Issuu on Google+

ARQUIDIOCESE

DE BELÉM

www.fundacaonazare.com.br belém, De 2 a 8 de dezembro de 2016

D o jornal católico da família D

Pe. Florence Dubois Fundador

ANO CIII - Nº 748 - PREÇO AVULSO: R$1,00

Pastoral articula curso nas ilhas A Pastoral das Ilhas, da Arquidiocese de Belém, intermediou a realização do curso de panificação na comunidade Boa Vista, no baixo Acará; participantes receberam certificação esta semana. CADERNO 2, Página 1 luiz estumano

w irmã Carmem Silva, da equipe da Pastoral das Ilhas, durante o encerramento do curso na comunidade Boa Vista, no baixo Acará divulgação

solenidade

presentes de natal

Concebida sem pecado, a Imaculada Conceição recebe homenagens em todo o mundo.

A Paróquia do Perpétuo Socorro promove mais uma edição do projeto que atende crianças. Caderno 1, página 12.

Igreja celebra Paróquia realiza Nossa Senhora projeto "Árvore da Conceição dos Sonhos" caderno 2, página 7.

luiz estumano

w dom alberto durante o rito de ordenação diaconal de Rinaldo Felipe

Ordenação diaconal de Rinaldo w virgem Maria preservada do pecado, mãe do Salvador

Celebração aconteceu na Paróquia Jesus Bom Samaritano,

no Tapanã, presidida por Dom Alberto. caderno 2, página 11.


2

belém, De 2 a 8 de dezembro de 2016

Igreja Privilégio de ser católico João Carlos Pereira

charge do andré abreu

Jornalista e professor jcparis@orm.com.br

A coroa do Advento (parte I)

Comente esta charge:

J

voz@fundacaonazare.com.br

Panorama José Pereira Ramos (joseulina1@gmail.com)

30 anos de Ordenação sacerdotal (parte II)

N

Economista e escritor

o dia 06/12/16, às 19 h, na Paróquia de Nossa Senhora de Lourdes, bairro Dunas, em Fortaleza, CE, a comunidade estará participando da Missa de Ação de Graças pelos 30 anos de vida sacerdotal do Monsenhor João Jorge Corrêa Filho, pároco e vigário Geral da Arquidiocese de Fortaleza. Estou registrando esta ocorrência, nesta coluna, primeiro, pelo fato de que três décadas de missas e vivência sacerdotal, serem merecedoras de um digno festejo. Segundo, por termos conhecido esse sacerdote, ainda jovem. Nascido em Belém, descendente de tradicional família paraense, transferiu-se para Fortaleza, onde ingressou no Seminário. Uma particularidade: João Jorge, assim como minha filha Maria Bernadette, ainda jovens, foram catequistas na

Encontro Fraterno ivens Coimbra Brandão

ivenscb@oi.com.br

Iluminação pública

N

Engenheiro civil e escritor

esta oportunidade, não se tratará de nenhuma crítica à iluminação pública em nossa cidade, mas sim, fazer um convite ao leitor para conosco percorrer as décadas de 40 e 50 do passado século XX quando, ao cair da tarde, funcionários da concessionária de energia elétrica, percorriam as principais avenidas da cidade munidos de uma vara para acionar o interruptor da lâmpada dos postes de iluminação pública. Eram acompanhados pelo canto das cigarras que se acomodavam nos galhos das já frondosas mangueiras que enfeitam Belém. Os postes eram de ferro fundido, importados da Europa, ainda existindo uns poucos, como sinais daqueles tempos. Além de sustentar os cabos elétricos, as luminárias públicas, ainda serviam para, a cada ‘virada’ de

Fun­da­do em 5 de ju­lho de 1913 fundador Pe. Flo­ren­ce Du­bois, bar­na­bi­ta

arquidiocese de belém-pará

presidente Dom Alberto Taveira Corrêa Arcebispo Metropolitano de Be­lém do Pa­rá vice-presidente Monsenhor Marcelino Ferreira Vigário-geral da Arquidiocese de Belém do Pa­rá

Paróquia de Nazazé, em Belém. Hoje João Jorge é Monsenhor, Vigário Geral da Arquidiocese de Fortaleza. Maria Bernadette é Priora do Carmelo de Santa Teresinha de Fortaleza. Desígnios de Deus. Quando João Jorge estava pronto para ser ordenado presbítero, quis fazêlo em Belém, na Igreja de São Francisco (Capuchinhos), onde surgiu sua vocação. Na data, 06/12/1986, Dom Alberto Ramos estava em Manaus, encerrando a Assembleia Bienal da CPT do Norte e proferindo um histórico discurso na restauração da Catedral daquela cidade. Na impossibilidade do Cardeal Lorscheider, Arcebispo de Fortaleza vir a Belém, a Ordenação do padre João Jorge foi presidida por Dom Vicente Zico, Arcebispo Coadjutor de Belém. O neo sacerdote convidou este cronista e sua esposa para serem seus padrinhos de Ordenação o que aceitamos com muita honra. 30 anos após, enviamos os parabéns ao muito prezado Mons. João Jorge, cumprimentando-o pelo muito que já realizou para a Igreja de Cristo, na Arquidiocese que adotou como sua. Que permaneça sempre procurando as “Ovelhas Perdidas” como relata o Evangelho de 06/12/2016. ano, ecoar as sucessivas batidas de pequenos pedaços de metal ou pedras, como saudação ao ano novo. Tempos quando o principal meio de transporte coletivo eram os bondes que deslizavam soberanos em trilhos de bitola larga. Com a eclosão da 2ª Guerra Mundial, a então concessionária de energia elétrica e dos bondes de Belém, a inglesa ‘The Pará Electric Company’, começou a ter dificuldades, diante da inviabilização da importação de peças de reposição. O primeiro sinal de tais dificuldades foi a constante diminuição dos bondes em circulação, seguido da paralisação total dos serviços. A usina termoelétrica também começou a ter diminuída sua capacidade de geração, chegando-se ao ponto de se contar com apenas a terça parte da voltagem normal, com o filamento das lâmpadas apresentando uma ‘brasinha’ insignificante. No final do meu curso colegial, e preparação para o vestibular, estudávamos à luz de candeeiros. Neste tempo de preparação para celebrarmos a Encarnação do Verbo, peçamos ao Cristo, Luz do Mundo, que ilumine nossa caminhada em busca da Salvação.

DIRETOR GERAL Padre Roberto Emílio Cavalli Junior diretora administrativo e financeiro ­Marluce Guerreiro Milhomem diretor de comunicação Mário Jorge Alves da Silva diretor de captação de recursos ­Arnaldo Pinheiro (licenciado)

A Igreja nos ensina a viver, nas quatro semanas que antecedem o Natal, o tempo do advento. De origem latina, essa palavra significa chegada e tem tudo a ver com a vinda de Jesus ao mundo. Para mostrar ao povo que vai à missa como essa preparação deve acontecer, os padres colocam no altar a coroa do advento, que possui um simbolismo lindo, quem nem sempre as pessoas compreendem porque perderam a explicação do sacerdote. Como sou tomado pelo encantamento pela beleza desta época, gostaria de apresentar, neste canto de página, a coroa do advento. A coroa, também chamada de grinalda, é feita na forma de um círculo de folhagens verdes para simbolizar a eternidade, que jamais se acaba, e a esperança e a vida, que também devem ser eternas. Entrelaçando a peça vem uma fita vermelha, sinal do amor de Deus como do nosso próprio sentimento, que anseia pela chegada do Salvador. No centro da coroa estão quatro velas: uma lilás. Acesa semana passada, que simboliza a Encarnação, o Jesus Histórico. A segunda, branca, deste domingo, nos fala de Jesus nos pobres e necessitados. Nas próximas duas semanas, as velas, vermelha e verde, respectivamente, nos apresentarão Jesus nos Sacramentos e a Parusia, que vem a ser a segunda vinda de Jesus. Essa leitura representa apenas uma compreensão do significado simbólico da coroa do advento que, no Brasil, por conta da criatividade das equipes de liturgia, acabou ganhando flores próprias do clima equatorial. Em diferentes tradições, as velas podem significar os pontos cardeais. Há muitas outras simbologias bastante representativas, neste mundo de meu Deus. Como o espaço está terminando, não vou me agoniar e deixar a explicação incompleta, nas linhas finais do artigo, só para encerrar o assunto. Na semana que vem, ainda no espírito do advento, encerro o tema. Prometo.

Assim na terra como no céu ... Pe. Helio Fronczak

heliofronczak@gmail.com

O dínamo do Amor! Imagine-se nesta situação: É noite. Escuridão total. Você não vê nada à sua frente. E até sente medo. Mas você tem uma bicicleta com dínamo e farol. O farol está em ordem. O que fazer nesta circunstância? Ligue o dínamo e comece a pedalar. O farol se acende. Você novamente enxerga a estrada. Comece a correr. E a luz aumentará sua intensidade. O medo já se foi. Você se sente animado. Volta a alegria. Não pare ... Vá em frente ... Você está sentindo escuridão, insegurança, tristeza no seu interior? Comece a amar o próximo ao seu lado (Amar = servir, ajudar, tratar bem as pessoas) e o dínamo do amor de Deus - presente no coração de todo ser humano - começa a produzir luz. Quanto mais você vive o amor ao próximo mais imita Deus e mais aumenta a alegria e a felicidade em seu coração. Boa caminhada de Advento! Vem, Senhor Jesus!

coordenação Bernadete Costa (DRT/PA 1326) conselho de programação e editoração Padre Agostinho Filho de Souza Cruz Cônego Cláudio de Souza Barradas Edwaldo Lobo Monteiro editoração eletrônica Sérgio Santos (DRT/PA 579) As­si­na­tu­ras, dis­tri­bui­ção, ad­mi­nis­tra­ção e re­da­ção Av. Go­v. Jo­sé Mal­cher, Ed. Pau­lo VI, 915 CEP: 66055-260

- Na­za­ré, Be­lém - PA Te­l.: (91) 4006-9200/ 4006-9209. Fax: (91) 4006-9227 Re­da­ção: (91) 4006-9200/ 4006-9238/ 4006-9239/ 4006-9244/ 4006-9245 Site: www.fundacaonazare.com.br E-mail: voz@fundacaonazare.com.br Um veí­cu­lo da Fun­da­ção Na­za­ré de Co­mu­ni­ca­ção ­CNPJ nº 83.369.470/0001-54 Im­pres­so no par­que grá­fi­co de O Li­be­ral

fundação nazaré de comunicação


belém, De 2 a 8 de dezembro de 2016

3

Arcebispo Conversa com meu povo Dom Alberto Taveira Corrêa Arcebispo Metropolitano de Belém do Pará

H

á um convite provocante que percorre os séculos, onde quer que chegue a proclamação da Boa Nova de Jesus Cristo, o chamado à conversão. E este faz parte dos chamados “mistérios da alegria”, quando a Igreja reza o Rosário, contemplando, com os olhos de Maria, os acontecimentos de nossa salvação. Sempre é possível acolher de novo e de modo mais decisivo o chamado à mudança de vida, e só estaremos prontos no final de nossa caminhada terrena. E as mudanças decorrentes da conversão interferem, pouco a pouco, a sociedade e o relacionamento entre as pessoas. É hora de abrir os olhos, acolhendo com alegria a linguagem poética que a Igreja oferece neste tempo do Advento. “Alegrem-se o deserto e a terra seca, dance o chão duro, florido como a palma. Que se cubra de flores, dance e comemore, pois Deus lhe deu o esplendor do Líbano, a beleza do Carmelo e do Saron. Eles hão de ver a glória do Senhor, a majestade do nosso Deus. Fortalecei esses braços cansados, firmai os joelhos vacilantes. Dizei aos aflitos: “Coragem! Nada de medo! Aí está o vosso Deus, é a vingança que chega, é o pagamento de Deus, ele vem para vos salvar!” Então, os olhos dos cegos vão se abrir e abrem-se também os ouvidos dos surdos. Então os aleijados vão pular como cabritos e a língua dos mudos entoará um cântico, porque águas vão correr no deserto, rios na terra seca. O chão duro vai se mudar em pântano e o seco vai se encher de minas d’água, o lugar onde dormiam os chacais será lavoura de juncos e papiros. Haverá aí uma estrada, um caminho, que será chamado de caminho santo. Nenhum impuro passará por ele. Será para eles um caminho reto: nele nem os tolos se perderão. Aí não haverá leão, nem qualquer animal selvagem poderá alcançar esse caminho, ou nele será encontrado. Por ele só andarão os que foram libertados. Os que foram resgatados pelo Senhor voltarão e chegarão a Sião cantando louvores, cobertos de alegria sem fim. Alcançaram a felicidade e o prazer, a dor e a tristeza foram-se embora” (Is 35, 1-10). O sonho é alto demais, parece irrealizável! No entanto, a Igreja o proclama de novo no tempo do Advento. É a estação espiritual da esperança, dos projetos de um mundo possível, com a graça de Deus! Ouvimos dizer: “Alegrem-se o deserto e a terra seca. O chão duro vai se mudar em pântano e o seco vai se encher de minas d’água!” Recolhemos os desejos de porções imensas da humanidade que experimentam a secura dos desertos, sinais do valor da água para a natureza e para a humanidade. A terra seca fez o povo da Bíblia compará-la com o desejo de Deus! Sabemos também o quanto o povo da Aliança transformou deserto em estrada de esperança, pensando na terra

Frutos da conversão divulgação

tempo de crises proclamadas por toda parte, ressoe esta voz, que só pode vir de Deus. A fonte da coragem não está em nossos parcos recursos humanos, mas será resultado da confiança, a aposta da vida nas promessas de Deus. É do Senhor Jesus que ouvimos: “Tende coragem! Eu venci o mundo” (Jo 16, 33). Se olharmos a vida a partir do seu ângulo, muda tudo, mas o risco é nosso, pois será necessário escapar das aparentes razões, que w Haverá aí uma estrada, um caminho, que será chamado de caminho santo julgamos mais lógicas do que a lógica de Deus! “Haverá aí uma estrada, um caminho, que será chamado de caminho santo Por ele só andarão os que foram libertados. Os que foram resgatados pelo Senhor voltarão e chegarão a Sião cantando louvores”. Ah! desejada, onde deveria manar decisão muda o coração das O sonho de Deus, que se faz leite e mel, fruto de plantações pessoas e infunde nelas novas humano na Encarnação do Verbo, irrigadas até com um rio nascido energias. E precisamos disso cujo mistério celebramos neste do lado direito do templo! O urgentemente! tempo, é uma estrada nova, e esta feliz jogo de palavras chegou As imagens das limitações físicas é santa. Não dá para negociar ou até à Cruz, quando nasceram o se tornam as mais eloquentes pedir descontos! Deus é realista, sangue e a água do lado de Cristo. para propor a todos uma nova concreto. Seu Filho amado, E foi o mesmo Senhor vida: “Os olhos dos cegos vão Caminho, Verdade e Vida, há que prometeu rios de água se abrir e abrem-se também os de ser acolhido e seguido. Pode viva a nascerem daqueles que ouvidos dos surdos. Os aleijados parecer distante do que pensam os acreditassem. vão pular como cabritos e a língua grandes do mundo, mas, até agora, Sem medo de sonhar, ouvimos dos mudos entoará um cântico”. sabemos os resultados das escolhas que “os braços cansados Já ouvi pessoas amigas que não que distanciam de Jesus Cristo. são fortalecidos e os joelhos enxergam expressarem todos Só nele existe a verdadeira e única vacilantes se firmam”. Que bela os seus desejos num só lampejo esperança! oportunidade para ir ao encontro possível de luz, nem que fosse por João Batista (Cf. Mt 3, 1-12), voz de um mundo de gente, em torno um momento. E Deus concede daquele que grita para preparar a nós, pessoas esmorecidas, sem a luz vinda de dentro, quando se nos desertos da vida o caminho força para caminhar. De fato, acolhe a novidade do Evangelho! do Senhor e endireitar suas a experiência da fé vivida com “Coragem! Nada de medo!” Num veredas, mesmo para seu tempo andava contra a correnteza, pelos seus hábitos e palavras. No entanto, seus apelos são plenamente atuais, e passam por alguns gestos irrenunciáveis. As pessoas, ao ouvirem sua pregação, confessavam seus pecados, reconheciam ser “raça de cobras venenosas”. Que ousadia em suas palavras! Pedia frutos capazes de provar a conversão, vida nova e diferente! Sabia João Batista ser apenas capaz de preparar o caminho. Aquele que o supera em força traz o Batismo com o Espírito Santo e com o fogo. E nós, geração da crise de hoje, cujos perigos rondam de modo permanente, somos chamados a transformá-la em grande oportunidade. Peçamos confiantes: “Ó Deus todo-poderoso e cheio de misericórdia, nós vos pedimos que nenhuma atividade terrena nos impeça de correr ao encontro do vosso Filho, mas, instruídos pela vossa sabedoria, participemos da plenitude de sua vida. Amém!”

A experiência da fé vivida com decisão muda o coração das pessoas e infunde nelas novas energias


4

belém, De 2 a 8 de dezembro de 2016

Arquidiocese agenda de dom alberto corrêa

agenda de dom irineu roman

n De 2 a 8 dezembro de 2016 w SEXTA, 2 DE DEZEMBRO 8h - Gravações 9h30 - Audiências 14h - Reunião 19h30 - Missa de posse da nova Diretoria do Círio (Basílica)

n De 2 a 8 dezembro de 2016 w TERÇA, 6 DE DEZEMBRO 8h - Gravações 10h - Audiências 12h - Almoço do Jubileu de Prata do Padre Agnaldo (Paróquia de Nossa Senhora da Conceição Aparecida) 19h - Missa com a Comunidade Semeando com Maria (Paróquia Santa Rita)

w SÁBADO, 3 DE DEZEMBRO 10h - Missa e Crismas (Basílica) 15h - Audiências 19h - Crismas (Paróquia Nossa Senhora Rainha da Paz) w DOMINGO, 4 DE DEZEMBRO 8h30 - Crismas (Paróquia de Santa Paula Frassinetti) 19h - Missa (Paróquia de Santo André Apóstolo) w SEGUNDA, 5 DE DEZEMBRO 8h - Gravações 15h - Reunião 19h - Missa (Paróquia de Nossa Senhora da Conceição do Outeiro)

w SEXTA, 2 DE DEZEMBRO 10h - Atividades CNBB 15h - Missa com membros da Família Nazaré (FNC) 19h - Crisma de Adultos – Basílica de Nazaré w SÁBADO, 3 E DOMINGO, 4

19h - Missa - Paróquia Imaculada Conceição (festividade) - Mosqueiro

DE DEZEMBRO

Viagem para Ponta de Pedras w SEGUNDA, 5 DE DEZEMBRO 8h30 - Reunião Pastoral das Ilhas 19h - Missa - Comunidade Nossa Senhora de Guadalupe (festividade) - Paróquia São Sebastião w TERÇA, 6 DE DEZEMBRO 8h30 - Audiências 19h - Missa Paróquia Imaculada Conceição - Outeiro w QUARTA, 7 DE DEZeMBRO 8h30 - Audiências 19h - Missa - Paróquia Imaculada Conceição - Castanheira w QUINTA, 8 DE DEZEMBRO 8h - Crisma - Paróquia São Jorge - Marambaia

w QUARTA, 7 DE DEZEMBRO 8h - Gravações 19h - Missa (Paróquia São Pedro Pescador) w QUINTA, 8 DE DEZEMBRO 7h - Missa (Paróquia de Nossa Senhora da Conceição - Cidade Velha) 9h - Missa Jubilar das Irmãs de Sant’Ana 18h - Missa (Paróquia da Imaculada Conceição - Castanheira)

Os compromissos de Dom Alberto Taveira podem sofrer alterações sem aviso prévio.

Os compromissos de Dom Irineu Roman podem sofrer alterações sem aviso prévio.

Festejo de Nossa Senhora da Conceição  Nesta semana a Arquidiocese de Belém vivencia a Festividade de Nossa Senhora da Conceição em paróquias e comunidades. O Arcebispo Metropolitano, Dom Alberto Taveira Corrêa e seu Auxiliar, Dom Irineu Roman, estarão presentes nas festividades nos distrito de Outeiro, Mosqueiro e os bairros do Castanheira e Cidade Velha celebrando Nossa Senhora com o povo de Deus.

O Arcebispo nesta sexta-feira, 2, celebra a missa de posse da nova Diretoria da Festa de Nazaré, na Basílica Santuário. Dom Alberto também ministra, no dia 3, o sacramento da Crisma para jovens na Basílica e na Paróquia Nossa Senhora Rainha da Paz e no domingo, 4, na Paróquia Santa Paula Franssineti. No dia 6 participa do Almoço pelo Jubileu de Prata do Padre Agnaldo, na

Paróquia de Nossa Senhora da Conceição Aparecida e na quintafeira, 8, preside missa jubilar das Irmãs de Sant’Ana. Já Dom Irineu se reúne com a Pastoral das Ilhas no dia 5, mesmo dia que preside missa dentro da festividade da Comunidade Nossa Senhora de Guadalupe, ligada a Paróquia São Sebastião. Na quinta-feira, 8, ministra o Crisma para jovens da Paróquia São Jorge, na Marambaia.

