Page 1

ARQUIDIOCESE

DE BELÉM

www.fundacaonazare.com.br belém, De 13 a 19 de janeiro de 2017

D o jornal católico da família D

Pe. Florence Dubois Fundador

ANO CIII - Nº 754 - PREÇO AVULSO: R$1,00

Criada nova região episcopal A Arquidiocese de Belém criou a Região Episcopal Coração Eucarístico de Jesus, com sede na Paróquia de Nossa Senhora do Bom Remédio. A nova Região é composta por 10 paróquias. CADERNO 2, Página 1 divulgação

w MaTRIZ da Paróquia de Nossa Senhora do Bom Remédio, Conjunto Satélite, no bairro da Nova Marambaia, sede da mais nova Região Episcopal alan monteiro

chegada

Belém acolhe comunidade Luz da Vida

A chegada de seus primeiros missionários a Belém contou com a acolhida de Dom Alberto e Dom Irineu. Caderno 2, página 5.

provisões

Mudanças continuam nas paróquias Em prosseguimento às provissões, as posses deram-se após missas presididas por Dom Irineu caderno 2, página 11.

w ORDENAÇÃO presbiteral em Recife - momento solene da prostração dos ordenandos joão paraense

ordenações

Dom Alberto ordena presbíteros em Recife A ordenação de quatro novos padres da Comunidade Católica Obra de Maria foi

presidida pelo arcebispo de Belém na cidade de Recife.

cerimônia

colegiado

355 casais de 71 paróquias da Arquidiocese de Belém foram empossados por Dom Alberto. caderno 2, página 4.

O Cabido é formado por 12 presbíteros, sendo cargos vitalícios e efetivos.

caderno 2, página 7.

Equipe dirigente Cabido Catedral do ECC é tem nova empossada composição w entrada de Dom Irineu para uma das posses dos novos párocos

caderno 2, página 7.


2

belém, De 13 a 19 de janeiro de 2017

Igreja Privilégio de ser católico João Carlos Pereira

charge do andré abreu

Jornalista e professor jcparis@orm.com.br

Os santos de jeans e tênis

N

Comente esta charge: voz@fundacaonazare.com.br

Panorama José Pereira Ramos (joseulina1@gmail.com)

17 dias num Carmelo

M

Economista e escritor

ais uma vez este articulista, em companhia de sua esposa, Maria Eulina, teve a felicidade de passar um fim de ano no Carmelo Santa Teresinha, de Fortaleza, sendo que desta vez não fomos apenas para os festejos natalinos e o aniversário da entrada de nossa filha Bernadette, naquela ordem, dia 01/01. A edição deste jornal de 09/09/1916 publicou reportagem sobre os 65 anos de Carmelita da minha irmã, Madre Maia da Paz, que no dia 24 do corrente completará 85 anos de idade. Assim retifico o equívoco anterior. Mas, isso não é importante. Preocupante é o estado de saúde da madre Mª da Paz, com a Síndrome “Sjögren”, dificuldade de circulação sanguínea e outras complicações ligadas à idade. Isso

Encontro Fraterno ivens Coimbra Brandão

ivenscb@oi.com.br

Santo Hilário de Poitiers

O

Engenheiro civil e escritor

primeiro dia de circulação desta edição, 13 de janeiro, do Voz de Nazaré, coincide com a festa litúrgica de Santo Hilário de Poitiers, nascido no ano de 315 em Poitiers, na França, falecido em 367. Foi declarado doutor da Igreja pelo Papa Pio IX (1846 a 1878), principalmente pelo reconhecimento da importância do livro de sua autoria “A Trindade e a Fé’’. Criado em uma família pagã, cuja filosofia entendia como felicidade os prazeres deste mundo, aquele jovem pensador questionava quanto à finalidade da vida humana, que não haveria de acabar com a morte. Assim, a partir do conhecimento das Escrituras Sagradas, converteu-se ao cristianismo, sendo batizado em 345, não tardando a tornar-se sacerdote e depois sagrado bispo.

Fun­da­do em 5 de ju­lho de 1913 fundador Pe. Flo­ren­ce Du­bois, bar­na­bi­ta

arquidiocese de belém-pará

presidente Dom Alberto Taveira Corrêa Arcebispo Metropolitano de Be­lém do Pa­rá vice-presidente Monsenhor Marcelino Ferreira Vigário-geral da Arquidiocese de Belém do Pa­rá

fez com que a religiosa fosse hospitalizada, levada à UTI e deixasse muita gente preocupada e rezando. Graças a Deus e à dedicação dos seus médicos e da Madre Bernadette, já voltou para o Convento e está podendo usar, em curtos períodos, a cadeira de rodas. Mesmo aceitando a decisão Divina, muita gente está rezando por sua recuperação. Aproveito para responder a uma pergunta que amigos e até parentes me fazem. Sendo o Carmelo ordem de “clausura”, como vocês ficam lá hospedados? A Resposta é fácil: exatamente por serem de “clausura”, os conventos têm a parte fechada e uma érea com pequenas instalações para visitantes, parentes, pregadores de retiros e visitas episcopais. Este ano a comemoração do aniversário da Profissão da Mad. Bernadette foi reduzida. Porém, tivemos a felicidade de esperar o Ano Novo acompanhando as orações do Oficio das Irmãs, a Salve Regina com as velas acesas, o cântico do “Te Deum”, encerrando com a Benção do Santíssimo. Pode haver melhor “Entrada de Ano” do que esta? No ano 324, o imperador romano Constantino fez cessar as perseguições aos cristãos, surgindo, no entanto, tensões dentro da própria Igreja, provocadas pelo surgimento de heresias que ameaçavam a unidade da fé católica, como aquela que negava a divindade de Jesus Cristo, o arianismo, pregado pelo religioso Ario. Contudo, haveria de encontrar em Santo Hilário um tenaz combatente em favor da verdade que é Jesus Cristo, verdadeiro Deus, verdadeiro homem. O Concílio de Nicéia I (ano 325), e posteriormente o de Constantinopla I (ano381), viriam dirimir dúvidas, ao ser proclamado o Credo NicenoConstantinopolitano, até hoje recitado em momentos fortes da Igreja: “... Creio em um só Senhor, Jesus Cristo, Filho unigênito de Deus, nascido do Pai antes de todos os séculos: Deus de Deus, Luz da Luz, Deus verdadeiro de Deus verdadeiro; gerado, não criado, consubstancial ao Pai. Por Ele todas as coisas foram feitas...” Dentre seus ensinamentos, Santo Hilário de Poitiers proclama sua devoção mariana: “A maior alegria que podemos dar a Maria é a de levar Jesus Eucarístico em nosso peito”.

DIRETOR GERAL Padre Roberto Emílio Cavalli Junior diretor administrativo e financeiro ­Marcos Aurélio de Oliveira diretor de comunicação Mário Jorge Alves da Silva diretor de captação de recursos ­Arnaldo Pinheiro

a segunda leitura da missa do próximo domingo, um trechinho da primeira carta aos Coríntios, Paulo se dirige aos que foram chamados a ser santos. Ela remete, com dois mil anos de antecedência, a um texto de João Paulo II, coincidentemente uma carta destinada aos jovens, na qual o pontífice, agora santo, explica como devem ser os santos contemporâneos, ainda em vida. É uma mensagem linda e vale a pena ser lida (ou relida) para compreendermos melhor a nossa missão e a disposição que o cristão-católico deve ter para a santidade verdadeira, em pleno século XXI. “Precisamos de Santos sem véu ou batina. Precisamos de Santos de calças jeans e tênis.  Precisamos de Santos que vão ao cinema, ouvem música e passeiam com os amigos.  Precisamos de Santos que coloquem Deus em primeiro lugar, mas que se “lascam” na faculdade.  Precisamos de Santos que tenham tempo todo dia para rezar e que saibam namorar na pureza e castidade, ou que consagrem a sua castidade.  Precisamos de Santos modernos, santos do século XXI, com uma espiritualidade inserida no nosso tempo.  Precisamos de Santos comprometidos com os pobres e as necessárias mudanças sociais.  Precisamos de Santos que vivam no mundo, se santifiquem no mundo, que não tenham medo de viver no mundo.  Precisamos de Santos que bebam Coca-Cola e comam hot dog, que usem jeans, que sejam internautas, que ouçam discmans.  Precisamos de Santos que amem apaixonadamente a Eucaristia e que não tenham vergonha de beber um sumo ou comer uma pizza no fim-de-semana com os amigos.  Precisamos de Santos que gostem de cinema, de teatro, de música, de dança, de desporto.  Precisamos de Santos sociáveis, abertos, normais, amigos, alegres, companheiros.  Precisamos de Santos que estejam no mundo e saibam saborear as coisas puras e boas do mundo, mas que não sejam mundanos”.

Assim na terra como no céu ... Pe. Helio Fronczak

heliofronczak@gmail.com

Entrar na escola da Trindade

T

odos nós queremos que este seja um “feliz ano”, não é? O que fazer para que assim seja? Encontro resposta nesta frase: ENTRAR NA ESCOLA DA TRINDADE. Explico: Deus é Amor ... Quem ama permanece em Deus e Deus nele (1Jo 4, 8.16)!Entrar na “Escola da Trindade” é começar um caminho para aprender a viver em plenitude o amor divino, aquele que circula entre o Pai e o Filho e o Espírito Santo. E, assim como para sermos alfabetizados precisamos aprender todas as letras do alfabeto e as regras gramaticais, igualmente precisamos aprender todas as lições do verdadeiro amor. Primeira lição: viver sempre para o outro, pelo outro, no outro, com o outro. Significa fazer aos outros o que queremos para nós. Assim as alegrias compartilhadas são multiplicadas e as dores e sofrimentos compartilhados são divididos! Diminuir o egoísmo, aumentar o amor-doação-comunhão para multiplicar a fraternidade. Vamos somar forças neste novo ano?

coordenação - INTERINO Padre Nilton Cezar Reis (DRT/PA 2840) conselho de programação e editoração Padre Agostinho Filho de Souza Cruz Cônego Cláudio de Souza Barradas Edwaldo Lobo Monteiro editoração eletrônica Sérgio Santos (DRT/PA 579) As­si­na­tu­ras, dis­tri­bui­ção, ad­mi­nis­tra­ção e re­da­ção Av. Go­v. Jo­sé Mal­cher, Ed. Pau­lo VI, 915 CEP: 66055-260

- Na­za­ré, Be­lém - PA Te­l.: (91) 4006-9200/ 4006-9209. Fax: (91) 4006-9227 Re­da­ção: (91) 4006-9200/ 4006-9238/ 4006-9239/ 4006-9244/ 4006-9245 Site: www.fundacaonazare.com.br E-mail: voz@fundacaonazare.com.br Um veí­cu­lo da Fun­da­ção Na­za­ré de Co­mu­ni­ca­ção ­CNPJ nº 83.369.470/0001-54 Im­pres­so no par­que grá­fi­co de O Li­be­ral

fundação nazaré de comunicação


belém, De 13 a 19 de janeiro de 2017

3

Arcebispo Conversa com meu povo Dom Alberto Taveira Corrêa Arcebispo Metropolitano de Belém do Pará

C

omeçamos o novo ano com grandes desafios na sociedade. Os problemas econômicos e políticos parecem sem soluções, descobrem-se cada dia mais os meandros da corrupção e os interesses de pessoas, grupos e corporações pretendem sobrepujar o bem comum. Fomos praticamente forçados a voltar nossos olhares para o verdadeiro submundo que é o sistema carcerário do Brasil, com os massacres que gritam aos nossos ouvidos, para impedir que a costumeira surdez e insensibilidade mantenham sua incapacidade de reação. A Arquidiocese de Manaus, em seu Arcebispo Dom Sérgio Castriani, assim se manifestou: “‘Porque é do interior do coração dos homens que saem os maus pensamentos’ (Marcos 7,2). Diante do massacre ocorrido neste domingo, 1º de janeiro de 2017, no Sistema Penitenciário de Manaus, onde morreram ao menos 60 detentos, a Pastoral Carcerária da Arquidiocese de Manaus, se pronuncia, em defesa da vida e manifesta solidariedade às famílias enlutadas. A Pastoral Carcerária, afirma em primeiro lugar que é dever do Estado cuidar e garantir a integridade física de cada detento, oferecendo as condições para cumprimento das suas respectivas penas. A Pastoral Carcerária visita o Sistema Prisional há 40 anos, por isso afirma que o Sistema Prisional não recupera o cidadão, pelo contrário oportuniza escola de crime, em vez de oferecer atividades ocupacionais aos internos. Considera ainda que a raiz do problema carcerário no Estado do Amazonas e no Brasil é falta de políticas públicas. A terceirização também fragiliza o sistema, onde o preso representa apenas valor econômico. Manifestamos nosso repúdio contra a mentalidade daqueles que banalizam a vida, achando que a mesma é descartável, onde se pode matar e praticar todo tipo de crime e violência contra os cidadãos. Enfim, não se pode responder violência com violência, mas com não violência, visando uma cultura de paz. Confiando na misericórdia divina, convidamos todos para uma missa em sufrágio dos falecidos”. Todas as Arquidioceses, Dioceses e Prelazias da Amazônia se encontram solidárias e compartilham os mesmos sentimentos e convicções, correspondentes à justa reação que cabe a todos nós. No dia 4 de janeiro, assim se pronunciou o Santo Padre o Papa Francisco: “Ontem chegaram notícias dramáticas do Brasil a respeito do massacre ocorrido numa Penitenciária de Manaus, onde um violentíssimo confronto entre bandos rivais causou dezenas de mortes. Manifesto minha dor e preocupação por tudo o que aconteceu. Convido todos a rezarem pelos defuntos, por seus familiares, por todos os encarcerados e por todos os que ali trabalham. E renovo o apelo para que as instituições penais sejam lugares de reeducação e de

A resposta da Fé

w trabalho Pastoral Carcerária visita o Sistema Prisional há 40 anos

A palavra do Papa e da Arquidiocese de Manaus mostra o caminho a ser percorrido, coerente com a nossa fé reinserção social, e as condições de vida dos presos sejam dignas de pessoas humanas. Convido a rezarem pelos presos mortos e vivos e também por todos os encarcerados do mundo, para que as penitenciárias sirvam para esta reinserção e não sejam superlotadas. Peçamos a Nossa Senhora, Mãe dos encarcerados: Ave Maria”. Como se não bastasse o primeiro massacre, outro aconteceu em Roraima, acumulando quase uma centena de mortos em poucos

dias, deixando apreensiva toda a sociedade e criando verdadeiro clima de pavor, especialmente em nossa região norte e no nordeste brasileiro, pela insegurança gerada em todos os ambientes. A partir de tais fatos, vale a pergunta a respeito da resposta da fé a todos os acontecimentos. Não é possível passar ao largo e mudar de lado na estrada, mas descer da montaria de nosso aparente conforto para lenir as chagas (Cf. Lc 10, 28-37). A primeira atitude é justamente superar a indiferença,

conscientes de que todos os males existentes na sociedade devem ser assumidos por todos, descobrindo as parcelas de responsabilidade, que vão da omissão, passam pelo conluio criminoso com irregularidades no cumprimento da lei, até chegar aos pactos com a maldade e a própria criminalidade. Quem tem garganta para gritar, grite. Quem tem pessoas conhecidas a procurar para que se superem as crises, que o faça com seriedade. Quem tem cargos e funções que lhe permitam elaborar ou cumprir leis, saiba que pesa sobre seus ombros uma imensa e urgente responsabilidade. A palavra do Papa e da Arquidiocese de Manaus mostra o caminho a ser percorrido, coerente com a nossa fé cristã. Importante resposta da fé é a atuação da Pastoral Carcerária. Deus sabe dos ingentes esforços feitos pelos seus agentes na Arquidiocese de Belém, com presença semanal em todas as unidades penais do território arquidiocesano, quando não são impedidos por funcionários responsáveis pelas mesmas. Tornamos público o nosso apelo para que não sejam cerceados os direitos dos encarcerados católicos à pregação do Evangelho, à oração e às celebrações. Infelizmente temos encontrado resistências e bloqueios por parte de funcionários que professam convicções religiosas diferentes. Não nos é lícito omitir a convicção da fé de que, misteriosamente, Deus saberá unir ao mistério de Morte e Ressurreição de seu Filho estas e muitas outras dores existentes na sociedade. Jesus foi até o mais profundo da miséria humana, para resgatar os escravos do pecado e da maldade (Cf. Ef 4, 7-10), foi até o fundo do poço do abandono! Certamente, no Paraíso nos renderemos conta do quanto os pobres e os sofredores sejam como que um “sacramento”, a imagem mais alta e mais próxima da presença de Deus. Pensemos nos doentes! Em alguns casos, neles se encontra uma ausência total de energia, uma evolução desesperadora de seus males, uma escuridão total que ocupa todo o espaço psíquico, uma pergunta sem resposta. No entanto, quando toda a obscuridade se consumiu, vem alguém e toma posse dela, proporcionando um contato com Deus mesmo. Parece que Deus assume aquela existência já totalmente desagregada (Cf. Hubertus Blaumeiser, Revista Gen’s, número 3, 2016). Faz-se necessário um silêncio interior para escutar e acolher o que o Senhor quer nos dizer no meio de tantas misérias, reconhecendo o seu vulto crucificado e abandonado, também nessas situações absurdas, a serem superadas com a misericórdia e a verdade.


4

belém, De 13 a 19 de janeiro de 2017

Arquidiocese agenda de dom alberto corrêa

agenda de dom irineu roman

n De 13 a 19 de janeiro de 2017

n De 13 a 19 de janeiro de 2017

w SEXTA, 13 DE JANEIRO 9h - Missa em ação de graças pelo aniversário de criação (Pão de Santo Antônio) 11h - Audiências 15h30 - Gravações 19h - Missa Posse Padre Leornado Bonze (Paróquia Santa Rosa de Lima)

Em Viagem (Vitória-ES)

w Sexta, 13 de janeiro 8h30 - Audiências 18h - Missa Paróquia São Raimundo Nonato (posse de pároco) w Sábado, 14 de janeiro 18h - Missa Paróquia Pio X (posse de pároco)   w Domingo, 15 de janeiro 7h - Missa Paróquia do Coração Eucarístico 19h - Posse de Pároco -Paróquia Nossa Senhora do Bom Remédio   w Segunda, 16 de janeiro 10h - Atividades CNBB 19h - Missa Paróquia Santa Barbara - Festividade de São Sebastião   w Terça, 17 de janeiro 9h - Formação Pastoral do Turismo (Basilica) 19h – Missa Paróquia Santo Antônio de Pádua

Os compromissos de Dom Alberto Taveira podem sofrer alterações sem aviso prévio.

Os compromissos de Dom Irineu Roman podem sofrer alterações sem aviso prévio.

w SÁBADO, 14 DE JANEIRO 20h - Celebração de Matrimônio (Catedral Metropolitana de Belém) w DOMINGO, 15 JANEIRO 9h - Missa de Posse de Padre Roberto Emílio Cavalli Júnior (Catedral) 19h - Missa de Posse Cônego José Gonçalo Vieira (Paróquia da Trindade) w SEGUNDA, 16 A QUINTA, 19 JANEIRO

w Quarta, 18 de janeiro 8h30 - Audiências   w Quinta, 19 de janeiro 8h30 - Audiências 14h -  Programa Entre Nós

Provisões movimentam Arquidiocese Nesta semana a Arquidiocese de Belém continua movimentada em torno das novas provisões de párocos nas paróquias. O Arcebispo Metropolitano, Dom Alber to Taveira Corrêa e seu Auxiliar, Dom Irineu Roman irão presidir as missas ao longo da semana dos novos titulares. Na sexta-feira, 13, Dom Alberto, pela manha preside missa em ação de Graças pelo aniversário

de criação da instituição Pão de Santo Antônio e, à noite, dá a posse ao Padre Leonardo Bonze, na Paróquia Santa Rosa de Lima. No dia 15, Dom Alberto dará as posses do Padre Roberto Emílio Cavalli Júnior como Cura da Sé, às 9h, e do Cônego José Gonçalo Vieira, às 19h, na Igreja da Santíssima Trindade. Dom Irineu Roman, no dia 13, preside, às 18h, a posse do Padre

Francisco Ivo Sousa Nascimento, CM, na Paróquia São Raimundo Nonato. No sábado, 14, o Bispo Auxiliar dará a posse ao Padre Glaucon, na Paróquia Pio X e, no dia seguinte, ao Padre José Luiz Alves Fernandes, na Paróquia Nossa Senhora do Bom Remédio. No dia 16, Dom Irineu preside missa na festividade de São Sebastião, da Paróquia Santa Bárbara, no município de Santa Bárbara.

