Issuu on Google+

ARQUIDIOCESE

DE BELÉM

PE. FLORENCE DUBOIS FUNDADOR

BELÉM, DE 18 A 24 DE JANEIRO DE 2013

www.fundacaonazare.com.br D O JORNAL CATÓLICO DA FAMÍLIA D

XCVIII - Nº 546 - PREÇO AVULSO: R$1,00

Hemopa convoca doadores a salvar vidas

LUIZ ESTUMANO

C e n t r o d e Hemoterapia e Hematologia do Pará faz campanha de doação de sangue para aumento do estoque. A ação visa suprir as necessidades do feriado do carnaval. Tipos negativos são os mais urgentes.

Festividade de São Sebastião A Paróquia São Sebastião localizada no Bairro da Sacramenta realiza programação litúrgica e cultural para festejar o dia do protetor da humanidade contra a guerra, 20 de janeiro. PÁGINA 15.

PÁGINA 9.

LUIZ ESTUMANO

Parabéns a cidade de Belém! No dia 12 de janeiro, Belém celebrou 397 anos com programações religiosas e culturais. Na Catedral, fiéis participaram da Santa Missa. PÁGINA 11. LUIZ ESTUMANO

w NA MISSA Prefeito de Belém, Presidente da CMB e Diretor de Captação de Recursos da FNC

Aos 67 anos, neo-sacerdote O Frei Capuchinho Silvimar Diniz é o mais novo sacerdote da Província Capuchinha Nossa Senhora do Carmo.

Ele foi ordenado na Paróquia São Francisco de Assis no dia 12 de janeiro. PÁGINA 7. IVAN CARDOSO

Igreja do Carmo e marcas do tempo Nesta edição da jornal Voz de Nazaré apresentamos a importância histórica da Igreja de Nossa C e n t r o d e Hemoterapia e Hematologia do Pará faz campanha de doação de sangue para aumento do estoque. A ação

Senhora do Carmo para evangelização na Arquidiocese de Belém. PÁGINA 10.


2

BELÉM, DE 18 A 24 DE JANEIRO DE 2013

Opinião Alegria de ser católico João Carlos Pereira

CHARGE DO ANDRÉ ABREU

jcparis@orm.com.br

Arte barroca fica no acervo do Pará

O

Comente esta charge: voz@fundacaonazare.com.br

Jornalista e professor

Panorama José Pereira Ramos joseulina@oi.com.br

Novos governantes municipais

P

Economista e escritor

ara visitar a filha Carmelita, em Fortaleza, passei 11 dias na capital cearense. Um dos casais com quem mantivemos contato, relatou-nos a situação deplorável em que um seu sobrinho, eleito prefeito, recebeu a prefeitura de um município do interior cearense. É lamentável ter que ocupar este espaço relatando um acontecimento simultaneamente ocorrido em muitas outras prefeituras do nosso país. A multiplicidade desta triste ocorrência é o que me instiga a escrever sobre este assunto. O que poderia ser uma exceção, infelizmente se constitui uma quase unanimidade nacional. E surge a pergunta. Para onde está caminhando um país em que a maioria dos seus prefeitos, em conivência com suas Câmaras Municipais são acusados de

Encontro fraterno Ivens Coimbra Brandão

ivenscb@oi.com.br

Em busca da Verdade

O Engenheiro civil e escritor

presente texto trata de partilhar descobertas de um peregrino na sua caminhada de conversão em busca do sentido da vida, da verdade em Jesus Cristo. Neste peregrinar descobriu, por exemplo, que a fé não é um sentimento, mas dom de Deus, que se manifesta segundo uma atitude humana, livre e consciente. Nas suas experiências do cotidiano, encontrou no Catecismo da Igreja Católica (CIC), um manancial de valor inestimável, que tendo como “fontes principais a Sagrada Escritura, os Santos Padres, a Liturgia e o Magistério da Igreja” (cf. §11), facilita o entendimento da doutrina católica. O dom da fé, um dos valores sobrenaturais concedidos pelo Criador ao homem e à mulher, ao se encontrar com a vocação de liberdade inerente

Fundado em 5 de julho de 1913

ARQUIDIOCESE DE BELÉM-PARÁ

FUNDADOR Pe. Florence Dubois, barnabita PRESIDENTE Dom Alberto Taveira Corrêa Arcebispo Metropolitano de Belém do Pará VICE-PRESIDENTE Monsenhor Marcelino Ferreira Vigário geral da Arquidiocese de Belém do Pará

Museu de Arte Sacra do Pará ganhou, na semana passada, três belíssimas imagens sacras, adquiridas, pelo Governo do Estado, do acervo do industrial Benedito Mutran. Foram duas Nossa Senhora da Conceição e uma Nossa Senhora do Rosário, que, de tão lindas, mereceram o destino de um Museu e não de acervos particulares, onde ficariam restritas a visitas privilegiadas. Depois de passar por cuidadosa revisão, a fim de que se verifique se não há cupim ou outro tipo de problema, irão para o espaço público, onde poderão ser admiradas. Estátuas barrocas, como as que, em boa hora, o Governo adquiriu, são patrimônio de altíssimo valor cultural. No mercado de arte custam caro, no ambiente de Museu, não há dinheiro que pague o que representam como expressão da beleza de um momento. Essas, que vieram do século XVIII, o que significa dizer de qualquer ano entre 1701 e 1800, trazem em si não apenas a marca do tempo, mas a confirmação de que o barroco, em termos de arte sacra, é imbatível. Num Museu como o nosso, elas não apenas ganharão o destaque que merecem como obra de arte, como também serão cuidadas e preservadas. Ao fazer o registro da chegada de novas peças barrocas ao MAS, louvo, em primeiro lugar, a disposição da família proprietária das estátuas de se desfazer de um bem precioso, que mais precioso se torna num contexto museológico, e, com igual entusiasmo, a ação do secretário de Cultura, meu querido amigo Paulo Chaves, que, atento e sensível, cuidou para que esses tesouros da arte sacra permanecessem como peças que, agora, pertencem ao povo do Pará. O Governo do Pará, através do MAS, como fiel depositário das estátuas, saberá cuidar das “Conceições” e da “Rosário”, como são tratadas, em ambiente de antiquário, esse tipo de peça, que são dignas de estar em qualquer museu do planeta. Sorte nossa que permaneceram aqui.

ladroeiras e falcatruas? É fácil a dedução de que a impunidade estimula a desonestidade, especialmente quando o exemplo vem de cima. Fico ainda mais abismado quando a imprensa diária noticia que os políticos condenados pelo STJ, estão recorrendo, por entenderem que as penas que sofreram, são exageradas. Onde fica o respeito dos que exercem cargos públicos, pelos eleitores, aqueles que pagam os impostos? Isto é um desestímulo à honestidade, ao respeito pelos outros, ao temor a Deus. O Governo esbanja verbas com obras faraônicas, mas, os problemas básicos permanecem e as vítimas dos deslizamentos no inverno de há 2 anos atrás, continuam esperando. Um jornal de Fortaleza publicou duas fotografias: Uma, da inauguração do Castelão, outra dos carros pipas que fornecem água para as vítimas da seca, parados, por falta de pagamento. Para onde estamos caminhando? O político corrupto é um tremendo malfeitor. Rouba os eleitores que o elegeram. Nós eleitores conscientes, temos a obrigação de gritar contra este estado de coisas comprometedoras. Sou católico, fiel a Deus. Para isso tenho que ser fiel também ao meu irmão. à natureza humana, também dom de Deus, gera um sinal a dignifica a criatura humana, que se manifesta em ato voluntário. O CIC descreve tal encontro de forma simples e objetiva: “Para que o ato de fé seja humano ‘o homem deve responder a Deus, crendo por livre vontade. Por conseguinte, ninguém deve ser forçado contra sua vontade a abraçar a fé. Pois o ato de fé é por sua natureza voluntário’. ‘Deus de fato chama os homens para servi-lo em espírito e verdade. Com isso os homens são obrigados em consciência, mas não forçados ... Foi o que se patenteou em grau máximo em Jesus Cristo.’ Com efeito, Cristo convidou à fé e à conversão, mas de modo algum coagiu. ‘Deu testemunho da verdade, mas não quis impô-la pela força aos que a ela resistiam. Seu reino... se estende graças ao amor com que Cristo , exaltado na cruz, atrai a si os homens” (§160). Seguros na mão de Deus pela oração, não descuidemos o estudo da Sagrada Escritura, o conhecimento da Tradição da Igreja, e o proclamado pelo seu Magistério, para que nosso processo de conversão seja consciente, liberto na fé.

DIRETOR GERAL Monsenhor Raimundo Possidônio DIRETORA ADMINISTRATIVO E FINANCEIRO Marluce Guerreiro Milhomem DIRETOR DE COMUNICAÇÃO Mário Jorge Alves DIRETOR DE CAPTAÇÃO DE RECURSOS Arnaldo Pinheiro COORDENAÇÃO Franklin Salvador (DRT/PA 2242)

Sua voz Por que ser um doador de sangue?

CONSELHO DE PROGRAMAÇÃO E EDITORAÇÃO João Carlos Pereira Padre Nilton Cezar Reis Padre Cláudio de Souza Barradas EDITORAÇÃO ELETRÔNICA Sérgio Santos (DRT/PA 579) Assinaturas, distribuição, administração e redação Avenida Governador José Malcher, Edifício Paulo VI, 915 CEP: 66055-260, Bairro Nazaré, Belém - Pará Telefones: (91) 4006-9200/ 4006-9209.

É uma forma de ajudar o próximo doando o que há de melhor, a VIDA! VANESSA BARBOSA SIMÕES COSTA, 21 anos, técnica em segurança do trabalho. Tenho todos os requisitos, mas não me sinto preparada. Mas acho importante fazer doação regularmente. MIZUKO KOGA TEIXEIRA, 21 anos, estudante. Percebo que é uma atitude saudável e que posso ajudar, no mínimo, uma vida. Faço por prazer e pelo sentimento positivo de ajudar o próximo. Para mim, é gratificante ser doador. RAUL VITOR PAES, 21 anos, secretário executivo.

Fax: (91) 4006-9227 Redação: (91) 4006-9200/ 4006-9238/ 4006-9239/ 4006-9244/ 4006-9245 Site: www.fundacaonazare.com.br E-mail: voz@fundacaonazare.com.br Um veículo da Fundação Nazaré de Comunicação CNPJ nº 83.369.470/0001-54 Impresso no parque gráfico de O Liberal

FUNDAÇÃO NAZARÉ DE COMUNICAÇÃO


3

BELÉM, DE 18 A 24 DE JANEIRO DE 2013

Arcebispo Conversa com meu povo Dom Alberto Taveira Corrêa Arcebispo Metropolitano de Belém do Pará

esus manifestou a sua glória e seus discípulos creram nele” (Jo 2,12). Foi em Caná da Galileia que o fato ocorreu, por ocasião de uma festa de casamento, celebrada durante vários dias, de acordo com os costumes da época. Tendo faltado o vinho, verdadeiro desastre numa comemoração do gênero, o vexame se impunha e alguém encontra uma saída. Justamente o gênio feminino de Maria, a Mãe de Jesus, desde então pressurosa no serviço atento a todos, sabendo quem era seu Filho, faz a hora acontecer! Antecipa os tempos e provoca o milagre do vinho da melhor qualidade. E todos puderam testemunhar que o verdadeiro noivo era Jesus e as bodas eram as sonhadas núpcias de Deus com seu povo, celebradas num alto monte, com um grande banquete oferecido ao povo escolhido. Vinho novo e carnes gordas! A beleza plástica com que o quarto Evangelho descreve os fatos é incrível! Surpreende o fato de que o primeiro dos sinais, como São João chama os milagres, tenha ocorrido numa festa de casamento. Uma visão estreita do modo de Jesus agir teria esperado uma cura de um enfermo ou outros prodígios que de fato o Senhor realizou. Aliás, gestos seus foram em outra ocasião questionados por uma mentalidade tacanha que pensava no quanto poderia render o dinheiro gasto com bons perfumes usados como gesto de delicadeza com o próprio Jesus (cf. Jo 12,1-8). Em Caná, o milagre é o da alegria, símbolo dos tempos messiânicos. Deus não nos quer apenas sem enfermidades ou assistidos em nossas necessidades básicas, mas nos quer felizes daquela alegria cuja fonte só se encontra nele. Jesus é Deus e pode tudo, mas não dispensa a participação humana. Entram em cena a sensibilidade de Maria, os servos, o mordomo que prova o vinho novo, o noivo elogiado e os espectadores de todos os tempos, nos quais estamos incluídos, com nossas lutas, alegrias, angústias e esperanças. Com elas, poderemos depois voltar às propostas de Caná. Antes, algumas constatações. As diversas épocas da história trouxeram impasses para as pessoas e os grupos, muitas vezes suscitando clamor por soluções milagrosas. Também o mundo em que vivemos cria para si mesmo encruzilhadas desafiadoras, e são complicados os seus componentes. Brincando com coisas sérias, dáse um realce desproporcional aos direitos individuais, sem dúvida importantes. Todos querem apenas exigir a sua parte no bolo dos bens, sem pensar que vai faltar para alguém. A avalanche do consumo e o endeusamento

DIVULGAÇÃO

“J

Receita de milagre

Muito mais do que milagres estrondosos, acreditamos num caminho a ser percorrido, cujo nome é Evangelização das leis de mercado, a desenfreada busca do prazer e daí por diante, geram um desconforto entre as várias classes sociais, espalham a violência e criam perplexidade transformada em perguntas sobre o futuro. De repente, o Brasil imenso, cultivando uma imagem de imunidade diante da crise financeira internacional, começa até a desconfiar que não é suficiente, nem mesmo o potencial energético de que se considera detentor. A festa do consumo, a impunidade ou a farra de uma imensa balada irresponsável se revelam frágeis. Até o justo desejo de autonomia e desenvolvimento pode ficar comprometido. De repente, alguém percebe que o vinho acabou! Mesmo no miúdo do dia a dia das famílias, dá para perceber que a instabilidade das uniões e a fugacidade dos relacionamentos têm trazido uma sensação de algo não vai bem. É quase impossível, para quem tem um mínimo de bom senso, não ver que o futuro de tantas crianças, cuja imagem de família está absolutamente esfacelada, será desastroso. A falta da sadia polarização entre homem e mulher, pai e mãe, já faz sentir seus efeitos. Aberto o leque, muitas são as situações nas quais nossa humanidade clama por milagres! Como desatar o nó do futuro? A nós cristãos cabe o desafio de participar de todas as lutas e buscas de saídas honrosas,

dignas dos filhos e filhas de Deus. Com sabedoria, o Papa Bento XVI alertava no Dia Mundial da Paz - 2013, que, “para sair da crise financeira e econômica atual, que provoca um aumento das desigualdades, são necessárias pessoas, grupos, instituições que promovam a vida, favorecendo a criatividade humana para fazer da própria crise uma ocasião de discernimento e de um novo modelo econômico. O modelo que prevaleceu nas últimas décadas apostava na busca da maximização do lucro e do consumo, numa óptica individualista e egoísta que pretendia avaliar as pessoas apenas pela sua capacidade de dar resposta às exigências da competitividade. Olhando de outra perspectiva, porém, o sucesso verdadeiro e duradouro pode ser obtido com a dádiva de si mesmo, dos seus dotes intelectuais, da própria capacidade de iniciativa, já que o desenvolvimento econômico suportável, isto é, autenticamente humano tem necessidade do princípio da gratuidade como expressão de fraternidade e da lógica do dom” (Bento XVI, Mensagem para o dia Mundial da Paz 2013, n. 5) E aqui estão algumas propostas “ingênuas”, à disposição em Caná e na Igreja. A receita do milagre vem da Virgem Maria. A última de suas palavras registrada nos evangelhos parece testamento de

quem ama muito seus pósteros: “Fazei tudo o que Ele disser!” (Jo 2,5). Sua recomendação precisa ressoar de novo em todos os recantos. Muito mais do que milagres estrondosos, acreditamos num caminho a ser percorrido, cujo nome é Evangelização. Acreditar na Palavra de Jesus Cristo e coloca-lá em prática transforma as consciências, corações e obras. Quem faz esta escolha cumpre todas as leis existentes, convive na sociedade, mas tudo supera por implantar, onde que passe, a lei do amor a Deus e ao próximo. Só que isso não faz barulho. É como árvore que cresce e se consolida para produzir bons frutos. Milagre consistente se faz com gestos simples. Encher talhas de água, ou sair pelas ruas e tratar chagas e consolar as pessoas, acolher o drogado que alguém considera restolho na sociedade, buscar soluções para idosos ou abandonados, sentar-se para ouvir, corrigir com ternura, não complicar a vida, atender com boa vontade numa repartição, coisas de servos, dos servos de Caná revividos em nós. Vale experimentar! A recuperação do valor do Sacramento do Matrimônio, malgrado as estatísticas, faz parte do receituário oferecido por Aquele que é médico do corpo e do espírito. Na educação dos filhos, incluam os pais o valor dos mandamentos, a dignidade da família unitária e estável, fiel e fecunda. Quem olhar ao redor, poderá encontrar bons exemplares dessa “raça de gente”, da melhor espécie de ser! O milagre pode estar ao alcance de nossas mãos, dependo só de nosso sim”.


4

BELÉM, DE 18 A 24 DE JANEIRO DE 2013

Liturgia Homilia dominical Padre Romeu Ferreira romeufsilva@gmail.com

A) Texto: Jo 2,1-11.

