Page 1


EDITORIAL

F

oram 12 anos de publicação, cumprindo

Juntos, estamos lambendo as nossas feridas. Os chapecoenses

rigorosamente a periodicidade proposta

deram as mãos. União e fraternidade de cidadãos comuns de

em seu projeto inicial. A cada dois me-

uma pequena grande cidade do Oeste catarinense.

ses, o leitor recebia a revista Flash Vip

Em uma comoção planetária jamais imaginável, conhecemos

distribuída em Chapecó. Após algumas

a grandiosidade colombiana e a generosidade de pessoas dos

mudanças passamos para o universo digital. Ao contrário dos

quatro cantos do mundo. Aprendemos que não importa se es-

outros anos, essa é uma edição especial e única de 2016, anun-

tamos no ataque ou na defesa, tudo pode acabar em apenas um

ciando o que vem por aí no próximo ano. Produções nos vários

segundo. Nossos irmãos agora são heróis e morreram inadver-

canais de divulgação, porém em um trabalho concomitante, a

tidamente pelo verde e branco. E a tristeza externada só não é

mesma proposta adaptada na linguagem que cada plataforma

maior que a imensa gratidão por termos vivido intensamente a

exige. Impresso, online, interativo, factual, simultâneo e atem-

cada jogo, a cada lance!

poral, além de canais de vídeos e webséries.

E por fim, a foto ilustrando esse editorial é uma homenagem ao

Durante esse ano nos estruturamos para esse novo desafio e por

Grupo Nostra Casa, que está presente em todas as 74 edições da

isso a pausa na revista impressa foi necessária. Garanto que não

revista Flash Vip. Também ao saudoso companheiro de viagem

foi nada fácil, porém com um aprendizado gigante. Retorna-

e amigo Daví Dávi, uma das vítimas desse acidente aéreo.

mos agora discretos para uma retomada incessante, revitalizada

Estávamos juntos, eu e meu marido Claudio, e os fundadores

e renovada em um futuro próximo.

da empresa Daví e Roze, em um dos muitos jogos da Chape,

Apresento neste editorial os novos integrantes da Flash Vip, Ag-

nos quais estávamos sempre presentes.

nessa Leite, administradora e especialista em Marketing Digi-

Vamos juntar nossos cacos e reconstruir a Chape! #ForçaChape

tal, e Márcio Souza, administrador e especialista em Marketing

Meus mais sinceros desejos de um feliz e abençoado Natal e um

Estratégico. Essa é uma aliança estratégica firmada para dar o

Ano Novo próspero e realizador.

sopro nas linhas digitais que o momento pede. Além da inces-

Super beijo e boa leitura!

sante e incansável contribuição da jornalista Carol Bonamigo, assinando as matérias onlines e impressas. Unir toda a experiência jornalística em revistas impressas com o conhecimento de marketing e conteúdo digital. A técnica com uso de ferramentas e aplicativos adequados aliados a informações de qualidade e relevantes. O resultado será como um vulcão em erupção, jorrando conteúdo rico, contextualizado, importante e com temas atuais. Escrevo esse parágrafo dias após ter escrito as palavras acima. Neste meio tempo fomos tragicamente marcados com o acidente aéreo da nossa Chapecoense. No fatídico voo perdemos ídolos, jovens, pais, filhos, esposos, avôs, amigos, amigos de amigos e colegas. A cidade inteira dilacerada pela perda. Nosso maior sonho se transformou no pior pesadelo. E de lição o que podemos tirar desse horror emocional que estamos vivendo? O verde gramado da Arena Condá, palco de tantas competições desde a quase amadora Série “C” até a glória da Série “A”, esmaeceu. Foi ali, na Arena, juntos, que choramos os nossos mortos.

12

FLASH VIP

CARLA HIRSCH

CARLA@REVISTAFLASHVIP.COM.BR TWITTER.COM/CARLAHIRSCH


ÍNDICE

16 FICA A DICA 20 DIÁRIO DE BORDO 30 ESPECIAL 44 PEQUENAS FELICIDADES 52 COMPORTAMENTO 66 TECNOLOGIA

30

68 MODA 70 DIREITO 72 LIGHT CLUB 74 GUIA CULTURAL 84 SOCIAL THAÍS DUTRA 86 SOCIAL KIKO SANTOS 88 SOCIAL THIAGO FREITAS 90 EVENTOS

20

94 BADALANDO NAS ANTIGAS 96 FALOU E DISSE

52

WWW.REVISTAFLASHVIP.COM.BR

Leia no nosso site

TELA DE CONCRETO

PARADA LGBT EM CHAPECÓ

Uma grande reportagem sobre street art e como os artistas chapecoenses estão colorindo as ruas da cidade através das intervenções urbanas.

Um emocionante relato em primeira pessoa da 1ª Parada de Luta LGBT do Oeste Catarinense.

/revistaflashvip

Foto: Coletivo Tereza

@revistaflashvip

PRIMEIRA HIDROMELARIA DE SC

A FV foi convidada a conhecer e provar o Hidromel, muito apreciado pelos antigos vikings. A empresa de Xanxerê é uma das pioneiras na fabricação da bebida no Brasil.

@flashvip 13


/revistaflashvip

loren ipsun

@revistaflashvip

@flashvip

quem fez esta edição da fv

agnEssa lEItE

Administradora, especialista em Marketing Digital direcao2@ revistaflashvip.com.br

márcIo souza

carol BonamIgo

Bruno gErhardt

duana scussIato

Administrador, especialista em Marketing Estratégico

Jornalista, especialista em Cinema e Realização Audiovisual.

Design de Moda e criador do blog Fluindo Moda

Designer, especialista em Design e Gestão da marca

diretoria@revistaflashvip.com.br

jornalismo@revistaflashvip.com.br

blogfluindomoda@gmail.com

duanasc@gmail.com

ErmínIo amarIldo darold

Juiz de Direito da Vara da Família, Órfãos e Sucessões da Comarca de Chapecó. Escritor e Palestrante.

FIl souza

Advogado, músico amador, apreciador de um bom e velho disco. filsouza@hotmail.com

ead4548@tjsc.jus.br

grEIcI audIBErt

Jornalista e produtora de conteúdo digital. Pós-graduanda em Marketing Digital e Mídias Sociais. greiciaudibert@gmail.com

hIlarIo JunIor

Graduado em Ciência da Computação, especialista em Cinema, mestre em Comunicação Social e doutorando em Ciências da Comunicação.

Isaac FElIx

Chef de cozinha e proprietário do Empório Nouvelle. chefisaac@emporionouvelle.com.br

marI cassol

sIlVanE alVEs loro

taulan cEsco

wIlIan PErEIra

Médica Endocrinologista, Doutora em Ciências, pesquisadora, professora universitária e criadora do blog Light Club

Jornalista e editora do blog Prazer Literário

Jornalista e produtor cultural

Designer Visual e diagramador da Revista Flash Vip.

tc_cesco@unochapeco.edu.br

silvane.jor@gmail.com

wlnprr@gmail.com

mari.cassol@uol.com.br

hjs@unochapeco.edu.br

ExPEdIEntE

editora-chefe

design editorial

www.revistaflashvip.com.br

Carla GraCe Medeiros HirsCH

wilian pereira

instagram @flasHvip

M.Tb: sC 0002596-Jp

wlnprr@GMail.CoM

twitter /revisTaflasHvip facebook revisTaflasHvip

Carla@revisTaflasHvip.CoM.br proJeto gráfico diretora de Jornalismo

denis Cardoso

JornalisMo@revisTaflasHvip.CoM.br diretor de marketing estratégico

produção/fotos e criação de anúncios

ed. lázio exeCuTivo | sala 507

Cidade CoMuniCação lTda

Cep 89802-130 | CHapeCó/sC

CnpJ 05.888.333/0001-12 impressão

MárCio souza direToria@revisTaflasHvip.CoM.br

contato/redação rua porTo aleGre, 427 d

Carol bonaMiGo - M.Tb: 3768 sC

contato e sugestões

GráfiCa arCus

JornalisMo@revisTaflasHvip.CoM.br diretora de marketing digital aGnessa leiTe direCao2@revisTaflasHvip.CoM.br

14

Flash VIP

fone: (49) 3322.0033

a revista flash vip não se responsabiliza por artigos assinados e opiniões de entrevistados.


Precisando alugar?

Conte conosco para localizar o imóvel que você precisa. Temos as melhores opções residenciais, comerciais e empresariais.

CRECI 425J

WG Comunicação 49 3312 1230

Os melhores imóveis estão aqui!

(49) 3321 1700 (49) 8423 1707 Grupo Nostra Casa www.nostracasa.com.br15


FiCA A DiCA

Todo mundo tem um aplicativo preferido no smartphone, aquele que facilita a sua vida. Para ajudar, a FV indica alguns apps que podem ser muito úteis no seu dia a dia. CiRCLe of 6 Com o slogan “um aplicativo que previne a violência antes que aconteça,” o Circle of 6 permite escolher seis pessoas em seu círculo de amigos. Caso se perca e precise de uma carona ou não sabe onde você está, você toca no ícone do aplicativo e ele envia um texto para o seu círculo com a sua localização GPS. O app está disponível gratuitamente para dispositivos da Apple. mova mais Já pensou aproveitar seus exercícios para ganhar milhas aéreas? O Mova Mais é um app que acompanha sua rotina de atividades físicas e te recompensa num dos principais programas de fidelidade do Brasil. Basicamente, você ganha pontos se exercitando e converte para a Multiplus. Este crédito vai te ajudar a trocar por passagens aéreas, diária em hotéis, aluguel de carro e mais de 550 mil opções de produtos e serviços. Disponível gratuitamente para iOS e Android.

LooKout Se o seu telefone desaparecer, não gaste seu tempo tentando reconstruir seus passos. Rastreie a localização do seu aplicativo no site do Lookout e faça com que ele soe um alarme bem alto ou mande uma mensagem para localizar seu celular, mesmo se você o deixou no silencioso ou enterrado sob uma pilha de roupas. O aplicativo não tem custo e pode ser baixado em dispositivos iOS e Android. PeRiod CaLeNdaR Para as mulheres, o Period Calendar é um santo app. Com ele é possível guardar informações detalhadas de tudo relacionado ao seu ciclo menstrual, como sintomas, humor, relações sexuais, peso, temperatura, notas e comprimidos. Baseado no seu calendário menstrual, ele avisa com antecedência para você se preparar para a próxima menstruação ou ainda o seu período fértil. Gratuito e disponível para dispositivos iOS e Android.

Bad date ResCue Com essa vida de Tinder e outros aplicativos de encontros, é comum estar em uma situação chata e precisando ser resgatado de alguém que não é o seu match. O Bad Date Rescue App permite programar um telefonema falso que te liga durante o encontro, para você inventar uma desculpa e poder sair. Ele ainda pode ser silenciado ou diminuído, se você decidir dar ao seu acompanhante o benefício da dúvida. O app encontra-se gratuito para sistemas iOS e Android. FV 16

Flash VIP


17

Incorporação registrada sob nº 92.253


FiCA A DiCA

A linha vintage faz muito sucesso e é super cool. De batedeiras a garrafas térmicas, o bacana é parecer que veio da casa da vovó.

Gourmet deixou de ser um substantivo e passou a ser um adjetivo, qualificando alimentos, produtos e até pessoas. E, com isso, comer bem não é mais apenas um momento de prazer e hoje define o seu estilo de vida. A FV listou alguns apetrechos para deixar a sua cozinha ainda mais gourmetizada.

Não apenas deixar sua cozinha mais estilosa, mas os utensílios gourmet devem facilitar a sua vida e ajudar nas receitas mais elaboradas. O espiralizador de legumes, por exemplo, permite cortar abobrinhas, cenouras e o que mais a sua imaginação quiser em perfeitos espirais. Ideal para fazer aquele macarrão de legumes, substituindo a massa e deixando a refeição mais leve.

Que tal um kit com várias em formato de animais?

é possível encontrar vários utensílios estampados com seus personagens favoritos. São talheres, louças e muito mais, como esses pratos da linha Star Wars, com o capacete do Darth Vader e do Stormtropper.

18

Flash VIP

o néctar dos deuse não ficou de fora do raio gourmetizador. Diversos tipos de taças, abridores de garrafas, apoiadores de copos e outros apetrechos estão disponíveis no mercado. E para deixa-lo “respirar”, que tal utilizar um aerador? Ele pode ser acoplado à garrafa, avulso na mão ou com um suporte para a taça. Basta escolher.


Incorporação registrada sob nº 36.570

Residencial

UM APARTAMENTO

ÚNICO.

2 APTO POR ANDAR 3 SUÍTES, SENDO 1 SUÍTE MASTER COM HIDROMASSAGEM

SALÃO DE FESTAS SALA DE JOGOS ESPAÇO FITNESS ESPAÇO KIDS ESPAÇO GAMES PERGOLADO GOURMET PISCINA ADULTA E PISCINA INFANTIL AQUECIDA PLAYGROUND INFANTIL

SAIBA MAIS: nostracasa.com.br/portofino

CRECI 425J

19


DiÁrio De BorDo

A

I T Á L I A GASTRONÔMICA Texto e fotos: Isaac Felix

Natural de Xanxerê, Oeste de Santa Catarina, cresci em uma família tradicional italiana, com avós e tias que cozinhavam muito bem. Desde criança, acompanhava a minha avó na cozinha, todos os dias, e na medida do possível, eu dava uma forcinha. Cresci sendo um apreciador da boa comida, sempre tive problemas com a balança, nunca tive restrição aos alimentos, muito pelo contrário, gostava de experimentar tudo. Lembro-me como se fosse hoje, fazendo a minha primeira pizza aos nove anos de idade, desde então, não parei de cozinhar. Como chef, as minha influências sempre foram as cozinhas 20

Flash VIP

francesa e italiana. Com o passar do tempo, estudei e adquiri novas técnicas, e hoje tenho um foco muito forte na cozinha do mediterrâneo. Em junho de 2016, me dei de presente uma viagem para a Europa e passei 30 dias incríveis conhecendo 29 cidades da Itália. Neste Diário de Bordo, convido vocês a me acompanharem nesta jornada gastronômica.


BeLLUmo Na estação de esqui em Cortina d’ ampezzo, na bela região de Bellumo, experimentei um prato de embutidos com presunto de cervo que, além de bonito e magro, estava magnífico.

21


DiÁrio De BorDo

c

heguei em Milão no dia 1º de junho, mês que

Não demorou muito até encontrar o bairro. Ruas apertadas com

comemorei meus 32 anos. Confesso que esta-

bares um ao lado do outro. Lembra muito bem a Lapa no Rio de

va um pouco assustado, país novo, não falo

Janeiro, com a sua energia boêmia. Encantador.

inglês, porém um pouco de italiano. Nunca tinha viajado para tão longe. Mas deixando

as dificuldades de lado, lá tudo funcionava. A mobilidade urbana é

O segundo destino na Itália foi Gênova – Liguria. Foram dias in-

muito eficaz e fácil de compreender, basta saber aonde quer chegar.

críveis, gastronomia ímpar, região famosa pelo pesto genovês e os

Depois de ficar vislumbrado ao ver a arquitetura da Milano Centrale,

pratos à base de frutos do mar. Dois dias reservados para conhecer a

fui logo ao hotel para fazer o check-in e deixar as minhas malas para

cidade e o mercado público, Cinqueterre, Portovenere e La Spézia.

começar a jornada a pé.

O almoço, em Vernazza, foi uma das melhores experiências com

A primeira experiência com a comida foi em um restaurante sim-

restaurantes. A entrada, um prato à base de polvo, saladas e limão,

ples. Pedi de entrada uma bruschetta de tomate cereja e um prato

tudo colhido na colina. Como prato principal, um peixe grelhado,

de gnocchi ao molho de tomates, tudo muito simples, mas algo que

acompanhado de batatas e legumes. Começo a salivar ao lembrar.

surpreendeu o meu paladar.

Tudo harmonizado com vinho branco Venderia 2015, produzido

Para comemorar a minha chegada, pedi uma garrafa de vinho e fiquei

no alto da colina.

só observando. Estava difícil conter as lágrimas de felicidade. Após be-

De Gênova à Firenze, na Toscana. Cada lugar que passava era uma

ber a segunda garrafa de vinho, retornei para o hotel, estava cansado

surpresa incrível. Em Firenze, o famoso Lampredoto, sanduíche tí-

e já estava vendo a Itália de outro ângulo: de dentro de uma garrafa.

pico de tripas com peperonciono, algo fabuloso. Não pude deixar

O primeiro dia como turista começou com uma leve ressaca, nem

de conhecer o Mercado San Lorenzo, onde tive o primeiro contato

imaginava que seria um grande dia. Peguei um metrô na estação de

com os embutidos italianos e pratos à base de tartufos, região pro-

Sondrio e fui parar na Piazza del Duomo. Subindo as escadas, avistei o

dutora de excelentes vinhos.

