Page 1

ARQUIDIOCESE

DE BELÉM

PE. FLORENCE DUBOIS FUNDADOR

BELÉM, DE 31 DE MAIO A 6 DE JUNHO DE 2013

www.fundacaonazare.com.br D O JORNAL CATÓLICO DA FAMÍLIA D

XCVIII - Nº 564 - PREÇO AVULSO: R$1,00

Igreja unida a Maria FOTOS: IVAN CARDOSO

Novo cartaz do Círio de Nazaré 2013 traduz a devoção paraense à padroeira da Amazônia. A arte do cartaz comunga com o tema deste ano: “A Igreja em oração unida a Maria, mãe de Jesus”. CADERNO 2, PÁGINA 1.

w COROAÇÃO Comunidade Sagrada Família, da Paróquia Imaculada Conceição, no Bairro do Castanheira

w NA PRAÇA SANTUÁRIO Novo cartaz do Círio de Nazaré é apresentado à arquidiocese no dia 29

Campanha em prol de 78ª paróquia Arquidiocese de Belém se empenha para a criação da Paróquia João Paulo II prevista para o mês de junho. PÁGINA 7.

Fiéis coroam imagem da Virgem No encerramento do mês mariano, comunidades da Arquidiocese de Belém homenageiam Nossa Senhora com apresentações artísticas. CADERNO 2, PÁGINA 6.

PROGRAMAÇÃO CULTURAL DAS FESTAS JUNINAS PÁGINA 10.

Dom Alberto: "Pela Vida do Mundo" PÁGINA 3.

Rosa de Saron faz show em Belém CADERNO 2, PÁGINA 5.

ARQUIDIOCESE

DE BELÉM

Confira as Festividades do Mês de Junho CADERNO 2, PÁGINA 7.


2

BELÉM, DE 31 DE MAIO A 6 DE JUNHO DE 2013

Opinião Alegria de ser católico João Carlos Pereira

CHARGE DO ANDRÉ ABREU

jcparis@orm.com.br

Um ideal de amor pela criança

N

Comente esta charge: voz@fundacaonazare.com.br

Jornalista e professor

Panorama José Pereira Ramos joseulina@oi.com.br

“Corpus Christi”

N

Economista e escritor

a semana passada a liturgia de nossa Igreja homenageou o Deus todo poderoso presente nas três pessoas: O Pai, o Filho, o Espírito Santo. Nesta quinta-feira, foi a vez da homenagem à Eucaristia, ou seja o Corpo, Sangue, Alma e Divindade de Jesus, presente entre nós em todas as Missas e nos Sacrários de todo o mundo. Sempre tive uma especial devoção pela festa do “Corpus Christi”, o que me traz recordações inapagáveis. Foi nessa festa que fiz a 1ª Comunhão Solene, na cidade de Espinho, Portugal, em 1937, 10 anos de idade. Aos 14 anos, regressei à minha terra (Belém-PA), no último navio neutro que saiu da Europa para a América do Sul, em plena 2ª Guerra Mundial, o “Santarém”, do Loyde Brasileiro. Amanheci em Belém no dia de “Corpus Christi”, 12/06/1941.

Encontro fraterno Ivens Coimbra Brandão

ivenscb@oi.com.br

Magníficat

M Engenheiro civil e escritor

aria, a Escolhida do Senhor, ao visitar sua prima Isabel, trazia no próprio ventre o Verbo de Deus, que nela havia se encarnado (cf Lc 1, 30-32). Isabel, esposa de Zacarias, considerada estéril, e já de idade avançada, também estava grávida (cf. Lc 1, 36), daquele que seria o precursor do Messias. Maria percorreu cerca de 150 quilômetros, de Nazaré, na Galileia, norte da Palestina, até Ain Karin, cidade situada ao sul, numa região montanhosa, próxima de Jerusalém, na Judeia. Naquele encontro memorável para a Salvação da humanidade, a saudação inicial partiu de Maria: “Quando Isabel ouviu a saudação de Maria, a criança se agitou no seu ventre, e Isabel ficou cheia do Espírito Santo. Com um grande grito exclamou: ‘Você é bendita entre as mulheres, e é bendito o fruto do

Fundado em 5 de julho de 1913

ARQUIDIOCESE DE BELÉM-PARÁ

FUNDADOR Pe. Florence Dubois, barnabita PRESIDENTE Dom Alberto Taveira Corrêa Arcebispo Metropolitano de Belém do Pará VICE-PRESIDENTE Monsenhor Marcelino Ferreira Vigário geral da Arquidiocese de Belém do Pará

o domingo passado, padre Plutarco encerrou a celebração, na Capelinha de Nossa Senhora de Lourdes, mostrando o exemplar de O LIBERAL que havia circulado naquele dia. A manchete, para lá de corajosa, falava do domínio do tráfico sobre Belém. O sacerdote fez a homilia (bonita e profunda como sempre) e não tocou no assunto. Na hora dos avisos, porém, encontrou a oportunidade de associar a reportagem do Jornal (ao qual parabenizou por ser destemido) a um problema que a comunidade a que pertence conhece muito de perto: o das drogas. Há muitos anos, os Jesuítas mantêm, entre nós, um Centro de Cultura Alternativa - o CAC - que foi batizado com o nome de um grande religioso chamado Freddy Servais. Padre Freddy era um homem especial. Cuidava com impressionante atenção da causa das crianças desassistidas pela sociedade e, graças à sua ação amorosa, impediu que milhares de crianças fossem aliciadas pelo mundo do crime e das drogas. No silêncio que a humildade exige, trabalhava a educação em tempo integral para crianças de comunidades muito pobres, assistidas pela Companhia de Jesus. Padre Freddy era portador de uma gravíssima cardiopatia e, um domingo, ajudando a preparar uma atividade para suas crianças, fez um esforço além do que podia e o generoso coração não resistiu. Numa justíssima homenagem, a família jesuíta deu seu nome ao CAC e a missão prosseguiu. Hoje, o Centro continua atendendo cerca de 500 crianças. Todas elas estão, teoricamente, fora do alcance dos braços do crime, mas é preciso mantê-las assim. Por isso foi iniciada uma campanha de ajuda específica ao Centro. Cada um doa o que puder, num gesto contínuo e regular. Só dessa forma será possível manter aceso o ideal de padre Freddy e prosseguir ganhando a luta do amor contra o crime. São “apenas” 500 crianças, mas são, “apenas” 500 almas mais próximas de Jesus e de Maria e mais distantes do caminho sem volta do tráfico.

Da Catedral para a Igreja da Santíssima Trindade, saía a Procissão. Só consegui falar com meu irmão, padre Alberto, no fim da procissão, quando ele me apresentou ao arcebispo, dom Antônio Lustosa. Ao relembrar estes acontecimentos, vêm à minha mente a beleza dessa procissão com o desfile dos Colégios Católicos com seus uniformes de gala. As coisas foram mudando. Chegou a ter o percurso do Círio, depois foi diminuindo de tamanho. Transformouse em grandes concentrações em praças públicas e até em Estádios. No momento atual as procissões são realizadas em cada Região Episcopal da nossa Arquidiocese, facilitando assim a participação dos fieis em suas próprias comunidades paroquiais. O importante, entretanto, não é a forma como são realizadas essas homenagear a Jesus presente na Eucaristia. O importante é a Fé, a convicção e a sinceridade com que reconhecemos a presença do Senhor, num pequenino pedaço de pão, que Ele mesmo chamou de carne. “Eu sou o pão da vida. Quem vem a mim já não terá fome e quem crê em mim jamais terá sede.” (Jô.6,35) seu ventre!” (Lc 1, 41-42). Diante da manifestação profética de Isabel, Maria proclamou o cântico ‘Magnificat’: “Então Maria disse: Minha alma proclama a grandeza do Senhor, meu espírito se alegra em Deus, meu Salvador, porque olhou para a humilhação de sua serva. Doravante todas as gerações me felicitarão, porque o Todo Poderoso realizou grandes obras em meu favor: seu nome é santo, e sua misericórdia chega aos que o temem, de geração em geração. Ele realiza proezas com seu braço: dispersa os soberbos de coração, derruba do trono os poderosos e eleva os humildes; aos famintos enche de bens, e despede os ricos de mãos vazias. Socorre Israel, seu servo, lembrando-se de sua misericórdia, conforme prometera aos nossos pais, em favor de Abraão e de sua descendência, para sempre” (Lc 1, 46-55). Os casais que par ticipam do Movimento de Equipes de Nossa Senhora são convidados a rezar, todos os dias, o Magnificat, como sinal de veneração Àquela que se deixou fazer medianeira entre o céu e a terra, entre o Criador e a criatura.

DIRETOR GERAL Diácono Antônio Carlos Gomes de Freitas DIRETORA ADMINISTRATIVO E FINANCEIRO Marluce Guerreiro Milhomem DIRETOR DE COMUNICAÇÃO Mário Jorge Alves DIRETOR DE CAPTAÇÃO DE RECURSOS Arnaldo Pinheiro COORDENAÇÃO Franklin Salvador (DRT/PA 2242)

Sua voz O que você mais gosta no mês de junho?

CONSELHO DE PROGRAMAÇÃO E EDITORAÇÃO João Carlos Pereira Padre Nilton Cezar Reis Padre Cláudio de Souza Barradas EDITORAÇÃO ELETRÔNICA Sérgio Santos (DRT/PA 579) Assinaturas, distribuição, administração e redação Avenida Governador José Malcher, Edifício Paulo VI, 915 CEP: 66055-260, Bairro Nazaré, Belém - Pará Telefones: (91) 4006-9200/ 4006-9209.

“A melhor parte do mês de junho são as festas juninas e todo esse universo de bandeiras coloridas, músicas e danças. Sem esquecer das comemorações aos santos do mês”. LAURA VASCONCELOS, 18 anos, estudante “Gosto de acompanhar as quadras juninas, lembrando que têm as festividades de Santo Antônio, São João e São Pedro, e por ser um período em que posso saborear diversas comidas típicas”. RAFAEL SOUZA, 20 anos, Técnico em Informática “Gosto das festas juninas, o clima na cidade muda, as ruas ficam enfeitadas, as pessoas animadas e tem festa em todos os cantos da cidade.” CÁSSIA PINHEIRO, 20 anos, estudante

Fax: (91) 4006-9227 Redação: (91) 4006-9200/ 4006-9238/ 4006-9239/ 4006-9244/ 4006-9245 Site: www.fundacaonazare.com.br E-mail: voz@fundacaonazare.com.br Um veículo da Fundação Nazaré de Comunicação CNPJ nº 83.369.470/0001-54 Impresso no parque gráfico de O Liberal

FUNDAÇÃO NAZARÉ DE COMUNICAÇÃO


3

BELÉM, DE 31 DE MAIO A 6 DE JUNHO DE 2013

Arcebispo H

á pouco, a Igreja encerrou o Tempo Pascal. Foram cinquenta dias de celebração do Mistério central de sua vida e fonte do testemunho da presença do Cristo ressuscitado, de onde os cristãos podem beber as forças necessárias para sua presença no mundo, chamados que foram a transformá-lo a partir de dentro. Três grandes celebrações desdobram diante do olhar da fé a mesma riqueza da vida cristã, com a qual a Igreja forma a todos nós, os fiéis, a saber, a Solenidade da Santíssima Trindade, Corpus Christi e a Festa do Sagrado Coração de Jesus. Comunhão de vida na Trindade, Sacrifício de Cristo que se renova e a verdadeira humanidade do Verbo de Deus que se encarnou. A oração litúrgica da Igreja demonstra a fé professada e proporciona a educação para o crescimento da mesma fé. Tudo nos permite aclamar que “esta é a nossa fé, que da Igreja recebemos e sinceramente professamos, razão de nossa alegria, em Cristo Jesus, nosso Senhor” (Cf. Ritual do Batismo). Ao celebrar nestes dias a Solenidade do Corpo e Sangue de Cristo, a Igreja quer recolher a riqueza de sua vida eucarística e oferecer com maior abundância a riqueza do Pão da vida, para a vida de todos. “Pela força do Espírito Santo, dais vida e santidade a todas as coisas e não cessais de reunir um povo, para que vos ofereça em toda parte, do nascer ao pôr do sol, um sacrifício perfeito” (Oração Eucarística III). Assim proclama a Igreja, numa de suas orações eucarísticas. O único Sacrifício de Cristo se faz presente e se renova, onde quer que se celebre a Santa Missa, desde a mais solene das liturgias até a mais simples das capelas, onde o mesmo altar testemunha o mistério da fé. Em toda parte, quando o Pão e o Vinho apresentados são consagrados no Corpo e no Sangue, Alma e Divindade de Nosso Senhor Jesus Cristo, continuamos a aclamar: “Anunciamos, Senhor, a vossa morte e proclamamos a vossa ressurreição. Vinde, Senhor Jesus”! E o povo fiel se alimenta do próprio Cristo presente, para dali sair com o compromisso de entregar a sua própria vida pela vida verdadeira que só Jesus Cristo Salvador pode oferecer. Ao celebrar a Eucaristia, a Igreja volta seus olhos para o Céu e, ao mesmo tempo, para o mundo. Calvário e Manhã da Ressurreição estão presentes, a vinda de Jesus no final dos tempos se antecipa no Sacramento e os discípulos se tornam missionários, saindo da Missa para amar e servir. De forma especial o Domingo, dia da Ressurreição de Cristo, aparece como um dia a ser preparado, celebrado e prolongado na vida. Tem grande sentido um cartaz encontrado à entrada de uma Capela: “Entro para orar, saio para amar”! Ao sair da Missa dominical, brotem em cada cristão as disposições para que se celebre também uma “Missa sobre o mundo”, expressão do Padre Teilhard de Chardin S.J, de quem trouxemos um pequeno trecho: “Senhor, o sol acaba de iluminar ao longe a franja extrema

Conversa com meu povo Dom Alberto Taveira Corrêa Arcebispo Metropolitano de Belém do Pará

Pela Vida do Mundo LUIZ ESTUMANO

O único Sacrifício de Cristo se faz presente e se renova, onde quer que se celebre a Santa Missa do primeiro oriente. Mais uma vez, sob a toalha móvel de seus fogos, a superfície viva da terra desperta, freme, e recomeça seu espantoso trabalho. Colocarei sobre minha patena, meu Deus, a messe esperada desse novo esforço. Derramarei no meu cálice a seiva de todos os frutos que hoje serão esmagados. Meu cálice e minha patena são as profundezas de uma alma largamente aberta a todas as forças que, em um instante, vão elevar-se de todos os pontos do Globo e convergir para o Espírito. Que venham pois, a mim, a lembrança e a mística presença daqueles que a luz desperta para uma nova jornada!... Mais confusamente, mas todos sem exceção, aqueles cuja tropa anônima forma a massa inumerável dos vivos: aqueles que me rodeiam e me sustentam sem que eu os conheça; aqueles que vêm e aqueles que vão; sobretudo aqueles que, na Verdade ou através do Erro, no seu escritório, laboratório ou fábrica, creem no progresso das coisas e, hoje, perseguirão apaixonadamente a luz. Quero que nesse momento meu ser ressoe ao murmúrio profundo dessa multidão agitada, confusa ou distinta, cuja imensidade nos espanta, - desse oceano humano cujas lentas e monótonas oscilações lançam a inquietação nos corações que mais acreditam. Tudo aquilo que vai aumentar no Mundo, ao longo deste dia, tudo aquilo que vai diminuir, - tudo aquilo que vai morrer, também, - eis, Senhor, o que me esforço por reunir em mim para vos oferecer; eis a matéria de meu sacrifício, o único que vós podeis desejar... Recebei, Senhor, esta Hóstia total que a Criação, movida por vossa atração, vos apresenta à nova aurora. Este pão, nosso esforço, não é em si, eu o sei, mais que uma degradação imensa. Este vinho, nossa dor, não

é ainda, ai de mim, mais que uma dissolvente poção. Mas, no fundo dessa massa informe, colocastes - disso estou certo, porque

o sinto - um irresistível e santificante desejo que nos faz a todos gritar, desde o ímpio ao fiel: “Senhor, fazei-nos Um”! A missa dominical, bem participada, desperte a sensibilidade para tudo acolher, identificar o que é bom, oferecer a própria contribuição para superar o mal, estabelecer laços, superar conflitos, corrigir com mansidão, buscar mais o que une do que aquilo que separa as pessoas, os problemas encarados como desafios e não como ameaças, valorizar o dia a dia como o nosso tempo e a nossa grande oportunidade para viver no amor de Deus e do próximo. O espírito com que nos dispomos a agir assim seja o mesmo do altar de Cristo. Tudo seja oferecido como matéria de sacrifício. Exercite-se, para que o mundo tenha a vida que nasce do Mistério Pascal de Cristo, na entrega pessoal de sua existência. A lição do altar suscite o amor mútuo nas comunidades cristãs e nas atitudes de cada pessoa de fé. Grandes ideais, dignos da fé que professamos e queremos testemunhar!


4

BELÉM, DE 31 DE MAIO A 6 DE JUNHO DE 2013

Liturgia Homilia dominical Padre Romeu Ferreira romeufsilva@gmail.com

A) Texto: Lc 7,1-10

Formado em Exegese pelo Pontifício Instituto Bíblico de Roma

1Quando acabou de falar ao povo que o escutava, Jesus entrou em Cafarnaum.2 Havia lá um oficial romano que tinha um empregado a quem estimava muito e que estava doente, à beira da morte.3 O oficial ouviu falar de Jesus e enviou alguns anciãos dos judeus para pedirem que Jesus viesse salvar seu empregado.4 Chegando aonde Jesus estava, pediramlhe com insistência: “O oficial merece que lhe faças este favor,5 porque ele estima o nosso povo. Ele até nos construiu uma sinagoga”.6 Então, Jesus pôsse a caminho com eles. Porém, quando já estava perto da casa, o oficial mandou alguns amigos

dizerem a Jesus: “Senhor, não te incomodes, pois não sou digno de que entres em minha casa.7 Nem mesmo me achei digno de ir pessoalmente ao teu encontro. Mas ordena com a tua palavra, e o meu empregado ficará curado.8 Eu também estou debaixo de autoridade, mas tenho soldados que obedecem às minhas ordens. Se ordeno a um: ‘Vai’, ele vai; e a outro: ‘Vem’, ele vem; e ao meu empregado: ‘Faze isto!’, ele o faz”.9 Ouvindo isso, Jesus ficou admirado. Virou-se para a multidão que o seguia e disse: “Eu vos declaro que nem mesmo em Israel encontrei tamanha fé”.10 Os mensageiros voltaram para a casa do oficial e encontraram o empregado em perfeita saúde. B) COMENTÁRIO “Eu vos declaro que nem mesmo em Israel encontrei tamanha fé” (v 9). Que comentário mais esplêndido

de Jesus, sobre a fé daquele militar! O mestre encontrou no caminho de sua vida um pagão com uma fé extraordinária, que nutria uma confiança absoluta nele, na sua palavra: “ordena com a tua palavra, e o meu empregado ficará curado” (v 7). O oficial não via a necessidade de Jesus chegar lá e impor as mãos para curar seu servo; bastaria que Jesus falasse. A palavra de Jesus é palavra de Deus, que na criação tudo faz somente com o pronunciar imperativo de sua palavra. Assim, no ato criador, “Deus disse: ‘Haja luz’ e houve luz (Gn 1, 3.6.9.11.14.20.24)”. Com sete comandos Deus cria o universo, pois sua palavra é eficaz, produz o efeito do pronunciado. A palavra de Cristo é palavra de vida (Jo 6,68) e de salvação. A fé é a acolhida plena, na própria vida pessoal, desta palavra salvífica do Senhor. Jesus se admira daquela fé, que nem os que deveriam têla, tinham-na (v 9). É através da

fé que se experimenta a salvação realizada pela palavra. O romano é homem de fé, sensível às necessidades dos outros; ele sabe pedir. Fez a sinagoga para os judeus. Quem sabe, até pedindo ajudas a superiores, sendo subordinado. Aqui pede pelo empregado, mas pedindo que um grupo de senhores fosse pedir a Jesus em seu intento. Ele se sentia indigno até de recepcionar Jesus (v 7). Outro homem, Jairo, requer de Jesus a cura da filha, e dizem a ele: “Tua filha morreu; não perturbes mais o Mestre”. Mas Jesus, que havia escutado, disse-lhe: “Não temas; crê somente, e ela será curada” (Lc 8,49s). Jesus se admira da grandeza da fé da mãe, pedindo pela filha (Mt 15,28). Aqui é um patrão suplicando pelo servo. Ele tem fé em Jesus, reconhecendo nele um poder soberano e capaz de curar com um simples comando de sua palavra. Aprendamos!

