Page 1

Litoral do Paraná - 2a quinzena de março.2014 - Ano 22 - nº 142 VEJ A JORN AL TRIB UN A DO LIT ORAL ON-LINE: www .issuu.com/e x ceuni/docs/trib unadolitor al-ed142 VEJA JORNAL TRIBUN UNA LITORAL www.issuu.com/e .issuu.com/ex ceuni/docs/tribunadolitor unadolitoral-ed142

Audiência Pública para Plano Diretor de Pontal do Paraná

Paraná é o estado mais avançado do país no que se refere à política de recursos hídricos

Página 4

Juíza de Direito da Comarca de Pontal do Paraná, Drª Bianca Bacci Bizetto, fala sobre o seu primeiro ano em Pontal do Paraná Página 8

Governo vai ACIAPAR realiza construir nova Café Colonial para comemorar o mês da mulher rodovia entre

Pontal do Sul e Praia de Leste

Página 9

Correspondente policial

Páginas 10 e 11

Dilma sacrifica Brasil por jogo eleitoral, diz Rossoni Página 14

Moradores aprovam a construção de viaduto na BR 277 de acesso a Morretes Página 23

Página 2

CLASSIFICAÇÃO: 16 anos DIA 29 DE MARÇO 20H00 DIA 30 DE MARÇO 19H00 TEATRO RACHEL COSTA Ingressos a venda no Restaurante Abonbonne, Contteudo Publicidade e na bilheteria do teatro R$ 60,00 inteira R$30,00 meia entrada (estudantes, idosos, doadores regulares de sangue e professores da rede pública (todos mediante comprovação)

Página 12

Festa Tropical comemora Dia Internacional da Mulher

Paraná é o estado com menor volume de empréstimos liberados pelo Governo Federal Página 4

OPERAÇÃO VERÃO

Ilha do Mel recebeu mais de 70 mil turistas durante a temporada Página 13

Página 17


Litoral do Paraná 2a quinzena de março.2014 - Ano 22 - nº 142

2 Tribuna do Litoral

Gleisi bate-boca com líder do PSDB Conhecida como "soldado" do governo federal no Senado, a ex-ministra da Casa Civil Gleisi Hoffmann (PT-PR) bateu-boca nesta quarta-feira (19) com o líder do PSDB, Aloysio Nunes Ferreira (PSDB-SP), durante votação de uma matéria na Comissão de Constituição e Justiça. Depois do tucano acusar o governo Dilma Rousseff de ter "destroçado" o setor elétrico, Gleisi reagiu classificando a afirmação do senador de "leviana". Com o dedo em riste, Nunes disse que Gleisi não exerce o seu mandato para "policiar" seus discursos ou críticas. "A senhora, por favor, não queira me policiar. A senhora não tem nenhum tipo de autoridade para me policiar. Eu falo o que eu quiser. O que a presidente fez no setor elétrico, e a senhora participou como ministra, foi uma pauta bomba que o destroçou", afirmou. O tucano disse ainda que a ex-ministra não é "superior" a nenhum outro senador para "ditar normas" sobre os seus pronunciamentos. "A senhora não está aqui para me policiar, para me ditar normas. Eu posso falar o que eu quiser." Gleisi reagiu dizendo

que não reivindica "nenhuma superioridade" e pediu mais educação ao colega. "A educação faz parte do nosso debate. Tenho todo o direito de questionar declaração que considero leviana, que não tem base na realidade. Não tem números que comprovem que a presidente desestruturou o setor elétrico. Nós pegamos um setor desestruturado." Ao final do bate-boca, Nunes ironizou a ex-ministra afirmando que retirava suas declarações sobre o setor elétrico porque está "tudo uma maravilha e ninguém vai pagar a mais por energia no ano que vem". Não foi a primeira vez que os dois senadores trocaram farpas na CCJ. Gleisi tem como hábito, desde que

reassumiu seu mandato no Senado, em fevereiro, de rebater todos os discursos de oposicionistas contrários ao governo federal. O bateboca não teve nenhuma relação com o tema do projeto discutido pela comissão, que autoriza a transferência de posse de bancas de jornais para os herdeiros dos donos. "SOLDADO" Com discursos atacando a oposição e postura mais aguerrida que a adotada por outros governistas, Gleisi é chamada de "soldado do Planalto" por congressistas que criticam a defesa enfática do modelo Dilma de governar. A senadora tem como prática rebater discursos da oposi-