Duomo e, aos poucos, a praça e a Galeria Vitorio Emanuelle II. Nossa,

Em Toscana, dois pontos altos. O primeiro foi almoçar na Officina

que lugar incrível! De arrepiar.

Della Bistecca de Dario Cecchini, em Panzano no Chianti. Dário é

Sempre com fome, dei um “rolé” na Vitório Emanuelle II e, logo de

conhecido por ser o melhor açougueiro do mundo e aparecer em

cara, encantei com um restaurante charmoso chamado Biffi. Olhei

guias de gastronomia. Incrível conhece-lo pessoalmente e ter a ex-

no menu e, sem pensar duas vezes, sentei à mesa. Para rebater a ressa-

periência de comer a melhor Bistecca alla Fiorentina. Experimentei

ca do dia anterior, um vinho branco da região de Lugano, ao lado do

13 pratos regados de vinho produzidos ali na região, conhecida

Lago de Garda, perfeito para harmonizar com frutos do mar.

por fabricar alguns dos melhores do mundo, os famosos Chianti.

De entrada, uma ostra gigante, vinda de uma fazenda da Normandia. Impressionei-me com o frescor e sabor. Enquanto aguardava, degustei pães com um azeite premiado – havia ganhado o segundo lugar como melhor azeite do mundo – fabricado na Sicília, no sul da Itália. Fica uma dica, não deixem de experimentar os pães, são magníficos. Como prato principal, algo tradicional, muito comum na Itália, Spaghetti all Vongole (massa spaghetti, molho de tomate, pequenos mexilhões e azeite). Até então, só tinha visto pela televisão e nos livros da minha biblioteca. É um pouco difícil de comer, pois precisa tirar todos os moluscos das pequenas conchas, mas vale pelo sabor. Depois dessa experiência, visitei a Basílica do Duomo e até descansei no jardim do Castelo Escorsese. Segui meu rumo à procura do bairro chamado Brera. Durante o percurso, experimentei um gelato em uma das avenidas principais que liga o Duomo até o Castelo Escorse, que por sinal é maravilhoso.

22

GÊNoVa

Flash VIP


VeRoNa Apesar de linda, Verona é uma cidade voltada para turistas. Muitos restaurantes com preços altos e de pouca qualidade. Comemorei o meu aniversário neste dia, em um restaurante especializado em frutos do mar, um pequeno lugar próximo ao Castel Vecchio.

TReViso Treviso é uma cidade linda e de belezas naturais. Nesta mesma região, a apaixonante Veneza, sede de grandes romances e locação de vários filmes. O ápice foi tomar uma taça de Prosecco na Piazza San Marco e ouvir uma orquestra tocar Vivaldi na cidade dos meus antecessores.

O segundo ponto alto foi no dia, ao seguinte conhecer o centro de processamento e distribuição da maior fábrica de queijos de ovelha do globo. Embarquei até Incisa Valdarno de trem, onde fui recebido pelo proprietário da empresa Sarda Formaggi. Uma experiência maravilhosa, por cinco horas aprendendo sobre a história da empresa e seus produtos. Após, uma degustação de queijos e ricotas acompanhada de um vinho branco que Pietro produz na Sicília.

Roma Próxima parada: Roma. Cidade dos famosos molhos Carbonara e All’amatricciana. Gastronomia ímpar! Os melhores pratos com tripas em Trastevere – nesse lugar encontra-se gastronomia da an-

TReNTo

tiga cozinha romana. E nada como curtir o pôr do sol às margens

Encerrei a viagem em Trento, antes de embarcar em Milão. Foi

do rio Tibre, enquanto degusta uma taça de Prosecco.

um giro e tanto, como diziam os italianos que conheci durante a minha jornada.

BoLoGNa

O engraçado é que, estando lá, a nostalgia de uma infância em

Bologna é uma região magnifica, produtora de muitos embuti-

torno da cultura italiana era constante. Lembrava-me do cheiro,

dos, queijos e aceto balsâmico. Em Módena, conheci a equipe do

dos sons, os gestos do povo, do jeito de ser que uma família de

restaurante mais conceituado do mundo, dois dias após Masimo

origem italiana tem. A viagem deixa muitas saudades, com uma

Bottura ser premiado e reconhecido internacionalmente.

bagagem que vai além dos temperos que trouxe. FV

23


espaço vip

geral

MEGACABECEIRA PODE! E SE RECLAMAR, AUMENTAMOS

ARQUITETURA EM AMBIENTES DE SAÚDE O termo arquitetura hospitalar não traduz a dimensão do que

O mais divertido ao se cons-

é produzido nessa área. O trabalho do arquiteto vai além da

truir ou reformar o “lar,

planta. São os fluxos do ambiente de saúde que ditam o que

doce lar” é dar a nossa cara.

fazer: as premissas mandam no layout, e não o layout que

Você deve imaginar que o ta-

define as premissas.

manho da cabeceira é propor-

E o arquiteto não está sozinho. Médicos, enfermeiros e outros

cional à cama e ponto final.

especialistas que vivem o dia a dia dos locais de saúde parti-

“Só que não”, hoje em dia

cipam ativamente na criação dos espaços. Um trabalho que

uma das tendências é ousar,

abrange todos os olhares e permite ambientes mais flexíveis,

aumentando suas proporções.

adequados para o melhor desempenho.

As megacabeceiras, como são chamadas, oferecem charme, sofistica-

“Nossas equipes vão a fundo na operação. Praticamos uma

ção e uma atmosfera de acolhimento, especialmente se acompanha

arquitetura dos cases de sucesso, não obrigatoriamente das

móveis confortáveis e com estilo.

capas de revista. Ficar bem na foto vem em segundo plano.

Quanto aos materiais, como explica Suzana Valadares, proprie-

O essencial é que funcione de verdade, sem perder tempo

tária da Triarte Móveis, geralmente são usados estofados (traba-

fazendo adaptações”, explica a arquiteta e urbanista Mo-

lhados em capitonê ou tecido liso) e madeira. Também pode-se

nica Almeida.

utilizar somente a madeira, caso o estilo do ambiente seja rústi-

Segundo a profissional, o segredo de desenvolver projetos

co. Mas como o quarto é um espaço muito singular, a pessoa tem

bem pensados é o conhecimento das melhores práticas.

a possibilidade de escolher materiais, tamanho, cores, tecidos,

“Nossa experiência vem pela vivência na gestão e operação

estampas, tudo ao seu gosto.

de ambientes de saúde há quase três décadas”, finaliza.

NOSTRA CASA RECEBE PRÊMIO ESTADUAL DE MARKETING E VENDAS Realizado há 32 anos, o Prêmio Top de Marketing e Vendas da ADVB/SC (Associação dos Dirigentes de Vendas e Marketing de Santa Catarina) é considerado pela entidade um selo de qualidade do mercado catarinense. Buscando valorizar os profissionais de cada área e reconhecer o sucesso das empresas vencedoras, a premiação abre portas para novos negócios e mostra que o crescimento é possível em vários segmentos. A entrega do Prêmio aconteceu no dia 22 de novembro, em Florianópolis, e foi dividido em seis categorias (Indústria, Micro e Pequena Empresa, Serviços, Tecnologia, Turismo e Varejo). O Grupo Nostra Casa foi um dos três vencedores na categoria Indústria, através da Construtora e Incorporadora Nostra Casa, com o case “II Centenario, o presente da Nostra Casa para o futuro de Chapecó”. A empresa sempre teve forte ligação com Chapecó, buscando associar sua marca ao município. Por isso, criou o projeto do edifício comercial Il Centenario – que está sendo construído em uma área de mais de 18 mil m² - como uma alusão aos 100 anos da cidade, que será comemorado em 2017.

26

FLASH VIP


geral

NA DÚVIDA, ESCOLHA ESTAR BEM INFORMADO Alugar, comprar ou negociar um imóvel gera incertezas para muitas pessoas. Hoje é simples encontrar informações na internet, de forma rápida e organizada. Mesmo assim, equívocos ainda são cometidos. Abrir a porta de um imóvel para visita, por exemplo, não é mais diferencial algum, muito menos apresentar condições de pagamento. E como segurança é essencial em qualquer transação imobiliária, toda orientação é sempre bem-vinda. Tudo bem, você não precisa ser expert no assunto, nem criar cenários, fazer comparativos, pesquisar incessantemente ou ocupar-se de questões legais. A melhor saída é encontrar profissionais experientes e habilitados. Pensando nisso, a Fênix Imobiliária, Foto: Paula Navarro

com uma trajetória de mais de 20 anos no mercado, percebeu a necessidade de oferecer mais qualidade ao cliente e criou a Consultoria Imobiliária. Chega de passar dias ou meses atrás de um imóvel. Com esse serviço, você pode adequar melhor suas expectativas, tirar todas as dúvidas e evitar dores de cabeça. Responsável, a empresa preza pelo respeito ao cliente, porque não se escolhe apenas um imóvel, mas planejam-se vidas e constroem-se desejos. Para a Fênix, tornar o cliente próximo da empresa é essencial, pois demonstra transparência nas negociações. Ao buscar pela competência e informação você garante que está realizando um bom empreendimento.

Paulo Roberto Benites, Diretor da Fênix Imobiliária

27


espaço vip

educação

ensino à distância

navegador brasileiro visita o colégio logosóFico

Desde o dia 21 de novembro, a Unocha-

O navegador Amyr Klink visitou o Colégio Logosófico, a convite das professoras

pecó conta com um modelo inovador de

e alunos do 5º ano. A turma leu o livro Cem dias entre céu e mar, que descreve a

graduação a distância. “Estamos entrando

sua travessia da África para o Brasil, no ano de 1984.

com a metodologia Aprendizagem Baseada

Em uma videoconferência, convidaram Klink para a Noite Cultural da escola, na

em Problema, que permite ao aluno buscar

qual apresentaram uma dança retratando as viagens do explorador.

conhecimento de forma autônoma em um

No dia seguinte, Amyr Klink visitou o Colégio Logosófico e contou situações vivi-

componente curricular por módulo e uma

das nos países que conheceu, falou sobre a importância do estudo, do planejamen-

temática específica”, explica o coordenador

to e da comunicação com profissionais de outras áreas do conhecimento. “Nosso

de Projeto, professor Paulo Sergio Jordani.

interno vibra com a recordação deste estudo! Não imaginávamos que chegarí-

As inscrições podem ser realizadas no site

amos tão longe”,

da Graduação a Distância ou do seletivo.

relatou a professora

Qualquer pessoa com o ensino médio con-

regente da turma,

cluído pode se matricular.

Ana Amélia Artini Bergamo.

“E

que

‘bons ventos’ nos levem a novos mares de conhecimentos e, quem sabe, a um novo encontro”, completa.

28

Flash VIP


29


especiaL

PRIMAVERA COLETIVA Quando estamos dispostos, o mundo nos conecta às pessoas certas. Greici Audibert

30

Flash VIP


Foto: Gabriel Spenassatto

e

u sempre tive certa dificuldade de começar algumas coisas. Terminar também, mas isso é assunto para uma próxima conversa. O fato é que dar o primeiro passo é quase sempre a pedra do meu ca-

minho. A primeira frase de um texto então, nem se fala, e com esse não foi diferente. Mas não poderia iniciar de outra forma, já que começar tem tudo a ver com o que vou escrever hoje. Há muito tempo tenho refletido sobre a minha profissão e que tipo de trabalho quero entregar para o mundo. Como fazer diferente, quem poderia ajudar, de que forma produzir algo mais relevante para a minha vida e a vida das pessoas? Muitas dúvidas, poucas respostas e um momento de mudanças profundas na área da comunicação. Até que encontrei outras três pessoas com tantas ou mais incertezas quanto eu. Assim surgiu o Coletivo Tereza em Chapecó, o primeiro formado exclusivamente por mulheres jornalistas de

Ana Marinho, Suelen Santin, Angélica Lüersen e Greici Audibert fazem parte do Coletivo Tereza, primeiro coletivo de mulheres jornalistas de SC.

Santa Catarina. Quatro pessoas com um dilema e muitos propósitos em comum, entre eles, o de realizar um jornalismo humanizado e alinhado às plataformas digitais. Juntas, percebemos que não precisávamos de alguém que nos impulsionasse a fazer planos. Poderíamos seguir de forma independente, no nosso ritmo e, principalmente, com as nossas convicções. Foi o suficiente para começar. Tudo, claro, sustentado em uma relação de confiança, respeito e liberdade de

as coisas que você sonha acontecerem”, acrescenta a jornalista

podermos ser quem verdadeiramente somos. “As pessoas têm

Ana Marinho, que também faz parte do coletivo.

diferentes habilidades e potencialidades. Trabalhar no coleti-

Quando você está feliz com o trabalho que entrega para o

vo faz com que os talentos se somem e essa soma certamente

mundo, a tendência é também tornar as outras pessoas feli-

produz algo melhor do que quando se trabalha de forma in-

zes. Deve ser por isso que cada vez mais surgem coletivos e

dividual”, pensa a jornalista Angélica Lüersen, integrante do

grupos independentes, sem hierarquias e com novas formas de

Coletivo Tereza.

produzir conteúdo. O melhor de tudo, segundo o jornalista e

Atuar de forma conjunta, além de aumentar as chances de se

doutor em Ciências da Comunicação, Rogério Christofoletti, é

produzir algo mais democrático para as pessoas, também se

que esses grupos têm aparecido de forma espontânea, frequente

traduz em um aprendizado constante. Todos nós, em algum

e não apenas na capital. “Isso sinaliza que tanto consumidores

momento na escola ou na faculdade, já optamos por fazer tra-

quanto produtores de conteúdo têm desejo por novidades, e

balhos individuais quando poderíamos dividir as tarefas com

esse ímpeto é que mantém uma boa taxa de crescimento dessas

algum colega. Melhor evitar problemas e não trocar o certo

iniciativas”.

pelo duvidoso, não é mesmo? Isso acontece porque, desde mui-

Rogério é professor da Universidade Federal de Santa Catarina

to cedo, somos encorajados a sermos os melhores, a alcançar

e um dos coordenadores do GPS Jor – Novos rumos para o jorna-

as notas mais altas, a ficarmos com o primeiro lugar sempre.

lismo, projeto catarinense criado com o objetivo de pesquisar

Confiar em quem está do seu lado e compreender que todos

e propor soluções para as crises do jornalismo contemporâneo,

têm potencialidades diferentes quase nunca foi um dever de

e contribuir para a construção de mídias locais de qualidade,

casa. E é por isso que o trabalho coletivo também pode ser

autossustentáveis e de governança social. “A difusão de conteú-

transformador. Nos faz crescer ao aprendermos com o outro.

dos de informação e entretenimento por poucas fontes nunca é

“Quando encontramos pessoas com quem temos afinidades, as

saudável. O mundo é diverso, é plural, e assim precisam ser as

ideias fluem e saem do papel. Você aprende a ter paciência para

nossas opções para informação noticiosa, para diversão e entre-

construir com cautela algo maior. É uma felicidade poder ver

tenimento”, complementa o professor.

31


Um JaRDim CoLoRiDo

O grupo foi criado em 2016, ano em que o ‘nós’ tem despontan-

Ainda não existe um levantamento de dados específico sobre co-

do com muito mais força e relevância do que o ‘eu’. Os inúmeros

letivos ou grupos de produções independentes situados em Santa

projetos financiados via crowdfunding (financiamento coletivo), por

Catarina, o que permite uma grande oportunidade de estudo para

exemplo, confirmam esse movimento de cooperação. Segundo a

pesquisadores da área. No Brasil, temos o Mamu – Mapa dos Co-

pesquisa Retrato do Financiamento Coletivo no Brasil, realizada

letivos de Mulheres, que contabiliza organizações ligadas ao mo-

pelo Catarse em parceria com a Chorus, 54% dos entrevistados já

vimento feminino. A Agência Pública também lançou neste ano o

apoiaram financeiramente de dois a cinco projetos, muitos prove-

Mapa Interativo do Jornalismo Independente. O projeto mapeou

nientes de organizações coletivas. Sem contar a difusão dos finan-

70 iniciativas, fruto de projetos coletivos e desvinculados de gran-

ciamentos baseados na premissa: você paga o quanto acha que o

des grupos de mídia, políticos, organizações ou empresas. O País

produto ou conteúdo merece. O Patreon funciona dessa forma,

também tem muitos coletivos que fomentam projetos artísticos e

através de assinaturas mensais com valores a partir de um dólar. O

culturais, como o Circuito Fora do Eixo, muito conhecido por tra-

site recebe mais de um milhão de dólares por mês, segundo uma

balhar com intercâmbio de shows, produção de eventos e expres-

reportagem do The Guardian, e o valor é direcionado a músicos,

sões ligadas ao audiovisual, teatro e artes visuais.

youtubers e produtores de conteúdo.

