Page 1

ARQUIDIOCESE

DE BELÉM

www.fundacaonazare.com.br BELÉM, DE 20 A 26 DE DEZEMBRO DE 2013

D O JORNAL CATÓLICO DA FAMÍLIA D

PE. FLORENCE DUBOIS FUNDADOR

ANO C - Nº 594 - PREÇO AVULSO: R$1,00 DIVULGAÇÃO

ARQUIDIOCESE

DE BELÉM


2

BELÉM, DE 20 A 26 DE DEZEMBRO DE 2013

Opinião Alegria de ser católico João Carlos Pereira

CHARGE DO ANDRÉ ABREU

jcparis@orm.com.br

Os textos do Papa - final

C

oncluo, agora, o tema dos documentos papais, tratando da chamada Encíclica ou Carta Encíclica (do latim Literae Encyclae, que literalmente significa “cartas circulares”. Esse tipo de documento é dirigido aos Bispos de todo o mundo e, por meio deles, a todos os fiéis. A encíclica é usada pelo papa para exercer o seu magistério ordinário, podendo abordar algum tema doutrinal ou moral; incentivar uma devoção; condenar erros; informar os fiéis sobre os perigos para a fé procedentes de correntes culturais ou leis. As encíclicas têm um valor especial para a Igreja, porque elas possuem o valor de ensino e são dirigidas não apenas aos católicos, mas a todos os homens. Elas ajudam a assegurar a unidade de pensamento na Igreja e se dividem em diferentes categorias. A primeira é a chanada encíclica doutrinal, que trata de uma doutrina extensamente desenvolvida pelo papa no documento. Algumas encíclicas doutrinais condenam opiniões teológicas, explicando o erro e ensinando a doutrina ortodoxa. São uma espécie de luz, no coração da doutrina. As encíclicas sociais surgiram no século XIX e é através delas que os Papas formulam a doutrina social da Igreja. Há também as encíclicas exortatórias, que tratam especificamente de temas espirituais, sendo seu propósito principal ajudar os fiéis na sua vida sacramental e devocional. Finalmente, os pontífices podem preparar as encíclicas disciplinares, que são voltadas para questões particulares, disciplinares ou práticas. Hoje, com a internet, praticamente todos os documentos papais estão disponibilizados em diferentes idiomas. No site do Vaticano (www. vatican.va), muitas delas podem ser acessadas gratuitamente. Para quem não tem familiaridade com computador, as livrarias católicas oferecem publicações impressas.

Comente esta charge: voz@fundacaonazare.com.br Jornalista e professor

Panorama José Pereira Ramos joseulina@oi.com.br

“Paz aos homens de boa vontade”

“H

Economista e escritor

oje vos nasceu, na cidade de Davi, um Salvador, que é o Cristo Senhor. Este será para vós o sinal: Encontrareis um Menino envolto em panos e colocado numa manjedoura” (Lc. 2,11/12). Esta foi a mensagem do Anjo para os pastores, na brilhante noite de Natal, que saíram correndo, procurando o local do nascimento do Salvador e ajoelharam-se em adoração, ao Deus Menino. Esta mensagem não foi apenas para os pastores, mas para todos nós Cristãos, por todos os tempos. Resta que sigamos este exemplo e com sinceridade e respeito nos curvemos em atitude de adoração ao Rei do Mundo, por todos os tempos. “Glória a Deus no mais alto dos céus! Paz na terra aos homens de boa vontade!” (Lc.2, 14). Revivendo estes acontecimentos,

Encontro Fraterno Ivens Coimbra Brandão

ivenscb@oi.com.br

Nossa Senhora do Ó

D

Engenheiro civil e escritor

ecorria o início do mês de janeiro de 1973, quando aproveitávamos os últimos dias menos chuvosos do nosso verão. No final da tarde de um sábado, ao adentrarmos na pequenina capela do Sagrado Coração de Jesus, na pracinha do Chapéu-Virado, em Mosqueiro, fomos recebidos pelo saudoso Padre Nazareno, que nos meses anteriores havia notado o estado de gravidez de minha esposa. Perguntou então o dia em que a criança havia nascido. Ostentando um sorriso discreto, mas que esboçava a felicidade de mãe, respondeu: dia 18 de dezembro. Com seu jeito simples e afável, o então Pároco de Mosqueiro acrescentou categórico: Dia de Nossa Senhora do Ó! Gratificado pela afirmativa de Padre Nazareno, a curiosidade levou-me a pesquisar sobre o assunto,

Fundado em 5 de julho de 1913

ARQUIDIOCESE DE BELÉM-PARÁ

FUNDADOR Pe. Florence Dubois, barnabita PRESIDENTE Dom Alberto Taveira Corrêa Arcebispo Metropolitano de Belém do Pará VICE-PRESIDENTE Monsenhor Marcelino Ferreira Vigário geral da Arquidiocese de Belém do Pará

com sentimentos de alegria, amor e confraternização próprios do tempo do Natal, nós, Cristãos Católicos do século 21, fieis ao Sumo Pontífice Papa Francisco, devemos sair correndo, procurando o Senhor Jesus, hoje presente na Sagrada Eucaristia, em todos os Sacrários do Mundo. Que o Espírito Santo fortaleça a nossa mente, nosso coração e o nosso espírito. Que nasça em cada um de nós o desejo de sermos melhores, mais amigos, menos ambiciosos, menos invejosos, mais fieis aos compromissos, a começar pelos familiares. Que os nossos festejos Natalinos estejam dentro do principio do amor ao próximo, e na participação das celebrações das nossas paróquias, procurando ajudar também os mais necessitados. Os maus exemplos são muitos e grandemente divulgados pela mídia, que assim facilmente arrasta multidões. O nosso amor ao Menino Jesus deve ser demonstrado pela nossa fidelidade à Mãe Santíssima. Não basta expressá-lo na ocasião da festa de Nazaré. Deverá ser fiel e firme todos os dias do ano. E para os pais jovens, na responsabilidade de saberem encaminhar seus filhos no amor a Deus, que é a fonte da justiça. verificando que a festa que celebra Nossa Senhora da Expectação surgiu na Espanha, instituída por Santo Ildefonso (605 - 667), Bispo de Toledo. A devoção chegou ao Brasil com os descobridores, vinda de Belmonte, Portugal, cidade natal de Pedro Álvares Cabral. Esta devoção também é conhecida sob a invocação de Nossa Senhora do Ó, adotada diante das antífonas do Breviário Romano recitadas na semana que precede o Natal, assim constando em cada verso inicial: Ó Sabedoria...; Ó Adonai...; Ó Raiz de Jessé...; Ó Chave de Davi...; Ó Sol Nascente...; Ó Rei das gentes...; Ó Emanuel... Recentemente, o casal participou da Missa de sábado à noite na Igreja Matriz da Paróquia de Nossa Senhora do Ó, relembrando os tempos idos, quando a família se regozijava com as frequêntes e felizes estadas em Mosqueiro. Apreciamos então o bom gosto na combinação das cores adotadas na pintura do interior do Templo, tudo cercado pelo conforto de um ambiente climatizado. A Capela do Santíssimo exala uma beleza que flui da simplicidade... Nossa Senhora do Ó, rogai por nós!

DIRETOR GERAL Diácono Antônio Carlos Gomes de Freitas DIRETORA ADMINISTRATIVO E FINANCEIRO Marluce Guerreiro Milhomem DIRETOR DE COMUNICAÇÃO Mário Jorge Alves DIRETOR DE CAPTAÇÃO DE RECURSOS Arnaldo Pinheiro COORDENAÇÃO Marcos Valério (DRT/PA 1516)

Sua voz Como você celebra o Natal?

CONSELHO DE PROGRAMAÇÃO E EDITORAÇÃO João Carlos Pereira Padre Nilton Cezar Reis Padre Cláudio de Souza Barradas EDITORAÇÃO ELETRÔNICA Sérgio Santos (DRT/PA 579) Assinaturas, distribuição, administração e redação Avenida Governador José Malcher, Edifício Paulo VI, 915 CEP: 66055-260, Bairro Nazaré, Belém - Pará Telefones: (91) 4006-9200/ 4006-9209.

O mais importante pra mim é ir à missa. Minha mãe não mora no Pará, então sempre participo da ceia na casa de familiares e amigos. LAYZZA VASCONCELOS, 25, consultora jurídica

No dia 24, eu e minha família vamos à Santa Missa e, quando chegamos em casa, realizamos uma oração antes da Ceia. Eu celebro o Natal, porque é o nascimento do nosso rei. ADVAN PAIXÃO, 22, auxiliar administrativo Todos os anos celebramos o nascimento de Jesus unidos na fé com alegria no dia 24 e no dia 25, em uma grande festa na casa dos meus avós, a fim de que o real sentido do Natal esteja sempre vivo em nossos corações!. ANA PAULA NYLANDER, 21, estudante

Fax: (91) 4006-9227 Redação: (91) 4006-9200/ 4006-9238/ 4006-9239/ 4006-9244/ 4006-9245 Site: www.fundacaonazare.com.br E-mail: voz@fundacaonazare.com.br Um veículo da Fundação Nazaré de Comunicação CNPJ nº 83.369.470/0001-54 Impresso no parque gráfico de O Liberal

FUNDAÇÃO NAZARÉ DE COMUNICAÇÃO


3

BELÉM, DE 20 A 19 DE DEZEMBRO DE 2013

Arcebispo Conversa com meu povo Dom Alberto Taveira Corrêa Arcebispo Metropolitano de Belém do Pará DIVULGAÇÃO

O

que fazer dos muitos presentes recebidos nos natais passados e no natal que se aproxima? Muita gente acumula coisas em casa e ficam abarrotados quartos de brinquedo, armários com aquelas coisas que “um dia poderão servir” ou se transformam mimos em enfeites em profusão, espalhados pela casa. Há pessoas que logo encontram destinação adequada ao que é realmente útil, ou, melhor ainda, sabem partilhar o que se lhes torna supérfluo. Entretanto, valem os gestos de amizade, a troca de atenções e a generosidade dos dias de fim de ano. Só que os presentes do presente Natal são apenas ponto de partida para outra conversa. É que a humanidade recebeu um presente, o maior de todos, quando o Verbo de Deus se fez carne no ventre da Virgem Maria. Não se trata de um acontecimento de menos importância, mas “do acontecimento” que mudou a história do mundo, diante do qual mudaram-se as datas e os corações das pessoas. E os cristãos, chamados a cuidar do grande legado da fé, têm a responsabilidade de anunciar a todos a grande notícia, que é alegria para todo o povo e todas as gerações. “Natal é o encontro com Jesus. Deus sempre buscou seu povo e o guiou, tomou conta dele e prometeu que estaria sempre perto. No Livro do Deuteronômio lemos que Deus caminha conosco, guia-nos pela mão como um pai faz com seu filho. Isto é maravilhoso. O Natal é o encontro de Deus com seu povo, e é também um mistério de consolação” (Papa Francisco, em recente entrevista ao jornal italiano “La Stampa”). O presente de Deus à humanidade é sinal da condescendência para com cada pessoa e com todas as situações vividas. Lição de carinho pensado desde a eternidade no plano de Deus, com o qual fomos feitos por amor, no amor e para o amor. Um mundo que foi planejado para que as pessoas sejam felizes, e não para a perdição. A plenitude dos tempos, seu amadurecimento realizado irrompeu quando a Virgem Maria deu à luz o Menino de Belém. Sua presença veio mostrar que a vida humana vale muito, tanto que tem o preço do amor infinito de Deus. Em tempos como o nosso, em que a vida é vilipendiada, desprezada e jogada no lixo das cidades e da história, o Menino do Presépio é testemunha de que a humanidade só encontrará sua estrada de realização e felicidade quando a sementinha de vida for acolhida com amor, tratada com carinho e custodiada da fecundação até seu ocaso natural. Não podemos iludir-nos! As falcatruas legais com as quais a vida vem a ser destruída trarão suas consequências, pois o salário do pecado é a morte (Cf. Rm 6, 23). A Sagrada Escritura está recheada de repreensões feitas pelo Senhor

Arcebispo

Presentes históricos Não se trata de um acontecimento de menos importância, mas "do acontecimento" que mudou a história a um povo de cabeça dura. Os sucessivos profetas não hesitaram em lançar em rosto justamente ao povo que pertencia a Deus suas censuras. E o povo de nosso tempo, cuja herança da fé cristã foi dada em legado, o que fez dos valores do Evangelho? Não é segredo que muitas vezes o “mea culpa” do reconhecimento dos pecados foi feito por nós cristãos e haverá de ser sempre atual. Não basta enfeitar-nos em trajes de festa e jogar para debaixo do tapete nossa incoerência. Somos nós os que primeiro devem tomar consciência de que os valores do Evangelho, como a verdade e a sinceridade, o amor à vida e a seriedade na administração dos bens materiais e espirituais, foram desprezados e a esperteza ou os interesses passaram na frente. A falta de lisura na prestação de contas, os desvios de verbas públicas e

o “por fora” da corrupção são absolutamente incoerentes com o cristianismo. Cuidar do presente recebido de Deus é ter a coragem de recomeçar, reconhecer erros cometidos, limpar as mãos e o coração. Este é um apelo urgente, em nome do Natal. A história mostra que o cristianismo, malgrado as falhas de todos os que o professam, gerou cultura. É impensável separar a arte dos séculos passados da benéfica influência do Evangelho. Nasceram da Igreja expressões pictóricas e esculturais e peças musicais em profusão. Em muito, foi à sombra da Igreja que o teatro se desenvolveu e consolidou. Os monumentos históricos têm incrustados em seus traços as virtudes e os pecados de gerações de cristãos. E a educação, ou a saúde e tantas ações sociais? A sensibilidade e a solidariedade foram cultivadas a partir do

Evangelho e por ele sustentadas. Ignorar a Igreja, pretender jogá-la no lixo da história é no mínimo injustiça. Mas é ainda cegueira pura a pretensa iluminação dos que julgam ser os novos criadores do universo a partir do nada. Assistimos em nossos dias ao espetáculo do laicismo militante, tributário dos muitos desastres que já se entreveem. Parecemos crianças que teimam em por a mão na tomada. O choque já veio e virá! Muito maior é a vertente positiva, com a qual podemos celebrar mais uma vez o Natal. Continuam verdadeiros os sentimentos mais autênticos nascidos do Presépio. É ainda e sempre será bom e bonito espalhar presentes, ir ao encontro dos mais pobres, experimentar a partilha dos bens, sorrir, saudar os outros com afeto. É nosso programa para estes dias, para recuperar todas as lições dos muitos natais da história e de nossa vida pessoal. É do Papa Francisco a lição do Natal de 2013, na citada entrevista: “Deus nos diz duas coisas. A primeira: tenham esperança. Deus sempre abre as portas e nunca as fecha. Ele é o pai que nos abre as portas. Segunda: não tenham medo da ternura. Quando os cristãos se esquecem da esperança e da ternura e transformam numa Igreja fria, que não sabe para onde ir e se enrola em ideologias e atitudes mundanas, enquanto a simplicidade de Deus te diz: vai para frente, eu sou um Pai que te acaricia. Tenho medo quando os cristãos perdem a esperança e a capacidade de abraçar e acariciar”. É tempo de preparar-se, despojando-nos de preconceitos, purificando o coração, jogando fora o que existe de mais velho em nós, o egoísmo, para revestir-nos dos mesmos sentimentos, que foram os de Jesus Cristo, Filho de Deus, nascido em Belém, morto e ressuscitado, presente na história, vivo para sempre. A Ele sejam dadas a honra e a glória, hoje e em todos os séculos, pela eternidade.


4

BELÉM, DE 20 A 26 DE DEZEMBRO DE 2013

Liturgia Homilia Dominical Padre Romeu Ferreira romeufsilva@gmail.com

A) Texto: Mt 1, 18-24

Formado em Exegese pelo Pontifício Instituto Bíblico de Roma

18 A origem de Jesus Cristo foi assim: Maria, sua mãe, estava prometida em casamento a José, e, antes de viverem juntos, ela ficou grávida pela ação do Espírito Santo. 19José, seu marido, era justo e, não querendo difamála, resolveu abandonar Maria em segredo. 20 Enquanto José pensava nisso, eis que o anjo do Senhor apareceu-lhe, em sonho, e lhe disse: “José, filho de Davi, não tenhas medo de receber Maria como tua esposa, porque ela concebeu pela ação do Espírito Santo. 21 Ela dará à luz um filho, e tu lhe darás o nome de Jesus, pois ele vai salvar o seu povo dos seus pecados”. 22 Tudo isso aconteceu para se cumprir o que

o Senhor havia dito pelo profeta: 23 “Eis que a virgem conceberá e dará à luz um filho. Ele será chamado pelo nome de Emanuel, que significa: Deus conosco”. 24 Quando acordou, José fez conforme o anjo do Senhor havia mandado e aceitou sua esposa. B) COMENTÁRIO Deus é eterno, e a noção de eternidade não concebe inicio nem fim: Deus sempre foi, é, e será (Ap 1,4; 4,8). No entanto Ele quis fazer-se presente em sua própria criação enviando seu Filho no tempo e espaço (Gl 4,4). Assim sendo, o evangelho de hoje narra a origem do Deus humanado, do menino Deus, envolvendo outros personagens, como: Maria, José e o Espírito Santo, cumprindo a dinâmica da História da Salvação. Mateus no início de seu eva n g e l h o , o u ve r s í c u l o s precedentes (1,1-17) traça uma genealogia ascendente de

Jesus até Abraão, para indicar a humanidade de Jesus. E agora neste texto (Mt 1,18-24) ele indica o salvador como sendo Filho de Deus. Maria e José são noivos e logo casados. Já noivos, Maria fica grávida pela ação do Espírito Santo (v 18). O noivado em Israel já era um compromisso jurídico e não apenas um trato para posteriores direitos e deveres. A jovem ficando grávida no período do noivado, sem participação do noivo, seria morta, apedrejada. E aqui entra em cena a figura do justo José, que pensa fugir, abandonando Maria (v 19). A decisão de José seria por dois motivos: amor ou temor. Amor seria o sentimento tão profundo de José por sua Maria, que preferiria ser ele considerado covarde em deixar a mulher gestante e fugir, que ver sua amada condenada à morte. Digamos que ele morre para que ela viva. Eis o primeiro motivo:

amor perfeito. Temor seria o sentimento diante do sobrenatural. José de alguma maneira compreendeu a mão de Deus conduzindo os acontecimentos (v 20-21). De forma que se sente humilde, como um Pedro que diante da pesca milagrosa: “Afasta-te de mim, Senhor, porque sou um pecador” (Lc 5,8). José era justo. Mas o ser humano diante de Deus e seu mistério é sempre um pecador; necessitado da ajuda divina. E é por esse temor que José decide abandonar Maria em segredo. O mistério estaria além de seu alcance. E então intervém a graça de Deus expressa em sonho: “José, filho de Davi, não tenhas medo de receber Maria como tua esposa, porque ela concebeu pela ação do Espírito Santo. 21 Ela dará à luz um filho, e tu lhe darás o nome de Jesus, pois ele vai salvar o seu povo dos seus pecados” (v 2021). Que bom ver José tão aberto para Deus, o amor e a vida!

Liturgia da Semana w Dia 20, sexta-feira Cor (roxo) Primeira leitura (Is 7,10-14) Responsório 23 (24) Evangelho (Lc 1,26-38) w Dia 21, sábado Cor (roxo) Primeira leitura (Ct 2,8-14) Responsório 32 (33)

Evangelho (Lc 1,39-45) w Dia 22, domingo Cor (roxo) Primeira leitura (Is 7,10-14) Responsório 23 (24) Segunda leitura (Rm 1,1-7) Evangelho (Mt 1,18-24) w Dia 23, segunda-feira Cor (roxo)

Primeira leitura (Ml 3,1-4.23-24) Responsório 24 (25) Evangelho (Lc 1,57-66) w Dia 24, terça-feira Cor (roxo) Primeira leitura (2Sm 7,1-5.8b-12.14-16) Responsório 88 (89) Evangelho (Lc 1,67-79) w Dia 25, quarta-feira

Cor (branco) Primeira leitura (Is 9,1-6) Responsório 95 (96) Evangelho (Lc 2,1-14) w Dia 26, quinta-feira Cor (vermelho) Primeira leitura (At 6,8-10;7,54-59) Responsório 96 (97) Evangelho (Mt 10,17-22)

Santos da semana

Benedito Otávio (artpresent@superig.com.br)

20/12 - SEXTA-FEIRA. Beato João de Molina - Mercedário.

24/12 - TERÇA-FEIRA. Beato Odoardo Focherini - Leigo.

João foi Comendador da Ordem mercedária, no convento das Mercês de São Lázaro, em Zaragoza, Espanha. O beato foi observado por muitas virtudes, entre outras: excelente pregador da Palavra de Deus. Conhecido por sua austeridade de vida; a profecia de sua fé e a glória dos milagres após sua morte, que foi em sua cela, onde passava boa parte do tempo, em oração e penitência. Contaram os irmãos que na hora de sua morte brilhou um maravilhoso sinal celeste, uma luz vindo do céu até sua janela.

Aos 17, já era responsável por um jornal de meninos aspirantes da Ação Católica. Aos 18 conheceu Maria Marques com quem se casou aos 23 e teve sete filhos e uma excelente profissão de jornalista, porém, nunca deixou suas obrigações na Igreja. Durante a guerra confeccionava documentos falsos, e com isso salvou 105 judeus. Ao ser descoberto, foi preso, enviado ao campo de concentração. Mandava secretamente cartas a sua esposa, onde ele conta os horrores e diz estar preparado a morrer pela fé, pela Ação Católica e pelo Santo Padre. Suas cartas contribuíram para sua beatificação, maio de 2013.

21/12 - SÁBADO. San Miquéias - Profeta. Dando continuidade na busca pelos santos do Antigo Testamento, temos aqui um exemplo de um profeta que viveu no século VIII a.C. No momento dos reinados de Jotam; Acaz e Ezequías, reis de Judá, com sua pregação, Miquéias defendeu os excluídos, condenou os ídolos e as injustiças sociais e anunciou que o povo escolhido teria nascido em Belém de Judá. É dito como um dos profetas menores do A.T. Sua comemoração foi colocada no meio do Advento representando o anúncio do Salvador que ele sempre defendera. 22/12 - 4º DOMINGO DO ADVENTO. Trinta fiéis mártires da Via Labicana - Mártires. Em Roma, na Via Labicana (estrada romana que liga o leste-sudeste) no antigo cemitério Ad duas Laurus (hoje parte do Parque Arqueológico de Centocelli e aeroporto do mesmo nome). O primeiro escrito a mencionar essa área como lugar de sepulcro foi o Liber Pontificalis. Foi mais uma investida do papa Dâmaso para manter vivo o exemplo dos mártires. Lá foram sepultados trinta mártires, que teriam doado suas vidas no mesmo dia nesta estrada para Roma. A área foi doada à Igreja pela imperatriz Santa Helena.

25/12 - QUARTA-FEIRA. Santa Anastácia de Sirmium - Virgem e Mártir.

23/12 - SEGUNDA-FEIRA. São Ivo (Yves) de Chartres - Bispo. Nasceu em Beauvais, França, 1040, de família rica em muitos sentidos, pois de lá trouxe seus primeiros dons, continuou nos estudos superiores em París, e teve Santo Anselmo como colega na Normandia. De sua vida e obras há uma vasta bibliografia. Foi nomeado cônego e depois de alguns anos, bispo de Beauvais e também atendeu outras dioceses, assim como a querida Chartres. Restaurou a ordem dos cânones e trabalhou imensamente para promover a harmonia entre o clero e o poder civil após a terrível virada do século X. Em sua morte foi aclamado como “santo súbito” por Chartres e Beauvais.

Nasceu em Roma, séc. III e IV d.C., martirizada durante a perseguição de Diocleciano. Desde criança viveu como cristã, costumava visitar as prisões romanas, para alimentar e cuidar daqueles que sofriam por sua fé. Para tanto, Anastácia se fazia de mendiga e subornava guardas para ter acesso aos prisioneiros, até ser presa e queimada viva. Seu corpo, que não se carbonizou, foi recolhido por Apolinária, que a enterrou no jardim de sua casa. No início do século VI, seu nome foi incluído no cânone da missa de natal. 26/12 - QUINTA-FEIRA. Santa Vincenza Maria Lopez y Vicuña - Jovem. Da pequena cidade de Cascante, na região de Navarra, Espanha. Temos o exemplo de uma santa preparada desde o berço materno, principalmente o apoio de um tio que era padre. A foto ao lado, de sua primeira comunhão, retrata sua imensa felicidade em receber Nosso Senhor pela primeira vez. Descobriu a caridade quando foi ajudar na “Casita” (um abrigo para jovens abandonados pelos pais, vítimas da revolução industrial, que gerou muito desemprego. Consagrou-se entre as Filhas de Maria Imaculada em 1876, para a função pastoral de trabalhos domésticos. Canonizada por Paulo VI em 1975.


