Issuu on Google+

EXPRESSO REGIONAL

26 de maio a 1º de junho de 2013

R$ 0,70

Ano VIII Número 397

VEREADOR JULINHO DO AEROPORTO CRITICA TRABALHO DA SECRETARIA DE PROMOÇÃO SOCIAL DE MACAÉ 12

EM RITMO DE JAZZ

RIO DAS OSTRAS SEDIA MAIOR E MAIS ACLAMADO FESTIVAL DE JAZZ DO BRASIL

03

UM EVENTO DE RESPEITO — Aclamado pela empresa especializada do Brasil e do Mundo, Festival de Jazz & Blues atraí milhares de adeptos do ritmo musical, movimentando a economia local e consolidando a imagem do município como um dos destinos turísticos mais atrativos do Estado. Prova de como a cultura pode transformar uma cidade

PROMOTORIA CRIMINAL COMEÇA A MONTA A PEÇA DE ACUSAÇÃO PARA O JULGAMENTO

CHACINA EM MACABU: JUSTIÇA COMEÇA A OUVIR TESTEMUNHAS DE ACUSAÇÃO HOMEM CONHECIDO COMO “PINDOCO” É APONTADO COMO O AUTOR DO CRIME QUE CHOCOU A REGIÃO

QUASE LÁ — Equipe macaense de basquete conquista vice-campeonato da Supercopa e vai disputar triangular decisivo em busca de uma vaga na elite do esporte

07


2 BALTHAZAR Leia mais em: www.velhobalthazar.com

m”

EXPRESSO REGIONAL 26 de maio a 1º de junho de 2013

Artigo

Arnaquinópolis 3 - A sucessão Capítulo CXCII (192) Em nosso último capítulo você talvez tenha lido que o expríncipe Filomeno, o Boneco de Olinda ainda sonhava com sua volta ao poder em Arnaquinópolis. Porém, seus muitos seguidores, cerca de 24 mil membros excomungados da igreja da Divina Ação Salvadora (DAS), sem as dádivas milagrosas da religião, começavam a passar por sérios problemas financeiros. E caberia ao próprio Filomeno sustenta-lo. A pergunta, portanto, era, com que dinheiro? Enquanto isso, Dr. Bonitinho Calças Quadradas, após um tempo de reclusão recuperando-se de um acidente ocular que alterou sua visão, voltou à toda em Arnaquinópolis. Porém, esta alegria em breve se transformaria em preocupação, veja o que aconteceu em seguida. Filomeno estava numa encruzilhada. E o pior é que ele não tinha mais galinhas pretas para suas oferendas. A crise era tanta que sua mãe/pai de Santa/santo, Mãe Menininha do Miramar (que nos áureos tempos era “ebózeira” oficial de gente famosa, como o jornalista Zé Pires nas Mãos e do ex-rei o velho, bota velho nisso, “Tucanossauro Aposentásio”) tinha agora que fazer seus despachos com Caldo Knnor (eita piada mais velha...). Mas nem todos os amigos de Filomeno estavam mal. Ao mesmo tempo que alguns choravam miséria, outros viviam períodos de rara prosperidade. Por exemplo, o ex ministro de Tudo, Zé Praga de Fanfarródia voltara a toda ao mercado fonográfico após o aparente fracasso de sua dupla sertaneja “Zé Praga e Tainha”. Acontece que Zé Praga agora arrumou um novo parceiro: o exgovernador “Erêzinho”. A dupla “Zé Praga e Erezinho” prometia fazer grande sucesso em Arnaquinópolis, sobretudo pelo apelo midiático de Zé Praga que contava com um jornal chapa branca e 280 estações de rádio. Logo, suas músicas poderiam ser um sucesso (ou não). Vendo que uma grande parcela da mídia, portanto, corria o risco de num futuro próximo roer a corda, “Dr. Bonitinho Calças Quadradas” foi ligeiramente até o jornalista “Zé Pires nas Mãos”, que andava zangado com ele, e fez um acordo de paz. Porém, isso não garantiria que seu governo não pudesse receber um golpe muito em breve. Acontece que Zé Praga estava fazendo todos acreditarem que estava distante de Filomeno. No entanto, o SIFP (Serviço de Inteligência dos Fofoqueiros Políticos) investigava e tinha uma séria suspeita de que tudo isso poderia ser uma conspiração. Como Filomeno corria o risco de levar uma banda do governador “Néscio TáMal”, segundo as investigações do SIFP, Zé Praga estaria “guardando uma vaga” para Filomeno no partido de “Erezinho”. Caso os agentes nada secretos do SIFP estivessem certos, este seria um plano perfeito. Portanto, o agente secreto 00-Noki estava empenhado em desvendar logo este mistério. Dr. Bonitinha estava curioso sobre o assunto, porém havia algumas coisas mais sérias, por ora, para resolver. Um dos problemas, era uma disputa de vaidades interna. Mas isso é pauta para o próximo capítulo.

* AVISO * “ARNAQUINÓPOLIS 2 — A SUCESSÃO” é uma novela, portanto, uma obra de ficção. Qualquer semelhança com fatos ou personagens da “vida real” não passará de mera coincidência.

Por Que Teu Servo Não Ouve? 1 Samuel 3:10 - Então veio o SENHOR, e pôs-se ali, e chamou como das outras vezes: Samuel, Samuel. E disse Samuel: Fala, porque o teu servo ouve. O jovem Samuel, como ajudante de Eli, não tinha experiência de se comunicar com o Senhor. Por isso, na sua primeira vez, seguiu o conselho do seu mestre e disse a Deus, que o chamava: “Fala, ó Senhor, pois o Teu servo está escutando, respondeu Samuel.” (3:10).

Renan, o presidente

Muito inteligente este povo que fica o dia todo no Facebook fazendo protesto contra Marco Feliciano! Claro, o cara falou que ser homossexual é pecado. Isso o torna o inimigo número 1, o maior bandido da história da nação. Aliás, para esta classe tão inteligente e culta, todo mundo que é ou se diz pastor é enganador, ladrão corrupto, estrupador. Todo crente é analfabeto, ignorante, alienado. Isso mesmo! São todos repugnantes. Aliás, no Brasil dos intelectuais não há problema se mensaleiros condenados como José Genuíno (PT) e João Paulo Cunha (PMDB) sejam titulares da Comissão de Constituição e Justiça ou se Renan Calheiros assumiu interinamente a Presidência da República na última sexta. Perigoso, imoral e errado mesmo na nação é alguém ter uma religião e ter opinião formada sobre alguma coisa. Esses sim merecem protestos.

Ovelhinhas de presépio Não adianta criar fórmulas. A melhor maneira de fazer um governo dar certo é identificar e fazer seu maior mandatário reconhecer suas falhas. Claro! Problema ignorado jamais será resolvido. No entanto, a postura de alguns aliados de Dr. Aluízio, prefeito de Macaé, está passando do cúmulo da bajulação. Para eles, não é permitido fazer nenhum tipo de crítica. Por exemplo, as críticas do vereador e líder do governo Julinho do Aeroporto (PPL) à atuação da Secretaria de Ação Social causaram uma grande comoção e, muitos fizeram do vereador um vilão.

Ovelhinhas de Presério 2 Aliás, as críticas de Julinho (veja entrevista nesta edição) são mais que pertinentes. O trabalho da secretaria está deixando mesmo a desejar e isso é visível. Não adianta falar que Julinho critica porque foi secretário da Pasta na última gestão. Este fato não anula o outro. O trabalho está ruim e pronto. Não é porque alguém faz parte da base governista que tem que se portar como ovelhinha.

Frase da semana

Nunca encontrei razão para muitas das tarifas cobradas no Brasil Flavio Dino, presidente da Embratur,sobre as tarifas abusivas dos hotéis brasileiros

Aconteceu...

AE

GURGEL LAMENTA DEMORA DAS PRISÕES DE MENSALEIROS O procurador-geral da República, Roberto Gurgel, lamentou quinta-feira (23) que o segundo semestre do ano comece sem que os condenados pelo Supremo Tribunal Federal (STF) no processo do mensalão estejam presos. Ele disse que o Brasil tem “imensa dificuldade” em cumprir decisões judiciais quando os envolvidos estão “no topo da estrutura social”. Na quarta (22), o presidente do STF e relator da ação penal, Joaquim Barbosa, afirmou que “é provável” que o julgamento dos 25 recursos dos condenados ocorra somente em agosto. Ele disse estar “longe” de estar preparado para a análise em razão do volume de recursos. Barbosa avisará ministros e advogados sobre a data de início do julgamento dos recursos com 10 dias de antecedência. Os condenados só devem ser presos quando não houver mais chance de recorrer. Nos 25 embargos de declaração apresentados, os réus pedem redução das penas e a possibilidade de serem julgados na primeira instância. Durante encontro do Ministério Público sobre controle da atividade policial, nesta quinta em Brasília, Gurgel disse que é “uma pena” que as prisões não sejam efetivadas, uma vez que o julgamento ocorreu no segundo semestre de 2012. “É uma pena que demoremos tanto a tornar efetiva a decisão do STF. Tivemos todo o segundo semestre do ano passado consumido neste julgamento e é uma pena que cheguemos ao segundo semestre ainda sem que a decisão seja cumprida.”

