Page 1

ARQUIDIOCESE

DE BELÉM

PE. FLORENCE DUBOIS FUNDADOR

www.fundacaonazare.com.br BELÉM, DE 28 DE SETEMBRO A 4 DE OUTUBRO DE 2018

O JORNAL CATÓLICO DA FAMÍLIA

ANO CV - Nº 843 - PREÇO AVULSO: R$1,00

Igreja abre Sínodo sobre jovens O Papa Francisco presidirá no dia 3 de outubro a Santa Missa de abertura solene da 15ª assembleia geral ordinária do Sínodo dos Bispos, que acontecerá no Vaticano até o dia 28, com o tema "Os jovens, a fé e o discernimento". CADERNO 2, PÁGINA 7. DIVULGAÇÃO

w DECISÃO do Papa Francisco põe no centro das discussões do Sínodo, a realidade eclesial de jovens de todo o mundo

20 anos de Paróquias incentivo festejam São às vocações Francisco

DIVULGAÇÃO

O Seminário PropedêuComunidades de Belém tico comemora aniversário realizam festividades para com ampla programação. homenagear o padroeiro. CADERNO 2, PÁGINA 6

CADERNO 2, PÁGINA 11 LUIZ ESTUMANO

w PREPARATIVOS para o Círio: Jovens evangelizadores da corda recebem formação

Círio: formação jovem

Intensas preparações Círio de Nazaré. Jovens da da procissão receberam antecedem a realização do evangelizadores junto à cor- formação. CAD. 2, PÁG. 9

w SÃO FRANCISCO peregrinação de sua relíquia no Pará


2

Opinião

BELÉM, DE 28 DE SETEMBRO A 4 DE OUTUBRO DE 2018

1º Caderno

PRIVILÉGIO DE SER CATÓLICO

CHARGE DO ANDRÉ ABREU

João Carlos Pereira

Jornalista e professor jcparis1959@gmail.com

O Círio como evangelização

F

Comente esta charge: voz@fundacaonazare.com.br

Relembrando com saudade nosso querido chargista André Abreu

PANORAMA José Pereira Ramos joseulina1@gmail.com

Os arcebispos de Belém (IV)

O

Economista e escritor

7º Arcebispo de Belém foi Dom ALBERTO GAUDÊNCIO RAMOS, nascido nesta cidade em 30/03/1915. Foi batizado, ordenado presbítero em 01/10/1939 por Dom Antônio de Almeida Lustosa, e Bispo, em 01/01/1949, pelo Cardeal Dom Jaime de Barros Câmara, na mesma catedral. Assumiu a Arquidiocese de Manaus em 21/01/1949. Transferido para a Arquidiocese de Belém, assumiu na sua querida catedral em 03/10/1957. Permaneceu como titular até 1991, falecendo em 26/11/1991. Uma particularidade: foi ordenado padre (1939) e assumiu o arcebispado de Belém em 1957 no primeiro domingo de outubro, ou seja, um domingo antes do Círio de Nossa Senhora de Nazaré. Grande devoto de Santa Teresinha e de Nossa

ENCONTRO FRATERNO Ivens Coimbra Brandão

ivenscb@oi.com.br; ivenscb@gmail.com

A origem dos Evangelhos (conclusão)

P

Engenheiro civil e escritor

rosseguimos no assunto referenciado no título do presente texto, lembrando que tomamos como principal fonte de informações a Bíblia Sagrada, publicação citada na edição passada, quando partilhamos informações sobre a origem dos Evangelhos segundo São Marcos e São Mateus. Nesta oportunidade, abordaremos os Evangelhos segundo São Lucas e São João, que junto com aqueles, formam os quatro Evangelhos canônicos. Lucas era gentio (pagão) de nascimento. Convertido ao Cristianismo, deixou-nos o 3º Evangelho, escrito para os gentios, quando Jerusalém já havia sido destruída pelos romanos, ou seja, após o ano 70 d.C. No prólogo, ao se dirigir a Teófilo, Lucas como que associa a fé e a razão, deixando fluir sua firme convicção: “Já que

Fundado em 5 de julho de 1913 FUNDADOR Pe. Florence Dubois, barnabita

ARQUIDIOCESE DE BELÉM-PARÁ

PRESIDENTE Dom Alberto Taveira Corrêa Arcebispo Metropolitano de Belém do Pará VICE-PRESIDENTE Monsenhor Marcelino Ferreira Vigário-geral da Arquidiocese de Belém do Pará

Senhora de Nazaré. Quando Dom Alberto Ramos assumiu o sólio de Belém, já conhecia profundamente suas benesses e dificuldades. O 1º grande problema foi o Seminário. Além de o histórico prédio do tempo colonial necessitar de reparos, os padres salesianos que o dirigiam, ausentaram-se, e os poucos seminaristas maiores foram estudar no Maranhão. Mas a Virgem de Nazaré não o abandonou. O prefeito Lopo de Castro doou um terreno que a Prefeitura de Belém possuía no município de Ananindeua. Dom Alberto solicitou os primeiros Bispos Auxiliares da Arquidiocese, em 1962. Foram eles: Dom Milton Corrêa Pereira e Dom Tadeu Prost, OFM. Com a dedicação das senhoras da Obra das Vocações, do povo do Pará e do exterior, o grande prédio foi surgindo. Abriga, atualmente, além do Seminário, o Centro de Cultura da Arquidiocese e a Faculdade Católica. Com a transferência de Dom Milton Pereira para a Diocese de Garanhuns, em 1967, foi indicado novo bispo auxiliar, Dom Alano Maria Pena, OP. Preocupado com as populações do interior do Estado, pressionou a Nunciatura para a instalação de novas prelazias e a promoção de prelazias a dioceses. muitos empreenderam compor uma narração dos fatos que entre nós se consumaram, como no-los transmitiram os que desde o princípio foram testemunhas oculares e se tornaram servidores da Palavra, resolvi eu também, depois de tudo ter investigado cuidadosamente desde a origem, expor-vos por escrito e pela ordem, ilustre Teófilo, a fim de que reconheças a solidez da doutrina em que foste instruído” (Lc 1, 1-4). O Evangelho segundo João surgiu na Igreja de Éfeso, ao tempo importante província romana, na Ásia. Sem perder as características de uma testemunha ocular, o 4º Evangelho difere daqueles que o precederam, chamados sinópticos (segundo Marcos, Mateus e Lucas), porque enquanto estes narram os acontecimentos sobre a Vida até a Ressurreição de Jesus, João abre o arco do tempo com o ângulo máximo de 360 graus, quando princípio e fim se tocam: desde o início (cf. Jo 1,1) até o fim do mundo (cf. Jo 6,39-40.44.54), com a volta gloriosa de Jesus, a Parusia. São breves informações, mas que pretendem provocar o prezado leitor a prosseguir na descoberta do tesouro que a Bíblia encerra.

DIRETOR GERAL Padre Roberto Emílio Cavalli Junior DIRETOR ADMINISTRATIVO E FINANCEIRO Marcos Aurélio de Oliveira DIRETOR DE COMUNICAÇÃO Mário Jorge Alves da Silva DIRETOR DE CAPTAÇÃO DE RECURSOS Arnaldo Pinheiro

altando pouco tempo para o Círio, uma pessoa me perguntou como ele pode ser um meio de evangelizar. E mais: como as peregrinações domiciliares, as visitas da Peregrina, as romarias podem ser atividades evangelizadoras? Por se tratar de uma dúvida que, imagino, não assalte somente a pessoa que teve a curiosidade – ou teria sido a coragem? – de indagar, vou tentar tornar pública a resposta, a partir da visão que tenho do Círio (e tudo que a ele está ligado) como forma de levar o Evangelho ao mundo. Em primeiro lugar, convém lembrar que, apesar de ser uma procissão Mariana, o Círio é fundamentalmente Cristológico, o que significa dizer que Cristo está no centro de tudo. A imagem de Nossa Senhora, não por acaso, traz o Menino Jesus diante dEla, como se estivesse dizendo: “Ele está aqui, diante de Mim. Eu apenas O apresento ao mundo, porque tudo deve ser para Ele”. E se Jesus está na frente, sua palavra, seus ensinamentos, seus exemplos

– o Evangelho, enfim. Logo, a começar pelo ícone da Peregrina, temos uma primeira palavra evangelizadora. No silêncio eloquente de sua representação, a imagem peregrina já evangeliza, ao mostrar Jesus. Em todos os momentos do Círio, há a proclamação da Palavra, do Verbo divino. Reza-se o santo terço, fala-se de Jesus, anuncia-se o Evangelho, abrem-se as portas aos irmãos, acolhemse os peregrinos, cuidam-se dos mais necessitados. O Círio é uma festa de amor e nada é mais evangelizador do que o amor. Tudo que envolve a maior procissão católica do planeta fala de evangelização: o manto, que não é apenas uma obra de arte, mas uma proposta evangelizadora; o cartaz; o concurso de redação; todas as romarias; o conjunto de atividades é uma oportunidade rara de, em se louvando a presença sagrada da Virgem Maria, falar de Jesus Cristo. É isso que os críticos do Círio não entendem e, lamentavelmente, confundem com idolatria.

ASSIM NA TERRA COMO NO CÉU ... Pe. Helio Fronczak

heliofronczak@gmail.com

Abraçar o caminho do Evangelho: isto é santidade

“F

elizes os que sofrem perseguição por causa da justiça, porque deles é o Reino do Céu”. Esta bem-aventurança é comentada pelo Papa Francisco nos números 90-94. A primeira coisa que nos lembra é o fato de que “não podemos esperar que tudo à nossa volta seja favorável, porque muitas vezes as ambições de poder e os interesses mundanos jogam contra nós” (91). Isto todos nós constatamos e experimentamos, que viver esta bemaventurança não é fácil. “A cruz, especialmente as fadigas e os sofrimentos que suportamos para viver o mandamento do amor e o caminho da justiça, é fonte de amadurecimento e santificação. Lembremo-nos disto: quando o Novo Testamento fala dos sofrimentos que é

COORDENAÇÃO Bernadete Costa (DRT/PA 1326) CONSELHO DE PROGRAMAÇÃO E EDITORAÇÃO Padre Agostinho Filho de Souza Cruz Cônego Cláudio de Souza Barradas Edwaldo Lobo Monteiro EDITORAÇÃO ELETRÔNICA Sérgio Santos (DRT/PA 579) Assinaturas, distribuição, administração e redação Av. Gov. José Malcher, Ed. Paulo VI, 915 CEP: 66055-260

preciso suportar pelo Evangelho, refere-se precisamente às perseguições (cf. At 5, 41; Flp 1, 29; e outras)” (92). “As perseguições não são uma realidade do passado, porque hoje também as sofremos, quer de forma cruenta, como tantos mártires contemporâneos, quer duma maneira mais sutil, através de calúnias e falsidades. Jesus diz que haverá felicidade, quando, “mentindo, disserem todo o gênero de calúnias contra vós, por minha causa” (Mt 5, 11). Para vivermos uma vida santa não podemos desanimar diante das dificuldades que encontramos no dia-a-dia, e sim precisamos perseverar, mesmo em meio às contrariedades e perseguições que aparecem em nossa vida.

- Nazaré, Belém - PA Tel.: (91) 4006-9200/ 4006-9209. Fax: (91) 4006-9227 Redação: (91) 4006-9200/ 4006-9238/ 4006-9239/ 4006-9244/ 4006-9245 Site: www.fundacaonazare.com.br E-mail: voz@fundacaonazare.com.br Um veículo da Fundação Nazaré de Comunicação CNPJ nº 83.369.470/0001-54 Impresso no parque gráfico de O Liberal

FUNDAÇÃO NAZARÉ DE COMUNICAÇÃO


1º Caderno

Arcebispo

BELÉM, DE 28 DE SETEMBRO A 4 DE OUTUBRO DE 2018

3

Conversa com meu povo Dom Alberto Taveira Corrêa Arcebispo Metropolitano de Belém do Pará

À

Jovem Virgem Maria se aplica uma palavra referida à sabedoria: “Sou a mãe do belo Amor e do Temor, do Conhecimento e da santa Esperança” (Eclo 24,24). Em Maria, a jovem, encontra-se a realização da fé, da esperança e da caridade!Uma jovem chamada Maria (Cf. Lc 1,26-17) deu a resposta mais decisiva de que é capaz um ser humano diante do plano de Deus. Ele sabe olhar para a pequenez que se torna grandeza daquela servidora. A oblação de sua liberdade (Lc 1,38) expressa a maturidade mais elevada a que se pode chegar. Acreditar! Cedo ou tarde as pessoas haverão de fazer escolhas cujas consequências determinam o rumo da própria existência. Trata-se de um ato de confiança, com o qual se aposta a vida em quem é reconhecido maior do que a pessoa que responde. É o risco a ser assumido na vida de qualquer pessoa humana, ainda que esta se decida a acreditar apenas em si mesma. Pode-se arriscar num projeto de vida chamado profissão, o que é pouco para as dimensões da obra de Deus que somos nós. Alguém irá atrás de uma ideologia, esta carregada do germe da destruição interior que se seguirá, mais cedo ou mais tarde. Outros acreditarão no dinheiro, no poder ou no prazer, com as trágicas consequências testemunhadas na história da humanidade. Pode ainda acontecer a idolatria, com a qual coisas ou pessoas são confundidas com Deus. Ídolos caem sempre e se desmoronam! Por outro lado, a experiência da fé é fonte de felicidade, pois liberta a pessoa de olhar apenas num espelho que é o próprio eu, abrindo horizontes antes impensáveis. A fé não limita, mas escancara portas para a vida humana, concedendolhe condições para en-

Feliz aquela que acreditou DIVULGAÇÃO

w FELIZ aquela que acreditou

Uma jovem chamada Maria (Cf. Lc 1,26-17) deu a resposta mais decisiva de que é capaz um ser humano diante do plano de Deus. xergar com profundidade os acontecimentos. Não significa a busca de fatos extraordinários, curas miraculosas, fenômenos assustadores, mas a descoberta do sentido profundo da vida, expresso num projeto que vem de Deus! “Feliz aquela que acreditou, pois o que lhe foi dito da parte do Senhor será cumprido!” (Lc 1,45). Olhamos para a Virgem Jovem Maria para aprender dela a arte da fé. Com ela nós acreditamos, nela somos conduzidos a Jesus, o único Salvador. A nossa fé quer ser parecida com aquela que Maria professou, tanto que a consideramos Mãe da nossa própria fé. Dentro de poucos dias, nossa cidade de

Belém se transformará num mar de gente, pessoas de todas as idades e situações sociais, conduzidos todos pelas mãos da jovem Virgem de Nazaré, olhando para a frente e para o alto, para o encontro com Jesus Cristo, nosso Senhor e Salvador. Tudo começou quando a jovem recebeu a visita de um emissário de Deus. É que existe um plano de felicidade que provoca a nossa liberdade, expresso pela figura do Anjo que lhe aparece. Deve entregar sua vida a uma proposta que supera em muito sua pequenez e fragilidade! De fato, devese “dar crédito” à voz interior, instrumento que Deus usa para nos tocar. Ainda que não

tenhamos aparições extraordinárias, forte e eloquente é a voz que nos chama à adesão ao projeto de Deus. Pode acontecer também que muitas pessoas tenham sido instrumentos da graça de Deus para nos chamar. Responde-se ao dom que vem do alto mesmo sem entender tudo. A fé se arrisca, deixando à liberdade do próprio Deus as eventuais explicações, a serem dadas no correr da vida, mas o ato incial é um verdadeiro salto no escuro, garantido apenas pela qualidade daquele que chama! A resposta dada a Deus compromete a pessoa com o plano que ele estabelece. Quem professa a fé sai de si mesmo, como fez a

Jovem Virgem Maria, partindo para um verdadeiro estágio de serviço e presença junto de sua prima Isabel. A fé abre portas e janelas, faz a pessoa se colocar a caminho, liberta-a de interesses egoístas, para enxergar o mundo através de outros apelos. E em casa de Isabel, Maria ouve a proclamação de sua felicidade. Antes era um Anjo que lhe anunciava o plano de Deus, agora é a voz delicada e profética de uma pessoa humana, como acontece também em nossa vida. A aventura da fé se abre aos muitos apelos feitos por Deus através das pessoas. Do magnífico diálogo entre as duas futuras mães brota a certeza do amor que hoje devotamos à Jovem Virgem Maria: “A minha alma engrandece o Senhor, e meu espírito se alegra em Deus, meu Salvador, porque ele olhou para a humildade de sua serva. Todas as gerações, de agora em diante, me chamarão feliz, porque o Poderoso fez para mim coisas grandiosas” (Lc 1,46-49) Outros episódios contribuíram para o amadurecimento da fé na Jovem Virgem Maria. Tendo dado sua resposta a Deus, logo o fruto aparece e nasce o Menino Deus, luz para todas as nações! Mãe feliz, missão que se abre para uma vida. Logo depois, após anúncios de um Anjo e de uma prima, agora é o velho Simeão a anunciar profeticamente o mistério da dor, ali chamada de espada a traspassar o coração (Lc 2,22-40). Faz ainda parte de sua vida a fuga para o Egito, buscando garantir e salvar a qualquer custo o que pertence a Deus, seu Filho amado. Em seguida, a prova da fé conduz a Jovem Virgem Maria ao cotidiano

de Nazaré, rotina da vida em família, onde o extraordinário é justamente o correr dos dias vividos com intensidade, no trabalho, no relacionamento com os outros, no afeto experimentado no lar. Mais tarde, é o Jesus adolescente que lhe provoca um novo passo, quando Maria “aprendeu a perder”. E não é difícil identificar na vida de todas as pessoas de fé fatos semelhantes. Se Maria passa na frente, oferecendo-nos os exemplos, também para nós os passos são os mesmos, e são caminho de felicidade. Em Caná, a Jovem Virgem Mãe Maria se revela discípula de seu próprio Filho, fazendo acontecer a hora de Deus: “Sua mãe disse aos que estavam servindo: Fazei tudo o que ele vos disser!” (Jo 2,5). Trata-se de uma receita de milagre, disponível para todos os homens e mulheres de fé! Viver a Palavra de Deus desencadeia sempre uma transformação do pior para o melhor, para que o vinho novo do Reino de Deus seja oferecido em abundância. A felicidade de quem acredita se faz concreta no dia a dia da fidelidade! A prova final da fé aconteceu, na vida da Jovem Virgem Mãe Maria, no alto do Calvário, quando disse seu segundo e definitivo sim! A felicidade do acreditar passa pela desolação! Não há desculpas para quem aposta tudo em Deus! Abriu-se assim a porta do Cenáculo, onde alguns dias depois a Mãe da Fé será o coração da Igreja reunida, preparada para o dom do Espírito Santo prometido. Dali para a frente e até à volta do Senhor, homens e mulheres de fé continuarão a testemunhar a alegria da fé, nossa honra e dignidade!


4

Arquidiocese

AGENDA DE DOM ALBERTO TAVEIRA CORRÊA

BELÉM, DE 28 DE SETEMBRO A 4 DE OUTUBRO DE 2018

1º Caderno

AGENDA DE DOM ANTÔNIO DE ASSIS RIBEIRO

AGENDA DE DOM IRINEU ROMAN

n De 28 de setembro

n De 28 de setembro

n De 28 de setembro

n SEXTA, 28 DE SETEMBRO

n SEXTA, 28 DE SETEMBRO

n SEXTA, 28 DE SETEMBRO 7h - Missa e visita da imagem Peregrina de Nossa Senhora ao Hospital Betina Ferro de Souza - UFPA/Guamá 16h - Audiências 19h - Missa - Paróquia Santa Teresinha – Cj. Júlia Seffer n SÁBADO, 29 DE SETEMBRO 11h30 - Missa - Encerramento do Dia Internacional da Pessoa Idosa - Bosque Rodrigues Alves 19h - Missa - Paróquia São Miguel Arcanjo (festividade) - Cremação n DOMINGO, 30 DE SETEMBRO 7h - Missa - Delegacia Geral da Polícia Civil 9h - Missa - Comunidade Nossa Senhora Auxiliadora – Canaã/Marituba 19h30 – Missa (festividade) - Paróquia Santa Teresinha do Menino Jesus - Jurunas n SEGUNDA , 1 DE OUTUBRO 9h - Visita da imagem Peregrina de Nossa Senhora Presídio Estadual Metropolitano II 15h - Audiência 19h - Festa de Santa Teresinha - Tenoné n TERÇA, 2 DE OUTUBRO 8h - Aula na Faculdade Católica 17h - Apresentação do Projeto da Comunidade Mãe Rainha – Canaã/Marituba 18h - Missa - Comunidade São Bartolomeu - Paróquia Nossa Senhora das Vitórias) - Marituba n QUARTA, 3 DE OUTUBRO 8h30 - Audiência 9h - Reunião - Fundação Nazaré de Comunicação 14h - Programa “Fé e vida” - Rádio Nazaré FM - 91.3 Mhz 15h - Audiência 19h - Missa - Paróquia São Benedito (festividade) - Barreiro n QUINTA, 4 DE OUTUBRO 8h30 - Reunião do Conselho Episcopal 16h - Reunião - Fundação Nazaré de Comunicação 19h30 - Missa - Comunidade São Francisco de Assis (Paróquia Santa Luzia do Bom Futuro) - Cabanagem

a 4 de outubro 2018

a 4 de outubro 2018

8h - Gravações 16h - Missa e visita da imagem Peregrina de Nossa Senhora - Prefeitura de Belém 19h30 - Missa - Paróquia São Benedito - Barreiro

a 4 de outubro 2018

9h - Visita da imagem Peregrina de Nossa Senhora às casas penais - Centro de Detenção Provisória - Icoaraci 15h - Visita da imagem Peregrina de Nossa Senhora às casas penais - Centro de Internação de Adolescentes – Benevides

n SÁBADO, 29 DE SETEMBRO

9h - Audiências 11h - Missa - Paróquia São Miguel Arcanjo – Cremação 16h - Audiências

n SÁBADO, 29 DE SETEMBRO

9h - Visita da imagem Peregrina de Nossa Senhora às casas penais - Centro de Internação Masculino – Sideral 19h - Missa - Paróquia Arcanjo São Miguel (festividade) - Una

n DOMINGO, 30 DE SETEMBRO

7h - Missa com Renovação dos Votos - Irmãs Missionárias de Jesus Bom Samaritano (Catedral) 9h - Encontro do Arcebispo com os Crismandos e Crismados - Ginásio Municipal de Marituba 18h - Missa - Comunidade Sementes do Verbo (Monte Tabor - Icoaraci)

n DOMINGO, 30 DE SETEMBRO

9h - Missa - Pastoral das Ilhas 19h - Missa - Paróquia São Benedito (festividade) n SEGUNDA, 1 DE OUTUBRO

n SEGUNDA, 1 DE OUTUBRO

7h30 - Missa em empresa 19h30 - Missa em honra à Santa Teresinha do Menino Jesus (ACAS - Associação Católica Adoremos o Senhor)

6h25 - Missa no Carmelo Santa Teresinha - Benevides 12h - Missa - Seminário Propedêutico Dom Tadeu Prost 16h - Gravações 18h - Missa - Paróquia SantaTeresinha do Menino Jesus - Jurunas

n TERÇA, 2 DE OUTUBRO

9h - Missa - Igreja São Benedito (Baixo Acará) 19h - Missa - Paróquia São Francisco de Assis Icoaraci

n TERÇA, 2 DE OUTUBRO

n QUARTA, 3 DE OUTUBRO

9h - Reunião na Faculdade Católica de Belém 12h - Atendimento dos Seminaristas, Missa e Reunião da Equipe de Formação Sacerdotal

9h - Visita da imagem Peregrina de Nossa Senhora às casas penais - Centro de Monitoramento Eletrônico 11h - Visita da imagem Peregrina de Nossa Senhora à SEGUP (Secretaria de Estado de Segurança Pública do Pará) 18h - Missa - Abertura - Festejos pelos 150 anos da Paróquia Nossa Senhora do Ó – Mosqueiro

n QUARTA, 3 DE OUTUBRO

8h - Gravações 9h - Audiências 16h - Seminário Monsenhor Edmundo Igreja n QUINTA, 4 DE OUTUBRO

n QUINTA, 4 DE OUTUBRO

8h30 - Reunião do Conselho Episcopal 18h – Missa - Paróquia São Francisco de Assis Tapanã

8h30 - Reunião do Conselho Episcopal 14h - Programa “Entre nós” - Rádio Nazaré FM 19h30 - Missa - Paróquia São Francisco de Assis Cotijuba

Os compromissos de Dom Alberto Taveira podem sofrer alterações sem aviso prévio.

