Page 1

ARQUIDIOCESE

DE BELÉM

PE. FLORENCE DUBOIS FUNDADOR

www.fundacaonazare.com.br BELÉM, DE 1 A 7 DE FEVEREIRO DE 2019

O JORNAL CATÓLICO DA FAMÍLIA

ANO CV - Nº 861 - PREÇO AVULSO: R$1,00

A celebração dos consagrados Em 2 de fevereiro, a Igreja celebra a Apresentação de Jesus no Templo e também o Dia Mundial da Vida Consagrada. São milhares os consagrados e consagradas que acolhem o dom da vocação com alegria e disponibilidade. CAD. 2, PÁG. 1 FOTOS: DIVULGAÇÃO

w DOM ALBERTO, Arcebispo Metropolitano, durante celebração da Missa de apresentação do Senhor ao Templo e o Dia Mundial da Vida Consagrada

Missa da Família Nazaré Celebração do mês de fevereiro será nesta sexta, dia 1º, na capela da Fundação Nazaré. CAD. 1, PAG. 11

w PROCISSÃO é uma das atividades programadas durante a festividade de Nossa Senhora de Lourdes, em Nazaré

Festividade de Nossa Senhora de Lourdes Capela no bairro de droeira com grande proNazaré homenageia a pa- gramação. CAD. 2, PAG. 11

Divulgado calendário letivo de 2019 Escola de Teologia, Es- cia ano letivo dos cursos piritualidade e Bíblica ini- de extensão . CAD. 2, PAG. 7

A celebração na Área Missionária Canaã O Jornal Voz de Nazaré retifica a manchete da edição passada, 860. Onde se lê Primeira Celebração no Canaã, leia-se Primeira Celebração Presidida por Dom Alberto na Área Missionária Canaã. Ocorreu sábado, 19 de janeiro. Lembramos que vários padres e Dom Antonio de Assis Ribeiro, responsável pela área missionária, celebram regularmente nessa comunidade.


2

Opinião

BELÉM, DE 1 A 7 DE FEVEREIRO DE 2019

IGREJA E VIDA CRISTÃ EM IMAGENS

1º Caderno

PRIVILÉGIO DE SER CATÓLICO João Carlos Pereira Jornalista e professor jcparis1959@gmail.com

Um gesto para a História

A

w RESPLENDOR Visita da Imagem Peregrina de Nossa Senhora de Nazaré à cidade de Carutapera, no Maranhão. (PASCOM DA PARÓQUIA DE SÃO SEBASTIÃO)

PANORAMA José Pereira Ramos Economista e escritor

joseulina1@gmail.com

Os desígnios de Deus!

N

o sábado 27 de Janeiro, tentava escrever esta coluna, enquanto minha esposa, pela TV, ouvia as palavras do Papa Francisco, recheadas de Esperança, para mais de 600 mil jovens, reunidos na Jornada Mundial da Juventude, no Panamá. Seguiu-se a respeitosa e profunda Adoração ao Santíssimo Sacramento, pronunciada e cantada por jovens, em diversos idiomas de países católicos. Após esses momentos de profunda adoração, fiquei meditando sobre “os desígnios de Deus”. Jovens do mundo Católico, acompanhados pelos seus

bispos, reuniram-se estudando seus problemas e procurando caminhos mais seguros, seguindo a proclamação de amor e esperança evangélica, como os destacados pelo nosso Papa. Programação anunciada há quatro anos, na última JMJ, e realizada neste momento em que as Américas Central e Sul foram envolvidas por insistente programação do Comunismo Internacional, de onde destaco os tristes acontecimentos em países como a Guatemala e a Venezuela, e que estava programada para se instalar no nosso querido Brasil. Felizmente a bandeira Bra-

ENCONTRO FRATERNO Ivens Coimbra Brandão Engenheiro civil e escritor

ivenscb@oi.com.br; ivenscb@gmail.com

Lágrimas consoladoras

E

nquanto nossos olhos espelham sentimentos os mais diversos, as lágrimas geralmente expressam perdas, constituindo-se em um lenimento consolador para nossa alma; manifestação que nos acompanha desde a infância e por vezes até os últimos momentos, quando nos despedimos da vida com uma lágrima. As pessoas mais próximas de nossa família bem sabem que nos últimos meses minha esposa vem sofrendo com artrose em um dos joelhos, o que limita sua locomoção. Assim, em uma das vezes em que ela estava pa-

ra se alçar da cadeira onde estava, eis que nosso netinho caçula, com apenas oito anos, estendeu-lhe as mãos para ajudá-la. Naquele instante, ao trocarem olhares, a avó verificou que os olhos da criança avermelharam-se de emoção. Sem dúvida, aquela criança, ao comparar as limitações da avó com o que estava acostumado a ver, uma pessoa sempre ativa, atenta às necessidades dos filhos e netos, foi tomada pelo sentimento de quem sofre uma perda, reação inerente à natureza humana. Todavia, há pessoas que têm dificuldade para chorar.

Fundado em 5 de julho de 1913 FUNDADOR Pe. Florence Dubois, barnabita

ARQUIDIOCESE DE BELÉM-PARÁ

PRESIDENTE Dom Alberto Taveira Corrêa Arcebispo Metropolitano de Belém do Pará VICE-PRESIDENTE Monsenhor Marcelino Ferreira Vigário-geral da Arquidiocese de Belém do Pará

sileira voltou a ser exibida nas manifestações populares, em substituição às vermelhas. No encontro da Juventude no Panamá, notamos o destaque dado à imagem de N. S.do Rosário de Fátima, que já em 1917 alertou o mundo contra o perigo do comunismo. Devemos dar maior valor à Palavra de Cristo, deixando de ficar na parte literal, para viver o seu conteúdo. Revigorar a nossa Fé. Termos força e discernimento para resistir as envolventes ideologias. Viver a Esperança, ou seja, almejar a Salvação prometida por Jesus. Jesus nos ensinou o caminho, quando disse: “Dai a Deus o que é de Deus e a César o que é de César”. No século 21 nós devemos dizer: “Dai a Deus o que é de Deus e à Ciência o que é da Ciência”. Só o Amor nos levará à Salvação. Reunido com um pequeno grupo de amigos, o saudoso Monsenhor Aderson Neder que por vários anos colaborou com este jornal - manifestouse com aquele seu jeito simples, deixando escapar que tinha dificuldade para chorar, assim me provocando a dizer que também tinha tal carência. Anos depois, embora sofrendo com a perda de um netinho com apenas dezesseis dias de nascido, tinha meus olhos ‘secos’. No entanto, já no final do velório, fui tomado por uma súbita e forte emoção, levando-me a um copioso choro. Seguiu-se então àquele momento uma sensação de conforto e paz, como se as lágrimas derramadas lavassem a tristeza que me invadia. As lágrimas que brotam das janelas da alma são capazes de lavar os destroços de uma perda, fazendo surgir o brilho das pérolas consoladoras.

DIRETOR GERAL Padre Roberto Emílio Cavalli Junior DIRETOR ADMINISTRATIVO E FINANCEIRO Marcos Aurélio de Oliveira DIRETOR DE COMUNICAÇÃO Mário Jorge Alves da Silva DIRETOR DE CAPTAÇÃO DE RECURSOS Arnaldo Pinheiro

Jornada Mundial da Juventude, realizada no Panamá, talvez não tenha produzido –pelo menos não vi – imagens tão monumentais como as que presenciei em Copacabana, logo no início do pontificado do papa Francisco. Eu fui ao Rio apenas para assistir à jornada e fiquei im-pres-si-o-na-do com aquela multidão, a bem dizer dois Círios, tomando a avenida Atlântica, de ponta a ponta, na calçada, na pista e na praia, para ver e ouvir o chefe da Igreja, em sua primeira experiência internacional. Mas se não houve a multidão, uma cena, porém, compensou qualquer público. O papa vinha em seu automóvel, quando pôde ler um cartaz segurado por uma senhora muito idosa. O texto era um breve pedido:“tenho 99 anos e sou cega. Me dê um abraço.” Quando viu a mensagem, mandou parar o papamóvel, desceu e, no meio de um abraço, abençoou aquela velhinha, que se derreteu em lágrimas. As pessoas que estavam ao seu lado aproveitaram o

momento, fizeram fotos do Papa, tocaram em suas vestes, acariciaram-no. Aqueles brevíssimos momentos ficarão gravados para sempre, na vida – curta vida, talvez – da quase centenária criatura, que teve seu apelo pedido atendido pelo Santo Padre. Foi a graça de Deus que fez o Papa olhar para o lado em que a senhora estava e lesse o cartaz. A decisão de parar foi imediata e ele pôde dar à criaturinha o presente que ela tanto desejava. Naquele instante, não era apenas o Papa, o símbolo do amor de Cristo pela humanidade, concretizado pelo gesto de seu Vigário na Terra. Podíamos ver ali um padre e seu rebanho. Padre Jorge – ou simplesmente Jorge, como muitos argentinos o chamam – e uma senhora de sua paróquia. Mas não era Jorge quem estava ali. Era Francisco. Era Pedro. Era a pedra que sustenta a Igreja. Um pequeno gesto vale por uma homilia ou por uma encíclica. Francisco é a Igreja que para, a fim de acolher os que necessitam dela. Francisco é uma bênção para o mundo.

ASSIM NA TERRA COMO NO CÉU ... Pe. Helio Fronczak

heliofronczak@gmail.com

Assim na terra como no céu

D

epois de apresentar a exortação apostólica do Papa Francisco “Alegraivos e exultai” sobre a santidade, estou eu aqui me perguntando: Esta coluna ajuda os leitores e leitoras em sua caminhada na vida cristã? Por vezes me ocorre alguma dúvida sobre isto. E você o que acha? Se quiser manifestar-se sobre isto escreva-me (meu e-mail é: heliofronczak@gmail.com); ou mande-me uma mensagem no Whatsapp (meu número celular é: 981441118). Antecipadamente agradeço. Pensando no título desta coluna – “Assim na terra como no céu” – me vêm estas perguntas: - Como podemos nós viver de maneira adulta a nossa fé cristã? Como alguém progride na vida cristã? Quais são os pontos essenciais para se dizer que alguém está de verdade vivendo como um cristão? Como entendemos as relações do amor constitutivo do Deus Uno e Único em quem cremos? Quais são as características típicas das relações divinas intratrini-

COORDENAÇÃO Pe. Nilton Cezar Reis (DRT 2840) CONSELHO DE PROGRAMAÇÃO E EDITORAÇÃO Padre Agostinho Filho de Souza Cruz Cônego Cláudio de Souza Barradas Edwaldo Lobo Monteiro EDITORAÇÃO ELETRÔNICA Sérgio Santos (DRT/PA 579) Assinaturas, distribuição, administração e redação Av. Gov. José Malcher, Ed. Paulo VI, 915 CEP: 66055-260

tárias? O que significa para a nossa vida concreta afirmar que somos criados à imagem e semelhança de Deus? E qual a importância de, nos vínculos humanos e em todos os aspectos da vida em sociedade, viver relações análogas àquelas que existem no relacionamento entre as pessoas divinas da Santíssima Trindade? Frequentemente ouvimos: “A Santíssima Trindade é o modelo da comunidadeigreja”, “a família cristã deve refletir a vida trinitária nos seus relacionamentos”, “a comunhão trinitária deve influir em todos os campos da sociedade”. Mas como fazer isto concretamente? Sabemos que não basta afirmar um princípio para que ele já se torne prática em nossa vida. É preciso treino constante para colocar em prática o que professamos. Refletir sobre estes temas é o que pretendo fazer nesta coluna, para que se torne realidade o que rezamos no Pai-nosso: “seja feita a vossa vontade assim na terra como no céu”. Aguardem!

- Nazaré, Belém - PA Tel.: (91) 4006-9200/ 4006-9209. Fax: (91) 4006-9227 Redação: (91) 4006-9200/ 4006-9238/ 4006-9239/ 4006-9244/ 4006-9245 Site: www.fundacaonazare.com.br E-mail: voz@fundacaonazare.com.br Um veículo da Fundação Nazaré de Comunicação CNPJ nº 83.369.470/0001-54 Impresso no parque gráfico de O Liberal

FUNDAÇÃO NAZARÉ DE COMUNICAÇÃO


1º Caderno 1º

Arcebispo

BELÉM, DE 1 A 7 DE FEVEREIRO DE 2019

3

Conversa com meu povo Dom Alberto Taveira Corrêa Arcebispo Metropolitano de Belém do Pará

C

elebramos com a Igreja, neste final de semana, a Apresentação do Menino Jesus no Templo, no cumprimento das profecias que anunciavam sua visita ao lugar de culto dos judeus. É claro que a Visita se amplia a todos aqueles homens e mulheres que o acolhem. Sinal importante da recepção na fé daquele que veio como luz para todas as nações é a figura de Simeão, um ancião justo e piedoso, no qual não tinha se apagado a luz da esperança. Tomou o Menino nos braços e proclamou o cântico que a Igreja repete todos os dias na oração da noite: “Agora, Senhor, segundo a tua promessa, deixa teu servo ir em paz, porque meus olhos viram a tua salvação, que preparaste diante de todos os povos: luz para iluminar as nações e glória de Israel, teu povo” (Lc 2, 29-32). Até o fim dos tempos, os cristãos encerrarão um dia depois do outro proclamando ter visto a luz da salvação! O mesmo Simeão se voltou para Maria, Mãe de Jesus, para fazer-lhe um anúncio profético: “Simeão os abençoou e disse a Maria, a mãe: “Este menino será causa de queda e de reerguimento para muitos em Israel. Ele será um sinal de contradição – uma espada traspassará a tua alma! – e assim serão revelados os pensamentos de muitos corações” (Lc 2,34-35). Antes, um Anjo lhe fizera o primeiro anúncio. Agora, trata-se do anúncio da dor, vindo daquele ancião cheio de sabedoria. As duas realidades caminham juntas e não nos é lícito enganar-nos, como a dizer que não experimentaremos o mistério da dor e da contradição. É bom tomar consciência de que a nossa fé é pascal, conduzindo-nos a passar continuamente da morte para a vida, da

Sinal de contradição DIVULGAÇÃO

w O VELHO SIMEÃO com o Menino Jesus nos braços

tristeza para a alegria, do pecado para a graça. Ainda nestes dias a Liturgia nos oferece a narrativa do confronto de Jesus com pessoas que tinham convivido com ele em Nazaré, gente que agora se sente ferida com sua palavra e sua presença, a ponto de querer lançá-lo no precipício. Cumpre-se a profecia feita a Maria de que seu Filho viria a ser sinal de contradição, ao mesmo tempo que revelaria os pensamentos de muitos corações! Também aqui se confirma, no decorrer dos séculos, o mistério da dor e da contradição existente na história das pessoas, da Igreja e da Sociedade. At e n h o - m e a v a lorizar, em primeiro lugar, uma presença constante e sempre provocadora existente em nossa história eclesiástica na Amazônia, a vida religiosa, cujos representantes se apresentam, a cada início de fevereiro de cada ano, louvando a Deus pela própria vocação e missão, co-

É bom tomar consciência de que a nossa fé é pascal, conduzindo-nos a passar continuamente da morte para a vida mo fazem em Missa solene na Basílica de Nazaré, diante do Arcebispo de Belém. Não poderíamos nem mesmo imaginar o que seria de nossa história de Arquidiocese e da Amazônia sem a valorosa presença de religiosos e religiosas que derramaram sangue, suor e lágrimas para anunciar a Boa Nova do Evangelho de Jesus Cristo em benefício de gerações, na educação, evangelização direta, obras sociais, promoção humana, formação de lideranças e também vida contemplativa. Foram Ordens e Congregações religiosas masculinas que carregaram por séculos a responsabilidade de tantas Prelazias, pouco a pouco erigidas em Dioceses, edificando templos e edifícios para todos os serviços religiosos e sociais. Congregações femininas aqui aportaram,

assumindo a tarefa da educação, com Colégios que deixaram e deixam sua marca na Sociedade. Nos últimos anos, só de pensar numa das muitas pastorais estimuladas pelas religiosas, a Pastoral da Criança, já é possível reconhecer e valorizar o que tem sido feito. Sinais de vida e de esperança, mas também sinais positivos de contradição, por viverem valores do Reino de Deus, tantas vezes questionados e combatidos! Tanto que a história da vida religiosa em nossa região tem o registro do sangue de mártires que se entregaram por causa do Evangelho. Entretanto, também fatos recentes nos abrem os olhos para o sinal de contradição que são Jesus Cristo e o Evangelho. Mais uma vez o Brasil assistiu a uma tragédia, ao lado das muitas que o coti-

diano apresenta, com o rompimento de uma barragem no Município de Brumadinho, em Minas Gerais, bem próximo do local em que fui Pároco, antes do chamado ao episcopado, região por mim muito conhecida. E a contradição se encontra justamente na força com que a Igreja tem anunciado a necessidade de prevenção de acidentes, prioridade a ser dada à vida humana, superação da ganância desenfreada do lucro e respeito ao meio ambiente. E dentro de algumas semanas, mais uma vez de modo profético, a Igreja no Brasil lançará uma nova Campanha da Fraternidade, com o Tema “Fraternidade e Políticas Públicas” e o lema “Serás libertado pelo direito e pela justiça” (Is 1,27). Interessante que o texto base da Campanha da Fraternidade assim asse-

vera: “Falar de políticas públicas não é falar de política ou de eleições, mas significa referir-se a um conjunto de ações a serem implementadas pelos gestores públicos, com vistas a promover o bem comum, na perspectiva dos mais pobres da sociedade. Refletir sobre políticas públicas é importante para entender a maneira pela qual elas atingem a vida cotidiana, o que pode ser feito para melhor formatá-las e quais as possibilidades de se aprimorar sua fiscalização” (Texto-base da CF 2019, 13-14). Nós somos cidadãos e cidadãs, como todas as outras pessoas, independentemente da condição social, religiosa e política. Cabe-nos manter o espírito crítico, lutar para que as políticas de defesa da natureza e do meio ambiente sejam mantidas, justamente por causa do amor às pessoas humanas, pela força do Evangelho que nos ilumina e abre caminhos para a colaboração com tantas outras forças da sociedade. Não nos é lícito ficar omissos diante de desastres como aquele que aconteceu nos últimos dias, mas somos conduzidos a levantar nossa voz e arregaçar as mangas para a superação de todos os impasses gerados por este e outros fatos, assim como alertar as nossas autoridades para sua responsabilidade diante de riscos semelhantes em nossa região, bastando pensar nos projetos de grandes barragens e hidrelétricas previstas para a região amazônica, com todos os impactos possíveis, quando a dignidade das pessoas e os interesses mais legítimos das populações atingidas são menosprezados. Deus nos ilumine!


4

Arquidiocese

AGENDA DE DOM ALBERTO TAVEIRA CORRÊA

1º Caderno

BELÉM, DE 1 A 7 DE FEVEREIRO DE 2019

AGENDA DE DOM ANTÔNIO DE ASSIS RIBEIRO

AGENDA DE DOM IRINEU ROMAN

n De 1 a 7 de Fevereiro de 2019

n De 1 a 7 de Fevereiro de 2019

n De 1 a 7 de Fevereiro de 2019

n SEXTA-FEIRA, 1º DE FEVEREIRO

n SEXTA-FEIRA, 1º FEVEREIRO 8h30 - Audiências 19h30 - Missa Comunidade Nossa Senhora das Candeias (Paróquia São Geraldo Magela) n SÁBADO, 2 DE FEVEREIRO 11h - Missa Paróquia Santa Rita de Cássia (Abertura das atividades da Pastoral do Dízimo Arquidiocesano) 18h - Missa da Vida Religiosa – Basílica de Nazaré n DOMINGO, 3 DE FEVEREIRO 7h30 - Crisma Paróquia São Benedito 10h - Missa paróquia Divina Misericórdia (Posse do Pároco) 17h - Missa Igreja das Mercês n SEGUNDA-FEIRA, 4 DE FEVEREIRO 8h30 - Audiências n TERÇA-FEIRA, 5 DE FEVEREIRO 8h30 - Audiências 10h - Atividades CNBB 19h - Missa Comunidade Nossa Senhora do Perpétuo Socorro (Conj. Eduardo Angelim) n QUARTA-FEIRA, 6 DE FEVEREIRO 8h30 - Audiências 19h - Missa Comunidade São Clemente (Paróquia Santo Inácio de Loyola) n QUINTA-FEIRA, 7 DE FEVEREIRO 8h30 - Audiências 14h - Programa Entre Nós 19h - Missa Comunidade Sagrada Família (Paróquia Santo Inácio de Loyola)

n SEXTA-FEIRA, 1º DE FEVEREIRO

08h - Gravações 10h - Audiências 17h - Missa na Faculdade Católica (Formatura da 1ª Turma de Filosofia) n SÁBADO, 2 DE FEVEREIRO

10h - Missa em ação de graças pelos sessenta anos da CAJU (Igreja São João Paulo II) 17h - Missa em ação de graças pela Vida Religiosa (Basílica Santuário) n DOMINGO, 3 DE FEVEREIRO

11h - Batizados na Catedral Metropolitan a (Vitória - ES) 19h - Missa na Comunidade Santa Mônica (Vitória - ES)

n SEGUNDA-FEIRA, 4 DE FEVEREIRO

19h - Missa (Vitória - ES)

n TERÇA-FEIRA, 5 DE FEVEREIRO

16h30 - Gravações

n QUARTA-FEIRA, 6 DE FEVEREIRO

08h - Gravações QUINTA-FEIRA, 7 DE FEVEREIRO 08h30 - Reunião do Conselho Presbiteral Os compromissos de Dom Alberto Taveira podem sofrer alterações sem aviso prévio.

Jesus na sinagoga começou a dizer: 21 “Hoje se cumpriu esta passagem da Escritura que acabastes de ouvir”. 22 Todos davam testemunho a seu respeito, admirados com as palavras cheias de encanto que saiam de sua boca. E diziam: “Não é este o filho de José? 23 Jesus, porém, disse: “Sem dúvida, vós me repetireis o provérbio: médico, cura-te a ti mesmo. Faze também aqui, em tua terra, tudo o que ouvimos dizer que fizeste em Cafarnaum”. 24E acrescentou: Em verdade eu vos digo que nenhum profeta é bem recebido em sua pátria. 25De fato, eu vos digo, no tempo do profeta Elias, quando não choveu

n QUARTA-FEIRA, 6 DE FEVEREIRO 8h30 – Audiências 14h – Programa de Rádio

n QUINTA-FEIRA, 7 DE FEVEREIRO 08h30 – Audiências 15h30 - Audiências

Os compromissos de Dom Irineu Roman ser alterados sem aviso prévio.

Homilia Dominical A) Texto: Lc 4,21-30.

08h – Abertura do Ano Letivo na Faculdade Católica 17h - Missa na Faculdade Católica (Formatura da 1ª Turma de Filosofia) n SÁBADO, 2 DE FEVEREIRO 09h – Encontro com a Juventude Missionária – Cúria 15h – Lançamento da Pedra Fundamental da Capela Nossa Senhora Auxiliadora – Canaã 17h – Missa com a Vida Religiosa na Basílica Santuário n DOMINGO, 3 DE FEVEREIRO 07h – Missa e Posse do novo pároco da Paróquia Sagrado Coração de Jesus – Distrito Industrial 11h – Missa na Capela Nossa Senhora Auxiliadora – Canaã 19h – Missa na Festividade de Nossa Senhora de Lourdes – 40 Horas n SEGUNDA-FEIRA, 4 DE FEVEREIRO 08h30 – Audiências 13h – Reunião: Núcleo Docente Estruturante n TERÇA-FEIRA, 5 DE FEVEREIRO 8H – Faculdade Católica 15h30 – Audiências

durante três anos e seis meses e houve grande fome em toda a região, havia muitas viúvas em Israel. 26No entanto, a nenhuma delas foi enviado Elias, senão a uma viúva que vivia em Sarepta, na Sidônia. 27E no tempo do profeta Eliseu havia muitos leprosos em Israel. Contudo, nenhum deles foi curado, mas sim Naamã, o sírio”. 28Quando ouviram essas palavras de Jesus, todos na sinagoga ficaram furiosos. 29Levantaram-se e o expulsaram da cidade. Levaram-no até o alto do monte sobre o qual a cidade estava construída, com a intenção de lançá-lo no precipício. 30Jesus, porém, passando pelo meio deles, continuou o seu caminho.

Os compromissos de Dom Antônio de Assis podem sofrer alterações sem aviso prévio.