Formado em Exegese pelo Pontifício Instituto Bíblico de Roma

1 Houve um casamento em Caná da Galileia. A mãe de Jesus estava presente. 2 Também Jesus e seus discípulos tinham sido convidados para o casamento. 3 Como o vinho veio a faltar, a mãe de Jesus lhe disse: “Eles não têm mais vinho”. 4 Jesus respondeu-lhe: “Mulher, por que dizes isso a mim? Minha hora ainda não chegou”. 5 Sua mãe disse aos que estavam servindo: “Fazei o que ele vos disser”. 6 Estavam seis talhas de pedra colocadas aí para a purificação que os judeus costumam fazer. Em cada uma delas cabiam mais ou menos cem litros. 7 Jesus disse aos que estavam servindo: “Enchei as talhas de

água”. Encheram-nas até a boca. 8 Jesus disse: “Agora tirai e levai ao mestre-sala”. E eles levaram. 9 O mestre-sala experimentou a água, que se tinha transformado em vinho. Ele não sabia de onde vinha, mas os que estavam servindo serviam, pois eram eles que tinham tirado a água.10 O mestre-sala chamou então o noivo e lhe disse: “Todo mundo serve primeiro o vinho melhor e, quando os convidados já estão embriagados, seve o vinho menos bom. Mas tu guardaste o vinho melhor até agora!”11 Este foi o início dos sinais de Jesus. Ele o realizou em Caná da Galileia e manifestou a sua glória, e seus discípulos creram nele. B) COMENTÁRIO A leitura de hoje é ado p ro c e s s a m e n t o d a f é d o s discípulos em Jesus (v 11 ) , c o n t r a s t a n d o c o m a incredulidade dos judeus (2,1322). Destaca-seaqui o despertar

da fé nele mediante a orientação de sua e nossa mãe: “Fazei o que ele vos disser” (v 5). O texto nos mostra Maria, que atentamente observa as necessidades dos noivos, e faz um pedido a seu filho por eles. A iniciativa dela indica seu interesse por cada família ou filho de Deus necessitado. O resultado obtido leva os discípulos a terem fé em Jesus: “e seus discípulos creram nele” (v 11). A mãe de Jesus é mãe da fé. A devoção a Maria, nos leva a crer em Jesus. O evangelista apresenta três diálogos: o de Maria com Jesus (v 3-4); o de Jesus com os serventes (v 7-8); e o do mestre-sala com o noivo (v 10). “Mulher, por que dizes isso a mim? Minha hora ainda não chegou” (v 4). Na vida, as ações valem mais que as palavras. Jesus parecia está indiferente ao pedido da mãe, mas a resposta positiva se deu nas providências tomadas imediatamente (v 8),

com a quantidade e qualidade do melhor dos vinhos, constatado e comentado por quem entende, pelo mestre-sala (v 10). Quando Jesus usa “Mulher”, ele coloca sua mãe na dinâmica salvífica: “Porei inimizade entre ti e a mulher...” (Gn 3,15) – “Deus mandou o seu Filho nascido de uma mulher” (Gl 4,4) – “mulher, eis ai o teu filho... eis ai a tua mãe” [mulher-mãe] (Jo 19, 26-27). No início dos sinais de Jesus como Messias, como Cristo, o noivo ouve um comentário de inversão: “Todo mundo... Mas tu guardaste o vinho melhor até agora!” (v 10). Também ocorre coma pessoa que vive intensamente sua fé em Jesus:“Quando ela nasce todo mundo sorri e só ela chora. Quando ela morre todo mundo chora e só ela sorri”, pois se encontrará com seu Senhor. Pelafé, os sinais do Senhor nos acompanharãoe nos farão participar de sua glória do início ao fim...Até a última hora.

Liturgia da Semana w Dia 18, sexta-feira I Semana Comum (Cor Verde - ofício do dia) Antífona da entrada: Ergamos os nossos olhos para aquele que tem o céu, como trono; a multidão dos anjos o adora, cantando a uma só voz. Eis aquele cujo poder é eterno. Primeira leitura: (Hb 4, 1-5.11) Responsório 77(78) Evangelho (Mc 2, 1-12) w Dia 19, sábado

I Semana Comum (Cor Verde - ofício do dia) Antífona da entrada: Ergamos os nossos olhos para aquele que tem o céu, como trono; a multidão dos anjos o adora, cantando a uma só voz. Eis aquele cujo poder é eterno. Primeira leitura: (Hb 4, 12-16) Responsório: 18 (19) Evangelho: (Mc 2, 13-17) w Dia 20, domingo II do Tempo Comum (Cor Verde, glória, creio

– II semana do saltério) Antífona da entrada: (Sl 65, 4) Primeira leitura (Is 62, 1-5) Responsório: 95 (96) Segunda leitura: (1 Co 12, 4-11) Evangelho (Jo 2, 1-11) w Dia 21, segunda-feira Santa Inês (Cor Vermelho, prefácio comum ou dos santos - ofício da memória) Antífona da entrada: esta é uma virgem sábia, do número das prudentes, que foi ao encontro de

Cristo com sua lâmpada acessa. Primeira leitura: (Hb 5, 1-10) Responsório: 109 (110) Evangelho (Mc 2, 18-22) w Dia 22, terça-feira II Semana Comum (Cor Verde - ofício do dia) Antífona da entrada: (Sl 65, 4) Primeira leitura (Hb 6, 10-20) Responsório: 110 (111) Evangelho (Mc 2, 23-28) w Dia 23, quarta-feira II Semana Comum

(Cor Verde - ofício do dia) Antífona da entrada: (Sl 65, 4) Primeira leitura: (Hb 7, 1-3.15-17) Responsório: 109 (110) Evangelho: (Mc 3, 1-6) w Dia 24, quinta-feira São Francisco de Sales (Cor Branco, prefácio comum ou dos pastores - ofício da memória) Antífona da entrada (1 Sm 2, 35) Primeira leitura: (Hb 7, 25-8,6) Responsório: 39 (40) Evangelho (Mc 3, 7-12)

Santos da semana Benedito Otávio (artpresent@hotmail.com) 22/01 – TERÇA-FEIRA Beato László Batthyány -Strattmann – Médico

18/01 – SEXTA-FEIRA Santa Margarida de Hungria – Princesa e Vírgem

Proveniente de uma aristocrática família de Dunakiliti, Hungria, 1870. Estudou medicina na Universidade de Viena. Casouse com a Condessa Maria Teresa Coreth, com quem teve treze filhos. Em 1902, fundou um pequeno hospital particular em Kittsee, mais tarde mudou-se para Kormend, o castelo da família, onde começou a atender os pobres, que chegavam de todo o país. O preço da consulta era que rezassem o Pai nosso com ele, e saiam com um folheto: “Abra os olhos e veja”. Ele cuidava do corpo e da alma de seus pacientes. As vezes, em vez de abandonar as riquezas os santos a usavam para Deus.

Temos aqui um exemplo de mais uma princesa, só que esta não fugiu de casa para ser religiosa; nem aceitou as decisões da família pacientemente até que a providência a transformasse em esposa de Cristo depois da viúves. Não. Esta filha da Hungria se dizia vítima proposital para salvação de seu povo. Seu pai, rei Béla IV, a entregou a Deus em agradecimento pela libertação do domínio tártaro e construiu um mosteiro para ela na ilha das Lebres. Uma aparente imposição dos pais, mas a comprovação que este era o caminho certo é que ela se tornou uma das maiores místicas da Europa. Canonizada em 1943.

23/01 – QUARTA-FEIRA Santo André Chong Hwa -gyong – Catequista e Mártir

19/01 – SÁBADO Santos Mário e Família – Mártires. Mário, o pai, Marta, a mãe, Abacus e Audifax, os filhos. Uma família nobre, proveniente da Pércia, convertidos ao cristianismo, doaram seus bens aos pobres e partiram para Roma em peregrinação, mesmo sabendo da perseguição de Cláudius. Eles estavam recolhendo restos mortais de cristãos que foram queimados vivos, para cepultamento, quando foram descobertos, presos, torturados. O pais com os meninos foram decapitados, a mãe foi jogada em um rio dentro de um saco, longe de Roma. Isso aconteceu em 270. 20/01 – 2º DOMINGO DO TEMPO COMUM Maria Cristina da Imaculada Conceição – Vírgem e Fundadora A santidade mais expressiva é marcada por sangue; às vezes por muito amor interior, assemelhando-se a Maria; às vezes por fatos extraordinários. Não se pode limitar o caminho da santidade. No caso de Adelaide, seu nome de batismo, foi uma passagem quase imperceptível para os daqui da terra, mas, na noite de Natal de 1868, com 12 anos, na frente do presépio, ela consagra-se a Deus. O resto é sua bela história: a passagem pelas Sacramentinas; uma enfermidade que lhe trouxe pesar, até a fundação das Irmãs Vítimas Expiadoras de Jesus Sacramentado, de Nápolis para muitos lugares.

21/01 – SEGUNDA-FEIRA Beato João Batista Turpin du Cormier e 13 comp. - Mártires Já passaram por aqui muitos mártires da revolução espanhola da década de trinta, e raríssimos da revolução francesa, 1789 a 1799. Essa que causou impacto maior na fé de todo o mundo. Pois bem, eis um exemplo da intolerância de um regime maquiado de “liberdade, igualdade e fraternidade”, coisas que não se lêem nos livros de história. Reunidos em Laval, no convento das clarissas que virou prisão 14 sacerdotes, na hora do julgamento, negaram o juramento revolucionário. Sendo guilhotinados, eles cantavam o Salve Regina e o Te Deum.

De Cheongsan, Coréia do Sul, 1808. Temos o exemplo de André, um catequista, que prestou ajuda ao seu santo bispo, o também mártir Lourenço Imbert, e fez de sua casa um refúgio para os cristãos. Mais tarde, em perseguição, foi baleado e jogado na prisão sem cuidados médicos, sobrevivendo de orações. Observando que ele ainda estava vivo, foi estrangulado. Neste mês de janeiro que muitas paróquias realizam preparações para catequistas, rezemos por aqueles que doaram suas vidas pela santa Igreja. 24/01 – QUINTA-FEIRA Santos Babila, Timóteo e Agapio de Antioquia – Mártires Na antiga coleção de hagiografias, ou seja, vida dos santos, da Igreja Ortodoxa Grega, Oriental e Católica Oriental, chamado de “Coleção Sinassário”, equivalente ao nosso Martirológio Romano. Temos a história desses mártires da época do imperador Décio. Babila era de família nobre de Antioquia, quando tornou-se sacerdote distribuiu tudo aos pobres. Ao conhecer os grandes amigos, Timóteo e Agapio, pregaram o Evangelho em vários lugares até serem denunciados, presos, torturados e mortos


5

BELÉM, DE 18 A 24 DE JANEIRO DE 2013

Vaticano DIVULGAÇÃO

Canonização de João Paulo II deve ocorrer até 2014

O

cardeal italiano Giovanni Battista Re, um dos colaboradores mais próximos do Papa João Paulo II (1920-2005), disse acreditar que a canonização do Pontífice ocorra até 2014. “Se não for este ano, será em 2014. Não tenho elementos suficientes para garantir que será em 2013, mas sei que há pouco tempo estavam sendo analisados três ou quatro milagres para ver qual é o mais sólido”, disse Re. “Como João Paulo II realizou mais de um milagre, vai existir um que será reconhecido como válido para a sua canonização”, acrescentou. A cerimônia de beatificação do Papa João Paulo II ocorreu no dia 1 de maio de 2011, na Praça São Pedro, no Vaticano, seis anos após sua morte, em 2 de abril de 2005. Para iniciar o processo de

beatificação, o papa Bento XVI contrariou o Código de Direito Canônico, que prevê uma espera de ao menos cinco anos da morte. Em 13 de maio de 2005, poucas semanas depois de ter sido eleito Papa, Joseph Ratzinger anunciou sua decisão de consentir na abertura imediata da causa canônica de Karol Wojtyla. O porta-voz da Santa Sé, padre Federico Lombardi, admitiu que o processo de beatificação de João Paulo II foi concluído de maneira “extremamente rápida”, mas garantiu que não houve “nenhuma facilitação”. “Todas as etapas necessárias foram cumpridas”, disse. A beatificação é o primeiro passo para a canonização, que institui o título de santo ao religioso. Para se tornar beato, foi preciso que João Paulo II tivesse um milagre reconhecido. Para a canonização, é necessário o reconhecimento de mais um milagre.

Papa: pedir com insistência o dom da unidade entre os cristãos No final da Audiência Geral da quarta-feira, 16, Bento XVI recordou que nessa sexta-feira, 18, tem início nos países do hemisfério norte a Semana de Oração pela Unidade dos Cristãos, que este ano tem como tema: “O que Deus exige de nós?”, inspirado num trecho do profeta Miquéias (cf Mq 6, 6-8). “ C o n v i d o t o d o s a re za re m , pedindo com insistência o grande dom da unidade entre todos os discípulos do Senhor. A força

inesgotável do Espírito Santo nos estimule a um compromisso sincero de busca da unidade, para que possam professar todos juntos que Jesus é o Salvador do mundo”, disse o Papa. No Brasil, esta semana é realizada no período de Pentecostes. Os subsídios para esta celebração já foram traduzidos em português pela Comissão Episcopal Pastoral para o Ecumenismo e o Diálogo Interreligioso, da Conferência Nacional

dos Bispos do Brasil (CNBB). O material está disponível no Site: http://www.vatican.va/roman_ curia/pontifical_councils/chrstuni/ weeks-prayer-doc/rc_pc_chrstuni_ doc_20120611_week-prayer-2013_ po.html. Este ano os subsídios foram preparados pelo Movimento de Estudantes Cristãos da Índia, com a consultoria da Federação de Universidade Católica de Toda a Índia e do Conselho Nacional de Igrejas na Índia.

Grupos Juvenis promovem Jornada de oração pela Terra Santa Jerusalém hospedará a Quinta Jornada Internacional de Intercessão pela Paz na Terra Santa no próximo dia 27 de janeiro. A iniciativa de oração nasceu da ideia de associações juvenis católicas de envolver mais de três mil cidades de todo o mundo, durante 24 horas, no objetivo de mostrar solidariedade para com aqueles que vivem na Terra Santa.

“Jerusalém, torna-se o que o teu nome significa! Cidade de paz e não de divisão; profecia do Reino de Deus e não mensagem de instabilidade e de conflito”. Este é o pedido do Papa Bento XVI e um convite para que cristãos do mundo todo unam-se em oração pela Terra Santa. A jornada é promovida há três anos por diferentes grupos de jovens italianos. Para participar,

Catequese de quarta-feira

basta acrescentar na celebração eucarística do domingo, 27 de janeiro, uma oração especial pela Terra Santa; ou fazer um momento de adoração eucarística em outra hora do dia ou rezar o terço. O horário da oração, o nome da igreja ou do grupo de oração e a cidade devem ser comunicados por e-mail para o endereço: ufficiostampa@ papaboys.it.

Igreja dos EUA pede solidariedade com a América Latina A Conferência Episcopal dos Estados Unidos promove no fim de semana de 26 e 27 de janeiro a tradicional coleta anual para a Igreja da América Latina. A coleta, que se realiza já há 47 anos, serve para financiar projetos de evangelização, formação, catequese e programas de discernimento vocacional nas dioceses latino-americanas. O centro da campanha deste ano será a pastoral juvenil, e o bispo auxiliar de Seattle, Dom Eusebio Elizondo, presidente do vice-Comitê para a América Latina da Conferência, exortou à generosidade especialmente dos fiéis hispânicos nos EUA: “para eles, esta iniciativa é uma oportunidade de se solidarizar com a Igreja de seus países de origem e os jovens de todo o continente”. Um dos beneficiados com a coleta será o Centro de Capacitação da Juventude Brasileiro e vários programas de pastoral juvenil no Brasil. Em 2012, a coleta conseguiu financiar 417 projetos, com um total de 6,5 milhões de dólares.

(Papa Bento XVI)

Bento XVI: “Reconhecer a face de Jesus no pobre e no sofredor” Em sua última catequese, o Papa falou sobre a “revelação da face de Deus”. A história da salvação, disse o Pontífice, é a história da relação de Deus que se revela ao homem progressivamente: “Esta obra tem início com o chamado de Abraão e passa por outros mediadores, como Moisés, os profetas e os juízes. Todas essas alianças recordam a exigência de fidelidade e mantêm a expectativa plena e definitiva das promessas divinas. É um longo caminho em que o Senhor se deixa conhecer, revela a Si mesmo, entra na história com fatos e palavras. Algo de completamente novo acontece, porém, com a Encarnação. A busca da face de Deus recebe uma

guinada inimaginável, porque este rosto agora pode ser visto: é o de Jesus, do Filho de Deus que se faz homem, que é ao mesmo tempo mediador e plenitude de toda a Revelação. Jesus inaugura na história um novo modo da presença de Deus, porque quem O viu, viu o Pai; ele é ‘o mediador’ da nova e da eterna aliança; Nele encontramos Deus, ao qual podemos invocar com o nome de ‘Abba, Pai’ e por ele nos é dada a salvação. Se queremos ver a face de Deus, aquele rosto que d�� sentido, solidez e serenidade ao nosso caminho, devemos seguir Cristo, mas não somente quando precisamos Dele, quando

encontramos um espaço entre os milhares de afazeres cotidianos. É toda a existência que deve ser orientada ao encontro com Ele, ao amor por Ele; e com isso, um lugar privilegiado tem que ter o amor ao próximo, aquele amor que, à luz do Crucifixo, nos faz reconhecer a face de Jesus no pobre, no fraco e no sofredor. Queridos irmãos e irmãs, Deus dá-se a conhecer, revela-se, entra na história, agindo por meio de mediadores, como Moisés, os Juízes, os Profetas, que comunicam ao seu povo a Sua vontade. Esta revelação alcança a sua plenitude em Jesus Cristo. Nele, Deus vem visitar a humanidade, de um modo que excede tudo o que se podia

esperar: fazendo-Se homem. Com Cristo, se concretiza um desejo que permeava todo o Antigo Testamento: ver a face de Deus. De fato, por um lado, o povo de Israel sabia que Deus tinha uma face, ou seja, é Alguém com quem podemos entrar em relação, mas por outro lado, estavam cientes de que era impossível, nesta vida, ver a face de Deus; esta permanecia misteriosa, inacessível e, portanto, não representável. Mas, com a Encarnação, Deus assume uma face humana. Jesus nos mostra a face de Deus e por isso é o Mediador e a plenitude de toda a revelação: Nele vemos e encontramos o Pai; Nele podemos invocar a Deus como Pai; Nele temos a salvação”.


