Page 1

ARQUIDIOCESE

DE BELÉM

PE. FLORENCE DUBOIS FUNDADOR

www.fundacaonazare.com.br BELÉM, DE 30 DE NOVEMBRO A 6 DE DEZEMBRO DE 2018

O JORNAL CATÓLICO DA FAMÍLIA DIVULGAÇÃO

ANO CV - Nº 852 - PREÇO AVULSO: R$1,00

Advento prepara Igreja para o tempo de espera O Tempo do Advento promove na Igreja um tempo de esperança que se vislumbra com a segunda vinda de Jesus. A espera dos fiéis também se volta para contemplar a Virgem Maria, escolhida por Deus, tendo se conpletado o tempo para ele enviar o seu Filho para o seio da humanidade. É o ambiente propício à caminhada dos fiéis até o Natal do Senhor. CAD. 1, PÁG. 3; CAD. 2, PÁG, 7 E 11.

Icoaraci acolhe quadro especial w IMAGEM da Imaculada Conceição de Maria, para onde se volta olhar da Igreja neste tempo

Peça representa de onde teriam vera imagem de Nossa tido lágrimas. Senhora das Graças, CAD. 2, PÁG. 3

DIVULGAÇÃO

Aviso importante para os membros da Família Nazaré A todos os colaboradores e membros da Família Nazaré que estão com dificuldades em efetuar a sua contribuição mensal na rede bancária, pedimos que entrem em contato urgente com a Fundação Nazaré de Comunicação pelo telefone (91) 4006 9211. Não deixe de contribuir. Sua doação é muito importante para continuarmos

nosso trabalho de evangelização. Entre em contato conosco. (91) 40069211.

Família Nazaré, um compromisso de fé e evangelização.

w FIÉIS acolheram quadro na festividade de Nossa Senhora das Graças, em Icoaraci LUIZ ESTUMANO

Fu n d a ç ã o recebe visita da relíquia franciscana Relíquia de São Francisco de Assis acolhida na Fundação Nazaré.

w REGISTRO da peregrinação da relíquia de São Francisco de Assis à Fundação Nazaré de Comunicação A todos os colaboradores e membros da Família Nazaré que estão com dificuldades em efetuar a sua

tato urgente com a Fundação Nazaré de Comunicação pelo

CAD. 1, PÁG. 12


2

Opinião

BELÉM, DE 30 DE NOVEMBRO A 6 DE DEZEMBRO DE 2018

IGREJA E VIDA CRISTÃ EM IMAGENS

1º Caderno

PRIVILÉGIO DE SER CATÓLICO João Carlos Pereira

Jornalista e professor jcparis1959@gmail.com

No meio do incêndio, uma Bíblia

N

w A INABALÁVEL confiança do cristão em Deus leva-o a depositar todas as angústias aos pés da Cruz do mais puro Amor - FOTO: LUIZ ESTUMANO (JORNAL VOZ DE NAZARÉ)

PANORAMA José Pereira Ramos

joseulina1@gmail.com

Profissão solene de nova carmelita

N

Economista e escritor

o último sábado, 24 do corrente, véspera da festa de CRISTO REI, a Arquidiocese de Belém ganhou mais uma Monja. Prestou Votos Perpétuos no Carmelo de Santa Teresinha, de Benevides, em Missa Solene presidida pelo Bispo Auxiliar Dom Irineu Roman, e perante a Madre Superiora, Irmã Teresa de Jesus, a Irmã Albertina de Santa Maria. Trata-se de uma jovem maranhense, oriunda do município de Caxias, cidade que apoiou a vocação de sua conterrânea, o que foi confirmado com a vinda a Benevides de dois ônibus especiais com parentes e amigos, pertencentes a movimentos da Igreja, como Catecumenato, Shalom e, até, alguns casais de Arautos de Nossa Senhora, com seus visto-

ENCONTRO FRATERNO Ivens Coimbra Brandão

ivenscb@oi.com.br; ivenscb@gmail.com

Tempo comum

B

Engenheiro civil e escritor

atizado em tenra idade e crismado no início da minha juventude, eu não tinha a devida participação, muito menos entendimento sobre as riquezas que a liturgia da Igreja encerra. Até que, nos idos de 1971, foi-me concedida a chance de, com a Graça de Deus, iniciar minha caminhada de conversão. Antes, contava com a curiosidade, por exemplo, do porquê da mudança nas cores dos paramentos do celebrante e demais componentes litúrgicos, ao longo do ano. Nada mais oportuno, então, do que, aceitando a ferramenta de estudo que a Igreja oferece, ir descobrindo ao longo do tempo, não só a Verdade que Jesus Cristo encerra, como também os valores da sua Igreja. Assim, tomei conhecimento de que o ‘Tempo comum’ faz

Fundado em 5 de julho de 1913 FUNDADOR Pe. Florence Dubois, barnabita

ARQUIDIOCESE DE BELÉM-PARÁ

PRESIDENTE Dom Alberto Taveira Corrêa Arcebispo Metropolitano de Belém do Pará VICE-PRESIDENTE Monsenhor Marcelino Ferreira Vigário-geral da Arquidiocese de Belém do Pará

sos uniformes. Esses movimentos se encarregaram dos cânticos da cerimônia, que deram à celebração um brilho extraordinário. Demos Graças a Deus. Essa Comunidade de Carmelitas Descalças saiu do Carmelo de São José, em Fátima, Portugal, em 1964, para Chokwé, em Moçambique, na África, quando ainda era colônia portuguesa. Em 1977, fugindo do regime comunista, encontraram receptivo apoio de Dom Alberto Ramos, no Pará, que há muitos anos almejava por uma comunidade contemplativa para a Amazônia. Tenho a felicidade de acompanhar a trajetória dessa Comunidade Carmelita no nosso Estado, desde a sua chegada a Belém, quando ficaram provisoriamente instaladas no convento das Irmãs Legionárias, no bairro do Entroncamento. Testemunhamos a sua instalação em Benevides e o ingresso de nossas vocações locais, permanecendo na sua missão de oferecer suas orações, seus trabalhos e suas renúncias em favor do nosso clero e do nosso povo. Nossos parabéns à nova Professa, bem como à Priora, Irmã Tereza, e a todas as outras Irmãs, que consideramos nossas amigas. parte do ano litúrgico, podendo ser identificado pelos fiéis pela cor verde, com a qual a liturgia é revestida. A cor verde só é substituída,nos dias de festa, como ‘Apresentação do Senhor’, ‘Ss. Trindade’, ‘Coração de Jesus’, ‘Cristo-Rei’, Nossa Senhora e alguns santos (branca), e naqueles em que são festejadosos santos-mártires (vermelha). O Tempo comum constitui a maior parte do ano litúrgico, decorrendo ao longo de 33 ou 34 semanas. Medeia os ‘tempos fortes’ do ano litúrgico, que são o Ciclo do Natal e o da Páscoa. A 1ª parte inicia-se no dia seguinte ao da celebração do Batismo de Jesus, terminando na terça-feira anterior à quarta-feira de Cinzas. A 2ª começa no dia seguinte à celebração de Pentecostes, terminando no sábado anterior ao 1º domingo do Advento. Neste ano de 2018, iniciou-se no dia 9 de janeiro e estará terminando neste sábado, 1 de dezembro. A vida é um permanente aprendizado, tendo-se ora invocado a curiosidade de um jovem de antanho, que no seu processo de conversão, de leigo na Igreja, sente-se comprometido a partilhar

DIRETOR GERAL Padre Roberto Emílio Cavalli Junior DIRETOR ADMINISTRATIVO E FINANCEIRO Marcos Aurélio de Oliveira DIRETOR DE COMUNICAÇÃO Mário Jorge Alves da Silva DIRETOR DE CAPTAÇÃO DE RECURSOS Arnaldo Pinheiro

a semana passada, a propósito do incêndio na Califórnia, que devorou comunidades inteiras e poupou apenas uma Cruz de madeira, prometi contar, hoje, a curiosa história de um sinistro, no apartamento da escritora Clarice Lispector, no Rio de Janeiro. Clarice Lispector é uma das maiores escritoras brasileiras de todos os tempos. Agora está na moda e, infelizmente, é muito mais citada do que propriamente lida. Ela era uma criatura complexa, cheia de angústias. Judia, quando esteve em Belém pediu para ir à Basílica de Nossa Senhora de Nazaré para rezar e fazer uma promessa. Na saída, comentou que havia achado a igreja feia, muito enfeitada e com estilos misturados. Isso não importa nem um pouco, diante do mistério do incêndio em sua casa. Clarice morava sozinha e tinha um cachorro chamado Ulisses, que adorava CocaCola. Uma noite, a escritora tomou uma bebida e foi para a cama, com cigarro entre os de-

dos. O sono não custou a chegar e ela adormeceu. O cigarro caiu de sua mão e ficou sobre a cama, provocando um incêndio. A fumaça e as chamas fizeram com que vomitasse e, sem querer, umedecesse o rosto com o próprio vômito, o que a livrou de cicatrizes na face. A mão, porém, não escapou, e ela precisou fazer enxerto com pele de carneiro. Quando finalmente acordou, viu o quarto ardendo. As labaredas haviam destruído todos os livros, exceto um: a Bíblia, que, curiosamente, estava entre os títulos. À direita e à esquerda do livro sagrado, nada se salvou. Apenas a Bíblia, como uma espécie de eixo, permaneceu intacta. Desse episódio, resta uma questão: por que só a Bíblia não foi devorada pelo fogo? Esse fato pertence à categoria dos mistérios sem explicação. Nós, humanos, não sabemos, mas Deus conhece a razão de haver poupado sua Palavra, para que todos entendêssemos que Ele está ali, no silêncio do verbo, para nos falar, sempre que for preciso.

ASSIM NA TERRA COMO NO CÉU ... Pe. Helio Fronczak

heliofronczak@gmail.com

Alegria e sentido de humor

A

santidade tem, de um lado, exigências de humildade e renúncias e, de outro, as suas alegrias. No n. 122 da exortação Alegrai-vos e exultai, o Papa Francisco afirma: “ser cristão é ‘alegria no Espírito Santo’ (Rm 14, 17), pois, ‘do amor de caridade, segue-se necessariamente a alegria. Pois quem ama sempre se alegra na união com o amado. (...) Daí que a consequência da caridade seja a alegria’. Se deixarmos que o Senhor nos arranque da nossa concha e mude nossa vida, realizamos o pedido de São Paulo: «Alegrai-vos sempre no Senhor! De novo o digo: alegrai-vos!” (Fl 4, 4). No n. 124, o Papa nos lembra de Maria. “Maria, que soube descobrir a novidade trazida por Jesus, cantava: ‘o meu espírito se alegra’ (Lc 1, 47) e o próprio Jesus ‘estremeceu de alegria sob a ação do Espírito Santo’ (Lc 10, 21). Quando Ele passava, ‘a multidão alegrava-se’ (Lc 13, 17). Depois da sua ressurreição,

COORDENAÇÃO Bernadete Costa (DRT/PA 1326) CONSELHO DE PROGRAMAÇÃO E EDITORAÇÃO Padre Agostinho Filho de Souza Cruz Cônego Cláudio de Souza Barradas Edwaldo Lobo Monteiro EDITORAÇÃO ELETRÔNICA Sérgio Santos (DRT/PA 579) Assinaturas, distribuição, administração e redação Av. Gov. José Malcher, Ed. Paulo VI, 915 CEP: 66055-260

onde chegavam os discípulos, havia grande alegria (cf. At 8, 8). Jesus assegurou-nos: ‘vós haveis de estar tristes, mas a vossa tristeza há de converter-se em alegria! (...) Eu hei de ver-vos de novo! Então o vosso coração há de alegrarse e ninguém vos poderá tirar a vossa alegria’ (Jo 16, 20.22). ‘Manifestei-vos estas coisas, para que esteja em vós a minha alegria, e a vossa alegria seja completa’ (Jo 15, 11). Francisco, no n. 126, lembra que a santidade, alegria cristã, tem sentido de humor. “O mau humor não é um sinal de santidade: ‘lança fora do teu coração a tristeza’ (Os 11, 10). Tanto recebemos do Senhor ‘para nosso usufruto’ (1 Tm 6, 17) que, às vezes, a tristeza é ingratidão, pois, tão fechados em nós mesmos, somos incapazes de reconhecer os dons de Deus. ...Em cada situação, mantenhamos um espírito flexível, como São Paulo: aprendi a adaptar-me ‘às situações em que me encontre’ (Fl 4, 11).

- Nazaré, Belém - PA Tel.: (91) 4006-9200/ 4006-9209. Fax: (91) 4006-9227 Redação: (91) 4006-9200/ 4006-9238/ 4006-9239/ 4006-9244/ 4006-9245 Site: www.fundacaonazare.com.br E-mail: voz@fundacaonazare.com.br Um veículo da Fundação Nazaré de Comunicação CNPJ nº 83.369.470/0001-54 Impresso no parque gráfico de O Liberal

FUNDAÇÃO NAZARÉ DE COMUNICAÇÃO


1º Caderno

BELÉM, DE 30 DE NOVEMBRO A 6 DE DEZEMBRO DE 2018

Arcebispo

3

Conversa com meu povo Dom Alberto Taveira Corrêa Arcebispo Metropolitano de Belém do Pará

O tempo de Deus e o tempo humano “Q

uando se completou o t e m p o p re visto, Deus enviou seu Filho, nascido de mulher, nascido sujeito à Lei, para resgatar os que eram sujeitos à Lei, e todos recebermos a dignidade de filhos. E a prova de que sois filhos é que Deus enviou aos nossos corações o Espírito do seu Filho, que clama: “Abá, Pai!”. Portanto, já não és mais escravo, mas filho; e, se és filho, és também herdeiro; tudo isso, por graça de Deus” (Gl 4, 7-7). O tempo vem a ser administrado com sabedoria. Depende das opções que fazemos pela vida afora, mas não está totalmente sob o nosso domínio. Sim, é verdade! Nós somos gerados no tempo, e a vida humana nesta terra tem seus limites. “Diante de ti estão as nossas culpas, e nossos pecados ocultos à luz do teu rosto. Nossos dias todos se dissipam pela tua ira, acabam nossos anos como um sopro. Nossos anos de vida são setenta, oitenta para os mais robustos, mas pela maior parte são fadiga e aborrecimento, passam logo e nós voamos. Quem conhece o ímpeto da tua ira, quem teme a violência do teu furor? Ensina-nos a contar nossos dias e assim teremos um coração sábio. Volta-te, Senhor, até quando? Tem compaixão dos teus servos! Sacia-nos de manhã com tua graça, para exultarmos de alegria pela vida afora” (Sl 89/90, 8-14). O tempo de Deus é a eternidade feliz. Por amor, ele entrou em nosso tempo, fazendoo chegar à sua plenitude. O eterno entrou na história humana, para dar-nos a possibilidade de nos tornarmos eter-

DIVULGAÇÃO

w ADVENTO Quando se completou o tempo previsto, Deus enviou seu Filho, nascido de mulher

nos, por pura graça, aquela que nos vem através de seu Filho amado. E a eternidade se torna, para todos os filhos amados de Deus, uma aventura de paraíso em paraíso, uma realização infinita que nos vem da Santíssima Trindade. Sem esta graça, até a eternidade se tornaria insuportável! E, pensemos bem, a vida na terra, sem a fé no amor de Deus que nos oferece a sua graça, seria terrível. Com todo o respeito pelo mistério insondável de casa pessoa, mas podemos refletir no que se torna a vida sem a via da esperança, quando os limites das possibilidades humanas se fecham e o desespe-

Para a Igreja de Belém do Pará, o Advento é também nossa festa da partilha, com a Campanha “Belém, casa do Pão” ro se instala! A fé no amor infinito de Deus não nos faça orgulhosos, mas conscientes do presente que o nosso testemunho pode oferecer aos outros. Em Jesus Cristo, nosso Senhor e Salvador, com sua Morte e Ressurreição, a vida na terra ganhou seu sentido. E a Igreja, justamente a partir daquele que é a porta do Céu e de uma eternidade feliz, desde os seus primórdios celebra, numa espiral sempre crescente, todas as etapas do mistério cristão, no ano

litúrgico, para que entremos na dinâmica de salvação e possamos colher as graças próprias de cada uma de suas etapas. Jesus Cristo nasceu uma só vez em Belém, e começamos agora o tempo do Advento, que nos conduz às alegres celebrações do Natal. No entanto, quer nascer em nossos corações, dando-nos o maior de todos os presentes! Uma vez morreu e ressuscitou, mas todas as vezes em que participamos da Eucaristia, anunciamos a sua morte e ressurrei-

ção, enquanto esperamos sua vinda. Durante os anos de sua vida pública, anunciou a boa nova, realizou milagres, passou fazendo o bem. E durante o ano, celebramos a memória de seu amor pela humanidade e o tornamos presente, acolhendo a vida eterna que nos oferece. Quando o tempo de Deus é acolhido no tempo humano, este ganha seu sentido maior e deixa de ser um círculo repetitivo. Ganha sentido! E aqui se encontra mais um serviço que a Igreja oferece à hu-

manidade. A Liturgia, cuja palavra expressa justamente isso, serviço qualificado ao povo, infunde esperança e conteúdo, quando anuncia a Palavra da Salvação e torna presente o mistério de Cristo. Nas próximas semanas, contemplaremos primeiro o sentido último da história. No primeiro domingo do Advento, seremos alertados para que nossos corações não fiquem pesados por causa dos excessos, da embriaguez e das preocupações da vida. Ficaremos, atentos, em oração a todo momento, a fim de ficarmos de pé diante do Filho do Homem (Cf. Lc 21,3436). Nas duas semanas seguintes, o convite é a olhar para o nosso dia a dia, e seremos ajudados pelas figuras do profeta Isaías e de João Batista, para abrirmos os olhos e identificar as muitas visitas de Jesus em nosso cotidiano. Na última semana, apadrinhados pela Virgem Maria, voltaremos os nossos olhos para Belém e prepararemos o dia feliz do Natal, a ser celebrado na Igreja e na família, fazendo festa pelo presente que é Jesus. Para a Igreja de Belém do Pará, o Advento é também nossa festa da partilha, com a Campanha “Belém, casa do Pão”, com a qual a Cáritas Arquidiocesana convida toda a população a expressar, na caridade, a responsabilidade social que nos cabe com o mandamento da caridade. Rezemos: Ó Deus todo poderoso, concedei a vossos fiéis o ardente desejo de possuir o reino celeste, para que, acorrendo com nossas boas obras ao encontro do Cristo que vem, sejamos reunidos à sua direita na comunidade dos justos. Amém!


4

Arquidiocese

AGENDA DE DOM ALBERTO TAVEIRA CORRÊA

BELÉM, DE 30 DE NOVEMBRO A 6 DE DEZEMBRO DE 2018

1º Caderno

AGENDA DE DOM ANTÔNIO DE ASSIS RIBEIRO

AGENDA DE DOM IRINEU ROMAN

n De 30 de novembro a 6

n De 30 de novembro a 6

n De 30 de novembro a 6

n SEXTA, 30 DE NOVEMBRO

n SEXTA, 30 DE NOVEMBRO

n SEXTA, 30 DE DEZEMBRO 8h - Aula na Faculdade Católica 15h - Audiências 19h - Missa e reunião - Comunidade Sagrado Coração n SÁBADO, 1 DE DEZEMBRO 8h - Leitura Orante com os jovens 19h - Missa - Abertura da festividade de Nossa Senhora da Conceição (Carananduba) n DOMINGO, 2 DE DEZEMBRO 7h30 - Missa do Círio de Santa Bárbara 10h - Ação Global - Área Missionária Canaã 18h - Missa - Festividade de Nossa Senhora das Graças (Icoaraci) (Paróquia São João Batista e Nossa Senhora das Graças) n SEGUNDA, 3 DE DEZEMBRO 8h - Retiro espiritual com os coordenadores da FNC 19h - Missa na festividade da Paróquia São Francisco Xavier - Marco n TERÇA, 4 DE DEZEMBRO 8h - Aula na Faculdade Católica 19h30 - Missa - Festividade – Paróquia Transfiguração do Senhor - Curuçambá n QUARTA, 5 DE DEZEMBRO 9h - Reunião na Fundação Nazaré 14h - Programa “Fé e vida” - Rádio Nazaré FM – 91.3 Mhz 15h15 - Audiência 19h - Missa na Comunidade Menino Deus (Paróquia São José de Anchieta) - Conjunto Maguari n QUINTA, 6 DE DEZEMBRO 8h30 - Reunião do Conselho Episcopal 18h - Missa e Crisma na Paróquia Bom Pastor

Os compromissos de Dom Irineu Roman ser alterados sem aviso prévio.

Os compromissos de Dom Antônio de Assis podem sofrer alterações sem aviso prévio.

de dezembro de 2018

de dezembro de 2018

17h - Tomada de hábito (Comunidade Sementes do Verbo)

n SÁBADO, 1 DE DEZEMBRO

10h - Encontro de Engajamentos (Comunidade Sementes do Verbo) 19h - Crismas (Paróquia Apóstolo Santo André) n DOMINGO, 2 DE DEZEMBRO

9h - Missa e Crismas (Paróquia Santa Paula Frassinetti) 19h - Missa e Crismas (Paróquia Santíssima Trindade) n SEGUNDA-FEIRA, 3 DE DEZEMBRO

19h30 - Missa e Crismas (Colégio Santa Catarina) n QUARTA-FEIRA, 5 DE DEZEMBRO

20h - Missa e Crismas (Comunidade Católica CAJU) n QUINTA-FEIRA, 6 DE DEZEMBRO

15h - Reunião do Conselho Curador (FNC) 18h - Missa e Posse da nova Diretoria do Círio de Nazaré (Basílica Santuário) Os compromissos de Dom Alberto Taveira podem sofrer alterações sem aviso prévio.

de dezembro de 2018

Em viagem n SÁBADO, 1 DE DEZEMBRO 19h - Crisma - Paróquia Santo André Apóstolo n DOMINGO, 2 DE DEZEMBRO 9h - Crisma - Colégio Santa Rosa 19h30 - Missa - Comunidade Imaculada Conceição (Paróquia Nossa Senhora do Livramento) - Paracuri/ Icoaraci n SEGUNDA, 3 DE DEZEMBRO 8h30 - Audiências 19h - Missa - Paróquia Santa Luzia (festividade)- Jurunas n TERÇA, 4 DE DEZEMBRO 8h30 - Audiências 10h - Atividades - CNBB 19h - Crisma - Paróquia Imaculada Conceição - Outeiro n QUARTA, 5 DE DEZEMBRO 8h30 – Audiências 19h30 - Missa - Paróquia Santa Luzia do Bom Futuro (Festividade) n QUINTA, 6 DE DEZEMBRO 8h30 - Reunião do Conselho Episcopal 14h - Programa “Entre nós” - Rádio Nazaré FM 91.3 Mhz 15h - Reunião do Conselho Curador 19h - Crisma e casamento comunitário - Basílica Santuário

Homilia Dominical Padre Romeu Ferreira romeufsilva@gmail.com

A) Texto: Lc 21,25-28.34-36.

