Page 1

ARQUIDIOCESE

DE BELÉM

www.fundacaonazare.com.br BELÉM, DE 27 DE DEZEMBRO DE 2013 A 9 DE JANEIRO DE 2014

ARQUIDIOCESE

DE BELÉM

PE. FLORENCE DUBOIS FUNDADOR

D O JORNAL CATÓLICO DA FAMÍLIA D ANO C - Nº 595 e 596 - PREÇO AVULSO: R$1,00


2

BELÉM, DE 27 DE DEZEMBRO DE 2013 A 9 DE JANEIRO DE 2014

Opinião Alegria de ser católico João Carlos Pereira

CHARGE DO ANDRÉ ABREU

jcparis@orm.com.br

Uma proposta para o Natal

V

ejo, neste tempo de Natal, a cidade iluminada e o comércio fervendo. As praças estão decoradas com bolas imensas, guirlandas e formas geométricas criadas a partir de cordões luminosos. Nas fachadas das casas e dos prédios há a recordação do presépio e da imagem do Papai Noel. Ainda assim, nesse clima de muita felicidade pelo nascimento de Jesus (ou seria por causa da festança?), inevitável comparar o tempo do Natal com o tempo do Círio. Tenho para mim que o tempo do Círio até por ser considerado o natal dos paraenses, é mais verdadeiro, mais bonito. Talvez por estar livre da força absurda do consumo, do tsunami das vendas, dos furacões do comércio, o Círio nos fale mais de perto ao coração. Mas no contexto, há um “detalhe”, que poderia ser repetido no Natal e passo, como sugestão, a bola para Mendes Publicidade, que há anos, muitos anos, vem, generosa e desinteressadamente, oferecendo para Nossa Senhora de Nazaré os cartazes com que Ela é homenageada. A ideia é assim: que tal se, em vez da imagem da Mãe de Deus, fosse criado o cartaz do Natal? Motivos não faltariam. Os séculos, desde que São Francisco criou a representação da cena do nascimento de Jesus, têm oferecido as mais lindas composições do instante em que os Magos vão adorar o Senhor Deus, na forma de uma criança. Todos os períodos artísticos deram sua contribuição para o presépio. Bastaria apenas reproduzir o que já existe, dando, é claro, o toque criativo da agência. Creio que, se tivéssemos o cartaz do Natal, o chamado espírito do consumo seria, aos poucos, substituído pelo do verdadeiro Natal. O comércio não deixaria de funcionar, Papai Noel não pararia de alegrar as crianças e o Natal não deixaria de ser Natal. Teria apenas cara de um Natal de verdade. Fica a ideia, caríssimo dr. Oswaldo Mendes.

Comente esta charge: voz@fundacaonazare.com.br Jornalista e professor

Panorama José Pereira Ramos joseulina@oi.com.br

Ano novo cheio de grandes expectativas

N

Economista e escritor

unca foi tão necessário pedir ao Senhor Deus todo Poderoso, clamando com toda a força do nosso coração: Senhor, dai-nos um FELIZ ANO NOVO. As chuvas de janeiro se anteciparam e as alagações e desabamentos assustam as populações que habitam áreas de risco. As mesmas promessas todos os anos. Milhões de reais são anunciados, porém, as obras não aparecem. E nada acontece, a não ser os pobres perderem o pouco que possuem. É uma vergonha! Quanto custou a reforma do Maracanã? Se me perguntarem se sou contra o futebol, responderei firmemente que não. O que não entendo é o motivo pelo qual as obras prometidas para as áreas de risco, onde desabaram muitas casas e morreram muitas pessoas, nada foi feito.

Encontro Fraterno Ivens Coimbra Brandão

ivenscb@oi.com.br

Família reunida

N

Engenheiro civil e escritor

o texto da semana passada fiz constar: ‘frequentes e felizes estadas em Mosqueiro’. De fato, nossas estadas em Mosqueiro foram felizes, acompanhados que éramos por nossos quatro filhos, que ali brincavam desde crianças, depois percorrendo a escala da adolescência e da juventude. Eram tempos - idos das décadas de 70 e 80 - quando, mesmo no período das férias escolares em julho, a ‘Bucólica’ se oferecia tranquila e cativante. A turma da rua ‘Clementina’ que o diga, ao desfrutarem de um ambiente sadio e acolhedor. Pela manhã, as famílias se encontravam na praia, que se alcançava com algumas passadas. Momentos em que se botava ‘conversa fora’, mas atentos para as crianças que brincavam na areia, e coibindo atitudes

Fundado em 5 de julho de 1913

ARQUIDIOCESE DE BELÉM-PARÁ

FUNDADOR Pe. Florence Dubois, barnabita PRESIDENTE Dom Alberto Taveira Corrêa Arcebispo Metropolitano de Belém do Pará VICE-PRESIDENTE Monsenhor Marcelino Ferreira Vigário geral da Arquidiocese de Belém do Pará

E por falar em futebol, o país vai parar no meio do Ano Novo. Rezo para que a tragédia do “Itaquerão” tenha sido apenas um acidente provocado pela falha de um equipamento. E que as novas Arenas suportem as superlotações. Nunca se viu uma campanha eleitoral presidencial e parlamentar, em pleno campeonato mundial de futebol. Ninguém pode prever o que poderá acontecer neste país que vem sendo assolado por protestos, inconformidades, desrespeitos a decisões jurídicas, violências desenfreadas. Mais do que nunca precisamos pedir que Deus seja mesmo brasileiro e que inspire o povo na hora de votar. --------------------------No dia 1º de janeiro, estarei com minha esposa no Carmelo de Santa Teresinha, de Fortaleza, onde nossa filha, Madre Maria Bernadette, exerce o cargo de Priora e comemora 35 anos de entrada naquele Mosteiro. Respeitando a opção dos que festejam a entrada do ano pulando e bebendo, vamos ter o privilégio de mais uma vez fazê-lo, rezando, e sob os acordes do “Te Deum Laudemus”, louvando o Senhor por mais um ano de vida, e pedindo que ilumine os homens que governam não apenas o Brasil, mas, o mundo todo. mais afoitas dos que se lançavam n’água. Até que chegava a vez dos adultos também se deliciarem no banho, deixando seus corpos serem afagados pelas cálidas águas da baía. Construímos nossa pequena vivenda aos poucos. Diante da limitação de recursos, a execução do muro divisório foi ficando para depois... No entanto, foi prioridade o preparo do quintal, para propiciar a prática de jogos. Assim, ainda na mesa do almoço, víamos chegar - sem pedir licença para se dirigirem ao quintal - a garotada da redondeza que vinha atraída pelo jogo de vôlei, praticado toda tarde e à tarde toda, no final ‘virando’ futebol. Por vezes, formavam-se duas ‘grades’, à espera da oportunidade para jogar. Não se ouviam palavrões, mas sim, o natural alarido dos jovens. Depois do lanche, era chegada a vez dos adultos, quando os vizinhos, que se tornaram amigos, escolheram o pequeno terraço de nossa casa para se reunirem. Não se ofereciam bebidas alcoólicas. Um simples cafezinho aquecia uma conversação que envolvia assuntos amenos e construtivos, tudo se desenvolvendo em clima de fraternidade.

DIRETOR GERAL Diácono Antônio Carlos Gomes de Freitas DIRETORA ADMINISTRATIVO E FINANCEIRO Marluce Guerreiro Milhomem DIRETOR DE COMUNICAÇÃO Mário Jorge Alves DIRETOR DE CAPTAÇÃO DE RECURSOS Arnaldo Pinheiro COORDENAÇÃO Marcos Valério (DRT/PA 1516)

Sua voz O que você deseja para 2014?

CONSELHO DE PROGRAMAÇÃO E EDITORAÇÃO João Carlos Pereira Padre Nilton Cezar Reis Padre Cláudio de Souza Barradas EDITORAÇÃO ELETRÔNICA Sérgio Santos (DRT/PA 579) Assinaturas, distribuição, administração e redação Avenida Governador José Malcher, Edifício Paulo VI, 915 CEP: 66055-260, Bairro Nazaré, Belém - Pará Telefones: (91) 4006-9200/ 4006-9209.

Desejo que as pessoas se amem mais, que busquem resgatar esse sentimento que está ficando cada vez mais banal, pois com amor tudo na vida se torna mais prazeroso. DIENES MACIEL FERREIRA, 24, universitária Desejo concluir meu TCC, me formar na faculdade, crescer profissionalmente e começar uma nova fase da vida. VALÉRIA ALMEIDA LIMA LINHARES, 20, universitária Que eu possa estar cada vez mais próximo de Deus. Que Ele me dê forças para seguir na minha caminhada. RAFAEL SOUZA FEIO, 24, consultor de vendas

Fax: (91) 4006-9227 Redação: (91) 4006-9200/ 4006-9238/ 4006-9239/ 4006-9244/ 4006-9245 Site: www.fundacaonazare.com.br E-mail: voz@fundacaonazare.com.br Um veículo da Fundação Nazaré de Comunicação CNPJ nº 83.369.470/0001-54 Impresso no parque gráfico de O Liberal

FUNDAÇÃO NAZARÉ DE COMUNICAÇÃO


3

BELÉM, DE 27 DE DEZEMBRO DE 2013 A 9 DE JANEIRO DE 2014

Arcebispo Conversa com meu povo Dom Alberto Taveira Corrêa Arcebispo Metropolitano de Belém do Pará

A

expressão é de um conhecido poema de Carlos Drummond de Andrade, mas a mesma pergunta pode ser feita ao José de Nazaré ou a tantos “Josés”, presentes dentro de nós e em torno a nós. Depois do Natal e das festas que correm, o que fazer da vida e como aproveitar as muitas lições do ano que termina? Se o cenário do Natal é carregado de ensinamentos, pedimos hoje licença às outras figuras nele presentes, para contemplar, de modo especial, o homem a quem foi confiada a guarda da Sagrada Família, inspirados por palavras de fogo e simplicidade pronunciadas pelo Papa Francisco, quando começou seu ministério de Sucessor de Pedro: “Como vive São José a sua vocação de guardião de Maria, de Jesus, da Igreja? Numa constante atenção a Deus, aberto aos seus sinais, disponível mais ao projeto dele do que ao seu. Deus não deseja uma casa construída pelo homem, mas quer a fidelidade à sua Palavra, ao seu desígnio; e é o próprio Deus que constrói a casa, mas de pedras vivas marcadas pelo seu Espírito. E José é “guardião”, porque sabe ouvir a Deus, deixa-se guiar pela sua vontade e, por isso mesmo, se mostra ainda mais sensível com as pessoas que lhe estão confiadas, sabe ler com realismo os acontecimentos, está atento àquilo que o rodeia, e toma as decisões mais sensatas. Nele vemos como se responde à vocação de Deus: com disponibilidade e prontidão; mas vemos também qual é o centro da vocação cristã: Cristo. Guardemos Cristo na nossa vida, para guardar os outros, para guardar a criação! Entretanto, a vocação de guardião não diz respeito apenas a nós, cristãos, mas tem uma dimensão antecedente, que é simplesmente humana e diz respeito a todos: é a de guardar a criação inteira, a beleza da criação, como se diz no livro de Gênesis e nos mostrou São Francisco de Assis: é ter respeito por toda a criatura de Deus e pelo ambiente onde vivemos. É guardar as pessoas, cuidar carinhosamente de todas elas e cada uma, especialmente das crianças, dos idosos, daqueles que são mais frágeis e que muitas vezes estão na periferia do nosso coração. É cuidar uns dos outros na família: os esposos guardam-se reciprocamente, depois, como pais, cuidam dos filhos, e, com o passar do tempo, os próprios filhos tornam-se guardiões dos pais. É viver com sinceridade as amizades, que são um mútuo guardar-se na intimidade, no respeito e no bem. Fundamentalmente tudo está confiado à guarda do homem, e é uma responsabilidade que nos diz respeito a todos. Sede guardiões dos dons de Deus” (Homilia do Papa Francisco - Praça de São Pedro - Terça-feira, 19 de março de 2013, Solenidade de São José). E agora? O que fazer do ano que está para começar? O primeiro passo é reconhecer que o tempo e as capacidades foram dados de presente. Deus não precisa

Arcebispo

DIVULGAÇÃO

E agora, José? José é 'guardião' da Sagrada Família porque sabe ouvir a Deus, deixa-se guiar pela sua vontade fazer previsões, mas oferece um momento depois do outro, com calma, até para permitirnos curtir cada dia sua riqueza e possibilidades para a nossa felicidade. E sabemos que se o Senhor não construir a casa, em vão trabalham os que a edificam (Cf. Sl 126, 1). Para isso, o ano há de ser preenchido com escuta e fidelidade à Palavra de Deus e discernimento dos sinais que ele envia, sabedoria para colher as lições de cada acontecimento. Cada fato alegre ou triste é carregado de sentido e de apelos de Deus. O José que está dentro de cada um de nós há de escolher, para ser feliz, a missão de guardião ou guardiã. Faz bem e realiza a existência de uma pessoa quando esta assume responsabilidades, olhando ao redor, para descobrir o bem a ser feito. O guardião toma iniciativa para praticar o bem, começa em si mesmo a mudança do mundo e não deixa qualquer pessoa ou situação sem a marca de sua presença. A sujeira da rua, o trânsito, as plantas e, mais ainda, as pessoas, são de nossa responsabilidade. Todas as oportunidades sejam aproveitadas para fazer o bem e construir um mundo melhor. São José guardou a Sagrada Família. Uma bela proposta para o ano novo, olhando para seus exemplos e contando com sua intercessão, é trabalhar por valores que alguns consideram tradicionais no sentido negativo. Recordo-me de uma belíssima canção do Padre Zezinho: “Agora falam do desquite e do divórcio, o amor virou consórcio, compromisso de ninguém. E há tantos filhos que bem mais do que um palácio gostariam de um abraço e do carinho entre seus pais. Se os pais se amassem, o divórcio não viria, chamam a

isso de utopia, eu a isso chamo paz”. Volto ao Papa Francisco: “É cuidar uns dos outros na família: os esposos guardam-se reciprocamente, depois, como pais, cuidam dos filhos, e, com o passar do tempo, os próprios filhos tornam-se guardiões dos pais”. Faço um apelo a valores tradicionais, no sentido bem positivo e provocante. Trata-se de uma campanha pela família e pelo matrimônio, justamente no ano em que acontecerá um Sínodo Extraordinário dos Bispos sobre a Família e a Nova Evangelização. Redescobrir na família os valores da fidelidade, da fecundidade e da intimidade, tudo fecundado por uma vida de oração e comunhão com a Igreja. Nossa vida é tecida por relacionamentos com as outras pessoas. Quanta gente nova entrou com tudo em nosso coração no ano que termina! Com São José aprendamos a “viver com

sinceridade as amizades, que são um guardar-se mutuamente na intimidade, no respeito e no bem”. No ano que vai começar, cultivar o trato de pessoa por pessoa, aprofundar as amizades verdadeiras, alegrar-se com elas. Mais dos que as listas existentes nos aparelhos que constituem comunidades virtuais, trazer estes nomes para a realidade concreta, visitar, ajudar, ouvir, manifestar ternura e misericórdia. Se cada pessoa for ao encontro, pelo menos uma vez no ano, de cada um de seus contatos de lista, muito teremos feito para um mundo mais fraterno e justo. Haverá mais gente feliz! Como bom programa do tempo novo que é dado por Deus, “cada qual veja bem como está construindo. De fato, ninguém pode colocar outro alicerce diferente do que já está colocado: Jesus Cristo. Se então alguém edificar sobre esse alicerce com ouro, prata, pedras preciosas ou com madeira, feno, palha, a obra de cada um acabará sendo conhecida: o Dia a manifestará, pois ele se revela pelo fogo, e o fogo mostrará a qualidade da obra de cada um. Aquele cuja construção resistir ganhará o prêmio; aquele cuja obra for destruída perderá o prêmio - mas ele mesmo será salvo, como que através do fogo (1 Cor 3, 10-13).


4

BELÉM, DE 27 DE DEZEMBRO DE 2013 A 9 DE JANEIRO DE 2014

Liturgia Homilia Dominical Padre Romeu Ferreira romeufsilva@gmail.com

Formado em Exegese pelo Pontifício Instituto Bíblico de Roma

A) Texto: Mt 2, 13-15.19-23 13 Depois que os magos partiram, o anjo do Senhor apareceu em sonho a José e lhe disse: “Levanta-te, pega o menino e sua mãe e foge para o Egito! Fica lá até que te avise! Porque Herodes vai procurar o menino para matá-lo”. 14 José levantou-se de noite, pegou o menino e sua mãe e partiu para o Egito. 15 Ali ficou até a morte de Herodes, para se cumprir o que o Senhor havia dito pelo profeta: “Do Egito chamei o meu Filho”. 19 Quando Herodes morreu, o anjo do Senhor apareceu em sonho a José, no Egito, 20 e lhe disse: “Levantate, pega o menino e sua mãe e volta para a terra de Israel, pois

aqueles que procuravam matar o menino já estão mortos”. 21 José levantou-se pegou o menino e sua mãe e entrou na terra de Israel. 22 Mas, quando soube que Arquelau reinava na Judeia, no lugar de seu pai, Herodes, teve medo de ir para lá. Por isso, depois de receber um aviso em sonho, José retirou-se para a região da Galileia. 23 e foi morar numa cidade chamada Nazaré. Isso aconteceu para se cumprir o que foi dito pelos profetas: “Ele será chamado nazareno”. B) COMENTÁRIO “Do Egito chamei o meu Filho” (v 15). Esta frase tece uma ponte do Antigo ao Novo Testamento, pois o Filho de Deus é Jesus e também é o Povo Eleito, Israel. No Antigo Testamento Deus fala pela boca de Moisés ao Faraó dizendo: “Então dirás a Faraó: Assim falou Iahweh (Deus): o meu primogênito é Israel. E eu te disse: ‘Faze partir o meu filho, para

que me sirva!’ Mas uma vez que recusas deixá-lo partir, eis que farei perecer o teu filho primogênito” (Ex 4, 22-23). Deus é Pai e chama o seu filho, fazendo-o sair (Êxodo) da terra da escravidão para a terra prometida. José é o novo Moisés. No Novo Testamento a voz de Deus refere-se a Jesus na transfiguração: “Este é meu Filho amado, em quem me comprazo, ouvi-o sempre” (Mt 17,5). Mateus quer demonstrar a historicidade salvífica, com o nascimento de Jesus. Nos primeiros versículos (Mt 1,1-17), ele indica a genealogia em três blocos de catorze gerações (7x2), começando com Abraão - “pai da fé” - e concluindo com Jesus Cristo. Isto mostra a plenitude do tempo (7), com a ação de Deus (3) na história. Chega o tempo propício no qual Deus envia o seu Filho, para resgatar a criação. Logo Mateus narra as circunstâncias do nascimento do “menino” (Mt 1,18-24),

declarando que é o cumprimento do anunciado nas Escrituras: “Tudo ocorreu, para que se cumprisse o que disse o profeta: Eis que uma virgem conceberá e dará a luz a um filho que será chamado Emanoel, que significa Deus conosco”. E no texto de hoje, retoma o sentido de cumprimento do determinado por Deus: “Ali ficou até a morte de Herodes, para se cumprir o que o Senhor havia dito pelo profeta: “Do Egito chamei o meu Filho” (Mt 2,15). E na parte final há mais uma referência ao cumprimento do projeto de Deus nestes termos: ‘Isso aconteceu para se cumprir o que foi dito pelos profetas: “Ele será chamado nazareno”’(v 23). O binômio “o menino e sua mãe” é destaque (v 13.14.20.21). Primeiro vem o menino, e logo sua mãe, personagens essenciais da salvação messiânica. Jesus nos vem de Maria, e ela nos leva a Jesus (Jo 2,5).

Liturgia da Semana w Dia 27, sexta-feira Cor (branco) Primeira leitura (1Jo 1,1-4) Responsório (96) Evangelho (Jo 20,2-8) w Dia 28, sábado Cor (vermelho) Primeira leitura (1Jo 1,5–2,2) Responsório (123) Evangelho (Mt 2,13-18) w Dia 29, domingo Cor (branco) Primeira leitura (Eclo 3,3-7.14-17a) Responsório (127)

Segunda litura (Cl 3,12-21) Evangelho (Mt 2,13-15.19-23) w Dia 30, segunda-feira Cor (branco) Primeira leitura (1Jo 2,12-17) Responsório (95) Evangelho (Lc 2,36-40) w Dia 31, terça-feira Cor (branco) Primeira leitura (1Jo 2,18-21) Responsório (95) Evangelho (Jo 1,1-18) w Dia 01, quarta-feira Cor (branco) Primeira leitura (Nm 6,22-27)

Responsório (66) Segunda leitura (Gl 4,4-7) Evangelho (Lc 2,16-21) w Dia 02, quinta-feira Cor (branco) Primeira leitura (1Jo 2,22-28) Responsório (97) Evangelho (Jo 1,19-28) w Dia 03, sexta-feira Cor (branco) Primeira leitura (1Jo 2,29 – 3,6) Responsório (97) Evangelho (Jo 1,29-34) w Dia 04, sábado

Cor (branco) Primeira leitura (1Jo 3,7-10) Responsório (97) Evangelho (Jo 1,35-42) w Dia 05, domingo Cor (branco) Primeira leitura (Is 60,1-6) Responsório (71) Segunda leitura (Ef 3,2-3a.5-6) Evangelho (Mt 2,1-12) w Dia 06, segunda-feira Cor (branco) Primeira leitura (1Jo 3,22-4,6) Responsório (02) Evangelho (Mt 4,12-17.23-25)

w Dia 07, terça-feira Cor (branco) Primeira leitura (1Jo 4,7-10) Responsório (71) Evangelho (Mc 6,34-44) w Dia 08, quarta-feira Cor (branco) Primeira leitura (1Jo 4,11-18) Responsório (71) Evangelho (Mc 6,45-52) w Dia 09, quinta-feira Cor (branco) Primeira leitura (1Jo 4,19–5,4) Responsório (71) Evangelho (Lc 4,14-22a)

Santos da Semana Benedito Otávio (artpresent@superig.com.br)

27/12 - SEXTA-FEIRA. Beato José Maria Corbin Ferrer - Jovem Mártir. Natural de Valência, Espanha, nascido em 26 de dezembro 1914, dia da comemoração do martírio de santo Estêvão; e foi morto um dia após seu aniversário de 22 anos, no navio-prisão “Alfonso Pérez”, em 1936, ancorado na costa da ilha de Santander. Um jovem estudante universitário de Ciências Químicas, e fervoroso pelo amor a Cristo e sua Igreja, chamando atenção daqueles possuídos pelo ódio à fé durante a Guerra Civil Espanhola. Beatificado pelo nosso futuro santo papa João Paulo II, em 2001, com outras 232 vítimas daquela perseguição.

31/12 - TERÇA-FEIRA. Santa Melânia a Jovem - Religiosa. Desde muito jovem a romana Melânia demonstrava forte vocação religiosa, em pleno séc.V, e Roma estava expandindo a influencia monástica. Porém, seus familiares eram totalmente contra, principalmente sua avó. Fizeram-na casar-se aos 14 anos com Piniamus com quem teve dois filhos, porém, vieram a falecer. Melânia entendeu como sinal de Deus e convidou seu esposo a consagrar-se nas regras de São Bento em Jerusalém. Doaram suas posses aos pobres e seguiram um belo caminho de castidade e penitência.

28/12 - SÁBADO. Santa Caterina Volpicelli - Virgem e Fundadora. Napolitana, viveu de 1839 a 1894, de família de classe média alta e educada em casa. Aos 20 anos vai para o mosteiro da Adoração Perpétua com uma frase: “afim de uma íntima união com Deus”. Mais tarde, seu diretor espiritual, Ludovico de Casoria, disse-lhe uma frase profética: “Caterina, o Coração de Jesus, esta é a sua obra”. E justamente, ela fundou o Inst. das Servas do Sagr. Coração. Em 1891 acontece em Nápoles o 1º Congr. Eucarístico Nacional, e as servas foram responsáveis pela adoração e preparação das confissões dos fieis.

01/01 - QUARTA-FEIRA. São Fulgêncio de Ruspe - Bispo. Lemos no ofício um belo trecho do sermão de S. Fulgêncio, em que, meditando sobre o Natal de Jesus e o Natal de Estêvão, há uma frase que me chamou atenção: “A caridade é o caminho que conduz ao Céu”. Já sabemos disso por São Paulo, mas às vezes por outro irmão é que somos chamados mais fortemente. Fulgêncio, então, foi tocado por um simples comentário que Santo Agostinho fez sobre um salmo. Depois ele somou na luta bravamente contra as heresias de Ário e Pelágio. Diz-se que seu ideal era: “uma só alma e um só coração dirigidos a Deus”.

29/12 - DOMINGO DA SAGRADA FAMÍLIA. Beato Gerard de Valenza - Mercedário Mártir. Nascido em Piemont, 1267, já era órfão de pai quando veio a falecer sua mãe em 1290, daí foi viver como peregrino a mendigar o que comer, porém, em suas andanças, visitou os santuários: Roma, Nápoles, Catânia. Em 1307, impressionado com a fama de santidade de Louis de Anjou, bispo de Toulouse, ingressou na Ordem dos Frades Menores na Sicília. Seu testemunho de vida santa impressionou a todos, pois não demonstrava semblante abatido pelos atrocidades da vida. Certeza de entrega total a Nossa Senhora que causou isso.

30/12 - SEGUNDA-FEIRA. Beata Eugenia Ravasco - Virgem e Fundadora. Natural de Milão, órfã, entregue aos tios, com quem aprendeu a amar os pobres. Com o tempo foi descoberto que ela era herdeira de uma propriedade considerável. Sendo assim, já estava pronta para casar e foi escolhido um marquês de Milão. Mas quem chamava em seu coração era Jesus. Tornouse capuchinha em 1883. Fundou o Instituto das Filhas do Coração Sacratíssimo de Jesus e Maria, cuidando da educação dos jovens, até os carentes. Também os doentes e desagregados. Em pleno séc. XIX lutou pelos direitos humanos e das mulheres.

02/01 - QUINTA-FEIRA. São Defendente de Tebas - Mártir. Foi um soldado da legião tebana, sob o comando de Maurice, também hoje santo, no império de Maximiano, 250 a 310. Antes de atacarem os Gauleses, o exército se encontrava em Marselha, foi então feito um culto aos deuses da guerra, onde vários soldados se recusavam a participar, revelando-se cristãos. Foram capturados e imediatamente mortos a espada por decapitarão. Por via das dúvidas, de quem era ou não cristão, foram mortos quase três centúrias do exército naquele dia. Seu culto é forte em Marselha e algumas cidades da Itália.


5

BELÉM, DE 27 DE DEZEMBRO DE 2013 A 9 DE JANEIRO DE 2014

Vaticano JESUS, O REI

Dar lugar a Jesus e não ao barulho e às compras, pede o Papa Francisco DIVULGAÇÃO

Igreja pede ao o mundo que deixe Jesus ser o centro da confraternização de Natal

N

este Natal devemos dar lugar a Jesus e não às compras e ao barulho das festas. Para tal devemos estar vigilantes e preparados para a vinda do Senhor. Esta é a ideia principal da missa celebrada pelo Papa Francisco na Capela da Casa de Santa Marta. E a Igreja, tal como Maria, também está na expectativa da vinda do Senhor: “... a nossa alma assemelha-se à Igreja, a nossa alma assemelha-se a Maria. Os padres do deserto dizem que Maria, a Igreja e a nossa alma são femininas e aquilo que se diz de uma, analogamente pode-se dizer da outra. A nossa alma também está à espera, nessa espera da vinda do Senhor; uma alma aberta que chama:’Vem, Senhor’”. “E eu pergunto-me: estamos à espera ou estamos fechados? Estamos vigilantes ou estamos seguros num hotel ao longo do caminho e já não queremos andar para a frente? Somos

peregrinos ou somos errantes? Por isso a Igreja nos convida a rezar isto: "Vem abrir a nossa alma e que a nossa alma seja, nestes dias, vigilante em espera. Vigiar! o que acontece em nós se vem o Senhor ou se não vem? Há lugar para o Senhor ou há lugar para festas, para fazer compras, para fazer barulho... A nossa alma está aberta, como está aberta a Santa Madre Igreja e como era Nossa Senhora? Ou a nossa alma está fechada e colocamos na nossa porta um cartãozinho, muito educado que diz: Pede-se para não perturbar!”. “E hoje repetir tantas vezes ‘Vem’, e tentar que a nossa alma não seja uma alma que diga: ‘Não perturbar’. Não! Que seja uma alma aberta, que seja uma alma grande para receber o Senhor nestes dias e que comece a sentir aquilo que amanhã na antífona nos dirá a Igreja: ’Sabei que hoje vem o Senhor! E amanhã vereis a sua glória!”.

