Voz de Nazaré

Page 1

ARQUIDIOCESE

DE BELÉM

PE. FLORENCE DUBOIS FUNDADOR

www.fundacaonazare.com.br BELÉM, DE 26 DE OUTUBRO A 1 DE NOVEMBRO DE 2018

O JORNAL CATÓLICO DA FAMÍLIA

ANO CV - Nº 847 - PREÇO AVULSO: R$1,00

Círio da jovem Maria chega ao fim A juventude esteve na berlinda por todo o círio de 2018. Amparada pelo tema "Uma jovem chamada Maria", a Arquidiocese de Belém conclui neste domingo, 28, a festividade de Nossa Senhora de Nazaré. CONFIRA NESTA EDIÇÃO. LUIZ ESTUMANO

w AS CRIANÇAS tiveram a oportunidade de reverenciar a Mãe de Jesus em procissão pelas ruas do centro de Belém no último domingo, 21 de outubro FABRÍCIO COLENY

LUIZ ESTUMANO

w O ÁPICE do Círio dedicado aos jovens - Romaria da Juventude dia 20

Paróquias festejam padroeiros

Dia Nacional da Juventude

Dentre elas, o bairro da Condor, que revencia São Judas Tadeu.

Arquidiocese de Belém mobiliza juventude diocesana para o evento.

CADERNO 2, PÁGINA 8.

CADERNO 2, PÁGINA 3,

w RECÍRIO Missão concluída, imagem Peregrina retorna ao Colégio Gentil


2

Opinião

BELÉM, DE 26 DE OUTUBRO A 1 DE NOVEMBRO DE 2018

1º Caderno

PRIVILÉGIO DE SER CATÓLICO

CHARGE DO ANDRÉ ABREU

João Carlos Pereira

Jornalista e professor jcparis1959@gmail.com

Reflexões sobre um Círio primoroso - II

Comente esta charge:

A

voz@fundacaonazare.com.br

Relembrando com saudade nosso querido chargista André Abreu

PANORAMA José Pereira Ramos

joseulina1@gmail.com

Maria Santíssima, salvai o Brasil!

N

Economista e escritor

este 28 de outubro, temos nós, belenenses, o encerramento da festiva quinzena em louvor a Nossa Senhora de Nazaré, a escolhida por Deus para ser a Mãe de Jesus Cristo, o nosso Salvador, a predestinada, a que mereceu o título de “Mãe de Deus”. Outubro é um mês especial. Foi no início do século 17, na nossa querida pátria Brasil, que duas pequeninas imagens da Mãe de Jesus misteriosamente apareceram. Uma, numa rede de pesca. Outra, na margem de um igarapé. Tão pequeninas e, embora aparentemente desprezadas, atraíram tantos fiéis. Foram intermediárias de tantos milagres, de tantas conversões, que mereceram os títulos de “Padroeira do Brasil” e “Rainha da Amazônia”.

Lembro ainda que foi no mês de outubro, 13, a última aparição da Mãe de Jesus aos “três pastorinhos”, em Portugal. Foi por intermédio dessas inocentes e simples crianças, porém fiéis, que Nossa Senhora alertou o mundo contra os males do comunismo. (As pobres crianças nem sabiam o que era isso). No dia 28 de outubro deste ano, temos nós, brasileiros, a responsabilidade de afastar a nossa Pátria do terrível sistema que pretende destruir a família e tirar do coração do povo, o amor a Deus. Será que a multidão que aclamou a Mãe de Jesus no Círio vai permitir isso? É o momento oportuno para demonstrar a nossa fidelidade aos princípios cristãos, à vivência do Evangelho. O momento de afastar os políticos desonestos que enriquecem à custa dos impostos que nos são sugados em tudo o que consumimos. Nossa Mãe Maria, perdoa as nossas falhas e inspira os milhares de teus devotos que encheram as ruas da cidade, te louvando. Inspira-os para aprenderem a não se dividirem nas disputas ideológicas, mas, sim, se unirem numa nação forte, justa e cristã.

facilidade com que a Berlinda transita entre a Catedral e o espaço do atrelamento, no Boulevard, permitiria que a procissão saísse até depois de 7 horas e chegasse à Basílica pela hora do almoço. Mas só o fato de já ter havido o retorno para o histórico horário de 7 da manhã já é motivo mais do que suficiente para se apontar o terceiro grande acerto do Círio deste ano. A primorosa organização do evento mostrou que as decisões foram corretas. A redução do tempo da primeira romaria humaniza o trabalho da Diretoria e dos religiosos. A trasladação, saindo às 18 horas, reúne condições de chegar mais cedo e, consequentemente, permite, para todos, melhor reposição de energia e de forças para o grande dia. Como parece ter seguido o cronograma desenhado, o Círio viveu o próprio ritmo, sem avanços ou retardos propositais. Com o fim da homenagem dos estivadores, não há mais a aglomeração da subida da Presidente Vargas. A berlinda já não se demora tan-

to, diante das homenagens prestadas a Nossa Senhora. O resultado é que pelas 10 da manhã metade do percurso havia sido cumprido. Foi quando nasceu o medo de que a procissão chegasse às 11 da manhã, frustrando, assim, os que anseiam por um cortejo um pouco mais longo, a fim de que possam viver com maior intensidade as emoções da manhã do segundo domingo de outubro. Felizmente isso não aconteceu. Outro ponto que merece destaque e aplausos foi o fato de a berlinda não entrar na praça Santuário. Ela ficou estacionada em frente à Basílica e D. Antônio conduziu a imagem, solenemente, sobre o tapete vermelho, por entre as bandeiras dos municípios do Pará – bela metáfora da presença de todos os paraenses no Círio – até o altar. Uma pequena mudança, mas de grande impacto no cerimonial da procissão. Espero que tenha vindo para ficar. A corda, contudo, continua sendo o grande desafio. Na próxima semana tocarei no assunto.

ASSIM NA TERRA COMO NO CÉU ... Pe. Helio Fronczak

heliofronczak@gmail.com

ENCONTRO FRATERNO Ivens Coimbra Brandão

ivenscb@oi.com.br; ivenscb@gmail.com

Partilhando lembranças

C Engenheiro civil e escritor

onvido o leitor a me acompanhar desde os passados anos 40, quando abordo, particularmente, a romaria do Círio de Nossa Senhora de Nazaré, eu vivendo minha infância. Morava com meus pais e avó materna na avenida Generalíssimo Deodoro, nº 597, trecho entre a então avenida São Jerônimo e a praça Justo Chermont, como era denominado o perímetro da hoje avenida Nazaré, em frente a ao Conjunto Arquitetônico de Nazaré (CAN). Assim como nos dias de hoje, durante todo o domingo do Círio aquele trecho da ‘Generalíssimo’ ficava fechado à circulação de veículos, sendo eu acordado pelo burburinho das pessoas que se deslocavam a pé, desde cedo, rumo ao ‘Largo de Nazaré’, buscando a oportunidade de reverenciar Nossa Senhora. Certa vez fui levado até à esquina de Nazaré, ficando atordoado com o des-

Fundado em 5 de julho de 1913 FUNDADOR Pe. Florence Dubois, barnabita

ARQUIDIOCESE DE BELÉM-PARÁ

PRESIDENTE Dom Alberto Taveira Corrêa Arcebispo Metropolitano de Belém do Pará VICE-PRESIDENTE Monsenhor Marcelino Ferreira Vigário-geral da Arquidiocese de Belém do Pará

locamento do povo, que se comprimia entre os troncos das mangueiras e as fachadas das casas, tudo se agravando quando ouviu-se o brado: ‘Lá vem a corda!’ Na década dos anos 50, minha família mudou-se para uma casa na praça Justo Chermont, nº144, vendo-se de ‘palanque’, durante anos, a emocionante chegada da imagem de Nossa Senhora à Basílica. Desde a véspera, minha mãe preparava um pequeno lanche para as pessoas convidadas a se postarem no terraço que fazia frente para o Largo. Tempos em que a romaria do Círio era anunciada pelo ‘carro dos foguetes’. Lembro-me de que o fogueteiro acendia o pavio dos foguetes em um cigarro, lançando os fogos nos espaços livres entre as copas das mangueiras. Pelo menos duas bandas de música acompanhavam a romaria, uma à frente, e outra, logo atrás do carro com a berlinda da imagem de Nossa Senhora. São lembranças que, mercê de Deus, ainda posso partilhar. Nos dias de hoje, diante das limitações da idade, nos conformamos, eu e minha esposa, em assistir o Círio pela televisão, mas confiantes na intercessão de Nossa Senhora de Nazaré.

DIRETOR GERAL Padre Roberto Emílio Cavalli Junior DIRETOR ADMINISTRATIVO E FINANCEIRO Marcos Aurélio de Oliveira DIRETOR DE COMUNICAÇÃO Mário Jorge Alves da Silva DIRETOR DE CAPTAÇÃO DE RECURSOS Arnaldo Pinheiro

Recírio

R

ecírio marca uma etapa. Termina um período. É impossível continuar o ano todo com a intensidade de manifestações de devoção mariana que se vive nesta “quadra nazarena” em cada outubro em Belém. Mas é de se perguntar: Encerra-se tudo? Ou apenas o tempo do círio? É preciso evitar um real perigo em nossa vida de caminho para Deus, aquele de viver somente externamente as práticas religiosas sem o necessário acompanhamento de um estilo de vida cristã que precisa ser constante – “uma vida segundo o Evangelho de Jesus”. Exatamente como afirma o número 97 da exortação apostólica do Papa Francisco: “O Senhor deixounos bem claro que a santidade não se pode compreender nem viver prescindindo destas suas exigências, [as bem-aventuranças], porque a misericórdia é o ‘coração

COORDENAÇÃO Bernadete Costa (DRT/PA 1326) CONSELHO DE PROGRAMAÇÃO E EDITORAÇÃO Padre Agostinho Filho de Souza Cruz Cônego Cláudio de Souza Barradas Edwaldo Lobo Monteiro EDITORAÇÃO ELETRÔNICA Sérgio Santos (DRT/PA 579) Assinaturas, distribuição, administração e redação Av. Gov. José Malcher, Ed. Paulo VI, 915 CEP: 66055-260

pulsante do Evangelho’. E Francisco diz concretamente como podemos viver a santidade no número 98: “Quando encontro uma pessoa a dormir ao relento, numa noite fria, posso sentir que esse vulto seja um imprevisto que me detém, um delinquente ocioso, um obstáculo no meu caminho, um aguilhão molesto para a minha consciência, um problema que os políticos devem resolver e talvez até um monte de lixo que suja o espaço público. Ou então posso reagir a partir da fé e da caridade e reconhecer nele um ser humano com a mesma dignidade que eu, uma criatura infinitamente amada pelo Pai, uma imagem de Deus, um irmão redimido por Jesus Cristo. Isto é ser cristão! Ou poder-se-á porventura entender a santidade prescindindo deste reconhecimento vivo da dignidade de todo o ser humano?”

- Nazaré, Belém - PA Tel.: (91) 4006-9200/ 4006-9209. Fax: (91) 4006-9227 Redação: (91) 4006-9200/ 4006-9238/ 4006-9239/ 4006-9244/ 4006-9245 Site: www.fundacaonazare.com.br E-mail: voz@fundacaonazare.com.br Um veículo da Fundação Nazaré de Comunicação CNPJ nº 83.369.470/0001-54 Impresso no parque gráfico de O Liberal

FUNDAÇÃO NAZARÉ DE COMUNICAÇÃO


1º Caderno

BELÉM, DE 26 DE OUTUBRO A 1 DE NOVEMBRO DE 2018

Arcebispo

3

Conversa com meu povo Dom Alberto Taveira Corrêa Arcebispo Metropolitano de Belém do Pará

A visita de Jesus

D

urante os dias do que chamamos “Quadra Nazarena”, duas semanas intensas de pregação da Palavra de Deus e grandes celebrações, mais uma vez a cidade de Belém se fez pequena para as grandes multidões que se estenderam generosas pelas suas ruas e praças. Uma sucessão de romarias e procissões. Impressionou-me de novo o fenômeno das ruas repletas de gente. Os municípios que fazem parte de nossa Arquidiocese foram todos visitados, e a Imagem Peregrina de Nossa Senhora de Nazaré, ícone de nossa devoção mariana, suscitava mãos estendidas, olhares de um brilho indescritível, lágrimas de emoção, exultação, arrependimento, esperança! Este é o nosso povo maravilhoso, digno de toda a atenção e dedicação de todas as pessoas que contribuíram para a realização de mais um Círio de Nazaré. As cidades e Jesus! Por diversas vezes as multidões acorrem a Jesus, para ouvir suas palavras e serem tocadas pela sua presença salvadora. Nasceu em Belém, e o Evangelho fala do povaréu que ali se encontrava. Nazaré foi o povoado em que Jesus cresceu e trabalhou, na linda experiência da família. A Jerusalém, como não podia deixar de ser, dirigiu-se algumas vezes, até a visita definitiva, para a morte e a ressurreição. Em Cafarnaum Jesus fez pouso, pois tudo indica que ali tenha vivido um período. Cidades ao redor do Lago de Genesaré ouviram sua pregação, viram seus milagres e se fecharam à mensagem. E, assim por diante, muitas pessoas e lugares experimentaram sua presença e foram tocadas por ele com a boa nova do Evangelho. Há uma cidade, notável pela sua antiguidade, por onde entraram Josué e o povo de Deus, após a saga dos

LUIZ ESTUMANO

w O CÍRIO "A cidade se fez pequena para grandes multidões. Impressionou-me de novo o fenômeno das ruas repletas de gente".

Jesus está passando pela Jericó de nossas vidas. Que ele seja sempre a luz que nos liberta da cegueira, para que o sigamos pelo caminho. anos de deserto, chamada Jericó, algumas vezes visitada por Jesus. Sua fama não era das melhores, tanto que a parábola do Bom Samaritano acenava a um caminho perigoso, passando pelo deserto de Judá, para ali chegar. Em Jericó, Jesus encontrou Zaqueu, o cobrador de impostos. Em Jericó aconteceu o encontro com a simpática figura de Bartimeu, filho de Timeu (Mc 10,46-52). Uma figura “urbana”, pobre e mais do que pobre, mendigo, cego e de uma cidade cuja fama deixava a desejar, sentado à beira do caminho, como tantas vozes suplicantes de todos os tempos. Jesus caminhava com seus discípulos, ao longo do Rio Jordão, e os ensinava. Entretanto, a figura mais evidente veio a ser

Bartimeu, na cidade de Jericó. Torna-se modelo do discípulo, e segue Jesus pelo caminho. Jesus foi a grande oportunidade de sua vida. Se os cegos costumam escutar bem, naquele dia apurou mais os ouvidos. Mesmo no meio das trevas, identifica as esperanças que nele se acendem e grita pela piedade daquele que clama como Filho de Davi. A turma do “deixa disso” quer impedi-lo, mas discípulo que se preze clama pelo Senhor, do mais profundo do abismo! Até hoje, muitas são as vozes que querem impedir-nos a aproximação de Jesus. Junto com Bartimeu, não é possível desperdiçar a oportunidade para ver Jesus! No seu caso, lançou fora o manto, despojou-se de tudo para estar com o Senhor. Depois, deu um salto,

deixando tudo para trás. E Jesus, segundo narrativa semelhante (Cf. Lc 18,40), chamou o cego à parte, dandolhe atenção especial! É que Deus nos descobre e valoriza no meio da multidão! Há outras tantas multidões em nossas cidades, e as vozes contrastantes podem dificultar a aproximação do Senhor. Aqueles que buscam Jesus podem ser criticados. É possível até que muitos considerem inconsistentes as multidões que, conduzidas pelas mãos de Nossa Senhora de Nazaré, cantam, rezam, suplicam, aplaudem! No entanto, aí está uma raiz de forte devoção e abertura para Deus! A cidade e suas multidões clamam pelo nome de Nosso Senhor Jesus Cristo, esperam sua gra-

ça e sua salvação. Entre nós, há bairros ou regiões cuja fama se tornou negativa, pela violência e pelos crimes praticados. Entretanto, sabemos que Deus tem, em todos os bairros ou ambientes, um povo escolhido, no qual somos encontrados e chamados a responder aos seus apelos. Nenhum lugar seja considerado proibitivo para a chegada do Evangelho, assim como todas as gerações e idades sejam tocadas com a boa nova da vida e da paz! Não haja cidade, casa ou coração que se feche a Jesus Cristo e à sua Palavra. Devemos imitar a atitude de Bartimeu, sua oração perseverante e sua fortaleza, para que o ambiente adverso não nos leve ao desânimo. Todos nós nos encontramos nas multidões que enchem nossas ruas e praças durante estes dias, e somos conhecidos pelo nome. Somos muito mais do que eleitores ou cidadãos e cidadãs. Somos filhos e filhas de

Deus. A história de Bartimeu é nossa própria história, pois também estamos cegos para muitas coisas, e Jesus está passando pela Jericó de nossas vidas. Que ele seja sempre a luz que nos liberta da cegueira, para que o sigamos pelo caminho. Se ampliarmos o nosso olhar, este é o momento adequado para alargá-lo a todas as cidades e povoamentos que compõem nosso Estado e nosso País, em tempos de crise profunda, quando decisões tomadas pelos eleitores determinarão muito do futuro de nosso povo, especialmente dos mais pobres e sofridos! Quais cegos à beira do caminho, desejamos ir ao encontro de Jesus, pedindo-lhe as luzes do Espírito Santo para as decisões a serem tomadas. “Mestre, que eu veja”! Seja esta a oração simples e fervorosa, a ser repetida todas as vezes em que a vida nos apresenta situações que não sabemos resolver.


4

Arquidiocese

AGENDA DE DOM ALBERTO TAVEIRA CORRÊA

BELÉM, DE 26 DE OUTUBRO A 1 DE NOVEMBRO DE 2018

AGENDA DE DOM IRINEU ROMAN

1º Caderno

AGENDA DE DOM ANTÔNIO DE ASSIS RIBEIRO

n De 26 de outubro a 1

n De 26 de outubro a 1

n De 26 de outubro a 1

n SEXTA, 26 DE OUTUBRO 8h - Gravações 9h30 - Audiências 18h - Missa - Quinzena do Círio de Nazaré, presidida por Dom José Pedro Conti, Bispo da Diocese de Macapá (Basílica Santuário) n SÁBADO, 27 DE OUTUBRO 8h - Audiências 11h - Missa com o Movimento Sacerdotal Mariano (CCFC) 18h - Missa - Quinzena do Círio de Nazaré, presidida por Dom Irineu Roman, CSJ - Bispo Auxiliar de Belém (Basílica Santuário) n DOMINGO, 28 DE OUTUBRO 12h - Missa (Shopping – Tv. Padre Eutíquio - Belém) 18h - Missa de encerramento do Círio de Nazaré 2018 (Basílica Santuário) n SEGUNDA, 29 DE OUTUBRO 5h30 - Subida da Imagem Original de Nossa Senhora de Nazaré para o Glória (Basílica Santuário) 6h - Missa do Recírio - Praça Santuário 7h - Procissão do Recírio 9h - Entrevista coletiva de Imprensa 10 - Gravações 19h - Visita da Imagem Peregrina (Comunidade Mar a Dentro) - Outeiro n TERÇA, 30 E QUARTA, 31 DE OUTUBRO Reunião dos Bispos do Movimento dos Focolares n QUINTA, 1 DE NOVEMBRO Reunião dos Bispos do Movimento dos Focolares 8h30 - Reunião do Conselho Episcopal

n SEXTA, 26 DE OUTUBRO 8h30 - Audiências 18h - Missa - Quinzena do Círio de Nazaré, presidida por Dom José Pedro Conti, Bispo da Diocese de Macapá (Basílica Santuário) n SÁBADO, 27 DE OUTUBRO 7h30 - Missa - Retiro da Pastoral Familiar 9h30 - Formação em preparação ao Sínodo Arquidiocesano (CEFAT) 18h - Missa - Quinzena do Círio de Nazaré, presidida por Dom Irineu Roman, CSJ - Bispo Auxiliar de Belém (Basílica Santuário) n DOMINGO, 28 DE OUTUBRO 9h - Missa - Comunidade Nossa Senhora de Nazaré -(Paróquia de São Marcos) 18h - Missa de encerramento do Círio de Nazaré 2018 (Basílica Santuário) n SEGUNDA, 29 DE OUTUBRO

n SEXTA, 26 DE OUTUBRO 8h - Aulas na Faculdade Católica 16h30 - Audiências 18h - Missa - Quinzena do Círio de Nazaré, presidida por Dom José Pedro Conti, Bispo da Diocese de Macapá (Basílica Santuário) n SÁBADO, 27 DE OUTUBRO 9h - Encontro com os MECE - Região Santa Cruz 15h - Encontro formativo com a coordenação do Setor Juventude - DNJ Missionário 18h - Missa - Quinzena do Círio de Nazaré, presidida por Dom Irineu Roman, CSJ - Bispo Auxiliar de Belém (Basílica Santuário) n DOMINGO, 28 DE OUTUBRO 8h - Missa da Festa da Padroeira da Basílica 10h - Missa - Comunidade Nossa Senhora Auxiliadora – Canaã/Marituba 18h - Missa de encerramento do Círio de Nazaré 2018 (Basílica Santuário) n SEGUNDA, 29 DE OUTUBRO 6h - Missa do Recírio - Praça Satuário 7h - Procissão do Recírio 19h - Curso de Liderança: Área Missionária Canaã/ Marituba n TERÇA, 30 DE OUTUBRO 8h - Aula na Faculdade Católica 19h - Missa - Paróquia São Judas Tadeu (festividade) n QUARTA, 31 DE OUTUBRO 9h - Audiências 14h - Programa “Fé e vida” – Rádio Nazaré FM – 91.3 Mhz 19h - Curso de Liderança: Área Missionária Canaã/ Marituba n QUINTA, 1 DE NOVEMBRO 8h30 - Reunião do Conselho Episcopal 19h - Missa na Comunidade João Paulo II (CAJU)

de novembro de 2018

de novembro de 2018

de novembro de 2018

6h - Missa do Recírio - Praça Santuário

19h30 - Missa - Igreja São João Paulo II (CAJU) – Festividade n TERÇA, 30 DE OUTUBRO 8h30 - Audiências 10h - Atividades - CNBB 19h - Missa dos Coleteiros do Círio - Paróquia Nossa Senhora das Graças - Ananindeua n QUARTA, 31 DE OUTUBRO 8h30 - Audiências 18h - Missa com as Irmãs Filhas da Caridade - Águas Lindas n QUINTA, 1 DE NOVEMBRO 8h30 - Reunião do Conselho Episcopal 14h - Programa “Entre nós” - Rádio Nazaré FM - 91 19h30 - Missa - Comunidade Nossa Senhora de Nazaré - Paróquia Arcanjo São Miguel - Una

Os compromissos de Dom Alberto Taveira podem sofrer alterações sem aviso prévio.

