Page 1

Quem faz Chapecó hoje

100

ANO 13 • Nº 76 JUL/AGO/SET • R$ 16,00


Parabéns

Chapecó

(49) 3321 1700 (49) 98423 1707 Grupo Nostra Casa www.nostracasa.com.br


Desde 1980

Desde 1980

ajudar ajudaraaconstruir construir aanossa nossa história história

WG Comunicação 3312 1230

WG Comunicação 3312 1230

Temos Temosorgulho orgulhode de


WIZARD É, COMPROVADAMENTE, A MELHOR ESCOLA DE IDIOMAS DO BRASIL Por meio de uma metodologia diferenciada, você aprende inglês com a experiência de conversação desde a primeira aula!

VIP

Você escolhe seu horário e dia. Faz suas aulas sozinho ou em dupla, podendo fazer idiomas dentro do seu nível de conversação específico e necessidades diferenciadas.

WIZARD ADULTOS Rua Rui Barbosa, 244 E - Centro - Chapecó

.............

Aulas em turmas, horários e dias oferecidos pela escola. Com colegas, você tem interação, ambiente de conversação e dinâmicas de aprendizado, além de fazer amigos.

.............

CLASS

PLUS

Estudo individualizado. Ambiente multimídia. O curso acontece no seu ritmo, e você tem até 60 horas na semana para marcar suas aulas no dia e horário que você preferir.

Premiada como a melhor escola Wizard de Santa Catarina pelo PEF, Programa de Excelência de Franquias.


Primeira escola especializada em ensino de idiomas para crianças e adolescentes em Chapecó, inaugurada em 2012.

TEENS

Para crianças de 7 a 10 anos. O aprendizado acontece com assuntos de interesse da criança e do contexto de mundo que elas vivenciam nessa idade.

Para adolescentes que buscam aprender inglês e têm interesse em se relacionar com o mundo, seja em viagens de intercâmbio ou fazendo amigos ao redor do mundo pela internet.

.................

LITTLE KIDS E KIDS

.................

TOTS

WIZKIDS Rua Pio XII, 241D - Centro - Chapecó

WIZARD ADULTOS

WIZKIDS

Para crianças de 4 a 6 anos de idade. As crianças são estimuladas a explorar as mas diversas formas de atividades lúdicas, que auxiliam na aquisição do aprendizado de idiomas.

3323.3700

3312.1000


editorial

Q

uando nos reunimos para a reunião de pauta desta edição foi votado por unanimidade em falar de Chapecó nos dias de hoje. Não que a história de Chapecó não mereça ser revisitada, porém seríamos repetitivos, pois

há praticamente todos esses 14 anos de vida contamos, re-contamos e registramos essa bela trajetória dos 100 anos de Chapecó. E assim concebemos a nossa matéria especial. Um retrato de quem são as pessoas que fazem “a roda girar”. Apesar de termos algumas gerações de chapecoenses natos, os forasteiros engrossam a lista dos mais de 200 mil habitantes. Eu, por exemplo, sou natural do Rio Grande do Sul, vim para Chapecó há 35 anos, casei com um chapecoense e meus três filhos também são nascidos e criados aqui. Assisti a transição de ainda uma cidade pequena, longe de tudo para uma cidade onde a distância não é mais problema, encravada entre prédios e construções modernas, palco de eventos culturais, feiras de negócios, e gente chegando de vários cantos para aqui se instalar, morar, e ficar, ou ainda como diz na nossa matéria “um lugar para chamar de seu”! É assim que retratamos a Chapecó de hoje. A mistura colorida de raças, culturas, idiomas, religiões, resultado da onda migratória pela oferta de trabalho, somado aos colonizadores na sua maioria italianos sem esquecer os alemães, poloneses e portugueses e, claro, os caboclos e indígenas que já habitavam essas terras. Tem aquele ditado onde diz que uma imagem vale mais que mil palavras. Por isso escolhi essa fotografia para ilustrar a página. Contrapor toda a modernidade, progresso e evolução de Chapecó hoje e homenagear, agradecer aos desbravadores e colonizadores de ontem. Superbeijo e ótima leitura!

CARLA HIRSCH

CARLA@REVISTAFLASHVIP.COM.BR @CARLAHIRSCH

/revistaflashvip

8

FLASH VIP

@flashvip

@revistaflashvip


índice

12 FICA A DICA AGENDA CULTURAL: 100 ANOS DE CHAPECÓ 14 FALANDO DE CHAPECÓ EM PONTOS 16 FALANDO DE DOR NOS OMBROS 18 DADOS CHAPECÓ EM NÚMEROS 26 INOVAÇÃO E TECNOLOGIA TEMPOS MAIS QUE MODERNOS 34 ARQUITETURA E DECORAÇÃO NÃO IMAGINE, EXPERIMENTE: “SM TEST HOUSE” HOMENAGEADO PELO HOSPITAL DA CRIANÇA SAÚDE 100 ANOS DE REFERÊNCIA EM SAÚDE

42 REGISTRO DAVÍ DÁVI É

44 DIÁRIO DE BORDO NY CITY EM FAMÍLIA 52

58 ESPECIAL DO LUGAR ONDE LONGE SE PODE OLHAR

66 COLUNA/SAÚDE MITOS E VERDADES SOBRE O SONO 68 COLUNA/MODA A MODA COMO PATRIMÔNIO CULTURAL MATERIAL E IMATERIAL LITERATURA/SALADA MISTA

70 GUIA CULTURAL CINEMA/MÚSICA/GAMES/

80 SOCIAL THAÍS DUTRA 82 SOCIAL KIKO SANTOS

84 SOCIAL THIAGO FREITAS 86 CASAMENTO RAFAELA E AFFONSO 88 EVENTO SALTO PARA NOVA FASE 90 BADALANDO NAS ANTIGAS 92 FALOU E DISSE 58

52

26 18

44 34 9


/revistaflashvip

@flashvip

@revistaflashvip

EXPEDIENTE EDITORA-CHEFE

CARLA GRACE MEDEIROS HIRSCH M.TB: SC 0002596-JP CARLA@REVISTAFLASHVIP.COM.BR DIRETORA DE JORNALISMO

CAROL BONAMIGO - M.TB: 3768 SC REPÓRTER

QUEM FEZ ESTA EDIÇÃO

GREICI AUDIBERT ATENDIMENTO/COMERCIAL

FERNANDO SBRUZZI DESIGN EDITORIAL - PUBLICIDADE/CRIAÇÃO

DUANA SCUSSIATO PROJETO GRÁFICO

DENIS CARDOSO PRODUÇÃO/FOTOS E CRIAÇÃO DE ANÚNCIOS

CIDADE COMUNICAÇÃO LTDA CNPJ 05.888.333/0001-12 CAROL BONAMIGO

Jornalista, especialista em Cinema e Realização Audiovisual. Também é nossa Diretora de Jornalismo.

FERNANDO SBRUZZI

DUANA SCUSSIATO

Publicitário. Também realiza o atendimento e comercial da Flash VIP.

Designer de moda, mas atua como designer visual. Também é a diagramadora da edição.

CONTATO/MARKETING E SUGESTÕES

JORNALISMO@REVISTAFLASHVIP.COM.BR FONE: (49) 3322.0033 REVISTAFLASHVIP.COM.BR INSTAGRAM @FLASHVIP TWITTER /REVISTAFLASHVIP FACEBOOK REVISTAFLASHVIP CONTATO/REDAÇÃO

RUA URUGUAI, 844D BAIRRO JARDIM ITÁLIA 89802-501 / CHAPECÓ/SC FONE: (49) 3322.0033 IMPRESSÃO

GRÁFICA ARCUS / CHAPECÓ,SC

GREICI AUDIBERT

jornalista, especialista em Marketing Digital e Mídias Sociais. Também é a responsável pelas matérias que assina, na edição.

10

FLASH VIP

VANESSA ZANROSSO

Fotógrafa, é a responsável pelas fotos da nossa capa e da matéria especial.

A REVISTA FLASH VIP NÃO SE RESPONSABILIZA POR ARTIGOS ASSINADOS E OPINIÕES DE ENTREVISTADOS.


MODA EM COURO Av. GetĂşlio Vargas 1670N Paseo Avenida, Sala 08 11


fica a dica

17 de agosto

AGENDA CULTURAL: 100 ANOS DE CHAPECO Fique por dentro de tudo que vai acontecer no mês em que o município completa seu centenário.

Fundação e Instalação do Instituto Histórico e Geográfico do Oeste de SC e Lançamento do livro Centenário de Chapecó LOCAL: Auditório da Prefeitura de Chapecó HORÁRIO: 18h

19 de agosto

18 de agosto

20 de agosto

Troféu O Desbravador Centenário 2017 LOCAL: Centro de Cultura e Eventos Plínio Arlindo De Nes HORÁRIO: 19h

18 a 20 de Agosto

Exposição de Orquídeas LOCAL: Centro de Cultura e Eventos Plínio Arlindo De Nes – Salas Ely Camargo e Welcy Canals HORÁRIO: das 09h às 22h

18 de agosto

Exposição da 13ª Maratona Fotográfica – Cidade de Chapecó LOCAL: Escola de Artes de Chapecó HORÁRIO: 19h

19 e 20 de agosto

10º Rodeio Artístico Nacional Cidade de Chapecó Dia 19: das 13h30 às 00h Dia 20: das 8h às 19h LOCAL: Sede do CTG Herança Gaúcha – Linha Vitório Rosa

12

FLASH VIP

15º Encontro Brasileiro de Coros Universitários LOCAL: Teatro do Centro de Cultura e Eventos Plínio Arlindo De Nes HORÁRIO: 20h

9º Encantar – Encontro de Coros de Chapecó LOCAL: Teatro do Centro de Cultura e Eventos Plínio Arlindo De Nes HORÁRIO: 19h

22 de agosto

Peça de Teatro “O Auto da Compadecida” HORÁRIO: 20h LOCAL: Teatro do Centro de Cultura e Eventos Plínio Arlindo De Nes

24 de agosto

Festeja Chapecó HORÁRIO: 20h30 LOCAL: EFAPI

30 de agosto a 14 de outubro

Mostra Casa Chapecó – Mostra de arquitetura, de decoração, design, paisagismo e arte HORÁRIO: terça a domingo, das 15h às 22h LOCAL: Central de Decorados Santa Maria


13


falando de

CHAPECÓ EM PONTOS

o

Projeto de oficina de bordados eterniza a história do município

projeto idealizado pela artista e arte-te-

O evento gratuito e aberto a toda a comunidade contou com

rapeuta Leonice Araldi foi contemplado

vários níveis de experiência, o que ampliou o coleguismo.

pelo Edital de Fomento e Circulação das

“Cada bordadeira fez um desenho no papel do que gostaria de

Linguagens Artísticas do município de

bordar. As participantes que tinham mais afinidade com técni-

Chapecó, edição de 2015. Co-organizado

cas de desenho auxiliaram as que não sabiam e logo foi possível

pela fotógrafa e produtora cultural Mari Baldissera, a Oficina de

perceber o ambiente de cooperação e coletivismo que se cria-

Bordado Chapecó em Pontos – que aconteceu entre os meses

va”, diz a organizadora.

14

zar um workshop gratuito sobre técnicas de bordado, ministrada

EXPOSIÇÃO

pelo grupo Matizes Dumont, de Brasília, utilizando como temá-

A exposição foi realizada no dia 1º de abril de 2017, na Casa dos

tica a história de Chapecó e seus símbolos.

Fundos Eventos & Vivências. As organizadoras discorreram so-

“Nossa intenção foi proporcionar aos participantes um contato

bre o projeto e convidaram os presentes a apreciar os bordados

mais profundo com o bordado, sua história, técnicas e estilos.

e degustar o coquetel. “O desenvolvimento do projeto, em todas

Reunir artistas, arte-educadores, arte-terapeutas e artesãos que

as suas etapas, foi uma experiência inspiradora. A repercussão da

já trabalhavam ou tinham interesse em conhecer e replicar téc-

exposição foi muito positiva, os espectadores saíram encantados

nicas de bordado, estimulando-os a resgatar dados e fatos his-

com os trabalhos, com a proposta e com a temática. Imprimimos

tóricos do município de Chapecó”, explica Leonice. O resulta-

no tecido neutro, com agulhas e fios multicoloridos, nossas lem-

do foi exibido em uma exposição com os trabalhos produzidos

branças, memórias e sentimentos sobre Chapecó, no ano de seu

durante a oficina.

centenário”, finaliza Leonice. FV

FLASH VIP

FOTOS: MADELEINE PHOTOGRAPHIE

de setembro de 2016 e abril de 2017 – teve como objetivo reali-


15


falando de

FOTO: PEXELS-PHOTO-185480

Clinica COT Avenida Fernando Machado, 510 E Centro / Chapecó Tel: 49 2049.3800

DORES NOS OMBROS?

16

O tratamento pode ser conservador, também chamado de não

ticulações dos membros superiores, se de-

cirúrgico, que consiste na prescrição de anti-inflamatórios, anal-

senvolveram e se adaptaram para ser de

gésicos, fisioterapia, educação postural, exercícios assistidos e

função e não de carga, como é o caso de

orientados por pessoas especializadas

articulações dos membros inferiores. Para

quando necessário, aplicação local de

isso, os músculos e tendões presentes no ombro desempenham

gelo, repouso, entre outras medidas.

um papel importantíssimo para o bom funcionamento. A causa

Quando o tratamento conservador

mais comum de dor no ombro é quando os tendões são acome-

falha, ou em casos mais graves de

tidos inicialmente por uma inflamação. Os tendões ficam in-

rupturas de tendão, deslocamentos

flamados ou danificados, configurando, assim, uma condição

do ombro ou fraturas, pode exigir a

chamada de tendinite do manguito rotador. A dor no ombro

correção cirúrgica. Entre os métodos

por tendinite ocorre por: desgaste natural devido ao envelhe-

cirúrgicos mais modernos, em alguns

cimento, atividade esportiva, atividades de trabalho em que é

casos, é indicado a artroscopia, pouco

preciso levantar o ombro, trauma direto ou queda sobre o om-

invasivo as lesões do ombro.

bro. Pode ser causada também por artrite, bursite, fraturas dos

A dor persistente no ombro é um si-

ossos, síndrome do ombro congelado, tendinite do bíceps ou

nal importante para procurar o médi-

até uma luxação do ombro.

co. Algumas lesões, quando diagnos-

A dor, em geral, é o primeiro sintoma que aparece. O tratamento

ticadas precocemente, ou seja, em sua

para os problemas do ombro devem ser indicados sempre após

fase inicial, podem ter uma solução

uma investigação precisa e detalhada, por meio de exames com-

bem mais simples e, muitas vezes,

plementares, se forem necessários.

evitar até uma eventual cirurgia. FV

FLASH VIP

Guilherme Wentz Biasuz médico graduado na Universidade Católica de Pelotas, ortopedista e traumatologista com residência cursada no Hospital Pequeno Príncipe, Hospital XV, Hospital HT, em Curitiba, Especialista em ombro e cotovelo pelo Hospital Santa Casa de Belo Horizonte e membro titular da Sociedade Brasileira de Cirurgia do Ombro e Cotovelo. CRM/SC: 11726

a

articulação do ombro, como todas as ar-


17


dados

CHAPECÓ em números Considerada a Capital do Oeste Catarinense e a Capital Catarinense dos Eventos de Negócios (Lei nº 14.071/2007), Chapecó é polo regional para mais de 200 municípios e cerca de 2 milhões de pessoas. A cidade com mais de 209 mil habitantes (IBGE), é sede de algumas das principais empresas processadoras e exportadoras de carnes do Brasil, e não para de crescer. A sua posição privilegiada na fronteira Mercosul e os índices de geração de emprego acima das médias federal e estadual, atraem investidores, gerando ainda mais postos de trabalho. O que garantiu o posto de melhor cidade de porte médio do País, eleito pela revista IstoÉ. E os números de Chapecó continuam a impressionar neste ano, em que completa o seu centenário.

