Page 1

Diário de Circulação Nacional

Quinta-feira

Ano 20 | Nº 4910 | 16 de janeiro de 2020

Ferroeste registra lucro pela primeira vez em 23 anos

Jaelson Lucas/AEN

Segundo o diretor-presidente da Ferroeste, André Luiz Gonçalves, o balanço positivo do ano passado é importante para atrair investidores para a operação logística ferroviária do Estado, que será ampliada nos próximos anos

Oficinas para a segunda etapa de programa são realizadas em SJP

Vigilância Ambiental alerta sobre riscos do contato com água de enchentes » Nesta época do ano é comum a ocorrência de chuvas mais intensas, aumentando o risco de alagamentos, inundações e enchentes nas cidades. Por causa da grande quantida-

» O Complexo Ayrton Senna, que abriga as quatro fábricas da Renault do Brasil foi reconhecido pelo Fórum Econômico Mundial (WEF) como “Advanced 4th Industrial Revolution (4IR) Lighthouse” – “Farol da 4ª Revolução Industrial Avançada”, por ser

Curitiba: Obras na Avenida Visconde de Nácar entram na fase final Bom Retiro, Centro Cívico, Cristo Rei, Juvevê, Mercês, Rebouças e São Francisco. Nesta quarta-feira (15/1), o prefeito Rafael Greca e o secretário municipal de Obras Públicas, Rodrigo Rodrigues, vistoriaram os serviços que estão em andamento na Avenida Visconde de Nácar. “A via é a espinha dorsal do corredor que liga as Mercês com o Água Verde, Rebouças e Portão. É asfalto novo cortando o Centro da cidade. Dia a dia Curitiba está ficando cada vez melhor ”, disse Greca. De acordo com o secretário de Obras Públicas, após o término do trabalho de pavimentação será implantada a sinalização horizontal.

uma planta referência em ações envolvendo a indústria 4.0. O reconhecimento se deve à capacidade de adotar e escalar tecnologias, gerando impacto positivo para a indústria. Com este resultado, a empresa passa a fazer parte da “Global Lighthouse Network”, comunidade gerida pelo Fórum Econômico Mundial que reúne as indústrias referência em tecnologia 4.0 no mundo, buscando transformar fábricas e modelos de negócio trazendo retorno financeiro e operacional.

Página 4

Editais página 3

Luiz Costa/SMCS

» A obra de pavimentação da Avenida Visconde de Nácar está próxima da conclusão. O trecho de 1.800 metros entre a Avenida Manoel Ribas e a Rua Doutor Pedrosa, que corta os bairros São Francisco e Centro, começou a ser requalificado no dia 6 de janeiro e no próximo sábado, dia 18, já deverá estar coberto com asfalto novo. A obra faz parte de um conjunto de intervenções de fresa e recape que atende 11 ruas de nove bairros da Regional Matriz. São vias importantes, que ligam bairros e servem de corredor para o transporte coletivo. No total, são 8.610 metros de asfalto novo no Ahú, Bigorrilho,

de de água que chega em um curto espaço de tempo, acontece o acúmulo nas ruas, perímetros urbanos e o transbordamento de rios. Esta água é poluída e contém bactérias. Página 2

Renaut do Brasil recebe reconhecimento do Fórum Econômico Mundial

Paulo Szostak / Prefeitura SJP

» Os processos de diagnósticos de políticas públicas adequadas para a segunda etapa do Programa “Em Frente Brasil” já estão sendo realizadas no município de São José dos Pinhais. As oficinas do Programa tiveram início na manhã desta quartafeira (15), e terão a duração total de três dias. As oficinas tem como objetivo propor e diagnosticar políticas para a segunda etapa do Programa, voltadas para ações sociais e educacionais. No primeiro dia de oficina foram apresentados os participantes, além dos insumos para a construção dos planos futuros. Página 2