Os compromissos de Irineu Roman podem sofrer alterações sem aviso prévio.

Os compromissos de Dom Antônio de Assis podem sofrer alterações sem aviso prévio.

Homilia Dominical Padre Romeu Ferreira romeufsilva@gmail.com

A) Texto: Mc 10,46-52

Formado em Exegese pelo Pontifício Instituto Bíblico de Roma

46Jesus saiu de Jericó junto com seus discípulos e uma grande multidão. O filho de Timeu, Bartimeu, cego e mendigo, estava sentado à beira do caminho. 47Quando ouviu dizer que Jesus, o nazareno, estava passando, começou a gritar: “Jesus, filho de Davi, tem piedade de mim!” 48Muitos o repreendiam para que se calasse. Mas ele gritava mais ainda: “Filho de Davi, tem piedade de mim!” 49Então Jesus parou e disse: “Chamai-o”. Eles o chamaram e disseram: “Coragem, levanta-te, Jesus te chama!” 50O cego jogou o

manto, deu um pulo e foi até Jesus. 51Então, Jesus lhe perguntou: “O que queres que eu te faça?” O cego respondeu: “Mestre, que eu veja!” 52Jesus disse: “Vai, a tua fé te curou”. No mesmo instante, ele recuperou a vista e seguia Jesus pelo caminho. B) COMENTÁRIO

Aqui há um relato destacando novamente o efeito positivo da fé, em Jesus (Mc 5, 34; Mt 9, 22; Lc 7, 50; 8, 48; 17,19). Marcos fala de outra cura, a do cego de Betsaida (8, 2226), num quadro similar a este de Jericó. No primeiro, em Betsaida, o curado fica em casa, enquanto o beneficiado de Jericó vai à sequela do mestre; imagem do cristão que não

deve ficar mais sentado à beira do caminho (v 46). No final do texto diz que a recuperação da vista fez o homem seguir Jesus em dimensão física, mas também espiritual, ou seja: aprender a ser e a estar com Jesus, pois ele mesmo é o caminho (Jo 14,6). Quem não vê Jesus como caminho, como saída na vida, está cego. Peça a ele e terá a cura necessária. A cegueira, como toda doença, é incômoda e limita a pessoa. No tempo de Jesus ela era muito difundida e sem os recursos oftalmológicos hodiernos. Ela se tornava por outra vertente, símbolo da impotência moral-religiosa em geral (Jo 9,39-41) e daquele homem, com sua consequente miséria. O caso do cego de Jericó

desperta uma curiosidade ímpar, pois em geral o povo tem pena de quem é cego e, sensibilizado, procura ajudá-lo. Aqui a multidão pressiona e dificulta ao que não é mudo a recuperar sua visão, mandando-o calar-se (v 48). Porém, este cego usa os meios que a natureza ainda lhe permite; é impulsivo e corajoso, imagem dos primeiros cristãos, perseverantes em nadar contra a correnteza, as perseguições. Tentavam afogar sua voz. Mas ele gritava mais ainda: “Filho de Davi, tem piedade de mim!” (v 48). E, imitando o Pai que escuta o grito, o apelo de seu povo (Ex 3,7), Jesus parou e disse: “Chamai-o”. Ora, quando se escuta realmente a Jesus, ocorre mudança. Assim sendo,

aqueles que impediam o cego, agora procuram animá-lo, dizendo: “Coragem, levanta-te, Jesus te chama!” (v 50). Será se procuramos escutar Jesus para mudar a nossa postura diante da miséria do outro? Este cego de Jericó é modelo: a súplica inicial, o elevar de sua voz, o uso do título “Filho de Davi”, o salto que dá, e o pedido: “Mestre, que eu veja!”. Tudo isso evidencia a fé que ele tem, em oposição à multidão superficial que segue o mestre e, principalmente, os escribas que permanecem mudos na questão do Messias, “Filho e Senhor de Davi” (Mc 12, 35-37). “O pior cego é aquele que não quer ver”. Busquemos a cura e, assim, poderemos seguir o caminho.

Liturgia da Semana

8h30 - Reunião do Conselho Episcopal Os compromissos de Dom Alberto Taveira podem sofrer alterações sem aviso prévio.

w 26/10, SEXTA-FEIRA Cor (verde) Primeira Leitura (Ef 4,1-6) Responsório (Sl 23) Evangelho (Lc 12,54-59) w 27/10, SÁBADO Cor (verde)

Primeira Leitura (Ef 4,7-16) Responsório (Sl 121) Evangelho (Lc 13,1-9) w 28/10, DOMINGO Cor (verde) Primeira Leitura (Jr 31,7-9) Responsório (Sl 125) Segunda Leitura (Hb 5,1-6)

Evangelho (Mc 10,46-52) w 29/10, SEGUNDA-FEIRA Cor (verde) Primeira Leitura (Ef 4,32-5,8) Responsório (Sl 1) Evangelho (Lc 13,10-17)

w 30/10, TERÇA-FEIRA Cor (verde) Primeira Leitura (Ef 5,21-33) Responsório (Sl 127) Evangelho (Lc 13,18-21) w 31/10, QUARTA-FEIRA Cor (verde) Primeira Leitura (Ef 6,1-9)

Responsório (Sl 144) Evangelho (Lc 13,22-30) w 01/11, QUINTA-FEIRA Cor (verde) Primeira Leitura (Ef 6,10-20) Responsório (Sl 143) Evangelho (Lc 13,31-35)


1º Caderno 1º

Vaticano

BELÉM, DE 26 DE OUTUBRO A 1 DE NOVEMBRO DE 2018

5

A mensagem do Mestre é clara Papa afirmou que o Filho do Homem veio para servir e dar a sua vida como resgate para muitos

C

om informações Vatican News. A mensagem do Mestre é clara: enquanto os grandes da terra constroem “tronos” para o próprio poder, Deus escolhe um trono incômodo, a Cruz, para dali reinar dando a vida”: foi o que disse o Papa Francisco no Angelus do domingo, 21 de outubro, na Praça São Pedro, repleta de fiéis e peregrinos provenientes de todo o mundo. “O Filho do Homem – disse - não veio para ser servido, mas para servir e dar a sua vida como resgate para muitos”, explicou, acrescentando: “o caminho do amor está sempre ‘em prejuízo’, porque amar significa deixar de lado o egoísmo, a auto-referencialidade, para servir os outros”. Para o Papa Francisco “o caminho do serviço é o antídoto mais eficaz

contra a doença da busca dos primeiros lugares, é o remédio para carreiristas; esta busca dos primeiros lugares contagia muitos contextos humanos e não poupa nem mesmo os cristãos, o povo de Deus, também a hierarquia eclesiástica”. “Por isso, como discípulos de Cristo, acolhamos este Evangelho como um chamado à conversão, para testemunhar com coragem e generosidade uma Igreja que se inclina aos pés dos últimos, para servir-lhes com amor e simplicidade. O Evangelho deste domingo – disse Francisco no início da sua alocução - descreve Jesus que, mais uma vez, com grande paciência, tenta corrigir seus discípulos convertendo-os da mentalidade do mundo àquela de Deus. A ocasião foi oferecida pelos irmãos Tiago e João, os

FOTOS: DIVULGAÇÃO

w PAPA Francisco durante a oração do Angelus, no domingo, dia 21

dois primeiros apóstolos que Jesus encontrou e chamou para segui-lo. Já tinham caminhado muito com Jesus, e pertenciam ao grupo dos doze Apóstolos. Por isso, enquanto caminhavam para Jerusalém, onde os discípulos esperavam com ânsia que Jesus, por ocasião da Festa da Páscoa, pudesse finalmente instau-

rar o Reino de Deus, os dois irmãos tomaram coragem e dirigiram ao Mestre seus pedidos: “‘Deixa-nos sentar um à tua direita e outro à tua esquerda, quando estiveres na tua glória!’ (v.37). Jesus sabe que Tiago e João têm um grande entusiasmo por Ele e pela causa do Reino, mas também sabe que as suas expectativas e

seu zelo estão poluídos pelo espírito do mundo. Por isso responde: “Vós não sabeis o que pedis” (v.38). e enquanto eles falavam de “tronos de glória” para sentar ao lado do Cristo Rei, Ele fala de um cálice a ser bebido, de um “batismo” a ser recebido, ou seja, da sua paixão e morte. Tiago e João, sempre pensando ao privilégio

esperado, dizem de ímpeto: sim, “podemos”! Mas, aqui também, - disse Francisco – “não se dão conta do que dizem. Jesus preanuncia que eles irão beber o cálice e receberão o batismo, isto é, assim como os outros Apóstolos eles participarão da sua cruz, quando chegar sua hora. Mas, conclui Jesus – “não depende de mim conceder o lugar à minha direita ou à minha esquerda. É para aqueles a quem foi reservado!”. (v.40). Ou seja: agora vocês me sigam e aprendam o caminho do amor “em prejuízo”, e quanto ao prêmio, será o Pai Celeste a dar. O Papa concluiu pedindo à Virgem Maria, que aceitou plenamente e com humildade à vontade de Deus, para que nos ajude a seguir com alegria Jesus no caminho do serviço, o caminho principal que leva ao Céu.

Papa reza pelos missionários que estão longe de casa Com informações Vatican News. No final do Angelus do domingo, 21, na Praça São Pedro, o Papa Francisco recordou que neste sábado em Málaga, na Espanha, foi proclamado Beato o sacerdote jesuíta Tiburzio Arnáiz Muñoz, Fundador das Missionárias das Doutrinas Rurais. “Demos graças ao Senhor pelo testemunho deste zeloso ministro da Reconciliação e incansável anunciador do Evangelho, principalmente entre os humildes e os esquecidos. Que o seu exemplo nos leve a

ser agentes de misericórdia e missionários corajosos em todos os lugares, e sua intercessão sustente o nosso caminho”. Ao Beato Tiburzio o Papa pediu aos fiéis um aplauso. Francisco recordou ainda que no domingo, 21 de outubro celebramos o Dia Mundial das Missões, com o tema “Juntamente com os jovens, levemos o Evangelho a todos”. Juntamente com os jovens: este é o caminho, recordou o Papa! “E é a realidade que, graças a Deus, estamos provan-

w JUNTAMENTE com os jovens: este é o caminho, recordou o Papa

do nestes dias do Sínodo dedicado a eles: ouvindo-os e fazendo com que

participem conhecemos muitos testemunhos de jovens que encontraram

em Jesus o sentido e a alegria da vida. E muitos deles o encontraram

graças a outros jovens, que já participavam da companhia de irmãos e irmãs que é a Igreja”. “Eu penso em tantos cristãos – continuou Francisco -, homens e mulheres, leigos, consagrados, sacerdotes, bispos que deram suas vidas e a dão agora longe de suas pátrias anunciando o Evangelho: a eles o nosso amor, a nossa gratidão e a nossa oração. Rezemos juntos por eles a Ave Maria”, disse o Papa Francisco ao final do Angelus, convidando os fiéis à oração.

“Permaneçam ao lado de Cristo crucificado e do povo sofredor” Com informações Vatican News. O Santo Padre concluiu sua série de audiências, na manhã da segunda-feira, 22, recebendo, na Sala do Consistório, no Vaticano, cerca de 100 participantes no Capítulo Geral da Congregação da Paixão de Jesus Cristo ou Padre Passionistas. Em seu discurso aos Padres Capitulares, o Pa-

pa partiu do tema central do Capítulo Geral dos Passionistas, que se realiza em Roma de 6 a 27 de outubro: “Renovar a nossa missão: gratidão, profecia e esperança”. Trata-se de três palavras, disse Francisco, que manifestam o espírito com o qual vocês querem impelir a Congregação a uma renovação da sua missão: “ Vocês pretendem

empreender um novo caminho de formação permanente para as suas comunidades, arraigado na experiência da vida diária; além do mais, querem fazer um discernimento sobre a metodologia pastoral para se aproximar mais das novas gerações”. Seu fundador, São Paulo da Cruz - disse o Papa - deu a si e aos seus

companheiros este lema: “Que a Paixão de Jesus Cristo esteja sempre em nossos corações”. São Paulo da Cruz – recordou o Papa - queria que as suas comunidades fossem escolas de oração, onde pudessem fazer experiência de Deus, não obstante a sua santidade tenha sido vivida entre a obscuridade e a desolação, mas também com alegria e paz, que tocavam o coração de quem o encontrava. MAIS POBRES E ABANDONADOS

A Q

esperança não é uma ideia, é um encontro. Como a mulher que espera para encontrar a criança que nascerá de seu ventre. (23 de outubro) ue a companhia dos santos nos ajude a reconhecer que Deus nunca nos abandona, para que possamos viver e testemunhar a esperança nesta terra. (22 de outubro)

Por isso, Francisco encorajou os Padres Passionistas a serem ministros da cura espiritual e da reconciliação, tão necessárias no mundo de hoje, marcado por feridas novas e antigas. Segundo as suas Constituições os Passionistas são chamados a

dedicar toda a sua existência à “evangelização e à nova evangelização dos povos, dando prioridade aos mais pobres e abandonados”. Sua presença ao lado das pessoas, - frisou o Papa – representa, através das missões populares, da direção espiritual e do sacramento da Penitência, um precioso testemunho: “A Igreja precisa de ministros que falem com ternura, ouçam sem condenar e acolham com misericórdia”. E referindo-se à atualidade, Francisco afirmou: “A Igreja sente, hoje, o forte apelo de sair e ir para as periferias, tanto geográficas como existenciais. O seu compromisso, a abraçar as novas fronteiras da missão, implica não ir só a novos territórios para levar o Evangelho, mas também a en-

frentar os novos desafios do nosso tempo, como a migração, o secularismo e o mundo digital”. Nesta época de grandes mudanças, disse o Papa aos Passionistas “vocês são chamados a ler os sinais dos tempos. Novas situações exigem novas respostas. Uma fidelidade criativa ao seu carisma lhes permitirá responder às necessidades das pessoas que mais sofrem”. Por fim, o Santo Padre recordou os Santos que a Congregação dos Passionistas ofereceu à Igreja, como o jovem São Gabriel de Nossa Senhora das Dores, cujo exemplo de seguimento a Jesus ainda fala aos jovens de hoje. O testemunho dos Santos e Beatos da família religiosa Passionista representa a fecundidade do seu carisma e os modelos de suas escolhas apostólicas.


Igreja no Mundo 1º Caderno Procissão do Senhor dos Milagres no Peru 6

BELÉM, DE 26 DE OUTUBRO A 1 DE NOVEMBRO DE 2018

Tradicional procissão reúne sempre milhares de pessoas pelas ruas da capital peruana

C

om informações agência Gaudium Press. Quinta-feira, 18, a imagem do Senhor dos Milagres peregrinou novamente pelas ruas de Lima, no Peru. Após uma Santa Missa presidida pelo Cardeal Juan Luis Cipriani, Arcebispo de Lima e Primaz do Peru, deu-se início à tradicional procissão que sempre atrai milhares de pessoas às ruas da capital peruana. A peregrinação do Senhor dos Milagres continou no dia 19, quando a

imagem visitou o Hospital de Emergências pediátricas e o Hospital Almenara. Nesse mesmo dia, recebeu homenagens da Corte Superior de Lima e do Palácio de Justiça. Na praça Grau será recebido pela Marinha de Guerra do Peru e no ‘Paseo de los Héroes’ pelo Comando Conjunto das Forças Armadas e prefeito eleito, Jorge Muñoz. A Arquidiocese de Lima lançou pelo quinto ano consecutivo a cam-

FOTOS: DIVULGAÇÃO

w MILHARES de devotos prestam homenagens ao Senhor dos Milagres

panha #CuéntanosTuMilagro (#ContenosTeuMilagre), que tem por

objetivo fazer com que os fiéis possam contar os milagres que o Cris-

to Moreno realizou na vida de cada um. Ainda utilizando a internet, os

promotores da procissão pedem para que os fiéis enviem fotos da procissão ou de qualquer parte do mundo ao Cristo Moreno. Para isso foram disponibilizadas as contas oficiais de Facebook da Irmandade do Senhor dos Milagres de Nazarenas e da Arquidiocese de Lima, além de seus perfis no Twitter: @HSMNazarenas e @arzlima. A hashtag lançada este ano com o objetivo de divulgar a procissão é a seguinte: #VamosALaProcesión.

Um milhão de crianças se unem para rezar o Santo Rosário Com informações Gaudium Press. Reconhecendo o poder da oração, especialmente aquela que vem das crianças, e com o objetivo de pedir a paz mundial, a Fundação Pontifícia Ajuda à Igreja que Sofre (ACN) promove quinta-feira, 18 de outubro, a campanha “Um Milhão de Crianças Rezam o Terço pela Paz”. Segundo o Assistente Eclesiástico Internacional da ACN, Padre Martin Barta, a campanha do Terço é uma ótima

oportunidade para que as crianças possam expressar sua solidariedade. “Crianças de cerca de 80 países e em todos os continentes participam. O feedback sobre a campanha chega frequentemente à ACN. Ano passado veio, por exemplo, da Argentina, de Cuba, Camarões, Índia e Filipinas. É verdadeiramente uma campanha mundial da Igreja”, ressaltou o sacerdote. A campanha surgiu em Caracas (Venezue-

w ALGUMAS das crianças participantes do Terço pela Paz

la), em 2005, quando algumas crianças estavam

rezando o Terço em um Santuário local, e pes-

soas presentes lembraram o dito de São Pio de

Pietrelcina: “quando um milhão de crianças rezarem o Terço, o mundo mudará”. Desde então a iniciativa vem sendo praticada no mundo inteiro, contando com o apoio da ACN desde 2008. Há dois anos, a Fundação Pontifícia assumiu a organização desse dia de oração “Um Milhão de Crianças Rezam o Terço”, preparando materiais disponíveis em 25 idiomas, incluindo, o Árabe e o Hauçá, língua da África Ocidental.

Igreja no Brasil

Ação evangelizadora da Igreja nos regionais

C

om informações CNBB. As Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora da Igreja no Brasil (DGAE) apontam que para uma Igreja ser comunidade de comunidades é imprescindível o empenho por uma efetiva participação de todos nos destinos das comunidades, pela diversidade de carismas, serviços e ministérios. Para isso, estabelece que é necessário promover, dentre as várias possibilidades existentes, a formação e a atuação de assembleias, conselhos e comissões,

tanto no âmbito pastoral como no econômico-administrativo. Nesse contexto, os 18 regionais da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) tornamse cada vez mais envolvidos na comunidade quando realizam suas assembleias pastorais anuais, uma vez que é por meio delas que eles têm a oportunidade de planejar, executar e avaliar suas atividades ao longo do ano. A iniciativa também é um meio de evidenciar as necessidades de todos os membros, tornando-os sujei-

w UMA DAS ASSEMBLEIAS requeridas pela CNBB

tos corresponsáveis na ação evangelizadora. No segundo semestre

de 2018, alguns regionais reuniram as principais lideranças locais

para suas respectivas assembleias. Com temas específicos, cada uma

delas refletiu sobre as urgências e formas de ampliar e melhorar as ações da Igreja em suas instâncias. Muitos deles também divulgaram mensagens finais do encontro exortando e convidando a Igreja a ouvir os clamores da sociedade. As regionais que tomaram essa iniciativa foram Oeste 1, que compreende todo o Mato Grosso do Sul, e realizou sua 56ª Assembleia Geral do Povo de Deus nos dias 13 e 14 de outubro; o Regional Sul 1 e 2 realizou o encontro em setembro. O Regional Nordeste 2 em 16 a 19 de outubro.

Santuário de Aparecida inaugura Caminho do Rosário

w OBRA: um trajeto de 1300 metros no local do achado da Imagem

Com informações agência Gaudium Press. O Santuário Nacional de Aparecida inaugurou domingo, 14, o Caminho do Rosário. A obra é um trajeto de 1300 metros que une a Cidade do Romeiro ao Porto Itaguaçu, local onde a Imagem de Nossa Senhora Aparecida foi encontrada em 1717. A cerimônia de inauguração iniciou-se com uma Santa Missa presi-

dida pelo Arcebispo de Aparecida, Dom Orlando Brandes, que em sua homilia agradeceu a todos os que contribuíram para a construção do Caminho. Durante a solenidade, o reitor do Santuário destacou a presença dos Redentoristas em Aparecida, que em 1894 assumiram a missão de promover a oração na cidade. Dom Orlando presidiu o rito de benção do caminho, abençoando

a placa de inauguração, a Imagem de Nossa Senhora Aparecida à entrada do Caminho e os terços entregues a cada devoto presente. Composto por um trajeto que passa por 20 cenários e com um total de 128 esculturas, o Caminho do Rosário é um espaço que proporciona ao devoto a contemplação dos Mistérios Gozosos, Dolorosos, Gloriosos e Luminosos.