Homilia Dominical Padre Romeu Ferreira

este é o Filho de Deus!”

romeufsilva@gmail.com

B) Comentário

A) Texto: Jo 1,29-34

Formado em Exegese pelo Pontifício Instituto Bíblico de Roma

29 João viu Jesus aproximarse dele e disse: “Eis o cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo. 30 Dele é que eu disse: ‘Depois de mim vem um homem que passou a minha frente, porque existia antes de mim’. 31 Também eu não o conhecia, mas, se eu vim batizar com água, foi para que ele fosse manifestado a Israel”. 32 E João deu testemunho, dizendo: “Eu vi o Espírito descer, como uma pomba, do céu e permanecer sobre ele. 33 Também eu não o conhecia, mas aquele que me mandou batizar com água me disse: ‘Aquele sobre quem vires o Espírito descer e permanecer, este é quem batiza com o Espírito Santo’. 34 Eu vi e dou testemunho:

Quando ouvimos o Batista dizer no texto: “Eis o cordeiro de Deus” (v 29), nos faz lembrar o ‘cordeiro de Abraão’ que foi imolado em lugar de seu filho Isaac, orientado e requerido por Deus (Gn 22,13). O Antigo Te s t a m e n t o p r e a n u n c i a o N ovo , q u e d e s p o n t a cumprindo o projeto salvífico do Senhor. Isaac é prefiguração do Cristo; ele, o filho único de Abraão, foi substituído por um cordeiro; mas o unigênito Filho de Deus, Jesus Cristo, não foi substituído; ele próprio é o ‘cordeiro’ que foi imolado pela salvação de todos. João o apresenta como aquele “que tira o pecado do mundo” (v 29). Comparando os dois filhos se vê que Isaac diz: “Pai... onde está o cordeiro para o sacrifício?” (Gn 22,7). E Jesus diz: “Pai se é

possível, afasta de mim este cálice; mas não se faça a minha vontade e sim a tua” (Lc 22,42). Logo Jesus conclui: ‘“Pai, em tuas mãos entrego o meu espírito’ e dizendo isto, expirou” (Lc 23,40). Na festa anual e máxima para o povo bíblico em busca da terra prometida está o “cordeiro pascal”, que celebra a presença salvadora de Deus na história de seu povo e é símbolo da unidade deste mesmo povo (Ex 12, 1-14). Além do significado do ‘cordeiro de Deus’ apontado por João e que está ligado ao cordeiro de Abraão, e ao cordeiro pascal, este ‘cordeiro’ joanino está principalmente cumprindo em Jesus, a figura do cordeiro mudo e sofredor anunciado pelo profeta Isaias: “foi oprimido e humilhado, mas ele não abriu a boca. Como um cordeiro levado ao matadouro...” (Is 53,7-8). Logo, Filipe é inspirado a partir do texto “Isaiano” do cordeiro, para anunciar Jesus Cristo ao

eunuco etíope (At 8, 26-35). O e n c o n t ro e n t re J o ã o Batista e Jesus foi muito solene nos rituais e palavras. Jesus se mantem mudo e deixa que a voz venha só do Batista, legitimandoo como o Cristo e reconhecendoo diante da multidão (v 30-31). Jesus veio perdoaros pecados (v 29).Somos pecadores e o encontramos. É bom saber que só o encontro pessoal com Jesus, nos permite conhece-lo, e conhecer quem somos e a nossa missão de testemunhá-lo! E João comenta: “Eu vi o Espírito descer, como uma pomba, do céu e permanecer sobre ele” (v 32). Ora, se contemplarmos o pouso de uma pomba, veremos o seu plainar, ou pairar no ar, assim como no início da criação a bíblia diz: “o espírito de Deus pairava sobre as águas” (Gn 1,2). Deus é fonte da vida (Gn 2,7) e o batismo no Espírito é fonte da vida nova, definitiva e eterna, trazida por Jesus Cristo.

Liturgia da Semana w 13/01, SEXTA - FEIRA

Cor ( Verde) Leitura (Hb 4,1-5.11) Responsório (Sl 77) Evangelho (Mc 2,1-12)

w 14/01, SÁBADO

Cor ( Verde) Leitura (Hb 4,12-16)

Responsório (Sl 18,8-15) Evangelho (Mc 2,13-17)

15/01, DOMINGO

Cor ( Verde) Primeira Leitura (Is 49,3.5-6) Responsório (Sl 39) Segunda Leitura (1Cor 1,1-3)

Evangelho (Jo 1,29-34)

16/01, SEGUNDA - FEIRA

Cor ( Verde ) Leitura (Hb 5,1-10) Responsório (Sl 109) Evangelho  (Mc 2,18-22)

w 17/01, TERÇA - FEIRA

Cor ( Branco) Leitura (Hb 6,10-20) Responsório (Sl 110) Evangelho  (Mc 2,23-28)

w 18/01, QUARTA - FEIRA Cor ( Verde) Leitura (Hb 7,1-3.15-17)

Responsório (Sl 109) Evangelho  (Mc 3,1-6)

w 19/01, QUINTA - FEIRA

Cor ( Verde) Leitura (Hb 7,25–8,6) Responsório (Sl 39) Evangelho (Mc 3,7-12)


belém, De 13 a 19 de janeiro de 2017

5

Vaticano Angelus

Anunciar o Evangelho com ternura Papa Francisco disse que é preciso ter brandura e firmeza, sem arrogância ou imposição

C

om informações da Rádio Vaticano. Ao encontrar milhares de fieis na Praça São Pedro, a uma temperatura de 1°C, para a oração do Angelus, no domingo, 8, Francisco falou sobre “o estilo missionário dos discípulos de Jesus: anunciar o Evangelho com brandura e firmeza, sem arrogância ou imposição”. O evangelho de Matheus, da Liturgia do dia, narra o Batismo de Jesus, que marca o início de sua vida pública. João quis impedir Jesus de ser batizado, dizendo ser ele a ter necessidade de receber o Batismo do Mestre. “Batista, de fato – explicou o Papa – tem consciência da grande distância que existe entre ele e Jesus. Mas Jesus veio para preencher a distância entre o homem e Deus: se Ele é totalmente da parte de Deus”, também o é da parte do homem, “reunindo assim o que estava dividido”. Com o Batismo de Jesus p o r J o ã o , c u m p re - s e o desígnio do Pai que “passa pelo caminho da obediência e da solidariedade com o homem frágil e pecador, o caminho da humildade e da plena proximidade de Deus aos seus filhos. Porque Deus é tão próximo a nós, tão!”. “Este é meu Filho muito

fotos: divulgação

w A verdadeira missão não é nunca proselitismo, mas atração a Cristo

amado, em quem coloco todo o meu favor”, diz o Pai, quando Jesus é batizado e sai do Jordão e sobre ele desce o Espírito Santo em forma de pomba, “dando início à sua missão de salvação”. “Missão caracterizada pelo estilo do servo humilde e brando, munido somente com a força da verdade, como havia profetizado Isaías”: “Eis o estilo de Jesus, e também o estilo missionário dos discípulos de Cristo: anunciar o Evangelho com ternura e firmeza, sem gritar, sem censurar ninguém, mas

com ternura e firmeza, sem arrogância ou imposição. A verdadeira missão não é nunca proselitismo, mas atração a Cristo. Mas como? Como se atrai a Cristo? Com o próprio testemunho, a partir da forte união com Ele na oração, na adoração e na caridade concreta, que é serviço a Jesus presente nos menores dos irmãos”. Bom e misericordioso

“À imitação de Jesus pastor bom e misericordioso, e animados pela sua graça

– prosseguiu o Santo Padre -   somos chamados a fazer de nossa vida um testemunho alegre que ilumina o caminho, que leva esperança e amor”: “Esta festa nos faz redescobrir o dom e a beleza de ser um povo de batizados, isto é, de pecadores salvos pela graça de Cristo, inseridos realmente, por obra do Espírito Santo, na relação filial de Jesus com o Pai, acolhidos no seio da mãe Igreja, capazes de uma fraternidade que não conhece limites e barreiras”. Ao concluir sua reflexão,

Francisco pediu que a “Virgem Maria ajude a todos nós cristãos a conservar uma consciência sempre viva e reconhecida do nosso Batismo e a percorrer com fidelidade o caminho inaugurado por este Sacramento de nosso renascimento. E sempre humildade, brandura e firmeza”. Após rezar o Angelus, o Papa recordou que recém havia batizado “um bom grupo de recém nascidos - 28 -”, pedindo oração por eles e por suas famílias. “Também ontem (sábado, 7) batizei um jovem catecúmeno. E gostaria de estender a minha oração a todos os pais que neste período estão se preparando para o Batismo de um filho, ou há pouco o festejaram. “Invoco o Espírito Santo sobre eles e seus filhos, para que este Sacramento, tão simples e ao mesmo tempo tão importante, seja vivido com fé e com alegria”. Fr a n c i s c o , a s e g u i r, c o n v i d o u a t o d o s p a ra unirem-se “à Rede Mundial de Oração do Papa, que difunde, também pelas redes sociais, as intenções de oração que proponho a cada mês, a toda a Igreja. Assim se leva em frente o apostolado da oração e se faz crescer a comunhão”.

Papa aos pais: ensinar a fé aos filhos com o exemplo. A fé é luz! Com informações da Rádio Vaticano. Na Festa do Batismo de Jesus, o Papa presidiu à celebração Eucarística na Capela Sistina, batizando 28 crianças, no domingo, 8. Em sua breve homilia, pronunciada de forma espontânea, Francisco exortou os pais a “custodiarem a fé das crianças e a fazê-la crescer, para que se torne um testemunho para os outros”. “Vocês pediram para vossas crianças a fé que será dada no Batismo - explicou – porque a fé deve ser vivida. Caminhar na estrada da fé e dar testemunho da fé”. O Papa observou que a fé não é apenas “recitar o Creio quando vamos na Missa no domingo, não é só isto! A fé é acreditar naquilo que é a verdade: o Pai que enviou o Filho e o Espírito que nos vivifica”, ressaltando: “Mas a fé também é confiar-se a Deus e isto vocês devem ensinar a eles com vosso exemplo, vossa vida.

A fé é luz”. Ao referir-se à vela presente no rito do Batismo, Francisco recordou que nos primeiros tempos do cristianismo, o Batismo era chamado de “a iluminação, porque a fé ilumina o coração, faz ver as coisas com outra luz”. Por isto, a responsabilidade dos pais: “A Igreja dá a fé pelo Batismo aos vossos filhos e vocês têm a missão de fazê-la crescer, custodiá-la para se tornar testemunho para todos os outros. Este é o sentido de toda esta cerimônia”. Ao final de suas breves palavras, de forma muito descontraída o Papa referiu-se ao “concerto” proporcionado pelo choro de algumas crianças: “Começou o concerto, hein?!?! Porque as crianças estão em um lugar que não conhecem, talvez tenham se levantado mais cedo do que o habitual. Aí uma começa, dá o tom, e as outras vão atrás. Muitas choram

w papa francisco batiizando um dos 28 bebês

porque a outra chora. E gosto de recordar que Jesus também fez isto. A primeira oração de Jesus na estrebaria foi um choro”. Antes de concluir, Francisco disse às mães para sentirem-se à vontade

caso quisessem amamentar seus filhos durante a cerimônia na Capela Sistina, visto a duração da cerimônia e as crianças poderiam estar com fome. Após suas palavras, Francisco batizou uma por uma das 28 crianças.

Livros sobre as viagens do Papa Francisco

N Q

ão pode existir paz verdadeira, se cada um reclama sempre e somente o próprio direito, sem se preocupar com o bem dos outros.( 9 de janeiro) ue a Virgem Maria nos ajude a seguir Jesus no caminho da fé e da caridade, o caminho traçado pelo nosso Batismo. (8 de janeiro)

Com informações da Rádio Vaticano. Um livro sobre as viagens do Papa com os bastidores dos deslocamentos ao redor do mundo. Intitulado “Em Viagem”, a obra do jornalista Andrea Tornielli, do La Stampa. Após a viagem ao Rio de Janeiro para a JMJ – programada desde antes sua eleição – Bergoglio decidiu responder “simplesmente sim” aos convites que se sucederam. Deixou-

se “levar”. “Agora – afirma – sinto que devo fazer as viagens, ir visitar as Igrejas, encorajar as sementes de esperança que existem”. As viagens – confidencia – “são cansativas, mas digamos que por agora eu consigo”. Talvez – destaca – “me cansem do ponto de vista psicológico, mais do que fisicamente”. Todavia, há uma “riqueza inimaginável” nas viagens, que sempre me faz dizer: valeu a pena”.


6

belém, De 13 a 19 de janeiro de 2017

Igreja no Brasil Caetés, Minas Gerais

Santuário da Piedade: 250 anos de peregrinações fotos: divulgação

Importantíssimo marco histórico e religioso

C

om informações da agência Gaudium Press. Em 2017 o Santuário Nossa Senhora da Piedade, em Caetés, Minas Gerais, comemora 250 anos das peregrinações ali realizadas. Em primeiro de janeiro foi realizada a abertura do Ano Jubilar convocado para comemorar esta data. O arcebispo Dom Walmor presidiu Missa às 15 horas, na Ermida da Padroeira, localizada no ponto mais alto da Serra da Piedade. Durante a celebração foi apresentada aos fiéis presentes a saudação especial do Papa Francisco. N a M e n s a g e m Pa p a l enviada Arcebispo Metropolitano de Belo Horizonte, Dom Walmor, o Santo Padre concedeu a sua bênção apostólica a todos os peregrinos do Santuário da Padroeira de Minas Gerais e aos fiéis da Arquidiocese de Belo Horizonte.

w no alto da serra casa de clemência e bondade da Mãe Piedade

O Papa Francisco também pediu para que todos continuem a rezar por seu ministério. Peregrinações

Há 250 anos, em 1767, um português, chamado Antônio da Silva Bracarena, começou a construir a singela Igreja que hoje é a Ermida da Padroeira de Minas Gerais. Bracarena assumiu esse

desafio tocado pelo relato de um milagre. Conta a tradição que uma jovem, surda e muda, passou a falar e a ouvir após testemunhar uma aparição de Nossa Senhora, no alto da Serra da Piedade. Sua história tornou-se conhecida em toda a região, atraindo peregrinos para o território dedicado a Maria, Mãe da Piedade. Bracarena estava no Brasil

em busca de riquezas. Ele ouviu o relato desse milagre e se converte. Decidiu, então, viver como eremita no alto da Serra. Abandona seus projetos nada piedosos e investiu tudo que possuía na construção da pequena igreja, a Ermida da Padroeira. Ta m b é m e l e i n i c i o u a construção de um rústico eremitério, um lugar que seria destinado a receber os romeiros.

Bracarena e o Aleijadinho

Antes de sua conversão, Bracarena trabalhava na construção de igrejas e, e x e rc e n d o e s s e o f í c i o , conheceu Antônio Francisco Lisboa, o Aleijadinho. Pe d i u a o a m i g o q u e concebesse uma imagem de Nossa Senhora da Piedade para o altar da capela que estava sendo construída no alto da Serra. Não sabia Bracarena o que aconteceria com o Aleijadinho. Anos mais tarde, ele seria reconhecido como o maior mestre do barroco mineiro. E a imagem que ainda hoje está no altar da Ermida, um dos primeiros trabalhos talhados por Antônio Francisco Lisboa, conquistaria reconhecimento internacional, pela sua importância religiosa e cultural, histórica e artística. Em 1960, a partir de um decreto do Papa João XXIII, Nossa Senhora da Piedade tornou-se oficialmente a Padroeira de Minas Gerais, um reconhecimento à grande devoção do povo mineiro e aos muitos peregrinos que, todos os anos, visitam o Santuário, no alto da Serra da Piedade há 250 anos.

22º Encontro de Santuários do Brasil será em Março Com informações da agência Gaudium Press. O 22º Encontro de Santuários do Brasil será realizado entre os dias 06 e 10 do próximo mês de março. O Encontro de Santuários é promovido pelo Santuário Nacional de Nossa Senhora da Conceição Aparecida. Trata-se de um Encontro de Reitores de Santuários católicos que se reúnem para tratar de assuntos de interesse comum a todos os Santuários. Cada edição do Encontro de Santuários fica sediado em uma diocese ou arquidiocese brasileira. Neste ano, o 22º Encontro de

Aparecida inicia as celebrações dos 300 anos do encontro da imagem Com informações da agência Gaudium Press. Neste ano de 2017 se completam 300 anos do encontro da imagem de Nossa Senhora Aparecida. Em comemoração a este evento, o Santuário Nacional realizará várias atividades especiais já a partir deste mês de janeiro. Uma das iniciativas ocorrerá todo dia 12, entre os meses de janeiro a setembro, quando, após a Missa das 09h, ocorrerá a Cerimônia de Coroação da imagem. Cada cerimônia de

coroação seguirá uma temática que contará a história de Nossa Senhora Aparecida. Ao longo desta novena de coroação serão depositadas em uma coroa as porções de terra dos estados brasileiros, que foram recolhidas durante as visitas jubilares. No dia 11 de outubro, essa coroa será colocada na imagem original de Nossa Senhora Aparecida. Nessa mesma data se inaugurará a Cúpula do Altar Central do Santuário.

Santuários do Brasil será realizado nas dependências do Santuário Nossa Senhora da Piedade - Casa da Padroeira de Minas Gerais, que fica na Serra da Piedade, na cidade mineira de Caeté, na Arquidiocese de Belo Horizonte. Os Reitores e representantes de santuários de todo o país são convidados a participar do Encontro que terá uma programação especial que, diariamente, inclui celebrações, conferências, debates, plenárias, oficinas, momentos culturais, de integração e lazer. As inscrições já se encontram abertas.


belém, De 13 a 19 de janeiro de 2017

7

Igreja no Mundo 300 anos

Coroação de Nossa Senhora Negra Igreja na Polônia celebra com muitas homenagens os três séculos da coroação da Virgem

C

om informações da agência Gaudium Press. Uma resolução referente às celebrações pelos 300 anos da coroação da Virgem de Czestochowa como Rainha da Polônia, foi aprovada pelo parlamento polonês. A primeira coroação fora de Roma ocorreu no dia 08 de setembro de 1717. A imagem de Nossa Senhora Negra é custodiada há 600 anos no Santuário de Jasna Gora. Segundo o prior do Santuário, Padre Marian Waligora, “a recordação do evento histórico de 1717 dará uma contribuição significativa para a propagação das tradições patrióticas e religiosas polonesas, constituindo uma lição do patrimônio histórico

nacional e um importante apoio educacional para as novas gerações”. De acordo com análises re a l i za d a s p e l o Pe w Research Center, a Polônia é étnica e religiosamente o país mais homogêneo entre os Estados da União Europeia. Mais de 70% dos poloneses considera a Fé Católica um importante critério de pertença nacional. Estudiosos de temáticas sociais ressaltaram que, dentro do contexto dos países da União Europeia, a Igreja Católica na Polônia goza de grande credibilidade, atingindo cerca de 70% dos cidadãos, e a sociedade no total é mais religiosa que em outros lugares.

fotos: divulgação

w nossa Jasna Gora, Virgem de Czestochowa, em 1717 coroada Rainha da Polônia

Católicos em Nicarágua iniciam 2017 com Procissão Eucarística

w uma multidão de católicos se reuniu na cidade de Matagalpa

Igreja nas Filipinas declara 2017 como o ‘Ano das Paróquias’ Com informações da agência Gaudium Press. Como parte dos eventos que celebrarão os 500 anos de evangelização do país, a Conferência Episcopal Filipina declarou o ano de 2017 como “Ano Pastoral das paróquias, da comunhão de comunidades”. “O Papa Francisco insiste em dizer que a paróquia não é uma instituição obsoleta, mas possui uma grande flexibilidade que depende da abertura e da criatividade missionária e criativa do pároco e da comunidade”, afirmou Dom Sócrates Villegas, Presidente da Conferência Episcopal Filipina. Apesar dos 500 anos de evangelização das Filipinas ocorrerem somente em 2021, a Igreja no país promove desde 2013 a iniciativa “Nove anos para a evangelização”. Nos dois primeiros anos da iniciativa, 2013/2014, se refletiu sobre a formação integral para a Fé e sobre o papel dos leigos como “agentes de evangelização”. Em 2015 o tema foram os pobres. E em 2016 se refletiu sobre a ligação entre Eucaristia e família. Após 2017, que será dedicado à paróquia, o biênio 2018-2019 será dedicado aos sacerdotes e jovens. Em 2020 se refletirá sobre ecumenismo e diálogo inter-religioso. E por fim, o ano de 2021 será dedicado à “missão ad gentes”, com o objetivo de que cada fiel seja incentivado a se tornar missionário.

Com informações agência Gaudium Press. No primeiro dia do ano, uma multidão de católicos se reuniu na cidade de Matagalpa, Nicarágua, para participar de uma tradicional procissão com o Santíssimo Sacramento, que teve por objetivo colocar o início do novo ano nas mãos de Deus. A Paróquia Imaculado Coração de Maria foi o ponto de partida da procissão, que percorreu as principais ruas da cidade até chegar à Catedral São Pedro Apóstolo, onde Dom Rolando José Álvarez Lagos, Bispo da Diocese, presidiu a Missa pela Solenidade de Santa Maria Mãe de Deus e pela Jornada Mundial da Paz. Durante sua homilia, o prelado

fez um chamado pela não violência e exortou para que se lute pela paz fortalecendo a família, para que dessa forma se alcance uma sociedade mais fraterna. “O não violento é aquele que opta pela razão e não pelo fanatismo, é o que busca a justiça, a paz e a liberdade... A não violência ao invés de ser indiferença é compromisso com a realidade”, explicou. Dom Álvarez acredita que o caminho que Nicarágua deve percorrer é o da “não violência que leva à paz e que nos faz homens críticos razoáveis. Devemos alçar o estandarte da não violência, essa é uma manifestação pacífica a qual o ser humano tem direito”.

