Issuu on Google+

nº 17 - AbrilDE de 2010 ANO 5 - EDIÇÃO Nº 60 - DEZEMBRO DE 2013 Edição - ANIVERSÁRIO 5 ANOS

Publicação Mensal - Ano 5

ESPERANCAVC@GMAIL.COM

Edição nº 60 - Novembro de 2013

FELIZ NATAL E PRÓSPERO ANO NOVO 18 ANOS DE EMANCIPAÇÃO DE VESPASIANO CORRÊA 5 ANOS DE FUNDAÇÃO DO JORNAL ESPERANÇA

NOSSOS VEREADORES FORAM A BRASÍLIA

DESCASO COM O CENTRO DA CIDADE É VISÍVEL

INCOMPETÊNCIA OU VINGANÇA? EMATER NA BERLINDA EX-PRESIDENTE DA CÂMARA TERÁ QUE DEVOLVER DINHEIRO RETROSPECTIVA 2013

Casaram no dia 23 de novembro, na Igreja Matriz São João Batista,Luiza Lucca e Ricardo Rosolen. Os noivos recepcionaram os convidados numa linda festa no Clube de Muçum.

Casaram, no dia 16 de novembro, na Igreja Matriz São João Batista, Roberta Cristina Cuppini e Moisés Finato. Os noivos recepcionaram os convidados numa linda festa no Galpão do Seu Chico.


JORNAL ESPERANÇA

EDIÇÃO FECHADA EM 10/12/2013 ÀS 20:00

WWW.ESPERANCA.JOR.BR

Notas do Pasquim Por Fábio Burch Salvador* www.fabiobs.com.br

Receitas de Ocasião

COPA DO MUNDO João Baptista Figueiredo, último presidente do Regime Militar, conversando com João Havelange (da CBF), há uns 30 anos atrás: "Havelange, você conhece uma favela do Rio? Conhece a seca do nordeste? Você conhece os números da pobreza no Brasil? Com essa realidade, você acha que eu vou gastar dinheiro com estádio de futebol? Não vou! E, enfie essa tal de Copa do Mundo no buraco que você quiser!" - Figueiredo era grosso mas tinha bom senso.

FRASES E BORDÕES DO MÊS A ignorância é o que permite que se viva sorridente mesmo que se esteja no inferno. Comprar um carro de luxo é a forma mais eficiente de ficar pobre fazendo pose de rico. De tanto ser seguidos por puxa-sacos e ganhar tapinhas nas costas, alguns políticos já nem distinguem quando o que vem por trás é o abraço do Brucutu. O pior vendido é o sujeito que até se vende, mas não se entrega. Toda argumentação é inútil quando alguém está plenamente convicto na decisão de fazer alguma besteira. Um faixa-preta é apenas um faixa-branca que nunca desistiu. Essa frase não é minha, e também não se aplica apenas às artes marciais.

BOLO DE MORANGO INGREDIENTES 1 kg de filé-mignon sem gordura 2 colheres (sopa) de azeite Tempero pronto a gosto 150 ml de molho de soja

1 colher (sopa) de mostarda 300g de champignon cortado em lâminas 1 lata de cerveja preta Cheiro-verde ou coentro (opcional)

MODO DE PREPARO Corte o filé-mignon em pedaços. Em uma frigideira antiaderente funda, adicione o azeite, o tempero pronto e a carne cortada em cubos. Frite até a carne perder o tom rosado. Adicione o molho de soja, a mostarda e o champignon. Deixe fritar mais um pouco, mexendo às vezes, e abaixe o fogo. Quando começar a borbulhar despeje a cerveja e misture. Cozinhe até ficar cremoso. Polvilhe o cheiro-verde ao servir.

O OLHOS DA LEANDRA

Agradecimentos à Claudete Baldo

Nesta edição temos nossa contracapa com os aniversariantes - e como sempre, temos meninas muito lindas. Mas fiquei impressionado com a Leandra Baldasso, 15 anos. Que olhos! Se eu não tivesse recebido a imagem original, acharia que foram feitos no Photoshop! E mesmo com tecnologia, seria preciso muita imaginação para criar olhos tão bonitos. * Fábio é jornalista diplomado. Registro no MTb 12546 desde 20/01/2006.

Saúde: bem estar de todos Por Luana Gracioli*

ENDOMETRIOSE Endometriose é uma doença caracterizada pela presença de tecido endometrial (tecido que reveste o útero internamente) fora da cavidade uterina.

Como se desenvolve? A causa exata é desconhecida. Uma teoria sugere que durante a menstruação as células do endométrio passariam através das trompas de Falópio para a cavidade peritoneal abdominal, onde se implantariam. Os locais mais comuns de implantação são os ovários, trompas de Falópio, superfície externa do útero e septo reto-vaginal (área entre a vagina e o reto). A cada menstruação este tecido endometriótico sangra causando dor pélvica, dor durante a relação sexual, queixas urinárias, intestinais e infertilidade.

Os sintomas : Dismenorréia severa (dor pélvica cíclica que ocorre antes e durante a menstruação), dispareunia (dor durante ou logo após o ato sexual), dor pélvica crônica, infertilidade, sintomas urinários com micções dolorosas, dor na região lombar baixa (costas), desconforto abdominal.

Como se faz o diagnóstico? O diagnóstico geralmente inclui uma laparoscopia que é um procedimento cirúrgico ambulatorial onde uma câmara é inserida na cavidade abdominal através do umbigo, permitindo identificar as lesões e determinar a extensão da doença. A retirada de um pequeno fragmento de tecido suspeito (biópsia) para a realização de um exame anatomopatológico dará o diagnóstico de certeza.

Calendário de Eventos Dezembro 13 15 20 21 22

(sexta) (domingo) (sexta) (sábado) (domingo)

23 (segunda) 24 (terça) 25 (quarta) 26 (quinta) 27 (sexta) 28 (sábado) 31 (terça)

Natal da Criança - Escola Municipal. Torneio do Boi - Linha Fernando Abott. Calçadão ACIVEC, na Sede. Calçadão ACIVEC, na Sede. Calçadão ACIVEC, e corrida de carrinhos de rolimã no Acesso dos Plátanos, na Sede. Programação em comemoração à Semana do Município. Programação em comemoração à Semana do Município. Natal. Programação em comemoração à Semana do Município. Programação em comemoração à Semana do Município. 18 anos de Emancipação do Município, na Sede. Véspera do Ano Novo.

Como se trata? O tratamento vai depender da idade da paciente, da extensão da doença, da severidade dos sintomas, da duração da infertilidade e dos planos reprodutivos do casal. A ressecção das lesões por laparoscopia aumenta as chances de gestação em mulheres inférteis. Os tratamentos incluem desde a observação em pacientes assintomáticos e não desejosas de gestação, uso de analgésicos para a dor moderada, a interrupção dos ciclos menstruais com ACO usados de modo continuo por 6-12 meses, progesterona de uso diário ou depósito ,medicamentos que inibem o funcionamento dos ovários e os tratamentos cirúrgicos , destruindo o tecido endometrial, removendo todas as lesões e restaurando a anatomia pélvica tanto quanto possível.

Como se previne? Não existe prevenção da endometriose que afeta as mulheres em seus anos reprodutivos, mas aquelas que usam anticoncepcionais orais para o controle da gestação tem menor incidência da doença. * Luana é formada em Enfermagem. luana@dagracioli.com.br

Jornal Esperança Publicação Mensal - Email: esperancavc@gmail.com Rua Gustavo Adolfo Albrecht, 45 - Estalagem - Viamão/RS Responsável: Artur Gattino - (51) 8475.9667 - gattini.a@hotmail.com Fotos: Carlo Adriano da Silva (e algumas da Internet, claro) - 9898-9220. Diagramação: Fábio Salvador - (51) 9138.5686 fabio.salvador8@gmail.com Nota: O Jornal Esperança e seus responsáveis não se responsabilizam pelas opiniões emitidas pelos colunistas, ficando tais textos sob total responsabilidade de seus autores.

www.esperanca.jor.br


nº 17 - AbrilDE de 2010 ANO 5 - EDIÇÃO Nº 60 - DEZEMBRO DE 2013 Edição - ANIVERSÁRIO 5 ANOS

ESPERANCAVC@GMAIL.COM

A Voz da Comunidade

Por Alexandre Marcolin Fávero* Suplentes A bancada do PMDB, atendendo a entendimento do partido, sempre fez rodízio do mandato na Câmara, permitindo que os suplentes assumam. Este ano assumiram Jandir Michelon, Maicon Bastiani, Paula Capitâneo e Edson Telles.

