Page 1


Entrevista

COM Ana Cláudia Pitta

Criatividade e interpretação dos sinais do mercado A equipe da Revista Profissionais & Negócios entrevistou a empresária Ana Cláudia Pitta para conhecer mais sobre as suas empresas – Spazzio e AÇOBRASIL. Graduada em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade Federal de Pernambuco e pós-graduada em Design Estratégico, Ana faz parte daquele time de empresários que está sempre em busca de atualização profissional. A prova disso é que atualmente cursa MBA de Marketing. Confira a entrevista!

Revista P&N: Fale um pouco sobre suas empresas. Ana Claudia Pitta: A Spazzio é uma loja que surgiu para atender às necessidades dos nossos projetos de arquitetura e ambientação. As lojas especializadas em acessórios e ferragens para móveis, na época, se preocupavam apenas em oferecer os produtos que já existiam no mercado, sem nenhuma preocupação com design. Foi com o espírito inovador, na busca constante de novos materiais e acabamentos que a Spazzio iniciou suas atividades, com um amplo showroom na Avenida Hermes da Fonseca, repleto de móveis, acessórios para cozinha, closet, banheiro, presentes e objetos de decoração. Através da fábrica, a AÇOBRASIL, o aço inox ganha forma e funcionalidade em peças de design inovador e exclusivo, com formas versáteis e modernas. Uma linha seriada de puxadores, roldanas, ferragens e acessórios é distribuída nas diversas lojas especializadas em todo o Brasil. Em Natal, através da Spazzio, a AÇOBRASIL executa peças sob encomenda de corrimãos, escadas e projetos personalizados. Como você define o papel do líder nesses tempos de transformação? Um líder é aquele que consegue bons resultados, sem nunca perder o foco de suas metas, através do desempenho de sua equipe, incentivando o crescimento e preservando a harmonia e o bem estar do grupo. O papel

do líder não é somente comunicar valores, mas também manter relações honestas, baseadas na confiança e, acima de tudo, garantir em suas ações a tradução dos valores e da missão da empresa. Qual a importância da atualização profissional? A atualização profissional deixou de ser uma opção para ser também uma condição e uma necessidade dentro do exercício da profissão. O profissional deve estar atento às novidades e às oportunidades de aplicação de sua experiência e entender claramente quais são as competências valorizadas na área em que atua. Vêse então a necessidade de procurar um processo rápido, eficaz e específico para aquisição dos conhecimentos que se quer aprofundar ou adquirir.

“Conhecer bem o ramo da atividade e fazer um bom plano de negócios é fundamental. Ser criativo é importantíssimo e inovar é a palavrachave que deve fazer parte DO dia-a-dia.”.

Quais são as suas dicas para quem está começando um novo negócio? O bom empreendedor tem a capacidade de olhar para determinada situação e perceber que pode transformá-la em oportunidade de negócio. Algumas atitudes ajudam significativamente no sucesso de um empreendimento. Conhecer bem o ramo da atividade e fazer um bom plano de negócios é fundamental. Ser criativo é importantíssimo e inovar é a palavra-chave que deve fazer parte do dia-a-dia. É preciso reavaliar constantemente as necessidades do mercado e pesquisar os desejos e anseios dos clientes. Em síntese: ajudará alcançar sucesso a pessoa que trace um objetivo, avalie a situação e todas as possibilidades do contexto, tenha muito conhecimento sobre o assunto, procure conhecer os prováveis concorrentes e esteja disposta a ousar. Quais são as tendências que estão moldando o futuro do mundo dos negócios? No mundo dos negócios, um dos mais importantes atributos que o empreendedor deve ter é a capacidade de interpretar os sinais de avanço da sociedade e buscar formas de antecipar o que está por vir, modelando seu empreendimento para enfrentar novos momentos. A velocidade de transformação do mundo é surpreendente e, por isso, precisamos estar bem atentos para não sermos atropelados, nem perdermos oportunidades de negócios.

Novembro/Dezembro 2008    3


Editorial Paulo Oliveira

www

espaço

Prezados leitores da nossa Profissionais & Negócios, mais uma vez, estamos oferecendo a vocês alguns temas para reflexão. Escolhemos o pensamento estratégico como o nosso assunto de capa por acreditarmos que, mais do que nunca, as empresas precisam encontrar um tempo para repensar suas estratégias. Entrevistamos as empresárias Ana Pitta da Spazzio e AÇOBRASIL e Maria do Carmo Azevedo da UVIFRIOS e aprendemos com elas um pouco mais sobre recursos humanos e a visão da liderança nesses tempos de transfornação. Aproveito para desejar a todos, em nome da minha equipe de trabalho, um Feliz Natal e um 2009 repleto de boas notícias. Tenham todos uma ótima leitura e que Deus continue nos abençoando! Um forte abraço, Márcia Ávila

A auto-estima é a base para que haja uma harmonia entre a comunicação não-verbal e a verbal. Alguém tem auto-estima, quando está satisfeito com seu corpo e com suas realizações. Todo mundo pode ter a função de guru. Não precisa ser perfeito para poder ajudar os outros. É preciso somente estar por fora da situação. Afinal de contas quem vê de fora um determinado problema, o percebe muito melhor. Sempre que você estiver junto a outras pessoas, mostre que você está presente e tenha, sempre no rosto, um ar de aprovação no olhar. Confira no site a Apostila de Auto Estima ``www. marciaavila.com.br

O espaço é seu!!! Inicialmente quero parabenizá-la pela edição da revista P&N,

Tenho acompanhado a Profissionais & Negócios e

Gosto muito da Revista Profissionais & Negócios, porque

que infelizmente só tive conhecimento através da edição

encontrado boas dicas para meu dia-a-dia. Adoro as

é uma publicação muito fácil de ler. E traz temas muitos

de setembro. Devido a uma intensa correria nunca tinha

ilustrações, pois elas deixam a revista leve e interessante.

bons, assuntos que fazem parte do nosso dia-a-dia.

parado para consultar a Revista na universidade, mas quando

Sou natural de Minas Gerais e lá não tem uma revista

Sempre mostro a revista para meus filhos e falo o quanto

fiz me deparei com uma leitura maravilhosa com assuntos

local com esse foco no aprimoramento profissional, por

ela é interessante.

que sempre me interessaram, onde fiquei muito surpresa; a

isso valorizo a P&N, uma publicação que realmente está

Maria Dalva Bezerra – profissional com licenciatura

revista é local, uma qualidade de impressão e linguagem que

fazendo a diferença no Rio Grande do Norte.

em Letras

não deixam a desejar para revistas de circulação nacional.