EXPRESSO REGIONAL

O Senhor fala com Seus filhos usando diferentes meios e maneiras. O modo básico de saber o que o Senhor quer nos dizer é a leitura da Bíblia. Afinal de contas, ela é a revelação escrita da vontade de Jeová. Cristãos que estudam a Bíblia e que têm o hábito da leitura bíblica diária são os crentes que mais percebem as orientações divinas. Existe, porém, um segundo detalhe, na experiência de escutar o Senhor: chama-se silêncio. Aquele mesmo silêncio que aconteceu, quando Jeová falou ao profeta Elias, em frente da caverna. Hoje em dia, é difícil conseguir silêncio. Em casa, no trabalho, na igreja. Os ruídos e os apelos do mundo nos cercam e insensibilizam nossos ouvidos. Por isso, este talvez deva ser um assunto de oração: Ensinanos, Senhor a buscar o silêncio, diante de Ti, da Tua palavra. O Senhor quer falar conosco. Não é uma pena perdermos Sua mensagem, por causa do barulho, dentro e fora de nós? Pr. Olavo Feijó

BÊBADO DIRIGE 40 KM NA CONTRAMÃO E É PRESO AO FAZER PAUSA PARA URINAR Um bêbado esloveno dirigiu por mais de 40 km na contramão em uma rodovia em Lungau, na Áustria, e só parou depois que, durante uma pausa para urinar, um motorista bloqueou o caminho com seu carro. De acordo com o jornal “Austrian Times”, o homem estava trafegando pela Tauern autobahn, em direção a Villach, quando motoristas assustados avisaram a polícia sobre o ocorrido. Quando o condutor bêbado decidiu parar para urinar, outro homem colocou um caminhão no caminho até a chegada dos políciais.

VOVÓ DE 84 ANOS É INDICIADA POR TRÁFICO DE DROGAS NOS EUA

DONOS DE PORTOS FINANCIARAM POLÍTICOS COM R$ 121,5 MILHÕES

Durante a audiência, ela foi indiciada por tráfico, formação de quadrilha, adulteração de provas e posse de drogas. A agência AP divulgou quinta-feira (23) uma imagem da idosa fornecida pelas autoridades. Lillie Smith foi acusada de adulteração de provas ao ser flagrada tentando esconder a droga quando a polícia realizou uma operação em sua casa. Seu filho também foi preso. Segundo a emissora de TV NBC, Lillie ficou presa na cadeia do condado de Bernalillo, mas depois foi solta e responde o processo em liberdade.

Um grupo de 28 empresas e famílias que exploram portos no Brasil injetou pelo menos R$ 121,5 milhões em campanhas eleitorais e na direção de partidos políticos em apenas três anos, de 2010 a 2012. As empresas tinham interesses diversos na discussão da Medida Provisória dos Portos, proposta de alteração das regras do setor apresentada pelo governo Dilma no fim de 2012 e aprovada no Congresso na semana passada. Parte dessas companhias defendia desde o início as alterações por acreditar que abririam espaço para novos negócios. Entre elas estão nomes como Odebrecht, Triunfo e o grupo de Eike Batista. Duas entidades operaram o lobby no Congresso: a ABTP, dos terminais portuários, e Abratec, dos terminais de contêineres. Os presidentes da ABTP, Wilen Manteli, e da Abratec, Sérgio Salomão, estiveram no Congresso e conversaram com parlamentares ao longo da votação. Outro nome do lobby empresarial foi Richard Klien, sócio do grupo Opportunity, do banqueiro Daniel Dantas, na Santos Brasil. A empresa administra o maior terminal de contêineres do país e registrou no ano passado uma receita de R$ 1,3 bilhão.

Expresso Regional Editora e Revista Ltda. CNPJ: 07.338.963/0001-49. Campos: Avenida Gilberto Cardoso, 299, Turfe Clube Macaé: Avenida Rui Barbosa, 1.043, Edifício Heitor Diniz, sala 505, Centro — Macaé-RJ. Cep: 27915-011 Telefone: (22) 2772-2753. e-mail: expressonf@yahoo.com.br; Circulação: Campos, Macaé, Carapebus, Rio das Ostras, Quissamã, Conceição de Macabu e Casimiro de Abreu

Diretor Administrativo: Joel Martins Filho Editor: André Luiz do Amaral Cabral (Registro Profissional: JP MTB 28.656/RJ) Colaboradores: Luiz Flávio Gomes, Anthony Garotinho, Balthazar Schneider Impressão: Jornal do Commercio Tiragem: 15.000 exemplares

Acesse: www.jornalexpressoregional.com.br

EFE


Festa maína será realizada no Frade

3

Cultura nas escolas de Macaé

Uma festa tradicional, que tem tudo para atrair turistas para a região serrana de Macaé, vai movimentar o comércio local e as pousadas. Assim será a 24ª Festa Maína do Frade, que será realizada entre os dias 30 de maio (quinta-feira) e dois de junho (domingo). Haverá forró, pagode, reggae, futebol, cavalgada e muita animação disponível para quem marcar presença no evento.

Macaé está trabalhando em prol das políticas públicas que tratam da diversidade racial. A prova disso é a realização de projetos pedagógicos que são ministrados na rede municipal de ensino. O município também avançou ao incluir o ensino de História e Cultura Indígena. O objetivo é promover uma educação que reconhece e valoriza a diversidade, comprometida com as origens do povo brasileiro.

EXPRESSO REGIONAL 26 de maio a 1º de junho de 2013

A CAPITAL DA CULTURA Festival de Jazz & Blues consolida Rio das Ostras no circuito internacional da cultura

O

Festival de Jazz e Blues movimenta a cidade de Rio das Ostras em todos os níveis, desde o econômico até o turístico. E, apostando no grande número de turistas, o comércio da cidade se movimentou para atender a grande demanda. Os hotéis já ultrapassaram as expectativas quanto a taxa de ocupação e setores como alimentação e vestuário devem lucrar alto com o fluxo de pessoas. Segundo o gerente do restaurante Blue Cost, que fica na Costa Azul, Carlos da Silva, o crescimento deve ser de 30% a 40 %. “Todo ano nós colocamos uma tenda lá no local onde será o evento. Porém, nesse ano não conseguimos o espaço pelo tempo, mas acreditamos que vamos ter um aumento de movimento na ordem dos 30% a 40% se o tempo continuar desse jeito. Se melhorar deve superar os 50%. Já pensando nisso, fizemos algumas contratações temporárias para conseguir manter o bom atendimento”, afirmou. De acordo com a funcionária da Pousada Giras Sol, também na Costa Azul, Carla Vasconcelos, os hotéis estão com a taxa de ocupação elevada há mais de um mês. “Aqui nós temos 24 quartos e já estamos trabalhando somente com desistência. Na verdade as reservas foram feitas com bastante antecedência, há mais de um mês já não temos mais quartos. Isso aconteceu em vários outros hotéis da cidade”, disse. Para Carla Vasconcelos, esse movimento de turistas para o festival é sempre aguardado pelo setor hoteleiro. “Nós recebemos reservas de São Paulo, Minas Gerais, de várias cidades do Rio, sem contar que sempre tem algum grupo menor de outra

JORGE RONALD

O festival atrai um grande número de turistas, que movimenta a economia local, gera empregos e renda para a cidade. Além disso, o evento oferece visibilidade internacional a Rio das Ostras

localidade. Porém, sempre esperamos essa grande quantidade de turistas nesse período do festival”, completou. O gerente do restaurante Blue Cost, Calos da Silva o festival é um bom momento para aumentar os lucros. “O Festival de Jazz e Blues é um evento que aguardamos bastante, pois é ótimo para os nossos negócios. Até porque ficamos mais conhecidos, tem cobertura da mídia, além das pesso-

as que vem para o evento e depois voltam por gostarem da cidade. As expectativas são as melhores possíveis”, completou. Este ano, o evento realizado pela Prefeitura de Rio das Ostras, traz novidades para o público e um clima especial de Nova Orleans para a Cidade do Jazz, em Costazul. A cidade espera receber mais de 25 mil pessoas por dia durante o festival. Com uma programação diver-

sificada, em 29 shows gratuitos, o evento faz um mix entre o jazz e o blues e entre a nova e a velha geração, em apresentações de talentos nacionais e internacionais nas praias de Costazul e Tartaruga, na Lagoa de Iriry e nas praças São Pedro e José Pereira Câmara. A programação completa pode ser conferida no site www.riodasostrasjazzeblues.com ou no Portal da Prefeitura de Rio das Ostras: www.riodasostras.rj.gov.br.