Padre Romeu Ferreira - Formado em Exegese pelo Pontifício Instituto Bíblico de Roma (romeufsilva@gmail.comg) B) COMENTÁRIO

O evangelho hoje lembra o do domingo passado, dizendo que Jesus veio dar cumprimento às profecias (Is 61,12). Ele veio “proclamar um ano da graça do Senhor” (Lc 4,19). Isto quer dizer o tempo do perdão, da misericórdia que Deus oferece a todo aquele que se aproxima Dele com sentimento de humildade e pobreza; paz no sentido mais amplo; dom amoroso esperado do alto; paz com as pessoas e com Deus; reconciliação em Seu Amor. “Palavras cheias de encanto que saiam de sua boca” (v 22), ou seja, “palavras cheias de graça”. O encanto, ou graça, não se refere só ao tom da pregação,

como ao conteúdo dela. Em decorrência da pregação há duas linhas de atitudes: para uns as palavras são encantadoras, “cheias de graça”; e para outros despertam: curiosidade, inveja e dúvidas (Mc 6, 1-6). Os concidadãos de Jesus queriam que ele fizesse lá, o que fizera em outros lugares. Mas o mestre responde com firmeza e exemplos da Escritura (v 24-27). “Nenhum profeta é bem recebido em sua pátria” (v 24). Nesta frase Jesus antecipa o resultado de sua trajetória: marginalizado, desprezado... Ele enfoca a dureza do povo eleito (Israel) com os exemplos do leproso e da viúva, mostrando que também aos pagãos se destina a salvação:

(1Cor 12,31-13,13) Evangelho (Lc 4,21-30) w 04/02, SEGUNDA Cor (verde) Primeira Leitura (Hb 11,32-40) Responsório (Sl 30) Evangelho (Mc 5,1-20) w 05/02, TERÇA-FEIRA

Cor (vermelho) Primeira Leitura (Hb 12,1-4) Responsório (Sl 21) Evangelho (Mc 5,21-43) w 06/02, QUARTA-FEIRA Cor (vermelho) Primeira Leitura (Hb 12,4-7.11-15)

Deus é de todos e para todos. Os exemplos de Elias e Eliseu (1 Rs 17,1ss; 2Rs 5,14ss) usados pelos mestre, ensina que já nos tempos proféticos havia uma preferência aos estrangeiros, a mando divino. Por vontade de Deus, sua pátria fica em segundo lugar, mesmo quanto aos milagres; que a eleição divina não está atrelada a vínculos de parentesco, nem local. O comentário de Jesus faz com que o povo procure eliminá-lo. Mas ele, “passando pelo meio deles, continuou o seu caminho” (v 30). Deus é senhor da história. A ordem divina determina um momento para cada gesto salvífico, e cada gesto vêm no seu momento, na sua hora.

Liturgia da Semana w 01/02, SEXTA-FEIRA Cor (branco) Primeira Leitura (Hb 10,32-39) Responsório (Sl 36) Evangelho (Mc 4,26-34) w 02/02, SÁBADO Cor (branco) Primeira Leitura (Ml 3,1-4)

Responsório (Sl 23) Evangelho (Lc 2,22-40) w 03/02, DOMINGO Cor (verde) Primeira Leitura (Jr 1,4-5.17-19) Responsório (Sl 70) Segunda Leitura

Responsório (Sl 102) Evangelho (Mc 6,1-6) w 07/02, QUINTA-FEIRA Cor (verde) Primeira Leitura (Hb 12,18-19.21-24) Responsório (Sl 47) Evangelho (Mc 6,7-13)


Vaticano 5 Angelus: Papa recorda vítimas de tragédias no mundo

1º Caderno 1º

C

om informações Vatican News. Francisco lembrou alguns acontecimentos importantes: Dia Internacional em Memória das Vítimas do Holocausto, tragédias em Brumadinho (MG), Brasil, e Hidalgo, no México, crise na Venezuela, atentados nas Filipinas e Colômbia. O Papa rezou a oração mariana do Angelus, do domingo 27 de janeiro, no Lar do Bom Samaritano Juaz Díaz que dá assistência a jovens e adultos portadores de Hiv-Aids. Francisco recordou que neste domingo, celebrase o Dia Internacional em Memória das Vítimas do Holocausto. “Precisamos manter viva a memória do passado, da tragédia passada e aprender com as páginas escuras da História para nunca mais cometer os mesmos erros. Vamos continuar nos esforçando, sem cessar, para cultivar a justiça, aumentar a concórdia e sustentar a integração,

BELÉM, DE 1 A 7 DE FEVEREIRO DE 2019

Em Brumadinho e Hidalgo, no México, crise na Venezuela, atentados nas Filipinas e Colômbia FOTOS: DIVULGAÇÃO

w ORAÇÃO DO ANGELUS aconteceu no Lar do Bom Samaritano Juaz Díaz

para ser instrumento de paz e construtores de um mundo melhor”, disse o Pontífice. O Papa manifestou seu pesar pelas tragédias ocorridas na Mina Córrego do Feijão, em Brumadinho (MG), e no

Estado de Hidalgo, no México. “Confio à misericórdia de Deus todas as vítimas e ao mesmo tempo rezo pelos feridos e expresso meu afeto e minha proximidade espiritual às suas famílias e a toda população”.

Francisco recordou também o povo venezuelano:

“Aqui no Panamá, pensei muito no povo venezuelano ao qual me sinto particularmente unido nesses dias. Diante da grave situação que está

vivendo, peço ao Senhor para que se busque e alcance uma solução justa e pacífica para superar a crise, respeitando os direitos humanos e buscando exclusivamente o bem de todos os habitantes do país. Convido todos vocês a rezar, colocando essa intercessão sob a proteção de Nossa Senhora de Coromoto, Padroeira da Venezuela.” Francisco confiou a Cristo e à Virgem Maria, as vítimas do atentado terrorista perpetrado, no domingo, 27, na Catedral de Jolo, nas Filipinas, durante a celebração eucarística. “Reitero a minha mais firme reprovação deste episódio de violência, que traz novos lutos a essa co-

munidade cristã, e elevo as minhas orações pelos defuntos e feridos. O Senhor, Príncipe da paz, converta os corações dos violentos e conceda aos habitantes daquela região uma convivência pacífica.” O Papa recordou, neste último dia da Jornada Mundial da Juventude, os mortos na explosão de um carro-bomba na Academia de Polícia General Santander, em Bogotá, na Colômbia. É tradição da escola citar o nome de um por um dos mortos e o Papa homenageou os cadetes proferindo o nome de cada um deles. “Pedimos ao Senhor para que lhes conceda a paz e que também conceda a paz ao povo colombiano”, concluiu.

Despedida do Panamá: “é preciso multiplicar a esperança” Com informações Vatican News. No final da tarde do domingo, 27, o Papa deixou o Panamá para voltar ao Vaticano, concluindo a 26ª Viagem Apostólica internacional de seu Pontificado. E deixou o Panamá com saudades. Este pequeno país da América Central acolheu de braços abertos Francisco e os milhares de peregrinos de todas as partes do mundo que vieram para a Jornada Mundial da Juventude. Uma visita histórica e inesquecível, comentavam os panamenhos, pois - perguntavam-se – quando e por que um Papa viria ao Panamá?, mesmo ainda estando na memória a visita de São João Paulo II em março de 1985. Realmente, um pequeno país pelas dimensões, com pouco mais de quatro milhões de habitantes, canal e ponte entre a América do Sul e o restante da América. Daqui partiu a evangelização para o restante do continente e aqui foi erguida a primeira Diocese em “terra firme”. Pela localização, a JMJ

possibilitou uma maior presença de jovens vindos da Nicarágua, Costa Rica, El Salvador, Venezuela, Colômbia, que vivem em muitos casos com desafios semelhantes. Francisco veio como pai e pastor, trazer um alento e um encorajamento especialmente à juventude deste lado do Oceano. Uma palavra que bem poderia resumir sua viagem é “esperança”, uma esperança levada por suas palavras e gestos ao que parecia perdido, a esperança ao que parece não ter saída. O fez, ao visitar o centro de recuperação de menores onde também ouviu confissões e fez até mesmo correr lágrimas de jornalistas. O fez novamente ao visitar o centro que acolhe doentes de AIDS e que não recebem apoio de suas famílias e nem tem condições de pagar algum tratamento. Não julgou, não repreendeu, simplesmente amou. Em continuidade ao Sínodo dos bispos de outubro, esta Jornada tinha um forte chamado vocacional, como diz

w PAPA despede-se do Panamá, da Jornada Mundial da Juventude

o próprio lema: “Eis-me aqui, faça-se em mim segundo a tua vontade”. E “dizer sim ao Senhor é ter a coragem de abraçar a vida como vem, com toda a sua fragilidade e pequenez e, muitas vezes, até com todas as suas contradições e insignificâncias, abraçá-la com amor”, disse aos jovens na Vigília. “Damos também provas de que se abraça a vida, quando acolhemos tudo o que não é perfeito, puro ou destilado, mas lá por is-

so não menos digno de amor”, completou. PRONUNCIAMENTOS

Nos dez pronunciamentos – incluindo três homilias mais o Angelus – Francisco falou de imigração, de pecados da Igreja, de dor, de miséria, de crianças não nascidas, de violência contra a mulher, de corrupção: “é preciso ter a ousadia de criar uma cultura de maior transparência entre governos, setor privado e população.” O Papa é conhecedor

das dificuldades enfrentadas pelos jovens. “São muitos os que dolorosamente foram seduzidos com respostas imediatas que hipotecam a vida”, afirmou. Mas também sabe do grande potencial de bem que há no ser humano e é este potencial que busca despertar, para que num mundo nem sempre tão luminoso, possa brilhar e se propagar esta luz, capaz de contrastar a indiferença, o egoísmo e a mentira: os peregrinos da JMJ, “com seus gestos e atitudes, com seu olhar,

seus desejos e especialmente com sua sensibilidade, desmentem e desautorizam todos os discursos que se concentram e se empenham em semear divisão, em excluir ou expulsar ‘os que não são como nós’.” Usando expressões para chegar mais facilmente a seus interlocutores, Francisco disse que Maria foi a maior ‘influencer’ da história, mesmo não usando redes sociais. Na mensagem antes da jornada, já havia dito que nossa vida só encontra sentido no serviço a Deus e ao próximo. E ao agradecer aos voluntários antes de partir, disse que eles quiseram “dar o melhor de si para tornar possível o milagre da multiplicação, não só dos pães, mas da esperança. Precisamos multiplicar a esperança.” JMJ é peregrinação, é comunhão, é partilha, uma marca que fica no coração. A próxima, será em Portugal 2022. Que até lá nós, e os milhares de jovens que aqui estiveram, possam multiplicar a esperança.

Próxima visita de Francisco será para os Emirados Árabes Unidos

M A

ansidão e ternura: essas virtudes humanas parecem pequenas, mas são capazes de superar os conflitos mais difíceis. (29 de janeiro) gradeço a Deus por nos ter dado a oportunidade de compartilhar esses dias e viver novamente esta Jornada Mundial da Juventude. Obrigado a todas as pessoas que nos apoiaram com suas orações e que colaboraram com seu compromisso e seu trabalho! (28 de janeiro)

A visita ao Panamá durante a Jornada Mundial da Juventude 2019 foi a primeira de muitas visitas previstas para este ano de 2019. Na próxima semana, o Papa embarca

para uma nova missão, desta vez nos Emirados Árabes Unidos. Francisco chegará à cidade de Abu Dhabi na noite de domingo, 3 de fevereiro, permanecendo na cidade até

terça-feira, dia 5. Entre os compromissos, a reunião com os membros do Conselho Muçulmano dos Anciãos, um encontro interreligioso e a celebração da Santa Missa.


Igreja no Mundo 1º Caderno Oito séculos de Peregrinação da Paz 6

BELÉM, DE 1 A 7 DE FEVEREIRO DE 2019

Ano especial para os Franciscanos que comemoram 800 anos da peregrinação na Terra Santa

C

om informações agência Gaudium Press. Este ano de 2019 é muito especial para os Franciscanos, pois se completam oito séculos desde que seu fundador, São Francisco de Assis, realizou a chamada Peregrinação da Paz na Terra Santa. Assim se referiu a este acontecimento o Frei Francesco Patton, OFM, Custódio da Terra Santa, em uma mensagem divulgada no site da Custódia: “O ano de 2019 é

especialmente significativo para nós, porque há exatamente 800 anos São Francisco veio como peregrino e testemunha da paz à Terra Santa, permanecendo aqui até 1220, antes de retornar à Itália”. O religioso comenta que a peregrinação do ‘pobre de Assis’, ocorreu em um contexto especial: a chamada ‘Quinta Cruzada’: “Parecia que o único idioma possível era o das armas. Francisco de Assis cruza as linhas da

FOTOS: DIVULGAÇÃO

guerra e supera a lógica do choque de civiliza-

ções em curso, simplesmente seguindo a divina

inspiração que lhe leva a acreditar na possibilidade

do encontro fraterno com todas as criaturas”. O ano de 1219 foi um período difícil, já que a guerra entre os Cruzados e o Islã estava ocasionando graves estragos. É neste contexto que São Francisco de Assis realiza sua peculiar façanha de se encontrar com Malek el Kamel, decidindo pregar o Evangelho em território muçulmano. Quando o Santo decide transpassar as linhas muçulmanas, é capturado e pede uma audiência com o sultão.

Igreja na Malásia inaugura Ano Missionário Extraordinário 2019

w PROGRAMAÇÃO com várias atividades durante a abertura do ano

Com informações agência Gaudium Press. Foi inaugurado oficialmente na Malásia em janeiro passado o Ano Missionário Extraordinário 2019. Durante esse período, que se encerrará em outubro, todas as Dioceses do país se comprometerão renovar sua Fé e sua vida cristã através de um novo zelo missionário em suas respectivas comunidades. Dessa forma, os Bispos da Malásia acolhem o convite feito pelo Papa Francisco de se preparar para o Mês Missio-

nário que terá por tema ‘Batizados e enviados. A Igreja de Cristo em missão pelo mundo’. Na abertura do Ano Missionário Extraordinário, em 13 de janeiro, o Presidente da Conferência Episcopal da Malásia, Singapura e Brunei, Dom Sebastian Francis, afirmou que “como somos batizados, somos Igreja de Cristo, somos chamados a responder ao mandato de Nosso Senhor Jesus Cristo de ir e anunciar o Evangelho a todas as criaturas (Mc 16, 15). A

resposta a este mandato de Jesus não é uma opção para a Igreja”. Cada Diocese organizará uma série de atividades formativas como forma de auxiliar na reflexão e preparação para sair de si mesma com o fim de abordar a missão. Dentre as atividades está uma peregrinação à Igreja da Assunção em Penang. A população da Malásia é de maioria muçulmana, segundo o censo de 2010, apenas 9,2% da população professa o cristianismo, por volta de 2,6 milhões de fiéis.

Igreja no Brasil

Vitória de Santo Antão festeja o padroeiro

C

om informações agência Gaudium Press. Localizada a 50 quilômetros da capital Recife, o município de Vitória de Santo Antão celebrou a 394ª Festa do seu Padroeiro com a presença de centenas de fiéis e devotos, além de autoridades civis e eclesiásticas, entre elas, o Arcebispo Dom Fernando Saburido. Morador da cidade quando criança, Dom Saburido afirmou que a festividade faz parte de suas lembranças de infância. “É sempre bom voltar à minha querida Vitória de Santo Antão. Tenho uma re-

lação de amor e gratidão pela cidade, que recebeu minha família, me acolheu na catequese, me ensinou a ser coroinha, até que saí daqui para entrar no seminário e seguir minha vocação”, disse. Encerrada a cerimônia, houve o momento em que um pequeno grupo de padres que concelebraram a eucaristia convidaram Dom Fernando para uma foto ao lado da pia batismal da matriz. Um desses sacerdotes que fez o convite ao arcebispo era André Martins, pároco de Nossa Senhora do Livramento, paróquia irmã em

Vitória. O religioso explicou que os padres presentes na celebração nasceram naquela cidade e se batizaram nessa pia - exceto Dom Fernando, que nasceu em Jussaral e foi batizado em uma capela próxima. Prosseguindo com os festejos, um andor com a imagem de Santo Antão saiu em procissão pelas ruas da cidade, antecedendo a missa que marcou o último dia da 394ª Festa de Santo Antão, celebrada na matriz e presidida pelo pároco, Monsenhor Maurício Diniz, que também é vigário episcopal da região.

w MATRIZ local das cerimônias religiosas durante o festejo

Bahia atrai fiéis para os festejos de Nossa Senhora das Candeias

w PROCISSÃO uma das atividades da programação

Com informações agência Gaudium Press. O município de Candeias, no interior da Bahia, comemorou na quinta-feira, 24 de janeiro, o início do Novenário em honra a Nossa Senhora das Candeias. “Mãe das Candeias, Iluminai na Santidade a Igreja Peregrina” será a temática dos festejos em honra a Padroeira da cidade, que se estendem até o dia 3 de fevereiro. Segundo o pároco, Frei Jorge Luiz Soares, a celebração do novenário com o tema proposto para este ano deseja

fazer com que “tenhamos a oportunidade de refletirmos o documento do Santo Papa Francisco, que nos faz um apelo para não esquecermos que a nossa vocação última é a santidade”. A festa é considerada a maior festa católica da Região Metropolitana de Salvador, chegando a atrair milhares de turistas de todo o país. Em novembro de 2017, a Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA) aprovou e sancionou um Projeto de Lei que inclui a festividade no calendário oficial das

festas populares da Bahia. Por sua vez, o Santuário de Nossa Senhora das Candeias, construído no final do século XVIII, é tido pelos habitantes locais como um lugar de grande devoção a Virgem Maria. Elevado à condição de santuário diocesano em fevereiro de 2014 e reconhecido pelo Vaticano, o templo voltado para a Baía de Todos os Santos é ainda um local de peregrinação de romeiros de todo o Brasil, que buscam curas e bênçãos através da água milagrosa da Fonte dos Milagres.


1º Caderno 1º

Igreja

BELÉM, DE 1 A 7 DE FEVEREIRO DE 2019

7

Vaticano será sede de Observatório Papa anuncia que Vaticano sediará o Observatório internacional sobre cyberbullying

C

om informações agência Ecclesia. O Papa anunciou quinta-feira, 24, que o Vaticano sediará um Observatório internacional sobre cyberbullying, com o objetivo de “circunscrever o fenômeno que afeta, sobretudo, as novas gerações. “As estatísticas relativas aos mais jovens revelam que um em cada quatro adolescentes está envolvido em episódios de cyberbullying”, adverte Francisco, na sua mensagem para 53.º Dia Mundial das Comunicações Sociais, divulgada pela Santa Sé. O texto, com o tema ‘Das comunidades de redes sociais à comunidade

humana’, sublinha que, apesar do potencial das tecnologias da comunicação na aproximação de pessoas, estas redes “prestam-se também a um uso manipulador dos dados pessoais, visando obter vantagens no plano político ou econômico, sem o devido respeito pela pessoa e seus direitos”. Já na última assembleia do Sínodo dos Bispos, em outubro de 2018, que o Papa dedicou às novas gerações, tinha lançado um alerta sobre o “lado obscuro da rede”, com novas formas de violência, como o cyberbullying. O Papa assinala agora que a internet se tem mostrado “um dos locais mais expostos à

DIVULGAÇÃO

desinformação e à distorção” de fatos e relações interpessoais: “A comunidade das redes sociais não é, automaticamente, sinônimo de comunidade. No melhor dos casos, tais comunidades conseguem dar provas de coesão e solidariedade, mas frequentemente permanecem agregados

apenas indivíduos que se reconhecem em torno de interesses ou argumentos caracterizados por vínculos frágeis”. Francisco convida a superar uma lógica de “individualismo desenfreado” e “narcisismo”, que exclui quem pensa de forma diferente e promove o preconceito “ét-

nico, sexual, religioso”, entre outros, “acabando às vezes por fomentar espirais de ódio”. Os adolescentes estão mais expostos à ilusão de que as redes sociais possam satisfazê-los completamente a nível relacional, até se chegar ao perigoso fenômeno dos jovens ‘eremitas sociais’, que correm o risco de se alhear totalmente da sociedade. Esta dinâmica dramática manifesta uma grave ruptura no tecido relacional da sociedade, uma laceração que não podemos ignorar”. A mensagem admite que esses temas levantam questões de caráter ético, social, jurídico, político e econômico, interpelando também a Igreja Católica

na promoção de “uma rede livre, aberta e segura”. O Papa tem uma conta no Twitter, ‘@Pontifex’, em várias línguas, e está presente no Instagram com o perfil ‘@Franciscus’, com milhões de seguidores nestas redes sociais. O Dia Mundial das Comunicações Sociais foi a única celebração do gênero estabelecida pelo Concílio Vaticano II, no decreto ‘Inter Mirifica’, em 1963; acontece no domingo antes do Pentecostes (2 de junho, em 2019). A mensagem do Papa é tradicionalmente publicada dia 24 de janeiro, por ocasião da festa litúrgica de São Francisco de Sales, padroeiro dos jornalistas.

Dom Antônio de Assis Ribeiro - Bispo Auxiliar de Belém

Mundo juvenil e a fé cristã

(domantoniodeassis@arqbelem.org)

Jornada Mundial da Juventude - Panamá 2019 - Catequese Tema: “faça-se em mim segundo a tua palavra” (I Parte) O Sínodo sobre os jovens

A Igreja, com o último Sínodo, renovou a sua opção preferencial pelos jovens! Com esse Sínodo, a Igreja nos estimula a repensar a Pastoral Juvenil, em profunda sintonia com as exigências dos tempos atuais. Para a Igreja, o mundo juvenil, com suas diversas sensibilidades, dinamismo e culturas (da tecnologia, a virtualidade, a digitalidade...), é um grande desafio a ser conhecido em profundidade, acolhido com alegria, assumido com carinho e evangelizado com criatividade. Para a Igreja, a promoção de uma Pastoral Juvenil em profunda sintonia com os anseios dos jovens é um apelo à sua conversão, à solidariedade e a desenvolver uma ação educativo-pastoral renovada e incisiva (cf. Sínodo dos Jovens, N. 44). Mas o mundo juvenil não é somente um desafio para a Igreja: é, sobretudo, abundante fonte de seu rejuvenescimento para ela, porque os jovens são Igreja! Vocês, queridos jovens, promovem a jovialidade da Igreja, porque são portadores do frescor da fé e da renovação das ideias e estruturas, animados pelo Espírito Santo. Olhar para Jesus

Não basta a questão cronológica. Os verdadeiros jovens na fé, os jovens segundo o Espírito, são aqueles que se identificam com o Cristo jovem de Nazaré. Por isso, caríssimos jovens, a verdadeira jovialidade é aquela que brota do coração, aquela que é consequência da fé, aquela que se manifesta como paixão pelo Reino de Deus. Sem esse dinamismo espiritual, aquele que é cronologicamente jovem pode se tornar precocemente velho, sem entusiasmo, sem paixão

pela vida, sem novidade. Jesus Cristo rejuvenesce os jovens, proporciona-lhes um entusiasmo novo e diferenciado! É por isso que aqueles que não têm a experiência da amizade com Jesus, não tendo vida espiritual, padecem do vazio existencial e escorregam para a prática do crime, da violência, dos vícios e da apatia pela vida. Portanto, estimados jovens, somos chamados a olhar para a mocidade de Jesus (cf. Sínodo dos jovens, N.63-64). “Cristo jovem, com os jovens” é o nosso modelo. Jesus santificou a juventude pelo simples fato de ter sido jovem e deu grande importância à vida deles. O dinamismo da vida do jovem Jesus de Nazaré foi fantástico e provocante: Ele experimentou a amizade com o Pai como atitude de confiança, permaneceu fiel à amizade com os discípulos, teve compaixão dos mais fracos, pobres, doentes, pecadores e excluídos; questionou os excessos das autoridades religiosas e políticas do seu tempo; viveu a experiência de ser incompreendido; experimentou a ameaça, a rejeição e o sofrimento; conheceu a fragilidade e dirigiu o seu olhar para o futuro. Por causa da sua intimidade com o Pai, impelido pela força do Espírito Santo, Jesus se sentia seguro em sua missão. A vida do jovem Jesus de Nazaré foi marcada pela intimidade com Deus Pai. Por isso dedicava-se à oração e à contemplação das belezas da divina Providência (falava das flores, dos passarinhos, do dinamismo da semente, da fertilidade da terra, das árvores, do mar, dos fenômenos da natureza...). A vida do jovem Jesus de Nazaré foi profundamente caracterizada pela experiência da compaixão, da ternura,

pela tutela, promoção e defesa da dignidade humana. Por isso o autor dos Atos dos Apóstolos, São Lucas, resume dizendo: “Jesus andou por toda parte, fazendo o bem e curando todos os que estavam dominados pelo diabo; porque Deus estava com Jesus” (At 10,38). Afirma o documento do Sínodo que, em Jesus de Nazaré, todos os jovens podem rever seus anseios, suas esperanças, incertezas, suas inquietudes, seus problemas e sonhos. “Faça-se em mim segundo a tua palavra”

O tema da JMJ (Panamá 2019), «Eis a serva do Senhor, faça-se em mim segundo a tua palavra» (Lc 1,38), convocanos a fazermos uma profunda reflexão sobre o sentido da nossa vida. Essa declaração de Maria é rica de conteúdo. Por isso podemos nos perguntar: o que Maria nos ensina?