18

FLASH VIP


67ª

626,057 km²

UNIDADE TERRITORIAL

no IDHM 2010 – BRASIL

DESENVOLVIMENTO HUMANO Posição Ranking dos 5.565 municípios brasileiros em Índice de Desenvolvimento Humano Municipal.

*DADOS OFICIAIS FORNECIDOS PELA PREFEITURA DE CHAPECÓ, REFERENTES AO ANO DE 2016.

COORDENADAS

| LOCALIZAÇÃO

SAÚDE

Latitude: 27º 5’ 47” Longitude: 52º 37’ 6”

1.516 servidores 26 Centros de Saúde da Família 533 leitos de internação 67.225 atendimentos/mês 4.326 atendimentos/mês no Hospital da Criança 6.880 atendimentos/mês no Hospital Regional do Oeste Números que renderam a Chapecó o reconhecimento de Melhor Atenção Básica de Santa Catarina, entre os municípios com mais de 100 mil habitantes.

19


dados

98

INSTITUIÇÕES EDUCATIVAS MUNICIPAIS

EDUCAÇÃO

2.683

PROFESSORES

20.744

19 25 mil

INSTITUIÇÕES DE ENSINO SUPERIOR

USUÁRIOS ATENDIDOS NA BIBLIOTECA PÚBLICA MUNICIPAL

ALUNOS

entre educação infantil, ensino fundamental e educação de jovens e adultos

AEROPORTO E HOTELARIA

ARENA CONDÁ tem capacidade para mais de

22 MIL torcedores 2.235 participantes 7 a 14 anos no projeto Atleta do Futuro, através de 49 polos em 78 locais

936 idosos atletas da Superidade

40 voos/semana 35 mil passageiros/mês 250

Acontecem no Aeroporto Municipal Serafin Enoss Bertaso, que abrange

municípios

a hotelaria conta com 3.237 leitos 20

FLASH VIP

ESPORTE


EVENTOS O Parque da Efapi recebeu

32 eventos pelos quais passaram

166.500 pessoas

AGRICULTURA FAMILIAR

ECONOMIA

*DADOS OFICIAIS FORNECIDOS PELA PREFEITURA DE CHAPECÓ, REFERENTES AO ANO DE 2016.

10 pontos de feiras livres 63 feirantes representando 130 famílias movimentam R$ 500 MIL /mês

No Centro de Cultura e Eventos Plínio Arlindo De Nes

163.680 pessoas prestigiaram 188 eventos R$ 8.146.790.196,88 foi o PIB de Chapecó no ano de 2015 21.881 empresas em atividade 59,8% da população é economicamente ativa 21


espaço vip

VARIEDADES

SEJA MAIS DIGITAL

22

FLASH VIP

Desde 2004 a CPNET entrou no mer-

inovação, alta performance e menor

cado oferecendo serviços de internet

burocracia. Com base nestes pilares,

na cidade de Cunha Porã - SC. De lá

em 2017, a CPNET Telecom reposi-

para cá, ampliou sua atuação para

ciona sua marca no mercado através

103 municípios. Possui cobertura

do conceito “É mais digital”. Para

de 100% do Oeste Catarinense e

a empresa, ser mais digital é buscar

atendimento no mercado varejista,

uma comunicação direta, oferecer

empresarial, corporativo e governo.

qualidade de conexão, contratação

Em seu portfólio estão produtos e

prática, rápida e, acima de tudo,

serviços de internet, telefonia, servi-

liberdade e transparência ao usuário.

ços de hospedagem, computação em

Acreditar no poder do digital para

nuvem, hosting e colocation. Produ-

facilitar o acesso à tecnologia, unin-

tos com diversas características para

do pessoas através do entretenimen-

atender diferentes perfis de clientes.

to ou alavancando os resultados das

Qualidade, segurança, agilidade,

empresas.


MODA COURO E JEANS Fruto da paixão por moda da empreendedora Helen Pin, a Gabardina nasceu em junho de 2015, em Porto Alegre, RS. Um ano depois, chegou a Chapecó como pioneira no setor de moda em couro. Com um design elegante e qualidade indiscutível, a Gabardina possui um amplo portfólio de produtos em couro e jeans: saias, calças, vestidos, jaquetas, bolsas, mochilas e malas. Todas as peças com muito estilo para enriquecer seu look. “A ideia é trazer exclusividade e excelência nos produtos, para entregar ao cliente o que ele realmente deseja. Agradeço a Chapecó por ter me acolhido de forma inexplicável e por ser o local que marca a nova etapa da minha vida”, afirma Helen.

23


espaço vip

VARIEDADES COZINHAR EM CASA NUNCA FOI TÃO FÁCIL de melhor para equipar uma supercozinha. Mesmo para quem não tem muita intimidade com as panelas, é impossível ficar indiferente à diversidade de produtos para facilitar a vida de qualquer chef, seja ele profissional ou amador, de um grande restaurante ou de uma dona de casa. Cozinhar requer tempo e tudo que vier para poupá-lo é bem-vindo, por isso alguns utensílios tornaram-se indispensáveis na cozinha pela praticidade, funcionalidade e design. É o caso dos

24

A paixão pela boa gastronomia nunca

com o prazer de cozinhar e bem receber.

cortadores, inovadores, práticos e fáceis

esteve tão em alta como agora. Principal-

Convivência familiar, reunião com ami-

de manusear. Existe uma variedade deles

mente pelos recursos de diversos utensílios

gos, aliados aos cuidados de uma alimen-

no mercado e a Homey Store dispõe de

e a gama de variedades que o mercado ofe-

tação saudável e saborosa, definitivamente

muitas opções para te ajudar na hora do

rece. A cozinha reinventada passa a ser um

ocupa o espaço nobre do lar.

preparo das refeições e tornar o momen-

dos espaços favoritos da casa, combinada

E, para isso, nada como usar o que tem

to ainda mais prazeroso.

FLASH VIP


VARIEDADES OSTRA FELIZ NÃO FAZ PÉROLA Uma empresa referência na área de gestão de

E, assim como as pérolas que são cultivadas,

pessoas e desenvolvimento humano. Assim é

crescem, se desenvolvem e se transformam,

a MABE – Consultoria, Assessoria e Trei-

o trabalho da MABE busca, dentro das or-

namentos. Com um plano de trabalho abran-

ganizações, colaborar para a transformação

gente, tem objetivo de atender as demandas

das pessoas.

atuais das organizações relacionadas à gestão

Já dizia Rubem Alves... “Ostra feliz não faz

humana. Vários profissionais de diferentes

pérola”. Pois assim como as ostras, que

áreas formam a equipe de conhecimento que

produzem suas pérolas como uma reação e

trabalha de forma multidisciplinar e interdis-

defesa de seu organismo, nós, seres humanos,

ciplinar com soluções inovadoras. MABE é o

estamos sempre em busca da perfeição. E são

nome de uma pérola cultivada. Dessa forma,

as experiências que vivenciamos ao longo de

surgiu a inspiração criativa no processo de

nossas vidas, sejam elas boas ou ruins, que

desenvolvimento e produção da marca. O lo-

nos transformam e nos possibilita sermos

gotipo é formado pela concha, que representa

melhores.

proteção, e a pérola que significa crescimento,

contato@mabesc.com.br

desenvolvimento e transformação.

www.mabesc.com.br

25


inovação e tecnologia

Tempos mais que Como o empreendedorismo jovem cria novas lógicas de pensamento, reconfigura o sentido de trabalho e renova as energias do setor empresarial. Greici Audibert

Q

uando entrei para a faculdade, isso faz algum tempinho, lembro que um dos maiores desejos da minha geração era mudar para capital, trabalhar em uma grande empresa e conquistar a tão sonhada ascensão profissional. Hoje,

apesar de muitos ainda seguirem com esse sonho, existe um grande movimento de jovens investindo em suas ideias e desenvolvendo negócios nas suas próprias cidades de origem. Por causa desse espírito empreendedor que acendeu nos últimos tempos é que municípios, como Chapecó, têm se tornado polo de inovação e tecnologia. Vemos cada vez mais indivíduos buscando e entregando soluções inteligentes para a região, fomentando a diversidade do setor empresarial e melhorando a qualidade de vida das pessoas. De presente, ainda trabalham com um propósito. Segundo a Endeavor Brasil, uma das maiores organizações de apoio ao empreendedorismo, a maioria dos empreendimentos de alto impacto do país estão constituídos em cidades com menos de 500 mil habitantes, comprovando que as pessoas estão mais engajadas com sua comunidade. Esse desejo de mudar e melhorar as coisas ao nosso redor tem feito os jovens daqui perceberem potenciais de negócios e criarem alternativas inovadoras. Um exemplo é a PackID Soluções em Tecnologia. Idealizada pelos engenheiros Caroline Dallacorte e Thales Akimoto, a empresa desenvolve soluções para o monitoramento inteligente da temperatura de produtos que necessitam de re-

26

FLASH VIP


Caroline Dallacorte

em algo que acreditam. Não levam apenas em consideração o risco, pois sobram aprendizados levados em conta no próximo projeto”, acrescenta Gefferson. Toda essa nova cultura, segundo eles, desencadeia a evolução de um ecossistema que não se preocupa apenas em faturar, mas também no compartilhamento do conhecimento e no ciclo de aprendizagem.

frigeração. A cultura da população, o movimento e as experiências

Além da responsabilidade com a comunidade em geral, criando

de alguns empresários e instituições locais foram, na visão deles,

projetos que impactam positivamente na sociedade. “Passamos por

os principais motivos que colocaram os jovens como protagonis-

um início e meio onde essa galera assumia primeiramente cargos de

tas de uma grande mudança/evolução no cenário empresarial da

estágio e tinha certa demora para chegar a um patamar de decisões.

cidade. “Mas, principalmente, temos pessoas abertas a mudanças,

A partir das startups, procuramos resolver problemas e dores que as

com visão empreendedora e motivadas a trabalhar em prol do

pessoas têm, na forma pessoal, genérica, enquanto empresa, negócio

desenvolvimento do município, o que é fundamental para essa

ou comunidade. Além disso, essas novas empresas trazem investi-

transição”, acredita Caroline.

mentos para a região, através da contratação e impostos, dando um

Para a empreendedora, se não estamos contentes com a realidade,

up na economia regional”, constata Gefferson.

a única forma de mudarmos isso é através das nossas atitudes. “Por isso, nós, jovens, temos a obrigação de trabalhar em prol daquilo que acreditamos ser melhor para o futuro. O empreendedorismo é uma alternativa muito interessante e motivadora, que nos traz benefícios pessoais, mas principalmente auxilia no desenvolvimento da região, o que acaba contribuindo para um crescimento mútuo”, acrescenta. A empresa acumula prêmios e participações em eventos e programas de aceleração. Em 2016, conquistou o primeiro lugar na AdMaCom, (Advanced Materials Competition), competição internacional de aceleração de startups organizada pela rede INAM (Innovation Network Advanced Materials), na Alemanha. Recentemente, partici-

Caroline Dallacorte e Thales Akimoto, fundadores da PackID, ficaram em primeiro lugar na competição Advanced Materials Competition (AdMaCom), que tem o objetivo incentivar startups a criarem novas tecnologias

pou e ficou entre as finalistas da InovAtiva Brasil, o maior programa de aceleração de startups do País. Junto com a PackID, também garantiu lugar entre os finalistas, a MusicMe. A startup desenvolveu

Thales Akimoto

uma plataforma que conecta músicos, produtores e compositores para o comercialização de músicas. A empresa foi lançada durante a Startup & Makers, na Campus Party, maior evento tecnológico da América Latina. A equipe da MusicMe é formada pelos sócios Alexandre Weimer, Gefferson Vivan, Glauce Camillo e Peterson Vivan, que têm muitas coisas em comum. Entre elas, não está o medo de falhar. “Com a ascensão do termo startup, os jovens entenderam que esse é o momento de expor suas ideias, seu ritmo e modelo de trabalho, e apostar

27


inovação e tecnologia

Gefferson Vivan

Polo de inovação e tecnologia Embora a economia da região tenha sua essência enraizada nas grandes indústrias, principalmente as empresas ligadas à agroindústria, as startups dão uma nova cara para os negócios do Oeste catarinense. Para se ter uma ideia, a região é um dos polos que mais evoluiu dentro desse cenário nos últimos tempos, segundo gestor do Projeto

No início do ano, ela foi contemplada com um importante investi-

Startup do Sebrae de Santa Catarina, Alexandre Souza. “O Estado

mento para impulsionar seu negócio. O projeto conquistou o Edital

conta com quase três mil empresas do setor tecnológico que empre-

Sebrae de Inovação, que garantiu à empresa a quantia de quase R$

gam cerca de 50 mil profissionais. Este número representa, de acordo

200 mil. “Com o estímulo de programas, universidades e associa-

com pesquisa da Associação Catarinense de Empresas de Tecnologia

ções, o jovem se sentiu desafiado a buscar melhorias. Afinal, para

(Acate), 5% do PIB de Santa Catarina. Muitas delas, ou são startups,

todo problema há uma oportunidade de negócio, de inovação. A

ou foram quando iniciaram e, cerca de 11%, estão no Oeste — um

provocação para que se refletisse mais sobre alguns problemas que

dos polos que mais cresceu”, revela Alexandre.

temos no mundo impulsionou essa mudança. O que quero deixar

Apoiado pelas universidades e entidades como o Sebrae, Senai e Se-

de legado? Uma característica muito forte dos jovens hoje é o bem-

nac, os jovens empreendedores estão sabendo aproveitar as oportu-

-estar e a liberdade, então como consigo isso? Essas reflexões, aliadas

nidades, levando suas ideias para além do papel. E isso não repre-

a algumas técnicas e muitos desafios, estimularam as pessoas e re-

senta, por exemplo, uma competição com as grandes indústrias há

sultaram nesse start empreendedor na cidade”, analisa a diretora do

muitos anos bem estabelecidas por aqui. Pelo contrário, são negó-

Mais Sistemas, Táubita De Sordi.

cios que muitas vezes complementam as empresas tradicionais.

