__MAIN_TEXT__

Page 1

ARQUIDIOCESE

DE BELÉM

PE. FLORENCE DUBOIS FUNDADOR

www.fundacaonazare.com.br BELÉM, DE 27 DE ABRIL A 3 DE MAIO DE 2018

D O JORNAL CATÓLICO DA FAMÍLIA

ANO CIV - Nº 821 - PREÇO AVULSO: R$1,00

Finda a assembleia da CNBB Cardeal Dom Sérgio da Rocha destacou a união dos Bispos, o documento sobre a formação do presbiterado segue para aprovação do Vaticano e o povo brasileiro recebe mensagem da Conferência Nacional dos Bispos. CAD.2, PÁG. 7. FOTOS: DIVULGAÇÃO

w PRESIDENTE da CNBB, Dom Sérgio, na Missa de encerramento da Assembleia Geral dos Bispos do Brasil, na sexta-feira, dia 20 de abril, em SP LUIZ ESTUMANO

Dom Alberto visita rebanho É a visita pastoral da Arquidiocese de Belém à

Paróquia Nossa Senhora Auxiliadora, localizada no

bairro Anita Gerosa, em Ananindeua. CAD. 2, PÁG. 5. LUIZ ESTUMANO

w ARCEBISPO de Belém, Dom Alberto inicia visita ao povo de Deus no início de maio FOTOS: DIVULGAÇÃO

Saúde: vacina contra a gripe

Missa pela Família Nazaré

Várias faixas etárias e grupos sociais devem vacinar-se no Brasil.

Celebração mensal pelos benfeitores da Fundação Nazaré na sexta-feira, 4 de maio. CAD. 1, PÁG. 11.

CADERNO 2, PÁGINA 3.

w SÃO JORGE homenageado na Marambaia

Festividade nas comunidades Mês de maio enseja a diocesanas dedicadas realização de festa dos aos seus padroeiros . fiéis nas comunidades CADERNO 2, PÁGINA 11.


2

BELÉM, 27 DE ABRIL A 3 DE MAIO DE 2018

Opinião

Privilégio de ser católico

CHARGE DO ANDRÉ ABREU

João Carlos Pereira Jornalista e professor jcparis@orm.com.br

As lindas imagens de Jesus

Comente esta charge:

O

voz@fundacaonazare.com.br

Relembrando com saudade nosso querido chargista André Abreu

Panorama José Pereira Ramos joseulina1@gmail.com

CNBB e a eleições

O

Economista e escritor

prezado Padre Josué, SDB, assistente da Equipe N. Senhora 3-B, da qual participamos, remeteu-nos por WhastApp 6 mensagens da 56ª Assembleia Geral da CNBB, sendo três sobre o “Povo e Deus” e três sobre “Eleições 2018”. Deixando que os eclesiásticos comentem as dirigidas ao “Povo de Deus”, destaco uma das dirigidas às eleições, que diz: “Nas eleições, não abrir mão do compromisso de acompanhar os eleitos e participar efetivamente da construção de um país justo, ético e igualitário”. Para que sejam atingidas estas três qualidades, muito terá que ser feito e modificado. Por isso considerei importante que nós, eleitores, mudemos o modo de pensar e agir. Começando por conhecer melhor em quem vamos votar. É muito comum encontrarmos eleitores que não se lembram em quem votaram. Sempre procurei co-

Encontro Fraterno ivens Coimbra Brandão ivenscb@oi.com.br; ivenscb@gmail.com

Fidelidade

M Engenheiro civil e escritor

ais do que um sentimento, a fidelidade é uma qualidade, é firmeza de atitudes, constância que implica compromisso, desde o assumido com o próximo, como aquele proclamado pelos cônjuges no matrimônio, mas também nas mais diversas atividades, na vida em sociedade, ao assumir cargos de relevância, mas, sobretudo, com Deus, nosso Criador, Salvador e Advogado. Desde os primórdios da humanidade que o homem (a mulher) se deixaram arrebatar pela infidelidade, a começar por Adão e Eva. O pecado original não foi o sexo, mas sim, a desobediência (cf. CIC §397), motivada pela soberba, quando Adão e Eva quiseram ser ‘como deuses’ (cf. Gn 3, 4). Diante do mal que contaminava a humanidade, chegando ao ‘auge da corrupção’, Javé Deus mandou o dilúvio, encontrando em “Noé um

Fundado em 5 de julho de 1913 FUNDADOR Pe. Florence Dubois, barnabita

ARQUIDIOCESE DE BELÉM-PARÁ

PRESIDENTE Dom Alberto Taveira Corrêa Arcebispo Metropolitano de Belém do Pará VICE-PRESIDENTE Monsenhor Marcelino Ferreira Vigário-geral da Arquidiocese de Belém do Pará

nhecer meus candidatos. Lembrome do tempo em que fui mesário nas eleições Barata/Assunção. Com a experiência de mais de 90 anos de idade, acumulo diversas esperanças desfeitas e decepções curtidas. A missão do eleitor não é fácil. Por isto escolhi este tema. Com o correr dos anos as coisas se complicaram, passaram a ser atreladas às disputas partidárias de ideologias socialistas, que procuram incutir falsas promessas, na grande maioria de mentalidades mal formadas. A mensagem acima nos indica um bom caminho. Não basta votar, mas acompanhar a votação, ou seja, cobrar do votado o que prometeu ao povo. Quanta mentira, quantos projetos irrealizáveis! Quanto dinheiro do eleitor jogado fora! Nunca esqueço o que ouvi da boca de Jânio Quadros, (candidato a presidente) subindo as escadas do velho Arcebispado, dizendo a Aldebaro Klautau (candidato a governador): “Não gostei do seu discurso. Político só deve dizer para o povo o que o povo quer ouvir”. Portanto, fiquemos de ouvidos bem atentos. homem justo, íntegro entre seus companheiros”, a quem confiou o resgate de Sua criação (cf. Gn 6, 9). Abrão, depois Abraão (1.800 a.C.), em sinal de fidelidade ao Criador, dispôs-se a sacrificar seu filho Isaac, oferecendo-o em holocausto, o que Deus não permitiu que se consumasse, confiando-lhe a condução do Povo de Deus. Em Jesus Cristo, seu próprio Filho, Deus estabeleceu com a humanidade a Nova e Eterna Aliança. Nos dias de hoje, somos levados a caminhar através de várias ‘verdades’, construídas a partir do interesse de determinada pessoa ou grupos, chegando a formar ideologias que aprisionam. Ou seja, tudo é relativo, até mesmo questões de ordem moral, o que o Papa Bento XVI classificou como ‘ditadura do relativismo’, porque submete a sociedade a bolsões que se chocam, lançando fragmentos de infidelidade nas gerações nascentes. Nós cristãos caminhamos na estrada que liberta, construída pela Igreja, fiéis a uma só verdade, aquela que o próprio Cristo proclamou: “Eu sou o Caminho, a Verdade e a Vida” (cf. Jo 14, 6).

DIRETOR GERAL Padre Roberto Emílio Cavalli Junior DIRETOR ADMINISTRATIVO E FINANCEIRO Marcos Aurélio de Oliveira DIRETOR DE COMUNICAÇÃO Mário Jorge Alves da Silva DIRETOR DE CAPTAÇÃO DE RECURSOS Arnaldo Pinheiro

evangelho que a Igreja nos propõe para leitura e reflexão, neste domingo, é de uma delicadeza impressionante. João revela um Jesus tranqüilo, conversando com os discípulos. A singeleza de sua fala mostra o quanto valorizava a natureza e como podia usar metáforas simples, para que aqueles homens, sem grande cultura, compreendessem a profundidade de suas palavras. Primeiro, ele apresenta o Pai como Jardineiro. Todos sabiam o que faz e quem é o jardineiro. Deus, até então, nunca havia sido mostrado dessa forma. Ele é a videira. Também desnecessário “desenhar” a árvore que produz a uva, de onde se tira o vinho que, mais tarde, consagrado, tornou-se, simbolicamente, o Seu sangue. E nós, as folhas, os ramos. Tudo simples, tudo fácil, tudo muito bonito. Jesus se comunicava de uma maneira que todos pudessem entender, não apenas os homens do seu tempo. A mensagem é universal e atemporal. No domingo passado, Ele

se anunciou como o Bom Pastor. Todos entendem o que isso significa. Agora, fala do Jardineiro, da Videira e das folhas. O Jardineiro cuida da árvore, cujo tronco é Jesus. É o tronco que leva a seiva para os galhos e para as folhas. Trata-se de uma teologia extraordinária, que atravessou os séculos, clareando a mente e o coração das pessoas. N a Te o r i a L i t e r á r i a , disciplina que lecionei por muitos anos, na Universidade, se fala do poeta lírico como aquele que é capaz de se comunicar com todos os homens, em qualquer época, de qualquer língua e de diferentes lugares. Jesus – a árvore da vida – faz isso com deliciosa simplicidade. Mas Ele vai além da poesia do momento: Jesus abre largas portas para o conhecimento da Verdade, através da beleza e da simplicidade. Se São João conseguiu traduzir a beleza desse momento, fico pensando como deve ter sido encantador ouvir essas palavras, pronunciadas pela voz do próprio Cristo.

Assim na terra como no céu ... Pe. Helio Fronczak heliofronczak@gmail.com

Recomeçar sempre!

A

ssim como um viajante que, ao perceber que errou o caminho, precisa retornar para pegar o caminho certo, se quer chegar ao seu destino, igualmente nós, em nossa vida de seguidores de Jesus, precisamos continuamente: recomeçar! Recomeçar deve ser nossa palavra de ordem, pois, inúmeras vezes, constatamos que, mesmo com boa vontade, nem sempre conseguimos nos manter fiéis aos nossos propósitos de viver a mensagem de Jesus e como seus discípulos-missionários. Graças ao amor misericordioso de Deus nós podemos sempre re-

COORDENAÇÃO Bernadete Costa (DRT/PA 1326) CONSELHO DE PROGRAMAÇÃO E EDITORAÇÃO Padre Agostinho Filho de Souza Cruz Cônego Cláudio de Souza Barradas Edwaldo Lobo Monteiro EDITORAÇÃO ELETRÔNICA Greison Dias - Design Gráfico Assinaturas, distribuição, administração e redação Av. Gov. José Malcher, Ed. Paulo VI, 915 CEP: 66055-260

tomar o caminho, pois ele sempre nos dá uma segunda chance; uma segunda; uma terceira; uma quarta. Importante mesmo para chegar ao destino é não parar no meio do caminho. Lembre-se: “Quem perseverar até o fim, este será salvo” (Mt 24,13). Neste ano em que a Igreja no Brasil está incentivando o protagonismo dos leigos, para que eles assumam sua missão de ser sal, luz e fermento nos seus ambientes, todos nós, membros da Igreja de Cristo, precisamos reavivar o dom que recebemos e nos tornar “igreja em saída”.

- Nazaré, Belém - PA Tel.: (91) 4006-9200/ 4006-9209. Fax: (91) 4006-9227 Redação: (91) 4006-9200/ 4006-9238/ 4006-9239/ 4006-9244/ 4006-9245 Site: www.fundacaonazare.com.br E-mail: voz@fundacaonazare.com.br Um veículo da Fundação Nazaré de Comunicação CNPJ nº 83.369.470/0001-54 Impresso no parque gráfico de O Liberal

FUNDAÇÃO NAZARÉ DE COMUNICAÇÃO


3

BELÉM, DE 27 DE ABRIL A 3 DE MAIO DE 2018

Arcebispo Conversa com meu povo Dom Alberto Taveira Corrêa Arcebispo Metropolitano de Belém do Pará

Cada comunidade, uma nova vocação

A

Arquidiocese de Belém aderiu a uma Campanha pelas vocações que se espalha pelo Brasil inteiro e outras partes do mundo, como uma ação evangelizadora, fundamentada no Evangelho, na qual o Senhor afirmou com ousadia, suscitando nossa participação em assunto de grande importância: “Pedi ao Senhor da messe que envie operários para a sua messe” (Mt 9,38). Desejamos fortalecer a cultura vocacional na Igreja, para despertar as mais variadas vocações e criar um ambiente positivo nas comunidades, no que se refere às vocações, apoiar e sustentar espiritualmente aos que já responderam ao chamado. Anima-nos uma palavra forte do Papa Francisco: “Jesus nos disse que o primeiro método para obter vocações é a oração, e nem todos estão convencidos disso” (Discurso à Pastoral Vocacional da Conferência Episcopal Italiana, no dia 5 de janeiro de 2017). Constatamos que há um péssimo costume de falar mal do padre, e isso contagia negativamente os ambientes eclesiais. Queremos primeiro motivar as pessoas a falar bem dos Bispos, dos Padres e das Pessoas Consagradas, pois são escolhidos e chamados pelo próprio Deus. Trata-se de reconhecer a graça de Deus que opera em nosso meio, quando chama pessoas muito parecidas conosco, com mais qualidades do que defeitos, prontas a dar a sua vida pelo Reino de Deus. Queremos

DIVULGAÇÃO

Todos os eventos de Igreja, reuniões de Pastorais, Movimentos e Serviços incluam uma dezena do Rosário pelas vocações que as comunidades se tornem responsáveis pelas vocações, rezando intensamente, pois a vocação é a resposta de Deus a uma comunidade orante. As vocações existem em todas as comunidades, pois Deus não abandona o seu povo. O que falta, muitas vezes, é o cuidado com as sementes plantadas pelo Senhor. O despertar de uma vocação muitas vezes acontece por um convite. Deus tem me dado a graça de chamar diretamente ao serviço da Igreja, no Sacerdócio, como Missionário, ou a vocação de catequista, à Vida Religiosa, às Novas Comunidades, a muitas pessoas, crianças, adolescentes, jovens e adultos. E encontro depois

muitos que foram tocados justamente pelo convite direto e ousado, inspirado pelo Senhor. E posso pensar no grande número de homens adultos que já são hoje excelentes Diáconos Permanentes! Daí o apelo a que todos se sintam corajosos e se deixem conduzir, para convidar ao serviço da Igreja. O chamado de Deus acontece também através do testemunho de vida. Olhando para o Altar da Santa Missa, ou constatando a experiência de pessoas dedicadas à Igreja, ou ouvindo uma pregação na qual alguém teve a coragem de falar “em primeira pessoa”, contando como Deus entrou em sua vida, nasce o desejo de ser parecido com bons

sacerdotes ou religiosas! E o que dizer das Comunidades vivas e atuantes, nas quais os jovens, de modo especial, encontram o clima adequado para responder ao chamado de Deus? São terreno fértil para a graça do Senhor atuar. Desejamos que cada comunidade, dentro de nossas Paróquias, seja também o espaço para vocações autênticas também para a família. O matrimônio não é um acaso, mas resultado de um apelo da graça de Deus. Quantos testemunhos fortes de casais santos podem gerar matrimônios santos, fiéis e fecundos, como nosso mundo precisa! É que precisamos também de uma “pastoral vocacional para o matrimônio”

E agora, mãos à obra! O primeiro passo é falar bem dos padres e das pessoas consagradas, que são escolhidas e chamadas pelo próprio Deus, assim como falar bem da família e do matrimônio, de acordo com o plano de Deus. Respeito profundo pelo chamado do Senhor. E as famílias podem ajudar, valorizando as crianças, adolescentes e jovens que contam aos pais o surgimento da semente da vocação. Rezar pelas vocações. Todos os eventos de Igreja, reuniões de Pastorais, Movimentos e Serviços incluam a oração de uma dezena do Rosário pelas vocações, em sua abertura ou conclusão. Todas as Missas e outras celebrações, antes da Bênção final, rezem as dez AveMarias pelas vocações. Pedimos aos Diáconos Permanentes, aos Ministros Extraordinários da Comunhão Euca-

rística, ao Apostolado da Oração e ao Terço dos Homens que sejam os guardiães da oração por todas as vocações. Um mistério do Rosário em cada encontro ou celebração! Catequistas e Catequizandos! Arranjem uma imagem de Nossa Senhora de Nazaré ou outro título de Maria e entreguem a cada semana a um (a) catequizando (a), para que reze com sua família pelas vocações. No encontro seguinte, podem partilhar o que fizeram. Os jovens, em seus Movimentos e Grupos, são convidados a preparar e ajudar a divulgar vídeos com testemunhos vocacionais a serem postados nas redes sociais. Nossos jovens são desafiados a produzi-los com criatividade, divulgando as experiências vocacionais. Nossa Assessoria de Comunicação e os Meios de Comunicação da Fundação Nazaré divulgarão os testemunhos vocacionais que serão enviados pelos nossos jovens. Outro passo importante é convidar crianças, adolescentes e jovens a oferecerem a vida a Deus: “Você já pensou em ser Padre? Em ser Religiosa? em ser Catequista?” Fazemos nosso o apelo do Documento de Aparecida (D.A 314): “É necessário intensificar de diversas maneiras a oração pelas vocações, com as quais também se contribui para criar uma maior sensibilidade e receptividade diante do chamado do Senhor; assim como promover e coordenar diversas iniciativas vocacionais. As vocações são dom de Deus, portanto, em cada diocese, não devem faltar orações especiais ao “Dono da messe”.


4

BELÉM, DE 27 DE ABRIL A 3 DE MAIO DE 2018

Arquidiocese

AGENDA DE DOM ANTÔNIO DE ASSIS RIBEIRO

AGENDA DE DOM IRINEU ROMAN

AGENDA DE DOM ALBERTO CORRÊA n De 27 de abril a 3 de maio de 2018

n De 27 de abril a 3 de maio de 2018

8h - Gravações 9h30 - Audiências 12h - Reunião com os Padres Salvistas (Paróquia Natividade de Nosso Senhor Jesus Cristo) 15h - Reunião

8h30 - Audiências 19h - Missa - Paróquia Santa Mãe de Deus

n SEXTA, 27 DE ABRIL

n SÁBADO, 28 DE ABRIL

9h - Audiências 12h - Reunião (Seminaristas do Centro Vocacional São João Maria Vianney) n DOMINGO, 29 DE ABRIL 7h - Missa (Catedral da Sé) 11h - Missa (Fazenda da Esperança) 19h - Missa (Paróquia Nossa Senhora de Lourdes) n SEGUNDA, 30 DE ABRIL

n DOMINGO, 29 DE ABRIL 8h - Missa - Comunidade São Clemente - Paróquia Rainha da Paz 18h – Missa - Comunidade São Francisco (Paróquia Nossa Senhora das Vitórias) n SEGUNDA, 30 DE ABRIL n TERÇA, 1 DE MAIO

7h30 - Missa e procissão - Paróquia Nossa Senhora de Fátima - Santuário (Abertura da festividade)

n TERÇA, 1 DE MAIO

9h - Missa de instituição do Ministério de Catequistas 17h - Abertura da Visita Pastoral e Procissão (Paróquia Nossa Senhora Auxiliadora) 18h30 - Missa na Igreja de São José Operário (Paróquia Nossa Senhora Auxiliadora) Visita Pastoral (Paróquia Nossa Senhora Auxiliadora) Os compromissos de Dom Alberto Taveira podem sofrer alterações sem aviso prévio.

n SÁBADO, 28 DE ABRIL

9h - Formação com as irmãs Missionárias da Santíssima Trindade 16h - Missa com crianças especiais - Paróquia São José de Queluz

8h30 - Audiências 18h30 - Missa - Seminário Pio X

6h25 - Missa (Carmelo Santa Teresinha) 10h - Gravações 15h - Gravações 19h - Missa (Paróquia Santa Maria Mãe de Deus)

n QUARTA, 2 E QUINTA, 3 DE MAIO

n SEXTA,27 DE ABRIL

n QUARTA, 2 DE MAIO

8h30 - Audiências 19h - Crisma - Paróquia Imaculada Conceição Castanheira n QUINTA, 3 DE MAIO

8h30 - Reunião do Conselho Episcopal 19h - Missa - Comunidade Ieshua (Julia Seffer) Os compromissos de Dom Irineu Roman podem sofrer alterações sem aviso prévio.

n De 27 de abril a 3 de maio de 2018

n SEXTA, 27 DE ABRIL

8h – Aulas na Faculdade Católica 10h - Reunião – Faculdade Católica (Polo Santo Antônio) 14h - Audiências 19h - Missa e Crisma - Paróquia São Francisco de Assis -Icoaraci

n SÁBADO, 28 DE ABRIL

8h30 - Encontro de formação com as Irmãs Vicentinas 18h30 - Missa e Crisma - Paróquia Santa Luzia Jurunas

n DOMINGO,29 DE ABRIL

8h - Encontro de formação da Pastoral Afro 17h30 - Missa - Paróquia Nossa Senhora da Conceição – Cidade Velha

n SEGUNDA, 30 DE ABRIL

7h30 - Visita com a CARITAS - Comunidade “Deus seja louvado” – Marituba 14h - Audiências 19h - Missa - Paróquia São José – Icuí-Laranjeira (festividade)

n TERÇA, 1 DE MAIO

7h - Missa festiva no Acará 19h - Missa - Abertura – Festividade – Paróquia Nossa Senhora de Fátima - Icoaraci

n QUARTA, 2 DE MAIO

8h30 - Audiências 14h - Programa – Rádio Nazaré FM 19h - Reunião com empresários católicos – Auditório Dom Vicente Zico - Centro Social Nazaré

n QUINTA, 3 DE MAIO

8h30 - Reunião do Conselho Episcopal 14h - Audiências 20h – Missa e Crisma dos alunos do Colégio Marista - Capela Nossa Senhor de Lourdes

Os compromissos de Dom Antônio de Assis podem sofrer alterações sem aviso prévio.

Homilia Dominical Padre Romeu Ferreira romeufsilva@gmail.com

A) Texto: Jo 15,1-8

Formado em Exegese pelo Pontifício Instituto Bíblico de Roma

Disse Jesus a seus discípulos: 1“Eu sou a videira verdadeira e meu Pai é o agricultor. 2Todo ramo que em mim não dá fruto, ele o corta; e todo ramo que dá fruto, ele o limpa, para que dê mais fruto ainda. 3Vós já estais limpos por causa da palavra que eu vos falei. 4Permanecei em mim e eu permanecerei em vós. Como o ramo não pode dar fruto por si mesmo se não permanecer na videira, assim também vós não podereis dar fruto se não permanecerdes em mim. 5Eu sou a videira e vós os ramos. Aquele que permanece em mim e eu

nele, esse produz muito fruto; porque sem mim nada podeis fazer. 6Quem não permanecer em mim será lançado fora como um ramo e secará. Tais ramos são recolhidos, lançados no fogo e queimados.7Se permanecerdes em mim e minhas palavras permanecerem em vós, pedi o que quiserdes e vos será dado. 8 Nisto meu Pai é glorificado: que deis muito fruto e vos torneis meus discípulos”. B) COMENTÁRIO Jesus diz: “Eu sou a videira e vós os ramos” (v 5). Ele se define na relação efetiva e afetiva de sua pessoa conosco e da nossa com ele. Nesta relação está a energia da vida e a correspondência do mestre: “Permanecei em mim e eu permanecerei em vós” (v 4). Assim, a fecun-

didade de nossa existência cristã depende de Jesus, fonte dela, pois ele nos diz: “sem mim nada podeis fazer” (v 5). O permanecer em Jesus é garantia de êxito: “Aquele que permanece em mim e eu nele, esse produz muito fruto” (v 5). Agindo ao contrário, seria um fracasso, pois o mesmo nos comenta: “Quem não permanecer em mim será lançado fora como um ramo e secará” (v 6). Claro que todos nós queremos vencer, ganhar, encontrar, recuperar, chegar onde desejamos! Então, eis a clave do segredo: Permanecer unidos a Ele! Jesus ao apresentarse como “videira verdadeira”, se refere à “vinha do Senhor” presente nos profetas (Is 5,1-7; Jr 2,11)

e salmos (Sl 80,8-19), como imagem do povo de Deus, Israel, que está sob os cuidados do Senhor: o povo se perverte e Deus o converte, recupera. Ora, a perdição e recuperação, ou precisamente o julgamento final (Mt 20,1-16; 21,2844) do povo da aliança e de cada pessoa é objeto precioso dos cuidados de Deus, que se empenha na salvação de todos. No itinerário espiritual do povo da aliança é determinante o valor da “escuta” da Palavra: “shemá Israel” (Dt 6,4). E aqui Jesus chama a atenção para a importância de sua palavra: “Vós já estais limpos por causa da palavra que eu vos falei” (v 3). Logo conclui o mestre: “Pedi o que quiserdes e vos será dado” (v 7).