Os compromissos de Irineu Roman podem sofrer alterações sem aviso prévio.

Os compromissos de Dom Antônio de Assis podem sofrer alterações sem aviso prévio.

Homilia Dominical Padre Romeu Ferreira romeufsilva@gmail.com

A) Texto: Mc 9,3843.45.47-48

Formado em Exegese pelo Pontifício Instituto Bíblico de Roma

38João disse a Jesus: “Mestre, vimos um homem expulsar demônios em teu nome. Mas nós o proibimos, porque ele não nos segue”. 39Jesus disse: “Não o proibais, pois ninguém faz milagre em meu nome para depois falar mal de mim. 40Quem não é contra nós é a... favor. 41Em verdade eu vos digo, quem vos der a beber um copo de água, porque sois de Cristo, não ficará sem receber a sua recompensa. 42E, se alguém escandalizar um destes pequeninos que creem, melhor seria que fosse jogado no mar com uma

pedra de moinho amarrada ao pescoço. 43Se tua mão te leva a pecar, cortaa! É melhor entrar na vida sem uma das mãos do que, tendo as duas, ir para o inferno, para o fogo que nunca se apaga. 45Se teu pé te leva a pecar, corta-o! É melhor entrar na vida sem um dos pés do que, tendo os dois, ser jogado no inferno. 47Se teu olho te leva a pecar, arranca-o! É melhor entrar no reino de Deus com um olho só do que, tendo os dois, ser jogado no inferno, 48‘onde o verme deles não morre e o fogo não se apaga’”. B) COMENTÁRIO

Celebra-se o dia da Bíblia no último domingo de setembro, dia de São Jerônimo, cuja vida foi dedicada a que todas as culturas

tivessem acesso à Bíblia, traduzindo os originais. A morte dos santos é o seu dia, pois nascem ao Eterno. A morte de São Jerônimo (30/9) passa para o último domingo do mês. O texto oferece o diálogo de Jesus e João. O mestre ensina ao evangelista e todos os leitores, sobre o que seja proibido ou não, na vida de fé. Quando João lhe diz: “Mestre, vimos um homem expulsar demônios em teu nome. Mas nós o proibimos, porque ele não nos segue”; Jesus o repreende (v 39), dando abertura genial para o ecumenismo. Ninguém se arrogue o direito de impedir que se faça o bem em nome de Jesus, só porque não é de seu grupo. Jesus não é posse exclusiva de ninguém; ele é de todos e

para todos. O grupo de João foi sempre muito ciumento (3,17; 10,35-40; Lc 9,54-55) e Jesus controla os ânimos. Pelo texto, parece que a responsabilidade do triunfo do bem sobre o mal fosse tarefa só de um grupo ou Igreja. Mas o Espírito de Deus pode agir em qualquer pessoa independente do seu credo, sentencia Jesus. Quem combate a mesma luta com Cristo, está com ele. Às vezes nossa mentalidade impede a ação ecumênica em vencer o mal. Quando Jesus usa o pronome “nós” (v 38-40) indica a perfeita comunhão entre ele e os discípulos e vice-versa. Jesus denuncia a gravidade do escândalo (v 42). O discípulo que se encon-

trar na alternativa entre o dano do pequeno e a morte violenta, deve escolher a segunda como opção. De igual maneira, diante do dano espiritual e a renúncia dolorosa na imagem da amputação (pé, mão, olho), deve escolher esta última. A fé dos pequenos é preciosa aos olhos de Deus. Claro que Jesus não nos quer mutilados, mas ensina que a vida com ele é o bem de valor supremo e até mais que nossa vida terrena. O rompimento com Deus neste mundo não se restaura no outro. O preferir Deus nasce do amor por Ele; da fé imensa em sua riqueza e bondade capaz de preencher qualquer desejo e não pelo temor do inferno. Quem conhece Deus como Jesus nos revela não se escandaliza com o evangelho.

Liturgia da Semana w 28/09, SEXTA-FEIRA Cor (verde) Primeira Leitura (Ecl 3,1-11) Responsório (Sl 143) Evangelho (Lc 9,18-22) w 29/09, SÁBADO Cor (branco) Primeira Leitura

(Dn 7,9-10.13-14) Responsório (Sl 137) Evangelho (Jo 1,47-51) w 30/09, DOMINGO Cor (verde) Primeira Leitura (Nm 11,25-29) Responsório (Sl 18)

Segunda Leitura (Tg 5,1-6) Evangelho (Mc 9,38-43.45.47-48) w 01/10, SEGUNDA-FEIRA Cor (branco) Primeira Leitura (Jó 1,6-22) Responsório (Sl 16) Evangelho (Lc 9,46-50)

w 02/10, TERÇA-FEIRA Cor (branco) Primeira Leitura (Êx 23,20-23) Responsório (Sl 90) Evangelho (Mt 18,1-5.10) w 03/10, QUARTA-FEIRA Cor (vermelho) Primeira Leitura

(Jó 9,1-12.14-16) Responsório (Sl 87) Evangelho (Lc 9,57-62) w 04/10, QUINTA-FEIRA Cor (branco) Evangelho (Lc 9,57-62) Responsório (Sl 26) Evangelho (Lc 10,1-12)


Vaticano 5 Francisco realizou 25ª Viagem Apostólica de seu Pontificado

1º Caderno

C

om informações Vatican News. De 22 a 25 de setembro o Papa Francisco realizou a 25ª Viagem Apostólica internacional de seu Pontificado, visitando os Países Bálticos: Lituânia, Letônia e Estônia. Ao concluir a viagem, Francisco terá visitado 39 países em pouco mais de cinco anos de Pontificado. Coincidentemente, nestes mesmos dias da viagem, há 25 anos, João Paulo II visitava estes três mesmo países bálticos, que guardam semelhanças, mas profundas diferenças entre si, apesar da proximidade e tamanho. Na Lituânia, 78% dos habitantes declaram-se católicos, enquanto na Letônia 60% são luteranos e na Estônia 75% declaramse sem religião. O Papa Francisco, entre homilias e discursos, fez 15 pronunciamentos durante o período da viagem. Perseguição, ocupação, deportação foram temas constantes, nestes países que sofreram com o comunismo da ex-União Soviética (URSS) e com a ocupação nazista durante a II Guerra Mundial. Vilnius, a capital da Lituâ-

BELÉM, DE 28 DE SETEMBRO A 4 DE OUTUBRO DE 2018

Aos países bálticos: Lituânia, Letônia e Estônia. 39 países visitados no pontificado. FOTOS: DIVULGAÇÃO

w PAPA FRANCISCO na Catedral evangélica luterana de Santa Maria, em Riga, na Letônia

nia, com seus 600 mil habitantes, será a “base” de onde se deslocará o Papa Francisco para os dois países vizinhos em helicóptero. No sábado pela manhã, na chegada Vilnius,

a capital da Lituânia, recebeu boas-vindas no aeroporto, em seguida visita de cortesia ao presidente no Palácio Presidencial; na agenda ainda encontro com autoridades, sociedade civil

e com o corpo diplomático na praça adjacente ao Palácio Presidencial. E na parte da tarde visita ao Santuário Mater Misericordiae e encontro com os jovens na praça adjacente à Catedral.

No domingo, 23 de setembro, pela manhã Santa Missa no Parque Santakos em Kaunas, na parte da tarde encontro com sacerdotes, religiosos, consagrados e seminaristas na Catedral de

Kaunas e, ainda visita ao Museu das Ocupações e Luta pela liberdade, com breve parada diante do Monumento das Vítima do Gueto. Na segunda-feira, 24, deslocamento de Vilnius para Riga, entre as atividades a deposição de flores e cerimônia no Monumento da Liberdade e a Visita à Catedral de São Tiago; na agenda do dia o deslocamento ao Santuário da Mãe de Deus em Aglona, com celebração de Santa Missa. De volta a Vilnius, na terça-feira, 25, o papa seguiu para Tallin onde ocorreu o encontro ecumênico com os jovens na Kaarli Lutheran e também com os assistidos pelas Obras de Caridade da Igreja na Catedral dos Santos Pedro e Paulo; o pontífice celebrou missa na Praça da Liberdade, encerrando a agenda de viagem.

A visita à catedral evangélica luterana de Santa Maria, em Riga O segundo compromisso do Papa Francisco na Letônia, na segunda-feira, 24, foi a oração ecumênica na Catedral evangélica luterana de Santa Maria, em Riga, que há mais de 800 anos hospeda a vida cristã dessa cidade. Francisco manifestou alegria de estar “nesta terra que se caracteriza por realizar um caminho de respeito, colaboração e amizade entre as diferentes Igrejas cristãs, que conseguiram gerar unidade mantendo a riqueza e a singularidade próprias de cada uma. Atrevo-me a dizer que é um «ecumenismo vivo», sendo uma das características peculiares da Letônia. É, sem dúvida alguma, um motivo de esperança e ação de graças”. A CASA-CATEDRAL

A “casa-catedral”, assim chamada pelo Papa, é uma “testemunha fiel de muitos irmãos nossos que dela se aproximaram para adorar, rezar e sustentar a esperança em tempos de tribulação e encontrar coragem para enfrentar períodos cheios de injustiça e sofrimento”. “Hoje, hospeda-nos para que o Espírito Santo continue tecendo artesanalmente laços de comunhão entre nós e, assim, faça também de nós artesãos de unidade no meio do nosso

povo, para que as nossas diferenças não se tornem divisões.” “Deixemos que o Espírito Santo nos revista com as armas do diálogo, da compreensão, da busca do respeito mútuo e da fraternidade”. O Pontífice enfatizou que “nesta catedral, encontra-se um dos órgãos mais antigos da Europa e que, no momento da sua inauguração, era o maior do mundo. Podemos imaginar como acompanhou a vida, a criatividade, a imaginação e a piedade de todos aqueles que se deixavam envolver por sua melodia”. “Foi instrumento de Deus e dos homens, para elevar o olhar e o coração. Hoje é um emblema desta cidade e desta catedral. Para o «residente» neste lugar, representa mais do que um órgão monumental, faz parte da sua vida, da sua tradição, da sua identidade; ao passo que, para o turista, é naturalmente um objeto artístico a ser conhecido e fotografado.” A MÚSICA DO EVANGELHO

Papa Francisco, “se a música do Evangelho deixar de ser executada na nossa vida e se transformar numa bela partitura do passado, já não conseguirá romper as monotonias asfixiadoras que impedem de

animar a esperança, tornando estéreis todos os nossos esforços”. “Se a música do Evangelho cessar de repercutir nas nossas casas, nas nossas praças, nos postos de trabalho, na política e na economia, teremos extinguido a melodia que nos desafiava a lutar pela dignidade de todo o homem e mulher, independentemente da sua proveniência, encerrando-nos no «meu» e esquecendonos do «nosso»: a casa comum que a todos nos diz respeito.” “Se a música do Evangelho deixar de soar, teremos perdido os sons que hão de levar a nossa vida ao céu, entrincheirando-nos num dos piores males do nosso tempo: a solidão e o isolamento.” ECUMENISMO NA CRUZ DO SOFRIMENTO

As palavras, Pai, «que todos sejam um (…) para que o mundo creia», continuam a ressoar intensamente no meio de nós, graças a Deus. Imersos nesta oração de Jesus, “encontramos a única estrada possível para todo o ecumenismo na cruz do sofrimento de tantos jovens, idosos e crianças, frequentemente expostos à exploração, ao absurdo, à falta de oportunidades e à solidão. Enquanto fixa

wORAÇÃO ecumênica Catedral evangélica luterana, na Letônia

o olhar no Pai e em nós, seus irmãos, Jesus não cessa de implorar: que todos sejam um”. “Hoje, a missão continua a pedir-nos e a solicitar de nós a unidade; é a missão que nos exige que paremos de olhar as feridas do passado e acabemos com todas as atitudes autorreferenciais para nos centrarmos na oração

R O

do Mestre. A missão pede para que a música do Evangelho não cesse de soar em nossas praças.” “Conseguiremos realizar esta missão ecumênica, se nos deixarmos impregnar pelo Espírito de Cristo que é capaz de «romper também os esquemas enfadonhos em que pretendemos aprisioná-Lo, e surpreender-

nos com a sua constante criatividade divina.” “Sempre que procuramos voltar à fonte e recuperar o frescor original do Evangelho, despontam novas estradas, métodos criativos, outras formas de expressão, sinais mais eloquentes, palavras cheias de renovado significado para o mundo atual»”, concluiu o Papa.

ezemos para que no mundo prevaleçam os programas de desenvolvimento e não aqueles para os armamentos. (26 de setembro) Senhor tira o bem do mal com o seu poder e misericórdia infinita. (25 de setembro)


Igreja no Mundo 1º Caderno Templo católico no Chile completa 400 anos 6

BELÉM, DE 28 DE SETEMBRO A 4 DE OUTUBRO DE 2018

FOTOS: DIVULGAÇÃO

Indulgência plenária para todas as pessoas que visitem o templo

C

w PATRIMÔNIO Igreja de São Francisco é uma das mais significativas da capital chilena

om informações agência Gaudium Press. Localizada no coração da cidade chilena de Santiago, a igreja de São Francisco completa neste mês seu quarto centenário. A data foi celebrada com Santa Missa no dia 23 passado. Ainda por ocasião da celebração, o Ministro provincial da Ordem Franciscana no Chile, Frei Isauro Covili Linfati, OFM e o Arcebispo de Santiago, Cardenal Ricardo Ezzati, solicitaram à Penitenciaria Apostólica o início de um Ano Jubilar e da indulgência plenária para todas as pessoas

que visitem o templo. Frei Isauro Covili explicou que “celebrar os 400 anos do Templo São Francisco tem uma importância única. Celebrar a vida e a história deste templo em termos de memória, de presente e de futuro nos remete ao início do nosso país”. A igreja de São Francisco é uma das mais significativas da capital chilena, não apenas pelo seu patrimônio, mas também pelo serviço que oferece à comunidade, onde se celebram quatro Missas diárias ao longo da semana e cinco aos domingos.

Santa Sé reconhece peregrinação a locais de martírio na Coreia Com informações agência Gaudium Press. Nos passos dos mártires coreanos a Santa Sé reconheceu em 14 de setembro como oficial a denominação de “Peregrinação internacional”, a “Peregrinação cidadã” na Arquidiocese de Seul. A iniciativa foi lançada pela arquidiocese de Seul em 2013, no âmbito do “Mês dos mártires”, celebrado anualmente pela Igreja coreana no mês de setembro, com o

objetivo de recordar aos fiéis as histórias daqueles que sacrificaram suas vidas pela fé na Coreia. Foram propostos três percursos aos peregrinos: o “Caminho da Boa Nova”, o “Caminho da Vida Eterna” e o “Caminho da Unidade”. Pa r a e s t a o c a s i ã o internacional será antecipadamente aberto ao público o histórico Santuário dos mártires de Seosomun, um dos locais mais importan-

tes do martírio. Entre os mártires a serem recordados estão Andrew Kim Taegon, Paul Chong Hasang e os 101 companheiros - canonizados em 1984 em Seul por São João Paulo II - e Paul Yun Jichung e seus 123 companheiros, beatificados pelo Papa Francisco em 16 de agosto de 2014, por ocasião de sua viagem apostólica à Coreia para a Jornada Asiática da Juventude.

w MÁRTIRES beatificados pelo Papa Francisco em 16 de agosto de 2014

Igreja no Brasil

Catedral de Salvador reabre suas portas

C

w IGREJA considerada símbolo da arte sacra e da arquitetura religiosa

om informações agência Gaudium Press. Declarado pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO) como Patrimônio Cultural Mundial, o Centro Histórico de Salvador, na Bahia, reabrirá as portas de sua Catedral Basílica, considerada símbolo da arte sacra e da arquitetura religiosa no Brasil. A data foi marcada com uma solenidade em 14 de setembro quando ocorreu a entrega da obra

de restauração do templo, visto como uma das mais importantes construções sacras do Brasil Colonial. Além de ser parte da história do catolicismo no país, a igreja possui um acervo com telas de diversos autores seiscentistas, móveis em jacarandá e vários objetos sacros em ouro e prata. A restauração contemplou bens integrados, como as imagens sacras, bem como a requalificação dos espaços internos e diversos outros serviços de conservação do

monumento. Entre os destaques da intervenção estão o restauro das treze capelas, incluindo toda a imaginária sacra, do átrio, de toda a fachada principal em cantaria e das torres de azulejos. A obra de restauração foi executada pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), com o apoio da Arquidiocese de São Salvador da Bahia, da Prefeitura Municipal de Salvador e do Governo do Estado da Bahia.

Diocese de Castanhal (PA) recebe Encontro Nacional de Arquitetura e Arte Sacra Com informações agência Gaudium Press. A Diocese de Castanhal, no Pará, vai receber a 12ª edição do Encontro Nacional de Arquitetura e Arte Sacra. O anúncio foi feito no encerramento do primeiro Encontro Nacional da Pastoral do Artista Sacro, promovido pelo Setor Espaço Litúrgico da Comissão para a Liturgia da CNBB, que aconteceu entre 7 e 9 de setembro, em São Paulo,

tendo como tema “Arte como Liturgia e Liturgia como Arte”, com o objetivo de refletir sobre a importância e necessidade de uma arte autenticamente litúrgica Realizado a cada dois anos, o encontro tem a intenção de promover um debate acadêmico e interdisciplinar sobre a dignidade dos espaços de celebração, bem como a importância da preservação do patri-

mônio artístico e cultural da Igreja. A cada edição, de maneira itinerante, uma universidade é convidada a ser parceira na realização do evento. A Pastoral do Artista Sacro foi criada durante o 11º Encontro Nacional de Arquitetura e Arte Sacra, que aconteceu em setembro de 2017, na Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUC-PR), em Curitiba.

w CATEDRAL Santa Maria Mãe de Deus, na cidade de Castanhal, no Pará


1º Caderno

Igreja

BELÉM, DE 28 DE SETEMBRO A 4 DE OUTUBRO DE 2018

7

Novena de Aparecida para jovens DIVULGAÇÃO

Na programação, Vigília da Juventude e passeio ciclístico

A

w ORAÇÕES serão diante da Mãe Aparecida

juventude terá grandes momentos para demonstrar sua devoção e amor a Nossa Senhora Aparecida nos dias dias 6 e 7 de outubro durante a novena à Padroeira do Brasil. Os jovens são convidados a participar do quarto dia da Novena Solene, da Vigília da Juventude e do tradicional passeio ciclístico. Será o momento de agradecer e bendizer a Maria pelos sinais que, como Mãe intercessora, Ela tem feito na vida de todos os Jovens de Maria. A programação do Santuário Nacional de Aparecida inclui essas atividades específicas e

direcionadas à juventude na manhã de sábado, 6, e já há um clima de festa em São Paulo. Às 8h, o Terço de Aparecida para os Jovens de Maria. A Novena Solene terá início às 19h com a proposta de experimentar o amor de Maria, aprofundando-se no tema da noite: “Com Maria e Jesus, somos servidores do Reino”. A celebração instigará os jovens a refletir sobre a importância de ser uma Igreja em saída, como pede o Papa Francisco. A Imagem de Nossa Senhora será conduzida por um grupo de jovens para ser entronizada no Altar

Central do Santuário e as coreografias terão a participação de jovens voluntários. Luau - Após a celebração, acontece um Luau para continuar a festa e preparar os corações para uma experiência singular da Vigília da Juventude, que terá início às 11h, na Capela São José. Com o tema “Corações ao Alto”, os jovens serão convidados a entender quem são, quais escolhas têm feito e de que maneira podem se achegar a Jesus para viver uma verdadeira restauração de vida. A Vigília contará com

momentos de animação, teatro, dinâmica, música e adoração ao Santíssimo. O evento é organizado pela Comissão Jovens de Maria do Santuário Nacional e conta com a ajuda de diversas expressões jovens da região de Aparecida. Já na manhã de domingo, 7, às 10h, acontece o tradicional Passeio Ciclístico que, este ano, sairá do Pátio das Palmeiras com destino ao Caminho do Rosário. Além de um momento de confraternização, a atividade quer conduzir os jovens a uma experiência concreta com os mistérios da vida de Cristo.

Mundo juvenil e a fé cristã Dom Antônio de Assis Ribeiro - Bispo Auxiliar de Belém (domantoniodeassis@arqbelem.org)

A necessidade do discernimento (parte 11) INTRODUÇÃO

C

ontinuemos aprofundando o caminho do sentido da vida com suas diversas implicações. Expusemos no texto anterior a importância do sentir-nos úteis colocandonos a serviço dos outros através da experiência do voluntariado. Outra experiência de fundamental importância que nos leva a dar passos com segurança, para não perdermos o sentido da vida, é a do exercício do discernimento. Vivemos entre o “joio e o trigo”, o bem e o mal, entre os caminhos da vida e os caminhos da morte (cf. Sl 1,6). É certo que Deus nos chama para a felicidade, mas as escolhas concretas dependem de cada um de nós! É necessário sabermos fazer boas escolhas, e estas devem ser sempre precedidas por um processo de reflexão. A pessoa verdadeiramente livre e responsável é aquela que sabe fazer as opções certas, pautadas pela verdade! Decisões cegas nos trazem consequências imprevisíveis e, tantas vezes, dramáticas.

1

O que é o discernimento? O discernimento é a atividade da razão que nos possibilita a capacidade de compreender as exigências das situações e circunstâncias da vida, levandonos a distinguir a consistência de cada realidade: sua bondade, maldade, riscos, importância... O discernimento nos proporciona, assim, a ação de separar cada coisa (proposta, convite) de acordo com a sua natureza. Trata-se da atitude moral que nos leva à arte de organizar e hierarquizar as preferências em nossa vida. Quando nos falta essa virtude, caímos na confusão, na desordem, que significa aquela situação de não percepção da diferença

entre as coisas. No que diz respeito às escolhas, a atitude de discernimento é de fundamental importância. O discernimento nos proporciona a capacidade de avaliar, analisar e emitir um juízo sobre aquilo que está à nossa frente. O discernimento é uma atitude pessoal! Por isso é de fundamental importância a educação moral que nos faz adquirir critérios que nos ajudam a não nos perdermos nas encruzilhadas da vida. Há situações em nossa história em que, muitas vezes, não temos com quem nos confrontarmos, por isso é necessário “saber viver”, “saber pensar”, “saber discernir”, “saber escolher” para sermos felizes. Quem sabe discernir e sempre opta pelo bem, não fica à deriva da opinião dos outros e nem das circunstâncias. A “mendicância moral” é terrível! A mendicância moral é a atitude de alguém ficar sempre pedindo a opinião dos outros por não saber o que escolher e nem o que fazer, porque não sabe o que quer! Mas quem não sabe o quer e nem para onde vai, qualquer objeto ou direção serve! Uma escolha errada na vida, fruto de um conselho enganoso, pode ser fatal! Enfim, o discernimento é filho da razão, da inteligência. É uma atitude de sabedoria pessoal, e também comunitária, familiar, empresarial, institucional... Então, o discernimento interessa a todos nós!