Liturgia da Semana w Sexta-feira, 31 Cor (branco) Primeira leitura (Sf 3,14-18) Responsório (Cânt: Is 12,2-3.4bcd5.-6) Evangelho (Lc 1,39-56) w Sábado, 1 Cor (vermelho) Primeira leitura (Eclo 51,17-27) Responsório 18 (19)

Evangelho (Mc 11,27-33) w Domingo, 2 Cor (verde) Primeira leitura (1Rs 8,41-43) Responsório 116 (117) Evangelho (Lc 7,1-10) w Segunda-feira, 3 Cor (vermelho) Primeira leitura (Tb 1,3; 2,1a-8)

Responsório 111 (112) Evangelho (Mc 12,1-12) w Terça-feira, 4 Cor (verde) Primeira leitura (Tb 2,9-14) Responsório 111 (112) Evangelho (Mc 12,13-17) w Quarta-feira, 5 Cor (vermelho)

Primeira leitura (Tb 3,1-11a.16-17a) Responsório 24 (25) Evangelho (12,18-27) w Quinta-feira, 6 Cor (verde) Primeira leitura (Tb 6,10-11;7,1.9-17;8,4-9a) Responsório 127 (128) Evangelho (Mc 12,28b-34)

Santos da semana Benedito Otávio (artpresent@superig.com.br) 04/06 - TERÇA-FEIRA São Francisco Caracciolo - Confessor e fundador

31/05 - SEXTA-FEIRA São Sílvio de Toulous - Bispo Há poucas informações sobre sua vida, mas seu nome significa: vive na floresta ou bosque, e como os nomes tinham grande significado, podemos supor que era uma pessoa simples ou reservada. Porém, é registrado que ele foi o 5º bispo dessa antiga diocese do sul da França (357 a 405 d.C). E que contribuiu para a construção da basílica de São Sernin, para guardar as relíquias do 1º bispo de lá, São Saturnino, morto por romanos em 250 d.C. Como não encontrei fotos ou ícones dele, eis aí seu mais recente irmão no episcopado, Dom Robert Jean, 96º bispo de Toulous. É a maravilha da sucessão apostólica.

Caracciolo era um italiano descendente, por parte de mãe, de santo Tomás de Aquino, séc XVI, portanto, como ele, tinha vínculos com a elite da nobreza. A família, muito cristã, preparou-o para a vida de negócios e política, em meio às festas sociais e aos esportes. Entretanto, aos vinte e dois anos, foi para Nápoles, onde estudou teologia e ordenou-se sacerdote. Começou seu trabalho junto aos “Padres Brancos da Justiça”, que se dedicavam ao apostolado dos encarcerados, doentes e pobres abandonados. Fundou a Ordem dos Clérigos Regulares Menores. 05/06 - QUARTA-FEIRA São Bonifácio - Bispo e Mártir

01/06 - SÁBADO São Teobaldo Roggeri Nasceu em 1100, Vicoforte, Itália, em uma família de pequena nobreza local. Aos 12 viajou sozinho para Alba, onde trabalhou em uma loja de sapatos e cujo dono, muito bondoso, acolheu-o em sua casa. Após a morte de seu benfeitor, foi em peregrinação a Santiago de Compostela, pedindo de porta em porta. Voltando a Alba, trabalhou como porteiro, foi então que começou a ajudar os pobres no que podia. Dormia na escadaria da igreja de San Lorenzo, onde atuou como sacristão. Morreu de uma súbita doença em 1150. Foi um gesto como o de são Francisco, mais ou menos cem anos antes do santo de Assis. 02/06 - 9º DOMINGO DO TEMPO COMUM São Eugênio I - Papa Eis um dos casos de sucessão papal da história de nossa Igreja, só que à força: Seu antecessor, Martinho I, foi contra a heresia monotelista (para sarar a heresia nestorianista que dizia: “Jesus, duas pessoas, humana e divina”, acabaram criando outra, a monotelista que dizia: “Jesus, uma pessoa, uma perfeita vontade humana e uma perfeita vontade divina”), com isso o imperador Constante II deporta o papa para Constantinopla, onde ele acaba morrendo em 655. O clero de Roma escolhe pois, Eugênio para sucessor, conhecido pela bondade com os pobres.

03/06 - SEGUNDA-FEIRA Beato João XXIII - Papa Angelo Roncalli nasceu em 1881, filho de lavradores. Tornou-se padre, e permaneceu por 15 anos em Bérgamo, como secretário do bispo e professor no seminário. Foi capelão na 1ª Guerra, e depois de muitos cargos, chega à cátedra de Pedro aos 77 anos, e como diziam: “papa de transição”, ou seja, morreria logo, como de fato aconteceu. Porém, tomou uma atitude inesperada, histórica e digna da Ação do Espírito Santo, convocou o Concílio Vaticano II, que neste ano comemoramos 50 anos de sua abertura. O “papa sorriso”, nos deixou um exemplo: vigiar sempre, pois não sabemos como, nem quando o Espírito agirá.

De uma rica família nobre inglesa do séc. VII, da cidade de Devonshire, e o nome de Winfrid. Foi entregue ao mosteiro beneditino ainda na infância para receber boa educação e formação religiosa. Foi professor de regras monásticas. Tornou-se missionário dos povos germânicos com o apoio do papa Gregório II, que o orientou a assumir o nome de Bonifácio, célebre mártir romano. Sua missão se espalhou pela França e que é hoje a Holanda, até ser morto, durante a missa, por pagãos frísios em 754. 06/06 - QUINTA-FEIRA São Marcelino Champagnat - Presbítero Marcelino José Benedito Champagnat, nascido na aldeia de Marlhes, próximo de Lion, França, 1789. Família toda devota de Maria. Trabalhou com o pai na lavoura até os 14 anos, quando o pároco alertou seu pai sobre sua vocação. E em 1816 foi ordenado. Numa visita a um jovem doente de corpo e de espírito, foi inspirado a fundar a Congregação dos Irmãos Maristas, com o carisma, não para o sacerdócio, mas para educadores de crianças e jovens à luz do evangelho e proteção de Maria Santíssima.


5

BELÉM, DE 31 DE MAIO A 6 DE JUNHO DE 2013

Vaticano “Adoração Eucarística simultânea é um evento histórico”, diz Dom Fisichella n FONTE: Rádio Vaticano

DIVULGAÇÃO

R

ealizou-se na manhã da terçafeira, 28, na Sala de Imprensa da Santa Sé, um encontro com os jornalistas para a apresentação da ‘Solene Adoração Eucarística com transmissão simultânea para todo o mundo’ e o Dia da Evangelium Vitae. Os dois eventos inserem-se nas iniciativas do Ano da Fé, às quais já aderiram mais de 4 milhões de peregrinos. A Adoração Eucarística será realizada na Basílica de São Pedro, no próximo domingo 2 de junho, das 17 às 18 horas (horário italiano) e o Dia da Evangelium Vitae em 15 e 16 de junho. Ao ilustrar o significado destes dois eventos, o Presidente do Pontifício Conselho para a Promoção da Nova Evangelização, Arcebispo Rino Fisichella, disse: “A expressão que usamos para dar significado a este evento é ‘Um só Senhor, uma só fé”, para testemunhar o sentido de profunda u n i d a d e q u e c a ra c t e r i za e s t e momento. Será um evento que pela primeira vez realizar-se-á na história da Igreja e temos motivos para defini-lo como ‘histórico’”. n FONTE: ZENIT Exortação do Papa Francisco na missa diária celebrada na capela da Casa Santa Marta: o ‘anúncio’ de Jesus não é um revestimento, uma pintura, mas entra no coração e nos transforma. Foi o que disse o Papa Francisco na missa de 28 de maio, na Casa Santa Marta. Ele reiterou que seguir Jesus não significa ter mais poder, porque o Seu caminho é o da Cruz. Da Missa, concelebrada pelo Monsenhor Rino Fisichella e Monsenhor José Octavio Ruiz Arenas, presidente e secretário do Conselho Pontifício para a Nova Evangelização, participou um grupo de sacerdotes do mesmo dicastério. Qual será a nossa recompensa por te seguir? O Papa Francisco iniciou sua homilia a partir da pergunta que

Audiência Geral

Em todas as latitudes, o povo de Deus estará sintonizado com Roma, em comunhão com o Papa: “Será uma hora de uma oração plena, de comunhão fraterna e sustento à fé de todos”. O Papa Francisco indicou duas intenções para esse momento de oração que foram recordadas por Dom Fisichella. A primeira: “Pela

Igreja espalhada em todo o mundo e hoje em sinal de unidade, recolhida na Adoração da Santíssima Eucaristia”. E a segunda: “Por todos aqueles que nas diversas partes do mundo vivem no sofrimento devido às novas formas de escravidão e são vítimas de guerras, do tráfico de pessoas, do narcotráfico e do trabalho escravo; pelas crianças e mulheres que são

Não ao carreirismo na Igreja Pedro faz a Jesus e, afinal, refere-se à vida de cada cristão. E Jesus responde que aqueles que o seguirem terão “muitas coisas boas”, mas sofrerão “perseguição”. O caminho do Senhor, continuou ele, “é um caminho de abaixamento, um caminho que termina na Cruz”. Por isso, acrescentou, “sempre haverá dificuldades”, “perseguições”. Sempre será porque “Ele fez esse caminho antes” de nós. “Quem acompanha Jesus como um ‘projeto cultural’, usa esta estrada para subir na vida, para ter mais poder. E a história da Igreja tem muito disso, começando por certos imperadores, governantes... e também alguns - não

muitos, mas alguns - padres e bispos, não? Alguns deles pensam que seguir Jesus é fazer carreira”. Ele reiterou que “muitos cristãos, tentados pelo espírito do mundo, acreditam que seguir Jesus é bom porque é possível fazer carreira”. Mas este não é “o espírito”, pelo contrário, Jesus responde a Pedro: “Sim, eu vou te dar tudo, mas com perseguições”. “Não é possível remover a Cruz do caminho com Jesus: está sempre ali”. E, no entanto, segundo ele, isso não significa que os cristãos devem sair ressentidos. O cristão “segue Jesus por amor e quando você segue Jesus por amor, a inveja do diabo faz muitas coisas”. O “espírito do mundo

submetidas a qualquer tipo de violência”. O Presidente do Pontifício Conselho para a Promoção da Nova Evangelização ilustrou a seguir outro aguardado evento, a ser realizado nos dias 15 e 16 de junho, com o tema “Acreditando, tenham vida”: “ C h a m a m o s o e n c o n t ro d e ‘Evangelium vitae’ para certificar toda a grande temática que se desenvolve em torno do compromisso da Igreja na promoção, respeito e defesa da dignidade da vida humana”. O calendário dos dois acontecimentos - dos quais participarão fiéis de todo o mundo-, prevê a Missa dominical, celebrada pelo Papa Francisco na Praça São Pedro, às 10h30min (horário italiano) com ‘todo o povo da vida’ e com todos os doentes presentes na celebração. Na manhã do sábado, as catequeses em várias línguas nas diversas igrejas de Roma e, à tarde, a peregrinação ao Túmulo de São Pedro, a Confissão e a Adoração Eucarística. Às 20h30min, a caminhada com velas na Via da Conciliação para ‘chamar a atenção sobre o tema da vida humana e do seu valor intangível’. (JE) - destacou o Papa - não tolera isso, não tolera o testemunho”. “Pensem em Madre Teresa: dizem que era uma bela mulher, que fez muito pelos outros, mas o espírito ‘mundano’ nunca disse que a Beata Teresa, todos os dias, por horas, fazia adoração... Costuma-se reduzir a atividade cristã ao bem social, como se a existência cristã fosse um verniz, uma pátina de cristianismo. O anúncio não é uma pátina: vai aos ossos, ao coração, dentro de nós e nos transforma. Aquele que deixa sua casa, família para seguir Jesus - repetiu Francisco- receberá cem vezes mais “, agora, neste momento”. Cem vezes com perseguições.

(Papa Francisco)

A Igreja é a grande família de Deus, mesmo com seus defeitos e imperfeições Cerca de 90 mil fiéis lotaram a Praça S. Pedro para a Audiência Geral desta quarta-feira. Depois de fazer o giro da Praça para saudar a multidão, debaixo de garoa, o Papa iniciou esta manhã um novo ciclo de catequeses, que tratará do mistério da Igreja a partir de expressões presentes nos textos do Concílio Vaticano II. A primeira delas foi: a Igreja como família de Deus. A parábola do filho pródigo, afirmou o Papa, indica bem o desígnio de Deus para a humanidade. Ele quer fazer de nós uma única família, para que cada um sinta sua proximidade e o seu amor. Neste grande desígnio, a Igreja encontra sua raiz. A própria palavra “Igreja”, do grego ekklesia, significa “convocação”: Deus nos convoca, nos impulsiona a sair do

individualismo, da tendência de fechar-se em si mesmo e nos chama a fazer parte da sua família. Toda a história da salvação é a história de Deus que busca o homem, lhe oferece o seu amor e o acolhe. Na plenitude dos tempos, Ele mandou Seu Filho, Jesus Cristo, para nos comunicar a vida divina. A Igreja tem a sua origem na Cruz, do lado aberto de Cristo de onde jorraram sangue e água, símbolos dos Sacramentos da Eucaristia e do Batismo. No dia de Pentecostes, recebendo o dom do Espírito Santo, Ela se manifesta ao mundo, anunciando o Evangelho e difundindo o amor de Deus. Ainda hoje, alguns dizem: “Cristo sim, a Igreja não”, “Eu acredito em Deus, mas não nos padres”. A eles, Francisco responde:

“Mas é justamente a Igreja que nos traz Cristo e que nos leva a Deus; a Igreja é a grande família dos filhos de Deus. Certamente há também aspectos humanos; naqueles que a compõem, pastores e fiéis, há defeitos, imperfeições e pecados: também o Papa tem pecados. E muitos! Mas o belo é quando nos damos conta de que somos pecadores e encontramos a misericórdia de Deus. Deus perdoa sempre. Não se esqueçam disso: Deus perdoa sempre.” Quando pecamos, ofendemos a Deus - afirmou. Mas Ele nos dá a oportunidade de nos humilhar para perceber que existe algo maior, que é a sua misericórdia. Devemos nos perguntar: quanto eu amo a Igreja? Rezo por ela? Sinto-me parte desta família? Neste Ano da Fé, concluiu o Pontífice,

peçamos ao Senhor que as nossas comunidades sejam sempre mais verdadeiras famílias que vivem e transmitem o calor de Deus. No final da audiência, o Papa saudou de modo especial os jovens poloneses que se reunirão em 1º de junho numa vigília em Lednica para refletir sobre o tema da paternidade. Aos romanos, o Santo Padre convidou os fiéis para quintafeira, festa de Corpus Christi, participarem da celebração da Santa Missa em São João de Latrão. “Convido os fiéis de Roma e os peregrinos a se unirem neste ato de profunda fé pela Eucaristia, que constitui o mais precioso tesouro da Igreja e da humanidade.” Ao final da qual se realizou a procissão concluída em Santa Maria Maior.


6

BELÉM, DE 31 DE MAIO A 6 DE JUNHO DE 2013

Arquidiocese CORPUS CHRISTI

Admirável Sacramento FOTOS: LUIZ ESTUMANO

Arquidiocese de Belém celebra a solenidade de Corpus Christi com missas e procissões

w EM 2016 Belém será a capital nacional da Eucaristia e celebrará 400 anos de evangelização

"E

stamos para celebrar a eucaristia, m e m o r i a l d a Pa i x ã o d e N o s s o Senhor. Jesus Cristo é o ponto de chegada da nossa Fé", disse o Arcebispo Metropolitano de Belém, dom Alberto Taveira Corrêa, na homilia da celebração da Solenidade de Corpus Christi, no dia 30 de maio, na Catedral de Belém. No final da missa, Pe. José Gonçalo, Cura da Catedral, comunicou à assembleia que no domingo, 2, às 12h30, haverá a Adoração Eucarística pelo Ano da Fé, presidida por dom Alberto na Igreja da Sé. Esse momento

santo acontecerá em comunhão com todas as igrejas no mundo, que também celebrarão sintonizadas com a Igreja em Roma. Este ano, as celebrações na Arquidiocese de Belém aconteceram simultaneamente nas seis Regiões Episcopais: Sant’Ana, Menino Deus, São João Batista, Santa Maria Goretti, São Vicente de Paulo e Santa Cruz. As missas foram presididas pelo Arcebispo, por seu Bispo Auxiliar, dom Teodoro Tavares, e pelo Arcebispo Emérito, dom Vicente Zico. Veja alguns momentos da celebração realizada na Região de Santana:

w PROCISSÃO Saída em frente à Catedral de Belém

w INTIMIDADE COM DEUS Assembleia ora no momento da consagração

w BENTO XVI: "Comungar é adorá-Lo" e só sabe comungar quem adora

w MINISTROS DA EUCARISTIA A missão de partilhar o Corpo de Cristo

w APÓS A MISSA Fiéis caminharam em procissão na Região Santana

Fundação Nazaré realiza "Um dia de oração pelo Clero" No dia 7 de junho, a Fundação Nazaré de Comunicação realizará "Um dia de oração pelo Clero" com transmissão ao vivo pela TV e Rádio Nazaré. A programação dará início com a

Santa Missa, presidida por dom Alberto Taveira Corrêa, Arcebispo Metropolitano de Belém, às 7h na Capela da FNC. Ao longo do dia haverá celebrações eucarísticas às 12h e às 17h, adoração,

pregação, louvor e oração conduzidos pelos sacerdotes da Arquidioce de Belém. Participe conosco desse momento de grande graça à Igreja! Mais informações: (91) 4006-9200.


