Page 1

Cycle Chic

1

Ano 1 l Edição 3 l Fevereiro de 2013 l Distribuição Gratuita


Apesar da afirmativa de que o ano começa só em março, lembramos que, junto com o comércio e outras diversas áreas, o jornalismo também não parou. Por isso, a BABADO chega, após três meses de muito trabalho, na edição #3 e traz, não coincidentemente, uma nova reflexão: após o Carnaval, as férias e os recessos, abordamos o tema START. É hora de começar, de voltar à rotina e de dar novos passos. Afinal, muito embora o ano não tenha estagnado, é agora que se torna fugaz. O horário antigo, as aulas, o trabalho, o movimento das ruas, até a declaração do imposto de renda e o ano astral começam ou tomam um novo ritmo. Por isso, nessa edição, a proposta é dar START em tudo que ficou para trás, é lançar o desafio de que cada um olhe para dentro e traga para fora novos desafios. Exercitar o corpo ajuda a manter a mente sã, evita doenças e traz longevidade. A geração saúde está aí: com novos hábitos e ideias de levar uma rotina mais saudável. A edição #3 transforma a forma de vestir, pensar e agir em inspiração para uma vida melhor. O Babado é COMEÇAR!

Direção: Flávia Peres e Vannine Anselmo Direção de Arte: Rafaela Azevedo Web Designer: Ranieri Trecha Fotografia: Rodrigo Nunes Revisão: Taís Brem Colunistas: Ana Luiza Soares, Camila Cardoso, Carolina Silveira, Catarina Loder, Eliza Andrade, Francine Peres, Graziele Pacheco, Ivan Pons, Juliana Domingues Villela, Larissa Braga, Manoela Nogueira Soares, Martha Papaleo, Marcelle Saraçol, Nádia Ferrari, Paula Blaas, Priscila Barboza. Consultora Editorial: Taís Barreto Assessora de Mídias Digitais: Graziele Pacheco Jornalista Responsável: Flávia Peres – flavia@revistababado.com.br Publicitária Responsável: Vannine Anselmo – vannine@revistababado.com.br Comercial: contato@revistababado.com.br Tiragem: 5.000 exemplares www.revistababado.com.br facebook.com/revistababado

3

2

Editorial

Do Babado pg. 12 à 17

Conecte-se pg. 22

Moda Cult pg. 8 e 9

Viés pg. 7

Alpha

Papo X e Y

pg. 18 e 19

pg. 20


Quando conseguimos associar uma atividade física a um estilo de vida, o exercício deixa de ser uma obrigação. É o que tem acontecido com os bikers, uma nova tribo que cresce não só no país, mas, também, bem aqui no Sul, em Pelotas. Largar o carro e pegar a velha bike que, talvez, esteja esquecida no canto da garagem, é o que fazem essas pessoas. Um grupo chamado Pedal Curticeira, nasceu em 2010 em Pelotas, através da iniciativa do empresário pelotense Leandro Karam. Praticante de montan bike, após uma viagem à Santa Catarina, Leandro conta que conheceu um grupo que cultivava através da bicicleta, valores interessantes: companheirismo, cooperação, superação e outros tantos adjetivos que permeiam não só a prática do ciclismo, mas a vida de forma geral. Através do PEDAL CONTINENTE, grupo de ciclismo de São

Por Revista Babado

José/SC, na grande Florianópolis, o empresário passou a participar de grupos de pedaladas: “quanto mais experimentava com vigor o universo do ciclismo, mais me apaixonava por toda aquela atmosfera que se criava quando nos reuníamos para pedalar”, conta. Quando retornou à Pelotas, Leandro começou os esforços para montar um grupo semelhante ao que conheceu. Dessa forma, nasceu o Pedal Curticeira, responsável por reunir em grupos semanais de pessoas, para pedalar pelas ruas de Pelotas. “através de fotos, relatos e publicações, fomos gradativamente contagiando as pessoas para o desenvolvimento de uma cultura mais atenta à simplicidade e que reconhecesse a importância do ‘conhecer para cuidar’. Queríamos fomentar a vida em sua intensidade e rodar pelo chão de todos os recantos possíveis de nossa cidade, incluindo o centro, periferias e zona rural”, explica Leandro. Desde o início do projeto, já passaram mais de mil pessoas pelos grupos de pedaladas. Atualmente o grupo Pedal Curticeira realiza ações de desenvolvimento socioambiental e oportuniza práticas sustentáveis relacionadas ao esporte, lazer, mobilizações, além da participação de seus membros em seminários, palestras e cursos.

5

4

Tribos

Pedal Curticeira

Pedal Curticeira no Monte Bonito

Leandro Karam, fundador pedal curticeira

MOBILIDADE URBANA (fonte: Pedal Curticeira) POR QUE A BICICLETA?

Os melhoramentos técnicos tornaram as bicicletas modernas, eficientes e cômodas. Não poluente, silenciosa, econômica, discreta e acessível a todos os membros da família, a bicicleta é sobretudo mais rápida do que o automóvel em trajetos urbanos curtos (5 km e até mais, à medida que aumentam os congestionamentos de circulação). Na cidade, a bicicleta constitui, na maior parte das vezes, um meio de deslocação tão rápido como o automóvel. (tempo contado de porta a porta). Para cada 5km, se gasta em média...

35min.

55min.

BENEFÍCIOS PAR A A COLETIVIDADE

23min.

A lista dos benefícios potenciais ou comprovados da utilização da bicicleta nunca poderá ser estabelecida de modo exaustivo. Estes benefícios são de diversa natureza: _ Econômica (por exemplo, diminuição da parte do orçamento familiar consagrada ao automóvel, redução das horas de trabalho perdidas nos congestionamentos, redução das despesas médicas graças aos efeitos do exercício físico regular); _ Política (por exemplo, redução da dependência energética, poupança de recursos não renováveis); _ Social (por exemplo, democratização da mobilidade, melhor autonomia e acessibilidade de todos os equipamentos tanto para os jovens como para a terceira idade; _ Ecológica (com uma distinção entre os efeitos locais a curto prazo - noção de ambiente - e os efeitos não localizados a longo prazo noção de equilíbrio ecológico).

QUER SABER MAIS? Acesse: www.pedalcurticeira.com.br


Trend

Viés

Eliza Andrade Estilista

Para evitar parecer uma de “Marilyn Monroe das bikes”, com a sua saia godê, prenda a parte da frente com a de trás, usando um grampo.