Através de uma sintonia muito parecida nasceu o Baluarte, um

Experimentamos, portanto, um momento de maior coletivida-

projeto de três amigos que estimula e produz ações itinerantes e a

de, onde as energias se direcionam muito mais às produções em

difusão de linguagens artísticas em Chapecó. A proposta é simples,

grupo e colaborativas do que aos trabalhos individuais. E muito

forte e tem dado muito certo: estabelecer novas formas de experi-

embora esse sentimento tenha desabrochando na cidade de forma

ências entre as pessoas através do movimento livre. Assim, o cole-

mais intensa agora, quatro anos atrás já havia gente pensando

tivo promove encontros entre pessoas e expressões artísticas como

em produzir um conteúdo paralelo ao modelo, até então, quase

poesia, música, produção cinematográfica, fotografia, teatro, litera-

predominante em Chapecó.

tura, artes visuais e gastronomia. Dois eventos já foram realizados

A amizade também foi o fio condutor da história que deu sentido ao

na cidade e os organizadores dizem estar em estado de graça com

Paralelo Estúdio Criativo, criado em 2012. O grupo formado por

a repercussão. Posso dizer, com toda a certeza, que o sentimento

sete amigos produz roteiros, graffitis e projetos de aprendizagem con-

também é recíproco para quem participou.

junta, arriscando técnicas de ilustração, pintura e animação. “Acredi-

“Estamos em uma época fértil de produção, as pessoas estão fazen-

tamos em um sistema de consumo e produção de conteúdo autôno-

do filmes, lançando discos, se mobilizando. Só que elas precisam de

mo e livre. Estamos trabalhando para tornar esse projeto prematuro

alguém, de um grupo e de um lugar que abrace os projetos. Aí não

em uma rede de troca de conhecimento, sensações e entretenimento.

depende do olhar de um produtor, de um empresário para explorar

O ser humano é essencialmente social e a produção coletiva é o prin-

essa demanda. Mas sim de alguém para criar uma atmosfera, uma

cipal propulsor da evolução. As melhores ideias da história surgiram

experiência boa para o público e para o artista”, reflete o publicitá-

da troca de diferentes percepções e entre diferentes indivíduos”, acre-

rio Lucas Cruz, um dos idealizadores do Baluarte.

dita o artista gráfico, Helton Juliano Matei, membro do grupo.

Paulo Henrique Cruz, Lucas Cruz e Leandro Lemos integram o Baluarte, coletivo cultural que atua na difusão de linguagens artísticas.

32

Flash VIP

Foto: Robson Marcussi

especiaL


Os coletivos se baseiam na horizontalidade organizacional Ou seja, um modelo de parceria que não adota a estrutura hierárquica chefe/subordinado. Podem ser formados por profissionais da mesma área com objetivos e propostas de trabalho em comum ou por pessoas de áreas diversas. É importante destacar que a maioria dos integrantes dos coletivos não se dedica aos grupos de maneira exclusiva e, sim, de forma paralela aos seus trabalhos formais. Eles se mantêm de diferentes maneiras e podem exercer atividades comerciais, prestação de serviços ou não ter fins lucrativos. Porém, ainda não existe uma legislação específica. Por ser uma nova forma de trabalho, não se encaixa no terceiro setor, nem na iniciativa privada e também não na pública. “É incrível como facilitaria se a gente tivesse um pensamento crítico junto ao governo de buscar um perfil jurídico que fosse mais apropriado para essa classe”, comenta a produtora cultural Janaina Spode, integrante da Casa da Cultura Digital de Porto Alegre.

A Casa da Cultura Digital é um coletivo que tem entre seus membros diversos perfis de profissionais e possui um esquema de muitas parcerias. Em 2013, o coletivo foi contemplado em um edital do governo para em 2014 percorrer o interior do Rio Grande do Sul, mapear outros coletivos e entender melhor sobre a gestão e as articulações dos grupos dentro da cena cultural de suas cidades. Através do projeto chamado Observatório.cc, também foram realizadas oficinas de cultura hacker, software livre, licenças, direito autoral na era digital e pesquisas com mais de 25 coletivos do estado. O coletivo da capital gaúcha, assim como tantos outros, precisou encontrar o seu próprio perfil jurídico. “Queríamos ser uma organização aberta, sem fins lucrativos, mas não sabíamos como. O que encontramos como solução foi cada um dos membros se tornar um Microempreendedor Individual (MEI). Quando prestamos um serviço, usamos o CNPJ dos integrantes”, explica Janaína.

33


especiaL

o FLoResCeR Das iDeias Para Rogério Christofoletti, os coletivos de Chapecó têm um papel maior do que eles mesmos imaginam. Afinal, demonstram na prática que algo novo, original, inteligente pode ser feito. Que informações, reportagens, conteúdos narrativos, entretenimento e cultura podem ser produzidos fora dos polos difusores institucionais, e que podem também se colocar como alternativas à construção do imaginário. “São iniciativas corajosas e estratégicas. Precisam, como em qualquer outro lugar, buscar formas de sustentabilidade que garantam a sua sobrevivência. Esse é um drama não apenas para os alternativos. Todos precisam pagar as contas! Mas é ótimo saber que o Oeste – uma região tão rica culturalmente, tão importante economicamente e muitas vezes ignorada nas decisões do Estado – também está vendo esses coletivos surgirem. As mudanças que as pessoas almejam devem ser feitas nas suas cidades, nos seus bairros, nas suas vilas. É assim que as coisas cambiam”. E em meio a essa primavera coletiva, nascem também outras iniciativas independentes que, apesar de não se autodenominarem coletivos, se dedicam a trabalhar de forma colaborativa. É o caso das Emílias, grupo criado esse ano com o objetivo de conectar e empoderar mulheres, compartilhar conhecimento, experiências e incentivar o empreendedorismo feminino. Formado por profissionais de diversas áreas, o projeto já promoveu encontros sobre marketing, empreendedorismo, rodada de negócios, bate-papo com órgãos de classe, viagens e, recentemente, uma ação para apoiar o Outubro Rosa. “Falamos muito sobre o lugar da mulher na sociedade, no mercado de trabalho e isso tem sido muito bem aceito. A diversidade é notadamente valiosa para a comunidade e para os negócios. Nosso objetivo é contribuir com o empoderamento das integrantes ao disseminar informação para que cada uma, sabendo do respeito que merece, se sinta capaz e se posicione buscando igualdade”, explica a empresária Agnessa Almeida Leite, uma das fundadoras das Emílias.

34

FLASH VIP

no coletivo “fazTrabalhar com que os talentos se somem e essa soma certamente produz algo melhor do que quando se trabalha de forma individual” ANGÉLICA LÜERSEN COLETIVO TEREZA


Foto: Paula Navarro

As Emílias e seus projetos incentivam o empoderamento feminino e o empreendedorismo entre as mulheres.

Quem também aderiu à proposta de criar e compartilhar conteú-

ideias maravilhosas. Mas uma ideia só é boa quando é concretiza-

dos por meio de uma abordagem mais humana e contribuir com

da e isso depende, inevitavelmente, da ação, do talento e da boa

esse fluxo de mudança social é o casal Denis Cardoso e Suzane

vontade de outras pessoas. Isso me faz lembrar muito daqueles

Gobbi. Eles estão por trás da Nós, produções independentes.

clássicos da Sessão da Tarde, como Conta Comigo, Os Goonies, E.T.

A ideia ganha forma nas plataformas digitais e, na verdade, não

Esses filmes mexeram e ainda mexem tanto com a gente porque

surgiu agora. Assim como todas as pessoas envolvidas nos projetos

são grupos de amigos, parceiros e companheiros que, juntos, so-

independentes recentes na cidade, o desejo de fazer algo diferente

mam esforços, lutam e vencem o mal. Esses sentimentos de união

sempre esteve latente nos pensamentos e na filosofia de vida do

e coletividade são inerentes ao tempo e nos instigam a comparti-

designer e da jornalista de Chapecó. Mas como tudo na vida, uma

lhar bons momentos, a querer fazer do espaço onde vivemos um

hora é preciso coragem para começar. “Estamos dando os primei-

lugar melhor.

ros passos rumo a uma mudança. As pessoas estão percebendo que

Afinal, somos reflexo das pessoas que conhecemos, das relações

existem outras maneiras de se fazer as coisas. Os coletivos são um

que estabelecemos ao longo da vida, e todos precisamos ter al-

pouco do reflexo disso. Muita gente tem notado que sozinho é mais

guém com quem contar. E é muito bom saber que hoje, neste

difícil de chegar a algum lugar e que a união gera ideias e possibili-

exato momento, contamos com todos esses projetos e grupos que

dades mais duradouras”, pontuam os idealizadores do projeto.

enxergam a possibilidade de uma rotina mais viva, uma cidade

Realmente não é fácil seguir com um projeto sozinho. É claro

mais humana. Talvez sejam eles o incentivo que faltava para mui-

que, o tempo todo, em qualquer lugar do mundo, indivíduos têm

ta gente também começar. FV

35


espaço vip

36

geral

Natureza selvagem

O lugar certO para O seu cãO

Você tem um bichi-

Na Escola de Adestramento e Hotel para Cães Dog Show o

nho

seu cãozinho terá uma vida social ativa.

diferente

em

casa e, quando vai

Com estímulo e companhia, ele irá gastar suas energias com

viajar, tem dificul-

brincadeiras, caminhadas e interação com outros cachorros.

dade de encontrar

Comandada pela especialista em comportamento canino

um lugar onde dei-

Lucia Helena Franco, a Dog Show funciona há 11 anos em

xá-lo? A Vet Selva-

uma estrutura de 8 mil m² que engloba alas de recreação

gem é uma Clínica

para cães de pequeno, médio e grande porte, além de es-

Veterinária especializada em Animais Silvestres e pets Exóticos.

paço para caminhadas, adestramento, hospedagem e pet

Oferece serviços de atendimento veterinário, hospedagem e

shop. E caso o tutor não disponha de tempo para levar seu

muitos produtos para o seu pet.

amigo até a Escola, a Dog Show possui serviço de trans-

Durante a hospedagem, seu bichinho será muito bem tratado

porte. Com a chegada das festas de fim de ano e férias es-

pela equipe Vet Selvagem. Em sua estrutura dispõe de um local

colares, saiba onde confiar a estadia do seu melhor amigo.

destinado somente ao hotel.

Um trabalho realiza-

“Trabalhamos com aves, répteis, tartarugas, peixes, mamíferos sil-

do com muito zelo e

vestres como coelhos, porquinhos da índia, hamsters, primatas,

carinho, com super-

entre outros”, explica a médica veterinária Isadora Morais Massa.

visão veterinária 24

Para dúvidas, agendamentos e orçamentos, ligue (49) 3304-7070.

horas por dia.

Flash VIP


37


falando de

Dezembro Laranja

Mês marca a conscientização e combate ao Câncer de Pele.

o

Dezembro Laranja é o movimento da So-

Crie o hábito de usar filtro solar diariamente, de

ciedade Brasileira de Dermatologia (SBD)

preferência pela manhã e reaplicando à tarde. E

para o combate ao câncer de pele. Em

quando se expuser ao sol, reaplique a cada duas

2016, traz como tema “O corpo fala –

horas. Se o seu trabalho exige se expor diretamente ao sol,

cuide da sua pele”, visando alertar para

complemente com chapéus de abas largas e camisas de mangas

os perigos de se expor ao sol sem controle.

longas. E não se esqueça dos óculos de sol!

O excesso do sol de forma inadequada pode trazer inúmeros prejuízos à saúde, além de ser responsável pelo câncer de

Habitue seus filhos ao uso do filtro solar da mesma

maior incidência no Brasil.

maneira que fizer quanto à escovação dos dentes.

Segundo o Instituto Brasileiro de Combate ao Câncer (Inca),

Dos seis meses até os dois anos de idade, prefira fil-

corresponde a 30% de todos os tumores malignos registrados

tros infantis próprios e hipoalergênicos. Antes dos seis meses,

no País e estima-se que mais de 175 mil novos casos apareçam

como a pele do bebê é muito delicada, o ideal é evitar a expo-

neste ano.

sição direta à radiação solar. Lembre-se que uma grande parte

O Dezembro Laranja foi criado a fim de estimular a população

das lesões de pele que surgem na idade adulta é causada pelo

na prevenção e no diagnóstico do câncer da pele. Durante um

dano solar acumulado na época da infância e adolescência.

mês inteiro, a SBD realiza ações para lembrar como evitar a doença.

De tempos em tempos procure se observar no espelho

O dermatologista Juliano Grock alerta para simples ações que

sem roupa, examinando principalmente as áreas da

ajudam a prevenir a incidência do câncer de pele:

pele onde houve maior exposição ao sol. Desconfie de feridas em áreas expostas, que não cicatrizam, ou lesões elevadas

38

Evite a exposição ao sol entre às 10h e às 16h. Nes-

e brilhosas, de crescimento lento, que por vezes coçam ou mesmo

se horário a radiação Ultravioleta que incide sobre

sangram frente a pequenos traumas. E, finalmente, fique atento

a Terra é muito alta e, além de favorecer o surgi-

a pintas escuras, que não existiam ou que já existiam, mas que

mento de manchas e envelhecimento precoce, é o maior estí-

passaram a crescer, ter bordas irregulares ou múltiplas cores. Na

mulo para o desenvolvimento do câncer de pele.

dúvida, procure um dermatologista. FV

Flash VIP


39


eSPaÇo VIP

GaSTRonoMIa

COOK & BEYOND INAUGURA EM CHAPECÓ

A VERDADEIRA FÁBRICA DI CHOCOLATE

Cozinhar pode ser um hobby

Chocolate é quase uma unanimidade. É difícil encontrar alguém

perfeito! Receber os amigos

que resista a essa delícia. Melhor ainda, é poder se fartar sem

ou a família para uma refei-

peso na consciência. A Fábrica Di Chocolate, localizada no Shop-

ção feita em casa, tem um

ping Pátio Chapecó, traz um novo conceito na linha de produtos

gostinho todo especial. Ain-

com chocolates finos e saudáveis.

da mais se os equipamentos

Ao contrário das outras marcas de produtos industrializados,

utilizados são belos e de qualidade. Agora, os apai-

40

os chocolates da Fábrica não possuem gordura trans, glúten e Os proprietários Ana Maria Foresti e Jonimar Ferreira

gordura hidrogenada. Prove o Fondue Express, com frutas frescas

xonados pela cozinha podem encontrar tudo isso em um

selecionadas a sua escolha e cobertura de Chocolate ao Leite,

novo espaço: a Cook & Beyond. Localizada no Shopping

Branco, Meio Amargo ou Diet. Além disso, bombons, milk

Pátio Chapecó, a empresa é especializada em utensílios

shakes e sorvetes

culinários para cozinhar e servir. Oferece ainda uma linha

fazem parte do cardápio.

completa de produtos, divididos em oito departamentos:

A novidade é o lançamento

Panel as, Mesa, Facas, Eletroportáteis, Confeitaria, Utensí-

do Gelato Natural, um

lios, Vinho e Bar e Churrasco. Marcas referência do mundo

sorvete sem conservan-

gastronômico estão disponíveis na loja, como Kitchenaid,

tes, corantes ou açúcares

Le Creuset, Marcato, Bialetti, Cuisinart, Staub, Zwilling,

industriais, uma opção

entre outras.

saudável e muito gosto-

www.cookbeyond.com.br | Fanpage e Instagram: @cookbeyond

sa para este verão.

