Voz de Nazaré

Page 1

ARQUIDIOCESE

DE BELÉM

www.fundacaonazare.com.br belém, De 20 a 26 de janeiro de 2017

D o jornal católico da família D

Pe. Florence Dubois Fundador

ANO CIII - Nº 755 - PREÇO AVULSO: R$1,00

A posse do novo cura da Sé O Arcebispo de Belém, Dom Alberto Taveira Corrêa, empossou o Padre Roberto Cavalli como Cura da Catedral de Belém. Ele sucede ao Cônego José Gonçalo, à frente do Curato há 18 anos CADERNO 2, Página 1 ivan amorim

w dom alberto desejou ao novo Cura que ele “tenha apenas e tão somente o nome de Jesus que lhe cabe anunciar aqui e em todas as tarefas" divulgação

provisões

Posse dos novos párocos

As paróquias de Santa Rosa de Lima, Pio X, Trindade e Bom Remédio acolheram seus novos pastores. caderno 2, página 11.

cláudio barradas

Aniversário de ordenação

w celebração presidida por Dom Alberto na Paróquia Santa Rosa de Lima para a posse do novo pároco

O Cônego Cláudio de Souza Barradas comemora 25 anos de ordenação sacerdotal este mês. Caderno 2, página 4. divulgação

devoção

jubileu

Homenagens a São Sebastião

Paróquia comemora 70 anos

D i v e r s o s municípios prestam honras ao padroeiro.

A Paróquia Nossa Senhora da Conceição , na Cidade Velha,promove ampla programação.

caderno 2, página 7.

w o pároco Adailson Oliveira à frente da programação do jubileu da paróquia

Caderno 2, página 7.


2

belém, De 20 a 26 de janeiro de 2017

Igreja Privilégio de ser católico João Carlos Pereira

charge do andré abreu

Jornalista e professor jcparis@orm.com.br

O Papa indignado

D

Comente esta charge: voz@fundacaonazare.com.br

Panorama José Pereira Ramos (joseulina1@gmail.com)

Reformas do ano novo ( 1ª Parte)

A Economista e escritor

o chegar no nonagésimo ano de idade, que completarei no dia em que esta crônica estará sendo publicada, posso afirmar que nenhum final de ano trouxe tantas modificações com o 2016/17. Até então, considerava que nos meus 90 anos de idade, o de maiores modificações tinha sido o 1939. Num livro que estou rascunhando e que conta a viagem que fiz aos 14 anos de idade (1941) no navio “Santarém”, do Loyd Brasileiro, o último navio neutro que saiu da Europa para a América do Sul, em plena 2ª Grande Guerra Mundial, escrevi o seguinte: “Em 1939 ocorreram fatos marcantes. Faleceu o Papa Pio XI e o Cardeal Eugênio Paceli, foi eleito Papa Pio XII. Iniciou em setembro a 2ª Grande Guerra Mundial. Meu irmão Alberto foi

Encontro Fraterno ivens Coimbra Brandão

ivenscb@oi.com.br

A conversão de Saulo

N

Engenheiro civil e escritor

ascido em Tarso, região da Cilícia (cf. At 22,3), hoje Turquia, era filho de judeus, da tribo de Benjamim. Em Jerusalém, a cerca de 800 Km. ao sul, frequentou a conceituada escola de Gamaliel, onde desenvolveu seu conhecimento das Escrituras, se tornando exímio conhecedor da Lei Judaica. Se aperfeiçoou no idioma hebraico, e estudou o grego, o aramaico e o latim. Dispunha também do título de cidadão romano (cf. At 16, 37), o que lhe dava ‘trânsito livre’ em todo o território do Império romano. Reunindo tais condições, impunha severa perseguição aos cristãos (cf. At 22, 4). A caminho de Damasco, portava carta de recomendação do sumo sacerdote às sinagogas daquela cidade, para conduzir presos a Jerusalém os cristãos que encontrasse

Fun­da­do em 5 de ju­lho de 1913 fundador Pe. Flo­ren­ce Du­bois, bar­na­bi­ta

arquidiocese de belém-pará

presidente Dom Alberto Taveira Corrêa Arcebispo Metropolitano de Be­lém do Pa­rá vice-presidente Monsenhor Marcelino Ferreira Vigário-geral da Arquidiocese de Belém do Pa­rá

ordenado padre no dia 1º de Outubro por Dom Antônio Lustosa...” No ano 2016 os problemas de terrorismo provocaram recordes no número de deslocações de refugiados. As convulsões políticas provocaram o 2º “Impeachment” no Brasil e troca de governo. O estilo simples e objetivo do Papa Francisco recebe apoio dos católicos no mundo. A nossa Igreja se movimenta. Estive 17 dias em Fortaleza e nas Igrejas católicas era muito comentada a mudança dos párocos em 47 Paróquias. Em Belém o número não deve ficar muito atrás. Quase todas as grandes paróquias da cidade já foram mexidas. Tudo em busca de uma Igreja mais missionária. No último domingo presenciei a belíssima cerimônia da posse do novo “Cura da Sé” que é também pároco de Nossa Senhora das Graças. No âmbito político, revelações de escândalos dolorosos vêm provocando forte reação pública ao sistema de corrupções que estavam levando o país a uma degradação econômica. Precisamos rezar muito para que os nossos políticos voltem a respeitar os seus eleitores e deixem de pretender obter o poder a qualquer custo. (cf. At 9, 1-2).“Então cai por terra e ouvi uma voz que me dizia: ‘Saulo, Saulo, por que me persegue? ’Eu perguntei: ‘Quem és tu, Senhor? ’ Ele respondeu: ‘Eu sou Jesus, o Nazareno, a quem você está perseguindo! ” (At 22, 7-8). Este encontro com Jesus levou Saulo à conversão, uma mudança radical aconteceu em sua vida: “Eu vivo, mas já não sou eu que vivo, pois é Cristo que vive em mim...” (cf. Gl 2, 20). Depois de Batizado, recebeu do Senhor a missão de pregar para os pagãos (cf. At 22, 21). Adotando a forma latina do seu nome, Paulo empreendeu quatro grandes viagens, levando a Boa Nova a judeus e pagãos. Percorreu milhares de quilômetros, evangelizando o povo, desde a Ásia Menor, a Macedônia, chegando à Grécia e Itália. Mantinhase ligado às comunidades que fundava, através de Cartas. Das 13 (ou 14) Epístolas, a 1ª Carta aos Tessalonicenses, escrita nos anos 51 d.C. é reconhecida como o primeiro documento do Novo Testamento. A conversão de São Paulo é celebrada pela Igreja no dia 25 de janeiro. Também é festejado no dia 29 de junho, junto com São Pedro.

DIRETOR GERAL Padre Roberto Emílio Cavalli Junior diretor administrativo e financeiro ­Marcos Aurélio de Oliveira diretor de comunicação Mário Jorge Alves da Silva diretor de captação de recursos ­Arnaldo Pinheiro

esde que assumiu o comando da Igreja, o Papa Francisco tem sido intransigente com algumas práticas que, por serem usuais, acabaram parecendo coisa normal, na rotina do Vaticano. Na semana passada, um exemplo – pequeno exemplo – da cruzada do Pontífice pela manutenção da boa conduta ganhou destaque na imprensa internacional que, depois da eleição do cardeal jesuíta, parece estar olhando para a Santa Sé com mais respeito e atenção. O fato que mereceu alguns minutos nas TVs do mundo inteiro não foi resultado de nenhuma reportagem investigativa, mas fruto da indignação do Papa, com uma prática desonesta, que há tempos acontecia e da qual pouca gente havia se apercebido. Durante uma audiência na sala Paulo VI, Francisco mostrou aos fieis um pedaço de papel vermelho, disse que tinha a ver com aquela reunião e fez questão de ler o texto impresso. Tratava-se de um convite gratuito – o Papa frisou: gratuito – que estava sendo vendido por gente da pior espécie. O dinheiro arrecadado, muito dinheiro por sinal, passava longe da contabilidade vaticana. Espertalhões comercializavam o acesso ao encontro gratuito com o Pontífice em sites “católicos” e faturavam milhares de euros toda semana. Em um ano, o valor podia passar da casa do milhão. Sem que a Igreja soubesse, muito bandido fez fortuna às suas custas. O Papa acabou com essa farra e também colocou um fim na venda indiscriminada de bênçãos apostólicas. Agora, apenas a livraria do Vaticano está autorizada a comercializar o documento e todo dinheiro arrecado é destinado aos pobres. É inacreditável que haja quem tenha coragem de usar a figura o sucessor de Pedro para ganhar dinheiro de forma ilícita. A partir de agora, está todo mundo avisado: ninguém mais deve pagar para ir às audiências papais. Francisco foi firme e ganhou elogios em larga escala. Sua coragem é um exemplo para o mundo e para a Igreja.

Assim na terra como no céu ... Pe. Helio Fronczak

heliofronczak@gmail.com

Nova mentalidade - nova lógica

P

ara entrar na “Escola da Trindade” é preciso uma mudança total da nossa mentalidade. Não podemos viver o estilo de vida do céu sem uma profunda “conversão”, isto é, mudança de rota. Se até o presente estamos indo na direção do “pensar em nós mesmos” para a nossa realização pessoal, ou se estamos “buscando a nossa felicidade” no ter coisas, fama e posição social privilegiada, a lógica da Escola da Trindade é subversiva ao propor: “quem quiser salvar a sua vida vai perdê-la, mas quem a perde este a salvará” (Mt 16,25). Isto significa perder o próprio modo humano de raciocinar para viver segundo o estilo de Deus mesmo que vive sempre projetado para fora, ou seja, procurando a felicidade do outro, vivendo pelo outro, com o outro, graças ao outro. Não é o simples fato de conhecer esta lógica que já, automaticamente, entramos nela. É preciso esforço constante, é preciso treinamento, é preciso começar, continuar, recomeçar. Esta semana que vem é uma nova possibilidade para ir em frente e crescer um pouco mais no estilo de vida do céu aqui na terra. Boa caminhada.

coordenação - INTERINO Padre Nilton Cezar Reis (DRT/PA 2840) conselho de programação e editoração Padre Agostinho Filho de Souza Cruz Cônego Cláudio de Souza Barradas Edwaldo Lobo Monteiro editoração eletrônica Sérgio Santos (DRT/PA 579) As­si­na­tu­ras, dis­tri­bui­ção, ad­mi­nis­tra­ção e re­da­ção Av. Go­v. Jo­sé Mal­cher, Ed. Pau­lo VI, 915 CEP: 66055-260

- Na­za­ré, Be­lém - PA Te­l.: (91) 4006-9200/ 4006-9209. Fax: (91) 4006-9227 Re­da­ção: (91) 4006-9200/ 4006-9238/ 4006-9239/ 4006-9244/ 4006-9245 Site: www.fundacaonazare.com.br E-mail: voz@fundacaonazare.com.br Um veí­cu­lo da Fun­da­ção Na­za­ré de Co­mu­ni­ca­ção ­CNPJ nº 83.369.470/0001-54 Im­pres­so no par­que grá­fi­co de O Li­be­ral

fundação nazaré de comunicação


belém, De 20 a 26 de janeiro de 2017

3

Arcebispo Conversa com meu povo Dom Alberto Taveira Corrêa Arcebispo Metropolitano de Belém do Pará

Ir às periferias geográficas e existenciais J

esus passou a maior parte do seu ministério na Galileia. Lá cresceu e foi educado na bela família de Nazaré. Foi na Sinagoga de Nazaré que fez o que podemos chamar seu “discurso programático”: “O Espírito do Senhor está sobre mim, pois ele me ungiu, para anunciar a Boa-Nova aos pobres: enviou-me para proclamar a libertação aos presos e, aos cegos, a recuperação da vista; para dar liberdade aos oprimidos e proclamar um ano aceito da parte do Senhor” (Lc 4, 18-19). As redondezas do Mar da Galileia foram o espaço privilegiado para sua pregação, milagres, viagens ou encontros com as pessoas. E Jesus exerceu seu ministério “tomando sopa pelas beiradas”, da periferia para o centro, indo ao encontro dos que habitavam justamente na vizinhança do paganismo. Suas escolhas ensinam aos evangelizadores de todos os tempos, para que o dinamismo missionário envolva a todos, abrindo-lhes o coração e os olhos para os que estão mais distantes. É que buscando quem está mais longe, no meio do caminho, todas as outras pessoas são envolvidas e tocadas, pois ninguém passa em vão perto de Jesus ou de seus missionários. A “Galileia dos pagãos” traz para perto de Jesus um povo que andava nas trevas, pois o jugo e a carga sobre os ombros são abatidos (Cf. Is 8, 23-9,3; Mt 4, 12-23). O ambiente cultural e religioso da época discriminava seriamente aquelas populações, num verdadeiro caldeirão de práticas e tradições, aliás, presente até hoje, como podemos acompanhar pelo noticiário, já que o que chamamos de Terra Santa se encontra justamente na vizinhança de áreas de conflito armado. O que faz Jesus? Deixou Nazaré e foi morar em Cafarnaum, para se cumprir a profecias de Isaías. Ele não temeu habitar em áreas difíceis, mas foi ao encontro das pessoas, onde elas se encontravam. Em nossos dias, onde se encontram os distantes? A palavra aponta para longe! Longe, em terras de missão, estão bilhões de pessoas que nunca ouviram o nome de Jesus. A elas deve chegar a Boa Nova do Evangelho. Cabenos dar a resposta ao chamado vocacional missionário, como fizeram os primeiros discípulos de Jesus, alcançados justamente à margem do Mar da Galileia (Cf. Mt 4, 18-22), que deixaram de pescar peixes para pescar as pessoas em nome de Jesus. Ainda e sempre haverá lugar para novos evangelizadores na Igreja, prontos a deixar tudo, redes, laços familiares e afetivos, apenas para seguir Jesus! Entretanto, as periferias não são apenas geográficas. Ao nosso lado, bem pertinho de nossa casa, há pessoas que estão ou se sentem discriminadas, excluídas. Basta olhar ao nosso redor, adquirindo

divulgação

w O Espírito do Senhor está sobre mim, ele me ungiu, para anunciar a Boa-Nova aos pobres

Ao nosso lado, bem pertinho de nossa casa, há pessoas que estão ou se sentem discriminadas, excluídas. a necessária sensibilidade que permita a atenção às necessidades das pessoas. Algumas propostas podem ser acolhidas imediatamente. Primeiro exemplo é visitar pessoas que há muito tempo ficaram esquecidas, fora de nossas listas de contatos. Visitar para visitar, apenas para querer bem, sem outros propósitos. Muitas paróquias até criaram a Pastoral da Visitação, com a qual pessoas e famílias voltam a sentirse membros da comunidade. Podemos até começar com um cumprimento! Soa muito atual e necessária uma canção que se cantava em muitos encontros de Igreja: “Alô, bom dia, Oh como vai você? Um olhar bem amigo, um alegre sorriso e um aperto de mão. E a gente sem saber como e porque se sente feliz e sai a cantar uma alegre canção. Saber dar um

bom dia cheio de bondade, dizer bom dia com sinceridade é dar sempre o melhor do nosso coração. Alô bom dia irmão. Bom dia nada custa ao nosso coração, e é bom fazer feliz o nosso irmão. Por Deus se deve amar, amar sem distinção. Alô, bom dia, irmão”! Os mais distantes são certamente os mais pobres, e penso nos moradores de rua espalhados por nossas cidades, às centenas, debaixo das marquises. Em Belém, Comunidades como a “Fraternidade O Caminho”, a “Missão Belém” e outros grupos vão continuamente ao encontro dos irmãos e irmãs em situação de rua. A primeira proposta que fazem não é a de deixar a rua, mas estabelecer um relacionamento confiante e amigo, ser presença do amor de Deus. O resto vem depois, pois não nos interessa “limpar as

ruas”, já que tais pessoas não são sujeira, mas filhos e filhas de Deus! Aqui e em outros lugares, multipliquem-se grupos e pessoas capazes de olhar ao seu redor! Mais distantes são as muitas pessoas que perderam a fé e toda referência de Igreja, e aqui vejo muitos profissionais, homens e mulheres da cultura, universitários, políticos e cientistas, ou gente que veio de suas origens e a grande cidade, com seus problemas e conflitos, levou a perder os referenciais. A conversa com algumas dessas pessoas me faz contemplar uma nostalgia de Deus e do Evangelho, ainda que confusa, cheia de interrogações e provocações. Apelo a homens e mulheres de Igreja, capazes de dialogar com paciência e honestidade com construtores da sociedade civil, pessoas que a Igreja não pode abandonar! O que dizer às periferias geográficas ou existenciais com as quais estabelecemos contato? A pregação de Jesus começou assim: “Deixou Nazaré e foi morar em Cafarnaum, às margens do mar da Galileia, no território de Zabulon e de Neftali, para cumprir-se o que foi dito pelo profeta Isaías: ‘Terra de Zabulon, terra de Neftali, caminho do mar, região além do Jordão, Galileia, entregue às nações pagãs! O povo que estava nas trevas viu uma grande luz, para os habitantes da região sombria da morte uma luz surgiu’. A partir de então, Jesus começou a anunciar: ‘Converteivos, pois o Reino dos Céus está próximo’” (Cf. Mt 4, 13-17). Sua palavra pede conversão, que significa mudar de mentalidade. Arrisco-me a dizer que o primeiro a mudar de mentalidade deve ser o próprio evangelizador. Sua mudança se revestirá de presença, superação de julgamento, amor criativo, diálogo sincero, escuta profunda das razões das outras pessoas, tempo gasto com o outro, gestos de serviço e de partilha. Tais atitudes certamente suscitarão questionamentos positivos dos que se encontram em qualquer tipo de periferia. Estes gestos serão a proclamação do primeiro passo do querigma, o anúncio do amor de Deus. Este poderá e deverá ser dito também em palavras, mas a vida deve chegar primeiro. A Galileia das nações está bem ao nosso alcance! Andemos por ela, cada um de nós com os dons recebidos e conduzido pela força do Espírito Santo, para anunciar a chegada do Reino de Deus, que está próximo, está no meio de nós (Cf. Mt 4, 17). Rezemos com a Igreja: “Deus eterno e todo-poderoso, dirigi a nossa vida segundo o vosso amor, para que possamos, em nome do vosso Filho, frutificar em boas obras. Amém.”


4

belém, De 20 a 26 de janeiro de 2017

Arquidiocese agenda de dom alberto corrêa

agenda de dom irineu roman

n De 20 a 26 de janeiro de 2017

n De 20 a 26 de janeiro de 2017 w Sexta, 20 de janeiro 8h30 - Audiências 19h - Missa Paróquia São Sebastião - Sacramenta w Sábado, 21 de janeiro 10h - Missa do Bicentenário Instituto Marista - Colégio Nazaré 19h - Missa Paróquia Santo André - Posse de pároco w Domingo, 22 de janeiro 7h - Missa Paróquia Nossa Senhora do Livramento 19h - Crisma - Paróquia Nossa Senhora do Perpétuo Socorro Telégrafo w Segunda, 23 a Quinta,

O Arcebispo está em viagem no período

26 de janeiro

Em viagem ao Rio Grande do Sul

Os compromissos de Dom Alberto Taveira podem sofrer alterações sem aviso prévio.

Os compromissos de Dom Irineu Roman podem sofrer alterações sem aviso prévio.

Compromissos pastorais C a m i n h a n d o p a ra o f i n a l d o primeiro mês, a Arquidiocese de Belém segue reorganizada as provisões de novos párocos que realizam-se até o próximo mês de fevereiro. Ao passo que nesta semana o Arcebispo Metropolitano, Dom Alberto Taveira Cor rêa encontra-se em viag em, retornando para capital para atender seus compromissos pastorais.

Já o Bispo Auxiliar, Dom Irineu Roman mantém nesta semana uma agenda que compreende celebrações em comemorações e também de posses de novos párocos. Nesta sextafeira, 20, às 19h, celebra na Paróquia São Sebastião, Sacramenta, dentro da festa litúrgica do padroeiro que conta com festividade. No dia 21, às 10h, preside missa no bicentenário do

Instituto Marista e à noite, na Paróquia de Santo André, dá a posse ao Padre Francisco Monteiro Ferreira (Red). No domingo, 22, Dom Irineu preside missa na Paróquia Nossa Senhora do Livramento e ministra o Crisma na Paróquia Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, no Telégrafo. A partir do dia 21 o Bispo Auxiliar estará em viagem ao sul do país.

Homilia Dominical Padre Romeu Ferreira romeufsilva@gmail.com

A) Texto: Mt 4,12-23

Formado em Exegese pelo Pontifício Instituto Bíblico de Roma

12 Ao saber que João tinha sido preso, Jesus voltou para a Galileia. 13 Deixou Nazaré e foi morar em Cafarnaum, que fica as margem do mar da Galileia, 14 no território de Zabulon e Neftali, para se cumprir o que foi dito pelo profeta Isaias: 15 “Terra de Zabulon, terra de Neftali, caminho do mar, região do outro lado do Jordão, Galileia do pagãos! 16 O povo que vivia nas trevas viu uma grande luz, e para os que viviam na região escura da morte brilhou uma luz”. 17 Dai... Jesus começou a pregar dizendo: “Converteivos porque o reino dos céus está próximo”. 18 Quando Jesus andava a beira do mar da Galileia, viu dois irmãos: Simão, chamado Pedro, e seu irmão

André. Estavam lançando a rede ao mar, pois eram pescadores. 19 Jesus disse a eles: “Segui-me e eu farei de vós pescadores de homens”. 20 Eles imediatamente deixaram as redes e o seguiram. 21 Caminhando um pouco mais, Jesus viu outros dois irmãos: Tiago, filho de Zebedeu, e seu irmão João. Estavam na barca com seu pai, Zebedeu, consertando as redes. Jesus os chamou. 22 Eles imediatamente deixaram a barca e o pai e o seguiram. 23 Jesus andava por toda a Galileia, ensinando.., pregando o evangelho do reino e curando.. doença e enfermidade do povo. B) Comentário O norte da Terra Santa, a Galileia, com suas montanhas e imenso lago, considerado mar, foi o palco principal das ações de Jesus, “O Galileu” (v 12). Lá o mestre recruta seus primeiros discípulos: dois pares de irmãos

(v 18-21). Mais tarde, fora do vínculo sanguíneo, os envia de dois em dois (Mc 6,7), para o anúncio do Reino. A experiência partilhada já está na base da missão. Aquele que chama é O mesmo que envia. “Quando Jesus andava a beira do mar da Galileia, viu dois irmãos... Caminhando um pouco mais, Jesus viu outros dois irmãos” (v 18.21). O mestre viu e viu. Que olhar penetrante e envolvente o de Jesus! Um olhar “biônico”, que registra e fotografa a vida de cada um deles. Jesus viu e já atraiu a si os primeiros missionários. Como vemos Jesus? E ele, como nos vê? Na Bíblia, o ato de ver, está ligado à experiência com Deus. Assim Moisés procura ver o que há no fenômeno luminoso e Deus se manifesta. Deus viu que Moisés se aproximou para ver e lhe chamou pelo nome: “Moisés, Moisés!” (Ex 3,4). Logo diz Jesus: “Antes que Felipe te chamasse,

quando estavas debaixo da figueira, eu te vi” (Jo 1,48). “Jesus disse a eles: “Seguime e eu farei de vós pescadores de homens” (v 19). “Jesus os chamou. Eles imediatamente deixaram a barca e o pai e o seguiram” (v 22). O mestre convoca e há resposta positiva. Não se pode deixar para depois, mas atender prontamente. A c o n vo c a ç ã o i m p l i c a sempre em renúncia na vida do escolhido/a: deve deixar as redes de pesca, o pai... e tantas outras coisas importantes para algo mais grandioso ainda, que é a sequela do mestre. Não há preocupação, pois ele vai ensinar: “eu farei de vós pescadores”. Já eram pescadores, mas devem aprender pescar diferente. Na pesca milagrosa diz: “lançai a rede à direita da barca e achareis” (Jo 21,6). A pesca não será peixes e sim pessoas (v 19). Tudo depende de nossa aprendizagem.