Protetor Caso sua bike não tenha, compre um protetor de correia, evitando, assim, de sujar suas roupas;

6

Este mês, a coluna traz uma tendência não somente de moda, mas, sim, de estilo de vida. Cesta

Sapato

Compre uma cesta ou elástico da bagageira para acomodar sua bolsa;

Use sapatos com solado anti-derrapante, principalmente se tiver salto;

Short

Fotos: Divulgação

Coloque um short de lycra por baixo da saia;

Marcelle Saraçol

Estudante de moda

O que acham de trocarmos os carros, os ônibus lotados e toda sua poluição por pedaladas de bicicleta? Mas, não estou falando de passear no fim de semana. Falo de trocar o engarrafamento cotidiano pela paisagem da sua cidade no momento em que vai para os seus compromissos. Sei que você está pensando agora que é necessário “se fantasiar de atleta” para subir na sua bike. Vou explicar melhor. No ano de 2006, o fotógrafo Mikael Colville percebeu que, na cidade de Copenhange, as pessoas usavam a bicicleta para locomoção até suas atividades do dia a dia e, mesmo assim, continuavam na moda. Isso o inspirou a criar o blog Cyclechic, com fotos dessas pessoas. O que era somente um blog, virou o “Movimento CycleChic ” e essa ideia se alastrou rapidamente pelo mundo. Porém, a nossa realidade ainda é a de que muitas pessoas enxergam as bicicletas somente como a prática de uma atividade esportiva, esquecendo que elas foram criadas com a finalidade de ser um meio de transporte, além de fazer um bem tremendo ao nosso corpo, alma e, também, ao nosso planeta. Aderir a esse movimento é muito mais fácil do que imaginamos. O Cyclechic prega que você não precisa de roupas especiais para pedalar até o seu trabalho ou faculdade. Você só precisa abrir o seu armário e se vestir normalmente. Não precisamos deixar nosso fashionismo de lado, pois o mundo da moda percebeu a importância do transporte ecologicamente correto e nos deu uma forcinha. Marcas como Channel, Dolce&Cabanna e Empório Armani criaram suas próprias magrelas. Hermés, Missani, Levi’s e diversas outras marcas criaram coleções para os bikers e ainda existe a Dublin CycleChic Fashion Show, uma semana de moda do segmento criada em 2007, na fria capital da Irlanda. A moda colabora para que não seja necessário esquecer a sua feminilidade nem seu estilo próprio. Use da sua criatividade para adaptar suas peças a essa pratica. Dê um toque pessoal a sua bicicleta, pegue aquela peça que é tendência da estação e saia cheia de estilo pedalando por aí. Algumas dicas e fotos inspiradoras para todo mundo virar uma ECO GIRL e subir na sua bike!

O verão está terminando e, com ele, ficam muitas lembranças e a necessidade de um novo ciclo. Não tem jeito, o que é bom dura pouco e, agora, é hora de voltar para a nossa rotina. Mas, não fique triste ou nostálgico. Esse recomeço pode ser maravilhoso! Para começar, você pode fazer uma lista de peças que mais deseja e se jogar nas

liquidações de verão. Com carinho e um tanto de sorte, você conseguirá encontrar muitas roupas interessantes. Depois, você pode aproveitar essa sensação de despedida e rever as suas peças de inverno, para ter certeza de que irá começar a nova estação com o pé direito. Outra coisa que pode tornar a sua nova rotina especial é investir em creminhos e

CALÇA SKINNY Tem coisa melhor do que uma calça skinny? Elas são práticas, clássicas e caem bem em quase todos os biotipos. Dê preferência às cores escuras, como o preto e o vinho. Nos pés? Sandálias delicadas e com tiras finas, para alongar ainda mais a silhueta.

MACACÃO

Qualquer peça básica e na cor preta é um ótimo investimento! Esse macacão de neoprene, por exemplo, é perfeito para eventos mais formais e ainda garante elegância em dobro por conta do peplum, tendência que vai continuar no inverno!

sabonetes diferentes e cheios de bossa, afinal não tem nada mais revigorante do que uma pele macia, cheirosa e, além do mais, isso é uma prova de amor a você mesma! Para terminar, separamos alguns looks que podem ser úteis para você se inspirar e recomeçar a sua rotina com muita alegria, esperança e novas ideias!

VESTIDO CAMISETA

O vestido-camiseta possui uma modelagem que favorece todos os formatos de corpo. Além de ser ótimo para o verão, ele aguenta firme o outono, que já está chegando por aí!

7

Aumente a altura do guidom para não prejudicar a sua postura;

Saia

Fotos: Divulgação

Postura


Moda Cult

Com a investida das fast fashions em suas campanhas e produtos, por meio de parcerias com estilistas e personalidades “de peso” do mundo da moda, a frase-título deste texto circula em demasia nos blogs e sites que dialogam sobre o

Essa cena se repete nos mais diversos âmbitos do vestuário: consumidor que gosta de cós mais alto e só encontra saint-tropez (ou vice-versa, dependendo da tendência do momento); que quer saia longa, mas só encontra mínis (também alternando-se de acordo com a moda), que quer vestidos “básicos” para festas mais formais, mas só encontra aqueles cheios de fru-frus, e por aí vai. Sem falar na ABUSANTE e arbitrária diminuição dos números do manequim. E isso não é apenas desculpa de quem engordou e não quer admitir (o que também acontece, mas esse não é o foco aqui). Eu, por exemplo, já tive 10 quilos a mais do que tenho hoje e NUNCA passei do manequim 40, nesses tempos de gostosura em excesso. Hoje, o 40 é uma realidade presente no meu cotidiano.

A moda é, mais do que nunca, autoritária.

Conversando com algumas colegas, percebi que não sou só eu que passo por esses perrengues com a tão aclamada “moda democrática”. Democracia para quem? Para aqueles que são magros como a Gisele Bündchen? Para aqueles que se conformam e acabam comprando o tal jeans com elastano (o que não foi meu caso, pois sou persistente)? Para quem vê seu corpo modificar-se a olhos vistos pela ditadura das calças abaixo do umbigo? Ah, e, retornando ao princípio deste texto, é bom lembrar que as tais “coleções especiais” comercializadas nas grandes redes só são distribuídas em alguns pontos e cidades específicas. Muito justo e democrático. Não. A moda é, mais do que nunca, autoritária. Já é hora das grandes empresas acordarem e começarem a investir em peças que agradem a este público insatisfeito – que, pelo que pude perceber nas minhas “pesquisas empíricas”, não é pequeno. Estamos cada vez mais exigentes (ou assim espero) com o destino que daremos ao nosso suado dinheirinho, e não nos contentaremos com “o que tem no mercado”. Ao menos, eu não. E vocês?

9

mava dizer nos meus tempos de infância. Os lojistas, por sua vez, obviamente queriam vender seu peixe: “Ah, mas sem elastano tu não vais encontrar. Hoje só tem desse tipo no mercado. Tenho certeza que, depois que comprares uma dessas, não vais mais querer saber de outra calça”. Tá. Eu já usei essas calças e tenho CERTEZA de que não é isso que eu quero. E continuei minha busca, mas foi em vão. Só escutei muito a seguinte frase: “Hoje, o mercado só absorve esse tipo de roupa”… Mas… “Peraí”? EU sou o mercado! E, a menos que eu seja uma alienígena que desembarcou na Terra e não saiba nada da “Moda Terráquea”, tenho certeza que existem outros consumidores com os mesmos anseios que os meus.

Fotos: Divulgação

Mas, será mesmo que a moda vem se tornando mais acessível e democrática? Vejamos… Bom, já que não tenho mais um acordo com os historiadores e seu ranço de escrever em primeira pessoa do plural, iniciarei este texto com uma experiência pessoal. Apesar de não gostar muito de calças, decidi que precisava ter, ao menos, um jeans, para aqueles dias em que a criatividade não impera na hora de escolher a vestimenta. Pois bem. Lá estava eu em busca da denim perfeita. Entrei em várias lojas e em TODAS, sem exceção, não encontrei sequer um exemplar da espécie que não tivesse elastano em sua composição. Bom, se eu quisesse uma jegging eu comprava uma, não é? Não estaria à caça de uma calça jeans ou “de brim”, como se costu-

Fotos: Divulgação

8

assunto na contemporaneidade.