2

O desafio do exercício do discernimento Vivemos numa cultura que, apesar do avanço da tecnologia, das ciências, do bem-estar e do aumento da expectativa de vida, nem sempre significa a mais saudável! A tecnologia tem favorecido nossa vida, mas

não trouxe segurança nas relações humanas e nem o sentido da vida. Por quê? Certamente porque as escolhas dependem da cabeça de cada um! Vivemos numa cultura imediatista que não favorece o discernimento e a reflexão! Estamos na era das escolhas impulsivas e erotizadas, onde os critérios regentes, muitas vezes, são o prazer, a beleza, o consumo, os instintos. Onde reinam os instintos, não há espaço para o discernimento! Estamos na era da frenesia, das fantasias e dos influxos ideológicos com diversos falsos caminhos de felicidade. A diversidade dos modelos de vida, caminhos de felicidade e atrações ideológicas são sérias tentações. Mas, como bem sabemos, nem tudo aquilo que brilha é ouro. Todavia, as mentiras das ideologias estão enganando muita gente! Estamos na era do imediatismo e do presentismo que induzem as pessoas a fazerem opções cegas, sem reflexão, sem discernimento, sem espera, sem calma, sem projeto, sem percurso, sem processos, sem etapas, sem caminho, sem metodologia, sem estratégias! Por isso, muitos, jovens e adultos, atraídos pelo sucesso ou prazer imediato, se afogam em experiências degradantes, ou se encaminham por atalhos, e acabam se dando mal logo cedo.

3

Não ser “Maria vai com as outras!” O exercício do discernimento serve para nos dar mais segurança nas escolhas; serve para diminuir a margem dos nossos erros, reduzir as possibilidades das nossas frustrações e para suavizar eventuais prejuízos. Isso porque nem sempre tudo depende do nosso discernimento; muitas vezes, os resultados das nossas conscientes escolhas depen-

dem de outros fatores. Mas o mais importante é termos feito a nossa parte com boa consciência e reta intenção. Dessa feita, a virtude do discernimento, em geral, contribui para a promoção da nossa felicidade, que é uma conquista! Portanto, a prática do discernimento contribui para crescermos na sabedoria do bem-viver, na segurança moral, na serenidade interior, na autenticidade de vida, pois quem sabe discernir não se torna uma “Maria vai com as outras”. “Quando a cabeça não pensa, o corpo padece!” A falta de discernimento nos faz vítimas de nós mesmos!

4

O que devemos discernir? Estamos continuamente em processo de discernimento. Estamos sempre fazendo algo que foi consequência de uma opção. Isso significa que estamos vivenciando processos de discernimento e, consequentemente, dando manutenção às nossas escolhas. Todavia, em nossa vida há situações de discernimento que são fundamentais e que condicionam as nossas outras escolhas, como por exemplo, a nossa escolha vocacional, a opção pela vida profissional, propostas de trabalho, um convite para um grande e exigente compromisso. Quanto mais exigente for uma opção ou proposta a ser escolhida, mais sério deve ser o seu discernimento. Por isso, diante de uma proposta é importante perguntar-se: em que consiste isso? O que significa? Quais as consequências? Será que vale a pena? Isso me ajuda a ser melhor, me faz bem? Se as respostas forem negativas, então, inteligentemente, se diz “Não”! Fazem parte do processo de discernimento também as res-

postas que devemos dar a alguém, um conselho a ser dado ou recebido, informações recebidas (“fake news”). Somos chamados a discernir tudo aquilo que, de diversos modos, são propostas para a nossa vida e dependem da nossa liberdade de escolha. Quem se faz mero consumidor de tudo, acaba se dando mal.

5

O discernimento na Palavra de Deus A fé nos ajuda a consolidar a experiência do discernimento porque ilumina nossa razão para compreendermos a vontade de Deus em nós; Ele quer a nossa plena felicidade. Por isso a experiência da oração é muito importante; é uma perfeita parceira do discernimento! A Palavra de Deus também nos estimula a cultivarmos a experiência do discernimento. Alguns versículos são muito estimulantes. Deus, que nos deu tanto a razão quanto a fé, quer ver-nos usufruindo desses dois dons. “Assim como o ouvido distingue as palavras e o paladar saboreia os alimentos, também nós podemos discernir o que é justo e reconhecer o que é bom” (Jó 34,3-4). “Saibam discernir o que é agradável ao Senhor” (Ef. 5,10). “Todo aquele que escuta o Pai e recebe sua instrução” (João 6,45). “Ocupem-se com tudo o que é verdadeiro, nobre, justo, puro, amável, honroso, virtuoso, ou que de algum modo mereça louvor. Pratiquem tudo o que vocês aprenderam e receberam como herança...” (Fl 4,8-9). REFLEXÃO: . Por que tantas vezes não fazemos o justo discernimento das nossas escolhas? . O que contribui para a falta de discernimento? . Quem é “Maria vai com as outras” e como ela vive?

1 2

3


FOTOS: LUIZ ESTUMANO

8

Nazaré Repórter

BELÉM, DE 28 DE SETEMBRO A 4 DE OUTUBRO DE 2018

J ROMARIA

RÁDIO NAZARÉ

DOS POBRES

A Comunidade Católica Fraternidade “O Caminho” promove a 3ª edição da Romaria dos Pobres no dia 6 de outubro com o tema “Maria que se faz pobre com os seus pobres”. Os filhos prediletos, pessoas em situação de rua, serão acolhidos pelos jovens, leigos e religiosos, a partir das 7h, na Casa dos Freis, localizada na travessa Joaquim Távora, 113, no bairro Cidade Velha. Na ocasião será partilhado um café da manhã, seguido de procissão com a imagem Peregrina de Nossa Senhora de Nazaré pelas ruas do bairro rumo à Igreja de Nossa Senhora do Carmo, onde o Arcebispo Metropolitano de Belém, Dom Alberto Taveira Corrêa, presidirá a Santa Missa. Após a celebração eucarística será oferecido almoço para os filhos prediletos.

A Rádio Nazaré FM iniciou as Peregrinações 2018 na última quintafeira, 27. Trata-se de um momento de reflexão e oração com o objetivo de melhorar a preparação espiritual dos devotos para a quadra nazarena. Os ouvintes da emissora arquidiocesana terão 15 encontros baseados no tema do Círio “Uma Jovem chamada Maria” -, seguindo o

Passado o Círio de Nazaré, a Arquidiocese de Belém centrará o trabalho para celebrar os 300 anos da Diocese de Belém do Pará. Missa Solene no dia 22 de fevereiro de 2019, na Arena Guilherme Paraense (Mangueirinho) oficializa a abertura do jubileu para a comunidade diocesana. J

CASAMENTO A Pastoral Familiar da Paróquia Nossa Senhora de Guadalupe, em Ananindeua, informa que ainda inscreve casais para o Casamento Comunitário deste ano. A união dos futuros cônjuges será na Santa Missa no dia no dia 15 de dezembro naquela paróquia. Antes do enlace, os casais passarão por uma formação no período de 9 a 11 de novembro. Mais informações e inscrições na igreja situada na Cidade Nova I, WE 10b, esquina com a avenida Três Corações. Tel.: (91) 32457440.

roteiro dos encontros sugeridos no livro deste ano. As Peregrinações 2018 vão ao ar às 18h15. Sintonize 91.3 Mhz e acompanhe!

VIDA. NOSSA MISSÃO É EVANGELIZAR!

A comunidade conta com a ajuda da sociedade de quem espera doações de materiais de higiene

Nazaré, na romaria das águas no dia 13 de outubro com Santa Missa a bordo e animação musical. O embarque será em porto particular na avenida Bernardo Sayão às 6h30. Informações: (91) 982324652/98887-6332.

J CURSILHOS DE CRISTANDADE

J JUBILEU

FOTOS: LUIZ ESTUMANO

RÁDIO NAZARÉ FM - 91,3. A SERVIÇO DA

J PARÓQUIA CRISTO REI

Mobilização dos Cursilhos de Cristandade na Arquidiocese de Belém organiza participação dos fiéis para homenagear a Virgem de Nazaré durante a procissão fluvial no sábado, 13 de outubro. A programação da “Família cursilhista na romaria fluvial” será a bordo de uma

Z MH 3 . 91 FM

l PEREGRINAÇÕES 2018 NA RÁDIO NAZARÉ FM

COMUNIDADES NO CÍRIO FLUVIAL

“Vamos navegar com fé e Cristo Rei no círio fluvial” é o mote da mobilização da Pastoral dos Amigos de Dom Luiz Orione para reunir fiéis para as homenagens da Paróquia Cristo Rei, da Guanabara, a Nossa Senhora de

1º Caderno

embarcação que sairá às 6h30 de porto particular, situado no final da avenida Almirante Tamandaré. Missa, sorteio de brindes e acolhida dos fiéis com café da manhã, animam o trajeto na romaria. Informações e reservas: (91) 98273-3544/981496682/98826-0766.

pessoal, como pasta e escova de dentes e alimentos perecíveis como queijo, pães, presunto,

café e frutas, e não perecíveis, como feijão e arroz. Informação: (91) 3222-7373.

J ELEITOS

J FESTIVIDADE

Alunos de quatro instituições: Escola Estadual Álvares de Azevedo (que trabalha com alunos deficientes visuais), Instituto Felippe Smaldone (que acolhe crianças e adolescentes com deficiência auditiva), APAE - Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (que trabalha com crianças excepcionais) e Creche Betinho (que acolhe crianças entre três e sete anos) participam da Manhã dos Eleitos, no dia 6 de outubro, na Casa de Plácido. Iniciativa da Diretoria da Festa de Nazaré (DFN), como parte da programação do Círio de Nazaré. O evento ocorre todos os anos durante uma manhã festiva direcionada a pessoas que se encontram em situação de vulnerabilidade econômica ou social.

Começa quintafeira, 4 de outubro e segue até dia 12, a festividade da Paróquia Nossa Senhora da Conceição Aparecida, em Belém, informa o pároco, Márcio Motta. “Virgem de Aparecida, dai fé e discernimento à nossa juventude” é o tema que vai direcionar os paroquianos. Consta da programação três procissões: no dia 4, a de abertura; no dia 6, a da juventude e das crianças;ce no dia 12, procissão luminosa, além atrações musicais no arraial. Informações: (91) 3233-4224, 98898-0042 e 98171-9995.

REDE NAZARÉ DE TELEVISÃO

AL CAN

30

l HORA DO CÍRIO NA TV NAZARÉ Aproxima-se o Círio de Nazaré e a comunidade pode ficar por dentro de tudo o que está sendo feito pela Arquidiocese de Belém para o êxito da mais expressiva festa mariana em Belém do Pará para homenagear a Virgem de Nazaré.

PORTAL NAZARÉ

A Rede Nazaré de Televisão, canal 30.1 – ou na sintonia da sua cidade – exibe o programa “Hora do Círio” com as principais informações sobre a quadra nazarena. Acompanhe o programa de segunda a sexta-feira, às 17h. W. WW RE. AZA ON M.BR A C CO DA FUN

J CASAMENTO A Pastoral Familiar da Paróquia Nossa Senhora de Guadalupe, em Ananindeua, informa que ainda inscreve casais para o Casamento Comunitário deste ano. A união dos futuros cônjuges será na Santa Missa no dia no dia 15 de dezembro naquela paróquia. Antes do enlace, os casais passarão por uma formação no período de 9 a 11 de novembro. Mais informações e inscrições na igreja situada na Cidade Nova I, WE 10b, esquina com a avenida Três Corações. Tel.: (91) 32457440.

l PORTAL: FAMÍLIA NAZARÉ NO CÍRIO FLUVIAL Acesse nosso Portal e acompanhe as notícias da Arquidiocese de Belém e os preparativos para o Círio 2018. Curta e siga nossas redes sociais: facebook.com/ FNCBelem e Twitter @ FundacaoNazare. Em outubro, a Arquidiocese irá sortear dez ingressos

para os benfeitores da Família Nazaré para acompanhar a Romaria Fluvial. Faça parte da Família Nazaré! Ajude-nos a realizar toda a cobertura do Círio 2018. Contribua conosco, ligue para o telefone (91) 40069211 ou acesse o site da campanha sejamaisum. Contamos com você!


1º Caderno

BELÉM, DE 28 DE SETEMBRO A 4 DE OUTUBRO DE 2018

Fundação Nazaré

Escute na Rádio Nazaré FM 91.3 SEXTA - FEIRA 05h00 - ABERTURA DA EMISSORA 05h00 - Lírio Mimoso 05h05 - Cura-me Senhor 05h10 - Ângelus - Liturgia das horas - Láudes 05h30 - Oração do Terço - Mistérios Dolorosos 06h00 - A Voz do Pastor 06h15 - Forrozinho da fé 07h00 - Horário político 07h30 - Jornal Brasil Hoje 08h00 - Igreja ponto a ponto 09h00 - Seja+Um 09h30 - Informe Noticias 10h00 - Nazaré em revista 10h30 - Informe Notícia 11h55 - Momento de Oração - Ângelus, Pai - nosso 12h00 - A voz do pastor 12h15 - Cardápio Instrumental 14h00 - Segurança e Cidadania 14h30 - Informe Noticias 15h00 - Terço da Misericórdia 15h30 - Informe Noticias 16h00 - Varanda Musical 17h45 - Ângelus - Liturgia das Horas - Vésperas 18h00 - A Voz do Pastor 18h15 - Oração do Terço - Mistérios Dolorosos 18h40 - Musical Mariano 19h00 - Voz do Brasil 20h00 - Saudade em Versos e Canções 22h00 - A voz do pastor 22h30 - Jornal RNA 23h00 - Programa Salmos ao Deus da Vida 23h50 - Mensagem de Encerramento 00h00 - Rede Milícia Sat - Igreja no Rádio SÁBADO 05h00 - ABERTURA DA EMISSORA 05h00 - Lírio Mimoso 05h05 - Cura-me Senhor 05h10 - Ângelus Liturgia das horas - Láudes 05h30 - Oração do Terço - Mistérios da Alegria 06h00 - A Voz do Pastor 07h00 - Horário Político 07h30 - Musical Mensagem 08h00 - Conhecendo Jesus 10h00 - Maria de Todos os Povos 11h55 - Momento de Oração - Ângelus, Pai - nosso 12h00 - A voz do pastor 12h15 - Cardápio Instrumental

14h00 - Musical Nazaré 14h30 - Terço da Misericórdia 15h00 - Criança Evangelizando Criança 16h00 - Evangelizando Através do Dizimo 17h00 - A vida e o tempo 18h00 - A Voz do Pastor 18h15 - Ângelus - Liturgia das Horas - Vésperas 18h15 - Peregrinação de Nossa Senhora de Nazaré 18h30 - Musical Mariano 19h00 - Musical Nazaré 22h00 - A voz do Pastor 22h15 - Domínio jovem 23h50 - MENSAGEM DE ENCERRAMENTO 00h00 - Rede Milícia Sat DOMINGO 05h00 - ABERTURA DA EMISSORA 05h00 - Lírio Mimoso 05h05 - Cura-me Senhor 05h10 - Regina Coeli - Liturgia das horas - Láudes 05h30 - Oração do Terço – Mistérios Gloriosos 06h00 - A Voz do Pastor 07h00 - SANTA MISSA 08h00 - Vem e Segue-me 10h00 - Domingo Alegre 11h55 - Momento de Oração - Ângelus, Pai - nosso 12h00 - A voz do pastor 12h15 - Cardápio Instrumental 14h00 - Universo Acadêmico 15h00 - Terço da Misericórdia 18h00 - A Voz do Pastor 18h15 - Ângelus - Liturgia das Horas - Vésperas 18h30 - Peregrinação de Nossa Senhora de Nazaré 19h00 - Clássico Nazaré 20h00 - Circuito M P B 22h00 - A voz do Pastor 22h15 - Especial PE. Zezinho 23h50 - MENSAGEM DE ENCERRAMENTO 00h00 - Rede Milícia Sat – Igreja no Rádio SEGUNDA - FEIRA 05h00 - ABERTURA DA EMISSORA 05h00 - Lírio Mimoso 05h05 - Cura-me Senhor 05h10 - Ângelus - Liturgia das horas - Láudes 05h30 - Oração do Terço - Mistérios alegria 06h00 - A Voz do Pastor 06h15 - Forrozinho da fé

9

Ligue: (91) 4006-9251 07h00 - Horário político 07h30 - Jornal Brasil Hoje 08h00 - Igreja ponto a ponto 09h00 - Seja+Um 09h30 - Informe Noticias 10h00 - Nazaré em revista 10h30 - Informe Notícia 11h50 - Momento de Oração - Ângelus, Pai - nosso 12h00 - A voz do Pastor 12h20 - Cardápio Instrumental 14h00 - Varanda Musical 14h30 - Informe Notícia 15h00 - Terço da Misericórdia 15h30 - Informe Notícia 16h00 - Saúde e Cidadania 16h30 - Informe Notícia 17h30 - Informe Notícia 17h45 - Ângelus - Liturgia das Horas - Vésperas 18h00 - Voz do Pastor 18h15 - Peregrinação de Nossa Senhora de Nazaré 18h40 - Musical Mariano 19h00 - Voz do Brasil 20h00 - Crescendo na Fé 21h00 - Orando com Você - Com. Maíra 22h00 - A voz do pastor 22h30 - Jornal RNA 23h00 - Programa Salmos ao Deus da Vida 23h50 - MENSAGEM DE ENCERRAMENTO 00h00 - Rede Milícia Sat – Igreja no Rádio TERÇA - FEIRA 05h00 - ABERTURA DA EMISSORA 05h00 - Lírio Mimoso 05h05 - Cura-me Senhor 05h10 - Ângelus - Liturgia das horas - Láudes 05h30 - Oração do Terço - Mistérios alegria 06h00 - A Voz do Pastor 06h15 - Forrozinho da fé 07h00 - Horário político 07h30 - Jornal Brasil Hoje 08h00 - Igreja ponto a ponto 09h00 - Seja+Um 09h30 - Informe Noticias 10h00 - Nazaré em revista 10h30 - Informe Notícia 11h55 - Momento de Oração - Ângelus, Pai - nosso 12h00 - A voz do Pastor 12h15 - Cardápio Instrumental 14h00 - Varanda Musical

14h30 - Informe Notícia 15h00 - Terço da Misericórdia 15h30 - Informe Notícia 16h00 - Direito e cidadania 16h30 - Informe Notícia 17h25 - Informe Notícia 17h30 - Ângelus - Liturgia das Horas - Vésperas 17h45 - Voz do Pastor 18h00 - Novena Nossa Senhora Perpétuo Socorro 18h30 - Peregrinação de Nossa Senhora de Nazaré 19h00 - Voz do Brasil 20h00 - Família em Ação 22h00 - A voz do pastor 22h30 - Jornal RNA 23h00 - Programa Salmos ao Deus da Vida 23h50 - MENSAGEM DE ENCERRAMENTO 00h00 - Rede Milícia Sat – Igreja no Rádio QUARTA - FEIRA 05h00 - ABERTURA DA EMISSORA 05h00 - Lírio Mimoso 05h05 - Cura-me Senhor 05h10 - Ângelus - Liturgia das horas - Láudes 05h30 - Oração do Terço - Mistérios alegria 06h00 - A Voz do Pastor 06h15 - Forrozinho da fé 07h00 - Horário político 07h30 - Jornal Brasil Hoje 08h00 - Igreja ponto a ponto 09h00 - Seja+Um 09h30 - Informe Noticias 10h00 - Nazaré em revista 10h30 - Informe Notícia 11h55 - Momento de Oração - Ângelus, Pai - nosso 12h00 - A voz do Pastor 12h15 - Cardápio Instrumental 13h30 - Informe Notícia 14h00 - Varanda Musical 14h30 - Informe Notícia 15h00 - Terço da Misericórdia 15h30 - Informe Noticia 16h00 - Educação e Cidadania 16h30 - Informe Notícia 17h30 - Informe Notícia 17h45 - Regina Coeli - Liturgia das Horas - Vésperas 18h00 - A Voz do Pastor 18h15 - Peregrinação de Nossa Senhora de Nazaré

18h40 - Musical Mariano 19h00 - Voz do Brasil 20h00 - Musical Mensagem 21h00 - Orando com Você - Com. Mar adentro. 22h00 - A voz do pastor 22h30 - Jornal RNA 23h00 - Programa Salmos ao Deus da Vida 23h50 - MENSAGEM DE ENCERRAMENTO 00h00 - Rede Milícia Sat - Igreja no Rádio QUINTA - FEIRA 05h00 - ABERTURA DA EMISSORA 05h00 - Lírio Mimoso 05h05 - Cura-me Senhor 05h10 - Ângelus - Liturgia das horas - Láudes 05h30 - Oração do Terço - Mistérios alegria 06h00 - A Voz do Pastor 06h15 - Forrozinho da fé 07h00 - Horário político 07h30 - Jornal Brasil Hoje 08h00 - Igreja ponto a ponto 09h00 - Seja+Um 09h30 - Informe Noticias 10h00 - Nazaré em revista 10h30 - Informe Notícia 11h55 - Momento de Oração - Ângelus, Pai - nosso 12h00 - A voz do pastor 12h15 - Cardápio Instrumental 13h30 - Informe Notícia 14h00 - Entre nós 14h30 - Informe Notícia 15h00 - Terço da Misericórdia 15h15 - Musical Nazaré 15h30 - Informe Notícia 16h00 - Varanda Musical 16h30 - Informe Notícia 17h30 - Informe Notícia 17h45 - Ângelus - Liturgia das Horas - Vésperas 18h00 - A Voz do Pastor 18h15 - Peregrinação de Nossa Senhora de Nazaré 18h40 - Musical Mariano 19h00 - Voz do Brasil 20h00 - Musical Mensagem 21h00 - Orando com Você 22h00 - A voz do Pastor 22h30 - Jornal RNA 23h00 - Programa Salmos ao Deus da Vida 23h50 - MENSAGEM DE ENCERRAMENTO 00h00 - Rede Milícia Sat - Igreja no Rádio

Assista na TV Nazaré - Canal 30.1 SEXTA-FEIRA 00:00 Fraternidade em Ação 00:10 Adoração Ao Santíssimo 01:10 Terra Santa News 01:30 Mãe Maria 01:40 Comunidade Viva 02:00 Igreja que Sofre 02:30 Caminhando Na Fé 02:45 Mãe Maria 02:55 Palavra de Vida Eterna 03:00 EvangelizaShow 04:00 Diálogo Aberto 05:00 TeleCurso - Ensino Médio 05:30 TeleCurso - Ensino Médio Espanhol 05:45 Palavra de Vida Eterna 05:50 Mãe Maria 06:00 Terço Doloroso 06:25 Palavra de Vida Eterna 06:30 Caminhando Na Fé 06:45 Em Família 06:55 Preparando a Festa 07:00 Santa Missa Mantinal 08:00 Palavra de Vida Eterna 08:05 Mulher.com 10:15 Fraternidade em Ação 10:25 Palavra de Vida Eterna 10:30 Caminhando Na Fé 10:45 Mãe Maria 10:55 Meu Pensamento 11:00 Desenho 12:00 Nazaré Notícias 12:45 Novena de Nossa Senhora do Nó 12:55 Palavra de Vida Eterna 13:00 Fazendo Esperança 13:30 Caminhando Na Fé 13:45 Sal da Terra 14:00 Igreja que Sofre 14:30 Fraternidade em Ação 14:40 Em Família 14:50 Palavra de Vida Eterna 14:55 Meu Pensamento 15:00 De Mãos Dadas 16:00 TeleCurso - Ensino Médio 16:30 Fazendo Esperança 17:00 Palavra de Vida Eterna 17:05 Caminhando Na Fé 17:20 Fraternidade em Ação 17:30 Terço Doloroso 17:55 Preparando a Festa 18:00 Santa Missa Vespertina 19:00 Nazaré Notícias 19:45 Caminhando Na Fé 20:00 EvangelizaShow 21:00 Espaço Cultural 22:30 Terra Santa News 22:50 Novena de Nossa Senhora do Nó 23:00 Palavra de Vida Eterna 23:05 Caminhando Na Fé 23:20 Fraternidade em Ação 23:30 Terço Doloroso 23:55 Meu Pensamento SÁBADO 00:00 Música Mensagem 02:00 Fiacolata 03:00 EvangelizaShow 04:00 Despertai Para o Amor 05:00 Telecurso Ensino Fundamental 06:00 Terço Gozoso 06:25 Conversa com Meu Povo 06:55 Palavra de Vida Eterna 07:00 Notícias Pastorais 07:45 Sal da Terra 08:00 Palavra de Vida Eterna 08:05 Comunidade Viva 08:25 Meu Pensamento 08:30 Conversa com Meu Povo 09:00 Missa no Rio de Janeiro-RJ