» A Ferroeste (Estrada de Ferro Paraná Oeste S.A.) fechou 2019 com lucro operacional de R$ 453 mil (expurgada as depreciações), faturamento bruto na casa dos R$ 30,5 milhões e mais de 1,1 milhão de toneladas de produtos transportados na malha ferroviária que liga Cascavel a Guarapuava. Desde o início da operação da empresa estatal, em 1996, é a primeira vez que um ano termina no azul. Planejamento estratégico, redução de custos e uma série de outras medidas explicam o desempenho. A Ferroeste registrou faturamentos mensais na casa de R$ 3 milhões em 2019 e alcançou R$ 30,5 milhões no acumulado dos doze meses. Esse montante é 49% superior a 2018, com R$ 20,5 milhões, e 75% maior em relação a 2017, ano de R$ 17,4 milhões de faturamento. O resultado de dezembro também foi satisfatório, com crescimento de 105% em relação ao mesmo mês do ano retrasado. O volume total de cargas transportadas também foi recorde no ano passado, com 1,1 milhão de toneladas, contra 780 toneladas de 2018, crescimento de 46%. A melhor marca anterior havia sido registrada em 2016, com 826 toneladas. Ainda de acordo com a demonstração de resultados da Ferroeste, os custos operacionais caíram no acumulado do ano, o que permitiu a transformação de um faturamento recorde em lucro operacional e EBITDA (lucros antes de juros, impostos, depreciação e Página 3 amortização) com margem positiva.


2

PUBLICAÇÕES LEGAIS / NACIONAL

| Quinta-feira, 16 de Janeiro de 2020 |

Vigilância Ambiental alerta sobre os riscos do contato com água de alagamentos, inundações ou enchentes A água é poluída e pode aumentar o risco de contrair doenças como leptospirose, hepatite A e diarreia aguda Nesta época do ano é comum a ocorrência de chuvas mais intensas, aumentando o risco de alagamentos, inundações e enchentes nas cidades. Por causa da grande quantidade de água que chega em um curto espaço de tempo, acontece o acúmulo nas ruas, perímetros urbanos e o transbordamento de rios. Esta água é poluída e contém bactérias e vírus que aumentam o risco de doenças infecciosas que pode afetar a população, como por exemplo: leptospirose, hepatite A e diarreia aguda. Devido a esta situação, a Secretaria Municipal de Saúde, por meio da Vigilância Ambiental de Pinhais, faz um alerta dando orientações e informações a respeito de dois aspectos importantes que devem ser de conhecimento da população: a questão da limpeza dos locais afetados e a forma de como se prevenir em caso de contato com a água. A recomendação é limpar bem as áreas e materiais que entraram em contato com a água. Quem for executar o serviço, deve colocar calça comprida, botas e luvas. Mas caso não tenha botas ou luvas, coloque em cada mão e em cada pé dois sacos plásticos amarrados para evitar o contato da pele com a água contaminada. Se a caixa d´água for invadida, a esvazie. Esfregue as paredes com escova e pano limpo e coloque 1 litro de água sanitária para cada 1.000 litros de água. Após o período de duas horas, a esvazie novamente. É preciso também lavar pisos, paredes, bancadas e quintal com água e sabão. Desinfete, em seguida, com água sanitária na proporção de 400 ml para um bal-

de com 20 litros de água limpa, deixando agir por 30 minutos. A Vigilância Ambiental de Pinhais reforça alguns pontos e a forma correta de como se prevenir em caso de contato com a água: · Lave bem as mãos antes de preparar alimentos; · Utilize apenas os enlatados, cujas embalagens não apresentem amassamentos, pontos de ferrugem ou sinais de danos; · Beba sempre água potável, fervida ou com adição de cloro e a utilize para preparo de alimentos, principalmente de crianças menores de um ano; · Guarde os alimentos em recipientes bem fechados; · Não utilize água de poço (a não ser para lavar o quintal/calçadas); · Em caso de hortas que sofreram

inundação, não utilize esses produtos; · Descarte medicamentos e alimentos que entraram em contato com lama ou água de enchente, mesmo aqueles embalados com plástico ou que não forma abertos. · Solicite na unidade de saúde novos medicamentos de uso contínuo, caso seja portador de doenças crônicas; · Descarte alimentos (rações) de animais domésticos; · Retire, acondicione e descarte o lixo adequadamente; · Aloje animais domésticos em local seguro para evitar contato com a água. Serviço A Vigilância Ambiental de Pinhais dá todas as informações, orientações e esclarecimentos aos munícipes sobre o assunto. O telefone de contato é o (41) 39125396.