Ó Senhor será verdade que podemos pedir tudo, tudo o que quisermos? Sim, tudo; tudo vos será concedido, “se permanecerdes em mim e minhas palavras permanecerem em vós” (v 7). É precioso contemplar este Jesus que não deixa de se encantar com seu Pai. Ele declara: eu sou a videira; e prossegue no mesmo pensamento: ...e “meu Pai é o agricultor”. Jesus está sempre com o Pai, e nós estejamos sempre com Jesus! Quando ele fala de si, já está falando do Pai que age nele e ele no Pai. O tema do nosso necessário vínculo com Jesus se baseia na própria experiência dele com o Pai. Certa vez disse: “Eu e o Pai somos um” (Jo 10,30).

Liturgia da Semana w 27/04, SEXTA-FEIRA Cor (branco) Primeira Leitura (At 13,26-33) Responsório (Sl 2) Evangelho (Jo 14,1-6) w 28/04, SÁBADO Cor (branco) Primeira Leitura (At 13,44-52)

Responsório (Sl 97) Evangelho (Jo 14,7-14) w 29/04, DOMINGO Cor (branco) Primeira leitura (At 9, 26-31) Responsório (Sl 21,26b-27.28.30.31-32 Segunda leitura (1 Jo 3, 18-24)

Evangelho (Jo 15, 1-8) w 30/04, SEGUNDA Cor (branco) Primeira leitura (At 14, 5-18) Responsório (Sl 113b, 1-2.3-4.15-16) Evangelho (Jo 14, 21-26)

w 01/05, TERÇA-FEIRA Cor (branco) Primeira Leitura (At 14,19-28) Responsório (Sl 144 (145) Evangelho (Jo 14,27-31) w 02/05, QUARTA-FEIRA Cor (branco) Primeira Leitura (At 15, 1-6)

Responsório (Sl 121 (122) Evangelho (Jo 15, 1-8) w 03/05, QUINTA-FEIRA Cor (vermelho) Primeira Leitura (1Cor 15, 1-8) Responsório (Sl 18 (19) Evangelho (Jo 14,6-14)


5

BELÉM, DE 27 DE ABRIL A 3 DE MAIO DE 2018

Vaticano Papa: preocupação com a Nicarágua, "cesse toda violência"

Papa Francisco fez a reflexão a partir do Evangelho de João, da liturgia daquele dia

C

om informações Vatican News.No Regina Coeli do domingo, 22, – oração mariana do período pascal que substitui o Angelus –, mais um apelo do Santo Padre, desta vez voltado para a situação difícil vivida estes dias na Nicarágua. “Estou preocupado com o que está acontecendo estes dias na Nicarágua, onde, após um protesto social, se verificaram confrontos, que causaram também algumas vítimas. Expresso minha proximidade àquele amado país, e me uno aos Bispos ao pedir que cesse toda e qualquer violência, se evite inútil derramamento de sangue e as questões abertas sejam resolvidas pacificamente e com sentido de responsabilidade.” DISCÍPULOS DO SENHOR

Na alocução que precedeu a oração mariana o Santo Padre explicou que a liturgia deste IV Domingo de Páscoa prossegue no intento de ajudar-nos a redescobrir a nossa identidade de discípulos do Senhor

Ressuscitado. Nos Atos dos Apóstolos, continuou, Pedro declara abertamente que a cura do enfermo, operada por ele e da qual fala toda Jerusalém, foi feita em nome de Jesus, porque “em nenhum outro há salvação” (At 4,12). Naquele homem curado encontra-se cada um de nós – aquele homem é a nossa figura, todos estamos ali –, encontramse nossas comunidades: cada um por curar-se das muitas formas de enfermidade espiritual – ambição, preguiça, orgulho – se aceita colocar confiantemente a própria existência nas mãos do Senhor Ressuscitado. “No nome de Jesus Cristo o Nazareno – afirma Pedro – este homem está curado diante de vós.” Mas quem é o Cristo que cura? Em que consiste o ser curado por Ele? De que nos cura? E mediante quais atitudes? O BOM PASTOR

A resposta a todas essas perguntas, disse Francisco,

FOTOS: DIVULGAÇÃO

para que possamos atravessar estradas impérvias sem perder o caminho. Ele nos acompanha.” NEOSSACERDOTES

w PAPA FRANCISCO no Regina Coeli no Domingo do Bom Pastor

a encontramos no Evangelho deste domingo, onde Jesus diz: “Eu sou o bom pastor. O bom pastor dá a vida pelas ovelhas” (Jo 10,11). Esta auto-apresentação de Jesus não pode ser reduzida a uma sugestão emotiva, sem nenhum efeito concreto! Jesus cura mediante o seu ser pastor que dá a vida. “Dando a sua vida por nós, Jesus diz a cada um: ‘a sua vida vale tanto para mim, que para salvá-la dou todo o meu ser’. É exatamente esse oferecer a sua vida que o torna Pastor bom por excelência, Aquele que cura, Aquele que

nos permite viver uma vida bonita e fecunda.” Francisco continuou explicando que a mesma página evangélica nos diz com quais condições Jesus pode curar-nos e pode tornar a nossa vida alegre e fecunda: “Eu sou o bom pastor – diz Jesus. Conheço as minhas ovelhas, e elas me conhecem, assim como o Pai me conhece e eu conheço o Pai” (Jo 10, 14-15). Jesus não fala de um conhecimento intelectivo, não, mas de uma relação pessoal, de predileção, de ternura recíproca, reflexo da mesma relação íntima de amor entre Ele e o Pai.

Essa é a atitude mediante a qual se realiza uma relação viva com Jesus: deixar-se conhecer por Ele – destacou o Pontífice, acrescentando: “Não fechar-se em si mesmos, abrir-se ao Senhor, para que Ele me conheça. Ele é atento a cada um de nós, conhece profundamente nosso coração: conhece nossas qualidades e nossos defeitos, os projetos que realizamos e as esperanças que foram desiludidas. Mas nos aceita como somos, também com nossos pecados, para curar-nos, para perdoarnos, nos guia com amor,

Neste Dia Mundial de Oração pelas Vocações, disse Francisco, a Virgem Maria interceda a fim de que muitos respondam com generosidade e perseverança ao Senhor que chama a deixar tudo pelo seu Reino. Hoje, em particular, disse ainda, agradecemos a Deus pelos novos sacerdotes que ordenei pouco antes na Basílica de São Pedro. E peçamos ao Senhor que mande muitos bons operários para trabalhar na sua messe, bem como multiplique as vocações para a vida consagrada e o matrimônio cristão. “Como disse, ordenei dezesseis sacerdotes. Quatro deles vieram aqui para saudá-los e dar a bênção comigo.” “Neossacerdotes, venham à janela ao meu lado”, convidou-os antes de conceder a sua Bênção apostólica a todos os presentes na Praça São Pedro.

Aos novos sacerdotes: "não se cansem de ser misericordiosos" Com informações Vatican News. “Conscientes de terem sido escolhidos entre os homens e postos ao serviço dos homens nas coisas que são de Deus, realizem com verdadeira caridade e alegria constante a obra sacerdotal de Cristo, unicamente intentos a agradar a Deus e não a vocês mesmos ou aos homens, por outros interesses. Somente serviço a Deus, para o bem do Santo povo fiel de Deus.” Foi a exortação do Papa Francisco aos dezesseis novos sacerdotes por ele ordenados na Basílica de São Pedro na missa deste IV Domingo da Páscoa, também conhecido como Domingo do “Bom Pastor”, ocasião em que a Igreja celebra o Dia Mundial de Oração pelas Vocações. Tenham diante de vocês o exemplo do Bom Pastor. Em sua homilia, na qual apresentou aos novos presbíteros o significado, importância e implicações do novo ministério ao qual foram chamados, Francisco os exortou a não se cansarem de ser misericordiosos.

Distribuam a todos a Palavra de Deus que vocês mesmos receberam com alegria. Meditando na lei do Senhor, procurem crer o que ler, ensinar o que crer e viver o que ensinam, frisou o Pontífice, fazendo uma premente exortação: “O ensino de vocês seja alimento para o povo de Deus, alegria e sustento aos fiéis de Cristo, o perfume de suas vidas. E com a palavra edifiquem a Casa de Deus que é a Igreja. Exercerão também, em Cristo, o múnus de santificar. Pelo ministério de vocês se realiza plenamente o sacrifício espiritual dos fiéis, unido ao sacrifício de Cristo, que, juntamente com eles, é oferecido por suas mãos sobre o altar, de modo sacramental, na celebração dos santos mistérios.” CAMINHAR NA VIDA NOVA

Tomem, pois, consciência do que fazem, imitem o que realizam. Celebrando o mistério da morte e da ressurreição do Senhor, esforcem-se por fazer morrer em vocês todo o mal e por caminhar na vida nova. Com

o Batismo vocês acrescentarão novos fiéis para o Povo de Deus. Com o Sacramento da Penitência perdoarão os pecados em nome de Cristo e da Igreja, continuou o Santo Padre acrescentando ao texto da homilia mais uma exortação aos novos sacerdotes: “Por favor, não se cansem de ser misericordiosos. Pensem nos pecados de vocês, nas misérias de vocês que Jesus perdoa. Sejam misericordiosos. Com o óleo santo darão alívio aos enfermos. Celebrando os ritos sagrados e oferecendo nas várias horas do dia a oração de louvor com ações de graças e súplicas, serão voz do Povo de Deus e de toda a humanidade.” Congregar os fiéis numa só família Por fim, participando da missão de Cristo, Cabeça e Pastor, em comunhão filial com o Bispo de vocês, procurem congregar os fiéis numa só família, a fim de poder conduzi-la a Deus Pai, por Cristo, no Espírito Santo, disse ainda o Papa Francisco antes de fazer sua última recomendação: “ Te n h a m s e m p re

w ORDENAÇÃO sacerdotal na Basílica de São Pedro

diante dos olhos o exemplo do Bom Pastor, que não veio para ser servido, mas para servir e para buscar e salvar o que estava perdido.” Dos dezesseis novos presbíteros, seis deles foram formados no

A A

Colégio diocesano Redemptoris Mater, cinco estudaram no Seminário Romano Maior, quatro pertencem à Família dos Discípulos e um à Pequena Obra da Divina Providência (Don Orione) e fez seu percurso

formativo na Paróquia romana de Todos os Santos. Onze dos novos presbíteros pertencem à Diocese de Roma. Este domingo do “Bom Pastor” é também o 55º Dia Mundial de Oração pelas Vocações.

vida tem pleno significado quando é oferecida como dom; torna-se insípida quando é mantida para si mesmo(24 de abril) Palavra de Deus é a lâmpada com a qual olhar o futuro: à sua luz se podem ler os sinais dos tempos. (23 de abril)


6

BELÉM, DE 27 DE ABRIL A 3 DE MAIO DE 2018

Igreja no Mundo Espanha e a devoção às Virgens Negras 51 invocações deste estilo mantidas na nação europeia

C

om informações da agência Gaudium Press. A história da devoção mariana na Espanha está estreitamente vinculada com as chamadas “Virgens Negras”. Atualmente se conservam na nação europeia 51 invocações deste estilo sendo Nossa Senhora de Montserrat, a Virgem de Guadalupe, a Almudena, o Pilar e a Mãe de Atocha, as devoções mais conhecidas. Antonio Madroñero da Cal, engenheiro e estudioso destas imagens, em seu livro

“Cultura e tradição das Virgens Negras. Em entrevista em uma emissora local o autor aprofundou sobre o surgimento das “Virgens Negras”, e a extensa devoção delas na Espanha. Conta que sua origem, sobretudo no país europeu, está vinculada à integração industrial com as técnicas e o comércio de Roma, já que ali chegava a cerâmica ‘sigilata’ que se exportava pelo Ebro. Conta também que estas pequenas imagens logo foram subs-

tituídas por outras: “O habitual foi que nas igrejas fossem se substituindo as Virgens Negras de madeira betunada lustrosa por imagens maiores góticas ou renascentistas”. Com o tempo, explica o autor, começaram a se talhar as “Virgens Negras” em madeira com acabamento em betume endurecido e brilhante, e também de outros materiais. Posteriormente, e já no século XIX, surgiu a moda de pintar de escuro, com pintura de pouca

qualidade geralmente, as fisionomias das Virgens que há séculos eram ruivas, mas que por efeito desta moda passaram a ser c h a m a d a s Vi r g e n s Negras”, relata. De acordo com Antonio Madroñero da Cal, entre as “Virgens Negras” também está a de Almudena, padroeira de Madri. A imagem atual é de Diego Copin, que substituiu a original que ficou reduzida a cinzas após um incêndio ocorrido durante o reinado de Enrique IV.

FOTOS: DIVULGAÇÃO

w EXTENSAS devoções nas igrejas da Espanha

Igreja nos EUA promove coleta nacional em favor das Missões Domésticas

w VÁRIAS paróquias participam das ações

Com informações agência Gaudium Press. A Conferência de Bispos Católicos dos Estados Unidos (USCCB) celebrará sua coleta nacional anual de Missões Domésticas nas paróquias do país durante o final de semana de 28 e 29 de abril. O programa de Missões Domésticas Católicas oferece assistência às Diocese e Eparquias que passam dificuldades devido suas condições

geográficas, sua povoação necessitada e recursos limitados. Segundo informou a Conferência dos Bispos, através desta coleta se financiam programas pastorais essenciais que incluem educação religiosa e ministério juvenil, formação sacerdotal e religiosa, ministério nas prisões e treinamento para leigos. “Muitos de nossos irmãos e irmãs nos Estados Unidos não tem acesso in-

clusive aos recursos pastorais mais básicos”, indicou o Arcebispo de Anchorage e Presidente do Subcomitê de Missões Domésticas Católicas, Dom Paul D. Etienne. “Como membros do corpo de Cristo, somos chamados a ajudar os nossos próximos e a construir a Fé. Sua generosidade ao chamado das Missões Domésticas Católicas tem feito mais forte a Igreja nos Estados Unidos”.

Os Bispos informaram que 40% de todas as Dioceses Católicas dos Estados Unidos cumprem os requisitos para obter apoios do Subcomitê de Missões Domésticas Católicas. Entre as Dioceses de Missões Domésticas se incluem as dos territórios norte-americanos no Caribe e no Pacífico distante, as Montanhas Rochosas, os Apalaches e o Sul Profundo.

Igreja no Brasil

Congresso de Turismo Religioso em Salvador

C

om informações Gaudium Press. Entre os dias 9 e 12 de maio, a cidade de Salvador receberá a primeira edição do Congresso Brasileiro de Turismo Religioso. O evento pretende reunir agentes pastorais, profissionais e representantes de instituições que atuam no setor para discutir sobre o potencial desta área no Brasil e no Estado, com base no tema “Turismo Religioso, Desenvolvimento Sustentável e Cultura de Paz”. Organizado pela Pas-

toral de Turismo da Arquidiocese de Salvador, o congresso também tem o intuito de divulgar a atratividade dos destinos religiosos baianos. “Proporcionaremos um grande fórum para troca de experiências, de oportunidade de negócios e de evangelização. Teremos acesso ao que acontece em outros Estados e vamos oferecer aos congressistas o que a Bahia tem a oferecer. Tudo isso com possibilidade de geração de desenvolvimento sustentável e de cultura de paz”, explicou o padre Manoel Filho,

coordenador geral do evento e da Pastur. Análises de casos e mesas redondas acerca da mecânica de polos turísticos do país que têm a fé como motivação, a exemplo de Belém do Pará, com o Círio de Nazaré, e o Santuário de Nossa Senhora Aparecida, em São Paulo, que atrai anualmente 12 milhões de visitantes, serão alguns dos assuntos a serem explorados no encontro. Os atrativos baianos e de Salvador também fazem parte da pauta de discussão e contarão

com a presença de participantes como a superintendente das Obras Sociais Irmã Dulce, Maria Rita Pontes. Além de Maria Rita, outros palestrantes integram a grade cientí-

Encontro de Cantos Franciscanos acontece em São Paulo Com informações site Franciscanos. Com o tema “Onde houver ofensa, que eu cante o perdão!” a Família Franciscana do Brasil, regional de São Paulo, irá promover no dia 05 de maio o Encontro de Cantos Franciscanos na sede geral das Irmãs Franciscanas Filhas da Divina Providência, capital paulista. Visando estar em con-

sonância com os princípios apresentados pela Campanha da Fraternidade, que tem como tema: “Fraternidade e superação da violência” e lema: “Vós sois todos irmãos”, o encontro “será para aprender e recordar os cantos franciscanos que alimentam em nós o desejo pela superação da violência e construção da fraternidade. A

música fez parte da vida de São Francisco e nutriu seu ideal de fazer do mundo um reino de irmãos. O canto de Francisco, marcado pela simplicidade do dia a dia, era capaz de trazer de volta a paz e a concórdia a muitos corações e cidades. Seu canto era um canto de paz! Ele era o grande arauto da paz e do bem.

fica, entre eles, o Arcebispo do Rio de Janeiro, Cardeal Dom Orani João Tempesta; o reitor do Santuário Nossa Senhora Salete, de Caldas Novas, Goiás, Padre Daniel Aguirre, e o

Arcebispo de Salvador, Dom Murilo Krieger, que ministrará a palestra magna de encerramento sobre o turismo religioso e os caminhos para a promoção humana integral.


7

BELÉM, DE 27 DE ABRIL A 3 DE MAIO DE 2018

Igreja Em maio, 10ª Peregrinação e 8° Simpósio Nacional da Família Realização da Comissão Pastoral para a Vida e a Família da CNBB O rganizados pela Comissão Episcopal Pastoral para a Vida e a Família da CNBB (CEPVF) e Comissão Nacional da Pastoral Familiar (CNPF), a 10ª Peregrinação e o 8º Simpósio Nacional da Família serão realizados nos dias 26 e 27 de maio e estão em total sintonia com o IX Encontro Mundial das Famílias, que acontece em agosto, na Irlanda, trazendo o mesmo tema do encontro “O Evangelho da família, alegria para o mundo!” e consequentemente em sintonia com a Exortação Apostólica Amoris Laetitia publicada pelo Papa Francisco em 2016. Serão dois dias de formação e devoção sob a proteção da Rainha e

Padroeira do Brasil, realizados no Santuário Nacional de Nossa Senhora Aparecida (SP), que receberá mais uma vez as famílias e peregrinos de todo o Brasil. Simpósio - Inicialmente acontece o 8º Simpósio Nacional da Família, no dia 26. A recepção e o credenciamento dos peregrinos serão realizadas no Centro de Eventos Padre Vitor Coelho de Almeida, ao lado da praça de alimentação do Santuário Nacional. Serão debatidos diversos assuntos, com a presença de bispos, padres e casais das pastorais familiares. A programação também conta com testemunhos, animações musicais com shows, entre outros. Pela manhã, a primeira conferência será

do casal André e Karina Parreira, e aborda “A vivência do amor na família”. Em seguida Pe. Chrystian Shankar conduzirá segunda conferência com o tema “O Evangelho da Família, alegria para o mundo!”. O simpósio ainda contará com conferencias do Pe. João Carlos que irá abordar “O Amor e a espiritualidade na familia”, do Grupo de Apoio a pessoas que passaram por processo de separação, perda ou pela dor da viuvez, intitulado “Fica conosco, Senhor”, do Pe, Jorge Filho, Assessor Nacional da Comissão Vida e Família da CNBB, com o tema “Missão formadora da Pastoral Familiar”. PEREGRINAÇÃO No início da noite de

sábado (26), Dom João Bosco, bispo de Osasco (SP) e presidente da Comissão Vida e Família da CNBB, preside a Santa Missa de abertura da 10ª Peregrinação. Logo após acontece a Procissão Luminosa, com o dia sendo encerrado com animação e benção do Pe. João Carlos. No domingo (27), serão celebradas, com a participação das famílias de peregrinos, duas Missas. A primeira com a presidência de Dom Orlando Brandes e a segunda de Dom Wilson Jonk. UM POUCO DA HISTÓRIA Desde 2009, sempre no último final de semana do mês de maio a Peregrinação Nacional da

Família é realizada. Já em 2011, o Simpósio foi iniciado com a missão de ser um espaço de formação para as famílias, sendo realizado paralelamente à Peregrinação. Os temas dos simpósios buscam estar em sintonia com reflexões ligadas à Semana Nacional da Família, realizada no mês de agosto todos os anos. Confira os temas das edições anteriores: - 2011: “Família, Pessoa e Sociedade”.

- 2012: “A Família: o trabalho e a festa”. - 2013: “A transmissão da Fé Cristã na Família - tarefa dos pais”. - 2014: “Família: caminhar com a luz de Cristo e a sabedoria do Evangelho”. - 2015: “O amor é a nossa missão: a família plenamente viva”. - 2016: “Família e Misericórdia: se encontram no coração da Mãe” - 2017: “Família, luz para a Vida em Sociedade”.

Mundo juvenil e a fé cristã Dom Antônio de Assis Ribeiro - Bispo Auxiliar de Belém (domantoniodeassis@arqbelem.org)

Vocação: Escutar, discernir, decidir e viver com alegria! No domingo passado, dia 22 de abril, encerramos a Semana de Oração pelas Vocações refletindo sobre o Bom Pastor. Por essa ocasião, o Papa Francisco enviou uma mensagem aos jovens católicos do mundo todo estimulando-os a assumiram uma atitude de escuta da voz de Deus, a fazerem serenamente a experiência de discernimento vocacional, a tomarem com liberdade uma decisão e a viverem com alegria a própria vocação. Esses quatro verbos (escutar, discernir, decidir e viver) nos remetem ao tema da XV Assembleia Geral Ordinária do Sínodo dos Bispos, que acontecerá em outubro em Roma e abordará o tema “Os jovens, a fé e o discernimento vocacional”. Aqui resumimos as principais ideias da carta do Papa Francisco.

1

. DEUS NOS CHAMA! No centro da nossa vida, está o chamado à alegria que Deus nos dirige; Deus tem um projeto para os homens e mulheres de todos os tempos. Não estamos neste mundo por acaso; nem à mercê duma série de eventos caóticos; pelo contrário, a nossa vida e a nossa presença no mundo são frutos de um chamado divino. A vida é a primeira vocação (chamado) que recebemos de Deus.

2

. DEUS NOS ACOMPANHA!

Apesar das dificuldades que sentimos, o “Deus conosco”, nos acompanha ao longo das estradas da nossa vida, por vezes, poeirentas e nos chama à felicidade e à alegria. A felicidade é possível, e ela acontece através da diversidade das vocações na Igreja. Há muitos modos de sermos felizes como discípulos de Jesus dentro da Igreja. Mas, para um jovem fazer a sua escolha, viver e ser feliz deve escutar a voz de Deus.

3

. É PRECISO ESCUTAR A

VOZ DE DEUS!

Escutar! Isso mesmo, porque Deus nos fala! Ele vem de forma silenciosa e discreta a nós, sem se impor à nossa liberdade. Ele vem ao nosso encontro no cotidiano dos nossos afazeres. É preciso tomar cuidado para que não sufoquemos a voz de Deus. Isso pode acontecer pelo fato de vivermos em meio a muitas inquietações e solicitações que ocupam a nossa mente e o nosso coração; é necessário não se fechar, não ser indiferente.

4

. JESUS TAMBÉM FOI

CHAMADO E ENVIADO!

Também Jesus foi chamado e enviado ao mundo. Ele fez a experiência do silêncio, da oração, da escuta da Palavra do Pai e reconheceu, na Sinagoga de Nazaré movido pelo Espírito

Santo, a sua missão libertadora (cf. Lc 4,14-19).

5

. CUIDADO COM AL-

GUNS MALES!

É preciso cuidado com o ritmo da vida, com o barulho, a frenesia, o excesso de informações, a dispersão, a confusão... Isso pode comprometer a escuta da voz de Deus, porque o Reino de Deus vem sem fazer rumor nem chamar a atenção (cf. Lc 17,21). Só podemos sentir e perceber os sinais de Deus em nossa vida através da experiência do silêncio e da oração (cf. 1 Re 19,11-13).

6

. É NECESSÁRIO O DIS-

CERNIMENTO!

Vivendo no meio de tantos desafios e vozes, o Papa convida os jovens a fazerem a experiência do discernimento vocacional. Jesus discerniu o conteúdo da missão para a qual foi enviado e apresenta-o aos que esperavam o Messias: «O Espírito do Senhor está sobre Mim; porque Me ungiu para anunciar a Boa-Nova aos pobres; enviou-Me a proclamar a libertação aos cativos e, aos cegos, a recuperação da vista; a mandar em liberdade os oprimidos, a proclamar o ano favorável da parte do Senhor» (Lc 4,18-19).

7

. TODA VOCAÇÃO TEM

UMA DIMENSÃO PROFÉTICA!

Toda vocação cristã tem uma dimensão profética! “Como um vento que levanta o pó, o profeta perturba a falsa tranquilidade da consciência que esqueceu a Palavra do Senhor, discerne os acontecimentos à luz da promessa de Deus e ajuda o povo a vislumbrar, nas trevas da história, os sinais duma aurora”.

8

. SUPERAR AS TENTA-

ÇÕES!

