Issuu on Google+

Série Clínica Veterinária na Prática

Odontologia em Pequenos Animais

gorrel00.indd i

17/3/2010 14:17:48


gorrel00.indd ii

17/3/2010 14:17:48


Série Clínica Veterinária na Prática

Odontologia em Pequenos Animais Editor da Série: Fred Nind BVM&S, MRCVS

Cecilia Gorrel BSc MA VetMB DDS MRCVS HonFAVD DipEVDC European and RCVS Recognized Specialist in Veterinary Dentistry

N

gorrel00.indd iii

17/3/2010 14:17:48


Do original: Small Animal Dentistry, Saunders Solutions In Veterinary Practice © 2008 por Elsevier Limited Tradução autorizada do idioma inglês da edição publicada por Saunders – um selo editorial Elsevier Inc. ISBN: 978-0-7020-2871-7  2010 Elsevier Editora Ltda. Todos os direitos reservados e protegidos pela Lei 9.610 de 19/02/1998. Nenhuma parte deste livro, sem autorização prévia por escrito da editora, poderá ser reproduzida ou transmitida sejam quais forem os meios empregados: eletrônicos, mecânicos, fotográficos, gravação ou quaisquer outros. ISBN: 978-85-352-3746-7 Capa Interface/Sergio Liuzzi Editoração Eletrônica Futura Elsevier Editora Ltda. Conhecimento sem Fronteiras Rua Sete de Setembro, nº 111 – 16º andar 20050-006 – Centro – Rio de Janeiro – RJ Rua Quintana, nº 753 – 8º andar 04569-011 – Brooklin – São Paulo – SP Serviço de Atendimento ao Cliente 0800 026 53 40 sac@elsevier.com.br Preencha a ficha de cadastro no final deste livro e receba gratuitamente informações sobre os lançamentos e promoções da Elsevier. Consulte também nosso catálogo completo, os últimos lançamentos e os serviços exclusivos no site www.elsevier.com.br.

NOTA O conhecimento em veterinária está em permanente mudança. Os cuidados normais de segurança devem ser seguidos, mas, como as novas pesquisas e a experiência clínica ampliam nosso conhecimento, alterações no tratamento e terapia à base de fármacos podem ser necessárias ou apropriadas. Os leitores são aconselhados a checar informações mais atuais dos produtos, fornecidas pelos fabricantes de cada fármaco a ser administrado, para verificar a dose recomendada, o método e a duração da administração e as contraindicações. É responsabilidade do veterinário, com base na experiência e contando com o conhecimento do paciente, determinar as dosagens e o melhor tratamento para cada um individualmente. Nem o editor nem o autor assumem qualquer responsabilidade por eventual dano ou perda a pessoas, animais ou a propriedade originada por esta publicação. O Editor

CIP-BRASIL. CATALOGAÇÃO-NA-FONTE SINDICATO NACIONAL DOS EDITORES DE LIVROS, RJ G687o Gorrel, Cecilia Odontologia em pequenos animais / Cecilia Gorrel ; [tradução Carla Augusto Thomaz... et al.]. Rio de Janeiro : Elsevier, 2010. il. -(Clínica veterinária na prática) Tradução de: Small animal dentistry Apêndice Inclui bibliografia ISBN 978-85-352-3746-7 1. Odontologia veterinária. 2. Animais domésticos. I. Título. II. Série. 10-0432.

gorrel00.indd iv

CDD: 636.08976 CDU: 636.09:616.314

17/3/2010 14:17:48


REVISÃO CIENTÍFICA Marco Antonio Gioso Professor Associado da Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia da Universidade de São Paulo (FMVZ-USP) Especialista pelo American Veterinary Dental College, Estados Unidos Coordenador do Laboratório de Odontologia Comparada da FMVZ-USP Médico Veterinário e Cirurgião Dentista