DIVULGAÇÃO

Workshops gratuitos para a população Amantes do Jazz e do Blues poderão participar de workshops gratuitos durante o maior Festival da América Latina, seja para aprender noções básicas de gaita ou a produzir eventos relacionados a estes estilos musicais. A novidade é proporcionada pela Fundação Rio das Ostras de Cultura, que vai oferecer dois encontros com músicos renomados do cenário. As aulas acontecerão no espaço da Casa do Jazz, nos dias 30 de maio,

quinta-feira, e 1º de junho, sábado, às 12h, na Área de Eventos de Costazul. Os alunos da Escola de Música de Rio das Ostras terão a oportunidade de aprender um pouco mais com a Orquestra Byu Synthesis, dos Estados Unidos. O encontro entre os estudantes acontecerá no dia 31 de maio, sexta-feira, às 12h. Os interessados devem se inscrever gratuitamente entre os dias 27 e 29 de maio, no Centro de For-

mação Artística, na Praça José Pereira Câmara, no Centro, de 9h às 21h. Para ministrar estes cursos foram convidados músicos de renome internacional como Martin Salzaman, um dos maiores produtores do “Blues de Chicago”, nos Estados Unidos. O músico aplicará workshop de Produção e Agenciamento, sempre direcionado aos eventos relacionados ao Jazz. Para quem gosta de gaita, terá a oportunidade participar da

oficina de iniciação com um dos maiores nomes deste cenário, o brasileiro Jefferson Gonçalves. Com essas ações o festival ultrapassa a barreira de um evento apenas voltado para o entretenimento e alcança o público com diversas oportunidades de interação e imersão no universo do jazz. Desta forma, a Prefeitura espera dar mais opções para o grande público que deve chegar na cidade para acompanhar o festival. DIVULGAÇÃO

Para quem gosta de gaita, terá a oportunidade participar da oficina de iniciação com um dos maiores nomes deste cenário, o brasileiro Jefferson Gonçalves.

Orquestra Kuarup já é uma velha conhecida do público rioestrense

Orquestra Kuarup vai abrir o festival Como já virou tradição, quem abre as atrações do palco principal, no dia 29, às 20h, é a Orquestra Kuarup, da Fundação Rio das Ostras de Cultura, formada por músicos locais, sob a regência do maestro Nando Carneiro. A programação segue recheada de nomes consagrados como Stanley Clarke Band, Scott Henderson Trio, Lucky Peterson e Tamara Peterson, Vernon Reid & Masque com Maya Azucena, Christian Scott, Will Calhoun Ensemble com Donald Harrison, Victor Wooten Band, John Primer & The Real Deal Blues Band, Léo Gandelman com Charlie Hunter, Byu Synthesis, Arthur Maia, Diego Figueiredo, Tributo a Celso Blues Boy, Lancaster, Fernando Vidal Trio, Mauro Hector, Gean Pierre, Vagner Faria, Orleans Street Jazz Band e Monte Alegre Hot Jazz Band. Haverá também apresentação de duas bandas Dixie Square Jazz, que percorrerão os principais pontos da cidade executando standards do jazz para divulgar o festival. As

apresentações resgatam uma tradição musical apreciada por músicos de Jazz por permitir uma maior facilidade no improviso. O festival também receberá a Big Band da Universidade pública de Salt Lake City, de Utah, nos Estados Unidos. O festival é apontado pelos críticos como um dos melhores festivais do gênero no mundo, o Rio das Ostras Jazz & Blues Festival. Artistas da Fundição de Artes e Ofícios de Rio das Ostras estão preparando uma grande novidade para a Casa do Jazz. Um saxofone gigante, de aproximadamente três metros, ficará exposto na entrada do espaço. O objetivo desta peça é chamar a atenção dos visitantes para a exposição dos objetos confeccionados no Município. O sax é feito de isopor e foi escolhido por ser um dos instrumentos que mais se remete ao jazz e ao blues. A equipe está trabalhando a todo o vapor no nos últimos dias para deixar o Festival mais temático e charmoso.


26 de maio a 1ยบ de junho de 2013

EXPRESSO REGIONAL

PรGINA 4


26 de maio a 1º de junho de 2013

Quissamã investe na qualificação dos servidores Profissionais fazem curso organizado pela Controladoria Geral do Município” Com organização da Controladoria Geral de Quissamã, foi realizado no Parque de Exposições, entre os dias 16 e 18 deste mês, o curso de “Licitações, Contratos e Registros”. Na oportunidade os servidores municipais indicados pelas secretarias, coordenadorias, Empresa Municipal de Habitação, Fundação de Cultura e Câmara de Vereadores acompanharam palestras e abordagens proferidas por Dalmir Dias Lopes. O palestrante é pós-graduado em Ciências Contábeis COF/ QC (Escola de Administração do Exército-EsAEx), Direito Administrativo (UNESA) e Administração Pública (FGV), além de possuir mais de 20 anos de

experiência na administração pública na esfera municipal e federal. A Controladora Geral do município, Simone Moreira, ressaltou que o curso atingiu às expectativas e abordou a necessidade de constante direcionamento em referencial prático e teórico para os profissionais que atuam diretamente na área administrativa. — A realização do curso segue uma determinação do prefeito Octávio Carneiro de capacitar toda estrutura municipal. Assim é possível diminuir o tempo de tramitação dos processos, fato que resulta na celeridade nas questões que envolvem contratos e licitações. Além dos servidores, a população é beneficiada com a agilidade nas ações na qual está inserida, no final dos processos — valiou Simone Moreira. ADILSON DOS SANTOS

Os servidores acompanharam palestras e abordagens

a

EXPRESSO REGIONAL

Paes é campeão de truculência e violência Uma pesquisa do arquiteto Lucas Faullhaber, da UFF mostra que Eduardo Paes já removeu 37 mil pessoas por conta da Transcarioca e do Porto Maravilha. Superou as 31 mil remoções feitas pro Carlos Lacerda nos anos 60. Só que existe uma diferença gritante entre os dois. Lacerda removeu favelas da Zona Sul e do Maracanã, muito embora tenha recebido críticas, criou bairros e conjuntos habitacionais como a Vila Kennedy, Vila Aliança, Cidade de Deus e Cruzada de S. Sebastião (Leblon). As pessoas saíam de onde moravam, mas ganhavam uma casa em outro lugar. Eduardo Paes simplesmente está fazendo remoções “na marra”, passando por cima dos direitos das pessoas, e milhares de famílias de uma hora para a outra ficam sem teto, à espera da burocracia do aluguel, em situação desesperadora. E lembrando que o aluguel social é de R$ 500. Por exemplo, uma família que mora numa casa de 3 quartos que não é própria, em um ponto comercial da Zona Norte, é removida sem indenização nenhuma. Por R$ 500 não aluga uma casa de 3 quartos nem no morro. Ninguém ganha casa. As remoções truculentas com ameaças às famílias por parte de milícias que apóiam Eduardo Paes já foram denunciadas até às Nações Unidas (ONU).

PÁGINA 5

Bentrame foge durante toque de recolher

REPRODUÇÃO

Cabral e Lindberg: uma briga apenas de fachada

Essa nota só comete um erro. É claro que a conversa entre Sérgio Cabral e Lindbergh Farias discorreu sobre outro tema que passa a quilômetros da questão do ICMS. A versão plantada pela assessoria, ou de Cabral ou de Lindbergh só comete um erro. Subestima a inteligência dos leitores. Quem lê a Veja tem esclarecimento e é bem informado. Cabral jamais liga pára cuidar de questões administrativas, nem quer saber, deixa tudo na mão dos seus braços-direitos. Aliás, embora a imprensa não noticie este ano mesmo no meio desse tiroteio de mentirinha, Cabral e Lindbergh se encontraram na calada da noite no Palácio das Laranjeiras. Os dois fingem que brigam para se posicionarem, mas é tudo da boca pra fora. Lindbergh não pensa em abrir mão das boquinhas que tem no governo estadual, nem Cabral cogita lhe tirar. Estão juntos e misturados.

Carlos Minc tem muito a explicar Mais uma tragédia fruto da omissão das autoridades. Desta vez morreu uma pessoa e sete ficaram feridas no incêndio no depósito de combustíveis em Duque de Caxias, que pasmem, funciona numa rua residencial. as o que mais me chamou a atenção foi a notícia que está em todos os jornais de que “segundo as autoridades ambientais do estado existem de 20 a 30 depósitos clandestinos de combustível nas proximidades da REDUC”. Autoridades ambientais, leia-se Carlos Minc. Bem, se Carlos Minc tinha conhecimento de 20 a 30 depósitos clandestinos por que nunca foram fechados? Cadê a fiscalização? Uma autoridade pública ter conhecimento de um crime que lhe cabe coibir e não fazer nada é prevaricação. Isso é mais que omissão, é conivência irresponsável. Minc deveria ser convocado pela ALERJ para dar explicações e ser responsabilizado.

Continua o toque de recolher determinado pelos traficantes no Complexo do Alemão. Lojas, escolas e postos de saúde permanecem fechados. E as UPPs do Alemão e da Vila Cruzeiro estão de prontidão com os policiais tensos temendo novos confrontos. Durante a madrugada houve vários tiroteios. Essa é a “pacificação”. Como a notícia é ruim o secretário de Segurança Pública, José Mariano Beltrame se escondeu. O clima entre os moradores é de terror. Qualquer semelhança com a Faixa de Gaza não é coincidência.

