__MAIN_TEXT__

Page 1


apoi o

Fundo Social De Solidariedade S‹o JosŽ dos Campos

realiz ação


// espetáculos teatrais // intervenções artísticas // palestras e oficinas

São José dos Campos AGOSTO/SETEMBRO//2018


R

eferência no cenário cultural nacional, o Festivale chega a sua 33ª edição com uma proposta artística que busca a essência do fazer teatral, de maneira que os palcos e outros espaços da cidade sejam locais de reflexão da sociedade em nosso tempo. Grupos teatrais locais e de várias outras cidades do país apresentam desde obras de ícones da cultura brasileira a expoentes da nova dramaturgia. Serão mais de 30 espetáculos espalhados em 23 lugares em diferentes regiões, como nossos parques, praças, teatros e Casas de Cultura. Além das peças teatrais e de intervenções artísticas, o festival contará também com ações formativas como palestras, oficinas e workshops, trazendo artistas e outros profissionais de renome da cena teatral brasileira. A Prefeitura de São José dos Campos e Fundação Cultural Cassiano Ricardo realizam o 33º Festivale com o propósito claro de valorizar e fomentar a formação e a difusão cultural e ir além, fazendo com que a arte e a cultura possam de fato ser agentes primordiais ao desenvolvimento social, promovendo a educação e a cidadania em nossa cidade. Sejam muito bem-vindos ao Festivale 2018! Fundação Cultural Cassiano Ricardo

4 | Festivale 2018


A

escolha do tema para o 33º Festivale, Inquietações Cênicas, poderia sugerir inicialmente a promoção de uma mostra voltada aos aspectos formais da arte teatral, mais vinculada a um tipo de produção dita “experimental”, independente dos problemas que o termo abarca. Essa impressão é devida não apenas ao substantivo “inquietações”, que designa certo estado de aflição estética muito atrelado às criações de caráter experimental, como também ao adjetivo “cênicas”, que denotaria por sua vez um teatro desvinculado do elemento dramatúrgico, normalmente o veículo por intermédio do qual o conteúdo de uma determinada obra teatral se apresenta. Embora uma noção assim concebida tenha a sua razão de ser, ela se mostra um tanto enganosa na medida em que as formas artísticas não são invenções arbitrárias, pelo simples fato de possuírem, conforme defendia o filósofo húngaro Georg Lukács, vínculos estreitos com o ambiente social nos quais elas despontam. No caso específico do teatro, arte coletiva que se realiza presencialmente, esses laços se revelariam ainda mais observáveis, configurando um modo de expressão que muitas vezes se apresenta como uma verdadeira “caixa de ressonância” a problemas políticos e sociais prementes, cada um demandando, por assim dizer, a adoção de uma estética peculiar. Diante de tais premissas, observa-se que o tema deste Festivale, ao invés de privilegiar um teatro em tese formalista, procura, a seu modo, conectar-se dialeticamente com uma teatralidade que, advinda de inquietações político-sociais concretas, se mostre concernente ao debate dos mais diversos assuntos do momento, como, por exemplo, o feminismo, a tolerância religiosa ou a luta pela igualdade racial no Brasil. Tomando o teatro como um fenômeno estético-social, o 33º Festivale, por meio de sua equipe de curadores, pretende contemplar em sua mostra espetáculos cuja configuração formal, para além da ousadia e da criatividade, demonstre afinidade em relação a uma determinada inquietação espiritual a afligir, em maior ou menor grau, todos os que compartilham do atual momento histórico. É com essa proposta em mãos e com essa expectativa em mente que apresentamos, a seguir, a programação do Festivale de 2018. Curadoria Festivale 2018

Festivale 2018 | 5


6 | Festivale 2018


29/8 Q U A R T A 20h | Teatro Municipal CONVIDADO BARCA DOS CORAÇÕES PARTIDOS Rio de Janeiro/RJ Musical / 120 min / 12 anos

O espetáculo traz na essência uma série de características de seu grande homenageado, Ariano Suassuna (1927- 2014), que defendeu incansavelmente a brasilidade e a valorização da cultura nacional, ao mesclar a arte popular e o universo erudito em todas as suas obras. Suassuna é a história de um Circo-Teatro, que viaja pelo Sertão, parando em cada cidade e distrito para uma noitada. Eles se dirigem agora a Taperoá, na Paraíba, onde devem encenar um espetáculo nas festividades em homenagem ao “poeta Ariano Suassuna”. A viagem vai mostrando os ensaios dos entremezes que a trupe está montando. Neles aparecem cenas entre Dom Quixote e Sancho Pança, ou entre duplas de palhaços, fazendo de vez em quando uma menção aos perigos que correm.

Marcelo Rodolfo

Direção: Luiz Carlos Vasconcelos Dramaturgia: Braulio Tavares Elenco: Adrén Alves, Alfredo Del Penho, Beto Lemos, Fábio Enriquez, Eduardo Rios, Renato Luciano e Ricca Barros. Música: Chico César, Beto Lemos e Alfredo Del Penho. Idealização e direção de produção: Andréa Alves

Festivale 2018 | 7


30/8 Q U I N T A Teatro Municipal 14h30 | Apresentação para rede pública de ensino 20h | Aberto ao público

CONVIDADO BARCA DOS CORAÇÕES PARTIDOS Rio de Janeiro/RJ Musical / 120 min / 12 anos

8 | Festivale 2018

Anelize Tozetto

patrocínio


31/8

Helio Beltranio

S E X T A

20h | Teatro do SESI

23h | Galpão Altino

BURUNDANGA

DELIRIUM ÁUDIO TOUR –

Damião e Cia de Teatro Convidado – Parceria SESI Adulto / 90 min / 12 anos

UM RITO POÉTICO EFÊMERO PARA TRANSCENDÊNCIAS URGENTES Cia do Trailler – Teatro em Movimento Convidado - São José dos Campos/SP Alternativo / 120 min / 16 anos / 30 lugares

Uma dupla de trambiqueiros acaba de chegar a uma cidadezinha nos confins do Brasil. Quando os rapazes são dominados pela fome, miséria e desgaste assumem uma postura inusitada: se vestem de militares e fazem todo o município acreditar que o país foi tomado por um golpe militar, o que traz à tona interesses ocultos, paixões arrebatadoras e alianças improváveis.

