinho da fé 07h00 - Jornal Brasil Hoje 07h35 - Novo tempo 08h00 - Igreja ponto a ponto - Pe. Nilton Cezar 08h55 - Plantão R C R 09h00 - Nazaré em revista 09h30 - Informe Noticias 09h55 - Plantão RCR 10h30 - Informe Notícia 11h55 - Momento de Oração - Ângelus, Pai - nosso 12h00 - A voz do pastor 12h15 - Cardápio Instrumental 14h00 - Estação Segurança 14h30 - Informe Noticias 15h00 - Terço da Misericórdia 15h30 - Informe Noticias 15h55 - Plantão R C R 16h00 - Varanda Musical 17h45 - Ângelus - Liturgia das Horas - Vésperas 18h00 - A Voz do Pastor 18h15 - Oração do Terço - Mistérios Dolorosos 18h40 - Musical Mariano 19h00 - Voz do Brasil 20h00 - Saudade em Versos e Canções - Especial Ano novo 22h00 - A voz do pastor 22h30 - Jornal RNA 23h00 - Programa Salmos ao Deus da Vida 23h50 - Mensagem de Encerramento 00h00 - Rede Milícia Sat - Igreja no Rádio SÁBADO 04h00 - ABERTURA DA EMISSORA 04h05 - Especial Pe. Zezinho 05h00 - Lírio Mimoso 05h05 - Cura-me Senhor 05h10 - Ângelus - Liturgia das horas - Láudes 05h30 - Oração do Terço - Mistérios da Alegria

06h00 - A Voz do Pastor 07h00 - Jornal Brasil Hoje 07h30 - Musical Mensagem 08h00 - Conhecendo Jesus 10h00 - Maria de Todos os Povos 11h55 - Momento de Oração - Ângelus, Pai - nosso 12h00 - A voz do pastor 12h15 - Cardápio Instrumental 14h00 - Musical Nazaré 15h00 - Criança Evangelizando Criança 16h00 - Evangelizando Através do Dizimo 17h00 - A vida e o tempo 18h00 - A Voz do Pastor 18h15 - Ângelus - Liturgia das Horas - Vésperas 18h15 - Oração do Terço - Mistérios da Alegria 18h30 - Musical Mariano 19h00 - Musical Nazaré 22h00 - A voz do Pastor 22h15 - Domínio jovem 23h50 - MENSAGEM DE ENCERRAMENTO 00h00 - Rede Milícia Sat DOMINGO 04h00 - ABERTURA DA EMISSORA 04h05 - Especial Pe. Zezinho 05h00 - Lírio Mimoso 05h05 - Cura-me Senhor - Especial de Ano novo 05h15 - Ângelus - Liturgia das horas - Láudes 05h30 - Rosário da Paz de Ano Novo Mistérios Gozosos 06h00 - A Voz do Pastor 08h00 - Especial de Ano novo Musical - Felicitações Apresentadores, Funcionários e colaboradores. 09h30 - Especial de Ano novo - “A Paz” - Pe. Nilton Cesar 11h55 - Momento de Oração - Ângelus, Pai Nosso 12h00 - A voz do pastor 12h15 - Cardápio Instrumental - Especial de Ano novo 13h15 - Rosário da Paz de Ano Novo - Mistérios Luminosos 14h00 - Especial de Ano Novo

Ligue: (91) 4006-9251 - Felicitações e Mensagens 15h00 - Terço da Misericórdia 15h30 - Especial de Ano novo - Felicitações e Mensagens de Natal 17h45 - Ângelus - Liturgia das Horas - Vésperas 18h00 - A Voz do Pastor 18h15 - Rosário da Paz de Ano Novo - Mistérios Dolorosos 19h30 - Especial de Natal e Ano Novo - Musical de Natal Narrativa do Nascimento 21h00 - Missa do Ano novo 23h00 - Rosário da Paz de Ano Novo - Mistérios Gloriosos 23h50 - Mensagem de Encerramento 00h00 - Rede Milícia Sat - Igreja no Rádio SEGUNDA - FEIRA 04h00 - ABERTURA DA EMISSORA 04h05 - Especial Pe. Zezinho 05h00 - Lírio Mimoso 05h05 - Cura-me Senhor 05h10 - Ângelus - Liturgia das horas - Láudes 05h30 - Rosário da Paz - Mistérios Gozosos 06h00 - A Voz do Pastor 06h15 - Ofício da Imaculada 07h00 - Especial de Natal e Ano novo – Felicitações e Mensagens 09h30 - Especial de Ano novo - “Maria, mãe de Deus a Rainha da paz” - Pe. Ederaldo da Matta 11h00 - Especial de Ano novo - Felicitações e Mensagens 11h55 - Momento de Oração - Ângelus, Pai - nosso 12h00 - A voz do Pastor 12h15 - Cardápio Instrumental - Especial Ano Novo 13h30 - Rosário da Paz - Mistérios Luminosos 15h00 - Terço da Misericórdia 15h30 - Especial Ano Novo - “Bem aventurados os que promovem a paz” - Pe. Nilton Reis 17h30 - Ofício da Imaculada 18h15 - Ângelus - Liturgia das Horas - Vésperas 18h30 - Rosário da Paz - Mistérios Dolorosos 19h00 - Especial de Natal e Ano Novo Musical de Natal Narrativa do Nascimento 20h00 - Rosário da Paz - Mistérios Gloriosos

21h00 - Especial de Ano novo - Felicitações e Mensagens 22h00 - A voz do Pastor 23h00 - Salmos ao Deus da vida - Louvores a Deus 23h50 - MENSAGEM DE ENCERRAMENTO 00h00 - Rede Milícia Sat - Igreja no Rádio TERÇA - FEIRA 04h00 - ABERTURA DA EMISSORA 04h05 - Especial Pe. Zezinho 05h00 - Lírio Mimoso 05h05 - Cura-me Senhor 05h10 - Ângelus - Liturgia das horas - Láudes 05h30 - Oração do Terço - Mistérios Dolorosos 06h00 - A Voz do Pastor 06h15 - Forrozinho da fé 07h00 - Jornal Brasil Hoje 07h35 - Novo tempo 08h00 - Igreja ponto a ponto 08h55 - Plantão R C R 09h00 - Nazaré em revista 09h55 - Plantão RCR 10h30 - Informe Notícia 11h55 - Momento de Oração - Ângelus, Pai - nosso 12h00 - A voz do Pastor 12h15 - Cardápio Instrumental 14h00 - Varanda Musical 14h30 - Informe Notícia 15h00 - Terço da Misericórdia 15h30 - Informe Notícia 15h55 - Plantão R C R 16h00 - Direito e cidadania 16h30 - Informe Notícia 17h25 - Informe Notícia 17h30 - Ângelus - Liturgia das Horas - Vésperas 17h45 - Voz do Pastor 18h00 - Novena Nossa Senhora Perpétuo Socorro 19h00 - Voz do Brasil 20h00 - Família em Ação 22h00 - A voz do pastor 22h30 - Jornal RNA 23h00 - Programa Salmos ao Deus da Vida 23h50 - MENSAGEM DE

ENCERRAMENTO 00h00 - Rede Milícia Sat - Igreja no Rádio QUARTA - FEIRA 04h00 - ABERTURA DA EMISSORA 04h05 - Especial Pe. Zezinho 05h00 - Lírio Mimoso 05h05 - Cura-me Senhor 05h10 - Ângelus - Liturgia das horas - Láudes 05h30 - Oração do Terço - Mistérios Gloriosos 06h00 - A Voz do Pastor 06h15 - Forrozinho da fé 07h00 - Jornal Brasil Hoje 07h35 - Novo tempo 08h00 - Igreja ponto a ponto 08h55 - Plantão R C R 09h00 - Nazaré em revista 09h55 - Plantão RCR 10h30 - Informe Notícia 11h55 - Momento de Oração - Ângelus, Pai - nosso 12h00 - A voz do Pastor 12h15 - Cardápio Instrumental 13h30 - Informe Notícia 14h00 - Varanda Musical 14h30 - Informe Notícia 15h00 - Terço da Misericórdia 15h30 - Informe Noticia 15h55 - Plantão RCR 16h00 - Educação e Cidadania 16h30 - Informe Notícia 17h30 - Informe Notícia 17h45 - Ângelus - Liturgia das Horas - Vésperas 18h00 - A Voz do Pastor 18h15 - Oração do Terço - Mistérios Gozosos 18h40 - Musical Mariano 19h00 - Voz do Brasil 20h00 - Musical Mensagem 21h00 - Orando com Você - Com. Mar adentro. 22h00 - A voz do pastor 22h30 - Jornal RNA 23h00 - Programa Salmos ao Deus da Vida 23h50 - MENSAGEM DE ENCERRAMENTO 00h00 - Rede Milícia Sat - Igreja no Rádio

Assista na TV Nazaré - Canal 30 SEXTA-FEIRA 00:00 - Fraternidade em Ação 00:10 - Adoração Ao Santíssimo 01:10 - Terra Santa News 01:30 - Mãe Maria 01:40 - Comunidade Viva 02:00 - Igreja que Sofre 02:30 - Caminhando Na Fé 02:45 - Mãe Maria 02:55 - Palavra de Vida Eterna 03:00 - EvangelizaShow 04:00 - Diálogo Aberto 05:00 - TeleCurso - Ensino Médio 05:30 - TeleCurso - Ensino Médio Espanhol 05:45 - Palavra de Vida Eterna 05:50 - Mãe Maria 06:00 - Terço Doloroso 06:25 - Palavra de Vida Eterna 06:30 - Caminhando Na Fé 06:45 - Em Família 06:55 - Preparando a Festa 07:00 - Santa Missa Mantinal 08:00 - Palavra de Vida Eterna 08:05 - Mulher.com 10:15 - Fraternidade em Ação 10:25 - Palavra de Vida Eterna 10:30 - Caminhando Na Fé 10:45 - Mãe Maria 10:55 - Meu Pensamento 11:00 - Adoração Ao Santíssimo 12:00 - Nazaré Notícias 12:45 - Novena de Nossa Senhora de Nazaré 12:55 - Palavra de Vida Eterna 13:00 - Fazendo Esperança 13:30 - Caminhando Na Fé 13:45 - Sal da Terra 14:00 – Igreja que Sofre 14:30 - Fraternidade em Ação 14:40 - Em Família 14:50 - Palavra de Vida Eterna 14:55 - Meu Pensamento 15:00 De Mãos Dadas 16:00 - TeleCurso - Ensino Médio 16:30 - Fazendo Esperança 17:00 - Palavra de Vida Eterna 17:05 - Caminhando Na Fé 17:20 - Fraternidade em Ação 17:30 - Terço Doloroso 17:55 - Preparando a Festa 18:00 - Santa Missa Vespertina 19:00 - Nazaré Notícias 19:45 - Caminhando Na Fé 20:00 - EvangelizaShow 21:00 - Espaço Cultural 22:30 - Terra Santa News 22:50 - Novena de Nossa Senhora de Nazaré 23:00 - Palavra de Vida Eterna 23:05 - Caminhando Na Fé 23:20 - Fraternidade em Ação 23:30 - Terço Doloroso 23:55 - Meu Pensamento

SÁBADO 00:00 - Música Mensagem 02:00 - De Coração 02:30 - Conversa com Meu Povo 03:00 - EvangelizaShow 04:00 - Despertai Para o Amor 05:00 - Telecurso Ensino Fundamental 06:00 - Terço Gozoso 06:25 - Conversa com Meu Povo 06:55 - Palavra de Vida Eterna

07:00 - Notícias Pastorais 07:45 - Sal da Terra 08:00 - Missa no Rio de Janeiro-RJ 09:00 - Palavra de Vida Eterna 09:05 - Comunidade Viva 09:25 - Meu Pensamento 09:30 - Conversa com Meu Povo 10:00 - Pesca Amazônia 11:00 - Sal da Terra 11:15 - Mãe Maria 11:25 - Meu Pensamento 11:30 - Palavra de Vida Eterna 11:35 - Igreja no Brasil 11:40 - Terra Santa News 12:00 - Notícias Pastorais 12:45 - Meu Pensamento 12:50 - Mãe Maria 13:00 - Viagem pela Amazônia 13:30 - Conversa com Meu Povo 14:00 - Santa Missa e Adoração em São Paulo-SP 15:45 - Pensando Bem 16:45 - Notícias Pastorais 17:30 - Terço Gozoso 17:55 - Palavra de Vida Eterna 18:00 - Música Mensagem 20:00 - Conversa com Meu Povo 20:30 - Cine Nostalgia 21:30 - Encantos da Amazônia 22:30 - Despertai Para o Amor 23:30 - Terço Gozoso 23:55 - Meu Pensamento 00:00 - Música Mensagem

DOMINGO 02:00 - Despertai Para o Amor 03:00 -Sal da Terra 03:15 - Notícias Pastorais 04:00 - Igreja que Sofre 04:30 - EvangelizaShow 05:30 - Palavra de Vida Eterna 05:35 - Igreja no Brasil 05:40 - Meu Pensamento 05:45 - Mãe Maria 05:55 - Palavra de Vida Eterna 06:00 - Terço Glorioso 06:30 - Sal da Terra 06:45 - Fraternidade em Ação 06:55 - Meu Pensamento 07:00 - Santa Missa Dominical 08:00 - Notícias Pastorais 08:45 - Desenho 09:20 - Fraternidade em Ação 09:30 - Comunidade Viva 09:50 - Meu Pensamento 09:55 - Palavra de Vida Eterna 10:00 - Diálogo Aberto 11:00 - Pesca Amazônia 12:00 - Notícias Pastorais 12:45 - Ângelus 13:00 - Encantos da Amazônia 14:00 - Terra Santa News 14:20 - Palavra de Vida Eterna 14:25 - Meu Pensamento 14:30 - Igreja que Sofre 15:00 - Cine Nostalgia 16:00 - Dedo de Prosa 17:00 - Missa Santuário Nacional de Aparecida 18:00 - Palavra de Vida Eterna 18:05 - Sal da Terra 18:20 - Mãe Maria 18:30 - Terço Glorioso 18:55 - Palavra de Vida Eterna

19:00 - Despertai Para o Amor 20:00 - Espaço Cultural 21:00 - Missa Vigília de Natal 23:00 - Janela Aberta

SEGUNDA-FEIRA 00:00 - Fraternidade em Ação 00:10 - Encantos da Amazônia 01:10 - Terra Santa News 01:30 - EvangelizaShow 02:30 - Caminhando Na Fé 02:45 - Mãe Maria 02:55 - Palavra de Vida Eterna 03:00 - Encantos da Amazônia 04:00 - Especial Fim de Ano 05:00 - TeleCurso - Ensino Médio 05:30 - TeleCurso - Ensino Médio Espanhol 05:45 - Palavra de Vida Eterna 05:50 - Mãe Maria 06:00 - Santa Missa com o Papa 07:20 - Palavra de Vida Eterna 07:25 - Desenho 12:05 - Especial Fim de Ano 13:55 - Novena de Nossa Senhora de Nazaré 14:05 - Palavra de Vida Eterna 14:10 - Fraternidade em Ação 14:20 - Em Família 14:30 - Palavra de Vida Eterna 14:35 - Meu Pensamento 14:40 - Desenho 16:00 - TeleCurso - Ensino Médio 16:30 - Fazendo Esperança 17:00 - Palavra de Vida Eterna 17:05 - Caminhando Na Fé 17:20 - Fraternidade em Ação 17:30 - Terço Gozoso 17:55 - Encantos da Amazônia 19:00 - Santa Missa 20:00 - Caminhando Na Fé 20:15 - Fraternidade em Ação 20:25 - Palavra de Vida Eterna 20:30 - Especial Fim de Ano 23:00 - Novena de Nossa Senhora de Nazaré 23:10 - Meu Pensamento 23:15 - Caminhando Na Fé 23:30 - Fraternidade em Ação 23:40 - Palavra de Vida Eterna 23:45 - Terço Gozoso