Dupla personalidade de cabral

Que Cabral tem duas caras, isso hoje é público e notório. Que sua palavra vale tanto quanto uma nota de R$ 30 também já é sabido. Mas o caso de Cabral é patológico. Não sou psiquiatra, mas o caso dele não é normal. Ontem, numa palestra na FIRJAN saiu-se com essa de chamar de “esquizofrênico” quem quer duplo palanque no Rio de Janeiro, que nesse caso vem a ser a presidente Dilma. Há três dias no jantar do PMDB fez mil ameaças e chantagens ao PT. Uma hora depois da paletsra “esquizofrênica”, com a maior cara de pau, Cabral afirmou que não vão intrigá-lo com a presidente Dilma. Ora, está aí um caso claro de dupla personalidade para não dizer coisa pior.

Leia mais em: www.blogdogarotinho.com.br


26 de maio a 1º de junho de 2012

PÁGINA 6

EXPRESSO REGIONAL

MAIS UMA DE CONCEIÇÃO DE MACABU

I

mpressionante como algumas coisas só ac ontece em Macabu. Como se já não bastasse a “supercompra” de três toneladas de carne em apenas dois meses para o hospital Ana Moreira (que não tem capacidade para internar menos de 100 pessoas), agora a “novidade do momento é a merenda escolar. Acontece que aprefeitura contratou, pelo velor de R$ 600 mil, uma empresa para o fornecimento dos alimentos aos colégios. No entanto, de acordo com denúncia feita na Câmara Municipal, em algum as escolas esta merenda simplesmente não chegou: em algumas unidades estavam sendo servido apenas “canjiquinha” (milho triturado aos alunos). De acordo com a mesma denúncia os profissionais de educação desta unidade estariam até fazendo “vaquinha” para poder fornecer uma alimentação saudável para as crianças. Ironicamente, na cidade onde o hospital municipal prtaticamente virou uma churrascaria, as crianças ficaram sem ter praticamente um pedacinho de carne para se alimentar. Afinal, Canjiquinha, embora seja apreciada por algumas pessoas como acompanhamento, na regra geral é comida de pinto. As crianças de Macabu querem e merecem respeito. Estamos de olho!

PÁGINAS PARA A HISTÓRIA UMA LIÇÃO QUE JAMAIS PODERÁ SER ESQUECIDA! PANIS ET CIRCENSES, em latim significa pão e circo. E a expressão é até hoje difundisa no idioma original, porque a prática do espetáculo como subversão das massas surgiu realmente na cidade de Roma, berço da civilização latina — da qual somos também herdeiros. Pois bem, em nossa edição de 31 de dezembro de 2011, portanto há pouco menos de dois anos, trouxemos uma interessante matéria sobre a construção do estádio Cláudio Moacir. Não criticando a construção do estádio que, aliás, ficou lindo. Nosso foco foi a contradição gerada por ele. Ao mesmo tempo que a Macaé ganhou um imponente estádio, suas comunidades do entorno, como Nova Esperança e Fronteira continuaram favelizadas — no estádio foram investidos R$ 21 mihçoes, mais uma subvenção de R$ 16 milhões para que o Flamengo realizasse quatro partidas em Macaé, porém na melhoria de vida da comunidade vizinha ao estádio não foi investido um centavo. Isso é pão e circo! Que Macaé invista sim no Esporte, mas aprenda que a qualidade de vida da população não pode ser negligenciada. Que a lição seja aprendida!

ENGARRAFAMENTO NOSSO..

...De cada dia. Para transitar no trecho da RJ-106 entre Macaé e Rio das Ostras é preciso ter uma paciência monástica. Impreterivelmente, todo dia tem engarrafamento nos dois sentidos. Na última semana, mais uma vez o Expresso falou sobre o assunto, que parece não ter solução visível. No ano passado, portanto, antes das eleições municipal, a mitológica duplicação da rodovia foi promessa de campanha tanto do prefeito de Rio das Ostras, Alcebíades Sabino, quanto do de Macaé, Dr. Aluízio. Para aquecer ainda mais as esperanças da sofrida população dos dois municípios o vice-governador do Estado, Luiz Fernando Pezão esteve em Rio das Ostras e falou que a licitação para a obra já “havia sido publicada”. Terminada a eleição, nada de publicação, nada de duplicação, nada. Parece que simplesmente o assunto, primordial para o desenvolvimento da região caiu no esquecimento. Bem, dos políticos talvez até tenha caído, afinal eles tem coisas “mais importantes” para se ocupar. Porém nós, aqui do Expresso, jamais esqueceremos. Vamos continuar cobrando, cobrando e cobrando. Estamos de olho!

Leia todas estas matérias na íntegra no site: www.jornalexpressoregional.com.br Colunista convidado

Anthony Garotinho* Vencendo as drogas

A

questão das drogas é hoje, sem dúvida, um dos maiores desafios da sociedade brasileira. Há poucos dados disponíveis sobre número e perfil de usuários e de dependentes no Brasil, e os estudos sobre o tema são ainda incipientes. No entanto, pesquisas em andamento revelam que o consumo de drogas se alastra rapidamente, e dados da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) revelam que são cerca de 2,6 milhões usuários de cocaína e crack no Brasil, sendo metade deles dependentes. Em relação ao crack, uma das mais terríveis e perigosas drogas, que hoje afeta todos os segmentos socioeconômicos, estima-se que sejam mais de 1 milhão de consumidores no Brasil, dos quais um terço está fadado a morrer em um período de cinco anos. Esse número representa 20% do total de usuários do mundo, o que faz do Brasil o segundo mercado consumidor de cocaína no ranking mundial, em números absolutos, atrás apenas dos Estados Unidos. É certo e evidente que investir em educação, saúde e segurança pública é o que conduzirá à solução de tão complexa questão. Contudo, diante desse tema tão cruel quanto relevante, são prementes ações de efeito imediato, que, ao contemplarem um efetivo combate do tráfico drogas e ampliarem a prevenção, bem como a oferta de tratamento para dos dependentes, venham a frear

a destruição e a devastação causadas pelo seu consumo. Acaba de ser aprovado na Câmara dos Deputados o Projeto de Lei n° 7.663, de 2010, de autoria do Deputado Osmar Terra (PMDB/RS), cujo relator, Deputado Givaldo Carimbão (PSB/AL), propôs substitutivo que desfaz alguns equívocos do texto original. Entre outras medidas importantes, o PL propõe aumento da pena para o tráfico, internação de dependentes e sua inclusão nas unidades de atendimento da rede pública, além de estímulos à inserção na sociedade e no mercado de trabalho de dependentes em recuperação. Cabe aqui lembrar mais uma vez, por sua importância, o Programa Clínicas Populares, que implantei no Rio de Janeiro, quando fui governador. Pioneiro no Brasil, o programa visava à prestação de atendimento gratuito aos dependentes de drogas, em clínicas públicas localizadas em Santa Cruz, bairro do Rio de Janeiro, e nos municípios de Valença e de Barra Mansa. Torço para que o Programa Clínicas Populares possa servir de inspiração a ações que vierem a ser implementadas em decorrência do Projeto de Lei n° 7.663/2010. Tenho a firme esperança de que a aprovação do Projeto marque o início de um trabalho eficaz, do qual a sociedade brasileira possa vir a colher reais resultados.

*Anthony Garotinho é deputado federal e líder do PR na Câmara


Encontro da cidade com a ciência

Legalização das instituições do Sana

A partir do dia 3 de junho, a Prefeitura de Rio das Ostras abre as inscrições para o 1º Encontro da Cidade com a Ciência, evento promovido pela Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação, nos dias 14 e 15 de junho. O Encontro tem por objetivo mobilizar a sociedade em torno da valorização da ciência como integrante do cotidiano.

Com o objetivo de garantir a representatividade e a participação da sociedade civil, o Conselho Gestor da Apa do Sana (Sanapa) iniciou a discussão da legalização das instituições que representam a sociedade organizada do distrito. O assunto foi abordado durante a última reunião, realizada quinta-feira (23), na sede do Macaé Facilita do Sana. A próxima reunião acontecerá dia 18 de julho.

CHACINA EM MACABU: SETE TESTEMUNHAS SÃO OUVIDAS Começam a ser montadas as peças de acusação do réu do caso

M

oradores de Conceição de Macabu (RJ), amigos e parentes das vítimas da chacina ocorrida em março, na cidade simpatia, se reuniram no Fórum, na última quinta-feira (15), para ouvir as sete testemunhas de acusação contra Cristiano Maurício de Castro, o Pindoco, de 35 anos. Ele está sendo acusado de atirar e matar a ex-sogra, Marisa Alves dos Santos; ex-cunhada, Simone dos Santos; o sobrinho da ex-esposa, Marcelo Santos da Silva e disparar vários tiros na nuca e cabeça da ex-mulher, Cátia dos Santos. O crime aconteceu no Bairro Vila Nova, local onde vivia a família. As suspeitas apontam que vingança teria motivado o crime, de acordo com as linhas de investigação. A porta foi arrombada com um machado, invadida e assim, vários tiros foram disparados nos membros desta família. Pindoco ficou foragido assim que o crime aconteceu. No entanto, foi encontrado dias depois no Morro de Santana, em Macaé. Ele era dono do depósito de água e gelo que foi fechado por estar fraudando o rótulo de uma empresa de Trajano de Moraes, além de estar utilizando água imprópria para consumo e vendendo nos comércios da cidade. De acordo com seu advogado de defesa, Vitor Meireles, o réu esteve presente no Fórum, por ter direito de acompanhar o próprio caso. As sete testemunhas de defesa serão ouvidas em outro