Formado em Exegese pelo Pontifício Instituto Bíblico de Roma

25“Haverá sinais no sol, na lua e nas estrelas. Na terra, as nações ficarão angustiadas, com pavor do barulho do mar e das ondas. 26Os homens vão desmaiar de medo só em pensar no que vai acontecer ao mundo, porque as forças do céu serão abaladas. 27Então eles verão o Filho do homem vindo numa nuvem com grande poder e glória. 28Quando essas coisas começarem a acontecer, levantai-vos e erguei a cabeça, porque a vossa libertação está próxima. 34Tomai cuidado para que vossos corações não fi-

quem insensíveis por causa da gula, da embriaguez e das preocupações da vida e esse dia não caia de repente sobre vós; 35pois esse dia cairá como uma armadilha sobre todos os habitantes de toda a terra. 36Portanto, ficai atentos e orai a todo momento, a fim de terdes força para escapar de tudo o que deve acontecer e para ficardes em pé diante do Filho do homem”. B) COMENTÁRIO

Primeiro Domingo do Advento é o primeiro dia do ano litúrgico, com a esperança no que há de vir; pois o Messias virá. É tempo de esperança, tempo de preparação ao nascimento por excelência: o Natal. O Evangelho começa

falando de sinais: “Haverá sinais no sol, na lua e nas estrelas” (v 25). A linguagem dos “sinais” é uma das características fortes da literatura apocalíptica, ou seja, da revelação; da comunicação de algo mais amplo que virá. Assim, o livro do Apocalipse fala do grande sinal... logo, de outro sinal (Ap 12,1ss). Como também Jesus destaca a importância da compreensão do sinal, na absorção de sua mensagem dizendo: “Em verdade, em verdade, vos digo: vós me procurais, não por terdes visto sinais, mas porque comestes dos pães e vos saciastes” (Jo 6,26). O que significa “ver sinais” na procura de Jesus? O que significa a presença de “sinais no sol, na lua e nas estrelas” e as forças do

céu serem abaladas? Ora, quando a procura de Jesus é impelida pela compreensão plena do sentido de sua pessoa no cumprimento das promessas – “Sei que o Messias (o Cristo) está para vir. Quando ele vier, nos anunciará tudo” (Jo 4,25) – então compensa buscar o alimento, pois ele nutre para a vida eterna (Jo 6,68). Já o fato de ter “sinais” nos astros, faz pensar nos primórdios da criação – sol, lua e estrelas para governarem o dia e a noite (Gn 1,16) – e perceber que a conturbação do universo criado perde seu governo, e causa angústia nas nações [Sl 65,8s; Is 34,4](v 25s). O evangelho dá a entender que a desgraça é consequência do desregro social: “por causa da gula,

da embriaguez e das preocupações da vida” (v 34). Mas não se trata só do anúncio de pavor, como também de esperanças (aos eleitos – Mc 13,27): “Quando essas coisas começarem a acontecer levantai-vos e erguei a cabeça, porque a vossa libertação está próxima” (v 28). É um estímulo muito positivo. O mais importante de tudo está na atitude que se deve tomar, quando o texto remarca advertindo: “tomai cuidado...” (v 34); “ficai atentos e orai a todo o momento...” (v 36). Portanto, eis o remédio para o mal que ameaça de maneira universal: a vigilância dupla no cuidado e atenção, assim como a oração contínua requerida a todos.

Liturgia da Semana w 30/11, SEXTA-FEIRA Cor (vermelho) Primeira Leitura (Rm 10,9-18) Responsório (Sl 18) Evangelho (Mt 4,18-22) w 01/12, SÁBADO Cor (verde) Primeira Leitura (Ap 22,1-7)

Os compromissos 15h - Reunião Conselho Curador de Domdo Irineu 19h - Crisma e casamento Roman ser alterados comunitário - Basílica Santuário sem aviso prévio.

Responsório (Sl 94) Evangelho (Lc 21,34-36) w 02/12, DOMINGO Cor (roxo) Primeira Leitura (Jr 33,14-16) Responsório (Sl 24) Segunda Leitura (1Ts 3,12-4,2) Evangelho (Lc 21,25-28.34-36)

w 03/12, SEGUNDA Cor (roxo) Primeira Leitura (Is 4,2-6) Responsório (Sl 121) Evangelho (Mt 8,5-11) w 04/12, TERÇA-FEIRA Cor (roxo) Primeira Leitura (Is 11,1-10)

Responsório (Sl 71 (72) , 1-2. 7-8. 12-13. 17 (R.cf 7)) Evangelho (Lc 10,21-24) w 05/12, QUARTA-FEIRA Cor (roxo) Primeira Leitura (Is 25,6-10a) Responsório (Sl 22 (23),

1-3a. 3b-4. 5. 6 (R. 6cd)) Evangelho (Mt 15,29-37) w 06/12, QUINTA-FEIRA Cor (roxo) Primeira Leitura (Is 26,1-6) Responsório (Sl 117 (118) 1.8-9. 19-21. 25-27a (R. 26a) Evangelho (Mt 7,21.24-27)


Vaticano 5 Senhor da história e de toda a criação

1º Caderno 1º

BELÉM, DE 30 DE NOVEMBRO A 6 DE DEZEMBRO DE 2018

Exortação na Solenidade de Jesus Cristo Rei do Universo, inspirada no Evangelho de São João

C

om informações Vatican News. O reino de Jesus não é deste mundo, é um reino de amor que não é alcançado por meios humanos. Seu pedido hoje é deixarmos que Ele se torne nosso rei. Mas Jesus somente poderá dar um novo sentido à nossa vida, com a condição de que não sigamos as lógicas do mundo e de seus “reis”. O Papa Francisco começou explicando aos 25 mil fiéis e turistas presentes na Praça São Pedro em um dia chuvoso, que a Solenidade de Jesus Cristo Rei do universo celebrada no domingo, dia 25 de novembro, “é colocada no final do ano litúrgico e recorda que a vida da criação não avança por acaso, mas prossegue em direção a uma meta final: a manifestação definitiva de Cristo, Senhor da história e de toda a criação. A conclusão da história será o seu reino eterno”. A alocução do Santo Padre é inspirada na

FOTOS: DIVULGAÇÃO

wPAPA da janela do apartamento pontifício saúda fiéis na Praça S. Pedro

passagem do Evangelho de São João (Jo 18, 33b-37) proposto pela liturgia do dia, que relata “a situação humilhante em que Jesus encontrou-se depois de ter sido preso no Getsêmani: amarrado, insultado, acusado e levado perante as autoridades de Jerusalém”. É apresentado à autoridade romana como alguém que atenta contra o poder político para se tornar rei dos judeus. Em um “interrogatório

dramático”, por duas vezes Pilatos o questiona se é um rei. Primeiro Jesus responde que seu reino “não é deste mundo” e depois: “Tu o dizes: eu sou rei”. Jesus não tinha ambições políticas, observa o Papa, recordando que após o milagre da multiplicação dos pães o povo queria proclamá-lo rei “para derrubar o poder romano e restaurar o reino de Israel”, mas “Ele retira-se para a montanha para rezar”.

PODER DO AMOR

O reino para Jesus – explica Francisco – “é outra coisa, e não se realiza, certamente, com a revolta, a violência e a força das armas”. Como disse a Pilatos, “se o meu reino fosse deste mundo, os meus guardas teriam lutado para que eu não fosse entregue aos judeus”: “Jesus quer deixar claro que acima do poder político existe outro muito maior, que não é alcançado por meios humanos. Ele veio a Terra para

exercer esse poder, que é amor, dando testemunho da verdade. Trata-se da verdade divina que, em última análise, é a mensagem essencial do Evangelho: “Deus é amor” e quer estabelecer no mundo o seu reino de amor, de justiça e de paz”. E este – reitera o Pontífice – “é o reino do qual Jesus é o rei, e que se estende até o fim dos tempos”. Como a história nos ensina – recordou o Papa – “os reinos fundados no poder das armas e na prevaricação são frágeis e, mais cedo ou mais tarde, caem”. “Mas o reino de Deus é fundado no amor e se enraíza nos corações, dando àqueles que o acolhem paz, liberdade e plenitude de vida”. “Todos nós queremos paz, todos nós queremos liberdade e queremos plenitude. E como se consegue isso? Deixe que o amor de Deus, o reino de Deus, o amor de Jesus se enraíze em seu coração e terás paz,

terás liberdade e terás plenitude”. Jesus hoje nos pede para deixar que Ele se torne nosso rei: “Um rei que com sua palavra, seu exemplo e sua vida imolada na Cruz nos salvou da morte, e indica - este rei - o caminho para o homem perdido, dá nova luz à nossa existência marcada pela dúvida, pelo medo e pelas provações do dia-a-dia”. Mas não devemos esquecer – disse Francisco - que o reino de Jesus não é deste mundo”: “Ele poderá dar um novo sentido à nossa vida - às vezes colocada à dura prova também por nossos erros e pecados somente com a condição de que nós não sigamos as lógicas do mundo e de seus ‘reis’”. Que a Virgem Maria disse o Papa ao concluir nos ajude a acolher Jesus como o rei da nossa vida e a difundir o seu reino, dando testemunho da verdade que é amor.

Papa: atenção com o consumismo; a generosidade alarga o coração Com informações Vatican News. O Papa começou a semana celebrando a missa na capela da Casa Santa Marta, na segunda-feira, 26. Na homilia, o Pontífice comentou o Evangelho do dia, onde há um contraste entre ricos e pobres. O Papa destacou como muitas vezes no Evangelho Jesus faz este contraste e alguém poderia “etiquetar” Cristo como “comunista”, mas “o Senhor, quando dizia essas coisas, sabia que por trás das riquezas havia sempre o espírito maligno: o senhor do mundo”. Por isso, disse uma vez: “Não se pode servir a dois senhores, servir a Deus e servir às riquezas”. Também no Evangelho do dia há um contraste entre os ricos que “depositavam ofertas no tesouro” e uma viúva pobre que depositava duas pequenas moedas. Esses ricos são diferentes do rico Epulão: “não são

P E

maus”, destacou o Papa. “Parecem ser pessoas boas que vão ao Templo dar uma oferta”. Trata-se, portanto, de um contraste diferente. O Senhor quer nos dizer outra coisa quando afirma que a viúva lançou mais do que todos porque deu “tudo quanto tinha para viver”. “A viúva, o órfão, o migrante, o estrangeiro eram os mais pobres na vida de Israel” a ponto que quando se queria falar dos mais pobres, se fazia referência eles. Esta mulher “deu o pouco que tinha para viver” porque confiava em Deus, era uma mulher das bem-aventuranças, era muito generosa: “dá tudo porque o Senhor é mais que tudo. A mensagem deste trecho do Evangelho é um convite à generosidade”, evidenciou o Papa. Diante das estatísticas da pobreza no mundo, das crianças que morrem de fome, que não têm na-

w PAPA FRANCISCO celebra a missa na Casa Santa Marta

da para comer, não têm remédios, tanta pobreza – que se ouve todos os dias nos telejornais e nos jornais – é uma atitude positiva questionar-se: “Mas como posso resolver isto?”. Nasce da preocupação de fazer o bem. E quando uma pessoa que tem um pouco de dinheiro se pergunta se o pouco que tem serve, o Papa responde que sim, “como as duas pequenas moedas da viúva”.

eçamos ao Senhor a graça da generosidade, que alarga o nosso coração e nos leva à magnanimidade. (26 de dezembro) nquanto os grandes da Terra constroem “tronos” para o próprio poder, Deus escolhe um trono incômodo, a cruz, a partir do qual reinar dando a vida. (25 de dezembro)

Um chamado à generosidade. E a generosidade é uma coisa de todos os dias, é uma coisa que nós devemos pensar: como posso ser mais generoso com os pobres, com os necessitados... como posso ajudar mais? “mas o senhor sabe, padre, que nós mal chegamos ao final do mês” – “mas sobra alguma pequena moeda? Pense: é possível ser generoso com estas... Pense. As pequenas coisas: façamos, por exemplo, uma viagem nos nossos quartos, uma viagem no nosso armário. Quantos sapatos tenho? Um, dois, três, quatro, 15, 20... cada um pode dizer. Demasiados... Eu conheci um monsenhor que tinha 40... mas se você tem tantos calçados, dê a metade. Quantas roupas que não uso ou uso uma vez por ano? É um modo de ser generoso, de dar o que temos,

de compartilhar. A DOENÇA CONTRA A GENEROSIDADE

Depois, Francisco contou que conheceu uma senhora que quando fazia compras no supermercado, sempre comprava para os pobres 10% do que gastava: dava o “dízimo” aos pobres, destacou. Nós podemos fazer milagres com a generosidade. A generosidade das pequenas coisas, poucas coisas. Talvez não fazemos isso porque não pensamos. A mensagem do Evangelho nos faz pensar: como posso ser mais generoso? Um pouco mais, não muito... “É verdade, padre, é assim, mas... não sei por que, mas sempre há o medo...” Mas há outra doença, que é a doença contra a generosidade hoje: a doença do consumismo. Doença que consis-

te em comprar sempre coisas. O Papa recordou que quando vivia em Buenos Aires “todo final de semana tinha um programa de turismo-compras”: o avião lotava na sexta à noite e se dirigia a um país a cerca de 10 horas de voo e todo o sábado e parte do domingo ficavam comprando. Depois voltavam. Uma doença séria, a do consumismo, de hoje! Eu não digo que todos nós fazemos isso, não. Mas o consumismo, o gastar mais do que precisamos, uma falta de austeridade de vida: este é um inimigo da generosidade. E a generosidade material – pensar nos pobres, “isso posso dar para que possam comer, para que se vistam” – essas coisas, tem outra consequência: alarga o coração e o leva à magnanimidade. Tr a t a - s e , p o r t a n to, de ter um coração magnânimo onde todos entram. Concluindo, o Papa exortou a percorrer o caminho da generosidade, iniciando com um “controle em casa”, isto é, pensando “naquilo que não me serve, que servirá a outra pessoa, para um pouco de austeridade”. É preciso pedir ao Senhor “para que nos liberte” daquele mal tão perigoso que é o consumismo, que torna escravos, uma dependência do gastar. “É uma doença psiquiátrica.”


Igreja no Mundo Programação da Igreja do Paraguai celebra padroeira 6

BELÉM, DE 30 DE NOVEMBRO A 6 DE DEZEMBRO DE 2018

1º Caderno FOTOS: DIVULGAÇÃO

O lema deste ano é ‘Para dar muito fruto’

C

om informações agência Gaudium Press. A Igreja no Paraguai iniciou quartafeira, 28, a Celebração Nacional em Honra à Padroeira do país: Nossa Senhora dos Milagres de Caacupé, cuja festa se celebra no dia 08 de dezembro, Solenidade da Imaculada Conceição. As celebrações deste

ano seguem o lema ‘Para dar muito fruto’ e ocorrem dentro do Triênio da Juventude, iniciado no ano de 2017, e que tem por objetivo trabalhar com os jovens na nova Evangelização. O Santuário de Nossa Senhora de Caacupé recebe ao longo de 11 dias, milhares de peregrinos para as Santas Missas

que serão realizadas diariamente no período da manhã e da tarde. Além disso, cada jornada terá um tema de reflexão, dentre os quais se destacam: “Mostrar os frutos nocivos de uma juventude desorientada”, “Produzir frutos na sociedade”, “A amizade com Cristo, condições para uma vida cristã autêntica”, “Beata

w IMAGEM DE Nossa Senhora dos Milagres de Caacupé

Chiquitunga, modelo de mulher que produz frutos de santidade”. O Bispo do Vicariato Apostólico de Chaco, Dom Gabriel Escobar, presidiu Missa na manhã de abertura da pro-

gramação. No dia 08 de dezembro, festa de Nossa Senhora de Caacupé, o Bispo de Caacupé, Dom Ricardo Valenzuela, presidirá celebração eucarística que terá por tema: “Maria, a que nos

deu a todos o fruto bendito de seu ventre”. Após a celebração da tarde, os festejos serão encerrados com a pregação do reitor do Santuário do Sagrado Coração de Jesus, Padre Miguel Ángel Cardozo.

Pintura mais antiga de Jesus é encontrada em Israel Com informações Gaudium Press. A historiadora de Arte, Emma Maayan-Fanar, descobriu recentemente, na parede de uma igreja abandonada em Israel, uma das pinturas mais antigas de Nosso Senhor Jesus Cristo. Com cerca de 1500 anos de antiguidade, o retrato mostra o contorno facial de um jovem Jesus com cabelo curto. “Em contraste com a imagem ocidental de Jesus como alguém com cabelo comprido e solto e, às vezes,

barba, a pintura o mostra em estilo oriental, com cabelo curto e encaracolado, rosto longo e nariz alongado”, explicou. A imagem foi vista nas ruínas de uma igreja bizantina no deserto de Negev, em Israel, e remontaria ao século VI. A representação mais antiga de Nosso Senhor Jesus Cristo até então datava do século III, e era originária de Dura Europos, atual Síria. Segundo especialistas, a importância desta pintura está no fato de

w PINTURA com cerca de 1500 anos de antiguidade

que precede a iconografia religiosa utilizada na

Igreja Cristã Ortodoxa. “Pertence ao esquema

iconográfico de um Cristo de cabelo curto, que

estava especialmente difundido no Egito e em Siro-Palestina, mas que passou da arte bizantina posterior”, esclareceram os pesquisadores. Apesar de serem visíveis apenas fragmentos da obra, se distingue ao lado esquerdo do rosto de Jesus um outro de proporções maiores, muito provavelmente o de São João Batista. A obra em sua totalidade provavelmente faria parte de uma cena mais ampla, pintada sobre a pia batismal do templo.

Igreja no Brasil

Arcebispo prestigia exposição dos Santos Negros em Olinda

C

om informações Arquidiocese de Olinda e Recife. No Dia da Consciência Negra, 20 de novembro, a Arquidiocese de Olinda e Recife, junto com a Secretaria de Cultura de Pernambuco e a Fundação do Patrimônio Histórico e Artístico de Pernambuco (Fundarpe), inaugurou a exposição Santos Negros, no Museu de Arte Sacra de Pernambuco (Maspe), em Olinda, com presença do arcebispo de Olinda e Recife, dom Fernando Saburido. Ao todo, 20 peças estão à mostra, entre estátuas, painéis, documentos e telas. A cerimônia de abertura teve início no pátio em frente à Catedral Metropolitana, com apresentação do Maracatu Nação Porto Rico, e contou com presenças representativas: ao lado do arcebispo metropolitano estavam o prefeito da cidade histórica, Professor Lupércio; o diretor do Maspe, padre Rinaldo Pereira; a superintendente do Iphan em Pernambuco, Renata Borba; a diretora presidente da Fundarpe, Márcia Souto; a yalorixá Ceça do Sítio de Pai Adão;

w DOM FERNANDO durante a abertura da exposição

a rainha da Nação Porto Rico, Mãe Elda; o vigário episcopal de Olinda, monsenhor Albérico Bezerra; e outras autoridades. Dom Fernando afirmou estar alegre pelo fato de a Arquidiocese poder estar em comunhão com esse dia tão significativo. “Louvo o esforço de todos que colaboraram para a realização da exposição, que é um sinal não apenas da riqueza cultural e histórica da cidade, mas de que podemos caminhar na igualdade e na fraternidade”, disse o arcebispo. Num dos discursos mais aplaudidos da noite, a yalorixá Ceça lembrou que a humanidade começou na África, que

o Brasil é o país mais negro fora da África e a região Nordeste é a mais negra do Brasil. “Na diversidade de negros em Pernambuco, e na resistência cultural de Olinda, hoje temos o primeiro prefeito negro da cidade”, comentou. E concluiu: “A história do Brasil não existe sem o povo negro”. Padre Rinaldo Pereira, um dos curadores da mostra, revelou que a exposição era um sonho de dois anos, por isso tamanha alegria em poder oferecer ao público, numa data comemorativa tão importante, uma mostra da devoção dos católicos aos santos negros. “Para realizar uma exposição como essa, é preciso muito

amor, coragem e ousadia, para colher respeito, tolerância e diálogo”, disse o padre. São Benedito, Santo Elesbão, Santa Efigênia e o Rei Mago Baltazar são alguns dos santos apresentados na exposição. Trazem QR Code (código de resposta rápida) para consulta, pelo celular, da história do santo e da aquisição da peça. Um recurso que encantou a olindense Teresa Santos. “Vi outras pessoas usando e, apesar de não ser muito adepta às tecnologias, consegui rapidamente e gostei do resultado”, comentou. A exposição Santos Negros tem por objetivo propor uma reflexão sobre a santidade dos negros na Igreja, combater o preconceito racial, a intolerância, e a demonização das religiões de culto e matrizes africanas, propagando, dessa forma, o diálogo inter-religioso. Um dos destaques da exposição é a imagem de Santo Elesbão, datada do século XVIII, da igreja Rosário dos Homens Pretos do Recife. A exposição ficará em cartaz no Maspe até 13 de maio de 2019.

Tem início a Campanha Pequenos Reis Magos 2018 Com informações agência Gaudium Press. Desde 2015, a Pastoral da Criança promove no Brasil a Campanha Pequenos Reis Magos. Inspirada em uma tradição alemã de mais de 160 anos, as crianças se vestem como os Reis Magos e saem às ruas no período do Advento, levando à frente uma estrela e abençoando as residências por onde passam e arrecadam dinheiro para crianças e jovens vulneráveis do mundo. Os interessados em participar da campanha devem procurar a paróquia ou diocese mais próxima da sua residência ou entrar em contato com a coordenadora de Setor da Pastoral da Criança da sua região. “Qualquer diocese pode se candidatar para realizar a campanha. Mas, é necessário que o bispo concorde com a iniciativa e escolha até três paróquias para realizá-la. É fundamental que o padre possa se envolver e mobilizar os catequistas e pessoas da comunidade, para formarem a equipe de apoio”, informa o site da Pastoral da Criança.


1º Caderno

Igreja 7 CNBB Norte 2 organiza encontro de multiplicadores

BELÉM, DE 30 DE NOVEMBRO A 6 DE DEZEMBRO DE 2018

Rumo à Campanha da Fraternidade 2019

S

exta-feira, 30 de novembro, o Regional Norte 2 da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), que compõe os Estados do Pará e Amapá, realiza o Encontro de Multiplicadores da Campanha da Fraternidade 2019 (CF). O tema é “Fraternidade e Políticas Públicas” e o lema “Serás libertado pelo direito e pela justiça (Is 1,27) com o objetivo de incentivar a participação em políticas públicas, à luz da Palavra de Deus e da Doutrina Social da Igreja, para fortalecer a cidadania e o bem comum,

sinais de fraternidade. A assessoria do encontro será do professor José Boaventura Teixeira, que auxiliará no estudo do texto base e na elaboração da programação regional com discussões de atividades da CF 2019. Cerca de 100 pessoas de várias dioceses e prelazias devem participar do evento, que se estende até domingo, 2 de dezembro. Segundo Franci sco Araújo, coordenador das Pastorais Sociais, “a CNBB está organizando mais uma Campanha da Fraternidade, gesto concreto de nossa conversão

que ganha incentivo a cada período quaresmal”. CAMPANHA - O Conselho Episcopal Pastoral (Consep) da CNBB definiu o tema das políticas públicas, considerando o processo que se faz todos os anos junto às dioceses por ocasião da avaliação da Campanha da Fraternidade. Nesse sentido, a CF 2019 aprofundará o que são as políticas públicas no que se refere à garantia dos direitos, visando fazer a diferença entre política de governo e de Estado, assim como também tratar do processo da avaliação e monitoramento.