M O P P O N

uitas vezes o Natal é uma festa rumorosa: far-nos-á bem estar um pouco em silêncio, para ouvirmos a voz do Amor (23 de dezembro). Advento é um caminho para Belém. Deixêmo-nos atrair pela luz de Deus feito homem (21 de dezembro). rocuremos viver o Natal de maneira coerente com o Evangelho, acolhendo Jesus no centro da nossa vida (20 de dezembro). eçamos a Deus que nos conceda a graça de ver um mundo onde mais ninguém tenha que morrer de fome (19 de dezembro). amor de Deus não é vago. Deus pousa o seu olhar de amor sobre cada homem e cada mulher, com seu nome e sobrenome (17 de dezembro). ão nos resignemos com a ideia de um Médio Oriente sem os cristãos. Rezemos diariamente pela paz (16 de dezembro).

Angelus

LUGAR Papa Francisco pede que Jesus seja destaque na noite de Natal

Papa destaca profissionalismo na Comunicação da Cúria Romana Profissionalismo, espírito de serviço, santidade: são estas, para o Papa Francisco, as características que deverão revelar as pessoas que trabalham na Cúria Romana. Na tradicional audiência para a apresentação de Boas Festas de Natal, o Santo Padre evocou com apreço o precioso serviço prestado pelos que com ele colaboram mais diretamente, agradecendo a todos e a cada um, a começar pelo novo Secretário de Estado, Dom Pietro Parolin, sobre quem ele disse - “precisa das nossas orações”. “Repletos de gratidão para com Deus, que nos amou ao ponto de entregar o Filho Unigênito por nós, é bom dar espaço à gratidão entre nós” - considerou o Papa. “Agradeço-vos pelo vosso serviço de cada dia: pelo cuidado, diligência, criatividade; pelo empenho, nem sempre fácil, em colaborardes uns com os outros, ouvindo-vos, confrontando-vos, valorizando as diferentes personalidades e qualidades, no respeito recíproco”. O Papa fez questão de agradecer de forma particular àqueles que agora passam à reforma, fazendo notar, porém que, “como presbíteros e Bispos, nunca se vai para a reforma; mas do serviço, sim. E é justo; até para se dedicar mais à oração e ao cuidado das almas, a começar pela própria!”.

“O profissionalismo significa competência, estudo, atualização… Isto é um requisito fundamental para trabalhar na Cúria. Quando não há profissionalismo, lentamente vai-se escorregando para o nível da mediocridade. A resolução dos casos reduz-se a informações estereotipadas e comunicações sem fermento de vida, incapazes de gerar horizontes grandes”. “A segunda característica é o serviço, serviço ao Papa e aos Bispos, à Igreja universal e às Igrejas particulares. Na Cúria Romana, de um modo especial aprende-se, ‘respira-se’ precisamente essa dupla dimensão da Igreja, essa interpenetração entre universal e particular; e penso que esta seja uma das mais belas experiências de quem vive e trabalha em Roma: ‘sentir’ assim a Igreja”. Finalmente, santidade na Cúria, “significa também objeção de consciência às murmurações”, “uma lei não escrita que, infelizmente, existe nos nossos ambientes”, acrescentou o Papa Francisco. Então, façamos todos objeção de consciência! E olhai que não pretendo, com isto, fazer apenas um discurso moral; as murmurações lesam a qualidade das pessoas, do trabalho e do ambiente.

(Papa Francisco)

Papa apela para que todas as famílias tenham casa O Papa referiu-se ao texto do Evangelho de S. Mateus que conta os fatos que precederam o nascimento de Jesus sob o ponto de vista de S. José. O Papa Francisco sublinhou em particular a desconcertante situação que José teve que enfrentar com a gravidez inesperada de Maria. Mas ele escolhe fazer a vontade de Deus: “quando José tomou conhecimento desse fato, ficou desconcertado. O Evangelho n ã o e x p l i c a q u a i s f o ra m o s seus pensamentos, mas diz-se o essencial: ele tenta fazer a vontade de Deus e é precisamente

a renúncia mais radical. Em vez de se defender e de fazer valer os seus próprios direitos, José escolhe uma solução que para ele representa um enorme sacrifício: pois era homem justo e não queria acusá-la publicamente, pensou em repudiá-la em segredo”. O Santo Padre considerou que esta frase revela o drama interior de José pois amava profundamente Maria. Mas ele decidiu fazer a vontade de Deus. É preciso meditar sobre essa atitude pois é uma prova de sacrifício tal como Abraão - afirmou o Papa Francisco:

“é preciso meditar sobre essas palavras, para compreender qual tenha sido a prova que José teve que suportar nos dias que precederam o nascimento de Jesus. Uma prova como aquela de Abraão quando Deus lhe pediu o filho Isaac, renunciar à coisa mais preciosa, à pessoa mais amada”. Mas, como no caso de Abraão, o Senhor intervêm e José escuta a vontade de Deus: “José era um homem que escutava a voz de Deus, profundamente sensível ao seu segredo, um homem atento às mensagens que lhe chegavam do profundo do coração e lá do alto”.

Depois da oração do Angelus o Papa Francisco, referindo-se a um cartaz que estava na Praça e que dizia “Os pobres não podem esperar”, o Santo Padre recordou que Jesus nasceu num estábulo e teve mesmo que fugir e só mais tarde voltou para a sua casa em Nazaré. O Papa disse que pensa hoje em tantas famílias sem casa, seja porque não a tiveram ou porque a perderam. “Casa e família caminham juntas e sem casa não se pode viver”, afirmou ainda o Santo Padre, convidando todos a fazerem o possível para que cada família possa ter uma casa.


6

BELÉM, DE 27 DE DEZEMBRO DE 2013 A 9 DE JANEIRO DE 2014

Igreja no Brasil ESTADOS

Espírito Santo sofre com fortes chuvas Já são 44 municípios afetados. Além das mortes, milhares de pessoas estão desabrigadas

S

obe para 44 o número de municípios afetados pelas fortes chuvas no Espírito Santo. Segundo a Defesa Civil do Estado, cinco pessoas já morreram e o número de desabrigados subiu para quase 5 mil, além de mais de 20 mil que estão desalojados (em casas de parentes e amigos). O Governo local decretou estado de emergência em todas as áreas afetadas pelas enchentes. Segundo a Diocese de Colatina (ES), há relatos de casas que desabaram e pessoas isoladas devido ao bloqueio de pontes e estradas nos 18 municípios pertencentes

FOTOS: DIVULGAÇÃO

à Diocese, dificultando assim a chegada de socorro. O município de Rio Bananal é um dos mais afetados da região, e enfrenta a sua pior enchente desde 1979. O rio da cidade subiu 4,5 metros e a maior preocupação é com os deslizamentos de terra e casas construídas nas encostas. A Cáritas diocesana de Colatina lançou a campanha ‘SOS Rio Bananal’ que pede doações de água, roupas de cama, material de limpeza e de higiene pessoal. São aceitas também doações em dinheiro. Os donativos podem ser entregues em qualquer paróquia da Diocese.

Padre Anchieta poderá ser canonizado em 2014 Conhecido como “Apóstolo do Brasil”, o Beato José de Anchieta foi responsável pela criação do colégio de Piratininga no dia 25 de janeiro de 1554, que deu origem à cidade de São Paulo. O missionário, que chegou ao Brasil em 1553, deve ser canonizado no próximo ano. Natural de Tenerife, nas Ilhas de Canárias, na Espanha, ele nasceu no dia 19 de março de 1534. No decorrer de sua vida, o padre passou por estados como São Paulo, Espírito Santo e Bahia propagando os ensinamentos do Evangelho. Faleceu na cidade de Reritiba (atual Anchieta no Estado do w BEATO Canonização deve ocorrer em 2014 Espírito Santo) em 9 de junho de 1597. explicou. Por meio de um telefonema A notícia foi divulgada em coletiva ao Cardeal, o Papa Francisco à Imprensa no dia 18 de dezembro expressou acolhimento ao pedido pelo Arcebispo de Aparecida (SP) da canonização. Para o Arcebispo, e presidente da CNBB, Cardeal essa é uma surpresa para a Igreja no Raymundo Damasceno Assis. Ele Brasil. Ele afirma que esse não é um comentou sobre o pedido feito desejo somente dos bispos, mas de pela Conferência no Brasil ao Papa cada pessoa que atribui santidade ao Francisco para a canonização do beato. “Somos muito gratos ao Papa Beato Anchieta. “Durante a visita da por acolher esse pedido não só da presidência da CNBB ao Santo Padre CNBB, mas de várias instituições e do no mês de outubro, entregamos uma povo brasileiro que deseja ver o beato carta com o pedido da canonização Anchieta venerado publicamente desse grande apóstolo, também em todo o mundo e como modelo de declarado pela Conferência do Brasil santidade, no seguimento a Jesus”. como padroeiro dos catequistas”,

w ENCHENTES Defesa Civil contabilizou 5 mortes e 20 mil desalojados

Papa Francisco visita hospital infantil em Roma “Especialmente com vocês, crianças, Jesus tem uma ligação especial: está sempre perto de vocês”, disse o papa Francisco durante visita ao Hospital Pediátrico Menino Jesus de Roma, realizada no dia 21. Na ocasião, o papa esteve em várias alas do hospital, como a de Terapia Intensiva, a de Reanimação Pediátrica e a de Nefrologia. Na capela do hospital, Francisco encontrou-se com trinta crianças que sofrem vários tipos de câncer. As crianças que ali estavam doaram uma cesta cheia de bilhetinhos, com sonhos e orações. “Obrigado pelos seus sonhos e orações que vocês depositaram nesta cesta e deram a mim. Nós apresentamos juntos todos eles

a Jesus. Ele conhece o que está no fundo do nosso coração”, disse o Papa. Ainda durante a visita, o Papa Francisco recebeu uma miniatura de um anjo, representando as crianças que já morreram. A lembrança foi dada por uma mãe, que faz parte do grupo “Filhos do Céu”, que reúne pais que perderam seus filhos. O Papa também se encontrou com o diretor do Hospital, Giuseppe Profiti, que lhe ofereceu uma nova estrutura, um projeto de acolhimento para mães e crianças carentes. “A realização desse local é o nosso presente ao Senhor para o Natal. Gostaríamos que, com a sua bênção, ele pudesse se chamar ‘Casa Francisco’ e fosse o primeiro de uma longa série”, disse o diretor ao Papa.

Arquidiocese de Porto Velho divulga manifesto contra a violência na cidade A Arquidiocese de Porto Velho (RO) emitiu um manifesto sobre as constantes violências na cidade. No último dia 20 de dezembro, seis pessoas foram assassinadas em vias públicas e outras vinte ficaram feridas. No texto, a Arquidiocese cobra das autoridades medidas urgentes

para conter os atos de violência que colocam em risco a vida da população. “Precisamos assumir o princípio e a prática de que a fraternidade é fundamento e caminho para a paz”, deseja o Arcebispo de Porto Velho, Dom Esmeraldo Barreto de Farias.

Diocese de Santarém participa de experiência missionária

Papa escreve oração pela família

Com a proposta de contribuir com a formação dos futuros padres, a 7ª Experiência Missionária reúne seminaristas da Diocese de Santarém (PA) e de outras Dioceses do Brasil. A missão teve início no domingo, 15 de dezembro, e prossegue até 22 de janeiro. Durante esse período, o s j ove n s v i s i t a m m a i s d e 4 5 comunidades. O objetivo é levar a Palavra de Deus

Algumas iniciativas de oração serão realizadas nos próximos dias em preparação à Assembleia Geral Extraordinária do Sínodo dos Bispos, que acontecerá 5 a 19 de outubro de 2014, com o tema “Os desafios pastorais da família no contexto da evangelização”. Neste domingo, 29, dedicado à Sagrada Família, durante o Angelus, o Papa Francisco fará uma oração especial pela família, escrita

às famílias que vivem em lugares distantes da cidade, como a região de rios do Lago Grande do Curuai. A distância da sede municipal é de aproximadamente 60km, com acesso somente por barco-motor. A atividade missionária deste ano é motivada pelo tema “Ide fazer discípulos entre todas as nações” (Mt 28,19). Participam, além dos seminaristas, padres e religiosos de várias cidades brasileiras.

por ele. A oração será transmitida, via satélite, pelas basílicas de Loreto, na Itália, e de Nazaré, em Israel. No mesmo dia, na basílica da Anunciação de Nazaré, o secretário geral do Sínodo, Arcebispo Lorenzo Baldisseri, celebrará missa com essa intenção. No Santuário da Santa Casa de Loreto, a missa será presidida pelo delegado pontifício, Arcebispo Giovanni Tonucci.


7

BELÉM, DE 27 DE DEZEMBRO DE 2013 A 9 DE JANEIRO DE 2014

Igreja no Mundo NATAL

Papa exorta os cristãos à humildade "Sempre que alimentastes, acolhestes, visitastes um destes irmãos, a Mim mesmo o fizestes", disse

“D

eus está conosco e confia ainda em nós! Deus vem habitar com os homens, escolhe a terra como sua morada para estar junto com o homem e fazer-se encontrar lá onde o homem passa os seus dias na alegria e na dor. O Natal de Jesus é a manifestação de que Deus se colocou de uma vez por todas da parte do homem, para salvar-nos, para nos erguer do pó das nossas misé-

rias, das nossas dificuldades e pecados”, disse o Papa. O Santo Padre afirmou assim que o mistério do Natal ensina-nos que, se Deus não quis revelar-Se como alguém que olha do alto e domina o U n i ve r s o , m a s a n t e s humilha-Se e desce à terra pequenino e pobre, então, para nos parecermos com Ele, não devemos colocarnos acima dos outros mas humilhar-nos, pôr-nos ao seu serviço, fazer-nos

pequenos com os pequenos e pobres com os pobres. “O Natal ensina-nos também que se Deus, por meio de Jesus Cristo, se envolveu com o homem até Se tornar um de nós, então tudo o que fizermos a um irmão, é a Ele que o fazemos, como o próprio Jesus nos ensinou: ‘Sempre que alimentastes, acolhestes, visitastes um destes meus irmãos mais pequeninos, a Mim mesmo o fizestes’”.

DIVULGAÇÃO

IGUALDADE "Ninguém deve se sobrepor aos outros"

Superados os 10 milhões de “seguidores” da conta Twitter do Papa No último sábado à noite, pouco depois das 21h30, a conta @Pontifex , de Twitter do Papa Francisco, superou os 10 milhões de seguidores. O fato já foi assinalado pelo próprio Papa com um tweet divulgado em nove diferentes línguas. Em português, a breve mensagem papal afirma: “Queridos Seguidores, soube que já sois mais de 10 milhões! Agradeçovos do fundo do coração e peço que continueis a rezar por mim”. A conta twitter, promovida por Bento XVI, foi aberta a 12 de dezembro passado, em oito línguas: italiano, espanhol, inglês, francês, alemão, polaco, português e árabe. A 17 de janeiro foi acrescentado também o latim. Já a 28 de fevereiro (data em que se tornou efetiva a re n ú n c i a d e B e n t o X V I a o pontificado), tinha-se já alcançado 3 milhões e 300 mil seguidores. Durante a sede vacante, a conta Twitter papal ficou, obviamente, suspensa, sendo

"Natal é tempo de promover a cultura do encontro", diz o Papa Francisco Um encorajamento a favorecer sempre a “cultura do encontro” foi dirigido pelo Papa Francisco, ao receber no Vaticano um grupo de funcionários do Cerimonial Diplomático da República Italiana e também da Embaixada da Itália junto da Santa Sé. Agradecendolhes pela ajuda que (disse) prestam ao seu ministério, o Papa Francisco observou que todo o trabalho desses funcionários diplomáticos tem como objetivo fazer com que os Representantes dos países, assim como das Organizações e Instituições Internacionais, e possam se encontrar de modo mais profícuo. Um serviço muito importante! “O aspecto propriamente cerimonial, o mais visível, é aquilo que não aparece, o u s e j a , o i n c re m e n t o d e relações positivas, baseadas no conhecimento recíproco, no respeito, na busca comum de caminhos de desenvolvimento e de paz”. No caso específico

da Itália - observou ainda o Papa - há que considerar que a nação é conhecida no mundo como sinônimo de cultura, de arte, de civilização. É neste contexto que os funcionários diplomáticos italianos hão de dar também o seu contributo para a cultura do encontro, para que tal patrimônio seja valorizado para o bem comum daquela que Paulo VI chamava a civilização do amor. O S a n t o Pa d re re c e b e u também, na sexta-feira, 20, pela manhã um grupo de adolescentes da Ação Católica Italiana. O Papa convidou-os a viverem o Natal como a festa da presença de Deus que vem até ao meio de nós para nos salvar. “O nascimento de Jesus não é uma fábula, é uma história que aconteceu mesmo, em Belém, há dois mil anos. A fé faz-nos reconhecer naquele Menino, nascido da Virgem Maria, o verdadeira Filho de Deus, que se fez homem por nosso amor”.

retomada a 17 de março, quatro dias após a eleição do Papa Francisco. Sete meses bastaram para triplicar o número de seguidores dessa popular forma de comunicação. É de se sublinhar o fenômeno do re-tweetting, excepcionalmente elevado no caso das mensagens do Papa, muitas das quais são reenviadas a outras pessoas amigas, assumindo assim, a forma de uma exortação espiritual e de um encorajamento à esperança que, partindo do Papa, chega a um número calculado em 60 milhões de pessoas em todo o mundo, segundo referiu recentemente, em entrevista à Rádio Vaticana, Dom Claudio Maria Celli, presidente do Conselho Pontifício das Comunicações Sociais. A língua com maior número de seguidores é o espanhol (mais de 4 milhões), seguida do inglês (3.129.000) e do italiano (1.242.000).

Mensagem do Papa aos “Cartoneros” na Argentina Com a comida que se deita fora poderia dar-se de comer a toda a gente faminta do mundo: é o que afirmou o Papa numa breve vídeomensagem aos “cartoneros”, difundida no último domingo pela associação que representa as milhares de pessoas que na Argentina vivem graças à reciclagem de cartões e outros materiais. O vídeo foi gravado durante uma audiência do Papa no Vaticano com um dirigente do Movimento dos trabalhadores excluídos, no dia 5 de dezembro passado. “Hoje não podemos dar-nos ao luxo de desperdiçar aquilo que sobra da mesa dos ricos: “Estamos a viver numa cultura do excesso”, afirmou, onde não se desperdiça facilmente somente as coisas, mas também as pessoas”. O Papa Francisco aprecia tudo o que fazem os “cartoneros”: “Eles reciclam e quando reciclam produzem duas coisas: um trabalho ecológico necessário! - e uma produção que fraterniza e dá dignidade ao próprio trabalho. São criativos na produção e são igualmente criativos na proteção da terra e do mundo, com essa dimensão ecológica. Pensar que com os alimentos que se bota fora poder-

se-ia dar de comer a toda a gente faminta do mundo!”. Esse o convite do Papa aos “cartoneros”: “Continuai a criar a consciência de que a reciclagem não é somente ecológica - e esta é já uma grande coisa! - mas também produtiva para os outros. É preciso tomar consciência da importância de não desperdiçar os alimentos, porque existem crianças que sofrem fome! Graças àquilo que fazeis”. Os “cartoneros” vivem em bairros miseráveis, as favelas argentinas habitadas por homens e mulheres que até à devastante crise econômica de 2001 tinham um trabalho regular e tutelas sociais e que de um dia para o outro se viram a viver removendo o lixo, à procura de cartões, metais e comida. Na Argentina são cerca de 100 mil, nove mil somente em Buenos Aires. Na missa da inauguração do Pontificado, aos 19 de março último, estava presente um representante dos “cartoneros”, com a própria farda azul e verde, com a escrita: “Movimento de trabalhadores excluídos”. O Papa Francisco quis uma representação de “cartonersos”, junto dele no palco, também durante a Via Sacra de Rio de Janeiro aos 26 de julho último.


8

BELÉM, DE 27 DE DEZEMBRO DE 2013 A 9 DE JANEIRO DE 2014

Em Nazaré

DIVULGAÇÃO

CÍRIO 2014

Nomeada nova Diretoria do Círio de Nazaré Na ocasião também foi apresentado o tema do Círio 2014

N

a última sexta-feira, 20, após missa na Capela Bom Pastor, presidida pelo Arcebispo de Belém, Dom Alberto Taveira Correa, durante uma cerimônia na Casa de Plácido, foram empossados os diretores da Festa de Nazaré e divulgado o tema para o Círio 2014.

w DIRETORIA DO CIRIO Kleber Vieira volta a ser o diretor de procissão

Além do Arcebispo, participaram da cerimônia os padres Barnabitas responsáveis pela Basílica Santuário de Nazaré, representados à mesa oficial pelo reitor da Basílica, Pe. José Ramos Mercês. Entre as novidades apresentadas está o retorno de Kleber Vieira ao cargo de diretor de procissão, depois de passar dois anos à frente da diretoria. Cezar Neves, que antecedeu Kleber como coordenador, agora passa a compor o quadro de beneméritos. Também foram apresentados os nomes que comporão o restante do quadro. Jorge Xerfan Neto, que assumiu a coordenação recentemente, disse que para as escolhas levou em consideração o trabalho desenvolvido por cada um dos componentes, mas foi primordial a oração antes da indicação: “a gente sempre se coloca em

oração diante de decisões importantes como esta, especialmente quando se trata de um trabalho tão importante, em que o foco principal é a evangelização”, explicou. TEMA DO CÍRIO

Um dos momentos mais aguardados da cerimônia foi a divulgação do tema escolhido para o Círio de 2014 por Dom Alberto, que disse ser bastante simples: “Ensina teu povo a rezar”. De acordo com o Arcebispo, a inspiração veio de uma música homônima famosa composta pelo célebre cantor católico Padre Zezinho. “A intenção é que continuemos nossa caminhada de oração e não há ninguém melhor para ensinar a rezar que a própria Mãe de Jesus. O tema reforça a real intenção do Círio, que é a de ser um momento forte de evangelização e oração para a Igreja, especialmente neste momento em que caminhamos para a comemoração dos 400 anos de evangelização na Amazônia, em 2016”, disse Dom Alberto. Juntamente com a explicação do tema escolhido, Dom Alberto

também entregou a todos um texto que indica os 15 subtemas que deverão ser trabalhados durante as peregrinações que acontecem antes do Círio e no ano passado alcançaram mais de 110 mil famílias de toda a região Metropolitana de Belém. Os subtemas servirão de base para a elaboração do livreto pela diretoria de evangelização. Xerfan disse que ainda é cedo para falar sobre grandes novidades para o Círio do ano que vem e que no próximo dia 30 uma reunião entre os diretores já começará a traçar os rumos do trabalho do grupo para o Círio do próximo ano, que promete, mais uma vez, contar com público de 2 milhões e 200 mil pessoas ou mais. Já Kleber Vieira adiantou que serão estudadas algumas mudanças para as estações da Corda da Trasladação e do Círio. As alterações serão significativas para maior fluidez das duas maiores procissões entre as 11 que compõem a festa, especialmente nas curvas da Avenida Presidente Vargas, tanto na Praça Pedro Teixeira quanto na entrada da Avenida Nazaré. As mudanças devem der divulgadas ao longo dos meses até outubro.

Festividade da Comunidade Sagrada Família inicia-se nesta sexta A comunidade Sagrada Fa m í l i a , u m a d a s s e i s comunidades que integram a Pa r ó q u i a d e N a z a r é , irá realizar neste final de semana, a começar nesta sexta, 27, sua Festividade. Denominada “Festividade em Honra à Sagrada Família”, a comemoração contará com três dias de oração, palestras, missa, adoração e procissão,

t u d o c o m o o b j e t i vo d e inspirar os fiéis neste final de ano a fazerem uma reflexão sobre a família, tendo como base a Sagrada Família, que se compõe de José, Virgem Maria e do menino Jesus. A Festividade terá início às 17h, com oração do terço, seguido de palestra. No sábado, 28, às 19h, haverá adoração ao Santíssimo presidida pelo padre

Geffison Silva, Barnabita da Basílica Santuário de Nazaré. No último dia de programação, dia 29, às 8h, ocorrerá missa e procissão que seguirá pela Domingos Marreiros, Alcindo Cacela, João Balbi e 14 de Março. A comunidade Sagrada Família fica na Rua Domingos Marreiros, N° 938. Mais informações: (91) 9112-8157/ 9112-6749.

Nova edição da Revista Santuário especial de Natal Nesta quarta-feira, 25, a Basílica Santuário de Nazaré, por meio de sua assessoria de comunicação, lançou mais uma edição da Revista Santuário de Nazaré, especial de Natal, que trouxe como tema “... e paz na Terra aos homens”. Esta é a 12º edição da revista, com assuntos que remetem o leitor a uma reflexão espiritual e social sobre o sentido do Natal, muitas vezes deturpado pelo consumismo, mostrando de forma clara e de fácil leitura os principais eventos que marcam a Paróquia de Nazaré e o mundo neste período. Na revista, o leitor conhecerá o Natal das creches e projetos sociais da Paróquia de Nazaré, como a participação na campanha “Belém, a Casa do Pão” da Arquidiocese de Belém. Conhecerá a nova Diretoria e o novo coordenador da Festa de Nazaré, Jorge Xerfan; a tradição do presépio da Basílica Santuário de Nazaré e a decoração

de Natal da Praça Santuário; o balanço anual do Santuário Mariano; uma reflexão sobre o “novo sentido” dado ao Natal com a matéria “do Polo Norte aos Shoppings” e o Natal na Terra Santa. A revista conta também com artigos do Arcebispo, do coordenador de comunicação da Basílica Santuário, do reitor do Santuário Mariano e uma mensagem do Papa Francisco. Além disso, a revista tráz testemunhos inspiradores; cartinhas dos devotos de Nossa Senhora de Nazaré; dicas de saúde; receita paraense, com receitas para integrar a ceia de fim de ano, e o editorial com uma mensagem do supervisor de comunicação da Basílica Santuário de Nazaré, Pe. Maciel Pereira. A Revista Santuário pode ser adquirida no atendimento da Basílica de Nazaré ou na loja Lírio Mimoso, localizada ao lado do Santuário e 1º piso dos shoppings Boulevard e Parque Shopping.


9

BELÉM, DE 27 DE DEZEMBRO DE 2013 A 9 DE JANEIRO DE 2014

Nazaré Repórter J Almoço no

J Salário Mínimo

LUIZ ESTUMANO

O novo salário mínimo terá um aumento de 6,78% e será no valor de R$ 724,00. A nova quantia passará a entrar em vigor nesta quarta-feira, 1. No Pará, aproximadamente 1,5 milhão de pessoas deverão ser alcançadas pelo novo mínimo. Mesmo com o aumento, o povo paraense ainda vai continuar comprando pouca coisa. A Cesta Básica dos paraenses do mês de novembro comprometeu na sua aquisição quase metade do atual salário mínimo de R$ 678,00. Mesmo com o novo mínimo esta situação vai mudar pouco. É importante ressaltar que, mesmo com todos estes problemas, o salário mínimo continua com crescimento real, fruto de negociações entre Governo e Movimento Sindical.

Ver-O-Peso

No último dia 23, o Bispo Auxiliar de Belém, Dom Teodoro Mendes, participou de um almoço com feirantes do Mercado do Ver-O-Peso. Por ser um período de festas, foi um momento especial para os trabalhadores do mercado, pois houve uma confraternização da Igreja de Belém com os moradores da cidade.

J Operação da PRF para reduzir letivo no começo de fevereiro, e a segunda será de 21 de fevereiro a 9 de março, em razão do carnaval. Fiscalização contra abuso de velocidade e uso de bebida alcoólica pelos motoristas, por exemplo, será reforçada nos 100 trechos de rodovias federais considerados mais perigosos.