Uma obra criada a partir do livro ‘Assim Falou Zaratrusta’ de Fiedrich Nietzsche, em especial no que concerne às questões sobre a “pulsão de viver” desenvolvidas pelo autor. Trata-se de uma ação artística híbrida, mesclando filosofia, teatro relacional, performance, dança e música.

Direção: Fernando Neves Dramaturgia: Luís Alberto de Abreu Elenco: Aline Olmos, Bruna Recchia, Fernanda Jannuzzelli, Lara Prado, Lucas Marcondes, Rafael D’Alessandro e Rodrigo Nasser

Direção: André Ravasco e Marcelo Denny Dramaturgia: Vinicius Torres Machado Elenco: Caren Ruaro, Luan Fonseca, Gab’s, Geovanna Terra, Carol Purccino, Giulia Scarpa, Diogo Cábuli e integrantes das oficinas. Festivale 2018 | 9


1/9

S E X T A

SÁBADO

Divulgação

Edson Borges

31/8

23h59 | Centro de Estudos Teatrais O ARQUITETO E O IMPERADOR DA ASSÍRIA

10h | Praça Cônego Lima NA RUA, AS PERIPÉCIAS DO MÍMICO ANDARILHOS URGENTES Milongas Sentimentais Teatro Popular

Cia de 2

São José dos Campos/SP Teatro de Rua / 50 min / Livre

O espetáculo conta a história de dois homens em uma ilha deserta. Um sobrevivente de um acidente aéreo, o outro, nativo do lugar, dotado de poderes sobrenaturais. Isolados do mundo, ilhados num espaço imaginário, estas duas figuras criam relações de dominação e dependência.

O personagem, mímico-palhaço, chega à rua carregando uma pequena mala para se apresentar como flautista e assim conseguir uns trocados para sua sobrevivência. Nessa tentativa, vai realizar números de pantomima interativos usando como estímulo objetos que extrai da sua mala (Um globo terrestre inflável, um quadro de Charles Chaplin e seu “Carlitos”, um quadro de um halterofilista, etc).

Direção: Leo Antunes Elenco: Jean de Oliveira e Jonas di Paula

Orientação cênica: Adriana Marques Elenco: Carlos Javkin

São José dos Campos/SP Adulto / 60 min / 16 anos

10 | Festivale 2018


Divulgação

Hugo Cabral

10h | Museu Municipal

11h | Praça Afonso Pena

REFLEXOS – ENSAIO SOBRE O VAZIO

SERTANIA NORDESTINA -

Fe Vas

Rio de Janeiro/RJ Performance Urbana / 240 min / Livre

AS LÉGUAS TIRANAS DE LUIZ ‘LUA’ GONZAGA Cláudio do Vale São José dos Campos/SP Teatro Musical / 60 min / Livre

A performance parte de uma pesquisa em performance arte sobre as relações entre a obra, o espectador e o ambiente urbano. O trabalho trata sobre a identidade de gênero, sua inserção e subversão aos condicionamentos do espaço e do outro. A ação duracional se dá em duas etapas: a montagem de um corpo de espelhos: mesclado de vestimenta e body-art; e a presença desse corpo no espaço público, como um passante à mercê da recepção do outro.

Trata-se de uma espécie de ‘repente’ da vida e obra do grande sanfoneiro, cantador e compositor Luiz Gonzaga. Os ‘tocadores’ de sanfona, zabumba, triângulo e clarinete animam o ‘arrasta-pé’ com as canções mais populares do ‘Lua’ (como foi apelidado). Para costurar este “cordel” criamos o personagem do ‘contador/cantador’, interpretado por Cláudio do Vale, que nos apresenta a trajetória do Rei do Baião.

Autoria e performance: Felipe Vasconcelos Assistente de produção: Juliana Vieira de Souza

Direção/Dramaturgia/Elenco: Cláudio do Vale Músicos: Denilson de Paula, Eliomar Landim e Gileno Borges Festivale 2018 | 11


1/9 SÁBADO

14h | Centro Cultural Clemente Gomes OFICINA

A PERSONAGEM NO TEXTO TEATRAL Com Maria Shu

Inscrições: Até 31 de agosto

Divulgação

Conduzida por Maria Shu, a oficina propõe uma abordagem no estudo da escrita dramatúrgica focado na construção de personagens livres de estereótipos - uma poética feminina e negra - e na composição de pequenos textos. Para isso, trechos de peças serão usadas como exemplos na oficina, direcionando os participantes em caminhos mais cautelosos para a elaboração de uma dramaturgia.

15h | Parque Santos Dumont A BRIGA DA ONÇA E DO TATU

17h | Auditório Elmano Ferreira Veloso/ CC Clemente Gomes

Grupo Janela Mágica

PALESTRA

No tempo em que os animais falavam a nossa língua, dava para a gente entender direitinho a conversinha deles. Foi nesse tempo que a Onça começou uma briga com o Tatu. Tudo começou com os recados atrapalhados do Papagaio. Nesse leva e traz de recados ele provocou uma confusão. Assim, com recados malcriados de um lado e de outro a guerra estava declarada, com a enorme Onça e o pequeno Tatu.

INQUIETAÇÕES CÊNICASS UR-

Com Renato Ferracini

Com objetivo de rastrear algumas inquietações conteudísticas e formais próprias do teatro contemporâneo que deverão marcar presença em muitos dos espetáculos do Festivale 2018, a palestra será ministrada por Renato Ferracini, ator-pesquisador do Programa de Pós-Graduação em Artes da Cena da Unicamp.

12 | Festivale 2018

São José dos Campos/SP Infantojuvenil / 35 min / Livre

Direção: Lucilene Dias Direção musical: Rômulo Scarini Dramaturgia: Carlos Rosa Elenco: Guilherme Venâncio, Ana Bo, Jean Fabio e Naiara Sampaio


Gabriel Rachid

Vanessa Cornélio

19h | Centro de Estudos Teatrais

21h | Teatro Municipal

HUMALTERIDADE

ANIMO FESTAS

São José do Rio Preto/SP Alternativo / 30 min / Livre

Convidado São José dos Campos/SP Adulto / 50 min / 16 anos

Asa de Borboleta Performance Art

O ser humano está inserido num sistema de convenções, onde as relações sociais se tornam cada vez mais vazias e angustiantes. Vazias no sentido que, a vivência em blocos de afinidades aliena de tudo o que não é do interesse imediato desse bloco. Diferentes em nossas estruturas e códigos, somos todos humanos.