10:00 Pesca Amazônia 11:00 Sal da Terra 11:15 Mãe Maria 11:25 Meu Pensamento 11:30 Palavra de Vida Eterna 11:35 Igreja no Brasil 11:40 Terra Santa News 12:00 Notícias Pastorais 12:45 Meu Pensamento 12:50 Mãe Maria 13:00 Viagem pela Amazônia 13:30 Conversa com Meu Povo 14:00 Pensando Bem 15:00 Despertai Para o Amor 16:00 Sal da Terra 16:15 Conversa com Meu Povo 16:45 Notícias Pastorais 17:30 Terço Gozoso 17:55 Palavra de Vida Eterna 18:00 Música Mensagem 20:00 Conversa com Meu Povo 20:30 Cine Nostalgia 21:30 Fiacolata 22:30 Despertai Para o Amor 23:30 Terço Gozoso 23:55 Meu Pensamento DOMINGO 00:00 Música Mensagem 02:00 Despertai Para o Amor 03:00 Sal da Terra 03:15 Notícias Pastorais 04:00 Igreja que Sofre 04:30 EvangelizaShow 05:30 Palavra de Vida Eterna 05:35 Terra Santa News 05:55 Palavra de Vida Eterna 06:00 Terço Glorioso 06:30 Sal da Terra 06:45 Fraternidade em Ação 06:55 Meu Pensamento 07:00 Santa Missa Dominical 08:00 Notícias Pastorais 08:45 Desenho 09:30 Comunidade Viva 09:50 Meu Pensamento 09:55 Palavra de Vida Eterna 10:00 Diálogo Aberto 11:00 Pesca Amazônia 12:00 Notícias Pastorais 12:45 Ângelus 13:00 Encantos da Amazônia 14:00 Terra Santa News 14:20 Palavra de Vida Eterna 14:25 Meu Pensamento 14:30 Igreja que Sofre 15:00 Cine Nostalgia 16:00 Dedo de Prosa 17:00 Palavra de Vida Eterna 17:05 Sal da Terra 17:20 Mãe Maria 17:30 Terço Glorioso 17:55 Palavra de Vida Eterna 18:00 EvangelizaShow 19:00 Despertai Para o Amor 20:00 Espaço Cultural 21:30 Janela Aberta 22:30 Palavra de Vida Eterna 22:35 Questão de Fé 23:35 Terço Glorioso SEGUNDA-FEIRA 00:00 Fraternidade em Ação 00:10 De Mãos Dadas 01:10 Terra Santa News 01:30 EvangelizaShow 02:30 Caminhando Na Fé 02:45 Mãe Maria

02:55 Palavra de Vida Eterna 03:00 Encantos da Amazônia 04:00 Diálogo Aberto 05:00 TeleCurso - Ensino Médio 05:30 TeleCurso - Ensino Médio Espanhol 05:45 Palavra de Vida Eterna 05:50 Mãe Maria 06:00 Terço Gozoso 06:25 Palavra de Vida Eterna 06:30 Caminhando Na Fé 06:45 Em Família 06:55 Preparando a Festa 07:00 Santa Missa Mantinal 08:00 Palavra de Vida Eterna 08:05 Mulher.com 10:15 Fraternidade em Ação 10:25 Palavra de Vida Eterna 10:30 Caminhando Na Fé 10:45 Mãe Maria 10:55 Meu Pensamento 11:00 Desenho 12:00 Nazaré Notícias 12:45 Novena de Nossa Senhora do Nó 12:55 Palavra de Vida Eterna 13:00 Fazendo Esperança 13:30 Caminhando Na Fé 13:45 Mãe Maria 13:55 Palavra de Vida Eterna 14:00 Igreja que Sofre 14:30 Fraternidade em Ação 14:40 Em Família 14:50 Palavra de Vida Eterna 14:55 Meu Pensamento 15:00 De Mãos Dadas 16:00 TeleCurso - Ensino Médio 16:30 Fazendo Esperança 17:00 Palavra de Vida Eterna 17:05 Caminhando Na Fé 17:20 Fraternidade em Ação 17:30 Terço Gozoso 17:55 Preparando a Festa 18:00 Santa Missa Vespertina 19:00 Nazaré Notícias 19:45 Caminhando Na Fé 20:00 Janela Aberta 21:00 Cine Nostalgia 22:00 Nazaré Notícias 22:45 Novena de Nossa Senhora do Nó 22:55 Meu Pensamento 23:00 Caminhando Na Fé 23:15 Fraternidade em Ação 23:25 Palavra de Vida Eterna 23:30 Terço Gozoso 23:55 Meu Pensamento TERÇA-FEIRA 00:00 Igreja no Brasil 00:10 De Mãos Dadas 01:10 Conversa com Meu Povo 01:40 Palavra de Vida Eterna 01:45 Meu Pensamento 01:50 Mãe Maria 02:00 Igreja que Sofre 02:30 Conversa com Meu Povo 03:00 Religare 03:30 De Coração 04:00 Janela Aberta 05:00 Telecurso Ensino Médio 05:30 Telecurso Espanhol 05:45 Palavra de Vida Eterna 05:50 Em Família 06:00 Terço Doloroso 06:25 Conversa com Meu Povo 06:55 Preparando a Festa 07:00 Santa Missa Mantinal 08:00 Palavra de Vida Eterna 08:05 Mulher.com 10:15 Palavra de Vida Eterna

10:20 Mãe Maria 10:30 Conversa com Meu Povo 11:00 Desenho 12:00 Nazaré Notícias 12:45 Novena de Nossa Senhora do Nó 12:55 Palavra de Vida Eterna 13:00 Sal da Terra 13:15 Meu Pensamento 13:20 Mãe Maria 13:30 Conversa com Meu Povo 14:00 Desenho 15:00 Novena do Perpétuo Socorro 15:45 Sal da Terra 16:00 Telecurso Ensino Médio 16:30 Conversa com Meu Povo 17:00 Palavra de Vida Eterna 17:05 Comunidade Viva 17:25 Meu Pensamento 17:30 Terço Doloroso 17:55 Preparando a Festa 18:00 Santa Missa Vespertina 19:00 Nazaré Notícias 19:45 Sal da Terra 20:00 Conversa com Meu Povo 20:30 Terra Santa News 20:50 Em Família 21:00 Questão de Fé 22:00 Nazaré Notícias 22:45 Novena de Nossa Senhora do Nó 22:55 Meu Pensamento 23:00 Conversa com Meu Povo 23:30 Terço Doloroso 23:55 Meu Pensamento QUARTA-FEIRA 00:00 Fraternidade em Ação 00:10 De Mãos Dadas 01:10 Terra Santa News 01:30 Encantos da Amazônia 02:30 Caminhando Na Fé 02:45 Mãe Maria 02:55 Palavra de Vida Eterna 03:00 Novena do Perpétuo Socorro 03:45 Caminhando Na Fé 04:00 Questão de Fé 05:00 TeleCurso - Ensino Médio 05:30 TeleCurso - Ensino Médio Espanhol 05:45 Palavra de Vida Eterna 05:50 Mãe Maria 06:00 Terço Glorioso 06:25 Palavra de Vida Eterna 06:30 Caminhando Na Fé 06:45 Em Família 06:55 Preparando a Festa 07:00 Santa Missa Mantinal 08:00 Palavra de Vida Eterna 08:05 Mulher.com 10:15 Fraternidade em Ação 10:25 Palavra de Vida Eterna 10:30 Caminhando Na Fé 10:45 Mãe Maria 10:55 Meu Pensamento 11:00 Desenho 12:00 Nazaré Notícias 12:45 Novena de Nossa Senhora do Nó 12:55 Palavra de Vida Eterna 13:00 Fazendo Esperança 13:30 Caminhando Na Fé 13:45 Sal da Terra 14:00 Igreja que Sofre 14:30 Fraternidade em Ação 14:40 Em Família 14:50 Palavra de Vida Eterna 14:55 Meu Pensamento 15:00 De Mãos Dadas 16:00 TeleCurso - Ensino Médio

16:30 Fazendo Esperança 17:00 Palavra de Vida Eterna 17:05 Caminhando Na Fé 17:20 Fraternidade em Ação 17:30 Terço Glorioso 17:55 Preparando a Festa 18:00 Santa Missa Vespertina 19:00 Nazaré Notícias 19:45 Caminhando Na Fé 20:00 Pensando Bem 21:00 Encantos da Amazônia 22:00 Nazaré Notícias 22:45 Novena de Nossa Senhora do Nó 22:55 Meu Pensamento 23:00 Caminhando Na Fé 23:15 Fraternidade em Ação 23:25 Palavra de Vida Eterna 23:30 Terço Glorioso 23:55 Meu Pensamento QUINTA FEIRA 00:00 Igreja no Brasil 00:05 Palavra de Vida Eterna 00:10 De Mãos Dadas 01:10 Conversa com Meu Povo 01:40 Palavra de Vida Eterna 01:45 Meu Pensamento 01:50 Mãe Maria 02:00 Igreja que Sofre 02:30 Conversa com Meu Povo 03:00 Encantos da Amazônia 04:00 Pensando Bem 05:00 Telecurso Ensino Médio 05:30 Telecurso Espanhol 05:45 Palavra de Vida Eterna 05:50 Em Família 06:00 Terço Luminoso 06:25 Conversa com Meu Povo 06:55 Preparando a Festa 07:00 Santa Missa Mantinal 08:00 Palavra de Vida Eterna 08:05 Mulher.com 10:15 Palavra de Vida Eterna 10:20 Mãe Maria 10:30 Conversa com Meu Povo 11:00 Desenho 12:00 Nazaré Notícias 12:45 Novena de Nossa Senhora do Nó 12:55 Palavra de Vida Eterna 13:00 Sal da Terra 13:15 Meu Pensamento 13:20 Mãe Maria 13:30 Conversa com Meu Povo 14:00 Desenho 14:55 Meu Pensamento 15:00 Adoração Ao Santíssimo 16:00 Telecurso Ensino Médio 16:30 Conversa com Meu Povo 17:00 Palavra de Vida Eterna 17:05 Terra Santa News 17:25 Meu Pensamento 17:30 Terço Luminoso 17:55 Preparando a Festa 18:00 Santa Missa Vespertina 19:00 Nazaré Notícias 19:45 Sal da Terra 20:00 Conversa com Meu Povo 20:30 Comunidade Viva 20:50 Em Família 21:00 Diálogo Aberto 22:00 Nazaré Notícias 22:45 Novena de Nossa Senhora do Nó 22:55 Meu Pensamento 23:00 Conversa com Meu Povo 23:30 Terço Luminoso 23:55 Meu Pensamento


10

Santa Missa

BELÉM, DE 28 DE SETEMBRO A 4 DE OUTUBRO DE 2018

1º Caderno

Horários de Missas nas paróquias da Arquidiocese de Belém REGIÃO EPISCOPAL SANT’ANA

(Basílica Santuário) Nazaré - Belém Sábado: 7h, 8h30,12h,17h Domingo: 6h30, 8h, 10h, 16h30, 18h e 20h Telefone: 4009-8400

Telefone: 3297-7250

N. Sra. das Mercês (Reitoria) Comércio - Belém Sábado: 12h e 17h, Domingo: 12h e 17h

São Francisco de Assis (Capuchinhos) São Brás - Belém Sábado: 19h30 Domingo: 6h, 7h30, 9h30,18h, 20h Telefone: 3073-1500

Nossa Senhora de Fátima Icoaraci - Belém Terça, quinta e sexta: 18h30 Sábado: 19h - Domingo: 19h Telefone: 3297-7251

N. Senhora Auxiliadora Anita Gerosa (Aurá) - Ananindeua Domingo: 7h e 18h Telefones: 3255-3828

Sant'Ana da Campina Comércio - Belém Sábado: 12h (Igreja Matriz) Domingo: 7h (Col. D. Bosco) 9h (Igreja Matriz) Telefone: 3230-3734

Santo Antônio do Tucunduba Guamá - Belém Sábado: 19h30 Domingo: 7h e 19h30 Telefone: 3274 -9001

Jesus Bom Samaritano Tapanã - Belém Domingo: 7h30 e 19h30 Telefone: 3033-2004

N. Senhora das Vitórias Almir Gabriel - Marituba Sábado: 19h Domingo: 7h, 19h Telefone: 3292-0013

Nossa Senhora da Graça (Catedral) Cidade Velha - Belém Sábado: 19h, Domingo: 7h, 9h e 19h Telefone: 2121-3723/ 2121-3724

São Judas Tadeu Condor - Belém Sábado: 19h. Domingo: 7h, 9h e 19h Telefone: 3115-6020 Santa Teresinha do Menino Jesus Jurunas - Belém Sábado: 6h e 18h30 Domingo: 6h30, 8h30 e 18h Telefone: 3272-2251 Santo Antônio de Lisboa Batista Campos - Belém Sábado: 6h30, 12h, 17h e 18h30 Domingo: 8h, 11h, 17h, 18h30 e 20h Telefone: 3215-7004/ 3222-0097 Santíssima Trindade Campina - Belém Sábado: 16h,Domingo: 7h, 10h, 11h30, 17h30 e 19h Telefone: 3215-7007/ 3242-4917 Nossa Senhora da Conceição Cidade Velha - Belém Sábado: 18h30, Domingo: 7h, 9h e 18h Telefone: 3215-7006 São José Umarizal - Belém Sábado: 19h Domingo: 7h, 11h e 19h Telefone: 3230-1633 Santa Luzia Jurunas - Belém De terça a sexta-feira: 19h Sábado: 18h30 Domingo: 7h; 9h; 18h30 Telefone: 3271-2146 Nossa Senhora de Lourdes Nazaré - Belém Seg a Sáb: 6h30 e 18h Domingo: 7h, 9h, 17h30 e 19h30 Telefone: 3223-5728 Nossa Senhora do Carmo Cidade Velha Sábado: 18h - Domingo: 7h REGIÃO EPISCOPAL SANTA MARIA GORETTI Santa Maria de Belém Terra Firme - Belém Terça: 19h Sábado: 19h - Domingo: 7h30 e 19h Telefone: 3253-5422 São Pedro e São Paulo Guamá - Belém Sábado: 19h Domingo: 7h, 9h e 18h30 Telefone: 3283-6021/3259-0413 São José de Queluz Canudos - Belém Segunda a sábado: 6h30 e 19h Domingo: 7h, 10h, 17h e 19h Telefone: 3226-2612 São Domingos de Gusmão Terra Firme - Belém Sábado: 19h Domingo: 7h, 9h e 19h30 Telefone: 3253-2656/3274-4746 São Miguel Arcanjo Cremação - Belém Sábado: 18h30 Domingo: 7h30, 11h e 18h30 Telefone: 3283-6022 Nossa Senhora de Fátima Fátima - Belém Sábado: 17h30 Domingo: 6h45, 8h30, 17h30 e 19h30 Telefone: 3266-1392/3226-0503 Santa Maria Goretti Guamá - Belém Domingo: 9h30 e 18h Telefone: 3283-6023 Nossa Senhora de Nazaré

REGIÃO EPISCOPAL SANTA CRUZ Imaculada Conceição Castanheira - Belém Sábado: 17h. Domingo: 7h e 19h Telefone: 3277-4642/98111-8110 São Sebastião Sacramenta - Belém Sábado e domingo: 7h, 17h e 19h Telefone: 3264-9060/3254-7354 Jesus Ressuscitado Marambaia - Belém Sábado: 18h Domingo: 7h, 10h e 18h Telefone: 3277-4643 São Geraldo Magela Val de Cans - Belém Sábado: 19h Domingo: 7h30, 10h30 e 18h Telefone: 3257-7950 N. Sra do Perpétuo Socorro Telégrafo - Seg. a sábado: missa - 19h Domingo: missa: 7h, 8h30, 17h30 e 19 h - Telefone: 3233 1797 São Jorge Marambaia - Belém Sábado: 19h Domingo: 7h, 9h, 17h e19h Telefone: 3277-4641 São Raimundo Nonato Umarizal - Belém Sábado: 6h30 e 18h Domingo: 6h30, 8h30 e 18h Telefone: 3277-4644 Santa Cruz Marco - Belém Sábado: 18h30 Domingo: 7h, 9h, 11h e 18h30 Telefone: 3277-4640/3276-0941 Nossa Senhora da Conceição Aparecida Pedreira - Belém Terça a Sábado: 18h Dom.: 7h, 9h e 18h/1ª Sexta-mês: 9h Telefone: 3233-4224/3276-9573 São Francisco Xavier Marco - Belém Sábado: 19h Domingo: 7h, 9h e 18h Telefone: 3352-8845 N. Senhora, Mãe da Divina Providência Val de Cans - Belém Sábado:19h - Domingo: 7h e 19h Telefone: 3257-2388 Sagrada Família Curió Utinga - Belém. Sábado: 7h e 19h30 Domingo: 7h, 9h e 19h30 São João Paulo II Souza - Belém De terça a sábado: 18h Domingos: 8h e 18h Telefone: 3277-4062 Nossa Senhora de Loreto Marco - Belém Telefone: (91) 3355-6302 Sábado: 17h Domingo: 7h, 9h, 11h, 17h e 19h São Benedito Rua São Benedito, Barreiro Terça a sexta-feira - 19h Sábado - 8h (missa com crianças) Domingos - 7h30 e 18h30 REGIÃO EPISCOPAL SÃO JOÃO BATISTA São João Batista e Nossa Senhora das Graças Icoaraci - Belém Terça a sexta: 6h30 Sábado: 6h30, 17h, 20h Domingo: 7h e 18h

São Francisco de Assis Tapanã - Belém Domingo: 7h e 18h30 Telefone: 3258-8036

São Francisco das Ilhas Cotijuba - Belém Terça e quinta: 19h30 Sábado: 19h30 Domingo: 7h e 19h30 Telefone: 3247-1438 Nossa Senhora da Imaculada Conceição Outeiro - Belém Terça e quinta: 19h; Sábado: 9h Domingo: 7h e 18h Telefone: 3267-1174 Nossa Senhora do Livramento Icoraci - Belém Terça, quinta, sexta e sábado:19h Domingo: 7h e18h Telefone: 3288-4250 Divina Misericórdia Águas Negras - Icoaraci Terça a sexta: 18h30 Sábado: 17h e 19h30 (comunidade) Domingo: 7h e 19h 30 Santo Afonso de Ligório Pratinha - Belém Sábado: 19h Domingo: 8h30 e19h Telefone: 3258-1554/3274-8281 São Francisco de Assis Campina - Icoaraci Domingo: 7h, 9h e 18h30 De terça-feira a sexta-feira: 19h Telefone: 3297-0765 REGIÃO EPISCOPAL CORAÇÃO EUCARÍSTICO DE JESUS Coração Eucarístico de Jesus Catalina - Belém Sábado: 18h Domingo: 7h, 10h e 18h Telefone: (91) 3285-1433 Santa Edwiges Mangueirão - Belém Sábado: 19h Domingo: 7h, 9h30 e18h Telefone: 3279-1654 N. Senhora Rainha da Paz Bengui - Belém Domingo: 7h, 9h e 18h30 Telefone: 3277-4645 Nossa Senhora do Bom Remédio Conjunto Satélite - Belém Sábado: 17h30 Domingo: 7h e 18h30 Telefone: 3289-5355/3248-1136 Natividade de Nosso Senhor Jesus Cristo Conjunto Sideral - Belém Domingo: 7h, 9h e18h Telefone: 3067-2017 Santa Luzia do Bom Futuro Cabanagem - Belém Sábado: 17h - Domingo: 7h e 19h São José de Anchieta Alameda Ns-13, 65 - Coqueiro Sexta - 7h30 Domingo - 7h; 18h Santa Teresinha do Menino Jesus Tenoné - Belém Domingo: 7h e 18h Telefone: 3289-5368 Nossa Senhora de Lourdes Coqueiro - Ananindeua Sábado: 17h. Domingo: 7h e 19h Telefone: 3275-2391 Santo Antônio de Pádua Coqueiro - Ananindeua Sábado: 19h. Domingo: 7h e 18h Telefone: 98152-2200 Arcanjo São Miguel Una - Ananindeua

Sábado: 19h Domingo: 7h30. 9h30 e 19h Telefone: 3234-4674 REGIÃO EPISCOPAL MENINO DEUS

Sagrado Coração de Jesus Júlia Seffer - Ananindeua Sábado: 19h Domingo: 7h30, 9h e18h Telefone: 3265-5413 Sagrado Coração de Jesus Distrito Industrial - Ananindeua Sábado: 19h Domingo: 7h, 8h30 e 17h30 Telefone: (91) 98855 - 2232

Área Missionária São Paulo, Apóstolo Rodovia BR-316 Domingo: 9h e 11h Telefone: 98292-9199 Santíssimo Sacramento Nova União - Marituba Sábado: 18h30 (Capela N. Sra. do Perpétuo Socorro) Domingo: 18h30 (Capela S. Francisco de Assis) REGIÃO EPISCOPAL SÃO VICENTE DE PAULO Cristo Rei Guanabara - Ananindeua Domingo: 7h, 9h30 e 19h Telefone: 3235-1405 Divino Espírito Santo Cidade Nova - Ananindeua Sábado: 7h. Domingo: 7h, 9h e 18h Telefone: 3263-0603 Santo Inácio de Loyola Icui Guajará - Ananindeua Domingo: 7h e18h Telefone: 991541971

Paróquia Nossa Senhora do Carmo Benevides Sábado - 19h Domingo - 8h e 19h Telefone: (91) 3724-1098

São Lucas Evangelista Guajará - Ananindeua Quinta : 7h e 18h30. Sexta: 18h30 Sábado: 9h e18h30. Domingo: 7h, 17h e 19h Telefone: 3353-0364

Menino Deus Centro - Marituba Domingo: 6h, 8h30 e 18h Telefone: 3237-8351

Santa Maria Mãe de Deus Maguari - Ananindeua Terça, quarta, sexta e sábado: 7h Quinta: 19h; Domingo: 7h e 19h Fone: (91) 3255-5284

N. Sra. de Nazaré Marituba - Quarta - feira Horário de Missa: às 19h Domingos: às 8h30 Telefone: 98040-5117 /98102 - 7344

Santa Teresinha Águas Lindas - Ananindeua Domingo: 7h30 e 18h Telefone: 9916-4548/99169-3443

N. Sra. das Graças Centro - Ananindeua Sábado: 19h Domingo: 7h e 19h Telefone: 3255-2654

N. Senhora de Guadalupe Coqueiro - Ananindeua Terça a sexta: 19h Sábado: 18h30 Domingo: 7h ,9h e18h Telefone: 3245-7440

N. Sra. do Ó Vila - Mosqueiro Sábado: 19h30 Domingo: 6h30, 9h30 e 19h30 Telefone: (91) 3771-1278

Cristo Peregrino Jaderlândia - Ananindeua De Segunda a Sábado: 19h Domingo: 7h,17h e19h Telefone: 3237-9891

São Pio X Águas Lindas - Ananindeua Domingo: 7h30 e 19h30 Telefone: 32155-2583

Santa Paula Frassinetti Cidade Nova VI - Ananindeua Segunda e quarta: 18h30 Terça e quinta: 19h30 Sexta: 7h. Sábado: 19h Domingo: 7h, 9h, 18h Telefone: 3279-2620

Santa Rosa de Lima Independente - Benevides Terça a Sexta:18h, Sábado:17h, 19h Domingo: 07h30 e 19h Telefone: (91)3724- 1135 Bom Pastor Nova Marituba - Marituba Segunda a Sexta: 18h Sábado: 6h, 9h30 e 19h Domingo: 6h, 9h30 e 19h Telefone: 4106-0202 N. Sra da Conceição Praça Matriz - Benfica Domingo: 6h15 e 19h30 Telefone: 3450-8147 N. Sra da Conceição Carananduba - Mosqueiro Ter a Sex: 18h30 Sábado: 18h30 Domingo: 7h e 19h Telefone: 3772-1183 Santa Bárbara Centro - Santa Bárbara Domingo: 7h30 e 19h Telefone: 3776-1529 São Marcos Uriboca - Marituba Terça: 19h. Domingo: 7h e 19h Telefone: 3237-8351 Pedro Pescador Baía do Sol - Mosqueiro Ter a sexta: 19h (Igreja S. Sebastião) Quarta: Matriz - 19h Sábado:19h (Igreja São Sebastião) Domingo: 8h (Ig. S. Sebastião); 10 h 3 0 ( I g . D i v. E s p . S a n t o ) ; 19h ( Matriz) Telefone: 99919-4153

Transfiguração do Senhor Curuçambá - Ananindeua Sábado: 18h30 e 20h Domingo: 7h e 18h30 Telefone: 3286-8570 Santa Rita de Cássia Cidade Nova V - Ananindeua. Sábado: 6h30 e 17h30 Domingo: 6h30, 8h30, 7h30 e 19h30. Telefone: 3273-3191/ 3273-3310 Paróquia Santíssimo Redentor Icuí-Guajará - Ananindeua Sábado: 19h30 - Igreja Matriz Domingo: 7h - Igreja Matriz 9h - Comunidade Santo Afonso 17h - Igreja Matriz 19h - Comunidade Cristo Rei São Vicente de Paulo Paar - Ananindeua Domingo: 7h, 8h30 e 19h São José Operário Conj. Carnaúba, Icuí - Ananindeua Domingo: 7h e 18h Telefone: 3295-3545/3031-1172 Nossa Senhora do Amparo Cidade Nova 8 - Ananindeua Terça a Sexta: 19h - Sábado: 19h30 Domingo: 7h, 9h e 18h Telefone: 3287-2418 Santo André Apóstolo Coqueiro - Ananindeua Segunda a sexta - 19h Sábado: 19h45 - Domingo: 8h 19h Telefone: (91) 3235-1658

Não encontrou o horário das missas da sua paróquia aqui? Entre em contato com seu pároco ou com a secretaria da sua paróquia e solicite que nos informem para podermos publicar.