A partir de 2014, o Programa de Pós-Graduação em Jornalismo (POSJOR) da Universidade Federal de Santa Catarina vai oferecer, além de seu mestrado, o primeiro doutorado com área de concentração em Jornalismo do país. A recente

J Programação especial A Catedral Metropolitana de Belém, localizada na Praça Frei Caetano Brandão, no bairro da Cidade Velha, está com uma programação especial de fim de ano. No domingo, 29, será a Solenidade da Sagrada Família, com missas às 7h, 9h e

19h. Na terça-feira, 31, às 20h, será a adoração ao Santíssimo Sacramento e às 21h missa de passagem de Ano Novo. No primeiro dia de janeiro, na Solenidade da Santa Mãe de Deus, as missas acontecem às 9h e 19h.

J Castanhal aplaude concerto de Natal

No último dia 21, a população da cidade de Castanhal teve o prazer de apreciar a Sinfonia da Orquestra do Theatro da Paz (OSTP), evento idealizado pelo Governo do Estado e posto em prática pela Secretaria de Cultura (Secult). Esta programação já esteve em Icoaraci, no Complexo Feliz Lusitânia e no teatro Maria Sylvia Nunes.

O Ministério Público Federal no Pará publicou na sexta-feira, 20, a ata da audiência pública realizada no último dia 6 na reserva extrativista (resex) Tapajós-Arapiuns, localizada nos municípios de Santarém e Aveiro, no oeste do Estado. Promovido pelo MPF, o evento discutiu a necessidade da construção de uma gestão democrática e participativa da resex. Participaram do debate representantes de instituições públicas, associações comunitárias, organizações não governamentais e lideranças das comunidades da Tapajós-Arapiuns. A audiência foi convocada pelo procurador da República Luiz Eduardo Camargo Outeiro Hernandes.

concerto de natal em shopping

Internos da SUSIPE se apresentaram nos dias 22 e 23 no Shopping Boulevard, localizado na Doca de Souza Franco. O programa foi realizado pela Superintendência do Sistema Penitenciário do Estado (SUSIPE) em parceira com o programa “Articulação e Cidadania”, do Governo do Pará, que utiliza a música como ferramenta de reinserção social. O coral é formado por 30 detentos, sendo 23 mulheres do Centro de Recuperação Feminino (CRF) e sete homens do Centro de Recuperação do Coqueiro (CRC). Para a apresentação natalina o grupo ensaiou diariamente por cerca de 2 meses, e o repertório contou com 16 musicas.

J Domingo na

Estação das Docas

No domingo, 22, várias apresentações marcaram o clima de Natal na Estação das Docas. Durante o almoço, se apresentou o grupo natalino Gram Coral Natalino de Belém, seguido por apresentações infantis e recitais. O evento comemora o nascimento de Jesus com um toque regional. A programação ao publico é proporcionada pela Organização Social Pará 2000, que administra a estação.

e José de Jesus Filho, assessor jurídico, falaram das iniciativas da Pastoral e da realidade carcerária do Brasil, e receberam o apoio do Cardeal para a sequência dos trabalhos.

J Posse na Arquidiocese Neste domingo, 5, na Paróquia Nossa Senhora de Lourdes, no bairro do Coqueiro, em Ananindeua, acontece a posse do novo pároco, Pe. Valdemir Sena. Ele passou de vigário paroquial passa assumir como padre. Haverá uma celebração eucarística às 9h presidida pelo Bispo Auxiliar de Belém, Dom Teodoro Mendes.

J Coral na Estação das Docas Na última segunda-feira, 23, o Coral da Guarda de Nazaré se apresentou na Estação das Docas a partir das 17h, sob a regência do maestro Jeremias Progênio, dando prosseguimento às comemorações natalinas. Para mais informações sobre o coral: 8231-5444 e 8140-5200.

aprovação pelo Conselho Técnico-Científico de Ensino Superior (CTC) da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) está sendo bastante comemorada por profissionais e acadêmicos.

J Internos da Susipe apresentam

J Presidente da CNBB reúne-se com coordenação da PC O Cardeal Dom Raymundo Damasceno Assis, presidente da CNBB, reuniu-se em 18 de dezembro com a coordenação nacional da PCr. Padre Valdir João Silveira, coordenador nacional,

reserva Tapajós-Arapiuns

J Capes aprova primeiro Doutorado em Jornalismo do Brasil

acidentes no fim de ano

Ação da Polícia Rodoviária Federal (PRF) em parceria com órgãos de trânsito de estados e municípios busca diminuir acidentes de trânsito durante as festas de final de ano, férias e carnaval. O trabalho acontece em duas etapas: a primeira termina no dia 31 de janeiro, devido ao retorno do ano

J Audiência pública na

J Malária

no Pará

Segundo o coordenador estadual de controle de malária, Cláudio Cardoso, o Pará registrou uma queda de 70% dos casos de malária. Em 2013, foram registrados 22 mil casos da doença, bem abaixo dos registros de 2012, que somaram cerca de 90 mil casos. Em Belém, o bairro do Barreiro recebeu o maior número de diagnósticos positivos, porém, o Programa de Malária de Belém já faz um trabalho de medidas e prevenção na área.

J Concerto de Natal na

Igreja de Santo Alexandre

Aconteceu no último dia 20, na Igreja de Santo Alexandre, o concerto da sinfonia da Orquestra do Theatro da Paz, com o tema “O Nascimento do Menino Jesus’’. Durante o evento o público pôde escutar O Guarany, de Carlos Gomes, O Trenzinho do Caipira, de Villa Lobos, e a Valsa do Imperador, de Johamm Strauss, sendo que foi feita também durante o concerto uma homenagem ao poeta e compositor brasileiro Vinicius de Moraes. A programação foi promovida pelo governo do Estado por meio da Secretaria de Cultura (Secult).


10

BELÉM, DE 27 DE DEZEMBRO DE 2013 A 9 DE JANEIRO DE 2014

Fundação Nazaré Escute na Rádio Nazaré FM 91.3 QUINTA - FEIRA 04h00 - ABERTURA DA EMISSORA 04h00 - Lírio Mimoso 04h05 - Especial PE. Zezinho 05h05 - Cura-me Senhor 05h10 - Oração do Ângelus 05h15 - Liturgia das horas - Láudes 05h30 - Oração do Terço - Mistérios Luminosos 06h00 - A Voz do Pastor 06h15 - Forrozinho da fé 06h30 - A Bíblia ao alcance de todos 06h55 - Prestando Contas - Governo do Estado 07h00 - Jornal Brasil Hoje 07h30 - Bom dia Belém - Prefeitura de Belém 07h35 - Musical Mensagem 08h00 - Igreja Ponto a ponto 08h55 - Plantão RCR 09h00 - Nazaré em revista 09h55 - Plantão RCR 10h30 - Informe Notícia 11h55 - Momento de Oração - Oração do Ângelus, Pai - nosso 12h00 - A voz do pastor 12h15 - Cardápio Instrumental 13h30 - Informe Notícia 14h00 - Entre nós 14h30 - Informe Notícia 15h00 - Terço da misericórdia 15h15 - Musical Nazaré 15h30 - Informe Notícia 15h55 - Plantão R C R 16h00 - Freqüência Musical 16h30 - Informe Notícia 17h30 - Informe Notícia 17h45 - Oração das Vésperas 18h00 - A Voz do Pastor 18h15 - Oração do Terço - Mistérios Luminosos 18h40 - Musical Mariano 19h00 - Voz do Brasil 20h00 - Musical Nazaré 21h00 - Orando com Você - Com. Shalon. 22h00 - A voz do Pastor 22h30 - Jornal RNA 23h00 - Programa Salmos ao Deus da Vida 23h50 - Mensagem de Encerramento 00h00 - Rede Milícia Sat - Igreja no Rádio SEXTA - FEIRA 04h00 - ABERTURA DA EMISSORA 04h00 - Lírio Mimoso 04h05 - Especial PE. Zezinho 05h05 - Cura-me Senhor 05h10 - Oração do Ângelus 05h15 - Liturgia das horas - Láudes 05h30 - Oração do Terço - Mistérios Dolorosos 06h00 - A Voz do Pastor 06h15 - Forrozinho da fé 06h30 - A Bíblia ao alcance de todos 06h55 - Prestando Contas - Governo do Estado 07h00 - Jornal Brasil Hoje 07h30 - Bom dia Belém - Prefeitura de Belém 07h35 - Musical Mensagem 08h00 - Igreja Ponto a ponto 08h55 - Plantão R C R 09h00 - Nazaré em revista 09h30 - Informe Noticias

09h55 - Plantão RCR 10h30 - Informe Notícia 11h55 - Momento de Oração - Oração do Ângelus, Pai - nosso 12h00 - A voz do pastor 12h15 - Cardápio Instrumental 14h00 - Estação Segurança 14h30 - Informe Noticias 15h00 - Terço da Misericórdia 15h30 - Informe Noticias 15h55 - Plantão R C R 16h00 - Freqüência Musical 16h30 - Informe Notícia 17h30 - Informe Notícia 17h45 - Liturgia das horas - Vésperas 17h55 - Oração do Ângelus 18h00 - Voz do Pastor 18h15 - Oração do Terço - Mistérios Dolorosos 18h40 - Musical Mariano 19h00 - Voz do Brasil 20h00 - Saudade em Versos e Canções 22h00 - A voz do pastor 22h30 - Jornal RNA 23h00 - Programa Salmos ao Deus da Vida 23h50 - Mensagem de Encerramento 00h00 - Rede Milícia Sat - Igreja no Rádio SÁBADO 04h00 - ABERTURA DA EMISSORA 04h00 - Lírio Mimoso 04h05 - Especial PE. Zezinho 05h05 - Cura-me Senhor 05h10 - Oração do Ângelus 05h15 - Liturgia das horas - Láudes 05h30 - Oração do Terço - Mistérios Gozosos 06h00 - Voz do Pastor 06h30 - Questão de Fé 07h00 - Jornal Brasil Hoje 07h30 - Musical Mensagem 08h00 - Conhecendo Jesus 10h00 - Maria de Todos os Povos 11h55 - Momento de Oração - Oração do Ângelus, Pai - nosso 12h00 - A voz do pastor 12h15 - Cardápio Instrumental 14h00 - Caminho Aberto 15h00 - Criança Evangelizando Criança 16h00 - Evangelizando Através do Dizimo 17h00 - Musical Nazaré 17h45 - Oração das Vésperas 17h55 - Oração do Ângelus 18h00 - Voz do Pastor 18h15 - Oração do Terço - Mistérios Gozosos 18h30 - Musical Mariano 18h30 - Preparando a Festa 19h00 - Musical Nazaré 22h00 - A voz do Pastor 22h15 - Domínio jovem 23h50 - Mensagem de Encerramento 00h00 - Rede Milícia Sat DOMINGO 04h00 - ABERTURA DA EMISSORA 04h00 - Lírio Mimoso 04h05 - Especial Pe. Zezinho 05h05 - Cura-me Senhor

Ligue: (91) 4006-9251 LUIZ ESTUMANO

O programa A VOZ DO PASTOR apresenta o Evangelho do dia com reflexão anunciada por Dom Alberto, Arcebispo de Belém, relacionando a Palavra de Deus com a vida em missão de diversas Comunidades. Vai ao ar diariamente nos horários de 6h, 12h, 18h e 22h. O ouvinte também fica informado das ações realizadas pela Arquidiocese de Belém. 05h10 - Oração do Ângelus 05h15 - Liturgia das horas - Láudes 05h30 - Oração do Terço - Mistérios Gloriosos 06h00 - A Voz do Pastor 06h30 - Preparando a Festa 07h00 - SANTA MISSA 08h00 - Vem e Segue-me 10h00 - Domingo Alegre 11h55 - Momento de Oração - Oração do Ângelus, Pai - nosso 12h00 - A voz do pastor 12h15 - Cardápio Instrumental 14h00 - A Vida e o Tempo 16h00 - As Mais Tocadas 17h00 - Raiz do Céu 18h00 - Voz do Pastor 18h15 - Liturgia das Horas - Vésperas 18h30 - Oração do Terço - Mistérios Gloriosos 19h00 - Clássico Nazaré 20h00 - Circuito M P B 22h00 - A voz do Pastor 22h15 - Especial PE. Zezinho 23h50 - Mensagem de Encerramento 00h00 - Rede Milícia Sat - Igreja no Rádio SEGUNDA - FEIRA 04h00 - ABERTURA DA EMISSORA

04h00 - Lírio Mimoso 04h05 - Especial Pe. Zezinho 05h05 - Cura-me Senhor 05h10 - Oração do Ângelus 05h15 - Liturgia das horas - Láudes 05h30 - Oração do Terço - Mistérios Gozosos 06h00 - A Voz do Pastor 06h15 - Forrozinho da fé 06h30 - A Bíblia ao alcance de todos 06h55 - Prestando Contas - Governo do Estado 07h00 - Jornal Brasil Hoje 07h30 - Bom dia Belém - Prefeitura de Belém 07h35 - Musical Mensagem 08h00 - Igreja Ponto a ponto 08h55 - Plantão R C R 09h30 - Informe Notícia 09h00 - Nazaré em revista 09h55 - Plantão RCR 10h30 - Informe Notícia 11h50 - Momento de Oração - Oração do Ângelus, Pai - nosso 12h00 - A voz do Pastor 12h20 - Cardápio Instrumental 14h00 - Freqüência Musical 14h30 - Informe Notícia 15h00 - Terço da Misericórdia 15h30 - Informe Notícia 15h55 - Plantão R C R 16h00 - Saúde e Cidadania 16h30 - Informe Notícia 17h30 - Informe Notícia 17h50- Oração do Ângelus 17h45 - Liturgia das horas- Vésperas 18h00 - Voz do Pastor 18h15 - Oração do Terço - Mistérios Gozosos 18h40 - Musical Mariano 19h00 - Voz do Brasil 20h00 - Crescendo na Fé 21h00 - Orando com Você - Com. Maíra 22h00 - A voz do pastor 22h30 - Jornal RNA 23h00 - Programa Salmos ao Deus da Vida 23h50 - Mensagem de Encerramento 00h00 - Rede Milícia Sat - Igreja no Rádio TERÇA - FEIRA 04h00 - ABERTURA DA EMISSORA 04h00 - Lírio Mimoso 04h05 - Especial Pe. Zezinho 05h05 - Cura-me Senhor 05h10 - Oração do Ângelus 05h15 - Liturgia das horas - Láudes 05h30 - Oração do Terço - Mistérios Dolorosos 06h00 - A Voz do Pastor 06h15 - Forrozinho da fé 06h30 - A Bíblia ao alcance de todos 06h55 - Prestando Contas - Governo do Estado 07h00 - Jornal Brasil Hoje 07h30 - Bom dia Belém - Prefeitura de Belém 07h35 - Musical Mensagem 08h00 - Igreja Ponto a ponto 08h55 - Plantão R C R 09h00 - Nazaré em revista 09h55 - Plantão RCR 10h30 - Informe Notícia 11h55 - Momento de Oração - Oração do Ângelus, Pai - nosso

12h00 - A voz do Pastor 12h15 - Cardápio Instrumental 14h00 - Freqüência Musical 14h30 - Informe Notícia 15h00 - Terço da Misericórdia 15h30 - Informe Notícia 15h55 - Plantão R C R 16h00 - Direito e cidadania 16h30 - Informe Notícia 17h25 - Informe Notícia 17h30 - Liturgia das Horas - Vésperas 17h45 - Voz do Pastor 18h00 - Novena Nossa Senhora Perpétuo Socorro 18h30 - Musical Mariano 19h00 - Voz do Brasil 20h00 - Família em Ação 22h00 - A voz do pastor 22h30 - Jornal RNA 23h00 - Programa Salmos ao Deus da Vida 23h50 - Mensagem de Encerramento 00h00 - Rede Milícia Sat - Igreja no Rádio QUARTA - FEIRA 04h00 - ABERTURA DA EMISSORA 04h00 - Lírio Mimoso 04h05 - Especial Pe. Zezinho 05h05 - Cura-me Senhor 05h10 - Oração do Ângelus 05h15 - Liturgia das horas - Láudes 05h30 - Oração do Terço - Mistérios Gloriosos 06h00 - A Voz do Pastor 06h15 - Forrozinho da fé 06h30 - A Bíblia ao alcance de todos 06h55 - Prestando Contas - Governo do Estado 07h00 - Jornal Brasil Hoje 07h30 - Bom dia Belém - Prefeitura de Belém 07h35 - Musical Mensagem 08h00 - Igreja Ponto a ponto 08h55 - Plantão R C R 09h00 - Nazaré em revista 09h55 - Plantão RCR 10h30 - Informe Notícia 11h55 - Momento de Oração - Oração do Ângelus, Pai - nosso 12h00 - A voz do Pastor 12h15 - Cardápio Instrumental 13h30 - Informe Notícia 14h00 - Freqüência Musical 14h30 - Informe Notícia 15h00 - Terço da Misericórdia 15h30 - Informe Noticia 15h55 - Plantão RCR 16h00 - Educação e Cidadania 16h30 - Informe Notícia 17h30 - Informe Notícia 17h45 - Liturgia das horas - Vésperas 18h00 - A Voz do Pastor 18h15 - Oração do Terço - Mistérios Gloriosos 18h40 - Musical Mariano 19h00 - Voz do Brasil 20h00 - Musical 21h00 - Orando com Você - Com. Mar adentro. 22h00 - A voz do pastor 22h30 - Jornal RNA 23h00 - Programa Salmos ao Deus da Vida 23h50 - Mensagem de Encerramento 00h00 - Rede Milícia Sat - Igreja no Rádio

Assista na TV Nazaré - Canal 30 SEXTA-FEIRA 00h00 00h05 02h30 02h45 02h50 03h00 03h55 04h00 05h00 05h15 05h20 05h25 05h55 05h58 06h00 06h30 06h45 06h55 07h00 08h00 08h05 10h15 10h55 11h00 11h45 12h00 12h45 13h00 13h30 13h45 13h50 14h00 15h00 15h30 16h10 16h30 17h00 17h15 17h30 18h00 18h55 19h00 19h45 20h00 21h00 21h05 21h15 21h40 21h45 22h30

A Palavra de Deus é Luz Mulher.com Caminhando Na Fé A Palavra de Deus é Luz Palavra de Vida Eterna Evangeliza Show Palavra de Vida Eterna Diálogo Aberto Caminhando Na Fé A Palavra de Deus é Luz Palavra de Vida Eterna Fazendo Esperança Consagração a Nª Sª de Nazaré Abertura da Programação da TV Terço Doloroso Caminhando Na Fé A Palavra de Deus é Luz Palavra de Vida Eterna Santa Missa Palavra de Vida Eterna Mulher.com De Mãos Dadas Palavra de Vida Eterna Atelier na TV Desenho Nazaré Notícias Desenho Fazendo Esperança Caminhando Na Fé A Palavra de Deus é Luz Mãe Maria Família em Foco De Coração De Mãos Dadas Desenho Fazendo Esperança Caminhando Na Fé Sinais do Sagrado Terço Doloroso Santa Missa Palavra de Vida Eterna Nazaré Notícias Caminhando Na Fé Clip Show A Palavra de Deus é Luz Mãe Maria Terra Santa News Palavra de Vida Eterna Nazaré Notícias Espaço Cultural

SÁBADO 00h00 02h00 02h30 03h00 04h00 05h00 05h55 05h58 06h00 06h30 06h55 07h00 07h45 07h50 08h00 09h00 09h30 10h00 11h00 12h00 12h45 12h50

Música Mensagem De Coração Conversa com Meu Povo Clip Show Espaço Cultural Evangeliza Show Consagração a Nª Sª de Nazaré Abertura da Programação da TV Terço Gozoso Conversa com Meu Povo Palavra de Vida Eterna Notícias Pastorais Eu Creio Maria de Todos os Povos Missa no Rio de Janeiro-RJ Viola Brasil Conversa com Meu Povo Diálogo Aberto Pesca Amazônia Notícias Pastorais Eu Creio Maria de Todos os Povos

13h00 13h30 14h00 15h45 16h45 17h30 18h00 18h55 19h00 20h00 20h30 22h30 23h00 23h05 23h59

Viagem pela Amazônia Conversa com Meu Povo Santa Missa e Adoração em São Paulo-SP Pensando Bem Notícias Pastorais Terço Gozoso Especial Musical Palavra de Vida Eterna Encantos da Amazônia Conversa com Meu Povo Música Mensagem Conversa com Meu Povo Palavra de Vida Eterna Espaço Cultural Encerramento da Programação da TV

DIVULGAÇÃO

Música Mensagem Vida Consagrada Clip Show Igreja que Sofre Música Arte e Vida Igreja no Brasil Maria de Todos os Povos Consagração a Nª Sª de Nazaré Abertura da Programação da TV Terço Glorioso Conversa com Meu Povo Palavra de Vida Eterna Santa Missa Dominical Notícias Pastorais Eu Creio Maria de Todos os Povos Desenho Viagem pela Amazônia Diálogo Aberto Pesca Amazônia Notícias Pastorais Eu Creio Maria de Todos os Povos Igreja que Sofre Igreja no Brasil Encantos da Amazônia Ângelus Palavra de Vida Eterna Vida Consagrada Palavra de Vida Eterna Dedo de Prosa Missa Santuário Nacional de Aparecida Desenho Terço Glorioso Palavra de Vida Eterna Instrumetal Sesc Brasil Janela Aberta Espaço Cultural Palavra de Vida Eterna Questão de Fé Terço Glorioso Encerramento da Programação da TV

SEGUNDA-FEIRA 00h00 00h05 02h30 02h45 02h50 03h00 04h00 05h00 05h15 05h20 05h25 05h55 05h58 06h00

A Palavra de Deus é Luz Mulher.com Caminhando Na Fé A Palavra de Deus é Luz Palavra de Vida Eterna Encantos da Amazônia Clip Show Caminhando Na Fé A Palavra de Deus é Luz Palavra de Vida Eterna Fazendo Esperança Consagração a Nª Sª de Nazaré Abertura da Programação da TV Terço Gozoso

Sinais do Sagrado Palavra de Vida Eterna Caminhando Na Fé Mãe Maria Boas Notícias Encerramento da Programação da TV

TERÇA-FEIRA

DOMINGO 00h00 02h00 03h00 04h00 04h30 05h30 05h45 05h55 05h58 06h00 06h30 06h55 07h00 08h00 08h45 08h50 09h00 09h30 10h00 11h00 12h00 12h45 12h50 13h00 13h30 13h40 14h40 14h55 15h00 16h00 16h05 17h00 18h00 18h30 18h55 19h00 20h00 21h00 22h30 22h35 23h35 23h58

22h45 22h55 23h00 23h20 23h30 23h58

O programa PENSANDO debate temáticas importantes para os direitos humanos com destaque para a participação das pessoas por meio das redes sociais: Twitter @tvpensandobem, Facebook. com/tvnazaré e pelo telefone: (91) 4006-9224. Vai ao ar toda quarta-feira, às 15h, com apresentação de Linda Ribeiro e reprise aos sábado, às 14h.

BEM

06h30 06h45 06h55 07h00 08h00 08h05 10h15 11h00 11h45 12h00 12h45 13h00 13h30 13h45 13h50 14h00 15h00 16h00 16h30 17h00 17h15 17h30 18h00 18h55 19h00 19h45 20h00 20h30 20h50 21h00 22h00

Caminhando Na Fé A Palavra de Deus é Luz Palavra de Vida Eterna Santa Missa Palavra de Vida Eterna Mulher.com De Mãos Dadas Atelier na TV Desenho Nazaré Notícias Desenho Fazendo Esperança Caminhando Na Fé A Palavra de Deus é Luz Mãe Maria Família em Foco Diálogo Aberto De Palavras Fazendo Esperança Caminhando Na Fé Sinais do Sagrado Terço Gozoso Santa Missa Palavra de Vida Eterna Nazaré Notícias Caminhando Na Fé Fazendo Esperança Terra Santa News Eu Creio Janela Aberta Nazaré Notícias

00h00 00h05 02h30 03h00 03h55 04h00 05h00 05h30 05h45 05h50 05h55 05h58 06h00 06h30 06h55 07h00 08h00 08h05 10h15 11h00 11h45 12h00 12h45 13h00 13h30 14h00 15h00 15h40 16h00 16h30 17h00 17h15 17h30 18h00 18h55 19h00 19h45 20h00 20h30 21h00 22h00 22h45 23h00 23h30 23h58

Palavra de Vida Eterna Mulher.com Conversa com Meu Povo Janela Aberta Palavra de Vida Eterna Diálogo Aberto Conversa com Meu Povo Sobre Todas as Coisas Palavra de Vida Eterna Eu Creio Consagração a Nª Sª de Nazaré Abertura da Programação da TV Terço Doloroso Conversa com Meu Povo Palavra de Vida Eterna Santa Missa Palavra de Vida Eterna Mulher.com De Mãos Dadas Atelier na TV Sobre Todas as Coisas Nazaré Notícias Desenho Igreja que Sofre Conversa com Meu Povo Desenho Novena do Perpétuo Socorro Sobre Todas as Coisas De Palavras Conversa com Meu Povo Desenho Sinais do Sagrado Terço Doloroso Santa Missa Palavra de Vida Eterna Nazaré Notícias Sobre Todas as Coisas Conversa com Meu Povo Igreja que Sofre Questão de Fé Nazaré Notícias Sinais do Sagrado Conversa com Meu Povo Boas Notícias Encerramento da Programação da TV

QUARTA-FEIRA 00h00 00h05 02h30 02h45 02h50 03h00 03h40 03h55 04h00 05h00 05h15 05h20 05h25 05h55 05h58 06h00 06h30 06h45 06h55 07h00

A Palavra de Deus é Luz Mulher.com Caminhando Na Fé A Palavra de Deus é Luz Palavra de Vida Eterna Novena do Perpétuo Socorro Mãe Maria Palavra de Vida Eterna Questão de Fé Caminhando Na Fé A Palavra de Deus é Luz Palavra de Vida Eterna Fazendo Esperança Consagração a Nª Sª de Nazaré Abertura da Programação da TV Terço Glorioso Caminhando Na Fé A Palavra de Deus é Luz Palavra de Vida Eterna Santa Missa

08h00 08h05 10h15 11h00 11h45 12h00 12h45 13h00 13h30 13h45 13h50 14h00 15h00 16h00 16h30 17h00 17h15 17h30 18h00 18h55 19h00 19h45 20h00 21h00 22h00 22h45 23h00 23h30 23h58

Palavra de Vida Eterna Mulher.com De Mãos Dadas Atelier na TV Desenho Nazaré Notícias Desenho Fazendo Esperança Caminhando Na Fé A Palavra de Deus é Luz Mãe Maria Família em Foco Pensando Bem De Palavras Fazendo Esperança Caminhando Na Fé Sinais do Sagrado Terço Glorioso Santa Missa Palavra de Vida Eterna Nazaré Notícias Caminhando Na Fé Encantos da Amazônia Vida Consagrada Nazaré Notícias Caminhando Na Fé De Coração Boas Notícias Encerramento da Programação da TV

QUINTA-FEIRA 00h00 00h05 02h30 03h00 03h55 04h00 05h00 05h30 05h45 05h50 05h55 05h58 06h00 06h30 06h55 07h00 08h00 08h05 10h15 11h00 11h45 12h00 12h45 13h00 13h30 14h00 15h00 16h00 16h30 17h00 17h15 17h30 18h00 18h55 19h00 19h45 20h00 20h30 20h55 21h00 22h00 22h45 23h00 23h30 23h58

Palavra de Vida Eterna Mulher.com Conversa com Meu Povo Pensando Bem Palavra de Vida Eterna Encantos da Amazônia Conversa com Meu Povo Sobre Todas as Coisas Palavra de Vida Eterna Eu Creio Consagração a Nª Sª de Nazaré Abertura da Programação da TV Terço Luminoso Conversa com Meu Povo Palavra de Vida Eterna Santa Missa Palavra de Vida Eterna Mulher.com De Mãos Dadas Atelier na TV Sobre Todas as Coisas Nazaré Notícias Desenho Igreja que Sofre Conversa com Meu Povo Desenho Diálogo Aberto De Palavras Conversa com Meu Povo Desenho Sinais do Sagrado Terço Luminoso Santa Missa Palavra de Vida Eterna Nazaré Notícias Sobre Todas as Coisas Conversa com Meu Povo Terra Santa News Palavra de Vida Eterna Evangeliza Show Nazaré Notícias Sobre Todas as Coisas Conversa com Meu Povo Boas Notícias Encerramento da Programação da TV


11

BELÉM, DE 27 DE DEZEMBRO DE 2013 A 9 DE JANEIRO DE 2014

A Semana

BELÉM, DE 27 DE DEZEMBRO DE 2013 A 9 DE JANEIRO DE 2014

AGENDA DE DOM TEODORO TAVARES

AGENDA DE DOM ALBERTO CORRÊA

n De 27 de dezembro de 2013 a 9 de janeiro de2014

n De 27 de dezembro de 2013 a 9 de janeiro de2014 w SEXTA, 27 DEZEMBRO 09:00 – 10:30 Gravações 20:00 – 22:30 Décima reunião do Clero de 2013 - Confraternização w SÁBADO, 28 DEZEMBRO Viagem para - Minas Gerais w TERÇA, 31 DEZEMBRO 21:00 – 22:00 Missa - Final do Ano - Catedral w QUARTA, 1 JANEIRO 06:00 – 07:00 Missa com a Comunidade Maíra - Paróquia Nossa Senhora Aparecida - Pedreira 10:00 – 11:00 Missa - Irmãs Missionárias de Jesus Bom Samaritano - Marituba 19:00 – 20:00 Missa - Santa Mãe de Deus - Catedral w QUINTA, 2 JANEIRO 10:30 – 11:30 Missa de encerramento do Ano Sabático - Sementes do Verbo w SEXTA, 3 A DOMINGO 5 JANEIRO Viagem - Recife

w SEXTA, 27 DEZEMBRO

20h – Confraternização do Clero w SÁBADO, 28 DEZEMBRO

09h – Celebração da Missa na Comunidade Bijogó - Baixo Acará 17h - Celebração da Missa e Crisma na Paróquia Santa Rita de Cássia - Ananindeua w DOMINGO, 29 DEZEMBRO

08h - Celebração da Missa na Comunidade Sagrada Família da Paróquia Santa Edwiges 18h - Celebração da Missa e Procissão na Paróquia Sagrada Família - Utinga w SEGUNDA, 30 JANEIRO

09h – Celebração da Missa na Comunidade Madre Paulina - Baixo Acará w TERÇA, 31 DEZEMBRO

09h – Celebração da Missa na Comunidade Itancoã Mirim - Baixo Acará w QUARTA, 1 JANEIRO

10h – Celebração da Missa e Instituição das Missionárias Jesus Bom Samaritano w QUINTA, 2 JANEIRO

19h – Celebração da Missa – São Francisco Xavier SEXTA, 3 JANEIRO

08h30 - Audiências

w SÁBADO, 4 JANEIRO

19h – Celebração da Missa com Religiosas Os compromissos de Dom Alberto Taveira podem sofrer alterações sem aviso prévio.