Oficinas para a segunda etapa do Programa “Em Frente Brasil” são realizadas em São José dos Pinhais Os processos de diagnósticos de políticas públicas adequadas para a segunda etapa do Programa “Em Frente Brasil” já estão sendo realizadas no município de São José dos Pinhais. As oficinas do Programa tiveram início na manhã desta quarta-feira (15), e terão a duração total de três dias. As oficinas tem como objetivo propor e diagnosticar políticas para a segunda etapa do Programa, voltadas para ações sociais e educacionais. No primeiro dia de oficina foram apresentados os participantes, além dos insumos para a construção dos planos futuros. Durante o primeiro dia de oficina do Programa no município, também foram discutidos os mapeamentos das políticas, árvores de causas e fichas de propostas. Para os próximos dias, serão debatidos as construções de quadros com planos de ação de áreas temáticas, validações de planos, avaliações das oficinas, e por fim, o encerramento das atividades no município. Para o prefeito de São José dos Pinhais, Toninho Fenelon, a segunda fase do Programa é uma das mais importantes, pois efetuam políticas voltadas ao social e educacional. “A gente sabe que não há meio de melhorar a segurança pública de meio a longo prazo se não tivermos investimentos sociais. É importante esses três dias de trabalho junto com os Ministérios, Estado e Município”, explicou o prefeito. Os resultados da primeira etapa do Programa Em Frente Brasil gerou bons resultados em São José dos Pinhais. De acordo com a Secretaria de Estado de Segurança Pública e Administração Penitenciária, São José dos Pinhais registrou uma

Doutor honoris O ex-deputado Alex Canziani será “Doutor Honoris Causa” da Universidade Tecnológica Federal do Paraná. O título que será entregue em março é uma homenagem “àquele que sempre batalhou pela universidade e pela educação deste país”. diz o reitor Luiz Alberto Pilatti, autor da comenda. Em 2005, Canziani tornou-se um dos articuladores pela criação daquela instituição e um dos relatores da lei que a transformou na primeira e única universidade tecnológica federal do país. Atualmente ela tem mais de 31 mil alunos espalhados em 13 campus paranaenses. Encontro PTB Já a deputada Luísa Canziani esteve em Foz do Iguaçu no encontro municipal do PTB. O encontro no Hotel Bella Itália discutiu a conjuntura política estadual e nacional e as eleições municipais de 4 de outubro. Recompensas Alinhamento brasileiro com EUA pode ser recompensado. Desde a última ação americana no Iraque, o Brasil tem sido bem visto pela corte americana e já o apoio ao ingresso do na OCDE e o aprimoramento das relações comerciais entre Brasil e EUA com vistas a um eventual acordo de livre comércio. Verde e Amarelo O Ministério da Economia publicou a regulamentação do Emprego Verde e Amarelo, progama que pretende estimular a geração de postos de trabalho para jovens entre 18 a 29 anos que procuram a primeira oportunidade de emprego. Segundo a norma, os contratos podem ter duração de 24 meses, podendo ser prorrogados por mais 24 meses, desde que os trabalhadores não ultrapassem os 30 anos. PSL nas eleições O PSL começou a traçar sua estratégia para tentar conquistar ao menos 500 prefeituras em todo o Brasil. O partido tem a maior fatia do fundo eleitoral (R$ 203 milhões ) e está organizando o que têm chamado de “PSL itinerante”. A ideia é que uma comitiva com integrantes da sigla percorra os 26 estados e o Distrito Federal entre março e maio para construir o maior número de candidaturas possíveis nos 5.570 municípios do país. No Paraná, desponta a candidatura do Delegado Francischini a prefeitura de Curitiba. A pontagrossense, a deputada Joice Hasselmann é candidata do PSL a prefeita de São Paulo. Cultura O governo Bolsonaro vai lançar na próxima semana o Prêmio Nacional das Artes, que reúne editais de apoio à cultura. Segundo a Secretaria da Cultura, serão investidos mais de R$ 20 milhões em projetos de todas as regiões do Brasil. o programa será detalhado pelo secretário Roberto Alvim e por Bolsonaro em uma live no Facebook do presidente nesta quinta-feira (16). Bom trabalho A Polícia Civil do Paraná atenta que nenhum caso de feminicídio foi registrado em São José dos Pinhais em 2019. A delegada Lucy Santiago afirma que o resultado se deve ao bom funcionamento da rede de proteção à mulher na cidade, que conta com a celeridade nos trabalhos da Patrulha Maria da Penha e da Guarda Municipal. Epidemia histórica Londrina está em alerta que nestas três primeiras semanas de janeiro foram registrados 533 casos suspeitos de dengue, com seis casos positivos e dois com suspeitas de morte. A vigilância de saúde de Londrina destaca que é a pior crise da história da cidade. Festa da Uva Colombo começa a organização para a 55ª edição da Festa da Uva entre os dias 5 e 9 de fevereiro e reserva atrações especiais durante os cinco dias de festa. Correios Entre as preocupações do governo na privatização dos Correios está em como sanar o passivo de R$ 11 bilhões no fundo de pensão Postalis e de R$ 3 bilhões no plano de saúde dos funcionários. Está sendo avaliado como tapar o rombo, honrar o pagamento dos que ainda vão se aposentar e o que fazer com 40 mil servidores que possivelmente vão perder o emprego com a privatização da estatal. Quebra do monopólio O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ) sugere a quebra do monopólio dos Correios. A proposta é que a privatização alcançaria apenas o setor de cartas –nas entregas, o mercado é aberto– e há dúvidas sobre se as empresas se interessarão em atuar fora dos grandes centros urbanos. Vacina Lei paranaense que tornou obrigatória a apresentação da carteira de vacinação nas escolas públicas e particulares ganha força a cada início de ano letivo. A lei foi a alternativa de se manter em dia a vacinação de crianças e adolescente. Os estudantes não são impedidos de frequentar as aulas, mas se constatado a falta de declararão da vacina os pais ou responsáveis,sob pena de serem acionados pelo Conselho Tutelar, são contatados e devem regularizar a situação em um prazo de 30 dias. Além do Paraná, somente São Paulo tem lei semelhante. Fundo eleitoral A consultoria legislativa da Câmara dos Deputados fez um estudo sobre a dependência dos parlamentares federais do dinheiro público na campanha de 2018. A análise das contas eleitorais revela que 342 dos 513 parlamentares eleitos tiveram 70% ou mais de suas campanhas custeadas por recursos dos fundos eleitoral ou partidário. Da Redação ADI-PR Curitiba Coluna publicada simultaneamente em 20 jornais e portais associados. Saiba mais em www.adipr.com.br.