TERÇA-FEIRA 00:10 - Meu Pensamento 00:00 - Igreja no Brasil 00:10 - Especial Fim de Ano 01:40 - Palavra de Vida Eterna 01:45 - Meu Pensamento 01:50 - Mãe Maria 02:00 - Igreja que Sofre 02:30 - Especial Fim de Ano 03:30 - De Coração 04:00 - Janela Aberta 05:00 - Telecurso Ensino Médio 05:30 - Telecurso Espanhol 05:45 - Palavra de Vida Eterna 05:50 - Em Família 06:00 - Terço Doloroso 06:25 - Cine Especial 06:55 - Preparando a Festa 07:00 - Santa Missa Mantinal 08:00 - Palavra de Vida Eterna 08:05 - Desenho 12:00 - Nazaré Notícias 12:45 - Novena de Nossa Senhora de Nazaré

12:55 - Palavra de Vida Eterna 13:00 - Sal da Terra 13:15 - Meu Pensamento 13:20 - Mãe Maria 13:30 - Desenho 15:00 - Novena do Perpétuo Socorro 15:45 - Sal da Terra 16:00 - Telecurso Ensino Médio 16:30 - Igreja que Sofre 17:00 - Palavra de Vida Eterna 17:05 - Comunidade Viva 17:25 - Meu Pensamento 17:30 - Terço Doloroso 17:55 - Preparando a Festa 18:00 - Santa Missa Vespertina 19:00 - Nazaré Notícias 19:45 - Sal da Terra 20:00 - Igreja que Sofre 20:30 - Terra Santa News 20:50 - Em Família 21:00 - Encantos da Amazônia 22:00 - Nazaré Notícias 22:45 - Novena de Nossa Senhora de Nazaré 22:55 - Meu Pensamento 23:00 - Cine Especial 23:30 - Terço Doloroso 23:55 - Meu Pensamento

QUARTA-FEIRA 00:00 - Fraternidade em Ação 00:10 - De Mãos Dadas 01:10 - Terra Santa News 01:30 - Encantos da Amazônia 02:30 - Caminhando Na Fé 02:45 - Mãe Maria 02:55 - Palavra de Vida Eterna 03:00 - Novena do Perpétuo Socorro 03:45 - Caminhando Na Fé 04:00 - Questão de Fé 05:00 - TeleCurso - Ensino Médio 05:30 - TeleCurso - Ensino Médio Espanhol 05:45 - Palavra de Vida Eterna 05:50 - Mãe Maria 06:00 - Terço Glorioso 06:25 - Palavra de Vida Eterna 06:30 - Caminhando Na Fé 06:45 - Em Família 06:55 - Preparando a Festa 07:00 - Santa Missa Mantinal 08:00 - Palavra de Vida Eterna 08:05 - Mulher.com 10:15 - Fraternidade em Ação 10:25 - Palavra de Vida Eterna 10:30 - Caminhando Na Fé 10:45 - Mãe Maria 10:55 - Meu Pensamento 11:00 - De Mãos Dadas 12:00 - Nazaré Notícias 12:45 - Novena de Nossa Senhora de Nazaré 12:55 - Palavra de Vida Eterna 13:00 - Fazendo Esperança 13:30 - Caminhando Na Fé 13:45 - Sal da Terra 14:00 - Igreja que Sofre 14:30 - Fraternidade em Ação 14:40 - Em Família 14:50 - Palavra de Vida Eterna 14:55 - Meu Pensamento 15:00 - De Mãos Dadas 16:00 - TeleCurso - Ensino Médio 16:30 - Fazendo Esperança 17:00 - Palavra de Vida Eterna 17:05 - Caminhando Na Fé

17:20 - Fraternidade em Ação 17:30 - Terço Glorioso 17:55 - Preparando a Festa 18:00 - Santa Missa Vespertina 19:00 - Nazaré Notícias 19:45 - Caminhando Na Fé 20:00 - Pensando Bem 21:00 - Encantos da Amazônia 22:00 - Nazaré Notícias 22:45 - Novena de Nossa Senhora de Nazaré 22:55 - Meu Pensamento 23:00 - Caminhando Na Fé 23:15 - Fraternidade em Ação 23:25 - Palavra de Vida Eterna 23:30 - Terço Glorioso 23:55 - Meu Pensamento

QUINTA-FEIRA 00:00 - Igreja no Brasil 00:05 - Palavra de Vida Eterna 00:10 - De Mãos Dadas 01:10 - Conversa com Meu Povo 01:40 - Palavra de Vida Eterna 01:45 - Meu Pensamento 01:50 - Mãe Maria 02:00 - greja que Sofre 02:30 - Conversa com Meu Povo 03:00 - Encantos da Amazônia 04:00 - Pensando Bem 05:00 - Telecurso Ensino Médio 05:30 - Telecurso Espanhol 05:45 - Palavra de Vida Eterna 05:50 - Em Família 06:00 - Terço Luminoso 06:25 - Conversa com Meu Povo 06:55 - Preparando a Festa 07:00 - Santa Missa Mantinal 08:00 - Palavra de Vida Eterna 08:05 - Mulher.com 10:15 - Palavra de Vida Eterna 10:20 - Mãe Maria 10:30 - Conversa com Meu Povo 11:00 - De Mãos Dadas 12:00 - Nazaré Notícias 12:45 - Novena de Nossa Senhora de Nazaré 12:55 - Palavra de Vida Eterna 13:00 - Sal da Terra 13:15 - Meu Pensamento 13:20 - Mãe Maria 13:30 - Conversa com Meu Povo 14:00 - Desenho 14:55 - Meu Pensamento 15:00 - Adoração Ao Santíssimo 16:00 - Telecurso Ensino Médio 16:30 - Conversa com Meu Povo 17:00 - Palavra de Vida Eterna 17:05 - Terra Santa News 17:25 - Meu Pensamento 17:30 - Terço Luminoso 17:55 - Preparando a Festa 18:00 - Santa Missa Vespertina 19:00 - Nazaré Notícias 19:45 - Sal da Terra 20:00 - Conversa com Meu Povo 20:30 - Comunidade Viva 20:50 - Em Família 21:00 - Diálogo Aberto 22:00 - Nazaré Notícias 22:45 - Novena de Nossa Senhora de Nazaré 22:55 - Meu Pensamento 23:00 - Conversa com Meu Povo 23:30 - Terço Luminoso 23:55 - Meu Pensamento


10

belém, De 29 de dezembro de 2017 a 4 de janeiro de 2018

Santa Missa Horários de Missas nas paróquias da Arquidiocese de Belém Região Episcopal Sant’Ana Nossa Senhora da Graça (Catedral) Cidade Velha - Belém Sábado: 19h Domingo: 7h, 9h e 19h Telefone: 2121-3723/ 2121-3724 N. Sra. das Mercês (Reitoria) Comércio - Belém Sábado: 12h e 17h Domingo: 12h e 17h Sant'Ana da Campina Comércio - Belém Sábado: 12h (Igreja Matriz) Domingo: 7h (Col. D. Bosco) 9h (Igreja Matriz) Telefone: 3230-3734 São Judas Tadeu Condor - Belém Sábado: 19h. Domingo: 7h, 9h e 19h Telefone: 3115-6020 Santa Teresinha do Menino Jesus Jurunas - Belém Sábado: 6h e 18h30 Domingo: 6h30, 8h30 e 18h Telefone: 3272-2251 Santo Antônio de Lisboa Batista Campos - Belém Sábado: 6h30, 12h, 17h e 18h30 Domingo: 8h, 11h, 17h, 18h30 e 20h Telefone: 3215-7004/ 3222-0097 Santíssima Trindade Campina - Belém Sábado: 16h Domingo: 7h, 10h, 11h30, 17h30 e 19h Telefone: 3215-7007/ 3242-4917 Nossa Senhora da Conceição Cidade Velha - Belém Sábado: 18h30 Domingo: 7h, 9h e 18h Telefone: 3215-7006 São José Umarizal - Belém Sábado: 19h Domingo: 7h, 11h e 19h Telefone: 3230-1633 Santa Luzia Jurunas - Belém De terça a sexta-feira: 19h Sábado: 18h30 Domingo: 7h; 9h; 18h30 Telefone: 3271-2146 Nossa Senhora de Lourdes Nazaré - Belém Seg a Sáb: 6h30 e 18h Domingo: 7h, 9h, 17h30 e 19h30 Telefone: 3223-5728 Nossa Senhora do Carmo Cidade Velha Sábado: 18h - Domingo: 7h Região Episcopal Santa Maria Goretti Santa Maria de Belém Terra Firme - Belém Terça: 19h Sábado: 19h - Domingo: 7h30 e 19h Telefone: 3253-5422 São Pedro e São Paulo Guamá - Belém Sábado: 19h Domingo: 7h, 9h e 18h30 Telefone: 3283-6021/3259-0413 São José de Queluz Canudos - Belém Segunda a sábado: 6h30 e 19h Domingo: 7h, 8h30, 17h e 19h Telefone: 3226-2612 São Domingos de Gusmão Terra Firme - Belém Sábado: 19h Domingo: 7h, 9h e 19h30 Telefone: 3253-2656/3274-4746 São Miguel Arcanjo Cremação - Belém Sábado: 18h30 Domingo: 7h30, 11h e 18h30 Telefone: 3283-6022 Nossa Senhora de Fátima Fátima - Belém Sábado: 17h30 Domingo: 6h45, 8h30, 17h30 e 19h30 Telefone: 3266-1392/3226-0503

Santa Maria Goretti Guamá - Belém Domingo: 9h30 e 18h Telefone: 3283-6023 Nossa Senhora de Nazaré (Basílica Santuário) Nazaré - Belém Sábado: 7h, 8h30,12h,17h Domingo: 6h30, 8h, 10h, 16h30, 18h e 20h Telefone: 4009-8400 São Francisco de Assis (Capuchinhos) São Brás - Belém Sábado: 19h30 Domingo: 6h, 7h30, 9h30,18h, 20h Telefone: 3073-1500 Santo Antônio do Tucunduba Guamá - Belém Sábado: 19h30 Domingo: 7h e 19h30 Telefone: 3274 -9001 Região Episcopal Santa Cruz Imaculada Conceição Castanheira - Belém Sábado: 17h. Domingo: 7h e 19h Telefone: 3277-4642/98111-8110 São Sebastião Sacramenta - Belém Sábado e domingo: 7h, 17h e 19h Telefone: 3264-9060/3254-7354 Jesus Ressuscitado Marambaia - Belém Sábado: 18h Domingo: 7h, 10h e 18h Telefone: 3277-4643 São Geraldo Magela Val de Cans - Belém Sábado: 19h Domingo: 7h30, 10h30 e 18h Telefone: 3257-7950 N. Sra do Perpétuo Socorro Segunda a sábado: missa - 19h Domingo: missa: 7h, 8h30, 17h30 e 19 h - Telefone: 3233 1797 São Jorge Marambaia - Belém Sábado: 19h Domingo: 7h, 9h, 17h e19h Telefone: 3277-4641 São Raimundo Nonato Umarizal - Belém Sábado: 6h30 e 18h Domingo: 6h30, 8h30 e 18h Telefone: 3277-4644 Santa Cruz Marco - Belém Sábado: 7h e 18h30 Domingo: 7h, 9h, 11h30 e 18h30 Telefone: 3277-4640/3276-0941 Nossa Senhora da Conceição Aparecida Pedreira - Belém Terça a Sábado: 18h Dom.: 7h, 9h e 18h/1ª Sexta-mês: 9h Telefone: 3233-4224/3276-9573 São Francisco Xavier Marco - Belém Sábado: 19h Domingo: 7h, 9h e 18h Telefone: 3352-8845 N. Senhora, Mãe da Divina Providência Val de Cans - Belém Sábado:19h - Domingo: 7h e 19h Telefone: 3257-2388 Sagrada Família Curió Utinga - Belém. Sábado: 7h e 19h30 Domingo: 7h, 9h e 19h30 São João Paulo II Souza - Belém De terça a sábado: 18h Domingos: 8h e 18h Telefone: 3277-4062 Nossa Senhora de Loreto Marco - Belém Telefone: (91) 3355-6302 Sábado: 17h Domingo: 7h, 9h, 11h, 17h e 19h São Benedito Rua São Benedito, Barreiro Terça a sexta-feira - 19h Sábado - 8h (missa com crianças) Domingos - 7h30 e 18h30

Região Episcopal São João Batista São João Batista e Nossa Senhora das Graças Icoaraci - Belém Terça a sexta: 6h30 Sábado: 6h30, 17h, 20h Domingo: 7h e 18h Telefone: 3297-7250 São Francisco de Assis Tapanã - Belém Domingo: 7h e 18h30 Telefone: 3258-8036 Nossa Senhora de Fátima Icoaraci - Belém Terça, quinta e sexta: 18h30 Sábado: 19h - Domingo: 19h Telefone: 3297-7251 Jesus Bom Samaritano Tapanã - Belém Domingo: 7h30 e 19h30 Telefone: 3033-2004 São Francisco das Ilhas Cotijuba - Belém Terça e quinta: 19h30 Sábado: 19h30 Domingo: 7h e 19h30 Telefone: 3247-1438 Nossa Senhora da Imaculada Conceição Outeiro - Belém Terça e quinta: 19h; Sábado: 9h Domingo: 7h e 18h Telefone: 3267-1174 Nossa Senhora do Livramento Icoraci - Belém Terça, quinta, sexta e sábado:19h Domingo: 7h e18h Telefone: 3288-4250 Divina Misericórdia Águas Negras - Icoaraci Terça a sexta: 18h30 Sábado: 17h e 19h30 (comunidade) Domingo: 7h e 19h 30 Santo Afonso de Ligório Pratinha - Belém Sábado: 19h Domingo: 8h30 e19h Telefone: 3258-1554/3274-8281 São Francisco de Assis Campina - Icoaraci Domingo: 7h, 9h e 18h30 De terça-feira a sexta-feira: 19h Telefone: 3297-0765 Região Episcopal Coração eucarístico de jesus Coração Eucarístico de Jesus Catalina - Belém Sábado: 18h Domingo: 7h, 10h e 18h Telefone: (91) 3285-1433 Santa Edwiges Mangueirão - Belém Sábado: 19h Domingo: 7h, 9h30 e18h Telefone: 3279-1654 N. Senhora Rainha da Paz Bengui - Belém Domingo: 7h, 9h e 18h30 Telefone: 3277-4645 Nossa Senhora do Bom Remédio Conjunto Satélite - Belém Sábado: 17h30 Domingo: 7h e 18h30 Telefone: 3289-5355/3248-1136 Natividade de Nosso Senhor Jesus Cristo Conjunto Sideral - Belém Domingo: 7h, 9h e18h Telefone: 3067-2017 Santa Luzia do Bom Futuro Cabanagem - Belém Sábado: 17h - Domingo: 7h e 19h Santa Teresinha do Menino Jesus Tenoné - Belém Domingo: 7h e 18h Telefone: 3289-5368 Nossa Senhora de Lourdes Coqueiro - Ananindeua Sábado: 17h. Domingo: 7h e 19h Telefone: 3275-2391