La Cascata Cia Cômica

Animo Festas é o espetáculo-show do palhaço Klaus, que narra a saga solitária de um animador de festas infantis e seu submundo de tristeza e miséria. Direção/Dramaturgia/Elenco: Marcio Douglas

Direção/Dramaturgia/Elenco: Vanessa Cornélio

20h | Teatro do SESI BURUNDANGA

Damião e Cia de Teatro Convidado – Parceria SESI Adulto / 90 min / 12 anos

23h | Galpão Altino DELIRIUM ÁUDIO TOUR –

UM RITO POÉTICO EFÊMERO PARA TRANSCENDÊNCIAS URGENTES Cia do Trailler – Teatro em Movimento Alternativo / 120 min / 16 anos / 30 lugares

Festivale 2018 | 13


SÁBADO

DOMINGO

Alexandre Krug

2/9

Divulgação

1/9

22h | Teatro D’Aldeia

11h | Cine Santana

A BALADA DO HOMEM DE LUGAR ALGUM - A POESIA E A MÚSICA DE BOB DYLAN

A PRINCESA E A COSTUREIRA

Convidado São José dos Campos/SP Adulto / 70 min / Livre

A peça conta a história da jovem Cíntia, que está prometida em casamento para o príncipe do reino vizinho, porém se apaixona pela costureira responsável por confeccionar seu vestido de noiva. Um teatro que diverte todos os públicos e ao mesmo tempo levanta questionamentos importantes, sobretudo quanto ao respeito à diversidade e uma abordagem didática sob o tema, sem abrir mão da fantasia e da ludicidade.

Experiência Dylan

Música, literatura ou teatro? Ou todas essas artes juntas? Da mesma forma que se passou com Bob Dylan e com Shakespeare, que fizeram literatura de alta qualidade simplesmente ao se proporem fazer música ou teatro. O espetáculo é um pouco disso tudo – show, peça, performance literária.

Elenco: Ari Cerqueira, Charles Lima, Fred Ribeiro, Oswaldo Almeida Jr. e Wallace Puosso 14 | Festivale 2018

Teatro da Conspiração

Santo André/SP Infantojuvenil / 60 min / Livre

Direção: Antonio Correa Neto Dramaturgia: Janaina Leslão e Solange Dias Elenco: Erika Coracini, Márcio Pinheiro e Mariana Sancar


A FABULOSA CARAVANA DE SEU MALAQUIAS Grupo Boneco Vivo

São José dos Campos/SP Teatro de Mamulengo / 55 min / Livre

A peça conta a história de Seu Malaquias, que chega com sua trupe tocando e cantando, e apresenta suas atrações, entre elas, um “Desafio de Embolada”, um “Encantador de Cobras”, “O Mágico Mister Lantejoula”, e “Cobra Gigante”, uma cobra gigante que encerra a apresentação convidando o público a brincar de roda, com ritmos populares como a Ciranda e Marchinhas carnavalescas.

Direção/Dramaturgia: Vivian Rau Elenco: Vivian Rau, Maíra Rau, Moringa, Cláudio Russo e Carlos Cézare

Divulgação

Vivian Rau

15h | Parque Santos Dumont

16h | Praça Cônego Manzi São Francisco Xavier O CORDEL CLOWNESCO DO ROMEO E DA JULIETA Caravan Maschera

Atibaia/SP Espetáculo de Rua / 60 min / Livre

Dois Clowns sem trabalho e famintos, decidem reinventar o seu ofício para conseguirem sobreviver de teatro. Ao invés de continuarem a girar pelo interior do país contando suas velhas histórias, decidem se estabelecer em uma cidade e ali encenam uma tragédia que lhes dê uma “importância” na história do teatro: Romeu e Julieta.

Elenco: Giorgia Goldoni e Leonardo Garcia Festivale 2018 | 15


2/9 DOMINGO

14h | Centro Cultural Clemente Gomes OFICINA

A PERSONAGEM NO TEXTO TEATRAL

Com Maria Shu

Inscrições: Até 31 de agosto

19h | Centro de Estudos Teatrais PANQUECA SOLAMENTE – UM ESPETÁCULO DRAMÁTECO Palhaça Panqueca

São José dos Campos/SP Adulto / 50 min / Livre

A peça conta a história de uma palhaça que após ter sido trocada por uma “atriz” mais jovem e despejada de seu antigo grupo de teatro, vê-se na rua – sem casa, sem dinheiro e sem ter o que comer. Resolve então apresentar alguns de seus mais importantes números. Reiniciando sua trajetória, ela alterna fracassos e glórias, sempre em direção ao objetivo maior de sua arte: semear sorrisos.

Direção: Márcio Douglas Dramaturgia/Elenco: Adriana Marques 16 | Festivale 2018

20h | Teatro do SESI BURUNDANGA

Damião e Cia de Teatro Convidado – Parceria SESI Adulto / 90 min / 12 anos

23h | Galpão Altino DELIRIUM ÁUDIO TOUR –

UM RITO POÉTICO EFÊMERO PARA TRANSCENDÊNCIAS URGENTES Cia do Trailler – Teatro em Movimento Alternativo / 120 min / 16 anos / 30 lugares


3/9 SEGUNDA

15h | Casa de Cultura Chico Triste SERTANIA NORDESTINA AS LÉGUAS TIRANAS DE LUIZ ‘LUA’ GONZAGA Cláudio do Vale São José dos Campos/SP Teatro Musical / 60 min / Livre

14 e 19h | Cine Santana FILME /// PONTO MIS

TRAGO COMIGO

Brasil, 2013. Direção: Tata Amaral. 84 min. Drama.