Ausência O vereador Alexandre Fávero ocupou a tribuna para dizer ao colega Ilto, que este se aproveitou de sua ausência em sessão para propor uma investigação por falta de decoro parlamentar. Segundo Ilto, Alexandre teria faltado com a verdade quando disse que durante a realização da Expovespa ele havia vendido alimentação sem nota fiscal. Disse ainda que o filho do vereador chegou a encaminhar um pedido ao presidente da Casa para investigar a afirmação do vereador.

Imunidade O vereador Alexandre ainda disse que certamente Ilto e seu filho não conhecem a lei, pois ele goza da imunidade parlamentar por suas opiniões, palavras e votos dentro do município, e se fez alguma acusação falsa, poderia responder a processo movido pelos prejudicados, o que ainda não aconteceu. Falou que se algum vereador se sentir prejudicado pode pedir dentro ou fora da Câmara seus direitos. Mas para isto tem que seguir o que diz o Decreto Lei 201/67 e conseguir seis vereadores para cassar o seu mandato. Disse ainda, que o filho do vereador deveria ter ficado calado e não querer, como o PP sempre fez desde a ditadura, amedrontar as pessoas com ameaças e processos. Exigiu ser tratado como vereador e não como moleque submisso a seus chefes.

Contraponto O vereador Ilto Michelon respondeu ao vereador Alexandre dizendo que explorou, sim, um comércio na Expoovespa, mas tudo foi feito dentro da lei e as notas fiscais foram extraídas. Falou que é um homem direito, trabalhador e honesto e que tem orgulho de seu filho que é uma pessoa de bem.

Calendário Disse ainda o vereador Ilto que se fez um calendário de eventos no município, mas que não está sendo cumprido, pois estão sendo feitas festas fora da programação. Conclamou ao Conselho Paroquial e à Prefeitura para que tomem providências. Disse que iria a Brasília para aprender um pouco mais e pedir mais ajuda para o município.

Futebol de Campo O vereador Remir Bagnara disse, na tribuna, que o ano está terminado e o campeonato de futebol de campo não saiu, considerando isso uma grande perda para o município, especialmente para os mais jovens. Conclamou a não deixar morrer esta tradição, pois isto é qualidade de vida que vai se jogando fora. Disse que a pratica do esporte é uma atividade sadia e mais tranqüila, pedindo que o líder do governo levasse ao prefeito esta preocupação.

Temporal O vereador Remir ainda disse que, juntamente com sua bancada, havia solicitado ao prefeito um levantamento referente às perdas dos produtores e da comunidade depois das ultimas chuvas de granizo e que até o momento não havia recebido nenhum resposta. Este pedido e denúncia também havia sito feita pelo vereador Alexandre na mesma sessão. Pediu providências sobre o fato na Linha Lucano Conedera, Santo Antonio e Eduardo Ghinler, considerando que todos têm os mesmos direitos.

Aline Beline A vereadora Aline Beline ocupou a tribuna para dizer que entraram com um processo contra ela referente às diárias dos vereadores que foram a Brasília em 2011, quando era presidente da Câmara, e que por conseqüência disso, face a duas interpretações terá que devolver valores pagos a mais aos mesmos. NOTA DA REDAÇÃO: No parecer do TCE sobre as contas da vereadora em 2011, não consta nenhuma denúncia sobre o fato, - foi apontada a irregularidade por conta de auditoria normal do Tribunal.

Remir O vereador Remir pediu ao líder do governo para que leve ao prefeito pedido para que conserte a estrada do senhor Ademir Demarchi, pois ali moram vários leiteiros que necessitam de um bom acesso. Disse que vai pedir recursos através do deputado Alceu Moreira, juntamente com sua bancada.

Luciana A vereadora Luciana se solidarizou com a colega Aline, que terá que devolver valores pagos a maior, dizendo estaria apenas aguardado a atualização dos valores.

Aline A vereadora reconheceu ser uma pessoa arrogante e prepotente, e quanto a isto não tem problema, pois não se preocupa com a opinião dos outros. Insistiu em dizer que é assim e vai continuar sendo, não precisando da solidariedade de ninguém. “Que fique registrado que não foi roubo”, concluiu a vereadora.

Renúncia O vereador Alexandre Favero disse que votaria a favor do projeto que concedia desconto de 70% sobre os juros de dívidas do contribuinte junto à Prefeitura, mas que queria que tal desconto também fosse dado aos que pagam o IPTU. Argumentou que se é justo dar desconto para quem deve, muito mais justo é conceder para quem paga à vista, considerando que tal desconto é, sim, renuncia de receita. Disse que o Prefeito negouse a dar desconto no IPTU pelo fato de ser renúncia de receita, mas que no caso presente continua sendo. Voltou a pedir isenção para aposentados e pensionistas e desconto para quem pagar a vista.

Jucélia Disse a vereadora Jucélia Dachery que a ida a Brasília foi maravilhosa, pois era a sua primeira vez lá. Falou que pôde conhecer a Câmara Federal e o Senado e saber como os deputados e senadores trabalham. Disse que promessas de verbas existem, mas são apenas promessas. Parabenizou o Clube de Mães pela janta das lasanhas e da festa da Linha Ernesto Alves, que foram um sucesso. Novato O novato vereador Edson Teles, que assumiu no lugar do colega Remir Bagnara, ocupou a tribuna para alertar às autoridades sobre os males causados pelas drogas como o crack. Disse que famílias inteiras são destruídas pelas drogas, e especialmente os mais jovens são atraídos para o consumo tornando-se dependentes. Considerou as drogas uma droga e pediu ao Prefeito, através de Indicação, que faça uma campanha de esclarecimento sobre os males das drogas, prevenindo, assim, o seu consumo.

Outras O vereador Ilto Michelon disse que é solidário com a proposta de Moção da bancada do PMDB pedindo a não extinção da Emater, qualificando esta medida como fora de propósito, pois é preciso que o agricultor fique na roça, e a entidade presta um grande serviço para isto. Pediu para também assinar a Moção, o que foi aceito. Parabenizou o vereador Edson Teles pela iniciativa de pedir uma campanha de esclarecimento sobre os males das drogas, especialmente aos mais jovens, destacando o trabalho realizado pela Brigada Militar na cidade. Todos os vereadores que usaram da tribuna deram boas vindas ao colega Teles, colocando-se a sua disposição, como foi o caso da vereadora Luciana Dachery, que classificou o vereador como uma pessoa muito boa. A vereadora também parabenizou o Clube de Mães. Nota da redação: Estas matérias foram extraídas das atas números 037, 038 e 039, deixando de constar outros acontecimentos na Câmara municipal, por falta de espaço. Nesta edição, alguns outros assuntos envolvendo a Câmara constam de matéria em separado.

DESCASO OU VINGANÇA Como é do conhecimento de todos, o atual prefeito perdeu na votação de todas as quatro urnas do centro da cidade. O resultado desta votação foi a diferença de apenas 134 votos a seu favor no geral (área urbana e interior), considerando que era candidato preferencial e tinha uma história política como prefeito reeleito por duas vezes anteriormente. Até aí está tudo certo. Mas para um prefeito acostumado a ganhar eleições em todas as mesas eleitorais, sendo considerado uma papavotos, o resultado na cidade, certamente não foi muito confortável. É certo que parte de muitos eleitores das Linhas Santo Antonio e Dona Isaura, votam no Centro, mas também é verdade que a maioria esmagadora mora e vive ali. Depois do resultado, a oposição, que já vinha pedindo melhorias no centro, como por exemplo, a canalização do esgoto principal, iluminação pública e outras, teve seus pedidos esquecidos pelo governo. Os problemas se agravaram, e além daqueles que já são tradicionais, vieram outros, como a canalização feita no terreno dos Coser, que continua com as bocas de lobo abertas e sem conclusão ou limpeza. Muito mais que isso, outros problemas estruturais aumentaram, luzes apagadas na rua, buracos, poeira, falta de água, viagens longas para atendimento médico e muito mais. Em matéria nesta edição, foram relacionados alguns destes problemas, mas o certo é que, conhecendo a forma como governa o atual prefeito, não é difícil imaginar que seria capaz de engendrar contra as pessoas que moram no centro algum tipo de vingança, qual seja, deixar de fazer obras urbanas. Não posso aqui afirmar com convicção que tenha sido o prefeito motivado por este sentimento mesquinho de querer se vingar, mas para um governo, que pelo seu líder na Câmara diz que a cidade é um paraíso, se dando ao luxo de deixar aplicado em poupança, durante o ano inteiro, mais de dois milhões de reais, seria esta uma explicação razoável. A cada dia vemos mais e mais problemas de sujeira, mau cheiro nas bocas de lobos, que foram lacradas ou tapadas, esgoto a céu aberto, buracos e falta de planejamento geral. Se o governo busca privilegiar os seus, dando-lhes concessões em prejuízo de outros que não lhe apoiam, que explicação razoável teríamos para justificar o abandono do centro da cidade? Vingança? Revanche? Talvez ninguém tenha esta resposta, mas é muito certo que algum motivo há para que tal situação esteja acontecendo. Basta ver, por exemplo, o orçamento do ano que vem, quando o prefeito pretende investir em saneamento urbano apenas 0,45 %, que corresponde a R$ 44.000,00 de uma receita estimada em mais de 9 milhões. Investirá apenas R$ 47.000,00 (0,48%) no comercio e serviços. Estes dados reais mostram que o abandono não é apenas na não prestação de serviços urbanos, mas na política de orçamento adotado pelo prefeito e seu partido. Talvez esteja enganado a respeito de dizer que está querendo se vingar do povo que não votou nele, mas estou convencido pelos dados do orçamento de que ele não vai investir o suficiente na zona urbana, aliás, onde perdeu as eleições. Deus queira que eu esteja errado, mas quem haverá de julgar esta meia verdade? * Empresário e vereador em 3º mandato. O mais votado de 2012.