5

BELÉM, DE 20 A 26 DE DEZEMBRO DE 2013

Vaticano

DIVULGAÇÃO

ANIVERSÁRIO DO PAPA FRANCISCO

Papa celebra seus 77 anos de idade Pontífice celebrou com trabalhadores e com sem abrigo

N

a manhã do dia 17, data do seu 77º aniversário, o Papa Francisco quis celebrar a Missa na Casa de Santa Marta com as pessoas de lá, por querer viver a celebração num clima particularmente familiar. O Evangelho com a genealogia de Jesus deu ocasião ao Papa para recordar afetuosamente durante a homilia alguns nomes dos funcionários presentes. Concelebrou a Eucaristia o Cardeal Soda-

no, decano do Colégio Cardinalício. Após a celebração o Secretário de Estado D. Pietro Parolin saudou o Papa em nome dos colaboradores da Secretaria de Estado, tendo-se unido a esses votos de felicidades o elemosineiro vaticano D. Konrad Krajewski que apresentou ao Papa quatro pessoas sem abrigo que também cumprimentaram o Santo Padre. Todos participaram do pequeno almoço que se seguiu no Refeitório.

w GRATIDÃO Santo Padre agradeceu a Deus o dom da sua vida

Na sua homilia o Papa Francisco revelou que Deus quis fazer caminho conosco, quis fazer caminho com os pecadores, centrou a sua atenção no Evangelho e na genealogia de Jesus, uma lista cheia de nomes. “Uma vez ouvi alguém que dizia: ‘Mas esta passagem do Evangelho parece a lista telefônica!’ E não, é outra coisa: esta passagem do Evangelho é pura

história é um argumento importante. É pura história, porque Deus, como dizia São Leão Papa, Deus enviou o seu Filho. E Jesus é consubstancial a o Pa i , D e u s , m a s t a m b é m consubstancial à Mãe, uma mulher. E esta é aquela consubstancialidade da Mãe. Deus fez-se história. Deus quis fazer-se história. Está conosco. Fez o caminho conosco”.

Cardeal canadense é o novo prefeito da Congreg. para os Bispos O Papa confirmou o Cardeal Marc Ouellet como prefeito da C o n g re g a ç ã o p a ra o s B i s p o s . Canadense, de 69 anos, Arcebispo Emérito de Québec, é prefeito desde 2010, quando foi nomeado por Bento XVI. O atual Secretário é Dom Ilson de Jesus Montanari, brasileiro, nomeado em 12 de o u t u b r o d e 2 0 1 3 p e l o Pa p a Francisco. Como novos membros

da Congregação, o Papa Francisco nomeou os Cardeais Francisco Ro b l e s O r t e g a , A rc e b i s p o d e Guadalajara (México); Donald Wi l l i a m Wu e r l , A rc e b i s p o d e Washington (EUA); Rubén Salazar Gómez, Arcebispo de Bogotá (Colômbia); Kurt Koch, presidente do Pontifício Conselho para a Promoção da Unidade dos Cristãos; João Braz de Aviz, prefeito da

Rylko, Francesco Monterisi, Santos Abril y Castelló, Giuseppe Bertello, Giuseppe Versaldi; e os arcebispos Claudio Maria Celli, José Octavio Ruiz Arenas, Zygmunt Zimowski. O Papa confirmou também todos os consultores do dicastério. A Congregação para os Bispos é um organismo da Cúria Romana que se ocupa de questões relativas à constituição e à provisão das Dioceses, prelazias territoriais e pessoais, ordinariatos militares e outras formas de Igrejas particulares locais. Acompanha a nomeação dos bispos e o exercício de suas atividades episcopais na Igreja Latina; programa e acompanha as visitas ad Limina; cuida ainda das celebrações de concílios particulares, assim como da constituição das Conferências Episcopais.

Mostra Fotográfica na Rádio Vaticana

O N E N N M S

amor de Deus não é vago. Deus pousa o seu olhar de amor sobre cada homem e cada mulher, com seu nome e sobrenome (17 de dezembro). ão nos resignemos com a ideia dum Médio Oriente sem os cristãos. Rezemos diariamente pela paz (16 de dezembro). is a esperança cristã: o futuro está nas mãos de Deus (16 de dezembro). ão tenhas medo de abeirar-te da Confissão: neste Sacramento, encontras Jesus que te perdoa (13 de dezembro). ão se pode imaginar uma Igreja sem alegria. A alegria da Igreja é esta: anunciar a todos o nome de Jesus (12 de dezembro). aria, nossa Mãe, sustentai-nos nos momentos de escuridão, de dificuldade, de aparente derrota! (10 de dezembro). e virmos alguém que pede ajuda, paramos? Há muito sofrimento e pobreza, e tanta necessidade de bons samaritanos (9 de dezembro).

Angelus

Congregação para os Institutos de Vida Consagrada e as Sociedades de Vida Apostólica; e o Arcebispo Pietro Parolin, secretário de Estado; A rc e b i s p o B e n i a m i n o S t e l l a , prefeito da Congregação para o Clero; Arcebispo Lorenzo Baldisseri, secretário-geral do Sínodo dos Bispos; Vincent Gerard Nichols, Arcebispo de Westminster (GrãBretanha); Paolo Rabitti, Arcebispo E m é r i t o d e Fe r r a r a ( I t á l i a ) ; Gualtiero Bassetti, Arcebispo de Perugia (Itália); Felix Genn, Bispo de Münster (Alemanha). Fo ra m c o n f i r m a d o s o s Cardeais Tarcisio Bertone, Zenon Grocholewski, George Pell, Agostino Vallini, Antonio Cañizares Llovera, André Vingt-Trois, Jean-Louis Tauran, William Joseph Levada, Leonardo Sandri, Giovanni Lajolo, Stanislaw

Está patente desde há alguns dias no átrio da entrada da Rádio Vaticano, uma Mostra Fotográfica sobre o tema da pobreza. Trinta fotografias de crianças, anciãos, pobres de vários continentes para levar à reflexão sobre o tema da pobreza, porque continua ainda a existir nos dias de hoje e suscitar, quem sabe, formas de solidariedade. A iniciativa da mostra é da própria Rádio Vaticano em colaboração com a EBU/UER, organismo que reúne as emissoras de serviço publico radio-televisivo da

bacia do Mediterrâneo e da qual a Rádio Vaticano é membro fundador. Cada uma das imagens traz uma legenda composta por frases dos mais recentes Pontífices sobre a questão da pobreza e, sobretudo, à luz dos ensinamentos do Papa Francisco que tem tão a peito a questão dos pobres e como aliviar a sua pobreza e sofrimento. O colega brasileiro Rafael Bellincanta é um dos autores das fotografias.

(Papa Francisco)

“A Igreja não é um refugio para gente triste, é a casa da alegria”, diz o Papa No terceiro domingo do Advento, centrado na espera do nascimento do Deus Menino, foi precisamente sobre o convite à alegria que ressoa na Liturgia desse domingo que o Papa centrou a sua reflexão antes da oração das Avé Marias, dizendo que tal como uma mãe, a Igreja encoraja a prosseguir com confiança o itinerário espiritual para podermos celebrar com renovada exultação a festa do Natal. Recordando que a mensagem cristã se chama “Evangelho”,

que quer dizer “Boa Nova”, é um anuncio de alegria para todos, o Papa disse: “A Igreja não é um refugio para gente triste, a Igreja é a casa da alegria”. Citando depois o profeta Isaias, o Papa disse que não se trata de uma alegria qualquer; é uma alegria que vem do saber que todos somos amados, que Deus veio para nos salvar, sobretudo os que se encontram desviados de coração. Ele vem para nos tornar robustos, firmes, para nos dar coragem, para fazer florescer o deserto e a estepe,

isto é, a nossa vida quando se torna árida, sem a água da Palavra de Deus e do seu Espírito de amor. “E por maior que sejam os nossos limites não nos é consentido ser fracos, vacilar - frisou o Papa, recordando que não devemos nunca temer porque o nosso Deus mostra-nos sempre a grandeza da sua misericórdia. Com a sua ajuda podemos sempre recomeçar, reabrir os olhos, ultrapassar a tristeza e as lágrimas e entoar um cântico novo. Podemos recomeçar, insistiu o Papa,

fazendo notar mais uma vez que não obstante os nossos pecados, Deus é misericordioso para conosco”. O Papa disse ainda que quem encontrou Cristo na sua vida, sente uma grande serenidade e uma alegria de que ninguém lhe pode privar. “A nossa alegria é Cristo, o seu amor fiel e inexaurível”. Por isso, quando um cristão se torna triste, quer dizer que se afastou de Jesus. E nesse caso é preciso não deixá-lo só. Devemos rezar por ele, fazê-lo sentir o calor da comunidade”.


6

BELÉM, DE 20 A 26 DE DEZEMBRO DE 2013

Igreja no Brasil PANORAMA RELIGIOSO

Vaticano homenageia Papa Francisco Foi lançado um e-book para homenagear o Pontífice, pelos seus 77 anos de idade, no dia 17

A

o completar no último dia 17 seus 77 anos, o Papa Francisco foi homenageado, pelo site do Vaticano (www.vatican.va), com um e-book intitulado “A ternura de Deus... expressa-se nos sinais...”. O álbum contém 32 fotografias e citações de Francisco, em diferentes contextos. “Nunca sejais homens e mulheres tristes: um cristão não o pode ser jamais! Nunca vos deixeis

invadir pelo desânimo! A nossa alegria não nasce do fato de possuirmos muitas coisas, mas de termos encontrado uma Pessoa: Jesus, que está no meio de nós”. Esta é uma das citações, que acompanham o álbum de fotografias digital do Papa, pronunciada durante sua homilia, no dia 24 de março, na Praça de São Pedro, por ocasião da 28ª Jornada Mundial da Juventude. O e-book encontra-se

disponível em diferentes idiomas. Natural de Buenos Aires, Argentina, Jorge Mario Bergoglio ingressou na Companhia de Jesus em 1969, após abandonar seus estudos na área de Química. Em 1992, foi nomeado Bispo Auxiliar de Buenos Aires. Em 1998, Arcebispo de Buenos Aires. É autor dos livros “Meditações para religiosos” (1982), “Reflexões sobre a vida apostólica” (1986) e

DIVULGAÇÃO

Líderes juvenis assumem compromisso Após cinco dias de reflexão, terminou no domingo, 15, o Encontro de Revitalização da Pastoral Juvenil, promovido pela Comissão Episcopal Pastoral para a Juventude da CNBB. O evento recolheu propostas de ações concretas para que as diferentes expressões caminhem integradas no processo de evangelização da juventude. Segundo os organizadores, o diferencial do encontro foi a

elaboração das pistas de ação pelos próprios participantes. Tal formatação teve como base as oito linhas de ação elencadas pelo Documento 85 da CNBB para a evangelização juvenil: formação integral, espiritualidade, pedagogia de formação, discípulos p a ra a m i s s ã o , e s t r u t u ra s d e acompanhamento, ministérios da assessoria, diálogo fé e razão e direito à vida.

“Reflexões de esperança” (1992). Foi presidente da Conferência Episcopal Argentina, de 2005 a 2011. No consistório de 21 de fevereiro de 2001, foi criado Cardeal pelo Beato João Paulo II. Em 13 de março de 2013, foi eleito Papa. Francisco é o primeiro Papa da Congregação da Companhia de Jesus. Lançou, recentemente, a exortação apostólica “A Alegria do Evangelho”.

w ENCONTRO Jovens querem revitalizar a Pastoral Juvenil no Brasil

Assembleia da Obra de Propagação da Fé debate comunicação e CF

CEBs preparam-se para 13º Intereclesial Com a finalidade de partilhar as experiências e reflexões das Comunidades Eclesiais de Base (CEBs) do Brasil, nasceram, na década de 70, os intereclesiais. A 13ª edição do encontro será de 7 a 11 de janeiro de 2014, na cidade de Juazeiro do Norte, no Ceará. O evento terá como tema “Justiça e profecia a serviço da vida” e lema, “Romeiras do Reino no campo e na cidade”. A expectativa é de que 4 mil pessoas, representando as comunidades de todo o Brasil e de vários continentes, participem do encontro. As CEBs, por meio dos intereclesiais, mantêm o elo entre as comunidades do Brasil. Trata-se de um momento para reafirmar o papel das CEBs dentro da Igreja, que define

Foi concluída no domingo, 15, a 6ª Assembleia Nacional da Pontifícia Obra da Propagação da Fé (POPF), que teve início no último dia 12, em Brasília (DF). “Temos uma valiosa mensagem para comunicar: Jesus Cristo e a Boa Notícia do Reino de Deus. Esta mensagem destinase em especial aos que ainda não a conhecem. Por isso comunicação e missão têm tudo a ver”, disse em palestra o secretário da Pontifícia União Missionária, padre Jaime Carlos Patias, ao falar do tema “Comunicação e Missão”. O encontro também teve uma formação sobre a Campanha da Fraternidade (CF) 2014, que abordará o tráfico humano. Na palestra do

secretário executivo da CF, padre Luiz Carlos Dias, os participantes da assembleia debateram sobre o caráter evangelizador da iniciativa. “Fraternidade é sinal de conversão e, no tempo de Quaresma, os temas ajudam a concretizar essa conversão”, disse. Participaram do encontro anual todos os coordenadores estaduais da Juventude Missionária, além de representantes das famílias missionárias, grupos missionários, idosos e enfermos missionários. A missa de encerramento foi presidida pelo Bispo auxiliar de Brasília e referencial para a Missão no Regional Centro-Oeste da CNBB, dom Valdir Mamede.

CNBB e PUC Minas oferecem curso sobre Pastoral da Cultura

sua importância como propulsora de mudanças em diversas realidades brasileiras.

“Não faz muito tempo, havia a compressão de que a cultura não devia ser compreendida como um campo de ação evangelizadora da Igreja. Hoje, percebemos que a cultura tem tudo a ver com o processo de transformação da vida da pessoa, do testemunho cristão dentro da comunidade, na sociedade”, explica o presidente da Comissão Episcopal Pastoral para a Educação e Cultura da CNBB, Dom Joaquim Giovani Mol. De acordo com o Bispo, a cultura interfere no indivíduo. “Afetado positivamente pelos elementos e valores culturais, ele se torna uma pessoa melhor e ajuda a melhorar a sociedade”, acrescenta. A CNBB inicia uma ação com vista à implantação da Pastoral da Cultura nas Dioceses de todo país. “Essa pastoral vem consolidar na Igreja do Brasil o diálogo especializado, estreito, objetivo e concreto entre fé e cultura”, afirma o assessor da

Comissão, professor Josimar Azevedo. Em parceria com o Centro Superior de Estudos Teológicos e Pastorais da Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (PUC Minas), a CNBB oferece dois cursos. O primeiro é de pós-graduação lato sensu à distância, com carga horária de 360 horas, que está com inscrições abertas até 24 de fevereiro de 2014, pelo site www. virtual.pucminas.br. Esta modalidade tem duração de 18 meses, com início em 17 de março. O outro curso, presencial e de curta duração, com 64 horas, é destinado a pessoas com ensino médio completo. “Esta modalidade vai ser oferecida em cada igreja local. A Diocese que se interessar vai receber um grupo de professores para implementar a formação”, explica Azevedo. A primeira experiência do curso presencial será realizada na Arquidiocese de Belo Horizonte e as inscrições podem ser feitas até 19 de janeiro.


7

BELÉM, DE 20 A 26 DE DEZEMBRO DE 2013

Igreja no Mundo CLIMA DE NATAL

Papa sai à noite para apoiar os sem abrigo Fontes no Vaticano confirmam que o Papa sai discretamente, ao serão, para comer e conversar com eles

O

s rumores já corriam dentro e fora do Vaticano: o Papa Francisco sai da sua residência oficial, a coberto da noite, para dar largas a uma espécie de vida dupla eclesiástica. Mas nada de sustos ou indignações: afinal, é tudo a bem da solidariedade e do apoio aos mais desfavorecidos. U m a e n t rev i s t a re c e n t e d o Arcebispo Konrad Krajewski, intitulada ‘O Esmoler de Sua Santidade’ - o encarregado de dar esmolas e apoio aos mais pobres - levantou suspeitas de que o próprio Papa Francisco acompanhava Krajewski nas suas deambulações por Roma, em busca daqueles que necessitam de ajuda urgente. O Arcebispo confessou,

quando os jornalistas lhe perguntaram diretamente se o Papa o acompanhava: “Quando lhe digo ‘Esta noite vou à cidade’, há sempre o risco de ele vir mesmo comigo”. Agora, uma fonte no Vaticano vem revelar ao Huffington Post que a Guarda Suíça, encarregada da segurança de Sua Santidade, confirma que o Papa “já se aventurou à noite, vestido como um padre normal, para se encontrar com homens e mulheres sem abrigo”. Este não é um fato inteiramente surpreendente: quando ainda era o Cardeal Jorge Bergoglio, saía regularmente de noite para repartir refeições com os sem abrigo, sentando-se nas ruas com eles, a comer e a conversar.

w DESPEDIDA Africanos se emocionam no enterro de Nelson Mandela

Milhares de sul-africanos fazem fila para último adeus a Mandela Uma mulher se emocionou ao participar do funeral do líder da luta contra o apartheid, Nelson Mandela, na sede do governo (Union Buildings), em Pretória. Longas filas de espera foram formadas durante a madrugada da sexta-feira em Pretória, onde os sul-africanos prestam a última homenagem a Nelson Mandela antes de o corpo ser transportado para Qunu, seu vilarejo natal, para o sepultamento no domingo. O enterro do ex-presidente sul-africano, após uma cerimônia oficial, foi reservado estritamente à família e não foi filmado, informou o governo. “A família desejou que o enterro fossea um assunto familiar, não queria a transmissão pela TV, não queria que as pessoas assistissem o enterro”, afirmou à AFO Phumla Williams, porta-voz do governo. O presidente dos Estados Unidos, Obama, cumprimentou o presidente cubano, Raúl Castro, durante o funeral de Nelson Mandela nesta terça-feira, um gesto sem precedentes entre líderes

dos dois países. O líder da luta contra o apartheid e primeiro presidente negro da África do Sul faleceu no dia 5 de dezembro aos 95 anos. Mandela desejava ser sepultado ao lado da mãe e de três filhos em Qunu, localidade em que passou a infância, a mil quilômetros de Johannesburgo. O caixão com o corpo ficou desde quarta-feira na sede da presidência em Pretória e foi transportado no sábado para Qunu. No domingo, 15, foi celebrada uma cerimônia durante a manhã na residência de Nelson Mandela, que construiu uma casa em Qunu ao ser libertado em 1990, após 27 anos de detenção nas prisões do regime racista. Durante o início da cerimônia de velório de Nelson Mandela, Barack Obama, presidente dos EUA, estava sentado ao lado de David Cameron, primeiro-ministro do Reino Unido, e Helle Thorning Schmidt. Em Pretória, milhares de pessoas aguardavam diante do Prédio da União para poder velar o corpo de Mandela.

FOTOS: DIVULGAÇÃO

w MISSA LAVA-PÉS Papa lava os pés de fiéis em exemplo de humildade

Bispos da Guiné-Bissau pedem dia de Jejum e Oração pela Paz (Indira Baldé) Os Bispos guineenses - de Bissau, Dom José Camnaté, e - de Bafatá, Dom Pedro Zilli, pediram no domingo passado aos fiéis católicos presentes na peregrinação mariana ao Santuário da Nossa Senhora da Natividade de Cacheu que dedicassem o dia 13 de dezembro (sexta-feira) “ao jejum e oração pela paz no mundo, na África e na GuinéBissau”. Na mesma cerimônia os Bispos pediram a solidariedade dos guineenses para com o povo Filipino, vítima no mês passado do tufão Haiyan. A Igreja Católica está aberta para receber todos os apoios seja de que natureza for para depois enviá-los aos irmãos Filipinos neste confrontado com várias dificuldades. Segundo o Bispo de Bissau “não é preciso ter muitos dólares para estar ao lado de quem sofre”. Na mensagem, os Bispos apelam:

“que a nossa oração e o nosso jejum nos levem a acolher a paz através de uma vida marcada pela verdade, justiça e reconciliação. Que os dirigentes mundiais, africanos e guineenses pensem mais nos pobres de entre os povos”. Os responsáveis pelas Dioceses de Bissau e Bafatá avançaram ainda a pretensão de “que o espírito democrático preencha o coração de todos e de modo especial dos políticos e militares dos quais depende em maior porção a consolidação da paz”. O Bispo de Bissau também reagiu a morte de Nelson Mandela, primeiro Presidente negro da África do Sul. Para Dom José Câmnaté Na Bissign, Nelson Mandela foi uma figura incontornável, que conseguiu juntar pessoas de diferentes etnias, cores e condições sociais.

Cabo Verde vai reforçar o nível de alerta em relação ao tráfico humano Fo i o q u e g a ra n t i u o n ovo embaixador junto à Santa Sé, Antero Veiga. Emanuel Antero da Veiga, Ministro do Ambiente, Habitação e Ordenamento do Território, foi um dos numerosos embaixadores que apresentaram quinta-feira as Cartas Credenciais ao Santo Padre. Um dia que, em entrevista à Rádio Vaticana, o Dr. Antero definiu como um marco indelével no seu percurso de vida. A entrevista foi também uma ocasião para ele comentar o discurso centrado sobre a questão do tráfico humano que o Papa lhes dirigiu e garantir que irá dar o seu máximo para, como embaixador de todos os cabo-verdianos, reforçar o dialogo e a harmonia entre todas as confissões religiosas no país. Ilustrou também o

percurso de ratificação que o acordo de cooperação bilateral assinado em junho passado na Cidade da Praia entre a Santa Sé e Cabo Verde está até prevendo-se para breve a sua entrada em vigor. Há pouco mais de um ano e meio à frente do Ministério do Ambiente, Habitação e Ordenamento do Territorio, onde prometeu tomar medidas inovadoras, sem ruptura de continuidade, o Dr. Antero Veiga ilustrou as ações que o seu ministério está a levar avante, nomeadamente a construção de mais de oito mil casas a fim de satisfazer um pouco a necessidade habitacional no país. Quanto a meios para as inovações prometidas, diz que o país é pobre e tem sempre de inventar vias e meios.

Papa Francisco diz que Mandela ‘vai inspirar gerações’ Sul-africanos de todas as partes do país prestaram suas últimas homenagens a Nelson Mandela, líder da luta contra o regime racista do apartheid, que faleceu no dia 5, aos 95 anos. O Papa Francisco fez um

tributo na sexta-feira, 6, à luta de Nelson Mandela por uma África do Sul justa e elogiou o compromisso do herói antiapartheid com a não-violência, reconciliação e verdade. “Eu rezo para que o último exemplo do

presidente inspire gerações de sul-africanos para que coloquem a Justiça e o bem comum na frente de suas aspirações políticas”, disse Francisco em um telegrama ao presidente sul-africano, Jacob Zuma.

O Po n t í f i c e e l o g i o u “ o f i r m e c o m p ro m i s s o demonstrado por Nelson Mandela em promover a dignidade humana de todos os cidadãos da nação e por i m p u l s i o n a r u m a n ova África do Sul construída

sobre as bases firmes da não-violência, reconciliação e verdade”. A morte, aos 95 anos, do Nobel da Paz e primeiro presidente negro da África do Sul inspirou mensagens de pesar por todo o mundo.