1º Caderno

Igreja

BELÉM, DE 26 DE OUTUBRO A 1 DE NOVEMBRO DE 2018

7

Miscelânea Côn. Cláudio Barradas (claudiobarradaspe@gmail.com)

H

oje era para continuar a falar sobre meu relacionamento com os capuchinhos do Santuário de São Francisco de Assis. Adio-o para a semana vindoura para escrever sobre Nazareno Tourinho, falecido no dia 19 deste mês, um sábado, à tarde. Quando fiquei sabendo de sua morte, ele já tinha sido cremado, de modo que não me foi possível dar um pulo de Icoaraci, onde atualmente estou residindo, até Belém, para prestar-lhe minhas últimas homenagens, companheiros que fomos na maravilhosa, se bem que difícil, aventura que é o teatro. Conheci-o quando ambos ainda jovens, eu mais velho que ele cinco anos, não lembro a data. Salvo engano, foi no Teatro da Paz, no final de uma das apresentações da peça anti-comunista “Sob as ordens de Moscou”, autoria e direção de um nordestino por nome Fran Siena, caído de paraquedas por aqui, cujo elenco, salvo engano, ele integrava, magrelo e compridão como sempre. Foi ao final do espetáculo, ao me dirigir aos bastidores para cumprimentar o elenco. Nada, então, sabia sobre ele, nem ele, certamente, sobre mim. Em 1968 ele fundou o Ta-

Nazareno Tourinho ba, sigla para Teatro Adulto de Belém Adulta, que eu, de gozação, traduzia para Teatro Adulto de Belém Adúltera. Não sei por que cargas d’água convidou-me para ficar com a parte artística, cabendo-lhe a administrativa e a financeira. Fissurado em Teatro, topei na hora, tanto mais que, segundo seus estatutos, a companhia visava montar textos paraenses, àquela época, excluídos os bois bumbás, os pássaros juninos e as pastorinhas, apesar de existentes, e bons, não tinham vez em nossos palcos. Ao ficar sabendo, não muito depois, que o objetivo do Taba, na verdade, era montar seus textos, pulei fora, do que ele, obviamente não gostou. Foi nosso primeiro desentendimento. A peça de estréia do Taba foi “Lei é lei e está acabado”, em um ato, de sua autoria, inspirada e baseada em fato real, acontecido numa das ruas centrais de Belém, a quando do famigerado regime militar de 64, injustamente proibida pela censura e, após muita luta, liberada para 18 anos.

DIVULGAÇÃO

w NAZARENO TOURINHO falecido com 83 anos

O mendigo era eu, para minha alegria. Cheguei a me sujar todo, a deixar crescer a barba, a vestir roupa velha e rasgada para ficar parecido com ele. Cheirava tão mal que não havia quem me agüentasse. Vá ser realista assim nas profundas. Como eu era ingênuo! A prostituta, que fazia ponto na área, era interpretada pela Marta Goretti, uma atriz de uma beleza que lembrava Sofia Loren, pelo que eu

a chamava de Sofia Loren no tucupi. O Antônio Lira, cria minha no Teatro Operário do Sesi, mais tarde, devido ao preconceito, Teatro Studio Sesi, interpretava um truculento (novidade) policial. Enfim, o Homerval, ora Teixeira, ora Tompson, meu velho companheiro de guerra, um playboy. Nossa montagem era para ser dirigida pelo próprio Nazareno. Aconteceu, porém, que, u’a manhã, no ensaio de marcação – ensaio, ô glória, ô luxo,

no palco do da Paz, o que não acontece com nenhuma companhia das estranjas – o Nazareno ordenou ao Lira, que estava na parte alta, ou seja, no fundo do palco: - Agora, vem aqui bem para a frente. Acostumado comigo a saber a razão das marcações, o Lira cruzou os braços e perguntou: - E por que? - Ora por que: porque eu estou mandando. Ao que, o Lira, cara cínica: - Porque estás mandando não. Tem que haver uma razão. Aí não prestou: foi aquele bate-boca, um bafafá dos diabos, cada qual deles querendo falar mais alto. Aí, intervi, timidamente: - Nazareno, vai para tua casa almoçar e traze-nos o almoço, ou um bom lanche. Quando voltares, a peça já estará toda marcada. E assim aconteceu, tudo bonitinho. Desse modo, sem querer, acabei assumindo a direção. As apresentações foram o maior sucesso: casa cheia. O mendigo em quem o Nazareno se inspirara foi levado por ele ao teatro para a estréia, roupa nova, limpinha, cheiroso. O mais sobre mim e o Nazareno fica para a semana vindoura. Shalom!

Santos da semana Diác. Benedito Otávio (artpresent@superig.com.br)

30/10 - TERÇA-FEIRA Santos Zenóbio e Zenóbia - Mártires

26/10 - SEXTA-FEIRA Beata Celina Chludzinska Borzecka - Viúva e Fundadora

Eram irmãos e viveram na cidade de Kilikias, Ásia Menor, séc. III. Eram herdeiros de uma grande fortuna, Zenóbio estudou medicina e prestava serviços aos desamparados e pagãos da época, que, observando sua conduta, eram atraídos ao cristianismo. O prefeito Lysias ordenou que fosse detido. Em sua presença, ele declarou sua fé incondicional. O prefeito condenou-o à morte. Foi então que sua irmã interveio e também se declarou cristã. Foram, pois, os dois condenados à decapitação.

Nasceu a 29/10/1833, Antowil, leste da Polônia. Desde jovem sentiu-se chamada à vida religiosa, mas os pais e até mesmo o bispo, seu diretor espiritual, incentivaram-na ao casamento. Esposa exemplar e mãe de quatro filhos. Em 1863 foi presa por ajudar insurgentes contra o regime czarista. Seu marido ficou um tempo paralisado por uma doença e veio a falecer em 1875. Com sua filha Hedwig ingressaram na vida religiosa em 1882. Deu origem à Congregação das Irmãs da Ressurreição de Nosso Senhor. Jesus Cristo. Oficializada nove anos depois, espalhou-se pela Europa e pela América.

31/10 - QUARTA-FEIRA São Estáquis - Discípulo de São Paulo e Bispo

27/10 - SÁBADO Santa Balsamia - Enfermeira Molhada Balsamia é natural de Roma, viveu no século V. Foi para Reims, França, trabalhar como “enfermeira molhada”, quer dizer, amamentar bebês de senhoras ricas, prática muito antiga e comum. Estudos do século X chamaram atenção, é que muitos bebês, que receberam seu leite, conhecido mais tarde como “o bálsamo dos santos”, tornaram-se santos. O mais ilustre foi são Remígio, bispo de Reims, comemodo litúrgicamente em 19/01. Conseguiu converter e batizar a rainha Clotilde e o rei dos Francos, Clovis, e todo o reino, fazendo da França a “filha mais velha da Igreja”. 28/10 – 30º DOMINGO DO TEMPO COMUM São Joaquim Perez Royo - Dominicano e Mártir Nascido em Hinojosa, Teruel, Espanha, 1691. Aos 18 anos ingressa entre os dominicanos do convento de N. Sra. do Pilar em Valência. Aos 21 anos na sua profissão perpétuo, foi enviado para a China, à qual seu coração já o chamava há muito tempo. Trabalhou duro, evangelizando o povo de Fukien por trinta anos, até que foi preso e julgado junto com quatro irmãos. Eles foram condenados à morte 18/12/1746, permaneceram na prisão por mais dois anos, até a morte por asfixia em outubro de 1748. As relíquias foram levadas para Manila, Filipinas, onde são veneradas na Igreja de San Domenico.

29/10 - SEGUNDA-FEIRA

Beata Chiara “Luce” Badano - Jovem Focolarina

Nasceu em Sassello, Savona, Itália, 1971. Desde muito criança demonstrava personalidade amável. Deslumbrava-se com a neve e o mar. Aos nove anos ingressa no “Gen”, um grupo de jovens do Movimento dos Focolares. Gostava muito de esportes, e foi num jogo de tênis que se revelou a primeira dor. Diagnosticaram o tumor muito raro em uma pessoa da idade dela. Entretanto levava sua doença sempre no bom humor. Próximo à morte, 1990, dizia que estava preparada para seu Noivo. Consolou sua mãe com as últimas palavras: “Mãe, até mais, seja feliz, porque eu sou”. Beatificada em 2010.

Em Constantinopla, São Stachys, ordenado como o primeiro bispo daquela cidade pelo próprio apóstolo Santo André. Seu nome grego significa “espiga de milho”. Aparece em Romanos 16, 9 como “meu amado Estáquis”. Fora da conservadora história escrita pelos gregos, temos relatos que o indicam como também bispo de Bizâncio ou Argiropolis, instituído por Santo André. Essas versões foram construídas em torno do final do séc.VIII por Epifânio, Doroteo e Hipólito, pesquisando a literatura dos discípulos do Senhor. 01/11 - QUINTA-FEIRA Santos Jerome, Valentino e Pedro - Mártires Da cidade de Hai Duong Tonkin, hoje Vietnã, conhecemos aqueles que viveram o amor máximo para com o cristianismo, que é o martírio: Jerome Hermosilla e Berrio Valentine Ochoa, bispos, e Almató Pedro Ribeira, sacerdote da Ordem dos Pregadores. Decapitados por ordem do Imperador Tu Duc, em 01 de novembro de 1861. O apostolado deles, entre fugas e disfarces, ainda chegou a durar 32 anos. Hoje são reverenciados entre tantos e tantos mortos neste dia especial. Canonizados em 1988 por João Paulo II.


8

Nazaré Repórter

BELÉM, DE 26 DE OUTUBRO A 1 DE NOVEMBRO DE 2018

J CATEDRAL TEM NOVO CONTATO VIA WHATSAPP

1º Caderno

RÁDIO NAZARÉ

A Arquidiocese de Belém informa que a Catedral Metropolitana de Belém está com novo número de contato WhatsApp. Para comunicação instantânea, basta ligar para o número (91) 98559-1150.

Z MH 3 . 91 FM

J III FESTIVAL DO AÇAÍ A Paróquia Bom Pastor, em Marituba, realiza no dia 11 de novembro o lll Festival do Açaí, na quadra da paroquial, a partir das 8h. Na programação, haverá o primeiro torneio de futebol destinado aos jovens. As inscrições estão abertas e podem ser feitas na secretaria da igreja. Adquira sua cartela após a Santa Missa com as equipes de vendas. Mais informações do evento, ligue para o número: (91) 4106-0202.

l ENEM 2018 SERÁ TEMA NA RÁDIO NAZARÉ FM

FOTOS: DIVULGAÇÃO

J EVENTO PAROQUIAL

J ANIVERSÁRIO

A Paróquia de Nossa Senhora Mãe da Divina Providência, localizada no bairro de Val-deCans, em Belém, promove no dia 27 de outubro, às 8h, a Romaria da Pessoa Idosa à Basílica Santuário de Nazaré. E no dia 30 de outubro, às 19h, será a Missa Votiva em honra a Nossa Senhora, na Matriz, presidida pelo pároco, padre Glaudemir de Lima. Mais informações pelo número: (91) 3257-2388.

O Projeto Goretti Esporte e Cidadania realiza vários eventos voltados à juventude e, ao longo dos anos valoriza os jovens na sua essência, por meio da prática do esporte, da evangelização e de formaçãos. Oito anos de criação do projeto tem Sopão Solidário na segunda-feira, 29 de outubro, a partir das 19h, próximo a uma rede de supermercados na av. Gov. José Malcher, entre travessas Castelo Branco e 14 de Abril, e jantar do projeto no dia 1º de novembro.

J FORMAÇÃO As formações bíblicas do segundo semestre seguem na Arquidiocese de Belém. Projeto da Faculdade Católica, Instituto Parresia (Comunidade Católica Shalom) e Catedral Metropolitana de Belém, a atividade começa dia 10, às 8h30, e encerrase dia 11, ao meio dia. Nessa etapa o tema será literatura sapiencial com temas explanados em palestras. As formações são parte das ações da Arquidiocese de Belém pelo Ano do Laicato. A participação é mediante inscrição e pagamento de taxa. Informações: Catedral - praça Frei Caetano Brandão, s/ nº., catedraldebelem@ catedraldebelem.com e nos números (91) 21213722 e 2121-3723.

O programa “Educação e cidadania” de quartafeira, 31 de outubro, abordará o Enem 2018. O professor Walter Bezerra concede entrevista à emissora da Arquidiocese de Belém e dará dicas para reforçar os estudos dos estudantes nos últimos dias em preparação às provas

do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), nos dias 4 e 11 de novembro. Sintonize 91,3 MHz a partir das 16h. O ouvinte pode interagir durante a programação ligando para a central de atendimento, no número 4006-9211 ou pelo facebook.com/ radionazare. Participe!

RÁDIO NAZARÉ FM - 91,3. A SERVIÇO DA VIDA. NOSSA MISSÃO É EVANGELIZAR!

REDE NAZARÉ DE TELEVISÃO

AL CAN

30

l SUBIDA DA IMAGEM AO GLÓRIA Acompanhe pela TV Nazaré, canal 30.1 – ou na sintonia de sua cidade – a transmissão ao vivo da cerimônia de subida da imagem de Original

PORTAL NAZARÉ

W. WW RE. AZA ON M.BR A C CO DA FUN

J PREMIAÇÃO EM JORNALISMO

J ATO DE DEVOÇÃO A Paróquia de Nossa Senhora Rainha da Paz realiza mensalmente, todo dia 22, o ato de devoção em honra à padroeira e convida todos a fazerem parte desse momento de

de Nossa Senhora ao Glória, nesta segundafeira, 29, às 5h30 na Basílica Santuário. Logo após, às 6h, a Missa que antecede o Recírio.

fé e súplica pela poderosa intercessão de Nossa Senhora Rainha da Paz. O encontro ocorre na Matriz, às 15h. Participe! Mais informações pelo número (91) 3277-4645.

As inscrições para a 5ª Prêmio MPT de Jornalismo 2018 encerrame-se às 18h do dia 31 de outubro. O Ministério Público do Trabalho premia com até R$ 30 mil reportagens que

J MISSA MENSAL DA PADROEIRA A Paróquia de Nossa Senhora das Graças, localizada em Ananindeua, convida todos a participar da Santa Missa mensal em honra a Nossa Senhora das Graças, no dia 27 de outubro, às 12h e às 19h30. Venha fazer seus pedidos e seus agradecimentos à padroeira de Ananindeua. Mais informações: (91) 3255-2654.

estimulam a investigação e ampliam denúncias de irregularidades trabalhistas. Acesse o site da premiação: www. premiomptdejornalismo. com.br

J TESTES PARA A PAIXÃO DE CRISTO O Grupo de Jovens da Paróquia da Santíssima Trindade convida todos para o teste em vista da composição do novo elenco do espetáculo “Paixão de Cristo”. Será neste sábado, 27, de 9h às 11h, e de 15h às 17h, na sala Isaac do Centro Social Monsenhor Geraldo Menezes, localizada na rua Presidente Pernambuco, 86, bairro

Batista Campos em Belém. Informações: 98111-1705.

l GRATIDÃO AO TRABALHO DO ECC NO CÍRIO 2018 Agradecemos a ajuda recebida dos fiéis para os meios de comunicação da Fundação Nazaré de Comunicação por meio dos coleteiros – casais que atuaram junto conosco durante as várias romarias do Círio 2018. Também agradecemos aos casais do Encontro de Casais com Cristo (ECC) da Arquidiocese de Belém que se doaram para esse serviço. Muito obrigado! E continuem ajudando-nos a levar mais

longe o Evangelho. Em ação de graças pelo serviço dos casais do ECC na Coleta do Círio de Nazaré, a Arquidiocese de Belém celebrará Santa Missa terça-feira, 30 de outubro, às 19h, na Matriz da Paróquia de Nossa Senhora das Graças, em Ananindeua, presidida por Dom Irineu Roman, Bispo Auxiliar de Belém. Faça parte da Família Nazaré e Seja mais Um! Acesse: www.sejamaisum. com


1º Caderno

BELÉM, DE 26 DE OUTUBRO A 1 DE NOVEMBRO DE 2018

Fundação

Escute na Rádio Nazaré FM 91.3 SEXTA - FEIRA 05h00 - ABERTURA DA EMISSORA 05h00 - Lírio Mimoso 05h05 - Cura-me Senhor 05h10 - Ângelus - Liturgia das horas - Láudes 05h30 - Oração do Terço - Mistérios Dolorosos 06h00 - A Voz do Pastor 06h15 - Forrozinho da fé 07h00 - Horário político 07h30 - Jornal Brasil Hoje 08h00 - Igreja ponto a ponto 09h00 - Seja+Um 09h30 - Informe Noticias 10h00 - Nazaré em revista 10h30 - Informe Notícia 11h55 - Momento de Oração - Ângelus, Pai - nosso 12h00 - A voz do pastor 12h15 - Cardápio Instrumental 14h00 - Segurança e Cidadania 14h30 - Informe Noticias 15h00 - Terço da Misericórdia 15h30 - Informe Noticias 16h00 - Varanda Musical 17h45 - Ângelus - Liturgia das Horas - Vésperas 18h00 - A Voz do Pastor 18h15 - Oração do Terço - Mistérios Dolorosos 18h40 - Musical Mariano 19h00 - Voz do Brasil 20h00 - Saudade em Versos e Canções 22h00 - A voz do pastor 22h30 - Jornal RNA 23h00 - Programa Salmos ao Deus da Vida 23h50 - Mensagem de Encerramento 00h00 - Rede Milícia Sat - Igreja no Rádio SÁBADO 05h00 - ABERTURA DA EMISSORA 05h00 - Lírio Mimoso 05h05 - Cura-me Senhor 05h10 - Ângelus Liturgia das horas - Láudes 05h30 - Oração do Terço - Mistérios da Alegria 06h00 - A Voz do Pastor 07h00 - Horário Político 07h30 - Musical Mensagem 08h00 - Conhecendo Jesus 10h00 - Maria de Todos os Povos 11h55 - Momento de Oração - Ângelus, Pai - nosso 12h00 - A voz do pastor 12h15 - Cardápio Instrumental

14h00 - Musical Nazaré 14h30 - Terço da Misericórdia 15h00 - Criança Evangelizando Criança 16h00 - Evangelizando Através do Dizimo 17h00 - A vida e o tempo 18h00 - A Voz do Pastor 18h15 - Ângelus - Liturgia das Horas - Vésperas 18h15 - Peregrinação de Nossa Senhora de Nazaré 18h30 - Musical Mariano 19h00 - Musical Nazaré 22h00 - A voz do Pastor 22h15 - Domínio jovem 23h50 - MENSAGEM DE ENCERRAMENTO 00h00 - Rede Milícia Sat DOMINGO 05h00 - ABERTURA DA EMISSORA 05h00 - Lírio Mimoso 05h05 - Cura-me Senhor 05h10 - Regina Coeli - Liturgia das horas - Láudes 05h30 - Oração do Terço – Mistérios Gloriosos 06h00 - A Voz do Pastor 07h00 - SANTA MISSA 08h00 - Vem e Segue-me 10h00 - Domingo Alegre 11h55 - Momento de Oração - Ângelus, Pai - nosso 12h00 - A voz do pastor 12h15 - Cardápio Instrumental 14h00 - Universo Acadêmico 15h00 - Terço da Misericórdia 18h00 - A Voz do Pastor 18h15 - Ângelus - Liturgia das Horas - Vésperas 18h30 - Peregrinação de Nossa Senhora de Nazaré 19h00 - Clássico Nazaré 20h00 - Circuito M P B 22h00 - A voz do Pastor 22h15 - Especial PE. Zezinho 23h50 - MENSAGEM DE ENCERRAMENTO 00h00 - Rede Milícia Sat – Igreja no Rádio SEGUNDA - FEIRA 05h00 - ABERTURA DA EMISSORA 05h00 - Lírio Mimoso 05h05 - Cura-me Senhor 05h10 - Ângelus - Liturgia das horas - Láudes 05h30 - Oração do Terço - Mistérios alegria 06h00 - A Voz do Pastor 06h15 - Forrozinho da fé

9

Ligue: (91) 4006-9251 07h00 - Horário político 07h30 - Jornal Brasil Hoje 08h00 - Igreja ponto a ponto 09h00 - Seja+Um 09h30 - Informe Noticias 10h00 - Nazaré em revista 10h30 - Informe Notícia 11h50 - Momento de Oração - Ângelus, Pai - nosso 12h00 - A voz do Pastor 12h20 - Cardápio Instrumental 14h00 - Varanda Musical 14h30 - Informe Notícia 15h00 - Terço da Misericórdia 15h30 - Informe Notícia 16h00 - Saúde e Cidadania 16h30 - Informe Notícia 17h30 - Informe Notícia 17h45 - Ângelus - Liturgia das Horas - Vésperas 18h00 - Voz do Pastor 18h15 - Peregrinação de Nossa Senhora de Nazaré 18h40 - Musical Mariano 19h00 - Voz do Brasil 20h00 - Crescendo na Fé 21h00 - Orando com Você - Com. Maíra 22h00 - A voz do pastor 22h30 - Jornal RNA 23h00 - Programa Salmos ao Deus da Vida 23h50 - MENSAGEM DE ENCERRAMENTO 00h00 - Rede Milícia Sat – Igreja no Rádio TERÇA - FEIRA 05h00 - ABERTURA DA EMISSORA 05h00 - Lírio Mimoso 05h05 - Cura-me Senhor 05h10 - Ângelus - Liturgia das horas - Láudes 05h30 - Oração do Terço - Mistérios alegria 06h00 - A Voz do Pastor 06h15 - Forrozinho da fé 07h00 - Horário político 07h30 - Jornal Brasil Hoje 08h00 - Igreja ponto a ponto 09h00 - Seja+Um 09h30 - Informe Noticias 10h00 - Nazaré em revista 10h30 - Informe Notícia 11h55 - Momento de Oração - Ângelus, Pai - nosso 12h00 - A voz do Pastor 12h15 - Cardápio Instrumental 14h00 - Varanda Musical