Mundo juvenil e a fé cristã Dom Antônio de Assis Ribeiro - Bispo Auxiliar de Belém (domantoniodeassis@arqbelem.org)

A necessidade da perseverança no bem! (final) INTRODUÇÃO

Com o presente artigo queremos encerrar a série “o sentido da vida”. Ao longo dos diversos temas abordados, colocamos em evidência a felicidade como dom de Deus e, ao mesmo tempo, responsabilidade de cada um de nós. A negação da nossa responsabilidade nos leva ao vitimismo, e isso entristece o coração de Deus! O vitimismo é a atitude através da qual uma pessoa não se percebe como sujeito da própria história e justifica todos os seus males jogando a culpa nos outros: porque não foi favorecida, porque não foi ajudada, não foi compreendida, foi atrapalhada, é perseguida, porque tem inimigos que conspiram contra ela! Essa atitude não revela saúde mental! O sentido que cada um dá para a própria vida é aquilo que o motivará para a luta, para o esforço, para a perseverança em suas buscas. Dessa forma, a felicidade é uma conquista, uma construção, um caminho que pressupõe o exercício de virtudes cotidianamente.

1

Combater o bom combate São Paulo, escrevendo a Timóteo, anima-o dizendo: “combata o bom combate, com fé e boa consciência” (1Tm 1,18-19). Também exorta dando o seu testemunho confidenciando-lhe:

“Combati o bom combate, terminei a minha corrida, conservei a fé” (2Tim 4,7). A vida é combate, é missão, a vida é luta! Sim, recebemos muito de Deus: as bases fundamentais, as grandes potencialidade, mas o resto é conosco. A virtude da fé nos indica que, antes de tudo, é necessário acreditar na beleza da vida com todas as suas riquezas e potencialidades. A vida é um tesouro que deve ser explorado com sabedoria! Na parábola dos talentos Jesus nos acena para esse fato! É necessário não ter medo, é preciso arriscar, enfrentar desafios, fazer investimentos e multiplicar os recursos recebidos (cf. Mt 25,14-30). A ideia de combate é muito expressiva porque nos coloca na perspectiva da subjetividade e da relacionalidade, de vigilância e cuidado conosco mesmos! O sentido da vida, que concorre para a felicidade de cada sujeito, também depende da “boa consciência” de cada um. A boa consciência significa a reta intenção no processo de organização da própria vida. A reta intenção do ponto de vista ético é o direcionamento das nossas atitudes voltadas para o bem supremo, do qual decorre a nossa felicidade! Sem boa consciência caímos na banalidade do viver, não considerando a

preciosidade dos talentos recebidos. Aliás, o vazio existencial, no qual muitas pessoas padecem hoje, é fruto da ausência da formação moral que não foi capaz de despertar a pessoa para os valores que a levariam à aquisição de uma saudável consciência da beleza da vida. A negação dessas duas experiências (da fé e da boa consciência), nega por completo o dinamismo da inteligência existencial com os seus mais variados recursos, dentre eles, a capacidade de amar e discernir, características distintivas do ser humano, criado à imagem e semelhança de Deus.

2

A virtude da perseverança Não basta fazermos boas opções, é preciso a virtude da perseverança! A perseverança no bom combate significa que não podemos viver à deriva das circunstâncias favoráveis, nem ao prazer dos instintos, muito menos dependendo do aplauso dos outros. Na vida real não existe “pistolão” e nem “peixada”, ou seja, apadrinhamento existencial! Cada um deve assumir a sua própria história! Não podemos ser felizes por outro! Perseveramos quando somos capazes de resistência ao mal para manter os nossos bons ideais e preservar a nossa integridade. Muitos são aqueles que empre-

endem maravilhosos projetos, iniciam um caminho de virtudes com muito esforço, mas depois logo se cansam e desistem de lutar. A ausência da perseverança nos leva ao desânimo e ao comodismo! A virtude da perseverança nos distingue como humanos porque ressalta a força da nossa vontade e, ao mesmo tempo, a consciência do bem que temos. Persevera no bem quem é capaz de persistir nos bons propósitos, quem é capaz de resistir ao mal, quem é capaz de preservar aquilo que lhe é mais significativo. Por outro lado, a virtude da perseverança nos revela o cuidado devido às nossas fragilidades para que elas não nos causem prejuízos. Somos seres humanos portadores de uma série de fragilidades naturais que nos acompanham ao longo da vida, mas, se forem devidamente disciplinadas, serão superadas; caso contrário, acabam nos bloqueando.

3

As inevitáveis provações Jesus alertou seus discípulos para a experiência da cruz. “Se alguém quer me seguir, renuncie a si mesmo, tome a sua cruz, e me siga” (Mt 16,24). Na carta aos Filipenses São Paulo deixa claro que a cruz foi o desfecho conclusivo da obediência de Jesus Cristo, ou seja, da sua

fidelidade ao plano recebido do Pai. Assim se expressa São Paulo: “esvaziou-se a si mesmo, assumindo a condição de servo e tornando-se semelhante aos homens. Apresentandose como simples homem, humilhou-se a si mesmo, tornando-se obediente até a morte, e morte de cruz! Por isso, Deus o exaltou grandemente, e lhe deu o Nome que está acima de qualquer outro nome” (Fl 2,7-9). Com a história de Jesus Cristo, Deus Pai nos ensina que a experiência da glória passa pela cruz, pelo sofrimento. Amor e sofrimento são parceiros, glória e cruz também! Essa convicção de fé é muito importante! Trata-se das provações da Vida! Elas nos amadurecem e nos proporcionam a possibilidade de mais autenticidade. São Tiago nos estimula dizendo: “Fiquem muito alegres por terem que passar por todo tipo de provações, pois vocês sabem que aprendem a perseverar quando sua fé é posta à prova. Mas é preciso que a perseverança complete a sua obra em vocês, para que sejam homens completos e autênticos, sem nenhuma deficiência” (Tg 1,2-4).

4

O prêmio eterno É dessa forma que o sentido da vida é comprovado e a felicidade pessoal é construída! Portanto, a perseverança gera

a fidelidade e a fidelidade, uma vez comprovada, alimenta a nossa esperança da glória (cf. Rm 5,3-4). A felicidade é o coroamento daqueles que abraçaram a vida como única oportunidade. Não temos ensaio! Não teremos outra chance de vida terrena, esta é única, original e irrepetível; e a vida na dimensão eterna vai depender da qualidade da nossa existência neste mundo! São Paulo nos deixa um grande estímulo para bem vivermos. Certo de que viveu em plenitude sua existência terrena, declara: “agora só me resta a coroa da justiça que o Senhor, justo Juiz, me entregará...” (2Tim 4,8). Para aqueles que viveram com dignidade, segundo o plano de Deus, está reservado na eternidade, o prêmio dos bons atletas (cf. 1Cor 9,24). Por isso São Paulo declara: “Lanço-me em direção à meta, em vista do prêmio do alto, que Deus nos chama a receber em Jesus Cristo” (Fl 3,14). A vida é uma maravilha! Vale a pena viver sem medo e sabedoria, com otimismo e generosidade! REFLEXÃO:

1 2 3

O que você entendeu sobre a vida como combate? Quais causas podem ser um “bom combate”? Como você tem experimentado as provações em sua vida?


8

Nazaré Repórter

BELÉM, DE 30 DE NOVEMBRO A 6 DE DEZEMBRO DE 2018

J FESTIVIDADE DE NOSSA SENHORA DA CONCEIÇÃO

1º Caderno

RÁDIO NAZARÉ

A Paróquia de Nossa Senhora da Conceição em Benfica/PA inicia a festividade em honra à Padroeira em 30 de novembro. Ela termina em 09 de dezembro, e tem o tema “Maria, Rosto Jovem da Nova Evangelização”. O grande círio de Benfica acontece no dia 02 de dezembro. A programação festiva inclui santa missa, arraial todas as noites e show cultural.

Z MH 3 . 91 FM

l RÁDIO NAZARÉ: PROGRAMAÇÃO ALTERADA EM DEZEMBRO

J CORRIDA E CAMINHADA

J CÍRIO DE OUTEIRO

A Paróquia do Menino Deus, localizada na Rua Cláudio Barbosa da Silva, 635, em Marituba, realiza, no dia 16 de Dezembro, a primeira Corrida e Caminhada do Círio 2018, dentro da programação festiva. A concentração

será em frente à Matriz, a partir das 6h. As inscrições estão abertas e podem ser realizadas na secretaria paroquial. Haverá premiações aos três primeiros colocados. Informações: (91) 985584072.

do “Seja + Um” assume também o Nazaré em Revista. Lembramos que o ouvinte pode interagir durante a programação, ligando para a central de atendimento, número 4006-9211, no whatsApp da Rádio Nazaré 98814-0275 ou ainda pelo facebook. com/radionazare. Participe!

RÁDIO NAZARÉ FM - 91,3. A SERVIÇO DA VIDA. NOSSA MISSÃO É EVANGELIZAR!

REDE NAZARÉ DE TELEVISÃO

A Arquidiocese de Belém convida o povo de Deus a participar do Círio de Nossa Senhora da Imaculada Conceição a realizar-se no domingo, dia 2 de dezembro, no distrito de Outeiro, ilha da região metropolitana de Belém. A festidade da comunidade outeirese tem como tema este ano, "Maria, mãe e mestra por amor". A procissão sairá às 7h, da iIgreja Nossa Senhora de Fátima, em Itaiteua, localizada na rua Manoel Barata 3391, e percorrerá as principais vias da ilha até chegar à Igreja Matriz. Estima-se que cerca de 8 mil fiéis participaram do círio em Outeiro no ano passado. Convide sua famílai e amigos e prestigie!

AL CAN

30

l ADORAÇÃO AO SENHOR PELA TV NAZARÉ Acompanhe pela TV Nazaré, canal 30.1 – ou na sintonia de sua cidade – a transmissão ao vivo da Adoração ao Santíssimo Sacramento na Capela da Fundação Nazaré, toda quinta-feira, às 15h. Participe enviando seu pedido de oração para a Família Nazaré pelo telefone: 99315-5743.

J FESTIVAL DE NATAL A Paróquia da Santíssima Trindade convida a todos para participar do Almoço Natalino, no dia 02 de Dezembro, das 12h às 14h30, no salão paroquial. O valor arrecadado será destinado às obras sociais da Paróquia. As cartelas estão sendo vendidas na secretaria. Para adquiri-las, compareça à Matriz, localizada na Praça Barão do Rio Branco, bairro da Campina, Belém. Mais informações: (91) 3242-4917.

Excepcionalmente, no mês de dezembro a programação da Rádio Nazaré FM passará por algumas mudanças. Em decorrência das férias do apresentador Jota Cardoso, Romildo Rosa estará à frente dos programas de entrevistas no período da tarde. Sendo assim, Elyvane Barbosa, apresentadora

J ENCONTRO KERYGMA KIDS A Comunidade Kerygma promove todos os sábados o “Kerygma Kids”, um encontro voltado às crianças desejosos de experimentar o amor de Deus. A programação é realizada de 9h às

11h, na comunidade, e inclui brincadeiras, estudo bíblico, louvor e muita animação. Leve seu filho , a participação é gratuita! Mais informações: (91) 98156-1222.

PORTAL NAZARÉ

W. WW RE. AZA ON M.BR A C CO DA FUN

J 1ª CORRIDA SOLIDÁRIA O Centro Social Santo Agostinho realiza no dia 16 de Dezembro, em comemoração aos 15 anos de atendimento à comunidade com projetos de assistência, saúde e educação, a 1ª Corrida Solidária, com saída às 6h. As inscrições estão abertas e encerram-se no dia 10 de dezembro. Para se inscrever, compareça ao centro social, localizado na Avenida Cipriano Santos, 265, bairro de Canudos em Belém. Mais informações: (91) 98444-5778.

l PORTAL: CELEBRE OS 300 DA CRIAÇÃO DA DIOCESE DE BELÉM

J 1ª AÇÃO SOLIDÁRIA

J AUTO DE NATAL

A Paróquia da Santíssima Trindade, cuja Matriz localizada na Praça Barão do Rio Branco, 71, bairro da Campina em Belém, promove no dia 01 de Dezembro a 1ª Ação Solidária, das 8h às 13h. A ação oferece serviços gratuitos à comunidade, como: emissão de documentos, orientação jurídica, atendimento médico-odontológico, estética, programação cultural e atividades de lazer. Mais informações: (91) 3242-4917.

As crianças do Espaço Raulzinho que pertence À Comunidade Católica Caju, realizam todo ano o Auto de Natal. Este ano não será diferente. No dia 02 de Dezembro, ele acontecerá após a missa de 10h, na

comunidade Caju sede, localizada na Avenida Almirante Barroso, 883, entre a Humaitá e Vileta. Participe: será um lindo espetáculo!

Confira o lançamento da marca e do projeto de comemoração dos 300 anos da Diocese de Belém no Pará no portal Nazaré: www. fundacaonazare.com. br. Em nosso portal você também pode assistir o comunicado de Dom Alberto Taveira Corrêa, Arcebispo Metropolitano de Belém, sobre esse momento histórico da

Igreja de Belém. Ajude-nos a realizar a cobertura desse evento e de outros, fazendo parte da Família Nazaré. Para conhecer a nossa campanha Seja Mais Um, acesse: www. sejamaisum.com. E não esqueça: acompanhe tudo pelas nossas redes sociais: Facebook: / FNCBelem e Twitter: @ FundacaoNazare.


1º Caderno

BELÉM, DE 30 DE NOVEMBRO A 6 DE DEZEMBRO DE 2018

Fundação Nazaré

Escute na Rádio Nazaré FM 91.3 SEXTA - FEIRA 05h00 - ABERTURA DA EMISSORA 05h00 - Lírio Mimoso 05h05 - Cura-me Senhor 05h10 - Ângelus - Liturgia das horas - Láudes 05h30 - Oração do Terço - Mistérios Dolorosos 06h00 - A Voz do Pastor 06h15 - Forrozinho da fé 07h00 - Horário político 07h30 - Jornal Brasil Hoje 08h00 - Igreja ponto a ponto 09h00 - Seja+Um 09h30 - Informe Noticias 10h00 - Nazaré em revista 10h30 - Informe Notícia 11h55 - Momento de Oração - Ângelus, Pai - nosso 12h00 - A voz do pastor 12h15 - Cardápio Instrumental 14h00 - Segurança e Cidadania 14h30 - Informe Noticias 15h00 - Terço da Misericórdia 15h30 - Informe Noticias 16h00 - Varanda Musical 17h45 - Ângelus - Liturgia das Horas - Vésperas 18h00 - A Voz do Pastor 18h15 - Oração do Terço - Mistérios Dolorosos 18h40 - Musical Mariano 19h00 - Voz do Brasil 20h00 - Saudade em Versos e Canções 22h00 - A voz do pastor 22h30 - Jornal RNA 23h00 - Programa Salmos ao Deus da Vida 23h50 - Mensagem de Encerramento 00h00 - Rede Milícia Sat - Igreja no Rádio SÁBADO 05h00 - ABERTURA DA EMISSORA 05h00 - Lírio Mimoso 05h05 - Cura-me Senhor 05h10 - Ângelus Liturgia das horas - Láudes 05h30 - Oração do Terço - Mistérios da Alegria 06h00 - A Voz do Pastor 07h00 - Horário Político 07h30 - Musical Mensagem 08h00 - Conhecendo Jesus 10h00 - Maria de Todos os Povos 11h55 - Momento de Oração - Ângelus, Pai - nosso 12h00 - A voz do pastor 12h15 - Cardápio Instrumental

14h00 - Musical Nazaré 14h30 - Terço da Misericórdia 15h00 - Criança Evangelizando Criança 16h00 - Evangelizando Através do Dizimo 17h00 - A vida e o tempo 18h00 - A Voz do Pastor 18h15 - Ângelus - Liturgia das Horas - Vésperas 18h15 - Peregrinação de Nossa Senhora de Nazaré 18h30 - Musical Mariano 19h00 - Musical Nazaré 22h00 - A voz do Pastor 22h15 - Domínio jovem 23h50 - MENSAGEM DE ENCERRAMENTO 00h00 - Rede Milícia Sat DOMINGO 05h00 - ABERTURA DA EMISSORA 05h00 - Lírio Mimoso 05h05 - Cura-me Senhor 05h10 - Regina Coeli - Liturgia das horas - Láudes 05h30 - Oração do Terço – Mistérios Gloriosos 06h00 - A Voz do Pastor 07h00 - SANTA MISSA 08h00 - Vem e Segue-me 10h00 - Domingo Alegre 11h55 - Momento de Oração - Ângelus, Pai - nosso 12h00 - A voz do pastor 12h15 - Cardápio Instrumental 14h00 - Universo Acadêmico 15h00 - Terço da Misericórdia 18h00 - A Voz do Pastor 18h15 - Ângelus - Liturgia das Horas - Vésperas 18h30 - Peregrinação de Nossa Senhora de Nazaré 19h00 - Clássico Nazaré 20h00 - Circuito M P B 22h00 - A voz do Pastor 22h15 - Especial PE. Zezinho 23h50 - MENSAGEM DE ENCERRAMENTO 00h00 - Rede Milícia Sat – Igreja no Rádio SEGUNDA - FEIRA 05h00 - ABERTURA DA EMISSORA 05h00 - Lírio Mimoso 05h05 - Cura-me Senhor 05h10 - Ângelus - Liturgia das horas - Láudes 05h30 - Oração do Terço - Mistérios alegria 06h00 - A Voz do Pastor 06h15 - Forrozinho da fé

9

Ligue: (91) 4006-9251 07h00 - Horário político 07h30 - Jornal Brasil Hoje 08h00 - Igreja ponto a ponto 09h00 - Seja+Um 09h30 - Informe Noticias 10h00 - Nazaré em revista 10h30 - Informe Notícia 11h50 - Momento de Oração - Ângelus, Pai - nosso 12h00 - A voz do Pastor 12h20 - Cardápio Instrumental 14h00 - Varanda Musical 14h30 - Informe Notícia 15h00 - Terço da Misericórdia 15h30 - Informe Notícia 16h00 - Saúde e Cidadania 16h30 - Informe Notícia 17h30 - Informe Notícia 17h45 - Ângelus - Liturgia das Horas - Vésperas 18h00 - Voz do Pastor 18h15 - Peregrinação de Nossa Senhora de Nazaré 18h40 - Musical Mariano 19h00 - Voz do Brasil 20h00 - Crescendo na Fé 21h00 - Orando com Você - Com. Maíra 22h00 - A voz do pastor 22h30 - Jornal RNA 23h00 - Programa Salmos ao Deus da Vida 23h50 - MENSAGEM DE ENCERRAMENTO 00h00 - Rede Milícia Sat – Igreja no Rádio TERÇA - FEIRA 05h00 - ABERTURA DA EMISSORA 05h00 - Lírio Mimoso 05h05 - Cura-me Senhor 05h10 - Ângelus - Liturgia das horas - Láudes 05h30 - Oração do Terço - Mistérios alegria 06h00 - A Voz do Pastor 06h15 - Forrozinho da fé 07h00 - Horário político 07h30 - Jornal Brasil Hoje 08h00 - Igreja ponto a ponto 09h00 - Seja+Um 09h30 - Informe Noticias 10h00 - Nazaré em revista 10h30 - Informe Notícia 11h55 - Momento de Oração - Ângelus, Pai - nosso 12h00 - A voz do Pastor 12h15 - Cardápio Instrumental 14h00 - Varanda Musical

14h30 - Informe Notícia 15h00 - Terço da Misericórdia 15h30 - Informe Notícia 16h00 - Direito e cidadania 16h30 - Informe Notícia 17h25 - Informe Notícia 17h30 - Ângelus - Liturgia das Horas - Vésperas 17h45 - Voz do Pastor 18h00 - Novena Nossa Senhora Perpétuo Socorro 18h30 - Peregrinação de Nossa Senhora de Nazaré 19h00 - Voz do Brasil 20h00 - Família em Ação 22h00 - A voz do pastor 22h30 - Jornal RNA 23h00 - Programa Salmos ao Deus da Vida 23h50 - MENSAGEM DE ENCERRAMENTO 00h00 - Rede Milícia Sat – Igreja no Rádio QUARTA - FEIRA 05h00 - ABERTURA DA EMISSORA 05h00 - Lírio Mimoso 05h05 - Cura-me Senhor 05h10 - Ângelus - Liturgia das horas - Láudes 05h30 - Oração do Terço - Mistérios alegria 06h00 - A Voz do Pastor 06h15 - Forrozinho da fé 07h00 - Horário político 07h30 - Jornal Brasil Hoje 08h00 - Igreja ponto a ponto 09h00 - Seja+Um 09h30 - Informe Noticias 10h00 - Nazaré em revista 10h30 - Informe Notícia 11h55 - Momento de Oração - Ângelus, Pai - nosso 12h00 - A voz do Pastor 12h15 - Cardápio Instrumental 13h30 - Informe Notícia 14h00 - Varanda Musical 14h30 - Informe Notícia 15h00 - Terço da Misericórdia 15h30 - Informe Noticia 16h00 - Educação e Cidadania 16h30 - Informe Notícia 17h30 - Informe Notícia 17h45 - Regina Coeli - Liturgia das Horas - Vésperas 18h00 - A Voz do Pastor 18h15 - Peregrinação de Nossa Senhora de Nazaré

18h40 - Musical Mariano 19h00 - Voz do Brasil 20h00 - Musical Mensagem 21h00 - Orando com Você - Com. Mar adentro. 22h00 - A voz do pastor 22h30 - Jornal RNA 23h00 - Programa Salmos ao Deus da Vida 23h50 - MENSAGEM DE ENCERRAMENTO 00h00 - Rede Milícia Sat - Igreja no Rádio QUINTA - FEIRA 05h00 - ABERTURA DA EMISSORA 05h00 - Lírio Mimoso 05h05 - Cura-me Senhor 05h10 - Ângelus - Liturgia das horas - Láudes 05h30 - Oração do Terço - Mistérios alegria 06h00 - A Voz do Pastor 06h15 - Forrozinho da fé 07h00 - Horário político 07h30 - Jornal Brasil Hoje 08h00 - Igreja ponto a ponto 09h00 - Seja+Um 09h30 - Informe Noticias 10h00 - Nazaré em revista 10h30 - Informe Notícia 11h55 - Momento de Oração - Ângelus, Pai - nosso 12h00 - A voz do pastor 12h15 - Cardápio Instrumental 13h30 - Informe Notícia 14h00 - Entre nós 14h30 - Informe Notícia 15h00 - Terço da Misericórdia 15h15 - Musical Nazaré 15h30 - Informe Notícia 16h00 - Varanda Musical 16h30 - Informe Notícia 17h30 - Informe Notícia 17h45 - Ângelus - Liturgia das Horas - Vésperas 18h00 - A Voz do Pastor 18h15 - Peregrinação de Nossa Senhora de Nazaré 18h40 - Musical Mariano 19h00 - Voz do Brasil 20h00 - Musical Mensagem 21h00 - Orando com Você 22h00 - A voz do Pastor 22h30 - Jornal RNA 23h00 - Programa Salmos ao Deus da Vida 23h50 - MENSAGEM DE ENCERRAMENTO 00h00 - Rede Milícia Sat - Igreja no Rádio