Ramon Moreira – profissional de decoração

Parabéns a todos que compõe a sua equipe!

especializado em tecidos em parede

Iramar Dias - estudante concluinte do curso de Administração com Ênfase em Marketing na Universidade Potiguar.

EDITORIA Ávila Comunicação & Eventos Direção, edição e redação Márcia Ávila - (84) 9414-2163 avilamarcia@ig.com.br

A revista Profissionais & Negócios é uma publicação da Ávila Comunicação & Eventos www.marciaavila.com.br

PROJETO GRÁFICO E DESIGN Firenzze Design & Comunicação - (84) 3086-1228 atendimento@firenzze.com Projeto gráfico e direção de arte Paulo Moreira - (84) 9402-6041 pmoreira@firenzze.com Ilustração Roberto Luiz - (84) 8817-6661 bewasdal@yahoo.com.br

COMERCIAL E MARKETING Paulo Costa - (84) 9928-9274 paulocosta26@yahoo.com.br REVISÃO Cileide Siqueira TIRAGEM 5.000 Exemplares CORRESPONDÊNCIA Rua Romualdo Galvão, 1703 - Ed. Trade Center - Sl 101 - 59056-100 (84) 3082-7546 / 9444-0248


Entrevista

COM Maria do Carmo Azevedo

Desenvolver pessoas é um processo desafiador A equipe da Revista Profissionais & Negócios entrevistou Maria do Carmo Azevedo, diretora de Recursos Humanos da UVIFRIOS, profissional graduada em Administração de Empresas e pós-graduanda em Gestão Empresarial pela Fundação Getúlio Vargas, para conhecer suas idéias a respeito de desenvolvimento de pessoas. As palavras sensibilidade e humanização podem descrever perfeitamente a linha de pensamento de Maria do Carmo,uma empresária moderna e que acredita no potencial das pessoas. Confira a entrevista!

Revista P&N: Fale um pouco sobre como a UVIFRIOS trabalha o Desenvolvimento de Pessoas. Maria do Carmo: Desenvolver pessoas é um processo desafiador. O auto desenvolvimento já é difícil, imagina você tentar conscientizar as pessoas para que elas se desenvolvam. Até porque, como dona da empresa, me deparo muitas vezes com pessoas resistentes que ainda não conseguem enxergar o auto desenvolvimento como um pilar importante para o gerenciamento da sua carreira. E quanto as equipes de trabalho? Sabemos que o desenvolvimento de equipes de trabalho tem como objetivo agregar valor à efetividade de um grupo para atingir resultados. Nesse contexto desenvolver equipes tem como objetivo desenvolver habilidade nas pessoas, visando sempre tratar problemas de forma eficaz. Para a UVIFRIOS o que interessa é que nossos profissionais estejam sempre em processo de evolução contínua. O objetivo da nossa empresa é que as equipes virem times para alcançar de forma compartilhada os resultados. Sei que o trabalho é extremamente importante, uma vez que de desenvolver equipes significa uma transformação qualitativa no todo. Fale sobre gerenciamento de talentos. Sabemos que é o talento das pessoas que

faz a diferença no sucesso da organização. Nesse sentido buscamos apresentar aos funcionários um senso claro de direção e propósito para que eles alinhem suas expectativas pessoas com os objetivos da empresa. Segundo Peter Drucker, os profissionais devem procurar contribuir aprendendo como, quando mudar o que fazem, como fazem e quando fazem. Quais seus conceitos sobre liderança? Liderança é uma ferramenta necessária para qualquer profissional. Primeiro tenho que saber liderar a mim mesma para depois liderar as pessoas. Todo o líder influencia pessoas e forma seus seguidores. Por isso você tem que ser uma referência, todo o líder deve ser honesto e ter responsabilidade em mostrar a direção, porque os líderes são os transmissores mais influentes de uma organização. A direção é estabelecida, por meio da divulgação de metas do futuro da organização. O líder tem que fazer com que os funcionários entendam os princípios da empresa. O líder é como um maestro e a equipe são os músicos que não desafinam seus instrumentos para que a apresentação seja impecável. Gerentes controlam pessoas e projetos, líderes inspiram e motivam pessoas. Em épocas de incerteza, a liderança é mais eficaz que o gerenciamento.

Quais as dicas que você dá aos profissionais que estão iniciando no RH? Os profissionais que estão ingressando nessa área precisam gostar de pessoas, de idéias e de ação. Não adianta você ter um conhecimento acadêmico, ficar engessado em conceitos e não atuar, porque se você fizer isso, estará fadado ao insucesso e ao auto-engano. Isto porque até os próprios funcionários percebem que você não está atuando. A área de Recursos Humanos exige muita energia vital e psíquica para promover uma interação saudável entre as pessoas, orientando-se para a compreensão da natureza humana.

“Liderança é uma ferramenta necessária para qualquer profissional. Primeiro tenho que saber liderar a mim mesma para depois liderar as pessoas. Todo o líder influencia pessoas e forma seus seguidores. ”.

Novembro/Dezembro 2008    5


Carreira

Trabalho em casa, uma tendência mundial Ter o privilégio de trabalhar sem ter que sair de sua residência. Não estamos falando de trabalhos domésticos, e sim de empresas que disponibilizam essa opção para seus funcionários e de pessoas que resolvem trabalhar como autônomas. Transformar algum ambiente da sua casa em escritório pode ser uma boa pedida. É o home office, que graças aos avanços da tecnologia da informação está se tornando cada vez mais comum. O escritório em casa, ou home office, é uma opção atrativa para o início de micro e pequenas empresas já que apresenta uma considerável redução de custos. Alguns ramos de atividades são mais comuns como contabilidade, cosméticos, alimentos, confecções, publicidade, computação gráfica e consultorias em geral. Segundo a pesquisa Economia Informal Urbana feita pelo IBGE e o Sebrae e divulgada em 2005, 10 milhões de brasileiros se dedicam a pequenos empreendimentos e 35% destes desenvolvem esta atividade em suas residências. Nas grandes empresas o assunto também é tido como forte tendência. As empresas descobriram que manter um funcionário em um escritório pode elevar custos como aluguel de salas, mobiliário, servi-