Também hoje temos grande necessidade do discernimento e da profecia, de superar as tentações da ideologia e do fatalismo e de descobrir, no relacionamento com o Senhor, os lugares, instrumentos e situações através dos quais Ele nos chama. Todo o cristão deveria poder desenvolver a capacidade de «ler por dentro» a vida e individuar onde e para quê o está a chamar o Senhor, a fim de ser continuador da sua missão.

9

. VIVER PROMOVENDO O REINO DE DEUS!

Jesus viveu a sua vocação promovendo Reino de Deus, libertando, fazendo o bem! Essa é a nossa mesma missão nos dias de hoje: cada um de nós é chamado – à vida laical no matrimônio, à vida sacerdotal no ministério ordenado, ou à vida de especial consagração – para se tornar testemunha do Senhor, aqui e agora. Realmente este «hoje» pro-

clamado por Jesus assegura-nos que Deus continua a «descer» para salvar esta nossa humanidade e fazer-nos partícipes da sua missão. Somos todos convocados a promover o Reino de Deus.

10

. NÃO TER MEDO DE

SERVIR!

O Senhor continua ainda hoje a nos chamar para viver com Ele e segui-Lo numa particular relação de proximidade ao seu serviço direto. E, se fizer intuir em nós que nos chama a consagrar-nos totalmente ao seu Reino, não devemos ter medo. É belo – e uma graça grande – estar inteiramente e para sempre consagrados a Deus e ao serviço dos irmãos! O Senhor continua hoje, a nos chamar para segui-lo. Não temos de esperar que sejamos perfeitos para dar como resposta o nosso generoso «eis-me aqui», nem assustar-nos com as nossas limitações e pecados, mas acolher a voz do Senhor com o coração aberto. Somos todos convocados a escutar a voz do Senhor e discernir a nossa missão pessoal na Igreja e no mundo e, vivê-la no «hoje» que Deus nos concede. Assim somos felizes! Maria é o significativo modelo de quem escuta, discerne, compreende, decide e vive com generosidade a sua vocação! Espelhar-se em seu belo exemplo, já será uma expressiva demonstração do nosso sim ao projeto de Deus em nossa vida.


8

BELÉM, DE 27 DE ABRIL A 3 DE MAIO DE 2018

Nazaré Repórter

RÁDIO NAZARÉ

J ANUNCIAI 2018 A Comunidade Católica Caju realizará o primeiro evento celebrativo dos 60 anos de missão nos dias 27 e 28 de abril e 2 de maio e convida a todos para o “Anunciai”. Um evento com Missa, adoração, confissão, aconselhamento, música e muitas outras atividades. A entrada é gratuita e o “Anunciai” acontecerá na sede da Caju, localizada na avenida Almirante Barroso, 883 (entre as travessas Vileta e Humaitá), no bairro do Marco, e na igreja São João Paulo II, localizada à travessa Mauriti, 1753 (entre as avenidas Marquês de Herval e Visconde de Inhaúma, na Pedreira. Mais informações: (91) 3236-1188.

JFESTIVIDADE SANTÍSSIMA TRINDADE

J ENCONTRO PARA CASAIS A Comunidade Maíra realizará no dia 10 de junho o Encontro para Casais sob o tema “Perseverai no meu amor” (Cf. Jo 15,9). O evento será das 9h às 18h, no Centro Social de Nazaré. Durante o evento, o casal

que levar seus filhos, contará com espaço kids para a meninada. As inscrições podem ser realizadas no Centro de Evangelização “Por Maria a Jesus”, na travessa 14 de Março, 1182. Mais informações: (91) 3266-8624.

J RETIRO YESHUA O Grupo “Jovens em Missão”, pertencente à Comunidade Católica Shalom, realizará no período de 5 a 9 de julho o Retiro Yeshua, com o tema “Rei das Nações”. Padre Wagner Lima e Monsenhor Cid, do Santuário de Fátima, participam da espiritualidade. O evento será realizado na Casa de Retiros Irmãs Preciosinas, localizada na rua Dois de Junho, no bairro Águas Brancas, em Ananindeua. As inscrições iniciam no dia 1º de maio. Entre em contato e garanta participação! Telefone: (91) 98119-7764.

J FEIJOADA BENEFICENTE No dia 19 de maio, a Comunidade Católica Kerygma irá realizar uma Feijoada Beneficente em prol das obras que estão sendo realizadas em sua casa de missão. Participe e ajude essa obra de Deus adquirindo sua cartela. O evento será

realizado no horário de 10h às 14h, na sede da comunidade localizada na avenida Alcindo Cacela com avenida Bernardo Sayão (anexo à Paróquia São Judas Tadeu), no bairro da Condor. Mais informações: (91) 98156-1222.

Z MH 3 . 91 FM

l HIPERTENSÃO: SINTOMAS, CAUSAS E TRATAMENTO A Rádio Nazaré apresenta segunda-feira, 26, no programa “Saúde e cidadania” o tema “Hipertensão: sintomas, causas e tratamento”. O objetivo é esclarecer os ouvintes sobre os mitos e verdades que envolvem a pressão arterial, tanto a baixa quanto a alta. Tontura, falta de ar, palpitações, dor de cabeça frequente

e alteração na visão podem ser sintomas de hipertensão. O cardiologista Kleber Ponzi vai falar sobre o tema. Sintonize 91,3MHz a partir das 16h. Lembrando que o ouvinte pode interagir durante a programação ligando para a central de atendimento, através do 4006-9211. Participe! FOTOS: DIVULGAÇÃO

Programe-se! A Paróquia da Santíssima Trindade entra em festividade de 20 a 27 de maio sob o tema “Santíssima Trindade, caminho da vida cristã”. A programação litúrgica inclui Missas, noites temáticas, venda de comidas típicas, atrações culturais e muito mais. Há camisas à venda com estampa da festividade na secretaria paroquial. A igreja situa-se na praça Barão do Rio Branco, 71, no bairro da Campina, em Belém. RÁDIO NAZARÉ FM - 91,3. A SERVIÇO DA VIDA. NOSSA MISSÃO É EVANGELIZAR!

J ESCOLA DA FÉ No período de 27 a 29 deste mês, a Paróquia da Santíssima Trindade realizará também a “Escola da Fé” com o objetivo de proporcionar aos fiéis dos diversos serviços de evangelização e pastoral, uma formação teológica sistemática, abordando os principais

temas da doutrina cristã (teologia, liturgia, moral, bíblia, pastoral e espiritualidade). O evento será realizado no Centro social Monsenhor Geraldo Menezes, localizado na rua Padre Prudêncio, 86, em Batista Campos. Mais informações: (91) 3242-4917.

REDE NAZARÉ DE TELEVISÃO

AL CAN

30

J SANTO TERÇO MARIANO A Paróquia Nossa Senhora do Perpétuo Socorro realizará no dia 9 de junho, às 16h, o Santo Terço Mariano, na presença de Pedro Siqueira, escritor, conhecido por conduzir um grupo de orações centrado na devoção mariana do rosário. O evento será realizado na paróquia, localizada na rodovia Arthur Bernardes, 459, bairro do Telégrafo. Mais informações: (91) 3233-1797.

l MISSA PELA FAMÍLIA NAZARÉ AO VIVO Acompanhe pela TV Nazaré, canal 30 – ou na sintonia de sua cidade – a transmissão da Santa Missa pela Família Nazaré no dia 4 de maio (sexta-feira),

PORTAL NAZARÉ

com santo terço as 14h30 e em seguida, a celebração eucarística presidida pelo padre André Luiz Maia Teles, pároco da Paróquia Santa Rita de Cássia. W. WW RE. AZA ON M.BR A C CO DA FUN

l MISSA PELA FAMÍLIA NAZARÉ NO FACEBOOK

J ENCONTRO DE ADOLESCENTES COM CRISTO

A Paróquia Nossa Senhora do Perpétuo Socorro realizará no dia 9 de junho, às 16h, o Santo Terço Mariano, na presença de Pedro Siqueira, conhecido por grupo de orações devoção mariana do rosário. O evento será realizado na paróquia, localizada na rodovia Arthur Bernardes, 459, bairro do Telégrafo. Mais informações: (91) 3233-1797.

No dia 12 de maio, a Pastoral Familiar da Paróquia Santíssima Trindade realizará o Encontro de Adolescentes com Cristo, para jovens com idade entre 12 a 16 anos. Um momento de muito louvor, oração e pregações. Somente o responsável do

jovem pode realizar a inscrição na secretaria da paróquia até o dia 5 de maio. O evento será realizado no Centro Social Monsenhor Geraldo, localizado na rua Padre Prudêncio, 86, Batista Campos, no horário de 13h30 às 21h. Mais informações: (91) 99160-0558.

J RETIRO “REENCONTRAR” “Em tudo somos mais que vencedores graças Aquele que nos amou” (Rm 8,37), é o tema do retiro da Comunidade Maíra que será realizado de 4 a 6 de maio, na Casa de retiro Nossa Senhora de Lourdes, em Ananindeua. O evento consta de partilha, oração, pregação,

aconselhamento, momento mariano e outras atividades que ocorrerão. A inscrição pode ser feita no Centro de Evangelização, situado na Travessa 14 de março, 1182, entre as Travessas Boaventura da Silva e Domingos Marreiros, no Umarizal. Informações:(91) 32668624 ou 98229 -5413.

Toda primeira sexta-feira do mês a Fundação Nazaré de Comunicação celebra a Santa Missa nas intenções dos membros da Família Nazaré. Acompanhe na sexta-feira, 4 de maio, a transmissão ao vivo pelos meios de comunicação da FNC com retransmissão ao

vivo pela nossa fanpage no FACEBOOK. COM/FNCBELEM. Para fazer parte da Família Nazaré ligue para o telefone (91) 4006-9211 ou acesse o fundacaonazare.com. br > Família Nazaré > Cadastre-se e preencha a ficha completa. O Evangelho precisa de você!


9

BELÉM, DE 27 DE ABRIL A 3 DE MAIO DE 2018

Fundação Nazaré Escute na Rádio Nazaré FM 91.3 SEXTA – FEIRA 05h00 - ABERTURA DA EMISSORA 05h00 – Lírio Mimoso 05h05 - Cura-me Senhor 05h10 – Regina Coeli - Liturgia das horas - Láudes 05h30 - Oração do Terço - Mistérios Dolorosos 06h00 – A Voz do Pastor 06h15 - Forrozinho da fé 07h00 - Prestando Contas – Governo do Estado 07h00 – Jornal Brasil Hoje 07h35 – Novo tempo 08h00 – Igreja ponto a ponto 08h55 - Plantão R C R 09h00 - Nazaré em revista 09h30 - Informe Noticias 09h55 - Plantão RCR 10h30 - Informe Notícia 11h55 - Momento de Oração – Regina Coeli, Pai - nosso 12h00 - A voz do pastor 12h15 - Cardápio Instrumental 14h00 – Segurança e Cidadania 14h30 - Informe Noticias 15h00 - Terço da Misericórdia 15h30 - Informe Noticias 16h00 – Varanda Musical 15h55 - Plantão R C R 17h45 - Regina Coeli – Liturgia das Horas - Vésperas 18h00 – A Voz do Pastor 18h15 – Oração do Terço – Mistérios Dolorosos 18h40 - Musical Mariano 19h00 - Voz do Brasil 20h00 - Saudade em Versos e Canções 22h00 - A voz do pastor 22h30 – Jornal RNA 23h00 - Programa Salmos ao Deus da Vida 23h50 - Mensagem de Encerramento 00h00 - Rede Milícia Sat – Igreja no Rádio SÁBADO 05h00 - ABERTURA DA EMISSORA 05h00 – Lírio Mimoso 05h05 - Cura-me Senhor 05h10 – Regina Coeli - Liturgia das horas - Láudes 05h30 - Oração do Terço – Mistérios da Alegria 06h00 – A Voz do Pastor 07h00 – Jornal Brasil Hoje 07h30 – Musical Mensagem 08h00 - Conhecendo Jesus 10h00 - Maria de Todos os Povos 11h55 - Momento de Oração – Regina Coeli, Pai - nosso 12h00 - A voz do pastor

12h15 - Cardápio Instrumental 14h00 – Musical Nazaré 14h30 – Terço da Misericórdia 15h00 - Criança Evangelizando Criança 16h00 - Evangelizando Através do Dizimo 17h00 – A vida e o tempo 18h00 – A Voz do Pastor 18h15 - Regina Coeli - Liturgia das Horas - Vésperas 18h15 - Oração do Terço – Mistérios da Alegria 18h30 - Musical Mariano 19h00 - Musical Nazaré 22h00 - A voz do Pastor 22h15 - Domínio jovem 23h50 - MENSAGEM DE ENCERRAMENTO 00h00 - Rede Milícia Sat DOMINGO 05h00 - ABERTURA DA EMISSORA 05h00 – Lírio Mimoso 05h05 - Cura-me Senhor 05h10 – Regina Coeli - Liturgia das horas - Láudes 05h30 - Oração do Terço – Mistérios Gloriosos 06h00 – A Voz do Pastor 07h00 - SANTA MISSA 08h00 - Vem e Segue-me 10h00 - Domingo Alegre 11h55 - Momento de Oração Regina Coeli, Pai - nosso 12h00 - A voz do pastor 12h15 - Cardápio Instrumental 14h00 – Universo Acadêmico 15h00 – Terço da Misericórdia 18h00 – A Voz do Pastor 18h15 - Regina Coeli - Liturgia das Horas - Vésperas 18h30 - Oração do Terço – Mistérios Gloriosos 19h00 - Clássico Nazaré 20h00 - Circuito M P B 22h00 - A voz do Pastor 22h15 - Especial PE. Zezinho 23h50 - MENSAGEM DE ENCERRAMENTO 00h00 - Rede Milícia Sat – Igreja no Rádio SEGUNDA - FEIRA 05h00 - ABERTURA DA EMISSORA 05h00 – Lírio Mimoso 05h05 - Cura-me Senhor 05h15 - Regina Coeli, Liturgia das horas - Láudes 05h30 - Oração do Terço – Mistérios da Alegria 06h00 – A Voz do Pastor 06h15 - Forrozinho da fé 07h00 - Prestando Contas – Governo do Estado 07h00 – Jornal Brasil Hoje

Ligue: (91) 4006-9251 07h35 – Novo tempo 08h00 – Igreja ponto a ponto 08h55 - Plantão R C R 09h30 - Informe Notícia 09h00 - Nazaré em revista 09h55 - Plantão RCR 10h30 - Informe Notícia 11h50 - Momento de Oração - Regina Coeli, Pai - nosso 12h00 - A voz do Pastor 12h20 - Cardápio Instrumental 14h00 – Varanda Musical 14h30 - Informe Notícia 15h00 - Terço da Misericórdia 15h30 - Informe Notícia 15h55 - Plantão R C R 16h00 – Saúde e Cidadania 16h30 - Informe Notícia 17h30 - Informe Notícia 17h45 – Regina Coeli - Liturgia das Horas - Vésperas 18h00 - Voz do Pastor 18h15 - Oração do Terço – Mistérios da Alegria 18h40 - Musical Mariano 19h00 - Voz do Brasil 20h00 - Crescendo na Fé 21h00 - Orando com Você – Com. Maíra 22h00 - A voz do pastor 22h30 – Jornal RNA 23h00 - Programa Salmos ao Deus da Vida 23h50 - MENSAGEM DE ENCERRAMENTO 00h00 - Rede Milícia Sat – Igreja no Rádio TERÇA - FEIRA 05h00 - ABERTURA DA EMISSORA 05h00 – Lírio Mimoso 05h05 - Cura-me Senhor 05h15 - Regina Coeli, Liturgia das horas - Láudes 05h30 - Oração do Terço – Mistérios Dolorosos 06h00 – A Voz do Pastor 06h15 - Forrozinho da fé 07h00 - Prestando Contas – Governo do Estado 07h00 – Jornal Brasil Hoje 07h35 – Novo tempo 08h00 – Igreja ponto a ponto 08h55 - Plantão R C R 09h00 - Nazaré em revista 09h55 - Plantão RCR 10h30 - Informe Notícia 11h55 - Momento de Oração - Regina Coeli, Pai - nosso 12h00 - A voz do Pastor 12h15 - Cardápio Instrumental 14h00 – Varanda Musical 14h30 - Informe Notícia

15h00 - Terço da Misericórdia 15h30 - Informe Notícia 15h55 - Plantão R C R 16h00 – Direito e cidadania 16h30 - Informe Notícia 17h25 - Informe Notícia 17h30 – Regina Coeli - Liturgia das Horas - Vésperas 17h45 - Voz do Pastor 18h00 - Novena Nossa Senhora Perpétuo Socorro 18h30 – Musical Mariano 19h00 - Voz do Brasil 20h00 - Família em Ação 22h00 - A voz do pastor 22h30 – Jornal RNA 23h00 - Programa Salmos ao Deus da Vida 23h50 - MENSAGEM DE ENCERRAMENTO 00h00 - Rede Milícia Sat – Igreja no Rádio QUARTA - FEIRA 05h00 - ABERTURA DA EMISSORA 05h00 – Lírio Mimoso 05h05 - Cura-me Senhor 05h15 - Regina Coeli, Liturgia das horas - Láudes 05h30 - Oração do Terço – Mistérios Gloriosos 06h00 – A Voz do Pastor 06h15 - Forrozinho da fé 07h00 - Prestando Contas – Governo do Estado 07h00 – Jornal Brasil Hoje 07h35 – Novo tempo 08h00 – Igreja ponto a ponto 08h55 - Plantão R C R 09h00 - Nazaré em revista 09h55 - Plantão RCR 10h30 - Informe Notícia 11h55 - Momento de Oração – Regina Coeli, Pai - nosso 12h00 - A voz do Pastor 12h15 - Cardápio Instrumental 13h30 - Informe Notícia 14h00 – Varanda Musical 14h30 - Informe Notícia 15h00 - Terço da Misericórdia 15h30 - Informe Noticia 15h55 - Plantão RCR 16h00 - Educação e Cidadania 16h30 - Informe Notícia 17h30 - Informe Notícia 17h45 – Regina Coeli - Liturgia das Horas - Vésperas 18h00 - A Voz do Pastor 18h15 - Oração do Terço – Mistérios Gloriosos 18h40 - Musical Mariano 19h00 - Voz do Brasil 20h00 – Musical Mensagem

21h00 - Orando com Você – Com. Mar adentro. 22h00 - A voz do pastor 22h30 – Jornal RNA 23h00 - Programa Salmos ao Deus da Vida 23h50 - MENSAGEM DE ENCERRAMENTO 00h00 - Rede Milícia Sat – Igreja no Rádio QUINTA - FEIRA 05h00 - ABERTURA DA EMISSORA 05h00 – Lírio Mimoso 05h05 - Cura-me Senhor 05h10 – Regina Coeli - Liturgia das horas - Láudes 05h30 – Oração do terço – Mistérios Luminosos 06h00 - A Voz do Pastor 06h15 - Forrozinho da fé 07h00 - Prestando Contas – Governo do Estado 07h00 – Jornal Brasil Hoje 07h35 – Novo tempo 08h00 – Igreja ponto a ponto 08h55 - Plantão RCR 09h00 - Nazaré em revista 09h55 - Plantão RCR 10h30 - Informe Notícia 11h55 - Momento de Oração – Regina Coeli, Pai - nosso 12h00 - A voz do pastor 12h15 - Cardápio Instrumental 13h30 - Informe Notícia 14h00 - Entre nós 14h30 - Informe Notícia 15h00 - Terço da Misericórdia 15h15 – Musical Nazaré 15h30 - Informe Notícia 15h55 - Plantão R C R 16h00 - Varanda Musical 16h30 - Informe Notícia 17h30 - Informe Notícia 17h45 - Regina Coeli - Liturgia das Horas - Vésperas 18h00 - A Voz do Pastor 18h15 - Oração do terço – Mistérios Luminosos 18h40 - Musical Mariano 19h00 - Voz do Brasil 20h00 – Musical Mensagem 21h00 - Orando com Você 22h00 - A voz do Pastor 22h30 – Jornal RNA 23h00 - Programa Salmos ao Deus da Vida 23h50 - MENSAGEM DE ENCERRAMENTO 00h00 - Rede Milícia Sat – Igreja no Rádio

Assista na TV Nazaré - Canal 30 SEXTA-FEIRA 00:00 Fraternidade em Ação 00:10 Adoração Ao Santíssimo 01:10 Terra Santa News 01:30 Mãe Maria 01:40 Comunidade Viva 02:00 Igreja que Sofre 02:30 Caminhando Na Fé 02:45 Mãe Maria 02:55 Palavra de Vida Eterna 03:00 EvangelizaShow 04:00 Diálogo Aberto 05:00 TeleCurso - Ensino Médio 05:30 TeleCurso - Ensino Médio Espanhol 05:45 Palavra de Vida Eterna 05:50 Mãe Maria 06:00 Terço Doloroso 06:25 Palavra de Vida Eterna 06:30 Caminhando Na Fé 06:45 Em Família 06:55 Preparando a Festa 07:00 Santa Missa Mantinal 08:00 Palavra de Vida Eterna 08:05 Mulher.com 10:15 Fraternidade em Ação 10:25 Palavra de Vida Eterna 10:30 Caminhando Na Fé 10:45 Mãe Maria 10:55 Meu Pensamento 11:00 Desenho 12:00 Nazaré Notícias 12:45 Novena de Nossa Senhora do Nó 12:55 Palavra de Vida Eterna 13:00 Fazendo Esperança 13:30 Caminhando Na Fé 13:45 Sal da Terra 14:00 Igreja que Sofre 14:30 Fraternidade em Ação 14:40 Em Família 14:50 Palavra de Vida Eterna 14:55 Meu Pensamento 15:00 De Mãos Dadas 16:00 TeleCurso - Ensino Médio 16:30 Fazendo Esperança 17:00 Palavra de Vida Eterna 17:05 Caminhando Na Fé 17:20 Fraternidade em Ação 17:30 Terço Doloroso 17:55 Preparando a Festa 18:00 Santa Missa Vespertina 19:00 Nazaré Notícias 19:45 Caminhando Na Fé 20:00 EvangelizaShow 21:00 Espaço Cultural 22:30 Terra Santa News 22:50 Novena de Nossa Senhora do Nó 23:00 Palavra de Vida Eterna 23:05 Caminhando Na Fé 23:20 Fraternidade em Ação 23:30 Terço Doloroso 23:55 Meu Pensamento SÁBADO 00:00 Música Mensagem 02:00 Fiacolata 03:00 EvangelizaShow 04:00 Despertai Para o Amor 05:00 Telecurso Ensino Fundamental 06:00 Terço Gozoso 06:25 Conversa com Meu Povo 06:55 Palavra de Vida Eterna 07:00 Notícias Pastorais 07:45 Sal da Terra 08:00 Palavra de Vida Eterna 08:05 Comunidade Viva 08:25 Meu Pensamento 08:30 Conversa com Meu Povo 09:00 Missa no Rio de Janeiro-RJ

10:00 11:00 11:15 11:25 11:30 11:35 11:40 12:00 12:45 12:50 13:00 13:30 14:00 15:00 16:00 16:15 16:45 17:30 17:55 18:00 20:00 20:30 21:30 22:30 23:30 23:55

Pesca Amazônia Sal da Terra Mãe Maria Meu Pensamento Palavra de Vida Eterna Igreja no Brasil Terra Santa News Notícias Pastorais Meu Pensamento Mãe Maria Viagem pela Amazônia Conversa com Meu Povo Pensando Bem Despertai Para o Amor Sal da Terra Conversa com Meu Povo Notícias Pastorais Terço Gozoso Palavra de Vida Eterna Música Mensagem Conversa com Meu Povo Cine Nostalgia Fiacolata Despertai Para o Amor Terço Gozoso Meu Pensamento

DOMINGO 00:00 Música Mensagem 02:00 Despertai Para o Amor 03:00 Sal da Terra 03:15 Notícias Pastorais 04:00 Igreja que Sofre 04:30 EvangelizaShow 05:30 Palavra de Vida Eterna 05:35 Terra Santa News 05:55 Palavra de Vida Eterna 06:00 Terço Glorioso 06:30 Sal da Terra 06:45 Fraternidade em Ação 06:55 Meu Pensamento 07:00 Santa Missa Dominical 08:00 Notícias Pastorais 08:45 Desenho 09:30 Comunidade Viva 09:50 Meu Pensamento 09:55 Palavra de Vida Eterna 10:00 Diálogo Aberto 11:00 Pesca Amazônia 12:00 Notícias Pastorais 12:45 Ângelus 13:00 Encantos da Amazônia 14:00 Terra Santa News 14:20 Palavra de Vida Eterna 14:25 Meu Pensamento 14:30 Igreja que Sofre 15:00 Cine Nostalgia 16:00 Dedo de Prosa 17:00 Palavra de Vida Eterna 17:05 Sal da Terra 17:20 Mãe Maria 17:30 Terço Glorioso 17:55 Palavra de Vida Eterna 18:00 EvangelizaShow 19:00 Despertai Para o Amor 20:00 Espaço Cultural 21:30 Janela Aberta 22:30 Palavra de Vida Eterna 22:35 Questão de Fé 23:35 Terço Glorioso SEGUNDA-FEIRA 00:00 Fraternidade em Ação 00:10 De Mãos Dadas 01:10 Terra Santa News 01:30 EvangelizaShow 02:30 Caminhando Na Fé 02:45 Mãe Maria