6

BELÉM, DE 18 A 24 DE JANEIRO DE 2013

Catequese Um só coração e uma só alma Padre Agostinho Cruz afs.cruz@hotmail.com

A mudança não é um fim em si mesmo DIVULGAÇÃO

É Bacharelando em Teologia pela Faculdade Dehoniana (SP), Pároco de São João Batista e Nossa Senhora das Graças (Icoaraci)

q u a s e i m p o s s í ve l n ã o conhecer alguém neste mundo que não tenha desejado, em algum momento, fazer alguma mudança, seja na maneira como está conduzindo a sua vida, modo de pensar, suas reações diante das circunstâncias, vida profissional, conjugal. Além dessas e outras situações que são motivos inspiradores para mudanças, encontramo-nos também dentro da vontade de querer mudar os outros em benefício próprio. A mudança é algo intrínseco à existência humana, e sempre foi especulada pela reflexão do homem diante do grande mistério da vida. Porque são evidentes as transformações que ocorrem ao seu redor, e dentro de si mesmo. Não se muda apenas por causa de problemas, mas também, e necessariamente, para um maior crescimento. A mudança deve levar a uma “maior idade” do homem e da mulher. E o que seria isso? A meu ver, é quando o ser humano no processo de mudança a que se sujeita deixa para trás as coisas que o tornam infantis, frágeis e dependentes dos outros. Esse tempo é decisivo para o seu amadurecimento. A mudança, quando benéfica, ou seja, quando faz com que seja dado um salto qualitativo, na vida e nas relações, não está isenta de obstáculos, o que podemos chamar também de bloqueios. Estas são situações conflitantes e às vezes penosas, problemas do cotidiano. No entanto, não podemos culpar as situações por nos apresentar problemas, mas sim a maneira como as

interpretamos. Isso mesmo, o modo como se interpreta algo ou situação vai ser o gerador de problemas. Pois a tal situação, dependendo de como e por quem foi interpretado, dirá se é um problema ou não. O mais importante é saber que cada indivíduo, pai, mãe, filhos, namorados, patrões e empregados etc., podem contribuir para a criação de um ambiente mais satisfatório, e mais do que ambiente, de relações melhores, desde que se permitam promover mudanças na comunicação. Pois esta é um dos fatores de grande mudança. Se começarmos a melhorar a comunicação com que nos relacionamos, e até mesmo com quem não temos o costume de interagir, começaremos a dar

nosso sentido para o nosso modo de viver. Sabemos que o homem se sobressai em tudo por causa de sua grande capacidade de inventabilidade, onde expressa de maneira mais direta o melhor do ápice de seu gênio nas inovações tecnológicas, mas não está se aperfeiçoando em resolver seus próprios problemas, por causa da falta de relação com as pessoas, ou do vício de tratar as pessoas como as ferramentas materiais e de seu uso cotidiano. A verdadeira mudança acontece a partir das relações, da comunicação e da interação com o outro. Ninguém é a causa do problema do outro, se a pessoa em si mesmo não consegue interagir com seus impulsos. Não se muda por

mudar, mas sim, para ser feliz e tornar os outros felizes também. Toda mudança deve ser bem vinda se for para contribuir com o seu maior sucesso e satisfação. Sempre olhando para frente, para os horizontes novos e carregados de esperanças, proponha-se encontrar possibilidades de ações concretas, de mudanças reais; desejo aprender a criar mudanças, pois ninguém é estático, somo sujeitos de uma história e essa se faz em movimento, pelo deslocamento e pôr-se a caminho a cada amanhecer, mas se for necessário, caminhe também à noite, e no final verás um novo despontar de esperanças surgindo com o brilho do sol, pois só quem tem coragem de mudar, se aperfeiçoa.

Palavra de padre Padre Zezinho, scj

Defender a nossa igreja

A

quele senhor que, visivelmente alterado, defendia a Igreja Católica, errou do começo ao fim. Não conhecia a catequese dos santos e, tentando provar que nós católicos somos a melhor igreja, praticamente afirmou que nós adoramos Maria. Não era a pessoa indicada para defender a nossa Igreja. Mostrou que nunca lera o catecismo católico. Seu oponente não era melhor. Errou nas datas e nos fatos históricos. Ouvira algum pregador da sua nova igreja e falou como quem o ouviu mas não leu os livros que ele disse ter lido. Acusou os católicos de terem matado dez milhões de evangélicos na Alemanha no tempo de Lutero, e culpou o general Inácio de Loyola de haver

massacrado os huguenotes na Inglaterra. Foi triste e inquietante ouvir os dois naquele restaurante. Mais triste ainda ver que os presentes á mesa aceitavam tudo passivamente, como se alta cultura fosse… Parecia discussão de Corintiano e Palmeirense. Um se vangloriando das vitórias do passado, outro exaltando as atuais conquistas do seu time, ambos rindo dos erros do outro e cada um explicando e justificando esta ou aquela eventual derrota do o seu timaço. Não somos obrigados a ficar em silêncio, quando alguém ofende a nossa mãe, mas não se resolve o problema chamando a mãe do outro de prostituta ou leviana. Moleques fazem isso, cristãos, nunca! Se alguém ofende a nossa Igreja e nos

Mas como faremos isso, se não lemos nem a bíblia nem o catecismo da nossa Igreja?

alteramos, ofendendo a dele, negamos o Cristo. O mundo não ficará melhor com isso. Já sabemos aonde leva essa conversa de demônios do lado de lá e anjos do nosso lado, eleitos e rejeitados, santos e

ímpios e salvos e perdidos. Quando ensinamos que os nossos fiéis estão salvos e os fiéis deles precisam ser convertidos já começou a mentira. As guerras de fundo religioso começaram com esse tipo de pregação exclusivista e excludente; em geral também presunçosa e recheada de vaidade. Nós sabemos mais, entendemos melhor a Bíblia, seguimos melhor o Cristo, amamos mais a Deus, somos mais eleitos e, por isso, Deus está mais conosco do que com vocês que ainda não o conhecem! Quem já não ouviu esse tipo de pregação no rádio e na televisão? Não são ingênuos nem ignorantes. Quem faz esse discurso sabe porque o faz e aonde quer chegar. Sabe porque diminui a igreja do outro e que pontos fracos

dela escolheu ressaltar. Sabe também porque oculta os pontos fracos da sua e omite as passagens bíblicas que poderiam dar razão á outra Igreja! Melhor forma de defender a nossa Igreja naquela hora é dar um sorriso amigo e mudar de assunto. Quando aquele irmão de outra fé quiser de fato dialogar, a gente vai para algum canto onde um mostra para o outro as passagens do livro santo nas quais se baseia e os livros nos quais aprendeu o que pratica. Mas como faremos isso, se não lemos nem a bíblia nem o catecismo da nossa Igreja? Neste caso o melhor é despedir-nos cortesmente e desejarmos que a mesma luz que ele quer que nos ilumine não acabe por cegá-lo!


7

BELÉM, DE 18 A 24 DE JANEIRO DE 2013

Arquidiocese ORDENAÇÃO SACERDOTAL

Capuchinho recebe Sacramento da Ordem Celebração aconteceu no dia 12, sábado, na Paróquia São Francisco de Assis, em São Brás FOTOS: IVAN CARDOSO

w SERVIÇO Frei Silvimar se coloca à disposição da Igreja

A

migos, familiares e sacerdotes lotaram a Paróquia São Francisco de Assis (Capuchinhos), em São Brás, no último sábado, 12, para acompanhar a celebração de ordenação sacerdotal do Frei Silvimar Abdon Diniz. Aos 67 anos,

natural do Maranhão, Frei Silvimar tornou-se o mais novo sacerdote da Província Capuchinha Nossa Senhora do Carmo. O momento solene foi presidido pelo Arcebispo Metropolitano de Belém, Dom Alberto Taveira Corrêa, e concelebrado

pelo Bispo Auxiliar, Dom Teodoro Mendes Tavares, e sacerdotes convidados. Um dos momentos mais marcantes da celebração foi a entrega das vestes litúrgicas ao sacerdote pelos seus familiares. A Arquidiocese de Belém parabenizou-o.

w UNÇÃO Servo ungido pelo Pai com o Espírito Santo

Padre Santiago Perez a caminho de Israel Nascido em 3 de dezembro de 1978, padre Santiago Pérez, natural de General Roca, Patagônia, na Argentina, desde muito cedo compreendeu a ser generoso para com aquele que lhe deu a vida. Nascido em uma família de doze irmãos, o presbítero d e s c o b r i u s u a vo c a ç ã o em um dia quando estava sentado na escadaria de sua paróquia. Olhando para o interior da igreja, viu seu pároco sentado na cátedra. O menino que tinha onze anos na época, naquele instante traçou para si o ideal de toda a sua vida: viver para servir, e servir a todos por meio do sacerdócio ministerial. O menino foi crescendo e junto com ele crescia também o chamado ao sacerdócio. Aos 18 anos foi enviado em missão para Buenos Aires, capital da Argentina. Com 19 anos participou de um encontro na Itália e entrou para o Seminário Redemptoris Mater , do Caminho Neo Catecumenal. De lá saiu em dezembro de 2007 para ser ordenado padre pela imposição das mãos de Dom João Bráz de Aviz, na época Arcebispo de Brasília. Como padre, foi vigário paroquial por dois anos da Paróquia Santa Mãe de Deus, em Santa Maria, no Distrito Federal. Foi, então, transferido para Belém, para ser vigário da Paróquia Jesus Bom Samaritano, no Tapanã. Auxiliou o então pároco, Pe. José Maria Tejada, por um ano até ser nomeado que recebi a notícia de minha transferência para lá. O missionário está sempre com as malas prontas para partir em missão a qualquer dia. As pessoas estranham. Dizem: “nossa, mas

avaliação do t r a b a l h o f e i t o n a Arquidiocese?

I P E . SANTIAGO: O povo daqui é a c o l h e d o r, possui pessoas

pároco dessa paróquia, e permaneceu nela até o último domingo, 13. Pe. Santiago tem agora pela frente uma nova missão: irá trabalhar na Casa Domus Galilaeae, na Galiléia, em Israel. Em entrevista ao jornal VOZ DE NAZARÉ, o sacerdote falou sobre a sua vida e sobre a Providência Divina que o conduz. Confira:

como que pode isso?”. Se não pudesse eu não estaria aqui hoje. Isto é natural. Fiquei feliz com esta minha ida para Israel, porque é um lugar muito rico e principalmente porque lá esteve Jesus. Já estive uma vez em Israel para uma peregrinação.

muito abertas e generosas. É uma Igreja viva. E uma das coisas mais cativantes daqui é o Círio de Nazaré. Para mim é algo muito forte, muito expressivo e marcante. Deixo amigos aqui, pessoas que levarei comigo para sempre.

F VOZ : Q u a l a s u a

F VOZ: Como foi que o

I PE. SANTIAGO: Nenhuma! Não sei e nem quero saber o que Deus me reserva. Assim como quando vim para cá. Deixo que Deus me surpreenda!

F VOZ: Como o senhor conheceu o Movimento Neo Catecumenal?

senhor recebeu a notícia de sua transferência para Israel?

I PE. SANTIAGO: Estava em Brasília quando recebi a notícia para vir para Belém, e novamente foi lá que recebi a notícia de minha transferência para lá. O missionário está sempre com as malas prontas para partir em missão a qualquer dia. As pessoas estranham. Dizem: “nossa, mas

expectativa para esta nova missão?

F VOZ : Q u a l a s u a

avaliação do t r a b a l h o feito na Arquidiocese?

I P E . SANTIAGO: O povo daqui é a c o l h e d o r, possui pessoas

I PE. SANTIAGO: Meus pais conheceram o movimento quando ele ainda estava iniciando-se, através de quatro catequistas espanhóis que vieram para a nossa paróquia localizada numa pequena cidade da Argentina. Eu e meus 11 irmãos, então, crescemos nesse ambiente. Devo minha vida ao Caminho Neo Catecumenal. Talvez se não fosse ele, eu nem teria existido, porque foi lá que meus pais aprenderam a ser generosos com a vida e não usarem métodos anticoncepcionais, etc. Foi através de uma palavra na Igreja que eles aprenderam a ter os filhos que Deus queria que tivessem. Hoje tenho uma irmã que é missionária do movimento no Canadá, junto com seu esposo e mais quatro filhos. Tenho um irmão que está se preparando para entrar no Seminário, e tenho outro irmão que é casado e tem seis filhos, e também está se preparando para sair em missão. F VOZ : C o m o é s e r missionário?

w DESPEDIDA Pe. Santiago segue em missão a Israel

I PE. SANTIAGO: O missionário é a pessoa mais

livre do mundo, porque não cria laços em nenhum lugar. Eu sou de todos, e não sou de ninguém, porque sou de Deus. Não estou preso a nada nem a ninguém. Como não tenho raízes, eu posso estar em qualquer lugar. Se eu tivesse raízes, eu não poderia! Coloco-me nas mãos de Deus. Estou onde Ele quer que eu esteja. Minha mãe me perguntou uma vez: “você sabe por que seu irmão quer ser padre?”. Eu disse: "por quê?". Ela respondeu: “Porque ele te vê feliz!”. E quando saí de casa, meu irmão tinha somente cinco anos de idade. Parece que quanto mais distante da minha família, mais próximo estou dela. Sou feliz? Não! Sou muito feliz! Eu estou no coração de pessoas no Maranhão, aqui em Belém, em Brasília, no sul, na Argentina e na Espanha. F VOZ: Qual sua

mensagem para o seu rebanho do Tapanã?

I PE. SANTIAGO: Sinto por todos um amor recíproco, por tudo que eles fizeram por mim e por tudo que fiz por eles. Fomos um time que jogou do mesmo lado, e que conquistou muitas vitórias. A maior vitória foi trazer as pessoas para a Igreja. E nós vemos que a Igreja cresceu em números, mas sempre rezamos: “que a Igreja cresça em caridade”. O importante é que a Igreja cresça no amor. Se ela cresce no amor, os números são consequências.