ção contra o governo, nas comissões ou no plenário da Casa. Na prática, Gleisi passou a adotar postura de líder do governo no Senado posto oficialmente ocupado pelo senador Eduardo Braga (PMDB-AM). Uma ala de senadores peemedebistas considera que ela "esvaziou" os poderes do líder, aumentando a insatisfação do aliado com o PT. Na Casa Civil, principal ministério político do Executivo, Gleisi foi substituída por Aloizio Mercadante. Ela deixou o cargo para se dedicar à sua campanha ao governo do Paraná, que terá como mote a defesa da gestão petista. A aparência tímida e delicada esconde o perfil adotado pela petista em seus discursos e ações - estrategicamente calculados para enfraquecer bandeiras levantadas por adversários do PT. Um dos objetivos de Gleisi é neutralizar o senador Aécio Neves (PSDB-MG), provável adversário de Dilma nas eleições de outubro. A petista também já atacou o governador Eduardo Campos (PSB-PE). Ex-aliado e outro presidenciável, ele foi chamado de "ingrato e hipócrita".

Governo vai construir nova rodovia entre Pontal do Sul e Praia de Leste

REQUERIMENTO DE LICENÇA DE OPERAÇÃO Lavanderia Estrela do Mar LTDA ME torna público que requereu ao IAP, a Licença de Operação, para Lavanderia em Pontal do Paraná. Não foi determinado estudo de impacto ambiental.

O Governo do Paraná abriu licitação neste dia 10 de março para a elaboração do projeto executivo da nova rodovia duplicada, que irá ligar Pontal do Sul à Praia de Leste, dando acesso à PR 407. O edital, que pode ser retirado no site www. compras.pr.gov.br, prevê também a elaboração de projeto de urbanização do atual traçado da rodovia, com a construção de calçadas, binários e ciclovias e o projeto de recuperação do canal de drenagem. Serão investidos pelo Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná (DER-PR) mais de R$ 8 milhões na contratação dos projetos executivos e do estudo ambiental da faixa de infraestrutura entre a PR 407 e Pontal do Sul. A faixa de infraestrutura vai orientar os futuros projetos executivos para a construção da nova ferrovia entre Maracaju/Paranaguá/ Pontal do Paraná e das implantações das redes elétrica e de gás, além de drenagem e saneamento. "Esta obra vai modernizar a infraestrutura do Litoral, ajudar na urbanização dos balneários e promover o desenvolvimento, permitindo a atração de investimentos na região, criando empregos e renda aos moradores do Litoral", dis-

se o secretário estadual de Infraestrutura e Logística, José Richa Filho. O secretário explica que a nova faixa de infraestrutura vai ajudar também a proteger áreas de preservação da Mata Atlântica da região litorânea. A previsão é investir mais de R$ 200 milhões na construção da rodovia e na modernização do canal. FAIXA DE INFRAESTRUTURA A nova faixa de infraestrutura terá 23,2 quilômetros de comprimento, entre o entroncamento da PR 407 (Alexandra-Matinhos) e Ponta do Poço, em Pontal do Paraná. A faixa terá cerca de 220 metros de largura, ficando entre a área de proteção ambiental e o antigo canal da Suderhsa. Dentro da faixa serão construídas a nova rodovia, um ramal ferroviário, gasoduto, rede elétrica, o canal de drenagem e redes de saneamento. "De forma moderna, o Estado usa a faixa de infraestrutura para impedir o avanço às áreas ambientais e também junta em um só

ponto - distante das áreas de balneários - evitando a ocupação urbana da cidade ao longo da rodovia e da ferrovia", disse Richa Filho. Com o Estudo Ambiental da faixa de infraestrutura, ficam também definidos critérios ambientais para a elaboração dos projetos executivos da ferrovia, rede de alta-tensão, gasoduto e rede de saneamento. RODOVIA - A nova rodovia será construída cerca de dois quilômetros antes do atual traçado da PR 412, que atualmente dá acessos aos balneários entre Praia de Leste e Pontal do Sul. A estrada será duplicada com quatro faixas e prevê a construção de quatro conectoras, que vão dar acesso aos balneários, evitando a entrada por Praia de Leste. A atual rodovia será totalmente remodelada, tornando-se urbana. O projeto a ser elaborado prevê a restauração e duplicação da via existente, a implantação de vias marginais, em ambos os lados da rodovia, calça-