02:55 03:00 04:00 05:00 05:30 05:45 05:50 06:00 06:25 06:30 06:45 06:55 07:00 08:00 08:05 10:15 10:25 10:30 10:45 10:55 11:00 12:00 12:45 12:55 13:00 13:30 13:45 13:55 14:00 14:30 14:40 14:50 14:55 15:00 16:00 16:30 17:00 17:05 17:20 17:30 17:55 18:00 19:00 19:45 20:00 21:00 22:00 22:45 22:55 23:00 23:15 23:25 23:30 23:55

Palavra de Vida Eterna Encantos da Amazônia Diálogo Aberto TeleCurso - Ensino Médio TeleCurso - Ensino Médio Espanhol Palavra de Vida Eterna Mãe Maria Terço Gozoso Palavra de Vida Eterna Caminhando Na Fé Em Família Preparando a Festa Santa Missa Mantinal Palavra de Vida Eterna Mulher.com Fraternidade em Ação Palavra de Vida Eterna Caminhando Na Fé Mãe Maria Meu Pensamento Desenho Nazaré Notícias Novena de Nossa Senhora do Nó Palavra de Vida Eterna Fazendo Esperança Caminhando Na Fé Mãe Maria Palavra de Vida Eterna Igreja que Sofre Fraternidade em Ação Em Família Palavra de Vida Eterna Meu Pensamento De Mãos Dadas TeleCurso - Ensino Médio Fazendo Esperança Palavra de Vida Eterna Caminhando Na Fé Fraternidade em Ação Terço Gozoso Preparando a Festa Santa Missa Vespertina Nazaré Notícias Caminhando Na Fé Janela Aberta Cine Nostalgia Nazaré Notícias Novena de Nossa Senhora do Nó Meu Pensamento Caminhando Na Fé Fraternidade em Ação Palavra de Vida Eterna Terço Gozoso Meu Pensamento

TERÇA-FEIRA 00:00 Igreja no Brasil 00:10 De Mãos Dadas 01:10 Conversa com Meu Povo 01:40 Palavra de Vida Eterna 01:45 Meu Pensamento 01:50 Mãe Maria 02:00 Igreja que Sofre 02:30 Conversa com Meu Povo 03:00 Religare 03:30 De Coração 04:00 Janela Aberta 05:00 Telecurso Ensino Médio 05:30 Telecurso Espanhol 05:45 Palavra de Vida Eterna 05:50 Em Família 06:00 Terço Doloroso 06:25 Conversa com Meu Povo 06:55 Preparando a Festa 07:00 Santa Missa Mantinal 08:00 Palavra de Vida Eterna 08:05 Mulher.com 10:15 Palavra de Vida Eterna

10:20 10:30 11:00 12:00 12:45 12:55 13:00 13:15 13:20 13:30 14:00 15:00 15:45 16:00 16:30 17:00 17:05 17:25 17:30 17:55 18:00 19:00 19:45 20:00 20:30 20:50 21:00 22:00 22:45 22:55 23:00 23:30 23:55

Mãe Maria Conversa com Meu Povo Desenho Nazaré Notícias Novena de Nossa Senhora do Nó Palavra de Vida Eterna Sal da Terra Meu Pensamento Mãe Maria Conversa com Meu Povo Desenho Novena do Perpétuo Socorro Sal da Terra Telecurso Ensino Médio Conversa com Meu Povo Palavra de Vida Eterna Comunidade Viva Meu Pensamento Terço Doloroso Preparando a Festa Santa Missa Vespertina Nazaré Notícias Sal da Terra Conversa com Meu Povo Terra Santa News Em Família Questão de Fé Nazaré Notícias Novena de Nossa Senhora do Nó Meu Pensamento Conversa com Meu Povo Terço Doloroso Meu Pensamento

QUARTA-FEIRA 00:00 Fraternidade em Ação 00:10 De Mãos Dadas 01:10 Terra Santa News 01:30 Encantos da Amazônia 02:30 Caminhando Na Fé 02:45 Mãe Maria 02:55 Palavra de Vida Eterna 03:00 Novena do Perpétuo Socorro 03:45 Caminhando Na Fé 04:00 Questão de Fé 05:00 TeleCurso - Ensino Médio 05:30 TeleCurso - Ensino Médio Espanhol 05:45 Palavra de Vida Eterna 05:50 Mãe Maria 06:00 Terço Glorioso 06:25 Palavra de Vida Eterna 06:30 Caminhando Na Fé 06:45 Em Família 06:55 Preparando a Festa 07:00 Santa Missa Mantinal 08:00 Palavra de Vida Eterna 08:05 Mulher.com 10:15 Fraternidade em Ação 10:25 Palavra de Vida Eterna 10:30 Caminhando Na Fé 10:45 Mãe Maria 10:55 Meu Pensamento 11:00 Desenho 12:00 Nazaré Notícias 12:45 Novena de Nossa Senhora do Nó 12:55 Palavra de Vida Eterna 13:00 Fazendo Esperança 13:30 Caminhando Na Fé 13:45 Sal da Terra 14:00 Igreja que Sofre 14:30 Fraternidade em Ação 14:40 Em Família 14:50 Palavra de Vida Eterna 14:55 Meu Pensamento 15:00 De Mãos Dadas 16:00 TeleCurso - Ensino Médio 16:30 Fazendo Esperança 17:00 Palavra de Vida Eterna

17:05 17:20 17:30 17:55 18:00 19:00 19:45 20:00 21:00 22:00 22:45 22:55 23:00 23:15 23:25 23:30 23:55

Caminhando Na Fé Fraternidade em Ação Terço Glorioso Preparando a Festa Santa Missa Vespertina Nazaré Notícias Caminhando Na Fé Pensando Bem Encantos da Amazônia Nazaré Notícias Novena de Nossa Senhora do Nó Meu Pensamento Caminhando Na Fé Fraternidade em Ação Palavra de Vida Eterna Terço Glorioso Meu Pensamento

QUINTA FEIRA 00:00 Igreja no Brasil 00:05 Palavra de Vida Eterna 00:10 De Mãos Dadas 01:10 Conversa com Meu Povo 01:40 Palavra de Vida Eterna 01:45 Meu Pensamento 01:50 Mãe Maria 02:00 Igreja que Sofre 02:30 Conversa com Meu Povo 03:00 Encantos da Amazônia 04:00 Pensando Bem 05:00 Telecurso Ensino Médio 05:30 Telecurso Espanhol 05:45 Palavra de Vida Eterna 05:50 Em Família 06:00 Terço Luminoso 06:25 Conversa com Meu Povo 06:55 Preparando a Festa 07:00 Santa Missa Mantinal 08:00 Palavra de Vida Eterna 08:05 Mulher.com 10:15 Palavra de Vida Eterna 10:20 Mãe Maria 10:30 Conversa com Meu Povo 11:00 Desenho 12:00 Nazaré Notícias 12:45 Novena de Nossa Senhora do Nó 12:55 Palavra de Vida Eterna 13:00 Sal da Terra 13:15 Meu Pensamento 13:20 Mãe Maria 13:30 Conversa com Meu Povo 14:00 Desenho 14:55 Meu Pensamento 15:00 Adoração Ao Santíssimo 16:00 Telecurso Ensino Médio 16:30 Conversa com Meu Povo 17:00 Palavra de Vida Eterna 17:05 Terra Santa News 17:25 Meu Pensamento 17:30 Terço Luminoso 17:55 Preparando a Festa 18:00 Santa Missa Vespertina 19:00 Nazaré Notícias 19:45 Sal da Terra 20:00 Conversa com Meu Povo 20:30 Comunidade Viva 20:50 Em Família 21:00 Diálogo Aberto 22:00 Nazaré Notícias 22:45 Novena de Nossa Senhora do Nó 22:55 Meu Pensamento 23:00 Conversa com Meu Povo 23:30 Terço Luminoso 23:55 Meu Pensamento


10

BELÉM, DE 27 DE ABRIL A 3 DE MAIO DE 2018

Santa Missa Horários de Missas nas paróquias da Arquidiocese de Belém REGIÃO EPISCOPAL SANT’ANA Nossa Senhora da Graça (Catedral) Cidade Velha - Belém Sábado: 19h, Domingo: 7h, 9h e 19h Telefone: 2121-3723/ 2121-3724

N. Sra. das Mercês (Reitoria) Comércio - Belém Sábado: 12h e 17h, Domingo: 12h e 17h Sant'Ana da Campina Comércio - Belém Sábado: 12h (Igreja Matriz) Domingo: 7h (Col. D. Bosco) 9h (Igreja Matriz) Telefone: 3230-3734 São Judas Tadeu Condor - Belém Sábado: 19h. Domingo: 7h, 9h e 19h Telefone: 3115-6020 Santa Teresinha do Menino Jesus Jurunas - Belém Sábado: 6h e 18h30 Domingo: 6h30, 8h30 e 18h Telefone: 3272-2251 Santo Antônio de Lisboa Batista Campos - Belém Sábado: 6h30, 12h, 17h e 18h30 Domingo: 8h, 11h, 17h, 18h30 e 20h Telefone: 3215-7004/ 3222-0097 Santíssima Trindade Campina - Belém Sábado: 16h,Domingo: 7h, 10h, 11h30, 17h30 e 19h Telefone: 3215-7007/ 3242-4917 Nossa Senhora da Conceição Cidade Velha - Belém Sábado: 18h30, Domingo: 7h, 9h e 18h Telefone: 3215-7006 São José Umarizal - Belém Sábado: 19h Domingo: 7h, 11h e 19h Telefone: 3230-1633 Santa Luzia Jurunas - Belém De terça a sexta-feira: 19h Sábado: 18h30 Domingo: 7h; 9h; 18h30 Telefone: 3271-2146

Nossa Senhora de Nazaré (Basílica Santuário) Nazaré - Belém Sábado: 7h, 8h30,12h,17h Domingo: 6h30, 8h, 10h, 16h30, 18h e 20h Telefone: 4009-8400 São Francisco de Assis (Capuchinhos) São Brás - Belém Sábado: 19h30 Domingo: 6h, 7h30, 9h30,18h, 20h Telefone: 3073-1500 Santo Antônio do Tucunduba Guamá - Belém Sábado: 19h30 Domingo: 7h e 19h30 Telefone: 3274 -9001 REGIÃO EPISCOPAL SANTA CRUZ Imaculada Conceição Castanheira - Belém Sábado: 17h. Domingo: 7h e 19h Telefone: 3277-4642/98111-8110

São Domingos de Gusmão Terra Firme - Belém Sábado: 19h Domingo: 7h, 9h e 19h30 Telefone: 3253-2656/3274-4746 São Miguel Arcanjo Cremação - Belém Sábado: 18h30 Domingo: 7h30, 11h e 18h30 Telefone: 3283-6022 Nossa Senhora de Fátima Fátima - Belém Sábado: 17h30 Domingo: 6h45, 8h30, 17h30 e 19h30 Telefone: 3266-1392/3226-0503 Santa Maria Goretti Guamá - Belém Domingo: 9h30 e 18h Telefone: 3283-6023

Jesus Bom Samaritano Tapanã - Belém Domingo: 7h30 e 19h30 Telefone: 3033-2004

Sagrado Coração de Jesus Júlia Seffer - Ananindeua Sábado: 19h Domingo: 7h30, 9h e18h Telefone: 3265-5413

São Francisco das Ilhas Cotijuba - Belém Terça e quinta: 19h30 Sábado: 19h30 Domingo: 7h e 19h30 Telefone: 3247-1438

São Geraldo Magela Val de Cans - Belém Sábado: 19h Domingo: 7h30, 10h30 e 18h Telefone: 3257-7950

Divina Misericórdia Águas Negras - Icoaraci Terça a sexta: 18h30 Sábado: 17h e 19h30 (comunidade) Domingo: 7h e 19h 30

N. Sra do Perpétuo Socorro Segunda a sábado: missa - 19h Domingo: missa: 7h, 8h30, 17h30 e 19 h - Telefone: 3233 1797

Santo Afonso de Ligório Pratinha - Belém Sábado: 19h Domingo: 8h30 e19h Telefone: 3258-1554/3274-8281

São Raimundo Nonato Umarizal - Belém Sábado: 6h30 e 18h Domingo: 6h30, 8h30 e 18h Telefone: 3277-4644

Nossa Senhora da Conceição Aparecida Pedreira - Belém Terça a Sábado: 18h Dom.: 7h, 9h e 18h/1ª Sexta-mês: 9h Telefone: 3233-4224/3276-9573

São José de Queluz Canudos - Belém Segunda a sábado: 6h30 e 19h Domingo: 7h, 10h, 17h e 19h Telefone: 3226-2612

N. Senhora das Vitórias Almir Gabriel - Marituba Sábado: 19h Domingo: 7h, 19h Telefone: 3256-7655

Nossa Senhora do Livramento Icoraci - Belém Terça, quinta, sexta e sábado:19h Domingo: 7h e18h Telefone: 3288-4250

Nossa Senhora do Carmo Cidade Velha Sábado: 18h - Domingo: 7h

São Pedro e São Paulo Guamá - Belém Sábado: 19h Domingo: 7h, 9h e 18h30 Telefone: 3283-6021/3259-0413

Nossa Senhora de Fátima Icoaraci - Belém Terça, quinta e sexta: 18h30 Sábado: 19h - Domingo: 19h Telefone: 3297-7251

Jesus Ressuscitado Marambaia - Belém Sábado: 18h Domingo: 7h, 10h e 18h Telefone: 3277-4643

Santa Cruz Marco - Belém Sábado: 7h e 18h30 Domingo: 7h, 9h, 11h30 e 18h30 Telefone: 3277-4640/3276-0941

Santa Maria de Belém Terra Firme - Belém Terça: 19h Sábado: 19h - Domingo: 7h30 e 19h Telefone: 3253-5422

N. Senhora Auxiliadora Anita Gerosa (Aurá) - Ananindeua Domingo: 7h e 18h Telefones: 3255-3828

São Sebastião Sacramenta - Belém Sábado e domingo: 7h, 17h e 19h Telefone: 3264-9060/3254-7354

São Jorge Marambaia - Belém Sábado: 19h Domingo: 7h, 9h, 17h e19h Telefone: 3277-4641

São Francisco Xavier Marco - Belém Sábado: 19h Domingo: 7h, 9h e 18h Telefone: 3352-8845 N. Senhora, Mãe da Divina Providência Val de Cans - Belém Sábado:19h - Domingo: 7h e 19h Telefone: 3257-2388 Sagrada Família Curió Utinga - Belém. Sábado: 7h e 19h30 Domingo: 7h, 9h e 19h30 São João Paulo II Souza - Belém De terça a sábado: 18h Domingos: 8h e 18h Telefone: 3277-4062 Nossa Senhora de Loreto Marco - Belém Telefone: (91) 3355-6302 Sábado: 17h Domingo: 7h, 9h, 11h, 17h e 19h São Benedito Rua São Benedito, Barreiro Terça a sexta-feira - 19h Sábado - 8h (missa com crianças) Domingos - 7h30 e 18h30 REGIÃO EPISCOPAL SÃO JOÃO BATISTA São João Batista e Nossa Senhora das Graças Icoaraci - Belém Terça a sexta: 6h30

REGIÃO EPISCOPAL MENINO DEUS

São Francisco de Assis Tapanã - Belém Domingo: 7h e 18h30 Telefone: 3258-8036

Nossa Senhora da Imaculada Conceição Outeiro - Belém Terça e quinta: 19h; Sábado: 9h Domingo: 7h e 18h Telefone: 3267-1174

Nossa Senhora de Lourdes Nazaré - Belém Seg a Sáb: 6h30 e 18h Domingo: 7h, 9h, 17h30 e 19h30 Telefone: 3223-5728

REGIÃO EPISCOPAL SANTA MARIA GORETTI

Sábado: 6h30, 17h, 20h Domingo: 7h e 18h Telefone: 3297-7250

São Francisco de Assis Campina - Icoaraci Domingo: 7h, 9h e 18h30 De terça-feira a sexta-feira: 19h Telefone: 3297-0765 REGIÃO EPISCOPAL CORAÇÃO EUCARÍSTICO DE JESUS Coração Eucarístico de Jesus Catalina - Belém Sábado: 18h Domingo: 7h, 10h e 18h Telefone: (91) 3285-1433 Santa Edwiges Mangueirão - Belém Sábado: 19h Domingo: 7h, 9h30 e18h Telefone: 3279-1654 N. Senhora Rainha da Paz Bengui - Belém Domingo: 7h, 9h e 18h30 Telefone: 3277-4645 Nossa Senhora do Bom Remédio Conjunto Satélite - Belém Sábado: 17h30 Domingo: 7h e 18h30 Telefone: 3289-5355/3248-1136 Natividade de Nosso Senhor Jesus Cristo Conjunto Sideral - Belém Domingo: 7h, 9h e18h Telefone: 3067-2017 Santa Luzia do Bom Futuro Cabanagem - Belém Sábado: 17h - Domingo: 7h e 19h Santa Teresinha do Menino Jesus Tenoné - Belém Domingo: 7h e 18h Telefone: 3289-5368 Nossa Senhora de Lourdes Coqueiro - Ananindeua Sábado: 17h. Domingo: 7h e 19h Telefone: 3275-2391 Santo Antônio de Pádua Coqueiro - Ananindeua Sábado: 19h. Domingo: 7h e 18h Telefone: 98152-2200 Arcanjo São Miguel Una - Ananindeua Sábado: 19h Domingo: 7h30. 9h30 e 19h Telefone: 3234-4674

Sagrado Coração de Jesus Distrito Industrial - Ananindeua Sábado: 19h Domingo: 7h, 8h30 e 17h30 Telefone: (91) 98855 - 2232 Paróquia Nossa Senhora do Carmo Benevides Sábado - 19h Domingo - 8h e 19h Telefone: (91) 3724-1098 Menino Deus Centro - Marituba Domingo: 6h, 8h30 e 18h Telefone: 3237-8351 N. Sra. de Nazaré Quarta - feira Horário de Missa: às 19h Domingos: às 8h30 Telefone: 98040-5117 /98102 - 7344 N. Sra. das Graças Centro - Ananindeua Sábado: 19h Domingo: 7h e 19h Telefone: 3255-2654 N. Sra. do Ó Vila - Mosqueiro Sábado: 19h30 Domingo: 6h30, 9h30 e 19h30 Telefone: (91) 3771-1278 São Pio X Águas Lindas - Ananindeua Domingo: 7h30 e 19h30 Telefone: 32155-2583 Santa Rosa de Lima Independente - Benevides Terça a Sexta:18h, Sábado:17h, 19h Domingo: 07h30 e 19h Telefone: (91)3724- 1135 Bom Pastor Nova Marituba - Marituba Segunda a Sexta: 18h Sábado: 6h, 9h30 e 19h Domingo: 6h, 9h30 e 19h Telefone: 4106-0202 N. Sra da Conceição Praça Matriz - Benfica Domingo: 6h15 e 19h30 Telefone: 3450-8147 N. Sra da Conceição Carananduba - Mosqueiro Ter a Sex: 18h30 Sábado: 18h30 - Domingo: 7h e 19h Telefone: 3772-1183 Santa Bárbara Centro - Santa Bárbara Domingo: 7h30 e 19h Telefone: 3776-1529

Rodovia BR-316 Domingo: 9h e 11h Telefone: 98292-9199 Santíssimo Sacramento Nova União - Marituba Sábado: 18h30 (Capela N. Sra. do Perpétuo Socorro) Domingo: 18h30 (Capela S. Francisco de Assis) REGIÃO EPISCOPAL SÃO VICENTE DE PAULO Cristo Rei Guanabara - Ananindeua Domingo: 7h, 9h30 e 19h Telefone: 3235-1405 Divino Espírito Santo Cidade Nova - Ananindeua Sábado: 7h. Domingo: 7h, 9h e 18h Telefone: 3263-0603 Santo Inácio de Loyola Icui Guajará - Ananindeua Domingo: 7h e18h Telefone: 991541971 São Lucas Evangelista Guajará - Ananindeua Sábado: 19h. Domingo: 7h e 19h Telefone: 3279-2621 Santa Maria Mãe de Deus Maguari - Ananindeua Terça, quarta, sexta e sábado: 7h Quinta: 19h; Domingo: 7h e 19h Fone: (91) 3255-5284 Santa Teresinha Águas Lindas - Ananindeua Domingo: 7h30 e 18h Telefone: 9916-4548/99169-3443 N. Senhora de Guadalupe Coqueiro - Ananindeua Terça a sexta: 19h Sábado: 18h30 Domingo: 7h ,9h e18h Telefone: 3245-7440 Cristo Peregrino Jaderlândia - Ananindeua De Segunda a Sábado: 19h Domingo: 7h,17h e19h Telefone: 3237-9891 Santa Paula Frassinetti Cidade Nova VI - Ananindeua Segunda e quarta: 18h30 Terça e quinta: 19h30 Sexta: 7h. Sábado: 19h Domingo: 7h, 9h, 18h Telefone: 3279-2620 Transfiguração do Senhor Curuçambá - Ananindeua Sábado: 18h30 e 20h Domingo: 7h e 18h30 Telefone: 3286-8570 Santa Rita de Cássia Cidade Nova V - Ananindeua. Sábado: 6h30 e 17h30 Domingo: 6h30, 8h30, 7h30 e 19h30. Telefone: 3273-3191/ 3273-3310 Paróquia Santíssimo Redentor Icuí-Guajará - Ananindeua Sábado: 19h30 - Igreja Matriz Domingo: 7h - Igreja Matriz 9h - Comunidade Santo Afonso 17h - Igreja Matriz 19h - Comunidade Cristo Rei São Vicente de Paulo Paar - Ananindeua Domingo: 7h, 8h30 e 19h

São Marcos Uriboca - Marituba Terça: 19h. Domingo: 7h e 19h Telefone: 3237-8351

São José Operário Conj. Carnaúba, Icuí - Ananindeua Domingo: 7h e 18h Telefone: 3295-3545/3031-1172

Pedro Pescador Baía do Sol - Mosqueiro Ter a sexta: 19h (Igreja S. Sebastião) Quarta: Matriz - 19h Sábado:19h (Igreja São Sebastião) Domingo: 8h (Ig. S. Sebastião); 10 h 3 0 ( I g . D i v. E s p . S a n t o ) ; 19h ( Matriz) Telefone: 99919-4153

Nossa Senhora do Amparo Cidade Nova 8 - Ananindeua Terça a Sexta: 19h Sábado: 19h30 Domingo: 7h, 9h e 18h Telefone: 3287-2418

Área Missionária São Paulo, Apóstolo

Santo André Apóstolo Coqueiro - Ananindeua Segunda a sexta - 19h Sábado: 19h45 - Domingo: 8h 19h Telefone: (91) 3235-1658

Não encontrou o horário da sua paróquia aqui? Entre em contato com seu pároco ou com a secretaria da sua paróquia e solicite que nos informem para podermos publicar.


11

BELÉM, DE 27 DE ABRIL A 3 DE MAIO DE 2018

Família Nazaré

Sexta-feira, 4, a Missa pela Família Nazaré Celebração transmitida ao vivo pela Rede Nazaré de Televisão a partir das 14h30

S

LUIZ ESTUMANO

exta-feira, 4 de maio, a partir das 14h30, a Arquidiocese de Belém celebra na capela da Fundação Nazaré de Comunicação, a Santa Missa do mês de maio pelos benfeitores da instituição. Determinada pela Arquidiocese de Belém como um momento de gratidão a Deus, a celebração eucarística é dedicada a todas as pessoas que contribuem para ajudar a manter o trabalho desenvolvido pela Fundação Nazaré de Comunicação. A Missa é sempre precedia da oração do Terço pelo Movimento do Terço dos Homens “Mãe Rainha” e, como a Missa sempre ocorre na primeira sextafeira do mês, conta ainda com a presença de integrantes do Apostolado da Oração, que rendem louvores a Deus pelo Sagrado Coração de Jesus. A Rede Nazaré de Televisão – canal 30 ou na sintonia da sua cidade – transmite tudo ao vivo,

FAMÍLIA NAZARÉ - São todas as pessoas de boa vontade que contribuem mensalmente com algum valor e sua fidelidade ajuda a Fundação Nazaré a divulgar todo o trabalho de evangelização da Arquidiocese de Belém.