Fundação Nazaré 11 Posse na Academia de Letras Jurídicas

1º Caderno

BELÉM, DE 28 DE SETEMBRO A 4 DE OUTUBRO DE 2018

Apresentador do programa Direito e Cidadania, da Rádio Nazaré, Océlio de Jesus Morais

N

esta sexta-feira, dia 28, às 18h30, o Juiz titular da 11ª Vara do Trabalho de Belém, Océlio de Jesús Carneiro de Morais, toma posse na Academia Paraense de Letras Jurídicas, no auditório do Tribunal Regional do Trabalho 8ª Região, localizado na Avenida Dom Pedro I, no Umarizal. O magistrado vai ocupar a cadeira úmero 18, então ocupada pelo acadêmico Laércio Dias Franco, cujo patrono é Genuíno Amazonas Figueiredo. O juiz há cerca de quatro anos concilia a carreira profissional com a prestação de serviço voluntário na apresentação do programa Direito e Cidadania na Rádio Nazaré, 91,3MHZ, que vai ao ar as terças-feiras, das 16h às 17h30, cujo objetivo é esclarecer questões relativas aos direitos, deveres e obrigações dos cidadãos e qual é a visão da justiça acerca dos direitos. O programa, portando, tem o compromisso de informar

com qualidade o cidadão, a fim de que, criticamente, exerça com cidadania seus direitos e deveres na sociedade. “Sinto-me bem realizado e feliz. É uma forma de contribuir com a missão evangelizadora da Igreja, a partir do esclarecimento dos direitos e deveres dos cidadãos. Também é uma forma de retribuir à Igreja a educação e formação cristã que recebi como seminarista, quando jovem”. A eleição para a Academia Paraense de Letras Jurídicas ocorreu no dia 8 de agosto, quando Océlio Moraes foi escolhido com uma expressiva votação de 29 votos contra oito dados ao concorrente, o juiz do trabalho Ney Maranhão. Segundo Océlio, a qualidade de acadêmico numa Academia de Letras Jurídicas, “reforça um princípio de responsabilidade social e responsabilidade política: a academia interage com a comunidade na perspectiva de contribuir

FOTOS: DIVULGAÇÃO

w NA APRESENTAÇÃO do programa Direito e Cidadania na Rádio Nazaré

com o aperfeiçoamento das culturas regional e nacional. Disso decorre a responsabilidade social, porque a sociedade é a beneficiária, quando tem sua cultura perpetuada. A responsabilidade política, que não é de natureza partidária, é por princípio: o acadê-

mico afirma, por suas convicções e produções acadêmicas, um agir político transformador das relações sociais, sempre na perspectiva do bem comum”. O Juiz titular da 11ª Vara do Trabalho de Belém é pós-doutor em Democracia e Direitos

Humanos no IGC da Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra, Doutor em Direito (Previdência Social) pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP) desde 17 de maio de 2013, Mestre em Direito pela Universidade Federal do

Pará (UFPA), Especialista em Direito Público pela Universidade da Amazônia e professor do programa de mestrado de direitos fundamentais da Universidade da Amazônia. O magistrado é autor de oito livros individuais, coautor de cinco e autor de artigos técnicos na área jurídica (direitos humanos fundamentais; direitos securitários em específicos, direito processual do trabalho; direito ambiental do trabalho) publicados em revistas nacionais e internacional; Palestras, debates, audiências públicas, conferências no Brasil e exterior. Océlio foi seminarista e, também é graduado em jornalismo pela UFPA, atuou como secretário e assessor de imprensa da CNBB Norte II; Radialista; Assessor de Imprensa do TJE/PA; Jornalistas (revisor, repórter, chefe de reportagem na TV e A Província do Pará).

Testemunho de Fé

E

u sempre sonhei em ser mãe. Porém, eu nunca poderia ter filhos por uma série de complicações de saúde e até uma depressão. E isso me tornou uma pessoa totalmente dependente de remédios controlados. Passei por muitas turbulências em minha vida, mas um dia Deus me disse que eu iria ser feliz. Pedi a Nossa Senhora de Nazaré que intercedesse pela graça e pelo meu sonho de ser mãe. Ela intercedeu e, algum tempo depois, tive a graça de ser mãe. Algo que era impossível, se tornou realidade. Minha filha se chama Maria Thereza e nasceu no dia

29 de maio deste ano. Se fosse pela Medicina, eu nunca iria ser mãe, ou se eu tivesse, ela nasceria com seqüelas devido aos remédios fortes que tomei por muitos anos. Minha filha nasceu muito bem de saúde e continua bem até hoje. Foi uma luta muito grande contra a depressão, mas hoje tenho minha filha que é a minha cura, e um Deus que me ampara. Espero retribuir a Deus esse presente tão belo e especial. Amém!” MARIA JOSÉ FREITAS PEREIRA, dona de casa, 40 anos

Parabéns para você!

P

rimeiramente, quero agradecer a Deus por tudo. Agradeço por mais um ano de vida e prosperidade, pela família abençoada que Ele me concedeu e por meu trabalho digno e honesto. CLÁUDIA NAZARÉ MOREIRA SEABRA, professora 43 anos, 30/09

28/09 Amanda Silva Silveira Maria de Fátima Dantas Anaissi Saulo dos Passos Ferreira

29/09 Arlete Résque de Lima Dalila Brito Meireles Dolores Miranda Cardoso Jacilene da Silva Brandão Luiz Gonzaga Pereira Sobrinho Malvina Danin Souza Maria de Jesus Pires Farias Maria Edivânia Lino Lima Raimunda Braga Silva Rosilene da Graça da Silva Pimenta Selma Maria Garcia Cunha 30/09 Alnice Garcia de Amorim Cláudia Nazaré Moreira Seabra Elzemann S. Cardoso Guilhermina da Conceição Caldas Iracema Vieira Farias Jerônimo Corrêa Sodré Maria de Nazaré Ferreira de Souza Maria Íris Sampaio de Melo Maria Ivone de Souza Maria Terezinha Sena Pinto Neusa Maria Monteiro Muribeca Osmarina Praia Anselmo Rosineide do Socorro Ferreira Brito de Souza Sônia Maria Mendes Mareco 01/10 Almir Ribamar Silva Ângela Maria da Silva Amaro Eduardo Cardoso Chagas Elaine Cristina dos Santos João Pedro Castelo Branco Macedo

José Alberto da Silva Maria Albanisa da Silva Maria de Nazaré Borges Fernandes Maria de Nazaré Caleja Semblano Maria do Carmo Ribeiro Melo Terezinha Silva do Nascimento Vinícius José Leite da Silva 02/10 Adriana Gonçalves de Azevedo Lameira Antônia Eunice Sales Moreira Expedito Sérgio Bastos Valle José Corrêa Macedo Maria da Conceição Vera da Costa Maria de Nazaré Espinheiro do Nascimento Sandra Suely Nunes Rodrigues 03/10 Cândida Silva Alves Irisnete Lima da Silva João Priante Neto w

Lindolfo dos Anjos da Silva Palheta Maria de Nazareth Brabo de Souza Raimundo Burguens Baena Sônia Costa Cunha Stanley Reis Xavier Vera Lúcia Benjo da Silva 04/10 Carlos Alberto Gonçalves Júnior Dionéa do Rosário Belo Evarista Assis Coelho Francisca de Assis Freitas Penha Francisca Lopes de Andrade Francisco Soares Miranda Ferreira Margarida Assis de Oliveira Mendes Maria da Consolação Monteiro da Silva Maria das Graças dos Santos Carvalho Maria de Jesus Saldanha Pinheiro Maria de Nazaré Nascimento de Souza Maria Estela Evangelista da Silva

Aniversário natalício de padres e diáconos diocesanos 04/10 - Pe. Welbert de Oliveira

w

Aniversário de ordenação dos padres e diáconos diocesanos 01/10 - Pe. Padre Welbert de Oliveira 01/10 - Diác. Raymundo de Oliveira 01/10 - Pe. André Luiz Maia Teles 04/10 - Diác. Iacyr Milhomem Fernandes 04/10 - Diác. Roberto Canelas Cardoso

AJUDE A MANTER A FUNDAÇÃO NAZARÉ DE COMUNICAÇÃO. LIGUE PARA 4006-9200 E SEJA SÓCIO DA FAMÍLIA NAZARÉ.


12

Arquidiocese

BELÉM, DE 28 DE SETEMBRO A 4 DE OUTUBRO DE 2018

1º Caderno FOTOS: DIVULGAÇÃO

w DOM ALBERTO durante o encontro realizado no ano passado

N

este domingo, 30, acontece o Encontro de Crismandos e Crismados com o Arcebispo Metropolitano de Belém, Dom Alberto Taveira Corrêa, no Ginásio Poliesportivo Municipal de Marituba, localizado na Avenida Engenheiro Fernando Guilhom, nº 6042, bairro Boa Vista, das 8h às 12h. O evento é promovido anualmente pela Arquidiocese de Belém, através da Pastoral da Catequese e, este ano, com o tema “Vocação, um chamado à santidade” e o lema “Eu vos escolhi” (Jo15,16b). O Encontro deve reunir cerca de quatro mil

w CENTENAS de jovens no encontro de 2017, no Ginásio da Uepa

O encontro de Crismandos e Crismados com Dom Alberto Encontro ocorre domingo, 30, no Ginásio Poliesportivo Municipal de Marituba pessoas das sete Regiões Episcopais da Arquidiocese de Belém e, objetiva evidenciar a unidade da Igreja em Belém aos jovens e adultos, que fazem ou fizeram sua caminhada de iniciação a vida cristã com o sacramento da crisma. Segundo o bispo auxiliar Dom Irineu Roman, referencial da

Pastoral da Catequese, o evento busca também “mostrar aos jovens que o Crisma é o sacramento da maturidade, é onde o jovem acima de 15 anos tem a condições necessárias e, maturidade para confirmar a sua fé”. Padre Evandro Favacho, pároco na matriz da Paróquia do Santís-

eu indico

E

u indico o livro “Salve, Santa Rainha”, do autor Scott Hahn. O livro emprega o mesmo estilo acessível e agradável para demonstrar o papel essencial de Maria na mensagem de Redenção Cristã. Baseando-se nas Escrituras e fundações históricas, o autor nos apresenta um novo olhar para a Mariologia, sobre a Concepção Imaculada, a Virgindade Perpétua, a Assunção e a Coroação.

REJANE CARDOSO NASCIMENTO,

estudante, 28 anos

simo Sacramento, em Marituba, é coordenador Arquidiocesano da Pastoral da Catequese, missão assumida em junho deste ano. Desde 2013, o sacerdote providentino acompanhou de perto os trabalhos da pastoral, naquela época seminarista. Para ele, a iniciativa do encontro é positiva: “É um esforço grande, de unidade, todas as paróquias se mobilizam para vir e participar. É muito positivo da parte dos nossos bispos, especialmente do nosso arcebispo, Dom Alberto, com esse encontro, com essa proximidade de um momento com eles”. No encontro Dom Alberto Taveira se dirige aos jovens e adultos, momento de unidade da Igreja que acolhe os futuros jovens que se engajarão nas forças vivas da Igreja; grupos, pastorais e serviços. Segundo Dom Irineu, a expectativa é que o evento seja um encontro com Deus. “Minha expectativa é que todas as paróquias enviem os seus crismandos e crismados

BOA DICA

para estarem presentes nesse evento que visa justamente aproximar os jovens com a Igreja, para fazerem a experiência do encontro com Deus, da experiência da oração e da fé”. O evento inicia às 8h, com acolhida, seguida da abertura com a entrada dos oratórios que peregrinaram as sete regiões episcopais. A imagem peregrina de Nossa Senhora de Nazaré será acolhida na ocasião. Às 9h acontece a apresentação do grupo de teatro Santa Rita de Cássia, da matriz da Paróquia de Santa Rita de Cássia, em Ananindeua, que retratará a temática do evento, logo após, a palavra do arcebispo metropolitano e em seguida celebração da Santa Missa, presidida por Dom Alberto. PREPARAÇÃO

A luz da campanha da CNBB, “Cada Comunidade Uma Nova Vocação”, ocorreu desde o mês de agosto nas paróquias da arquidiocese e seguiu até o dia 22 de setembro,

preparação através das peregrinações de oratórios. Durante os meses de preparação os crismandos foram convidados a participar de momentos de oração e de reflexão para no dia do encontro vivenciar em plenitude. ENCONTROS

Em 2004, iniciou na Arquidiocese o Encontro com os Crismando e Crismados com Arcebispo, na época Dom Vincente Zico Arcebispo de Metropolitano de Belém e seu Bispo Auxiliar, Dom Carlos Verzelett, que se reuniam com os jovens na Praça Dom Frei Caetano Brandão, que fica em frente a Catedral Metropolitana de Belém, bairro Cidade Velha. Dom Oranir Tempesta, ao ser nomeado Arcebispo de Belém, continuou os encontros na Praça Justo Chermont, que fica em frente a Basílica Santuário de Nossa Senhora de Nazaré, bairro de Nazaré. Dom Alberto Taveira, Arcebispo Metropolitano de Belém, continua o encontro até hoje.

LIVROS E CD'S

n NOVENA BÍBLICA EM LOUVOR A SÃO JOSÉ - Livro (Paulus, R$7,00)

n SENTIDO DA CRUZ NO EVANGELHO DE JOÃO - Livro (Paulinas, R$16,00)

A

O

Novena Bíblica em louvor a São José tem o objetivo d e a p re s e n t a r a importância de São José nas Escrituras Sagradas. São José pode ser facilmente identificado com as mais belas narrativas bíblicas, a começar pelo significado do seu nome. José na Bíblia quer dizer somar, acrescentar. Dessa forma, esta novena Bíblica convida a um profundo momento de oração e reflexão, no desejo de que quem rezá-la também acrescente coisas boas na vida de todos a sua volta.

“Sentido da cruz no Evangelho de João” apresenta a vida e morte de Jesus conforme o evangelho de João, ressaltando a dimensão espiritual que o caracteriza. Jesus teve entre nós uma existência de amor e salvação, da qual a cruz é a expressão máxima, acontecimento para o qual tudo converge. A obra colabora para a leitura espiritual da Bíblia e favorece o encontro do leitor com Deus e com os irmãos na comunhão do Espírito, apresentando o amor como chave para o conhecimento.


BELÉM, DE 28 DE SETEMBRO A 4 DE OUTUBRO DE 2018

Caderno Dois

Família Nazaré no Círio de Nazaré Benfeitores da Fundação Nazaré de Comunicação tem papel relevante na divulgação da festa

N

a próxima terçafeira, dia 2 de outubro, a Diretoria de Procissões da Festa de Nazaré 2018 apresentará o plano de ações final das procissões deste ano aos órgãos envolvidos na segurança, atendimento médico e organização geral. O encontro será realizado às 19h, no auditório Dom Vicente Zico, no Centro Social de Nazaré. Na ocasião, o roteiro detalhado sobre a atuação de cada órgão será entregue aos representantes institucionais, junto com toda a programação e mapas das procissões. Em resposta, os órgãos de segurança também entregarão os roteiros com os contingentes, comandantes e as ações que serão executadas antes, durante e após as procissões. Para que as 12 romarias oficiais e os demais eventos religiosos e culturais saiam conforme o planejado, a Festividade

do Círio 2018 conta com a mobilização das seguintes entidades: Cruz Vermelha, Marinha do Brasil, Exército, Aeronáutica, Polícia Militar, Polícia Civil, Polícia Rodoviária Federal, Corpo de Bombeiros, Prefeitura Municipal de Belém, Prefeitura Municipal de Ananindeua, Prefeitura Municipal de Marituba, Departamento de Trânsito do Estado do Pará (Detran), Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (SEMOB), Guarda Municipal, Secretaria Municipal de Economia (Secon), Secretaria Municipal de Saneamento (Sesan), Secretaria Municipal de Saúde (Sesma), Defesa Civil Municipal, Defesa Civil Estadual, Agência Distrital de Icoaraci, Belemtur, Paratur, Dieese, Guarda de Nossa Senhora de Nazaré, Secretaria de Estado de Saúde (Sespa), Ministério da Saúde – SAMU 192 – e todos os membros da Diretoria da Festa de Naza-

FOTOS: LUIZ ESTUMANO

Fundação se envolve para levar ao povo de Deus um trabalho de qualidade ao longo das 12 romarias oficiais e diversos eventos religiosos especias nas homenagens à Virgem de Nazaré. EVANGELIZAÇÃO

w CÍRIO DE NAZARÉ proximidade da festa mobiliza todos no Pará

ré, que estarão à frente dos trabalhos. FAMÍLIA NAZARÉ

O Círio de Nazaré é uma realização da Arquidiocese de Belém, Basílica Santuário de Nazaré, Diretoria da Festa de Nazaré, Governo do Estado do Pará e Prefeitura de Belém. Apoiador importante do Círio também é a Família Nazaré, formada pelos benfeitores que

ajudam a Arquidiocese de Belém a manter o seu trabalho de evangelização através dos meios de comunicação da Fundação Nazaré de Comunicação. Neste período de in-

tensa produção de todos os veículos da instituição, torna-se imprescindível a fidelidade dos benfeitores para a manutenção de toda a cobertura do Círio de Nazaré, quando toda a

A Arquidiocese de Belém solicita que os benfeitores mantenham-se fiéis com sua contribuição para o pleno êxito do Círio 2018. Ao contribuir, o benfeitor torna-se um sócio evangelizador e passa integrar também a Família Nazaré. Todas as doações ajudarão a Arquidiocese de Belém a difundir para o mundo o Círio de Nazaré com toda a Rede Nazaré de Comunicação - TV Nazaré, Rádio Nazaré FM, Portal Nazaré e Jornal Voz de Nazaré.

SORTEIO PARA A FAMÍLIA NAZARÉ

w BENFEITOR poderá participar da romaria fluvial neste ano

Almejando contemplar os benfeitores da Família Nazaré neste tempo do Círio de Nazaré, a Arquidiocese de Belém irá sortear 10 ingressos para acompanhamento da Romaria Fluvial. O sorteio será no dia 9 de outubro por ocasião da visita da imagem Peregrina de Nossa Senhora de Nazaré à Fundação Na-

CAMPANHA SEJA MAIS UM - Colabore com a obra de

evangelização da Arquidiocese sendo mais um benfeitor da Fundação Nazaré de Comunicação. O cadastro pode ser feito pessoalmente na sede da Fundação, situada na avenida José Malcher, nº 915 – Edifício Paulo VI, Nazaré, de segunda a sábado, das 7h às 19h. Ou pelos sites oficiais (www.sejamaisum.com), (www.fundacaonazare.com.br), ou pelo telefone (91) 4006-9211. Se preferir entrar em contato por e-mail, envie mensagem para famjor@fundacaonazare.com.br e faleconosco@fundacaonzare.com.br

zaré e à Cúria Metroplotana de Belém, dias antes do Círio. Para participar do sorteio, o sócio benfeitor deve estar em dia com a sua contribuição mensal. Cadastre-se! Ajude a Arquidiocese a evangelizar. Contribuintes em dia poderão participar do Círio Fluvial deste ano com a Arquidiocese de Belém. Ligue: (91) 4006-9211.


2

Igreja

BELÉM, DE 28 DE SETEMBRO A 4 DE OUTUBRO DE 2018

2º Caderno

Miscelânea Côn. Cláudio Barradas (claudiobarradaspe@gmail.com)

Influências

A

lém de a meus pais, devo minha educação e minha formação, pela ordem, aos barnabitas, aos maristas, aos capuchinhos, e, sobretudo, aos salesianos de Dom Bosco, que me influenciaram muito mais que os outros. Com este artigo e os que se seguirão, quero prestar a todos eles publicamente o preito de minha mais profunda gratidão. Comecemos pelos barnabitas, aos quais seus inimigos chamavam, claro que injustamente, de barnabestas. Fui paroquiano de Nazaré por muitos anos. Mais precisamente, durante todo o tempo em que minha família residiu no bairro do Umarizal, na Rua Domingos Marreiros, entre Avenida Alcindo Cacela, então 22 de junho, e a 9 de Janeiro, área integrante, se não me engano até hoje, da Paróquia de Nazaré, administrada por eles, segundo creio, desde 1905, três anos depois de sua chegada ao Pará, em 1902, a convite de Dom Francisco do Rêgo Maia, déci-

mo terceiro bispo do Pará (1902 a 1906). Todo domingo, lá saía eu de casa, com meus pais, às quatro horas da manhã, para a Missa das cinco horas na Basílica, a primeira do dia. Como era poético! As estrelas ainda no céu e aquele friozinho gostoso da madrugada. Quando ainda pequeno, ia no colo de meu pai, que suava em bicas. Foi na Basílica que fiz minha Primeira Comunhão, ministrada pelo padre João Batista Riva, seu vigário (termo usado para nomear o padre responsável por uma paróquia, só muito mais tarde chamado de pároco, sendo vigário o padre que o auxiliava). O que mais me chamava a atenção, nele, é que não conseguia dizer “ão”. Assim, por exemplo, dizia “comunhã” em vez de “comunhão”. Integrei, durante toda minha infância, levado por meu padrinho de Crisma e meu parente

DIVULGAÇÃO

menos para meu gosto. Ô padrezinho permanentemente bem humorado! Ao lhe pedirmos a benção, dizia, sorrindo: sê bento, sê bento. Soube, com tristeza, que ele, já idoso, atuando no Rio de Janeiro, deixou o ministério para casar. Torço para que isso não seja verdade. Devido à minha bela voz de soprano, perdida ao mudá-la na adolescência, no meio do solo de uma ave-maria, numa festa no Seminário, mais de uma vez, salvo engano, solei o “Et incarnatus est” (E se fez homem), no coro, ainda inacabado, logo à entrada da Basílica, na missa dominical das oito horas, frequentadíssima pelas dondocas que, sem querer julgá-las, faziam da igreja passarela para desfile de moda. Também mais de uma vez, convocado pelo irmão Pedro, acompanhei um dos padres em enterros, levando a calderinha

w O SANTO fundador dos Barnabitas

próximo, Osmar Chagas de Souza, já falecido, o grupo de garotos que ensaiava diariamente, nos finais de tarde, no enorme salão que hoje é a loja Lírio Mimoso, sob a dire-

ção do infatigável irmão Pedro, alma da Basílica, onde pau para toda obra, auxiliado, vez por outra, pelo também barnabita Pe. Paulino Bressan, excelente organista, pelo

com água benta e uma cruz. Sendo tão pequeno que todas as túnicas disponíveis muito maiores que eu, o irmão Pedro dobrava a menor delas na cintura até ficar do meu tamanho, segurando-a com um cíngulo, a que dava muitas voltas. Só não me tornei barnabita, embora o desejasse, por ser arrimo de família, pois que o único filho homem. Barnabitas da Basílica, àquela época: Pe. Afonso Di Giorgio, Pe. João Batista Riva, Pe. Paulino Bressan, Pe. Henrique, cujo sobrenome não lembro, Pe. Amadeo Giudici, que oficiou, na capela do colégio São Paulo das Irmãs Angélicas, o casamento religioso de meus pais, só casados no civil, para eu poder entrar no seminário. Só podia ser padre quem fosse filho legítimo. Por último, o Irmão Pedro, a quem a Basílica muito deve. Por hoje é só. Shalom!