7

BELÉM, DE 31 DE MAIO A 6 DE JUNHO DE 2013

Arquidiocese

IVAN CARDOSO

w À FRENTE DA PARÓQUIA Diáconos Ventura e João Rodrigues acompanham a construção de perto

CAMPANHA

Arquidiocese trabalha para a criação da 78ª paróquia A instituição da nova paróquia está prevista para o dia 23 de junho

D

o sonho à realização. Assim foi definido o projeto de criação da 78° Paróquia da Arquidiocese de Belém, idealizado em 2010 pelo Arcebispo Metropolitano de Belém, dom Alberto Taveira Corrêa. Ela nasce no centro de Belém, onde em 1880 o Beato João Paulo II percorreu e abençoou as famílias paraenses. Por esse motivo não poderia deixar de receber um título melhor do que Paróquia João Paulo II. A proposta pioneira do metropolita é que a mais nova Casa de Deus seja administrada especialmente por três diáconos e um sacerdote. A instituição da paróquia será realizada em cerimônia no dia 23 de junho, presidida pelo Arcebispo e co-celebrada pelo Bispo Auxiliar, dom Teodoro Mendes e pelo Arcebispo Emérito, dom Vicente Zico. A paróquia pertencerá à Região Episcopal Santa Cruz e será composta por seis comunidades desmembradas de paróquias próximas. Idealizada por dom Alberto Taveira há dois anos, a paróquia João Paulo II vem com um perfil diferenciado das demais Igrejas de Belém. A missão foi entregue aos diáconos José Ventura, que atuará como o coordenador da paróquia e responsável pela captação dos recursos, diácono João Bosco, no acompanhamento da construção da obra e da parte litúrgica e o diácono João Rodrigues, na parte litúrgica e pastoral, além do Padre Idamor da Mota, sacerdote responsável pelas celebrações, confissões e demais assuntos eclesiásticos. Segundo o diácono José Ventura, a construção da paróquia é um desejo antigo de dom Alberto. “A ideia já estava no coração de nosso arcebispo há muito tempo, pela pessoa exemplar e pastor que foi o

Beato João Paulo II. Durante a escola diaconal ele sempre expressava o seu desejo e no final do encontro lançou o projeto, que seria administrado especialmente por diáconos. A notícia foi recebida com muita alegria por todos nós”, recorda. PROJETO

A igreja será construída em um terreno de 350 metros quadrados cedido pela Companhia de Saneamento do Pará – Cosanpa – em uma área pertencente a uma reserva ambiental no bairro Curió Utinga, próximo à Avenida João Paulo II. A obra foi iniciada há menos de um mês com a construção de um grande salão onde funcionarão as primeiras atividades pastorais e tem previsão para ser totalmente concluída em dois anos. “Até o momento estamos trabalhando na parte da fundação do salão e em seguida a construção dos pilares. Neste espaço vamos realizar as primeiras atividades pastorais. Está previsto para ficar pronto no mês de julho. Mais tarde esse espaço será ampliado e funcionará como o centro social da paróquia”, conta Ventura. O projeto prevê a construção da Igreja, com capacidade para 250 pessoas sentadas, um Centro Social para a realização dos atendimentos e um prédio onde será instalada a sede da Cáritas Metropolitana. “É um projeto inovador, pois não conhecemos nenhuma paróquia que seja totalmente administrada por diáconos. É uma obra que desde o início deixou toda a comunidade muito feliz”, diz. A segunda parte do projeto deverá

ser iniciada no mês de setembro quando serão iniciados os serviços de terraplanagem e a construção do prédio da Igreja. “Em meio às dificuldades, estamos fazendo um esforço muito grande para não interromper a obra. Com a segunda parte concluída vamos iniciar as celebrações, o cadastramento do dízimo e realizar eventos, festejos e encontros com os jovens para ajudar na captação de recursos”, adianta. LANÇAMENTO DA CAMPANHA

A campanha de captação de recursos para a construção da paróquia foi iniciada no ano passado durante a realização do Círio de Nazaré, ocasião em que o padre e cantor Fábio de Melo presenteou a cantora paraense Fafá de Belém com a letra da canção “Eu Sou De Lá”. Fafá cedeu todos os direitos autorais da canção para a Arquidiocese de Belém que lançou o CD com a música como forma de ajudar nas despesas da construção da Igreja. A artista paraense, em duas ocasiões, teve a oportunidade de cantar a João Paulo II, ainda vivo. “Essa doação tem nos ajudado a

manter a obra, mas ainda precisamos de cimento, tijolo e telha. Ainda temos cerca de 15 mil unidades à venda e pedimos que as pessoas colaborem com a compra do CD”, disse Ventura. A área de abrangência da n ova p a r ó q u i a s e e s t e n d e n o sentido do bairro de São Brás até o Entroncamento. Inicia na Av. Alm. Barroso a partir da passagem Ana Deusa até a Br-316. Faz divisa com o Município de Ananindeua, abrangendo parte da Av. João Paulo II da rua do Utinga até o final no entroncamento. Também faz limites com as paróquias Sagrada Familia (bairro do Curio), Jesus Ressuscitado (bairro do Souza), São Jorge (bairro Marambaia) e Paróquia da Imaculada Conceição (bairro Castanheira). Será composta pelas comunidades: Nossa Senhora de Nazaré (Paróquia de Jesus Ressuscitado), Nossa Senhora Rainha da Amazônia (Paróquia de Jesus Ressuscitado), Nossa Senhora da Medalha Milagrosa (Paróquia de São Jorge), Santo Antonio (Paróquia de São Jorge) e duas Capelas: Sagrada Família (Paróquia da Imaculada Conceição) e Nossa Senhora Rainha dos Corações das Irmãs Legionárias (Paróquia de São Jorge).

INSTITUIÇÃO DA PARÓQUIA A cerimônia de instituição da paróquia será realizada no terreno no dia 23 de junho, às 17h, presidida por dom Alberto Taveira co-celebrada pelo bispo auxiliar, dom Teodoro Mendes e pelo Arcebispo Emérito, dom Vicente Zico. Toda a comunidade está convidada. Os interessados em contribuir para a construção da Paróquia João Paulo II deverão entrar em contato com os diáconos pelos telefones: José Ventura (81418125), João Rodrigues (8734-7927 e 3244-4398) e João Bosco (8134-7742 e 8820-6284).


8

BELÉM, DE 31 DE MAIO A 6 DE JONHO DE 2013

Em Nazaré PROGRAMAÇÃO

Mais perto dos devotos FOTOS: IVAN CARDOSO

Descida da imagem original da Virgem de Nazaré lota de fiéis Basílica Santuário

T

rês dias. Esse é o tempo em que a imagem de Nossa Senhora de Nazaré ficará exposta no presbitério da Basílica e poderá ser vista mais de perto por todos os fiéis que visitarem ao Santuário até hoje (31). Na terça-feira, durante cerimônia presidida pelo Arcebispo Metropolitano de Belém, Dom Alberto Taveira, houve o encerramento da novena mariana e a descida da imagem que acontece somente duas vezes no ano. No dia 31 de maio, a Basílica completa sete anos desde que recebeu o título de Santuário. Ele foi outorgado pelo então arcebispo de Belém, dom Orani João Tempesta, hoje Arcebispo Metropolitano do Rio de Janeiro. O objetivo foi de estimular o fluxo de romeiros, já que a Basílica é palco de uma das maiores manifestações religiosas do mundo. Foi o título de Santuário que motivou a descida da imagem original, que antes só acontecia uma vez ao ano, sempre no período do Círio. Em sua fala, Dom Alberto pediu continuidade à grande devoção mariana. “Não podemos permitir que apague a chama de devoção à Virgem de Nazaré. É muito bom viver com vocês todos os três dias de presente que Deus nos concedeu, de presente e caridade”. O evento marca o início do Tríduo, que envolve descida, coroação e subida da Imagem, fazendo parte das comemorações do sétimo aniversário de elevação da Basílica a Santuário

Mariano da Arquidiocese de Belém. No momento da descida da imagem original do Glória, que foi recebida pelo diretor da Festa, Kléber Vieira, e entregue nas mãos de Dom Alberto, fiéis cantavam emocionados “Vós sois o Lírio Mimoso”, hino oficial da Virgem de Nazaré. Maria José Nogueira, presenciou esse momento marcado por emoção e fé. “Tudo é muito lindo. Ver nossa mãezinha descendo do Glória e ficando mais perto de nós é de arrepiar. Não sei explicar, mas me emociono muito”, explica. Na ocasião houve sorteio de uma imagem de Nossa Senhora de Nazaré para aqueles que participaram da novena mariana. “É uma forma de agradecer a todos que participaram da novena mariana neste mês de Maio”, disse padre José Ramos, reitor da Basílica. Sara Lima, também esteve neste bonito momento. “Vim acompanhar a minha mãe e não me arrependi. Mais lindo do que ver a cerimônia é sentir a fé e a emoção das pessoas”, fala. A pedido da Diretoria de Evangelização, o arcebispo proclamou um poema de sua autoria para o Círio 2 01 3 . “ H o j e , e u vou falar e vocês vão repetir junto comigo”, disse ele. Concelebraram a cerimônia o pároco de Nazaré, Pe. Waldeci Silva e Pe. Ramos.

w DESCIDA DO GLÓRIA O guarda de Nazaré, Caio, retirou a imagem

w NO DIA 28 DE MAIO Dom Alberto Taveira presidiu a celebração na Basílica Santuário

Último curso de formação cristã inicia na próxima segunda (3) Desde Fevereiro, a Basílica Santuário através da Escola Nazarena da Fé promove o curso de formação cristã, que estudou temas sobre o Ano Litúrgico 2013, questões de escatologia, a profissão da fé cristã e Mãe de Cristo, Mãe da Igreja. Na próxima segunda-feira (3) até quarta (5), haverá o último curso cujo tema é “Creio no Espírito Santo”. O curso ocorrerá de 19h15 às 21h, no Centro Social de Nazaré. Durante todo esse período, o objetivo da formação foi de preparar e formar leigos evangelizadores, já que a palavra de Deus é fundamento da evangelização. Os cursos foram direcionados a todos

aqueles que buscam compreender e viver a fé da Igreja Católica em Jesus Cristo Ressuscitado. Ao final do curso, os participantes que tiverem menos de três faltas receberão certificado de participação. A programação dos cursos surgiu para contribuir para uma conversão renovada ao Senhor e à redescoberta da fé, para que os membros da Igreja sejam testemunhas credíveis e alegres do Senhor ressuscitado no mundo de hoje, capazes de indicar a “Porta da Fé” as pessoas que estão em busca ou afastadas da fé da Igreja. Mais informações pelos números: 40098400 ou 4009-8407.


9

BELÉM, DE 31 DE MAIO A 6 DE JUNHO DE 2013

Nazaré Repórter ASCOM/SEBRAE

J Visita No dia 29 de maio, dom Alberto Taveira Corrêa, Arcebispo Metropolitano de Belém, e os diretores da FNC, Mário Jorge Alves e Arnaldo Pinheiro, visitaram a sede do Sebrae em Belém para agradecer a parceria na transmissão da Festa do Círio de Nazaré e entregaram a carta com o projeto de apoio ao Círio 2013.

J Resgata-me

FRATERNIDADE O CAMINHO

Jesus, nós confiamos em Vós. Foi com esta certeza no coração que aconteceu o II Resgata-me de 2013 em Belém do Pará nos dias 25 e 26 de maio no bairro do Icuí Guajará. O encontro contou com a participação de 230 entre pessoas sedentas do amor do Senhor. Mais uma vez, o Senhor permitiu que não faltasse nada. O encontro encerrou com a Santo Sacrifício da Missa, presidida pelo Pe. Rafael Brito da Paróquia Sagrado Coração de Jesus, com uma homilia profunda e digna da Solenidade da Santíssima Trindade. LUIZ ESTUMANO

J Dia do Brincar no HOL O Hospital Ophir Loyola promoveu no último dia 28, o “Dia do Brincar”, uma ação para as crianças que são pacientes oncológicas da Classe Hospitalar Prosseguir, do hospital. O projeto permite que as crianças continuem estudando durante o tratamento. O Dia Internacional do brincar estimula a importância da brincadeira na infância.

J Homenagem

DIVULGAÇÃO

O colaborador da Família Nazaré, João da Cunha Sério agradece pelos aniversários de seus filhos: Josefa de Fátima Sério Martins, 45 anos, e João da Cunha Sério Júnior, 44 anos. “Toda nossa alegria é festejar o aniversários dos nossos filhos. Desejamos aos mesmos, muita saúde, muita paz, muitos anos de vida, para que continuem

sempre unidos como estão até hoje. São votos de seus pais, João da Cunha Sério e Izaura da Silva Sério”, disse o colaborador.

J I Standup Católico

J Pesar

O Primeiro STAND UP Católico do mundo -Show de humor - “Viver de Rir, porque morrer ninguém quer”- com Ivanildo Silva- comunidade Obra de Maria, no dia 07 de junho no Auditório do Colégio Nazaré às 19:30 - Ingresso R$ 10,00. Venda de Ingressos Livraria Paulus, Lírio Mimoso, Comunidade Nova Aliança e Fundação Nazaré de Comunicação. Para mais informações, ligue: 80106025/3233-6772.

No último dia 24, Pe. Leopoldo Weber, da Capela de Lourdes, faleceu devido a uma pneumonia. Ele tinha 92 anos e pertencia a Congregação dos Jesuítas. Padre Leopoldo estava em Belém desde 1976. Na capela foram sete anos. A Arquidiocese de Belém manifesta seu pesar pela morte. Confiamos que o Pai dará a este seu filho a alegria de participar, agora, de sua glória por todo bem que realizou no exercício fiel de sua vocação.

w FILHOS João Júnior e Josefa de Fátima Sério

J Aniversário No último dia 23, Pe. Sebastião Fialho, reitor da Igreja das Mercês, celebrou seu aniversário com almoço solidário com os pobres. Ao lado, está o selo dos Correios de homenagem

por seu trabalho dedicado à Igreja. Parabéns!

J CORREÇÃO

Diferentemente do que foi publicado na edição de 24 a 30 de maio, o nome do missionário que lançou o seu 3º CD “Um novo Petencostes” é Nael di Freitas.

Centro de Cultura e Formação Cristã – CCFC JUNHO 2013 ESTUDO DO CATECISMO DA IGREJA CATÓLICA

CURSO LIVRE DE TEOLOGIA (2º ANO)

- Estudo do CREDO no Ano da Fé Ministrante: Prof. Ricardino Lassadier Local: CCFC Horário: Sábados e Domingos das 08h30 às 12h30 4º Módulo: dias 22 e 23 de Junho - Creio em Deus Pai (nsº 198-421) Taxa: R$ 20,00 por módulo Inscrições: secretaria do CCFC.

Responsáveis: Pe. Idamor e Profª Socorro Coelho Local: CCFC Horário: Sábados e Domingos das 08h às 18h Taxa: R$ 25,00 por módulo ou R$ 125,00 por semestre (05 módulos) 4º Módulo: dias 08 e 09 de Junho - História da Igreja da Idade Moderna.

ESCOLA DE FORMAÇÃO MATRIMONIAL JOÃO PAULO II (2º ANO)

Responsável: Ir. Lourdes Silva 23 de Junho Horário: de 8h às 18h Local do curso: Centro Social de Nazaré Inscrições: mediante indicação do Pároco

Responsáveis: Prof. Ricardino e Pe. Idamor Local: CCFC Horário: Sábados das 08h30 às 17h Domingos das 08h30 às 12h30 Taxa: R$ 20,00 por módulo ou R$ 100,00 (por semestre - 05 módulos) Público: aberto a todos os que se interessam em conhecer melhor o Sacramento do Matrimônio 5º Módulo: dias 15 e 16 de Junho - Antropologia Teológica (criação, pecado e graça) 4. ESTUDO DO CATECISMO JOVEM (YOUCAT)

Responsável: Comunidade Católica Doce Mãe de Deus Local: CCFC Horário: Sábados das 08h às 16h 01 de Junho Público: Jovens que estejam interessados em conhecer mais sua fé através do Catecismo Jovem.

BÍBLIA EM COMUNIDADE - VISÃO GLOBAL DA BÍBLIA (2013 - 2014) CURSO SISTEMÁTICO DE FORMAÇÃO BÍBLICA (SAB - PAULINAS)

GRUPO DE ESTUDO SOBRE A ‘TEOLOGIA DO CORPO’

Responsáveis: Pe. Idamor e Prof. Ricardino Local: CCFC Hora: 14h às 18h 22 de Junho

MAIS INFORMAÇÕES: (91) 4009-1550


10

BELÉM, DE 31 DE MAIO A 6 DE JUNHO DE 2013

Cultura FESTA JUNINA

“Mês caipira”, diversão à família Governo do Pará e Prefeitura de Belém divulgam programações culturais para o mês de junho

P

ara muitos, o mês de junho é o mais esperado do ano. Conhecido como mês de festas e de muita alegria, o clima de junho também é envolvido por uma infinidade de iguarias especiais que compõem o cardápio das festas juninas. A tradição dos festejos nessa época é marcada por uma mistura de aspectos culturais e religiosos. É antiga e não nasceu no Nordeste brasileiro, como muitos pensam. Teve inicio na Europa e foi ganhando aspectos específicos em outros países, inclusive no Brasil. Dançarino de quadrilha há cinco anos, Edson Lopes, 26, aguarda ansioso o mês para demonstrar sua habilidade nos pés. Ele já mandou os tecidos para a costureira que está fazendo a sua roupa de quadrilha. O cuidado com os detalhes é essencial, pois ele tem de estar impecável para disputar no concurso de quadrilhas que tradicionalmente ocorre todos os anos em Belém, realizado pela prefeitura. Ocorrem dois festejos na capital paraense, ambos com concursos de quadrilha: o “Arraiá da Capitá”, promovido pela prefeitura, por meio da Fundação Cultural do Município de Belém (Fumbel), e o “Arraial de Todos os Santos”, da Fundação Cultural Tancredo Neves (Centur), que integra o projeto “São João do Pará”, comemoração junina do Governo do Estado.

FCPTN/PA

w CONCURSO Quadrilhas ensaiam com dedicação para apresentação no mês de junho AGENOR SARRAF

A ORIGEM As festas têm origem em países católicos da Europa

w CORES Decoração dos cenários e vestimentas juninos é marcada pelo colorido

e, portanto, seriam em homenagem a São João. No princípio, a festa era chamada de Joanina. De acordo com historiadores, esta festividade foi trazida para o Brasil pelos portugueses, ainda durante o período colonial. Nessa época, havia uma grande influência d e e l e m e n t o s c u l t u ra i s portugueses, chineses, espanhóis e franceses. As típicas quadrilhas foram influenciadas pela dança marcada, típica das danças nobres vindas da França. Já a tradição de soltar fogos de artifício veio da China, região onde teria surgido a manipulação da pólvora. Da península Ibérica teria vindo a dança de fitas, muito comum em Portugal e na Espanha. To d o s e s s e s e l e m e n t o s culturais foram, com o passar do tempo, misturando-se aos aspectos culturais (indígenas, afro-brasileiros e de imigrantes europeus) e também religiosos das regiões do Brasil. Sobre a origem das festas juninas, Monsenhor Possidônio da Mata, que também é historiador, se re p o r t a à I d a d e M é d i a , s o b r e t u d o à Pe n í n s u l a Ibérica, onde a devoção popular destacou as festas dos Santos muito conhecidos ali. “Algumas festas nasceram em substituição às festas pagãs, que ocorriam na sociedade local ou nacional, sobretudo depois da afirmação do Cristianismo como religião oficial em muitos lugares. Não seria admissível continuar celebrando festas pagãs numa sociedade que assumiu a fé cristã como religião do povo”, explica.

CONCURSO MUNICIPAL DE QUADRILHAS

CONCURSO ESTADUAL DE QUADRILHAS Cento e sessenta e seis quadrilhas juninas de 33 municípios paraenses se inscreveram na 10ª edição do Concurso Estadual de Quadrilhas Juninas, organizado pela Fundação Cultural do Pará Tancredo Neves. O Concurso integra o projeto “São João do Pará”, comemoração junina do Governo do Estado, e o Arraial de Todos os Santos, da Fundação Tancredo Neves. As quadrilhas juninas que participarão do Arraial de Todos os Santos se inscreveram até o dia 24 de abril no Centur. Do interior do Estado, o Concurso terá a presença de 47 quadrilhas

juninas de municípios como São Caetano de Odivelas, Curralinho, Vigia, Quatipurú, Soure e Acará, sendo 38 concorrendo na categoria Adulto e 09 na Mirim. Já da Região metropolitana de Belém (composta por Belém, Icoaraci, Mosqueiro, Outeiro, Ananindeua, Marituba, Santa Bárbara, Santa Izabel e Benevides), 11 3 g r u p o s f i z e ra m s u a inscrição para a edição deste ano. Participarão 85 grupos de quadrilha Adulta e 38 de quadrilha Mirim. No Concurso Estadual de Quadrilhas Juninas, as dez melhores quadrilhas de

cada categoria ganham uma premiação em dinheiro. Já as três melhores quadrilhas nas categorias Adulto e Mirim ganham troféus, assim como os primeiros colocados nas categorias Marcador, Coreógrafo, Estilista e Misses Mulata Cheirosa, Simpatia, Caipira e Mix. Além do Concurso, o Arraial de Todos os Santos contará com a apresentação de grupos parafolclóricos, boi-bumbás, cordões de pássaros, cordões de bichos e pássaros juninos, além de shows de forró e músicas juninas na Praça de Alimentação - térreo - e no Cine Líbero Luxardo.

Oitenta e cinco quadrilhas juninas adultas e 30 mirins se inscreveram para o “Arraiá da Capitá”, que acontece entre os dias 14 e 30 de junho, pela primeira vez, no Portal da Amazônia. A ordem de apresentação dos grupos que vão disputar o tradicional concurso junino realizado pela Prefeitura de Belém foi definida na tarde da última quinta-feira, 23, em reunião da Fumbel com representantes das quadrilhas juninas no Memorial dos Povos. O diretor do Departamento de Ações Culturais da Fumbel, Marcos Marques, explica que a ordem sorteada na quinta-feira vale para a primeira fase de eliminatórias. “O sorteio diz respeito aos seis primeiros dias da festa, quando acontecerão as eliminatórias. A ordem das finalistas será sorteada após essa primeira fase”, explica.