Liturgia da Semana w 20/01, SEXTA-FEIRA

Cor ( Vermelho) Leitura (Hb 8,6-13) Responsório (Sl 84) Evangelho (Mc 3,13-19)

w 21/01, SÁBADO

Cor (Vermelho) Leitura (Hb 9,2-3.11-14)

Responsório (Sl 46) Evangelho (Mc 3,20-21)

w 22/01, DOMINGO

Cor ( Verde) Primeira Leitura (Is 8,23b-9,3) Responsório (Sl 26) Segunda Leitura

(1Cor 1,10-13.17) Evangelho (Mt 4,12-23)

w 23/01, SEGUNDA-FEIRA

Cor ( Verde) Leitura (Hb 9,15.24-28) Responsório (Sl 97) Evangelho (Mc 3,22-30)

w 24/01, TERÇA-FEIRA Cor ( Branco) Leitura (Hb 10,1-10) Responsório (Sl 39) Evangelho (Mc 3,31-35)

w 25/01, QUARTA-FEIRA Cor (Branco) Leitura (At 22,3-16)

Responsório (Sl 116) Evangelho (Mc 16,15-18)

w 26/01 , QUINTA- FEIRA

Cor ( Branco) Leitura (2Tm 1,1-8) Responsório (Sl 95) Evangelho (Lc 10,1-9)


belém, De 20 a 26 de janeiro de 2017

5

Vaticano fotos: divulgação

Angelus

Papa: “Igreja não anuncia si mesma, mas Jesus” Francisco explicou o sentido das palavras do Evangelho do dia

C

om informações Rádio Vaticano. Em seu encontro com os fiéis na Praça São Pedro, no domingo, 15, o Papa explicou o sentido das palavras do Evangelho do dia proferidas por João Batista: “Eis o cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo”, às margens do Rio Jordão. João sabe que o Messias está próximo

Enquanto João batiza as pessoas, homens e mulheres de várias idades, ele afirma que o reino dos céus está

próximo e que o Messias está para se manifestar. “Para isso, é preciso se preparar, se converter e se comportar corretamente”. O batismo é um sinal concreto de penitência. João sabe que o Consagrado está chegando e o sinal para reconhecêlo é que Nele se pousará o Espírito Santo, que trará o verdadeiro batismo. “Eis que naquele momento Jesus se apresenta às margens do rio, no meio do povo, dos pecadores, como nós. É o seu primeiro ato público, a primeira coisa que faz quando deixa sua casa

w papa francisco saúda da sacada de seu escritório os fiéis na Praça São Pedro

de Nazaré: desce à Judeia, vai ao Jordão e se faz batizar por João Batista. Naquele momento, sobre Jesus desce o Espírito Santo em forma de pomba e a voz do Pai o proclama Filho predileto”. João entende que se realiza o plano divino

João fica desconcertado pelo fato de o Messias se ter manifestado de modo tão impensável, em meio aos pecadores. O Papa explicou que iluminado pelo Espírito, João entende que assim se

realizava a justiça divina, o plano de salvação de Deus, que “como Cordeiro de Deus, toma para si os pecados do mundo”. Esta cena, segundo o Pontífice, é decisiva para a nossa fé e para a missão da Igreja, que deve indicar Jesus às pessoas, como fazem os padres na missa, todos os dias, quando apresentam o pão e o vinho aos fiéis como o Corpo e o Sangue de Cristo. Igreja deve anunciar sempre Jesus e não si mesma

“Este gesto litúrgico representa toda a missão da Igreja, que não anuncia si mesma, mas anuncia Cristo! Ai da Igreja quando anuncia si mesma... perde a bússola, não sabe para onde ir. Ela não leva si mesma, mas leva Cristo, porque é Ele e somente Ele que salva o povo do pecado, o liberta e o guia rumo à terra da vida e da liberdade”. C o n c l u i n d o , o Pa p a rezou a oração mariana do Angelus e pediu a Maria, Mãe do Cordeiro de Deus, que nos ajude a crer Nele e a Segui-Lo.

Papa pede ‘proteção e integração’ de crianças migrantes Com informações Rádio Vaticano. Diante das milhares de pessoas presentes na manhã do domingo, 15, na Praça São Pedro, o Papa pediu a adoção de “todas as medidas possíveis para garantir proteção, defesa e integração para as crianças migrantes”. No Dia Mundial do Migrante e do Refugiado, dedicado este ano ao tema “Migrantes de menor idade, vulneráveis e sem voz”, o Pontífice denunciou os perigos aos quais “estes pequenos irmãos, especialmente quando desacompanhados, estão expostos. O encontro de culturas e o respeito das leis

“Saúdo especialmente os representantes de comunidades étnicas aqui presentes. Queridos

w muitas comunidades étnicas participaram do Angelus no domingo

amigos, desejo que possam viver com serenidade nas localidades q u e o s a c o l h e m , re s p e i t a n d o suas leis e tradições e, ao mesmo tempo, mantendo os valores de suas culturas originais. O encontro entre

culturas diferentes é sempre um enriquecimento para todos!”. Francisco fez um agradecimento público ao Setor ‘Migrantes’ da Diocese de Roma e a todos os que trabalham com os migrantes acolhendo-

os e acompanhando-os em suas dificuldades. Encorajando-os a prosseguirem esta obra, o Papa mencionou Santa Francisca Xavier Cabrini, morta 100 anos atrás, padroeira dos migrantes: “Esta religiosa, corajosa, dedicou sua vida e levar o amor de Cristo àqueles que estavam distantes de suas pátrias e famílias. Que seu testemunho nos ajude a cuidar do irmão estrangeiro, no qual Jesus está presente, e que muitas vezes sofre, é humilhado e repelido. Quantas vezes na Bíblia o Senhor nos pede para acolher os migrantes e os estrangeiros, recordando-nos que nós também somos estrangeiros”. A mensagem do Papa para o Dia Mundial do Refugiado foi publicada em 13 de outubro de 2016.

Francisco recebe Presidente palestino Abbas no Vaticano Com informações Rádio Vaticano. Na manhã de sábado, 14, o Papa recebeu no Vaticano Mahmoud Abbas, Presidente do Estado da Palestina. No encontro, foram destacadas as boas relações entre Santa Sé e

A J

Palestina, estabelecidas no Acordo global de 2015, que abrange aspectos essenciais da vida e da atividade da Igreja na sociedade palestina. Neste contexto, foi recordada também a importante contribuição dos católicos em favor da promoção da dignidade

paz é uma «virtude ativa», que requer o empenho e a cooperação de cada indivíduo e do corpo social no seu todo. (17 de janeiro)

amais poderá haver verdadeira paz enquanto existir um único ser humano que é violado na sua identidade pessoal. (16 de janeiro)

humana e na ajuda aos mais carentes, especialmente nos campos da educação, saúde e assistência. Os dois Chefes de Estado se detiveram ainda sobre o processo de paz no Oriente Médio, esperando que as negociações diretas entre as partes se reiniciem e resultem no fim da violência, que tem causado sofrimentos inaceitáveis às populações civis. Como afirma um comunicado divulgado após o encontro, o Papa e Abbas contam com o apoio da comunidade internacional no sentido de tomar medidas que favoreçam a confiança recíproca e contribuam para criar um clima que permita decisões corajosas em favor da paz. Enfim, os dois ressaltaram a importância de salvaguardar o caráter sagrado dos Lugares Santos para as três religiões monoteístas e dedicaram atenção aos outros conflitos que

afligem a região. Entre os presentes trocados, Mahmud Abbas ofereceu a Francisco uma pedra da Igreja do Santo Sepulcro, em Jerusalém, de acordo com Greg Burke, diretor da Sala de Imprensa da Santa Sé. Histórico

A audiência privada foi o terceiro encontro entre o Papa e Abbas depois da visita em 2014 do Pontífice a Israel e aos Territórios palestinos ocupados e da vinda do líder palestino ao Vaticano em 2015 para a canonização de duas religiosas palestinas, Mariam Bawardi (1846-1878) e MarieAlphonsine Ghattas (1843-1927). Ao sair do Vaticano, Abbas inaugurou a embaixada palestina junto à Santa Sé, na Via di Porta Angelica. A representação diplomática está localizada em um edifício que já abriga as embaixadas do Peru e Burkina Faso junto à Santa Sé.


6

belém, De 20 a 26 de janeiro de 2017

Igreja no Brasil jubileu de diamante

Igreja de Goiânia vive ano jubilar

Arquidiocese comemora 60 anos de instalação, programação vai até 17 de junho de 2017

C

om informações da Arquidiocese de Goiânia. Desde 14 de novembro de 2016, a Arquidiocese de Goiânia vive um tempo de graça, que prossegue até junho de 2017. Trata-se do Tempo Jubilar pela comemoração dos 60 anos de instalação da Arquidiocese de Goiânia. Considerando a rica caminhada de fé dessa jovem Arquidiocese, o Santo Papa Padre Francisco concedeu um Tempo Jubilar de celebrações especiais, a fim de oferecer amplas oportunidades de acesso aos Sacramentos, com a devida preparação, e também para lucrar Indulgências Plenárias e a Bênção Papal. Durante o Tempo Jubilar Arquidiocesano receberão a Indulgência Plenária os fiéis que, com ânimo desapegado de qualquer pecado, visitarem a Catedral de Goiânia e o Santuário Basílica do Divino Pai Eterno, em Trindade, cumprindo as condições, segundo as orientações litúrgico-pastorais. Por ocasião do

fotos: divulgação

w CATEDRAL de Goiânia, durante o templo jubilar fiéis receberão indulgência plenária

encerramento do Tempo Jubilar, às 18h do dia 17 de junho de 2017, a Arquidiocese celebrará o seu Jubileu de Diamante em missa campal, na Praça Cívica, quando Dom Washington

Cruz dará a Bênção Papal com Indulgência Plenária para todos os fiéis que participarem da celebração. Os fiéis que receberem com devoção a Bênção Papal, mesmo sem poder

participar fisicamente dos ritos sagrados, por alguma circunstância razoável, poderão lucrar a indulgência, desde que acompanhem em união espiritual os mesmos ritos transmitidos ao vivo pela

televisão e pela rádio. História A Arquidiocese de Goiânia foi criada em 26 de março de 1956, pelo Papa Pio XII, por meio da Bula Pontifícia Sanctíssima Christi Voluntas, e instalada em 16 de junho de 1957, quando então tomou posse seu primeiro arcebispo, Dom Fernando Gomes dos Santos. A solenidade de instalação da Arquidiocese de Goiânia aconteceu na Catedral Nossa Senhora Auxiliadora e teve a presença do núncio apostólico da época, Dom Armando L o m b a r d i , e d i v e r s o s outros bispos da Província Eclesiástica de Goiânia. A nova Igreja particular se estendia desde a nova capital, passando por Caldas Novas, Catalão, Cristalina, Ipameri, Morrinhos, Pires do Rio, até Planaltina (GO). Ficaram sufragâneas de Goiânia, a Igreja de Porto Nacional (TO) e as dioceses de Goiás, Jataí e Uruaçu, além das prelazias de Tocantinópolis, Cristalândia e Formosa.

Desafios missionários do Projeto Igrejas-Irmãs Com informações d a C N B B . Visto como uma das maiores forças missionárias da Igreja no Brasil, o Projeto IgrejasIrmãs, fundado em 1972 e que tem sido desenvolvido ininterruptamente até hoje, identificou alguns desafios que devem ser incorporados ao novo programa de atuação que será revitalizado, com a revisão e atualização de suas perspectivas. D e n t re a s p ro p o s t a s apresentadas, no encontro realizado em Belém (PA), em novembro do ano passado, está a necessidade de envio de missionários não só para Amazônia, mas também para o norte de Minas Gerais, como destaca o bispo auxiliar de São Luís do Maranhão (MA) e presidente da Comissão Episcopal Pastoral para Ação Missionária e a Cooperação Intereclesial da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), Dom Esmeraldo Barreto de Farias: “Nós temos diocese como Araçuaí (MG), Janaúba (MG) e outras mais do norte de Minas que tem muitas necessidades de pessoas para ajudarem no trabalho de evangelização e t a m b é m d e re c u r s o s financeiros. São regiões muito pobres e o trabalho exige muito recurso para se levar adiante”. Dom Esmeraldo ressalta ainda que esse desafio de enviar missionários é muito importante para o trabalho das Igrejas-Irmãs. “É uma ajuda mútua, quem

w rios da Amazônia - percurso permanente do trabalho missionário na região

envia é beneficiado, quem vai missionar volta muito enriquecido, e quem recebe bota as mãos para o céu e agradece a Deus porque n ã o é f á c i l v i ve r n u m lugar sem pessoas no caso: padres, religiosos e leigos missionários que possam ajudar nesse trabalho de evangelização”, conta. Nos últimos 40 anos a situação na Amazônia mudou. As cidades amazônicas cresceram muito, algumas viraram grandes metrópoles ao longo dessas quatro décadas. Manaus e Belém, por exemplo, juntas, ultrapassam os 3 milhões e meio de habitantes, tal situação de urbanização traz uma mudança muito grande para realidade desse projeto, revela dom Esmeraldo. “Outro desafio que podemos

destacar é em relação ao modelo de desenvolvimento que foi praticamente imposto à Amazônia. É um modelo de desenvolvimento predatório. Então, se nós olhamos a situação da Amazônia há 40 anos, e toda a Amazônia legal, que inclui Mato Grosso, Rondônia e parte do Maranhão e Tocantins, nós não tínhamos naquela época todo o desmatamento que temos hoje, a entrada da criação de gado em larga escala. Não tínhamos toda a mineração que temos hoje, nem as hidrelétricas que temos hoje. Esse modelo que desenvolvimento que foi imposto suga da Amazônia tudo aquilo que as riquezas da região podem dar, mas causando muitos prejuízos para os povos nativos, para aqueles que foram morar lá e também para a própria

natureza da amazônica”, lamenta. Ato concreto

A expectativa dos envolvidos no projeto é apresentar as propostas discutidas à 55ª Assembleia Geral da CNBB, que acontecerá de 26 de abril a 5 de maio, em Aparecida (SP). “Esta é uma proposta importante que nasceu desse encontro, que é fazer com que a Assembleia Geral da CNBB, que virá no final de abril possa também tomar conhecimento desse encontro e dessas propostas”, afirma o bispo. Outra proposta concreta é retomar a reflexão do texto de estudos número 100 da CNBB (coleção verde) que fala sobre a missão e

cooperação missionária. A intenção é fazer uma revisão e ver o que mais pode ser acrescentado ao texto a partir das sugestões do encontro. Além disso, buscase realizar um trabalho de sensibilização de seminaristas para que continuem com as experiências missionárias de irem para a Amazônia e para outros lugares que necessitem. “A meta é incentivar os seminaristas para que possam criar gosto, para que eles possam sentir que o chamado é de Deus. A missão é um chamado de Deus para que possamos cooperar com Ele no trabalho de evangelização, ajudando a formar comunidades e formar pessoas para assumirem essas comunidades”, diz Dom Esmeraldo. Formação

A formação dentro do projeto Igrejas-Irmãs é outro ponto importante destacado no encontro realizado em novembro, em Belém (PA). A missão precisa ser o princípio articulador de todo o processo formativo e se faz necessária na formação continuada dos presbíteros, dos religiosos e dos leigos. São oferecidas formações para os missionários no Centro Cultural Missioário (CCM), em Brasília, e, de forma específica para os que vão atuar na Amazônia, há cursos nos centros de Pastoral em Belém, Manaus (AM) e Porto Velho (RO).


belém, De 20 a 26 de janeiro de 2017

7

Igreja no Mundo romaria

Peregrinação a Senhora de Guadalupe Programação é um dos mais importantes eventos anuais da igreja reunindo centenas de devotos

C

om informações agência Gaudium Press. A Arquidiocese do México realizou um dos seus mais importantes eventos anuais: a peregrinação diocesana à Basílica de Guadalupe. A romaria, que é um dos três eventos massivos destacados da jurisdição eclesial, junto com o Rosário Vivo e a procissão de Corpus Christi, ocorreu no sábado, 14 de janeiro. Sobre ela se referiu o Padre Héctor Peña García, a cargo da Comissão Arquidiocesana de Eventos Massivos de Evangelização: “Partimos da Ex Glorieta de Peralvillo, quando os seminaristas do Conciliar levaram em andares as imagens da Virgem e de São João Diego, dando um sentido vocacional, como o pediu o Papa Francisco; o IV Vicariato, presidiu a caminhada, e por último os outros sete Vicariatos, representados cada um com uma cor diferente em suas vestimentas”. O padre disse que o objetivo foi colocar nas mãos da “Moreninha de Tepeyac” os projetos do ano que inicia e renovar a confiança até a Mãe de Deus: “caminhamos até Nossa

fotos: divulgação

w a romaria um dos eventos marcantes da programação religiosa

Mãe e depositamos nela todos nossos projetos, para que nos ajude a sair de nós e ir às periferias, aproximar-nos do irmão para compartilhar-lhe nossa fé e nossa confiança, para que juntos possamos encontrar em Deus essa solução de paz e justiça”. Na peregrinação participarão os oito vicariatos episcopais, e este

ano encabeçará o percurso o IV Vicariato “São Miguel Arcanjo”, reunindo a milhares de pessoas. Nesta oportunidade o Padre Peña García, como encarregado dos eventos massivos da Arquidiocese, está animando às comunidades paroquiais para que se somem à peregrinação e deem testemunho de

unidade, solidariedade e comunhão com a Igreja e seus pastores. “Um dos problemas de hoje é que carecemos de motivação e de compromisso; fazemos de nosso serviço um trabalho limitado ‘aos nossos grupos’, ‘a minha paróquia’, ‘a minha família’, e isso não é o projeto de Deus; seu verdadeiro fim é formar comunidades; em nosso caso, identificar-nos como Arquidiocese do México, retomar como sacerdotes o compromisso de acompanhar aos nossos leigos, de fazer-nos um com eles e caminhar juntos no caminho da fé”, manifestou. Um chamado que faz extensivo não somente para a peregrinação do próximo sábado, mas também para os outros dois grandes eventos da Arquidiocese. “Os três eventos arquidiocesanos mais importantes, além de seu tom de religiosidade, d eve m p ro m ove r a e x p re s s ã o evangelizadora, que permita viver alegremente, através destes sinais, a Boa Notícia de Nosso Senhor Jesus Cristo, que vem a nós para salvar-nos, que nos leva a dar um serviço aos que nos rodeiam”, assinalou.

Milhões participam de procissão do Nazareno Negro nas Filipinas Com informações da agência Gaudium Press. A Arquidiocese de Manila, Filipinas, vive uma de suas mais intensas manifestações públicas de Fé na Procissão do Nazareno Negro, uma multitudinária peregrinação na qual participam milhões de devotos que tentam tocar a venerada imagem. Na Missa da meianoite que prepara o evento, o Cardeal Luis Antonio Tagle, Arcebispo de Manila, convidou aos devotos a deixarem para trás o egoísmo e imitar o amor de Cristo. Pelo menos um milhão e meio de pessoas se reuniram na celebração da procissão que aconteceu no dia 9 de janeiro, sem que reportassem i n c i d e n t e s g r a ve s . C e r c a d e quatro mil membros das forças de segurança filipinas acompanharam a manifestação de Fé, enquanto que se proibiu o uso de drones e fogos de artifícios como medidas de segurança, em algumas áreas se restringiu o serviço de telefonia celular.

w enorme afluência de peregrinos que mantém viva uma tradição

Pela enorme afluência de peregrinos que tentam tocar a imagem, a passagem da mesma pelas ruas desde o Quirino Grandstand até seu Santuário em Quiapo tomou cerca de 22 horas.

Após ter saído às 05h28 da manhã de segunda-feira, a imagem cruzou as portas do templo às 03h20 da manhã da terça-feira, dia 10. Os gritos de “Viva, Poong Jesus, Nazareno!” animaram a

recepção da imagem. A homilia do Cardeal Luis Antonio Tagle se focou no espírito de entrega do Salvador e a necessidade de que os crentes anteponham as necessidades dos irmãos ao seu próprio egoísmo. O amor de Cristo é “o amor que diz que tu não sois diferente a mim” e “o amor que, ainda que não alce a voz, faz o bem”. Este espírito de caridade foi destacado pelo purpurado em um momento em que a Igreja lidera uma importante controvérsia contra as execuções extrajudiciais. “Este é o amor que promoverá o amor em nossas famílias, na paróquia, em nosso barangay, em nosso país e no mundo inteiro”, indicou. O purpurado recordou a disposição de Cristo de “abraçar ao débil e ao pecador em vez de condenálos, esmagá-los e distanciar-se”. Da mesma forma indicou que o amor “é também paciente, que não se alegra na desgraça de outro, está em unidade, é calado e oculto”.