FLASH VIP


41


eSPaÇo VIP

Moda

& BeleZa

MULHER MODERNA E OS CUIDADOS COM A BELEZA A rotina da mulher moderna é cheia de compromissos: casa,

vel levar em conta a qualidade do serviço prestado. Produtos

família, trabalho, inúmeras responsabilidades, lazer, amigos,

cuidadosamente escolhidos, bons profissionais, aplicações e

filhos ou pet… E em meio a essa personalidade multifuncio-

técnicas corretas são essenciais para uma mulher moderna oti-

nal, ela ainda precisa encontrar um momento para sua vaida-

mizar seu tempo e estar sempre bem consigo.

de. Soma-se o cabelo, maquiagem, pele, unhas, tudo para o seu bem-estar e aparência – pois isso também é importante. Conciliar todas as atividades e exigências do dia a dia pode parecer loucura, mas para uma mulher bem resolvida é apenas uma questão de organização, escolhas certas e saber exatamente aonde quer chegar. É por isso que a Nanda Cabelos e Cia, referência no mercado de Chapecó e região, incentiva a força feminina. Uma das grandes vantagens hoje é a flexibilidade de horários, que facilita muito a agenda, uma vez que os horários alternativos, além do comercial, permitem mais autonomia às mulheres. Então não há desculpas para se descuidar, muito menos dizer que não conseguiu marcar horário no salão. E é indispensá-

UM LUGAR VOLTADO AO HOMEM CONTEMPORÂNEO Para relaxar e cuidar de si, com este intuito nasceu a Mit Store, no centro de Chape-

A TAL PALAVRINHA MÁGICA

có. O próprio nome remete ao conceito da loja, um diminutivo do termo “mitchelo”,

Temos de admitir que uma promo-

que no dialeto caboclo significa amigo ou companheiro.

ção sempre cai bem. Ainda mais

Inspirada nos clubs europeus, a marca une diversos serviços em um único espaço para

quando você é maluca por bolsas e

tratar do bem-estar masculino. Com uma arquitetura industrial, trabalha com grifes

sapatos. O problema é que, às ve-

conceituadas cujos perfis refletem o estilo da loja, como L’Anza, Guess, Enzo Milano,

zes, as promoções são ocasionais.

Liverpool, Calvin Klein, Hard Men, MCD e Paul Mitchel. E que tal degustar um café

Então, como renovar o roupeiro

ou uma cerveja enquanto escolhe o novo look? Na Mit Store a ideia não é apenas

para 2017 sem ficar garimpando

consumir, mas usufruir do ambiente.

promoção por aí? Uma saída é par-

Além de tudo isso, profissionais capacitados estão a postos para cuidar da beleza e

celar em 10 vezes sem juros. Você

estilo do homem, em um segundo espaço com barbearia, SPA e estúdio de tatuagem.

consegue comprar aquilo que quer

Lá é possível entrar de um jeito e sair de outro totalmente diferente. Não apenas no

e ainda divide em parcelas tão pe-

dia a dia, mas também

quenas, sem exceder no cartão de

em momentos especiais,

crédito. E a Arezzo lhe dá essa van-

como o Dia do Noivo.

tagem durante dezembro inteirinho.

A Mit Store já está em

Agora sim, você não precisa se es-

processo de implemen-

gotar em busca de ofertas. Ah, e

tação da franquia, com

lembre-se, também, dos presentes

loja em Joaçaba.

de Natal e Revéillon. Sem essa de

Saiba mais através da

“lembrancinha”, aproveite as van-

Fanpage (/mitchapeco) e

tagens e impressione nas compras

Instagram (@mitchapeco).

de fim de ano.

Os sócios Marcos Locatelli, Cícero Frare e Anderson Lovatel.

42

FLASH VIP


U m a m a rc a d o G r u p o L u n e l l i lezalez.com

shopping pátio chapecó - av. fernando machado, 4.000 líder - chapecó / sc (49) 3312-3658

43


s a n e u q Pe

PeQUenaS felICIdadeS

44

Flash VIP


s e d a d i c feli

45


NOSSO LUTO É VERDE E BRANCO NOSSO LUTO É VERDE E BRANCO

Foto: Augusto Zeiser

ReGISTRo

A dor conjunta de uma cidade diante do imprevisível. Carol Bonamigo e Taulan Cesco

F

oi de forma abrupta e sem prenúncio. Era

temporadas no time, o atacante Bruno Rangel, maior artilheiro

madrugada do dia 29 de novembro, 0h55

da história da Chapecoense e o também atacante Everton Kempes

(horário de Brasília), num voo à Colômbia,

dos Santos Gonçalves, experiente atleta, que passou por diversos

que a aeronave fretada pelo time da Cha-

times no Brasil e exterior, entre tantos outros.

pecoense fez o seu último contato. O time

Vestindo uma camiseta com a foto de Kempes estampada jun-

viajava a Medellín, cidade onde jogaria com o Atlético Nacional,

to à frase “Sonhe sem limites e acredite com todas as forças. Vai

pela final da Copa Sul-Americana, na quarta-feira (30).

Chape!”, Vanessa Silva, esposa do jogador, contou que a dor é

A aeronave caiu a pouco mais de 30 quilômetros do Aeroporto In-

inexplicável e ela jamais cogitou vivenciar uma experiência tão

ternacional José María Córdova, região metropolitana de Medel-

dolorosa em sua vida. Um dia após o acidente, ela conversou com

lín. Ao todo, 71 pessoas morreram com a queda, entre jogadores,

a imprensa e desabafou: “Parece que não vai ter fim, mas eu terei

dirigentes, tripulação e imprensa (77 estavam a bordo).

de encarar, pois tenho meus filhos... Além disso, estou certa que ele estará nos abençoando, nos guiando da melhor forma”.

46

PeSSoaS e FamÍliaS

Emocionado, o goleiro Nivaldo contou que chegou ao estaciona-

Considerada a maior tragédia da história do futebol, o acidente

mento e viu o carro dos colegas e amigos, “embora eles não fos-

com o voo da Chapecoense causou comoção mundial. Os prin-

sem voltar”, disse o goleiro. “Farei o que puder para reerguer esse

cipais veículos de comunicação de todo o globo reportaram suas

clube, tanto pelas pessoas que se foram quanto pelos torcedores,

manchetes ao acidente. O esporte brasileiro perdeu importantes

Brasil e mundo”, afirmou Nivaldo, que anunciou sua aposentado-

nomes, como o goleiro Marcos Danilo Padilha, ídolo há quatro

ria, depois de jogar por nove anos na Chapecoense.

FLASH VIP


Uma cidade de lUto Em Chapecó, por onde se passava, faixas indicavam luto e homenagens aos que se foram. Amigos, colegas, ídolos. Todos perderam alguém. O mundo se compadeceu com a nossa dor e cada um contribuiu ao seu modo para prestar suas condolências. Do Cristo Redentor à Torre Eifel, monumentos se iluminaram de verde em alusão à Chapecoense. Na noite do dia 30 de novembro, milhares de pes-

1

soas se reuniram na Arena Condá para prestarem homenagem às vítimas do acidente aéreo. Cerca de 20 mil pessoas participaram de um culto ecumênico, resultando em uma grande rede de orações para tentar confortar os corações verde e branco. A jornalista Camila Almeida registrou diversos momentos para a revista Flash Vip e relatou a dificuldade em capturar a essência da ocasião. “Como fotografar o sentimento? Defini-lo através de uma imagem? Por aqui o que vejo é uma tristeza imensurável. Os corações dos familiares doem e junto, o de todos nós, torcedores e profissionais, que tentam

2

contar um pouco do que acontece pela Arena Condá. Vejo famílias inconsoláveis, vejo crianças com olhares tristes, vejo colegas, grandes jornalistas de todo o mundo, secarem as lágrimas entre uma entrevista e outra. Chapecó se comove e a tristeza só não é maior que a gratidão por esse time de heróis”. Ainda em choque, Chapecó viveu de longe e de perto sentimentos emblemáticos – primeira final de uma Copa Sul-Americana e a perda de praticamente um time inteiro. A cidade continuou calada por vários dias, triste, em luto pela vida e pela trajetória de

3

tantos profissionais. O velório coletivo, organizado na Arena Condá, reuniu milhares de pessoas. Não foi preciso falar a língua do esporte, pois o encontro no lar onde o Verdão do Oeste conquistou tantas vitórias teve outro motivo: retribuir aos protagonistas a lealdade por Chapecó. FV

Créditos das fotos: 1 - Gabriel Spenassatto / Diário do Iguaçu; 2, 3 e 4: Camila Almeida

4

47


espaço vip

geral

Mudar é preciso, seguir coM priMor é FundaMental

Marcelo Deak e Graciele Fedrigo

48

coMércio Mais Fortalecido e estruturado

A Confeitaria Delícias da

Há 46 anos, o Sindicato do Comércio da Região de Chape-

Grazzi, que trabalha há qua-

có (Sicom) atua em vários eixos ligados ao desenvolvimento

se 20 anos em Chapecó, vai

econômico. A principal diretriz da entidade é alcançar limites

mudar. Em breve, a nova

máximos, através de um competente conjunto de ferramen-

identidade visual fortalecerá

tas de modo integrado, para atingir seus objetivos.

ainda mais a seriedade e o

As Negociações Coletivas oferecem representação de fato e

compromisso que a empresa,

de direito na área do comércio, por meio da formalização de

administrada pelo casal Marcelo e Grazzi, mantém há tanto tempo.

Convenções Coletivas de Trabalho. A instituição busca o apri-

Tudo começou com as receitas de uma doceira e salgadeira tradi-

moramento das empresas, promovendo cursos de capacitação

cional na cidade, que incentivou Graciele Fedrigo e Marcelo Deak

e palestras, seja por iniciativa própria ou convênios firmados

a criarem a empresa. No início, a cozinha era familiar e os serviços

entre lojistas e instituições de ensino.

eram prestados de porta em porta. Aos poucos, a confeitaria cresceu

O sindicato possui informativo mensal, com a intenção

e tornou-se referência de qualidade em Chapecó.

de desenvolver as cadeias de negócios e manter o público

Os clientes podem ficar sossegados, pois os sabores, aromas e pro-

atualizado. O Sicom acredita que a informação é a palavra-

dutos permanecerão tradicionais como sempre. O que difere agora

-chave para a nova economia compartilhar processos e re-

é o posicionamento da empresa, que expressará de forma mais pro-

sultados. Desse modo, as empresas podem avaliar melhor

funda sua dedicação e cuidado. Seja para tomar um lanche, adoçar

seus números, tornando-se cada vez mais eficientes e com-

a vida, festejar as datas mais especiais ou completar a mesa do café.

petitivas dentro do mercado.

Flash VIP


turismo

sua casa eM Jurerê internacional

Mar líMpido e cultura seM igual

Jurerê Internacional é um open resort

Acordar no Caribe não seria tão ruim. Especial-

com um conceito inovador, numa das

mente com uma vista inspiradora como a de Cura-

áreas mais valorizadas de Florianópolis,

çao. Além de mergulhos em arrecifes e passeios de

e que proporciona qualidade de vida,

barco, há inúmeros atrativos culturais. Monumen-

voltada principalmente para as famílias.

tos, um forte edificado no século XIX, cavernas,

Um condomínio residencial e comer-

mercado flutuante e feiras de artesanato local.

cial e dois hotéis integrados harmo-

Clarice Bressiani, diretora da Nova Turismo, ex-

niosamente a estruturas de lazer e en-

plica que a organização é essencial em qualquer

tretenimento. Conta com um calendário permanente de atrações, como festas,

viagem. Para isso, a empresa oferece vários planos

eventos culturais, festival de música, gastronomia e competições esportivas

e roteiros especiais, que se adequam tanto ao seu

para todas as idades. Considerada uma das praias mais preservadas do Sul do

orçamento quanto ao seu calendário. E como pla-

Brasil, com 100% de balneabilidade.

nejamento é a ordem da vez, aproveite e já inclua

E para curtir Jurerê Internacional, o turista tem duas excelentes opções de hospeda-

Curaçao na sua agenda de 2017. A Nova Turismo

gem. O Il Campanario é a alternativa para quem busca um ambiente sofisticado e

está organizando uma viagem para o país tropical

de bom gosto. Conforto e segurança de um dos resorts mais famosos da Ilha. Loca-

no próximo feriado de Corpus Christi, em junho

lizado a poucos metros do mar e próximo aos principais beach clubs, no epicentro

do ano que vem. Agora, avalie muito bem antes

de Jurerê Internacional. Já o Jurerê Beach Village é o hotel “pé na areia”, o único

de dizer não para esse pedacinho do paraíso na

na beira da praia. Completa infraestrutura, que faz do hotel a escolha ideal para

Terra chamado Curaçao.

vivenciar confortavelmente o mar a seus pés.

49


ALGUNS

destaques

Dos 9 alunos premiados do Nível 1 da Olimpíada Regional de Matemática, 3 são alunos do Logosófico.»


ComPortAmENto

O mundo da comunicação digital na era da intolerância. Carol Bonamigo

52

Flash VIP


D

a próxima vez que se deparar com uma

a iNdUÇÃo do PeNSameNto

notícia polêmica em um site, sobre

Sabe aquela sensação que todo mundo pensa igualzinho a você?

qualquer assunto, dê uma passada pela

Não é bem assim. Quando você abre o feed de notícias do seu Fa-

seção de comentários. É incrivelmente

cebook e se depara com dezenas de postagens corroborando com

assustadora a capacidade do ser huma-

suas ideias, não quer dizer necessariamente que você faz parte da

no em proferir palavras agressivas. Um pensamento exter-

maioria. Quer dizer apenas que a rede do senhor Zuckerberg já fez

nado, seja para defender ou acusar algo ou alguém, pode

uma boa pré-seleção para você. E é muito importante ter plena

gerar uma enxurrada de respostas igualmente inflamadas e

consciência disso.

repletas de certezas.

Há uma produção massiva de informação na internet e não há

O anonimato permitido pela internet dá respaldo para esse

qualquer condição de acessarmos todo conteúdo disponível. Por

tipo de atitude, e claro que a falta de atenção e reflexão

isso, o Face (e outras redes, como o Twitter, por exemplo) faz o “fa-

sobre a infinidade de informações recebidas diariamente

vor” de filtrar isso para você. Com base nas suas informações pes-

contribuem para a perpetuação de compartilhamentos e

soais, publicações, curtidas, hashtags, acessos e compartilhamentos

curtidas nada criteriosos.

é criado um algoritmo para organizar, personalizar e distribuir o

O problema não é a internet, é o uso que fazemos dela. Con-

que você irá receber na sua timeline. Ou seja, quanto mais você

forme o cientista da comunicação Rodrigo Oliveira, hoje não

se manifestar sobre determinado assunto, mais será direcionado a

lidamos mais com a estrutura clássica de comunicação, na qual

postagens com ideologias semelhantes à sua opinião.

tinha-se um emissor, meio e receptor. A internet rompe com

A psicóloga Maria Carolina Moesch alerta para este comportamen-

essa esfera. “O receptor passa a ser um emissor. Ela (a web) dá

to, estudado pela psicologia social, que a filósofa alemã Hannah

voz, torna o ser visto e não apenas a audiência. E se dá liberda-

Arendt (1906-1975) chamou de “ausência de pensamento”. “O

de para que mais pessoas se enunciem, ela permite que mais discursos se propaguem”, afirma o estudioso. Mesmo com a ideia de que “todos têm voz”, nem todos são ouvidos. Rodrigo

“EU DIALOGO COM OS PARES OU REFUTO O QUE NÃO CONCORDO?”

alerta para os capitais culturais, sociais

MARIA CAROLINA MOESCH

sujeito é fruto da sociedade, do momento vivenciado. Estamos numa fase da superficialidade das informações, a ausência de refletir acerca daquilo que nos cerca. Eu dialogo com os pares ou refuto o que não concordo?”, questiona a professora.

e econômicos na influência da disseminação dos discursos. E,

De acordo com Maria Carolina, é positivo assumir posições ideoló-

neste viés do tudo pode ser dito, o senso comum prevalece.

gicas tanto na vida real quanto virtual. Porém, para ela, o extremo

“Muitas vezes, o senso comum acaba sendo uma deturpação

de todo esse conhecimento é a intolerância, gerando o adoeci-

do conhecimento. Liberdade de expressão não é a liberdade de

mento da sociedade. “Alguns movimentos vêm para revelar o que

expressar qualquer ideia. Opinião não quer dizer que é respei-

temos de pior enquanto humanidade. Isso acaba exteriorizando

tável. Respeitável é o respeito. A liberdade deve ser usada para

algumas violências, como de gênero ou contra a mulher. Vivencia-

diminuir as diferenças, não para aumentá-las”.

mos o auge do horror, enquanto a exposição do outro. No período

Neste último ano, nos deparamos com inúmeras discussões no

eleitoral, principalmente, vimos pessoas digladiando na frente de

Facebook, seja por diferenças políticas, religiosas ou orienta-

um computador, com alguém que, muitas vezes, nem conhece”.