1

Maria nos estimula a dar sentido para a vida Maria é, antes de tudo, uma jovem comprometida. A jovem Maria tinha um projeto de vida: era noiva de José! (cf. Mt 1,18). Queria casar-se! Significa que tinha sonhos, que acreditava na família e em seus valores! Ela queria formar a sua família; estava comprometida em seu processo de preparação matrimonial. A jovem Maria nos fala da importância de termos um projeto de vida para podermos dar sentido à nossa existência. Em Maria, o sentido da vida se manifestava em diversos aspectos. Antes de tudo, em nível pessoal, o anjo ressaltou a sua intimidade com Deus. Uma intimidade rica de virtudes! Maria era uma jovem virgem; uma jovem virtuosa, tinha valores, era contida,

casta, disciplinada, preservada, íntegra... Maria era uma jovem que vivenciava a retidão na vivência da sua afetividade e sexualidade. Maria viveu a sua sexualidade rica de sentido, integrada, capaz de amar, doar-se e servir com generosidade. Nela percebemos uma sexualidade pura, não contaminada pelo egoísmo e nem por ideologias... Ela sabia valorizar-se! Na dimensão social, Maria se apresentou como jovem cidadã. Maria tinha uma família, uma cultura (judia), usufruía dos costumes do seu povo, tinha pais, parentes, amigos e amigas; era uma fiel praticante da sua religião (cf. Lc 2,22-24.41), participava de sua comunidade, fazia os serviços domésticos, era obediente. Maria não era uma jovem alienada e nem angélica! Cumpria suas responsabilidades civis! Obedeceu ao decreto do recenseamento, foi a Belém! Vivia uma vida de normalidade significativa! Maria foi uma jovem capaz de disponibilidade para o serviço aos necessitados: foi depressa visitar e servir a Isabel, sua prima! (cf. Lc 1,39). Maria esteve pronta para a intervenção em Caná da Galileia na festa dos noivos (cf Jo 2,1-11): era atenta, perspicaz, proativa diante das necessidades alheias. Foi corresponsável por grandes processos de mudanças... Maria denuncia o egoísmo, a inércia e o comodismo daqueles que muito podem fazer, têm condições e nada ou pouco fazem para o bem dos outros. “Faça-se em mim segundo a tua palavra” pressupõe, antes de tudo, darmos sentido para a nossa vida e vivermos com dignidade, de sermos capazes de fazer o bem sendo úteis

para os outros. “Deus nos colocou neste mundo para os outros” (Dom Bosco). Por isso quem de dentro de si não sai, vai viver sem dar sentido para a sua vida, tornando-se um peso para a família e a sociedade e morrer infeliz.

2

Maria nos revela a sua consciência vocacional A frase “seja feita segundo a tua palavra” é reveladora da convicção de que a felicidade humana está profundamente relacionada ao reconhecimento, à assimilação e à realização da vontade de Deus sobre nós! O Deus que nos chama à vida é o mesmo que, com sua Providência, nos concede as condições para bem vivermos; é o Senhor quem nos confia uma missão, é sempre Ele quem nos sustenta. Portanto, seja feita a sua vontade! A consciência vocacional de Maria levou-a a relativizar por completo o projeto de vida inicial por ela desejado, que era aquele de casar-se, ter um esposo, filhos e viver como as outras mulheres do seu tempo. A consciência vocacional nos leva a submeter à vontade de Deus, tudo aquilo que é comum, cultural, tradicional, sentimental... Sua consciência vocacional, então, conduziu-a para uma profunda experiência de discernimento do projeto de Deus sobre ela! Ela redimensionou profundamente os seus sonhos! REFLEXÃO:

1 2 3

Por que os jovens são chamados a olhar para a mocidade de Jesus? Em que Maria nos ajuda a dar sentido para a nossa vida? Como se manifesta a consciência vocacional de Maria?


8

Nazaré Repórter

BELÉM, DE 1 A 7 DE FEVEREIRO DE 2019

J ENCONTRO DE NOIVOS

1º Caderno

RÁDIO NAZARÉ

A Pastoral Familiar da Paróquia da Santíssima Trindade promove em fevereiro, no dia 23 à tarde e dia 24 pela manhã, o Encontro de Noivos, no auditório do Centro Social Monsenhor Geraldo Menezes, localizado na Rua Padre Prudêncio, 86, Batista Campos. Mais informações: (91) 3242-4917.

Z MH 3 . 91 FM

l AÇÚCAR X ADOÇANTE O Programa Saúde e Cidadania da próxima segunda-feira, 4, apresentará o tema “Açúcar x adoçante? Qual é a melhor opção?”. Para quem está iniciando uma dieta, esta pode ser uma das principais dúvidas: escolher entre o açúcar ou o adoçante, uma grande dificuldade, principalmente para quem está com o paladar acostumado a apenas um desses tipos. Um especialista abordará o assunto e esclarecerá dúvidas dos ouvintes. Sintonize 91,3 MHz a partir das

J FORMAÇÃO E ESPIRITUALIDADE A Paróquia da Santíssima Trindade convida todos os membros de pastorais a participar da Formação e Espiritualidade para o CPP, no dia 02 de fevereiro, das 16h às 18h. Tema: “Eu estarei sempre convosco”. Ministrante: Cônego José Gonçalo Vieira. Local: Centro Social Monsenhor Geraldo Menezes. Mais informações: (91) 3242-4917.

16h. Lembramos que o ouvinte pode interagir durante a programação ligando para a central de atendimento, 40069211 ou pelo facebook. com/radionazare. Participe!

RÁDIO NAZARÉ FM - 91,3. A SERVIÇO DA VIDA. NOSSA MISSÃO É EVANGELIZAR!

REDE NAZARÉ DE TELEVISÃO

J CONSAGRAÇÃO A NOSSA SENHORA

J TRILHA ECOLÓGICA

A Comunidade Católica Kerygma, localizada na Avenida Alcindo Cacela com Bernardo Sayão, bairro da Condor, em Belém, convida todos a participarem, no dia 21 de fevereiro, às 19h, do Curso de Preparação para a Consagração a

A Paróquia de Santa Paula Frassinetti, localizada no conjunto Cidade Nova VI, Ananindeua, convida quem estiver interessado a participar da Trilha Ecológica, programada para o dia 16, de 7h às 12h, no Parque Estadual

Nossa Senhora, através do método de São Luís Maria Grignion de Montfort. A partir desse dia, encontros toda quinta-feira. Data da consagração: 13 de maio. Mais informações: (91) 98156-1222.

do Utinga. Haverá trilha interpretativa, biologia amazônica e visita ao lago de água natural. Inscrições na secretaria paroquial até o dia 12 de fevereiro. Mais informações: (91) 3279-2620.

J FRATER FOLIA 2019 A Comunidade Fraternidade ‘O Caminho’ promove, de 03 a 06 de março, o “Frater Folia”, um Carnaval diferente, com muita alegria, momentos oracionais, louvor, pregação e Santa Missa, além de apresentações de bandas e cantores católicos. Haverá espaço Kids também, para as crianças vivenciarem um carnaval com Cristo. As inscrições estão abertas. Mais informações: (91) 99283-2536.

J CURADOS PARA AMAR A Comunidade Kerygma realiza no dia 03 de fevereiro, o encontro Curados Para Amar, com o tema “Famílias Restauradas no Amor”. Na programação, recitação do santo terço, louvor, pregação, adoração, Kerygma Kids

e Santa Missa. O encontro acontece a partir das 8h, na Igreja dos Capuchinhos, localizada na Travessa Castelo Branco, 1541, esquina com a Conselheiro Furtado. Participe com sua família! Mais informações: (91) 98156-1222.

J VOCACIONAL

J FESTIVIDADE DE

A Comunidade Católica Shalom promove no dia 10 de fevereiro, às 8h, o Vocacional Aberto, um encontro destinado àqueles que querem conhecer mais sobre o chamado específico ao carisma. Local: unidade Shalom São Braz, localizada na Travessa 3 de maio, 1618. Mais informações: (91) 3353-9956.

A Paróquia de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro promove, na Vila da Barca, em Belém, a XX festividade em honra de Nossa Senhora dos Navegantes. Tema “Nossa Senhora dos Navegantes, Mãe da caridade e geradora da justiça”. A programação religiosa teve inicio no último domingo, 27, e segue até o dia 02 de fevereiro, encerrando-se com a tradicional procissão luminosa e Santa Missa às 18h. Mais informações: (91) 3233-1797.

SHALOM

AL CAN

30

l PROGRAMA PALAVRA E VIDA Acompanhe pela TV Nazaré, Canal 30.1 – ou na sintonia de sua cidade – a transmissão do programa Palavra e Vida, todo domingo, às 8h45 e às14h20, apresentado por Dom

PORTAL NAZARÉ

Pedro José Conti, bispo da Diocese de Macapá. No programa reflexões sobre os momentos atuais, com base no Catecismo da Igreja Católica. W. WW RE. A NAZ .BR O A COM DAC N U F

NOSSA SENHORA DOS NAVEGANTES

l FORMAÇÃO CF 2019 A Arquidiocese de Belém está realizando formação para a Campanha da Fraternidade 2019 com o tema “Fraternidade e Políticas Públicas” e o lema “Serás libertado pelo direito e pela Justiça” (Is 1, 27) para todas as regiões episcopais. Os estudos começaram na última segunda-feira, dia

28, e seguem até o dia 10 de fevereiro. Acesse www. fundacaonazare.com. br e confira a matéria produzida pelo Portal Nazaré sobre as formações. No Portal, você encontrará os horários e os locais de cada grupo de formação.


1º Caderno 1º

Igreja

BELÉM, DE 1 A 7 DE FEVEREIRO DE 2019

Escute na Rádio Nazaré FM 91.3 SEXTA - FEIRA 04h00 - ABERTURA DA EMISSORA 04h05 - Especial Pe. Zezinho 05h00 - Lírio Mimoso 05h05 - Cura-me Senhor 05h10 - Ângelus 05h15 - Liturgia das horas - Láudes 05h30 - Oração do Terço - Mistérios Dolorosos 06h00 - A Voz do Pastor 06h15 - Forrozinho da fé 07h00 - Jornal Brasil Hoje 07h35 - Novo tempo 08h00 - Igreja ponto a ponto 09h00 - Seja+Um 09h30 - Informe Noticias 10h00 - Informe Noticias 10h00 - Nazaré em revista 10h30 - Informe Notícia 11h00 - Informe Noticias 11h30 - Informe Noticias 11h55 - Momento de Oração - Ângelus, Pai - nosso 12h00 - A voz do pastor 12h15 - Cardápio Instrumental 14h00 - Segurança e Cidadania 14h30 - Informe Noticias 15h00 - Terço da Misericórdia 15h30 - Informe Noticias 16h00 - Informe Noticias 16h00 - Varanda Musical 16h30 - Informe Notícia 17h00 - Informe Noticias 17h30 - Informe Notícia 17h45 - Ângelus – Liturgia das Horas - Vésperas 18h00 - A Voz do Pastor 18h15 - Oração do Terço - Mistérios Dolorosos 18h40 - Musical Mariano 19h00 - Voz do Brasil 20h00 - Saudade em Versos e Canções 22h00 - A voz do pastor 22h30 – Jornal RNA 23h00 - Programa Salmos ao Deus da Vida 23h50 - Mensagem de Encerramento 00h00 - Rede Milícia Sat – Igreja no Rádio SÁBADO 04h00 - ABERTURA DA EMISSORA 04h00 - Lírio Mimoso 04h05- Especial Pe. Zezinho 05h05 - Cura-me Senhor 05h10 - Ângelus - Liturgia das horas - Láudes 05h30 - Oração do Terço - Mistérios da Alegria 06h00 - A Voz do Pastor 07h00 - Jornal Brasil Hoje 08h00 - Conhecendo Jesus 10h00 - Maria de Todos os Povos

11h55 - Momento de Oração - Ângelus, Pai - nosso 12h00 - A voz do pastor 12h15 - Cardápio Instrumental 14h00 - Musical Nazaré 14h30 - Terço da Misericórdia 15h00 - Criança Evangelizando Criança 16h00 - Evangelizando Através do Dizimo 17h00 - A vida e o tempo 18h00 - A Voz do Pastor 18h15 - Ângelus - Liturgia das Horas - Vésperas 18h15 - Oração do Terço - Mistérios Gozosos 18h30 - Musical Mariano 19h00 - Musical Nazaré 22h00 - A voz do Pastor 22h15 - Domínio jovem 23h50 - MENSAGEM DE ENCERRAMENTO 00h00 - Rede Milícia Sat DOMINGO 04h00 - ABERTURA DA EMISSORA 04h00 - Lírio Mimoso 04h05 - Especial Pe. Zezinho 05h05 - Cura-me Senhor 05h10 - Ângelus - Liturgia das horas - Láudes 05h30 - Oração do Terço - Mistérios Gloriosos 06h00 - A Voz do Pastor 07h00 - SANTA MISSA 08h00 - Vem e Segue-me 10h00 - Musical Mensagem 11h55 - Momento de Oração - Ângelus, Pai - nosso 12h00 - A voz do pastor 12h15 - Cardápio Instrumental 14h00 - Universo Acadêmico 15h00 - Terço da Misericórdia 18h00 - A Voz do Pastor 18h15 - Ângelus - Liturgia das Horas - Vésperas 18h15 - Oração do Terço - Mistérios Gloriosos 19h00 - Clássico Nazaré 20h00 - Circuito M P B 22h00 - A Voz do Brasil 22h15 - Especial PE. Zezinho 23h50 - MENSAGEM DE ENCERRAMENTO 00h00 - Rede Milícia Sat - Igreja no Rádio SEGUNDA - FEIRA 04h00 - ABERTURA DA EMISSORA 04h05 - Especial Pe. Zezinho 05h00 - Lírio Mimoso 05h00 - Lírio Mimoso 05h05 - Cura-me Senhor 05h10 - Ângelus 05h15 - Liturgia das horas - Láudes 05h30 - Oração do Terço - Mistérios Dolorosos 06h00 - A Voz do Pastor 06h15 - Forrozinho da fé

Ligue: (91) 4006-9251 07h00 - Jornal Brasil Hoje 07h35 - Novo tempo 08h00 - Igreja ponto a ponto 09h00 - Seja+Um 09h30 - Informe Noticias 10h00 - Informe Noticias 10h00 - Nazaré em revista 10h30 - Informe Notícia 11h00 - Informe Noticias 11h30 - Informe Noticias 11h55 - Momento de Oração - Ângelus, Pai - nosso 12h00 - A voz do pastor 12h15 - Cardápio Instrumental 14h00 - Varanda Musical 14h30 - Informe Noticias 15h00 - Terço da Misericórdia 15h30 - Informe Noticias 16h00 - Informe Noticias 16h00 - Saúde e Cidadania 16h30 - Informe Notícia 17h00 - Informe Noticias 17h30 - Informe Notícia 17h45 - Ângelus - Liturgia das Horas - Vésperas 18h00 - Voz do Pastor 18h15 - Oração do Terço - Mistérios da Alegria 18h40 - Musical Mariano 19h00 - Voz do Brasil 20h00 - Caminhando na fé 21h00 - Orando com Você - Com. Maíra 22h00 - A voz do pastor 22h30 - Jornal RNA 23h00 - Programa Salmos ao Deus da Vida 23h50 - MENSAGEM DE ENCERRAMENTO 00h00 - Rede Milícia Sat - Igreja no Rádio TERÇA - FEIRA 04h00 - ABERTURA DA EMISSORA 04h05 - Especial Pe. Zezinho 05h00 - Lírio Mimoso 05h05 - Cura-me Senhor 05h10 - Ângelus 05h15 - Liturgia das horas - Láudes 05h30 - Oração do Terço - Mistérios Dolorosos 06h00 - A Voz do Pastor 06h15 - Forrozinho da fé 07h00 - Jornal Brasil Hoje 07h35 - Novo tempo 08h00 - Igreja ponto a ponto 09h00 - Seja+Um 09h30 - Informe Noticias 10h00 - Informe Noticias 10h00 - Nazaré em revista 10h30 - Informe Notícia 11h00 - Informe Noticias 11h30 - Informe Noticias 11h55 - Momento de Oração

- Ângelus, Pai - nosso 12h00 - A voz do pastor 12h15 - Cardápio Instrumental 14h00 - Varanda Musical 14h30 - Informe Noticias 15h00 - Terço da Misericórdia 15h30 - Informe Noticias 16h00 - Informe Noticias 16h00 - Direito e Cidadania 16h30 - Informe Notícia 17h00 - Informe Noticias 17h30 - Informe Notícia 17h30 - Ângelus - Liturgia das Horas - Vésperas 17h45 - Voz do Pastor 18h00 - Novena Nossa Senhora Perpétuo Socorro 18h30 - Musical Mariano 19h00 - Voz do Brasil 20h00 - Família em ação 22h00 - A voz do pastor 22h30 - Jornal RNA 23h00 - Programa Salmos ao Deus da Vida 23h50 - MENSAGEM DE ENCERRAMENTO 00h00 - Rede Milícia Sat - Igreja no Rádio QUARTA - FEIRA 04h00 - ABERTURA DA EMISSORA 04h05 - Especial Pe. Zezinho 05h00 - Lírio Mimoso 05h05 - Cura-me Senhor 05h10 - Ângelus 05h15 - Liturgia das horas - Láudes 05h30 - Oração do Terço - Mistérios Dolorosos 06h00 - A Voz do Pastor 06h15 - Forrozinho da fé 07h00 - Jornal Brasil Hoje 07h35 - Novo tempo 08h00 - Igreja ponto a ponto 09h00 - Seja+Um 09h30 - Informe Noticias 10h00 - Informe Noticias 10h00 - Nazaré em revista 10h30 - Informe Notícia 11h00 - Informe Noticias 11h30 - Informe Noticias 11h55 - Momento de Oração - Ângelus, Pai - nosso 12h00 - A voz do pastor 12h15 - Cardápio Instrumental 14h00 - Fé e vida 14h30 - Informe Noticias 15h00 - Terço da Misericórdia 15h30 - Informe Noticias 16h00 - Informe Noticias 16h00 - Educação e Cidadania 16h30 - Informe Notícia 17h00 - Informe Noticias 17h30 - Informe Notícia

17h45 - Ângelus - Liturgia das Horas - Vésperas 18h00 - A Voz do Pastor 18h15 - Oração do Terço - Mistérios Gloriosos 18h40 - Musical Mariano 19h00 - Voz do Brasil 20h00 - Musical Mensagem 21h00 - Orando com Você - Com. Mar adentro. 22h00 - A voz do pastor 22h30 - Jornal RNA 23h00 - Programa Salmos ao Deus da Vida 23h50 - MENSAGEM DE ENCERRAMENTO 00h00 - Rede Milícia Sat - Igreja no Rádio QUINTA - FEIRA 04h00 - ABERTURA DA EMISSORA 04h05 - Especial Pe. Zezinho 05h00 - Lírio Mimoso 05h05 - Cura-me Senhor 05h10 - Ângelus 05h15 - Liturgia das horas - Láudes 05h30 - Oração do Terço - Mistérios Dolorosos 06h00 - A Voz do Pastor 06h15 - Forrozinho da fé 07h00 - Jornal Brasil Hoje 07h35 - Novo tempo 08h00 - Igreja ponto a ponto 09h00 - Seja+Um 09h30 - Informe Noticias 10h00 - Informe Noticias 10h00 - Nazaré em revista 10h30 - Informe Notícia 11h00 - Informe Noticias 11h30 - Informe Noticias 11h55 - Momento de Oração - Ângelus, Pai - nosso 12h00 - A voz do pastor 12h15 - Cardápio Instrumental 14h00 - Entre nós 14h30 - Informe Noticias 15h00 - Terço da Misericórdia 15h30 - Informe Noticias 16h00 - Informe Noticias 16h00 - Varanda Musical 16h30 - Informe Notícia 17h00 - Informe Noticias 17h30 - Informe Notícia 17h45 - Ângelus - Liturgia das Horas - Vésperas 18h00 - A Voz do Pastor 18h15 - Oração do terço - Mistérios Luminosos 18h40 - Musical Mariano 19h00 - Voz do Brasil 20h00 - Musical Mensagem 21h00 - Orando com Você - Diáconos de Belém 22h00 - A voz do Pastor 22h30 - Jornal RNA 23h00 - Programa Salmos ao Deus da Vida 23h50 - MENSAGEM DE ENCERRAMENTO 00h00 - Rede Milícia Sat – Igreja no Rádio

Assista na TV Nazaré - Canal 30.1 SEXTA-FEIRA 00:00 - Fraternidade em Ação 00:10 - Adoração Ao Santíssimo 01:10 - Terra Santa News 01:30 - Mãe Maria 01:40 - Comunidade Viva 02:00 - Igreja que Sofre 02:30 - Caminhando Na Fé 02:45 - Mãe Maria 02:55 - Palavra de Vida Eterna 03:00 - Cine Nostalgia 04:00 - Diálogo Aberto 05:00 - TeleCurso - Ensino Médio 05:30 - TeleCurso - Ensino Médio Espanhol 05:45 - Mãe Maria 05:55 - Terço Doloroso 06:25 - Palavra de Vida Eterna 06:30 - Caminhando Na Fé 06:45 - Em Família 06:55 - Preparando a Festa 07:00 - Santa Missa Mantinal 08:00 - Fraternidade em Ação 08:10 - Caminhando Na Fé 08:25 - Mãe Maria 08:35 - Palavra de Vida Eterna 08:40 - Mulher.com 11:10 - Desenho 12:00 - Nazaré Notícias 12:50 - Palavra de Vida Eterna 12:55 - Fazendo Esperança 13:25 - Caminhando Na Fé 13:40 - Sal da Terra 13:55 - Igreja que Sofre 14:25 - Fraternidade em Ação 14:35 - Em Família 14:50 - Mãe Maria 15:00 - De Mãos Dadas 16:00 - TeleCurso - Ensino Médio 16:30 - Fazendo Esperança 17:00 - Caminhando Na Fé 17:15 - Fraternidade em Ação 17:25 - Terço Doloroso 17:55 - Preparando a Festa 18:00 - Santa Missa Vespertina 19:00 - Nazaré Notícias 19:50 - Caminhando Na Fé 20:05 - Cine Nostalgia 21:05 - Espaço Cultural 22:35 - Terra Santa News 22:55 - Mãe Maria 23:05 - Palavra de Vida Eterna 23:10 - Caminhando Na Fé 23:25 - Fraternidade em Ação 23:35 - Terço Doloroso SÁBADO 00:00 - Música Mensagem 02:00 - Fiaccolata 03:00 - Cine Nostalgia 04:00 - Conversa com Meu Povo 04:30 - Mãe Maria 05:00 - Telecurso Ensino Fundamental 06:00 - Terço Gozoso 06:30 - Conversa com Meu Povo 07:00 - Notícias Pastorais 07:45 - Sal da Terra 08:00 - Missa no Rio de Janeiro-RJ

09:00 - Mãe Maria 09:10 - Comunidade Viva 09:30 - Conversa com Meu Povo 10:00 - Pesca Amazônia 11:00 - Sal da Terra 11:15 - Fraternidade em Ação 11:30 - Palavra de Vida Eterna 11:35 - Mãe Maria 11:40 - Terra Santa News 12:00 - Notícias Pastorais 12:45 - Palavra de Vida Eterna 12:50 - Mãe Maria 13:00 - Pensando Bem 14:00 - Santa Missa e Adoração em São Paulo-SP 15:45 - Viagem pela Amazônia 16:15 - Conversa com Meu Povo 16:45 - Notícias Pastorais 17:30 - Terço Gozoso 18:00 - Música Mensagem 20:00 - Conversa com Meu Povo 20:30 - Cine Nostalgia 21:30 - Fiaccolata 22:30 - Comunidade Viva 22:50 - Mãe Maria 23:00 - Conversa com Meu Povo 23:30 - Terço Gozoso DOMINGO 00:00 - Música Mensagem 02:00 - Igreja que Sofre 02:30 - Conversa com Meu Povo 03:00 - Sal da Terra 03:15 - Notícias Pastorais 04:00 - Igreja que Sofre 04:30 - Cine Nostalgia 05:30 - Palavra de Vida Eterna 05:35 - Terra Santa News 05:55 - Palavra de Vida Eterna 06:00 - Terço Glorioso 06:30 - Sal da Terra 06:45 - Fraternidade em Ação 06:55 - Palavra de Vida Eterna 07:00 - Santa Missa Dominical 08:00 - Notícias Pastorais 08:45 - Palavra e Vida 09:00 - Mãe Maria 09:10 - Desenho 09:55 - Palavra de Vida Eterna 10:00 - Diálogo Aberto 11:00 - Missa da Junetude 12:20 - Notícias Pastorais 13:05 - Ângelus 13:20 - Encantos da Amazônia 14:20 - Palavra e Vida 14:35 - Mãe Maria 14:45 - Fraternidade em Ação 14:55 - Palavra de Vida Eterna 15:00 - Cine Nostalgia 16:00 - Dedo de Prosa 17:00 - Missa Santuário Nacional de Aparecida 18:00 - Palavra de Vida Eterna 18:05 - Sal da Terra 18:20 - Mãe Maria 18:30 - Terço Glorioso 19:00 - Encantos da Amazônia 20:00 - Espaço Cultural 21:30 - Janela Aberta