ÁREA INDUSTRIAL Há algum tempo, a Prefeitura Municipal comprou uma área na Linha Tenente Fialho para retirar saibro. Foram gastos 60 mil reais e, segundo consta, a dita área se encontra disponível, uma vez que o material ali existente esgotou-se. Também comprou uma grande área ao lado direito do acesso secundário, sentido Centro–RS, certamente para que ali pudesse ser instalado um distrito industrial. Mas em nenhuma destas áreas foi feito qualquer investimento. Atualmente o único local onde estão instalados alguns empreendimentos é no prédio da Baldo, que fica no centro da cidade. Talvez pudesse a Prefeitura começar a estudar, com o auxilio da ACIVEC, a implantação de um polo industrial, melhor auxiliando vários empreendimentos pequenos a funcionar. Naturalmente, questões ligadas ao licenciamento ambiental e à colocação de infraestrutura deveriam ser levadas em muita consideração, mas é certo que o município não pode deixar para outras gerações esta responsabilidade industrial.


JORNAL ESPERANÇA

4

EDIÇÃO FECHADA EM 10/12/2013 ÀS 20:00

WWW.ESPERANCA.JOR.BR

POLÍTICA

EMATER NA BERLINDA AMEAÇADA DE ENCERRAR SUAS ATIVIDADES NO ESTADO, ENTIDADE REALIZA AUDIENCIA PÚBLICA COM APOIO DE DEPUTADOS E AUTORIDADES A Emater/Ascar vem respondendo a um processo judicial que busca cassar-lhe o caráter filantrópico, o que lhe dá a condição de ser imune à cobrança de INSS, por exemplo. Este processo se arrasta há vários anos e, agora, por conta de uma Ação Popular movida contra uma decisão superior assinada por vários deputados, três ex-governadores, os três senadores do Rio Grande do Sul e por dezenas de entidades, foi concedida uma liminar mantendo a filantropia. Ocorre que recentemente esta liminar foi cassada, voltando a pairar sobre a Emater a ameaça de dissolução. Por esta razão, os deputados estaduais Edson Brum (PMDB), Presidente da Comissão de Agricultura, Pecuária e Cooperativismo, e Jeferson Fernandes (PT), Presidente da Comissão de Cidadania e Direitos Humanos da Assembléia Legislativa do Estado, propuseram uma Audiência Pública para mobilizar servidores, entidades e deputados, na busca de um encaminhamento junto a Justiça Federal mostrando a realidade da vida da entidade. A Audiência Pública ocorreu no dia 02 de dezembro, na Casa do Gaúcho, em Porto Alegre, e contou com a presença de mais de três mil pessoas. Estavam presentes além de vários deputados estaduais e federais, 250 prefeitos, 80 vices, 400 vereadores, presidentes de Sindicatos Rurais e de Trabalhadores Rurais, entidades de classe e servidores. Por conta da presidência dos trabalhos nas pessoas do deputado Edson Brum e Jeferson Fernandes, foi redigido um manifesto a ser entregue junto à Justiça Federal, onde foi explicitamente mostrado o fim filantrópico da Emater. Na audiência estavam

presentes, ainda, o Vice-Governador Beto Gril, e o presidente da Emater/Ascar Lino De Davi, bem como o ex-governador Alceu Colares. Representando o município de Vespasiano Corrêa, estavam presentes o Presidente do Sindicato de Trabalhadores Rurais, Rudi Bagnara, o Secretário Municipal de Agricultura, Volmir Dachery e a encarregada do escritório da Emater, Senhora Nadia Pilotto. A presença destas autoridades mostra a importância da Emater no município, cuja extinção trará sérios

CÂMARA DEVERÁ VOTAR O ORÇAMENTO DO MUNICIPIO ANTES DO FINAL DO ANO Atendendo ao que determina a lei, a Câmara Municipal está examinando o projeto de lei que estima a receita e fixa a despesa do município para o exercício de 2014. Segundo entendeu o Prefeito Municipal, a quem cabe o envio da matéria à Câmara, está prevista uma arrecadação de R$ 9.822.577,00 (quase dez milhões) para o ano que vem. Nesta previsão estão previstas várias receitas, destacando-se aquelas que vêm do governo federal e do Estado. Na justificativa da matéria, o prefeito argumenta, por exemplo, que houve uma arrecadação a maior no valor de meio milhão de reais. Outro fato citado foi o gasto com pessoal que não ultrapassou os 37% da receita, quando poderia ser de 54% de acordo com a Lei de Responsabilidade Fiscal. Disse o prefeito que este percentual gasto com seu pessoal permitiu a conservação do patrimônio do município, como também a ampliação nos serviços oferecidos à população. A distribuição das aplicações em cada setor ficou assim em percentuais: Saúde, 23,97%; Transportes, 19,97%; Administração, 16,22%; Educação, 13,18%; Agricultura, 9,19%; Legislativo, 6,59%; Urbanismo, 3,18%; Assistência Social, 2,55%; Encargos Especiais, 2,05%; Industria, 1,02%; Cultura, 0,89%; Comercio e Serviços, 0,48%; Saneamento, 0,45%; Desporto e Lazer, 0,15% e Segurança, 0,11%.

Se olharmos estes percentuais sob ponto de vista de valores, veremos, por exemplo, que setores foram vilmente prejudicados, como é o caso da agricultura, Assistência Social, Cultura, Desporto e Lazer, Industria e Segurança. Um outro dado muito interessante refere-se ao que será gasto com pagamento de pessoas físicas e jurídicas, cujos valores ultrapassam um milhão de reais. Serão gastos mais de 10% da receita com prestadores de serviços, valores estes que bem poderiam ser aplicados num quadro de pessoal qualificado para baratear tais valores. Este dado serve para justificar, por exemplo, o fato de a prefeitura se gabar em gastar apenas 37% da receita com pessoal, afinal, o maior volume de recursos vai para prestadores de serviços. Outro dado importante é a previsão de receitas pelas aplicações de dinheiro em poupança, que continuará sendo uma pratica do atual governo. Deixa de investir a favor do povo, para manter altos valores aplicados nos bancos para render juros. A bancada de vereadores do PMDB apresentou emendas ao orçamento, destinando mais recursos para agricultura, segurança pública e desporto comunitário. O orçamento tem que ser aprovado antes do final do ano, para poder valer para o ano que vem.

prejuízos à economia local. Na Câmara Municipal, o vereador Alexandre Fávero (PMDB) usou da tribuna para exaltar o trabalho da extensão rural e do auxilio que vem sendo prestado ao produtor rural, especialmente aos pequenos. Saudou a representação do município na Audiência Pública, requerendo em nome da bancada do PMDB, que se encaminhasse uma Moção de apoio à permanência da Emater/Ascar no Rio Grande do Sul, considerando os relevantes serviços prestados a economia rural.