SERVIÇO

w MISSA será na capela da Fundação Nazaré de Comunicação à tarde

a partir das 14h30. A celebração também pode ser acompanhada pela Rádio Nazaré FM - 91.3 Mhz e pela fan page da Fundação Nazaré no Facebook. LEIGOS - Em 2018 a Arquidiocese de Belém vivencia o Ano do Laicato em unidade com a Igreja em todo o mundo. Nesse sentido, a Missa pela Família Nazaré tam-

bém conta com a participação de comunidades diocesanas convidadas para rezar pelos benefeitores. No mês de maio, a celebração terá a presença da Paróquia Santa Rita de Cássia por meio do seu pároco, o padre André Teles, que representa a comunidade do conjunto Cidade Nova V e a Região São

Vicente de Paulo, onde situa-se aquela paróquia, em Ananindeua. O benfeitor pode acompanhar a ação de graças pela TV Nazaré ao vivo e também pela Rádio Nazaré FM que transmite a Missa simultaneamente. Mas aquele que quiser, pode comparecer à capela da Fundação Nazaré e participar da celebração.

O s b e n f e i t o re s d a Família Nazaré podem participar da missa da Família Nazaré sempre na primeira sexta-feira de cada mês. No mês de maio será no dia 4. O Terço Mariano tem início às 14h30, e em seguida a missa, ambos os momentos acontecem na capela da Fundação Nazaré de Comunicação, localizada na avenida Governador José Malcher, Edifício João Paulo VI, 915. Para fazer parte da Família Nazaré, ligue ( 91 ) 4 0 0 6 - 9 211, e m horário comercial.

Testemunho de Fé

E

m 1998, minha filha tinha três anos quando adoeceu e tinha uma febre que não passava. Foi levada ao hospital, onde passou 15 dias internada realizando vários exames, e mesmo assim não encontravam a cura para a febre. Então, certo dia, eu rezei pedindo a Nossa Senhora que curasse minha filha. Algumas horas depois, minha esposa que estava no

hospital me ligou, dizendo que uma enfermeira havia entrado no quarto da minha filha para aplicar uma injeção que não estava no caderno de medicamentos indicados para minha filha tomar. Minha esposa procurou saber exatamente pra quem era aquela medicação e mesmo assim a enfermeira confirmava que era pra minha filha. Mas não sossegada, minha esposa foi até a enfermaria e constatou de fato que aquela medicação não era a indicada para minha filha tomar. Após

o ocorrido, nós ficamos inquietos. No dia seguinte, quando fomos ao hospital, a outra enfermeira nos disse que a febre havia passado pouco tempo depois da medicação. Então, tudo isso aconteceu no momento exato em que eu pedia a Nossa Senhora nos mostrar o que havia acontecido, e ela me mostrou a cura. Minha filha hoje está com 23 anos de idade, bem e saudável, graças a Deus. ANDACIL TRINDADE, gerente comercial, 57 anos

DIVULGAÇÃO

Parabéns para você!

E

u agradeço a Deus, por mais um ano de vida que Ele está me concedendo e pela minha saúde, de estar comemorando meu aniversário ao lado da minha família por mais um ano. Que Nossa Senhora me cubra com seu manto de amor e me mantenha sempre em paz e feliz. MARIA CAROLINA THOMAZ PEREIRA, Servidora pública, 40 anos 01/05

m 1998, minha filha tinha três anos quando adoeceu e tinha uma febre que não passava. Foi levada ao hospital, onde passou 15 dias interna-

Senhora que curasse minha filha. Algumas horas depois, minha esposa que estava no

E

27/04 Andréa Cristiane Cales Antônio César Azevedo Neves Casal José Erivan Souza da Fonseca e Ana Maria Oliveira Franci Olga da Conceição Pinheiro Maria Clara Almeida da Silva Maria de Lourdes Silva das Chagas Maria Irismar Sales Paula Mariana Oliveira de Azevedo Mário Silvino da Paixão Monteiro Oneide da Silva Tavares Zita Dezincort da Silva

30/04 Adriana Catarina de Carvalho Paiva Carmélia Corrêa Alves Catarina Guedes de Sena Dalva Maria Monteiro Lira Estefânia Abreu Queiroz Gilberto dos Santos Nunes Maria Catarina Pinheiro de Oliveira Maria das Graças Santana Miguelita Antônia Ferreira Nilcia Maria Tavares Barile Selma Marinho do Nascimento Sheila Zaíra Silva Abreu

28/04 Clara Virgínia Falcão Garcia Luiz Fernando Duarte Reis Maria Clarice dos Santos Maria de Fátima Leal Moraes Maria Izabel Lucena Maria Terezinha Brito Oliveira Neuza Maria Gomes de Campos Raimundo Amaral Portal Victal da Cruz Pinheiro

01/05 Airtom João Santos Pereira Alda Ângela de Macedo Maués Ana Lúcia de Brito Santana Farias Comunidade Coração de Maria Iraldelma Silva Rodrigues Maria Aparecida Moreira Frazão Maria Carolina Thomaz Pereira Maria Venância Cordeiro Pe. José Edmundo da Silva Santiago Raimunda Elizabeth Montoril de Lemos

29/04 Alex Júnior de Sousa Carmem Lúcia Carneiro Braga Carmen Hermes da Rocha Leina Cláudia da Silva Ribeiro Luzia Matilde Araújo Nunes Marcos Santana de Oliveira Maria Oneide Gomes Barbosa Raimundo dos Santos Cardoso Thayana Cristina Dias Lima Walquiria Pinheiro da Silva

w

02/05 Antonina Maués Viana Atanázio Alves Cavalcante Francisco Roberto Reis França Lia Marques Belessi Márcia Távora Maria de Assunção dos Santos Maria Luzia Pantoja de Menezes Marlúcia Bonifácio Martins Regiane Alves de Souza Soraia Magali Marquês Brandão 03/05 Celso Ribeiro de Sousa João José do Nascimento Maria da Conceição Costa da Silva Maria do Socorro Lopes da Silva Maria Madalena Sena de Souza Natascha Lopes Raimunda Nazaré Francisco de Oliveira Raimundo Pereira da Silva Regina Serrão Furtado Valdecir Gonçalves dos Santos Vicente de Paulo Vianna Oliveira Waldomiro Bahia Everdosa

Aniversário natalício de padres e diáconos diocesanos 01/05 - Pe. José Edmundo da Silva Santiago 02/05 - Pe. Jonas Freire de Souza 02/05 - Diác. Roberto Canelas Cardoso

Ajude a manter a Fundação Nazaré de Comunicação. Ligue para 4006-9200 e seja sócio da Família Nazaré.


12

BELÉM, DE 27 DE ABRIL A 3 DE MAIO DE 2018

Arquidiocese Retiro 'Anawin' reúne juventude salvista no bairro do Tapanã

Partilha, testemunhos e alegria na Paróquia São Francisco de Assis

A

Pa r ó q u i a S ã o Fr a n c i s c o d e Assis, no Tapanã, promoveu o retiro “Anawin” nos dias 20, 21 e 22 deste mês com a participação do padre Paulo Lins e do diácono João Mário, uma espiritualidade preparada especialmente para a Juventude Salvista, em Belém, com o tema “Quem te levanta?”. O p r i m e i ro re t i ro “Anawin” surgiu e aconteceu em 2015, na Fraternidade Jesus Salvador. Naquela ocasião, dois membros daquela comunidade jovem, inspirados por Deus, tomaram a iniciativa de organizar o retiro, assumido pelo Movimento Juventude Salvista (JS). A Juventude Salvista se define como o rosto

jovem da Fraternidade Jesus Salvador, vivenciando uma espiritualidade carismática, com o intuito evangelizar os jovens pelo carisma do louvor a Deus, expressão de fé que propicia aos jovens ter a experiência com o Ressuscitado, através da efusão do Espírito Santo. O retiro é querigmático, preparado com o intuito de proporcionar aos participantes uma profunda partilha de fé, baseada na Palavra de Deus. Na Sagrada Escritura os “Anawin” são denominados como os pobres de Javé, os que estão à margem, os excluídos. O retiro “Anawin” contou com a participação de 38 jovens pertencentes à Paróquia São Francisco de Assis, aco-

lhidos naquela igreja onde partilharam das pregações, de Adoração ao Santíssimo Sacramento e ocasiões de confraternização em dinâmicas aplicadas pelo grupo Anjos, e na vivência de almoço e um jantar especial, animado pelo tema ”Deus te acolhe”. Durante o retiro, os jovens estiveram atentos a pregações sobre o “Amor de Deus” explanado pelo Frater Davi, “Pecado e salvação”, proferido pelo padre Paulo Lino, além do tema “Fé e conversão”, pregado em meio à dinâmica do grupo Anjo, envolvendo um momento de testemunho dos jovens sobre a experiência vivida no retiro. O momento de Adoração ao Santíssimo Sacramento foi con-

FOTOS: DIVULGAÇÃO

w PRESENÇA Jovens de diversas idades participaram da programação

duzido pelo padre José Maria, ocasião dedicada também à cura interior, seguido de uma reflexão mariana e culminado com o batismo e efusão do Espírito

Santo sob a condução do diácono João Mário. Marcos Matheus, coordenador da Juventude Salvista em Belém relatou que todo o retiro foi permeado

pela graça de Deus, motivando a gratidão de todos reunidos em um almoço festivo, celebrado entre partilha e testemunho dos jovens participantes.

Banco da Amazônia e Governo reforçam compromisso pelo Pará O Banco da Amazônia e o governo d o Pa r á a s s i n a r a m quarta-feira, 25, um Protocolo de Intenções para união de esforços e atuação compartilhada para o desenvolvimento sustentável do Estado. A solenidade de assinatura ocorreu às 9h, na sede do Palácio do Governo, com a participação d o pres i d en t e d a instituição financeira, Va l d e c i r To s e , d o superintendente regional do banco no Pará, Luiz Lourenço Neto, do governador

Simão Jatene, além de demais autoridades e convidados. O documento re f o r ç a a p a rc e r i a existente entre as instituições, prevendo a realização de ações integradas, alinhadas aos Planos de Aplicação de Recursos do Fundo Constitucional de Financiamento do Norte (FNO) e de Aplicação dos Recursos Financeiros do Estado para 2018. “Queremos também mobilizar e integrar as classes produtoras e demais parceiros

institucionais para aplicação dos recursos de fomento, em apoio ao desenvolvimento dos setores produtivos d o Pa r á , e m b a s e s mais sustentáveis”, relata Valdecir Tose, presidente do Banco da Amazônia. Para este ano, o Banco está disponibilizando a o s e t o r p ro d u t i v o p a r a e n s e re c u r s o s na ordem de R$ 2,1 bilhões, sendo R$ 1,4 bilhão do FNO e R$ 675,2 milhões da carteira comercial. Até o início de abril, a instituição já aplicou

eu indico

MARIA EDUARDA DA CRUZ RODRIGUES,

22 anos, estudante

n a re g i ã o R $ 2 , 3 1 bilhões. No Pará, esse crescimento foi ainda m a i o r. E m 2 0 1 7 , o banco investiu no Estado R$ 1,16 bilhão, valor 81,38% a mais que em 2016, quando o volume de recursos destinado aos municípios paraenses foi de R$ 640 milhões. “ Q u e re m o s s e g u i r n e s t e c re s c e n t e ” , afirma Valdecir Tose. Entre as melhorias a p re s e n t a d a s p e l o banco no Pará, em 2017, estão a realização do P rograma Rotas do

BOA DICA

FNO, ação realizada para divulgar programas e linhas de financiamento do Fundo e prospectar negócios, a abertura da agência de Santana do Araguaia, instalação da Superintendência Regional em Marabá para atender todo o s u l d o Pa r á , e a instalação de uma central de crédito para padronizar e agilizar o atendimento e melhorar os processos de análise, concessão, renegociação e gestão de crédito no Estado.

LIVROS E CD'S

n OS SACRAMENTOS E OS DONS DO ESPÍRITO - Papa Francisco, Livro (Paulus, R$18,00)

E

u indico o livro ‘O Livro da Vida’, da autora Santa Teresa de Jesus. Neste livro, o homem da cultura ocidental percebese como alguém dividido, atomizado entre o ser e o agir. Essa dicotomia é acentuada pelo progresso, que o manipula como meio, relegando-o à periferia e colocando como centro a técnica, a ciência, os interesses econômicos. A autobiografia de

nos municípios paraenses R$ 325 milhões, em mais de 6 mil operações, sendo R$ 190 milhões do FNO, em 2. 1 0 1 operações, e R$ 135 milhões de crédito comercial, em 4.052 operações, atendendo do micro ao grande empreendedor. Em 2017, nos Estados nortistas, o Banco da Amazônia a p l i c o u c o m recursos do Fundo o equivalente a R$ 2,91 bilhões, um aumento de 25,82% em relação a 2016, quando foram investidos

E

sta obra apresenta os ensinamentos do Sumo Pontífice a respeito dos sete sacramentos e dos sete dons do Espírito Santo. Com seu jeito simples, pedagógico e direto, o Papa Francisco permite ao leitor conhecer um pouco mais sobre estes temas, que

Santa Teresa de Jesus, põe ao nosso alcance uma experiência rica de totalidade, fruto de seu encontro com Deus, encontro que esta doutora da Igreja alimentou em sua vida de oração”.

são muito importantes para a nossa fé e vivência cristã. Essas catequeses ajudam a entender melhor a finalidade dos sacramentos na vida do cristão levandoo a pedir sempre mais ao Pai, por meio do Filho, os dons do Espírito Santo.

n TUDO É POSSÍVEL PARA DEUS - EP - Coletânea, CD (Paulinas, R$9,90)

E

ste EP oferece seis faixas, sendo quatro músicas cantadas, uma instrumental e uma faixa com os mistérios gozosos do terço. Trata-se de

um EP mar iano, cuja mensagem central é a ação de Deus na vida de Maria, pois tudo é possível para Deus.


1

º C2aderno Dois

BELÉM, DE 27 DE ABRIL A 3 DE M,AIO DE 2018

Arquidiocese promove evento em preparação para festa de Pentecostes

Seminário de Vida no Espírito Santo, iniciou a preparação dos fiéis para o Pentecostes

A

Arquidiocese de Belém, por meio da Renovação Carismática Católica (RCC) e das Novas Comunidades, realizou nos dias 21 e 22 de abril, nas comunidades e paróquias da região metropolitana, o seminário de Vida no Espírito Santo, que teve como objetivo iniciar a preparação dos fiéis para o Pentecostes, a ser realizado no dia 19 de maio. Com um formato de retiro, a programação constou de ora-

ção do terço, pregações, momentos marianos e Santa Missa. O Seminário de Vida no Espírito, realizado na maioria das paróquias da arquidiocese, funcionou como um pré-Pentecostes e teve inicio com a formação de comissões por região episcopais, constituídas pelos grupos de oração da RCC e pelas Novas Comunidades presentes em cada uma das sete regiões episcopais. Em três das sete regiões

episcopais, o Seminário foi centralizado: Em Santa Cruz, aconteceu na Escola Salesiano do Trabalho; na região episcopal Santa Maria Goretti, no Centro de Evangelização de Fátima; em Santana, na Matriz de Santa Luzia, no Jurunas. Já na Região de São Vicente de Paulo a formação aconteceu em três paróquias, na de São João Batista, em duas paróquias e nas regiões Menino Deus e Coração Eucarístico foram em

diversas paróquias. A programação teve início no sábado, 21, às 7h30 com momento mariano e durou o dia todo com atividades como pregação, animação, o r a ç ã o , Te r ç o d a M i s e r i c ó rd i a , Adoração ao S a n t í s s i m o Sacramento e finalizou com c e l e b r a ç ã o eucarística. No domingo, 22, a programação

foi desenvolvida apenas pela manhã, finalizada também com Santa Missa. Para Joselene Alves, responsável pela RCC Arquidiocesana, o Seminário foi, mesmo com os contratempos c o m o a g re v e d o s rodoviários, um grande momento de fortalecimento e preparação para a vigília de Pentecostes: “Tivemos a oportunidade de viver um momento

de fortalecimento de nossa fé. Nesse fim de semana, onde muitos podiam estar fechados no isolamento de seus sofrimentos, tivemos a possibilidade de passar por um processo de reavivamento de nossa fé e missão. Redescobrir o grande amor de Deus e reacender a esperança da grande promessa de Deus que é o Espírito Santo para nos ajudar a enfrentar os desafios de hoje”. FOTOS: DIVULGAÇÃO

w FIÉIS de diversas paróquias participaram do evento preparativo

w PROGRAMAÇÃO contou com diversos momentos nas paróquias

PRÉ-PENTESCOSTES - PREPARATIVOS PARA O EVENTO DO DIA 19 DE MAIO Posterior ao seminário, outros eventos, a maioria deles organizados pela RCC e Novas Comunidades, compõem o pré-Pentecostes e servirão como preparação para o evento do dia 19 de maio, cujo tema “É necessário nascer de novo” (Jo 3,7b) a ser realizado na Arena Guilherme Paraense, o Mangueirinho, a partir das 14h. O primeiro desses eventos preparativos será o Seminário Arquidiocesano de Teologia, promovido pela Faculdade Católica nos dias 5 e 6 de maio, a partir das 8h30, no auditório do Colégio Santo Antônio. O seminário, que traz a temática “A presença e a missão do Espírito Santo na Igreja”, terá palestras ministradas por especialistas em teologia, como o bispo de Marabá, Dom Vital Coberlinni. As inscrições estão abertas. No dia 11 de maio, em todas as regiões episcopais, haverá a Noite Santa com início da novena para o Pentecostes. A partir das 22h, a Noite Santa, vigília que vai até às 6h, tendo na programação adora-

ção ao Santíssimo Sacramento, louvores, pregações e muita oração. E, de 11 a 18, em nível paroquial, haverá a Novena de Pentecostes. As novenas culminarão na Vigília de Pentecostes que, como dito anteriormente, será realizado no Mangueirinho no dia 19, com abertura dos portões a partir das 13h. De acordo com Joselene, estes momentos pré-Pentecostes são de riquíssimas manifestações de um Deus que está sempre cuidando dos seus escolhidos: “podemos sentir o toque do Bom Pastor que oferece seu amor a quem o procura e não teve a oportunidade de participar do seminário, e viver esse reacender da chama da fé, que o Espírito Santo nos traz, viver uma experiência extraordinária que somente o Espírito Santo nos ajuda a viver, como rezamos no Veni Creator Spiritus, ‘Vinde Espírito Criador, a nossa alma visitai e enchei os corações com vossos dons celestiais’.”

Programa “Em Família”, dia 30 de maio pela Rede Nazaré de Televisão O programa “Em Família” da Fundação Nazaré de Comunicação será realizado ao vivo no dia 30 de maio e vai contar com a participação especial dos benfeitores da Família Nazaré, uma vez

que é dedicado inteiramente a eles. Repetindo o modelo dos programas já realizados, durante a exibição da programação pela Rede Nazaré de Televisão, diversos momentos animam

a transmissão, direto da sede da instituição, localizada na avenida Governador José Malcher, no bairro de Nazaré, em Belém . O programa é um convite da Arquidiocese de Belém para que

A Fundação Nazaré de Comunicação realizará no dia 30 de maio mais um programa "Em Família" especial, dedicado aos benfeitores da Família Nazaré. Um belo presente está reservado aos benfeitores que se cadastrarem entre os meses de abril e maio e que estejam em dia com sua contribuição: é o sorteio de uma imagem de Nossa Senhora de Fátima. Venha somar conosco e ajude a Arquidiocese de Belém a manter a obra de evangelização por meio da Rádio Nazaré FM, TV Nazaré, Portal Nazaré e Jornal Voz de Nazaré.

mais pessoas venham juntar-se à Família Nazaré, como benfeitores. Para ser um sócio benfeitor, basta a boa vontade de querer fazer parte dessa obra evangelizadora, efetuando o seu cadastro perante a

instituição. Depois, é só manter-se em dia com a contribuição e , dessa forma, a pessoa tornase sócio evangelizador inscrito como benfeitor da Família Nazaré. Anote as informações abaixo e ajude!

Cadastre-se e participe também do sorteio. Procurenos nos endereços a seguir: Avenida Governador José Malcher, Edifício Paulo VI, 915 CEP: 66055-260 - Nazaré, Belém - PA Tel.: (91) 4006-9211/4006-9200 4006-9209 Site: www.fundacaonazare.com.br E-mail: famjor@fundacaonazare.com.br faleconosco@fundacaonazare.com.br


2

BELÉM, DE 27 DE ABRIL A 3 DE MAIO DE 2018

Igreja

2º Caderno Miscelânea Côn. Cláudio Barradas (claudiobarradaspe@gmail.com)

N

o final de nossa edição passada afirmei textualmente sobre Mons. Geraldo a meu respeito: “e quanta atenção” – e agora acrescento: merecida, pura bondade sua – “para com minha humilde pessoa.” E transcrevi como prova, breve, mas significativa, o carinhoso cartão me enviado por ele no dia de minha ordenação sacerdotal, 25 de janeiro de 1992, festa da conversão de São Paulo, a quem, ele e mais Santa Teresinha do Menino Jesus, tive a ousadia de escolher como padrinhos. A título de curiosidade: naquele tempo, - hoje não sei se continua a ser assim – os padrinhos do ordenando eram pessoas de posses, que, portanto, em condições financeiras de arcar com as despesas, queira-se ou não normalmente não poucas, muito pelo contrário. Eu, como creio ter deixado claro, certo ou errado, preferi os de natureza espiritual, do que não me arrependo, tanto mais que nada me faltou. É: o que

Monsenhor Geraldo e eu (4)

faz a Providência Divina, em se confiando nela! Mais algumas provas de sua atenção, - repito: imerecida– para comigo, a quem ele, no citado cartão, para meu embevecimento, chama de seu velho amigo. Já padre, nos meus anos de pároco em Santa Isabel do Pará, ao depois de Jesus Ressuscitado, no conjunto Médici I, Marambaia, e, finalmente, nos dois e nove meses na Igreja de Nossa Senhora das Mercês, de vez em quando, para não dizer frequentemente, dignava-se comunicar-se comigo, quer por telefone, quer por escrito, valiosos bilhetes, ora com sensatas sugestões e sábios conselhos, ora, se preciso, com caridosas correções e carinhosos puxões de orelha, ora, enfim, com votos de santo Natal, feliz Páscoa, congratulações por meu aniversário natalício e pelo de ordenação presbiteral, bem como augúrios de frutuoso ministério, no ca-

LUIZ ESTUMANO

w MONSENHOR Geraldo Cláudio dos Santos Menezes

so de minhas transferências, e de pleno êxito em algum empreendimento. Seu aluno no Seminário, como já o disse aqui, ah, quantas lições me proporcionou, e não somente quanto ao Português e à arte de bem escrever e ler corretamente. Pois que, sem embromar, defeito de que incapaz, e sem fugir do assunto do dia, falava, com eficiência embora

sinteticamente, de tudo que se fizesse necessário. Com ele aprendi, entre outras coisas, a amar o inigualável Santo Agostinho, a cultivar a leitura dos grandes mestres da nossa língua, a me empolgar pelo Latim, o que é, na prática, ser padre de verdade e, para ficar por aqui, sentir e viver com a Igreja. Que pena não mais poder contar com sua pre-

sença! Em compensação, a certeza de usufruir de sua indefectível intercessão no Céu, sua eterna morada, santo que foi, na mais completa acepção dessa palavra, desde sua partida. Muitíssimo obrigado por tudo, Mons. Geraldo. Permita-me, se for da vontade de Deus, com quem certíssimamente o Sr. agora está para todo o sempre, e, se não for pe-

dir demais, fazer minha, com pequena modificação, a solicitação de Eliseu a Elias, ao atravessarem o Jordão: “deixa-me em herança dois terços do teu espírito.” Eu, aqui, não ousando tanto, contentome com menos e, assim, peço-lhe: deixe-me em herança, meu santo e querido mestre, um terço de seu espírito. Pelo que, caso atendido, fico-lhe imensamente agradecido. Até por aí, um dia, que, pelo visto, já prestes a chegar. Finalizando, uma correção: na edição passada escrevi que a bala, resultante do assalto quando pároco da Trindade, ficou-lhe cravada no cérebro. Marília, uma de suas irmãs, religiosa, fez-me saber que foi, não onde afirmei e, sim, num dos ombros, na clavícula, local de difícil acesso, vizinho à artéria aorta. Palavras de um médico, ao ver, abismado, que, apesar disso, Mons. Geraldo não perdera a vida: “se eu fosse ateu, agora acreditaria em Deus.” Shalom!