9

22:30 - Questão de Fé 23:30 -Terço Glorioso SEGUNDA - FEIRA 00:00 - Fraternidade em Ação 00:10 - De Mãos Dadas 01:10 - Terra Santa News 01:30 - Cine Nostalgia 02:30 - Caminhando Na Fé 02:45 - Mãe Maria 02:55 - Palavra de Vida Eterna 03:00 - Encantos da Amazônia 04:00 - Diálogo Aberto 05:00 - TeleCurso - Ensino Médio 05:30 - TeleCurso - Ensino Médio Espanhol 05:45 - Palavra de Vida Eterna 05:50 - Mãe Maria 06:00 - Terço Gozoso 06:30 - Caminhando Na Fé 06:45 - Em Família 06:55 - Preparando a Festa 07:00 - Santa Missa Mantinal 08:00 - Palavra de Vida Eterna 08:05 - Fraternidade em Ação 08:15 - Caminhando Na Fé 08:30 - Mãe Maria 08:40 - Mulher.com 11:10 - Desenho 12:00 - Nazaré Notícias 12:50 - Mãe Maria 13:00 - Fazendo Esperança 13:30 - Caminhando Na Fé 13:45 - Mãe Maria 13:55 - Palavra de Vida Eterna 14:00 - Igreja que Sofre 14:30 - Fraternidade em Ação 14:40 - Em Família 14:55 - Palavra de Vida Eterna 15:00 - De Mãos Dadas 16:00 - TeleCurso - Ensino Médio 16:30 - Fazendo Esperança 17:00 - Caminhando Na Fé 17:15 - Fraternidade em Ação 17:25 - Terço Gozoso 17:55 - Preparando a Festa 18:00 - Santa Missa Vespertina 19:00 - Nazaré Notícias 19:50 - Caminhando Na Fé 20:05 - Janela Aberta 21:05 - Cine Nostalgia 22:05 - Nazaré Notícias 22:55 - Mãe Maria 23:05 - Caminhando Na Fé 23:20 - Fraternidade em Ação 23:30 - Terço Gozoso TERÇA-FEIRA 00:00 - Mãe Maria 00:10 - De Mãos Dadas 01:15 - Conversa com Meu Povo 01:45 - Palavra de Vida Eterna 01:50 - Mãe Maria 02:00 - Igreja que Sofre 02:30 - Conversa com Meu Povo 03:00 - Cine Nostalgia 04:00 - Janela Aberta 05:00 - Telecurso Ensino Médio

05:30 - Telecurso Espanhol 05:45 - Em Família 05:55 - Terço Doloroso 06:25 - Conversa com Meu Povo 06:55 - Preparando a Festa 07:00 - Santa Missa Mantinal 08:00 - Conversa com Meu Povo 08:30 - Mãe Maria 08:40 - Mulher.com 11:10 - Desenho 12:00 - Nazaré Notícias 12:50 - Palavra de Vida Eterna 12:55 - Sal da Terra 13:10 - Mãe Maria 13:20 - Conversa com Meu Povo 13:50 - Desenho 15:00 - Novena do Perpétuo Socorro 15:45 - Sal da Terra 16:00 - Telecurso Ensino Médio 16:30 - Conversa com Meu Povo 17:00 - Palavra de Vida Eterna 17:05 - Comunidade Viva 17:25 - Terço Doloroso 17:55 - Preparando a Festa 18:00 - Santa Missa Vespertina 19:00 - Nazaré Notícias 19:50 - Palavra de Vida Eterna 19:55 - Sal da Terra 20:10 - Conversa com Meu Povo 20:40 - Terra Santa News 21:00 - Questão de Fé 22:00 - Nazaré Notícias 22:50 - Em Família 23:00 - Conversa com Meu Povo 23:30 - Terço Doloroso QUARTA-FEIRA 00:00 - Fraternidade em Ação 00:10 - De Mãos Dadas 01:10 - Terra Santa News 01:30 - Encantos da Amazônia 02:30 - Caminhando Na Fé 02:45 - Mãe Maria 02:55 - Palavra de Vida Eterna 03:00 - Novena do Perpétuo Socorro 03:45 - Caminhando Na Fé 04:00 - Questão de Fé 05:00 - TeleCurso - Ensino Médio 05:30 - TeleCurso - Ensino Médio Espanhol 05:45 - Mãe Maria 05:55 - Terço Glorioso 06:25 - Palavra de Vida Eterna 06:30 - Caminhando Na Fé 06:45 - Em Família 06:55 - Preparando a Festa 07:00 - Santa Missa Mantinal 08:00 - Palavra de Vida Eterna 08:05 - Fraternidade em Ação 08:15 - Caminhando Na Fé 08:30 - Mãe Maria 08:40 - Mulher.com 11:10 - Desenho 12:00 - Nazaré Notícias 12:50 - Mãe Maria 13:00 - Palavra de Vida Eterna 13:05 - Fazendo Esperança 13:35 - Caminhando Na Fé 13:50 - Sal da Terra 14:05 - Igreja que Sofre

14:35 - Fraternidade em Ação 14:45 - Em Família 14:55 - Palavra de Vida Eterna 15:00 - De Mãos Dadas 16:00 - TeleCurso - Ensino Médio 16:30 - Fazendo Esperança 17:00 - Caminhando Na Fé 17:15 - Fraternidade em Ação 17:25 - Terço Glorioso 17:55 - Preparando a Festa 18:00 - Santa Missa Vespertina 19:00 - Nazaré Notícias 19:50 - Caminhando Na Fé 20:05 - Pensando Bem 21:05 - Encantos da Amazônia 22:05 - Nazaré Notícias 22:55 - Mãe Maria 23:05 - Caminhando Na Fé 23:20 - Fraternidade em Ação 23:30 - Terço Glorioso QUINTA-FEIRA 00:00 - Mãe Maria 00:10 - Palavra de Vida Eterna 00:15 - De Mãos Dadas 01:15 - Conversa com Meu Povo 01:45 - Palavra de Vida Eterna 01:50 - Mãe Maria 02:00 - Igreja que Sofre 02:30 - Conversa com Meu Povo 03:00 - Encantos da Amazônia 04:00 - Pensando Bem 05:00 - vTelecurso Ensino Médio 05:30 - Telecurso Espanhol 05:45 - Em Família 05:55 - Terço Luminoso 06:25 - Conversa com Meu Povo 06:55 - Preparando a Festa 07:00 - Santa Missa Mantinal 08:00 - Conversa com Meu Povo 08:30 - Mãe Maria 08:40 - Mulher.com 11:10 - Desenho 12:00 - Nazaré Notícias 12:50 - Palavra de Vida Eterna 12:55 - Fazendo Esperança 13:25 - Caminhando Na Fé 13:40 - Sal da Terra 13:55 - Igreja que Sofre 14:25 - Palavra de Vida Eterna 14:30 - Terço Doloroso 15:00 - Missa Família Nazaré 16:00 - Telecurso Ensino Médio 16:30 - Conversa com Meu Povo 17:00 - Palavra de Vida Eterna 17:05 - Terra Santa News 17:25 - Terço Luminoso 17:55 - Preparando a Festa 18:00 - Santa Missa Vespertina 19:00 - Nazaré Notícias 19:50 - Sal da Terra 20:05 - bConversa com Meu Povo 20:35 - Comunidade Viva 20:55 - Em Família 21:05 - Diálogo Aberto 22:05 - Nazaré Notícias 22:55 - Palavra de Vida Eterna 23:00 - Conversa com Meu Povo 23:30 - Terço Luminoso


10

Santa Missa

BELÉM, DE 1 A 7 DE FEVEREIRO DE 2019

1º Caderno

Horários de Missas nas paróquias da Arquidiocese de Belém REGIÃO EPISCOPAL SANT’ANA Nossa Senhora da Graça (Catedral) Cidade Velha - Belém Sábado: 19h, Domingo: 7h, 9h e 19h Telefone: 2121-3723/ 2121-3724 N. Sra. das Mercês (Reitoria) Comércio - Belém Sábado: 12h e 17h, Domingo: 12h e 17h Sant'Ana da Campina Comércio - Belém Sábado: 12h (Igreja Matriz) Domingo: 7h (Col. D. Bosco) 9h (Igreja Matriz) Telefone: 3230-3734 São Judas Tadeu Condor - Belém Sábado: 19h. Domingo: 7h, 9h e 19h Telefone: 3115-6020 Santa Teresinha do Menino Jesus Jurunas - Belém Sábado: 6h e 18h30 Domingo: 6h30, 8h30 e 18h Telefone: 3272-2251

(Basílica Santuário) Nazaré - Belém Sábado: 7h, 8h30,12h,17h Domingo: 6h30, 8h, 10h, 16h30, 18h e 20h Telefone: 4009-8400 São Francisco de Assis (Capuchinhos) São Brás - Belém Sábado: 19h30 Domingo: 6h, 7h30, 9h30,18h, 20h Telefone: 3073-1500 Santo Antônio do Tucunduba Guamá - Belém Sábado: 19h30 Domingo: 7h e 19h30 Telefone: 3274 -9001 REGIÃO EPISCOPAL SANTA CRUZ Imaculada Conceição Castanheira - Belém Sábado: 17h. Domingo: 7h e 19h Telefone: 3277-4642/98111-8110 São Sebastião Sacramenta - Belém Sábado e domingo: 7h, 17h e 19h Telefone: 3264-9060/3254-7354

Santo Antônio de Lisboa Batista Campos - Belém Sábado: 6h30, 12h, 17h e 18h30 Domingo: 8h, 11h, 17h, 18h30 e 20h Telefone: 3215-7004/ 3222-0097

Jesus Ressuscitado Marambaia - Belém Sábado: 18h Domingo: 7h, 10h e 18h Telefone: 3277-4643

Santíssima Trindade Campina - Belém Sábado: 16h,Domingo: 7h, 10h, 11h30, 17h e 19h Telefone: 3215-7007/ 3242-4917

São Geraldo Magela Val de Cans - Belém Sábado: 19h Domingo: 7h30, 11h e 18h Telefone: 3257-7950

Nossa Senhora da Conceição Cidade Velha - Belém Sábado: 18h30, Domingo: 7h, 9h e 18h Telefone: 3215-7006

N. Sra do Perpétuo Socorro Telégrafo - Seg. a sábado: missa - 19h Domingo: missa: 7h, 8h30, 17h30 e 19 h - Telefone: 3233 1797

São José Umarizal - Belém Sábado: 19h Domingo: 7h, 11h e 19h Telefone: 3230-1633 Santa Luzia Jurunas - Belém De terça a sexta-feira: 19h Sábado: 18h30 Domingo: 7h; 9h; 18h30 Telefone: 3271-2146 Nossa Senhora de Lourdes Nazaré - Belém Seg a Sáb: 6h30 e 18h Domingo: 7h, 9h, 17h30 e 19h30 Telefone: 3223-5728 Nossa Senhora do Carmo Cidade Velha Sábado: 18h - Domingo: 7h REGIÃO EPISCOPAL SANTA MARIA GORETTI Santa Maria de Belém Terra Firme - Belém Terça: 19h Sábado: 19h - Domingo: 7h30 e 19h Telefone: 3253-5422 São Pedro e São Paulo Guamá - Belém Sábado: 19h Domingo: 7h, 9h e 18h30 Telefone: 3283-6021/3259-0413 São José de Queluz Canudos - Belém Segunda a sábado: 6h30 e 19h Domingo: 7h, 10h, 17h e 19h Telefone: 3226-2612 São Domingos de Gusmão Terra Firme - Belém Sábado: 19h Domingo: 7h, 9h e 19h30 Telefone: 3253-2656/3274-4746 São Miguel Arcanjo Cremação - Belém Sábado: 18h30 Domingo: 7h30, 11h e 18h30 Telefone: 3283-6022 Nossa Senhora de Fátima Fátima - Belém Sábado: 17h30 Domingo: 6h45, 8h30, 17h30 e 19h30 Telefone: 3266-1392/3226-0503 Santa Maria Goretti Guamá - Belém Domingo: 9h30 e 18h Telefone: 3283-6023 Nossa Senhora de Nazaré

São Jorge Marambaia - Belém Sábado: 19h Domingo: 7h, 9h, 17h e19h Telefone: 3277-4641 São Raimundo Nonato Umarizal - Belém Sábado: 6h30 e 18h Domingo: 6h30, 8h30 e 18h Telefone: 3277-4644 Santa Cruz Marco - Belém Sábado: 18h30 Domingo: 7h, 9h, 11h e 18h30 Telefone: 3277-4640/3276-0941 Nossa Senhora da Conceição Aparecida Pedreira - Belém Terça a Sábado: 18h Dom.: 7h, 9h e 18h/1ª Sexta-mês: 9h Telefone: 3233-4224/3276-9573 São Francisco Xavier Marco - Belém Sábado: 19h Domingo: 7h, 9h e 18h Telefone: 3352-8845 N. Senhora, Mãe da Divina Providência Val de Cans - Belém Sábado:19h - Domingo: 7h e 19h Telefone: 3257-2388 Sagrada Família Curió Utinga - Belém. Sábado: 7h e 19h30 Domingo: 7h, 9h e 19h30 São João Paulo II Souza - Belém De terça a sábado: 18h Domingos: 8h e 18h Telefone: 3277-4062 Nossa Senhora de Loreto Marco - Belém Telefone: (91) 3355-6302 Sábado: 17h Domingo: 7h, 9h, 11h, 17h e 19h

São Francisco de Assis Tapanã - Belém Domingo: 7h e 18h30 Telefone: 3258-8036 Nossa Senhora de Fátima Icoaraci - Belém Terça, quinta e sexta: 18h30 Sábado: 19h - Domingo: 19h Telefone: 3297-7251 Jesus Bom Samaritano Tapanã - Belém Domingo: 7h30 e 19h30 Telefone: 3033-2004 São Francisco das Ilhas Cotijuba - Belém Terça e quinta: 19h30 Sábado: 19h30 Domingo: 7h e 19h30 Telefone: 3247-1438 Nossa Senhora da Imaculada Conceição Outeiro - Belém Terça e quinta: 19h; Sábado: 9h Domingo: 7h e 18h Telefone: 3267-1174 Nossa Senhora do Livramento Icoraci - Belém Terça, quinta, sexta e sábado:19h Domingo: 7h e18h Telefone: 3288-4250 Divina Misericórdia Águas Negras - Icoaraci Terça a sexta: 18h30 Sábado: 17h e 19h30 (comunidade) Domingo: 7h e 19h 30 Santo Afonso de Ligório Pratinha - Belém Sábado: 19h Domingo: 8h30 e19h Telefone: 3258-1554/3274-8281 São Francisco de Assis Campina - Icoaraci Domingo: 7h, 9h e 18h30 De terça-feira a sexta-feira: 19h Telefone: 3297-0765 REGIÃO EPISCOPAL CORAÇÃO EUCARÍSTICO DE JESUS Coração Eucarístico de Jesus Catalina - Belém Sábado: 18h Domingo: 7h, 10h e 18h Telefone: (91) 3285-1433

Domingo: 9h e 11h Telefone: 98292-9199

N. Senhora Auxiliadora Anita Gerosa (Aurá) - Ananindeua Domingo: 7h e 18h Telefones: 3255-3828

Santíssimo Sacramento Nova União - Marituba Sábado: 18h30 (Capela N. Sra. do Perpétuo Socorro) Domingo: 18h30 (Capela S. Francisco de Assis)

N. Senhora das Vitórias Almir Gabriel - Marituba Sábado: 19h Domingo: 7h, 19h Telefone: 3292-0013 Sagrado Coração de Jesus Júlia Seffer - Ananindeua Sábado: 19h Domingo: 7h30, 9h e18h Telefone: 3265-5413 Sagrado Coração de Jesus Distrito Industrial - Ananindeua Sábado: 19h Domingo: 7h, 8h30 e 17h30 Telefone: (91) 98855 - 2232

Santa Luzia do Bom Futuro Cabanagem - Belém Sábado: 17h - Domingo: 7h e 19h São José de Anchieta Alameda Ns-13, 65 - Coqueiro Sexta - 7h30 Domingo - 7h; 18h Santa Teresinha do Menino Jesus Tenoné - Belém Domingo: 7h e 18h Telefone: 3289-5368

REGIÃO EPISCOPAL SÃO JOÃO BATISTA

Nossa Senhora de Lourdes Coqueiro - Ananindeua Sábado: 17h. Domingo: 7h e 19h Telefone: 3275-2391 Arcanjo São Miguel Una - Ananindeua Sábado: 19h Domingo: 7h30. 9h30 e 19h Telefone: 3234-4674

Santo Inácio de Loyola Icui Guajará - Ananindeua Domingo: 7h e18h Telefone: 991541971

Santa Maria Mãe de Deus Maguari - Ananindeua Terça, quarta, sexta e sábado: 7h Quinta: 19h; Domingo: 7h e 19h Fone: (91) 3255-5284

N. Sra. de Nazaré Marituba - Quarta - feira Horário de Missa: às 19h Domingos: às 8h30 Telefone: 98040-5117 /98102 - 7344 N. Sra. das Graças Centro - Ananindeua Sábado: 19h Domingo: 7h e 19h Telefone: 3255-2654 N. Sra. do Ó Vila - Mosqueiro Sábado: 19h30 Domingo: 6h30, 9h30 e 19h30 Telefone: (91) 3771-1278 São Pio X Águas Lindas - Ananindeua Domingo: 7h30 e 19h30 Telefone: 32155-2583

Bom Pastor Nova Marituba - Marituba Segunda a Sexta: 18h Sábado: 6h, 9h30 e 19h Domingo: 6h, 9h30 e 19h Telefone: 4106-0202

Natividade de Nosso Senhor Jesus Cristo Conjunto Sideral - Belém Domingo: 7h, 9h e18h Telefone: 3067-2017

Divino Espírito Santo Cidade Nova - Ananindeua Sábado: 7h. Domingo: 7h, 9h e 18h Telefone: 3263-0603

Menino Deus Centro - Marituba Domingo: 6h, 8h30 e 18h Telefone: 3237-8351

Santa Edwiges Mangueirão - Belém Sábado: 19h Domingo: 7h, 9h30 e18h Telefone: 3279-1654

Nossa Senhora do Bom Remédio Conjunto Satélite - Belém Sábado: 19h Domingo: 7h, 9h e 19h Telefone: 3248 0515

Cristo Rei Guanabara - Ananindeua Domingo: 7h, 9h30 e 19h Telefone: 3235-1405

São Lucas Evangelista Guajará - Ananindeua Quinta : 7h e 18h30. Sexta: 18h30 Sábado: 9h e18h30. Domingo: 7h, 17h e 19h Telefone: 3353-0364

Santa Rosa de Lima Independente - Benevides Terça a Sexta:18h, Sábado:17h, 19h Domingo: 07h30 e 19h Telefone: (91)3724- 1135

N. Senhora Rainha da Paz Bengui - Belém Domingo: 7h, 9h e 18h30 Telefone: 3277-4645

REGIÃO EPISCOPAL SÃO VICENTE DE PAULO

Paróquia Nossa Senhora do Carmo Benevides Sábado - 19h Domingo - 8h e 19h Telefone: (91) 3724-1098

Santo Antônio de Pádua Rod. Mário Covas - Coqueiro, Ananindeua Sábado: 19h. Domingo: 7h e 18h Telefone: 98152-2200

São Benedito Rua São Benedito, Barreiro Terça a sexta-feira - 19h Sábado - 8h (missa com crianças) Domingos - 7h30 e 18h30

São João Batista e Nossa Senhora das Graças Icoaraci - Belém Terça a sexta: 6h30 Sábado: 6h30, 17h, 20h Domingo: 7h e 18h Telefone: 3297-7250

REGIÃO EPISCOPAL MENINO DEUS

N. Sra da Conceição Praça Matriz - Benfica Domingo: 6h15 e 19h30 Telefone: 3450-8147 N. Sra da Conceição Carananduba - Mosqueiro Ter a Sex: 18h30 Sábado: 18h30 Domingo: 7h e 19h Telefone: 3772-1183 Santa Bárbara Centro - Santa Bárbara Domingo: 7h30 e 19h Telefone: 3776-1529 São Marcos Uriboca - Marituba Terça: 19h. Domingo: 7h e 19h Telefone: 3237-8351 Pedro Pescador Baía do Sol - Mosqueiro Ter a sexta: 19h (Igreja S. Sebastião) Quarta: Matriz - 19h Sábado:19h (Igreja São Sebastião) Domingo: 8h (Ig. S. Sebastião); 10 h 3 0 ( I g . D i v. E s p . S a n t o ) ; 19h ( Matriz) Telefone: 99919-4153 Área Missionária São Paulo, Apóstolo Rodovia BR-316

Santa Teresinha Águas Lindas - Ananindeua Domingo: 7h30 e 18h Telefone: 9916-4548/99169-3443 N. Senhora de Guadalupe Coqueiro - Ananindeua Terça a sexta: 19h Sábado: 18h30 Domingo: 7h ,9h e18h Telefone: 3245-7440 Cristo Peregrino Jaderlândia - Ananindeua De Segunda a Sábado: 19h e 20h Domingo: 7h, 8h30 e19h Telefone: 3237-9891 Santa Paula Frassinetti Cidade Nova VI - Ananindeua Segunda e quarta: 18h30 Terça e quinta: 19h30 Sexta: 7h. Sábado: 19h Domingo: 7h, 9h, 18h Telefone: 3279-2620 Transfiguração do Senhor Curuçambá - Ananindeua Sábado: 18h30 e 20h Domingo: 7h e 18h30 Telefone: 3286-8570 Santa Rita de Cássia Cidade Nova V - Ananindeua. Sábado: 6h30 e 17h30 Domingo: 6h30, 8h30, 7h30 e 19h30. Telefone: 3273-3191/ 3273-3310 Paróquia Santíssimo Redentor Icuí-Guajará - Ananindeua Sábado: 19h30 - Igreja Matriz Domingo: 7h - Igreja Matriz 9h - Comunidade Santo Afonso 17h - Igreja Matriz 19h - Comunidade Cristo Rei São Vicente de Paulo Paar - Ananindeua Domingo: 7h, 8h30 e 19h São José Operário Conj. Carnaúba, Icuí - Ananindeua Domingo: 7h e 18h Telefone: 3295-3545/3031-1172 Nossa Senhora do Amparo Cidade Nova 8 - Ananindeua Terça a Sexta: 19h - Sábado: 19h30 Domingo: 7h, 9h e 18h Telefone: 3287-2418 Santo André Apóstolo Coqueiro - Ananindeua Segunda a sexta - 19h Sábado: 19h45 - Domingo: 8h 19h Telefone: (91) 3235-1658

Não encontrou o horário das missas da sua paróquia aqui? Entre em contato com seu pároco ou com a secretaria da sua paróquia e solicite que nos informem para podermos publicar.


1º Caderno 1º

Família Nazaré 11

BELÉM, DE 1 A 7 DE FEVEREIRO DE 2019

Missa pela Família Nazaré do mês de fevereiro, será nesta sexta, 1º

Celebração contará com presença dos paroquianos de Nossa Senhora Conceição, de Outeiro

A

Fundação Nazaré de Comunicação (FNC) realiza toda primeira sexta-feira de cada mês, a missa em ação de graças pelos benfeitores, que são os sócios evangelizadores da Família Nazaré, projeto que auxilia na manutenção dos meios de comunicação da Fundação Nazaré de Comunicação. A celebração do mês de fevereiro acontecerá nessa sexta-feira, 1º de fevereiro, às 15h, na capela da Fundação, localizada na Avenida Governador José Malcher, Edifício Paulo VI, no bairro de Nazaré. A santa missa é trans-

mitida ao vivo pela TV Nazaré, canal 30, ou na sintonia da emissora em sua cidade. A missa também pode ser vista ao vivo e em tempo real pelo Portal Nazaré (www.fundacaonazare.com.br) e também pela Rádio Nazaré FM – 91.3. A partir das 14h30, a capela já estará aberta para receber os fiéis com a oração do Santo Terço, conduzida pelo Movimento Arquidiocesano do Terço dos Homens, também transmitido ao vivo pela TV Nazaré e Portal Nazaré, às 14h30. A partir das 15h, a TV Nazaré, a Rádio Nazaré FM e o Portal Nazaré entram em

LUIZ ESTUMNO

w MEMBROS do Apostolado da Oração, presença constantena missa

cadeia para transmissão ao vivo da Missa. A participação do Ter-

ço dos Homens é importante também, pois eles são especialmente

convidados a rezar o terço mariano que inicia às 14h30, antes da missa.