Fundador: Ary Leonel da Cruz

Home Page: www.metropolejornal.com.br Curitiba / PR EDITAL CENTER LTDA

CNPJ nº 04.150.383/0001-35 queda de 33% de homicídios em 2019, após a aplicação do Programa. Além do âmbito estadual, o Programa também contribuiu com os dados de 175 municípios do Estado do Paraná que não tiveram nenhum registro de homicídios em 2019. De acordo com o diretor de Políticas de Segurança Pública do Ministério da Justiça e Segurança Pública, Marcelo Moreno, a segunda fase do Programa permitem que esses números tenham quedas cada vez mais significativas. “A segunda etapa do Programa é desafiadora, pois conta com políticas de médio e longo prazo, mas que os números se estabeleçam a partir do momento em que se gerem oportunidades

de emprego, renda”, comentou. O diretor geral da Secretaria de Estado do Planejamento e Projetos Estruturantes, João Evaristo Debiasi, explica que as discussões apontadas nas oficinas já foram feitas no âmbito federal e estadual. “O que está sendo feito aqui hoje já foi feito outras etapas, de como colocar em prática algumas iniciativas inovadoras para diminuir a criminalidade e trazer uma sensação de segurança para a população em geral, em especial a mais carente, que está mais exposta aos problemas de segurança pública.” Durante as oficinas, estiveram presentes representantes federais, autoridades estaduais, municipais, além de autoridades civis, militares e religiosas.

Diretor Comercial: Maurício Mosson Rua Amintas de Barros, 164 – Centro Conj 46 – CEP 80.060-205 Fones: (41) 3024-6766 Email: cial@ctbametropole.com.br São José dos Pinhais / PR Rua Dr. Manoel Ribeiro de Campos, 748 Centro - CEP 83.005-310 Fones: (41) 3383-6650 / (41) 3383-0421 Email: adm.metropole@hotmail.com Contato Redação – e-mail: lustosa@onda.com.br Departamento Comercial / Administrativo Filiado: Sindicato das Empresas de Jornais e Revistas do Estado do Paraná ADI – PR – Associação dos Diários do Interior Representante em Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro e Brasília: Central e Comunicação – SCS – QD 02 – Bl. D/Salas 1002/1003 – Edif. Oscar Niemeyer CEP 70.316-900 – Brasília – Distrito Federal Fones: (41) 3323-4071 – (41) 98133-3400 As matérias opinativas que venham assinadas, não expressam necessariamente a opinião do jornal