Telmo, um diretor de teatro aposentado, foi membro da luta armada durante a ditadura civil-militar e chegou a ser preso por seis meses por conta disso. Porém, ele não consegue se lembrar de nada desse período, além de alguns lapsos momentâneos. Para tentar reativar sua memória e descobrir o que aconteceu, ele decide criar uma peça de teatro. Contando com um jovem elenco de atores, Telmo vai reconstruir a sua própria história.

19h30 | Teatro Dailor Varela Casa de Cultura Flávio Craveiro PANQUECA SOLAMENTE – UM ESPETÁCULO DRAMÁTECO Palhaça Panqueca

São José dos Campos/SP Adulto / 50 min / Livre

Festivale 2018 | 17


4/9

Divulgação

Stella Tobar

T E R Ç A

10h e 15h | Cine Santana

15h | C. Cultura Lili Figureira

O MENINO E A CEREJEIRA

TEATRO DE BRINQUEDOS & HISTÓRIAS DE PAPEL

Borbolina Companhia

São Paulo/SP Infantojuvenil / 50 min / Livre

O espetáculo retrata a história de sobrevivência de uma árvore de cerejeira, a partir de um enredo em que a amizade, carinho e coragem unem o garoto Taiti e sua desafiadora realidade após a devastação provocada pela guerra. Direção: Stella Tobar Dramaturgia: Daisaku Ikeda Elenco: Alle Paixão, Cleber Tolini, Giuliano Caratori, João Bourbonnais

Teatro do Imprevisto

São José dos Campos/SP Infantojuvenil / 40 min / Livre

A encenação se passa com uma trupe formada por três atores – contadores de histórias, que chegam em cortejo trazendo em sua mala um miniteatro, no qual um palco é montado para contar três histórias: ‘Pedro Malasartes e a Sopa de Pedra’, ‘O Guaname’ e ‘O Macaco e a Velha’. Cada história desempenha um papel fundamental, tratando de forma lúdica e bem-humorada temas como a importância da generosidade, humildade e lealdade. Direção/Dramaturgia: Ricardo Veríssimo Elenco: Ricardo Veríssimo Salem, Cibele Tomaz e Carolina Marques

18 | Festivale 2018


Nityama Macrini

Guto Corpo Rastreado

19h | Teatro do SESI

21h | Teatro Municipal

PAIXÕES DA ALMA

AFINAÇÃO I

São Paulo/SP Drama / 50 min / 16 anos

Convidado São Paulo/SP Adulto / 75 min / 14 anos

Cláudia Missura

Uma mulher em sua cozinha prepara um ensopado e dá a receita de como se proteger das paixões que atacam nossa alma. Inspirado na obra do filósofo francês René Descartes. Direção: Marcelo Romagnoli Elenco: Cláudia Missura e Natália Mallo

23h | Galpão Altino DELIRIUM ÁUDIO TOUR -

UM RITO POÉTICO EFÊMERO PARA TRANSCENDÊNCIAS URGENTES Cia do Trailler – Teatro em Movimento

Georgette Faddel

Afinação I é uma aula ministrada pela personagem, a pensadora e professora francesa Simone Weil. Uma conferência sobre a relação entre a opressão e o sofrimento no mundo e o incrível boicote ao pensamento racional. É tudo sobre a liberdade. São textos de Brecht, Hegel, da propria Simone Weil e algumas citações de Marx que compõem esse momento que pretende ser uma oração à razão.

Direção/Dramaturgia/Elenco: Georgette Faddel Direção de Produção: Carla Estefan – Metropolitana Gestão Cultural Festivale 2018 | 19


5/9 Q U A R TA

14h | Centro Cultural Clemente Gomes OFICINA

MÉTODO SUZUKI – TREINAMENTO PARA ARTISTAS DAS ARTES DA CENA Com Fabiano Lodi Ministrada pelo diretor teatral, Fabiano Lodi, a oficina leva os participantes a entrarem em contato com os elementos básicos da gramática de movimentos do Método Suzuki, que consiste em um rigoroso e disciplinado conjunto de exercícios físicos e vocais em que energia, equilíbrio e respiração são constantemente revisitados e praticados no trabalho de presença cênica.

15h | CC Eugênia da Silva A BRIGA DA ONÇA E DO TATU

Grupo Janela Mágica

São José dos Campos/SP Infantojuvenil / 35 min / Livre

Divulgação

Inscrições: Até 04.09 | 30 vagas Duração: 5 a 9/9, das 14h às 18h

15h e 19h30 | Cine Santana SPACE INVADERS

CIA DO FUBÁ

São Paulo/SP Juvenil / 80 min / 12 anos

Caio é um menino solitário e deprimido de 14 anos, que de uma hora para outra precisa lidar com a presença de Pedro, Vanessa e Luca, filhos do marido de sua mãe, que se mudaram para sua casa enquanto a mãe deles se recupera de uma depressão severa. Se sentindo acuado e não tendo mais a privacidade que costumava ter, Caio isola-se em seu quarto para escrever uma graphic novel (romance em quadrinhos) autobiográfica, chamada SPACE INVADERS – uma tentativa de entender a si mesmo e aos invasores. Direção/Dramaturgia: Fernanda Gama Elenco: Leonardo Aguiar, Paulo Campos, Mateus Barbosa, Bruno G. Zaniolo

15h | CC Rancho de Tropeiro TEATRO DE BRINQUEDOS & HISTÓRIAS DE PAPEL

15h | Centro da Juventude A FABULOSA CARAVANA DE SEU MALAQUIAS

São José dos Campos/SP Infantojuvenil / 40 min / Livre

São José dos Campos/SP Teatro de Mamulengo / 55 min / Livre

Teatro do Imprevisto

20 | Festivale 2018

Grupo Boneco Vivo


Divulgação

César Mazari

19h30 | Teatro Dailor Varela Casa de Cultura Flávio Craveiro PERDÓNAME TEATRO D’ALDEIA

São José dos Campos/SP Adulto / 80 min / Livre

O melodrama das radionovelas é o ponto de partida de ‘Perdóname’ e serve como pano de fundo para uma história de amor e perdão onde estão presentes os desencontros amorosos e a jornada do protagonista que passa por diferentes provas até conseguir ter seu valor reconhecido. Um melodrama para toda a família. Direção: Ana Luísa Cardoso Elenco: Adriana Barja, Ana Cristina Freitas, Vander Palma e Wallace Puosso