Mas como quase tudo no mundo, todas essas ideias precisam de uma

Um exemplo muito claro disso é a Sempre Mais Sistemas, empresa

base para engrenar. É mais ou menos como aquele provérbio: se quer

de software que desenvolve soluções para o agronegócio, entre

ir rápido, vá sozinho. Se quer ir longe, vá em grupo. Essa é a grande

eles o Sistema Mais Leite. A startup busca soluções para as coopera-

diferença dos tempos em que a minha geração ingressou na Univer-

tivas, indústrias, assistências técnicas, aos laticínios e produtores

sidade. A vocação empreendedora esteve sempre por aí, faltava, ao

rurais, preocupados com a eficiência na produção e gestão. O ob-

meu ver, incentivo e apoio para o desenvolvimento e sustento de

jetivo da plataforma é estruturar a cadeia produtiva, articulando e

ideias e negócios inovadores. Afinal, as ideias só têm sentido quando

integrando ações de desenvolvimento e satisfação dos produtores

colocadas em prática, não é mesmo?

e consumidores.

Nesse contexto existem hoje eventos, como o Startup Weekend, associações, incubadoras, universidades, programas de aceleração e organizações de fomento à inovação e tecnologia, a exemplo do Polo Tecnológico Catarinense (Deatec), de Chapecó. O objetivo da

Gefferson Vivan e Alexandre Alberto Weimer, dois dos sócios da MusicMe, participaram recentemente da InovAtiva Brasil, o maior programa de aceleração de startups do País.

entidade é reunir empresas do segmento de base tecnológica para fortalecer o setor e gerar um incremento no trabalho, renda e inovação tecnológica. “A tecnologia permite, principalmente, uma maior difusão do conhecimento e, com isso, temos também uma melhor qualidade de vida, com mais participação social do cidadão e, por consequência, o desenvolvimento da cidade como um todo”, acredita o presidente da Deatec, André João Telöcken.

Alexandre Alberto Weimer

Ainda não existe um levantamento formal que aponte o número de empresas emergentes em Chapecó. Segundo o diretor de Startups da Deatec, Rudinei Gerhart, os dados estão sendo processados junto às incubadoras, aceleradoras e entidades da região, já que normalmente

28

FLASH VIP


são nesses ambientes as elas surgem e prosperam. Podemos estimar, porém, que são aproximadamente uma centena de empreendimentos com essas características de atuação, formalizados e atuando no mercado. “Esses novos negócios têm uma importante contribuição na geração de emprego, renda e impostos. Também orbitam nessa atmosfera a atração de pesquisadores, cientistas e acadêmicos, pois

Réges Chimello e Edilza Frison são dois dos sócios da Ecosalute, empresa digital que comercializa produtos orgânicos para todo o Brasil

o principal insumo do processo de desenvolvimento de tecnologia e inovação são as pessoas. Com isso, geram-se centros de referência, atraindo novos empreendimentos, universidades e institutos de pes-

aumento significativo na criação de novas empresas de base tecno-

quisa. Esse ecossistema acaba se retroalimentando e cresce organica-

lógica, destacando-se especialmente por sua qualidade e impacto na

mente e exponencialmente”, destaca Rudinei

sociedade”, afirma a coordenadora da INCTECh, Franciele Pastre.

A incubadora tecnológica da Unochapecó, a INCTECh, que desde

Uma das mais recentes empresas incubadas na Universidade, é a

2003 apoia a criação de empresas de base tecnológica, já ajudou a

Ecosalute, empresa digital que comercializa produtos orgânicos para

fomentar 40 empreendimentos na região. Atualmente, atende 20

todo o Brasil. A proposta, além de impulsionar o empreendimento

empresas em processo de incubação, ou seja, que recebem assesso-

e disseminar cada vez mais um estilo de vida prático e saudável, é

rias, consultorias, capacitações, mentorias e monitoramento para

contribuir com os produtores rurais da região. Muitos dos itens dis-

desenvolverem e consolidarem seus negócios. “Acreditamos que os

poníveis no site são produzidos em Chapecó e região, criando um

trabalhos realizados pelas instituições de ensino, aliadas às políticas

sistema incrível de colaboração: do campo, para internet até a mesa

governamentais e apoio das associações empresariais são fundamen-

do consumidor. Lembrando que todos os produtos disponíveis pos-

tais para o sucesso desse novo cenário. Visualizamos a cada dia um

suem a certificação de orgânicos credenciada junto ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) e ao Instituto Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial (Inmetro). “Sempre trabalhamos nessa linha e sentimos a falta desses produtos aqui. Nos maiores mercados de Chapecó, por exemplo, notamos

Taubita de Sordi, do Sistema Mais Leite, conquistou o Edital Sebrae de Inovação, que garantiu à empresa a quantia de quase R$ 200 mil

pouca diversidade de itens orgânicos. Por isso resolvemos comercializá-los e de uma forma muito cômoda, através da internet”, explica Edilza Frison, uma das sócias da empresa. A empreendedora também chama atenção para a democratização do acesso à educação, principalmente no interior. Esse, segundo ela, é um dos pontos fundamentais para o desenvolvimento de negócios inteligentes e de base tecnológica em cidades de médio e pequeno porte. “Antes, o acesso aos estudos estava concentrado nas capitais ou grandes centros. Hoje, os jovens cursam uma faculdade e permanecem, inclusive no meio rural, onde o espírito empreendedor existe e tem grande potencial”, lembra Edilza. E é assim, ao permanecer ou retornar para suas comunidades, que muito jovens inovam, incrementam a economia local, agregam ainda mais valor às suas localidades. Além de ressignificar toda uma ideia de realização profissional e dar um novo e mais feliz sentido ao trabalho. FV

29


espaço vip

PET GATOS PODEM SE INTOXICAR COM PARACETAMOL resfriados. O tutor acaba administrando

estar presentes são vocalização, aumento

a medicação com intuito de aliviar o

da frequência cardíaca, dificuldade de

desconforto do felino. “O uso do para-

respirar, depressão e fraqueza”, orienta.

cetamol em cães deve ser cauteloso e é

O médico veterinário é o profissional

contra indicado em gatos, porque essa

que irá dar suporte para o felino que

espécie não possui a enzima (glicuronil

apresentar sintomas de intoxicação pelo

transferase) necessária para metabolizar

paracetamol utilizando a N-acetilcisteí-

esse medicamento”, explica a médica

na, que é considerada como antídoto

veterinária Liandra Dall Orsoletta.

específico. “Se o animal estiver com

é• ••• um ••••• • ••• •••• • •••• • • •• ••••••••••• • • •••• •O• paracetamol •••• •• • • •••••• •• ••• • •••••••• • ••• • • • medicamento • • • • ••••••••• • • •••• •• •• • • • •••••••••••Conforme a especialista, os sinais clíni••••••• •••••• •• • •• • •• • • •••••••••••••• • • •••• • •humano • • • •• ••••••••• • • •••• •• • • •••••••• • ••• ••• ••••aliviar ••••••••• • • •••• • ••• • ••dor •••••••e febre, usado para cos de intoxicação por paracetamol po•• ••••••• • ••• ••• ••••••••• •• • •• ••••••• •• • ••••• • • • ••••• • •••• •• ••••••••• • ••• • • • • •• • • •••••••••• • • •••• • ••• ••• •• • • ••• •••••••••••• •• • ••••• podendo ser encontrado sozinho ou dem aparecer de quatro a 24 horas após ••• • • ••••••••• • ••• •• •• • • • ••••••••••• • • • ••••• • •• ••••••• • • •• ••••• • •••••••••••• em associação com outros remédios o uso, sendo perda do apetite, vômitos ••••• • •• • • ••••••••• • •• • • •• • • •• ••••••••••••• •• • • •• •• •••••••••••• •• • •• ••• ••• ••••••••••••••• •• •• •••••• • • •••• • ••• •••••• •• • ••••••••••••••••• •• •• ••••• •• • •• • •••••••••••••• •• •• •••••• • • •••• • •antigripais. •• ••• •• • •••••••••••• •• • ••••• • •• •• ••••••• • • • • •••••••• • • •••• • ••• • •• •• ••• •••••••••••• • ••• e salivação. A gengiva e a língua podem •••••• • •••• • • •• • ••••••••• Gatos ficar roxas, podendo ocorrer edema facial • ••• •• • •• • • • ••• • •••• • •• •• • possuem •••••• • ••• • • muita • • ••• • tendência • • • • •••••• • •a• •apre• ••••

•• • •••••••••••••••• •• •• •• • •• • •••••••••••••• • •• •sentarem • • •• •••••••••• • ••••• • •••sintomas • • • •• ••••••••••••• • ••••••• •respiratórios ••• • • • ••••••••• • ••• •••••••• • ••como •••• • ••••••••••e de membros. “Outros sinais que podem • • ••••••• • ••• ••• ••••••••••••• • ••• • •• •• • •••••••••••••• • • •••• • • • ••••• • ••• •••••••• • • •• • ••••••••• • ••• • • ••• • • ••• • • •• •••••••••••••••• •••••••••••••• • ••• • • ••• ••••••••• • • •••••• • ••••• •• ••••• ••••••••••• • • •••••••••• • ••• • ••• • •••• • •••••••••••• • • •••• • ••• • •• • • • ••• ••••••••••••• • ••••••• •• •• • ••••••••• • • • ••••• • • •••• •• ••• ••••••• • • •••• •• •• ••• ••••••••• • • •••••• • • ••• • •• •••••••••• • • •• • •• • • • • ••••••••••••••• •• •• •••••• • • • • • ••••••• • • • ••••• • • •••• • • • • •••••••• • • •••• •• •• •••••••• ••• •••••••••• •••• •• ••• • •••••••••• • • •••• •••• •• •• •••••••••••••• • ••• • • • • •••••••• • ••• • • •••• • • • ••••

• • •••• • • • • •• • • • • • • • • • •

• ••• •••••••••••• • • •••• • • • • •• • • • • • • • •

•• • •• • •• •• •• ••• • • •• •••• •• • • •••• ••••••••••••••••••••••••••••••••• • • • •• •• • • • • • • • • • • • • • •

30

FLASH VIP

dificuldade para respirar, é necessário considerar a importância de uma transfusão de sangue. O prognóstico é bom se o gato for prontamente tratado, mas alguns casos apresentam danos hepáticos irreversíveis, podendo ocorrer o óbito do felino”, esclarece Liandra.


VARIEDADES A VIDA INSPIRA A ARTE Desenhos e pinturas que retratam o dia a dia, as coisas simples, momentos felizes referenciando a vida e nossas escolhas. Valorizar, compreender e desfrutar as maravilhas que a existência nos brinda. Um presente de Deus. Assim a artista plástica Marlowa Pompermayer define suas obras. A novidade é que seu nome agora virou marca: “Marlowaarte”, estampando desenhos, pinturas, telas, aquarelas, padronagens, livros infantis e didáticos e em diversos produtos. Marlowarte lança a nova linha de bolsas, mochilas, necessaires e estojos em couro ecológico produzidas por quem já é excelência em padrão de qualidade no Brasil. Parceria de sucesso entre a marca Mood e a arte de Marlowa!

31


espaço vip

DECORAÇÃO CORTINA OU PERSIANA?

32

FLASH VIP

Uma das dúvidas na hora de

Nos quartos onde o black out é

escolher a cortina da casa é se

indispensável, a cortina vai blo-

o mais adequado seria o tecido

quear mais a luz do que a persia-

cheio de volume ou uma persia-

na, já que o comprimento ideal

na para um visual mais clean.

é até o chão. Quando houver um

Tudo depende do gosto dos mo-

móvel logo abaixo da janela o

radores ou o visual que se deseja

mais indicado será uma persia-

alcançar. Para um ambiente

na, para ficar mais prático e sem

com muita incidência de água,

tecido caindo sobre a bancada.

como cozinha ou banheiro, o

Mas, vale frisar que sempre o

mais indicado são as telas solares

gosto do cliente é o que mais

ou lâminas em pvc. Mas se o

importa. Pode-se também usar

ambiente for uma área gourmet,

os dois juntos para um visual

uma cortina de tecido vai trazer

contemporâneo e aconchegante.

mais aconchego, principalmente

A dica é da Veronese, Ateliê de

se for integrado a sala de estar.

cortinas.


MODA A MODA AGRADECE Shukran, em árabe, significa obrigado e, como nome da nova coleção da Lez a Lez, representa um verdadeiro agradecimento ao Marrocos, um destino que tem suas raízes na África, mas que respira o ar europeu e, assim, serve de inspiração para peças de roupas surpreendentes. Vale a pena conferir a Shukran Collection Lez a Lez. Através de uma atmosfera inusitada, as estampas unem a misticidade do Marrocos com a sofisticação de Jurerê Internacional, o incomparável balneário que espelha a alma da marca.

33


arquitetura e decoração

NÃO IMAGINE, EXPERIMENTE: “SM TEST HOUSE”

V

er, sentir, tocar, experimentar. Esse é o novo conceito de vendas da Santa Maria Imóveis. Além dos tradicionais folders e maquetes, agora o cliente poderá viver a experiência do lar dos sonhos. Um apartamento ainda na

planta pode ser materializado através de uma tendência mundial, trazida em primeira mão para Chapecó. Estamos falando do “SM Test House”, onde todos os apartamentos decorados dos empreendimentos da Santa Maria estarão reproduzidos em escala real, em uma mostra permanente nos 3.000 metros de área construída para atender os clientes. Uma novidade para Chapecó no centenário, imprimindo o DNA inovador da empresa com o progresso e o crescimento constante da cidade. A noção de espaço, layout, sofisticação, privacidade, entre outros critérios importantes na hora da escolha e decisão de compra serão facilitados através do “SM Test House”. Uma proposta que oferece liberdade e personalidade, além da experiência única de conceito moderno em uma arquitetura icônica. “Nossa sugestão é experimentar antes de comprar, sentir, vivenciar, para que o cliente possa perceber e constatar se o espaço atende suas necessidades e desejos”, afirma o empresário Milton Sordi, diretor da Santa Maria. O SM Test House sediará a Mostra de Decoração e design Casa Chapecó a partir de 30 de agosto até primeiro de outubro. Traz o conceito “Urbanstyle – Morar Inteligente, onde o essencial é a tendência”. Neste momento, os empreendimentos em construção, Bocaiuva 139 e Mozart Residence já estarão disponíveis para a experiência do apartamento como um todo. Ao término da mostra, a Santa Maria irá explorar o projeto de maneira permanente e atualizando-o conforme novos empreendimentos forem lançados. FV

34

FLASH VIP


“NOSSA SUGESTÃO É EXPERIMENTAR ANTES DE COMPRAR, SENTIR, VIVENCIAR, PARA QUE O CLIENTE POSSA PERCEBER E CONSTATAR SE O ESPAÇO ATENDE SUAS NECESSIDADES E DESEJOS”

Milton Sordi, diretor e proprietário da Santa Maria Imóveis

35


espaço vip

GASTRONOMIA PRATOS PRÁTICOS, RÁPIDOS E DE DAR ÁGUA NA BOCA

Rondele, sabor, gruyere, cebola caramelizada e nozes. Saboroso e exótico, levemente adocicado com a crocância das nozes.

co, geleia de pimenta, gorgonzola, pêra e gruyere. Cebolas caramelizadas e nozes, lombo e figo, alcatra e funghi, além dos tradicionais como lasanhas, agnolines, rondeles e tantos outros. Os pratos ficam prontos em poucos minutos no microondas, forno elétrico ou a gás. A Manjericão ainda tem nove tipos de

38

A empresária Patrícia Salgado trouxe para

ção são primordiais. Formas de massas,

molhos, como o quatro queijos, bechamel,

Chapecó a Manjericão Massas e Molhos

conchas, sofiotis, rondeles, tortelones,

pesto, funghi, funghi com alcatra, sugo,

Especiais, através de experiência pes-

com diferentes cores realçando o ingre-

bolonhesa, frango e brodo para sopa.

soal como consumidora dos produtos da

diente natural adicionado à massa, como

Para quem visita a Manjericão, há um

Essência da Massa. São produtos pré-cozi-

espinafre e manjericão (verde), urucum

atendimento personalizado e instruções

dos e congelados com sabores incríveis e

(vermelha) e funghi (marrom).

de como fazer melhor o prato escolhido.

naturais (sem gordura trans, saborizantes e

Os recheios especiais surpreendem nas

Fornece ainda essa variedade saborosa de

colorantes artificiais).

combinações exóticas e saborosas, usando

produtos para festas e eventos, com fingers

Qualidade e sabor além da apresenta-

queijos finos e frutas como o brie, damas-

food em porções individuais.