TRADUÇÃO Carla Augusto T. A. Holms (Caps. 17 a 39 e Apêndices) Doutoranda do Departamento de Anestesiologia da FMVZ-USP Médica Veterinária formada pela Universidade Metropolitana de Santos Fernanda Maria Lopes (Caps. 1 a 16) Mestre em Cirurgia pela FMVZ-USP Colaboradora do Laboratório de Odontologia Comparada (LOC) da FMVZ-USP Médica Veterinária autônoma formada pela FMVZ-USP

gorrel00.indd v

17/3/2010 14:17:48


gorrel00.indd vi

17/3/2010 14:17:48


Introdução

A série Clínica Veterinária na Prática é uma nova coleção de livros-texto veterinários, que, nos próximos anos, se tornará uma minibiblioteca, abrangendo todos os principais assuntos na prática de pequenos animais. Os leitores devem compreender que não é a intenção dos autores abordar tudo o que se sabe sobre cada tópico. Dessa maneira, os livros da série não são trabalhos de referência padrão. Na verdade, o objetivo é fornecer informações práticas sobre as situações mais comuns, de uma forma acessível e com base em casos reais: desde os de rotina aos que merecem ser encaminhados a centros de referência. Os livros auxiliarão os clínicos com particular interesse em determinado assunto ou os que se preparam para uma qualificação como especialistas. Os casos encontram-se dispostos de acordo com os sinais apresentados e não pela enfermidade subjacente, uma vez que é essa a maneira como os colegas veterinários deparam-se na clínica. Cada caso apresenta também descrições sobre a afecção relacionada e detalhes sobre os cuidados necessários, tanto na clínica veterinária quanto em casa. Espera-se ainda que, por essa razão, os livros sejam do interesse de estudantes de medicina veterinária dos últimos períodos de curso e de enfermeiros veterinários.1∗ A educação médica continuada é obrigatória para muitos veterinários e uma prática recomendada para outros. Esta série representa um recurso de reciclagem economicamente viável, que pode ser compartilhado entre colegas e utilizado em qualquer lugar. Além disso, permite aos profissionais muito ocupados o acesso rápido a informações confiáveis acerca do diagnóstico e tratamento de casos interessantes e desafiadores. Sua capa resistente foi desenvolvida para proteger contra alguns contaminantes que podem ser encontrados em clínicas veterinárias; é esse o local onde, espera-se, os livros serão utilizados.

Joyce Rodenhuis e Mary Seager foram a inspiração destas obras. O editor e os autores de cada livro lhes são gratos por sua perspicácia em contratar esta série e por seu incansável apoio e orientação durante toda a sua produção.

ODONTOLOGIA Quando me formei como cirurgião veterinário, a odontologia era assunto impopular. A cirurgia dental era básica, brutal e nada popular. Agora esta disciplina floresceu. É notório reconhecer que algumas manifestações de enfermidades dentárias estão associadas a elevados níveis de dor. E perceber a melhora significativa no comportamento e o bem-estar de um paciente com dor crônica após o tratamento odontológico traz uma sensação reconfortante ao profissional, que não é esquecida tão rapidamente. Os instrumentais utilizados em procedimentos odontológicos vêm sendo aprimorados, tornando-os mais fáceis e ampliando os tipos de intervenções que podem ser realizadas. Os cirurgiões veterinários atingiram este patamar, reconhecendo que os casos odontológicos fazem parte do atendimento de qualquer clínico geral. Espera-se que este livro possa auxiliar os profissionais a lidar com tais situações de maneira eficiente, minimizando as frustrações e o estresse que podem estar relacionados a uma técnica inadequada. O livro também ajudará a identificar o que é viável e prático para o clínico geral executar e o que deve ser encaminhado a um especialista. Fred Nind Editor da série

*Nota da Revisão Científica: Observe que em vários trechos deste livro será feita menção ao enfermeiro veterinário; apesar de pouco comum no Brasil, há cursos de formação desses profissionais.