23h | Galpão Altino DELIRIUM ÁUDIO TOUR –

UM RITO POÉTICO EFÊMERO PARA TRANSCENDÊNCIAS URGENTES Cia do Trailler - Teatro em Movimento Alternativo / 120 min / 16 anos / 30 lugares

22h | Centro de Estudos Teatrais OFÉLIA/HAMLET ROCK/ MACHINE CIA TEATRO DE RISCOS

Ribeirão Preto/SP Adulto / 85 min / 18 anos

Dentro de um bunker de metal, seis atores trazem para cena a desconstrução da obra shakespereana. O drama não interessa mais, o texto se perdeu. Hamlet, príncipe da Dinamarca, é também comida para vermes, o assassinato do seu pai torna-se pequeno diante da urgência de revolução que vem das ruas. Ofélia surge como a mulher feminista do século XXI, que escancara pelas portas do mundo o seu estupro, assédio, homicídio e revolta. Diretor: Carlos Canhameiro Elenco: André Doriana, Marcelo Evangelisti Ribeiro, Nathália Fernandes, Nayla Faria, Rafael Ravi e Karol Nurza | Músico: Leandro Cunha Festivale 2018 | 21


6/9 Q U I N TA

14h | Centro Cultural Clemente Gomes OFICINA

MÉTODO SUZUKI – TREINAMENTO PARA ARTISTAS DAS ARTES DA CENA Com Fabiano Lodi Inscrições: Até 04.09 | 30 vagas

OFICINA

MODALIDADES DE ARTE RELACIONAL Com Tânia Alice

Inscrições: até 04.09 | 20 vagas

A oficina propõe uma reflexão prática e teórica sobre as diferentes modalidades da arte relacional a partir de uma abordagem crítica do conceito de Estética Relacional de Bourriaud, a partir de um entendimento da linguagem da performance e da diferença entre relação e participação, entendendo os diferentes tipos de relação e de participação que possam ser estabelecidos e investigando o ponto de partida de cada um.

Divulgação

15h | Centro Cultural Clemente Gomes

15h | CC Tim Lopes TIRINGUITO, LUISA E A MORTE Caravan Maschera

Atibaia/SP Infantojuvenil / 50 min / Livre

Em uma apresentação com bonecos de luva, Tiringuito é um fantástico e incrivelmente herói improvável de um mundo surreal. Sua coragem ao enfrentar a Morte transforma o seu medo em brincadeira. Elenco: Giorgia Goldoni e Leonardo Garcia

23h | Galpão Altino DELIRIUM ÁUDIO TOUR –

UM RITO POÉTICO EFÊMERO PARA TRANSCENDÊNCIAS URGENTES Cia do Trailler - Teatro em Movimento Alternativo / 120 min / 16 anos / 30 lugares 22 | Festivale 2018

21h | Teatro Municipal PERDÓNAME Teatro D’Aldeia

São José dos Campos/SP Adulto / 80 min / Livre


18h | Auditório do Museu Municipal RODA DE CONVERSA

O LUGAR DA MULHER NA CENA: PERFORMATIVIDADE E PROCESSOS CRIATIVOS

Numa conversa informal sobre a relação entre a criação, o campo das artes cênicas e os debates sobre gênero feminino, feminismo e novas concepções sobre o sujeito mulher na contemporaneidade, serão tratados temas como processos artísticos das mulheres na cena nacional, artivismo através cena e interações entre feminismo e outras lutas de resistência.

Chico Ludemir

Com Lucia Romano (atriz e professora da UNESP), Lucilene Dias, Simone Sobreda, Beatriz Galvão, Cynthia Medeiros (Coletivo Alcateia) e Andreia Barros (Cia Teatro da Cidade)

19h30 | Teatro Dailor Varela Casa de Cultura Flávio Craveiro OS TR3S PORCOS

20h | Centro Cultural Clemente Gomes BAR DE QUINTA

PASSARINHO E O SISTEMA BREGA DE SOM A banda tem influência do brega e do tecnobrega, que se unem ao primeiro rock da década de sessenta e ao sistema de som. Nas letras, a ludicidade do voar, da vida e do amor. No som, do maracatu rural ao caboclinho, do samba de roda ao pagode, do forró ao brega e do reggae ao rock, as influências dentro deste ninho de som se misturam e se transformam.

A Próxima Companhia

São Paulo/SP Teatro de Rua / 50 min / Livre

Três porcos procuram um lugar para construir suas casas. Desta vez, o conto infantil dirige-se também aos adultos e se passa na cidade, onde o espaço está cada vez mais disputado com o Lobo, o dono do espaço, que fará de tudo para obrigar os porcos a beneficiá-lo e impedir que eles atrapalhem a manutenção e a construção de seus empreendimentos.

Direção: Rafaela Carneiro Dramaturgia: Renato Mendes Elenco: Caio Franzolin, Caio Marinho e Gabriel Küster Festivale 2018 | 23


6/9

20h | Teatro do SESI A RECEITA

Núcleo de Artes Cênicas Convidado – Parceria SESI São José dos Campos/SP Adulto / 45 min / 16 anos

O espetáculo coloca em contato um médico que acabou de terminar a faculdade e um universo de miséria: miséria nas relações, miséria nas ações, miséria nos sentimentos. O choque cultural acentua-se quando a família projeta o médico como o grande salvador da situação.

Direção: Roberval Rodolfo Dramaturgia: Jorge Andrade Elenco: Ana Clara Soares, Giovana Carneiro, Jefferson Júnior, Vinícius Bertassoli, Ana Machado, Luisiane Veloso, Nelly Leite, Rosalvo Carvalho, Julie Centeno, Igor Mandhi, Nani Amaro, Rita Michele, Victor D’Angelo, Gustavo Naval, Carolina Venturelli, Fernando Justolim, Raphael Faquineli, Jennifer Vieira, João Neto, Paulo André Mendes, Maria Tereza Fernandes, Dina Mary, Gabriela Santos e Laura Leite 24 | Festivale 2018

Lucas Rosalvo

Lucas Rosalvo

Q U I N TA

23h59 | Centro de Estudos Teatrais INQUÉRITO 5736 - APENAS UMA PARTE DA VERDADE Cia de Segunda

Nova Iguaçu/RJ Alternativo / 55 min / 14 anos

Branca Dias é acusada de heresia pela Santa Inquisição. Em ‘Inquérito 5736’ a personagem principal é torturada e julgada juntamente com seu pai e noivo. A peça trata fundamentalmente do direito que o ser humano tem de expressar suas ideias com liberdade.