No mês de fevereiro, a celebração contará com a participação dos paroquianos da Igreja de Nossa Senhora da Imaculada Conceição, no distrito de Outeiro e será presidida pelo padre Cezar Augusto de Souza, pároco na Matriz Imaculada Conceição. A celebração mensal, sempre na primeira sexta-feira do mês tem, ainda, a finalidade de honrar a devoção da Igreja ao Sagrado Coração de Jesus. Por esse motivo, a Fundação Nazaré também estende o convite aos membros do Apostolado da Oração para participarem da Santa Missa.

w EQUIPE que faz semanalmente o Voz de Nazaré: cordenadora, repórteres, fotógrafo, editores, estagiária e revisores, com o Padre Nilton

O Jornal Voz de Nazaré Este centenário senhor que ao longo dos anos tem-se reinventado e se adaptando às mudanças de época e exigên-

cias do seu tempo, atualmente se inova também como mídia digital. Você que aprendeu a amá-lo, se encanta a cada

edição com o fenômeno de Benjamin Button do rejuvenescimento. Quanto mais antigo, mais jovem e vivo na vida da

Igreja e das famílias. Continuemos salvando vidas, transformando mentalidades e educando para maior consciência cristã. Nosso agradecimento a todos que fazem este importante veículo de evangelização:

nossos editores, colunistas, revisores, jornalistas, voluntários e colaboradores. Deus abençoe com a intercessão de São Francisco de Sales, padroeiro da mídia impressa. Padre Nilton Cezar Reis

Parabéns para você!

“G

ostaria de agradecer por mais um ano de vida que Deus me permitiu viver. Agradecer por ter uma família linda, um trabalho digno e saúde para continuar seguindo em frente. Peço que o Espírito Santo converta meu coração e que a mãe de Nazaré continue me abençoando com as graças que sempre alcanço, amém!” GIZELY C M GUIMARÃES 40 anos (03/02) Arquiteta

01/02 Ana Maria Borges Santa Brígida Argemiro Dias do Nascimento Neto Benedita Couto Paes Casal Fabio José Cruz e Roseane Machado da Silva Elza Maria Ferreira Oliveira Ivani Ataíde Avelino Luzia Ribeiro Santana Maria Samira Nascimento Lyra Maria Tereza da Silva Pinto Raimunda Fernandes Mendes

02/02 Aldecy Fernandes de Aguiar Ana do Socorro Silva Frazão Carmem de Moraes Braga Ester Jaques Paiva Gilberto Pereira Feio Maria Ferreira de Figueiredo Paulo Augusto Calheiros Garcia Raimunda do Rosário Silva Tereza Monteiro 03/02 Anderson Pereira Nunes Gizely Guimarães Maria Amélia Silva Tavares Neuza Alves Rodrigues Zélia da Silva Santos 04/02 Ana Lucia Bandeira da Silva Edileuza Mourão do Nascimento Giuseppe Dimarco Heloisa Helena Guimarães Moura Iracy Fagundes Nascimento Maria Monteiro Maria de Fátima Dias Negrão Maria do Pilar Nunes dos Santos Marta Silva Rodrigues Régio Fernando Santos Chagas 05/02 Alice Arede Alves da Silva Ângela Maria Martins

Jorge José Faro Paulo Lúcia Pinheiro da Silva Marcília Siqueira de Souza Maria de Lourdes Abreu dos Santos Maria do Socorro Vieira Corrêa Maria Judite de Freitas Ferreira Rosinete Nazaré da Cruz Rodrigues 06/02 Emerson Mendes Ribeiro Esmelina da Silva Cruz João Antônio da Costa Costeira w

Manoel Pedro dos Santos Maria Antônia de Souza Silva Maria de Fátima Albuquerque Maria de Lourdes da Silva Garrido Maria José da Silva 07/02 José Hailton dos Santos Ribeiro Leonice Barros Secco Matilde Maria Andrade de Lima Neusalina do Carmo Monteiro Raimundo Conceição de Oliveira

Aniversário natalício de padres e diáconos diocesanos 03/02 - Pe. Luiz Fernando Martins do Rosário 05/02 - Pe. Romeu Ferreira da Silva 06/02 - Pe. Francisco das Chagas Souza Nunes 06/02 - Diác. Walmir de Jesus Corrêa de Souza

w

Aniversário de ordenação dos padres e diáconos diocesanos 02/02 - Pe. José Edmundo da Silva Santiago 07/02 Diác. Silvio Farias Silveira

AJUDE A MANTER A FUNDAÇÃO NAZARÉ DE COMUNICAÇÃO. LIGUE PARA 4006-9200 E SEJA SÓCIO DA FAMÍLIA NAZARÉ.


1º Caderno Panorama Cursinho vai disponibilizar uma turma de 60 alunos específica Pré-vestibular municipal para o curso de medicina com turma de medicina 12

BELÉM, DE 1 A 7 DE FEVEREIRO DE 2019

C

om informações agência Belém. O Cursinho Pré-Vestibular Municipal de Belém começa o ano de 2019 anunciando uma novidade. Para este ano letivo o cursinho vai disponibilizar uma turma de 60 alunos específica para o curso de medicina. Promovido aos estudantes pela Prefeitura de Belém, por meio da Secretaria Municipal de Educação (Semec), o cursinho foi o primeiro na capital direcionado aos alunos da rede pública de ensino, que passam a estudar de forma gratuita com professores qualificados. “Pela nossa experiência, sabemos que quem deseja cursar Medici-

na quer esse curso e se mantém com esse foco. Foram vários pedidos e decidimos ofertar essa turma, que será pioneira porque essas turmas específicas são oferecidas somente em escolas particulares e custam caro”, afirma Henderson Monteiro, coordenador geral do cursinho. Desde 2016, quando a primeira turma do cursinho fez os processos seletivos, a escola tem mantido um percentual de 70% de aprovados nos vestibulares das universidades públicas. “Estamos otimistas de que iremos manter esse percentual. E já comemorando que no final desse ano alunos que passaram por aqui já estarão se formando no

FOTOS: DIVULGAÇÃO

curso superior”, celebra o coordenador. Além da turma específica de Medicina, em 2019, o Cursinho PréVestibular Municipal terá coordenadores das áreas de conhecimento que são cobradas nas provas do Ensino Nacional de Ensino Médio (Enem). Serão quatro

profissionais que irão coordenar as áreas de Ciências da Natureza e suas Tecnologias, Ciências Humanas e suas Tecnologias, Linguagens e Códigos e Matemática. O ingresso dos estudantes continua obedecendo ao critério da verificação das notas que

eles tenham obtido no Enem, caso o aluno já tenha passado por esse processo. As notas serão usadas em um ranking de avaliação. Se o aluno não fez o Enem ainda, ele precisa ter em mãos as notas em Língua Portuguesa e Matemática na escola onde estudava. Este ano, o cursinho

também vai aceitar a nota do Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adulto (Encceja), voltado à educação de jovens adultos, isto é, aqueles alunos mais velhos que voltaram a estudar. A previsão para o início das aulas é a segunda quinzena de março.

SERVIÇO As inscrições vão até o dia 12 de fevereiro por meio do endereço eletrônico do Pré-vestibular Municipal de Belém (http:// www.belem.pa.gov. br/prevestibular/).

Meninas são autoras de 42 das 55 melhores redações do Enem Com informações agência Brasil. Mulheres são maioria entre os candidatos “nota mil” na redação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Das 55 redações que tiraram a nota máxima na prova, 42, ou seja, 76%, foram escritas por mulheres, informou o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), responsável pelo exame. O Enem foi aplicado nos dias 4 e 11 de novembro a mais de 4,1 milhões de estudantes em todo o país. O tema da redação foi Manipulação do Comportamento do Usuário pelo Controle de Dados na Internet. A maior parte dos estudantes com a nota máxima é da Região Sudeste, que concentrou 33 dos melhores textos – 14

eram do Rio de Janeiro e 14 de Minas Gerais. A Região Nordeste aparece em segundo lugar, com 14 textos nota mil. Em relação aos municípios, o Rio de Janeiro lidera com cinco redações, seguido por Fortaleza, com quatro. A estudante Aimée Utuni foi a única nota mil de Franca, São Paulo. Aimée conta que, para treinar escrevia quatro redações por semana. Com a proximidade do exame, a estudante chegou a fazer 30. “Na hora que eu vi a minha nota, não acreditei. Sabia que seria alta, mas não mil”. Aimée, que pretende usar a nota do Enem para concorrer a uma vaga em curso de medicina, diz que sempre gostou muito de ler e escrever, mas o diferencial, segundo ela, foram os es-

tudos de filosofia. “Com a filosofia, aprende-se a enxergar o mundo ao redor de uma maneira que não seja superficial. Entende-se além e não se fica no senso comum.” Para a estudante, o tema deste ano é algo que faz parte do cotidiano.

eu indico

“E

u indico o livro ‘Novas Comunidades: Primavera da Igreja’, do autor Fraternidade das Novas Comunidades do Brasil. Esse é um livro de profunda reflexão e entendimento das Novas Comunidades, e que me ajudou fortemente na minha formação vocacional e comunitária. Ainda mais reconhecendo minha identidade e missão na Igreja, eis-me aqui Por Maria a Jesus. É uma leitura importante porque nos mostra a riqueza dos diversos estados de vida de uma consagração. Realidade que vem para atender as necessidades urgentes da Igreja e da sociedade atual.”

“Hoje você faz uma pesquisa do Google sobre sapato, vai ao Facebook e, de repente, aparece oferta de sapato. É o que está acontecendo, e tem muita gente sendo enganada com isso.” Como proposta de intervenção social, uma das

BOA DICA

exigências da redação do Enem, Aimée menciona a população e diz que é preciso desconfiar mais da internet: “[É preciso] buscar fontes seguras de conhecimento e formular a própria opinião. Não ler algo na internet já achando que é verdade.”

Segundo a professora de redação e filosofia de Aimée, Regiane Pedigone Segatini, o preparo para fazer uma boa redação no Enem vai além de simples técnica. O cursinho que Aimée frequentou nos últimos três anos oferece também aulas de humanidades, sessões de filmes, aulas de ioga e técnicas de respiração. “O aluno tem que saber interpretar texto e, para isso, precisa saber o contexto histórico e o contexto filosófico.” A professora destaca também a necessidade de despertar o interesse dos estudantes para que eles mesmos tenham a iniciativa de se informar e estudar. Filmes e documentários são usados como porta de entrada para obras clássicas da literatura e para a leitura de pensadores.

LIVROS E CD'S

n SIGNIFICADO DE NOMES BÍBLICOS

Antigo e Novo Testamento, José Carlos Pereira, Livro (Paulus R$21,00)

T

rata-se de dicionário resumido dos nomes de personagens bíblicas, com muitas referências a trechos da Bíblia, tanto do Antigo quanto do Novo Testamento, em que tais personagens são apresentadas. Não apenas traz os nomes de pessoas das histórias da Bíblia, mas as situa com brevidade em seu contexto de narração, dando-lhes a relação de parentesco com outras pessoas também citadas; às vezes, conforme a importância traz informação de suas características, feitos etc. n UM MÊS COM A RAINHA DO CÉU

Refletindo a Salve-Rainha Francisco Eduardo de Souza Santo, Ivonete Kurten, Livro (Paulinas R$ 8,00)

FABRÍCIO SOARES SIMÕES OLIVEIRA

32 anos Missionário Consagrado da Comunidade Maíra

E

ste livro aprofunda e atualiza o conteúdo da oração SalveRainha, em seus aspectos bíblico, teológico e pastoral, e mostra o lugar de Maria no projeto de nossa Salvação. Para cada dia do mês, a autora apresenta uma expressão da Salve-Rainha, acompanhada de um texto bíblico, uma breve reflexão e uma oração.


BELÉM, DE 1 A 7 DE FEVEREIRO DE 2019

Caderno Dois

Igreja de Belém celebra Dia Mundial da Vida Consagrada Seguindo os passos de Cristo em serviço da Igreja e da evangelização

N

o próximo dia 2 de fevereiro, sábado, a Igreja no mundo todo reflete a dedicação daqueles que empenham suas vidas, abnegando a si mesmos, para seguir os passos de Cristo em serviço da Igreja, da evangelização, intercessão e promoção da vida humana. A Vida Consagrada é festejada no mesmo dia que a Igreja também celebra a solenidade da apresentação do Senhor na passagem evangélica de Lucas (2,22). Em Belém haverá celebração eucarística na Basílica Santuário em comemoração pela data. A Vida Consagrada é o nome que a Igreja Católica dá ao modo de viver das pessoas que deixaram as suas vidas profissionais e familiares e seu próprio estado no mun-

do, numa tentativa de abnegação de si mesmo na vivência de votos ou conselhos evangélicos em restrito seguimento de Jesus Cristo numa busca de cristianismo em vista do serviço à Igreja na evangelização, intercessão e promoção da dignidade humana. Existem duas realidades, Vida e Aliança. O exemplo acima se encaixa nos moldes daqueles que optaram por ser “Comunidade de Vida”. No entanto, a vida consagrada também se estende aos que são “Comunidade de Aliança”, onde os que vivem essa realidade permanecem com sua “vida secular”, mas tendo uma posição e opção diferente mediante ao mundo. Um sinal do Eterno no meio comum.

FOTOS: DIVULGAÇÃO

w TODAS as pessoas da vida consagrada espelham-se em Maria, que deu seu sim

w O CONSAGRADO a Deus deve ser reflexo da Luz neste mundo

As pessoas consagradas, que podem ser leigos ou clérigos, homens

Apresentação do Senhor Quarenta dias depois do Natal, a Igreja hoje revive o mistério da Apresentação de Jesus no Templo. Revive-o com a admiração da Sagrada Família de Nazaré, iluminada pela plena revelação daquele “Menino” que como a primeira e a segunda leitura acabaram de nos recordar é o juiz escatológico prometido pelos profetas (cf. Ml 3, 1-3), o “Sumo Sacerdote misericordioso e fiel”, que veio para “expiar os pecados do povo” (Hb 2, 17). Nesta cena evangélica revela-se o mistério do Filho da Virgem, o consagrado do Pai, vindo ao mundo para cumprir fielmente a Sua vontade (cfr Eb 10,5-7). Simeão o descreve como “luz para iluminar os povos” (Lc 2,32) e anuncia com palavra profética a sua oferta suprema a Deus e a sua vitória final (cfr Lc 2,32-35). É o encontro dos dois Testamentos, Antigo e Novo. Jesus entra no antigo templo, Ele que é o novo templo de

w NO TEMPLO Jesus é o consagrado do Pai

Deus: vem visitar o seu povo, realizando de forma obediente à Lei e inaugurando os últimos tempos da salvação. Até a reforma litúrgica do Concílio Vaticano II a Apresentação do Senhor, celebrada com velas, acentuava a presença de Maria que oferecia seu Filho ao Senhor. Era a festa de Nossa Senhora das Candeias ou da Cande-

lária. De fato, “candeia” é um modo dizer “vela”. Candelária seria o conjunto das velas. Mas isto é um pouco parcial. De fato, quem apresenta Jesus é Maria e José, os Santos Esposos. Depois, o ato principal não é apenas a apresentação em si, mas o que ela significa. Jesus Cristo, o Servo do Senhor, é a luz para iluminar as nações todas.

ou mulheres, normalmente agrupam-se em institutos de vida reli-

giosa (ordens religiosas e congregações) ou em institutos seculares,

existindo, porém aqueles que vivem isoladamente ou até em comunidade aberta, junto dos outros leigos não-consagrados. Para Irmã Jucélia Silva, presidente da Conferência de Religiosos do Brasil (CRB) no Pará, a data é marcada primeiramente para a Igreja que festeja a apresentação do seu Senhor salvador após seu nascimento. Em segundo momento, a Vida Consagrada vive a reafirmação dos seus votos: “Todos da vida consagrada espelhamse em Maria, que deu seu sim, para dedicar suas vidas em prol da Igreja. Fazendo todo trabalho dentro do carisma que nos é confiado e promovendo obras dentro das propostas de nossos fundadores.”

PROGRAMAÇÃO

A Jornada da Vida Consagrada é uma ocasião para o encontro e celebrar com gratidão os inúmeros dons e graças que gratuitamente Deus concedeu. A comemoração será precedida por Tríduo dos dias 30 e 31 de janeiro e 1º de fevereiro, ocorrido no Colégio Berço de Belém, No dia 30, também, Frei Atilio Battistuz, dos frades menores, abordou a Campanha da Fraternidade 2019 que discutirá as políticas públicas. No dia 31, Dom Antônio de Assis Ribeiro, um dos bispos au-

xiliares de Belém, abordou o Mês Extraordinário Missionário a ser vivido em outubro deste ano. No dia 1º de fevereiro, Monsenhor Raimundo da Mata, Vigário Geral da Arquidiocese de Belém, irá expor sobre o Tricentenário da Igreja de Belém. A culminância acontecerá no sábado, 2 de fevereiro, com Santa Missa presidida por Dom Alberto Taveira Corrêa, Arcebispo Metropolitano. Após a celebração, os religiosos presentes confraternizam na Casa de Plácido.


2

Igreja

BELÉM, DE 1 A 7 DE FEVEREIRO DE 2019

Côn. Cláudio Barradas

Miscelânea

(claudiobarradaspe@gmail.com)

Contestação

E

m nossa edição passada, iniciei a contestação das acusações, todas mentirosas, a pessoas de nossa Igreja, vistas e ouvidas, casualmente, há poucos dias, numa noite de insônia, feitas, pessoalmente, num vídeo, por um cidadão que se identificou membro da Assembleia de Deus, sem especificar qual, nem onde fica. Seja-me permitido retomá-la, nesta de hoje, para contestar a última delas, então deixada de fora, por meu espaço ter chegado ao fim. A acusação: vocês católicos contrariam a Bíblia, ao dizer que Maria foi arrebatada para os céus, uma vez que esse fato não se encontra em nenhum de seus livros. Antes de tudo o mais, ao que me consta, nenhum dos nossos, seja ele um simples fiel ou um componente do clero, jamais afirmou que Maria foi arrebatada, até porque não usamos essa expressão, muito empregada pelos irmãos separados, claro que relativamente a si mesmos, pois que nós,

em seu entender, já estamos condenados. Quanto a não constar na Bíblia que Maria não foi arrebatada, concordo com ele em gênero, número e grau, só tenho que concordar, pois que é verdade. Mas quem me garante que isso não aconteceu? A Bíblia não é uma enciclopédia, para registrar tudo que é acontecimento. Ela, por exemplo, nada diz sobre a criação dos anjos, de onde não se pode concluir que eles não existem. O que se lê em Jo 20,30? “Muitos outros sinais Jesus fez na presença de seus discípulos e que não constam neste livro.” E em 21,25: “Restam muitas outras coisas feitas por Jesus. Se quiséssemos escrevê-las uma por uma, penso que os livros escritos não caberiam no mundo.” Pois então! Guardadas as devidas proporções, diga-se o mesmo de sua mãe. Segundo a Bíblia, - o que só pode ser verdade, pois que ela não mente – quatro pessoas foram arrebatadas. Não se especifica por quem, mas

2º Caderno

DIVULGAÇÃO

w RUBENS: Assunção de Maria

é evidente que por Deus, ou por um dos anjos, a mando seu. Duas observações, antes de listá-las: A primeira: qualquer dicionário nos informa que ser levado e ser arrebatado têm o mesmo significado, são sinônimos. A segunda: todos os personagens são levados/arrebatados, não para este ou àquele lugar,

mas sim para junto de Deus, como nos diz de si o apóstolo São Paulo, em 2 Cor 12,4 ss: “Conheço um homem em Cristo que, há quatorze anos, foi arrebatado ao terceiro céu – isto é, digo eu, ao mais alto dos céus – se em corpo ou sem corpo, não sei; se fora do corpo não sei, Deus o sabe, foi arrebatado até o Paraíso e ouviu palavras inefá-

(artpresent@superig.com.br)

05/02 - TERÇA-FEIRA. Santa Adelaide de Vilich - Camaldulense.

01/02 – SEXTA-FEIRA. Beato Luigi (Luís) Variara - Sacerdote Salesiano.

Nascida em 960, foi enviada por seus pais para estudar no mosteiro de Santa Úrsula em Colônia. Interessante na vida desta santa é que cada vez que morre alguém da família sua vida sofre modificações: seu irmão, em batalha; com a herança o pai constrói um mosteiro e ela toma conta. Sua mãe doente; ela adota as regras de São Bento. Sua irmã também abadessa; o bispo de Colônia vendo seu desempenho na administração, cede a ela o mosteiro da finada irmã. Mas com tudo isso, Adelaide aspirava bondade e dons místicos.

Luís jogava bola com sua turminha no pátio do Oratório, em Turim, Itália, 1887, ele tinha 12 anos. Dom Bosco passava ali por perto quando um deles gritou: Dom Bosco, Dom Bosco! Correram até lá. Mais tarde Luís relatou: “... ele me deu um olhar doce, seus olhos pousaram em mim, aquele dia foi marcante, com o olhar ele lia a minh’alma”. Mais tarde tornou-se sacerdote e missionário na Colômbia. Em um hospital na ala dos leprosos, ele escreve: “Parecia um sonho”. Incentivou a criação das Filhas do Sagrado Coração de Jesus e Maria. 02/02 – SÁBADO. Nossa Senhora da Candelária - Memória Mariana.

03/02 – 4º DOMINGO DO TEMPO COMUM. São Brás - Bispo e Mártir. Por falar em velas, neste dia é costume receber uma benção especial em nossas gargantas com duas velas cruzadas, pois esse santo que foi médico, bispo de Sebaste na Armênia, e sofreu o martírio em 316, por não oferecer sacrifícios aos deuses pagãos, salvou, conforme narram as Atas de sua vida, um menino que estava para morrer por ter engolido uma espinha, um osso segundo outros, o certo é que até hoje, mães aflitas recorrem à sua intercessão quando um filho se engasga ou apresenta problemas de garganta. Por muitos relatos de milagres, ele é bastante venerado em muitos países.

concepção imaculada e sua maternidade divina, esta premissa, base, da qual necessariamente, decorrem os demais – a Igreja dá-lhe o nome de assunção. No caso de Jesus, sua subida ao céu chama-se Ascensão, pois Ele ascendeu com suas forças, com seu próprio poder, por ser quem é, Deus humanado. No de Maria, Assunção, por ela não ter subido por si mesma e, sim, ter sido levada, cremos que por anjos. Em se tratando de nós, dizemos, quando um filho tem os traços físicos, ou psíquicos da mãe: tal mãe, tal filho. Em se tratando de Maria, devemos dizer: tal filho, tal mãe, uma vez que Ele prexistente a ela. Finalizando: a assunção de Maria foi declarada dogma, isto é, verdade de fé, pelo grande e saudoso Papa Pio XII, um autêntico santo, muito embora não tenha sido canonizado, apenas por medida de conveniência, no dia 1º de novembro de 1950. A Igreja não inventa seus dogmas, descobre-os nas Sagradas Escrituras, onde estão, ora explícitos, ora implícitos, caso da assunção. Shalom!

Diác. Benedito Otávio

Santos da semana

Antes do Concílio Vaticano II, as festas de Natal se encerravam aqui, 40 dias após o nascimento de Jesus. Quando a mulher hebreia saía de casa para apresentar seu filho varão no templo e fazia sua purificação espiritual da sangria do parto. Assim como Jesus não precisava de batismo, mas quis seguir a lei, Maria também, toda pura, cumpriu a lei e apresentou a “Luz das nações” que é Jesus. Ao longo do tempo surgiu a devoção de Nossa Senhora da Luz; da Candelária; das Candeias, na Espanha, Portugal e sudeste do Brasil. Aqui, ainda algumas poucas casas benzem velas e as acendem nas janelas.

veis, que não é lícito ao homem repetir.” E meu possível leitor, aí: - Mas e então? E os tais personagens bíblicos que foram arrebatados? Ah, sim, os quatro personagens. Foram eles: o filho da mulher, Ap 12,5; o apóstolo São Paulo, 2 Cor 12,4; Filipe, At 8,39; Henoc, Gen 5,24, Eclo 44,16; 49,14; Elias, 2 Rs 2,11; Eclo 48,9.12. Em 1 Tss 4,17, Paulo afirma que, no final dos tempos, depois que os mortos ressuscitarem, “nós, os vivos que estivermos lá, seremos arrebatados por Deus nas nuvens para o encontro com o Senhor, nos ares. E assim, estaremos para sempre com o Senhor.” Ora, meus e minhas. Se isso aconteceu com pessoas comuns, ainda que profetas como Elias e Eliseu, e acontecerá, no último dia, com todos os justos, por que não aconteceria com a mulher mais incomum, a mais santa, a sem mácula alguma, que, ainda por cima, mãe de Deus humanado, heim, heim, heim? Elevada, ou arrebatada, tanto faz pois o sentido é o mesmo, esse privilégio de Maria – os outros dois são sua

06/02 - QUARTA-FEIRA. Santos Paulo Miki e Companheiros - Mártires.