das para pedestres e ciclistas nos locais onde ela atravessa os balneários. A urbanização prevê ainda implantação de nova via paralela à PR 412, com aproximadamente 1.750 metros, saindo da PR 407, formando um binário. O projeto vai definir nova iluminação para esta rua e sinalização, além de readequação das redes de água, luz e concessionárias de telefonia e televisão. CANAL - No edital, a empresa vencedora terá de apresentar projeto executivo para reabilitação do atual canal de drenagem, com 17,8 quilômetros de extensão, além de construção de mais 1,1 quilômetro de canal. O novo canal vai resolver um problema antigo da região litorânea, que são pontos de alagamentos. Quando estiver em funcionamento, permitirá a drenagem da chuva para dentro do canal. Desta maneira os resíduos e lixos que normalmente são arrastados pelas chuvas e jogados diretamente ao mar irão ao canal, melhorando a qualidade da água do mar e o impacto na balneabilidade. Com a liberação da desta nova rodovia, o município de Pontal do Paraná irá receber vários investimentos principalmente relacionados ao présal.

EXPEDIENTE PONTAL DO PARANÁ - PRODUÇÕES E PUBLICIDADE LTDA - CNJP 01.393.752/0001-22 Rua Piratininga, 40 - Balneário Ipanema - Pontal do Paraná - PR - Fone: (41) 3457-1950 / 9696-8905 - E-mail: tribunadolitoral@hotmail.com - Editor Chefe: Alvino Batista Soares - Redatoras: Rejane Cornelius e Jessica Rocha - Diretor Comercial: Carlos Henrique Mora - Fone: 41 9696-8905 - Criação e Diagramação: Aldemir Batista - (41) 3657-2864 - Colunista Social: Laendro Ribeiro Sikroski - Publicação: Quinzenal - Tiragem: 5.000 exemplares - Distribuição Gratuita Impressão: Editora Exceuni - CNPJ 04.254.585/0001-27 - Fone: 3657-2864 / 3657-4542. Os artigos assinados são de responsabilidade do autor, e não refletem a opinião deste Jornal


Litoral do Paranรก 2a quinzena de marรงo.2014 - Ano 22 - nยบ 142

Tribuna do Litoral 3


Litoral do Paraná 2a quinzena de março.2014 - Ano 22 - nº 142

4 Tribuna do Litoral Saúde: Ação rápida nos transplantes depende da família do doador

No Brasil, o requisito fundamental para doação de órgãos é a prévia autorização dos familiares que possuam vínculo até o segundo grau de parentesco. A Central Estadual de Transplantes (CET) é responsável por coordenar todas as atividades de transplantes no Estado e assegurar a seriedade das doações do início ao fim, ou seja, desde o doador até o receptor. De acordo com a diretora da CET, Arlene Badoch, quando há a confirmação da morte cerebral, por meio do Protocolo de Morte Encefálica, a Comissão IntraHospitalar de Doação de Órgãos e Tecidos para Transplante acolhe e conversa com os familiares, esclarecendo as dúvidas sobre o processo de remoção dos órgãos. "Nesse momento, todas as informações são repassadas, pois é importante que não haja incertezas por parte da família. Somente a partir do contato da Comissão e mediante autorização é que se começa o processo de doação", ressalta. Exemplos como o de Ivan Pegoraro, fundador da ONG Valorize a Vida, demonstram como a informação é fundamental nesses casos. Em 2000, ele perdeu a filha em um acidente e, por já possuir conhecimento sobre o processo de doação e da importância dele na vida de muitas outras pessoas, teve decisão favorável. "Foram doados todos os órgãos possíveis. Inclusive, alguns salvaram a vida de duas crianças internadas no Hospital Pequeno Príncipe, que apresentavam alto risco de morte", disse. Desde o ocorrido, ele

percorre empresas e escolas fazendo palestras sobre a importância da doação de órgãos, encorajando famílias a discutirem o assunto e a conscientizarem seus parentes sobre o desejo de ser um doador. "Nós fazemos palestras em escolas e pedimos para que as crianças façam uma redação sobre o tema como lição de casa. Esperamos que elas conversem com seus pais. Logo, que seus pais conversem com amigos e pessoas da família", diz Ivan. A diretora da Central ressalta ainda que tratar a doação de órgão como uma realidade possível é o primeiro passo para concretizar o transplante. Segundo ela, ao promover um debate sobre a questão ou simplesmente levar o assunto para dentro de casa faz com que as pessoas se aproximem e percam o medo. "Em muitos casos, a desinformação é a pior inimiga. Por isso, um bom começo é pensar na doação como um ato humano, de coragem e que salva vidas", diz Arlene. RANKING NACIONAL - O Paraná ocupa o terceiro lugar no ranking de transplantes em todo o território nacional, de acordo com dados do Ministério da Saúde. Essa posição foi conquistada, segundo Arlene, devido à preocupação que o governo do Estado possui em acelerar o processo de doação, por meios profissionais altamente capacitados, de uma rede de saúde com infraestrutura adequada e da frota aérea estadual utilizada para transporte. Só nos primeiros meses de 2014, já foram transplantados 49 órgãos.