Assista na TV Nazaré - Canal 30.1 SEXTA-FEIRA 00:00 Fraternidade em Ação 00:10 Adoração Ao Santíssimo 01:10 Terra Santa News 01:30 Mãe Maria 01:40 Comunidade Viva 02:00 Igreja que Sofre 02:30 Caminhando Na Fé 02:45 Mãe Maria 02:55 Palavra de Vida Eterna 03:00 EvangelizaShow 04:00 Diálogo Aberto 05:00 TeleCurso - Ensino Médio 05:30 TeleCurso - Ensino Médio Espanhol 05:45 Palavra de Vida Eterna 05:50 Mãe Maria 06:00 Terço Doloroso 06:25 Palavra de Vida Eterna 06:30 Caminhando Na Fé 06:45 Em Família 06:55 Preparando a Festa 07:00 Santa Missa Mantinal 08:00 Palavra de Vida Eterna 08:05 Mulher.com 10:15 Fraternidade em Ação 10:25 Palavra de Vida Eterna 10:30 Caminhando Na Fé 10:45 Mãe Maria 10:55 Meu Pensamento 11:00 Desenho 12:00 Nazaré Notícias 12:45 Novena de Nossa Senhora do Nó 12:55 Palavra de Vida Eterna 13:00 Fazendo Esperança 13:30 Caminhando Na Fé 13:45 Sal da Terra 14:00 Igreja que Sofre 14:30 Fraternidade em Ação 14:40 Em Família 14:50 Palavra de Vida Eterna 14:55 Meu Pensamento 15:00 De Mãos Dadas 16:00 TeleCurso - Ensino Médio 16:30 Fazendo Esperança 17:00 Palavra de Vida Eterna 17:05 Caminhando Na Fé 17:20 Fraternidade em Ação 17:30 Terço Doloroso 17:55 Preparando a Festa 18:00 Santa Missa Vespertina 19:00 Nazaré Notícias 19:45 Caminhando Na Fé 20:00 EvangelizaShow 21:00 Espaço Cultural 22:30 Terra Santa News 22:50 Novena de Nossa Senhora do Nó 23:00 Palavra de Vida Eterna 23:05 Caminhando Na Fé 23:20 Fraternidade em Ação 23:30 Terço Doloroso 23:55 Meu Pensamento SÁBADO 00:00 Música Mensagem 02:00 Fiacolata 03:00 EvangelizaShow 04:00 Despertai Para o Amor 05:00 Telecurso Ensino Fundamental 06:00 Terço Gozoso 06:25 Conversa com Meu Povo 06:55 Palavra de Vida Eterna 07:00 Notícias Pastorais 07:45 Sal da Terra 08:00 Palavra de Vida Eterna 08:05 Comunidade Viva 08:25 Meu Pensamento 08:30 Conversa com Meu Povo 09:00 Missa no Rio de Janeiro-RJ

10:00 Pesca Amazônia 11:00 Sal da Terra 11:15 Mãe Maria 11:25 Meu Pensamento 11:30 Palavra de Vida Eterna 11:35 Igreja no Brasil 11:40 Terra Santa News 12:00 Notícias Pastorais 12:45 Meu Pensamento 12:50 Mãe Maria 13:00 Viagem pela Amazônia 13:30 Conversa com Meu Povo 14:00 Pensando Bem 15:00 Despertai Para o Amor 16:00 Sal da Terra 16:15 Conversa com Meu Povo 16:45 Notícias Pastorais 17:30 Terço Gozoso 17:55 Palavra de Vida Eterna 18:00 Música Mensagem 20:00 Conversa com Meu Povo 20:30 Cine Nostalgia 21:30 Fiacolata 22:30 Despertai Para o Amor 23:30 Terço Gozoso 23:55 Meu Pensamento DOMINGO 00:00 Música Mensagem 02:00 Despertai Para o Amor 03:00 Sal da Terra 03:15 Notícias Pastorais 04:00 Igreja que Sofre 04:30 EvangelizaShow 05:30 Palavra de Vida Eterna 05:35 Terra Santa News 05:55 Palavra de Vida Eterna 06:00 Terço Glorioso 06:30 Sal da Terra 06:45 Fraternidade em Ação 06:55 Meu Pensamento 07:00 Santa Missa Dominical 08:00 Notícias Pastorais 08:45 Desenho 09:30 Comunidade Viva 09:50 Meu Pensamento 09:55 Palavra de Vida Eterna 10:00 Diálogo Aberto 11:00 Pesca Amazônia 12:00 Notícias Pastorais 12:45 Ângelus 13:00 Encantos da Amazônia 14:00 Terra Santa News 14:20 Palavra de Vida Eterna 14:25 Meu Pensamento 14:30 Igreja que Sofre 15:00 Cine Nostalgia 16:00 Dedo de Prosa 17:00 Palavra de Vida Eterna 17:05 Sal da Terra 17:20 Mãe Maria 17:30 Terço Glorioso 17:55 Palavra de Vida Eterna 18:00 EvangelizaShow 19:00 Despertai Para o Amor 20:00 Espaço Cultural 21:30 Janela Aberta 22:30 Palavra de Vida Eterna 22:35 Questão de Fé 23:35 Terço Glorioso SEGUNDA-FEIRA 00:00 Fraternidade em Ação 00:10 De Mãos Dadas 01:10 Terra Santa News 01:30 EvangelizaShow 02:30 Caminhando Na Fé 02:45 Mãe Maria

02:55 Palavra de Vida Eterna 03:00 Encantos da Amazônia 04:00 Diálogo Aberto 05:00 TeleCurso - Ensino Médio 05:30 TeleCurso - Ensino Médio Espanhol 05:45 Palavra de Vida Eterna 05:50 Mãe Maria 06:00 Terço Gozoso 06:25 Palavra de Vida Eterna 06:30 Caminhando Na Fé 06:45 Em Família 06:55 Preparando a Festa 07:00 Santa Missa Mantinal 08:00 Palavra de Vida Eterna 08:05 Mulher.com 10:15 Fraternidade em Ação 10:25 Palavra de Vida Eterna 10:30 Caminhando Na Fé 10:45 Mãe Maria 10:55 Meu Pensamento 11:00 Desenho 12:00 Nazaré Notícias 12:45 Novena de Nossa Senhora do Nó 12:55 Palavra de Vida Eterna 13:00 Fazendo Esperança 13:30 Caminhando Na Fé 13:45 Mãe Maria 13:55 Palavra de Vida Eterna 14:00 Igreja que Sofre 14:30 Fraternidade em Ação 14:40 Em Família 14:50 Palavra de Vida Eterna 14:55 Meu Pensamento 15:00 De Mãos Dadas 16:00 TeleCurso - Ensino Médio 16:30 Fazendo Esperança 17:00 Palavra de Vida Eterna 17:05 Caminhando Na Fé 17:20 Fraternidade em Ação 17:30 Terço Gozoso 17:55 Preparando a Festa 18:00 Santa Missa Vespertina 19:00 Nazaré Notícias 19:45 Caminhando Na Fé 20:00 Janela Aberta 21:00 Cine Nostalgia 22:00 Nazaré Notícias 22:45 Novena de Nossa Senhora do Nó 22:55 Meu Pensamento 23:00 Caminhando Na Fé 23:15 Fraternidade em Ação 23:25 Palavra de Vida Eterna 23:30 Terço Gozoso 23:55 Meu Pensamento TERÇA-FEIRA 00:00 Igreja no Brasil 00:10 De Mãos Dadas 01:10 Conversa com Meu Povo 01:40 Palavra de Vida Eterna 01:45 Meu Pensamento 01:50 Mãe Maria 02:00 Igreja que Sofre 02:30 Conversa com Meu Povo 03:00 Religare 03:30 De Coração 04:00 Janela Aberta 05:00 Telecurso Ensino Médio 05:30 Telecurso Espanhol 05:45 Palavra de Vida Eterna 05:50 Em Família 06:00 Terço Doloroso 06:25 Conversa com Meu Povo 06:55 Preparando a Festa 07:00 Santa Missa Mantinal 08:00 Palavra de Vida Eterna 08:05 Mulher.com 10:15 Palavra de Vida Eterna

10:20 Mãe Maria 10:30 Conversa com Meu Povo 11:00 Desenho 12:00 Nazaré Notícias 12:45 Novena de Nossa Senhora do Nó 12:55 Palavra de Vida Eterna 13:00 Sal da Terra 13:15 Meu Pensamento 13:20 Mãe Maria 13:30 Conversa com Meu Povo 14:00 Desenho 15:00 Novena do Perpétuo Socorro 15:45 Sal da Terra 16:00 Telecurso Ensino Médio 16:30 Conversa com Meu Povo 17:00 Palavra de Vida Eterna 17:05 Comunidade Viva 17:25 Meu Pensamento 17:30 Terço Doloroso 17:55 Preparando a Festa 18:00 Santa Missa Vespertina 19:00 Nazaré Notícias 19:45 Sal da Terra 20:00 Conversa com Meu Povo 20:30 Terra Santa News 20:50 Em Família 21:00 Questão de Fé 22:00 Nazaré Notícias 22:45 Novena de Nossa Senhora do Nó 22:55 Meu Pensamento 23:00 Conversa com Meu Povo 23:30 Terço Doloroso 23:55 Meu Pensamento QUARTA-FEIRA 00:00 Fraternidade em Ação 00:10 De Mãos Dadas 01:10 Terra Santa News 01:30 Encantos da Amazônia 02:30 Caminhando Na Fé 02:45 Mãe Maria 02:55 Palavra de Vida Eterna 03:00 Novena do Perpétuo Socorro 03:45 Caminhando Na Fé 04:00 Questão de Fé 05:00 TeleCurso - Ensino Médio 05:30 TeleCurso - Ensino Médio Espanhol 05:45 Palavra de Vida Eterna 05:50 Mãe Maria 06:00 Terço Glorioso 06:25 Palavra de Vida Eterna 06:30 Caminhando Na Fé 06:45 Em Família 06:55 Preparando a Festa 07:00 Santa Missa Mantinal 08:00 Palavra de Vida Eterna 08:05 Mulher.com 10:15 Fraternidade em Ação 10:25 Palavra de Vida Eterna 10:30 Caminhando Na Fé 10:45 Mãe Maria 10:55 Meu Pensamento 11:00 Desenho 12:00 Nazaré Notícias 12:45 Novena de Nossa Senhora do Nó 12:55 Palavra de Vida Eterna 13:00 Fazendo Esperança 13:30 Caminhando Na Fé 13:45 Sal da Terra 14:00 Igreja que Sofre 14:30 Fraternidade em Ação 14:40 Em Família 14:50 Palavra de Vida Eterna 14:55 Meu Pensamento 15:00 De Mãos Dadas 16:00 TeleCurso - Ensino Médio

16:30 Fazendo Esperança 17:00 Palavra de Vida Eterna 17:05 Caminhando Na Fé 17:20 Fraternidade em Ação 17:30 Terço Glorioso 17:55 Preparando a Festa 18:00 Santa Missa Vespertina 19:00 Nazaré Notícias 19:45 Caminhando Na Fé 20:00 Pensando Bem 21:00 Encantos da Amazônia 22:00 Nazaré Notícias 22:45 Novena de Nossa Senhora do Nó 22:55 Meu Pensamento 23:00 Caminhando Na Fé 23:15 Fraternidade em Ação 23:25 Palavra de Vida Eterna 23:30 Terço Glorioso 23:55 Meu Pensamento QUINTA FEIRA 00:00 Igreja no Brasil 00:05 Palavra de Vida Eterna 00:10 De Mãos Dadas 01:10 Conversa com Meu Povo 01:40 Palavra de Vida Eterna 01:45 Meu Pensamento 01:50 Mãe Maria 02:00 Igreja que Sofre 02:30 Conversa com Meu Povo 03:00 Encantos da Amazônia 04:00 Pensando Bem 05:00 Telecurso Ensino Médio 05:30 Telecurso Espanhol 05:45 Palavra de Vida Eterna 05:50 Em Família 06:00 Terço Luminoso 06:25 Conversa com Meu Povo 06:55 Preparando a Festa 07:00 Santa Missa Mantinal 08:00 Palavra de Vida Eterna 08:05 Mulher.com 10:15 Palavra de Vida Eterna 10:20 Mãe Maria 10:30 Conversa com Meu Povo 11:00 Desenho 12:00 Nazaré Notícias 12:45 Novena de Nossa Senhora do Nó 12:55 Palavra de Vida Eterna 13:00 Sal da Terra 13:15 Meu Pensamento 13:20 Mãe Maria 13:30 Conversa com Meu Povo 14:00 Desenho 14:55 Meu Pensamento 15:00 Adoração Ao Santíssimo 16:00 Telecurso Ensino Médio 16:30 Conversa com Meu Povo 17:00 Palavra de Vida Eterna 17:05 Terra Santa News 17:25 Meu Pensamento 17:30 Terço Luminoso 17:55 Preparando a Festa 18:00 Santa Missa Vespertina 19:00 Nazaré Notícias 19:45 Sal da Terra 20:00 Conversa com Meu Povo 20:30 Comunidade Viva 20:50 Em Família 21:00 Diálogo Aberto 22:00 Nazaré Notícias 22:45 Novena de Nossa Senhora do Nó 22:55 Meu Pensamento 23:00 Conversa com Meu Povo 23:30 Terço Luminoso 23:55 Meu Pensamento


10

Santa Missa

BELÉM, DE 30 DE NOVEMBRO A 6 DE DEZEMBRO DE 2018

1º Caderno

Horários de Missas nas paróquias da Arquidiocese de Belém REGIÃO EPISCOPAL SANT’ANA Nossa Senhora da Graça (Catedral) Cidade Velha - Belém Sábado: 19h, Domingo: 7h, 9h e 19h Telefone: 2121-3723/ 2121-3724 N. Sra. das Mercês (Reitoria) Comércio - Belém Sábado: 12h e 17h, Domingo: 12h e 17h Sant'Ana da Campina Comércio - Belém Sábado: 12h (Igreja Matriz) Domingo: 7h (Col. D. Bosco) 9h (Igreja Matriz) Telefone: 3230-3734 São Judas Tadeu Condor - Belém Sábado: 19h. Domingo: 7h, 9h e 19h Telefone: 3115-6020 Santa Teresinha do Menino Jesus Jurunas - Belém Sábado: 6h e 18h30 Domingo: 6h30, 8h30 e 18h Telefone: 3272-2251 Santo Antônio de Lisboa Batista Campos - Belém Sábado: 6h30, 12h, 17h e 18h30 Domingo: 8h, 11h, 17h, 18h30 e 20h Telefone: 3215-7004/ 3222-0097 Santíssima Trindade Campina - Belém Sábado: 16h,Domingo: 7h, 10h, 11h30, 17h30 e 19h Telefone: 3215-7007/ 3242-4917 Nossa Senhora da Conceição Cidade Velha - Belém Sábado: 18h30, Domingo: 7h, 9h e 18h Telefone: 3215-7006 São José Umarizal - Belém Sábado: 19h Domingo: 7h, 11h e 19h Telefone: 3230-1633 Santa Luzia Jurunas - Belém De terça a sexta-feira: 19h Sábado: 18h30 Domingo: 7h; 9h; 18h30 Telefone: 3271-2146 Nossa Senhora de Lourdes Nazaré - Belém Seg a Sáb: 6h30 e 18h Domingo: 7h, 9h, 17h30 e 19h30 Telefone: 3223-5728 Nossa Senhora do Carmo Cidade Velha Sábado: 18h - Domingo: 7h REGIÃO EPISCOPAL SANTA MARIA GORETTI Santa Maria de Belém Terra Firme - Belém Terça: 19h Sábado: 19h - Domingo: 7h30 e 19h Telefone: 3253-5422 São Pedro e São Paulo Guamá - Belém Sábado: 19h Domingo: 7h, 9h e 18h30 Telefone: 3283-6021/3259-0413 São José de Queluz Canudos - Belém Segunda a sábado: 6h30 e 19h Domingo: 7h, 10h, 17h e 19h Telefone: 3226-2612 São Domingos de Gusmão Terra Firme - Belém Sábado: 19h Domingo: 7h, 9h e 19h30 Telefone: 3253-2656/3274-4746 São Miguel Arcanjo Cremação - Belém Sábado: 18h30 Domingo: 7h30, 11h e 18h30 Telefone: 3283-6022 Nossa Senhora de Fátima Fátima - Belém Sábado: 17h30 Domingo: 6h45, 8h30, 17h30 e 19h30 Telefone: 3266-1392/3226-0503 Santa Maria Goretti Guamá - Belém Domingo: 9h30 e 18h

Telefone: 3283-6023 Nossa Senhora de Nazaré (Basílica Santuário) Nazaré - Belém Sábado: 7h, 8h30,12h,17h Domingo: 6h30, 8h, 10h, 16h30, 18h e 20h Telefone: 4009-8400 São Francisco de Assis (Capuchinhos) São Brás - Belém Sábado: 19h30 Domingo: 6h, 7h30, 9h30,18h, 20h Telefone: 3073-1500 Santo Antônio do Tucunduba Guamá - Belém Sábado: 19h30 Domingo: 7h e 19h30 Telefone: 3274 -9001 REGIÃO EPISCOPAL SANTA CRUZ Imaculada Conceição Castanheira - Belém Sábado: 17h. Domingo: 7h e 19h Telefone: 3277-4642/98111-8110 São Sebastião Sacramenta - Belém Sábado e domingo: 7h, 17h e 19h Telefone: 3264-9060/3254-7354 Jesus Ressuscitado Marambaia - Belém Sábado: 18h Domingo: 7h, 10h e 18h Telefone: 3277-4643 São Geraldo Magela Val de Cans - Belém Sábado: 19h Domingo: 7h30, 10h30 e 18h Telefone: 3257-7950 N. Sra do Perpétuo Socorro Telégrafo - Seg. a sábado: missa - 19h Domingo: missa: 7h, 8h30, 17h30 e 19 h - Telefone: 3233 1797 São Jorge Marambaia - Belém Sábado: 19h Domingo: 7h, 9h, 17h e19h Telefone: 3277-4641 São Raimundo Nonato Umarizal - Belém Sábado: 6h30 e 18h Domingo: 6h30, 8h30 e 18h Telefone: 3277-4644 Santa Cruz Marco - Belém Sábado: 18h30 Domingo: 7h, 9h, 11h e 18h30 Telefone: 3277-4640/3276-0941 Nossa Senhora da Conceição Aparecida Pedreira - Belém Terça a Sábado: 18h Dom.: 7h, 9h e 18h/1ª Sexta-mês: 9h Telefone: 3233-4224/3276-9573 São Francisco Xavier Marco - Belém Sábado: 19h Domingo: 7h, 9h e 18h Telefone: 3352-8845 N. Senhora, Mãe da Divina Providência Val de Cans - Belém Sábado:19h - Domingo: 7h e 19h Telefone: 3257-2388 Sagrada Família Curió Utinga - Belém. Sábado: 7h e 19h30 Domingo: 7h, 9h e 19h30 São João Paulo II Souza - Belém De terça a sábado: 18h Domingos: 8h e 18h Telefone: 3277-4062 Nossa Senhora de Loreto Marco - Belém Telefone: (91) 3355-6302 Sábado: 17h Domingo: 7h, 9h, 11h, 17h e 19h

Sábado: 6h30, 17h, 20h Domingo: 7h e 18h Telefone: 3297-7250 São Francisco de Assis Tapanã - Belém Domingo: 7h e 18h30 Telefone: 3258-8036 Nossa Senhora de Fátima Icoaraci - Belém Terça, quinta e sexta: 18h30 Sábado: 19h - Domingo: 19h Telefone: 3297-7251 Jesus Bom Samaritano Tapanã - Belém Domingo: 7h30 e 19h30 Telefone: 3033-2004 São Francisco das Ilhas Cotijuba - Belém Terça e quinta: 19h30 Sábado: 19h30 Domingo: 7h e 19h30 Telefone: 3247-1438 Nossa Senhora da Imaculada Conceição Outeiro - Belém Terça e quinta: 19h; Sábado: 9h Domingo: 7h e 18h Telefone: 3267-1174 Nossa Senhora do Livramento Icoraci - Belém Terça, quinta, sexta e sábado:19h Domingo: 7h e18h Telefone: 3288-4250 Divina Misericórdia Águas Negras - Icoaraci Terça a sexta: 18h30 Sábado: 17h e 19h30 (comunidade) Domingo: 7h e 19h 30

REGIÃO EPISCOPAL MENINO DEUS N. Senhora Auxiliadora Anita Gerosa (Aurá) - Ananindeua Domingo: 7h e 18h Telefones: 3255-3828 N. Senhora das Vitórias Almir Gabriel - Marituba Sábado: 19h Domingo: 7h, 19h Telefone: 3292-0013 Sagrado Coração de Jesus Júlia Seffer - Ananindeua Sábado: 19h Domingo: 7h30, 9h e18h Telefone: 3265-5413 Sagrado Coração de Jesus Distrito Industrial - Ananindeua Sábado: 19h Domingo: 7h, 8h30 e 17h30 Telefone: (91) 98855 - 2232 Paróquia Nossa Senhora do Carmo Benevides Sábado - 19h Domingo - 8h e 19h Telefone: (91) 3724-1098 Menino Deus Centro - Marituba Domingo: 6h, 8h30 e 18h Telefone: 3237-8351

Santo Afonso de Ligório Pratinha - Belém Sábado: 19h Domingo: 8h30 e19h Telefone: 3258-1554/3274-8281

N. Sra. de Nazaré Marituba - Quarta - feira Horário de Missa: às 19h Domingos: às 8h30 Telefone: 98040-5117 /98102 - 7344

São Francisco de Assis Campina - Icoaraci Domingo: 7h, 9h e 18h30 De terça-feira a sexta-feira: 19h Telefone: 3297-0765

N. Sra. das Graças Centro - Ananindeua Sábado: 19h Domingo: 7h e 19h Telefone: 3255-2654

REGIÃO EPISCOPAL CORAÇÃO EUCARÍSTICO DE JESUS

N. Sra. do Ó Vila - Mosqueiro Sábado: 19h30 Domingo: 6h30, 9h30 e 19h30 Telefone: (91) 3771-1278

Coração Eucarístico de Jesus Catalina - Belém Sábado: 18h Domingo: 7h, 10h e 18h Telefone: (91) 3285-1433 Santo Antônio de Pádua Rod. Mário Covas - Coqueiro, Ananindeua Sábado: 19h. Domingo: 7h e 18h Telefone: 98152-2200 Santa Edwiges Mangueirão - Belém Sábado: 19h Domingo: 7h, 9h30 e18h Telefone: 3279-1654 N. Senhora Rainha da Paz Bengui - Belém Domingo: 7h, 9h e 18h30 Telefone: 3277-4645 Nossa Senhora do Bom Remédio Conjunto Satélite - Belém Sábado: 17h30 Domingo: 7h e 18h30 Telefone: 3289-5355/3248-1136 Natividade de Nosso Senhor Jesus Cristo Conjunto Sideral - Belém Domingo: 7h, 9h e18h Telefone: 3067-2017 Santa Luzia do Bom Futuro Cabanagem - Belém Sábado: 17h - Domingo: 7h e 19h São José de Anchieta Alameda Ns-13, 65 - Coqueiro Sexta - 7h30 Domingo - 7h; 18h

São Benedito Rua São Benedito, Barreiro Terça a sexta-feira - 19h Sábado - 8h (missa com crianças) Domingos - 7h30 e 18h30

Santa Teresinha do Menino Jesus Tenoné - Belém Domingo: 7h e 18h Telefone: 3289-5368

REGIÃO EPISCOPAL SÃO JOÃO BATISTA

Nossa Senhora de Lourdes Coqueiro - Ananindeua Sábado: 17h. Domingo: 7h e 19h Telefone: 3275-2391