14h30 - Informe Notícia 15h00 - Terço da Misericórdia 15h30 - Informe Notícia 16h00 - Direito e cidadania 16h30 - Informe Notícia 17h25 - Informe Notícia 17h30 - Ângelus - Liturgia das Horas - Vésperas 17h45 - Voz do Pastor 18h00 - Novena Nossa Senhora Perpétuo Socorro 18h30 - Peregrinação de Nossa Senhora de Nazaré 19h00 - Voz do Brasil 20h00 - Família em Ação 22h00 - A voz do pastor 22h30 - Jornal RNA 23h00 - Programa Salmos ao Deus da Vida 23h50 - MENSAGEM DE ENCERRAMENTO 00h00 - Rede Milícia Sat – Igreja no Rádio QUARTA - FEIRA 05h00 - ABERTURA DA EMISSORA 05h00 - Lírio Mimoso 05h05 - Cura-me Senhor 05h10 - Ângelus - Liturgia das horas - Láudes 05h30 - Oração do Terço - Mistérios alegria 06h00 - A Voz do Pastor 06h15 - Forrozinho da fé 07h00 - Horário político 07h30 - Jornal Brasil Hoje 08h00 - Igreja ponto a ponto 09h00 - Seja+Um 09h30 - Informe Noticias 10h00 - Nazaré em revista 10h30 - Informe Notícia 11h55 - Momento de Oração - Ângelus, Pai - nosso 12h00 - A voz do Pastor 12h15 - Cardápio Instrumental 13h30 - Informe Notícia 14h00 - Varanda Musical 14h30 - Informe Notícia 15h00 - Terço da Misericórdia 15h30 - Informe Noticia 16h00 - Educação e Cidadania 16h30 - Informe Notícia 17h30 - Informe Notícia 17h45 - Regina Coeli - Liturgia das Horas - Vésperas 18h00 - A Voz do Pastor 18h15 - Peregrinação de Nossa Senhora de Nazaré

18h40 - Musical Mariano 19h00 - Voz do Brasil 20h00 - Musical Mensagem 21h00 - Orando com Você - Com. Mar adentro. 22h00 - A voz do pastor 22h30 - Jornal RNA 23h00 - Programa Salmos ao Deus da Vida 23h50 - MENSAGEM DE ENCERRAMENTO 00h00 - Rede Milícia Sat - Igreja no Rádio QUINTA - FEIRA 05h00 - ABERTURA DA EMISSORA 05h00 - Lírio Mimoso 05h05 - Cura-me Senhor 05h10 - Ângelus - Liturgia das horas - Láudes 05h30 - Oração do Terço - Mistérios alegria 06h00 - A Voz do Pastor 06h15 - Forrozinho da fé 07h00 - Horário político 07h30 - Jornal Brasil Hoje 08h00 - Igreja ponto a ponto 09h00 - Seja+Um 09h30 - Informe Noticias 10h00 - Nazaré em revista 10h30 - Informe Notícia 11h55 - Momento de Oração - Ângelus, Pai - nosso 12h00 - A voz do pastor 12h15 - Cardápio Instrumental 13h30 - Informe Notícia 14h00 - Entre nós 14h30 - Informe Notícia 15h00 - Terço da Misericórdia 15h15 - Musical Nazaré 15h30 - Informe Notícia 16h00 - Varanda Musical 16h30 - Informe Notícia 17h30 - Informe Notícia 17h45 - Ângelus - Liturgia das Horas - Vésperas 18h00 - A Voz do Pastor 18h15 - Peregrinação de Nossa Senhora de Nazaré 18h40 - Musical Mariano 19h00 - Voz do Brasil 20h00 - Musical Mensagem 21h00 - Orando com Você 22h00 - A voz do Pastor 22h30 - Jornal RNA 23h00 - Programa Salmos ao Deus da Vida 23h50 - MENSAGEM DE ENCERRAMENTO 00h00 - Rede Milícia Sat - Igreja no Rádio

Assista na TV Nazaré - Canal 30.1 SEXTA-FEIRA 00:00 Fraternidade em Ação 00:10 Adoração Ao Santíssimo 01:10 Terra Santa News 01:30 Mãe Maria 01:40 Comunidade Viva 02:00 Igreja que Sofre 02:30 Caminhando Na Fé 02:45 Mãe Maria 02:55 Palavra de Vida Eterna 03:00 EvangelizaShow 04:00 Diálogo Aberto 05:00 TeleCurso - Ensino Médio 05:30 TeleCurso - Ensino Médio Espanhol 05:45 Palavra de Vida Eterna 05:50 Mãe Maria 06:00 Terço Doloroso 06:25 Palavra de Vida Eterna 06:30 Caminhando Na Fé 06:45 Em Família 06:55 Preparando a Festa 07:00 Santa Missa Mantinal 08:00 Palavra de Vida Eterna 08:05 Mulher.com 10:15 Fraternidade em Ação 10:25 Palavra de Vida Eterna 10:30 Caminhando Na Fé 10:45 Mãe Maria 10:55 Meu Pensamento 11:00 Desenho 12:00 Nazaré Notícias 12:45 Novena de Nossa Senhora do Nó 12:55 Palavra de Vida Eterna 13:00 Fazendo Esperança 13:30 Caminhando Na Fé 13:45 Sal da Terra 14:00 Igreja que Sofre 14:30 Fraternidade em Ação 14:40 Em Família 14:50 Palavra de Vida Eterna 14:55 Meu Pensamento 15:00 De Mãos Dadas 16:00 TeleCurso - Ensino Médio 16:30 Fazendo Esperança 17:00 Palavra de Vida Eterna 17:05 Caminhando Na Fé 17:20 Fraternidade em Ação 17:30 Terço Doloroso 17:55 Preparando a Festa 18:00 Santa Missa Vespertina 19:00 Nazaré Notícias 19:45 Caminhando Na Fé 20:00 EvangelizaShow 21:00 Espaço Cultural 22:30 Terra Santa News 22:50 Novena de Nossa Senhora do Nó 23:00 Palavra de Vida Eterna 23:05 Caminhando Na Fé 23:20 Fraternidade em Ação 23:30 Terço Doloroso 23:55 Meu Pensamento SÁBADO 00:00 Música Mensagem 02:00 Fiacolata 03:00 EvangelizaShow 04:00 Despertai Para o Amor 05:00 Telecurso Ensino Fundamental 06:00 Terço Gozoso 06:25 Conversa com Meu Povo 06:55 Palavra de Vida Eterna 07:00 Notícias Pastorais 07:45 Sal da Terra 08:00 Palavra de Vida Eterna 08:05 Comunidade Viva 08:25 Meu Pensamento 08:30 Conversa com Meu Povo 09:00 Missa no Rio de Janeiro-RJ

10:00 Pesca Amazônia 11:00 Sal da Terra 11:15 Mãe Maria 11:25 Meu Pensamento 11:30 Palavra de Vida Eterna 11:35 Igreja no Brasil 11:40 Terra Santa News 12:00 Notícias Pastorais 12:45 Meu Pensamento 12:50 Mãe Maria 13:00 Viagem pela Amazônia 13:30 Conversa com Meu Povo 14:00 Pensando Bem 15:00 Despertai Para o Amor 16:00 Sal da Terra 16:15 Conversa com Meu Povo 16:45 Notícias Pastorais 17:30 Terço Gozoso 17:55 Palavra de Vida Eterna 18:00 Música Mensagem 20:00 Conversa com Meu Povo 20:30 Cine Nostalgia 21:30 Fiacolata 22:30 Despertai Para o Amor 23:30 Terço Gozoso 23:55 Meu Pensamento DOMINGO 00:00 Música Mensagem 02:00 Despertai Para o Amor 03:00 Sal da Terra 03:15 Notícias Pastorais 04:00 Igreja que Sofre 04:30 EvangelizaShow 05:30 Palavra de Vida Eterna 05:35 Terra Santa News 05:55 Palavra de Vida Eterna 06:00 Terço Glorioso 06:30 Sal da Terra 06:45 Fraternidade em Ação 06:55 Meu Pensamento 07:00 Santa Missa Dominical 08:00 Notícias Pastorais 08:45 Desenho 09:30 Comunidade Viva 09:50 Meu Pensamento 09:55 Palavra de Vida Eterna 10:00 Diálogo Aberto 11:00 Pesca Amazônia 12:00 Notícias Pastorais 12:45 Ângelus 13:00 Encantos da Amazônia 14:00 Terra Santa News 14:20 Palavra de Vida Eterna 14:25 Meu Pensamento 14:30 Igreja que Sofre 15:00 Cine Nostalgia 16:00 Dedo de Prosa 17:00 Palavra de Vida Eterna 17:05 Sal da Terra 17:20 Mãe Maria 17:30 Terço Glorioso 17:55 Palavra de Vida Eterna 18:00 EvangelizaShow 19:00 Despertai Para o Amor 20:00 Espaço Cultural 21:30 Janela Aberta 22:30 Palavra de Vida Eterna 22:35 Questão de Fé 23:35 Terço Glorioso SEGUNDA-FEIRA 00:00 Fraternidade em Ação 00:10 De Mãos Dadas 01:10 Terra Santa News 01:30 EvangelizaShow 02:30 Caminhando Na Fé 02:45 Mãe Maria

02:55 Palavra de Vida Eterna 03:00 Encantos da Amazônia 04:00 Diálogo Aberto 05:00 TeleCurso - Ensino Médio 05:30 TeleCurso - Ensino Médio Espanhol 05:45 Palavra de Vida Eterna 05:50 Mãe Maria 06:00 Terço Gozoso 06:25 Palavra de Vida Eterna 06:30 Caminhando Na Fé 06:45 Em Família 06:55 Preparando a Festa 07:00 Santa Missa Mantinal 08:00 Palavra de Vida Eterna 08:05 Mulher.com 10:15 Fraternidade em Ação 10:25 Palavra de Vida Eterna 10:30 Caminhando Na Fé 10:45 Mãe Maria 10:55 Meu Pensamento 11:00 Desenho 12:00 Nazaré Notícias 12:45 Novena de Nossa Senhora do Nó 12:55 Palavra de Vida Eterna 13:00 Fazendo Esperança 13:30 Caminhando Na Fé 13:45 Mãe Maria 13:55 Palavra de Vida Eterna 14:00 Igreja que Sofre 14:30 Fraternidade em Ação 14:40 Em Família 14:50 Palavra de Vida Eterna 14:55 Meu Pensamento 15:00 De Mãos Dadas 16:00 TeleCurso - Ensino Médio 16:30 Fazendo Esperança 17:00 Palavra de Vida Eterna 17:05 Caminhando Na Fé 17:20 Fraternidade em Ação 17:30 Terço Gozoso 17:55 Preparando a Festa 18:00 Santa Missa Vespertina 19:00 Nazaré Notícias 19:45 Caminhando Na Fé 20:00 Janela Aberta 21:00 Cine Nostalgia 22:00 Nazaré Notícias 22:45 Novena de Nossa Senhora do Nó 22:55 Meu Pensamento 23:00 Caminhando Na Fé 23:15 Fraternidade em Ação 23:25 Palavra de Vida Eterna 23:30 Terço Gozoso 23:55 Meu Pensamento TERÇA-FEIRA 00:00 Igreja no Brasil 00:10 De Mãos Dadas 01:10 Conversa com Meu Povo 01:40 Palavra de Vida Eterna 01:45 Meu Pensamento 01:50 Mãe Maria 02:00 Igreja que Sofre 02:30 Conversa com Meu Povo 03:00 Religare 03:30 De Coração 04:00 Janela Aberta 05:00 Telecurso Ensino Médio 05:30 Telecurso Espanhol 05:45 Palavra de Vida Eterna 05:50 Em Família 06:00 Terço Doloroso 06:25 Conversa com Meu Povo 06:55 Preparando a Festa 07:00 Santa Missa Mantinal 08:00 Palavra de Vida Eterna 08:05 Mulher.com 10:15 Palavra de Vida Eterna

10:20 Mãe Maria 10:30 Conversa com Meu Povo 11:00 Desenho 12:00 Nazaré Notícias 12:45 Novena de Nossa Senhora do Nó 12:55 Palavra de Vida Eterna 13:00 Sal da Terra 13:15 Meu Pensamento 13:20 Mãe Maria 13:30 Conversa com Meu Povo 14:00 Desenho 15:00 Novena do Perpétuo Socorro 15:45 Sal da Terra 16:00 Telecurso Ensino Médio 16:30 Conversa com Meu Povo 17:00 Palavra de Vida Eterna 17:05 Comunidade Viva 17:25 Meu Pensamento 17:30 Terço Doloroso 17:55 Preparando a Festa 18:00 Santa Missa Vespertina 19:00 Nazaré Notícias 19:45 Sal da Terra 20:00 Conversa com Meu Povo 20:30 Terra Santa News 20:50 Em Família 21:00 Questão de Fé 22:00 Nazaré Notícias 22:45 Novena de Nossa Senhora do Nó 22:55 Meu Pensamento 23:00 Conversa com Meu Povo 23:30 Terço Doloroso 23:55 Meu Pensamento QUARTA-FEIRA 00:00 Fraternidade em Ação 00:10 De Mãos Dadas 01:10 Terra Santa News 01:30 Encantos da Amazônia 02:30 Caminhando Na Fé 02:45 Mãe Maria 02:55 Palavra de Vida Eterna 03:00 Novena do Perpétuo Socorro 03:45 Caminhando Na Fé 04:00 Questão de Fé 05:00 TeleCurso - Ensino Médio 05:30 TeleCurso - Ensino Médio Espanhol 05:45 Palavra de Vida Eterna 05:50 Mãe Maria 06:00 Terço Glorioso 06:25 Palavra de Vida Eterna 06:30 Caminhando Na Fé 06:45 Em Família 06:55 Preparando a Festa 07:00 Santa Missa Mantinal 08:00 Palavra de Vida Eterna 08:05 Mulher.com 10:15 Fraternidade em Ação 10:25 Palavra de Vida Eterna 10:30 Caminhando Na Fé 10:45 Mãe Maria 10:55 Meu Pensamento 11:00 Desenho 12:00 Nazaré Notícias 12:45 Novena de Nossa Senhora do Nó 12:55 Palavra de Vida Eterna 13:00 Fazendo Esperança 13:30 Caminhando Na Fé 13:45 Sal da Terra 14:00 Igreja que Sofre 14:30 Fraternidade em Ação 14:40 Em Família 14:50 Palavra de Vida Eterna 14:55 Meu Pensamento 15:00 De Mãos Dadas 16:00 TeleCurso - Ensino Médio

16:30 Fazendo Esperança 17:00 Palavra de Vida Eterna 17:05 Caminhando Na Fé 17:20 Fraternidade em Ação 17:30 Terço Glorioso 17:55 Preparando a Festa 18:00 Santa Missa Vespertina 19:00 Nazaré Notícias 19:45 Caminhando Na Fé 20:00 Pensando Bem 21:00 Encantos da Amazônia 22:00 Nazaré Notícias 22:45 Novena de Nossa Senhora do Nó 22:55 Meu Pensamento 23:00 Caminhando Na Fé 23:15 Fraternidade em Ação 23:25 Palavra de Vida Eterna 23:30 Terço Glorioso 23:55 Meu Pensamento QUINTA FEIRA 00:00 Igreja no Brasil 00:05 Palavra de Vida Eterna 00:10 De Mãos Dadas 01:10 Conversa com Meu Povo 01:40 Palavra de Vida Eterna 01:45 Meu Pensamento 01:50 Mãe Maria 02:00 Igreja que Sofre 02:30 Conversa com Meu Povo 03:00 Encantos da Amazônia 04:00 Pensando Bem 05:00 Telecurso Ensino Médio 05:30 Telecurso Espanhol 05:45 Palavra de Vida Eterna 05:50 Em Família 06:00 Terço Luminoso 06:25 Conversa com Meu Povo 06:55 Preparando a Festa 07:00 Santa Missa Mantinal 08:00 Palavra de Vida Eterna 08:05 Mulher.com 10:15 Palavra de Vida Eterna 10:20 Mãe Maria 10:30 Conversa com Meu Povo 11:00 Desenho 12:00 Nazaré Notícias 12:45 Novena de Nossa Senhora do Nó 12:55 Palavra de Vida Eterna 13:00 Sal da Terra 13:15 Meu Pensamento 13:20 Mãe Maria 13:30 Conversa com Meu Povo 14:00 Desenho 14:55 Meu Pensamento 15:00 Adoração Ao Santíssimo 16:00 Telecurso Ensino Médio 16:30 Conversa com Meu Povo 17:00 Palavra de Vida Eterna 17:05 Terra Santa News 17:25 Meu Pensamento 17:30 Terço Luminoso 17:55 Preparando a Festa 18:00 Santa Missa Vespertina 19:00 Nazaré Notícias 19:45 Sal da Terra 20:00 Conversa com Meu Povo 20:30 Comunidade Viva 20:50 Em Família 21:00 Diálogo Aberto 22:00 Nazaré Notícias 22:45 Novena de Nossa Senhora do Nó 22:55 Meu Pensamento 23:00 Conversa com Meu Povo 23:30 Terço Luminoso 23:55 Meu Pensamento


10

Santa Missa

BELÉM, DE 26 DE OUTUBRO A 1 DE NOVEMBRO DE 2018

1º Caderno

Horários de Missas nas paróquias da Arquidiocese de Belém REGIÃO EPISCOPAL SANT’ANA

(Basílica Santuário) Nazaré - Belém Sábado: 7h, 8h30,12h,17h Domingo: 6h30, 8h, 10h, 16h30, 18h e 20h Telefone: 4009-8400

Telefone: 3297-7250

N. Sra. das Mercês (Reitoria) Comércio - Belém Sábado: 12h e 17h, Domingo: 12h e 17h

São Francisco de Assis (Capuchinhos) São Brás - Belém Sábado: 19h30 Domingo: 6h, 7h30, 9h30,18h, 20h Telefone: 3073-1500

Nossa Senhora de Fátima Icoaraci - Belém Terça, quinta e sexta: 18h30 Sábado: 19h - Domingo: 19h Telefone: 3297-7251

N. Senhora Auxiliadora Anita Gerosa (Aurá) - Ananindeua Domingo: 7h e 18h Telefones: 3255-3828

Sant'Ana da Campina Comércio - Belém Sábado: 12h (Igreja Matriz) Domingo: 7h (Col. D. Bosco) 9h (Igreja Matriz) Telefone: 3230-3734

Santo Antônio do Tucunduba Guamá - Belém Sábado: 19h30 Domingo: 7h e 19h30 Telefone: 3274 -9001

Jesus Bom Samaritano Tapanã - Belém Domingo: 7h30 e 19h30 Telefone: 3033-2004

N. Senhora das Vitórias Almir Gabriel - Marituba Sábado: 19h Domingo: 7h, 19h Telefone: 3292-0013

Nossa Senhora da Graça (Catedral) Cidade Velha - Belém Sábado: 19h, Domingo: 7h, 9h e 19h Telefone: 2121-3723/ 2121-3724

São Judas Tadeu Condor - Belém Sábado: 19h. Domingo: 7h, 9h e 19h Telefone: 3115-6020 Santa Teresinha do Menino Jesus Jurunas - Belém Sábado: 6h e 18h30 Domingo: 6h30, 8h30 e 18h Telefone: 3272-2251 Santo Antônio de Lisboa Batista Campos - Belém Sábado: 6h30, 12h, 17h e 18h30 Domingo: 8h, 11h, 17h, 18h30 e 20h Telefone: 3215-7004/ 3222-0097 Santíssima Trindade Campina - Belém Sábado: 16h,Domingo: 7h, 10h, 11h30, 17h30 e 19h Telefone: 3215-7007/ 3242-4917 Nossa Senhora da Conceição Cidade Velha - Belém Sábado: 18h30, Domingo: 7h, 9h e 18h Telefone: 3215-7006 São José Umarizal - Belém Sábado: 19h Domingo: 7h, 11h e 19h Telefone: 3230-1633 Santa Luzia Jurunas - Belém De terça a sexta-feira: 19h Sábado: 18h30 Domingo: 7h; 9h; 18h30 Telefone: 3271-2146 Nossa Senhora de Lourdes Nazaré - Belém Seg a Sáb: 6h30 e 18h Domingo: 7h, 9h, 17h30 e 19h30 Telefone: 3223-5728 Nossa Senhora do Carmo Cidade Velha Sábado: 18h - Domingo: 7h REGIÃO EPISCOPAL SANTA MARIA GORETTI Santa Maria de Belém Terra Firme - Belém Terça: 19h Sábado: 19h - Domingo: 7h30 e 19h Telefone: 3253-5422 São Pedro e São Paulo Guamá - Belém Sábado: 19h Domingo: 7h, 9h e 18h30 Telefone: 3283-6021/3259-0413 São José de Queluz Canudos - Belém Segunda a sábado: 6h30 e 19h Domingo: 7h, 10h, 17h e 19h Telefone: 3226-2612 São Domingos de Gusmão Terra Firme - Belém Sábado: 19h Domingo: 7h, 9h e 19h30 Telefone: 3253-2656/3274-4746 São Miguel Arcanjo Cremação - Belém Sábado: 18h30 Domingo: 7h30, 11h e 18h30 Telefone: 3283-6022 Nossa Senhora de Fátima Fátima - Belém Sábado: 17h30 Domingo: 6h45, 8h30, 17h30 e 19h30 Telefone: 3266-1392/3226-0503 Santa Maria Goretti Guamá - Belém Domingo: 9h30 e 18h Telefone: 3283-6023 Nossa Senhora de Nazaré