Santos da semana Diác. Benedito Otávio (artpresent@superig.com.br)

27/04 - SEXTA-FEIRA Beata Catarina de Montenegro – Virgem Dominicana

01/05 - TERÇA-FEIRA Santo Agostinho Schoeffler – sacerdote e mártir

Nascida em Kebeza, no pequeno país de Montenegro, 1493, passou sua infância pastoreando ovelhas de sua família ortodoxa. Chamada à fé católica pelo próprio Cristo Crucificado numa aparição, entrou na Ordem da Penitência de S. Domingos, assumindo o nome de Osanna, em homenagem a S. Osanna de Mântua, desta ordem. Viveu reclusa por 51 anos, oferecendo sua vida para a salvação do mundo, assim como S. Teresinha fez. O povo tem grande veneração por ela, pois sua intercessão segurou o avanço turco naquele país. Também venerada nessas cidades montenegrenses como: Hosana de Kótor; Osanna da Cáttaro. 28/04 - SÁBADO São Luís Maria Grignion de Montfort – Doutor da Igreja

Francês de Mittelbonn, nasceu em 1822. Pertencia a Sociedade das Missões Estrangeiras de Paris. Para garantir as terras pagãs dos missionários que trabalharam para estabelecer um seminário em Paris, “Missões Exteriores”, embarcou em missão a Ásia. Em sua vida pastoral, foi bispo de Francis Palu, Vigário Apostólico de Cochin China (quem sabe não foi daqui que veio o dito popular “conchichina”, só que fica ao sul do Vietnã) e o 1º Arcebispo de Pietro de La Motte Lambert. Até seu trabalho começar a incomodar e ele ser morto por decapitação a mando do imperador Tu ??c no campo de Nam Mau.

Natural de Montfort, França, 1673. Combateu arduamente os jansenistas. Essa heresia atacava dogmaticamente (a Graça e nossa compreensão de pecado); moralmente (os Sacramentos, sobretudo a Eucaristia e a Penitência); e disciplinarmente (relação das autoridades eclesiásticas). Grande pregador e fundador da Comp. de Maria e a Cong. das Filhas da Sabedoria. Escreveu a monumental obra: Tratado da Verdadeira Devoção a Santíssima Virgem, onde ensina passo a passo a consagração total a Nosso Senhor. 29/04 - 5º DOMINGO DA PÁSCOA São Hugo de Cluny – Abade Nascido em Brionnais, Borgonha, França, 1024. Faleceu na famosa abadia de Cluny, também na região da Borgonha em 1109. Foi o 4º abade de Cluny, por 60 anos neste cargo. Sua inteligência rendeu-lhe a prática de conselheiro de reis e papas. Governou diversos mosteiros, em uma época em que, após o terrível cisma do século XI, onde a Igreja rompe definitivamente com o Oriente, era preciso pessoas firmes e objetivas para conter heresias e indisciplinas e saber discernir as orientações do Espírito Santo. Mas isso é só uma página, ainda teríamos outro terrível cisma no séc. XIV, e como diz o prof. Felipe Aquino: “Assim temos a comprovação que a Igreja é Divina, resistindo tudo isso”.

02/05 - QUARTA-FEIRA Beato William Tirry – Mártir

30/04 - SEGUNDA-FEIRA Beata Hildegarda de Kempten – Rainha Um historiador do séc. IX escreveu: “nobilissimam piissimamque reginam” – “rainha nobre e piedosa”. E assim, por testamentos de um ou outro autor, conhecemos a história dessa descendente do duque da Suábria, Godofredo, da Baviera, Alemanha. Era adolescente quando o rei dos francos, Carlos Magno, tomou sua mão, depois de separar de sua 3ª concubina, cuja vida desagradava o papa Estevão IV. Hildegarda com sua docilidade impôs moral na vida do imperador, tornou-se grande companheira e só lhe fez um grande pedido, que doasse uma grande quantia para a reforma da abadia de Saint-Arnoul de Metz, onde foi sepultada mais tarde em 783. Seu túmulo tornouse centro de milagres e peregrinações.

Irlandez de Cork, 1608, quando jovem, ingressou na Ordem Agostiniana e estudou na Espanha; Paris e Bruxelas. Voltou para a Irlanda onde exerceu o sacerdócio em segredo com várias oposições até entre os agostinianos. Foi pego usando as vestes da manhã no Sábado Santo em 1654. Com ele também foram encontrados os seus escritos em defesa da fé. Não renunciou a nada disso, foi pois, acusado de traição e condenado a forca sob o regime de Oliver Cromwell. No caminho para o cadafalso, exortou a multidão a ter fé na Igreja e fidelidade ao Papa. Perdoou aqueles que o traíram exortando que se convertam. 03/05 - QUINTA-FEIRA Santos Timóteo e Maura – Cônjuges e Mártires No Alto Egito, durante a perseguição de Ariano, temos a história de um casal que poucas informações temos sobre a vida deles. Porém, é confirmado que Timóteo era da igreja de Antinoe, Egito. Enquanto que sua esposa era uma apaixonada pelo estudo das Sagradas Escrituras. Depois de apenas vinte dias de casamento, Timóteo foi preso e levado perante o governador e obrigado a entregar os livros que possuia. Maura também. Mas eles não aceitaram esse abuso. Maura declara pronta a morrer com seu marido. O que ocorreu em Tebas, por volta de 286. Foram então pregados na parede por nove dias.


3

BELÉM, DE 27 DE ABRIL A 3 DE MAIO DE 2018

Panorama

2º Caderno

Campanha de vacinação contra gripe começa em todos os postos de saúde Imunização atende grupo prioritário como idosos e crianças

C

om informações agência Brasil. Começa nesta segunda-feira, 23, a 20ª Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza. Até o dia 1º de junho, devem ser imunizados idosos a partir de 60 anos, crianças de 6 meses a menores de 5 anos, trabalhadores da saúde, professores das redes pública e privada, povos indígenas, gestantes, puérperas (até 45 dias após o parto), pessoas privadas de liberdade e funcionários do sistema prisional. Pessoas com doenças crônicas e outras

condições clínicas especiais também devem receber a dose. Neste caso, é preciso apresentar uma p re s c r i ç ã o m é d i c a no ato da vacinação. Pacientes cadastrados em programas de controle das doenças crônicas do Sistema Único de Saúde (SUS) devem procurar os postos de saúde em que estão registrados para receber a vacina, sem a necessidade de prescrição médica. DIA D O chamado Dia D de mobilização nacional deve ocorrer em 12

de maio. A previsão é de que nessa data estejam abertos 65 mil postos de vacinação, sendo 37 mil de rotina e 28 mil volantes, com o envolvimento de 240 mil pessoas. Também estarão disponíveis, para a mobilização, 27 mil veículos terrestres, marítimos e fluviais. De acordo com o Ministério da Saúde, a dose protege contra os três subtipos do vírus da gripe que mais circularam no último ano no Hemisfério Sul, conforme determinação da Organização Mundial da Saúde (OMS), incluindo o H1N1 e o H3N2. “A vac i na c ontra gripe é segura e reduz

S: DIVULGAÇÃO

w A PREVISÃO é a abertura de 65 mil postos de vacinação em todo país

as complicações que podem produzir casos graves da doença, internações ou, até mesmo, óbitos”, informou o ministério. REAÇÕES ADVERSAS Após a aplicação da vacina, podem

o c o r re r, d e f o r m a rara, dor, vermelhidão e endurecimento no local da injeção. As manifestações, segundo o governo, são consideradas benignas e os efeitos costumam passar em 48 horas. A vacina é contraindicada para

pessoas com histórico de reação anafilática prévia em doses anteriores ou pessoas que tenham alergia g r a v e re l a c i o n a d a a ovo de galinha e seus derivados. É importante procurar o médico para mais orientações.

Entra em vigor lei que aumenta pena para motorista embriagado Com informações agência Brasil. Entrou em vigor nesta quinta-feira, 19, a Lei 13.546/2017, que ampliou as penas mínimas e máximas para o condutor de veículo automotor que provocar, sob efeito de álcool e outras drogas, acidentes de trânsito que resultarem em homicídio culposo (quanto não há a intenção de matar) ou lesão corporal grave ou gravíssima. A nova legislação, sancionada pelo presidente Michel Temer em dezembro do ano passado, modificou artigos e outros dispositivos do Código Brasileiro de Trânsito (Lei 9.503/1997). Antes, a pena de prisão para o motorista que cometesse homicídio culposo no trânsito estando sob efeito de

álcool ou outras drogas psicoativas variava de 2 a 5 anos. Com a mudança, a pena aumenta para entre 5 e 8 anos de prisão. Além disso, a lei também proíbe o motorista de obter permissão ou habilitação para dirigir veículo novamente. Já no caso de lesão corporal grave ou gravíssima, a pena de prisão, que variava de seis meses a 2 anos, agora foi ampliada para prisão de 2 a 5 anos, incluindo também a possibilidade de suspensão ou perda do direito de dirigir. As alterações no Código Brasileiro de Trânsito (CBT) também incluem a tipificação como crime de trânsito a participação em corridas em vias públicas, os chamados rachas ou pegas. Para reforçar o

cumprimento das penas, foi acrescentada à legislação um parágrafo que determina que “o juiz fixará a pena-base segundo as diretrizes previstas no Artigo 59 do Decreto-Lei 2.848, de 7 de dezembro de 1940 (Código Penal), dando especial atenção à culpabilidade do agente e às circunstâncias e consequências do crime”. Para a professora Ingrid Neto, doutora em psicologia do trânsito e coordenadora de um laboratório que pesquisa o tema no Centro Universitário do Distrito Federal (UDF), uma legislação que endureça as penas para quem comete crimes de trânsito é importante para coibir a prática, mas não pode ser uma ação isolada. “Quando a gente fala em segurança do trânsito,

w COM A MUDANÇA a pena aumenta para entre cinco a oito anos

estamos tratando desde as ações de engenharia e infraestrutura das vias, o trabalho de educação no trânsito [voltado à prevenção], e o que chamamos de esforço legal, que é justamente uma legislação dura, que as pessoas saibam que ela existe, mas combinada com um processo efetivo de fiscalização”, argu-

menta. Pa r a I n g r i d , p o r mais dura que seja uma legislação, ela não terá efeitos se não vier articulada com outras iniciativas complementares. “Na lei seca [que tornou infração gravíssima dirigir sob efeito de álcool] nós vimos isso. No começo, houve uma

intensa campanha de educação e fiscalização, reduzindo significativamente o índice de motoristas que bebe e insistem em dirigir, mas a partir do momento que a fiscalização foi reduzida, as pessoas se sentiram novamente desencorajadas a obedecer a lei”, acrescenta.

Seduc normatiza atendimento educacional especializado no Pará

Com informações d a a g ê n c i a Pa r á . A Secretaria de Estado de Educação (Seduc) oficializou na quintafeira, 19, com a publicação no Diário Oficial do Estado, a Instrução Normativa do Atendimento E d u c a c i o n a l Especializado (AEE) nas unidades escolares estaduais específicas para estudantes com deficiências, centros e núcleos especializados públicos e privados, filantrópicos, sem fins lucrativos e conveniados com a Seduc. A I n s t r u ç ã o Normativa nº 001/2018 – GS/Seduc dispõe

sobre a organização e o funcionamento desses estabelecimentos, ao indicar normas e orientações de gestores, diretores, professores, técnicos e comunidade escolar com relação à educação especial. A norma tem fundamento em um conjunto de documentos legais que servem de base para a organização e o funcionamento do AEE, e foi concebida no âmbito da Política da Educação Especial na Perspectiva da Educação Inclusiva, estabelecida pela portaria do Ministério da Educação nº 555, de 5 junho de 2007, prorrogada pela

Portaria nº 948, de 09 de outubro de 2007. É também uma reposta aos preceitos da Política Nacional de Proteção dos Direitos das Pessoas com Transtorno do Espectro Autista. No plano Estadual, a norma obedece à Resolução nº 304 do Conselho Estadual de Educação do Estado do Pará, aprovada em 25 de maio de 2017. A publicação da Instrução Normativa é considerada uma conquista da comunidade educacional paraense que atua na educação especial. “É um grande avanço que a Seduc dá na gestão da educação

especial. A Instrução permitirá dirimir muitas dúvidas da comunidade escolar quanto ao atendimento educacional especializado. Temos certeza de que as práticas gerenciais se tornarão mais claras e os diretores de escolas mais seguros em seus procedimentos”, garante a coordenadora de Educação Especial da Seduc, Kamilla Vallinoto. O Atendimento E d u c a c i o n a l Especializado é ofertado no contraturno ao ensino comum. Em “casos específicos que demandem o atendimento

especializado no mesmo turno serão definidos pela equipe técnico-pedagógica da escola e pelo professor do AEE”, informou a coordenadora.

ESTRUTURA Atualmente, a Seduc dispõe de 630 salas de Recursos Multifuncionais instaladas nas escolas regulares; três centros especializados (dois em Belém e um em Santarém); dois núcleos especializados em Belém. No Pará funcionam, também, 17 unidades educacionais especializadas privadas, sem fins lucrativos,

conveniadas com a Seduc, localizadas em Abaetetuba, Altamira, Ananindeua, B a rc a re n a , B e l é m , Bragança, Capanema, Eldorado do Carajás, Moju, Santarém e São Domingos do Capim; cinco hospitais (Belém) e um abrigo (Marituba). São atendidos nesses estabelecimentos 7.983 alunos; o corpo docente tem 1.700 professores especializados, 1 1 0 i n t é r p re t e s e 68 especialistas na linguagem braille. A Instrução Normativa pode ser acessada no Portal da Seduc (www.seduc. pa.gov.pa)


4

BELÉM, DE 27 DE ABRIL A 3 DE MAIO DE 2018

2º Caderno Igreja Magis: voluntariado jovem e D esde julho de 2017 o Programa MAGIS Brasil iniciou a modalidade de média duração do Eixo Voluntariado Jovem e Inserção Sociocultural. São características desse voluntariado a dedicação integral, durante seis meses, ao serviço voluntário, onde jovens participantes residem em uma obra da Companhia de Jesus ou instituição parceira. Segundo Agnaldo Duarte, diretor do Centro Magis Inaciano da Juventude (CIJ) e Coordenador do Eixo Voluntariado Jovem, “essa modalidade de voluntariado exige que os jovens vivenciem de forma mais profunda o desapego; afinal, são meses distantes da família, dos amigos e da rotina a que estão acostumados”; contudo, afirma o jesuíta, “após ouvir as partilhas, é bonito ver como os jovens foram se tornando mais disponíveis e foram se abrindo para que essa experiência fosse, de fato, profunda e transformadora em suas vidas”. A jovem Tasila Fortuna (Iconha, ES) e o jovem Hermer-

inserção sociocultural

Experiências de média duração encerram ciclo em Belém e Fortaleza son Rodrigues (Fortaleza, CE) foram acolhidos pelo Centro Magis Amazônia. Na capital paraense, os jovens realizaram ações junto ao Centro Alternativo de Cultura (CAC), obra da Companhia de Jesus que desenvolve ações na área de educação popular, e junto à Casa da Caridade. Tasila partilhou que “apesar de desafiador, o voluntariado de seis meses foi um tempo de muito consolo, um tempo de confirmar o serviço ao outro como projeto de vida”. Hermerson ressaltou que “uma nova percepção do que realmente é ser humano foi despertada no voluntariado, onde a empatia e a sensibilidade às causas dos injustiçados da sociedade foram as marcas deixadas pela experiência”. Os jovens Alan Batista (Cachoeira do Arari, PA) e Marcos Rodrigues (Ibatiba, ES) realizaram o voluntariado em Fortaleza, no Cen-

DIVULGAÇÃO

tro MAGIS Inaciano da Juventude (CIJ), onde se dedicaram ao trabalho junto à Pastoral do Povo em situação de Rua. EM BELÉM No mês de fevereiro, Mônica Costa Cordeiro, de 24 anos, do município de Russas, no Estado do Ceará, iniciou

o serviço voluntário n o C e n t ro M A G I S Amazônia, situado no Complexo da Capela de Nossa Senhora de Lourdes, no bairro de Nazaré. Ela presta serviço voluntário ao Centro Alternativo de Cultura (CAC) obra social da Companhia em Belém, atuando com trabalhos voltados às comunidades de bairros da cidade e municípios do Pará, assim como em atividades formativas na Capela. A experiência segue o final do mês de julho de 2018. NOVO CICLO O Vo l u n t a r i a d o MAGIS acontece nas fronteiras, sejam elas geográficas, econômicas, sociais ou existenciais; onde outros não

querem ou não podem ir. Além disso, é sua característica o acompanhamento personalizado e a incorporação da pedagogia e espiritualidades inaciana em todo o processo, capaz de acolher a cada jovem desde as suas necessidades, limites e potencialidades. O jesuíta Edson Tomé, diretor do Centro Magis Amazônia e coordenador do Eixo Sociambiental do Programa Magis, diz que “o desafio dessa experiência é deslocar o olhar do jovem e da obra que o acolhe, é promover um encontro pautado na participação, no serviço e no diálogo entre o voluntário e o local que acolhe esse jovem; é

proporcionar a construção de relações baseadas no compromisso e responsabilidade, mas também no afeto e na amizade”. Dessa forma, o Voluntariado MAGIS deseja oferecer aos jovens experiências transformadoras, marcadas pelo desafio de ir ao encontro do outro e de abraçar a “Igreja em saída”, acolhedora, com o rosto jovem e disponível para em tudo amar e servir. O encerramento dessa primeira experiência de média duração marca também pelo início do novo ciclo do voluntariado de seis meses. Neste primeiro semestre, Boa Vista-RR e São Paulo-SP também acolherão voluntários.

Compêndio do Catecismo da Igreja Católica O Jornal Voz de Nazaré continua as reflexões iniciadas em 2013, Ano da Fé, com a publicação do Compêndio do Catecismo da Igreja Católica. De maneira concisa, a publicação apresenta, numa visão de conjunto, todo o panorama da fé católica, com seus elementos fundamentais.

IV PARTE (A Oração Cristã) PRIMEIRA SEÇÃO A Oração na Vida Cristã CAPÍTULO SEGUNDO: GUIAS PARA A ORAÇÃO

564

.Como é que os Santos são guias de oração? Os santos são modelos de oração de Deus. Na comunhão dos santos, e a eles pedimos para, junto da desenvolveram-se, ao longo da Santíssima Trindade, intercederem história da Igreja, diversos tipos de por nós e pelo mundo inteiro. espiritualidade, que ensinam a viver A sua intercessão é o mais alto e a pôr em prática a oração. [2683 serviço que prestam ao desígnio - 2684 2692 - 2693] o voluntariado em Fortaleza, no Cen-

de 24 anos, do município de Russas, no Estado do Ceará, iniciou

A experiência segue o

565

. Quem pode educar na oração?

A família cristã é o primeiro lugar da educação na oração. A oração familiar quotidiana é especialmente recomendada porque é o primeiro testemunho da

vida de oração da Igreja. A catequese, os grupos de oração, a «direcção espiritual» constituem uma ajuda e uma escola de oração. [26852690 2694-2695]


5

BELÉM, DE 27 DE ABRIL A 3 DE MAIO DE 2018

Arquidiocese Dom Alberto em visita pastoral na Paróquia Nossa Senhora Auxiliadora Arcebispo vai acompanhar trabalhos realizados pela igreja no bairro do Aurá N 2º Caderno

a terça-feira, 1º de maio, o Arcebispo Metropolitano de Belém, Dom Alberto Taveira Corrêa, inicia visita pastoral na matriz da Paróquia Nossa Senhora Auxiliadora, no bairro do Aurá, em Ananindeua. A visita pastoral objetiva acompanhar andamento dos trabalhos realizados na paróquia e, também, nas comunidades pertencentes à matriz e, prossegue até domingo, dia 6, com celebração de missa, visitas e encontros. Em maio, mês que a matriz da Paróquia Nossa Senhora Auxi-

liadora completa sete anos de instalação, ela receberá pela primeira vez visita pastoral realizada pelo Arcebispo Metropolitano de Belém. Segundo o padre Gelcimar Sousa Santos, pároco da matriz, é um presente a visita pastoral, no mês do aniversário da matriz e da festividade de Nossa Senhora Auxiliadora, cujo festejo litúrgico será comemorado no dia 28 de maio. “A p ro g r a m a ç ã o consiste em visitar as forças vivas, as lideranças nessa gigantesca paróquia, que de verdade na atualidade temos 14 comunidades

e três áreas de missão, que abrange os bairros do Aurá e Águas Brancas. Dom Alberto vai visitar e conhecer a história, a origem de cada comunidade para poder também ter todo o diagnóstico da vivência missionário e pastoral do povo de Deus. O maior objetivo de tudo isso, é fazer com neste acolhimento centralidade dessa evangelização, o povo esteja mais atento a essa realidade e assim vai fortalecer muito mais e animar missionariamente todos os cristãos com a presença do nosso pastor”. O pároco também

w PADRE Gelcimar com representantes de movimentos e pastorais

FOTOS: DIVULGAÇÃO

w SEDE da Paróquia Nossa Senhora Auxiliadora, no bairro do Aurá

destacou que “Dom Alberto vem em nome de Deus motivar e alegrar muito mais este povo aqui presente. Serão momentos de oração, de encontro, de formação e o melhor de tudo, o povo perto de seu pastor, do seu bispo, isto é o maior de todos os motivos, porque o bispo vem em nome de Deus, através dele a sua Palavra vai ressoar e chegar em cada coração do povo que reside no Aurá e Águas Brancas, sendo esta área gigantesca, com grandes desafios, mas sobretudo, são pessoas humanas, caridosas, pessoas que

PROGRAMAÇÃO Terça-feira, dia 1º 17h- Comunidade Nossa Senhora Desatadora dos Nós e procissão para a Comunidade São José 18h30- Missa na Comunidade São José

vislumbram o Evangelho apesar do cansaço, da fadiga, mas entusiasmado porque pelo batismo eles são missionários”. As visitas pastorais ocorrem todos os anos nas paróquias e comunidades da Arquidiocese de Belém. Em 2018 a série de visitas inicia com a ida do Arcebispo em visita pastoral na Paróquia de Nossa Senhora Auxiliadora, no mês de maio. Posteriormente, serão realizadas mais visitas pastorais, estas realizadas pelos bispos auxiliares de Belém, Dom Irineu Roman e Dom Antônio de Assis Ribeiro.

Em 2017, foi visível o número de visitas realizadas. Por exemplo, Dom Irineu Roman, esteve na Paróquia de Santa Teresinha do Menino Jesus, em Ananindeua, de 28 de março a 2 de abril; na Paróquia de São José de Queluz, no bairro de Canudos, de 4 a 9 de abril; na Paróquia de Santa Teresinha do Menino Jesus, no Tenoné, de 23 a 28 de maio e outras. A Paróquia Nossa Senhora Auxiliadora, foi erigida pelo Arcebispo Metropolitano de Belém no dia 24 de maio de 2011, desmembrada da Paróquia Nossa Senhora das Graças.

Sexta-feira, dia 4 8h às 12h- Matriz 15h às 18h-Matriz 19h-Missa na Comunidade Divino Espírito Santo 20h- Encontro do arcebispo com as Famílias

Quarta-feira, dia 2 8h às 12h- Visitar as comunidades 15h às 18h30- Visitar as comunidades 19h-Missa na Comunidade São Benedito do Inocentes

Sábado, dia 5 8h-Encontro do arcebispo com as crianças 15h-Encontro do arcebispo com a Juventude

Quinta-feira, dia 3 15h30-Visita aos doentes 19h-Missa Comunidade Nossa Senhora Rainha dos Mártires 20h30- Encontro do arcebispo com os Coordenadores

Domingo, dia 6 7h-Missa na Matriz 9h-Missa na Comunidade Sagrado Coração de Jesus “Quilombo” 18h30- Missa de encerramento da visita pastoral na Matriz w PARÓQUIA com várias ações na comunidade

TERCEIRA PARTE

YOUCAT

A VIDA EM CRISTO PRIMEIRA SEÇÃO

Para que estamos na terra, o que devemos fazer e como nos ajuda o Espírito Santo de Deus? SEGUNDO CAPÍTULO

A Comunhão Humana

O

Jornal Voz de Nazaré segue os estudos sobre o YOUCAT - Catecismo da Igreja Católica, escrito para JOVENS que querem saber em que acreditam. Este projeto iniciou-se por ocasião da Jornada Mundial da Juventude, Rio, 2013.

339. O que faz a graça de Deus em nós? A graça de Deus insere-nos na Vida interior do Deus trino, na permuta de amor entre Pai,

Filho e Espírito Santo, capacitanos para viver no amor de Deus e atuar a partir desse Amor.

[1999-2000; 203-2004; 20232024].


