Page 1

Diário de Circulação Nacional

Terça-feira

Ano 20 | Nº 4908 | 14 de janeiro de 2020

Novas linhas metropolitanas começaram a circular nesta segunda-feira (13) em SJP

Paulo Szostak / Prefeitura SJP

Os passageiros que estiverem vindo para São José dos Pinhais de uma destas cidades, Piraquara ou Colombo, vão pagar a tarifa de R$ 4,50 e através do Terminal Afonso Pena terão acesso gratuito as linhas urbanas, devendo pagar apenas no seu retorno

Junta Comercial zera processos e é uma das mais eficientes do País

Pinhais realiza posse da nova gestão de conselheiros tutelares » Foi realizada em Pinhais a posse dos novos conselheiros tutelares e seus respectivos suplentes que atuarão na gestão 2020 a 2024. Eleitos pela comunidade têm o papel

Geraldo Bubniak/AEN

» A Junta Comercial do Paraná deu um grande salto no ano passado. Depois de começar 2019 com 2,5 mil processos acumulados e na última posição entre os estados no tempo levado para a abertura de empresas, a autarquia terminou o ano como uma das mais eficientes do Brasil. O tempo médio para abertura de uma empresa no Paraná diminuiu de 8 dias e 18 horas em janeiro para 2 dias e 19 horas em dezembro de 2019, de acordo com as estatísticas da Redesim (Rede Nacional para a Simplificação do Registro e da Legalização de Empresas e Negócios). Porém, dependendo da natureza do empreendimento, o processo de abertura leva

» A Prefeitura de São José dos Pinhais, em mais uma parceria com a Coordenação da Região Metropolitana (Comec), inaugurou nesta segunda-feira (13) as novas linhas de ônibus metropolitanas: São José/Piraquara e São José/Colombo. A nova linha São José/Piraquara é inédita para os municípios de São José dos Pinhais e Piraquara, ligando o Terminal Afonso Pena com o Terminal Central de Piraquara. No Terminal Afonso Pena, o usuário poderá realizar a integração (sem pagamento de tarifa) com as linhas metropolitanas. Para a integração com as linhas urbanas de São José dos Pinhais, serão aceitos pagamentos somente por meio do cartão VEM. Para o prefeito de São José dos Pinhais, Toninho Fenelon, que percorreu o itinerário São José/Piraquara, a inauguração de uma nova linha de ônibus é benéfica para a população que necessita realizar o trajeto diariamente. “Sabemos que a Região Metropolitana tem um grande fluxo de trabalhadores todos os dias, então esse esforço da Comec com a Prefeitura, é importante para melhorar a vida dos usuários que realizam o trajeto diariamente. É o poder público municipal e estadual para melhorar o transporte coletivo para as pessoas”, comentou o prefeito. Já a linha Colombo/São José, que já existe, terá seu trajeto reduzido entre os municípios, deixando de passar pela área Central de São José dos Pinhais, oferecendo integração por meio do Terminal Afonso Pena, é o que explica o secretário de Transporte e Trânsito, Fabrício Tambolo. “Achamos uma forma de integrar essa linha dentro do Terminal Afonso Pena, ela ficou um pouco mais curta. Com o cartão VEM, o Metrocard, o usuário consegue integrar com as nossas linhas urbanas. Cada vez estamos trabalhando para melhorar o sistema de transporte coletivo”, enfatizou.

Página 2

Risco de leptospirose cresce nos períodos de chuvas intensas até duas horas no órgão paranaense. Com esse resultado, o Paraná figurava, no mês passado, entre os 11 estados em que a formalização de um

novo negócio era concluída em até três dias. O diferencial é que, entre esses, o Estado foi o que teve o maior número de solicitações, com 2.210 processos concluídos

em dezembro. Nenhum outro ultrapassou mil solicitações. Goiás, o segundo, teve 923 pedidos de abertura e no Mato Grosso, que vem na sequência, foram 477.

» A Secretaria de Estado da Saúde alerta a população para o risco de aumento de casos de leptospirose em áreas litorâneas, urbanas e rurais devido ao período de chu-

vários espaços da cidade. É uma programação intensa, que celebra os 250 anos do compositor Beethoven, com inclusão da pessoa com deficiência tanto nos cursos como nas apresentações”, destacou o prefeito Rafael Greca. Nesta edição a Prefeitura está investindo R$ 1,3 milhão na Oficina de Música, por meio do contrato de gestão com Instituto Curitiba de Arte e Cultura. A Caixa Economica Federal aportou R$ 700 mil em patrocínio. "Equilibrei as finanças do município e isso está permitindo investimentos em todas as áreas, como Saúde, Educação e também na Cultura", completou Greca.