11

BELÉM, DE 31 DE MAIO A 6 DE JUNHO DE 2013

Entretenimento Cinema & DVD

Na Locadora

Pedro Veriano (pveriano@gmail.com)

A Tortura da Suspeita

Revendo Audrey É o tipo do programa ingênuo, simpático e divertido que se deixou de fazer neste século

A

udrey Hepburn ou Audrey Kathleen Ruston (1929-1993) era filha de um banqueiro inglês e uma baronesa alemã. Quis fazer teatro na juventude e chegou a ser cogitada para o papel de Gigi, a personagem de Colette, numa versão para a Broadway. Mas o cinema a cativou em 1953 e logo na estreia de um papel de vulto, em “A Princesa e o Plebeu” (Roman Adventure) ganhou o Oscar da Academia de Hollywood. O fato foi similar ao de Jennifer Jones por “A Canção de Bernadete”, dez anos antes. Desse filme, dirigido por William Wyler, passou a ser estrela de comédias românticas, mesmo assim adentrando com relativo sucesso em outros gêneros como em “Guerra e Paz” e “Robin e Merian “ e “Um Clarão nas Trevas”. Esta semana estará em Belém, na tela do centenário Olympia, uma das mais famosas comédias protagonizadas por Audrey: “Sabrina” (1954) de uma história de Samuel Taylor dirigida por um mestre do tipo de filme: Billy Wilder. O enredo é simples e atende a um conto de fadas sem fadas. Sabrina é filha do motorista de uma família milionária e o pai, louco por ela, consegue que vá fazer um curso de

arte culinária em Paris pensando em empregá-la na própria mansão onde trabalha. Chegando da capital francesa com uma elegância de grã burgueses, chama a atenção do mais jovem dos irmãos donos da casa (William Holden). O pai dela sabe que o moço é um

w EM "SABRINA" Audrey Hepburn interpreta a filha do motorista de uma família milionária

DIVULGAÇÃO

eu indico

boêmio sem freios. Felizmente surge na frente o irmão dele, na verdade o administrador da fortuna familiar (Humprey Bogart). Embora sem o charme de galã, é ele quem vai ficar com Sabrina no fim da novela. O filme poderia ser uma das muitas bobagens do cinema americano. Mas nas mãos de Wilder e com um bom elenco ganhou ares de clássico. Audrey não só encanta os manos ricos como os espectadores. É o tipo do programa ingênuo, simpático e divertido que se deixou de fazer neste século. Vale a pena (re)ver Audrey “Sabina” Hepburn. Por sinal que outro filme semelhante e interpretado por ela -e com o mesmo diretor- está programado para o mesmo cinema daqui de Belém no mesmo horário (a chamada “Sessão Cinemateca” dos domingos de tarde). É “Amor na Tarde” (Love in the Afternoon/ 1957) onde a atriz faz a filha de Maurice Chevalier e quem a assedia é o já veteraníssimo Gary Cooper. A música (a valsa Fascination/Fascinação) já era de grande alcance popular. No filme é o marco de um romance que em mãos menos sensíveis daria um desses apelos eróticos irresponsáveis. Fora esse programa “extra”, o que tem de relevante nos cinemas é só o drama dirigido e interpretado por Robert Reford chamado “Sem Proteção” (The C ompany you Keep), meu comentário na próxima semana.

Eu indico “HOMEM DE FAMILIA “ . O filme conta a história de Jack Campbell um investidor entediado com sua longa vida de solteiro. Um belo dia, ele acorda e começa a imaginar como teria sido sua vida se tivesse se casado com Kate, sua namorada nos tempos de colégio. Até que, repentinamente, Jack acorda e se vê um feliz marido, casado com Kate, pai de duas crianças e levando uma tranquila vida no subúrbio. Retrata o dilema de um homem entre casar ou investir na sua carreira profissional. ALEXANDRE VERGNE, 36 ANOS, Coordenador de TradeMarketing

QUADRINHOS

a Broadway. Mas o cinema a cativou em 1953 e logo na estreia de um papel de vulto, em “A Princesa e o Plebeu” (Roman Adventure) ganhou o Oscar da Academia de Hollywood. O fato foi similar ao de Jennifer Jones por “A Canção de Bernadete”, dez anos antes. Desse filme, dirigido por William Wyler, passou a ser estrela de comédias românticas, mesmo assim adentrando com relativo sucesso em outros gêneros como em “Guerra e Paz” e “Robin e MeEsta semana estará em Belém, na tela do centenário Olympia, uma das mais famosas comédias protagonizadas por Audrey: “Sabrina” (1954) de uma história de Samuel Taylor dirigida por um mestre O enredo é simples e atende a um conto de fadas sem fadas. Sabrina é filha do motorista de uma família milionária e o pai, louco por ela, consegue que vá fazer um curso de

Deus esteja a serviço dos nossos desejos, mas sim

neste século. Vale a pena (re)ver Audrey “Sabina” Hepburn. Por sinal que outro filme semelhante e interpretado por ela -e com o mesmo diretor- está programado para o mesmo cinema daqui de Belém no mesmo horário (a chamada “Sessão Cinemateca” dos domingos de tarde). É “Amor na Tarde” (Love in the Afternoon/ 1957) onde a atriz faz a filha de Maurice Chevalier e quem a assedia é o já veteraníssimo Gary Cooper. A música (a valsa Fascination/Fascinação) já era de grande alcance popular. No filme é o marco de um romance que em mãos menos sensíveis daria um desses apelos eróticos irresponsáveis. Fora esse programa “extra”, o que tem de relevante nos cinemas é só o drama dirigido e interpretado por Robert Reford chamado “Sem Proteção” (The C ompany you Keep),

digamos mesmo teologal, e à sua luz ver e julgar todas

PALAVRAS CRUZADAS NASSRALLA

SANTA PACIÊNCIA - ANDRÉ ABREU

BOA DICA

Um executivo de nacionalidade americana, mas atuante em Londres, testemunha em tribunal contra um colega que teria visto correndo depois do assassinato de um dos diretores da firma onde trabalha. O homem é condenado à prisão perpetua. Mas a mulher do executivo desconfia que se trate de um inocente. Uma verificação chega a um advogado da entidade que fora despedido. Mas até aí cabe suspeitar de que o homem que testemunhou usou de má fé, afirmando sem certeza a participação de quem acabou o preso. “A Tortura da Suspeita” (The Naked Edge/UK, 1961) lembra o clássico “Suspeita” (Suspicion/1941) de Alfred Hitchcock. O enfoque, porém, conclui de forma drástica e resta a culpa do acusador sem confiança no que fez. Foi o último filme interpretado pelo ator Gary Cooper (19011961). Já estava doente ao filmar na Inglaterra. Quem faz o papel de sua esposa é Deborah Kerr (19212007). Eles e o resto do elenco estão bem colocados embora o roteiro abuse de coincidências seguindo os contos policiais de autores modestos. Mas a direção de Michael Anderson (de “A Volta ao Mundo em 80 Dias”) dá conta de um recado divertido. Quem gosta do gênero com certeza vai “torcer” para que se desvende o crime.

LIVROS E CD'S

n PAI-NOSSO: O coração do Evangelho, Piero Buschini (PAULINAS, 56Págs, R$ 9,20)

n VATICANO II: a Igreja aposta no amor universal, Carlos Josaphat (PAULINAS, 328Págs, R$ 32,50)

Nesta obra, Piero Busc hini aprofunda o conteúdo do Pai-Nosso. Apresenta esta oração como um resumo do Evangelho no qual são expressos os ensinamentos de Jesus. Ele nos ajuda a refletir que a oração não consiste em fazer com que Deus esteja a serviço dos nossos desejos, mas sim é um adequar-se à sua vontade. Com linguagem simples e cativante esta obra se dirige a todos os que buscam uma oração mais vivencial e desejam tornar presente o Reino que Jesus inaugurou.

Vaticano II se libertou e tenta libertar a Igreja, jogando na lixeira controvérsias e velhos ressentimentos, optando pela novidade de querer bem ao outro. Vaticano II aposta e quer levar a Igreja a apostar em Deus, Amor universal. Apostar significa dar a prioridade efetiva e constante a este paradigma teológico, digamos mesmo teologal, e à sua luz ver e julgar todas as coisas e pessoas, a história, o passado e o presente da Igreja e da humanidade. O Concílio vem como a suave revolução de Deus, visando a acelerar ou retificar a marcha da humanidade em vias de globalização.


12

BELÉM, DE 31 DE MAIO A 6 DE JUNHO DE 2013

Cultura VIDA E CARREIRA

Cláudio Barradas abraça sacerdócio e teatro Espetáculo com interpretação do padre e ator teve “casa cheia” em maio IVAN CARDOSO

w EM CENA Cláudio Barradas e Zê Charone, na peça "Abraço"

S

emana passada a trajetória, a vida e as angústias de um octogenário foram representadas pelo ator e padre Cláudio Barradas no espetáculo “Abraço”, com autoria e direção e música de Edyr Augusto Proença. A trama se desenvolveu em torno de um diálogo de desabafo entre o senhor (Cláudio Barradas) e uma mulher (Zê Charone). As apresentações ocorreram de 23 a 26 de maio no Teatro do SESC e contaram com um grande público. Mesmo tendo que conciliar uma agenda lotada como vigário episcopal da Região Santa Cruz e como pároco da Paróquia Jesus Ressuscitado, na Marambaia, o padre aceitou o convite de Proença para interpretar o personagem. Padre Barradas gostou da experiência de se apresentar num espetáculo fora da sua paróquia, onde vinha atuando até então. O último espetáculo que ele dirigiu e onde também interpretou, nessa igreja, foi “Morte e Vida Severina”, realizado em dezembro de 2011.

Para o ator Barradas, a experiência em “Abraço” foi satisfatória: “todo espetáculo é um exercício de vida e, portanto, gratificante. Interpretar é sair um pouco de si, é como tirar férias e voltar descansado”. O teatro está na vida desse ator desde os 11 anos de idade. No colégio e até no Seminário ele já interpretava. “O personagem é tudo o que eu não sou. Interpretá-lo, portanto, é a beleza do trabalho do ator”, explica o profissional que fundou inúmeros grupos de teatro pela cidade e que até “emprestou” seu nome para um teatro de Belém: o Teatro Universitário Cláudio Barradas. Barradas explica que o enredo de “Abraço” é verídico e que é a realidade de muitas pessoas hoje. No drama o senhor lamenta a solidão. Ao começar a perder amigos e familiares, passa a viver de forma fechada, cercado somente por livros, discos, filmes antigos, até perder a vontade de viver. Apesar de rico em histórias e experiências, não tinha pessoas com quem trocar ideias. Em

uma madrugada o idoso recebe a visita inesperada de um mulher que preenche seus anseios por companhia. Desabafando, ele começa a contar histórias de sua vida para a visitante. Como um tipo de confidente, ela escuta suas lembranças atentamente. Para ele, é como receber o “Abraço”, um abraço à vida ao se entregar à morte. “Muitas pessoas hoje são vítimas da depressão e do abandono por serem idosas”, explica o sacerdote acostumado a ouvir muitas histórias de vida e proferir aconselhamentos. Na opinião de Barradas é possível e prazeroso conciliar a vida de padre e ator. “É fácil. É só tirar a túnica e pôr a roupa do personagem”, justifica. Só que às vezes no palco é preciso dizer coisas que não se diria como padre. Para isso Barradas também tem uma resposta: “não é o padre. É o personagem”. Ícone do teatro paraense, Cláudio Barradas tem a característica de se entregar ao personagem inteiramente, sempre demonstrando vigor, técnica e o talento.

DIFERENCIAL Cláudio Barradas é um intelectual apaixonado pelo sacerdócio, pelos livros e pelo teatro. Ele também gosta de escrever contos. Já foi professor da Escola de Teatro da UFPA e o último grupo em que atuou foi o “Tecoara”, nome indígena cujo significado é “vivo”. O profissional também deixou sua marca no Grupo de Teatro do Instituto Federal do Pará -IFPA (antiga Escola Técnica Federal), onde desenvolveu, com base em um trabalho de pesquisa, a técnica em Arena (os espectadores envolvendo o espaço cênico) e o teatro improvisacional, em que o ator não tem um texto para decorar nem regras de movimentos a que obedecer. Essas duas pesquisas foram marcantes em sua vida teatral e serviram de aprendizado para atores de outros grupos de Belém que gostavam de frequentar aquele espaço porque, diziam eles, era sem os vícios da categoria.

Padre lança CD “Meu sacerdócio, minha vida” LUIZ ESTUMANO

BELÉM, DE 31 DE MAIO A 6 DE JUNHO DE 2013

w CANTOR Pe. Elizeu Alves conta a sua história nas canções de seu novo CD

Está em Belém até a próxima terça-feira o padre e cantor Elizeu Alves. O sacerdote mineiro está divulgando seu novo trabalho. O CD “Meu sacerdócio, minha vida” foi gravado em parceria com o cantor católico Jonny, que ficou famoso com o CD “Católico”, cuja primeira música com o mesmo nome fez sucesso nacional. Padre Elizeu teve participação também nesse CD. Sua amizade com Jonny já tem 20 anos. O novo CD com 10 músicas é também uma comemoração aos seus 20 anos de sacerdócio e conta com 3 músicas de autoria do Pe. Zezinho e com as outras compostas por Jonny. O álbum tem ainda uma mensagem sobre a amizade dos cantores parceiros e a música “profeta do Amor”, composta por Jonny em homenagem ao

sacerdócio de padre Elizeu. É a primeira vez que padre Elizeu visita Belém e já pensa em vir ao Círio. Ele fez um show recentemente com Jonny no município de São Caetano de Odivelas. Seu CD será vendido nas lojas da Lirio Mimoso. E V E N T O - Pa d re E l i z e u é fundador de um evento chamado “Magnificat”, que acontece anualmente em São Paulo e, lembrando o canto de Maria, oferece um dia de músicas e palestras. “O objetivo é evangelizar por meio da música”, explica. O evento aconteceu duas vezes nos Estados Unidos, onde o padre morou por algum tempo. O valor arrecadado na programação é sempre revestido em projetos sociais que beneficiam moradores de rua, creches e asilos.


Caderno BELÉM, DE 31 DE MAIO A 6 DE JUNHO DE 2013

D O JORNAL CATÓLICO DA FAMÍLIA D

Dois FOTOS: IVAN CARDOSO

DEVOÇÃO

Lançado cartaz do Círio 2013 Fiéis lotaram a Praça Santuário de Nazaré para ver o novo cartaz da Festa Mariana

F

iéis ansiosos, muita fé e devoção. Este era o clima que contagiou a todos na apresentação do cartaz do Círio 2013, que aconteceu na noite do dia 29, na Praça Santuário. O evento fez parte da programação do sétimo aniversário da elevação da Basílica como Santuário Mariano da Arquidiocese de Belém. O lançamento do cartaz marca também, a largada para a preparação do Círio de Nossa Senhora de Nazaré, a padroeira dos paraenses, que acontecerá no segundo domingo de Outubro, em Belém. Antes do lançamento, às 18h, foi celebrada uma missa na Basílica Santuário, presidida por dom Alberto Taveira, Arcebispo Metropolitano de Belém. Como concelebrantes, dom Teodoro Mendes, Bispo Auxiliar de Belém, dom Vicente Zico, arcebispo emérito, Pe. José Ramos e Geffison Silva. Durante a missa, dom Alberto lembrou da importância do cartaz do Círio e sua representação na largada

para a grande festa em Outubro. “Eis que hoje, com o lançamento do cartaz, começamos a caminhada em preparação a festa maior que é o Círio de Nossa Senhora, que abramos nossos corações para esse momento”. Logo após a missa, os fiéis caminharam em uma pequena procissão até a Praça Santuário, onde foi apresentado ao público o cartaz do Círio 2013, que foi ovacionado pelos devotos e ungido por dom Alberto Taveira. Com foto de Jel Brelaz, no cartaz, a imagem de Nossa Senhora de Nazaré aparece no centro e, ao fundo, de um lado a Basílica Santuário e a Igreja de Santa Maria de Belém, a Catedral da Sé. Uma homenagem às igrejas mães do Círio de Nossa de Nossa Senhora de Nazaré, uma representando a fé, o milagre do achado, e outra a história do Pará. Três representações de extrema importância para o Círio de Nazaré unidos em único cartaz, inspirado no tema deste ano que diz “a igreja em

w RECOMPENSA Guardas de Nazaré entregam o novo cartaz para os devotos que aguardavam ansiosos o grande momento no dia 29 de maio

oração, unida a Maria,mãe de Jesus”. “Muita emoção, estou aqui desde cedo, já assisti a missa e agora estou vendo de perto o belíssimo cartaz desse ano”, comentou dona Ana Lucia, que todos os anos participa da cerimônia de lançamento do cartaz. Quem também todos os anos participa do evento é Mercedes Dias. “Esse ano, o cartaz está uma maravilha. É incrível como todos os anos conseguem

w NO ALTAR DA PRAÇA SANTUÁRIO, NA NOITE DO LANÇAMENTO Tânia Vieira, dom Teodoro Mendes, dom Vicente Zico, Jel Brelaz, dom Alberto Taveira, Kléber Vieira e Pe. José Ramos

fazer ele mais bonito”. Após a apresentação, alguns exemplares foram distribuídos para os presentes, ao todo a coordenação do Círio imprimiu 900 mil exemplares do cartaz para distribuí-los aos devotos da Rainha da Amazônia. O primeiro cartaz do evento, que se tem registro, é do ano de 1882. O cartaz deste ano representa a 131ª edição da peça.


2

BELÉM, DE 31 DE MAIO A 6 DE JUNHO DE 2013

Formação

Caderno Dois

Um só coração e uma só alma Padre Agostinho Cruz afs.cruz@hotmail.com

No corpo da Virgem, o Corpo de Cristo nosso Salvador

H

Bacharelando em Teologia pela Faculdade Dehoniana (SP), Pároco de São João Batista e Nossa Senhora das Graças (Icoaraci)

istoricamente sabemos que o Filho de Deus, que vive cheio do Espírito Santo à direita do Pai, e que viveu sobre a terra, morreu e ressuscitou, foi gerado no seio da Virgem Maria. Em outras palavras, o Corpo santo de nosso Senhor é o fruto bendito do ventre de Maria (cf. Lc1, 41-42). Na Carta aos Hebreus, o autor sagrado revela-nos a intenção de Deus Pai de dar um corpo

ao Filho: “Por isso, entrando no mundo, diz: sacrifício e oferta não quiseste, mas me deste um corpo; holocaustos e oblações pelo pecado não te agradaram. Então disse: eis, aqui venho (no princípio do livro está escrito de mim), para fazer, ó Deus, a tua vontade” (Hb 10, 5-7). Santo Tomás de Aquino, em suas reflexões, compreende bem o que significa Deus ter escolhido a Santíssima Virgem Maria para ser Mãe do Belo Amor, de Jesus Cristo, o Salvador. Tal escolha de predileção é pela plenitude da graça contida no virginal coração desta jovem de Nazaré: “Primeiramente, a bemaventurada Virgem ultrapassou todos os Anjos por sua plenitude de graça, e para manifestar esta preeminência o Arcanjo Gabriel inclinou-se diante dela, dizendo:

cheia de graça; o que quer dizer: a vós venero, porque me ultrapassais por vossa plenitude de graça” (Pai Nosso e Ave Maria - Sermões de Santo Tomás de Aquino. Editora Permanência, Rio de Janeiro, 2003). Incrível, maravilhoso o desígnio de Deus, que sabe aproveitar de tudo para atrair a humanidade a Si. Parafraseando Santo Agostinho que diz: “Aquele que te criou sem ti, não quer te salvar sem ti”, podemos viver essa realidade deste modo: Deus em sua infinita liberdade e sabedoria criou a humanidade sem dela necessitar, porém, não quer salvá-la sem a sua cooperação, e deste modo Maria sobressai entre todas as criaturas que cooperam com a graça divina. A cooperação de Maria é tão autêntica que Deus nela habita,

faz morada, torna-se carne. Na carne, pela força do Espírito Santo, a Santíssima Virgem, “jardim selado”, gera o Filho de Deus feito homem para a nossa salvação. Deste modo, compreende-se que a fé de Maria, aquilo em que acreditou, é sinal de salvação para toda a humanidade também. Maria é a única que gera na carne pela fé; a ninguém mais Deus concedeu esse privilégio e tamanha graça. O Corpo de Jesus, fruto de salvação no ventre de Maria, é benéfico não só para Ela, mas para toda a humanidade. Portanto, o Corpo que Ela gerou, que se fez alimento, que fora flagelado, suspenso no madeiro, sacrificado, o corpo que morreu e foi sepultado, ressuscitou no terceiro dia e subiu aos céus foi gerado no corpo de Maria Sempre Virgem.