PUBLICAÇÕES LEGAIS / NACIONAL

| Quinta-feira, 16 de Janeiro de 2020 |

3

SERVIÇO DISTRITAL DE UBERABA Av. Sen. Salgado Filho, nº 2.368 - Município e Comarca de Curitiba - PR

EDITAL DE PROCLAMAS Faz saber que pretendem casar-se: BRUNO FERRARI HASS e MARIANA FARIAS IVAN JOSÉ PINHEIRO JUNIOR e KAROLINE APARECIDA MARTINS Editais de outras circunscrições: MAURICIO ROBERTO DA ROSA e EDNA NUBIA RUPP BORGES (expedido pelo Serviço Distrital do Novo Mundo, em Curitiba/PR) CLAUDENIR BARBOSA DA SILVA e VALÉRIA ZANON MASTRONARDI (expedido pelo Serviço Distrital do Campo Comprido, em Curitiba/PR) Se alguém souber de algum impedimento, oponha-o na forma da lei. O referido é verdade e dou fé. Curitiba, Uberaba, 15 de Janeiro de 2020 Eliane Kern Bassi Oficial Designada

CARTÓRIO LIDIA KRUPPIZAK Registro Civil – Títulos e Documentos – Pessoas Jurídicas Fone (41) 3035-3200

EDITAL DE PROCLAMAS LIDIA KRUPPIZAK, Oficial do Registro Civil da sede da Comarca de São José dos Pinhais – PR, na forma da lei FAZ SABER que pretendem se casar: EDEVALDO ALVES FERREIRA e ROSENILDA MOREIRA DE PAULA FILIPE BARBOSA PEREIRA e NATHÁLIA NAVARRO RIBEIRO SILVIO MONTEIRO DOS SANTOS e JOSEILMA SOUSA CARVALHO MICHEL ANDRÉ LEAL KOSIBA e ANDREIA APARECIDA MACIEL RUBENS BUENO RIBEIRO e GABRIELLE FOGAÇA PEREIRA CÉSAR AUGUSTO RIBEIRO DE MATOS e PATRICIA APARECIDA DE MELO SILVA OSNI MATHIAS e ANTONIA ROSILENE RODRIGUES FERREIRA BRUNA CAROLINE CAVASSOLLA e THAMIRES CAROLINE DE OLIVEIRA MARCELO MACEDO SANTANA e LILIANE DE OLIVEIRA PAULO ADORNO NETO e BRUNA ELENA GARCIA UGARTE FABRÍCIO ALMEIDA DO NASCIMENTO e DAMARIS DOS SANTOS GONÇALVES SAUL LUCIANO AMERICO e CÁSSIA PEREIRA DA SILVA Se alguém souber de impedimento legal, acuse-o para os fins de direito. E para constar e chegar este ao conhecimento de todos, lavro o presente para ser afixado no lugar de costume. São José dos Pinhais, 15 de janeiro de 2020. LIDIA KRUPPIZAK OFICIAL DO REGISTRO CIVIL

Ferroeste registra lucro pela primeira vez em 23 anos Planejamento estratégico e redução de custos garantiram o desempenho. Lucro operacional em 2019 foi de R$ 453 mil, faturamento de mais de R$ 30 milhões e 1,1 milhão de toneladas transportadas na malha que liga Cascavel a Guarapuava. A Ferroeste (Estrada de Ferro Paraná Oeste S.A.) fechou 2019 com lucro operacional de R$ 453 mil (expurgada as depreciações), faturamento bruto na casa dos R$ 30,5 milhões e mais de 1,1 milhão de toneladas de produtos transportados na malha ferroviária que liga Cascavel a Guarapuava. Desde o início da operação da empresa estatal, em 1996, é a primeira vez que um ano termina no azul. Planejamento estratégico, redução de custos e uma série de outras medidas explicam o desempenho. A Ferroeste registrou faturamentos mensais na casa de R$ 3 milhões em 2019 e alcançou R$ 30,5 milhões no acumulado dos doze meses. Esse montante é 49% superior a 2018, com R$ 20,5 milhões, e 75% maior em relação a 2017, ano de R$ 17,4 milhões de faturamento. O resultado de dezembro também foi satisfatório, com crescimento de 105% em relação ao mesmo mês do ano retrasado. O volume total de cargas transportadas também foi recorde no ano passado, com 1,1 milhão de toneladas, contra 780 toneladas de 2018, crescimento de 46%. A melhor marca anterior havia sido registrada em 2016, com 826 toneladas. Ainda de acordo com a demonstração de resultados da Ferroeste, os custos operacionais caíram no acumulado do ano, o que permitiu a transformação de um faturamento recorde em lucro operacional e EBITDA (lucros antes de juros, impostos, depreciação e amortização) com margem positiva. “O desempenho altamente positivo da Ferroeste é uma demonstração da importância que o nosso governo dá ao modal ferroviário, dentro da estratégia global de ampliar e aprimorar a infraestrutura e logística do Paraná”, afirmou o governador Carlos Massa Ratinho Junior. “Temos já encaminhados novos projetos, de médio e longo prazos, que visam atender a crescente demanda do agronegócio paranaense para estruturar o Paraná como centro logístico da América do Sul”. MEDIDAS André Luiz Gonçalves, diretor-presidente da Ferroeste, explica que a empresa montou um planejamento estra-