Adoração Perpétua muda o ambiente na Espanha

w capelas de adoração uma realidade que cresce no país

Com informações da agência Gaudium Press. As Capelas de Adoração Perpétua são uma realidade que cresce na Espanha, e que reporta notáveis benefícios aos lugares onde se habilitam. No primeiro ano e meio de abertura da Capela de Adoração, a comunidade paroquial retomou uma participação destacável. A vida de oração deu frutos nas coletas de bens para os mais necessitados, depois que os adoradores organizaram uma iniciativa chamada “A despensa de São José” e outra mais em apoio de pessoas sem lar de Barcelona, que recebem alimentos e companhia. “Rezamos por eles e com eles também, porque não somos uma ONG, nós queremos evangelizar”, comentou Isabel Puig, coordenadora dos turnos de adoração. “Não queremos dar somente um sanduíche e um abraço. Há ocasiões nas quais o pároco vem conosco e lhes propõem confessar-se, e se confessam”. Os adoradores organizaram a intercessão pelos enfermos de corpo e alma, alguns são voluntários na visita aos enfermos. “A presença do Senhor transformou o bairro, e Ele vai fazendo sua obra pouco a pouco”, explicou Puig. “Quando passas um tempinho diante do Senhor, te manda fazer coisas. Te move a ser mais consciente das necessidades que há em torno de ti, e te das conta de que não podes ficar sentado. E também te dá a força para tudo, para subir e fazer o que tens que fazer e estar em paz”. Os saudáveis efeitos da Adoração permeiam as demais paróquias, as quais começaram a destinar tempos de adoração em seus templos. “Em Badalona não se fazia adoração antes de abrir aqui a capela de adoração perpétua. Mas agora as paróquias das redondezas vão expondo o Santíssimo ainda que seja um pouco por dia ou por semana”, concluiu. “Tem um efeito multiplicador”.


8

belém, De 13 a 19 de janeiro de 2017

Nazaré Repórter

rádio nazaré

fm

J 70ª Grande

z mh 3 . 91 fotos: divulgação

Vigília Eucarística

A Igreja das Mercês realiza no dia 20 sua 70ª Grande Vigília Eucarística, com o tema “Mãos Ensanguentadas de Jesus”.  A programação inicia-se às 20h, com o terço da misericórdia e segue ao longo da madrugada com reflexões divididas em vários momentos, como fé, humildade, perdão, cura, alimento, cruz, mãe e a perseverança.  A Vigília encerra-se às 6h com Missa, presidida pelo

l Alimentação nas férias

Cônego Sebastião Fialho, Reitor das Mercês. A Igreja localiza-se na Praça das Mercês, com Travessa Frutuoso Guimarães,Campina.

J Festividade de

São Paulo apóstolo, em Castanhal

Com o tema “Paulo testemunha a consciência missionária - ai de mim, se eu não anunciar o Evangelho”, a Comunidade São Paulo Apóstolo, da Paróquia de Santa Teresinha do Menino Jesus, em Castanhal, realiza sua festividade. O evento ocorre de 22 a 25, com a programação litúrgica, que consta de celebrações eucarísticas e espiritualidade, e a cultural, com apresentações de banda e o arraial.

Na segunda-feira, 16, o Programa Saúde e Cidadania, vai tirar suas dúvidas sobre a alimentação nas férias do começo de ano, com informações importantes sobre quais tipos de alimentos devemos consumir no período, como ajudar as crianças a se alimentarem adequadamente nas férias e como começar uma

reeducação alimentar. A nutricionista, Joseana Pinheiro, vai falar sobre o assunto. Sintonize 91,3MHz a partir de 16h e participe conosco! O ouvinte pode interagir durante a programação ligando para a central de atendimento, nº 4006-9211 ou ainda pelas redes sociais twitter. com/radionazare e pelo facebook.com/radionazare.

Rádio Nazaré FM - 91,3. A serviço da vida. nossa missão é evangelizar!

J Terço dos Homens, em Capitão Poço Cerca de 500 pessoas participaram do primeiro Terço dos Homens, em 2017, de Capitão Poço. O evento ocorreu na noite do dia 6, na praça municipal da cidade, no nordeste do Pará. Fundado

rede nazaré de televisão

al can

30

no dia 11 de setembro de 2010, na Paróquia de Santo Antônio Maria Zacaria, com 35 homens, atualmente são mais de 250. Os encontros acontecem sempre às quintasfeiras.

J Estão abertas as inscrições para o Projeto Música e Cidadania A Fundação Carlos Gomes (FCG) está com inscrições abertas para crianças, adolescentes e jovens interessados em aprender música nos Polos do Projeto Música e Cidadania,

desenvolvido em parceria com ONGs e Entidades Sociais. As inscrições para os cursos de musicalização e instrumentos musicais acontecerão no período de 09 de janeiro até 24 de fevereiro de 2017

nos oito polos do projeto na região metropolitana de Belém. Um deles é a Associação Filantrópica Icuí Solidário – AFIS, ligada à Paróquia de São José Operário.

J Retiro Popular 2017 Já se encontra disponível para aquisição o livro Retiro Popular 2017 “Um Coração para Amar”, de autoria do Arcebispo de Belém, Dom Alberto Taveira. A obra é um roteiro que propõe uma vivência de profunda oração durante a Quaresma. Em português, com 160 páginas, o livro tem acabamento em brochura e pode ser encontrado no cantinho da Família Nazaré e na loja Lírio Mimoso. Adquira!

No próximo domingo, 15, às 9h, a Rede Nazaré de Televisão transmite a Missa de posse do Padre Roberto Cavalli como Cura da Sé, direto da Catedral de Belém. A cerimônia religiosa será presidida por Dom Alberto.

portal nazaré

Padre Roberto deixou a Paróquia de Santa Luzia, no Jurunas, e assumirá a Paróquia de Santa Maria de Belém, cargo que antes era assumido pelo Cônego José Gonçalo, que vai para a Santíssima Trindade. w. ww re. aza on m.br a c co da fun

l Doação on-line no Portal Nazaré

J Reencontrar A Comunidade Maíra realiza de 27 a 29 o retiro “Reencontrar”, com o tema “Jovem, carregue sua Cruz e me siga”. O evento ocorre no Retiro Mãe da Divina Providencia. Inscrições e outras informações no Centro de Evangelização por Maria a Jesus, na Travessa 14 de Março, 1182, no Umarizal (entre Boaventura da Silva e Domingos Marreiros) ou com missionários da Comunidade Maíra, telefones (91) 3266.8624, 98229.5413, 98070.3213 ou 98148.2762.

l transmissão da missa de POSSE DO NOVO CURA DA SÉ, domingo, 15

J Conferência Jovem A Paróquia São Francisco de Assis, no Tapanã, promove de 23 a 28 a “Conferência Jovem”, com o tema “Os sete pecados capitais”. O evento é gratuito. Já os ingressos para a Balada Pai d’Égua, programada para o dia 28, estarão à disposição na secretária paroquial, localizada na Terceira Rua, entre Uberaba e Haroldo Veloso, no Tapanã. Informações pelo telefone 99808-0852.

A Fundação Nazaré através de seu Portal possibilita às pessoas de boa vontade que queiram contribuir com as obras de Evangelização da Igreja de Belém, a doação Online. O método foi pensado de maneira a facilitar que qualquer pessoa de todo o mundo faça a sua doação de modo prático e rápido. Para se tornar benfeitor da Família Nazaré, basta clicar em cadastro, preencher a ficha

de inscrição. Mensalmente em sua residência receberá um boleto com valor em aberto e uma mensagem do Arcebispo de Belém. Acesse http://www. fundacaonazare.com.br/


belém, De 13 a 19 de janeiro de 2017

9

Fundação Nazaré Escute na Rádio Nazaré FM 91.3 SEXTA - FEIRA 04h00 - Abertura da Emissora 04h05- Especial Pe. Zezinho 05h00 - Abertura da Emissora 05h00 - Lírio Mimoso 05h05 - Cura-me Senhor 05h10 - Ângelus 05h15 - Liturgia das horas - Laudes 05h30 - Oração do Terço - Mistérios Dolorosos 06h00 - A Voz do Pastor 06h15 - Forrozinho da fé 07h00 - Jornal Brasil Hoje 07h35 - Novo tempo 08h00 - Igreja ponto a ponto 08h55 - Plantão R.C .R 09h00 - Nazaré em revista 09h30 - Informe Noticias 09h55 - Plantão R.C.R 10h30 - Informe Notícia 11h55 - Momento de Oração - Ângelus, Pai - Nosso 12h00 - A voz do pastor 12h15 - Cardápio Instrumental 14h00 - Segurança e cidadania 14h30 - Informe Noticias 15h00 - Terço da Misericórdia 15h30 - Informe Noticias 15h55 - Plantão R .C .R 16h00 - Varanda Musical 16h30 - Informe Notícia 17h30 - Informe Notícia 17h45 - Ângelus – Liturgia das Horas - Vésperas 18h00 - A Voz do Pastor 18h15 - Oração do Terço - Mistérios Dolorosos 18h40 - Musical Mariano 19h00 - Voz do Brasil 20h00 - Saudade em Versos e Canções 22h00 - A voz do pastor 22h30 - Jornal R.N.A 23h00 - Programa Salmos ao Deus da Vida 23h50 - Mensagem de Encerramento 00h00 - Rede Milícia Sat – Igreja no Rádio

SÁBADO 04h00 - Abertura da Emissora 04h05 - Especial Pe. Zezinho 05h00 - Lírio Mimoso 05h05 - Cura-me Senhor 05h10 - Ângelus 05h15 - Liturgia das horas - Laudes 05h30 - Oração do Terço - Mistérios da Alegria 06h00 - A Voz do Pastor 06h30 - Questão de Fé 07h00 - Jornal Brasil Hoje

07h30 - Musical Mensagem 08h00 - Conhecendo Jesus 10h00 - Maria de Todos os Povos 11h55 - Momento de Oração - Ângelus, Pai - nosso 12h00 - A voz do pastor 12h15 - Cardápio Instrumental 14h00 - Musical Nazaré 15h00 - Criança Evangelizando Criança 16h00 - Evangelizando Através do Dizimo 17h00 - A vida e o tempo 18h00 - A Voz do Pastor 18h15 - Ângelus - Liturgia das Horas - Vésperas 18h15 - Oração do Terço - Mistérios da Alegria 18h30 - Musical Mariano 19h00 - Musical Nazaré 22h00 - A voz do Pastor 22h15 - Domínio jovem 23h50 - Mensagem de Encerramento 00h00 - Rede Milícia Sat

DOMINGO 04h00 - Abertura da Emissora 04h05 - Especial Pe. Zezinho 05h00 - Abertura da Emissora 05h00 - Lírio Mimoso 05h05 - Cura-me Senhor 05h10 - Ângelus 05h15 - Liturgia das horas - Laudes 05h30 - Oração do Terço – Mistérios Gloriosos 06h00 - A Voz do Pastor 07h00 - Santa Missa 08h00 - Vem e Segue-me 10h00 - Domingo Alegre 11h55 - Momento de Oração - Ângelus, Pai - nosso 12h00 - A voz do pastor 12h15 - Cardápio Instrumental 14h00 - As Mais Tocadas 18h00 - A Voz do Pastor 18h15 - Ângelus - Liturgia das Horas - Vésperas 18h30 - Oração do Terço – Mistérios Gloriosos 19h00 - Clássico Nazaré 20h00 - Circuito M.P.B 22h00 - A voz do Pastor 22h15 - Especial PE. Zezinho 23h50 - Mensagem de Encerramento 00h00 - Rede Milícia Sat – Igreja no Rádio

SEGUNDA - FEIRA 04h00 - Abertura da Emissora 04h05 - Especial Pe. Zezinho 05h00 - Abertura da Emissora 05h00 - Lírio Mimoso

Ligue: (91) 4006-9251 05h05 - Cura-me Senhor 05h10 - Ângelus 05h15 - Liturgia das horas - Laudes 05h30 - Oração do Terço - Mistérios da Alegria 06h00 - A Voz do Pastor 06h15 - Forrozinho da fé 07h00 - Jornal Brasil Hoje 07h35 - Novo tempo 08h00 -Igreja ponto a ponto 08h55 - Plantão R.C.R 09h30 - Informe Notícia 09h00 - Nazaré em revista 09h55 - Plantão R.C.R 10h30 - Informe Notícia 11h50 - Momento de Oração - Ângelus, Pai - nosso 12h00 - A voz do Pastor 12h20 - Cardápio Instrumental 14h00 - Varanda Musical 14h30 - Informe Notícia 15h00 - Terço da Misericórdia 15h30 - Informe Notícia 15h55 - Plantão R .C .R 16h00 – Saúde e Cidadania 16h30 - Informe Notícia 17h30 - Informe Notícia 17h45 - Ângelus - Liturgia das Horas - Vésperas 18h00 - Voz do Pastor 18h15 - Oração do Terço - Mistérios da Alegria 18h40 - Musical Mariano 19h00 - Voz do Brasil 20h00 - Crescendo na Fé 21h00 - Orando com Você - Com. Maíra 22h00 - A voz do pastor 22h30 - Jornal R.N.A 23h00 - Programa Salmos ao Deus da Vida 23h50 - Mensagem de Encerramento 00h00 - Rede Milícia Sat – Igreja no Rádio

TERÇA - FEIRA 04h00 - Abertura da Emissora 04h05 - Especial Pe. Zezinho 05h00 - Lírio Mimoso 05h05 - Cura-me Senhor 05h10 - Ângelus 05h15 - Liturgia das horas - Laudes 05h30 - Oração do Terço - Mistérios Dolorosos 06h00 - A Voz do Pastor 06h15 - Forrozinho da fé 07h00 - Jornal Brasil Hoje 07h35 - Novo tempo 08h00 - Igreja ponto a ponto 08h55 - Plantão R.C .R 09h00 - Nazaré em revista 09h55 - Plantão R.C.R

10h30 - Informe Notícia 11h55 - Momento de Oração - Regina Coeli, Pai - nosso 12h00 - A voz do Pastor 12h15 - Cardápio Instrumental 14h00 - Varanda Musical 14h30 - Informe Notícia 15h00 - Terço da Misericórdia 15h30 - Informe Notícia 15h55 - Plantão R .C . R 16h00 - Direito e cidadania 16h30 - Informe Notícia 17h25 - Informe Notícia 17h30 - Ângelus - Liturgia das Horas - Vésperas 17h45 - Voz do Pastor 18h00 - Novena Nossa Senhora Perpétuo Socorro 18h30 - Musical Mariano 19h00 - Voz do Brasil 20h00 - Família em Ação 22h00 - A voz do pastor 22h30 - Jornal R.N.A 23h00 - Programa Salmos ao Deus da Vida 23h50 - Mensagem de Encerramento 00h00 - Rede Milícia Sat - Igreja no Rádio

QUARTA - FEIRA 04h00 - Abertura da Emissora 04h05 - Especial Pe. Zezinho 05h00 - Lírio Mimoso 05h05 - Cura-me Senhor 05h10 - Ângelus 05h15 - Liturgia das horas - Laudes 05h30 - Oração do Terço - Mistérios Gloriosos 06h00 - A Voz do Pastor 06h15 - Forrozinho da fé 07h00 - Jornal Brasil Hoje 07h35 - Novo tempo 08h00 - Igreja ponto a ponto 08h55 - Plantão R .C. R 09h00 - Nazaré em revista 09h55 - Plantão R .C. R 10h30 - Informe Notícia 11h55 - Momento de Oração - Ângelus, Pai - nosso 12h00 - A voz do Pastor 12h15 - Cardápio Instrumental 13h30 - Informe Notícia 14h00 - Varanda Musical 14h30 - Informe Notícia 15h00 - Terço da Misericórdia 15h30 - Informe Noticia 15h55 - Plantão R.C .R 16h00 - Educação e Cidadania 16h30 - Informe Notícia 17h30 - Informe Notícia

17h45 - Ângelus - Liturgia das Horas - Vésperas 18h00 - A Voz do Pastor 18h15 - Oração do Terço - Mistérios Gloriosos 18h40 - Musical Mariano 19h00 - Voz do Brasil 20h00 - Musical Mensagem 21h00 - Orando com Você - Com. Mar adentro. 22h00 - A voz do pastor 22h30 – Jornal R.N.A 23h00 - Programa Salmos ao Deus da Vida 23h50 - Mensagem de Encerramento 00h00 - Rede Milícia Sat – Igreja no Rádio

QUINTA - FEIRA 04h00 - Abertura da Emissora 04h05 - Especial Pe. Zezinho 05h00 - Lírio Mimoso 05h05 - Cura-me Senhor 05h10 - Ângelus - Liturgia das horas - Laudes 05h30 - Oração do terço - Mistérios Luminosos 06h00 - A Voz do Pastor 06h15 - Forrozinho da fé 07h00 - Jornal Brasil Hoje 07h35 - Novo tempo 08h00 - Igreja ponto a ponto 08h55 - Plantão R .C .R 09h00 - Nazaré em revista 09h55 - Plantão R.C.R 10h30 - Informe Notícia 11h55 - Momento de Oração - Ângelus, Pai - nosso 12h00 - A voz do pastor 12h15 - Cardápio Instrumental 13h30 - Informe Notícia 14h00 - Entre nós 14h30 - Informe Notícia 15h00 - Terço da Misericórdia 15h15 - Musical Nazaré 15h30 - Informe Notícia 15h55 - Plantão R .C .R 16h00 - Varanda Musical 16h30 - Informe Notícia 17h30 - Informe Notícia 17h45 - Ângelus - Liturgia das Horas - Vésperas 18h00 - A Voz do Pastor 18h15 - Oração do terço - Mistérios Luminosos 18h40 - Musical Mariano 19h00 - Voz do Brasil 20h00 - Musical Mensagem 21h00 - Orando com Você 22h00 - A voz do Pastor 22h30 - Jornal R.N.A 23h00 - Programa Salmos ao Deus da Vida 23h50 - Mensagem De Encerramento 00h00 - Rede Milícia Sat – Igreja no Rádio

Assista na TV Nazaré - Canal 30 SEXTA - FEIRA 00h00 - Palavra de Vida Eterna 00h05 - Mulher.com 02h30 - Caminhando Na Fé 02h45 - Mãe Maria 02h55 - Palavra de Vida Eterna 03h00 - Evangeliza Show 03h55 - Palavra de Vida Eterna 04h00 - Diálogo Aberto 05h00 - Telecurso Ensino Médio 05h30 - Telecurso Espanhol 05h45 - Palavra de Vida Eterna 05h55 - Consagração a Nª Sª de Nazaré 05h58 - Abertura da Programação da TV 06h00 - Terço Doloroso 06h30 - Caminhando Na Fé 06h45 - Meu Pensamento 06h55 - Preparando a Festa 07h00 - Santa Missa 08h00 - Palavra de Vida Eterna 08h05 - Mulher.com 10h15 - Sobre Todas as Coisas 10h30 - De Mãos Dadas 10h55 - Palavra de Vida Eterna 11h00 - Terço das Santas Chagas 11h30 - Mãe Maria 11h45 - Desenho 12h00 - Nazaré Notícias 12h45 - Novena de Nossa Senhora de Nazaré 12h55 - Palavra de Vida Eterna 13h00 - Fazendo Esperança 13h30 - Caminhando Na Fé 13h45 - Meu Pensamento 13h50 - Mãe Maria 14h00 - Igreja Que Sofre 14h30 - Despertai Para o Amor 15h00 - De Coração 15h30 - De Mãos Dadas 16h00 - Telecurso Ensino Médio 16h30 - Fazendo Esperança 17h00 - Caminhando Na Fé 17h15 - Sobre Todas as Coisas 17h30 - Terço Doloroso 17h55 - Preparando a Festa 18h00 - Santa Missa 18h55 - Palavra de Vida Eterna 19h00 - Nazaré Notícias 19h45 - Caminhando Na Fé 20h00 - Clip Show 21h00 - Meu Pensamento 21h05 - Mãe Maria 21h15 - Terra Santa News 21h40 - Palavra de Vida Eterna 21h45 - Nazaré Notícias 22h30 - Espaço Cultural 23h58 - Encerramento da Programação da TV

SÁBADO 00h00 - Música Mensagem 02h00 - De Coração 02h30 - Conversa com Meu Povo 03h00 - Clip Show 04h00 - Espaço Cultural 05h00 - Evangeliza Show 05h55 - Consagração a Nª Sª de Nazaré 05h58 - Abertura da Programação da TV 06h00 - Terço Gozoso 06h30 - Conversa com Meu Povo 06h55 - Palavra de Vida Eterna 07h00 - Notícias Pastorais 07h45 - Eu Creio