Homilia Dominical Padre Romeu Ferreira romeufsilva@gmail.com

A) Texto: Mt 3,1-12

Formado em Exegese pelo Pontifício Instituto Bíblico de Roma

1Naqueles dias, apareceu João Batista, pregando no deserto da Judéia: 2“Convertei-vos, porque o reino dos céus está próximo”. 3João foi anunciado pelo profeta Isaías, que disse:“Esta é a voz daquele que grita no deserto: preparai o caminho do Senhor, endireitai suas veredas! ”4João usava uma roupa feita de pelos de camelo e um cinturão de couro em torno dos rins; comia gafanhotos e mel do campo. 5Os moradores de Jerusalém, de toda a Judéia e de todos os lugares em volta do rio Jordão vinham ao encontro de João.6 Confessavam os seus pecados e João os batizava no rio Jordão.7Quando viu muitos fariseus e saduceus vindo para o batismo, João disse-lhes:

“Raça de cobras venenosas, que vos ensinou a fugir da ira que vai chegar? 8Produzi frutos que provem a vossa conversão. 9Não penseis que basta dizer: ‘Abraão é nosso pai’, porque eu vos digo: até mesmo destas pedras Deus pode fazer nascer filhos de Abraão.10O machado já está na raiz das árvores, e toda árvore que não der bom fruto será cortada e jogada no fogo.11Eu vos batizo com água para a conversão, mas aquele que vem depois de mim é mais forte do que eu. Eu nem sou digno de carregar suas sandálias. Ele vos batizará com o Espírito Santo e com fogo. 12Ele está com a pá na mão; ele vai limpar sua eira e recolher seu trigo no celeiro; mas a palha ele a queimará no fogo que não se apaga”. B) Comentário João Batista é importante, mas no confronto com Jesus,

é apenas a voz (v 3), enquanto Jesus é a Palavra (Jo 1,14). A voz é o despertar para a escuta e compreensão da palavra. Jesus é a Palavra que se faz vida: “A Palavra estava em Deus e a Palavra era Deus. E a Palavra se fez carne e habitou entre nós” (Jo 1,1.14). Jesus é a Palavra que vivifica; que dá vida a todos (Jo 6, 68). Mateus nos fala do Batista: sua atividade; local da atividade e vestimenta que usava. Sua atividade é a pregação, como atualização do Antigo Testamento através da profecia de Isaías, que aponta “A voz” (Is 40,3). O local é o deserto. E a roupa, é traje rústico, apto para afrontar as intempéries do ambiente, da situação. O Batista deve ser nosso espelho. Ele preparava o caminho do Senhor. Será que preparamos o caminho que traz e leva a Jesus? “Os moradores de Jerusalém, de toda a Judéia e de todos os lugares em volta do rio Jordão vinham

ao encontro de João” (v 5). João não só indicava o caminho, ele caminhava. A força da pregação do Batista estava mais na sua vida, na sua coerência. Preparamos o caminho do Senhor ou o obstruímos com nosso pecado, com nossa conduta? O deserto foi o local de preparação do povo em direção à “Terra Prometida”, na regência de Moisés. Onde está o deserto de nossos dias? “O deserto não é a ausência de pessoas, mas a presença de Deus!” (Larañaga). A roupa é o de mais imediato que se observa nas pessoas. Será que nas situações da vida revelamos imediatamente nossa sintonia com Deus? A nossa missão é anunciar com o testemunho. Diz o Batista: “toda árvore que não der bom fruto será cortada” (v 10); “Produzi frutos que provem a vossa conversão” (v 8). Aceitemos o convite em sermos fecundos na prática contínua do bem!

Liturgia da Semana w 02/12, SEXTA-FEIRA

Cor (Roxa) Leitura (Is 29,17-24) Responsório (Sl 26) Evangelho (Mt 9,27-31)

w 03/12, SÁBADO

Cor (Branca) Leitura (Is 30,19-21.23-26)

Responsório (Sl 146) Evangelho (Mt 9,35–10,1.6-8)

w 04/12, DOMINGO

Cor (Roxa) Primeira Leitura (Is 11,1-10) Responsório (Sl 71) Segunda Leitura (Rm 15, 4-9)

Evangelho (Mt 3,1-12)

w 05/12, SEGUNDA-FEIRA

Cor (Roxa) Leitura (Is 35,1-10) Responsório (Sl 84) Evangelho (Lc 5,17-26)

w 06/12, TERÇA - FEIRA

Cor (Roxa)

Leitura (Is 40,1-11) Responsório (Sl 95) Evangelho (Mt 18,12-14)

w 07/12, QUARTA-FEIRA Cor (Branco) Leitura (Is 40,25-31) Responsório (Sl 102)

Evangelho (Mt 11,28-30)

w 08/12, QUINTA-FEIRA

Cor (Branco) Primeira Leitura (Gn 3,9-15.20) Responsório (Sl 97) Segunda Leitura (Ef 1,3-6.11-12) Evangelho (Lc 1,26-38)


belém, De 2 a 8 de dezembro de 2016

5

Vaticano reflexão do papa

No Advento, ampliar os horizontes "Um novo caminho de fé em que o povo de Deus vai ao seu encontro e Ele vem até nós"

C

fotos: divulgação

om informações da Rádio Vaticano. O início do tempo do Advento foi o tema da reflexão do Papa Francisco no domingo, 27 de novembro. “Um novo caminho de fé em que o povo de Deus vai ao seu encontro e Ele vem até nós”, como definiu o Pontífice. As contínuas vindas do Senhor  O Evangelho de Mateus explica que depois da primeira visita do Senhor à humanidade, com o nascimento de Jesus na gruta de Belém; a segunda a c o n t e c e n o p re s e n t e . Dirigindo-se aos fiéis, turistas e romanos presentes n a P ra ç a S ã o Pe d ro , o Papa disse que “o Senhor nos visita continuamente, todo dia, caminha ao nosso lado, é uma presença de consolação”.  Mateus, narrando o dilúvio, ressalta o contraste entre a rotina cotidiana e a

w Milhares participaram do encontro com o Papa para a oração do Angelus

vinda repentina do Senhor. Ficai atentos e preparados! É sempre surpreendente pensar nas horas que precedem uma grande calamidade: fazemos as coisas de sempre sem perceber que nossa vida está

para se transformar.  Não deixar-se dominar pelas coisas do mundo “A partir desta perspectiva, surge também um convite

à sobriedade, a não nos deixarmos dominar pelas coisas deste mundo, pelas realidades materiais, mas sim a governá-las. Quando, ao contrário, nos deixamos condicionar e dominar

por elas, não conseguimos perceber que há algo muito mais importante: o nosso encontro com o Senhor que vem para nós. É um convite à vigilância, porque não sabendo quando Ele virá, é preciso estar sempre prontos para partir”.  Finalizando, Francisco recomendou:   “Neste tempo de Advento, somos chamados a ampliar o horizonte de nosso coração, a deixarmo-nos surpreender pela vida que apresenta a cada dia suas novidades. Para isso, é preciso aprender a não depender de nossas s e g u ra n ç a s , d e n o s s o s esquemas demarcados, porque o Senhor vem na hora que não imaginamos. Vem para nos conduzir a uma dimensão mais bonita e maior”.  O Papa rezou a oração do Angelus e abençoou os presentes, desejando a todos um bom tempo de Advento e pedindo orações por ele.

Papa: a fé cristã não é uma teoria, mas é o encontro com Jesus Com informações da Rádio Vaticano. A fé cristã não é uma teoria ou uma filosofia, mas é o encontro com Jesus. Foi o que destacou o Papa celebrando a missa na capela da Casa Santa Marta na segunda-feira, 28, no início do Tempo do Advento. Em sua homilia, o Pontífice observou que neste período do Ano, a Liturgia nos propõe inúmeros encontros de Jesus: com a sua Mãe no ventre, com São João Batista, com os pastores, com os Magos. Tudo isso nos diz que o Advento é “um tempo para caminhar e ir ao encontro com o Senhor, isto é, um tempo para não ficar parado”. Oração, caridade e louvor: assim encontraremos o Senhor Eis então que devemos nos perguntar como podemos ir ao encontro de Jesus. “Quais são as atitudes que devo ter para encontrar o Senhor? Como devo preparar o meu coração para encontrar o Senhor?”, questionou o Papa. “Na oração no início da Missa, a Liturgia nos fala de três atitudes: vigilantes na oração, operosos na caridade e exultantes no louvor. Ou seja, devo rezar com vigilância; devo ser operoso na caridade – a caridade fraterna: não somente dar esmola, não; mas também tolerar as pessoas que me incomodam, tolerar em casa as crianças quando fazem muito barulho, ou o marido ou a mulher quando estão em dificuldade, ou a sogra... não sei .. mas tolerar: tolerar … Sempre a caridade, mas operosa. E também a alegria de louvar o Senhor: ‘Exultantes na alegria’. Assim devemos viver este caminho, esta vontade de encontrar o Senhor. Para encontrá-lo bem. Não ficar parados. E encontraremos o Senhor”. Porém, acrescentou o Papa, “ali haverá uma surpresa, porque Ele é o Senhor das surpresas”. Também

w papa durante celebração da missa na capela da Casa Santa Marta

o Senhor “não está parado”. Eu, afirmou Francisco, “estou em caminho para encontrá-Lo e ele está em caminho para me encontrar. E quando nos encontramos, vemos que a grande surpresa é que Ele está me procurando antes que eu comece a procurá-lo”.  O Senhor sempre nos precede no encontro “Esta é a grande surpresa do encontro com o Senhor. Ele nos procurou por primeiro. É sempre o primeiro. Ele percorre o seu caminho para nos encontrar”. Foi o que aconteceu com o Centurião:  “O Senhor vai sempre além, vai primeiro. Nós fazemos um passo e Ele faz dez. Sempre. A abundância de sua graça, de seu amor, de sua ternura não se cansa de nos procurar, também, às vezes, com coisas pequenas. Pensamos que encontrar o Senhor seja algo magnífico, como aquele homem da Síria, Naamã, que tinha hanseníase, não é simples. Ele também teve uma surpresa grande da maneira de Deus

agir. O nosso é o Deus das surpresas, o Deus que está nos procurando, nos esperando, e nos pede somente o pequeno passo da boa vontade.” Devemos ter a “vontade de encontrálo”. Depois, Ele “nos ajuda”. “O Senhor nos acompanhará durante a nossa vida”, disse o Papa. Muitas vezes, irá nos ver distanciar Dele, e nos esperará como o Pai do Filho Pródigo. 

A C

A fé não é saber tudo sobre dogmática, mas encontrar Jesus “Muitas vezes”, acrescentou o pontífice, “verá que queremos nos aproximar e sairá ao nosso encontro. É o encontro com o Senhor: isto é importante! O encontro. “Sempre me impressionou o que o Papa Bento XVI disse: que a fé não é uma teoria, uma filosofia, uma ideia: é um encontro. Um encontro com Jesus”. Caso contrário, “se você não encontrou a sua misericórdia pode até rezar o Credo de cor, mas não ter fé”:  “Os doutores da lei sabiam tudo, tudo sobre a dogmática daquele tempo, tudo sobre a moral daquele tempo, tudo. Não tinham fé, porque o seu coração tinha se distanciado de Deus. Distanciar-se ou ter o desejo de ir ao encontro. Esta é a graça que nós hoje pedimos. Ó Deus, nosso Pai, suscite em nós a vontade de ir ao encontro de Cristo, com as boas obras. Ir ao encontro de Jesus. Por isso, recordamos a graça que pedimos na oração, com a vigilância na oração, operosos na caridade e exultantes no louvor. Assim, encontraremos o Senhor e teremos uma linda surpresa.”

misericórdia não é um parêntese na vida da Igreja, mas constitui a sua própria existência, que torna palpável o Evangelho. (28 de novembro) om o Advento todos nós nos colocamos em caminho, através do tempo, em direção a Jesus, ao seu Reino de justiça e de paz. (27 de novembro)


6

belém, De 2 a 8 de dezembro de 2016

Igreja no Brasil santidade

Paróquia no Piauí celebra o Dogma da Imaculada Conceição

Festa inspirada no tema “Maria, Mãe e modelo da Igreja Missionária”

C

om informações da agência Gaudium Press. Entre 29 de novembro e 7 de dezembro, a Paróquia dedicada a Nossa Senhora da Imaculada Conceição, situada no bairro Morada Nova, na zona Sul de Teresina, organiza a

Festa da Padroeira, que será inspirada no tema “Maria, Mãe e modelo da Igreja Missionária” e no lema “Nossa missão é servir”. Neste período, a festividade contará com atividades a serem realizadas nas dependências da Igreja

Matriz, que fica localizada n a p ra ç a d o b a i r ro . O momento marcará também a abertura oficial do Ano Mariano na paróquia. Até o dia 7, as atividades religiosas terão início sempre às 18h com a meditação do Terço Mariano. Depois, haverá a recitação do Oficio da Imaculada Conceição e a Santa Missa, que deverá iniciar diariamente às 19h. No âmbito social, a programação contemplará apresentações artísticas e culturais. Além disso, as festividades

terão a presença do Arcebispo de Teresina, Dom Jacinto Brito, que presidirá a celebração do dia 8, às 8h. No mesmo dia, às 17h, os devotos irão se concentrar na Igreja Matriz do Morada Nova para a tradicional procissão que antecederá a celebração eucarística de encerramento. O Dogma

O Dogma da Imaculada Conceição, proclamado em 8 de dezembro de 1854 por Pio IX (Bula “Ineffabilis Deus”), nas palavras de Santo Irineu,

declara a santidade da Virgem Santa Maria desde o primeiro momento da sua existência, desde a sua Conceição, ou seja, a partir do momento que ela foi preservada da mácula do pecado original, no qual nascem todos os filhos de Adão. Enquanto estes estão privados da graça divina, a Virgem Maria foi totalmente pura, santa e imaculada desde o início da sua vida. Esta foi desde sempre a convicção profunda da Igreja, que viu na Virgem Maria a “Nova Eva”.

Arquidiocese de Pouso Alegre anuncia Ano Jubilar para 2020 Com informações da agência Gaudium Press. A Arquidiocese de Pouso Alegre decretou que em 2020 celebrará seu Jubileu de fundação. A decisão ocorreu durante reunião do Conselho Arquidiocesano de Pastoral (CAP) realizada em 5 de novembro. Na ocasião, o coordenador de Pastoral arquidiocesano, Padre Mauro Ricardo de Freitas, juntamente com o Vigário Geral, Cônego Wilson Mário de Morais, apresentaram a proposta para a celebração dos 120 anos de história da Igreja mineira. O ano jubilar é considerado um tempo oportuno para a população católica recordar e celebrar a soberania de Deus sobre todas as coisas e sua presença de salvação na história. “A comemoração do jubileu se realiza através das celebrações litúrgicas e gestos concretos de

gratuidade, de reconciliação e da prática da justiça social para o bem de todos como sinal do Reino definitivo. É celebração do tempo de Deus anunciado por Jesus, tempo de graça, tempo de promoção da vida (Cf. Lc 4, 18-19)”, dizia a proposta apresentada aos participantes. Conforme a estrutura Virtude Teologal, Símbolo, Sacramentos, Enfoque pastoral, Enfoque litúrgico

e sugestões de atividades, a proposta é realizar um triênio em preparação ao jubileu, sendo cada ano dedicado a uma virtude teologal. A abertura dos festejos acontecerá na Festa da Epifania do Senhor de 2017. Etapas

No próximo ano, será refletida a Fé, tendo como símbolo a vela. Os sacramentos destacados serão os da

iniciação cristã (Batismo, Crisma e Eucaristia). Já o segundo ano do triênio preparatório, em 2018, a Arquidiocese irá propor a reflexão da virtude teologal da Esperança, tendo a âncora como símbolo. Por fim, em 2019, a Caridade será a virtude teologal refletida. O símbolo será a imagem do Lava-pés e os sacramentos destacados serão o Matrimônio e a Ordem. No ano jubilar, em 2020, será destacado o Te Deum, focando como símbolo o Brasão da Arquidiocese de Pouso Alegre. O enfoque litúrgico ficará em torno da festa de São Sebastião, Padroeiro arquidiocesano. Entre as atividades para este ano, uma delas é vista como prioridade: uma romaria dos membros da Arquidiocese ao Santuário Nacional de Aparecida, em São Paulo.

Lançamento do livro Doutrina Social da Igreja para os jovens

Arquidiocese de Salvador anuncia nova edição do concurso de presépios Com informações Gaudium Press. A Arquidiocese de Salvador, inspirada na proposta de celebrar o nascimento de Jesus, realizará mais uma edição do Concurso de Presépios. A iniciativa é oriunda dos esforços da Pastoral da Cultura (Pascult). As inscrições vão até 20 de d e z e m b ro e o s p a r t i c i p a n t e s devem escolher uma das três categorias: Residencial, Paroquial

ou Institucional. O Concurso é considerado parte integrante do “Projeto Salvador” e tem por finalidade estimular a construção de presépios, despertando assim a criatividade e a memória das tradições populares do período natalino. O resultado será no dia 25, na Missa de Natal. O presépio vencedor deverá ficar montado até 6 de janeiro de 2016, dia da Festa de Reis.

Com informações da agência Gaudium Press. O Compêndio da Doutrina Social da Igreja para os Jovens (Docat) foi lançado na quartafeira, 23 de novembro, pela Comissão Episcopal para a Juventude da CNBB. O Docat é uma adaptação considerada atraente e ilustrativa do Compêndio da Doutrina Social da Igreja, sendo também um pequeno manual dos Ensinamentos Sociais da Igreja. O livro foi idealizado pelos mesmos criadores do Catecismo Jovem (Youcat) e apresentado durante a Jornada Mundial da Juventude 2016, ocorrida em Cracóvia, na Polônia. Tem como principal intuito o de ensinar, com uma linguagem dialógica, com perguntas e respostas, como os jovens cristãos podem mudar o mundo através da ação social, com base nos ensinamentos do Evangelho.

Além disso, a elaboração e a ilustração da obra contaram com a participação de jovens de diferentes países. O assessor da Comissão para a Juventude, Padre Antônio Ramos Padro, afirmou que com o Ducat, a Igreja pretende ter um alcance maior, sobretudo dos Jovens. “A Doutrina Social da Igreja é um documento antigo e que nessa linha de diálogo com os jovens os convoca para praticar três ações contínuas, uma é de se transformar; transformar ele mesmo enquanto jovem, transformar ao seu redor e transformar a sociedade”, explicou. Durante o lançamento, a “Edições CNBB” disponibilizou exemplares para a venda. Participaram do lançamento a presidência da CNBB, assim como membros do Conselho Episcopal Pastoral e representantes do Setor Juventude da Arquidiocese de Brasília.


belém, De 2 a 8 de dezembro de 2016

7

Igreja no Mundo cidade de Lapu-Lapu

Filipinas festeja a Virgem da Regra Uma procissão por diversas ruas renova a consagração da população católica à sua Padroeira

C

om informações da agência Gaudium Press. Milhares de devotos celebraram a Festa dedicada a Virgem da Regra, na cidade de Lapu-Lapu, nas Filipinas, com uma notável procissão que renovou a consagração da população católica à sua Padroeira, a quem eles confiam desde 1735. Apesar de ser uma devoção que teve a Imagem da Santa apenas conhecida por meio de uma ilustração, ela se estendeu rapidamente graças aos milagres obtidos pela maternal intercessão mariana. A d evo ç ã o a N o s s a Senhora da Regra é uma das mais antigas da Igreja e a tradição afirma que Santo Agostinho venerava esta Imagem no Século V. Após a morte do Santo, a perseguição religiosa dos vândalos forçou um grupo de monges discípulos de Santo Agostinho a viajar da

fotos: divulgação

w a devoção a Nossa Senhora da Regra é uma das mais antigas da Igreja

África para a Espanha, onde a Imagem ficou escondida durante muitos séculos. Em 1930, um sacerdote agostiniano recebeu uma aparição da Virgem Santíssima, na qual a Mãe

de Deus pedia para que o religioso fosse a Mar de Cádiz para procurar a caverna onde a Imagem foi preservada. Então, o padre começou sua longa jornada sob a orientação da Santa Virgem,

parando finalmente para descansar debaixo de uma árvore. Logo, uma voz informou que ele já tinha chegado em seu destino. Com a ajuda de moradores, o presbítero

cavou e encontrou uma enorme pedra que cobria a entrada de uma caverna, local onde estava a Imagem. Neste mesmo lugar, edificouse o templo onde é venerada a Virgem Santíssima. Mais tarde, a devoção a este título mariano surgiu através do primeiro pároco de Opon, o monge agostiniano Francisco Avalle, que mostrou uma ilustração da Imagem para as pessoas e elas, por sua vez, escolheram Nossa Senhora da Regra como sua Padroeira. Em seguida, o padre encomendou uma Imagem da Santa. Em pouco tempo, inúmeros milagres atribuídos à Virgem S a n t í s s i m a a j u d a ra m a estender esta devoção por todo o território filipino. Anos depois, Nossa Senhora da Regra foi coroada pelo Arcebispo de Cebu, Dom Julio Rosales, durante o Congresso Mariano Arquidiocesano de 1954.

Divulgados os temas para próximas Jornadas Mundiais da Juventude Com informações da agência Gaudium Press. As próximas Jornadas Mundiais d a J u ve n t u d e ( J M J ) d e 2017 a 2019 já têm temas a serem desenvolvidos por ocasião de suas realizações. A temática para essas JMJ convida os jovens católicos a fazerem reflexões sobre figura da Virgem Maria, informa um comunicado emitido pelo Vaticano. Os Temas A 32.ª JMJ, que vai ser celebrada em 2017 a nível diocesano, tem como tema ‘O Todo-Poderoso fez em mim maravilhas”, partindo

de uma frase do diálogo entre o Anjo e Nossa Senhora, relatada pelo Evangelho segundo São Lucas (Lc 1,49) No ano seguinte, o tema e s c o l h i d o p e l o Pa p a é “Não temas, Maria, porque encontrastes graça diante de Deus”, da mesma passagem do Evangelho (Lc 1,30). A 34ª JMJ, de caráter internacional, vai acontecer em 2019, no Panamá, tendo como tema ‘Eis aqui a escrava do Senhor, façase em mim segundo a tua palavra” (Lc 1,38). O itinerário de três anos, explica o Vaticano, propõe um “caminho

espiritual” relacionada com a reflexão iniciada com as três anteriores JMJ (20142016), “centradas nas BemAventuranças”. “Os três temas anunciados dão ao itinerário espiritual das próximas JMJ uma forte conotação mariana, sublinhando ao mesmo tempo uma imagem de juventude em caminho entre o passado (2017), o presente (2018) e o futuro (2019), animada pelas três virtudes teologais: fé, caridade e esperança”. O comunicado do Vaticano recorda o discurso preparado pelo Papa Francisco para o encontro com os voluntários

da JMJ 2016, em Cracóvia, na qual se aludiam às atitudes da Mãe de Jesus, mostrandoa como “modelo a imitar”. “O caminho proposto aos jovens mostra também uma evidente sintonia com a reflexão que o Papa Francisco confiou ao próximo Sínodo dos Bispos: Os jovens, a fé e o discernimento vocacional”, acrescenta a nota oficial. Recordando As JMJ nasceram por iniciativa de João Paulo II, após o sucesso do encontro promovido em 1985, em Roma, no Ano Internacional da Juventude.

C a d a J M J re a l i za - s e , anualmente, a nível diocesano no Domingo de Ramos, alternando com um encontro internacional a cada dois ou três anos numa grande cidade: em 1987, Buenos Aires (Argentina); em 1989, Santiago de Compostela (Espanha); em 1991, Czestochowa (Polónia); em 1993 em Denver (EUA); em 1995, Manila (Filipinas); em 1997, Paris (França); em 2000, Roma (Itália); em 2002, Toronto (Canadá); em 2005, Colónia (Alemanha); em 2008, Sidney (Austrália); em 2011, Madrid (Espanha); Rio de Janeiro (Brasil), em 2013; e Cracóvia (Polónia), em 2016.