Daniel Castellano / SMCS

Programação espalha 250 eventos pela cidade, mais da metade gratuitos » De Yamandú Costa, passando por João Bosco e Renato Teixeira, à dama da ópera nacional Rosana Lamosa, o samba eletrizante da curitibana Mãe Orminda e vários outros nomes. A capital reunirá grande elenco de cantores e compositores entre 15 e 26 de janeiro. Com 250 eventos, 130 deles gratuitos, a programação da 37ª Oficina de Música de Curitiba, foi lançada pelo prefeito Rafael Greca e pelo cantor Danilo Caymmi, que integra o elenco de atrações. “Na cultura não há separação entre música popular e erudita. Nós rompemos essa divisão e vamos espalhar música para todos os gostos, em

de acompanhar questões dispostas no Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) para zelar pelos direitos deste público.

vas. A doença é causada pela bactéria leptospira, presente na urina principalmente de ratos, que com as chuvas se mistura à água de valetas, lama, lagoas, cavas e até mesmo nos locais com formação de enchentes. Uma média dos últimos cinco anos aponta que 49% dos casos confirmados da doença ocorreram no primeiro trimestre, quando há maior ocorrência das chuvas. De 2015 a 2019 foram confirmados 1.866 casos de leptospirose no Paraná. “A secretaria realiza constantemente capacitações e reuniões com as Regionais de Saúde levando informações e orientações aos profissionais da área para que a população possa receber o melhor atendimento possível”, destacou a enfermeira Tatiane Brites Dombroski.


2

PUBLICAÇÕES LEGAIS / NACIONAL

| Terça-feira, 14 de Janeiro de 2020 |

Pinhais realiza posse da nova gestão de conselheiros tutelares Os membros eleitos atuarão no período de 2020 a 2024 Na manhã desta sexta-feira (10) foi realizada em Pinhais a posse dos novos conselheiros tutelares e seus respectivos suplentes que atuarão na gestão 2020 a 2024. Eleitos pela comunidade têm o papel de acompanhar questões dispostas no Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) para zelar pelos direitos deste público. De acordo com o Lei nº 8069/1990, que dispõe sobre o ECA, o Conselho Tutelar é um órgão permanente e autônomo, sem jurisdição, encarregado pela sociedade de zelar pelo cumprimento dos direitos da criança e do adolescente, definidos pela Lei. A vice-prefeita de Pinhais, Rosa Maria, destacou as parcerias que tornam o trabalho deste órgão possível, também a atuação da gestão que se despede. “Cumprimento e parabenizo os novos conselheiros, titulares e suplentes, além daqueles que por hora encerraram seus trabalhos e que fizeram uma diferença enorme na formulação das políticas públicas de proteção da infância e juventude deste município. Este é um momento muito importante para o nosso município, parabenizo os conselheiros pela coragem e disposição durante este processo eleitoral, mas não tenho dúvida que a cada ano temos mais avanços nesta área. Destaco ainda que as ações articuladas com outros setores como o CMDCA enriquecem

ainda mais este trabalho”, enfatizou a vice-prefeita. A secretária de Assistência Social de Pinhais, Rosangela Batista Duarte, falou sobre a importância do setor e que a Semas está à disposição do Conselho Tutelar. “Estou muito feliz, durante todos esses anos de atuação do Conselho já temos um longo caminho percorrido, grandes aprendizados. O processo eleitoral de 2019 foi extenso, com muitos setores envolvidos e por isso agradecemos. Quando se trata da defesa dos direitos da criança e do adolescente, a Secretaria de Assistência Social estará sempre à disposição do Conselho Tutelar”, falou a secretária. Para o presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente

(CMDCA), Marcus Vinicius Cardoso da Silva, “Essa etapa que se inicia é muito importante, pois além de Pinhais a nível nacional também ocorrem as posses dos conselheiros tutelares. Quando se fala em atender os direitos a criança e o adolescente não tem dia e não tem hora. Aproveito este momento para agradecer a todas as pessoas que fizeram parte do processo eleitoral no ano de 2019, que foi muito desafiador, mas que hoje culmina com a posse”, declarou o presidente do CMDCA. Receberam a diplomação como membros do Conselho Tutelar de Pinhais titulares Antônio Veridiano Açunção de Assis, Neusa do Rocio da Silva Melo, Adriana Faria, Rubia Carla Madureira, Rodrigo de Bróbrio, Denizia Porte-

lla Varnes (1ª suplente), Mario Sergio Simião (2º suplente), Angela Augusta Ferreira da Silva (3ª suplente), Juarez Nicolino de Assis (4º suplente), Rosemeire Maciel da Silva (5º suplente). Também estiveram presentes os vereadores Filho e Dirceu da Aposentadoria; a presidente do Conselho Municipal da Saúde, Leonilde da Silva; o vice-presidente do Conselho Comunitário de Segurança, Mario Barbosa; o presidente do Conselho da Comunidade, coronel Levi Falcão; a presidente do Conselho Municipal de Assistência Social, Gizeli Filius; a secretária de Saúde de Pinhais, Adriane da Silva Jorge Carvalho; o secretário de Administração, Heuler dos Reis Giovannetti.

Darci Piana (*)