REGIÃO EPISCOPAL SANTA CRUZ Imaculada Conceição Castanheira - Belém Sábado: 17h. Domingo: 7h e 19h Telefone: 3277-4642/98111-8110 São Sebastião Sacramenta - Belém Sábado e domingo: 7h, 17h e 19h Telefone: 3264-9060/3254-7354 Jesus Ressuscitado Marambaia - Belém Sábado: 18h Domingo: 7h, 10h e 18h Telefone: 3277-4643 São Geraldo Magela Val de Cans - Belém Sábado: 19h Domingo: 7h30, 10h30 e 18h Telefone: 3257-7950 N. Sra do Perpétuo Socorro Telégrafo - Seg. a sábado: missa - 19h Domingo: missa: 7h, 8h30, 17h30 e 19 h - Telefone: 3233 1797 São Jorge Marambaia - Belém Sábado: 19h Domingo: 7h, 9h, 17h e19h Telefone: 3277-4641 São Raimundo Nonato Umarizal - Belém Sábado: 6h30 e 18h Domingo: 6h30, 8h30 e 18h Telefone: 3277-4644 Santa Cruz Marco - Belém Sábado: 18h30 Domingo: 7h, 9h, 11h e 18h30 Telefone: 3277-4640/3276-0941 Nossa Senhora da Conceição Aparecida Pedreira - Belém Terça a Sábado: 18h Dom.: 7h, 9h e 18h/1ª Sexta-mês: 9h Telefone: 3233-4224/3276-9573 São Francisco Xavier Marco - Belém Sábado: 19h Domingo: 7h, 9h e 18h Telefone: 3352-8845 N. Senhora, Mãe da Divina Providência Val de Cans - Belém Sábado:19h - Domingo: 7h e 19h Telefone: 3257-2388 Sagrada Família Curió Utinga - Belém. Sábado: 7h e 19h30 Domingo: 7h, 9h e 19h30 São João Paulo II Souza - Belém De terça a sábado: 18h Domingos: 8h e 18h Telefone: 3277-4062 Nossa Senhora de Loreto Marco - Belém Telefone: (91) 3355-6302 Sábado: 17h Domingo: 7h, 9h, 11h, 17h e 19h São Benedito Rua São Benedito, Barreiro Terça a sexta-feira - 19h Sábado - 8h (missa com crianças) Domingos - 7h30 e 18h30 REGIÃO EPISCOPAL SÃO JOÃO BATISTA São João Batista e Nossa Senhora das Graças Icoaraci - Belém Terça a sexta: 6h30 Sábado: 6h30, 17h, 20h Domingo: 7h e 18h

São Francisco de Assis Tapanã - Belém Domingo: 7h e 18h30 Telefone: 3258-8036

São Francisco das Ilhas Cotijuba - Belém Terça e quinta: 19h30 Sábado: 19h30 Domingo: 7h e 19h30 Telefone: 3247-1438 Nossa Senhora da Imaculada Conceição Outeiro - Belém Terça e quinta: 19h; Sábado: 9h Domingo: 7h e 18h Telefone: 3267-1174 Nossa Senhora do Livramento Icoraci - Belém Terça, quinta, sexta e sábado:19h Domingo: 7h e18h Telefone: 3288-4250 Divina Misericórdia Águas Negras - Icoaraci Terça a sexta: 18h30 Sábado: 17h e 19h30 (comunidade) Domingo: 7h e 19h 30 Santo Afonso de Ligório Pratinha - Belém Sábado: 19h Domingo: 8h30 e19h Telefone: 3258-1554/3274-8281 São Francisco de Assis Campina - Icoaraci Domingo: 7h, 9h e 18h30 De terça-feira a sexta-feira: 19h Telefone: 3297-0765 REGIÃO EPISCOPAL CORAÇÃO EUCARÍSTICO DE JESUS Coração Eucarístico de Jesus Catalina - Belém Sábado: 18h Domingo: 7h, 10h e 18h Telefone: (91) 3285-1433 Santa Edwiges Mangueirão - Belém Sábado: 19h Domingo: 7h, 9h30 e18h Telefone: 3279-1654 N. Senhora Rainha da Paz Bengui - Belém Domingo: 7h, 9h e 18h30 Telefone: 3277-4645 Nossa Senhora do Bom Remédio Conjunto Satélite - Belém Sábado: 17h30 Domingo: 7h e 18h30 Telefone: 3289-5355/3248-1136 Natividade de Nosso Senhor Jesus Cristo Conjunto Sideral - Belém Domingo: 7h, 9h e18h Telefone: 3067-2017 Santa Luzia do Bom Futuro Cabanagem - Belém Sábado: 17h - Domingo: 7h e 19h São José de Anchieta Alameda Ns-13, 65 - Coqueiro Sexta - 7h30 Domingo - 7h; 18h Santa Teresinha do Menino Jesus Tenoné - Belém Domingo: 7h e 18h Telefone: 3289-5368 Nossa Senhora de Lourdes Coqueiro - Ananindeua Sábado: 17h. Domingo: 7h e 19h Telefone: 3275-2391 Santo Antônio de Pádua Coqueiro - Ananindeua Sábado: 19h. Domingo: 7h e 18h Telefone: 98152-2200 Arcanjo São Miguel Una - Ananindeua

Sábado: 19h Domingo: 7h30. 9h30 e 19h Telefone: 3234-4674 REGIÃO EPISCOPAL MENINO DEUS

Sagrado Coração de Jesus Júlia Seffer - Ananindeua Sábado: 19h Domingo: 7h30, 9h e18h Telefone: 3265-5413 Sagrado Coração de Jesus Distrito Industrial - Ananindeua Sábado: 19h Domingo: 7h, 8h30 e 17h30 Telefone: (91) 98855 - 2232

Área Missionária São Paulo, Apóstolo Rodovia BR-316 Domingo: 9h e 11h Telefone: 98292-9199 Santíssimo Sacramento Nova União - Marituba Sábado: 18h30 (Capela N. Sra. do Perpétuo Socorro) Domingo: 18h30 (Capela S. Francisco de Assis) REGIÃO EPISCOPAL SÃO VICENTE DE PAULO Cristo Rei Guanabara - Ananindeua Domingo: 7h, 9h30 e 19h Telefone: 3235-1405 Divino Espírito Santo Cidade Nova - Ananindeua Sábado: 7h. Domingo: 7h, 9h e 18h Telefone: 3263-0603 Santo Inácio de Loyola Icui Guajará - Ananindeua Domingo: 7h e18h Telefone: 991541971

Paróquia Nossa Senhora do Carmo Benevides Sábado - 19h Domingo - 8h e 19h Telefone: (91) 3724-1098

São Lucas Evangelista Guajará - Ananindeua Quinta : 7h e 18h30. Sexta: 18h30 Sábado: 9h e18h30. Domingo: 7h, 17h e 19h Telefone: 3353-0364

Menino Deus Centro - Marituba Domingo: 6h, 8h30 e 18h Telefone: 3237-8351

Santa Maria Mãe de Deus Maguari - Ananindeua Terça, quarta, sexta e sábado: 7h Quinta: 19h; Domingo: 7h e 19h Fone: (91) 3255-5284

N. Sra. de Nazaré Marituba - Quarta - feira Horário de Missa: às 19h Domingos: às 8h30 Telefone: 98040-5117 /98102 - 7344

Santa Teresinha Águas Lindas - Ananindeua Domingo: 7h30 e 18h Telefone: 9916-4548/99169-3443

N. Sra. das Graças Centro - Ananindeua Sábado: 19h Domingo: 7h e 19h Telefone: 3255-2654

N. Senhora de Guadalupe Coqueiro - Ananindeua Terça a sexta: 19h Sábado: 18h30 Domingo: 7h ,9h e18h Telefone: 3245-7440

N. Sra. do Ó Vila - Mosqueiro Sábado: 19h30 Domingo: 6h30, 9h30 e 19h30 Telefone: (91) 3771-1278

Cristo Peregrino Jaderlândia - Ananindeua De Segunda a Sábado: 19h Domingo: 7h,17h e19h Telefone: 3237-9891

São Pio X Águas Lindas - Ananindeua Domingo: 7h30 e 19h30 Telefone: 32155-2583

Santa Paula Frassinetti Cidade Nova VI - Ananindeua Segunda e quarta: 18h30 Terça e quinta: 19h30 Sexta: 7h. Sábado: 19h Domingo: 7h, 9h, 18h Telefone: 3279-2620

Santa Rosa de Lima Independente - Benevides Terça a Sexta:18h, Sábado:17h, 19h Domingo: 07h30 e 19h Telefone: (91)3724- 1135 Bom Pastor Nova Marituba - Marituba Segunda a Sexta: 18h Sábado: 6h, 9h30 e 19h Domingo: 6h, 9h30 e 19h Telefone: 4106-0202 N. Sra da Conceição Praça Matriz - Benfica Domingo: 6h15 e 19h30 Telefone: 3450-8147 N. Sra da Conceição Carananduba - Mosqueiro Ter a Sex: 18h30 Sábado: 18h30 Domingo: 7h e 19h Telefone: 3772-1183 Santa Bárbara Centro - Santa Bárbara Domingo: 7h30 e 19h Telefone: 3776-1529 São Marcos Uriboca - Marituba Terça: 19h. Domingo: 7h e 19h Telefone: 3237-8351 Pedro Pescador Baía do Sol - Mosqueiro Ter a sexta: 19h (Igreja S. Sebastião) Quarta: Matriz - 19h Sábado:19h (Igreja São Sebastião) Domingo: 8h (Ig. S. Sebastião); 10 h 3 0 ( I g . D i v. E s p . S a n t o ) ; 19h ( Matriz) Telefone: 99919-4153

Transfiguração do Senhor Curuçambá - Ananindeua Sábado: 18h30 e 20h Domingo: 7h e 18h30 Telefone: 3286-8570 Santa Rita de Cássia Cidade Nova V - Ananindeua. Sábado: 6h30 e 17h30 Domingo: 6h30, 8h30, 7h30 e 19h30. Telefone: 3273-3191/ 3273-3310 Paróquia Santíssimo Redentor Icuí-Guajará - Ananindeua Sábado: 19h30 - Igreja Matriz Domingo: 7h - Igreja Matriz 9h - Comunidade Santo Afonso 17h - Igreja Matriz 19h - Comunidade Cristo Rei São Vicente de Paulo Paar - Ananindeua Domingo: 7h, 8h30 e 19h São José Operário Conj. Carnaúba, Icuí - Ananindeua Domingo: 7h e 18h Telefone: 3295-3545/3031-1172 Nossa Senhora do Amparo Cidade Nova 8 - Ananindeua Terça a Sexta: 19h - Sábado: 19h30 Domingo: 7h, 9h e 18h Telefone: 3287-2418 Santo André Apóstolo Coqueiro - Ananindeua Segunda a sexta - 19h Sábado: 19h45 - Domingo: 8h 19h Telefone: (91) 3235-1658

Não encontrou o horário das missas da sua paróquia aqui? Entre em contato com seu pároco ou com a secretaria da sua paróquia e solicite que nos informem para podermos publicar.


Fundação Nazaré 11 Missa pela Família Nazaré será dia 9

1º Caderno

N

a sexta-feira, dia 9 de novembro, a Fundação Nazaré de Comunicação (FNC) retomará o calendário normal das Missas mensais em ação de graças pela Ação de Graças pelos benfeitores da Família Nazaré, projeto subsidiário da instituição que ajuda a manter o trabalho dos veículos de comunicação arquidiocesanos. A exemplo do que acontece todos os meses, a Missa pelos benfeitores sempre é celebrada na primeira sexta-feira do mês. Entretanto no mês de outubro não houve essa celebração eucarística, uma vez que a Fundação Nazaré de Comunicação esteve muito envolvida nas produções em geral para o êxito do Círio de Nazaré. Assim, no mês de novembro, as Missas voltam a ser celebradas na capela da instituição, localizada na avenida Governador José Malcher, nº 915, no bairro de Nazaré, em Belém.

BELÉM, DE 26 DE OUTUBRO A 1 DE NOVEMBRO DE 2018

A TV Nazaré transmitirá tudo ao vivo partir das 14h pelo canal 30.1 LUIZ ESTUMANO

w TERÇO oração que antecede a celebração eucarística

Iniciada sempre pelo Santo Terço, este momento de oração tem a participação do Movimento Arquidiocesano do Terço dos Homens Mãe Rainha que começam a oração às 14h30. E às 15h, a Santa Missa começa. Todos os meses deste ano de 2018, as celebrações tiveram a participação de comunidades diocesanas, uma vez que a Missa na Fundação Nazaré também é a

ocasião escolhida para a Igreja de Belém estar em unidade com o que celebra a Igreja no Brasil, e dessa forma, a Arquidiocese de Belém vem homenageando o Ano do Laicato. Todo esse envolvimento e espiritualidade da Missa pela Família Nazaré promove a participação de paróquias e neste mês de novembro junta-se pela oração pelos benfeitores da Funda-

LUIZ ESTUMANO

w MISSA começa às 15, transmitida ao vivo pela TV Nazaré

ção Nazaré a comunidade da Paróquia de Cristo Rei, localizada no bairro da Guanabara. A Missa também conta com a participação de integrantes do Apostolado da Oração ainda que não seja a primeira sexta do mês, em que tradicionalmente a Igreja volta-se à devoção do Sagrado Coração de Jesus. Como eles participam todos os meses, sempre comparecem à missa para também re-

zara pela Família Nazaré. O BENFEITOR

Quem não faz parte ainda da Família Nazaré pode realizar seu cadastro no Portal Nazaré (www. fundacaonazare.com. br/cadastro) ou ligar para os números (91) 40069211/4006-9212. Dessa maneira, qualquer pessoa que queira contribuir com a missão evangelizadora da Arquidiocese de Belém, tendo

seu cadastro realizado e a sua contribuição mensal efetivada, passa a ser um integrante da família de benfeitores. A contribuição dos benfeitores da Família Nazaré é um dos principais fatores que concorre para o êxito da evangelização, realizada pelos diversos projetos pastorais da Igreja de Belém, tendo à frente o Arcebispo Metropolitano de Belém, Dom Alberto Taveira Corrêa.

CAMPANHA SEJA MAIS UM - Colabore com a obra de evangelização da Arquidiocese sendo mais um benfeitor da Fundação Nazaré de Comunicação. O cadastro pode ser feito pessoalmente na sede da Fundação, situada na avenida José Malcher, nº 915 – Edifício Paulo VI, Nazaré, de segunda a sábado, das 7h às 19h. Ou pelos sites oficiais (www.sejamaisum.com), (www.fundacaonazare.com.br), ou pelo telefone (91) 4006-9211. Se preferir entrar em contato por e-mail, envie mensagem para famjor@fundacaonazare. com.br e faleconosco@fundacaonazare.com.br

Parabéns para você!

A

gradeço a Jesus e a Nossa Senhora de Nazaré por mais um ano de vida concedido a mim, pela minha saúde e pela oportunidade de comemorar mais um aniversário ao lado da minha família. MARCELO MONTEIRO MARTINS, contador 43 anos, 27/10

26/10 Armindo Lopes de Oliveira Carlos Paulo da Conceição Casal Edmilson Viana da Luz e Suely Alves da Luz

José Maria Caldas Batista Lucila Carvalho da Silva Mara Sione Ribeiro de Souza Paulo Alexandre Coento de Souza 27/10 Carolina dos Santos Vaz Florentina Ferreira Favacho Francisca dos Santos Amorim Marcelo Monteiro Martins Marcli Araújo Zaire Maria de Fátima Barbosa Dias Maria Wilma Tavares de Moraes Mauro Celso Mescouto de Souza Nely Bezerra Leal Rosa Maria Silva Guidão Sandra Maria da Mata 28/10 Afonso Henrique Macedo de França Ana Almeida dos Santos André Luiz Souza Coelho Antônia Seixas dos Santos Leão Edgar Souza Nazaré João Batista de Melo Mota Lucila Lira Menezes Luzia Rodrigues dos Santos Leite Maria Dulce Silva de Aquino Marilene Duarte Minas Olgarina Barata Almeida Olinda Cardoso dos Santos Sebastiana Canuto Alves 29/10

Ângela Maria Sousa de Brito Dalcy Coelho Edvaldo do Carmo Nogueira Evarista Soares Costa Evaristo Seguins Gomes Graziela Maciel do Nascimento Maria Iara de Oliveira Maria Terezinha Pantoja de Nazaré 30/10 Ailton Carlos Santos da Costa Alberto Lino Almeida Bruno Gomes Pedroso Lucimar Cabral Cunha Maria Aurora de Carvalho Santos Maria Celeste Guerreiro Pereira Maria de Nazareth dos Santos Thury Pedro dos Santos Gomes Raimundo Viana de Oliveira Roseane Duarte dos Santos Sônia Maria Mendes Maués 31/10 Antônio Max de Oliveira da Silva Benedito Sérgio Magina Fernandes

w

Júlio Antônio Gouvêa Grandi Leinda Maria Abreu Silva Maria Jonilda Lima Brito Merian Nazaré Nunes Sabba Raimunda Moraes Gomes 01/11 Aida Lourdes Moreira Ângela Maria Siqueira Duarte Carmen Teles Fernandes Ceci do Carmo Reis César Augusto Ferreira dos Santos Janete do Socorro Santos Raiol José Xavier da Silva Jucilene Silva Oeiras Julieta Albuquerque Mendonça Lucimar Rosa da Rocha Maria José Ramalho do Espírito Santo Maria Martins e Martins Palmira Cardoso de Moraes Raimundo de Nazaré Ferreira Moreira Rocilene Rabelo de Castro Silvia Regina Menezes dos Santos Walquíiria de Nazaré Araújo

Aniversário natalício de padres e diáconos diocesanos 26/10 - Diác. Evaristo Vitor Farias 31/10 - Diác. Pedro de Abreu Ramos 01/11 - Pe. Manoel Francisco dos Santos 01/11 - Diác. Luiz Carlos de Araújo Castro

AJUDE A MANTER A FUNDAÇÃO NAZARÉ DE COMUNICAÇÃO. LIGUE PARA 4006-9200 E SEJA SÓCIO DA FAMÍLIA NAZARÉ.


1º Caderno Círio 2018 Evangelização no círio juvenil de Belém 12

BELÉM, DE 26 DE OUTUBRO A 1 DE NOVEMBRO DE 2018

LUIZ ESTUMANO

w O JOVEM no centro de tudo, e por todos, a vigília pelo Círio 2018 LUIZ ESTUMANO

w PONTO DE CHEGADA, a Basílica, agradecimento por todo o percurso JOÃO PARAENSE

w TRASLADO da imagem Peregrina sai de Belém com destino a Ananindeua JOÃO PARAENSE

w ANANINDEUA já na região metropolitana, imagem visita comunidades

LUIZ ESTUMANO

w ESTRADA foi caminho a pé dos devotos desde o município de Barcarena LUIZ ESTUMANO

w ACOLHIDA aos romeiros que chegaram de diversos pontos do Pará JOÃO PARAENSE

w PARÓQUIAS no trajeto do traslado recebem a imagem Peregrina LUIZ ESTUMANO

w DEVOÇÃO a Nossa Senhora expandindo-se de geração para geração


BELÉM, DE 26 DE OUTUBRO A 1 DE NOVEMBRO DE 2018

Caderno Dois

FOTOS: LUIZ ESTUMANO

w COM VÁRIAS HOMENAGENS as crianças demonstram sua devoção

w DEVOTA E ALEGREMENTE as crianças percorrem todo o percurso

Círio das Crianças toma as ruas do centro da capital No primeiro domingo após o Círio de Nazaré é a vez de os pequenos

N

o colo dos pais, segurando a mão de alguém ou, ainda, montado nos ombros para ter uma visão privilegiada para ver a imagem da Rainha da Amazônia passar em sua Berlinda. Assim foi a manhã do último domingo, 21, dia da realização da 28ª edição do Círio das Crianças que também reuniu avós e pais para homenagear Nossa Senhora de Nazaré. Com o objetivo de iniciar desde cedo a devoção à Virgem, a procissão teve início com Santa Missa, às 7h na Praça Santuário, presidida por Dom Alberto Taveira Corrêa, Arcebispo Metropolitano. No primeiro domingo após o Círio de Nazaré, é a vez de os pequenos irem às ruas vestidos de anjos e com sua alegria, própria da infância, cantarem e louvarem Nossa Senhora. Realizado pela primeira vez em 1990, o Círio das Crianças teve animação ainda de bandas musicais compostas por jovens e um coral formado especialmente para a homenagem. Na celebração eucarística que antecedeu a saída da romaria, que contou com centenas de famílias, Dom Alberto comentou o modelo das crianças tomado por Jesus: “As crianças correram a Jesus e foram abraçá-lo. Hoje estamos aqui na casa de Nossa Senhora, vamos levar sua imagem pelas ruas, e nós aprendemos com vocês (crianças) a buscar Jesus por sua mãe Maria.” Depois da Santa Missa, a imagem foi colocada numa miniatura da berlinda ornamentada com flores e percorreu

w CENTENAS de pessoas acompanharam a procissão que percorreu as principais ruas de Nazaré

algumas ruas de Nazaré em um percurso de cerca de 3 km, iniciado pela Travessa 14 de março, seguindo pela Avenida Governador José Malcher, Travessa Dr. Moraes e retornando à Av. Nazaré e à Praça Santuário.