Os compromissos de Dom Teodoro Mendes Tavares podem sofrer alterações sem aviso prévio.

Horários de Missas na Arquidiocese de Belém REGIÃO EPISCOPAL DE SANT’ANA

São Miguel

Nossa Senhora da Graça

Cremação - Belém Sábado: 18h30 Domingo 7h30, 11h e 18h30 Telefone: 3283-6022

Igreja N. S. das Mercês

Fátima - Belém Sábado: 17h30 Domingo: 6h45, 8h30, 17h30e 19h30 Telefone: 3228-0864

(Catedral) Cidade Velha - Belém Sábado: 19h Domingo: 7h, 9h e 19h Telefone: 3223-2362/3225-2715 (Reitoria) Comércio - Belém Sábado: 12h e 17h Domingo: 12h e 17h Telefone: 3212-3102

Sant'Ana da Campina

Comércio - Belém Sábado: 12h (Igreja Matriz) Domingo: 7h (Col. D. Bosco) 9h (Igreja Matriz) Telefone: 3230-3734 São Judas Tadeu

Condor - Belém Sábado: 18h Domingo: 7h e 18h Telefone: 3283-6020

Nossa Senhora de Fátima

Paróquia Santa Maria Goretti

Guamá - Belém Domingo: 9h30 e 18h Telefone: 3283-6023 N. S. de Nazaré (Basílica Santuário)

Nazaré - Belém Sábado: 7h, 8h30,12h,17h Domingo: 6h30, 8h, 10h, 16h30, 18h, 20h Telefone: 4009-8400 São Francisco de Assis

Sta. Terezinha do Menino Jesus

(Capuchinhos) São Brás - Belém Sábado: 19h30 Domingo: 6h, 7h30,9h30,18h, 20h Telefone: 3073-1500

Santo Antônio de Lisboa

Guamá - Belém Sábado: 19h30 Domingo: 7h e 19h30 Telefone: 3274 -9001

Jurunas - Belém Sábado: 6h30 e 18h30 Domingo: 6h30, 8h30 e 18h Telefone: 3272-2251

Batista Campos - Belém Sábado: 6h30, 12h, 17h e 18h30 Domingo: 8h, 11h, 17h, 18h30 e 20h Telefone: 3215-7004/ 3222-0097

Santíssima Trindade

Santo Antônio do Tucunduba

REGIÃO EPISCOPAL SANTA CRUZ Imaculada Conceição

Telefone: 3277-4640/3276-0941 Nossa Senhora da Conceição Aparecida

Pratinha - Belém Sábado: 19h Domingo: 8h30, 19h Telefone: 3258-1554/3274-8281

Val de Cans - Belém Sábado:19h Domingo: 7h e 19h Telefone: 3257-2388

Sagrada Família

Curió Utinga - Belém. Sábado: 7h e 19h30 Domingo: 7h, 9h e 19h30 REGIÃO EPISCOPAL SÃO JOÃO BATISTA

São João Batista e Nossa Senhora das Graças

Icoaraci - Belém. Sábado: 6h30 e 20h Domingo: 7h, 10h, 18h Telefone: 3297-7250

São Francisco de Assis

Tapanã - Belém Domingo: 7h e 18h30 Telefone: 3258-8036

Nossa Senhora de Fátima

Icoaraci - Belém Sábado: 20h Domingo: 7h, 19h Telefone: 3297-7251

Tapanã - Belém. Sábado: 7h Domingo: 7h30 e 19h30 Telefone: 3033-2004

Jesus Ressuscitado

São Francisco das Ilhas

Umarizal - Belém Sábado: 19h Domingo: 7h, 11h e 19h Telefone: 3230-4916

Santa Luzia

Jurunas - Belém Sábado: 7h, 17h e 19h Domingo: 7h30 e 19h Telefone: 3271-2146 REGIÃO EPISCOPAL SANTA MARIA GORETTI

São Pedro e São Paulo

Guamá - Belém Sábado: 19h Domingo: 7h, 9h e 18h30 Telefone: 3283-6021/3259-0413

São José de Queluz

Canudos - Belém Sábado: 6h30 e 20h Domingo: 7h, 8h30, 17h30 e 20h Telefone: 3226-2151/ 3226-2612

São Domingos de Gusmão

Terra Firme - Belém Sábado: 19h Domingo: 7h, 8h30 e 19h30 Telefone: 3253-2656

São Geraldo Magela

Val de Cans - Belém Sábado: 19h Domingo: 7h30 e 18h Telefone: 3257-7950

N. S. do Perpétuo Socorro

Telégrafo - Belém Sábado: 19h Domingo: 7h, 8h30, 17h30 e 19h Telefone: 3264-9061 São Jorge

Marambaia - Belém Sábado: 19h Domingo: 7h, 9h, 17h, 19h Telefone: 3277-4641 São Raimundo Nonato

Jesus Bom Samaritano

Cotijuba - Belém Sábado: 19h30; Domingo: 8h, 9h30, 19h30 Telefone: 3247-1438

Santa Edwiges

Nova Marambaia - Belém Sábado: 19h Domingo: 7h, 9h30, 18h Telefone: 3279-1654

N. S. Rainha da Paz

Bengui - Belém Domingo: 7h, 9h, 18h30 Telefone: 3277-4645

Coração Eucarístico de Jesus

Catalina - Belém Sábado: 19h30 Domingo: 7h, 10h e 19h

N. S. da Imaculada Conceição

Umarizal - Belém. Sábado e domingo: 6h30 e 18h Telefone: 3277-4644

Outeiro - Belém Sábado: 8h Domingo: 7h Telefone: 3277-4648

Santa Cruz

N. S. do Bom Remédio

Marco - Belém Sábado: 7h e 18h30 Domingo: 7h, 9h, 11h30 e 18h30

Santo Inácio de Loyola

Nossa Senhora Mãe da Divina Providência

Sacramenta - Belém Sábado e domingo: 7h; 17h e 19h Telefone: 3264-9060/3254-7354 Marambaia - Belém Sábado: 19h Domingo: 8h e 19h Telefone: 3277-4643

Santo Afonso de Ligório

Coqueiro - Ananindeua Sábado: 19h Domingo: 7h e 18h Telefone: 3237-8350

N. S. da Conceição

São José

Divino Espírito Santo

São Francisco Xavier

Castanheira - Belém Sábado: 17h Domingo: 7h e 19h Telefone: 3277-4642

Cidade Velha - Belém Sábado: 18h30 Domingo: 7h00, 9h00 e 18h00 Telefone: 3215-7006

Santo Antônio de Pádua

Conjunto Sideral - Belém Domingo: 7h, 9h, 18h Telefone: 3288-4250

Marco - Belém Sábado: 19h Domingo: 7h, 9h, 18h Telefone: 3283-3052

Conjunto Satélite - Belém Sábado: 17h30 Domingo: 7h, 18h30

REGIÃO EPISCOPAL SÃO VICENTE DE PAULO

Cristo Rei

Pedreira - Belém Sábado: 19h Domingo: 7h, 9h, 19h Telefone: 3233-4224/3276-9573

Campina - Belém Sábado: 16h Domingo: 7h, 10h, 11h30, 17h30 e 19h Telefone: 3215-7007/ 3242-4917

São Sebastião

Telefone: 3289-5355

Natividade de Nosso Senhor Jesus Cristo

Arcanjo São Miguel

Una - Ananindeua Sábado: 6h30 Domingo: 7h, 20h Telefone: 3234-4674

REGIÃO EPISCOPAL MENINO DEUS N. S. Auxiliadora

Anita Gerosa (Aurá) - Ananindeua Domingo: 7h e 18h Telefones: 3255-3828 N. S. das Vitórias

Almir Gabriel - Marituba Sábado: 19h Domingo: 7h, 19h Telefone: 3256-7655 Sagrado Coração de Jesus

Júlia Seffer - Ananindeua Sábado: 19h Domingo: 7h30, 9h, 18h Telefone: 3265-5413

Sagrado Coração de Jesus

Distrito Industrial - Ananindeua Sábado: 19h Domingo: 7h, 8h30, 17h30 Telefone: 3255-9475 Menino Deus

Centro - Marituba Domingo: 6h, 8h30, 18h Telefone: 3237-8351

Guanabara - Ananindeua Domingo: 7h, 9h30, 19h30 Telefone: 3235-1405 Coqueiro - Ananindeua Sábado: 7h Domingo: 7h, 9h30, 19h30 Telefone: 3263-0603 Icui Guajará - Ananindeua Domingo: 7h, 18h Telefone: 91541971

São Lucas Evangelista

Guajará - Ananindeua Sábado: 19h Domingo: 7h, 9h, 18h Telefone: 3279-2621

Santa Teresinha

Águas Lindas - Ananindeua Domingo: 7h30, 18h Telefone: 3237-1489

N. S. de Guadalupe

Coqueiro - Ananindeua Terça a sexta: 19h Sábado: 18h30 Domingo: 7h, 11h, 18h Telefone: 3245-7440

Cristo Peregrino

Jaderlândia - Ananindeua Domingo: 19h Telefone: 3237-9891

Santa Paula Frassinetti

Cidade Nova VI - Ananindeua Sábado: 19h30; Domingo: 6h30, 8h15, 18h Telefone: 3279-2620

Transfiguração do Senhor

Curuçambá - Ananindeua Sábado: 18h30, 20h Domingo: 7h30, 19h Telefone: 3286-8570

Santa Rita de Cássia

Colônia - Marituba Domingo: 9h Telefone: 3279-2624

Cidade Nova V - Ananindeua. Sábado: 6h30, 17h30 Domingo: 6h30, 8h30, 17h30, 19h30. Telefone: 3273-3191/ 3273-3310

N. S. das Graças

São Vicente de Paulo

N. S. de Nazaré

Centro - Ananindeua Sábado: 19h Domingo: 7h, 19h Telefone: 3255-2654 N. S. do Ó

Vila - Mosqueiro Sábado: 19h30 Domingo: 6h30, 9h30, 19h30 Telefone: (91) 3771-1278 São Pio X

Águas Lindas - Ananindeua Sábado: 19h Domingo: 10h e 19h Telefone: 3215-7003

Paar - Ananindeua Domingo: 7h, 8h30, 19h Telefone: 3283-8400

São José Operário

Conj. Carnaúba, Icuí Domingo: 7h e 18h

Telefone: (91) 3295-3545/3031-1172 Nossa Senhora do Amparo

Cidade Nova 8 - Ananindeua Sábado: 19h Domingo: 7h, 9h, 18h e 19h45 (Com. São José) Telefone: 3287-2418

Não encontrou o horário da sua paróquia aqui? Entre em contato com seu pároco ou com a secretaria da sua paróquia e solicite que nos informem para podermos publicar.


12

BELÉM, DE 27 DE DEZEMBRO DE 2013 A 9 DE JANEIRO DE 2014

Panorama Cidadela

Pe. Cláudio Barradas (pjrbarradas@ig.com.br)

H

oje, porque é Natal, faço uma pausa no parecer que, a pedido de um leitor anônimo, aqui a coluna vem dando, de uns tempos para cá, sobre algumas afirmações questionáveis, infelizmente não poucas, de cunho religioso, de um de nossos intelectuais, em recente edição de sua página dominical num dos jornais da cidade, para nos determos na bela e confortadora notícia de um anjo do Senhor aos pastores, na noite do nascimento de Jesus. Para inicio de conversa, Lucas é o único dos quatro evangelistas que nos relata esse episódio. O problema, pelo menos para mim, é que, nas diversas Bíblias de minha propriedade, nove ao todo, o anúncio do anjo não coincide, o que, a meu ver, é gravíssimo, por se tratar do, sem a menor dúvida, ponto central da Boa Nova. A diferença: enquanto em três delas, _ a Bíblia do

Um ou 0? Peregrino, edição da Paulus, a da CNBB, edição conjunta (que ótimo! Quem nos dera que sempre fosse assim!) das editoras Ave Maria, Vozes, Salesiana, Paulus, Santuário, Paulinas e Loyola e a nova tradução na linguagem de hoje, edição das Paulinas - o anjo afirma que o recémnascido é, textualmente, “O Salvador”, nas outras seis, - a Bíblia de Jerusalém, edição da Paulus; a Bíblia Pão Nosso, Vozes/Santuário; a Bíblia Ecumênica e a Bíblia mensagem de Deus, da Loyola; a Pastoral, das Paulinas, e a das Testemunhas de Jeová, a tradução do Novo Mundo das Escrituras Sagradas - o mesmíssimo anjo diz que ele é “um Salvador”. Igualmente com meus exemplares avulsos dos Evangelhos. No Evangelho de Lucas, da CNBB, edição da Paulus, e em Lucas, de Izidoro

Testemunho de Fé LUIZ ESTUMANO

Mazzarollo, edições Loyola, ele é “o Salvador”. Ao passo que na sinopse dos quatro evangelhos, das Paulinas; no Evangelho da Libertação Lucas e no Evangelho segundo Lucas, ambos da Vozes; em o caminho do seguimento no Evangelho de Lucas, de João Inácio Wenzel, e em a boa notícia segundo a comunidade de Lucas, de Pedro Lima Vasconcelos, ambos da CEBI, Centro de Estudos Bíblicos, ele é “ um Salvador”. Mas, afinal, o que de fato disse o anjo? Não me venham com essa história furada de que tanto faz. Como tanto faz, se uma coisa não é a outra? Ou se é um salvador, ou se é O. Ambos ao mesmo tempo é que não se pode ser, uma vez que são termos excludentes. Ao dizer-se um salvador, está-se afirmando implicitamente que há outros, sejam quantos forem.

Ao se dizer o salvador, está-se proclamando que aquele um é o único, ninguém mais o é, além dele. Engraçado: alguns, como Alois Stöger, para citar só um deles, ao transcreverem o texto evangélico, grafam aí “Um Salvador” e poucas linhas depois, ao comentarem-no, chamamno de “O Salvador”. Pode? Repetindo o que disse acima, um, ou o outro, os dois é que não pode ser. Ah, alguns desses nossos bíbistas... Para não deixar dúvidas e solucionar o problema, recorro ao original grego e lá encontro, em Lc 2, 11, aqui, compreensivelmente, em caracteres vernáculos: Soster os. Esse Os aí é o artigo definido masculino singular, portanto o nosso O: O salvador. Sim, sei, que, como ensina a gramática grega,

Envie seu TESTEMUNHO para: voz@fundacaonazare.com.br

Uma das maiores graças que recebi foi ser aprovado em uma universidade e fazer o curso que eu sempre quis. Tudo começou quando eu estava no cursinho tentando passar mais uma vez no vestibular e, certo dia, em uma aula, o professor nos informou sobre os cursos de uma faculdade particular. Até então eu nunca tinha me interessado em estudar em uma faculdade particular. Cheguei em casa e comecei a pesquisar mais. Me inscrevi, mas a data da prova

já estava muito próxima e fiz mesmo assim. Eu reazava todas as noites para Deus me dar essa oportunidade. Chegou o dia do resultado e eu passei. Graças a Ele estou fazendo o curso que sempre quis e acredito que Deus reservava para mim a graça de estar naquela aula, naquele dia para receber aquele sinal.

ao contrário do nosso Po r t u g u ê s , q u e p o s s u i artigos definidos (o, a, os, as) e indefinidos (um, uma, uns, umas), o Grego possui apenas os definidos que, de acordo com as circunstâncias e os contextos, podem funcionar como indefinidos, o que convenhamos, a bem da verdade, aqui não é o caso, de jeito nenhum. Atestamno, dentre inúmeros textos bíblicos, a afirmação de Pedro, em Atos, 4, 12 - “não há debaixo do céu, outro nome dado aos homens pelo qual devamos ser salvos” , a do profeta Isaías, 62, 11 - “ dizei a Sião: eis que vem a tua salvação (em algumas traduções: o teu salvador”, a de Simeão em Lc. 2, 30 ...” meus olhos viram tua salvação” -,a de São Paulo em Fl3,20 - “É de lá que ansiosamente esperamos o Salvador o Senhor Jesus Cristo -, de João em 4, 42 - mas nós mesmos ouvimos e sabemos ser este verdadeiramente o salvador do mundo - e do próprio Jesus, em João 3, 17:” Pois Deus não enviou Seu filho ao mundo para julgar o mundo, mas para que o mundo seja salvo por ele”. Definitivamente: o anjo não pode ter dito, de jeito nenhum, “ hoje nasceu para vós um salvador”, mas sim, só e só: “hoje nasceu para vós o Salvador”.

LUIZ FELIPE DA SILVA,

19 anos, universitário

Parabéns para você! “Eu agradeço a Deus e a Nossa Senhora de Nazaré por mais um ano de vida, pela minha saúde e da minha família. Pelos meus amigos e amigas”. EMILIA PESSOA CHAVES, 88 anos

27/12

Almir Bastos Costa Emanoel dos Santos Pinho Geraldo Andre Abreu Queiroz Maria de Lourdes da Silva Teixeira Maria Rodrigues da Silva Neusarina Borges

28/12

Adilson do Carmo de Almeida Benedita Paula da Silva Celina Carvalho Viana Cecy Barbosa da Cruz Claudia das Graças Chaves da Costa Eduardo Raimundo de Queiroz Alves Junior Eduardo Queiroz Junior Francisca de Paula Lobato Monteiro Lucimar Rodrigues dos Santos Maria de Nazare Castro Martins Maria do Carmo Paiva da Costa Maria Luiza Rodrigues Oliveira Maria Tereza Souto da Silva Nazare Miraci Matias Paiva Pedro Lopes Zuleide André da Silva

29/12

Adriana Dias da Silva Ana Luiza de Souza Lima

Ana Maria Brito Bertila do Socorro Bittencourt Gaspar Celia Maria Silva da Rocha Deraldo de Oliveira Leite Ilza Regina Barbosa da Silva Maria Cabral de Oliveira Brandão Maricelia de Oliveira barata Rosa Lopes Mendonça Valquer Vidigal da Costa

30/12

AluizioDopazo Antônio José Ana Auzira Guimarães Figueira AniIsia Pinheiro de Morais Cezario Gonçalves de Abreu Guiomar Alves da Silva Helio Ferro Jose Aldo de Oliveira Maria Edna Cunha da Silva Mariana Pinho Ferreira de Souza Regina Celia Alves da Silva Selma Araujo dos Santos

01/01

Ana de Lima Barreto Benedita Ferreira da Silva Edilza Barbosa Vilhena Emilia Pessoa Chaves Fernando Nascimento Instituto Dom Bosco Iza Chagas Rodrigues Jose Roberto Seixas Rodrigues Lindalva dos Santos Cabral Manoel de Jesus Correa Maria das Graças Campos Sampaio Maria de Jesus Leão Cardoso Nely Amarante de Barros NilsonWaderley Nunes Pinho Sonia Maria Leão dos Santos Sueli da Silva e Silva w

31/12

Alberto Nazareno dos Santos Carvalho Angela Maria Leal da Silva Cintia de Jesus Viana Santos Ellen Patricia Paixão Rodrigues Henrique Charles Martins Correa Isabela Maira Soriano de Matos João NaifDaibes Jose VianeyMarvão de Paulo Maria da Graça Zamith Braga Maria de Fatima Zamith Braga Maria de Nazare Loureiro Maria José Homobono Balieiro Maria Sueli Lopes Pinheiro Raimunda Nonata Souza de O. Martins Silvestre da Cunha Chaves

Terezinha de Jesus do Nascimento Wilson Pereira de Azevedo

02/01

Carolina de Lima Sales Consuelo de Medeiros Nunes Elza de Souza Brito Jucilma da Silva Amorim Marcia Maria Xavier Veloso Maria Adélia Damasceno Veloso Maria da Conceição OliveriaGoes Maria de Nazaré Pascoal Lima Nilo de Abreu Brandão Odila Formigosa Siqueira Olinda Maria Almeida dos Santos Regia Nazare Sardinha Correa Vitoria Gonçalves dos Santos Wilma Silva da Silva

Aniversário natalício de padres e diáconos diocesanos 28/12 - Pe. Moacir Robledo de Oliveira 29/12 - Cônego David Gonzaga Larêdo 31/12 - Diác. Alberto Nazareno dos Santos Carvalho 02/01 - Pe. Manoel Abraão Farias Pinto

w

Aniversário de ordenação dos padres e diáconos diocesanos 26/12 - Pe. Pedro José Ferreira Aragão 31/12 - Diác. Fábio Lobato Cândido Silva

Ajude a manter a Fundação Nazaré de Comunicação. Ligue para 4006-9200 e seja sócio da Família Nazaré.


13

BELÉM, DE 27 DE DEZEMBRO DE 2013 A 9 DE JANEIRO DE 2014

Entretenimento Cinema & DVD

Na Locadora

Pedro Veriano (pveriano@gmail.com)

Pequenos Milagres

Os melhores do cinema

Veja a lista com os 10 melhores filmes de 2013 de acordo com Veriano

M

DIVULGAÇÃO

antendo a tradição apresentei a minha lista de melhores filmes do ano na reunião com a ACCPA (Associação de Críticos de Cinema do Pará). São eles: 1- Amor (Amour) - de Michael Haneke. 2- Blue Jasmin - de Woody Allen. 3- O Nono Dia (Der Neunt Taug) - de Volker Schlondorff. 4- Capitão Philips - de Paul Greengrass. 5- Os Suspeitos (Prisoners) - de Dennis Villeneuve. 6- Gravidade (Gravity) - de Alfonso Cuarón. 7- Moonrise Kingdom - de Wes Anderson. 8- Anna Karenina - de Joe Wright 9- O Quadro (Le Tableau) - de Jean François - Laguionie. 10- Cerejeiras em Flor (Krischbluten Hanabi) - de Doris Dörie. Outras categorias: Diretor - Woody Allen (Blue Jasmine). Ator - Daniel Day Lewis (Lincoln). Atriz - Emmanuelle Riva (Amor) e Cate Blanchett (Blue Jasmine). Ator Coadjuvante - Barkhad Abi (Capitão Phillips). Atriz coadjuvante - Sally Hawkins (Blue Jasmine). Roteiro original - Aaron Guzikowsky (Suspeitos). Roteiro adaptado - Billy Ray (Capitão Phillips). Fotografia - Emmanuel Lubezky (Amor Pleno). Edição - Melanie Olivier (Ana Karenina). Animação - O Quadro. Efeitos Especiais - “Gravidade”. Música - Steven Price (Gravidade). E os críticos de um modo geral elegeram os seguintes filmes: 1 - Amor, de Michael Haneke - 90 pontos. 2 - Amor Pleno, de Terrence Maliock - 66 pts. 3 - Blue Jasmine, de Woody Allen - 52 pts. 4 - O Nono Dia, de Volker Schlöndorff - 43 pts. 5 - O Som ao Redor, de Kleber Mendonça Filho - 41 pts. 6 - O Mestre, de Paul Thomas Anderson - 31 pts. 7 - Hanami - Cerejeiras em Flor, de Doris Dörrie - 29 pts. 8 - Tetro, de de Francis Ford Coppola - 25 pts. 9 - Frances Ha, de Noah Baumbach - 24 pts. 10 - Gravidade, de Alfonso Cuarón - 19 pts. Ana Karenina, de Joe Dizzy Wright. Django Livre, de Quentin Tarantino.

DIVULGAÇÃO

eu indico

w ESCOLHA "Amour" foi eleito o melhor filme do ano Ressalto o filme francês do alemão Michael Haneke, em que um casal de idosos sofre o abalo da doença terminal da mulher. O desempenho da atriz Emanuelle Riva, lançada há mais de 50 anos em “Hiroshima Meu Amor”, é comovente. E em termos de desempenhos femininos registro o que Cate Blachette fez de sua Blue Jasmin, segundo Woody Allen. A mulher que perde o status de milionária e tenta se adaptar à vida simples de sua irmã não biológica. Nos papéis masculinos achei o Capitão Philips, de Tom Hanks, excelente. Mas não é possível esquecer o Lincoln, de Daniel Day Lewis, mais um momento clássico da carreira de um ator que hoje está entre os

Eu indico “Essa história está diferente: dez contos para canções de Chico Buarque”, organizado por Ronaldo Bressane. As músicas de Chico Buarque são inspirações para essa reunião de contos, escritos por feras da literatura, com as grifes de Xico Sá e Mia Couto. Canções como “Construção” e “Olhos nos olhos” ganham roupas de todo dia, com humor, drama e densidade. Destaco “Feijoada completa”, de Luis Fernando Veríssimo. Vale a pena ler (e ouvir). GUSTAVO FERREIRA, 21 anos, universitário

QUADRINHOS SANTA PACIÊNCIA - ANDRÉ ABREU

BOA DICA

nas coisas que podem ser entendidas pela razão e

PALAVRAS CRUZADAS NASSRALLA

LIVROS E CD'S

n VIVER SOB A LUZ DE CRISTO

n FILHO DA PROMESSA

O livro é voltado para as pessoas que se dedicam à catequese de adultos e à formação de catequistas. O “Viver sob a luz de Cristo”, que dá o título ao livro, é a verdadeira experiência com Deus e a profunda autenticidade da oração cristã por meio da Palavra de Deus. O viver em Cristo é próprio da pessoa adulta que cresceu com responsabilidades e amadureceu na fé.