ção sexual. Você mesmo pode ter participado de alguma. Acon-

A verdade é que não há respostas prontas. Para cada indivíduo,

tece que, neste mundo sem nuances cinza, ou pensamos iguais

cada cultura, há uma maneira de enxergar a realidade. Religião e

ou nos tornamos inimigos declarados. “Quando leio um post

política sempre foram assuntos polêmicos, independente do espa-

que colabora para as minhas defesas competitivas, é fácil me

ço. “Talvez nas redes sociais as discussões se tornem mais explícitas

afeiçoar a esse discurso. E aí que o senso comum é prejudicial.

e pessoalizadas, porque eu tenho um sujeito, um grupo que fala

A internet favorece a isso, onde qualquer coisa pode ser dita e

disso, e cada um pode falar o que quiser. O mundo virtual traz

qualquer opinião é válida”, pontua Rodrigo e acrescenta: “Pre-

empoderamento, pois não tenho o olhar do outro me censurando,

cisamos de empatia, não é porque é opinião que deve ser dito.

condenando ou questionando. Possuo o poder do teclado na mi-

Temos liberdade e, quando não sabemos usá-la, é um proble-

nha mão, de um áudio ou vídeo que eu vou produzir. Apodero-me

ma. Porque deixa de ser liberdade e passa a ser um ataque”.

deste espaço, porque não há outro mediador”, reflete a psicóloga.

53


ComPortAmENto

Um estudo realizado pela plataforma Comunica Que Muda, da agência Nova/sb, entre abril e junho deste ano analisou dez tipos de intolerância praticados pelos internautas brasileiros.

As expressões revelaram preconceitos com relação a classes sociais, deficiências, posições políticas, idade, raça, religião, além de homofobia, misoginia e xenofobia. Intolerância política ganhou em disparado, com quase 220 mil menções, seguido pela misoginia, com 50 mil.

54

Flash VIP


diScURSo do Ódio Impeachment de uma presidente, eleições municipais, Jogos Olímpicos, PEC 241 e ocupações de instituições de ensino. Podemos dizer que 2016 foi um prato recheado para discussões acaloradas de lados opostos nas redes sociais. De ataques o psicólogo Lucas Guerra entende bem. Suas opiniões são fortemente expostas nas suas redes sociais, e igualmente combatidas. O ativista é administrador de uma das maiores páginas

“OPINIÃO NÃO QUER DIZER QUE É RESPEITÁVEL. RESPEITÁVEL É O RESPEITO.” RODRIGO OLIVEIRA

com conteúdo LGBT do Brasil, a Cartazes & Tirinhas LGBT, com quase 600 mil seguidores. Entende que muitos discordam de seus pensamentos e acredita no debate saudável como principal caminho para a democracia. “Se confunde, muitas vezes, opinião com opressão. E a internet possibilita isso ainda mais, pois como você não está junto com quem está debatendo, é fácil interromper a discussão. Então amplia essa falta de noção dos outros e faz as pessoas se perderem nos argumentos”, opina o psicólogo. Dar a sua opinião é uma escolha. E como dizem, o silêncio também é uma liberdade de expressão. Mas e quando você é privado da sua voz por medo de sofrer represálias? Apesar de não ter se calado, Lucas chegou a questionar a militância no seu perfil pessoal, após sofrer ameaças de violência e até de morte. “Foi um ataque virtual que me fez ter medo além da rede. Toda ameaça se estende para a sua vida. A pessoa que comete a opressão pode dizer que foi forma de falar, que não teve a intenção, mas foi como eu me senti. Isso transpassa o virtual e deixa marcas. É falta de sensibilidade não reconhecer isso. Eu tenho essas marcas, medos profundos por causa do que já me ameaçaram. E é recorrente”, lamenta. Lucas não se calou e foi atrás de seus direitos, no momento que se sentiu lesado. Mas muitas pessoas não fazem o mesmo, às vezes por desconhecer os caminhos possíveis. O promotor de justiça Eduardo Sens dos Santos, da 13ª Promotoria de Justiça de Chapecó, alerta para os cuidados ao postar nas redes sociais. “Para diferenciar o que é ilegal de uma simples brincadeira não se toma apenas como critério o sentimento subjetivo da pessoa ofendida. O proibido é causar dano a alguém. Difamar, caluniar, isso é crime e dá ensejo à indenização. Nem tudo pode ser dito a pretexto de liberdade de expressão”, explica. No caso de ameaças, por ser crime, cabe registrar boletim de ocorrência e convocar o responsável para o Juizado Especial Criminal, mesmo quando o autor do comentário for anônimo. “Os perfis falsos não geram total anonimato. É relativamente fácil rastrear o autor dos comentários e publicações e, por isso, a responsabilidade deve ser igual”, alerta o promotor.

55


ComPortAmENto

DOMINA

50% D

A

S

D E N Ú N C I A S D E

P Á G I N A S E P E R F I S D E D I C A D A S A O

Ó D I O E INTOLERÂNCIA

56

Flash VIP

Entre 2013 e 2014, o número de denúncias saltou de 16.600 para 26.800 DADOS DA SAFERNET, ONG DEDICADA À DEFESA DE DIREITOS NA INTERNET


Um aRGUmeNto em 140 caRacteReS O fato é que a internet se constitui como um meio de difusão de ideias e manifestações, rápido e eficaz, para expressar o pensamento dos seus usuários. Mas qual é o limite disso, se ele sequer existe? O sociólogo Cesar Camargo acredita que se deve preservar a liberdade de expressão a qualquer custo e coloca a web como a ampliação máxima deste direito. “Passamos por um momento de disputa política, no qual as redes sociais se constituíram no último recurso para veiculação de ideias. Porque a imprensa oficial só dava uma versão da notícia e atacava apenas um grupo político. É importante o partido que esteve no foco ser depurado e submetido à justiça. Mas é importante ser feito de maneira ampla com os outros também. E a internet foi o recurso para as pessoas se expressarem”, avalia o professor. Cesar reflete sobre os movimentos emergentes atualmente, com ideologias conservadoras, e aponta como um retrocesso no mundo. “Estamos voltando à Idade Média, com a sociedade do castigo e da vingança. A internet acaba sendo a única válvula para rebater isso. A utopia é que todos tivessem bom senso ao se expressar, mas não sei se chegaremos lá. Se pudermos criar um ambiente e desenvolver a cultura da manifestação livre, mas permeada por princípios éticos de respeito, de preservação do outro, de não destruição, aí teremos um mundo melhor”. Este pensamento conservador é o que Maria Carolina chama de “período decolonial”. “No caso da intolerância, falamos de um período de transformação social, mais conservador. Compramos pacotes fechados de pensamentos. Precisamos nos atentar a esse retorno ao conservadorismo, político, religioso, e tantos outros. É preciso se conhecer, se reconhecer e encontrar o seu equilíbrio”, completa a psicóloga. E para encontrar o equilíbrio, a regrinha é simples, aprendida há muitos anos, na época do colégio: a sua liberdade termina onde começa a do próximo. FV

cÚmPlice? Neste ano, a jornalista Monica Iozzi foi condenada a pagar R$ 30 mil em indenização a um ministro do Supremo Tribunal Federal, por causa de um comentário feito em sua conta do Instagram. A jornalista criticou uma decisão do ministro Gilmar Mendes, que concedeu habeas corpus ao estuprador Roger Abdelmassih, postando uma foto do ministro com a inscrição “Cúmplice?”. O sociólogo Cesar Camargo interpreta o caso como um cerceamento à liberdade de expressão. Quem concorda com esse pensamento é o promotor Eduardo Sens dos Santos ao afirmar que para “figuras públicas, como juízes, promotores, políticos, prefeitos, vereadores, a sensibilidade é medida de forma diferente”, onde todos os atos públicos destas autoridades estão sujeitos a críticas, a bem da democracia.

“Pela imagem, está evidente que ela não acusava Gilmar de ser cúmplice no sentido jurídico, ou seja, co-autor dos crimes de estupro, mas sim apenas demonstrava uma opinião de que um juiz que é excessivamente brando com réus ricos acaba sendo responsável pela criminalidade em geral. Ela só traduziu em uma única palavra aquilo que se discute nas faculdades de direito há muito tempo. O caso, entretanto, serve para mostrar que precisamos ter responsabilidade quando postamos ou compartilhamos algo. A internet dá a sensação de poder ilimitado, de irresponsabilidade, o que acaba sendo perigoso. É melhor uma boa dose de reflexão antes de qualquer publicação. E o saudável exercício de se colocar no lugar do outro é igualmente importante”, orienta o promotor.

57


EsPAÇo ViP

moDA

& BELEZA

COLEÇÃO BRASILIDADE 2017

CAMPS BAY

Na Diani Modas o verão chegou com

A Lez a Lez, marca de Jurerê Internacional,

um gostinho todo especial. A Coleção

em seu Alto Verão mergulha pelas águas

Brasilidade 2017 veio com muito samba

cristalinas de Camps Bay, uma das praias

no pé, sorriso no rosto e tendência para

mais paradisíacas e famosas da Cidade do

colorir a vida.

Cabo, na África do Sul.

Primavera e verão nos convidam a sair, mis-

Conhecida por seu pôr do sol de tirar o fô-

turar estampas, brincar com cores, mostrar-

lego e badalada por milhares de turistas,

-se para o sol. Estações que pedem para

foi fonte de inspiração para estamparia e

você se reinventar, mostrar o seu eu mais

detalhes que enriquecem a coleção com

ousado e sua atitude mais surpreendente.

uma essência única. Enquanto as estampas

Para estas estações, a Diani Modas separou tudo que você mais ama, são estampas

exploram o universo marítimo e o surf,

florais, calçados e acessórios metalizados, vestidos, camisas e camisetas com os

bordados e aviamentos aparecem de forma

famosos patches, que acrescentam um ar descolado e divertido para os looks, além

minuciosa em harmonia com o tema para

de listras, aplicações e tudo que é tendência para você se expressar neste verão.

valorizar ainda mais as peças. Modelagens frescas e versáteis destacam

MODA NEO TROPICAL

a silhueta feminina e transmitem sensuEm uma viagem ao litoral, a Maria.

alidade sem perder a elegância. Seja em

Valentina registrou o cenário para-

Camps Bay ou em qualquer lugar do mun-

disíaco através de lentes digitais,

do, nesta temporada a mulher Lez a Lez

convertendo-o em pixels de cores

está pronta para aproveitar o verão com

candy. Nessa atmosfera, as estam-

muita sofisticação.

CMY

de beleza e sofisticação. Na loja Manias, você encontra a

K

nova coleção da Maria.Valentina. Maxi florais aparecem como elementos-chave nas peças da marca. O reflexo do sol nas árvores e folhagens provocam sombreados e efeitos de caleidoscópio que

ANOS INCRÍVEIS

onde fantasia e realidade convivem, a cartela de cores aparece em tons solares.

Duas tendências voltaram direto dos anos

Tecidos fluidos surgem com leves evasês. A rusticidade também se faz notar, em

90 para o seu guarda roupa: o decote om-

rendas, crochês e flores aplicadas em patches, unindo o moderno ao handmade.

bro a ombro e a gargantilha. E combina-

O denim vem em tons delavês, detalhes de puídos e modelagens em strech que

dos então, melhor ainda! A vibe ciganinha

trazem conforto para a coleção.

fica linda, feminina e sensual, com blusas

Para completar os looks, acessórios como bolsas e cintos trazem tressês manuais e

ou vestidos deixando os ombros de fora.

aplicações de palha, contrastando com a sofisticação do couro. Pedras naturais das

O colar coladinho ao pescoço agora é cha-

semijoias fazem uma mistura de cores soft, como o menta e o rosê.

mado de choker (do inglês choke, que sig-

O mix da pedra acqua com zircônias aliado ao ródio negro elevam as peças para

nifica “sufocar”), e vem em diversos ma-

uma ocasião mais notável e noturna, além de muito feminina. A mistura da ma-

teriais e até sobreposições, para deixar seu

deira com a pedra castanho refresca o mix.

look ainda mais estiloso.

FLASH VIP

Y

CM

CY

ção por desejos de moda repletos

60

M

MY

pas leves e alegres marcam a esta-

encantam o olhar. Neste mundo

C


Você não é louco de perder!

Com a atração internacional Philippe Cohen Solal DJ Set (Gotan Project)

Reservas (48) 3261.6000 www.jurere.com.br

61


EsPAÇo ViP

sAÚDE

Fernando Bonetto

Lenoir Giachim

TÉCNICA MODERNA ELIMINA VASINHOS E VARICOSES

INTERRELAÇÃO OSTEOPOROSE E DOENÇAS PERIODONTAIS

As indesejáveis varicoses ou vasinhos (telangiectasias) são um

A osteoporose é uma doença caracterizada pela perda da massa

incômodo estético para muitas pessoas e acomete cerca de 50%

óssea e deterioração da microarquitetura do tecido ósseo, com

da população mundial. O método mais aplicado nas clínicas,

consequente fragilidade óssea e maior suscetibilidade às fratu-

atualmente, é a utilização do laser, que elimina quase todos os

ras. Doença periodontal é uma enfermidade infecciosa crônica e

estágios de varizes, incluindo estes vasinhos. Consiste em um

assintomática que acomete dente e estruturas que o sustentam.

procedimento com objetivo estético, com a vantagem de não

“A interrelação entre as duas doenças se dá pelas evidências

possuir aplicações com agulha, portanto é menos agressivo,

clínicas de que ambas provocam reabsorção óssea”, explica o

além de ser seguro.

cirurgião dentista Lenoir Giachim.

Como explica o cirurgião vascular Fernando Bonetto, a técnica

Na osteoporose ocorre comprometimento inicial a nível sistê-

se associa à escleroterapia convencional (que faz uma “queima-

mico e, somente com a evolução da doença poderão ocorrer

dura” química das veias varicosas), potencializando esse método

repercussões nos ossos da cavidade oral, enquanto que nas do-

com laser e oferecendo um resultado mais satisfatório. “Não há

enças periodontais o acometimento é mais localizado, restrito

riscos de reação alérgica ao paciente, pois o laser utiliza a energia

às estruturas que suportam o dente. “É fundamental a conduta

luminosa para cauterizar o vaso. Por ser o mais moderno procedi-

preventiva aos pacientes portadores de ambas as patologias, vi-

mento, os resultados são excelentes para tratamento de varicoses

sando evitar sequelas e complicações e, com isso, melhora da

na face, no nariz, braços e pernas”, afirma o médico

qualidade de vida”, finaliza Lenoir.

REJUVENESCIMENTO FACIAL

A ritidoplastia ou cirurgia da face é um dos alicerces do rejuvenescimento facial. O objetivo desta cirurgia é atenuar os efeitos do tempo, gravidade, exposição solar e estresse do cotidiano sobre a face, que resultam no aparecimento dos sinais de envelhecimento. Estas alterações ocorrem de maneira lenta e progressiva, incluindo todos os componentes da estrutura facial. Com a idade, o crânio fica menor, parte da gordura é absorvida, os músculos ficam mais flácidos e a pele perde elasticidade. É como se o envelope ficasse maior do que o conteúdo. Consequentemente, vários sinais característicos como acentuação das rugas na testa, queda das sobrancelhas, excessos de pele e rugas ao redor dos olhos, queda das bochechas, acentuação do sulco entre o nariz e a boca e um excesso de pele embaixo do pescoço podem aparecer. “Muitos pacientes perguntam se existe uma idade apropriada para realizar a cirurgia de face. A melhor resposta é quando os sinais de envelhecimento ficam evidentes, mesmo após o repouso e com a aplicação de maquiagem. Em geral, os melhores candidatos para esta cirurgia são pesso-

Rafael Tirapelle

as com sinais iniciais de flacidez na face e pescoço, elasticidade da pele relativamente preservada e uma estrutura óssea forte e bem definida”, explica o cirurgião plástico Rafael Tirapelle. Muitos consideram que uma cirurgia bem executada propicia uma aparência rejuvenescida que corresponde a 10 anos atrás. Finalmente, fatores como a genética, idade, etnia, doenças, nutrição e o estilo de vida contribuem para a manutenção do resultado a longo prazo.

62

Flash VIP


sAÚDE

Leonardo Winkelmann e Ivanor Alba

Jussara Locatelli MONALISA TOUCH PARA MELHORAR A VIDA SEXUAL

CLÍNICA LIVEN EM NOVO ENDEREÇO

A atrofia vaginal sintomática é um processo natural causado

A obesidade é muito mais do que o sobrepeso, é uma doença.

pela diminuição e falta de hormônios produzidos pelos ovários.