Jornada Mundial da Vida Consagrada na Espanha Com informações da agência Gaudium Press. Com o propósito de ressaltar a Vida Consagrada como um dom de Deus para a Igreja, e de orar por aqueles que entregaram sua vida a Deus no serviço de sua Igreja, no próximo dia 02 de fevereiro, dia da solenidade da Apresentação do Senhor, se celebrará a Jornada Mundial da Vida Consagrada; e a Igreja na Espanha se unirá à comemoração de uma maneira especial refletindo no lema “Testemunhos de esperança e alegria”. “Juntos damos graças a Deus pelas Ordens e I n s t i t u t o s re l i g i o s o s

dedicados à contemplação ou as obras de apostolado, pelas Sociedades de vida apostólica, pelos Institutos s e c u l a re s , p e l a O rd e m das virgens, pelas Novas Formas de vida consagrada e pelos outros grupos de consagrados, como também por todos aqueles que, no segredo de seu coração, se entregam a Deus com uma especial consagração”, e s c r e ve D o m V i c e n t e Jiménez Zamora, Arcebispo de Zaragoza e Presidente da Comissão Episcopal para a Vida Consagrada, em uma mensagem que dirigiu por ocasião da Jornada. Sobre o lema escolhido,

o prelado assinala que a esperança e a alegria “são duas palavras que atravessam a s m e n s a g e n s d o Pa p a Francisco a toda a Igreja

e especialmente à vida consagrada”; e que a presença das pessoas consagradas na Igreja, “tem que ser um sinal e semente de esperança tanto

em ambientes secularizados como em contextos de primeiro anúncio”. “Para isso é necessário que a vida consagrada, em suas múltiplas formas e carismas, viva uma renovada união fraterna e se mova nas fronteiras, nos descampados existenciais, onde tantos estão como ovelhas sem pastor e não tem o que comer”, acrescenta o Arcebispo. A Jornada se celebrará em todas as Dioceses espanholas com celebrações especiais. Na ocasião os consagrados renovarão suas promessas no seguimento a Deus e no serviço à Igreja.


8

belém, De 20 a 26 de janeiro de 2017

Nazaré Repórter

rádio nazaré

fm

z mh 3 . 91

J Jornada Mundial

fotos: divulgação

da Vida Consagrada A Conferência dos Religiosos do Brasil Regional- PA/AM realizará de 30 de janeiro a 2 de fevereiro, na Capela Bom Pastor, Centro Social de Nazaré, a Jornada Mundial da Vida Consagrada, com o tema “Testemunhos de esperança e de alegria”. A programação vai iniciar com o Tríduo, sempre às 18h. No dia 2 ocorrerá a celebração eucarística e posse do novo Vigário Episcopal para a Vida Consagrada, presididas por Dom Alberto Taveira, Arcebispo de Belém.

J Santa Paula Frassinetti

J Festividade de Nossa

A Paróquia Santa Paula Frassinetti, na Cidade Nova, promove de 23 a 28 de janeiro, a primeira edição da Semana do Lazer e Bem Estar, com vasta programação cultural e esportiva, das 7h às 11h45h. No dia do encerramento está agendada a realização de uma trilha ecológica no Parque do Utinga, passeio de trenzinho e oficina de confeitaria. Informações: (91) 3279-2620 (91) 9 9341-1459 / (91) 9 8110-8922

A Paróquia de Nossa Senhora de Lourdes, no Bairro do 40 Horas, em Ananindeua, prepara-se para a festividade da padroeira, que ocorrerá de 2 a 12 de fevereiro, com o tema “Maria, estrela da nova evangelização. Ajudai-nos a cultivar e guardar a criação”. Informações: paroquialourdes.40horas@ gmail.com ou (91) 3275-2391.

promove Semana do Lazer

Senhora de Lourdes

J Encontro catequético da

paróquia de Jesus Ressuscitado

A Paróquia de Jesus Ressuscitado, no Bairro da Marambaia, realiza entre de 20 a 22 o Encontro Catequético. A programação inicia às 19h desta sexta-feira, com a Santa Missa, presidida pelo pároco, Padre Mauricio Henrique. Ao longo da programação haverá palestras, formações e dinâmicas. Tudo gratuito. Catequistas e paroquianos são convidados. Informações: (91) 3272-2251.

l Déficit de atenção Na próxima segunda-feira, 23, o Programa Saúde e Cidadania, apresentado por Jota Cardoso, vai tirar dúvidas sobre déficit de atenção. O psicólogo Kleber Oliveira falará sobre os sintomas, forma de transtorno e diagnóstico. Lembrando

que o ouvinte pode interagir durante a programação ligando para a central de atendimento, no número 4006-921, ou pelas redes sociais Twitter ou Facebook da Rádio Nazaré. Sintonize 91,3MHz a partir de 16h e participe conosco!

Rádio Nazaré FM - 91,3. A serviço da vida. nossa missão é evangelizar!

rede nazaré de televisão

al can

30

J Paróquia de Santa Teresinha

abre inscrições para a catequese

J IV Congresso da

Divina Misericórdia

O Movimento Apostólico da Divina Misericórdia promove o IV Congresso da Divina Misericórdia de 10 a 12 de fevereiro com o tema “Mãe da Misericórdia - A estrela que ilumina todos os caminhos”. As inscrições devem ser feitas nas paróquias e na Casa Faustina, localizada na Rua Padre Prudêncio, Bairro Campina, às terças e sextas pela manhã. O evento será realizado na Paróquia Santa Paula Frassinetti, na Travessa WE 72, N° 762, na Cidade Nova VI.

A Paróquia de Santa Teresinha do Menino Jesus, no Bairro do Jurunas está com inscrições abertas até o dia 18 de fevereiro, para novas turmas da Pré-Eucaristia, Primeira Eucaristia, Catequese de adolescentes e crisma jovens e adultos. Os interessados podem se inscrever nas comunidades Rainha da Paz, na Travessa Bom Jardim; na comunidade Padre Benedito Chaves, na Rua Honório José dos Santos, e na matriz, na Avenida Roberto Camelier. Informações: (91) 3272-2251.

J Alistamento militar

agora pela internet

O alistamento militar, obrigatório para jovens do sexo masculino que completam 18 anos, agora pode ser feito pela internet. Além das Juntas Militares espalhadas pelo país, com o serviço de forma presencial, 20 estados já aderiram ao Sistema Eletrônico, incluindo o Pará. O recrutamento acontece até 30 de junho. Acesse: www. alistamento.eb.mil.br. Informações (91) 3114-1053.

l Larissa Cristina apresenta o Nazaré Noticias Durante todo o mês de janeiro os telespectadores da Rede Nazaré de Televisão ficarão na companhia da jornalista Larissa Cristina, no telejornal Nazaré Noticias. Ela substitui o apresentador Marcos

portal nazaré

Valério, durante suas férias. Com o mesmo compromisso em levar a informação com responsabilidade. O noticiário pode ser acompanhado de segunda a sexta, às 12h, 19h e 22h. w. ww re. a naz .br o a com dac n u f

l Ao vivo pelo youtube J Círio do Menino Deus, em Marapanim Moradores da Vila Máu, no município de Marapanim, realizaram no segundo domingo deste mês, o círio do Menino Deus. Uma das maiores atrações é a romaria fluvial. O andor é conduzido dentro de uma pequena embarcação

ornamentada e pelos pequenos furos ela é conduzida pelos fiéis, quando transitam dentro das águas, como agradecimento por graças alcançadas. A tradição ocorre há mais de 50 anos e atrai fiéis de vários lugares do Estado.

Você sabia que é possível acompanhar toda a programação da Rede Nazaré de Televisão ao vivo pela internet de qualquer lugar do planeta? Pois é, a Fundação Nazaré de Comunicação (FNC)

disponibiliza a ferramenta através de seu canal no Youtube. A Fundação Nazaré é uma das únicas televisões no país a oferecer o recurso. Acesse: www.youtube.com/user/ FNComunicacao


belém, De 20 a 26 de janeiro de 2017

9

Fundação Nazaré Escute na Rádio Nazaré FM 91.3 SEXTA - FEIRA 04h00 - Abertura da Emissora 04h05- Especial Pe. Zezinho 05h00 - Abertura da Emissora 05h00 - Lírio Mimoso 05h05 - Cura-me Senhor 05h10 - Ângelus 05h15 - Liturgia das horas - Laudes 05h30 - Oração do Terço - Mistérios Dolorosos 06h00 - A Voz do Pastor 06h15 - Forrozinho da fé 07h00 - Jornal Brasil Hoje 07h35 - Novo tempo 08h00 - Igreja ponto a ponto 08h55 - Plantão R.C .R 09h00 - Nazaré em revista 09h30 - Informe Noticias 09h55 - Plantão R.C.R 10h30 - Informe Notícia 11h55 - Momento de Oração - Ângelus, Pai - Nosso 12h00 - A voz do pastor 12h15 - Cardápio Instrumental 14h00 - Segurança e cidadania 14h30 - Informe Noticias 15h00 - Terço da Misericórdia 15h30 - Informe Noticias 15h55 - Plantão R .C .R 16h00 - Varanda Musical 16h30 - Informe Notícia 17h30 - Informe Notícia 17h45 - Ângelus – Liturgia das Horas - Vésperas 18h00 - A Voz do Pastor 18h15 - Oração do Terço - Mistérios Dolorosos 18h40 - Musical Mariano 19h00 - Voz do Brasil 20h00 - Saudade em Versos e Canções 22h00 - A voz do pastor 22h30 - Jornal R.N.A 23h00 - Programa Salmos ao Deus da Vida 23h50 - Mensagem de Encerramento 00h00 - Rede Milícia Sat – Igreja no Rádio

SÁBADO 04h00 - Abertura da Emissora 04h05 - Especial Pe. Zezinho 05h00 - Lírio Mimoso 05h05 - Cura-me Senhor 05h10 - Ângelus 05h15 - Liturgia das horas - Laudes 05h30 - Oração do Terço - Mistérios da Alegria 06h00 - A Voz do Pastor 06h30 - Questão de Fé 07h00 - Jornal Brasil Hoje

07h30 - Musical Mensagem 08h00 - Conhecendo Jesus 10h00 - Maria de Todos os Povos 11h55 - Momento de Oração - Ângelus, Pai - nosso 12h00 - A voz do pastor 12h15 - Cardápio Instrumental 14h00 - Musical Nazaré 15h00 - Criança Evangelizando Criança 16h00 - Evangelizando Através do Dizimo 17h00 - A vida e o tempo 18h00 - A Voz do Pastor 18h15 - Ângelus - Liturgia das Horas - Vésperas 18h15 - Oração do Terço - Mistérios da Alegria 18h30 - Musical Mariano 19h00 - Musical Nazaré 22h00 - A voz do Pastor 22h15 - Domínio jovem 23h50 - Mensagem de Encerramento 00h00 - Rede Milícia Sat

DOMINGO 04h00 - Abertura da Emissora 04h05 - Especial Pe. Zezinho 05h00 - Abertura da Emissora 05h00 - Lírio Mimoso 05h05 - Cura-me Senhor 05h10 - Ângelus 05h15 - Liturgia das horas - Laudes 05h30 - Oração do Terço – Mistérios Gloriosos 06h00 - A Voz do Pastor 07h00 - Santa Missa 08h00 - Vem e Segue-me 10h00 - Domingo Alegre 11h55 - Momento de Oração - Ângelus, Pai - nosso 12h00 - A voz do pastor 12h15 - Cardápio Instrumental 14h00 - As Mais Tocadas 18h00 - A Voz do Pastor 18h15 - Ângelus - Liturgia das Horas - Vésperas 18h30 - Oração do Terço – Mistérios Gloriosos 19h00 - Clássico Nazaré 20h00 - Circuito M.P.B 22h00 - A voz do Pastor 22h15 - Especial PE. Zezinho 23h50 - Mensagem de Encerramento 00h00 - Rede Milícia Sat – Igreja no Rádio

SEGUNDA - FEIRA 04h00 - Abertura da Emissora 04h05 - Especial Pe. Zezinho 05h00 - Abertura da Emissora 05h00 - Lírio Mimoso

Ligue: (91) 4006-9251 05h05 - Cura-me Senhor 05h10 - Ângelus 05h15 - Liturgia das horas - Laudes 05h30 - Oração do Terço - Mistérios da Alegria 06h00 - A Voz do Pastor 06h15 - Forrozinho da fé 07h00 - Jornal Brasil Hoje 07h35 - Novo tempo 08h00 -Igreja ponto a ponto 08h55 - Plantão R.C.R 09h30 - Informe Notícia 09h00 - Nazaré em revista 09h55 - Plantão R.C.R 10h30 - Informe Notícia 11h50 - Momento de Oração - Ângelus, Pai - nosso 12h00 - A voz do Pastor 12h20 - Cardápio Instrumental 14h00 - Varanda Musical 14h30 - Informe Notícia 15h00 - Terço da Misericórdia 15h30 - Informe Notícia 15h55 - Plantão R .C .R 16h00 – Saúde e Cidadania 16h30 - Informe Notícia 17h30 - Informe Notícia 17h45 - Ângelus - Liturgia das Horas - Vésperas 18h00 - Voz do Pastor 18h15 - Oração do Terço - Mistérios da Alegria 18h40 - Musical Mariano 19h00 - Voz do Brasil 20h00 - Crescendo na Fé 21h00 - Orando com Você - Com. Maíra 22h00 - A voz do pastor 22h30 - Jornal R.N.A 23h00 - Programa Salmos ao Deus da Vida 23h50 - Mensagem de Encerramento 00h00 - Rede Milícia Sat – Igreja no Rádio

TERÇA - FEIRA 04h00 - Abertura da Emissora 04h05 - Especial Pe. Zezinho 05h00 - Lírio Mimoso 05h05 - Cura-me Senhor 05h10 - Ângelus 05h15 - Liturgia das horas - Laudes 05h30 - Oração do Terço - Mistérios Dolorosos 06h00 - A Voz do Pastor 06h15 - Forrozinho da fé 07h00 - Jornal Brasil Hoje 07h35 - Novo tempo 08h00 - Igreja ponto a ponto 08h55 - Plantão R.C .R 09h00 - Nazaré em revista 09h55 - Plantão R.C.R

10h30 - Informe Notícia 11h55 - Momento de Oração - Regina Coeli, Pai - nosso 12h00 - A voz do Pastor 12h15 - Cardápio Instrumental 14h00 - Varanda Musical 14h30 - Informe Notícia 15h00 - Terço da Misericórdia 15h30 - Informe Notícia 15h55 - Plantão R .C . R 16h00 - Direito e cidadania 16h30 - Informe Notícia 17h25 - Informe Notícia 17h30 - Ângelus - Liturgia das Horas - Vésperas 17h45 - Voz do Pastor 18h00 - Novena Nossa Senhora Perpétuo Socorro 18h30 - Musical Mariano 19h00 - Voz do Brasil 20h00 - Família em Ação 22h00 - A voz do pastor 22h30 - Jornal R.N.A 23h00 - Programa Salmos ao Deus da Vida 23h50 - Mensagem de Encerramento 00h00 - Rede Milícia Sat - Igreja no Rádio

QUARTA - FEIRA 04h00 - Abertura da Emissora 04h05 - Especial Pe. Zezinho 05h00 - Lírio Mimoso 05h05 - Cura-me Senhor 05h10 - Ângelus 05h15 - Liturgia das horas - Laudes 05h30 - Oração do Terço - Mistérios Gloriosos 06h00 - A Voz do Pastor 06h15 - Forrozinho da fé 07h00 - Jornal Brasil Hoje 07h35 - Novo tempo 08h00 - Igreja ponto a ponto 08h55 - Plantão R .C. R 09h00 - Nazaré em revista 09h55 - Plantão R .C. R 10h30 - Informe Notícia 11h55 - Momento de Oração - Ângelus, Pai - nosso 12h00 - A voz do Pastor 12h15 - Cardápio Instrumental 13h30 - Informe Notícia 14h00 - Varanda Musical 14h30 - Informe Notícia 15h00 - Terço da Misericórdia 15h30 - Informe Noticia 15h55 - Plantão R.C .R 16h00 - Educação e Cidadania 16h30 - Informe Notícia 17h30 - Informe Notícia

17h45 - Ângelus - Liturgia das Horas - Vésperas 18h00 - A Voz do Pastor 18h15 - Oração do Terço - Mistérios Gloriosos 18h40 - Musical Mariano 19h00 - Voz do Brasil 20h00 - Musical Mensagem 21h00 - Orando com Você - Com. Mar adentro. 22h00 - A voz do pastor 22h30 – Jornal R.N.A 23h00 - Programa Salmos ao Deus da Vida 23h50 - Mensagem de Encerramento 00h00 - Rede Milícia Sat – Igreja no Rádio

QUINTA - FEIRA 04h00 - Abertura da Emissora 04h05 - Especial Pe. Zezinho 05h00 - Lírio Mimoso 05h05 - Cura-me Senhor 05h10 - Ângelus - Liturgia das horas - Laudes 05h30 - Oração do terço - Mistérios Luminosos 06h00 - A Voz do Pastor 06h15 - Forrozinho da fé 07h00 - Jornal Brasil Hoje 07h35 - Novo tempo 08h00 - Igreja ponto a ponto 08h55 - Plantão R .C .R 09h00 - Nazaré em revista 09h55 - Plantão R.C.R 10h30 - Informe Notícia 11h55 - Momento de Oração - Ângelus, Pai - nosso 12h00 - A voz do pastor 12h15 - Cardápio Instrumental 13h30 - Informe Notícia 14h00 - Entre nós 14h30 - Informe Notícia 15h00 - Terço da Misericórdia 15h15 - Musical Nazaré 15h30 - Informe Notícia 15h55 - Plantão R .C .R 16h00 - Varanda Musical 16h30 - Informe Notícia 17h30 - Informe Notícia 17h45 - Ângelus - Liturgia das Horas - Vésperas 18h00 - A Voz do Pastor 18h15 - Oração do terço - Mistérios Luminosos 18h40 - Musical Mariano 19h00 - Voz do Brasil 20h00 - Musical Mensagem 21h00 - Orando com Você 22h00 - A voz do Pastor 22h30 - Jornal R.N.A 23h00 - Programa Salmos ao Deus da Vida 23h50 - Mensagem De Encerramento 00h00 - Rede Milícia Sat – Igreja no Rádio

Assista na TV Nazaré - Canal 30 SEXTA - FEIRA 00h00 - Palavra de Vida Eterna 00h05 - Mulher.com 02h30 - Caminhando Na Fé 02h45 - Mãe Maria 02h55 - Palavra de Vida Eterna 03h00 - Evangeliza Show 03h55 - Palavra de Vida Eterna 04h00 - Diálogo Aberto 05h00 - Telecurso Ensino Médio 05h30 - Telecurso Espanhol 05h45 - Palavra de Vida Eterna 05h55 - Consagração a Nª Sª de Nazaré 05h58 - Abertura da Programação da TV 06h00 - Terço Doloroso 06h30 - Caminhando na Fé 06h45 - Meu Pensamento 06h55 - Preparando a Festa 07h00 - Santa Missa 08h00 - Palavra de Vida Eterna 08h05 - Mulher.com 10h15 - Sobre Todas as Coisas 10h30 - De Mãos Dadas 10h55 - Palavra de Vida Eterna 11h00 - Terço das Santas Chagas 11h30 - Mãe Maria 11h45 - Desenho 12h00 - Nazaré Notícias 12h45 - Novena de Nossa Senhora de Nazaré 12h55 - Palavra de Vida Eterna 13h00 - Fazendo Esperança 13h30 - Caminhando na Fé 13h45 - Meu Pensamento 13h50 - Mãe Maria 14h00 - Igreja que Sofre 14h30 - Despertai Para o Amor 15h00 - De Coração 15h30 - De Mãos Dadas 16h00 - Telecurso Ensino Médio 16h30 - Fazendo Esperança 17h00 - Caminhando na Fé 17h15 - Sobre Todas as Coisas 17h30 - Terço Doloroso 17h55 - Preparando a Festa 18h00 - Santa Missa 18h55 - Palavra de Vida Eterna 19h00 - Nazaré Notícias 19h45 - Caminhando Na Fé 20h00 - Clip Show 21h00 - Meu Pensamento 21h05 - Mãe Maria 21h15 - Terra Santa News 21h40 - Palavra de Vida Eterna 21h45 - Nazaré Notícias 22h30 - Espaço Cultural 23h58 - Encerramento da Programação da TV

SÁBADO 00h00 - Música Mensagem 02h00 - De Coração 02h30 - Conversa com Meu Povo 03h00 - Clip Show 04h00 - Espaço Cultural 05h00 - Evangeliza Show 05h55 - Consagração a Nª Sª de Nazaré 05h58 - Abertura da Programação da TV 06h00 - Terço Gozoso 06h30 - Conversa com Meu Povo 06h55 - Palavra de Vida Eterna 07h00 - Notícias Pastorais 07h45 - Eu Creio

07h50 - Maria de Todos os Povos 08h00 - Missa no Rio de Janeiro-RJ 09h00 - Viola Brasil 09h30 - Conversa com Meu Povo 10h00 - Diálogo Aberto 11h00 - Pesca Amazônia 12h00 - Notícias Pastorais 12h45 - Eu Creio 12h50 - Maria de Todos os Povos 13h00 - Viagem pela Amazônia 13h30 - Conversa com Meu Povo 14h00 - Santa Missa e Adoração em São Paulo-SP 15h45 - Pensando Bem 16h45 - Notícias Pastorais 17h30 - Terço Gozoso 18h00 - Especial Musical 18h55 - Palavra de Vida Eterna 19h00 - Encantos da Amazônia 20h00 - Conversa com Meu Povo 20h30 - Música Mensagem 22h30 - Conversa com Meu Povo 23h00 - Palavra de Vida Eterna 23h05 - Espaço Cultural 23h59 - Encerramento da Programação da TV

DOMINGO 00h00 - Música Mensagem 02h00 - Vida Consagrada 03h00 - Clip Show 04h00 - Igreja que Sofre 04h30 - Música Arte e Vida 05h30 - Igreja no Brasil 05h45 - Maria de Todos os Povos 05h55 - Consagração a Nª Sª de Nazaré 05h58 - Abertura da Programação da TV 06h00 - Terço Glorioso 06h30 - Conversa com Meu Povo 06h55 - Palavra de Vida Eterna 07h00 - Santa Missa Dominical 08h00 - Notícias Pastorais 08h45 - Eu Creio 08h50 - Maria de Todos os Povos 09h00 - Desenho 09h30 - Viagem pela Amazônia 10h00 - Diálogo Aberto 11h00 - Pesca Amazônia 12h00 - Notícias Pastorais 12h45 - Clip Show 13h40 - Encantos da Amazônia 14h40 - Ângelus 14h55 - Palavra de Vida Eterna 15h00 - Vida Consagrada 16h00 - Palavra de Vida Eterna 16h05 - Dedo de Prosa 17h00 - Missa Santuário Nacional de Aparecida 18h00 - Desenho 18h30 - Terço Glorioso 18h55 - Palavra de Vida Eterna 19h00 - Instrumental Sesc Brasil 20h00 - Janela Aberta 21h00 - Espaço Cultural 22h30 - Palavra de Vida Eterna 22h35 - Questão de Fé 23h35 - Terço Glorioso 23h58 - Encerramento da Programação da TV