Fique por Dentro! Camila Cardoso Estudante de Moda

LISEUSE Feito de tricô ou tecido, esse casaco feminino é característico por ser curto e solto. Começou a ser usado a partir do século XIX.

MIMOLÊ Em francês “mimolet”, é o comprimento de saia que fica entre o joelho e a panturrilha.

NOBUCK Couro de búfalo tratado e amaciado usado na confecção de acessórios. Tem aparência semelhante a da camurça.

OUTLET Expressão norte-americana, para lojas criadas por grandes marcas para a venda de peças de coleções antigas ou com pequeno defeito.

PULÔVER Tipo de casaco fechado com decote V, de malha retilínea.

QUIMONO Vestimenta tradicional do Japão e da China.

REVIVAL Expressão que, dentro da moda, significa o resgate de tendências de outra época.

SIANINHA De formato ziguezague, esse aviamento é feito de algodão. Encontrado de vários tamanhos, é usado na ornamentação de roupas.

ALGIBEIRA

11

10

Objeto decorativo ou funcional feminino. Esse pequeno saco ou bolso árabe é, de costume, preso embaixo de vestidos ou aventais. Também é usado amarrado na cintura ou pode ser parte de uma peça de roupa.

CORSELET:

Peça íntima que também pode ser usada à mostra. É justa, de comprimento até a cintura e possui estrutura pequena com hastes.

CORSET:

É a palavra francesa que significa Espartilho. Feito para modelar a cintura, é estruturado com barbatanas e várias camadas de tecido. Nos séculos XIV e XV, era confeccionado em couro, ferro e ossos de baleia e era usado tanto por mulheres como por homens.

DIRTY: Sobretingimento do jeans que deixa com aparência de sujo.

TRAVESSA

Espécie de pente em forma curva, um acessório de cabelo.

EVENING WEAR Refere-se aos trajes que seguem a linha dedicada ao uso à noite, como em eventos sociais ou de gala, que requerem esses tipos de peça.

FRUFRU: São babados com muito volume de tecido e, também, peças de roupas muito enfeitadas.

GÁSPEA Parte frontal de calçados que cobre a área de cima do pé.

HOMEWEAR Termo para roupas confortáveis e arrumadas, usadas para ficar em casa.

UNDERWEAR Termo inglês que significa a linha de roupa de baixo, feminina ou masculina.

TIARA

Também conhecida como diadema, essa jóia, no formato de coroa, é usada desde o século XVI pelas mulheres em ocasiões de gala. Nos dias de hoje também é um acessório de plástico, resina ou metal, usado casualmente.

VOILLETTE Pequeno e curto véu. Transparente, geralmente de tule ou gaze e pode ser bordado.

Fotos: Divulgação

BARBATANA

Haste usada na sustentação de roupas. Originalmente, era feita de barbatana de baleia ou metal.


13

12

EM VOLTA, A VELOCIDADE AUMENTA E AS COISAS COMEÇAM A ANDAR DE NOVO, MAIS UMA VEZ. PARA CAMINHOS DIFERENTES OU IGUAIS. DEPENDE DE VOCÊ.

É hora de tudo voltar ao normal, do começo de uma nova rotina ou do recomeço da velha rotina. A motivação que acompanha as inspirações e expirações de cada um é que vai responder. Um simples movimento mexe com o corpo inteiro, do sistema nervoso aos músculos. Faz bem, motiva, renova. É como uma conquista. O corpo rejuvenesce, ganha novas formas e a mente, novos horizontes. Para tudo isso, basta um passo à frente e uma atitude simples: começar!

Look Hercílio Esporte/ Hercílio Malcon e Hercílio.com Óculos Mormaii: R$ 350,00 Short Asics Men Basic: R$ 59,90 Camiseta Nike Run: R$ 91,20 Boné Nike: R$ 45,60 Tênis Mizuno Wave Creation 13: R$ 599,90


15

14

Look Hercílio Esporte/ Hercílio Malcon e Hercílio.com Camiseta sem manga Nike: R$ 69,90 Short Chelsea Essential Adidas: R$ 69,90

Look Hercílio Esporte/ Hercílio Malcon e Hercílio.com Camiseta Dry-Fit Nike: R$ 100,80 Bermuda Nike: R$ 46,40 Chuteira: R$ 219,20 Bola Adidas - Copa do Mundo (Cafusa): R$ 69,90 Meia Nike: R$ 18,40


Fotógrafo: Rodrigo Nunes Modelo: Henrique Zanotta Hansmann Direção: Revista Babado Produção de Moda: Ampli – Letícia Pintado e Taís Barreto Agradecimentos: Arena Marini, Studio Augusto Saleh, Fight Team Mota, Prowind Escola de Windsurf e Kitesurf, Eduardo Souza.

17

16

Look Capa Hercilio Esporte/ Hercílio Malcon e Hercílio.com Tenis Bull Terrier: R$ 239,90 Óculos Mormaii: R$ 390,00 Mochila Bull Terrier: R$ 289,90 Camiseta Lacoste: R$ 88,00

Look Hercílio Esporte/ Hercílio Malcon e Hercílio.com Saco: R$ 143,26 Caneleira: R$ 204,00 Capacete / Protetor cabeça: R$ 134,40 Boné UFC: R$ 125,60 Camiseta UFC: R$ 66,40 Bermuda: R$ 149,90 Luva UFC: R$ 191,20

Look Hercílio Esporte/ Hercílio Malcon e Hercílio.com Long: R$ 587,00


Alpha

Ivan Pons Empresário

independente de como chegaremos lá. Propagandas e anúncios na internet, mostram produtos incríveis, que somados à dietas exageradas e irresponsáveis, darão o tão sonhado corpo perfeito. Buscamos aqui, deixar um alerta de que nosso corpo, nada mais é, que o reflexo de nossas atitudes. Alimentar-se melhor, não significa comer menos, nem que devamos mudar nossa rotina alimentar da noite para o dia. Busque um profissional da área, ache seu ponto de equilíbrio e comece uma reorganização alimentar. Naturalmente, seu corpo passará a acostumar-se com esta nova experiência gastronômica e responderá de várias formas positivas. Uma boa forma de adaptarmo-nos mais rapidamente, é dia após dia, trocarmos um alimento que costumamos comer, por algum semelhante porem mais saudável, evitando assim, o choque do radicalismo. Profissionais de educação física, aliados a boas academias, estão cada vez mais aptos no auxilio à busca desta mudança de atitudes. A construção responsável de um corpo mais saudável e bonito, é diretamente ligada a uma qualidade e maturidade muscular, ou seja, algo que virá para ficar. Beneficiando-se deste conhecimento de tais profissionais, que diga-se de passagem envolvem muito mais do que conhecimentos acadêmicos, pode-se obter uma mudança de estilo de vida com responsabilidade. O que sugerimos, é que busques a fórmula e o profissional que mais combinem com seus objetivos, uma rotina que lhe pareça o mais natural possível e que tudo isso passe a fazer parte, naturalmente, de um novo “Lifestyle”. Somos movidos por sonhos, por batalhas e por conquistas. Acreditamos que metas foram feitas para serem batidas e objetivos conquistados, mas somos contra excessos. A história de que o fim justifica os meios, meu caro Alpha, não é válida quando envolve nossa saúde e qualidade de vida. Lute, sonhe, queira e realize, mas coloque-se em primeiro plano. Afinal, você é a peça chave no momento de cruzar a linha de chegada. Façamos, deste novo ciclo, o mais fascinante possível. Mente sã, corpo são!