8

BELÉM, DE 18 A 24 DE JANEIRO DE 2013

Formação Primavera do mundo Padre Idamor da Mota Jr. (idamorjr@yahoo.com.br)

Teologia do Corpo - Em Busca de uma Espiritualidade Matrimonial

N

o último artigo falávamos da relação entre amor e castidade e da importância que ambos possuem dentro da experiência da sexualidade humana como caminhos essenciais para se viver o humano dentro de nós de uma forma mais semelhante à realidade querida pelo Criador. Vimos que a castidade, como domínio de si mesmo, não deve ser uma realidade estranha a homens e mulheres tementes a Deus, nem algo opressor ou repressivo, mas sim comolouvor ofertado ao Pai, na dignidade daqueles que são livres em Deus. Éalgo libertador porque faz a luxúria morrer em nós e possibilita que o amor verdadeiro nasça ou renasça com mais vigor e em toda a sua plenitude. Nessa perspectiva, quando o Papa João Paulo II fala de ‘espiritualidade matrimonial’ ele afirma, sem hesitação, que essa mesma castidade torna-se o “centro da espiritualidade matrimonial” (audiência de 14.11.1984). Por mais paradoxal que isso seja, a castidade passa a ter uma importância enorme, mesmo dentro matrimônio. ‘Por que’? Alguém poderia perguntar. Para darmos uma resposta mais precisa

é preciso que descubramos primeiramente em que consiste a espiritualidade matrimonial. De forma simples e direta, a espiritualidade matrimonial consiste nada mais do que a busca de se viver o matrimônio de acordo com a vontade divina. Se pararmos para pensar em como a vontade divina pode nos guiar em nossas vidas, chegaremos a conclusão de que só estaremos realizando a vontade divina quando estivermos em sintonia com o poder vivificador do Espírito Santo. É o Espírito Santo que conduz a vida do fiel. É Ele que nos inspira a fazer tudo que é bom, belo e verdadeiro. Enfim, entre Seus tantos dons e frutos, é Ele que nos faz viver a autêntica filiação divina e faz com que experimentemos o valor supremo do amor que vêm de Deus, porque Ele mesmo é o Amor que emana do Pai e do Filho. Por isso, se o casal está aberto à ‘vida no Espírito’ significa que ele está aberto a amar incondicionalmente, a experimentar o amor de Deus em suas vidas sem restrição ou sem criar barreiras. Se o casal está disposto a viver no Espírito significa que estará disposto a transformar até mesmo sua união sexual em uma

Para se viver a “vida segundo o Espírito”, o casal precisa apoiar-se em três elementos essenciais: oração, penitência e Eucaristia

expressão de “vida segundo o Espírito Santo” (audiência de 01.12.1982). Nesse sentido, a castidade, enquanto autodomínio, desdobrase em dois significados complementares dentro da realidade matrimonial. Por um lado, pode significar abstinência sexual por um período de tempo; e por outro, pode significar a união sexual como um ato supremo de amor. Aqui, é importante notarmos que o objetivo dos dois significados é um só: fazer com que o autêntico amor divino se manifeste constantemente na vida do casal, não dando espaço à luxúria

como um ato de mútua exploração. Castidade, então, pode significar também a fidelidade de um ao outro expressa através do compromisso de sempre manifestar esse amor através de seus corpos fazendo com que seja sempre manifestada a ‘teologia dos seus corpos’. No fundo, essa teologia tem como único objetivo a expressão da ‘vida no Espírito Santo’. Uma vez que o casal passa a viver dentro dessa perspectiva, ele entende que sua união sexual jamais pode ser estéril. Ou seja, fechada à vida. Mas deve ser imagem e reflexo do amor vivificante de Cristo à sua Igreja. Nesse sentido, sua união sexual deve estar sempre aberta à vida, e a própria ideia de envolver contraceptivos nas relações sexuais tornase repulsiva. Pois, agindo na maneira contraceptiva estarão fechando-se ao Espírito Santo. E o Papa afirma ainda que a prática dos contraceptivos “constitui, em certo sentido, a ‘antítese’ da espiritualidade matrimonial” (audiência de 21.11.1984). Resta, então, aos casais buscar a liberdade que

vem do poder do Espírito Santo em suas vidas. Sem o Espírito não é possível viver os ensinamentos da Igreja - aqui especificamente o ensinamento da Humanae Vitae - e nem do amor libertador, pois eles tornamse um fardo impossível de se carregar. Somente o “Espírito vem em socorro da fraqueza humana” (cf. Rom 8,26). Enfim, para se viver a “vida segundo o Espírito”, o casal precisa apoiar-se em três elementos essenciais. A Oração, como meio de clamar a Deus por esse ‘poder do alto’. A Penitência como meio de se reconhecer humilde e insuficiente para atender em todos os instantes da vida os requisitos do amor. E a Eucaristia como fonte perene e inesgotável da graça e do amor divino que dá vida e abre à vida. Estes, afirma João Paulo II, “são os meios infalíveis e indispensáveis para formar a espiritualidade cristã da vida matrimonial e da família” (cf. audiência de 03.10.1984). O autor é mestre em Bioética e Diretor do CCFC

Na próxima semana, “Escutando o Coração”, com Ir. Lourdes Silva, fsp

Compêndio do Catecismo da Igreja Católica Para reflexões ao Ano da Fé, o Jornal Voz de Nazaré inicia nesta edição a publicação do Compêndio do Catecismo da Igreja Católica. De maneira concisa, a publicação apresenta todos os elementos essenciais e fundamentais da fé da Igreja numa visão de conjunto, todo o panorama da fé católica.

CAPÍTULO SEGUNDO

A Revelação de Deus Deus vem ao encontro do homem

1

O que Deus revela ao homem?

Deus, em sua bondade e sabedoria, revela-se ao homem. Com ações e palavras revela a si mesmo e a seu desígnio benevolente, que desde toda a eternidade preestabeleceu em Cristo a favor dos homens. Esse desígnio consiste em fazer com que, pela graça do Espírito Santo,todos os homens participem da vida divina, como seus filhos adotivos no seu único Filho. 50-55 68-69

2

Quais são as primeiras etapas da Revelação de Deus?

Desde o princípio, Deus se manifesta aos primeiros pais, Adão e Eva, e os convida a uma íntima Comunhão com ele. Depois da queda deles, não interrompe a sua revelação e promete a salvação para toda a descendência deles. Depois do dilúvio, faz com Noé uma aliança entre ele e todos os seres vivos. 54-58 70-71

3

Quais são as etapas seguintes da Revelação de Deus?

Deus elege Abraão, chamando-o para fora de seu país a fim de fazer dele “o pai de uma multidão de nações” (Gn 17,5) e prometendo-lhe abençoar nele “todas as famílias da terra” (Gn 12,3). Os descendentes de Abraão serão os depositários das promessas divinas feitas aos patriarcas. Deus forma Israel corno seu povo de eleição, salvando-o da escravidão do Egito, conclui com ele a Aliança do Sinai e lhe dá,por meio de Moisés, a sua Lei. Os profetas anunciam uma radical redenção do povo e uma salvação que incluirá todas as nações numa Aliança nova e eterna. Do povo de Israel, da estirpe do rei Davi, nascerá o Messias: Jesus. 59-64 72

4

Qual é a etapa completa e definitiva da Revelação de Deus?

É a que se realiza no seu Verbo encarnado, Jesus Cristo, mediador e plenitude da Revelação. Ele,

sendo o Único Filho de Deus feito homem, é a Palavra perfeita e definitiva do Pai. Com o envio do Filho e o dom do Espírito, a Revelação está agora plenamente realizada,ainda que a fé da Igreja tenha de captar gradualmente todo seu alcance ao longo dos séculos. 65-66 73 “A partir do momento em que nos deu o seu Filho, que é a sua única e definitiva Palavra, Deus nos disse tudo de uma só vê?, nessa Sua Palavra e não tem mais nada a dizer” (São João da Cruz).

5

Que valor tem as revelações privadas?

Ainda que não pertençam ao depósito da fé, elas podem ajudar a viver a mesma fé, desde que mantenham sua estrita orientação para Cristo. O Magistério da Igreja, a quem cabe o discernimento de tais revelações privadas, não pode, portanto, aceitar as que pretendem superar ou corrigir a Revelação definitiva que é Cristo. 67


9

BELÉM, DE 18 A 24 DE JANEIRO DE 2013

Saúde

FOTOS: LUIZ ESTUMANO

w PARA O CARNAVAL Hemopa realiza campanha para aumento de estoque

w APÓS CADASTRO Estado de saúde de doadores é acompanhado pelo Centro

CAMPANHA

Doar sangue é doar vida! Mais que uma responsabilidade social é partilhar a vida com fraternidade e compromisso para com o próximo

H

á quatro anos a técnica em enfermagem Ana Roza da Silva, 33, tem como lema a seguinte frase: “doar sangue é doar vida”. Como no caso de muitas pessoas, para que ela adquirisse essa consciência foi necessário que uma pessoa próxima a ela precisasse de sangue sob o risco de perder a vida. Desde que seu irmão precisou de uma transfusão urgente, Ana Roza não deixa de comparecer à Fundação Centro de Hemoterapia e Hematologia do Pará (HEMOPA) a cada três meses para realizar doação às pessoas que precisam. Ela já cumpriu, inclusive, sua obrigação para o período do carnaval: doou sangue em resposta à campanha que tem o objetivo de aumentar o estoque do HEMOPA em um dos períodos de maior baixa de doadores. Segundo a assistente social de captação de doadores do HEMOPA, Lilian Bouth, apenas 1,9% da população paraense é doadora de sangue. “De acordo com o Ministério da Saúde, o ideal seria que fosse 3% a fim de que não faltasse no estoque”, compara Lilian. No período do carnaval o número de doadores cai ainda mais e a situação às vezes é preocupante. É pensando nisso que o HEMOPA realiza mais uma vez a campanha, para arrecadação no carnaval 2013. Geralmente nesse período muitas pessoas viajam e se e s q u e c e m d e c o m p a re c e r a o HEMOPA. De acordo com Lilian, a média de comparecimentos ao dia em período normal é de 200 a 250 comparecimentos ao dia. O ideal para atender a Região Metropolitana de Belém (RMB) seria de 300 comparecimentos. Não bastando o número já pequeno, no carnaval o número cai ainda mais: a queda é de 50%. Para o coordenador da Comissão de Justiça e Paz da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), padre Bruno Secchi, “as preocupações do cristão devem ser com a solidariedade e a ajuda fraterna. O repartir é a

essência do cristianismo e a doação de sangue é uma experiência dessa partilha. O cristão dá o que tem sem saber a quem, dá a quem precisar”. Lilian Bouth explica que a ajuda da Igreja e de demais instituições é necessária para mobilizar a população paraense. “É tema de responsabilidade social. É fácil, seguro, e ajuda a salvar vidas”, explica. Para receber os doadores nas semanas que antecedem o carnaval, o HEMOPA vai caprichar no lanche oferecido ao doador e vai investir também na decoração dos espaços de doação de todo o Pará: o Hemocentro Coordenador de Belém, os Hemocentros Regionais (Castanhal, Santarém e Marabá) e os Núcleos de Hemoterapia (Altamira, Tucuruí, Redenção, Capanema e Abaetetuba). ESTOQUE - Apesar da subdivisão da Hemorrede, os Hemocentros podem solicitar sangue uns aos outros, caso o estoque esteja baixo. Segundo Lilian, é sempre baixo o estoque de tipos raros (A- e O-). “Por isso é importante o doador saber qual é o seu tipo sanguíneo”, explica. A assistente social também apresenta uma perspectiva da quantidade de sangue que uma pessoa precisa: “numa cirurgia cardíaca, por exemplo, o paciente precisa de muitas bolsas de sangue. Por isso é preciso ser grande o número de doadores”. Para manter o estoque, o HEMOPA realiza campanhas estratégicas nas universidades, contatos telefônicos, apelos na mídia, malas-diretas para doadores e jovens que completam a maior idade, entre outras ações.

SERVIÇO Os dias e horários para doação são de segunda a sexta, de 7h30 a 18h, e sábado, de 7h30 a 17h. O hemocentro de Belém fica localizado na Trav. Padre Eutíquio, 2109. Mais informações: www.hemopa.pa.gov. br, ou 0800 2808118.

w DOADORA Ana Roza fez da necessidade de uma doação emergencial um compromisso a cada três meses para toda a vida

PARA DOAR SANGUE O DOADOR PRECISA: Estar bem de saúde; Estar alimentado; Ter entre 16 e 67 anos; Comparecer acompanhado dos pais caso tenha entre 17 e 17 anos; Pesar 50Kg ou mais; Apresentar documento de identificação: RG, carteira profissional, reservista, Conselhos de Classe;

DOAÇÃO DE MEDULA ÓSSEA: É grande também o número de pessoas que necessitam de doação de medula óssea. Para doar é preciso ter entre 18 e 55 anos. A chance de compatibilidade é de 1 em 100.000. Faça o cadastro. Ele é nacional. Ou seja, os dados do doador ficam armazenados para todo o Brasil e, caso o doador seja compatível com alguém, ele será acionado.


10

BELÉM, DE 18 A 24 DE JANEIRO DE 2013

Belém FOTOS: LUIZ ESTUMANO

HISTÓRIA

Igreja do Carmo, quase 400 anos de história Projeto de restauração prevê investimento de 4 mi

N

a continuidade ao “passeio” pela “história impressa” das igrejas históricas da capital paraense, fica cada vez mais clara a relação da Igreja Católica com o contexto da formação da cidade. As diversas concepções históricas impressas nos templos revelam uma mistura de estilos, impressos, inclusive, na Igreja de Nossa Senhora do Carmo, localizada no bairro da Cidade Velha. É possível perceber nesse templo, um dos mais antigos de Belém, os estilos neoclássico e barroco. A imponência do prédio faz o observador se sentir pequeno ante tamanha beleza arquitetônica. Sede dos Carmelitas do Pará, a Igreja Nossa Senhora do Carmo foi fundada em 1626. Landi predispõe um projeto de reconstrução em torno de 1760. A arquitetura retoma uma tipologia comum nas igrejas dos Conventos Carmelitas e Franciscanos. Na nave do edifício primitivo existe ainda uma fachada realizada em Lisboa e montada entre os anos 1756 e 1757, com um pórtico a três aberturas com arcos ladeados por duas torres. Na segunda parte da fachada, as portas-janelas possuem frontões típicos da arquitetura lisboeta. O projeto de Landi foi realizado parcialmente sem a cúpula e o altar maior. A igreja foi aberta ao culto em 1777, mas foi completada somente em 1784. Restou a decoração original do antigo Altar-Mor, magnífica testemunha do barroco joanino. As decorações da navata e do transepto, assim como os púlpitos, foram feitos respeiFOTOS: LUIZ ESTUMANO

tando os desenhos de Landi. A igreja foi construída em um terreno doado pelo capitão-mor Bento Maciel Parente. Essa construção inicial, que contemplava um convento, ficou em ruínas 60 anos depois de construída. Em 1696 foi levantada outra estrutura e apenas em 1708 foi construída a igreja atual. Nela havia duas naves: a principal e a do cruzeiro, sendo o Altar-Mor o mesmo da igreja desmoronada, reconstruído em 1766, trabalhado em prata e lavrado em Portugal, de onde vieram também as pe-

dras de lioz. No convento estiveram instalados o Conselho Geral da Província e a Assembleia Legislativa Provincial. No Carmo também funcionou por longos anos um dos internatos tradicionais da cidade, o Colégio Paraense; o Asilo das Órfãs Desvalidas; um Hospital Militar e o Seminário Menor. Tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN), atualmente o templo aguarda o início de uma reforma geral, orçada em R$ 4,18 milhões.

Nas próximas edições, confira a continuação da reportagem especial sobre as Igrejas históricas de Belém w DETERIORIZAÇÃO A Arquidiocese de Belém aguarda a finalização dos estudos técnicos da estrutura da Igreja do Carmo feitos pelo IPHAN para dar início à reforma. Templo atual foi construído em 1708 e o Alta-Mor reconstruído em 1766


11

BELÉM, DE 18 A 24 DE JANEIRO DE 2013

Belém

FOTOS: LUIZ ESTUMANO

w CONSAGRAÇÃO Dom Vicente Zico, Dom Alberto e Dom Teodoro

w ANTES DA MISSA Foi distribuído o bolo do aniversário no Ver-o-Peso

397 ANOS

Aos belenenses: "edifiquem sua cidade" Fiéis lotaram a Catedral na Missa de 397º Aniversário da Cidade de Belém

A

capital paraense celebrou no último sábado (12), seus 397 anos de fundação. Uma vasta programação religiosa, cultural e social marcaram os festejos de aniversário da capital paraense. Às 9h, o Arcebispo Metropolitano de Belém, Dom Alberto Taveira Corrêa, presidiu a Santa Missa de Ação de Graças pelo aniversário da cidade, na Catedral Metropolitana. Estiveram presentes na celebração o Prefeito Municipal de Belém, Zenaldo Coutinho, e o Presidente da Câmara Municipal, Paulo Queiroz

entre outros secretários e autoridades do município. Em sua homilia, dom Alberto conclamou os belenenses a buscarem edificar sua cidade para o bem. “Construir a cidade significa que cada cidadão e cada cidadã, assumam a sua responsabilidade e não fujam do bem que podem fazer pelo seu vizinho, pela sua rua e pelo seu bairro”, disse o Arcebispo. Você pode assistir à homilia e ver as fotos da missa do aniversário de Belém. É só acessar o Portal Nazaré: www.fundacaonazare.com.br.

w IMAGENS Duas de N. S. da Conceição e uma N. S. do Rosário ao acervo

w ABRAÇO DA PAZ Dom Alberto Taveira Corrêa cumprimenta o Prefeito de Belém, Zenaldo Coutinho

w DAS CERIMÔNIAS Participaram as autoridades da Igreja e do Poder Público

Museu ganha três imagens barrocas Ao final da Missa, as autoridades civis e eclesiásticas se dirigiram para a Igreja de Santo Alexandre, onde participaram de um Ato Litúrgico que marcou a integração de três imagens barrocas e um quadro pintado pelo pintor italiano Giuseppe Righini, ao

acervo histórico do Museu de Arte Sacra de Belém. O Arcebispo Metropolitano de Belém, Dom Alberto Taveira Corrêa, presidiu o ofício da hora terça e juntamente com o diretor do Museu de Arte Sacra, Padre Ronaldo

Menezes, agradeceu ao Governo do Estado pela doação das obras de arte. O Secretário de Cultura do Estado, Paulo Chaves, disse que é dever do governo a valorização de sua cultura. “Não existe desenvolvimento econômico e social, se em sua

essência não está contida a cultura”. Paulo Chaves também destacou a religiosidade da cidade, especialmente a devoção mariana. “São três Marias que resumem uma só: a Maria de Nazaré, a nossa Santa Maria de Belém”, destacou.

Dom Teodoro Mendes recebe a maior honraria do Município de Belém

w HOMENAGEM Prefeito de Belém entrega medalha a Dom Teodoro

Encerrando as comemorações da manhã do sábado (12), a Prefeitura Municipal de Belém agraciou com a Medalha Francisco Caldeira Castelo Branco dezesseis pessoas que contribuíram para o desenvolvimento da cidade. Entre elas, estava o Bispo Auxiliar de Belém, Dom Teodoro Mendes Tavares, que

em nome de todos os agraciados com a medalha, discursou e falou sobre o sentimento e a importância do recebimento da medalha. “Receber esta medalha no dia do aniversário de Belém nos estimula a amar e trabalhar sem cessar pelo crescimento e desenvolvimento desta cidade”, disse o Bispo.


ARQUIDIOCESE

DE BELÉM

PE. FLORENCE DUBOIS FUNDADOR

BELÉM, DE 18 A 24 DE JANEIRO DE 2013

www.fundacaonazare.com.br D O JORNAL CATÓLICO DA FAMÍLIA D

XCVIII - Nº 546 - PREÇO AVULSO: R$1,00

Hemopa convoca doadores a salvar vidas

LUIZ ESTUMANO

C e n t r o d e Hemoterapia e Hematologia do Pará faz campanha de doação de sangue para aumento do estoque. A ação visa suprir as necessidades do feriado do carnaval. Tipos negativos são os mais urgentes.