São João Batista e Nossa Senhora das Graças Icoaraci - Belém Terça a sexta: 6h30

Sábado: 19h Domingo: 7h30. 9h30 e 19h Telefone: 3234-4674

Arcanjo São Miguel Una - Ananindeua

São Pio X Águas Lindas - Ananindeua Domingo: 7h30 e 19h30 Telefone: 32155-2583 Santa Rosa de Lima Independente - Benevides Terça a Sexta:18h, Sábado:17h, 19h Domingo: 07h30 e 19h Telefone: (91)3724- 1135 Bom Pastor Nova Marituba - Marituba Segunda a Sexta: 18h Sábado: 6h, 9h30 e 19h Domingo: 6h, 9h30 e 19h Telefone: 4106-0202 N. Sra da Conceição Praça Matriz - Benfica Domingo: 6h15 e 19h30 Telefone: 3450-8147 N. Sra da Conceição Carananduba - Mosqueiro Ter a Sex: 18h30 Sábado: 18h30 Domingo: 7h e 19h Telefone: 3772-1183 Santa Bárbara Centro - Santa Bárbara Domingo: 7h30 e 19h Telefone: 3776-1529 São Marcos Uriboca - Marituba Terça: 19h. Domingo: 7h e 19h Telefone: 3237-8351 Pedro Pescador Baía do Sol - Mosqueiro Ter a sexta: 19h (Igreja S. Sebastião) Quarta: Matriz - 19h Sábado:19h (Igreja São Sebastião) Domingo: 8h (Ig. S. Sebastião); 10 h 3 0 ( I g . D i v. E s p . S a n t o ) ; 19h ( Matriz) Telefone: 99919-4153

Área Missionária São Paulo, Apóstolo Rodovia BR-316 Domingo: 9h e 11h Telefone: 98292-9199 Santíssimo Sacramento Nova União - Marituba Sábado: 18h30 (Capela N. Sra. do Perpétuo Socorro) Domingo: 18h30 (Capela S. Francisco de Assis) REGIÃO EPISCOPAL SÃO VICENTE DE PAULO Cristo Rei Guanabara - Ananindeua Domingo: 7h, 9h30 e 19h Telefone: 3235-1405 Divino Espírito Santo Cidade Nova - Ananindeua Sábado: 7h. Domingo: 7h, 9h e 18h Telefone: 3263-0603 Santo Inácio de Loyola Icui Guajará - Ananindeua Domingo: 7h e18h Telefone: 991541971 São Lucas Evangelista Guajará - Ananindeua Quinta : 7h e 18h30. Sexta: 18h30 Sábado: 9h e18h30. Domingo: 7h, 17h e 19h Telefone: 3353-0364 Santa Maria Mãe de Deus Maguari - Ananindeua Terça, quarta, sexta e sábado: 7h Quinta: 19h; Domingo: 7h e 19h Fone: (91) 3255-5284 Santa Teresinha Águas Lindas - Ananindeua Domingo: 7h30 e 18h Telefone: 9916-4548/99169-3443 N. Senhora de Guadalupe Coqueiro - Ananindeua Terça a sexta: 19h Sábado: 18h30 Domingo: 7h ,9h e18h Telefone: 3245-7440 Cristo Peregrino Jaderlândia - Ananindeua De Segunda a Sábado: 19h Domingo: 7h,17h e19h Telefone: 3237-9891 Santa Paula Frassinetti Cidade Nova VI - Ananindeua Segunda e quarta: 18h30 Terça e quinta: 19h30 Sexta: 7h. Sábado: 19h Domingo: 7h, 9h, 18h Telefone: 3279-2620 Transfiguração do Senhor Curuçambá - Ananindeua Sábado: 18h30 e 20h Domingo: 7h e 18h30 Telefone: 3286-8570 Santa Rita de Cássia Cidade Nova V - Ananindeua. Sábado: 6h30 e 17h30 Domingo: 6h30, 8h30, 7h30 e 19h30. Telefone: 3273-3191/ 3273-3310 Paróquia Santíssimo Redentor Icuí-Guajará - Ananindeua Sábado: 19h30 - Igreja Matriz Domingo: 7h - Igreja Matriz 9h - Comunidade Santo Afonso 17h - Igreja Matriz 19h - Comunidade Cristo Rei São Vicente de Paulo Paar - Ananindeua Domingo: 7h, 8h30 e 19h São José Operário Conj. Carnaúba, Icuí - Ananindeua Domingo: 7h e 18h Telefone: 3295-3545/3031-1172 Nossa Senhora do Amparo Cidade Nova 8 - Ananindeua Terça a Sexta: 19h - Sábado: 19h30 Domingo: 7h, 9h e 18h Telefone: 3287-2418 Santo André Apóstolo Coqueiro - Ananindeua Segunda a sexta - 19h Sábado: 19h45 - Domingo: 8h 19h Telefone: (91) 3235-1658

Não encontrou o horário das missas da sua paróquia aqui? Entre em contato com seu pároco ou com a secretaria da sua paróquia e solicite que nos informem para podermos publicar.


Fundação Nazaré 11 No dia 7, a Missa para Família Nazaré

1º Caderno

BELÉM, DE 30 DE NOVEMBRO A 6 DE DEZEMBRO DE 2018

LUIZ ESTUMANO

É a última das celebrações mensais pelos benfeitores

D

ezembro chegou e com ele a ocasião de a Arquidiocese de Belém agradecer, mais uma vez, pela graça de contar com o apoio de benfeitores que ao longo do ano ajudam a manter a obra de evangelização arquidiocesana pela Fundação Nazaré de Comunicação. E no dia 7, a capela da Fundação, será o local para a Santa Missa em ação de graças do último mês do ano de 2018. A celebração conta com a participação do Movimento Arquidiocesano do Terço dos Homens

Mãe Rainha para a oração do Terço Mariano, às 14h30. Aquele benfeitor que desejar comparecer à missa, pode se dirigir à Fundação Nazaré, localizada à avenida Governador José Malcher, bairro de Nazaré, Belém. A Santa Missa pode ser acompanhada pela TV Nazaré, pelo canal 30.1, ao vivo, desde o Santo Terço até o final da celebração eucarística, e transmitida em cadeia pela Rádio Nazaré FM – 91.3 e pelo Facebook, através da página da Fundação Nazaré. Integrantes do Apos-

tolado da Oração também participam da Santa Missa haja vista que a tradição da Igreja dedica a primeira sexta-feira do mês para reverenciar a devoção dos fiéis ao Sagrado Coração de Jesus. Repetindo a partilha de todos os meses, a celebração contará com a presença de paroquianos da Paróquia de Nossa Senhora de Guadalupe, localizada no conjunto Cidade Nova 2, em Ananindeua, a qual encontra-se também em festividade e durante a Missa, os fiéis receberão a visita da imagem da

w MISSA será na capela da Fundação Nazaré de Comunicação

padroeira da América Latina. SEJA MAIS UM Colabore com ia Nazaré - É um projeto da

Fundação Nazaré de Comunicação, formado por pessoas que ajudam na manutenção do trabalho dos veículos de comunicação da instituição. Pa-

ra conhecer mais sobre o projeto e sobre a campanha Seja Mais Um, acesse o site www.sejamaisum. com ou ligue (91) 40069211.

CAMPANHA SEJA MAIS UM - Colabore com a obra de evangelização da Arquidiocese sendo mais um benfeitor da Fundação Nazaré de Comunicação. O cadastro pode ser feito pessoalmente na sede da Fundação, situada na avenida José Malcher, nº 915 – Edifício Paulo VI, Nazaré, de segunda a sábado, das 7h às 19h. Ou pelos sites oficiais (www.sejamaisum.com), (www.fundacaonazare.com.br), ou pelo telefone (91) 4006-9211. Se preferir entrar em contato por e-mail, envie mensagem para famjor@fundacaonazare. com.br e faleconosco@fundacaonazare.com.br

Parabéns para você!

S

ou imensamente grato a Deus pela passagem de mais uma primavera com saúde, alegria e paz. Coração agradecido por tudo o que já vivi e pelos sonhos realizados. Que Deus em Sua infinita misericórdia abençoe minha vida e a vida da minha família. Obrigado, Senhor! ALEX MACIEL TEIXEIRA DA COSTA, autônomo, 41 anos 03/12

30/11 Ana Alice Neves Caldas Figueiredo Andréa Saraiva da Silva Antônio André Zacarias Sodré Casal Arthur Caetano de Oliveira e Andreza de Lurdes Casal José Carlos Rufino e Maria das Graças Rufino Eduardo Braz Marciel Maria das Graças Thury Cruz Santonina Silva da Costa Terezinha de Jesus Leão

Yolanda de Gaia Bastos 01/12 Andrey Patrick Pinto Maués Damiris Oliveira Sena da Costa Francisco Xavier Vasconcelos Fernandes Gladaniel Palmeira de Carvalho Helma Berenice França de Santana Maria de Nazaré Bitencourt Nunes Maria Eunice Begot da Silva Dantas Maria Feliciana Armínio Cardoso Mely Barroso Correia Suzi Costa Ramos Terezinha de Jesus Corrêa de Souza 02/12 Eloy Pantoja Alves Silva Esmaelino Neves de Farias Gracy Carvalho Pinheiro Helder Costa dos Santos João de Jesus Corrêa Júnior José Couceiro Simões Rosa de Fátima Matos Cativo Walter Aleixo Braga 03/12 Alex Maciel Teixeira da Costa Carlos Willians de Oliveira e Maiana Ferreira Costa Casal Francisco Xavier Brito Carneiro e Maria do Socorro da Silva Francisca Modesto Machado Cruz Francisco Eduardo Moreira Campos Francisco Xavier Pantoja Maria Benedita Sarmento Carneiro Maria da Conceição Marques Leal Maria Dorilene dos Reis Lima Vicentina Campos da Costa 04/12 Ana Maria Creão da Costa Bernardino Pinheiro Vasconcelos Casal Eder Carlos e Maria da Conceição Daniel Moraes Rabello da Silva Maria das Graças de Sousa Guimarães Maria de Jesus Rocha e Silva Maria de Lourdes Seabra Salgado

Maria José Saldanha Marialva Pinheiro Santarém Otoniel Costa da Silva Sandra Suely Fernandes Costa 05/12 Afonso Celso da Luz Cavalcante Genedi Neris de Lima Geraldo Lucena Melo José Soares de Oliveira Filho Leila Maria Gonçalves Mendes Marizete Ferreira de Sena Paulo Geraldo da Silva Raimundo Barroso Silva Vera Lúcia Alves Ferreira Vera Lúcia Miranda Brito

w

06/12 Altegildo Lopes Sarmento Casal Paulo Renato Silva e Delisângela de Jesus Elna Maria Bernardes Gama João José Rodrigues Jorge da Cunha Rocha Jorge Gaudêncio Lima José Nicolau Netto Sábado Maria das Graças Silva de Azevedo Maria José Silva Farias Maria Rita Souza de Oliveira Miguel Santos Coelho Nazaré de Fátima Corrêa Queiróz Raimunda Alves Pereira Terezinha de Jesus Vieira Franca

Aniversário natalício de padres e diáconos diocesanos 30/11 - Pe. Andréas Albertus Cornelis Heijligers 30/11 - Diác. Missias Paschôa Aguiar 03/12 - Padre João Evangelista Nunes Sousa

w

Aniversário de Ordenação dos padres e diáconos diocesanos 30/11 - Côn. Ronaldo de Sousa Menezes 03/12 - Côn. José Luiz Alves Fernandes 03/12 - Côn. Antonio Beltrão Ribeiro Filho 03/12 - Côn. Vladian Silva Alves 03/12 - Pe. Alberto Maia de Lima 03/12 - Pe. George Jenner Evangelista França 03/12 - Pe. Sebastião Nazaré Antero 04/12 - Pe . Paulo Cezar Falcão da Rocha 04/12 - Pe. Antônio Cleidvan Bezerra Vieira 05/12 - Pe. Marco Antônio de Souza 06/12 - Pe. Aguinaldo Ramos Freitas 06/12 - Pe. Edinaldo Duarte Sobrinho 06/12 - Pe. Hirlan da Silva Figueiredo 06/12 - Pe. Ulisses José Albuquerque de Campos

AJUDE A MANTER A FUNDAÇÃO NAZARÉ DE COMUNICAÇÃO. LIGUE PARA 4006-9200 E SEJA SÓCIO DA FAMÍLIA NAZARÉ.


12

Arquidiocese

BELÉM, DE 30 DE NOVEMBRO A 6 DE DEZEMBRO DE 2018

1º Caderno

Relíquia na Fundação Nazaré FOTOS: LUIZ ESTUMANO

Funcionários acolheram a relíquia de São Francisco de Assis em peregrinação

T

erça-feira, 27, pela manhã os funcionários, voluntários e estagiários da Fundação Nazaré de Comunicação acolheram a visita da relíquia de São Francisco de Assis, na programação que ocorre no Brasil desde 2015. A peregrinação integra as comemorações do jubileu de 800 anos de fundação da Ordem Franciscana Secular (OFS), a qual organiza as visitações. A relíquia é de primeiro grau (um fragmento de parte do fêmur), ofertada pela Cúria Geral dos Frades Menores Conventuais vem sendo conduzida na programação jubilosa desde setembro de 2015 , a partir do regional de São Paulo, e as visitações a instituições e comunidades seguirá

w MOMENTO de oração dos funcionários na peregrinação da relíquia

até 2021, Ano Jubilar. Até essa data a visitação com a relíquia deverá ter percorrido todas as fraternidades de todos os estados do Brasil. BELÉM - Em Belém, a peregrinação começou dia 10 de novembro, na Paróquia de São Francisco de Assis (Capuchinhos), em São Brás. A partir daí, passou por diversos espaços, igrejas e comunidades, como a sede do Regional Norte II da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil

(CNBB), Paulinas, Casa das Irmãs Franciscanas de São José, asilo Pão de Santo Antônio e Casa das Irmãs Maristelas. FUNDAÇÃO - No dia 27, a relíquia iniciou o dia de peregrinação, às 9h, na Casa da Fraternidade O Caminho; às 11h, esteve na Fundação Nazaré de Comunicação onde os funcionários participaram de um momento de oração. Irmão Antônio Alves de Sousa, ministro da OFS local, afirma que é

motivo de grande alegria levar a devoção a São Francisco de Assis com as visitas: “para nós da

Ordem é um momento de grande alegria em que podemos festejar o nosso jubileu com a visita a diversos locais, levando a relíquia do nosso pai seráfico”. No Pará a peregrinação ocorre desde 17 de agosto, e segue até 28 de novembro de 2018. Receberão a relíquia: Marabá, Breu Branco, Tucuruí, Abaetetuba, Macapá, São João de Pirabas, Capanema, São Jorge do Prata, Castanhal, Vigia e Belém. No dia 28, a relíquia seguirá para o município de Alta-

mira, onde o regional da OFS possui casas. SÃO FRANCISCO

Italiano, aos 24 anos, recusou a riqueza da família e dedicou-se à pobreza. Amava os pássaros e à natureza, sendo o padroeiro dos animais. Trabalhava no campo, pregava, visitava e consolava os doentes. Deixou de herança o modelo de vida - baseado na vida de oração, minoridade, fraternidade e apostolicidade - seguido pelos irmãos e irmãs da Família Franciscana, composta pela Ordem dos Frades Menores, Ordem das Clarissas, Ordem Franciscana Secular e Ordem Terceira Regular.

w IMAGEM de São Francisco e a relíquia (parte do fêmur)

eu indico

E

u indico o livro ‘Maria’, do autor Rodrigo Alvarez. Este livro conta a história da mulher que gerou o homem mais importante da história, viveu um inferno, dividiu os cristãos e, conquistou meio mundo. Ela é chamada Mãe da igreja, seu nome é Maria!

ALBERTO CAETANO BATISTA DA SILVA

eletricista, 35 anos

BOA DICA

LIVROS E CD'S

n PAPA FRANCISCO - Pai Nosso

n 365 DIAS COM JOÃO PAULO II

O

E

- Livro (Paulus, R$28,00)

Pai-nosso é a o ra ç ã o q u e resume todas as outras, é aquela que o próprio Jesus deixou para seus discípulos em resposta ao seu pedido: “Ensinanos a rezar”. Neste precioso livro, Papa Francisco a explica frase por frase, respondendo às perguntas do Pe. Marco Pozza, teólogo e capelão do Presídio de Pádua. Cada capítulo da entrevista é concluído com um texto do Papa Francisco que aprofundam e desenvolvem temas centrais, como o da paternidade, a graça, o perdão, o mal.

- Livro (Paulinas, R$18,30)

ste é um livro de aparência simples, mas que conduz à meditação e à oração seguindo o pensamento e as palavras do Papa João Paulo II. Após um breve resumo da vida de Karol Wojtyla, com ênfase sobre o período de seu pontificado em que se destacam alguns gestos altamente simbólicos, a preocupação ecumênica, a evangelização, o relacionamento com os jovens, a vida cristã e as encíclicas que escreveu, a obra é como um mosaico, que oferece a possibilidade de reflexão sobre diversos temas da doutrina e da vida cristã segundo a “escola” de João Paulo II. Os textos procuram seguir os calendários civil e litúrgico, de maneira que se possa acompanhar a leitura ao longo do ano.


Caderno Dois

BELÉM, DE 30 DE NOVEMBRO A 6 DE DEZEMBRO DE 2018

Arquidiocese lança marca comemorativa no jubileu dos 300 anos de criação Representando a missão da Igreja na Amazônia

O

ano de 2019 é muito significativo para toda a Arquidiocese de Belém e todos os fiéis da Igreja de Belém. Isso porque no vindouro ano a Igreja local celebrará com grande júbilo os 300 anos da sua criação como diocese, pela Bula “Copiosus

ALAN MONTEIRO

wDOM ALBERTO no evento com Dom Antônio, Monsenhor Marcelino e Monsenhor Possidônio ALAN MONTEIRO

in Misericordia”, do Papa Clemente XI, em 4 de março de 1719. O lançamento do tema, lema e da marca comemorativa a ser utilizada durante o jubileu, a partir da sua abertura, marcada para o dia 22 de fevereiro de 2019, ocorreu na reunião do clero na CateLUIZ ESTUMANO

w APRESENTAÇÃO da marca dos 300 anos reuniu vários paroquianos na Catedral de Belém

w CATEDRAL sede da Arquidiocese de Belém

dral Metropolitana, no dia 22 de novembro. Na ocasião estiverem presentes Dom Alberto Taveira Corrêa, Arcebispo Metropolitano de Belém e Dom Antônio de Assis Ribeiro, um dos bispos auxiliares de Belém e Monsenhor Raimundo Possidônio, vigário geral e coordenador de pastoral e pároco da Paróquia Nossa Senhora de Fátima, em Belém e vários padres da Arquidiocese. O Arcebispo iniciou o momento fazendo uma reflexão sobre a impor-

tância do evento: “Todos somos responsáveis por esse momento histórico da Igreja de Belém, somos chamados a nos envolvermos neste projeto”. Monsenhor Possidônio apresentou a marca e projeto para os 300 anos: “Hoje foi apresentada a marca, o cartaz e o projeto em si, com proposta que vamos executar ao longo do ano 2019 como atos celebrativos. Tudo que a Arquidiocese realizar durante o ano, desde a Campanha da Fraternidade até as orde-

nações serão trabalhadas como expressão dos 300 anos da Diocese”. Além da marca foi lançando o cartaz, a programação e nova identidade do site da instituição, além de uma página com informações do Ano Jubilar. Ainda está previsto o lançamento da oração dos 300 anos e do selo comemorativo. O tema “Anunciando o Evangelho de Jesus Cristo na Amazônia” e o lema “Ide e anunciai…” (MC 16,15), direcionarão toda a

DESCRIÇÃO DA MARCA LOGO com base na proposta do Arcebispo, em que manifestou o desejo de que o logo dos 300 anos da Diocese pudesse representar a missão da Igreja na Amazônia, fazendo menção ao movimento contínuo para evangelização, assim como manifestado na inspiração para proposta do lema, o logotipo prima sempre por esses dois pontos “para frente e para o alto”. A ARTE tem todos os elementos declinados para direta (representa olhar para frente, movimento, avanço…), a cruz como principal e central elemento (aponta para o alto,

céu, Nosso Senhor…). Em seu formato constructo é formada por seis cores que representam simbolicamente as raças que pela Amazônia habitam. Também remete aos seis eixos propostos para o Ano Jubilar. Observa-se ainda que se omite a silhueta esquerda da

cruz, apenas mantendo os lados que aponta para frente e para o alto, bem como a presença de Jesus Crucificado, indício da sua ressurreição, a salvação. Já nos elementos 300 Anos 1719-2019 destacam-se as cores que representam a Amazônia (verde), nos-

sas riquezas (ouro) e nossos rios (marrom). Já a nomenclatura Diocese de Belém do Pará vem representada pelo preto, simbolismo de seriedade, sobriedade, prestígio, modernidade. Por sua vez, a composição tipológica segue representação arredondada, curvas e contor-

nos definidos, remete a sutileza, a jovialidade, ao novo, inovador, pois embora 300 anos aparente serem muitos anos, a Arquidiocese de Belém ainda se descobre a cada dia, está em constante processo de construção de sua identidade, formação e renovação contínua.

programação do tricentenário celebrativo. A marca apresentada no dia 22 descreve a história da então Diocese de Santa Maria de Belém do Grão Pará, hoje Arquidiocese de Belém, como Igreja na Amazônia, sempre viva e avante com sua missão evangelizadora. Nas cores verde, amarelo ouro, marrom, representando a Amazônia, suas riquezas, rios e seu povo.

ELEVAÇÃO À ARQUIDIOCESE Em 1° de maio de 1906 a então Diocese de Santa Maria de Belém, foi elevada à Arquidiocese, sendo terceira do Brasil. Atualmente em sua sede de governo conta como Arcebispo Metropolitano de Belém, Dom Alberto Taveira Corrêa, como Bispos Auxiliares Dom Irineu Roman e Dom Antônio de Assis Ribeiro, 240 sacerdotes, 153 diáconos, 89 paróquias divididas entre sete Regiões Episcopais. A Arquidiocese de Belém também é a sede da Província Eclesiástica, sendo a maior província com 14 circunscrições em dois Estados: Pará e o Amapá.