19

Pode-se dizer, hoje, que o ano começa realmente depois do carnaval. Escolas, empresas, industrias, tudo volta ao seu funcionamento natural após a folia carnavalesca. Geralmente, junto com o término destas festividades, traçamos nossos objetivos e metas para o ano vigente e nesta hora tudo parece fácil e palpável. Porem, tudo envolve dedicação caro Alpha. Um novo curso, trabalhar menos, estressar-se menos, dedicar-se ao que realmente importa, começar uma academia, alimentar-se melhor, praticar mais esportes, um novo emprego, aprender uma nova língua, novos relacionamentos. Independente de quais forem os planos, o foco e a disciplina terão que andar ao seu lado nesta batalha que envolve duas pessoas importantíssimas: você contra você mesmo. Queremos, nesta edição, dar ênfase a dois assuntos muito atuais, que certamente estão na “Check List” das metas da grande maioria dos leitores desta coluna: alimentar-se melhor e começar uma rotina de academia. Por influencia das mídias, estamos rotulados a busca incessante do corpo perfeito,

Fotos: Divulgação

18

É CHEGADA HORA DE RETOMARMOS NOSSOS PLANOS, HORÁRIOS E COMPROMISSOS, ENFIM, NOSSA ROTINA. POR ISSO, A COLUNA ALPHA, CONVIDA-TE A ENCARAR ESTE NOVO ANO COM OBJETIVOS, DISCIPLINA, FOCO E ACIMA DE TUDO: QUALIDADE DE VIDA!


Papo X

Papo Y

21

20

Que tal botar pra fora aquela opinião guardada sobre a camisa estampada horrível que ele usa ou, então, aquele tênis esquisitíssimo que a sua namorada insiste em colocar? A Revista Babado abre o espaço e ELES e ELAS soltam o verbo sobre os modismos que irritam os olhares masculinos e femininos. Confira nessa edição:

Graziela Mognon

Magda Moraes

Antônio Casarin

Idade: 24 anos Profissão: Médica Óculos espelhados: Não são pra qualquer um, mas usados por alguém com estilo e sendo um espelhado de qualidade podem ficar lindos. Não curto muito os mega coloridos e acho que são acessórios “perigosos”, pois facilmente deixam o look vulgar.

Idade: 23 anos Profissão: Bancária Óculos espelhados: Eu acho que são superfáceis de combinar! Se o homem gosta de um look mais simples, os óculos espelhados vão dar um up no visual. Para aqueles que querem apostar em um visual mais sofisticado, acredito que dê pra apostar nesse tipo de óculos também. Porém, é um acessório que chama atenção, muitas combinações podem deixar o visual mais para brega do que moderno.

Idade: 27 anos Profissão: Médica Óculos espelhados: Para homens, definitivamente esse modelo nao combina com o meu gosto. Homem charmoso é homem discreto. E se fizer o estilo do cara, ele tem que saber usar, além de ter o estilo e a atitude que comporte um óculos espalhafatoso como esse (um artista talvez).

Idade: 22 anos Profissão: Empresário Batom vermelho: Não curto, acho forçado demais. Se a mulher sabe combinar com o estilo e com a roupa até pode ficar legal, mas tendo cuidado porque é muito facil parecer vulgar. Definitivamente prefiro uma cor mais clara, mas discreta que o batom vermelho.

Camisas de time no dia a dia: Devem ser muito confortáveis e por isso agradam tanto os homens. Até acho que podem ficar bem em locais mais informais e durante o dia, desde que não virem um uniforme pra eles. Mas pessoal, camisa de time pra noite e pra festa... nem pensar né?

Camisa de time no dia a dia: Acho uma boa pedida para um look de domingo, mas, nós, mulheres, deixamos um pedido: nada de poluição visual! Se a camisa do time for listrada, vermelha ou qualquer cor chamativa, não vale usar bermudas estampadas. Então, na minha opinião, camisas de times devem ser usadas com bermudas ou calças jeans que encaixem no look.

Camisas de time no dia a dia: Só fica aceitável se for no dia da vitória do time ou em um passeio casual na praia do laranjal. Caso contrário, só mesmo num boteco tomando canha com a gurizada (risos).

Boné: No dia a dia com certeza não! Na praia, pra fazer um estilo “sou surfistinha” cai muito bem. Somente NA PRAIA!! Acho legal naquelas modelos lindas que ficam bem com qualquer coisa, mas nunca vi nenhuma mulher na rua de boné que me chamasse atençao positivamente. Pegar boné do amigo ou namorado pra botar fotinho no facebook até vai, mas de resto deixa pra praia ou pra jogar tennis.

William Silveira Idade: 23 anos Profissão: Militar do exército Batom vermelho: Considero algo bem particular. Se vai ficar bem ou não, varia de pessoa para pessoa, de acordo com a combinação das roupas, do cabelo e do estilo. Algo que influencia muito é o volume dos lábios e o tamanho dos olhos. Não dá pra mulher querer destacar tudo que tem no rosto (risos)! Exige uma personalidade característica. Há uma linha tênue entre o sucesso e o fracasso, pois ao invés de ficar sexy e atraente, poderá ficar vulgar ou brega. Boné: Acho lindo mulher de boné, mas depende do lugar que se vai frequentar e da ocasião. Por exemplo: em uma partida de tênis ou, até mesmo, na praia, não se necessita muito de estilo, é mais funcional. Acredito, porém, que combine mais com mulheres que tenham maxilares ressaltados.

Vinícius Rocha Idade: 24 anos Profissão: Técnico em radiologia Batom vermelho: Acredito que, na maioria das vezes, ajuda a mulher se sentir sexy e sensual! Eu gosto, acho bonito, ainda mais se a mulher estiver se sentindo bem ao usar. Boné: Eu, particularmente, acho o boné um acessório que só deve ser usado por mulheres para praticar esportes. Se a menina usar o boné para forçar um estilo moleca, princesinha de aba reta, então nem pensar (risos)!

Fotos: Divulgação

Gabriela Talamini


Conecte-se

Badalo

No ranking da moda Mas, como sabemos que é extremamente necessário para nossa saúde e bem estar, por que não se exercitar com um look bonitinho? Porque engana-se quem acha que a moda está somente nas roupas do dia a dia ou de festas. Manter o estilo e a beleza, mesmo nos momentos de esforço e muito suor, também é essencial. Hoje há uma grande variedade de modelagens, cores e estampas, mas, lembre-se: o importante é compor um visual confortável que permita sua mobilidade e não algo que faça sentir-se incomodada ou receosa, afinal as peças possuem vários estilos e comprimentos que atendem a todos os tipos de silhuetas.

Fotos: Divulgação

Para não errar, basta ficar atenta ao seu tipo de corpo. Se você tem...

PERNAS CURTAS: use e abuse de shorts curtos, short-saias ou bermudas com detalhes verticais; se você acha isso um problema, pode optar por calças mais

23

PERNAS FINAS: amplas e leves;

PERNAS GROSSAS: esqueça tons claros e chamativos, bem como as estampas, invista em leggings ou corsários escuras;

BUSTO GRANDE:

opte por tops de boa sustentação e por camisetas. Nem pense em bodys, eles só realçam;

QUILINHOS A MAIS: fique longe das peças mais ajustadas e curtas, como shortinho, body, macacão, sainha e top;

BARRIGUINHA: evite peças que marquem as gordurinhas, principalmente shorts/bermudas ou calças com elásticos muito apertados. Lembre-se que só pode mostrar a barriguinha quem pode!