Maratona de leitura da Bíblia Sagrada em Templo dos EUA Com informações da agência Gaudium Press. A Paróquia de San Martín de Tours, na Diocese de Lafayette, nos Estados Unidos, celebrou a clausura do Ano da Misericórdia com uma notável manifestação pública de Fé: mais de 250 pessoas se reuniram para ler os textos completos da Bíblia Sagrada na praça pública de St. Martinville. Durante 86 horas, os fiéis leram as Sagradas Escrituras desde o primeiro capítulo, do Génesis, até o 22º, do livro do Apocalipse. A maratona bíblica teve início em 17 de novembro, às 6h (horário local), e terminou às 20h de domingo, Solenidade de Cristo Rei. “Toda a Bíblia é um drama da misericórdia de Deus, um grande livro sobre a misericórdia de Deus”, explicou à National Catholic Register o Padre Michael

w uma grande Bíblia de mais de 12 quilos, foi encomendada para o dia do evento

Champagne, organizador do evento. “Trata-se que Deus continua tentando nos

convencer de sua bondade e fidelidade, chamando-nos de volta à sua misericórdia”.

Um dos efeitos da maratona, além de manifestar publicamente a Fé, é motivar

as famílias a ler as Sagradas Escrituras em seus domicílios e fazê-las colocar em prática os ensinamentos bíblicos. Para tornar possível a leitura da totalidade da Bíblia, o Padre Champagne contatou a todas as paróquias da Diocese de Lafayette para participar de todos os turnos. A resposta dos fiéis foi notável e ele continuou a receber chamadas de voluntários até um dia antes do início da maratona. Além de serem lidas em Inglês, algumas passagens foram lidas em francês, vietnamita, espanhol, italiano e alemão por membros das diferentes comunidades residentes na paróquia. Para o dia, o Padre Champagne encomendou uma grande Bíblia de mais de 12 quilos, que foi enviada a Roma para ser abençoada pelo Papa Francisco.


8

belém, De 2 a 8 de dezembro de 2016

Nazaré Repórter J Nossa Senhora

rádio nazaré

Festividades fotos: divulgação

de Guadalupe

O tema “Mãe Guadalupe, que sejamos mais misericordiosos!” anima a festividade da Comunidade Nossa Senhora de Guadalupe, pertencente à Paróquia Santa Teresinha, no período de 9 a 12 deste mês. Prestigie! A igreja fica na passagem Arnaldo Maia, 46, no bairro de Águas Lindas, em Ananindeua.

J Santos Inocentes A Comunidade dos Santos Inocentes, pertencente à Paróquia São Geraldo Magela, celebrará sua festividade no período de 26 a 28 deste mês com o tema “Mártires Santos Inocentes e Maria, intercedei por nós”. Dia 28, às 18h, uma procissão sairá da igreja das Candeias, encerrando a festa. Após a celebração, um leilão beneficente arrecadará fundos para a construção da capela da comunidade. Mais informações: (91) 3257-7950/98196-7316.

J Sagrada Família

J Nossa Senhora da Conceição A Paróquia de Nossa Senhora da Conceição, na Cidade Velha, em Belém, festejará a sua padroeira de 30 de novembro a 8 de dezembro com o tema “Sob o abrigo de vossa misericórdia nos refugiamos, Santa Mãe de Deus” . A paróquia situa-se na rua Cesário Alvim, nº 565.

A Paróquia de São Geraldo Magela terá uma formação para leitores no dia 3, das 9h às 12h. A palestra ensinará como escolher a leitura correta dos textos sagrados na celebração e como se portar na celebração. A paróquia fica na rua São Paulo, 246, conjunto  Marex, no bairro de Val de Cans,em Belém. Informações:  (91) 3257-7950.

programação ligando para a central de atendimento no número 4006-9211 ou ainda pelas redes sociais twitter. com/radionazare e pelo facebook.com/radionazare, enviando suas dúvidas, ou sugerindo novos temas para os próximos programas.

rede nazaré de televisão

al can

30

l Missa pela Família Nazaré

portal nazaré

presidida pelo Bispo Auxiliar de Belém, Dom Irineu Roman. Sintonize o canal 30, ou na sintonia da sua cidade, e participe desse momento de partilha! w. ww re. aza on m.br a c co da fun

J Cerco de Jericó A Paróquia Divino Espírito Santo, no Coqueiro, promoverá o seu 1º Cerco de Jericó. “Muitas muralhas vão cair pela força da oração” é o tema a ser conduzido com pelo padre Vandilson Lima. A paróquia fica na Av. Dom Vicente Zico (Arterial 18), n º 100, Ananindeua. Informações pelo telefone (91)3773-1655.

l Palavra de Vida Eterna no Portal

J Clamor  A Paróquia  de Santa Maria Goretti promoverá a Semana do Clamor, no período de 1 a 6 deste mês. “Eu vi a aflição do meu povo, e ouvi seu clamor” (Ex 37) é o tema do evento, iniciando sempre a partir das 19h. Missa, adoração e oração do santo terço. A paróquia situa-se na passagem São Cristóvão, nº 23, no bairro do Guamá. Informações pelo telefone (91) 3283-6023.

Segunda-feira, 5, o tema do programa “Saúde e cidadania” será “Infecção urinária: sintomas, causas e tratamento”. A infecção urinária, apesar de ser mais comum entre mulheres, também pode afetar homens. Trata-se de um quadro infeccioso que pode ocorrer em qualquer parte do sistema urinário, como rins, bexiga, uretra e ureteres. O urologista Charles Villacorta falará sobre o assunto na Rádio Nazaré FM. Sintonize 91,3MHz a partir de 16h e participe! O ouvinte pode interagir durante a

A TV Nazaré transmitida ao vivo no dia 3, a partir das 14h45, a celebração da Santa Missa em intenção da Família Nazaré, constituída de todas as pessoas de boa vontade que contribuem com sua generosidade para manter o trabalho de evangelização da Arquidiocese de Belém através dos veículos – rádio, jornal, TV e portal na internet – da Fundação Nazaré de Comunicação. A missa será

J Donativos

J Formação

l Infecção urinária no homem

Rádio Nazaré FM - 91,3. A serviço da vida. nossa missão é evangelizar!

A comunidade Sagrada Família, realiza no período de 15 a 18 deste mês, a sua festividade. O tema “Sagrada Família, fonte de misericórdia” conduzirá os festejos. Após as celebrações haverá arraial com venda de comidas típicas. Para prestigiar, basta comparecer à comunidade, localizada no conjunto Verdejante 4, quadra 2, nº61, Águas Lindas, em Ananindeua.

A Paróquia de Santa Teresinha do Menino Jesus, no bairro do Jurunas, solicita doações de alimento não perecível para a campanha “Belém, a Casa do Pão”, promovida pela Caritas Belém. Doações podem ser entregues na secretaria paroquial. Informações (91) 3272-2251.

z mh 3 . 91 fm

J Natal O auto de Natal da Comunidade Maíra será  no dia 17 de dezembro às 19h, no Instituto Felipe Smaldone. “O mistério do Natal em seu coração” é o tema e o lema “Viva esse segredo”. Os ingressos podem ser adquiridos  na própria comunidade. O endereço é travessa 14 de Março, 854, bairro do Umarizal. Informações: (91)  3226-8624/98229-5413.

Aproximadamente 16 mil visualizações do conteúdo do Portal Nazaré foram exibidas na última semana. O espaço da Arquidiocese de Belém na internet publica o conteúdo produzido pela TV Nazaré, Rádio Nazaré FM, do Jornal Voz de Nazaré, além do conteúdo próprio, elaborado pela equipe do espaço virtual. O destaque entre os internautas na última semana foi o programa “Palavra de

Vida Eterna”, visto .1449 vezes no dia 27 de novembro, quando o Arcebispo de Belém, Dom Alberto Taveira Corrêa, meditou o Evangelho de São Mateus 24,37-44 na TV Nazaré. O programa “Caminhando na fé”, apresentado também na Tv Nazaré, pelo Bispo de Castanhal, Dom Carlos Verzeletti, foi destaque dos internautas no dia 21 de novembro.


belém, De 2 a 8 de dezembro de 2016

9

Fundação Nazaré Escute na Rádio Nazaré FM 91.3 SEXTA - FEIRA 05h00 - Abertura da Emissora 05h00 - Lírio Mimoso 05h05 - Cura-me Senhor 05h10 - Ângelus - Liturgia das horas - Laudes 05h30 - Oração do Terço - Mistérios Dolorosos 06h00 - A Voz do Pastor 06h15 - Forrozinho da fé 07h00 - Jornal Brasil Hoje 07h35 - Novo tempo 08h00 - Igreja ponto a ponto - Pe. Nilton Cezar 08h55 - Plantão R.C.R 09h00 - Nazaré em revista 09h30 - Informe Noticias 09h55 - Plantão R.C.R 10h30 - Informe Notícia 11h55 - Momento de Oração - Ângelus, Pai - nosso 12h00 - A voz do pastor 12h15 - Cardápio Instrumental 14h00 - Estação Segurança 14h30 - Informe Noticias 15h00 - Terço da Misericórdia 15h30 - Informe Noticias 15h55 - Plantão R.C.R 16h00 - Varanda Musical 17h45 - Ângelus - Liturgia das Horas - Vésperas 18h00 - A Voz do Pastor 18h15 - Novena de Natal - 1º encontro 18h40 - Musical Mariano 19h00 - Voz do Brasil 20h00 - Saudade em Versos e Canções 22h00 - A voz do pastor 22h30 - Jornal R.N.A 23h00 - Programa Salmos ao Deus da Vida 23h50 - Mensagem de Encerramento 00h00 - Rede Milícia Sat – Igreja no Rádio

SÁBADO 04h00 - Abertura da Emissora 04h05 - Especial Pe. Zezinho 05h00 - Lírio Mimoso 05h05 - Cura-me Senhor 05h10 - Ângelus 05h15 - Liturgia das horas - Laudes 05h30 - Oração do Terço - Mistérios da Alegria 06h00 - A Voz do Pastor 07h00 - Jornal Brasil Hoje 07h30 - Musical Mensagem 08h00 - Conhecendo Jesus 10h00 - Maria de Todos os Povos 11h55 - Momento de Oração - Ângelus, Pai - nosso

12h00 - A voz do pastor 12h15 - Cardápio Instrumental 14h00 - Musical Nazaré 15h00 - Criança Evangelizando Criança 16h00 - Evangelizando Através do Dizimo 17h00 - A vida e o tempo 18h00 - A Voz do Pastor 18h15 - Ângelus - Liturgia das Horas - Vésperas 18h15 - Novena de Natal - 2º encontro 18h30 - Musical Mariano 19h00 - Musical Nazaré 22h00 - A voz do Pastor 22h15 - Domínio jovem 23h50 - Mensagem de Encerramento 00h00 - Rede Milícia Sat

DOMINGO 04h00 - Abertura da Emissora 04h05 - Especial Pe. Zezinho 05h00 - Lírio Mimoso 05h05 - Cura-me Senhor 05h10 - Ângelus 05h15 - Liturgia das horas - Laudes 05h30 - Oração do Terço - Mistérios Gloriosos 06h00 - A Voz do Pastor 06h30 - Preparando a Festa 07h00 - Santa Missa 08h00 - Vem e Segue-me 10h00 - Domingo Alegre 11h55 - Momento de Oração - Ângelus, Pai - nosso 12h00 - A voz do pastor 12h15 - Cardápio Instrumental 14h00 - As Mais Tocadas 15h00 - Terço da Misericórdia 18h00 - A Voz do Pastor 18h15 - Ângelus, Liturgia das Horas - Vésperas 18h30 - Novena de Natal – 3º encontro 19h00 - Clássico Nazaré 20h00 - Circuito M.P.B 22h00 - A voz do Pastor 22h15 - Especial PE. Zezinho 23h50 - Mensagem ee Encerramento 00h00 - Rede Milícia Sat – Igreja no Rádio

SEGUNDA - FEIRA 04h00 - Abertura da Emissora 04h05 - Especial Pe. Zezinho 05h00 - Lírio Mimoso 05h05 - Cura-me Senhor 05h10 - Ângelus 05h15 - Liturgia das horas - Laudes 05h30 - Oração do Terço - Mistérios da

Ligue: (91) 4006-9251 Alegria 06h00 - A Voz do Pastor 06h15 - Forrozinho da fé 07h00 - Jornal Brasil Hoje 07h35 - Novo tempo 08h00 - Igreja ponto a ponto - Pe. Nilton Cezar 08h55 - Plantão R.C.R 09h30 - Informe Notícia 09h00 - Nazaré em revista 09h55 - Plantão R.C.R 10h30 - Informe Notícia 11h50 - Momento de Oração - Ângelus, Pai - nosso 12h00 - A voz do Pastor 12h20 - Cardápio Instrumental 14h00 - Varanda Musical 14h30 - Informe Notícia 15h00 - Terço da Misericórdia 15h30 - Informe Notícia 15h55 - Plantão R.C.R 16h00 - Saúde e Cidadania 16h30 - Informe Notícia 17h30 - Informe Notícia 17h45 - Ângelus - Liturgia das Horas - Vésperas 18h00 - Voz do Pastor 18h15 - Novena de Natal – 5º encontro 18h40 - Musical Mariano 19h00 - Voz do Brasil 20h00 - Crescendo na Fé 21h00 - Orando com Você - Com. Maíra 22h00 - A voz do pastor 22h30 - Jornal R.N.A 23h00 - Programa Salmos ao Deus da Vida 23h50 - Mensagem de Encerramento 00h00 - Rede Milícia Sat - Igreja no Rádio

TERÇA - FEIRA 04h00 - Abertura da Emissora 04h05 - Especial Pe. Zezinho 05h00 - Lírio Mimoso 05h05 - Cura-me Senhor 05h10 - Ângelus 05h15 - Liturgia das horas - Laudes 05h30 - Oração do Terço - Mistérios Dolorosos 06h00 - A Voz do Pastor 06h15 - Forrozinho da fé 07h00 - Jornal Brasil Hoje 07h35 - Novo tempo 08h00 - Igreja ponto a ponto 08h55 - Plantão R.C.R 09h00 - Nazaré em revista 09h55 - Plantão R.C.R 10h30 - Informe Notícia 11h45 - Momento de Oração

- Ângelus, Pai - nosso 12h00 - A voz do pastor 12h15 - Cardápio Instrumental 14h00 - Varanda Musical 14h30 - Informe Notícia 15h00 - Terço da Misericórdia 15h30 - Novena de Natal - 6º encontro 15h55 - Plantão R.C.R 16h00 - Direito e cidadania 16h30 - Informe Notícia 17h25 - Informe Notícia 17h30 - Ângelus - Liturgia das Horas - Vésperas 17h45 - Voz do Pastor 18h00 - Novena Nossa Senhora Perpétuo Socorro 18h30 - Musical Mariano 19h00 - Voz do Brasil 20h00 - Família em Ação 22h00 - A voz do pastor 22h30 - Jornal R.N.A 23h00 - Programa Salmos ao Deus da Vida 23h50 - Mensagem de Encerramento 00h00 - Rede Milícia Sat - Igreja no Rádio

QUARTA - FEIRA 04h00 - Abertura da Emissora 04h05 - Especial Pe. Zezinho 05h00 - Lírio Mimoso 05h05 - Cura-me Senhor 05h10 - Ângelus - Liturgia das horas - Laudes 05h30 - Oração do Terço - Mistérios Gloriosos 06h00 - A Voz do Pastor 06h15 - Forrozinho da fé 07h00 - Jornal Brasil Hoje 07h35 - Novo tempo 08h00 - Igreja ponto a ponto 08h55 - Plantão R .C .R 09h00 - Nazaré em revista 09h55 - Plantão R. C.R 10h30 - Informe Notícia 11h45 - Momento de Oração - Ângelus, Pai - nosso 12h00 - A voz do pastor 12h10 - Cardápio Instrumental 13h30 - Informe Notícia 14h00 - Varanda Musical 14h30 - Informe Notícia 15h00 - Terço da Misericórdia 15h30 - Informe Noticia 15h55 - Plantão R.C.R 16h00 - Educação e Cidadania 16h30 - Informe Notícia 17h30 - Informe Notícia 17h45 - Ângelus - Liturgia das Horas - Vésperas

18h00 - A Voz do Pastor 18h15 - Novena de Natal - 7º encontro 18h40 - Musical Mariano 19h00 - Voz do Brasil 20h00 - Musical Mensagem 21h00 - Orando com Você - Com. Mar adentro. 22h00 - A voz do pastor 22h30 - Jornal R.N.A 23h00 - Programa Salmos ao Deus da Vida 23h50 - Mensagem De Encerramento 00h00 - Rede Milícia Sat - Igreja no Rádio

QUINTA - FEIRA 04h00 - Abertura da Emissora 04h05 - Especial Pe. Zezinho 05h00 - Lírio Mimoso 05h05 - Cura-me Senhor 05h10 - Ângelus 05h15 - Liturgia das horas - Laudes 05h30 - Oração do terço - Mistérios Luminosos 06h00 - A Voz do Pastor 06h15 - Forrozinho da fé 07h00 - Jornal Brasil Hoje 07h35 - Novo tempo 08h00 - Igreja ponto a ponto - Pe Nilton Cezar 08h55 - Plantão R.C.R 09h00 - Nazaré em revista 09h55 - Plantão R.C.R 10h30 - Informe Notícia 11h55 - Momento de Oração - Ângelus, Pai - nosso 12h00 - A voz do pastor 12h15 - Cardápio Instrumental 13h30 - Informe Notícia 14h00 - Entre nós 14h30 - Informe Notícia 15h00 - Terço da Misericórdia 15h15 - Musical Nazaré 15h30 - Informe Notícia 15h55 - Plantão R .C .R 16h00 - Varanda Musical 16h30 - Informe Notícia 17h30 - Informe Notícia 17h45 - Ângelus - Liturgia das Horas - Vésperas 18h00 - A Voz do Pastor 18h15 - Novena de Natal - 8º encontro 18h40 - Musical Mariano 19h00 - Voz do Brasil 20h00 - Musical Mensagem 21h00 - Orando com Você 22h00 - A voz do Pastor 22h30 - Jornal R. N. A 23h00 - Programa Salmos ao Deus da Vida 23h50 - Mensagem de Encerramento 00h00 - Rede Milícia Sat - Igreja no Rádio

Assista na TV Nazaré - Canal 30 SEXTA - FEIRA 00h00 - Palavra de Vida Eterna 00h05 - Mulher.com 02h30 - Caminhando Na Fé 02h45 - Mãe Maria 02h55 - Palavra de Vida Eterna 03h00 - Evangeliza Show 03h55 - Palavra de Vida Eterna 04h00 - Diálogo Aberto 05h00 - Telecurso Ensino Médio 05h30 - Telecurso Espanhol 05h45 - Palavra de Vida Eterna 05h55 - Consagração a Nª Sª de Nazaré 05h58 - Abertura da Programação da TV 06h00 - Terço Doloroso 06h30 - Caminhando Na Fé 06h45 - Meu Pensamento 06h55 - Preparando a Festa 07h00 - Santa Missa 08h00 - Palavra de Vida Eterna 08h05 - Mulher.com 10h15 - Sobre Todas as Coisas 10h30 - De Mãos Dadas 10h55 - Palavra de Vida Eterna 11h00 - Terço das Santas Chagas 11h30 - Mãe Maria 11h45 - Desenho 12h00 - Nazaré Notícias 12h45 - Novena de Nossa Senhora de Nazaré 12h55 - Palavra de Vida Eterna 13h00 - Fazendo Esperança 13h30 - Caminhando Na Fé 13h45 - Meu Pensamento 13h50 - Despertai Para o Amor 14h45 - Terço da Misericórdia e Missa da Família Nazaré 16h00 - Palavra de Vida Eterna 16h05 - Desenho 16h30 - Fazenda Esperança 17h00 - Caminhando Na Fé 17h15 - Sobre Todas as Coisas 17h30 - Terço Doloroso 17h55 - Preparando a Festa 18h00 - Santa Missa 18h55 - Palavra de Vida Eterna 19h00 - Nazaré Notícias 19h45 - Caminhando Na Fé 20h00 - Clip Show 21h00 - Meu Pensamento 21h05 - Mãe Maria 21h15 - Terra Santa News 21h40 - Palavra de Vida Eterna 21h45 - Nazaré Notícias 22h30 - Espaço Cultural 23h58 - Encerramento da Programação da TV

SÁBADO 00h00 - Música Mensagem 02h00 - De Coração 02h30 - Conversa com Meu Povo 03h00 - Clip Show 04h00 - Espaço Cultural 05h00 - Evangeliza Show 05h55 - Consagração a Nª Sª de Nazaré 05h58 - Abertura da Programação da TV 06h00 - Terço Gozoso 06h30 - Conversa com Meu Povo 06h55 - Palavra de Vida Eterna 07h00 - Notícias Pastorais 07h45 - Eu Creio

07h50 - Maria de Todos os Povos 08h00 - Missa no Rio de Janeiro-RJ 09h00 - Viola Brasil 09h30 - Conversa com Meu Povo 10h00 - Diálogo Aberto 11h00 - Pesca Amazônia 12h00 - Notícias Pastorais 12h45 - Eu Creio 12h50 - Maria de Todos os Povos 13h00 - Viagem pela Amazônia 13h30 - Conversa com Meu Povo 14h00 - Santa Missa e Adoração em São Paulo-SP 15h45 - Pensando Bem 16h45 - Notícias Pastorais 17h30 - Terço Gozoso 18h00 - Especial Musical 18h55 - Palavra de Vida Eterna 19h00 - Encantos da Amazônia 20h00 - Conversa com Meu Povo 20h30 - Música Mensagem 22h30 - Conversa com Meu Povo 23h00 - Palavra de Vida Eterna 23h05 - Espaço Cultural 23h59 - Encerramento da Programação da TV

DOMINGO 00h00 - Música Mensagem 02h00 - Vida Consagrada 03h00 - Clip Show 04h00 - Igreja que Sofre 04h30 - Música Arte e Vida 05h30 - Igreja no Brasil 05h45 - Maria de Todos os Povos 05h55 - Consagração a Nª Sª de Nazaré 05h58 - Abertura da Programação da TV 06h00 - Terço Glorioso 06h30 - Conversa com Meu Povo 06h55 - Palavra de Vida Eterna 07h00 - Santa Missa Dominical 08h00 - Notícias Pastorais 08h45 - Eu Creio 08h50 - Maria de Todos os Povos 09h00 - Desenho 09h30 - Viagem pela Amazônia 10h00 - Diálogo Aberto 11h00 - Pesca Amazônia 12h00 - Notícias Pastorais 12h45 - Clip Show 13h40 - Encantos da Amazônia 14h40 - Ângelus 14h55 - Palavra de Vida Eterna 15h00 - Vida Consagrada 16h00 - Palavra de Vida Eterna 16h05 - Dedo de Prosa 17h00 - Missa Santuário Nacional de Aparecida 18h00 - Desenho 18h30 - Terço Glorioso 18h55 - Palavra de Vida Eterna 19h00 - Instrumental Sesc Brasil 20h00 - Janela Aberta 21h00 - Espaço Cultural 22h30 - Palavra de Vida Eterna 22h35 - Questão de Fé 23h35 - Terço Glorioso 23h58 - Encerramento da Programação da TV