SEGUNDA - FEIRA 00h00 - Palavra de Vida Eterna 00h05 - Mulher.com

02h30 - Caminhando Na Fé 02h45 - Mãe Maria 02h55 - Palavra de Vida Eterna 03h00 - Encantos da Amazônia 04h00 - Clip Show 05h00 - Telecurso Ensino Médio 05h30 - Telecurso Espanhol 05h45 - Palavra de Vida Eterna 05h55 - Consagração a Nª Sª de Nazaré 05h58 - Abertura da Programação da TV 06h00 - Terço Gozoso 06h30 - Caminhando Na Fé 06h45 - Meu Pensamento 06h55 - Preparando a Festa 07h00 - Santa Missa 08h00 - Palavra de Vida Eterna 08h05 - Mulher.com 10h15 - Sobre Todas as Coisas 10h30 - De Mãos Dadas 11h00 - Terço das Santas Chagas 11h30 - Mãe Maria 11h45 - Desenho 12h00 - Nazaré Notícias 12h45 - Novena de Nossa Senhora de Nazaré 12h55 - Palavra de Vida Eterna 13h00 - Fazendo Esperança 13h30 - Caminhando na Fé 13h45 - Meu Pensamento 13h50 - Mãe Maria 14h00 - Igreja Que Sofre 14h30 - Sobre Todas as Coisas 14h45 - Igreja No Brasil 15h00 - Diálogo Aberto 16h00 - Telecurso Ensino Médio 16h30 - Fazendo Esperança 17h00 - Caminhando Na Fé 17h15 - Sobre Todas as Coisas 17h30 - Terço Gozoso 17h55 - Preparando a Festa 18h00 - Santa Missa 18h55 - Palavra de Vida Eterna 19h00 - Nazaré Notícias 19h45 - Caminhando Na Fé 20h00 - Despertai Para o Amor 20h30 - Terra Santa News 20h50 - Palavra de Vida Eterna 20h55 - Meu Pensamento 21h00 - Janela Aberta 22h00 - Nazaré Notícias 22h45 - Sobre Todas as Coisas 22h55 - Palavra de Vida Eterna 23h00 - Caminhando Na Fé 23h20 - Mãe Maria 23h30 - Religare 23h58 - Encerramento da Programação da TV

TERÇA - FEIRA 00h00 - Palavra de Vida Eterna 00h05 - Mulher.com 02h30 - Conversa com Meu Povo 03h00 - Janela Aberta 03h55 - Palavra de Vida Eterna 04h00 - Diálogo Aberto 05h00 - Telecurso Ensino Médio 05h30 - Telecurso Espanhol 05h45 - Palavra de Vida Eterna 05h55 - Consagração a Nª Sª de Nazaré 05h58 - Abertura da Programação da TV 06h00 - Terço Doloroso 06h30 - Conversa com Meu Povo 06h55 - Preparando a Festa

07h00 - Santa Missa 08h00 - Palavra de Vida Eterna 08h05 - Mulher.com 10h15 - Desenho 10h30 - De Mãos Dadas 11h00 - Terço das Santas Chagas 11h30 - Igreja no Brasil 11h45 - Sobre Todas as Coisas 12h00 - Nazaré Notícias 12h45 - Novena de Nossa Senhora de Nazaré 12h55 - Palavra de Vida Eterna 13h00 - Igreja que Sofre 13h30 - Conversa com Meu Povo 14h00 - Mãe Maria 14h10 - Desenho 15h00 - Novena do Perpétuo Socorro 15h40 - Sobre Todas as Coisas 16h00 - Telecurso Ensino Médio 16h30 - Conversa com Meu Povo 17h00 - Mãe Maria 17h10 - Palavra de Vida Eterna 17h15 - Desenho 17h30 - Terço Doloroso 17h55 - Preparando a Festa 18h00 - Santa Missa 18h55 - Palavra de Vida Eterna 19h00 - Nazaré Notícias 19h45 - Sobre Todas as Coisas 20h00 - Conversa com Meu Povo 20h30 - Igreja que Sofre 21h00 - Questão de Fé 22h00 - Nazaré Notícias 22h45 - Sobre Todas as Coisas 23h00 - Conversa com Meu Povo 23h30 - Religare 23h58 - Encerramento da Programação da TV

QUARTA - FEIRA 00h00 - Palavra de Vida Eterna 00h05 - Mulher.com 02h30 - Caminhando Na Fé 02h45 - Mãe Maria 02h55 - Palavra de Vida Eterna 03h00 - Novena do Perpétuo Socorro 03h40 - Mãe Maria 03h55 - Palavra de Vida Eterna 04h00 - Questão de Fé 05h00 - Telecurso Ensino Médio 05h30 - Telecurso Espanhol 05h45 - Palavra de Vida Eterna 05h55 - Consagração a Nª Sª de Nazaré 05h58 - Abertura da Programação da TV 06h00 - Terço Glorioso 06h30 - Caminhando na Fé 06h45 - Meu Pensamento 06h55 - Preparando a Festa 07h00 - Santa Missa 08h00 - Palavra de Vida Eterna 08h05 - Mulher.com 10h15 - Sobre Todas as Coisas 10h30 - De Mãos Dadas 11h00 - Terço das Santas Chagas 11h30 - Mãe Maria 11h45 - Sal da Terra 12h00 - Nazaré Notícias 12h45 - Novena de Nossa Senhora de Nazaré 12h55 - Palavra de Vida Eterna 13h00 - Fazendo Esperança 13h30 - Caminhando Na Fé 13h45 - Meu Pensamento 13h50 - Mãe Maria 14h00 - Igreja que Sofre

14h30 - Religare 15h00 - Pensando Bem 16h00 - Telecurso Ensino Médio 16h30 - Fazendo Esperança 17h00 - Caminhando na Fé 17h15 - Sobre Todas as Coisas 17h30 - Terço Glorioso 17h55 - Preparando a Festa 18h00 - Santa Missa 18h55 - Palavra de Vida Eterna 19h00 - Nazaré Notícias 19h30 - Adoração ao Santíssimo 21h00 - Meu Pensamento 21h05 - Encantos da Amazônia 22h00 - Nazaré Notícias 22h45 - Caminhando na Fé 23h00 - De Coração 23h30 - Religare 23h58 - Encerramento da Programação da TV

QUINTA - FEIRA 00h00 - Palavra de Vida Eterna 00h05 - Mulher.com 02h30 - Conversa com Meu Povo 03h00 - Pensando Bem 03h55 - Palavra de Vida Eterna 04h00 - Encantos da Amazônia 05h00 - Telecurso Ensino Médio 05h30 - Telecurso Espanhol 05h45 - Palavra de Vida Eterna 05h55 - Consagração a Nª Sª de Nazaré 05h58 - Abertura da Programação da TV 06h00 - Terço Luminoso 06h30 - Conversa com Meu Povo 06h55 - Preparando a Festa 07h00 - Santa Missa 08h00 - Palavra de Vida Eterna 08h05 - Mulher.com 10h15 - Desenho 10h30 - De Mãos Dadas 11h00 - Terço das Santas Chagas 11h30 - Igreja no Brasil 11h45 - Sobre Todas as Coisas 12h00 - Nazaré Notícias 12h45 - Novena de Nossa Senhora de Nazaré 12h55 - Palavra de Vida Eterna 13h00 - Igreja que Sofre 13h30 - Conversa com Meu Povo 14h00 - Mãe Maria 14h10 - Desenho 15h00 - Diálogo Aberto 16h00 - Telecurso Ensino Médio 16h30 - Conversa com Meu Povo 17h00 - Mãe Maria 17h10 - Palavra de Vida Eterna 17h15 - Desenho 17h30 - Terço Luminoso 17h55 - Preparando a Festa 18h00 - Santa Missa 18h55 - Palavra de Vida Eterna 19h00 - Nazaré Notícias 19h45 - Sobre Todas as Coisas 20h00 - Conversa com Meu Povo 20h30 - Terra Santa News 20h55 - Palavra de Vida Eterna 21h00 - Evangeliza Show 22h00 - Nazaré Notícias 22h45 - Sobre Todas as Coisas 23h00 - Conversa com Meu Povo 23h30 - Religare 23h58 - Encerramento da Programação da TV


10

belém, De 20 a 26 de janeiro de 2017

Santa Missa Horários de Missas nas paróquias da Arquidiocese de Belém Região Episcopal de Sant’Ana N. Sra da Graça (Catedral) Cidade Velha - Belém Sábado: 19h Domingo: 7h, 9h e 19h Telefone: 2121-3723/ 2121-3724 N. Sra. das Mercês (Reitoria) Comércio - Belém Sábado: 12h e 17h Domingo: 12h e 17h Sant'Ana da Campina Comércio - Belém Sábado: 12h (Igreja Matriz) Domingo: 7h (Col. D. Bosco) 9h (Igreja Matriz) Telefone: 3230-3734 São Judas Tadeu Condor - Belém Sábado: 19h. Domingo: 7h, 9h e 19h Telefone: 3115-6020 Sta. Teresinha do Menino Jesus Jurunas - Belém Sábado: 6h30 e 18h30 Domingo: 6h30, 8h30 e 18h Telefone: 3272-2251 Santo Antônio de Lisboa Batista Campos - Belém Sábado: 6h30, 12h, 17h e 18h30 Domingo: 8h, 11h, 17h, 18h30 e 20h Telefone: 3215-7004/ 3222-0097 Santíssima Trindade Campina - Belém Sábado: 16h Domingo: 7h, 10h, 11h30, 17h30 e 19h Telefone: 3215-7007/ 3242-4917 N. Sra. da Conceição Cidade Velha - Belém Sábado: 18h30 Domingo: 7h, 9h e 18h Telefone: 3215-7006 São José Umarizal - Belém Sábado: 19h Domingo: 7h, 11h e 19h Telefone: 3230-1633 Santa Luzia Jurunas - Belém Sábado: 7h, 17h e 19h Domingo: 7h30 e 19h Telefone: 3271-2146 N. Sra de Lourdes Nazaré - Belém Seg a Sáb: 6h30 e 18h Domingo: 7h, 9h, 17h30 e 19h30 Telefone: 3223-5728 N. Sra do Carmo Cidade Velha Sábado: 18h - Domingo: 7h Região Episcopal Santa Maria Goretti Santa Maria de Belém Terra Firme - Belém Terça: 19h Sábado: 19h - Domingo: 7h30 e 19h Telefone: 3253-5422 São Pedro e São Paulo Guamá - Belém Sábado: 19h Domingo: 7h, 9h e 18h30 Telefone: 3283-6021/3259-0413 São José de Queluz Canudos - Belém Sábado: 6h30 e 20h Domingo: 7h, 8h30, 17h30 e 20h Telefone: 3226-2612 São Domingos de Gusmão Terra Firme - Belém Sábado: 19h Domingo: 7h, 9h e 19h30 Telefone: 3253-2656/3274-4746 São Miguel Arcanjo Cremação - Belém Sábado: 18h30 Domingo: 7h30, 11h e 18h30 Telefone: 3283-6022 N. Sra de Fátima Fátima - Belém Sábado: 17h30 Domingo: 6h45, 8h30, 17h30 e 19h30 Telefone: 3228-0864

Santa Maria Goretti Guamá - Belém Domingo: 9h30 e 18h Telefone: 3283-6023 N. Sra de Nazaré (Basílica Santuário) Nazaré - Belém Sábado: 7h, 8h30,12h,17h Domingo: 6h30, 8h, 10h, 16h30, 18h e 20h Telefone: 4009-8400 São Francisco de Assis (Capuchinhos) São Brás - Belém Sábado: 19h30 Domingo: 6h, 7h30, 9h30,18h, 20h Telefone: 3073-1500 Santo Antônio do Tucunduba Guamá - Belém Sábado: 19h30 Domingo: 7h e 19h30 Telefone: 3274 -9001 Região Episcopal Santa Cruz Imaculada Conceição Castanheira - Belém Sábado: 17h. Domingo: 7h e 19h Telefone: 3277-4642/98111-8110 São Sebastião Sacramenta - Belém Sábado e domingo: 7h, 17h e 19h Telefone: 3264-9060/3254-7354 Jesus Ressuscitado Marambaia - Belém Sábado: 18h Domingo: 7h, 10h e 18h Telefone: 3277-4643 São Geraldo Magela Val de Cans - Belém Sábado: 19h Domingo: 7h30, 10h30 e 18h Telefone: 3257-7950 N. Sra do Perpétuo Socorro Segunda a sábado: missa - 19h Domingo: missa: 7h, 8h30, 17h30 e 19 h - Telefone: 3233 1797 São Jorge Marambaia - Belém Sábado: 19h Domingo: 7h, 9h, 17h e19h Telefone: 3277-4641 São Raimundo Nonato Umarizal - Belém Sábado: 6h30 e 18h Domingo: 6h30, 8h30 e 18h Telefone: 3277-4644 Santa Cruz Marco - Belém Sábado: 7h e 18h30 Domingo: 7h, 9h, 11h30 e 18h30 Telefone: 3277-4640/3276-0941 N. Sra da Conceição Aparecida Pedreira - Belém Sábado: 19h Domingo: 7h, 9h e 19h Telefone: 3233-4224/3276-9573 São Francisco Xavier Marco - Belém Sábado: 19h Domingo: 7h, 9h e 18h Telefone: 3352-8845 N. Sra Mãe da Divina Providência Val de Cans - Belém Sábado:19h - Domingo: 7h e 19h Telefone: 3257-2388 Sagrada Família Curió Utinga - Belém. Sábado: 7h e 19h30 Domingo: 7h, 9h e 19h30 São João Paulo II Souza - Belém De terça a sábado: 18h Domingos: 8h e 18h Telefone: 3277-4062 N. Sra de Loreto Marco - Belém Telefone: (91) 3355-6302 Sábado: 18h Domingo: 7h, 9h, 11h, 17h e 19h São Benedito Rua São Benedito, Barreiro

Terça a sexta-feira - 19h Sábado - 8h (missa com crianças) Domingos - 7h30 e 18h30 Região Episcopal São João Batista São João Batista e N. Sra das Graças Icoaraci - Belém Terça a sexta: 6h30 Sábado: 6h30, 17h, 20h Domingo: 7h e 18h Telefone: 3297-7250 São Francisco de Assis Tapanã - Belém Domingo: 7h e 18h30 Telefone: 3258-8036 N. Sra de Fátima Icoaraci - Belém Terça, quinta e sexta: 18h30 Sábado: 19h - Domingo: 19h Telefone: 3297-7251 Jesus Bom Samaritano Tapanã - Belém Domingo: 7h30 e 19h30 Telefone: 3033-2004 São Francisco das Ilhas Cotijuba - Belém Terça e quinta: 19h30 Sábado: 19h30 Domingo: 7h e 19h30 Telefone: 3247-1438 N. S. da Imaculada Conceição Outeiro - Belém Terça e quinta: 19h Sábado: 9h Domingo: 7h e 18h Telefone: 3267-1174 Nossa Senhora do Livramento Icoraci - Belém Terça, quinta, sexta e sábado:19h Domingo: 7h e18h Telefone: 3288-4250 Divina Misericórdia Águas Negras - Icoaraci Terça a sexta: 18h30 Sábado: 17h e 19h30 (comunidade) Domingo: 7h e 19h 30 Santo Afonso de Ligório Pratinha - Belém Sábado: 19h Domingo: 8h30 e19h Telefone: 3258-1554/3274-8281 São Francisco de Assis Campina - Icoaraci Domingo: 7h, 9h e 18h30 De terça-feira a sexta-feira: 19h Telefone: 3297-0765 Região Episcopal Coração eucarístico de jesus Coração Eucarístico de Jesus Catalina - Belém Sábado: 19h Domingo: 7h, 10h e 19h Telefone: (91) 3285-1433

Telefone: 3289-5368

Telefone: 3237-8351

N. Sra de Lourdes Coqueiro - Ananindeua Sábado: 17h. Domingo: 7h e 19h Telefone: 3275-2391 Santo Antônio de Pádua Coqueiro - Ananindeua Sábado: 19h. Domingo: 7h e 18h Telefone: 3237-8350

Pedro Pescador Baía do Sol - Mosqueiro Ter a sexta: 19h (Igreja S. Sebastião) Quarta: Matriz - 19h Sábado:19h (Igreja São Sebastião) Domingo: 8h (Ig. S. Sebastião); 10h30 (Ig. Div. Esp. Santo); 19h ( Matriz) Telefone: 99919-4153

Arcanjo São Miguel Una - Ananindeua Sábado: 19h Domingo: 7h30. 9h30 e 19h Telefone: 3234-4674

Área Missionária São Paulo, Apóstolo Rodovia BR-316 Domingo: 9h e 11h Telefone: 98292-9199

Região Episcopal Menino Deus

Região Episcopal São Vicente de Paulo

N. Sra. Auxiliadora Anita Gerosa (Aurá) - Ananindeua Domingo: 7h e 18h Telefones: 3255-3828

Cristo Rei Guanabara - Ananindeua Domingo: 7h, 9h30 e 19h Telefone: 3235-1405

N. Sra. das Vitórias Almir Gabriel - Marituba Sábado: 19h Domingo: 7h, 19h Telefone: 3256-7655 Sagrado Coração de Jesus Júlia Seffer - Ananindeua Sábado: 19h Domingo: 7h30, 9h e18h Telefone: 3265-5413 Sagrado Coração de Jesus Distrito Industrial - Ananindeua Sábado: 19h Domingo: 7h, 8h30 e 17h30 Telefone: (91) 98855 - 2232 Menino Deus Centro - Marituba Domingo: 6h, 8h30 e 18h Telefone: 3237-8351 N. Sra. de Nazaré Quarta - feira Horário de Missa: às 19h Domingos: às 8h30 Telefone: 98040-5117 /98102 - 7344 N. Sra. das Graças Centro - Ananindeua Sábado: 19h Domingo: 7h e 19h Telefone: 3255-2654 N. Sra. do Ó Vila - Mosqueiro Sábado: 19h30 Domingo: 6h30, 9h30 e 19h30 Telefone: (91) 3771-1278 São Pio X Águas Lindas - Ananindeua Domingo: 7h30 e 19h30 Telefone: 32155-2583 Santa Rosa de Lima Independente - Benevides Terça a Sexta:18h Sábado:17h, 19h Domingo: 07h30 e 19h Telefone: (91)3724- 1135

Santa Edwiges Mangueirão - Belém Sábado: 19h Domingo: 7h, 9h30 e18h Telefone: 3279-1654

Bom Pastor Nova Marituba - Marituba Segunda a Sexta: 18h Sábado: 6h, 9h30 e 19h Domingo: 6h, 9h30 e 19h Telefone: 4106-0202

N. S. Rainha da Paz Bengui - Belém Domingo: 7h, 9h e 18h30 Telefone: 3277-4645

N. Sra da Conceição Praça Matriz - Benfica Domingo: 6h15 e 19h30 Telefone: 3450-8147

N. S. do Bom Remédio Conjunto Satélite - Belém Sábado: 17h30 Domingo: 7h e 18h30 Telefone: 3289-5355/3248-1136

N. Sra da Conceição Carananduba - Mosqueiro Ter a Sex: 18h30 Sábado: 18h30 - Domingo: 7h e 19h Telefone: 3772-1183

Natividade de Nosso Senhor Jesus Cristo Conjunto Sideral - Belém Domingo: 7h, 9h e18h Telefone: 3067-2017

Santa Bárbara Centro - Santa Bárbara Domingo: 7h30 e 19h Telefone: 3776-1529

Santa Luzia do Bom Futuro Cabanagem - Belém Sábado: 17h - Domingo: 7h e 19h Santa Teresinha do Menino Jesus Tenoné - Belém Domingo: 7h e 18h

São Marcos Uriboca - Marituba Terça: 19h. Domingo: 7h e 19h

Divino Espírito Santo Cidade Nova - Ananindeua Sábado: 7h. Domingo: 7h, 9h e 18h Telefone: 3263-0603 Santo Inácio de Loyola Icui Guajará - Ananindeua Domingo: 7h e18h Telefone: 991541971 São Lucas Evangelista Guajará - Ananindeua Sábado: 19h. Domingo: 7h e 19h Telefone: 3279-2621 Santa Maria Mãe de Deus Maguari - Ananindeua Terça, quarta, sexta e sábado: 7h Quinta: 19h Domingo: 7h e 19h Fone: (91) 3255-5284 Santa Teresinha Águas Lindas - Ananindeua Domingo: 7h30 e 18h Telefone: 9916-4548/99169-3443 N. Sra. de Guadalupe Coqueiro - Ananindeua Terça a sexta: 19h Sábado: 18h30 Domingo: 7h ,9h e18h Telefone: 3245-7440 Cristo Peregrino Jaderlândia - Ananindeua De Segunda a Sábado: 19h Domingo: 7h,17h e19h Telefone: 3237-9891 Santa Paula Frassinetti Cidade Nova VI - Ananindeua Segunda e quarta: 18h30 Terça e quinta: 19h30 Sexta: 7h. Sábado: 19h Domingo: 7h, 9h, 18h Telefone: 3279-2620 Transfiguração do Senhor Curuçambá - Ananindeua Sábado: 18h30 e 20h Domingo: 7h e 18h30 Telefone: 3286-8570 Santa Rita de Cássia Cidade Nova V - Ananindeua. Sábado: 6h30 e 17h30 Domingo: 6h30, 8h30, 7h30 e 19h30. Telefone: 3273-3191/ 3273-3310 São Vicente de Paulo Paar - Ananindeua Domingo: 7h, 8h30 e 19h São José Operário Conj. Carnaúba, Icuí - Ananindeua Domingo: 7h e 18h Telefone: 3295-3545/3031-1172 N. Sra do Amparo Cidade Nova 8 - Ananindeua Sábado: 7h e19h Domingo: 7h, 9h e 18h Telefone: 3287-2418 Santo André Apostolo Coqueiro - Ananindeua Terça a sexta - 19h Sábado: 19h - Domingo: 8h e 19h Telefone: (91) 3235-1658

Não encontrou o horário da sua paróquia aqui? Entre em contato com seu pároco ou com a secretaria da sua paróquia e solicite que nos informem para podermos publicar.


belém, De 20 a 26 de janeiro de 2017

adquira o seu exemplar

Retiro Popular 2017 - “Um Coração para Amar”

Fundação Nazaré disponibiliza a obra

11

Família Nazaré

A

26° edição do retiro quaresmal Retiro Popular 2017, como o tema “Um Coração para Amar”, já está disponível para o público. O livro pode ser adquirido no Cantinho da Família Nazaré, na Fundação Nazaré de Comunicação e nas paróquias da Arquidiocese de Belém. A obra de reflexão é uma elaboração do Arcebispo Metropolitano de Belém, Dom Alberto Taveira Corrêa, com indicações de orações e de leituras bíblicas. O livro propõe uma vivência de profunda oração durante a Quaresma, 40 dias rumo a Páscoa, com proposta diária de leitura orante da Palavra de Deus, reflexão da Palavra, leituras espirituais, roteiros de práticas de piedade, como Via-Sacra, Rosário e Ladainha, indicações para a participação litúrgica da vida da Igreja, tudo encaminhado para a vigília Pascal. As paróquias que já adquiriram a obra no Cantinho da Família Nazaré são Jesus Ressuscitado do Bairro da Marambaia, Santa Cruz, no Bairro do Marco e São Francisco de Assis (Capuchinhos) em São Brás, entre outras. As paróquias que ainda não possuem o

Testemunho de Fé

livro Retiro Popular 2017 “Um Coração para Amar”, podem se dirigir ao Cantinho da Família Nazaré e adquirir o exemplar, assim como as pessoas que queiram conseguir o livro em menor número. O livro também está disponível na livraria localizada na Rua da Basílica, no Bairro de Nazaré. Noite de autógrafo

A noite de autógrafo com Dom Alberto será no dia 10 de fevereiro, após a missa na Basílica Santuário de Nossa Senhora de Nazaré, que começa às 18h. fotos: divulgação

Serviço

M

eu testemunho de vida é o nascimento de minha filha kamilly Cristina de Queiroz Pinho. Ela nasceu com seis meses e o médico falou ao meu marido, Fabrício, que ele tinha que escolher entre a mãe e a filha. É nós falamos que Nossa Senhora de Nazaré não ia deixar acontecer nada de mal eque fosse feita a sua vontade. Rezamos o terço e pedimos sempre a intercessão da Virgem de Nazaré para que tudo desse certo no parto. E hoje minha filha está com 19 anos, totalmente salva, com muita saúde e eu também.