Festividade de São Sebastião A Paróquia São Sebastião localizada no Bairro da Sacramenta realiza programação litúrgica e cultural para festejar o dia do protetor da humanidade contra a guerra, 20 de janeiro. PÁGINA 15.

PÁGINA 9.

LUIZ ESTUMANO

Parabéns a cidade de Belém! No dia 12 de janeiro, Belém celebrou 397 anos com programações religiosas e culturais. Na Catedral, fiéis participaram da Santa Missa. PÁGINA 11. LUIZ ESTUMANO

w NA MISSA Prefeito de Belém, Presidente da CMB e Diretor de Captação de Recursos da FNC

Aos 67 anos, neo-sacerdote O Frei Capuchinho Silvimar Diniz é o mais novo sacerdote da Província Capuchinha Nossa Senhora do Carmo.

Ele foi ordenado na Paróquia São Francisco de Assis no dia 12 de janeiro. PÁGINA 7. IVAN CARDOSO

Igreja do Carmo e marcas do tempo Nesta edição da jornal Voz de Nazaré apresentamos a importância histórica da Igreja de Nossa C e n t r o d e Hemoterapia e Hematologia do Pará faz campanha de doação de sangue para aumento do estoque. A ação

Senhora do Carmo para evangelização na Arquidiocese de Belém. PÁGINA 10.


13

BELÉM, DE 18 A 24 DE JANEIRO DE 2013

Nazaré Repórter FOTOS: DIVULGAÇÃO

J Dedicação da Nova Igreja A Paróquia Nossa Senhora da Conceição, na Cidade Velha, se prepara para viver um momento muito especial de graça com a dedicação da nova Igreja Matriz, marcada para o dia 2 de fevereiro. Após cinco anos de construção, e com 95% das obras concluídas, o templo abrirá, oficialmente, as portas aos fiéis. A cerimônia de dedicação em honra à Imaculada Conceição de

Maria será presidida pelo Arcebispo Metropolitano de Belém, Dom Alberto Taveira Corrêa, às 19h, e contará com a presença de vários padres e bispos do Brasil. A obra assinada pelo artista sacro Cláudio Pastro tem capacidade para 700 lugares e será concluída no final deste ano, com a inauguração do novo batistério. Esta é a terceira igreja construída em 65 anos de história da paróquia.

J Curso Técnico de Comunicação em Rádio e TV J Vigília Eucarística na Igreja das Mercês Na sexta-feira (18), acontece na Igreja Nossa Senhora das Mercês, no bairro do Comércio, a XXII Grande Vigília Eucarística: “Eu creio, Senhor!”. O encontro de oração é realizado toda sexta-feira de cada mês, com início às 20h, com terços, pregações, leituras bíblicas

e vários momentos de oração, até às 6h da manhã. Também é realizado na Igreja, das 8h às 17h, o Domingão Com Jesus, que envolve vários momentos de oração é reflexão. É importante levar velas. Participe!

Na segunda-feira (21), se iniciarão as inscrições para a nova turma do Curso Técnico de Comunicação em Rádio e TV voltada para os setores operacionais, promovido pela Missão Friuli, do padre Cláudio Pighin, idealizador do projeto. As inscrições poderão ser feitas até o dia 2 de fevereiro, apresentando documento de identificação e uma taxa de R$ 20,00. No dia 4, ocorrerá o teste seletivo e o resultado sairá no dia 14. E no dia 19, os aprovados serão entrevistados e o resultado final sairá no dia 21. As aulas começarão no dia 4 de março. Para mais informações: 3223-6004.

J Curso na CAJU

J Nova coordenação do MCC

A Comunidade Católica Casa da Juventude, promove no dia19, das 14 às 18h, o curso: “Santos que mais influenciaram a história”, que será ministrado pelo padre dehoniano, Daniel Ribeiro que trabalha no Santuário São Judas Tadeu, em São Paulo. As inscrições custam somente R$ 15,00, e podem ser realizadas no dia do evento. Toda a renda arrecadada será revestida para a construção da Capela dedicada ao Beato João Paulo II. Mais informações: (91) 32361188.

Tomou posse neste janeiro, a nova Coordenação Colegiada do MCC, nomeada pelo Arcebispo de Belém, Dom Alberto Taveira Corrêa, constituída pelas cursilhistas Maria da Conceição Silva, Maria das Graças Sampaio e Silvia C. Lobato da Silva Vale. As novas Coordenadoras têm como missão conduzir o MCC por todo o ano de 2013.

J PASCOM convoca membros Está marcada para a quarta-feira, (23), às 20h, a primeira reunião da Pascom Arquidiocesana de 2013, na Paróquia Santa Cruz, na Av. Almirante Barroso. Na reunião

será divulgada a programação das oficinas, planejamento anual da Pascom e a programação em comemoração ao Dia Mundial da Comunicação.

J Parabéns à Cidade de Belém

n Por Darci da Silva Almeida Cidade hospitaleira A qual vou homenagear Seus túneis de mangueiras Proporcionam sombras a quem passar Do açaí quero o suco Da pupunha o paladar Pato no tucupi E maniçoba degustar Morena alegre e gentil Terra igual não há Tem a chuva das quatro da tarde E o delicioso tacacá Ao chegarmos na feira do ver-o-peso Vemos, frutas, peixes, e legumes Farinha d’água, pimenta cheirosa Banhos e patuás Tem os pontos de paradas Para cada usuário uma opção Não falta o corre, corre na parada Para utilizar a condução E nesse burburinho diário, Querida Belém do Pará Desejo-te Feliz Aniversário!

J Bodas de Ouro No próximo sábado, 26, os colaboradores da Família Nazaré Arthur Rodrigues de Souza e Maria de Lourdes Brito de Souza estarão comemorando suas bodas de ouro com cerimônia religiosa na Capela Berço de Belém. Após a benção, os brindes serão em uma casa de recepção, onde seus filhos Margarida Maria Rodrigues Catrini, Sandra do Socorro de Souza Poletti, Silvia do Socorro de Souza Cruz, Sérgio Nonato Brito de Souza e Silvana do Socorro de Souza Morais receberão os convidados. O amor permanece além do tempo. Felicidades ao casal!


14

BELÉM, DE 18 A 24 DE JANEIRO DE 2013

Igreja S

ervindo a Deus por meio do trabalho do serviço-escola do Encontro de Casais com Cristo em Belém, iniciamos mais um ano de caminhada. Conosco, cerca de 50 casais que coordenam as atividades do ECC nas paróquias da região Santa Cruz. Há muitos planos e esperanças para este ano de 2013, para o trabalho junto às famílias, atingidas como alvo principal daqueles que se opõem ao Plano de Deus; famílias atacadas desde sua origem, pensada e querida pelo Criador como formada pelo amor entre um homem e uma mulher, unidos pelos santos laços do matrimônio; fecunda em sua biologia, por gerar os filhos que Deus permitiu, responsabilidade assumida e consolidada na educação da fé e na formação de pessoas que assumam sua condição de filhos de Deus e de promotores da vida; indissolúvel, porque Deus os uniu, porque Cristo está presente neste laço perene; na oração, no perdão, no amor vivenciado; quer nas alegrias, quer nos momentos difíceis, nos instantes de sucesso e nos momentos de fracasso; monogâmica e fiel, porque assim é a coluna em que nos sustentamos – Cristo, o cordeiro imolado, obediente

Sal e Luz Leno Carmo (lenocarmo@yahoo.com.br)

A alegria de recomeçar ao Pai, fidelidade que se expressa no amor responsável, na perseverança rumo ao céu; família que é o espaço da solidariedade entre os sexos e as gerações. Sabemos dos percalços do caminho, do que enfrentaremos das ações daqueles que resolvem agir na contramão do anúncio do Reino às famílias, e muitas vezes, apenas o fazem em nome da própria vaidade, mas como nos diz São Paulo, na carta aos Filipenses, a nossa busca é pelo alto: “(..) há muitos que vivem como inimigos da cruz de Cristo (...) , o deus deles são os desejos do corpo. Eles têm orgulho daquilo que devia ser uma vergonha para eles e pensam somente nas coisas que são deste mundo, o seu destino é a perdição, o seu deus é o estômago e têm orgulho do que é vergonhoso; eles só pensam nas coisas terrenas. Mas nós somos cidadãos do céu e estamos esperando ansiosamente o nosso Salvador, o Senhor Jesus Cristo, que virá de lá”. A caminhada é longa, mas temos a certeza da luz

A caminhada é longa, mas temos a certeza da luz do Espírito a nos iluminar e guiar nosso caminho

do Espírito a nos iluminar e guiar nosso caminho, “trabalho e festa”, como nos orienta o Santo Padre Bento XVI, na sua reflexão para as famílias. Juntamente com todos aqueles casais que, nas demais regiões setoriais de Belém, também estão envolvidos nesta dinâmica, estamos comprometidos, com alegria, nesta ação. Para isto, o apóstolo dos gentios continua a nos orientar: “vamos em frente, na mesma direção que temos

seguido até agora. Meus irmãos, continuem a ser meus imitadores. E olhem com atenção também os que vivem de acordo com o exemplo que temos dado a vocês.”. Com sabedoria, Paulo também nos alerta para este referencial; a vida humilde, empenhada, perseverante e amorosa de famílias que vivem sua fé e que a testemunham no amor, na caridade, na vivência dos sacramentos, no amor à Eucaristia. Elas vem de tantos lugares, mas tem uma coisa em comum; a simplicidade e a sinceridade no olhar, a esperança, a fé no amor de Deus para a humanidade. Com elas tanto aprendemos, na beleza e na certeza da fé que professam. Nosso povo simples, amados de Deus. “Para terminar: meus irmãos, sejam alegres por e s t a re m u n i d o s c o m o Senhor”; finaliza Paulo, e que alegria estar nesta união com Ele, poder anunciá-lo, falar do seu amor, trabalhar para vivenciar o que professamos, viver nossa fé católica, mesmo com todas as nossas limitações, partilhar nossos

dons, refletir com tantos casais a importância do diálogo entre eles e com os filhos, buscar a harmonia conjugal, a presença de Maria nos lares, o trabalho na comunidade, a alegria de anunciar a Boa Nova e assim, encontrar em Cristo o sentido de nossa vida. Nos olhos brilhantes dos casais que compõem os novos grupos que vivenciarão conosco este ano, ficou clara para nós, a luz da esperança em fazer um trabalho que ajude, efetivamente, as famílias a valorizar seu matrimônio, colocá-lo como sinal a serviço do amor, dos irmãos; um trabalho que ajude as pessoas a conhecer a Igreja do Cristo, suas orientações, liturgia, sua catequese, expressões do que Jesus deixou para todos os homens, de todos os tempos; um trabalho que evidencie a dignidade da pessoa humana, a defesa da vida, desde sua concepção até seu natural ocaso e a construção da justiça social, denunciando a corrupção, os “esquemas” da cultura de morte, as ideologias que se opõem ao amor de Deus. Estamos todos juntos, neste sonho e nesta esperança, na fé por um ano de muitos desafios, mas acima de tudo, da presença do Cristo no meio de nós. Como é bom recomeçar assim. Amém.


15

BELÉM, DE 18 A 24 DE JANEIRO DE 2013

Arquidiocese MINHA PARÓQUIA, MINHA VIDA

Sob a luz da Divina Misericórdia Sem Igreja Matriz, Pe. Edvaldo trabalha por melhoria da estrutura paroquial

A

FOTOS: LUIZ ESTUMANO

Paróquia Divina Mia avenida temos somente sericórdia, no bairro uma capela dedicada a de Águas Negras, DisNossa Senhora do Perpétuo trito de Icoaraci, apesar de Socorro, e mais adiante ter um ano e dez meses de a Paróquia de Fátima. criada, possui desafios que Precisamos intensificar não são nada pequenos. nossa presença nesta área”, A paróquia possui dez disse o pároco que espera comunidades que são resposta da Companhia de divididas em três setores Habitação do Estado do de missão. Os setores são: Pará (Cohab) sobre a doação Nossa Senhora do Carmo, de um possível terreno. que abrange as comunidades O social na paróquia Nossa Senhora do Carmo também não é esquecido. (sede administrativa da Como forma de auxílio aos paróquia), Santo Antônio, que mais precisam, existe o Nossa Senhora do Perpétuo Centro Pastoral Padre João Socorro e São Pedro; setor Maria Van Doren, que Cristo Redentor, o setor sedia aulas de reforço que abrange as capelas do Cristo são lecionadas pelas Irmãs Re d e n t o r, S a n t í s s i m a Franciscanas do Sagrado Tr i n d a d e e S a g r a d a Coração e por algumas Família; setor Santa Luzia, senhoras formadas em que além da comunidade w SEM MATRIZ Na Comunidade N. S. do Carmo fica localizada a atual sede administrativa pedagogia. As aulas que dá nome ao setor, acontecem durante e a movimentos também contribuem apesar de tão pouco tempo, já também abrange a Comunidade semana e aos finais de semana bastante para o desenvolvimento desenvolveu um trabalho bastante Santa Rita e São José Operário. o centro se torna ambulatório da comunidade paroquial, entre importante, principalmente no que Além disso, existem também os médico com consultas, e a eles se destacam: Apostolado da diz respeito à criação dos setores de núcleos de evangelização que são partir de fevereiro será também Oração, Legião de Maria, Grupo missão. “Estamos progredindo. O centralizados nos condomínios e realizado atendimento jurídico. de Coroinhas, equipes de cantos e o período de um ano é um período residenciais que ficam dentro do O pároco procura um psicólogo Grupo de Senhoras, que ajudam na de observação. O progresso deve território paroquial. que possa atender aos jovens e confecção de paramentos litúrgicos ser eterno, sempre estaremos A paróquia não possui ainda famílias da área. e doam objetos para sorteios e progredindo. Estamos tomando uma igreja matriz, por isso, a ainda mais consciência da nossa promoções que visem ajudar comunidade sonha com uma financeiramente a paróquia. identidade como porção da nossa melhor estrutura para a realização A paróquia que possui Arquidiocese. Antes de construir de suas atividades pastorais, um templo, eu me preocupo com como padroeira a Divina litúrgicas e evangelizadoras. A Misericórdia, tem seu ponto a formação do povo, a igreja viva. dona de casa Edeci Mendes, alto com a festividade que Preocupo-me principalmente de 38 anos, é uma das que com a consciência do ser acontece sempre no segundo esperam poder ver a igreja domingo da Páscoa, data católico”, diz padre Edvaldo. E com salão, casa e secretaria em que a Igreja celebra a uma iniciativa do pároco para paroquial. “Sonho em um o aprofundamento da fé Divina Misericórdia, que dia ver nossa Paróquia com tem como principal católica é a Escola da Fé uma sede centralizada, e o ato de devoção a realizada todas as terças nosso povo unido”, disse. recitação do Terço e quintas. Às terças, os Pa d re E d va l d o da Misericórdia, participantes estudam A n d ra d e A maral, é que foi iniciado s o b re a l g u m l i v ro quem está à frente deste n a Po l ô n i a p o r bíblico, e nas quintas o grande desafio. Segundo S a n t a Fa u s t i n a tema estudado é voltado ele, “é preciso colocar Kowalska. Em todas para o Catecismo da Igreja na mente das pessoas as comunidades da Católica (CIC). que todos são capazes de paróquia, semanalmente A paróquia desde a serem agentes da melhoria há a recitação deste terço. última sexta-feira (11), na comunidade. Isso é um Padre Edvaldo conta que conta com o auxílio de sete incentivo às iniciativas de o projeto de construção da seminaristas do Seminário correspondências pastorais. igreja matriz é para que seja Maior, que fazem o estágio To d o s s ã o c a p a z e s ! construído nas margens da pastoral na área paroquial. Ninguém é eterno, é preciso Av. Augusto Montenegro, As pastorais mais preparar as lideranças um santuário dedicado a a t i va s d a p a r ó q u i a , para um serviço pastoral e Jesus Misericordioso. “Vejo o segundo o pároco, são: da inovador”. progresso desta área muito w ESCOLA DA FÉ Pe. Edvaldo incentiva Criança, da Liturgia, da Padre Edvaldo assumiu bem vindo, mas temos que os paroquianos a aprofundarem os Catequese, do Dízimo a Paróquia no dia 29 saber lidar com ele. Em toda estudos da bíblia e do Catecismo e d o M e n o r. O s de julho de 2012, e,

dona de casa Edeci Mendes, de 38 anos, é uma das que esperam poder ver a igreja com salão, casa e secretaria paroquial. “Sonho em um dia ver nossa Paróquia com uma sede centralizada, e o

ele, “é preciso colocar na mente das pessoas que todos são capazes de serem agentes da melhoria na comunidade. Isso é um incentivo às iniciativas de correspondências pastorais. To d o s s ã o c a p a z e s ! Ninguém é eterno, é preciso preparar as lideranças para um serviço pastoral e Padre Edvaldo assumiu a Paróquia no dia 29

a formação do povo, a igreja viva. Preocupo-me principalmente com a consciência do ser católico”, diz padre Edvaldo. E uma iniciativa do pároco para o aprofundamento da fé católica é a Escola da Fé realizada todas as terças

para o Catecismo da Igreja Católica (CIC). última sexta-feira (11), conta com o auxílio de sete seminaristas do Seminário Maior, que fazem o estágio pastoral na área paroquial. a t i va s d a p a r ó q u i a , segundo o pároco, são: da

promoções que visem ajudar financeiramente a paróquia. A paróquia que possui como padroeira a Divina Misericórdia, tem seu ponto alto com a festividade que acontece sempre no segundo domingo da Páscoa, data em que a Igreja celebra a Divina Misericórdia, que tem como principal

S a n t a Fa u s t i n a Kowalska. Em todas as comunidades da paróquia, semanalmente há a recitação deste terço. Padre Edvaldo conta que o projeto de construção da igreja matriz é para que seja construído nas margens da Av. Augusto Montenegro, um santuário dedicado a Jesus Misericordioso. “Vejo o

w EM ICOARACI Agentes pastorais atuam pela melhoria da comunidade

w COMUNIDADE Gerações unidas em prol da evangelização


16

BELÉM, DE 18 A 24 DE JANEIRO DE 2013

A semana AGENDA DE DOM TEODORO TAVARES

AGENDA DE DOM ALBERTO CORRÊA n De 18 a 24 de janeiro

n De 18 a 24 de janeiro

w Domingo, dia 20 19h: Missa na Paróquia São Sebastião, no Bairro Sacramenta

w Segunda-feira, dia 21 (até o dia 24) Semana de Formação sobre a Campanha da Fraternidade 2013

w Segunda-feira, dia 21 (até o dia 24) Semana de Formação sobre a Campanha da Fraternidade 2013

Os compromissos de Dom Teodoro Mendes Tavares podem sofrer alterações sem aviso prévio.