FLASH VIP


MODA

AMOR PELA MODA A ideia é inovar, estar atento e trazer para Chapecó algo sempre novo. Ter mais opções para se vestir melhor, antenados na tendência de moda moderna, prática e confortável, além, é claro, de peças lindas, elegantes e descoladas. Por isso a LOOV acaba de anunciar o lançamento do projeto de Moda Masculina, com a abertura de sua primeira flagship store da marca Von der Volke, de Blumenau, SC. Nas prateleiras também podem ser encontradas as marcas Redley, De Lucca, Sergio K e Adidas Originals. O que já era bom, ficou melhor ainda. A LOOV mantém produtos de qualidade a preços competitivos, com a intenção de diversificar a moda e o jeito de vestir.

39


espaço vip

MODA

UM QUARTO DE SÉCULO Quando as irmãs Claudete e Cleuza Spuldaro iniciaram uma pequena confecção de roupas, no ano de 1992, não imaginaram que fariam parte da história do comércio de Chapecó. Este ano a loja de vestuário Samarga Fran completa 25 anos. Samarga Fran é uma junção das iniciais dos nomes dos filhos das sócias. Instalada no bairro Passo dos Fortes, a loja quebrou barreiras e se consolidou como referência de compras fora do centro, em uma época que o comércio, para “dar certo”, tinha que ser na avenida Getúlio Vargas. A equipe da Samarga Fran parabeniza Chapecó pelos 100 anos de crescimento e progresso, com orgulho de fazer parte dessa cidade e dessa história.

40

FLASH VIP


VARIEDADES COMPROVE SEUS CONHECIMENTOS A Wizard Chapecó é centro aplicador do Certificado Internacional TOIEC. Semestralmente, todos os estudantes da escola podem fazer o teste, tanto simulado como oficialmente. Esse teste é reconhecido mundialmente e demonstra o nível de proficiência linguística dos alunos. A Wizard Idiomas é a instituição com o maior índice entre as escolas no Brasil, demonstrando a eficácia do método e a seriedade da equipe. A partir de 2018, a Wizard Chapecó será também centro aplicador oficial do TOEFL na nossa cidade, outro certificado muito conhecido no Brasil e no mundo.

41


registro

DAVÍ DÁVI É HOMENAGEADO PELO HOSPITAL DA CRIANÇA

D

esde dezembro de 2015, o Hospital da Criança Augusta Muller Bohner, de Chapecó, conta com o serviço de oncologia pediátrica, que abrange 116 municípios. O setor surgiu com o objetivo de evitar o deslocamento dos

pacientes em tratamento até o litoral, proporcionando atendimento de qualidade na região Oeste do Estado. Já na última sexta-feira (19/05), a Instituição passou a contar também com uma sala de fisioterapia, criada para complementar o tratamento multidisciplinar das crianças. O espaço foi doado pelo Grupo Nostra Casa, através de Chapecó (SAC), e recebeu o nome do seu fundador e presidente,

Para a primeira-dama do município, Lucia Müller Buligon, que par-

Daví Barela Dávi (in memorian).

ticipou do evento, o espaço surge para coroar a finalização de uma

O momento foi de bastante emoção e homenagens. A doação seria

necessidade do setor e também concretizar um sonho. “A gente fica

feita, primeiramente, de forma anônima, a pedido do empresário,

muito feliz com essa homenagem ao seu Dávi, uma pessoa que sem-

uma das vítimas do trágico acidente da Chapecoense. Mas a inaugu-

pre colaborou e ajudou muito a comunidade. É um sonho que con-

ração acabou se tornando uma bela e justa homenagem ao idealista

seguimos concretizar e sabemos da importância desse atendimento

do projeto voluntário. “A Nostra Casa sempre fez um trabalho com a

às crianças. Eu penso que o trabalho voluntário que esse grupo de

comunidade, sempre se doou e sempre foi anonimamente. Não era

pessoas tão grandiosamente realiza é a única forma que faz com que

o perfil do Daví divulgar essas ações. Mas essa sala de fisioterapia era

a nossa existência valha a pena. Isso contribui não só com a felici-

para ter sido inaugurada ainda em setembro do ano passado. Por al-

dade e bem-estar de quem é beneficiado, mas para nossa felicidade

guma razão, acabou ficando para esse momento e o espaço leva ago-

também”, acrescenta Lucia.

ra o nome dele. Realmente é um momento de bastante emoção, sa-

O presidente da Sociedade Amigos de Chapecó (SAC), Luiz Augus-

ber que a vontade do Daví está se concretizando. A sala ficou muito

to Gemelli, que também participou da inauguração, lembra com

boa e esperamos que realmente faça a diferença na vida das crianças,

carinho do engajamento do fundador do Grupo Nostra Casa e se

assim como nós imaginamos quando pensamos na doação”, relata

emociona ao falar do amigo. “Estamos prestando essa homenagem a

a diretora do Grupo Nostra Casa e esposa do presidente, Roze Dávi.

uma pessoa muito querida, que fez um trabalho maravilhoso nessa

A sala já está disponível para as cerca de 70 crianças atendidas men-

vida e está hoje presente no coração de cada um de nós. Sabemos que

salmente pelo setor de oncologia do Hospital. Um espaço desen-

o Daví foi prematuramente, mas deixou um legado muito bonito e

volvido para completar os atendimentos nutricional, psicológico e

deve estar agora maravilhado com o que está acontecendo aqui”.

odontológico oferecidos aos pacientes. “Foi uma grata surpresa saber

Quem também se emociona ao recordar do presidente do Grupo é

que o Grupo Nostra Casa, através do saudoso e eterno amigo Daví e

a presidente da Associação Formigas do Bem, Denise Winter. “O seu

da sua esposa Roze, no intuito de ajudar, nos doaram esse espaço. Ele

Daví será sempre lembrado por nós como um grande incentivador

é necessário para o atendimento e acompanhamento das crianças,

do trabalho voluntário. Nada mais justo do que essa homenagem

que ficam debilitadas e precisam dessa atenção”, afirma o adminis-

simples, mas de todo o coração, para que o nome dele seja realmente

trador do Hospital da Criança, Marcos Antonio Neres.

elevado e enaltecido por meio desse gesto”, complementa. FV

42 FLASH VIP

FOTOS: NOSTRA CASA

do Núcleo de Voluntários Formigas do Bem e da Sociedade Amigos


43


diário de bordo

Texto e fotos Karina Dini

a

íli m a f em

44

FLASH VIP

Em julho de 2017, a Wizard completou 20 anos em Chapecó. Pelo meu trabalho como diretora da escola, tenho muitas oportunidades de viajar. Conheci muitos lugares, mas o que mais visitei foi Nova York. Foram 12 vezes. A primeira foi em 2001, sozinha. Percorri todos os pontos turísticos e fiquei apaixonada. Depois disso, acompanhei diversos grupos de alunos que foram fazer cursos nas férias de janeiro. A cidade é incrível para estudar,

passear, se divertir, curtir todo tipo de gastronomia e culturas. Bem, tudo o que uma metrópole tem a oferecer. Mas por lá, definitivamente, pode-se andar por horas e horas e nem perceber. Cada dia é uma descoberta diferente e, a cada ano que voltamos, tem mais coisas novas, porém, as tradicionais e mais gostosas continuam por lá. Na realidade, tudo que acontece em Nova York é tendência para o mundo. Quase tudo acontece lá primeiro!


Esse ano eu queria fazer um curso específico de aperfeiçoamento em inglês. O Thiago (meu marido) aproveitou a oportunidade para estudar também. Deixar nossos filhos em casa, Luca (7 anos) e Nina (5 anos), não seria uma opção, e para que pudéssemos estudar teríamos que ter ou uma babá ou colocá-los em uma escola. Então fomos atrás de uma escola para eles também. Temos certeza que esse foi o primeiro de muitos anos de estudos juntos.

Passeios no Museu de História Natural, Observatório e zoológicos são opções incríveis para as crianças. Mas o Metropolitan e o MOMA também são. Levamos as crianças nos museus com folhas, lápis de cor, giz de cera e eles fizeram suas reproduções de artistas.

45


diário de bordo

O tempo todo, com chuva ou sol, andamos pela cidade de metrô, ônibus ou a pé. Todo transporte público de Nova York funciona muito bem e é muito organizado.

Caminhando pela cidade sem destino, podemos encontrar coisas legais e inusitadas,como aula de yoga no Bryant Park.

Viajar com as crianças cria oportunidade de usar os idiomas que eles estudam, encoraja e dá confiança para eles.

46

FLASH VIP


Como a nossa viagem foi de última hora, sites especializados (craiglist/airbnb) para alugar apartamentos, já não ofereciam a opção de duas semanas, então decidimos ficar uma semana em um hostel. A diferença entre hostel e hotel é o contato nas áreas comuns onde você pode conviver com pessoas do mundo inteiro na cozinha, na sala de cinema, nas áreas de refeição e outros lugares de entretenimento. Ficamos hospedados no quarto “family room”, é o preço de um bom hotel e eu nunca conheci um hostel melhor. Como conhecíamos o lugar muito bem, fomos a um supermercado, ao lado do hostel, e cozinhávamos todas as noites e, na mesma cozinha, pessoas do mundo inteiro faziam o mesmo. Esse foi o propósito, que as crianças ouvissem diferentes idiomas, conhecessem diferentes pessoas, nós curtimos muito. Na segunda semana, ficamos no “Novotel Times Square”, foi uma semana de almoço e jantar na rua.

High Lines é um parque suspenso, feito em cima de trilhos de trem que cruzam Manhattan.

O Central Park é uma pequena floresta, com zoológico, museus, lagos, parques, quadras de futebol americano, baseball. É um lugar inacreditável no meio de uma das maiores cidades do mundo. E no meio disso tudo, eles pensam em todos os detalhes para que as crianças aproveitem o parque ao máximo.

Cada cantinho de Nova York está preparado para receber crianças, idosos, pessoas com deficiências. Isso é incrível! FV

47


espaço vip

MODA

SINTA-SE LINDA A beleza da mulher contemporânea transcende a estética, clama por igualdade, mudança, revolução. Ela deseja ser natural, forte, reconhecida, subversiva. Foi-se o tempo em que regras ditavam a moda. Hoje, sentir-se bem é o que define quem tem estilo ou não. A Wanabe trabalha com uma linha de t-shirts própria e também com a marca catarinense Marina&Gabriella. Autêntica, ousada e que carrega consigo uma personalidade incrível. Vale a pena conferir!

16

FLASH VIP


MODA

MELHORES MARCAS E PRINCIPAIS TENDÊNCIAS NA VERITÀ LINGERIE Para quem já conta os dias para desfrutar

um contraste entre natureza e universo

do-as perfeitas.

do verão, saiba que as tendências estão

urbano. Os detalhes em crochê também

A proprietária da Verità, Vera Maria De

quentes. Há uma quantidade enorme de

estão em alta, um trabalho feito à mão,

Marco Mascarello, ressalta que a Blueman

modelos, estampas, cores e tamanhos e

com um toque artesanal. Mais uma

é uma das grifes disponível na loja e mais

na Verità Lingerie você já encontra todas

tendência que veio das passarelas direto

consolidada no ramo, pois foi a primeira

essas opções de biquínis e maiôs.

para o beachwear, os babados delicados

marca de moda praia do País, que ditou

Os modelos são de diversos estilos, como

surgem como um contraste interessan-

tendência em 1970, com o biquíni de

o cortininha, fio dental e amarradinho,

te junto às peças sensuais da estação.

lacinho e tanga, inventadas no Rio de

também os tomara que caia, sunquíni,

Aparecem principalmente nas alças

Janeiro por David Azulay.

meia taça e os franzidos.

dos tops, deixando leve e feminina. As

Mar Rio, New Beach, Cia Marítima e

As tendências para moda praia chegam

franjas continuam sendo tendência. Os

Sol e Energia são marcas de moda praia

com muitas estampas florais e listras, em

detalhes enriquecem as peças, deixan-

também encontradas na loja.

arquitetura + design + interiores

/kech.arquitetura @kech.arquitetura 49 | 99940 7774

Anderson Kech - Arquiteto Urbanista CAU A106463-0

17


saúde

100 anos de

REFERÊNCIA EM SAÚDE Chapecó chega ao seu centenário como uma das cidades catarinenses que mais investe em prevenção e promoção da saúde.

N

o ano de 2015, Chapecó conquistou um importante destaque, como a Melhor Atenção Básica de Santa Catarina, entre os municípios com mais de 100 mil habitantes, no qual foram avaliados a Saúde da Crian-

ça, do Adolescente, do Adulto e do Idoso. Programas voltados ao atendimento de pacientes com dificuldade de locomoção, como o Saúde em Casa, contribuíram consideravelmente para este índice. Bem como o Infância Mais Amor, dedicado a atender gestantes e crianças com vulnerabilidade social

52

e psicológica.

REFERÊNCIA REGIONAL

Conforme explica a Secretaria Municipal de Saúde (SESAU), as

Em Santa Catarina, a Alta Complexidade em Oncologia Pediátri-

ações de promoção e prevenção à saúde sempre tiveram enfoque

ca era disponibilizada em dois hospitais, nos municípios de Flo-

principal no planejamento. “Por isso, ações como o Programa

rianópolis e Joinville. Desde de dezembro de 2015, este tipo de

Saúde na Escola, com a finalidade de desenvolver hábitos saudá-

serviço passou a ser também oferecido no Hospital da Criança,

veis junto aos escolares e o Núcleo de Apoio a Saúde da Família

em Chapecó. “A implantação do serviço de Oncologia Pediátrica

(NASF), que realizam essas ações com os grupos, conseguem redu-

sempre foi uma das suas prioridades, tendo como principal foco

zir demandas através do cuidado e atendimento precoce”, explica

minimizar o sofrimento das crianças acometidas por esta doença,

o Secretário de SESAU, Nédio Conci.

bem como de seus familiares, que precisavam buscar o serviço em

Na Rede de Atenção à Saúde do município, os 26 Centros de Saú-

cidades mais distantes”, aponta o secretário.

de contam com 48 Equipes de Saúde da Família, atingindo uma

Conforme relatórios da SESAU, cerca de 70 pacientes da área

cobertura de 87% da população. Com os atendimentos de Urgên-

infantil estão em tratamento, sendo que nos últimos oito anos,

cia e Emergência realizados pelo Pronto Atendimento 24 horas

foram registradas mais de três mil crianças atendidas. Com imple-

da Efapi, a UPA, prontos socorros do Hospital Regional do Oeste

mentação da alta complexidade em Oncologia Pediátrica, Chape-

(HRO) e o Hospital da Criança, são realizadas, em média, 67 mil

có iniciou estruturação de hospital de referência em pediatria para

atendimentos por mês.

mais 116 municípios.