Artigo

Fortalecer a sua entidade Em um cenário favorável aos negócios, o empresário do comércio tem muito mais condições para contribuir com seus órgãos de classe. A estimativa da safra agrícola do período 2019-2020 vai estabelecer um novo recorde nacional na produção de grãos. A Conab estima a colheita de 248 milhões de toneladas, com aumento de 2,5% em relação à safra anterior ou 6,1 milhões de toneladas a mais. Já em relação à área semeada, o total a ser cultivado é estimado em 64,2 milhões de hectares, variação positiva de apenas 1,5% em comparação à da safra anterior, o que significa que os níveis de produtividade mostram ótimo desempenho. No Paraná, sabemos que o PIB cresce impulsionado pelo agronegócio, O PIB estadual cresceu 1% no terceiro trimestre de 2019 em relação ao mesmo período de 2018, e 0,1% na comparação com o segundo trimestre desse ano, conforme dados do Ipardes. No terceiro trimestre de 2019, o destaque foi o setor agropecuário, com alta de 10,01%. No acumulado dos primeiros nove meses de 2019, o PIB paranaense avançou 0,13%, puxado principalmente pela expansão da produção industrial (2,3%). A projeção do Ipardes para o PIB do Paraná de 2019 é de crescimento de 0,7%, cenário diferente dos observados em 2018 e em três dos últimos cinco anos analisados (2014, 2015 e 2016), todos com queda nos índices. A análise leva em conta a continuidade do ritmo da produção industrial, a retomada do consumo, o aumento da produção de energia elétrica e a estabilidade climática para o agronegócio, o que ajuda a impulsionar o setor de comércio e serviços. O resultado imediato desse ambiente favorável reflete nos índices de geração de empregos. Segundo o CAGED, o Paraná criou 74.075 empregos formais entre janeiro e novembro de 2019, com crescimento de 8% em relação ao mesmo período do ano passado. O estado coloca-se como o quarto maior empregador do país, com o maior saldo de trabalhadores de carteira assinada do Sul, totalizando 2.677.869 pessoas. Desde 2014, o estado não registrava saldo tão favorável na geração de empregos formais. Ou seja, o cenário para os negócios demonstra de forma inequívoca a retomada do crescimento. É a hora, portanto, de garantir a manutenção das atividades das nossas entidades de classe. A Lei 13.467, sobre a Reforma Trabalhista, trouxe várias mudanças na legislação e estabelece, entre outros pontos, a prevalência do negociado sobre o legislado. Dessa forma, o

acordado, por meio de negociações coletivas, passou a preponderar sobre o previsto em lei. Para as atividades econômicas não organizadas em sindicatos, as negociações das Convenções Coletivas de Trabalho (CCT) são conduzidas pela própria Fecomércio PR. Além disso, a nossa Assessoria Jurídica também presta assistência na negociação coletiva dos sindicatos filiados. A Contribuição Sindical, a maior fonte de renda das entidades sindicais, passou a ser facultativa, conforme dispõe o art. 578 da CLT. Tal dispositivo é perverso, mas pode ser neutralizado pelos próprios empresários, interessados nos serviços prestados pela Fecomércio Paraná. Portanto, é essencial que todos continuem a contribuir, porque a entidade sindical patronal é a que representa a sua empresa. Sem esquecer que a partir de agora as negociações coletivas entre empresários e trabalhadores serão de vital importância para a manutenção dos interesses empresariais, entre os quais, o horário de funcionamento do comércio, jornada de trabalho e outras condições normativas. Veja a seguir como a Contribuição Empresarial Sindical é importante para o seu negócio. Você ganha: - Certificado de Associado ao Sistema Fecomércio PR e sindicatos empresariais filiados; - Orientação jurídica, tributária, econômica e de comércio exterior; - Representação em órgãos públicos e conselhos; - Certificado de origem para comércio exterior; - Certidão de exclusividade para concorrências públicas; - Pesquisas e sondagens conjunturais do comércio e serviços; - Assessoria para acompanhamento de projetos legislativos no âmbito estadual e federal; - Seminários, palestras, simpósios e congressos na Câmara da Mulher Empreendedora e Gestora de Negócios (CMEG). É simples emitir a sua guia. Basta acessar www.fecomerciopr.com.br Com a Fecomércio e seus sindicatos fortalecidos, o comércio estará bem representado e seus interesses defendidos. Darci Piana Presidente do Sistema Fecomércio Sesc Senac Paraná