Em meio a tantos estilos de shortinhos, bermudas, bodys, camisetas, corsários, leggings, macacões, short-saias e tops, não nos faltam opções para malhar, andar de bicicleta, caminhar, correr, fazer musculação, yôga, pilates ou o seu esporte favorito. Basta identificar pontos fortes e fracos e aprender a evidenciá-los ou disfarçá-los. E nada como uma roupinha nova para dar aquela animada! Outro detalhe muito importante é investir em um tênis de qualidade, pois é essencial para a nossa saúde e não podemos abrir mão desse detalhe. Veja seu foco de exercício e compre o modelo apropriado. Ainda tem mais: para compor o visual, aposte nos acessórios típicos, como as mochilas e bolsas e não esqueça do seu squeeze (garrafinha), usado para matar a sede entre um exercício e outro. Então, agora é só escolher seu look e bom treino!

Foto: Juliano Kirynus

E, mostrando a importância dos resultados profissionais, a Louis Vuitton tem estampado seus anúncios com atletas que marcaram época e são ícones mundiais. No ano de 2010, a LV reuniu os jogadores de futebol Pelé, Maradona e Zidane, para estrelarem juntos a campanha Journeys. Já no ano de 2012, a LV trouxe a campanha “Duas carreiras extraordinárias, um mesmo destino”, estrelada pelo nadador americano Michael Phelps, ao lado da ginasta russa Larissa Latynina, de 77 anos, atleta com o maior número de medalhas olímpicas até o ano de 2012 (quando perdeu o título para o companheiro de foto, Phelps). A exemplo de Larissa, não são apenas os atletas masculinos que garantem seu espaço no mundo da moda. As tenistas Maria Sharapova e Gabriela Sabatine merecem destaque no universo que liga moda e esporte. A russa Maria Sharapova, em 2005, foi considerada a atleta mais bem-sucedida da história, com fortuna de18 milhões de dólares anuais, sendo a maior parte proveniente de patrocínios e campanhas publicitárias. No ano de 2010, foi a esportista mais bem paga do mundo, com o cachê da Nike equivalente a 70 milhões de dólares. Já a tenista argentina Gabriela Sabatine dispensa apresentações. Além de ser a mais jovem semi-finalista do torneio Roland Garros, Gabriela possui uma marca de perfumes que leva a sua assinatura, lançada há 23 anos, ultrapassando décadas e gerações de sucesso. Finalizando o nosso ranking, entra em cena a última campanha da MAC Cosmetics, lançada no início de 2013. Com o tema “Força”, tem como garota-propaganda a fisioculturista sérvia Jelena Abbou, que exibe o contraste entre a força e a musculatura, com a delicadeza e feminilidade da maquiagem. Definitivamente, a moda e o esporte caminham lado a lado. E, para um esportista entrar nesse “mundo da moda”, a beleza não é o essencial. Os fatores carisma e medalhas conquistam os lugares mais altos do pódio, e é aí que o atleta sai dos campos/quadras para os outdoors das grandes marcas.

Fotos: Divulgação

O esporte e a moda andam juntos e são inúmeros os atletas que disputam o ranking dos mais bem pagos, assinando contratos milionários com grandes patrocinadores. As mais importantes marcas do mundo unem o esporte à moda e escolhem atletas renomados para representarem suas criações. David Beckham é medalha de ouro no pódio “Esporte & Moda”. Aos 37 anos de idade, “muso” das mulheres, o jogador passou pelos melhores clubes de futebol da Europa, é um dos homens mais bem vestidos do mundo e estampa as melhores marcas internacionais de roupas masculinas. Além de ser o rosto da Adidas e Emporio Armani, seu nome assina uma linha de cosméticos e perfumes, em parceria com a marca Coty. Recentemente, Beckham posou para a nova campanha de roupas íntimas da marca H&M. Garoto-propaganda da marca pela terceira vez, Beckham desenhou exclusivamente a coleção apresentada. E, como tudo o que usa é garantia de sucesso e vendas, Beckham tem “desfilado” pelas ruas com os óculos de grau criados, desenhados e recém-lançados pela esposa, a estilista e ex-Spice Girl, Victoria Beckham. Para a marca Emporio Armani, é clássico ter “atletas galãs” estampando campanhas. Além de David Beckham, o tenista espanhol Rafael Nadal substituiu o jogador português Cristiano Ronaldo e continuou na marca por várias coleções. O jogador brasileiro Kaká também estampou uma campanha publicitária para a Armani, com um outdoor localizado no ponto mais bem sucedido de Milão, onde estão concentradas as lojas das grandes grifes internacionais. O tenista suíço Roger Federer é um dos melhores jogadores de tênis dos últimos tempos, o que lhe acarretou diversos contratos milionários, dentre eles os com as marcas Wilson, Rolex, Mercedes-Benz, entre tantos outros. No ano de 2003, Federer assinou sua própria linha de cosméticos, a RFCosmetics. No entanto, seu maior patrocinador é a marca Nike, que, anualmente, paga milhões de dólares para tê-lo em propagandas e usando produtos da marca.

Bem-vinda ao grupo de segunda-feira, o grupo que se engana prometendo começar uma rotina de exercícios e dietas (e mais, mantendo esse ritmo!).

Fotos: Divulgação

22

Esporte e moda: a combinação perfeita para os dias de hoje, em que qualquer ida à academia pode virar um #Lookdodia nas redes sociais.

Juliana Domingues Villela Estilista


Make

Mania de

nude!

Nádia Ferrari Maquiadora

Na verdade, o nude é uma tendência de maquiagem que está virando um clássico, algo tão forte que muitas marcas têm criado coleções de produtos de beleza, como esmaltes, bases, sombras, batons e até perfumes nude! A maquiagem NUDE tem a intenção de fazer as mulheres parecerem naturalmente lindas, como se não estivessem usando nada, ou melhor, quase nada! No entanto, engana-se quem pensa que só precisa lavar o rosto e sair de casa para seguir essa tendência. A maquiagem nude não é menos elaborada do que os outros estilos. Na verdade, a make seguindo esse gênero é praticamente uma ostentação à pele aveludada e bem tratada, o que dá certo trabalho!

_O PRIMEIRO PASSO É IDENTIFICAR SEU TOM DE PELE! O fundamental para se obter sucesso na maquiagem NUDE é acertar na escolha de todos os tons dos produtos que serão utilizados. Esses devem ser adequados ao próprio tom e cor da sua pele! Escolhidos os produtos e acertados os tons, eis a hora de pôr a mão na massa! Mas, como fazer?

Fotos: Divulgação

24

_A PELE É essencial saber que, para esse tipo de maquiagem, você precisa aprender a preparar sua pele e deixá-la uniforme. É preciso investir muito no corretivo, base e pó compacto para conseguir o visual perfeito. Todas as manchinhas e imperfeições da pele devem ser escondidas sem que o rosto pareça “mascarado”. Na hora do blush, escolha os tons próximos da cor da sua pele com um tom a mais. Os ideais são pêssegos, rosas nude e bronzes.

_OS OLHOS A expressão também não pode deixar de ser realçada! O olhar diz TUDO! Pode-se aplicar em toda pálpebra móvel tons de sombra marrom, bege, areia, rosa antigo ou pérola. Dê preferência aos opacos, acompanhados de máscara para cílios e delineador bem fininho, que são ótimas pedidas para os olhos.