2

Igreja

BELÉM, DE 30 DE NOVEMBRO A 6 DE DEZEMBRO DE 2018

2º Caderno

Miscelânea Côn. Cláudio Barradas (claudiobarradaspe@gmail.com)

A

inda, nesta edição, um pouco, melhor dizendo, o final, da série de artigos, ou, se o leitor o preferir, crônicas, sobre meu, por vezes conflituoso, relacionamento com o já saudoso companheiro Nazareno Tourinho, que nos deixou, inesperadamente, vitimado por um infarto agudo do miocárdio, aos 84 anos, por volta das 16h de 19 de outubro deste ano. Num de seus não raros eventos culturais, a exemplar Fibra, não recordo nem em que mês, nem em que ano, só lembro que não há muito, prestou-lhe significativa homenagem, sem favor nenhum merecidíssima, expondo-lhe as obras publicadas, com placas explicativas sobre cada uma, numa ampla sala contígua ao auditório, e, neste, uma tarde de estudos sobre sua pessoa e seus escritos, com palestras de alunos e professores. Eu, incumbido, para minha alegria, - o que, pra mim, uma honra – de falar sobre as duas peças de sua autoria em

Nazareno Tourinho (final) que atuei como ator e que dirigi: “Lei é lei e está acabado” e “O Herói do Seringal”. À mesa que presidiu a sessão, lado a lado, ele, o homenageado, infelizmente, à imitação de Bethoven, quase, ou completamente, surdo, e eu. Ao usar da palavra, ao final, citou suas peças em que atuei, sem sequer citar meu nome. Não, conclui, por esquecimento, pois não perdera a memória, mas, sim, por ter ficado magoado e guardado rancor, pelo fato de eu – na edição passada revelei a razão - ter abandonado meu papel e a direção de “Severa Romana”. Fiquei chocado, é claro, pois sou um ser humano, mas relevei, deixei passar: coisas da vida. Finalizando esta série, elenco-lhe as peças, não pela ordem em que foram escritas e, sim, pela em que me vêm à lembrança, espero que

DIVULGAÇÃO

banagem” e “Fogo cruel em lua de mel”. Ao todo, portanto nove, salvo esquecimento, o que, convenhamos, não é pouco. Nenhuma delas digestiva, todas apresentando e discutindo problemas nossos, todas muito bem escritas, falas gostosas de se dizer. A professora da UFPA, doutora Bene Martins, reuniu-as num só volume, edição primorosa da Cejup, que teve a gentileza de me presentear. Mas não foram apenas peças de teatro que ele escreveu. Além de livros sobre a doutrina espírita, que abraçara, como, por exemplo, “Gotas de Espiritismo” e “A ética espírita sem misticismo”, é autor de um belo livro de sonetos sobre Jesus, a quem, sabe-se, muito amava. Como homem, destacava-se por sua caridade para com os pobres e necessitados, aos quais, por mais de vinte e cinco anos, distribuiu, creio

w NAZARENO Tourinho

sem deixar de fora nenhuma: “Lei é lei e está acabado”, “O Herói do Seringal”, a discutida e polêmica “Nó de quatro

pernas”, “Severa Romana”, “Amor de louco nunca é pouco”, “Pai Antônio”, “Quintino bom de briga”, “A Ca-

que diariamente, tudo de seu próprio bolso, café da manhã e sopão, na casa espírita de Allan Kardec, por ele fundada e mantida, em nossa capital, à travessa Campos Sales, 532, onde seu corpo foi velado. Nós, que aqui ficamos e fomos seus amigos e seus beneficiários, reverenciemos-lhe a memória e aprendamos com seu bom exemplo. E que ele, lá em cima, descanse em paz para todo o sempre, no seio do Senhor. Finalizo, citando um trecho de seu belo artigo “O conhecimento e o amor”, estampado na edição de 20 de outubro do corrente de “O Liberal”, diário em que costumava escrever: “conhecimento e amor devem ser duas asas inseparáveis no corpo da nossa fé em Deus, para que possamos voar com segurança em direção da felicidade eterna”. Shalom!

Santos da semana Diác. Benedito Otávio (artpresent@superig.com.br)

04/12 - TERÇA-FEIRA Santa Ada ou Adreilde de Le Mans - Abadessa beneditina

30/11 - SEXTA-FEIRA São Tutwal - Abade e bispo Na localidade da Península Llyn, século VI, esse santo aparece no antigo calendário do País de Gales, mas sua devoção é mais generalizada na GrãBretanha, de onde ele teria se mudado com a mãe, a irmã e alguns monges. Lá fundou vários mosteiros com a ajuda do primo, senhor feudal da região. Foi a Paris para obter do rei franco, Childeberto I, os títulos daquela terra. Não só conseguiu como ainda se tornou o 1º bispo de Treher, hoje Tréguier, onde viveu até sua morte. Em suma, foi grande colaborador da evangelização britânica.

Tomamos conhecimento dessa filha do céu através dos escritos do bispo da sua cidade, Le Mans, França, 832 a 857. Este, querendo renovar o culto dos santos de sua diocese, ao fazer todo um trabalho com as relíquias da catedral, encontrou, as de Santa Ada, do mosteiro de Santa Maria, século VI. De feliz memória e profundo zelo pela fé nos mosteiros. Suas relíquias continuam na catedral de Le Mans, juntamente com as de são Giuliano.

01/12 – Sábado Beato Carlos de Jesus (Charles de Foucauld) - Religioso Nasceu em Estrasburgo, França, 15/09/1858. De família aristocrático, ficou órfão de pai e mãe aos 6 anos. Aos 18 entrou na escola militar de Saint-Cyr, onde se tornou tenente do exército francês na Argélia. Em 1888, visita os lugares sagrados da Palestina e Jerusalém. Em janeiro de 1889 torna-se monge Trapista. Seu espírito entra numa relação íntima com Deus, concentrada na Eucaristia e Cristo Crucificado. Morre na Argélia, durante um ataque de salteadores do deserto. Foi beatificado em 13/11/2005 por Bento XVI. 02/12 - 1º DOM DO ADVENTO - ANO C Santo Habacuc – Profeta É contado entre os 12 profetas menores do A.T. por ser autor de um pequeno livro de apenas três capítulos com profundas mensagens. Em forma de hino arcaico. Para os estudiosos da bíblia datam do século X a.C. No Martirológio comemora-se santo Habacuc, profeta e arauto contra a iniquidade e a violência dos homens, pré exílio babilônico, que predisse o julgamento de Deus, mas também a sua misericórdia, proclamando: “O justo viverá pela sua fidelidade” (Hab 2, 4).

05/12 - QUARTA-FEIRA São Dalmazio de Pavia - Mártir

03/12 - SEGUNDA-FEIRA São Sofonias - Profeta Na seqüência, temos mais um dos 12 profetas menores, também com livro de três capítulos de forte chamado à conversão e aviso sobre o exílio. Contemporâneo de Habacuc, Sofonias,(“Deus protege"), me fez lembrar de uma série de tv, em que um anjo fala irritado a um homem que queria agredir um profeta: “não faça isso, ele é um protegido de Deus!” Às vezes se aprende por formas informais. Nesta série, as imagens, propositalmente ou sem querer, explicitam a importância dos profetas na História da Salvação. Jesus lembra isso (Mt 23, 34; Lc 11, 47 e outros).

Aos escritos do monge Lombard de Pedona, século VI a VII, remonta uma tradição, também oral, do povo da antiga cidade que levou o nome do monge, “Pedona”, a atual Borgo (aldeia) San Dalmazzo, era um evangelizador fervoroso e audaz do século III, do Piemont, Emília e Gália. Pregava segurando uma cruz e convertia muitos à fé cristã. Outras fontes, mas não muito precisas, indicam-no como bispo de Pavia, o que é pouco provável, devido à sua característica missionária errante. Morreu martirizado. 06/12 - QUINTA-FEIRA São José Nguyen Duy Khang - Catequista e Mártir Nascido de pais cristãos no Vietnã, ao sul de Hanói, logo veio servir ao sacerdote vietnamita Nang. Aos 24 anos estudou latim para se aprofundar na fé. Tornou-se discípulo do bispo dominicano Jerônimo Hermosilla e depois entrou na Ordem Dominicana. Foi dedicado catequista. Quando seu bispo foi preso, José tentou defendê-lo e acabou preso. Após atroz tortura, foi decapitado em 1861, conforme o seu ideal: “Oferecer sua vida a Cristo juntamente com seu bispo”. João Paulo II canonizou-o em 19/06/1988.


2º Caderno

BELÉM, DE 30 DE NOVEMBRO A 6 DE DEZEMBRO DE 2018

Arquidiocese

3

FOTOS: DIVULGAÇÃO

w MUITOS fiéis participaram do momento especial

w FÉ levou fiéis a tocar no quadro especial na igreja

Fiéis recebem visita do quadro de Nossa Senhora das Graças que verteu lágrimas Durante os eventos da festividade da padroeira, em Icoaraci

“A

h, mas foi lindo! Conhecemos mais sobre Nossa Senhora e tocar nesse quadro foi uma benção”, atestou a paroquiana Marlete Pinho após participar da programação por ocasião da visita do quadro de Nossa Senhora das Graças que verteu lágrimas em Belém à Paróquia São João Batista e Nossa Senhora das Graças,na terçafeira, 27 de novembro, em meio aos eventos da festividade da padroeira no distrito de Icoaraci. A visita integra a programação vinculada ao círio em honra de Nossa Senhora das Graças, conforme informou o pároco, padre Agostinho Cruz. “Dentro das celebrações do 66º círio em

honra de Nossa Senhora das Graças. Então recebemos no dia 27 a visita do quadro milagroso que verteu lágrimas no ano de 1948, feito este que fora acompanhado de outros sinais, como curas e milagres provenientes deste acontecimento ocorrido na capital paraense naquela época”. Padre Agostinho recorda-se que “há 70 anos, no dia 11 de novembro de 1948, este simples quadro de Nossa Senhora das Graças verteu lágrimas numa residência em Belém. Dessa experiência de fé, quatro anos mais tarde, novembro de 1952, aconteceria o primeiro círio de Nossa Senhora das Graças, na vila de Icoaraci. O quadro continua em posse

w DETALHE do quadro com a imagem

dos familiares da senhora Zenobia Castro. “Que maravilha! Me recordo de ter ouvido relatos desse evento milagroso ainda quando criança. Que bênção para o senhor, padre Agostinho, tocar nesse qua-

dro. Que nossa Senhora das Graças abençoe o senhor e todo o clero da ditosa e venerável Arquidiocese de Belém”, comentou o jovem Leonardo Corrêa. Jorge David Coutinho declarou que foi “muito

w PE. AGOSTINHO apresenta o quadro

emocionante em tocar no quadro, enquanto Júnior Oliveira certificouse da tradição de fé de seu povo. A devota Isabel Sodré afirmou: “Posso dizer que “participei” do

primeiro círio, pois foi o mês/ano em que fui concebida no ventre de minha mãe e ela deu-me o nome de Maria. Nossa Senhora das Graças, rogai por todos nós!”

HISTÓRIA “A desconhecida história da Santa que chorava em Belém do Pará. Mudos voltavam a falar, doentes foram milagrosamente curados. As lágrimas de Nossa Senhora das Graças, e a revolução naquele Natal esquecido em 1948. Faltava pouco tempo para o Natal daquele 1948. A grande guerra já tinha acabado e os militares americanos já não transitavam pela Belém do Pará. Naquele trecho da rua Conselheiro Furtado, número 1257, a vida seguia no ritmo de qualquer periferia de Belém. Via de terra batida e casas de madeira, onde crianças faziam festa quando aparecia um automóvel. Coisa rara por aquelas bandas. A buzina dos poucos carros se misturava ao pregão do vendedor ambu-

w IMAGENS da época

w ANTIGA foto do quadro mariano

lante que passava pela rua, oferecendo banana, ovos e laranjas. Tudo mudaria às seis da manhã daquele

dia. Na casa de Dona Zenóbia Castro, 3 ou 4 cadeiras velhas, um banco tosco, e uma cômoda velha ocupa-

vam a sala. Na parede, um imagem de Nossa Senhora das Graças, paga em prestações e ainda não quitada. Ao olhar para imagem duas lágrimas. Zenóbia retira o quadro da parede e olha para o telhado, imaginando a existência de alguma

w MENINA teria obtido a cura

goteira. Nada no teto. Ao recolocar a imagem, mais lágrimas. Em instantes, a casa humilde estava lotada de vizinhos emocionados. Nos dias que se seguiram, mudos voltaram a falar e os milagres atraiam devotos

de toda a cidade. O milagre da Santa que chorou em Belém virou notícia nacional em um primoroso e fascinante texto de Edgar Proença. (Fonte: Revista “O Cruzeiro”, 11 de dezembro de 1948./ Texto Edgar Proença/ Fotos: Brito Pinto).


Arquidiocese A Trindade promove Semana Paroquial 4

BELÉM, DE 30 DE NOVEMBRO A 6 DE DEZEMBRO DE 2018

matriz da Paróquia da Santíssima Trindade, localizada no bairro da Campina, em Belém, realiza a 1° Semana Paroquial, iniciada no dia 25 e estensiva a 2 de dezembro. A programação consta de várias atividades, destacandose o Festival de Cantos Natalinos, no dia 30, 1ª Ação Solidária e Feira Paroquial, no dia 1° de dezembro e Festival de Natal, no dia 2. O evento ocorre na Praça Barão do Rio Branco, exceto no dia 30, em que ocorre na igreja, que fica em frente a essa praça. Durante a programação do Festival de Cantos Natalinos, nesta sexta-feira, a apresentação de oitos corais, dentre os quais o da Santíssima Trindade, Ecos do

2º Caderno

Programação da primeira Ação Solidária acontece na Praça Barão do Rio Branco, até o dia 2

Pará e Fazend’Art. No dia 1° de dezembro, das 8h às 13h, ocorre a 1ª Ação Solidária, na Praça Barão do Rio Branco, com serviços gratuitos à comunidade, como emissão de documentos, atendimento médico e odontológico, programação cultural e atividades recreativas. À noite, às 18h, ocorre a Feira Paroquial. Na ocasião, haverá a exposição de atividades pastorais da paróquia,

com a participação de pastorais, grupos e serviços. No dia 2, Festival de Natal, com uma programação extensa, que vai das 7h às 12h, com arraial montado na praça e barracas de diversos produtos. Às 11h, está previsto a chegada do Papai Noel. Das 12h às 14h30, almoço natalino, no Salão Dom Vicente Zico. Das 16h às 22h, arraial e programação cultural.

Às 19h Santa Missa. Segundo o pároco, cônego José Gonçalo Vieira, a iniciativa tem o propósito de “louvar e agradecer a Deus por tantas maravilhas que Ele realiza”. De 25 a 29 de novembro foram realizadas atividades formativas e de espiritualidade, voltadas para os coordenadores dos grupos, pastorais e serviços.

Comunidade realiza campanha de arrecadação para atender ribeirinhos Com o tema “Jesus, Príncipe da Paz", a Comunidade Católica Mar a Dentro realiza campanha de arrecadação de alimentos não perecíveis, roupas e brinquedos, para atender os ribeirinhos das ilhas de Belém durante a realização do Natal das Ilhas, promovido pela comunidade, no mês de dezembro. A iniciativa é realizada desde 2006, ano seguinte à chegada a Belém dos missionários, que desde então desenvolvem um trabalho de evangeliza-

ção nas Ilhas de Belém através do Projeto São Paulo. A comunidade faz parte da Pastoral das Ilhas. O projeto de evangelização consiste em visitas missionárias aos ribeirinhos durante todos os meses, levando-lhes a vivência da catequese, da celebração da Palavra e também palestras de médicos sobre os cuidados com a saúde. Este ano, cerca de 300 famílias serão beneficiadas. A expectativa é arrecadar cerca 600

brinquedos para distribuição. A entrega ocorre em dezembro em quatro localidades: ilha Longa, no dia 9, Outeiro, dia 13, Jamaci, dia 15 e ilha Jutuba II no dia 16. O trabalho que antecede a entrega dos itens é minucioso, devido à montagem das cestas e, principalmente, da seleção das roupas e dos brinquedos, pois cada item é pensado para atender a necessidade da família acompanhada pela comunidade. O mês de novembro foi de pre-

paração, com palestras e reuniões, destinadas aos membros de vida e de aliança da comunidade, e às demais pessoas que se identificam o carisma “Ide Mar a Dentro”, (Lc 5,4). “Deus é tão bom conosco, que sempre aparecem muito mais doações. Então a gente acaba ajudando outras famílias que necessitam”, disse Eliane Lourenço, superiora da Casa de Missão. O Natal das Ilhas conta com variada programação que se inicia

com a celebração da Santa Missa, seguida de partilha do lanche, brincadeiras e encenação teatral que evangeliza, e apresentação de São Nicolau, cuja sua figura bondosa foi associada ao Papai Noel. A entrega dos brinquedos é feita por pessoas vestidas de São Nicolau, símbolo de amor e de caridade com as crianças e com os

mais pobres. LOCAL DE ENTREGA

Todos os objetos podem ser entregues até o dia 22 de dezembro na Casa de Missão, situada na Avenida Alcindo Cacela, 708, no Umarizal. Os interessados em doar podem obter mais informações através dos seguintes contatos 3228-4452, 999412770 e 99941-8870. FOTOS: DIVULGAÇÃO

w UM DOS COMPONENTES, vestidos de São Nicolau, entrega presentes

TERCEIRA PARTE

YOUCAT

A VIDA EM CRISTO

O

Jornal Voz de Nazaré segue os estudos sobre o YOUCAT - Catecismo da Igreja Católica, escrito para JOVENS que querem saber em que acreditam. Este projeto iniciouse por ocasião da Jornada Mundial da Juventude, Rio, 2013.

w ENTREGA de lanches às crianças por membros da comunidade

SEGUNDA SEÇÃO: OS DEZ MANDAMENTOS SEGUNDO CAPÍTULO

Ama o teu próximo como a ti mesmo

377

378

Ninguém deve seguir orientações estatais que estejam contra as leis de Deus. [2242-2246, 2256-2257]

Só Deus é o Senhor da vida e da morte. Exceto em caso de legítima defesa, ninguém pode matar ninguém. [2258-2262, 2318-2320]

. Quando se deve desobedecer ao Estado?

. Por que não se pode tirar a própria vida, nem a dos outros?


2º Caderno

BELÉM, DE 30 DE NOVEMBRO A 6 DE DEZEMBRO DE 2018

Celebração pela vida sacerdotal

Cônego Sebastião Fialho festeja 25 anos de Ordenação Sacerdotal

T

ríduo jubilar foi a maneira escolhida pelo cônego Sebastião Fialho de Freitas para celebrar o seu 25º aniversário de Ordenação Sacerdotal no próximo dia 10 de dezembro. Assim, o jubileu de prata do atual pároco da Paróquia São José, no Umarizal, será festejado durante três dias com eventos entre Belém e o município de Igarapé-Açu, no nordeste paraense, terra natal do sacerdote. O tríduo será realizado de 6 a 8 de

dezembro. Celebrações solenes também ocorrerão nos dias 9 e 10 nas duas cidades em homenagem a ele, que é também assessor eclesiástico na Fundação Nazaré de Comunicação. A celebração do aniversário de cônego Fialho começará no dia 6 em Belém, primeiro dia do tríduo. Às 18h, na capela da Comunidade São Vicente de Paulo haverá uma espiritualidade, cujo tema “Ele os capacitou para o ministério,

n Pe. João Mendonça, sdb

A

Igreja é lenta e prudente quando o assunto é mudanças. Digamos até resistente. O corpo eclesial é muito grande e pesado, o que, às vezes dificulta a assimilação dos sinais dos tempos e a resposta, embora, com o papa Francisco, estejamos vivendo algumas surpresas. As gavetas da História desde o Concílio Vaticano II estão sendo abertas e alguns temas e questões ainda não enfrentados parecem que começam a sê-lo. Vivemos na Igreja de provocações e de retrocessos. Contudo, o tempo é excelente. Participei em Manaus, nos dias 16 a 18 de novembro de 2018, do encontro promovido pela Rede Eclesial Pan-Amazônica (REPAM) em parceria com a Conferência dos Religiosos do Brasil (CRB), sob a orientação do secretariado do Sínodo. Éramos 34, entre religiosos e religiosas dos regionais Norte 1, 2, Noroeste, Nordeste 5, Oeste. Foi uma rica e provocativa experiência de escuta dentro deste vasto horizonte que prepara o Sínodo extraordinário da Pan-Amazônica, convocado pelo papa no dia 15/10/2018. O papa deseja que um grande número de pessoas participe desse caminho sinodal que requer escuta, reflexão e discernimento para novos caminhos de evangelização junto aos povos indígenas, quilombolas, ribeirinhos, caboclos, gente da cidade e gente do campo, rejuvenescendo as lideranças cristãs leigas, religiosos e religiosas e pastores autóctones. A palavra Sínodo vem do grego, synódos. SYN, quer dizer juntos; ÓDOS, significa caminho. Trata-se de um longo percurso com suas dificuldades, avanços, tensões e saídas. Para tanto, precisamos estar imbuídos da presença do Deus Trindade, que nos faz perseguir o ideal da união plena (Jo Efésios 4, 12. A igreja fica na rua Diogo Moia, entre a travessa Almirante Wandenkolk e a rua Dom Romualdo de Seixas. O Cantinho da Misericórdia acolherá os fiéis no dia 7 de dezembro, segundo dia do tríduo, às 18h, para a reflexão sobre o tema “A messe é grande, mas os trabalhadores são poucos”, extraído do Evangelho de Lucas 10,2. O Cantinho fica na Vila Santos, nº1, via que fica

São José, localizada na rua Domingos Marreiros,104, no bairro do Umarizal, com um dia inteiro de programação. Às 8h haverá Santa Missa com a Primeira Comunhão de crianças da paróquia. Às 11h, celebração eucarística com Crisma para adultos. À tarde, encontro formativo com o tema “Porque sem mim, nada podeis fazer” (Jo 15, 15) e à noi-

w

O ANIVERSARIANTE vestes de cônego. Ele integra o cabido catedral de Belém

para edificar o Corpo de Cristo”, baseada na passagem das Escrituras Efésios 4, 12. A igreja fica na rua Diogo Moia, entre a travessa Almirante Wandenkolk e a rua Dom Romualdo de Seixas. O Cantinho da Misericórdia acolherá os fiéis no dia 7 de dezembro, segundo dia do tríduo, às 18h, para a reflexão sobre o tema “A messe é grande, mas os trabalhadores são poucos”, extraído do Evangelho de Lucas 10,2. O Cantinho fica na Vila Santos, nº1, via que fica

Arquidiocese

na lateral de um grande supermercado, fundos para a travessa Quintino

Bocaiuva. O encerramento do tríduo será na Paróquia São José, localizada na rua Domingos Marreiros,104, no bairro do Umarizal, com um dia inteiro de programação. Às 8h haverá Santa Missa com a Primeira Comunhão de crianças da paróquia. Às 11h, celebração eucarística com Crisma para adultos. À tarde, encontro formativo com o tema “Porque sem mim, nada podeis fazer” (Jo 15, 15) e à noi-

O AÇÃ ULG DIV

5

te, às 19h, a celebração da união de casais em Matrimônio. O JUBILEU - A grande festa de aniversário do cônego Fialho com o rebanho será em duas etapas. No dia 9 de dezembro, Missa Solene, às 8h, na igreja Matriz de São Sebastião, município de Igarapé-Açu. A comemoração encerra-se em Belém, às 20h, com Missa Solene na Matriz da Paróquia de São José, com transmissão ao vivo pela Rede Nazaré de Televisão. Missão – Cônego Sebastião Fialho de Freitas nasceu em 23 de maio de 1963 e foi ordenado sacerdote no dia 10 de dezembro de 1993. Antes de assumir a Paróquia de São José, no Umarizal, ele foi reitor da Igreja de Nossa Senhora das Mercês, no Comércio.

w O ANIVERSARIANTE com as vestes de cônego. Ele integra o cabido catedral de Belém

O que esperar do Sínodo Pan-Amazônico? 17,21). O estar juntos e pensar juntos não pode cair na tentação de meras análises da realidade e descobertas de desafios. Isto qualquer sociólogo o faz sem dificuldades. Nossa intenção vai muito mais além, pois temos que passar pela cruz, morte, conversão, para a graça, Páscoa, deixando-nos guiar pelo Espírito Santo que conduz a Igreja criando-a e recriando-a a cada instante. Como Maria que, desde o sim, guardou no coração os sinais, palavras e gestos de Jesus, nós também devemos, a exemplo dela, superar as noites sombrias das dúvidas para chegar ao raiar do dia. Portanto, a sinodalidade é um laboratório de comunhão e participação na escuta do Espírito Santo de Deus para discernir os sinais dos tempos e os tempos de sinais. É urgente, portanto, pensar uma Igreja com rosto amazônico, que personifique a inculturação do Evangelho. Contudo, precisamos estar mergulhados no critério da sinodalidade. Evidentemente que não se trata de romper com o passado, mas mudar os paradigmas. O Evangelho não se adequa às culturas, no entanto, ele penetra e toca em profundidade para regar as sementes do Verbo já presentes nas diversidades culturais, senão, a evangelização fica como um verniz, como bem disse São Paulo VI na Evangelii Nuntiandi. Agora, como podemos sonhar com este Sínodo sem viver uma grande frustração?