Lei garante transporte de pranchas de surfe em ônibus intermunicipais que operam no Litoral As linhas de ônibus intermunicipais que operam nos municípios do Litoral do Paraná, com a promulgação da Lei 17.956 no final de fevereiro, deverão reservar, no mínimo, 5% de suas frotas com ônibus adaptados para o transporte adequado de pranchas de surfe e bodyboard. A medida atinge principalmente as linhas metropolitanas, que baseadas pelo decreto 1821/2000, recusavam a fazer o transporte dos equipamentos esportivos. "Os 'Surf Bus' permitirão que a prática destas modalidades não continuem elitizadas. Antes de 2000, isso já ocorria e de lá para cá, certamente, perdemos muitos talentos por causa desta proibição", afirma Rasca. "A adaptação não é difícil, uma vez que deve-se usar o bom senso, normalmente os surfistas necessitam destas linhas em determinados

horários do dias", completa Rasca. Segundo Alessandro Gaspar, o Puga, da Federação de Surfe do Paraná, relembra quando o transporte era permitido. "Essa Lei é uma conquista do esporte paranaense e da nova geração de surfistas. Eu aprendi a surfar pegando ônibus da Graciosa, quando era liberado. Eu e toda uma geração campeã pegávamos ônibus. Com essa inter-

pretação das empresas perdemos talentos, o turismo enfraqueceu e isso afeta todos os paranaenses, pois se aqui é proibido em outros estados não é", alega. Para Puga a promulgação da lei é o ponto de partida para melhorar o acesso dos esportistas às praias paranaenses e movimentar a economia da região. "Somente os produtos do surfe geram mais de R$ 7 milhões ao

litoral e gera 100 empregos diretos. O que queremos é um acesso mais democrático, que agrade a todos os passageiros e isso é possível. Nós surfistas, por exemplo, necessitamos mais das linhas operando no início das manhãs, horários de almoço e final de tarde", completou Puga, indicando horários de pico que poderão facilitar o planejamento das empresas.

GOVERNO

Paraná é o estado com menor volume de empréstimos liberados pelo Governo Federal Reportagem publicada pelo jornal Gazeta do Povo neste dia24 de março mostra que o Paraná é o Estado que menos recebeu autorizações do governo federal para realizar financiamentos. Desde 2011, a Secretaria do Tesouro Nacional (STN) deu aval positivo para apenas duas operações paranaenses, que totalizam R$ 953,5 milhões. Existem outros cinco pedidos de empréstimos, que chegam a R$ 2,45 bilhões, que ainda estão em avaliação. De acordo com o jornalista André Gonçalves, que assina a reportagem da Gazeta do Povo, o Paraná também fica em último lugar quando é feita a comparação entre o volume de recursos liberados e o número de habitantes do Estado. Nesse caso, foram liberados R$ 87 por paranaense. Valor 44 vezes menor do que os R$ 3.859 liberados por habitante do Amapá, que está no

topo do ranking. Ao calcular o valor dos financiamentos de acordo com as riquezas produzidas por unidade da federação, o volume de empréstimos liberados ao Paraná corresponde a 0,4% do Produto Interno Bruto (PIB) do Estado. Em São Paulo, que ficou em penúltimo neste tipo de comparação, o índice é de 1,5%, enquanto o Amapá figura com 31,6%. O Paraná iniciou as negociações para obter financiamentos internos e externos para investimentos e programas em 2011. Todos os pedidos internacionais foram aprovados pelas instituições financeiras com base nos projetos apresentados pelo governo estadual. A assinatura dos contratos, contudo, depende do aval da União, após liberação da Secretaria do Tesouro Nacional (STN). O único financiamento externo liberado até

agora é do Banco Mundial, no valor de US$ 350 milhões (aproximadamente R$ 820 milhões), para programas nas áreas de educação, agricultura, segurança e meio ambiente. Apesar do atestado da STN, de dezembro de 2012, de que o Paraná cumpria todos os requisitos para receber o recurso, o mesmo órgão só autorizou a assinatura do contrato em dezembro de 2013. Segundo apurado pelo jornal Gazeta do Povo, no dia 8 de novembro, a STN emitiu nota em que atestava que o Paraná "passou a cumprir os limites da despesa com pessoal" e que dois empréstimos do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), de US$ 60 milhões (R$ 141 milhões) e US$ 67,2 milhões (R$ 158 milhões) também seriam autorizados. "Cinco meses depois, ambos continuam pendentes. Em tese, a nova interpretação do Tesou-