O Cantinho da Família N azaré funciona na Fundação Nazaré de Comunicação localizado na Avenida Governador J o s é M a l c h e r, e n t re Wandenkolk e Doca, no prédio João Paulo VI, n° 915. Informações: 40069209 ou 4006-9211.

Luciana Regina de Queiroz Pinho, 39anos, Empresária

Parabéns para você!

E

u te agradeço Senhor de todo o meu coração pelo dom da minha vida, por todas as bênçãos que tens me dado, e a minha família também. Agardeço pela saúde e pela proteção que recebemos diariamente de teus anjos e de Nossa Mãe Maria Santíssima. Floraci Oliveira Monteiro,

36 ano, Servidora Pública 21/01 20/01 Ana Maria da Silva Braga Casal Edvaldo Cruz Lopes

e Roseane Monteiro Pinheiro Daniel Sebastião Nascimento Eliana de Nazaré de Lima Queiroz Jose Pereira Ramos Maria de Fátima de Carvalho Sales Maria Elieni Silva de Souza Maria Francisca da Costa Pimenta Nilda Carneiro da Silva Oneide Macedo Ferreira Sebastiana Alves Maciel Sebastiana Rodrigues Teixeira 21/01 Adalgiza da Silva Eleres Eudo Mamede da Costa Floraci Oliveira Monteiro Inês Conceição Araujo Maria Bernadete Nunes de Freitas Maria das Graças Nunes Aviz Pinho Maria de Fátima Valente da Silva Quintino José de Souza e Silvana Lima de Souza Raimunda Inez da Silva Suarez 22/01 Augusto Ângelo Noronha Risuenho Marco Antônio da Costa Azevedo Maria do Carmo Ferreira Franco Raimundo Nonato Pereira Filho Sheila Bechir Nogueira 23/01 Aldalita Sarmento Cunha Carla Nathalie Nunes Biancard Cinthya Lucia Nahmias de Oliveira Leão Dirce da Silva Paes Elcinda de Lima Pinheiro Maria das Graças Tavora de Albuquerque Maria de Nazaré das Neves Fernandes Maria Teixeira Chagas

Mauro Francisco Cardoso dos Santos Messias Rodrigues Pacheco 24/01 Ana Rosa Zwicker Martins Antonio Carlos da Silva Celina da Paz Ramos Lima Esmeralda Macedo da Cruz Francisco Ferreira Risuenho Lourdes de Fátima Gonçalves Furtado Maria da Paz de Souza Ferro Família Amaral Mota Maria José de Souza Pereira Rayssa Pires de Farias Rosemeire Regina de Almeida Souza 25/01 Ana Rosa Guimarães Ferreira Casal Nildo Rodrigues Amaral Junior e Carla Tatiana Fonseca de S. Amaral w

Casal Raimundo Ferreira e Elizabeth Nazaré Ferreira Maria de Lourdes de Lima Amarante Padre Manoel Pereira dos Santos Raimunda Rodrigues da Silva Ronaldo Braga Charlet Zenaide dos Santos da Paixão 26/01 Casal Jurandir da Conceição Ribeiro Jurandir e Paloma Chaves Pimentel de Souza Daniel Silva Bastos José de Aires Leite Marieta Alves Gomes Raimunda Freitas dos Reis Rosana Olivia Mendes Campos Silvia Cristina da Silva Coutinho Sol Benitah Salgado Vitor de Souza Farias

Aniversário natalício de padres e diáconos diocesanos 21/01 - Diác. Antônio Carlos Gomes de Freitas 23/01 - Pe. Ricardo Alves Rios 23/01 - Diác. João Bosco Pessoa Cheves 26/01 - Diác. Ronald Augusto Barra Cordeiro

w

Aniversário de ordenação dos padres e diáconos diocesanos 25/01 - Côn. Cláudio de Souza de Barradas 25/01 - Pe. Marcos Paulo Talon de Oliveira 25/01 - Pe. Francisco Nicodemos de Sousa 25/01 - Pe. Luiz Rabelo Santos 25/01 - Pe. Gustavo Bonassi 26/01 - Diác. Rui Pereira da Silva 26/01 - Pe. José Antônio da Paixão da Silva

Ajude a manter a Fundação Nazaré de Comunicação. Ligue para 4006-9200 e seja sócio da Família Nazaré.


12

belém, De 20 a 26 de janeiro de 2017

Arquidiocese Paróquia S. Francisco de Assis

Segunda edição da conferência jovem

Com o tema “Os sete pecados capitais” evento acontece de 23 a 28, no bairro do Tapanã

P

roporcionar um encontro com Jesus Cristo através do anuncio da Palavra, utilizando um modelo de evangelização dinâmico. Este é o objetivo da Conferência Jovem “O Amor Humano no Plano Divino”, promovida pela Paróquia São Francisco de Assis, no período de 23 a 28, no bairro do Tapanã. Com o tema “Os sete pecados capitais”, o evento gratuito é voltado para o público em geral, utilizando de diversos meios como a arte e cultura para levar as pessoas a uma experiência de oração e aprofundamento na vida espiritual. Este é o segundo ano que o evento é promovido. O eve n t o d e eva n g e l i za ç ã o a c o n t e c e n o s a l ã o p a ro q u i a l . a programação é composta por momentos expressivos de louvor, missa, oração, formação e aprofundamento por meio de palestras, workshops, entre outros. A cada dia um dos sete pecados capitais será o tema do evento, na busca do aprendizado, no discernimento do certo e do errado, e com o intuito de trazer a dignidade humana de todos aqueles que a tenham perdido. O surgimento da conferência é em resposta ao livro Teologia do Corpo: o Amor Humano no Plano Divino, de autoria de São João Paulo II, juntamente com plano pastoral da Arquidiocese de Belém, que demonstra a necessidade de criar novos missionários. De acordo com o idealizador do evento, vigário

divulgação

w programação envolve momentos de louvor e muita oração

da paróquia, Paulo da Eucaristia, a conferência atende ao apelo das necessidades dos jovens e contribui para futuros missionários: “Nós resolvemos atender ao apelo criando essa conferência com o título do Livro de São João Paulo II. As perspectivas são de futuros missionários que vão ao encontro de outros jovens e que nesse encontro com outros jovens levem a eles o que é de essencial, Cristo Jesus”. Além da presença do pároco, Padre João Otávio, a programação contará também com a participação do bispo da Diocese de Castanhal, Dom Carlos Verzeletti, Padre Idamor da Mota, entre outros. A palestrante Sara

Winter abordará o tema ‘luxuria e gula’, entre outros palestrantes. Como atração musical no encerramento do evento o show de Katiane Silva, cujo ingresso pode ser adquirido na secretaria paróquia. O Padre Idamor da Mota, pároco da Paróquia Santa Paula Frassinetti, na Cidade Nova 6, que participa pela segunda vez da conferência como palestrante, faz questão de levar os jovens da paróquia para participar. Para ele a iniciativa em prol da juventude é de grande importância: “É muito importante essa iniciativa do pároco e da paróquia de trabalhar a juventude, de trabalhar temas importantes. Na primeira vez que estive falei sobre o

‘Amor Humano’ e como o jovem deve olhar para o amor de Deus e o amor humano na sua realidade. O tema deste ano “Os sete pecados capitais”, conta com a presença de vários palestrantes. Explanarei sobre o tema ‘preguiça’. São temas recorrentes que estão na nossa doutrina e fazem parte da nossa formação cristão católica e que são importante colocar para o público jovem, porque a juventude é a força futura da nossa Igreja, se não a força presente. Penso que a Igreja deve investir bastante nos jovens pra que eles realmente mostrem a face jovem da Igreja para o mundo e renovem a Igreja”, disse o padre. A paróquia pretende oferecer a infraestrutura necessária para maior comodidade do público participante.

Programação temática Dia 23, tema Orgulho - Pe. João Otávio Dia 24, tema Inveja - Dom Carlos Dia 25, tema Preguiça - Pe. Idamor Dia 26, Avareza e Ira - Dic. Léo/Marla Dia 27, Luxuria e Gula - Sara Winter

Serviço A Paróquia São Francisco de Assis, no Tapanã, fica localizada na Terceira Rua, entre Uberaba e Haroldo Veloso. Informações: (91) 3258-8036.

Tony Allyson, em Belém No próximo dia 26, o cantor católico Tony Allyson se apresentará em Belém, com show especial objetivando angariar recursos para as obras sociais da Caritas Belém. O evento ocorre no salão social da sede campestre da Assembléia Paraense. Ingressos disponíveis na Doceira Amorosa; Lojas Lírio Mimoso; Logos Turismos e na Assembleia Paraense.

quadrinhos andré abreu

Segundo o cantor, suas canções nascem sempre em momentos de profunda oração e diálogo com Deus e assim, sua música é uma poderosa flecha de evangelização. Tony Allysson é uma história de superação e um incontestável talento artístico. Caritas Belém

A Caritas Belém, entidade de

BOA DICA

utilidade pública, sem fins lucrativos que desenvolve ações promocionais nas áreas social, ambiental, educacional e cultural. Em Belém, desenvolvem um trabalho de recuperação de dependentes químicos e moradores de rua, dentre as quais se destacam: Fraternidade O Caminho, Comunidade Missão Belém, Associação dos Renais Crônicos e Transplantados do Pará, Fazenda Esperança entre outros.

livros e cd's

n Livro - Hinos cristãos da Bíblia (Paulinas R$ 25,80)

“H

eu indico divulgação

Cláudia Leite do Nascimento, 44 anos, Cabeleira

inos cristãos na Bíblia” é uma obra de incalculável valor para a espiritualidade bíblica. Os hinos cristãos da Bíblia são as mais inspiradoras orações que continuam alimentando a piedade e a experiência religiosa dos fiéis. Foram transmitidos à posteridade pelas comunidades cristãs como testemunho de fé e legado espiritual.

E

u indico O livro “Entre Perigos e Descobertas”, de Marcio Mendes. É um trabalho lindo que dá um direcionamento na vida quando nos encontramos sem direção. Existem momentos em que nos sentimos em perigo quando temos que tomar uma decisão e precisamos descobrir o melhor caminho a escolher, o melhor caminho a seguir .

n Livro - Entusiasmo e alegria, pensamentos do Papa Francisco (Paulus R$ 6,90)

E

ste livro contém pensamentos e mensagens do Sumo Pontífice, Papa Francisco, e reflete sobre o Ano da Misericórdia. Ainda mensagens reflexivas sobre a misericórdia infinita do amor de Deus. “Ó Deus, Pai de Misericórdia, fazei que eu confirme, com meu testemunho, minha fé em vós. Que eu dê um testemunho alegre, bem-humorado, simples e firme. Que eu mostre, com meus atos, aquilo que professo com minhas palavras. Amém.” (S. Tomás More).


belém, De 20 a 26 de janeiro de 2017

sucessão

2º C aderno

Dom Alberto empossa novo cura da Sé

Pe. Roberto Cavalli sucede ao Cônego José Gonçalo Vieira, 18 anos esteve à frente da Catedral ivan amorim

w padre roberto em pronunciamento a suas novas ovelhas ivan amorim

w a assembléia da Missa de posse do Padre Roberto como Cura da Sé

Dos 73 anos de vida da aposentada Raimunda Pontes, 40 são dedicados ao serviço na Catedral. Ela era mais uma entre as centenas de pessoas que lotaram a Igreja para a cerimônia. Dona Raimunda hoje coordena o Apostolado da Oração e está feliz com a chegada do novo pároco: “Estou confiante que ele fará um bom trabalho conosco. Sinto que ele é muito humilde e carinhoso, atencioso com todas as pessoas. Por isso, nossa expectativa é a melhor de todas”.

Padre Roberto conta que “é uma grande responsabilidade esta nova missão, pois aqui está a igreja mãe de nossa arquidiocese, portanto queremos manter o zelo litúrgico que é nossa marca e fortalecer os cinco setores de missão e os mais de 31 serviços, grupos, movimentos e pastorais desta Paróquia”. Nos primeiros dias, o Cura vai conhecer a realidade paroquial: “Quero caminhar de mãos dadas com todos. Por isso vou conhecer a área paroquial que é extensa, o Centro São João Paulo II e a Igreja de São Joãozinho que é uma

Padre Roberto Cavalli Pe. Roberto, natural de Belém, tem 38 anos. Único homem de três irmãos, cresceu numa família católica, assídua paroquiana de São José de Queluz, Canudos. Como Coroinha, aos 13 anos, sentiu-se motivado a estreitar ainda mais os laços com a Mesa Eucarística. A confirmação de sua vocação veio aos 20 anos quando decidiu entrar para uma experiência vocacional no Seminário Propedêutico, que perdurou até o final do ano 2000, quando pediu para discernir melhor sua vocação em casa. Voltando ao seu lar, o jovem descobriu em si um outro desejo: a advocacia. Estudou Direito na Universidade da Amazônia entre 2002 e 2006. Iniciou o curso querendo exercer essa carreira e terminou com a certeza de que sua vocação era mesmo o sacerdócio, sua vida convergia para o Altar,

juramento de fidelidade proferidos pelo empossado, que renovou diante do arcebispo as promessas sacerdotais feitas no dia de sua ordenação. Por fim, foram-lhe entregues a chave da igreja e a do sacrário, para onde se encaminhou, permanecendo por alguns minutos em oração s i l e n c i o s a . Fo ra m - l h e entregues ainda a jarra diante da pia batismal e a estola roxa que simboliza o Sacramento da Penitência. Em sua homilia, Dom Alberto destacou a presença dos paroquianos da Catedral e da Paróquia de Santa Luzia, onde Padre Roberto atuou como pároco até então, enaltecendo -lhes os sentimentos de “sadia saudade e bonita gratidão”. Recordando a figura de João Batista, apresentada no Evangelho da Missa, o arcebispo afirmou que “o Padre tem como missão apontar o Cordeiro de Deus na pregação da Palavra e na ação pastoral, chamando o povo para a Igreja”. Dom Alberto aconselhou o novo Cura a ter “ apenas e tão somente o nome de Jesus Cristo que lhe cabe anunciar aqui e em todas as tarefas que Nosso Senhor lhe conceder. Seja fiel ao essencial e capaz de guardar aquilo que não passa”.

Nova missão

Igreja Mãe da Arquidiocese A C a t e dra l M e t rop o l i t a na de Belém é a Igreja Mãe da Arquidiocese. O título de Catedral remete à Cátedra (cadeira) do Arcebispo que está nessa Igreja e a faz sede do governo pastoral da Igreja de Belém, lugar para onde convergem todos os fiéis que acorrem ao encontro do arcebispo metropolitano reunido com seu clero. Cabe ao Cura dessa igreja o zelo pastoral, administrativo e histórico pelo Templo e pelos paroquianos.

E

m celebração eucarística na Catedral, no domingo, 15, presidida pelo Arcebispo Metropolitano de Belém, Dom Alberto Taveira Corrêa, sua Exa. Revma. empossou o Pe. Roberto Emilio Cavalli Junior como Cura da Sé. Pe. Roberto sucede ao Cônego José Gonçalo Vieira que por 18 anos esteve à sua frente e agora assume a Paróquia da Santíssima Trindade, na Campina. No início da celebração a Schola Cantorum da Catedral entoou o tradicional “Ecce Sacerdos Magnum” (Eis o grande S a c e rd o t e ) , m ú s i c a d e autoria do maestro paraense Wilson da Fonseca. Logo após a saudação inicial, M o n s e n h o r M a rc e l i n o Ferreira, Vigário Geral da Arquidiocese, fez a leitura da provisão que o nomeia Cura da Paróquia de Nossa Senhora da Graça (Curato da Sé). Após a leitura, o Cônego Sebastião Fialho e o Padre Antônio de Pádua entregaram-lhe a estola e a casula e Monsenhor Marcelino, o barrete ( c h a p é u q u a d ra n g u l a r ) próprio dos clérigos, e Dom Arcebispo abraçou-o, sob calorosos aplausos da assembleia. O R i t o d e Po s s e prosseguiu, após a homilia, com a profissão de fé e

para a Eucaristia. Após os estudos teológicos, em 2011 foi ordenado diácono no dia 12 de março, e sacerdote no dia 06 de julho. Nos quatro meses consecutivos ficou como Vigário Paroquial da Catedral Metropolitana. Posteriormente assumiu a Paróquia de Santa Luzia e a direção espiritual de algumas equipes de Nossa Senhora e da Comunidade Nossa Senhora da Esperança (movimento de apoio espiritual, religioso e vivencial para viúvas/os e pessoas sós). Em 2016 assumiu também a diretoria geral da Fundação Nazaré de Comunicação e foi secretário executivo e porta-voz do XVII Congresso Eucarístico Nacional, realizado em agosto na capital paraense. Seu lema sacerdotal:Não fostes vós que me escolhestes, mas eu que vos escolhi”, extraído de João 15,16.

Reitoria e me tem como Reitor por se localizar dentro de nossa área. Além disso, já no dia 24 tenho o primeiro encontro com todas as lideranças e o Conselho Paroquial”. Mas se a agenda é extensa, a oração não falta em todas as suas ações. A Catedral em toda sua beleza nos inspira à oração e nos eleva a alma em cada entrada ou saída daqui. Temos também uma espiritualidade forte com o costume da Adoração ao Santíssimo o dia inteiro e a devoção a Santa Maria de Belém, padroeira da cidade e da Arquidiocese”.

O agradecimento dos paroquianos de Santa Luzia A alegria da paroquiana que recebe o novo pároco é também a alegria de quem dele se despede. Matheus Gonçalves, 18 anos, é da Paróquia Santa Luzia, no Jurunas, durante a Missa portou uma faixa com os dizeres “A Paróquia Santa L u z i a a g ra d e c e a o Pe . Roberto pelo trabalho e dedicação”. A frase, embora curta, era muito significativa.

“É uma pequena forma de agradecermos pelos momentos que passamos juntos com ele em nossa Igreja e desejarmos uma boa missão aqui. Ele é um homem de muita coragem, ousadia e fez um ótimo trabalho com muita responsabilidade e agregando cada vez mais as pessoas. Ele é verdadeiramente um bom pastor”, afirmou o jovem.


2

belém, De 20 a 26 de janeiro de 2017

Igreja

2º Caderno Miscelânea

Côn. Cláudio Barradas (claudiobarradaspe@gmail.com)

Lições de Jesus durante a longa viagem a Jerusalém

A

partir desta edição, acompanharemos, o tempo que for necessário, Jesus em sua longa viagem a Jerusalém, rumo ao Calvário, (Lc 9,31-19, 40), para aprender com suas palavras, seus gestos, suas atitudes e, até, com seus silêncios, uma vez que, nele, tudo, mas tudo mesmo, é proveitoso ensinamento. Vou logo avisando a meus prezados leitores, na suposição de tê-los, que levaremos nisso, certissimamente, várias edições, visto que essa viagem foi demorada e nela ele não ficou sem ensinar sequer um minuto, que ô abismo sem fim de sabedoria! Comecemos, pela ordem: O primeiro deles, logo no iniciozinho da viagem, foi sua resposta a Tiago e João, enviados por Ele a uma aldeia da Samaria com o fim de prepará-la para recebê-lo. Indignados por não terem sido atendidos, porque se dirigiam a Jerusalém, cidade odiada pelos Samaritanos, perguntamlhe,loucos para ouvir um sim: - Senhor, queres que mandemos que caia um raio do céu e acabe com eles? Vê-se, por isso aí, que não foi à toa que Jesus, com seu humor crítico, apelidou-os de “Boanerges”, isto é, filhos do trovão, ou seja, esquentados, pavio curto.

divulgação

w nela ele não ficou sem ensinar sequer um minuto

Lucas não registrou o que Jesus lhes falou, limitando-se a dizer: Ele se voltou e os repreendeu (9,55). Fico a imaginar o teor dessa repreensão. Possivelmente, mais ou menos o seguinte: - Não, de modo algum. E mais: - Lembram-se dos que lhes ensinei no sermão da Planície (Lc 6,22)? “Felizes quando os homens vos desterrarem, vos insultarem, e denegrirem vosso nome por causa do Filho do Homem.