04/02 - SEGUNDA-FEIRA. Santo Aventino de Troyes - Bispo. Nasceu na Gália, Bourges, segunda metade do séc. V. Visto como modelo desde a juventude graças à educação cristã que recebeu. Fez uma visita a São Lupus, bispo de Troyes, o mesmo que salvou a cidade da invasão de Átila, oferecendose como refém. Os dois bispos tornam-se grandes aliados contra o mal, libertando prisioneiros de guerra estrangeiros que eram escravizados. Lupus morreu em 479, foi sucedido por São Cameliano, que era mais espirituoso apesar da vida eremita. Aventino foi chamado a terminar sua vida assim, recluso, em oração, falecendo em 538.

Foi através da evangelização de São Francisco Xavier que o Japão tomou conhecimento do cristianismo, entre 1549 e 1551. Filho de militar imperial, tornou-se jesuíta, dedicando-se ao ensino do catecismo com muito zelo, obtendo nesse apostolado conversões espantosas. Foi crucificado em Nagasaki, Japão, em 1587, juntamente com outros dois jesuítas, seis franciscanos e dezessete leigos. Canonizados por Pio IX. 07/02 - QUINTA-FEIRA. Beato Pio IX - Papa. Maria Santíssima sempre presente em sua vida: No nascimento, 13 de maio de 1792. No nome, Giovanni “Maria” Mastai Ferretti. Na enfermidade, curado rezando pela intercessão de Nossa Senhora de Loreto. Ao encontrar São Vicente Pallotti em 1815, este lhe profetizou o pontificado. Sua 1ª missa como padre: em1819, na Igreja de Sant’Ana dos Carpinteiros. Já como papa, proclamaou o Dogma da Imaculada Conceição, em 08/12/1854. Incentivou o culto ao Imaculado Coração de Maria e deu início ao concílio Vaticano I, de 1869 a 1870.


5 3

Igreja 53º Dia Mundial das Comunicações Sociais

2º Caderno

N

BELÉM, DE 1 A 7 DE FEVEREIRO DE 2019

o dia em que a Igreja celebra a memória de São Francisco de Sales, 24 de janeiro, é costume a divulgação da Mensagem do papa para o Dia Mundial das Comunicações Sociais. O Vaticano dis-

ponibilizou na data o texto para ser refletido no dia 2 de junho, com o tema “‘Somos membros uns dos outros’ (Ef 4, 25): das comunidades de redes sociais à comunidade humana”.

A mensagem apresenta o convite à reflexão sobre as relações entre as pessoas na internet, ambiente no qual a Igreja acredita que deve ser usado para o “encontro das pessoas e a solidariedade entre todos”.

Mensagem do Papa Francisco

Das comunidades de redes sociais à comunidade humana «Somos membros uns dos outros» (Ef 4, 25) Queridos irmãos e irmãs!

D

esde que se tornou possível dispor da internet, a Igreja tem sempre procurado que o seu uso sirva o encontro das pessoas e a solidariedade entre todos. Com esta Mensagem, gostaria de vos convidar, mais uma vez, a refletir sobre o fundamento e a importância do nosso ser-emrelação e descobrir, nos vastos desafios do atual panorama comunicativo, o desejo que o homem tem de não ficar encerrado na própria solidão. As metáforas da “rede” e da “comunidade”

Hoje, o ambiente dos massmedia é tão invasivo que já não se consegue separar do círculo da vida quotidiana. A rede é um recurso do nosso tempo: uma fonte de conhecimentos e relações outrora impensáveis. Mas numerosos especialistas, a propósito das profundas transformações impressas pela tecnologia às lógicas da produção, circulação e fruição dos conteúdos, destacam também os riscos que ameaçam a busca e a partilha duma informação autêntica à escala global. Se é verdade que a internet constitui uma possibilidade extraordinária de acesso ao saber, verdade é também que se revelou como um dos locais mais expostos à desinformação e à distorção consciente e conduzida dos factos e relações interpessoais, a ponto de muitas vezes cair no descrédito. É necessário reconhecer que se, por um lado, as redes sociais servem para nos conectarmos melhor, fazendonos encontrar e ajudar uns aos outros, por outro, prestam-se também a um uso manipulador dos dados pessoais, visando obter vantagens no plano político ou económico, sem o devido respeito pela pessoa e seus direitos. As estatísticas relativas aos mais jovens revelam que um em cada quatro adolescentes está envolvido em episódios de cyberbullying[1]. Na complexidade deste cenário, pode ser útil voltar a refletir sobre a metáfora da rede, colocada inicialmente como fundamento da internet para ajudar a descobrir as suas potencialidades positivas. A imagem da rede convida-nos a refletir sobre a multiplicidade de percursos e nós que, na falta de um centro, uma estrutura de tipo hierárquico, uma organiza-

ção de tipo vertical, asseguram a sua consistência. A rede funciona graças à comparticipação de todos os elementos. Reconduzida à dimensão antropológica, a metáfora da rede lembra outra figura densa de significados: a comunidade. Uma comunidade é tanto mais forte quando mais for coesa e solidária, animada por sentimentos de confiança e empenhada em objetivos compartilháveis. Como rede solidária, a comunidade requer a escuta recíproca e o diálogo, baseado no uso responsável da linguagem. No cenário atual, salta aos olhos de todos como a comunidade de redes sociais não é, automaticamente, sinônimo de comunidade. No melhor dos casos, tais comunidades conseguem dar provas de coesão e solidariedade, mas frequentemente permanecem agregados apenas indivíduos que se reconhecem em torno de interesses ou argumentos caraterizados por vínculos frágeis. Além disso, nas redes sociais, muitas vezes a identidade funda-se na contraposição ao outro, à pessoa estranha ao grupo: define-se mais a partir daquilo que divide do que daquilo que une, dando espaço à suspeita e à explosão de todo o tipo de preconceito (étnico, sexual, religioso, e outros). Esta tendência alimenta grupos que excluem a heterogeneidade, alimentam no próprio ambiente digital um individualismo desenfreado, acabando às vezes por fomentar espirais de ódio. E, assim, aquela que deveria ser uma janela aberta para o mundo, torna-se uma vitrina onde se exibe o próprio narcisismo. A rede é uma oportunidade para promover o encontro com os outros, mas pode também agravar o nosso autoisolamento, como uma teia de aranha capaz de capturar. Os adolescentes é que estão mais expostos à ilusão de que as redes socias possam satisfazê-los completamente a nível relacional, até se chegar ao perigoso fenômeno dos jovens «eremitas sociais», que correm o risco de se alhear totalmente da sociedade. Esta dinâmica dramática manifesta uma grave rutura no tecido relacional da sociedade, uma laceração que não podemos ignorar. Esta realidade multiforme e insidiosa coloca várias questões de caráter ético, social, jurídico, político, econômico, e interpela também a Igreja. Enquanto cabe aos governos buscar as vias de regulamentação legal para

DIVULGAÇÃO

w PAPA reflexão sobre as relações na internet

salvar a visão originária duma rede livre, aberta e segura, é responsabilidade ao alcance de todos nós promover um uso positivo da mesma. Naturalmente não basta multiplicar as conexões, para ver crescer também a compreensão recíproca. Então, como reencontrar a verdadeira identidade comunitária na consciência da responsabilidade que temos uns para com os outros inclusive na rede online? “Somos membros uns dos outros”

Pode esboçar-se uma resposta a partir duma terceira metáfora – o corpo e os membros – usada por São Paulo para falar da relação de reciprocidade entre as pessoas, fundada num organismo que as une. «Por isso, despi-vos da mentira e diga cada um a verdade ao seu próximo, pois somos membros uns dos outros» (Ef 4, 25). O facto de sermos membros uns dos outros é a motivação profunda a que recorre o Apóstolo para exortar a despir-se da mentira e dizer a verdade: a obrigação de preservar a verdade nasce da exigência de não negar a mútua relação de comunhão. Com efeito, a verdade revela-se na comunhão; pelo contrário, a mentira é recusa egoísta de reconhecer a própria pertença ao corpo; é recusa de se dar aos outros, perdendo assim o único caminho para se reencontrar a si mesmo. A metáfora do corpo e dos membros leva-nos a refletir sobre a nossa identidade, que se funda sobre a comunhão e a alteridade. Como cristãos, todos nos reconhecemos como membros do único corpo cuja cabeça é Cristo. Isto ajuda-nos a não ver as pessoas como potenciais concorrentes, considerando os próprios inimigos como pessoas. Já não tenho necessidade do adversário para me autodefinir, porque o olhar de inclusão, que

aprendemos de Cristo, faz-nos descobrir a alteridade de modo novo, ou seja, como parte integrante e condição da relação e da proximidade. Uma tal capacidade de compreensão e comunicação entre as pessoas humanas tem o seu fundamento na comunhão de amor entre as Pessoas divinas. Deus não é Solidão, mas Comunhão; é Amor e, consequentemente, comunicação, porque o amor comunica sempre; mais, comunica-se a si mesmo para encontrar o outro. Para comunicar conosco e comunicar-se a nós, Deus adapta-Se à nossa linguagem, estabelecendo na história um verdadeiro e real diálogo com a humanidade (cf. Conc. Ecum. Vat. II, Const. dogm. Dei Verbum, 2). Em virtude de termos sido criados à imagem e semelhança de Deus, que é comunhão e comunicação-de-Si, trazemos sempre no coração a nostalgia de viver em comunhão, de pertencer a uma comunidade. Como afirma São Basílio, «nada é tão específico da nossa natureza como entrar em relação uns com os outros, ter necessidade uns dos outros»[2]. O panorama atual convidanos, a todos nós, a investir nas relações, a afirmar – também na rede e através da rede – o caráter interpessoal da nossa humanidade. Por maior força de razão nós, cristãos, somos chamados a manifestar aquela comunhão que marca a nossa identidade de crentes. De facto, a própria fé é uma relação, um encontro; e nós, sob o impulso do amor de Deus, podemos comunicar, acolher e compreender o dom do outro e corresponder-lhe. É precisamente a comunhão à imagem da Trindade que distingue a pessoa do indivíduo. Da fé num Deus que é Trindade, segue-se que, para ser eu mesmo, preciso do outro. Só sou verdadeiramente humano, verdadeiramente pessoal, se me

relacionar com os outros. Com efeito, o termo pessoa conota o ser humano como «rosto», voltado para o outro, comprometido com os outros. A nossa vida cresce em humanidade passando do caráter individual ao caráter pessoal; o caminho autêntico de humanização vai do indivíduo que sente o outro como rival para a pessoa que nele reconhece um companheiro de viagem. Do “like” ao “amen”

A imagem do corpo e dos membros recorda-nos que o uso das redes sociais é complementar do encontro em carne e osso, vivido através do corpo, do coração, dos olhos, da contemplação, da respiração do outro. Se a rede for usada como prolongamento ou expectativa de tal encontro, então não se atraiçoa a si mesma e permanece um recurso para a comunhão. Se uma família utiliza a rede para estar mais conectada, para depois se encontrar à mesa e olharse olhos nos olhos, então é um recurso. Se uma comunidade eclesial coordena a sua atividade através da rede, para depois celebrar juntos a Eucaristia, então é um recurso. Se a rede é uma oportunidade para me aproximar de casos e experiências de bondade ou de sofrimento distantes fisicamente de mim, para rezar juntos e, juntos, buscar o bem na descoberta daquilo que nos une, então é um recurso. Assim, podemos passar do diagnóstico à terapia: abrir o caminho ao diálogo, ao encontro, ao sorriso, ao carinho… Esta é a rede que queremos: uma rede feita, não para capturar, mas para libertar, para preservar uma comunhão de pessoas livres. A própria Igreja é uma rede tecida pela Comunhão Eucarística, onde a união não se baseia nos gostos [«like»], mas na verdade, no «amem» com que cada um adere ao Corpo de Cristo, acolhendo os outros. Vaticano, na Memória de São Francisco de Sales, 24 de janeiro de 2019. FRANCISCO

[1] Para circunscrever o fenómeno, será instituído um Observatório internacional sobre cyberbullying, com sede no Vaticano. [2] Grandes Regras, III, 1: PG 31, 917. Cf. Bento XVI, Mensagem para o XLIII Dia Mundial das Comunicações Sociais (2009).


Arquidiocese 2º Caderno N Padre Gelcimar toma posse da Paróquia da Divina Misericórdia 4

BELÉM, DE 1 A 7 DE FEVEREIRO DE 2019

este domingo, 3, na matriz da Paróquia da Divina Misericórdia, ocorre a Santa Missa de posse do padre Gelcimar Santos, às 9h30. Dom Alberto Taveira Corrêa, Arcebispo Metropolitano de Belém, preside a Santa Missa de posse. A matriz fica localizada na Rodovia Augusto Montenegro, 1980, ao lado do Bom Clima, bairro Águas Negras, em Icoaraci distrito de Belém. Padre Gelcimar Santos, será o quarto pároco a assumir a Igreja matriz da Divina Misericórdia e fala da nova missão: “Vou conhecer a realidade da paróquia que deve ter inúmeras atividades, mas vou viver com eles esse sonho de evangelização e vou com o coração aberto para essa nova etapa. São novos desafios, um novo rebanho, mas vou conhecer a realidade e, também, continuar o projeto que eles têm no coração, a construção da Igreja Matriz que muitos chamam de Santuário da Divina Misericórdia, na Rodovia Augusto Montenegro. Então o sonho deles eu levo para mim também dessa construção. O foco é dar continuidade a vida pastoral animando e reanimando o que já tem, não preten-

Dom Alberto Taveira Corrêa, Arcebispo de Belém, preside a Santa Missa FOTOS: DIVULGAÇÃO

da terceira etapa, Diretor Arquidiocesano, Diretor do Regional Pará e Amapá, Compõe a equipe do conselho nacional do Encontro de Casais com Cristo (ECC) e é voluntário da Fundação Nazaré de Comunicação. HISTÓRICO DA DIVINA MISERICÓRDIA,

w PADRE GELCIMAR “Estou com o coração aberto para dar continuidade nos trabalhos pastorais"

do mudar nada, claro, só aperfeiçoando aquilo que o padre Ulisses de Campos fez, assim como os padres anteriores”. E conclui falando da passagem na Igreja matriz de Nossa Senhora Auxiliadora, paróquia que ficou à frente desde 2008: “Estou com o coração aberto para dar continuidade nos trabalhos pastorais, tenho ciência que quando che-

guei à Paróquia de Nossa Senhora Auxiliadora não sabia muita coisa, mas hoje digo que esta paróquia me fez crescer como pessoa e como cristão. Valeu e muito cada dia viver nesta realidade paroquial e só tenho a agradecer a todos pela ajuda em todos os sentidos”. Padre Gelcimar Sousa Santos, é natural de Imperatriz do Maranhão,

nasceu em 6 de julho de 1976, sendo criado em Dom Eliseu município do Estado do Pará. Em 2008, foi ordenado padre na cidade de Dom Eliseu, Diocese de Bragança, por Dom Orani João Tempesta, na época Arcebispo de Belém, atual cardeal no Rio de Janeiro. Atuou como vigário paroquial na matriz da Paróquia de

Santa Teresinha do Menino Jesus, bairro Tenoné, de 2008 a 2011. Em 2011, foi empossado pároco da matriz da Paróquia de Nossa Senhora Auxiliadora sendo o primeiro pároco da Igreja Matriz. Na Arquidiocese de Belém assume algumas funções como: Conselheiro de duas equipes de Nossa Senhora, Diretor espiritual

A Paróquia da Divina Misericórdia foi erigida pelo Arcebispo Metropolitano de Belém, Dom Alberto Taveira Corrêa, no dia 11 de março de 2011, desmembrada das Paróquias Nossa Senhora de Fátima, Icoaraci distrito de Belém e Santa Teresinha do Menino Jesus, bairro do Tenoné, tem como comunidades: Nossa Senhora de Nazaré, Santa Luzia, São José Operário, Santa Rita de Cássia, Santo Antônio, Nossa Senhora do Carmo, Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, Santíssima Trindade, Sagrada Família e Sagrado Coração de Jesus.

Missão Louvai realiza formação da Terapia Gaudium A Comunidade Catolica Missão Louvai estará realizando através de seu Instituto, nos dias 1,2 e 3 de fevereiro, o Módulo II da formação e certificação da Terapia Gaudium, um método terapêutico desenvolvido por seu fundador, Almir Santos, inspirado no Papa Francisco. A Terapia Gaudium propõe um percurso à felicidade e está fundamentada em três pilares: escolher, movimentar-se e surpreender-se. Os três pilares dão base para cinco módulos formativos. Módulo I: História e sentido da vida. ModuloII: Leitura e percepção corporal Modulo III: Novos modelos mentais Módulo IV: Terapias complementares, uma realidade no Brasil.

w EQUIPE da Comunidade Catolica Missão Louvai responsável pelo evento

Módulo V: Supervisão e práticas Todos embasados na Espi-

ritualidade, trazendo intervenções no sistema de crenças limitantes dos pacientes,

TERCEIRA PARTE

YOUCAT

A VIDA EM CRISTO

O

J o r n a l Vo z de Nazaré segue os estudos sobre o YOUCAT Catecismo da Igreja Católica, escrito para JOVENS que querem saber em que acreditam. Este projeto iniciou-se por ocasião da Jornada Mundial da Juventude, Rio, 2013.

consciência corporal e sentido da vida. A primeira turma estará

sendo formada no final de abril de 2019 e é composta por diversos profissionais: médicos, enfermeiras, assistentes sociais, sacerdotes, acadêmicos de psicologia, pedagogos, biofarmacêuticos, fisioterapeutas, terapeutas ocupacionais, advogados, leigos consagrados, professores, catequistas e agentes de pastorais. O módulo II estará trazendo duas profissionais com vasta experiência na área das terapias complementares, sendo elas Lívia Barros, de Brasília, e Priscila Fontana, de Santa Catarina, que conduzirão estes três dias integrados com o fundador do método. Os interessados a ingressarem na segunda turma da Formação e Certificação da Terapia Gaudium podem entrar em contato pelo telefone (91) 993358824 (Almir Santos).

SEGUNDA SEÇÃO: OS DEZ MANDAMENTOS SEGUNDO CAPÍTULO

Ama o teu próximo como a ti mesmo

395

- O que é a paz?

A paz é a consequência da justiça e o sinal do amor realizado. Onde existe paz pode “cada criatura descansar numa boa ordem! (Santo Tomás de Aquino). A paz terrena é a imagem da paz de Cristo, que reconciliou o Céu com a Terra. [2304-2305]

396

- Como lida um cristão com a ira?

São Paulo diz “não vos deixeis levar pela ira para o pecado! Não se ponha o sol sobre a vossa ira!” (Ef 4,26). [2302-94]


Arquidiocese Arquidiocese de Belém conclui estudos temáticos da CF 2019

2º Caderno

A

rquidiocese de Belém conclui nesse mês os estudos da temática da Campanha da Fraternidade 2019, cujo tema é “Fraternidades e Políticas Públicas” e tem como lema: “Serás libertado pelo direito e pela justiça” (Is 1,27). Na área Mosqueiro e das Ilhas recebem nesta semana os encontros formativos. Os estudos levam em consideração o textobase preparado pela Comissão Nacional da CF, que contou com a participação e contribuição de vários especialistas e pesquisadores, bem como com a consulta a lideranças de movimentos e entidades sociais. Dividido no método ver, julgar e agir, o subsídio aponta uma série de iniciativas que ajudarão a colocar em prática as propostas incentivadas pela Campanha. Como exemplo dessas ações, o texto-base além de contextualizar o que é o poder público, os tipos de poder e os condicionantes nas políticas públicas, fala sobre o papel dos atores sociais nas Políticas Públicas. A participação da sociedade no controle social das Políticas Públicas é outro tema de destaque no texto-base. Além do texto-base,

5 5

BELÉM, DE 1 A 7 DE FEVEREIRO DE 2019

Programação ocorre nos dois próximos finais de semana em Mosqueiro e ilhas quia Nossa Senhora do Ó para os moradores da Ilha do Mosqueiro. No dia 10 de fevereiro, a região das Ilhas receberá a formação. A Ilha de Boa Vista, no Baixo Acará, receberá o evento que inicia às 08h30. A Arquidiocese informou também como será a solene abertura da Campanha da Fraternidade deste ano. Os bispos, padres, seminaris-

tas, religiosos e todos os fiéis arquidiocesanos deverão estar em Mosqueiro no dia, 09 de março, às 08h, no trevo que fica nas confluências das ruas 16 e 15 de novembro com a Rua José Mota. De lá segue uma caminhada até a Praça da Matriz onde haverá Missa Campal a ser presidida por dom Alberto Taveira Corrêa, arcebispo metropolitano de Belém.

ESTUDO DO TEMA DA CF 2 019

outros materiais foram produzidos para dar apoio nesta missão: círculos bíblicos, que trazem aprofundamento da Palavra de Deus; sugestão de celebração ecumênica, para reunir pastores e representantes de outras Igrejas na preparação desse evento; a Cartilha Fraternidade Viva, rodas de conversa com a perspectiva de aprofundar-se

no tema e a vigília eucarística e celebração da misericórdia. Todos eles estão disponíveis no site da Editora da CNBB. Levando em consideração que as Políticas Públicas dizem respeito a toda a sociedade em suas várias dimensões, e que visam assegurar os direitos humanos mais elementares para que cada pessoa tenha

condições de viver com dignidade, o autor do cartaz da CF 2019 padre Erivaldo Dantas, buscou ressaltar na arte, através de silhuetas, a presença de algumas categorias sociais que considera importante para a reflexão da Igreja e da sociedade. Neste sábado, 2 de fevereiro, a partir das 14h o estudo será na Igreja Matriz da Paró-

02 DE FEVEREIRO Área Mosqueiro Hora: 14h00 às 19h00 Local: Paróquia Nossa Senhora do Ó 10 DE FEVEREIRO Área Missionária das Ilhas Hora: 08h30 às 13h00 Local: Comunidade Boa Vista - Baixo Acará

CAMINHADA E MISSA DE ABERTURA DA CF 2019 09 DE MARÇO Hora: 08h00 Local: Ilha do Mosqueiro (Vila) Local de Concentração: Confluência das Ruas 16 de Novembro – 15 de Novembro e José Mota (Trevo) Missa na Praça da Matriz

Jovens de São Geraldo Magela participam de mais um retiro “Despertar” O grupo Magela Jovem, da Paróquia São Geraldo Magela, no bairro de Val de Cans, promove a 6° edição do retiro juvenil “Despertar”, de 05 a 07 de abril, no distrito de Mosqueiro em Belém. O evento compreende momentos de formação, louvor, oração e dinâmicas, as vagas são limitadas e as inscrições seguem abertas na Igreja Matriz, localizada na Rua São Paulo, Conjunto Marez, bairro Val de Cans. O retiro “Despertar”

ocorre desde 2014 e objetiva evangelizar os jovens e proporcionar uma experiência com o amor de Deus. O evento é voltado para jovens e adultos, na faixa etária de 15 a 30 anos. Os interessados menores de idade deverão apresentar uma autorização assinada pelos pais ou responsáveis no dia do embarque para o retiro. Segundo a coordenadora do grupo, Brenda Ribeiro, que participa do retiro desde 2015, o evento sempre é uma

grande oportunidade. “Foi onde vivenciei e entendi o grande amor que Deus tem por mim”, frisou. Ela espera que os jovens que irão participar do retiro tenham a mesma experiência. A programação inicia na sexta-feira, 5 de abril, a partir das 14h, com concentração na Paróquia São Geraldo Magela e saída às 16h. Durante os três dias ocorrerão momentos de formação, louvor, oração e dinâmicas. A coordenação do evento indica que os participan-

tes levem alguns itens pessoais como rede, cobertor, material de higiene pessoal, remédios pessoais, prato, copo e talheres. O grupo foi fundado há quatros anos na igreja matriz. Os encontros ocorrem aos sábados, às 16h, no auditório Dom Zico. O primeiro retiro “Despertar” ocorreu em 2014 e já está em sua 6ª edição e é organizado pelo Magela Jovem como um instrumento de evangelização. As vagas para o retiro são limitadas e as inscrições seguem abertas e podem ser feitas na Igreja Matriz aos finais de semana (sábado, 19h e aos domingos, 7h30, 11h e 18h), localizada na Rua São Paulo,

Conjunto Marex, bairro Val de Cans ou por meio de formulário eletrônico disponível no link: https:// goo.gl/forms/bM5O3jccJLoF6M8A3. A taxa de inscrição no valor de

R$: 70,00 deve ser paga até o dia 15 de fevereiro. Mais informações, entre em contato pelos telefones: (91) 98086-6099/ (91) 8146-0788 ou (91) 98719-3601.