6    Novembro/Dezembro 2008

ço de copa, portaria, dentre outros. Sem falar também no tempo que se perde no trânsito ao ter que se deslocar para o trabalho. Se o funcionário pode desenvolver sua função a partir de sua residência, sem perder produtividade, o home oficce é a melhor opção. Na década passada, nos Estados Unidos, cerca de 10 milhões de profissionais foram cumprir parte de seu expediente em casa. Porém, deve-se ter muita atenção e cuidado ao decidir que vai se trabalhar em casa. Horários devem ser respeitados, todo o cronograma de trabalho diário deve ter início e fim; apesar de não estar no escritório da empresa, não se deve deixar que a rotina da casa atrapalhe seu desempenho profissional; organize um local calmo e confortável para ser seu home office. Parece bobagem, mas são detalhes que fazem a diferença e que te auxiliarão no desempenho de sua carreira e no seu crescimento. Liberdade com responsabilidade, essa é uma expressão-chave quando falamos em home office.Sem dúvidas o trabalho em casa surge como uma alternativa e atua como uma forte tendência mundial. É uma readequação do modelo tradicional de negócios que vem ganhando novos adeptos a cada dia.

A Revista Profissionais & Negócios ocupa um espaço ímpar nos meios de comunicação do RN. Abordando temas de interesse das empresas, sempre com uma visão positiva e estimulante, nos coloca a refletir sobre questões que fazem parte do nosso dia a dia de trabalho. E a abertura que a revista dá, para que profissionais de várias áreas exponham as suas idéias, é muito valiosa.Parabéns pelo esforço, pelo trabalho e pelas conquistas neste primeiro ano de trabalho” Marcia Kafensztok, designer e diretora da MK Design


Lavanderia Splash, expandir e crescer com qualidade Empresa de sucesso genuinamente potiguar, a Splash Lavanderia surgiu após verificar-se uma carência em serviços de qualidade no ramo de lavanderias em Natal. Dezessete anos se passaram, e hoje a Splash tornou-se uma das melhores e maiores empresas do ramo de lavanderias do Rio Grande do Norte e parte para expansão de sua marca através de franquias. Atualmente são sete lojas, sendo que três unidades são próprias e as outras quatro são unidades franqueadas. Em breve, a Rede estará inaugurando sua primeira franquia fora do Estado Potiguar, a nova Splash será em Paragominas, no Pará. A oportunidade de mercado impulsionou Paulo César Dantas, diretor da Splash a buscar continuamente o melhor. O foco sempre foi crescer com qualidade, portanto investir em tecnologia, na busca do conhecimento e nos treinamentos para os funcionários foram pontos determinantes que tornaram a marca Splash um diferencial no mercado. “Nós buscamos sempre crescer com honestidade, ética e respeitando o

nosso concorrente”, afirma o diretor. Com o objetivo de ampliar sua Rede, a diretoria da Splash sempre investiu em mídia nacional. Voltou sua publicidade para o site e inseriu sua propaganda no Guia Oficial de Franquias. Participa também de feiras com o objetivo de mostrar e vender suas franquias. “Criamos a oportunidade de negócio e acompanhamos o crescimento da unidade”, explica Paulo César. A Splash Lavanderia visa a higiene e a qualidade do serviço de forma que atenda plenamente às necessidades do cliente, sempre pensando no aspecto técnico que a lavagem terá. Os produtos utilizados no processo são regulamentados de acordo com as normas da ANVISA, o que garante uma maior segurança para o consumidor. Com um mix completo e processando em torno de 50 mil peças por mês, a Splash oferece serviços voltados para roupas, casa e carro. São lavagens a seco e à água de roupas do vestuário e do lar, tingimento, couro e camurça, tapetes,

cortinas, persianas, estofados, colchões, tênis, bolsas, malas, bichinhos de pelúcia, berço, carrinhos de bebê, consertos e reformas de roupa, além de limpeza e higienização de bancadas de automóveis. E para 2009 uma novidade, será implantando o sistema inovador de lavagem à úmido, o “wet cleaning”, que substituirá a lavagem a seco a longo prazo. Sendo uma empresa que pensa na sociedade de forma responsável e na preservação do meio-ambiente, a Splash Lavanderia possui a sua própria estação de tratamento de efluentes. “Temos que trilhar pelo caminho da sustentabilidade”, destaca Paulo César. Toda a água utilizada nos processos de lavagens é tratada e reutilizada para fins como jardinagem, por exemplo. Com determinação, trabalho sério, comprometimento com a qualidade e estratégias voltadas para o crescimento, a Splash Lavanderia é destaque no mercado e conta hoje com uma estrutura completa e desenvolvida para expansão de seus serviços e de suas franquias.

Novembro/Dezembro 2008    7


Valores & Princípios

Cative as pessoas

É com muito prazer que acompanho a Revista Profissionais & Negócios que a cada mês que passa nos surpreende com seu extremo talento e notável capacidade de inovar. Com certeza, a publicação veio para ficar” Marcio Leal de Medeiros, gerente de Marketing do Grupo Artkasa Móveis 8    Novembro/Dezembro 2008

Nos ambientes de trabalho ou no convívio social fora dele, é possível se deparar com as mais diversas personalidades, e temos que saber conviver adequadamente com cada uma delas. Isso nada mais é do que conviver com as diferenças. Afinal de contas, ninguém é obrigado a ter os mesmos conceitos acerca de determinado assunto. Na maioria das vezes convivemos mais tempo com nossos colegas de trabalho, do que com nossos familiares. Por isso, é extremamente importante saber cativar as pessoas no meio organizacional que estamos e estender esse entendimento à toda nossa vida social. Saber interagir com clientes, fornecedores, colegas e diretores, por exemplo, só elevará nosso conhecimento e facilitará nosso diaa-dia. O relacionamento com as pessoas, de um modo geral, é um desafio constante. Saber entender a si próprio, é um dos primeiros passos para que possamos melhorar o relacionamento humano. Compreender que somos diferentes e respeitar o ponto de vista do outro é indispensável, assim evitaremos atritos e promoveremos a relação saudável necessária no ambiente organizacional. “Para ser ter um bom ambiente de trabalho, é necessário ter um profundo respeito pelos colegas, procurando ser simpático e cordial com todos. Além disso, sempre que se fizer necessário, devemos nos colocar no lugar do outro. Todo ser humano independente de sua classe social ou política merece ser tratado