Saltai então de alegria, porque no céu será grande a vossa recompensa". Como também lhes disse então: “amai vossos inimigos, fazei o bem a quem vos odeia, bendizei os que vos amaldiçoam, rezai pelos que vos injuriam, a quem te bater numa face, oferece-lhe a outra (Lc 6,27-29)”. Em síntese: ao mal retribuir com o bem, às maldições com bênçãos. Em Lc 9, 57-62, temos três ensinamentos sobre as exigências requeridas a quem se dispõe a seguí-

lo, cada um deles a uma pessoa diferente, todas três anônimas. À primeira, que lhe diz “Eu te seguirei para onde fores,” ele responde, literalmente: - As raposas têm tocas, as aves têm ninhos, mas o Filho do Homem – expressão usada por Jesus nos sinóticos para se autonomear, equivalente a eu – não tem onde reclinar a cabeça (9,59). Com essas palavras, trocandoas em miúdos como fala o povo, quer deixar-lhe bem claro que seu seguimento não é nada fácil, muito pelo contrário, pois que ele, sendo um pregador ambulante, não tem pouso certo, chegando às vezes, provavelmente, a dormir ao relento, em qualquer lugar, onde desse. Que, portanto, requer, de quem quiser acompanhá-lo, total desprendimento e firme disposição de enfrentar toda espécie de desconforto. A segunda pessoa não se oferece, é ele quem a chama, como aos quatro primeiros discípulos, a dupla de irmãos Simão e André, Tiago e João. Ao segue-me de Jesus o convocado responde: - Senhor, deixa-me ir primeiro enterrar meu pai(9,59). A réplica de Jesus a essa desculpa fica para a próxima edição, uma vez que nesta meu espaço acabou.

Santos da semana Diác. Benedito Otávio (artpresent@superig.com.br)

24/01 - Terça-feira. São Francisco de Sales - Bispo e Doutor da Igreja.

20/01 - Sexta-feira. São Fabiano - Papa e Mártir.

Nasceu em 21/08/1567 no castelo de Sales na Sabóia, hoje pertencente à França. Aos 14 anos foi para a Universidade de Paris. Lá se destacou em retórica, filosofia e teologia. Entregou toda sua vida a Nossa Senhora depois de uma turbulência emocional juvenil. Especializou-se em Pádua. Em 1602 tornou-se bispo de Genebra. Deu direção espiritual a Santa Joana F. de Chantal, com quem fundou a Ordem da Visitação em 1610. Inspirou, mais tarde, Dom Bosco, na escolha do nome de sua Congregação: Salesianos”.

De São Pedro a São Félix IV em 530, foi uma seqüência de 54 papas canonizados, seja pelo martirio nos três primeiros séculos de perseguição romana, ou por um testemunho de fé e zelo pela Igreja de Jesus Cristo. Fabiano, cuja escolha teve caráter milagroso, pois uma pomba pousou sobre sua cabeça, o que os demais entenderam como vontade de Deus. Foi o 20º desta lista, e em14 anos de pontificado realizou obras como a divisão de Roma em sete circunscrições e a construção de mais cemitérios. Foi vítima na perseguição do imperador Décio e martirizado aos 50 anos.

25/01 - Quarta-feira. Conversão de São Paulo - Apóstolo.

21/01 - Sábado. São Patroclus de Troyes - Mártir. Originário de Troyes na Gália, século III, hoje com o mesmo nome, porém pertencente à França. Ele batizou São Sabino de Troyes, que nos ajudou a conhecêlo e deu continuidade à sua obra, cuja caridade era excepcional. Tinha sido preso, porém conseguiu escapar com outros prisioneiros. Recapturado, foi decaptado por ordem de Aureliano em 259. Em 960 teve suas relíquias trazidas para Soest, Alemanha, onde foi construída uma basílica e no alto do altar está o ícone que vemos ao lado. 22/01 - 3º Domingo do Tempo Comum. São Vicente de Saragoça - Diácono e Mártir. Início do séc. IV, império de Diocleciano. Muitos cristãos convertidos ocupavam cargos públicos, facilitando o trabalho dos bispos, mas, quando descobertos, eram mortos imediatamente. Em Saragoça, o bispo Valério, foi muito ajudado por Vicente, um diácono de fibra, que se pronunciava pelo bispo e defendia a fé de ambos. Foi uma união divina para defender a Igreja de Nosso Senhor Jesus Cristo. Quiseram destruir-lhe o corpo além de matá-lo, mas Deus não o permitiu, por Deus. Os cristãos o recuperaram para sepultar dignamente.

23/01 - Segunda-feira. Santo Ildefonso - Arcebispo de Toledo. Foi considerado uma das maiores glórias da Igreja da Espanha. Era sobrinho de Santo Eugênio, Bispo de Toledo, a quem devia suceder, mais tarde, no cargo. Sendo ainda monge, fundou um convento de religiosas nos arredores de Toledo. Ainda como abade, assistiu ao Sínodo de Toledo. Um dos traços mais característicos de sua obra literária é o entusiasmo com que o santo fala da Santíssima Virgem, e que se deve fundamentalmente à linguagem mariana que se impôs em Toledo naquela época. Faleceu em 667.

Após a Ascensão de Nosso Senhor, o grande perseguidor da Igreja (Chamada naquela época de “Caminho” – At 9, 2), era o fariseu Saulo de Tarso. Inesperadamente derrubado de seu cavalo (Lucas não cita se realmente estava a cavalo – At 9, 4), apareceu-lhe Jesus Cristo e perguntou: “Saulo, Saulo, por que Me persegues?”. Entre as controvérsias nos estudos da conversão de Paulo, o que mais importa é o espírito missionário que ele, por graça, adquiriu, levando ao mundo o Evangelho da Salvação pelo Amor. A Cidade e o Estado de São Paulo o têm como especial protetor. 26/01 - Quinta-feira. São Timóteo – Bispo e Mártir; São Tito - Bispo e Confessor. Timóteo foi batizado por Paulo que lhe escreveu duas Epístolas, nas quais o chama “discípulo caríssimo, amado filho e irmão”. Acompanhou Paulo em suas viagens apostólicas. Foi o primeiro bispo de Éfeso e morreu apedrejado e espancado por pagãos. Já Tito, também convertido por São Paulo, acompanhou-o em algumas viagens e realizou missões delicadas em Corinto. Feito mais tarde bispo de Creta, ali morreu em idade avançada.


belém, De 20 a 26 de janeiro de 2017

Especial

2º Caderno

20

Somos chamados a fazer crescer uma cultura de misericórdia, com base na redescoberta do encontro com os outros: uma cultura na qual ninguém olhe para o outro com indiferença, nem vire a cara quando vê o sofrimento dos irmãos. As obras de misericórdia são «artesanais»: nenhuma delas é cópia da outra; as nossas mãos podem moldá-las de mil modos e, embora seja único o Deus que as inspira e única a «matéria» de que são feitas, ou seja, a própria misericórdia, cada uma adquire uma forma distinta. Com efeito, as obras de misericórdia tocam toda a vida duma pessoa. Por isso, temos possibilidade de criar u m a ve rd a d e i ra revo l u ç ã o cultural precisamente a partir da simplicidade de gestos que podem alcançar o corpo e o espírito, isto é, a vida das pessoas. É u m c o m p ro m i s s o q u e a comunidade cristã pode assumir, na certeza de que a Palavra do Senhor não cessa de chamála para sair da indiferença e do individualismo em que somos tentados a fechar-nos levando uma existência cômoda e sem problemas. «Os pobres, sempre os tendes convosco» (Jo 12, 8), disse Jesus aos seus discípulos. Não há desculpa que possa justificar a incúria, quando sabemos que Ele Se identificou com cada um deles. A cultura da misericórdia forma-se na oração assídua, na abertura dócil à ação do Espírito, na familiaridade com a vida dos Santos e na solidariedade concreta para com os pobres. É um convite premente para não se equivocar onde é determinante comprometer-se. A tentação de se limitar a fazer a «teoria da misericórdia» é superada na medida em que esta se faz vida diária de participação e partilha. Aliás, nunca devemos esquecer as palavras com que o apóstolo Paulo – ao contar o encontro depois da sua conversão com Pedro, Tiago e João – põe em realce um aspecto essencial da sua missão e de toda a vida cristã: «Só nos disseram que nos devíamos lembrar dos pobres – o que procurei fazer com o maior empenho» (Gal 2, 10). Não podemos esquecer-nos dos pobres: trata-se dum convite hoje mais atual do que nunca, que se impõe pela sua evidência evangélica. Que a experiência do Jubileu imprima em nós estas palavras do apóstolo Pedro: outrora «não tínheis alcançado misericórdia e agora

21

3

Carta Apostólica (Final)

O Jubileu Extraordinário da Misericórdia terminou dia 20 de novembro. O Papa Francisco publicou a Carta Apostólica “Misericórdia et misera”. O significativo documento contém 22 pontos, centrados na misericórdia divina. O Jornal Voz de Nazaré segue com a divulgação iniciada na edição 747 (25/11 a 1/12/2016), caderno 2, página10.

CARTA APOSTÓLICA ''Misericordia et misera'' SANTO PADRE FRANCISCO NO TERMO DO JUBILEU EXTRAORDINÁRIO DA MISERICÓRDIA

A quantos lerem esta Carta Apostólica, misericórdia e paz! divulgação

w "As obras de misericórdia são artesanais: nenhuma delas é cópia da outra"

alcançastes misericórdia» (1 Ped 2, 10). Não guardemos ciosamente só para nós tudo o que recebemos; saibamos partilhá-lo com os irmãos atribulados, para que sejam sustentados pela força da misericórdia do Pai. As nossas comunidades abram-se para alcançar a todas as pessoas que vivem no seu território, para que chegue a todas a carícia de Deus através do testemunho dos crentes. Este é o tempo da misericórdia. Cada dia da nossa caminhada é marcado pela presença de Deus, que guia os nossos passos com a força da graça que o Espírito infunde no coração para plasmálo e torná-lo capaz de amar. É o tempo da misericórdia para todos e cada um, para que ninguém possa pensar que é alheio à proximidade de Deus e à força da sua ternura. É o tempo da misericórdia para que, quantos se sentem fracos e indefesos, afastados e sozinhos, possam individuar a presença de irmãos e irmãs que os sustentam nas suas necessidades. É o tempo da misericórdia para que os pobres

sintam pousados sobre si o olhar respeitoso, mas atento, daqueles que, vencida a indiferença, descobrem o essencial da vida. É o tempo da misericórdia para que cada pecador não se canse de pedir perdão e sentir a mão do Pai, que sempre acolhe e abraça. À luz do «Jubileu das Pessoas Excluídas Socialmente», celebrado quando já se iam fechando as Portas da Misericórdia em todas as catedrais e santuários do mundo, intuí que, como mais um sinal concreto deste Ano Santo extraordinário, se deve celebrar em toda a Igreja, na ocorrência do XXXIII Domingo do Tempo Comum, o Dia Mundial dos Pobres. Será a mais digna preparação para bem viver a solenidade de Nosso Senhor Jesus Cristo Rei do Universo, que Se identificou com os mais pequenos e os pobres e nos há de julgar sobre as obras de misericórdia (cf. Mt 25, 31-46). Será um Dia que vai ajudar as comunidades e cada batizado a refletir como a pobreza está no âmago do Evangelho e tomar consciência

de que não poderá haver justiça nem paz social enquanto Lázaro jazer à porta da nossa casa (cf. Lc 16, 19-21). Além disso, esse Dia constituirá uma forma genuína de nova evangelização (cf. Mt 11, 5), procurando renovar o rosto da Igreja na sua perene ação de conversão pastoral para ser testemunha da misericórdia. Sobre nós permanecem pousados os olhos misericordiosos da Santa Mãe de Deus. Ela é a primeira que abre a procissão e nos acompanha no testemunho do amor. A Mãe da Misericórdia reúne a todos sob a proteção do seu manto, como quis frequentemente representá-la a arte. Confiemos na sua ajuda materna e sigamos a indicação perene que nos dá de olhar para Jesus, rosto radiante da misericórdia de Deus. Dado em Roma, junto de São Pedro, em 20 de novembro, Solenidade de Nosso Senhor Jesus Cristo Rei do Universo do Ano do Senhor de 2016, quarto do meu pontificado.

22

FRANCISCO


4

5

belém, De 20 a 26 de janeiro de 2017

Arquidiocese Vida dedicada ao magistério, e ao teatro

A

os 87 anos, o Cônego Cláudio Barradas completa na próxima quarta-feira, 25, o Jubileu de Prata de sua ordenação sacerdotal. Ordenado pela imposição das mãos do falecido Arcebispo Emérito de Belém, Dom Vicente Zico, o Cônego Barradas dedicou seu ministério para o anúncio do Senhor Jesus. Aos 13 anos, Cônego B a r ra d a s i n g re s s o u n a antiga casa de formação da Arquidiocese de Belém, Seminário Nossa Senhora da Conceição, levado por Dom Alberto Ramos, na época ainda apenas simples sacerdote. Oito anos depois, no final do curso de Filosofia, espontanemente deixou o seminário pouco antes de ser enviado por Dom Mário de Miranda Vilas Boas a Roma para o curso de Teologia na Universidade Gregoriana. Anos depois, cursou Letras Clássicas, como aluno fundador da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras do Pará. A vida inteira dividiu o seu tempo entre o magistério, o rádio, o teatro, o cinema e a televisão, tornando-se conhecido Brasil afora. Como reconhecimento por seu trabalho na escola de teatro,

2º Caderno

A força do chamado

Cônego Cláudio Barradas completa 25 anos de sacerdócio luiz estumano/arquivo

w Cônego Cláudio Barradas em Jubileu de Prata de sua ordenação sacerdotal

na qualidade de professor do curso de formação de ator, a Universidade Federal do Pará deu o seu nome ao Teatro Universitário dessa instituição, n a Tr a ve s s a J e r ô n i m o Pimentel, inaugurado em 19 de junho de 2009 . Durante todo esse tempo, nas horas vagas, Cônego Cláudio ajudava em algumas paróquias como de São José

de Queluz, São Francisco de Assis (Capuchinhos), Igreja de Sant’Ana e, finalmente na Sé. Aposentou-se na UFPA e na Escola Técnica Federal do Pará dias antes de sua ordenação presbiteral. Foi a convite de Dom Alberto Ramos que voltou a estudar no Seminário São Pio X, já diácono. No seminário estudou Teologia como

aluno externo. Fez o tirocínio na Catedral auxiliando Monsenhor Nelson Soares nas atividades paroquiais. Foi ordenado a 25 de janeiro de 1992, na Catedral de Belém, em missa presidida pelo então Arcebispo Dom Vicente Zico, de quem era amigo próximo, na festa da conversão de São Paulo. De lá, no ano seguinte, foi

designado para a Paróquia de Santa Isabel de Portugal, à época ainda pertencente à Arquidiocese. Em Santa Isabel, realizou um trabalho pastoral, dos mais edificantes durante dez anos. E pelo mesmo tempo de permanência ficou à frente da Paróquia de Jesus Ressuscitado tendo realizado lá a construção do Centro Catequético, revitalização do Centro Paroquial e reforma total da matriz. Em 2015, foi escolhido como um dos 12 cônegos do Cabido Catedral, restabelecido pelo Arcebispo Metropolitano, Dom Alberto Taveira Corrêa. Atualmente, Cônego Cláudio reside e atua na Reitoria Nossa Senhora das Mercês, onde, como ele diz, “é, simultaneamente, o padre lixeira, por ficar à espera, pela manhã e à tarde, das confissões dos fiéis, e o padre restaurador, pelo mesmo motivo". COMEMORAR 25 ANOS DE SACERDÓCIO

"O fato me enche de alegria, por ter sido objeto dessa graça merecida, e de grande tristeza, por ver que, nesse anos todos, não tenho correspondido dignamente a ela", disse.

divulgação

w bispo de bacabal (MA) Dom Armando Gutiérrrez ordena Frei Pablo

divulgação

w dom irineu roman após ordenação do Frei Claudson da Cruz

Ordenação sacerdotal e diaconal nos capuchinhos Compêndio do Catecismo da Igreja Católica O Jornal Voz de Nazaré continua as reflexões iniciadas em 2013, Ano da Fé, com a publicação do Compêndio do Catecismo da Igreja Católica. De maneira concisa, a publicação apresenta, numa visão de conjunto, todo o panorama da fé católica, com seus elementos fundamentais.

III Parte (A Vida em Cristo) CAPÍTULO SEGUNDO “Amarás o teu próximo como a ti mesmo” O SEGUNDO MANDAMENTO: NÃO PRONUNCIARÁS O NOME DE DEUS EM VÃO

449

. O que é o perjúrio?

Perjúrio é fazer, sob juramento, uma promessa com a intenção de não a manter, ou violar a promessa

feita sob juramento. É um pecado grave contra Deus, que é sempre fiel às suas promessas. 2152-2155

Pela imposição das mãos do Bispo Auxiliar de Belém, Dom Irineu Roman, foi ordenado sacerdote Frei Claudson Cardoso de Menezes e o ordenado diácono transitório Frei Odinei Mota da Cruz. A cerimônia ocorreu na Paróquia São Francisco de Assis (Capuchinhos), no bairro de São Brás, durante missa celebrada no domingo, dia 8 de janeiro, que reuniu a comunidade da paróquia, familiares e amigos dos freis ordenados. No dia 14, foi ordenado sacerdote o Frei Pablo Diogo Portilho, na Matriz de Nossa Senhora das Graças, no município de Satubinha, no Maranhão. A ordenação se deu pelas mãos do Bispo da Diocese de Bacabal, Dom Armando Martín Gutiérrez, com isso a Ordem do Frades Menores Capuchinhos de Belém tem mais dois sacerdotes e um diácono, que em alguns meses será ordenado sacerdote.


belém, De 20 a 26 de janeiro de 2017

Arquidiocese

2º Caderno

N

a Catedral Metropolitana de Belém a Missa em Ação de Graças pelos 401 anos da cidade de Belém, completados na quinta-feira 12, foi presidida pelo Arcebispo Metropolitano de Belém, Dom Alberto Taveira Corrêa e concelebrada pelo Bispo Auxiliar de Belém, Dom Irineu Roman, e alguns sacerdotes. No início da celebração, Dom Alberto cumprimentou os presentes, entre eles o prefeito, Zenaldo Coutinho, e o vice-prefeito, Orlando Reis. Na homilia, o Arcebispo destacou as bem-aventuranças, os bemaventurados e fez uma reflexão sobre a cidade de Belém a partir do bem comum da sociedade: “Bem aventurados os pobres. Olhar para os pobres, olhar para os últimos, para os mais simples. Quanto ao poder, a norma para exercê-lo é a busca do bem comum, não interesses ou privilégios. Nossa sociedade está machucada, está estragada com tanta corrupção. Purificar o exercício do poder com a busca deste valor fundamental que é o bem comum”. Reforçou mais ainda a importância do zelo para a construção de uma cidade digna: “Ninguém consegue construir bem a própria vida sem fazer sacrifícios. Quando nós vemos, neste início de ano, tantas prefeituras pelo Brasil afora com dificuldades, em situações calamitosas, é bom recordarmos que o descontrole, a gastança, o abuso do uso do dinheiro nos trouxeram ao ponto em que nos encontramos, a ideologia do consumo. Que coisa terrível! Sem sacrifícios, ninguém vai conseguir nada. Belém não deve ser a cidade do prazer, mas tem que ser a cidade da realização,

MISSA DE ANIVERSÁRIO DE BELÉM

Dom Alberto: “Olhar para os mais pobres, os mais simples” Arcebispo presidiu missa em Ação de Graças pelos 401 anos da cidade divulgação

w homilia Dom Alberto destacou a importância da construção de uma cidade digna

da dignidade. Um lugar onde as responsabilidades sejam compartilhadas e que cada ua de nos cuide da parte que lhe cabe. Este é o meu augúrio, também em nome de Dom Irineu. É o augúrio da nossa Arquidiocese”.

Ao final da celebração, o casal coordenador do Círio 2016-2017, Roberto e Daniela Souza, trouxe a imagem peregrina de Nossa Senhora de Nazaré e entregou-a a Dom Alberto, que a conduziu ao altar, seguindo-

IPAR disponibiliza cartilha da CF 2017 O I n s t i t u t o d e Pa s t o r a l Regional (IPAR) informa que já está disponivel, a preço acessível, a cartilha da Campanha da Fraternidade 2017, cujo tema “Fraternidade: biomas brasileiros e defesa da vida”. O material apresenta cinco encontros, via sacra, oração e cantos da CF. Os interessados podem solicitá-la pelo e-mail: iparcnbb2@gmail.com. Informações: (91) 3238-1555. Além de abordar a realidade dos biomas brasileiros e as pessoas que neles moram, a Campanha deseja despertar as famílias, comunidades e pessoas de boa vontade para o cuidado e o cultivo

da Casa Comum. Para ajudar nas reflexões sobre a temática são propostos subsídios, dos quais o texto-base o principal. Dividido em quatro capítulos, a partir do método ver, julgar e agir, ele aborda os biomas existentes, suas características e contribuições eclesiais. Também traz reflexões sobre os biomas e os povos originários, sob a perspectiva de São João Paulo II, Bento XVI e o papa Francisco. Ao final, são apresentados os objetivos permanentes da Campanha, os temas anteriores e os gestos concretos previstos durante a de 2017.

Segunda parte

YOUCAT

Como celebramos os mistérios cristãos segunda seção CAPÍTULO QUARTO

Outras Celebrações Litúrgicas

O

Jornal Voz de Nazaré segue os estudos sobre o YOUCAT Catecismo da Igreja Católica escrito para JOVENS que querem saber em que acreditam. Este projeto iniciou ocasião da Jornada Mundial da Juventude Rio 2013.

5

274

- Em que medida é importante a chamada ‘Piedade Popular’?

“A piedade popular que se expressa na veneração de relíquias, assim como em procissões, peregrinações e devoções, é uma importante forma de inculturação da fé, que é boa enquanto for eclesial, isto é, enquanto conduz a Cristo

e não requer merecer o céu através das obras, passando ao lado da graça de Deus.” [1673].