SEGUNDA - FEIRA 00h00 - Palavra de Vida Eterna 00h05 - Mulher.com

02h30 - Caminhando Na Fé 02h45 - Mãe Maria 02h55 - Palavra de Vida Eterna 03h00 - Encantos da Amazônia 04h00 - Clip Show 05h00 - Telecurso Ensino Médio 05h30 - Telecurso Espanhol 05h45 - Palavra de Vida Eterna 05h55 - Consagração a Nª Sª de Nazaré 05h58 - Abertura da Programação da TV 06h00 - Terço Gozoso 06h30 - Caminhando Na Fé 06h45 - Meu Pensamento 06h55 - Preparando a Festa 07h00 - Santa Missa 08h00 - Palavra de Vida Eterna 08h05 - Mulher.com 10h15 - Sobre Todas as Coisas 10h30 - De Mãos Dadas 11h00 - Terço das Santas Chagas 11h30 - Mãe Maria 11h45 - Desenho 12h00 - Nazaré Notícias 12h45 - Novena de Nossa Senhora de Nazaré 12h55 - Palavra de Vida Eterna 13h00 - Fazendo Esperança 13h30 - Caminhando Na Fé 13h45 - Meu Pensamento 13h50 - Mãe Maria 14h00 - Igreja Que Sofre 14h30 - Sobre Todas as Coisas 14h45 - Igreja No Brasil 15h00 - Diálogo Aberto 16h00 - Telecurso Ensino Médio 16h30 - Fazendo Esperança 17h00 - Caminhando Na Fé 17h15 - Sobre Todas as Coisas 17h30 - Terço Gozoso 17h55 - Preparando a Festa 18h00 - Santa Missa 18h55 - Palavra de Vida Eterna 19h00 - Nazaré Notícias 19h45 - Caminhando Na Fé 20h00 - Despertai Para o Amor 20h30 - Terra Santa News 20h50 - Palavra de Vida Eterna 20h55 - Meu Pensamento 21h00 - Janela Aberta 22h00 - Nazaré Notícias 22h45 - Sobre Todas as Coisas 22h55 - Palavra de Vida Eterna 23h00 - Caminhando Na Fé 23h20 - Mãe Maria 23h30 - Religare 23h58 - Encerramento da Programação da TV

TERÇA - FEIRA 00h00 - Palavra de Vida Eterna 00h05 - Mulher.com 02h30 - Conversa com Meu Povo 03h00 - Janela Aberta 03h55 - Palavra de Vida Eterna 04h00 - Diálogo Aberto 05h00 - Telecurso Ensino Médio 05h30 - Telecurso Espanhol 05h45 - Palavra de Vida Eterna 05h55 - Consagração a Nª Sª de Nazaré 05h58 - Abertura da Programação da TV 06h00 - Terço Doloroso 06h30 - Conversa com Meu Povo 06h55 - Preparando a Festa

07h00 - Santa Missa 08h00 - Palavra de Vida Eterna 08h05 - Mulher.com 10h15 - Desenho 10h30 - De Mãos Dadas 11h00 - Terço das Santas Chagas 11h30 - Igreja no Brasil 11h45 - Sobre Todas as Coisas 12h00 - Nazaré Notícias 12h45 - Novena de Nossa Senhora de Nazaré 12h55 - Palavra de Vida Eterna 13h00 - Igreja que Sofre 13h30 - Conversa com Meu Povo 14h00 - Mãe Maria 14h10 - Desenho 15h00 - Novena do Perpétuo Socorro 15h40 - Sobre Todas as Coisas 16h00 - Telecurso Ensino Médio 16h30 - Conversa com Meu Povo 17h00 - Mãe Maria 17h10 - Palavra de Vida Eterna 17h15 - Desenho 17h30 - Terço Doloroso 17h55 - Preparando a Festa 18h00 - Santa Missa 18h55 - Palavra de Vida Eterna 19h00 - Nazaré Notícias 19h45 - Sobre Todas as Coisas 20h00 - Conversa com Meu Povo 20h30 - Igreja que Sofre 21h00 - Questão de Fé 22h00 - Nazaré Notícias 22h45 - Sobre Todas as Coisas 23h00 - Conversa com Meu Povo 23h30 - Religare 23h58 - Encerramento da Programação da TV

QUARTA - FEIRA 00h00 - Palavra de Vida Eterna 00h05 - Mulher.com 02h30 - Caminhando Na Fé 02h45 - Mãe Maria 02h55 - Palavra de Vida Eterna 03h00 - Novena do Perpétuo Socorro 03h40 - Mãe Maria 03h55 - Palavra de Vida Eterna 04h00 - Questão de Fé 05h00 - Telecurso Ensino Médio 05h30 - Telecurso Espanhol 05h45 - Palavra de Vida Eterna 05h55 - Consagração a Nª Sª de Nazaré 05h58 - Abertura da Programação da TV 06h00 - Terço Glorioso 06h30 - Caminhando Na Fé 06h45 - Meu Pensamento 06h55 - Preparando a Festa 07h00 - Santa Missa 08h00 - Palavra de Vida Eterna 08h05 - Mulher.com 10h15 - Sobre Todas as Coisas 10h30 - De Mãos Dadas 11h00 - Terço das Santas Chagas 11h30 - Mãe Maria 11h45 - Sal da Terra 12h00 - Nazaré Notícias 12h45 - Novena de Nossa Senhora de Nazaré 12h55 - Palavra de Vida Eterna 13h00 - Fazendo Esperança 13h30 - Caminhando Na Fé 13h45 - Meu Pensamento 13h50 - Mãe Maria

14h00 - Igreja que Sofre 14h30 - Religare 15h00 - Pensando Bem 16h00 - Telecurso Ensino Médio 16h30 - Fazendo Esperança 17h00 - Caminhando Na Fé 17h15 - Sobre Todas as Coisas 17h30 - Terço Glorioso 17h55 - Preparando a Festa 18h00 - Santa Missa 18h55 - Palavra de Vida Eterna 19h00 - Nazaré Notícias 19h30 - Adoração ao Santíssimo 21h00 - Meu Pensamento 21h05 - Encantos da Amazônia 22h00 - Nazaré Notícias 22h45 - Caminhando Na Fé 23h00 - De Coração 23h30 - Religare 23h58 - Encerramento da Programação da TV

QUINTA - FEIRA 00h00 - Palavra de Vida Eterna 00h05 - Mulher.com 02h30 - Conversa com Meu Povo 03h00 - Pensando Bem 03h55 - Palavra de Vida Eterna 04h00 - Encantos da Amazônia 05h00 - Telecurso Ensino Médio 05h30 - Telecurso Espanhol 05h45 - Palavra de Vida Eterna 05h55 - Consagração a Nª Sª de Nazaré 05h58 - Abertura da Programação da TV 06h00 - Terço Luminoso 06h30 - Conversa com Meu Povo 06h55 - Preparando a Festa 07h00 - Santa Missa 08h00 - Palavra de Vida Eterna 08h05 - Mulher.com 10h15 - Desenho 10h30 - De Mãos Dadas 11h00 - Terço das Santas Chagas 11h30 - Igreja no Brasil 11h45 - Sobre Todas as Coisas 12h00 - Nazaré Notícias 12h45 - Novena de Nossa Senhora de Nazaré 12h55 - Palavra de Vida Eterna 13h00 - Igreja que Sofre 13h30 - Conversa com Meu Povo 14h00 - Mãe Maria 14h10 - Desenho 15h00 - Diálogo Aberto 16h00 - Telecurso Ensino Médio 16h30 - Conversa com Meu Povo 17h00 - Mãe Maria 17h10 - Palavra de Vida Eterna 17h15 - Desenho 17h30 - Terço Luminoso 17h55 - Preparando a Festa 18h00 - Santa Missa 18h55 - Palavra de Vida Eterna 19h00 - Nazaré Notícias 19h45 - Sobre Todas as Coisas 20h00 - Conversa com Meu Povo 20h30 - Terra Santa News 20h55 - Palavra de Vida Eterna 21h00 - Evangeliza Show 22h00 - Nazaré Notícias 22h45 - Sobre Todas as Coisas 23h00 - Conversa com Meu Povo 23h30 - Religare 23h58 - Encerramento da Programação da TV


10

belém, De 2 a 8 de dezembro de 2016

Santa Missa Horários de Missas nas paróquias da Arquidiocese de Belém Região Episcopal de Sant’Ana

17h30 e 19h30 Telefone: 3228-0864

Sábado: 18h Domingo: 7h, 9h, 11h, 17h e 19h

Domingo: 7h e 19h Telefone: 3275-2391

19h ( Matriz) Telefone: 99919-4153

N. Sra da Graça (Catedral) Cidade Velha - Belém Sábado: 19h Domingo: 7h, 9h e 19h Telefone: 2121-3723/ 2121-3724

Santa Maria Goretti Guamá - Belém Domingo: 9h30 e 18h Telefone: 3283-6023

São Benedito Rua São Benedito, Barreiro Terça a sexta-feira - 19h Sábado - 8h (missa com crianças) Domingos - 7h30 e 18h30

São Francisco de Assis Campina - Icoaraci Domingo: 7h, 9h e 18h30 De terça-feira a sexta-feira: 19h Telefone: 3297-0765

Área Missionária São Paulo, Apóstolo Rodovia BR-316 Domingo: 9h e 11h Telefone: 98292-9199

Região Episcopal São João Batista

Região Episcopal Menino Deus

Região Episcopal São Vicente de Paulo

São João Batista e N. Sra das Graças Icoaraci - Belém Terça a sexta: 6h30 Sábado: 6h30, 17h, 20h Domingo: 7h e 18h Telefone: 3297-7250

N. Sra. Auxiliadora Anita Gerosa (Aurá) - Ananindeua Domingo: 7h e 18h Telefones: 3255-3828

Cristo Rei Guanabara - Ananindeua Domingo: 7h, 9h30 e 19h Telefone: 3235-1405

N. Sra. das Mercês (Reitoria) Comércio - Belém Sábado: 12h e 17h Domingo: 12h e 17h Sant'Ana da Campina Comércio - Belém Sábado: 12h (Igreja Matriz) Domingo: 7h (Col. D. Bosco) 9h (Igreja Matriz) Telefone: 3230-3734 São Judas Tadeu Condor - Belém Sábado: 19h Domingo: 7h, 9h e 19h Telefone: 3115-6020 Sta. Teresinha do Menino Jesus Jurunas - Belém Sábado: 6h30 e 18h30 Domingo: 6h30, 8h30 e 18h Telefone: 3272-2251 Santo Antônio de Lisboa Batista Campos - Belém Sábado: 6h30, 12h, 17h e 18h30 Domingo: 8h, 11h, 17h, 18h30 e 20h Telefone: 3215-7004/ 3222-0097 Santíssima Trindade Campina - Belém Sábado: 16h Domingo: 7h, 10h, 11h30, 17h30 e 19h Telefone: 3215-7007/ 3242-4917 N. Sra. da Conceição Cidade Velha - Belém Sábado: 18h30 Domingo: 7h, 9h e 18h Telefone: 3215-7006 São José Umarizal - Belém Sábado: 19h Domingo: 7h, 11h e 19h Telefone: 3230-1633 Santa Luzia Jurunas - Belém Sábado: 7h, 17h e 19h Domingo: 7h30 e 19h Telefone: 3271-2146 N. Sra de Lourdes Nazaré - Belém Seg a Sáb: 6h30 e 18h Domingo: 7h, 9h, 17h30 e 19h30 Telefone: 3223-5728 N. Sra do Carmo Cidade Velha Sábado: 18h - Domingo: 7h Região Episcopal Santa Maria Goretti Santa Maria de Belém Terra Firme - Belém Terça: 19h Sábado: 19h - Domingo: 7h30 e 19h Telefone: 3253-5422 São Pedro e São Paulo Guamá - Belém Sábado: 19h Domingo: 7h, 9h e 18h30 Telefone: 3283-6021/3259-0413 São José de Queluz Canudos - Belém Sábado: 6h30 e 20h Domingo: 7h, 8h30, 17h30 e 20h Telefone: 3226-2151/ 3226-2612 São Domingos de Gusmão Terra Firme - Belém Sábado: 19h Domingo: 7h, 9h e 19h30 Telefone: 3253-2656/3274-4746 São Miguel Arcanjo Cremação - Belém Sábado: 18h30 Domingo: 7h30, 11h e 18h30 Telefone: 3283-6022 N. Sra de Fátima Fátima - Belém Sábado: 17h30 Domingo: 6h45, 8h30,

N. Sra de Nazaré (Basílica Santuário) Nazaré - Belém Sábado: 7h, 8h30,12h,17h Domingo: 6h30, 8h, 10h, 16h30, 18h e 20h Telefone: 4009-8400 São Francisco de Assis (Capuchinhos) São Brás - Belém Sábado: 19h30 Domingo: 6h, 7h30, 9h30,18h, 20h Telefone: 3073-1500 Santo Antônio do Tucunduba Guamá - Belém Sábado: 19h30 Domingo: 7h e 19h30 Telefone: 3274 -9001 Região Episcopal Santa Cruz Imaculada Conceição Castanheira - Belém Sábado: 17h Domingo: 7h e 19h Telefone: 3277-4642/98111-8110 São Sebastião Sacramenta - Belém Sábado e domingo: 7h, 17h e 19h Telefone: 3264-9060/3254-7354 Jesus Ressuscitado Marambaia - Belém Sábado: 18h Domingo: 7h, 10h e 18h Telefone: 3277-4643 São Geraldo Magela Val de Cans - Belém Sábado: 19h Domingo: 7h30, 10h30 e 18h Telefone: 3257-7950 N. Sra do Perpétuo Socorro Segunda a sábado: missa - 19h Domingo: missa: 7h, 8h30, 17h30 e 19 h São Jorge Marambaia - Belém Sábado: 19h Domingo: 7h, 9h, 17h e19h Telefone: 3277-4641 São Raimundo Nonato Umarizal - Belém Sábado: 6h30 e 18h Domingo: 6h30, 8h30 e 18h Telefone: 3277-4644 Santa Cruz Marco - Belém Sábado: 7h e 18h30 Domingo: 7h, 9h, 11h30 e 18h30 Telefone: 3277-4640/3276-0941 N. Sra da Conceição Aparecida Pedreira - Belém Sábado: 19h Domingo: 7h, 9h e 19h Telefone: 3233-4224/3276-9573 São Francisco Xavier Marco - Belém Sábado: 19h Domingo: 7h, 9h e 18h Telefone: 3352-8845 N. Sra Mãe da Divina Providência Val de Cans - Belém Sábado:19h - Domingo: 7h e 19h Telefone: 3257-2388

São Francisco de Assis Tapanã - Belém Domingo: 7h e 18h30 Telefone: 3258-8036 N. Sra de Fátima Icoaraci - Belém Terça, quinta e sexta: 18h30 Sábado: 19h - Domingo: 19h Telefone: 3297-7251 Jesus Bom Samaritano Tapanã - Belém Domingo: 7h30 e 19h30 Telefone: 3033-2004 São Francisco das Ilhas Cotijuba - Belém Terça e quinta: 19h30 Sábado: 19h30 Domingo: 7h e 19h30 Telefone: 3247-1438 Santa Edwiges Mangueirão - Belém Sábado: 19h Domingo: 7h, 9h30 e18h Telefone: 3279-1654 N. S. Rainha da Paz Bengui - Belém Domingo: 7h, 9h e 18h30 Telefone: 3277-4645 Coração Eucarístico de Jesus Catalina - Belém Sábado: 19h Domingo: 7h, 10h e 19h Telefone: (91) 3285-1433 N. S. da Imaculada Conceição Outeiro - Belém Terça e quinta: 19h Sábado: 9h Domingo: 7h e 18h Telefone: 3267-1174 N. S. do Bom Remédio Conjunto Satélite - Belém Sábado: 17h30 Domingo: 7h e 18h30 Telefone: 3289-5355/3248-1136 Natividade de Nosso Senhor Jesus Cristo Conjunto Sideral - Belém Domingo: 7h, 9h e18h Telefone: 3067-2017 Santa Luzia do Bom Futuro Cabanagem - Belém Sábado: 17h - Domingo: 7h e 19h Divina Misericórdia Águas Negras - Icoaraci Terça a sexta: 18h30 Sábado: 17h e 19h30 (comunidade) Domingo: 7h e 19h 30 Santo Afonso de Ligório Pratinha - Belém Sábado: 19h Domingo: 8h30 e19h Telefone: 3258-1554/3274-8281

Sagrada Família Curió Utinga - Belém. Sábado: 7h e 19h30 Domingo: 7h, 9h e 19h30

Arcanjo São Miguel Una - Ananindeua Sábado: 19h Domingo: 7h30. 9h30 e 19h Telefone: 3234-4674

São João Paulo II Souza - Belém De terça a sábado: 18h Domingos: 8h e 18h Telefone: 3277-4062

Santa Teresinha do Menino Jesus Tenoné - Belém Domingo: 7h e 18h Telefone: 3289-5368

N. Sra de Loreto Marco - Belém Telefone: (91) 3355-6302

N. Sra de Lourdes Coqueiro - Ananindeua Sábado: 17h

N. Sra. das Vitórias Almir Gabriel - Marituba Sábado: 19h Domingo: 7h, 19h Telefone: 3256-7655 Sagrado Coração de Jesus Júlia Seffer - Ananindeua Sábado: 19h Domingo: 7h30, 9h e18h Telefone: 3265-5413 Sagrado Coração de Jesus Distrito Industrial - Ananindeua Sábado: 19h Domingo: 7h, 8h30 e 17h30 Telefone: (91) 98855 - 2232 Menino Deus Centro - Marituba Domingo: 6h, 8h30 e 18h Telefone: 3237-8351 N. Sra. de Nazaré Quarta-feira Horário de Missa: às 19h Domingos: às 8h30 Telefone: 98040-5117/98102 - 7344 N. Sra. das Graças Centro - Ananindeua Sábado: 19h Domingo: 7h e 19h Telefone: 3255-2654 N. Sra. do Ó Vila - Mosqueiro Sábado: 19h30 Domingo: 6h30, 9h30 e 19h30 Telefone: (91) 3771-1278 São Pio X Águas Lindas - Ananindeua Domingo: 7h30 e 19h30 Telefone: 32155-2583 Santa Rosa de Lima Independente - Benevides Terça a Sexta:18h Sábado:17h, 19h Domingo: 07h30 e 19h Telefone: (91)3724- 1135 Bom Pastor Nova Marituba - Marituba Segunda a Sexta: 18h Sábado: 6h, 9h30 e 19h Domingo: 6h, 9h30 e 19h Telefone: 4106-0202 N. Sra da Conceição Praça Matriz - Benfica Domingo: 6h15 e 19h30 Telefone: 3450-8147 N. Sra da Conceição Carananduba - Mosqueiro Ter a Sex: 18h30 Sábado: 18h30 - Domingo: 7h e 19h Telefone: 3772-1183 Santa Bárbara Centro - Santa Bárbara Domingo: 7h30 e 19h Telefone: 3776-1529 São Marcos Uriboca - Marituba Terça: 19h Domingo: 7h e 19h Telefone: 3237-8351 Pedro Pescador Baía do Sol - Mosqueiro Ter a sexta: 19h (Igreja S. Sebastião) Quarta: Matriz - 19h Sábado:19h (Igreja São Sebastião) Domingo: 8h (Ig. S. Sebastião); 10h30 (Ig. Div. Esp. Santo);

Divino Espírito Santo Cidade Nova - Ananindeua Sábado: 7h Domingo: 7h, 9h e 18h Telefone: 3263-0603 Santo Antônio de Pádua Coqueiro - Ananindeua Sábado: 19h Domingo: 7h e 18h Telefone: 3237-8350 Santo Inácio de Loyola Icui Guajará - Ananindeua Domingo: 7h e18h Telefone: 991541971 São Lucas Evangelista Guajará - Ananindeua Sábado: 19h Domingo: 7h e 19h Telefone: 3279-2621 Santa Maria Mãe de Deus Maguari - Ananindeua Terça, quarta, sexta e sábado: 7h Quinta: 19h Domingo: 7h e 19h Fone: (91) 3255-5284 Santa Teresinha Águas Lindas - Ananindeua Domingo: 7h30 e 18h Telefone: 9916-4548/99169-3443 N. Sra. de Guadalupe Coqueiro - Ananindeua Terça a sexta: 19h Sábado: 18h30 Domingo: 7h ,9h e18h Telefone: 3245-7440 Cristo Peregrino Jaderlândia - Ananindeua De Segunda a Sábado: 19h Domingo: 7h,17h e19h Telefone: 3237-9891 Santa Paula Frassinetti Cidade Nova VI - Ananindeua Segunda e quarta: 18h30 Terça e quinta: 19h30 Sexta: 7h Sábado: 19h Domingo: 7h, 9h, 18h Telefone: 3279-2620 Transfiguração do Senhor Curuçambá - Ananindeua Sábado: 18h30 e 20h Domingo: 7h e 18h30 Telefone: 3286-8570 Santa Rita de Cássia Cidade Nova V - Ananindeua. Sábado: 6h30 e 17h30 Domingo: 6h30, 8h30, 7h30 e 19h30. Telefone: 3273-3191/ 3273-3310 São Vicente de Paulo Paar - Ananindeua Domingo: 7h, 8h30 e 19h São José Operário Conj. Carnaúba, Icuí - Ananindeua Domingo: 7h e 18h Telefone: 3295-3545/3031-1172 N. Sra do Amparo Cidade Nova 8 - Ananindeua Sábado: 7h e19h Domingo: 7h, 9h e 18h Telefone: 3287-2418 Santo André Apostolo Coqueiro - Ananindeua Terça a sexta - 19h Sábado: 19h - Domingo: 8h e 19h Telefone: (91) 3235-1658

Não encontrou o horário da sua paróquia aqui? Entre em contato com seu pároco ou com a secretaria da sua paróquia e solicite que nos informem para podermos publicar.


belém, De 2 a 8 de dezembro de 2016

11

Família Nazaré Comunidade em Ação

Workshop sobre o Voz de Nazaré luiz estumano

Foram abordados diversos aspectos do jornal

N

w padre Nilton, Bernadete Costa e Priscila durante manhã de formação

o dia 26 de novembro, a Fundação Nazaré de Comunicação (FNC) realizou em sua capela mais uma manhã de formação do Projeto “Comunidade em Ação”, com a parceria do Centro de Referências da Assistência Social (CRAS) Guamá e com o Lar Fabiano de Cristo. As palestras foram voltadas para os jovens atendidos pelos dois espaços parceiros e tiveram como objetivo ser preparação para o mercado de trabalho. O projeto “Comunidade em Ação”, idealizado pela FNC tem como objetivo promover ações de prevenção, resgate e proteção social de jovens em situação de vulnerabilidade e risco social, através da formação e capacitação cidadã, por meio das comunicações sociais. Baseado em estudos a iniciativa está atenta a situação de vulnerabilidade que os jovens se encontram em relação ao mercado de trabalho. No sábado, 26, a manhã foi movimentada com duas palestras que abordaram aspectos diversos do Jornal Voz de Nazaré, um dos veículos que compõe a Fundação Nazaré. No primeiro bloco de atividades, o Padre Nilton Cezar Reis, explicou aos jovens a estruturação do jornal, colunistas,

condução da produção e uma apresentação histórica do impresso que está entre os mais antigos em atuação na capital. “A palestra foi na intenção de que eles tivessem uma noção da importância de um jornal católico que prioriza pela ética, pela promoção da vida das pessoas. O cerne do Jornal Voz de Nazaré é a evangelização, trazendo os acontecimentos envolvendo a evangelização em torno da nossa Igreja, na Arquidiocese, Brasil e do Mundo”, destacou Pe. Nilton. Em seguida, a coordenadora do Jornal Voz de Nazaré, Bernadete Costa, elencou aos participantes toda a operacionalização do semanário, bem como sua produção, apresentação e o cotidiano da redação jornalística. Para a coordenadora, foi um momento de muita felicidade. “Sinto-me grata em poder transferir conhecimento para estes jovens e poder suscitar neles a vontade em trabalhar com a comunicação. Também me sinto responsável em levar o nome da Fundação Nazaré à comunidade e que ela tome conhecimento dos trabalhos realizados aqui”. No próximo dia 10, acontece palestra social sobre os direitos e deveres.