1

A montanha pode parir um rato: Acredito que não dá para imaginar uma mudança doutrinária de grandes proporções com relação aos ministérios, sobretudo a aceitação de padres casados, diaconisas e sacerdotisas. Pode ser que eu me engane e haja um avanço

em relação a alguns desses itens. Francisco é muito sensível aos problemas pastorais contemporâneos. Elele mesmo afirma na Evangelii Gaudium:” Sonho com uma opção missionária capaz de transformar tudo, para que os costumes, os estilos, os horários, a linguagem e toda a estrutura eclesial se tornem um canal proporcionado mais à evangelização do mundo atual que à autopreservação” (n.27). Mais adiante, de forma até profética, ele afirma com veemência: “Não tenhamos medo de os rever! Da mesma forma, há normas ou preceitos eclesiais que podem ter sido eficazes noutras épocas, mas já não têm a mesma força educativa como canais de vida” (n.43). Contudo, é bom não esperar demais. “A montanha pode parir um rato”! No entanto, podemos sim esperar uma maior conscientização global sobre a complexa realidade Amazônica, levando para o centro do mundo, neste caso Roma, as questões que implicam numa ecologia integral com a preocupação da “casa comum”, porque esta é causa de vida ou morte. Neste sentido, a encíclica Laudato Si` é a carta magna que guiará os novos rumos do planeta e também do compromisso missionário da Igreja.

2

O caminho sinodal: O resgate da sinodalidade, que já sentimos na preparação do Sínodo dos jovens e agora com a preparação desta Assembleia PanAmazônica, nos dá garantias de que avançaremos cada vez mais com passos firmes e remadas seguras para uma caminhada em conjunto, pautada na escuta, na reflexão e no discernimento. Este é um novo paradigma que fa-

vorece a assimilação de vozes diferentes e até contrárias à Igreja, na busca de maior eficácia e sensibilidade pastoral. Trata-se de uma Igreja em Saída, com suas portas abertas, facilitadora da graça de Deus (EG, 47), uma Igreja sem medo de falhar, mas que alimenta os famintos (EG, 49). A sinodalidade é, sem dúvida, a marca de Francisco, e garantirá ações ousadas e proféticas, amadurecidas no processo participativo, tornando mais eficaz e concreto a ação missionária no mundo de hoje.

3

A luz da REPAM: Sem sombra de dúvida o Sínodo fortalecerá a REPAM. Acredito que Francisco não deixará por menos os avanços que a Rede vem realizando com os 9 países que a compõem. Isto tem enriquecido e fortalecido a presença da Igreja junto aos povos originários, as vocações autóctones e o vigor das Igrejas locais. Neste sentido, espero que o Sínodo reforce algumas questões eclesiais pertinentes: - A mudança nos critérios de nomeação de bispos para a PanAmazônica, dando maior credibilidade aos candidatos autóctones; - Criar uma solidariedade financeira para garantir a formação de lideranças leigas, religiosos, religiosas e presbiterais, com a manutenção das igrejas locais que sobrevivem a dura penas;

- Renovar a liturgia para fortalecer a inculturação da fé, valorizando os elementos das culturas locais; - Valorizar a presença da mulher na ação missionária, nos conselhos pastorais, diocesanos e nas decisões de governo; - Dar maior visibilidade e protagonismo aos jovens, com a efetiva iniciação cristã, o

associacionismo, a formação de lideranças e a educação sexual, para garantir novas gerações de cristãos católicos mais comprometidos e novas vocações especificas; - Repensar a ministerialidade para a Pan-Amazônica descentralizada do sacramental, atendendo assim à grande demanda evangelizadora; - Resgatar o valor das CEBs como novo jeito de ser igreja, sobretudo no interior, e repensar a pastoral urbana para atender as novas relações de tempo, espaço e lugares de interesses; 4 Vida Religiosa Consagrada: Acredito que a VRC será retomada com mais vigor nesta grande Paz-Amazônica. Haja visto a presença de muitos religiosos e religiosas em lugares de maior carência entre os povos indígenas, quilombolas, ribeirinhos e caboclos. Neste sentido, a CLAR precisa ser mais visível entre nós, fortalecendo as Conferências de religiosos e a animação da VRC. A liquidez vocacional está fragilizando as Congregações, cujo envelhecimento acelerado pode travar o dinamismo da presença profética da VRC na Paz-Amazônica; À guisa de conclusão

Apesar de todos os desafios que o caminhar sinodal nos apresenta, reconheço que o tempo é excelente. O caminho é longo e nele o processo de mudança vai acontecer. Por conseguinte, o Sínodo não pode ser reduzido àqueles dias em Roma, mas deve ser considerado em todo o processo que as diversas escutas estão fazendo. Acreditar na sinodalidade é pensar que já estamos vivendo o Synodos e que alcançaremos “novo céu e a nova terra” (2Pd 3,13).


6

A

Arquidiocese

Pa r ó q u i a N o s s a Senhora de Guadalupe iniciará sua festividade no dia 1 de dezembro e segue até o dia 12, com o tema "Maria de Guadalupe, ensina-nos a viver a unidade da fé na diversidade dos dons” e o lema “Ser cristão é nossa vocação”. Participe! A igreja fica na rua We 10B, na Cidade Nova 1. Padre Raimundo Almeida, o pároco convida a comunidade para a festividade que agora toma rumo às programações litúrgica e cultural. A parte litúrgica ocorrerá conforme calendário a seguirr: Dia 29 de novembro, padre Célio Martins conduziu às 19h a Santa Missa de encerramento da peregrinação da imagem de Nossa Senhora de Guadalupe. Sábado, 1 de dezembro, às 18h30, padre Rai celebra a Santa Missa de abertura oficial da festvidade. Domingo, 2, às 7h, haverá procissão para Nazaré, conduzida pelo padre Rai, com previsão de cgegada às 10h, quando haverá Missa, celebrada pelo padre Almiro. Ainda no domingo, às 18h, haverá Missa solene às 18h na matriz de Guadadlupe. Segundafeira, 3 de dezembro, a programação continua com a Misa das 19h, celebrada pelo padre Ednaldo. Padre Almiro é o celebrante da Santa Missa do dia 4 de dezembro, às 19h, também na Matriz. Programação do dia

BELÉM, DE 30 DE NOVEMBRO A 6 DE DEZEMBRO DE 2018

2º Caderno

Ananindeua em festa com Nossa Senhora de Guadalupe

Festividade será de 1 a 12 de dezembro com Missas, Crisma e procissão DIVULGAÇÃO

w IMAGEM representativa de Nossa Senhora de Guadalupe

5 terá a presidência do padre Arcelino Batista na Missa das 19h na matriz paroquial. Cônego Sílvio Trin-

dae, pároco da Paróquia Mistério da Transfiguração do Senhor e Vigário Episcopal da Região São Vicente de Paulo, pre-

sidirá a Missa, concelebrada por padres daquela região, às 19h. Padre Angelmiro celebrará a Missa no dia 7, às 19h.

CRISMA - No feriado, 8 de dezembro, a comunidade prestigiará os seus crismandos na Santa Missa das 18h, sob a presidência de Dom Irineu Roman, Bispo Auxiliar de Belém. Dia 9 de dezembro, haverá três Missas na paróquia. A primeira, às 7h, será presidida pelo padre Angelmiro. Depois, padre Arcelisno Batista presidirá a Missa das 10h, e às 18h, padre Raí, presidirá a Santa Missa das 18h. Padre Glebson Nunes presidirá a Santa Missa na segunda-feira, 10, às 19h. A comunidade é convidada também a participar da Santa Missa do dia 11h, às 19h, a qual será presidida pelo padre Renilson Macedo. Três Missas marcam o dia da padroeira no dia 12. Às 6h, padre Célio Martins celebra a primeira. A Missa solene das 12h terá a presidência do Arcebispo Metropolitano de Belém, Dom Alberto Taveira Corrêa. O encerramento às 19h, será com procissão conduzida pelo pároco, Raimundo Almeida. HISTÓRIA - Nossa Senhora de Guadalupe apareceu pela primeira

vez ao índio asteca Juan Diego. Na língua asteca, o nome Guadalupe significa, Perfeitíssima Virgem que esmaga a deusa de pedra. Os Astecas adoravam a deusa Quetzalcoltl, uma monstruosa deusa, a quem oferecia-se vidas humanas em holocausto. Nossa Senhora de Guadalupe, porém, veio para acabar com essa idolatria e mudar a vida daquele povo sofrido. No ano de 1539, mais de 8 milhões de Astecas tinham abraçado a fé católica, convertendo-se e acabando com a idolatria pagã. No México e em todo o mundo, Nossa Senhora de Guadalupe é muito venerada. APARIÇÃO - Estava o índio Juan Diego no campo. Ele sofria por causa da grave enfermidade de seu tio a quem muito amava e rezava por ele quando teve a visão de uma mulher com seu manto todo reluzente. Ela o chamou por seu nome e disse em nauátle, a língua asteca: Juan Diego, não deixe o seu coração perturbado. Eu não estou aqui? Não temas esta enfermidade ou angústia. Eu não sou sua Mãe?"

Fraternidade promove o Natal dos Pobres Jesus nasceu pobre, na periferia, distante dos palácios, do luxo, das riquezas. Como pobre, sentiu as dores do povo oprimido, injustiçado, ferido na sua dignidade de pessoa humana. O enunciado faz parte do convite da Fraternidade O Caminho - Missão Belém para a realização da ação Natal dos Pobres A Fraternidade atua buscando "resgatar os bons sentimentos nos corações nossos Filhos Prediletos, que sentemse abandonados, despre-

zados, sem amor, que estão jogados nos braços impuros das ruas. O objetivo deste dia é levar a paz e a verdadeira alegria para as pessoas que padecem desses sentimentos. Nossa afirmação é: “Onde houver um ser humano amado, respeitado, valorizado, tratado com dignidade, aí acontece o verdadeiro e Santo Natal do Senhor”.

Natal dos Pobres - A ação da Fraternidade oferece serviços de higiene, cuidados com o corpo e com a saúde, como: local para banho,

roupas novas, corte de cabelo, manicure, pedicure, cuidados médicos de corpo e bucal. Durante todas essas atividades sociais são oferecidos lanches e ao final uma Ceia Especial. Além de momentos de atenção, carinho e acolhimento, os atenbidos também recebem alimento espiritual com peças teatrais religiosas, momentos oracionais e a Santa Missa. Tudo para incentivá-los a ter força e coragem para a mudança de vida.

DOAÇÕES 40kg arroz parboilizado 60 pcts macarrão prafuso 10 garrafas de óleo 5 pcts sal Alimentos perecíveis 6 caixas de Peito de Frango 6 fardos de Salsicha para Hot Dog 30 Bolos 400 Panetones 300 Pães para Hot Dog Frutas diversas

Materiais de Higiene 100 Aparelho de Barbear 100 Sabonete 100 Creme Dental 100 Escova de Dente 10 Shampoos Roupas e toalhas INFORMAÇÕES:

Casa das Irmãs 4141-0868 Casa dos freis 3222-7673 Marinel: 99200-6533


2º Caderno

BELÉM, DE 30 DE NOVEMBRO A 6 DE DEZEMBRO DE 2018

Arquidiocese

Bairro do Marco homenageia São Francisco Xavier

7

FOTOS: DIVULGAÇÃO

São mais de três décadas de tradição religiosa

A

matriz da Paróquia de São Francisco Xavier, localizada no bairro do Marco, promove de 24 novembro a 3 de dezembro a 33° edição da festividade em honra ao padroeiro que este ano apresenta o tema “Superação da Violência” e o lema “Vós sois todos irmãos”, (Mt 23, 8). Parte da programação ocorre na praça externa da matriz, situada na Travessa Mauriti, 3971, entre as passagens Hortinha e São Marcos. A abertura da festividade, 24, às 7h30, foi marcada com Procissão do padroeiro da matriz

pelas ruas do bairro do Marco. Às 8h30, foi celebrada Missa Solene pelo padre Luis Anzalone, SX. Às 18h, terço missionário, novena e em seguida celebração eucarística. De 18 a 25, os festejos foram antecedidos pela Semana Missionária, momento e evangelização, assim como uma oportunidade de anunciar a chegada da festividade em honra ao padroeiro das missões. A programação religiosa inicia a partir das 18h, com terço missionário, novena e, em seguida, missa, até dia 3 de dezembro. No do-

mingo, dia 2, missa às 7h e às 9h. Às 18h, a programação segue como nos dias anteriores. Nesta segunda-feira, 3, Dia da Festa Litúrgica de São Francisco Xavier, a programação consta de terço missionário, novena e missa, presidida pelo bisbo auxiliar, Dom Antônio de Assis Ribeiro. O Arraial inicia nesta sexta-feira, dia 30, com apresentações de várias bandas musicais. O tema escolhido para realização da festividade foi inspirado no tema e no lema da Campanha Fraternidade deste ano. “Pedindo pela interces-

w PROCISSÃO de abertura da festividade percorreu várias ruas do bairro

são de São Francisco Xavier, a graça da superação da violência contra os direitos humanos em geral e em especial contra os jovens, os povos

indígenas, as mulheres, os trabalhadores do campo e da cidade, as crianças e as pessoas idosas, e pedindo também a superação da violência

cultural e religiosa, de maneira muito contundente na política e na sociedade”, destaca em mensagem o pároco, padre Luis Anzalone.

Homenagens ao padroeiro da cidade de Barcarena No município de Barcarena, com distância de aproximadamente 115 quilômetros de Belém, as homenagens em honra ao padroeiro São Francisco Xavier iniciaram no domingo, dia 25, com o círio. Com uma extensa programação litúrgica e cultural os festejos seguem até esta segundafeira, dia 3 de dezembro, iluminado pelo tema “A exemplo de São Francisco Xavier sejamos uma Igreja em saída” e o lema “Ai de mim se não anunciar (Co 9,16). A festividade consta de novenários, às 19h, até o encerramento das comemorações

GHGHGHGHGH

w IMAGEM peregrina do padroeiro do município esteve na sede da prefeitura de Barcarena

dia 3, na igreja de São Francisco Xavier. Nesta sexta-feira, 30, às 18h, celebração da Santa Missa, em seguida acontece a caminhada em comemoração aos

250 anos da paróquia de missão evengelizadora, com saída da sub prefeitura do município, rumo Igreja de São Francisco Xavier, localizada as margens do Rio

São Francisco. No dia 1° de dezembro, está programado o Círio Mirim, com saída às 18h, da Escola Crianças Unidas. O encerramento da festividade, dia

3, Dia da Festa Litúrgica de São Francisco Xavier, Santa Missa Solene, às 10h. Às 17h, procissão de encerramento da festividade, com saída da Igreja de São Fran-

cisco de Xavier. Até o dia 03 de dezembro a festividade segue com missas, procissões, arraial, shows e vendas de comidas típicas. Do dia 1° a 3 de dezembro, na programação do Círio Musical, apresentação de bandas e cantores. Pela ocasião do encerramento, 3, haverá o sorteio de prêmios. Diante da diversidade da programação, o Círio de Barcarena atrai visitantes de outros municípios, como Belém, Abaetetuba, IgarapéMiri e Moju, tornandose uma das celebrações religiosas mais tradicionais do Estado.

Paróquia Imaculada Conceição homenageia padroeira, Castanheira

w IMAGEM de Maria da Imaculada Conceição

No período de 05 a 09 de Dezembro, a Paróquia Imaculada Conceição, localizada no bairro Castanheira, em Belém, entra em festividade em honra e louvor a padroeira, no seu 18º ano de Paróquia, iluminada pelo tema “Imaculada Conceição Jovem, Mãe e Inspiradora dos Leigos”, em virtude do Ano do Laicato iniciado em novembro de 2017. Para a festividade 2018, o pároco, padre Antônio José de Oliveira Garcês, CM, em sua mensagem à comunidade convida a todos a participar dos festejos: “Temos a satisfação de convidar você e sua família para a nossa festa em honra a Mãe de Deus e nossa Mãe. Aproveitem as orações, meditandoas, tendo como motivação a Palavra de Deus.” Os festejos deram inicio

ainda no mês de novembro, no dia 8, com a entrega das imagens ao final da celebração eucarística. A visita na casa de paroquianos deu-se até o dia 28, quando houve o retorno das imagens. No dia 29 de novembro, inicia os novenários na Igreja Matriz com Terço e ofício às 17h, novena às 18h e Santa Missa às 19h e segue até o dia 7 de Dezembro. No dia 5 de dezembro acontece a abertura da programação cultural da festividade 2018 com show às 20h30. No mesmo dia será realizado o jantar da Pastoral do ECC com apresentação da intérprete paraense, Cleide Moraes. No dia 8 de dezembro, é comemorada a festa da Imaculada Conceição, a programação inicia com Santa

Missa, às 7h, seguida de café partilhado. Às 17h, missa presidida pelo bispo auxiliar de Belém, Dom Irineu Roman, em seguida procissão luminosa, com o cortejo iniciando e terminando na Igreja Matriz. Após a chegada da procissão, a noite do Arraial será animada com show da banda católica Aliança Jovem, a partir das 21h. Animando a juventude da paróquia e região com muito louvor, dança e animação. A programação encerra no dia 9 de dezembro, com arraial e show musical do cantor regional Klebber Max, a partir das 20h. Prosseguindo a programação, sorteio de 15 prêmios, incluindo R$ 2 mil reais em prêmios. As cartelas para concorrer a um dos 15 prêmios podem ser adquiridas na secretaria paroquial.


8

Em Nazaré

BELÉM, DE 30 DE NOVEMBRO A 6 DE DEZEMBRO DE 2018

2º Caderno FOTOS: YÊDA SOUSA

w ALEGRIA crianças esbanjaram feleicidade durante a programação

w PRESENTES participantes receberam brinquedos durante o evento

Creche Casulo participou de ação solidária A instituição educacional atende crianças em situação de vulnerabilidade social

H

w PARTICIPAÇÃO programação contou com a presença de familiares

á um pouco mais de um mês para um dos momentos mais importantes para a Igreja Católica que é o Natal, o nascimento de Jesus Cristo, as crianças atendidas pela Creche Casulo, uma das instituições mantidas pelas Obras Sociais da Paróquia de Nazaré (OSPAN) participaram na quinta-feira, dia 22 de novembro, de uma tarde especial promovida pela coordenação do restaurante Famiglia Sicilia, em Belém. Após apresentação

artística realizada pelos funcionários do estabelecimento, as crianças brincaram, ganharam presentes e aprenderam um pouco mais sobre o que é ser solidário. Do momento participaram 50 crianças, 26 da Creche Casulo e 24 integrantes da Comunidade Santo Antônio Maria Zaccaria, pertencente à Paróquia de Nazaré. A instituição educacional atende crianças em situação de vulnerabilidade social que moram no entorno da Co-

munidade Santo Antônio Maria Zaccaria, bairro Umarizal. As crianças são atendidas em tempo integral por profissionais capacitados. Para continuar dando o melhor acolhimento para esses pequeninos, ajude com doações, ou seja, um padrinho ou madrinha. Você,também, pode fazer uma doação por meio das redes sociais oficiais da Basílica Santuário. Para mais informações ligue diretamente para Creche Casulo (91) 3089-9592.

Idosos recebem orientação médica durante campanha Como parte da realização da Campanha Novembro Azul, o Núcleo de Projetos Sociais das Obras Sociais da Paróquia de Nazaré, em parceria com a Secretaria de Saúde Pública do Pará, promoveu na ter-

ça-feira, dia 27, palestra sobre a “Prevenção do Câncer de Próstata” ministrada pelo coordenador Estadual da Saúde do Homem, Andrei Porpino. A programação foi destinada ao Grupo de Idosos que integra à Pa-

róquia de Nazaré. Na oportunidade, o especialista esclareceu dúvidas e orientou sobre a importância de realizar exames rotineiros, observar possíveis sintomas da doença e ter hábitos saudáveis, uma vez

w RECEBIMENTO idosos comtemplados com vários objetos natalinos

w GRUPO de Idosos da Paróquia de Nazaré durante a programação

que o câncer de próstata é o terceiro no índice de óbitos no estado do Pará e o segundo no Brasil. PROJETO MESA BRASIL

Os integrantes do Grupo de Idosos recebe-

ram, também, itens para compor a Ceia de Natal, por meio da Campanha Mesa Brasil promovida pelo Serviço Social do Comércio (SESC) que objetiva contribuir para a promoção da cidadania e a melhoria da qua-

lidade de vida de pessoas em situação de vulnerabilidade social. Este é um programa que realiza ações educativas e de distribuição de alimentos em prol da segurança alimentar e nutricional dos indivíduos.


2º Caderno

BELÉM, DE 30 DE NOVEMBRO A 6 DE DEZEMBRO DE 2018

Em Nazaré

9

FOTOS: YÊDA SOUSA

w PROCISSÃO de Nossa Senhora das Graças, encerrando programação

O

s integrantes da Comunidade Nossa Senhora das Graças, que compõe a Paróquia de Nazaré, dedicaram o mês de novembro para homenagear e demonstrar a devoção à padroeira. Após dias de peregrinações, novenas e adoração ao Santíssimo Sacramento, a programação encerrou na terça-feira, 27, dia

w UMA das programações na Comunidade Nossa Senhora das Graças

Comunidade Nossa Senhora das Graças encerra programação Após dias de programações, evento termina no dia dedicado a padroeira dedicado a Nossa Senhora das Graças. Fundada em 1948, pelo padre Barnabita, Luciano Brambilla, a

Comunidade Nossa Senhora das Graças nasceu da forte devoção que se formou quando, no local onde hoje a ca-

w CRIANÇAS atendidas pela Creche Sorena

pela é localizada, existia uma casa humilde em que a proprietária chamada Zenobia, tinha um quadro com a ima-

gem de Nossa Senhora das Graças, e dos olhos dessa imagem saíram lágrimas. A cena foi presenciada por vários

vizinhos e se espalhou por toda cidade. A Comunidade fica na Av. Conselheiro Furtado, n° 2697.

w ESPAÇO dCantinho da Leitura na Creche Sorena

Missão em educar segundo os caminhos de Deus Atividades que envolvem educação e religiosidade para formar cidadãos que serão o futuro do Brasil. Na Creche Sorena, uma das instituições mantidas pelas Obras Sociais da Paróquia de Nazaré, tudo é planejadopensando no bem estar das crianças, disponibilizando não somente uma assistência aos alunos, mas também aos familiares. A instituição conta com a parceriade profissionais nutricionistas emédicos pediatras, além de parcerias com alunos da Universidade Federal do Pará, que por meio de um Projeto de Extensão do curso de Odontologia, oferece atendimento especializado aos pequenos. Os dentistas realizam um acompanhamento semanal e atividades educativas, preventivas e

w ATENDIMENTO creche presta atendimento a crianças de diversas idades

curativas, coordenado pela professora Marizeli Viana de Aragão Araújo e pelo doutor Izamir Carnevali de Araújo. O espaço possuisalas

de aula, coordenação e serviço social. Além de contar com uma quadra poliesportiva (coberta), biblioteca, escovódromo, banheiros, cozinha,

refeitório, jardim, lavanderia, parque de diversão, brinquedoteca, videoteca, consultório odontológico, estacionamento interno, al-

moxarifado e horta. Em novembro de 2017, foi inaugurada uma gruta em homenagem a Santa Terezinha. A Creche Sorena é

coordenada pelas Irmãs Missionárias de Santa Teresinha, irmãs Celeste Sousa, Maria de Lourdes e Ana Ribeiro. O estabelecimento fica localizada na Avenida Generalíssimo Deodoro, 2.130, entre Rua dos Caripunas e Pariquis. Mensalmente, madrinhas e padrinhos ajudam a manter as atividades da creche, contribuindo com doações no objetivo de proporcionar-lhes maior bemestar, uma das atividades desenvolvidas é a Feijoada Delícia, realizada todo bimestre. Reúnem-se a cada 15 dias para partilhar a Palavra de Deus e também para planejar ações que desenvolverão durante o ano. Você também pode ajudar a Creche Sorenaa continuar com esse lindo trabalho de educação e evangelização. Ligue:(91) 3241-8706.