07h50 - Maria de Todos os Povos 08h00 - Missa no Rio de Janeiro-RJ 09h00 - Viola Brasil 09h30 - Conversa com Meu Povo 10h00 - Diálogo Aberto 11h00 - Pesca Amazônia 12h00 - Notícias Pastorais 12h45 - Eu Creio 12h50 - Maria de Todos os Povos 13h00 - Viagem pela Amazônia 13h30 - Conversa com Meu Povo 14h00 - Santa Missa e Adoração em São Paulo-SP 15h45 - Pensando Bem 16h45 - Notícias Pastorais 17h30 - Terço Gozoso 18h00 - Especial Musical 18h55 - Palavra de Vida Eterna 19h00 - Encantos da Amazônia 20h00 - Conversa com Meu Povo 20h30 - Música Mensagem 22h30 - Conversa com Meu Povo 23h00 - Palavra de Vida Eterna 23h05 - Espaço Cultural 23h59 - Encerramento da Programação da TV

DOMINGO 00h00 - Música Mensagem 02h00 - Vida Consagrada 03h00 - Clip Show 04h00 - Igreja que Sofre 04h30 - Música Arte e Vida 05h30 - Igreja no Brasil 05h45 - Maria de Todos os Povos 05h55 - Consagração a Nª Sª de Nazaré 05h58 - Abertura da Programação da TV 06h00 - Terço Glorioso 06h30 - Conversa com Meu Povo 06h55 - Palavra de Vida Eterna 07h00 - Santa Missa Dominical 08h00 - Notícias Pastorais 08h45 - Eu Creio 08h50 - Maria de Todos os Povos 09h00 - Desenho 09h30 - Viagem pela Amazônia 10h00 - Diálogo Aberto 11h00 - Pesca Amazônia 12h00 - Notícias Pastorais 12h45 - Clip Show 13h40 - Encantos da Amazônia 14h40 - Ângelus 14h55 - Palavra de Vida Eterna 15h00 - Vida Consagrada 16h00 - Palavra de Vida Eterna 16h05 - Dedo de Prosa 17h00 - Missa Santuário Nacional de Aparecida 18h00 - Desenho 18h30 - Terço Glorioso 18h55 - Palavra de Vida Eterna 19h00 - Instrumental SESC Brasil 20h00 - Janela Aberta 21h00 - Espaço Cultural 22h30 - Palavra de Vida Eterna 22h35 - Questão de Fé 23h35 - Terço Glorioso 23h58 - Encerramento da Programação da TV

SEGUNDA - FEIRA 00h00 - Palavra de Vida Eterna 00h05 - Mulher.com

02h30 - Caminhando Na Fé 02h45 - Mãe Maria 02h55 - Palavra de Vida Eterna 03h00 - Encantos da Amazônia 04h00 - Clip Show 05h00 - Telecurso Ensino Médio 05h30 - Telecurso Espanhol 05h45 - Palavra de Vida Eterna 05h55 - Consagração a Nª Sª de Nazaré 05h58 - Abertura da Programação da TV 06h00 - Terço Gozoso 06h30 - Caminhando Na Fé 06h45 - Meu Pensamento 06h55 - Preparando a Festa 07h00 - Santa Missa 08h00 - Palavra de Vida Eterna 08h05 - Mulher.com 10h15 - Sobre Todas as Coisas 10h30 - De Mãos Dadas 11h00 - Terço das Santas Chagas 11h30 - Mãe Maria 11h45 - Desenho 12h00 - Nazaré Notícias 12h45 - Novena de Nossa Senhora de Nazaré 12h55 - Palavra de Vida Eterna 13h00 - Fazendo Esperança 13h30 - Caminhando Na Fé 13h45 - Meu Pensamento 13h50 - Mãe Maria 14h00 - Igreja Que Sofre 14h30 - Sobre Todas as Coisas 14h45 - Igreja No Brasil 15h00 - Diálogo Aberto 16h00 - Telecurso Ensino Médio 16h30 - Fazendo Esperança 17h00 - Caminhando Na Fé 17h15 - Sobre Todas as Coisas 17h30 - Terço Gozoso 17h55 - Preparando a Festa 18h00 - Santa Missa 18h55 - Palavra de Vida Eterna 19h00 - Nazaré Notícias 19h45 - Caminhando Na Fé 20h00 - Despertai Para o Amor 20h30 - Terra Santa News 20h50 - Palavra de Vida Eterna 20h55 - Meu Pensamento 21h00 - Janela Aberta 22h00 - Nazaré Notícias 22h45 - Sobre Todas as Coisas 22h55 - Palavra de Vida Eterna 23h00 - Caminhando Na Fé 23h20 - Mãe Maria 23h30 - Religare 23h58 - Encerramento da Programação da TV

TERÇA - FEIRA 00h00 - Palavra de Vida Eterna 00h05 - Mulher.com 02h30 - Conversa com Meu Povo 03h00 - Janela Aberta 03h55 - Palavra de Vida Eterna 04h00 - Diálogo Aberto 05h00 - Telecurso Ensino Médio 05h30 - Telecurso Espanhol 05h45 - Palavra de Vida Eterna 05h55 - Consagração a Nª Sª de Nazaré 05h58 - Abertura da Programação da TV 06h00 - Terço Doloroso 06h30 - Conversa com Meu Povo 06h55 - Preparando a Festa

07h00 - Santa Missa 08h00 - Palavra de Vida Eterna 08h05 - Mulher.com 10h15 - Desenho 10h30 - De Mãos Dadas 11h00 - Terço das Santas Chagas 11h30 - Igreja no Brasil 11h45 - Sobre Todas as Coisas 12h00 - Nazaré Notícias 12h45 - Novena de Nossa Senhora de Nazaré 12h55 - Palavra de Vida Eterna 13h00 - Igreja que Sofre 13h30 - Conversa com Meu Povo 14h00 - Mãe Maria 14h10 - Desenho 15h00 - Novena do Perpétuo Socorro 15h40 - Sobre Todas as Coisas 16h00 - Telecurso Ensino Médio 16h30 - Conversa com Meu Povo 17h00 - Mãe Maria 17h10 - Palavra de Vida Eterna 17h15 - Desenho 17h30 - Terço Doloroso 17h55 - Preparando a Festa 18h00 - Santa Missa 18h55 - Palavra de Vida Eterna 19h00 - Nazaré Notícias 19h45 - Sobre Todas as Coisas 20h00 - Conversa com Meu Povo 20h30 - Igreja que Sofre 21h00 - Questão de Fé 22h00 - Nazaré Notícias 22h45 - Sobre Todas as Coisas 23h00 - Conversa com Meu Povo 23h30 - Religare 23h58 - Encerramento da Programação da TV

QUARTA - FEIRA 00h00 - Palavra de Vida Eterna 00h05 - Mulher.com 02h30 - Caminhando Na Fé 02h45 - Mãe Maria 02h55 - Palavra de Vida Eterna 03h00 - Novena do Perpétuo Socorro 03h40 - Mãe Maria 03h55 - Palavra de Vida Eterna 04h00 - Questão de Fé 05h00 - Telecurso Ensino Médio 05h30 - Telecurso Espanhol 05h45 - Palavra de Vida Eterna 05h55 - Consagração a Nª Sª de Nazaré 05h58 - Abertura da Programação da TV 06h00 - Terço Glorioso 06h30 - Caminhando Na Fé 06h45 - Meu Pensamento 06h55 - Preparando a Festa 07h00 - Santa Missa 08h00 - Palavra de Vida Eterna 08h05 - Mulher.com 10h15 - Sobre Todas as Coisas 10h30 - De Mãos Dadas 11h00 - Terço das Santas Chagas 11h30 - Mãe Maria 11h45 - Sal da Terra 12h00 - Nazaré Notícias 12h45 - Novena de Nossa Senhora de Nazaré 12h55 - Palavra de Vida Eterna 13h00 - Fazendo Esperança 13h30 - Caminhando Na Fé 13h45 - Meu Pensamento 13h50 - Mãe Maria

14h00 - Igreja que Sofre 14h30 - Religare 15h00 - Pensando Bem 16h00 - Telecurso Ensino Médio 16h30 - Fazendo Esperança 17h00 - Caminhando Na Fé 17h15 - Sobre Todas as Coisas 17h30 - Terço Glorioso 17h55 - Preparando a Festa 18h00 - Santa Missa 18h55 - Palavra de Vida Eterna 19h00 - Nazaré Notícias 19h30 - Adoração ao Santíssimo 21h00 - Meu Pensamento 21h05 - Encantos da Amazônia 22h00 - Nazaré Notícias 22h45 - Caminhando Na Fé 23h00 - De Coração 23h30 - Religare 23h58 - Encerramento da Programação da TV

QUINTA - FEIRA 00h00 - Palavra de Vida Eterna 00h05 - Mulher.com 02h30 - Conversa com Meu Povo 03h00 - Pensando Bem 03h55 - Palavra de Vida Eterna 04h00 - Encantos da Amazônia 05h00 - Telecurso Ensino Médio 05h30 - Telecurso Espanhol 05h45 - Palavra de Vida Eterna 05h55 - Consagração a Nª Sª de Nazaré 05h58 - Abertura da Programação da TV 06h00 - Terço Luminoso 06h30 - Conversa com Meu Povo 06h55 - Preparando a Festa 07h00 - Santa Missa 08h00 - Palavra de Vida Eterna 08h05 - Mulher.com 10h15 - Desenho 10h30 - De Mãos Dadas 11h00 - Terço das Santas Chagas 11h30 - Igreja no Brasil 11h45 - Sobre Todas as Coisas 12h00 - Nazaré Notícias 12h45 - Novena de Nossa Senhora de Nazaré 12h55 - Palavra de Vida Eterna 13h00 - Igreja que Sofre 13h30 - Conversa com Meu Povo 14h00 - Mãe Maria 14h10 - Desenho 15h00 - Diálogo Aberto 16h00 - Telecurso Ensino Médio 16h30 - Conversa com Meu Povo 17h00 - Mãe Maria 17h10 - Palavra de Vida Eterna 17h15 - Desenho 17h30 - Terço Luminoso 17h55 - Preparando a Festa 18h00 - Santa Missa 18h55 - Palavra de Vida Eterna 19h00 - Nazaré Notícias 19h45 - Sobre Todas as Coisas 20h00 - Conversa com Meu Povo 20h30 - Terra Santa News 20h55 - Palavra de Vida Eterna 21h00 - Evangeliza Show 22h00 - Nazaré Notícias 22h45 - Sobre Todas as Coisas 23h00 - Conversa com Meu Povo 23h30 - Religare 23h58 - Encerramento da Programação da TV


10

belém, De 13 a 19 de janeiro de 2017

Santa Missa Horários de Missas nas paróquias da Arquidiocese de Belém Região Episcopal de Sant’Ana N. Sra da Graça (Catedral) Cidade Velha - Belém Sábado: 19h Domingo: 7h, 9h e 19h Telefone: 2121-3723/ 2121-3724 N. Sra. das Mercês (Reitoria) Comércio - Belém Sábado: 12h e 17h Domingo: 12h e 17h Sant'Ana da Campina Comércio - Belém Sábado: 12h (Igreja Matriz) Domingo: 7h (Col. D. Bosco) 9h (Igreja Matriz) Telefone: 3230-3734 São Judas Tadeu Condor - Belém Sábado: 19h. Domingo: 7h, 9h e 19h Telefone: 3115-6020 Sta. Teresinha do Menino Jesus Jurunas - Belém Sábado: 6h30 e 18h30 Domingo: 6h30, 8h30 e 18h Telefone: 3272-2251 Santo Antônio de Lisboa Batista Campos - Belém Sábado: 6h30, 12h, 17h e 18h30 Domingo: 8h, 11h, 17h, 18h30 e 20h Telefone: 3215-7004/ 3222-0097 Santíssima Trindade Campina - Belém Sábado: 16h Domingo: 7h, 10h, 11h30, 17h30 e 19h Telefone: 3215-7007/ 3242-4917 N. Sra. da Conceição Cidade Velha - Belém Sábado: 18h30 Domingo: 7h, 9h e 18h Telefone: 3215-7006 São José Umarizal - Belém Sábado: 19h Domingo: 7h, 11h e 19h Telefone: 3230-1633 Santa Luzia Jurunas - Belém Sábado: 7h, 17h e 19h Domingo: 7h30 e 19h Telefone: 3271-2146 N. Sra de Lourdes Nazaré - Belém Seg a Sáb: 6h30 e 18h Domingo: 7h, 9h, 17h30 e 19h30 Telefone: 3223-5728 N. Sra do Carmo Cidade Velha Sábado: 18h - Domingo: 7h Região Episcopal Santa Maria Goretti Santa Maria de Belém Terra Firme - Belém Terça: 19h Sábado: 19h - Domingo: 7h30 e 19h Telefone: 3253-5422 São Pedro e São Paulo Guamá - Belém Sábado: 19h Domingo: 7h, 9h e 18h30 Telefone: 3283-6021/3259-0413 São José de Queluz Canudos - Belém Sábado: 6h30 e 20h Domingo: 7h, 8h30, 17h30 e 20h Telefone: 3226-2612 São Domingos de Gusmão Terra Firme - Belém Sábado: 19h Domingo: 7h, 9h e 19h30 Telefone: 3253-2656/3274-4746 São Miguel Arcanjo Cremação - Belém Sábado: 18h30 Domingo: 7h30, 11h e 18h30 Telefone: 3283-6022 N. Sra de Fátima Fátima - Belém Sábado: 17h30 Domingo: 6h45, 8h30, 17h30 e 19h30 Telefone: 3228-0864

Santa Maria Goretti Guamá - Belém Domingo: 9h30 e 18h Telefone: 3283-6023 N. Sra de Nazaré (Basílica Santuário) Nazaré - Belém Sábado: 7h, 8h30,12h,17h Domingo: 6h30, 8h, 10h, 16h30, 18h e 20h Telefone: 4009-8400 São Francisco de Assis (Capuchinhos) São Brás - Belém Sábado: 19h30 Domingo: 6h, 7h30, 9h30,18h, 20h Telefone: 3073-1500 Santo Antônio do Tucunduba Guamá - Belém Sábado: 19h30 Domingo: 7h e 19h30 Telefone: 3274 -9001 Região Episcopal Santa Cruz Imaculada Conceição Castanheira - Belém Sábado: 17h. Domingo: 7h e 19h Telefone: 3277-4642/98111-8110 São Sebastião Sacramenta - Belém Sábado e domingo: 7h, 17h e 19h Telefone: 3264-9060/3254-7354 Jesus Ressuscitado Marambaia - Belém Sábado: 18h Domingo: 7h, 10h e 18h Telefone: 3277-4643 São Geraldo Magela Val de Cans - Belém Sábado: 19h Domingo: 7h30, 10h30 e 18h Telefone: 3257-7950 N. Sra do Perpétuo Socorro Segunda a sábado: missa - 19h Domingo: missa: 7h, 8h30, 17h30 e 19 h - Telefone: 3233 1797 São Jorge Marambaia - Belém Sábado: 19h Domingo: 7h, 9h, 17h e19h Telefone: 3277-4641 São Raimundo Nonato Umarizal - Belém Sábado: 6h30 e 18h Domingo: 6h30, 8h30 e 18h Telefone: 3277-4644 Santa Cruz Marco - Belém Sábado: 7h e 18h30 Domingo: 7h, 9h, 11h30 e 18h30 Telefone: 3277-4640/3276-0941 N. Sra da Conceição Aparecida Pedreira - Belém Sábado: 19h Domingo: 7h, 9h e 19h Telefone: 3233-4224/3276-9573 São Francisco Xavier Marco - Belém Sábado: 19h Domingo: 7h, 9h e 18h Telefone: 3352-8845 N. Sra Mãe da Divina Providência Val de Cans - Belém Sábado:19h - Domingo: 7h e 19h Telefone: 3257-2388 Sagrada Família Curió Utinga - Belém. Sábado: 7h e 19h30 Domingo: 7h, 9h e 19h30 São João Paulo II Souza - Belém De terça a sábado: 18h Domingos: 8h e 18h Telefone: 3277-4062 N. Sra de Loreto Marco - Belém Telefone: (91) 3355-6302 Sábado: 18h Domingo: 7h, 9h, 11h, 17h e 19h São Benedito Rua São Benedito, Barreiro

Terça a sexta-feira - 19h Sábado - 8h (missa com crianças) Domingos - 7h30 e 18h30 Região Episcopal São João Batista São João Batista e N. Sra das Graças Icoaraci - Belém Terça a sexta: 6h30 Sábado: 6h30, 17h, 20h Domingo: 7h e 18h Telefone: 3297-7250 São Francisco de Assis Tapanã - Belém Domingo: 7h e 18h30 Telefone: 3258-8036 N. Sra de Fátima Icoaraci - Belém Terça, quinta e sexta: 18h30 Sábado: 19h - Domingo: 19h Telefone: 3297-7251 Jesus Bom Samaritano Tapanã - Belém Domingo: 7h30 e 19h30 Telefone: 3033-2004 São Francisco das Ilhas Cotijuba - Belém Terça e quinta: 19h30 Sábado: 19h30 Domingo: 7h e 19h30 Telefone: 3247-1438 N. S. da Imaculada Conceição Outeiro - Belém Terça e quinta: 19h Sábado: 9h Domingo: 7h e 18h Telefone: 3267-1174 Nossa Senhora do Livramento Icoraci - Belém Terça, quinta, sexta e sábado:19h Domingo: 7h e18h Telefone: 3288-4250 Divina Misericórdia Águas Negras - Icoaraci Terça a sexta: 18h30 Sábado: 17h e 19h30 (comunidade) Domingo: 7h e 19h 30 Santo Afonso de Ligório Pratinha - Belém Sábado: 19h Domingo: 8h30 e19h Telefone: 3258-1554/3274-8281 São Francisco de Assis Campina - Icoaraci Domingo: 7h, 9h e 18h30 De terça-feira a sexta-feira: 19h Telefone: 3297-0765 Região Episcopal Coração eucarístico de jesus Coração Eucarístico de Jesus Catalina - Belém Sábado: 19h Domingo: 7h, 10h e 19h Telefone: (91) 3285-1433

Telefone: 3289-5368

Telefone: 3237-8351

N. Sra de Lourdes Coqueiro - Ananindeua Sábado: 17h. Domingo: 7h e 19h Telefone: 3275-2391 Santo Antônio de Pádua Coqueiro - Ananindeua Sábado: 19h. Domingo: 7h e 18h Telefone: 3237-8350

Pedro Pescador Baía do Sol - Mosqueiro Ter a sexta: 19h (Igreja S. Sebastião) Quarta: Matriz - 19h Sábado:19h (Igreja São Sebastião) Domingo: 8h (Ig. S. Sebastião); 10h30 (Ig. Div. Esp. Santo); 19h ( Matriz) Telefone: 99919-4153

Arcanjo São Miguel Una - Ananindeua Sábado: 19h Domingo: 7h30. 9h30 e 19h Telefone: 3234-4674

Área Missionária São Paulo, Apóstolo Rodovia BR-316 Domingo: 9h e 11h Telefone: 98292-9199

Região Episcopal Menino Deus

Região Episcopal São Vicente de Paulo

N. Sra. Auxiliadora Anita Gerosa (Aurá) - Ananindeua Domingo: 7h e 18h Telefones: 3255-3828

Cristo Rei Guanabara - Ananindeua Domingo: 7h, 9h30 e 19h Telefone: 3235-1405

N. Sra. das Vitórias Almir Gabriel - Marituba Sábado: 19h Domingo: 7h, 19h Telefone: 3256-7655 Sagrado Coração de Jesus Júlia Seffer - Ananindeua Sábado: 19h Domingo: 7h30, 9h e18h Telefone: 3265-5413 Sagrado Coração de Jesus Distrito Industrial - Ananindeua Sábado: 19h Domingo: 7h, 8h30 e 17h30 Telefone: (91) 98855 - 2232 Menino Deus Centro - Marituba Domingo: 6h, 8h30 e 18h Telefone: 3237-8351 N. Sra. de Nazaré Quarta - feira Horário de Missa: às 19h Domingos: às 8h30 Telefone: 98040-5117 /98102 - 7344 N. Sra. das Graças Centro - Ananindeua Sábado: 19h Domingo: 7h e 19h Telefone: 3255-2654 N. Sra. do Ó Vila - Mosqueiro Sábado: 19h30 Domingo: 6h30, 9h30 e 19h30 Telefone: (91) 3771-1278 São Pio X Águas Lindas - Ananindeua Domingo: 7h30 e 19h30 Telefone: 32155-2583 Santa Rosa de Lima Independente - Benevides Terça a Sexta:18h Sábado:17h, 19h Domingo: 07h30 e 19h Telefone: (91)3724- 1135

Santa Edwiges Mangueirão - Belém Sábado: 19h Domingo: 7h, 9h30 e18h Telefone: 3279-1654

Bom Pastor Nova Marituba - Marituba Segunda a Sexta: 18h Sábado: 6h, 9h30 e 19h Domingo: 6h, 9h30 e 19h Telefone: 4106-0202

N. S. Rainha da Paz Bengui - Belém Domingo: 7h, 9h e 18h30 Telefone: 3277-4645

N. Sra da Conceição Praça Matriz - Benfica Domingo: 6h15 e 19h30 Telefone: 3450-8147

N. S. do Bom Remédio Conjunto Satélite - Belém Sábado: 17h30 Domingo: 7h e 18h30 Telefone: 3289-5355/3248-1136

N. Sra da Conceição Carananduba - Mosqueiro Ter a Sex: 18h30 Sábado: 18h30 - Domingo: 7h e 19h Telefone: 3772-1183

Natividade de Nosso Senhor Jesus Cristo Conjunto Sideral - Belém Domingo: 7h, 9h e18h Telefone: 3067-2017