FLASH VIP


SAÚDE BUCAL A estrutura de atenção à saúde bucal disponibilizada pela Prefeitura de Chapecó aos usuários da rede municipal de saúde garantiu três vezes (2008, 2014 e 2015) a conquista do Prêmio Brasil Sorridente como Melhor Odontologia de Santa Catarina.

ATENDIMENTO PARTICULAR Na época em que foi criada, há 25 anos, a Unimed Chapecó possuía 86 médicos sócio-fundadores de diferentes especialidades.

HOSPITAL REGIONAL DO OESTE

No mesmo período, a singular atendia aproximadamente 11 mil

O presidente da Associação Hospitalar Lenoir Vargas Ferreira, Seve-

clientes e oferecia assistência médica de qualidade a outros nove

rino Teixeira da Silva Filho, é otimista com o futuro do segmento de

municípios do Oeste catarinense.

prestação de serviços em saúde de Chapecó e satisfeito com as con-

O Hospital Unimed Chapecó conta atualmente com 76 leitos de

quistas do setor até o momento. “Acredito que a área de saúde é um

internação, um Centro Cirúrgico equipado com modernas tecno-

potencial para a diversificação da matriz econômica de Chapecó. E

logias, Serviço de Hemodinâmica e Centro Obstétrico.

mais. Chapecó tem condições de se tornar referência em várias espe-

A cooperativa avança no desenvolvimento dos chamados “servi-

cialidades médicas”, afirma o presidente sobre a história do Hospital

ços próprios”, indo além do Hospital, com o Laboratório de Aná-

Regional do Oeste.

lises, Fisioterapia, Centro de Diagnóstico dos Distúrbios do Sono,

Com apenas 60 leitos, o HRO foi inaugurado em 1986, segundo

Unimagem e Univida. De acordo com a administração do hospi-

Teixeira Filho, com projeção para ser referência regional para cerca

tal, o serviço de Medicina Preventiva tem como objetivo avaliar o

de 500 mil habitantes da região Oeste de Santa Catarina. Ao lon-

perfil de saúde e o estilo de vida de seus clientes e, a partir disso,

go dos anos de funcionamento do HRO, foram implantados novos

desenvolver medidas que visam informar e motivar a adoção e

serviços em alta complexidade: Pronto Socorro/Urgência/Emergên-

manutenção de comportamentos positivos e preventivos em re-

cia 24 horas com dois médicos de plantão; UNACON (radioterapia

lação à saúde.

e quimioterapia adulto); gestação de alto risco; Hospital Amigo da

O Centro Cardioneurovascular é considerado referência na região

Criança; traumato-ortopedia; UTI geral tipo II (16 leitos, sendo dois

oeste catarinense em diagnósticos e tratamentos das doenças cir-

leitos pediátricos); UTI neonatal (10 leitos); captação e transplante de

culatórias em geral, por meio de procedimentos minimamente

órgãos e tecidos; banco de olhos; neurocirurgia; nutrição e dietética

invasivos muito focalizadas na cardiologia. “Os resultados cres-

enteral-parenteral.

centes da cooperativa são reflexos de um planejamento estratégi-

Sobre a evolução dos números do Hospital, Teixeira Filho desta-

co antigo”, comenta o presidente da Unimed Chapecó, o médico

ca o aumento da população regional referenciada que, em 2005,

José Pegoraro Foresti.

era de 1,2 milhão de habitantes em 78 municípios; e passou para

Seu Centro de Oncologia e Hematologia garante assistência hu-

1,5 milhão compreendendo 92 municípios. O número de leitos

manizada, aliada ao emprego das melhores tecnologias no trata-

aumentou de 296 para 319, no mesmo período, e a média de pa-

mento de tumores. Entre os serviços especializados – classificados

cientes internados por dia subiu de 222 para 290. O corpo clínico

como de alta complexidade – oferecidos aos clientes Unimed e de

contava com 146 médicos (56 contratados pelo Estado) e hoje

outros planos de saúde, destacam-se as consultas com especialis-

são 226 (128 do Estado). Em 2005, eram feitas 1.360 internações/

tas, aplicações de quimioterapia, hidratação, biópsias da medula

mês e 6.027 atendimentos no pronto socorro/mês. Os números

óssea para fins de investigação e manutenção de cateter, além de

subiram para 1.711 e 7.147 respectivamente.

atendimento psicológico e nutricional. FV

ATENÇÃO BÁSICA MUNICIPAL A Clínica do Homem, a Clínica da Mulher e o Ambulatório do Idoso, que atuam no atendimento especifico para cada público e funcionam como retaguarda do atendimento na Atenção Básica, assim como atua Centro de Especialidades Médicas, com 25 especialidades. E ainda todos os serviços contam com o suporte de assistência laboratorial, farmacêutica e exames de imagem.

AMPLIAÇÕES O projeto de expansão da Unimed Chapecó prevê a construção, em etapas, de um dos maiores complexos hospitalares do Sistema Unimed, que deve movimentar o mercado de saúde da região e do Estado nos próximos anos. Ao final do processo, a nova área irá incorporar ao Complexo Hospitalar da Unimed Chapecó aproximadamente 16.700m² que, somados aos 9.000m² das edificações atuais, totalizará 25.000m² de área construída.

53


SAÚDE DERMATOLOGISTAS CHAPECOENSES PARTICIPAM DE SIMPÓSIO SOBRE EVOLUÇÕES DE TÉCNICAS EM DESTAQUE

A RELAÇÃO ENTRE DOENÇA PERIODONTAL E PARTO PREMATURO

O MD Codes™ é hoje a sensa-

cionam efeitos muitas vezes

ção para tratamentos de reju-

semelhantes aos de uma ci-

venescimento facial.
Os mé-

rurgia plástica.

dicos dermatologistas Karine

A técnica do MD Codes™ se

Lorenz e Juliano Grock, da

baseia em sustentar e remode-

Clínica da Pele, embarcaram

lar áreas específicas do rosto,

para São Paulo nos dias 11 e

pois consiste na aplicação dos

12 de agosto para um encon-

preenchedores em pontos de

tro da Allergan Medical Insti-

suporte facial, sustentando,

tute Leaders Meeting, com a

prevenindo e tratando o en-

presença dos mais renomados

velhecimento, além de embe-

dermatologistas e cirurgiões

lezar e harmonizar a face.

plásticos do Brasil.
O Simpó-

A inovadora técnica propor-

sio será coordenado pelo Dr.

ciona um efeito lifting com es-

Mauricio de Maio, uma das

truturação e suporte. Quando

maiores autoridades mun-

é dado esse suporte ao rosto,

diais no assunto e desenvol-

evitam-se os efeitos da gravi-

Os mediadores químicos produzidos nas doenças perio-

vedor da técnica.

dade. É possível também com

dontais (gengivais) podem gerar a antecipação das contra-

O objetivo da reunião cientí-

o procedimento afinar a face,

ções uterinas, levando ao nascimento precoce do bebê e

fica é discutir novos pontos e

dando um efeito de emagre-

seu baixo peso.

aprimoramentos nas técnicas

cimento. O principal bene-

O cirurgião dentista Lenoir Giachim explica que as doen-

de aplicação do MD Codes™,

fício é a possibilidade de ter

ças periodontais envolvem alterações patológicas que

com o ácido hialurônico

um resultado cirúrgico uti-

ocorrem no periodonto (gengiva e osso ao redor dos den-

(substância que compõe os

lizando uma técnica menos

tes), na presença de placa bacteriana. Processos inflama-

preenchedores), que propor-

invasiva.

Lenoir Giachim, Cirurgião Dentista

tórios e imunológicos atuam nos tecidos gengivais contra uma diversidade de microrganismos presentes na superfície dental e potencialmente nocivos, a fim de impedir que estes se infiltrem nos tecidos. “Tais microrganismos podem produzir quantidades significativas de metabólitos danosos, como uma toxina capaz de produzir alterações nas contrações relacionadas ao parto. Acredita-se que os microrganismos e/ou seus produtos, originários da infecção periodontal, podem alcançar a unidade feto-placentária, dessa forma , dando início ao trabalho de parto”, esclarece Giachim.

54

FLASH VIP

Juliano Grock, Dermatologista

FOTO: ANDRIGO GUGEL

espaço vip


55


espaço vip

SAÚDE

Rafael Tirapelle, cirurgião plástico

A BOCA PODE DIZER MUITO MAIS QUE PALAVRAS A boca humana espelha e influencia o estado físico, emocional, mental e social do indivíduo. Funciona como um órgão de sustentação da postura de vida, constituindo-se num precioso meio de diagnóstico e tratamento de di-

AUMENTO GLÚTEO COM PRÓTESE OU LIPOENXERTIA?

56

versas disfunções e patologias. Por não estar completamente estruturada ao nascimento, a boca humana e seu desenvolvimento se dará simul-

Se você deseja ter um bum-

cebe alta no mesmo dia”, ex-

taneamente ao crescimento do indivíduo no âmbito físi-

bum mais avantajado, saiba

plica o médico.

co, emocional e mental. “Os dentes, em conjunto com a

que atualmente a cirurgia

Já a cirurgia para o implante

língua, são as principais estruturas na construção da boca

plástica possui duas boas op-

de prótese ocorre quando a

e seu arranjo, que é absolutamente singular, e denota

ções para este fim: a lipoen-

paciente não possui gordura

uma estreita relação com a individualidade. Somos hoje

xertia e a prótese glútea.

suficiente para o enxerto de

mais de 6 bilhões de seres humanos sobre o planeta e,

“Devido ao avanço da ciên-

gordura ou quando apresen-

assim como não há dois códigos genéticos iguais, ou dois

cia, hoje em dia é possível que

ta flacidez glútea. Em relação

sistemas imunológicos iguais, não encontramos também

a paciente possa injetar sua

ao outro método, o bumbum

duas configurações de arcos dentários iguais”, afirma a

própria gordura ou colocar

terá uma consistência leve-

cirurgiã dentista Renata Daros.

uma prótese de silicone nos

mente mais dura. “O tempo

A boca tem como viga mestra a individualidade, refletin-

glúteos e é comprovado que

da cirurgia é tecnicamente

do a singularidade dos pensamentos, vontades, decisões,

ambos os casos são benéficos

o mesmo e o implante será

consciência, sonhos, sentimentos, razões, visão de mun-

e satisfatórios”, afirma o cirur-

inserido dentro do músculo

do... Enfim, tudo o que, de alguma forma, faz parte da

gião plástico Rafael Tirapelle.

glúteo máximo através de

biografia do ser humano e está refletido em seu corpo.

A Lipoenxertia, ou enxerto

uma incisão no sulco entre os

Ela pode contar um pouco da história de cada um de nós.

de gordura, é uma das cirur-

glúteos, disfarçando a cicatriz

gias mais realizadas no Brasil

da cirurgia. Cada caso é um

e mundo afora. “No caso em

caso, portanto o método a

que a paciente fará o enxerto

ser utilizado vai depender de

de gordura, é realizada previa-

uma conversa com seu cirur-

mente uma lipoaspiraçãode

gião para avaliar as reais ne-

outra parte do corpo, onde a

cessidades, sempre buscan-

gordura será tratada para ter

do manter o formato de seu

maior efeito quando injetada

corpo harmônico”, orienta

nas nádegas. O volume injeta-

Tirapelle.

do sempre é um pouco maior

Assim como em qualquer ci-

do que o desejado, já que o

rurgia plástica, estes procedi-

organismo absorverá parte da

mentos devem ser feitos por

gordura. Esse procedimento

cirurgião plástico, membro

leva cerca duas horas, com

da SBCP e em hospital ade-

anestesia geral ou peridural

quado para evitar possíveis

com sedação e a paciente re-

complicações.

FLASH VIP

Renata Daros, especialista em prótese e implante dentário


57


q

Dizem que “lar” vai além do lugar, são as pessoas ao seu redor, é onde você se sente acolhido, é onde você decide ancorar. E nesses 100 anos de Chapecó, muitos aqui escolheram ficar. reportagem Carol Bonamigo e Greici Audibert n fotos Vanessa Zanrosso

r 58

FLASH VIP


OLHAR

59


E a fusão dos signos é o que constitui uma cultura verdadeiramente como cultura. O Brasil é o exemplo máximo dessa realidade. stávamos aqui pensando em como escrever

Para o filósofo e doutor em comunicação e semiótica, Edivaldo

essa matéria e, de repente, nos demos con-

José Bortoleto, Chapecó vive um processo de semiose profunda-

ta que a nossa própria trajetória contextu-

mente complexo, em uma combustão decisiva para os rumos da

aliza muito bem essa história. Explicamos:

cidade. Principalmente no contexto da globalização em curso,

somos duas jornalistas forasteiras em terras

mundialmente falando. Ou seja, Chapecó é um local que contém

chapecoenses. Essa cidade que tão bem acolhe quem chega para

aspectos decisivos do global. “Ela recepciona as gentes da América

viver e prosperar. Uma veio do Paraná, ainda na adolescência. A

Latina Caribenha, de outros países do continente Europeu e, de

outra do Rio Grande do Sul, já na fase adulta, para abraçar uma

maneira especial, do continente Africano. Esse fenômeno carece

oportunidade profissional. Ambas, assim como tantos que hoje

de ser estudado e acompanhado pelas Universidades locais e pelo

vivem aqui, escolheram ficar.

próprio Estado local. Mas é fato que os elementos econômicos se

Mas Chapecó permeia esse movimento praticamente desde a sua co-

configuram como um grande condicionante nesse processo. Isto

lonização, já que a maioria das famílias que se instalaram na cidade

torna Chapecó uma cidade dinâmica, com movimentos mais di-

provinha das antigas colônias do Rio Grande do Sul. Desde sempre,

fusos”, analisa Edivaldo.

portanto, os bons ventos atraem a migração de pessoas diversas, que

Esse fusionamento cultural, de acordo com o pesquisador, está

tornam esse um lugar de encontros entre inúmeros signos culturais.

em curso e o resultado disso não se pode prever. Mas instaura um

q

Profissionais, estudiosos e pesquisadores de diferentes localidades e áreas do conhecimento perceberam a carência de discussões acerca dos fluxos migratórios recentes na cidade de Chapecó, com a necessidade de respostas quanto às políticas públicas que garantam direitos a esse segmento populacional e em face dos impactos socioculturais. Visando alinhar ações e pretensões na comunhão de ideias e ideais profissionais e de cidadania entorno desse tema, foi instituído na Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS), em 2014, o Grupo de Estudos sobre Imigrações da Região Oeste de Santa Catarina – Geirosc. Segundo dados do Alto Comissariado das Nações Unidas – ACNUR, em 2016 aproximadamente 65,6 milhões de pessoas foram forçadas a abandonar suas casas em todo o mundo. Esse número é o maior da história, ultrapassa os da Segunda Guerra Mundial.