Encontro de Formação Arquidiocesano Nos dias 2 e 3 deste mês a Renovação Carismática Católica (RCC) promove na Faculdade Católica de Belém o Encontro de Formação Arquidiocesano para ministérios. Serão 12 workshops: Música

e Arte, Intercessão, Cura e Libertação, J o v e n s , P re g a ç ã o, Comunicação, Famílias, P romoção Humana, Crianças e Adolesantos, Coordenação, Tesouraria e Secretaria. Cada workshop con-

tará com 60 vagas as 60 primeiras pessoas que se inscreverem e confirmar o pagamento poderão participar do EFA. Inscrições no hotsite: www.e-inscricao.com/rccbelem/efa. Informações: (91) 98336-9082.


Arquidiocese A Mudança no Clero Arquidiocesano e criação de Paróquia 6

Arquidiocese de Belém deu início neste mês de janeiro a mais uma etapa das trocas em paróquias e funções de padres. As mudanças são parte do dinamismo dos trabalhos de evangelização e pastorais do clero, em suas diversas instâncias pastorais. As transferências são sempre oportunidade de renovação para os próprios sacerdotes, mas também para as comunidades paroquiais, exigindo por vezes um espírito de sacrifício e obediência. É o Senhor, que por intermédio do Espírito Santo indica este caminho, iluminando e abençoando os irmãos na nova missão que lhes é confiada. Neste primeiro semestre estão previstas 16 transferências, podendo aumentar de acordo com a necessidade. As primeiras ocorreram no mês de janeiro, no dia 5, na Paróquia Santo Inácio de Loyola no IcuíGuajará, que recebeu o novo Pároco, Padre Edvaldo Andrade Amaral, anteriormente vigário paroquial na Paróquia

BELÉM, DE 1 A 7 DE FEVEREIRO DE 2019

2º Caderno

Oportunidade de renovação nas paróquias LUIZ ESTUMANO

w PARÓQUIA Santo Antônio do Tucunduba, terá novo pároco

São Pedro e São Paulo. Já no dia 6, os paroquianos da Paróquia Nossa Senhora de Guadalu-

pe receberam o novo Pároco, Padre Antônio Célio, recém chegado à Arquidiocese.

No dia 3 de fevereiro, o Bispo Auxiliar de Belém, Dom Antônio de Assis Ribeiro, presidirá a Santa

Missa, às 9h, na Paróquia do Sagrado Coração de Jesus – Distrito Industrial, com a posse do novo Pároco Padre Isan Alves Vieira, até então Vigário Paroquial da Paróquia São Vicente de Paulo. Também no dia 3, Dom Irineu Roman, Bispo Auxiliar de Belém, preside a Santa Missa, às 10h, onde o Padre Gelcimar Souza Santos tomará posse como novo Pároco da Paróquia da Divina Misericórdia – Icoaraci, sendo transferido da Paróquia Nossa Senhora Auxiliadora onde era Pároco. Já no dia 9, Dom Irineu presidirá a Missa às 19h, com a posse do novo Pároco da Paróquia Nossa Senhora da Conceição Aparecida, Padre Hellyson Wagner Amaral de Lima, até então vigário paroquial

da Paróquia Nossa Senhora de Fátima. No dia seguinte, domingo 10, às 9h, Dom Irineu ainda conduz a Santa Missa que dará posse ao novo pároco da Paróquia Santo Antônio do Tucunduba, Padre Sebastião Nazaré Antero, que atuava como vigário paroquial da Paróquia São Judas Tadeu. No mesmo dia e hora, na Paróquia Nossa Senhora Auxiliadora em Ananindeua, Dom Antônio dará posse ao novo Pároco Padre Márcio José Sousa Motta, que deixando a função de Pároco na Paróquia Nossa Senhora da Conceição Aparecida. Na mesma ocasião o Padre Leandro Geraldo Magela Ferreira, recémchegado à Arquidiocese, também assumirá como Novo Vigário Paroquial.

NOVAS INSTALAÇÕES No dia 17 de fevereiro a Arquidiocese de Belém viverá a festa de criação da sua nonagésima paróquia, mediante a instalação da Paróquia Santa Teresa de Calcutá (Conjunto Eduardo Angelim II, Parque Guajará, s/n), com a celebração presidida por Dom Alberto Taveira Corrêa, às 19h. Na mesma celebração também tomará posso como pároco, Padre Paulo João Fernandes Rodrigues, até então Vigário Paro-

quial da Paróquia Divina Misericórdia. Outro motivo de festa é a instalação da Área Missionaria São Clemente (Rua São Clemente s/n, no Bairro do Bengui) com celebração presidida por Dom Irineu, no dia 24, às 8h. A nova Área será administrada pelo Padre Paulo Humberto Rodrigues Cruz, até então era Administrador da Paróquia Sagrado Coração de Jesus – Distrito Industrial.

Comunidade Kerygma realiza encontro Curados Para Amar A Comunidade Católica Kerygma promove o segundo encontro Curados para Amar do ano de 2019, com o tema “Famílias restauradas no amor”. O evento, que consta de cura e libertação, ocorre neste domingo, dia 3 de fevereiro, e tem por finalidade levar a pessoa ao encontro pessoal com Jesus e,

através deste encontro, a restauração da alma, do corpo e da mente. A programação, que é composta de louvor, pregações, adoração, kerygma kids e Santa Missa, acontece das 8h às 17h, na Igreja dos Capuchinhos, localizada na Travessa Castelo Branco, 1541, esquina com a Conselheiro Furtado.

O Curados para Amar é voltado ao público em geral. Sua programação contempla as crianças acima de três anos de idade, através do espaço kerygma kids, um ambiente lúdico e seguro para as crianças e para o conforto dos pais. Lorena Carvalho, coordenadora do Ministério de Comunicação da

comunidade, destaca que o evento vai proporcionar uma experiência de Deus: “A finalidade do encontro é levar cada pessoa que participa desse momento, a uma experiência profunda do amor de Deus, nós cremos que Deus quer curar a nossa história, que todos nós precisamos de cura, então, o

objetivo é permitir esse tocar de Deus na nossa vida espiritual”. Lorena Carvalho destaca que “o tema escolhido reflete ao que hoje em dia é nos mostrado, famílias sem a presença de Deus, sem estrutura, e isso gera esquecimento dos valores, e o nosso objetivo é restaurar as famílias através do amor de Deus,

mostrando que é possível amar em família”. COMUNIDADE

Foi fundada em 1999 e tem como carisma anunciar no amor e na força do Espírito Santo. No Pará existem quatro casas de missão, sendo uma em Belém, ao lado da Paróquia de São Judas Tadeu, no bairro da Condor.


2º Caderno

Arquidiocese

BELÉM, DE 1 A 7 DE FEVEREIRO DE 2019

5 7

Escola de Teologia, Espiritualidade e Bíblica iniciam ano letivo Aulas serão no centro que integra a Catedral

A

A Catedral Metropolitana de Belém (por seu Cura, o Cônego Roberto Cavalli), em parceria com a Diretoria de Pós Graduação e Extensão da Faculdade Católica de Belém (por seu Reitor, Cônego Vladian Alves) fizeram público o Calendário Letivo de 2019 dos Cursos de Extensão, sob forma de Escolas, cujas aulas se realizarão no Centro de Espiritualidade São João Paulo II (que integra a Paróquia Nossa Senhora da Graça – Catedral). Segundo o Professor Doutor Padre João Paulo de Mendonça Dantas, Coordenador da Escola de Teologia “Santo Agostinho”; da Escola de Espiritualidade “Santa Tereza”; e da Escola Bíblica “São Jerônimo”, estas ensejam um projeto da Arquidiocese de Belém, que pretende fazer da Catedral, em parceria com Faculdade Católica, um centro de formação teológica, espiritual e bíblica para leigos,

especialmente para os já engajados no âmbito da formação catequética e doutrinal de suas paróquias, comunidades ou movimentos. “Todos os cursos serão ministrados por professores pós-graduados e com experiência comprovada no magistério superior”, ressalta Padre João Paulo. A Escola de Teologia “Santo Agostinho”

Oferecerá aos seus alunos um percurso de formação teológica e bíblica respectivamente ao longo de três anos (2018-2020), em forma de cursos modulares, ministrados sempre aos fins de semana, com duração de 12 horas/ aula. Em 2019 serão ministrados módulos sobre as seguintes temáticas: Teologia da Criação (dias 23 e 24 de março), Teologia da Graça (dias 27 e 28 de abril), Teologia da Amizade (dias 15 e 16 de junho) e Teologia Sacramental (dias 07 e 08 de setembro).

A Escola Bíblica “São Jerônimo”

Propõe um itinerário de formação bíblica, oferecendo aos seus alunos um conhecimento geral aprofundado sobre a Sagrada Escritura e uma sólida formação centrada na Palavra de Deus e nas Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora da Igreja no Brasil. Far-seá ministrar ao longo de dois anos (2018-2019), também em forma de cursos modulares, ministrados aos fins de semana, com duração de 12 horas/aula. No ano letivo de 2019 serão ministrados módulos sobre os seguintes títulos: Evangelhos Sinóticos (dias 09 e 10 de março), Literatura Joanina (dias 06 e 07 de abril), Literatura Paulina (dias 18 e 19 de maio), Atos e Cartas Apostólicas (dias 17 e 18 de agosto). A Escola de Espiritualidade “Santa Tereza”

Oferece uma forma-

ção no âmbito da história da Espiritualidade, com objetivo de promover conhecimento sobre o vasto e rico patrimônio espiritual cristão; oferecendo aos seus alunos uma sólida formação sobre estas temáticas. No ano letivo de 2019, serão estudados: a inabitação trinitária(dia 13 de março), a graça santificante(dia 27 de março), as virtudes

teologais(dia 10 de abril), as virtudes cardeais(dia 24 de abril), os dons do Espírito Santo (dia 15 de maio), os frutos do Espírito Santo(dia 29 de maio), as BemAventuranças(dia 12

de junho), as três idades da vida espiritual (14 de agosto) e as sete moradas(dias 11 e 25 de setembro). As aulas acontecem sempre, às quartas feiras, das 19h30m às 21h10m.

SERVIÇO Informações: Catedral de Belém - Telefone: 2121.3724 Investimento R$ 40,00 + valor do material didático.

São Brás - Padroeiro dos operários Pastoral do Dizimo promove abertura das atividades do ano 2019 é festejado neste domingo, 3 Nascido na cidade de Sebaste, Armênia, no final do século III, São Brás, médico e Bispo do Sebaste, era conhecido por obter curas milagrosas com sua intercessão. Certo dia, salvou um menino que estava sufocando por um espinho de peixe agarrado na garganta. Foi daí que surgiu o costume de abençoar as gargantas no dia de sua festa, 3 de fevereiro. A comunidade devota do santo em Icoaraci, ligada à Paróquia de São Francisco de Assis, promove neste final de semana a festividade. A programação em Icoaraci, cujo tema “são Brás ajudai a sermos missionários em comunhão com a Amazônia”, tem início nesta sexta-feira, 1º, com celebração eucarística presidida pelo pároco, Padre George França, na Comunidade de São

DIVULGAÇÃO

Brás, no Conjunto Park Zorbi. No sábado, 2, haverá celebração da palavra na comunidade com o Diácono Roberval Pantoja e, no dia 3, domingo, dia de São Brás,

haverá procissão a partir das 8h, concentrando na Igreja Matriz e seguindo até comunidade. À chegada haverá Santa Missa, com a tradicional bênção das gargantas.

A Equipe Arquidiocesana da Pastoral do Dízimo (EAPADI) promove neste sábado, 2, na Igreja Matriz da Paróquia de Santa Rita de Cássia, Coqueiro, em Ananindeua, a abertura das suas atividades em 2019. Com apresentação da nova coordenação e do calendário de ações pastorais, o evento terá palestra do assessor eclesiástico, padre José Maria Ribeiro. A EAPADI tem como objetivo sensibilizar os cristãos católicos sobre o sentido de pertença à Igreja, a fim de terem atitudes de comunhão e participação, além de capacitar agentes de pastoral para a evangelização por meio do dízimo no âmbito da Arquidiocese de Belém. O trabalho desenvolvido consiste em prestar assessoria e orientação quanto às atividades realizadas nas sete regiões episcopais, formação de agentes de pastoral, reflexões nas celebrações eucarísticas e projetos de revitalização ou implantação do dízimo nas paróquias e comunidades. Além dis-

so, quando solicitada, a Pastoral presta assessoria nas Dioceses de Marabá, Macapá, Bragança, Ponta de Pedras, Abaetetuba e a Prelazia de Marajó. No sábado a programação inicia às 8h com acolhida do Padre André Teles, pároco em Santa Rita de Cássia. Em seguida, louvor e palestra sobre o tema “Dízimo e a missão evangelizadora na Amazônia”, de responsabilidade do padre José Maria. Após lanche partilhado, haverá abertura de plenária com perguntas ao palestrante. O dia ainda contará com apresentação do novo coordenador e do calendário de atividades que consiste nas formações por região episcopal, celebrações eucarísticas, reuniões mensais, formação dos coordenadores paroquiais e de novos membros. O evento será concluído com Santa Missa, ao meio dia, presidida por Dom Irineu Roman, um dos bispos auxiliares de Belém. Com o público principal formado por dizimistas, coordenadores e membros

da pastoral, além de sacerdotes, o evento é aberto, também, para leigos interessados em conhecer o funcionamento da pastoral do dízimo, como explica Antônio Carlos, novo coordenador da EAPADI: “Sempre que fazemos visitas nas paróquias que estamos presente a pergunta é a mesma: como funcionam as equipes? Quais eventos? E são de leigos e de sacerdotes. Por isso, abrimos o evento para que as pessoas tomem conhecimento da nossa agenda e das nossas atividades”. O evento não necessita de inscrições. A Igreja Matriz de Santa Rita de Cássia está situada na Travessa WE 32, 642, Coqueiro, Ananindeua. Mais Informações: 3273-3191. ORIGEM

A Pastoral foi formada em 27 de agosto de 1998, atendendo ao convite do Arcebispo Metropolitano de Belém, na época, Dom Vicente Zico, a partir das orientações contidas no Plano de Pastoral desta Arquidiocese.


8

Em Nazaré

BELÉM, DE 1 A 7 DE FEVEREIRO DE 2019 YÊDA SOUSA

2º Caderno

Pastoral da Acolhida: nova coordenação Essencial para a realização do Círio de Nazaré

F

w NOVA COORDENAÇÃO da Pastoral da Acolhida, com padre Giovanni

oi apresentado na última semana o novo casal coordenador da Pastoral da Acolhida para 2019: Daniela e Erich Imbiriba. O casal recebeu o convite para assumir a coordenação do Pároco de Nazaré e Diretor Espiritual da Pastoral, Padre

Giovanni Maria Incampo. A Pastoral da Acolhida é uma das mais essenciais para a realização do Círio de Nazaré, pois recebe todos os anos milhares de peregrinos que chegam ao Santuário da Rainha da Amazônia durante a semana que antecede a

Festividade. Esses fiéis recebem atendimento médico e espiritual e alimentação, entre outros serviços. Que Nossa Senhora de Nazaré interceda pela missão do casal Daniela e Erich à frente da Pastoral da Acolhida da Paróquia de Nazaré!

Paróquia de Nazaré apresentou nova coordenação da Dimensão Familiar (Em decorrência de troca de legenda em uma das fotos, reproduzimos esta matéria publicada na edição passada) Na última semana foi realizada a missa de apresentação da nova coordenação da Dimensão Familiar da Paróquia de Nazaré. A celebração foi presidi-

da pelo Padre Giovanni Maria Incampo, Pároco de Nazaré e diretor espiritual do grupo. Ao final, foi revelado o novo casal coordenador geral da Pastoral Familiar: João José e Izabela Rodrigues e a coordenadora com as responsáveis pelos serviços do grupo Mães que Oram

DIVULGAÇÃO

pelos Filhos. Todas essas coordenações servem e trabalham em conjunto, com único objetivo: Restauração das Famílias. Casados há 27 anos, o novo casal coordenador da Pastoral Familiar tem um filho e participaram do Núcleo de Formação e Espiritualidade da Pastoral Familiar em 2018. KAROL COELHO

w GRUPO de mães que oram pelos filhos, com o pároco, padre Giovanni

CONFIRA OS NOVOS INTEGRANTES DA DIMENSÃO FAMILIAR DA PARÓQUIA DE NAZARÉ: Casal Coordenador Geral: João José e Izabela Rodrigues Núcleo de Formação e Espiritualidade: João e Ivânia Correa Casal Secretaria: Joel e Sheila Moraes Casal Finanças: Fábio e Keyla Alves

SETORES: Pré-Matrimônio: Fábio e Nádia Castro 15 anos Comunitário: Rodrigo e Emanuelle Marques Encontro de Namorados: Jefferson e Luciana Encontro de Preparação para a Vida Matrimonial: Braz e Thais Batismo: André e Itla Pós-Matrimônio: Fabiano e Telma Gonçalves Visitação e Acompanhamento: Aldo e Danielle Pinho / João e Val Casos Especiais: Aurélio e Marly Chucre Encontro com Cristo (EC): Balbina Grupo Bom Pastor: Fábio e Adriana Casamento Comunitário: André e Maria Cleyse Centro de Atendimento a Família (CAF): Sabá e Mariza Mães que Oram pelos Filhos:Liduína Braga SIDNEY PRODUÇÕES

w INTEGRANTES DA DFN viveram momentos de espiritualidade

Diretoria da Festa participou de formação para o Círio 2019 No último fim de semana a Diretoria da Festa de Nazaré participou do primeiro encontro de formação em preparação ao Círio 2019, realizado no Centro

Social de Nazaré. A Festa da Rainha da Amazônia deste ano tem como tema “Maria, Mãe da Igreja”. A espiritualidade foi conduzida pelo Missionário da

Comunidade Providência Santíssima - SP, Padre Acácio Carlos Cardoso, que atua há dez anos na Paróquia Bom Pastor na Arquidiocese de Belém.


2º Caderno

C

om a capela lotada pelos fiéis, a Comunidade São Brás, que integra a Paróquia de Nazaré, deu início no último fim de semana à Festividade em honra ao padroeiro, em uma Missa Solene presidida pelo Pároco de Nazaré, Padre Barnabita Giovanni Incampo. Durante a homilia, o sacerdote explicou que todos os cristãos fazem parte de um só corpo enquanto que Jesus Cristo é a cabeça que guia seus filhos. “A palavra de Deus não tem passado e nem futuro. A palavra de Deus é o presente. Não passa. É sempre atual. Daqui há

5 9

Em Nazaré

BELÉM, DE 1 A 7 DE FEVEREIRO DE 2019

Comunidade festeja São Brás

Em Missa Solene presidida pelo Pároco de Nazaré, Padre Giovanni Incampo anos, a mesma palavra será lida por outras pessoas que se identificarão com ela. Você, também, pode ler o mesmo texto inúmeras vezes e sempre aprenderá algo novo”, disse. O religioso ressaltou ainda a importância de estudar o evangelho para ensiná-lo à família, filhos e amigos. “Sejamos respeitosos à palavra de Deus. Ela deve reinar no próprio lar, pois a família fica mais fortalecida, iluminada. Os pais, por

exemplo, são os sacerdotes do matrimônio e são os responsáveis por alimentar os filhos e filhas da palavra de Deus”, finalizou. Este ano, o tema escolhido foi “Como São Brás, batizados e enviados!”, e será o eixo principal que norteará o período de evangelização durante o festejo que acontece até o dia 03 de fevereiro com o ápice da programação: a tradicional benção das gargantas.

CONFIRA A PROGRAMAÇÃO E PARTICIPE Quinta-feira (31 de Janeiro) 19h: Novena seguida de celebração Sexta-feira (1º de Fevereiro) 19h: Novena seguida de celebração Sábado (02 de Fevereiro) 19h: Adoração ao Santíssimo Sacramento com a participação do Ministério Adorar Jesus Domingo (03 de Fevereiro) 9h: Dia de São Brás – Missa Solene seguida de benção das gargantas ALINE ANDRADE

w COLABORADORES participaram de palestra

NUPS promoveu palestra sobre Janeiro Branco aos colaboradores Como parte da programação do mês de conscientização sobre a saúde emocional e psicológica, o Núcleo de Projetos Sociais (NUPS) da Paróquia de Nazaré promoveu uma palestra com o tema #JaneiroBranco para os colaboradores das Obras Sociais da Paróquia de Nazaré. A Psicóloga e Consultora Bianca Mascarenhas conduziu o momento. Os 5 principais objetivos da Campanha Janeiro Branco são:

1) Fazer do mês de Janeiro o marco temporal estratégico para que todas as pessoas e instituições sociais do mundo reflitam, debatam, conheçam, planejem e efetivem ações em prol da Saúde Mental e do combate ao adoecimento emocional dos indivíduos e das próprias instituições; 2) Chamar a atenção de todo o mundo para os temas da Saúde Mental e da Saúde Emocional nas vidas das pessoas; 3) Aproveitar a simbologia do início de todo ano para incentivar as pessoas a pensarem a respeito das suas vidas, dos seus relacionamentos e do que andam fazendo para investirem e garantirem Saúde

Mental e Saúde Emocional em suas vidas e nas vidas de todos ao seu redor; 4) Chamar a atenção das mídias e das instituições sociais, públicas e privadas, para a importância da promoção da Saúde Mental e do combate ao adoecimento emocional dos indivíduos; 5) Contribuir, decisivamente, para a construção, o fortalecimento e a disseminação de uma “cultura da Saúde Mental” que favoreça, estimule e garanta a efetiva elaboração de políticas públicas em benefício da Saúde Mental dos indivíduos e das instituições. Diretoria da Festa participou de formação para o Círio 2019 No último fim de semana a Diretoria da Festa de Nazaré participou do primeiro encontro de formação em preparação ao Círio 2019, realizado no Centro Social de Nazaré. A Festa da Rainha da Amazônia deste ano tem como tema “Maria, Mãe da Igreja”. A espiritualidade foi conduzida pelo Missionário da Comunidade Providência Santíssima - SP, Padre Acácio Carlos Cardoso, que atua há dez anos na Paróquia Bom Pastor na Arquidiocese de Belém.

YÊDA SOUSA

w COMUNIDADE São Brás iniciou festejos de seu padroeiro

Catequese realizou formação A Pastoral da Catequese da Paróquia de Nazaré promoveu na última semana uma formação para antigos e novos catequistas

que atuam na Basílica Santuário e nas Comunidades da Paróquia. A programação teve como objetivo, capacitar os catequistas para os

trabalhos que serão desenvolvidos durante os encontros ao longo de 2019. Mais de 50 catequistas participam da formação.

Casais de São Paulo participaram de solenidade Marcando a solenidade da Conversão de São Paulo Apóstolo na Basílica Santuário de Nazaré, no último dia 25 os Casais de São Paulo participaram da Santa Missa das 18h. Presidida pelo Diretor Espiritual do grupo e Reitor da Basílica Santuário, Padre Luiz Carlos Maria Nunes Gonçalves, a celebração contou com o ingresso de seis casais à fase do Discipulado, onde a partir de agora, estudarão de forma mais aprofundada os escritos do Fundador Santo Antônio Maria Zaccaria e São Paulo Apóstolo. O momento foi marcado pela Cerimônia da Cruz, que simboliza a entrega e comprometimento com que Santo Alexandre Sauli

ALINE ANDRADE

w CASAIS celebraram conversão de S. Paulo Apóstolo

entrou para os Clérigos Regulares de São Paulo, realizada agora, pelos Casais. Também foi realizada a entrega da insígnia que simboliza o pertencimento à Ordem para um grupo de casais

que inicia este ano a fase do postulantado. Que Santo Antônio Maria Zaccaria e Nossa Senhora Mãe da Divina Providência intercedam sempre pela vida e missão destes casais!

PASTUR abre inscrições para 1º evento de 2019 A Pastoral do Turismo (PASTUR), que integra a Paróquia de Nazaré, está com as inscrições abertas para a I Formação de 2019 destinada aos voluntários da Pastoral do Turismo e para todas as pessoas que desejam ingressar neste serviço. O evento acontecerá no dia 11 de fevereiro, às 15h, no Centro Social de Nazaré. Com o tema: “Somos Chamados a ser discípulos local”, a programação contará com a participação do formador, Silvio Louvor que integra o Grupo de Oração Semeando no Cenáculo da RCC, da Paróquia Nossa Senhora do Bom Remédio, Região Metropolitana de Belém,

Segundo a coordenadora da Pastoral do Turismo, Janes Jacques, o objetivo é que os participantes implantem novos projetos nas pastorais das Paróquias em que

fazem parte. “Vimos necessidade de conhecer melhor nossa Igreja e essa grande missão que se chama evangelizar. Para sermos uma pastoral precisamos atuar

em comunhão com a paróquia e outras pastorais. Para isso, as formações são necessárias para entender como falar de Jesus para os irmãos turistas e visitantes, dessa forma todos somos chamados a ser discípulos.”, explicou. O Bispo Auxiliar de Belém e Bispo Referencial da Pastoral do Turismo do Brasil, Dom Irineu Roman, também participará no evento. Os interessados devem encaminhar um e-mail para pasturbasilicadenazare@gmail. com, informando o nome completo e o número de telefone. As inscrições podem ser feitas até o dia do evento e são gratuitas. Participe!