ESTEVÃO MACHADO

Apesar dos indícios apontarem o reu como autor do crime, seu advogado Vitor Meireles afirma que não há provas momento porque não houve tempo hábil para convocação das mesmas, pois, há testemunhas em outras comarcas. “Não há previsão para que elas sejam ouvidas pelo fato de depender das pautas do próprio fórum”, assim explicou Meireles. O Expresso Regional ouviu a irmã do acusado, Cristiane Maurício de Castro. “Eu não acredito que meu irmão fez isso. Ele convivia muito bem com ela, aliás, com toda família. Ele sempre ajudou Cátia. Cristiano já estava fora da cidade há mais de 15 dias quando os assassinatos ocorrem”, disse. No entanto, ela

afirmou não saber o paradeiro do irmão, nessa época. “Ninguém tem prova conta meu irmão. Ele convivia bem com a família, mesmo estando separado de Cátia. Eles se divertiam muito enquanto estavam casados. Ela era ciumenta, ele também. Eu acredito na inocência do meu irmão”, destacou. A ex-esposa ficou internada por um tempo no Hospital Ferreira Machado, em Campos dos Goytacazes. Mas, ela não deixou de comparecer ao Fórum, ajudado por parentes com a cadeira de rodas, pois ainda se recupera do ocorrido.

De acordo com informações, os sobrinhos, dois meninos de nove e seis anos, o mais novo filho de Pindoco, presenciaram o fato. No ato da tragédia, eles se esconderam atrás de uma cortina. Quando o carro da Polícia Militar chegou ao Fórum, na quinta-feira (23), trazendo o acusado, Cristiano Maurício de Castro, familiares e amigos das vítimas não se conformaram e, os gritos “assassino” ecoaram. A irmã de Cátia, Patrícia, chorava muito neste momento relembrando aquele dia fatídico que abalou toda a cidade e toda estrutura de sua família. (Francine Marcella)

7

EXPRESSO REGIONAL 26 de maio a 1º de junho de 2013

Casimiro vai implantar ouvidoria municipal

Órgão funcionará como ponte entre o poder público e a comunidade

Os secretários municipais de Casimiro de Abreu participaram na tarde de terça-feira, dia 21, de um curso sobre ouvidoria. O objetivo foi apresentar aos gestores o que é a ouvidoria e como cada um pode contribuir para seu funcionamento. “A implantação da ouvidoria em Casimiro de Abreu está acontecendo a base de muita pesquisa e estudo de nossa equipe. Mas dependemos muito de todo o secretariado para que este trabalho dê certo. As demandas vão chegar até nós e vamos tentar produzir a melhor resposta para o munícipe”, destacou a ouvidora municipal, Aparecida Otz. O coordenador da Associação Brasileira de Ouvidorias, Décio Araújo Braga, ressaltou que a ouvidoria é uma ferramenta de gestão muito eficiente se bem utilizada. “A ouvidoria não é corregedoria, nem fisca-

lização ou controladoria. Mas uma ferramenta para aproximar a relação do governo com o cidadão”, falou. Ele ressaltou a importância do treinamento contínuo de todos os envolvidos nesse processo. “A palavra chave da ouvidoria é o acolhimento. Saber receber e ter eficiência em dar respostas. Vocês vão perceber como a ouvidoria pode ser eficiente e como podemos melhorar a relação dos munícipes com o gestor”, observou. Responsável pela implantação das ouvidorias no Hospital das Clínicas, da Secretaria de Saúde e da ouvidoria geral do município de Botucatu-SP, Isabel Cristina Rossi Conte, apresentou um histórico do surgimento das ouvidorias e mostrou os avanços obtidos na cidade paulista. “A ouvidoria orienta os projetos e ações do poder público, que tem a possibilidade de conhecer as reais necessidades da comunidade”, destacou. VITOR NANTES

Décio Braga, coordenador da Associação dos Ouvidores do Brasil


Inscrições para professor de dança

Adolescentes preparados para o mercado

Estão abertas as inscrições do processo seletivo simplificado para contratação temporária para o cargo de professor de dança para atuar no polo de cultura Escola Municipal de Dança e em outros polos culturais. Ao todo são oferecidas dez vagas temporárias para a carga de 30 horas semanais. Os interessados podem se inscrever até a próxima segundafeira (27), das 9 às 17 horas, na sede da Fundação Macaé de Cultura.

Preocupada com a empregabilidade e a inserção no mercado de trabalho dos jovens do Nova Vida, a prefeitura e o Centro de Integração de Empresa – Escola (CIEE) desenvolvem ação integrada para realizar o programa de Desenvolvimento de Pessoas. Vinte meninos e meninas de 17 anos, idade em que terão de sair do Nova Vida, recebem aulas todas as quintas-feiras, das 14 às 17 horas.

DOUGLAS CHAVES

8

EXPRESSO REGIONAL 26 de maio a 1º de junho de 2013

REPRODUÇÃO

Taça Brasil de Montain Bike em Rio das Ostras

Evento foi realizado pela prefeitura em parceria com o grupo Bike RO

? Acima, Augusto Cézar, um dos que acreditaram e se indignaram com o boato. À esquerda, algumas das reações no Facebook

O PODER DE UM BOATO Brasileiro hoje em dia acredita em tudo. E isso não um boato!

O

s casos de boatos na internet têm ganhado cada vez mais destaque na internet, território de livre propagação. Nas últimas semanas dois boatos ganharam contornos de veracidade, o primeiro falava sobre uma suposta bolsa de R$ 2.000 para garotas de programa sugerida por uma senadora. A mentira foi proposta por um blogueiro que usa um nome bastante sugestivo “Joselito Muller” e se tornou um viral na internet brasileira. Outro boato que ganhou as ruas foi sobre o fim do programa federal Bolsa Família. Com essa notícia, milhares de pessoas foram até as agências da Caixa Econômica Federal para tentar

sacar o benefício acreditando que não poderiam ter outra oportunidade. O tumulto ocasionado no final de semana resultou em quebra de portas de vidro e muitas reclamações. Porém, não foi nada além de um boato. Por este motivo, o Jornal Expresso Regional resolveu fazer um teste nas ruas de Macaé sobre a questão para saber se as pessoas acreditam nos boatos, mesmo parecendo ser absurdos. Desta forma a equipe de reportagem do jornal foi às ruas com o seguinte boato: “Está em discussão no Congresso proposta de Lei que autoriza o casamento entre pessoas da mesma família. A união "incestoafetiva" (como já está sendo chamada) pode virar lei. O projeto é inspirado num

caso que aconteceu no interior de Santa Catarina onde um pai se apaixonou por uma filha que não conhecia e agora ambos reivindicam o direito de casar”. Com esse boato, o jornal resolveu saber o que a população pensa. Também lançamos o mesmo boato no Facebook, na página de humor do colunista Balthazar (www.fb.com/velhobalthazar). Mesmo sendo uma postagem numa página de humor, muitos acreditaram. “Isso é um absurdo, não é possível que esses políticos querem destruir a família brasileira. Se essa lei for aprovada todos temos que fazer alguma coisa para defender a família”, afirmou Augusto César. Já Ana Maria pensa que a medida é uma vergonha nacional.

“Se isso for aprovado por esses políticos o nosso país não terá mais jeito, será uma vergonha nacional para todos”, afirmou. Raquel Silva foi a única a não acreditar na notícia. “Eu não acredito isso iria contra qualquer regra de convívio social. Deve ser mais um desses boatos que vemos pipocar por ai”, completou. Ao final de todas as perguntas, a equipe do jornal Expresso Regional informou para os entrevistados que a notícia não era verídica e tinha como intenção apenas verificar a força dos boatos. Todos que concordaram em aparecer na reportagem tiveram seus nomes modificados para preservar a identidade dos entrevistados. (Douglas Chaves)

Mar do Norte acelerou no último final de semana com a realização da Taça Brasil de Mountain Bike. Ciclistas nacionais e internacionais das principais equipes de ponta do ciclismo participaram da prova realizada pela Prefeitura de Rio das Ostras, em parceria com o grupo BikeRO e o Tayra Eco Parque, no Mar do Norte e o apoio da Federação de Ciclismo do Estado do Rio de Janeiro - Fecierj. A competição valeu pontos para o ranking da União Ciclística Internacional – UCI. Este foi o primeiro evento do calendário do Rio de Janeiro que valeu pontos para definir os participantes brasileiros nas Olimpíadas Rio 2016. Na Elite, principal categoria da prova, Brasil e Argentina ficaram com o título. No masculino, o Brasileiro Rubens Doni-

zete foi o vencedor, enquanto a argentina Maria Agustina Apaza ficou com a primeira colocação no feminino. De acordo com o prefeito Sabino, a realização de uma prova internacional em Rio das Ostras comprova a relação da cidade com a bicicleta de uma forma geral. "Mais de 60% da população utiliza a bicicleta para ir trabalhar, estudar ou simplesmente como forma de lazer. Portanto vamos valorizar cada vez mais o seu uso e uma competição oficial como essa ajuda porque é um incentivo esportivo grande. O nosso objetivo agora é sediar uma etapa da Copa do Mundo para dar uma visibilidade ainda maior a uma cidade que ama o esporte como um todo. Aqui apoiamos o desenvolvimento de todos os esportes e a mountain bike e o ciclismo estão inseridos. A ideia é garantir segurança e conforto aos praticantes e dizer que o município te tudo a ver com a bicicleta", declarou. DIVULGAÇÃO