FOTOS: LUIZ ESTUMANO

Os compromissos de Dom Alberto Taveira podem sofrer alterações sem aviso prévio.

Horários de Missas na Arquidiocese de Belém REGIÃO EPISCOPAL DE SANT’ANA Nossa Senhora da Graça

(Catedral) Cidade Velha - Belém Sábado: 19h Domingo: 7h, 9h e 19h Telefone: 3223-2362/ 3225-2715

Igreja N. S. das Mercês

(Reitoria) Comércio - Belém Sábado: 12h e 17h Domingo: 12h e 17h Telefone: 3212-3102

Sant'Ana da Campina

Comércio - Belém Sábado: 12h (Col. Sto. Antônio) Domingo: 7h (Col. D. Bosco) 9h (Col. Sto. Antônio) Telefone: 3283-4006 São Judas Tadeu

Condor - Belém Sábado: 18h Domingo: 7h e 18h Telefone: 3283-6020

Sta. Terezinha do Menino Jesus

Jurunas - Belém Sábado: 6h30 e 18h30 Domingo: 6h30, 8h30 e 18h Telefone: 3272-2251

Santo Antônio de Lisboa

Batista Campos - Belém Sábado: 6h30, 12h, 17h e 18h30 Domingo: 8h, 11h, 17h, 18h30 e 20h Telefone: 3215-7004/ 3222-0097

Santíssima Trindade

Capina - Belém Sábado: 16h Domingo: 7h, 10h, 11h30, 17h30 e 19h Telefone: 3215-7007/ 3242-4917

N. S. da Conceição

Cidade Velha - Belém Sábado: 18h30 Domingo: 6h30, 8h30 e 18h30 Telefone: 3215-7006

São José Operário

Umarizal - Belém Sábado: 19h Domingo: 7h, 11h e 19h Telefone: 3251-0029

Santa Luzia

Jurunas - Belém Sábado: 7h, 17h e 19h Domingo: 7h30 e 19h Telefone: 3271-2146 REGIÃO EPISCOPAL SANTA MARIA GORETTI

São Pedro e São Paulo

De 18 a 24 de janeiro Domingo, dia 20 19h: Missa na Paróquia São Sebastião, no Bairro

dia 21 (até o dia 24) Semana de Formação sobre a Campanha da

De 18 a 24 de janeiro

Semana de Formação sobre a Campanha da Fraternidade

Domingo: 7h, 8h30, 17h30 e 20h Telefone: 3226-2151/ 3226-2612

Domingo: 7h30, 9h, 17h, 19h Telefone: 3277-4641

São Domingos de Gusmão

São Raimundo Nonato

Terra Firme - Belém Sábado: 19h Domingo: 7h, 8h30 e 19h30 Telefone: 3283-6023 São Miguel

Cremação - Belém Sábado: 18h30 Domingo 7h30, 11h e 18h30 Telefone: 3283-6022 Nossa Senhora de Fátima

Fátima - Belém Sábado: 17h30 Domingo: 6h45, 8h30, 17h30e 19h30 Telefone: 3228-0864

Santa Cruz

Marco - Belém Sábado: 7h e 18h30 Domingo: 7h, 9h, 11h30 e 18h30 Telefone: 3277-4640/3276-0941

Nossa Senhora da Conceição Aparecida

Pedreira - Belém Sábado: 19h Domingo: 7h, 9h, 19h Telefone: 3264-9062/

São Francisco Xavier

Guamá - Belém Domingo: 9h30 e 18h Telefone: 3283-6023

Marco - Belém Sábado: 19h Domingo: 7h, 8h, 18h Telefone: 3283-3052

N. S. de Nazaré (Basílica Santuário)

Nossa Senhora Mãe da Divina Providência

Paróquia Santa Maria Goretti

Nazaré - Belém Sábado: 7h, 8h30,12h,17h Domingo: 6h30, 8h, 10h, 16h30, 18h, 20h Telefone: 4009-8400 São Francisco de Assis

(Capuchinhos) São Brás - Belém Sábado: 19h30 Domingo: 6h, 7h30,9h30,18h, 20h Telefone: 3073-1500 Santo Antônio do Tucunduba

Guamá - Belém Sábado: 19h30 Domingo: 7h e 19h30

REGIÃO EPISCOPAL SANTA CRUZ Imaculada Conceição

Castanheira - Belém Sábado: 19h Domingo: 7h e 19h Telefone: 3277-4642 São Sebastião

Sacramenta - Belém Sábado e domingo: 7h; 17h e 19h Telefone: 3264-9060/3254-7354 Jesus Ressuscitado

Marambaia - Belém Sábado: 19h Domingo: 7h, 9h e 19h Telefone: 3277-4643 São Geraldo Magela

Val de Cans - Belém Sábado: 19h Domingo: 7h30 e 18h Telefone: 3257-7950

Guamá - Belém Sábado: 19h Domingo: 7h, 9h e 18h30 Telefone: 3283-6021/ 3259-0413

Telégrafo - Belém Sábado: 19h Domingo: 7h, 8h30, 17h30 e 19h Telefone: 3264-9061

São José de Queluz

São Jorge

Canudos - Belém Sábado: 6h30 e 20h

Umarizal - Belém. Sábado e domingo: 6h30 e 18h Telefone: 3244-8416

N. S. do Perpétuo Socorro

Marambaia - Belém Sábado: 19h

Val de Cans - Belém Sábado:19h Domingo: 7h e 19h Telefone: 3257-2388

Sagrada Família

Curió Utinga - Belém. Sábado: 7h e 19h30 Domingo: 7h, 9h e 19h30 REGIÃO EPISCOPAL SÃO JOÃO BATISTA

São João Batista e Nossa Senhora das Graças

Icoaraci - Belém. Sábado: 6h30 e 20h Domingo: 7h, 10h, 18h Telefone: 3297-7250

São Francisco de Assis

Tapanã - Belém Domingo: 7h e 18h30 Telefone: 3258-8036

Coração Eucarístico de Jesus

Catalina - Belém Sábado: 19h30 Domingo: 7h, 10h e 19h

N. S. da Imaculada Conceição

Outeiro - Belém Sábado: 8h Domingo: 7h Telefone: 3277-4648

N. S. do Bom Remédio

Conjunto Satélite - Belém Sábado: 17h30 Domingo: 7h, 18h30 Telefone: 3289-5355 Natividade de Nosso Senhor Jesus Cristo

Conjunto Sideral - Belém Domingo: 7h, 9h, 18h Telefone: 3288-4250 Santo Antônio de Pádua

Coqueiro - Ananindeua Sábado: 19h Domingo: 7h e 18h Telefone: 3237-8350

Santo Afonso de Ligório

Pratinha - Belém Sábado: 19h Domingo: 8h30, 19h Telefone: 3258-1554/3274-8281 Arcanjo São Miguel

Santa Edwiges

N. S. Auxiliadora

Anita Gerosa (Aurá) - Ananindeua Domingo: 7h e 18h Telefones: 8102-3650/ 3255-3828 N. S. das Vitórias

Sagrado Coração de Jesus

Menino Deus

Centro - Marituba Domingo: 6h, 8h30, 18h Telefone: 3237-8351 N. S. de Nazaré

Colônia - Marituba Domingo: 9h Telefone: 3279-2624

Santo Inácio de Loyola

Icui Guajará - Ananindeua Domingo: 7h, 18h Telefone: 3295-3545

São Lucas Evangelista

Guajará - Ananindeua Sábado: 19h Domingo: 7h, 9h, 18h Telefone: 3279-2621

Santa Teresinha

Águas Lindas - Ananindeua Domingo: 7h30, 18h Telefone: 3245-7440

N. S. de Guadalupe

Coqueiro - Ananindeua Sábado: 18h30 Domingo: 7h, 9h, 18h Telefone: 3245-7440 Jaderlândia - Ananindeua Domingo: 19h Telefone: 3237-9891 Cidade Nova VI - Ananindeua Sábado: 19h30; Domingo: 6h30, 8h15, 18h Telefone: 3279-2620

Transfiguração do Senhor

Curuçambá - Ananindeua Sábado: 18h30, 20h Domingo: 7h30, 19h Telefone: 3282-1274

Santa Rita de Cássia

Cidade Nova V - Ananindeua. Sábado: 6h30, 17h30 Domingo: 6h30, 8h30, 17h30, 19h30. Telefone: 3273-3191/ 3273-3310

São Vicente de Paulo

Paar - Ananindeua Domingo: 7h, 8h30, 19h Telefone: 3283-8400

São José Operário

Conj. Carnaúba, Icuí Domingo: 7h e 18h Telefone: (91) 3295-3545/ 3031-1172

N. S. das Graças

Nova Marambaia - Belém Sábado: 19h Domingo: 7h, 9h30, 18h Telefone: 3279-1654

Centro - Ananindeua Sábado: 19h Domingo: 7h, 19h Telefone: 3255-2654

N. S. Rainha da Paz

Vila - Mosqueiro Sábado: 19h30 Domingo: 6h30, 9h30, 19h30 Telefone: (91) 3771-1278

Bengui - Belém Domingo: 7h, 9h, 18h30 Telefone: 3277-4645

Coqueiro - Ananindeua Sábado: 7h Domingo: 7h, 9h30, 19h30 Telefone: 3263-0603

Santa Paula Frassinetti

Jesus Bom Samaritano

Cotijuba - Belém Sábado: 19h30; Domingo: 8h, 9h30, 19h30 Telefone: 3247-1438

Divino Espírito Santo

REGIÃO EPISCOPAL MENINO DEUS

Águas Lindas - Ananindeua Sábado: 19h Domingo: 7h30, 9h, 18h Telefone: 3265-5413

São Francisco das Ilhas

Guanabara - Ananindeua Domingo: 7h, 9h30, 19h30 Telefone: 3235-1405

Cristo Peregrino

Nossa Senhora de Fátima

Tapanã - Belém. Sábado: 7h Domingo: 7h30 e 19h30 Telefone: 3033-2004

Cristo Rei

Una - Ananindeua Sábado: 6h30 Domingo: 7h, 20h Telefone: 3234-4674

Almir Gabriel - Marituba Sábado: 19h Domingo: 7h, 19h Telefone: 3256-7655

Icoaraci - Belém Sábado: 20h Domingo: 7h, 19h Telefone: 3297-7251

REGIÃO EPISCOPAL SÃO VICENTE DE PAULO

N. S. do Ó

Não encontrou o horário da sua paróquia aqui?

Entre em contato com seu pároco ou com a secretaria da sua paróquia e solicite que nos informem para podermos publicar.


17

BELÉM, DE 18 A 24 DE JANEIRO DE 2013

Arquidiocese N

o domingo (20) é dia de comemorar a festa do glorioso São Sebastião, protetor da humanidade contra a fome, a peste e a guerra. Devoção, fé e muita emoção farão parte da grande procissão que sairá às 19h da Escola Salesiana até a igreja matriz no bairro da Sacramenta, em Belém. Alvorada festiva, queima de fogos, bingo, shows, almoço, batizados, celebrações, procissão e casamento comunitário estão fazendo parte das comemorações durante a semana da festividade. A festividade tem como o tema: “Com o jovem Mártir São Sebastião, evangelizamos toda a juventude em nossa missão”. Segundo o vigário da paróquia, padre Pedro Diocrécio, o evento serve para reforçar a fé a exemplo de São Sebastião. “É um momento de grande alegria e oportuno de honrar e alimentar o exemplo de São Sebastião neste mundo coberto pela violência, pestes e fome que envolve toda a comunidade do bairro”. Ainda comenta como foi pensado para definir o tema da festividade. “Neste ano vamos refletir a importância da juventude como força vital da igreja, mas também focar na Jornada Mundial da Juventude e da Campanha da Fraternidade que foca justamente nos jovens”. Devotos e moradores em torno da paróquia dizem esperar ansiosos pela festividade até o término dela. Assim é a dona Lindalva Nascimento, coordenadora de equipe do ECC da paróquia São Sebastião, diz que é uma alegria fazer parte da preparação para receber todas que fazem parte da comunidade e aquele que se sinta tocado em participar. “Há 19 anos faço parte da paróquia. A cada ano o sentimento é de mais alegria, mas o trabalho é feito o ano todo para que a festividade aconteça criando assim um laço de comprometimento e fraternidade com nosso pároco padre Joel Lopes e toda a comunidade que se faz presente”.

FESTA

Paróquia celebra São Sebastião em Belém A Santa Missa do padroeiro será presidida por Dom Alberto Taveira Corrêa, no dia 20, às 19h IVAN CARDOSO

w REECONTRO Pe. Francisco Nunes, ex-vigário paroquial, presidiu a Santa Missa no dia 15 de janeiro

Testemunho de Fé LUIZ ESTUMANO

“Tenho uma devoção por Nossa Senhora desde pequeno. De um tempo para cá, eu sonhava em ser seu guarda na Basílica Santuário. Fui então convidado para participar do curso em junho de 2012, e logo no início fui acometido de

uma tuberculose, o que colocou em risco a realização do meu sonho. Mas Nossa Senhora foi tão boa comigo, que neste período da minha doença, as aulas foram suspensas e das 16 aulas que tiveram, só faltei uma. Fui admitido na Guarda e

realizei meu sonho no dia 24 de junho de 2012.” ULISSES MONTEIRO,

47 anos, gerente de loja

Parabéns para você! IVAN CARDOSO

Agradeço a Deus pela minha saúde, família e pelo amor e fé que tenho em Nossa Senhora. MARIA DO CARMO

FERREIRA FRANCO,

22 de janeiro, 66 anos 18/01 Abilio Paes dos Santos Ana Paula Rodrigues De Melo Carlos Alberto Candeira Barra Haroldo Lisboa da Silva e Maria Goretti Bittencourt da Silva Jesus Silva Botelho Luiz Santos de Alencar Maria da Conceição de Lima Moy Maria da Salete Azevedo Andrade

Raimundo Sávio Barros Batista 19/01 Ana Célia Oliveira de Andrade Dinair Nascimento Machado Eunice do Socorro Franca Monteiro Izabel Monteiro dos Santos Leni de Andrade da Silva Marcello Dellavalle Maria Stella de Oliveira 20/01 Ana Maria da Silva Braga Daniel Sebastião Nascimento Eliana de Nazaré de Lima Queiroz Maria de Fátima de Carvalho Sales Maria Elieni Silva de Souza Nilda Carneiro da Silva Oneide Macedo Ferreira Sebastiana Alves Maciel Sebastiana Rodrigues Teixeira Sebastiana do Carmo Sebastião da Silva Oliveira 21/01 Adalgiza da Silva Eleres Francisca de Fátima Cavalcante Pereira Inês Conceição Araujo Joaquim Roberto Martins Moraes Marcos Farias dos Santos Maria de Fátima Valente da Silva Maria das Graças Nunes Aviz Pinho Quintino José de Souza e Silvana Lima De Souza

Raimunda Inez da Silva Suarez 22/01 Augusto Angelo Noronha Risuenho Ely Benevides de Sousa Marco Antonio da Costa Azevedo Maria do Carmo Ferreira Franco Pedro Odival Miranda de Oliveira Sheila Bechair Nogueira 23/01 Aldalita Sarmento Cunha Bruna Cantao Moreira Carla Nathalie Nunes Biancard Cinthya Lucia Nahmias De Oliveira Leão Dirce da Silva Paz Elcinda de Lima Pinheiro Maria de Nazare das Neves Fernandes Maria Teixeira Chagas w

Telma Socorro Zagallo Pinto 24/01 Amélia Cristino Mendes Antonio Carlos da Silva Celina da Paz Ramos Lima Danny Alexandre Ruiz da Silva Francisco Ferreira Risuenho Liana da Conceição Soares Tavares Lourdes de Fátima Gonçalves Furtado Luciano Alves Monteiro Maria José de Souza Pereira Maria do Amaral Mota Maria da Paz de Souza Ferro Maria Nelci da Paz Coelho Maria Anezia Travassos Gama Rayssa Pires de Farias Rosemeire Regina de Almeida Souza

Aniversário natalício de padres e diáconos diocesanos 18/01 - Diácono José dos Santos Ventura 18/01 - Diácono Ricardo Nazareno Barra Cordeiro 21/01 - Diácono Antônio Carlos Gomes de Freitas 23/01 - Diácono João Bosco Pessoa Chaves 23/01 - Padre João Pilotti

w

Aniversário de ordenação dos padres e diáconos diocesanos 23/01 - Padre Frei Reginaldo Batista Sousa

Ajude a manter a Fundação Nazaré de Comunicação. Ligue para 4006-9200 e seja sócio da Família Nazaré.