8

BELÉM, DE 20 A 26 DE DEZEMBRO DE 2013

Em Nazaré CARIDADE

Pastoral realiza o "Café para Jesus" Cem pessoas foram atendidas em mais um evento de solidariedade da Pastoral da Acolhida

A

Pastoral da Acolhida da Basílica Santuário de Nazaré, responsável por acolher milhares de romeiros durante o Círio, realizou no dia 14 de dezembro, na Casa de Plácido, o “Café para Jesus”, evento que atende pessoas que vivem em maior vulnerabilidade social em Belém, como moradores de ruas. Segundo Maria Helena Pessoa, coordenadora da Pastoral, a ação, que acontece uma vez ao ano, é exclusivamente feita em prol da solidariedade e reforça a missão da Pastoral, que é a de acolher todos os filhos de Deus. “Nosso trabalho é voluntário, não cobramos nada de ninguém, porém, pessoalmente ganhamos muito com isso. O ‘Café para Jesus’ é mais um dos trabalhos que desenvolvemos durante o ano e mais uma forma de acolhermos os irmãos, filhos de Deus, muitas vezes esquecidos pela sociedade, mas não por nosso Senhor”, diz Helena. O café da manhã

DIVULGAÇÃO

w SOLIDARIEDADE Agentes de pastoral incentivam ajuda ao próximo

contou com oração e apresentação de teatro e música, tudo como forma de integrar os presentes e levar até eles o

sentido do Natal. Ao t o d o , 10 0 s e n h a s f o ra m distribuídas para moradores de ruas e

pessoas carentes pelos arredores da Basílica Santuário e ruas de Belém. Tudo o que foi servido no café foi doação de voluntários que, durante o ano se mobilizam para ajudar a Pastoral. Nesse mesmo dia, às 19h, aconteceu a confraternização de Natal da Pastoral e voluntários. “Uma forma de nos integramos cada vez mais, agradecermos aos nossos queridos voluntários e também celebrarmos a concretização de um ano cheio de muito trabalho, mas também de muita satisfação, realização e bênçãos”, ressalta Maria Helena. A Pastoral da Acolhida fica na Casa de Plácido, Centro Social de Nazaré, ao lado do estacionamento da Basílica Santuário. Para marcar uma visita e/ou ajudar é só ligar para: (91) 3202-4871 (Marcos Raiol) / 81569885 (Maria Helena). O Horário de funcionamento da casa é: de segunda a sábado, de 8h às 19h; e domingo, de 8h às 12h.

Comunidades da Paróquia de Nazaré realizam Novena Natalina O Natal está chegando. Período de festa, de celebração e de amor. Nesta época do ano, em que todos abrem o coração para o perdão e para a partilha, as paróquias de Belém realizam a Novena Natalina. Em dias diferentes, porém embasadas pelo mesmo objetivo, as seis Comunidades que integram a Pa r ó q u i a d e N a za r é , N o s s a Senhora das Graças, Sagrada Família, Sagrado Coração de Jesus, Santo Antônio Maria Zaccaria, São Brás e Santa Bernadete, começaram suas

novenas, levando às famílias a Palavra de Deus e os ensinamentos do verdadeiro sentido do Natal. “As novenas fazem com que a gente conheça o que é a chegada de Jesus. Nos dias de reunião, que acontecem de casa em casa, aprendemos como nos preparar para o Natal, indo além das compras e da obsessão por presentes materiais, e sim voltandose para a família e para Jesus”, lembra Celina Lúcia, coordenadora da Comunidade Santa Bernadete. LITURGIA

A liturgia da Novena é orientada pelo livro litúrgico especial para a Novena de Natal, que apresenta os temas para reflexão, assim como as leituras e os cânticos a serem feitos

durante cada dia de reunião. O subsídio é adquirido pelas paróquias e distribuído aos organizadores das novenas. As novenas de Natal só podem ser iniciadas depois do 1º domingo do Advento. Geralmente são realizadas nos nove dias que antecedem o Natal, no entanto, atualmente, os momentos acontecem conforme a dinâmica de cada paróquia ou Comunidade, em uma tentativa de abranger um número maior de fiéis. A palavra novena é uma alusão aos nove meses da espera de Maria pelo nascimento do Menino Jesus. As cartilhas para as novenas de Natal durante anos lembram que o Advento é um tempo de preparação e que é preciso saber esperar, saber viver a “mística da gravidez”.

Basílica distribui cestas para a campanha 'Belém, a Casa do Pão'

festa, de celebração e de amor. Nesta época do ano, em que todos abrem

Comunidades da Paróquia de Nazaré realizam Novena Natalina

Incentivar o ato da doação e a solidariedade. Com este intuito, pelo terceiro ano consecutivo a Paróquia de Nazaré participa da campanha “Belém, a Casa do Pão”. Criada pela Arquidiocese de Belém em parceria com a Cáritas Metropolitana, a campanha tem como objetivo arrecadar alimentos não perecíveis e cestas básicas que serão doados às pessoas carentes. Uma ação que faz parte das comemorações natalinas e de final de ano da Igreja Católica, que envolve todas as paróquias de Belém e Região Metropolitana. “ A c a m p a n h a s u rg i u n o coração de Dom Alberto e representa um momento de unidade, amor e esperança”, diz Vera Sampaio, da Cáritas Metropolitana de Belém.

Nesta semana, as cestas básicas com as doações feitas pela Paróquia de Nazaré foram montadas e ontem, 19, foram distribuídas para as comunidades e movimentos da paróquia. No domingo, 22, em consonância com a Arquidiocese, as cestas serão destribuídas para as famílias cadastradas no programa. Alda Rodrigues, organizadora do projeto na Paróquia de Nazaré, diz que a meta da paróquia este ano era arrecadar 3.000 cestas e dias antes do encerramento da campanha esta meta já estava sendo alcançada. Alda ressalta ainda a importância do apoio do pároco da Basílica Santuário, padre Waldeci Silva, e das pessoas que ajudaram doando alimentos. “Nosso trabalho é grande.

Primeiro os alimentos são arrecadados, depois as cestas sãos montadas, distribuídas para as comunidades e movimentos e depois as famílias cadastradas. Esse ano, como nos anos anteriores, a campanha foi um sucesso e nada disso seria possível sem o apoio do nosso pároco, que ajuda com a infraestrutura, pessoal e até computadores, e também do povo que respondeu com as doações, demostrando enorme solidariedade”, ressalta Alda. No primeiro ano da campanha “Belém, a Casa do Pão” 25 mil famílias receberam as doações. Em 2011, o número de famílias beneficiadas subiu para 28 mil e a tendência é que esse número aumente cada vez mais com a expectativa este ano de 30 mil famílias atendidas.


9

BELÉM, DE 20 A 26 DE DEZEMBRO DE 2013

Nazaré Repórter FOTOS: DIVULGAÇÃO

J Paraense recebe prêmio Estudantes e pesquisadores que venceram o XXVII Prêmio Jovem Cientista receberam no dia 16, no Palácio do Planalto, as premiações por seus projetos de pesquisa. Esta edição abordou o tema Água: desafios da sociedade. Participaram a

presidenta da República, Dilma Roussef, Marco Antonio Raupp, ministro da Ciência, Tecnologia e Inovação, Glaucius Oliva, presidente do CNPq, entre outros. O aluno Valdemar Carneiro Rodrigues Júnior, da Escola Estadual de Ensino

Médio Profª. Ernestina Pereira Maia, foi o vencedor de sua categoria, com o projeto intitulado “Carvão do caroço de açaí (Euterpe oleracea) ativado quimicamente com hidróxido de sódio (NaOH) e sua eficiência no tratamento de água para o consumo”.

J I Feira Natal Arte- Flor

J Solidariedade A Polícia Civil entregou no último domingo, 15, brinquedos para crianças carentes do bairro Nova Esperança, em Paragominas, no nordeste paraense. Segundo a escrivã Edileia Farias, uma das responsáveis pela arrecadação, no decorrer do ano, foram executados projetos na região no intuito de arrecadar as doações para as crianças carentes do bairro. As doações tiveram o apoio dos policiais que atuam nas unidades dos municípios de Dom Eliseu, Ulianópolis, Aurora do Pará, Ipixuna do Pará, Mãe do Rio e Paragominas. Foram doadas dezenas de carrinhos, bonecas e bolas.

Nos dias 18 e 19, a Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado do Pará (Emater) realizou a I Feira Natal Arte-Flor. O evento serviu para produção, exposição e comercialização de arranjos florais, artesanato e plantas ornamentais envasadas. As produções foram resultado de qualificação contínua prestada pela Emater sa artesãs dos municípios de Marituba, Ananindeua e Benevides, esposas de agricultores e familiares. Os produtos foram adquiridos por preços até 50% menores que os praticados em feiras e supermercados ou lojas do ramo da Região Metropolitana de Belém.

J Educação básica no Pará Em uma parceria o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) assinou sua primeira operação de crédito para a área da educação com um Estado brasileiro. A instituição vai investir US$ 200 milhões e outros US$ 150 milhões serão aplicados pelo Governo do Estado do Pará como contrapartida ao programa, que objetiva melhorar a qualidade e aumentar o acesso à educação básica e fundamental em todo o Pará. O programa visa a ampliação de vagas na educação básica

e fundamental, melhoria do desempenho de alunos e aperfeiçoamento da gestão educacional. A principal finalidade do empréstimo assinado pelo BID com o Governo do Pará, através da Secretaria de Estado de Educação, é elevar em 30% nos próximos cinco anos, o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) alcançado pelo Estado nos últimos anos. O último contrato de financiamento feito pelo BID na área da educação havia ocorrido em 1998, em parceria com o Governo Federal.

J Direitos Humanos

J Missa Solene

Dois editais do Fundo Brasil de Direitos Humanos vão doar recursos para grupos interessados em realizar projetos de defesa de direitos humanos em todo o país. O Edital anual 2014 da fundação recebe iniciativas que combatam os diversos tipos de discriminação e a violência institucional, aquela cometida por ação ou omissão do Estado e suas instituições, nas mais diversas áreas dos direitos humanos. Para quem estiver interessado, as informações para concorrer estão no site: www. fundodireitoshumanos.org.br.

O Fórum dos Movimentos e Serviços Eclesiais da Arquidiocese de Belém promoveu no dia 17 a missa em comemoração aos 15 anos de atividades do fórum. A solenidade aconteceu na Basílica de Nazaré, às 18h. O momento foi conduzido pelo Arcebispo Emérito de Belém, Dom Vicente Joaquim Zico. No dia 18, na Cúria Metropolitana de Belém, houve solenidade de posse da nova coordenação para o mandato 2014/2015. A solenidade foi conduzida pelo atual coordenador, Dr. João Lobato da Silva.

J Emprego cresce no Pará Com o saldo positivo alcançado no mês de outubro, o setor comércio no Pará já gerou de janeiro a outubro de 2013 aproximadamente 4.600 postos de trabalho. Este saldo alcançado é o maior entre os demais estados da Região Norte. A tendência para este final de ano ainda é um aumento de geração de empregos formais em todo o Pará no setor de comércio, principalmente do incremento de recursos na economia oriundos do 13° salário e consequentemente o aumento nas vendas do setor comércio em todo o Pará. Somente o 13° salário nas duas parcelas está trazendo um impacto para a economia paraense de quase R$ 3 bilhões. Os dados são do Dieese/PA.

J Estação das Docas I A Estação das Docas foi reaberta ao público no último dia 14, depois de permanecer fechada para reparos, em consequência das fortes chuvas que caíram em Belém, no dia 12. A informação é da Organização Social Pará 2000, que administra o espaço. O trabalho de reposição do telhado danificado aconteceu na manhã do dia 13, e seguiu por toda a madrugada. De

J Concerto de Natal No último dia 15 o Madrigal da UEPA fez um Concerto de Natal na Igreja de Santo Alexandre. Declamação de textos de poetas renomados, entre eles Manuel Bandeira e Cora Coralina, intercalaram o repertório todo composto de canções natalinas tradicionais. O Madrigal tem doze anos de atuação e é formado por alunos de Licenciatura em Música da UEPA e por estudantes de canto da Fundação Carlos Gomes.

O madrigal já se apresentou nas mais importantes salas de concerto e igrejas históricas da cidade de Belém, como Theatro da Paz, Igreja de Santo Alexandre, Teatro Maria Sylvia Nunes, Catedral Metropolitana, Igreja do Carmo, Museu Histórico do Estado do Pará, Igreja das Mercês, Igreja do Rosário da Campina e também nos municípios de Castanhal, Benevides e Juiz de Fora, em Minas Gerais.

J Missão

J Natal D’Água

Ontem, 19, a Missão Belém e Fraternidade “O Caminho” fizeram uma missão nas ruas de Belém, realizando o “Natal dos Pobres de Rua”. As atividades se estenderão até este domingo, 22. O encerramento será com a Santa Missa, às 12h, na Igreja das Mercês, presidida pelo Arcebispo Metropolitano de Belém, Dom Alberto Taveira Corrêa. Vale lembrar que na segunda-feira, 23, a Cáritas distribuirá a coleta feita pelo projeto “Belém, a Casa do Pão”.

O governador Simão Jatene participou do lançamento do Projeto Natal D’Água 2013, na Estação das Docas, no último dia 14. Fruto de parcerias do Governo do Estado com a iniciativa privada, o projeto vai distribuir, este ano, 10 mil cestas básicas e 60 mil brinquedos aos ribeirinhos das ilhas da Região Metropolitana de Belém e a comunidades dos municípios de Salinópolis, São Caetano de Odivelas, São Miguel do Guamá e das ilhas Ajuaí e Urubueua, em Abaetetuba. Somente neste sábado, 1.662 famílias e 3.400 crianças receberam cestas básicas e brinquedos.

acordo com a presidente da Organização Social Pará 2000, Gabriela Landé, tratase de um espaço público do Governo do Estado, gerido pela Secult, e, por isso, foram tomadas de imediato as providências para reparar os danos. Entre os dias 21 e 23 haverá a apresentação de um coral com vozes infantis e adultas. Será nos Armazéns 1 e 2, às 18h, com entrada franca.

J Estação das Docas II A Organização Social Pará 2000 realizou no dia 13 uma reunião com os órgãos públicos e empresas terceirizadas para confirmar a realização do Réveillon 2014. As ações operacionais, que englobam montagem, sonorização, segurança, trânsito e saúde foram

pontuadas aos presentes. De acordo com o major Pereira, da Companhia Independente de Policiamento Turístico (Ciptur), da Policia Militar, todos os anos a PM faz o policiamento preventivo na área interna e externa e nas vias de acesso, para garantir a segurança da população.

J Mostra de Cinema A Fundação Curro Velho apresentou no último domingo, 15, a Mostra Pirilampo de Cinema de Animação com os trabalhos vencedores do Prêmio Cobra Criada 2013 Max Martins. O evento aconteceu no Cinema Olympia, e incluiu uma sessão de filmes de animação ao vivo, com exibições dos vídeos produzidos pelos próprios alunos da fundação. O instrutor da fundação, Duan Paluma, fez desenhos animados na hora e os projetou no telão. Mairo Zane fez uma demonstração da animação em stop motion.


10

BELÉM, DE 20 A 26 DE DEZEMBRO DE 2013

Fundação Nazaré Escute na Rádio Nazaré FM 91.3 QUINTA - FEIRA 04h00 - ABERTURA DA EMISSORA 04h00 - Lírio Mimoso 04h05 - Especial PE. Zezinho 05h05 - Cura-me Senhor 05h10 - Oração do Ângelus 05h15 - Liturgia das horas - Láudes 05h30 - Oração do Terço - Mistérios Luminosos 06h00 - A Voz do Pastor 06h15 - Forrozinho da fé 06h30 - A Bíblia ao alcance de todos 06h55 - Prestando Contas - Governo do Estado 07h00 - Jornal Brasil Hoje 07h30 - Bom dia Belém - Prefeitura de Belém 07h35 - Musical Mensagem 08h00 - Igreja Ponto a ponto 08h55 - Plantão RCR 09h00 - Nazaré em revista 09h55 - Plantão RCR 10h30 - Informe Notícia 11h55 - Momento de Oração - Oração do Ângelus, Pai - nosso 12h00 - A voz do pastor 12h15 - Cardápio Instrumental 13h30 - Informe Notícia 14h00 - Entre nós 14h30 - Informe Notícia 15h00 - Terço da misericórdia 15h15 - Musical Nazaré 15h30 - Informe Notícia 15h55 - Plantão R C R 16h00 - Freqüência Musical 16h30 - Informe Notícia 17h30 - Informe Notícia 17h45 - Oração das Vésperas 18h00 - A Voz do Pastor 18h15 - Oração do Terço - Mistérios Luminosos 18h40 - Musical Mariano 19h00 - Voz do Brasil 20h00 - Musical Nazaré 21h00 - Orando com Você - Com. Shalon. 22h00 - A voz do Pastor 22h30 - Jornal RNA 23h00 - Programa Salmos ao Deus da Vida 23h50 - Mensagem de Encerramento 00h00 - Rede Milícia Sat - Igreja no Rádio SEXTA - FEIRA 04h00 - ABERTURA DA EMISSORA 04h00 - Lírio Mimoso 04h05 - Especial PE. Zezinho 05h05 - Cura-me Senhor 05h10 - Oração do Ângelus 05h15 - Liturgia das horas - Láudes 05h30 - Oração do Terço - Mistérios Dolorosos 06h00 - A Voz do Pastor 06h15 - Forrozinho da fé 06h30 - A Bíblia ao alcance de todos 06h55 - Prestando Contas - Governo do Estado 07h00 - Jornal Brasil Hoje 07h30 - Bom dia Belém - Prefeitura de Belém 07h35 - Musical Mensagem 08h00 - Igreja Ponto a ponto 08h55 - Plantão R C R 09h00 - Nazaré em revista 09h30 - Informe Noticias

09h55 - Plantão RCR 10h30 - Informe Notícia 11h55 - Momento de Oração - Oração do Ângelus, Pai - nosso 12h00 - A voz do pastor 12h15 - Cardápio Instrumental 14h00 - Estação Segurança 14h30 - Informe Noticias 15h00 - Terço da Misericórdia 15h30 - Informe Noticias 15h55 - Plantão R C R 16h00 - Freqüência Musical 16h30 - Informe Notícia 17h30 - Informe Notícia 17h45 - Liturgia das horas - Vésperas 17h55 - Oração do Ângelus 18h00 - Voz do Pastor 18h15 - Oração do Terço - Mistérios Dolorosos 18h40 - Musical Mariano 19h00 - Voz do Brasil 20h00 - Saudade em Versos e Canções 22h00 - A voz do pastor 22h30 - Jornal RNA 23h00 - Programa Salmos ao Deus da Vida 23h50 - Mensagem de Encerramento 00h00 - Rede Milícia Sat - Igreja no Rádio SÁBADO 04h00 - ABERTURA DA EMISSORA 04h00 - Lírio Mimoso 04h05 - Especial PE. Zezinho 05h05 - Cura-me Senhor 05h10 - Oração do Ângelus 05h15 - Liturgia das horas - Láudes 05h30 - Oração do Terço - Mistérios Gozosos 06h00 - Voz do Pastor 06h30 - Questão de Fé 07h00 - Jornal Brasil Hoje 07h30 - Musical Mensagem 08h00 - Conhecendo Jesus 10h00 - Maria de Todos os Povos 11h55 - Momento de Oração - Oração do Ângelus, Pai - nosso 12h00 - A voz do pastor 12h15 - Cardápio Instrumental 14h00 - Caminho Aberto 15h00 - Criança Evangelizando Criança 16h00 - Evangelizando Através do Dizimo 17h00 - Musical Nazaré 17h45 - Oração das Vésperas 17h55 - Oração do Ângelus 18h00 - Voz do Pastor 18h15 - Oração do Terço - Mistérios Gozosos 18h30 - Musical Mariano 18h30 - Preparando a Festa 19h00 - Musical Nazaré 22h00 - A voz do Pastor 22h15 - Domínio jovem 23h50 - Mensagem de Encerramento 00h00 - Rede Milícia Sat DOMINGO 04h00 - ABERTURA DA EMISSORA 04h00 - Lírio Mimoso 04h05 - Especial Pe. Zezinho 05h05 - Cura-me Senhor

Ligue: (91) 4006-9251 LUIZ ESTUMANO

O programa IGREJA PONTO A PONTO apresenta mensagens do dia, previsão do tempo, santos do dia, notícias pastorais e do Vaticano, curiosidades da Igreja além da participação dos ouvintes. É apresentado pelo PE. NILTON CÉSAR REIS diariamente, às 8h.

05h10 - Oração do Ângelus 05h15 - Liturgia das horas - Láudes 05h30 - Oração do Terço - Mistérios Gloriosos 06h00 - A Voz do Pastor 06h30 - Preparando a Festa 07h00 - SANTA MISSA 08h00 - Vem e Segue-me 10h00 - Domingo Alegre 11h55 - Momento de Oração - Oração do Ângelus, Pai - nosso 12h00 - A voz do pastor 12h15 - Cardápio Instrumental 14h00 - A Vida e o Tempo 16h00 - As Mais Tocadas 17h00 - Raiz do Céu 18h00 - Voz do Pastor 18h15 - Liturgia das Horas - Vésperas 18h30 - Oração do Terço - Mistérios Gloriosos 19h00 - Clássico Nazaré 20h00 - Circuito M P B 22h00 - A voz do Pastor 22h15 - Especial PE. Zezinho 23h50 - Mensagem de Encerramento 00h00 - Rede Milícia Sat - Igreja no Rádio SEGUNDA - FEIRA 04h00 - ABERTURA DA EMISSORA

04h00 - Lírio Mimoso 04h05 - Especial Pe. Zezinho 05h05 - Cura-me Senhor 05h10 - Oração do Ângelus 05h15 - Liturgia das horas - Láudes 05h30 - Oração do Terço - Mistérios Gozosos 06h00 - A Voz do Pastor 06h15 - Forrozinho da fé 06h30 - A Bíblia ao alcance de todos 06h55 - Prestando Contas - Governo do Estado 07h00 - Jornal Brasil Hoje 07h30 - Bom dia Belém - Prefeitura de Belém 07h35 - Musical Mensagem 08h00 - Igreja Ponto a ponto 08h55 - Plantão R C R 09h30 - Informe Notícia 09h00 - Nazaré em revista 09h55 - Plantão RCR 10h30 - Informe Notícia 11h50 - Momento de Oração - Oração do Ângelus, Pai - nosso 12h00 - A voz do Pastor 12h20 - Cardápio Instrumental 14h00 - Freqüência Musical 14h30 - Informe Notícia 15h00 - Terço da Misericórdia 15h30 - Informe Notícia 15h55 - Plantão R C R 16h00 - Saúde e Cidadania 16h30 - Informe Notícia 17h30 - Informe Notícia 17h50- Oração do Ângelus 17h45 - Liturgia das horas- Vésperas 18h00 - Voz do Pastor 18h15 - Oração do Terço - Mistérios Gozosos 18h40 - Musical Mariano 19h00 - Voz do Brasil 20h00 - Crescendo na Fé 21h00 - Orando com Você - Com. Maíra 22h00 - A voz do pastor 22h30 - Jornal RNA 23h00 - Programa Salmos ao Deus da Vida 23h50 - Mensagem de Encerramento 00h00 - Rede Milícia Sat - Igreja no Rádio TERÇA - FEIRA 04h00 - ABERTURA DA EMISSORA 04h00 - Lírio Mimoso 04h05 - Especial Pe. Zezinho 05h05 - Cura-me Senhor 05h10 - Oração do Ângelus 05h15 - Liturgia das horas - Láudes 05h30 - Oração do Terço - Mistérios Dolorosos 06h00 - A Voz do Pastor 06h15 - Forrozinho da fé 06h30 - A Bíblia ao alcance de todos 06h55 - Prestando Contas - Governo do Estado 07h00 - Jornal Brasil Hoje 07h30 - Bom dia Belém - Prefeitura de Belém 07h35 - Musical Mensagem 08h00 - Igreja Ponto a ponto 08h55 - Plantão R C R 09h00 - Nazaré em revista 09h55 - Plantão RCR 10h30 - Informe Notícia 11h55 - Momento de Oração - Oração do Ângelus, Pai - nosso