gorrel00.indd vii

17/3/2010 14:17:48


Agradecimentos

Gostaria de agradecer: ● Graeme Blackwood (meu marido) pelo contínuo encorajamento, leitura, revisão e ajuda com as ilustrações ● Sue Vranch (nascida Derbyshire) por sua revisão meticulosa e crítica construtiva ● Minhas amigas, particularmente, Jacqueline Hosford e Carole Hulbert, por seu apoio e encorajamento ● Meu sócio Peter Southerden e toda a equipe de odontologia e cirurgia oral (Sue Vranch, Lisa Milella e Alex Smithson) por seu envolvimento no tratamento da maior parte dos casos apresentados ● Todos os médicos veterinários que me encaminharam casos. Este livro não poderia ter acontecido sem vocês!

gorrel00.indd viii

17/3/2010 14:17:48


Sumário

Agradecimentos Introdução Nota da autora

1

vii ix xi

5

17 Reabsorção radicular – introdução 18 Ausência de sinais clínicos de reabsorção radicular 19 Virtualmente edentados, ausência de sinais clínicos de reabsorção radicular 20 Lesões clínicas e sinais de desconforto 21 Reabsorção radicular idiopática canina

ANATOMIA E FISIOLOGIA 1 O dente e seu periodonto 2 Oclusão

2

3 7

TÉCNICAS DE DIAGNÓSTICO 3 Exame oral e registro odontológico 4 Radiografia

3

6 13 22

DOENÇA PERIODONTAL 5 6 7 8

Doença periodontal – introdução Progressão natural da doença Periodontite em gatos Importância da profundidade da sondagem periodontal 9 Efeitos sistêmicos da periodontite 10 Lesões iatrogênicas

4

31 35 45

22 23 24 25

27 28

52 61 68

105 108 113 116 122

MÁ OCLUSÃO

26

GENGIVOESTOMATITE CRÔNICA 11 Gengivoestomatite – introdução 12 Gengivoestomatite crônica como consequência de periodontite e lesões iatrogênicas 13 Gengivoestomatite crônica associada a FeLV e FIV 14 Gengivoestomatite crônica idiopática com cura pós-extração dentária 15 Gengivoestomatite crônica com cura parcial pós-extração dentária 16 Gengivoestomatite crônica canina

REABSORÇÃO RADICULAR

29 30

Má oclusão – introdução Dente primário persistente Extração interceptiva Técnica do brinquedo de borracha e alveoloplastia Técnica do brinquedo de borracha e aparelhos ortodônticos Encurtamento dentário (amputação de coroa) e tratamento endodôntico Amputação de coroa e endodontia seguida de extrações Extração de dentes permanentes Má oclusão iatrogênica

129 133 137 141 145 150 154 158 162

7 DOENÇA PULPAR E DOENÇA PERIAPICAL 77

79 85 89 94 98

31 Doença pulpar e periapical – introdução 32 Fratura de coroa não complicada com lesões periapicais 33 Fratura de coroa complicada com doença periapical 34 Fraturas de múltiplos dentes e de mandíbula 35 Lesão dentária iatrogênica 36 Fratura de coroa complicada de um dente imaturo 37 Desgaste excessivo 38 Displasia de esmalte 39 Cáries

171 173 177 181 185 190 193 197 201

N

ix

gorrel00.indd ix

17/3/2010 14:17:48


x

SUMÁRIO

APÊNDICES Perguntas Respostas Apêndice 1 Cuidados domésticos: manutenção de higiene oral Apêndice 2 Equipamentos e instrumentais