tégico com 21 ações a partir das necessidades dos clientes e que os resultados obtidos em 2019 já respondem a alguns deles. “Tínhamos três grandes metas e contamos com apoio integral do governador Carlos Massa Ratinho Junior para alcançá-las: transportar mais de um milhão de toneladas, passar de R$ 30 milhões de faturamento bruto e fechar o ano com EBITDA positivo”, destacou. “Assumimos a missão de restruturar a companhia e fizemos esse trabalho inicial voltado aos resultados financeiros”. Gonçalves também citou a restruturação da equipe, renegociações com fornecedores, novos acordos judiciais, apoio das cooperativas e atendimento personalizado aos clientes como fatores que renderam os frutos alcançados em 2019. Segundo o diretor-presidente da Ferroeste, o balanço positivo do ano passado é importante para atrair investidores para a operação logística ferroviária do Estado, que será ampliada nos próximos anos. “Buscamos valores adequados para a empresa pela representatividade que ela tem para o Paraná, principalmente no escoamento das safras do Oeste, o que movimenta o Produto Interno Bruto. Transportamos mais de um milhão de toneladas, mas o Porto de Paranaguá recebe mais de 20 milhões. Temos que ampliar essa participação”, complementou. CRIATIVIDADE Sandro Alex, secretário de Estado de Infraestrutura e Logística, afirmou que os re-

sultados foram alcançados com criatividade e projeções realistas. “O lucro operacional é mais uma confirmação da eficiência da Ferroeste, que tem um histórico de quase 30 anos com números deficitários”, disse. “Conseguimos apresentar, mesmo diante do quadro de crise, número positivo, saindo do vermelho para o azul. Estamos otimizando ainda mais a sua estrutura e projetando boas parcerias e aumento da movimentação da carga rumo ao Porto de Paranaguá para os próximos anos”. Modal ferroviário será ampliado no Estado Em paralelo ao aumento da eficiência da Ferroeste, a Secretaria de Infraestrutura e Logística discute alternativas para o crescimento da malha ferroviária do Estado, com foco na ligação entre a malha atual e o Mato Grosso do Sul. São discutidos modelos de concessão e parcerias públicoprivadas. O Governo do Estado contratou em 2019 o EVTEA-J (Estudo de Viabilidade Técnica, Econômica, Ambiental e Jurídica) dos projetos da Nova Ferrovia (Paranaguá a Maracaju, no Mato Grosso do Sul) e do ramal ferroviário Cascavel a Foz do Iguaçu. Uma vez que confirme todos os requisitos, a empresa terá doze meses para a elaboração do estudo, que contemplará 1.370 quilômetros. Os investimentos do Governo do Estado nessa modelagem somam R$ 6 milhões, como parte do contrato de financiamento do Departa-