Na romaria, a Imagem Peregrina é acompanhada de mais quatro carros dos Anjos, ícones da Grande Procissão do Círio de Nazaré. Entre eles iam famílias. Com um filho no colo e outra ao lado segurando sua

mão, ambos vestidos de anjos, caminhava Wanderson Paulo de Azevedo, 27 anos, como forma de agradecimento por uma graça alcançada: “Eles (os filhos) nasceram com complicações e com a intercessão de

Nossa Senhora estão aqui saudáveis. Para mim, que desde cedo participo do Círio, vir com eles a esta romaria é um ato de fé e de reconciliação. Apesar de morar hoje em Barcarena, sempre fazemos um esforço para estar aqui

w OS PEQUENOS homenageando Nossa Senhora de Nazaré, numa tradição que já dura 28 anos

agradecendo”. Da mesma forma Rosemeire Santa Brígida estava presente com as pequenas Taly e Miriam. Taly, a menor, de apenas seis anos, nasceu com dois sopros no coração e teve melhora sem a necessidade de intervenção cirúrgica, e Miriam, 14 anos, que passou por 32 cirurgias devido à hidrocefalia. Ambas estavam saudáveis e bem animadas. “Todo ano após a graça da saúde delas eu acompanho, para mostrar para a elas a importância do amor e da fé.”, afirmou Rosemeire, sua mãe. Segundo o Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos (Dieese) e a Diretoria da Festa de Nazaré, a Romaria, realizada em quase 3 horas, teve uma estimativa de participação de 250 mil pessoas. Isso, para Dom Alberto, é motivo de grande alegria: “o Círio das crianças cresce todos os anos. Fico muito impressionado ao perceber crianças que neste ano começam a entender o que é o Círio e estão aí, ou andando, ou no colo dos pais, manifestando alegria e expressando aquilo que faz parte da nossa vida, da nossa prática religiosa que influencia a vida da nossa sociedade que é justamente a devoção a Nossa Senhora. Isto é evangelização.” Por volta de 11h a imagem chegou à Praça Santuário e foi conduzida até o altar por Dom Irineu Roman, um dos bispos auxiliares, para a benção final dada por Dom Alberto.


2

Arquidiocese

BELÉM, DE 26 DE OUTUBRO A 1 DE NOVEMBRO DE 2018

2º Caderno

PPI promove Romaria da Pessoa Idosa Celebração marca a homenagem dos idosos à Virgem de Nazaré dentro da sua festividade

N

este sábado, 27, a Pastoral da Pessoa Idosa (PPI) em parceria com a Basílica Santuário de Nazaré, promove Santa Missa para a pessoa idosa, às 9h, presidida pelo padre barnabita Giovanni Incampo, pároco em Nazaré. Com expectativa de mais de 500 pessoas, a celebração marca a homenagem dos idosos à Virgem de Nazaré dentro da sua festividade. Segundo Criseida Pereira, coordenadora da Pastoral da Pessoa Idosa, a celebração eucarística é uma forma das pessoas com mais idade presta-

rem a sua homenagem a Nossa Senhora que, por conta da mobilidade, são impossibilitados de acompanharem a grande procissão: “Há mais de 10 anos promove-se essa “romaria” que a cada ano reúne mais gente. A maior parte dos devotos são idosos e nada mais apropriado de prestar esse louvor a padroeira”. Após a celebração, será oferecido aos presentes um lanche na Casa de Plácido, especialmente àquelas que se deslocam de longe, como Mosqueiro e também dos bairros Icuí Guajará, Cidade Nova, em Ananindeua, ex-

DIVULGAÇÃO

w MISSA Oportunidade especial para idosos homenagearem Maria

plica Criseida. A Pastoral da Pessoa Idosa desenvolve sua missão junto às pessoas idosas por meio da ação de líderes comunitários (agentes de pastoral)

voluntários capacitados, que realizam visitas domiciliares mensais às pessoas idosas de suas comunidades, marcando presença, especialmente, entre aquelas em

condição de fragilidade e abandono. Tem como principal objetivo promover o respeito à dignidade e à cidadania das pessoas idosas, no seio familiar. É um organismo de

ação social da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), que foi criada no dia 5 de novembro de 2004, pela Dra. Zilda Arns. Na Arquidiocese de Belém, a data de sua criação é 3 de fevereiro de 2005, tendo como sua primeira coordenadora Irmã Maria do Carmo Dantas. Hoje atua em 51 paróquias da Região Metropolitana de Belém, em quatro municípios: Belém, Ananindeua, Marituba e Benevides. São aproximadamente 600 líderes que visitam, mensalmente, 2980 pessoas idosas.

Mundo juvenil e a fé cristã Dom Antônio de Assis Ribeiro - Bispo Auxiliar de Belém (domantoniodeassis@arqbelem.org)

Dia Nacional da Juventude (DNJ): “Juventude construindo uma cultura de paz” INTRODUÇÃO

M

uitas Dioceses do Brasil celebraram no dia 21 de outubro o Dia Nacional da Juventude (DNJ). Na Arquidiocese de Belém, devido à programação do Círio na qual dia 20 celebramos festivamente a Romaria da Juventude, não foi possível a realização de um evento específico como comemoração do DNJ. Todavia, festivamente celebramos a Romaria da Juventude, com mais de trinta mil jovens. A Romaria da Juventude deste ano contou com um número de jovens superior àquele dos anos anteriores; foi uma manifestação concreta do crescimento da articulação da juventude na Arquidiocese de Belém com suas diversas expressões. Um evento dessa magnitude, organizado, articulado e animado essencialmente pelos jovens, revela o forte potencial juvenil presente em nossas paróquias. Todavia, toda essa potencialidade juvenil, não deve se expressar simplesmente em eventos excepcionais. Deveremos fazer todo esforço possível para que esse dinamismo juvenil seja uma realidade presente em cada uma das nossas comunidades. Contudo, os jovens precisam de acolhida, atenção e incentivo, pois são portadores de grandes riquezas que rejuvenescem e renovam as nossas comunidades.

Quando isso não acontece, como agentes de pastorais, animadores de todas categorias do povo de Deus, pecamos gravemente.

1

O DNJ ARQUIDIOCESENO: TRÊS MOMENTOS

O Dia Nacional da Juventude (DNJ) é uma atividade pastoral, festiva, dinâmica, massiva, envolvendo aspectos lúdicos, artísticos e socioculturais, que reúne diferentes expressões juvenis presentes num determinado espaço eclesial, em manifestações públicas em templos, praças, escolas, universidades, ginásios de esportes, avenida, ruas, etc. O DNJ, por ser um evento eclesial, tem um caráter fortemente pastoral e formativo para os jovens participantes e, por isso, também se salvaguarda a sua dimensão fraternal favorecendo a comunhão entre as diversas expressões juvenis. O Setor Juventude da Arquidiocese de Belém propõe a comemoração do DNJ deste ano em três momentos: 1º. MOMENTO: motivação e proposta de estudo da temática – Trata-se da promoção de uma tarde de reflexão com todos os líderes das expressões juvenis sobre o significado da celebração do DNJ numa perspectiva missionária. Esse evento acontecerá no dia 27 de outubro, às 14h30, na Cúria Metropolitana e terá como facilitador o bispo referencial para a

juventude, Dom Antônio de Assis Ribeiro. 2º. MOMENTO: mutirão missionário nas regiões episcopais - Esse evento acontecerá no dia 17 de novembro, sábado, o dia todo, envolvendo o maior número possível de jovens das mais variadas paróquias e expressões juvenis da referida região episcopal. 3º. MOMENTO: evento conclusivo à tarde e ou à noite do dia 18 de novembro, domingo – a juventude da região episcopal voltará a se encontrar para um grande evento de confraternização que deveria começar com a Eucaristia, seguida de um show musical.

2

CRITÉRIOS ORIENTATIVOS Há vários anos a Igreja Católica está insistindo sobre a importância da promoção de processos educativo-pastorais na gestão da pastoral juvenil. Mais que tantos eventos, devemos levar em conta a importância da promoção de processos para o crescimento das pessoas. Por isso, não é suficiente simplesmente a promoção de belos e barulhentos eventos juvenis. Os eventos são bons quando são integrados a um processo. Portanto, algo deve antecedê-los e sucedê-los! Isso também é valido para a celebração do DNJ. Por isso, os eventos devem ser pensados, articulados e conduzidos numa perspectiva educativo-pastoral. Na Arquidiocese de Belém, a celebração do

DNJ deste ano está sendo pensada numa dinâmica de experiências de animação missionária de jovens para jovens. Isso, porém, vai depender da seriedade, criatividade e da ousadia pastoral dos coordenadores de cada região. Propomos alguns critérios orientativos para essa atividade, a saber: a) Os jovens coordenadores de cada região deverão ter visão objetiva das áreas pastoralmente mais delicadas de seu entorno, tais como: áreas habitacionais marcadas pela pobreza, drogadição, criminalidade, vulnerabilidade juvenil em geral; b) É preciso fazer um mapeamento da realidade identificando “áreas vermelhas”, instituições, iniciativas sociais, projetos sociais, maiores carências; c) Convocar e orientar o maior número possível de jovens para que se tornem missionários; d) Distribuir os missionários para que façam as visitas de casa em casa, dando especial atenção aos jovens, conversando com eles e estimulandoos ao compromisso de fé; e) Na casa de cada jovem, ou em grupo na rua ou em qualquer outro ambiente, fazer uma breve celebração seguindo o roteiro proposto, no qual ao centro está a Palavra de Deus seguida de um momento de reflexão; f) Ao final de cada visita convidar os jovens visitados para o encontro festivo especial no dia 18, domingo, à tarde ou à noite conforme a pro-

gramação da região; g) A escolha dos locais onde os eventos devem acontecer vai depender dos líderes de cada região episcopal em sintonia com os seus assessores. Escolha-se as áreas mais carentes.

3

TEMA, LEMA E CONTEÚDO DO DNJ 2018 O tema do DNJ deste ano é “Juventude construindo uma cultura de paz” e tem como lema “Disse estas coisas para que em mim vocês tenham paz, neste mundo vocês terão aflições, contudo tenham coragem, Eu venci o mundo” (Jo 16,33). O tema quer despertar nos jovens a consciência de serem instrumentos e sujeitos capazes de promoverem a paz. Para isso, devem crescer na visão da dignidade humana e na corresponsabilidade pela promoção de políticas públicas. Isso é cidadania! O tema nos remete à Campanha da Fraternidade deste ano (2018) que nos propôs uma profunda reflexão sobre a necessidade da promoção da cultura da não violência.

4

SUBSÍDIO DE FORMAÇÃO A celebração do DNJ deve ser precedida pela reflexão dos temas propostos nos grupos bases nas comunidades, paróquias e nas mais variadas expressões juvenis. Celebrar um evento sem levar em conta o processo reflexivo é esvaziar a

proposta pastoral. O tema “construindo uma cultura de paz” através do subsídio nacional nos apresenta três subtemas as serem refletidos, a saber: os direitos humanos, a cultura da paz e as políticas públicas para a juventude. Sem dúvida, a paz é um direito natural, mas o usufruto do mesmo depende da formação de base de cada cidadão para a cultura da paz. E visto que a paz é fruto da justiça, então não podemos pensar no bem-estar social sem a promoção da ética na política. O tema do DNJ deste ano quer estimular os jovens para que sejam verdadeiros protagonistas da promoção da cultura da paz e da justiça. Se há tanta violência juvenil é porque milhares de jovens ainda não assimilaram a beleza do sentido da vida! Sejamos missionários dos jovens! Desejo que todas as paróquias com suas comunidades e as mais variadas expressões juvenis, em comunhão com a sensibilidade no Sínodo sobre os jovens, acolham e vivenciem com alegria e seriedade esta proposta pastoral. Boa celebração do DNJ! REFLEXÃO: . Como está a situação da violência juvenil em seu bairro? . Como você vai se envolver para celebrar o DNJ nessa perspectiva missionária? . O que pastoralmente podemos fazer para redução da violência juvenil?

1 2 3


Arquidiocese 3 A Paz Inquieta estreia no Círio Musical

2º Caderno

BELÉM, DE 26 DE OUTUBRO A 1 DE NOVEMBRO DE 2018

Ministério de Música da Diocese de Castanhal venceu concurso do Setor Juventude de Belém

O

público é variado, mas o desejo é o mesmo: se deixar evangelizar pela música católica. A experiência vem sendo vivenciada desde a abertura do Círio Musical, na Concha Acústica, na Praça Santuário, a partir das 20h. Várias atrações musicais vêm se apresentando desde a abertura, no dia 14. Neste domingo, dia 28, no encerramento da quadra nazarena, ocorre a apresentação da Banda Musical Paz Inquieta, do município de Castanhal. A banda existe há uma década e foi escolhida após o Concurso Musical Círio 2018, promovido pelo Setor Juventude da Arquidiocese de Belém, no mês de agosto, para se apresentar na Concha Acústica, durante o Círio Musical, na noite de encerramento da Festividade do Círio de Nazaré, no mesmo palco ocorre a apresentação de

FOTOS: DIVULGAÇÃO

w VENCEDORES Banda Paz Inquieta estreia

w ATRAÇÃO desta sexta-feira é a banda Adoração e vida

bandas conhecidas nacionalmente no cenário da música católica. A Banda Paz Inquieta é mais um exemplo de tantas bandas que iniciaram tocando nas missas. O nome busca transmitir o encontro com Deus, pois o encontro afasta do comodismo, do conformismo. Então, o encontro com Deus é uma paz que incomoda, não é

um paz que te deixa acomodado, ou seja, você não se conforma com as coisas, você ajuda as pessoas, você se oferece, você se gasta e é algo que te dá paz, daí o nome Paz Inquieta. Segundo o vocalista, Ramon Loreno, que está desde o início da formação, destaca a participação no evento como algo importante. “É uma honra porque no

Círio Musical são grandes artistas nacionais e nós como representantes da música paraense ficamos agradecidos em fazer parte desta festa que é o Círio”, disse. Ele destacou a iniciativa do Setor Juventude como uma grande oportunidade para bandas existentes no Estado do Pará: “Todo artista precisa de uma oportunidade, aqui na nossa região nós

temos muitos e bons artistas que só precisam de uma oportunidade. A gente se sente representando as outras bandas, que também participaram do concurso”. O ritmo da banda é mesclado com brega e cumbia, ou seja, uma identidade tipicamente paraense levando a men-

sagem do Evangelho com o rosto da Amazônia. Segundo Loreno, o público pode esperar durante o show um repertório variado com musicas autorais, visando transmitir mensagens de fé e de alegria, com brega, carimbó, guitarrada do Pará, tudo isso com a mensagem do Evangelho.

SERVIÇO Apresentações deste final de semana Dia 26 (Sexta-feira) - Adoração e Vida Dia 27 (Sábado) - Cristo Alegria Dia 28 (Domingo) - Banda Paz Inquieta

Fundação Nazaré de Comunicação recebe visita de religiosa A única religiosa da Região Norte no Instituto das Irmãs Missionárias de Nossa Senhora de Fátima, de Araruama, no Rio de Janeiro, visitou na terça-feira, dia 23, a Fundação Nazaré de Comunicação (FNC). A paraense Irmã Erica Silva, 30 anos, natural de Mosqueiro, distrito de Belém, chegou a Belém após ter professado os votos simples - obediência, pobreza e castidade -, no dia 7 de outubro. Nos departamentos da instituição teve a oportunidade de conhecer os estúdios da Rádio Nazaré e, recordou quando escutava a rádio na sua residência, ainda adolescente, e que a emissora

Fátima, pela internet, quando pode iniciar o acompanhamento vocacional pela internet. Ao receber o convite do Instituto, sentiu que era a momento. O Instituto fundado pelo padre Menceslau Valiukevicius em 1964, tem como carisma “evangelizar, exercendo a tarefa missionária difundindo a mensagem de Fátima” e o lema “abraçadas à cruz, servir ao Senhor na alegria”. INSTITUTO

w IRMÃ Erica com Elyvane Barbosa, na visita

contribuiu diretamente na escolha pela vida religiosa, alicerçada graças ao programa da época,

em especial o programa “Show da manhã”, apresentado na época por Elyvane Barbosa,

coordenadora da Rádio Nazaré, que hoje não está mais na grade de programação. “A Rádio Nazaré entrou na minha vida justamente neste tempo vocacional de descoberta e foi me fortalecendo. Então, as programações, as mensagens, tudo aquilo que acontecia na programação era algo que eu refletia muito e eu me perguntava: Senhor qual é a minha vocação? Senhor onde tu me queres? A Rádio Nazaré colaborou sendo aquele incentivo, aquele apoio, então eu acabei virando fã da Rádio Nazaré e, principalmente, do programa que a Elyvane apresentava”. E concluiu: “Hoje eu tenho um carinho muito grande de voltar a minha cidade e pensar lá atrás em tudo que eu escutei, em tudo que eu

vivi nessa programação da rádio e voltar hoje religiosa é muito gratificante. Eu me sinto com o coração muito agradecido porque é sinal que Jesus nunca nos deixou, porque Ele sempre coloca a mão de Deus”. Segundo Elyvane Barbosa, coordenadora da Rádio Nazaré, tudo que é feito é inspirado por Deus: “É você ser um ‘Sal e Luz’ na vida dessa pessoa, como Nosso Senhor pede. A gente faz as coisas inspirados por Deus, mas não para para pensar nesses milagres que Ele realiza todos os dias. A obra não é nossa é Dele, a gente é só o canal”. “Hoje eu me sinto muito realizada, era algo que eu queria muito”, diz a religiosa que conheceu o Instituto das Irmãs Missionárias de Nossa Senhora de

No Brasil, o Instituto das Irmãs Missionárias de Nossa Senhora de Fátima foi fundado em 1964, pelo padre Menceslau Valiukevicius com a colaboração da Madre Lucia de Souza, a superiora geral, visando difundir pelo mundo a mensagem que Nossa Senhora comunicou em 1917 aos pastorinhos da Cova da Iria. O sacerdote foi ordenado em 1954, em Niterói (RJ), sempre foi um fiel devoto de Nossa Senhora de Fátima. Conforme a indicação do fundador, o fim específico e natural do instituto é o combate ao materialismo ateu, nas suas variadas formas, perpetuando as exortações da Virgem Maria aos videntes de Fátima. O fim geral é a santificação das irmãs pela prática dos conselhos evangélicos, realizados pela profissão dos votos de castidade pobreza e obediência.


4

Em Nazaré

BELÉM, DE 26 DE OUTUBRO A 1 DE NOVEMBRO DE 2018

2º Caderno

ANDREIA TEIXEIRA

w MESA DIRETORA da abertura oficial do Círio de Nazaré

ANDREIA TEIXEIRA

w MISSA DE ENCERRAMENTO da festividade nazarena

Missa e espetáculo de fogos encerram o 226º Círio de Nazaré Foram 15 dias de devoção e expressão de Fé a Nossa Senhora de Nazaré

O

encerramento da 226ª edição do Círio de Nazaré acontecerá, neste domingo, 28 de outubro, com uma missa celebrada pelo Arcebispo

Metropolitano de Belém, Dom Alberto Taveira Corrêa, na Basílica Santuário, às 18h. No total foram 15 dias de devoção e expressão de Fé a Nossa Senhora

de Nazaré. Após a missa, seguese a cerimônia de encerramento da Festividade com a presença de toda a Diretoria da Festa e o desligamento

das luzes da fachada da Basílica Santuário, para dar início ao show pirotécnico, previsto para 21h50. O espetáculo é sempre muito esperado pelos fiéis da Virgem

Maria. Na ocasião, também será divulgado o tema do Círio 2019. O espetáculo de fogos deve durar cerca de 10 minutos. Este ano, cerca de uma tonelada de fogos

Procissão da Festa será neste domingo, 28 Neste domingo (28) a partir das 8h, ocorrerá a Procissão da Festa, a terceira e mais antiga romaria do Círio de Nazaré e a penúltima procissão da quadra nazarena. A expectativa da Diretoria da Festa de Nazaré e do Dieese é que 10 mil fiéis participem dessa caminhada,

que tradicionalmente sai de uma das comunidades que integram a Paróquia de Nossa Senhora de Nazaré. Este ano, a romaria sairá da Comunidade Santa Bernadete, localizada na Av Conselheiro Furtado, 1571, e percorrerá essa avenida, passando pela Tv. Ben-

jamin Constant, até a Avenida Nazaré e Praça Santuário. O percurso terá 1,4 Km com previsão de 2h de duração. Realizada há mais de 130 anos, a Procissão da Festa acontece sempre no 2º domingo depois do Círio. A Imagem Peregrina é conduzida em uma berlinda.

de artifício será queimada, seguindo as orientações técnicas e legais. FABRÍCIO COLENY

w PENÚLTIMA Procissão da quadra nazarena neste domingo, 28

Retorno ao Glória e Recírio encerram a Festa de Nazaré Nesta segunda-feira (29) o clima será de despedida da Festividade Nazarena. Desde cedo, milhares de pessoas devem lotar a Basílica Santuário de Nazaré para acompanhar a emocionante cerimônia de retorno da chamada Imagem Original ao Glória, marcada para 5h30. Em seguida, por

volta das 6h, na Praça Santuário, Dom Alberto Taveira Correa, Arcebispo de Belém, preside a última missa da quinzena nazarena. Às 7h, a capital paraense vive mais uma edição do Recírio, procissão que marca o encerramento da Festividade Nazarena. O menor percurso das

12 procissões oficiais é também um dos mais emocionantes, marcado pelo uso de lenços brancos de pessoas que acenam como forma de despedida de Nossa Senhora. São percorridos aproximadamente 650 metros, nessa romaria que contorna a Praça Santuário até o Colégio ALINE ANDRADE

Gentil Bittencourt, na Avenida Magalhães Barata. A Imagem Peregrina será conduzida pelos diretores da Festa de Nazaré em um andor decorado por Simone Cosme. A Festa de Nazaré é uma realização da Arquidiocese de Belém, Basílica Santuário de Nazaré, Diretoria da Festa de Nazaré, Governo do Estado do Pará e Prefeitura de Belém

HISTÓRIA - A primeira procissão do Recírio remonta à metade do século XIX, mais precisamente o ano de 1859. Antigamente, o Recírio era feito no domingo à tarde, com a volta da Imagem à Capela do Palácio do Governo, fato relatado em 1859. Já conhecido como “Último Ato da Festividade Nazarena”, ao chegar na Praça em frente ao Palá-

cio, a procissão era encerrada com uma missa e com o disparo de fogos de artifício. Atualmente, após a missa no Altar Monumento, leva-se a Imagem para a Capela do Colégio Gentil Bittencourt. O grande final da última procissão é marcado pelo aceno dos lenços brancos e pela forte oração em grupo da Guarda de Nazaré, nas escadarias do Colégio Gentil. ALINE ANDRADE

w CERIMÔNIA de retorno da imagem original ao Glória, na segunda, 29

w A DIRETORIA DA FESTA chega à Praça Santuário na manhã do Recírio


2º Caderno

BELÉM, DE 26 DE OUTUBRO A 1 DE NOVEMBRO DE 2018

Em Nazaré

Romaria dos Corredores será neste sábado, 27

DIVULGAÇÃO

Uma das procissões mais novas do calendário oficial

N

este sábado, 27, Nossa Senhora de Nazaré será homenageada com uma das procissões mais novas do calendário oficial do Círio de Nazaré: a romaria dos corredores. A procissão terá início às 5h30 com saída da Praça

Santuário e passará por diversos bairros de Belém, num percurso de 7km. A ideia foi sugerida por uma comitiva de corredores de rua da capital paraense que encaminhou o pedido e foi aprovado pela Arquidiocese de Belém e

5

w PROCISSÃO inicia-se às 5h30, saindo da Praça Santuário, em Nazaré

pela Diretoria da Festa em 2014. Durante a procissão, a imagem Peregrina de Nossa Senhora de Nazaré seguirá em um carro, numa velocidade baixa para que os romeiros pos-

sam acompanhar com uma corrida leve. A estimativa do Dieese é que a procissão deste ano chegue a reunir cerca de 3.000 pessoas. A Diretoria da Festa destaca que a romaria dos corredores

não tem caráter competitivo e qualquer pessoa pode participar, não havendo necessidade de inscrição prévia. Ao final da romaria, com chegada à praça Santuário, haverá ben-

ção do Arcebispo Metropolitano de Belém, Dom Alberto Taveira Corrêa, com a imagem Peregrina. Percurso: A romaria dos corredores terá início na praça Santuário, av. Nazaré, segue pela Rua Gama Abreu, Av. 16 de Novembro, Av. Portugal, Rua Padre Champagnat, Rua João Diogo, Travessa Padre Eutíquio, Av. Conselheiro Furtado, Avenida Nazaré, voltando à Praça Santuário.