ro Nacional também serviria para a liberação dos outros quatro empréstimos em análise, o que também não aconteceu", afirma o jornal. A Gazeta lembra ainda que o empréstimo de R$ 817 milhões do Banco do Brasil dentro do Programa de Apoio ao Investimento de Estados e do Distrito Federal (Proinveste) esteve próximo de ser liberado, em dezembro do ano passado. O Paraná é o único Estado que não recebeu esses recursos e recorreu ao Supremo Tribunal Federal (STF) para acessar o empréstimo. Em fevereiro, o ministro Marco Aurélio Mello acatou os argumentos do Estado e determinou que a STN aceite a aferição feita pelo Tribunal de Contas do Paraná de que os gastos com pessoal estão dentro dos limites da LRF. Mesmo com a decisão judicial, o financiamento ainda não foi liberado.


Litoral do Paraná 2a quinzena de março.2014 - Ano 22 - nº 142

Tribuna do Litoral 5

Associação de Pais e Amigos da Guarda Mirim de Pontal do Paraná GUARDA MIRIM - PONTAL DO PARANÁ

Matinhos - Audiência pública LDO Lei de diretrizes orçamentárias CONVITE O Prefeito Municipal convida toda população Matinhense para, juntamente com Excelentíssimos Senhores Vereadores, para participar da Audiência pública sobre a elaboração da LDO - lei de Diretrizes Orçamentárias Anual para o exercício de 2015, a realizar-se no dia 11 de Abril de 2014, a partir das 15:00 horas, no Auditório Vicente Matias Lourenço, na Prefeitura Municipal de Matinhos. A lei de diretrizes orçamentárias (LDO) orienta a elaboração e execução do orçamento anual e trata de vários outros temas, como alterações tributárias, gastos com pessoal, política fiscal e transferências da União. É o instrumento de co-

Guarda Mirim promove Projeto Por Uma Vida Sem Drogas nexão entre o Plano Plurianual (PPA) e o Orçamento anual, pois estabelece a ligação entre o curto prazo (orçamento) e o longo prazo (PPA). A LDO orienta a elaboração da LOA. Fixa as metas e prioridades da Administração Pública. Dispõe sobre alterações na legislação tributária (previsão de novos tributos, alterações de alíquotas etc). Estabelece metas fiscais (diferença entre arrecadação prevista e gastos , exceto pagamento de juros). Estabelece riscos fiscais e os fatores que podem vir a afetar as contas públicas.

Prefeitura de Pontal do Paraná instala ar condicionado em salas da rede de ensino

A prefeitura de Pontal do Paraná está concluindo a instalação de aparelhos de ar condicionados em todas as salas de aulas da rede municipal de ensino. O objetivo é de oferecer uma melhor qualidade de ensino, assim melhorando o rendimentos tanto dos alunos como dos professores. Para o secretário de educação Marcos Pacheco, os aparelhos foram adquiridos com recursos próprios, no valor de R$ 160.000,00 graças ao cronograma da secretaria. "Com os aparelhos de ar condicionado instalados

nas salas de aula, os alunos e professores terão um conforto ao estudar, melhorando a qualidade do ensino no município”. Concluiu o secretário. Edgar Rossi, visitou algumas escolas onde os aparelhos já estão instalados, e disse: Tenho certeza que além dos professores e alunos terem um conforto em sala de aula e sentindo menos calor as crianças vão ter um melhor desempenho no ensino, me sinto privilegiado em poder estar beneficiando o futuro de nossas crianças nesta administração.

A Guarda Mirim além das suas atividades de disciplina agora também conta com PROJETO POR UMA VIDA SEM DROGAS** com palestrantes extremamente competentes, e também tem recebido conhecimentos de defesa pessoal e Muay Thai com profissionais de peso, a Guarda Mirim já conta com 89 alunos e iniciara suas atividades por três vezes por semana ( terça, quinta, Sábado) com contraturno escolar e novas disciplina.