18

BELÉM, DE 18 A 24 DE JANEIRO DE 2013

Fundação Nazaré Escute na Rádio Nazaré SEXTA - FEIRA 04h00 - Abertura da Emissora 04h05 - Especial Pe. Zezinho 05h00 - Lírio Mimoso 05h05 - Cura-me Senhor 05h10 - Oração do Ângelus 05h15 - Liturgia das horas - Láudes 05h30 - Oração do Terço - Mistérios Dolorosos 06h00 - Voz do Pastor 06h30 - A Bíblia ao alcance de todos 06h50 - Caminhando na Fé 07h00 - Jornal Brasil Hoje 07h30 - Especial Roberto Carlos 08h00 - Igreja Ponto a Ponto 08h55 - Plantão RCR 09h00 - Nazaré em revista 09h30 - Informe notícia 09h55 - Plantão RCR 10h30 - Informe Notícia 11h55 - Momento de Oração - Oração do Ângelus, Pai - nosso 12h00 - A voz do pastor 12h15 - Cardápio Instrumental 14h00 - Estação Segurança 14h30 - Informe Noticias 15h00 - Terço da Misericórdia 15h30 - Informe Noticias 15h55 - Plantão RCR 16h00 - Freqüência Musical 16h30 - Informe Notícia 17h30 - Informe Notícia 17h45 - Liturgia das horas - Vésperas 17h55 - Oração do Ângelus 18h00 - Voz do Pastor 18h15 - Oração do Terço – Mistérios Dolorosos 18h40 - Musical Mariano 19h00 - Voz do Brasil 20h00 - Saudade em Versos e Canções 22h00 - A voz do pastor 22h30 - Jornal RNA 23h00 - Programa Salmos ao Deus da Vida 23h50 - Mensagem de Encerramento 00h00 - Rede Milícia Sat – Igreja no Rádio SÁBADO 04h00 - Abertura da Emissora 04h05 - Especial Pe. Zezinho 05h00 - Lírio Mimoso 05h05 - Cura-me Senhor 05h10 - Oração do Ângelus 05h15 - Liturgia das horas - Láudes 05h30 - Oração do Terço - Mistérios Gozosos 06h00 - Voz do Pastor 06h30 - Questão de Fé 07h00 - Jornal Brasil Hoje 07h30 - Especial Roberto Carlos 08h00 - Conhecendo Jesus 10h00 - Maria de Todos os Povos 11h55 - Momento de Oração - Oração do Ângelus, Pai - nosso 12h00 - A voz do pastor 12h15 - Cardápio Instrumental 14h00 - Caminho Aberto 15h00 - Criança Evangelizando Criança 16h00 - Evangelizando Através do Dizimo 17h00 - Musical Nazaré

17h45 - Oração das Vésperas 17h55 - Oração do Ângelus 18h00 - Voz do Pastor 18h15 - Oração do Terço - Mistérios Gozosos 18h30 - Musical Mariano 18h30 - Preparando a Festa 19h00 - Musical Nazaré 22h00 - A voz do Pastor 22h15 - Domínio jovem 23h50 - Mensagem de Encerramento 00h00 - Rede Milícia Sat

DIVULGAÇÃO

DOMINGO 04h00 - Abertura da Emissora 04h05 - Especial Pe. Zezinho 05h00 - Lírio Mimoso 05h05 - Cura-me Senhor 05h10 - Oração do Ângelus, 05h15 - Liturgia das horas - Láudes 05h30 - Oração do Terço - Mistérios Gloriosos 06h00 - Voz do Pastor 06h30 - Preparando a Festa 07h00 - SANTA MISSA 08h00 - Vem e Segue-me 10h00 - Domingo Alegre 11h55 - Momento de Oração - Oração do Ângelus, Pai - nosso 12h00 - A voz do pastor 12h15 - Cardápio Instrumental 14h00 - A Vida e o Tempo - Envelhecer de Bem com a Vida 16h00 - As Mais Tocadas 17h00 - Raiz do Céu 17h55 - Oração do Ângelus 18h00 - Voz do Pastor 18h15 - Liturgia das Horas - Vésperas 18h30 - Oração do Terço - Mistérios Gloriosos 19h00 - Clássico Nazaré 20h00 - Circuito MPB 22h00 - A voz do Pastor 22h15 - Especial PE. Zezinho 23h50 - Mensagem de Encerramento 00h00 - Rede Milícia Sat - Igreja no Rádio SEGUNDA - FEIRA 04h00 - Abertura da Emissora 04h05 - Especial Pe. Zezinho 05h00 - Lírio Mimoso 05h05 - Cura-me Senhor 05h10 - Oração do Ângelus 05h15 - Liturgia das horas - Láudes 05h30 - Oração do Terço - Mistérios Gozosos 06h00 - Voz do Pastor 06h15 - Forrozinho da fé 06h30 - A Bíblia ao alcance de todos 06h50 - Caminhando na Fé 07h00 - Jornal Brasil Hoje 07h30 - Especial Roberto Carlos 08h00 - Igreja Ponto a Ponto 08h55 - Plantão R CR 09h00 - Nazaré em revista 09h30 - Informe Notícia 09h55 - Plantão RCR 10h30 - Informe Notícia 11h50 - Momento de Oração - Oração do Ângelus, Pai - nosso

O programa A V I D A E O TEMPO - Envelhecer de Bem com a Vida esclarece diversos assuntos relacionados à qualidade de vida e direitos do idoso. É apresentado por NICE RIBEIRO aos domingos, às 14h.

12h00 - A voz do Pastor 12h20 - Cardápio Instrumental 14h00 - Saúde e Cidadania 14h30 - Informe Notícia 15h00 - Terço da misericórdia 15h30 - Informe Notícia 15h55 - Plantão R C R 16h00 - Frequência Musical 16h30 - Informe Notícia 17h30 - Informe Notícia 17h50 - Oração do Ângelus 17h45 - Liturgia das horas- Vésperas 18h00 - Voz do Pastor 18h15 - Oração do Terço - Mistérios Gozosos 18h40 - Musical Mariano 19h00 - Voz do Brasil 20h00 - Crescendo na Fé 21h00 - Orando com Você - Com. Maíra 22h00 - A voz do pastor 22h30 - Jornal RNA 23h00 - Programa Salmos ao Deus da Vida 23h50 - Mensagem de Encerramento 00h00 - Rede Milícia Sat - Igreja no Rádio TERÇA - FEIRA 04h00 - Abertura da Emissora 04h05 - Especial Pe. Zezinho 05h00 - Lírio Mimoso 05h05 - Cura-me Senhor

05h10 - Oração do Ângelus 05h15 - Liturgia das horas - Láudes 05h30 - Oração do Terço - Mistérios Dolorosos 06h00 - Voz do Pastor 06h15 - Forrozinho da fé 06h30 - A Bíblia ao alcance de todos 06h50 - Caminhando na Fé 07h00 - Jornal Brasil Hoje 07h30 - Especial Roberto Carlos 08h00 - Igreja Ponto a Ponto 08h55 - Plantão R C R 09h00 - Nazaré em revista 09h30 - Informe notícia 09h55 - Plantão RCR 10h30 - Informe Notícia 11h55 - Momento de Oração - Oração do Ângelus, Pai - nosso 12h00 - A voz do Pastor 12h15 - Cardápio Instrumental 14h00 - Direito e Cidadania 14h30 - Informe Notícia 15h00 - Terço da Misericórdia 15h30 - Informe Notícia 15h55 - Plantão R C R 16h00 - Freqüência Musical 16h30 - Informe Notícia 17h25 - Informe Notícia 17h30 - Liturgia das Horas - Vésperas 17h45 - Voz do Pastor 18h00 - Novena Nossa Senhora Perpétuo Socorro 18h30 - Musical Mariano 19h00 - Voz do Brasil 20h00 - Família em Ação 22h00 - A voz do pastor 22h30 - Jornal RNA 23h00 - Programa Salmos ao Deus da Vida 23h50 - Mensagem de Encerramento 00h00 - Rede Milícia Sat – Igreja no Rádio QUARTA - FEIRA 04h00 - Abertura da Emissora 04h05 - Especial Pe. Zezinho 05h00 - Lírio Mimoso 05h05 - Cura-me Senhor 05h10 - Oração do Ângelus 05h15 - Liturgia das horas - Láudes 05h30 - Oração do Terço - Mistérios Gloriosos 06h00 - Voz do Pastor 06h15 - Forrozinho da fé 06h30 - A Bíblia ao alcance de todos 06h50 - Caminhando na Fé 07h00 - Jornal Brasil Hoje 07h30 - Especial Roberto Carlos 08h00 - Igreja Ponto a Ponto 08h55 - Plantão RCR 09h00 - Nazaré em revista 09h30 - Informe notícia 09h55 - Plantão RCR 10h30 - Informe Notícia 11h55 - Momento de Oração - Oração do Ângelus, Pai - nosso 12h00 - A voz do Pastor - Reprise 12h15 - Cardápio Instrumental 13h30 - Informe Notícia 14h00 - Educação e Cidadania 14h30 - Informe Notícia 15h00 - Terço da Misericórdia

15h30 - Informe Noticia 15h55 - Plantão RCR 16h00 - Frequência Musical 16h30 - Informe Notícia 17h30 - Informe Notícia 17h45 - Liturgia das horas - Vésperas 18h00 - Voz do Pastor 18h15 - Oração do Terço - Mistérios Gloriosos 18h40 - Musical Mariano 19h00 - Voz do Brasil 20h00 - Musical 21h00 - Orando com Você - Com. Mar adentro. 22h00 - A voz do pastor 22h30 - Jornal RNA 23h00 - Programa Salmos ao Deus da Vida 23h50 - Mensagem de Encerramento 00h00 - Rede Milícia Sat - Igreja no Rádio QUINTA - FEIRA 04h00 - Abertura da Emissora 04h05 - Especial Pe. Zezinho 05h00 - Lírio Mimoso 05h05 - Cura-me Senhor 05h10 - Oração do Ângelus 05h15 - Liturgia das horas - Láudes 05h30 - Oração do Terço - Mistérios Luminosos 06h00 - Voz do Pastor 06h15 - Forrozinho da fé 06h30 - A Bíblia ao alcance de todos 06h50 - Caminhando na Fé 06h55 - Prestando Contas 07h00 - Jornal Brasil Hoje 07h30 - Especial Roberto Carlos 08h00 - Igreja Ponto a Ponto 08h55 - Plantão RCR 09h00 - Nazaré em revista 09h30 - Informe notícia 09h55 - Plantão RCR 10h30 - Informe Notícia 11h55 - Momento de Oração - Oração do Ângelus, Pai - nosso 12h00 - A voz do pastor 12h15 - Cardápio Instrumental 13h30 - Informe Notícia 14h00 - Entre nós 14h30 - Informe Notícia 15h00 - Terço da misericórdia 15h15 - Igreja em Diálogo 15h30 - Musical Nazaré 15h30 - Informe Notícia 15h55 - Plantão R C R 16h00 - Frequência Musical 16h30 - Informe Notícia 17h30 - Informe Notícia 17h45 - Oração das Vésperas 18h00 - Voz do Pastor 18h15 - Oração do Terço - Mistérios Luminosos 18h40 - Musical Mariano 19h00 - Voz do Brasil 20h00 - Amor à Igreja 20h30 - Musical Nazaré 21h00 - Orando com Você - Com. Shalon 22h00 - A voz do Pastor 22h30 - Jornal RNA 23h00 - Programa Salmos ao Deus da Vida 23h50 - Mensagem de Encerramento 00h00 - Rede Milícia Sat – Igreja no Rádio

Assista na TV Nazaré SEXTA-FEIRA 00h00 00h05 02h30 02h45 02h50 03h00 03h55 04h00 05h00 05h15 05h20 05h25 05h55 05h58 06h00 06h55 07h00 07h30 07h45 07h55 08h00 10h15 11h00 11h45 12h00 12h35 13h00 13h30 13h45 13h50 14h00 15h00 15h30 16h00 16h30 17h00 17h15 17h20 17h30 18h00 18h55 19h00 19h35 20h00 20h15 20h20 20h30 20h50 21h00 22h00 22h30 23h58

A Palavra de Deus é Luz Mulher.com Caminhando Na Fé A Palavra de Deus é Luz Palavra de Vida Eterna Evangeliza Show Palavra de Vida Eterna Diálogo Aberto Caminhando Na Fé A Palavra de Deus é Luz Palavra de Vida Eterna Fazendo Esperança Consagração a Nª Sª de Nazaré Abertura da Programação da TV Santa Missa Palavra de Vida Eterna Terço Doloroso Caminhando Na Fé A Palavra de Deus é Luz Palavra de Vida Eterna Mulher.com De Mãos Dadas Atelier na TV Desenho Nazaré Notícias Desenho Fazendo Esperança Caminhando Na Fé A Palavra de Deus é Luz Mãe Maria Família em Foco De Coração Desenho De Palavras Fazendo Esperança Caminhando Na Fé A Palavra de Deus é Luz Oração da Tarde Terço Doloroso Santa Missa Palavra de Vida Eterna Nazaré Notícias Desenho Caminhando Na Fé A Palavra de Deus é Luz Mãe Maria Terra Santa News Eu Creio Caminho de Evangelização Nazaré Notícias Espaço Cultural Encerramento da Programação da TV

SÁBADO 00h00 02h00 02h30 03h00 04h00 05h00 05h55 05h58 06h00 06h30 06h55 07h00 07h45 07h50 08h00 09h00 09h30 10h00 11h00 12h00 12h45 12h50 13h00

Música Mensagem De Coração Conversa com Meu Povo Caminho de Evangelização Espaço Cultural Evangeliza Show Consagração a Nª Sª de Nazaré Abertura da Programação da TV Terço Gozoso Conversa com Meu Povo Palavra de Vida Eterna Notícias Pastorais Eu Creio JMJ Missa no Rio de Janeiro-RJ Viola Brasil Igreja no Brasil Diálogo Aberto Pesca Amazônia Notícias Pastorais Eu Creio JMJ Viagem pela Amazônia

13h30 14h00 15h45 16h45 17h30 18h00 18h55 19h00 20h00 20h30 22h30 23h00 23h05 23h59

Conversa com Meu Povo Santa Missa e Adoração em São Paulo-SP Pensando Bem Notícias Pastorais Terço Gozoso Especial Musical Palavra de Vida Eterna Encantos da Amazônia Conversa com Meu Povo Música Mensagem Conversa com Meu Povo Palavra de Vida Eterna Espaço Cultural Encerramento da Programação da TV

REPRODUÇÃO/TV NAZARÉ

TERÇA-FEIRA

DOMINGO 00h05 02h30 02h45 03h00 03h55 04h00 05h00 05h55 05h58 06h00 06h30 06h45 06h55 07h00 07h55 08h00 10h15 10h55 11h00 11h45 12h00 12h30 12h35 13h00 13h30 13h45 13h50 14h00 15h00 16h00 16h30 17h20 17h30 18h00 18h55 19h00 19h35 19h55 20h00 20h15 20h20 20h30 20h50 21h00 22h00 22h30 23h00 23h05 23h20 23h30 23h58

Mulher.com Caminhando Na Fé Desenho Encantos da Amazônia Palavra de Vida Eterna Oração e Adoração Espaço Vida Consagração a Nª Sª de Nazaré Abertura da Programação da TV Terço Gozoso Caminhando Na Fé A Palavra de Deus é Luz Palavra de Vida Eterna Missa -Paróquia N. S. do Perpétuo Socorro Meu pensamento Mulher.com De Mãos Dadas ADENAZA Atelier na TV Desenho Nazaré Notícias Meu pensamento Desenho Fazendo Esperança Caminhando Na Fé A Palavra de Deus é Luz Mãe Maria Família em Foco Diálogo Aberto De Palavras Espaço Vida Oração da Tarde Terço Gozoso Santa Missa Palavra de Vida Eterna Nazaré Notícias Desenho ADENAZA Caminhando Na Fé A Palavra de Deus é Luz Mãe Maria Terra Santa News Eu Creio Janela Aberta Nazaré Notícias Igreja que Sofre Palavra de Vida Eterna Desenho Mãe Maria Boas Notícias Encerramento da Programação da TV

SEGUNDA-FEIRA 00h00 00h05 02h30 02h45 02h50 03h00 04h00 05h00 05h15

A Palavra de Deus é Luz Mulher.com Caminhando Na Fé A Palavra de Deus é Luz Palavra de Vida Eterna Encantos da Amazônia Oração e Adoração Caminhando Na Fé A Palavra de Deus é Luz

23h20 Mãe Maria 23h30 Boas Notícias 23h58 Encerramento da Programação da TV

é um programa esportivo. Mostra as belezas naturais de diversos lugares da Amazônia. O programa é apresentado por ZENIZIR RODRIGUES, aos sábados, às 14h, e domingos, às 11h. PESCA AMAZÔNIA

05h20 05h25 05h55 05h58 06h00 06h55 07h00 07h30 06h45 07h55 08h00 10h15 11h00 11h45 12h00 12h30 12h35 13h00 13h30 13h45 13h50 14h00 15h00 16h00 16h30 17h00 17h15 17h20 17h30 18h00 18h55 19h00 19h35 20h00 20h15 20h20 20h30 20h50 21h00 22h00 22h30 23h00 23h05