Jovens participaram da Romaria da Juventude Jovens das paróquias e comunidades da Arquidiocese de Belém, com organização da Diretoria da Festa de Nazaré, promoveram no último fim

de semana a 18ª Romaria da Juventude. A Romaria é uma das procissões oficiais que todos os anos têm um percurso diferente e este ano saiu da

Igreja de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, no Telégrafo, com chegada à Praça Santuário. A procissão percorreucerca de 4,6 Km, passan-

ALINE ANDRADE

do pela Rodovia Arthur Bernardes, Av. Pedro Álvares Cabral, Tv. Dom Pedro I e Av. Generalíssimo até chegar à Praça Santuário às 19h30.

w UM ASPECTO da procissão da juventude FABRÍCIO COLENY

w CRUZ é sempre carregada por jovens


6

Círio 2018

BELÉM, DE 26 DE OUTUBRO A 1 DE NOVEMBRO DE 2018

2º Caderno

AGRADECIMENTO DIRETORIA DA FESTA - CÍRIO 2018 DIRETORIA DA FESTIVIDADE DE NOSSA SENHORA DE NAZARÉ APOIADORES ARQUIDIOCESE DE BELÉM ASSAÍ BANCO DO AMAZÔNIA S.A BRADESCO S.A. DIRETORIA DO CÍRIO FAMÍLIA NAZARÉ PARAGÁS PREFEITURA MUNICIPAL DE ANANINDEUA PREFEITURA MUNICIPAL DE BELÉM PRONTO INTERNET SEBRAE SHOPPING PÁTIO BELÉM VALE CELPA DOAÇÕES AOS 500 CASAIS DO ECC - ENCONTROS DE CASAIS COM CRISTO, NA PESSOA DOS CASAIS ERNESTO E ANA LÚCIA, E FRANCISCO E ALDA. ANDRÉ CARDOSO SR. MANOEL MOUTINHO (DEPÓSITO) GRUPO DA MISERICÓRDIA E CATEQUESE 2,3 e 4 - PARÓQUIA DE NOSSA SENHORA DO PERPÉTUO SOCORRO PARÓQUIA DE NOSSA SENHORA DO PERPÉTUO SOCORRO SRA. MARLUCE GUERREIRO MILHOMEM DE SOUZA CASAL BOSCO E FÁTIMA CASAL ILSON E VERA CASAL JÚLIO E SILVÂNIA CASAL PEDRO E ROSA CASAL MARCUS VINÍCIUS E JUSSARA MORAES CERPA – REFRIGERANTES DANAT EDUARDO PERAZZI E FAMÍLIA FRANCISCA ROSA E FAMÍLIA PANIFICADORA AVENIDA PANIFICADORA DELÍCIA PANIFICADORA FÉ PANIFICADORA METRÓPOLE - PÃES E DOCES REFRIGERANTES ALBANO SR. EVARISTO SEGUINS GOMES SR. JOÃO E ARLETE SR. NELSON FURTADO SRA. ANA MARIA SANTOS E SILVA SRA. ELISABETE PACHECO SRA. IRENE ZAMITH BRAGA SRA. KARLA OLIVEIRA – CANTINHO DO PARÁ SRA. LUCYMAR DA CONCEIÇÃO COSTA SRA. MARIA DA CONCEIÇÃO BASTOS DA SILVA SRA. MARIA NELCI DA PAZ COELHO SRA. NAZARÉ SANTOS SRA. RAIMUNDA ARLETE FARO SRA. TEREZINHA KÓS MIRANDA PARCEIROS POLÍCIA RODOVIÁRIA FEDERAL MARINHA DO BRASIL – 4° DISTRITO NAVAL DR. FLÁVIO AMÉRICO EMPREGADOS ADEMILTON SILVA MENDES ALEXANDRE LOBATO MONTEIRO ALEXSANDRO MOTA DA SILVA ANA CAROLINA MESQUITA COSTA (APRENDIZ)

ANDERSON DA SILVA CUNHA ANDRE LUÍS BENTES MACEDO ARLEN ARAGÃO VINAGRE CARLOS EDUARDO SANTIAGO CASTRO CÍCERO ALEXANDRE FERNANDES BRAGA DANIELE LIMA MACIEL DÊNIS EDUARDO MENDES ALVES DORINHA RAIOL DIAS EDSON COSTA DE LIMA ELDER LUÍS DOMONT COSTA ELIANA LORENA CHAGAS FERREIRA ELIAS DA SILVA AMARAL ELYVANE BARBOSA MONTEIRO EMANOEL FABIANO DE CRISTO MOREIRA EMÍLIA SILVA JACOB FÁBIO NASCIMENTO SANTOS GABRIELA MARTINS ABDELNOR GLADSTON SEPEDA SOUZA GLAUCO ROBERTO MELO DOS SANTOS GREISON DIAS CARVALHO HERISON WILLIANS ALVES PEREIRA JOÃO ANTÔNIO DO CARMO SOUSA JOSELITO DE SOUSA CARDOSO JULIANA DE NAZARÉ ALVARES BRITO LARISSA CLARA DA COSTA SOUZA (APRENDIZ) LARISSA CRISTINA SILVA DA SILVA LAURIETH FARO DA CRUZ LEDA GONÇALVES SANTA ROSA LORENA SARAIVA DA SILVA LUCIAN CABRAL FILGUEIRA LUIZ ANTÔNIO NASCIMENTO ESTUMANO LUIZ SÉRGIO OLIVEIRA SANTOS MÁRCIO ALEX COSTA XISTO MARCOS VALÉRIO LIMA REIS MARIA BERNADETE FELIZARDA E COSTA MARIA DA CONCEIÇÃO FRANCO BARBOSA MARIA TERESA MARQUES DA SILVA MILENE DO SOCORRO DE SOUSA DIAS MILKA DOS SANTOS CARVALHO NAIARA PEREIRA FERRÃO NELSON BATISTA OLIVEIRA OCIMAR GONCALVES MACHADO PAUL ADRIAN ANDRADE DE LIMA PEDRO VICTOR VITORIANO BRITO PRISCILA AMANDA COSTA PINHEIRO RAFAEL CORRÊA DA SILVA RAIMUNDO MARIA BRABO PANTOJA RODOVAN SARMENTO RODRIGUES ROMILDO ROSA SOBRINHO RONALDO RIBEIRO TEIXEIRA RONILDO PIEDADE DA SILVA ROSÂNGELA SEIXAS MELO SIDNNEY DOS ANJOS MENDES SILVANO FERREIRA VIANA TARCÍSIO MONTEIRO DE ASSIS VERALUCE FONSECA NEVES VERENA LÚCIA DA CONSOLAÇÃO ALMEIDA WANESSA DE LIMA GRIGOLETTO WELLIGTON GONÇALVES VASCONCELOS VOLUNTÁRIOS ALAÍSE DE CÁCIA SILVA RIBEIRO ALMIR JOSÉ FERREIRA DOS SANTOS ANA CRISTINA TRINDADE DE OLIVEIRA ANA GLEYCY TAVARES SILVA CARMEN DOLORES SILVA DIÁC. JOSÉ BENTO MARRUAZ DA SILVA DIÁC. RONALDO LIRA DA CONCEIÇÃO ELEONICE SOUZA RIBEIRO FAMÍLIA COELHO JOÃO ISMAEL PARAENSE DA PAIXÃO JOYCE ASSUNÇÃO DA SILVA LENO MÁRCIO BARROS DO CARMO

LUANA NAZARÉ MATTOS OGATA LUCILENE ARAÚJO BEZERRA LUIZ OTÁVIO OLIVEIRA MONTEIRO MARCELA PEREIRA MONTEIRO MARCELO DE SOUSA SILVA MÁRCIA REGINA C. VASCONCELOS MARIA CLÉLIA DOS SANTOS PANTOJA MÁRIO JORGE DOS SANTOS MENDES MAURÍCIO BENTES LIMA MIGUEL SALIM QUEIROZ WARISS MYRLA NASCIMENTO DOS REIS PADRE HELLYSON WAGNER A. DE LIMA PADRE IVAN CONCEIÇÃO PADRE NILTON CÉZAR REIS PATRÍCIA DO NASCIMENTO DA COSTA PAULO ROBERTO DA SILVA ARAÚJO RAIMUNDA NACIR PEREIRA MIRANDA SANDRO GUILHERME FALCÃO VIEGA SILVA VANESSA DE KÁSSIA DO ROSÁRIO COSTA VILSON REIS E REIS WESLEY COSTA DE JESUS PRESTADORES DE SERVIÇO ALAN MONTEIRO DA SILVA ACIVALDO CORRÊA NEGRÃO ANDRÉ LUIZ DA SILVA MIRANDA BELÉM SERVIÇOS LTDA - GRUPO SCORPION BRUNO RAFAEL VASQUES DE OLIVEIRA ERICSON BALÕES GELITO INDÚSTRIA E COMÉRCIO LTDA LOJA DA CAMISETA MAYCON DOUGLAS SILVA SOARES MÉTRICA IMAGEM COMUNICAÇÃO VISUAL RADIONEWS COM E SERV LTDA RAFAEL BEZERRA DE OLIVEIRA RESTAURANTE LAYAN SR. EDILSON SR. RICARDO REIS SRA. MARIA DAS MERCÊS BRITO WR EXPRESS ESTAGIÁRIA JACQUELINE DA SILVA MENEZES ESTAGIÁRIOS DA ESCOLA PAPA FRANCISCO ALINI BORGES DE MORAES CARLOS EDUARDO CAMPOS CARVALHO GILBERTO JUNIOR GAIA DA TRINDADE JEYCE POLIANA DOS S. DE ALMEIDA JOÃO PAULO MOREIRA SANTANA LUAN DIEGO PEREIRA ALVES RAUL VICTOR SANTOS GALVÃO WIKSON RASLAN XIMENES DOS SANTOS DIRETORIA DA FUNDAÇÃO NAZARÉ DE COMUNICAÇÃO DOM ALBERTO TAVEIRA CORREA - Presidente MONSENHOR MARCELINO GONÇALVES FERREIRA - Vice Presidente CÔNEGO ROBERTO EMÍLIO CAVALLI JUNIOR - Diretor Geral MARCOS AURÉLIO DE OLIVEIRA - Diretor Administrativo e Financeiro MÁRIO JORGE ALVES DA SILVA - Diretor de Comunicação ARNALDO DA SILVA PINHEIRO - Diretor de Captação de Recursos


2º Caderno

BELÉM, DE 26 DE OUTUBRO A 1 DE NOVEMBRO DE 2018

Círio 2018

7

Arquidiocese de Belém, com Maria e os jovens, agradece pelo 226º Círio O exemplo e testemunho de UMA JOVEM CHAMADA MARIA, desde o princípio colocando-se a serviço da Igreja, impulsionou a Arquidiocese de Belém a colocar-se também a serviço da Igreja particular da Amazônia para o completo êxito do 226º Círio de Nossa Senhora de Nazaré. O Brasil se fez um na capital do Estado do Pará para rezar por todas as

Nazaré de Televisão e Portal Nazaré esmeraram-se para conectar toda a Igreja nas reportagens especiais. Pela fibra da fé mostra-

ruas, pelas estradas, pelas águas,

pessoas que estiveram na cidade das mangueiras para conhecer “o fenômeno das ruas repletas de gente na cidade que se fez pequena para grandes multidões na sucessão de romarias e procissões”, constatou o anfitrião Dom Alberto Taveira Corrêa, Arcebispo Metropolitano de Belém. Desde os preparativos até o ápice da maior festa em homenagem à Rainha da Amazônia, foi

grandiosa a quantidade de pessoas que se empenharam para evidenciar a imagem de uma Igreja orante, em vigília por todos, mas em particular, pelos seus jovens. A beleza do Círio para a juventude foi contemplada por milhares de fiéis a cada romaria, onde observou-se a notável presença da igreja com rosto juvenil

e semblante de animada e renovada esperança. A visibilidade tão almejada pelos jovens alcançou todos em Belém e mundo afora pela FUNDAÇÃO NAZARÉ DE COMUNICAÇÃO. Apoiada por tantas pessoas e instituições de generosidade ímpar, a Diretoria e as equipes do Jornal Voz de Nazaré, Rádio Nazaré FM, Rede

Nazaré de Televisão e Portal Nazaré esmeraram-se para conectar toda a Igreja nas reportagens especiais. Pela fibra da fé mostraram a face jovem de uma igreja animada a cantar um novo magnificat. E deu certo. A visibilidade almejada pelos jovens circulou pelas redes sociais do bem: facebook, instagram, youtube... vibes que “viralizaram” na web graças ao desejo de cada um e, ao mesmo tempo, de todos no compacto "mar" de gente, de revelar-se para o mundo como filhos prediletos de Maria de Nazaré e muito amados por Deus Pai. A imprensa, acolhendo sugestão dos Bispos de Belém, enfocou em primeiro plano o rosto jovem de uma Igreja que busca o aconchego da Mãe de Nazaré, tal qual se vê na imagem Peregrina que caminhou com eles pelas

ruas, pelas estradas, pelas águas, realizando em seus corações a cena do mais perfeito amor sob a proteção materna da também jovem, chamada simplesmente de Maria. Encerrado o Círio de Nazaré, constata-se que o bonito trabalho, selado pela unidade e pelo amor incondicional ao próximo, baseou-se em valores e princípios aprendidos do próprio Jesus. Nos bastidores da comunicação a serviço do Evangelho na Igreja Missionária de Belém do Pará, o Senhor fez por nós maravilhas! Deus abençoe a cada um que nos ajudou com seus dons na magnífica realização do Círio 2018. A todos, nosso muito obrigado!


8

Festividades

BELÉM, DE 26 DE OUTUBRO A 1 DE NOVEMBRO DE 2018

2º Caderno

São Judas Tadeu é homenageado no bairro da Condor Vasta programação durante os festejos

S

ão Judas Tadeu, santo das causas impossíveis e desesperadas é celebrado durante festividade promovida pela matriz da Paróquia de São Judas Tadeus, no bairro da Condor. Iluminado pelo tema voltado à juventude, “Com São Judas Tadeu, ser santo sem deixar de ser jovem”, os festejos da 62ª edição iniciam-se neste sábado, 27 de outubro, e seguem até 4 de novembro, com programação litúrgica e cultural. A matriz, que tem o título de um dos santos mais populares do Brasil, fica localizada na Avenida Alcindo Cacela, 4195, bairro da Condor.

A missa de abertura da festividade será presidida por padre Denis, às 19h. No domingo, dia 28, as celebrações serão presididas por um sacerdote convidado e estão programadas para às 6h, 8h, 10h, 12h, 16h e 19h. De 29 de outubro a 03 de novembro, Terço da Alvorada às 5h30,e Santa Missa às 19h. Nos dias 31, 1º e 3, haverá também celebração de Santa Missa às 16h, às 9h e às 8h. No encerramento da festividade, dia 4, haverá celebração eucarística às 7h, 9h e 19h. Às 7h, a missa será presidida pelo pároco, padre Rafael

Brito. Às 9h, quem celebra é o padre Sebastião Antero. Às 19h, a Santa Missa será presidida pelo Arcebispo Metropolitano de Belém, Dom Alberto Taveira Corrêa. Ao término da celebração ocorre Procissão Luminosa, que percorrerá algumas ruas do bairro. Ao longo dos dias da festividade ocorre a programação cultural, a partir das 20 horas, com apresentação de ministérios de música, bandas e cantores da terra. No dia 1º de novembro, haverá a atração nacional, apresentação da Comunidade Católica Colo de Deus,

com repertório variado. Exceto no dia 31, quando não haverá programação cultural. A abertura da festividade foi antecedida de uma extensa programação que incluiu carreata de divulgação dos festejos. Em um trecho da sua

mensagem endereçada aos fiéis, o pároco, padre Rafael Brito, disse: “Uma conjugação entre santidade e felicidade, muito bonita e profunda de se refletir, é o pensamento do Papa Francisco no capítulo III de sua Exortação Apostólica

Gaudete et Exsultate: que acredita na santidade e a busca para sua vida, é bem-aventurado, isto é, feliz, porque as verdadeiras riquezas não se encontram neste mundo, e sim naquela meta que é comum a todos, a vida eterna!”.

Igreja de São João Paulo II festeja padroeiro “Faz-nos sal na terra e ação no mundo” é o tema que iluminará a festividade da Igreja de São João Paulo II, na Travessa Mauriti, 1753, entre as Avenidas Marquês de Herval e Visconde de Inhaúma, que se iniciará neste sábado, 27 de outubro. A programação, que prosseguirá até 4 de novembro, conta com Adoração ao Santíssimo Sacramento, missas, shows e venda de comidas típicas, na Igreja e na sede da Comunidade Caju, na Avenida Almirante Barroso. Para este ano a comunidade buscará viver o Ano do Laicato dentro dos festejos: “Nossa ideia é estar em unidade com a Igreja. Mergulhamos naquilo que fomos convidados a vivenciar ao longo deste ano: o ano do leigo e o sínodo da juventude. Temas que

muito nos tocam, pois tratam daquilo que é a Casa da Juventude. Somos jovens e buscamos, por meio da nossa missão como leigos, agir no mundo: nas faculdades, nos ambientes de trabalho, nas nossas famílias e em todos os lugares em que estivermos”, afirma Diogo Miranda, membro compromissado da CAJU e integrante da Comissão Organizadora da Festividade de 2018. Neste sábado o festejo tem sua abertura oficial com procissão saindo da sede da Caju para a Igreja de São João Paulo II. A concentração será a partir das 15h30. Na Igreja haverá ainda novena às 18h, seguida de Santa Missa às 18h30 No dia seguinte, 28, as atividades serão apenas litúrgicas, com missa às 10h na sede e, na Igreja, novena às 17h e missa logo após.

No dia 29, haverá novena às 19h na Igreja e a celebração eucarística, às 19h30, presidida por Dom Irineu Roman, um dos bispos auxiliares. Na terça-feira, 30,

à noite, novena às 19h, seguida de Santa Missa, com a visita da Imagem Peregrina de Nossa Senhora de Nazaré. Quarta-feira, 31, após a Santa Missa haverá pocket

show do padre Joaquim às 21h30. No aniversário da Igreja de São João Paulo II, 1º de novembro, a novena será realizada às 19h e a Santa Missa, às 19h30 e a programação cultural continua com um show do grupo de música, às 21h30, na Sede da Caju. O sétimo dia de festividade será marcado por novenas, missas e shows da cantora Adriana Arydes e da Banda Acordi, no auditório do CCBEU. As atividades festivas encerram-se no domingo, 04 de novembro, a partir das 17h com novena, Santa Missa e o espetáculo “Noite dos Santos” para fechar a noite. Jubileu de Diamante Desde a fundação em 1959, a Casa da Juventude tem a missão de evangelizar e formar especialmente jovens para serem

agentes modificadores do mundo através da alegria da ressurreição, carisma da comunidade. Ela está presente em várias regiões do Brasil, o que confere alcance ainda maior das suas ações e também deu reconhecimento de sua missão. Em 2019, a comunidade celebrará 60 anos de fundação e, ao longo deste ano, a CAJU está em festa, pois é um ano jubilar, um ano de graças de Deus derramadas em abundância sobre suas atividades. Assim, a festividade deste ano tem um sabor ainda mais especial: “Nosso convite para todos os moradores de Belém não simplesmente para comemorar conosco, mas para vivenciarem, receberem e tomarem posse das graças que Deus está derramando sobre cada um de nós”, afirmou Diogo.