6

BELÉM, DE 27 DE ABRIL A 3 DE MAIO DE 2018

2º Caderno Igreja Faculdade Católica promove Simpósio Arquidiocesano de Teologia Evento será nos dias 5 e 6 de maio no Colégio Santo Antônio

I

ntegrando a programação do Ano do Laicato, a Arquidiocese de Belém vai promover nos dias 5 e 6 de maio o Simpósio Arquidiocesano de Teologia, em parceria com a Diretoria de Pós-Graduação e Extensão da Faculdade Católica de Belém. O evento tem como tema “A presença e a missão do Espírito Santo na Igreja”, com formação no Colégio Santo Antônio, localizado na capital paraense. Co-

ordenará o simpósio o padre João Paulo Dantas, coordenador do curso de Teologia, da faculdade. A iniciativa da realização do simpósio é do próprio Arcebispo Metropolitano de Belém, Dom Alberto Taveira Corrêa, Grão-Chanceler da Faculdade, informa o coordenador padre João Paulo. “A realização do simpósio é uma iniciativa da Arquidiocese de Belém e, de um modo todo especial, do Arcebispo Dom Alberto, que neste Ano do Laicato deseja oferecer aos leigos a oportunidade de uma formação teológica de qualidade, a nível arquidiocesano; e, para tanto, ele pediu o engajamento e o serviço da Faculdade Católica de Belém”. LUIZ ESTUMANO

w PE. JOÃO PAULO, coordenador do simpósio

Às proximidades da Solenidade de Pentecostes, o simpósio também tem objetivo de preparar as comunidades para essa celebração litúrgica da mais alta relevância para a Igreja, ressalta padre João Paulo. “Em razão do tema - “A Presença e a missão do Espírito Santo na Igreja” - o simpósio é também uma oportunidade de preparação para a Solenidade de Pentecostes. É um evento, portanto, com dupla finalidade, a de oferecer à Igreja de Belém um momento de reflexão teológica profunda e importante sobre a Pessoa do Espírito Santo; e a segunda finalidade reside na preparação teológica para a vivência do Pentecostes”. É a terceira vez que a Arquidiocese de Belém realiza um evento nesse formato, em parceria com a Faculdade Católica de Belém. O primeiro foi o Simpósio Teológico DO XVII Congresso Eucarístico Nacional, ocorrido no ano de 2016 em Belém. O segundo foi o Simpósio Internacional de Mariologia, realizado no ano passado. Dessa forma, a Arquidiocese de Belém tem buscado fortalecer essa tradição de promover formações de profundidade teológica, com apoio direto da Faculdade Católica de Belém. O Simpósio – Será coordenado pelo padre professor/doutor João Paulo de Mendonça

Dantas, coordenador do Curso de Teologia da Faculdade Católica de Belém e Vigário da Catedral de Belém. As palestras serão no Colégio Santo Antônio, situado na praça Dom Macedo Costa, 128, no bairro do Comércio, em Belém. Tel.: (91) 3366-6262 O participante tem direito a certificado de participação com 14 horas/aulas, em formato de curso de extensão da Faculdade Católica de Belém. O conteúdo será explanado em conferências de renomados teólogos, especializados em variados temas, incursos na proposta teológica do evento. O investimento é R$ 20,00.

DIVULGAÇÃO

w DOM ALBERTO - uma iniciativa pastoral

PROGRAMAÇÃO 5/05/2018 - SÁBADO CONFERÊNCIA 1 – “O Espírito Santo em São Basílio e Santo Agostinho” Dom Vital Corbelline – Bispo de Marabá; Doutor em Teologia pelo Instituto Patrístico Augustinianum (Roma) e PHD em História da Igreja Antiga pela Universidade Gregoriana (Roma). CONFERÊNCIA 2 – “O Espírito Santo no Antigo Testamento”; CONFERÊNCIA 3 – “O Espírito Santo em São Paulo” Professor Doutor Padre Fernando César Chaves Reis - Mestre em Ciência Bíblica pelo Pontifício Instituto Bíblico (Roma) e Doutor em Teologia Bíblica pela Pontifícia Universidade Gregoriana (Roma). Professor de Hebraico, Grego e Teologia Bíblica da Faculdade Católica de Fortaleza CONFERÊNCIA 4 - “O Espírito Santo em São João” Professor Mestre Elton da Silva Alves – Bacharel em Filosofia e Teologia - Mestre em Teologia Bíblica pela Faculdade Católica de Lugano (Suíça). Instituto Parresia – Comunidade Shalom. 6/05/2018 - DOMINGO CONFERÊNCIA 1 – “O Espírito Santo na Vida Trinitária em Agostinho e Tomás de Aquino”; CONFERÊNCIA 2 - ‘‘O Espírito e a Missão de Jesus Cristo’’ Professor Doutor Padre João Paulo de Mendonça Dantas – Mestre e Doutor em Teologia, com Habilitação em Teologia Dogmática pela Faculdade de Teologia de Lugano (2014), com tese sobre O Espírito Santo, alma da Igreja, na Eclesiologia contemporâ-

nea. Coordenador e Professor do Curso de Teologia da Faculdade Católica de Belém; e Professor da Faculdade Católica de Lugano (Suíça). CONFERÊNCIA 3 – ‘‘O Espírito Santo na experiência mística da beata Elena Guerra.’’ Reinaldo Bezerra dos Reis - Bacharel em Pedagogia (PUC-Campinas), com larga experiência na área de Recursos Humanos, um dos pioneiros da Renovação Carismática Católica (RCC) no Brasil. CONFERÊNCIA 04 - ‘‘O Espírito e a Missão da Igreja’’ Prof. Dr. Padre João Paulo de Mendonça Dantas. Faculdade Católica de Belém – Faculdade Católica de Lugano (Suíça). Inscrições – As inscrições podem ser feitas nos seguintes locais FACULDADE CATÓLICA DE BELÉM BR-316, KM6 - Águas Lindas, Ananindeua - PA Telefone: (91) 3255-2324 – (91) 98442.5713 (whatsapp) Site: catolicadebelem.com.br Email: contato@catolicadebelem.com.br CÚRIA ARQUIDIOCESANA Av. Gov. José Malcher, 915 - Nazaré, Belém - PA Telefone: (91) 3215-7001 CATEDRAL DE BELÉM Praça Dom Frei Caetano Brandão - Cidade Velha, Belém – PA. Telefone: (91) 2121-3724


7

BELÉM, DE 27 DE ABRIL A 3 DE MAIO DE 2018

Igreja

2º Caderno

Encerrada a 56ª Assembleia Geral da CNBB, em Aparecida, São Paulo

E

m cerimônia transmitida por canais católicos de televisão, foi encerrada, solenemente, a 56ª Assembleia da CNBB na sexta-feira, 20 de abril. Os bispos fizeram desse momento, ocasião de oração e ação de graças. Cardeal Sergio da Rocha, presidente da CNBB, acompanhado por Dom Murilo Krieger, vice-presidente, pelo Núncio Apostólico, Dom Giovanni d’Aniello, e pelo coordenador dos trabalhos dos dois últimos dias, Dom João Justino, arcebispo-coadjutor de Montes Claros (MG), agradeceu a todos que ajudaram na realização do evento. O Núncio Apostólico do Brasil leu uma mensagem do Papa: “O Papa os anima neste Ano do Laicato no Brasil a permanecer atentos aos sensus fidei do seu povo, tão generoso e devoto. Ajudando os leigos a viver sempre em sintonia com seus pastores. O protagonismo do chamado a ser cada vez mais uma Igreja em saída, na certeza de que a Mãe Aparecida, cujo aniversário de 40 anos da res-

Presidente da CNBB, Dom Sergio, ressaltou a unidade do episcopado tauração de sua imagem se está celebrando, não deixará de interceder pela Igreja no Brasil para que possa sempre buscar a restauração dos seus membros. O Papa Francisco, de coração, envia a todos os bispos e suas dioceses do Brasil, a bênção apostólica e pede, por favor, que continuem a rezar por ele“. Quinta-feira, 19 de abril, foi a última coletiva em Aparecida (SP). O Cardeal Sergio da Rocha, Arcebispo de Brasília (DF) e presidente da entidade, destacou o clima de fraternidade que permeou o encontro do episcopado brasileiro. Segundo Dom Sergio, a Assembleia Geral vai muito além do que se pode considerar como pronunciamentos, declarações, notas, mensagens ou documentos que são elaborados e aprovados pelo episcopado brasileiro. “Nós não nos reunimos apenas por produzir textos. Claro que eles são muito importantes.

DIVULGAÇÃO

w XXXX XXXXXXXXXXXXXXXXX w MISSA do encerramento da Assembleia dos Bispos, em Aparecida, São Paulo

Mas a Assembleia quer ser, em primeiro lugar, um espaço de convivência fraterna, de colegialidade episcopal”. “Posso dizer que essa Assembleia foi uma das que mais pudemos sentir essa

unidade fraterna, uma proximidade afetuosa entre os bispos do Brasil”, ressaltou, chamando a atenção para os momentos de oração e missas ao longo da Assembleia, além o retiro realizado

nos dias 14 e 15. Depois, ele explicou que as novas diretrizes para a formação de presbíteros aprovadas pelo episcopado, serão encaminhadas para o reconhecimento da Santa Sé.

Bispos reunidos na Assembleia enviam mensagem ao povo de Deus A presidência da CNBB falou aos jornalistas reunidos na Coletiva de Imprensa da 56ª Assembleia Geral da entidade, na tarde do dia 19 de abril. Dom Jaime Spengler, Arcebispo de Porto Alegre e presidente da Comissão do Tema Central

da Assembleia falou sobre os próximos passos do documento sobre a formação de presbíteros aprovado na assembleia. O documento segue para a aprovação final do Vaticano e, após esse passo, será publicado como um documento da CNBB

que vai orientar a formação dos novos padres no Brasil. Dom Murilo Krieger, vice-presidente, leu as mensagens da conferência ao povo de Deus. O documento registra a comunhão do episcopado brasileiro com o Papa Francisco e destaca

a necessidade de promover o diálogo respeitoso para estimular a comunhão na fé em tempo de politização e polarizações nas redes sociais. A mensagem retoma a natureza e a missão da entidade na sociedade brasileira. Confira, na sequên-

cia, a íntegra do documento que será enviado a todas as 277 circunscrições eclesiásticas do Brasil, incluindo arquidioceses, dioceses, prelazias, entre outras. LEIA A MENSAGEM:

MENSAGEM DA CONFERÊNCIA NACIONAL DOS BISPOS DO BRASIL (CNBB) AO POVO DE DEUS O que vimos e ouvimos nós vos anunciamos, para que também vós tenhais comunhão conosco. Ora, a nossa comunhão é com o Pai e com o seu Filho Jesus Cristo (1Jo 1,3) Em comunhão com o Papa Francisco, nós, Bispos membros da CNBB, reunidos na 56ª Assembleia Geral, em Aparecida – SP, agradecemos a Deus pelos 65 anos da CNBB, dom de Deus para a Igreja e para a sociedade brasileira. Convidamos os membros de nossas comunidades e todas as pessoas de boa vontade a se associarem à reflexão que fazemos sobre nossa missão e assumirem conosco o compromisso de percorrer este caminho de comunhão e serviço. Vivemos um tempo de politização e polarizações que geram polêmicas pelas redes sociais e atingem a CNBB. Queremos promover o diálogo respeitoso, que estimule e faça crescer a nossa comunhão na fé, pois, só permanecendo unidos em Cristo podemos experimentar a alegria de ser discípulos missionários. A Igreja fundada por Cristo é mistério de comunhão: “povo reunido na unidade do Pai e do Filho e do Espírito Santo” (São Cipriano). Como Cristo amou a Igreja e se entregou por ela (cf. Ef 5,25), assim devemos amá-la e por ela nos doar. Por isso, não é possível compreender a Igreja simplesmente a partir de categorias sociológicas, políticas e ideológicas, pois ela é, na história, o povo de Deus, o corpo de Cristo, e o templo do Espírito Santo. Nós, Bispos da Igreja Católica, sucessores dos Apóstolos, estamos unidos entre nós por uma fraternidade sacramental e em comunhão com o sucessor de Pedro; isso nos constitui um colégio a serviço da Igreja (cf. Christus Dominus, 3). O nosso afeto colegial se concretiza também nas Conferências Episcopais, expressão da catolicidade e unidade da Igreja. O Concílio Vaticano II, na Lumen Gentium, 23, atribui o surgimento das Conferências à Divina Providência e, no decreto Christus Dominus, 37, determina que sejam estabelecidas em todos os países em que está presente a Igreja. Em sua missão evangelizadora, a CNBB vem servindo à sociedade brasileira, pautando sua atuação pelo Evangelho e pelo Magistério, particularmente pela Doutrina Social da Igreja. “A fé age pela caridade” (Gl 5,6); por isso, a Igreja, a partir de Jesus Cristo, que revela o mistério do homem, promove o humanismo integral e solidário em defesa da vida, desde a concepção até o fim natural. Igualmente, a opção preferencial pelos pobres é uma marca distintiva da história desta Conferência. O Papa Bento XVI afirmou que “a opção preferencial pelos pobres está implícita na fé cristológica naquele Deus que se fez pobre por nós, para enriquecer-nos com a sua pobreza”. É a partir de Jesus Cristo

que a Igreja se dedica aos pobres e marginalizados, pois neles ela toca a própria carne sofredora de Cristo, como exorta o Papa Francisco. A CNBB não se identifica com nenhuma ideologia ou partido político. As ideologias levam a dois erros nocivos: por um lado, transformar o cristianismo numa espécie de ONG, sem levar em conta a graça e a união interior com Cristo; por outro, viver entregue ao intimismo, suspeitando do compromisso social dos outros e considerando-o superficial e mundano (cf. Gaudete et Exsultate, n. 100-101). Ao assumir posicionamentos pastorais em questões sociais, econômicas e políticas, a CNBB o faz por exigência do Evangelho. A Igreja reivindica sempre a liberdade, a que tem direito, para pronunciar o seu juízo moral acerca das realidades sociais, sempre que os direitos fundamentais da pessoa, o bem comum ou a salvação humana o exigirem (cf. Gaudium et Spes, 76). Isso nos compromete profeticamente. Não podemos nos calar quando a vida é ameaçada, os direitos desrespeitados, a justiça corrompida e a violência instaurada. Se, por este motivo, formos perseguidos, nos configuraremos a Jesus Cristo, vivendo a bem-aventurança da perseguição (Mt 5,11). A Conferência Episcopal, como instituição colegiada, não pode ser responsabilizada por palavras ou ações isoladas que não estejam em sintonia com a fé da Igreja, sua liturgia e doutrina social, mesmo quando realizadas por eclesiásticos. Neste Ano Nacional do Laicato, conclamamos todos os fiéis a viverem a integralidade da fé, na comunhão eclesial, construindo uma sociedade impregnada dos valores do Reino de Deus. Para isso, a liberdade de expressão e o diálogo responsável são indispensáveis. Devem, porém, ser pautados pela verdade, fortaleza, prudência, reverência e amor “para com aqueles que, em razão do seu cargo, representam a pessoa de Cristo” (LG 37). “Para discernir a verdade, é preciso examinar aquilo que favorece a comunhão e promove o bem e aquilo que, ao invés, tende a isolar, dividir e contrapor” (Papa Francisco, Mensagem para o 52º dia Mundial das Comunicações de 2018). Deste Santuário de Nossa Senhora Aparecida, invocamos, por sua materna intercessão, abundantes bênçãos divinas sobre todos. Aparecida-SP, 19 de abril de 2018. Cardeal Sergio da Rocha Arcebispo de Brasília – DF Presidente da CNBB Dom Murilo Sebastião Ramos Krieger, SCJ Arcebispo São Salvador da Bahia Vice-Presidente da CNBB


8

BELÉM, DE 27 DE ABRIL A 3 DE MAIO DE 2018

2º Caderno Em Nazaré Diretoria realiza "Tarde Alegre" em prol do Cantinho São Rafael A programação contou com a presença de dezenas de benfeitores do Projeto

C

om o objetivo de angariar recursos a Diretoria da Festa de Nazaré (DFN) promoveu nesta semana uma Tarde Alegre em prol do Cantinho São Rafael. A programação aconteceu na Casa de Plácido, no Centro Social de Nazaré e contou com a presença de dezenas de benfeitores do Projeto. Bingos, sorteios e muita animação fizeram parte da tarde. Toda renda arrecadada com a venda das cartelas e das comidas disponibilizadas no evento será direcionada para as ações educativas e de evangelização desenvolvidas pelo

Cantinho São Rafael. HISTÓRICO Desde 2003 o Cantinho São Rafael, em parceria com a Diretoria da Festa de Nazaré, atende crianças e jovens do município de Ananindeua, Região Metropolitana de Belém, que vivem em situação de vulnerabilidade social. As crianças e adolescentes entre 5 e 17 anos atendidas pela instituição contam com atividades lúdicas e pedagógicas, como incentivo à leitura, escrita, artes cênicas, artes plásticas, ensino religioso, informática e esportes, de segunda a

sábado, nos turnos da manhã e da tarde. Para participar é necessário estar matriculado na rede pública de ensino. O Cantinho São Rafael também proporciona aos pais e responsáveis cursos profissionalizantes em prol da qualificação e inserção no mercado de trabalho. Seja um padrinho ou madrinha de uma destas crianças e adolescentes, ajude o Cantinho São Rafael e contribua com o futuro. Endereço: Estrada do Maguari, Rua Nova Itabira 1568 – Maguari, Ananindeua-PA. Telefone: (91) 3255-5868.

FOTOS: DIVULGAÇÃO

w PROGRAMAÇÃO sorteios e muita animação fizeram parte da tarde

w COLABORADORES e atendidos pelo projeto participaram da ação

w EVENTO aconteceu na Casa de Plácido, no Centro Social de Nazaré

Seguem abertas as inscrições para a “Trilha com IC. XC.+” Continuam abertas as inscrições para os três dias de retiro espiritual “ Tr i l h a c o m I C . XC.+”. O evento será também o Encontro Nacional de Juventude Zaccariana (ENJUZ). Toda a programação vai acontecer nos dias 25, 26 e 27 de Maio com o tema “O caminho para Deus é humano” (Santo Antonio Maria Zaccaria).

Em total contato c o m a n a t u re z a , o Seminário Mãe da Divina Providência, no município de Benevides, será o local do encontro onde os jovens irão partilhar, orar, adorar e trilhar, reavivando a sua espiritualidade. As inscrições para o e n c o n t ro c u s t a m R$ 50,00 e seguem abertas. Os interessados podem garantir a vaga através dos telefones

(91) 98444-7505 e (91) 98519-6904, as vagas são limitadas. O termo “IC. XC. +” presente na logo e na descrição do evento, era a forma que Santo Antônio Maria Zaccaria, utilizava em suas cartas, ao longo de sua vida espiritual, que escrevia as pessoas queridas em sua vida, p a r a re p re s e n t a r o nome “Jesus”


9

BELÉM, DE 27 DE ABRIL A 3 DE MAIO DE 2018

Em Nazaré Paróquia de Nazaré funda a comunidade "São Paulo Apóstolo" Objetivo éatender de forma mais pessoal e próxima os moradores do entorno O 2º Caderno

último fim de semana foi mais que especial para os integrantes da Paróquia de Nazaré. Com Santa Missa presidida pelo pároco, padre Giovanni Incampo foi inaugurada oficialmente a mais nova Comunidade da Paróquia, a Comunidade São Paulo Apóstolo. A celebração aconteceu na casa de uma das integrantes que cedeu sua residência para a realização da celebração. Além dos casais coorde-

nadores da comunidade, vizinhos e paroquianos de Nazaré prestigiaram o momento. Com o objetivo de atender de forma mais pessoal e próxima os moradores do entorno, a Comunidade São Paulo Apóstolo nasceu do próprio anseio dos moradores do local. De acordo com padre Giovanni “a comunidade Nossa Senhora das Graças se tornou pequena para abranger as necessidades da população católica que frequenta

a capela, por isso pensamos em criar outra comunidade próximo, daí nasceu a Comunidade São Paulo Apóstolo”. Ainda segundo o pároco, a escolha por São Paulo Apóstolo se deu em votação pelos comunitários, esse resultado foi levado para os padres que atuam na paróquia e juntos, decidiram também pela homenagem a um dos santos de devoção da Ordem dos Clérigos Regulares de São Paulo, os Barnabitas.

FOTOS: DIVULGAÇÃO

w PADRE GIOVANNI presidiu Santa Missa durante a fundação

Imagem Peregrina em São Paulo

w DIVERSOS comunitários participaram da celebração eucarística

O município de São José do Rio Preto (SP) recebe nesta sexta-feira, dia 27 de abril, a Imagem Peregrina de Nossa Senhora de Nazaré. Uma programação especial foi organizada para

a ocasião, com uma agenda de procissões, homenagens, missas, vigílias e um miniCírio. Esta é a quinta vez que Nossa Senhora de Nazaré vai estar na cidade. A programação está sendo

preparada, há meses, pela Comunidade Mar a Dentro. A Imagem de Nossa Senhora de Nazaré retorna a Belém na próxima segunda-feira (30)


10

BELÉM, 27 DE ABRIL A 3 DE MAIO DE 2018

Igreja

2º Caderno Servindo à verdade Prof. Ricardino Lassadier

O

lá, meu irmão e minha irmã. Neste ano do laicato me propus a desenvolver uma série de reflexões de cunho catequético sobre a natureza e a vocação do leigo. Assim tenho feito. Mas eis que nestes dias o Papa Francisco nos presenteou com uma nova Exortação Apostólica: “Gaudete et Exultate: sobre o chamado à santidade no mundo atual”. Li a exortação no site do Vaticano ainda antes de chegar às livrarias. Compreendi que, providencialmente, os dois temas se entrelaçam: santidade e laicato. Por isso decidi dedicar também algumas reflexões seguindo a exortação do Papa. Desejo, portanto, desenvolver os dois temas de modo alternado. Minha pretensão é humilde: fornecer a você, caro irmão, um conteúdo formativo, catequético. Convido-o desde já a me acompanhar. A Igreja ensina: “O desejo de Deus está inscrito no coração do homem, já que o homem é criado por Deus

Gaudete et Exultate (GEE) - Parte1 DIVULGAÇAO

e para Deus; e Deus não cessa de atrair o homem a si, e somente em Deus o homem há de encontrar a verdade” (CIC, 27). Essa vocação do homem à comunhão com Deus é expressa de maneira poética por Santo Agostinho na obra “Confissões” (2002, p.15): “fizeste-nos para ti, e inquieto está o nosso coração enquanto não repousa em ti”. A vocação à comunhão com Deus toca a todos

desde o Antigo Testamento até nossos dias, é uma vocação universal que a Igreja nos propõe como vocação à santidade: “Sereis para mim santos, porque eu, o Senhor sou Santo” (Lv 20, 26). O Concílio Vaticano II declarou que “todos na Igreja, quer pertençam à hierarquia, que façam parte da grei, são chamados à santidade segundo a palavra do Apóstolo: ‘esta é a vontade de Deus, a vossa

santificação’ (1Ts 4,3; Ef 1,4)” (LG 39). A Igreja quer ensinar a cada um de nós que o sacrifício redentor de Nosso Senhor Jesus Cristo tem como objetivo nossa santificação. A Igreja, esposa de Cristo, é santa e devemos manifestar a santidade da Igreja em nossas vidas. Não é possível dizer-se católico sem sentir-se vocacionado à santidade. Ser santo deve ser um desejo comum a todo batizado. Pensase, por vezes, que ser santo é algo que cabe somente ao padre ou à freira. Esse pensamento esconde uma concepção medíocre de catolicismo. Deveríamos aprender com São José Maria Escrivá no livro “Questões atuais do Cristianismo” (1968, p. 11): “O chamado de Deus, o caráter batismal e a graça, fazem que cada cristão possa e deva encarnar plenamente a fé. Cada cristão deve ser alter

Christus, ipse Christus – outro Cristo, o próprio Cristo -, presente entre os homens”. Ora, o que significa ser “outro Cristo”? Significa deixar que Cristo viva em nós, significa buscar viver santamente. Mas como viver santamente? Como ser santo nos dias de hoje? Essa é a temática que o Papa Francisco desenvolve e, ao mesmo tempo, nos orienta. Ele mesmo explica: “Meu objetivo é humilde: fazer ressoar mais uma vez o chamado à santidade, procurando encará-la no contexto atual, com seus riscos, desafios e oportunidades, porque o Senhor escolheu cada um de nós ‘para sermos santos e íntegros diante dele, no amor” (Ef ,4)” (GEE, 2).

Deixe-me compartilhar com você uma impressão pessoal: sei que o chamado à santidade é para todos nós, mas há momentos em que parece que esse chamado é muito distante. E aí se faz presente uma certa preguiça ou desânimo espiritual. Creio que o Espirito Santo, através dessa exortação, através do sucessor de Pedro quer fortalecer e motivar a caminhada na via da santificação. Senti essa impressão de modo muito intenso. Sugiro que abra seu coração e se deixe contagiar pelas palavras do Papa. Voltaremos ao tema. Sigamos em frente procurando pensar com a Igreja no serviço da Verdade. Fique com Nossa Senhora e São José.