Evento contou com atletas de todo o Brasil


26 de maio a 1º de junho de 2013

EXPRESSO REGIONAL

PÁGINA 9

MACAÉ INICIA PREPARAÇÃO POR UMA VAGA NA 'SÉRIE B'

Várias mudanças na equipe foram realizadas. Time ganha reforços

O

Macaé Esporte está se preparando e reforçando a equipe de olho na disputa para a Série C do Campeonato Brasileiro. Por isso foi buscar o atacante William de 27 anos. O contrato do atacante será até o final do Carioca de 2014. No primeiro semestre deste ano, William defendeu as cores do Novo Hamburgo durante a disputa do Campeonato Gaúcho. Segundo o técnico Gerson Andreotti, que comandou o Friburguense no Carioca, e agora tem a missão de conduzir o Alvianil Praiano ao inédito acesso à Série B do Brasileiro, o caminho é difícil, mas não impossível. “A Série C é uma competição muito complicada, porém eu gosto de desafios. Nesta primeira conversa que tive com os jogadores, pedi reciprocidade no trabalho. Ou seja, quero todos imbuídos no mesmo objetivo, que é levar o clube à Série B”, destacou o novo comandante, campeão da Série C com o Brasiliense, em 2002. No Macaé, Gerson Andreotti tem toda uma comissão técnica “formada em casa”. Alvorino Leal, dos juniores, foi promovido ao profissional, assim como o treinador de goleiros Juninho. O técnico da mesma categoria, Carlinhos Ganjão, será o seu auxiliar técnico. Maicon Botelho segue como auxiliar da preparação física. O Leão de Macaé está apresentando uma equipe bastante

DOUGLAS CHAVES

Artilheiro Willian foi apresentado pelo Macaé para compor o time na disputa pelo acesso a Série B modificada em relação ao Carioca. Apenas três jogadores já tiveram os seus contratos renovados: os goleiros Luis Henrique e Rerysson e o volante Gedeil. Por outro lado, cinco ainda têm vínculo com o clube até o fim do ano: o zagueiro Fernando Lopes, o lateral-esquerdo Gerson e os meias Norton, Danilo e Marco Goiano. Alguns ainda faltam negociar com a direção, como o lateral-direito Daniel, o volante Lenon e o atacante Anderson Manga. Ao todo, a direção apresentou sete reforços no começo do mês. As principais novidades foram o atacante Sérgio Júnior,

artilheiro do Bangu no Carioca com 6 gols, os volantes Renan (ex-Duque de Caxias), Marcelo e Zé Victor, sendo que os dois últimos foram contratados por empréstimo junto ao Friburguense. As outras caras novas foram o apoiador Marquinho, destaque do Quissamã no Carioca, o lateralesquerdo Carlos Alexandre, que vem emprestado do Grêmio, e o atacante Cris, filho de Ailton Ferraz, auxiliar técnico de Jorginho no Flamengo. Durante o período de preparação, o Macaé Esporte fez alguns jogos treinos, empatando com o Paduano e também contra o Barra de São João pelo mesmo

placar, 1 a 1. Outro ponto que está sendo avaliado pela direção do clube é o local de treino. Atualmente o time treina em Rio Dourado, porém a cidade de Rio das Ostras já ofereceu seus campos para que o Macaé possa usar. O clube estreia no Brasileiro da Série C no dia 1º de junho, quando enfrenta o Caxias-RS, às 19h, no Estádio Centenário, com transmissão da TV Brasil. O Macaé está no Grupo B, que tem ainda Barueri (SP), Betim (MG), CRAC (GO), Duque de Caxias, Guarani (SP), Madureira, Mogi Mirim (SP) e Vila Nova (GO). (Douglas Chaves)

Boxe macaense busca apoio para "brilhar"

Equipe conta com muitos talentos, porém com poucos incentivos

O momento esportivo de Macaé é bom principalmente em decorrência dos resultados alcançados pela equipe de basquete do município. Porém, o esporte macaense é muito mais abrangente do que o basquete e futebol. existe uma legião de atletas que conquistam bons resultados, mas não conseguem incentivo público. A equipe de boxe treinada pelo professor Miza é um bom exemplo disso. Com bons resultados, eles lutam contra as dificuldades para seguir representando Macaé. “Nós treinamos aqui no Barroco Combat e eles realmente são um grande parceiro, porém precisamos de mais, pois não temos patrocínio. A Prefeitura ficou anos sem olhar para esse esporte que é um dos carros chefes de medalhas nas Olimpíadas. Já consideramos

até levar nossos atletas para competir por Campos, para que eles pudessem ter acesso a incentivos”, afirmou. Após lutar sozinho por bastante tempo, o professor Miza conseguiu a promessa da Prefeitura em incentivar o esporte. “Estamos conseguindo aos poucos mostrar para a Prefeitura que o boxe é um ótimo meio de inclusão social, além de possibilitar um caminho para tirar crianças e adolescentes do caminho errado. Acredito que vamos conseguir o apoio que precisamos. Temos grandes valores que podem trilhar um bom caminho no boxe, então, com condições de trabalho, eles vão longe”, disse. Para o professor, somente por meio do esporte e da cultura é que se pode resgatar socialmente jovens. “Vemos vários jovens e crianças andando pelo caminho errado e somente o esporte e ações culturais é possível resgatar esses jovens fazendo uma nova inclusão social”, finalizou. DIVULGAÇÃO

A equipe macaense tem talentos mais precisa de apoio


26 de maio a 1ยบ de junho de 2013

EXPRESSO REGIONAL

PรGINA 10


Pela ampliação do Aeroporto

Cadastramento de licença de trabalhadores

O vice-prefeito de Macaé, Danilo Funke, recebeu na quintafeira (16), em seu gabinete, a Superintendente da Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (INFRAERO), Sônia Paiva, para discutir o projeto de ampliação do Aeroporto de Macaé, as demandas para que as obras se concretizem e as prioridades. A obra custaria cerca de R$ 20 milhões.

A Coordenadoria de Posturas concluiu, nesta quinta-feira (23), o período de cadastramento da licença para comerciantes informais atuarem em Macaé. A ação teve início dia 14 de maio. Segundo a coordenadoria, não é possível prevê o número de trabalhadores cadastrados, já que eles ainda serão submetidos à avaliação médica em postos de saúde para verificação de doenças infectocontagiosas e outras.

11

EXPRESSO REGIONAL 26 de maio a 1º de junho de 2013

JURUBATIBA MERECE

ADIL

Câmara de Quissamã realiza sessão em homenagem ao Parque

U

m dos mais belos cenários que compõem Quissamã, o Parque Nacional da Restinga de Jurubatiba, considerado patrimônio natural do município, foi tema para a sessão solene, realizada em plenário na última terça-feira (22). A moção de aplausos teve como homenageada Dona Helianna Barcellos, diretora do Espaço Cultural José Carlos de Barcellos (ECJCB). Este foi mais um reconhecimento pelas lições de amor e pelo grande trabalho feito por Dona Leninha visando à conservação deste patrimônio cultural.

Estiveram presentes na sessão, parlamentares, secretários de governos, munícipes, além dos familiares e amigos da homenageada. Todos os vereadores a parabenizaram por manter viva a história do município. Dona Leninha abriu às portas de sua casa transformando o local em um espaço que abriga materiais que remontam toda a história de Quissamã. Como pioneira quando o assunto é preservação ambiental e Restinga de Jurubatiba, nada mais justo que direcionar esta homenagem a ela. Durante a sessão foi mostrado o vídeo “Areia de Quissamã”, realizado pelos alunos da Universidade Federal do Rio de Janeiro

(UFRJ). O vídeo mostra a história de amor da homenageada com Parque Nacional da Restinga de Jurubatiba. O curta retrata a o seu envolvimento na preservação da natureza e relatos da história do município. Durante a sessão, Marcos Cezar ministrou uma pequena palestra sobre o parque. Ele relembrou que até 2007, o parque era gerido pelo Ibama, depois, passou a ser administrado pelo Instituto Chico Mendes. Parte deste patrimônio natural fica localizado em Macaé e Carapebus, mas Quissamã abrange 60%. O parque é muito utilizado para pesquisas cientificas, educação ambiental e turismo ecológico.