12h00 - A voz do Pastor 12h15 - Cardápio Instrumental 14h00 - Freqüência Musical 14h30 - Informe Notícia 15h00 - Terço da Misericórdia 15h30 - Informe Notícia 15h55 - Plantão R C R 16h00 - Direito e cidadania 16h30 - Informe Notícia 17h25 - Informe Notícia 17h30 - Liturgia das Horas - Vésperas 17h45 - Voz do Pastor 18h00 - Novena Nossa Senhora Perpétuo Socorro 18h30 - Musical Mariano 19h00 - Voz do Brasil 20h00 - Família em Ação 22h00 - A voz do pastor 22h30 - Jornal RNA 23h00 - Programa Salmos ao Deus da Vida 23h50 - Mensagem de Encerramento 00h00 - Rede Milícia Sat - Igreja no Rádio QUARTA - FEIRA 04h00 - ABERTURA DA EMISSORA 04h00 - Lírio Mimoso 04h05 - Especial Pe. Zezinho 05h05 - Cura-me Senhor 05h10 - Oração do Ângelus 05h15 - Liturgia das horas - Láudes 05h30 - Oração do Terço - Mistérios Gloriosos 06h00 - A Voz do Pastor 06h15 - Forrozinho da fé 06h30 - A Bíblia ao alcance de todos 06h55 - Prestando Contas - Governo do Estado 07h00 - Jornal Brasil Hoje 07h30 - Bom dia Belém - Prefeitura de Belém 07h35 - Musical Mensagem 08h00 - Igreja Ponto a ponto 08h55 - Plantão R C R 09h00 - Nazaré em revista 09h55 - Plantão RCR 10h30 - Informe Notícia 11h55 - Momento de Oração - Oração do Ângelus, Pai - nosso 12h00 - A voz do Pastor 12h15 - Cardápio Instrumental 13h30 - Informe Notícia 14h00 - Freqüência Musical 14h30 - Informe Notícia 15h00 - Terço da Misericórdia 15h30 - Informe Noticia 15h55 - Plantão RCR 16h00 - Educação e Cidadania 16h30 - Informe Notícia 17h30 - Informe Notícia 17h45 - Liturgia das horas - Vésperas 18h00 - A Voz do Pastor 18h15 - Oração do Terço - Mistérios Gloriosos 18h40 - Musical Mariano 19h00 - Voz do Brasil 20h00 - Musical 21h00 - Orando com Você - Com. Mar adentro. 22h00 - A voz do pastor 22h30 - Jornal RNA 23h00 - Programa Salmos ao Deus da Vida 23h50 - Mensagem de Encerramento 00h00 - Rede Milícia Sat - Igreja no Rádio

Assista na TV Nazaré - Canal 30 SEXTA-FEIRA 00h00 00h05 02h30 02h45 02h50 03h00 03h55 04h00 05h00 05h15 05h20 05h25 05h55 05h58 06h00 06h30 06h45 06h55 07h00 08h00 08h05 10h15 10h55 11h00 11h45 12h00 12h45 13h00 13h30 13h45 13h50 14h00 15h00 15h30 16h10 16h30 17h00 17h15 17h30 18h00 18h55 19h00 19h45 20h00 21h00 21h05 21h15 21h40 21h45 22h30

A Palavra de Deus é Luz Mulher.com Caminhando Na Fé A Palavra de Deus é Luz Palavra de Vida Eterna Evangeliza Show Palavra de Vida Eterna Diálogo Aberto Caminhando Na Fé A Palavra de Deus é Luz Palavra de Vida Eterna Fazendo Esperança Consagração a Nª Sª de Nazaré Abertura da Programação da TV Terço Doloroso Caminhando Na Fé A Palavra de Deus é Luz Palavra de Vida Eterna Santa Missa Palavra de Vida Eterna Mulher.com De Mãos Dadas Palavra de Vida Eterna Atelier na TV Desenho Nazaré Notícias Desenho Fazendo Esperança Caminhando Na Fé A Palavra de Deus é Luz Mãe Maria Família em Foco De Coração De Mãos Dadas Desenho Fazendo Esperança Caminhando Na Fé Sinais do Sagrado Terço Doloroso Santa Missa Palavra de Vida Eterna Nazaré Notícias Caminhando Na Fé Clip Show A Palavra de Deus é Luz Mãe Maria Terra Santa News Palavra de Vida Eterna Nazaré Notícias Espaço Cultural

SÁBADO 00h00 02h00 02h30 03h00 04h00 05h00 05h55 05h58 06h00 06h30 06h55 07h00 07h45 07h50 08h00 09h00 09h30 10h00 11h00 12h00 12h45 12h50

Música Mensagem De Coração Conversa com Meu Povo Clip Show Espaço Cultural Evangeliza Show Consagração a Nª Sª de Nazaré Abertura da Programação da TV Terço Gozoso Conversa com Meu Povo Palavra de Vida Eterna Notícias Pastorais Eu Creio Maria de Todos os Povos Missa no Rio de Janeiro-RJ Viola Brasil Conversa com Meu Povo Diálogo Aberto Pesca Amazônia Notícias Pastorais Eu Creio Maria de Todos os Povos

13h00 13h30 14h00 15h45 16h45 17h30 18h00 18h55 19h00 20h00 20h30 22h30 23h00 23h05 23h59

Viagem pela Amazônia Conversa com Meu Povo Santa Missa e Adoração em São Paulo-SP Pensando Bem Notícias Pastorais Terço Gozoso Especial Musical Palavra de Vida Eterna Encantos da Amazônia Conversa com Meu Povo Música Mensagem Conversa com Meu Povo Palavra de Vida Eterna Espaço Cultural Encerramento da Programação da TV

LUIZ ESTUMANO

Música Mensagem Vida Consagrada Clip Show Igreja que Sofre Música Arte e Vida Igreja no Brasil Maria de Todos os Povos Consagração a Nª Sª de Nazaré Abertura da Programação da TV Terço Glorioso Conversa com Meu Povo Palavra de Vida Eterna Santa Missa Dominical Notícias Pastorais Eu Creio Maria de Todos os Povos Desenho Viagem pela Amazônia Diálogo Aberto Pesca Amazônia Notícias Pastorais Eu Creio Maria de Todos os Povos Igreja que Sofre Igreja no Brasil Encantos da Amazônia Ângelus Palavra de Vida Eterna Vida Consagrada Palavra de Vida Eterna Dedo de Prosa Missa Santuário Nacional de Aparecida Desenho Terço Glorioso Palavra de Vida Eterna Instrumetal Sesc Brasil Janela Aberta Espaço Cultural Palavra de Vida Eterna Questão de Fé Terço Glorioso Encerramento da Programação da TV

SEGUNDA-FEIRA 00h00 00h05 02h30 02h45 02h50 03h00 04h00 05h00 05h15 05h20 05h25 05h55 05h58 06h00

A Palavra de Deus é Luz Mulher.com Caminhando Na Fé A Palavra de Deus é Luz Palavra de Vida Eterna Encantos da Amazônia Clip Show Caminhando Na Fé A Palavra de Deus é Luz Palavra de Vida Eterna Fazendo Esperança Consagração a Nª Sª de Nazaré Abertura da Programação da TV Terço Gozoso

Sinais do Sagrado Palavra de Vida Eterna Caminhando Na Fé Mãe Maria Boas Notícias Encerramento da Programação da TV

TERÇA-FEIRA

DOMINGO 00h00 02h00 03h00 04h00 04h30 05h30 05h45 05h55 05h58 06h00 06h30 06h55 07h00 08h00 08h45 08h50 09h00 09h30 10h00 11h00 12h00 12h45 12h50 13h00 13h30 13h40 14h40 14h55 15h00 16h00 16h05 17h00 18h00 18h30 18h55 19h00 20h00 21h00 22h30 22h35 23h35 23h58

22h45 22h55 23h00 23h20 23h30 23h58

DIÁLOGO ABERTO é um programa que aborda diversos assuntos impor tantes do interesse da sociedade como saúde, política, educação e esporte, com a participação de especialistas para esclarecer dúvidas. O telespectador pode participar pelo e-mail: jornalismo@fundacaonazare ou pelo twitter @TvNazare. É exibido às segundas e quintas, às 15h, e apresentado pelo jornalista EDUARDO SOBRAL.

06h30 06h45 06h55 07h00 08h00 08h05 10h15 11h00 11h45 12h00 12h45 13h00 13h30 13h45 13h50 14h00 15h00 16h00 16h30 17h00 17h15 17h30 18h00 18h55 19h00 19h45 20h00 20h30 20h50 21h00 22h00

Caminhando Na Fé A Palavra de Deus é Luz Palavra de Vida Eterna Santa Missa Palavra de Vida Eterna Mulher.com De Mãos Dadas Atelier na TV Desenho Nazaré Notícias Desenho Fazendo Esperança Caminhando Na Fé A Palavra de Deus é Luz Mãe Maria Família em Foco Diálogo Aberto De Palavras Fazendo Esperança Caminhando Na Fé Sinais do Sagrado Terço Gozoso Santa Missa Palavra de Vida Eterna Nazaré Notícias Caminhando Na Fé Fazendo Esperança Terra Santa News Eu Creio Janela Aberta Nazaré Notícias

00h00 00h05 02h30 03h00 03h55 04h00 05h00 05h30 05h45 05h50 05h55 05h58 06h00 06h30 06h55 07h00 08h00 08h05 10h15 11h00 11h45 12h00 12h45 13h00 13h30 14h00 15h00 15h40 16h00 16h30 17h00 17h15 17h30 18h00 18h55 19h00 19h45 20h00 20h30 21h00 22h00 22h45 23h00 23h30 23h58

Palavra de Vida Eterna Mulher.com Conversa com Meu Povo Janela Aberta Palavra de Vida Eterna Diálogo Aberto Conversa com Meu Povo Sobre Todas as Coisas Palavra de Vida Eterna Eu Creio Consagração a Nª Sª de Nazaré Abertura da Programação da TV Terço Doloroso Conversa com Meu Povo Palavra de Vida Eterna Santa Missa Palavra de Vida Eterna Mulher.com De Mãos Dadas Atelier na TV Sobre Todas as Coisas Nazaré Notícias Desenho Igreja que Sofre Conversa com Meu Povo Desenho Novena do Perpétuo Socorro Sobre Todas as Coisas De Palavras Conversa com Meu Povo Desenho Sinais do Sagrado Terço Doloroso Santa Missa Palavra de Vida Eterna Nazaré Notícias Sobre Todas as Coisas Conversa com Meu Povo Igreja que Sofre Questão de Fé Nazaré Notícias Sinais do Sagrado Conversa com Meu Povo Boas Notícias Encerramento da Programação da TV

QUARTA-FEIRA 00h00 00h05 02h30 02h45 02h50 03h00 03h40 03h55 04h00 05h00 05h15 05h20 05h25 05h55 05h58 06h00 06h30 06h45 06h55 07h00

A Palavra de Deus é Luz Mulher.com Caminhando Na Fé A Palavra de Deus é Luz Palavra de Vida Eterna Novena do Perpétuo Socorro Mãe Maria Palavra de Vida Eterna Questão de Fé Caminhando Na Fé A Palavra de Deus é Luz Palavra de Vida Eterna Fazendo Esperança Consagração a Nª Sª de Nazaré Abertura da Programação da TV Terço Glorioso Caminhando Na Fé A Palavra de Deus é Luz Palavra de Vida Eterna Santa Missa

08h00 08h05 10h15 11h00 11h45 12h00 12h45 13h00 13h30 13h45 13h50 14h00 15h00 16h00 16h30 17h00 17h15 17h30 18h00 18h55 19h00 19h45 20h00 21h00 22h00 22h45 23h00 23h30 23h58

Palavra de Vida Eterna Mulher.com De Mãos Dadas Atelier na TV Desenho Nazaré Notícias Desenho Fazendo Esperança Caminhando Na Fé A Palavra de Deus é Luz Mãe Maria Família em Foco Pensando Bem De Palavras Fazendo Esperança Caminhando Na Fé Sinais do Sagrado Terço Glorioso Santa Missa Palavra de Vida Eterna Nazaré Notícias Caminhando Na Fé Encantos da Amazônia Vida Consagrada Nazaré Notícias Caminhando Na Fé De Coração Boas Notícias Encerramento da Programação da TV

QUINTA-FEIRA 00h00 00h05 02h30 03h00 03h55 04h00 05h00 05h30 05h45 05h50 05h55 05h58 06h00 06h30 06h55 07h00 08h00 08h05 10h15 11h00 11h45 12h00 12h45 13h00 13h30 14h00 15h00 16h00 16h30 17h00 17h15 17h30 18h00 18h55 19h00 19h45 20h00 20h30 20h55 21h00 22h00 22h45 23h00 23h30 23h58

Palavra de Vida Eterna Mulher.com Conversa com Meu Povo Pensando Bem Palavra de Vida Eterna Encantos da Amazônia Conversa com Meu Povo Sobre Todas as Coisas Palavra de Vida Eterna Eu Creio Consagração a Nª Sª de Nazaré Abertura da Programação da TV Terço Luminoso Conversa com Meu Povo Palavra de Vida Eterna Santa Missa Palavra de Vida Eterna Mulher.com De Mãos Dadas Atelier na TV Sobre Todas as Coisas Nazaré Notícias Desenho Igreja que Sofre Conversa com Meu Povo Desenho Diálogo Aberto De Palavras Conversa com Meu Povo Desenho Sinais do Sagrado Terço Luminoso Santa Missa Palavra de Vida Eterna Nazaré Notícias Sobre Todas as Coisas Conversa com Meu Povo Terra Santa News Palavra de Vida Eterna Evangeliza Show Nazaré Notícias Sobre Todas as Coisas Conversa com Meu Povo Boas Notícias Encerramento da Programação da TV


11

BELÉM, DE 20 A 26 DE DEZEMBRO DE 2013

A Semana AGENDA DE DOM ALBERTO CORRÊA n De 20 a 26 de dezembro w SEXTA, 20 DEZEMBRO

14:00 – 15:00 Missa de Natal da Cúria e Fundação Nazaré de Comunicação - FNC 16:30 – 18:00 Gravações - FNC 19:30 – 20:30 Missa de Posse da nova diretoria do Círio - Casa de Plácido

w SÁBADO, 21 DEZEMBRO

19:00 – 21:00 Ordenação Presbiteral de Maurício Henrique Almeida dos Santos – Pedreira

w DOMINGO, 22 DEZEMBRO

08:00 – 09:30 Crismas - Nossa Senhora de Nazaré - Marituba 12:00 – 13:00 Missa - Natal dos Pobres de Rua - Igreja das Mercês 18:00 – 19:00 Crismas na Paróquia de Santa Paula Paróquia Santa Paula Frassinetti

w SEGUNDA, 23 DEZEMBRO

09:00 – 12:00 Gravações - FNC 19:00 – 20:00 Missa - Comunidade Restauração

w TERÇA, 24 DEZEMBRO

21:00 – 22:00 Missa - Vigília de Natal – Catedral

w QUARTA, 25 DEZEMBRO

07:00 – 08:00 Missa no Círio do Menino Deus - Marituba 19:30 – 20:30 Missa de Natal - Paróquia da Transfiguração do Senhor

w QUINTA, 26 DEZEMBRO

09:00 – 12:00 Gravações - FNC

Os compromissos de Dom Alberto Taveira podem sofrer alterações sem aviso prévio.

Horários de Missas na Arquidiocese de Belém REGIÃO EPISCOPAL DE SANT’ANA

Nossa Senhora da Graça

Igreja N. S. das Mercês

Fátima - Belém Sábado: 17h30 Domingo: 6h45, 8h30, 17h30e 19h30 Telefone: 3228-0864

(Catedral) Cidade Velha - Belém Sábado: 19h Domingo: 7h, 9h e 19h Telefone: 3223-2362/3225-2715 (Reitoria) Comércio - Belém Sábado: 12h e 17h Domingo: 12h e 17h Telefone: 3212-3102

Sant'Ana da Campina

Comércio - Belém Sábado: 12h (Igreja Matriz) Domingo: 7h (Col. D. Bosco) 9h (Igreja Matriz) Telefone: 3230-3734 São Judas Tadeu

Condor - Belém Sábado: 18h Domingo: 7h e 18h Telefone: 3283-6020

Nazaré - Belém Sábado: 7h, 8h30,12h,17h Domingo: 6h30, 8h, 10h, 16h30, 18h, 20h Telefone: 4009-8400 São Francisco de Assis

Santo Antônio de Lisboa

Santo Antônio do Tucunduba

REGIÃO EPISCOPAL SANTA CRUZ Imaculada Conceição

Telefone: 3277-4640/3276-0941 Nossa Senhora da Conceição Aparecida

Val de Cans - Belém Sábado:19h Domingo: 7h e 19h Telefone: 3257-2388

Sagrada Família

Curió Utinga - Belém. Sábado: 7h e 19h30 Domingo: 7h, 9h e 19h30 REGIÃO EPISCOPAL SÃO JOÃO BATISTA

São João Batista e Nossa Senhora das Graças

Icoaraci - Belém. Sábado: 6h30 e 20h Domingo: 7h, 10h, 18h Telefone: 3297-7250

São Francisco de Assis

Tapanã - Belém Domingo: 7h e 18h30 Telefone: 3258-8036

Nossa Senhora de Fátima

Icoaraci - Belém Sábado: 20h Domingo: 7h, 19h Telefone: 3297-7251

Jesus Ressuscitado

São Francisco das Ilhas

Santa Luzia

Jurunas - Belém Sábado: 7h, 17h e 19h Domingo: 7h30 e 19h Telefone: 3271-2146 REGIÃO EPISCOPAL SANTA MARIA GORETTI

São Pedro e São Paulo

Guamá - Belém Sábado: 19h Domingo: 7h, 9h e 18h30 Telefone: 3283-6021/3259-0413

São José de Queluz

Canudos - Belém Sábado: 6h30 e 20h Domingo: 7h, 8h30, 17h30 e 20h Telefone: 3226-2151/ 3226-2612

São Domingos de Gusmão

Terra Firme - Belém Sábado: 19h Domingo: 7h, 8h30 e 19h30 Telefone: 3253-2656

São Geraldo Magela

Val de Cans - Belém Sábado: 19h Domingo: 7h30 e 18h Telefone: 3257-7950

N. S. do Perpétuo Socorro

Telégrafo - Belém Sábado: 19h Domingo: 7h, 8h30, 17h30 e 19h Telefone: 3264-9061 São Jorge

Marambaia - Belém Sábado: 19h Domingo: 7h, 9h, 17h, 19h Telefone: 3277-4641 São Raimundo Nonato

Jesus Bom Samaritano

Cotijuba - Belém Sábado: 19h30; Domingo: 8h, 9h30, 19h30 Telefone: 3247-1438

Santa Edwiges

Nova Marambaia - Belém Sábado: 19h Domingo: 7h, 9h30, 18h Telefone: 3279-1654

N. S. Rainha da Paz

Bengui - Belém Domingo: 7h, 9h, 18h30 Telefone: 3277-4645

Coração Eucarístico de Jesus

Catalina - Belém Sábado: 19h30 Domingo: 7h, 10h e 19h

N. S. da Imaculada Conceição

Umarizal - Belém. Sábado e domingo: 6h30 e 18h Telefone: 3277-4644

Outeiro - Belém Sábado: 8h Domingo: 7h Telefone: 3277-4648

Santa Cruz

N. S. do Bom Remédio

Marco - Belém Sábado: 7h e 18h30 Domingo: 7h, 9h, 11h30 e 18h30

Santo Inácio de Loyola

Pratinha - Belém Sábado: 19h Domingo: 8h30, 19h Telefone: 3258-1554/3274-8281

Tapanã - Belém. Sábado: 7h Domingo: 7h30 e 19h30 Telefone: 3033-2004

Umarizal - Belém Sábado: 19h Domingo: 7h, 11h e 19h Telefone: 3230-4916

Santo Afonso de Ligório

Nossa Senhora Mãe da Divina Providência

Sacramenta - Belém Sábado e domingo: 7h; 17h e 19h Telefone: 3264-9060/3254-7354 Marambaia - Belém Sábado: 19h Domingo: 8h e 19h Telefone: 3277-4643

Divino Espírito Santo

Coqueiro - Ananindeua Sábado: 19h Domingo: 7h e 18h Telefone: 3237-8350

N. S. da Conceição

São José

Santo Antônio de Pádua

São Francisco Xavier

Marco - Belém Sábado: 19h Domingo: 7h, 9h, 18h Telefone: 3283-3052

Conjunto Satélite - Belém Sábado: 17h30 Domingo: 7h, 18h30

REGIÃO EPISCOPAL SÃO VICENTE DE PAULO

Cristo Rei

Conjunto Sideral - Belém Domingo: 7h, 9h, 18h Telefone: 3288-4250

Castanheira - Belém Sábado: 17h Domingo: 7h e 19h Telefone: 3277-4642 São Sebastião

Telefone: 3289-5355

Natividade de Nosso Senhor Jesus Cristo

Pedreira - Belém Sábado: 19h Domingo: 7h, 9h, 19h Telefone: 3233-4224/3276-9573

Campina - Belém Sábado: 16h Domingo: 7h, 10h, 11h30, 17h30 e 19h Telefone: 3215-7007/ 3242-4917 Cidade Velha - Belém Sábado: 18h30 Domingo: 7h00, 9h00 e 18h00 Telefone: 3215-7006

Missa de Natal - Paróquia da

N. S. de Nazaré (Basílica Santuário)

Guamá - Belém Sábado: 19h30 Domingo: 7h e 19h30 Telefone: 3274 -9001

Santíssima Trindade

Missa no Círio do Menino Deus

Paróquia Santa Maria Goretti

Guamá - Belém Domingo: 9h30 e 18h Telefone: 3283-6023

Sta. Terezinha do Menino Jesus

Batista Campos - Belém Sábado: 6h30, 12h, 17h e 18h30 Domingo: 8h, 11h, 17h, 18h30 e 20h Telefone: 3215-7004/ 3222-0097

07:00 – 08:00

Nossa Senhora de Fátima

(Capuchinhos) São Brás - Belém Sábado: 19h30 Domingo: 6h, 7h30,9h30,18h, 20h Telefone: 3073-1500

Jurunas - Belém Sábado: 6h30 e 18h30 Domingo: 6h30, 8h30 e 18h Telefone: 3272-2251

19:30 – 20:30

São Miguel

Cremação - Belém Sábado: 18h30 Domingo 7h30, 11h e 18h30 Telefone: 3283-6022

Arcanjo São Miguel

Una - Ananindeua Sábado: 6h30 Domingo: 7h, 20h Telefone: 3234-4674

REGIÃO EPISCOPAL MENINO DEUS N. S. Auxiliadora

Anita Gerosa (Aurá) - Ananindeua Domingo: 7h e 18h Telefones: 3255-3828 N. S. das Vitórias

Almir Gabriel - Marituba Sábado: 19h Domingo: 7h, 19h Telefone: 3256-7655 Sagrado Coração de Jesus

Júlia Seffer - Ananindeua Sábado: 19h Domingo: 7h30, 9h, 18h Telefone: 3265-5413

Sagrado Coração de Jesus

Distrito Industrial - Ananindeua Sábado: 19h Domingo: 7h, 8h30, 17h30 Telefone: 3255-9475 Menino Deus

Centro - Marituba Domingo: 6h, 8h30, 18h Telefone: 3237-8351

Guanabara - Ananindeua Domingo: 7h, 9h30, 19h30 Telefone: 3235-1405 Coqueiro - Ananindeua Sábado: 7h Domingo: 7h, 9h30, 19h30 Telefone: 3263-0603 Icui Guajará - Ananindeua Domingo: 7h, 18h Telefone: 91541971

São Lucas Evangelista

Guajará - Ananindeua Sábado: 19h Domingo: 7h, 9h, 18h Telefone: 3279-2621

Santa Teresinha

Águas Lindas - Ananindeua Domingo: 7h30, 18h Telefone: 3237-1489

N. S. de Guadalupe

Coqueiro - Ananindeua Terça a sexta: 19h Sábado: 18h30 Domingo: 7h, 11h, 18h Telefone: 3245-7440

Cristo Peregrino

Jaderlândia - Ananindeua Domingo: 19h Telefone: 3237-9891

Santa Paula Frassinetti

Cidade Nova VI - Ananindeua Sábado: 19h30; Domingo: 6h30, 8h15, 18h Telefone: 3279-2620

Transfiguração do Senhor

Curuçambá - Ananindeua Sábado: 18h30, 20h Domingo: 7h30, 19h Telefone: 3286-8570

Santa Rita de Cássia

Colônia - Marituba Domingo: 9h Telefone: 3279-2624

Cidade Nova V - Ananindeua. Sábado: 6h30, 17h30 Domingo: 6h30, 8h30, 17h30, 19h30. Telefone: 3273-3191/ 3273-3310

N. S. das Graças

São Vicente de Paulo

N. S. de Nazaré

Centro - Ananindeua Sábado: 19h Domingo: 7h, 19h Telefone: 3255-2654 N. S. do Ó

Vila - Mosqueiro Sábado: 19h30 Domingo: 6h30, 9h30, 19h30 Telefone: (91) 3771-1278 São Pio X

Águas Lindas - Ananindeua Sábado: 19h Domingo: 10h e 19h Telefone: 3215-7003

Paar - Ananindeua Domingo: 7h, 8h30, 19h Telefone: 3283-8400

São José Operário

Conj. Carnaúba, Icuí Domingo: 7h e 18h

Telefone: (91) 3295-3545/3031-1172 Nossa Senhora do Amparo

Cidade Nova 8 - Ananindeua Sábado: 19h Domingo: 7h, 9h, 18h e 19h45 (Com. São José) Telefone: 3287-2418

Não encontrou o horário da sua paróquia aqui? Entre em contato com seu pároco ou com a secretaria da sua paróquia e solicite que nos informem para podermos publicar.