A alimentação em excesso é o que conforta e sacia o indiví-

Como consequência, ocorre a diminuição da lubrificação vagi-

duo que está passando por um transtorno de humor. E então

nal, trazendo desconforto na relação sexual. Além da secura no

chega-se a um ponto em que as comorbidades relacionadas à

local, a dor na penetração pode ocasionar infecções vaginais, ir-

doença surgem, como pressão alta, dores articulares, diabetes,

ritação, prurido, corrimentos, fissuras e urgência e dor ao urinar.

bronquite asmática e apneia do sono, por exemplo. A consci-

Algumas mulheres acabam se conformando com a situação por

ência do paciente para mudar seus hábitos é indispensável e as

acreditarem que faz parte do processo de envelhecimento, mas

escolhas corretas fazem que a vida se torne mais leve e equili-

existem tratamentos que podem ajudar. O Monalisa Touch é um

brada. O auxílio de profissionais especializados pode ajudar a

método inovador, que atua por meio da aplicação de laser de

traçar esse novo caminho. Reunindo conhecimentos e décadas

CO2 fracionado, com emissão de D-Pulse especial para a mucosa

de experiência na área, os médicos Ivanor Alba e Leonardo

vaginal, visando o seu rejuvenescimento. “O método é indica-

Winkelmann unem especialidades e um grande know-how para

do para os casos de pouca lubrificação, prevenção e tratamento

oferecer um atendimento completo na área de cirurgia, trata-

da atrofia, que acontece com a aproximação da menopausa, no

mento da obesidade e doenças do aparelho digestivo. Além

ressecamento da mucosa vaginal pós-parto ou, ainda, nas altera-

de atuar na área cirúrgica, a Clínica Liven realiza acompanha-

ções devido a efeitos colaterais do uso de outros medicamentos”,

mentos nutricional e psicológico. “O tratamento da obesidade

explica a médica ginecologista Jussara Locatelli.

requer o acompanhamento de uma equipe multidisciplinar,

O procedimento não tem efeitos colaterais, é rápido, indolor e não

especializada e com experiência”, comenta Ivanor. A Liven

requer anestesia para ser feito, sendo realizado no próprio consultó-

passa a atender em novo endereço, no Salutare Centro Clínico,

rio. Pacientes que já tiveram câncer de mama e que, portanto, não

no Centro de Chapecó. Com a alma livre, opte por caminhos

podem realizar reposição hormonal, também podem se beneficiar

leves e tenha uma vida nova. Fanpage: /clinicaliven

com o Monalista Touch, melhorando a qualidade da vida sexual.

CUIDADOS COM A PELE NO VERÃO

No verão, aumenta a intensidade da radiação solar, elevando o risco de queimaduras, câncer de pele e outros problemas. Alguns cuidados podem diminuir a incidência destas alterações. O protetor solar deve ser usado regularmente e intensificado se houver exposição intensa. Não esquecer de reaplicar o produto ao longo do dia ou se houver suor excessivo ou o contato com água como mar e piscina. A dermatologista Daniela Fukumaru salienta que o uso de chapéu, roupas de algodão e barracas também diminuem a exposição à radiação UV. “A hidratação também é importante. Aumente a ingestão de líquidos no verão, como água, sucos e água de coco. O uso regular de um bom hidratante também ajuda a manter a quantidade de água na pele”, indica a médica.

Daniela Fukumaru

Existem também algumas doenças de pele que aumentam no verão como micoses, brotoejas, manchas e acne.

63


INFORME PUBLICITÁRIO

sAÚDE

A CONTABILIDADE DA SUA EMPRESA EM BOAS MÃOS A Escrita Contabilidade & Assessoria é especialista a área contábil, prestando serviços com credibilidade e confiabilidade.

u

64

Dalvair Anghében Foto: Divulgação

tilizando o conhe-

detalhes. Até para conseguir um alvará

do profissional deve ser vista como um

cimento

é extremamente penoso. O profissional

suporte ao empresário. “O contador so-

e

da área contábil deixou de ser alguém

fre junto com o cliente, mas ele não vai

compartilhada em

só para preencher guias. A visão é mais

resolver os problemas. Ele é o facilitador,

favor

desen-

macro, no sentido de auxiliar o empre-

mas quem toma as decisões é o empresá-

volvimento do cliente, a Escrita é uma

sário para que o seu negócio prospere”,

rio. Não adianta contratar o contador e

empresa inovadora, mas enraizada em

explica.

esquecer de se inteirar dos assuntos da

seus valores fundamentais. Atuando em

Dalvair lembra que os serviços da conta-

sua própria empresa”, afirma lembrando

Chapecó há 15 anos, realiza gestão de

bilidade não apenas para empresas, mas

que este é um trabalho de consultoria e

rotinas tributárias, contábeis e departa-

profissionais liberais também. “Antes de

diagnóstico das empresas.

mento pessoal; constituição, baixas e al-

fazer um investimento você deve procu-

terações contratuais; imposto de renda

rar ajuda profissional. Às vezes você tem

pessoa física; e consultoria tributária e

uma dica de tributos que pode mudar

de pessoal.

completamente a configuração de um

O sócio fundador da empresa, Dalvair

negócio, tanto para compra quanto para

DIFERENCIAIS DA EMPRESA:

Anghében, considera a falta de plane-

venda”, orienta.

• Implantação da norma ISO 9001/2015

jamento um dos piores erros na hora

Com vasta experiência na área, o conta-

em andamento;

de abrir o próprio negócio. E é também

dor presidiu o Sindicont (Sindicato dos

• Assessoria com equipe especializada;

aí que entra o trabalho do profissional

Contabilistas de Chapecó) por quatro

• Parcerias com escritórios de advoca-

da contabilidade. “O grande problema

anos e ainda participa ativamente da

cia e clínica de medicina ocupacional.

de quem empreende é começar de for-

entidade. Um dos inúmeros aprendiza-

ma equivocada por não pensar nesses

dos é o da confidência, na qual a figura

Flash VIP

ma

de

for-

consciente do


65


tecnologia e negócios

O que é uma StartuP? Este é um dos termos que mais voga no mundo empresarial hoje, palavra pouco conhecida entre os brasileiros, mas que vem ganhando representatividade cada vez maior no mundo dos negócios. Agnessa Leite

66

para isso seria o modelo de venda de filmes: não é possível vender a mesma unidade de DVD várias vezes, pois é preciso fabricar um diferente a cada cópia vendida. Por outro lado, é possível ser repetível com o modelo pay-per-view – o mesmo filme é distribuído

O termo, sempre esteve ligado a “começar uma empresa”, porém,

a qualquer um que queira pagar por ele, sem que isso impacte na

na época denominada a “bolha da Internet”, entre os anos de

disponibilidade do produto ou no aumento significativo do custo

1996 e 2001, é que o termo startup começou a ser utilizado para

por cópia vendida.

denominar um grupo de pessoas trabalhando na implementação

– Ser escalável é a chave de uma startup: significa ter potencial

de uma ideia diferenciada para gerar lucros.

para crescer cada vez mais, sem que isso influencie no modelo de

Alguns consideram que uma startup é qualquer empresa em iní-

negócios. Crescer em receita, mas com custos aumentando bem

cio no mercado, já outros acreditam que para ser uma startup, a

mais lentamente. Isso fará com que a margem seja cada vez maior,

empresa precisa ter baixos custos e alta lucratividade, com cresci-

aumentando a lucratividade e o valor do negócio.

mento rápido.

Atendendo a esses critérios, a ideia pode ser considerada uma

Mas há uma definição mais atual, ampla e completa, que diz que:

Startup. Mas qual é o próximo passo?

uma startup é um grupo de pessoas à procura de um modelo de negócios

Justamente por esse ambiente de incerteza (até que o modelo seja

repetível e escalável, trabalhando em condições de extrema incerteza.

encontrado) que tanto se fala em investimento para startups – sem

Essa definição tem conceitos essenciais para uma Startup, que são:

capital de risco, é muito difícil persistir na busca pelo modelo de

– Uma condição de incerteza ao abrir uma empresa, significa que

negócios enquanto não existe receita. Após a comprovação de que

não há como afirmar se o projeto ou ideia se mostrará sustentável

ele existe e a receita começar a crescer, provavelmente será neces-

e se realmente vai dar certo.

sária uma nova leva de investimento para essa startup se tornar

– O modelo de negócios é a monetização, ou seja, como se ganha

uma empresa sustentável. Quando se torna escalável, a startup

dinheiro com essa ideia. Por exemplo, um dos modelos de negó-

deixa de existir e dá lugar a uma empresa altamente lucrativa.

cios do Google é cobrar por cada click nos anúncios mostrados

Caso contrário, ela precisa se reinventar – ou enfrenta a ameaça

nos resultados de busca – e esse modelo também é usado pelo Bus-

de morrer prematuramente.

capé.com. Outro exemplo seria o modelo de negócio de franquias:

É importante salientar, que Startups não são somente empresas

você paga royalties por uma marca, mas tem acesso a uma receita

de internet. Elas só são mais frequentes na internet porque é

de sucesso com suporte do franqueador – e por isso aumenta suas

bem mais barato criar uma empresa de software do que uma de

chances de gerar lucro.

agronegócio ou biotecnologia, por exemplo, e a web torna a

– Ser repetível, significa ter capacidade de entregar o mesmo pro-

expansão do negócio bem mais fácil, rápida e barata. Mesmo

duto, em grande escala, repetidas e ilimitadas vezes, sem customi-

assim, um grupo de pesquisadores com uma patente inovadora,

zar ou adaptar para cada cliente. Isso pode ser feito tanto ao ven-

uma empresa de food truck ou demais segmentos, podem tam-

der a mesma unidade do produto ou tendo-os sempre disponíveis,

bém ser uma startup – desde que eles sejam um negócio repetível

independente da quantidade de demanda. Uma analogia simples

e escalável. FV

Flash VIP


Ideias

S O T E PROJ

S O N A L P e

m e d n e v e s o Nรฃ

s o h n i soz

49 3312 1230 - wg@wg.art.br Rua Marechal Deodoro, 400 E - Ed. Executivo Piemonte Sala 604 - Chapecรณ - SC - 89802-140

67


moda

a moda da rePresentatIVIdade Recentemente aconteceu a maior semana de moda brasileira, a São Paulo Fashion Week N42. Esta edição completou seu 42º ano, teve algumas alterações no formato e uma line up com novas marcas. O prefixo TRANS foi quem guiou os desfiles, representando os vários desafios enfrentados, não apenas a moda, mas por toda a sociedade. Transformação, transgressão e transição. Bruno Gerhardt Foto: Agência Fotosite

Já era sem tempo para a moda voltar a causar frisson e trazer à tona os diversos fatores enfrentados na sociedade, muitas vezes não dis-

quando se trata em transformar lixo em luxo. A estilista descons-

cutidos, pelo simples fato de ainda estarmos vivendo num paralelo

truiu e construiu peças com a matéria prima descartada pela in-

bastante sexista. E o mineiro Ronaldo Fraga é o estilista mais indicado

dústria de camisaria, ainda utilizou bordados feitos de retalhos de

a representar essa fase do SPFWtransN42. Em seu desfile realizado

couro, borracha e cristais.

no Theatro São Pedro, em São Paulo, trouxe, nada menos, que um

A marca A La Garçonne não fica de fora desse novo jeito de pensar

casting de 28 modelos transexuais e travestis para desfilar coleção inti-

moda e traz em sua coleção peças vintage achadas em brechós

tulada El Dia Que Me Quieras: Uma Música, Um Vestido, Muitas Estórias.

pelo mundo, como as tão desejadas jaquetas de couro que ga-

Seu principal intuito foi trazer visibilidade a essa minoria – o Brasil é

nham um enriquecimento de pinturas feitas à mão. Não apenas

o País que mais mata por intolerância. Uma minoria representativa.

isso, mas utilizaram da aplicação de tecidos a partir de retalhos

Não foi apenas Ronaldo Fraga a mostrar o que é representatividade,

como o abrigo de neoprene com pedaços de guipure retirados de

a mais nova a integrar a line up, LAB, trouxe a passarela um casting

um vestido de 1800.

90% negro e com modelos de diversos corpos do PP ao G5. “I love Quebrada” foi a frase destaque usada como estampa, uma voz e um

Cannabis

empoderamento máximo as ruas, trazendo looks com pegadas street.

Sim, estou falando de maconha. Claro que essa discussão aqui no Brasil está longe de ferver, no máximo morna, diferente dos

agender

estados norte-americanos. Mesmo assim, a moda não deixou de

Sem gênero – parece que isso está sendo levado mesmo a sério! Mo-

ficar de fora e trouxe à tona essa polêmica através de símbolos e

delagens oversized incorporam diversas coleções, usadas por homens

roupas. Entre as marcas que representaram essa discussão estão

e mulheres. A.Brand, Ronaldo Lourenço e Experimento Nohda foram

Osklen e Hêlo Rocha. Ambas trouxeram símbolos, como o relógio

as marcas que mais utilizaram a modelagem ampla. E não poderia

no canto direito da projeção do desfile Osklen que marcava 4:20

ficar de fora João Pimenta, sempre vanguardista, o estilista já vem

– conhecida como a hora para apreciar a “erva”. Hêlo Rocha foi

representando muito bem isso. Nesse ano, sua coleção foi uma over-

mais ousada e trouxe a folha da planta nitidamente em um recor-

dose de babados, listras e tons candy.

te de um maiô e num vestido transparente. Como já diria Pierre Cardin, “A moda é a transcrição da civiliza-

68

UpCyCling

ção”. Ela está aí não apenas para ornamentar o corpo, mas tam-

O novo jeito de reciclar a moda e pensar no consumo. Consiste no

bém para mostrar os fatores que uma sociedade está vivendo ou

processo de transformar resíduos ou produtos inúteis em novas peças

rupturas que precisam ser discutidas. Ressignificar conceitos e su-

de valor agregado. Fernanda Yamamoto é mais uma vez o destaque

gerir novos olhares é a principal trend. FV

Flash VIP


Rua Uruguai, 288 D - Centro Chapecรณ - SC / Tel:(49) 3323 9383

69


dIREITo

A “SÍNDROME” DA PERDA DO CAMINHO COMUM NO MATRIMÔNIO Três básicas razões trazem os casais à mesa de audiências do Juiz para rompimento do casamento ou da união estável: a) o fim do sentimento ou a descoberta de que ele jamais existiu; b) uma mágoa grave, de regra decorrente de agressão física, moral ou de infidelidade; c) a perda do caminho comum, sobre cuja hipótese falarei nesta oportunidade. Ermínio Amarildo Darold No início do relacionamento os namorados, geralmente apaixonados, enxergam-se reciprocamente como pessoas perfeitas. Com a maior convivência descobrem que o outro, como qualquer ser

70

humano, também é sujeito de defeitos, de manias, descoberta que

sim por diferentes trilhas paralelas. Esse panorama fático propicia

culmina por arranhar o encantamento, passo importante, toda-

fissuras significativas no relacionamento, gerando inseguranças,

via, ao amadurecimento da relação. Passando do namoro ao ca-

incertezas, ciúmes e decorrentes atritos, com tendência ao agrava-

samento ou à convivência, as descobertas se intensificam, assim

mento gradual e progressivo, a ponto do casal não mais alcançar,

como os problemas na relação, que necessita de espaço para uma

por si, o entendimento. Chegam os dois até mesmo a acreditar

fase de adaptação. Essa fase de adaptação, contudo, se não bem

que o sentimento acabou e, assim, buscam a ruptura. De tão co-

observada tenderá à acomodação e à nefasta rotina.

mum tal ocorrência, dei-lhe o nome que intitula a presente co-

Depois segue-se, geralmente, o nascimento de filho e o casal volta a

luna. Na mesa de audiências o Juiz, em diálogo franco e breve

este, então e com muita intensidade, o foco de atenção, esquecen-

com o casal, deve perscrutar a situação ocorrente, a fim de auxiliar

do-se do relacionamento marital. A substituição do chamamento

no diagnóstico da causa que trouxe aqueles cônjuges ao Judiciá-

pessoal de “meu amor” por “pai/mãe” revela bem a mudança psi-

rio. Na hipótese aqui tratada, o sintoma primeiro percebido é o

cológica daquela fase. E assim, distraidamente, alguns casais aden-

sofrimento de ambos com o afastamento, pela falta do outro, o

tram em período de distanciamento íntimo, relegando a segundo

que evidencia, ainda, a existência de sentimento relevante; e o

plano a vida marital, posto que tudo passa a gravitar em torno do fi-

segundo é a ausência de um motivo claro e determinante à pre-

lho. Não saem mais, apenas os dois, para um jantar, para o cinema,

tendida ruptura, verificando-se, ao contrário, uma aglomeração

para dançar, para uma caminhada. Não reservam mais tempo ao

de razões secundárias. Após ser-lhe feita a exposição na linha su-

diálogo de fim de tarde para confidenciar um ao outro sobre o seu

pra, frequentemente o casal se sente surpreso com a identificação

dia, as realizações e as frustrações, as certezas e inseguranças. Não

da história do seu casamento a tal quadro, abrindo-se, então, à

expressam e não reafirmam o sentimento existente um pelo outro.

reconciliação e a um projeto diferente de relacionamento.