EDSON BRUM E AS ESTRADAS O deputado Edson Brum (PMDB), usou o espaço do Grande Expediente na tarde do dia 14 de Novembro, para abordar o estado das estradas gaúchas. Com o tema “As estradas do Rio Grande”, falou sobre a falta de investimentos. “A situação do Estado do RS é grave. Além de enfrentar precariedade de toda ordem em termos de estradas, por onde circula dois terços de tudo que é produzido no campo ou na cidade, os investimentos na chamada infraestrutura econômica não passam do estágio das expectativas, de promessas que são infinitamente mais demoradas para os gaúchos. Podemos até mesmo ter fortes divergências sobre as opções do governo brasileiro, mas o fato concreto mostra que estamos de fora até mesmo do Programa de Investimentos em Logística. Exclusão esta que não se dá nem mesmo por razões ideológicas supostamente avessas às parcerias privadas, mas sim por conta de uma letargia do Governo Tarso que, em bom português, é um governo lerdo quando o assunto diz respeito às nossas rodovias.”, disse o deputado.


nº 17 - AbrilDE de 2010 ANO 5 - EDIÇÃO Nº 60 - DEZEMBRO DE 2013 Edição - ANIVERSÁRIO 5 ANOS

ESPERANCAVC@GMAIL.COM

Palavra de mulher Por Maria Claudete Vicari Baldo*

o r b m e OS ADVENTOS DE z e D Dia 1º - Luana Gracioli, Loiri Sperotto, Dia 2 - Armando Rosolen, Geni Possebon, Luiz Felipe Capitânio, Iraci Capitânio, Nesia Sperotto Dia 3 - Célio Roberto dos Santos Dia 4 - Vinicius Sinski Dia 5 - Zenor Capitânio, Nilo Portaluppi Dia 6 - Flávia Baldo, Everton Zanuzzo, Felipe Michelon Tremarin, Artur Gattino Dia 7 - Lodrigo Merlo, Ana Paula Rosolen, Viviane Michelon, Sandra Baldasso, Bernardete Salvagni Dia 8 - Giovani Fachinetto, Daniela Rosolen Marcon, Oneide T.A.Favero, Rogéria Sperotto Dia 9 - Neila Tremarin Nunes, Rodrigo Morás Dia 10 - Bruna Michelon, Neiva Salini Dia 11- Eduardo Michelon, Patricia Marina, Dorvalino Baldasso, Estevan Baldo Lucca, Thais Riedi Dia 12 - Letícia De Domenico, Itacir Sperotto, Zenilde Gavineski Michelon, Ademir Portaluppi, José Kuffel Dia 13 - José Elias Riedi, Luaciane Karaina Cadore, Denise Dachery, Luci Bertamon, Joana Belotti Dia 14 - Olga Mezzaroba, Clovis Borsatto, JORNAL ESPERANÇA Dia 15 - Luis Fernando Marcolin, Elaine C. Michelon Dia 16 - Zelia Terezinha Vicari, Pamela Aparecida Nobre, Delma Báo Rosolen, Celso Bertamon Dia 17 - Guilherme Baldo, Laoclides Girardi, Nilso Michelon Dia 18 - Roger Invernizzi, Ergane Gasperini, Arlei Coser Dia 19 - Joana Bueno Dia 20 - Dolores Bacon, Giovani Coser, Darci Salini Dia 21 - Maria Claudete Vicari Baldo, Ederson Michelon Dia 22- Silvana Tremarin, Carolina Bertoldo dos Santos Dia 23 - Loiri Salvagni, Opélio Dachery, Geovana Casagrande Dia 24 - Edson Dalpian Dia 25 - MENINO JESUS, Gabriela Báo Rosolen, Catarina Capitânio, Loris Michelon, Claudino Stanislaski, Eliane Sperotto, Norberto Borsatto,Iliane S. Michelon Dia 26 - Mateus S. Girolometto, Odila Zilio, Monica Paini Dia 27 - Artidor Rosolen , Marlene Balerini Dia 28 - Município de Vespasiano Corrêa , Eduarda P. de Morais, Inês Balerini, Fabrício Balerini, Ursulina Zillio, Valnei Michelon Dia 29 - Cristiane Brandão, Roberta Dors Dia 30 - Nelcira Gobatto Baldo, Dia 31 - Orilde Bertamon

NOSSAS VIDAS

A palavra advento vem do latim “adventus” e significa vinda ou chegada. Conhecemos este termo através de nossa crença religiosa (católica), pois advento é o período de quatro semanas que antecedem o Natal. No calendário religioso, o advento é um período , um tempo de alegria para os cristãos, caracterizado pela preparação para o nascimento de Jesus. O advento é um tempo de espera. Se pensarmos mais sobre o assunto veremos que vivemos um constante advento em nossas vidas. Estamos sempre esperando algo, nos preparando para alguma coisa, para alguém. Alguns esperam boas notícias, resultados positivos ; outros esperam, ardentemente, resultados negativos (gravidez indesejada, exames com indicação de doenças...). Alguns esperam , sonham ter 18 anos; outros, chegar aos 81. Alguns esperam o bem estar físico ; outros o bem estar mental; alguns esperam a chegada dos filhos; outros, preparam carinhosamente sua volta. Alguns esperam, preparam-se para algum dia chegar ao poder; esperam auxiliar sua comunidade através dele; outros , preparam-se para , no poder, tirar proveito próprio.

Alguns esperam realizar pequenas mas importantes coisas; outros, dedicam suas vidas para realizações grandiosas. Na realidade, cada advento, por mais que seja parecido com o anterior, é totalmente diferente; ele é original, único porque as esperanças são novas, os projetos são novos pois a vida se renova sempre , o tempo não para e recicla ideias , fatos, pessoas. O que ontem era de vital importância, hoje pode não ser tão importante assim. Nós somos um eterno advento, porque nosso futuro humano depende do que esperamos. O mundo se renova a partir daqueles que esperam o novo e dedicam sua vida a criá-lo agora. Quem nada espera, nada realiza. Por isso, benditos todos que vivem plena e intensamente seu advento pois viver é estar atentos à vida, à nós mesmos e aos demais; estar atentos às coisas únicas, as oportunidades que não voltam, aos sonhos que precisam ser concretizados. Viver a expectativa de uma chegada, de uma descoberta, de um resultado satisfatório não tem preço e só é maior que isso, a concretização da expectativa. O advento é o nosso tempo. Estamos sempre no advento de nós mesmos.

* Claudete é professora do I. E. E. Monsenhor Scalabrini - Encantado.

Olho no Lance Por Gil Monteiro*

A DUPLA GRE-NAL Obituários ADELINA GIRARDI Faleceu no dia 14 de novembro, aos 94 anos, a Senhora Adelina Girardi. Adelina era moradora da Linha Eduardo Guinler. Foi enterrada no dia 15 no Cemitério Católico São João Batista, de Vespasiano Corrêa.

VALDIR BALERINI Faleceu no dia 15 de novembro o Sr. Valdir Balerini. Valdir morava atualmente em Caxias do Sul . Foi enterrado no mesmo dia no Cemitério Católico São João Batista, de Vespasiano Corrêa.

MOACIR DE SOUZA Faleceu, no dia 21 de novembro o Sr. Moacir de Souza. Foi enterrado no Cemitério Católico São João Batista, de Vespasiano Corrêa, no dia 22 de novembro.

A dupla tem que começar com cuidado a renovação dos seus elencos. O Grêmio já está com um time base pronto e me atrevo a sugerir uma escalação no mínimo equilibrada, com DIDA no gol: BRESSAN e WERLEY na zaga: PARÁ e WELLINTON nas laterais: SOUZA e RAMIRO volantes; RIVERO e JEAN DERETI meias; VARGAS e MAXI no ataque. O Inter por sua vez, com seus contratos caros e complicados necessita de um técnico com conhecimento pleno em futebol e motivador. Caso a direção não consiga liberar alguns atletas, tenho a minha sugestão de time: MURIEL no gol; zagueiros ALAN e ROMARIO; CLAUDIO WINK e ZE MARIO laterais; JOSIMAR e JOÃO volantes; WILLIANS e ALEX meias; SCOCCO e OTAVIO atacantes.

Justifico algumas sugestões: os falsos volantes Riveros e Willians na verdade eles não protegem as zagas, se desprendem facilmente da defesa para o ataque são “carregadores de piano”, pifam atacantes e chutam de fora da área. Eles com certeza favorecerão os talentos de jogadores como João Dereti e Maxi pelo Grêmio e Alex que tem um chute potente de media distancia e se apresenta para marcar o gol. Outro jogador do Inter que seria favorecido pelo Willians é o Otavinho, atacante veloz e de deslocamento rápido. Tomara que as direções tentem! Pode ser que algumas destas sugestões, os leitores contestem e acham loucuras, mas se vocês observarem as características destes jogadores, os clubes poderão iniciar 2014 com times baratos e eficientes.

* Gilmar é enfermeiro, professor e comentarista esportivo.