A obra reúne textos l i t e rá r i o s d e g ê n e ro s diferenciados com o objetivo de renovar os horizontes da existência humana e permitir uma verdadeira e prazerosa experiência da arte de viver. O livro conta a estória de Miguel, um homem sem fé, que acredita na ciência e nas coisas que podem ser entendidas pela razão e pela lógica, porém, após situações diárias um fato abala suas convicções. A leitura é a primeira da coleção Ponto de Encontro.

(PAULINAS, 240 PÁGS, R$ 24,90)

e a profunda autenticidade da oração cristã

mais talentosos do mundo. Direção é com o Woody Allen de “Blue Jasmine”, um rigoroso método de inserir sequências do presente e do passado para compor o perfil de sua principal personagem. Fu i u m d o s ú n i c o s a reconhecer “Os Suspeitos” modelo de narrativa em filme policial conseguindo prender o espectador por quase 3 horas na poltrona. E na área especial há o padre de “O Nono Dia” e os idosos de “Cerejeiras em Flor” , filmes alemães muito sensíveis. Espero que o novo ano traga filmes mais interessantes, que possam contribuir para o mundo em que vivemos, alicerçando nossa fé.

Tallesin Jones (John Paul McLeod) é o m a i s n ovo de dois rapazes filhos de um casal em processo de divórcio. Ele é o mais novo e gosta de estudar religião, mas tem pela frente a descrença do irmão mais velho e a passividade do pai que sente a falta da esposa, agora formando uma outra família em outra localidade. Quem incute o sentido de fé no garoto é seu professor de piano (Ian Bannen), que lhe dá provas da força da fé quando trata de uma senhora com problemas na coluna vertebral. Mas, quando Tellesin vive a sua crença, o professor morre e a mãe chega em casa para pegar sua mobília que levará ao novo lar. O garoto pede a Deus que ressuscite o amigo pianista como Jesus ressuscitou Lázaro. Pede a um padre que lhe explica não possuir poderes divinos. Vêm a descrença e esta só desaparece quando uma situação de emergência leva-o à ideia de que não se precisa de grandes milagres para se crer no Poder Supremo. O filme baseia-se no livro de Rhidian Brook e a direção de Martin Duffy é sóbria, sem cair em chavões melodramáticos que esvaziem o tema. Ve n c e d o r d e 11 p r ê m i o s internacionais de 4 candidaturas “Pequenos Milagres” (The Testimony of Tallesin Jones/UK,2000) também é conhecido como “O Milagre de uma Vida”. Nos créditos finais há uma homenagem ao ator Ian Bannen, falecido logo depois das filmagens.

(PAULINAS, 88 PÁGS, R$ 19,80)


14

BELÉM, DE 27 DE DEZEMBRO DE 2013 A 9 DE JANEIRO DE 2014

Arquidiocese

w PARÓQUIA São quase 80 anos de evangelização no bairro do Jurunas

FOTOS: LUIZ ESTUMANO

w CONFRATERNIZAÇÃO Café da Manhã marcou 36 anos de sacerdócio

MINHA PARÓQUIA, MINHA VIDA

Santa Teresinha, a padroeira das Missões Paróquia de 78 anos de história, em Belém, mantém vivos o amor e a fé no bairro do Jurunas

S

ão quase oito décadas de evangelização no bairro do Jurunas, em Belém. A paróquia dedicada a Santa Teresinha do Menino Jesus, criada em 1935, mantêm vivos o amor e a fé, seguindo o exemplo da padroeira. A paróquia pertence à região Episcopal Sant’Ana e possui cinco núcleos de evangelização (comunidades): Estrela da Evangelização, Jesus te Ama, Semeadores do Reino, Cristo é Vida e Rainha da Paz e diversas pastorais. Há 25 anos à frente dos trabalhos na Paróquia Santa Te re s i n h a , M o n s e n h o r

w PADROEIRA Reúne milhares nas celebrações

Santa Teresinha, a padroeira das Missões

Marcelino, 67, conta que os trabalhos são desenvolvidos de acordo com o caminhar da Igreja de Belém. “Desempenhados de forma articulada com as pastorais e comunidades, sempre em sintonia com a Arquidiocese de Belém. Principalmente no que diz respeito ao projeto das Santas Missões Populares que é realizado desde 1999, e que se intensificou nos últimos anos com a criação do projeto “Igreja de Belém em Missão”, o qual vem sendo realizado por dezenas de missionários em áreas estratégicas do bairro”, destacou. Entre as atividades desenvolvidas pela paróquia, por meio das pastorais Dízimo, Catequese, Juventude, Idoso, Criança, entre outras), existe o projeto “Sala da Partilha”, no qual é realizada, semanalmente, a distribuição de cestas básicas às famílias necessitadas. “O projeto é organizado, e possui o cadastro de todas as famílias, para melhor atendelos”, garante o pároco. A paróquia também realiza às terças-feiras a Novena de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro e na primeira quinta-feira de cada mês a Novena em honra a Santa Teresinha, que, segundo o pároco, reúnem um grande número de fiéis. Em 2012 a paróquia criou o Terço dos Homens que reúne, semanalmente, cerca de 40 homens para as orações. Sobre o perfil dos paroquianos, com os quais Monsenhor Marcelino mantêm grande carinho, afinal são mais de vinte anos de convivência, ele conta que são bastante participativos e dinâmicos. “É

w PÁROCO Monsenhor Marcelino Ferreira agradece a Deus pela graça de ter um bonito rebanho IVAN CARDOSO/ARQUIVO

w DEVOÇÃO Fiéis lotam a Matriz para rezar e agradecer à Santa Padroeira das Missões

um povo muito presente nas celebrações e nos encontros da Igreja, principalmente os jovens, que estão sempre engajados nas atividades pastorais”, disse. Há dois anos a paróquia passou por obras de revitalização e garantiu espaços novos e mais conforto aos paroquianos. Segundo o pároco, este foi mais um momento de gratidão a Deus e às comunidades pelos trabalhos realizados. “Foram quatro meses de reformas que se concentraram no projeto de climatização da paróquia, reparos internos e externos, e na construção de um mezanino para o grupo

de canto. Após a reforma tivemos uma resposta ainda mais positiva dos paroquianos que estão sempre presentes de forma expressiva nas celebrações e nas atividades paroquiais”. Entre os desafios em coordenar uma paróquia de 79 anos, Monsenhor destaca a carência de missionários para as atividades de evangelização. “Ainda sentimos a falta de pessoas preparadas e dispostas para as missões, principalmente leigos e jovens missionários. Acredito que seja pela falta de tempo e os compromissos no trabalho”. A Pa r ó q u i a S a n t a Teresinha do Menino Jesus

foi instalada no dia 12 de janeiro de 1935 e está sendo administrada por Monsenhor Marcelino desde o dia 2 de janeiro de 1988. Na última sexta-feira, 20, uma celebração especial na Matriz, presidida pelo A rc e b i s p o E m é r i t o d e Belém, Dom Vicente Zico, marcou o aniversário de 36 anos de sacerdócio de Monsenhor Marcelino. Após a missa, toda a comunidade esteve reunida para um Café da Manhã especial em homenagem ao sacerdote. Para ele, a data representa “uma gratidão enorme a Deus e ao povo que tem me acompanhado nesta missão”.


BELÉM, DE 27 DE DEZEMBRO DE 2013 A 9 DE JANEIRO DE 2014

Natal

15

DIVULGAÇÃO

CELEBRAÇÃO

Missa em ação de graças na Fiepa Celebração reuniu colaboradores e amigos do Sistema Fiepa

O

Sistema FIEPA realizou na quarta-feira, 18, uma missa de Ação de Graças em agradecimento por todas as atividades, vitórias e experiências vividas em 2013. A missa, prestigiada por cerca de 200 pessoas, dentre colaboradores e convidados, foi celebrada pelo Arcebispo Metropolitano de Belém, Dom Alberto Taveira. A imagem peregrina de Nossa Senhora de Nazaré visitou a sede da Federação e foi motivo de surpresa e emoção dos convidados da missa natalina. No evangelho, Dom Alberto Taveira ressaltou que 2013 é o ano da graça do nascimento de Jesus e falou da importância de cultivarmos os sentimentos de esperança e ternura para estarmos sempre próximos de Deus. “Não importa de que forma você se aproxima de Jesus, o essencial é estar perto dele. O presépio é o Evangelho vivo. Cada um precisa fazer a sua parte, dar o melhor de si na família, no trabalho, na igreja, e então merecer um lugar neste presépio”,

disse o Arcebispo. O presidente do Sistema FIEPA, José Conrado Santos, agradeceu a presença de todos e reforçou os laços de amizade que fortalece a boa convivência e os bons sentimentos que devemos multiplicar. “Sempre no final do ano fazemos o balanço da nossa vida e percebemos que ela não é uma constante. E quando a gente vive essa experiência, entendemos que precisamos mudar. Não devemos só esperar a mudança das outras pessoas. É preciso transformar o que não está bom em nós mesmos”, ressaltou. Regina Noronha, gerente de Relações com o Mercado, do SENAI, disse que celebrações como a missa natalina reforçam os sentimentos que devem ser compartilhados, seja no ambiente de trabalho ou na família. “A missa integra as pessoas e multiplica o amor, a fraternidade e a amizade que devemos cultivar”, contou a gerente. “Eu já estava sentindo falta das celebrações de Natal da FIEPA. Fiquei muito feliz

w PRESIDÊNCIA José Conrado reforçou os laços de amizade na instituição

em fazer parte deste momento com meus colegas de trabalho. A FIEPA é muito importante para cada um de nós, é nossa segunda casa. Espero que essa celebração seja um prenúncio de novos tempos. Tempos de mais união, alegria e amor”, disse Ruth Oliveira, auxiliar administrativa do IEL. Na benção final Dom Alberto desejou um Natal abençoado a todas as famílias do Pará e pediu que cada um construísse um Natal mais solidário e fraterno. DOAÇÃO

Os alimentos não perecíveis doados por colaboradores e parceiros do Sistema Fiepa, durante a celebração, foram doados à comunidade João Paulo II, uma das sete atendidas pela Igreja São José de Queluz, no bairro de Canudos, em Belém. Os produtos foram entregues pelo Presidente da

Fiepa, José Conrado, e sua diretoria a três representantes da comunidade, na manhã de quinta-feira, 19. Cleice Monteiro, da pastoral vocacional da Igreja, ficou muito contente com as doações e disse estar tranquila por saber que algumas famílias terão um Natal feliz. “Essas famílias são muito carentes e vivem em risco social. Sabemos que esta ajuda não resolve o problema pra sempre, mas saber que terão uma noite de Natal feliz, nos conforta. Muito obrigada pela doação”, agradeceu Cleice. “É uma felicidade grande saber que ainda existem pessoas dispostas a ajudar a quem precisa. Pra nós foi um grande presente de Natal”, falou emocionada Carmem Pinto, moradora da comunidade beneficiada.


16

BELÉM, DE 27 DE DEZEMBRO DE 2013 A 9 DE JANEIRO DE 2014

Palavra Final A

comunicação da transferência do Pe. Ronaldo Menezes da Paróquia da Santíssima Trindade para a Igreja de São Geraldo causou, de certa forma, tristeza nos paroquianos. Ao receber esta notícia ele reuniu cada grupo pastoral para um encontro de despedida. Entre esses aconteceu, no dia 09 de dezembro, o do Grupo de Meditação Cristã existente nesta Paróquia. Fui encarregada de representar o Grupo através de palavras de agradecimento. Sem querer deixar a impressão de um discurso de despedida, visto que todos permanecemos vivos, apenas não o teremos aqui como pastor, fizemos uma homenagem simples onde foram expressas palavras emocionantes de gratidão pela convivência e aprendizagem. Apesar de estarmos acostumados a esse regulamento arquidiocesano, essa notícia nos pegou de surpresa e por isso gerou a tristeza geral, que tomou conta do grupo, mas isso se explica pelo grande carinho que temos pelo nosso pároco. Cada membro expressou a sua experiência, como integrante do grupo, assim como a influência de Pe. Ronaldo e o que ele significava na sua vida. Conforme foi observado, quase todos sentiram transformações no seu dia a dia, a partir do momento em que ingressaram nesse grupo e também expressaram a grande admiração pelo carisma do Pe. Ronaldo no seu ministério sacerdotal. Destacaram ainda a valorização do silêncio e da prática da meditação como meios para o crescimento espiritual, aprendendo a discernir a vontade divina e viver com sabedoria. Esse aprendizado também ocorreu com as pregações do Pe. Ronaldo, que ensinava “a confiar em Deus, saber esperar e a ter gestos de carinho para com o irmão, para se sentir amado”. O Pe. Ronaldo, como sacerdote apontava o caminho de crescimento e continuação do grupo, assim como Jesus que convidou seus discípulos a se lançarem em águas mais profundas, não ficando nas margens. O padre também costumava citar nas suas homilias que além do respeito a Deus e à natureza, o ser humano deve aprender a respeitar seu próximo, indiferente de nacionalidade, cor e nível social. A forma como ele transmitia esses ensinamentos é o motivo pelo qual estamos sofrendo com sua transferência. Podemos citar como exemplo o testemunho de um membro que com a ajuda do Grupo e do pároco descobriu por que é que sofria na vida pelo fato de sua vontade não ser realizada. Foi partilhado no momento da homenagem que aprendeu a grande lição: “depois de um grande sofrimento, se for da vontade de Deus, sempre coisas melhores podem acontecer” e finaliza seu testemunho com as palavras: “perante às tempestades que vierem não duvidemos, mas lembremos das maravilhas que Jesus fez nas nossas vidas” (cf. Ronaldo). Depois de apresentar o pensamento do grupo em geral, coloquei o meu em particular dizendo: "Não pensem vocês que tudo foi rosas para mim. Também senti a espetada dos espinhos. Quando sentia minha alma tomada de solidão e tristeza escrevia alguns poemas". Selecionei um deles para esse momento de despedida do Pe. Ronaldo.

Tesouros da Igreja MARIA RODICA TUTAS - IR. ANGELA

Homenagem do Grupo de Meditação ao Pe. Ronaldo Menezes DIVULGAÇÃO

Como sacerdote, apontava o caminho de crescimento e continuação do grupo, assim como Jesus convidou os discípulos CONSOLO De Jesus vem o consolo Por ser grande o seu amor. Seu coração verdadeiro Enxerga sempre pureza Na alegria e na dor. E em gestos de carinho, No coração dos amigos, Encontramos o amor divino Que nos mostra o caminho E o quanto somos queridos. Distante da pátria romena Onde nasci e me criei Ficaram entes queridos E lá meu coração deixei. Mas me senti recompensada Com amor que aqui encontrei. Criei alma missionária Para a Jesus seguir E criei alma brasileira Para à Trindade servir. E nesta missão distante, Sentindo-me transplantada Numa nova realidade Derramei choro bastante. Mas uma misteriosa presença Tornou-se minha conselheira, Preenchendo a saudade, Minha eterna companheira: Foi a Paróquia da Trindade. A todos vos agradeço E sempre continuarei Até quando Deus quiser Vos amando e servindo Pois jamais desistirei. Nesse poema estão meus agradecimentos aos paroquianos e ao pároco pela recepção que tive e pela despedida que estamos tendo. Concluímos nossa homenagem ao Pe. Ronaldo convencidos de que hoje Jesus lhe dirige as mesmas palavras que um dia falou aos

Apóstolos designando-os para irem e produzirem frutos, para que esses permaneçam (cf. Jó 15,16), pois ele vai como missionário assumir a cura das almas de um novo rebanho. Ali o Senhor o está esperando contando com o mesmo amor e dedicação desempenhados aqui na Paróquia da Santíssima Trindade. “Como Tu me enviaste ao mundo, também eu os enviei ao mundo (Jó 17,18)”. É de Jesus Cristo, esta nova missão e Ele o acompanhará nos seus caminhos e no seu ministério. O Pe. Ronaldo não estará sozinho, pois Deus estará ao seu lado, não só nessa missão,

mas como Ele mesmo disse: “Eis que estarei convosco todos os dias, até o fim dos tempos” (cf. Mt 28,20). E para o Grupo de Meditação da Paróquia da Trindade e em nome dele digo ao Pe. Ronaldo Menezes: MUITO OBRIGADA POR TUDO! Irmã Ângela Tutas é doutora em “Scientiis Eclesiasticis Orientalibus” e professora de Patrística no Instituto Regional para Formação Presbiteral da CNBB Norte 2.

PRÓXIMOS ARTIGOS:

Maria Elisa Bessa de Castro

Pe. Giovanni Martoccia


Caderno Dois BELÉM, DE 27 DE DEZEMBRO DE 2013 A 9 DE JANEIRO DE 2014

NATAL 2013

Missas no Vaticano e em Belém D

urante o Angelus de domingo, 23, às vésperas de Natal, o Papa Francisco fez um apelo às autoridades políticas e aos serviços sociais do mundo inteiro. O Santo Padre recordou que o filho de Deus nasceu num estábulo e teve que fugir e só mais tarde voltou para a sua casa em Nazaré. O Papa disse que pensa hoje em tantas famílias sem casa, seja porque não a tiveram ou porque a perderam. “Casa e família caminham juntas e sem casa não se pode viver”, afirmou ainda o Santo Padre convidando todos a fazerem o possível para que cada família possa ter uma casa. Na sua breve aparição, da janela do apartamento, acompanhada por milhares de pessoas, referiu-se ainda a um cartaz que estava na Praça de São Pedro e que dizia: “Os pobres não podem esperar”. “É lindo isso!”. E em seguida foi muito aplaudido. “Há tantas famílias sem casa, seja porque nunca tiveram ou porque perderam por tantas razões diferentes. É muito difícil de conduzir uma família para a frente sem ter uma casa”, disse o Pontífice. Na ocasião, o Papa se dirigiu, por fim, a milhares de manifestantes que se reuniram contra a austeridade na Praça de São Pedro, apelando para que recusem o confronto. Como medida de precaução, as forças italianas reforçaram a segurança em torno do Vaticano. No fim do seu breve discurso, o Papa Francisco desejou a todos “um feliz Natal de esperança, justiça e de fraternidade”. No sábado, 21, o Pontífice esteve no Hospital ‘Menino Jesus’, o maior centro de pesquisa pediátrica da Europa, onde visitou dezenas de crianças em tratamento. Ele visitou a capela e vários departamentos do estabelecimento hospitalar, e rezou com todos os presentes e familiares. A todos deu a sua bênção. Algumas crianças internadas no hospital ofereceram ao Papa Francisco um cesto com desenhos, poemas e mensagens de afeto. Ele agradeceu: “Queridos filhos, obrigado pelos vossos sonhos”, disse-lhes o Santo Padre. O presidente da instituição, Giuseppe Profiti, acolheu o Papa referindo “estar em sua casa” e apresentou a Casa Francisco, um projeto de acolhimento realizado em colaboração com a Cáritas Diocesana de Roma para mães e crianças em dificuldade. Na oportunidade o Papa disse aos funcionários do hospital e aos inúmeros fotógrafos que queria andar pelo local: “estou aqui pelos doentes”, explicou. No departamento de terapia intensiva, o Pontífice manifestou seu apoio aos médicos, e disse: “O importante é semear. Não sabemos quando colheremos os frutos”, declarou. Outro setor visitado por ele foi o de Terapia Intensiva Neonatal, onde dez recém-nascidos são assistidos em estado delicado de vida. Entre eles, uma menina de cinco meses, que nasceu sem intestino. A mãe do bebê havia escrito em apelo ao Papa. O Hospital Pediátrico ‘Menino Jesus’, em Roma, foi fundado em 1869 e doado à Santa Sé em 1924, que o gere, desde então, com a ajuda

Dom Alberto Taveira presidiu Missa na Catedral Metropolitana de Belém LUIZ ESTUMANO

Menino. Isto é de grande inspiração para o nosso serviço à Igreja!”. “Muito obrigado pelo vosso trabalho e, sobretudo, pelas vossas orações. Sinto-me deveras levado pelas orações, e peço-vos que continueis a sustentar-me desse modo. Também eu vos recordo ao Senhor e abençôo, desejando um Natal de luz e de paz para cada um de vós e vossos entes queridos. Feliz Natal”! ARQUIDIOCESE DE BELÉM

w BELÉM Solenidade de Natal foi acompanhada por centenas de famílias

da cidade de Roma. Nele trabalham 2.600 pessoas e, todo ano, cerca de 27 mil pacientes são atendidos ou internados na instituição. O hospital foi visitado, no dia de Natal, pelo Papa João XXIII, em 1958, iniciando uma tradição seguida pelos sucessores Paulo VI, João Paulo II, Bento XVI, e agora Francisco. Nesse mesmo dia, durante o seu primeiro discurso para os membros da Cúria Romana, o Papa afirmou que o organismo da Igreja não deve ser “uma alfândega burocrática, controladora e inquisidora, nem lugar de fofocas”, denunciou ao criticar as atitudes de condenação e controle, em vez de perdão e de abertura às diversas igrejas locais. Profissionalismo, espírito de serviço, santidade. São estas, para o Papa Francisco, as características que deverão revelar as pessoas que trabalham na Cúria. Na tradicional audiência para a apresentação de Boas Festas de Natal, o Santo Padre evocou com apreço o precioso serviço prestado pelos que, com ele, colaboram mais diretamente, agradecendo a todos e a cada um, a começar pelo novo secretário de Estado, D. Pietro Parolin, que - disse - “precisa das nossas orações”. “Repletos de gratidão para com Deus, que nos amou ao ponto de entregar o Filho Unigênito por nós, é bom dar espaço à gratidão entre nós”, considerou o Papa. “Agradeçovos pelo vosso serviço de cada dia: pelo cuidado, diligência, criatividade; pelo empenho, nem sempre fácil, em colaborardes uns com os

outros, ouvindo-vos, confrontandovos, valorizando as diferentes personalidades e qualidades, no respeito recíproco”. O Papa fez questão de agradecer de forma particular àqueles que agora passam à reforma. “Um obrigado especial, que me vem do coração, para vós, amados irmãos que deixais a Cúria, sobretudo para vós que aqui trabalhastes durante tantos anos e com grande dedicação, sem dar nas vistas. Isto é verdadeiramente digno de admiração. Muito admiro estes Monsenhores que seguem o modelo dos antigos curiais, pessoas exemplares. Mas hoje também os temos! Pessoas que trabalham com competência, precisão, abnegação, realizando cuidadosamente o seu dever cotidiano. Evitando referir nomes, para não correr o risco de esquecer alguém, o Papa acrescentou em todo o caso que “estes irmãos que constituem um testemunho muito importante no caminho da Igreja são um modelo”. Na ocasião, o Papa apontou as referidas três “características” dos que trabalham na Cúria Romana: o profissionalismo, o serviço e a santidade de vida. Para Ele, santidade na Cúria, “significa também objeção de consciência às murmurações”, “uma lei não escrita que, infelizmente, existe nos nossos ambientes”, acrescentou. Ao concluir, o Papa convidou a “meditar sobre o papel de São José, tão silencioso e tão necessário junto de Nossa Senhora. Pensemos n’Ele, na sua solicitude pela Esposa e o

Ao presidir a Solenidade de Natal na Catedral Metropolitana de Belém, na última quarta-feira, 25, o Arcebispo Metropolitano de Belém, Dom Alberto Taveira Corrêa, recordou as Palavras do Pontífice ao citar o nascimento singular do Menino Jesus, lembrando a missão das famílias e o verdadeiro sentido da celebração, em que devemos dar lugar a Jesus e não às compras e ao barulho das festas. “Devemos estar preparados para a vinda do Senhor e contemplar o seu Nascimento. Um Feliz e abençoado Natal e próspero 2014”, afirmou o Arcebispo na missa das 19h, que foi acompanhada por centenas de fiéis. A programação de final de ano na Catedral se estenderá até o dia 31 de dezembro, com missa às 21h, e no dia 1º de janeiro, às 19h, todas presididas pelo Arcebispo. A solenidade natalina acontece em todas as paróquias da Arquidiocese com suas programações e horários distintos. Na Igreja Sant’Ana da Campina, no bairro do Comércio, a missa do dia 31 será celebrada às 19h e no dia 1º acontece às 8h da manhã, na Capela do Colégio Dom Bosco. Na Igreja Nossa Senhora das M e rc ê s , n o m e s m o b a i r ro , a missa de Natal que ocorreu em dois horários foi acompanhada por centenas de fiéis. Dentro da programação da igreja no dia 29 será realizado o Seminário de Vida no Espírito Santo que se iniciará às 9h e seguirá às 17hrs. No dia 31, as missas de final de ano serão celebradas em dois horários: às 12 e às 20h. No dia 1º, às 12h e às 17 horas, todas presididas por seu reitor, pe. Sebastião Fialho. Na Paróquia São Geraldo Magela, no bairro de Val-de-Cans, as missas em homenagem à chegada de 2014 acontecem no dia 31, às 20h30, e no dia 1º, às 19h, presididas pelo pároco Raimundo Cosme.

DATAS E HORÁRIOS DAS MISSAS NO VATICANO 24 de dezembro Solenidade do Natal do Senhor Basílica Vaticana, 21h30 25 de dezembro Solenidade do Natal do Senhor Balcão Central da Basílica Vaticana, 12h Bênção “Urbi et Orbi’ 31 de dezembro Solenidade de Maria Santíssima Mãe de Deus Basílica Vaticana, 17h Primeiras Vésperas e Te Deum de agradecimento pelo ano passado

1° de janeiro Solenidade de Maria Santíssima Mãe de Deus XLVII Dia Mundial da Paz Basílica Vaticana, 10h 6 de janeiro Solenidade da Epifania do Senhor Basílica Vaticana, 10h 12 de janeiro Domingo depois da Epifania Festa do Batismo do Senhor Capela Sistina, 9h30 Santa Missa e Batismo de algumas crianças


2

BELÉM, DE 27 DE DEZEMBRO DE 2013 A 9 DE JANEIRO DE 2014

Igreja

Caderno Dois FOTOS: DIVULGAÇÃO

SOLENIDADES

Igreja celebra a Solenidade de Santa Maria, Mãe de Deus Maria é tão importante para a Igreja, que é celebrada no 1º dia do ano

N

esta quarta-feira, 1º, a Igreja Católica celebra a Solenidade de Santa Maria, Mãe de Deus. Nesse dia é comemorado o Dia Mundial da Paz, instituído pelo Papa Paulo VI, em 1967. A importância de Maria é tão grande para a Igreja, que ela já inicia o calendário civil dedicando uma solenidade à mãe de Cristo e da própria Igreja. Durante o decorrer do ano, a Igreja celebra a Virgem Maria por meio de vários títulos diferentes. O mês de maio, por exemplo, é conhecido como mês mariano, pois a Igreja celebra Nossa Senhora de Fátima dia 13, Nossa Senhora Auxiliadora dia 24, Nossa Senhora de Caravaggio dia 26 e Nossa Senhora da Visitação dia 31. No último dia desse mês a Igreja também celebra a coroação de Nossa Senhora como Rainha do Céu e da Terra. Para lembrar esta data, muitas paróquias realizam a coração simbólica da imagem de Nossa Senhora. Outro mês que também celebra a Virgem Maria é agosto, quando acontece a Solenidade da Assunção de Nossa Senhora, no primeiro domingo depois do dia 15, e a festa de Nossa Senhora

Rainha, no dia 22. A Solenidade de Santa Maria, Mãe de Deus, é a festa de Maria Santíssima em torno do mistério de sua maternidade divina. Escolha acertada, porque de fato Ela é a Virgem mãe e Filha de seu Filho. Maria é verdadeiramente Mãe do Deus encarnado, Jesus Cristo. Já nos primeiros três séculos, os Padres da Igreja utilizaram definições como Mater Dei (em latim) ou Theotókos (em grego), que significam “Mãe de Deus”, tais como Inácio (107), Orígenes (254), Atanásio (330) e João Crisóstomo (400). Essa doutrina foi definida dogmaticamente pelo Terceiro Concílio Ecumênico, re a l i za d o e m É f e s o , e m 4 31 . O doutor em Mariologia pela Universidade Católica de Dayton (EUA) e membro do Instituto Secular dos Padres de Schoenstatt, pe. Alexandre Awi de Mello, diz que: “Jesus é plenamente homem e plenamente Deus. Maria foi Mãe deste Deus feito homem, que é Jesus; assim, Maria é Mãe de Deus. É uma realidade que dá fundamento a todas as outras. É

uma verdade, em primeiro lugar, sobre Cristo, pois é preciso afirmar que Jesus é verdadeiramente Deus para que possamos falar que Maria é Mãe de Deus”. A solenidade começou a ser celebrada em Roma, no século IV, desde 1931. Era no dia 11 de outubro, mas, com a última revisão do calendário religioso, passou à data de 1° de janeiro, a mesma em que

antes se comemorava a circuncisão de Jesus, oito dias após ter nascido. Maria assumiu para si a missão confiada por Deus. Ela Contribuiu para a obtenção da plenitude dos tempos. Por tomar esta verdade como dogma, a Igreja reverencia, no primeiro dia do ano, a Mãe de Jesus. Neste dia, todas as leituras da Santa Missa são relacionadas ao tema da maternidade divina.