Testemunho de Fé divulgação

E

m 2015, fui acompanhar o Círio de Nazaré na corda, como forma demonstrar minha veneração e meu amor por Nossa Senhora. No entanto, outro fato me motivou a participar desse momento também. Uma amiga muito querida estava em ano de vestibular, já era a sua terceira tentativa. Devido

a isso pedi, a intercessão da Virgem pela aprovação da minha amiga, e ela atendeu. Hoje minha amiga é universitária e agradeço à Rainha da Amazônia pela graça alcançada. Alex Amaral,

21 anos, estudante.

Parabéns para você! divulgação

Débora Bandeira Moraes Trindade Francisca Modesto Machado Cruz Francisco Eduardo Moreira Campos Francisco Xavier Pantoja Iracy Carrera Palmeira Maria Benedita Sarmento Carneiro Maria da Conceição Marques Leal Vicentina Campos da Costa Ana Maria Creão da Costa Bernardino Pinheiro Vasconcelos Daniel M. Rabello da Silva Maria de Jesus Rocha e Silva Maria de Lourdes Seabra Salgado Marialva Pinheiro Santarém Raquel Melo Calandrini Azevedo

A

gradeço a Deus por me dar forças, saúde e coragem para trabalhar para Ele. Me sinto muito feliz em poder ajudar a Fundação Nazaré de Comunicação que leva a Palavra de Deus para muitas pessoas. Brígida Baía Ferreira 78 anos, 07/12

Eloy Pantoja Alves Silva Esmaelino Neves de Farias Gracy Carvalho Pinheiro Helder Costa dos Santos João de Jesus Corrêa Junior José Couceiro Simões Walter Aleixo Braga Casal Francisco Xavier Brito Carneiro e Maria do Socorro da Silva Mendes

Celeste Coutinho Borges Leonice dos Santos Celso Brigida Baia Ferreira Graciete da Conceição Portal Pereira Terezinha de Jesus Silva de Moraes Naia Regia da Conceição S. da Costa Alice Augusta Neves Caio Fernando Cardoso Paraense Casal Antônio Braz Fernandez Mileo w

Aniversário natalício de padres e diáconos diocesanos 18/12 - Pe. José de Menezes Costa 18/12 - Diac. José Ferreira da Costa 19/12 - Diac. Eliezer de Oliveira 21/12 - Diac. Manoel Onildo Botelho França 21/12 - Diac.Thomé da Conceição Saraiva 21/12 - Pe. Hélio Fronczak 22/12 - Pe. Luiz Carlos Nunes Gonçalves 23/12 - Pe. Mário Luiz Parreira 24/12 - Diác. Benedito da Costa Ribeiro

Família Santos Coelho Genedi Neris de Lima Geraldo Lucena Melo Kelben Juliano Vilela Maria Eunice Mancio Sauma Sandra Corrêa Lazera Vera Lucia Miranda Brito Altegildo Lopes Sarmento Casal Paulo Renato Silva e Delisângela de Jesus Elna Maria Bernardes Gama Francisco Andrade Moura João José Rodrigues Jorge da Cunha Rocha Jorge Gaudêncio Lima Maria das Graças Silva de Azevedo Maria José Silva Farias Maria Rita Souza de Oliveira Miguel dos Santos Coelho Nazaré de Fátima Corrêa Queiroz Raimunda Alves Pereira

e Tays Marina Casal Manoel de Jesus Corrêa Maciel e Dinair dos Santos Maciel Conceição de Maria Colares Souza Fernando Monteiro Cardoso José Fernando Lucas de Oliveira Maria Conceição Pinheiro Maria da Conceição de A. Carvalho Maria da Conceição Pereira Quaresma Maria da Conceição Sarmanho Lima Maria da Conceição Silva Pedrinha

w

Aniversário de ordenação dos padres e diáconos diocesanos 18/12 - Pe. José Reinaldo Ferreira 20/12 - Pe. Joel Lopes de Oliveira 20/12 - Mons. Marcelino Gonçalves Ferreira 20/12 - Côn. José Gonçalo Vieira 20/12 - Pe. Frei Alexandre Dowey 20/12 - Pe. Frei Hermano José Shawarbeck 21/12 - Pe. Mauricio Henrique Almeida dos Santos 21/12 - Pe. João Pedro Cornado 21/12 - Pe. Benedito Carlos Santiago Gualberto 21/12 - Pe. Sílvio da Silva Trindade 23/12 - Diác. Manoel Arthur Siqueira Monteiro

Ajude a manter a Fundação Nazaré de Comunicação. Ligue para 4006-9200 e seja sócio da Família Nazaré.


12

belém, De 2 a 8 de dezembro de 2016

Entretenimento distribuição de presentes

"Árvore dos Sonhos" atende crianças

Paróquia Mãe do Perpétuo Socorro realiza pelo oitavo ano o projeto social

A

Pastoral Social da Paróquia Mãe do Perpétuo Socorro realiza pelo oitavo ano o Projeto Social “Árvore dos Sonhos”. O projeto consiste na distribuição de presentes às crianças vinculadas aos grupos, pastorais e comunidades pertencentes à Paróquia. Este ano a abertura do projeto ocorreu na primeira terça-feira do mês de novembro dia 1°, os presentes serão distribuídos no dia 18 de dezembro. Nos oito anos de existência a iniciativa já possibilitou a alegria de diversas crianças da faixa etária de zero a 13 anos. A solicitação das crianças é feita através de uma carta, cada pessoa que se compromete com pedido feito na cartinha é chamado carinhosamente de padrinho. Até o momento mais de mil cartinhas já foram entregues. Cada padrinho ao pegar uma carta recebe uma ‘botinha’, que simboliza o compromisso que tem com a criança. Nela é possível conhecer a criança, pois cada carta contém uma foto uma forma de aproximar as relações entre o padrinho solidário e a criança. De acordo com a coordenadora da Pastoral do Menor, Irnaclei Pantoja, o projeto a cada ano é fortalecido pelos padres da Congregação do Santíssimo

divulgação

w projeto vem proporcionando a alegria de diversas crianças do bairro onde está localizada a Paróquia do Perpétuo Socorro

Redentor e conta com a mobilização dos agentes de pastorais, por exemplo, da Pastoral da Juventude, Pastoral do Menor, entre outras. Entre os brinquedos mais pedidos estão em primeiro lugar bicicleta. Além de brinquedos as cartas apresentam também outros desejos como material escolar, sapatos e roupas. A entrega dos presentes acontece no domingo, 18, que será antecedida de missa às 8h30, quando os padrinhos serão abençoados para em

seguida serem dirigidos para as salas, onde os presentes serão entregues. Iniciativa

O projeto “Árvore dos Sonhos” surgiu de um pedido feito por uma criança que queria uma bicicleta. O pedido tocou o coração da então coordenadora da Pastoral do Menor, Irnaclei Pantoja, ao recordar que quando criança o seu desejo era ter uma bicicleta. A partir deste fato, o projeto “Árvore dos Sonhos” inicia

suas atividades sob os cuidados da Pastoral do Menor. Atualmente o projeto está sob os cuidados da Pastoral Social. “É gratificante saber do comprometimento que as pessoas têm com o projeto que hoje tem a possibilidade de alegrar uma criança”. Das condições exigidas para que cada criança vinculada aos grupos, pastorais e comunidade participe do projeto é a apresentação do comprovante de matricula escolar e certidão de nascimento.

“Papai Noel dos Correios” atende crianças de creches e abrigos Há mais de duas décadas é realizada a campanha “Papai Noel dos Correios”. Em Belém, a campanha deste ano foi lançada no dia 16 e tem a participação de 30 escolas e creches da rede pública de ensino dos municípios de Belém, Ananindeua e Marituba. As cartas escritas pelas crianças podem ser entregues até a próxima sexta-feira, 9, na agência dos Correios que fica localizada na avenida Presidente Vargas, 498, Bairro Campina, das 9h às 17h. Em cada carta um pedido, um

desejo que pode se transformar em realidade graças às pessoas que decidem escolher uma das cartas e atender ao pedido de uma das crianças. Há quem escolha mais de uma carta, tornando-se padrinho duas vezes. A cada ano a campanha mobiliza a sociedade em prol da felicidade das crianças que se encontram em situação de vulnerabilidade social. Em todo país nos últimos três anos foram recebidos mais de 2,8 milhões de cartas destinados ao Papai Noel dos Correios. Desde 2010, os

quadrinhos andré abreu

Correios estabeleceram parcerias com escolas públicas, creches e abrigos que atendem crianças em situação de vulnerabilidade social. O objetivo é auxiliar no desenvolvimento da habilidade de redação de carta, de endereçar e usar corretamente o CEP. Campanha

Em todo o Brasil, todas as cartas enviadas pelas crianças são lidas e selecionadas. Ao atender aos critérios estabelecidos pela campanha, elas são disponibilizadas

BOA DICA

para futura adoção, sendo na casa do Papai Noel ou em outras unidades da empresa, que ficam disponíveis nos locais indicados pela empresa. Os presentes destinados a cada carta adotada são encaminhados, pelos padrinhos, a locais específicos, para que posteriormente os Correios façam as entregas. Não é permitido que os padrinhos entreguem diretamente o presente e para assegurar o cumprimento desse critério o endereço da criança não é informado ao padrinho.

livros e cd's

n“Poros - ou a passagem para a comunicação” - livro (Paulus - R$ 36,00)

U

eu indico divulgação

Elton Jhonny de Oliveira Vieira, 34 anos, estudante.

E

u indico o livro “Maria no coração da igreja”, da União Marista do Brasil.

Ler esse livro me trouxe a reflexão sobre a importância de Maria na sociedade atual, devido aos seus vários exemplos de obediência a Deus e, com isso, tornou-se o grande exemplo de cristã.

m poro pode ser um fio condutor para pensar a comunicação. Com a ajuda desse fio condutor, a autora empenha-se em dissolver certos lugares-comuns que antecedem a pergunta: “O que é comunicação?”. Comunicar, como descrevem alguns manuais, pressupõe um solo comum e, a partir dele, tornar comum. Mas esse solo merece atenção, pois não se sabe até hoje se o que está em questão é um habitar (ethos), um mover-se nômade pelo mundo ou uma troca de vivências ou símbolos.

n Jesus, Maria e José - Minha família vossa é! - CD (Paulinas R$ 16,50)

C

ontendo 12 faixas, sendo duas inéditas: Benção da família, com a oração de Pe. Zezinho, scj, grande catequista e incentivador das famílias e também Família vale mais, de Pe. Ezequiel Dal Pozzo. As demais faixas são canções já lançadas por Paulinas COMEP e interpretadas por Cantores de Deus, Grupo Ir ao Povo, Antônio Cardoso, Adriana Arydes, Louvor & Glória, Jonny, Pe. Agnaldo Jose, Pe. Ezequiel Dal Pozzo e finalmente Pe. Zezinho, scj com seu inesquecível e marcante hino das famílias, a Oração pela família.


belém, De 2 a 8 de dezembro de 2016

C

erca de 20 pessoas da Comunidade Boa Vista, no baixo Acará, concluíram no dia 25 de novembro, na Igreja Santa Maria, o curso de panificação ofertado pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar) em parceria com o Instituto de Desenvolvimento Humano Integral (IDHI), a pedido da Pastoral das Ilhas da Arquidiocese de Belém. Distante 7,43 km de Belém, o acesso à Comunidade da Boa Vista, integrada administrativamente ao município de Acará, dá-se tanto por terra como água. De barco chega-se em 15 minutos, já pela estrada o percurso de 63,9 km é realizado em 1h46 por meio da Alça Viária, logo após a BR-316. A comunidade é assistida pela Arquidiocese de Belém por fazer parte de sua área missionária no Baixo Acará e tem como responsável o Bispo Auxiliar, Dom Irineu Roman. O curso oferecido teve início no dia 22 e durou quatro dias. Certificou uma turma de 20 pessoas sobre a produção caseira de pães, doces, bolos e salgados, bem como ofertou noções sobre empreendedorismo e higienização. Para Irmã Carmem Silva, da equipe da Pastoral das Ilhas que atende a comunidade, o curso mostra o esforço e a responsabilidade que a Igreja de Belém empenha no sentido de propiciar oportunidades à comunidade das ilhas, fazendo-se presente nas 14 comunidades do Baixo Acará. “Daqui podemos alcançar outras comunidades e trazer novos cursos. O pensamento é que tenham, além de uma nova renda, a capacidade de alimentar bem suas famílias. Será uma alimentação saudável que só vai trazer benefícios como diminuir filas nos postos, permitir que trabalhem bem e que as crianças cresçam fortes”, destacou a religiosa. Segundo Roberta Moraes, facilitadora da capacitação, a formação, além de instruir, tem como complemento o empreendedorismo que mostra como os alunos podem montar sua própria empresa: “Hoje em dia está difícil para todo mundo. Então, a

2º C aderno

Pastoral das Ilhas

Comunidade Boa Vista, no baixo Acará, recebe capacitação

Moradores da comunidade Boa Vista concluíram no dia 25 de novembro, na Igreja Santa Maria, o curso de panificação fotos: luiz estumano

w Irmã Carmem Silva, da equipe da Pastoral das Ilhas, juntamente com participantes do curso de panificação

comercialização é importante. No curso, ensinamos sobre como ser empreendedor, para, no futuro, já estarem aptos caso eles queiram abrir seu próprio negócio”. Edma Teles, 29 anos, uma das alunas, demonstrou sua felicidade em participar e elogiou a iniciativa. “Em casa eu disse como me sinto feliz por essa oportunidade. Agradeço a Deus e a vocês e que outras capacitações venham”, almejou. Atualmente fora do mercado, Edma vê no curso a oportunidade de ocupar o tempo livre e cuidar da família. “Isso é uma contribuição muito grande para a comunidade. Também nos coloca em unidade e comunhão. A capacitação também contribuiu para nós que fazemos parte da comunidade, permitindo um momento de vivência”, disse.

w Emerson Teles vai melhorar muito

w dione Rosário qualidade do trabalho

Novas oportunidades O curso oferecido representa para a população presente nas ilhas uma oportunidade de renda que auxilia na manutenção das famílias. Em geral o extrativismo de frutas, roçado e a comercialização de peixe, resultado da pesca, são as únicas fontes de renda, porém, essas modalidades sofrem com a entressafra ou a diminuição de peixes. De acordo com Emerson Teles, 36 anos, com o trabalho de extração e venda de açaí ele consegue manter a família composta de sua esposa e de seus dois filhos, mas agora com

o curso realizado, já avalia novas oportunidades disponíveis. “Acredito que vai melhorar muito agora. Pretendo ingressar mais no meio da panificação, me qualificar ainda mais no futuro e com isso melhorar de vida”. Assim que soube do curso na Igreja de Santa Maria, localizada na comunidade da Boa Vista, da qual faz parte, Emerson tratou de assinar a lista de interessados. “Não perdi a oportunidade. Houve alguns adiamentos, mas nunca desisti. Como foi da vontade de Deus, graças a Ele o curso foi realizado e estamos aqui

mostrando que Ele intercede por nós”. Há quatro anos desempregada, e desenvolvendo a atividade de venda de comidas aos finais de semana e roçado, Dione Rosário, 43 anos, a qualificação representa uma melhora do produto que oferta. “Para mim tem sido maravilhoso. Já trabalho com lanches e tenho certeza que, com o que aprendi aqui vai valorizar muito meu trabalho e meu produto, a qualidade vai melhorar. Quando soube, pensei que faria um esforço para participar e graças a Deus consegui fazer o curso, que valeu muito à pena”, ressaltou.

Para o Bispo Auxiliar de Belém, Dom Irineu Roman, a qualificação faz parte de um grande trabalho desenvolvido pela Pastoral das Ilhas. “Estamos capacitando as comunidades, oferecendo oficinas profissionalizantes tendo em vista a capacitação dessas comunidades a fim de que possam gerar renda. Objetivo principal da Igreja é oferecer a formação espiritual, religiosa, pastoral, mas devemos nos preocupar também para que este povo seja capacitado profissionalmente dentro da realidade social, cultural, ecológica que é própria das ilhas”.


2

belém, De 2 a 8 de dezembro de 2016

Igreja

2º Caderno Miscelânea

Côn. Cláudio Barradas (claudiobarradaspe@gmail.com)

Ainda a longa viagem de Jesus a Jerusalém P

artindo da premissa: sem a menor dúvida, corretíssima, de que Jesus não era de perder seu tempo, no último parágrafo da edição passada aqui de Miscelânea perguntei-me como ele o ocupou durante sua longa viagem a Jerusalém que, no evangelho de Lucas, vai de 9, 51 a 19, 28, acrescentando: limitou-se a caminhar? Depois do que, prometi ver isso nesta de hoje. E é o que veremos, a partir de agora. Para início de conversa, devo dizer que Ele, como sempre, não perdeu sequer um segundo de seu preciosíssimo tempo. Assim, pois, só de parábolas, as estorinhas funcionais, porque criadas por Ele de acordo com o momento e a situação, Lucas elenca, ao todo, nada mais nada menos que vinte e quatro. Haja criatividade, não lhe parece, amigo leitor?

No capítulo 10, a do bom samaritano (vv 30-37). No capítulo 11, três: a do amigo importuno, vv 5-8; a do forte e do mais forte, v 21; a do espírito imundo que sai de um homem vv 21-26. No capítulo 12, duas: a do rico cheio de planos para o futuro, vv16 -21, e a do servo cujo patrão está fora, vv 42-48. No capítulo 13 , três: a da figueira estéril, vv 6-9; a do grão de mostarda, vv 18–20; e a do fermento, v20 s. No capítulo 14, cinco: a da escolha dos primeiros lugares, vv 8-11; a dos convidados a um banquete, vv 15-24; a do construtor da torre, vv 28-30; a do rei que empreende uma batalha, v 31s, e a do sal, v 34s. No capítulo 15, três: a da ovelha tresmalhada, vv 4-6; a da moeda perdida v 8s, e a do pai misericordioso, impropriamente chamada de parábola do filho pródigo ( vv 11-32), uma das mais belas estórias de todos os

divulgação

w A Parábola da Figueira Estéril — Lucas 13, 6 - 9

tempos, da qual qualquer grande escritor se orgulharia de ter sido o autor. No capítulo 16, duas: a do administrador desonesto, vv 1-8, a do rico epulão e do pobre Lázaro, vv 19 -31. No capítulo 17, duas: a do servo e do patrão, vv 7-9. No capítulo 18, duas: a do juiz e da viúva, vv 2-5, e a do fariseu e o publicano, vv 10-14. Enfim, no capítulo 19, uma: a dos empregados, vv

12-27. A maior parte das vezes, Jesus não se limitava a contá-las: ao final tirava conclusões, tecia considerações, aplicavaas aos ouvintes. Isso aconteceu em 14 das 22 elencadas por Lucas: na do bom samaritano, na do grão de mostarda, na do fermento, na do homem com planos para o futuro, na do amigo importuno,

na do administrador, na do servo e do patrão, na do juiz e da viúva, na do fariseu e o publicano, na do construtor da torre e na do rei que empreende uma batalha. Delicie-se com sua leitura, amigo leitor. Medite-as, aprenda com seus ensinamentos e, em seu benefício espiritual, ponhaos em prática. Ao longo dessa sua grande viagem, Jesus efetuou várias curas milagrosas. Lucas cita cinco: a da mulher encurvada (13, 10-17), a de um hidrópico, isto é, um homem que tinha no corpo acumulação anormal de tecido ceroso (14, 1-6), a de dez leprosos (17,11-19) e a do cego de Jericó (19,35-43). Se você, leitor, é um dos que precisam de cura, seja ela corporal ou espiritual, acorra com fé a Jesus. Ele, além de todo poderoso, é todo misericórdia, compassivo até onde só um Deus pode ser: infinitamente.

Santos da semana Diác. Benedito Otávio (artpresent@superig.com.br)

06/12 - Terça-feira São José Nguyen Duy Khang - Catequista e Mártir

02/12 - Sexta-feira Santo Habacuc - Profeta É contado entre os 12 profetas menores do Antigo Testamento. Marcado por um pequeno livro de três capítulos com profundas mensagens. Em forma de hino arcaico, para os estudiosos da Bíblia, datado por volta do século X a.C. No Martirológio se comemora santo Habacuc, profeta, e arauto contra a iniquidade e a violência dos homens, pré-exílio babilônico, que predisse o julgamento de Deus, mas também a sua misericórdia, proclamando: “O justo viverá pela sua fidelidade” (Hab 2, 4).