com dignidade. Acredito que para se ter um ambiente de trabalho saudável é preciso que pratiquemos essas regras diariamente”, opina Cileno Luiz, gerente de vendas. Fazer amizades no ambiente de trabalho chega a ser imprescindível para existir um clima agradável, que acaba sendo vantajoso para o funcionário e para a empresa, pois gerará mais envolvimento com o trabalho e melhores desempenhos e resultados. Portanto, é muito importante saber cativar e ganhar a simpatia das pessoas. Você não precisa virar “melhor amigo” de todos da empresa, mas deve, ao menos, procurar ser simpático, respeitar e atender a todos com presteza, educação e cordialidade. Veja bem, para cativar as pessoas, você também não precisa ser o “palhaço” da empresa. Portanto todo o cuidado é pouco com piadas e brincadeiras. Evite cometer excessos, afinal de contas tudo demais é veneno. Nada de intimidade excessiva com os colegas, pois isso pode acabar diminuindo o respeito e o grau de profissionalismo necessário para o bom andamento empresarial. E se você for o chefe, excesso de intimidade pode dificultar as cobranças naturais, como alcance de metas, por exemplo. Cativar as pessoas é muito fácil. Com um toque de sutileza, simpatia, educação e boa vontade pode-se conseguir melhorias significativas no meio em que vivemos. Conviver em um ambiente onde todos procuram interagir com cordialidade é muito mais agradável.


Profissão: Biblioteconomia Da biblioteca ao tratamento da informação O termo grego “bibliotheke” gerou a palavra biblioteca. A palavra “biblioteconomia” deriva de biblioteca que é composto por “biblio” (livro), e “theke” que significa caixa. Esta formação evidencia a concepção de biblioteca enquanto caixa de livros. A biblioteconomia é a área do conhecimento especializada em pesquisar, desenvolver e utilizar os mais eficazes métodos para tratar a informação, visando sua recuperação e sua disseminação. E o profissional da biblioteconomia é o bibliotecário. Na sociedade moderna, a profissão de bibliotecário vem sendo apontada entre as 10 profissões mais importantes para os próximos anos. Hoje o bibliotecário tem um perfil mais empreendedor, pois ele qualifica as informações necessárias aos seus usuários seja ele um estudante ou um pesquisador de alto nível. Eles são os mediadores entre a fonte e o usuário. Devido ao fluxo de informação espera-se um profissional moderno, dinâmico, receptivo, persistente, disposto a colocar em prática seus conhecimentos de forma objetiva, crítica e, essencialmente, dinâmica. “O bibliotecário trabalha em duas pontas: no preparo da informação e nas formas de recuperá-la, para facilitar a localização”, explica Nêmora Arlindo Rodrigues, presidente do Conselho Federal de Biblioteconomia. No campo da biblioteconomia, o bibliotecário sempre esteve atrelado ao caráter físico de uma biblioteca, mas com o advento da internet e das bibliotecas virtuais, o profissional em biblioteconomia está se expandindo para outras áreas, além da tarefa tradicional de organizar e entregar livros. Não há como ficar alheio ao progresso. O curso de biblioteconomia tem duração de quatro anos e seu objetivo é ensinar o aluno a trabalhar com sistemas de informações, como bibliotecas e banco de dados. O crescente valor da informação na sociedade contemporânea tem contribuído para a ampliação das possibilidades de trabalho desse profissional. Além do trabalho em bibliotecas, universidades e órgãos governamentais, cresce a procura por seus serviços em centros de pesquisa, empresas, museus, comércio, bem como prestação de assessoria e consultoria para editoras e profissionais liberais. É importante que o profissional tenha intimidade com os recursos oferecidos pelas novas tecnologias, que estão transformando profundamente a área.

Novembro/Dezembro 2008    9


Pensamento

estratégico

O ano de 2009 está nascendo e com ele inúmeras idéias e sonhos de novos negócios estão surgindo. Preparar o caminho é tão importante quanto segui-lo, por isso o pensamento estratégico é fundamental nas organizações. Todas as estratégias evoluem a partir de reflexões que buscam encontrar uma proposta para ser única para os clientes, ou seja, estratégia é como a empresa escolhe ser diferente. “Valorizo e incentivo muito o pensamento estratégico, pois o vejo como competência fundamental em qualquer empresa que valorize o desenvolvimento contínuo. É uma visão mais ampla, complexa e globalizada, mas ao mesmo tempo precisa reconhecer o singular, o individual. Visa perceber e desenvolver a dinâmica dos processos, a evolução dos produtos, dos serviços e dos seus colaboradores, buscando assim, a inovação como diferencial competitivo”, diz a consultora empresarial Telga Barreto, profissional atuante no Rio Grande do Norte.

10    Novembro/Dezembro 2008


As empresas que querem vencer precisam pensar amplamente, precisam reunir as pessoas e tirar um tempo para refletir, nĂŁo basta fazer um planejamento estratĂŠgico e deixar o documento engavetado, ĂŠ preciso pensar estrategicamente o ano todo. “Focar o longo prazo ĂŠ tĂŁo vital quanto olhar para o curto prazo. O importante ĂŠ traçar a estratĂŠgia e seguir o passo-a-passo, preocupando-se com todos os detalhes. É preciso pensar como um executivo. Seja de marketing, de recursos humanos ou de qualquer outra ĂĄrea, independentemente do cargo, o que diferencia um profissional do outro ĂŠ o seu comportamentoâ€?,disse Michael Useem em sua palestra no Special Management Program, que foi realizado recentemente em SĂŁo Paulo. EstratĂŠgia tem a ver com escolhas e trocas. Para Michael Porter, a maior autoridade mundial em estratĂŠgia competitiva, o objetivo da estratĂŠgia ĂŠ conseguir ter todos na empresa movendo-se na mesma direção. “Um bom lĂ­der sabe comunicar a sua visĂŁo estratĂŠgica, pois a estratĂŠgia de uma empresa deve ser conhecida por todas as pessoas que trabalham nela. O principal erro de uma estratĂŠgia ĂŠ imitar o que os concorrentes fazemâ€?, diz Porter. Uma empresa que estĂĄ sempre buscando alternativas inteligentes para superar a concorrĂŞncia e tornar-se cada vez mais competitiva, adaptando-se Ă s constantes mudanças no mercado em que atua, alĂŠm de ter uma visĂŁo aguçada para Ăłtimas oportunidades de crescimento, ĂŠ uma empresa que pensa estrategicamente. “O executivo estrategista ĂŠ inovador e tem a capacidade de tomar decisĂľes a partir de prioridades observadas por um bom planejamento. AlĂŠm disso, o pensamento estratĂŠgico ajuda o lĂ­der a administrar melhor as turbulĂŞncias que possam aparecer e, por isso, passa a ter um melhor controle sobre elasâ€?, lembra a jornalista internacional, Helouise Melo. “Diante das novas realidades globais, percepçþes e atitudes, que se manifestam nas vĂĄrias dimensĂľes do ser humano, e princi-