... 60

FLASH VIP


q

existem contradições nesse processo de acolhida, e que precisam ser enfrentadas. “Se é verdade que a cidade soube prantear seus outro colorido à cidade, cujos reflexos serão sentidos mais inten-

heróis com o acidente da Chapecoense, revelando seu gesto de

samente no futuro, com as misturas da cor, da religião, da língua –

cuidado e amorosidade, ela também precisa perguntar-se se o

o francês e o crioulo se impõem conjuntamente com as estruturas

mesmo se dá com os indígenas, os haitianos e os africanos. Precisa

idiomáticas indígenas, europeias e cablocas – dos costumes, dos

se perguntar, também, sobre quais são os gestos de cuidado para

hábitos alimentares e outros tantos elementos mais.

com as gentes que já estavam em Chapecó desde sua origem (os

O próprio Edivaldo amplia a paleta de cores da cidade. Nascido

indígenas), e as que para cá vão chegando. Pessoas que chegam

em Piracicaba, no estado de São Paulo, chegou em Chapecó em

primeiramente para atender à necessidade de mão de obra e vão,

2013. “No meu caso, não fui eu que escolhi Chapecó, mas sim,

pouco a pouco, tornando a cidade mais viva, mais colorida, mais

Chapecó que me escolheu. Vim pra cá devido ao resultado po-

misturada”.

sitivo em um concurso público na Universidade. Portanto, fui

Estar aberto para essa realidade é fundamental para se reconfigu-

extremamente bem recebido pela instituição e pelas pessoas do

rar a própria cidade de maneira mais alargada e com possibilida-

município, das quais fui me aproximando”, conta.

des de horizontes, enquanto região semioticamente densa e tensa

Não se pode, no entanto, deixar de citar, segundo ele, que ainda

de fronteiras, acredita Edivaldo.

... “Chapecó, por ser uma cidade em significativa ampliação econômica e social, com evidentes indicativos de crescimento nos mais variados setores, demonstra probabilidades para os migrantes, sejam os oriundos de outros estados brasileiros, cujo fluxo sempre foi constante, sejam mais recentemente pessoas de outros países. Esse movimento dos imigrantes estrangeiros residentes iniciou por aqui em 2011 e vem se acentuando ano após ano, acompanhando o próprio desenvolvimento da cidade”, explica uma das pesquisadoras do Geirosc, Deisemara Turatti Langoski. A estudiosa e também doutora em direito preside a Comissão do Imigrante da OAB – Subseção de Chapecó, e entende que a cidade se destaca como um dos destinos importantes nessa onda migratória, pela oferta de trabalho principalmente nas agroindústrias.

r

61


Na visão do argentino, o que antes era uma cidade pequena que-

f

Estrangeiros conterrâneos

rendo ser grande, agora já é um polo consolidado. “Atualmente,

f

podemos realmente nos chamar de ‘Capital do Oeste Catarinense’. Chapecó está muito mais mundial e homogeneizada. É um município cultural, diversificado e inserido no mundo, com a parte boa e a ruim do progresso”, percebe.

O portenho Alejandro Abdala chegou em Chapecó há 14 anos,

E de tão mundial, a cidade atravessou o Oceano Atlântico e cati-

motivado por uma crise econômica que assolava a Argentina. A in-

vou Masse De Gueye. Há três anos, o senegalês veio a Chapecó em

tenção inicial era voltar para sua cidade natal depois de dois ou três

busca de uma vida melhor. O ano era 2014 e o Brasil estava sob os

anos, mas com o passar do tempo, o professor de teatro sentiu-se

holofotes, sediando a Copa do Mundo de Futebol. Pareceu o lugar

parte integrante da cidade oestina, da mesma maneira que a sentiu

perfeito para Masse tentar a sorte. “Um amigo meu já morava aqui,

fazer parte dele. Essa cidade que, para ele, é marcada pelo pioneiris-

em Chapecó. Então vim para cá também, morar com ele”, conta o

mo. “Quando cheguei, tudo aqui era pioneiro. As atividades cultu-

auxiliar de serviços gerais.

rais eram pioneiras, apenas três ou quatro que tomavam a frente. Na

A adaptação não foi tão fácil, considerando que, ao chegar em solo

parte empresarial da mesma forma. Embora sempre tivesse pessoas

tupiniquim, o jovem não falava uma palavra sequer de português –

multiculturais e internacionais, eram núcleos isolados, e a visão que

completamente diferente do wolof, língua do seu país de origem. Ali-

se tinha era que Chapecó era distante de tudo”, conta.

ás, foi com esforço de entendimento de ambas as partes que a nossa

Para alguém que veio de uma capital muito desenvolvida cultural-

entrevista foi realizada. “Complica a comunicação. Pensei em voltar

mente, como Buenos Aires, Alejandro diz ver Chapecó trilhar por

ao meu país, porque achei que nunca conseguiria falar português.

um caminho de progresso. “Hoje está cosmopolita culturalmente,

Cheguei já procurando serviço e foi difícil, no começo. Mas conheci

mas ainda há muito o que crescer. Encontramos culturas de todos os

muitas pessoas legais aqui. É uma população muito trabalhadora.

tipos desenvolvendo a cultura de Chapecó. E isso traz uma diversi-

Mesmo não sendo o prometido, vir para cá mudou a minha vida”.

dade fantástica!”, opina.

Uma das palavras rapidamente aprendidas por Masse, tanto a pro-

r Segundo dados da Polícia Federal de Chapecó, aproximadamente 4 mil estrangeiros buscaram o órgão para as providências legais com passaportes em 2015. Destes, 90% foram haitianos e os outros 10% seriam oriundos de outros países. “Se observa por aqui a invisibilidade deste imigrantes, quiçá, por conta que são novos rostos, os quais não estávamos tão acostumados, pois somos descendentes de italianos, alemães, poloneses, portugueses. Mas a heterogeneidade de nacionalidades e da bagagem cultural produz um ganho à toda sociedade, a qual não está sendo ou carece ser trocada e aproveitada por Chapecó e região, com esse maravilhoso desafio da imigração”, avalia Deisemara.

62

FLASH VIP


q

núncia quanto seu profundo significado, foi “saudade”. A falta da

SEGUNDO CONSTA NO SISTEMA

família no seu dia a dia tem tornado a sua jornada um pouco mais

ELETRÔNICO DE INFORMAÇÃO – SEI,

Foi a família inclusive, que trouxe a boliviana Maria Del Rosario

pesada, por isso ele já programou uma visita ao Senegal, em outubro.

DA POLÍCIA FEDERAL,

Guillén Antunes para cá. Casada com um chapecoense nato, Chary,

DE JULHO DE 2016 A AGOSTO DE 2017,

residente do município. “Chapecó ampliou bastante em número

como é chamada, viu a cidade crescer, nos seus 20 anos como

FORAM FEITOS 1.123 PEDIDOS DE PERMANÊNCIA EM CHAPECÓ. A BUSCA POR TRABALHO, MELHORES

de habitantes e moradias, pela oportunidade ocasionada pelas fábricas e universidades existentes. É uma cidade acolhedora, com boas oportunidades de trabalho e negócios. Isso proporciona a vinda de pessoas de outros lugares, tornando-se, assim, uma cidade cosmopolita.”, avalia a engenheira civil. Para ela, Chapecó

CONDIÇÕES DE VIDA E DE RECURSOS

traz conforto.

FINANCEIROS PARA A MANUTENÇÃO

hoje o município de Chapecó. E muitas outras contribuirão para o

DAS FAMÍLIAS QUE FICARAM NO

me falamos no início da matéria, escolheram chamar essa cidade

PAÍS DE ORIGEM SÃO OS OBJETIVOS FUNDAMENTAIS DESTAS PESSOAS.

Todas essas pessoas de outras cidades, estados e países formam seu crescimentos nos próximos 100 anos. São pessoas que, conforde “lar”. E podemos caminhar pela estrada de tijolos amarelos e bater os calcanhares três vezes com a certeza de que “não há lugar como o nosso lar”. FV

r

r 63


espaço vip

VARIEDADES CONFORTO COM LUXO No dia 18 de agosto a Sierra Móveis lança a campanha Conforto com Luxo. Até o dia 3 de outubro, ou enquanto durarem os estoques, mais de 50 produtos selecionados com preços diferenciados, ao alcance de todos os apaixonados pela Sierra. Além disso, novos acabamentos estarão disponíveis, juntamente com revestimentos exclusivos, sempre com a qualidade reconhecida da marca. Condições especiais para aproveitar essa campanha com exclusividade na Aquário Ambientes, em Chapecó.

FOTOGRAFIAS RETRATAM AS MUDANÇAS NOS 100 ANOS DE CHAPECÓ Chapecó completa 100 anos em 2017. Du-

referentes à constituição de Chapecó,

como isso reflete no presente. Essa refle-

rante todo esse tempo, muitas mudanças

como a colonização, a ocupação do

xão é um compromisso da nossa geração

aconteceram e enriqueceram a trajetória

espaço, o meio ambiente e a economia.

com as gerações futuras, em relação ao

da cidade. Para conhecer e relembrar esse

A exposição terá duas cópias, uma ficará

direito de conhecer a pluralidade de histó-

processo histórico, o Centro de Memória

no Ceom e outra irá itinerar por diversos

rias que compõem nosso município.”

do Oeste de Santa Catarina (Ceom) está

espaços da cidade.

O lançamento da exposição acontece

elaborando a exposição ‘Chapecó de

Segundo a coordenadora do Ceom, pro-

no dia 8 de agosto, no Salão de Atos da

Ontem e Hoje: imagens de uma trajetória

fessora Mirian Carbonera, ao longo das

Unochapecó, juntamente com o livro

centenária’. O trabalho é realizado em

três décadas de sua criação, o Centro atua

‘Chapecó: Cem Anos de histórias Plurais’.

parceria com o Centro de Memória Alfa/

na preservação da história de Chapecó.

No dia 18 de agosto, o acervo será expos-

Maxicrédito, Museu de História e Arte

“Sempre buscamos valorizar e entender o

to no Shopping Pátio Chapecó, e fica à

de Chapecó e a Universidade Federal da

passado, olhar criticamente e pensar em

disposição dos visitantes até o dia 31.

Fronteira Sul (Uffs). Através de fotografias, o objetivo é mostrar o desenvolvimento da cidade e as transformações ocorridas ao longo do tempo. Algumas das imagens são do acervo do Ceom e os registros mais antigos é da década de 1930. Já as fotos atuais são as vencedoras de um concurso proposto pela professora do curso de Publicidade e Propaganda da Unochapecó, Janaina Schvambach, em parceria com o Ceom. De acordo com a técnica em Educação Patrimonial do Ceom, Aline Bertoncello, os materiais expostos abordam aspectos

64

FLASH VIP


65


saúde

MITOS E VERDADES SOBRE O SONO Rodrigo Kohler

68

O que vemos agora, é muita informação desencontrada sobre trata-

de uma forma incontida nos mais diversos meios de comunicação.

mento para ronco. O que sabe-se do ronco é que pode ser uma mani-

Ter um olhar crítico sobre a informação recebida depende não so-

festação de uma doença mais complexa, chamada Apnéia Obstrutiva

mente de interesse, mas, de uma fonte fundamentada e confiável.

do Sono, que pode estar relacionada a diversos outros problemas.

No cotidiano médico, nos deparamos cada vez mais não somente

Mas, o maior detalhe para o tratamento efetivo do ronco é tratamen-

em orientar os pacientes, mas, em contradizer conceitos previamen-

to individualizado. Enfatizo sempre que a origem do ronco pode ser

te adquiridos. É visto como a enxurrada de propagandas camufladas

diferente nas vias aéreas, sendo os tratamentos com resultados mais

nas mídias sociais interferindo no diagnóstico e tratamento. Como

expressivos conforme for a particularidade de cada paciente.

otorrinolaringologista, vejo isso nas mais diversas doenças: sinusites,

Recentemente, a própria Associação Brasileira de Medicina do Sono

rinites, labirintites, zumbidos, amigdalites e muitas outras.

teve que fazer um alerta público reafirmando a inutilidade de faixas

Mas, o que me surpreende mais como Médico do Sono é ver as mais

usados no queixo, que são vendidas na internet para o tratamento

diversas informações que chegam aos pacientes. Talvez por a Medi-

de Ronco e Apnéia do Sono. Regularmente vejo pacientes adquirem

cina do Sono ser mais recente inclusive que nossa querida Chapecó,

certos aparelhos como milagrosos, sem nenhum respaldo científico.

a população em geral é pouco esclarecida ou muitas vezes ludibriada

Então, deixo o conselho: informe-se com seu médico sempre sobre

por informações em geral.

possíveis doenças e seus tratamentos. No caso específico do ronco,

É compreensível que a população não saiba o conceito correto e

o médico auxiliado por fisioterapeutas, dentistas, fonoaudiólogos

perpetuam-se certos mitos, tais como: “roncar é normal” (o ronco é

e outros profissionais da

sinal de dificuldade respiratória, podendo estar relacionado a proble-

saúde pode conduzir o ade-

mas cardiovasculares); “cochilar durante o dia faz mal” (dependen-

quado tratamento para lhe

do de fatores como idade ou outras patologias, o cochilo de curto

proporcionar um sono ade-

período pode inclusive ser benéfico); “vou recuperar o sono final de

quado e silencioso. Porque

semana” (o sono não é acumulativo, uma noite mal dormida não

o desejo é simples, ver Cha-

pode ser compensada posteriormente); e, o “alcool me faz dormir

pecó e a região crescendo

melhor” (a bebida alcoólica é nociva ao sono).

com saúde. FV

FLASH VIP

Rodrigo Kohler CRM 13278 médico otorrinolaringologista, especialista em medicina do sono.