12

BELÉM, DE 20 A 26 DE DEZEMBRO DE 2013

Panorama Cidadela

Pe. Cláudio Barradas (pjrbarradas@ig.com.br)

C

Parecer (V)

ontinuando o estudo, compreensivelmente superficial, do que nos diz sobre o maná a Sagrada Escritura, como parte do parecer aqui da coluna, a pedido de um leitor anônimo, sobre algumas afirmações de cunho religioso de autoria de um de nossos intelectuais, em recente edição de sua página dominical num dos jornais da cidade, no caso a de que o povo saído do Egito viajou faminto pelo deserto, comecemos relembrando o já dito. Pela ordem: - Re l a ç ã o d o s t e x t o s bíblicos que falam dele; sua promessa, por parte de Deus, e o cumprimento da promessa; Reação do povo ao vê-lo pela primeira vez e a explicação de Moisés; Como ele era e seu sabor.

d e “ m a n á ” , e x p re s s ã o , segundo voz geral, provinda da indagação “man hû”em Português, “o que é isso?” - feita por eles, uns aos outros, ao verem-no a primeira vez, por não o conhecerem. (Ex 16,15). Seus outros nomes: O Salmo 78,23 dá-lhe tanto o de “um trigo celeste” quanto o de, em umas Bíblias, “pão de heróis”, em outras, “pão dos fortes”. O livro da Sabedoria 16, 20, os de “pão de anjos” e “pão de mil sabores”. - Instruções de Deus aos israelitas, a seu respeito: Em Ex 16,16: “cada um recolha o que possa comer, dois litros por cabeça, para todos as pessoas que houver em cada tenda”. Em Ex 16,19: “Ninguém guarde para amanhã”. No sétimo dia, o sábado, dia de descanso dedicado ao

Avançando: Seu nome e sua razão de ser: Ex 16,31 relata que os israelitas chamaram-no

Testemunho de Fé

Senhor, não adiantava sair para recolhê-lo, uma vez que não o encontrariam, pois então ele não caía. (Ex 16,26s..) Deveriam recolhê-lo nos seis dias anteriores (Ex 16, 26). No sexto dia, (Ex 16, 29), o Senhor lhes dava para dois dias, de modo que recolhiam o dobro: quatro litros cada um, (Ex 16, 22), reservando para o sábado a parte que sobrara. Em Ex 16,32, Moisés transmite ao povo a seguinte ordem de Deus: “Conservai dois litros dele para que as gerações futuras possam ver o pão que vos dei de comer no deserto, quando vos tirei do Egito.” No versículo seguinte, o de nº 33, Moisés ordena a Aarão, no que é obedecido, (V.34): “Toma uma jarra, põe nela dois litros de maná e coloca-a diante do Senhor, para que se conserve para as gerações futuras”.

A Carta aos Hebreus 9, 4 nos faz saber que “a arca da aliança guardava uma jarra de ouro com maná, a vara florescente de Aarão e as Tábuas da Aliança”. Quanto ao povo, sendo como era, gente desobediente, cabeça dura, nem sempre cumpria essas e outras instruções. Assim, por exemplo, os que teimavam em guardar o maná para o dia seguinte, contrariando a ordem de cada um só recolher diariamente o que podia comer e nada guardar, a não ser na véspera do sábado, viram-no apodrecer, devido aos vermes nele surgidos. (Ex 16, 21). Assim também os que, desobedientemente, ousaram recolhê-lo no sábado, não o encontraram, um grãozinho sequer. (Ex 16, 27). O mais importante, aqui e agora, é vermos o tempo de duração desse dom divino,

Envie seu TESTEMUNHO para: voz@fundacaonazare.com.br

LUIZ ESTUMANO

Muitas coisas que aconteceram na minha vida foram milagres. Uma delas foi o nascimento da Ana Claudia. Ela nasceu com oito meses e tinha uma doença que ninguém sabia o que era. Nós a internamos em uma clínica e uma noite o médico veio e nos avisou que ela estava desenganada, que ela não passava daquela noite. Após a notícia, o meu esposo foi à Basílica de Nossa Senhora de Nazaré para pedir ajuda. Encontrou uma freira

e contou toda a história e ela. A religiosa disse que ia ficar em coração com as outras freiras. Ele voltou para o hospital e ficou em oração comigo e com a minha cunhada no corredor. Na manhã do dia seguinte, Ana Claudia já estava muito melhor e dois dias depois ela saiu do hospital. Desde então nós nos engajamos no trabalho comunitário como agradecimento.

para sabermos se o intelectual estava certo, ao dizer que viviam famintos. Para isso, basta olharmos o versículo 35, o ultimo do capitulo 16 do Êxodo, que nos informa: “ os israelitas comeram maná durante quarenta anos, até que chegaram à terra habitada. Comeram maná até atravessarem a fronteira de Canaã”. O mesmo nos diz o Livro de Neemias (9, 29s): “... “ Mas tu, por tua grande compaixão, não os abandonaste no deserto”...” “não lhes tiraste da boca teu maná”...”quarenta anos os sustentaste no deserto e nada lhes faltou”. E mais o Livro de Josué, para ficar só nesses dois: “a partir do dia seguinte, [o da sua chegada à terra prometida], o maná cessou. Os israelitas não tiveram mais maná. Nesse ano comeram os frutos do país de Canaã.” Js 5,12. Além do que, se o quisessem, poderiam fartar-se - e quem nos garante que não o fizeram? - com animais do numeroso rebanho que tinham trazido do Egito. (Ex 12, 38). De onde se conclui, sem a menor sombra de dúvida, que nosso intelectual errou, e redondamente, ao chamá-los de famintos. Reclamavam, sim, e muito, mas choravam de barriga cheia.

ALDAYR LIMA, 72 anos, contadora

Parabéns para você! Quero agradecer a Deus pelo dom da vida, pela saúde, pela minha família, meus netos e pela aprovação do meu filho em um concurso público, que eu tanto pedi a Nossa Senhora. Agradeço por todas as curas físicas e espirituais que Deus me concedeu no ano de 2013. ROSILDA NATALINA DOS REIS DAMASCENO, 64 anos

20/12

Carmen Lucia Moraes Ferreira Jose Conceição de Sousa Araujo Margareth Luz de Jesus Maria das Graças Magalhães de Oliveira Maria das Graças Mutran do Nascimento Maria de Belém Silva Cotta Maria do Socorro de Souza Gaspar Maria Sônia Leite Nassar Raimunda Salazar

21/12

Almira dos Santos Brito Ana Lobato Pereira Cibelle Fernandes Edna Terezinha Ribeiro de Moraes Ismael Neves Tavares Leonor de Paula Ribeiro Lucimar Marques de Oliveira Marilene Nascimento Lima Raimundo Paz Moura Rosangela Seixas Melo Sônia Maria da Costa Braga Sônia Maria Bitar Braga Terezinha de Jesus Nunes de Lima

Thome da Conceição saraiva

Thyago Vasconcelos da Silva Pereira

Rafael de Jesus Rodrigues Ferreira

Antonia Pires da Costa Degmar Silva Miranda Demétrio Palheta da Cruz Elenice Furtado de Oliveira Iloana Silva Ivoneide Maria Vilar da Silva Juliana Reis Moraes Laura Oliveira da Costa Luiz Francisco Boaventura Marcio de Azevedo Marisete Costa Tterezinha de Jesus Castro Ramos Trizalda Vidal de Oliveira

Andressa Natalia Nascimento Sena Edneuza Maria Benevides Ramos Gabriel Rodrigues do Nascimento Ireni da Silva Neves Licinia de Jesus Araujo Cardoso Lidia Santos de Lima Manoel Artur da Cruz Pureza Maria Dalvina Rabelo de Castro Maria de Nazaré Ferreira Cardoso Maria do Perpetuo Socorro das Neves Natalice do Espírito Santo Maia Natalice Meireles dos Santos Natalina Costa de Andrade

Benedito Cardoso Soares Candida de Jesus Ribeiro Nascimento Doralice dos Reis Costa Elizete Correa de Oliveira Juraci Livramento dos Santos Leontina Assunção de Souza Lucimar Libório Pereira Maria de Jesus Barreto de Albuquerque Miraci Martins Correa Paróquia Bom Pastor Selua Souza Buraslan Sonia Maria do Carmo Paiva Violeta Centeno Rodrigues

22/12

23/12

Arlete costa silva Denivaldo Martins Xavier Edmundo Hervey da Silva Familia Carvalho (Rosangela) Heliana Segtowick da Silva Idamir Duarte Barbosa Júlio Mauro Oliveira dos Santos Lucimar de Sousa Oliveira Marcilene Ribeiro Melo Maria de Jesus Franco Maria do Socorro Chagas Maria Jeronima da Silva Neves Maria Zelia Gonçalves Rosilda Natalina dos Reis Damasceno

24/12

Alice Natalina Assunção Souza Carmita da Silva Barros Edelburga L. de Jesus Queiroz Eduardo Jesus Victor da Costa Maria do Carmo Gomes da Silva Natalina Tuma da Ponte Patricia de Oliveira Andrade

25/12

w

26/12

Aniversário natalício de padres e diáconos diocesanos 20/12 - Pe. Rafael da Costa Brito 21/12 - Pe. Hélio Fronczac 21/12 - Diác.Thomé da Conceição Saraiva 24/12 - Diác. Benedito da Costa Ribeiro 25/12 - Diác. Emanuel José Santos Duarte

w

Aniversário de ordenação dos padres e diáconos diocesanos 20/12 - Pe. Adalberto do Espírito Santo Brandão 20/12 - Pe. Joel Lopes de Oliveira 20/12 - Pe. José Gonçalo Vieira 20/12 - Mons. Marcelino Gonçalves Ferreira 21/12 - Pe. Sílvio da Silva Trindade 23/12 - Diác. Manoel Arthur Siqueira Monteiro 26/12 - Pe. Joseíldo Zeferino da Silva 26/12 - Pe. Pedro José Ferreira Aragão

Ajude a manter a Fundação Nazaré de Comunicação. Ligue para 4006-9200 e seja sócio da Família Nazaré.


13

BELÉM, DE 20 A 26 DE DEZEMBRO DE 2013

Entretenimento Cinema & DVD

Na Locadora

Pedro Veriano (pveriano@gmail.com)

O Filme de Natal Clássico legítimo, deve sempre ser revisto. Poucos filmes dignificam o valor da vida humana

“A

felicidade não se compra” (It’s a Wonderful Life/1946) volta a ser exibido em Belém precisamente nos dias 20, 21 e 22 do corrente no cinema Olympia. Para muita gente é o filme que melhor retrata do espírito de Natal. Para o diretor Frank Capra (1897-1994) era não só o melhor filme que ele fez como “o melhor que alguém fez” (the greatest film anybody ever made). Para mim, que não sei quantos filmes já vi na vida, é o mais querido. E mantenho a opinião desde que o vi pela primeira vez, em criança, numa sessão do antigo cinema Moderno (onde hoje está o parque de diversões próximo ao Santuário de Nazaré). A ideia veio de um cartão de Natal escrito por Philip Van Doren Stern. Capra comprou os direitos e foi o seu único trabalho em que atuou no texto a ser filmado. A história segue um bom homem, bom filho, bom marido, bom pai, que sempre ajudando os outros enfrenta um gigante capitalista que acha um absurdo não controlar uma pequena agencia imobiliária que ele, um verdadeiro herói, preside. Numa oportunidade ele denuncia o rapaz como sonegador amparado na perda de uma quantia que um tio

teria de depositar no banco e esquece numa folha de jornal que o vilão segura com avidez. Desesperado por pela primeira vez na vida ser tachado de bandido, o jovem, que se chama George Bayley, decide se matar. É noite de Natal e ele quer se atirar de uma ponte no rio gelado. Mas o seu anjo da guarda, que o observa desde criança, entra em ação e mostra o valor de sua vida, como estariam os seus parentes e amigos se ele não tivesse nascido. James Stewart, ator que fez de tudo numa carreira longa e premiada, dizia que foi o seu melhor papel. Difícil não se emocionar com a narrativa simples mas extremamente rica que Capra empregou. Há momentos que eu admiro sempre como um close de George (James Stewart) quando o irmão chega da capital e ele espera que assuma a gerencia da imobiliária para realizar o sonho de viajar mundo afora. Este plano é amparado por um travelling (movimento de câmera), O semblante alegre do herói muda para a decepção. Também é extraordinário quando suporta uma investida do vilão (Harry S.

Potter/Lionel Barrymore) e no dia de seu casamento vai a agencia que está fechada por falta de verba (Potter era dono do banco da cidade e aproveitou a folga do inimigo) e conversa com as pessoas que se apressam para retirar suas economias pagando com a verba que a esposa dedicou ao casamento. Sempre e sempre o filme ressalta a frase que Capra usa como síntese de seu trabalho: “no man is failure” (Nenhum homem é um fracassado). No caso a pessoa que fez o bem é recompensada em seus piores momentos pelos que ajudou e pela benção divina que acompanhou essa ajuda. Realmente não há filme que retrate melhor o Natal. Interessante é que na sua estreia não fez sucesso. O mundo saía de uma guerra e o filme vencedor do Oscar de 1946 foi “Os Melhores Anos de Nossa Vida” que focalizava o momento, o drama dos que vinham do campo de batalha e não viam mais seus empregos e amigos. Mas alguns anos depois a televisão americana descobriu o filme como o melhor para exibir no final do ano. E o sucesso levou a repetir o programa todos os anos.

w FA FELICIDADE NÃOS E COMPRA Mantenho a opinião desde que o vi pela primeira vez

eu indico DIVULGAÇÃO

LAYZZA VASCONCELOS, 25 ANOS, consultora jurídica

SANTA PACIÊNCIA - ANDRÉ ABREU

BOA DICA

em textos bíblicos. Os arranjos instrumentais que o ameaçam mediante uma abordagem humanizante

PALAVRAS CRUZADAS NASSRALLA

LIVROS E CD'S

n ATRAVESSAR AS PROVAÇÕES

forma simples o diretor conta o drama do homem que muda de pensar ao se conhecer, e a investida do fantasma do futuro sela o comportamento deste personagem quando se vê morto e sem qualquer sentimento exposto por quem o conheceu. Scrooge chegou a ganhar até um musical inglês chamado no Brasil “Adorável Avarento” (1970). Por sinal, um bom filme, mas a inocência do antigo trabalho de

Charles Dickens já era um escritor popular na Inglaterra da época da rainha Vitoria quando escreveu, em 1843, “Conto de Natal” (Christmas Carol). Nele o autor sintetizava a avareza dos ricos através do excêntrico mr. Scrooge, um homem que não via nenhuma significação no Natal e por isso não deixava que seus funcionários folgassem nesse dia. Esta qualidade, produto de uma série de desenganos (e Dickens sofreu a perda de sua primeira namorada por diferença de classe) leva o personagem à visita de 3 fantasmas em uma noite que mostram a ele como foi o Natal passado, como é o presente e como será o do futuro. Esta visão da gênese e da consequência do mal transforma o usurário. O cinema abordou a historia ao longo do tempo. A melhor é a de 1938 dirigida por Edwin L. Marin com Reginald Owen como Scrooge. Ela saiu agora em DVD no Brasil. De forma simples o diretor conta o drama do homem que muda de pensar ao se conhecer, e a investida do fantasma do futuro sela o comportamento deste personagem quando se vê morto e sem qualquer sentimento exposto por quem o conheceu. Scrooge chegou a ganhar até um musical inglês chamado no Brasil “Adorável Avarento” (1970). Por sinal, um bom filme, mas a inocência do antigo trabalho de Marin serve bastante ao que Dickens pensou em transmitir. Realmente um conto de Natal.

Eu indico o filme Padre Pio. É um santo do século passado com uma história de fé muito forte. Ele foi perseguido durante décadas pelo Bispo de sua própria Diocese por possuir chagas como as de Jesus e o dom da bilocação. Realmente é um filmaço!

QUADRINHOS

George (James Stewart) quando o irmão chega da capital e ele espera que assuma a gerencia da imobiliária para realizar o sonho de viajar mundo afora. Este plano é amparado por um travelling (movimento de câmera), O semblante alegre do herói muda para a decepção. Também é extraordinário quando suporta uma investida do vilão (Harry S.

Um conto de Natal

n JESUS, NOSSO AMIGO

(PAULINAS, 192 PÁGS, R$ 28,80)

(PAULINAS, 25 FAIXAS, R$ 15,90)

A autora Marie-Paul Ross utiliza exemplos concretos para mostrar como as provações são enfrentadas e que há um caminho que permite que a vida e o amor triunfem. Todas as pessoas são chamadas a enfrentar provações que ameaçam a si próprias. Neste livro, Marie-Paul propõe que o leitor seja o seu próprio terapeuta para enfrentar provações que o ameaçam mediante uma abordagem humanizante e ainda traz cinco exemplos de casos de recuperação, que mostram como as pessoas podem se curar do mal da própria alma e reviver o sopro da vida.

O CD traz 13 faixas inéditas indicadas para Celebrações Eucarísticas com crianças. Todo o conteúdo é litúrgico e baseado em textos bíblicos. Os arranjos instrumentais são do Gilbert e o coro infanto-juvenil é do Grupo Musical Ir. Tecla Melo. A proposta do CD é renovar o repertório das canções litúrgicas para as missas e celebrações de Primeira Eucaristia.


14

BELÉM, DE 20 A 26 DE DEZEMBRO DE 2013

Natal DECORAÇÃO

Decorando a casa e o coração Designer dá dicas para decoração natalina bonita e barata. Há 4 anos decorador expressa sua espiritualidade nos trabalhos que realiza

E

m época natalina, várias pessoas ficam animadas para montar a decoração de suas casas. É um costume as famílias se prepararem para esse momento que parece simples, mas é muito significativo, pois há união, partilha, troca de ideias e muita alegria. Além de “decorar o coração” com boas atitudes e bons sentimentos, é tradição os católicos montarem a árvore de Natal e o presépio um mês antes do Natal, precisamente no dia 27 de novembro, quando é celebrado o início de um novo Ano Litúrgico, junto com o início do Advento. Guirlanda, laços e velas trabalhados nos tons de verde e vermelho, imagens

LUIZ ESTUMANO

rapidamente aceitas e usadas pelas pessoas que gostam de ousar na hora de decorar a casa para o fim de ano. Cores como azul turquesa, pink, dourado, prata, cobre, estão entre as tendências que o mercado lançou e que muitas famílias estão optando para dar um toque de sofisticação e modernidade na tradicional decoração de Natal. Apesar de Luiz Henrique ter inúmeras opções para trabalhar na decoração, aposta no mais simples, com o qual ele pode fazer uma bela decoração usando as cores tradicionais. w LUIZ HENRIQUE Ao todo, designer deve montar mais de 50 árvores este ano Ele explica: “Há várias tendências para se trabalhar com uma brincadeira, quando uma de Papai Noel fazem parte da típica sobre elas, mas meu trabalho vai amiga chamou um decorador para decoração natalina. Há, porém, outro depender do gosto do meu cliente, montar a árvore de Natal da casa símbolo que faz toda a diferença na o que é bem relativo”. dela e, por motivos pessoais, ele decoração e que está cada vez mais Em 2012, o designer montou cerca não pôde ir. Como eu era assistente rebuscado. É a árvore de Natal. de 50 árvores e até esta semana já dele, me disponibilizei para ajudáLuiz Henrique Menezes, 27 montou 47. Ele revelou ser muito la e ela gostou muito do resultado. anos, é designer de interiores há católico e exercer sempre sua Após esse dia fui sendo indicado nove anos e, destes, quatro anos espiritualidade em todos os seus pelos meus amigos e criei gosto pela são dedicados na montagem e na trabalhos. “Minha espiritualidade brincadeira que acabou virando ornamentação de árvores natalinas. está presente em tudo o que eu faço profissão. Hoje me dedico a isso”, Ele conta que o início da sua e é forte nas minhas decorações. Isso explicou Luiz Henrique. carreira começou em um momento também porque eu estou trabalhando O mercado das cores e tendências de descontração. “Tudo começou com um momento significativo, que não para e, para cada época ou estação é o nascimento de Jesus”, disse Luiz do ano, novas cores aparecem e são Henrique Menezes.

DICAS PARA O LEITOR w Você pode optar por velas coloridas para poder dar um aspecto “clean” em sua casa. w Utilizar copos decorativos com uma vela dentro dá um ar sofisticado. w Você pode usar uma árvore branca e decorar com enfeites coloridos. Assim, irá remeter ao branco da neve. w Luzes espalhadas pela casa são sempre uma boa opção para iluminar o ambiente. w É possível usar arames resistentes no tamanho e formato de uma árvore de Natal e decorá-los como tal. Essa é uma dica simples, barata e muito bonita. w Vale a pena investir em qualquer decoração que você tenha em casa. Basta customizá-la da forma que você deseja e viver, com o seu “coração aberto”, o verdadeiro sentido do Natal.


Caderno Dois Então é Natal... BELÉM, DE 20 A 26 DE DEZEMBRO DE 2013

Famílias se reúnem em todo o mundo para celebrar o nascimento de Jesus Cristo, o salvador da humanidade

P

ara muitos católicos, o Natal é uma das celebrações mais aguardadas do ano. Mais do que a chegada do Papai Noel cheio de presentes, representa a comemoração do nascimento de Jesus Cristo, figura central do cristianismo, e importante data no calendário da Igreja Católica Apostólica Romana. Para a Igreja, o cristão deve ter em mente que o Natal tem um sentido profundamente espiritual, e não apenas um sentido humano. Quem vive o tempo dessa forma pode perceber o verdadeiro sentido da celebração. Apesar de não ter data correta, pois não se sabe ao certo em que dia o Senhor Jesus nasceu, pois não há uma data específica registrada na Bíblia, o dia 25 de dezembro, tradicionalmente, é considerado o dia do seu nascimento. Por esse motivo, é um dia muito aguardado e festejado por todos. Ocasião para arrumar a casa, reunir a família, trocar presentes, fazer orações e reflexões, montar o presépio e rever os parentes e amigos com o objetivo de se confraternizar para a celebração do Nascimento de Jesus Cristo. De acordo com o padre Sebastião Fialho, para que o Natal Cristão seja vivido de maneira intensa, as pessoas precisam estar preparadas para a vinda de Cristo. “A Igreja orienta que essa preparação seja feita de maneira espiritual durante o tempo do Advento por meio dos Sacramentos, como a Confissão, da participação da Santa Missa, acompanhando a Liturgia, e da ansiosa espera da vinda do Senhor. “O Senhor quer nascer dentro do nosso coração, então precisamos estar preparados. Se o nosso coração estiver cheio de coisas supérfluas, como Jesus irá nascer dentro do nosso coração?!”, questiona o sacerdote. Para ele, é preciso deixar de lado a cultura do consumismo que leva as pessoas ao risco de esquecer o verdadeiro sentido do Natal. “O Natal é uma festa familiar, em que as pessoas se reúnem para confraternizar e a troca dos presentes tornou-se uma tradição social. O

LUIZ ESTUMANO

w ESPERA Dona Adayr aguarda o nascimento de Jesus com orações e reflexão do Evangelho que não deve ser esquecido é o verdadeiro sentido do Natal Cristão. Como diz a Liturgia: “Viver tudo isso, mas abraçar o que Jesus não quer que passe em nossa vida, com a paz, alegria, unidade, fraternidade e espírito de família”, destacou. Na casa da contadora Adayr Lima, 72, o Natal é celebrado de maneira muito especial. A tradição de viver intensamente o período natalino iniciou-se na década de 70 quando o seu irmão decidiu montar um pequeno presépio na sala de casa, com o intuito de reunir toda a família para contemplar, por meio de orações, o nascimento singular e humilde do Menino Jesus. Com a morte do irmão, a família deixou por alguns anos de repetir o gesto. Foi quando dona Adayr percebeu que a data não era mais a mesma e resolveu

retomar a tradição que ultrapassou décadas e hoje é vivida com muita alegria por seus filhos e netos. Segundo ela, na noite de Natal, além de homenagear o querido irmão, o presépio reforça o clima natalino e remete ao verdadeiro sentido do Natal, acompanhado por muitas orações, reflexão do Evangelho, atraindo sentimentos de unidade e fraternidade, além de uma ceia especial, com direito à troca de presentes e aos parabéns ao Menino Jesus. Dona Adayr, que coordenou por muitos anos a Comunidade São José Operário, pertencente à Paróquia Santo Antônio de Lisboa,

no bairro Batista Campos, sente-se muito feliz ao ver que a família está seguindo os seus valores. “É uma felicidade muito grande poder reunir toda a família para celebrar esse momento. Durante as orações propomos que cada um deve comprometer-se e presentear Jesus com um gesto de bondade com o irmão mais necessitado. Hoje, um pouco mais afastada dos trabalhos da Comunidade, por conta de problemas de saúde, sintome realizada em poder ver que as minhas filhas estão engajadas em atividades da Igreja e seguindo os valores deixados por Jesus Cristo”.