RELÍQUIA (lat. relictum = resto) “As relíquias são restos dos santos, assim como objetos que eles utilizaram durante a sua vida.

se a oração de Consagração a Nossa Senhora de Nazaré. Depois do que, o referido casal levou-a de volta à Basílica Santuário.Antes de se retirar, Dom Alberto cumprimentou a assembléia e agradeceu a presença de todos.

Ministério da Caridade planeja ações para 2017 O m inis tério da Ca ridad e da A rq u i d i o c e s e d e B e l é m e s t a r á reunido, no dia 24 de Janeiro, na Cúria Metropolitana, com a participação dos coordenadores das pastorais sociais atuantes nas paróquias. O objetivo desse encontro é planejar as atividades do ano, bem como promover a troca de experiências e avaliar os eventos realizados em 2016. Um dos destaques do planejamento é a Assembleia Arquidiocesana de Pastoral, a acontecer de 9 a 15 de novembro, com o tema “Evangelizar: graça, vocação e identidade da Igreja”. O Ministério da Caridade faz o intercâmbio entre as diversas p a s t o ra i s e o s o rg a n i s m o s q u e atuam nas paróquias com ações especificas em defesa da vida, como as Pastorais do Enfermo, Carcerária, do Menor, do Idoso, dos Surdos, da Criança, a Comissão de Justiça e Paz, a Cáritas, a DST/AIDS, Missão Belém, Instituto de desenvolvimento Humano (IDHI) e Campanha da Fraternidade. Essas pastorais estão vinculadas à área social da Igreja, para o auxilio às pessoas ‘excluídas’ socialmente, afim de reintegra-las aos valores cristão e social. A reunião entre os coordenadores acontece mensalmente na Cúria.

Serviço As Pastorais interessadas em par ticipar do Ministério da Caridade basta procurar a Cúria Metropolitana, localizada na Avenida Governador José Malcher, Nº 915, Bairro Nazaré - Telefone: (91) 3215-7001.


6

belém, De 20 a 26 de janeiro de 2017

Igreja A

comunidade paroquial Santa Inês, pertencente à Paróquia de Nossa Senhora das Graças, em Ananindeua, celebra mais uma edição da festividade em honra a sua padroeira no período de 19 a 22 de janeiro, com o tema “Com Maria, Santa Inês nos ensina a contemplar e viver o mistério da misericórdia”. Antecedendo a festividade ocorreram as peregrinações, de 3 a 17, programação de evangelização nas famílias. Na abertura da festividade houve celebração da Palavra, em seguida os fiéis irão participaram da formação que teve como tema “Ser igreja, conhecer e viver o Evangelho”. No dia 20, a temática apresentada foi “Catequese na família e desafios e valores na sociedade atual”, ambas serão ministradas pelo casal Neilton Tapajós e Magnólia Fernandes. No dia 21 haverá um jantar festivo a partir das 17h; este evento será para arrecadar donativos em beneficio da reforma da capela. Finalizando a programação desse dia apresentação musical do ‘Grupo Perplexidade’. O encerramento será no dia 22, às 18h, com a procissão luminosa que sairá do Condomínio Anunciação, em direção até a capela; em seguida haverá a celebração eucarística de encerramento presidida pelo Padre José Francisco Ribeiro, vigário paroquial. Em mensagem Padre João da Silva Mendonça

2º Caderno devoção

Comunidade Santa Inês realiza festividade em Ananindeua

Programação com jantar, atração musical e procissão luminosa fotos: divulgação

w Comunidade Santa Inês em festividade, fiés vivenciam momentos de espiritualidade

Filho, cita que “este ano será marcante para igreja no Brasil, proclamado pelo Papa Francisco, vamos vivenciar o ano mariano em que se fará a lembrança dos 300 anos do achado da imagem de Nossa Senhora Aparecida e, também em Portugal irá se comemora os 100 anos das aparições de Nossa Senhora de Fátima. Esse período será de grande reflexão sobre a importância de Maria para nós cristãos”.

Histórico A comunidade Santa Inês iniciou com as Santa Missões Populares em 1993, na Igreja de Nossa Senhora da Graças e em suas comunidades. O pároco, Padre Mario Luis Mosconi, na época que conduziu as missões naquela área de Ananindeua, foi até a coordenadora e solicitou a ela o nome da capela, como já havia o centro comunitário que tinha o nome da padroeira se permaneceu o

mesmo. E assim foi fundada a capela, que atualmente é composta pelas pastorais do dízimo e catequese e, ainda, um grupo de oração que se reúne de segunda a sábado. Santa Inês Santa Inês foi uma jovem que viveu no ano de 304 em Roma, um tempo difícil para aqueles que se consideravam cristãos, pois havia perseguição e martírio. Sendo muito bonita e de família nobre

em Roma, Inês era muito cobiçada, seu casamento foi arranjado aos 13 anos com um jovem também de família rica chamado Fúlvio, porém sendo educada deste pequena na fé cristã ensinada por sua babá, ela não aceitou porque já havia se consagrado a Deus dedicando-se a fazer caridade aos mais necessitados, sendo assim seu noivo fez a denuncia ao império Romano e Inês foi presa. O prefeito da época em Roma queria obrigá-la a adorar a Deusa do fogo, porém ela se recusou, sendo assim ela foi condenada a vários castigos de tortura, mas nada afetava seu corpo pela gloria de Deus através de suas orações. O prefeito de Roma na época ficava indignado pelo fato da jovem não sofrer nada com os castigos, e por ela não renuncia sua fé em Jesus Cristo e então ela foi condenada a morte.

Serviço A Comunidade Santa Inês fica localizada na BR - 316 Km 8, Rua Aspa, Passagem Cândida de Souza, S/N, Ananindeua.

Escola Papa Francisco há 18 anos na formação de jovens

É

na Escola de Comunicação Papa Francisco que jovens e adultos têm a vida transformada através do curso técnico de rádio e televisão oferecido pela instituição. Há 18 anos a escola oferece ensino gratuito na área de comunicação, encaminhando jovens para o mercado de trabalho. Mantida pela ONG Missão Friuli Amazônia, a escola é a única a oferecer ensino técnico de rádio e televisão no Estado do Pará, nesse período já profissionalizou mais de 600 pessoas. O curso com duração de um ano é dividido em dois módulos, rádio e televisão, onde os alunos aprendem noções de cinegrafia, edição, produção, locução, sonoplastia, criação publicitária, web, e n t re o u t ro s . O c u r s o é regulamentado pelo Conselho Estadual de Educação do Pará (CEE/ PA) desde 2004, alcançando a nota máxima e atendendo a todas as exigências. Por ser um curso técnico os alunos colocam em prática o que aprendem em sala de aula. O corpo docente é formado por profissionais da área da comunicação. O editor multimídia Vitor Magno em 2009 foi um dos alunos do curso técnico em

w uma das muitas turmas já formadas pela Escola de Comunicação Papa Francisco

rádio televisão e impresso; na época o curso funcionava no espaço cedido pelo Pontifício Instituto das Missões para o Exterior (PIME), localizado na Rua Padre Prudêncio, próximo a Igreja Nossa Senhora do Rosário. Com o término do curso o aluno virou profissional, iniciou e concluiu graduação na área da saúde, mas a paixão pela comunicação seguiu junto. Contratado por uma emissora de TV de Belém reconhece o que adquiriu em sala de aula: “Tive contato com vários profissionais que contribuíram para minha formação. A escola dá uma nova perspectiva para a pessoa, seja ela na vida pessoal e na vida profissional”. A vice-diretora da Missão Fr i u l i A m a z ô n i a , Ve ra Arruda, colaboradora desde a fundação, fica satisfeita de saber do progresso dos alunos: “Eu vejo que a gente conseguiu com muito esforço transformar o curso no que ele é e representa

hoje. É um curso prático ao saírem daqui saem com novas perspectivas, muitos se sentem instigados de fazer um curso superior na área da comunicação e já saem na frente de muitos. É muito bom saber que existe um vínculo dos alunos com o curso é comum muitos virem aqui pra dizer que estão na universidade, que estão trabalhando ou que estão pondo em prática o que aprenderam dentro da Pascom das sua paróquias, é gratificante, não tem preço”. curso de mosaicos

Em fevereiro a Escola abre inscrições para um novo curso que será ofertado: construção de mosaicos com o mestre italiano William Bertola. O curso inédito será distribuído em duas turmas, uma para jovens carentes, que poderão aprender uma nova profissão e a outra turma destinada para profissionais da área interessados em se aprofundar

nos conhecimentos dos mosaicos. As inscrições para os jovens serão gratuitas, enquanto para os profissionais da área, como artistas, arquiteto e engenheiros, o curso será pago. Missão Friuli Amazônia

Em Belém, a ONG Missão Friuli Amazônia iniciou as atividades em 1998, com cursos de comunicação em nível básico realizados nas paróquias com o objetivo de dar a jovens e adultos da periferia a oportunidade de obter qualificação e colocação na sociedade e no mercado de trabalho. Em 2005, passou a conferir aos seus alunos o grau de técnico em comunicação com habilitação em rádio e TV. Em 2013, foi inaugurada a Escola de Comunicação Papa Francisco. O espaço próprio fruto de doação é estruturado com sala de aula, biblioteca, copa e laboratório

em estilo redação de rádio/ TV, entre outros espaços de convivência, oferecendo aos alunos maior estrutura física e comodidade. A ONG Missão Friuli Amazônia, bem como a Escola Papa Francisco, tem como diretor-presidente o Padre Claudio Pighin, missionário do Pontifício Instituto das Missões para o Exterior (PIME), que conta com o apoio de empresários e pessoas que acreditam na missão de ajudar o próximo.

Serviço A Escola de Comunicação Papa Francisco está com as inscrições abertas para o processo seletivo 2017 para novos alunos do Curso Técnico em C o m u n i c a ç ã o Rá d i o e Televisão até o dia 20 deste mês. Este ano será ofertado 35 vagas exclusivamente para jovens e adultos que concluíram o ensino médio e que são de baixa renda, oriundos de escolas públicas e/ou escolas particulares na condição de bolsistas integrais ou parciais. Informações pelo telefone (91) 3355 4415 e 909886 4923.


belém, De 20 a 26 de janeiro de 2017

Arquidiocese

2º Caderno

O

jubileu de 70 anos de fundação da Paróquia Nossa Senhora da Conceição, situada no Bairro da Cidade Velha, será comemorado com em uma solene cerimônia de ação de graças no dia 26 de janeiro, às 19h. “70 anos evangelizando na alegria e na misericórdia, e lema: “Vinde, vede e tempo da graça”, foi a temática escolhida para a reflexão durante a liturgia. Em comemoração aos 70 anos da paróquia, no mês de fevereiro próximo, serão instalados os vitrais que irão compor a fachada da nova Igreja. Em preparação para esse momento importante da paróquia foi estabelecido o ano jubilar, que ocorre de 26 de janeiro de 2016 até 26 de janeiro de 2017. Todo dia 26 de cada mês, as celebrações eucarísticas estarão voltadas para o resgate de lembranças e acontecimentos que marcaram os 70 anos de existência da paróquia. Durante este período também será proporcionado aos paroquianos encontros, espiritualidades, formações missionárias e, ainda, mutirão de visitas familiares, como forma de convidar a

7

ano jubilar

Paróquia Nossa Senhora da Conceição completa 70 anos

Paróquia completa sete décadas evangelizando na alegria e na misericórdia fotos: divulgação

após haverá Santa Missa e depois palestras que irão refletir sobre o aniversario da paróquia. No dia 26 a celebração eucarística será às 19h, presidida pelo pároco, Padre Adailson Oliveira e outros padres convidados a co–celebrar. Após a missa, arraial movimenta a área paroquial com vendas de comidas típicas e shows culturais. Encerrado a noite, haverá uma grande queima de fogos, abrilhantando ainda mais esta noite festiva.

Serviço w Vitrais vão compor nova fachada, em fevereiro a paróquia completa sete décadas

comunidade para se vivenciar esse tempo da graça de Deus. Nos dias 23, 24 e 25 de

Janeiro haverá terço da alvorada que percorrerá as ruas ao redor da área

paroquial; às 19h haverá um tríduo celebrativo com oficio da imaculada, às 18h e logo

A Paróquia fica localizada na Rua Cesário Alvim, 565, Bairro Cidade Velha. Telefone (91) 32226655.

Histórico da paróquia

w Paróquia16 forças vivas: pastorais, grupos, serviços e movimentos

Trabalho social Dedicação do e evangelizador novo templo A paróquia está dívida em 11 áreas de missão, na qual os missionários do projeto Igreja de Belém em Missão, realizam um trabalho em proximidade com os paroquianos, evangelizado por meio de encontros de oração, novenas, terços, missas de rua e tantas, entre outras atividades. Também a evangelização nas famílias ganhou novo ar, com a reimplantação do ECC (Encontro de Casais com Cristo) Pastorais e movimentos de serviço Atualmente a paróquia conta com 16 forças vivas, entre pastorais, grupos, serviços e movimentos. Pastorais: Liturgia, Catequese, Dizimo e Pessoa Idosa. Grupos, movimentos e serviços: Guarda de Nossa Senhora, Terço dos Homens, Apostolado da Oração, Ministério Vozes da Imaculada, Ministros Extraordinários da Sagrada Eucaristia, Servidores do Altar, Grupo de Jovens, Infância e Adolescência Missionária, Vicentinos, ECC, Evangeliarte e Áreas Missionárias.

Em 02 de Fevereiro de 2013, Dom Alberto Taveira Corrêa, Arcebispo da Arquidiocese de Belém, presidiu a celebração de dedicação do novo templo da Igreja. A Igreja atual, projetada pelo arquiteto Claúdio Pastro. A atual edificação conta de três edificações, sendo a capela do batismo, a Igreja e o edifício da torre, em alusão a passagem da transfiguração, “Mestre, é bom estarmos aqui. Vamos fazer três tendas...” (Mt 17,4). Em abril de 2013, tomou posse como 7º pároco, o Padre Adailson Oliveira da Silva, que permanece até os dias atuais. Em 29 de Setembro de 2013, em Santa Missa presidida por Dom Alberto Taveira, foi instituído o Brasão de Armas Paroquial. Em 19 de outubro de 2014, foram instalados os novos sinos, sob o patrocínio dos Santos Arcanjos, completando a obra do edifício da torre. Também em comemoração aos 70 anos da paróquia, no mês de fevereiro próximo, serão instalados os Vitrais que irão compor a fachada da nova Igreja.

A origem da paróquia vem a partir da Sociedade Beneficente Monte Alegre, quando um grupo de senhoras se reunia para a oração do terço e que tinham como padroeira Nossa Senhora da Conceição. A paróquia foi criada em 26 de janeiro de 1947, desmembrada do Curato da Sé, por Dom Mário de Miranda Vilas Boas, com sede provisória na Travessa Monte Alegre, e tendo como primeiro pároco Padre Hélio Alves. Em 8 de dezembro de 1947, foi celebrada a primeira missa na igreja definitiva, no antigo largo do ladrão, Praça Veiga Cabral (atual endereço), construída no terreno doado

pelo então governador da época, Major Manoel Magalhães Barata. De 1952 a 1957, passaram pela paróquia os seguintes párocos: Padre José Bonifácio Tocantins de 1952 a 1953, Padre Manoel Teixeira de Sousa de 1953 a 1955, Padre Paulo de Assunção Leite de 1955 à 1964, Padre Lisbino Garcia do Carmo de 1964 a 1975, Cônego David Gonzaga Laredo de 1975 a 2013. No Ano de 1983 foi concluída a obra da segunda Igreja Matriz. Em 21 de Novembro de 2006, Dom Orani João Tempesta lançou a pedra fundamental para a construção da terceira Igreja Matriz.

w celebração de dedicação do novo templo da Igreja, em 2013


8

belém, De 20 a 26 de janeiro de 2017

Em Nazaré

2º Caderno fotos: divulgação

nova coordenação

Mojuvena realiza retiro interno Espiritualidade e eleição da nova coordenação Nos dias 13,14 e 15 o Movimento da Juventude Nazarena (Mojuvena), o primeiro grupo de jovens da Paróquia de Nazaré, realizou o seu primeiro retiro interno do ano. O momento além de objetivar confraternizar os integrantes e leva-los para um momento de intimidade com i Espírito Santo, também objetivou eleger a nova coordenação do grupo. O Retiro aconteceu na

comunidade Kerygma, que serviu e preparou o encontro para os jovens. O retiro contou com a participação do Padre Rafael Brito, da Paróquia de São Judas Tadeu e do Padre Francisco Saraiva, diretor espiritual dos jovens. Padre Saraiva, como é conhecido, foi quem presidiu o momento de votação e escolha da nova coordenação que elegeu Rubenval Júnior, Vicente Belisário e Kayth

w momento de espiritualidade e confraternização dos jovens

Rejane como coordenadores. O Mojuvena conta com encontros semanais, espiritualidade e um comprometimento pela fé,

evangelização e contribuição social. A sede do grupo fica no subsolo da Basílica Santuário de Nazaré e está sempre de portas abertas para todos.

Renovação de votos matrimoniais - 10 anos de Casamento Comunitário A Pastoral Familiar da Basílica Santuário de Nazaré está celebrando 10 anos de evangelização em prol da família. Com o intuito de confraternizar e render graças ao sucesso do projeto que uniu em Cristo cerca de 500 casais, a Pastoral

convida todos os casais que participaram desde o primeiro casamento para a Renovação das Promessas do Matrimônio. Essa é a primeira vez que a Pastoral irá renovar as promessas do Matrimônio desses casais e segundo

explicou Marcio Miranda, que junto com sua esposa Andreia, fazem parte da coordenação da mesma, essa foi uma ideia do Pároco de Nazaré, Padre Giovanni Incampo. “A ideia partiu do padre Giovanni Incampo para fortalecer os laços dos

casais e celebrar os 10 anos da Pastoral que foi celebrado no dia 8 de dezembro de 2016”, disse Marcio Miranda.

A celebração de Renovação das Promessas acontecerá no dia 28 de janeiro, às 19h, na Basílica Santuário de Nazaré.

Basílica Santuário segue com parceria solidária

Pastur reliza primeiro encontro de formação em 2017 No dia 17 de janeiro aconteceu o primeiro encontro de formação de 2017 da Pastoral do Turismo da Paróquia de Nazaré, contando com a presença de Dom Irineu, Bispo Auxiliar de Belém e referencial da Pastoral do Turismo Nacional junto a CNBB. Os estudos baseiam-se no subsídio de orientação elaborado pela Pastoral e também nas experiências do Encontro Nacional do ano passado. A proposta é a realização mensal de reuniões de formação como esta.

A Basílica Santuário de Nazaré lançou essa semana uma parceria solidaria. Ao adquirir uma agenda do Santuário de Nazaré a pessoa colabora com o Cantinho São Rafael. São dois modelos de agenda, à venda é com exclusividade na Loja Lírio Mimoso (Anexo da Basílica Santuário de Nazaré). O Cantinho São Rafael é uma das obras assistenciais mantida pelas Obras Sociais da Paróquia de Nazaré. Localizado em Ananindeua, Região Metropolitana de Belém, a instituição atende mais de 200 crianças em situação de vulnerabilidade social e sua estrutura necessita urgente de reformas.