Palavra de Vida Eterna Fazendo Esperança Consagração a Nª Sª de Nazaré Abertura da Programação da TV Santa Missa Palavra de Vida Eterna Terço Gozoso Caminhando Na Fé A Palavra de Deus é Luz Meu Pensamento Mulher.com De Mãos Dadas Atelier na TV Desenho Nazaré Notícias Meu pensamento Desenho Fazendo Esperança Caminhando Na Fé A Palavra de Deus é Luz Mãe Maria Família em Foco Diálogo Aberto De Palavras Fazendo Esperança Caminhando Na Fé A Palavra de Deus é Luz Oração da Tarde Terço Gozoso Santa Missa Palavra de Vida Eterna Nazaré Notícias Desenho Caminhando Na Fé A Palavra de Deus é Luz Mãe Maria Terra Santa News Eu Creio Janela Aberta Nazaré Notícias Igreja que Sofre Palavra de Vida Eterna Caminhando Na Fé

00h00 00h05 02h30 03h00 03h55 04h00 05h00 05h30 05h45 05h50 05h55 05h58 06h00 06h30 06h55 07h00 08h00 10h15 11h00 11h45 12h00 12h30 12h35 13h00 13h30 14h00 15h00 15h40 16h00 16h30 17h00 17h20 17h30 18h00 18h55 19h00 19h35 19h50 20h00 20h30 21h00 22h00 22h30 23h00 23h05 23h20 23h30 23h58

Meu pensamento Mulher.com Conversa com Meu Povo Janela Aberta Palavra de Vida Eterna Diálogo Aberto Conversa com Meu Povo Sobre Todas as Coisas Palavra de Vida Eterna Eu Creio Consagração a Nª Sª de Nazaré Abertura da Programação da TV Terço Doloroso Conversa com Meu Povo Palavra de Vida Eterna Santa Missa Mulher.com De Mãos Dadas Atelier na TV Sobre Todas as Coisas Nazaré Notícias Meu pensamento Desenho Igreja que Sofre Conversa com Meu Povo Desenho Novena do Perpétuo Socorro Sobre Todas as Coisas De Palavras Conversa com Meu Povo Desenho Oração da Tarde Terço Doloroso Santa Missa Palavra de Vida Eterna Nazaré Notícias Sobre Todas as Coisas Meu pensamento Conversa com Meu Povo Igreja que Sofre Questão de Fé Nazaré Notícias Conversa com Meu Povo Palavra de Vida Eterna Sobre Todas as Coisas Mãe Maria Boas Notícias Encerramento da Programação da TV

QUARTA-FEIRA 00h00 00h05 02h30 02h45 02h50 03h00 03h40 03h55 04h00 05h00 05h15 05h20 05h25 05h55 05h58 06h00 06h30 06h45 06h55 07h00 07h55 08h00 10h15

A Palavra de Deus é Luz Mulher.com Caminhando Na Fé A Palavra de Deus é Luz Palavra de Vida Eterna Novena do Perpétuo Socorro Mãe Maria Palavra de Vida Eterna Questão de Fé Caminhando Na Fé A Palavra de Deus é Luz Palavra de Vida Eterna Fazendo Esperança Consagração a Nª Sª de Nazaré Abertura da Programação da TV Terço Glorioso Caminhando Na Fé A Palavra de Deus é Luz Palavra de Vida Eterna Santa Missa Meu pensamento Mulher.com De Mãos Dadas

11h00 11h45 12h00 12h30 12h35 13h00 13h30 13h45 13h50 14h00 15h00 16h00 16h30 17h00 17h15 17h20 17h30 18h00 18h55 19h00 19h35 20h00 21h00 22h00 22h30 23h00 23h05 23h20 23h30 23h58

Atelier na TV Desenho Nazaré Notícias Meu pensamento Desenho Fazendo Esperança Caminhando Na Fé A Palavra de Deus é Luz Mãe Maria Família em Foco Pensando Bem De Palavras Fazendo Esperança Caminhando Na Fé A Palavra de Deus é Luz Oração da Tarde Terço Glorioso Santa Missa Palavra de Vida Eterna Nazaré Notícias Caminhando Na Fé Encantos da Amazônia Vida Consagrada Nazaré Notícias De Coração Palavra de Vida Eterna Caminhando Na Fé Mãe Maria Boas Notícias Encerramento da Programação da TV

QUINTA-FEIRA 00h00 00h05 02h30 03h00 03h55 04h00 05h00 05h30 05h45 05h50 05h55 05h58 06h00 06h30 06h55 07h00 08h00 10h15 11h00 11h45 12h00 12h30 12h35 13h00 13h30 14h00 15h00 16h00 16h30 17h00 17h20 17h30 18h00 18h55 19h00 19h35 19h50 20h00 20h30 21h00 22h00 22h30 23h00 23h05 23h20 23h30 23h58

Meu pensamento Mulher.com Conversa com Meu Povo Pensando Bem Palavra de Vida Eterna Encantos da Amazônia Conversa com Meu Povo Sobre Todas as Coisas Palavra de Vida Eterna Eu Creio Consagração a Nª Sª de Nazaré Abertura da Programação da TV Terço Luminoso Conversa com Meu Povo Palavra de Vida Eterna Santa Missa Mulher.com De Mãos Dadas Atelier na TV Sobre Todas as Coisas Nazaré Notícias Meu pensamento Desenho Igreja que Sofre Conversa com Meu Povo Desenho Diálogo Aberto De Palavras Conversa com Meu Povo Desenho Oração da Tarde Terço Luminoso Santa Missa Palavra de Vida Eterna Nazaré Notícias Sobre Todas as Coisas Meu pensamento Conversa com Meu Povo Terra Santa News Evangeliza Show Nazaré Notícias Conversa com Meu Povo Palavra de Vida Eterna Sobre Todas as Coisas Mãe Maria Boas Notícias Encerramento da Programação da TV


19

BELÉM, DE 18 A 24 DE JANEIRO DE 2013

Entretenimento Cinema & DVD

Na Locadora

Pedro Veriano (pveriano@gmail.com)

“Intocáveis”

Detonando estereótipos Há um movimento para derrubar estereótipos e desse modo diluir a pintura de maldade

V

árias gerações foram criadas ouvindo histórias de heróis e vilões perfeitamente delineados. Nos contos infantis a madrasta era a pessoa má que obstava o casamento da enteada com o príncipe. E mais: tentava matar a enteada como a personagem de “Branca de Neve e os 7 Anões”. Hoje há um movimento para se derrubar estereótipos e nesse modo diluir a pintura de maldade imposta aos chamados vilões ou bandidos. O desenho animado cinematográfico abordou recentemente “Meu Malvado Favorito” e “Megamente”, obras em que os mocinhos podem ser os seus antigos algozes. E agora é a vez de Ralph, grandalhão de videogame encarregado de destruir um prédio onde os apostadores tentam resgatar os moradores, que pretende deixar esse posto e até ganhar uma medalha por bons serviços prestados. A ideia original do filme “Detona Ralph” (Weck it Ralph), dirigido por Rich Moore de uma história imaginada por ele,Phil Johnston e Jennifer Lee,mostra como o pretenso mau se dedica a mudar de atitude e trabalhar em diversos outros jogos desde que consiga obter uma medalha por bons serviços prestados. Como se não bastasse o propósito louvável, Ralph ainda se afeiçoa de uma garotinha que de inicio rouba sua medalha mas acaba se revelando uma campeã de

LUIZ ESTUMANO

eu indico

automobilismo, correndo várias pistas de vários outros jogos, sempre com a proteção dele. O filme, rodado em 3D, tem a forma do jogo de origem. Mas não impede que as pessoas avessas a esse divertimento entendam e acompanhem com interesse a versão cinematográfica. É um esforço louvável e bem feito,com um recado moral edificante. É bom que a nova geração ganhe histórias menos cruéis, mais alegres e sem os tipos diabólicos que os antigos escritores (e cineastas) gostavam de usar. Afinal, é bem melhor uma criança ficar sabendo que um detonador de prédios do jogo que ela brinca é boa praça do que ficar com a imagem de bruxas à maneira dos contos de Grimm, Perrault ou Andersen. E nos cinemas, clássicos como “Branca de Neve” deram medo a vários meninos e meninas. Eu jogo no time do cineasta sueco Ingmar Bergman que confessou na sua autobiografia, ter tido medo de cenas do primeiro desenho longo da Disney. Minha primeira sessão cinematográfica foi curtida na sala de espera levantando a cortina para ver as árvores querendo matar a “princesinha” e os feiosos anões cantando em sua

mina de diamantes. “Detonando Harry” está concorrendo ao Oscar do gênero no próximo mês. O favorito é “Valente”, trabalho que também desmitifica certos tipos explorados por desenhistas ao longo dos anos(no caso a mocinha, que de tímida e obediente ao extremo para a mostrar que sabe o que quer). Três gerações estão aplaudindo a animação que “detona” mesmices capazes de assustar ao invés de educar os pequenos ( e grandes, é verdade) espectadores.

w NOVA GERAÇÃO Histórias em desenho animado menos cruéis e mais alegres para crianças

Como nós estamos no início de janeiro, quando existe um planejamento de vida pastoral nas nossas paróquias e comunidades em relação ao trabalho catequético, eu indico o livro do DIRETÓRIO NACIONAL DA CATEQUESE. A edição é uma síntese do Diretório da CNBB, que norteia o trabalho dos catequistas nas paróquias e nas comunidades da nossa Igreja. É um trabalho fantástico que a CNBB fez. É a partir dessa obra que o catequista tem uma noção geral sobre o que a Igreja pensa por meio da catequese contemporânea. Vale a pena todo catequista profeta da Palavra de Deus levar para a sua comunidade paroquial. VILSON REIS, 32 anos, Radialista da Nazaré FM.

QUADRINHOS SANTA PACIÊNCIA - ANDRÉ ABREU

BOA DICA

LIVROS E CD'S

n AGRADECER E LOUVAR AO SENHOR, PALAVRAS E GESTOS PARA FORTALECER A NOSSA FÉ. MARIE DE LA VISITATION (Paulinas, 127págs, R$12,00)

Três gerações estão aplaudindo a animação que “detona” mesmices capazes de assustar ao invés de educar os pequenos ( e grandes, é verdade) espectadores.

Na Locadora

Histórias em desenho animado menos cruéis e mais alegres para

para aprender mais sobre o nosso Salvador.

p ro b l e m a é que o novo ajudante jamais cuidou de alguém. Nem de seus irmãos que viviam p o b re m e n t e n u m a c a s a suburbana. A experiência virá em verdadeiras aventuras que faz com Philippe, pregando uma vida alegre ou uma vontade de viver em quem

em seu país de origem. Chegou a ser exibido nos cinemas locais, mas por muito pouco tempo. E agora, alcançando o DVD, chega a um publico maior que o perdeu na tela grande. Por sinal que o filme esteve entre os melhores do ano da nossa associação de críticos. E está concorrendo ao Oscar de filme estrangeiro. Eu o citei na minha lista evidenciando também o papel do coadjuvante Omar Sy que faz o papel de Driss.

Te t ra p l é g i c o , P h i l i p p e precisou de quem lhe ajudasse de tomar banho a sair de carro pelas ruas de Paris. Encontra o ajudante ideal em Driss, um negro com um passado p e l a cadeia por pequenos delitos. O p ro b l e m a é que o novo ajudante jamais cuidou de alguém. Nem de seus irmãos que viviam p o b re m e n t e n u m a c a s a suburbana. A experiência virá em verdadeiras aventuras que faz com Philippe, pregando uma vida alegre ou uma vontade de viver em quem sofria a amargura de perder o sentido de locomoção. “Intocáveis”(Untochable s) foi a maior bilheteria da história do cinema francês em seu país de origem. Chegou a ser exibido nos cinemas locais, mas por muito pouco tempo. E agora, alcançando o DVD, chega a um publico maior que o perdeu na tela grande. Por sinal que o filme esteve entre os melhores do ano da nossa associação de críticos. E está concorrendo ao Oscar de filme estrangeiro. Eu o citei na minha lista evidenciando também o papel do coadjuvante Omar Sy que faz o papel de Driss. Não percam.

Neste pequeno livro a autora apresenta diversas formas de agradecer e louvar ao Senhor por todos os dons e bençãos com que Ele nos presenteia, dia após dia. Colocar isso em prática tem como resultado o fortalecimento de nossa fé e esperança.

n OS AMIGOS DE JESUS, O MESTRE E OS ANIMAIS. ROSA MARIA RAMALHO (Paulinas, 29págs, R$8,00) Os animais foram criados por Deus e participam de muitas das histórias da Bíblia. Neste livro, eles ganham voz e nos contam o q u e vi ra m e viveram naqueles tempos e também nos convidam a brincar com eles para aprender mais sobre o nosso Salvador.

PALAVRAS CRUZADAS


20

BELÉM, DE 18 A 24 DE JANEIRO DE 2013

Palavra Final E

stamos começando mais um ano e janeiro é o período em que muitos planejam, traçam metas de seus objetivos profissionais, financeiros e familiares. Mas por que não fazê-lo em todas as áreas de nossa vida? Deus nos quer felizes, então busquemos essa felicidade Nele também. Observo que na maioria das vezes quem não volta a Deus pelo amor, volta pela dor. Gostaria muito que o retorno fosse por amor, pois é menos doloroso. Tenho visitado muitos Estados do Brasil, realizando missas e shows, além disso, no programa de rádio que faço de segunda a sábado ao vivo tenho sido insistente ao falar da necessidade de um reavivamento da fé e um amadurecimento espiritual. Por isso, passo agora alguns conselhos práticos para quem quer crescer na fé em Deus: - Tenha tolerância com todas as religiões, mas seja firme na sua. Quem segue muitas, não vivencia nenhuma. - Procure criar laços pessoais, afetivos e sociais com uma comunidade e igreja de fácil acesso e próxima. O cristão turista que fica de igreja em igreja, paróquia em paróquia, não se compromete e não permanece por muito tempo. - Sempre parta do princípio fundamental de que Deus é bom e que do amor Dele não pode provir nenhum mal. A maldade do mundo é fruto do mau uso do “livre arbítrio”. Lembre-se que Deus nos amou primeiro (1Jo 4, 19). - Podem existir lugares mais propícios para rezar (ou conversar com Deus), mas você pode fazer uma oração em qualquer lugar, pois Deus está em todo lugar. Por isso, fale com Deus no ônibus, no trânsito, no banheiro, etc. - Todas as preces são ouvidas por Deus. Porque, então, Deus não nos atendeu? Talvez porque tenhamos errado na matéria ou na intenção da

Fé em debate PE. REGINALDO MANZOTTI

Dicas de Felicidade: a principal é crescer na fé em Deus DIVULGAÇÃO

prece, como nos alerta São Paulo: “Da mesma forma, o Espírito vem em socorro de nossa fraqueza. Pois não sabemos o que pedir nem como pedir; é o próprio Espírito que intercede em nosso favor, com gemidos inefáveis” (Rm 8, 26). - Não é difícil rezar, apenas nos falta hábito. Tudo o que vivenciamos no dia pode ser transformado em

Traçar metas de seus objetivos profissionais, financeiros e familiares. Por que não fazê-lo em todas as áreas de nossa vida? oração, desde vitórias e derrotas, brigas e momentos de carinho. Tudo pode ser motivo de oração. Não é difícil, apenas requer exercício, treinamento e prática. Não é assim que funciona com tudo que queremos aprender? - Não se deixe levar pelo desespero, momentos terríveis e complicadíssimos são apenas momentos. “A tempestade vai passar”, sempre passa. - Assim como numa rodovia, as placas são sinalizadores do trajeto a seguir. Esteja atento aos sinais de Deus. Raramente os “sinais do sagrado” são efeitos especiais ao estilo de Hollywood. Geralmente, os sinais de Deus são pequenos flashes do eterno, numa realidade cruel e efêmera. - Deus está muito mais perto do que você pode imaginar. Dou-te uma pista: olhe para seu interior e em algum lugar você O encontrará. - Leia a Bíblia com frequência. Se você for iniciante, comece pelo Novo Testamento. Cada dia um pequeno trecho. Aconselho que seja uma leitura de sequência e não de forma aleatória como muitos fazem. - Na próxima visita à locadora, procure incluir entre os tantos de comédia e dramas, um de cunho

religioso ou até mesmo de um personagem bíblico. Há filmes maravilhosos nesta área. - Quando for ler um livro que aparentemente trate de religião, procure saber antes e fazer a devida distinção entre romance história e/ou ficção. O peso a ser dado às afirmações contidas deve ser bem diferente. - Procure não ir à Igreja só em dias comemorativos e festas. Nestes dias as cerimônias costumam ser mais demoradas e os rituais mais pesados. A experiência não vai ser agradável e cativante. Enfim, Deus nos reserva muitas graças e nos quer felizes, mas pelo livre arbítrio que nos concedeu, tudo dependerá do nosso esforço pessoal e disciplina.

Padre Reginaldo Manzotti é coordenador da Associação Evangelizar é Preciso – obra sem fins lucrativos que objetiva a evangelização pelos meios de comunicação – e pároco reitor do Santuário Nossa Senhora de Guadalupe, em Curitiba (PR). Apresenta diariamente programas de rádio e TV que são retransmitidos e exibidos por milhares de emissoras do país e exterior. Site: www.padrereginaldomanzotti.org.br.

Próximos artigos: Pe. Giovanni Martoccia

Maria Elisa Bessa de Castro

Pe. Fábio de Melo

Irmã Ângela Tutas


Voz de Nazaré