Santa Zilda Arns Dez anos após sua morte, a médica Zilda Arns segue lembrada pelo legado social, as três indicações ao Nobel da Paz e trajetória de vida. A sobrinha Lilian Arns, com depoimentos sobre feitos realizados, organiza um dossiê que pode ajudá-la a ser reconhecida como santa pela Igreja Católica. Argentinos O movimento de estrangeiros nas aduanas da tríplice fronteira, em Foz do Iguaçu, aumentou 30%, segundo a Polícia Federal. No primeiros 10 dias de 2020, mais de 42 mil estrangeiros passaram pela ponte Tancredo Neves, entre o Brasil e a Argentina. Entre eles, 60% são argentinos. Os argentinos, segundo a PF, visitam o país para passar as férias no litoral do Paraná e de Santa Catarina. Pelo intenso movimento, o controle pela Ponte da Amizade, entre o Brasil e Paraguai, é feito por amostragem. Período decisivo O fim das coligações proporcionais e o prazo para filiações transformou os meses de março e abril em um período decisivo para as eleições municipais de outubro. Pela nova legislação, os partidos terão que concorrer com chapas próprias para vereador e têm até 4 de abril para filiar os futuros candidatos ao legislativo. Fim do foro O fim do foro especial para crimes comuns cometidos pelas autoridades do país, inclusive juízes e integrantes do Ministério Público, voltará à pauta do Congresso Nacional. Como diferencial, da proposta inicial, os deputados e senadores pretendem incluir o impedimento ao juiz de primeira instância de decretar medidas cautelares contra políticos, como prisão, quebra de sigilo bancário e telefônico e ordem de busca e apreensão. Pauta principal O senador Oriovisto Guimarães (Pode) adiantou que vai concentrar os esforços em duas pautas neste ano: a discussão final da PEC Emergencial (Oriovisto é relator), o Pacto Federativo e a PEC dos Fundos. Tudo isso, segundo senador, somado a uma cultura de responsabilidade fiscal deve dar um impulso à economia brasileira. Desenvolvimento A Itaipu Binacional elevou em três vezes, em 2019, os investimentos no desenvolvimento social, econômico, turístico e cultural da região Oeste do Paraná. O salto foi de 143,3%. Em 2018, os recursos nessas áreas pela usina somaram R$ 103,7 milhões; em 2019, o valor passou para R$ 252,4 milhões, com impacto direto na qualidade de vida e na geração de emprego e renda para milhares de pessoas Poupança adiada Lei aprovada pelo Congresso Nacional, que mudou as regras de aposentadorias das corporações, foi a brecha aberta para que governadores de nove estados abrissem mão de economizar parte de um total de R$ 2,58 bilhões em 2020 e 2021. Isso se concretizou com o adiamento da vigência de pontos da reforma da previdência dos militares estaduais –policiais e bombeiros. Suspensão O diretório nacional do Pros destituiu o presidente da sigla, Eurípedes Júnior, e suspendeu sua filiação por três meses. O dirigente é acusado de desviar recursos dos fundos eleitoral e partidário e lavagem de dinheiro. O anúncio rachou o partido. A defesa de Eurípedes Junior e parlamentares da sigla veem tentativa de golpe partidário. Ponte aérea A VoePass Linhas Aéreas começou a operar os voos entre Ponta Grossa e o Aeroporto de Congonhas (SP). São dois voos diários por trecho entre segunda-feira e sexta-feira, e voos diários aos sábados e domingos. Os trechos serão operados por aeronaves ATR72, com capacidade para 70 passageiros, e as passagens custam cerca de R$ 200. Mobilidade Cascavel vai implantar o uso compartilhado de bicicletas, uma rede mínima inicial de oito estações com 56 bicicletas, que ficarão disponíveis para locação diariamente, sendo permitida a devolução dos equipamentos até as 23h59, via aplicativo. Bem melhor O deputado Vermelho (PSD) deixou o hospital em que foi submetido a uma angioplastia coronária. “Os médicos tiveram de colocar dois stents pois havia 4,5 cm das coronárias comprometidas. Os exames e os procedimentos foram feitos na hora certa. Estamos firmes e vamos encarar 2020 com muito trabalho e dedicação pelas causas da gente do meu Paraná, do meu Oeste e Sudoeste”. Descalabro A Controladoria-Geral da União publicou a folha de pagamento de dezembro de 2019 com os nomes e salários dos 310 mil pensionistas brasileiros da estrutura federal. Na lista há viúvas, filhos de militares, filhos inválidos, pensionistas de anistiados políticos, cônjuges separados, sobrinhos, netos, enteados. Há pensões de até R$ 573.340,45 — o que supera em 15 vezes o teto constitucional. Há também pensões de 217 mil, 191 mil, 18 4mil, 181 mil, 175 mil. Do total, 23 pensionistas, entre homens e mulheres, receberam mais de R$ 100 mil em dezembro. Corte na bolsa Até novembro do ano passado, o governo federal retirou 1,3 milhão de beneficiários do programa Bolsa Família devido a irregularidades no cadastro. De acordo com Ministério da Cidadania, o cancelamento de benefícios gerou economia de R$ 1,3 bilhão para os cofres públicos. Redução Segundo dados do TSE, diminuiu o número de brasileiros filiados a algum partido político. Comparando os dados de novembro de 2018 ao mesmo mês do ano passado (último mês com dados disponíveis), a queda foi de 16,8 milhões para 15,6 milhões de filiados. O partido com mais integrantes é o MDB, com 2,1 milhões. Em seguida vem o PT, com 1,4 milhão; seguido pelo PSDB e pelo PDT, com 1,3 milhão e 1,1 milhão de filiados, respectivamente. Da Redação ADI-PR Curitiba Coluna publicada simultaneamente em 20 jornais e portais associados. Saiba mais em www.adipr.com.br.

Fundador: Ary Leonel da Cruz

Home Page: www.metropolejornal.com.br Curitiba / PR EDITAL CENTER LTDA

CNPJ nº 04.150.383/0001-35 Diretor Comercial: Maurício Mosson Rua Amintas de Barros, 164 – Centro Conj 46 – CEP 80.060-205 Fones: (41) 3024-6766 Email: cial@ctbametropole.com.br São José dos Pinhais / PR Rua Dr. Manoel Ribeiro de Campos, 748 Centro - CEP 83.005-310 Fones: (41) 3383-6650 / (41) 3383-0421 Email: adm.metropole@hotmail.com Contato Redação – e-mail: lustosa@onda.com.br Departamento Comercial / Administrativo Filiado: Sindicato das Empresas de Jornais e Revistas do Estado do Paraná ADI – PR – Associação dos Diários do Interior Representante em Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro e Brasília: Central e Comunicação – SCS – QD 02 – Bl. D/Salas 1002/1003 – Edif. Oscar Niemeyer CEP 70.316-900 – Brasília – Distrito Federal Fones: (41) 3323-4071 – (41) 98133-3400 As matérias opinativas que venham assinadas, não expressam necessariamente a opinião do jornal