gorrel00.indd x

209 216

Apêndice 3 Antibióticos e antissépticos

227

Apêndice 4 Endodontia

231

Leituras sugeridas Índice

233 237

218

221

17/3/2010 14:17:48


Nota da autora

A saúde oral é essencial para a sanidade geral e o bemestar de cães e gatos. Os proprietários, muitas vezes, não percebem que seu animal de estimação apresenta desconforto ou mesmo dor. Eles notam a diferença apenas depois que a doença é tratada, sendo comum, durante o retorno, eles relatarem uma mudança significativa no comportamento do paciente. Embora sempre soubesse que as doenças da cavidade oral apresentassem consequências negativas na saúde geral e no bem-estar, foi apenas durante a compilação dos casos para este livro que compreendi o total impacto dos efeitos deletérios que as enfermidades da cavidade oral têm no paciente. A melhora significativa após o tratamento odontológico é o que torna a odontologia e a cirurgia oral tão gratificantes. O objetivo deste livro é promover o conhecimento e, assim, aprimorar o tratamento das afecções da cavidade oral frequentemente observadas na prática clínica de cães e gatos. Este livro não tem o intuito de ser uma referência padrão neste assunto, uma vez que não aborda todos os aspectos da cirurgia oral e odontológica. O formato dos capítulos compreende um sumário resumido sobre a etiologia e a patogênese das enfermidades e condições mais comuns, seguidos pela descrição de casos clínicos. Estes últimos têm o objetivo de ressaltar os procedimentos diagnósticos, opções de tratamento, antecipar complicações e a importância do monitoramento do paciente. Muitas vezes, há diferentes opções de tratamento para uma mesma situação, e a escolha dependerá de uma série de fatores, como saúde sistêmica, conformidade do proprietário com as exigências para cuidados domiciliares e estilo de vida ou função exercida pelo animal (isto é, se o cão é de estimação ou de trabalho). O objetivo da odontologia veterinária é ter um animal que apresente conforto com uma mordida funcional; a estética é uma consideração secundária. A odontologia engloba afecções de todas as estruturas da cavidade oral, ou seja, dentes (tecidos duros e periodonto), mucosa oral, glândulas salivares etc. Algumas condições podem ser tratadas com sucesso na clínica geral e outras precisam ser encaminhadas a especialistas para tratamento. O clínico geral deve reconhecer estas afecções, ser capaz de efetuar um completo plano diagnóstico, per-

gorrel00.indd xi

ceber o significado dos achados clínicos e instituir o tratamento necessário (domiciliar ou encaminhamento). As afecções orais são um desafio diagnóstico, e, muitas vezes, diversas enfermidades estão presentes simultaneamente na cavidade oral. Os sinais clínicos apresentados raramente são específicos, por exemplo, mau hálito, alterações de apetite e disfagia geralmente são indicativos de algum tipo de problema na cavidade oral, mas não são específicos para determinada afecção. As manifestações clínicas da doença geralmente não são detectadas durante o exame clínico com o paciente consciente, assim o exame completo da boca e dos dentes, incluindo a radiografia odontológica, deve ser efetuado sob anestesia geral, a fim de se avaliar a extensão da lesão e planejar o tratamento. Em minha experiência, é comum o paciente ser encaminhado para mim com um diagnóstico que não corresponde à causa do problema. A importância do exame oral completo sob anestesia geral não deve ser subestimada, devendo ser realizado em qualquer animal com suspeita de enfermidade oral. Em resumo, o diagnóstico e o planejamento do tratamento não devem ser baseados nos sinais apresentados. Se isso for feito, a chance de se efetuar o diagnóstico errôneo ou o tratamento incorreto é grande. Animais que apresentam suspeita de enfermidade dentária ou oral necessitam, no mínimo, do exame oral minucioso sob anestesia geral, antes de estabelecer o diagnóstico e o tratamento. Para uma referência rápida no livro, a Tabela 1 a seguir apresenta os achados clínicos mais comuns no exame sob anestesia geral vinculados aos casos relatados neste livro. As Seções 1 e 2 do livro resumem informações mais relevantes acerca da anatomia dentária e oral, e detalham o exame oral, a ficha de exame odontológico e a radiografia. O planejamento é o mesmo em todos os casos e foi desenvolvido para detectar condições patológicas subjacentes ou que não sejam aparentes de imediato, e que são a raiz do problema do paciente. Todos os achados devem ser anotados em uma ficha de exame odontológico. Então, uma lista do problema pode ser seguida e outras investigações serem efetuadas, caso necessárias. A radiografia é essencial na maioria dos casos.