Santo Antônio de Pádua Coqueiro - Ananindeua Sábado: 19h. Domingo: 7h e 18h Telefone: 98152-2200 Arcanjo São Miguel Una - Ananindeua Sábado: 19h Domingo: 7h30. 9h30 e 19h Telefone: 3234-4674 Região Episcopal Menino Deus N. Senhora Auxiliadora Anita Gerosa (Aurá) - Ananindeua Domingo: 7h e 18h Telefones: 3255-3828 N. Senhora das Vitórias Almir Gabriel - Marituba Sábado: 19h Domingo: 7h, 19h Telefone: 3256-7655 Sagrado Coração de Jesus Júlia Seffer - Ananindeua Sábado: 19h Domingo: 7h30, 9h e18h Telefone: 3265-5413 Sagrado Coração de Jesus Distrito Industrial - Ananindeua Sábado: 19h Domingo: 7h, 8h30 e 17h30 Telefone: (91) 98855 - 2232 Menino Deus Centro - Marituba Domingo: 6h, 8h30 e 18h Telefone: 3237-8351 N. Sra. de Nazaré Quarta - feira Horário de Missa: às 19h Domingos: às 8h30 Telefone: 98040-5117 /98102 - 7344 N. Sra. das Graças Centro - Ananindeua Sábado: 19h Domingo: 7h e 19h Telefone: 3255-2654 N. Sra. do Ó Vila - Mosqueiro Sábado: 19h30 Domingo: 6h30, 9h30 e 19h30 Telefone: (91) 3771-1278 São Pio X Águas Lindas - Ananindeua Domingo: 7h30 e 19h30 Telefone: 32155-2583 Santa Rosa de Lima Independente - Benevides Terça a Sexta:18h Sábado:17h, 19h Domingo: 07h30 e 19h Telefone: (91)3724- 1135 Bom Pastor Nova Marituba - Marituba Segunda a Sexta: 18h Sábado: 6h, 9h30 e 19h Domingo: 6h, 9h30 e 19h Telefone: 4106-0202 N. Sra da Conceição Praça Matriz - Benfica Domingo: 6h15 e 19h30 Telefone: 3450-8147 N. Sra da Conceição Carananduba - Mosqueiro Ter a Sex: 18h30 Sábado: 18h30 - Domingo: 7h e 19h Telefone: 3772-1183 Santa Bárbara Centro - Santa Bárbara Domingo: 7h30 e 19h Telefone: 3776-1529 São Marcos Uriboca - Marituba Terça: 19h. Domingo: 7h e 19h Telefone: 3237-8351 Pedro Pescador Baía do Sol - Mosqueiro Ter a sexta: 19h (Igreja S. Sebastião) Quarta: Matriz - 19h Sábado:19h (Igreja São Sebastião) Domingo: 8h (Ig. S. Sebastião);

10 h 3 0 ( I g . D i v. E s p . S a n t o ) ; 19h ( Matriz) Telefone: 99919-4153 Área Missionária São Paulo, Apóstolo Rodovia BR-316 Domingo: 9h e 11h Telefone: 98292-9199 Santíssimo Sacramento Nova União - Marituba Sábado: 18h30 (Capela N. Sra. do Perpétuo Socorro) Domingo: 18h30 (Capela S. Francisco de Assis) Região Episcopal São Vicente de Paulo Cristo Rei Guanabara - Ananindeua Domingo: 7h, 9h30 e 19h Telefone: 3235-1405 Divino Espírito Santo Cidade Nova - Ananindeua Sábado: 7h. Domingo: 7h, 9h e 18h Telefone: 3263-0603 Santo Inácio de Loyola Icui Guajará - Ananindeua Domingo: 7h e18h Telefone: 991541971 São Lucas Evangelista Guajará - Ananindeua Sábado: 19h. Domingo: 7h e 19h Telefone: 3279-2621 Santa Maria Mãe de Deus Maguari - Ananindeua Terça, quarta, sexta e sábado: 7h Quinta: 19h; Domingo: 7h e 19h Fone: (91) 3255-5284 Santa Teresinha Águas Lindas - Ananindeua Domingo: 7h30 e 18h Telefone: 9916-4548/99169-3443 N. Senhora de Guadalupe Coqueiro - Ananindeua Terça a sexta: 19h Sábado: 18h30 Domingo: 7h ,9h e18h Telefone: 3245-7440 Cristo Peregrino Jaderlândia - Ananindeua De Segunda a Sábado: 19h Domingo: 7h,17h e19h Telefone: 3237-9891 Santa Paula Frassinetti Cidade Nova VI - Ananindeua Segunda e quarta: 18h30 Terça e quinta: 19h30 Sexta: 7h. Sábado: 19h Domingo: 7h, 9h, 18h Telefone: 3279-2620 Transfiguração do Senhor Curuçambá - Ananindeua Sábado: 18h30 e 20h Domingo: 7h e 18h30 Telefone: 3286-8570 Santa Rita de Cássia Cidade Nova V - Ananindeua. Sábado: 6h30 e 17h30 Domingo: 6h30, 8h30, 7h30 e 19h30. Telefone: 3273-3191/ 3273-3310 São Vicente de Paulo Paar - Ananindeua Domingo: 7h, 8h30 e 19h São José Operário Conj. Carnaúba, Icuí - Ananindeua Domingo: 7h e 18h Telefone: 3295-3545/3031-1172 Nossa Senhora do Amparo Cidade Nova 8 - Ananindeua Terça a Sexta: 19h30 Sábado: 19h30 Domingo: 7h, 9h e 18h Telefone: 3287-2418 Santo André Apóstolo Coqueiro - Ananindeua Segunda a sexta - 19h Sábado: 19h45 - Domingo: 8h 19h Telefone: (91) 3235-1658

Não encontrou o horário da sua paróquia aqui? Entre em contato com seu pároco ou com a secretaria da sua paróquia e solicite que nos informem para podermos publicar.


belém, De 29 de dezembro de 2017 a 4 de janeiro de 2018

11

Família Nazaré

Um ano para celebrar, diz Arcebispo Dom Alberto Ano de 2017 foi de muita realização para a Fundação Nazaré de Comunicação

E

m 2017, a Fundação Nazaré desenvolvu um extenso trabalho de evangelização, tendo à frente as equipes de todos os quatro veículos que sustentam pela Fundação, a ação evangelizadora da Arquidiocese de Belém. Foi um ano de muitas conquistas em meio às dificuldades que também foram inúmeras, contudo, pela graça de Deus, "temos muito mais a celebrar do que contabilizar perdas vindas da tão proplada crise, palavra que esteve em moda neste ano", observou o Presidente da Fundação Nazaré, Arcebispo Metropolitano de Belém, Dom Alberto Taveira Corrêa, na do dia 14 de dezembro na capela existente na instituição, confraternização natalina da Arquidiocese de Belém. Missas, aliás, não faltaram na capela, especialmente pela vivência do Ano Mariano instituído pela Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) para celebrar os 300 anos do encontro da imagem de Nossa Senhora Aparecida, no rio Paraíba do Sul, SP. Em

divulgação

missas mensais na capela, sempre na primeira sexta-feira do mês. A data das celebrações foi uma escolha estratégica, pois, dessa maneira a Fundação e a Arquidiocese de Belém se inseriram nas comemorações jubilares. As missas ganharam outro significado uma

vez que elas também eram importantes para toda a comunidade. Somaram-se a elas, o Grupo Arquidiocesanode Oração Terço dos Homens "Mãe Rainha" (GOTH). As missas celebradas sempre na primeira sexta-feira do mêstambém foram uma maneira da

comunidade reverenciar a devoção ao Sagrado Coração de Jesus. Daí, veio também a partcipação do Apostolado da Oração. Dentre todas as razões para festejar, a Arquidiocese de Belém conferiu às celebrações eucarísticas na capela um caráter muito especial: eram

dedicadas com todas as especifidades doutrinais e festivas para a Igreja como uma grande ação de graças pela Família Nazaré, os benfeitores que ajudam com doações mensais a o obra evangelizadora desenvolvida pela Arquidiocese de Belém pelos meios de Comunicação.

Ano do Laicato

O Ano do Laicato acena com possibilidades de mais engajamento entre igreja e fiéis. Para o bom êxito do Ano Nacional do Laicato, até 25 de novembro de 2018, as missas na Capela da Fundação Nazaré continuam. A todos, os nossos votos de Feliz Ano Novo.

Parabéns para você!

E

u agradeço a Deus, por mais um ano de vida que Ele está me concedendo e pela minha saúde. Agradeço também por tudo o que Deus me deu durante este ano. Peço muita paz, amor e alegria nesse ano que está por vir, abençoando a todos nós. Amém”. Iza Chagas Rodrigues,

77 anos Aposentada 1º de janeiro

29/12 Ana Luiza de Souza Lima Ana Maria Brito de Aquino André Steckelberg Guerra Bértila do Socorro Bittencourt Gaspar Casal João Roberto de Macedo Filho e Vanessa Sintra Cavaleiro Célia Maria Silva da Rocha Deraldo de Oliveira Leite Ermelinda Cabral Ilza Regina Barbosa da Silva Maria Cabral de Oliveira Brandão Maricélia de Oliveira Barata Rosa Lopes Mendonça Rosiane Oliveira de Aragão Valquer Vidigal da Costa 30/12 Aluizio Dopazo Antônio José Anísia Pinheiro de Morais Cezário Gonçalves de Abreu Dejeane Maria Arnaud Oliveira José Aldo de Oliveira Maria Edna Cunha da Silva Regina Célia Alves da Silva

Sabina da Costa Aquino Sabino Maximiano de Jesus 31/12 Alberto Nazareno dos Santos Carvalho Ana Clara Souza Barbosa Ângela Maria Leal da Silva Casal Francisco Paulo Rodrigues & Aldenira Monteiro Cinthia de Jesus Viana Santos Izabela Mayra Soriano de Matos João Naif Daibes José Vianey Marvão de Paulo Maria da Graça Zamith Braga Maria de Fátima Zamith Braga Maria José Homobono Balieiro Maria Sueli Lopes Pinheiro Raimunda Nonata Souza de O. Martins 01/01 Ana de Lima Barreto Ana Tereza Xavier da Cruz André de Jesus da Silva Cardoso Benedita Ferreira da Silva Edilza Barbosa Vilhena Herondina Lima Chaves Gomes Iza Chagas Rodrigues Lindalva dos Santos Cabral Manoel de Jesus Corrêa Maria das Graças Campos Sampaio Maria de Jesus Leão Cardoso Maria José Sousa do Nascimento Maria Nazaré Lopes Oliveira Renato Rego Silva Renilda Rodrigues da Silva Sônia Maria Leão dos Santos Sueli da Silva Terezinha de Jesus do Nascimento 02/01 Braulino Custodio Rabelo Neto Consuelo de Medeiros Nunes Cristina do Socorro Lemos Bentes

Elza de Souza Brito Justina Xavier Eliziário Márcia Maria Xavier Veloso Maria da Conceição Oliveria Góes Maria Adélia Damasceno Veloso Maria das Graças Martins Magno Maria de Belém M. Cardoso Maria Joana da Rocha Pessoa Odila Formigosa Siqueira Olinda Maria Almeida dos Santos Perpétua Socorro Campos Mourão Régia Nazaré Sardinha Corrêa 03/01 Angélica Gomes de Souza Camila Souza Pereira Conceição de Maria Alves dos Reis Luciana Amaral Marques Maria Antônia Guimarães Ferreira Maria de Fátima Vieira da Silva Maria de Lourdes Conceição Costa Maria Dulcelinda Cunha w

Morgana Alves de Araújo Morgan Nair Cândida Sarmento de Souza Olgarina Vieira Lima Onedina dos Santos Soares Oscar Noberto da Silva Otacílio Farias Gaia e Ilka Cunha Gaia Virginia Moy Buainain 04/01 Brunno Vilhena Rabelo Mendes Casal José Maria Sarges Ferreira e Sandra Vasconcelos Ferreira Izabel Cristina Teixeira Letícia de Carvalho Santos Lucila Alves Machado Maria Ângela Santos Silva Maria Angélica Ribeiro Lopes Santos Maria da Conceição Oliveira Martins Marinete Maravalho Avelar Norma Magno Rocha Rosita do Espírito Santo

Aniversário natalício de padres e diáconos diocesanos 29/12 - Diác. André Steckelberg Guerra 31/12 - Diác. Alberto Nazareno dos Santos Carvalho 02/01 - Pe. Manoel Abraão Farias Pinto 04/01 - Côn. Cláudio de Souza Barradas

w

Aniversário de ordenação dos padres e diáconos diocesanos 31/12 - Pe. Giovanni Incampo 31/12 - Pe. Mario Pozzolli 31/12 - Diác. Fábio Lobato Cândido Silva 02/01 - Pe. Dimas Ferreira da Silva

Ajude a manter a Fundação Nazaré de Comunicação. Ligue para 4006-9200 e seja sócio da Família Nazaré.


12

belém, De 29 de dezembro de 2017 a 4 de janeiro de 2018

Arquidiocese

Agenda de missas neste final de ano

Assim como no período de Natal, as paróquias da Arquidiocese de Belém estão com uma programação especial de celebrações neste final de ano. Confira essa agenda a partir das regiões episcopais: Região Episcopal Sant’Ana A Paróquia de Nossa Senhora da Graça, Catedral de Belém, localizada na Cidade Velha, terá na programação litúrgica a missa de fim de ano, no domingo, 31, às 7h e 21h, em ação de graças pela virada de ano, presidida pelo Arcebispo Metropolitano de Belém, Dom Alberto Taveira. Segunda-feira, 1º, Missa da Solenidade de Santa Maria Mãe de Deus, às 19h, presidida pelo cônego

Roberto Cavalli. A Paróquia de Nossa Senhora da Conceição, localizada no bairro da Cidade Velha, terá em sua programação de fim de ano celebrações eucarísticas no sábado, 30, às 18h30. No domingo, 31, às 7h, 9h, e, às 19h, a celebração em ação de graças pelo fim de ano. Todas as missas serão presididas pelo pároco, padre Adaílson Oliveira.

Região Episcopal Santa Maria Goretti Na Paróquia de Santa Maria de Belém, localizada no bairro da Terra Firme, as celebrações do domingo, 31, acontecem às 7h30 e, às19h30, missa em Ação de Graças pelo final do ano. Segunda-feira, 1º, celebração eucarística da Solenidade de Santa Maria Mãe de Deus, às 19h30. As missas serão presididas pelo pároco, Padre Romeo Catan. A Paróquia de São Pedro e São Paulo, localizada no bairro do Guamá, realizará no domingo, 31, celebrações às 7h, 9h, e, às 20h, missa em Ação de Graças pelo fim de ano. Às 8h da manhã, domingo, 31, missa campal, na passagem Rui Barbosa. Segunda-feira,

1º, Santa Missa da solenidade de Santa Maria Mãe de Deus. As celebrações serão presididas pelo pároco, padre Antônio de Pádua e concelebrada pelo vigário, padre Edvaldo Andrade. A Basílica Santuário de Nazaré, localizada no bairro de Nazaré, realizará celebrações eucarísticas no domingo, 31, pela Sagrada Família nos horários de 6h30, 8h, 10h, 16h30 e 18h. Às 20h, missa em Ação de Graças pelo fim de ano. Segunda-feira, 1º, Santa Missa da solenidade de Santa Maria Mãe de Deus, às 20h. As celebrações serão presididas pelo padre Giovanni Incampo.

Região Episcopal Menino Deus Na Paróquia de Nossa Senhora Auxiliadora, Aurá, Ananindeua, domingo, 31, a Missa em Ação de Graças, às 19h, pelo final de ano. Segunda-feira, 1º, às 18h, Adoração ao Santíssimo Sacramento, seguida de missa da solenidade de Santa Maria Mãe de Deus, às 18h30. Antes da benção final, apresentação teatral em homenagem a Santa Maria, pelo grupo

de jovens da paróquia. As celebrações serão presididas pelo pároco, padre Gelcimar Souza. Na Paróquia do Menino Deus, Marituba, domingo, 31, a missa em ação de graças pelo final de ano, às 19h. Segunda-feira, 1º, Missa da solenidade de Santa Maria Mãe de Deus, às 19h. As celebrações serão presididas pelo pároco, padre Ederaldo da Mata.

Região Episcopal São João Batista Na Paróquia São João Batista e Nossa Senhora das Graças, Icoaraci, domingo, 31, às 20h, missa em ação de graças de final de ano. Segunda-feira, 1º, missa da so-

lenidade de Santa Maria Mãe de Deus, às 19h. As celebrações eucarísticas da paróquia serão presididas pelo pároco, Padre Agostinho Cruz.

Região Episcopal Coração Eucarístico de Jesus Na Paróquia de Nossa Senhora Rainha da Paz, Bengui, durante a semana confissões até sábado, 30, sempre a partir das 16h na Matriz. Sábado, 30, celebração normal, às 18h30. Domingo, 31, Missa de Ação de Graças de final de ano, às 19h. Segunda-feira, 1º, missa da solenidade de Santa Maria Mãe de Deus, às 19h. As celebrações eucarísticas serão presididas pelo pároco, Padre Wanderson Jorge e concelebradas pelo vigário, Padre Evandro do Car-

mo. Na Paróquia de Nossa Senhora do Bom Remédio, Conjunto Satélite, Coqueiro, sábado, 30, missa às 19h, normalmente. Domingo, 31, celebração às 7h, 9h. Às 19h missa em ação de graças de final de ano. Segunda-feira, 01, Santa Missa da solenidade de Santa Maria Mãe de Deus, às 19h. As celebrações serão presididas pelo pároco, cônego José Luiz, concelebradas pelo vigário, padre Everson Vianna.