E embora existente, a condição do momento vivido permite que

O panorama fático descrito evidencia que um relacionamento,

aludido sentimento seja encoberto pela nuvem da superficialização,

mesmo fundado em sentimento verdadeiro, necessita ser nutrido

passando cada cônjuge a construir o seu pequeno mundo individual,

constantemente na essência, através de sua expressão recíproca

separado. Ele constantemente no futebol, ela na casa da amiga; ele no

pelos cônjuges, cumplicidade e companheirismo. Sem senti-

bar, ela no shopping; ele assistindo a um programa de televisão, ela a

mento é difícil conceber-se um relacionamento, um projeto de

outro. Cada qual com seu grupo específico de amigos ou navegando

felicidade. E apenas sentimento também não basta. Comparação

na rede social e exigindo “privacidade” sobre a sua atuação nela. Tão-

simples, mas significativa, é aquela que se costuma fazer com um

-somente encontram-se, apenas os dois, para dormir.

animal de estimação ao qual devotamos relevante afeto: você

A tanto chegando, indubitável que o casal continua caminhan-

pode amá-lo verdadeiramente, mas se deixar de alimentá-lo todos

do no mesmo rumo, porém não mais pelo mesmo caminho, mas

os dias fatalmente adoecerá e poderá vir a morrer. FV

FLASH VIP


er as n

ara sab p e t r o s e isa d

liente.

seu c e d s e d a id s eces

ISAS! U Q S E P SICOM o d a is c e r Ela p c

ão pre n a s e r p m e Sua

- Pesquisa de intenção de consumo - Pesquisa sociais e de opinião - Pesquisa de satisfação - Pesquisa de clima organizacional - Pesquisa de sondagem de marcas - Cliente Oculto - Pesquisa em convenções e feiras

www.SICOM.com.br | sicom@sicom.com.br Av. Getúlio Vargas, 1748N . Cesec . Chapecó/SC . Cep 89.805-000 (49) 3319.4600

71


light club

Crie hábitos e mude Comportamentos O Light Club é um espaço para esclarecermos sobre o paradoxo que é comer e ao mesmo tempo manter o peso saudável. Abordamos temas que envolvem movimento, alimentação equilibrada e pequenas ações que podemos fazer a cada dia para mudar o nosso comportamento. Nas próximas edições também vamos explicar como determinadas doenças surgem em decorrência da alimentação inadequada e como podemos controlá-las. Há muitas maneiras para criar e manter novos hábitos. Faça parte do Light Club! Mari Cassol

MAs o que quer dizer light? Claro, leve, fácil, elegante, alegre! Queremos inspirar você a fazer mudanças positivas nos seus hábitos de vida, principalmente em relação à alimentação e atividade física e, com isso, ajudar a tornar

gastam calorias após a atividade. Pesquisas evidenciaram que,

sua vida mais light!

praticados de forma intensa e em menos tempo, tais exercícios podem ser tão eficazes quanto os de longa duração. Por exemplo:

criAr hábitos – MudAr o coMportAMento

exercícios intensos realizados por apenas 30 minutos, três vezes

Os hábitos são as coisas que fazemos todos os dias sem pensar

por semana, podem alcançar tanto ou mais efeito que exercícios

sobre eles, como escovar os dentes, comer aquele lanche da tar-

leves, realizados por 60 minutos e cinco vezes por semana. São

de, vestir as roupas da maneira certa. Até 40% do que fazemos

exemplos: corrida, bike, natação, e lutas como Muay Thai e boxe.

todos os dias são hábitos! A vida é a soma de todas as pequenas

Lembrando que a escolha da modalidade depende de treino e da

ações nas quais nos envolvemos todos os dias, e cada escolha é

condição física de cada um, e que é importante avaliação médica

significativa. Podemos promover mudanças, uma de cada vez, de

e do profissional de educação física. Não espere condições ideais

forma que se transformem em novos hábitos, que fiquem pre-

para começar a melhorar seus hábitos. Comece hoje mesmo!

sentes para o resto da vida. Fazer uma dieta mais restritiva pode ser preciso em algumas situações, mas também trabalhar em um

Aonde você quer chegAr?

ou dois novos bons hábitos que continuarão se porventura a

Já estamos chegando ao final do ano! Esperamos que o seu ano

dieta falhar já significa muita coisa. Não acordamos com 10 kg

tenha sido excelente! Você fez algum plano de Ano Novo ou tinha

de sobrepeso. Acordamos com 0,5 kg de peso a mais, repetidas

algum objetivo em mente para 2016? Como você se sente sobre

vezes, devido a pequenos hábitos inadequados que se acumulam

esse plano ou objetivo agora?

ao longo do tempo.

Você está no caminho para alcançar seu objetivo? Show! Você percebeu que o objetivo não era adequado e mudou? Ok!

72

então, vAMos coMeçAr A criAr bons hábitos?

Ou você desistiu de seu objetivo. Atenção, algo precisa ser revisto!

Inclua movimento em sua rotina: se você abandonou as ativida-

Seja qual for o caso, é normal! A maioria das pessoas passa por

des físicas por falta de tempo, comece a pensar que é possível

todos esses três estágios, é parte da vida. O que importa é refletir

trocar os 60 minutos recomendados, por períodos menores, de

e recomeçar. Não desista!

20, 30 ou 40 minutos, onde o tempo é usado com mais intensida-

Acompanhe nossas publicações no www.lightclub.com.br e no

de. Exercícios intensos promovem queima de gordura e também

Instagram @dramaricassol. FV

Flash VIP


73


guia cultural

74 MEIA ENTRADA 76 TRILHA SONORA 78 GAMES 80 LITERATURA 82 SALADA MISTA

Carol Bonamigo

MEIA ENTRADA

REVIVA SUA S É R I E FAV O R I TA Nove anos após o seu término, as amadas garotas Gilmore retornam para uma temporada especial, de quatro episódios, referente às quatro estações, para mostrar como estão as vidas de Rory e Lorelai.

74

Todo mundo tem uma série de televisão que marcou uma fase

Lorelai ficou grávida aos 16 anos e saiu da casa de seus ricos pais

da vida. Geralmente a adolescência, quando a opinião e percep-

controladores. Foi para uma cidade pequena, arrumou emprego

ção de mundo ainda encontravam-se em formação.

de camareira e criou a filha sozinha. A série começa quando

Eu, por exemplo, tenho várias, mas vou citar apenas uma em

Rory, aos 16 anos, é aceita em uma escola particular na cidade

especial nesta coluna, Gilmore Girls. Por sete anos acompanhei

natal de Lorelai. A educação superrígida é mais um degrau na

as garotas Gilmore crescerem. Muito antes de elas terem sido

escada rumo a Harvard, a universidade dos sonhos da menina.

revividas pela Netflix.

Preocupada em pagar pela matrícula da filha, Lorelai recorre aos

A criadora Amy Sherman-Palladino reuniu todo o elenco origi-

pais para um empréstimo. Sua mãe aceita dar o dinheiro com

nal para um revival, que foi lançado no final de novembro no

uma condição: que as duas jantassem semanalmente em sua

serviço de streaming. São quatro episódios de 90 minutos cada,

casa e ela pudesse fazer parte ativa da vida da neta.

representando cada estação do ano. A Year in the Life mostra o

Pode parecer um pedido comum, mas o relacionamento tenso

que aconteceu com as amadas Lorelai e Rory, nove anos depois

entre Lorelai e sua mãe abre antigas feridas e a obriga a enfren-

de termos nos despedido da série. Portanto, prepare sua pipoca

tar a vida que há muito tempo deixou para trás.

e o seu café, e aproveite a maratona.

Os diálogos são rápidos e afiadíssimos. Gilmore Girls não é

Caso você não conheça o show, aqui um breve histórico…

uma série de acontecimentos bombásticos, revelações e in-

O seriado foi transmitido entre 2000 e 2007, e contava, basica-

trigas. Mas é supergostosa de assistir. E parte disso se deve ao

mente, a vida de Lorelai Gilmore e sua filha Rory (apelido de

seu elenco secundário. Os excêntricos moradores da pequena

Lorelai – sim, ela batizou a filha com seu próprio nome), que são

Stars Hollow são ótimos e dá até vontade de morar por lá.

muito parecidas, tanto no físico quanto na personalidade. Ambas

Comer um hambúrguer no restaurante do Luke, participar das

são fanáticas por filmes, viciadas em café e possuem mais refe-

reuniões do conselho municipal, dançar com a senhorita Pat-

rências da cultura pop que você jamais será capaz de entender.

ty, e por aí vai.

Elas são melhores amigas e enquanto a mãe é adepta do conceito

Gilmore Girls com certeza é uma série que deixou saudade. E

carpe diem, a filha é extremamente organizada e estudiosa.

agora podemos rever a todos.

FLASH VIP


75


guia cultural Fil Souza

TRILHA SONORA

UNPLUGGED 2.0

76

Sabe aquele disco de família, que você tem em comum com

dou após o contato com Unplugged 2.0 do Dashboard Confessional.

um ente querido e não importa quanto você cresça ou mude

Esse disco é um registro de acústico da MTV americana, interca-

seu gosto musical, ele sempre estará ali lhe aguardando para

lando canções em que temos apenas um violão e outras com a

trazer uma boa lembrança? Então assim é o Unplugged 2.0 do

banda completa tocando e animando ainda mais a plateia.

Dashboard Confessional.

Não busque no Dashboard Confessional uma banda com arranjos

Conheci esse disco e consequentemente a banda no final de

complexos e solos intermináveis. Não! Você não encontrará isso

2004 – época em que eu só queria saber de punk rock e hardcore

por aqui. Mas se você quiser uma música acústica simples, muito

na minha vida, onde músicas que não fossem rápidas e um tanto

pessoal, jogos de palavras apaixonadas e honestidade nua em

quanto agressivas não eram boas ou eram músicas comerciais

suas letras. Você escolheu o disco certo para degustar.

(sim, eu era um piá chato!).

As canções relatam tanto desilusões como em Best Deceptions,

Além de música, eu gosto muito de quadrinhos e, como todo

o nervosismo do garoto que vai finalmente sair com a garota

fã de HQs, estava ansioso para ver algumas adaptações para o

que gosta em Remember to Breath, o rapaz que faria de tudo

cinema. Naquele ano seria a estreia do Homem Aranha 2. Antes

para ser notado pela menina que ele tanto gosta em For You to

de assistir ao filme, li num e-zine que a trilha sonora ficaria a

Notice Me, a descoberta do primeiro amor em Brilliant Dance, o

cargo de algumas bandas que eu gostava, como por exemplo,

cinismo do término em Saints and Sailors, o distanciamento das

Yellowcard, mas que a música tema seria de uma tal de Dashbo-

pessoas que param de dizer o que pensam e ficam mandando

ard Confessional.

recados camuflados que passam despercebidos em Again I Go

A principio achei estranho por nunca ter ouvido sequer al-

Unnoticed e ainda, na excelente Hands Down em que Chris Car-

guém falar dessa banda e já estar responsável pela trilha sonora

rabba descreve o que, “sem dúvidas”, foi o melhor encontro de

do Homem Aranha, mas resolvi ir atrás e descobrir que raio de

toda a sua vida

banda era essa.

Além da música simples e das letras sinceras, outro aspecto

Para ser bem sincero, eu nunca pensei que um cara sozinho com um

marcante da banda é a emoção na voz de Carrabba, de modo

violão pudesse empolgar alguém. Tinha a firme ideia de que para

que ainda que você não saiba absolutamente nada de inglês,

uma música ser animada teria que ter riffs de guitarras distorcidas,

nunca tenha lido a letra, na primeira ouvida da música já con-

uma bateria marcante e um baixo bem pulsante. Mas tudo isso mu-

segue decifrar o que cada canção quer dizer emocionalmente.

FLASH VIP


77


guia cultural Hilario Junior

OS GAMERS E OS VISITANTES

GAMES

Há pouco estreou Westworld na HBO, uma série que tem mais relação com games e como eles são feitos do que um espectador comum imaginaria, a ponto de Hideo Kojima, um dos maiores game designers da atualidade, reconhecer que a abordagem da série foi muito feliz. Mas o que há em Westworld que pode explicar um pouco mais sobre os games e, sobretudo, sobre os gamers?

Westworld é baseado em uma história escrita e realizada por Michael Crichton, em 1973, para o cinema. Trata de uma espécie de parque de diversões (alguém lembrou de Jurassic Park?) em que os “visitantes” vivem uma recriação perfeita do velho oeste norte-americano. O detalhe é que o parque é recheado de robôs, chamados de “anfitriões”, que não sabem que são e vivem narrativas pensadas para eles e para os visitantes se aventurarem. Tais narrativas recriam situações do contexto do velho oeste que variam entre sair de uma caçada a um criminoso procurado até entrar em um bar típico de um vilarejo sem lei e prestigiar o que acontece nestes lugares. O curioso é que os anfitriões podem se machucar entre si e serem feridos por visitantes, mas estes não podem ser feridos por anfitriões. É como se você visitasse Beto Carrero World e pudesse participar das diversas apresentações, sentindo a emoção de interagir com tudo e sem riscos de se ferir com toda a ação. Aí está o salto tecnológico para a imersão em um grande game em escala real. Os visitantes, desta forma, agem como gamers que podem estar em busca de algo de convivência similar a The Sims,

78

algo como GTA V, em toda a sua deliciosa e permissiva violência

expressa, destilando violência de todo o tipo contra os anfitriões é

irresponsável, que fez vários pais proibirem seus filhos de joga-

assustadora e leva a pensar se os visitantes não são perturbados.

rem até chegarem à idade adulta. Ou seja, é um grande campo de

Em seu Twitter, Kojima declarou que uma fala do personagem Ford,

expressão para os visitantes serem e agirem de forma livre e sem

interpretado por Anthony Hopkins na série, é exatamente o que ele

julgamento, o que causa certa estranheza no início da série, pois

pensa sobre game design. No segundo episódio, Ford diz “Eles [os

as decisões de quem prestigia o parque são moralmente questio-

visitantes] voltam por conta das sutilezas, dos detalhes. Eles voltam

náveis, às vezes. Depois de entender que consiste de simulações

porque descobrem algo que imaginam que ninguém descobriu an-

interativas em cima de narrativas seguras para os visitantes e que

tes. Algo pelo que se apaixonam. Eles não procuram por histórias

os robôs são consertados e devolvidos aos seus postos, o especta-

que contem quem eles são. Eles já sabem disso. Eles estão aqui por-

dor se acostuma e pode se concentrar em outro dilema.

que querem um vislumbre de quem poderiam ser.”

O problema que a série se debruça é que os robôs estão cada vez mais

Ou seja, o que atrai os gamers de volta para o jogo são sutilezas,

perfeitos e distingui-los dos humanos é impossível, como num game

detalhes, em busca de algo misterioso que estaria lá aleatoriamen-

com um gráfico excelente e orgânico que deixa o jogador embasba-

te (talvez não programado) amparado pela segurança de não ser

cado com o realismo, não sabendo se foi filmado ou programado.

ferido pelo cenário ou pelos robôs. Ali, ele encontra terreno para

Supõem-se que ao buscar a perfeição dos robôs, estariam se ultrapas-

expressar o que quiserem, mais distante do que eles são, pois a

sando barreiras deixando-os cada vez mais humanos e inteligentes.

realidade já faz isso (e muito bem), mas para serem algo diferente.

Propositalmente, a série deixa um dilema para se pensar o compor-

Ver o que os visitantes querem ser é assombroso. Mas, o que dizer

tamento do gamer em jogos que ele pode tudo. A forma como se

dos gamers em seus jogos?