Ananindeua: Festa para a Mãe da Divina Providência A Comunidade Mãe da Divina Providência, pertencente à Paróquia de Nossa Senhora Auxiliadora, promove, de 19 a 25 de novembro, a festividade em honra à padroeira, com o tema “Maria, partilhando com humildade e amor”. Localizada no bairro de Águas Brancas, em Ananindeua, a comunidade vivenciará o período festivo com Missa todas as noites e no arraial, animado por show cultural, vendas de comidas típicas e

sorteios de prêmios. A programação religiosa inicia-se em 19 de novembro com a 1ª procissão com a imagem de Nossa Senhora Mãe da Divina Providência, com saída às 18h da Comunidade São José Operário em direção à matriz de Nossa Senhora Auxiliadora, onde será celebrada a Santa Missa à chegada, marcando também a abertura solene da festa. A espiritualidade denominada “Partilhando com

humildade e amor na família” no dia 20 de novembro, às 19h, será um importante momento da programação para a comunidade. No dia seguinte, 21, haverá a noite de confissões a partir das 18h. Seguindo a programação, no dia 22, às 18h, haverá a procissão de Nossa Senhora para homenagear o dia da padroeira da comunidade, saindo do conjunto residencial Jardim Amazônia. O encerramento da festividade no dia 25 de

novembro começará às 7h com a 1ª procissão das Crianças de Nossa Senhora Mãe da Divina Providência, saindo do conjunto residencial Jardim Amazônia, quadra 2, casa 33, com destino à sede social daquele conjunto habitacional. À chegada da procissão mirim ao local, ocorre a Missa de encerramento da festividade, presidida pelo padre Gelcimar Santos, pároco da Paróquia de Nossa Senhora Auxiliadora.


Arquidiocese 9 Ações para o Dia Nacional da Juventude

2º Caderno

BELÉM, DE 26 DE OUTUBRO A 1 DE NOVEMBRO DE 2018

Eventos acontecem em cada uma das sete Regiões Episcopais da Arquidiocese de Belém

A

Arquidiocese de Belém através do Setor Juventude realiza o Dia Nacional da Juventude (DNJ) de 17 a 18 de novembro em cada uma das sete Regiões Episcopais da Arquidiocese de Belém. O evento ocorre sob a luz do tema “Juventude construindo uma cultura de Paz” e o lema “Disse estas coisas para que em mim vocês tenham paz, terão aflições, contudo tenham coragem. Eu venci o mundo” (Jo 16, 33). A programação terá momentos formativos e celebrativos. O Dia Nacional da Juventude (DNJ) é uma atividade festiva e formativa juvenil anual e nacional, cujo foco é a reflexão de uma importante temática a luz da proposta da Campanha da Fraternidade do ano em curso, que é “Fraternidade e superação da violência” e o lema “Vós sois todos irmãos”. Em Belém, o

evento ocorre após os festejos do Círio de Nazaré, com a proposta de um Dia Nacional da Juventude missionária por região episcopal, em virtude da realidade sócio-cultural juvenil local, iluminados pelo Sínodo dos Bispos, que este ano está voltado para a juventude, o Ano do Laicato e a preparação para Sínodo da Amazônia em 2019. Entre os objetivos do DNJ estão promover processos educativos missionários; desenvolver a criticidade nas lideranças juvenis católicas das regiões; aprofundar o debate sobre o protagonismo juvenil sadio; consolidar uma pastoral juvenil orgânica atenta as demandas locais; despertar as lideranças para uma perspectiva ecumênica; animar uma igreja com rosto jovem e em saída para as periferias e colaborar nos festejos dos 300 anos da arquidioce-

se de Belém. Para o coordenador do Setor Juventude da

Arquidiocese de Belém, Henrique de Azevedo, a proposta de um

DNJ missionário é desafiador, uma vez que serão visitadas as áreas missionárias das sete Regiões Episcopais: “O tema nos desafia na construção da cultura da paz. Vivemos na Região Metropolitana marcada pela violência infanto-juvenil e, um DNJ que vai trabalhar diretamente aquilo que queremos, a construção de uma cultura de paz dentro da nossa sociedade é extremamente desafiador e, ao mesmo tempo, motivador para as nossas ações de evangelizadoras na comunidade que pertencemos”. O evento ocorre em duas etapas. A primeira, no dia 27, na Cúria Metropolitana de Belém, às 14h30, voltada para as expressões juvenis e conselhos juvenis locais. Esta etapa consta de atividades motivacionais e temáticas, facilitadas por Dom Antônio de Assis Ribeiro, um dos bispos auxilia-

res de Belém. A segunda, em dois dias, sendo a primeira no dia 17 de novembro, em caráter formativo, no local a ser definido por cada uma das Regiões Episcopais, quando a juventude é convocada a refletir e debater o tema proposto, e, no dia 18 de novembro, ocorre a ação prática Dia Missionário e Celebrativo, quando as residências da áreas missionárias das sete Regiões Episcopais serão visitadas. HISTÓRICO

O Dia Nacional da Juventude surgiu em 1985, durante o Ano Internacional da Juventude, promovido pela Organização das Nações Unidas (ONU), em um contexto de mobilizar os jovens para construção de espaços de participação onde fossem estimulados a pensar, repensar e articularse para construção de uma nova sociedade.

Paroquia de São Francisco Xavier promove Terço Missionário nas ruas Na manhã deste sábado, 27, a Infância e Adolescência Missionária (IAM) da Arquidiocese de Belém promove mais uma edição do Terço Missionário nas Ruas. O evento faz parte das celebrações do mês missionário e teve como tema: “Com o Terço na mão fazemos a missão!” com saída às 8h da Matriz Paroquial de São Francisco Xavier, no Marco, em Belém. O evento arquidiocesano tem expectativa de participação das 15 paróquias que possuem o núcleo da IAM, reunindo crianças, jovens, pais e assessores. Além de marcar o mês missionário, celebrado por

toda a Igreja no mês de outubro, a caminhada com oração marcará também os 175 anos de fundação da Infância e Adolescência Missionária no mundo. Para Kelly Sozinho, assessora da IAM na Paroquial de São Francisco Xavier, a caminhada representa em muito o tela do grupo que é ‘Crianças evangelizando crianças’: “será uma oportunidade de evangelização em que as crianças com o terço nas mãos vão orar pelas ruas do bairro. Além de ser confraternização dos grupos de toda a arquidiocese.” Todas as crianças são convidadas para serem protagonistas da missão

neste sábado. A concentração será às 8h na Matriz de São Francisco Xavier, situada na Travessa Mauriti, 3971. Após a saída os participantes seguirão pelo canal da União, Travessa Mariz e Barros, Passagem Maria Aguiar, as ruas São Sebastião e São Marcos até retornar para a Matriz. Durante o trajeto haverão paradas marcadas pelo início de cada mistério. O Terço Missionário é uma oração simples e as suas contas têm cinco cores. Cada dezena tem a cor do continente que representa. O verde evoca as florestas cheias de vida e de mistério da África. A vermelha lembra a América, casa das

lendárias tribos de pelesvermelhas e cor da terra. A branca representa a Europa dos povos pálidos. A azul a Oceania, o continente das ilhas incontáveis semeadas nas águas azuis do Pacífico. A amarela lembra a Ásia, estância das pessoas de pele amarelada e olhos puxados. Para Kátia Reis, coordenadora arquidiocesana da IAM, o objetivo é que, desde cedo, seja imbuído um espírito missionário na Arquidiocese de Belém: “realizamos o terço para orar pelo mundo todo. Com as crianças sendo os líderes dessa bela oração temos certeza que teremos êxito.”

Encontro Nacional da Pastoral do Turismo A coordenação nacional da Pastoral do Turismo (PASTUR), junto com a PASTUR Basílica Santuário de Nazaré organiza o 5º Encontro Nacional com o tema “Pastoral do Turismo e o cuidado com patrimônio cultual religioso”. Refllexões sobre o cuidado que se deve ter com as riquezas históricas e culturais salvaguardadas pela religiosidade e fé cristã é a meta do evento que

acontecerá em Belém. O encontro tenta sensibilizar cada agente pastoral, para que se torne cuidador dos espaços visitados. O evento ocorrerá de 9 a 11 de novembro na Casa de Plácido, que faz parte do complexo da Basílica de Nazaré. A programação conta com diversas palestras voltadas para o patrimônio material e imaterial nacional.

O encontro tem como principal intuito reunir as coordenações nacionais, padres, religiosos, leigos e profissionais do turismo para dialogar acerca de suas experiências, além da integração entre grupos da PASTUR para ações futuras. Fomentar a Pastoral do Turismo no Brasil, em especial. a região Norte, e demais paróquias com atividades relacionadas ao turismo é outra meta.


10

Opinião

BELÉM, DE 26 DE OUTUBRO A 1 DE NOVEMBRO DE 2018

2º Caderno

Servindo à verdade Prof. Ricardino Lassadier

O

lá, meu irmão e minha irmã. O mês de outubro já está quase no fim. Mês Mariano com as festas de vários títulos dedicados a Nossa Senhora, mês do Rosário (ou do Santo Terço), mês que marca a fundação do Opus Dei (dia 2), mês das crianças, de São Francisco de Assis, de Santa Terezinha, do Grande São João Paulo II, mês do Sínodo dos Bispos, mês do Círio de Nossa Senhora de Nazaré e de todas as romarias que a festa comporta. Em minha família, outubro também contém uma alegria particular: o aniversário de nossa Catarina (12 anos), muitas alegrias ao mesmo tempo em que foi um mês de algumas dificuldades, todas elas ofertadas de modo confiante a Nossa Senhora. Outubro também é marcado pela singular dinâmica da movimentação política, quando milhões de brasileiros vão às urnas realizar o exercício democrático do voto. Em razão dessa movimentação no campo da política, podemos ver nas ruas e nas redes sociais bandeiras levantadas, debates acalorados. Podemos ver, lamentavelmente, ofensas, acusações e amizades desfeitas. Preciso confessar que no passado também eu

Mais razão menos sentimentalismo DIVULGAÇÃO

w O TÉRMINO DO PLEITO ELEITORAL as consequências existem concretamente

me deixei levar por esse afã, por esse entusiasmo. Mas a idade, se bem aproveitada, faz-nos prudentes e permite um olhar mais sereno sobre essa realidade. Tenho notado que eleitores têm agido como torcedores. O torcedor, diante do seu time do coração, é movido pela paixão: grita, pula, ri (alguns até choram), xingam e todo mundo vira especialista, sabe a melhor jogada, melhor esquema tático, a melhor substituição. Tudo isso de algum modo faz parte da condição de torcedor. Como eleitores, a coisa deveria ser diferente: na condição de eleitor a paixão deveria ceder espaço à razão. Repito: eleitores têm agido como

torcedores. Tudo é muito emotivo, pouco reflexivo. Suponho que tudo decorre de analfabetismo social e político. Rapidamente ignoramos que a democracia moderna comporta a variedade de opiniões, o confronto de ideias e o respeito entre as pessoas. Ao desprezarmos esses princípios, facilmente o adversário é visto como inimigo, pois, o debate de ideias é substituído por ofensas e ataques pessoais. Transito no meio escolar e é triste constatar que muitos daqueles que (em tese) têm mais preparo cultural ou reflexivo são os mais afetados pelo sentimentalismo e pelo desequilíbrio emocional. Acho decepcionante o comportamento impulsivo e

pouco inteligente desses eleitores (torcedores). Sobra sentimentalismo, falta educação. Suprapartidária deve ser a gentileza para com o próximo. Outro aspecto a ser considerado: ninguém conquista ninguém, com grosseria. Ao contrário, resulta em antipatia, gastar tempo em falar mal do outro indica superficialidade no conhecimento de propostas. Nós católicos, que somos chamados a ser sal da terra e luz do mundo (cf. Mt 5,13) e exercemos a cidadania, precisamos conhecer a DSI (Doutrina Social da Igreja). Uma justa democracia, ensina a DSI, deve contemplar a dignidade da pessoa humana, o res-

peito aos direitos dos homens, e assumir o bem comum como objetivo final e regulador da vida política, bem como rejeitar o relativismo ético (cf. DSI, 407) fundamental; nesse sentido é a boa informação (cf. DSI 424). O processo político democrático pressupõe divergências de opiniões. No entanto, tais divergências precisam ser respeitadas de modo respeitoso, sem ferir a justa liberdade de expressão do próximo, caso contrário, ferimos a dignidade da pessoa humana. Ao mesmo tempo, respeitar a diferença de opinião implica em não demonizar o outro somente por ter a opinião diferente. Olhando o cenário político atual, penso que ainda precisamos amadurecer muito no censo de cidadania e democracia. Ainda reinam os xingamentos e as ofensas. As campanhas políticas têm um forte apelo emocional com músicas apelativas, depoimentos

lacrimosos. E lá vem o candidato a Salvador da Pátria. Não se engane, meu irmão: eleição não é conquista da Copa do Mundo. Lá, razão, aqui, emoção; e entre ambos deve haver formação. Partindo desse princípio, confesso, tenho cá minhas reservas, quando vejo o candidato querendo agradar a gregos e a troianos; desconfio daquele candidato que se apresenta com propostas mirabolantes e posa de super-herói. Observemos que ao término de uma copa do mundo, nossa seleção vencendo ou perdendo, pouca coisa influenciará no desenrolar social. Já ao término do pleito eleitoral, as consequências existem concretamente, por isso, voto em mais razão e menos emoção, em mais lucidez e menos sentimentalismo, em mais formação e menos “achismos”. Sigamos em frente pensando com a Igreja no serviço da Verdade. Ficamos com Nossa Senhora e São José.

Graduado (Bacharel e Licenciado) e Especialista em Filosofia pela UFPA e Especialista em Teologia pelo CESUPA.

PRÓXIMO ARTIGO: Maria Elisa Bessa de Castro

Palavra de vida Chiara Lubich “Eis que estou à porta e bato; se alguém ouvir minha voz e abrir a porta, eu entrarei na sua casa e tomaremos a refeição, eu com ele e ele comigo.” (Ap 3,20)

“Eis que estou à porta e bato; se alguém ouvir minha voz e abrir a porta, eu entrarei na sua casa e tomaremos a refeição, eu com ele e ele comigo.”

Quantas vezes ouvimos alguém bater à nossa porta! Pode ser o carteiro, o vizinho de casa, o amigo do filho, mas também o desconhecido... O que será que ele quer? Será prudente abrir, deixar entrar em casa alguém que não conhecemos bem? No entanto, essa Palavra de Deus, tirada do Livro do Apocalipse, nos convida a acolher um hóspede inesperado. O autor desse Livro muito instrutivo para os cristãos fala aqui à primitiva Igreja de Laodiceia1em nome do Senhor Jesus, morto e ressuscitado por amor de cada criatura humana. Ele fala com a autoridade que deriva desse amor; elogia, corrige, convida a acolher a ajuda poderosa que o próprio Senhor quer oferecer a essa comunidade de fiéis, contanto que eles estejam dispostos a reconhecer a sua voz e a “abrir-lhe a porta”.

Hoje, assim como naquele tempo, a comunidade cristã inteira é convidada a superar medos, divisões, falsas seguranças, para acolher a vinda de Jesus. Na realidade, Ele se apresenta cada dia com diferentes“trajes”: nos sofrimentos de cada dia, nas dificuldades em manter a própria coerência, nos desafios diante das escolhas importantes da vida, mas especialmente nas feições do irmão e da irmã com quem cruzamos na caminhada. Trata-se também de um convite pessoal a “nos determos” com Jesus num momento de intimidade, como se faz com um amigo, no sossego do anoitecer, sentados à mesma mesa; o momento mais adequado para um diálogo que requer escuta e abertura. Fazer cessar todo barulho é a condição para reconhecer e escutar a sua voz, o seu Espírito, o único capaz de destravar os nossos medos e nos fazer abrir a porta do coração.

Chiara Lubich conta assim a sua experiência: É preciso

fazer silenciar tudo em nós, para descobrir em nós a Voz do Espírito. E é preciso extrair essa Voz como se retira um diamante da lama. Limpá-la, colocá-la à mostra e doá-la no tempo oportuno, porque é Amor, e o Amor deve ser doado: é como o Fogo que, em contato com a palha ou algo semelhante, queima; senão se apaga. O Amor deve crescer em nós e transbordar 2. Diz o Papa Francisco: O Espírito Santo te é concedido como dom;(...) entra em nós e frutifica, para que nós possamos transmiti-lo aos demais. (...) Portanto, é próprio do Espírito Santo descentrarnos do nosso eu, abrindo-nos ao “nós” da comunidade: receber para dar. Nós não estamos no centro: somos um instrumento daquela dádiva para os outros 3. “Eis que estou à porta e bato; se alguém ouvir minha voz e abrir a porta, eu entrarei na sua casa e tomaremos a refeição, eu com ele e ele comigo.”

No amor mútuo característico do Evangelho também os

cristãos podem ser, como Ele e com Ele, testemunhas dessa presença de Deus nos acontecimentos da história, também nos nossos dias. Diante da atual incursão de migrantes na Europa, numa cidade de fronteira uma moradora sentiu que estavam “batendo à sua porta”. Délia, da Itália, nos conta: Era um

dia de calor, uma tarde de domingo. Vi, diante de meu bar, várias mães sentadas na calçada com crianças de colo que choravam de fome. Eu as convidei a entrar, dizendo que ia dar comida de graça para as crianças. Elas não tinham coragem, porque estavam sem dinheiro. Mas eu insisti e por fim aceitaram o convite. Daí o fato virou notícia e hoje meu estabelecimento é conhecido como “o bar dos imigrantes”. A maior parte deles são muçulmanos. Muitos me chamam de “Mamãe África”. Os meus clientes de antigamente aos poucos deixaram de aparecer. Então a sala onde os adultos jogavam baralho ou dominó se tornou a sala das crianças, onde elas podem brincar ou desenhar, com um pequeno fraldário para trocar os recém-nascidos e para as

mães descansarem um pouco. Ou então, o recinto se transforma em sala de aula para ensinar italiano aos imigrantes. Na realidade, não foi uma opção minha: foi a necessidade de não fechar os olhos diante da realidade. Graças aos migrantes eu conheci muitas pessoas e associações que hoje me apoiam e me ajudam a manter a ação. Se tivesse de recomeçar, faria tudo de novo! A coisa importante para mim é DOAR! 4. Todos nós somos convidados a acolher o Senhor que bate à porta, para sairmos junto com Ele ao encontro de quem está ao nosso lado. Será Ele mesmo, o Senhor, que abrirá espaço em nossa vida, com a sua presença. LETIZIA MAGRI

1 2

Cidade romana importante da região da Frígia e Lídia. O sítio arqueológico fica na atual Turquia. Chiara Lubich, O Espírito Santo é o Amor, 12/9/1949, em “Collegamento CH”, junho de 2006. Francisco, Audiência Geral, Roma, 6/6/2018. Em “Città Nuova online”, 7/3/2018 e em “Collegamento CH”, 16/6/2018.

3 4


Círio 2018 11 Inicia o Círio dos jovens junto com Maria

2º Caderno

BELÉM, DE 26 DE OUTUBRO A 1 DE NOVEMBRO DE 2018

JOÃO PARAENSE

w ORAÇÃO e intercessão com o Santo Terço pelas ruas de Belém

LUIZ ESTUMANO

w GRAÇAS alcançadas e intercessão de Maria. Hora de agradecer a Deus. JOÃO PARAENSE

LUIZ ESTUMANO

w "MAR" DE GENTE nas romarais e procissões na capital do Pará LUIZ ESTUMANO

w HOMENAGENS das mais variadas para reverenciar a Virgem Maria JOÃO PARAENSE

w CONFIANÇA para viver todas as emoções da fé dia da Mãe de Nazaré LUIZ ESTUMANO

w A CORDA da berlinda conduz também todas as esperanças dos fiéis

w CONTEMPLAÇÃO Sempre encontra-se espaço para a oração pessoal


Círio 2018 2º Caderno Oração da Igreja jovem animada pela fé 12

BELÉM, DE 26 DE OUTUBRO A 1 DE NOVEMBRO DE 2018

LUIZ ESTUMANO

w EVIDÊNCIA da imagem Peregrina na berlinda permitiu contemplação LUIZ ESTUMANO

LUIZ ESTUMANO

w RENOVAÇÃO da fé e a força da esperança no Cristo Salvador LUIZ ESTUMANO

w CÉU é o lugar junto ao Pai, pelo qual todos clamam junto à Mãe Maria LUIZ ESTUMANO

w VENCIDOS os limites humanos, os louvores a Deus pela graça obtida LUIZ ESTUMANO

w MATERNA proteção da jovem chamada Maria sobre todos os fiéis

w GUARDA de todas as procissões protegem a imagem da Mãe e filhos JOÃO PARAENSE

w META alcançada: Depois do fim do círio, a partilha de Jesus Eucarístico