Arquidiocese 2º Caderno 60 anos de evangelização da juventude 10

BELÉM, DE 1 A 7 DE FEVEREIRO DE 2019

Pelo grupo fundado em 1959 pelo Cônego Raul Tavares de Souza

A

Casa da Juventude Comunidade Católica (Caju), movimento da Igreja Católica fundado em 1959 pelo Cônego Raul Tavares de Souza, este ano completará 60 anos de atividades. São seis décadas de prestação de serviço, de evangelização e atuação missionária, por meio de atividades de arte, música, de encontros espirituais, de formação religiosa, de atividades de assistência social e muito mais. Essa é uma história que traz marcas de intensa atuação junto à sociedade de Belém, do Brasil e do mundo. Com o carisma da Alegria da Ressurreição, isto é, com uma marca, uma característica própria, a Caju tem como missão principal a evangelização da juventude de Belém, por meio da ação transformadora de jovens que evangelizam jovens (Papa Pio XI). Trata-se de formar uma juventude que leva o rosto alegre do Cristo Ressuscitado para dentro de suas famílias, para seus grupos de amigos, para os lugares de estudo e de trabalho, para serem de fato Ação no Mundo. Hoje, a Caju promove tudo isso nas cidades de Belém,

Marabá e São Paulo (onde tem núcleos missionários em pleno funcionamento) e em muitos outros lugares, onde há jovens compromissados com a comunidade e com a Igreja. Ao longo de 2018, a comunidade vivenciou seu ano jubilar, um ano de festa e alegria e, agora em fevereiro, celebrará a

grande festa de seu Jubileu de Diamante, uma festa por seus 60 anos de fundação. E promoverá ao longo desta semana vários momentos de oração e, no final de semana, uma programação artística e cultural, com a participação de Ziza Fernandes e Mário Maninho, artistas de peso da música ca-

tólica brasileira. Ziza e Maninho, com suas composições embalaram inúmeros momentos de espiritualidade e louvor da comunidade. Sempre encantou a Caju a identificação que ambos têm com o carisma da comunidade. Algumas composições, como “Pescador de homens”, “Mais alto”, “O

O

da Caju. E, por isso, a comunidade convida toda a sociedade a participar, celebrar e alegrar-se por esse momento, pela história de uma “casa” que tanto abriga, consola, aproxima os filhos de Deus, que vibra, canta, louva, vive o amor na plenitude e exorta a alegria daqueles que têm esperança em Cristo.

SERVIÇO Dia 02 de fevereiro

Aniversário de fundação da Caju Missa solene do Jubileu de Diamante, presidida por Dom Alberto Taveira, arcebispo metropolitano de Belém. Horário: 10h Local: Igreja São João Paulo II. Trav. Mauriti, n. 1753. Entre Av. Marquês de Herval e Av. Visconde

de Inhaúma. Pedreira. Belém-PA. CAJU 60 - O Musical

Horário: 1ª Sessão: 18h; 2ª Sessão: 20h. Local: Casa da Juventude Comunidade Católica (Sede). Av. Almirante Barroso, n. 883. Entre Trav. Vileta e Trav. Humaitá. Marco. Belém-PA.

Dia 03 de fevereiro

Missa do Compromisso Momento em que os jovens e as famílias vocacionadas com a comunidade assumem/renovam o seu compromisso Horário: 10h Local: Igreja São João Paulo II Noite de Celebração dos 60 anos

Servindo à Verdade lá, meu irmão e minha irmã. Na via da santidade precisamos permanecer na luta contra nós mesmos e contra o demônio. Assim fizeram os santos. Eles não se conformaram com as suas falhas. Foi assim, com essa reflexão, que concluí o “Servindo à Verdade” passado. Retomo-o a partir daqui. Pretendo desdobrar as afirmações que fiz acima, apresentando exemplos concretos. Seguirei a exposição do Padre João Mohana em seu livro “Amor e responsabilidade” (Ed. Agir 1988). Diz Padre Mohana que o amor e a santidade são diariamente violentados por nossos defeitos. Mas o que faremos com nossos defeitos? Padre Mohana propõe que examinemos a vida dos santos, pois eles são os campeões do amor. Agora me calo e deixo o padre Mohana falar: “Quando Pio XII proclamou São José Cupertino padroeiro dos aviadores, um historiador adido ao Vaticano, Monsenhor Clementi, pegou uma carta do Santo (subtrain-

que agrada a Deus", tornaram-se verdadeiros hinos de retiros e de muitos momentos comunitários. Ziza e Maninho estarão no jantar de celebração do Jubileu de Diamante para cantar, agradecer e comemorar este ano de graças de Deus derramadas em abundância sobre as atividades

Prof. Ricardino Lassadier

A Meta (3ª parte) do a página assinada) e pediu que o conceituado psicólogo e grafólogo Girolamo Moretti a estudasse. Moretti constatou os seguintes dados: fraqueza de caráter, tendência à hipocrisia, inclinação à vingança…”. Você ficou surpreso? Padre Mohana diz que quando Monsenhor Clementi revelou de quem era a carta, Moretti ficou profundamente chocado. Monsenhor Clementi não se espantou. Ele tranquilizou Moretti dizendo que essa análise correspondia ao real e indicava as lutas de São José Cupertino contra si mesmo. Padre Mohana diz que esse acontecimento abriu caminhos para realização de várias pesquisas da mesma natureza. Os resultados foram surpreendentes. Sigo aqui apresentando alguns exemplos que Padre Mohana nos mostra: “São Luiz de Gonzaga era invejoso por natureza, pedante, crítico, extrema-

Shows da banda Caju e os cantores Ziza Fernandes e Mário Maninho. Horário: 19h. Local: Hangar – Centro de Convenções e Feiras da Amazônia. Av. Dr. Freitas, Marco. Informações: (91) 99279-1620 - 99244-8474

mente malicioso”. Mas São Luiz de Gonzaga chegou a um grau impressionante de compreensão, desprendimento, pureza, simpatia pelos outros. Santo Inácio de Loyola tinha perfil vingativo, rancoroso, bruto, despótico e vaidoso ao extremo. Há um dado na biografia de Inácio que diz

muito de sua vaidade. Sabemos que ele sofreu um ferimento de guerra que o deixou manco: uma perna ficou menor do que a outra. A vaidade de Inácio não o permitia suportar essa condição deficiente. Pois ele mandou que a outra perna fosse quebrada para ficar do mesmo tamanho. Vale lembrar

Os santos não nascem prontos, eu e você apesar de nossas misérias, podemos ser santos? que isso foi feito praticamente sem anestesia e com risco de gangrenar, porém, diz Padre Mohana “Quem desconhece a santidade alcançada por Inácio de Loyola? A bondade, a modéstia, a humildade, a delicadeza que nele às vezes chegava a ser confundida com a ternura”. E São Vicente de Paulo? O que dizer? Era carreirista, ganancioso e foram es-

sas as suas motivações para ser ordenado padre. Chegou inclusive a falsificar certidões para apressar a idade canônica, tinha vergonha de sua origem humilde, por isso no seminário negava-se a receber a visita de seu pai, era inescrupuloso. Mas Vicente, por graça de Deus e correspondência à graça, torna-se o maior exemplo de amor a Deus do sécu-

lo XVII. São Vicente Xavier era ingrato, antissocial e se tornou afável, cordial, comunicativo. Santa Teresa de Ávila era bela, inteligente e tinha dinheiro, características que a fizeram impetuosa, temperamental e instável emocionalmente. Teresa lapidou- se a tal modo que foi incluída entre os santos que abalaram o mundo. São João da Cruz tinha inclinação ao ceticismo, falta de fé, ateísmo. Tornou-se “Um dos homens de fé mais ardente que o mundo já viu, um íntimo de Deus como poucos, um expoente, um doutor em assuntos de vida mística”. Afonso de Ligório tinha tendência à bajulação, à hipocrisia, à falsidade. Veio a tornar-se um santo, “Mestre dos Mestres, não apenas em sua época conquis-

tando ponderação excepcional, honestidade madura, isenção fora do comum, tal a transformação que operou em si”. Terezinha do Menino Jesus, de individualista, ambiciosa, egocêntrica exibida, vaidosa, tornou-se modesta, autêntica, humilde, simples. De São Felipe Neri, podemos dizer que era desequilibrado, inconveniente, fofoqueiro, não guardava segredos, galhofeiro. Ele se converteu em grande conselheiro espiritual, gentil com os outros e austero consigo mesmo. Você já se convenceu de que os santos não nascem prontos e que eu e você, apesar de nossas misérias, podemos ser santos? Não se convenceu? Espere o próximo “Servindo à Verdade”. Sigamos em frente, pensando com a Igreja no serviço da Verdade.

Graduado (Bacharel e Licenciado) e Especialista em Filosofia pela UFPA e Especialista em Teologia pelo CESUPA.

PRÓXIMO ARTIGO: Maria Elisa Bessa de Castro


Arquidiocese Capela de Nossa Senhora de Lourdes realiza festividade

2º Caderno

BELÉM, DE 1 A 7 DE FEVEREIRO DE 2019

5 11 DIVULGAÇÃO

Programação inicia neste sábado, 2, e segue até o dia 11

E

m Belém, a Capela de Nossa Senhora de Lourdes, no bairro de Nazaré, realiza festividade em homenagem a padroeira e pelos 102 anos da capela administrada pelos padres Jesuítas. A igreja está situada na Avenida Governador José Malcher, esquina com Dom Romualdo de Seixas. Iluminados com o tema “Na tua presença, ó Mãe, alegres cuidamos da Amazônia, impulsionados pelo amor de Deus”, a programação inicia neste sábado, dia 2, e segue até o dia 11, Dia da Solenidade de Nossa Senhora de Lourdes, e consta de Santa Missa, novena e procissão luminosa. No sábado, dia 2, abertura dos festejos, ocorre Santa Missa, às 18h e, em seguida, no-

vena. Esta programação litúrgica segue até o dia 10, porém neste dia haverá ainda, Santa Missa às 7h, 9h, 17h30 e 19h30. O tema da festividade deste ano está em sintonia com o Sínodo da Amazônia que, ocorre no mês de outubro. O tema da festividade visa dar ênfase à importância do meio ambiente e na cultura dos povos, acolhendo e respeitando ao próximo. No dia 11, Dia da Festa Litúrgica de Nossa Senhora de Lourdes, padroeira dos enfermos, haverá uma programação especial, com Santa Missa às 6h30, Santa Missa com unção dos enfermos às 9h e Missa Solene às 18h30. Com o término da celebração das 18h30, haverá a procissão luminosa, que percorrerá diversas vias

do entorno da igreja, retornando, portanto, para a Capela de Lourdes. O período das comemorações também é de despedida, devido o padre responsável pela capela, capelão José Carlos Ferreira de Oliveira, SJ, no dia seguinte aos festejos seguir em missão para Igreja Matriz de Santa Luiza, em Minas Gerais. O capelão José Carlos, natural de Minas Gerais, atuou durante dois anos como reitor da capela. O novo responsável pela capela será o padre Adilson Almeida, que estava em missão em Curitiba. OBRAS SOCIAIS

Capela de Nossa Senhora de Lourdes completa 102 anos no dia da Festa de Nossa Senhora de Lourdes. Desde a sua criação é administrada pelos padres Jesuítas.

Atualmente, são quatro padres, um irmão e dois voluntários que residem no local. Além da capela existem outras Obras Sociais que atuam no espaço da Igreja sendo elas o Centro Magis que faz atividades com a juventude, a Casa da Caridade com atividades com mais de 200 senhoras carentes, o Centro Alternativo de Cultura (CAC), que atende mais de 300 crianças no reforço escolar na Região Metropolitana de Belém e a Casa de Retiros em Ananindeua, com retiros e outras atividades para grupos, empresas e outros movimentos. FESTEJOS EM MARITUBA

A comunidade Nossa Senhora de Lourdes, pertencente à Paróquia Nossa Senhora de Naza-

w IMAGEM dentro da Capela de Lourdes

ré, em Marituba realiza de 07 a 11 de fevereiro a 44ª edição de sua festividade. A missa de abertura acontece às 19h30. No sábado, dia 09, após a missa das 19h, trasladação, com a imagem saindo da comunidade rumo a Escola Emilia

Clara de Lima, local de onde sairá o círio, domingo, 10,em direção à Igreja de Nossa Senhora de Lourdes; após a procissão, almoço do círio. No enceramento celebração de missa, às 19h, em seguida queima de fogos e noite cultural.

Nossa Senhora das Candeias é homenageada em Val de Cans A festividade dedicada a Nossa Senhora das Candeias inicia nesta sexta-feira, 1º, com missa de abertura presidida por Dom Irineu Roman, um dos Bispos Auxiliares de Belém, às 19h. As homenagens em honra a padroeira da Comunidade de Nossa Senhora das Candeias, pertencente à matriz da Paróquia de São Geraldo Magela, seguem até domingo, dia 03, cuja programação consta de Santa Missa, Procissão Luminosa e bingo festivo. A comunidade fica localizada na Rua Carlos Drummond de Andrade, 94, entre as Avenidas Pedro Álvares Cabral e Júlio César. Com o tema “Meus olhos viram a tua salvação” ocorre a 29° edição

da festividade em honra a Nossa Senhora das Candeias. Dom Irineu Roman celebra Missa de abertura das festividades, em seguida ocorre programação cultural com bingo festivo que reúne os fiéis da comunidade e do entorno do bairro. Neste sábado, dia 02, Dia da Festa Litúrgica de Nossa Senhora das Candeias, haverá a seguinte programação litúrgica, sendo o Santo Terço às 6h, Procissão Luminosa às 18h e Santa Missa às 19h30. A concentração para a Procissão Luminosa começa a partir das 17h30, na Igreja dos Santos Inocentes, localizada próximo ao canal Água Cristal. A Procissão Luminosa marcada para às 18h, percorrerá

algumas ruas do bairro rumo à comunidade. À chegada, ocorre celebração de Santa Missa presidida pelo cônego Ronaldo Menezes, pároco da Igreja Matriz de São Geraldo Magela. No domingo 03, às 19h30, a Santa Missa será presidida pelo pa-

dre Maurício Henrique. Durante os três dias de festejos ocorre sempre após a Santa Missa programação cultural com vendas de comidas típicas e bingo festivo com sorteio de prêmios. Mensagem do pároco Cônego Ronaldo Menezes, dirige mensagem

aos fiéis: “Nossa comunidade se reúne mais uma vez para celebrar a festa da Virgem Maria, Mãe de Jesus, sob o título de Nossa Senhora das Candeias. Ela é a Senhora da luz, aquela que trouxe a luz que ilumina todos nós, Jesus Cristo, o Salvador. Nele está a vida, como o evangelista São João nos ensina: “o que foi feito nele era a vida, e a vida era luz dos homens; e a luz brilha nas trevas” (1, 4-5). Quando nos dirigimos à nossa Igreja para celebração dominical e nos outros momentos de oração, é a Ele que buscamos e queremos encontrá-lo. Foi então a visão do Senhor Menino, que tomara nos braços da Virgem Maria, que Simeão, no Templo, Cantou o seu cântico,

Inscrições abertas para o Concurso do Cartaz da Festividade do Perpétuo Socorro A matriz da Paróquia de Nossa Senhora Mãe do Perpétuo Socorro, no Telégrafo, está com as inscrições abertas para o Concurso do Cartaz da Festividade – Ano 2019, que estampará o ícone de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro. As inscrições são gratuitas e iniciaram dia 14 de janeiro e seguem até o dia 13 de fevereiro. Em Belém, a matriz celebra

a padroeira desde a década de 60 e, este ano os festejos serão celebrados com o tema “Maria: Mãe de Deus, Mãe da Igreja e nossa Mãe” e o lema “Mulher, eis aí o teu Filho” e “Eis aí tua Mãe” (Jo 19,2627). Conforme o regulamento o cartaz objetiva celebrar com alegria e comunhão a Festividade de Nossa Senhora Mãe do Perpétuo Socorro, tornando esse momento

marcante na vida dos fiéis e deve transmitir sentimento de alegria, de comunhão e de unidade. As inscrições são

gratuitas e seguem até o dia 13 de fevereiro, cujo material com o cartaz obra impressa e a ficha de inscrição devem

ser entregues na secretaria da matriz, localizada na Rodovia Arthur Bernardes, 459, bairro Telégrafo, no horário comercial. O regulamento está disponível na integra no site: http://perpetuosocorrobelem. com.br Mais informações: (91) 32331797 / 98874-3591 ou pelo e-mail: secretaria@perpetuosocorrobelem. com.br

feliz por tido a graça de ver a salvação prometida pelo criador. A Virgem trazia o Salvador e a apresentava àqueles que O estavam esperando, na fidelidade à antiga promessa. Neste cântico, Simeão proclama: “Meus olhos viram a tua salvação”. É a Virgem Mãe, nossa mãe e Mãe da Igreja, que nos faz por nos lábios esta profissão de fé, a mesma de Simeão, dizendo que Aquele a quem buscamos não está mais longe de nós, mas o encontramos na Igreja que é o seu corpo. Rogo, pois, à Virgem Santa que nos ajude a viver bem nosso período e que nos sirva de proveito para bem vivermos a nossa fé em Jesus Cristo!

Santa Paula Frassinetti promove concurso de artes gráficas Em Ananindeua, a Matriz da Paróquia de Santa Paula Frassinetti promove concurso de artes gráficas para o cartaz e a camisa da Festividade 2019. As inscrições para o concurso são gratuitas e seguem abertas até o dia 16 de março. O tema “Com Santa Paula, queremos ser missionários e anunciadores do Evangelho” e lema “Sejamos fachos ardentes que iluminem e aqueçam quantos deles se aproximarem”, da festividade que ocorre no mês junho podem ser usados na arte. Os vencedores do concurso serão conhecidos durante as missas do dia 24 de março e serão premiados. Mais informações (91) 3279-2620.


12

BELÉM, DE 1 A 7 DE FEVEREIRO DE 2019

Especial Juventude

Jovens protagonistas de um mundo melhor

O

destaque nesta edição é para o encerramento da Jornada Mundial da Juventude realizada no Panamá. No último dia do encontro foi anunciado o próximo local da realização da JMJ, que acontecerá em 2022 em Lisboa, notícia foi recebida com muita felicidade pela igreja local. A preparação para a próxima festa mundial dos jovens já começou nesta semana em Portugal. Na despedida, Papa Francisco agradeceu a todos que contribuíram com o evento no Panamá.

JMJ de 2022 será em Lisboa

O anúncio foi feito no encerramento da Jornada Mundial da Juventude 2019, do Panamá

C

om informações Vatican News. Foi com alegria que os portugueses receberam o anúncio de que a próxima Jornada Mundial da Juventude será realizada no país. O anúncio oficial foi feito ao final da missa conclusiva da Jornada Mundial da Juventude do Panamá, realizada no domingo, 27, no Campo São João Paulo II, no Metro Park, na Cidade do Panamá. Lisboa vai sediar a próxima edição da JMJ. O anúncio foi feito pelo presidente do Dicastério para os Leigos, a Família e a Vida, Cardeal Kevin Farrell. A preparação para a próxima festa mundial dos jovens começa já nesta semana, segundo

afirma o padre José Manuel Pereira de Almeida, teólogo e vice-reitor da Universidade Católica de Portugal: “será uma ocasião extraordinária ter os jovens do mundo inteiro e o Papa aqui. Começamos a trabalhar já nesta semana!”. Além da alegria de receber a JMJ em Lisboa, seja pela realidade da Igreja que pela situação da juventude local e também dos africanos de expressão portuguesa que podem chegar facilmente ao país, padre José acredita que “devem trabalhar para que o evento possa ser aquilo para o que é chamado ser: o encontro entre nós, com o Papa e com o Senhor Jesus, que nos chama para estar pre-

FOTOS: DIVULGAÇÃO

w IGREJA DE PORTUGAL comemorou o anúncio feito no Panamá

sentes com coragem, com fé e como serviço à vida e à esperança de todos”. O vice-reitor também disse que o Papa vai encontrar em Portugal uma Igreja “de um lado tradicional, ligada à fé simples das pessoas que,

por exemplo, vê a mensagem de Fátima como um gancho de segurança; mas vai encontrar a possibilidade de renovar uma Igreja que gostaria de estar mais próxima do Evangelho, mais simples, mais em sintonia com os

apelos que o Papa nos faz. É uma Igreja dos pobres, em saída, uma Igreja que espera ser, de fato, mais evangélica no dia a dia. Comunidades pequenas, mas cheias de vida e sentido missionário”, finalizou o padre.

O Patriarca de Lisboa, cardeal Manuel José Macário do Nascimento Clemente recebeu a notícia “com muita alegria e com muita vontade de fazer o melhor. E certamente acontecerá, porque a vontade é grande, quer da parte das Dioceses portuguesas – que há muito esperavam esta oportunidade e se empenharão inteiramente para que tudo corra bem – quer da parte da própria juventude católica em Portugal, nos seus movimentos que também insistiam muito conosco para darmos este passo. E demos. E o Papa vai em nosso encontro, por isso com a confluência das dioceses e da juventude católica será uma grande Jornada.”

Papa: “Jovens, vocês são o ‘agora’ de Deus!” Na missa de envio da JMJ do Panamá, Francisco alertou os jovens para o risco de pensar que a vida seja uma promessa que vale só para o futuro, que nada tem a ver com o presente. Essa foi a reflexão da missa campal de envio da edição panamenha da Jornada Mundial da Juventude, na manhã deste domingo, 27 de janeiro. Em sua homilia, o Papa refletiu sobre ‘o agora de Deus’, tema apresentado no Evangelho de Lucas: Era o início da missão pública de Jesus e na sinagoga, circundado por conhecidos e vizinhos, Ele pronuncia publicamente as palavras “Cumpriu-se hoje”, que significavam a presença de Deus, o tempo de Deus que torna justos e oportunos todos os espa-

ços e situações. Em Jesus, começa e faz-se vida o futuro prometido. Mas nem todos aqueles que lá O ouviram, se sentiam convidados ou convocados; não estavam prontos para acreditar em alguém que conheciam e tinham visto crescer e que os convidava a realizar um sonho há muito aguardado. E o mesmo acontece às vezes também conosco, explicou o Papa: “Nem sempre acreditamos que Deus possa ser tão concreto no dia-a-dia, tão próximo e real, e menos ainda que Se faça assim presente agindo através de alguém conhecido, como um vizinho, um amigo, um parente”. De fato, prosseguiu Francisco, é comum comportarmo-nos como

os vizinhos de Nazaré, preferindo um Deus à distância: magnífico, bom, generoso mas distante e que não incomode, porque um Deus próximo no dia-a-dia, amigo e irmão, nos pede para aprendermos proximidade, presença diária e, sobretudo, fraternidade. Francisco alertou os jovens para o risco de pensar que a vida seja uma promessa que vale só para o futuro, que nada tem a ver com o presente. Como se ser jovem fosse sinônimo de uma ‘sala de espera’ para o futuro, considerando que o seu ‘agora’ ainda não chegou; que são jovens demais para se envolverem no sonho e na construção do amanhã. “Porque vocês, queridos jovens, não são o futuro, mas o agora de Deus”.

w MISSA CAMPAL de envio da edição panamenha da Jornada Mundial

Incitando os jovens a deixar-se apaixonar por Deus, sentindo que possuem uma missão, Francisco concluiu sua homilia lembrando que o Senhor e sua missão não são um ‘entretanto’, uma coisa passageira, mas são ‘as nossas vidas’, e que o amor de Deus é concreto, próximo e real: “É alegria festiva que nasce da opção de participar na pesca miraculosa da esperança e da caridade, da solidariedade e da fraternidade frente a tantos olhares paralisados e paralisadores por causa dos medos e da

exclusão, da especulação e da manipulação”. “Que o seu ‘sim’ continue a ser a porta de entrada para que o Espírito Santo conceda um novo Pentecostes ao mundo e à Igreja” – foram as palavras conclusivas do Papa. O ‘OBRIGADO’ DO PAPA

No final desta celebração, Francisco agradeceu todas as autoridades civis, o arcebispo de Panamá e os bispos do país e das nações vizinhas, por tudo o que fizeram em suas comunidades para dar abrigo

e ajuda a tantos jovens. O ‘obrigado’ do Papa se dirigiu também a todas as pessoas que a apoiaram com oração e colaboraram com dedicação e trabalho na realização da JMJ e principalmente, a todos os jovens: “Sua fé e alegria fizeram vibrar o Panamá, a América e o mundo inteiro”. O último pedido a todos foi para que regressem às suas paróquias e comunidades, famílias e amigos e transmitam esta experiência, para que outros possam vibrar “com a sua força e o seu sonho”.

Profile for Fundação Nazaré de Comunicação

Voz de Nazaré  

Edição de 1 a 7 de fevereiro de 2019.

Voz de Nazaré  

Edição de 1 a 7 de fevereiro de 2019.

Advertisement