FLASH VIP


79


guia cultural Silvane Alves Loro

LITERATURA

FELICIDADE OU MORTE A escolha do título que deve encher esta página sempre gera certa ansiedade. Isso porque qualquer escolha é excludente. Inúmeras outras opções ficam de lado para a eleição de um único livro. Assim como tudo em nossa vida: escolhemos algo e deixamos trilhões de outras possibilidades para trás. Saber se foi a decisão acertada, não há como. Apenas vamos escolhendo. Assim é com a casa, os simples utensílios que nela colocamos, mas também com outras resoluções de maior importância, como o marido, o namorado, a profissão, o filho. Cada escolha, então, requer uma ou várias recusas. “Felicidade ou morte” foi a opção para esta publicação. Poderia ter sido um Best seller; um vencedor do Prêmio Pulitzer, mas não. Foi a Clóvis de Barros Filho e a Leandro Karnal que coube tomar este espaço. Esta preferência se deu por um motivo em específico: o título, afinal falar de felicidade nunca será demasiado cansativo ou tido como finalizado, sempre caberá mais um debate. Mais um pensamento. Mais uma tentativa de entendimento. E assim o é na obra destes dois grandes autores. No livro, nada é dado como definitivo. Nem uma resposta exata sequer. São sim, oferecidas construções de pensamento que nos levem a formar nosso próprio conceito do que é felicidade. Ou onde a encontramos. Porque isso vai ser sempre único. O entendimento do que ela significa na vida de cada um, vai depender da vida de cada um. Os autores nos fazem clarear a busca por este entendimento. Mostram os caminhos possíveis para chegar até ele. Eles também nos alertam sobre possíveis vícios desenvolvidos na busca pela felicidade, como o poder aquisitivo, por exemplo. “Primeiro vou ter isso, aí vou ser feliz”; “vou fazer tal viagem, e então, encontrarei a felicidade”; “vou ser promovido, alcançar o sucesso, receber um aumento salarial, e, então, a felicidade se dará”. Não é preciso ser muito filósofo para perceber a falácia destas frases e a, também, sua insustentabilidade. No entanto, muitas vezes, sem perceber, sem ao menos querer que assim seja, vamos protelando a felicidade cotidiana, almejando apenas aquela presente na busca inalcançada. “A meu ver, a felicidade é muito mais conhecida pela

Autor: Clóvis de Barros Filho e

do livro. “E por ela ser poucas vezes sentida, fica mais fácil fazer das condições para que ela

Leandro Karnal

aconteça um objeto de luta e uma questão ideológica”, continua o autor. Assim, justificaria a nossa desculpa em deixar para ser feliz depois. Depois de obter algo, depois de chegar a algum lugar. Quer dizer, isso tiraria de nós, no dia a dia, a responsabilidade de ser feliz. E esse discurso acaba sendo tão frequente que “o conceito de felicidade esvaziou-se como signo. Virou coisa de propaganda de margarina”, reitera Leandro Karnal. E aí entramos numa outra discussão que atrela felicidade com o “ter”; com o ser igual aos outros; ter o que os outros têm. É a tal história da grama do vizinho. Poderíamos ficar aqui tratando das abordagens feitas no livro, por linhas e mais linhas. Mas convido o leitor para antes fazer a leitura da obra. Que tire suas próprias conclusões. Que avalie onde está a sua felicidade; e aonde ela está atrelada; porque, de uma coisa é certa, ela só depende de você. De como você leva a vida e, principalmente, de como encara as suas escolhas. “Não patrocine para si mesmo uma vida triste. Até prova em contrário, esta vida é única e você tem as rédeas da própria trajetória nas mãos”.

80

Título: Felicidade ou Morte

sua ausência do que pela sua presença”, afirma Clóvis de Barros Filho, nas primeiras linhas

FLASH VIP

Editora: Papirus Preço sugerido: R$ 20,00


81


guia cultural Greici Audibert

SALADA MISTA

CONEXÃO E GENEROSIDADE Nesta edição da Flash fui convidada a escrever sobre os movimentos coletivos. Durante a minha pesquisa encontrei inúmeras iniciativas que valorizam a coletividade e o trabalho colaborativo, entre elas, o Dots, uma rede de conexão profissional que promove o contato entre talentos e troca de oportunidades. Sabe aquela frase: gentileza gera gentileza? É assim que funciona esse grupo fechado do Facebook, que já possui 50 mil membros. Um ajuda o outro sem esperar nada em troca. A ideia surgiu em 2015, motivada pela economia instável e as incertezas no mercado de trabalho. Com tanta gente boa e talentosa em busca de ajuda ou querendo ajudar, porque não reuni-las em um mesmo espaço? O objetivo é compartilhar informações e melhorar a condição de vida das pessoas, gerando renda ou simplesmente dando uma força no que for possível. Para fazer parte da comunidade, a única regra é ter mente e coração abertos e generosidade para doar tempo, contatos e ideias.

A CIDADE COMO TABULEIRO O The Branch é um jogo que usa a cidade como tabuleiro para criar conversas profundas entre estranhos. Falar com pes-

Uma plataforma de streaming, como a Netflix, só que

soas desconhecidas é o único meio para pontuar e conhecer as

com filmes alternativos. Assim funciona a Indieflix,

histórias que as moradores locais têm para contar. Os jogadores

que disponibiliza somente produções independentes. A

devem puxar assunto com pessoas que vivem no perímetro de-

assinatura é anual e custa 40 dólares por ano ou cinco

limitado para a partida, descobrir qual a pergunta certa a fazer

dólares por mês. Mas a plataforma também conta com

para cada uma delas e seguir em frente.

filmes gratuitos, só é preciso se cadastrar. O projeto foi

O jogo foi criado por um grupo de 18 pessoas, através do projeto

idealizado por uma figurinista chamada Scilla Andreen

Mesa & Cadeira. A proposta foi apresentada pela artista Ju Row

e grande parte do acervo é formada por produções exi-

Farr, uma das fundadoras do coletivo inglês Blast Theory. O objetivo de transformar a cidade em tabuleiro é estabelecer conexões entre pessoas locais e os jogadores e abrir os canais de percepção para a vida urbana. No site thebranch.c é possível fazer o download e conhecer um pouco mais sobre o projeto. thebranch.co

82

A NETFLIX DOS ALTERNATIVOS

FLASH VIP

bidos em festivais. indieflix.com


83


SOCIAL THAIS DUTRA

01. As aniversariantes Fabiana Funk e Audrey

01

02

Lobo de Souza comemoraram aniversario em grande estilo 02. Daniella Fukumaru sempre atualizada na área da Dermatologia e radiante com o sucesso da Clínica La Forme 03. Voluntárias da Rede Feminina de Combate ao Câncer de Chapecó no tradicional Chá. Um sucesso! 04. O casal de educadores físicos Jonael Detoni e

03

Cecília Marafon turistando no Rockefeller Center em Nova Iorque 05. O blogueiro Mário Augusto de Lima em momento descontraído. 06. Rogério Bilibio, Rogério Spezia, Emerson Schneider, Clairton Schein, Evandro e Juliana Meneguini na comemoração de 10 anos da sucursal Tókio Marine Seguradora em Chapecó 07. Patrícia Oliveira participando do Congresso

04

05

04

Sul Brasileiro de Ginecologia e Obstetrícia em Foz do Iguaçu

06

Thais Dutra é apresentadora do programa Glamour na Gen TV e colunista social

84

FLASH VIP

07


social kiko santos 01

02

03

04

05

06

01. O sorriso Dodi Galli Pasquali. 02. Beleza e encanto de Bruna Raupp. 03. A odontóloga Fabiana Palma Durlo, sempre de bem com a vida. 04. Fernanda tem 7 anos, filha de Katia e César Schwendler, apaixonada por patinação artística. Já competiu em vários campeonatos estaduais, interestaduais e, neste mês de novembro, conquistou medalha na Copa Mercosul em São Leopoldo - RS. 05. A psicóloga Rosa Taisa Sguissardi posando para a coluna em seu consultório. 06. Gelson Dalla Costa, empresário de sucesso à frente da Apti alimentos.

86

Flash VIP


07

08

07. Gilberto João Badalotti um dos grandes destaques empresariais de Chapecó. 08. Toda elegância de Mareli Panizzi. 09. A advogada Eldelcira Rosa da Silva, especialista em ciências criminais, realçando a coluna. 10. Destaque para o empresário e vocalista da 09

10

banda Dazantigas Valdo Padilha que lançou mais um CD em recente evento no Velho Oeste. 11. Larissa Gerhardt, Miss Chapecó 2016 , coroada por este colunista em evento na Cher. 12. O sorriso perfeito do publicitário e fotógrafo Lucas Daga.

11

12

Kiko Santos é colunista social do jornal Sul Brasil e da revista Flash Vip. kikocolunista@yahoo.com.br

87


social thiago freitas

1. O empresário e corretor de seguros Giovan-

1.

ni Cezimbra Balen, da Fracel Seguros, recebeu neste semestre uma certificação profissional da CNSeg (Confederação Nacional das Empresas de Seguros Gerais, Previdência Privada e Vida, Saúde Suplementar e Capitalização). A certificação promove a qualificação técnica de profissionais do segmento. Balen ainda conta com mais três certificações internacionais na área. Além disso, o empresário recebeu mais uma congratulação na carreira. A partir desse ano ele passa a integrar a ABGR, Associação Brasileira de Gerência de Riscos. Essas conquistas se devem ao trabalho sério que desenvolve. Parabéns e sucesso!

2. Loraine e Angelo Vargas receberam, no mês de outubro, convidados, autoridades e imprensa para a inauguração do 2º Tabelionato de Notas e Protesto de Chapecó. As instalações do novo cartório já estão inseridas em um novo contexto desse tipo de serviço em Santa Catarina. Os tabeliões Loraine e Angelo já estiveram à frente de outros cartórios no nordeste e sudeste do País. O estabelecimento está localizado no calçadão de Chapecó. Sucesso!

Foto Elizandro Giacomini

Thiago Freitas é Jornalista (MTB/SC 3063), colunista social do Diário do Iguaçu e apresentador do programa Ver Mais da RicTV Record. contato@thiagofreitas.net.br

88

Flash VIP

2.


3. 3. Recebe destaque nesta edição da Flash Vip Fernando Bonetto Schinko, médico especialista em cirurgia vascular reconhecido pelo MEC e pela Sociedade Brasileira de Angiologia e Cirurgia Vascular (SBACV). Formado pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) em 2004, com residência em cirurgia geral e em cirurgia vascular.

4.

4. Com uma festa divertida e repleta de atrações, Laura Bonet comemorou seus 15 anos no dia 22 de outubro. A festa para familiares e amigos aconteceu no 14 Bis em Chapecó. Um evento ines-

7.

quecível, marcado pela descontração e animação! A festa contou com o auxílio da AHAZÔ Marketing e Eventos. Felicidades! 5. Laura com seus pais Dulce e Renato e a irmã Luíza Bonet.

5.

Fotos: Andrigo Gugel

89


eventos

EntrEga do Edifício castEllonE Construído em área nobre, no centro de Chapecó, pelo Grupo Nostra Casa, o Edifício Residencial Castellone proporciona a oportunidade exclusiva de morar em um lugar privilegiado. Cercado de bom gosto, requinte e qualidade de vida. A solenidade ocorreu no dia 25 de outubro, com presença vip do ator Carlos Casagrande, que fez a cerimônia de entrega das chaves aos proprietários. Fotos: Carol Bonamigo

O ator Carlos Casagrande

Monyk, Pablo, Roze, Daví*, Nayara e Mauro Dávi

Daví*, Roze e Cléia Tomkelski

Nayara e Mauro Dávi

Ellen e Eliston Camparin * In memorian

90

Flash VIP

Pablo e Monyk Dávi

Rogério da Silva, Daví Dávi*,WW Luiz Antônio Tagliari, Vitor e Pablo Dávi

Marília Lucas, Angela, Gilmar e Amanda Bilibio


Marília Lucas, Osvaldo Furini, Tiago Pegoraro e Leonardo Machado

Emília e Giovani Lucas

Equipe Construtora e Incorporadora Nostra Casa

Miguel Debarba, Ana Luiza e Ivone Berwanger

Simone Lazzaretti e Thiago Kochenborger

João Paulo Bendes e Joane Marcon

Luziane e André Baldissera

André e Silvana Malfatti e Bernando Tonin

Douglas Dreon, Joane Tonin, Wilson Tonin e Aldo Rossi

91


vips

EmprEsário do Ano 2016 O diretor da Inviolável Segurança 24 Horas e da Prática Serviços Ltda, Gilson Vivian, foi eleito Empresário do Ano 2016, no dia 17 de novembro. A solenidade que reuniu aconteceu no Clube Recreativo Chapecoense, onde foi entregue o Troféu Nelson Galina. Esta foi a 24ª edição do evento, considerado uma das maiores honrarias destinadas ao empresariado catarinense.

Silvane Ramos, Simone Mascarello, Gilson e Viviane Rauber Ruschel e Vera VâniaGomes Vivian

Fotos Lisiane Kerbes e a Silvania Cuochinski

Ronei Poletto, Fábio Magro, Renê Girardi, Ismael Fossá e Maicon Sandi

Josias Mascarello e Vera de Marco Mascarello

Eduardo Perone, Marcos Barbieri, Nico Tozzo e Carlos Roberto Klaus

Lenoir e Jussara Broch, Marlusa e Cidnei Barozzi

Graziela e Ernani Zottis

92

Flash VIP

Eliani Fontana e Flávio Pasquali

Lúcia Müller Buligon, Josias Mascarello e Luciano Buligon


unochApEcó prEstA homEnAgEm A sEus profissionAis

Anualmente, a Unochapecó realiza uma noite especial de homenagens por tempo de casa aos seus colaboradores. Na noite do dia 10 de novembro, 70 funcionários que completaram 10, 15, 20, 25 e 40 anos de atuação participaram de um jantar no Clube CRC e foram presenteados pela Instituição. Fotos Eduardo Menezes

Suzi Laura da Cunha e Mauro Postal

Ligia e Elizandro Tonatto

Claudio Alcides Jacoski, Marcos Antonio Nunes e Vincenzo Mastrogiacomo

Claudio Jacoski e Nadir Brancher Faccio

Aline Lemes da Silva Fontanella e Célio Fontanella

Letícia e Elizandro Ficagna

Juliana Savio e Murilo Cesar Costelli

Silvana Muraro Wildner, José Alexandre de Toni, Claudio Jacoski, Luiz Gnovatto, Claudete Fries Bressan, Marcio da Paixão Rodrigues e Vincenzo Mastrogiacomo

93


badalando nas antigas

Cesar Mignoni, Cesão, Fabio Surdi, Dontel Galina, Carlos Zamprogna, Celso Cecchin, Edson Mignoni, Éto, Enio Vivian e Renato Almeida

Maris Berticelli, Osvaldo Neto Didi e Monica Correa, entre outros

Nilthon Genevro e Flavio Luiz Berte

94

Flash VIP

Silvana Tozzo, Marcelo Zolet, Linho Zolet, Otto Henrique Kuhl, Cesar Batisttom e Lu Dariva


Sara Therezinha Nascimento, Mara Taísa Carvalho Orsatto e Rosangela Damo

Benhur Rosado Sperotto, Joao Alberto e Nédio Vani

Roze, Dulce, Inês, Nelcy, Suzi, Dethy

Solange Silvestre e Elisabeth Barella, entre outras

Fernando Patussi, Vulpério, Billy e Geovane

95


falou e disse Compartilhe conosco seu talento. Envie seu trabalho para jornalismo@revistaflashvip.com.br

QualQuer pedaço de saudade Abdiquei, cedi, revoltei, pulei, chorei, esqueci. Esqueci de mim, de você, das poesias, da minha sina, da minha rima. É incrivelmente irritante como não há uma partida. Minha camiseta ainda tem seu cheiro. Te vejo aqui. Num café mal adoçado, num sonho mal compartilhado, num cigarro mal apagado. Entre as minhas frases tortas e cada vírgula mal colocada, demasiadamente te recordo. Te aperto, te trago, te respiro, me inspiro. Eu me perdi. Mas posso voltar amanhã, ou não voltar mais. Posso te acenar da janela ao ver cada suspiro dentro de mim gritando por uma volta. Mas essas idas e vindas são necessárias, meu bem. Há café na mesa e poemas espalhados pela casa. E aqui estou, num novo poema de novo, acendendo um novo cigarro pra ver se te “trago” de volta.

Mirian Cruz

Sem identidade Poster | Fotografias 3 x 4 com intervenção manual, digitalizadas e impressas em tamanho real

Audrian Cassanelli

Chilling no Rolê Guilherme Cavichioli

96

Flash VIP


97


Flash VIP #74  
Advertisement