PUBLICAÇÕES LEGAIS / NACIONAL

| Terça-feira, 14 de Janeiro de 2020 |

3

SERVIÇO DISTRITAL DE UBERABA Av. Sen. Salgado Filho, nº 2.368 - Município e Comarca de Curitiba - PR

EDITAL DE PROCLAMAS Faz saber que pretendem casar-se: ROBERTY WILLIAN DA CUNHA e LARISSA CRISTINA FERREIRA GODINHO GUSTAVO CORRÊA RATTMANN e DAIRINI VIEIRA DA SILVA ÉMERSON FARIAS DA SILVA e ALINE APARECIDA OLIVEIRA CRISTIANO FELIX DOS SANTOS e TAYS DA SILVA MACIEL Se alguém souber de algum impedimento, oponha-o na forma da lei. O referido é verdade e dou fé. Curitiba, Uberaba, 13 de Janeiro de 2020 Eliane Kern Bassi Oficial Designada

SÚMULA DO PEDIDO DE RENOVAÇÃO DA LICENÇA DEOPERAÇÃO. A empresa Nórdica Veículos S/A torna público que requereu à Secretaria Municipal do Meio Ambiente de Curitiba - SMMA a Renovação da Licença de Operação, para a atividade de reforma de pneumáticos usados, situada à Rua Senador Accioly Filho 2497, CIC, Curitiba – PR.

SERVIÇO DISTRITAL DE COLÔNIA MURICI JOSÉ JAVORSKI – OFICIAL Alameda Bom Pastor, 171 – Campina – Fone (41) 3283-4371 São José dos Pinhais-PR

EDITAL DE PROCLAMAS Faço saber que pretendem se casar: ROGERIO CORDEIRO e MARLENE DOBROVOLSKI DANIEL ALVES DE SOUZA e VILMA ALVES LOPES BORGES Se alguém souber de algum impedimento, oponha-o na forma da Lei, no prazo de 15 (quinze) dias. São José dos Pinhais, 13 de janeiro de 2020. JOSÉ JAVORSKI Oficial

CARTÓRIO LIDIA KRUPPIZAK Registro Civil – Títulos e Documentos – Pessoas Jurídicas - Fone (41) 3035-3200 EDITAL DE PROCLAMAS LIDIA KRUPPIZAK, Oficial do Registro Civil da sede da Comarca de São José dos Pinhais – PR, na forma da lei FAZ SABER que pretendem se casar: MARCEL SOLTES e GEISELENE PEREIRA DE OLIVEIRA - 01º DISTR. S. PEDRO DA ALDEIA/RJ DAVID DE MORAIS GOMES e HELOÍSA COSTA FORTUNATO - RC UMBARÁ-CTBA/PR RONALDO JOSÉ BARBOSA e LAYSSA ANDRADE OLIVEIRA - RC PORTÃO-CTBA/PR LUCAS HENRIQUE DE JESUS e ANA CAROLINE CHONDON WILLIAM CÉSAR DE SOUZA PRATES e JAQUELINE TAIZE DE JESUS DE MOURA JOSÉ VIEIRA DA SILVA FILHO e KEYLLA BARROS DA COSTA NELSON MORO JUNIOR e ELÉIA KUDUAVICZ MAYKOL ANTONIO REZENDE MADELLA e KATIUSCIA BENTO SIDARTA NAKATANI e DANIELLA COSTA DO NASCIMENTO FELIPE BARBOSA DOS SANTOS e CAROLINE LYS ALBERTI SCHROEDER FELIPE MACHADO DOS SANTOS e MARIA DULCILENE DA SILVA NASCIMENTO IRAN BIRAJARA LEITE e LAUDICEIA DE OLIVEIRA ABNER FERNANDES SILVA e SARAH COSTA DE ARAÚJO SANDRO RODRIGO DE MORAIS e ALESSANDRA ALVES ELTON HIDEKI ISHIKAWA e DAYANE SOARES DE MATOS IVAM DIRCEU ALVES CARVALHO e JOSIANE SELAU ELÍBIO JEAN GUILHERME DE ANDRADE RUTHES e NATHALI BOCARDI DOS SANTOS RENAN WILLIAN DE OLIVEIRA e LOURYENNE WALRIEN DE SOUZA OSVALDO FRANCISCO OSTORERO JUNIOR e SANDRA REGINA MACHADO EDIVALDO ANTONIO MONTEIRO e ANGELITA PLISZKA Se alguém souber de impedimento legal, acuse-o para os fins de direito. E para constar e chegar este ao conhecimento de todos, lavro o presente para ser afixado no lugar de costume. São José dos Pinhais, 13 de janeiro de 2020. LIDIA KRUPPIZAK OFICIAL DO REGISTRO CIVIL

GLUCK PARTICIPAÇÕES S/A CNPJ - 18.124.346/0001-67

BALANÇO PATRIMONIAL EM 31 DE DEZEMBRO DE 2018 e 2017 (Em Reais) ATIVO Circulante Equivalente a caixa Partes relacionadas Não circulante Investimentos Total do ativo PASSIVO Circulante Obricações sociais Partes relacionadas Patrimônio líquido Capital Social Reservas de lucro Total do passivo e patrimônio líquido