Epifania do Senhor: a celebração da manifestação de Deus “Ó Deus, que hoje revelastes o vosso Filho às nações, guiando-as pela estrela, concedei aos vossos servos e servas, que já vos conhecem pela fé, contemplar-vos um dia face a face no céu”. É com esta oração, chamada pela Liturgia de Oração Coleta, que a Igreja mostra aos fiéis que participam da Missa neste domingo, 29, o mistério da Epifania do Senhor. A p a l av ra E p i f a n i a ve m d o grego epiphanéia, e significa: manifestação, aparição. Após celebrar no dia 1º de janeiro, a Solenidade de Santa Maria, Mãe de Deus, os católicos são convidados a conhecer e entender a Epifania do Senhor, que é a manifestação do Filho de Deus ao mundo. Na cultura helenista, Epifania s i g n i f i c ava a c h e g a d a d e u m imperador em visita aos territórios de seu domínio. O evangelista Mateus mostra a Epifania como o nascimento glorioso do Salvador. O Evangelho deste dia traz como personagens principais as figuras dos Reis Magos. A tradição diz que chamavam-se Baltazar, Gaspar e Melquior. Um era branco, outro era negro e outro mestiço. Há nas cores dos reis magos uma simbologia bastante importante. Acredita-se que cada um, com sua cor, representava um povo ou nação da terra. Com esta certeza, o mundo todo estaria representado pelos reis magos na sua visita e adoração ao Menino Deus.

Mas, afinal, quem eram os reis magos? Tudo o que se sabe sobre essas figuras importantes na solenidade da Epifania do Senhor, é baseado na tradição. Os magos eram astrólogos e astrônomos (ainda não existia naquela época, a divisão da Astronomia e Astrologia), isso nos faz acreditar que não eram judeus, e sim, pagãos que se guiavam pelo céu. Foi por isso que perceberam que havia uma estrela de luz intensa e que pairava sobre a terra. Os magos então decidiram acreditar na profecia judaica que dizia sobre o nascimento do Salvador. A presença da estrela que guiou os magos até o presépio é uma alusão à estrela de Jacó, que depois seria chamada de estrela de Davi, que teria

tido origem em Belém de Judá, onde Jesus nasceu. O capítulo segundo de Mateus, dos versículos um a doze, narra que quando Jesus nasceu, os magos vieram do Oriente, e, ao passarem por Jerusalém, procuraram saber onde havia nascido o Rei dos Judeus. A procura pelo Rei dos Judeus deixou Herodes confuso, fazendo-o convocar os escribas e príncipes dos sacerdotes para consultá-los sobre o local onde podia ter nascido Jesus. Sabendo que poderia ser Belém de Judá, Herodes enviou os Magos e pediu-lhes que ao voltarem de lá, o avisassem para que ele também pudesse ir “adorá-lo”. No entanto, Herodes estava enganando os Magos, que guiados pela estrela,

chegaram ao local onde estava o Menino, e ofereceram-lhe ouro, incenso e mirra. Após a adoração, os reis magos em sonho foram avisados para que voltassem para o Oriente por outro caminho, e não avisassem Herodes sobre o local exato onde se encontrava Jesus. Herodes, ao descobrir que fora enganado pelos magos, mandou matar todos os recém-nascidos, de zero a dois anos. A Igreja celebra todas as crianças que foram mortas por causa da perseguição a Jesus, no dia 28 de dezembro, com a Festa dos Santos Inocentes. Jesus foi salvo porque um anjo foi enviado por Deus em sonho a José, e avisou-lhe do plano de Herodes. Com isto, José, Maria e Jesus fugiram para o Egito, e lá permaneceram até a morte de Herodes. Há simbolismo também nos presentes ofertados a Jesus Menino. O ouro representa a realeza de Jesus. O incenso, usado nas celebrações como forma de oblação e purificação, teria por objetivo lembrar sobre a divindade de Jesus, que era Rei e Deus. E a mirra, traz à memória a Paixão, Morte e Ressurreição de Jesus, pois foi com a mirra que seu corpo foi preparado para o sepulcro. O Catecismo da Igreja Católica (CIC), no parágrafo 528, afirma que além desta Epifania, houve a manifestação e revelação de Jesus ao mundo no seu batismo no Rio Jordão e nas Bodas de Caná.


3

BELÉM, DE 27 DE DEZEMBRO DE 2013 A 9 DE JANEIRO DE 2014

Arquidiocese

Caderno Dois DIVULGAÇÃO

CELEBRAÇÕES

Sagrada Família é exemplo para muitas famílias Igreja reza por todas as famílias neste domingo, dia 29

A

festa da Sagrada Família no dia 29, apresenta Jesus, Maria e José, a família de Nazaré, modelo de onde se originaram as famílias do mundo inteiro. Sagrados membros que indicam a formação santa daquela que é a célula mater da humanidade: Jesus, que é Deus entre nós, Maria, a cheia de graça, e José, o homem justo. A festa litúrgica que nos apresenta os personagens sagrados coloca em reflexão para olharmos detalhadamente para a família da modernidade.

Qual é o modelo de família que ajuda o homem moderno a marchar em direção ao futuro? A solenidade da Sagrada Família é uma belíssima celebração valorizada pelas virtudes dos seus membros. A família moderna tem problemas e desafios. A Igreja vem por meio da celebração à Sagrada Família, apresentar e s p e ra n ç a s p a ra t o d o s aqueles que tanto esperaram pela chegada do Menino Jesus. O menino que se deita ao abrigo dos animais é dotado de força celestial para suplantar toda e qualquer

desventura humana. Na antiguidade, os primeiros homens seguiram a estrela do Oriente para encontrar o Príncipe da Paz. Hoje ainda se faz necessário caminhar para encontrar os meninos das famílias em desajuste, seguindo em direções tão complexas, querendo a paz. Segundo a Igreja, adotar o modelo da Sagrada Família significa dobrar os joelhos, colocar-se diante de Deus, de quem provém toda paternidade, e adorálo. Significa entender pela Sabedoria divina que somos peregrino, estrangeiros como

a Sagrada Família exilada no Egito, e devemos caminhar para a Pátria, a casa do Pai, que Jesus preparou para nós. “Quem honra seu pai alcança o perdão dos pecados, quem respeita sua mãe é como alguém que ajunta tesouros”, diz um trecho do livro Eclesiástico. O apóstolo

Paulo, na carta aos colossenses, exorta a nos revestirmos de misericórdia, bondade, humildade e mansidão, insiste para que saibamos amar e perdoar. Esses são os caminhos para se construir uma verdadeira família e são apontados pelas leituras deste final de semana.

Comunidade Maíra realiza Réveillon Católico A Comunidade Maíra realiza a oitava edição da Maíra Fest Dance, o Réveillon Católico, no dia 31 de dezembro, a partir das 22h até às 6h da manhã, no Salão da Paróquia Nossa Senhora Aparecida. O tema deste ano será “Vinho novo em odres novos, e assim tanto um como

outro se conservam” (Mt 9, 17b). Os ingressos custam R$ 30 reais e estão incluídos camisa e café da manhã e podem ser adquiridos pelos telefones: (91) 3266-8624/80703213/ 8470-2498. A programação traz louvores, adoração, shows das bandas Central

de Cristo, Arautos do Louvor e DJs. O encerramento acontece às 6h, com Celebração Eucarística, presidida pelo Arcebispo da Arquidiocese de Belém, Dom A l b e r t o Tave i ra . O eve n t o é organizado pela Comunidade Maíra com realização da Arquidiocese de LUIZ ESTUMANO

w MISSA Celebração reúne membros da Família Nazaré e colaboradores da instituição

Dom Zico celebra missa da Família Nazaré Acontece às 7h deste domingo, 29, a missa presidida por Dom Vicente Zico, Arcebispo Emérito de Belém, com todos os membros da Família Nazaré. A celebração eucarística será na capela da Fundação Nazaré de Comunicação, na Av. José Malcher. A celebração para agradecimento por todas

as atividades realizadas na FNC também será o momento para agradecer por graças alcançadas. Durante a missa ainda serão incineradas todas as intenções encaminhadas à Fundação Nazaré de Comunicação durante todo o ano de 2013, que estão depositadas aos pés do Santíssimo, na capela da FNC.

Paróquia Santa Teresinha do Menino Jesus comemora 141 anos de sua padroeira No dia 2 de janeiro, a Paróquia Santa Teresinha do Menino Jesus, no bairro do Jurunas, celebra o 141º aniversário de Santa Teresinha com uma programação especial. Às 18h haverá Adoração Eucarística, às 19h

acontece a Novena da Padroeira e às 19h30 inicia-se a Santa Missa em Ação de Graças. Também no dia 2, a Igreja comemora os 25 anos da presença do Monsenhor Marcelino Ferreira como pároco da Paróquia.

Belém. SERVIÇO Maíra Fest Dance Data: 31 de dezembro Horário: 22h às 6h Local: Salão da Paróquia Nossa Senhora Aparecida Ingressos: R$ 30

Espetáculo de Dança “Reflexo” Neste domingo, 29, acontece, no Teatro Universitário Cláudio Barradas, em Belém, o espetáculo “Reflexo”, que busca revelar o amor do Criador por meio de uma proposta artística. O espetáculo conjuga o amor de Deus na sintonia dos sons e na beleza dos movimentos e busca retratar a história do homem que, criado por Deus, não busca viver o amor, lançandose em situações e obstáculos, limitações e imperfeições próprias da vida humana, que o distancia ainda mais desta verdade (o amor de Deus), resumindo o homem ao estado da dúvida, do medo e da solidão. É uma performance de dança com elementos teatrais. O cenário contará com espelhos onde serão projetadas as imagens. A trilha sonora conta com músicas nacionais e internacionais e as coreografias têm vários estilos de dança, já que o espetáculo foi montado após um estudo de situações e experiências vividas pelos membros da companhia ao longo de cinco anos. A proposta é criar um ambiente de oração e de reflexão acerca da vida. A narrativa é conduzida por vários intérpretes que, com

vozes em off, relatam suas situações, não tendo assim uma personagem principal. O espetáculo fala do amor ágape, aquele que não exclui, não rejeita, não se importa com o estado de pecado em que muitas das vezes nos encontramos. “Reflexo” busca mostrar que é possível mudar o mundo pelo amor e é o primeiro espetáculo de dança com temática Cristã de Belém, que após a estreia irá para as praças e ruas, levando o amor de Deus pela arte. O teatro Cláudio Barradas fica localizado na Rua Jerônimo Pimentel, 546 (esquina com a Dom Romualdo de Seixas), bairro do Umarizal. As apresentações acontecerão em dois horários: 18h30 e 20h30. A entrada custa somente R$ 10,00. Informações: 3277 4645.


4

BELÉM, DE 27 DE DEZEMBRO DE 2013 A 9 DE JANEIRO DE 2014

Arquidiocese A

população de Bragança encerrou ontem, 26, a Marujada 2013, festa religiosa em louvores a São Benedito. Na Paróquia Nossa Senhora do Rosário foram centralizadas as atividades religiosas e após os momentos de oração foi a Marujada que fez a festa para alegria dos visitantes. A festividade dedicada a São Benedito foi transmitida pela TV Nazaré. O tema “Imitemos Cristo a exemplo de São Benedito” e o lema “São Benedito e os bragantinos nos 400 anos de Bragança” foram o centro da reflexão religiosa presidida por Dom Luís Ferrando, Bispo Diocesano de Bragança. A festividade atraiu muitos visitantes ao município que estava em festa desde o dia 8 de dezembro. Antes da festa oficial, no dia 26, os fiéis e visitantes partilharam de missas, novenas e várias apresentações da Marujada, evento cultural que marca a festa de São Benedito. Os louvores a São Benedito foram realizados pela comunidade tanto na cidade de Bragança como também nas áreas mais distantes e ainda na região praiana, onde foram realizadas procissões fluviais. Depois de percorrer a cidade, a festa foi oficialmente aberta no Teatro Museu da Marujada, com marujas e marujos vestidos com traje em azul e branco, para conduzir o mastro até o arraial para hasteamento. Alvorada festiva e hasteamento do mastro da Festividade, com dança

Caderno Dois

MARUJADA 2013

São Benedito recebe homenagens em Bragança Programação foi mais uma vez transmitida pela TV Nazaré DIVULGAÇÃO

w FESTA Tradiocional Marujada embalou devotos do Santo Padroeiro

da Marujada no entorno da Igreja e cerimônia de abertura foram os momentos mais animados para a comunidade bragantina. Missas

diárias acompanhadas de novena a São Benedito levaram muitos fiéis a rezar na Igreja e também em ladainhas por onde foi levada a

Paróquia Santo Inácio de Loyola apresenta Coral das Comunidades A paróquia Santo Inácio de Loyola, localizada no bairro Icuí Guajará,em Ananindeua, está apresentando durante o mês de dezembro o coral das comunidades. O coral é composto por membros das comunidades carentes de Ananindeua e faz parte da Pastoral Social da paróquia. No último domingo, 22, foram

doadas cestas básicas e brinquedos para as famílias carentes e crianças atendidas pela pastoral. Às 18h foi celebrada a missa. Logo após, foi a vez de o coral fazer sua apresentação. Eles voltam a se apresentar na paróquia, na terça-feira, 31. As missas dominicais acontecem na paróquia às 7h e às 18h.

Paróquia do Perpétuo Socorro realiza missas de Natal e Ano Novo A Paróquia Nossa Senhora do Perpétuo Socorro também celebrou o Natal no bairro do Telégrafo. Na última terça-feira, 24, véspera de Natal, ocorreu a tradicional novena com missa presidida pelo padre Radamés Centenaro, com

Cantata de Natal e a tradicional missa do galo. Na terça, 31, acontecerá missa do ano novo às 20h, e confissões durante o dia todo. No primeiro dia de 2014, ocorrerá a missa da Solenidade de Santa Maria Mãe de Deus, às 7h.

imagem de São Bendito. No dia 26, dia de São Benedito, todas as honras foram para o Santo. Às 7h houve Missa Solene presidida por Dom Luís Ferrando, Bispo Diocesano de Bragança, transmitida via rádio para o município. Após a missa foi encerrada a novena a São Benedito. Às 10h houve a cerimônia da descida da Imagem de seu altarmor para arrumação e decoração do andor e em seguida houve Leilão da festividade no Salão Beneditino. A tarde foi dedicada à louvação a São Benedito, dirigida pelas Comitivas de Esmolação. Às 16h, iniciou-se a procissão com a Imagem do Glorioso São Benedito que percorreu as principais vias e bairros de Bragança. O encerramento da Festividade foi à meia noite com dança da Marujada no entorno da Igreja de São Benedito e a subida da Imagem do Glorioso São Benedito ao seu altar-mor.

Fundação Curro Velho recebe doações de instrumentos “Doe um instrumento”. Essa é a campanha realizada pela Fundação Curro Velho, que recebe inúmeros instrumentos como violão, banjo, violoncelo, viola, trompete ou qualquer outro objeto que emita som que, muitas vezes está esquecido em casa. Esses instrumentos podem transformar sonhos de muitos jovens de escolas públicas do bairro do Telégrafo, que participam na fundação de cursos gratuitos durante o ano todo. Todos os instrumentos doados recebem reparos na Lutheria, um espaço voltado para construção de novos instrumentos. O propósito da campanha é que todos façam

parte e ajude um jovem adquirir seu próprio instrumento. To d o a n o , o C u r ro Ve l h o realiza o carnaval que percorre as principais ruas do Umarizal e Telégrafo, que sai em cortejo. Crianças e adolescentes participam de Alas, comissão de frente e percussão. A arrecadação precisa se intensificar, portanto, já que os ensaios começam em janeiro. A doação dos instrumentos pode ser feita na sede da Fundação Curro Velho, localizada na rua Professor Nelson Ribeiro, n° 287, Telégrafo, ou na Casa da Linguagem, na Av. Nazaré, n° 31. Informações para contato: (91) 3184-9100/ 3241-9786.

Compêndio do Catecismo da Igreja Católica Para reflexões durante o Ano da Fé, o jornal Voz de Nazaré continua, nesta edição, a publicação do Compêndio do Catecismo da Igreja Católica. De maneira concisa, a publicação apresenta todos os elementos essenciais e fundamentais da fé da Igreja numa visão de conjunto, todo o panorama da fé católica.

CAPÍTULO TERCEIRO (Segunda Seção PARTE 1)

A Igreja no desígnio de Deus A Igreja é una, santa, católica e apostólica

169

Qual é a relação da Igreja católica com o povo hebreu? A Igreja católica reconhece a própria relação com o povo hebreu pelo fato de que Deus escolheu esse povo como o primeiro de todos a acolher a sua Palavra. É ao povo hebreu que pertencem “a adoção, a glória, as alianças, as leis, o culto, as promessas e também os patriarcas. Deles é que descende, quanto à carne, o Cristo” (Rm 9,4.5). Diferentemente das outras religiões não-cristãs, a fé hebraica já é resposta à Revelação de Deus na Antiga Aliança. 839-840

170

Que ligação há entre a Igreja católica e as religiões não-cristãs? Há uma ligação, que provém em primeiro lugar da origem e do fim comuns de todo o gênero humano. A Igreja católica reconhece que tudo o que de bom e de verdade se encontra nas outras religiões vem de Deus, é raio da sua verdade, pode preparar para o acolhimento do Evangelho estimular à unidade da humanidade na Igreja de Cristo. 841-845Data: 23/12/2013 (Segunda) Hora: 16:53:06


5

BELÉM, DE 27 DE DEZEMBRO DE 2013 A 9 DE JANEIRO DE 2014

Cidade

Caderno Dois DIVULGAÇÃO

SOCIEDADE

Auto da Inclusão reúne alunos com deficiência para celebrar o Natal Alunos são integrantes da 'Trupe da Inclusão', que é formada por jovens de todas as idades

A

uto da Inclusão reúne alunos com deficiência para celebrar o Natal. Um espetáculo protagonizado por alunos cadeirantes, cegos, surdos, mudos, com Síndrome de Down e outras deficiências. Assim foi realizado nesta quarta-feira, 18, o I Auto de Natal da Inclusão. O auto faz parte da programação de natal do Centro de Referência em Inclusão Educacional Gabriel Lima Mendes, vinculado à Secretaria Municipal de Educação de Belém que atende alunos com alguma deficiência. Participaram do evento 40 alunos de escolas públicas municipais dos distritos de Belém e Entroncamento. O evento ocorreu na Praça do Povo.

Fa m i l i a r e s d o s a t e n d i d o s prestigiaram o auto que fazia referência ao nascimento de Jesus. A preparação para o espetáculo durou dois meses com ensaios duas vezes por semana. O Auto foi dividido em quatro estações que trouxeram ao público cenas de Maria, José, os reis magos, Jesus e os anjos que utilizaram as pernas de pau. Houve ainda apresentações de balé aéreo, grupos de dança e canto, além da encenação do Natal de Charles Chaplin. Para Maria de Fátima dos Santos, mãe de Ruan Pablo, aluno com deficiência física em decorrência de uma paralisia cerebral, ver que o filho possui amplo desenvolvimento e que pode participar de ações como essa é motivo para comemorar. “Eu estou

w ESPETÁCULO Pais elogiaram a qualidade da apresentação dos filhos

muito feliz, muito orgulhosa de ver o Ruan participando. Hoje eu percebo que as possibilidades dele dentro e fora da escola são muitas, que ele tem um bom desenvolvimento, e isso é uma vitória”, afirmou. Ao final do espetáculo o Papai Noel chegou para trazer mais alegria à criançada ao distribuir presentes. “Quando eu crescer quero ser jogador de futebol. O Papai Noel parece que adivinhou o que eu queria me dando essa bola”, disse feliz o aluno Vinicius Gabriel. Os alunos que participaram da atividade são integrantes da “Trupe da Inclusão” que é formada por jovens de todas as idades que frequentaram as Escolas Municipais, inicialmente

do Distrito Administrativo de Belém e Entroncamento. A Trupe nasceu do Programa Artes Cênicas, Expressão e Inclusão, do Núcleo de Programas e Projetos. O projeto tem o teatro como um veículo de integração do aluno com a escola, uma vez que o teatro é um meio completo de comunicação, pois é através da linguagem cênica que os homens expressam suas mais profundas emoções, desejos e sentimentos. A linguagem cênica vem ampliar a inclusão escolar, como meio facilitador de aprendizagem, tem o propósito de fazer com que o teatro se torne presente na vida dos alunos e ajude a ultrapassar suas barreiras.

Prefeitura promove I Mostra de Coros na cidade

A

Prefeitura de Belém, por meio da Fundação Cultural do Município (Fumbel), promoveu na noite do dia 20, na Igreja de Santo Alexandre, localizada na Praça Frei Caetano Brandão, Cidade Velha, em Belém, a I Mostra Municipal de Coros de Natal, que faz parte do projeto “Belemcanto”,

série de ações continuadas de valorização do Canto Coral em Belém. O programa possui um caráter macro, que foca diretamente nos coros de Belém, dando apoio e divulgando os grupos de corais. O programa foi iniciado em duas etapas, com a criação do Gran Coral Municipal Antônio Lemos, primeiro

grupo artístico estável da Prefeitura de Belém, que tem sua organização, coordenação e manutenção feita pela Fumbel. A partir desse evento, no início de 2014 haverá a seleção de cantores para o Gran Coral Municipal, que será a base para a formação de outros grupos vocais como madrigais, coral masculino,

coral feminino, coral infantojuvenil, etc. Em março do ano que vem acontece a seleção técnica, (audições publicas para a divisão por naipes: sopranos, mezosopranos, contraltos, tenores, barítonos e baixos) e a partir daí, o Gran Coral terá seus ensaios semanais no Palacete Pinho.

Parlamentares devolvem mandato de João Goulart Na presença dos três chefes das Forças Armadas e da presidente Dilma Rousseff, o Congresso Nacional devolveu simbolicamente o m a n d a t o d o e x - p re s i d e n t e João Goulart (1919-1976) hoje. O presidente do Congresso, senador Renan Calheiros (PMDB-AL), fez um pedido de desculpas “pelas inverdades praticadas pelo Estado brasileiro” contra um “patriota”. A cerimônia oficializa decisão tomada no mês passado por deputados e senadores que anulou a sessão de 2 de abril de 1964 do Congresso. Na ocasião, o então presidente do Congresso declarou vaga a Presidência da República. Goulart foi deposto pelo golpe militar de 1964. O argumento usado na ocasião foi de que o então presidente estava fora do país. A proposta de devolver o mandato foi apresentada pelos senadores Randolfe Rodrigues (PSOL-AP) e Pedro Simon (PMDB-RS). No pedido, os congressistas afirmaram que a anulação faz um “resgate h i s t ó r i c o ” p o rq u e a va c â n c i a permitiu o golpe militar de 1964, embora Jango estivesse em Porto Alegre (RS). A ideia, de acordo com os parlamentares, seria retirar qualquer “ar de legalidade” do golpe militar de 1964. O filho do expresidente, João Vicente, recebeu das mãos de Renan um diploma

simbolizando a devolução do cargo. Ele foi abraçado por Dilma. O s d o i s a u t o re s d o p ro j e t o discursaram na sessão e destacaram a importância da sessão para o “resgate histórico”. Randolfe, no entanto, aproveitou para alfinetar os militares da época. “Setores que não queriam que este país avançasse. As forças que queriam que essa país avançasse estava em João Goulart, com as reformas de base”, disse. “A cerimônia não repara a tortura, os crimes, tudo que ocorreu nos 21 anos”, completou. O senador do Amapá, no entanto, amenizou o tom. [A sessão] não é contra ninguém. É uma revolução a favor da história e do Brasil”, disse. A fala foi acompanhada pelos três chefes das Forças Armadas: general Enzo Peri (Exército), brigadeiro Juniti Saito (Aeronáutica) e o comandante Julio Soares de Moura Neto (Marinha). Eles não bateram palmas na hora em que o diploma foi entregue ao filho de Jango. O filho do ex-presidente fez críticas ao Congresso da época, lembrando que o golpe foi legalizado pelo Parlamento. Ele disse que a medida foi uma injustiça e representa uma “triste mancha” para o país porque legalizou a ditadura e um governo de exceção. “É importante uma nação

reencontrar sua história. Quase 50 anos depois e de forma ilegal [resgatamos o fato que] envergonhou o Legislativo da nação”, afirmou. Ele também reforçou que o golpe foi contra as reformas de base propostas por Jango e cobrou reformas do atual Congresso, como a reforma agrária e a reforma política profunda. João Vicente ainda citou como avanço democrático do país a criação da Comissão da Verdade, criada para apurar fatos do regime. Renan disse que o Congresso repõe a verdade e não deve fugir de suas obrigações ainda que tardiamente. Segundo ele, Jango foi vítima do autoritarismo e da ilegalidade. O senador também afirmou que o Congresso não está reescrevendo a história, mas reencontrando a verdade. “Estamos recusando a falsidade que perdurou durante 49 anos. Estamos declarando que João Goulart não era fugitivo, mas uma vitima que tentou resistir”, disse o peemedebista. “Ainda que simbólica e tardiamente, o mandato popular foi restituído ao único detentor, após 50 anos de silêncio institucional injustificável”. O presidente do Senado fez um pedido de desculpas. “Peço desculpas pela inverdades patrocinadas pelo Estado brasileiro, com participação do Legislativo e do Judiciário, contra um patriota”. Simon relembrou

momentos do golpe e destacou a importância da cerimônia para o resgate histórico. “Vivemos um dia histórico, um dia inédito na história do Brasil. O Congresso Nacional já viveu grandes momentos de glória, alegria, vitória e vivemos dias que preferimos esquecer. Hoje vivemos um grande momento”, afirmou.

FAFÁ DE BELÉM A cantora Fafá de Belém cantou o hino nacional, no plenário do Senado. Ao finalizar, ela gritou: “viva a democracia”. A cerimônia contou ainda com diversos ministros e congressistas, além do presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN). A presidente Dilma não discursou. Em novembro, os restos mortais do ex-presidente foram exumados e levados a Brasília para perícias e homenagens. Amostras coletadas na capital federal serão analisadas em laboratórios fora do país. O objetivo é apurar a causa da morte de Jango, como ele era conhecido. Na época, foi divulgado que ele morreu devido a um infarto, mas familiares e o governo federal suspeitam que ele tenha sido envenenando por agentes ligados à ditadura militar (1964-85).


6

BELÉM, DE 27 DE DEZEMBRO DE 2013 A 9 DE JANEIRO DE 2014

Cidade

Caderno Dois

ANO NOVO

Estação das Docas realiza tradicional Réveillon Haverá apresentação de bandas e o tradicional show pirotécnico para o público receber 2014

A

Estação das Docas já começou os preparativos para a festa da virada. Os bares e os restaurantes já iniciaram as vendas das mesas com vários serviços para os clientes como espumantes, ceias e muita animação. A programação inicia-se a partir das 9h, no palco

1, do Anfiteatro São Pedro Nolasco, com música mecânica. Às 10h começa o show do grupo CaBloco Muderno e, a partir das 0h30, a Escola Rancho Não Posso me Afominar entra no palco. No palco 2 haverá a apresentação das bandas Theo Perola Negra,

Markinho & Banda e muita música mecânica. O restaurante Pomme D’or também está com uma programação especial. A festa inicia-se a partir das 22h com shows da banda Soulciety, DJ e bateria de escola de samba. As mesas já podem ser reservadas a partir de 10 lugares.