2

BELÉM, DE 20 A 26 DE DEZEMBRO DE 2013

Arquidiocese

Caderno Dois LUIZ ESTUMANO/ARQUIVO

CELEBRAÇÃO

Missa da Família Nazaré será presidida por Dom Zico Todos são convidados a participar do momento celebrativo e de confraternização

E

stá confirmada a Celebração Eucarística com todos os membros da Família Nazaré no próximo dia 29, na Capela da FNC. O presidente será o Arcebispo Emérito, Dom Vicente Zico.

Nesta Celebração serão incineradas todas as intenções encaminhadas ao longo do ano de 2013 à Fundação Nazaré de Comunicação e colocadas aos pés do Santíssimo Sacramento.

Promoção da Paróquia Santa Rita A Paróquia Santa Rita de Cássia, localizada na Cidade Nova V, em Ananindeua, prepara-se para promover um alegre Natal para os seus paroquianos. É o projeto “Natal de dar água na boca”, programação que acontecerá desde o dia 20 até o dia 22, sempre das 18 às 23h. O evento será realizado no espaço interno do salão paroquial e na área

livre no entorno da igreja a fim de receber a comunidade. Nos três dias de atividade haverá uma feira de produtos alimentícios e guloseimas típicas do período natalino. Haverá apresentação de corais e as crianças poderão divertir-se no parque temático natalino montado especialmente para elas com a presença de Papai Noel.

w CELEBRAÇÃO Missa na FNC acontece tradicionalmente todos os anos

Coral realiza apresentações natalinas no mês de dezembro O Gran Coral Metropolitano de Belém realiza apresentações em vários locais da cidade neste mês de dezembro. Com o tema “Natal em Ritmos”, o Coral se apresenta no dia 23 de dezembro, a partir das 18h, no Anfiteatro

Bodas de prata do Pe. Gonçalo A Catedral Metropolitana de Belém está em festa hoje, 20. O motivo é a comemoração dos 25 anos de ordenação do Vigário Episcopal Padre José Gonçalo Vieira. As bodas de prata serão celebradas na Paróquia Nossa

Paróquia São Francisco de Assis realiza Natal Solidário Acontece neste domingo, 22, a partir das 7h, o Natal Solidário. O evento vai ser realizado no salão paroquial da Paróquia São Francisco d e A s s i s , n o b a i r ro d o Tapanã em Belém. Será celebrada uma missa, que abrirá a programação. Em seguida, acontecerá um momento de louvor. Crianças, jovens e adultos irão participar de várias brincadeiras, danças regionais, e muito mais. Segundo a organização, o dia vai ser de alegria e muita diversão. A comunidade católica vai contar com a participação de um dos grupos musicais ícones da música paraense,

o “Arraial do Pavulagem”. O grupo, sempre em destaque no cenário artístico paraense, está sempre divulgando a cultura e o folclore do estado. “O objetivo será levar alegria, lazer e ser solidário com aqueles que mais precisam”, disse Maria, que faz parte da Pastoral Social da paróquia. Outro convidado especial com presença confirmada é o cantor e compositor Fra n c i m a r Vi d a N ova , destaque na música católica. Suas canções, cheias de unção e amor de Deus, emocionam e tocam fundo o coração. Ele faz sucesso dentro e fora do país. No decorrer da

da Casa das Onze Janelas. No dia de Natal, 25 de dezembro, o Grupo se apresenta na Catedral Metropolitana, às 9h. O evento é um espetáculo de vozes, ritmos e s o n s . A s a p re s e n t a ç õ e s s ã o gratuitas e abertas ao público.

programação, em torno de 500 famílias carentes cadastradas no Projeto Pastoral Social receberão cestas básicas. As 200 crianças que fazem parte desse projeto irão ganhar brinquedos. O trabalho é todo desenvolvido pelos paroquianos que contam com a ajuda voluntária dos membros da comunidade. SERVIÇO O projeto da Pastoral Social acontece aos sábados, de 8h ás 12 h, na Paróquia São Francisco de Assis e ainda está recebendo doações de alimentos e brinquedos. Para maiores informações: (91) 3258-8036.

Senhora da Graça, a Catedral. A missa em ação de graças pela importante data no sacerdócio do padre Gonçalo será às 19h30 na presença dos fiéis com os quais o sacerdote dividirá as emoções da vida dedicada a Deus.

Fundação Nazaré de Comunicação realiza sua confraternização O Natal é um momento de alegria e festa, pois celebra-se o nascimento de Jesus Cristo. Tradicionalmente as pessoas se reúnem para celebrar essa data ao lado das pessoas que amam. Em clima natalino, a Fundação Nazaré de Comunicação (FNC) promove nesta sexta-feira, 20, uma confraternização para todas as pessoas que contribuem com a evangelização realizada por meio dos meios de comunicação da FNC.

A confraternização inicia-se, às 14h, com Santa Missa presidida pelo Arcebispo da Arquidiocese de Belém, Dom Alberto Taveira Correa, na Capela da Fundação. Em seguida começa a festa com lanche e sorteio de brindes. O evento é um momento festivo, em que a Fundação festeja as realizações do ano de 2013 junto com todos os seus colaboradores e os colaboradores da Cúria Metropolitana de Belém.


3

BELÉM, DE 20 A 26 DE DEZEMBRO DE 2013

Arquidiocese

Caderno Dois LUIZ ESTUMANO/ARQUIVO

PARCERIA

Setur e Arquidiocese assinam termo de cooperação técnica Acordo é um marco na conjuntura do estado. Na ocasião, Arcebispo oficializou a Pastoral do Turismo

O

Estado do Pará, por meio da Secretaria de Estado de Turismo (Setur), e a Arquidiocese de Belém, assinaram um termo de cooperação técnica no último dia 14, em prol do fortalecimento do turismo religioso no Pará, por meio de ações conjuntas das duas entidades. Estavam presentes na assinatura o secretário da Setur, Adenauer Goés, e o Arcebispo Metropolitano de Belém, Dom Alberto Taveira Corrêa. Entre os objetivos do acordo está a estruturação de Belém e sua área metropolitana, como destino de turismo religioso. Com isso, a Setur irá trabalhar para apoiar na formatação de produtos e serviços de turismo religioso, além de coordenar as atividades de articulação institucional com as empresas privadas com vistas ao desenvolvimento de política pública, produtos e serviços do segmento. Já a

Arquidiocese de Belém fará a articulação interna com o clero e as comunidades paroquiais, e também externa com a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), com o objetivo de mobilizar e envolver a comunidade religiosa nas ações de fomento ao turismo religioso. Recentemente um dos maiores eventos católicos do mundo, o Círio de Nazaré, foi reconhecido pela Unesco como Patrimônio Imaterial da Humanidade, e é a manifestação religiosa por meio da qual o Estado lucra em vários segmentos da economia. Pa ra o S e c re t á r i o d a Setur, Adenauer Góes, o acordo é um momento de crescimento para o estado. “Não há momento mais oportuno que esse, já que o Círio foi reconhecido como Patromônio Imaterial da Humanidade. Isso mostra que a cultura da fé é pautada pelos paraenses que

fazem o Círio de Nazaré. Tanto o governo como a Arquidiocese de Belém tem visto esta cultura religiosa como uma oportunidade de trazer mais qualidade de vida para a população paraense, principalmente pela geração de empregos, pela multiplicação de renda”, explicou o secretário. PASTORAL DO TURISMO

Aproveitando a assinatura do termo de cooperação técnica entre a Setur e a Arquidiocese de Belém, o Arcebispo Metropolitano, Dom Alberto Taveira Corrêa, oficializou a Pastoral de Turismo (PASTUR), mais uma forma de evangelizar a Igreja de Belém por meio do potencial do turismo religioso da Arquidiocese, aproveitando todo o campo do turismo. A PASTUR começou em 2012, quando a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) pediu aos Bispos

w TURISMO Eventos religiosos com mais organização

de todo o país que criassem uma Pastoral de Turismo em suas Dioceses. Em 2013, a PASTUR nacional começou um processo de reestruturação, o que atrasou as iniciativas da Arquidiocese de Belém. O responsável por intermediar esse trabalho será o Padre Carlos Augusto Azevedo, pároco da Paróquia Santa Maria Goretti. S e g u n d o Pe . C a r l o s Au g u s t o , n ã o h á u m a inauguração prevista da PASTUR, mas os trabalhos já estão sendo iniciados. “Não existe uma inauguração prevista, a ideia é realizar um serviço eficaz para o

fomento do turismo religioso. Por isso, ainda estamos trabalhando nos bastidores, preparando uma equipe de trabalho e construindo um objetivo concreto, para que as ações alcancem o objetivo desejado. Desde julho estamos organizando a PASTUR, de modo que em 2014 já poderemos, de fato, sentir o trabalho da Pastoral sendo realizado”, disse o pároco. Aqueles que quiserem ajudar nesse processo de formatação da PASTUR podem entrar em contato por meio do e-mail: pastur. belem@gmail.com.

DIVULGAÇÃO

Igreja de São Pedro e São Paulo inaugura iluminação natalina A Paróquia São Pedro e São Paulo, localizada no bairro do Guamá, inaugura, nesta sextafeira, 20, a sua iluminação de Natal e cada Pastoral da igreja tem uma árvore de Natal, que terá a sua iluminação apresentada nessa data. O dia

de hoje também será marcado por uma grande confraternização d e t o d a s a s p a s t o ra i s d a Igreja no salão paroquial. No dia 20 também acontece o encerramento da Novena de Natal, com o sorteio das imagens do menino Jesus, às 20h.

Monsenhor Marcelino completa 36 anos de Ordenação Sacerdotal w SOLIDARIEDADE Crianças recebem presentes no bairro da Marambaia

Grupo Nossa Senhora Aparecida realiza natal solidário para moradores da Marambaia No último domingo, 15, o grupo católico Nossa Senhora Aparecida, da Paróquia São Jorge, no bairro da Marambaia, realizou a entrega de alimentos e brinquedos para famílias e crianças carentes do bairro. Os brinquedos foram entregues para cerca de 100 meninos e meninas da Marambaia. Por meio da arrecadação da Novena de Natal e do mutirão, que

aconteceu no dia 8 de dezembro, o grupo também doou cestas básicas para as festas de fim de ano. De acordo com a coordenadora do grupo, Lusete Serrão, a ideia principal é ajudar, pois o tempo é propício para doação e o bairro é muito carente. “Foi o meio que encontramos para colaborar com o Natal dos pequenos”, explica Lusete.

Nesta sexta-feira, 20, a Paróquia S a n t a Te r e s i n h a d o M e n i n o Jesus comemora o aniversário de Ordenação Sacerdotal do seu pároco, Monsenhor Marcelino Gonçalves

Ferreira. A data é festejada com celebração em ação de graças, às 7h, na paróquia. O Monsenhor completa 36 anos de Ordenação Sacerdotal e está à frente da Paróquia há 25 anos.

Paróquia Santa Teresinha do Menino Jesus terá programação especial de Natal No dia 24 de dezembro, v é s p e ra d e N a t a l , a Pa r ó q u i a Santa Teresinha do Menino Jesus, n o b a i r ro d o J u r u n a s , re a l i za Celebração Eucarística de Natal, às 20h. Antecedendo a Santa Missa, às 19h, acontece uma programação cultural com cânticos natalinos.

No dia 24, no horário da manhã, às 6h30, haverá Santa Missa e Novena de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, já que no horário da noite acontecerão apenas a programação cultural e a celebração natalina. No dia 25, dia de Natal, haverá Santa Missa Solene, às 18h.


4

BELÉM, DE 20 A 26 DE DEZEMBRO DE 2013

Arquidiocese

Caderno Dois

TRADIÇÃO

TV Nazaré trasmitirá a Marujada 2013, em Bragança Evento se caracteriza como uma das principais manifestações religiosas e culturais do Estado do Pará

A

Paróquia Nossa Senhora do Rosário, na Diocese de Bragança, vive dias de alegria. É por causa da 215ª Festividade do Glorioso São Benedito, que se estenderá até o dia 26 de dezembro de 2013, quando a Tv Nazaré transmitirá ao vivo o ponto alto dos grandes momentos da festa, no próximo dia 26. O tema “Imitemos Cristo a exemplo de São Benedito” e o lema “São Benedito e os bragantinos nos 400 anos de Bragança” são as reflexões religiosas a serem valorizadas pela Igreja naquele município, distante 228 km da capital do Pará. O município de Bragança já está em festa desde o dia 8, quando uma procissão fluvial abriu as comemorações na “terra da Marujada”. Na semana passada, os ensaios para a Marujada começaram no dia 12. Desde a última segundafeira, 16, iniciaram-se as procissões com a imagem de São Benedito pelas principais áreas da cidade e na terçafeira, 17, a imagem do santo passou pela região praiana. A abertura oficial da festividade aconteceu na última quarta-feira, com a concentração da Marujada de São Benedito no Teatro Museu da Marujada, com marujas e marujos vestidos com trajes azul e branco, para conduzir o mastro até o arraial para hasteamento. Seguiu-se alvorada festiva e hasteamento do mastro da Festividade, com dança da Marujada no entorno da Igreja e cerimônia de abertura e café da manhã. A missa de abertura da Festividade, seguida de novenas a São Benedito (1º dia) ,realizadas à noite. Um ensaio da Marujada encerrou a programação de abertura. As missas e a novenas dedicadas a São Benedito seguem sempre à noite até o dia 23. No dia 24 haverá ladainha cantada pelas Comitivas de Esmolação de São Benedito, seguida do 7º dia da novena e ensaio da

DIVULGAÇÃO

festiva da Marujada, no entorno da Igreja de São Benedito. CULTURA

w FESTEJOS Marujos louvam e dançam em horna a São Benedito

Marujada. O Natal de Jesus será diferente para o povo bragantino. Às 8h haverá ladainha rezada por marujas e marujos na Igreja de São Benedito, vestidos com traje azul, em razão da data especial. Às 10h será celebrado o batismo para as crianças da comunidade e almoço para a Marujada de São Benedito. Às 15h será a Cavalhada na área do Aeroporto Municipal Santos Dumont e às 19h30 haverá missa seguida do 8º dia da novena a São Benedito, encerrando a noite com a primeira apresentação da Marujada. A festividade será mais especial no dia 26, dia de São Benedito. Às 7h iniciar-se-á a Missa Solene da Festividade do Glorioso São Benedito que será presidida por Dom Luís Ferrando, Bispo Diocesano de Bragança, e transmitida via rádio para o município, seguida do encerramento da novena a São Benedito. A descida da Imagem do Glorioso São Benedito de seu altar-mor para arrumação e decoração do andor será às 10h, sucedida pelo Leilão da festividade no Salão Beneditino. A

louvação a São Benedito, na Igreja de São Benedito, iniciar-se-á às 15h30 sob a responsabilidade das Comitivas de Esmolação. A Procissão com a Imagem do Glorioso São Benedito começará às 16h, percorrendo o itinerário do Largo de São Benedito, Avenida Visconde do Rio Branco, Travessa Senador José Pinheiro, Avenida Visconde de Sousa Franco, Praça da República, Alameda Leandro Ribeiro, Travessa Coronel Antônio Pedro, Praça da Bandeira, Avenida Nazeazeno Ferreira, Travessa Vigário Mota, Praça Antônio Pereira e Travessa Estácio de Queiroz, retornando ao Largo de São Benedito, onde haverá Missa Campal. O encerramento da Festividade será à meia noite com dança da Marujada no entorno da Igreja de São Benedito pela Marujada, e subida da Imagem do Glorioso São Benedito ao seu altar-mor. A atual equipe da festividade passará os bastões de Juiz e Juíza aos novos Juízes de 2014, após Missa Solene da Maternidade Divina de Maria na Igreja de São Benedito no dia 1º de janeiro de 2014 em meio à apresentação da dança e despedida

A marujada de Bragança teve origem na primeira festa em louvor a São Benedito, realizada quando os senhores brancos atenderam ao pedido de seus escravos para a organização de uma irmandade dedicada ao santo. Para agradecer aos seus benfeitores, os negros foram dançar de casa em casa, em sinal de reconhecimento. A tradição forte e a beleza da Marujada de Bragança são abrilhantadas quase que exclusivamente por mulheres. São elas que assumem toda a direção e organização do evento. Aos homens cabe tocar os instrumentos ou simplesmente acompanhar o cortejo. A festa para São Benedito é uma manifestação caracterizada pela dança animada por instrumentos como pandeiros, rabeca, viola, cavaquinho, cuíca, violões, entre outros, que direcionam o ritmo e os passos de uma coreografia que lembra algumas das principais danças africanas. A marujada em Bragança reproduz a primeira festa a São Benedito da mesma maneira como começou com os negros. Dançando nas ruas e nas casas, os homens e mulheres reverenciam com simples homenagens as pessoas queridas ou destacadas do município, dirigidos pela “Capitã”. O cortejo de São Benedito segue pelas ruas de Bragança animando toda a cidade com a alegre festa. As mulheres dançam em duas filas seguindo a capitã, que porta um bastão de madeira enfeitado com papel e uma flor na extremidade superior. É um capitão que também conduz os acompanhantes do cortejo que segue com homens e músicos vestidos de calça e camisa branca e chapéu revestido de pano.

Compêndio do Catecismo da Igreja Católica Para reflexões durante o Ano da Fé, o jornal Voz de Nazaré continua, nesta edição, a publicação do Compêndio do Catecismo da Igreja Católica. De maneira concisa, a publicação apresenta todos os elementos essenciais e fundamentais da fé da Igreja numa visão de conjunto, todo o panorama da fé católica.

CAPÍTULO TERCEIRO (Segunda Seção PARTE 1)

A Igreja no desígnio de Deus A Igreja é una, santa, católica e apostólica

167

É católica a Igreja particular?

É católica toda Igreja particular (ou seja, a diocese e a eparquia) formada pela comunidade dos cristãos que estão em comunhão na fé nos sacramentos com o seu bispo, ordenado na sucessão apostólica, e com a Igreja de Roma, que “preside na caridade” (Santo Inácio de Antioquia). 832-835

168

Quem pertence à Igreja católica?

Todos os homens pertencem ou são ordenados de modos diversos à unidade católica do povo de Deus. Está plenamente incorporado à Igreja católica quem, tendo o Espírito de Cristo, está unido a ela por vínculos da profissão de fé, dos sacramentos, do governo eclesiástico e da comunhão. Os batizados que não realizam plenamente essa unidade católica estão numa certa comunhão, embora imperfeita, com a Igreja católica. 836-838


5

BELÉM, DE 20 A 26 DE DEZEMBRO DE 2013

Cidade C

om a chegada do Natal, vários grupos, entidades e pessoas se solidarizam para promover uma noite natalina mais feliz para muitas pessoas. Movimentos que se reúnem e trabalham durante o ano todo em troca de um sorriso no rosto e um brilho no olhar de quem precisa. Além de proporcionar um Natal mais alegre para as famílias beneficiadas, quem doa também tem o prazer de saber que com uma pequena colaboração, pode fazer a diferença para tantas outras pessoas. Um gesto, que, para muitos, não existe valor que pague. Assim tem sido a rotina do jovem Alberto Viana, 31 anos, membro do grupo SEAMA, criado há cerca de um ano em Belém. Com vários trabalhos filantrópicos e sociais, a principal missão do grupo, formado por vários amigos, é proporcionar momentos mais felizes para quem precisa. “Vejo esse gesto como uma obrigação de todo cristão. Sinto-me uma pessoa privilegiada, pois tive a oportunidade de estudar e trabalhar, o que muita gente não teve. Por isso, vejo a importância de ser missionário e atuar com essa consciência e poder contribuir de alguma forma”, destaca. O grupo SEAMA surgiu no ano passado a partir da iniciativa de uma família logo após uma visita a um hospital na capital paraense. Foi quando pai, mãe e filha sentiram

Caderno Dois FRATERNIDADE

Gestos que podem transformar o Natal Algumas atitudes que condizem com esse tempo são incentivadas pela Igreja e por leigos que querem um mundo melhor a necessidade de poder ajudar de alguma forma pessoas enfermas e crianças necessitadas. Hoje, o grupo reúne cerca de 20 membros entre amigos de trabalhos, membros de diversas igrejas e comunidades e pessoas interessadas em ajudar o próximo. Os encontros acontecem mensalmente com reuniões na casa dos membros, orações, avaliação das atividades e momentos de preparação para as missões. Segundo Alberto, a missão que ajudou a impulsionar o trabalho do grupo foi a realizada recentemente na casa do senhor João Siqueira, no bairro da Sacramenta. Aposentado por invalidez, ele sofria muitos transtornos em casa, causados pelas fortes chuvas. “Foi um trabalho

realizado com muito esforço e que contou com a colaboração de todo o grupo. Graças a Deus estamos na reta final da obra que dará uma vida mais digna ao seu João, que sofria com muitas goteiras pela casa, tendo apenas o seu quatro o único local que não molhava”, recorda. Entre os trabalhos, o grupo também realiza diversas ações sociais em instituições de apoio a crianças que sofreram abusos sexuais e em comunidades carentes pertencentes à Região Metropolitana de Belém. Durante os trabalhos várias atividades artísticas, lúdicas e de entretenimento são desenvolvidas entre crianças e adolescentes. “Durantes os encontros proporcionamos banho de piscina, brincadeiras, desfiles de miss e mister

e uma tarde completa de lazer”. A última ação do grupo aconteceu no último domingo, 15, com a realização do primeiro Natal Solidário na Comunidade do Abacatal, em Ananindeua. Na ocasião, mais de 100 crianças, incluindo suas famílias, participaram da programação que contou com a distribuição de brinquedos, música, lanche e a participação especial do Papai Noel. “Transformar um Natal mais feliz para essas crianças é uma satisfação muito grande. Ao final de cada ação vem o desejo de fazer muito mais. Tenho o dia seguinte como um tempo de reflexão, pois penso como posso ajudá-las mais ainda e como as pessoas, com gestos simples como esses, podem contribuir”, destacou.

Círio do Menino Deus, em Marituba, une fiéis neste Natal O município de Marituba, localizado na Região Metropolitana de Belém ( R M B ) , re c e b e r á n e s t a quarta, 25, o 57° Círio do Menino Deus com o tema “Cristo, luz do mundo”. A romaria celebra o nascimento de Cristo, que acontece desde o tempo em que havia a estrada de ferro BelémBragança, que transportava madeira, farinha, tijolo e carvão, há mais de cem anos. A missa será às 7h, presidida pelo Arcebispo de Belém, Dom Alberto Taveira. O sentimento de fé e devoção é grande ao Menino Deus, cuja imagem é levada em uma Berlinda durante o Círio. A procissão arrasta inúmeros peregrinos no trajeto entre Capela São Marcos, no bairro de Uriboca, até a Igreja Matriz. A cada ano o número de fiéis cresce, já que reune devotos de vários municípios.

PROGRAMAÇÃO

No sábado, 21, a Paróquia Menino Deus vai realizar a carreata motorizada à comunidade, com missa às 8h, presidida pelo padre Plinio Pacheco. A procissão do Círio do Menino Deus sai da Comunidade São Marcos Evangelista, logo após a missa, que inicia-se às 7h, presidida pelo Arcebispo de Belém, Dom Alberto Taveira. No mesmo dia acontece a missa do Natal do Senhor, às 19h.