JORNAL ESPERANÇA

6

EDIÇÃO FECHADA EM 10/12/2013 ÀS 20:00

WWW.ESPERANCA.JOR.BR

OPINIÃO

Curtas e Grossas Finas Por Artur Gattino*

GERAL

OS MAUS EXEMPLOS Não é de hoje que tenho falado sobre os bons e maus exemplos na política, seja local ou nacional. Também não tenho a pretensão de ser juiz do comportamento dos outros. Os maus exemplos na política são conhecidos, e embora as pessoas não andem por aí falando deste ou daquele, todos sabem quem são os bons e os maus. Quando vimos o deputado José Genoino sendo preso pela Policia Federal, juntamente com outros envolvidos no Mensalão do Lula, e mesmo após notícias na mídia, muitos chegaram a dizer que ele era inocente, que o julgamento foi precipitado e que merecia a misericórdia de todos como ex-guerrilheiro e preso político. Os maus exemplos não podem servir para os mais jovens, mesmo que o passado de luta deles tenha sido um exemplo de civismo e patriotismo. Lutar contra a ditadura militar pode ter sido uma atitude democrática, voltada para garantir aos brasileiros seus mais importantes direitos diante da tortura e da perseguição. Mas não se há de imaginar que mesmo aqueles que lutaram contra o regime militar, foram presos e torturados, banidos e perseguidos, possam atualmente cometer crimes, usar de tráfico de influências, tudo em nome desta tal democracia. Os maus, se conhece pelos seus atos. Não há necessidade de a sociedade ver publicado em placas os nomes dos maus políticos, dos irresponsáveis, dos negligentes, dos ignorantes,

Violência Ainda bem que aqui em Vespasiano Corrêa a violência em campos de futebol não tem acontecido. O que vimos no último domingo na partida entre o Atlético Paranaense e o Vasco da Gama, está fora de qualquer medida. A violência das torcidas é algo inexplicável em pleno século XXI, era das comunicações e de todas as facilidades. Este mau exemplo não pode servir de base para ninguém. O exercício do esporte em jogos de futebol é algo saudável e positivo, e os maus exemplos nunca servirão para orientar os mais jovens, como aliás, já tem sido feito.

Recado Este ano foi marcado por muitas manifestações de violência nas ruas. Grupos organizados, premidos pela crise nacional, inflação e desemprego, saíram às ruas para protestar. Pena que entre os que queriam mostrar ao governo e aos políticos que não concordavam com os rumos do país, estavam infiltrados criminosos, vândalos e vagabundos. De certo modo a polícia parecia não ter autoridade para reprimir estes baderneiros. Protestar é um direito de qualquer cidadão, mas praticar vandalismo está fora de questão.

Suplente Fiquei gratificado com a apresentação do vereador Edson Teles, que assumiu no lugar do vereador Remir Bagnara, que está de licença, atendendo ao que preconiza o PMDB, de fazer rodízio com os suplentes. A presença do Teles na

dos fanfarrões, dos desmedidos, dos salafrários, dos corruptos. Claro que não. A sociedade esclarecida sabe da identidade deles, e na urna eleitoral termina por dar uma resposta aos seus males. Ser mau ainda é uma qualidade dos que preferem os descaminhos para subir na vida. Ser mau é um estado de ser, que mesmo não absolutamente declarado, se revela das mais simples formas. Ao contrário destes, devemos preservar os bons, que aliás são poucos, no meio político. Atualmente, dizer a verdade, ser autêntico, não ter medo ou rabo, enfrentar situações, denunciar safadezas e falcatruas, parecem ser atributos de pessoas de má índole. A verdade em muitas vezes dói mais que a dor maior que se possa sentir. Nem todos gostam de escutar a verdade. A maioria dos políticos não gosta desta palavra, pois ela impõe a obrigação de ser autentico, sem mascaras, sem disfarces. Temos a obrigação de examinar os políticos que nos representam e fazer juízo do comportamento deles. Um dia a sociedade vai se orientar melhor e terminar escolhendo como seus representantes apenas os bons. Aí, a sociedade será prospera e feliz. Mas enquanto isto não acontecer, vamos nos contentar com os poucos bons e dizer não aos maus. Afinal embora os maus prosperem, jamais serão eternos. Pensem nisso.

Tribuna da Câmara, bem como o seu primeiro discurso abordando questões ligadas ao combate ao consumo de drogas, mostra a grandeza do edil. Com sua humildade, terminou por dar um grande recado para muitos, que às vezes não acreditam que uma pessoa humilde possa ser um grande político. O vereador Teles, que trabalha no Posto Michelon, mostrou a que veio. Pena que não conseguiu os votos necessários para ser titular. Certamente seria um grande vereador, podendo contribuir em muito para sociedade. Parabéns ao Teles.

Lei O Tribunal de Contas do Estado, conforme matéria neste jornal, impôs à ex-presidente da Câmara, vereadora Aline Beline, uma multa em dinheiro por não ter obedecido à legislação municipal que fixava o valor das diárias dos vereadores. Na verdade, a ex-presidente, seguindo o mesmo caminho de seus antecessores, deixou de interpretar a lei da forma correta, pois sempre os homens e mulheres do partido que governa se acham suficientes, e quase sempre se encrencam quando o assunto é cumprir a lei.

Lei I Além da multa de um mil reais, a vereadora terá que devolver mais de quatro mil reais, por ter pago valores a maior para os vereadores que viajaram para um Congresso em Brasília em 2011. A partir daí, todos os vereadores, ou pelo menos os que querem que as leis sejam cumpridas, devem ficar alerta, e antes de fazerem ou receberam qualquer concessão

financeira, ler e reler as leis relativas à despesa, para que mais tarde não tenham que devolver, ou mesmo responder pelo engano.

Outras No relatório julgado pelo Tribunal Pleno de Contas, ainda foram apontadas outras irregularidades, como atraso na remessa dos dados relativos à base da legislação municipal, falta de procuração nos autos do Dr. Thiago Vian, anotando assim inconformidades. Pelo visto, quer parecer que a prestação de contas da Câmara Municipal na gestão de 2011 deixou a desejar. Que fique claro que a vereadora presidente Aline Beline não se apropriou dos valores que lhe foram cobrados, sendo única responsável apenas na condição de gestora, pois foi ela mesma que autorizou a despesa malfeita.

Assessor Jurídico da Presidência Uma outra coisa muito errada e apontada pelo TCE, foi o fato de o assessor jurídico da Câmara ser Cargo de Confiança da Presidência. Nota-se aí, que o procurador não é assessor da Casa ou dos vereadores e sim do presidente. Segundo o TCE, este cargo terá que ser ocupado por concursado e o concurso tem que sair antes de fevereiro do ano que vem. Ou será que a Presidência da Casa ainda vai deixar de cumprir a lei neste particular?

Recado do Dia É dura a lei, mas é a lei.

* Artur é consultor e assessor na Comissão de Agricultura, Pecuária e Cooperativismo da Assembléia Legislativa.


nº 17 - AbrilDE de 2010 ANO 5 - EDIÇÃO Nº 60 - DEZEMBRO DE 2013 Edição - ANIVERSÁRIO 5 ANOS

ESPERANCAVC@GMAIL.COM

ALINE TERÁ QUE PAGAR TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DETERMINA QUE EX-PRESIDENTE DA CÂMARA DEVOLVA VALOR PAGO A MAIOR A bancada do vereadores do PMDB na Câmara Municipal há muito tempo vem requerendo que a Presidência tome algumas medidas legais para fazer cumprir as leis, especialmente aquelas que dizem respeito aos vereadores e ao povo. Sumariamente, todas as proposições da oposição são derrotadas, sem nenhuma explicação razoável. Isto é do jogo político, mas não tem cabimento derrotar proposições apenas pelo fato de terem sido requeridas pela oposição. Aliás, nenhuma emenda do PMDB na proposta de Orçamento foi aprovada, ou pelo menos, aceita. A oposição tem feito críticas contundentes aos presidentes da Câmara - excetuando o ex-vereador Valdir Ghelen, que deu grande demonstração de equilibro e mereceu aplausos de todos. A oposição sempre disse que, mais cedo ou mais tarde, a Justiça iria se manifestar sobre projetos, prestação de contas e outras coisas mais. Agora, a ex-presidente da Câmara, vereadora Aline Beline, foi citada para devolver aos cofres da Prefeitura Municipal R$ 4.320,00, relativos ao pagamento de diárias a alguns vereadores em desacordo com a lei. Isto significa que, ao pagar as ditas diárias, ela não leu corretamente a lei. Mas o pior é que mesmo tendo sido citada para se manifestar sobre o assunto, ainda assim, continuou dizendo que a despesa era legal e até apresentou cópia da lei municipal. Inclusive, alegou que as diárias com pernoite devem ser multiplicadas por dois, usando como prova o que consta do artigo 2º da Lei nº 1002/2010, que é ilegal, mas mesmo assim vinha sendo usada pelos presidentes. Claro que o relator do processo de prestação de contas do exercício de 2011 não foi seduzido pelas razões apresentadas, e que sobejamente não tinham nenhum fundamento.