Panorama 2º Caderno Sebrae lança Programa Cidade Empreendedora 10

BELÉM, DE 30 DE NOVEMBRO A 6 DE DEZEMBRO DE 2018

Anúncio ocorreu na cerimônia de premiação de prefeitos

O

Sebrae no Pará lançou quinta-feira, 29, o Programa Cidade Empreendedora, idealizado para incentivar a criação e o desenvolvimento de pequenos negócios e a cultura empreendedora nos municípios paraenses. O lan-

çamento ocorreu na cerimônia de premiação da etapa estadual do Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor, realizada no Hangar, quando 21 gestores municipais paraenses foram reconhecidos. O Programa Cidade

Empreendedora é ferramenta de incentivo ao empreendedorismo e de conexão do poder público com a iniciativa privada. Trata-se de um programa de transformação econômica de municípios, organizado pelo Sebrae em 11 eixos de atuação, voltados à gestão pública e para lideranças locais, com foco na melhoria do ambiente de negócios, pela

implantação de políticas públicas e ações de desenvolvimento para os pequenos negócios. Prefeito Empreendedor - Vinte e um prefeitos paraenses foram premiados na 10ª edição do prêmio, que funciona em ciclos, sendo o atual 2017/2019. Oito deles classificaram-se nas categorias nacionais e 13 nas duas categorias estaduais. Foi a melhor

participação do Pará na premiação, com 129 prefeituras inscritas (90% das prefeituras e 98% da densidade empresarial); 109 projetos cadastrados; 84 projetos habilitados; e 60 municípios com projetos inscritos finalistas (as maiores prefeituras do Estado participaram). Também destacou-se a participação de Belém, pela primeira vez.

O P R Ê M I O - Tem etapas estadual e nacional. Todos os projetos vencedores na primeira automaticamente participam da fase nacional da premiação. No Pará, foram criadas duas categorias estaduais: Projeto Destaque Regional (12 regiões onde há Sebrae) e Transparência nas Gestão Pública em favor dos Pequenos Negócios, em parceria com o TCM/PA.

Campanha 16 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência contra as Mulheres A Campanha 16 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência contra as Mulheres em Ananindeua está sendo coordenada pelo Fórum de Enfrentamento à Violência contra a Mulher, instituído em 31 de março de 2014, constituído por várias instituições governamentais e não governamentais. Como parte do calendário da

campanha, o Fórum promoveu quarta-feira, 28 de novembro, um debate relacionado à temática da mulher. A atividade foi realizada no Núcleo de Prática Jurídica (NPJ) da Faculdade Madre Celeste (ESMAC) com debate centrado na palestra da professora Eneida Guimarães, no qual houve a participação de

mulheres recém eleitas para o parlamento estadual no último pleito, dentre elas, a professora Nilse Pinheiro. O debate constou de uma mesa redonda sobre “O compromisso da parlamento feminino no Pará na defesa das políticas públicas para as mulheres”. Durante a atividade houve momento cultural com apresen-

tação do grupo de dança da ESMAC, encerrandose no final da manhã. O debate faz parte da estratégia do fórum de ser um espaço de reflexão, articulação, mobilização e deliberação em favor das políticas de atendimento e enfrentamento à violência contra as mulheres no município de Ananindeua. Origem - Os 16 dias

de atividades começaram em 1991, quando mulheres de diferentes países, reunidas pelo Centro de Liderança Global de Mulheres (CWGL), iniciaram uma campanha com o objetivo de promover o debate e denunciar as várias formas de violência contra as mulheres no mundo, segundo a ONU Mulheres Brasil.

No Brasil, a Campanha ocorre desde 2003 e é chamada 16+5 Dias de Ativismo, pois incorporou o Dia da Consciência Negra, de acordo com a Procuradoria Especial da Mulher. A mobilização termina em 10 de dezembro, Dia Internacional dos Direitos Humanos. Cerca de 150 países participam da campanha.

Evangelização no Terceiro Milênio Maria Elisa Bessa de Castro

V

ivendo já às proximidades da celebração da Festa da Imaculada Conceição de Maria, compartilhamos com você, caro leitor, os pilares desta verdade de fé, proclamada pelo Papa Pio IX em 8 de dezembro de 1854, segundo o qual, por especial privilégio divino, a Mãe de Deus foi concebida sem a mancha do pecado original. Divididos em dois artigos, nosso itinerário percorrerá os fundamentos apontados por Santo Afonso de Ligório, em sua obra “As Glórias de Maria”, cuja primeira edição data de 1750. Declarado “Doutor da Igreja” pelo mesmo Papa Pio IX, este atestou que em seus escritos “... encontra-se belamente exposto e irrefutavelmente provado” o dogma mariano da IMACULADA CONCEIÇÃO DE MARIA. O humilde Fundador da Congregação dos Padres Redentoristas sustentou que convinha às três Pessoas da Santíssima Trindade preservar Maria da culpa original. Dizia ele que o maldito pecado causou uma incalculável ruína a Adão e a todo o gênero humano, determinando ao homem a perda da Graça de Deus e, com ela, a perda de todos os outros bens que enriqueciam a alma humana antes da queda. Entretanto, em meio a essa comum desventura da humanidade, quis Deus eximir a Virgem Maria do pecado original e sua respectiva mácula, posto que ela fora destinada a ser a Mãe

Salve, Maria Imaculada! (parte 1) DIVULGAÇÃO

de Deus, residindo neste argumento o fundamento primeiro para a Imaculada Conceição de Maria. Já este afirma que devem ser limpas e santas todas as coisas destinadas a Deus.

II. Convinha ao Filho isentar Maria da culpa original: a Deus

w UMA DAS REPRESENTAÇÕES artísticas da Imaculada Conceição

do Segundo Adão, Jesus Cristo, o Filho Primogênito do Pai, que deveria reparar o infortúnio do Primeiro Adão. Três são os fundamentos apontados pelo piedoso Afonso de Ligório. No artigo de hoje, veremos os fundamentos relativos a Deus Pai e a Deus Filho e, no próximo, o fundamento pertinente a Deus Espírito Santo, seguido de uma conclusão.

I) Convinha ao Pai Eterno isentar Maria da culpa original: quatro

são os motivos apontados por Santo Afonso que justificam convir ao Pai Eterno isentar Maria do pecado original, a saber:

I.1) Maria é filha primogênita do Pai Eterno, consoante pro-

clamado pelas palavras do Eclesiástico: “Eu saí

da boca do Altíssimo, a primogênita antes de todas as criaturas” (Ecl 24, 5). Com efeito, Maria é a primogênita de Deus,

posto que predestinada nos decretos divinos, junto com o Filho, antes de todas as criaturas. Por conseguinte, segundo Santo Afonso, era sumamente conveniente que Maria sequer por um instante fosse escrava de Lúcifer, mas pertencente sempre e unicamente ao Criador.

I.2) Maria tem por missão reparar o mundo perdido e ser medianeira entre o Pai e os homens. No dizer de

São Bernardo, citado pelo santo doutor Mariano, a Arca de Noé foi uma prefiguração de Maria. Assim, na figura da Arca, os homens foram libertados do dilúvio; e na figura de Maria fomos somos salvos do naufrágio do pecado, leia-se, todo o gênero humano foi libertado. Sobre este argumento, o Pseudo-Atanásio proclamou Maria “a nova Eva, mãe dos vivos. Nova Eva, porque a pri-

meira Eva foi a mãe da morte e a Virgem Santíssima é a mãe da vida.

I.3) Maria tem a missão de vencer a serpente infernal. É

sabido que os primeiros pais foram seduzidos pela serpente, trazendo a morte para todo o gênero humano, razão por que o Senhor predisse:

“Porei inimizade entre ti e a mulher, entre a tua descendência e a dela” (Gn 3,15). Maria é, pois, a mulher destinada a vencer Lúcifer. Portanto, não convinha que a Mãe de Deus fosse escravizada por ele, motivo pelo qual o Pai a preservou do pecado original.

I.4) Maria tem por missão sublime a de Mãe do Filho de Deus.

Aqui Santo Afonso cita São Bernardo e São Tomás de Aquino. Aquele refere que, antes de toda criatura, Maria foi destinada na mente divina para ser a Mãe do Filho

Filho também convinha preservar Maria da culpa original, para o que Santo Afonso apresenta quatro motivações. Vejamos:

II.1) Poderia o autor fazer de sua mãe uma escrava, se pudesse fazê-la uma Rainha. No dizer de

São Bernardo, Aquele que veio para tirar o pecado do mundo devia ser segregado dos pecadores, quanto à culpa original que pesava sobre eles. Do mesmo modo, pergunta-se: como poderia Jesus Cristo dizer-se separado dos pecadores, se pecadora fosse a sua mãe?

II.2) A honra do Filho reclamava-lhe por Mãe uma criatura imaculada. Jesus pre-

servou o corpo de Maria da corrupção após a morte; pois, ser-lhe-ia desonroso corromperem-se as carnes virgi-

nais que O haviam revestido quando em seu ventre foi gerado. Se tal é verdadeiro, tanto mais o seria, então, se essa Mãe tivesse a alma corrompida pela podridão do pecado.

II.3) A dignidade do Filho exigia uma Mãe nos esplendores de consumada santidade.

O Rei dos reis escolheu o seio virginal de Maria para a primeira habitação, pois só ela foi por Ele achada digna. Em face de sua singular santidade e por vontade de Deus, mereceu a Virgem Santíssima ser julgada singularmente digna de conceber o Altíssimo.

II.4) Convinha ao Legislador do IV Mandamento preservar sua Mãe da Mancha Original. É fato que o

Senhor nos determinou o preceito de honrar pai e mãe, o quarto dos dez mandamentos. Neste sentido, Ele próprio chamou para si esse preceito, honrando sua mãe Maria Santíssima com todas a graças divinas. Por conseguinte, é certo que o Pai a preservou da corrupção do corpo e, assim, preservou-a do pecado original.

Movimento Apostólico da Divina Misercórdia Adoradores Eucarísticos da Igreja das Mercês bessadecastroadv@gmail.com

PRÓXIMO ARTIGO: Prof. Ricardino Lassadier


Festividades 11 Fiéis jurunenses festejam a protetora dos olhos

2º Caderno

BELÉM, DE 30 DE NOVEMBRO A 6 DE DEZEMBRO DE 2018

Na programação da festividade celebração eucarística, procissões, novenário e arraial

C

om o tema “Uma jovem mártir Luzia” e o lema “Vós sois o sal da terra e luz do mundo” a Paróquia de Santa Luzia, no Jurunas, programa a festividade em honra da padroeira a iniciar no próximo sábado, 1º de dezembro, e estendendo-se até o dia 16. Na programação haverá celebração eucarística, procissões, novenário e arraial com apresentações culturais. Na abertura, novena em seguida, celebração eucarística, às 18h, seguida da procissão do mastro que sai da Rua dos Caripunas, da casa de um dos paroquianos. À noite, arraial na quadra paroquial com banda e sorteio de prêmios. No domingo, 2 de dezembro, às 7h e 18h30, celebrações eucarísticas, sendo que esta última celebração do dia contará com a presença da imagem Peregrina de

Nossa Senhora de Nazaré. Ainda no domingo, pela manhã, haverá festival do sorvete e venda de comidas típicas. Nos outros dias a programação segue com novenas e missa a partir das 19h, exceto na quinta-feira, 6, quando, a partir das 18h30, acontecerá a procissão das escolas, seguida da novena e celebração eucarística, presidida pelo Cônego Gonçalo Vieira, pároco em Santíssima Trindade. No domingo, 9, consta na programação procissão das crianças, a partir das 7h com santa missa na chegada presidida pelo pároco. No dia 13, data da festa litúrgica de Santa Luzia, padroeira da visão, haverá celebrações eucarísticas às 6h, 9h, 12h, 15h, 17h, 18h e 20h, sendo que, ao final da do meio-dia haverá a tradicional bênção dos olhos. Ainda no dia

FOTOS: DIVULGAÇÃO

w IMAGEM de Santa Luzia em procissão pelas ruas do bairro do Jurunas

será ofertado também aos fiéis, café, lanche e almoço de Santa Luzia e à noite, arraial com sorteio de

prêmios. O exemplo de convicção da jovem mártir que negou-se a converter

aos deuses romanos é o principal foco da temática deste ano, explica o pároco de Santa Luzia,

padre Paulo Falcão: “Falar da juventude é falar de esperança. Deus sempre depositou nos jovens esta confiança: Rei Davi, Maria, João Evangelista, e a jovem Luzia, que no terceiro século, mediante a uma Igreja perseguida, manteve a sua fé acima das ameaças dando a sua própria vida em defesa do seu amor incondicional a Jesus Cristo”. Ele prossegue: “Os jovens são chamados a crescerem na fé, comprometidos com os desafios de uma vida transformadora que busque a realização da vida plena, de sua vida humana e dos seus ideais. A juventude não pode caminhar no vazio, mas preenchêla com a graça de Deus refazendo de sua vida um sinal real vida cristã. Que o exemplo de Santa Luzia seja para todos os jovens uma motivação real nos dias de hoje”.

Vila de Matapiquara em Marapanim está em festa

w PARÓQUIA de São Lucas Evangelista, no Conjunto Guajará

Comunidade Santa Luzia realiza festividade no conjunto Guajará A Comunidade de Santa Luzia, pertencente à Paróquia de São Lucas Evangelista, no Conjunto Guajará II, em Ananindeua, realiza a partir de 8 de dezembro a festividade 2018 cujo tema “Santa Luzia, exemplo de santidade na juventude”. A programação vai até o dia 13 e é marcada por celebrações, novenas, procissões e arraial

com vendas de iguarias após a celebração todos os dias. Na abertura, no sábado, Santa Missa, às 19h, presidida pelo pároco, padre Amadeu Alves, em que também acontecerá a Primeira Comunhão dos jovens da comunidade. No dia 9, domingo, celebração eucarística com responsável das Comunidades São João, São Lucas e a Matriz.

Na terça-feira, 11, às 18h30, novena de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, seguido de Santa Missa presidida pelo padre Hirlan Figueiredo. Na quinta-feira, 13, dia de Santa Luzia, a partir das 18h, procissão da padroeira que inicia na capela de São João Batista até a capela de Santa Luzia, onde haverá missa na chegada, presidida pelo pároco.

Orientados ainda pelo Ano do Laicato, a Paróquia de Nossa Senhora de Nazaré realiza na Vila de Matapiquara, em Marapanim, nordeste paraense, a festividade em honra de Santa Luzia, protetora dos olhos e padroeira do vilarejo, a partir deste sábado, 1º de dezembro, estendendo-se até o dia 13. Com o tema “Santa Luzia, ajudai-nos a viver nosso batismo”, a programação consta de celebrações eucarísticas, procissões e arraial. O pároco, Padre Ederson Loureiro Vieira, em mensagem, afirma que o tema da festividade 2018 encoraja a todos os fiéis da Vila de Matapiquara a uma experiência autêntica com a Palavra de Deus, com a Missa e com o comprometimento do batismo: “Tendo em vista que os batizados tornam-se sacramentos da presença de Deus, nossa comunidade paroquial vive o Ano do Laicato 2018.” O padre destaca ainda que o festejo é uma oportunidade para descobrir e assumir o papel do leigo na Igreja em saída e, assim, ser sal da terra e luz do mundo: “finalizo com o anseio que todos vocês comunitários apaixonemse pela Palavra de Deus. Sejam propagadores do suave eco que ela produz a quem busca. Que Santa Luzia interceda por todas as famílias!”. O festejo, aberto oficialmente nesta sexta-

feira, 30 de novembro, com a bênção dos arcos e acolhida das imagens peregrinas às 19h, foi iniciada com a preparação espiritual das famílias com o envio das peregrinações nas comunidades de Marudazinho, Nazaré do Fugido, Cristolândia, Quadros e de Igarapé-açu. No sábado, a programação é movimentada com celebração da Palavra às 19h, na igreja Matriz, e, logo após, traslado da imagem de Santa Luzia em uma berlinda até uma capela, no bairro do Umarizal. No domingo, 2, o Círio de Santa Luzia inicia às 7h30, com celebração pa-

ra saída da procissão até a Matriz, onde, haverá nova celebração, presidida pelo padre Ederson. O Círio é coroado ainda com apresentação de carimbó, leilões e comidas típicas. Na quinta-feira, 13, dia de Santa Luzia, haverá, às 8h, Círio das Crianças, seguido de Santa Missa às 10h, presidida pelo pároco. A partir das 11h, será oferecido almoço comunitário no salão da festividade. A programação continua com a parte cultural às 19h, com desfile, sorteio de bingo, apresentação cultural e queima de fogos de artifício no encerramento do festejo.


12

BELÉM, DE 30 DE NOVEMBRO A 6 DE DEZEMBRO DE 2018

Especial Juventude

Jovens protagonistas de um mundo melhor

O

Vaticano realizou em outubro passado o Sínodo dos Bispos, com o tema “Os jovens, a fé e o discernimento vocacional”, visando estabelecer os pilares da atividade pastoral da Igreja com os jovens, na XV Assembleia Geral Ordinária dos Bispos. Acolhendo a sugestão do Papa Francisco, o Jornal Voz de Nazaré vem destacando nesta página a atuação do Setor Juventude na Igreja de Belém. Nesta edição, destaca-se a conlcusão do projeto Leitura Orante, do Setor Juventude da Arquidiocese de Belém.

Sábado, dia 1º, última etapa da Leitura Orante Projeto da Arquidiocese de Belém incentiva jovens a meditar a mensagem de Deus

O

FOTOS: DIVULGAÇÃO

Setor Juventude (SJB), da Arquidiocese de Belém, promove sábado, 1º de dezembro, o último encontro do projeto Leitura Orante com Jovens 2018, na Escola Salesiana do Trabalho, em Belém. O programa de leitura aprofunda da Palavra de Deus, e foi realizado ao longo do ano de 2018, desde o mês de março até agora. O objetivo dos encontros mediados por Dom Antônio de Assis Ribeiro, um w MÉTODO busca uma leitura detalhada da Palavra de Deus dos bispos auxiliares de Belém, responsável pelo SJB, é romover entre os acompanhar o rebanho juve- lecida em encontros mensais, participantes um encontro nil nessa iniciativa, pois tem a com as atividades realizadas transformador com Deus, nas convicção de que o profundo sempre aos sábados, e costureuniões abertos a quem qui- e íntimo encontro com a Pa- meiramente das 8h às 11h30, lavra de Deus é o que faz todo na Escola Salesiana do Traser integra-se à iniciativa. O projeto consiste no apren- sentido nesse projeto de evan- balho, localizada no bairro da Pedreira. dizado da Lectio Divina (Leitu- gelização. Quem está à frente dos Os encontros constam de rora Orante), prática e método de encontros é a Pastoral Juvetinas organizadas também onde oração, reflexão e contemplação vivenciado catolicismo desde nil deve, caminhando com o se faz a apresentação do que é a antiguidade, especialmente firme propósito de levar esse a leitura orante, qual é o seu nos mosteiros beneditinos. O jovem ao encontro transfor- objetivo, como se faz a leitura e leiotor deve praticar a oração mador, informa o bispo Dom também qual a metodologia a e leitura das Escrituras, com o Antônio. Acaso um jovem da ser utilizada. Todo o esquema mencionafim de promover a comunhão Arquidiocese de Belém alcom Deus e aumentar o conhe- mejar trilhar essa jornada de do acima tem como meta estucimento da Palavra de Deus, intimidade com a Palavra de dar e refletir sobre a Palavra de Deus, está automaticamente Deus, a partir da meditação do segundo preconiza a Igreja. Evangelho, segundo São MarO encontro com Jesus-Mes- convidado a fazê-lo. INICIATIVAS - A leitu- cos. Ao lado de Dom Antônio, tre decorre da leitura bem prara orante já era realizada na atuam no programa um assisticada, propicia o conhecimento do mistério de Jesus-Messias, Arquidiocese antes de Dom tente, membro da coordenação leva à comunhão com Jesus-Fi- Antônio estruturar melhor a do Setor Juventude. Esse agenlho de Deus e, por fim, promove atividade com a participação te também está incumbido de o testemunho de Jesus-Senhor dos jovens. A partir das inicia- promover a divulgação do prodo universo. Esse processo da tivas desenvolvidas por diver- jeto, assim como apoiar naquilo Lectio Divina constitui os qua- sos grupos e carismas que já a que seja preciso para o efetivo tro momentos (leitura, medita- praticavam, o Setor Juventude êxito da Lectio Divina. O Bispo Dom Antônio frição, oração, contemplação) da passou a centralizar a organileitura orante conduz o leitor zação dos estudos, tornando- sa que a Leitura Orante, peao encontro pessoal com Jesus os um projeto arquidiocesano lo seu método, leva o leitor a Cristo a exemplo do ocorreu e pioneiro no âmbito da Arqui- um profundo estudo que, por com muitos dos personagens diocese de Belém, proposto conseuquência, induz o partidas Escrituras Sagradas. como ciclo anual de aprendi- cipante a refletir sobre o que O Bispo Auxiliar, Dom An- zado e reflexão. leu e, assim, vai se aprofuntônio de Assis Ribeiro é quem SISTEMATIZAÇÃO - A or- dando na verdade que provém direciona os encontros oran- ganização levada a efeito para da Palavra de Deus. Assim, o tes. O pastor faz questão de a Lectio Divina ficou estabe- leitor passa a enteder as Sa-

gradas Escrituras, e por efeito, passa a amar verdadeiramente o Senhor. MISSAS - Outro projeto que a Arqudiocese de Belém desenvolveu ao longo do ano 2018 foi a Santa Missa, celebrada segundo um calendário

elaborado em conjunto com o Setor Juventude, ocasião que tornou possível um engajemento maior das forças vivas juvenis presentes nas comunidades diocesanas nas Regiões Episcopais da Arquidiocese de Belém .

w ENTENDIMENTO da mensagem de Deus é a meta

Profile for Fundação Nazaré de Comunicação

Voz de Nazaré  

Edição de 30 de novembro a 6 de dezembro de 2018.

Voz de Nazaré  

Edição de 30 de novembro a 6 de dezembro de 2018.

Advertisement