2018

2017

139,63 466.307,58 466.447,21

10,86 19.262,68 19.273,54

19.908.204,12 19.908.204,12 20.374.651,33

12.906.039,75 12.906.039,75 12.925.313,29

2018

2017

29.370,00 3.292.400,44 3.321.770,44

13.740,00 180.565,71 194.305,71

1.113.624,00 15.939.256,89 17.052.880,89 20.374.651,33

1.113.624,00 11.617.383,58 12.731.007,58 12.925.313,29

DEMONSTRAÇÃO DO RESULTADO Exercício findo em 31 de dezembro de 2018 e 2017 RECEITAS OPERACIONAIS DESPESAS OPERACIONAIS RESULTADO FINANCEIRO RESULTADO DA EQUIVAL PATRIMONIAL RESULTADO DO EXERCÍCIO

2018 0,00 33.771,63 -27,44 18.196.128,79 18.162.384,60

2017 0,00 41.962,48 900,24 598.711,30 555.848,58

DEMONSTRAÇÕES DAS MUTAÇÕES DO PATRIMÔNIO LÍQUIDO Exercício findo em 31 de dezembro de 2018 e 2017 SALDOS EM 31 DE SALDOS EM 31 DE Dividendos Lucros do período SALDOS EM 31 DE Dividendos Lucros do período SALDOS EM 31 DE Dividendos Ajuste saldo inicial Lucros do período SALDOS EM 31 DE Dividendos Lucros do período SALDOS EM 31 DE

DEZEMBRO DE 2012 DEZEMBRO DE 2014 DEZEMBRO DE 2015 DEZEMBRO DE 2016

DEZEMBRO DE 2017 DEZEMBRO DE 2018

Capital Reserva (prejuízos) social de capital acumulados Total 1.113.624,00 2.882.415,63 13.996.039,63 - (7.034.188,10) -7.034.188,10 - 6.767.633,63 6.767.633,63 1.113.624,00 12.615.861,16 13.729.485,16 - (2.048.717,90) -2.048.717,90 - 3.568.300,64 3.568.300,64 1.113.624,00 14.135.443,90 15.249.067,90 - (3.074.000,00) -3.074.000,00 91,10 91,10 555.848,58 555.848,58 1.113.624,00 11.617.383,58 12.731.007,58 -(13.840.511,29) -13.840.511,29 - 18.162.384,60 18.162.384,60 1.113.624,00 15.939.256,89 17.052.880,89

DEMONSTRAÇÃO DO VALOR ADICIONADO Exercício findo em 31 de dezembro de 2018 e 2017 - Em reais 1. RECEITAS TOTAL DAS RECEITAS 2 INSUMOS ADQUIRIDOS DE TERCEIROS 3 VALOR ADICIONADO BRUTO (1-2) 4 RETENÇÕES 5 VALOR ADICIONADO PRODUZIDO PELA SOCIEDADE (3-4) 6 VALOR ADICIONADO RECEBIDO EM TRANSFERÊNCIA 6.1 Resultado da equivalência patrimonial 7 VALOR TOTAL A DISTRIBUIR (5+6) 8 DISTRIBUIÇÃO DO VALOR ADICIONADO 8.1 Pessoal e encargos 8.2 Impostos taxas e contribuições 8.3 Juros e aluguéis 8.4 Dividendos 8.5 Lucros retidos TOTAL DA DISTRIBUIÇÃO DO VALOR ADICIONADO

2018

2017

18.196.128,79 8.196.128,79

598.711,30 598.711,30

32.577,32

41.962,48

13.840.511,29 4.323.040,18 18.196.128,79

3.074.000,00 -2.517.251,18 598.711,30

DEMONSTRAÇÃO DOS FLUXO DE CAIXA Exercício findo em 31 de dezembro de 2018 e 2017 (Em Reais) FLUXO DE CAIXA DAS ATIVIDADES OPERACIONAIS Lucro do exercício Aumento nos ativos operacionais: Aumento nos passivos operacionais: Caixa aplicado nas atividades operacionais FLUXO DE CAIXA DAS ATIVIDADES DE INVESTIMENTO Investimentos FLUXO DE CAIXA DAS ATIVIDADES DE FINANCIAMENTO Redução de capital Ajuste saldo inicial Dividendos Caixa gerado pelas atividades de financiamento AUMENTO DO SALDO DE DISPONIBILIDADES DISPONIBILIDADES Saldo inicial Saldo final AUMENTO DO SALDO DE DISPONIBILIDADES JOÃO ACHILLES GRENIER GLUCK PRESIDENTE

2018

2017

18.162.384,60 (447.044,90) 3.127.464,73 20.842.804,43

555.848,58 (417,58) 127.200,06 682.631,06

(7.002.164,37)