Primavera do mundo Padre Idamor da Mota Jr. (idamorjr@yahoo.com.br)

Nascida para Amar (Parte 2)

J

á falamos da receptividade feminina e como essa receptividade é capaz de trazer Deus ao mundo. Porém, devido aos efeitos do pecado no mundo, a receptividade feminina está sempre ferida ou pode ser rejeitada. Esses exemplos negativos da receptividade ferida podem ser vistos na cultura em que vivemos. Algumas mulheres, por exemplo, acreditam que não são mais dignas de receber amor por causa de seu passado ou de sua vida desregrada do presente. Estas preferem acreditar que vivendo do jeito que estão é melhor do que ter alguém que as ame de verdade e com dignidade. Outras,

são mulheres que sofreram algum tipo de abuso sexual, e por isso não conseguem mais ter um relacionamento com homens. Isso é somente um meio de proteger a si mesmas de uma dor maior. Mas quando uma mulher chega a esse ponto, ela não somente pode não confiar mais nos homens, mas até mesmo em Deus. Algumas mulheres, mesmo sem se dar conta, acabam por rejeitar o dom da receptividade através do uso de contraceptivos. Isso porque o uso de contraceptivos não é somente uma rejeição de uma gravidez, mas tratase da rejeição de uma característica que é própria da mulher e que foi querida pelo Criador: a maternidade. Sob esse ponto de vista, o

O verdadeiro amor que Ele oferece e ela merece

ato da contracepção, por qualquer meio que seja, dá a impressão de que há algum problema no corpo feminino que engravida, como se fosse um mal a ser evitado. Quando uma mulher fica grávida e busca o aborto como solução, ela acaba por revelar a mais profunda rejeição da sua receptividade.

Ela rejeita o dom da vida depois de tê-lo recebido interiormente. Ela acaba por rejeitar o significado do seu corpo como santuário e tabernáculo da vida. Quando uma mulher escolhe pelo aborto de uma vida, ela contradiz seu mais profundo desejo e até mesmo sua identidade, porque o aborto contradiz a própria natureza feminina. O lesbianismo é um outro exemplo de como a receptividade feminina pode ser ferida e rejeitada. Tratase não somente de uma rejeição da figura masculina, mas uma rejeição de sua própria feminilidade.

Cristo não veio para condenar, mas para salvar. Somente ele pode redimir nossos anseios mais profundos. À medida que uma mulher está mais aberta para receber o amor de Deus através de Cristo, ela estará mais apta para receber o verdadeiro amor que Ele oferece e o amor que ela merece. Sem esse fundamento do amor de Deus, uma mulher está mais vulnerável a aceitar um amor de alguém que não é capaz de amá-la como Deus a ama. O autor é mestre em Bioética e Diretor do CCFC

Na próxima semana, “Escutando o Coração”, com Ir. Lourdes Silva, fsp

Compêndio do Catecismo da Igreja Católica Para reflexões durante o Ano da Fé, o jornal Voz de Nazaré continua nesta edição a publicação do Compêndio do Catecismo da Igreja Católica. De maneira concisa, a publicação apresenta todos os elementos essenciais e fundamentais da fé da Igreja numa visão de conjunto, todo o panorama da fé católica.

CAPÍTULO SEGUNDO (Segunda Seção PARTE 1)

Creio em Jesus Cristo, Filho único de Deus “Jesus Cristo foi Concebido pelo Poder do Espírito Santo, Nasceu da Virgem Maria”

Creio em Jesus Cristo, Filho único de Deus

103

O que ensina o Evangelho sobre os Mistérios do nascimento e da infância de Jesus?

104

Que ensinamento nos oferece a vida oculta de Jesus em Nazaré?

105

No Natal, a glória do Céu se manifesta na fraqueza de uma criança; a circuncisão de Jesus é sinal da sua inserção no povo hebraico e prefiguração do nosso Batismo; a Epifânia é a manifestação do Rei-Messias de Israel a todas as nações; na sua apresentação no templo, em Simeão e Ana é toda a espera de Israel que vem ao encontro do seu Salvador; a fuga rara o Egito e a matança dos inocentes anunciam que toda a vida de Cristo estará sob o sinal da perseguição; a sua volta do Egito lembra o Êxodo e apresenta Jesus como o novo Moisés: é ele o verdadeiro e definitivo libertador. 525-530 563-564

Durante a vida oculta em Nazaré, Jesus permanece no silêncio de uma existência comum. Permite-nos assim estar em comunhão com ele na santidade de uma vida quotidiana feita de oração, de simplicidade, de trabalho, 1e amor filial. A sua submissão a Maria e a José, seu pai putativo, é uma imagem da sua obediência filial ao Pai. Maria e José, com sua fé, acolhem o Mistério de Jesus, embora sem o compreender sempre. 533-534 564

Para dar início à sua vida pública e antecipar o “Batismo” da sua morte: aceita assim, embora estivesse sem pecado, ser contado entre os pecadores, ele, “o Cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo” (Jo 1,29). O Pai o proclama seu “Filho amado” (Mt 3,17) e o Espírito desce sobre ele. O batismo de Jesus é a prefiguração do nosso batismo. 535-537 565

Por que Jesus recebe de João o “batismo de conversão para o perdão dos pecados” (Lc 3,3)?


3

BELÉM, DE 31 DE MAIO A 6 DE JUNHO DE 2013

Família

Caderno Dois

NOVO LAR

Adotar, uma prova de amor Norte e Nordeste concentram maior quantidade de crianças com até 5 anos aptas à adoção

D

e acordo com uma pesquisa realizada pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) que detalha o perfil dos pais que desejam adotar e das crianças aptas à adoção por região brasileira, as regiões Norte e Nordeste concentram proporcionalmente a maior quantidade de crianças com até cinco anos aptas à adoção. Essa é a faixa etária requerida por nove em cada dez pais que desejam adotar no Brasil. No Norte 26,5% das crianças nessa faixa etária estão inscritas no Cadastro Nacional de Adoção. No Nordeste são 16,9% e nas demais regiões esse índice não chega a 10%. Conforme a pesquisa, essa preferência dos pretendentes é o principal empecilho à adoção no país, já que apenas 9 em cada 100 crianças aptas à adoção têm menos de cinco anos. As causas de uma criança chegar a um abrigo ou orfanato são muitas: quando são vítimas de abusos sexuais, quando abandonadas pelos pais, quando ficam órfãs, entre outros motivos. O Abrigo Raio de Luz - Centro de Valorização da Criança (CVC), uma organização não governamental no bairro da Pratinha II, atualmente acolhe 13 meninas na faixa-etária de 7 a 17 anos. As crianças encaminhadas para lá são oriundas de todo o estado, encaminhadas pelo Juizado de Menores da Comarca de Icoaraci. O abrigo existe há 24 anos, e, por ser uma ONG, não conta com o total custeio de despesas do Estado. É reconhecido pelo poder público para atuar junto ao Estado, mas ainda depende em grande parte da ajuda dos voluntários. Voluntária há oito anos, Maria da Graça Figueiredo se solidarizou com as histórias de vida das crianças do CVC. Desde então, se dedica a elas de diversas formas no abrigo, onde passa grande parte dos dias da semana. Graça explica que o carinho que procura transmitir às crianças ajuda a compensar os traumas sofridos. É com a “tia Graça” que as meninas permanecem por tempo indeterminado até que a justiça determine a guarda a um parente ou para a adoção. Há ainda a companhia de uma equipe de profissionais composta por psicólogos, educadores e assistentes sociais. Segundo o estudo do Departamento de Pesquisas Judiciárias (DPJ) do CNJ, que analisou o universo de pessoas inscritas no Cadastro Nacional de Adoção, coordenado pela Corregedoria Nacional de Justiça, referente a agosto de 2012, há no Brasil 28.151 homens e mulheres que desejam adotar um filho. A maior parte, porém, (85%) está nas regiões Sudeste e Sul, que respondem por 56,5% da população brasileira, de acordo com o Censo 2010. A pesquisa mostra ainda que o número de pais que querem adotar é cinco vezes maior do que a quantidade de crianças e adolescentes aptos à adoção - 5.281 em todo o Brasil. Porém quase 80% deles também são das regiões Sul e Sudeste.

FOTOS: LUIZ ESTUMANO

w ACOLHER No Abrigo Raio de Luz, as crianças encontram um ambiente acolhedor para um desenvolvimento digno. Formação e oficinas são oferecidas às jovens que sonham com um futuro melhor

CADASTRO NACIONAL

O

DISCRIMINAÇÃO

Cadastro Nacional de Adoção (www.cnj.jus.br/cna) é uma ferramenta criada para auxiliar juízes das varas da infância e da juventude na condução dos procedimentos de adoção. Lançado em 29 de abril de 2008, o CNA tem por objetivo agilizar os processos de adoção por meio do mapeamento de informações unificadas. O Cadastro possibilita ainda a implantação de políticas públicas na área. A justiça estabelece dois anos como período máximo para uma criança permanecer num abrigo até que seja analisada a possibilidade de retorno ao lar de origem ou de encaminhamento à adoção. No Abrigo Raio de Luz e em diversas outras instituições no Pará que acolhem crianças, há meninos e meninas há mais tempo, à espera de adoção. Uma das metas da Coordenadoria da Infância e da Juventude é viabilizar o retorno ao lar de origem a esses pequeninos. Criado há quase três anos, o órgão vinculado ao Tribunal de Justiça do Estado do Pará (TJPA) pretende dar mais celeridade aos processos envolvendo crianças e adolescentes.

N

ão é novidade que o preconceito no Brasil ainda é grande. Ele se reflete inclusive nas exigências dos pretendentes de adoção. Além da exigência de idade, há preferência por crianças brancas. Segundo a pesquisa do CNJ, os pais que buscam exclusivamente esse perfil racial, em geral, não aceitam crianças que têm mais de três anos. Já os que aceitam unicamente crianças negras, pardas ou indígenas, costumam ser mais flexíveis e, em geral, não fazem outros tipos de restrição como de idade ou sexo. O percentual de pretendentes que buscam esses perfis fenotípicos na hora de adotar é maior nas regiões Norte e CentroOeste (cerca de 50%), enquanto a média nacional é de aproximadamente 35%.

NA REGIÃO NORTE

COMO AJUDAR?

A região Norte responde por 2,3% do total de pessoas que desejam adotar inscritas no Cadastro Nacional de Adoção. De acordo com o estudo, também está no Norte a maior proporção de pessoas entre 18 e 39 anos que querem se tornar pais adotivos (38,2%), sendo, proporcionalmente, a região com pretendentes mais jovens.

Voluntários interessados em ajudar o Abrigo Raio de Luz - CVC financeiramente ou de outras formas podem entrar em contato com a ONG: Site: www.cvc.org.br; Email: cvc@cvc.org. br; Telefone: (91) 32581328/ 2320; Facebook: CVC-Centro de Valorização da Criança. Doações: HSBC (Agência 0535/ Conta 29785-30) Banco do Brasil (Agência: 0765-x/ Conta 10.000-5


4

BELÉM, DE 31 DE MAIO A 6 DE JUNHO DE 2013

Juventude

Caderno Dois IVAN CARDOSO

COLETA

Paroquianos contribuem para a JMJ As doações ainda podem ser feitas por meio de depóstio bancário

O

final de semana em que foi celebrada a Solenidade da Santíssima Trindade, 25 e 26 de maio, também foi marcado pela Coleta Nacional em prol da Jornada Mundial da Juventude 2013. A coleta foi aprovada, em nível nacional, durante a realização da 51ª Assembleia Geral da Conferência Nacional dos

Bispos do Brasil (CNBB). A Igreja em todo Brasil se mobilizou e em todas as missas e celebrações das paróquias de todo país participaram da coleta para unir todos os fiéis pela JMJ. Em Belém, no decorrer desta semana, as paróquias irão entregar à Cúria Metropolitana a quantia arrecadada. A coleta tem a finalidade

w COLETA Fiéis contribuíram com a JMJ na Paróquia da Santíssima Trindade no dia 26

de custear as despesas das dioceses, prelazias, da CNBB, da Arquidiocese do Rio de Janeiro e da Semana Missionária. O valor arrecadado será assim d e s t i n a d o : p a ra ( 5 0 % ) Arquidiocese do Rio de J a n e i ro ; ( 3 0 % ) p a ra a s Dioceses e Prelazias; (10%) para o encontro Mundial DIVULGAÇÃO

dos Jovens Universitários que acontecerá em Belo Horizonte (MG) e (10%)

para cobrir os gastos com a Peregrinação da Cruz e do Ícone de Nossa Senhora.

PARA AJUDAR A JMJ: As doações podem ser feitas por depósito identificado na Caixa Econômica Federal: Agência: 2220 Operação: 03 - CONTA CORRENTE: 200-0 ou pelo site: www. botefebrasil.org.br.

Lançamento da Romaria da Juventude 2013 n ASCOM/BASÍLICA SANTUÁRIO

w MISSIONÁRIO Cosme pregou para a juventude na Praça Santuário DIVULGAÇÃO

w PÚBLICO Cristãos participaram do show de lançamento no sábado 25

Um momento para os jovens e para toda a família. Foi assim o evento de lançamento da Romaria da Juventude 2013, que aconteceu no Sábado (25), na Praça Santuário de Nazaré. O evento de lançamento contou com vários momentos c o m o o Fe s t i va l d a C a n ç ã o Mariana, Mostra de Dança Sacra, lançamento do tema da Romaria da Juventude 2013 e o Show do Cosme, encerrando a noite. Sandro Rogério, integrante da Pastoral Familiar da Basílica Santuário, foi ao evento pela primeira vez e aprovou. Ele ressaltou também a grande participação dos jovens. “Fui ver o Show do Cosme e gostei muito, principalmente de ver a quantidade de jovens participando. Tinham jovens de vários lugares e paróquias”, conclui. Segundo Edilson Lima, um dos coordenadores do evento, cerca de mil jovens estiveram presentes, devido a grande programação oferecida. “O Festival da Canção Mariana e Mostra de Dança Sacra contou com a participação de várias paróquias de Belém, além da atração mais esperada, o Show do Cosme”.

Cosme se apresentou às 20h e tocou várias canções de seu repertório, incendiando o público e levando mensagens de paz, amor, fé e união em cristo. Durante o evento também foi lançado pelo Padre Geffison Silva, orientador espiritual da Pastoral da Juventude da Basílica Santuário, o tema da Romaria da Juventude deste ano que será: “Jovens, filhos da Rainha, unidos como Igreja”. Segundo Edilson, o tema foi escolhido conforme o Círio de Nazaré que eleva sempre Maria. No Festival da Canção Mariana, o corpo de jurados avaliou: Melhor apresentação, musicalidade, letra, interpretação e arranjo. O primeiro lugar foi para o Ministério Ruah, da Paróquia Nossa Senhora da Conceição Aparecida. Conforme explicou Edilson, a Romaria da Juventude desse ano, que acontece no terceiro domingo de outubro, ainda não tem um trajeto definido e a única coisa que já se definiu foi o ponto de partida que será da igreja Nossa Senhora da Conceição Aparecida que fica no Bairro da Pedreira.

Escola de Icoaraci promove Dia da África A Escola Tecnológica de Educação Tecnológica do Estado do Pará (EETEPA-Icoaraci) promoveu no último dia 25 o “Dia da África na EETEPA de Icoaraci”. Com o tema “Uma proposta para implementação da Lei 10.639/03 na Rede Tecnológica do Estado do Pará”, o evento teve o objetivo de desenvolver atividades entre os alunos relativas à temática do preconceito e da discriminação racial, a valorização da identidade de matriz africana presente na sociedade brasileira e o acesso a bibliografias específicas que revelem essa diversidade no país e na

região. Atividades dessa natureza são realizadas nessa escola ao longo do ano, de acordo com o calendário escolar. Em 1963 uma reunião com 32 líderes africanos criou a Organização da União Africana, no intuito de discutir a questão colonial. Essa comissão instaurou 25 de maio como o Dia da África e, em 1972, a ONU adotou o dia como comemorativo da Libertação Africana. O Dia da África é celebrado em todo o mundo. A implementação da Lei 10.639 prevê a obrigatoriedade do ensino de História da África e Cultura africana

no currículo escolar. Assim, o evento propôs que os alunos percebessem a influência do continente africano na cultura brasileira, país onde grande parte da população é negra. Há influências africanas na história, na dança, nas artes e na literatura brasileira. A escola é uma das instituições responsáveis por esse processo, que poderá contribuir com a formação de gerações que respeitam as diferenças. O professor, nos espaços pedagógicos da escola, tem o papel de facilitar uma educação que revele o Brasil multicultural, interétnico, diverso e

constituído de uma matriz cultural de influência africana pouco valorizada e compreendida no contexto nacional. A programação contou com a mesa de abertura composta pela direção da escola, conselho escolar da EETEPA, Coordenação de Ensino ProfissionalSEDUC (COEP) e Coordenação de Promoção da Igualdade Racial-SEDUC (COPIR), mesa temática “O Dia da África e a Lei 10.639/2003”, concurso de beleza negra e apresentação cultural com músicas e danças afro brasileiras e grupos de capoeira.


5

BELÉM, DE 31 DE MAIO A 6 DE JUNHO DE 2013

Juventude

Caderno Dois

JMJ RIO 2013

Rosa de Saron agita os jovens em Belém O show da banda católica em prol dos peregrinos paraenses será neste domingo, 2,

A

banda católica Rosa de Saron se apresenta neste domingo, 2, no Amazônia Hall, localizado na Rod. Augusto Montenegro. Toda a renda será destinada para custear os gastos da viagem das caravanas da Arquidiocese de Belém, rumo à JMJ. Uma reunião entre a organização da JMJ e os representantes da Câmara Municipal de Belém discutiu ações em relação ao avanço do projeto de ajuda às caravanas que irão para a JMJ, em julho. Entre as ações, está o show da banda. O ministério de música Cristo Alegria confirmou presença no show e fará a abertura do evento. Os

IVAN CARDOSO

nas Comunidades: Maíra e Shalom. OS ROQUEIROS

w EM OUTUBRO A banda Rosa de Saron animou a juventude no Círio Musical 2012

da venda das entradas. Os ingressos, no valor de R$ 25,00, podem ser adquiridos em alguns pontos como:

grupos jovens de Belém que irão para a Jornada Mundial da Juventude 2013, no Rio de Janeiro, ficarão encarregados

YOUCAT

Igreja de Santo Expedito, Capela de Lourdes, Paróquia São Jorge, Paróquia São João Batista, Santo Afonso, e

A banda Rosa de Saron é formada por Guilherme de Sá (voz), Eduardo Faro (guitarra), Rogério Feltrin (baixo) e Grevão (bateria). Atua há 24 anos dentro do movimento da Renovação C a r i s m á t i c a d a I g re j a Católica. O grupo reúne cerca de 180 mil fãs no Facebook e mais de 145 mil seguidores no Twitter. Em 2012, na realização do Círio Musical, um dos dias em que os jovens lotaram a Praça Santuário foi na apresentação da banda de rock católico.

PRIMEIRA PARTE

Em que cremos

36

Pode descobrir-se que Deus é trinitário pela simples lógica?

Não. A - TRINDADE de Deus é um mistério. Só através de Jesus é que a descobrimos. [237]

E

m preparação à Jornada Mundial da Juventude Rio 2013, o jornal Voz de Nazaré realiza seus estudos sobre o YOUCAT, que é o Catecismo da Igreja Católica escrito para JOVENS que querem saber em que acreditam.

O ser humano, com as capacidades da sua razão, não consegue atingir Jesus. Ele reconhece, todavia, a razoabilidade deste mistério, ao aceitar a - REVELAÇÃO de Deus em Jesus Cristo. Se Deus fosse só e solitário, não poderia amar desde toda a eternidade. Iluminados por Jesus, encontramos sinais da Trindade de Deus já no - ANTIGO TESTAMENTO (por exemplo em Gn 1,2; 18,2; 2Sm 23,2) e até em toda a Criação.

37

De que modo Deus é “Pai”?