Santa Bárbara Centro - Santa Bárbara Domingo: 7h30 e 19h Telefone: 3776-1529

Santa Luzia do Bom Futuro Cabanagem - Belém Sábado: 17h - Domingo: 7h e 19h Santa Teresinha do Menino Jesus Tenoné - Belém Domingo: 7h e 18h

São Marcos Uriboca - Marituba Terça: 19h. Domingo: 7h e 19h

Divino Espírito Santo Cidade Nova - Ananindeua Sábado: 7h. Domingo: 7h, 9h e 18h Telefone: 3263-0603 Santo Inácio de Loyola Icui Guajará - Ananindeua Domingo: 7h e18h Telefone: 991541971 São Lucas Evangelista Guajará - Ananindeua Sábado: 19h. Domingo: 7h e 19h Telefone: 3279-2621 Santa Maria Mãe de Deus Maguari - Ananindeua Terça, quarta, sexta e sábado: 7h Quinta: 19h Domingo: 7h e 19h Fone: (91) 3255-5284 Santa Teresinha Águas Lindas - Ananindeua Domingo: 7h30 e 18h Telefone: 9916-4548/99169-3443 N. Sra. de Guadalupe Coqueiro - Ananindeua Terça a sexta: 19h Sábado: 18h30 Domingo: 7h ,9h e18h Telefone: 3245-7440 Cristo Peregrino Jaderlândia - Ananindeua De Segunda a Sábado: 19h Domingo: 7h,17h e19h Telefone: 3237-9891 Santa Paula Frassinetti Cidade Nova VI - Ananindeua Segunda e quarta: 18h30 Terça e quinta: 19h30 Sexta: 7h. Sábado: 19h Domingo: 7h, 9h, 18h Telefone: 3279-2620 Transfiguração do Senhor Curuçambá - Ananindeua Sábado: 18h30 e 20h Domingo: 7h e 18h30 Telefone: 3286-8570 Santa Rita de Cássia Cidade Nova V - Ananindeua. Sábado: 6h30 e 17h30 Domingo: 6h30, 8h30, 7h30 e 19h30. Telefone: 3273-3191/ 3273-3310 São Vicente de Paulo Paar - Ananindeua Domingo: 7h, 8h30 e 19h São José Operário Conj. Carnaúba, Icuí - Ananindeua Domingo: 7h e 18h Telefone: 3295-3545/3031-1172 N. Sra do Amparo Cidade Nova 8 - Ananindeua Sábado: 7h e19h Domingo: 7h, 9h e 18h Telefone: 3287-2418 Santo André Apostolo Coqueiro - Ananindeua Terça a sexta - 19h Sábado: 19h - Domingo: 8h e 19h Telefone: (91) 3235-1658

Não encontrou o horário da sua paróquia aqui? Entre em contato com seu pároco ou com a secretaria da sua paróquia e solicite que nos informem para podermos publicar.


belém, De 13 a 19 de janeiro de 2017

11

Família Nazaré fotos: divulgação

aniversário de belém

Programação especial na Rádio e TV Nazaré

w PAES LOUREIRO E o músico Salomão Habib foram atrações do programa especial

A diversidade cultural de Belém em destaque

E

m 12 de janeiro de 2017, a capital paraense Belém completa 401 anos. Para celebrar o aniversário da cidade uma programação especial foi preparada para os ouvintes e telespectadores da Rádio Nazaré e TV Nazaré, respectivamente. Na Rádio, a programação alusiva ao aniversário de Belém começou na segunda-feira, 9, estendendo-se até quinta-feira, 12. A TV Nazaré exibe o especial “Belém 401 de História, Arte e Vivência”, às 12h. Ao l o n g o d a s e m a n a entrevistados foram trazidos para o estúdio da Rádio para falar das peculiaridades de Belém. No Programa Igreja

Testemunho de Fé

N

o início de 2012, fui diagnosticado com uma tuberculose em estágio avançado que me fez ser internado às pressas enquanto expelia uma grande quantidade de sangue dos pulmões, já bastante debilitados. Em meu leito, enquanto recuperava-me, entendi que tal livramento fora feito pela misericórdia de Deus e o quão precioso era o dom da vida concedido por Ele. Maurício Reis Lopes,

25 anos, estudante

Ponto a Ponto, apresentado pelo Padre Nilton Cezar Reis, esteve presente o M o n s e n h o r Ra i m u n d o Possidônio, historiador, abordando a religiosidade e a evangelização enraizada desde o ano de 1616, data de fundação da cidade, entre outros fatos relativos a cidade de Belém. Músicas regionais, nos mais diversos ritmos foram tocadas durante a programação. No dia 12, Irmã Marília Menezes participou do Programa Varanda Musical, apresentado por Jota Cardoso; a religiosa falou dos diversos aspectos da cidade de Belém que inspiraram o poema de sua autoria que foi premiado. Belém passou ao longo de mais de quatro décadas por transformações, mas sempre ficaram em evidência as diversas particularidades da cidade, como a cultura, a arte e culinária. A TV Nazaré na oportunidade de apresentar a diversidade dessa cultura, levou ao ar no dia 12 o programa “Belém 401 de História, Arte e Vivência”, apresentado por Marcos Valério e Larissa Cristina. Com duração de uma hora e meia, o programa destaca os prédios arquitetônicos, pontos turísticos, a linguagem usada cotidianamente pelos belenenses, a cultura musical, entre outros.

Parabéns para você!

O

brigado meu Deus e senhor, pelo dom da vida. Obrigado por permitires que realizasse tantas coisas. Talvez eu nem poderia realizar, mas tu com tua bondade e infinita misericórdia me concedeste a graça de realizá-las. Obrigado por me sustentar nos momentos que fraquejei. Por isso senhor, neste momento que me encontro em teu colo, só quero agradecer e te dizer muito obrigado pelo dom da vida. Amém! William Rubens Lisboa Chagas,

32 anos , Químico 19/01

13/01 Ana Kamila Barros Barbosa Ítalo Pinheiro Monteiro Marcilene Borges de Brito Maria do Socorro Rebelo Maria Luiza da Cunha Maria Zeferino de Souza Rosileide Maria da Costa Cunha 14/01 Casal Luis Eduardo Aragon e Sônia Maria Gonçalves Aragon Lucia Pereira de Brito Moutinho Maria Lucia Ferreira Reis Marlene Dias do Nascimento Raimundo Leão Filho Rigoberto Cordeiro Nery Terezinha Pinto Mendes Valentina Travassos Lopes 15/01 Alexandre Barral Secco Alves Ana Maria Barbalho Silva Domingas Rodrigues de Lima Eloisa Flora de Arruda Moura Fernando Edson da Silva Jose Gonçalves Chaves Marcia Denise Costa Alves Marta Maria do Amaral Mousinho Stela Maria Soares Tavares 16/01 Maria do Socorro Sardinha de Oliveira Maria José dos Reis Pinho Marilene P. Bogea

17/01 Ana Nelcy Corrêa de Moraes Brasiliano Barbosa Rodrigues Janete Mufarrej Hage Romário Salgueiro Melo 18/01 Abilio Paes dos Santos Andreza de Souza Borges Carlos Alberto Candeira Barra Carmem Arias Cruz Dulce Guimarães Ramos da Fonseca Luiz Santos de Alencar Maria da Conceição de Lima Moy w

Maria da Salete Azevedo Andrade Raimunda da Silva Lajes Sandra Regina da Costa Pimenta 19/01 Ana Célia Oliveira de Andrade Anaerca Leão Rodrigues Dinair Nascimento Machado Eunice do Socorro Franca Monteiro Izabel Monteiro dos Santos Liana Magalhães Reis Marcello Dellavalle Tatiana Fabricia Vasconcelos P. da Silva William Rubens Lisboa Chagas

Aniversário natalício de padres e diáconos diocesanos 13/01 - Pe. José Adelson Ramos das Mercês 17/01 - Pe. Sebastião Nazaré Antero 18/01 - Diác. José dos Santos Ventura 18/01 - Pe. Gustavo Bonassi 18/01 - Diác. Ricardo Nazareno Barra Cordeiro

w

Aniversário de ordenação dos padres e diáconos diocesanos 13/01 - Pe. Frei Eldi Pereira Silva

Ajude a manter a Fundação Nazaré de Comunicação. Ligue para 4006-9200 e seja sócio da Família Nazaré.


12

belém, De 13 a 19 de janeiro de 2017

Arquidiocese

fotos: divulgação

PARABÉNS

Belém completa 401 anos de fundação Dom Alberto presidiu missa em Ação de Graças

A

capital do Estado do Pará, Belém completou em 12 de janeiro 401 anos de fundação. Para celebrar o aniversário da cidade das mangueiras, na Catedral Metropolitana de Belém, ocorreu às 8h missa em Ação de Graças presidida pelo Arcebispo Metropolitano de Belém, Dom Alberto Taveira Corrêa e concelebrada pelo Bispo Auxiliar de Belém, Dom Irineu Roman. A missa em Ação de Graças reúne todos os anos centenas de fiéis que comparecem para festejar o aniversário da cidade, momento que reúne também o prefeito de Belém Zenaldo Continhos e autoridades. Depois da celebração muitos fiéis

se dirigiram ao Ver-o-Peso, espaço onde é cortado o tradicional bolo de aniversário, que todos os anos surpreende pelo tamanho. Todos cantaram neste momento os parabéns para a cidade. Os belenenses e turistas na data de aniversário de Belém puderam participar das atividades programadas pelas instituições públicas ou privadas. Um dos momentos marcantes foi o abraço de oração e gratidão por Belém, em frente ao Palácio Antônio Lemos, que aconteceu às 9h30. Às 18h, houve a solenidade de entrega das medalhas do mérito Francisco Caldeira Castelo Branco e comemorativo ao aniversário de Belém.

w tradicional bolo de aniversário no Ver O Peso, comemoração de 2016

No dia 15, em comemoração pelo aniversário de Belém, A Fundação A m a z ô n i a d e M ú s i c a ( FA M ) , apresenta o espetáculo “Vale Música Celebra Belém”, ao ar livre, na Praça da República, ao lado do Teatro Waldemar Henrique, às 10h. História

Francisco Caldeira Castelo Branco fundou Belém em 12 de janeiro de 1616. O Capitão-mor era encarregado pela coroa portuguesa de conquistar, ocupar, explorar e proteger a foz do rio Amazonas.

O Forte do Presépio, marco inicial da cidade foi erguido na península habitada pelos índios Tupinambás, estrategicamente situada na margem direita da foz do rio Guamá, onde este rio deságua na baía do Guajará. No Forte do Presépio, que originou o povoado inicialmente denominada de Feliz Lusitânia, elevado à categoria de município com a denominação de Santa Maria de Belém do Pará. Anos mais tarde foi denominada sucessivamente por: Santa Maria do Grão Pará, Santa Maria de Belém do Grão Pará e atualmente Belém.

Campanha Pequenos Reis Magos teve seu primeiro ano em Belém

w crianças vivenciaram a campanha em Belém

A campanha Pequenos Reis Magos, realizada pela Pastoral da Criança, concluiu mais uma etapa no dia 8. A iniciativa que busca angariar recursos para crianças em situação de risco em países subdesenvolvidos contou neste segundo ano de realização com a participação pela primeira vez da Arquidiocese e de outras três dioceses brasileiras. Em 2015 a campanha foi realizada no Brasil como experiência piloto por crianças e jovens da catequese, com o apoio dos bispos, padres e pessoas da Pastoral da Criança. A experiência conquistou crianças da Arquidiocese de Belém, em 2016, foi uma

quadrinhos andré abreu

das que participou pela primeira vez. Na capital paraense, o Santuário Nossa S e n h o ra d e F á t i m a , n o Bairro de Fátima, teve a maior adesão à campanha, envolvendo catequistas, crianças e pais. Na paróquia as atividades iniciaram no dia 17 aos moldes da iniciativa “ K i n d e r m i s s i o n s we r k ” , promovida na Alemanha. Pa r a L u c i l a F r e i t a s , coordenadora arquidiocesana da Pastoral da Criança, a primeira experiência foi satisfatória, e contribuiu o próximo ano. “Houve muito esforço de catequistas, das crianças e também dos pais que abraçaram a causa.

BOA DICA

C o m o p r i m e i ro a n o f o i muito bom e para o próximo ano teremos um melhor preparo para articular e envolver mais paróquias e pastorais. O objetivo é que a campanha cresça dentro da arquidiocese”. No dia 8 a campanha e n c e r ro u c o m m i s s a n o Santuário de Fátima, presidida por Padre Moisés e participação dos envolvidos. O valor obtido será enviado aos países, após a celebração d a a ç ã o d e g ra ç a s p e l a campanha com a participação das crianças, que acontece na sede da Pastoral da Criança em Curitiba (PR), no dia 15 de janeiro de 2017.

livros e cd's

n CD Zé Vicente - Nas Horas de Deus, Amém! ( Paulinas R$ 18,20 )

O

eu indico divulgação

Magaly Sousa, 50 anos, secretária

E

u Indico o CD “Ânima”, da cantora e compositora Celina Borges, são músicas que nos acalma a alma e me faz louvar a Deus, quando eu estava passando por um momento difícil de saúde ganhei esse CD de presente de uma amiga, a música Orar e Amar foi a que me tocou, eu tive uma intimidade profunda com Deus. A palavra Ânima vem do latim e quer dizer alma, vida. Celina Borges quis expressar isso nesse CD, músicas vindas da alma.

inspirado cantor e compositor católico Zé Vicente traz neste CD onze canções que fazem muito sucesso junto a seu público. Destaque para “Glória a Deus nas Alturas”, “Divino Recado” e “Missão de Todos Nós”. Confira!

n Livro - DOCAT - Como agir? Bento XVI ( Paulus R$ 32,40)

D

ando continuidade ao projeto do YOUCAT, o presente livro apresenta a Doutrina Social da Igreja numa linguagem jovem. Esta obra conta ainda com prefácio do Papa Francisco, que manifesta o sonho de ter um milhão de jovens leitores da Doutrina Social da Igreja, convidando-os a ser Doutrina Social em movimento.


belém, De 13 a 19 de janeiro de 2017

2º C aderno

Nova Região Episcopal

Região Episcopal Coração Eucarístico de Jesus

Atenderá parte da população da Região Episcopal São João Batista fotos: divulgação

w paróquia Nossa Senhora do Bom Remédio será a sede da nova região episcopal

D

om Alberto Taveira Correa, Arcebispo de Belém, erigiu no dia 20 de novembro do ano passado, por ocasião da solenidade de Nosso Senhor Jesus Cristo e do encerramento do Ano Santo da Misericórdia, a nova região episcopal da Arquidiocese. O comunicado foi feito nas celebrações do Natal juntamente com as novas provisões de transferências de padres, da constituição do Conselho Presbiteral e das nomeações de vigários episcopais. Intitulada de Região Episcopal Coração Eucarístico de Jesus, com sede na Paróquia de Nossa Senhora do Bom Remédio, no Conjunto Satélite, na Nova Marambaia, ela atenderá parte da população antes assistida pela Região Episcopal São João Batista, com sede na Paróquia de São João Batista e Nossa Senhora das Graças, em Icoaraci. À frente como vigário episcopal, Cônego José Luiz Alves Fernandes e como representante do clero da região Padre Adalberto do Espírito Santo Brandão. A nova Região constitui-se de

10 paróquias: Arcanjo São Miguel, Coração Eucarístico de Jesus, Natividade de Nosso Senhor Jesus Cristo, Nossa Senhora do Bom Re m é d i o ( s e d e ) , S a n t a Edwiges, Santa Luzia d o B o m Fu t u ro , S a n t a Teresinha do Menino Jesus (Tenoné) e Santa Antônio de Pádua. Segundo Cônego Antônio Beltrão, chanceler da Cúria Metropolitana, a criação da nova Região se deu em virtude do crescimento populacional e do número de paróquias pertencentes à Região Episcopal São João Batista: “Considerando o bem do povo de Deus

n e s t a A rq u i d i o c e s e d e Belém e as conveniências de ordem pastoral com a implantação de projetos de Nova Evangelização, Dom Alberto, ouvido o Conselho Presbiteral da Arquidiocese, usando de sua jurisdição ordinária, decidiu criar e instalar uma nova Região Episcopal para melhor atender o povo residente naquele local”.

w padre Adalberto

w Cônego Antônio Beltrão

Braço forte da evangelização

Cônego Antônio Beltrão explica que as Regiões Episcopais têm caráter pastoral e são previstas dentro das orientações da

Igreja, podendo ser chamadas de vicariatos ou foranias. Têm autonomia para suscitar novas lideranças e o d e ve r d e p e rc e b e r n e c e s s i d a d e s pastorai. Funcionam c o m o b ra ç o s f o r t e s d a evangelização dentro das realidades paroquiais: “Sua presença dentro de uma circunscrição eclesiástica é de grande importância. O vigário episcopal tem atribuições que facilitam o melhor andamento dos trabalhos de evangelização da igreja. Ele é a pessoa do Arcebispo, ou seja, facilita de maneira expressiva o atendimento às paróquias, às

comunidades e à população. Os vigários reúnemse mensalmente com o arcebispo, periodicamente com os padres e coordenadores. Realizam e n c o n t ro s e m n í ve l d e paróquia e de Região, como por exemplo, a assembleia arquidiocesana. Isso agiliza o processo pastoral e evangelizador, certamente fortalece a fé das pessoas, assim como o atendimento e acompanhamento dos paroquianos”.

ARQUIDIOCESE DE BELÉM A Arquidiocese de Belém abrange uma área de 1.820,273 km², distribuída entre cinco municípios. É composta por 86 paróquias. Até 2015 sua população era de 2.301.115 habitantes, 82% católicos. Atualmente possui sete regiões episcopais e o Vicariato Episcopal para a Vida Consagrada.