2.391.288,70

(13.840.511,29) (13.840.511,29) 128,77

91,10 (3.074.000,00) (3.073.908,90) 10,86

139,63 128,77

10,86 10,86

DAVI JOSÉ FAVARETTO TÉCNICO CONTÁBIL CRC-PR. 20.296/O-5

NOTAS EXPLICATIVAS ÀS DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS DOS EXERCÍCIOS FINDOS EM 31 DE DEZEMBRO DE 2018 (Valores expressos em reais) 1. ATIVIDADE PREPONDERANTE A sociedade tem sua sede social estabelecida na Avenida Três Marias, 868 - Bairro São Braz em Curitiba, Paraná. Tendo por objeto social a gestão de participações societárias (holding não financeira). 2. APRESENTAÇÃO DAS DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS As demonstrações financeiras da empresa foram elaboradas de acordo com os princípios fundamentais de contabilidade em conformidade com as práticas contábeis adotadas no Brasil e com observância às disposições contidas na Legislação Societária Brasileira, foram observados ainda, os pronunciamentos, orientações e interpretações técnicas emanadas do Comitê de Pronunciamentos Contábeis e aprovados pelo Conselho Federal de Contabilidade. A escrituração contábil é subscrita em idioma e moeda corrente nacionais, dentro dos princípios, métodos e critérios em forma mercantil, com individuação e clareza, por ordem cronológica de dia mês e ano atendendo as exigências do Decreto-lei 486/1969, utilizando o uso de código de números e de abreviaturas usuais e geralmente aceitas, cujos livros estão revestidos das formalidades estabelecidas em lei. Os registros contábeis necessários à observância de preceitos da lei tributária relativos à determinação do lucro tributável, por sua natureza exclusivamente fiscal, os lançamentos dessa escrituração, foram efetuados em livros e registros auxiliares de acordo com o que estabelece o artigo 8°, § 2°. do Decreto-lei 1.598/1977. 3. PRINCIPAIS PRÁTICAS CONTÁBEIS a) Apuração do Resultado - O resultado das operações é apurado em conformidade com o regime contábil de competência de exercício. b) Investimentos societários – Os investimentos estão registrados ao custo de aquisição, avaliados pelo método de equivalência patrimonial, conforme o pronunciamento técnico CPC-18 (R2). De acordo com esse método, a participação da Empresa no aumento ou na diminuição do patrimônio líquido dessas sociedades, após a aquisição em decorrência da apuração de lucro líquido ou prejuízo ou em decorrência de ganhos ou perdas em reservas de capital é reconhecida como receita ou despesa operacional. Os efeitos

dessas movimentações após as aquisições são ajustados contra o custo do investimento. INVESTIMENTOS 31.12.2017 Tucumann Engenharia e Empreendimentos ltda 9.792.161,78 Construtora Garantia Ltda 1,00 Tuc Participações Portuárias S/A 9.441.386,65 Platinun Assess em Gestão Empresarial e Partic Ltda 74.654,69 TOTAL 19.908.204,12 4. PATRIMÔNIO LÍQUIDO Em 31 de dezembro de 2016 o capital social no valor de R$ 1.835.030,00 é composto por 1.835.030 (um milhão oitocentos e trinta e cinco mil e trinta ações ordinárias nominativas, sendo 120 (cento e vinte) ações ordinárias nominativas Classe A e 1.834.910 (um milhão, oitocentos e trinta e quatro mil, novecentas e dez) ações ordinárias nominativas Classe B, todas com valor nominal de R$ 1,00 (um real) cada uma, totalizando 1.835.030,00 (um milhão oitocentos e trinta e cinco mil, e trinta reais) representativas de 100% (cem por cento) do capital social, tendo valor a integralizar de R$ 721.406,00 (setecentos e vinte e um mil, quatrocentos e seis reais). Capital Social Participação Ações João Achilles Grenier Gluck 50% 917.515 Regina Lucia Ribeiro Doas Santos Gluck 50% 917.515 100% 1.835.030 Reconhecemos a exatidão do Balanço Patrimonial em 31/12/201somando tanto no ATIVO como no PASSIVO a importância de R$ 12.925.313,29 (doze milhões, novecentos e vinte e cinco mil, trezentos e treze reais e vinte e nove centavos). Curitiba, 31 de dezembro de 2017

JOÃO ACHILLES GRENIER GLUCK - DIRETOR DAVI JOSÉ FAVARETTO - TECNICO EM CONTABILIDADE - CRCPR 020.296/O-5

SUMULA DE CONCESSÃO DE LICENÇA DE OPERAÇÃO A empresa POSTO NEOVILLE LTDA, torna público que recebeu da Secretaria Municipal do Meio Ambiente, a Licença de Operação LO-17/327 para posto de gasolina válido até 10/04/2020, situado á Rua Pedro Gusso nº 1819, Bairro Capão Raso, em Curitiba-PR.

SUMULA DE CONCESSÃO DE LICENÇA DE OPERAÇÃO A empresa AUTO POSTO PORTO RICO LTDA, torna público que recebeu da Secretaria Municipal do Meio Ambiente, a Licença de Operação LO-18/209 para posto de gasolina válido até 30/04/2020, situado á Rua Higino Mazzarotto nº 264, Bairro Vista Alegre, em Curitiba-PR.

SUMULA DE PEDIDO DE RENOVAÇÃO DE LICENÇA DE OPERAÇÃO A empresa AUTO POSTO PORTO RICO LTDA, torna público que solicita junto a Secretaria Municipal do Meio Ambiente - SMMA, o pedido de renovação da Licença de Operação para posto de gasolina, situado á Rua Higino Mazzarotto .nº 264, bairro Vista Alegre, em Curitiba-PR.