Esporte e Lazer na Ilha de Caratateua A primeira ação de esporte, cultura, lazer e cidadania acontece neste sábado, 21, de 8h às 14h na Praia Grande, em Outeiro, na Ilha de Caratateua, com a presença de várias escolas públicas do município. Antes da ação, haverá um cortejo cultural para os jovens, além de campeonatos e oficinas como canoagem, futebol feminino e masculino, voleibol, campeonato de peconha (quem apanha mais açaí), queimada, jet

DIVULGAÇÃO

D u ra n t e a c a m i n h a d a , fiéis fazem seus pedidos e agradecimentos por graças alcançadas. A abertura da Festividade acontece no dia 22, no salão da igreja Matriz, com venda de comidas típicas. No próximo domingo, 29, acontecerá o Círio das Crianças com Santa Missa às 6h30, com saída às 8h30 da Comunidade Nova Esperança.

sky, banana boat, hip hop, pescaria e jogos cooperativos . Durante a programação, serão ministradas oficinas. O evento é organizado pelo movimento “Amigos do Outeiro’’, que é composto por 14 ONG’s. Segundo o coordenador do projeto, Ronnald Luz, o objetivo da ação é levar à população de Outeiro a importância de praticar esportes, além de conscientização sócio ambiental e ecológica.

w CÍRIO DO MENINO DEUS Fiéis louvam Jesus Cristo pelo seu nascimento

Orla de Belém recebe espetáculo do Choro do Pará A Orquestra Choro do Pará realizará nesta sexta, 20, um show de despedida do ano às 19h, com entrada franca, no Portal da Amazônia. O show faz parte da programação de Natal promovida pela Prefeitura de Belém, que está acontecendo desde o último sábado,14. O grupo Choro do Pará teve início em maio de 2006, no Instituto de Artes do Pará (IAP), passando pela Fundação Tancredo Neves e se consolidando no Curro Velho. A apresentação é resultado das oficinas

na Casa da Linguagem, onde músicos e estudantes do projeto participam de atividades de bandolim e violão de seis e sete cordas. Oficinas de cavaquinho, violão, percussão e instrumentos solo são ministrada às sextas-feiras e sábados na Fundação Curro Velho. Durante o show, o público poderá curtir o clássicos do choro nacional. Haverá ainda a participação especial do músico marajoara Adamor do Bandolim, conhecido por ser militante do choro no Pará.


6

BELÉM, DE 20 A 26 DE DEZEMBRO DE 2013

Cidade

Caderno Dois

NATAL

Concertos natalinos são apresentados no Pará DIVULGAÇÃO

Governo do Estado fez parcerias com paróquias para realizar os concertos pela cidade

O

projeto “Natal Arte em toda Parte”, d o G ove r n o d o Estado, em parceria com paróquias, realizou uma programação natalina ao público paraense. Na última terça, 17, a população de Icoaraci recebeu na praça Matriz, em frente à Paróquia São João Batista e Nossa Senhora das Graças o espetáculo da Orquestra do Theatro da Paz com participação de vários artistas entre corais, teno-

res, sopranos, orquestra, técnicos e produção. Ontem, 19, a Orquestra realizou apresentação em frente à Igreja de Santo Alexandre, bairro da Cidade Velha, em Belém, às 20h. Também a banda Amazônia Jazz se apresentou às 16h no palco do Teatro Gasômetro. O encerramento da programação será neste sábado, 21, no município de Castanhal, na praça Doze apóstolos, com entrada franca.

w MÚSICA Concertos acontecem em vários pontos da cidade de Belém durante este mês

A MINHA MENSAGEM DE NATAL

“N

“O

colorido litúrgico pendular celebra o nascimento da esperança em uma salvação eterna. Luzes iluminam nosso cotidiano noturno e nossas casas são invadidas por velhinhos e árvores. Onde está o Natal? No dominical milagre eucarístico percebo corações machucados que só têm esperança nas mãos de quem comunga o Corpo e Sangue de Jesus Cristo. Esperançosos louvores aturdem-me e vejo que o povo de Deus não teme mais, embora possam feri-lo. Neste dia, nesta noite, o passado se faz presente e o unigênito sacrifício enche de esperança e amor às contemporâneas manjedouras. São anônimos nas ruas, doentes nos hospitais, idosos em asilos, periferias de nossas cidades... que nós sejamos o milagre neste Natal: nosso apostólico compromisso cristão batismal”. ALAN DE JESUS, 25 anos, jornalista.

“D

esejo um Natal repleto de esperanças, saúde, paz e fé porque sem fé em Deus não somos nada. Que nós possamos deixar de lado as coisa efêmeras como bens materiais e comecemos a amar as pessoas. Que nesse novo ano de 2014 as pessoas tornem realidade muitos sonhos e que também comecem a construir outros. Um ano novo quem constrói somos nós mesmos. Não podemos colocar a culpa em Deus ou em alguém porque os únicos responsáveis por nossas atitudes somos nós mesmos”. ÍCARO VIANA, 15 anos, estudante.

“D

esejo a todas as famílias paraenses um Natal repleto de felicidades. Que todos confraternizem com união e paz esse momento abençoado, e que o ano novo venha cheio de ótimas realizações, conquistas e muito sucesso para todos nós”.

atal é um momento pra se viver com muita alegria e entusiasmo! Cada minuto que se aproxima deste grande dia, deve ser vivido como fé, esperança e amor. É uma alegria muito grande ouvir os sinos badalarem na noite de Natal. Eles anunciam: chegou o Menino Jesus! Glória a Deus nos mais alto dos céus! As lágrimas já correndo pelo rosto e no coração brota a esperança de que junto com o menino Jesus, em nossos lares renasça o respeito, a concórdia, a bondade, o amor e a paz. Busquemos viver neste Natal a humildade e o perdão. Abrace quem você nunca abraçou, sorria mais, cante! Louve a Deus por mais um ano

“A

chegada do Natal e de um novo ano é sempre tempo de renovar as esperanças e orar por dias melhores. Por isso, desejo a todos os leitores que tenham um Natal abençoado, e que o bem prevaleça sempre em suas atitudes durante todos os dias de 2014”. WESLEY COSTA , 27 anos, jornalista.

ÂNGELA SANTOS,

37 anos , professora.

“D

esejo a todos um feliz Natal e próspero Ano Novo! Para todos os leitores e equipe da Fundação Nazaré de Comunicação. Que o Senhor ilumine os seus passos e os guie no caminho da Paz, para que tenham um ano repleto de realizações. Que o Menino Jesus nasça no coração de todos aqueles que promovem o bem e a fraternidade”.

“Q

LEONARDO CARVALHO,

25 anos, seminarista.

que passou ao lado de sua família e amigos. Que as luzes do Natal iluminem os nossos caminhos e nos direcionem sempre para os caminhos trilhados por Nosso Senhor Jesus Cristo! Feliz e abençoado Natal!”. EMÍLIA SILVA JACOB , vocal do Ministério de Música Unidos pela Fé e voluntária da Tv Nazaré.

ue o Natal seja sempre símbolo de amor e fraternidade e que todos possamos comemorar o nascimento de Jesus com paz e alegria nos nossos corações. Que 2014 seja um ano de glórias e vitórias, que atenda nossas expectativas . Desejo a todos um feliz Natal e um ano novo de sucesso”. VERÔNICA MOREIRA, 19 anos, estudante.


7

BELÉM, DE 20 A 26 DE DEZEMBRO DE 2013

Educação

Caderno Dois

A

história dos principais pontos turísticos de Belém e a utilização dos recursos naturais produzidos pelo Pará foram temas abordados na Expedição Científica Amazônia, da qual a Escola Estadual de Ensino Médio Professor Orlando Bitar, localizada no bairro de Nazaré, participou, no dia 12 de dezembro. Cerca de 150 pessoas, entre elas alunos, professores e técnicos, embarcaram no passeio que percorreu as margens do Rio Guamá até chegar a uma Comunidade Quilombola, no município do Acará, nordeste do Estado. Lá, eles tiveram a oportunidade de conhecer a realidade dos ribeirinhos e de fazer uma trilha pela mata da região. O barco partiu às 8h da escadinha da Estação das Docas, no centro de Belém. A Expedição, que faz parte do Projeto Ensino Médio Inovador (ProEMI) e é coordenada pelo professor Luciel Macedo, teve a finalidade de levar alunos do 3° ano para uma aula extra-classe, a fim de que os estudantes pudessem associar os estudos de dentro de sala à realidade. Maria Eduarda Costa, 17 anos, que pretende passar na faculdade de Fisioterapia, disse que o passeio foi uma nova experiência e um incentivo a mais para as provas do vestibular. “Essa é a primeira vez que eu realizo esse tipo de passeio e eu gostei muito. Nós conhecermos a história do estado. Conhecer as pessoas que moram afastadas da urbanização é uma grande experiência também. Além disso, isso tudo também conta muito no vestibular, pois somos muito cobrados em várias temáticas que foram abordadas aqui”, explicou a estudante. Durante a viagem, o professor e guia turístico Elizário Lahlo explicou o contexto colonial, geográfico e ecológico aos alunos que, na volta da viagem, resolveram um questionário com várias perguntas elaboradas pelos próprios professores, e que contava como parte da última avaliação da escola. ENTENDA O PROEMI

O Programa Ensino Médio Inovador (ProEMI), instituído pela Portaria nº 971, de 9 de outubro de 2009, integra as ações do Plano de Desenvolvimento da Educação (PDE), como estratégia do Governo Federal

FOTOS: LUIZ ESTUMANO

w CAMPO Alunos constatam na prática as informações recebidas dentro da sala de aula

EXPERIÊNCIA

Expedição científica incentiva alunos do ensino médio para as provas do vestibular Projeto Inovador torna aulas mais interessantes na rede pública para induzir a reestruturação dos currículos do Ensino Médio. O ProEMI busca apoiar e fortalecer o desenvolvimento d e p ro p o s t a s c u r r i c u l a re s inovadoras nas escolas de Ensino Médio, ampliando o tempo dos estudantes na escola e buscando garantir a formação integral com a inserção de atividades que tornem o currículo mais dinâmico, atendendo também às expectativas dos estudantes do Ensino Médio e às demandas da sociedade contemporânea. A Escola Estadual de Ensino Médio Professor Orlando Bitar participa do projeto há dois anos e a expectativa do colégio é repetir a ação por muito tempo, incentivando cada vez mais os alunos para o vestibular.

w DESCOBERTA Alunos conhecem a realidade ribeirinha em aula prática

w IN LOCO Estudantes exploram trilha em Comunidade Quilombola, no Acará


8

BELÉM, DE 20 A 26 DE DEZEMBRO DE 2013

Cultura

Caderno Dois DIVULGAÇÃO

MEMÓRIA

'Suave Serenata' para Antônio Tavernard Espetáculo de Carlos Corrêa foi uma homenagem aos 105 anos do compositor paraense nascido em Icoaraci

O

menino que nasceu no domingo do Círio no dia 10 de outubro de 1908, na Vila de São João do Pinheiro (Icoaraci), foi batizado como Antônio de Nazareth Frazão Tavernard. Iniciou seus estudos em Icoaraci, depois viveu em Belém. Foi ativo aluno da Escola Paes de Carvalho, época em que organizou e fez publicações no jornal escolar, muito divulgado entre os colegas. Tavernard concluiu o ginásio em Belém, em 1925, e em 1926, estava na faculdade de Direito. A trajetória do brilhante paraense que teve uma vida social muito intensa e contribuiu desde cedo para os jornais da época, compositor parceiro do maestro Waldemar Henrique e autor do hino do Clube do Remo, vencido pela hanseníase é o roteiro do espetáculo “Suave Serenata - uma homenagem aos 105 anos de Antônio Tavernard”, apresentado no dia 12, no Centro Cultural Sesc Boulevard. O espetáculo foi gravado pela TV Nazaré para ser exibido no dia 27/12, às 21h como parte da programação especial de fim de ano da emissora. O musical é uma realização do grupo Versivox em parceria com a Nós Outros Companhia Teatral, dirigida pelo jornalista, poeta, escritor, contista e dramaturgo Carlos Correia Santos para contar a vida de Tavernard. A história narrada por meio do espetáculo é sustentada pela pesquisa de Carlos, material reunido com dificuldade já que muita coisa se perdeu com o tempo. O jornalista

pesquisa a vida de Tavernard há muitos anos e tem divulgado a obra do escritor icoaraciense em exposições, musicais e no teatro. Tavernard contraiu hanseníase aos 18 anos. Viveu a difícil experiência de uma época em que o doente era afastado do núcleo social. Foi justamente nesse período que ele demonstrou a habilidade literária constatada na prosa e nos versos que deixou. Isolado nos fundos de sua casa, a pedido dele mesmo, Tavernard foi um poeta que cantou a vida e o amor na Amazônia por meio de poemas, crônicas, contos, e textos teatrais, grande parte produzida no ‘rancho fundo’ do poeta, costuma dizer o poeta paraense Antonio Juraci Siqueira, outro conhecedor da obra de Tavernard. Precoce na demonstração dos dons literários, Antônio Tavernard recebeu seu primeiro prêmio aos 9 anos, em 1917, quando a revista Primeira, publicação nacional, o destacou pelo talento na literatura, reconhecido pelo público e pela crítica especializada. Começando pelo jornal da Escola Paes de Carvalho, onde estudou e aos 18 anos, já era reconhecido por seus artigos publicados na revista ‘A Semana’, onde assinava o pseudônimo Frei Tuck e nos jornais da época do município de Belém. O poeta Tavernard foi colaborador de jornais e um dos redatores de A Semana, uma das mais importantes revistas a circular em Belém na década de 1930. A produção intelectual passou pelo teatro, música e poesia registrada no único livro publicado

w TALENTO Tavernard foi um prodígio da literatura e cultura amazônica

em vda - Fêmea. Místicos e Bárbaros é uma publicação póstuma de 1953. Os Sacrifcados é tida como obra do poeta, mas a família afirma não saber onde estão os originais. O talento do escritor foi lembrado pela sua terra. Em 2008 foi inaugurada a Biblioteca Comunitária Antonio Tavernard, no distrito de Icoaraci. O espaço aberto à comunidade possui um acervo de pouco mais de seis mil obras e oferece serviços de informação e cultura que atualmente carece da atenção do poder público para a sua conservação, pois está com mitos problemas. A música foi um especial talento para Tavernard. Seus versos líricos foram emprestados ao parceiro Waldemar Henrique em clássicos do cancioneiro paraense e entre as mais famosas está a canção Foi Boto Sinhá, mas o autor também deixou Romance, Matinta-perera e o Hino do Clube do Remo. O poetas é o autor de espetáculos teatrais memoráveis, como “A Casa da Viúva Costa”, já encenada por Edir Augusto, escrita em 1930, período do recolhimento pela doença. Na mesma época escreveu a comédia teatral ‘Menina dos 20 mil réis’.

O valor histórico e literário do trabalho do escritor para a literatura amazônica é relevante, porém, a obra do autor é desconhecida pela geração dos anos 70 para cá, dizem os escritores contemporâneos paraenses que se preocupam em organizar os eventos chamando a atenção do público para o ilustre filho de Icoaraci. Não há nenhum livro no mercado que fale de sua obra, entretanto o livro ‘Fêmea`, tem mais de 70 anos. Carlos Correa costuma explicar que Tavernard é como “a metáfora supernova: antes de explodir, brilha com mais intensidade”. De fato, a doença não segurou a intensa capacidade que o poeta tinha de se expressar com linhas escritas fortes e para Carlos “toda homenagem prestada a Tavernard é justa e merecida”. ESPETÁCULO E MEMÓRIA

A “Suave Serenata” é um ato cênico onde se passa a vida e a obra do poeta celebradas com música, recitações e dramatizações de sua biografia. O musical conta com a participação especial dos atores Hudson Andrade e Iêrêcê Corôa e das cantoras Cristiane Rodrigues, Iza Haber, Lua Miranda e Tábita Veloso.

Dom José Maria Pires recebe o Título de Cidadão Honorário Em reconhecimento à trajetória do Arcebispo Emérito da Arquidiocese da Paraíba, Dom José Maria Pires, a Câmara Municipal de Belo Horizonte (MG) concedeu a ele o título de C i d a d ã o H o n o r á r i o . D u ra n t e

anos, o Bispo atuou em defesa dos direitos humanos. A solenidade de entrega da homenagem foi realizada na segunda-feira, 16, no Palácio Francisco Bicalho. Dom José teve forte atuação contra a

discriminação e o racismo e na luta em defesa dos afro-brasileiros. Em 26 de setembro deste ano, recebeu o título de Doutor Honoris Causa da Universidade Federal da Paraíba (UFPB). O Arcebispo Emérito

nasceu no distrito de Córregos e aos 12 anos entrou para o Seminário, em Diamantina. Recebeu a ordenação episcopal em 1957, assumindo a Diocese de Araçuaí. De 1966 a 1995, foi Arcebispo da Paraíba.

Encontro promoverá caminhada eclesial da Pastoral dos Surdos no Brasil De 7 a 11 de janeiro, a Arquidiocese de Porto Alegre (RS) sediará o 16º Encontro Nacional da Pastoral dos Surdos (Enapas) e o 6º Encontro Nacional dos Intérpretes Católicos (Encicat). O evento terá o objetivo de solidificar e promover a caminhada eclesial da Pastoral dos Surdos no Brasil, a partir da participação de delegações de todos os Regionais. Terão como tema

“Fé - dom e serviço na Igreja e para a sociedade” e lema “A fé sem obras é morta”. De acordo com os organizadores do evento, será a primeira vez que a coordenação nacional estará reunida com as coordenações regionais, o que propiciará a troca de experiências entre surdos e ouvintes. Além disso, na ocasião, haverá também a eleição da nova coordenação nacional da Pastoral.


9

BELÉM, DE 20 A 26 DE DEZEMBRO DE 2013

Arquidiocese

Caderno Dois

LUIZ ESTUMANO

w PÁROCO Vida de Monsenhor Cid é marcada por atividades pastorais

IVAN CARDOSO/ARQUIVO

w CELEBRAÇÕES No Santuário mariano a casa está sempre cheia

MINHA PARÓQUIA, MINHA VIDA

Há meio século evangelizando no bairro de Fátima Paróquia recebe mensalmente milhares de devotos do mundo todo

C

om quase meio século de fundação, a Paróquia Nossa Senhora de Fátima mantém viva a devoção mariana no Centro de Belém. Com um legado de fiéis, recebe, mensalmente, milhares de devotos do mundo todo para as celebrações em um dos Santuários mais visitados pelas famílias católicas pa-

LU IZ ES TU MA NO

w REFORMA Telhado da paróquia e alguns compartimentos passarão por reformas

raenses. A paróquia pertence à região episcopal Santa Maria Goretti e atualmente está sob a responsabilidade do pároco Monsenhor Raimundo Possidônio da Mata. É dividida em seis setores missionários, possui 32 pastorais e a comunidade Três Pastorinhos. Há cerca de três anos à frente do LUIZ ESTUMANO

se fortaleceram e vivem em constante crescimento”, destaca. Depois de atuar por nove anos como pároco na Paróquia São João Batista e Nossa Senhora das Graças, no distrito de Icoaraci, Monsenhor Cid conta que muitas coisas lhe chamaram a atenção em Fátima, entre elas: “A grande devoção Mariana, o que faz receber muita gente de fora, também pelo fato da localização. Digo que é uma paróquia que não tem um público definido, pois pessoas de vários lugares vêm prestigiar e participar das atividades, seja durante as confissões, batizados, casamentos e, principalmente, d u r a n t e a Realizada entre os dias 1 a 13 de maio, a festividade é

principalmente na ocasião da grande Procissão das Velas, que reúne cerca de 200 mil pessoas

w CENTRO SOCIAL Atividades paroquiais acontecem em prédio anexo urbano, pois o contrário a Igreja perderá a sua função, que é ir ao encontro das pessoas”. Entre os trabalhos criados na sua gestão, o sacerdote ajudou a implantar o projeto “Igreja de Belém em Missão”, por meio do qual mais de trinta missionários realizam várias missões nas regiões consideradas de risco no bairro de Fátima. Lá também foi implantado o Dia Eucarístico, em que todo o dia 13 de cada mês são realizadas várias atividades em preparação ao Congresso Nacional Eucarístico a ser realizado em Belém, em 2016. “A paróquia também re a l i za u m t ra b a l h o muito bonito com a ajuda da Pastoral Social, que é o atendimento os doentes, que conta com a ajuda de vários profissionais de saúde. O u t ro t ra b a l h o d e destaque é o trabalho

coleta-se mensalmente uma grande quantidade de leite que é distribuído a todas as Dioceses do Regional Norte II”.

pastoreio, Monsenhor Cid, como é mais conhecido pelos fiéis, orgulhase das conquistas na paróquia Nossa Senhora de Fátima. Segundo ele, durante esse tempo algumas pastorais foram fortalecidas e movimentos paroquiais ganharam destaque. “Pelo próprio trabalho criado pela missão, o grupo da catequese, que trabalha com crianças e adultos, e a Pastoral Litúrgica, ganharam força nos últimos anos e, hoje, são grupos que se fortaleceram e vivem em constante crescimento”, destaca. Depois de atuar por nove anos como pároco na Paróquia São João Batista e Nossa Senhora das Graças, no distrito de Icoaraci, Monsenhor Cid conta que muitas coisas lhe chamaram a atenção em Fátima, entre elas: “A grande devoção Mariana, o que faz receber muita gente de fora, também pelo fato da localização. Digo que é uma paróquia que não tem um público definido, pois pessoas de vários lugares vêm prestigiar e participar das atividades, seja durante as confissões, batizados, casamentos e, principalmente, d u r a n t e a festividade”. Realizada entre os dias 1 a 13 de maio, a festividade é outra característica marcante da Paróquia de Fátima. Durante os treze dias de festa, a Igreja torna-se pequena para os visitantes, principalmente na ocasião da grande Procissão das Velas, que reúne cerca de 200 mil pessoas

durante a romaria. Sobre os desafios em coordenar uma paróquia de 46 anos de fundação, Monsenhor Cid conta que, sobretudo, são em dois aspectos. “O primeiro é o administrativo e o segundo é o pastoral. O primeiro, sobretudo, pelo fato de sanar as dívidas adquiridas pelas reformas e trabalhos estruturais na paróquia. Já no quesito pastoral ressalto a necessidade da criação de pastorais adequadas para o espaço urbano, pois o contrário a Igreja perderá a sua função, que é ir ao encontro das pessoas”. Entre os trabalhos criados na sua gestão, o sacerdote ajudou a implantar o projeto “Igreja de Belém em Missão”, por meio do qual mais de trinta missionários realizam várias missões nas regiões consideradas de risco no bairro de Fátima. Lá também foi implantado o Dia Eucarístico, em que todo o dia 13 de cada mês são realizadas várias atividades em preparação ao Congresso Nacional Eucarístico a ser realizado em Belém, em 2016. “A paróquia também re a l i za u m t ra b a l h o muito bonito com a ajuda da Pastoral Social, que é o atendimento os doentes, que conta com a ajuda de vários profissionais de saúde. O u t ro t ra b a l h o d e destaque é o trabalho vocacional por meio d o M ov i m e n t o Serra, de apoio à Pastoral Vocacional da Arquidiocese de Belém, em que coleta-se mensalmente uma grande quantidade de leite que é distribuído a todas as Dioceses do Regional Norte II”.