Mensagem do papa para o Dia Mundial das Comunicações Sociais

O

Vaticano publica na véspera da festa litúrgica de São Francisco de Sales, padroeiro dos jornalistas, em 24 de janeiro, a mensagem do Papa para o Dia Mundial das Comunicações Sociais 2017, que apresenta como temática “Não tenhas medo, que Eu estou contigo» (Is 43,5). Comunicar esperança e confiança no nosso tempo”. Esse é o 51º dia dedicado pela Igreja aos meios de comunicação que será celebrado em 28 de maio próximo. O tema foi divulgado em setembro passado. Num comunicado sobre o tema, a Secretaria para a Comunicação destaca que “anestesiar a consciência ou deixar-se levar pelo desespero são duas doenças possíveis às quais o sistema de comunicação atual pode levar. É possível que a consciência se cauterize, como re c o rd a o Pa p a Fra n c i s c o n a Laudato si’, pelo fato de muitas vezes profissionais, comentaristas e meios de comunicação trabalhar em áreas urbanas distantes dos lugares de pobreza e necessidades, vivendo uma distância física que muitas vezes

leva a ignorar a complexidade dos problemas de homens e mulheres”. Confiança e esperança

“É possível o desespero quando a comunicação se torna às vezes estratégia de construção de perigos e medos iminentes. Mas no meio deste murmúrio se houve um sussurro: Não tenhas medo, que Eu estou contigo. Em seu Filho, Deus se solidarizou com toda a situação humana e revelou que não estamos sozinhos, porque temos um Pai que não se esquece dos próprios filhos. Quem vive unido a Cristo, descobre que as trevas e a morte se tornam lugar de comunhão c o m a l u z e a v id a . E m to d o acontecimento busca descobrir o que acontece entre Deus e a humanidade, para reconhecer como Ele, através do cenário dramático deste mundo, está escrevendo a história de salvação.” “Nós cristãos temos uma boa notícia para contar, porque contemplamos com confiança o horizonte do Reino. O tema do próximo Dia Mundial das Comunicações Sociais é um convite

w Dia Mundial das Comunicações Sociais foi criado em 1966

a contar a história do mundo e as histórias de homens e mulheres, segundo a lógica da Boa Nova que recorda que Deus nunca renuncia a ser Pai, em nenhuma situação e em relação a toda pessoa. Aprendamos a comunicar confiança e esperança na história”, conclui o comunicado da Secretaria para a Comunicação. Decreto Inter Mirifica

Com a finalidade de levar adiante a atenção-ação nesse importante setor da comunicação, e lembrando o reconhecimento que o decreto Inter Mirifica (do Concílio Vaticano II) externara sobre a importância da comunicação, o Papa Paulo VI, criou,

em 1964, através do documento In fructibus multis, a Pontifícia Comissão para as Comunicações Sociais, hoje faz parte da Secretaria para a Comunicação com a finalidade de coordenar e estimular a realização das propostas dos Padres Conciliares. Assim, em 1966, foi criado o Dia Mundial das Comunicações Sociais, com a aprovação do Sumo Pontífice. E no dia 7 de maio de 1967 celebrou-se pela primeira vez, no mundo inteiro, o Dia Mundial das Comunicações Sociais. O Dia Mundial das Comunicações Sociais será celebrado no domingo que antecede a Solenidade de Pentecostes.


belém, De 20 a 26 de janeiro de 2017

9

Em Nazaré

2º Caderno acolhida

Congregação Barnabita recebeu dois novos padres e dois noviços

fotos: divulgação

Programação aconteceu em Benevides e São Miguel do Guamá no último final de semana

O

final de semana foi cheio de bênçãos para a Congregação dos Clérigos Regulares de São Paulo, os Padres Barnabitas. Na sexta-feira, 13, e sábado, 14, celebrações marcaram O momento festivo. Na sexta, em Benevides, André Patrick Cardoso do Nascimento e Josué de Sousa Bosco professaram votos simples, ingressando oficialmente n o p e r í o d o q u e c o m p re e n d e ao noviciado na Ordem. Já no sábado, em São Miguel do Guamá, Francisco Maria Cavalcante Júnior e Rosinei Maria de Souza foram ordenados padres.

w Ladainha de Todos os Santos momento da prostração pedindo a intercessão dos eleitos da Igreja

Noviços A profissão de votos é a conclusão da primeira etapa do processo de formação presbiteral. Pelos primeiros votos, que são temporários, os professos se comprometem com a castidade, pobreza e obediência. A cerimônia de profissão aconteceu durante a Santa Missa na capela da Casa de Retiros Nossa Senhora Mãe da Divina Providência, em Benevides (espaço do Seminário Barnabita), como parte da programação do retiro espiritual que reúne os padres da Província Norte da congregação, que acontece desde a última segunda-feira no local. A celebração, que contou com familiares dos noviços e alguns convidados, foi presidida por Padre Filippo Lovison, assistente geral e procurador geral da Ordem religiosa, acompanhado pelos demais padres e diáconos barnabitas. Durante o rito Padre Felippo comentou que jovens como André e Josué são a esperança não apenas para a congregação, mas para a própria Igreja “que conta com pessoas que possam se predispor a aceitar sua vocação”, e prosseguiu com uma conhecida frase do fundador dos Barnabitas, Santo Antônio Maria Zaccaria: “Corram como loucos de amor a Deus e ao próximo e não sejais menores que a vocação para a qual fostes chamados. Sobre vós o Crucificado estende suas mãos de misericórdia”, completou. N a c e l e b ra ç ã o t a m b é m f o i lembrada a passagem do aniversário natalício de padre José Adelson Ra m o s M e rc ê s , c o m e m o ra d a também na mesma data. Os neo professos, a partir de agora, assim como o fundador da congregação e todos os demais confrades, passam a adotar em seus nomes o nome Maria, como reza a tradição. Eles permanecerão durante os próximos dias junto a seus familiares e no mês de fevereiro seguem para Santiago, no Chile, juntamente com mais quatro noviços.

w Os noviços André Cardoso e Josué Bosco acompanhados por demais religiosos da congregação

Ordenação sacerdotal O Santuário de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, em São Miguel do Guamá, ficou lotado para a celebração presidida pelo Bispo da Diocese de Bragança, Dom Jesus Maria Cizaurre B e rd o n c e s , a c o m p a n h a d o p e l o assistente geral e procurador geral da Congregação dos Clérigos Regulares de São Paulo (Barnabitas), Padre Filippo Lovison e diversos padres da Província Norte dos Barnabitas. Além deles, estavam presentes também sacerdotes diocesanos que trabalham em São Miguel do Guamá e municípios próximos. Participaram da celebração centenas de fiéis do município e também das cidades de origem dos ordenandos, além de religiosas das diversas congregações que atuam na Diocese de Bragança. Ao final da Santa Missa, Padre Rosinei agradeceu em seu nome e em nome de

Padre Francisco, lembrando de todos os que os acolheram na Congregação e puderam participar do seu processo de formação. “Queremos agradecer, em especial, ao Padre Giovanni Incampo, que na época era provincial da congregação e nos recebeu no Seminário Mãe da Divina Providência. E junto com ele, Padre José Ramos, que nos acompanhou e até hoje nos acompanha como nosso provincial e aos demais sacerdotes e também às religiosas das diversas congregações aqui presentes. Nosso muito obrigado ainda aos nossos familiares por fazerem parte desta grandiosa festa”, disse o neo presbítero. Após a bênção final o gesto de beijar as mãos dos neo sacerdotes foi bastante concorrido. De acordo com a tradição da Igreja, o ato traz bênçãos especiais àqueles que o realizam.

Perfil Padre Francisco Maria Cavalcante Júnior tem 29 anos e ingressou no seminário aos 19 anos de idade. O religioso, que é natural do município de Capitão Poço, deve permanecer no Seminário Barnabita colaborando com a formação dos integrantes da casa. Padre Rosinei Maria de Souza tem 31 anos, natural de Tomé-Açu, e deve permanecer em São Miguel do Guamá, na Paróquia São Miguel Arcanjo.


10

belém, De 20 a 26 de janeiro de 2017

Igreja

2º Caderno fotos: divulgação

devoção

Homenagens a São Sebastião em municípios paraenses

Distintos municípios do Pará festejam o padroeiro

D

evotos de São Sebastião celebram o santo no dia 20. Ele é considerado defensor da Igreja. Em vários lugares do Brasil têm-no como padroeiro Brasil e nesse

dia aí ocorrem programações em sua honra. No Pará vários municípios prestam-lhe homenagens, destacando-se Belém, Santa Bárbara, São Sebastião da Boa Vista e Igarapé Açu.

São Sebastião da Boa Vista, no Marajó A Paróquia de São Sebastião da Boa Vista, no município com o mesmo nome, na Ilha do Marajó, festeja desde o dia 10 deste mês o seu padroeiro, com o tema “Sejam Santos como o vosso Pai Celeste é Santo”. A programação litúrgica e cultural iniciou-se oficialmente com o círio fluvial, quando sua imagem foi transladada da comunidade de São Francisco, na ilha da Jararaca, até a matriz da paróquia, na zona urbana, com expressiva entusiastica participação popular durante todo o trajeto. À chegada a imagem foi recepcionada com fogos. Em seguida Dom Teodoro Mendes, Bispo de Pontas de Pedra, presidiu a Santa Missa, concelebrada pelo pároco, pe. Manoel Tadeu Pimentel. No dia da festa liturgica, além da procissão no entorno da matriz, duas celebrações eucarísticas, ambas presididas por Dom José Maria Chaves dos Reis, Bispo da Diocese de Abaetetuba. A primeira, às 7h30, à chegada da procissão, e a outra, às 19h, no encerramento. Ao longo da programação, ocorrem o terço da misericórdia, às 12h, e o mariano, às 18h. Confissões diariamente, a partir das 17h, e Santas Missas, às 19h30, presididas por padres convidados. Após as celebrações, apresentações culturais.

Em Belém a programação concentra-se na Sacramenta A Paróquia de São Sebastião, no Bairro da Sacramenta, iniciou programação no dia 13, com o tema “São Sebastião, defensor da Igreja, ajudai-nos a cultivar e guardar a criação”. No dia do padroeiro, 20, acontecem três celebrações. A das 7h será presidida pelo Padre Pedro Diocrésio Francisco; a das 9h, pelo Cônego Joel Lopes de Oliveira e a das 19h, por Dom Irineu Roman, Bispo Auxiliar de Belém. À tarde haverá a procissão com a imagem do padroeiro, de um Shopping, na Avenida Senador Lemos até a matriz. Encerramento da festividade: domingo, 22.

w procissão percorre entorno da matriz

Em Igarapé-Açu honras ao padroeiro do município Em Igarapé- Açu, Nordes te do Pará, a festividade de São Sebastião, padroeiro do município, ocorre de 13 a 22, com o tema “São Sebastião, rogai por nós, para que nossas famílias vivam o amor e a alegria”. Na sextafeira, 13, centenas de devotos homenagearam o padroeiro, com o levantamento do mastro, tradição de 123 anos. O povo foi à floresta em w mastro em Igarapé-Açu: tradição de fé de 123 anos busca de uma árvore cujo tronco desse um bom mastro. decorado com folhas, frutos e homens até a frente da matriz , Abençoado pelo pároco, ele foi flores e levado nos ombros por onde foi erguido.

w levantamento do mastro na Sacramenta

Em Santa Bárbara do Pará acontece tradicional festividade

w SANTA Bárbara: procissão com a imagem

Em Santa Bárbara do Pará, n a Re g i ã o M e t ro p o l i t a n a , o padroeiro da cidade será venerado com grande festa. Com o tema “Com São Sebastião busquemos nossa Fé em Jesus”, a festividade começou dia 11 e termina dia 22, com o círio, de número 86. Diariamente, Missa, às 19h, seguida da programação cultural no arraial paroquial. Um dos momentos mais aguardados pelos fiéis é a procissão de levantamento

e der r ubamento do mas tro dedicado ao glorioso São S e b a s t i ã o . E m re l a ç ã o à escolha do tema deste ano, o pároco, Padre Edinaldo Duarte, afirma que objetiva refletir sobre a intolerância religiosa: “Em pleno século XXI encontramos irmãos e irmãs nossos que são mortos em tantos países. Outros têm seus direitos civis cassados por serem cristãos, outros são condenados à prisão ou à morte por sua fé em Jesus. São fatos

atuais, que encontramos em nossos noticiários. O martírio nos chama a atenção para a fé, para a doação da vida, para a convicção, para a coerência entre fé e vida, entre a palavra e o testemunho. Vivenciar a radicalidade, aquilo que se acredita. São Sebastião nos dá o exemplo ao demonstrar que a fé não é apenas uma profissão verbal de verdades dogmáticas, mas uma maneira nova de viver, uma ação de amor a cada dia”.


belém, De 20 a 26 de janeiro de 2017

11

Arquidiocese

2º Caderno

fotos: divulgação

w POSSE do cônego José Gonçalo na paróquia da Santissima Trindade

N

este início de ano as paróquias da Arquidiocese de Belém se movimentam com as mudanças de seus titulares. Desde o dia 1º de janeiro as provisões, assinadas em comunicado pelo Arcebispo Metropolitano, Dom Alberto Taveira Corrêa, indicam os sacerdotes que a partir de agora mudarão de paróquia. Na última semana, as paróquias de Santa Rosa de Lima, São Pio X, Santíssima Trindade e Nossa Senhora do Bom Remédio acolheram seus novos pastores. A s i n ve s t i d u ra s d o s c a rg o s aconteceram em Missas solene presididas pelo Arcebispo de Belém, Dom Alberto, concelebradas por seu Auxiliar, Dom Irineu Roman. Dos bispos os novos párocos receberam a estola roxa, a pia batismal e as chaves do sacrário e da igreja, simbolizando a nova missão a eles confiada.

w posse do Pe. Francisco como paróco de São Raimundo Nonato

mudanças

Novos párocos tomaram posse na última semana

Investidura dos cargos aconteceu com Missa solene Padre Glaucon de Oliveira Feitosa como seu novo pároco. A celebração de posse do novo titular foi presidida pelo Bispo Auxiliar de Belém, Dom Irineu Roman. Estiveram presentes os Cônegos Jayme Pereira e José Luiz Alves Fernandes e alguns diáconos. Para Pe. Glaucon, a proximidade com o Seminário São Pio X e a Faculdade Católica traz uma particularidade à paróquia: “Há aqui um movimento característico às margens da BR-316, com muito viajantes vindo até a Matriz. Teremos a oportunidade de crescer na ação evangelizadora”.

Paróquia DE Santa Rosa de Lima, em Benevides

Em Benevides, região metropolitana de Belém, na Paróquia Santa Rosa de Lima, realizou-se no dia 13 a posse do Padre Leonardo Bonze, com celebração presidida por Dom Alberto. Em sua homilia, o Arcebispo disse que “o padre deve ser aquela pessoa que prega a Palavra de Deus, deve ser a pessoa que santifica o povo e deve ser aquele homem que cria a comunidade, que aproxima as pessoas umas das outras, cria amizade e fraternidade”. O novo titular de Santa Rosa de Lima presidiu sua primeira missa como pároco no dia 14.

w côn. José Luiz Fernandes toma posse da paróquia do Bom Remédio

Paróquia de São Raimundo Nonato

Dom Irineu Roman presidiu no dia 13 a missa de posse na Paróquia São Raimundo Nonato, no Umarizal, do Padre Francisco Ivo Sousa, CM, que substitui o antigo pároco, Padre Antônio de Assis da Silva, CM, também da Congregação de Missão, dos padres lazaristas, responsável pela administração da paróquia. O novo pároco até então estava em Novo Repartimento, interior do Pará, na Paróquia São Francisco de Assis, onde iria completar cinco anos em abril deste ano. Esta é a segunda paróquia que Padre Francisco assume e, para a nova missão, sente-se motivado: “Vim para trabalhar em prol da coletividade e da unidade da paróquia. Haverá um grande desafio, pois minha antiga paróquia era em centro rural e agora no centro urbano é uma nova realidade. Mas sinto um grande apoio da comunidade para o trabalho que seguirá agora”.

w pe. glauco, com Dom Irineu e membros do clero, em sua posse

Paróquia de São Pio X

No dia 14, a Paróquia de São Pio X, situada na BR-316, acolheu o

w dom alberto empossa Pe. Leonardo, paróco de Santa Rosa de Lima

Santíssima Trindade

No domingo, 15, a Igreja da Santíssima Trindade, na Campina, durante a celebração presidida pelo Arcebispo Metropolitano, os paroquianos tiveram a oportunidade de acolher o Cônego José Gonçalo Vieira, que por 18 anos esteve à frente do Curato da Sé. Na missa solene de investidura estavam os vigários gerais da Arquidiocese, monsenhores Marcelino Ferreira e Raimundo Possidônio (Cid), o Cônego Ronaldo Menezes e os padres Roberto Emílio Cavalli Júnior e Plínio Pacheco, além de diáconos arquidiocesanos. Paróquia de Nossa Senhora do Bom Remédio

Também no dia 15, houve a investidura no cargo de pároco do Cônego José Luiz Fernandes, na Paróquia Nossa Senhora do Bom Remédio, no Conjunto Satélite, presidida por Dom Irineu Roman. O Cônego José Luiz, de 46 anos, que assume a sua terceira paróquia, passou três anos como titular na Paróquia São Pio X e pretende animar ainda mais a nova paróquia: “Sinto-me confiante, com muita esperança. Vamos juntos buscar conservar e fortalecer as pastorais e fortalecer as formações”. Para novas expectativas, Cônego José Luiz pensa em implantar novas ações: “A paróquia é bem estruturada pastoralmente. Depois de me reunir com lideranças e movimentos, espero realizar um bom trabalho envolvendo a juventude".


12

belém, De 20 a 26 de janeiro de 2017

Igreja

2º Caderno

terceira idade

Pão de Santo Antônio comemora 87 anos Dom Alberto presidiu Missa no aniversário da instituição

N

o dia 13 a instituição filantrópica para permanência de idosos, Casa Pão de Santo Antônio, situada no bairro do Guamá, completou 87 anos de fundação. Nesse dia, uma celebração eucarística marcou a data, sendo presidida pelo Arcebispo Metropolitano, Dom Alberto Taveira Corrêa, e concelebrada por Cônego Vladian Alves. A Santa Missa reuniu idosos atendidos pela instituição e sua diretoria. Com capacidade para atender a 120 idosos, o Pão de Santo Antônio conta com casarões e chalés independentes. Na casa de permanência, os anciãos são assistidos por terapeuta, enfermeiros, fisioterapeutas, assistente social, nutricionista e cuidadores. Recebem também alimentação completa e participam de atividades lúdicas, esportivas, religiosas e de lazer. Para Dom Alberto, a casa promove a experiência da caridade: “Toda entidade que dá assistência às diversas etapas da vida, e aqui são os idosos, deve primar pelos valores do Evangelho. E para nós isso é

divulgação

sinto com mais condições de vida e saúde de que quando morava só”. Tr a b a l h a n d o h á quatro anos, a terapeuta ocupacional Raphaella Loureiro conta como o trabalho com os idosos tem trazido grandes experiências: “Sempre costumo falar que trabalhar no Asilo Pão de Santo Antônio é mais do que um aprendizado profissional, obviamente, é um aprendizado de vida. Aqui vemos a vida w dom alberto com membros dirigentes da instituição, no dia de aniversário de uma forma diferente e vivemos também de sempre cuidando dos nossos idosos, muito importante. Aqui não é um outra forma, acaba sendo uma escola sempre querendo tudo o que é assistencialismo, mas um ambiente pessoal. Eu gosto muito, me sinto de bom e melhor, no amor e com de respeito e de valorização da vida muito bem ajudando e sendo ajudada carinho pra eles. O começo foi humana. Isso, para mim, coloca por eles”. um casal que fez uma promessa e, em relevo o jeito da Igreja em dar alcançada a graça, começou com assistência social, que é promovendo Casa Pão de o asilo. De início era apenas uma e estimulando pessoas a dar seus Santo Antônio casinha e depois foi ampliando-se próprios passos. Este, realmente, é A casa é uma entidade filantrópica até chegar à estrutura atual”. um ponto característico do Pão de e mantém-se por meio de doações Moradora há sete anos, Ocirema Santo Antônio”. e colaboração de seus associados. Mota diz que na entidade filantrópica A presidente da Casa de Idoso Quem desejar doar ou tornar-se encontrou todas as condições do Pão de Santo Antônio, Marilda voluntário deve entrar em contato que procurava para uma vida em Scaff, disse estar feliz com a com a instituição. O Pão de Santo comunidade: “Sinto-me plenamente comemoração, relembrando o início Antônio está localizado na Rua Paes realizada, bastante ativa, participando da obra: “Para nós é uma grande de Souza, esquina com a travessa de várias atividades de lazer, das alegria participar deste momento. Castelo Branco, no Bairro do Guamá. celebrações e festas de época. Hoje me Somos todos voluntários e estivemos Telefone: (91) 3249-0069.

Servindo à Verdade Prof. Ricardino Lassadier

O

lá, meu irmão e minha irmã. Já celebramos o Natal de Nosso Senhor, a solenidade de Maria, Mãe de Deus, também já se foi o fim de ano e já estamos caminhando nos dias de 2017, graças a Deus. Acho que é o momento oportuno para retomar e concluir o longo ciclo de meditações que nomeei “Anjos e demônios”. Na mais recente reflexão desse ciclo teci algumas considerações acerca da figura do exorcista que é muitas vezes confundido com satanista. Ao falar sobre o exorcista, procurei deixar claros alguns princípios estabelecidos pela Igreja sobre quem pode assumir a função de exorcista e quais os critérios exigidos pela Santa Igreja para uma pessoa poder desenvolver essa importante missão. Faltou, porém, concluir nessa temática algumas informações que, na maioria das vezes, escapam do conhecimento do povo em geral. No imaginário de muita gente o exorcista realiza sua missão de modo solitário e é concebido como se fosse um sujeito sombrio. Outras pessoas, ao pensarem num exorcismo, projetam certos “espetáculos televisivos” de gosto bem bizarro, transmitidos na maioria das vezes nas madrugadas, onde o tal “exorcista” faz questão de exibir seu “poder” na luta contra o diabo, que é “apresentado” de modo caricatural. Nesse espetáculo o circo é recheado de pantomimas. A Igreja Católica - fundada por Jesus Cristo – por mais de dois milênios vem enfrentando as ações do Maligno. Para ela esse show não tem espaço.

Anjos e demônios (Final) Para a Igreja (Corpo Místico de Cristo), o exorcismo é um rito sacramental de conjuração ao demônio, realizada por um ministro de Cristo. O exorcista, porém, não age sozinho. Padre Fortea explica que ele deve ser auxiliado na fase de discernimento (investigação para saber se há ou não possessão), bem como no momento do rito propriamente dito. Essa equipe pode ser composta por: a) consultores: demonólogos, psicólogos, parapsicólogos. Não é preciso que sejam padres ou religiosos, podem ser leigos especialistas em suas áreas. Devem ter boa conduta moral e espiritualidade; b) Exorcista (é o padre que realiza o rito), dele já falamos; c) assistentes (vão acompanhar o rito com suas orações. Podem ser leigos. Segundo Padre Fortea, é possível que algum assistente, em razão da experiência em ter acompanhado ritos de exorcismos, pela maturidade moral e espiritual, venha a se tornar um consultor. Se o assistente for uma pessoa bem formada, poderá inclusive fazer um acompanhamento catequético e espiritual junto à pessoa possessa, sempre seguindo as orientações deixadas pelo padre exorcista. É importante lembrar que a porta aberta para a ação satânica é o pecado. Por isso, a pessoa possessa, quando estiver nos momentos de lucidez, deve trabalhar pela própria

conversão, buscando uma vida de intimidade com Deus mediante a oração frequente (especialmente o Santo Terço), participar da Santa Missa, confessar-se com certa regularidade, renunciar a uma vida desenfreada. De nada adiantará o exorcismo se a pessoa teima em viver no pecado. Precisamos desenvolver uma resistência, uma blindagem ao mal e isso não acontecerá se vivemos atolados numa vida de pecado. Veja o que diz Padre Fortea em sua obra “Summa Deamoníaca”:”Se a pessoa viver na graça de Deus, rezar, confessar, for à Missa, não tem nada a temer; assim estará como que blindada e o mal não pode penetrá-la. Se a pessoa liberada, no entanto, volta à sua antiga vida de pecado, pode ser possuída novamente. E se for possuída será ainda pior! (p.190). É por isso que,

É importante lembrar que a porta aberta para a ação satânica é o pecado.

ainda segundo o Padre Fortea, o exorcista, mesmo antes da primeira sessão de exorcismo, deve aconselhar a pessoa a ir à Missa, a rezar, cumprir os mandamentos. Se a pessoa alegar falta de disposição ou mal estar, deve ser incentivada a fazer tudo isso mesmo sem disposição, mesmo com mal estar, pois já estará vencendo o maligno. É um grande erro ir ao exorcista como se fosse a um ambulatório tomar um remédio, de maneira que, recebida a dose, a vida pode seguir tal e qual era anteriormente. Já podemos entender que o exorcismo só acontece se a pessoa desejar. Se a pessoa, por vontade própria, quer aquiescer ao mal, o exorcismo não será bem sucedido. Se a pessoa não quiser deixar o pecado, o exorcismo não terá bom resultado. Desejo que essa longa sequência sobre este tema possa ajudá-lo no caminho da santidade na luta contra os embustes do mal.. Sigamos em frente, buscando pensar com a Igreja no serviço da Verdade. Fique com Nossa Senhora e São José. Graduado (Bacharel e Licenciado) e Especialista em Filosofia pela UFPA e Especialista em Teologia pelo CESUPA.

Próximo artigo: Maria Elisa Bessa de Castro