_A BOCA Use batom cor de boca, ou melhor, use batom da cor da sua boca! Lembre-se: a intenção é parecer natural e cada pessoa tem seu tom de pele, então escolha seu batom conforme o seu tom! As cores são geralmente os beges e rosados pálidos, mas, também pode-se optar pelo gloss transparente.

E ESSA MAQUIAGEM PODE SER USADA PARA FESTAS? CLARO! É um tipo de maquiagem muito versátil e elegante, basta fazer algumas mudanças! Nos olhos, escolha os mesmos tons de sombras, mas, agora, cintilantes. Aplique várias camadas para cílios e dê um pouco mais de evidência para o traço do delineador. Na boca o “cor de boca” deve ser mais intenso e expressivo. E, para arrematar com chave de ouro, aplique iluminador facial. Puro glamour! Enfim, esse estilo de maquiagem NUDE, que faz parecer que estamos de “cara limpa”, vai pedir um pequeno esforçinho, mas, para nós, divas da maquiagem, tudo vale a pena para parecermos “naturalmente lindas”! PRATIQUEM! BEIJOS E ATÉ A PRÓXIMA!

ANÚNCIO YES

25

Muito se ouve falar de maquiagem nude. Mas, afinal NUDE é o que? É cor ou tipo de maquiagem?


Nail Art

Bem estar

Suas unhas também

Carolina Silveira Jornalista

Larissa Braga Nutricionista CRN 7716P

precisam de cuidados! Nas outras edições desta coluna falamos sobre esmaltes, tendências e acabamentos diferentes. Tudo muito lindo, muito colorido, mas de nada adianta andarmos com as unhas pintadas se não dermos os devidos cuidados que elas merecem. Você sabia que a parte mais suja do nosso corpo são justamente as unhas? É nela que se acumulam bactérias e sujeiras que podem causar infecções e até mesmo doenças. Por isso, é essencial que estejam sempre limpas e longe de nossa boca. Então, roer unha, jamais! Algumas dicas podem ser bem importantes para mantermos a boa aparência das mãos e também cuidarmos de nossa saúde. E atenção, homens! As suas unhas também precisam de um pouquinho de atenção.

Limpeza é o essencial. Mantenha as unhas sem sujeira, tanto as das mãos quanto as dos pés, principalmente na parte de baixo, que é onde ela mais se acumula. A recomendação é tentar fazer a mão ou uma vez por semana ou de quinze em quinze dias, seja no salão ou em casa. Hoje em dia, muitos homens já aderiram a essa ideia e começaram a frequentar manicures, para manter a unha sempre cortada, lixada e sem muita cutícula.

Material:

Para fazer a unha, use sempre materiais descartáveis e esterilizados. Caso você frequente alguma manicure, observe se ela realiza a higienização necessária nos equipamentos. Esta dica também é válida se você faz a unha em casa e os materiais são de seu uso pessoal.

Cutícula:

Na hora de fazer a unha, cuidado ao tirar a cutícula. O ideal mesmo seria que ela nunca fosse tirada, mas somente empurrada, já que ajuda a proteger da entrada de bactérias em nosso corpo. Como hoje em dia é praticamente impossível não tirá-la, é preciso ter muito cuidado para não machucar o dedo ao realizar este processo, pois essa ferida pode causar inflamações e complicações maiores.

Acetona:

Evite o uso de acetona para tirar o esmalte, pois ela resseca as unhas e cutículas, além de que, se usada em excesso, até enfraquece a unha. Opte por removedores sem o produto na fórmula, que além de retirarem bem o esmalte, auxiliam ainda na hidratação. Os lenços removedores também são uma opção prática e saudável.

Hidratação:

Use e abuse de cremes para mãos e unhas. Utilize-os diariamente para manter a mãos macias e hidratadas. Uma boa dica é deixar um potinho de creme sempre na bolsa, assim não tem desculpa pra não usá-lo. As ceras hidratantes para unhas ajudam inclusive a reduzir as cutículas, o que, em alguns casos, até fazem a manicure durar mais tempo. Não se esqueça dos pés! Principalmente no verão que andamos bastante descalços, a esfoliação é essencial para remover as células mortas e manter os pés macios.

27

26

Limpeza:

Passando as festas de fim de ano, logo após o Carnaval você enfrenta o ano, resolve retomar todas as atividades e retorna à academia. Saiba que a fraqueza e o cansaço ocorrem em diversos esportes e, muitas vezes, são simples de serem solucionadas. Existem diversas causas para essas queixas.

Base:

Antes de esmaltar com a cor desejada, use base. Ela é imprescindível pra proteger e fortalecer as unhas, além de ajudar a evitar o amarelamento, que aparece quando se pinta frequentemente. Para um melhor resultado, é importante escolher a base de acordo com as características da unha.

Dicas simples, que podem ser tranquilamente incorporadas em nossa rotina, pois nada melhor do que aliar a beleza de uma unha bem feita com saúde.

Portanto, saiba que, além de adequar sua dieta à sua carga de treinamento, o descanso é indispensável. O importante é não exagerar e respeitar os limites que o próprio corpo sinaliza. O equilíbrio é essencial!


Acessorize-se

DIY

Designer

Paula Blaas Jornalista

Invista em cases bacanas que você possa ir trocando conforme a sua roupa de academia e o seu humor. Desnecessário dizer que a seleção de músicas deve respeitar o seu gosto. Além disso, a playlist deve ser modificada para que o exercício não volte a ser entediante. E nada de músicas lentas ou que deixem você pra baixo! A palavra de ordem é disposição!

OLÁ PESSOAL BABADO,

MATERIAL:

vocês devem ter visto por aí uma trend chamada ‘Galaxy’ e como nós da Babado estamos sempre querendo colocar todo mundo dentro das news, vou ensinar um tutorial de como fazer a estampa que tá bem ‘in’ no momento! Nesse caso, vamos fazer uma estampa de cruz, porque além de ser bem fácil de desenhar, ela é mais democrática, mas caso você queira fazer outra estampa, é só deixar a criatividade fluir.

Camiseta, blusa, ou qualquer outra peça de roupa que seja de tecido algodão ou semelhante (cor clara, branco, nude, pra não interferir na cor da estampa) Tinta pra tecido: preta, branca, violeta, fuchsia e azul cintilante Papel contact: Para fazer a forma do desenho e lápis, óbvio Esponja: dessas que se usa pra lavar louça mesmo Escova de dente velha Água e um pires pra colocar as tintas.

PASSO - À - PASSO: 1

Para mim, esportista de primeira viagem, os shorts mais larguinhos servem apenas para correr e as bermudinhas ficam desconfortáveis na hora do uso dos aparelhos porque suamos muito. A legging, em contrapartida, é muito quente durante o verão, por isso considero a corsário o “acessório” ideal da nossa ginástica!

Comece fazendo o desenho no verso do contact, eu fiz uma cruz mas vocês podem escolher qualquer um.

As peças em dry fit, para mim, são as melhores. Permitem que o nosso corpo respire enquanto se exercita.

5

A hidratação é fundamental antes, durante e depois do exercício. Que tal transformar aquela garrafinha sem graça em uma linda garrafa companheira da aventura que é ir diariamente na academia? Vale ter várias!