Região Episcopal Santa Cruz Na Paróquia de São Sebastião, Sacramenta, domingo, 31, missas às 7h, 17h e às 20h. Antes da benção final, homenagens das pastorais. Segunda-feira, 1º, celebração da solenidade de Santa Maria Mãe de Deus, às 19h. As missas serão presididas pelo pároco, padre Pedro Diocrésio.

Na Paróquia de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, Telégrafo, celebração em ação de graças pelo final do ano, domingo, 31, às 19h. Segunda-feira, 1º, missa da solenidade de Santa Maria Mãe de Deus, às 19h. As celebrações serão presididas pelo pároco, padre Márcio Halmenschlager.

Região Episcopal São Vicente de Paulo Na Paróquia Cristo Rei, Guanabara, Ananindeua, domingo, 31, missa em ação de graças de final de ano, às 19h. Segunda-feira, 1º, missa da solenidade de Santa Maria Mãe de Deus, às 19h. As celebrações serão presididas pelos vigários da paróquia, padre Enrico Zardoni e padre Neuzivan Alves Gama.

quadrinhos andré abreu

BOA DICA

Na Paróquia do Divino Espírito Santo, Cidade Nova, Ananindeua, domingo, 31, missa em ação de graças de final de ano, às 19h. Na segunda-feira, missa da solenidade de Santa Maria Mãe de Deus, às 18h. As celebrações serão presididas pelo pároco, padre Tadeu dos Santos.

livros e cd's

n LUZ QUE ME VEM DO CÉU - Pe. Zezinho, scj - CD (Paulinas, R$ 16,83)

N

eu indico divulgação

Frei Arilson Lopes Uchôa 46 anos Pároco da Paróquia São Francisco de Assis

E

u indico o livro ‘Padre Pio - Um santo entre nós’, do autor Renzo Allegri. O autor retrata cronologicamente, em fatos e episódios, a vida de Padre Pio, um homem carismático que viveu com o coração voltado para Deus, por isso foi chamado como o Frei das Estigmas. Além de obter dons espirituais, como curas, visões celestiais, dons de perscrutar os corações e pensamentos padre Pio fez-se assim um homem extraordinário, generoso com os pobres, um santo no meio de nós e semelhante a nós. É maravilhosa a leitura.”

este CD, Pe. Zezinho, scj, presenteia o ouvinte com belíssimas canções fundamentadas em sua experiência pastoral, na Palavra de Deus e na catequese nas 14 faixas do álbum que tem o objetivo de celebrar a graça de Deus, que, como Luz, invade e transforma lentamente a existência daquele que escuta as músicas, conforme as acolhe. São canções de inspiração sagrada e que enaltecem a dimensão familiar, a exemplo da canção título do CD, assim como outras, como: “Oração por nossos filhos”, “Cidadão da Galileia” e “Contemplar-te nos que sofrem”. n “EU LHES DOU A MINHA PAZ” - A paz de Deus, com os outros e consigo mesmo - Livro (Paulus, R$ 13,00)

L

eitura propícia à celebração do Dia Mundial da Paz, do autor Raniero Cantalamessa, pregador da Casa Pontifícia. A obra fala de paz, abordada pelo conceito horizontal que leva o leitor a pensar na paz entre os povos, as raças, as classes sociais, as religiões. Mas faz o contraponto da Palavra de Deus que ensina que a paz primeira e mais essencial é, ao contrário, a vertical, entre o céu e a terra, entre Deus e a humanidade. Dela dependem todas as outras formas de paz.


belém, De 29 de dezembro de de 2017 a 4 de janeiro de belém, De 17 a 23 novembro de 2017

2º C aderno w dom alberto unge o altar com o óleo do Crisma

O

período da festividade para uma comunidade é motivo de graça. Para os paroquianos da Matriz da Paróquia da Natividade de Nosso Senhor Jesus Cristo, localizada no Conjunto Sideral, no bairro do Coqueiro, a alegria foi em dobro, em virtude da celebração do Rito de Dedicação do Altar da Matriz, no dia 22, dentro do período da festividade que foi de 09 a 25. O Rito foi presidido pelo Arcebispo Metropolitano de Belém, Dom Alberto Taveira Corrêa, e concelebrado pelo pároco, padre Osmar Antônio dos Santos, pelo vigário, padre José Maria e demais representantes do clero. A celebração reuniu centenas de fiéis e padres salvistas, que juntos foram testemunhas do rito da dedicação do altar. Este passou por reforma que levou cerca de um mês para ficar pronto, sendo ele todo em mármore. Para o padre Osmar dos Santos, pároco há cinco anos, na

1

fotos: divulgação

w os religiosos presentes à cerimônia da consagraçaõ

Rito de dedicação do altar da Matriz da Natividade

Cerimônia aconteceu durante a festividade

w paroquianos participaram da celebração com muita alegria

matriz o dia foi sublime: “O Rito de Dedicação do Altar foi marcante para todos. Eu nunca tinha participado de um rito de dedicação, mesmo sendo padre. É um mo-

mento sublime para nós da Igreja especificamente, mas, para todo o povo da paróquia, foi marcante”. Ele disse mais: “O rito foi muito bonito dentro

w celebração o arcebispo metropolitano durante a cerimônia religiosa

da realidade que mostra, primeiramente, o abençoar ou purificar o altar, logo depois vem a realidade de ungir o altar com óleo, assim como também, depois, o fogo,

nesse sentido de sacrifício, e hoje nós renovamos por meio do Rito da Dedicação do Altar. É um momento sublime para todos nós da paróquia, e para todos que ali estavam, mas principalmente para mim. Todos elogiaram, assim como o Arcebispo que gostou demais do altar”. “Nasceu para vós o Salvador, que é o Cristo Senhor!”, (Lc 2, 10) este foi o tema da festividade de 2017 da Matriz da Paróquia da Natividade de Nosso Senhor Jesus Cristo, que ocorreu de 9 a 25. O período festivo contou com programação litúrgica, com missas às 19h30 seguidas de novena e programação cultural, de 14 a 17. Dia 24, às 20h, um

dos bispos auxiliares de Belém, Dom Irineu Roman, presidiu Missa da Vigília de Natal. No encerramento da festividade, 25, houve a procissão com concentração em frente à Capela de Nossa Senhora Auxiliadora, pertencente à paróquia. A procissão deixou a capela às 18h30. Nela centenas de fiéis seguiram pelas principais ruas do bairro, com destino à matriz da Paróquia da Natividade de Nosso Senhor Jesus Cristo, localizada na Avenida Ariri, no Conjunto Jardim Sideral. À chegada, o vigário, Padre José Maria, presidiu a Santa Missa, concelebrada pelo Padre Osmar Antônio dos Santos.

w O altar depois das reformas: todo em mármore

Histórico A Paróquia da Natividade de Nosso Senhor Jesus Cristo foi erigida no ano 2000, por ocasião do Jubileu de dois mil anos do nascimento de Cristo. Está situada no conjunto Jardim Sideral, divisa entre os municípios de Belém e Ananindeua. O dinheiro arrecadado para a construção do templo veio de benfeitores italianos: Ervedo Pozzi, Remigio Pozzi,

Giancarlo Pozzi e Mário Crivelli. O projeto arquitetônico da igreja visa remeter ao Natal: o telhado é em forma de um pinheiro e a torre lembra a letra N de Natal, seu estilo é rústico, e seu interior da igreja é todo trabalhado em madeira e concreto. Vários sacerdotes já deram sua contribuição para as obras da igreja. A princípio, tivemos o padre Car-

los, em seguida Dom Carlos Verzeletti que foi o responsável pelo projeto da Matriz e deu os primeiros passos para a sua construção. Em seguida, padre Raimundo Carvalho Filho, que foi de fato o primeiro pároco da Natividade, depois os padres Paulo Cesar Falcão e padre Nilton Cesar Reis. Ainda com o padre Paulo Falcão, estiveram nessa paróquia o padre Agnaldo

Freitas e o padre Edvaldo. Logo após, assumiu o padre Alberto Maia e, com ele, Padre Marcos de Oliveira. Em 2013, mais precisamente no dia 8 de janeiro, os padres religiosos Salvistas chegaram à Paróquia, na pessoa dos padres Osmar Antônio dos Santos - SJS que está presente até esta data como pároco e, logo depois, no dia 12, do padre João da Cruz- SJS, como seu vi-

gário. Ele ficou por um período de três anos. Foi transferido em agosto de 2016 para o município de Colares onde assumiu essa mesma função. Padre Rogério Rodrigues Gomes - SJS, é vigário há três meses. Todos os anos a igreja tem a presença de um frater (seminarista Salvista) que tem em média o período de nove meses para exercer as funções a ele confiada. Por exemplo, o frater

José Maria - SJS, o frater Pio da Cruz - SJS e o frater João Pedro Gonzaga - SJS. Atualmente, quem exerce essa função é o frater Pedro de Jesus Crucificado - SJS. Em 2015, os padres, junto com o Grupo de Teatro Servos do Senhor, tiveram a iniciativa de montar um Musical de Natal, para reforçar à comunidade paroquiana que cujo padroeiro é o Menino Jesus.


2

5

belém, De 29 de dezembro de 2017 a 4 de janeiro de 2018

Igreja

2º Caderno Miscelânea

Côn. Cláudio Barradas (claudiobarradaspe@gmail.com)

V

olto, nesta edição, esperando terminála, à descrição pormenorizada, iniciada na passada e ficada inacabada por meu espaço ter chegado ao fim sem que o conseguisse, da imagem de Nossa Senhora de Nazaré, encontrada por Plácido José de Souza num dia, infelizmente não sabido qual, do mês de outubro do longínquo 1700, portanto, há, exatamente, 317 anos, ou seja, três séculos atrás. A imagenzinha de Nossa Senhora de Nazaré está firme, de pé, sobre o que me parece um bloco maciço de nuvens, branco azulado, à frente do qual, bem no centro, meio inclinada para a esquerda, sobressai uma cabecinha de anjo, redondinha e, vá a palavra, rechonchuda, encimando um par de asinhas douradas, abertas. De uns tempos para cá, parece estar virando moda – é assim na imagenzinha me presenteada, não faz muito, por uma grande amiga de longas datas,

A propósito do Círio (10) divulgação

w Pe. Giambelli, primeiro bispo de Bragança

para minha mesa de estudo e de trabalho – colocar esse anjinho, não onde, de acordo com a imagem original, deveria estar, no centro frontal do bloco de nuvens e, sim, - pasme-se! – no manto, qual um broche. Descaracterização, concorda comigo o leitor? Sob esse bloco, um pedestal de dois patamares, dourado, todo floreado. A Senhora veste uma túnica vermelho-dourada, longa e ampla, que

lhe oculta os pés, mangas compridas e, no alto, um pequeno decote, aos meus olhos em forma de “v”, preso por um brochinho dourado. Com todo o respeito, mas com a sinceridade que, independente de minha vontade, me é peculiar desde que me entendo como gente, não gosto do rosto do Menino, a meu ver malacabado, tosco, para não dizer que levou uns bons tapas de jeito e, coitado,

ficou inchado. Fosse-lhe eu o escultor, dar-lhe-ia outras feições, por certo, sem falsa modéstia, melhores que essa. Sobre a túnica da Virgem, um manto que lhe cobre o ombro esquerdo e, no lado direito, vem, pouco abaixo do braço, quase até os pés, subindo-lhe pela frente até à cintura direita, prendendo-se-lhe à faixa da cintura. O manto, salvo engano meu, tem duas cores: por dentro, amarelo-ouro; por fora, azul claro, com borda dourada, de largura regular, enriquecida com enfeites (apliques?), que me parecem ramos e flores, estilizados. Certo cônego, pertencente à Academia Paulista de Letras, por sobrenome Castro Nery, para mim, em minha ignorância, um ilustre desconhecido, escreve – informações colhidas não sei onde nem co-

mo- que a imagenzinha, a quando de seu achado por Plácido, estava bastante deteriorada e portava um manto triangular, estilo capinha. Nuns papéis, cozidos cuidadosamente no forro da capinha, preciosos informes: um dizendo tratarse de Nossa Senhora de Nazaré do Desterro; os outros, sintetizando a história de sua devoção em Portugal. Segundo Mízar–“Dois séculos de Fé”, pag. 53, a imagem achada por Plácido foi, ao todo, restaurada três vezes: duas no século 17 e uma no século 20, em anos não especificados. Desde o primeiro Círio, em 1793, setenta e três anos depois do achado da imagem, - a título de curiosidade: em toda a sua história, pelos dados que tenho, só um ano não houve Círio: em 1835, auge da Cabanagem – a imagem levada em triun-

fo era a do achado. Em 1926, o barnabita Pe. Afonso Di Giorgio, então vigário de Nazaré, (naquela época o administrador de uma pároquia era chamado assim e não pároco, como hoje), para preservar a imagem do achado, passou a usar a da Capela do Colégio Gentil, bem diferente da original. Isso aconteceu até o Círio de 1969, ano em que ela foi substituída pela atual, por outro barnabita, o Pe. Miguel Giambelli, ao depois Bispo de Bragança, por sinal o primeiro, pároco de Nazaré de 1965 a 1970, falecido em 26 de dezembro de 2010. Foi esculpida na Itália, por encomenda sua, pelo escultor GiacomoMussen. Há algumas diferenças entre a imagem do achado e a que desde 1969 sai em todas as procissões. Vê-las-emos em nossa edição da semana vindoura. Até lá e Shalom!

Santos da semana Diác. Benedito Otávio (artpresent@superig.com.br)

29/12 - Sexta-feira Beato Gerard de Valenza - Mercedário Mártir

02/01 - Terça-feira São Telésforo - Papa e Mártir De origem grega, substituiu Sisto I, também santo, na cátedra de Pedro, sendo o 8º papa da história, de 125 a 136. Apesar de ser um período de paz, sem editos de perseguições aos cristãos, santo Ireneu de Lião, que viveu na mesma época, em sua obra Adversus Haereses - Contra as Heresias nos relata que Telésforo foi martirizado. Em 11 anos de pontificado, realizou muitas obras, como a Missa do Galo, a penitência na Quaresma e o Gloria in excelsis Deo nas liturgias. Os carmelitas têm grande apreço por ele pois, quando era eremita, passou um tempo de meditação no Monte Carmelo.

Nascido em Piemont, 1267, já era órfão de pai quando veio a falecer sua mãe em 1290, daí foi viver como peregrino a mendigar o que comer. Em suas andanças, visitou os santuários em Roma, Nápoles e Catânia. Em 1307, impressionado com a fama de santidade de Louis de Anjou, bispo de Toulouse, ingressou na Ordem dos Frades Menores na Sicília. Seu testemunho e vida santa impressionaram a todos, pois não demonstrava semblante abatido pelos atrozes revezes da vida. Causa de tudo isso: certeza de entrega total a Nossa Senhora. 30/12 - Sábado Beato João Maria Boccardo - Pároco e fundador Oriundo de Moncalieri, Turim, 1848, o mais velho de dez filhos. Começa a freqüentar o ginásio dos padres Barnabitas e acaba entrando no seminário. Ordenado presbítero em 1871, torna-se pároco em Pancalieri, 1882. Demonstrou grande amor à Igreja. Dedicadíssimo à pregação e ao ensino do catecismo; promove a boa imprensa; visita as prisões; ajuda as pessoas com cólera. Consulta Dom Bosco e abre um hospício em Pancalieri. Fundou a ordem das Filhas Pobres de S. Caetano. Foi padre incansável até o fim. Morreu em 1913 e foi beatificado pelo Papa João Paulo II em 1998. 31/12 - Domingo da Sagrada Família - Ano B Beata Giuseppina Nicoli - Irmã vicentina De família muito religiosa, cresceu em um ambiente pacífico, embora, infelizmente, a morte tenha a levado alguns irmãos de pouca idade. Estudou em Voghera e Pavia, até ser atraída pelo carisma vicentino, tornando-se Filha da Caridade. Fez curativos em Paris, na Rue du Bac, onde a Virgem Maria, há 50 anos antes, havia aparecido à jovem Catarina Labouré. Após sua morte, encontrou-se atrás de seu crucifixo a inscrição: “Quero sempre fielmente te servir, praticando a pobreza, a castidade, a obediência e servir aos pobres por tua causa”.