palmente nos negĂłcios, precisamos desenvolver, mais do que nunca, uma consciĂŞncia estratĂŠgica. Ou seja, como lidamos com a mente e os pensamentos em vĂĄrios estĂĄgios de nossa consciĂŞncia, e sua influĂŞncia no pensamento estratĂŠgico. Para isso precisamos aprender a pensar de forma nĂŁo linear, nĂŁo cartesiana, compreendendo as estratĂŠgias, como maneira de conviver com o futuro, de forma mais sistĂŞmica, mais complexa, e segundo Edgar Morin, o pensamento complexo ĂŠ capaz de contextualizar, mas ao mesmo tempo de reconhecer a singularidade do individuo na sociedadeâ€?, ressalta Ivanilde Maria Severiano psicĂłloga e palestrante no Rio Grande do Norte. HĂĄ vĂĄrias razĂľes para uma organização apostar em pensar-se estrategicamente, mas a principal ĂŠ ir alĂŠm da sobrevivĂŞncia. Se uma organização quer melhorar a sua performance, melhorar o serviço que presta aos seus clientes, possuir uma polĂ­tica de qualidade,melhorar a capacidade de seus funcionĂĄrios e crescer, ela deve pensar estrategicamente. “O Pensamento EstratĂŠgico prega que para o mundo que vivemos o planejamento estratĂŠgico jĂĄ nĂŁo basta. É preciso conciliar o planejamento estratĂŠgico com planos de ação de curto prazo baseados em indicadores de performance temporais que permitam a correção do rumo rapidamente frente a uma grande alteração do ambiente. Por sua vez, o Pensamento EstratĂŠgico pode, se nĂŁo bem utilizado, tornar a organização refĂŠm de decisĂľes de curto prazo esquecendo os aspectos de longo prazo que o planejamento preconiza. A sua importância estĂĄ em tentar ajudar a organização a crescer ou pelo menos sobreviverâ€?, diz Manoel Veras de Sousa Neto, professor de Administração da UFRN. É importante ressaltar que o processo de criar um pensamento estratĂŠgico organizacional implica ter clareza estratĂŠgica, definir prioridades estratĂŠgicas e implicaçþes em nĂ­vel de recursos e, tambĂŠm criar sistemas de gestĂŁo da performance.

Anote aĂ­  Clareza

estratĂŠgica ĂŠ desenvolver uma descrição concreta do impacto para o qual a organização trabalha e pelo qual aceita que seja medida a sua atuação. Implica dizer claramente: nĂłs assumimos a responsabilidade de no espaço de tempo “xâ€? provocar o impacto “yâ€?. No fundo temos que definir para qual impacto trabalhamos e explicar como pensamos em atingir (teoria da mudança).  Prioridades estratĂŠgicas significam definir claramente que açþes e atividades especĂ­ficas devem acontecer, e em que seqßência, para que o impacto pretendido seja alcançado. Definir claramente o que tem que ser feito e em que seqßência, mas tambĂŠm e, talvez mais importante, o que nĂŁo vai ser feito!  Definição de recursos. Definir que recursos financeiros, humanos e organizacionais sĂŁo necessĂĄrios para concretizar as prioridades definidas e estabelecer um plano para que estes recursos sejam efetivamente garantidos!  GestĂŁo de Performance ĂŠ criar metas quantitativas e qualitativas no “percurso estratĂŠgicoâ€? definido. Estas metas devem ser integradas num sistema de avaliação organizacional que potencialize a reflexĂŁo e a melhoria contĂ­nua. Este sistema visa potencializar as hipĂłteses de sucesso da organização na busca do impacto a que se propĂ´s.

Novembro/Dezembro 2008    11


Gente & Idéias Roupa que recarrega bateria de celular Cansado de ficar sem baterias e sair correndo atrás de uma tomada para recarregar seu celular ou iPod? Uma designer argentina pode ter a solução: um casaco equipado com um painel de energia solar. A linha de roupas “inteligentes” de Julieta Gayoso está ligada à constante presença da tecnologia no mundo moderno e à amolação que é ficar sem bateria.”Hoje, a tecnologia está cada vez mais móvel. Ela conseguiu a liberdade com as conexões sem fio, mas quando as baterias acabam, você tem que se conectar à rede elétrica. Então isso é uma maneira de ter energia em movimento e, claro, de forma limpa”, disse Gayoso, 36, à Reuters Television esta semana.A jaqueta com painel solar de Gayoso tem um cabo que conecta a placa coletora a uma bateria que fica dentro de um bolso onde até oito aparelhos eletrônicos podem ser recarregados ao mesmo tempo sempre que o sol estiver brilhando.Pode parecer um tanto chamativo, mas as roupas da designer não são criações para passarelas da moda. Elas são desenhadas deliberadamente clássicas em estilo.

Odor pelo celular

Novos neurônios ao longo da vida

A empresa alemã Convisual e o Institute of Sensory Analysis and Marketing Consultancy de Göttingen (ISI) acabaram de patentear a tecnologia de envio de odores e cheiros para celular. Serão cerca de 100 odores disponíveis no chip, incluindo cheiros bons e ruins. De acordo com o site EETimes, a tecnologia vem sendo desenvolvida há oito anos, e a previsão é de que seja lançada em 2010. “Pessoas poderão enviar o cheiro da praia e do sol para seus amigos quando estiverem em férias”, relatou a porta-voz da Convisual, Sandra Wiewiorra ao site The Local. As empresas declararam que outras companhias, como a japonesa NTT e a Motorola, já mostraram, desenvolveram e patentearam projetos parecidos, que envolviam cheiros e odores em aparelhos móveis. Os chips não serão caros, mas os usuários que receberem as mensagens deverão ter um celular compatível com essa função para acessar os odores. Tanto a ISI quanto a Convisual estão em negociação com diferentes empresas de celular.Os odores também poderão ser utilizados em publicidade ou até em jogos, com certeza os publicitários adorarão a idéia!

