Page 1

Priorização da Corressão de Defeitos Tarciane de Castro Andrade Fabrício Gomes de Freitas

Grupo de Otimização em Engenharia de Software da UECE


Roteiro 1

Introdução

2

O Problema PCD

3

Abordagem Proposta

4

Experimentos e Resultados

5

Conclusões

Priorização da Correção de Defeitos

GOES.UECE


Introdução

Priorização da Correção de Defeitos

GOES.UECE


Introdução  A atividade de Teste de Software objetiva a identificação dos defeitos

Priorização da Correção de Defeitos

GOES.UECE


Introdução  Como resultado, determina-se uma lista de defeitos:

Priorização da Correção de Defeitos

GOES.UECE


Introdução  Para garantir a qualidade do sistema, os defeitos encontrados devem ser corrigidos.  Asim, o cliente terá o sistema como desejado.

Priorização da Correção de Defeitos

GOES.UECE


Introdução  Além disso, quanto antes um defeito é corrigido, menor é o seu impacto no projeto.

Priorização da Correção de Defeitos

GOES.UECE


Introdução  Assim, os defeitos mais “pioritários” devem ser corrigidos com antecedência.  Com a correção desses defeitos de forma antecipada, consegue-se maior melhoria no impacto no projeto.  Além disso, garantimos a correção dos mais importantes na ocorrência de falta de recursos (tempo, pessoal, …). Priorização da Correção de Defeitos

GOES.UECE


O Problema PCD  O Problema da Priorização da Correção de Defeitos (PCD) trata da determinação da ordem (sequência) de defeitos para correção.  Para resolver o PCD, buscaremos uma ordem que melhor satisfaça três aspectos: • Severidade • Importância • Frequência

Priorização da Correção de Defeitos

GOES.UECE


O Problema PCD  Os significados dos três aspectos são: Severidade • Visão técnica • Impacto do defeito no sistema Importância • Visão de negócio • Impacto do defeito para o Cliente Frequência • Definido de acordo com a ocorrência do defeito

Priorização da Correção de Defeitos

GOES.UECE


O Problema PCD  Desejamos que os defeitos com maiores valores estejam nas primeiras posições (serão corrigidos primeiro). Defeito

A

B

C

D

E

F

Severidade

3

4

4

5

1

2

De fe ito D

De fe ito B

Sev eridade

Sev eridade

5

4

De fe ito C Sev eridade

4

De fe ito A

De fe ito F

Sev eridade

Sev eridade

3

2

Priorização da Correção de Defeitos

De fe ito E Sev eridade

1

GOES.UECE


O Problema PCD  Desejamos que os defeitos com maiores valores estejam nas primeiras posições (serão corrigidos primeiro). Defeito

A

B

C

D

E

F

Severidade

3

4

4

5

1

2

Importância

2

3

4

3

1

1

Frequência

2

4

4

1

5

1

De fe ito D

De fe ito B

Sev eridade

Sev eridade

5

4

De fe ito C Sev eridade

4

De fe ito A

De fe ito F

Sev eridade

Sev eridade

3

2

Priorização da Correção de Defeitos

De fe ito E Sev eridade

1

GOES.UECE


O Problema PCD

Defeito

A

B

C

D

E

F

Severidade

3

4

4

5

1

2

Importância

2

3

4

3

1

1

Frequência

2

4

4

1

5

1

Priorização da Correção de Defeitos

GOES.UECE


Abordagem Proposta  Para priorizar, vamos agregar “pesos” a cada defeito. Menor posição

 Os valores de peso estarão inversamente relacionados à posição do defeito na ordem. Maior peso

Posição :

“Peso”:

1

2

3

4

5

6

Defeito A

Defeito B

Defeito C

Defeito D

Defeito E

Defeito F

6

5

4

3

2

1

Priorização da Correção de Defeitos

GOES.UECE


Abordagem Proposta  Cada defeito contribuirá para o somatório total da ordem de acordo com a fórmula:

Valor do defeito (D) no aspecto

“Posição inversa” de D na ordem

 Ao final, maximizamos o somatório. Priorização da Correção de Defeitos

GOES.UECE


Abordagem Proposta P a r a c o n s e g u ir ma x imiz a r o s o ma t ó r io , o s ma io r e s p e s o s d evem ser ag reg ad o s ao s d e f e it o s c o m ma io r e s v a lo r e s .

E s t a r c o m c o m o s ma io r e s p eso s rep resenta ter as me n o r e s p o s iç õ e s .

O p r o b le ma f o i r e s o lv id o !

Priorização da Correção de Defeitos

GOES.UECE


Abordagem Proposta  A formulaçaõ final do problema é:

Maximizar “Severidade” Maximizar “Importância” Maximizar “Frequência”

Priorização da Correção de Defeitos

GOES.UECE


Experimentos e Resultados  Testes foram realizados com três instâncias:

Instâncias 20 defeitos

100 defeitos

300 defeitos

Priorização da Correção de Defeitos

GOES.UECE


Experimentos e Resultados  Para comparação, foram analisadas três técnicas: Soma • Soma dos valores nos três aspectos • Ordenação decrescente dos valores Produto • Produto dos valores nos três aspectos • Ordenação decrescente dos valores Aleatório • Ordenação efetuada de forma randômica

Priorização da Correção de Defeitos

GOES.UECE


Experimentos e Resultados  Exemplo: Defeito

A

B

C

D

E

F

Severidade

3

4

4

5

1

2

Importância

2

3

4

3

1

1

Frequência

2

4

4

1

5

1

Soma

7

11

12

9

7

4

12

48

64

15

5

2

Produto

Priorização da Correção de Defeitos

GOES.UECE


Experimentos e Resultados  A resolução do problema foi realizada com a metaheurística multiobjetiva NSGA-II.

Priorização da Correção de Defeitos

GOES.UECE


Experimentos e Resultados  20 defeitos:

Priorização da Correção de Defeitos

GOES.UECE


Experimentos e Resultados  100 defeitos:

Priorização da Correção de Defeitos

GOES.UECE


Experimentos e Resultados  100 defeitos:

Priorização da Correção de Defeitos

GOES.UECE


Conclusões  A formulaçaõ proposta de fato representa os desejado.  A abordagem utilizada apresentou resultados melhores que outras técnicas.

Priorização da Correção de Defeitos

GOES.UECE


goes.comp.uece.br

Grupo de Otimização em Engenharia de Software da UECE

Priorização da Correção de Defeitos  

Priorização da Correção de Defeitos Tarciane de Castro Andrade Fabrício Gomes de Freitas

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you