mento de Estradas de Rodagem (DER) com o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID). CORREDOR INTERMODAL Para dar conta da crescente demanda do agronegócio e da necessidade de estruturar o Paraná como centro logístico da América do Sul, os investimentos a médio prazo preveem um corredor intermodal entre Cascavel e Foz do Iguaçu, com previsão de lançamento do edital em 2021. A ligação está orçada em cerca de R$ 1,6 bilhão. O projeto prevê transporte por via fluvial e terrestre entre Foz do Iguaçu e Cascavel pela nova perimetral Leste, parte do projeto milionário da segunda ponte entre o Brasil e o Paraguai, além do transporte ferroviário, o que concretizará aumento expressivo da movimentação de trens e cargas no Oeste do Paraná, ampliando a geração de emprego e o PIB do Estado. A mudança permitirá integração inédita na região e se interligará ao corredor bioceânico, defendido por Ratinho Junior. O projeto a longo prazo é concretizar a ligação Maracaju-Paranaguá, com a integração do trecho intermodal Foz do Iguaçu-Cascavel. A programação contempla linhas Cascavel-Guarapuava-Litoral, cobrindo uma região estratégica para o País e o continente. A ligação teria 1.000 quilômetros. A ideia é que 50 milhões de toneladas de cargas, entre exportações e importações, sejam transportadas por este ramal


4

| Quinta-feira, 16 de Janeiro de 2020 |

PUBLICAÇÕES LEGAIS / NACIONAL

Metró ole Economia RENAULT DO BRASIL RECEBE RECONHECIMENTO DO FÓRUM ECONÔMICO MUNDIAL PELAS INOVAÇÕES RELATIVAS À INDÚSTRIA 4.0 Complexo Ayrton Senna é a primeira planta industrial da América Latina a receber este reconhecimento O Complexo Ayrton Senna, que abriga as quatro fábricas da Renault do Brasil foi reconhecido pelo Fórum Econômico Mundial (WEF) como “Advanced 4th Industrial Revolution (4IR) Lighthouse” – “Farol da 4ª Revolução Industrial Avançada”, por ser uma planta referência em ações envolvendo a indústria 4.0. O reconhecimento se deve à capacidade de adotar e escalar tecnologias, gerando impacto positivo para a indústria. Com este resultado, a empresa passa a fazer parte da “Global Lighthouse Network”, comunidade gerida pelo Fórum Econômico Mundial que reúne as indústrias referência em tecnologia 4.0 no mundo, buscando transformar fábricas e modelos de negócio trazendo retorno financeiro e operacional. “Este reconhecimento nos enche de orgulho e nos dá confiança para continuar inovando. Nosso investimento no desenvolvimento de soluções da indústria 4.0 visa tornar o dia a dia mais ágil e fácil, seja para os nossos colaboradores ou para o cliente final”, comenta Ricardo Gondo, presidente da Renault do Brasil. Um dos fatores predominantes para a conquista deste reconhecimento foi a utilização de tecnologias e processos digitais desde o início da produção dos veículos até o processo de venda, contemplando diversas etapas do negócio, incluindo a contratação de colaboradores para a companhia e o treinamento e capacitação desses profissionais. Para atingir esse objetivo, a Renault conta com uma força de trabalho conectada, que atua com dados em tempo real. Mais de 700 colaboradores da Renault já passaram por treinamentos de metodologia ágil, auxiliando no desenvolvimento de uma cultura de inovação. Contratações e Treinamentos Atualmente, os processos de contratação na Renault do Brasil são geridos por meio da plataforma Kenoby, que permite o armazenamento de currículos para futura visualização, além de otimizar o uso das informações e acelerar o processo de inscrição. A empresa também oferta diversos treinamentos para os colaboradores. Na área da carroceria, a Renault realiza a capacitação dos profissionais utilizando óculos de realidade virtual com imersão 3D que permite ao operador a realização dos procedimentos que serão executados na linha de produção em um ambiente simulado e, consequentemente, 100% seguro. Processo Produtivo O processo produtivo está repleto de tecnologias que facilitam e aceleram o dia a dia de produção. A reposição de peças e transporte de ferramentas nas fábricas da Renault no Brasil são realizadas, em sua grande maioria, por AGVs - Automatic Guided Vehicles – Veículos Guiados Automaticamente, com rotas programadas e controladas que garantem a chegada de peças e materiais aos destinos corretos garantindo a programação das plantas produtivas. Atualmente, são mais de 230 AGVs circulando pelas quatro fábricas do Complexo. Na linha de produção, também é possível encontrar diversas configurações de robôs. Existem os colaborativos, que trabalham em ações específicas do processo produtivo e auxiliam o operador em trabalhos menos ergonômicos ou que exigiriam muita força braçal. Além destes, existem robôs de maior porte, que atuam principalmente no procedimento de solda, na área