DEVOLUÇÃO O Tribunal de Contas, em decisão do seu Pleno, determinou que a ex-presidente devolva, em trinta dias, o valor pago a maior, com todas as correções legais. Entende que a gestora, neste caso a vereadora Aline Beline, é a responsável pela dívida e pelo ato da dívida, afinal, era ela quem assinava as despesas.

Tanto isto é verdade, que o mesmo Tribunal arbitrou uma multa a ser paga por ela, no valor de um mil reais, por não ter obedecido ao que consta da legislação em vigor, neste caso. No documento enviado pelo Tribunal de Contas à Câmara Municipal, consta na letra “e”, pela intimação da responsável a pagar o valor dado a maior.

COBRANÇA A ex-presidente da Casa, ainda vereadora do município, tão logo recebeu a notificação do Tribunal de Contas, tratou de buscar junto aos vereadores que foram ao Congresso em Brasília em 2011, que cada um pagasse a sua parte do montante a ser devolvido e da multa aplicada à mesma. Claro que o Tribunal em nenhum momento citou os outros vereadores a pagar nenhum centavo, já que a responsável pela gestão era a vereadora Aline Beline. Em dito documento, a ex-presidente pede que os vereadores reconheçam ser devedores de R$ 895,36, parte de cada um. Requer que este valor lhe seja alcançado para que possa depositar em conta da Prefeitura.

QUERENDO COBRAR DOS OUTROS O vereador Alexandre Fávero usou da Tribuna para dizer que em momento algum fora citado a devolver valores pelo Tribunal de Contas e que a ex-presidente, que tratou a oposição com desprezo e arrogância, inclusive submetendo os Pedidos de Informação da oposição a votação, sendo a maioria derrotados, agora quer a complacência deles para pagar uma dívida e multa que é somente dela. Disse ainda que vem alertando a Câmara sobre algumas leis que são ilegais, mas que não tem recebido compreensão dos presidentes, que governam a Casa com mão de ferro.

ASSESSOR JURÍDICO O Tribunal de Contas ainda determinou que o atual presidente exonere o assessor jurídico da Casa, em 90 dias, e crie um cargo provido por concurso público, retirando do rol das atribuições do mesmo aquelas que se relacionam com a representação judicial. Isto quer dizer que até neste particular a Câmara falhou, agindo fora da lei. O Tribunal de Contas do Estado, em decisão exarada nos autos, considerou as contas da expresidente Aline Beline regulares, mas com ressalvas. O Parecer do Ministério Público de Contas tem o numero 00418/2013, e a decisão do Pleno nº 0326/ 2013.

CONFIRA O processo de exame de contas levou o número 000373-02.00/11-0. Acesso: www1.tce.rs.gov.br.


JORNAL ESPERANÇA

8

EDIÇÃO FECHADA EM 10/12/2013 ÀS 20:00

WWW.ESPERANCA.JOR.BR

GERAL

ABANDONO DO CENTRO DA CIDADE É VISIVEL

A Voz Católica Por Jonas Pértile*

CELEBRAR O NATAL É... Noite que se torna moldura para mostrar a claridade da verdadeira luz. Celebração envolvida na meiguice de um Deus carinhoso e simples. Maria, José, os pastores e os anjos nos convidam a contemplar, sem receios e gostosamente, o Deus da bondade, do amor e da paz. Paz plena, que só Ele pode oferecer-nos. Paz que nos convence que viver vale a pena, pois o próprio autor da vida está aqui entre nós. Pois o verdadeiro cristo nasceu para todos, sendo assim devemos dar glória a Deus nas alturas e pedirmos paz na terra a todos os homens de bem: a todos chegue o eco deste anúncio de Belém, que a Igreja Católica faz ressoar por todos os continentes, sem olhar as fronteiras nacionais, linguísticas e culturais. O Deus menino nasceu para todos; é o Salvador de todos. Esta magnifica festa de aniversário de Jesus, precisa ser redescoberta por muitos de nós, que por muitos e vários motivos deixamos entorpecer por um mundo que vive num ritmo de cada vez mais compras e vendas, perdendo a centralidade do que celebramos: o próprio Jesus, menino nascido em Belém, que é a prova máxima do amor de Deus pela humanidade. Por isso celebrar o nata é estar com Jesus colocá-lo no centro e com os demais irmãos e irmãs na fé, reunindo-se em comunidade, em família, amigos, para que Jesus transforme a nossa vida. Celebrar o natal é fazer de nosso coração um novo presépio, ver o menino que está na manjedoura com os olhos da fé, ensinar aos filhos o valor da vida, imitar Maria e José no amor e na disponibilidade, solidarizar-se com o próximo, seja ele quem for, ter o lugar mais bonito reservado para Jesus, presentear Jesus oferecendo-se a Ele como dom de amor, transformar o modo de ser e de viver, seguir a estrela para encontrar Jesus, receber a luz que irradia da gruta de Belém, fazer-se um com Deus como Jesus se fez um conosco. A festa do Natal é o amor. A festa do amor é a paz. Quero para o teu Natal a alegria de seres feliz e a alegria de seres bom.... Feliz Natal e Boas Festas...

Há muito tempo os vereadores do PMDB vêm denunciando o abandono em que se encontra o centro da cidade de Vespasiano Corrêa. Estas denúncias têm sido feitas na Câmara Municipal e até mesmo em colunas neste jornal, onde são apontados problemas antigos na infraestrutura urbana. A Prefeitura Municipal resolveu canalizar o esgoto de parte da cidade, passando os canos pela propriedade da família Coser. Ocorre que, depois do serviço feito, ficaram bocas de lobo da canalização abertas, bem como a área onde foi feito o serviço, com alagamentos, focos de mosquitos, sujeira e outras coisas mais. Parte das lâmpadas do centro da cidade, que deveriam estar acessas, estão apagadas, fruto da falta de manutenção. O Executivo mandou fechar as bocas de lobo da canalização central, mas o mau cheiro continua, e agora com a chegada do verão o fenômeno volta a acontecer. As calçadas estão, a sua grande maioria, danificadas, fruto também da falta de conserto por parte da prefeitura. Muita sujeira acumulado ao longo das ruas do centro, calçamento com rebaixamentos, um loteamento no centro sem infraestrutura, falta de melhorias no acesso secundário, a rua sem nome atrás do prédio da Baldo, também sem melhorias, sem calçamento, sem meio-fio, falta de água no final da tarde e ainda falta de um acostamento na Avenida dos

Plátanos, na esquina da entrada da cidade, são algumas das anotações reclamadas pela comunidade. Se não bastassem todas estas coisas, o atendimento médico feito fora da cidade deixa a desejar, enquanto no município vizinho de Dois Lajeados, bem que poderia amenizar muitos dos problemas de saúde dos vespasianenses, se fosse feito um contrato com a Prefeitura local. O vereador Alexandre Fávero manifestou-se sobre a situação de abandono do centro da cidade, dizendo que nestes quatro mandatos do PP houve uma arrecadação de mais de 120 milhões de reais e questiona onde foram gastos estes valores. “Parece tudo igual a antes, desde o tempo do Prefeito Sergio Gheno. Provavelmente, o abandono do centro aumentou face aos resultados da ultima eleição, onde o candidato do governo perdeu em votos nas quatro urnas. Vai ver isto é uma vingança do prefeito”, disse o vereador.