Gabriela Pugliesi, blogueira do Tips4Life, tem o instagram mais inspirador de todos! Quando você está quase desistindo de levantar para ir malhar, ela coloca a foto de um exercício novo, uma comidinha saudável ou da bunda mais dura que você já viu na vida! Junto com as fotos, ela sempre dá dicas, com hashtags super engraçadas e motivadoras!

2

3

4 29

Pulseiras, colares, brincos. A gente não abre mão de andar tapada de penduricalhos que complementam nosso visual, não é mesmo?! Mas, se tem um lugar onde os acessórios não fazem a minha cabeça (nem os meus pulsos, pescoço e orelhas), é a academia. Eu explico. Para mim, levantar da cama e ir malhar é o momento mais difícil do dia. Quando a minha preguiça atinge o ápice, aquela sala cheia de aparelhos e gente suada me parece uma verdadeira prisão. Por isso, tudo o que eu não quero é me sentir ainda mais presa, cheia de pulseiras e aneis. O uso de joias na academia não é nem mesmo recomendado pelos professores, já que, além do desconforto, pode provocar acidentes. Quer dizer então, que além de fazer o sacrifício de malhar, a gente não pode nem se arrumar para isso? Que nada! Foi-se o tempo em que tínhamos apenas duas opções: desistir ou malhar de cara amarrada. Para atingir o público feminino, o mercado também se aprimorou e investiu em outras peças, que se transformaram nos nossos “acessórios de academia”. A ideia é que a gente incorpore outras coisas do nosso dia a dia aos momentos de exercício. Se você, por exemplo, adora comprar roupa (quem não gosta?), que tal optar por uma calça de ginástica em vez da centésima de jeans? Ou, se você precisa ouvir música em todos os momentos do seu dia, mas não curte muito a playlist da academia, invista no seu próprio aparelho e reserve um tempinho para escolher o que vai ouvir enquanto estiver na bicicleta na manhã seguinte. Assim, você leva a academia e, consequentemente, a prática de exercícios para outros momentos do seu dia. Você vai ver que caminhar na esteira não vai ser tão chato assim! Para apontar um norte para as sedentárias de plantão, as blogueiras de moda também mudaram. Atualmente, até mesmo o “look do dia” foi parar na academia. Com projetos que mostram as dificuldades que elas também passam em busca do combo saúde + corpo bacana, elas fotografam tudo que pode servir de incentivo para nós, ex-preguiçosas. São dicas como o melhor tênis para cada tipo de exercício, a roupa mais confortável para os abdominais e as músicas que tocam no iPod de cada uma delas. Tudo para que a academia passe a ser sinônimo de diversão! Se os acessórios tradicionais não são tão bem-vindos na hora de malhar, a principal dica é investir em outras peças e objetos que sirvam como acessórios para a nossa disposição! O importante é não se afastar do nosso objetivo: saúde em dia e barriga sarada. Não se enganem. Se o inverno já está chegando, é porque logo ali o verão 2014 também vai dar o ar da graça! É melhor começar a correr agora!

Priscila Barboza

Repita o processo com cada tinta colorida em uma outra esponja, só que dessa vez não coloque em toda estampa! Vá espalhando em certos pontos, deixando uns mais fortes outros mais fraquinhos, para que não predomine uma cor só. Fotos: Divulgação

28

Se você não é adepta do uso de joias e bijuterias na hora da malhação, transforme outras peças em acessórios que ajudem você a se motivar para o exercício.

Recorte a área de dentro do desenho e retire o plástico do contact.

Cole ele na camiseta (em uma superfície plana) com muito cuidado pra não ficar enrugado. Coloque uma caixa ou qualquer proteção pra que a tinta não passe pro outro lado da camiseta.

6

Por fim coloque as 3 tintas juntas na mesma esponja, e espalhe as três misturadas, pra reforçar esse efeito.

7

Pegue a escova e passe um pouco na tinta branca.

Despeje a tinta no pratinho, coloque um pouco na esponja e vá espalhando bem até completar o desenho. O preto é pra usar como base, não precisa ficar completamente preenchido, mas cuidado pra não deixar muito espaço em branco!!.

8

Coloque levemente na água e bata ela no pratinho pra retirar o excesso. Depois é só respingar pela estampa até ficar com vários pontinhos brancos.


Por aí

Street Style

Figurinista

ciam uma vista linda. Tem lugar melhor para se inspirar e reunir boas vibrações para esse próximo ciclo que já vai começar? Por lá, escolhi looks simples, mas que retratam bem esse sentimento gostoso de férias, a energia e a despretensão que essa época carrega. Por fim, gostaria de agradecer ao fotógrafo Jeff Münchow por ter me acompanhado nessa tarde tão agradável! Ele não deixou tirar uma foto sequer do look dele, mas posso garantir que ele estava estiloso!

30

Aline Moraes

Cláudia Leite Arquiteta

Amabel Muhmmad Estudante.

Bruno Melo Estudante.

Octavia Castagno Estudante

Fotos: Graziele Pacheco

Dentista

Juliana Pons Advogada

Henrique Neutzling Estudante

Julio Neutzling

Anna Dode Advogada

Estudante

Cláudio Leite A grônomo

Amanda Manduca Estudante

31

Ah, ok! Não vamos ficar tristes porque o Carnaval acabou e nem porque as nossas férias também estão terminando. Antes, vamos pensar que estamos vivendo um momento bem interessante, quase um réveillon não oficial em nossa vida! Foi pensando mais ou menos nisso que o Por Aí dessa edição fez uma leve visita ao Laranjal, mas precisamente à Praia do Laranjal. Escolhi esse lugar por um motivo muito simples: ele recebe uma boa parte dos pelotenses durante o verão. Lá, as pessoas se divertem, encontram amigos, se exercitam, comem guloseimas deliciosas e, ainda, apre-

Grazi Pacheco


Bazar Manoela Nogueira Soares

32

O

utro dia eu estava no supermercado com o carrinho cheio. A previsível fila já estava formada e me aguardava ansiosa. Olhei pela janela e já tinha escurecido, ou seja, eu não poderia voltar para casa a pé. Meu coração disparou. E se não tivesse nenhum táxi no estacionamento? Sofri enquanto as pessoas a minha frente pagavam suas compras, sofri ao colocar cada item em cima da esteira e ao ouvir o “bip” de cada um deles pensando em como eu voltaria para casa sem táxi, sozinha, com uma melancia na sacola e de noite. Só acalmei os ânimos quando vi aquele carrinho branco na frente do super. Seguido por mais sete iguais a ele. Moral da história: não precisava ter sofrido, podia ter me concentrado nas compras e lembrado que não se compra uma melancia inteira quando se mora sozinho. Mas, enfim. Nós, que sofremos por antecipação, estamos sempre angustiados com alguma coisa que pode não dar certo. “E se ele não estiver gostando de algo que estou fazendo?”, “E se a minha amiga não me perdoar por ter esquecido o aniversário dela?”, “E se essa dor for por algum motivo mais sério?”, “E se eu não tiver inspiração para o próximo texto?”. “E se” parássemos de sofrer e deixássemos que as coisas acontecessem simplesmente como elas têm que acontecer? Se ele não está gostando de alguma coisa que você faz ou fez, o jeito é vir te falar, porque ele já deve ter percebido que você não é adivinha. “E se” antes de vir falar ele resolver te cortar da lista simplesmente porque não gostou de algo que você faz e nem veio reclamar,