Nascido de pais cristãos no Vietnã, ao sul de Hanói, logo veio servir ao sacerdote vietnamita Nang. Aos 24 anos estudou latim para aprofundar-se na fé. Tornou-se discípulo do bispo dominicano Jerônimo Hermosilla, depois entrou na Ordem Dominicana e foi dedicado catequista. Quando seu bispo foi preso, José tentou defendê-lo e acabou preso. Após atroz tortura, foi decapitado em 1861 conforme o seu ideal: “Oferecer sua vida a Cristo juntamente com seu bispo”. João Paulo II canonizou-o em 19/06/1988.

03/12 - Sábado São Sofonias - Profeta Na sequência, temos mais um dos 12 profetas menores, também com um livro de três capítulos de forte chamado à conversão e aviso ao exílio babilônico proeminente. Contemporâneo de Habacuc, Sofonias é um nome que significa “Deus protege”. Em um seriado de TV, uma cena chama atenção: um anjo fala irritado com um homem que queria agredir um profeta: “Não faça isso! Ele é um protegido de Deus!” Às vezes se aprende por formas informais. Nesta série, as imagens, propositalmente, ou, sem querer, explicitam a importância dos profetas na História da Salvação. Jesus vem lembrar nos evangelhos. 04/12 - 2º Domingo do Advento Santa Bárbara - Virgem e Mártir Viveu no terrível século III. Era de família pagã e seu pai a maltratava muito por não aceitar sua conversão ao cristianismo. Depois de fugir e ser recapturada, foi entregue ao prefeito Marciano, que tentou seduzi-la. Não conseguindo, fez a jovem sofrer terríveis torturas. Porém, um anjo cuidava de suas feridas em sua cela durante a noite. Então, o próprio pai foi encarregado de cortar sua cabeça a golpe de espada. Um raio fulminou-o no momento em que ele iria deflagrar o golpe na filha. Por isso é que Santa Bárbara ficou sendo lembrada na hora da tempestade.

07/12 - Quarta-feira São Sabino de Espoleto - Bispo e Mártir

05/12 - Segunda-feira

São Dalmázio de Pavia - Mártir

Dos escritos do monge Lombard de Pedona dos séculos de VI a VII, se monta uma tradição oral do povo da antiga cidade que levou o nome desse monge: “Pedona”, e depois se tornou a atual Borgo (aldeia) San Dalmazzo. Consta que ele era um evangelizador fervoroso e audaz do século III, do Piemont, Emília e Gália. Pregava segurando uma cruz e convertia muitos à fé cristã. Outras fontes, mas não muito precisas, indicam-no como Bispo de Pavia, isso pouco provável, devido sua característica missionária errante. Mas é certo que foi um dos muitos mártires do século III.

Viveu entre os séculos III e IV, no império de Diocleciano, onde se irrompe uma grande perseguição, mas que não impede Sabino de desempenhar fervorosamente a luta pela fé cristã. Conta-se um fato, mas sem comprovação, que ele teria roubado relíquias sagradas de São Marcos de um mercador de Veneza e ao ser descoberto, teve suas mãos amputadas, e depois preso, e mesmo sem as mãos, efetuou curas na prisão: um cego e até seu próprio carrasco, mas ele acabou morto a lançadas pelos outros guardas incrédulos. 08/12 - Quinta-feira São Eutiquiano - Papa De Sarzana, na bela catedral gótica no centro de Luni, Itália, há a estátua do 27º papa da era cristã, do século III, juntamente com suas relíquias. E a pedido de Filippo Casoni, século XVI, feito ao papa Inocêncio X, foi transladado de Roma para sua terra natal. Com ele comprovamos que os primeiros séculos não foram só de perseguições. De 275 a 283, Eutiquiano preocupava-se em organizar a estrutura da Igreja e não com pressões imperiais. Nomeou padres, diáconos e túmulos dignos para 342 mártires.


belém, De 2 a 8 de dezembro de 2016

Especial

2º Caderno

2

Aliás Jesus ensinara-o claramente quando, em casa dum fariseu que O convidara para almoçar, se aproximou d’Ele uma mulher conhecida por todos como pecadora (cf. Lc7, 36-50). Esta ungira com perfume os pés de Jesus, banhara-os com as suas lágrimas e enxugara-os com os seus cabelos (cf. 7, 37-38). À reação escandalizada do fariseu, Jesus retorquiu: «São perdoados os seus muitos pecados, porque muito amou; mas àquele a quem pouco se perdoa, pouco ama» (7, 47). O perdão é o sinal mais visível do amor do Pai, que Jesus quis revelar em toda a sua vida. Não há página do Evangelho que possa ser subtraída a este imperativo do amor que chega até ao perdão. Até nos últimos momentos da sua existência terrena, ao ser pregado na cruz, Jesus tem palavras de perdão: «Perdoalhes, Pai, porque não sabem o que fazem» (Lc 23, 34). Nada que um pecador arrependido coloque diante da misericórdia de Deus pode ficar sem o abraço do seu perdão. É por este motivo que nenhum de nós pode pôr condições à misericórdia; esta permanece sempre um ato de gratuidade d o Pa i c e l e s t e , u m a m o r incondicional e não merecido. Por isso, não podemos correr o risco de nos opor à plena liberdade do amor com que Deus entra na vida de cada pessoa. A misericórdia é esta ação concreta do amor que, perdoando, transforma e muda a vida. É assim que se manifesta o seu mistério divino. Deus é misericordioso (cf. Ex 34, 6), a sua misericórdia é eterna (cf. Sal 136/135), de geração em geração abraça cada pessoa que confia n’Ele e transforma-a, dando-lhe a sua própria vida.

Carta Apostólica O Jubileu Extraordinário da Misericórdia terminou dia 20 de novembro passado. O Papa Francisco publicou a Carta Apostólica “Misericórdia e mísera”. O significativo documento contém 22 pontos, centrados na misericórdia divina. O Jornal Voz de Nazaré segue com a divulgação iniciada na edição 747 (Cad. 2, pág.10).

CARTA APOSTÓLICA ''Misericordia  et misera'' SANTO PADRE  FRANCISCO NO TERMO DO JUBILEU EXTRAORDINÁRIO DA MISERICÓRDIA

A quantos lerem esta Carta Apostólica, misericórdia e paz! fotos: divulgação

w Misericórdia Para todos é a alegria do Senhor! - Abertura do Ano Santo - Bangui, África

3

Quanta alegria brotou no coração destas duas mulheres: a adúltera e a pecadora! O perdão fê-las sentirem-se, finalmente, livres e felizes como nunca antes. As lágrimas da vergonha e do sofrimento transformaram-se no sorriso de quem sabe que é amado. A misericórdia suscita alegria, porque o coração se abre à esperança duma vida nova. A alegria do perdão é indescritível, mas transparece em nós sempre que a experimentamos. Na sua origem, está o amor com que Deus vem ao nosso encontro, rompendo o círculo de egoísmo que nos envolve, para fazer também de nós instrumentos de misericórdia.

3

w alegria Quão alegres corações! - Jubileu em Bangui, África

Como são significativas, também para nós, estas palavras antigas que guiavam os primeiros cristãos: «Revestete de alegria, que é sempre agradável a Deus e por Ele bem acolhida. Todo o homem alegre trabalha bem, pensa bem e despreza a tristeza. (...) Viverão em Deus todas as pessoas que afastam a

tristeza e se revestem de toda a alegria».[2] Experimentar a misericórdia dá alegria; não nola deixemos roubar pelas várias aflições e preocupações. Que ela permaneça bem enraizada no nosso coração e sempre nos faça olhar com serenidade a vida do dia-a-dia. Numa cultura frequentemente dominada pela tecnologia,

parecem multiplicar-se as formas de tristeza e solidão em que caem as pessoas, incluindo muitos jovens. Com efeito, o futuro parece estar refém da incerteza, que não permite ter estabilidade. É assim que muitas vezes surgem sentimentos de melancolia, tristeza e tédio, que podem, pouco a pouco, levar ao desespero. Há necessidade de testemunhas de esperança e de alegria verdadeira, para expulsar as quimeras que prometem uma felicidade fácil com paraísos artificiais. O vazio profundo de tanta gente pode ser preenchido pela esperança que trazemos no coração e pela alegria que brota dela. Há tanta necessidade de reconhecer a alegria que se revela no coração tocado pela misericórdia! Por isso guardemos como um tesouro estas palavras do Apóstolo: «Alegrai-vos sempre no Senhor!» (Flp 4, 4; cf. 1 Ts5, 16). Continua na próxima edição. 


4

belém, De 2 a 8 de dezembro de 2016

Igreja N

2º Caderno

o último final de semana o Instituto Pastoral Regional (IPAR), ligado ao Regional Norte 2, da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), completou 45 anos de existência. Uma programação, cujo tema “IPAR 45 anos: memória, profecia e missão”, reuniu alunos, ex-alunos e demais pessoas que ao longo de quatro décadas contribuiu para o desenvolvimento do Instituto. A programação especial de aniversário começou às 17h, da sextafeira, 25, e finalizou no domingo dia 27, com missa em ação de graças. O bispo auxiliar de Belém e secretário executivo do Regional Norte 2, Dom Irineu Roman, participou da programação que ocorreu no sábado. O Instituto é referencia na formação do laicato na Região Amazônica, especialmente nos estados do Pará e do Amapá. Oferece cursos dos mais variados temas e níveis de aprofundamento, sempre com ênfase na formação humana e cristã. Para o padre Luiz José Weber, diretor do IPAR, a formação é um fator imprescindível na realidade local. “A pessoa que quer buscar a sua identidade, quer conhecer e perceber o qual é a sua missão, é importante a formação. Servir a Deus, servir a Igreja é essencial e fundamental. Quando descobrimos o significado da palavra ‘servir’ e colocamos em prática o servir melhor, nos tornamos protagonistas e sujeitos na nossa comunidade. Percebemos que vale a pena viver. Essa a missão do IPAR: fazer, despertar, conhecer, formar lideranças para que de fato cumpra a sua missão como Igreja para a transformação de um mundo melhor”, destacou o padre. Ao longo de seus 45 anos, o IPAR formou mais de 400 mil pessoas nos mais diversos cursos. Padre Luiz Weber ressalta que o Instituto tem cumprido com excelência a missão desde o início. “O IPAR começou a existir com a missão de formar futuros padres e leigos para a Igreja. Com o passar do tempo a formação presbiteral imigrou para os seminários e o Instituto dedicou-se a formação de leigos e leigas do nosso Regional. A formação é o carro chefe da nossa escola de liderança que funciona de maneira descentralizada nas  mais diversas dioceses e paróquias”. Padre Luiz Pinto Azevedo, da Diocese de Santarém, reforça que o Instituto cumpre o desejo e responde aos anseios pastorais na realidade amazônica.  Ele recorda

aniversário

Instituto Pastoral Regional completa 45 anos de formação Mais de 400 mil pessoas foram formadas nos mais diversos cursos divulgação

w programação reuniu alunos, ex-alunos e demais pessoas que contribuiram com o Instituto neste período luiz estumano

w padre Luiz José Weber, diretor do IPAR - formação de lideranças

a reunião dos bispos da Amazônia ocorrida na cidade de Santarém (PA) em 1972, onde foram definidas linhas prioritárias da pastoralidade na Região. “Na ocasião definiu

duas diretrizes básicas para toda a ação pastoral da Igreja na Região Amazônica: ‘Encarnação na realidade  e a evangelização libertadora’. Naquela oportunidade optaram por

Compêndio do Catecismo da Igreja Católica O Jornal Voz de Nazaré continua as reflexões iniciadas em 2013, Ano da Fé, com a publicação do Compêndio do Catecismo da Igreja Católica. De maneira concisa, a publicação apresenta, numa visão de conjunto, todo o panorama da fé católica, com seus elementos fundamentais.

III Parte (A Vida em Cristo) CAPÍTULO PRIMEIRO “Amarás o Senhor teu Deus de todo o coração, de toda a alma e de todo o entendimento” O TERCEIRO MANDAMENTO: LEMBRA-TE DE SANTIFICAR AS FESTAS

452

. Por qual motivo, para os cristãos, o sábado foi substituído pelo domingo?

Porque o domingo é o dia da Ressurreição de Cristo. Como “primeiro dia da semana” (Mc 16,2), ele lembra a primeira criação; como “oitavo dia”, que segue o sábado, significa a nova criação inaugurada pela Ressurreição de Cristo. Tornou-se

assim, para os cristãos, o primeiro de todos os dias e de todas as festas: o dia do Senhor, no qual ele, com a sua Páscoa, leva a termo a verdade espiritual do sábado hebraico e anuncia o repouso eterno do homem em Deus. [2174-2176 2190-2191]

quatro prioridades: formação de agentes de pastoral; comunidade cristã de base; pastoral Indígena; estradas e outras frentes pioneiras. Além da criação do IPAR”. O s e c r e t á r i o administrativo do Instituto, Allan Souza está presente no local há 26 anos e afirma que lá é uma escola de vida:“Foi uma aprendizagem riquíssima, onde ela não serve não somente para o meu serviço, mas também a minha comunidade e dentro da minha própria casa. Acredito que o IPAR ainda tem muito a crescer e se desenvolver”.

FORMAR É SERVIR O IPAR oferece inúmeros cursos, seminários, oficinas e alcança diferentes dioceses do Regional Norte 2, bem como de outras regiões do país. Dentre as atividades formativas oferecidas pelo IPAR, destacam-se teologia pastoral, a formação de animadores de comunidades, especialização em ciências da religião, especialização em estudos bíblicos, aprofundamento bíblico, aprofundamento litúrgico, missionários e missionárias para a Amazônia, formação, fé e política, formação para evangelização da juventude, planejamento pastoral e mística da coordenação, ministros da palavra, conselho comunitário pastoral, dízimo, pastoral da escuta e leitura bíblica na ótica das mulheres.  Atualmente trabalha com a escola de lideranças que funciona em 20 finais de semana com aulas com duração de 15 horas cada, com 10 módulos com 15 horas de estudo dirigidos.

Serviço Informações sobre o Instituto e seus serviços oferecidos podem ser encontrados na sede da CNBB em Belém, localizada na travessa Barão do Triunfo, 3151, Bairro do Marco. Telefone (91) 3248-1555.


belém, De 2 a 8 de dezembro de 2016

Arquidiocese

2º Caderno JUBILEU

Movimento dos Focolares completa 50 anos em Belém Programação especial acontece no Centro de Cultura e Formação Cristã

N

o próximo dia 18 de dezembro, o Movimento dos Focolares Belém comemora 50 anos de existência, com o tema “Frutos do teu amor!”. Uma programação com inicio às 14h30 e com término às 20h no Centro de Cultura e Formação Cristã-CCFC marcará as comemorações. Um dos momentos mais aguardados pelos integrantes, além da Missa em ação de graças, presidida por Dom Alberto Taveira Correa, Arcebispo de Belém, será a partilha dos testemunhos de vida de focolarinos que iniciaram o movimento no Estado, assim como os dos que virão de ou-

5

tras regiões do país. A programação constará de palestras e apresentações culturais.  Na capital paraense, a comunidade originou-se no final da década de 60 com um grupo de rapazes que conheceram o carisma do movimento por intermédio de Dom Ângelo Rivato, na época padre da capela de Lourdes. Motivados pelo testemunho do s a c e rd o t e , a s s i m c o m o d e o u t ro s f o c o l a r i n o s , decidiram viver a Palavra. No começo reuniam-se em pequenos grupos em casas dos membros e, c o n s e c u t i va m e n t e , e m locais alugados. Até que

f i x a ra m re s i d ê n c i a e m Belém, com casa feminina, n o b a i r ro d o M a rc o , e masculina, no bairro de São Brás. Segundo Pedro Pa u l o L o p e s , u m d o s precursores, desde que conheceu o movimento, sua vida foi transformada. “Era universitário e estava afastado da igreja. Por ocasião das celebrações na capela de Lourdes, escutei o testemunho do padre Ângelo e me sensibilizei. Comecei a procurar entender o que significava o movimento e nele encontrei resposta para os meus anseios. Entendi que a necessidade que gostaria que Jesus me atendesse não era o que Ele queria para mim, o que desejava era o meu encontro pessoal com Ele próprio. E isso aconteceu”.  Há cerca de um ano residindo na casa feminina em Belém, Lígnea Viana, natural de Fortaleza, Ceará, afirma que a comunidade é muito procurada devido as suas características. “Buscamos ajudar a comunidade, tanto da cidade, como dos interiores, como por exemplo, Abaetetuba e Bragança. Acompanhamos todos os segmentos, desde a criança até o idoso. Sempre atendendo ao pedido de nossa fundadora: ‘A quem nos ouve, a mim ouve’”.

fotos: divulgação

w Chiara Lubich, fundadora dos Focolares

ORIGEM O movimento originou-se na Itália através de Chiara Lubich. É considerado um dos mais importantes dos últimos dois séculos, cuja finalidade é a construção de um mundo unido “que todos sejam um”. Atualmente está presente em 182 países, com cerca de dois milhões de aderentes e simpatizantes, entre católicos e pessoas oriundas de outras denominações religiosas, dentre os quais, judeus, muçulmanos e budistas. Ele atua com um núcleo central responsável pela organização de animadores, hoje constituído por mais de 140 mil. O movimento é presidido por Maria Voce, eleita pela Assembleia geral em julho de 2008 e confirmada no dia 12 de setembro de 2014, para o segundo mandato consecutivo. 

Tony Allison participa de show realizado pela Caritas Belém

w tony allison atração imperdivel para o show beneficente

YOUCAT

Ja ne iro de 2 01 7 se rá u m mês especial para a Caritas Arquidiocesana de Belém e para os fãs do cantor Tony Allison que estará na capital paraense no dia 26 para participar de um show, intercalado por momentos de forte espiritualidade, com orações por cura e libertação. A atividade é beneficente e a renda obtida com o show de Tony irá ajudar a custear muitos projetos sociais desenvolvidos pela Caritas. A Caritas Belém, dentre seus serviços, desenvolve trabalho na recuperação de dependentes químicos e moradores de rua, a exemplo da Fraternidade O

Caminho, Comunidade Missão Belém, Associação dos Renais Crônicos e Transplantados do Pará, Fazenda Esperança, além d e 1 9 n ú c l e o s p a ro q u i a i s d a Arquidiocese de Belém.

Serviço Show de Tony Allison Data: 26.01.2017 - Quinta-feira Local: Assembleia Paraense – Salão Social Realização: Caritas Belém I n f o r m a ç õ e s : ( 91 ) 3 3 5 5 2711/98200-6182/98736-4952 contato@caritasbelem.org

Segunda parte

Como celebramos os mistérios cristãos Primeira seção

Sacramento da comunhão e do envio Terceiro Capítulo

O Sacramento do Matrimônio

262- O que é necessário para um Matrimônio cristão sacramental?

O

J o r n a l Vo z d e Nazaré segue os estudos sobre o YOUC AT - Catecismo da Igreja Católica escrito para JOVENS que querem saber em que acreditam. Este projeto iniciou ocasião da Jornada Mundial da Juventude Rio 2013.

A um Matrimônio sacramental per tencem necessariamente três elementos: a) o consentimento livre, b) a concordância com uma união para toda a vida e apenas com o consorte, e c) a abertura aos filhos. O mais profundo num matrimônio cristão, todavia, a consciência do casal de que são uma imagem viva do amor entre Cristo e a Igreja. [1644-1654, 1664]

A exigência da unidade e indissolubilidade visa à rejeição da poligamia, na qual o Cristianismo vê um atentado básico ao amor e aos direitos humanos; implica também a rejeição daquilo a que se pode chamar “poligamia sucessiva”: uma

consequência de relações amorosas sem um compromisso suficientemente grande para ser revivido. A exigência de uma fidelidade matrimonial contém a disposição para uma ligação de uma vida inteira, que exclui relacionamentos amorosos paralelos. A exigência da disponibilidade para a fecundidade significa que um casal cristão, no âmbito das suas possibilidades, está aberto aos filhos que Deus lhe quiser conceder; os casais que não conseguem ter filhos são chamados por Deus a tornarem-se “fecundos” de outra maneira. Um Matrimônio em que um destes elementos é excluído quando da sua celebração não chega a realizar-se verdadeiramente.


6

belém, De 2 a 8 de dezembro de 2016

Arquidiocese

2º Caderno

solidariedade

Arquidiocese de Belém participa da Campanha “Pequenos Reis Magos”

Além da capital paraense as dioceses de Bragança, Cametá e Marabá também irão participar

P

elo segundo ano consecutivo, a Igreja do Brasil por meio da Pastoral da Criança participa da campanha de final de ano “Pequenos Reis Magos” que busca angariar recursos para as crianças em situação de vulnerabilidade de países subdesenvolvidos e conscientizar as crianças brasileiras sobre a realidade de outros países, além de despertar a solidariedade e o espírito missionário. A Arquidiocese de Belém e outras três dioceses do Pará irão participar da campanha neste ano. Realizada no período do Advento, a campanha visa ser em preparação para o Natal. A campanha dos Pequenos Reis Magos seria como se os Reis Magos estivessem buscando os recursos necessários para entregar ouro, i n c e n s o e m i r ra p a ra o próprio Jesus no dia 6 de janeiro. Em 2015 a campanha foi realizada no Brasil como experiência piloto por crianças e jovens da catequese, com o apoio dos bispos, padres e pessoas da Pastoral da Criança. A experiência conquistou crianças da catequese, dos municípios de Curitiba e Campo Largo (PR) na Arquidiocese Curitiba, e do município de Bayeux, da Arquidiocese da Paraíba. Estiveram envolvidas cerca de 400 crianças e o valor arrecadado na campanha foi repassado às crianças de Guiné-Bissau, na África, um dos países mais pobres do mundo, e garantiu o acompanhamento de um terço das crianças cadastradas pela Pastoral da Criança no país, durante um ano. Com o grande sucesso da edição do ano passado, para este ano as atividades alcançaram outras dioceses. Os Pequenos Reis Magos de 2016 cantarão, celebrarão e abençoarão as casas em que passarem e com o recurso arrecadado ajudarão as crianças da Guatemala, Guiné-Bissau, Haiti e Moçambique. O valor obtido será enviado aos países após a celebração de ação de graças pela campanha com a participação das crianças, que acontece na sede da Pastoral da

fotos: divulgação

w crianças são sempre bem recebidas nas residências visitadas

w a solidariedade crianças de diversas regiões do Brasil participam

Criança em Curitiba (PR), no dia 15 de janeiro de 2017. Ad e r i r a m à c a m p a n h a , a s Arquidioceses de Curitiba (PR), Maringá (PR), Natal (RN), Paraíba (PB), Porto Alegre (RS), São Salvador (BA) e as dioceses de Estância (SE), Barra do Garças (MT), Barra do Piraí (RJ),  Colatina (ES), Nazaré (PE), São José dos Pinhais (PR), São Mateus (ES)  e Tocantinópolis (TO).