Santos da semana Diác. Benedito Otávio (artpresent@superig.com.br)

28/09 - SEXTA-FEIRA. São Lourenço Ruiz de Manila e 15 companheiros - Mártires.

02/10 - TERÇA-FEIRA. Santos Anjos da Guarda - Memória.

Na primeira metade do século XVII, de 1633 a 1637, na cidade de Nagasaki, Japão. Entregaram suas vidas, em datas diferentes, pelo amor a Cristo. Eram nove sacerdotes, dois irmãos religiosos, duas virgens consagradas e três leigos da Ordem de São Domingos, entre eles o filipino Lourenço Ruiz, superior deles. Lourenço vinha semeando a fé desde sua terra natal, passando por Taiwan e finalmente Japão. O papa João Paulo II, em 1981, beatificou e centralizou a todos no dia 28/09. Lourenço foi canonizado em 1987.

São Basílio disse: “Cada fiel é ladeado por um Anjo como protetor e pastor para conduzi-lo à Vida”. Não só ele, mas muitos outros compreenderam essa missão dos anjos para conosco. A própria Bíblia deixa explícito isso. Nossa Senhora, Rainha dos Anjos, é a protetora máxima, mas eles, em particular, individualmente, caminham conosco. Em uma enquête na Internet, soube que um grande número de pessoas reza para seus Anjos da Guarda, “Angelum Custodem”. Isso é maravilhoso nestes tempos difíceis.

29/09 - SÁBADO. Beato José Villanova Tormo - Mártir. Natural da Espanha, cidade de Turís Tormo, 1902. Fez os votos salesianos com 18 anos em Carabanchel Alto, Madrid, e aos 27 anos, deu o grande sim ao sacerdócio, e dedicou-se ao ensino. Suas aulas eram como as pregações de Santo Antonio, cheias de sabedoria. Com a explosão da guerra civil espanhola, 1936 a 1939, veio a perseguição aos padres e religiosos. Muitos se esconderam, mas José e outros, de diversas congregações, escolhidos por Deus para abraçarem a fé através do martírio, ficaram em suas funções, até serem presos e mortos. Beatificado em 2007. 30/09 - 26º DOMINGO TEMPO COMUM. São Gregório, o Iluminador - Bispo e Apóstolo da Armênia. Cronologicamente tivemos: S. Gregório, o Iluminador, †331, o napolitano que tornou-se o “Apóstolo da Armênia” e iluminou aquele povo antes pagão. Após ter curado o rei milagrosamente, este se converteu, e todo o reino tornou-se católico. Também temos Gregório de Nanzianzo, †389. Gregório de Nissa, †394. Gregório I, o Magno, papa de 590 a 604. Gregório II, papa de 715 a 731; Gregório III, papa de 731 a 741; e Gregório VII, papa de 1073 a 1085. Esse nome significa: “o vigilante”. E tivemos mesmo muitos vigilantes da fé, fora os não canonizados.

03/10 - QUARTA-FEIRA. São Francisco de Borja - Viúvo e Confessor.

01/10 - SEGUNDA-FEIRA. Beato João Perez Carmelo Rodriguez - subdiácono e Mártir. Natural de Vimianzo, Espanha, 1908. Falecido em Madri, 1936, durante a perseguição religiosa. Nesse ano tinha acabado de retornar de Turim, aonde foi estudar teologia e filosofia. Também no mesmo ano, o jovem filho de Dom Bosco, recebera o subdiaconato (este nível do Sacramento da Ordem, foi mais tarde, 1972, abolido por Paulo VI). Chegou a ser preso e liberado, mas posteriormente, ao ser descoberto como religioso, foi morto a tiros imediatamente. Beatificado por Bento XVI em 2007.

Era duque de Gandia e mais tarde vice-rei da Cataluña, Espanha, séc. XVI. Foi incumbido de acompanhar o corpo da imperatriz Isabel, de Toledo até Granada. A viagem durou 15 dias. A bela imperatriz estava reduzida a um cadáver em decomposição. Tocado pela cena, ele prometeu que se algum dia enviuvasse, se consagraria a Deus. Assim de fato aconteceu: enviuvou aos 40 anos e ingressou na Companhia de Jesus como filho espiritual de S. Inácio de Loyola, chegando a ser superior geral daquela família religiosa. 04/10 - QUINTA-FEIRA. Beato Alfredo Pellicer Muñoz - Religioso e Mártir. Nasceu em 10/04/1914 em Bellreguard, Valência, Espanha. Sua família teve a influência na fé e na tradição franciscana, e aos onze anos ele ingressou no mosteiro de Benisa. Recebendo o hábito no dia 25/08/1930, e profissão solene em 05/07/1936, poucos dias antes do início da Guerra Civil Espanhola. Chegou a estudar um pouco e mostrava grande entusiasmo entre os franciscanos. Até que em 04/10/1936 foi preso e levado para um lugar chamado “Pedrera” de Gandia, e foi morto por recusar a proposta de negar a Deus, casar-se e tornar-se um republicano. Beatificado em 2001 juntamente com um grupo de 233 mártires espanhóis.


2º Caderno

BELÉM, DE 28 DE SETEMBRO A 4 DE OUTUBRO DE 2018

Arquidiocese

3

FOTOS: DIVULGAÇÃO

w DURANTE Visita Pastoral Dom Antônio presidiu celebrações eucarísticas

D

urante celebração eucarística na Matriz da Paróquia de Jesus Ressuscitado, no conjunto Médice, na Marambaia, no último dia 17, Dom Antônio de Assis Ribeiro, um dos bispos auxiliares de Belém, apresentou seu relatório sobre visita pastoral realizada no mês de agosto naquela área paroquial composta pela sua matriz e seis comunidades. Sempre com o propósito de animação pastoral, as visitas compõem o calendário arquidiocesano. A visita, com duração de uma semana, oportunizou a Dom Antônio conhecer as comunidades São Pedro e São Paulo, Santa Maria de Belém, Nossa Senhora das Graças, Santa Rita de Cássia, Santa Terezinha, São Vicente de Paulo, visitar a Escola Palmira e reunir-se com as forças vivas paroquiais. O bispo auxiliar participou ainda de atividades litúrgicas como a crisma dos jovens, batizado, missa com unção dos idosos e enfermos e de eventos formativos com a dimensão familiar e catequética, dimensão missionária, dimensão espiritual e litúrgica. Após esse momento, o Bispo Auxiliar elaborou

w O CONVIVIO com os paroquianos fortaleceu os laços na comunidade

Dom Antônio apresenta relatório de visita pastoral em Jesus Ressuscitado Visita Pastoral realizada em agosto naquela área paroquial, na Marambaia um documento em que detalhou os direcionamentos a serem seguidos pela Paróquia de Jesus Ressuscitado e apresentado para a comunidade durante a celebração eucarística. Para o pároco, Padre Maurício de Almeida, a visita deu um novo ânimo pastoral motivando os paroquianos a assumir novas realidades pastorais que pedem certa urgência: “o que

ele colocou foi muito bem inspirado e percebemos que, de fato, esses são os rumos para a paróquia que se prepara para celebrar os seus 50 anos de criação. São atividades já desenvolvidas por nós, mas que pedem uma atenção redobrada.” As orientações propostas estão em sintonia com o Plano de Pastoral Arquidiocesano (PPA). Segundo Padre Maurí-

cio, Dom Antônio analisou a paróquia a partir dos eixos do PPA. No eixo da formação, recomendou a criação de um curso de teologia na paróquia. Para a missionariedade pediu especial atenção à área do Canal Água Cristal e aos novos condomínios. No testemunho profético, novos investimentos em áreas carentes. Para uma pastoral de conjunto, su-

geriu que todos se mobilizassem para os 50 anos da paróquia. Solicitou também maior dedicação ao estudo da Palavra de Deus e um trabalho catequético intenso com crianças, adolescentes e jovens. As expectativas para por em prática tudo que foi sugerido são as melhores: “temos fiéis leigos capacitados e animados para a realização desses

projetos. Que se sentem chamados por Deus, que amam a Igreja e são sensíveis às urgências pastorais. A capacidade de articulação da paróquia, a constituição de novas comissões suscitando carismas entre os fiéis e o fortalecimento da pastoral de conjunto são pontos positivos na paróquia para que cheguemos à meta”, afirmou padre Maurício.

RELATÓRIO Todas as sugestões apontadas por Dom Antônio seguiram as linhas orientativas da Igreja na atualidade, presentes no Documento de Aparecida, na Exortação Apostólica Evangelii Gaudium, no Documento 102 da CNBB (As Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora no Brasil 20152019), no Documento de Estudo CNBB 104 – “Comunidade de Co-

munidades: uma nova Paróquia” e o Plano de Pastoral da Arquidiocese de Belém. Dentro do relatório, Dom Antônio observou o contexto sócio pastoral da Paróquia de Jesus Ressuscitado, afirmando que “O território paroquial é complexo, sendo composto por uma diversidade de contextos, tais como: conjuntos habitacionais, condomínios po-

pulares, condomínios fechados com grandes prédios e área de grande pobreza ao longo do canal Água Cristal. Nessa complexidade social e demográfica claramente podemos observar de modo misturado todas as classes sociais e com pouca relação entre elas.” O Bispo Auxiliar ressaltou ainda que do ponto de vista pastoral, em geral, a paró-

quia tem uma grande animação e conta com um ambiente humano muito agradável. Segundo ele, há um clima de família que permeia as relações entre os sacerdotes, diáconos e os paroquianos, bem como dos paroquianos entre si: “essa é uma nota muito significativa que merece ser preservada.” Para ele, é natural que se espere que as

observações nas conversas informais e as recomendações formais deixadas no relatório sejam levadas a sério, acolhidas com convicção e sejam bem programadas no processo de sua execução: “Esperamos que os paroquianos renovem a própria paixão missionária, tenham um grande amor à Palavra de Deus e sejam fiéis à Igreja Católica”.

Círio das crianças no Júlia Seffer A comunidade da Paróquia Sagrado Coração

de Jesus no conjunto Júlia Seffer, em Ananin-

deua, região metropolitana de Belém, realiza

nesta sexta-feira, 28 de setembro, o 9º Círio das Crianças. A procissão mirim concentra-se às 6h30, na Comunidade São João Bosco. Dali, os fiéis percorrerão as ruas do conjunto para a Paróquia do Sagrado Coração de Jesus, na rua 11, onde ha-

verá a Missa. A procissão dura aproximadamente 1h30. HISTÓRICO - A procissão das crianças acontece pelo nono ano O círio infantil teve origem na iniciativa de pais de crianças da Pastoral Catequética. De comum acordo com os

catequistas, tomaram a decisão de realizar essa homenagem a Nossa Senhora de Nazaré. A procissão envolve a participação dos fiéis, que puxam pequena corda atrelada ao andor com a imagem de Nossa Senhora de Nossa Senhora de Nazaré.

w PROCISSÃO no Júlia Seffer acontece pelo nono ano em 2018


Arquidiocese Cremação celebra São Miguel Arcanjo 4

BELÉM, DE 28 DE SETEMBRO A 4 DE OUTUBRO DE 2018

2º Caderno

Festejo solene será neste sábado, dia 29

O

tema “Com São Miguel, somos todos povos de Deus no serviço do Senhor” e o lema “Filho, se entrares no serviço do Senhor te prepara para a provação” (Eclo 2,1), anima a Paróquia de São Miguel Arcanjo, na Cremação, na festividade em honra ao Padroeiro. Os festejos seguem até sábado, 29 de setembro. As atividades compreendem a parte litúrgica, com celebrações, alvorada, novena, e a parte cultural, com arraial todas as noites, bingo e atração musical. A mensagem destinada à comunidade pelo pároco, padre Raimundo Cosme Batista Alves, expressa a comunhão fraterna no período festivo. “Que esta festividade nos leve cada vez mais a compreendermos a necessidade

de vivermos a comunhão fraterna, como expressão visível do amor a Deus e a nossos semelhantes, fortalecendo, assim, a prática da caridade, pois somos povo de Deus". Padre Cosme convida todos os paroquianos e devotos a participarem do tradicional exorcismo, neste sábado, 29 de setembro: “Venha participar dessa festividade em honra ao nosso padroeiro, para receber bênçãos, vitórias e combater com São Miguel toda a força do mal em suas diversas manifestações, principalmente na poderosa Celebração do Exorcismo. Venha e participe, com muito amor, fé e esperança”, conclui. A diretoria da festa também agradece o apoio recebido de todos os paroquianos, pessoas

de boa vontade e apoiadores que, de alguma forma, colaboram para o êxito da mesma: “Motivo de intensa evangelização que a cada ano vem aumentando o seu brilho e importância na Arquidiocese de Belém”. A preparação do festejo levou a diversos eventos, com objetivo de formar e evangelizar, além das peregrinações nas casas dos paroquianos, encerradas no dia 15 de setembro. PROGRAMAÇÃO

As atividades litúrgicas da festividade iniciaram no dia 20 de setembro com alvorada, queima de fogos e a recitação do terço nas ruas. À noite, com Missa Solene presidida pelo vigário paroquial, padre Antônio de Pádua, começou a festividade, oficialmente.

A programação segue nesse mesmo ritmo. Nesta sexta-feira, 28 de setembro, tem alvorada às 5h45, novena às 17h30 e celebração às 19h. Após a celebração eucarística, sempre a partir das 20h, a programação cultural da festividade, com quermesse,

show cultural e jantar do padroeiro. No dia 29 de setembro, dia de São Miguel, e encerramento da festividade, a programação inicia com terço da alvorada às 5h45, Missas às 7h30 e às 11h, esta última presidida pelo Arcebispo Metropolitano

de Belém, Dom Alberto Taveira Corrêa. O Exorcismo de São Miguel, presidido pelo pároco, padre Raimundo Cosme, às 15h. Após a novena às 17h30, a Missa Solene das 19h encerra a festividade, seguida de procissão luminosa e fogos.

não participava de modo construtivo. Eu lhe expliquei, com calma, mas com firmeza que, para viver em harmonia, cada um deve fazer a sua parte. Mais tarde ela me escreveu: Sinto muito

pírito Santo que nos foi doado, e que podemos pedir sempre, foi quem nos deu a força para chegarmos a ser sempre mais livres da escravidão do egoísmo e a viver no amor. Chiara Lubich escreve: É o amor que nos

Palavra de vida Chiara Lubich “Se, porém, sois conduzidos pelo Espírito, então não estais sob o jugo da Lei”. (Gl 5,18)

O apóstolo Paulo escreve uma carta aos cristãos da Galácia (uma região que se encontra no centro da atual Turquia), que ele mesmo evangelizou e pela qual tem imenso carinho. Nessa comunidade, alguns sustentavam que os cristãos,para serem agradáveis a Deus e alcançar a salvação, deveriam observar necessariamente todas as prescrições da lei de Moisés. Já Paulo afirma que não estamos mais “sob o jugo da Lei” porque o próprio Jesus, Filho de Deus e Salvador da humanidade, com a sua morte e ressurreição,

se tornou para todos o Caminho que leva ao Pai. A fé em Cristo abre o nosso coração à ação do próprio Espírito de Deus, que nos guia e nos acompanha pelas estradas da vida. Portanto, de acordo com Paulo, muito mais do que “deixar de observar a Lei”, trata-se de reconduzir a Lei à sua raiz original e mais exigente, deixando-se guiar pelo Espírito Santo. De fato, poucas linhas antes, Paulo escreve: “Pois toda a Lei se resume neste único mandamento: Amarás o teu próximo como a ti mesmo.” (Gl 5,14) Com efeito, encontramos a liberdade e a responsabilidade de filhos no amor cristão para com Deus e para com o

YOUCAT

próximo: a exemplo de Jesus, somos chamados a amar a todos, a tomar a iniciativa no amor, a amar o outro como a nós mesmos, a amar até mesmo aquele que consideramos inimigo. “Se, porém, sois conduzidos pelo Espírito, então não estais sob o jugo da Lei”.

O amor que vem de Deus nos leva a ser pessoas responsáveis na família, no trabalho e em todos os nossos ambientes. Somos chamados a construir relacionamentos na paz, na justiça e na legalidade. A lei do amor é o fundamento mais sólido da nossa socialidade, como nos conta Maria: “Sou professora na periferia de Paris, numa área so-

frida e com um universo estudantil multicultural. Desenvolvo projetos interdisciplinares para promover o trabalho em equipe, viver a fraternidade entre os colegas e ter credibilidade ao propor esse modelo aos estudantes. Aprendi que não deveria esperar logo bons resultados, mesmo quando um jovem não mostra progressos. O importante é continuar a acreditar nele e acompanhá-lo, valorizando-o e fazendo com que ele se sinta gratificado. Às vezes tenho a impressão de não conseguir mudar nada. Já outras vezes tenho a demonstração evidente de que as relações construídas produzem frutos, como aconteceu com uma aluna minha que, durante uma aula,

pela atitude que eu tive, prometo que não vai acontecer mais. Sei que a senhora espera de nós ações concretas e não só palavras, e quero me esforçar nesse sentido. A senhora é uma pessoa que transmite a nós, alunos, os valores corretos e o desejo de conseguir vencer.1 “Se, porém, sois conduzidos pelo Espírito, então não estais sob o jugo da Lei”.

Viver no amor não é um simples fruto dos nossos esforços. O Es-

TERCEIRA PARTE

A VIDA EM CRISTO SEGUNDA SEÇÃO: OS DEZ MANDAMENTOS PRIMEIRO CAPÍTULO

LETIZIA MAGRI

Ama o senhor, teu Deus, com todo o coração, com toda a alma e com todos os teus pensamentos O que significa para o cristão ser num determinado nome? 361.batizado

O

Jornal Voz de Nazaré segue os estudos sobre o YOUCAT - Catecismo da Igreja Católica, escrito para JOVENS que querem saber em que acreditam. Este projeto iniciou-se por ocasião da Jornada Mundial da Juventude, Rio, 2013.

Somos batizados num nome, isto é, “em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo”. O nome e o rosto são o que fazem uma pessoa única, também e, sobretudo, diante de Deus. “Não temas porque te redimi; chamei-te pelo teu nome, tu és Meu! (Is 43,1) [2158].

move, que nos sugere como responder às situações e às escolhas que somos chamados a fazer. É o amor que nos ensina a discernir: isso é bom, eu faço; não é bom, não faço. É o amor que nos impulsiona a agir procurando o bem do outro.Não somos guiados por algo externo, mas pelo princípio de vida nova que o Espírito Santo colocou dentro de nós. Forças, coração, mente, todas as nossas capacidades podem “deixar-se sempre guiar pelo Espírito” (cf. Gl 5,16), quando unificados pelo amor e postos à completa disposição do projeto de Deus sobre nós e sobre a sociedade.Somos livres para amar.2

. Por que razão Israel 362 celebra o sábado? O sábado é, para o Povo de Israel, a grande memória de Deus, Criador e libertador. [2168-2172, 2189]

1 Experiência de Maria, uma professora, na periferia de Paris.Cf. www.focolare.org Multimedia 2 Castelgandolfo, 3 marzo 2018 La grande attrattivadel tempo presente. 2 Cf. Chiara Lubich, A lei do Céu na terra, revista “Cidade Nova”, junho de 2006


Arquidiocese 5 Igreja do Rosário da Campina em festa

2º Caderno

BELÉM, DE 28 DE SETEMBRO A 4 DE OUTUBRO DE 2018

LUIZ ESTUMANO

Inicia no dia 30 de setembro e prossegue até o dia 7 de outubro

LUIZ ESTUMANO

T

radicional festa de devoção Mariana terá início no dia 30, em Belém. Até o dia 7 de outubro a Arquidiocese de Belém celebra a festividade de Nossa Senhora do Rosário, que receberá as homenagens e orações de seus devotos na centenária igreja de Nossa Senhora do Rosário dos Homens Pretos, pertencente à Paróquia da Santíssima Trindade, área episcopal Sant´Ana, localizada no centro comercial da cidade, á rua Padre Prudêncio, esquina com a rua Aristides Lobo, próximo à avenida Presidente Vargas, no bairro da Campina. “Maria Santíssima, modelo de vida cristã” é o tema da festividade, levando à reflexão sobre como dotar a família da missão evangelizadora dentro e fora dela, demonstrando a importância de ser família como centro de acolhimento, fraternidade, caridade, respeito e amor, do jeito que Maria viveu. Toda a comunidade está convidada a participar em segurança desse momento de congraçamento e confraternização em torno da devoção a Nossa Senhora do Rosário, uma vez que tudo está sendo preparado com vistas ao êxito da festividade. PROGRAMAÇÃO - A missa de abertura da festividade será presidida pelo pároco da Paróquia da Santíssima Trindade, cônego Gonçalo Vieira, às 8h30 de domingo, 30 de setembro, dando início à intensa programação litúrgica. Do dia 1 a 5 de outubro haverá a recitação do Terço Mariano todos os dias, às 17h30, seguido de Missa Solene, às 18h. A igreja tem apoio

w IGREJA do Rosário - renda da festividade para reparos

de um grande estacionamento lateral, proporcionando a acomodação dos visitantes. A programação do dia 2 de outubro contará com a benção das crianças durante a Missa, momento importante em que os pais terão a oportunidade de levar seus filhos para uma benção especial, principalmente para que possam exercer sua missão evangelizadora e devocional em família, plantando as sementes para as gerações futuras. A juventude será a intenção da Missa das 18h no dia 4 de outubro. Mais uma grande oportunidade para que os jovens de todas as idades possam ter um encontro perfeito com a Eucaristia e com a Mãe de Jesus a fim de reforçar sua fé e se abastecer das graças necessárias à sua caminhada

neste momento em que tantas tribulações e a intolerância ameaçam a paz mundial. Assim, a festividade destaca também a ocasião dos jovens unirem a Maria, intercedendo pela difusão do amor fraternal pelo mundo. A programação do dia 5 de outubro será voltada às famílias durante a Missa. A intercessão dos paroquianos ocorre neste momento em que a instituição familiar está sendo atacada por vertentes de destruição aos seus valores e princípios fundamentais, razão para que se intensifiquem as orações pela união e o amor familiar. O Terço Mariano no dia 6 de outubro será rezado às 16h30, seguido da celebração da Missa às 17h. Após a Missa, haverá a procissão pelas ruas do entorno na Igreja do

Rosário, no bairro da Campina, com percurso pela rua Aristides Lobo, travessa Campos Sales, rua Carlos Gomes, travessa Frutuoso Guimarães, rua General Gurjão e travessa Padre Prudêncio. A partir do dia 4 de outubro, após a missa das 18h, haverá o já tradicional e animado arraial com a venda de alimentos, como lanches e iguarias típicas. A animação será com música ao vivo e eletrônica nas noites de arraial. As crianças também poderão brincar à vontade no espaço preparado para elas. FESTIVIDADE - Toda a renda obtida com o arraial durante a festividade será destinada a pequenas reformas e manutenção da Igreja do Rosário, em estilo barroco, datada, inicialmente, de 1682, e reformada pelo arquiteto Antônio

Landi na década de 1720, edificada com o trabalho dos então negros escravos em atitude apostólica e generosa dos católicos da época, como forma de evangelização. Na atualidade, o prédio da Igreja de Nossa Senhora do Rosário dos Homens Pretos é tombado pelo Instituto de Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN). Afora a festividade, as atividades litúrgicas na Igreja do Rosário incluem missas dominicais às 8h30 com o suporte de café da manhã na praça do Rosário, disponibilizado após a celebração, com renda destinada também às obras da igreja. Batizados e casamentos podem ser realizados na igrejinha, com os devidos registros feitos na sede paroquial na Igreja da Santíssima Trindade.