03/01 - Quarta-feira Santo Antero - Papa e Mártir

01/01 - Segunda-feira São David III, o restaurador - Rei da Geórgia Tinha apenas dez anos, 1089, quando seu pai impôs-lhe a coroa imperial. Reinou de 1089 a 1130. É chamado “o restaurador” devido à grande inteligência e diligência. Trouxe ao reino sua antiga glória e para o povo uma vida melhor. Também restaurou a Igreja da Geórgia. Expulsou os inimigos do país. As igrejas e mosteiros demolidos foram reconstruídos. Patrocinou o trabalho de instituições culturais. Em comunhão com os bispos realizou sínodos para resgatar a disciplina entre o clero e o povo cristão. Morreu em 1130.

Para o nosso maior conhecimento dos papas, eis mais um grego, o 19º pontífice sucessor de Pedro. Teve um curto pontificado, por volta de 40 dias, atravessando do ano 235 para o ano 236. O do papa João Paulo I foiu menor ainda: apenas 33, de 26/08/1978 a 28/09/1978. Há registros asseverando que Antero converteu grande número de romanos e gregos e ordenou o Ato dos Mártires para organizar e não ter enganos sobre a veracidade das histórias. Foi o que causou seu martírio, por ordem do imperador Maximino. 04/01 - Quinta-feira Beata Cristiana da Santa Cruz - Virgem De origem humilde, da cidade de Santa Cruz, Itália, 1240. Era amante da pureza desde muito jovem, tanto que teve de fugir de casa para ficar longe dos assédios dos jovens e das insistências da família para que se casasse. Abraçou a mortificação, ou seja, lutou contra suas vontades. Só Deus faz isso em nós. Também rezava muito. Fez peregrinações a lugares santos como Assis, Roma e o santuário de São Miguel Arcanjo no monte Gargano. Com outras companheiras fundou o mosteiro de Santa Maria Novella, sob as regras de Santo Agostinho. Amada nas cidades de Santa Cruz e Lucca.


belém, De 29 de dezembro de 2017 a 4 de janeiro de 2018

3

Igreja

2º Caderno

Igreja reverencia a Sagrada Família dia 31 de dezembro

fotos: divulgação

Modelo para todas as famílias cristãs do mundo

A

pós a Igreja celebrar o nascimento de Cristo, o momento seguinte é o da celebração daquela que é conhecida como exemplo de família, a Sagrada Família. Formada por Jesus, Maria e José, a Sagrada Família é celebrada por toda a Igreja no domingo, dentro da Oitava do Natal, no dia 31. A festa da Sagrada Família remonta ao século XVII e consiste na celebração da família santa constituída por Jesus Cristo, por sua mãe, a Virgem Maria, e pelo seu pai adotivo e terreno, São José, como um exemplo de vida familiar para todas as famílias cristãs. Deus, que é Todo-Poderoso, poderia inventar

outras formas para Seu Filho vir ao mundo e salvá-lo, mas quis que tudo acontecesse pelo meio mais comum, ou seja, uma família humana, com tudo o que isso significa: casa, trabalho, afeto, dificuldades mil, enfermidades, vizinhança, envolvimento com a sociedade e daí por diante. Em 1994, o então Papa João Paulo II, em sua carta dirigida à família, por ocasião do Ano Internacional da Família, escreveu: “A Sagrada Família, imagem modelo de toda a família humana, ajude cada um a caminhar no espírito de Nazaré; ajude cada núcleo familiar a aprofundar a própria missão civil

e eclesial, mediante a escuta da Palavra de Deus, a oração e a partilha fraterna da vida! Maria, mãe do amor formoso e José, guarda e redentor, nos acompanhem a todos com a sua incessante proteção”. A Família de Nazaré sempre foi modelo para todas as famílias cristãs. Ela é a primeira comunidade onde aprendemos valores, convicções, construímos nosso caráter. Celebrar a Solenidade da Sagrada Família é recordar que ela é a escola das virtudes onde podemos nos espelhar. É sinônimo de unidade, amor e fidelidade. É uma lição importante oferecida também às nossas famílias.

Dia Mundial da Paz Solenidade de Santa Maria, Mãe de Deus

O Dia Mundial da Paz, inicialmente chamado simplesmente de Dia da Paz, é comemorado em 1º de janeiro, tendo sido criado pelo papa Paulo VI em 1967. Em 8 de dezembro de 1967, o papa Paulo VI escreveu uma mensagem propondo a criação do Dia w O papa francisco temática aborda as migrações Mundial da Paz, a ser festejado no dia 1 de 250 milhões de mi- acolhimento aos refugiade janeiro de cada ano. grantes no mundo todo, dos, migrantes e vítimas Mas o papa não queria dos quais 22 milhões de tráfico humano e que que a comemoração se e meio são refugiados: isso exige quatro ações: restringisse apenas aos “Com espírito de mise- acolher, proteger, promocatólicos – para ele, a ricórdia, abraçamos to- ver e integrar: “Recordaverdadeira celebração da dos aqueles que fogem nos a Sagrada Escritura: paz só estaria completa da guerra e da fome ou ‘Não vos esqueçais da se envolvesse todos os se vêem constrangidos hospitalidade, pois, grahomens, não importan- a deixar a própria terra ças a ela, alguns, sem o do a religião. por causa de discrimi- saberem, hospedaram A proposta de dedicar nações, perseguições, anjos’”. O texto é conà Paz o primeiro dia do pobreza e degradação cluído com a recordação novo ano não tem a pre- ambiental”. da Santa Francisca Xatensão de ser qualificada No texto, o Santo Pa- vier Cabrini, padroeira como exclusivamente re- dre reflete ainda sobre o dos migrantes: ligiosa ou católica. Antes, motivo de haver tantos “Esta pequena grande seria para desejar que migrantes e refugiados mulher, que consagrou ela encontrasse a adesão no mundo. Ele recorda a sua vida ao serviço dos de todos os verdadeiros que, na mensagem para migrantes tornando-se amigos da Paz. Para este essa mesma data no ano depois a sua Padroeira ceano que se inicia o Papa 2000, o então Papa João leste, ensinou-nos como Francisco escolheu o te- Paulo II incluiu o núme- podemos acolher, protema “Migrantes e refugia- ro crescente de refugia- ger, promover e integrar dos: homens e mulheres dos entre os efeitos das estes nossos irmãos e em busca de paz” para guerras, conflitos, geno- irmãs. Pela sua intercessua mensagem no 51º cídios e “limpezas étni- são, que o Senhor nos Dia Mundial da Paz. cas” que caracterizaram conceda a todos fazer N a m e n s a g e m , o o século XX. a experiência de que ‘o Santo Padre conclama Em um dos itens, o fruto da justiça é semeque todos se voltem pa- papa faz um apelo para ado em paz por aqueles ra a situação dos mais que os cristãos ofereçam que praticam a paz”.

Iniciamos o ano civil com a Solenidade de Santa Maria Mãe de Deus (Theotókos). Esta comemoração ocorre dentro das festividades de Natal, na oitava de Natal (oito dias depois da Natividade, primeiro dia do ano novo), para relembrarmos o nascimento de Jesus, o Filho de Deus. De acordo com a tradição católica, é a primeira Festa Mariana da Igreja Ocidental e começou a ser celebrada em Roma no século VI, possivelmente junto com a dedicação do templo, no dia 1º de janeiro, a “Santa Maria Antiga” no Foro Romano, uma das primeiras igrejas marianas de Roma. Desta forma, esta Festa Mariana encontra seu marco litúrgico no Natal e ao mesmo tempo em que todos os católicos começam o ano novo pedindo

a proteção da Santíssima Virgem Maria. Este título traz em si um dogma que dependeu de dois Concílios, em 325 o Concílio de Nicéia, e, em 381, o de Constantinopla. Estes dois concílios trataram de responder a respeito desse mistério da consubstancialidade de Deus uno e trino, Jesus Cristo verdadeiro Deus e verdadeiro homem. Já em 431, no terceiro Concílio Ecumênico declarou-se Santa Maria, a Mãe de Deus. Destaca-se nesta solenidade o foco da liturgia que é a “Mulher”, particularmente a mulher como “Mãe”. E essa mulher e mãe é Maria Santíssima. São Paulo em sua carta aos Gálatas 4:4 diz de Jesus: “… mas, vindo a plenitude dos tempos,

Deus enviou seu Filho, nascido de uma mulher, nascido sob a lei“, para indicar que, como um homem de Deus, necessariamente, tinha que ter uma mãe. Ao celebrar o mistério da Maternidade Divina de Maria, a Igreja a reconhece também como sua Mãe, pois ao longo dos tempos gera novos filhos para Deus. A comemoração de Maria, neste primeiro dia do ano, soma-se ao Dia Universal da Paz. Ninguém mais poderia encarnar os ideais de paz, amor e solidariedade do que Maria Santíssima. Ela que foi o terreno onde Deus fecundou seu amor pelos filhos e de cujo ventre nasceu Aquele que personificou a união entre os homens e o amor ao próximo, o Cristo. Celebrar Maria é celebrar o nosso Salvador.


4

5

belém, De 29 de dezembro de 2017 a 4 de janeiro de 2018

2º Caderno Igreja Expectativas do laicato para 2018 É hora de colocar em prática os planejamentos anuais em todos os níveis para fortalecê-lo

P

assada a fase inicial do lançamento do Ano Nacional do Laicato em todo Brasil na festa de Cristo Rei, dia 26 de novembro, o desafio para toda a Igreja no Brasil segundo o secretário executivo do Ano do Laicato, Daniel Seidel, é colocar em seus planejamentos anuais, em todos os níveis, atividades para fortalecer, de fato, a presença dos leigos na Igreja e na Sociedade. O tema do Ano do Laicato que vai até a Festa de Cristo Rei, 25 de novembro de 2018, é “Cristãos Leigos e Leigas, sujeitos na Igreja em saída, a serviço do Reino”. A inspiração bíblica é motivada pelo evangelista Mateus, extraída de 5, 13-14: “Sal da Terra e luz do mundo”.

Para 2018, reforça Daniel serão lançados, pelas Edições da CNBB, novos subsídios visando orientar o trabalho para mobilizar a sociedade brasileira para realização da Auditoria da Dívida Pública, bem como do Círculo Bíblico para Semana Missionária “Igreja em saída” que vai tratar dos areópagos modernos onde os Cristãos Leigos e Leigas são chamados a evangelizar, principalmente com seu testemunho e presença. Indicativos para formação de leigos/as – O secretário-executivo do ano diz ainda que serão lançados os “Indicativos para Formação do Laicato”, visando orientar a elaboração nas dioceses do Brasil do Plano Diocesano de Formação do

divulgação

w participação dos leigos na sociedade e na Igreja são foco de 2018

Laicato, previsto no Documento 105 da CNBB e uma das metas principais do Ano Nacional do Laicato. “A meta é que esses três subsídios estejam prontos para lançamento durante o 14° Intereclesial de CE-

Bs previsto para ocorrer de 23 a 27 de janeiro de 2018”, disse. Uma novidade, conforme Danieal, é a aprovação no último Conselho Episcopal Pastoral (Consep) da CNBB, realizado em novembro,

da realização do Seminário Nacional sobre a Metodologia da Semana Missionária Igreja em Saída, de 16 a 18 de fevereiro de 2018, na sede provisória da CNBB em Brasília. Seu objetivo é capacitar dois multipli-

cadores por Regional da CNBB na metodologia que será utilizada: a indicação é que seja uma pessoa do COMIRE (Comissão Missionária Regional) e outra pelo CNLB do Regional. A comissão organizadora do Ano do Laicato, pede que os representantes dos regionais se mobilizem logo, combinando com os presidentes e secretários executivos dos regionais da CNBB, enviando sua inscrição para o email: anololaicato@cnbb.org.br. O evento vai contar com a assessoria de Padre Luís Mosconi, que conta com larga experiência das Santas Missões Populares. Acompanhe as novidades na página do Ano Nacional do Laicato, no link: goo.gl/FRbWZj

Superstições são desvio do sentimento religioso, ensina Catecismo da Igreja Católica A passagem de um ano para o outro no Brasil é marcada pelas confraternizações em famílias, as festas em praias e a queima de fogos de artifício, celebrando a chegada do novo ano civil. Mas outra marca deste momento são as diversas superstições que cercam o imaginário popular brasileiro visando realizações e conquistas. O sucesso será alcançado, de acordo com esses costumes, caso sejam ingeridos determinados alimentos, dependendo da cor da roupa ou de gestos que devem ser repetidos após a meia noite. Para os cristãos, o que

significa esta prática? O Catecismo da Igreja Católica alerta para as superstições e a idolatria. O parágrafo 2111 afirma ser a superstição “um desvio do sentimento religioso e das práticas que ele impõe”. Elas podem afetar o culto prestado ao verdadeiro Deus: “por exemplo, quando atribuímos uma importância de algum modo mágico a certas práticas”. O arcebispo de São Paulo (SP), cardeal Odilo Pedro Scherer, em artigo publicado no site da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), chama atenção para “o ser cristão”: “Po-

de haver cristãos, que vivem como se o Batismo nada tivesse modificado em suas vidas: vivem como se não fossem cristãos. Ou pode haver aqueles que procuram praticar a religião apenas de forma exterior e ritual, sem que a orientação de sua vida e seu comportamento sejam impregnados por Cristo e pelo seu Evangelho”. Segundo o cardeal, o ser cristão manifesta-se na vida “conforme Cristo” ou “segundo o Espírito de Cristo”, citando expressões de São Paulo. O apóstolo, na carta aos Gálatas, exortou os fiéis que eram tentados a tor-

nar novamente às práticas da Lei Mosaica, como se nelas, em vez de Cristo, estivessem a sua segurança e salvação. Dom Odilo continuou destacando que a liberdade dos cristãos está em viver livres do temor, “confiantes em Deus”. Também recordando os livros paulinos, salienta: “Paulo vai logo às consequências: ‘não se deixem escravizar novamente!’. E o diz em dois sentidos: não abandonar a graça imensa da fé em Cristo, para submeterse de novo a práticas que escravizam e tiram a soberana liberdade de filhos de Deus, me-

diante uma religião do temor, ou uma religião feita apenas de práticas humanas, sem contar com a graça de Deus e a ação do Espírito de Cristo; ou então, deixar-se escravizar pelas paixões humanas desordenadas e pelos vícios. As práticas e paixões humanas que escravizam um considerável número de católicos que recorrem a tais costumes, às vezes até com sincretismo religioso, dão força de solução e de poder, a energias desconhecidas, poderes misteriosos e, no caso a maus acontecimentos, a espíritos malfazejos.

“O ser cristão, portanto, aparece numa forma nova de viver que, de um lado, é graça de Deus e, de outro, fruto do esforço coerente para orientar a vida para Deus, conforme o exemplo e o ensinamento de Cristo”, ensina dom Odilo. O viver cristão, conclui, é “uma proposta de ‘vida nova’, orientada pelo Espírito de Cristo”. Segundo o cardeal, isso requer a superação dos vícios e das práticas contrárias a Deus e ao próximo, ou contra a própria dignidade; ao mesmo tempo, a vida cristã floresce em todo tipo de belas virtudes, que tornam o viver nobre e santo.

Compêndio do Catecismo da Igreja Católica O Jornal Voz de Nazaré continua as reflexões iniciadas em 2013, Ano da Fé, com a publicação do Compêndio do Catecismo da Igreja Católica. De maneira concisa, a publicação apresenta, numa visão de conjunto, todo o panorama da fé católica, com seus elementos fundamentais.