N

xi

17/3/2010 14:17:48


xii

CASOS CLÍNICOS

Tabela 1 Achados clínicos sob anestesia geral Lesões cavitárias Capítulo 20 – Lesões clínicas e sinais de desconforto Capítulo 21 – Reabsorção radicular idiopática canina Capítulo 39 – Cáries Descoloração dentária Capítulo 21 – Reabsorção radicular idiopática canina Capítulo 34 – Fraturas de múltiplos dentes e de mandíbula Tratos fistulosos Capítulo 32 – Fratura de coroa não complicada com lesões periapicais Capítulo 35 – Lesão dentária iatrogênica Displasia de esmalte Capítulo 38 – Displasia de esmalte Desgaste dentário excessivo (Atrição e/ou abrasão) Capítulo 34 – Fraturas de múltiplos dentes e de mandíbula Capítulo 37 – Desgaste excessivo Gengivite Capítulo 6 – Progressão natural da doença Capítulo 7 – Periodontite em gatos Capítulo 8 – Importância da profundidade da sondagem periodontal Capítulo 9 – Efeitos sistêmicos da periodontite Capítulo 10 – Lesões iatrogênicas Capítulo 12 – Gengivoestomatite crônica como consequência de periodontite e lesões iatrogênicas Capítulo 15 – Gengivoestomatite crônica com cura parcial pós-extração dentária Capítulo 18 – Ausência de sinais clínicos de reabsorção radicular Capítulo 20 – Lesões clínicas e sinais de desconforto Capítulo 21 – Reabsorção radicular idiopática canina Capítulo 23 – Dente primário persistente Capítulo 24 – Extração interceptiva Capítulo 27 – Encurtamento dentário (amputação de coroa) e tratamento endodôntico Capítulo 28 – Amputação de coroa e endodontia seguida de extrações Capítulo 29 – Extração de dentes permanentes Capítulo 30 – Má oclusão iatrogênica Capítulo 32 – Fratura de coroa não complicada com lesões periapicais Capítulo 33 – Fratura de coroa complicada com doença periapical Capítulo 34 – Fraturas de múltiplos dentes e de mandíbula Capítulo 35 – Lesão dentária iatrogênica Capítulo 36 – Fratura de coroa complicada de um dente imaturo Capítulo 37 – Desgaste excessivo Capítulo 38 – Displasia de esmalte Capítulo 39 – Cáries

gorrel00.indd xii

Gengivoestomatite Capítulo 12 – Gengivoestomatite crônica de periodontite e lesões iatrogênicas Capítulo 13 – Gengivoestomatite crônica FIV Capítulo 14 – Gengivoestomatite crônica pós-extração dentária Capítulo 15 – Gengivoestomatite crônica pós-extração dentária Capítulo 16 – Gengivoestomatite crônica

como consequência associada a FeLV e idiopática com cura com cura parcial canina

Aumento de volume ósseo Capítulo 33 – Fratura de coroa complicada com doença periapical Capítulo 35 – Lesão dentária iatrogênica Fratura de mandíbula e/ou maxila Capítulo 9 – Efeitos sistêmicos da periodontite Capítulo 10 – Lesões iatrogênicas Mal-oclusão Capítulo 23 – Dente primário persistente Capítulo 24 – Extrações interceptivas Capítulo 27 – Encurtamento dentário (amputação de coroa) e tratamento endodôntico Capítulo 28 – Amputação de coroa e endodontia seguida de extrações Capítulo 29 – Extração de dentes permanentes Capítulo 30 – Má oclusão iatrogênica Ausência dentária Capítulo 6 – Progressão natural da doença Capítulo 18 – Ausência de sinais clínicos de reabsorção dentária Capítulo 19 – Virtualmente edentados, ausência de sinais clínicos de reabsorção radicular Capítulo 20 – Lesões clínicas e sinais de desconforto Capítulo 21 – Reabsorção radicular idiopática canina Capítulo 34 – Fraturas de múltiplos dentes e de mandíbula Capítulo 35 – Lesão dentária iatrogênica Locais de extração dentária sem cura Capítulo 7 – Periodontite em gatos Capítulo 13 – Gengivoestomatite crônica associada a FeLV e FIV Comunicação oronasal Capítulo 9 – Efeitos sistêmicos da periodontite Periodontite Capítulo 7 – Periodontite em gatos Capítulo 8 – Importância da profundidade da sondagem periodontal Capítulo 9 – Efeitos sistêmicos da periodontite Capítulo 10 – Lesões iatrogênicas