10

BELÉM, DE 20 A 26 DE DEZEMBRO DE 2013

Igreja

Caderno Dois

RENOVAÇÕES

Mudanças sacerdotais, novos desafios LUIZ ESTUMANO

Padres falam sobre a disponibilidade do sacerdote para a missão de evangelizar

C

om a divulgação do documento das provisões sacerdotais, formalizado pelo Arcebispo Metropolitano de Belém, Dom Alberto Taveira Corrêa e divulgado pela Cúria Metropolitana de Belém, no mês passado, 33 padres se preparam para assumir nova missão a partir da Solenidade do Natal deste ano. De acordo com Dom Alberto, as transferências geraram muitas expectativas e foram acolhidas com muita alegria pelos sacerdotes. As alterações sacerdotais compreendem um total de 19 novos vigários paroquiais, 12 novos párocos, um sacerdote agraciado com o Ano Sabático e um administrador paroquial. Pa d r e r a i m u n d o C o s m e Batista, 49, foi um dos sacerdotes convidados por Dom Alberto Taveira para assumir novo pastoreio na Paróquia São Miguel, no bairro da Cremação. Ordenado sacerdote no dia 16 de dezembro de 1993m, na sua paróquia de origem em Santa Maria do Tauá, interior paraense, o seu primeiro trabalho foi como Vigário Paroquial, na Paróquia Nossa Senhora do Socorro, em Salinopólis, onde permaneceu por um ano. Em seguida, atuou também como Vigário Paroquial na Paróquia Nossa Senhora das Graças, em Icoaraci, por mais três anos. Em Belém, exerceu a função de pároco na pró-Paróquia de São Francisco, no bairro do Tapanã. Trabalhou por dois meses na Paróquia Nossa Senhora de Fátima, em Icoaraci. Teve uma experiência no exterior, visitou a Terra Santa e na volta foi convidado pelo Arcebispo Emérito de Belém, Dom Vicente Zico, com quem morou por dois meses, para trabalhar como administrador paroquial na Paróquia São Geraldo Magela, em 2000. Em 2011 foi eleito pároco, após permanecer treze anos à frente dos trabalhos pastorais na Paróquia São Geraldo Magela, localizada no Conjunto Residencial Marex, no bairro de Val-de-Cans, onde ajudou no crescimento da evangelização e na construção da nova Matriz. O convite de Dom Alberto foi recebido com supresa e tido como mais um desafio sacerdotal. "No início foi um choque, pois esperava dar continuidade aos projetos sociais e aos serviços de acabamento da Igreja. Mas até aqui desenvolvi um trabalho muito bonito com os paroquianos e foi a paróquia

w NOVA CAMINHADA Pe. Cosme se prepara para novos trabalhos na Paróquia São Miguel

em que mais trabalhei, e da que sentirei muita saudade”, contou emocionado. Para o sacerdote, as expectativas do pastoreio são as melhores possíveis. “É uma ansiedade muito grande, pois cada paróquia tem seus problemas, seja a nível pastoral, social ou econômico. Mas pretendo dar continuidade à missão, agora à frente de uma paróquia maior, com um santo mais popular e poder contribuir com o crescimento das pastorais, movimentos e atendimentos”. Nesta segunda-feira, 16, Pe. Cosme comemora os 20 anos de ordenação sacerdotal. A ocasião será marcada com celebração às 19h, presidida por ele na Matriz São Geraldo Magela. A data será marcada com um almoço ofertado para os amigos sacerdotes e à noite haverá uma confraternização junto às pastorais. A posse de Padre Cosme na Paróquia São Miguel está prevista para o dia 7 de fevereiro, durante Santa Missa às 19h, na Matriz. A Paróquia São Geraldo receberá seu novo pároco no dia 12 de fevereiro, com Santa Missa às 19h. Padre Ronaldo Menezes assumirá os trabalhos pastorais após atuar por 15 anos como pároco na Paróquia da Santíssima Trindade, no bairro da Campina, onde desempenhou muitos projetos pastorais e sociais. Segundo Padre Ronaldo, todo sacerdote deve estar disponível ao chamado da Igreja: “Pretendo manter os trabalhos e promover tudo aquilo que se espera em uma paróquia. Toda a mudança é boa para a comunidade. Cada paróquia tem o seu ritmo e o padre tem que se ajustar com o movimento de cada Igreja”.


BELÉM, DE 20 A 26 DE DEZEMBRO DE 2013

Igreja

11

Caderno Dois FOTOS: DIVULGAÇÃO

'BELÉM, A CASA DO PÃO'

Solidariedade para um Natal melhor Paróquias se mobilizam para entregar alimentos arrecadados às famílias

A

Igreja vive o clima do Natal. Entre campanhas para arrecadação de alimentos e programações religiosas diversas, os fiéis se preparam para receber o Menino Jesus. Paralelamente à organização da festa cristã, o encontro fraterno em família em torno de Jesus, adornado pela partilha da Santa Ceia, é uma preparação que mantém a Igreja bastante atarefada nesse período que antecede a grande data. No dia 7, as paróquias se ocuparam com o dia D, da quarta edição da campanha “Belém, a Casa do Pão”. As equipes engajadas na campanha saíram às ruas com o auxílio das suas comunidades para arrecadar alimentos não perecíveis para distribuir às famílias carentes na Região Metropolitana de Belém. A Igreja realiza a campanha “Belém, a Casa do Pão” com o apoio da Caritas Metropolitana. Após a coleta, a meta agora é o mutirão para a entrega dos donativos às famílias de baixa renda que irão recebêlas, conforme as orientações da coordenação geral. As comunidades paroquiais passaram por um período de organização dos itens recebidos e neste fim de semana as doações serão

entregues às famílias cadastradas pela Arquidiocese. A campanha “Belém, a Casa do Pão” está no quarto ano de realização e desde o começo os organizadores esperam que as doações cresçam a cada campanha. Até agora 62 mil pessoas já receberam os donativos arrecadados. Desde o primeiro semestre o evento é preparado para que as metas de arrecadação estipuladas para cada região episcopal sejam alcançadas e os alimentos cheguem ao maior número possível de famílias. A coordenação da campanha vem aperfeiçoando desde 2011 o sistema de controle das doações. A principal medida adotada este ano é a de que os cadastrados apresentem o CPF para garantir o recebimento dos gêneros e o documento também favorece a distribuição igualitária dos itens de maneira a contemplar todos os inscritos pelas paróquias. O controle mais rigoroso permite à Caritas ter o controle do que falta ou sobra nas paróquias para dar direcionamento adequado às equipes com a finalidade de equilibrar os seus estoques por meio de partilha entre os pontos de arrecadação para coleta

w ARRECADAÇÃO Paróquia de Nazaré foi uma das que alcançaram meta

proporcional de todos os itens da cesta de alimentos. Para ter acesso ao sistema, os integrantes das comissões pastorais são escolhidos pela comunidade a fim de dar segurança ao estoque. ENTREGA

Clima de festa, vivência em fraternidade e compromisso para a vida toda. Essas são algumas definições usadas por alguns dos participantes da campanha “Belém, a Casa do Pão”, realizada nos dias 7 e 8, na Paróquia Santa Rita de Cássia, na Cidade Nova V, em Ananindeua. A pedagoga Leide Lima chegou à igreja apenas no final da manhã para começar o seu trabalho voluntário, pois estava realizando uma prova. A aposentada Lúcia Castro deixou o seu lar no fim de semana para acompanhar os netos Camilly e Bruno no mutirão de caridade. Ela auxiliou outras colegas na cozinha, mas não descuidava dos netos que brincavam na companhia do pequeno Luiz Alberto. Os voluntários da Pastoral da Juventude foram os protagonistas da campanha, supervisionados pelo pároco Pe. José Maria Carvalho Alves. O trabalho para o Natal foi realizado em ambiente jovem e em meio a um clima familiar. Lugar ideal para viver a fraternidade, a partilha e o amor, asseguraram os jovens

Henrique Melo, 22, e Flávia Ferreira, 25. Foi com essa certeza que eles assumiram no salão da igreja, lotado por outros jovens, que irão casarse. “Foi aqui que nós começamos a namorar”, assegurou Flávia. Noivado com direito a alianças, formalizado ali mesmo para selar um compromisso nascido desde a primeira campanha em que começaram se relacionar. “Momento de festa para registrar três anos seguidos de atuação na campanha, confirmar uma amizade bem antiga e abraçar a solidariedade em prol dos que mais precisam para sempre”, dizia Henrique, olhando ternamente para a noiva. A campa nha de S anta Rita contagiou os jovens que tomaram para si a responsabilidade de ir às ruas dia para arrecadar os alimentos. Os irmãos Clara e Eduardo Brito estão animados para contribuir. “Gostamos de ir às casas”, assume o adolescente Eduardo, na sua terceira campanha. O coordenador Givanildo Barbosa Santos supervisionou o trabalho de arrecadação dando aos jovens plena liberdade. “Eles gostam de fazer as coisas ao modo deles, eu só faço acompanhar”, garante. A Pastoral da Juventude realizará neste sábado, 21, pela manhã, a entrega das cestas básicas às comunidades assistidas pela Paróquia Santa Rita de Cássia.

CNBB e PUC Minas oferecem curso sobre Pastoral da Cultura “Não faz muito tempo, havia a compressão de que a cultura não devia ser compreendida como um campo de ação evangelizadora da Igreja. Hoje, percebemos que a cultura tem tudo a ver com o processo de transformação da vida da pessoa, do testemunho cristão dentro da comunidade, na sociedade”, explica o presidente da Comissão Episcopal Pastoral para a Educação e Cultura da CNBB, Dom Joaquim Giovani Mol. De acordo

com o Bispo, a cultura interfere no indivíduo. “Afetado positivamente pelos elementos e valores culturais, ele se torna uma pessoa melhor e ajuda a melhorar a sociedade”, acrescenta. A CNBB inicia uma ação com vista à implantação da Pastoral da Cultura nas Dioceses de todo país. “Essa pastoral vem consolidar na Igreja do Brasil o diálogo especializado, estreito, objetivo e concreto entre fé e cultura”, afirma o assessor da

Comissão, professor Josimar Azevedo. Em parceria com o Centro Superior de Estudos Teológicos e Pastorais da Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (PUC Minas), a CNBB oferece dois cursos. O primeiro é de pós-graduação lato sensu à distância, com carga horária de 360 horas, que está com inscrições abertas até 24 de fevereiro de 2014, pelo site www. virtual.pucminas.br. Esta modalidade tem duração de 18 meses, com início em 17 de março. O outro curso,

Francimar Vida Nova volta a Belém C a n t o r, c o m p o s i t o r, pregador e missionário leigo da fraternidade “O Caminho”, o missionário paraense Francimar Vida Nova está levando em frente um projeto desafiador: o “Crescendo Na Fé”, de Curitiba-PR. Com seis anos de carreira, Francimar vem se destacando no cenário nacional da música católica com três CDs gravados. Seu novo trabalho tem a participação especial do padre Antônio Maria. No CD intitulado “Deus não desistiu de ti”, destaca-se a música “Como é bom sentir”. A

canção vem sendo tocada em várias rádios do Brasil, da Itália e da América Latina. Há quatro anos o missionário paraense saiu de Belém, sua terra natal, para trabalhar em São Paulo,onde reside e mantém seu escritório profissional. É de lá que mantém seus contatos para shows e eventos em muitas cidades do país e até do exterior. O artista está de volta à cidade para fazer vários shows. Seu principal objetivo é mostrar, por meio de suas canções, cheias de unção e amor de Deus, que

podemos ser felizes. Vida Nova já está trabalhando em seu novo projeto. Está gravando um CD com músicas em espanhol. O intuito é divulgar seu trabalho para o povo europeu. Em janeiro de 2014 viajará para a Argentina, onde fará shows em Buenos Aires e Córdoba.

SERVIÇO Data: 22/12/2013 (domingo) Local: Salão Paroquial da Paróquia São Francisco de Assis (Tapanã) Hora: 10h.

presencial e de curta duração, com 64 horas, é destinado a pessoas com ensino médio completo. “Esta modalidade vai ser oferecida em cada igreja local. A Diocese que se interessar vai receber um grupo de professores para implementar a formação”, explica Azevedo. A primeira experiência do curso presencial será realizada na Arquidiocese de Belo Horizonte e as inscrições podem ser feitas até 19 de janeiro.


12

BELÉM, DE 20 A 26 DE DEZEMBRO DE 2013

Meio Ambiente

Caderno Dois

CONGRESSO NACIONAL

Sessão lembra 25 anos sem Chico DIVULGAÇÃO

Lei eleva líder seringueiro acreano a patrono do meio ambiente

O

Congresso Nacional promoveu na segundafeira, 16, no plenário do Senado, uma sessão solene em homenagem aos 25 anos da morte do ambientalista Francisco Alves Mendes, mais conhecido no país como Chico Mendes. Líder seringueiro da Amazônia, ele foi assassinado em 22 de dezembro de 1988, aos 44 anos, com um tiro no peito na porta de sua casa, no município de Xapuri (AC). Nesta segunda a presidente Dilma Rousseff sancionou um projeto de lei, de autoria da deputada Janete Capiberibe (PSB-AP), que torna Chico Mendes patrono nacional do meio ambiente. Durante a sessão conjunta do Senado e da Câmara que resgatou a memória do líder seringueiro, o senador Anibal Diniz (PT-AC), um dos autores do requerimento que sugeriu a homenagem, destacou a importância de Mendes contra o desmatamento. O parlamentar d o Ac re c i t o u p r ê m i o s d e reconhecimento ao trabalho do ambientalista acreano, como o Global 500, distinção concedida a Chico Mendes pela Organização das Nações Unidas em 1987. “Temos a obrigação de dar prosseguimento a esse sonho [...] O trabalho dele [Chico Mendes] é uma semente que foi plantada e continua a dar frutos”, discursou Diniz, enquanto o telão do plenário reproduzia fotografias do seringueiro. Uma das filhas de Chico Mendes, Ângela Mendes, esteve presente à homenagem e ressaltou que, em várias regiões da Amazônia, ainda há conflitos entre fazendeiros e extrativistas. “Ainda mais quando a gente vê os mesmos grupos que se organizaram no poder há 25 anos atrás para fazer calar quem gritava por esses direitos, hoje tentam impor de toda forma o ponto de vistas o que é melhor para a Amazônia sem levar

em consideração as pessoas”, afirmou. ENCONTRO

O vice-presidente do Senado, Jorge Viana (PT-AC), relembrou uma conversa que teve com Chico Mendes na Universidade de Brasília (UnB), em 1985, quando estudante de Engenharia F l o re s t a l . “ N a q u e l a é p o c a ninguém discutia problema ambiental no Brasil. O Chico Mendes estava e a partir de ideias muitos simples de mudar a lógica das políticas públicas e de uma aproximação. Ele queria que a floresta pudesse conviver com a presença humana”, contou.

w EXEMPLO Luta do seringueiro contra o desmatamento não foi em vão

PATRONO DO MEIO AMBIENTE

Chico Mendes nasceu em 15 de dezembro de 1944, no município de Xapuri, interior do Acre. Seringueiro na Amazônia, Mendes se tornou conhecido mundialmente por sua luta contra o desmatamento e a transformação da floresta em pasto para gado. A derrubada de árvores afetava o trabalho dos seringueiros da região, com a diminuição do látex disponível. Chico trabalhava para fazendeiros extraindo a matériaprima da borracha natural, mas se revoltou no momento em que os donos de terras começaram a vendê-las para criadores de gado vindos do sul do país. O seringueiro virou líder sindical no Acre e passou a promover com colegas atos de resistência, também conhecidos como “empates”, nos quais confiscavam motosserras e impediam o trabalho de pecuaristas. Diversos líderes dos sindicatos que representavam os seringueiros foram mortos por vingança a partir da década de 1980. Em 1988, Chico Mendes foi morto ao sair de casa. A Justiça condenou, em dezembro de 1990, o fazendeiro Darly Alves da Silva e seu filho, Darci, a 19 anos de prisão, pela morte do líder sindical.

YOUCAT

PRIMEIRA PARTE

Em que cremos

88

Porque motivo Jesus foi tentado? Ele pôde realmente ter sido tentado?

Se Jesus foi verdadeiramente humano, então foi verdadeiramente tentado. Em Jesus, não temos um redentor “incapaz de Se compadecer das nossas fraquezas. Pelo contrário, Ele mesmo foi provado em tudo, à nossa semelhança, exceto no pecado” (Hb 4,15). [538-540, 566]

E

m preparação à Jornada Mundial da Juventude Rio 2013, o jornal Voz de Nazaré realizou seus estudos sobre o YOUCAT, que é o Catecismo da Igreja Católica, escrito para JOVENS que querem saber em que acreditam.

Diariamente [...] o cristão tem de suportar um combate parecido ao que Cristo suportou no deserto da Judeia, no qual foi tentado pelo diabo durante quarenta dias... Trata-se de um combate espiritual dirigido contra o pecado e, no fundo, contra Satanás. É um combate que implica toda a pessoa e exige uma constante e atenta vigilância (Bento XVI, 01.03.2006).

89

A quem promete Jesus o “Reino de Deus”?

“Deus quer que todos se salvem e cheguem ao conhecimento da verdade” (1Tm 2,4). O “Reino de Deus” começa com aqueles que se deixam transformar pelo amor de Deus. Segundo a experiência de Jesus, isso acontece sobretudo com os pobres e os pequenos. [541-546, 567]

Há mesmo pessoas afastadas da Igreja que consideram Jesus fascinante por Ele se ter dirigido primeiro aos socialmente excluídos, numa espécie de amor preferencial. No Sermão da Montanha, são os pobres e os aflitos, as vítimas da perseguição e da violência, todos os que procuram Deus de coração puro, todos os que buscam a Sua misericórdia, a justiça e a paz... que têm acesso prioritário ao Reino de Deus. Especialmente convidados são os pecadores: “Não são os que têm saúde que precisam de médico, mas os que estão doentes. Eu não vim chamar os justos, mas os pecadores” (Mc 2,17).


13

BELÉM, DE 20 A 26 DE DEZEMBRO DE 2013

Palavra Final

Caderno Dois

E

sta passagem do Evangelho mostra dois aspectos essenciais da missão da Igreja: favorecer o encontro das pessoas com Jesus Cristo, o Salvador, e testemunhá-Lo por meio de um amor sincero que busque a libertação de todo e qualquer mal que atinge a criatura humana. João Batista, o homem que todos consideram um profeta - não porque fez milagres e portentos, mas simplesmente porque anunciou a palavra de Deus - está agora preso. Ele não apenas costumava convidar o povo de Israel ao arrependimento e à conversão, mas tinha a ousadia de denunciar a injustiça, a imoralidade e a corrupção dos governantes, inclusive do rei e da rainha. Por isso foi preso. Incomodava muitos poderosos. Consciente que seu ministério está chegando ao fim com efeito, em breve será degolado, vítima da covardia de Herodes, da leviandade de Salomé e da maldade de Herodíades - preocupado com as esperanças de seus discípulos, quer deixar seu último ensinamento. De fato, a pergunta que ele manda fazer a Jesus será um esclarecimento direcionado mais a tirar as dúvidas dos discípulos do que as próprias, sendo que ele já manifestou sua fé em Jesus na hora do batismo (Mt 3,14). Entretanto, é verdade que a atividade messiânica de Jesus não corresponde exatamente ao que ele esperava. Ora, os que ele formou no deserto, que treinou na escuta, meditação e observância da palavra dos profetas, que preparou com extrema dedicação para a vinda do Messias e a acolhida do Reino dos Céus, prestes a acontecer, esses discípulos precisam ouvir diretamente de Jesus a confirmação de suas expectativas: és tu aquele que há de vir? Perguntamo-nos que expectativa era essa que tanto animava aqueles jovens e determinava a escolha de toda uma vida? Como eles imaginavam a vinda desse tão esperado Messias e seu Reino divino? Para os judeus da época, a expectativa do Reino de Deus era imbuída de grande força e potencialidade transformadora, pois evocava as antigas promessas dos profetas e dinamizava as esperanças de todo o povo, ainda que cada grupo religioso sonhasse com ideias diferentes quanto à maneira de sua realização. O Reino, para os fariseus, chegaria quando a observância da Lei fosse levada à perfeição pelo novo Moisés; para os Essênios do deserto e a comunidade de Qumrã, guiada pelo Mestre de justiça, quando o país fosse purificado pelo Juiz escatológico; ou, conforme os Zelotes e os movimentos apocalípticos, quando os romanos fossem derrotados e o povo santo de Deus assumisse definitivamente a realeza - em todo caso, sempre um reino de poder temporal, que a vinda de um messias vitorioso da linhagem davídica iria instaurar. Jesus não confirma diretamente sua identidade de Messias, mas responde apontando à realização de alguns oráculos de Isaías para a inauguração da era messiânica. Anunciara o profeta: “Naqueles dias, os surdos ouvirão o que se lê, e os olhos dos cegos, livres da escuridão e das trevas, tornarão a ver. Os pobres terão maior alegria no Senhor...” (Is 29,18s; cf. 35,5s; 61,1). São justamente essas as obras que Jesus está cumprindo e que, certamente, testemunham a chegada do Reino. Não se trata,

Alegre notícia PADRE GIOVANNI MARTOCCIA

És tu aquele que há de vir? Naquele tempo, João estava na prisão. Quando ouviu falar das obras de Cristo, enviou-lhe alguns discípulos, para lhe perguntarem: “És tu aquele que há de vir ou devemos esperar um outro?”. Jesus respondeu-lhes: “Ide contar a João o que estais ouvindo e vendo: os cegos recuperam a vista, os paralíticos andam, os leprosos são curados, os surdos ouvem, os mortos ressuscitam e os pobres são evangelizados. Feliz aquele que não se escandaliza por causa de mim”. Os discípulos de João partiram, e Jesus começou a falar às multidões sobre João: “O

que fostes ver no deserto? Um caniço agitado pelo vento? O que fostes ver? Um homem vestido com roupas finas? Mas os que vestem roupas finas estão nos palácios dos reis. Então, o que fostes ver? Um profeta? Sim, eu vos afirmo, e alguém que é mais do que profeta. É dele que está escrito: ‘Eis que envio o meu mensageiro à tua frente; ele vai preparar o teu caminho diante de ti’. Em verdade vos digo, de todos os homens que já nasceram, nenhum é maior do que João Batista. No entanto, o menor no Reino dos Céus é maior do que ele” (Mt 11,2-11). DIVULGAÇÃO

Sua missão é inaugurar um tempo de graça e misericórdia, uma oportunidade de encontro e reconciliação com Deus portanto de pôr o machado à raiz das árvores e queimar todos os que não prestam (Mt 3,10); nem veio Jesus para impor o regime de uma Lei impiedosa, tampouco para liderar uma revolução sangrenta ou dar início a um julgamento apocalíptico ostensivo. Sua missão é inaugurar um tempo de graça e misericórdia, uma oportunidade de encontro e reconciliação com Deus, devolvendo à criatura humana vida, paz, dignidade e alegria. É necessário que todo apaixonado pelo Reino dos Céus não se escandalize, mas modifique suas expectativas acolhendo de coração a novidade trazida por Jesus Cristo. Nele, cada ser humano encontrará sua autêntica bem-aventurança. Então, Jesus começa a elogiar publicamente João Batista, confirmando sua grandeza e a origem divina de sua missão. De fato, João Batista marcou profundamente a consciência religiosa de seu povo e muitos discípulos continuarão a seguir sua doutrina por muito tempo depois de sua morte (At 19,3). Nas palavras de Josefo, o famoso historiador judeu que meio século depois escreveu a história de seu

povo, João “era um homem de grande piedade que exortava os judeus a abraçar a virtude, a praticar a justiça e a receber o batismo, depois de se terem tornado agradáveis a Deus, não se contentando em não cometer pecados, mas unindo a pureza do corpo à da alma. Assim como uma grande multidão de povo o seguia para ouvir sua doutrina, Herodes [Antipas], temendo que o poder que ele tinha sobre eles não viesse a suscitar alguma rebelião, porque eles estavam sempre prontos a fazer o que ele lhes ordenasse, ele julgou dever prevenir o mal para não ter motivo de se arrepender por ter esperado muito para remediá-lo. Por esse motivo mandou prendêlo...” (Antiguidades Judaicas, XVIII, 7). Mateus, segundo seu costume, elucida essa missão profética do Batista por meio de uma citação da Escritura (Ml 3,1). Dessa forma, o evangelista não apenas confirma a missão de João, mas proclama ao mesmo tempo a fé da Igreja na identidade do Cristo, cuja vinda o precursor veio anunciar. João nada tinha em comum com os revolucionários que incitavam o povo à revolta armada contra os romanos.

Ele começara sua pregação no deserto da Judéia, aquela região árida e ensolarada que desce rápida e íngreme, entre penhascos e uadis, da montanha central, entre Jerusalém e Hebron, em direção leste para o vale do Jordão inferior e do Mar Morto. O sentido bíblico de deserto, de fato, é denso de significado teológico: é o lugar da caminhada do povo na época do êxodo, lugar de prova e teimosia, de encontro amoroso com Deus e conversão, lugar da teofania e da aliança. Com uma postura que lembrava os antigos profetas de Israel, o Batista chamava as pessoas para o deserto e as exortava ao arrependimento e retorno a Deus, prestes a se revelar definitivamente no seu Messias. Assim, tendo recebido a singular e privilegiada missão de encerrar o tempo da espera e apontar a presença de Cristo que veio dar início à era messiânica, João é considerado o maior de todos os profetas. Entretanto, a inauguração do Reino da graça por parte de Jesus traz uma felicidade incomparável para aqueles que podem enxergar sua presença, ouvirem sua palavra, renascer à vida nova e caminhar jubilosos à luz de seu Natal.

Padre Giovanni Martoccia é formado em Teologia Bíblica pelo Studium Biblicum Franciscanum de Jerusalém e professor de Sagradas Escrituras no Instituto Regional para a Formação Presbiteral da CNBB Norte 2.

PRÓXIMOS ARTIGOS:

Irmã Ângela Tutas

Maria Elisa Bessa de Castro


14

belĂŠm, de 20 a 26 de dezembro de 2013

Voz de Nazaré  

Edição de 20 a 26 de Dezembro de 2013