Guarda Mirim homenageia mães e mulheres

A Guarda Mirim de Pontal do Paraná homenageia as mães dos alunos e as mulheres em seu dia com um café da manha e em seguida organizou uma

divertida caminhada com saída das instalações do quartel da POLICIA MILITAR de praia de leste e chegada na praça central de Santa Terezinha , os organi-

NOVOS HORÁRIOS A PARTIR DO DIA 17/03/2014 PONTAL DO SUL / ILHA DO MEL Segunda a Sexta: a partir das 08 às 18 a cada uma hora. Sábado: a partir das 08 às 18 a cada meia hora. Domingo: a partir das 08 às 17 a cada meia hora. ILHA DO MEL / PONTAL DO SUL Segunda a sexta: das 08 às 18 a cada uma hora.

zadores Vani de Borba (presidente) e Sgto Ramos (coordenador) da Guarda Mirim mais uma vez agradece a presença de todas as mães e amigas da guar-

da mirim pela presença no evento e principalmente pelo apoio da Policia rodoviária e civil que fizeram a escolta e garantiram a segurança.

Sábado e Domingo: das 08 às 18 a cada meia hora. PARANAGUÁ / ILHA DO MEL Todos os Dias: 09:30 / 15:30 ILHA DO MEL/PARANAGUÁ Segunda a Sexta 07:30 Encantadas 08 Brasília 16:30 Encantadas 17 Brasília Sábado e Domingo: 10 Encantadas 10:30 Brasília 16:30 Encantadas 17 Brasília OBS.: Devido a mudanças climáticas os horários poderão ser alterados sem aviso prévio.

A ABALINE, AGORA OFERECE UM NOVO SERVIÇO: TAXI NÁUTICO.


6 Tribuna do Litoral

Litoral do Paranรก 2a quinzena de marรงo.2014 - Ano 22 - nยบ 142


Litoral do Paranรก 2a quinzena de marรงo.2014 - Ano 22 - nยบ 142

Tribuna do Litoral 7


Litoral do Paraná 2a quinzena de março.2014 - Ano 22 - nº 142

8 Tribuna do Litoral

Na data em que é celebrado o Dia Mundial da Água, a Secretaria do Meio Ambiente e Recursos Hídricos do Paraná, apresenta um balanço das ações realizadas para melhoria da qualidade e quantidade da água no Estado. São programas de conservação dos rios, canais, mananciais de abastecimento público, aquíferos, bacias e microbacias hidrográficas. A política de recursos hídricos no Paraná é transversal e desenvolvida por diferentes instituições, entre elas o Instituto das Águas do Paraná, Instituto Ambiental do Paraná, Sanepar e Secretaria da Agricultura e Abastecimento. Para que se tenha uma ideia, apenas em 2013 a Secretaria do Meio Ambiente e Recursos Hídricos investiu R$ 26 milhões em projetos de conservação da qualidade da água dos rios do Estado. "Cuidar das nossas águas é uma proposta que cabe a diferentes órgãos do Governo e também à sociedade", afirma o secretário estadual do Meio Ambiente e Recursos Hídricos, Luiz Eduardo Cheida. Segundo ele, o Paraná é considerado um dos estados mais avançados do país no que se refere à sua política de recursos hídricos. "Somos reconhecidos internacionalmente e passamos a integrar o Conselho Mundial da Água, devido ao reconhecimento pelo trabalho que vem sendo realizado", afirmou. AVANÇOS Uma das ações - inéditas no Paraná - prevê compensar financeiramente agricultores que mantém preservadas áreas de rios, nascentes e manan-

FOTO: Dênis Ferreira Netto

Paraná é o estado mais avançado do país no que se refere à política de recursos hídricos

ciais de abastecimento inseridos em suas propriedades. É o chamado Pagamento por Serviços Ambientais (PSA) prestados. O PSA Água é uma das ferramentas do Programa Bioclima Paraná para incentivar a conservação dos recursos hídricos. Devido às ações desenvolvidas no Paraná, a Secretaria do Meio firmou um acordo de cooperação técnica com a Agência Nacional de Águas para o repasse inicial de R$ 2 milhões que serão utilizados em capacitações e elaboração dos diagnósticos das bacias onde serão implementados o PSA. O local escolhido para o projeto piloto de Pagamento por Serviços Ambientais da Água será a microbacia do Rio Miringuava, na Região Metropolitana de Curitiba. "Nada mais justo do que compensar os proprietários que ajudam a conservar a água que beneficiará toda a população", destaca o coordenador do Programa Bioclima Paraná e diretor da Secretaria do Meio Ambiente, Caetano de Paula. A cobrança pelo uso da água também é considerada um grande avanço na política de recursos hídricos do Paraná e está garantindo inicial-