Veneramos Deus, antes de mais, por ser Pai, porque Ele é o Criador e Se encarrega das Suas criaturas cheio de amor. Além disso, Jesus, o Filho de Deus, ensinou-nos a considerar o Seu Pai como nosso Pai, e a abordá-l’O mesmo com “Pai nosso”. [238-240]

Diversas religiões pré-cristãs conheciam já o título divino de “Pai” (Dt 32,6; Ml 2,10); o pai e a mãe representam, na experiência humana, a origem e a autoridade, a proteção e o sustento. Jesus mostrounos como Deus é realmente Pai: “Quem Me vê, vê o Pai.” (Jo 14,9) Na parábola do filho pródigo (Lc 15,11-32), Jesus toca no profundo desejo humano de um Pai misericordioso. - 511-527


6

BELÉM, DE 31 DE MAIO A 6 DE JUNHO DE 2013

Igreja

Caderno Dois

COROAÇÃO DE MARIA

“A lua debaixo de seus pés e na cabeça, uma coroa” Comunidades celebram a tradição da Igreja de coroar a Imagem de Nossa Senhora

Q

uando finda o mês de maio, conhecido como Mês Mariano, costuma-se realizar nas paróquias e comunidades do mundo inteiro a Coração de Nossa Senhora. Essa é uma forma simbólica dos fiéis de reconhecerem a importância da mãe de Jesus Cristo na vida da Igreja. A tradição se tornou tão forte que em alguns lugares diversos elementos teatrais são agregados ao ato de coroar a imagem da Virgem Maria, sob o título que for. Comumente coroa-se Nossa Senhora de Fátima, título dado à mãe de Deus em virtude de suas aparições a três pastorinhos na cidade de Fátima, em Portugal. As visões teriam começado no dia 13 de maio de 1917 na pequena cidade portuguesa. Apenas as três crianças conseguiam ver a mãe de Jesus, que a partir daí passou a ser chamada, também, de Nossa Senhora de Fátima. Com o passar dos anos, a Igreja reconheceu o fenômeno. Até à padroeira do Brasil, Nossa Senhora Aparecida, foi dedicado um evento solene em setembro de 1904, em que a imagem original foi simbolicamente coroada com a riquíssima coroa doada pela Princesa Isabel e portando o manto anil, bordado em ouro e pedrarias, símbolos de sua realeza e patrono. A celebração solene foi dirigida por D. José Camargo Barros, com a presença do Núncio Apostólico, muitos Bispos, o presidente da República à época, Rodrigues Alves, e um grande número de pessoas. Depois da coroação o Santo Padre concedeu ao Santuário de Aparecida mais outros favores: ofício e missa própria de Nossa Senhora Aparecida e indulgências para os romeiros que se dirigem em peregrinação ao Santuário. APRESENTAÇÕES

LUIZ ESTUMANO

w HOMENAGENS A Comunidade Santo Afonso, da Basílica de Nazaré, também coroa a Imagem da Virgem

os três pastorinhos avistaram a Virgem de Fátima. Além disso, os fiéis realizaram momentos de homenagem à Mãe de Deus como apresentação simbólica do terço, de flores, do coração, da chave, entre outros elementos. Os ensaios começam com cerca de três meses de antecedência. Esse ano houve 14 atos, com músicas coreografadas e apenas cantadas. Tudo durou cerca de uma hora e meia. Este ano a coroação foi feita pelas crianças. A expectativa dos pequeninos e dos jovens durante o ano para os ensaios é grande. Este ano até os bebês entraram em cena. Há muita gente trabalhando tanto na apresentação quanto por trás

dos bastidores. Este ano os jovens realizaram coreografias e cerca de 20 crianças se caracterizaram de anjos. E nessa hora cada um ajuda da forma que pode. Muitos jovens contribuíram com o figurino trazendo roupas e acessórios de casa. Por ser um dos momentos mais importantes da Comunidade, a divulgação também é grande. Os membros da coordenação explicam que o grupo está de portas abertas p a ra o s j ove n s q u e q u i s e re m participar no próximo ano. Até lá, as crianças devem participar d e p ro j e t o s q u e e s t ã o s e n d o programados, em que aprenderão a cantar e a tocar um instrumento. “Apesar de não termos recursos IVAN CARDOSO

Na Comunidade Sagrada Família, pertencente à Paróquia Imaculada Conceição, no bairro Castanheira, os fiéis preparam a coroação à imagem de Maria em “grande estilo”. A comunidade agregou ao ato diversos momentos que envolvem teatro, danças e momentos de oração e reflexão. Este ano Lúcia Oliveira esteve à frente da coordenação pela primeira vez. Segundo ela, a tradição na Comunidade já dura 27 anos e começou com Matilde Trindade, quem organizava a coroação junto à irmã e voluntários. Ao longos dos anos várias pessoas foram se agregando ao grupo e, estando muito idosa, Matilde repassou a missão a Lúcia. O anúncio do anjo a Maria, o encontro de Izabel com ela e sua aparição em Fátima são alguns dos momentos encenados pelo grupo de teatro composto em sua maioria por jovens da paróquia. Este ano foi encenado o momento em que

w PARA MARIA Com. Sagrada Família mantém tradição há mais de 20 anos

financeiros, contamos com a ajuda de voluntários”, diz Lúcia. Ela ressalta que é gratificante estar à frente da coordenação e vê a oportunidade como um desafio. “Eu nunca tinha coordenado nada, mas estou contando com a ajuda de muitas pessoas que já estão realizando há anos esse ato”, esclarece. COROA COMEMORATIVA Para celebrar o centenário da Coroação da Imagem da Padroeira do Brasil, a Associação de Joalheiros e Relojoeiros do Noroeste Paulista - AJORESP, com apoio técnico do Sebrae São Paulo, promoveu um Concurso Nacional de Design, visando selecionar uma nova Coroa comemorativa do evento. O Júri Institucional do evento selecionou, por consenso, o projeto da designer Lena Garrido, em parceria com a designer Débora Camisasca, de Belo Horizonte (Minas Gerais). A nova peça foi confeccionada em ouro e pedras preciosas especialmente para a solenidade do Centenário da Coroação de Nossa Senhora Aparecida, padroeira do Brasil, no dia 8 de setembro de 2004. Em Belém, a imagem de Nossa Senhora de Nazaré também foi coroada na Basílica Santuário em uma celebração que ocorreu às 18h do último dia 31. Na ocasião aconteceu a subida da Imagem para o ‘Glória’, local no templo onde fica durante todo o ano e de onde só é retirada em ocasiões excepcionais. A Imagem foi retirada do ‘Glória’ dois dias antes para a missa de encerramento da Novena Maria e do 7º aniversário de elevação da Basílica de Nazaré à condição de Santuário Mariano.


7

BELÉM, DE 31 DE MAIO A 6 DE JUNHO DE 2013

Festividades

Caderno Dois

SANTO ANTONIO

De Portugal para o Brasil Fiéis homenageiam Santo Antônio no Bairro do Coqueiro com 13 dias de programação

J

unho é mês de Santo Antônio de Pádua ou simplesmente Santo Antônio. É dele, a fama de santo casamenteiro. O carisma do santo atrai orações e manifestações de carinho e devoção dos fiéis em todo país. Em Belém, não é diferente. A Paróquia que leva seu nome, Santo Antônio de Pádua, localizada no bairro do Coqueiro, organizou para início do mês de junho, a Festividade que honra e louva o nome do padroeiro. Sob o comando da paróquia Santo Antônio de Pádua há 10 anos,

padre Igino Sala é só elogio com a comunidade que auxilia: “Nós organizamos há 10 anos está festa. A comunidade é presente. Nossa relação é profícua. A comunidade é dedicada em tudo: no trabalho, nas atividades missionárias, nas doações. Enfim, não tenho do que reclamar.” A abertura da festividade está marcada para o (1°) sábado de junho. A programação acontecerá durante 13 dias, também é chamada de trezena, período que compreende de 1° a 13 de junho. O evento traz uma agenda cultural e litúrgica riquíssima.

Padre Igino está animado com mais uma festividade. “Haverá momentos celebrativos e culturais durante a trezena. Um deles será o jogo de futebol (Brasil x Mundo), de um lado, estarão seis padres e dom Alberto Taveira Corrêa, Arcebispo Metropolitano de Belém, contra sete representantes das comunidades da nossa paróquia.” A Igreja Santo Antônio de Pádua traz uma vasta programação para o público cativo. A festa dedicada para o santo padroeiro constará de missas diárias, procissão, jogo de

futebol, arraial com comidas típicas, festa junina, concurso de dança, apresentação de grupos folclóricos, show da banda Beto e Leno e várias outras atrações. O evento é tradicional. Este ano o tema fala da apresentação do cristão a Deus, “Eisme aqui, envia-me”! A festa será encerrada com a procissão luminosa de Santo Antônio e a missa missa solene, presidida por dom Alberto Alberto Taveira Corrêa. Na ocasião, estarão presentes os crismandos da paróquia, que receberão o sacramento, ainda, este ano.

IVAN CARDOSO

w 63 ANOS A comunidade homenageou dom Alberto Taveira no dia 26

IVAN CARDOSO

w MISSA O arcebispo presidiu a Solenidade da Santíssima Trindade

Santíssima Trindade se prepara para as comemorações dos 200 anos A Igreja da Santíssima Trindade tem muito que comemorar. O ano jubilar da Paróquia da Santíssima Trindade começa no próximo sábado (1º) de junho e será estendido por todo o ano corrente até o dia (1º) de junho de 2014, quando a Igreja completará 200 anos

de sua inauguração. Segundo a diretoria da festa, esse período, as celebrações envolverão todos os membros da paróquia. A novidade é a parceria da Igreja da Santíssima Trindade com o Centro de Cultura e Formação Cristã (CCFC), na

Nossa Senhora Auxiliadora A Paróquia Nossa Senhora Auxiliadora encerra sua festividade neste domingo, 2. A partir das 9h30 haverá o III Grande Show de Prêmios para os fiéis. Entre as atrações ao encerramento, haverá o show da cantora Jake, que apresentará músicas do seu repertório, às 20h. Todos os dias até domingo,2, acontece as celebrações eucarísticas e atrações culturais. A Igreja de Nossa Senhora Auxiliadora está localizada na Rua 27 de outubro, 16, Residencial Carlos Marighella, no bairro no Aurá.

Sagrado Coração de Jesus Com o tema “Com o Sagrado Coração de Jesus, consolidamos nossa fé em Cristo no anúncio do evangelho”, a Paróquia Sagrado Coração de Jesus, no Conjunto Júlia Seffer, inicia sua 5ª festividade nesta sexta-feira, 31. No sábado, 1, haverá a Santa Missa presidida pelo Arcebispo Metropolitano de Belém, Dom Alberto Taveira Corrêa. As celebrações eucarísticas acontecem todas as noites, sempre às 19h. Segundo o pároco, padre Rafel Brito, a festividade é um momento para anunciar o Ano da Fé. “Este momento é a oportunidade de anunciar a boa notícia de nosso Bom Pastor, Sumo e Eterno Sacerdote que se humilhou, abandonou-se, suportou o peso da cruz. Aproveito para agradecer a todos que contribuíram, se empenharam e dedicaram nestes trabalhos”, disse o Pe. Rafael. Atração cultural será: sexta-feira. 31, Banda Sayonara;

elaboração de alguns eventos voltados à evangelização e formação cristã. Um dos propósitos do CCFC, no campo da evangelização, é a criação de 200 Grupos de Oração na área paroquial. O lançamento do Ano Jubilar da Igreja da Santíssima Trindade será

sábado,1, Banda Rainha dos Corações e no domingo, 2, Pe. Rafael e banda.

Coração Eucarístico de Jesus A Paróquia Coração Eucarístico de Jesus inicia neste sábado, 1, sua festividade que terá como tema “Com o Sagrado Coração de Jesus, caminharemos pela fé” (II Cor. 5,7). Serão nove dias com programação cultural e religiosa para os fiéis. As celebrações eucarísticas acontecem sempre às 19h. Na próxima sexta-feira, 7, haverá uma procissão luminosa às 17h30 saindo da Comunidade Perpétuo Socorro percorrendo as ruas do bairro.

Santo Antônio de Pádua Nesta sexta-feira, 31, a comunidade Santo Antônio de Pádua pertencente à Paróquia São Francisco de Assis, no bairro de São Braz, inicia sua festividade. O tema festivo deste ano será “Santo Antônio, exemplo de fé”. Durante todo o período a comunidade é convidada a participar da Trezena de Santo Antônio, que se estenderá até o dia 13. As celebrações acontecem no horário de 7h, 12h, 18h e às 20h. Todas as noites haverá programação cultural com vendas e comidas típicas e objetos em homenagem a Santo Antônio.

Santa Paula Frassinetti A Paróquia Santa Paula Frassinetti, localizada no bairro do Coqueiro, também inicia sua

no sábado, 1°, às 20h, no Theatro da Paz. Na ocasião, será apresentada a logomarca do jubileu, a medalha e o cartaz referente aos 200 anos. A cerimônia seguirá com a apresentação do espetáculo da Orquestra Vale Música.

festividade neste sábado, 1, tendo como tema “Santa Paula e juventude” e lema “Jovens, confiem: Se estamos nas mãos de Deus, estamos muito bem!”. De acordo com a coordenação do evento, a festividade tem por objetivo fortalecer o trabalho com a juventude evidenciando a JMJ e as temáticas da campanha da Fraternidade de 2013. As celebrações eucarísticas acontecem sempre às 19h, de segunda à sexta, e no domingo às 7h e 18h. Na terça-feira, 4, o bispo auxiliar de Belém, dom Teodoro Mendes Tavares, será o celebrante da Santa Missa. Todas as noites haverá programação especial a todos os paroquianos.

Cristo Peregrino Desde o dia 24 de maio, paroquianos de Cristo Peregrino, no bairro Atalaia em Ananindeua, vivem a festividade do padroeiro com celebrações diárias sempre às 19h com o tema central “No Ano da Fé, Cristo é O centro” e o lema “A Fé não é uma decisão, mas um encontro” inspirado na Carta Apostólica PORTA FIDEI de Bento XVI. Na última terça-feira dia vinte e oito, a paróquia recebeu Dom Teodoro Mendes Tavares, bispo auxiliar de Belém. Nesta sexta-feira, 31, a missa será presidida pelo pároco, o Pe. Nilton Reis, que refletirá sobre “A fé como ponto de partida e alcance do Senhor”. O domingo festivo iniciará às 16h com a procissão do padroeiro saindo da comunidade São Pedro e seguirá por ruas e conjuntos do bairro até chegar à Matriz para a Santa Missa. Confira a programação que segue até domingo, 2, no site: www.cristoperegrino.com.br.


8

BELÉM, DE 31 DE MAIO A 6 DE JUNHO DE 2013

Arquidiocese

Caderno Dois FOTOS: LUIZ ESTUMANO

w CONGRESSO Membros do Movimento do Apostolado da Oração lotaram o Hangar para celebrar junto com o clero de Belém

NO CONGRESSO

Fiéis parabenizam seu metropolita Arquidiocese de Belém realiza o XXI Congresso do Apostolado da Oração

C

om celebração eucarística, palestras, adoração e louvor, o Movimento do Apostolado da Oração da Arquidiocese de Belém realizou seu XXI Congresso

no domingo, 26, no Hangar Centro de Convenções. O evento recebeu cerca de dois mil integrantes do movimento. No encontro, os congressistas refletiram a impor-

tância de Jesus Cristo na vida dos católicos. Às 11h30, o Arcebispo Metropolitano de Belém, dom Alberto Taveira Corrêa, presidiu a celebração eucarística. Após a mis-

sa, o arcebispo foi homenageado pelos que estavam presentes com um bolo e o "parabéns" pelos seus 63 anos de vida. Veja os principais momentos:

w CLERO Arcebispo e sacerdotes da Arquidiocese de Belém, no missa

w DEVOÇÃO "Sagrado Coração de Jesus, nós temos confiança em Vós"

w PALESTRA Monsenhor Raimundo Possidônio orientou os congressistas

w HOMILIA Dom Alberto Taveira pregou sobre a importância da oração


9

BELÉM, DE 31 DE MAIO A 6 DE JUNHO DE 2013

Panorama

Caderno Dois Cidadela

Pe. Cláudio Barradas (pjrbarradas@ig.com.br)

Ser Santo

À

tardinha, há coisa de uma semana, quando a caminho da casa paroquial à nossa matriz, para o atendimento diário das confissões, fui abordado por uma dessas paroquianas, infelizmente não poucas, que raramente procuram a igreja: uma garota miudinha, aparentando doze para treze anos. Via-se logo que um azougue, deduragem da cabecinha que não parava, feito holofote da marinha varrendo o mar, dos olhos, amendoados, permanentemente de cá pra lá e de lá pra cá, e da farda do colégio que, além de amarrotada, enodoada, aqui e ali, por manchas indecifráveis. Às costas, franzinas como o resto do corpo, atopetada certamente por mil e uma inutilidades, aquela mochila abominada por toda a medicina pelo mal que faz à saúde, mas que, ou por ignorância, ou por birra, a estudantada teima, suicidamente, em usar daquele jeito danado para encurvar ainda que o mais esbelto dos mortais. Nem bem me viu, para minha surpresa, correu ao meu encontro, ela que, até então, corria era de mim, creio que por temer, devido a suas costumeiras ausências, um

Testemunho de Fé DIVULGAÇÃO

LUIZ ESTUMANO

w "É VERDADE que o senhor falou que todo mundo tem que ser santo? O que é preciso pra isso?"

esbregue, se não coisa pior, de minha parte, eu, que tenho fama de neurastênico, rabugento, pavio curto e o escambau, a meu ver, em sã consciência, injustamente. E, em vez da mais que tradicional “bença, seu padi”, ensinada pelos pais aos filhos, no chamado tempo do atraso pelos avançadinhos de plantão,

para quando encontrassem um de nós, não, nada disso, e sim, a indagação, feita, dava pra sentir, com sincera curiosidade: - Me explique uma coisa: é verdade que, domingo, o senhor falou, na missa, que todo mundo tem que ser santo? A carola da minha mãe, como diz da pobrezinha o pai, que chegou

em casa com essa história. O sr. falou mesmo, ou é invenção lá dela, uma inventadeira de marca maior? - Falei sim. Mas porque esse seu interesse e essa pergunta? - Ora porque: pra ficar sabendo se também tô nessa, né? - Todos estamos: você, eu, seus pais, todo mundo. Dessa ninguém escapa. - Duas perguntinhas mais, posso? - Pode, como não? - Primeira: o que é ser santo? Segunda: o que é preciso pra isso? Sendo esse um assunto da máxima importância, tanto mais que, volto a afirmar, diz respeito a todo e qualquer cristão, - só a todo cristão? A todo e qualquer ser humano, de toda e qualquer idade, de toda e qualquer condição social, de todo e qualquer lugar, de todo e qualquer tempo, tenha ele a religião que tiver, ou nenhuma, e, citando um figurão, cujo nome não há jeito de, no momento, me vir à lembrança, “como é para o bem de todos e felicidade geral da nação”, achei por bem trazê-lo aqui para a coluninha. Assim, em nossa próxima edição adentrar-nos-emos nele para valer, prometo. Pelo que, prezado leitor, vá se preparando desde já. E, depois, mãos à obra, a vida inteira.