Ação de responsabilidade social atende população A importância do papel social das instituições de educação superior (IES) no desenvolvimento do país foi a temática da 14ª Semana da Responsabilidade Social, que contou com a participação da Escola Superior Madre Celeste (Esmac). A faculdade realizou no evento a sua 5ª semana de responsabilidade social de 17 a 22 de setembro. Centenas de faculdades, centros universitários e universidades de todo o Brasil participaram para estabelecer uma ponte entre os setores acadêmicos, privado, público e a comunidade geral. A Esmac apresentou este ano um diferencial na noite de abertura, no dia 20: a apresentação cultural do projeto social IDEAS, que trabalha a cidadania ativa da pessoa idosa por meio

de dança e do teatro. Depois houve debate sobre o tema “O planeta precisa de cuidados”, no auditório do Núcleo de Práticas Jurídicas da Esmac (NPJ) às 19h, tendo como palestrantes os representantes do instituto Tupinambá, Marivaldo do Vale Silva e Ricardo Gimenes, presidente do Projeto Social Gileade, de Ananindeua, e como mediadora a assistente social Márcia Jorge. A semana da Responsabilidade na Esmac é organizada pelo Núcleo de Pesquisa e Extensão (Nupex). A ação contou com a participação de centenas de instituições de educação superior de todo o Brasil, reunidas na sede da Esmac, situada no complexo da Cidade Nova 8, em Ananindeua. Um conjunto diversificado de serviços e

DIVULGAÇÃO

w ATENDIMENTO de manícure às mulheres presentes

atividades nos cursos da faculdade e seus parceiros propiciaram orientações e atendimento por meio da Unidade Móvel da Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (DEAM), esclarecimentos, palestras, oficinas, atendimento à saúde,

vacinação, odontologia, mensuração da pressão arterial e glicemia, aulas de dança, corte de cabelo, emissão de documentos, atendimento jurídico gratuito no NPJ, em parceria com o Ministério Público Estadual e o Tribunal de Justiça do

Estado do Pará, através do Centro Judiciário de Solução de Conflito (Cejusc - Esmac). AÇÃO - O Dia da Responsabilidade Social é um evento que envolve simultaneamente centenas de instituições particulares, todas com as

atividades desenvolvidas nesse dia em comum, visando a promoção do bem-estar da comunidade acadêmica e também dos indivíduos que vivem nos locais onde as instituições estão localizadas. A diretora acadêmica da Esmac, Sandra Christina, reforça que o mais importante no Dia da Responsabilidade Social é que as ações contribuam, efetivamente, para a melhoria da qualidade de vida da população, não somente no dia da campanha, mas durante todo o ano. O evento é promoção da Associação Brasileira de Mantenedoras do Ensino Superior (ABMES) para concessão do Selo de Responsabilidade Social, no qual a Escola Superior Madre Celeste (Esmac) renova o seu compromisso social.


Arquidiocese 2º Caderno Seminário Propedêutico completa N 20 anos de incentivo às vocações 6

esta segunda-feira, 1º de outubro, dia de Santa Teresinha do Menino Jesus, o Seminário Propedêutico e Centro Vocacional Dom Tadeu Prost completa 20 anos das suas instalações atuais contribuindo com o discernimento e preparando vocações dentro da Arquidiocese de Belém. A data será festejada com celebração eucarística, às 12h, presidida por Dom Alberto Taveira Corrêa, Arcebispo Metropolitano, no auditório Santa Maria de Belém, situado dentro do Complexo São Pio X, na BR-316, Km 6, Ananindeua. A programação do festejo é antecedida por Tríduo com Novena de Santa Teresinha, a iniciar nesta sexta-feira, 28, em preparação para o dia 1º, explica Padre Lindomar Pinheiro, reitor e formador no Seminário Propedêutico: “Teremos adoração e outros momentos, com objetivo de rezar pela Igreja e, sobretudo, pelas vocações”. No domingo, 30, haverá Festival do Açaí em prol dos seminários da Arquidiocese de Belém. Aluno em 2003, Padre Lindomar possui sua história sacerdotal ligada ao Propedêutico, pois lá iniciou seu amadurecimento vocacional. Após sua ordenação, em 2010, o sacerdote dedica desde então seu tempo para acompanhar os jovens, este ano uma turma de oito seminaristas, que passam por processo de

BELÉM, DE 28 DE SETEMBRO A 4 DE OUTUBRO DE 2018

Cerimônia de aniversário ocorre no dia de Santa Terezinha do Menino Jesus LUIZ ESTUMANO

LUIZ ESTUMANO

w DOM ALBERTO em uma celebração na capela do Seminário

w PADRE Lindomar Pinheiro, reitor e formador

preparação com duração de um ano para prestar vestibular de Teologia e ingressar no Seminário Maior São Pio X. Para ele, o Propedêutico tem grande importância para auxiliar os jovens que participam de encontros vocacionais, a crescer e amadurecer nas esferas intelectual, moral, espiritual e pastoral: “o seminário tem sua importância no sentido de preparar jovens para ingressar no Seminário

Maior e essa formação começa a partir dos encontros vocacionais. É uma formação específica no sentido de que os jovens são preparados em nível humano, afetivo, comunitário. O Propedêutico vai então confirmando e incentivando os jovens a ter uma decisão muito maior de continuar a formação que prosseguirá no Seminário Maior.” Com história muito próxima a essa casa de DIVULGAÇÃO

w SEMINÁRIO celebra cinco anos de existência durante procissão

formação, Padre Lindomar afirma que celebrar os 20 anos traz um novo ânimo para a formação de vocações na Igreja de Belém: “Celebrar esses 20 anos é fazer memória de uma história muito profícua. Que o Senhor, dono da messe, continue enviando operários para sua messe. Jovens que possam se configurar a essa convocação sacerdotal para a Igreja de Belém.” HISTÓRICO

Fundado em 1986, o Seminário Propedêutico tem como principal objetivo ajudar os jovens a seguir “com

generosidade e coração puro a Cristo Redentor” (OT, 03), possibilitando o Conformar-se com Cristo (OT, 09), ou seja, o unir-se a Ele, como amigos, em íntima comunhão de toda a vida (OT, 08). Com uma permanência, no geral, de um ano, jovens entre 17 e 18 anos aprimoram sua formação humanoafetiva, intelectual, espiritual e pastoral, bem como crescem tanto no discernimento vocacional quanto no protagonismo da formação que cabe a cada formando. Quando fundado, as instalações do Propedêutico, naquela época

Seminário Menor, funcionavam em Santa Izabel. Em 1996, o seminário permanece fechado temporariamente para, em 1997, reabrir onde hoje é o Centro de Cultura e Formação Cristã. Ainda no final do ano de 1997, com orientações de Dom Carlos Verzeletti, à época Bispo Auxiliar de Belém, o prédio atual é construído e inaugurado no ano seguinte em 1º de outubro, festa litúrgica de Santa Teresinha, patrona do seminário, com Monsenhor Raimundo Antônio da Silva (Mons. Gabriel), sendo o primeiro reitor.

Seminaristas convidam para romaria fluvial O Seminário “Redemptoris Mater” participará da romaria fluvial do Círio de Nazaré no sábado, 13 de outubro. Voltada à formação de padres missionários para a Arquidiocese de Belém e para o mundo, a instituição está empenhada na mobilização que busca levar fiéis junto com os seminaristas missionários a participar da romaria fluvial. Uma embarcação com 600 lugares acolherá os devotos para homenagear a Mãe de Jesus no trajeto da procissão marítima pela orla de Belém do Pará. O embarque será às 6h, no porto particular localizado na avenida Bernado Sayão, 4986, próximo a um hotel. O vice-reitor, padre Antônio Cleidivan, comenta que este ano o evento é especial porque celebra cinco anos do Seminário, decorridos no dia 22 de setem-

bro. O sacerdote convida a comunidade “a manifestar a fé e a devoção a Nossa Senhora de Nazaré e participar da romaria fluvial junto com o Seminário e, assim, ajudar a custear a formação de novos presbíteros”. A estrutura para a procissão assegura aos fiéis o estacionamento grátis, o passeio com a Santa Missa, uma camisa personalizada, café da manhã, atrações musicais, sorteio de brindes e muito mais durante a romaria. O Seminário - “Mãe do Redentor” (significado das palavras latinas “Redemptoris Mater”) dá nome ao

seminário situado em Ananindeua, onde, atualmente, 14 seminaristas provenientes de diversas lugares como Portugal, Guatemala, Colômbia, Republica Dominicana, Brasília, São Paulo, cumprem sua formação para o serviço da Igreja como futuros sacerdotes. Padre Cleidivan afirma que o “objetivo do Seminário “Redemptoris Mater” é formar padres disponíveis a servir à Igreja na Amazônia e no mundo inteiro para levar esperança aos que perderam a alegria de viver e anunciar a boa notícia do amor misericordioso de Deus que perdoa todos os pecados”.

SERVIÇO Mais informações sobre a romaria fluvial com o Seminário “Redemptoris Mater” podem ser obtidas na secretaria da Paróquia Jesus Bom Samaritano, localizada no bairro do Tapanã; no site www.ciriofluvial. com.br ou pelos números (91) 99146-5196/991164751/3249-5196/3014-3030.


Igreja 7 Sínodo dos Bispos: jovem é tema central

2º Caderno

BELÉM, DE 28 DE SETEMBRO A 4 DE OUTUBRO DE 2018

Desemprego, redes sociais, pobreza e educação, temas prioritários da assembleia em Roma

D

e c i s ã o d o Pa p a Francisco põe em relevo o jovem na 15ª assembleia geral ordinária do Sínodo dos Bispos, que acontecerá de 3 a 28 de outubro, no Vaticano, com o tema ‘Os jovens, a fé e o discernimento vocacional’. O desemprego, redes sociais, pobreza e educação devem ser os temas prioritários nos debates, apontados por mais de 100 mil jovens na resposta ao questionário online sobre as realidades das novas gerações e a sua relação com a Igreja Católica, na fase preparatória do sínodo. “Em muitos lugares, a pobreza, desemprego e marginalização fazem aumentar o número de jovens que vivem em condições de precariedade, tanto material como social e política”, assinalava o texto do ‘Instrumentum Laboris’ (documento de trabalho) apresentado em conferência de imprensa realizada em junho passado pela Santa Sé. Ele está estruturado em três partes,

FOTOS: DIVULGAÇÃO

w PAPA FRANCISCO rodeado de jovens, posa para fotografia

em volta dos verbos “reconhecer”, “interpretar” e “escolher”. A situação da geração “nem-nem” - jovens que não trabalham nem estudam -, é considerada uma

questão “preocupante” que exige respostas por parte das comunidades católicas, em áreas como a formação profissional ou a educação à distância, por exemplo. “A Igreja,

também através deste Sínodo, é chamada a dirigir uma atenção específica aos jovens que são vítimas de injustiça e exploração, através de uma atuação fundamental de reconhe-

cimento: a abertura de espaços em que possam exprimir-se e, sobretudo, encontrar escuta”, - trecho do documento. Um dos temas centrais do pontificado do Papa

Francisco, a denúncia da “cultura do descarte”, é retomado no documento para pedir um novo “modelo econômico” que favoreça o desenvolvimento de alternativas vindas das “periferias”. O ‘Instrumentum Laboris’ é a sequência do documento preparatório divulgado em janeiro de 2017, junto à carta do Papa aos jovens e um questionário online de consulta à juventude. Um seminário internacional no Vaticano em setembro de 2017 convocou os mais novos e promoveu um questionário online e uma reunião pré-sinodal com jovens de várias confissões religiosas, em março de 2018, acompanhada nas redes sociais por 15 mil pessoas.

ESCUTA E DISCERNIMENTO NA RESPOSTA O Vaticano defende a necessidade de um “discernimento” das dinâmicas sociais e culturais, para apresentar respostas adequadas aos jovens, “buscadores de sentido”,

com “humildade, proximidade e empatia”. Segundo o documento de trabalho do Sínodo, os jovens condenam as várias formas de discriminação que atingem as mulheres,

a corrupção, as desigualdades e a violação dos Direitos Humanos. A escuta é palavra recorrente ao longo de 214 números no texto que propõe uma Igreja em escu-

ta das várias realidades, afetadas pela “mudança cultural” da globalização e das redes sociais, com particular efeito nos jovens. Diante dessa realidade, o Vaticano preo-

cupa-se e entende ser urgente preservar o papel central das famílias e das relações intergeracionais face a uma cultura global dominada pelo individualismo.

w RELATOR Cardeal Sérgio da Rocha foi nomeado pelo Papa Francisco

Brasil: Dom Sérgio da Rocha é o relator O Documento de Trabalho (Instrumentum laboris) para o Sínodo dos Jovens, foi discutido e aprovado nos dias 7 e 8 de maio, na IV reunião do XIV Conselho Ordinário da Secretaria Geral do Sínodo dos Bispos, presidida pelo Papa Francisco. Elaborado em conjunto por um grupo de especialistas, consta do conteúdo recolhido de material de cinco fontes: as respostas ao questionário aos jovens e aos vários organismos estabelecidos; as atas do Seminário sobre a situação juvenil realizado em 2017, as observações livres recebidas de pessoas e grupos; e o Documento final da reunião présinodal de março deste

ano, no Vaticano. O Relator Geral do Sínodo é o Cardeal Sérgio da Rocha, Arcebispo de Brasília e Presidente da Conferência dos Bispos do Brasil (CNBB). “No caminho que temos pela frente, contando sobretudo com a presença da juventude”, o pastor afirma que “o Papa Francisco tem sempre estimu-

lado a uma atitude de escuta dos jovens e acolhida de suas propostas, valores e aspirações, de modo a evangelizar cada vez mais a juventude contando com os próprios jovens”. O Sínodo conta ainda com outras participações do episcopado brasileiro, conforme já foi divulgado por este jornal.

O SÍNODO Durante a realização do Sínodo dos Bispos no Vaticano, o Papa Francisco conduzirá celebrações litúrgicas de acordo com a sua agenda. Destaca-se a abertura solene do Sínodo

com a Santa Missa no dia 3 de outubro. As Audiências Gerais ocorrerão normalmente nos dias 10, 17 e 24, assim como o Angelus nos dias 7, 14, 21 e 28 de outubro, na Praça São Pedro.


Em Nazaré 2º Caderno Projeto Eco Círio já esta na Praça Santuário 8

BELÉM, DE 28 DE SETEMBRO A 4 DE OUTUBRO DE 2018

Estimular os frequentadores do arraial e da Praça Santuário a dar descarte apropriado ao lixo

D

urante o período do Círio de Nazaré o fluxo de pessoas aumenta consideravelmente nos arredores da Basílica Santuário. De acordo com o Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese/PA) cerca de 400 mil pessoas passam pelo local, entre trabalhadores ambulantes e visitantes. Pensando nisso, a Diretoria da Festa de Nazaré, desde o ano de 2016, criou o Projeto Eco Círio. A ação objetiva estimular todos os frequentadores do arraial e da Praça Santuário ao descarte apropriado de resíduos sólidos. Desde o ano passado o projeto conta com a parceria do EcoCelpa, iniciativa de

eficiência energética das Centrais Elétricas do Pará (Celpa), que durante a quadra nazarena disponibiliza um ponto de coleta na Praça Santuário. Com o P rojeto os clientes podem trocar resíduos recicláveis por bônus em sua conta de energia, ou, ainda, praticar um ato de solidariedade, doando seus bônus para o Cantinho São Rafael, instituição social mantida pela Paróquia de Nazaré. Os resíduos separados em casa devem ser higienizados e separados de acordo com o material. O que pode ser reciclado:

Plásticos: garrafas de refrigerante, água

FOTOS: ALINE ANDRADE

Resíduos orgânicos: óleo de cozinha usado. Doe e ajude o Cantinho São Rafael

w CLIENTES podem trocar resíduos recicláveis por bônus

mineral, óleo, vinagre, plástico duro (embalagens de shampoo, produtos de limpeza, embalagens de massas, potes de margarina, baldes, bacias, etc), sa-

colas de mercado e sacos de alimentos. Metais: latas de aço (ervilha, milho, leite em pó), alumínio (latas de cerveja, refrigerante), panelas, bateria de carro.

Papel: jornais e revistas, papel branco e colorido, caixas de papelão em geral Treta Pak: caixa de leite, sucos, molhos, milho, ervilha e achocolatados.

Doando seu bônus você contribui com a educação e evangelização de centenas de crianças assistidas pelo Cantinho São Rafael, instituição filantrópica fundada em 1997 pelos Padres Barnabitas da Paróquia de Nazaré. Localizado em Ananindeua, Região Metropolitana de Belém, o espaço atende crianças e adolescentes entre 6 e 17 anos de idade, promovendo cidadania através de atividades sócio pedagógicas e também capacitações profissionalizantes para seus responsáveis.

Realizado o concurso de redação do Círio de Nazaré Um dos eventos mais tradicionais da programação oficial do Círio de Nazaré também foi realizado no domingo, 23, o Concurso de Redação do Círio. O certame, que chegou à sua 24ª edição, é realizado pela Diretoria da Festa de Nazaré (DFN). A aplicação da pro- w CONCURSO de redação já está na 24ª edição va aconteceu no auditório São Paulo Após- prosa que os alunos ti- locados serão premiados tolo, no Centro Social veram que desenvolver com um notebook, um de Nazaré. Cerca de 100 foi “Maria, uma jovem smartphone e um tablet, alunos do ensino médio, no século XXI”. Uma assim como seus profesda rede pública e priva- banca formada por três sores orientadores. da de ensino da Região professores de língua A previsão é de que o Metropolitana de Belém, portuguesa irá avaliar resultado seja divulgado participaram do evento. as redações. nos primeiros dias do O tema do texto em Os três primeiros co- mês de outubro.

O arraial de Nazaré espera por você! Após a vistoria feita por uma equipe do Corpo de Bombeiros, o tradicional Arraial de Nazaré está de

portas abertas para receber o público! Dezessete brinquedos foram liberados para uso. O Ita Center Par-

que funciona diariamente, sempre das 17h às 23h, no estacionamento da Basílica Santuário de Nazaré.


Em Nazaré 9 Realizada primeira coletiva de imprensa

2º Caderno

BELÉM, DE 28 DE SETEMBRO A 4 DE OUTUBRO DE 2018

YÊDA SOUSA

Promovida pela Diretoria da Festa em parceria com o Dieese

F

w O DIRETOR coordenador do Círio, na coletiva

oi realizada a coletiva oficial do Círio 2018, promovida pela Diretoria da Festa de Nazaré em parceria com o Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos do Pará (Dieese-PA). Estudos mostram que a cada ano a Festa fica mais cara, devido prin-

cipalmente às elevações de preços que impactam direta ou indiretamente todos os itens de despesas. Com isso o custo orçamentário de cada item do Círio tem sofrido os impactos inflacionários tornando-se mais onerosos. Para o Círio deste ano (2018), devido aos au-

mentos generalizados dos custos, a estimativa da Diretoria da Festa e do Dieese/PA é de que o Círio fique um pouco mais caro em relação ao do ano passado, alcançando cerca de R$ 3,851 milhões de reais com um crescimento de aproximadamente 3,51% ficando um pouco abaixo da infla-

ção estimada para o mesmo período em 4,00%. Em termos de consumo, o Círio só perde para o Natal. Quanto aos impactos globais, a estimativa do Dieese/PA é de que com o EFEITO CÍRIO deste ano sejam injetados na Economia Paraense cerca um bilhão de reais. YÊDA SOUSA

Guarda de Nazaré promoveu treinamento para o Círio 2018 Há poucos dias para a grande festa da padroeira dos paraenses todos os grupos envolvidos realizam os últimos ajustes para que tudo ocorra com a magnitude e a grandeza digna da Mãe de Jesus. No último domingo, 23, a Guarda de Nazaré promoveu o treinamento de três setores fundamentais para a grande procissão do Círio: retaguarda, núcleo da berlinda e atrelamento da corda à berlinda. A programação aconteceu na Praça Santuário de Nazaré. O treinamento envolve dezenas de guardas que são responsáveis pelo cuidado com a Imagem Peregrina. Todos os anos estes homens são voluntários e atuam nas

ALINE ANDRADE

w ÚLTIMOS ajustes para que tudo ocorra bem

12 romarias oficiais da quadra nazarena como também na Basílica Santuário de Nazaré durante as celebrações. O coordenador da Guarda de Nazaré, Guilherme Azevedo, aproveitou o momento para reforçar a campanha “Não corte a corda”. A campanha tem como objetivo orientar os ro-

meiros a evitar o corte da corda na Trasladação e principalmente no Círio onde o corte ocorre bem antes do ponto previsto, em frente ao Colégio Santa Catarina. Com 43 anos de fundação, este ano a Guarda de Nazaré contará com cerca de dois mil voluntários na programação do Círio.

w PRESENÇA Dom Antônio, bispo auxiliar, durante programação

Jovens participam de manhã de formação na Casa de Plácido Aproximar os jovens da Igreja e apresentá-los à Palavra de Deus. Este é o objetivo da 226ª edição do Círio, baseado no tema oficial deste ano: “Uma Jovem Chamada Maria”. Em preparação espiritual para a maior manifestação católica do mundo, os jovens evangelizadores da corda responsáveis em levar a mensagem do Evangelho aos romeiros, durante a Trasladação, participaram de uma manhã de formação, neste sábado, na Casa de Plácido. O evento foi promovido pela Diretoria da Festa de

Nazaré (DFN). Na programação, a presença do Bispo Auxiliar de Belém, Dom Antônio de Assis, do Reitor da Basílica Santuário de Nazaré e Presidente da DFN, Padre Luiz Carlos Nunes Gonçalves e do coordenador da Diretoria de Procissões, Antônio Sousa, que informou acerca dos cuidados técnicos obtidos no atrelamento da corda. Na palestra ministrada por Dom Antônio, foi ressaltada a importância do voluntário em entregar-se de todo o coração no acolhimento dos pro-

messeiros, dada as diversas dimensões desse momento. “A corda é a metáfora da Igreja e da vida, e o círio deve ser uma forma de experiência com Deus. Tudo depende de nós. Temos que ter paixão. Essa é uma oportunidade que temos para evangelizar", disse. Ao final da formação, alguns participantes relataram seus testemunhos de fé adquiridos durante os anos de voluntariado como forma de estimular aqueles que pela primeira vez terão esta experiência.

Estudantes que conduzirão os Carros de Promessas participam de formação KAROL COELHO

No sábado, dia 22, aconteceu a formação dos estudantes das escolas que participarão da condução dos Carros de Promessas durante a procissão do Círio 2018. O momento é de fundamental importância para que os jovens recebam orienta- w FORMAÇÃO: momento é de grande importância ções de como desenvolver a atividade e que se ofereceram vo- de mais essa programatambém de como se re- luntariamente para o ção oficial do Círio. O lacionar com os devotos trabalho. Para eles é Reitor da Basílica Sanque confiam os votos a uma oportunidade de tuário de Nazaré e preestar mais próximos sidente da Diretoria da cada um deles. A preparação foi rea- da Virgem de Nazaré Festa, padre Luiz Carlos lizada na Casa de Plá- e também fazer suas Nunes Gonçalves, deu inicio ao evento que cido, no Centro Social próprias orações. Momentos de espi- contou com a animação de Nazaré. Ao todo, 13 ritualidade, conversa musical da Comunidacarros serão conduzidos pelos estudantes e louvor fizeram parte de Cristo Alegria.