Início da campanha Em meados de 1843, Auguste von Sartorius, menina nascida em uma família rica de Aachen, ficou sensibilizada com as notícias sobre crianças carentes e em perigo de vida na China e na África. Quando tinha de 13 para 14 anos, decidiu arrecadar dinheiro com os amigos e parentes para resolver a situação das crianças no mundo. Desde 1959, essa prática foi retomada como uma ação de solidariedade que acontece até hoje. Organizado pela Kindermissionswerk, o projeto beneficia diversos países e desperta, nas próprias crianças, uma atitude missionária. Próximo ao dia 6 de janeiro, cerca de 500 mil crianças alemãs, entre 8 e 13 anos, de 12.500 paróquias, saem pelas ruas como os Cantores da Estrela. Vestidas como Reis Magos, elas levam à frente uma estrela e marcam nas casas por onde passam a sigla “C+M+B”, em latim: “Christus Mansionem Benedicat”, que em português significa: “Cristo abençoe este lar”. Após cantarem e abençoarem as residências, arrecadam dinheiro para as crianças e jovens vulneráveis do mundo. As crianças alemãs já ajudam a Pastoral da Criança Internacional, contribuindo para atividades nas Filipinas, na Guatemala e no Panamá. Futuramente, ajudarão as crianças africanas e de outros países da América Latina e Caribe.

Em Belém

A Arquidiocese de Belém é uma das, que em 2016, irá participar pela primeira vez. Além da capital paraense as dioceses de Bragança, Cametá e Marabá também irão participar. Guiados pela estrela, o objetivo é levar vida plena às crianças e cabe a Arquidiocese, por meio dos coordenadores de catequese, padres e catequistas dar apoio à campanha.

No dia 24 de outubro, o Arcebispo Metropolitano, Dom Alberto Taveira Corrêa, em documento, autorizou a realização da campanha que segue aos moldes da iniciativa “Kindermissionswerk”, promovida na Alemanha e em prol da Pastoral da Criança nos quatro países: Haiti, Guatemala, Guiné-Bissau e Moçambique. “Acredito que com esta iniciativa nas paróquias, vivenciamos o exemplo das primeiras comunidades cristãs, que socorriam as que estavam em dificuldades. Além disso, é gratificante viver a experiência de uma Igreja em saída fazendo chegar a benção de Deus aos lares por meio das crianças e jovens da catequese”, disse Dom Alberto no documento. A programação nas paróquias será inicialmente aberta com formações envolvendo catequistas e as crianças para mostrar como serão feitos os trabalhos nas ruas. Algumas paróquias ainda estão fechando suas programações, porém algumas já estão confirmadas como o Santuário Nossa Senhora de Fátima, marcada para o dia 4 de dezembro, Nossa Senhora da Conceição, no Carananduba, em Mosqueiro, com formação marcada para o dia 17 e São José de Queluz, em Canudos, também no dia 17. Pa ra L u c i l a Fre i t a s , coordenadora da Pastoral da Criança da Arquidiocese de Belém, a campanha será enriquecedora para a formação das crianças, enfatizando a solidariedade e permitindo a elas “conhecer a situação de vida de outras crianças para que assim possam entender melhor as relações no mundo, despertando em cada criança e jovens o espírito missionário e, conhecendo a situação de vida das crianças de outros países, desenvolvendo a partilha e a solidariedade com quem sofre”. Em Belém, a campanha encerra no dia 5 de fevereiro de 2017.

Países assistidos l Guiné-Bissau: Localizada na costa Ocidental da África, tem uma população de mais de 1.600 milhões de habitantes.  A maioria da população vive abaixo da linha de pobreza, com menos de 1, 25 dólar por dia. Cerca de 40% das crianças entre os 5 e os 14 anos trabalham. Ao todo nascem 59 mil crianças todos os anos, 8 de cada 10, nunca são registradas. No país, a mortalidade infantil é 60 por mil nascidos vivos. l Moçambique: Localizado no sudeste do Continente Africano, com uma população de mais de 20 milhões de habitantes. A malária é a principal causa de problemas de saúde e também a causa de mortes. São cerca de 12 milhões de crianças, dessas 43%, de 0 a 5 anos sofrem de desnutrição crônica.  A mortalidade infantil é de 57 por mil nascidos vivos. l Guatemala: localizado a

oeste da América Central, com uma população de mais 15 milhões de habitantes. No país, 81% das crianças vivem em situação de pobreza e neste percentual os menores de cinco anos são os mais afetados; 32% vivem em extrema pobreza. Dentre os 20 países da América Central é o que possui o maior índice de trabalho infantil, mais de 12 mil  crianças tem apenas 5 ou 6 anos de idade. l Haiti: localizado na América Central, faz parte do arquipélago das Grandes Antilhas, na ilha de Hispaniola, com uma população de mais de 10 milhões de habitantes. Mais de 60% da população haitiana vive na pobreza. São 130 mil crianças sofrendo com desnutrição e 1,5 milhão de adultos que precisam urgente de assistência para obter alimentos. A taxa de mortalidade infantil é de 52 por mil nascidos vivos. 


belém, De 2 a 8 de dezembro de 2016

Igreja

2º Caderno solenidade

Igreja celebra Nossa Senhora da Conceição no dia 8 Comemoração ocorre no mundo inteiro

A

festa da Imaculada Conceição, comemorada em 8 de dezembro no mundo inteiro, foi definida como uma festa universal pelo Papa Sisto IV, em 1476, e é um dogma católico, sobre a concepção da Virgem Maria sem a mancha (em latim, macula) do pecado original. Neste dia, comemora-se solenemente a Imaculada Conceição de Nossa Senhora, a Rainha de todos os santos. A Igreja ocidental, que sempre amou a Santíssima Virgem, tinha certa dificuldade para a aceitação do mistério da Imaculada Conceição. Nesse sentido, em 1304, o Papa Bento XI reuniu na Universidade de Paris uma assembleia dos doutores mais eminentes em Teologia, para terminar as questões de escola sobre a Imaculada Conceição da Virgem. Foi então que o franciscano João Duns Escoto demonstrou que Deus, preservou Maria do

7

pecado original, pois a Santíssima Virgem era destinada a ser mãe do seu Filho. Sendo possível por sua Onipotência e, portanto, o Senhor, de fato, preservoua, antecipando-lhe os frutos da redenção de Cristo. Rapidamente a doutrina da Imaculada Conceição de Maria, no seio de sua mãe Sant’Ana, foi introduzido no calendário romano. A própria Virgem Maria apareceu em 1830 a Santa

Catarina Labouré pedindo que se cunhasse uma medalha com a oração: “Ó Maria concebida sem pecado, rogai por nós que recorremos a vós”. No dia 8 de dezembro de 1854, através da bula Ineffabilis Deus d o Pa p a P i o I X , a I g re j a oficialmente reconheceu e declarou solenemente como dogma: “Maria isenta do pecado original”. O dogma diz que, desde o primeiro instante de sua existência, a Virgem Maria foi preservada por Deus, da falta de graça santificante que aflige a humanidade, porque ela estava cheia de graça divina. Também professa que a Virgem Maria viveu uma vida completamente livre de pecado. Logo depois, em 1858, a própria Virgem Maria, na sua aparição em Lourdes, França, confirmou a definição dogmática e a fé do povo dizendo para Santa Bernadette: “Eu Sou a Imaculada Conceição”.

fotos: divulgação

w dogma da Imaculada Conceição de Maria

Condolências A Arquidiocese de Belém une-se em oração à comunidade e aos familiares do padre Raimundo Nonato Cândido da Silva, em sufrágio de sua alma. O sacerdote faleceu no último dia 28 de novembro, aos 52 anos. Ele estava servindo à Paróquia da Imaculada Conceição, localizada no bairro

Castanheira, em Belém. Padre Raimundo pertencia à Congregação dos Padres Lazaristas. Foi diretor provincial das Filhas da Caridade Província da Amazônia e consagrado na Congregação da Missão Lazaristas. Percorreu sua trajetória terrena marcada pela doação de sua vida ao serviço generoso aos pobres,

pela simplicidade e humildade, e pelo anúncio do Evangelho da alegria. Foram 18 anos dedicados ao ministério ordenado na Diocese de Cametá, onde trabalhou na paróquia São José, em Tucuruí, como vigário paroquial, e também na Província de Fortaleza, da Congregação da Missão.


8

belém, De 2 a 8 de dezembro de 2016

Arquidiocese

2º Caderno Palavra de vida Chiara Lubich

“Ele vem para vos salvar!” (Is 35,4)

O

verbo está no presente: Ele vem. É uma certeza de agora. Não precisamos esperar o amanhã, ou o final dos tempos, ou a outra vida. Deus age de imediato: o amor não consente adiamentos ou atrasos. O profeta Isaías dirigia-se a um povo que esperava ansiosamente o término do exílio e a volta à pátria. Nesses dias em que esperamos o Natal não podemos deixar de lembrar que também Maria ouviu uma promessa de salvação, parecida com essa: “O Senhor está contigo” (Lc 1,28). O anjo lhe anunciava o nascimento do Salvador. Ele não vem para uma visita qualquer. A sua intervenção é decisiva, da máxima importância: Ele vem para nos salvar! Salvar do quê? Será que estamos em grave perigo? Estamos, sim. Às vezes somos conscientes disso, às vezes não nos damos conta. Ele intervém porque vê os egoísmos, a indiferença para com quem sofre e está em necessidade, vê os ódios, as divisões. O coração da humanidade está doente. Ele vem, movido pela piedade para com a sua

criatura. Não quer que ela se perca. É como se Ele estendesse sua mão a um náufrago que está se afogando. Infelizmente hoje em dia essa imagem está sempre diante dos nossos olhos, voltando à cena dia após dia nos noticiários sobre os refugiados que tentam atravessar os nossos mares. Vemos como eles agarram desesperadamente aquela mão estendida, ou aquele colete salva-vidas. Também nós podemos agarrar a todo momento a mão estendida de Deus e seguilo confiantes. Ele não só cura o nosso coração daquele fechamento em nós mesmos que nos isola dos outros, mas, da nossa parte, nos torna capazes de ajudar aos que se encontram em necessidade, na tristeza, na provação. “Não é, decerto, o Jesus histórico, ou Ele enquanto Cabeça do Corpo místico quem resolve os problemas” – escrevia Chiara Lubich –. “Quem faz isso é Jesus-nós, Jesus-eu, Jesusvocê… É Jesus no homem, naquele determinado homem – quando a sua graça se encontra nele –, quem constrói uma ponte, faz uma estrada. […] É sendo um outro Cristo, como membro do seu Corpo místico, que cada homem traz uma contribuição típica sua em todos os campos: na ciência, na arte, na

política, na comunicação e assim por diante”. Dessa forma o homem é cocriador, corredentor com Cristo. “É a encarnação que continua, encarnação completa que diz respeito a todos os Jesus do Corpo místico de Cristo”1. Foi exatamente o que aconteceu

Ele não vem para uma visita qualquer. A sua intervenção é decisiva, da máxima importância: Ele vem para nos salvar!

com Roberto, um ex-detento ao encontrar alguém que o “salvou” e que, por sua vez, se transformou em alguém que “salva”. Ele contou a sua experiência ao Papa que, no dia 24 de abril, compareceu na Mariápolis de Villa Borghese em Roma: “Tendo terminado um longo período de detenção, eu pensava em recomeçar

a vida. Mas, como se sabe, mesmo quando  você cumpriu  sua pena,  para as pessoas você fica sempre sendo um caso suspeito. Procurando trabalho, encontrei todas as portas fechadas. Tive de andar por aí pedindo esmolas, durante sete meses fui morador de rua. Até o dia em que encontrei o Alfonso que, por meio da associação que ele criou, ajuda as famílias dos detentos. ‘Se quiser recomeçar’, disse ele, ‘venha comigo’. Agora já faz um ano que eu o ajudo a preparar as cestas básicas para distribuir às famílias dos detentos que nós vamos visitar. Para mim é uma graça imensa, porque nessas famílias eu revejo a mim mesmo. Vejo a dignidade dessas mulheres, cuidando sozinhas das crianças pequenas, que vivem em situações desesperadoras, aguardando alguém que lhes leve um pouco de conforto, um pouco de amor. Doando-me, reencontrei a minha dignidade de ser humano, a minha vida tem um sentido. Possuo uma força a mais porque tenho Deus no coração, me sinto amado…”. Fabio Ciardi 1Chiara Lubich, Jesus Abandonado e a noite coletiva e cultural, no congresso das gen 2. Castel Gandolfo,7/1/2007 (lido por Silvana Veronesi).

Sal e Luz Leno Carmo (lenocarmo@yahoo.com.br)

N

No caminho do advento

ovembro se finda, iniciamos os preparativos para o Natal do Senhor, desde a intimidade de nossas orações e disposição para o serviço por amor e pelo amor aos irmãos à arrumação da árvore, os pequenos enfeites, o singelo presépio com suas personagens; a Sagrada Família e os magos, os pastorinhos e os animais, sinos e estrelas que assumem seus lugares nos lares cristãos, é hora de abrir os corações para viver este clima tão gostoso que antecede o 25 de dezembro e nesta estrada, meditarmos o mistério tão belo e fecundo do nascimento do Salvador, é o advento da vida para receber o Senhor. É tempo de preparação e sobriedade e a liturgia nos introduz nesta caminhada das semanas que aos poucos levam a contemplar o mistério de Deus que por nós se fez homem, gerado “no seio da Virgem Maria”; “eis que o verbo se fez carne e conosco habitou”. Bendito tempo de alegria e ativa espera pela vigília natalina onde o canto do Glória retornará aos nossos lábios como um canto novo, unindo nossa voz à voz dos anjos para cantar o louvor àquele que é. E neste itinerário de fé, Maria nos conduz, gerando o amor em nós, ela “a beatíssima Virgem Maria, que no primeiro instante da sua Conceição, por singular graça e privilégio de Deus onipotente, em vista dos méritos de Jesus Cristo, Salvador do gênero humano, foi preservada imune de toda mancha do pecado original; doutrina revelada por Deus, e por isto deve ser crida firme e inviolavelmente por todos

os fiéis” (Bula Ineffabilis Deus, Bem aventurado Pio IX). A Virgem de Nazaré nos acompanha para vivermos a chegada de Jesus na pobreza da manjedoura, ela que é Mãe do Senhor, a mulher que foi preservada de todo o pecado a fim de que se apresentasse como “a santa morada do Altíssimo” (Sl 45,5), renova seu sim de forma definitiva e roga por nós junto ao filho amado, como discípula primeira que nos aponta o caminho para compreender quem é Jesus. Longe de todo apelo comercial que quer descristianizar o Natal, referenciando este belo período aos prazeres materiais e ao consumismo e acúmulo de bens, somos todos convidados, aonde quer que estejamos, a testemunhar este amor que nos amou primeiro e que na pobreza de uma estrebaria nasceu para nossa salvação, vivenciando a misericórdia de Deus em nossa vida e o renovar da esperança pelo bem. Ao longo dos domingos do Advento, vamos aplainando as veredas de nosso egoísmo, rebaixando as colinas de nosso orgulho e preparando os caminhos de nosso coração para a chegada do Senhor, Rei da Paz; precisamos no entanto, estar limpos do pecado que nos afasta de Deus, perdoados de nossas tantas faltas para que possamos nos aproximar de Jesus presente na Eucaristia, para que possamos celebrar a Verdade do Verbo encarnado e assim, nem mesmo a mais brilhante luz que possamos adquirir se comparará ao fulgor de um coração que foi perdoado; nem o mais belo e valioso conjunto de lâmpadas coloridas poderá ofuscar a esperança renovada

na confiança no Senhor. “Deus visitou o seu povo” (Lc 7, 16), nisso cremos e anunciamos para o mundo esta visita cuja finalidade é libertar a humanidade do pecado e da morte e fazer morada em cada coração, transformando-nos por dentro, nos enxertando “um coração de carne”, justo, misericordioso, que sabe perdoar e fazer da caridade um exercício diário que nutre o íntimo e realiza como pessoa quem se põe a servir na gratuidade, na fecunda

Vamos aplainando as veredas do egoísmo, rebaixando as colinas do orgulho e preparando os caminhos de nosso coração

dinâmica do serviço ao outro, quando se experimenta o gosto de céu, a partilha de dons e o anúncio do Ano da Graça do Senhor. Nossa fé cristocêntrica não permite que se confunda para quem converge este tempo favorável de acolhida, é Jesus a razão e o sentido do Natal, nada nem ninguém mais pode ocupar este lugar. Tenhamos em nossas casas as bíblias abertas, os presépios modestos, a Sagrada

Família; façamos as novenas de preparação, tenhamos a compreensão do pinheirinho como símbolo da vida e da esperança, vivamos na fraternidade e na caridade junto aos que sofrem fome e sede, solidão e indiferença, aos que estão abandonados nas prisões materiais e existenciais dos vícios, aos que perderam a esperança, purifiquemos nossa alma no sacramento da reconciliação, aproximemo-nos do Senhor que nos ama e que é fiel às suas promessas, trilhemos a estrada da paz para viver um Santo Natal. “O Natal é mais! Nós vamos por esse caminho para encontrar o Senhor, porque o Natal é um encontro e nós caminhamos para encontrá-Lo com o coração, com a vida, encontráLo vivo, como Ele é, encontrá-Lo com fé”, eis a orientação do Papa Francisco, o Natal é um encontro com o Senhor e o caminho para ele se dá na oração que gera intimidade com Ele e solidifica nosso crer no Santo de Deus, no Filho do Deus Altíssimo. Vamos nesta estrada com a família de Nazaré e aproveitemos para a retirada do pó do individualismo, a limpeza das mágoas e ressentimentos que nos impedem a liberdade do encontro com o outro, vamos arrumar a casa, retirar o lixo existencial amontoado nos cantos de nossas limitações para servir aos que precisam, é necessário, contudo, desinstalar-se e partilhar nossa mesa. Alegremo-nos Ele está perto, sobriedade com viva esperança e disposição para receber em nossa alma o Senhor que vem. Que assim seja!


belém, De 2 a 8 de dezembro de 2016

9

Em Nazaré

2º Caderno maria, Mãe de Misericórdia

Procissão luminosa encerra festividade fotos: divulgação

Comunidade Nossa Senhora das Graças encerrou evento em honra à sua padroeira

A

Comunidade Nossa Senhora das Graças da Paróquia de Nazaré encerrou na noite de domingo, 27, a festividade em homenagem à sua padroeira, com missa solene e procissão luminosa pelas ruas. A celebração, presidida pelo pároco de Nazaré, padre Giovanni Incampo, reuniu dezenas de fiéis que lotaram a capela, na avenida Conselheiro Furtado. A festividade teve como tema “Maria, Mãe de Misericórdia: exemplo e intercessora”. A programação do domingo iniciou com missa pela manhã, seguida da Adoração ao Santíssimo Sacramento,

que seguiu durante todo o dia, com o revezamento dos integrantes dos grupos, pastorais e movimentos que fazem parte da comunidade. A Adoração foi encerrada com a bênção do Santíssimo e a Missa Solene, seguida da procissão luminosa, conduzida pelo pároco. Padre Giovani agradeceu a presença de todos e disse que queria ter uma capela maior para poder acolher os fiéis e comentou com bom-humor: “Quem sabe daqui alguns anos tenhamos alguma tecnologia que possa fazer uma capela elástica para poder caber mais pessoas”.

w encerramento crianças aprendem o verdadeiro sentido do Natal

Catequese encerra programação anual No sábado, dia 26, a Pré Catequese da Basílica Santuário de Nazaré, fez o seu encerramento anual. As crianças rezaram junto à imagem do Menino Jesus, levaram brinquedos e os ofertaram aos

pés de Jesus para serem doados às crianças carentes. Pe. Giovanni Incampo, pároco de Nazaré, esteve presente e falou para as crianças sobre o verdadeiro sentido do Natal que é Jesus, o Salvador.

w procissão reuniu centenas de pessoas por diversas ruas de Belém

Pastoral do Turismo prepara programação de Auto de Natal Assim como a Estrela de Belém guiou os reis magos ao Cristo, Maria, como Mãe e intercessora, quer nos guiar ao seu Divino Filho, Único mediador entre nós e o Pai. Nesse sentido, em preparação ao Natal em Belém, no período de 9 a 11 de dezembro, das 19h às 21h, a Pastoral do Turismo (Pastur) da Basílica e Santuário de Nazaré realizará o terceiro Auto do Natal para a comunidade local e todo entorno do Santuário Mariano. “Maria, estrela que nos guia até Jesus” (Mt 2, 9-11) é o tema do projeto com o

objetivo de “levar o verdadeiro sentido do Natal a todos que frequentam a praça Santuário, com momentos de reflexão em comunhão com os grupos e movimentos de oração da paróquia, transmitindo através do espetáculo teatral mensagens de Amor e serviço na pessoa de Maria, mãe de Jesus”, explica Janes Cleia, coordenadora da Pastur. O eve n t o va i n a r ra r t o d a a trajetória de Maria desde o anúncio até o nascimento do Senhor, oportunizando uma preparação natalina para o coração de cada um que frequenta a Praça Santuário.

Confira um pouco do que haverá na programação Dia 9 - Sexta-feira

19h - Abertura e grupo de oração Neocatecumenal 20h - Coral da Guarda de Nazaré 20h30 - Apresentação de dança contemporânea: Revelação a Maria, uma graça de Deus. Dia 10 - Sábado

19h - Louvor com Márcia Costa, da Basílica Santuário 19h30 - Coral Gran Metropolitano de Belém, seguido de Louvor de Natal com a banda Aliança jovem 21h - Apresentação Leni Ribeiro (Pastur): música e dança Dia 11- Domingo

Haverá espetáculo teatral com apresentação de bandas e corais.

w retiro um dos últimos preparativos para a realização da cerimônia

Pastoral Familiar: últimos preparativos para o casamento comunitário A Pastoral Familiar da Paróquia de Nazaré promoveu no último final de semana, na Casa de Plácido, o Retiro Espiritual para os 116 casais que irão receber o Sacramento do Matrimônio no Casamento Comunitário da Basílica Santuário de Nazaré no próximo dia 8. O evento representou um dos últimos preparativos para que todos entendam o verdadeiro sentido do matrimônio e possam manter os ensinamentos cristãos dentro da

família. Ele também reforça o caráter de evangelização do Casamento Comunitário da Basílica Santuário. Em 2016 a Pastoral comemora 10 anos de realização do trabalho com o casamento comunitário e traz como tema “Família - Templo de Misericórdia”. Durante 10 meses os casais recebem preparação completa, respeitando todos os sacramentos anteriores da Igreja, como o Batismo e a Crisma.