Nos dias atuais, a informação seja ela verídica ou não, chega a todos


69


moda

A MODA COMO PATRIMÔNIO CULTURAL MATERIAL E IMATERIAL Rachel Quadros Sempre relacionei a moda como símbolo de cultura material e imaterial, pois sob a ótica dos fatores antropológicos, os principais reflexos de um determinado grupo social são seu comportamento, suas linguagens, seus signos e formas de expressão traduzidas na maneira como se portam, se comportam, se relacionam e comunicam o seu conhecimento adquirido mediante experiências com seu entorno e ambiência. Por isso, entender a moda como um fator de construção

68

Uma das formas de poder entender melhor a história de um determi-

do ser humano com o meio no contexto econômico e cultural, atra-

nado povo por meio da moda é resgatar a arte do coser e do fazer a

vés da análise de sua indumentária.

mão, a exemplo disso: os artesãos que desenvolvem o artesanato lo-

[...] Um povo que não conhece e não valoriza a sua história não

cal. Historicamente o artesão nem sempre examinava racionalmente

consegue entender seu presente, nem mesmo projetar seu futuro [...]

os detalhes do objeto de uso que produzia, e por isso tinha liberdade

E a moda pode ser um caminho desta compreensão entre passado,

para a introdução de variações e de formas novas sobre sua composi-

presente e futuro, de que maneira? Bom, acredita-se que a priori é

ção quase ao acaso, porém, que os saberes locais passados de geração

fomentar ações como registrar os saberes de nossos ancestrais, va-

a geração são importantes e fundamentais para aplicar técnica de

lorizando assim as nossas histórias e as nossas memórias de mani-

fazer o artesanato.

festações folclóricas ou de memória coletiva cultural, que vão desde

Foi na preocupação de resgatar e registrar memórias sobre o artesana-

o nosso nativo indígena (Guarani e Kaingang), à simplicidade dos

to que aprendi com minha avó, minha mãe e tias, que nasceu o pro-

caboclos, aos colonos da terra e aos colonizadores imigrantes. Desta

jeto “Moda de Raiz”. Desde 2013, tornou-se uma iniciativa na área

forma, quem sabe podemos criar nossas próprias referências de cul-

do service design, ou seja, o design de serviço atrelado a ações sociais

tura de moda iconográfica de modo a definir uma identidade pró-

de oficinas criativas, que informam ideias aplicadas ao design de raiz

pria, única e preciosa de moda em Chapecó.

para valorizar o artesanato regional e local (tricô, crochê e bordado),

Avaliando uma linha do tempo da História de Chapecó, a moda,

principalmente com foco em ensinar como o design pode contribuir

ou melhor, a indumentária pode ser considerada um reflexo “das

como uma ferramenta de diferencial competitivo e de valor agrega-

influências às autorreferências”. As autorreferências pautadas inicial-

do, dando significado, identidade e sentido ao artefato produzido

mente pelas raízes do povo indígena que aqui habita e ainda habita

artesanalmente.

(essência da verdadeira raiz da cultura brasileira) e as influências que

O projeto Moda de Raiz quer difundir a ideia de que quando se

foram cambiadas, apropriadas e/ou adotadas no processo de coloni-

tem uma memória afetiva,

zação entre os séculos XIX e XX, por imigrantes europeus. Do tro-

simbólica,

peirismo ao extrativismo de erva-mate e madeira, da agricultura de

nhecida e valorizada, fu-

subsistência à agroindústria, ocorreu um grande processo de miscige-

turamente refletirá em uma

nação de culturas populares que correspondem à diversidade de gru-

sociedade

pos sociais (portadores de memórias diferenciadas), nossa identidade

princípios e valores humani-

local se pluralizou e as construções simbólicas de moda e compor-

zados que zelam pelo respei-

tamento se dissolveram na diversidade destas memórias coletivas.

to aos saberes popular. FV

FLASH VIP

cultural

enraizada

reco-

por

Rachel Quadros Mestre em Design – Fatores Humanos e Ergonomia na UDESC.

social, pode nos elucidar muitas interpretações das relações sociais


S h o p p in g P รก ti o C h a p e c รณ ( 49 ) 3 3 1 2 - 3 6 5 8

U MA MA RCA DO G RU PO L U NEL LI

LEZA LEZ. C O M

ANรšNCIO

69


guia cultural

70 MEIA ENTRADA 72 TRILHA SONORA 74 GAMES 76 LITERATURA 78 SALADA MISTA

Carol Bonamigo

MEIA ENTRADA

sobreviventes ao tempo, e que trazem na essência a conflitante relação entre o antigo e o novo. Roteirizado e dirigido por Daniela Farina e João Lucas, O Caminho da Roça “é um retrato poético e atual do campo visto por olhos acostumados à cidade”. A produção é da Três Quadros Filmes e a trilha sonora original foi composta pela banda Grass Fed Youth. Mantendo o tema de se sentir um “peixe grande em um lago pequeno”, mas em uma narrativa completamente diferente, o filme de média metragem Plástico mostra um jovem que tem em sua essência uma vontade cultural muito maior do que a cidade proporciona naquele momento. Dirigido por Roberto Panarotto, gravado e produzido em Chapecó de maneira independente, a obra fala des-

O CINEMA DO VELHO OESTE

se momento da vida do garoto e de como as coisas acontecem (ou

Uma cena que se fortalece a cada ano.

profissionais, experimentais e acadêmicas. Em Bardo, o jornalista

não) dependendo da forma como gerenciamos nossas escolhas, ou então como nos apresentamos para nós mesmos. Já o gênero de filme de não-ficção ganha força na região com obras Taulan Cesco explora a dimensão antropológica da contação de

70

histórias a partir da relação intrínseca do ser humano com a narra-

ções cinematográficas inéditas e autorais. Chapecó vem mostrando

tiva oral, a memória coletiva e a construção de sentido.

que possui grandes talentos dispostos a contarem histórias interes-

O documentário foi produzido como Projeto Experimental de

santes através de suas lentes.

Conclusão de Curso de Taulan, e se expandiu para além disso,

O dilema do êxodo do interior para a cidade, regressos e seus res-

através de uma plataforma de financiamento coletivo. O nome

pectivos conflitos, é narrado no documentário O Caminho da Roça,

Bardo remete ao povo ariano, que viveu há cerca de 2.000 anos

que é a tradução da língua indígena Kaingang para a palavra Cha-

a.C. onde hoje é a Europa Central. Esse povo era muito propenso

pecó. O filme – um estilo híbrido, que mescla ficção e documentá-

à oralidade, cantava e re-

rio – lança um olhar para o interior através da vida do jovem Vladis

citava lendas. A memória

(interpretado pelo ator chapecoense Tiago Hall), que deixou o cam-

dos bardos, portanto, era

po rumo à cidade, mas é chamado de volta devido uma herança

considerada a sua “lite-

familiar. Nesse tempo que passa na comunidade onde cresceu, ele

ratura viva”. E dar conti-

(re)visita a nostalgia da infância, o saudosismo dos amigos e (re)

nuidade a isso é a maior

descobre o campo. Nesse processo, Valdis se depara com pessoas

finalidade do documen-

que ainda têm como modo de vida a simplicidade e os costumes

tário.

FLASH VIP

Carol Bonamigo jornalista, especialista em Cinema e Realização Audiovisual

Engana-se quem pensa que é preciso ir longe para encontrar produ-


71


guia cultural Fil Souza

SANTO DE CASA FAZ MILAGRE? Já pararam para pensar que, quando buscamos alguma referência em qualquer que seja a área, nosso inconsciente sempre busca algo longe de nossa realidade, algo quase que intangível?

TRILHA SONORA

uma banda de barzinho a tocar covers por aí, e começou a compor e a gravar suas músicas. Já são três discos lançados – Variantes (2008), Com Prazer (2011) e Tudo Acontece (2014) – e um quarto pronto para sair do forno, com destaque para as músicas “Moderno é o cinquentão”, “Eu quero tudo”, “Chegou a hora”, “Vai passar”, “Tudo acontece” e “Um segundo”. Os Variantes não ficam presos aos moldes iniciais. Não se trata de mais uma cópia de bandas inglesas ou gaúchas, eles demonstram –

música, bom mesmo é quem mora num grande centro, quem mora

disco a disco – que apesar de se manterem fieis às suas referências de

no estrangeiro, quem mora longe sempre parece fazer algo melhor.

origem, têm uma identidade forte e estão em constante amadureci-

Dificilmente olhamos para o lado para ver o que é produzido ao nos-

mento e evolução.

so redor, como se nossos vizinhos e irmãos não tivessem capacidade

Outro destaque é a produção de clipes, com ótimos vídeos lançados.

de produzir coisas realmente boas, que fogem ao convencional.

Clipes tão bem produzidos que te fazem pensar ser de bandas de

Às vezes é difícil valorizar o que temos ao nosso entorno, é difícil

sucesso do mainstream e não de um grupo local, em busca do seu

ver qualidades que temos como intangíveis e louváveis naqueles que

lugar ao sol.

moram próximos a nós, daqueles que dividimos nosso cotidiano.

A produção da banda nos faz ter orgulho do que eles têm produzido

Moro em Chapecó desde o ano de 2001 e, nesse período, já vi inú-

e como estão representando Chapecó nos palcos do Brasil.

meras bandas começarem e terminarem, bandas comuns, bandas

Fica aí a minha dica para essa

ruins, bandas boas e algumas realmente boas.

edição, baixe, escute, ouça e

Algumas, ainda em atividade, demonstram criatividade, amadureci-

depois, se for o caso, critique.

mento e, acima de tudo, ainda têm muita lenha para queimar. Como

72

é o caso do Variantes.

REDES:

Os Variantes surgiram em meados da década de 2000, tocando co-

fb.com/variantesvariantes/

vers de bandas de rock n’ roll das décadas de 60 e 70.

instagram.com/osvariantes/

Com o passar do tempo, mostrou que não queria ser apenas mais

soundcloud.com/variantes

FLASH VIP

Fil Souza advogado, músico amador, apreciador de um bom e velho disco.

Seja a área que for, pode ser nas artes, no esporte, na política ou na


73


guia cultural Hilario Junior

GAMES

em situações normais, não chamaria a atenção por não envolver seu time do coração ou mesmo o arquirrival para dar aquela “secada”. Num final de semana normal, há jogos que ocorrem no sábado em dois horários noturnos, no domingo em três horários (sendo que um deles começa às 11h da manhã) e, como se não bastasse, um jogo ainda sobra para segunda à noite. É muito difícil não ter jogadores escalados espalhados pelos 10 jogos da rodada e, com isso, no míni-

CARTOLA FC: O CAPITAL QUE VEM DO TEMPO Em atividade desde 2005, o fantasy game Cartola FC é cada vez mais mania entre torcedores, apreciadores ou mesmo para quem não tem tanta paixão assim por futebol, mas entra na brincadeira pela diversão e passatempo. Gente de todas as idades e gêneros estão jogando. Mas qual é o segredo desse fenômeno?

mo, há uma preocupação com o que está acontecendo com aquele jogo que você escalou um atacante ou um goleiro. A escalação não deixa de ser parte aposta, parte sistemas de estratégias específicas que certos gamers utilizam acompanhando não só os jogos das rodadas como também a cobertura jornalística que antecede cada disputa, pois se o jogador escalado não entrar em campo, não soma pontos para o time. Para completar, a cotação dos jogadores muda como uma bolsa de valores. Fazendo jogadores que negativam perderem valor de mercado e aqueles que positivam ficarem mais valorizados. Toda a sistemática do fantasy game é bem construída e tem como consequência o agrupamento de pessoas via redes sociais para acompanhar os jogos e fazer comentários sobre lances que somam ou sub-

74

traem no seu investimento durante as partidas. Outra consequência

o Cartola FC é um fenômeno de gamificação que chama a atenção

é a criação de apps não oficiais que monitoram em tempo real cada

pelo sucesso que faz não só com quem acompanha futebol e dedi-

oscilação no mercado da bola.

ca muito da sua agenda para tal, mas também para quem não tem

Em suma, o Cartola FC é um caso a ser estudado e seus prós e contras

a mesma dedicação mas encontra sociabilidade, brincadeira e até

podem gerar debates longos. Por um lado, o passatempo gerado por

premiação nas 38 rodada do Campeonato Brasileiro. O fantasy game

um game que envolve raciocínio lógico, matemático e estratégico

da Globo/Sportv baseia-se em brincar de técnico e escalar jogadores

traz uma experiência divertida e instrucional sob camadas de varian-

disponíveis de qualquer time participante do Brasileirão, incluindo

tes que fazem o futebol ser uma paixão não longe de ser mensurada.

a Chapecoense, nosso verdão do oeste, para montar o seu time. O

Por outro lado, o envolvimento necessário para se fazer uma boa

gamer escolhe do técnico ao centroavante e ainda define esquema

campanha exige algo cada vez mais raro: tempo. Se o futebol já

tático, nome e visual do clube. Quando o time está pronto, pode-se

ganhava toda a atenção na televisão, internet e assuntos diversos

participar de ligas criadas pelos próprios usuários nos mais diferentes

em reuniões de amigos, agora ele tornou quase monopólio, preju-

círculos sociais, do trabalho à família.

dicando que se dê atenção a assuntos importantes também trans-

Naturalmente, prêmios são acordados na criação da liga e podem

mitidos nas diferentes mídias. Ou seja, o Cartola FC é um entrete-

variar de quem lava a louça por ficar em último na rodada até

nimento barato que traz ao mesmo tempo a chance de escapar de

quem leva o caixinha em dinheiro que foi colocado em prêmio

tantos problemas e sociabilizar em torno de uma experiência de

ao concordar participar da liga. A pontuação vem da atuação dos

gamificação, mas também

escalados e pode somar ou subtrair pontos por coisas boas e coi-

demanda atenção dema-

sas ruins que os jogadores fazem em campo como, por exemplo,

siada de seus participantes

somar pontos quando faz gol ou rouba bolas e subtrair pontos de

mais envolvidos.

fazer faltas e errar passes.

Em todo caso, fica uma

A grande sacada do jogo está em fazer os gamers monitorarem seus

pergunta com certeza: e

escalados ao longo de uma rodada que pode durar três dias seguidos

aí, mitou na rodada pas-

e, com isso, fomentar a audiência em um determinado jogo que,

sada?

FLASH VIP

Hilario Junior especialista em Cinema, mestre em Comunicação Social.

Batendo um recorde atrás de outro em número de times escalados,


FELIZ CIDADE De quem vive aqui! Uma cidade que tem a garra e a força de um índio guerreiro E a grandeza de um verdão que conquistou o mundo! Parabéns, Chapecó, pelos 100 anos!

25 ANOS

75


guia cultural redação FV

LITERATURA

LEVADO PELA ARTE E A AVENTURA

Com o título Levado pela arte e a aventura,

CHAPECÓ NAS PÁGINAS

o escritor português Torres Pereira – um

Listamos quatro livros de autores chapecoenses (de nascença ou coração) que encantam com suas palavras.

encontrou em Chapecó o seu lar: Agos-

dos fundadores da Associação Chapecoense de Escritores, Ache – discorre sobre a vida de outro artista português que tinho Duarte. No livro, o amigo e colega

CENTENÁRIO DE CHAPECÓ 1917 A 2017

apresenta a biografia detalhada e esmiu-

Ao descrever a história de Chapecó o au-

Volta à Portugal para fazer jus à história

tor, Flávio Luiz Pansera, teve em mente

e à memória de Agostinho, pois é lá que

a necessidade de registrar, resgatar, enal-

tudo começa, quando aos 12 anos vê-se

tecer as pessoas e entidades que dedica-

influenciado pelo tio pintor-decorador,

ram seus feitos a preparar uma cidade

Manuel Lourenço.