As 10 paróquias que compõeM a nova Região Episcopal - Coração Eucarístico de Jesus - Pe. José Antônio Paixão da Silva - Conjunto Catalina - Natividade de Nosso Senhor Jesus Cristo - Pe. Osmar Antônio dos Santos - Nova Marambaia - Nossa Senhora do Bom Remédio (sede) - Cônego José Luiz Alves Fernandes – Conjunto Satélite - Santa Edwiges – Pe. Idair Bonadiman– Nova Marambaia - Santa Teresinha do Menino Jesus – Pe. Ednaldo de Jesus Soares Ferreira - Tenoné - Arcanjo São Miguel - Pe. Moacir Robledo de Oliveira - Una - Paróquia Nossa Senhora de Lourdes – Pe. Manoel Valadan - 40 Horas - Paróquia Nossa Senhora Rainha da Paz - Pe. Vanderson Jorge da Costa Barata – Benguí - Santa Luzia do Bom Futuro - Pe. Valdir Gomes da Silva Cabanagem - Santa Antônio de Pádua – Pe. Adalberto do Espírito Santo Brandão - Coqueiro

Vigário Episcopal O cônego José Luiz Alves Fernandes será empossado como vigário episcopal da nova Região e pároco da Paróquia de Nossa Senhora do Bom Remédio no próximo dia 15, às 19h, na matriz da respectiva paróquia, localizada no Conjunto Satélite. Com 48 anos de idade e 12 de sacerdócio, o piauiense, natural de Parnaíba, escolheu a Igreja de Belém para desenvolver sua missão.  Na década de 90 fez experiência de discernimento durante um ano na Congregação Salesiano. No ano seguinte ingressou no Seminário Propedêutico Dom Tadeu Prost e em seguida no Seminário São Pio X, onde concluiu os estudos de filosofia e teologia.  Foi integrante da última turma de seminaristas ordenados por Dom Vicente Zico.  Assumiu sua primeira paróquia em 2005, como vigário de Santa Teresinha

do Menino Jesus, no Jurunas. Por três anos atuou como reitor do Seminário Propedêutico.   Ele foi o primeiro pároco e um dos fundadores da Paróquia do Sagrado Coração de Jesus, no Julia Seffer. Anos depois retorna ao Seminário São Pio X, como vice reitor.  Nesse período trabalhou como administrador paroquial da Paróquia de Nossa Senhora da Conceição, Benfica. Desde 2013 atuava como pároco de São Pio X.   Na arquidiocese também desenvolveu função de diretor da escola diaconal.  Para ele a expectativa é grande de assumir a nova missão: “estou muito esperançoso. Ainda não conheci a realidade da paróquia e da Região Episcopal. A missão é chegar, conhecer a área e trabalhar com o melhor para a igreja”.

w Cônego José Luiz à frente como vigário episcopal


2

belém, De 13 a 19 de janeiro de 2017

Igreja

2º Caderno Miscelânea

Côn. Cláudio Barradas (claudiobarradaspe@gmail.com)

N

a quarta e última residência, a de um fariseu, em que, a seu convite, Jesus assentouse à mesa para uma refeição (Lc 11,37- 52), a quando de sua longa viagem a Jerusalém (Lc 9,31-19, 40), ao fim da qual, sabia ele muito bem, seria crucificado, mas mesmo assim, ou justamente por isso, dirigiu-se resoluto para lá, além de recriminar seu anfitrião, como vimos em nossa edição passada, estigmatizou os juristas presentes, com palavras não menos fortes que as dirigidas àquele, como, nesta de hoje, passamos a ver, a partir de agora. Seu causador foi um deles, ao se sentir atingido pela censura de Jesus ao dono da casa. Sua queixa: - Mestre, ao dizer isso nos ofendes. - Pra que! Sobrou para ele e seus pares. Quem mandou se meter? Aguenta! Jesus, com a coragem e o destemor de sempre, sem perda de tempo, voltou-se contra eles, servindose de três irrespondíveis, porque justíssimos, “ai de vós!”, expressão profética, clássica, de maldição, encontrada na Bíblia, já o vimos aqui, nada menos que oitenta e uma vezes: sessenta e quatro no AT e dezessete no NT. Com a palavra o Senhor: - Ai de vós também, juristas, que carregais os homens com cargas insuportáveis, enquanto vós não tocais essas cargas sequer com

Jesus, na casa de um outro fariseu divulgação

w OXALÁ não estejamos precisando dessas recriminações de Jesus

um dedo. Ai de vós, que construís mausoléus para os profetas que vossos antepassados assassinaram. Assim vos tornais testemunhas e cumplices do que vossos antepassados fizeram; pois eles os mataram e vós construís os mausoléus. Por isso diz a Sabedoria de Deus: eu lhes enviarei profetas e apóstolos; alguns eles matarão e perseguirão; assim se pedirá conta a essa geração de todo o sangue de profetas derramado desde a criação

do mundo; desde o sangue de Abel até o de Zacarias, assassinado entre o altar e o santuário. Sim, eu vos digo, serão pedidas contas a esta geração. Ai de vós juristas, que ficastes com a chave do saber: vós não entrastes, e fechastes a passagem aos que entravam.” Esmiuçemos essa objurgatória do Mestre. Inicialmente, (V 46) “Ele os repreende energicamente por sobrecarregarem os demais, sem

dó nem piedade, com um número excessivo de leis, mandamentos, ordens e obrigações, todos dificílimos de observar - “Carga insuportável”, no dizer de Jesus- , quando eles recorrem a sutilezas casuísticas para se eximir de, como seria o certo, servir-lhes de exemplo, sendo os primeiros a pô-los em prática. Depois, (V 47-51), acusa-os de, ao construírem mausoléus para os profetas assassinados por seus antepassados, serem testemunhas e cúmplices desses assassínios, asseverando por duas vezes (v 50 s) que serão pedidas - entenda-se, por Deus - contas, a eles e à sua geração, do sangue derramado de todos os profetas. Enfim, (v 52), responsabiliza-os por, literalmente, ficarem com a chave do saber, ou seja, segundo uns biblistas, arrogarem para si o monopólio da compreensão do verdadeiro sentido das Escrituras, impedindo os demais de entendê-las; segundo outros, barrando-lhes a entrada no reino de Deus, cujo caminho elas nos ensinam. Oxalá não estejamos precisando dessas recriminações de Jesus. Se estivermos, corrijamo-nos, pois que é isto, creio, que ele quer, para o nosso bem.

Santos da semana Diác. Benedito Otávio (artpresent@superig.com.br)

17/01 - Terça-feira. Santo Antônio do Egito - Abade.

13/01 - Sexta-feira. Santo Hilário de Poitiers - Bispo e Doutor da Igreja.

Aos 20 anos, deixou tudo para viver em um deserto. Em seguida, foi para uma região às margens do Mar Vermelho, onde viveu por mais de 80 anos. Muitos, do oriente e do ocidente, até Constantino e seus filhos, vinham a ele, atraídos por sua fama de santidade . Sabemos isso por seu discípulo “Santo Atanásio”. Por duas vezes deixou sua ermida: a 1º, para confortar os perseguidos por Maximino; a 2ª, a convite de Atanásio, para exortar à fidelidade ao Concílio de Nicéia. Em sua iconografia, aparece rodeado de mulheres curvilíneas, simbolizando a tentação, ou rodeado de animais, principalmente porcos, dos quais é tido popularmente como protetor.

Na História temos alguns santos que se converteram após a leitura dos evangelhos, como Agostinho, Francisco e outros. Hilário foi um deles. Lutou também tenazmente contra os hereges arianos, que negavam a divindade de Nosso Senhor Jesus Cristo. Foi por isso chamado de “o Atanásio do Ocidente”. Assim como Santo Atanásio, foi também perseguido e exilado. No exílio, aprofundou seus estudos, voltando com mais força para defender a fé. Sua maior obra é o Tratado Sobre a Santíssima Trindade, vendido até hoje. Faleceu em 367. 14/01 - Sábado. São Felix de Nola - Confessor e Mártir. Sacerdote de origem síria, século III. Aprisionado por ocasião das perseguições de Décio e Valeriano, sofrendo com inquebrantável firmeza diversos suplícios, até ser libertado do cárcere por um Anjo, como contaram testemunhas. Mais tarde, recusou por humildade o bispado de Nola, Nápoles, Itália. Embora não tenha sido morto por ódio à fé, é considerado mártir pelo muito que sofreu por amor a Jesus Cristo, um martírio incruento comparável ao de Nossa Senhora. Uma frase mais recente diz: “Deixar-se consumir pela ação pastoral”. 15/01 - 2º Domingo do Tempo Comum. Santa Ita ou Ida - Virgem e Fundadora. Irlanda. Seu nome de batismo Dorothy. No século VI, muitos lugares longínquos, como a Irlanda, foram evangelizados e nelesforam florescendo pessoas dispostas a propagar a fé. Já aos 14 anos consagrou-se a Cristo. Incentivou a construção de uma escola para crianças. Fundou um mosteiro em Cluain Credail. Era uma pessoa extremamente dedicada à oração e ao conhecimento da Palavra de Deus. Conhecida como o sol branco das mulheres de Münster. Faleceu em 571.

18/01 - Quarta-feira. São Deicolo de Lure - Abade.

16/01 - Segunda-feira. Beato José Vaz - Missionário. Eis o primeiro indiano a ser elevado à glória dos altares. Nasceu em Goa, na costa de Malabar, em 1651, quando aquela região era colônia portuguesa. Em 1676 se tornou sacerdote na Congregação dos Negros de São Filipe. Foi então em missão para o Ceilão, hoje Siri Lanka, porém os holandeses, que dominavam aquela região, expulsaram todos os missionários, com ameaças de morte. Mesmo assim, José ainda fez seu trabalho, introduzindo o evangelho nas línguas tamil e cingalês. Faleceu em Kandy em 1711.

Na pequena Lure, Haute-Saône, França, é reverenciado um irlandês por nome Deícolo, discípulo de São Columbano, fundador de mosteiros. Juntamente com seu mestre, foi para a Gália, onde fundaram a abadia de Luxeuil. Porém, quando em 610 Columbano foi exilado para a Itália, Deicolo refugiou-se em Lure e lá fundou outra abadia, tornando-se o 1º abade. Faleceu em 625. Era conhecido por estar sempre de bom humor e ter feito muitos milagres em vida e após a morte. Ficou conhecido graças a uma biografia do século X, escrita por um rei de Lure.. 19/01 - Quinta-feira. São Remígio - Apóstolo dos Francos. Um dos mais extraordinários bispos da antiguidade, dentre os que se dedicaram ao apostolado com os bárbaros. Teve papel decisivo na conversão e batismo do rei franco Clóvis e de todo seu povo,como se vê ao lado. Durante as invasões dos bárbaros na Europa, séc. V, a Gália romana apresentava todos os sintomas de decadência, próprios do fim de uma era. O Império Romano agonizava, e grandes santos da Igreja se empenhavam na conversão dos bárbaros invasores.


belém, De 13 a 19 de janeiro de 2017

2º Caderno

18

É a hora de dar espaço à imaginação a propósito da misericórdia para dar vida a muitas obras novas, fruto da graça. A Igreja precisa de narrar hoje aqueles «muitos outros sinais» que Jesus realizou e que «não estão escritos» (Jo 20, 30), de modo que sejam expressão eloquente da fecundidade do amor de Cristo e da comunidade que vive d’Ele. Já se passaram mais de dois mil anos e, todavia, as obras de misericórdia continuam a tornar visível a bondade de Deus. Ainda hoje populações inteiras padecem a fome e a sede, sendo grande a preocupação suscitada pelas imagens de crianças que não têm nada para se alimentar. Multidões de pessoas continuam a emigrar dum país para outro à procura de alimento, trabalho, casa e paz. A doença, nas suas várias formas, é um motivo permanente de aflição que requer ajuda, consolação e apoio. Os estabelecimentos prisionais são lugares onde muitas vezes, à pena restritiva da liberdade, se juntam transtornos por vezes graves devido às condições desumanas de vida. O analfabetismo ainda é muito difuso, impedindo aos meninos e meninas de se formarem, expondo-os a novas formas de escravidão. A cultura do individualismo exacerbado, sobretudo no Ocidente, leva a perder o sentido de solidariedade e responsabilidade para com os outros. O próprio Deus continua a ser hoje um desconhecido para muitos; isto constitui a maior pobreza e o maior obstáculo para o reconhecimento da dignidade inviolável da vida humana. Em suma, as obras de misericórdia corporal e espiritual constituem até aos nossos dias a verificação da grande e positiva incidência da misericórdia como valor social. Com efeito, esta impele a arregaçar as mangas para restituir dignidade a milhões de pessoas que são nossos irmãos e irmãs, chamados conosco a construir uma «cidade fiável».[19] 19. Muitos sinais concretos de misericórdia foram realizados durante este Ano Santo. Comunidades, famílias e indivíduos crentes redescobriram a alegria da partilha e a beleza da solidariedade. Mas não basta. O mundo continua a gerar novas formas de pobreza espiritual e material, que comprometem a dignidade das pessoas. É por isso que a Igreja deve permanecer vigilante e pronta para individuar

3

Especial Carta Apostólica

O Jubileu Extraordinário da Misericórdia terminou dia 20 de novembro. O Papa Francisco publicou a Carta Apostólica “Misericórdia et misera”. O significativo documento contém 22 pontos, centrados na misericórdia divina. O Jornal Voz de Nazaré segue com a divulgação iniciada na edição 747 (25/11 a 1/12/2016), caderno 2, página10.

CARTA APOSTÓLICA ''Misericordia et misera'' SANTO PADRE  FRANCISCO NO TERMO DO JUBILEU EXTRAORDINÁRIO DA MISERICÓRDIA

A quantos lerem esta Carta Apostólica, misericórdia e paz! divulgação

responde, antes de mais nada, com a vigilância e a solidariedade. Hoje são tantas as situações em que podemos restituir dignidade às pessoas, consentindolhes uma vida humana. Basta pensar em tantos meninos e meninas que sofrem violências de vários tipos, que w multidões de pessoas continuam a emigrar dum país para outro lh es ro ubam a alegria da novas obras de misericórdia e 21). A vergonha é superada e a vida. Os seus rostos tristes e implementá-las com generosidade dignidade restituída. desorientados permanecem e entusiasmo. Fixemos o olhar também em impressos na minha mente; Assim, ponhamos todo o Jesus no Gólgota. Na cruz, o Filho pedem a nossa ajuda para serem esforço em dar formas concretas de Deus está nu; a sua túnica foi libertados da escravidão do à caridade e, ao mesmo tempo, sorteada e levada pelos soldados mundo contemporâneo. Estas entender melhor as obras de (cf. Jo 19, 23-24); Ele não tem crianças são os jovens de amanhã; misericórdia. Com efeito, esta mais nada. Na cruz, manifestacomo estamos a prepará-las possui um efeito inclusivo pelo se ao máximo a partilha de Jesus para viverem com dignidade que tende a difundir-se como com as pessoas que perderam a e responsabilidade? Com que uma nódoa de azeite e não dignidade, por terem sido privadas esperança podem elas enfrentar conhece limites. E, neste sentido, do necessário. Assim como a o seu presente e o seu futuro? somos chamados a dar um novo Igreja é chamada a ser a «túnica O caráter social da misericórdia rosto às obras de misericórdia que de Cristo»[20] para revestir o exige que não permaneçamos conhecemos desde sempre. De seu Senhor, assim também ela inertes, mas afugentemos a fato a misericórdia extravasa; vai se comprometeu a tornar-se indiferença e a hipocrisia para sempre mais além, é fecunda. É solidária com os nus da terra a que os planos e os projetos como o fermento que faz levedar a fim de recuperarem a dignidade não fiquem letra morta. Que o massa (cf. Mt 13, 33), e como o grão de que foram despojados. Assim Espírito Santo nos ajude a estar de mostarda que se transforma as palavras de Jesus – «estava nu sempre prontos a prestar de numa árvore (cf. Lc 13, 19). e destes-me que vestir» (Mt 25, forma efetiva e desinteressada A título de exemplo, basta 36) – obrigam-nos a não desviar a nossa contribuição, para que pensar na obra de misericórdia o olhar das novas formas de a justiça e uma vida digna não corporal vestir quem está nu (cf. pobreza e marginalização que permaneçam meras palavras Mt 25, 36.38.43.44). A mesma impedem as pessoas de viverem de circunstância, mas sejam o nos reconduz aos primórdios, ao com dignidade. compromisso concreto de quem jardim do Éden, quando Adão e Não ter trabalho nem receber pretende testemunhar a presença Eva descobriram que estavam um salário justo, não poder ter do Reino de Deus. nus e, ouvindo aproximar-Se uma casa ou uma terra onde o Senhor, tiveram vergonha habitar, ser discriminados pela [19] Francisco, Carta enc. Lumen fidei, 50. e esconderam-se (cf. Gn 3, fé, a raça, a posição social... estas [20] Cipriano, A unidade da 7-8). Sabemos que o Senhor e muitas outras são condições Igreja Católica, 7. castigou-os; no entanto, Ele «fez que atentam contra a dignidade a Adão e à sua mulher túnicas da pessoa; frente a elas, a ação Continua na próxima edição. de peles e vestiu-os» (Gn 3, misericordiosa dos cristãos


4

5

belém, De 13 a 19 de janeiro de 2017

Arquidiocese

2º Caderno

fotos: divulgação

evangelizar as famílias

Casais do ECC são empossados em celebração eucarística Equipe dirigente do Encontro de Casais com Cristo 355 casais de 71 paróruais da Arquidiocese de Belém foram empossados por Dom Alberto Taveira, durante Missa na noite da quinta-feira, 5, na Paróquia de Nossa Senhora das Graças, Ananindeua, como equipe dirigente do Encontro de Casais com Cristo (ECC) em nível de paróquia para o ano de 2017. Organizados em equipe de cincos pessoas, cada uma com função diferente, eles atuarão com a evangelização e animação de outros casais na sua realidade paroquial. Para João Batista C a rd o s o , c o o rd e n a d o r arquidiocesano, o espírito d o E C C é eva n g e l i za r as famílias: “Ele não é a salvação das famílias, mas contribui de maneira positiva

para o avivamento e para a salvação delas. Buscamos desenvolver o nosso trabalho como pede o Papa Francisco: para irmos ao encontro do próximo. Fazemos isso e mostramos as pessoas que estão desanimadas que elas têm um lugar na Igreja e que são importantes para a sua família e para Deus. E que seu trabalho é recompensado por Ele com graças abundantes na sua vida e de sua família”. O ECC é um serviço da Igreja, e está à disposição das pastorais e dos movimentos paroquias. Ele prepara o casal para o desenvolvimento de missão nas paróquias e comunidades das dioceses e prelazias. De acordo com João Batista, na arquidiocese os

w durante a celebração na Paróquia de Nossa Senhora das Graças

casais junto aos seus párocos desenvolvem o trabalho de extrema importância no acompanhamento de casais, tanto em nível de paróquia, região e arquidiocese: “As

equipes são organizadas como primeira etapa, aqueles que atuam por um ano em nível de paróquia; como segunda etapa, em nível de região episcopal e terceira,

em nível de arquidiocese, cada um com duração de dois a três anos, respectivamente”. Ainda segundo João Batista, eles participam de encontros anuais, mensais e semestrais.

Espiritualidade

Formações para equipes dirigentes

Com o tema “Fazei tudo o que Ele vos disser” ocorre entre os dias 9 a 14 deste, das 20h às 22h, nas Regiões Episcopais da Arquidiocese, várias espiritualidades direcionada aos casais. Elas serão facilitadas pelo casal coordenador arquidiocesano e por Padre Gelcimar dos Santos, da Paróquia de Nossa Senhora Auxiliadora. Na Região Sant´Ana, será na  Paróquia de São Judas Tadeu, Condor; Santa Maria Goretti, na Igreja de Cristo Libertador, no Guamá; Santa Cruz, na Paróquia Imaculada Conceição, Castanheira; na de São João Batista e Coração Eucarístico de Jesus, na Paróquia Nossa Senhora Mãe de Deus, no Mangueirão e na do Menino Deus, na Paróquia de Nossa Senhora Auxiliadora, no Anita Gerosa.

No domingo, 8, ocorreram formações no Centro de Cultura e Formação Cristã, na BR 316, Ananindeua, para 740 casais do ECC de toda a Arquidiocese. O encontro, desenvolvido com palestra foi facilitado por Elias e Cléa Sousa, casal coordenador regional da CNBB Nor te 2, e por Edivaldo e Ana, excoordenadores arquidiocesano.

Pastoral Arquidiocesana da Comunicação inicia agenda de atividades de 2017 Uma reunião com as Pascons da Arquidiocese de Belém, realizada no dia 4, na Paróquia de Santa Cruz, no Bairro do Marco, iniciou oficialmente os trabalhos da Pastoral Arquidiocesana da Comunicação para o ano de 2017. Além da confraternização e o balanço das atividades de 2016, foi detalhado o cronograma de eventos a serem desenvolvidos neste novo ano. No dia 22 de fevereiro, no mesmo local ocorrerá a distribuição das equipes e locais de realização dos próximos eventos. Uma das primeiras atividades será o curso de oração e expressão verbal, ministrado nos dias 4 e 5 de março, pelo coordenador arquidiocesano, Padre Nilton Cezar Reis, na Paróquia de Cristo Peregrino. Já no dia 19 do

w pe nilton com os representantes das pascons das paróquias

mesmo mês, ocorrem ao mesmo tempo nas Regiões Episcopais diversos cursos com o tema “A Pastoral da comunicação na Igreja: natureza e fidelidade”. Entre os dias 21 a 28 de maio ocorrerá a sétima Semana

Arquidiocesana da Comunicação e coquetel e entrega do Prêmio Dom Zico de Comunicação. Em agosto a Pastoral estará em sintonia com o 10º Multirão Brasileiro de Comunicação, organizado pela Diocese de Joinville.

No dia 10 de setembro, a Pastoral organiza o curso de edição de áudio e vídeo. Em outubro as equipes de Pascons atuarão da cobertura do Círio de Nazaré.  E, nos dias 10/12, ocorre o II seminário de comunicação. Todas as atividades desenvolvidas, segundo Padre Nilton objetiva preparar as Pascons no trabalho nas paróquias e na Arquidiocese: “Nesse um ano à frente da Pastoral percebi os avanços no que diz respeito ao potencial das equipes e os inúmeros desafios relacionados à ausência das pascons nas paróquias. Os párocos solicitam a criação e implantado da pastoral em algumas paróquias. Nosso trabalho é desenvolvido para atender essa demanda, principalmente formação na comunicação daqueles que irão atuar na Pastoral”.

Compêndio do Catecismo da Igreja Católica O Jornal Voz de Nazaré continua as reflexões iniciadas em 2013, Ano da Fé, com a publicação do Compêndio do Catecismo da Igreja Católica. De maneira concisa, a publicação apresenta, numa visão de conjunto, todo o panorama da fé católica, com seus elementos fundamentais.

III Parte (A Vida em Cristo) CAPÍTULO SEGUNDO “Amarás o teu próximo como a ti mesmo” O SEGUNDO MANDAMENTO: NÃO PRONUNCIARÁS O NOME DE DEUS EM VÃO

448

. Por que é proibido o juramento falso?