de carroceria e garantem dinamismo e velocidade ao processo produtivo. Os supervisores e chefes de produção da Renault do Brasil possuem um tablet que permite a visualização clara do fluxo produtivo, garantindo o acompanhamento em tempo real e aumentando a capacidade reativa para qualquer problema ou situação envolvendo a linha de produção. A ferramenta também otimiza o armazenamento e a consolidação de dados que posteriormente são utilizados para melhorar processos e está conectada à área comercial e de supply chain. Ao todo, já são mais de 200 profissionais conectados utilizando tablets. Outra tecnologia que garante segurança e

confiança para os clientes Renault é o RFID Radio Frequency Identification, que permite a visualização da localização e o rastreio de todos os veículos que são produzidos na fábrica até chegarem nas concessionárias ou no porto para transporte. Com o uso da tecnologia, a Renault conseguiu reduzir em cerca de 30% o tempo de expedição dos veículos. Comercialização de Veículos Para comercializar os veículos produzidos no Complexo Ayrton Senna, a Renault possui uma plataforma completa que agrega todas as etapas da aquisição de um automóvel, incluindo financiamento, pré-avaliação do usado e pagamento por boleto, somando comodidade e

praticidade aos clientes que desejam adquirir um Renault. O endereço da plataforma é loja.renault.com.br e estão disponíveis para compra on-line os modelos: Kwid, Sandero, Stepway e Logan. Com acesso por celulares, tablets ou desktops, a plataforma é pensada para o consumidor brasileiro: cada vez mais conectado e que busca soluções digitais para resolver suas necessidades com rapidez, segurança e transparência. Ecossistema de Inovação Para continuar inovando e buscando novas soluções, a Renault implementou um ecossistema de inovação, com presença em hubs, universidades e centros acadêmicos. Já são sete ambientes, sendo cinco deles inaugurados em 2019. Fazem parte do ecossistema de inovação da Renault: Renault LAB no Cubo Itaú, em São Paulo, Renault LAB no Sistema FIEP, na Universidade Positivo, FAE e UFPR em Curitiba, Creative LAB no Complexo Ayrton Senna, em São José dos Pinhais, e America Digital Hub, em São Paulo. O America Digital Hub, por exemplo, é focado no desenvolvimento e aceleração de projetos digitais. Já o Creative Lab desenvolve diversos projetos para a linha de produção. Com as impressoras 3D, o espaço produz protótipos para testes e até equipamentos que podem ser utilizados durante o processo produtivo, o que reduz custo e tempo para a companhia, pois os processos estão acontecendo dentro da organização, sem depender de terceiros. SOBRE O GRUPO RENAULT Montadora de automóveis desde 1998, o Grupo Renault é um grupo internacional presente em 134 países, tendo vendido quase 3,9 milhões de veículos em 2018. O Grupo emprega atualmente mais de 180.000 colaboradores, tem 36 unidades industriais e 12.700 pontos de venda espalhados pelo mundo. Para responder aos grandes desafios tecnológicos do futuro e manter sua estratégia de crescimento rentável, o Grupo se apoia no desenvolvimento inter nacional, na complementariedade de suas cinco marcas (Renault, Dacia, Renault Samsung Motors, Alpine e Lada), nos veículos elétricos e em sua inigualável aliança com a Nissan e a Mitsubishi Motors, número 1 em vendas em 2018. Com uma escuderia 100% Renault participando do Campeonato Mundial de Fórmula 1 desde 2016, a Renault faz do automobilismo um verdadeiro laboratório de desenvolvimento de inovações que depois são aplicadas nos veículos produzidos em série. No Brasil, a Renault fabrica automóveis há mais de 20 anos e conta com 7.300 colaboradores. Inaugurado em 1998, o Complexo Ayrton Senna, em São José dos Pinhais, abriga as quatro fábricas do grupo no país: a CVP (Curitiba Veículos de Passeio), a CMO (Curitiba Motores), a CVU (Curitiba Veículos Utilitários) e a CIA (Curitiba Injeção de Alumínio). Ao longo de duas décadas, a marca já produziu mais de 3 milhões de veículos e 4 milhões de motores no país. No Complexo, está localizado o RTA – Renault Tecnologia Américas, centro de engenharia que conta com mais de mil profissionais que ajudam a desenvolver produtos voltados ao mercado latino-americano. O Brasil também possui um dos cinco centros de design da Renault no mundo, o São Paulo Design Center, localizado na capital paulista.

Profile for fernandometropole

16/01/2020  

16/01/2020