Direção: Anderson Dias Dramaturgia: Thiago Zandonai Elenco: José de Brito, Ohana Natureza e Thiago Zandonai


7/9 S E X TA

17h | Auditório do Museu Municipal RODA DE CONVERSA

ENTRE MARES E PAPEIS: PROCESSOS E PERCURSOS DE CRIAÇÃO SOBRE A CENA Divulgação

Com Lili Monteiro, Vinicius Torres, Victor Nóvoa e Fabiana Monsalú

10h | Museu de Arte Sacra

Com pesquisadores e autores convidados que falarão sobre suas obras e publicações. A roda busca alargar as fronteiras entre a teoria e a prática tecidas por pesquisas e processos de criação nas artes cênicas.

ENSINE-ME A FAZER ARTE Com Tânia Alice

Rio de Janeiro/RJ Espetáculo de Rua / 120 min / Livre

O projeto consiste em uma performance urbana e um espetáculo performativo para espaço fechado ou aberto, destinado ao público em geral, que será apresentado no dia seguinte. O espetáculo e a performance serão realizados por Tânia Alice, que já recebeu prêmios importantes como o Prêmio Jovens Artistas do MEC (2009) e o Prêmio do Júri Popular do Festival de Cinema de Washington para vídeo-performance.

Direção/Dramaturgia: Tânia Alice Elenco: Tânia Alice e Rodrigo Maia

10h30 | Praça Afonso Pena 15h | Parque Santos Dumont OS TR3S PORCOS A Próxima Companhia

São Paulo/SP Teatro de Rua / 50 min / Livre

23h | Galpão Altino Bondesan DELIRIUM ÁUDIO TOUR –

UM RITO POÉTICO EFÊMERO PARA TRANSCENDÊNCIAS URGENTES Cia do Trailler - Teatro em Movimento Alternativo / 120 min / 16 anos / 30 lugares

Festivale 2018 | 25


7/9

Lenise Pinheiro

Stephanie Lauria

S E X TA

20h | Teatro do SESI

21h | Teatro Municipal

SALAMALEQUE

RASTO ATRÁS

Convidado Parceria SESI São Paulo/SP Juvenil e Adulto / 65 min / 12 anos

Convidado Campinas/SP Adulto / 90 min / 14 anos

Valéria Arbex

Entre pastas de grão de bico, água aromatizada e pão com zátar, Elizete, neta de imigrantes sírios, recebe o público na cozinha da sua infância, no dia da sua celebração. Os espectadores são conduzidos através da memória da personagem, convidados a sentar-se à mesa e compartilhar das histórias de vida, trazidas junto de aromas, cores e melodias.

Direção: Denise Weinberg e Kiko Marques Dramaturgia: Alejandra Sampaio e Kiko Marques Elenco: Valéria Arbex 26 | Festivale 2018

Os Geraldos

A peça conta a história da família de Vicente, dramaturgo famoso, que volta à sua cidade e a seu núcleo familiar em busca de um novo sentido para sua existência e do reencontro com suas raízes. Decide, então, partir rasto atrás (artimanha em que a caça confunde o caçador) e retornar à sua terra natal, no interior do estado. Direção: Dagoberto Feliz Dramaturgia: Jorge Andrade Elenco: Carolina Delduque, Cristiana Cunha, Douglas Novais, Gileade Batistta, Julia Cavalcanti, Lucas Gonzaga, Nathália Pezzato, Patrícia Palaçon, Paula Mathenhauer Guerreiro, Railan Andrade, Valéria Aguiar e Vinícius Santino


8/9

Fellipe Oliveira

Thiago Moreira Santos

SÁBADO

10h | Praça Afonso Pena 15h | Parque Santos Dumont

23h59 | Centro de Estudos Teatrais BARRO HOMEM BARRA MULHER

Núcleo Experimental Barro 3 São Paulo/SP Adulto / 60 min / 14 anos

Entre depoimentos reais e ficção, quatro figuras narram suas trajetórias. Passando pela imagem da mulher puta, frígida, santa e bruxa e do homem guerreiro e caçador, expondo as fragilidades e rupturas de uma estrutura social talvez já antiquada para os padrões atuais de gênero. No entanto, quantas fogueiras ainda permanecem acesas para aqueles que não agem como foram ensinados? Direção: Lucas França Dramaturgia: Regi Ferreira Elenco: Amanda Chaptiska, André Araujo, Catarina Milani e Giovanna Paiva

GORDOFOLIA Gatos Gordos

Jundiaí/SP Teatro de Rua / 60 min / Livre

Criada a partir das vivências e experiências de pessoas gordas, a peça escancara e investiga através de esquetes cômicos as realidades desses indivíduos, as relações com seus corpos e como a sociedade reforça opressões, subtraindo a relevância dessas questões e vidas. Direção: Elena Cerântola e Gallo Cerello Elenco: André Farias, Lisete Pecoraro e Vivi Masolli

10h | Praça João Mendes NA RUA, AS PERIPÉCIAS DO MÍMICO ANDARILHO

Milongas Sentimentais Teatro Popular

São José dos Campos/SP Teatro de Rua / 50 min / Livre

Festivale 2018 | 27


Felipe Scapino

8/9

Thiago Moreira Santos

SÁBADO

16h | Teatro do SESI AS ESTRELAS DO CÉU Os Geraldos

Convidado - Campinas/SP Infantojuvenil / 60 min / Livre

A peça acompanha as aventuras de uma menina que empreende uma jornada fantástica em busca de seu grande sonho: tocar as estrelas do céu. Durante sua longa jornada, ela percorrerá lugares desconhecidos e encontrará personagens incríveis, que a ajudarão a enfrentar todos os obstáculos.