17/3/2010 14:17:48


Casos clínicos

xiii

Tabela 1 (continuação) Capítulo 12 – Gengivoestomatite crônica como consequência de periodontite e lesões iatrogênicas Capítulo 37 – Desgaste excessivo Dentição decídua persistente Capítulo 23 – Dente primário persistente Raízes remanescentes Capítulo 7 – Periodontite em gatos Capítulo 9 – Efeitos sistêmicos da periodontite Capítulo 10 – Lesões iatrogênicas Capítulo 12 – Gengivoestomatite crônica como consequência de periodontite e lesões iatrogênicas Capítulo 13 – Gengivoestomatite crônica associada a FeLV e FIV Fratura dentária coronal Capítulo 12 – Gengivoestomatite crônica como consequência de periodontite e lesões iatrogênicas Capítulo 21 – Reabsorção radicular idiopática canina Capítulo 27 – Encurtamento dentário (amputação de coroa) e tratamento endodôntico

Sugere-se que os leitores deste livro se familiarizem com as Seções 1 e 2 antes de darem sequência às Seções 3 a 7. As Seções 3 a 7 abordam as seguintes afecções comumente observadas: ● Doença periodontal ● Gengivoestomatite crônica ● Reabsorção radicular ● Má oclusão ● Doenças pulpares e periapicais. Para cada condição ou doença descrita, há um breve sumário sobre a etiopatogenia e, então, a descrição dos casos. A última inclui desde casos claros e objetivos até os mais complexos. Cada caso contém, ainda, uma revisão

Capítulo 32 periapicais Capítulo 33 periapical Capítulo 34 Capítulo 36 imaturo

– Fratura de coroa não complicada com lesões – Fratura de coroa complicada com doença – Fraturas de múltiplos dentes e de mandíbula – Fratura de coroa complicada de um dente

Lesões traumáticas em tecidos moles (lábio e/ou mucosa oral) Capítulo 7 – Periodontite em gatos Capítulo 18 – Ausência de sinais clínicos de reabsorção radicular Capítulo 25 – Técnica do brinquedo de borracha e alveoloplastia Capítulo 26 – Técnica do brinquedo de borracha e aparelhos ortodônticos Capítulo 27 – Encurtamento dentário (amputação de coroa) e tratamento endodôntico Capítulo 28 – Amputação de coroa e endodontia seguida de extrações Capítulo 29 – Extração de dentes permanentes

teórica, fazendo com que sejam relatos clínicos independentes, facilitando a leitura. Inevitavelmente, isso torna a teoria repetitiva entre diferentes casos apresentados. Para se tirar maior proveito deste livro, a leitura completa das Seções 1 e 2 faz-se necessária. Os casos das Seções 3 a 7 podem, então, ser usados como referência para auxiliar na determinação tanto do diagnóstico exato quanto do plano de tratamento. Os casos são apresentados de forma que o leitor possa esboçar a sua própria lista de problemas e de tratamento, baseada em meus achados de exame oral e, assim, compará-los com o que foi efetivamente realizado.

Cecilia Gorrel

N

gorrel00.indd xiii

17/3/2010 14:17:48


gorrel00.indd xiv

17/3/2010 14:17:48


agrolivros_sumario.dontologia