III Parte (A Vida em Cristo) Segunda Seção: Os Dez Mandamentos

CAPÍTULO SEGUNDO “Amarás o teu próximo como a ti mesmo” DÉCIMO MANDAMENTO: Não desejarás coisa alguma de teu próximo

533

534

O maior desejo do homem é o de ver a Deus. Esse é o clamor de todo o seu ser: “Quero ver a Deus!”. O homem, com efeito, realiza a sua verdadeira e plena felicidade na visão e na bem-aventurança daquele que o criou por amor e o atrai a si no seu infinito amor. 2548-2550 2557

A oração é a elevação da alma a Deus ou o pedido a Deus de bens conformes à sua vontade. Ela é sempre dom de Deus, que vem ao encontro do homem. A oração cristã é relação pessoal e viva dos filhos de Deus com o seu Pai infinitamente bom, com seu Filho Jesus Cristo e com o Espírito Santo, que habita no coração deles. 2558-2565 2590

- Qual é o maior desejo do homem?

- O que é a oração?


belém, De 29 de dezembro de 2017 a 4 de janeiro de 2018

Arquidiocese Dom Irineu completa 28 anos de ordenação sacerdotal

2º Caderno

A

próxima segundafeira, 1º de janeiro de 2018, será de celebrações para Dom Irineu Roman, um dos bispos auxiliares da Arquidiocese de Belém, que completa 28 anos de sua ordenação sacerdotal. A comemoração será pela manhã com os fiéis da Comunidade Nossa Senhora Aparecida, no Baixo Acará, região das ilhas, e à noite com paroquianos da Basílica Santuário de Nazaré. As duas celebrações serão em Ação de Graças pelo dom de sua vocação sacerdotal. Nascido em Vista Alegre do Prata (RS) em 1958, Dom Irineu iniciou seu ministério sacerdotal em 1973, ingressando aos 13 anos no Seminário Josefinos de Murialdo, da Congregação de São José, em Caxias do Sul, também no Rio Grande do Sul. Depois disso, cursou o ensino fundamental e médio, fez o noviciado, dois anos de estágio pastoral nas Obras da Congregação, quatro anos de Filosofia, em Porto Alegre e Caxias do Sul, e

5

Comemoração será com celebrações na região das ilhas e na Basílica Santuário seis anos de Teologia, em Porto Alegre. Foi ordenado sacerdote no dia 1º de janeiro de 1990, há exatos 28 anos, na Paróquia São José, em Vista Alegre do Prata, pela imposição das mãos de Dom Paulo Moretto. Escolheu como lema presbiteral: “Buscai em primeiro lugar o Reino de Deus” (Mt 6,33). Dom Irineu recorda com grande felicidade esse dia: “Foi um dia maravilhoso, fiz a escolha certa para toda a minha vida, ou seja, me tornei padre para servir a Deus, a Igreja e o povo que me foi confiado. Desde criança sempre dizia que queria ser padre, por isso, tive o apoio de minha família. Meus pais, Marcelino e Idolvina, sempre me ajudaram com as orações, o incentivo e a ajuda necessária. Neste

divulgação

w dom irineu: Fiz a escolha certa para a minha vida

sentido, sou muito grato a Deus, à minha família, à congregação religiosa e à Igreja”. Atualmente é Bispo Referencial da Pastoral

do Turismo e membro da Comissão da Juventude na Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), secretário regional da CNBB Norte II

e coordena a Pastoral das Ilhas na Arquidiocese de Belém, além de ser apresentador do programa “Entre Nós” e co-apresentador do programa “A voz do Pastor”, na Rádio Nazaré FM. Bispo Auxiliar na Arquidiocese de Belém desde 2014, Dom Irineu nesses 28 de ministério sacerdotal acredita que vale a pena doar-se e comprometer-se com a vida religiosa e ou sacerdotal e deixa seu incentivo para quem almeja ingressar na vida sacerdotal a partir do chamado à vocação: “Para os adolescentes e jovens que desejam seguir essa vocação quero dizer-lhes que façam todo o esforço para alcançar essa graça. Ser padre não é para qualquer um, mas muitos podem, se de fato tomam essa

decisão em sua vida. É preciso ter vocação, fé, coragem, rezar muito, experimentar e vivenciar o chamado de Deus, ser ativo na sua comunidade, ser humilde, obediente, pobre e assumir a castidade por causa do reino dos céus. Além disso, é necessário se encantar por Jesus Cristo, que veio para servir e não para ser servido”. No dia 1º, Dom Irineu preside duas celebrações, a primeira, pela manhã, será como Bispo Referencial da Pastoral das Ilhas, na Comunidade de Nossa Senhora Aparecida, onde irá atender confissões, conversar com as lideranças e presidir missa naquela comunidade. Nesse mesmo dia, às 18hs, presidirá missa na Basílica Santuário de Nossa Senhora de Nazaré.

Arquidiocese busca apoio a indígenas venezuelanos luiz estumano

w Organismos sociais reunidos com o Bispo Auxiliar de Belém, Dom Antônio de Assis Ribeiro

YOUCAT

TERCEIRA PARTE

A VIDA EM CRISTO Primeira seção

Para que estamos na terra, o que devemos fazer e como nos ajuda o Espírito Santo de Deus? Segundo Capítulo

O

Jornal Voz de Nazaré segue os estudos sobre o YOUCAT - Catecismo da Igreja Católica escrito para JOVENS que querem saber em que acreditam. Este projeto iniciou-se por ocasião da Jornada Mundial da Juventude, Rio, 2013.

A Comunhão Humana que é mais importante: a sociedade ou 322o- Oindivíduo? Para Deus, o ser humano conta primeiro como pessoa e só depois como ser em comunhão. [1881, 1892]

Na última quartafeira, 27, aconteceu no Auditório da Cúria Metropolitana de Belém, uma reunião com algumas autoridades civis e eclesiásticas. O Bispo Auxiliar de Belém, Dom Antônio de Assis Ribeiro, foi um dos que motivou o encontro que teve por finalidade a discussão de uma resposta articulada da Igreja Católica para a situação dos indígenas venezuelanos que estão refugiados na capital paraense. Tomando algumas ruas do centro da cidade, os indígenas vivem em situações preocupantes, pedindo esmolas e carecendo de cuidados com a saúde e alimentação. Alguns dos refugiados já encontram-se em uma casa de acolhida mantida pelo Governo do Estado. Os demais, porém, ainda vivem em algumas pensões, pagando diária com as esmolas que ganham. Participaram da reunião pelo Regional Norte 2 da CNBB, a Cáritas Brasileira e a Comissão Justiça e Paz. Também a Conferência dos Religiosos do Brasil esteve representada. O Setor Juventude da Arquidiocese, a Fraternidade O Caminho, diversos voluntários e integrantes da Cruz Vermelha e das Paróquias Sant’Ana e Santíssima Trindade. Iniciativa - Não foi a primeira reunião de

Dom Antônio para tratar do assunto. O Bispo Auxiliar da Arquidiocese de Belém esteve visitando nos dias 11 e 12 deste mês os indígenas venezuelanos em situação de refúgio na capital paraense. Áquela visita do Bispo foi feita em parceria com agentes da Cáritas Brasileira Regional Norte 2 que vem prestando assistência aos refugiados com campanhas de arrecadação de alimentos, remédios, materiais de higiene, roupas, etc. Na segunda-feira, 11, Dom Antônio e os agentes da Cáritas estiveram no centro da cidade de Belém, onde vivem alguns indígenas da etnia Warao. Durante a visita foi constatada a maciça presença de crianças, a carência de alimentos e a necessidade de maior atenção dos serviços sócio-assistencial. Atualmente, cerca de 60 pessoas de 16 famílias, entre elas uma gestante, abrigam-se em pensões e quartos alugados, pagos com o que arrecadam de esmolas. Na terça-feira, 12, ao fim da tarde, a visita foi à Casa de Acolhida a Migrantes e Refugiados, localizada na travessa do Chaco, bairro do Marco. Lá são acolhidos cerca de 40 indígenas venezuelanos, além de outros migrantes não-indígenas.


6

5

belém, De 29 de dezembro de 2017 a 4 de janeiro de 2018

Retrospectiva 2017

2º Caderno

fotos: luiz estumano

Janeiro Provisões: Diversas paróquias recebem provisões de sacerdotes para as igrejas Arquidiocese de Belém. Arquidiocese cria nova Região Episcopal: Coração Eucarístico de Jesus Comunidade Luz da Vida chega a Belém. Cabido Metropolitano passa por mudanças em

cargos e atribuições. Paróquias iniciam cerimônias de posse de novos párocos nas paróquias da Arquidiocese de Belém Padre Roberto Cavalli é empossado como novo Cura da Sé Catedral Barnabitas acolhem novos sacerdotes e um noviço.

fevereiro Aula magna na Faculdade Católica de Belém abre o ano letivo de 2017 Lançada a obra “Retiro popular”, de autoria de Dom Alberto Taveira Corrêa, Arcebispo Metropolitano de Belém

Cenáculo Mariano é realizado na Basílica de Nazaré com presença do presidente mundial do movimento, padre Laurent Larroque. Retiros espirituais movimentam o Carnaval com Cristo.

w momento da aula magna na Faculdade Católica de Belém, situada em Ananindeua

março Arquidiocese de Belém participa do Ano Mariano no Brasil. Lançamento da Campanha da Fraternidade sobre os biomas brasileiros ocorre em Cotijuba Faculdade Católica de Belém lança a revista Catholica, com noticiário da instituição. Dom Alberto Taveira Corrêa preside missa no Santuário de Aparecida, no Ano Mariano.

Arcebispo Dom Alberto Taveira Corrêa vista a Paróquia de São Benedito, no bairro do Barreiro. Imagem peregrina de Nossa Senhora Aparecida chega a Belém em visita jubilar do Ano Mariano no Brasil Bispo Auxiliar Dom Irineu visita paróquias diocesanas. Incia pela igreja de Santa Teresinha do Menino Jesus, em Á guas Lindas

Abril Marapanim homenageia Monsenhor Edmundo Catedral de Belém concentra programação da Semana Santa. CNBB manifesta radi-

w memória Dom Alberto em um dos grandes momentos da festa de 1 ano do CEN2016

maio TV Nazaré completa 15 anos de evangelização na Arquidiocese de Belém Arquidiocese de Belém celebra 50 anos de devoção a Nossa Senhora de Fátima nos 100 anos de aparição da Virgem aos pastori-

nhos em Portugal Jornada Mariológica Internacional ocorre em Belém Fundação Nazaré recebe autorização para conteúdo on demand no Portal Nazaré, evangelização na internet.

cal apoio à vida do nascituro e à vida humana como dom de Deus CNBB realiza a 55ª Assembleia Geral dos Bispos do Brasil

junho Renovação Carismática Católica celebra jubileu de ouro em Roma, com o Papa Francisco Arquidiocese de Belém apresenta cartaz oficial do Círio de Nazaré Banco da Amazônia premia profissionais da Fundação Nazaré de Comunica-

ção no Dia da Imprensa Solenidade de Corpus Christi é realizada no Portal da Amazônia com a presença maciça dos fiéis. Mais de 3 mil fiéis participam do Congresso do Apostolado da Oração, realizado em Belém. Organizadores da Ro-

maria das Crianças promovem caminhada pela paz em Belém Igreja do Imaculado Coração, em Ananindeua, é sagrada em rito da Dedicação Padre Antônio de Assis Ribeiro é nomeado Bispo Auxiliar de Belém pelo

Papa Francisco. Paróquia São Domingos de Gusmão, na Terra Firme, acolhe novos pároco e vigário Paróquia São Raimundo Nonato completa 100 anos de evangelização na Arquidiocese de Belé, instalada no bairro do Telégrafo.

w novos rumos - Delegados da Assembleia Arquidiocesana de Pastoral elegem uma igreja missionária unida para o biênio 2018-2019


belém, De 29 de dezembro de 2017 a 4 de janeiro de 2018

7

Retrospectiva 2017

2º Caderno

luiz estumano

w ordenação de Dom Antônio no município de Ourém. Povo de Deus compareceu à cerimônia para prestigiar o Bispo Auxiliar de Belém.

julho Paróquia Nossa Senhora da Graça celebra 400 anos de evangelização em Belém . Pastoral das Ilhas realiza encontro da juventude no Baixo Acará. Carmelo de Santa Teresinha, em Benevides, celebra 40 anos de missão Movimento da Divina Misericórdia participa de congresso continental em Aparecida, SP Pará integra a Comissão de Enfrentamento ao Tráfico Humano, da

agosto

CNBB. Basílica Santuário de Nazaré festeja 94 anos do título basilical. Dom Isaac Gaglo, da Diocese de Aného, África, visita a Arquidiocese de Belém e a Fundação Nazaré de Comunicação (FNC). Diocese de Zé Doca, no Maranhão, acolhe missionárias da Santíssima Trindade na inauguração da primeira casa de missão das religiosas fora do Estado do Pará. ivan amorim

Igreja acolhe padre Rinaldo Felipe, o primeiro sacerdote formado pelo Seminário Arquidiocesano Redemptoris Mater. Dom Irineu Roman, Bispo Auxiliar de Belém, celebra o rito da bênção do altar da Comunidade de Aparecida, ligada à Paróquia São Francisco de Assis, no Tapanã.

Candidatos ao diaconato recebem o Leitorato em missa na Basílica de Nazaré Arquidiocese celebra um ano da realização do XVII Congresso Eucarístico Nacional, realizado em Belém em agosto de 2016. Monsenhor Antonio de Assis Ribeiro chega a Belém.

outubro Cabido Metropolitano acolhe os côn. Roberto Cavalli e José Luiz Fernandes Círio de Nazaré é aberto em Belém Papa Francisco nomeia padre José Altevir como Bispo de Cametá Belém vive o círio com "Maria, Estrela da Evangelização" com bênão do Papa Francisco. Entrevista coletiva à Imprensa infor-

ma dados do Círio e anuncia tema de 2018, focando o jovem. Livro conta a história de 400 anos da Paróquia N. Sr. da Graça. Signis Brasil divulga reportagem especial sobre o povo negro Encerra-se o Círio de Nazaré Faculdade Católica de Belém realiza vestibular com 400 vagas. divulgação

w cura da sé côn. Roberto Cavalli assume a missão na Igreja

setembro Igreja jovem abraça Festival Vocacional em Belém. Frei Odinei Mota é ordenado padre. Igreja festeja 140 anos da chegada das Irmãs Doroteias. Cerca de 2 mil peregrinos presentes à formação para o Círio de Nazaré Pastoral Carcerária inicia visitas às casas penais com imagem de Maria

Ourém testemunha a Ordenação Episcopal de Dom Antônio de Assis Ribeiro como Bispo Auxiliar de Belém Corda do Círio chega a Belém Belém realiza Simpósio internacional sobre Maria. D. Antônio Ribeiro é apresentado. Instituído o dia Municipal de Nossa Senhora de Nazaré.

novembro Igreja acolhe o grupo musical internacional Gen Rosso para show em projeto da Fazenda Esperança. Jovens brasileiros integram espetáculo CNBB manifesta-se sobre temas importantes no Brasil, no âmbito da Igreja e da sociedade Caritas e Banco da Amazônia incentivam projeto social para mulheres em

Ananindeua Festa de Cristo Rei também anuncia o Ano do Laicato na Igreja em 2018 Arquidiocese de Belém realiza a Assembleia Arquidiocesana de Pastoral com a participação de 140 delegados da Igreja de Belém que decidem-se por uma caminhada missionária unida em ação pastoral no próximo biênio.

w Dom irineu em visita à benfeitora Ana Lopes: Gratidão sempre!

dezembro Igreja da Transfiguração do Senhor, no Tabor, em Icoaraci é Dedicada. Comunidade Ahalom realiza a noite da Misericórdia para pessoas necessitadas. Fundação Nazaré conclui projeto "Comunidade em ação" com crianças e adolescentes Arquidiocese de Belém realiza a dis-

tibuição de cestas básicas no projeto "Belé, a Casado Paão" Acolhimento da Arquidiocese e da Fundação Nazaré foi uma rotina em todo o ano, com ações de gratidão da Igreja pelos benfeitores da Família Nazaré. Houve missas, terço, visitas da imagem de Nossa Senhora e sorteios especiais para os devotos.