21h | Teatro Municipal ESTADO DE SÍTIO

Cia Teatral Controvérsias

Convidado - Pindamonhangaba/SP Drama/ 120 minutos/ 16 anos

Após os maus presságios pela passagem de um cometa, uma pequena cidade passa a ser governada pela Peste, que, usurpando o poder de uma líder inerte, instaura o Estado de Sítio e cria um regime burocrático, esvaziado de sentido e dominado pelo medo. Direção: Adbailson Cuba Dramaturgia: Albert Camus Elenco: Mauro Morais, Lala Machado, Houston Charles, Keli Santos, Adbailson Cuba, Danilo Riva, Rodrigo Di Paula, Cláudio Viana, Karina Costa, Marcos Cuba, Bruno Soares, Anne Martins, Lucas Vinícius, Renato Munhós, Pitanga Araújo, Luana Gasch, Guilherme Moreira e Ana Maria Cuba

Direção/Dramaturgia: Ricardo Harada Elenco: Maíra Hérissé, Vinicius Santino e Giuliano Bonesso

23h | CC Clemente Gomes 19h | Centro de Estudos Teatrais ENSINE-ME A FAZER ARTE Com Tânia Alice

Rio de Janeiro/RJ Alternativo / 90 min / Livre 28 | Festivale 2018

FESTAVALE Com a participação do DJ Tiago, do Baile da Bonita, da banda Los Cunhados, DJ 7K, DJ Maah Fernandes, DJ 3D e DJ Heitor, o público está convidado a participar da festa para brindar o encerramento do 33° Festivale.


9/9

Pedro Dias

DOMINGO

10h | Parque Vicentina Aranha Divulgação

10 MINUTOS PARA VOCÊ – UMA PERFORMANCE AFETIVA Cia Uma

Jacareí/SP Drama / 180 min / 10 anos

A performance é formada por 6 intervenções relacionais que acontecem de formas simultâneas e complementares, criando um arquipélago de pequenas ilhas de afetividade. O público é recebido um a um e pode escolher livremente seu caminho de participação entre as performances. Dramaturgia: Milena Siqueira Elenco: Milena Siqueira, Eny Zanchi, Fernando Pereira, Pedro Alonso, Natalia Bastos de Castro e Tamara Cardoso

11h | Teatro Dailor Varela Casa de Cultura Flávio Craveiro

15h | Parque Santos Dumont RABANETE RAPUNZEL Cia Titerritório

São José dos Campos/SP Infantojuvenil / 50 min / Livre

O espetáculo conta a história de uma menina que tem seu destino influenciado por alguns rabanetes cultivados por uma velha bruxa. Vive aprisionada numa torre e para manter a sobrevivência, deixa seus cabelos crescerem, e por eles, a malvada sobe para alimentá-la. As mesmas tranças que a mantêm viva podem lhe trazer liberdade, porém, muitos desafios surgirão para que ela alcance sua independência.

GORDOFOLIA Gatos Gordos

Jundiaí/SP Teatro de Rua / 60 min / Livre

Direção: Charles Kray Elenco: Charles Kray e Rafael Soares Festivale 2018 | 29


17h | Auditório do Museu Municipal RODA DE CONVERSA

FESTIVALE: UM LUGAR DE INQUIETAÇÕES PARA NOVAS PERSPECTIVAS Com Coordenação, Curadoria e Críticos do 33°Festivale Debate envolvendo a coordenação, críticas e curadores, a respeito da programação da 33ª edição do Festivale e das perspectivas para a edição de 2019. 30 | Festivale 2018


9/9 DOMINGO

INSETOS Cia dos Atores

Rio de Janeiro/RJ Convidado Adulto / 80 min / 14 anos

Com texto inédito de Jô Bilac, adaptado pela Cia dos Atores e pelo diretor Rodrigo Portella, a peça marca os 30 anos de atividade do grupo carioca e traz uma reflexão pertinente sobre as questões sociais e políticas contemporâneas a partir das relações encontradas na natureza. Como uma fábula, o texto traça paralelos entre a natureza e questões político-sociais da atualidade – evocando

20h | Teatro Municipal comportamentos coletivos e individuais revelados através de uma grande polifonia de diferentes insetos: cigarra, gafanhoto, barata, louva-a-deus, besouro, mariposa, borboleta, mosquito, cupim, mosca e formiga. Direção: Rodrigo Portella Dramaturgia: Jô Bilac Elenco: Cesar Augusto, Gustavo Gasparani, Marcelo Olinto, Marcelo Valle e Susana Ribeiro Direção de Produção: Celso Lemos

Festivale 2018 | 31


CurAdoriA

Criticos

FABIANA MONSALÚ

JULIA GUIMARÃES

Mestre em Teoria e Prática do Teatro pela Escola de Comunicação e Artes da USP e licenciada em teatro pela UFBA. É diretora e atriz da CompanhiaDaNãoFicção e criadora do método TCH. Desenvolve pesquisa sobre Territórios e fronteiras no campo do corpo híbrido, teatro contemporâneo, performativo e processos artísticos-pedagógicos na formação do artista da cena.

É pesquisadora, professora, crítica teatral e jornalista. Atualmente, realiza pós-doutorado em Artes Cênicas na UFMG, onde atua como professora colaboradora. Concluiu seu doutorado em Artes Cênicas na USP, com pesquisa desenvolvida na área de teatro contemporâneo. É também membro da Associação Internacional de Críticos de Teatro, AICT-IACT.

ATUL TRIVEDI

PRISCILA GONTIJO

É ator e diretor de Teatro desde 1973, quando estudava engenharia na Índia. Realiza atividades teatrais no Brasil desde o início do Grupo Rangávali em 1981. Participou como ator, diretor de mais de 70 espetáculos teatrais. Coordenou atividades do CET de 2001 a 2008 quando foi Coordenador Geral do Festivale – Festival Nacional de Teatro do Vale do Paraíba, tendo sido curador em 2009, 2010 e 2016.