Porque assim se invoca a Deus, que é a própria verdade, como testemunha de uma

mentira. 2150-2151 2163-2164”Não jurar nem pelo Criador nem pela criatura senão com

verdade, por necessidade e com reverência” (Santo Inácio de Loyola).


belém, De 13 a 19 de janeiro de 2017

5

Igreja

2º Caderno casa de missão

Comunidade Luz da Vida chega a Belém Chegada à cidade contou com acolhida de Dom Alberto e de Dom Irineu Roman

A

Comunidade Luz da Vida, que em 2016 completou 19 anos de fundação, inaugurou em dezembro passado a sua primeira casa de missão fora de Goiânia, cidade de sua origem. A chegada de seus primeiros missionários a Belém contou com a acolhida do Arcebispo Metropolitano, Dom Alberto Taveira Corrêa, e de seu Auxiliar, Dom Irineu Roman. A vinda dos quatro missionários da comunidade aconteceu a partir de uma conversa entre Luiz Antônio, o fundador da comundiade e o Bispo Auxiliar de Goiânia, Dom Levi Bonatto que sugeriu a capital paraense para receber a primeira casa de missão fora do estado goiano. Em seguida, o fundador veio para Belém e conversou com Dom Alberto Taveira sobre a vinda da comunidade. “Até então não tínhamos saído da realidade de Goiânia e Aparecida de Goiânia. A acolhida foi muito boa por parte dos bispos de Belém, dos párocos e fiéis”, ressaltou Irmão Roberto Pedroso. Com ele vieram também os irmãos Jean Dourado, Mailson Barreta e Izídio Onofre. “Contamos com a receptividade de muitos religiosos, a atenção dos bispos que se mostraram muito disponíveis conosco. Tudo isso nos leva a novos horizontes para que possamos colocar em prática tudo aquilo que temos estudado. Além disso, Belém é uma terra com a devoção mariana que nos impulsiona ainda mais”, disse Ir. Izídio. Para sua estruturação na capital paraense, a comunidade contou com

foto: divulgação

Matriz de Campinas. Após três meses de fundação, entrou para o grupo Luiz Antônio, que posteriormente viria a ser fundador da comunidade. Em fevereiro de 1996, o Senhor unia àqueles que seriam os primeiros membros da Comunidade Luz da Vida o Pe. Luiz que se tornou diretor espiritual de Luiz Antônio. Em setembro de 1997, durante uma vigília do núcleo do Grupo de Oração, inspirou a Luiz Antônio o nome da Comunidade: Luz da Vida. No dia 14 de dezembro deste mesmo ano acontecia, na Paróquia Sagrada Família, uma reunião de profunda oração e experiência de Deus. Sua grande promessa da vida comunitária foi feita. Nesse momento, cada um ali presente escolheu a qual estado de consagração iria pertencer: comunidade de Vida ou de Aliança. Fundou-se então a Comunidade Luz da Vida. No dia 1º de fevereiro de 1998, a Comunidade Luz da Vida efetivamente teve início, com 22 membros na comunidade de vida e 21 na comunidade de aliança.

w irmãos da comunidade com os padres Roberto Cavalli e Nilton Cezar

o apoio dos párocos das paróquias de Nossa Senhora da Conceição, na Cidade Velha, e de Santa Luzia, no Jurunas. De acordo com os missionários, em fevereiro acontecerá o envio de mais quatro missionárias que virão ampliar o quadro. Também está sendo estudado um trabalho com famílias na área portuária de Belém. Nesse projeto, visitas a elas e, a partir disso, identificação de suas necessidades para desenvolver trabalhos a fim de envolvê-las nas comunidades e paróquias. “Será um desafio novo atuar nos portos. Estamos dispostos para Deus, buscando a salvação e santificação dessas famílias”, destacou

Ir. Mailson. Com o carisma “Iluminar as trevas do mundo... Resplandecer a luz que brilha do coração de Jesus para a Salvação das famílias”, a Comunidade trabalha com aconselhamento, oração, louvor e partilha. Além disso, desenvolve atividades voltadas para as famílias, casais, formações com jovens, moradores em situação de rua e com o anúncio da Palavra.

Serviço

Comunidade A Comunidade Católica de Evangelização Luz da Vida teve origem no Grupo de Oração Jovens Unidos a Serviço de Cristo (JUSC) na Igreja Nossa Senhora da Conceição,

A Comunidade Luz da Vida está situada na Rua Osvaldo de Caldas Brito, 428, próximo ao Polo Joalheiro, Bairro do Jurunas. Telefone: 91 98560-1754.

Formação para a Campanha da Fraternidade na Arquidiocese A formação para a Campanha da Fraternidade deste ano na Arquidiocese de Belém será no período de 30 de Janeiro a 3 de fevereiro na área Belém, com inicio às 19h, no Centro Social de Nazaré, com a presença de Dom Alberto Taveira Corrêa e Monsenhor Raimundo Possidônio nos locais das formações. Na região das Ilhas, no Baixo Acará, será no dia 2 de fevereiro. A Campanha da Fraternidade ( C F ) 2 01 7 t e r á c o m o t e m a “Fraternidade: Biomas brasileiros e

defesa da vida” e o lema “Cultivar e guardar a criação” (Gn 2.15). Com o objetivo de incentivar as famílias e as comunidades em geral a vivenciarem a conversão pessoal e social, e cristãos e não cristãos para zelar pela criação. A formação na Paróquia Menino Deus, em Marituba, será do dia 1º ao 3, a partir das 19h. Na área missionária do Baixo Acará, será somente no dia 2, com inicio às 8h e término às 12h, na Comunidade Boa Vista, região das ilhas.

florestas brasileiras já foi destruída. Sabe-se que este desequilíbrio afeta a todo ser humano. É por isso que os cristãos devem se informar melhor sobre esse assunto se conscientizarem do que se deve fazer em relação a isso ”.

A programação está dividida em três módulos e obedece ao método ‘ver, julgar e agir’. O desenvolvimento dos temas será ministrado pela Ir. Téa Frigério e Padre George Genner. Segundo Monsenhor Raimundo Possidônio, coordenador da Comissão de Pastoral, “o tema da Campanha é uma preocupação da Igreja geral, com a destruição dos biomas que afeta o equilíbrio da fauna, flora e do clima . É preciso chamar a atenção dos poderes públicos para este problema porque sabemos que a maioria das

Serviço A abertura da CF 2017 será 4 de março com Missa às 9h, na ilha de Cotijuba, Praia do Farol

Segunda parte

YOUCAT

Como celebramos os mistérios cristãos segunda seção CAPÍTULO QUARTO

Outras Celebrações Litúrgicas

273- Pratica a igreja ainda hoje o Exorcismo?

O

Jornal Voz de Nazaré segue os estudos sobre o YOUCAT - Catecismo da Igreja Católica escrito para JOVENS que querem saber em que acreditam. Este projeto iniciou ocasião da Jornada Mundial da Juventude Rio 2013.

“Em cada celebração bastismal é realizado o chamado ‘pequeno EXORCISMO‘, uma oração em que o batizando é libertado do mal e fortalecido contra as forças que Jesus venceu. O grande exorcismo é uma oração de plenipotência de Jesus, através da qual um cristão batizado é retirado, na força de Jesus, da influência

e da violência do mal; só raramente, e após um exame rigoroso, é utilizado na Igreja.” [ 1 6 7 3 ] . “O que é apresentado

como ‘EXORCISMO’ nos filmes de Hollywood não corresponde geralmente à verdade de Jesus e da Igreja. Jesus expulsou demônios, pois tinha poder sobre as forças e os poderes maus, e podia libertar as pessoas deles; Ele deu aos Apóstolos ‘poder de expulsar

espíritos impuros e de curar todas as doenças e sofrimentos’ (Mt 10,1). Isto é o que faz a Igreja, quando hoje em dia um SACERDOTE encarregado diz sobre uma pessoa a oração de exorcismo; antes, porém, deve excluir-se que se trata de um fenômeno psíquico (este assunto pertence à especialidade da psiquiatria). No exorcismo estão em questão a defesa contra a tentação e a opressão, e a libertação do poder do mal.” 90-91.


6

belém, De 13 a 19 de janeiro de 2017

Arquidiocese R

estabelecido há pouco mais de um ano pelo Arcebispo Metropolitano, Dom Alberto Taveira Corrêa, o Cabido Catedral tem se mostrado de grande importância dentro da Arquidiocese de Belém. Em documento oficial, Dom Alberto informou a nova composição do colegiado de presbíteros, seu novo membro, bem como as novas atribuições dadas ao grupo. O Cabido Catedral foi criado por bula de 4 de março de 1719 e reformado em virtude do Rescrito da Sagrada Congração do Concílio de 5 de julho de 1925, de acordo com a legislação eclesiástica de então. Em 11 de outubro de 2015, por meio de decreto, Dom Alberto Taveira Corrêa restabeleceu o Cabido, levando em consideração os 400 anos da fundação de Belém e a comemoração dos 300 da criação da Diocese do Grão Pará. O Cabido é formado por 12 presbíteros, sendo cargos vitalícios e efetivos. Por motivo de morte, ou outro que impeça algum dos membros de exercer suas atividades, um novo membro deve ser eleito e nomeado pelo colegiado, com aprovação do Arcebispo. Dessa forma procedeu-se após o falecimento do Cônego Jaime Sidônio, em outubro passado, até então seu presidente. Na provisão do dia 25 de dezembro passado, o Arcebispo designou a nova composição dos cargos, estabelecidos a partir do dia 1º deste mês, da seguinte forma: presidente: Cônego Ronaldo Menezes; vice-presidente: Cônego José Gonçalo Vieira; secretário: Cônego Vladian Silva Alves; penitenciário: Cônego Djalma Lopes da Costa; arquivista: Cônego Joel Lopes de Oliveira. “Embora o Cabido esteja hoje mais associado ao culto solene na Igreja Catedral, esta sua função já o justifica fundamentalmente, além de que os seus membros devem corresponder ao que a Santa Igreja deles espera no pleno exercício do seu ministério sacerdotal. Então, a presidência do Cabido não deve ser vista como uma honra, senão como serviço exemplar no presbitério em perfeita sintonia com o Arcebispo, com as diretrizes da Igreja e o bom desempenho de suas funções . O presidente do Cabido deve, assim,

2º Caderno

decreto

Cabido Catedral possui nova composição e atribuição

Arcebispo designou a nova composição dos cargos a partir do dia 1º deste mês fotos: divulgação

Colégio de presbíteros

w cabido compete-lhe realizar nela as funções litúrgicas solenes

assegurar que as necessidades da Igreja, na sua competência, serão satisfeitas, para o bem de toda a comunidade dos fiéis. O cabido não é um colegiado decorativo, mas de profundo significado pastoral para a Arquidiocese”, explicou o cônego Ronaldo Menezes. A provisão também informa que o Cônego José Luís Fernandes será o novo membro. Cônego José Luís, indicado pelo próprio Arcebispo, foi aceito unanimimente por todos os membros do Cabido. “Foi uma surpresa

muito grande, não esperava. Confio na decisão de Dom Alberto e de todo o colegiado. Quero estar preparado e em estado de espírito para que possa contribuir ao máximo com o Cabido”, disse o novo membro, cuja posse será divulgada a seu tempo. Compõem ainda o Cabido Catedral os cônegos Antônio Beltrão Ribeiro Filho, Cláudio de Sousa Barradas, Cristóvão Santos Freitas, Jayme de Moura Pereira, Sebastião Fialho de Freitas, Sílvio da Silva e Raul Tavares (Emérito).

O Cabido Catedral é um colégio de presbíteros, ao qual compete realizar as funções litúrgicas mais solenes, na mesma Catedral. Ainda de acordo com a provisão, desde o dia 1º de janeiro de 2017, o Cabido fica responsável por todos os projetos de construções de templos, centros catequéticos ou comunitários, que a partir daí deverão ser encaminhados para análise e devida aprovação. “As nossas Igrejas não são simples construções, galpões, ou prédios que podem servir a qualquer objetivo. São templos a serviço de Deus. E os seus anexos, como os centros pastorais, ou catequéticos, não são prédios alheios à função do próprio templo. Os templos precisam obedecer a normas específicas que sirvam ao culto, inclusive estéticas. O Cabido irá ajudar as paróquias em suas construções novas, como uma ferramenta de apoio, não para substituir as equipes de trabalhos das paróquias. Esse procedimento não alterará o cronograma de trabalho das construções paroquiais. Acredito, ajudará em muito na celeridade dos projetos”, destacou seu presidente, cônego Ronaldo Menezes.

Sacramenta festeja São Sebastião w paróquia São Sebastião, na Avenida Senador Lemos, Sacramenta

“São Sebastião, defensor da vida, ajudai-nos a cultivar e aguardar a criação!” é o tema da festividade 2017 da Paróquia São Sebastião, situada no bairro da Sacramenta, em Belém. Os festejos iniciam-se na sextafeira, 13, estendendo-se até o dia 22. Na programação celebrações eucarísticas, procissão luminosa, novenas, procissão e, na parte cultural, arraial e show pirotécnico. Os preparativos para a f e s t i v i d a d e c o m e ç a ra m no dia 8 com uma ação integrada para o anúncio da programação, com carreata, moto e ciclo romaria nas principais ruas do bairro. Os momentos anteriores aos festejos foram marcados também pela posse do novo pároco no dia 9, em celebração presidida pelo Bispo Auxiliar de Belém, Dom Irineu Roman. Tratase do Padre Pedro Diocrésio

Francisco, que estava como vigário paroquial, auxiliando o antigo titular, o Cônego Joel Lopes de Oliveira. Envolvida com a organização da festividade, Iracema Farias, a ver como propícia para fortalecimento da fé: “O nosso grande intento é trazer o irmão que está afastado da igreja. É trazer à luz de Cristo. É momento também muito esperado pela comunidade e que tem grande significado para nós”. Programação

Nesta sexta-feira, 13, a programação inicia-se às 18h com procissão luminosa e o levantamento do mastro de São Sebastião, momento tradicional das comemorações. À noite, às 19h, Padre Pedro celebra a missa de abertura da festividade, seguida de arraial na área externa da Matriz, com atração musical, venda de comidas típicas e brincadeiras.

No dia seguinte, Missas às 7h, 9h e 19h e no domingo, 15, às 7h, 9h, 17h e 19h. No sábado, 14, como parte da programação cultural, às 20h, no salão paroquial, o jantar do padroeiro, contando também com atração musical. No dia 15, às 8h, café do padroeiro na área externa e, às 18h, arraial. No dia 20, dia da festa litúrgica de São Sebastião, a programação consta de café da manhã, Missa às 7h, presidida pelo Padre Pedro Diocrésio, e às 9h, pelo Cônego Joel Lopes de Oliveira; ao meio dia novena, seguida de almoço. Por volta das 17h, início da procissão com a imagem do padroeiro, com concentração dos fiéis em frente a um supermercado do bairro e saída rumo a Matriz. Às 19h, Missa presidida por Dom Irineu Roman. À chegada, arraial e, para encerrar, queima de fogos de artifício.


belém, De 13 a 19 de janeiro de 2017

7

Arquidiocese

2º Caderno

fotos: alan monteiro

w ordenado se prostra humildemente ao chão, entrega total a Deus

w cerimônia Dom Alberto em conjunto com os novos ordenados

w pe. Maxlander seguirá para mssão na cidade de Palmas-TO

w Pe. Jessé assumirá missão no interior de Pernambuco

rito de ordenação

Arquidiocese de Belém celebra ordenações em Recife Quatro novos padres da Comunidade Obra de Maria

C

erca de dois mil fiéis participaram da celebração eucarística presidida por Dom Alberto Taveira Corrêa, na Paróquia do Sagrado Coração de Jesus, em Recife, na tarde do sábado, 7 de janeiro, para a ordenação de quatro novos padres da Comunidade Católica Obra de Maria para o serviço da Santa Igreja Católica. A cerimônia religiosa foi concelebrada por alguns membros da Arquidiocese de Belém e sacerdotes da comunidade Obra de Maria, com aproximadamente 50 padres. Os novos padres ordenados foram Padre

Elisafan de Silva Mélo, Padre Maxlander Lima Barreto Rodrigues, Padre Jessé Bernardo, e o neodiácono Diácono Luiz Aguiar receberam seus n ovo s m i n i s t é r i o s p e l a imposição das mãos do Arcebispo Metropolitano de Belém. Em meio às lágrimas de emoções do celebrante e dos ordenados, que contagiavam todos que testemunharam aquele momento de graça, igualmente emocionados os fundadores da comunidade Obra de Maria Gilberto Gomes Barbosa e Maria S a l o m é Ve n t u r a , q u e vivenciaram cada palavra,

w participação familiares, amigos e religiososos

gestos e atos do rito da ordenação conduzida pelo Arcebispo de Belém. Homilia

Em sua homilia, Dom Alberto sensibiliza a cada um presente ao falar sobre a vida e missão de cada um dos ordenandos, a graça de conhecer e acompanhálos, comparando-os com os três Reis Magos em suas indagações, desconfianças, incertezas, ao longo de suas caminhadas, mas que após conhecer Jesus já não são mais os mesmos, e “assim serão cada um de vocês, assim com aconteceu com os Reis Magos após conhecerem

w diácono Luiz será ordenado sacerdote no início de 2018

Jesus, vocês também não saem daqui mais os mesmos. Quando eu meditava sobre a ordenação de vocês, esta frase tomava conta de meu coração, ‘vocês não saem daqui mais os mesmos’. Após a reflexão da liturgia, Dom Alberto deu segmento ao rito de ordenação do novo diácono e em seguida os novos

w pe. elisafan missão da Obra de Maria em Recife

sacerdotes. O agora diácono Luiz Aguiar, retornara para a Arquidiocese de Belém para conclusão do período de estudos e estágios pastorais e será ordenado sacerdote no início de 2018. Já os novos sacerdotes deverão seguir missões destinadas pelos fundadores da Obra de Maria, assim sendo: Pe. Elisafan de Silva Mélo ficará na missão da Obra de Maria em Recife, Pe. Maxlander Lima Barreto Rodrigues seguirá para missão da cidade de Palmas-TO e Pe. Jessé Bernardo assumirá missão no interior de Pernambuco. Ambos são incardinados (pertencem) a Arquidiocese de Belém, porém com destinação missionária dada pelo Arcebispo para atuarem juntos às missões da comunidade religiosa Obra de Maria, comunidade religiosa onde iniciaram suas vocações.


8

belém, De 13 a 19 de janeiro de 2017

Opinião

2º Caderno Sal e Luz Leno Carmo (lenocarmo@yahoo.com.br)

“Q

ue, num mundo dividido, os cristãos testemunhem a alegria e a força da união”, este é o último trecho da oração do mês de janeiro que o Papa Francisco construiu, juntamente com a intenção mensal para o primeiro mês do ano. Neste janeiro, o Pontífice destacou que “a oração em comum e os gestos de caridade devem ser um sinal visível da resposta que a Igreja traz aos desafios da humanidade”, não é um convite, mas uma condição como cristãos que nos exorta a fazer como o Senhor fez. Alegria, União, Oração, Caridade. Mais que palavras, Francisco nos instiga na oração a vivermos como comunidade de irmãos, mesmo com as diferenças; como na fenomenologia, somos impelidos a colocar “em suspenso” o que nos separa e dar ênfase ao que nos une; seja contra a loucura do terrorismo e das ditaduras que mataram e matam milhares de pessoas em todos os tempos da história humana e atualmente não é diferente, seja contra a luta insana pelo poder e dinheiro que vimos estarrecidos neste começo de 2017 nas penitenciárias do norte do país, uma das maiores barbáries da história recente, não podemos deixar de perceber o quanto temos fracassado como gênero humano, nos destruindo e virando as costas ao Criador, gerimos muito mal o dom da vida e da liberdade. Sem o Senhor, não teremos jamais referências da

Orando com o Papa bondade, da justiça, da paz. Temos vivido como quase passivos espectadores da corrupção que virou marca da politicagem nacional, somos reféns do medo e da violência que invade as nossas ruas. Mas o que dizer quando esta violência nasce em muitas das nossas famílias de diversas formas, quando desatentos, permitimos que as ondas da web e da tv, dos diversos meios de comunicação, dos programas e seriados, novelas e até jornais televisivos mal intencionados das grandes redes, formem nossa opinião? O que nos indigna então quando estes mesmos meios ditam os contravalores que cultuamos e o comportamento que adotamos em nossa intimidade de família, de comunidade; quando nos permitimos ser moldados a pensar e agir como o mundo, esquecendo do conselho do apóstolo “Não vos conformeis com este mundo” (Rm 12,2)? Paulo adverte para que não tomemos a forma de idólatras do prazer, do dinheiro, do poder que o mundo oferece em embalagens luminosas e cheias de brilho e encantamento, mas é preciso coragem para ser cristão, católico, para não agir como o “homem velho” que o nosso batismo fez ficar no passado, a fim de não viramos “sal” sem gosto, luz escondida que não consegue iluminar ninguém, para não nos transformarmos, como dizia o saudoso padre Léo, em “fami-Ilhas” que,

isoladas da comunidade, não se fazem santuários da vida nem anunciam a Boa Nova, muito menos vivenciam o Amor. Alegria, união, oração, caridade, eis a meta. Mais do que um ano bom, de “fora para dentro”, precisamos fazer deste 2017 um ano de paz, de “dentro para fora”, a partir de nós, de nossa consciência e compromisso pela união neste caminho de vida e verdade. As palavras de Francisco - Alegria, união, oração, caridaderessoam em nós. Precisamos, portanto, que elas se materializem em nossas atitudes, em nossas intenções, em nossas decisões. Vivemos ansiosos e cada vez mais intolerantes no mundo indiferente e competitivo que premia os vencedores e arrasa os que não

Somos impelidos a colocar “em suspenso” o que nos separa e dar ênfase ao que nos une

conquistaram o topo, cultua o sucesso e por isso traz o desespero diante do fracasso e da mesma forma fugaz que “ensina” a viver deste modo, quer desesperadamente fugir do sofrimento e da dor e descartar aqueles que são rotulados como marginalizados. É mesmo urgente a intenção pela “unidade de todos os cristãos”, conhecer e integrar ações colaborativas entre as confissões cristãs diversas no serviço aos que mais sofrem, aos mais pobres e excluídos, realizar atividades em comum aos irmãos perdidos nas vielas do mundo, tudo em nome daquele que, ao morrer por nós, carregou o peso de nossos pecados e nos deu a esperança da vida eterna. Jesus ao abrir seus braços na cruz em oblação, ao nos dar seu corpo e sangue na Santa Eucaristia, nos faz unidos a Ele, comprometidos com este ideal de paz e de caridade. As falsas e antigas soluções para conter a violência e a criminalidade de nossos dias não surtem, como jamais conseguiram, efeito duradouro, muito menos definitivo. Não há motivos que justifiquem ferir ninguém, nada compensa a guerra, o crime, o pecado e a morte, para os que são cidadãos do céu. Só a Paz é importante e a Paz tem um nome, é uma Pessoa, o Verbo Encarnado, a Sabedoria Eterna, o Alfa e o Ômega, Caminho, Verdade e Vida, Jesus. Alegria, União, Oração, Caridade. Assim seja na esperança de um ano bom!