Opinião 30 anos da morte do anjo da Transamazônica 10

Irmã Marília Menezes

A

21 de outubro deste ano serão celebrados em Altamira, na Prelazia do Xingu, no Pará, os 30 anos de falecimento de Irmã SERAFINA CINQUE, cognominada “O ANJO DA TRANSAMAZÔNICA” pela sua dedicação extrema às gestantes, doentes e pobres dessa imensa área do Estado do Pará. O motivo é que colonos vinham de todo o Brasil para buscar trabalho na construção da estrada Transamazônica,

BELÉM, DE 28 DE SETEMBRO A 4 DE OUTUBRO DE 2018

que o governo ditatorial do Presidente Médici iniciou em 1970. Dada a situação ambiental da Amazônia, e porque os próprios caboclos deixavam a mata para abrir estrada; a malária, a leichmaniose e outras doenças os atingiam duramente e o hospital de Altamira não tinha condição de acolher tanta gente. Aberto o caminho para a prostituição, as gestantes ficavam penando pelas ruas, e foi então que Irmã Serafina ampliou seu trabalho na Cáritas,

e veio socorrer aquele povo sofredor. Fundando para isso, em 1984, em Altamira, a Casa Divina Providência. A celebração é promovida pelas Irmãs Adoradoras do Sangue de Cristo, que dirigem a Casa Divina Providência, e que continua repleta de pobres e doentes. O povo de Altamira, que reverencia Irmã Serafina, está se preparando para o Tríduo ou parte religiosa, dias 18 a 20 de outubro, sempre às 19 horas, com este temário de reflexões sobre o

2º Caderno

exemplo de Irmã Serafina e a atuação de uma Igreja apostólica : 1- Mulher consagrada e missionária. 2- mulher comprometida com a vida. 3- mulher samaritana. A programação acontece nas Paróquias Perpétuo Socorro e Imaculada Conceição e na Área Missionária Padre Frederico. O encerramento se dará com a Santa Eucaristia dia 21, presidida por Dom João Muniz, bispo do Xingu, seguindo-se confraternização na área da Casa Divina Providência.

UMA VIDA DEDICADA AOS POBRES A amazonense Serafina (Noeme) Cinque, filha de pais italianos, foi reconhecida em janeiro de 2014 pelo Papa Francisco pelas suas virtudes heroicas. Noeme Cinque nasceu em 1913, em Urucurituba, Amazonas. Ganhou o nome de Serafina ao professar os votos na Congregação das Adoradoras do Sangue de Cristo, aos 35 anos. Como dedicada professora e enfermeira, colaborou no interior de seu estado, onde não havia médicos para atendimento da população caren-

te. Irmã Serafina fez partos, cuidou de enfermos e ensinou Medicina e alimentação alternativa para combater a fome e as doenças. Em 1971 Irmã Serafina foi enviada a Altamira, no estado do Pará, sede da Prelazia do Xingu, onde viu o drama da miséria causada pela abertura da Estrada Transamazônica, onde trabalhou intensamente pelos pobres da região. Irmã Serafina faleceu de câncer a 21 de outubro de 1988, em Manaus, e espalhando-se sua fama de santidade, com muitos casos de cura de

doenças conseguidos pela intercessão da Serva de Deus, a Congregação das Adoradoras do Sangue de Cristo, que em Belém possuem o Hospital Nossa Senhora de Guadalupe, pediu a Dom Luiz Soares Vieira, Arcebispo de Manaus, a abertura, a 7 de julho de 2000, de um Tribunal Eclesiástico para comprovar as virtudes de Ir. Serafina, através de detalhado Processo. Por ser um grande desejo do povo de Altamira, em 30.09.2003, foi feita a Exumação, isto é, os restos mortais de Irmã Serafina foram

retirados do cemitério São João Batista, de Manaus, AM, e levados a Altamira, em festiva homenagem. Ali estão na igreja paroquial da Imaculada Conceição, atraindo muitos fiéis para a oração. Com o decreto papal, a Igreja e os fiéis devotos de Irmã Serafina poderão chamála de Venerável, e aguardar um milagre, devidamente comprovado, para que possa ser considerada beata, ficando a um passo da santidade. A vice-postuladora da causa de beatificação da religiosa, Irmã Marília Menezes, da

mesma ordem de Irmã Serafina, cuida da documentação e divulgação do testemunho da religiosa há mais de 15 anos. Andou por diversos lugares na Amazônia onde Irmã Serafina trabalhou, ajudou a coletar cerca de 300 documentos e 52 testemunhos de pessoas que conheceram a religiosa, e escreveu quatro livros apresentando a missão pastoral e uma biografia detalhada, que reforçam as virtudes evangélicas do ‘Anjo da Transamazônia’, além de um livro de história em quadrinhos.

Servindo à verdade Prof. Ricardino Lassadier

O

lá, meu irmão e minha irmã. No último “Servindo à Verdade” procurei evidenciar que a Igreja jamais escondeu a Sagrada Escritura de seus filhos leigos. Muito ao contrario, estimula a leitura, a meditação e o estudo da Bíblia: “O acesso à Sagradas Escrituras deve ser aberto a todos os fiéis” (DV,22). Nas linhas que se seguem vou pontuar algumas orientações que a Igreja nos oferece para podermos nos aproximar da Escritura de maneira adequada. Sabemos que ler a Bíblia a partir do “livre exame” é um grande perigo, pois cada um vai justificar que foi inspirado pelo Espirito Santo, sem critério algum. Somente baseado numa subjetividade relativista. Digo de outro modo. Nas Comunidades Eclesiais protestantes cada uma lê e interpreta a Bíblia ao seu modo e se diz inspirado pelo Espírito Santo. Resultado: uma proliferação de “Igrejas evangélicas”. O proble-

O leigo e a Bíblia (Parte 2) ma então é que o Espírito Santo vai inspirado interpretações opostas e até contraditórias. Como pode ser? Vá entender! Bem, o fato é que para nós católicos a coisa é, graças a Deus, diferente. Lemos a Escritura de acordo com a Tradição. Isso faz com que não nos percamos na interpretação da Bíblia. Assim nos orienta o Concilio Vaticano II: “Tradição e Escrituras se articulam estreitamente e se comunicam entre si. Ambas têm a mesma origem divina, formam de certo modo uma mesma unidade e tendem para um mesmo fim” (DV, 9). Como a Igreja é mãe e educa seus filhos, orienta-os. Por isso, além de ler a Escritura em conexão com a Tradição, o fazemos sob a orientação do Magistério que é exercido em nome do Senhor. Cabe ao Magistério realizar a interpretação correta (DV 10). Outra consideração a ser feita é que a Bíblia foi inspirada por Deus aos homens e levou um arco

de tempo que vai do século XIV a. C. ao século I d. C. Isso significa que a “confecção” da Escritura Sagrada passou por momentos históricos diferentes, por culturas diferentes, homens diferentes. O inspirador (Deus) é sempre o mesmo, mas os inspirados (homens) são diferentes. Isso quer dizer que a Escritura é composta de dois aspectos diferentes: um divino e um humano. Por isso é necessário estarmos inteirados dos aspectos humanos para podermos compreender o sentido divino. A inspiração de Deus não dispensa a ação, a cooperação do redator humano chamado de hagiógrafo. Diz Dom Estevão Bettencourt que a “inspiração bíblica é a iluminação da mente do autor humano, para que possa, com dados de sua cultura religiosa e profana, transmitir uma mensagem fiel ao pensamento de Deus”. Isto é: “Tendo Deus falado por intermédio de homens e à maneira humana,

nas Escrituras, seu interprete, para saber o que Deus quis comunicar, deve pesquisar com atenção o sentido visado diretamente pelo autor sagrado e o que Deus entendia manifestar por tais palavras” (DV, 12). Hoje em dia é muito comum vermos muita gente andando de um lado para o outro com a Bíblia debaixo do braço. Parece que em pouco (pouquíssimo), tempo logo se tornam especialistas na Escritura. Ora, meu irmão, sejamos honestos! Essa conversa de que qualquer um pode entender a Bíblia não é verdade. Aliás, é verdade sim que toda pessoa pode caminhar na compreensão da Bíblia, porém não sem um mínimo de preparação. Grande prejuízo na compreensão da Sagrada Escritura é uma abordagem fundamentalista e literal. Não podemos desprezar, por exemplo, os gêneros literários presentes na Bíblia: livros históricos, poéticos, proféticos. Daí que:

“Para saber o que o autor sagrado queria dizer, considerem-se, entre outras coisas, os gêneros literários” (DV,12). Critérios também precisamos ter para escolher que texto usar, ou seja, qual tradução. Em linhas gerais, podemos dizer que devemos ter o cuidado em verificar se a tradução foi aprovada pelo Magistério (cf. DV,22), se fornece notas explicativas e introdutórias. Importante também é não esquecer que “a leitura da Sagrada Escritura deve ser acompanhada de oração, para que se estabeleça um colóquio entre Deus e o homem, pois ‘falamos quando oramos e a Ele ouvimos quando lemos as suas palavras” (DV,25). Agora, deveríamos

cultivar intimidade com a Escritura e isso só é possível com uma leitura assídua, frequente. Quer dizer: reservar diariamente um tempo para ler o texto bíblico. Resumindo: 1-Ler a Bíblia dentro da Tradição e sob orientação do Magistério. 2-Levar em conta aspectos históricos, culturais e literários em que cada texto foi inspirado e escrito. 3-Escolher uma tradução adequada. 4-Ler, meditar, estudar a Escritura em clima de oração. 5-Reservar, diariamente, um momento para leitura bíblica. Sigamos em frente pensando com a Igreja no serviço da Verdade. Fique com Nossa Senhora e São José.

Movimento Apostólico da Divina Misercórdia Adoradores Eucarísticos da Igreja das Mercês bessadecastroadv@gmail.com

PRÓXIMO ARTIGO: Prof. Ricardino Lassadier


Festividades 11 São Brás e Tapanã celebram São Francisco de Assis

2º Caderno

BELÉM, DE 28 DE SETEMBRO A 4 DE OUTUBRO DE 2018

FOTOS: DIVULGAÇÃO

Padroeiro é festejado com ampla programação nos dois bairros

A

matriz Paróquia de São Francisco de Assis (Capuchinhos), bairro de São Brás, iniciou no dia 25, festividade em memória ao padroeiro, protetor dos animais. Com o tema “São Francisco, ajude-nos a reassumir a vida cristã”, os festejos compreendem programação litúrgica e cultural e, seguem até o dia 4 de outubro, Dia da Festa Litúrgica de São Francisco de Assis. A matriz fica localizada na Travessa Castelo Branco, 1541. O tema que norteará a festividade deste ano foi inspirada na oração de São Francisco de Assis e, também no Ano do Laicato, celebrado pela Igreja, no período de 26 de novembro de 2017,

Solenidade de Cristo Rei, à 25 de novembro de 2018, animado pelo tema: “Cristãos leigos e leigas, sujeitos na ‘Igreja em saída’, a serviço do Reino” e o lema: “Sal da Terra e Luz do Mundo”, Mt 5,13-14. Segundo frei Arilson Uchôa, pároco da matriz de São Francisco de Assis, o tema é para que pessoas reassumam o compromisso como cristãos, à exemplo dos valores de São Francisco de Assis: “Quando eu chamo reassumir, nós temos que reassumir os nossos valores; família, pais, com os doentes. Na oração de São Francisco fica bem evidente: “Onde houver ódio, que eu leve o amor. Onde houver tristeza, que eu leve

alegria. Nela está presente o que não é cristão e o que é cristão”. No dia 25 de setembro, abertura da festividade, houve a visita da imagem peregrina de Nossa Senhora de Nazaré na matriz. Neste dia, às 17h30, ocorreu o Terço Francisco; às 18h, Novena de São Francisco e às 18h30, Santa Missa com pregação. Na ocasião, a Santa Missa foi presidida pelo frei Arilson Uchôa. Em preparação aos festejos em honra a São Francisco de Assis, no dia 24, frei Arilson Uchôa, presidiu Santa Missa, na Capela da Fundação Nazaré de Comunicação, momento que segundo é para arrebanhar os fiéis pela vida do santo: “Jesus

pede para a gente ser Luz. Então, a festividade é um momento que o católico, o devoto de São Francisco vai para ser iluminado pela Palavra de Deus através do santo. Então, a vida do santo é uma luz que ilumina a vida do cristão. Não são os milagres, e sim a vida dele”. Durante o período da festividade, a programação litúrgica acontecerá nos seguintes horários: às 17h30, Terço Franciscano; às 18h, Novena de São Francisco e às 18h30, Missa com pregações, exceto no dia 3 de outubro, Terço Franciscano às 16h45, Novena de São Francisco 17h15, celebração do trânsito de São Francisco (Morte), momento que todos

são convidados a recordar os últimos momentos de vida do santo às 17h30 e Santa Missa Solene às 18h30. No dia 4 de outubro, Dia da Festa Litúrgica de São Francisco de Assis, haverá Santa Missa So-

lene às 7h e, em seguida, benção dos animais. À tarde, vésperas solenes de São Francisco, às 17h30. À noite, Santa Missa Solene de encerramento às 18h30. Após a Santa Missa, haverá Procissão pelas ruas do bairro.

RELÍQUIA NO PARÁ

w A RELÍQUIA durante a peregrinação no município de Abaetetuba

A ESCOLHA DO PAPA FRANCISCO São Francisco de Assis é de origem italiana, aos 24 anos, recusou a riqueza da família e se dedicou a pobreza. Trabalhava no campo, pregava, visitava e consolava os doentes. Tinha amor aos pássaros e a natureza, conhecido como padroeiro dos animais. São Francisco de Assis vive entre nós por meio de sua mensagem evangélica. Como herança o modelo de vida - baseado na vida de oração, minoridade, fraternidade e apostolicidade- que é seguido pelos irmãos e irmãs da Família Franciscana, composta pela Ordem dos Frades Menores, Ordem das Clarissas, Ordem Franciscana Secular e Ordem Terceira Regular. O nome “Francisco” escolhido pelo sucesso de Pedro, Papa Francisco, primeiro papa latino-americano e primeiro jesuíta da história, teve como

inspiração uma frase dita pelo Cardeal Dom Cláudio Hummes: “Não se esqueça dos pobres”, daí a escolha pelo nome Francisco, inspirado em São Francisco de Assis. Durante entrevista concedida aos jornalistas em março de 2013, falou sobre a escolha do nome: “Para mim é o homem da pobreza, da paz, que ama e guarda a criação. Neste momento, infelizmente, não temos uma relação tão boa com a natureza, com a criação. Como eu gostaria de uma Igreja pobre, como eu gostaria de uma Igreja junto aos pobres”. O Papa João I foi o primeiro Papa a trocar de nome no século VI, deste então a tradição é mantida. Frei Arilson, pontua as ações do Santo e do Papa, voltadas para os mais necessitados: “São Francisco escolhe ser o menor, então ele escolheu ficar com os menores por isso que é Frades

Menores, que está junto aos pobres. Quando o Papa Francisco veio, ele decidiu acolher os que mais necessitam claro, sem deixar as outras áreas da Igreja que precisam ser renovadas, reestruturadas, que é a questão das doutrinas e dos carismas, porque a nossa Igreja é muito rica em carismas. Então, quando São Francisco veio, ele pegou um lado que estava faltando na Igreja, que não estava sendo luz, que era a questão de evangelizar através do Evangelho os pobres que estavam lá. É como se ele percebesse uma área da Igreja que estava faltando. São Francisco, nem tinha ideia que ia se alastrar até os dias de hoje, até chegar o Papa Francisco e escolher o nome ‘Francisco’. Imagina a influencia que São Francisco teve naquele tempo de 1224, e o próprio Papa, hoje, se refere a evangelização daquele tempo que serve para hoje”.

A Relíquia de primeiro Grau de São Francisco de Assis visitará a cidade de Belém do Pará entre os dias 10 e 28 de outubro deste ano, a palavra relíquia tem origem no latim reliquiai, que significa resto. A peregrinação da relíquia ocorre em todo Brasil e, faz parte da programação Jubilosa dos 800 anos da Ordem Franciscana Secular, que iniciou no dia 20 de setembro, em São Paulo e encerra em 2021, Ano Jubilar das oito décadas da

Ordem Franciscana. A peregrinação é de um oratório contendo dois objetos sagrados. A primeira, a imagem de São Francisco de Assis que foi um presente da cúria geral dos Frades Menores Capuchinhos e a segunda, a Relíquia de primeira classificação, um fragmento de osso (parte do fêmur), que foi ofertada pela Cúria geral dos Frades Menores Conventuais. Ambas vieram de Assis na Itália. No Pará, a Relíquia está desde agosto, cuja

peregrinação iniciou pelo município de Marabá, Breu Branco e Tucuruí; em setembro pelos municípios de Abaetetuba, São João de Pirabas; em outubro peregrinará pelos municípios Capanema, São Jorge do Prata, Castanhal, Vigia; novembro em Icoaraci distrito de Belém e em Belém onde será realizada a Peregrinação dos objetos sagrados no período de 10 a 28 de novembro. A relíquia também passou pela cidade de Macapá (AP) no mês de setembro.

FESTEJOS NO TAPANÃ

w PARÓQUIA São Francisco de Assis, festejos no bairro do Tapanã

Iluminados com o tema “Comece fazendo o que é necessário, depois o que é possível, e de repente você estará fazendo o impossível”, a matriz da Paróquia de São Francisco de Assis realiza festividade em honra ao padroeiro, de 25 de setembro a 4 de outubro. A matriz fica na Rua Castelo Branco, 85, entre as travessas Haroldo Veloso e Uberaba, no bairro do Tapanã. Na programação, Santas Missas e programação cultural com apresentação musical e vendas de comi-

das regionais. No dia 25, data da abertura da festividade, foi marcada com Santa Missa e o retorno das imagens peregrinas de São Francisco de Assis e de Nossa Senhora de Nazaré, às 19h. Ao término da Santa Missa, ocorreu apresentação musical. No período da festividade, a Santa Missa, será presidida às 19h. No domingo, dia 30, haverá pela manhã, às 7h, Santa Missa pelos enfermos e idosos. Às 11h, acontece

o 1º Festival do Açaí, na ocasião, haverá a apresentação de duas bandas locais e de um cantor. No encerramento da festividade, dia 4, Dia da Festa Litúrgica de São Francisco de Assis, às 18h, acontece a Procissão, com saída da Comunidade de São Sebastião, localizada na Rua 2 de Julho, rumo à matriz. Na chegada, haverá Santa Missa Solene, às 19h, presidida pelo Arcebispo Metropolitano de Belém, Dom Alberto Taveira Corrêa.


12

BELÉM, DE 28 DE SETEMBRO A 4 DE OUTUBRO DE 2018

Especial Juventude

Jovens protagonistas de um mundo melhor

O

Vaticano prepara para o período de 3 a 28 de outubro próximo o Sínodo dos Bispos, com o tema “Os jovens, a fé e o discernimento vocacional”, visando estabelecer os pilares da atividade pastoral da Igreja com os jovens, na XV Assembleia Geral Ordinária dos Bispos. O Jornal Voz de Nazaré vem destacando nesta página a atuação da juventude. Nesta edição, a parte final da retrospectiva da preparação da Arquidiocese de Belém. FOTOS: DIVULGAÇÃO

w PROJETO de leitura orante iniciou em março deste ano

w JOVENS presentes durante a Jornada Diocesana da Juventude

A mobilização dos jovens em Belém (Final) Várias programações que marcaram a atuação do Setor Juventude na Igreja de Belém do Pará

A

o longo do primeiro semestre de 2018, o Setor Juventude Belém propõe atividades educativas para a fé dos jovens, entre elas o encontro com o Senhor da Vida, através da Leitura Orante da Palavra de Deus, as celebrações da Juventude nas Regiões Episcopais, alem de presença em eventos como Pentecostes, inauguração do Centro Arquidiocesano de Pastoral Juvenil e, mais recentemente, a mobilização para o Círio. Após a construção do Projeto Educativo Pastoral que repara um passado apático, de paralelismo, sem visibilidade e expressividade, apresentam-se com clareza os planos de Deus para animação da juventude arquidiocesana. Consequência direta disso são os inúmeros frutos nos núcleos juvenis paroquiais e na Arquidiocese como um todo. Uma das atividades é a promoção da celebração eucarística mensal para toda juventude em uma região episcopal, que consta no Eixo 2 da Comunhão do Projeto educativo. A primeira ocorreu em março desse ano na Região Episcopal Santa Maria Goretti onde reuniram-se em torno de 180 jovens. Já houve

w DOM ANTÔNIO Bispo Referencial trouxe novo ânimo para Setor Juventude

missas nas regiões São Vicente de Paulo, Santa Cruz, Menino Deus, Sant’Ana e São João Batista. A próxima edição do evento ocorrerá na região Sagrado Coração Eucarístico no dia 25 de novembro. Ainda em março, te-

ve início o Projeto de Leitura Orante, dentro do Eixo Espiritualidade, que, desde então, vem ocorrendo uma vez ao mês na capela da Escola Salesiana do Trabalho. O programa consiste em um processo de estudo, reflexão e aprofunda-

mento acerca da Palavra de Deus. No dia 3 de novembro ocorrerá o último encontro de 2018. Outro evento que marcou o calendário do Setor Juventude foi a Jornada Diocesana da Juventude, onde jovens refletiram o tema “Não

tenhas medo, Maria! Encontraste graça junto a Deus!” (Lc 1,30). O evento convocado pelo santo padre, o Papa Francisco, ocorreu no Domingo de Ramos em preparação à Páscoa. A juventude participou também da Vigília de Pentecostes, realizado em maio, a nível arquidiocesano. Na ocasião, 150 jovens atuaram na animação e acolhida dos fiéis no evento realizado na Arena Guilherme Paraense, o Mangueirinho. Outro marco para o Setor Juventude foi a inauguração do Centro Arquidiocesano de Pastoral Juvenil (CAPJ), no dia 4 de agosto. O espaço é destinado à formação humana e pastoral para os jovens da Arquidiocese de Belém

participantes do Setor Juventude. O ato reuniu aproximadamente 150 lideres juvenis ao longo da programação. O CAPJ deverá ser para as lideranças juvenis de 15 a 29 anos a experiência de formação permanente, consciência de oração, vida espiritual e fraterna, cursos de capacitação, convivência e estudo. Mais recentemente, o Setor Juventude mobiliza-se para realizar diversas ações no Círio 2018 cujo tema “Uma jovem chamada Maria”. A mobilização conta com cinco grandes eixos de mobilização juvenil, são eles: Catequese e Formação, Expressões Artísticas Juvenis, Voluntariado Social Juvenil, Animação Missionária e Celebrativo.

SÍNODO DOS BISPOS PARA A JUVENTUDE Nesta quarta-feira, 3, tem início a XV Assembleia Ordinária dos Bispos com o tema “Os jovens, a fé e o discernimento vocacional” que visa estabelecer os pilares da atividade pastoral da Igreja com a juventude. A programação que estende-se até o dia 28 do mês de outubro concluirá com uma Exortação Apostóli-

ca. Do Brasil, participam o Cardeal Dom Sérgio da Rocha, Arcebispo de Brasília e presidente da CNBB, como seu relator geral e Lucas Galhardo leigo e que representará o Movimento Apostólico de Schoenstatt. Para Dom Antônio de Assis Ribeiro, bispo referencial para a juventude de Belém, o ganho para a Igreja do Brasil é

o aumento do numero de porta-vozes da nossa sensibilidade brasileira: “Todavia, há no mundo globalizado, atualmente muitos fenômenos juvenis que estão presentes em muitos outros contextos e continentes”. Para ele, possivelmente, o documento final do sínodo vai insistir sobre questões como: a necessidade do conhecimento

do mundo juvenil, a encarnação na cultura e sensibilidade juvenil; a revisão da nossa metodologia pastoral repensando a linguagem e o estilo pastoral atual: “A Exortação Apostólica pós-sinodal provavelmente vai insistir sobre a necessidade da promoção de processos pastorais, sobre o cuidado com o edu-

car para o sentido da vida e a promoção de experiências pastorais que levem os jovens a fazerem uma profunda experiência de intimidade com Jesus Cristo. Por fim, creio que vá retomar a questão do protagonismo juvenil numa perspectiva missionária, os jovens como evangelizadores de outros jovens.”

Profile for Fundação Nazaré de Comunicação

Voz de Nazaré  

Edição de 28 de setembro a 04 de outubro de 2018.

Voz de Nazaré  

Edição de 28 de setembro a 04 de outubro de 2018.

Advertisement