É escritora, dramaturga, roteirista e pesquisadora. Formada em Letras – Literatura Portuguesa e Literatura Francesa pela Pontifícia Universidade Católica, atualmente é mestranda em Literatura e Crítica Literária pela PUC/SP. É fundadora da Companhia da Mentira e atuou como artista orientadora e coordenadora de pesquisa-ação em teatro do Programa Vocacional da Secretaria Municipal de Cultura durante 8 anos.

RODRIGO MORAIS LEITE

SIMONE CARLETO

É doutor e mestre em Artes Cênicas pela Unesp, com pesquisas desenvolvidas nas áreas de crítica teatral e história do teatro brasileiro. Lecionou teoria teatral na Escola Livre de Teatro de Santo André (ELT) e na Escola Viva de Artes Cênicas de Guarulhos. Atuando como crítico teatral ou curador, já participou de diversos festivais.

Artista pedagoga, mestre e doutora em Artes Cênicas pelo Instituto de Artes da Unesp. Atriz do Canhoto Laboratório de Artes da Representação (2001 a 2008). Concebeu e coordenou a Escola Viva de Artes Cênicas de Guarulhos (2005 a 2016). Assessora de diversos grupos teatrais. Autora de ensaios e artigos nas áreas de pedagogia, crítica e interpretação teatral.

32 | Festivale 2018


29 de agosto a 9 de setembro de 2018 espetáculos teatrais // intervenções artísticas // palestras e oficinas //

CoordenAcAo WANGY ALVES Wangy Alves é diretor, historiador e agente cultural. Fundador da Cia Cultural Velhus Novatus. Formado em história pela UNIVAP (Universidade do Vale do Paráiba), com especialização em Cultura Popular Brasileira na mesma universidade. Atualmente coordena o CET – Centro de Estudos Teatrais da Fundação Cultural Cassiano Ricardo. Festivale 2018 | 33


enderecos CENTRO CULTURAL CLEMENTE GOMES CENTRO DE ESTUDOS TEATRAIS (CET) GALPÃO ALTINO AUDITÓRIO ELMANO FERREIRA Av. Olivo Gomes, 100 - Parque da Cidade – Santana | (12) 3924-7300/7341 CASA DE CULTURA CHICO TRISTE Rua Milton Cruz, s/n° - Vila Tesouro (12) 3929-7559 CASA DE CULTURA EUGÊNIA DA SILVA Rua dos Carteiros, 110 - Novo Horizonte (12) 3907-8024 CASA DE CULTURA LILI FIGUREIRA Rua Roberto Cruz, 40 - Jardim Santo Onofre | (12) 99740-4383 CASA DE CULTURA FLÁVIO CRAVEIRO TEATRO DAILOR VARELA Av. Lênin, 200 - Dom Pedro I (12) 3903-2298 CASA DE CULTURA RANCHO DO TROPEIRO ERNESTO VILLELA Rua Ambrósio Molina, 184 - Eugênio de Melo | (12) 3905-1855 CASA DE CULTURA TIM LOPES Av. Ouro Fino, 2520 - Bosque dos Eucaliptos | (12) 3917-1612 NÚCLEO DE AÇÃO CULTURAL DESCENTRALIZADA (NACD) CENTRO DA JUVENTUDE Rua Aurora Pinto da Cunha, 131 - Jd. América | (12) 3932-8709

34 | Festivale 2018

CINE SANTANA Av. Rui Barbosa, 2005 – Santana (12) 3942-1226 MUSEU DE ARTE SACRA SJCAMPOS Travessa Chico Luiz, 67 - Centro (12) 3921-7226 MUSEU MUNICIPAL SJCAMPOS Praça Afonso Pena, 29 – Centro (12) 3921-7587 PARQUE VICENTINA ARANHA Rua Engº Prudente Meirelles de Moraes, 302 - Vila Adyana PARQUE SANTOS DUMONT Rua Engº Prudente Meireles de Morais, 1000 - Vila Adyana TEATRO MUNICIPAL Rua Rubião Júnior, 84 - 3º andar (12) 3942-1144 TEATRO DO SESI Av. Cidade Jardim, 4389 - Bosque dos Eucaliptos | (12) 3936-2611 TEATRO D’ALDEIA Av. Lisboa, 85 - Jd. Augusta (12) 3028-6317 PRAÇA AFONSO PENA PRAÇA CÔNEGO LIMA PRAÇA JOÃO MENDES (Praça do Sapo) Centro - São José dos Campos PRAÇA CÔNEGO MANZI São Francisco Xavier


Ingresso solidArio DOAÇÃO DE 1 LITRO DE ÓLEO As reservas poderão ser feitas pelo site da Fundação Cultural e as trocas serão realizadas com até 15 minutos de antecedência no local de cada apresentação. Todas as doações irão para o Fundo Social de Solidariedade.

CENTRO CULTURAL CLEMENTE GOMES // CENTRO DE ESTUDOS TEATRAIS // GALPÃO ALTINO // AUDITÓRIO ELMANO FERREIRA // TEATRO MUNICIPAL // CASA DE CULTURA CHICO TRISTE // CINE SANTANA // CASA DE CULTURA EUGÊNIA DA SILVA // CASA DE CULTURA LILI FIGUREIRA // CASA DE CULTURA FLÁVIO CRAVEIRO // CASA DE CULTURA RANCHO DO TROPEIRO // CASA DE CULTURA TIM LOPES // MUSEU DE ARTE SACRA // MUSEU MUNICIPAL // CENTRO DA JUVENTUDE // PARQUE VICENTINA ARANHA // PARQUE SANTOS DUMONT // TEATRO DO SESI // TEATRO D’ALDEIA // PRAÇA AFONSO PENA // PRAÇA CÔNEGO MANZI // PRAÇA CÔNEGO LIMA // PRAÇA JOÃO MENDES //


29 de agosto a 9 de setembro de 2018 espetáculos teatrais // intervenções artísticas // palestras e oficinas //

ingresso solidário 1l de óleo reservas online www.fccr.sp.gov.br fccrsjc

Profile for Fundação Cultural Cassiano Ricardo (FCCR)

Festivale 2018  

Programação completa do Festivale - Festival Nacional de Teatro de 2018.

Festivale 2018  

Programação completa do Festivale - Festival Nacional de Teatro de 2018.

Profile for fccrsjc
Advertisement