* Seminarista emérito Jonas Pertile Bacharel em Filosofia e Bacharelando em Teologia na ESTEF

CAMARA MUNICIPAL PARTICIPA DA MARCHA DOS VEREADORES EM BRASÍLIA Os vereadores Ilto Michelon, Elton Troian, Luciana Dachery, Alexandre Fávero, Moisés Gavineski, Remir Bagnara e Jucélia Dachery estiveram participando da Marcha dos Vereadores, ocorrida este ano em Brasília. Este evento, que é anual, é promovido pela União dos Vereadores do Brasil, entidade maior de representação dos edis municipais. Este ano o Encontro contou com a participação de mais de quatro mil vereadores de todo o País, e a programação foi marcada por dezenas de palestras, todas elas voltadas para aprimorar os conhecimentos dos participantes. Além da presença de vários senadores, deputados e mesmo do Vice-Presidente da República Michel Temer, várias autoridades passaram pelo local do Encontro. Os nossos vereadores, como se pode ver na foto, representaram muito bem o município de Vespasiano Corrêa, ocasião em que as diferenças partidárias não estavam em questão. O Relatório apresentado pelos participantes, conforme prevê a lei, mostra claramente o grande

número de eventos menores que ocorreram nos três dias da Marcha. Os conhecimentos obtidos pelos vereadores locais, certamente vão ajudar à comunidade, quando forem discutidas matérias de interesse de todos. As vereadoras Luciana Dachery e Jucélia Dachery fizeram bonito, e muito bem representaram as mulheres vespasianenses.


nº 17 - AbrilDE de 2010 ANO 5 - EDIÇÃO Nº 60 - DEZEMBRO DE 2013 Edição - ANIVERSÁRIO 5 ANOS

ESPERANCAVC@GMAIL.COM

JANEIRO | A MORTE NÃO MANDA RECADO (mas o prefeito, sim) O prefeito começou seu governo criando um projeto de Lei pedindo autorização para comprar, com dinheiro público (ou seja, dinheiro do povo), coroas de flores para dar a ocupantes e ex ocupantes de cargos eletivos, prefeito, vice e vereadores, estendendo este beneficio também para funcionários da ativa e as seus parentes até primeiro grau. O Projeto foi aprovado na Câmara Municipal pelos cinco vereadores do PP, com o voto de desempate do presidente da Casa, Chico Marcon. Claro. O prefeito é do PP, é natural que seu partido aprove o que ele propõe. Na discussão da matéria, os vereadores do PMDB (que votaram contra) argumentaram que este beneficio deveria ser dado para toda população e não apenas para alguns poucos privilegiados. Como o projeto também não especifica quantas coroas serão compradas para cada defunto, nem os valores delas, fica aberta toda possibilidade para que todo tipo de coisas aconteçam.

Em Fevereiro, a grande polêmica era a manutenção da esposa do prefeito como Secretária da Saúde. Não por causa da qualidade do trabalho dela, e sim, pelo simples fato de a Constituição de 1988 vedar a contratação de parentes, proibindo a prática do nepotismo.

MARÇO | O QUADRO DA DESIGUALDADE A matéria que causou sensação em Março foi sobre a diferença incrível de salário entre os CCs, nomeados políticos da Prefeitura, e funcionários do quadro, concursados. Uma diferença de média salarial de aproximadamente 40%.

FEVEREIRO | DISTRIBUINDO DINHEIRO O prefeito resolveu ajudar um produtor rural - não os produtores de forma geral, e sim apenas um. A matéria dizia o seguinte: “Destinou ajuda financeira para um produtor rural reformar seu estabelecimento, ensejando, quem sabe, jogar os vereadores da oposição contra quem está necessitando da ajuda e não ficar muito contente com quem está contra o benefício. É a lei de Gerson, aquela de levar vantagem em tudo. Imaginem se a Prefeitura tiver que auxiliar todos os produtores necessitados! A grande maioria precisa de ajuda financeira, e aí, o prefeito cria uma situação difícil de ser combatida, pois vai ter que auxiliar um a um, cooptando elogios, agradecimentos e principalmente votos, que na verdade são o coração destas doações. Ninguém pode dizer que é contra que um produtor receba ajuda da prefeitura em dinheiro vivo. Mas é certo que esta ajuda tem que ser legal, dentro da lei, afinal nós vivemos diante de normas e qualquer um que não desejar respeitar estas normas vai ter que dar explicações à

FEVEREIRO | NEPOTISMO?

JUNHO | UMA PENDENGA DE ELETRIZAR justiça. Não vivemos num lugar sem leis, e se alguém pensa que vivemos, deve procurar um analista, pois está com sérios problemas mentais. Todos devem receber ajuda e não apenas alguns. Daqui a pouco os próprios vereadores começarão a fazer listas de produtores necessitados e o Prefeito bonzinho vai ter que dar, afinal, todos são iguais perante a lei e merecem o mesmo tratamento. Este cambalacho tem que terminar, e o prefeito tem que responder na justiça esta prática injusta e criminosa, pois contraria a lei maior. Que todos possam receber dois mil reais de ajuda. Mas todos e não apenas alguns.”

FEVEREIRO | UMA LUZ Dizia assim a matéria: “Os problemas de energia elétrica do Vale do Taquarí fizeram com que várias entidades filiadas à Câmara de Industria e Comércio (CIC) do Vale do Taquarí e Rio Pardo encaminhassem correspondência à ANEEL objetivando a execução de várias obras para ampliar a capacidade de abastecimento de energia na região. A falta de energia na região tem causando sérios problemas, especialmente no setor rural, indústria e até mesmo nas atividades domésticas dos cidadãos. As obras planejadas não saíram ainda do papel e, segundo o presidente da entidade, Ardênio Heineck, somam hoje cerca de 70 milhões de reais. No ano passado o Deputado Edson Brum propôs uma Audiência Pública, exatamente para discutir as deficiências no fornecimento de energia elétrica no Vale do Taquarí, bem como de resto, no Estado do RS. Em bom momento a Câmara de Industria do Vale do Taquarí toma posição na defesa da comunidade.”

A Prefeitura fez um convênio com a AESSul para construir uma nova rede trifásica nas linhas Eduardo Guinler e Dona Isaura. O problema é que o prefeito mandou uma funcionária cobrar a parte de cada morador, por conta própria, dando recibos sem carimbo nem nada. Os tais recibos não eram da AESSul nem nada: eram comuns, de livraria. Para completar, ficava a pergunta: e quando a AESSul incorporar a nova rede a seu patrimônio, os moradores passarão a ser sócios minoritários dela? Haverá devolução de valores?

MARÇO | SEM CALÇADA

A Prefeitura Municipal está gastando mais de 400 mil reais no recapeamento do acesso principal e na ponte próxima ao pórtico, mas não foi capaz de resolver um problema incrivelmente simples: não colocou uma calçada em nenhum dos lados do dito acesso. A falta de um passeio público, requerido dezenas de vezes pelos vereadores do PMDB, leva as pessoas a terem que caminhar, quando ali passam, em cima da pista de rodagem dividindo este espaço com carros, motos, carroças e caminhões, correndo um grande perigo.


JORNAL ESPERANÇA

EDIÇÃO FECHADA EM 10/12/2013 ÀS 20:00

WWW.ESPERANCA.JOR.BR

ABRIL | CORAL ME PIACE CANTARE DE VESPASIANO CORREA SE APRESENTA EM ENCANTADO Mais uma vez o Coral Me Piace Cantare de Vespasiano Corrêa se apresenta fora do município, desta vez em Encantado, quando juntamente com outros 14 corais foi recebido pelo Coral São Carlos do Jacarezinho para uma confraternização, acontecimento este que é tradicional na região. A Capela de São Carlos foi o palco para abrigar as centenas de vozes, que cantaram em português, italiano e alemão, canções que encantaram a todos. As vozes do Grupo de Vespasiano Corrêa se fizeram presentes naquele palco, dando um toque todo especial ao efento, que contou com várias apresentações de grupos vindos também de Anta Gorda,Venancio Aires, Roca Sales, Relvado, Putinga, Dois Lajeados, Coronel Pilar, Bento Gonçalves e o anfitrião, de Encantado. Após as apresentações todos foram recepcionados com um almoço de dar gosto, estendendo-se a festa por todo dia. O evento aconteceu no dia 14 de abril, e a cada ano fica cada vez melhor e mais bonito. Parabéns a todos e especialmente ao nosso Me Piace Cantare.

ABRIL | POSSE DO NOVO PRESIDENTE DA CONTAG

O presidente do Sindicato de Trabalhadores Rurais de Vespasiano Correa, Rudi Bagnara, participou em Brasília, no dia 26 de abril, da posse de Alberto Brock, eleito presidente da CONFEDERAÇÃO NACIONAL DOS TRABALHADORES NA AGRICULTURA (CONTAG). O presidente eleito é gaúcho e terá um mandato de 4 anos à frente da mais importante entidade da classe de trabalhadores rurais do Brasil. Os principais assuntos envolvendo temas como agricultura, pecuária, habitação rural, Código Florestal entre outros benefícios ao homem do campo, passarão obrigatoriamente por discussões dentro da CONTAG, e o presidente Rudi Bagnara, já deixou sua solidariedade e apoio, contando com excelentes relações com o líder maior dos trabalhadores rurais.

MAIO | CURIOSIDADES - Foi neste mês que Ilto Michelon definiu os funcionários da Prefeitura como “bicho que dá nó”. - Foi neste mês que p CONTRAN inventou de querer que tratores e máquinas agrícolas passem a ter placa, como se fossem carros normais. - Mês foi conturbado na área da saúde: o PMDB questionou sobre os auxílios dados pela Prefeitura para óculos e cirurgias, por considerar os valores das ajudas baixos demais.