SUMULA DE PEDIDO DE RENOVAÇÃO DE LICENÇA DE OPERAÇÃO A empresa POSTO NEOVILLE LTDA, torna público que solicita junto a Secretaria Municipal do Meio Ambiente - SMMA, o pedido de renovação da Licença de Operação para posto de gasolina, situado á Rua Pedro Gusso .nº 1819, bairro Capão Raso, em Curitiba-PR.


4

| Terça-feira, 14 de Janeiro de 2020 |

PUBLICAÇÕES LEGAIS / NACIONAL

Salário mínimo regional vai a R$ 1.383,80 e segue como o maior do País Pode chegar a R$ 1.599,40 de acordo com a categoria. Reajuste de 5,86% é 1,75 ponto percentual acima do reajuste nacional e será pago já na folha de fevereiro. Percentual maior que o índice nacional foi aprovado nesta segunda-feira (13), em votação no Conselho Estadual do Trabalho.

Os trabalhadores do Paraná começam 2020 com uma excelente notícia. O reajuste do salário mínimo regional do Estado será de 5,86% este ano - 1,75 ponto percentual acima do reajuste nacional. O reajuste eleva o piso para R$ 1.383,80 na categoria 1 (o maior do país), podendo chegar a R$ 1.599,40 de acordo com a categoria. O percentual maior que o índice nacional foi aprovado nesta segunda-feira (13), em votação no Conselho Estadual do Trabalho. Na categoria dos trabalhadores agropecuários, florestais e da pesca, o piso sobe para R$ 1.383,80. Para o segundo grupo, no setor de serviços administrativos, serviços gerais, de reparação e manutenção e vendedores do comércio em lojas e mercados, o salário aumenta para R$ 1.436,60. Esta categoria engloba também a classe de trabalhadores domésticos. Já no terceiro grupo, dos empregados na produção de bens e serviços industriais, o piso vai para R$ 1.487,20. Para o último grupo, na categoria de técnicos de nível médio, o piso passa a ser R$ 1.599,40. “O reajuste do piso é o compromisso do nosso governo em valorizar os trabalhadores. Mantivemos o percentual maior para aumentar o poder aquisitivo dos trabalhadores abrangidos por essa lei. Isso vai se refletir no movimento do comércio e nos serviços”, enfatiza o governador Carlos Massa Ratinho Junior, que assinará decreto para oficializar o reajuste. “O mínimo regional, que já entra na folha de janeiro, é uma referência para a negociação das categorias sindicalizadas e uma garantia para as categorias que não têm sindicato”, lembra o secretário

de Estado da Justiça, Família e Trabalho, Ney Leprevost. “É uma missão do Governo do Paraná trabalhar em prol da classe trabalhadora, fazendo com que a geração de empregos no Paraná continue em alta”, reforça. ANTECIPAÇÃO - Pela primeira vez na história, em 2020 o reajuste do mínimo regional do Paraná vale desde o primeiro dia do ano – ou seja, o novo valor deverá ser pago já na folha salarial de fevereiro. Também pela primeira vez, o percentual de aumento ficou acima do reajuste do salário mínimo federal.

Historicamente, de acordo com o que determina a lei 18766/2016, o piso salarial paranaense é reajustado pelo mesmo percentual aplicado para o reajuste do Salário Mínimo Nacional, “baseado na variação do INPC do ano anterior, com aplicação adicional, a título de ganho real, da variação real do PIB nacional observada dois anos antes”. Como, porém, o governo federal mudou este ano a política de cálculo e decidiu reajustar o salário mínimo apenas pela inflação – ou seja, sem aumento real –, a definição sobre o percentual

paranaense foi objeto de votação no Conselho Estadual do Trabalho – órgão conselho tripartite, que tem a participação de representantes do poder público, de empregados e empregadores. Prevaleceu a proposta que mantém a somatória do PIB ao INPC para compor o valor final. Assim, o ganho real dos trabalhadores paranaenses este ano chega a 1.38 ponto percentual. HISTÓRICO - Desde sua criação em 2006, o salário mínimo regional do Paraná, em suas categorias ocupacionais, sempre foi estabelecido em patamares superiores aos do salário mínimo nacional. Ao mesmo tempo, essa política permitiu ao trabalhador paranaense, pertencente aos grupos previstos, a possibilidade de alcançar pisos salariais que figuram entre os mais elevados no país, quando consideradas as unidades de federação que mantêm uma política de salário mínimo regionalizada – como Rio de Janeiro, São Paulo, Rio Grande do Sul e Santa Catarina. BOX Confira a evolução do piso salarial paranaense, ano a ano: 2006 - R$ 427,00 a R$ 437,80 2007 - R$ 462,00 a R$ 475,20 2008 - R$ 527,00 a R$ 547,80 2009 - R$ 605,52 a R$ 629,65 2010 - R$ 663,00 a R$ 765,00 2011 - R$ 708,14 a R$ 817,78 2012 - R$ 783,20 a R$ 904,20 2013 - R$ 882,59 a R$ 1.018,94 2014 - R$ 948,20 a R$ 1.095,60 2015 - R$1.032,02 a R$ 1.192,45 2016 - R$ 1.148,40 a R$ 1.326,60 2017 - R$ 1.223,20 a R$ 1.414,60 2018 - R$ 1.247,40 a R$ 1.4410 2019 - R$ 1.306,80 a R$ 1.509,20 2020 - R$ 1.383,80 a R$ 1.599,40

Profile for fernandometropole

14/01/2020  

14/01/2020