O Réveillon 2014 da Estação das Docas é uma realização do Governo do Estado do Pará por meio da Secretaria de Estado de Cultura (Secult) com a Organização Social Pará 2000, responsável pela administração do complexo turístico.

Passeio de barco pela Orla de Belém também é opção para a virada do ano O hotel Gold Mar prepara u m a p ro g ra m a ç ã o e s p e c i a l para o Réveillon 2014 com três ambientes e shows das bandas

Beatles Forever, Acorda Alice e Razão Para Ser além de vários DJs e show pirotécnico. Um passeio de iate pela Orla

Programação especial de fim de ano no Portal da Amazônia A prefeitura de Belém já está preparando a festa de Réveillon no Portal da Amazônia. A programação inicia-se a partir das 19h com shows de bandas locais, queima de fogos e muito mais. O Portal também teve

uma programação de Natal c o m g r u p o s d e c o ra i s , apresentações teatrais, danças, parque de diversões e a presença do Papai Noel. As atividades natalinas encerraram-se no dia 25 e em seguida iniciaram-se as atividades de fim de ano.

Assembleia Paraense traz sambista nacional para Réveillon 2014 O Réveillon da Assembleia Paraense será animado pelo sambista Jorge Aragão, a bateria da Escola de Samba Salgueiro e o DJ Fábio Yamada. A festa é dividida em oito ambientes com bares e restaurantes e diversas atrações. Na

área externa acontecem os shows das bandas Tropa de Choque, Fruta Quente e DJ Tarrika e queima de fogos. Na boate Aquarius haverá as atrações Karina Ayan, Banda Rara e DJ Alfredo Abitbol. As mesas já estão sendo vendidas.

de Belém com jantar, música ao vivo e coquetel também é uma opção ofertada pelo hotel. O passeio saíra às 23h, do Píer,

com parada na Estação das Docas para a queima de fogos, com retorno para o hotel às 2h da manhã.

Sua voz É Natal e Cristo nasce nos nossos corações. O ano de 2014 está chegando. Deixe sua mensagem! Desejo que neste ano de 2014 sonhos que ainda não foram realizados se realizem, que objetivos sejam concretizados, amores sejam vivenciados e amizades eternizadas. Que tudo se renove, principalmente a fé. A fé na vida! Feliz 2014! ALYNE LISBOA, 22 anos, universitária.

Feche os olhos e imagine o céu se abrindo sobre você, sinta o carinho das mãos de Deus apagando da sua memória os momentos de dor e sinta o autor da tua vida escrevendo muitas paginas de vitórias para alegar o seu futuro. Que os planos de 2014 se realizem sobre sua vida hoje e sempre. ALANA COSTA DA CRUZ, 28 anos, empresária.

Que 2014 seja um ano de muita evolução pessoal e espiritual, que possamos amar, como Cristo amou , respeitar e viver como o homem de Nazaré viveu. Que tolerância e sabedoria reinem entre os povos. Que os valores familiares sejam o norte em nossa sociedade. Que nossos governantes tenham um pouco mais de sabedoria e ética ao governar para o “povo”, que assuntos como copa e eleições não estejam nas pautas de prioridades e que não sejam deixados em segundo plano temáticas como educação e saúde. Que possamos pôr a mão na consciência e sejamos melhores do que fomos ontem. PEDRO FLORÊNCIO, 25 anos, estagiário de Comunicação.

Desejo um 2014 cheio de bênçãos a todos nós, paraenses, e que Deus e Nossa Senhora de Nazaré iluminem a cada um de nós. Que alcancemos as graças que buscamos. Amém! FLÁVIA RISUENHO, 34 anos, advogada.

Que 2014 seja repleto de alegrias e que as bênçãos do Senhor encham os nossos corações de paz, amor e generosidade. Desejo que neste ano você ouça as palavras que sempre desejou ouvir, sinta a emoção que sempre esperou sentir, divida o carinho com quem sempre desejou repartir. Abrace todos os amigos que sempre desejou reunir. A cada dia de nossa vida aprendemos com nossos erros e vitórias. Que no novo ano que se inicia possamos viver intensamente cada momento com muita paz e esperança, pois a vida é uma dádiva e cada instante é uma benção de Deus. Feliz Ano Novo! DÉBORA SOUZA ALVES LÚCIO, 26 anos, universitária em Administração.

Chegou dezembro, mais um ano termina. O ano de 2013 trouxe-me muitas realizações. Foi, de fato, um ano de muito trabalho e progresso em todas as direções. Eis que um novo ano bate à porta e, com ele, renovam-se as esperanças de que em 2014 haja muito amor e que seus dias estejam repletos de paz para toda a humanidade. Desejo a todos (as) boas festas e um ano novo repleto de realizações, conquistas e sucesso. Que assim seja! ISANETE BRITO, 38 anos , secretária.


BELÉM, DE 27 DE DEZEMBRO DE 2013 A 9 DE JANEIRO DE 2014

Cidade

ANIVERSÁRIO DE BELÉM

Prestes a completar 400 anos, Belém ainda tem marcantes problemas sociais “Cidade das mangueiras” completará 398 anos no dia 12 de janeiro de 2014

A

bandonada. Para muitos, esse termo define muito bem o estado em que se encontra a cidade de Belém. Inúmeras são as criticas: saúde às traças, trânsito um caos e poder público omisso são pautas das reivindicações da sociedade às portas de Belém completar 400 anos, em 2016. A demora na conclusão das obras do BRT é uma das maiores reclamações do belemense. Seu Manoel Vidal, produtor cultural e usuário do transporte público de Belém, define a problemática como “esquecimento histórico”: “vivemos em um dos estados mais ricos da federação, o que naturalmente deveria fazer da capital do Pará de fato a metrópole da Amazônia, não fosse a descontinuidade governamental. Projetos que são criados em uma gestão, por exemplo, não servem para outra gestão. Gastase milhões e o resultado é ínfimo diante das propostas que são propagadas à sociedade’’. Outra situação que ainda precisa melhorar e muito na capital paraense é a saúde publica. Quem já precisou ou precisa de atendimento nas unidades publicas de saúde da cidade sempre tem algo a falar. Esse é o caso da estudante publicidade verônica passos, 26 anos. “Eu perdi minha mãe na fila do hospital Mario Pinotti

- pronto socorro da14 de março - esperando um leito. Já se passaram 6 anos e os retratos do descaso com a saúde pública somente pioram. Quem cuida desse setor são pessoas que geralmente não dependem dele, logo não dão a devida atenção para essa área. O preço da corrupção é a vida dos que precisam”, diz. Outra problemática não muito diferente da realidade brasileira é a educação publica, fator que por aqui anda desassistido. Nossos estudantes, que um dia já foram conhecidos como “alunos jacaré’’, ainda hoje estão longe de ter uma instrução de qualidade. Alix Ribeiro, 24 anos, estudante de Licenciatura em Computação da Universidade Federal Rural da Amazônia (Ufra), diz que “para que a educação possa realmente ser pública e de qualidade, se faz necessário uma nova visão do poder vigente, que deve investir uma maior parte da verba pública na reconstrução estrutural das escolas. Além também de dar um maior apoio na questão salarial dos educadores, que, para terem um salário digno, se desdobram entre turnos escolares”. Muitos belenenses terão um pedido a fazer ao apagar a vela do bolo no aniversário da cidade, no dia 12 de janeiro de 2014. Para os mais pobres, principais vítimas das mazelas sociais, a lista não será pequena.

7

Caderno Dois FOTOS: LUIZ ESTUMANO

w CAOS Belém se tornou uma cidade conhecida pela sujeira e pelo caos no trânsito


8

BELÉM, DE 27 DE DEZEMBRO DE 2013 A 9 DE JANEIRO DE 2014

C D Ano Novo O segredo para um bom 2014 aderno

ois

Os termos “esperança” e “paz”, almejados pelos seres humanos, aparecem na Bíblia desde as primeiras comunidades cristãs

O

final do ano chegou. Com ele vêm todas as lembranças ocorridas durante o ano de 2013. É tempo de prestarmos conta conosco, ver as ações em que falhamos e trabalhar em cima delas, para que no ano seguinte possamos ser uma pessoa melhor. Nessa época, todos ficam esperançosos para algo de bom acontecer. Muitos esperam realização de um grande negócio, a conquista da casa própria ou de um emprego, a conclusão de uma faculdade, o nascimento de um filho, entre outras. Laryssa Simões, 20 anos, é universitária e, faltando apenas um ano para se formar, engravidou de sua filha Claryssa. Ela conta que seu desejo para 2014 é concluir sua graduação, mesmo tendo dificuldade para a criação de sua filha. “O que mais eu espero na minha vida, depois que minha filha nasceu, é a conclusão do meu curso, já que, devido ao nascimento dela, tudo vai se tornar mais difícil. Mas eu tenho esperança de que vou conseguir concluir e dar uma boa vida para minha família”, explicou a universitária. Muitos falam em esperança, mas não sabem qual é o significado da palavra. De acordo com o dicionário da língua portuguesa, significa “confiança a respeito da concretização ou da conquista de algo desejado”, “aquilo ou aquele que possibilita a realização de um desejo”, por isso muitos têm a esperança de que aconteça algo de bom em suas vidas. Afinal, todos querem o bem. O reitor do Seminário Propedêutico Dom Tadeu Prost e coordenador do Serviço de Animação Vocacional Arquidiocesano (SAV), Pe. Lindomar Pinheiro, explica que a esperança se originou no começo da história. “A esperança do povo de Deus começa lá em Abraão quando o Senhor diz: “sai da tua terra e vai onde eu te mostrarei, uma terra que vai correr leite e mel” (Ex. 33,3). Abraão, ao escutar o Senhor, vai ter a esperança de sair da terra dele para uma terra completamente estranha. Ele não sabe dessa terra, mas, por acreditar no Senhor e em Sua promessa de uma vida nova, uma vida plena, Abraão sai e vai andar pelo deserto em busca dessa terra prometida, dessa promessa d o S e n h o r. É a p a r t i r d e s s e acontecimento que começa a surgir a esperança”. A e s p e ra n ç a e x i g e q u e s e tenha perseverança, para esperar a sua conquista. O que acaba acontecendo, porém, é o desespero, pois muitas pessoas não têm paciência de esperar, querem imediatismo, e, no final, acabam frustradas. Segundo o Catecismo da Igreja Católica, “a esperança cristã se manifesta desde o inicio da pregação de Jesus no anúncio das bemaventuranças. As bem-aventuranças elevam nossa esperança ao céu, como para a nova Terra prometida;

traçam o caminho por meio das provações reservadas aos discípulos de Jesus. Mas, pelos méritos de Jesus Cristo e de sua Paixão, Deus nos guarda na ‘esperança que não decepciona’ (Rm 5,5)” (CIC - 1820). A esperança está entre as três virtudes teológicas que existem na Igreja, das quais também fazem parte a fé e o amor. De acordo o CIC, “a esperança é uma virtude pela qual desejamos, como a nossa felicidade, a conquista do Reino dos Céus e a vida eterna, sempre pondo nossa confiança nas promessas de Cristo e apoiando-nos não em nossas forças, mas no socorro da graça do Espírito Santo”. Ainda sobre esperança, Sandro Ap. Arquejada, missionário da Canção Nova, explica que “se não houvesse a crença de que a espera vale a pena, o ser humano desfaleceria no sentimento de vazio interior. Ele diz: “sem esperança a vida perde o significado. Acreditar no que ainda não se tem, não se vê, não se toca, é imprescindível, pois o coração sente a existência do que é invisível e recusa toda não-verdade a respeito dos dons e talentos que Deus concedeu, identifica a proximidade do algo bom que está por vir e a sensibilidade alerta que está presente o objeto da busca tão prolongada e de tantas preces. Não desista, vá em frente, acredite no que Deus quer fazer em você! Uma pessoa inflamada pela esperança vence o mundo e chega aonde todos achavam que seria impossível”. O CIC aconselha que “nada é mais adequado para consolidar nossa Fé e nossa esperança do que a convicção profundamente gravada em nossas almas de que nada é impossível para Deus. Pois tudo o que [o Credo] a seguir nos propõe a crer - as maiores coisas, as mais incompreensíveis, bem como as que mais ultrapassam as leis ordinárias da natureza, desde que nossa: razão tenha pelo menos ideia da onipotência divina, ela admitirá facilmente e sem qualquer hesitação” (CIC - 274). Pe. Lindomar diz que “devemos ser conduzidos por essa esperança que é Jesus Cristo, e dela tirar os frutos, que são a alegria, a paz, entre outros”. PAZ A paz é fruto da esperança, e também é uma das coisas que as pessoas mais desejam nesta época de fim de ano. Muitas lutas e guerras aconteceram no decorrer de 2013, como por exemplo, a guerra na República Arábia Síria, em que morreram mais de 125 mil pessoas e acontece desde 2011. A paz é um estado de calmaria, tranquilidade, de progresso social, em que não há nenhum tipo de agitação, e, sim, um relacionamento s a u d á ve l e c o rd i a l e n t re o s indivíduos. Tudo começa quando Deus manda seu filho para salvar o Mundo. Ele é a verdadeira paz. Pe. Lindomar Ribeiro diz que “a paz é messiânica, então, é de Jesus que

vem a verdadeira paz. Ele que trouxe a paz para Israel e a paz para o mundo”. É costume termos símbolos para representar a paz entre os homens, como é o caso da pomba branca com ramos de oliveira. A tradição vem do antigo testamento quando Noé soltou a ave para ver se as águas que inundavam a terra tinham secado. Foi quando a pomba voltou com folhas de oliveira em seu bico que Noé compreendeu que as águas tinham baixado sobre a terra. “Esperou ainda sete dias, e soltou a pomba que desta vez não mais voltou” (Gn 8,11-12). Nesta quarta-feira, 1º de janeiro, é comemorado o Dia Mundial da Paz, e o Santo Padre, o Papa Francisco, escreveu um documento intitulado “Fraternidade,

fundamento e caminho para a paz”, que será refletido em sua celebração do dia. No início do documento ele diz: “Nesta minha primeira Mensagem para o Dia Mundial da Paz, desejo formular a todos, indivíduos e povos, votos de uma vida repleta de alegria e esperança. Com efeito, no coração de cada homem e mulher habita o anseio de uma vida plena que contém uma aspiração irreprimível de fraternidade, impelindo à comunhão com os outros, em quem não encontramos inimigos ou concorrentes, mas irmãos que devemos acolher e abraçar”. Para ler o documento na íntegra, acesse http://www.vatican.va.


9

BELÉM, DE 27 DE DEZEMBRO DE 2013 A 9 DE JANEIRO DE 2014

C D Ano Novo 4: esperança e paz no coração aderno

ois

A PAZ COMO ANSEIO PROFUNDO DOS SERES HUMANOS NA ENCICLÍCA PACEM IN TERRIS DO PAPA JOÃO XXIII O Papa João XXIII (Ângelo Giuseppe Roncalli) realçou o tema da paz numa época marcada pela proliferação nuclear e pela perigosa disputa entre Estados Unidos e União Soviética (a Guerra Fria), por meio da encíclica “Pacem in Terris” (Paz na Terra), que foi publicada em 11 de abril de 1963. O Papa refletiu profundamente sobre a dignidade, os deveres e os direitos humanos da pessoa enquanto fundamentos da paz mundial. Um documento pontifício endereçado não apenas ao episcopado, ao clero e aos fiéis, mas a todos os homens de boa vontade. Por isso, como escreveu João XXIII na encíclica, a paz implica principalmente na construção de uma convivência humana baseada na verdade, na liberdade, no amor e na justiça. Ou seja, a paz se constrói dia-a-dia na busca da ordem desejada por Deus e pode

florescer somente quando todos reconhecerem as próprias responsabilidades na sua promoção. Para prevenir conflitos e violências, é absolutamente necessário que a paz comece a ser vivida como valor profundo, no íntimo de cada pessoa. Assim, pode estender-se às famílias e às diversas formas de agremiação social, até envolver toda a comunidade política. Ao refletirmos sobre a importância da paz, somos convidados a empenhar-nos com a confiança em Deus misericordioso e compassivo, que nos chama à fraternidade para um mundo de paz, justiça e amor, como ensinava João XXIII. Assim, pode-se esperar a construção de um mundo de paz sobre a terra. Neste sentido, recordamos também o Papa Paulo VI (Giovanni Battista Montini), que, convencido de que a paz é obra de todos, criou o Dia Mundial da Paz, datado em

8 de dezembro de 1967, fruto da encíclica “Pacem in Terris”, de seu antecessor João XXIII. A proposta deixada por ele era dedicar o primeiro dia do novo ano à Paz. O objetivo foi proporcionar por meio de sua mensagem uma relação harmoniosa entre as pessoas, povos e nações, mantendo-se em estado de total ausência de violência. Desde o evento criado por Paulo VI (Dia Mundial da Paz) o mundo todo celebra este dia até hoje. Portanto, criar um mundo de paz é tarefa de todos. E não basta desejar. É preciso trabalhar e construir um movimento de solidariedade, vida diária, consigo mesmo, com a família e os amigos, com a natureza e até com Deus. Edinaldo Duarte, 4º ano de Teologia - Semanário São Pio X - Arquidiocese de Belém.

PALAVRAS DO PAPA FRANCISCO:

“A

esperança não é otimismo, não é aquela capacidade de olhar para as coisas com bom ânimo e andar para a frente. Isso é otimismo, não é esperança. Nem a esperança é uma atitude positiva perante as coisas. Aquelas pessoas luminosas, positivas... Isto é bom, mas não é esperança. Não é fácil perceber bem o que é a esperança. Diz-se que é a mais humilde das três virtudes, porque esconde-se na vida. A fé vê-se, sente-se, sabe-se o que é. A caridade faz-se e sabe-se o que é. Mas o que é a esperança? O que é esta atitude de esperança? Para nos aproximarmos um pouco, podemos dizer, em primeiro lugar, que a esperança é um risco, é uma virtude arriscada, é uma virtude, como diz S. Paulo, ‘de uma ardente expectativa em direção à revelação do Filho de Deus’. Não é uma ilusão. Uma coisa é viver na esperança, porque na esperança somos salvos, e uma outra coisa é viver como bons cristãos, nada mais que isso. Penso em Maria, uma moça jovem, quando, depois que ela sentiu que era mãe mudou a sua atitude e vai, ajuda e canta aquele hino de louvor. Quando uma mulher engravida é mulher, mas já não é só mulher, é mãe. E a esperança é qualquer coisa como isto”.


10

BELÉM, DE 27 DE DEZEMBRO DE 2013 A 9 DE JANEIRO DE 2014

Cidade

Caderno Dois

SOLIDARIEDADE

Campanha arrecadou 33 mil cestas Donativos da "Belém, a Casa do Pão" foram repassados a centenas de famílias de baixa renda

A

Campanha "Belém, a Casa do Pão" chegou ao final neste fim de semana. Realizada pela Arquidiocese de Belém por meio de 72 paróquias, a mobilização para arrecadação coletiva de alimentos já existia, mas não era bem organizada nem sistematizada. Foi Dom Alberto Taveira quem decidiu melhorar o trabalho em 2010, e fez isso com a ajuda da Cáritas Metropolitana de Belém e criou a campanha com o objetivo de proporcionar um Natal mais digno às famílias de baixa renda na Região Metropolitana de Belém. Nos três anos anteriores as arrecadações chegaram a mais de 60 mil famílias. A primeira campanha realizada

levou donativos para 25 mil famílias. A arrecadação cresceu e 28 mil famílias receberam as doações em 2011. Aperfeiçoada a cada ano, os alimentos arrecadados foram aumentando, chegando a mais de 30 mil famílias atendidas pela campanha no ano passado. A campanha seguiu mobilizando as paróquias, escolas, comunidades e estabelecimentos comerciais. A assessora de comunicação da Caritas, Vera Sampaio, destaca a campanha como um sucesso, pois a meta era arrecadar 31 mil cestas. E n t re t a n t o , d ev i d o a o empenho de párocos e das pastorais a campanha conseguiu arrecadar 33 mil cestas, que foram entregues no final deste ano.

FOTO: LUIZ ESTUMANO

w GESTO Campanha ajudou a proporcionar um Natal mais feliz a centenas de famílias

Caju realiza Natal Missionário em comunidades Com espírito natalino, a Comunidade Católica Casa da Juventude (Caju) realizou o Natal Missionário, em três lugares: na Comunidade da Luz, em Ananindeua, no Abrigo João de Deus, na capital paraense, e nas ilhas de Urubuoca e Ilha Nova, nas redondezas da capital paraense. O serviço de assistência missionária na Caju acontece desde 2007, quando a comunidade aceitou o convite da Comunidade Mar Adentro, que já realizava esta missão junto às ilhas que cercam Belém. Esse serviço é de responsabilidade do grupo Assistência Missionária da Caju, que desenvolve durante o ano importantes atividades de evangelização junto a comunidades carentes e aos irmãos mais necessitados da Arquidiocese de Belém. Já o Natal da Assistência Missionária iniciou-se em 2008, quando a comunidade realizou o Natal

na Praça, no bairro Batista Campos, em Belém. Mas, foi em 2009, que o serviço e o Natal Missionário da Caju foram para as ilhas, a pedido da Arquidiocese de Belém. NATAIS MISSIONÁRIOS CAJU

E m 2 01 3 , o s N a t a i s Missionários ocorreram nos dias 24 de novembro, 1º e 8 de dezembro, na Comunidade da Luz (Ananindeua), no abrigo João de Deus (Belém - bairro da Cidade Velha) e nas ilhas de Urubuoca e Ilha Nova, respectivamente. O momento proporciona c o n f ra t e r n i za ç ã o , c o m entrega de cestas básicas, brinquedos, roupas e muita alegria. Segundo a coordenadora da Caju, Heloisa Sami Daou, o “objetivo principal de estar na ilha é evangelizar, é levar a Alegria do Cristo Ressuscitado, carisma da Casa da Juventude, aos

moradores das ilhas”, afirma. Um dos moradores e participantes do Natal Missionário na ilha Nova é José Carlos, que ressalta a importância desse momento para os moradores dessa região: “não só este momento do Natal das ilhas, mas todas as visitas que a Caju realizou durante o ano foram importantes para a união dos moradores das duas ilhas. Cada aprendizado, cada momento de oração, cada louvor nos deixaram ainda mais perto de Deus, mais unidos e com o coração mais feliz”. Os Natais Missionários marcam o encerramento das atividades do grupo de Assistência Missionária da Caju junto às comunidades que foram acompanhadas ao longo do ano, através de um projeto formativo que aborda temas diversos trabalhados com crianças e adultos, Celebração da Palavra, louvores e momentos eucarísticos, tendo como FOTO: CAJU

w VOLUNTARIADO Missionários ajudaram a distribuir os alimentos

propósito preparar e capacitar o s m o ra d o re s p a ra s u a caminhada cristã, estudando a Palavra e proporcionando momentos de formação religiosa. De acordo com coordenadora do grupo de Assistência Missionária, Viviane Cartágenes, “o sentido de trazer o Natal Missionário não é apenas uma questão material, mas principalmente uma questão espiritual. Catequizar e levar aos moradores a vivência cristã, levar até eles Jesus Eucarístico, uma vez que são tão carentes de momentos especiais como estes”. SERVIÇO DE ASSISTÊNCIA MISSIONÁRIA

A Assistência Missionária da Caju realiza ações missionárias na Comunidade da Luz, em Ananindeua no Pará, e no Abrigo João de Deus, na capital paraense, onde leva conforto e carinho a o s i d o s o s re s i d e n t e s .

Mas, hoje, um dos grandes desafios que o grupo aceitou e tem desempenhado com grande ardor missionário é a e va n g e l i z a ç ã o d a s comunidades ribeirinhas a convite do Bispo Auxiliar da Arquidiocese de Belém, Dom Teodoro Tavares, que também e responsável pela Pastoral das Ilhas. A Caju começou seu trabalho na Ilha de Jutuba, em uma parceria com a comunidade Mar Adentro que durou cerca de dois anos e meio. Na ilha de Jutuba, a Assistência Missionária realizou o primeiro Natal Missionário, evento através do qual a comunidade promove a celebração festiva do Natal na Ilha, junto às comunidades ribeirinhas, com muita espiritualidade, festa e distribuição de roupas, cestas básicas e serviços, um evento que nos anos seguintes se tornou uma parte importante do calendário da comunidade. FOTO: CAJU

w MISSÃO Missionários proporcionaram espiritualidade às crianças


11

BELÉM, DE 27 DE DEZEMBRO DE 2013 A 9 DE JANEIRO DE 2014

Política

Caderno Dois LUIZ ESTUMANO

PROTESTOS

Congresso deixa pauta das ruas para 2014 Parlamentares deixam propostas no papel. Senado culpa Câmara, que culpa o Executivo

E

m junho e julho, mais de 50 mil pessoas protestaram em frente ao Congresso. As manifestações, que levaram milhões de pessoas às ruas em todo o país, não surtiram o efeito desejado nos deputados e senadores. Quase seis meses após as mobilizações populares, boa parte dos projetos diretamente ligados às reivindicações não virou lei e, com alguma sorte e boa vontade dos congressistas, só será votada em 2014. O prognóstico não é dos melhores: em ano eleitoral, o Legislativo não costuma votar temas delicados. Propostas como transformar corrupção em crime hediondo e a instituição do passe livre estudantil nacional, que embalaram os protestos, ainda não saíram do papel. O Senado diz que fez sua parte e culpa a Câmara, que joga a responsabilidade para o Planalto, acusando-o de monopolizar a pauta. No auge das manifestações, a Câmara e o Senado aprovaram uma série de projetos. No entanto, com o fim das manifestações pelo país - em especial em Brasília -, o sentimento de urgência dos parlamentares diminuiu. Enquanto os deputados lidam com uma pauta trancada por urgências constitucionais desde agosto - primeiro com o Código de Mineração, depois com o Marco Civil da Internet -, os senadores, que tiveram postura mais ativa no primeiro semestre, mudaram o foco para outras propostas, como a minirreforma eleitoral e a restrição à criação de partidos políticos. Diretor de documentação do Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar (Diap),

A n t ô n i o Au g u s t o d e Q u e i ro z avalia que o Congresso não ouviu a voz das ruas na dimensão que se esperava. Ele citou projetos como a ficha limpa para servidor p ú b l i c o , a t ra n s f o r m a ç ã o d a corrupção em crime hediondo, o passe livre para estudantes de modo geral no transporte coletivo e o fim das aposentadorias de j u í z e s e p ro m o t o re s p u n i d o s administrativamente como temas que ficaram pendentes. “Tem uma agenda grande de pendências enviadas pelo governo e propostas de parlamentares para dar resposta às ruas”, afirmou. De julho para cá, deputados e senadores avaliam como avanços o fim do voto secreto para análise de vetos presidenciais e processos de cassação de parlamentares, por exemplo. Também consideram que a minirreforma eleitoral aprovada vai diminuir o custo das eleições e o projeto que limita a criação de partidos deve ajudar a moralizar a política. “Este vigor legislativo voltado para a sociedade e não para grupos também foi verificado logo após a volta do civismo no meio do ano. Aprovamos mais de 40 propostas em menos de 20 dias, dando respostas às demandas das ruas, muitas delas, como todos sabem, ainda tramitam na Câmara dos Deputados”, afirmou o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL). Em balanço feito em plenário na quarta-feira, Renan listou uma série de projetos aprovados pelo Senado que ainda estão parados na Câmara. Entre eles, o Código de Proteção

w MANIFESTANTES pedem que reivindicações de julho sejam votadas

do Usuário de Serviço Público, a proposta que torna hediondo o crime de corrupção, a ficha limpa para servidores dos três poderes, o Regime Especial de Incentivos para o Transporte Coletivo Urbano de Passageiros (Reitup), para desonerar o custo do transporte coletivo, e a perda automática do mandato de parlamentar nas hipóteses de improbidade administrativa ou crime contra a administração pública. Já o presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), voltou a culpar as urgências constitucionais que trancaram a pauta como o principal

obstáculo para o avanço da pauta das ruas. “A pauta da Câmara ficou trancada por quatro meses no segundo semestre, com projetos carimbados com urgência constitucional vindos do Executivo. A partir desse carimbo, qualquer outro projeto só pode ser votado depois daquele ter sido aprovado ou votado pelo plenário”, disse, em entrevista à TV Câmara. No entanto, ele ressaltou que a Casa conseguiu aprovar a proposta que destina os royalties do petróleo para a educação e para a saúde e a proposta de emenda à Constituição que torna o transporte um direito social.