Desde os trabalhos pioneiros sobre a neurologia humana realizados em 1913 por um dos pais da histologia, o cientista espanhol Santiago Ramón y Cajal (1852-1934), acreditava-se que os neurônios presentes no cérebro humano adulto eram incapazes de se multiplicar. No entanto, estudos recentes têm mostrado que não é bem assim, e que algumas regiões do cérebro humano ganham novos neurônios ao longo de toda a vida. Vejamos como isso ocorre. Durante a evolução, a formação de novos neurônios, conhecida como neurogênese, diminuiu à medida que aumentava a complexidade do cérebro. A ocorrência de neurogênese em adultos é comum em crustáceos e vertebrados como peixes e anfíbios. Répteis, por exemplo, são capazes de regenerar partes inteiras de seu cérebro. Porém, esse processo era desconhecido em aves e mamíferos até poucas décadas atrás. Essa visão começou a mudar a partir da década de 1960, devido às pesquisas conduzidas pelo neurocientista norte-americano Joseph Altman, do Instituto de Tecnologia do Massachusetts (MIT), nos Estados Unidos.

Você é aquilo que pensa “Somos as únicas criaturas na face da terra capazes de mudar nossa biologia pelo que pensamos e sentimos! Nossas células estão constantemente bisbilhotando nossos pensamentos e sendo modificadas por eles. Um surto de depressão pode arrasar seu sistema imunológico. Apaixonar-se, ao contrário, pode fortificá-lo tremendamente. A alegria e a realização nos mantêm saudáveis e prolongam a vida”, diz Deepak Chopra, autor de mais de 25 livros de auto-ajuda, traduzidos em 35 línguas, tais como “A Cura Quântica”, “As Sete Leis Espirituais do Sucesso”, “Criando Saúde” e tem cinco programas para a televisão pública dos EUA.


Conhecimento & Gestão

Marketing de

Relacionamento

A Revista Profissionais & Negócios nos permite não só nos atualizar profissionalmente, mas também obter novos conhecimentos. A equipe que faz a P&N está de parabéns.”Cida Alves, secretária executiva da Associação dos Supermercados do Rio Grande do Norte.

O mundo globalizado passa por intensas transformações diárias. Cada dia surgem novas oportunidades de negócios e junto com elas, novos concorrentes e uma concorrência cada vez mais acirrada. Para crescer e ter sucesso é preciso focar-se em estratégias. O marketing de relacionamento é uma delas. Antigamente, quando uma nova empresa chegava no mercado, a grande preocupação era a de divulgação da marca para a maior quantidade de pessoas possíveis. Tornar-se conhecido por mais e mais pessoas era o ideal. Se essas pessoas se tornariam fiéis à marca, era um detalhe quase sempre deixado de lado, afinal de contas, quanto mais gente conhecesse a empresa, melhor. Hoje, com o cenário dinâmico, a situação é diferente e as preocupações vão muito além da simples propaganda. Apenas conquistar novos consumidores não é mais o suficiente. Hoje é preciso acompanhar o consumidor também no pós-venda, pois os clientes estão cada dia mais exigentes e esperam que as empresas possam continuar lhes oferecendo um atendimento de qualidade, mesmo após o processo de aquisição. E é justamente nesse ponto que o marketing de relacionamento atua. O marketing de relacionamento é uma atividade que visa unir a satisfação do cliente com a fidelidade a uma determinada marca ou empresa. Esse tipo de marketing apóiase em conhecer a fundo as necessidades,

expectativas e demandas de seus consumidores, como forma de buscar proporcionar sempre o melhor para estes. É uma espécie de trabalho mais humanizado, personalizado para a clientela já existente. É recomendável criar ações que permitam que o consumidor perceba o quanto ele é especial. O cliente satisfeito compra mais, é mais barato de manter e ainda indica potenciais consumidores para a empresa. Não se pode esquecer que a melhor propaganda é a espontânea. “O marketing de relacionamento tem um papel fundamental no sucesso da empresa. Clientes satisfeitos são fiéis compradores de seus produtos e o mais importante, são fiéis defensores da empresa que os agrada, propagando aos amigos e colegas o quanto se sentem satisfeitos com ela. Porém, a recíproca também é verdadeira, em casos opostos o cliente acaba naturalmente externando a sua insatisfação e a repercussão negativa tem efeitos devastadores sobre a imagem da empresa”, ressalta Márcio Leal, Gerente de Marketing. No marketing de relacionamento, as organizações estabelecem e mantêm relacionamentos de longo prazo, mutuamente benéficos entre seus clientes, empregados e outros grupos de interesse. Isso envolve a compreensão, a concentração e a administração de uma contínua colaboração entre todos os envolvidos no processo. É uma estratégia de longo prazo extremamente importante e necessária para qualquer empresa.


Fique sabendo Dicas de livros

Exposição Fotográfica A Exposição Fotográfica “Direito à Memória e à Verdade – A ditadura no Brasil: 1964 a 1985”, foi aberta na área de convivência da Faculdade FACEN. A mostra conta um pouco da história dos anos de chumbo no Brasil e marca, este ano, o aniversário dos 60 anos da Declaração Universal dos Direitos Humanos. Concebida pela Secretaria Especial dos Direitos Humanos da Presidência da República (SEDH/PR) para comemorar os 27 anos da promulgação da Lei da Anistia no Brasil, a exposição foi aberta ao público, pela primeira vez, em agosto de 2006, na Câmara dos Deputados, em Brasília. Mais de 25 cidades brasileiras já receberam a linha do tempo que conta a história do país entre os anos de 1964 e 1985 – época em que esteve submetido ao regime militar. Em uma viagem ao passado recente do Brasil as imagens recuperam a memória do golpe militar, que no dia 31 de março de 1964 mergulhou o país numa ditadura que durou 21 anos. Os tanques na frente do Congresso Nacional, as passeatas estudantis, o envolvimento de artistas e músicos da época no movimento de resistência, as prisões e mortes a que foram submetidos os opositores do regime poderão ser vistas em painéis de 3X2m, conduzidos por um texto que reconta cronologicamente a história destes tempos. A Faculdade FACEN é uma das instituições de ensino superior membro do Comitê Estadual de Educação dos Direitos Humanos do Rio Grande do Norte, instituição há mais de 10 anos presente no estado, comprometida com a ética, moral e a responsabilidade social, tem essa nobre missão de sediar este importante registro da história política brasileira. Na ocasião os visitantes receberão uma cópia da Declaração dos Direitos Humanos, bem como os interessados poderão se inscrever em um curso livre à distância com o intuito de fornecer subsídios à sociedade civil potiguar para o processo de construção do Plano Estadual de Educação em Direitos Humanos (PEEDH-RN).