provavelmente é porque ele não merecia mesmo estar ao seu lado e, lá no fundo, se você parar pra pensar, também tinham coisas que te incomodavam. Então é isso; aconteceu a única coisa que podia ter acontecido. Se a sua amiga não te perdoar porque a sua cabeça não serve pra nada e você esqueceu o aniversário dela, paciência. Algumas pessoas realmente dão valor às datas e, mesmo quem não dá, gosta de ouvir um “Oi, lembrei de você”, pelo menos no dia do aniversário. Corra atrás do prejuízo (e comece hoje) ou contente-se por ter um amigo a menos. Se a sua dor for por algum motivo mais sério, você só saberá quando consultar um médico. Então, não deixe que essa dor te acompanhe todos os dias, não te deixe dormir, nem trabalhar e nem viver em paz. “E se” realmente for algo mais sério, espere para sofrer depois do resultado do exame, mas, não espere para fazer o exame. Sofrer por antecipação nunca ajudou ninguém a conseguir algo. Liberte-se dos seus pensamentos ruins e tenha “certeza” que tudo o que você quiser vai acontecer. Lembra do “segredo”? Planeje, pense, idealize, construa, dê uma cara, um nome e uma data para colocar em prática todos os seus planos. Não fui eu quem disse isso, mas já tentei, e deu certo. Vale a pena! Prometi pra mim mesma parar com essas bobagens de sofrer antes porque tira a graça de ter tranquilidade e deixar para sentir as coisas apenas quando for o tempo de senti-las. Se eu chegasse ao estacionamento do super com um milhão de sacolas (mais uma melancia) e tivesse dado de cara com o ponto de táxi vazio, aí sim eu poderia começar a chorar. Mas, sabe? Era só ligar pro número do taxista que tenho na minha carteira e eu esperar, no máximo, 20 minutos até estar em casa sã e salva. É desumano fazer isso com a gente. Sofrer antes, quem sabe durante e ainda depois. Eu já estou tentando me livrar deste mal. Aconselho. Porque se ficarmos vivendo do que pode ou não acontecer, esqueceremos que o melhor da vida é o agora.

Nós, que sofremos por antecipação, estamos sempre angustiados com alguma coisa que pode não dar certo

PAETÊ VESTIDO RÓLEO AZUL PET 0 R$ 270,0 A IN T N E RIA, 855 VAL S DA PÁT IO R Á T N VOLU 2-8417 | (53) 330 PELOTAS

RLA MISETA O A C O ID T VES 0 R$ 129,9 DE DRA N A A NTRO, ELIZ AR DE DE M G IN P P SHO L LARANJA LOJA 35 - 3) 9982-1565 | (5 PELOTAS

LO DANI BEL 56,00 VESTIDO $2 R ,50 POR DE R$320 ES OTROS AIR IETA, 2399 CH PADRE AN 3) 3303-0340 | (5 PELOTAS

S! UDE BY YE BATOM N A CAD R$ 14,90 ICS ET M S YES! CO ETO, 933 N L GENERA -6925 (53) 3225 | S A T O L PE COLA INO COCA IN M E F TENIS 0 R$ 112,8 24 IO NEVES 17 3 HERCÍL NDRADE A 15 O O N Ã IA D FLOR CALÇA L A H C E R LOJA 17 - MA BRO 667 M ESQUINA E V O N E - XV D MALCON 3) 3027-8100 | (5 S PELOTA

33

Jornalista


Vista sua casa

Vista sua casa

Além da

Tudo começou com um casal apaixonado pela gastronomia que tinha prazer em receber amigos e organizar reuniões para a galera. Depois de alguns anos fora de Pelotas, voltaram para a cidade e os planos de abrir um restaurante começaram a surgir. Apenas adoradores da gastronomia, não tinham experiência em restaurantes, mas ideias e projetos não faltavam. Eles são Raul Garré e Ana Klug, que decidiram viajar por outros países e encontraram em Barcelona o nome e o conceito ideais: Madre Mia – Fusão Latina. A cozinha de fusão tem por base a mistura de vários sabores – nesse caso, a escolha foi para os sabores latinos –, resultando em pratos, aperitivos e bebidas deliciosas. Logo, eles foram atrás da realização do sonho. Encontraram Vicente Botti, um dos atuais sócios, que já possuía experiência em restaurantes. Hoje, junto de mais dois sócios, Jorge Curi e Augusto Terra, formam a equipe do restaurante. O que é o Madre Mia? Vai além da gastronomia. É um espaço inovador e ousado que se destaca pelo ambiente acolhedor, bonito e riquíssimo em detalhes de decoração. Mais que um restaurante, o Madre é, sim, um espaço que aguça a criatividade e surpreende o cliente em cada cantinho, com os objetos e as texturas usadas. As inspirações para o restaurante vieram de viagens pela Espanha, Uruguai e Argentina e deixaram o ambiente com a cara e o estilo conceitual do restaurante. Quando encontraram o prédio para localizar o empreendimento, contrataram um arquiteto, Rodrigo Porres, que foi responsável por fazer a estrutura do restaurante, como os banheiros, cozinha e salão de atendimento, deixando o espaço pronto para receber a humanização e decoração. Raul já vinha planejando e idealizando os ambientes, usando sua experiência em Publicidade e a formação em Desenho Industrial. Em parceria com artistas daqui e de fora, os sócios foram deixando o lugar com uma cara descolada e muito convidativa. O Madre Mia tem espaços tanto internos como externos, todos fazendo parte de uma unidade com muita criatividade e harmonia, desde o cardápio e atendimento até o ambiente. Projetos para o futuro não param. E a equipe do Madre tem a intenção de fazer workshops, exposições que tragam artistas para dentro do restaurante e até formar uma loja virtual com a grife fusão latina... Tudo com a ideia de fomentar esse mercado de arte! Ainda não conhece? Não perde tempo e vai lá conferir:

Catarina Toaldo Loder Arquiteta CAU 118243-9

2 l O salão principal, composto de vários ambientes, conta com luminárias pendentes, textura preta & branca em formas geométricas na parede e quadros com estilo próprio em cores vibrantes, além de mesas, sofás e banquetas que formam um ambiente acolhedor e diferenciado. 3 l O jardim mostra a total intenção de reciclar e reaproveitar com estilo. Dando destaque aos bancos feitos de pallets (estruturas de madeira usadas para transporte de cargas) pintados em cor vibrante (azul turquesa). Junto desse espaço, muitas vegetações também estão presentes. Tudo isso passa uma ideia mega descolada e ousada para o ambiente externo, com o agradável clima ao ar livre.

Foto: Divulgação

4 l A iluminação é muito importante, em qualquer ambiente. Nesse caso, a proposta é um ambiente com penumbra, com pendentes e abajures de estilos bem retrô, contribuindo para o aconchego do local. 5 l A equipe de cozinha e garçons é selecionada para que seja composta de uma galera com a cara do local, com o mesmo estilo de vida e que tenha prazer em estar ali.

35

1 l Cozinha de fusão latina. Muitas variedades no cardápio que é trocado de tempos em tempos para oferecer novas opções aos clientes. Junto às modificações gastronômicas, inovações na decoração também são previstas. Tudo para agradar ao público. Cozinha de fusão latina. Muitas variedades no cardápio que é trocado de tempos em tempos para oferecer novas opções aos clientes. Junto às modificações gastronômicas, inovações na decoração também são previstas. Tudo para agradar ao público.

Fotos: Raul Garré

34

gastronomia...


36


Revista babado terceira edição em baixa  
Advertisement
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you