10

belém, De 2 a 8 de dezembro de 2016

Arquidiocese

2º Caderno

reconhecimento

IPHAN premia Arquidiocese de Belém Distinção se deu em razão da restauração da Igreja do Carmo  A

Arquidiocese de Belém, através de suas Obras Sociais, na sexta-feira, 25, o prêmio Rodrigo Melo Franco de Andrade, reconhecimento do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) pela conclusão do projeto de restauração da Igreja de Nossa Senhora do Carmo, no bairro da Cidade Velha, Belém.  Na cerimônia de entrega do prêmio representaram a Arquidiocese, o cônego Ro n a l d o M e n e z e s , c o ordenador do projeto de restauração, e o diácono permanente José Marruaz, Diretor das Obras Sociais. A restauração da Igreja do Carmo iniciou em outubro de 2012 e terminou em março do ano passado. Contou com o incentivo da lei Rouanet, na categoria mecanato.  Côn. Ronaldo recordou que todo o

fOTO: DIVULGAÇÃO

w Premiados posicionam-se para o registro fotográfico da cerimônia no IPHAN

processo ocorreu dentro da normalidade, objetivando o respeito ao dinheiro público e a importância da igreja do Carmo para a história do Pará. “É um marco, não só arquitetônico, mas histórico. Porque ali se conservam grandes histórias de um povo que se dedicou não

só ao evangelho, mas pelo evangelho transformou um bairro, a vida de famílias, deixando um legado para a capital. Mostrando que é possível construir imóveis com bons ideais”.  O prêmio é caráter nacional, promovido pelo I p h a n  d e s d e 1 9 8 7 e m

reconhecimento às ações de preservação do patrimônio cultural brasileiro que, em razão da sua originalidade, vulto ou caráter exemplar, mereçam registro, divulgação e reconhecimento público. Diácono Marruaz declarou q u e “ a s O b ra s S o c i a i s organizam todos os projetos

PESAR A Federação Nacional das Empresas de Rádio e Televisão (FENAERT) manifesta a sua profunda consternação com a tragédia que vitimou 77 pessoas no acidente de avião na Colômbia, transportando a delegação da Chapecoense, convidados e 21 profissionais

das paróquias, assim como no seu inicio responsabilizava-se pelo seminário e pelo Centro de Cultura e Formação Cristã (CCFC). É um fato de grande importância para a Igreja. Para mim, uma grande alegria por ser meu primeiro ano à frente das Obras Sociais”.  Além da Igreja do Carmo, foram restauradas duas imagens sacras de Santa Teresa de Ávila.  A arquiteta Luci Azevedo, coordenadora geral do projeto de restauração, disse que foi um trabalho de grande responsabilidade. “Trabalhar na Igreja do Carmo foi um desafio. Ela é relevante, historicamente, para o nosso Estado. Não haveria outro sentimento hoje se não fosse de satisfação e orgulho”. 

A Arquidiocese de Belém, por meio da Fundação Nazaré de Comunicação, solidariza-se com todos os familiares e amigos dos desportistas e jornalistas em razão do desastre que vitimou passageiros do avião na Colômbia. Possam todos encontrar junto a Deus o conforto para este momento de partida e esperança.

de imprensa. A FENAERT se solidariza com a dor das famílias e amigos e lamenta a perda enorme para o futebol e imprensa nacional. É um dia triste para todos. Federação Nacional das Empresas de Rádio e Televisão - FENAERT

festividades

Outeiro festeja Nossa Senhora da Imaculada Conceição À luz do tema “Maria, com misericórdia divina, rogai ao Pai por nós”, as procissões da 63ª edição do Círio de Nossa Senhora da Imaculada Conceição, na Ilha de Caratateua, ou Outeiro, tiveram início dia 1º, com as peregrinações. A programação estende-se até o dia 10 com programação litúrgica e cultural que movimenta o distrito. Cerca de seis mil pessoas são esperadas só para participarem das procissões, porém, segundo d a d o s d o s o rg a n i za d o re s dessa grande festividade religiosa, Caratateua recebe mais de dez mil visitantes durante esse período, o que deixa a comunidade bastante movimentada em dezembro. Sexta-feira, 2, carreata com a imagem Peregrina de Nossa Senhora da Conceição Percorre os bairros que o Círio não percorre, e finaliza na Comunidade Cristo Redentor. No dia 3, pela manhã, ocorre a Motocicloromaria até a Comunidade São José, no bairro da Água Boa e, à noite, o traslado até Itaiteua, na Comunidade de Nossa Senhora de Fátima. Domingo, 4, às 7h, após a missa em Itaiteua, iniciará a grande procissão até a igreja Matriz do distrito. Padre Maurício Dias do Mar, pároco da matriz em Outeiro, conduz

a festividade pela segunda vez e afirma que “o maior objetivo dessa grande manifestação religiosa é unir as famílias, a vizinhança, a comunidade, tornando comuns as visitas às casas dos irmãos para receber a Palavra, a oração e os testemunhos de fé da igreja”. A comemoração em Outeiro segue até o dia 10, no espaço cultural da igreja Matriz, situada à rua Manoel Barata. Além do casamento comunitário, haverá shows de  bandas e da cantora lírica Patrícia Oliveira, que estará presente na manhã da última procissão. Haverá ainda venda de comidas típicas. História - O Círio de Caratateua (ou Outeiro, como a ilha é mais conhecida), iniciou com o casal Joaquim e Maria Cortinhas Marques, imigrantes portugueses que nunca abandonaram a devoção por Nossa Senhora da Imaculada Conceição, realizando sempre novenas na comunidade. As primeiras procissões iniciaram na década de 50, crescendo a cada ano, até virar tradição. Atualmente, o maior objetivo dessa grande manifestação de fé, já com mais de 60 anos, é a renovação espiritual, e o desejo de mudanças na realidade sociocultural dos moradores da ilha que sofrem com mazelas sociais.

Nossa Senhora de Guadalupe homenageada em Ananindeua A Paróquia de Nossa Senhora de Guadalupe realiza no período de 2 a 12 deste mês a festividade em honra da sua padroeira com o tema “Maria, modelo de Mãe de misericórdia”. A paróquia pertence à Região Episcopal São Vicente de Paulo e fica localizada na WE 10b, nº51, no bairro da Cidade Nova, em Ananindeua. O pároco Raimundo Almeida explica que a escolha do tema tem o propósito de reflexão sobre a misericórdia divina. “Neste ano de 2016, em preparação à nossa festividade, fomos chamados a refletir o tema misericórdia. Através de novenas com as famílias guadalupanas, buscarmos ser agentes e modelos da misericórdia do pai, na realidade que vivemos, seja ela família, trabalho, estudo, tendo na pessoa de Maria, a referência para nossas atitudes”. A programação inicia no dia 2 com o retorno das imagens peregrinas de Guadalupe à paróquia, onde será

celebrada a Santa Missa pelo vigário padre Antônio Arcelino, às 19h. No dia 3, às 18h30 será o translado da imagem de Nossa Senhora de Guadalupe para a Paróquia de Santa Rita Cássia, de onde sairá à procissão no dia 4, às 7h, com destino à Matriz de Guadalupe. No dia 10, às 18h30, será ministrada a Crisma dos jovens na missa presidida pelo Arcebispo de Belém, Dom Alberto Taveira Corrêa. A festividade inclui ainda no dia 11, às 10h, a Primeira Eucaristia de crianças e adolescentes. À noite, haverá a segunda procissão da festividade, às 17h, saindo da praça da Bíblia, na Cidade Nova 1, para a paróquia de Guadalupe. O encerramento da festividade será dia 12, às 19h, com missa presidida pelo pároco Raimundo Almeida. Durante os festejos, haverá arraial com venda de comidas típicas e programação cultural, sempre após a Santa Missa.

Festividade de Santa Luzia O tema “Santa Luzia, exemplo de fidelidade ao projeto misericordioso do Pai” impulsiona a comunidade da Paróquia Santa Luzia do Bom Futuro a vivenciar a festividade da padroeira no período de 4 a 12 deste mês. A programação noturna do dia 4 ao dia 12 inclui novena e missa, sempre às 19h, com participação de padres convidados. O Arcebispo Metropolitano de Belém, Dom Alberto Taveira Corrêa, presidirá a missa de Crisma no dia 11, às 18h. No dia 12, logo após a missa, a imagem de Santa Luzia será conduzida em traslado para a

comunidade Divino Pai Eterno. O dia 13 é dedicado à padroeira Santa Luzia. Nesse dia haverá missa com a bênção dos olhos às 7h. No mesmo dia, às 18h, uma procissão luminosa sairá da Comunidade Divino Pai Eterno em direção à paróquia, onde será celebrada a missa de encerramento da festividade em honra e louvor à excelsa padroeira do bairro da Cabanagem, em Belém. A Paróquia Santa Luzia do Bom Futuro situa-se na rua Bragança, quadra 157, nº103, com acesso pela via lateral de um supermercado. Prestigie!


belém, De 2 a 8 de dezembro de 2016

Arquidiocese

2º Caderno

N

a segunda-feira, 28, na Paróquia Jesus Bom Samaritano, aconteceu a ordenação diaconal do seminarista do Seminário Redemptoris Mater Belém, Rinaldo Felipe dos Santos, no Tapanã. A celebração de ordenação se deu durante missa presidida pelo Arcebispo Metropolitano de Belém, Dom Alberto Taveira Corrêa, e concelebração pelo padre Antônio Cleidivan Vieira, monsenhor Raimundo Possidônio, padre Roberto Cavalli e demais representantes do clero que estavam presentes. Fiéis lotaram a paróquia para aguardar o começo da celebração da missa presidida pelo Arcebispo Metropolitano de Belém Dom Alberto. Na ocasião teve início a cerimônia da ordem do diaconato do seminarista Rinaldo dos Santos que encheu de alegria os seminaristas do Seminário Redemptoris Mater Belém, em virtude de ser o primeiro seminarista a ser ordenado. Durante o rito, Dom Alberto fez as perguntas a Rinaldo dos Santos, que firmemente respondeu a todas, confirmando, assim, a sua ordenação, sob aplausos dos presentes. Em seguida, o agora diácono Rinaldo Felipe dos Santos auxiliou o Arcebispo durante o rito da Consagração. O diácono Rinaldo Felipe dos Santos contou que a escolha pela vida presbiteral foi marcada pela confiança em Deus. Para ele, a ocasião da sua ordenação é uma graça. “Deus tem sido fiel. Eu espero poder colaborar com a Arquidiocese de Belém com tudo que ela espera de mim. Eu vou me colocar a serviço da Igreja e servir como eu puder colaborar. A graça de Deus em minha vida se concretiza diante desta ordenação”, pontuou. A partir da ordenação o diácono Rinaldo dos Santos passará a servir na Paróquia Jesus Bom Samaritano, colaborando com o pároco padre Antônio Cleidivan Vieira nas missas, batizados, casamentos, entre outros, cujas colaborações são pontuais. A ordenação presbiteral está prevista para ocorrer dentro de seis meses, ou seja, no primeiro semestre de 2017. Vocação 

Natural do município de Mogi das Cruzes em São Paulo, Rinaldo Felipe dos Santos, caçula dos 11 filhos, conheceu o amor de Deus quando começou a frequentar a Comunidade do Caminho Neocatecumenal em 1999, quando tinha 33 anos de idade. Desde então percebeu que Deus tinha outros planos em sua vida. A experiência duradoura lhe imbuiu da decisão pela escolha da vida presbiteral. Então, largou o funcionalismo público para entrar no Seminário Redemptoris Mater em Brasília, em 2008, aos 40 anos de idade. Na época não existia

11

a serviço da Igreja

Seminário Redemptoris Mater ordena primeiro seminarista

A celebração de ordenação ocorreu na Paróquia Jesus Bom Samaritano fotos: luiz estumano

w consagração momento da prostração enquanto todos cantam a Ladainha de Todos os Santos

w dom alberto durante o rito, confirmação da ordenação de Rinaldo dos Santos

o Seminário Redemptoris Mater em São Paulo.  Em Brasília, ficou por seis anos, sendo enviado em 2013 para o Seminário Redemptoris Mater em Belém, no ano da sua instalação. Sua vinda é

pela experiência adquirida ao longo dos estudos, que vem para contribuir com o novo rumo de vida. Diácono Rinaldo dos Santos é o primeiro seminarista do Seminário Redemptoris Mater

w Rinaldo dos Santos no momento da Comunhão

em Belém, a ser ordenado. Redemptoris Mater

O Seminário Redemptoris Mater tem como característica ser um seminário diocesano, missionário e internacional. Redemptoris Mater, é expressão que, em português, significa Mãe do Redentor. Em Belém foi fundado em 2013, a pedido de Dom Alberto Taveira Corrêa, o qual foi incentivado pelo Papa Francisco. A casa de formação para os futuros padres funciona no do bairro de Águas Lindas, em Ananindeua, e conta com 11 seminaristas, sendo seis brasileiros, dois espanhóis, um argentino, um equatoriano e um guatemalteco. Quem entra para

estudar e discernir a vocação sacerdotal no Redemptoris Mater precisa fazer a experiência do Caminho Neocatecumenal, iniciado na década de 1960 pelo pintor espanhol Francisco (Kiko) Argüello. Nove anos é o tempo de duração dos estudos dos seminaristas, para então ocorrer a ordenação diaconal e, em média, seis meses para a ordenação presbiteral. A experiência tem demonstrado que unir a formação presbiteral a um itinerário de iniciação à vida cristã constitui uma grande ajuda para o amadurecimento psicológico, afetivo e humano dos candidatos. Antes de serem presbíteros, são cristãos, e, no caminho da fé aprendem a comunhão, a obediência, a oração, o sentido da cruz, entre outros. Aliam a missão ao serviço da paróquia, já que o Caminho Neocatecumenal é um tempo de formação que se realiza na própria paróquia como comunidades vivas, adultas e missionárias, unidas ao pároco e ao Bispo. Atualmente, existem no mundo 113 Seminários Redemptoris Mater; 1800 padres, 2300 seminaristas diocesanos, que participam dessa iniciação cristã e se preparam para o sacerdócio; 1880 presbíteros diocesanos ordenados; mais de 1000 famílias em missão, distribuídas por 93 países; e 92 missio ad gentes. No Brasil, existem quatro Seminários Redemptoris Mater sendo eles em Brasília e nos Estados de São Paulo, Rio de Janeiro e em Belém, no Estado do Pará.


12

belém, De 2 a 8 de dezembro de 2016

Arquidiocese

2º Caderno

decoração

Praça Santuário: clima de Natal e evangelização

Um espaço de verdadeira confraternização natalina

N

wanessa alesandrino

atal é tempo de luzes, alegria, vida. Natal é esperança em dias melhores, é a celebração da chegada do Salvador. E  para esperar por esse momento tão especial que será celebrado dia 25 de dezembro, a Diretoria da Festa de Nazaré, Basílica Santuário em parceria com a Prefeitura de Belém, inauguraram nesta segunda-feira, w presépio em tamanho real, montado no altar central dia 28, as luzes de Natal da Praça Santuário. junto do prefeito de Belém Autoridades civis, como o Um espaço de e o Diretor Coordenador prefeito de Belém, Zenaldo confraternização e, da Festa, Roberto Souza e Coutinho, autoridades principalmente, de sua esposa, Daniela Souza, eclesiásticas, como o Reitor evangelização, a decoração acender as luzes da Praça da Basílica Santuário de conta com um lindo presépio Santuário. Nazaré, Pe. Luiz Carlos montado no Altar Central G o n ç a l ve s , e s t i ve r a m Tradição - A decoração da Praça, em tamanho real, presentes à cerimônia. da Praça Santuário já é que representa o verdadeiro Pe. Luiz Carlos falou da uma tradição que acontece sentido do Natal, a chegada importância do Natal e junto d e s d e 2 01 2 e s e g u n d o do Menino Jesus. com todos os presentes houve Cláudia Hage, que com A inauguração contou com a oração do Pai - Nosso e Aveseu esposo Pedro Hage a apresentação da Banda da Maria. Logo após abençoou fazem parte da Diretoria Guarda Municipal de Belém. o presépio e se dirigiu para de Decoração do Círio de

w luzes abrilhantando o espaço e renovando o espírito

Nazaré, o projeto foi uma iniciativa da Diretoria da Festa para a evangelização dos que frequentam a Praça Santuário. “Nosso objetivo é que as pessoas vivam desde agora mais de perto esse clima de Natal, de partilha, reflexão e nascimento. Queremos que todos compartilhem o sentimento de espera

d o S a l va d o r, d o s e u nascimento, e confraternize com sua família neste espaço público e acolhedor”, comentou Claúdia. Na decoração, foram usadas figuras de anjos, estrelas, cascatas de luzes, notas musicais e a árvore de natal. A ornamentação do presépio ficou por conta da decoradora Darcilene Costa.

Evangelização no Terceiro Milênio Maria Elisa Bessa de Castro

A mística história do Menino Jesus de Praga (final)

C

orria o ano de 1639, quando Padre Cirilo, então já reputado como um homem santo, foi procurado por Henrique Liebsteinski, Conde de Kolowrat, que lhe pediu para levar a imagem do Pequeno Rei até a sua esposa, que estava gravemente doente, já desenganada pelos vários médicos. O sacerdote carmelita atendeu ao pedido e assim o fez. Chegando ao quarto da condessa doente, disse-lhe o marido: “Querida, abre os olhos. Vê, aqui está o Menino Jesus para curar-Te”. Eis que, com muito esforço, ela abriu os olhos e o seu semblante foi tomado de uma indescritível luz, ao que exclamou: “Oh! O Menino está no meu quarto”! Em seguida, a enferma ergueu os braços para beijar o Pequeno Infante. Vendo a cena, o conde falou exultante de alegria: “Milagre! Milagre! Minha mulher está salva”! Com a notícia da cura da condessa, uma grande alegria tomou conta da cidade de Praga. É sabido que posteriormente a honrosa senhora foi ao Convento dos Carmelitas agradecer a grandiosa graça recebida, tendo oferecido ao Menino Jesus uma riquíssima coroa de ouro e vários objetos preciosos. Fosse na cidade de Praga, fosse nas vilas e cidades vizinhas, a notícia dos milagres operados pelo Pequeno Rei alastrou-se. Assim, em pouco tempo a devoção ao Menino Jesus de Praga (como ficou conhecido) espalhou-se por toda a Europa e, depois, em todo o mundo. A própria cidade de Praga

tornou-se mundialmente famosa por causa da devoção ao Pequeno Rei. As numerosas doações em joias, dinheiro e objetos valiosos dadas por devotos ao Convento dos Carmelitas, em gratidão pelas graças alcançadas por meio do Divino Infante, permitiram a construção de uma Capela destinada para o culto à milagrosa imagem. A inauguração contou com a presença do então Arcebispo de Praga, Cardeal Ernesto Adalberto de Harrach, que autorizou os frades a celebrar Santas Missas no local. Em 1648, na chamada Guerra dos 30 anos, a cidade de Praga foi novamente invadida, desta feita pelas tropas dos protestantes suecos, que transformaram o convento dos Carmelitas em um hospital de campo. No entanto, nenhum dos 160 soldados feridos que lá foram tratados ousou escarnecer o Santo Menino. Contrariamente, o Comandante da tropa, General Konigsmark, durante uma inspeção, ajoelhou-se diante da imagem milagrosa, assim proclamando: “Óh, Menino Jesus! Não sou católico, mas também creio em tua infância e estou impressionado ao ver a fé das pessoas e os milagres que fazes em seu favor. Eu te prometo que, no que me for possível, farei levantar o aquartelamento do convento”. O compromisso foi efetivamente cumprido, tendo o respeitoso general doado 30 ducados aos frades carmelitas. Muito pouco tempo

depois, os suecos finalizaram a ocupação, libertação esta que foi atribuída ao Santo Infante. Possibilitado por uma generosa contribuição do Barão de Tallembert, a milagrosa imagem foi colocada em um belo altar situado na Igreja de Nossa Senhora da Vitória e solenemente coroada em 1655 pelo então Arcebispo de Praga, Dom José de Corti. Esta data, ainda hoje, é celebrada anualmente na Festa da Ascensão de Nosso Senhor. Em odor de santidade, Frei Cirilo da Mãe de Deus faleceu em 1675, aos 85 anos de idade. Em 1743, a Imperatriz Maria Tereza, do Império Austro-Húngaro, confeccionou ela própria uma rica vestimenta para a imagem do Santo Menino. O culto ao Menino Jesus de Praga permaneceu difundindo-se por todo o mundo, ganhando devotos em todas as classes sociais, raças e povos; de tal modo que a imagem do

O culto permaneceu, difundindo-se por todo o mundo, ganhando devotos

Pequeno Infante foi reproduzida e passou a ornar altares em residências, mosteiros, conventos, colégios, capelas, igrejas e catedrais. Eis que foram compostas muitas orações, novenas, rosários e ladainhas para honrar o Santo Menino. Com efeito, passados cinco séculos desde o surgimento da devoção ao Menino Jesus de Praga, o povo católico continua honrando-O por meio de inúmeros atos de piedades, procissões, peregrinações e círios. Já vivendo a delicadeza do Tempo do Advento, à espera do Nascimento do Pequeno Rei, encerramos o ciclo de artigos sobre a Mística Histórica do Menino Jesus de Praga, com a oração de consagração para ele composta: Óh! Divino Menino Jesus, Verdadeiro Filho da Santíssima Virgem Maria, eu Vos saúdo, amo e adoro. Sob a proteção de Nossa Senhora e de São José, consagro-me inteiramente a Vós. Abençoa-me, óh Meu Redentor! E ensina-me a imitar vossas virtudes e exemplos. Que o Vosso Sagrado Coração seja a minha força durante a vida e o meu consolo por ocasião da morte. Amém! Maria Elisa Bessa de Castro Movimento Apostólico da Divina Misercórdia Adoradores Eucarístico da Igreja das Mercês bessadecastroadv@gmail.com

Próximo artigo: Prof. Ricardino Lassadier


Voz de Nazaré