Envie seu TESTEMUNHO para: voz@fundacaonazare.com.br

Em 2008, eu estava trabalhando em uma empresa privada onde as condições de trabalho eram ruins, sentia-me muito explorada e já estava cansada de tanto trabalho para pouca recompensa. Em fevereiro, o “Cristo Alegria” fez o carnaval com Cristo, e no dia da adoração ao Santíssimo, resolvi participar do evento. Após a

adoração, o diácono foi passando com o Santíssimo entre as pessoas e pedia que fizessem seus pedidos mais urgentes com muita fé que iriam conseguir a graça. Eu tinha feito um concurso público e tinha esperança de ser chamada. Ao ver e sentir o Santíssimo passando do meu lado, pedi que conseguisse essa conquista. Certo dia ao chegar

do trabalho encontrei uma carta de nomeação do referido concurso. Fiquei muito emocionada e feliz. Agradeci e agradeço até hoje a Deus por essa graça alcançada. MARIA DA CONCEIÇÃO PEREIRA DA CUNHA,

49 anos, servidora pública

Parabéns para você! LUIZ ESTUMANO

"Honrada em pertencer à Família Nazaré que tem por Maria, a mãe de Jesus, da Igreja e de todos nós. Por intermédio da Voz de Nazaré, peço humildemente a Ela que cuide de mim." MARIA PHILOMENA ELENA MILEO,

67 anos, 2 de junho

31/5 Ana Ferreira da Silva Darci Formigosa Siqueira Eden Correa Batista Helena Santos Leomar Lopes Ferreira Júnior Raimundo Nonato do Nascimento Ruticleide Drispim da Silva Senhorinha da Costa Nascimento Walmir Maria Nobre Carneiro 01/6 Eliete da Silva Ferreira Higino de Oliveira de Queiroz Neto

Maria Eunice do Carmo Santos Maria de Fátima da Silva Borges Maria Ivone da Silva Lisboa Maria Pereira de Souza Maria do Socorro de Souza Valente Rita de Cássia Guimarães Nascimento 02/6 Alcides Bentes da Gama Junior Ana Cristina Barreto Viega Ana Lucia Moraes Nogueira Elizete Leal da Costa Humberto Silva Carvalho Maria Conceição Gurjão Maria Elenir de Moura Melo Maria Hosana Castro de Souza Neusa Gonçalves Niceia da Costa Souza Osmarina Augusto Chagas Rosilene Chagas de Souza Sérgio Santana da Trindade Vanessa Lima de Sena 03/6 Ana Carolina Lobato Antonio Silva Guaracy Dos Reis Alcântara Katia Suely Moraes de Oliveira Maria Cidea Cunha Dorea Maria do Espírito Santo Pereira da Silva Maria José de Souza Peixoto Marina Salvati Nilzete Silva Lobato Rita de Freitas Pereira 04/6 Iraci Rocha do Nascimento

Laura de Oliveira Silva Lucia Caldas Menezes Luciana Correa de Carvalho Maria de Lourdes Duartes Rodrigues Osvaldo Aurino Saraiva Zuleide Tavares Henriques 05/6 Ed Carlos Cardoso Sampaio Euridice Miranda Lima Manoel Mauricio da Silva Maria das Graças Ferreira da Silva Maria das Graças Marques Maria de Jesus Melo da Silva Maria de Nazaré Oliveira Barbosa Maria das Neves Nunes da Rocha Cohen w

Maria Orlandina Velasco Machado Pedro Eloi Farias Gomes Raimundo Francisco Gonçalves Sampaio Rosilda Caridade dos Santos Vilma Tereza Mendes 06/6 Altina Rodrigues Coutinho Antônia Maria Gomes de Castro Fernando Tadeu Alves Ferreira Gilberto Silva Joel Raimundo Pantoja Silva Maria do Carmo Valério Santos Maria das Graças Borges de Sá Marlene Macedo Barra Rosangela Corrêa Galego

Aniversário natalício de padres e diáconos diocesanos 1/6 - Diác. Antônio Carlos de Moura 2/6 - Pe. Maurício Dias do Mar 6/6 - Pe. Fábio Luiz Quintal Gama

w

Aniversário de ordenação dos padres e diáconos diocesanos 1/6 - Pe. José Leoni 4/6 - Pe. Francisco das Chagas Souza Nunes 4/6 - Pe. Savino Mombelli 6/6 - Pe. Marcus Paulo Alves da Silva

Ajude a manter a Fundação Nazaré de Comunicação. Ligue para 4006-9200 e seja sócio da Família Nazaré. , servidora pública


10

BELÉM, DE 31 DE MAIO A 6 DE JUNHO DE 2013

A semana

Caderno Dois AGENDA DE DOM TEODORO TAVARES

AGENDA DE DOM ALBERTO CORRÊA

w Dia 31, sexta-feira 07:00 – 08:00 Renovação dos votos das Irmãs Legionárias de Maria, Rainha dos Corações - 07:00 - 08:00 10:00 – 13:00 Mariápolis - Centro Glória - Benevides 18:00 – 19:00 Missa e subida da Imagem w Dia 1, sábado 11:00 – 13:00 Missa e Almoço - Pobres Servos - Marituba 14:00 – 17:00 Mariápolis - Benevides 19:00 – 20:00 Missa na Paróquia do Sagrado Coração de Jesus - Júlia Seffer w Dia 2, domingo 07:00 – 08:00 Missa da Família Nazaré - Fundação Nazaré 12:00 - 13:00 Adoração Eucarística - Ano da Fé - na Catedral 11:30 – 12:30 Paróquia da Trindade

n De 31 maio a 6 de junho 18:00 – 19:00 Missa encerramento da Festividade - Paróquia Nossa Senhora Auxiliadora w Dia 3, segunda-feira 10:00 – 13:00 Sementes do Verbo: Palestra, Missa e Almoço 15:00 – 17:00 Visitas com Diretoria da Fundação Nazaré de Comunicação 19:00 – 20:00 Missa na Paróquia Sagrado Coração de Jesus do Distrito Industrial w Dia 4, terça-feira, a 6, quinta-feira Primeira Visita Pastoral - Paróquia São Geraldo Magela w Dia 6, quinta-feira 08:30 – 13:00 Quinta Reunião do Clero de 2013 - Região São João Batista

w De 1 a 6 de junho Dia 01, sábado, a 02, domingo Retiro em São Paulo w Dia 04, terça-feira Audiências 19:00h – Celebração da Missa na Paróquia Santa Paula Frassinetti - Ananindeua w Dia 05, quarta-feira 09:00h – Reunião da Pastoral das Ilhas - Cúria Audiências 19:00h – Celebração da Missa na Paróquia do Sagrado Coração de Jesus – Distrito Industrial w Dia 06, quinta-feira 08:30h – Reunião do Clero 16:30h – Visita ao grupo da MADM

LUIZ ESTUMANO

n De 31 maio a 6 de junho

Os compromissos de Dom Alberto Taveira podem sofrer alterações sem aviso prévio.

Os compromissos de Dom Teodoro Mendes Tavares podem sofrer alterações sem aviso prévio.

Horários de Missas na Arquidiocese de Belém REGIÃO EPISCOPAL DE SANT’ANA Nossa Senhora da Graça

(Catedral) Cidade Velha - Belém Sábado: 19h Domingo: 7h, 9h e 19h Telefone: 3223-2362/ 3225-2715

Igreja N. S. das Mercês

(Reitoria) Comércio - Belém Sábado: 12h e 17h Domingo: 12h e 17h Telefone: 3212-3102

Sant'Ana da Campina

Terra Firme - Belém Sábado: 19h Domingo: 7h, 8h30 e 19h30 Telefone: 3253-2656 São Miguel

Cremação - Belém Sábado: 18h30 Domingo 7h30, 11h e 18h30 Telefone: 3283-6022 Nossa Senhora de Fátima

Fátima - Belém Sábado: 17h30 Domingo: 6h45, 8h30, 17h30e 19h30 Telefone: 3228-0864

Paróquia Santa Maria Goretti

Comércio - Belém Sábado: 12h (Igreja Matriz) Domingo: 7h (Col. D. Bosco) 9h (Igreja Matriz) Telefone: 3230-3734

Guamá - Belém Domingo: 9h30 e 18h Telefone: 3283-6023

São Judas Tadeu

Condor - Belém Sábado: 18h Domingo: 7h e 18h Telefone: 3283-6020

Nazaré - Belém Sábado: 7h, 8h30,12h,17h Domingo: 6h30, 8h, 10h, 16h30, 18h, 20h Telefone: 4009-8400

Sta. Terezinha do Menino Jesus

São Francisco de Assis

Jurunas - Belém Sábado: 6h30 e 18h30 Domingo: 6h30, 8h30 e 18h Telefone: 3272-2251 Santo Antônio de Lisboa

Batista Campos - Belém Sábado: 6h30, 12h, 17h e 18h30 Domingo: 8h, 11h, 17h, 18h30 e 20h Telefone: 3215-7004/ 3222-0097 Santíssima Trindade

Capina - Belém Sábado: 16h Domingo: 7h, 10h, 11h30, 17h30 e 19h Telefone: 3215-7007/ 3242-4917 N. S. da Conceição

Cidade Velha - Belém Sábado: 18h30 Domingo: 6h30, 8h30 e 18h30 Telefone: 3215-7006 São José

Umarizal - Belém Sábado: 19h Domingo: 7h, 11h e 19h Telefone: 3230-4916 Santa Luzia

N. S. de Nazaré (Basílica Santuário)

(Capuchinhos) São Brás - Belém Sábado: 19h30 Domingo: 6h, 7h30,9h30,18h, 20h Telefone: 3073-1500 Santo Antônio do Tucunduba

Guamá - Belém Sábado: 19h30 Domingo: 7h e 19h30

São Domingos de Gusmão

São Pio X

Nossa Senhora da Conceição Aparecida

Natividade de Nosso Senhor Jesus Cristo

REGIÃO EPISCOPAL SÃO VICENTE DE PAULO

Pedreira - Belém Sábado: 19h Domingo: 7h, 9h, 19h Telefone: 3233-4224/3276-9573

Conjunto Sideral - Belém Domingo: 7h, 9h, 18h Telefone: 3288-4250

São Francisco Xavier

Coqueiro - Ananindeua Sábado: 19h Domingo: 7h e 18h Telefone: 3237-8350

Marco - Belém Sábado: 19h Domingo: 7h, 8h, 18h Telefone: 3283-3052

Nossa Senhora Mãe da Divina Providência

Val de Cans - Belém Sábado:19h Domingo: 7h e 19h Telefone: 3257-2388 Sagrada Família

Curió Utinga - Belém. Sábado: 7h e 19h30 Domingo: 7h, 9h e 19h30 REGIÃO EPISCOPAL SÃO JOÃO BATISTA São João Batista e Nossa Senhora das Graças

Icoaraci - Belém. Sábado: 6h30 e 20h Domingo: 7h, 10h, 18h Telefone: 3297-7250

São Francisco de Assis

Nossa Senhora de Fátima

Castanheira - Belém Sábado: 17h Domingo: 7h e 19h Telefone: 3277-4642

Icoaraci - Belém Sábado: 20h Domingo: 7h, 19h Telefone: 3297-7251

São Sebastião

Jesus Bom Samaritano

Sacramenta - Belém Sábado e domingo: 7h; 17h e 19h Telefone: 3264-9060/3254-7354 Jesus Ressuscitado

Marambaia - Belém Sábado: 19h Domingo: 7h, 9h e 19h Telefone: 3277-4643 São Geraldo Magela

N. S. do Perpétuo Socorro

São José de Queluz

N. S. do Bom Remédio

Imaculada Conceição

REGIÃO EPISCOPAL SANTA MARIA GORETTI

Canudos - Belém Sábado: 6h30 e 20h Domingo: 7h, 8h30, 17h30 e 20h Telefone: 3226-2151/ 3226-2612

Conjunto Satélite - Belém Sábado: 17h30 Domingo: 7h, 18h30 Telefone: 3289-5355

REGIÃO EPISCOPAL SANTA CRUZ

Val de Cans - Belém Sábado: 19h Domingo: 7h30 e 18h Telefone: 3257-7950

São Pedro e São Paulo

Santa Cruz

Tapanã - Belém Domingo: 7h e 18h30 Telefone: 3258-8036

Jurunas - Belém Sábado: 7h, 17h e 19h Domingo: 7h30 e 19h Telefone: 3271-2146

Guamá - Belém Sábado: 19h Domingo: 7h, 9h e 18h30 Telefone: 3283-6021/ 3259-0413

Marco - Belém Sábado: 7h e 18h30 Domingo: 7h, 9h, 11h30 e 18h30 Telefone: 3277-4640/3276-0941

Telégrafo - Belém Sábado: 19h Domingo: 7h, 8h30, 17h30 e 19h Telefone: 3264-9061 São Jorge

Marambaia - Belém Sábado: 19h Domingo: 7h30, 9h, 17h, 19h Telefone: 3277-4641 São Raimundo Nonato

Umarizal - Belém. Sábado e domingo: 6h30 e 18h Telefone: 3277-4644

Tapanã - Belém. Sábado: 7h Domingo: 7h30 e 19h30 Telefone: 3033-2004 São Francisco das Ilhas

Cotijuba - Belém Sábado: 19h30; Domingo: 8h, 9h30, 19h30 Telefone: 3247-1438

Santo Antônio de Pádua

Santo Afonso de Ligório

Pratinha - Belém Sábado: 19h Domingo: 8h30, 19h Telefone: 3258-1554/3274-8281 Arcanjo São Miguel

Una - Ananindeua Sábado: 6h30 Domingo: 7h, 20h Telefone: 3234-4674

REGIÃO EPISCOPAL MENINO DEUS N. S. Auxiliadora

Anita Gerosa (Aurá) - Ananindeua Domingo: 7h e 18h Telefones: 3255-3828 N. S. das Vitórias

Almir Gabriel - Marituba Sábado: 19h Domingo: 7h, 19h Telefone: 3256-7655 Sagrado Coração de Jesus

Júlia Seffer - Ananindeua Sábado: 19h Domingo: 7h30, 9h, 18h Telefone: 3265-5413

Sagrado Coração de Jesus

Distrito Industrial - Ananindeua Sábado: 19h Domingo: 7h, 8h30, 17h30 Telefone: 3255-9475 Menino Deus

Centro - Marituba Domingo: 6h, 8h30, 18h Telefone: 3237-8351

Águas Lindas - Ananindeua Sábado: 19h Domingo: 10h e 19h Telefone: 3215-7003

Cristo Rei

Guanabara - Ananindeua Domingo: 7h, 9h30, 19h30 Telefone: 3235-1405

Divino Espírito Santo

Coqueiro - Ananindeua Sábado: 7h Domingo: 7h, 9h30, 19h30 Telefone: 3263-0603

Santo Inácio de Loyola

Icui Guajará - Ananindeua Domingo: 7h, 18h Telefone: 3295-3545

São Lucas Evangelista

Guajará - Ananindeua Sábado: 19h Domingo: 7h, 9h, 18h Telefone: 3279-2621

Santa Teresinha

Águas Lindas - Ananindeua Domingo: 7h30, 18h Telefone: 3245-7440

N. S. de Guadalupe

Coqueiro - Ananindeua Sábado: 18h30 Domingo: 7h, 9h, 18h Telefone: 3245-7440

Cristo Peregrino

Jaderlândia - Ananindeua Domingo: 19h Telefone: 3237-9891

Santa Paula Frassinetti

Cidade Nova VI - Ananindeua Sábado: 19h30; Domingo: 6h30, 8h15, 18h Telefone: 3279-2620

Transfiguração do Senhor

Curuçambá - Ananindeua Sábado: 18h30, 20h Domingo: 7h30, 19h Telefone: 3286-8570

Santa Rita de Cássia

Santa Edwiges

Colônia - Marituba Domingo: 9h Telefone: 3279-2624

Cidade Nova V - Ananindeua. Sábado: 6h30, 17h30 Domingo: 6h30, 8h30, 17h30, 19h30. Telefone: 3273-3191/ 3273-3310

N. S. das Graças

São Vicente de Paulo

N. S. Rainha da Paz

Centro - Ananindeua Sábado: 19h Domingo: 7h, 19h Telefone: 3255-2654 N. S. do Ó

São José Operário

Nova Marambaia - Belém Sábado: 19h Domingo: 7h, 9h30, 18h Telefone: 3279-1654 Bengui - Belém Domingo: 7h, 9h, 18h30 Telefone: 3277-4645

Coração Eucarístico de Jesus

Catalina - Belém Sábado: 19h30 Domingo: 7h, 10h e 19h N. S. da Imaculada Conceição

Outeiro - Belém Sábado: 8h Domingo: 7h Telefone: 3277-4648

N. S. de Nazaré

Vila - Mosqueiro Sábado: 19h30 Domingo: 6h30, 9h30, 19h30 Telefone: (91) 3771-1278

Paar - Ananindeua Domingo: 7h, 8h30, 19h Telefone: 3283-8400 Conj. Carnaúba, Icuí Domingo: 7h e 18h Telefone: (91) 3295-3545/ 3031-1172

Não encontrou o horário da sua paróquia aqui?

Entre em contato com seu pároco ou com a secretaria da sua paróquia e solicite que nos informem para podermos publicar.


11

BELÉM, DE 31 DE MAIO A 6 DE JUNHO DE 2013

Fundação Nazaré

Caderno Dois

Escute na Rádio Nazaré FM 93,1 SEXTA-FEIRA 05h00 - ABERTURA DA EMISSORA 05h05 - Cura-me Senhor 05h10 - Oração do Ângelus 05h15 - Liturgia das horas - Láudes 05h30 - Oração do Terço - Mistérios Luminosos 06h00 - Voz do Pastor 06h15 - Forrozinho da fé 06h30 - A Bíblia ao alcance de todos 06h55 - Prestando Contas 07h00 - Jornal Brasil Hoje 07h30 - Musical Mensagem 08h00 - Igreja Ponto a ponto 08h55 - Plantão RCR 09h00 - Nazaré em revista 09h30 - Informe Noticias 09h55 - Plantão RCR 10h30 - Informe Notícia 11h55 - Momento de Oração - Oração do Ângelus, Pai - nosso 12h00 - A Voz do Pastor 12h15 - Cardápio Instrumental 14h00 - Estação Segurança 14h30 - Informe Noticias 15h00 - Terço da Misericórdia 15h30 - Informe Noticias 15h55 - Plantão RCR 16h00 - Frequência Musical 16h30 - Informe Notícia 17h30 - Informe Notícia 17h45 - Liturgia das horas - Vésperas 17h55 - Oração do Ângelus 18h00 - Voz do Pastor 18h15 - Oração do Terço - Mistérios Dolorosos 18h40 - Musical Mariano 19h00 - Voz do Brasil 20h00 - Saudade em Versos e Canções 22h00 - A voz do pastor 22h30 - Jornal RNA 23h00 - Programa Salmos ao Deus da Vida 23h50 - Mensagem de Encerramento 00h00 - Rede Milícia Sat - Igreja no Rádio SÁBADO 05h00 - ABERTURA DA EMISSORA 05h05 - Cura-me Senhor 05h10 - Oração do Ângelus 05h15 - Liturgia das horas - Láudes 05h30 - Oração do Terço - Mistérios Gozosos 06h00 - Voz do Pastor 06h30 - Questão de Fé 07h00 - Jornal Brasil Hoje 07h30 - Musical Mensagem 08h00 - Conhecendo Jesus 10h00 - Maria de Todos os Povos 11h55 - Momento de Oração - Oração do Ângelus, Pai - nosso 12h00 - A voz do pastor 12h15 - Cardápio Instrumental 14h00 - Caminho Aberto 15h00 - Criança Evangelizando Criança 16h00 - Evangelizando Através do Dizimo

Ligue: (91) 4006-9251

17h00 - Musical Nazaré 17h45 - Oração das Vésperas 17h55 - Oração do Ângelus 18h00 - Voz do Pastor 18h15 - Oração do Terço - Mistérios Gozosos 18h30 - Musical Mariano 18h30 - Preparando a Festa 19h00 - Musical Nazaré 22h00 - A voz do Pastor 22h15 - Domínio jovem 23h50 - Mensagem de Encerramento 00h00 - Rede Milícia Sat

IVAN CARDOSO

DOMINGO 05h00 - ABERTURA DA EMISSORA 05h05 - Cura-me Senhor 05h10 - Oração do Ângelus, 05h15 - Liturgia das horas - Láudes 05h30 - Oração do Terço - Mistérios Gloriosos 06h00 - Voz do Pastor 06h30 - Preparando a Festa 07h00 - SANTA MISSA 08h00 - Vem e Segue-me 10h00 - Domingo Alegre 11h55 - Momento de Oração - Oração do Ângelus, Pai - nosso 12h00 - A voz do pastor 12h15 - Cardápio Instrumental 14h00 - A Vida e o Tempo 16h00 - As Mais Tocadas 17h00 - Raiz do Céu 18h00 - Voz do Pastor 18h15 - Liturgia das Horas - Vésperas 18h30 - Oração do Terço - Mistérios Gloriosos 19h00 - Clássico Nazaré 20h00 - Circuito M P B 22h00 - A voz do Pastor 22h15 - Especial PE. Zezinho 23h50 - Mensagem de Encerramento 00h00 - Rede Milícia Sat - Igreja no Rádio SEGUNDA-FEIRA 05h00 - ABERTURA DA EMISSORA 05h05 - Cura-me Senhor 05h10 - Oração do Ângelus 05h15 - Liturgia das horas - Láudes 05h30 - Oração do Terço - Mistérios Luminosos 06h00 - Voz do Pastor 06h15 - Forrozinho da fé 06h30 - A Bíblia ao alcance de todos 06h55 - Prestando Contas 07h00 - Jornal Brasil Hoje 07h30 - Musical Mensagem 08h00 - Igreja Ponto a ponto 08h55 - Plantão R C R 09h30 - Informe Notícia 09h00 - Nazaré em revista 09h55 - Plantão RCR 10h30 - Informe Notícia 11h50 - Momento de Oração - Oração do Ângelus, Pai - nosso 12h00 - A voz do Pastor

No programa DIREITO E CIDADANIA, o ouvinte pode tirar suas dúvidas sobre seus direitos e deveres. A apresentação é do juiz Dr. Océlio Morais. Toda terça-feira, às 16h.