Nossa, eu adorei a Profissionais & Negócios. Possui um conteúdo inteligente, com uma linguagem ideal, sem falar que aborda assuntos interessantes e funcionais para o enriquecimento profissional. Com certeza não é só mais uma publicação. Chegou ao mercado disposta a fidelizar o seu leitor.” Ana Emília, psicóloga. 14    Novembro/Dezembro 2008

Administração estratégica: planejamento e implantação da estratégia Com ênfase no aspecto ‘processo’ da administração estratégica, este livro mostra a importância de se planejar e implantar estratégias que orientem os profissionais para alcançar de forma mais efetiva seus objetivos. Os assuntos abordados são: desenvolvimento da análise do ambiente interno e externo da organização, o estabelecimento da diretriz organizacional com a elaboração da missão e dos objetivos de curto e longo prazo da organização, formulação da estratégia organizacional, implementação da estratégia e controle estratégico para garantir a realização do plano delineado. Marketing de relacionamento Hoje as empresas já sabem que, para encantar seus clientes, precisam bem mais do que usar as técnicas convencionais que elas vêm usando há décadas. Neste livro, McKenna vai mais fundo ainda nos conceitos que ele mesmo criou, redefinindo o papel do marketing: um processo que aprende com o mercado e se adapta de forma oportuna e original às suas mudanças.“Um dos maiores consultores de marketing dos Estados Unidos” – The New York Times Mulher rica: o livro de investimento para mulheres Como homens e mulheres lidam com o dinheiro de modo diferente, Kim Kiyosaki, mostrará às mulheres que elas podem enfrentar qualquer desafio, independentemente de suas origens, nível de instrução ou de quanto dinheiro têm.


Educação Educação com ética e

responsabilidade social Instituição de ensino ética e socialmente responsável. É assim que podemos definir em poucas palavras a Faculdade Câmara Cascudo, que atualmente desenvolve um programa ativo e contínuo de aperfeiçoamento ético de suas relações com a sociedade e entidades públicas ou privadas, visando acima de tudo garantir o respeito aos direitos do cidadão e à integridade física e moral das pessoas. A atual equipe do departamento comercial da Faculdade Câmara Cascudo tem o desafio de superar metas a cada dia, priorizar as relações comerciais, estabelecer e renovar convênios e parcerias e, principalmente, desenvolver o plano de marketing orientado para as demandas comerciais e sociais da Instituição. “A valorização dessas parcerias e convênios fez a Faculdade alcançar um novo patamar diante da sociedade e da comunidade acadêmica, difundindo e solidificando os princípios apontados na nossa Missão”, ressalta Patrícia Maia, Diretora Comercial da Instituição. A Faculdade Câmara Cascudo vem priorizando as ações de responsabilidade social, procurando estabelecer parcerias sociais, que venham a contribuir de forma significativa para a comunidade e a sociedade norte-riograndense. Realização de trabalhos sociais articulados com a sociedade, e envolvendo toda comunidade acadêmica; promoção de bolsas estudantis para alunos com situação econômica desfavorecida; articulação e promoção de eventos e atividades sociais em parcerias com entidades filantrópicas; desenvolvimento de projetos imbuídos pelos princípios da sustentabilidade e responsabilidade social, como a preservação ambiental, arrecadação de fundos e alimentos para instituições carentes e a ampliação do projeto da acessibilidade, que

proporciona condições de acesso aos alunos com necessidades educativas especiais são algumas das ações sociais que a Faculdade Câmara Cascudo tem prazer em promover. A Faculdade Câmara Cascudo tem hoje, aproximadamente, 1600 alunos distribuídos nos sete cursos de graduação e nos cursos de pós-graduação. A Instituição é conveniada a Universidade Estácio de Sá, uma das maiores Instituições de Ensino Superior do Brasil e da América Latina. São 57 unidades que oferecem ensino de qualidade para aproximadamente 190 mil alunos, disponibilizando mais de 180 cursos nas diversas áreas de conhecimento. A Faculdade promove ainda cursos de férias voltados para a comunidade em geral, que paga preços simbólicos para participação nos cursos. É importante ressaltar que a Faculdade Câmara Cascudo obteve um excelente resultado no Índice Geral de Cursos, promovido pelo Ministério da Educação e foi

considerada a segunda melhor Instituição de Ensino Superior Privada do Rio Grande do Norte. Uma grande vitória dado o pouco tempo de fundação da Instituição, que tem se destacado e se firmado cada vez mais, desenvolvendo um ensino superior de alta qualidade.

A Revista Profissionais & Negócios está de parabéns, pois exerce bem seu papel como canal de comunicação e informação. É bem direcionada, abordando de forma coesa temas atuais e que interessam a pessoas de diferentes áreas de atuação no mercado.” Paula Rodrigues, administradora. Novembro/Dezembro 2008    15


Pague Menos, apostando no diferencial Preços mais acessíveis que os concorrentes, atendimento diferenciado e valorização do público interno e externo são os diferenciais da Pague Menos, uma Farmácia que aposta no volume para oferecer os melhores preços da cidade aos seus clientes. A Rede de Farmácias Pague Menos é hoje a marca mais lembrada no segmento de farmácias e drogarias de Natal, de acordo com pesquisas feitas por três importantes meios de comunicação do Estado do Rio Grande do Norte. Segundo Lourdes Ferreira, gerente regional, isso se deve aos diferenciais que a empresa proporciona aos consumidores e aos funcionários. “As pessoas são muito importante, sem falar que somos líder absoluto em preço e ainda contamos com as promoções constantes”, destaca Lourdes. A matriz da Farmácia Pague Menos está localizada em Fortaleza, no Ceará, onde