çada da vida e obra do artista plástico.

tão maravilhosa para os que hoje moram aqui, que chegaram depois e a encontraram pronta. Ilustram o livro cerca de 300 imagens, desde 1892 com a edição do primeiro jornal Xapecó. A colonização iniciada pelo Coronel Bertaso, o Ciclo da Madeira, as Agroindústrias entre tantos outros progressos. Uma narrativa completa desde a época da economia zero onde existia apenas a cultura de sobrevivência

100 BREVES IMAGINÁRIOS: CENTENÁRIO DE CHAPECÓ

A obra foi elaborada através de uma par-

até a abertura para a indústria e a infraes-

ceria entre a fotógrafa e professora do

trutura completamente organizada, capaz

curso de Publicidade e Propaganda da

de satisfazer às exigências de qualquer ha-

Unochapecó, Janaina Schvambach, e o

bitante que queira habitar viver bem em

escritor André Timm. O livro harmoni-

uma cidade tranquila e desenvolvida.

za fotografias e textos, e as páginas podem ser destacadas como cartão postal e enviadas a outros destinos. As imagens

VIVA COMO SE ESTIVESSE DE PARTIDA

foram registradas em dez passeios feitos

No dia 29 de novembro de 2016, toda a cidade de Chapecó amanheceu de luto pelo aciden-

pelos autores na cidade, captando cenas

te aéreo que matou 71 pessoas, entre jogadores da Chapecoense, comissão técnica, dirigen-

e peculiaridades de Chapecó.

tes, profissionais da imprensa e empresários que acompanhavam o time. Em seu livro Viva como se estivesse de partida, o jornalista Rafael Henzel apresenta um relato emocionante e repleto de otimismo, no qual recorda os momentos que antecederam o acidente e compartilha a jornada de gratidão pela dádiva da vida que traçou a partir do momento do resgate. Nesta obra, o narrador esportivo divide com o leitor tudo que mudou em sua vida após receber essa segunda chance e afirma ter plena consciência de que sua missão após vivenciar o que muitos consideram um milagre é levar uma mensagem de amor e gratidão a todos e mostrar que não é preciso vencer a morte para começar de novo.

76

FLASH VIP


77


guia cultural Greici Audibert

SALADA MISTA

ROUPALIVRE.COM.BR

ROUPA LIVRE Esses tempos eu estava pensando em como a moda se tornou democrática, especialmente para as mulheres, que historicamente carregam o peso do padrão nas costas. Pensei nisso depois de ler um artigo que falava sobre as mulheres estarem aderindo cada vez mais a peças soltas, leves e, principalmente, confortáveis. Entre um hiperlink e outro encontrei o Movimento Roupa Livre. Li a primeira frase do site e me encantei. “A gente não precisa de roupas novas. A gente precisa de um novo olhar.” É isso. Essa é a proposta. O Roupa Livre conecta iniciativas e pessoas que buscam uma relação mais consciente, carinhosa e cuidadosa com o que vestem. Um movimento aberto para quem quer experimentar um novo olhar através de eventos, livros digitais, mapeamento de iniciativas, produção de conteúdos e muita mão na massa, propõe o projeto. Através do app, por exemplo, que já tem sete mil usuários, é possível trocar peças que já não servem mais. O movimento promove ainda ações que ajudam as pessoas a se apropriar do seu estilo, ditar a sua própria tendência. Se aproximar da forma como as roupas são feitas e dar liberdade para as peças que não são mais usadas.

FEMITAXI.COM.BR

78

REDERIZOMA.COM.BR

REDE SUSTENTÁVEL

Você já ouviu falar do FemiTaxi? É um sistema que ofe-

É tão legal quando conseguimos comprar itens que procuramos

rece uma frota de táxi exclusivamente para mulheres, e

dentro das nossas comunidades e feitos por produtores locais, não é

formado apenas por motoristas do sexo feminino. Pri-

mesmo. O Rede Rizoma é uma plataforma justamente baseada nisso,

meiramente disponível em São Paulo, funciona através

no modelo de compra colaborativa. A ferramenta organiza grupos de

de um aplicativo, tanto para Android quanto para IOS.

consumo de acordo com a localização das pessoas e o tipo de produ-

O app surgiu depois de tantas denúncias de assédio contra

to. Ou seja, conecta produtor

mulheres usuárias de táxi e também vai ao encontro de

e consumidor. O projeto bus-

uma necessidade apontada em diferentes pesquisas. Uma

ca fomentar uma economia

delas, realizada pela 99 Taxis com 1,8 milhão de usuários

sustentável, através do cui-

da plataforma, mostra que 56,5% gostariam de ter a op-

dado com o meio ambiente,

ção de uma motorista mulher. Além disso, as mulheres

as pessoas e preço justo. Um

taxistas representam menos de 10% da frota, enquanto as

resgate do aspecto político

clientes representam 48% dos usuários.

do ato de consumir.

FLASH VIP

Greici Audibert jornalista, especialista em Marketing Digital e Mídias Sociais.

TÁXI PARA MENINAS


79


social thais dutra

02 01

01. Dra Daniela Fukumaru comemorou seu aniversário em grande estilo e recebeu os amigos em uma festa badaladíssima. 02. A arquiteta Fernanda Bohns Conforti Camargo esteve em São Paulo para conferir as novidades e tendências do mundo décor na Casa Cor. Aproveitou o momento em companhia do marido Rovane Camargo 03. A equipe da Splendida Salon

03

está super feliz em deixar as mulheres chapecoenses ainda mais lindas 04. Mateus recebendo todo o carinho da família em seu aniversário de quatro anos. Na foto com os pais Sandra Balbinot e Deivid Oliveira e a irmã Teodora 05. A blogueira chapecoense Lara Wolff linda, plena e esbanjando estilo no 04

mundo digital influencer

05

06. A fisioterapeuta Márcia Orbak está em ótimo momento profissional. Atuando em tratamentos estéticos e pós cirúrgicos, trazendo sempre novidades no ramo da estética e beleza 07. Quem apagou velinhas, recentemente, foi a estudante de engenharia química, Nicoly Brescovitz. Felicidades e sucesso!

Thais Dutra apresentadora do programa Glamour na Gen TV e colunista social.

06

80

FLASH VIP

07


social kiko santos 01 02

01. A professora de educação física Adriana da Costa se faz presente na coluna do aniversário de Chapecó 02. Toda a simpatia da professora Édia Deni Lucas Lago, ex-Secretária Municipal de Educação, Cultura e Esportes de Chapecó, ex-Gerente de Planejamento na instalação da SDR/Chapecó e atual presidente da

03

04

Associação dos Voluntários do Hospital Regional do Oeste 03. O arquiteto Allan Urnau, destaque profissional 04. O funcionário publico e professor Eduardo Bonamigo, com a esposa, a jornalista Carol, que há cinco anos escreve para a Revista Flash Vip 06

05. Nelli Ahlf Triches é empresária de sucesso, administrando a Livraria Estrela e a Triches Empreendimentos 06. A dentista Fabiana Durlo é só sorrisos, lançando em Chapecó, a clínica de ortodontia, implantodontia e clínica geral, Sublime – Inspirando Você

05

82 FLASH VIP


07. Mariaflor, loja de decoração recém inaugurada no centro de Chapecó, sob o comando da jovem empresária

07

Charlini Frizon 09 08. O casal Jeferson Silva e Franciele Rachelle comemorando o sucesso da Melt Gastronomia e Café, em Chapecó 09. Izi Schmidt, proprietáriado Lindas Studio Hair 10. Jonathan e Maria Julia Cucchi na reinauguração da loja Espaço da Moda

Kiko Santos colunista social do jornal Sul Brasil e da revista Flash Vip.

08

10


social thiago freitas Celebrar a vida e comemorar as conquistas foram as motivações para Daniella Fukumaru reunir os amigos e festejar seus 34 anos. Música boa e muita animação deram o tom a festa da médica dermatologista. Um evento intimista marcou a data no mês de junho. A Dalla Cervejaria foi palco do evento animado pelo DJ Daniel Alves, decoração da Vale do Sol e cardápio assinado pelo Chef Júlio Ricardo. Um Sucesso! Fotos Amê Fotografias

Daniella e seus pais Cida e Tsuneo Fukumaru

Entre os destaques desta edição, Dr. Rafael Faccio. Com serviços de excelência para resolver problemas complexos, o dentista proporciona autoestima aos seus pacientes. Cirurgião Buco Maxilo Facial, com ênfase em cirurgia Ortognática, especialidade de Ortodontia, com destaque para tratamento de disfunções têmporo mandibulares. Se destaca pela especialização, pelo planejamento digital (Dolphin 3D) e pelo atendimento familiar em seu consultório.

Thiago Freitas Jornalista (MTB/SC 3063) e colunista social do Diário do Iguaçu.

Foto Amê Fatografias

84 FLASH VIP


Competência, simpatia e atendimento de excelência são marcas registradas da médica patologista Rosane Aguiar. Foto Andrigo Gugel

Chapecó evoluiu muito nos últimos tempos, inclusive na parte gastronômica. Entre os VIPS desta edição, o pâtisserie Ricardo Agenor Dias de Oliveira, que tem 24 anos e já atua no ramo desde os 14 Talento, dedicação e amor a profissão fazem de Alexandre Flach

anos, quando iniciou em uma padaria de Xanxerê. No momento,

um profissional de excelência. O cabelereiroe empresário do Visage

Ricardo cursa Gastronomia na Unochapecó e contabiliza no cur-

Salon também ministra cursos profissionalizantes. Um show!

rículo diversas qualificações na área de confeitaria. O profissional trouxe para a Santa Madre os doces da alta gastronomia, como as

Foto Andrigo Gugel

Tortas Entremet e os Macarons. Foto Andrigo Gugel

A médica Priscila konrad e o empresário do setor gastronômico, Marcelo Konrad optaram por morar em Chapecó. Com raízes e negócios no nordeste, o casal está muito feliz na capital do oeste. Foto Amê Fatografias


casamento

CASAMENTO RAFAELA E AFFONSO No dia 22 de julho, o casal Rafaela Malfatti e Affonso Sanchez Neto trocou alianças na Catedral Santo Antônio e após a cerimônia religiosa os noivos receberam os convidados no Clube Recreativo Chapecoense. Fotos Heloísa Wagner Fotografia

Rafaela e a mãe, Selonir Malfatti

Rafaela com o pai, Claudio Malfatti

Os noivos e os padrinhos

86

FLASH VIP


Rafaela e Affonso com seus pais

Affonso e a mĂŁe, Evandra Sanchez

87


evento

Agnessa Leite e Marcio Souza, sócios da Agência Hoppa

SALTO PARA NOVA FASE

A

Jump Comunicação, que atua há cinco anos em Chapecó, mudou. A nova marca da agência foi lançada no dia 29 de junho, no Churraskito. Ao lado dos colaboradores,

INÍCIO

amigos e clientes, os sócios Agnessa de Al-

Tudo começou em 2013. Baseada no projeto de conclusão de cur-

meida Leite e Márcio Souza apresentaram a Hoppa Agência Criativa.

so de sua fundadora, Agnessa, a Jump Comunicação foi idealizada

A transição de Jump (que significa salto em inglês) para Hoppa

para ser uma agência digital. Ao lado do sócio, a empresa passou a

(salto em sueco) já estava planejada pela dupla há algum tempo.

atender em outras frentes como estratégias, design e campanhas.

“Queríamos inovar, sair da nossa zona de conforto, passar uma

“Graças à revolução digital, a forma de se comunicar com o

imagem mais sóbria e nos posicionarmos nacionalmente. A Hoppa

consumidor e fazer negócios mudou. Hoje integramos diver-

é uma agência renovada, com pilares de inovação, criatividade

sas mídias e estratégias ao marketing de uma empresa. Mesmo

e com foco no resultado dos clientes. É o ponto de partida para

na comunicação que chamamos de offline, é importante a pre-

uma comunicação mais moderna, próxima do cliente e efetiva”,

paração de uma base digital (redes sociais, site e etc), já que

explica Márcio.

74% dos consumidores ao ver uma propaganda na TV, jornal

A agência é atua com marketing digital, criação de sites, hotsites,

ou outra mídia, pesquisa na internet um pouco mais sobre o

portais, identidade visual, design gráfico, gestão de marca, consul-

produto ou empresa antes de decidir pela compra”, ressalta a

toria e campanhas. Possui um equipe multidisciplinar, nas áreas

empresária. FV

de marketing e gestão comercial, marketing estratégico, jornalis-

88

mo, publicidade e design. Atende empresas locais e nacionais das

A Hoppa está localizada no Edifício Lazio Executivo, sala 507.

mais diversas áreas de atuação.

Telefone: 3304 6114 | agenciahoppa.com

FLASH VIP


FOTOS: PAULA NAVARRO FOTOGRAFIA

LANÇAMENTO HOPPA - AGÊNCIA CRIATIVA

Parte da Equipe da Hoppa: Jessica Fogaça, AgnessaLeite, Marina Oliveira e Marcio Souza

Márcio, Agnessa, Carine Vendruscolo e Paulo Pit

Agnessa, Gian Pietrobelli e Fernanda Araújo

Cassia Cavalli e Agnessa

Agnessa e Tiago Chagas

Rovani Camargo, Marcio, Agnessa e Marlise Gürtler

Clairton Schein, Agnessa, Marcio e Thais Dutra

Agnessa, Márcio, Tatiane e Jeancarlo Zuanazzi

Matheus Parizotto, Marcio, Agnessa e Abrelino Parizotto

Sintia Brum e Felype Chagas

Claudinir e Maristela Bongiovanni, Marlise Gurtler e André Bianchi

Mara Nolasco, Marcio, Agnessa e Carla Cazella

Mara Nolasco, Magda Loureiro, Tatiane e Jeancarlo Zuanazzi

89


badalando nas antigas

Vicente e Silvana Giacomazzi

Sergio e Solange Zandavalli, Fatima Dávi

Turma do Clube do Livro: Denise e Jergy Brozozóviks, Isabel e Carlos Tirapelle, Mirian e Biba Giacomazzi, Alice e Plínio De Nes, Lys e Locatelli, Vera e Josias Mascarello, Sandra e Luis Scapucin

90

FLASH VIP


Clube dos Piranhas

Cristina Baldissera, Richard Bernardi, Nadia De Marco, Sonia Pasquali e Sayonara Grando

91


falou e disse Compartilhe conosco seu talento: jornalismo@revistaflashvip.com.br

SOLITUDE Silêncio Que nutre os tempos Os compassos E os contratempos Do Dó ao Dó O Só O sol do silêncio pleno Daquilo que faz viver Silêncio da pausa que move Das notas que se contorcem Na solidão das horas O ruído que cala E deixa só Aquilo que precisa ser Silêncio

Ana Marinho

Alice, personagem interpretada por Natalie Portman no filme Closer, perto demais. Ilustração digital Bianca Zancanaro Schinaiderde

É como se eu fechasse os olhos e sentisse o gosto do seu beijo gelado logo após escovar os dentes de manhã cedo para ir para aula. Eu sem conseguir abrir os olhos por conta

Patagônia, El Chalten/ARG Willian Faé

do sono e da luz forte demais. Ainda sinto o seu beijo gelado e demorado em minha testa, em seguida lembro da sua linda voz, dizendo que logo voltaria e me pedindo para continuar a dormir tranquilamente, e por fim, apagava a luz. Me dava mais um beijo, dizia que me amava muito, fechava a porta e ia.

Paula Cortina

92

FLASH VIP


PREFIC ATENÇÃO

23DEAGOSTO ÚLTIMO DIA PARA ADESÃO PAGAMENTO À VISTA

100% DESCONTO DE

24

PARCELADO

X Em até Também tem descontos É a melhor oportunidade para ficar em dia com Chapecó, reduzindo os custos dos pagamentos em atraso.

DÍVIDAS ATÉ 31-12-2016

Juros e Multas

INFORMAÇÕES:

Departamento de Tributos da Prefeitura Ou pelo fone: 3321 8544 93

Flash VIP #76  

Edição especial, comemorando os 100 anos de Chapecó ♥

Advertisement