12h20 - Cardápio Instrumental 14h00 - Freqüência Musical 14h30 - Informe Notícia 15h00 - Terço da Misericórdia 15h30 - Informe Notícia 15h55 - Plantão R C R 16h00 - Saúde e Cidadania 16h30 - Informe Notícia 17h30 - Informe Notícia 17h50- Oração do Ângelus 17h45 - Liturgia das horas- Vésperas 18h00 - Voz do Pastor 18h15 - Oração do Terço - Mistérios Gozosos 18h40 - Musical Mariano 19h00 - Voz do Brasil 20h00 - Crescendo na Fé 21h00 - Orando com Você - Com. Maíra 22h00 - A voz do pastor 22h30 - Jornal RNA 23h00 - Programa Salmos ao Deus da Vida 23h50 - Mensagem de Encerramento 00h00 - Rede Milícia Sat - Igreja no Rádio TERÇA-FEIRA 05h00 - ABERTURA DA EMISSORA

05h05 - Cura-me Senhor 05h10 - Oração do Ângelus 05h15 - Liturgia das horas - Láudes 05h30 - Oração do Terço - Mistérios Luminosos 06h00 - Voz do Pastor 06h15 - Forrozinho da fé 06h30 - A Bíblia ao alcance de todos 06h55 - Prestando Contas 07h00 - Jornal Brasil Hoje 07h30 - Musical Mensagem 08h00 - Igreja Ponto a ponto 08h55 - Plantão R C R 09h00 - Nazaré em revista 09h55 - Plantão RCR 10h30 - Informe Notícia 11h55 - Momento de Oração - Oração do Ângelus, Pai - nosso 12h00 - A Voz do Pastor 12h15 - Cardápio Instrumental 14h00 - Freqüência Musical 14h30 - Informe Notícia 15h00 - Terço da Misericórdia 15h30 - Informe Notícia 15h55 - Plantão R C R 16h00 - Direito e cidadania 16h30 - Informe Notícia 17h25 - Informe Notícia 17h30 - Liturgia das Horas - Vésperas 17h45 - Voz do Pastor 18h00 - Novena Nossa Senhora Perpétuo Socorro 18h30 - Musical Mariano 19h00 - Voz do Brasil 20h00 - Família em Ação 22h00 - A voz do pastor 22h30 - Jornal RNA 23h00 - Programa Salmos ao Deus da Vida 23h50 - Mensagem de Encerramento 00h00 - Rede Milícia Sat - Igreja no Rádio QUARTA-FEIRA 05h00 - ABERTURA DA EMISSORA 05h05 - Cura-me Senhor 05h10 - Oração do Ângelus 05h15 - Liturgia das horas - Láudes 05h30 - Oração do Terço - Mistérios Luminosos 06h00 - Voz do Pastor 06h15 - Forrozinho da fé 06h30 - A Bíblia ao alcance de todos 06h55 - Prestando Contas 07h00 - Jornal Brasil Hoje 07h30 - Musical Mensagem 08h00 - Igreja Ponto a ponto 08h55 - Plantão R C R 09h00 - Nazaré em revista 09h55 - Plantão RCR 10h30 - Informe Notícia 11h55 - Momento de Oração - Oração do Ângelus, Pai - nosso 12h00 - A voz do Pastor 12h15 - Cardápio Instrumental 13h30 - Informe Notícia 14h00 - Educação e Cidadania 14h30 - Informe Notícia

15h00 - Terço da Misericórdia 15h30 - Informe Noticia 15h55 - Plantão RCR 16h00 - Freqüência Musical 16h30 - Informe Notícia 17h30 - Informe Notícia 17h45 - Liturgia das horas - Vésperas 18h00 - Voz do Pastor 18h15 - Oração do Terço - Mistérios Gloriosos 18h40 - Musical Mariano 19h00 - Voz do Brasil 20h00 - Musical 21h00 - Orando com Você - Com. Mar adentro. 22h00 - A voz do pastor 22h30 - Jornal RNA 23h00 - Programa Salmos ao Deus da Vida 23h50 - Mensagem de Encerramento 00h00 - Rede Milícia Sat - Igreja no Rádio QUINTA-FEIRA 05h00 - ABERTURA DA EMISSORA 05h05 - Cura-me Senhor 05h10 - Oração do Ângelus 05h15 - Liturgia das horas - Láudes 05h30 - Oração do Terço - Mistérios Luminosos 06h00 - Voz do Pastor 06h15 - Forrozinho da fé 06h30 - A Bíblia ao alcance de todos 06h55 - Prestando Contas 07h00 - Jornal Brasil Hoje 07h30 - Musical Mensagem 08h00 - Igreja Ponto a ponto 08h55 - Plantão RCR 09h00 - Nazaré em revista 09h55 - Plantão RCR 10h30 - Informe Notícia 11h55 - Momento de Oração - Oração do Ângelus, Pai - nosso 12h00 - A voz do pastor 12h15 - Cardápio Instrumental 13h30 - Informe Notícia 14h00 - Entre nós 14h30 - Informe Notícia 15h00 - Terço da misericórdia 15h15 - Igreja em Diálogo 15h15 - Musical Nazaré 15h30 - Informe Notícia 15h55 - Plantão R C R 16h00 - Freqüência Musical 16h30 - Informe Notícia 17h30 - Informe Notícia 17h45 - Oração das Vésperas 18h00 - Voz do Pastor 18h15 - Oração do Terço - Mistérios Luminosos 18h40 - Musical Mariano 19h00 - Voz do Brasil 20h00 - Musical Nazaré 21h00 - Orando com Você - Com. Shalon. 22h00 - A voz do Pastor 22h30 - Jornal RNA 23h00 - Programa Salmos ao Deus da Vida 23h50 - Mensagem de Encerramento 00h00 - Rede Milícia Sat - Igreja no Rádio

Assista na TV Nazaré - Canal 30 SEXTA-FEIRA 00h00 00h05 02h30 02h45 02h50 03h00 03h55 04h00 05h00 05h15 05h20 05h25 05h55 05h58 06h00 06h30 06h45 06h55 07h00 08h00 08h05 10h15 10h55 11h00 11h45 12h00 12h45 13h00 13h30 13h45 13h50 14h00 15h00 15h30 16h10 16h30 17h00 17h15 17h30 18h00 18h55 19h00 19h45 20h00 21h00 21h05 21h15 21h45 22h30 23h58

A Palavra de Deus é Luz Mulher.com Caminhando Na Fé A Palavra de Deus é Luz Palavra de Vida Eterna Evangeliza Show Palavra de Vida Eterna Diálogo Aberto Caminhando Na Fé A Palavra de Deus é Luz Palavra de Vida Eterna Fazendo Esperança Consagração a Nª Sª de Nazaré Abertura da Programação da TV Terço Doloroso Caminhando Na Fé A Palavra de Deus é Luz Palavra de Vida Eterna Santa Missa Palavra de Vida Eterna Mulher.com De Mãos Dadas Palavra de Vida Eterna Atelier na TV Desenho Nazaré Notícias Desenho Fazendo Esperança Caminhando Na Fé A Palavra de Deus é Luz Mãe Maria Família em Foco De Coração De Mãos Dadas Desenho Fazendo Esperança Caminhando Na Fé Sinais do Sagrado Terço Doloroso Santa Missa Palavra de Vida Eterna Nazaré Notícias Caminhando Na Fé Caminho de Evangelização A Palavra de Deus é Luz Mãe Maria Terra Santa News Nazaré Notícias Espaço Cultural Encerramento da Programação da TV

SÁBADO 00h00 02h00 02h30 03h00 04h00 05h00 05h55 05h58 06h00 06h30 06h55 07h00 07h45 07h50 08h00 08h30 09h00

Música Mensagem De Coração Conversa com Meu Povo Caminho de Evangelização Espaço Cultural Evangeliza Show Consagração a Nª Sª de Nazaré Abertura da Programação da TV Terço Gozoso Conversa com Meu Povo Palavra de Vida Eterna Notícias Pastorais Eu Creio JMJ Viola Brasil Conversa com Meu Povo Missa no Rio de Janeiro-RJ

10h00 11h00 12h00 12h45 12h50 13h00 13h30 14h00 15h00 16h45 17h00 19h00 20h00 20h30 22h30 23h00 23h05 23h59

Diálogo Aberto Pesca Amazônia Notícias Pastorais Eu Creio JMJ Viagem pela Amazônia Conversa com Meu Povo Pensando Bem Santa Missa e Adoração em São Paulo-SP JMJ Trezena de Santo Antônio Encantos da Amazônia Conversa com Meu Povo Música Mensagem Conversa com Meu Povo Palavra de Vida Eterna Espaço Cultural Encerramento da Programação da TV

LUIZ ESTUMANO

Música Mensagem Vida Consagrada Oração e Adoração Igreja que Sofre Música Arte e Vida Igreja no Brasil JMJ Consagração a Nª Sª de Nazaré Abertura da Programação da TV Terço Glorioso Conversa com Meu Povo Palavra de Vida Eterna Santa Missa Dominical Notícias Pastorais Eu Creio JMJ Desenho Viagem pela Amazônia Diálogo Aberto Pesca Amazônia Notícias Pastorais Eu Creio JMJ Igreja que Sofre Igreja no Brasil Encantos da Amazônia Ângelus Palavra de Vida Eterna Vida Consagrada Palavra de Vida Eterna Dedo de Prosa Trezena de Santo Antônio Instrumetal Sesc Brasil Janela Aberta Espaço Cultural Palavra de Vida Eterna Questão de Fé Terço Glorioso Encerramento da Programação da TV

SEGUNDA-FEIRA 00h00 00h05 02h30 02h45 02h50 03h00 04h00 05h00 05h15

A Palavra de Deus é Luz Mulher.com Caminhando Na Fé A Palavra de Deus é Luz Palavra de Vida Eterna Encantos da Amazônia Oração e Adoração Caminhando Na Fé A Palavra de Deus é Luz

Sinais do Sagrado Palavra de Vida Eterna Caminhando Na Fé Mãe Maria Boas Notícias Encerramento da Programação da TV

TERÇA-FEIRA

DOMINGO 00h00 02h00 03h00 04h00 04h30 05h30 05h45 05h55 05h58 06h00 06h30 06h55 07h00 08h00 08h45 08h50 09h00 09h30 10h00 11h00 12h00 12h45 12h50 13h00 13h30 13h40 14h40 14h55 15h00 16h00 16h05 17h00 19h00 20h00 21h00 22h30 22h35 23h35 23h58

22h45 22h55 23h00 23h20 23h30 23h58

Na T R E Z E N A D E SANTO ANTÔNIO, os telespectadores podem orar junto com os devotos direto da Igreja de Santo Antônio. De 1 a 13 de junho, acompanhe ao vivo pela TV Nazaré, às 17h.

05h20 05h25 05h55 05h58 06h00 06h30 06h45 06h55 07h00 08h00 08h05 10h15 11h00 11h45 12h00 12h45 13h00 13h30 13h45 13h50 14h00 15h00 16h00 16h15 16h30 17h00 19h00 19h45 20h00 20h30 20h50 21h00 22h00

Palavra de Vida Eterna Fazendo Esperança Consagração a Nª Sª de Nazaré Abertura da Programação da TV Terço Gozoso Caminhando Na Fé A Palavra de Deus é Luz Palavra de Vida Eterna Santa Missa Palavra de Vida Eterna Mulher.com De Mãos Dadas Atelier na TV Desenho Nazaré Notícias Desenho Fazendo Esperança Caminhando Na Fé A Palavra de Deus é Luz Mãe Maria Família em Foco Diálogo Aberto Caminhando Na Fé Sinais do Sagrado Terço Gozoso Trezena de Santo Antônio Nazaré Notícias Caminhando Na Fé Fazendo Esperança Terra Santa News Eu Creio Janela Aberta Nazaré Notícias

00h00 00h05 02h30 03h00 03h55 04h00 05h00 05h30 05h45 05h50 05h55 05h58 06h00 06h30 06h55 07h00 08h00 08h05 10h15 11h00 11h45 12h00 12h45 13h00 13h30 14h00 15h00 15h40 16h15 16h30 17h00 19h00 19h45 20h00 20h30 21h00 22h00 22h45 23h00 23h30 23h58

Palavra de Vida Eterna Mulher.com Conversa com Meu Povo Janela Aberta Palavra de Vida Eterna Diálogo Aberto Conversa com Meu Povo Sobre Todas as Coisas Palavra de Vida Eterna Eu Creio Consagração a Nª Sª de Nazaré Abertura da Programação da TV Terço Doloroso Conversa com Meu Povo Palavra de Vida Eterna Santa Missa Palavra de Vida Eterna Mulher.com De Mãos Dadas Atelier na TV Sobre Todas as Coisas Nazaré Notícias Desenho Igreja que Sofre Conversa com Meu Povo Desenho Novena do Perpétuo Socorro Conversa com Meu Povo Sinais do Sagrado Terço Doloroso Trezena de Santo Antônio Nazaré Notícias Sobre Todas as Coisas Conversa com Meu Povo Igreja que Sofre Questão de Fé Nazaré Notícias Sinais do Sagrado Conversa com Meu Povo Boas Notícias Encerramento da Programação da TV

QUARTA-FEIRA 00h00 00h05 02h30 02h45 02h50 03h00 03h40 03h55 04h00 05h00 05h15 05h20 05h25 05h55 05h58 06h00 06h30 06h45 06h55

A Palavra de Deus é Luz Mulher.com Caminhando Na Fé A Palavra de Deus é Luz Palavra de Vida Eterna Novena do Perpétuo Socorro Mãe Maria Palavra de Vida Eterna Questão de Fé Caminhando Na Fé A Palavra de Deus é Luz Palavra de Vida Eterna Fazendo Esperança Consagração a Nª Sª de Nazaré Abertura da Programação da TV Terço Glorioso Caminhando Na Fé A Palavra de Deus é Luz Palavra de Vida Eterna

07h00 08h00 08h05 10h15 11h00 11h45 12h00 12h45 13h00 13h30 13h45 13h50 14h00 15h00 16h00 16h15 16h30 17h00 19h00 19h45 20h00 21h00 22h00 22h45 23h00 23h30 23h58

Santa Missa Palavra de Vida Eterna Mulher.com De Mãos Dadas Atelier na TV Desenho Nazaré Notícias Desenho Fazendo Esperança Caminhando Na Fé A Palavra de Deus é Luz Mãe Maria Família em Foco Pensando Bem Caminhando Na Fé Sinais do Sagrado Terço Glorioso Trezena de Santo Antônio Nazaré Notícias Caminhando Na Fé Encantos da Amazônia Vida Consagrada Nazaré Notícias Caminhando Na Fé De Coração Boas Notícias Encerramento da Programação da TV

QUINTA-FEIRA 00h00 00h05 02h30 03h00 03h55 04h00 05h00 05h30 05h45 05h50 05h55 05h58 06h00 06h30 06h55 07h00 08h00 08h05 10h15 11h00 11h45 12h00 12h45 13h00 13h30 14h00 15h00 15h40 16h15 16h30 17h00 19h00 19h45 20h00 20h30 20h55 21h00 22h00 22h45 23h00 23h30 23h58

Palavra de Vida Eterna Mulher.com Conversa com Meu Povo Pensando Bem Palavra de Vida Eterna Encantos da Amazônia Conversa com Meu Povo Sobre Todas as Coisas Palavra de Vida Eterna Eu Creio Consagração a Nª Sª de Nazaré Abertura da Programação da TV Terço Luminoso Conversa com Meu Povo Palavra de Vida Eterna Santa Missa Palavra de Vida Eterna Mulher.com De Mãos Dadas Atelier na TV Sobre Todas as Coisas Nazaré Notícias Desenho Igreja que Sofre Conversa com Meu Povo Desenho Diálogo Aberto Conversa com Meu Povo Sinais do Sagrado Terço Luminoso Trezena de Santo Antônio Nazaré Notícias Sobre Todas as Coisas Conversa com Meu Povo Terra Santa News Palavra de Vida Eterna Evangeliza Show Nazaré Notícias Sobre Todas as Coisas Conversa com Meu Povo Boas Notícias Encerramento da Programação da TV


12

BELÉM, DE 31 DE MAIO A 6 DE JUNHO DE 2013

Palavra Final

Caderno Dois DIVULGAÇÃO

Humano amor de Deus PADRE FÁBIO DE MELO

A amizade amadurecida Uma coisa é amar por necessidade e outra é amar por valor Uma das características da infância é a incapacidade de dividir coisas. Uma criança não pode dividir porque não se possui, porque ainda não sabe o que ela é. Você começa a identificar a maturidade a partir do momento em que uma criança consegue perceber as regras de um joguinho.

contrário, queremos ter a posse dos outros. Essa é a forma de amar da criança, pois ela não consegue pensar de maneira diferente. Ela não consegue entender que o outro não é ela. Quantas pessoas, já adultas, ainda pensam assim, trata-se da incapacidade de amar devido à falta de maturidade.

Você começa a identificar a maturidade a partir do momento em que uma criança consegue perceber as regras de um joguinho A maturidade faz parte de um processo. Em um processo não podemos queimar etapas. Ele é lento, chato e demorado. Uma criança passa por um momento de amadurecimento a partir do momento em que começa a brincar. A maturidade acontece quando tomamos posse do que nós somos, para aí então podermos nos dividir com os outros. Isso faz parte desse processo de amadurecimento. Não nascemos amando, pelo

Todos os encontros de Jesus Cristo levam à implantação do Reino de Deus. Mas só pode implantá-lo quem é adulto e já entende que só se começa a amar a partir do momento em que eu não quero mudar quem eu amo. Geralmente quando tememos alguém ruim ao nosso lado é porque nos reconhecemos naquela pessoa. Jesus não tinha o que temer porque era puramente bom, por isso contagiava os que

estavam ao lado d’Ele. Na maturidade de Jesus você encontra a capacidade imensa de amar o outro como ele é. Amar significa amar o outro como ele é. Por isso quando falamos em amar os outros podemos perceber o quanto deixamos de ser crianças. Devemos nos questionar a todo o momento com relação à nossa maturidade. A santidade começa na autenticidade, por essa razão Cristo nos pede que sejamos como as crianças, que são verdadeiras e simples. É nisso que devemos manter da nossa infância e não a forma de possuir as coisas para nós mesmos. Você tem condições para perceber a sua maturidade. É só observar se você é obediente mesmo quando não há pessoas ao seu redor. Você não precisa que ninguém o observe, pois você já viu aquilo como um valor. Pessoas imaturas sofrem dobrado. Pessoas imaturas querem modificar os fatos; ao passo que pessoas maduras deixam que os fatos as modifiquem. A maturidade nos faz perceber que não podemos mudar os fatos. Um imaturo ganha um limão e o chupa fazendo careta. O maduro faz uma limonada com o limão que ganhou. Muitas vezes, os nossos relacionamentos de amizade são uns fracassos porque somos imaturos. Amigos não são o que imaginamos, mas o que eles são e com todos os defeitos. Amizade é processo de maturidade que nos leva ao verdadeiro encontro com as pessoas que estão ao nosso lado. Elas têm todos os defeitos, mas fazem parte da nossa vida e não as trocamos por nada deste mundo. Isso porque temos alma de cristão e aquele que tem alma de cristão não tem medo dos defeitos dos outros, porque sabemos que esses defeitos não serão espelhos para nós; mas

seremos instrumentos de Deus para que os superem. Padre só pode ser padre a partir do momento em que é apaixonado pelos calvários da humanidade. Se você não consegue lidar com os limites dos outros, é porque você não consegue lidar com os seus limites. A rejeição é um processo de ver-se. Toda vez que eu quero buscar no outro o que me falta, eu o torno um objeto. Eu posso até admirar no outro o que eu não tenho em mim, mas eu não tenho o direito de fazer dele uma representação daquilo que me falta. Isso não é amor, isso é coisa de criança! O anonimato é um perigo para nós. É sempre bom que estejamos com pessoas que saibam quem somos nós e que decisões nós tomamos na vida. É sempre bom estarmos em um lugar que nos proteja. Amar alguém é viver o exercício constante de não querer fazer do outro o que nós gostaríamos que ele fosse. A experiência de amar e ser amado é, acima de tudo, a experiência do respeito. Como está a nossa capacidade de amar? Uma coisa é amar por necessidade e outra é amar por valor. Amar por necessidade é querer sempre que o outro seja o que você quer. Amar por valor é amar o outro como ele é quando ele não tem mais nada a oferecer, quando ele é um inútil e, por isso, você o ama tanto. Na hora em que forem embora as suas utilidades você saberá o quanto é amado. Tudo vai ser perdido, só espero que você não se perca. Enquanto você não se perder de si mesmo você será amado, pois o que você é significa muito mais do que você faz. O convite da vida cristã é este: que você possa ser mais do que você faz! Padre Fábio de Melo é professor no curso de teologia, cantor, compositor e escritor.

Próximos artigos: Pe. Reginaldo Manzotti Humano amor de Deus

Irmã Ângela Tutas

Pe. Giovanni Martoccia

Maria Elisa Bessa de Castro


Voz de Nazaré  

Edição de 31 de Maio a 06 de Junho de 2013

Advertisement
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you