16    Novembro/Dezembro 2008

foi fundada em 1981. No Rio Grande do Norte, teve o início de suas atividades em 1993; atualmente possui 17 lojas no Estado e emprega cerca de 420 funcionários. O delivery está centrado na unidade da Prudente de Morais, e conta com 18 entregadores para toda Natal. Um dos grandes trunfos da Pague Menos é o cartão fidelidade, que hoje possui uma base com mais de 3 milhões de clientes cadastrados. “Com o cartão fidelizamos os clientes e lhes oferecemos benefícios”, explica a gerente regional. Outra ação importante é a implantação de um projeto inovador, o programa de TV do Grupo Pague Menos, exibido aos sábados às 14h30, na Rede TV! O “Pague Menos Sempre Bem” aposta no trinômio saúde, beleza e qualidade de vida, além de divulgar as ações comerciais da rede. Segundo a gerência regional, a Farmárcia

Pague Menos possui concorrentes diretos, do mesmo segmento, porém não de preço. No RN é a única que proporciona 22% de desconto. “Podemos oferecer um preço diferenciado diante dos concorrentes porque somos 1º lugar do Brasil em número de lojas e de faturamento no segmento de farmácia”, enfatiza Lourdes. A Pague Menos realiza ainda promoções que sorteiam casas para os clientes, distribui mensalmente encartes promocionais, promove concursos culturais voltados para o incentivo da leitura, da educação e para descoberta de novos talentos. Todas as ações desenvolvidas pela empresa mostram a atenção que ela dedica à qualidade de vida, ao preço, à tradição e à preferência dos consumidores. Foi exatamente por ter visão de futuro que a Rede de Farmácias Pague Menos se tornou uma empresa com um porte invejável em seu segmento.


Conhecimento & Gestão

Como enfrentar a crise? Quando se fala em crise, o espanto é geral. Mas você sabe o que significa crise? Segundo o dicionário da língua portuguesa, crise é uma fase difícil, grave, na evolução das coisas; colapso; ponto de transição entre uma fase de prosperidade e outra de depressão, ou vice-versa. E como devemos enfrentar a crise? A crise pega de surpresa os que não se preparam para um momento assim e os que não raciocinam de forma adequada. Àqueles que buscaram se solidificar antes da fase difícil, montando equipes de ponta, evitando o desperdício e investindo no seu negócio com treinamentos para fun-

cionários, acordos comerciais, e foco no cliente, estes sim se sobressaem. Atualmente, quando as empresas ouvem falar de crise já começam cortando custos, demitindo funcionários, extinguindo treinamentos, propagandas – exatamente no momento em que mais se precisará delas – enfim, uma soma de atitudes errôneas. Em momentos de crise, os gestores têm que ter ponderação, bom senso, prudência e visão de futuro. As empresas devem focar os cortes em ações significativas, atacando desperdícios e despesas supérfluas, cuidando com atenção do setor financeiro. Investir forte em publicidade também é necessário; durante

a crise o cliente precisa lembrar que sua marca existe. Manter uma equipe unida e motivada é essencial para o perfeito andamento do negócio, principalmente em períodos difíceis. Nada de demitir por demitir. Uma crise vez por outra sempre aparecerá. Mas não se deve deixar abalar facilmente. Manter a tranqüilidade da alma e da mente é fundamental nesse processo. Lembre-se, despesa e investimento são coisas diferentes. Tente achar nos momentos difíceis as oportunidades ocultas, para que no pós-crise seu negócio saia na frente e seu crescimento seja superior ao dos concorrentes.


Currículo & Atitude Relacionamento é tudo! Especialistas da área de recursos humanos afirmam que apresentar-se no ambiente de trabalho como uma pessoa essencialmente agradável conta muito na hora de manter o emprego. As relações entre colegas são fundamentais para que se mantenha um clima saudável. O bom relacionamento com o chefe é mais que fundamental, é imprescindível quando se almeja crescer profissionalmente. E se você é chefe, fique atento! Três habilidades são fundamentais para você: comando da mente, controle das emoções e assertividade nas ações.

10 pecados em um currículo Para atingir melhores resultados, o currículo deve ser bastante objetivo. Sua principal tarefa deve ser ressaltar os resultados e promoções obtidas ao longo da carreira. Lembre-se de que os selecionadores recebem muitos currículos por dia, e não costumam - porque nem podem - gastar muito tempo para ler todos eles. Por isso o texto do currículo deve ser claro e de fácil leitura. É fundamental que as informações fiquem organizadas de maneira a serem encontradas em uma rápida leitura. Conheça os 10 pecados mais comuns em um currículo: 1. Não colocar o seu objetivo no início do currículo; 2. Colocar um resumo de qualificações muito extenso; 3. Usar um currículo funcional para todas as situações; 4. Currículo funcional incompleto, não destacando suas principais funções; 5. Colocar o nome das empresas sem a descrição de suas atividades; 6. As datas de entrada e saída de cada emprego e de cada cargo colocadas do mesmo lado do currículo. Coloque-as em margens distintas da página; 7. Currículo sem parágrafos; 8. Currículo sem resultados. Resultados quantificados dão credibilidade; 9. Erros de português ou uma diagramação malfeita; 10. Mentiras! Nunca minta! A omissão é socialmente aceitável, mas a mentira não. Fonte: Grupo Catho

18    Novembro/Dezembro 2008

Pesquisa Pesquisa realizada pelo Grupo Catho revelou que a principal razão para demissão é a falta de um bom relacionamento entre o executivo e seu chefe. Essa é uma limitação na carreira. Você precisa se relacionar bem com seu chefe! Em hipótese nenhuma você pode arrumar briga com ele! E não o incomode! Este é um dos limites que você tem em sua competência. Para desenvolver sua carreira profissional, você precisa ter proatividade, aprender inglês, ter mestrado ou especializações, aceitar ter uma remuneração variável, ser um workaholic e se dedicar a sua atualização. Porém, precisa cuidar, com um carinho enorme, do relacionamento com o seu chefe, com seus colegas de trabalho e com seus subordinados.


Profissionais & Negócios  

Esta revista serve de instrumento para reflexões sobre o mercado de trabalho e sobre cada pessoa que quer melhorar a qualidade de vida, melh...

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you