8

5

belém, De 29 de dezembro de 2017 a 4 de janeiro de 2018

Em Nazaré

2º Caderno

Basílica Santuário divulga programação de final de ano Celebrações continuam com horários especiais

A

s celebrações continuam neste período especial de renovação para os cristãos do mundo inteiro que celebram o encerramento de mais um ciclo. O ano de 2017 chegou ao fim e com ele o cumpri-

mento da promessa da Palavra de Deus, onde devemos lembrar o real significado deste período: o amor! O que temos a desejar a você é isto: o amor, visto que é nele que tudo deve estar pautado. Um

2018 cheio de amor! Queremos continuar contando sempre com você! Nossa Senhora de Nazaré continue intercedendo junto ao Pai por você e sua família. Um feliz e abençoado Ano Novo.

Programação de Ano Novo Para marcar as comemorações de final de ano, preparamos uma programação especial na Basílica Santuário e nas comunidades da Paróquia de Nazaré: Com. Sagrada Família (Festividade) Vigília de Natal e abertura da Festividade, 19h n Dia 28/12 Tríduo seguido de Santa Missa, 18h n Dia 29/12 Adoração Eucarística, 19h n Dia 30/12 Espiritualidade seguida de café da manhã solidário, 8h n Dia 31/12 Missa da Sagrada Família, 8h Com. Santa Bernadete n 31/12 - Santa Missa, 8h30 Com. São Brás n 31/12 - Santa Missa, 10h Com. Sto. Antônio M. Zaccaria Com. N. S. das Graças n 30/12 Santa Missa, 18h Basílica Santuário de Nazaré n Dia 31/12 (domingo) - Missa da Sagrada Família, 6h30, 8h, 10h, 16h30 e 18h - Missa de Ação de Graças, 20h n Dia 01/01 (segunda-feira) - Missa da Solenidade de Santa Maria Mãe de Deus (Dia da Paz), 8h, 10h, 16h30, 18h e 20h Atenção O setor de Atendimento e Loja Lírio Mimoso não funcionarão no dia 1º de janeiro.

Disponível a Revista Santuário de Nazaré edição nº28 Foi lançada a edição nº 28 da Revista Santuário – especial de Natal – apresentada pelo Superior Provincial dos Padres Barnabitas e Supervisor de Comunicação da Basílica Santuário de Nazaré, padre José Adelson Ramos das Mercês, na missa do dia 20 na Basílica Santuário de Nazaré. Com matérias

especiais, o leitor pode conferir as novidades sobre a expectativa da preparação e o trabalho do novo casal coordenador da Diretoria da Festa para o Círio 2018, homenagens ao aniversário de vida sacerdotal de três Padres Barnabitas, padres Giovanni Incampo, Mário e Giuseppe, e a programação de final de

ano do Santuário e comunidades da paróquia, além de artigos, mensagens e curiosidades sobre o Santuário. Esta edição está disponível no Atendimento da Basílica Santuário de Nazaré e Loja Lírio Mimoso. Você pode adquirir também tornando-se nosso assinante pelo o fone (91) 4009-8448.


belém, De 29 de dezembro de 2017 a 4 de janeiro de 2018

9

Em Nazaré

2º Caderno

fotos: divulgação

w celebração da Santa Missa da tradicional vigília de Natal

U

m dos momentos mais importantes e solenes para todos os cristãos que louvam e compartilham a alegria de celebrar o nascimento do menino Jesus. A Missa do Galo, assim é chamada, pois, segundo a tradição, um galo teria cantado fortemente, como nunca ouvido de outra ave, anunciando a vinda do Messias, filho de Deus vivo, Jesus Cristo. Na Basílica Santuário de Nazaré a Santa Missa da tradicional Vigília de Natal foi celebrada domingo, 24, às 20h, presidida pelo Reitor do Santuário, padre Luiz Carlos Nunes Gonçalves, e concelebrada pelos padres Barnabitas

w a imagem do menino Jesus foi entronizada na manjedoura

Basílica Santuário recebeu fiéis na tradicional Vigília de Natal Cerimônia religiosa foi presidida pelo reitor do Santuário, padre Luiz Carlos DeogratiasMuderwa e Mário Pozzoli. No início da celebração, o Menino Jesus foi entronizado na manjedoura no presbitério. Durante a homilia, o sacerdote ressaltou que os sentimentos de alegria e gratidão são os que prevalecem neste dia em que a vida de Jesus

Cristo é celebrada: “Não pode haver tristeza no dia em que celebramos a vida. O sentimento de hoje, além de alegria, é o de agradecimento, pois Deus usa da sua benevolência para conosco. Despojamento, humildade, doação e entrega. É o que Ele nos ensina e faz por nós”.

No final da celebração, a imagem do Menino Jesus foi levada em procissão e colocada no presépio montado na parte interna da igreja. O religioso recitou uma oração especial e abençoou o povo com a imagem do Menino Deus que, logo em seguida, foi colocada na man-

jedoura. Em ordem de importância ela só fica atrás da Vigília Pascal, considerada a Mãe de todas as Vigílias. Este ano, a quarta semana do advento só consta do domingo porque na segunda-feira já é Natal. Em nome da Paróquia de Nazaré, dos Clérigos Regulares de São Paulo

(Barnabitas), que atuam junto às Obras Sociais da Paróquia de Nazaré e administram o Santuário da Rainha da Amazônia, desejamos a todos que o sentimento de fraternidade trazido por esta Noite Santa perdure para sempre em nossos corações. Um Santo e Abençoado Natal de Jesus!

Mensagem do Reitor O Reitor da Basílica Santuário de Nazaré, Padre Luiz Carlos Nunes Gonçalves, deseja a todos um Feliz Ano Novo! Natal é, sem dúvida, a festa cristã mais conhecida no mundo, mais universalmente celebrada. A celebração do Natal contém uma extraordinária combinação de história, teologia e poesia e, por isso mesmo, exerce um fascínio particular sobre todas as pessoas, até mesmo sobre aquelas não cristãs. É difícil

ficar indiferente diante do mistério e da celebração do Natal. Natal, porém, não é uma simples recordação de uma página da história da humanidade. O nascimento do Filho de Deus, Jesus Cristo, o Emanuel (Deus conosco), ocorrido há mais de dois mil anos, é o centro desta grande festa. Celebramos a entrada de Deus na história da humanidade. Deus eterno e onipotente se faz homem e vem habitar entre nós,

pecadores. Trata-se de um incomparável gesto de amor, de misericórdia e de solidariedade de Deus para com o gênero humano: “Deus amou tanto o mundo que entregou o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê, não pereça, mas tenha a vida eterna” (Jo, 3, 16). Deus Pai, que por amor criou o homem e a mulher, com o dom do seu Filho, os resgata e os reconcilia consigo. Ao contemplar o Menino

Pastoral Familiar realiza confraternização Unidade, colaboração e serviço feitos com a Esperança de Jesus, o Silêncio de Maria e a Obediência de J o s é . Fo i a s s i m q u e os coordenadores da Pastoral Familiar da Paróquia de Nazaré, Rômulo e Liduina B ra g a , d e s c reve ra m o trabalho executado durante o ano de 2017, na confraternização de final de ano, na Casa de Plácido, no último dia 22. Na oportunidade, representantes de outras pastorais, comunidades, g r u p o s d e o ra ç ã o e movimentos, também estiveram presentes.

w coordenadores apresentando o trabalho

O m o m e n t o iniciou-se com uma espiritualidade e benção dada pelo pároco de Nazaré, padre Giovanni Incampo. Em seguida, as apresentações do Au t o d e N a t a l e d e

um Coral do grupo de jovens da Comunidade Sagrado Coração de J e s u s q u e i n t e g ra a paróquia. Além disso, a programação contou com sorteios e trocas de presentes.

Deus, contemplamos o mistério do encontro do divino com o humano, numa perfeita harmonia e, diria, dupla oferta: Deus que oferece a sua salvação ao homem e o homem conciliado é oferecido a Deus. Neste encontro e oferta acontece uma nova realidade na história da salvação: “Se, portanto, alguém está em Cristo, é uma nova criatura; as coisas antigas já passaram” (Cor 2, 5;17). Natal, portanto, é

w padre Luiz põem a imagem na manjedoura

a celebração do encontro, do amor, da recon-

ciliação e da renovação pessoal e universal.

Um abençoado Ano Novo! Luiz Carlos Nunes Gonçalves Reitor da Basílica Santuário de Nazaré

Vidas a serviço do Pai O último dia do ano marca o aniversário d e v i d a sacerdotal de três Barnabitas muito queridos, os padres Giovanni Incampo, Mário Pozzoli e Giuseppe Giambelli. Padre Giovanni, atualmente o c u p a n d o o w comemoração de vida sacerdotal de barnabitas cargo de pároco de Nazaré, nascido em de Monza e Brianza, Nossos parabéns, em Altamura, cidade italiana na Itália, foi ordenado nome da Paróquia e do da região metropolitana também em Roma, em Santuário de Nazaré e da d e B a r i , c a p i t a l d a 1958, juntamente com o Congregação Barnabita. Puglia, foi ordenado em padre Giuseppe que hoje, Que a Virgem de Nazaré 1956, em Roma. Padre 28, completa 84 anos de continue a interceder Mário, natural de Lentate vida e nasceu na região de junto ao Pai por suas Sul Seveso, Província Milano, na Itália. vidas e missões.


10

5

belém, De 29 de dezembro de 2017 a 4 de janeiro de 2018

Opinião

2º Caderno Evangelização no Terceiro Milênio Maria Elisa Bessa de Castro

A cultura da vida na perspectiva eclesial (parte 2)

N

a Encíclica Evangelium Vitae, São João Paulo II apresenta passos fundamentais necessários à realização do que ele denomina de Viragem Cultural, a qual fomentará a consecução da Cultura da Vida por ele conclamada. Vejamos: 1) formação da consciência moral acerca

do valor incomensurável e inviolável de cada vida humana. - O Sumo Pontífice

atenta-nos para dois aspectos de essencial importância: 1.1)“descoberta do nexo indivisível entre vida e liberdade” – trata-se de bens inseparáveis, pois, quando um é violado, o outro também. São João Paulo II diz que não há liberdade verdadeira, onde a vida não é acolhida nem amada; nem há vida plena senão na liberdade. Citando a Constituição Pastoral Gaudium et Spes - sobre a Igreja no mundo contemporâneo (Concílio Ecumênico Vaticano II) em seu nº 24, o autor da Evangelium Vitae assim conclui: ”Ambas as realidades têm, ainda, um peculiar e natural ponto de referência que as une indissoluvelmente: a vocação ao amor. Este, enquanto sincero dom de si, é o sentido mais verdadeiro da vida e da liberdade da pessoa”. 1.2) “descober ta do laço constitutivo que une a liberdade à verdade” – o autor afirma que ao desarraigar a verdade objetiva da liberdade, tal torna impossível fundar os direitos da pessoa sobre uma base racional sólida, o que, consequentemente, cria as premissas para se afirmar, na sociedade, o arbítrio desenfreado dos indivíduos ou o totalitarismo

repressivo do poder público (Carta Encumênica Centesimus annus , 1º de maio de 1991, 17: AAS 83 = 1991, 814; e Carta Encíclica, Veritatis splendor, de 6 de agosto de 1993, 95101: AAS 85 = 1993, 1208-1213 – ambas de sua autoria). Essencial é que o homem reconheça a evidência primordial da sua condição de criatura que recebe de Deus o ser e a vida como dom e tarefa. É necessário admitir esta inata dependência no seu ser. Somente com esse reconhecimento é possível ao homem realizar em plenitude a vida e a liberdade que é própria e, simultaneamente, respeitar em toda a sua profundidade a vida e a liberdade alheia. Citando a Carta Encíclica Centesimus annus, de sua lavra, de 1 de maio de 1991, 24: AAS 83 (1991), 822, São João Paulo II afirma que é nesta perspectiva que se situa a necessária formação da consciência moral acerca do valor da vida humana: “ no centro de cada cultura, está o comportamento que o homem assume diante do mistério maior: o mistério de Deus ». Com efeito, ao se negar Deus, vivendo como se Ele não existisse ou de qualquer modo, sem ter em conta os seus mandamentos, então, facilmente se acaba por negar ou comprometer também a dignidade da pessoa humana e a inviolabilidade da sua vida. 2) Obra Educativa. São João Paulo II diz que a formação da consciência moral a respeito do valor da vida humana está estritamente ligada à obra educativa, que ajuda o homem a ser cada vez mais homem, introduzindo-o sempre mais profundamente na verdade, orienta-o para um

crescente respeito da vida, forma-o nas justas relações entre as pessoas. Verifica-se necessário educar para o valor da vida, a começar das suas próprias raízes. O autor diz que é ilusão pensar que se pode construir uma verdadeira cultura da vida humana, sem ajudar jovens a compreender e a viver a sexualidade, o amor e a existência inteira no seu significado verdadeiro e na sua íntima correlação. A sexualidade, riqueza da pessoa toda, ‘manifesta o seu significado íntimo ao levar a pessoa ao dom de si no amor’. A banalização da sexualidade contase entre os principais fatores que estão na origem do desprezo pela vida nascente: só um amor verdadeiro sabe defender a vida. Não é possível, pois, eximir-nos de oferecer, sobretudo aos adolescentes e aos jovens, uma autêntica educação da sexualidade e do amor, educação essa que requer a formação para a castidade, como virtude que favorece a maturidade da pessoa e a torna capaz de respeitar o significado ‘esponsal’ do corpo”. A obra tem 2 aspectos: a formação dos cônjuges sobre a procriação responsável e a consideração sobre o s o f r i m e n t o e a m o r t e . N o p r i m e i r o , a formação dos cônjuges sobre a procriação responsável, há que se ressaltar, enquanto verdadeiro significado,a exigência que os esposos sejam dóceis ao chamamento do Senhor e vivam como fiéis intérpretes do seu desígnio: este

cumpre-se com a generosa abertura da família a novas vidas, permanecendo em atitude de acolhimento e de serviço à vida, mesmo quando os cônjuges, por sérios motivos e no respeito da lei moral, decidem evitar, com ou sem limites de tempo, um novo nascimento. A lei moral obriga-os a dominar o instinto e as paixões e a respeitar as leis biológicas inscritas na pessoa de ambos. É este respeito que torna legítimo, ao serviço da procriação responsável, o recurso aos métodos naturais de regulação da fertilidade, aperfeiçoados pela ciência e oferecem possibilidades para decisões com valores morais. No segundo, a obra educativa não pode deixar de tomar em consideração, ainda, o sofrimento e a mor te , vez que ambos integram experiência humana; é vão e ilusório reprimir ou ignorar. Cada um deve compreender, a dura realidade, o seu mistério profundo. A dor e o sofrimento têm um sentido e um valor, se vividos ligados ao amor recíproco. O autor diz que a morte não é aventura sem esperança, mas, porta que se abre à eternidade e, para aqueles que a vivem em Cristo, é participação no mistério da sua morte e ressurreição. CONCLUSÃO - S. João Paulo II cita a Constituição Pastoral Gaudium et Spes,

sobre a Igreja no mundo contemporâneo, 35 (in Concílio Ecumênico Vaticano II); e Carta Encumênica Populorum progressio, de Paulo VI, datada de 26 de março de 1967, 15: AAS 59 (1967), 265, para concluir passos fundamentais à consecução da cultura da vida: “podemos dizer que a viragem cultural, aqui desejada, exige de todos a coragem de assumir um novo estilo de vida que se exprime colocando, no fundamento das decisões concretas — a nível pessoal, familiar, social e internacional —, uma justa escala dos valores: o primado do ser sobre o ter, da pessoa sobre as coisas. Este novo estilo de vida implica também a passagem da indiferença ao interesse pelo outro, a passagem da recusa ao seu acolhimento: os outros não são concorrentes de quem temos de nos defender, mas irmãos e irmãs de quem devemos ser solidários; hão de ser amados por si mesmos; enriquecem-nos pela sua própria presença”. O Papa da Misericórdia pede adesão de todos à tarefa. Quatro categorias ssão chamadas: professores e

educadores; intelectuais católicos; p ro f i s s i o n a i s mass-media e mulheres.