mente na Bacia do Alto Iguaçu e Afluentes do Alto Ribeira a arrecadação de R$ 6 milhões por ano em recursos que deverão ser utilizados obrigatoriamente para a recuperação dos rios da bacia. Desde o mês de setembro, aproximadamente 76 indústrias e grandes usuários que utilizam a água dos rios do Alto Iguaçu com finalidades comerciais, em seus processos de produção e operação, estão pagando pelo uso da água. O projeto piloto no Paraná abrange a bacia do Alto Iguaçu, mas a medida será implementada em todas as 16 bacias hidrográficas do Paraná. Outra fonte de recursos para os rios se deve à assinatura do contrato do Programa de Consolidação do Pacto Nacional pela Gestão das Águas (Progestão), que prevê o repasse de cerca de R$ 4 milhões ao Paraná. Os recursos serão aplicados no aperfeiçoamento da rede estadual de monitoramento de rios, capacitação profissional, criação de banco de dados sobre disponibilidade hídrica e emissão de outorga (autorização) para uso dos recursos hídricos. MONITORAMENTO - Em

contrapartida, no trabalho de limpeza de rios e desassoreamento de canais para evitar enchentes e alagamentos e melhorar o fluxo da água nos rios, realizado anualmente pelo Instituto das Águas Paraná , estão sendo investidos R$ 8 milhões. Outra grande ação é o Programa de Fortalecimento da Gestão de Riscos e Desastres Naturais, que propiciou mais R$ 3,3 milhões para a aquisição de 100 estações pluviométricas e fluviométricas e nove sondas multiparamétricas. Estes equipamentos monitoram, em tempo real, a qualidade e a quantidade da água nos rios. "Eles transmitem informações automaticamente, via satélite ou celular, 24 horas por dia", explicou o presidente do Instituto das Águas do Paraná, Márcio Nunes. PARTICIPAÇÃO SOCIAL O Paraná está à frente de muitos estados brasileiros no que se refere à gestão integrada e descentralizada das bacias hidrográficas. O Paraná conta hoje com 11 comitês de bacias hidrográficas já instalados, sendo que apenas em 2013 foram instalados três: Comitê dos Afluentes do Baixo Iguaçu, Comitê das Bacias do Rio Piquiri e Paraná 2 e Comitê da Bacia do Alto Ivaí. Os comitês de bacia são compostos por representantes da União, dos Estados, dos Municípios, dos usuários de água e das entidades civis de recursos hídricos com atuação na própria bacia hidrográfica. "Os comitês incentivam a participação dos diversos segmentos da sociedade no planejamento das bacias hidro-

gráficas", reforça o coordenador de recursos hídricos da Sema, Mauri Pereira. DADOS O Paraná é um dos estados mais ricos em recursos hídricos do país, devido aos seus córregos, riachos e rios. Além disso, o estado é cortado por três grandes rios: o Rio Iguaçu, o Rio Paranapanema e o Rio Paraná. Ao todo, o estado possui 16 bacias hidrográficas, divididas em 12 unidades de gestão hidrográficas, e 1,6 mil nascentes contabilizadas. Desde 1999 o estado conta com uma Política Estadual de Recursos Hídricos, que orienta por meio de diferentes instrumentos as políticas estaduais com relação à gestão, planejamento, fiscalização e controle dos recursos hídricos e de suas bacias, sempre com o objetivo do uso sustentável da água. Por sua grande importância, a bacia hidrográfica é utilizada como unidade territorial de planejamento para a atuação de seus usuários, da sociedade civil e do poder público. Entre as principais bacias do estado estão a do Rio Paraná III e a Bacia do Rio Iguaçu, que têm grande importância no desenvolvimento econômico e turístico estadual. O secretário do Meio Ambiente lembra que todas as atividades exercidas pelo homem refletem na qualidade e na quantidade de água encontrada nas bacias hidrográficas. "Além disso, também são fatores de influência sobre os recursos naturais que compõem uma bacia o tipo de solo e relevo, a vegetação local e o desmatamento em seu entorno", diz Cheida.