Durante seu discurso, ela relembrou alguns momentos de sua vida. “Eu morei em Niterói por 47 anos. Mas, meu pensamento sempre foi voltar. Não por interesse político. Meu marido foi o grande incentivador para que isso acontecesse. O nada sou, nada tenho e nada quero, a não ser levar Deus em minhas mãe, minha terra, Quissamã. Eu amo minha terra. Nunca quis voltar por outro interesse a não ser a preservação da memória e do meio ambiente. O resgate da história social da nossa terra. Os Barcelos tiveram grande importância nessa história. Eu sou muito feliz!”, disse. (Francine Marcella) ADILSON DOS SANTOS

Dona Helianna Barcellos, diretora do Espaço Cultural José Carlos de Barcellos (ECJCB) foi homenageada no evento

O espaço integra arquitetura e acervo do século XIX

Museu Casa de Quissamã está de portas abertas Centro de Cultura foi reaberto no final do mês de fevereiro

O Museu Casa Quissamã é um convite à história do município e a do Brasil. Reaberto desde o final de fevereiro, o local recebe visitantes de quarta a sábado e nos feriados, das 10h às 17h. O espaço integra arquitetura e acervo do século XIX e quem o visita tem a oportunidade de conhecer um pouco mais sobre essa época vivida em Quissamã. De acordo com a diretora do Museu Casa Quissamã, Marta Medeiros, atualmente, o perfil dos visitantes é muito voltado para o turismo pedagógico. Hoje, por exemplo, já tem agendamentos fechados para este público, até agosto. Ela acredita que isso se deve ao fato do município ser um dos únicos no Norte Fluminense a possuir acervo que representa a pujança do período áureo da cana-de-açúcar, tornando-se referência. “O Museu é uma célula de

educação interdisciplinar, é um local de várias visões históricas que passa por questões religiosas, étnicas, arquitetônicas, comportamentais, entre outras, cujas abordagens condizem a uma diversidade de informações didáticas que vão ao encontro da atualidade no que diz respeito a temas como aquecimento global, desmatamento, pois tudo isso faz parte de um meio ambiente histórico que se modificou”, observou Marta Medeiros. A diretora ressaltou também, que a proposta é utilizar o Museu não somente como um espaço de memória, mas para exposições e saraus, com o intuito de promover uma frequência maior por parte da população local para que se integre ao ambiente, interagindo com a história encontrada lá. No Museu existe um espaço destinado ao artesanato para difundir o trabalho dos artistas de Quissamã, onde toda a renda da venda dos produtos vai totalmente para eles.


Sem mudança no Bolsa-Família

Qualificação dos servidores

A prefeitura promove o seminário “As marcas da violência: como identificar os sinais de um possível caso de violência sexual?”. A palestra vai ocorrer na Cidade Universitária, na segunda-feira (20), das 9 às 16 horas e é coordenada pela subsecretaria da Infância e Juventude (Sinjuv). Os interessados em participar do evento poderão inscrever-se na Sinjuv, Rua Velho Campos 400, Centro.

Com organização da Controladoria Geral de Quissamã, foi realizado no Parque de Exposições, entre os dias 16 e 18 deste mês, o curso de “Licitações, Contratos e Registros”. Na oportunidade, os servidores municipais, indicados pelas secretarias, coordenadorias, Empresa Municipal de Habitação, Fundação de Cultura e Câmara de Vereadores, acompanharam palestras e abordagem.

12

EXPRESSO REGIONAL 26 de maio a 1º de junho de 2013

PROMOÇÃOANTISSOCIAL

DOUGLAS CHAVES

Líder do governo de Macaé critica trabalho secretaria de Promoção Social

A

assistência social em Macaé não vive seus melhores dias. Após ser considerada uma das melhores no Estado, principalmente pelo trabalho realizado com os moradores em situação de rua, hoje ela não consegue agir de forma útil para a sociedade. Segundo o vereador Júlio César de Barros (PPL) um dos problemas principais das políticas sociais no momento é a falta de compaixão. “Nós temos visto muitos técnicos atuando na assistência social em Macaé, porém não basta conhecer, tem que ter comprometimento. Além disso, o profissional que atua nesse segmento tem que ter sensibilidade, não pode perder isso, pois esse sentimento humaniza a ação, potencializando os resultados”, afirmou. Julinho do Aeroporto já atuou como secretário de Desenvolvimento Social e acredita que as boas ações que deram certo não podem ser deixadas de lado. “Enquanto fui secretário conseguimos implantar a Pousada da Cidadania e o programa “Não dê Esmola”. Fazíamos o recambiamento das pessoas que eram de outras localidades, esse trabalho não era uma higienização social, mas sim uma recuperação do indivíduo. Mesmo com o trabalho sendo bem realizado anteriormente, quem está a frente agora parece não querer admitir que fizemos o trabalho correto antes. O resultado disso é a

ANDRÉ CABRAL

Assistência oncológica em Macaé

Para Julinho, falta sensibilidade na secretaria em Macaé. Segundo eles, há muitos técnicos, mas poucos profissionais realmente empenhados grande quantidade de moradores em situação de rua que vemos na cidade a noite e nos finais de semana”, disse. Um dos casos emblemáticos de recuperação diz respeito a um ex-morador de rua. O homem havia sido levado para a Pousada da Cidadania, lá terminou o ensino fundamental, se inscreveu no último concurso público realizado pela Prefeitura e conseguiu ser aprovado e hoje é servidor público. “Esse caso mostra que o tra-

balho realizado tinha como principal motivação a recuperação do ser humano. Hoje em dia as pessoas têm mais compaixão por um animal do que um morador de rua. Até porque essa situação é considerada normal. Porém não é normal aceitar que uma pessoa, ou uma família more na rua sem perspectiva futura”, completou o vereador. De acordo com Julinho o prefeito Dr. Aluízio tem um ritmo de trabalho muito grande e alguns secretários não conse-

guem acompanhar essa demanda. “Eu sou líder do governo na Câmara, quero realmente que eles consigam acertar, porém não posso deixar de falar o que está errado, até porque o governo precisa disso. O prefeito Dr. Aluízio é muito dinâmico, atua em diversas frentes, porém, como já foi falado em vários momentos por mim e outros vereadores alguns secretários não conseguem fazer o mesmo, até porque ser secretário é um grande desafio”, argumentou.

Atualmente os principais locais de concentração dos moradores em situação de rua estão no Centro da cidade. Na rua Conde de Araruama uma família está instalada no local, na praça Washington Luís também existem alguns. Na rodoviária várias pessoas dormem diariamente nos bancos do local. Por estes motivos é importante realizar políticas públicas eficientes para dar soluções sociais a estes casos. (Douglas Chaves)

Macaé terá ainda este ano assistência municipal de oncologia. A garantia do tratamento, incluindo quimioterapia, foi anunciada pelo governo, em audiência pública sobre o câncer, realizada na noite desta quinta-feira (23), na Câmara de Vereadores. A prefeitura, em parceria com a Irmandade São João Batista, busca o credenciamento junto ao Ministério da Saúde para implantar atendimento de alta complexidade em oncologia na instituição filantrópica. Durante três horas e meia, diversas representações da sociedade debateram o assunto com a participação de aproximadamente 130 pessoas. A estimativa é que, a cada ano, Macaé tenha 100 novos casos de câncer. Para implementar o serviço, é necessário estruturar a unidade para adequação às portarias ministeriais que regulamentam a assistência e, assim, habilitar o funcionamento. Por se tratar de um atendimento especializado, a proposta do governo é realizar diversas ações. Entre elas, melhorar as condições de transporte de pacientes que se deslocam diariamente para os centros de referência do estado, assistência no município em curto prazo com adaptações estruturais".

R$ 600 mil gastos com uma merenda que não chegou Caso ainda precisa ser apurado pelas autoridades

Após a matéria realizada pelo Jornal Expresso Regional sobre a falta de merenda escolar em escolas do município de Conceição de Macabu, a vereadora Izamirtes (PMN) voltou a comentar a situação no plenário da Câmara de Vereadores da cidade. “Em primeiro lugar quero agradecer a senhora Veruska por ter resolvido parcialmente o problema, essa semana mesmo eu vi o caminhão entregando na creche do Barata a merenda escolar”, disse. A vereadora também falou que irá continuar fiscalizando os problemas do governo até o fim do mandato. “Fui eleita pelo povo, não foi o voto da prefeita que me elegeu, por isso vou brigar pelo povo sempre. Estou aqui nessa casa para fazer o meu trabalho que é lutar pelo povo, até porque a falta de merenda é um caso muito grave e vou continuar até o final do meu mandato. Vou fazer isso porque não tenho rabo preso com ninguém”, afirmou Izamirtes. Outro ponto levantado pela

parlamentar foi o seu voto contra o crédito especial destinado a construção de uma creche. “Votei contra sim, pois quase um milhão de reais para construir uma creche é muita coisa. Eu votei contra e me sinto muito a vontade, pois tudo o que vem desse governo tem que se desconfiar”, completou Izamirtes. O problema da merenda levantado pela vereadora era com relação a falta de itens para alunos na escola de Macabuzinho. “Recebi denúncias de pais que na escola estava faltando a merenda escolar. Fui até o local e pude ver que isso realmente está acontecendo. As crianças só tiveram canjiquinha para comer no dia em que eu fui, porque os próprios funcionários da escola fizeram um rateio e compraram o mantimento, as vezes penso que compraram tanta carne no passado, que agora eles tem medo de comprar. Isso é um absurdo já que, de acordo com o Diário Oficial da cidade, já foram gastos cerca de R$ 600 mil com a merenda escolar, sem contar com o

fato de que falam que essa escola é modelo, ai eu pergunto, modelo de que?”, indagou na edição anterior a vereadora Izamirtes. Outro problema apontado na semana anterior pela vereadora foi com relação a unidade de ensino que sofre também sofria com a falta de merenda, a escola Frei Valério no Centro da cidade. “Aqui no Centro a falta de merenda é tamanha que os alunos só tem suco de uva para tomar como lanche. Sendo que nessa escola também há grandes problemas de estrutura, já que os banheiros estão sem fechadura, uma porta da sala de aula está caindo. Ou seja, um risco para as nossas crianças. Isso sem falar no bebedouro que vaza água há muito tempo e ninguém resolve o problema”, afirmou na ocasião. No Diário Oficial do município de Macabu, foi publicado dois gastos que juntos, somam cerca de R$ 600 mil, por este motivo, segundo relatos da própria vereadora a situação começou a melhorar com a chegada aos poucos da merenda na cidade. DIVULGAÇÃO