Foto: Juremir Versetti

MAIO | TIME SÃO ROQUE É O CAMPEÃO DA COPA SICREDI DE FUTSAL 2013

Na noite de 31 de maio, com o Salão Paroquial da cidade completamente lotado, a equipe São Roque sagrou-se campeã da Copa Sicredi de Futsal derrotando nos pênaltis seu adversário, o GMC, três a dois. Em uma disputa contra a equipe Madeireira Mezzaroba, o Veteranos Cruzeiro venceu o campeonato dos veteranos. A classificação ficou assim: CAMPEÃO: São Roque VICE: GMC 3º LUGAR: Gurizada da Vila 4º LUGAR: Grêmio Serrano

Na categoria Veteranos, a lista é a seguinte: CAMPEÃO: Veteranos Cruzeiro VICE: Madeireira Mezzaroba 3º LUGAR: Juventude Foram destaques na categoria Livre: Goleiro menos vazado: André Capítânio Goleador: Moisés Balerini Jogador Destaque: Orlando Alves Troféu Disciplina: Equipe do GMC Na Categoria Veteranos: Goleiro menos vazado: Volmir Gasperini Goleadores: Remir Bagnara e Uendel Marcon Jogador destaque: Valeri Tremarin Troféu Disciplina: Veteranos Cruzeiro


nº 17 - AbrilDE de 2010 ANO 5 - EDIÇÃO Nº 60 - DEZEMBRO DE 2013 Edição - ANIVERSÁRIO 5 ANOS

ESPERANCAVC@GMAIL.COM

SETEMBRO | VESPASIANO SEDIA XIV CAVALGADA DA REGIÃO DOS VALES Na manhã do dia 10 de setembro passado, o município de Vespasiano Corrêa foi palco do inicio da XIV Cavalgada da Região dos Vales. Os cavalarianos foram recepcionados pelo Patrão do CTG Galpão do Seu Chico, Paulo Lapinski. Ao meio-dia, foi servido um almoço a todos e, na primeira hora da tarde, foi acesa a Chama Crioula, símbolo do Tradicionalismo. A proprietária do Galpão do Seu Chico, Dona Zenaide Lapinski, foi homenageada em cerimônia realizada no local, ocasião em que recebeu das mãos do sargento Casagrande, um saco contendo um pouco de terra dos municípios por onde a cavalgada passaria.

ABRIL | MUNICÍPIO RECEBE AGOSTO | PREFEITURA DÁ AJUDA A EMPRESA, ELA ESCAVADEIRA NOVA, SÓ PARA USO NO MEIO RURAL DEMORA A ABRIR, E CASO A prefeitura municipal de Vespasino Corrêa recebeu do Governo Federal, através ACABA NO LEGISLATIVO do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA) uma retroescavadeira nova, dentro do Programa PAC 2. Um dado muito importante é que esta máquina somente poderá ser usada para recuperação de estradas vicinais, isto é, acessos do interior do município. Não poderá ser usada na zona urbana em qualquer tipo de serviço, pois destoaria da sua principal finalidade. Na capa do encarte de Vespasiano Corrêa no Jornal Princesa das Pontes, edição nº 313, ao contrário do que disse o atual secretário da Agricultura, Volmir Dachery, este equipamento não poderá realizar outros serviços, que não sejam para o meio rural.

Empresa de cerâmica fica de abrir em 2012, abre só em 2013, vereadores pedem uma explicação do prefeito para este “fenômeno”, e o pedido é encarado como se fosse uma coisa absurda: empresário com passado controverso recebe dinheiro da Prefeitura e é chamado para dar explicações na Câmara. O empresário não foi, mas mandou seu preposto - o filho do vereador Ilto Michelon. O caso teve grande desdobramento, até porque o dono da firma que recebeu incentivos e demorou para abrir já tinha um histórico conturbado, até com condenação a pena de detenção.

JUNHO | ILTO PAGA MULTA AO TRE

SETEMBRO | REVISÃO ELEITORAL

O vereador Alexandre Marcolin Fávero requereu, através de Pedido de Informação endereçado ao Presidente do Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Sul, a comprovação do depósito de multa arbitrada pela Justiça ao ex-VicePrefeito Ilto Michelon, por conta de ter cometido irregularidade no ano da eleição ao assinar a doação de uma casa para um morador, na condição de Prefeito em Exercício. A 67ª Zona Eleitoral informou que a multa foi devidamente paga. O valor arbitrado foi de cinco mil e trezentos e vinte reais, e o valor foi recolhido no Banco do Brasil, no dia 08 de fevereiro deste ano. A Juíza Eleitoral de Encantado, que respondeu ao Pedido de Informação, dá conta de que o pagamento refere-se à condenação do ex-vice-prefeito nos autos da Representação da Justiça Eleitoral. A multa aplicada pela Justiça também foi para o ex-prefeito Aureo Coser e o atual Vice-Prefeito, Plinio Portaluppi.

OUTUBRO | PREFEITO CONTRA O CHIMARRÃO O prefeito municipal Marcelo Portaluppi, certamente ocupado com mil afazeres, resolveu agora determinar que não se tome mais chimarrão na garagem da Prefeitura. Parece até - mas isso não é confirmado – que proibiu nas dependências do Centro Administrativo. O que mais surpreende é que esta proibição vem de um prefeito que durante a Semana Farroupilha desfila devidamente pilchado, vestido de gaúcho, e tem aparecido no noticiário de outro jornal dando entrevistas com uma cuia de chimarrão na mão. AINDA OS AMIGUINHOS >>> Em outubro, o prefeito lançou projeto que autoriza o município a ceder para o filho de um secretário municipal um prédio que serviu no passado para uma escola, afim de ser utilizado para um empreendimento pessoal. Tal prédio fica na Linha Eduardo Ghinler.

O Recadastramento eleitoral feito pela 67° Zona de Encantado em Vespasiano Corrêa, encerrado no inicio de setembro deste ano, mostra número preocupantes. Segundo dados do Tribunal Eleitoral, o município tinha 2355 eleitores, e destes, 394 tiveram seus títulos cancelados. Certamente um pequeno número, não mais que 30 eleitores, realmente têm vínculos com o município, e por algumas razões, não compareceram para fazer a revisão biométrica. Segundo informações de lideranças políticas da cidade que conhecem o eleitorado, a grande maioria não compareceu e não teve motivação para isto.

OUTUBRO | CONVENÇÃO DO PMDB O PMDB de Vespasiano Corrêa realizou no ultimo dia 19 de outubro a sua convenção municipal, para eleger a nova composição do Diretório Municipal, Comissão Executiva, Conselhos de Ética e Fiscal, bem como o Delegado à Convenção Regional. A reunião aconteceu no Galpão do Seu Chico e foi convocada pelo presidente Rudi Bagnara. Teve a presença de 108 correligionários, que escolheram, em votação secreta, a nova composição do Diretório Municipal composto de 45 titulares e 15 suplentes. Com a eleição do novo diretório municipal, coube a este eleger a Comissão Executiva, que ficou assim composta: Presidente, Gelson Michelon, Vice Presidente, Dirceu Kuffel, 2º Vice, Renato Dachery, Secretário Geral, Diana Filippon, Sec. Adjunta, Maria Claudete Baldo, Tesoureiro, Renato Tremarim, 1º vogal, Remir Bagnara, 2º vogal, Geninho Gavineski,

Lider da Bancada, Jucélia Dachery. 1º Suplente, Darciano Gracioli, 2º suplente, Rudi Bagnara, 3º suplente, Alexandre Fávero, 4º Suplente, Leonir Balerini. Gelson Michelon foi escolhido Delegado à Convenção Regional do partido.


JORNAL ESPERANÇA

12

EDIÇÃO FECHADA EM 10/12/2013 ÀS 20:00

WWW.ESPERANCA.JOR.BR

ESPECIAL

No dia de Natal, 25 de dezembro, a linda jovem Andreia Salini faz mais um aniversário. Receba os parabéns de toda família e dos amigos.

Bar e Lancheria A D V O G A D O

Leandro Girardi OAB/RS 57053 (51) 9804-2767 leandrogirardiadv@hotmail.com

do Polaco - Lanches: Xis, Cachorro Quente, Torradas, Pastéis, Hamburguer, Espetinhos de frango. - Porções: Peixe frito (filé de tilápia) e Batata Frita. - Churrasco todas as sextas à noite. Agora em novo endereço: Rua Francisco Antônio Lapinscki, 360, no Centro de Vespasiano Corrêa. Proprietário: Dilvar Kuffel (51) 9268-5198.

No dia 22 de Novembro, a Leandra Baldasso completou 15 anos. Ela é filha da Mari Mezzaroba Baldasso e do Ivalino Baldasso. Os pais, a irmã e os irmãos mandam os parabéns.


Esperanca nov 2013