Evangelização no Terceiro Milênio Maria Elisa Bessa de Castro

O

nascimento de Belém confunde-se também com o início da Evangelização na Amazônia. 12 de janeiro de 1616 é o marco-início da fundação da nossa feliz cidade e, também, do anúncio do Evangelho de Jesus Cristo aos povos desta exuberante e linda região. Não por acaso a cidade fundada por Francisco Caldeira Castelo Branco, às margens da Baía do Guajará, chamada pelos Tupinambás de “ParanáGuaçu”, desde o seu nascimento, construiu uma história que se entrelaça com a espiritualidade e a cultura católica, sendo consagrada à Santíssima Virgem Maria. É sabido que os portugueses inicialmente batizaram esta terra com o nome de “Feliz Lusitânia”. Tempos depois passaram a chamá-la de “Santa Maria do Grão-Pará”; em seguida, “Santa Maria de Belém do Grão-Pará”. Atualmente, tem o nome de “Belém”, um dos bairros mais antigos de Lisboa, mundialmente famoso por seus deliciosos “pastéis de Belém”. A presença da Igreja de Jesus Cristo em terras amazônicas também difundiu a devoção mariana para os povos desta região. A criação da Diocese (desmembrada do território da então Diocese do Maranhão, aqui recebeu o nome de “Santa Maria de Belém do Grão Pará”, mantendo, pois, o nome da cidade) deu-se pelo Papa Clemente XI, por meio da Bula Copiosus in Misericórdia, datada de 4 de março de 1719. Por seu turno, foi elevada ao grau de Arquidiocese em 1º de maio de 1906, por meio da bula Sempiternum humani generis, de São Pio X. A Igreja Católica em nossa cidade tem como padroeira

Belém, terra da Virgem Maria... divulgação

w a imagem de Maria entronizada no glória, em sua Basílica

Santa Maria de Belém, sendo como tal consagrada pelos papas que a criaram. Eis que no século XVIII a cidade testemunhou um milagre. À beira do igarapé do Murucutu, um caboclo chamado Plácido encontrou uma pequena imagem da Santíssima Virgem, fato que mudaria para sempre a história desta frondosa região, como que marcando com o selo de amor e ternura a cidade a Ela consagrada. Nascia ali a maior manifestação católica mariana do mundo, que reúne mais de dois milhões de pessoas no segundo domingo de outubro. E, assim, a Senhora que veio pelo oceano e aqui desembarcou pelo rio, com o título de Santa Maria de Belém, agora desembocava em um igarapé, entre os muitos que cortavam a cidade,

assumindo o título de Nossa Senhora de Nazaré. A partir daí, ela não era mais apenas a padroeira da cidade, mas de toda a região da floresta. Desta feita, seus filhos/súditos a coroaram “Rainha da Amazônia”. À medida em que a cidade foi crescendo, abrindo novos polos urbanos, a Senhora da Cidade de Belém foi permitindo que a chamassem com outros nomes, consoante a referência que lhe faziam. Nesta perspectiva, nasceram, entre outras, a devoção a Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, que a cada terça feira reúne milhares de fiéis em um santuário a ela dedicado, para a oração da Novena; e a devoção a Nossa Senhora das Graças, que surgiu de uma humilde casa na Av. Conselheiro Furtado e daí peregrinou para o Distrito de

Icoaraci onde se realiza uma piedosa procissão no mês de novembro, um verdadeiro Círio com milhares de romeiros. Bairros surgiram em sua homenagem, como o Bairro de Nazaré, em referência ao título de Nossa Senhora de Nazaré, bairro este no qual foi edificado um belíssimo santuário em sua honra, a mundialmente conhecida Basílica Santuário, centro de convergência da devoção à Rainha da Amazônia; e o Bairro de Fátima, em referência à aparição da Mãe de Deus aos três pastorinhos em Fátima, bairro este onde também foi edificado um imponente santuário em sua honra e que a cada 12 de maio reúne mais de duzentos mil fiéis na deslumbrante Procissão das Velas. Na festa dos 401 anos, Belém celebra a Santíssima Virgem. A ela rogamos que sejam concedidas ao povo desta alegre e colorida cidade bênçãos de paz, justiça, sabedoria, misericórdia e amor... Salve, Santa Maria de Belém do Grão Pará! Salve, Nossa Senhora de Nazaré! Salve, Rainha da Amazônia! Maria Elisa Bessa de Castro Movimento Apostólico da Divina Misercórdia Adoradores Eucarístico da Igreja das Mercês bessadecastroadv@gmail.com

Próximo artigo: Prof. Ricardino Lassadier


belém, De 13 a 19 de janeiro de 2017

9

Em Nazaré

2º Caderno ATENDIMENTO

Cantinho São Rafael acolhe e educa

Espaço que fica em Ananindeua oferece em tempo integral atividades lúdicas e pedagógicas

“E

nsina a criança no Caminho em que deve andar, e mesmo quando for idoso não se desviará dele!” (Pv 22, 6). Com o objetivo de promover a transformação social através de cultura, esporte e lazer o Projeto S o c i a l C a n t i n h o S ã o Ra f a e l , criado há 17 anos, é localizado no município de Ananindeua, Região Metropolitana de Belém. Atendendo cerca de 160 crianças e adolescente entre 7 e 17 anos de idade, é um projeto social mantido exclusivamente pela Diretoria da Festa e pelas Obras Sociais da Paroquia de Nazaré (OSPAN). O espaço oferece em tempo i n t e g ra l a t i v i d a d e s l ú d i c a s e pedagógicas com inventivo à leitura, escrita, artes cénicas, artes plásticas, e n s i n o re l i g i o s o , i n f o r m á t i c a e e s p o r t e s . Pa ra d a r s u p o r t e psicopedagógico, assistentes sociais oferecem também atendimento pedagógico através de acolhimentos

fotos: divulgação

w Crianças e adolescentes participam de atividades lúdicas ao ar livre

individuais e estudos de casos. Incentivando a convivência social, os alunos também tem a oportunidade de visitar pontos turísticos e históricos da capital paraense, sempre

na companhia das educadoras. A equipe técnica é formada por dez colaboradores entre educadoras sociais, pedagoga, assistente social, professora de educação física,

professor de informática, cozinheira, zelador de auxiliar de serviços gerais. “Graças a Nossa Senhora de Nazaré a procura de pais que querem matricular os filhos no projeto é muito grande, principalmente aqui no entorno por se tratar de uma região de vulnerabilidade social. Entretanto as dificuldades são diárias, o maior desafio é captar recursos para manter o espaço com qualidade e assim dar mais oportunidade a estas crianças e adolescentes”, destacou Claudia Dantas Hage, integrante da Diretoria da Festa e diretora do Cantinho São Rafael há quase três anos. Anualmente, a Diretoria da Festa de Nazaré realiza dois eventos para angariar fundos. O Cantinho oferece as mães dos alunos, cursos profissionalizantes que possam gerar renda e emprego. Cursos como panificação, produção de doces finos, horta orgânica, geleias e compotas, corte e costura, entre outros, são ofertados de forma gratuita.

Últimos dias de inscrições para a Catequese da Basílica Santuário Quem ainda não realizou os sacramentos de iniciação da vida cristã, a Pastoral da Catequese da Basílica Santuário está com os últimos dias de inscrições para as turmas de 2017. As turmas são para primeira eucaristia para crianças, adolescentes e adultos, Crisma para adultos e adolescentes, e turmas de perseverança para quem já realizou os sacramentos, mas quer fortalecer seu compromisso cristão. As inscrições encerram neste sábado, dia 14 de janeiro. A catequese da Basílica Santuário de Nazaré é uma das pastorais mais ativas da paróquia, que forma e evangeliza para centenas de crianças, adolescentes e adultos todos os anos. A pastoral, de forma ativa e dedica, inicia a vida cristã dessas pessoas e lhes mostra o caminho cristão e pastoral. Só em 2016 foram cerca de 300 pessoas evangelizadas contando crisma e eucaristia. Para se inscrever é necessário xerox da certidão de batismo, uma foto 34 e uma taxa e uma taxa simbólica. A

catequese funciona de terça-feira a sexta de 8h às 12h e das 14h as 18h. E funciona também aos sábados das 8h às 12h. A sede da catequese, e local para realizar as inscrições, fica no Centro Social de Nazaré, primeiro andar. Mais informações: (91) 3223-1564

Confira os dias e horários disponíveis Primeira Eucaristia e Crisma para adultos Quinta-feira: 15h às 17h Sábado: 17h30 às 19h30 Primeira Eucaristia para Crianças Quinta-feira: 19h às 21h Primeira Eucaristia (Turma de Perseverança) Sexta-feira: 15h às 17h Sábado: 8h30 às 10h30 Pré Catequese a partir de 4 anos Sábado: 8h30 às 10h30 Pré Catequese Primeira Eucaristia e Crisma para adolescentes Sábado: 15h às 17h

w cerimônia uma das celebrações de casamento realizada na Basílica

Casamento Comunitário celebra anos renovando votos de casais A Pastoral Familiar da Basílica Santuário de Nazaré está celebrando 10 anos de evangelização em prol da família. Com o intuito de confraternizar e render graças ao sucesso do projeto que uniu em Cristo cerca de 500 casais, a pastoral convida todos os casais que participaram desde o primeiro casamento para a Renovação das Promessas do Matrimônio. Essa é a primeira vez que a pastoral irá renovar as promessas do Matrimônio

desses casais e segundo explicou Marcio Miranda, que junto com sua esposa Andreia, fazem parte da coordenação. “A ideia partiu do padre Giovanni Incampo para fortalecer os laços dos casais, e celebrar os 10 anos da Pastoral que foi celebrado no dia 8 de dezembro de 2016”, contou Marcio. A celebração de Renovação das Promessas acontecerá no dia 28 de janeiro, às 19h, na Basílica Santuário de Nazaré.

Basílica Santuário segue com parceria solidária A Basílica Santuário de Nazarélançou essa semana uma parceria solidaria. Ao adquirir uma agenda do Santuário de Nazaré a pessoa colabora com o Cantinho São Rafael. São dois modelos de agenda, à venda é com exclusividade na Loja Lírio Mimoso (Anexo da Basílica Santuário de Nazaré). O Cantinho São Rafael é uma das obras assistenciais mantida pelas Obras Sociais da Paróquia de Nazaré.

Localizado em Ananindeua, Região Metropolitana de Belém, a instituição atende mais de 200 crianças em situação de vulnerabilidade social e sua estrutura necessita urgente de reformas.


10

belém, De 13 a 19 de janeiro de 2017

Arquidiocese

2º Caderno

Santa Maria Mãe de deus

Plantando a Esperança: paróquia do Maguari realiza gesto concreto Pároco e paroquianos participaram do momento de plantação de onze mudas de ipê

A

Paróquia de Santa Maria Mãe de Deus, no Maguari, em Ananindeua, celebrou a solenidade da padroeira, 1º de janeiro, com a realização do gesto concreto Plantando a Esperança, quando foram plantadas 11 mudas de ipê no pátio

fotos: divulgação

da igreja Matriz, simbolizando ‘a esperança do despertar da consciência missionária e do compromisso na promoção de iniciativas voltadas para o respeito ao meio ambiente, na perspectiva de uma paróquia ecológica’. A ação aconteceu logo

w momento contou com a participação de diversas crianças da comunidade local

w pe. josé maria à frente da comitiva para a plantação

após a Missa do meio dia, quando 10 crianças indicadas pelas 10 comunidades que integram a paróquia, acompanhadas por seus pais, articuladores e o pároco, Padre José Maria da Silva Ribeiro, fizeram a plantação das mudas de ipê no pátio da igreja. “É importante que se diga que para termos a consciência ecológica não basta plantar árvores, mas cuidar delas. Como também não basta gerar filhos e colocá-los no mundo. É preciso acompanhar seu processo de crescimento, repassando-lhes os valores

humanos, éticos e cristãos, t ã o n e c e s s á r i o s p a ra a construção do caráter da pessoa. Eis porque quisemos que as mudas de ipê fossem plantadas pelas crianças das famílias de nossas comunidades, pois elas são o mais belo exemplo da vida em processo de crescimento. Vamos poder amanhã olhar essas árvores crescidas, floridas, e comparar com os jovens, adultos de amanhã bem encaminhados na vida, dando alegria a seus pais e a todos que farão parte de sua história.” destacou Padre José Maria. O Pároco informou que,

ainda no mesmo dia, na celebração eucarística das 19 horas, foram apresentados o s n ovo s a r t i c u l a d o re s das comunidades, coordenadores de setores, grupos e pastorais da paróquia, escolhidos durante as mini assembleias realizadas nos meses de novembro e dezembro do ano que passou. Após leitura em conjunto do termo de compromisso para o biênio 2017-2018, todos eles receberam foram abênçoados pelo pároco e e saudados pelos fiéis presentes.

Semana Catequética das regiões São João Batista e Coração Eucarístico A Pastoral da Catequese da Arquidiocese de Belém, em conjunto com as Regiões Episcopais São João Batista e Coração Eucarístico de Jesus, promove no período de 8 a 13 de Janeiro a 3ª Semana Catequética, com o tema “Catequisar com Maria e do Jeito de Maria”, em alusão ao Ano Mariano, como forma de reflexão e aprofundamento dessa temática proporcionada pela Igreja no Brasil. Na abertura da programação, dia 8, celebração de Missa, às 7h e, às 10h30, adoração ao Santíssimo Sacramento, nas paróquias de Nossa Senhora de Fátima, Icoaraci, presidida

pelo Padre Fabrício da Silva Albuquerque, e Paróquia Santa Edwiges no conjunto Panorama XX, com o Padre Everson Vianna Corrêa. N a Pa r ó q u i a d e N o s s a Senhora do Bom Remédio, no Conjunto Satélite, o celebrante será o Padre Idair Bonadima. N o s d i a s 9 , 10 e 11 acontece o ciclo de palestras em cada uma das paróquias das regiões, com início às 18h30, apresentando as temáticas “Cristo fundamento da Catequese”, “Igreja e Catequese” e “Catequese e sacramentos”. Nos dias 12 e 13 acontece troca de experiências entre

w evento: catequistas das diversas regiões episcopais participaram da programação

os catequistas e jantar de confraternização. Os encontros forma divididos em polos paroquiais, como o polo 1, composto pelas paróquias de Nossa Senhora de Fátima, São Francisco de Assis, em Cotijuba, São Francisco de Assis, Icoaraci, Nossa Senhora da Conceição, Nossa Senhora do Livramento, Santo Afonso de Ligório, Nossa Senhora das Graças e São João Batista e Divina Misericórdia. O Polo 2 e 3 é formado pelas paroquias

de Santa Edwiges, Nossa Senhora Rainha da Paz, Coração Eucarístico, Arcanjo São Miguel, Natividade de Nosso Senhor Jesus Cristo e Santa Luzia do Bom Futuro. “ To d o s o s a n o s o s catequistas já ficam esperando, pois é onde podemos nos encontrar e trocar experiências para conhecer as realidades de outras paróquias e aprofundar o conhecimento sobre Jesus Cristo. Também convidamos outras pastorais, pois todos nós temos a missão de evangelizar

Serviço Aqueles que queiram participar devem fazer sua inscrição nas paróquias das regiões ou no dia 8 durante a abertura do evento, mediante uma pequena taxa. Informações pelo telefone: (91) 981792972 / 98237- 3848. independente de pastoral”, enfatizou Plácida Piteira, coordenadora do evento.


belém, De 13 a 19 de janeiro de 2017

11

Arquidiocese

2º Caderno

fotos: divulgação

PROVISÕES

Novos párocos tomam posse em paróquias de Belém Comunidades acolheram seus novos párocos w no dia 9 Padre Pedro Diocrésio tornou-se titular em São Sebastião

w Padre Plínio Pacheco tomou posse na Paróquia da Santa Cruz

A

tendendo ainda às novas provisões em decreto assinado pelo Arcebispo Metropolitano, Dom Alberto Taveira Corrêa, os novos párocos tomam posses em suas respectivas paróquias. Nesta última semana, os titulares assumiram seus postos nos dias 5, 6, 7, 8 e 9 nas Paróquias Santa Cruz, Santa Luzia, São José, Santa Maria Goretti e São Sebastião, respectivamente. Os novos titulares assumem suas paróquias de acordo com o comunicado de provisões assinado por Dom Alberto em dezembro passado que consta das alterações após tratativas nos meses anteriores. No comunicado o Arcebispo diz também que outros titulares permanecem como antes. As posses deram-se após missas, sendo todas presididas pelo Bispo Auxiliar de Belém, Dom Irineu

Roman. De Dom Irineu os novos párocos receberam, durante a celebração de posse, a estola roxa, pia batismal e as chaves do sacrário e da igreja. Cerimônias

Na Paróquia de Santa Cruz, no Bairro do Marco, a posse do Padre Plínio Pacheco aconteceu no último dia 5. O novo pároco, transferido da Paróquia Menino Deus, em Marituba, onde esteve à frente durante cinco anos, substitui Padre Paulo Cezar Falcão que assumiu a Matriz de Santa Luzia. Tranquilo para a nova missa, Pe. Plínio analisa esse primeiro momento para conhecimento da sua nova paróquia: “Ao final da semana, iremos reunir com as lideranças para conhecer os movimentos, pastorais e serviços. Respeitando a história e

w Dom Irineu deu posse ao Padre Paulo Cezar Falcão em Santa Luzia

w Padre Moisés Matos fala para a comunidade durante sua posse

a partir disso, trabalhar com metas”, destacou. No dia 6, a comunidade da Paróquia Santa Luzia, no Jurunas, recebeu o Padre Paulo Falcão para assumir como pároco. Estiveram presentes sacerdotes arquidiocesanos e diáconos na celebração. Na manhã do domingo, 8, o novo pároco teve seu primeiro encontro com lideranças das pastorais, movimentos e serviços da comunidade. Neste encontro, ele contou um pouco sobre a sua história de vida e contou alguns de seus projetos para a paróquia, como a missa da Benção, criação de pastorais, além do fortalecimento dos grupos que já existem. No sábado, 7, a Paróquia de São José, localizada no Umarizal, acolheu o Padre Carlos Augusto como seu novo pároco. Entre os presbíteros presentes estavam o Cônego Gonçalo Vieira, Monsenhor Raimundo Possidônio (Cid), Pe. Roberto Cavalli Júnior e Pe. Moisés Matos. Padre Carlos conta que já conhecia a paróquia, tendo ajudado na missa de criação em 2011, e, lembrando, inclusive, que no próximo dia 30 a paróquia completa seis anos de fundação. Para missão, Pe. Carlos pretende dar continuidade ao trabalho já

desenvolvido, valorizando a história e lideranças. “minhas expectativas são de servir com alegria anunciando o Evangelho de Cristo. como diz o lema de minha ordenação sacerdotal, que eu possa “fazer-me tudo, para todos”. No domingo, 8, a Paróquia de Santa Maria Goretti, no Guamá acolheu o Padre Moisés Matos como titular da paróquia. O novo pároco estava até então como vigário no Santuário de Nossa Senhora de Fátima. Na missa, que contou com vários concelebrantes, o novo pároco falou da missão de ser pároco com menos de seis meses de sacerdócio e pediu oração dos paroquianos para a missão dele. E, no dia 9, na Paróquia de São Sebastião, na Sacramenta, o Padre Pedro Diocrésio tomou posse como novo pároco, substituindo Cônego Joel Lopes que foi transferido para Igreja de Sant’Ana da Campina. Pe. Pedro já atuava na paróquia como vigário paroquial e está habituado às lideranças e ao trabalho já realizado. “A expectativa é de continuar a evangelização dentro do contexto que nos pede a Igreja, a CNBB e o Papa Francisco. Para novas metas estaremos realizar pequenos projetos sociais, buscando desenvolver o coração das pessoas, a Igreja viva”, destacou Padre Pedro.

w No dia 7 na Paróquia São José foi a posse do Padre Carlos Augusto


12

belĂŠm, De 13 a 19 de janeiro de 2017

Voz de Nazaré  

Edição de 13 a 19 de janeiro de 2017

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you