Acima, estrato do contrato, de R$ 600 mil, para o fornecimento de merenda que não chegou àos alunos


26 de maio a 1º de junho de 2013

EXPRESSO REGIONAL

PÁGINA 13

DIVULGAÇÃO

RODRIGO SANTORO E ANTONIO BANDERAS FARÃO FILME SOBRE MINEIROS CHILENOS

E NA AMÉRICA DO NORTE

Rodrigo Santoro e o ator espanhol Antonio Banderas foram confirmados no elenco de “The 33”, filme baseado na história de sobrevivência dos mineiros soterrados por mais de dois meses em uma jazida do norte do Chile, informou a revista especializada “Variety”. Banderas interpretará Mario Sepúlvera, o carismático mineiro que recebeu o apelido de “Super Mario”. Já Santoro interpretará Florencio, o primeiro homem a ser resgatado da mina. O anúncio foi feito pelo produtor Mike Medavoy no Festival de Cannes. As filmagens, dirigidas pela mexicana Patricia Riggen, começarão no segundo semestre no Chile. O roteiro, obra de Mikko Alanne e José Rivera, se foca nos fatos ocorridos na jazida San José, em pleno Deserto do Atacama, onde os mineiros permaneceram soterrados por 70 dias a cerca de 700 metros de profundidade antes de seu resgate em outubro de 2010.

DE OLHO NO MERCADO ASIÁTICO, NOVO “TRANSFORMERS” TERÁ ATRIZ CHINESA A atriz chinesa Li Bingbing, uma das mais populares no país asiático, foi confirmada no elenco do quarto filme da saga “Transformers”, informou nesta terça-feira (21) a imprensa oficial chinesa. Li, que já participou de vários filmes americanos, entre eles “Flor da Neve e o Leque Secreto” (2010) e “Resident Evil 5 - Retribuição” (2012), atuará ao lado de estrelas como Mark Wahlberg e Stanley Tucci, enquanto o filme, assim como os três anteriores, terá direção de Michael Bay e deverá estrear somente em 2014. Além da presença da estrela chinesa, Bay confirmou que várias cenas do filme serão rodadas na China, seguindo a esteira de colaboração entre Hollywood e o mercado asiático, como em “Homem de Ferro 3”, a primeira co-produção entre China e os estúdios americanos. Li Bingbing é mais famosa em seu país por ter feito papéis de protagonistas em grandes sucessos locais e de Hong Kong, como “Tian Xia Wu Zei” (“Um mundo sem ladrões”) e “The Knot”. Além de atriz, Li também é conhecida seu trabalho filantrópico, como embaixadora da organização ambientalista WWF em seu país.

LINDSAY LOHAN É PROCESSADA POR FABRICANTE DE ROUPAS

DIVULGAÇÃO

A atriz Lindsay Lohan está sendo processada em US$ 5 milhões por uma fabricante de roupas. A D.N.A.M. Apparel argumenta que os problemas da atriz com drogas prejudicaram as vendas de uma linha exclusiva que a empresa havia criado para Lindsay. O contrato foi assinado em 2009. Ainda segundo o TMZ, o processo é uma “resposta” da companhia a uma ação de US$ 1,1 milhão movida pela própria atriz por questões relativas ao licenciamento.

Culinária

Pastel assado com recheio de pizza 25 porções

1 hora

ROCK IN RIO NEGOCIA EDIÇÕES NA ÁSIA

INGREDIENTES: Massa: 1/2 xícara (chá) de creme de leite 1 ovo 1/4 colher (sopa) de sal 3/4 xícara (chá) de farinha de trigo integral 1 1/4 xícaras (chá) de farinha de trigo branca 1 colher (sopa) de fermento em pó Para pincelar, 1 gema ligeiramente batida

DIVULGAÇÃO

‘SE BEBER, NÃO CASE 3’ FECHA TRILOGIA COM MAIS AÇÃO

O fato de “Se beber, não case - parte 3” não ter casamentos importantes para as tramas, como nos dois filmes anteriores, é menos estranho do que a falta das ressacas do título original da franquia (“The hangover”). A terceira parte da comédia de Todd Phillips, com estreia marcada para 31 de maio no Brasil, quase não tem bebedeira: a amnésia, sempre presente no enredo da franquia, não aparece no fechamento da trilogia. A sequência de fatos absurdos é um pouco mais tímida e com menos reviravoltas, substituídas por perseguições, escaladas e coisas do tipo. O besteirol imprevisível dá lugar a uma comédia de ação, com dois personagens em destaque. A sobriedade de Phil (Bradley Cooper), Stu (Ed Helms) e Doug (Justin Bartha) faz com que os nada convencionais Alan (Zach Galifianakis) e Mr. Chow (Ken Jeong) ganhem ainda mais importância para fazer a plateia rir. As ações dos dois desajustados salvam o longa, mas não o impedem de ser o pior da série. Embora a fórmula tenha se desgastado, era inegável que a força dos filmes sempre esteve nas peripécias após os rapazes perderem a memória em uma noite sem noção.

Cinemagic - Macaé Plaza 24 a 29 de maio SALA 1 Velozes e Furiosos 6 – 14 anos – Dublado 14h20 | 16h50 | 19h20 | 21h50

SALA 2 ATÉ 28/05 - Giovanni Improtta – Livre – Nacional 17h10 | 21h40 ATÉ 28/05 - Homem de Ferro 3 – 12 anos – Dublado 14h40 | 19h10 A PARTIR DE 29/05 - Faroeste Caboclo – 14 anos – Nacional 15h00 | 17h00 | 19h10 | 21h30

SALA 3

Recheio: 150 g de queijo fresco ralado grosso MODO DE PREPARO Recheio: Misture todos os ingredientes e tempere a gosto Reserve Massa: Em uma vasilha, misture delicadamente o creme de leite com o ovo, o sal, o fermento, a farinha integral e a metade da branca Aos poucos, adicione o restante da farinha até obter a massa úmida que desprenda das mãos Com rolo, abra a massa na espessura de 0,5 cm e corte com o cortador de biscoitos de 7 centímetros de diâmetro Coloque 1/2 colher (sopa) de recheio no centro dos círculos Feche formando meias-luas e aperte com o garfo Passe para uma assadeira e pincele a gema Asse em forno médio (180ºC), preaquecido, por cerca de 30 minutos ou ate dourar Sirva quente

Durante cerimônia de lançamento dos produtos licenciados do Rock in Rio, que aconteceu em um hotel da Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio, nesta terça-feira (21), a vice-presidente executiva Roberta Medina confirmou que há negociações para edições do festival em dois novos continentes. Na Ásia, o país com mais chances de receber o evento é a Turquia. Na América do Norte, os Estados Unidos estão na frente na “corrida de cavalinhos”, como definiu a empresária. “Há países aonde a gente quer ir e países que buscam pela a gente. A gente tem conversas na Turquia e Estados Unidos e também no Peru e Alemanha. Mas não quer dizer que essas conversas rendam pelos desafios. Você tem que ter o espaço para fazer o evento, fazer um investimento em uma cidade do Rock, ter parceiros certos de comunicação e patrocinadores”, disse Roberta. A definição sobre um novo país a receber o evento deverá acontecer em 2015, quando o Rio receberá mais uma edição do festival. “Há países aonde a gente quer ir e países que buscam pela a gente. A gente tem conversas na Turquia e Estados Unidos e também no Peru e Alemanha. Mas não quer dizer que essas conversas rendam pelos desafios. Você tem que ter o espaço para fazer o evento, fazer um investimento em uma cidade do Rock, ter parceiros certos de comunicação e patrocinadores”, disse Roberta.

Velozes e Furiosos 6 – 14 anos – Legendado 13h50 | 16h20 | 18h50 | 21h20

SALA 4 Reino Escondido 3D – Livre – Dublado 13h50 | 15h50 | 17h50 | 19h50 Homem de Ferro 3 – 3D – 12 anos – Dublado - 21h50

SALA 5 O Massacre da Serra Elétrica – 18 anos – Legendado - 17h10 | 21h30 Somos Tão Jovens – 14 anos – Nacional 15h00* | 19h20 *Horário válido somente sexta, sábado e domingo

R$

566,93


26 de maio a 1ยบ de junho de 2013

EXPRESSO REGIONAL

PรGINA 14


Jornal Expresso Regional - Ed 397