Saberemos mais no próximo artigo.

Movimento Apostólico da Divina Misercórdia Adoradores Eucarísticos da Igreja das Mercês bessadecastroadv@gmail.com

Próximo artigo: Prof. Ricardino Lassadier

Palavra de vida Chiara Lubich

“Tua direita, Senhor, é majestosa em poder”. (Cf. Ex 15,6) Palavra de Vida deste mês cita um versículo do hino de Moisés, um trecho do Antigo Testamento no qual Israel exalta a intervenção de Deus na própria história. É um canto que proclama a Sua ação decisiva para a salvação do povo, no longo percurso que vai da libertação da escravidão no Egito até a chegada à Terra Prometida. É uma caminhada cheia de dificuldades e sofrimentos, mas guiada com segurança pela mão de Deus, também com a colaboração de homens como Moisés e Josué, que se colocam a serviço desse plano de salvação. “Tua direita, Senhor, é

A

majestosa em poder.” Quando pensamos no “poder”, facilmente associamos essa palavra à força da dominação, que muitas vezes é causa de abusos e conflitos entre pessoas e entre povos. Ao passo que a palavra de Deus nos revela que o verdadeiro poder é o amor, tal como se manifestou em Jesus: Ele vivenciou toda a experiência humana até à morte, para abrir-nos o caminho da libertação e do encontro com o Pai. Graças a Ele, manifestou-se o poderoso amor de Deus pelos homens. “Tua direita, Senhor, é majestosa em poder.” Se olharmos para nós mesmos, devemos reconhecer honestamente os nossos limites. A fragili-

dade humana em todas a s s u a s e x p re s s õ e s – física, moral, psicológica, s o c i a l – é uma realidade inegável. Mas é justamente aí que podemos experimentar o amor de Deus. Com efeito, Ele quer a felicidade para todos os homens, seus filhos, e por isso está sempre disponível a oferecer a sua ajuda poderosa a todos os que se colocam com docilidade nas suas mãos para construir o bem comum, a paz, a fraternidade. Esta frase foi escolhida com esmero para celebrar neste mês, no hemisfério Norte, a Semana de

Oração pela Unidade dos Cristãos1. Quantos sofrimentos fomos capazes de causar uns aos outros nesses séculos de separação, escavando fossos e alimentando desconfianças, dividindo comunidades e famílias. “Tua direita, Senhor, é majestosa em poder.” Sentimos a necessidade de pedir com a oração a graça da unidade, como dom de Deus; ao mesmo tempo podemos também oferecer-nos para sermos Seus instrumentos de amor na construção de pontes.

A Palavra de Deus nos revela que o verdadeiro poder é o amor, tal como se manifestou em Jesus

Em 2002, durante um congresso do Conselho Mundial de Igrejas, em Genebra, Chiara Lubich foi convidada a apresentar o seu pensamento e a sua experiência. Ela disse: “O diálogo se realiza deste modo: como primeira coisa, colocamo-nos no mesmo plano do nosso interlocutor, seja ele quem for; depois o escutamos, fazendo o vazio completo dentro de nós (...). Dessa maneira acolhemos o outro e o compreendemos (...). E assim, tendo sido escutado com amor, o outro é estimulado a querer ouvir também a nossa palavra”.2 Neste mês poderíamos aproveitar os nossos contatos de cada dia para consolidar ou recuperar relacionamentos de estima e amizade com pessoas, famílias ou gru-

pos pertencentes a Igrejas diferentes da nossa. E por que não estender a nossa oração e a nossa ação também às divisões existentes dentro da nossa própria comunidade eclesial, bem como na política, na sociedade civil, nas famílias? Poderemos também nós testemunhar com alegria: “Tua direita, Senhor, é majestosa em poder.” Letizia Magri No hemisfério Sul a Semana de Oração pela Unidade dos Cristãos é celebrada entre a Ascensão e Pentecostes (em 2018 será de 13 a 20 de maio). Cf. C. Lubich, A unidade e Jesus crucificado e abandonado, fundamento para uma espiritualidade de comunhão. Genebra, 28

1 2


belém, De 29 de dezembro de 2017 a 4 de janeiro de 2018

Panorama

2º Caderno

Município de Ananindeua completa 74 anos de emancipação Haverá vasta programação alusiva ao aniversário

O

município de Ananindeua, que conta com mais de 500 mil habitantes, sendo, pois, o segundo município mais populoso da região norte do Brasil, completa 74 anos na quarta-feira, 3. Para comemorar a emancipação, a cidade promoverá

uma programação da qual constam missa em ação de graças, shows culturais à noite na Avenida Dom Vicente Zico, conhecida popularmente como Arterial 18, e shows pirotécnicos. A missa de ação de graças pelo aniversário do município inicia-se às

11

fotos: divulgação

w As pistas de entrada e saída de Ananindeua

8h30, na igreja Matriz de Nossa Senhora das Graças, localizada no centro do município, presidida pelo Arcebispo Metropolitano de Belém, Dom Alberto Taveira Corrêa. Para os festejos de aniversário, a Prefeitura de Ananindeua entregará mais duas ruas pavimentadas, duas praças novas, um mercado de peixe e um ginásio poliesportivo. Para o lazer, os moradores do bairro do Curuçambá

receberão uma nova praça. A Escola Municipal Liberdade, localizada no Icuí-Guajará, receberá um ginásio poliesportivo. O bairro do Coqueiro ganhará a Praça do Pindorama. A programação cultural acontece à noite com várias atrações musicais. Histórico da Cidade

Ananindeua obteve seu nome, de origem

tupi, devido à grande quantidade da árvore chamada anani, que produz a resina de cerol e é utilizada para lacrar as fendas das embarcações. A cidade é originária de ribeirinhos e começou a ser povoada a partir da antiga Estrada de Ferro de Bragança. Originalmente considerada “cidade dormitório”, Ananindeua apresentou um considerável desenvolvimento nos últimos

anos, decorrente da falta de espaço para a construção de novas moradias em Belém. Hoje a área continental de Ananindeua concentra mais de 90% da população do município e é composta por nove ilhas, entre as quais, Viçosa, João Pilatos, Santa Rosa, Mutá, Arauari e São José da Sororoca, e formada por inúmeros rios, como o Rio Maguari, Bela vista e das Marinas, além de igarapés.

CNBB inscreve à aos Prêmios em Comunicação A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) lança uma nova temporada de busca de grandes trabalhos e grandes talentos da comunicação realizada no Brasil. Os cinco prêmios são oferecidos de maneira a cobrir as principais áreas de produção. Todos eles são dados a quem destaca valores humanos e cristãos em suas obras. O prêmio de cinema, “Margarida de Prata”, é o mais antigo, foi criado em 1967 num ambiente de grande agitação cultural e política no Brasil. O “Microfone de Prata”, prêmio de Rádio, foi criado por inciativa da então Unda Brasil, hoje Signis Brasil, e assumido pela CNBB em 1989. Por ocasião da celebração dos 50 anos da CNBB, em 2002, foi criado o prêmio de imprensa com o nome de

w dom helder - um dos prêmios reverencia sua vida

“Dom Helder Câmara” que tem celebrado grandes reportagens com temas necessários e encantadores. Em 2005, foi criado um prêmio

para a Televisão que recebeu o nome de “Clara de Assis”. E, por fim, no ano passado, os bispos criaram o “Dom Luciano Mendes de Almeida”

w Clara de assis - Intitula prêmio para televisão

que contempla trabalhos realizados no âmbito da internet.instituído o prêmio de Imprensa, “Dom Helder Câmara” e o “Clara de Assis” foi

criado em 2005 para contemplar obras realizadas para a Televisão. Dentro das celebrações do cinquentenário, a CNBB criou seu prêmio

para Internet e homenageou “Dom Luciano Mendes de Almeida” no décimo ano de sua Páscoa celebrada no dia 28 de agosto de 2016.

CNBB marcou firme posição sobre temas importantes para o Brasil A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil se manteve atenta aos problemas que afetam o povo brasileiro e emitiu notas e declarações marcando seu posicionamento sempre a favor da vida e apontando caminhos para o país, especialmente em um ano em que a corrupção

foi presente na ordem do dia. As notas e posicionamentos da CNBB sempre são fruto de muita reflexão coletiva do episcopado brasileiro. Aborto – No 11 de abril, na nota “Pela Vida, Contra o aborto”, a entidade reafirmou a posição firme e clara da Igreja “em defesa da integra-

lidade, inviolabilidade e dignidade da vida humana, desde a sua concepção até a morte natural”, condenando “todas e quaisquer iniciativas que pretendam legalizar o aborto no Brasil”. Reforma da Previdência – Após a reunião do Conselho Permanente da Conferência

Nacional dos Bispos do Brasil – CNBB, reunido em Brasília-DF, de 21 a 23 de março de 2017, a entidade lançou três notas. A principal delas foi sobre a proposta de Reforma da Previdência, por meio da Emenda à Constituição (PEC) nº 287/2016, que os bispos consideraram que esco-

lhe o caminho da exclusão social. A nota convocou os cristãos e pessoas de boa vontade “a se mobilizarem para buscar o melhor para o povo brasileiro, principalmente os mais fragilizados”. Isenção das Instituições Filantrópicas – Outra nota, lançada também dia 23 de março, foi

sobre a “Isenção das Instituições Filantrópicas” fazendo a defesa de que é equivocado pretender eliminar a isenção das instituições filantrópicas que prestam reais serviços área da saúde, educação e assistência social. “Eliminar a isenção equivaleria, na prática, inviabilizar o serviço".


12

belém, De 29 de dezembro de 2017 a 4 de janeiro de 2018

2º Caderno

Especial Juventude

Jovens protagonistas de um mundo melhor

O

Vaticano prepara para outubro de 2018 o Sínodo dos Bispos, com o tema “Os jovens, a fé e o discernimento vocacional”, visando estabelecer os pilares da atividade pastoral da Igreja com os jovens, na XV Assembleia Geral Ordinária dos Bispos. Acolhendo a sugestão do Papa Francisco, o Jornal Voz de Nazaré segue com a série de reportagens a fim de divulgar a ação pastoral do Setor Juventude da Arquidiocese de Belém, sob a coordenação de um dos Bispos Auxiliares de Belém, Dom Antônio de Assis Ribeiro, designado como Bispo Referencial para a Juventude pelo Arcebispo Metropolitano, Dom Alberto Taveira Corrêa. Nesta edição, o destaque é para atuação do ministério jovem da RCC. fotos: divulgação

w Missa durante o retiro Custe o que Custar 2017 reúne a juventude

O

Ministério Jovem da Renovação Carismática Católica (RCC) é comprometido com trabalhos de formação junto à juventude da Arquidiocese de Belém, com uma atuação especial com grupos de oração. O ministério existe para trabalhar o jovem inserido no grupo de oração, sejam os jovens da música, do teatro, da pregação, entre outros. Eles fazem parte do ministério jovem e são formados em nível espiritual, humano, social, em todas as dimensões jovens; com uma linguagem jovem. O ministério

A atuação do ministério jovem da RCC com grupos de oração Os jovens do ministério têm formações espiritual, humana e social vai ao encontro dos jovens do grupo de oração que estão na faixa etária de 16 a 27 anos, sendo os encontros realizados durante o mês. Os 82 grupos de oração atuam nas paróquias da Arquidiocese de Belém, por exemplo, o “Glória no Senhor”, na Basílica Santuário, em

Nazaré, “Rosa de Saron”, na matriz da Paróquia de São Judas Tadeu, bairro da Condor, e “Sarça Ardente”, na matriz da Paróquia de São Pedro e São Paulo, no bairro do Guamá. Os grupos de oração buscam fortalecer a fé e a caminhada. Nos encontros são feitos as experiência da

Perspectivas A presidência da Renovação Carismática Católica Belém inicia o mandato para o biênio 2018-2019, em janeiro de 2018. A missa de início de mandato acontece na Catedral Metropolitana de Belém, no dia 1º, às 17h e será presidida pelo Arcebispo Metropolitano de Belém, Dom Alberto Taveira Corrêa, assessor eclesiástico da RCC BRASIL. O administrador Reynaldo Nunes é o novo coordenador do Ministério Jovem da RCC Belém, segundo ele, a missão é desenvolver as lideranças jovens.

w Encotro proporciona momentos de espiritualidade

“A meta da Renovação hoje é o pastoreio e o Grupo de Oração, para isso nós estamos começando essa missão para desenvolver as lideranças jovens dentro do nosso movimento, para que elas possam cresce e amadurecer não só como pessoas, mas como lideranças cristãs, de pessoas que possam ser referencias dentro da nossa sociedade hoje”. Quando perguntado para Reynaldo Nunes, sobre a atuação do Bispo Auxiliar de Belém, Dom Antônio de Assis Ribeiro, como bispo referencial para o setor juventu-

cultura de Pentecostes, a partir dessa experiência a pessoa começa uma caminhada, que segue para as formações, cuja finalidade é conhecer o movimento Renovação Carismática Católica e a Igreja. Em Belém, a Renovação Carismática Católica possui uma coordenação

arquidiocesana, que por sua vez tem o seu ministro jovem da Arquidiocese, que trabalha junto com os articuladores regionais das sete Regiões Episcopais. Cada região episcopal trabalha ou pode trabalhar um encontro dependendo do Conselho Regional. Em nível arquidiocesano, um dos

mais conhecidos, ocorre a cada dois anos, entre os meses de junho e julho que é o “Custe o que Custar” (CQC), que é um encontro jovem, ou seja, um retiro com orações, louvor, adoração e diversão com trilhas que servem para repensar a caminhada do jovem na vida.

A Renovação Carismática Católica de da Arquidiocese de Belém, a resposta foi a seguinte: “A gente tem acompanhado com atenção essa preocupação da Igreja de Belém com a juventude, principalmente com chegada de Dom Antônio, de assumir esse papel junto a juventude. Participamos de algumas reuniões. A gente, como Ministério Jovem, está muito esperançoso com esse trabalho. Na medida que o ano for avançado e, já de posse da programação para o biênio, nós vamos assumir todos os espaço da Igreja de Belém”.

A Renovação Carismática Católica (RCC) é um movimento que surgiu na Igreja num momento em que se começava a procurar caminhos para se por em prática a renovação eclesial desejada pelo Concílio Vaticano II. O apelo teve início em 9 de maio de 1897, quando o Papa Leão XIII publicou a Encíclica Divinum Illud Munus, sobre o Espírito Santo, “lamentando que o Espírito Santo fosse pouco conhecido e apreciado, concita o povo a uma devoção ao Espírito”. No Concílio Vaticano (19621965) II o Papa João

XXIII reza com a Igreja pedindo um novo Pentecostes. A Renovação Carismática Católica originou-se de um retiro espiritual realizado nos dias 17-19 de fevereiro de 1967, na Universidade de Duquesne (Pittsburgh, Pensylvania, EUA). Na oportunidade, jovens se reuniram para um retiro espiritual, após estudos teológicos, aspiraram em oração por uma presença mais real do Senhor. Eles viveram uma grande experiência com a pessoa do Espírito Santo, fato que se repetiu em diversos lugares do

mundo naquele tempo. A maior expressão deste movimento eclesial está nos Grupos de Oração, considerados sua célula mãe, onde os participantes se reúnem para louvar, orar e viver o anúncio da Palavra de Deus. Em 2017, a Renovação Carismática Católica completou 50 anos. O Jubileu de Ouro celebrado em junho foi o momento oportuno para todos os carismáticos, membros de grupos de oração e de novas comunidades. A ocasião, contou com presença do Arcebispo Metropolitano de Belém, Dom Alberto Taveira Corrêa.


Issuu converts static files into: digital portfolios, online yearbooks, online catalogs, digital photo albums and more. Sign up and create your flipbook.