PROJETOS AINDA NÃO VOTADOS: SENADO PLS 248/2013 - Passe livre nacional para estudantes Espera relator na CCJ PEC 10/2013 - acaba com o foro privilegiado para crimes comuns Espera votação na CCJ do Senado PEC 33/2013 - acaba com o auxílioreclusão concedido pelo INSS a presidiários Sem relator na CCJ do Senado CÂMARA PL 6.953/02 - estabelece regras de proteção e defesa do usuário dos serviços públicos Pronto para votação em plenário PLS 204/2011 - torna corrupção como crime hediondo Pronto para plenário PEC 6/2012 - ficha limpa para servidores públicos Aguarda parecer na CCJ PEC 11/2003 - reduz de dois para um o número de suplentes de senador Aguarda parecer na CCJ PL 8.035/10 - Plano Nacional de Educação Aguarda retorno do Senado P L 8 . 0 3 9 / 12 - c r i a a l e i d e responsabilidade educacional Aguarda parecer na comissão especial PLP 202/89 - imposto para as grandes fortunas Aguarda inclusão na pauta

PLP 123,12 - 10% do PIB para a saúde Aguarda parecer na CCJ PLP 92/07 - autoriza o poder público a instituir fundação estataç sem fins lucrativos Aguarda inclusão na pauta PL 5141/13 - isenta empresas de transporte público do pagamento da CIDE Aguarda apreciação na CVT PL 4.881/12 - cria o pacto de mobilidade urbana Aguarda apreciação na CVT PL 1151/95 - disciplina a união civil entre pessoas do mesmo sexo Parado desde 2001 no plenário PL 478/07 - estatuto do nascituro Aguarda parecer na CCJ PL 5139/09 - disciplina a ação civil pública para a tutela de interesses difusos, coletivos ou individuais homogêneos Aguarda deliberação de recurso contra tramitação conclusiva PL 3465/12 - tramitação prioritária na Justiça em crimes de corrupção Aguarda parecer na CCJ P E C 11 / 11 - p ro í b e n o m e a ç ã o d e i n e l e g í ve i s p a ra m i n i s t ro o u cargo equiparado e outras funções comissionadas Aguarda parecer em comissão especial

Sal e Luz Leno Carmo (lenocarmo@yahoo.com.br)

H

ouve um tempo em que meu presépio era enfeitado de papel brilhoso, com os personagens de gesso pintados à mão. Pareciam movimentar-se em minha imaginação de criança, imersa naquele mundo sereno da manjedoura, dos olhares de Jesus, Maria e José, dos pastores e dos reis que se ajoelhavam diante do pequeno menino que, de braços abertos, acolhia os visitantes e todos os que contemplavam a linda cena do Natal. Meu olhar infantil não entendia muita coisa, mas se encantava com a história que mamãe contava, com seus sons e seu mistério luminoso. Imaginava a noite estrelada e os anjos a cantar o “Glória a Deus no mais

alto dos céus”. Minha mãe arrumava nosso presépio com todo carinho desde os últimos dias de novembro e eu esperava com muita ansiedade o amanhecer do dia 25 para acordar e olhar a surpresa deixada embaixo do meu beliche, no quarto que dividia com minha irmã. Nestes dias, confesso que torcia para chover, para que a manhã nascesse preguiçosa e de alguma forma com o tempo que para mim sempre foi “a cara do Natal” em Belém, com seu “inverno” chuvoso. Vida de criança feliz, som de embalagem rasgando de um presente que desejava receber, cheiro de brinquedo novo, ... Meu mundo que o Natal enchia de cor e alegria. Presença da minha família

Presépios Crescer é doloroso mesmo, mas o Natal trazia consigo a fé por dias melhores e, acima de tudo, a esperança sentida nas mãos de minha mãe...

degustando o pão recheado de passas ou de frutas cristalizadas que meu pai ganhava em seu trabalho e que para nós era um

autêntico manjar de paz. Houve um tempo em que nosso presépio carecia de cor, parecendo traduzir alguns Natais com incertezas no futuro, dificuldades em família; dinheiro contado, presentes reduzidos, desemprego e um mundo diferente e desafiador da juventude que me roubara noites de sono e promessas para “passar de ano”, na indefinição da profissão e no aprendizado de um relacionamento sério e que iria mudar minha vida para sempre. Crescer é doloroso mesmo, mas o Natal trazia consigo, mesmo assim, a fé por dias melhores e, acima de tudo, a esperança sentida nas mãos de minha mãe que não deixava que as lágrimas do sofrimento lhe tirassem a paz e a alegria de

enfeitar a casa. Nossa ceia era limitada, mas não faltava o amor partilhado tantas vezes e a oração de gratidão a Deus por continuarmos juntos. A oração nos fortificava e sustentava a nossa união. Natal para mim é um pouco desta saudade, enriquecido com a alegria dos meus pequenos que, aos poucos, foram chegando e iluminando nossas noites natalinas com suas gargalhadas, suas frases desconcertantes e as formas peculiares de viver a festa. Enquanto a Rose arruma o presépio da nossa casa com sua ternura própria de quem enfeita o próprio coração com a luz do amor, celebramos o Natal do Senhor de mãos dadas, em oração e agradecimento pelo dom da vida. Feliz Natal!


12

BELÉM, DE 27 DE DEZEMBRO DE 2013 A 9 DE JANEIRO DE 2014

Cidade

Caderno Dois FOTOS: DIVULGAÇÃO

w ALEGRIA Pároco participou de toda a programação junto com os fiéis

w ATRAÇÕES Corais se apresentaram para a comunidade durante evento

NATAL

Paroquianos vivem “noite de alegria” no Rosário Ampla programação natalina marcou a data em que se comemora o nascimento de Jesus Cristo

N

a noite de sábado, 7 de dezembro, a Igreja do Rosário promoveu o Auto de Natal na praça da igreja, logo após a missa das 18h. Toda a co-

munidade reuniu-se neste evento, ao som de muita música. Houve a apresentação do Coral Vox e do músico Yuri Guedelha, além de muita animação e vendas

de comidas. Tudo feito, na opinião dos participantes, com muito carinho, visando angariar recursos para a conclusão do Centro Social daquela Igreja. A Igreja do

Rosário pertence à Paróquia da Santíssima Trindade. Tendo à frente o Pe Ronaldo Menezes, possui suas celebrações das Santas Missas aos sábados, às

18h, e aos domingos, às 8h. Aos domingos acontece na praça, um Café da Manhã, com tapioquinha feita na hora, no horário de 7h30 às 10h.

Hemopa encerrou atividades na Presidente Vargas A Fundação Hemopa escolheu a Ave n i d a P re s i d e n t e Va rg a s para encerrar seu calendário de campanhas externas deste ano. Nos dias 27 e 28, de 8h às 15h, a unidade móvel ficará estacionada em frente ao prédio do Banco do Brasil. A meta de coleta é de 100 bolsas/dia, para reforçar o estoque estratégico do hemocentro, que tem a responsabilidade de abastecer mais de 200 hospitais do Estado. De janeiro a novembro deste ano, a Gerência de Captação de Doadores do Hemopa promoveu 92 campanhas externas, alcançando um comparecimento de 11.599 voluntários. No mesmo período, foram feitas 82.074 doações de sangue na hemorrede estadual que é composta por Belém, Marabá, Castanhal, Santarém, Altamira, Abaetetuba, Capanema e Redenção. Segundo a assistente social Lilian Bouth, o hemocentro disponibilizou

importante conquista para garantir estoque de quantidade e qualidade, só possível graças aos voluntários e às instituições parceiras”, ressaltou. No dia 30 de dezembro o serviço de coleta de sangue será de 7h30 às 13 h, e no dia 31 não haverá coleta de sangue. Podem doar sangue pessoas com boa saúde, idade entre 16 anos completos e 67 anos e peso acima de 50 quilos. Não precisa estar em jejum, mas é necessário portar o documento de identidade original e com foto. Menores de 18 anos só podem doar com autorização dos pais ou responsáveis. Homens podem doar a cada dois meses e as mulheres a cada três meses. w DOAÇÃO Em 2013 foram 92 ações e um total de 11.599 doadores

121.750 atendimentos transfusionais, somente este ano. Ela destacou ainda que apesar de eventuais crises com a evasão de doadores em períodos

YOUCAT

festivos, como o mês de dezembro, por exemplo, o Hemopa superou a média nacional de 1,9% da população doadora para os atuais 2,2%. “É uma

SERVIÇO: A Fundação Hemopa fica na Travessa Padre Eutíquio, 2109, e realiza coleta de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 18h, e aos sábados, das 7h30 às 17h. Mais informações pelo fone: 0800 280 8118.

PRIMEIRA PARTE

Em que cremos

90

Jesus operou mesmo milagres ou eles são meras lendas piedosas?

E

m preparação à Jornada Mundial da Juventude Rio 2013, o jornal Voz de Nazaré realizou seus estudos sobre o YOUCAT, que é o Catecismo da Igreja Católica, escrito para JOVENS que querem saber em que acreditam.

91

Como realizava Jesus milagres?

Jesus operou realmente milagres, tal como os APÓSTOLOS. Os autores neotestamentários referem-se a ocorrências reais. [547-550]

Os milagres que Jesus realizava eram sinais do começo do Reino de Deus. Eram expressão do Seu amor pela humanidade e corroboravam o Seu envio. [547-550]

Já as fontes mais antigas noticiam que os inúmeros milagres confirmam o anúncio de Jesus: “Se, porém, expulso os demônios pelo Espírito de Deus, então o Reino de Deus já chegou até vós” (Mt 12,28). Os milagres ocorriam em espaços públicos; por vezes, é referida a identidade das pessoas em questão, como o cego Bartimeu (Mc 10,46-52) ou a sogra de Pedro (Mt 8,14 ss.). Alguns milagres eram considerados chocantes sacrilégios para o ambiente judaico (como a cura do paralítico ao SÁBADO e a cura de leprosos), mas não foram negados pelo judaísmo desse tempo.

Os milagres de Jesus não eram uma autoafirmação mágica. Ele estava cheio do poder amoroso de Deus que cura e salva. Através de milagres mostrou que era o Messias e que o Reino de Deus começava n’Ele. O amanhecer do novo mundo tornou-se patente quando Ele libertou da fome (Jo 6,515), da injustiça (Lc 19,8), da doença e da morte (Mt 11,5). Com a expulsão dos demônios teve início o triunfo contra o “príncipe deste mundo” (ou seja, Satanás: Jo 12,31). Não obstante, Jesus não suprimiu do mundo toda a desgraça e todo o mal. Ele dedicou especial atenção à libertação do ser humano da escravidão do pecado; importou-Se sobretudo com a fé, que Ele suscitou através dos milagres. 241-242.


13

BELÉM, DE 27 DE DEZEMBRO DE 2013 A 9 DE JANEIRO DE 2014

Arquidiocese

Caderno Dois ANIVERSÁRIOS

IVAN CARDOSO/ARQUIVO

Arcebispo Emérito completa 33 anos de ordenação episcopal Igreja de Belém tem um grande carinho por Dom Vicente Zico

N

a próxima segundafeira, 6, a Igreja de Belém celebra uma data especial: o 33° aniversário de nomeação episcopal do Arcebispo Emérito de Belém, Dom Vicente Joaquim Zico. Mineiro, veio para Belém dedicar mais de 30 anos a serviço da Arquidiocese, e teve vários papeis

fundamentais, como a criação da Fundação Nazaré de Comunicação. Dom Zico, como é chamado, foi ordenado Bispo em 6 de janeiro de 1981, aos 53 anos, pelo então Papa João Paulo II, na Basílica de São Pedro, em Roma, na Itália. Em s e g u i d a , J o ã o Pa u l o I I

enviou o Arcebispo para Belém, com a finalidade d e e x e rc e r o c a rg o d e Arcebispo Coadjutor. Foi quando começou a sua grande evangelização pelo estado. No Pará, Dom Vicente Zico tornou-se uma das autoridades eclesiásticas mais queridas e respeitadas pelos

católicos, sendo nomeado Arcebispo de Belém no dia 4 de julho de 1990, sucedendo Dom Alberto Ramos. O Arcebispo disse estar muito feliz por mais um ano completado e acrescenta: “tenho muitos motivos para agradecer, em primeiro lugar a Deus. Agradeço, também, a João

Paulo II, que me ordenou e concedeu-me esse título. Tive a graça de ser ordenado Bispo pelas mãos do bem aventurado João Paulo II”. A Fundação Nazaré de Comunicação parabenizao por mais um ano de nomeação episcopal e agradece todo o trabalho feito pela Arquidiocese.

Bispo auxiliar de Belém comemora 50 anos de vida Nesta terça-feira, 7, o bispo auxiliar de Belém, Dom Teodoro Mendes Tavares, completa 50 anos de vida. Em sua homenagem haverá um celebração feita pelo próprio Bispo, às 18h30, na Igreja Matriz de São Pedro e São Paulo, no bairro do Guamá. A santa missa será co-celebrada pelo Arcebispo Metropolitano de Belém, Dom Alberto Taveira Corrêa, e pelo Arcebispo Emérito, Dom Vicente Joaquim Zico. Dom Teodoro Mendes nasceu na

Ilha de Santigo, em Cabo Verde, em janeiro de 1964. Foi ordenado padre em 1993 e atuou como missionário no Brasil. Em 16 de fevereiro de 2011, foi nomeado pelo Papa Bento XVI Bispo Auxiliar de Belém, e, em junho do mesmo ano, foi apresentado em Belém como Bispo Auxiliar, para dar início aos trabalhos de evangelização no estado. Dom Teodoro foi o quarto bispo cabo-verdiano a ser ordenado, e a ocasião tem um grande significado histórico para Cabo Verde e Brasil:

pela primeira vez um sacerdote africano é nomeado Bispo no Brasil. Na Arquidiocese de Belém, Dom Teodoro tem um trabalho pastoral intenso. É responsável pelas pastorais ecumênicas e pelas comunidades ribeirinhas. É diretor do Instituto de Formação Presbiteral e o Bispo referencial pelo ecumenismo no Regional Norte II. Atua como professor de ecumenismo e diálogo intereligioso no Instituto Regional para Formação Presbiteral Norte II. Em fevereiro de

2013, o Bispo Auxiliar foi convidado para coordenar o trabalho da Pastoral Afro-Brasileira da Comissão Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), iniciada em Belém, há 13 anos. O s m e m b r o s d a Fu n d a ç ã o Nazaré de Comunicação e da VOZ DE NAZARÉ, que receberam i n e s p e ra d a m e n t e a v i s i t a d e Dom Teodoro no último dia 24, parabenizam-no pelo seu aniversário de ordenação, e agradecem o seu trabalho. LUIZ ESTUMANO/ARQUIVO

w VOCAÇÃO Dom Teodoro cuida de ações pastorais nas ilhas ao redor de Belém

Arquidiocese


14

BELÉM, DE 27 DE DEZEMBRO DE 2013 A 9 DE JANEIRO DE 2014

Retrospectiva 2013

Caderno Dois FOTOS: DIVULGAÇÃO

27 DE JANEIRO - Um incêndio ocorreu na madrugada na Boate Kiss, em Santa Maria (RS), matou 242 pessoas e deixou centenas de feridos.

30 DE JANEIRO - Mais de 110 ataques a ônibus e prédios públicos foram registrados entre o final de janeiro e início de fevereiro em Santa Catarina.

6 DE FEVEREIRO - O então Papa Bento XVI elevou

a Prelazia de Cametá a Diocese com uma Missa em Ação de Graças, na Catedral de São João Batista. A Diocese conta com 26 sacerdotes, quatro lazaristas e 21 diocesanos. A prelazia foi criada em novembro de 1952 pela Bula Providentissimi Consilium, do Papa Pio XII.

- Médica chefe da UTI do Hospital Evangélico de Curitiba, Virgínia Helena Soares de Souza, foi presa sob suspeita de praticar eutanásia em pacientes em estado grave. 19 DE FEVEREIRO

28 DE FEVEREIRO - O Papa Bento XVI renunciou ao seu Pontificado, sendo a primeira vez depois de mais de cinco séculos que isso aconteceu na história da Igreja. O Pontífice afirmou que deixou o cargo devido à idade avançada. Joseph Ratzinger sucedeu João Paulo II, sendo eleito Papa em 19 de abril de 2005, aos 78 anos de idade.

- A negra Francisca de Paula de Jesus, conhecida como Nhá Chica, foi beatificada no dia 4 de maio de 2013, em Minas Gerais, na celebração de beatificação presidida pelo Cardeal Ângelo Amato, representante do Papa Francisco. Nhá Chica é a primeira negra e filha de escrava a receber o título de Beata no Brasil. O processo para a beatificação começou em 1993, porém somente em 2011 o então Papa Bento XVI aprovou suas virtudes como heróicas. 4 DE MAIO

- O Pará foi bem representado na JMJ por seis Bispos do Pará para as pregações da Catequese. Estiveram os Bispos do Marajó, Dom José Luiz Azcona; de Castanhal, Dom Carlos Verzelletti; da Santíssima Conceição do Araguaia, Dom Dominique Jean; de Santarém, Dom Flávio Giovenale; o Arcebispo de Belém, Dom Alberto Taveira, e o Bispo Auxiliar, Dom Teodoro Mendes. 26 DE JULHO

13 DE MARÇO - Conclave elegeu Jorge Mario Bergoglio como sucessor de Bento XVI. A decisão foi anunciada pelo Conclave, no dia 13 de março. O argentino é o primeiro Papa Latino-americano e jesuíta. Ele escolheu ser chamado Francisco, fazendo referência a São Francisco de Assis. 7 DE ABRIL - O Papa

Francisco tomou posse da cátedra de Bispo de Roma. O Pontífice foi recebido com aplausos na Basílica de São João de Latrão. Antes, o Papa inaugurou uma praça em homenagem ao Beato João Paulo II.

23 DE JUNHO - A Arquidiocese de Belém criou a sua 78ª Paróquia em 2013 cujo padroeiro é o Beato João Paulo II . A nova Matriz fica localizada no bairro Curió-Utinga e é intitulada Paróquia João Paulo II.

5 DE JULHO - O jornal Voz de Nazaré completou

- Começaram a se intensificar as manifestações que tomaram conta do Brasil, pedindo um país mais justo. 11 DE JUNHO

A negra Francisca de Paula de Jesus, conhecida como Nhá Chica, foi beatificada no dia 4 de maio de 2013, em Minas Gerais, na celebração de beatificação presidida pelo Cardeal Ângelo Amato, representante do Papa Francisco. Nhá Chica é a primeira negra e filha de escrava a receber o título de Beata no Brasil. O processo para a beatificação começou

17 DE JUNHO - Uma cena histórica: manifestantes subiram a rampa do Congresso, em Brasília, durante protesto. Milhões de brasileiros foram às ruas nesse dia.

um século de existência. Para comemorar a data, uma exposição fotográfica, na Casa de Plácido, contou com belíssimas imagens dos fotógrafos profissionais do impresso. Uma celebração eucarística, na Basílica de Nazaré, reuniu autoridades, funcionários da Fundação Nazaré, a equipe do jornal e demais fiéis. A missa foi presidida pelo Arcebispo Metropolitano de Belém, Dom Alberto Taveira, e concelebrada pelo Arcebispo Emérito, Dom Vicente Zico.


15

BELÉM, DE 27 DE DEZEMBRO DE 2013 A 9 DE JANEIRO DE 2014

Retrospectiva 2013

Caderno Dois FOTOS: DIVULGAÇÃO

11 DE JULHO - O

Bispo Auxiliar de Belém, Dom Teodoro Mendes, celebrou 20 anos de dedicação à vida sacerdotal com uma Santa Missa em Ação de Graças, na Paróquia Santíssima Trindade, presidida por ele próprio, com a co-celebração do Arcebispo Emérito, Dom Vicente Zico e do Arcebispo de Belém, Dom Alberto Taveira. Dom Teodoro foi ordenado padre em 1993 e tornou-se Bispo em 2011 e chegou a Belém em junho do mesmo ano.

24 DE JULHO - Durante

- Fiéis lotaram a praia de Copacabana para a abertura da Jornada Mundial da Juventude no Rio de Janeiro. 23 DE JULHO

10 DE AGOSTO - O Show Vocacional realizado em Belém dentro da programação da Semana Vocacional completou 10 anos na busca de despertar o sentimento das vocações religiosas nos jovens. Em 2013, o show foi realizado pela cantora Jake e pelo grupo Chamas e reuniu mais de duas mil pessoas no Seminário São Pio X. O Show Vocacional foi criado em 2003.

6 DE SETEMBRO - A

Imagem Peregrina de N. S. de Nazaré visitou os cariocas entre os dias 6 e 8 de setembro para a realização da quinta edição do Círio de Nazaré no RJ. A Imagem visitou diversas paróquias dentro de uma programação especial elaborada pela Arquidiocese do Rio. O Círio acontece no Rio de Janeiro há quatro anos sendo levado por Dom Orani Tempesta, então Arcebispo de Belém.

22 DE OUTUBRO - Dom Vicente Zico, Arcebispo Emérito de Belém, celebrou 63 anos de ordenação sacerdotal com Missa em Ação de Graças, no dia 22 de outubro, na Basílica Santuário de Nazaré, com a presença do Arcebispo de Belém, Dom Alberto Taveira; do Bispo Auxiliar, Dom Teodoro Mendes e do Arcebispo do Rio de Janeiro, Dom Orani João Tempesta. Dom Vicente foi nomeado Arcebispo de Belém em 1990 e permaneceu no cargo por 14 anos.

15 DE AGOSTO - O Arcebispo de Belém, Dom Alberto Taveira Côrrea, celebrou o seu 40° aniversário de ordenação sacerdotal com Santa Missa na Catedral de Belém, presidida por ele junto com o Arcebispo de Goiânia, Washington Cruz. Dom Alberto está à frente da Arquidiocese de Belém desde 2009 e foi ordenado padre em 1973, em Nova Lima.

- A Renovação Carismática Católica (RCC) completou 40 anos em 2013. Realizou entre os dias 14 e 16 de setembro o XIII Congresso Arquidiocesano, em Belém, que contou com a presença do Arcebispo de Belém e assessor eclesiástico da RCC Brasil, Dom Alberto Taveira. 14 DE SETEMBRO

a visita ao Brasil, o Papa Francisco levou multidões às ruas e desfilou no Papamóvel. Com o tema: “Ide e fazei discípulos entre todas as nações”, a JMJ, entre os dias 23 e 28 de julho, reuniu 3,5 milhões de pessoas e marcou a primeira viagem do Papa Francisco ao Brasil. Foram mais de 400 mil inscrições de 175 países diferentes. O país da próxima jornada, anunciado no Rio, será Cracóvia, na Polônia.

30 DE SETEMBRO - O Papa Francisco anunciou a data da canonização de João Paulo II e João XXIII, após o reconhecimento pela Igreja do segundo milagre atribuído a João Paulo. A canonização será no dia 27 de abril de 2014, em cerimônia solene no Vaticano. João XXIII foi Papa entre os anos 1958 e 1963 e João Paulo II 1978 e 2005. 23 DE OUTUBRO - De

37 réus, 25 foram condenados e 12 foram absolvidos no esquema do Mensalão, enquadrados nos crimes de corrupção ativa, corrupção passiva, evasão de divisas, peculato, lavagem de dinheiro, gestão fraudulenta e formação de quadrilha. Até agora, 21 dos 25 condenados do Mensalão já cumprem suas penas. O presidente do Supremo, Joaquim Barbosa, disse no último dia 19, após a última sessão do STF, que as decisões do mensalão sairão ainda este ano.


16

BELÉM, DE 27 DE DEZEMBRO DE 2013 A 9 DE JANEIRO DE 2014

Retrospectiva 2013

Caderno Dois FOTOS: DIVULGAÇÃO

- Manaus foi sede da primeira edição do Encontro da Igreja Católica na Amazônia Legal, no período de 28 a 31 de outubro. O Encontro discutiu a realidade social, econômica e cultural da região amazônica e foi uma solicitação do Papa Francisco, sendo realizado pela Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB). O evento reuniu Bispos de várias regiões, religiosos, leigos, entre outros, e contou com a presença do Cardeal Dom Cláudio Hummes, presidente da Comissão Episcopal para a Amazônia. 28 DE OUTUBRO

15 DE NOVEMBRO - O ex-ministro da Casa Civil José Dirceu acena à chegada à sede da Polícia Federal, em São Paulo, após ter a sua prisão decretada pela condenação no processo do mensalão.

15 DE NOVEMBRO - Após ter a prisão decretada

pela condenação no processo do mensalão, o ex-presidente do PT José Genoino chega à Superintendência da PF.

- O Círio de Nazaré foi reconhecido pela UNESCO como Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade. A Arquidiocese de Belém e a Diretoria da Festa de Nazaré declararam que foram: “a força da fé, da religiosidade e da devoção do povo paraense” os maiores valores resguardados com o reconhecimento. A procissão em honra a Nossa Senhora de Nazaré é realizada em Belém do Pará há 221 anos, desde 1793. O trabalho da Unesco foi acompanhado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional - IPHAN. 4 DE DEZEMBRO

26 DE NOVEMBRO - O Papa Francisco lança sua primeira Exortação Apostólica: Evangelli Gaudium “Alegria do Evangelho”. O texto, em que o Papa anuncia o Evangelho no mundo atual, também propõe diretrizes de coragem e orientação para uma fase mais evangelizadora da Igreja. A exortação está dividida em cinco capítulos.

13 DE OUTUBRO - O Círio de Nazaré 2013 reuniu número recorde de fiéis. Apenas a Romaria do domingo, 13, reuniu 2 milhões e 100 mil devotos da Virgem. Dieese destacou a intensa participação do jovem nas procissões.

- “Nelson Mandela construiu uma nova África do Sul”, disse o Papa Francisco em carta de condolências ao presidente da República Sul-Africana, Jacob Zuma. No texto, louva o compromisso de Mandela pela promoção da dignidade humana e construção de países da África e do mundo sem violência. O Sumo Pontífice ainda deseja que Mandela seja inspiração para as futuras gerações. 5 DE DEZEMBRO

5 DE DEZEMBRO - Morre Nelson Mandela, ícone da luta pela igualdade racial. Presidente da África do Sul entre 1994 e 1999, ele tinha 95 anos. Ele liderou transição que encerrou a política do apartheid em seu país.

6 DE DEZEMBRO - Após exumação, os restos mortais do ex-presidente João Goulart retornaram à cidade de São Borja (RS) para o enterro com honras de chefe de Estado.

10 DE DEZEMBRO - No dia 10 de dezembro, Dia

- Arquidiocese de São Paulo apoia o Projeto de Lei 6867/2013, que visa combater a fome e promover a função social dos alimentos, e se tornar uma Política Nacional para Erradicação da Fome e cumprimento da Função Social do Alimento (PEFSA). O projeto foi protocolado no Congresso Nacional em 3/12, mas ainda tem que ser aprovado. 10 DE DEZEMBRO

Internacional dos Direitos Humanos, a Conferência dos Bispos do Brasil (CNBB), junto com a Cáritas Brasileira, lançou a campanha de combate à fome com o tema: “Uma família humana, pão e justiça para todas as pessoas”, que vigorará até 2015. A campanha busca sensibilizar a sociedade sobre a fome e a miséria e tem o apoio do Santo Padre. Neste mesmo dia, as Organizações das Nações Unidas para a Alimentação e Agricultura (FAO) reuniu 170 soluções escolhidas no mundo todo para por um fim à fome e o Pontífice lançou a campanha em Roma.

18 DE DEZEMBRO - O Beato José de Anchieta pode ser canonizado em 2014. A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) enviou o pedido de canonização do padre para o Papa Francisco, que mostrou acolhimento ao pedido. José de Anchieta chegou ao Brasil em 1553 e passou por diversas cidades propagando o Evangelho. Foi beatificado pelo Papa João Paulo II em 22 de junho de 1980.

Voz de Nazaré  

Edição de 27 de Dezembro de 2013 a 09 de Janeiro de 2014

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you