Graduado (Bacharel e Licenciado) e Especialista em Filosofia pela UFPA e Especialista em Teologia pelo CESUPA.

PRÓXIMO ARTIGO: Maria Elisa Bessa de Castro

Palavra de vida Chiara Lubich “O fruto do Espírito, porém, é amor, alegria, paz, paciência, amabilidade, bondade, lealdade, mansidão, domínio próprio.” (Gl 5,22)

O

Apóstolo Paulo escreve aos cristãos da região da Galácia. Eles tinham acolhido por meio dele o anúncio do Evangelho, mas agora ele os recrimina por não terem compreendido o significado da liberdade cristã. Para o povo de Israel a liberdade foi um dom de Deus: Ele o arrancou da escravidão no Egito, conduziu-o rumo a uma nova terra e estabeleceu com ele um pacto de fidelidade recíproca. Paulo afirma com força que, assim como a liberdade foi um dom de Deus, a liberdade cristã é um dom de Jesus. Com efeito, é Ele que nos doa a possibilidade de nos tornarmos, Nele e como Ele, filhos de Deus, que é Amor. Também nós, imitando o Pai como Jesus nos ensinou1 e mostrou2 com a sua vida, podemos aprender a mesma atitude de misericórdia para com todos, colocando-nos a serviço dos outros. Para Paulo, essa aparente contradição da

“liberdade de servir” é possível devido ao Espírito, o dom que Jesus fez à humanidade com a sua morte na cruz. Realmente, é o Espírito Santo que nos dá a força de sair da prisão do nosso egoísmo – com a sua carga de divisões, injustiças, traições, violência – e nos guia para a verdadeira liberdade. O fruto do Espírito, porém, é: amor, alegria, paz, paciência, amabilidade, bondade, lealdade, mansidão, domínio próprio.

A liberdade cristã, além de ser um dom, é também um compromisso. Antes de mais nada, é o compromisso de acolher o Espírito Santo no nosso coração, abrindo espaço para Ele e reconhecendo no nosso íntimo a sua voz. Chiara Lubich escrevia: [...] Antes de tudo,

devemos nos tornar cada vez mais conscientes da presença do Espírito Santo em nós. Carregamos no nosso íntimo um imenso tesouro, mas não nos damos conta disso suficientemente. [...] E ainda, para que possamos ouvir e seguir a sua voz, devemos dizer “não” [...] às tentações, cortando sem hesi-

tar as sugestões que elas trazem; “sim” aos deveres que Deus nos confiou; “sim” ao amor para com todos os próximos; “sim” às provações e dificuldades que encontramos... Se agirmos assim, o Espírito Santo nos guiará, dando à nossa vida cristã aquele sabor, aquele vigor, aquela força de atração, aquela luminosidade que ela não pode deixar de ter se for autêntica. Então também quem está ao nosso lado vai perceber que não somos somente filhos de nossa família humana, mas filhos de Deus. 3 De fato: o Espírito Santo nos convoca a deixarmos de fazer de nós mesmos o centro das nossas preocupações, para sabermos acolher, escutar, compartilhar os bens materiais e espirituais, perdoar, ou ainda, cuidarmos das pessoas mais diversas na va-

riedade de situações que vivemos todos os dias. E essa atitude nos faz experimentar o típico fruto do Espírito Santo: o crescimento da nossa própria humanidade rumo à verdadeira liberdade. Com efeito, faz vir à tona e florescer em nós capacidades e recursos que, se vivermos fechados em nós mesmos, ficarão para sempre sepultados e desconhecidos. Portanto, cada ação nossa é uma ocasião, que não pode ser desperdiçada, para dizer “não” à escravidão do egoísmo e “sim” à liberdade do amor. O fruto do Espírito, porém, é: amor, alegria, paz, paciência, amabilidade, bondade, lealdade, mansidão, domínio próprio.

Quem acolhe no coração a ação do Espírito San-

O Espírito Santo que nos dá a força de sair da prisão do nosso egoísmo e nos guia para a verdadeira liberdade

to contribui também para a construção de relações humanas positivas, por meio de todas as suas atividades do dia a dia, tanto familiares como sociais. Carlo Colombino, empresário, marido e pai, tem uma empresa no norte da Itália4. Dos sessenta funcionários, cerca de quinze não são italianos e alguns deles têm um histórico de experiências dramáticas. Numa entrevista, ele contou ao jornalista: “Também o emprego pode e deve favorecer a integração. Eu trabalho em processos de coleta e reciclagem de materiais de construção; tenho responsabilidade para com o meio ambiente, o território no qual vivo. Alguns anos atrás, a crise bateu duro. O que fazer: salvar a empresa ou as pessoas? Tivemos de dispensar alguns funcionários, falamos com eles, procuramos as soluções menos dolorosas, mas foi dramático, coisa de tirar o sono. É um trabalho que posso fazer bem feito ou pela metade; eu tento fazê-lo do melhor modo possível. Acredito que as ideias contagiam positivamente. Uma empresa que pensa só no faturamento, nas contas, tem

pouca chance de futuro, porque no centro de toda atividade deve estar o homem. Sou uma pessoa de fé e tenho a convicção de que não é uma utopia fazer a síntese entre empresa e solidariedade”. Portanto, somos convidados a atuar com coragem o nosso chamado pessoal para a liberdade, no ambiente em que vivemos e trabalhamos. Desse modo o Espírito Santo poderá atingir e renovar também a vida de muitas outras pessoas ao nosso redor, conduzindo a história para horizontes de “alegria, paz, paciência, amabilidade...”. LETIZIA MAGRI

1 - Cf. Mt 5,43-48 e Lc 6,36. 2 - Cf. Mc 10,45. 3 - Cf. Chiara Lubich, Para sermos filhos de Deus, revista Cidade Nova, junho de 2000. 4 - A empresa faz parte de Aipec, associação italiana de empresários que participam da Economia de Comunhão, um modelo econômico fundado nos valores da partilha e da reciprocidade. No Brasil corresponde à Associação Nacional por uma Economia de Comunhão (Anpecom). Veja também www. edc-online.org .


11

BELÉM, DE 27 DE ABRIL A 3 DE MAIO DE 2018

Festividades

2º Caderno

Paróquia festejou São Jorge na Marambaia Festividade deste ano realizada em meio a comemoração do Jubileu de Ouro

C

om o tema “50 anos de evangelização e formação de comunidades” a Paróquia de São Jorge, na Marambaia, festejou desde o dia 14 de abril o padroeiro com extensa festividade. A programação que culminou no dia 23, dia de São Jorge, contou com celebrações eucarísticas, adorações, oração do terço e procissão. A festividade de 2018 de São Jorge na Marambaia, cujo lema “ Pe r s e v e r a v a m n a doutrina dos apóstolos, nas reuniões em comum, na fração do pão e nas orações” (At 2,42), teve por intenção os 50 anos de fundação na Matriz, celebrados no último dia 21.

Na segunda-feira, dia de São Jorge, a programação começou com a Santa Missa às 7h, em seguida, às 10h, nova missa. À tarde houve celebração às 15h e procissão às 17h encerrando com Missa na chegada. O trajeto do cortejo i n i c i o u e m f re n t e da Matriz e seguiu pela Avenida Dalva, Passagem Nossa Senhora de Fátima, Avenida Pedro Álvares Cabral, Avenida Ta v a r e s B a s t o s , Passagem Dalva, Av e n i d a A n c h i e t a , Avenida Dalva e concluiu na Matriz. A celebração final, às 19h, foi presidida por Dom Alberto Taveira

LUIZ ESTUMANO

C o r r ê a , A rc e b i s p o Metropolitano. Após a missa, houve sorteio de prêmios e show musical com a última noite de arraial. SÃO JORGE Seu culto litúrgico espalhou-se por toda parte a partir da Igreja Oriental, tornando-se um dos santos mais populares na Idade Média. Sua festa litúrgica é celebrada no dia 23 de abril como memória facultativa. Nesta data, comemoras e a re c o n s t r u ç ã o da igreja que lhe é dedicada, em Lida (Israel), construída pelo imperador romano Constantino, no século IV, na qual

w PROCISSÃO percorre diversas ruas do bairro da Marambaia

se encontram suas relíquias. A influência de São Jorge na cultura portuguesa a c o m p a n h o u a fundação do

Brasil pelos portugueses. Esse santo é o padroeiro extraoficialmente, da cidade do Rio de J anei ro (tí tulo oficialmente

atribuído a São Sebastião) e da cidade de São Jorge dos Ilhéus, além de ser padroeiro dos escoteiros, e da Cavalaria do Exército Brasileiro.

Procissão da Juventude na Festa de Nossa Senhora de Fátima No dia 5 de maio, às 17h, os jovens da Paróquia de Nossa Senhora de Fátima re a l i z a m a s é t i m a edição da Procissão da Juventude, parte integrante da Festa de Fátima 2018 que estende-se até o dia 13. Com o tema “Maria, modelo de fé e maturidade cristã”, o mesmo da festividade, a caminhada sairá da Matriz e percorrerá algumas ruas dos bairros de Fátima, Umarizal e Pedreira. A caminhada é uma das seis procissões realizadas durante o festejo de Nossa Senhora de Fátima a acontecer nos dias 1 a 13 de maio. A caminhada dos jovens é a segunda e marca o quinto dia de festividade e busca congregar os jovens que integram a paróquia, convocandoos a participar com sua alegria da festa da padroeira. Segundo Luann Andreys, da organização da procissão, a

expectativa para esse ano é grande: “A cada ano vem aumentando o número de jovens. No começo contávamos com a juventude somente da paróquia, mas no ano do centenário de aparições (2017) iniciamos visitas com a imagem peregrina em várias paróquias e comunidades, fazendo o convite e com isso a procissão aumentou muito se comparada com os anos anteriores. No ano passado tivemos a presença de mais de mil jovens”. A organização está no aguardo de mais jovens nas ruas uma vez que em 2018 houve o dobro de visitas em comunidades, grupos de oração e paróquias. A concentração terá início às 16h, na Matriz, onde o padre Wagner Lima, vigário paroquial, preside missa. Ao final da Santa Missa, na parte externa da Matriz, a procissão terá início, com a animação de banda em trio elétrico

e a com a imagem de Nossa Senhora de Fátima. Equipes da a Semob, Polícia Militar e da Cruz Vermelha darão suporte no trajeto. MARIA, MODELO DE FÉ A festividade 2018 da Paróquia de Nossa Senhora de Fátima inicia nesta próxima terça-feira, 1º de maio, com missa às 7h, presidida por Dom Irineu Roman, um dos bispos auxiliares da Arquidiocese de B e l é m , n a I g re j a Matriz. Após a Santa Missa haverá procissão que percorrerá várias r u a s re t o r n a n d o à Matriz. Ainda no dia 1º, a celebração do meio-dia será presidida p o r D o m Te o d o r o Mendes Tavares, Bispo da Diocese de Ponta de Pedras. A última celebração será às 19h e após ela haverá apresentação do Ministério de Música Vida e Cruz com abertura do arraial.

Festividade na Santíssima Trindade vai iniciar no dia 20 de maio A Pa r ó q u i a Santíssima Trindade, l o c a l i z a d a n a Ru a Gama Abreu, no bairro da Campina, está em preparação para realizar no período de 20 a 27 de maio a 18ª edição da festividade paroquial. Com o tema “Santíssima Trindade, caminho da vida cristã”, os festejos incluem programação litúrgica, noites temáticas no

tradicional arraial da Trindade, vendas de comidas típicas e atrações culturais. A programação terá início no dia 20 às 8h com santa missa e, ao final da celebração, apresentação do coral da Adepará. O ministério jovem Tr i n d a d e J o v e m e Elvis da Amazônia irão animar a noite de arraial. Dentro da festividade a Matriz

e suas comunidades incentivam a solidariedade através do “Brechó Beneficente”, que tem espaço reservado no arraial que visa angariar recursos para as obras sociais da igreja. “Este ano estamos precisando demais de peças de vestuário adulto e infantil. A ideia é vender as peças nos valores de um até

trinta reais e tudo isso irá ajudar durante todo o ano famílias que são atendidas pelas 35 pastorais, grupos e serviços da paróquia”, explica o coordenador do Brechó, Lucival Alencar. O brechó já acontece há 18 anos e é tão tradicional que as pessoas já ficam na expectativa do que vai ter para vender. Po r i s s o, a e q u i p e

d o b re c h ó , q u e é bem comprometida, está aguardando as peças de doação para cuidar da triagem e da manutenção de todos os produtos. “Todas as doações são bemvindas e contribuirão para investimento nas obras sociais da paróquia, além de implementar os diversos serviços que já existem em prol da comunidade”, destaca

o cônego José Gonçalo. Quem tiver interesse em colaborar com a iniciativa pode entregar os itens diretamente na secretaria da paróquia ou agendar que a equipe vai buscar. Além das pessoas físicas, lojas que tiverem interesse em doar suas coleções antigas também podem procurar a equipe do brechó. O telefone de contato é o (91) 3242.4917.


12

BELÉM, DE 27 DE ABRIL A 3 DE MAIO DE 2018

Especial Juventude

Jovens protagonistas de um mundo melhor

O

Vaticano prepara para outubro de 2018 o Sínodo dos Bispos, com o tema “Os jovens, a fé e o discernimento vocacional”, visando estabelecer os pilares da atividade pastoral da Igreja com os jovens, na XV Assembleia Geral Ordinária dos Bispos. Acolhendo a sugestão do Papa Francisco, o Jornal Voz de Nazaré vem destacando nesta página a atuação do Setor Juventude na Arquidiocese de Belém. Entretanto, nesta edição, fazemos pausa na série de reportagens locais para atualizar informações sobre a Jornada Mundial da Juventude no Panamá em janeiro de 2019. Há prazo limite para as inscrições ao Festival da Juventude e à Feira Vocacional e já decorre a prorrogação. Confira nas matérias desta página. Na próxima edição, retomamos a divulgação do Setor Juventude. FOTOS: DIVULGAÇÃO

w PAPA FRANCISCO já formalizou sua inscrição como peregrino da JMJ

w JOVENS panamenhos preparam a chegada de jovens de outros países

JMJ 2019 – Eventos com inscrições prorrogadas Dois eventos que ocorrem na Jornada Mundial da Juventude em janeiro de 2019, no Panamá

E

m janeiro de 2019 o Panamá será o rumo de milhares de jovens do mundo todo que irão participar da Jornada Mundial da Juventude que tem o tema “Eis aqui a serva do Senhor. Faça-se em mim segundo a tua palavra (Lc 1, 38)” e será realizada entre os dias 22 a 27. Dentro da extensa programação há dois momentos, a Feira Vocacional e o Festival da Juventude, ambos com inscrições prorrogadas até o dia 30 de abril. O Festival começará na segunda-feira, 22 de janeiro de 2019, antes do inicio das principais atividades da JMJ, e vai durar até domingo depois a missa final. Os eventos terão lugar em palcos distribuídos por diferentes pontos da cidade do Panamá nos períodos da tarde e noite. O Festival da Juventude faz parte do programa de atividades a serem realizadas durante a Jornada Mundial da Juventude (JMJ) 2019, no Panamá. O objetivo é unir os jovens de todo o mundo para compartilhar seus talentos artísticos, religiosos e suas experiências de fé e de vida. Haverá diversos eventos, incluindo, música, tea-

tro, dança, exposições, encontros e muito mais. Os peregrinos da JMJ Panamá 2019, que quiserem mostrar seus talentos, deverão apresentar sua proposta inicial com toda a informação sobre o espetáculo que querem apresentar e informação de contato para o seguinte e-mail: festival@panama2019.pa. Já a Feira Vocacional, tal como descreve a organização em uma nota de imprensa divulgada a partir do site oficial do encontro mundial, é a oportunidade de conhecer diferentes espiritualidades na Igreja Católica, o que abrirá aos participantes os caminhos para discernir sobre o que Deus espere de cada um. Convertendo-se assim a Jornada Mundial da Juventude em um espaço propício para que os jovens com inquietudes vocacionais, seja ao sacerdócio, à Vida Consagrada ou leigo comprometido, encontrem um caminho para a plenitude de sua vocação. Estar inscrito como um peregrino é um requisito indispensável para a validação da proposta para a Feira Vocacional. O interessado deve registrar sua candidatura pelo

site oficial (https://register. wyd.va/Welcome/) a partir do módulo do Festival da Juventude, clicando na opção Feira Vocacional. A proposta deve possuir uma variação de conteúdo audiovisual (não só slides ou imagens). As propostas devem procurar combinar elementos tradicionais, inovadores, jovens e modernos e atender as diretrizes da Pastoral da JMJ Panamá 2019.

w XXX XXXXXXXXXXXX

w ORGANIZAÇÃO evento vem sendo preparado há vários meses

COMO SER VOLUNTÁRIO NA JMJ PANAMÁ 2019 Aqueles que desejam participar da JMJ Panamá 2019 no serviço tem no voluntário a oportunidade perfeita para o testemunho solidário como destacou o Arcebispo do Panamá e presidente do comitê local, Monsenhor José Domingo Ulloa Mendieta. Os candidatos ao voluntariado poderão desenvolver 95 tarefas antes e durante a JMJ. Serão instalados 400 postos de informação em toda a capital para orientar os peregrinos. As atividades incluem, por exemplo, distribuição de água, orientação dos peregrinos no próprio idioma ou em inglês, guias turísticos,

socorristas, servidor litúrgico, servidor de limpeza, até funções mais técnicas e logísticas. Os voluntários devem estar na cidade do Panamá uma semana antes da JMJ para receber formação e começar a exercer suas funções antes da chegada dos peregrinos. Além disso, no final da JMJ, os voluntários poderão participar do encontro com o Santo Padre antes do seu retorno para Roma. O requisito para ser voluntário é ter mais de 15 anos. Os candidatos também deverão pagar uma taxa que varia de acordo com o seu tempo de

permanência O candidato a voluntário deverá entrar com o seu endereço de email na área do voluntário. É importante que o mesmo memorize o seu e-mail e senha, pois, caso contrário, não poderá entrar novamente na área criada. Todo voluntário aceito deverá arcar com os custos da passagem aérea e assumir a função a qual foi designado, além de estar disponível para outras se necessário. O voluntário receberá o treinamento pessoalmente, caso resida no país sede da JMJ, e virtual, caso seja de outro país, fora da

sede da JMJ. Se você se encaixa neste perfil, acesse a página do site oficial panama2019. pa ou envie um e-mail para: voluntarios@panama2019.pa O candidato a voluntário deverá anexar três documentos em sua área de voluntário: * Carta de recomendação do voluntário, que deve estar selada e assinada pelo bispo, pároco, responsável ou líder do grupo, para que seja validada. * Duas fotos 3x4 (uma delas deve estar anexada à carta de recomendação); * Cópia legível da identidade ou do passaporte.


12

BELÉM, DE 27 DE ABRIL A 3 DE MAIO DE 2018

Especial Juventude

Jovens protagonistas de um mundo melhor

O

Vaticano prepara para outubro de 2018 o Sínodo dos Bispos, com o tema “Os jovens, a fé e o discernimento vocacional”, visando estabelecer os pilares da atividade pastoral da Igreja com os jovens, na XV Assembleia Geral Ordinária dos Bispos. Acolhendo a sugestão do Papa Francisco, o Jornal Voz de Nazaré vem destacando nesta página a atuação do Setor Juventude na Arquidiocese de Belém. Entretanto, nesta edição, fazemos pausa na série de reportagens locais para atualizar informações sobre a Jornada Mundial da Juventude no Panamá em janeiro de 2019. Há prazo limite para as inscrições ao Festival da Juventude e à Feira Vocacional e já decorre a prorrogação. Confira nas matérias desta página. Na próxima edição, retomamos a divulgação do Setor Juventude. FOTOS: DIVULGAÇÃO

w PAPA FRANCISCO já formalizou sua inscrição como peregrino da JMJ

w JOVENS panamenhos preparam a chegada de jovens de outros países

JMJ 2019 – Eventos com inscrições prorrogadas Dois eventos que ocorrem na Jornada Mundial da Juventude em janeiro de 2019, no Panamá

E

m janeiro de 2019 o Panamá será o rumo de milhares de jovens do mundo todo que irão participar da Jornada Mundial da Juventude que tem o tema “Eis aqui a serva do Senhor. Faça-se em mim segundo a tua palavra (Lc 1, 38)” e será realizada entre os dias 22 a 27. Dentro da extensa programação há dois momentos, a Feira Vocacional e o Festival da Juventude, ambos com inscrições prorrogadas até o dia 30 de abril. O Festival começará na segunda-feira, 22 de janeiro de 2019, antes do inicio das principais atividades da JMJ, e vai durar até domingo depois a missa final. Os eventos terão lugar em palcos distribuídos por diferentes pontos da cidade do Panamá nos períodos da tarde e noite. O Festival da Juventude faz parte do programa de atividades a serem realizadas durante a Jornada Mundial da Juventude (JMJ) 2019, no Panamá. O objetivo é unir os jovens de todo o mundo para compartilhar seus talentos artísticos, religiosos e suas experiências de fé e de vida. Haverá diversos eventos, incluindo, música, tea-

tro, dança, exposições, encontros e muito mais. Os peregrinos da JMJ Panamá 2019, que quiserem mostrar seus talentos, deverão apresentar sua proposta inicial com toda a informação sobre o espetáculo que querem apresentar e informação de contato para o seguinte e-mail: festival@panama2019.pa. Já a Feira Vocacional, tal como descreve a organização em uma nota de imprensa divulgada a partir do site oficial do encontro mundial, é a oportunidade de conhecer diferentes espiritualidades na Igreja Católica, o que abrirá aos participantes os caminhos para discernir sobre o que Deus espere de cada um. Convertendo-se assim a Jornada Mundial da Juventude em um espaço propício para que os jovens com inquietudes vocacionais, seja ao sacerdócio, à Vida Consagrada ou leigo comprometido, encontrem um caminho para a plenitude de sua vocação. Estar inscrito como um peregrino é um requisito indispensável para a validação da proposta para a Feira Vocacional. O interessado deve registrar sua candidatura pelo

site oficial (https://register. wyd.va/Welcome/) a partir do módulo do Festival da Juventude, clicando na opção Feira Vocacional. A proposta deve possuir uma variação de conteúdo audiovisual (não só slides ou imagens). As propostas devem procurar combinar elementos tradicionais, inovadores, jovens e modernos e atender as diretrizes da Pastoral da JMJ Panamá 2019.

w XXX XXXXXXXXXXXX

w ORGANIZAÇÃO evento vem sendo preparado há vários meses

COMO SER VOLUNTÁRIO NA JMJ PANAMÁ 2019 Aqueles que desejam participar da JMJ Panamá 2019 no serviço tem no voluntário a oportunidade perfeita para o testemunho solidário como destacou o Arcebispo do Panamá e presidente do comitê local, Monsenhor José Domingo Ulloa Mendieta. Os candidatos ao voluntariado poderão desenvolver 95 tarefas antes e durante a JMJ. Serão instalados 400 postos de informação em toda a capital para orientar os peregrinos. As atividades incluem, por exemplo, distribuição de água, orientação dos peregrinos no próprio idioma ou em inglês, guias turísticos,

socorristas, servidor litúrgico, servidor de limpeza, até funções mais técnicas e logísticas. Os voluntários devem estar na cidade do Panamá uma semana antes da JMJ para receber formação e começar a exercer suas funções antes da chegada dos peregrinos. Além disso, no final da JMJ, os voluntários poderão participar do encontro com o Santo Padre antes do seu retorno para Roma. O requisito para ser voluntário é ter mais de 15 anos. Os candidatos também deverão pagar uma taxa que varia de acordo com o seu tempo de

permanência O candidato a voluntário deverá entrar com o seu endereço de email na área do voluntário. É importante que o mesmo memorize o seu e-mail e senha, pois, caso contrário, não poderá entrar novamente na área criada. Todo voluntário aceito deverá arcar com os custos da passagem aérea e assumir a função a qual foi designado, além de estar disponível para outras se necessário. O voluntário receberá o treinamento pessoalmente, caso resida no país sede da JMJ, e virtual, caso seja de outro país, fora da

sede da JMJ. Se você se encaixa neste perfil, acesse a página do site oficial panama2019. pa ou envie um e-mail para: voluntarios@panama2019.pa O candidato a voluntário deverá anexar três documentos em sua área de voluntário: * Carta de recomendação do voluntário, que deve estar selada e assinada pelo bispo, pároco, responsável ou líder do grupo, para que seja validada. * Duas fotos 3x4 (uma delas deve estar anexada à carta de recomendação); * Cópia legível da identidade ou do passaporte.

Profile for Fundação Nazaré de Comunicação

Voz27042018  

Edição de 27 de abril a 3 de maio de 2018

Voz27042018  

Edição de 27 de abril a 3 de maio de 2018

Advertisement