Dilma estuda suspensão das "verbas" para o SBT O governo federal estuda suspender a verba publicitária ao SBT - terceira maior emissora de TV do país. O ministro Thomas Traumann (Comunicação Social) estuda o caso a pedido da deputada Jandira Feghali (PCdoB-RJ). Jandira acusa o SBT de apologia e incitação ao crime, à tortura e ao linchamento depois do comentário da âncora Rachel Sheherazade que, segundo a deputada, exaltava ação de "justiceiros" no Rio de Janeiro contra um jovem de 16 anos, acusado de furto. "A Secom me deu um primeiro retorno dizendo que concorda com o conteúdo do pedido e que estuda quais providências tomar", disse Jan-

dira. As informações são de Edson Sardinha do Congresso em Foco. A assessoria da Secretaria de Comunicação confirmou que a pasta estuda o assunto, mas afirmou que só o ministro Thomas Traumann poderia confirmar se concorda ou não com a suspensão da verba. Em 2012, o SBT recebeu R$ 153,5 milhões em publicidade do governo federal. Ficou atrás apenas da Globo (R$ 495 milhões) e da Record (R$ 174 milhões). O valor destinado à TV corresponde a 13,64% do bolo publicitário das emissoras. "Como o governo pode subsidiar um canal que tem uma editorialista que incita à violência e à justiça com as próprias mãos?", questiona Jandira.


Litoral do Paraná 2a quinzena de março.2014 - Ano 22 - nº 142

Tribuna do Litoral 9

Juíza de Direito da Comarca de Pontal do Paraná, Drª Bianca Bacci Bizetto, fala sobre o seu primeiro ano em Pontal do Paraná 1-Neste seu primeiro ano, conseguiu atingir as metas para a comarca de Pontal do Paraná? Buscou-se, durante este primeiro ano de Comarca, procedera estruturação do Fórum, com capacitação dos servidores e criação de mecanismos para tornar célere a prestação jurisdicional. Assim, foram promovidos cursos para treinamento dos servidores nas áreas que apresentavam maior deficiência. De igual modo, houve a criação do corpo de jurados da Comarca, bem como a elaboração de projetos para a restruturação física do edifício. Obtivemos êxito, ainda, em conseguir uma força-tarefa para o cumprimento de mandados judiciais pendentes, que imobilizavam o andamento de inúmeros processos. 2- Pontal do Paraná, um município tão novo e com tantos casos de irregularidades na sua administração, quais foram as ações neste ano? Várias ações por improbidade administrativa foram ajuizadas pelo Ministério Público ao final de 2013, buscando o ressarcimento aos cofres públicos do suposto dano causado pelo pagamento de diá-

rias pela Câmara de Vereadores. Há, ainda, outras ações que objetivam a apuração de irregularidades. Todos os processos seguem seu curso e serão analisados com seriedade e independência. 3-Qual o resultado da operação verão na justiça? A Operação Litoral tem por objetivo implantar, de forma temporária, uma estrutura completa de juízes e serventuários às Comarcas litorâneas, para que os conflitos menores (em especial os crimes com pena máxima de até 2 anos), que são mais frequentes na temporada, sejam resolvidos com maior agilidade. A experiência demonstra que a maior quantidade de infrações de menor potencial ofensivo cometidas na temporada são relativas aperturbação do sossego, posse de drogas para consumo pessoal e ameaça. Neste ano o primeiro período da Operação Litoral ocorreu de 26 de dezembro de 2013 a 7 de janeiro de 2014, e o segundo período abrangeu os dias 27 de fevereiro a 7 de março de 2014. Embora a Operação Litoral solucione diversos conflitos de forma ágil, entendo que a iniciativa possa ser aprimo-

Meritíssima Juíza Drª Bianca Bacci Bizetto

rada, uma vez que, durante as temporadas de maior movimento, o Litoral necessita de reforços não apenas na área dos Juizados Especiais. 4- Como está o desenvolvimento do projeto de responsabilidade social “Justiça Social e Cidadania”? O projeto “Justiça Social e Cidadania” foi lançado para que as entidades com finalidade social possam garantir a execução de projetos mediante o recebimento de verbas depositadas em ações criminais. A primeira fase do projeto está praticamente concluída – o cadastramento das entidades. Em seguida, as entidades cadastradas poderão apresentar seus projetos, e,

dentre todos, os projetos escolhidos por uma Comissão receberão o repasse de dinheiro, com posterior prestação de contas. Essa iniciativa regulamenta a Resolução nº 154 do Conselho Nacional de Justiça e fomenta ao desenvolvimento da comunidade. A implantação do Projeto “Justiça Social e Cidadania” na Comarca trará benefícios para a sociedade como um todo, para as instituições parceiras e acarretará uma maior visibilidade para as ações de responsabilidade social do Tribunal de Justiça junto à comunidade de entorno. 5- Já foram julgados vários processos na comarca, o que podemos esperar para 2014? Embora a Comarca de Pontal do Paraná seja bastante recente, já existem em tramitação mais de dez mil processos ativos. Foram sentenciados, durante este período, mais de 1.200 processos, com a realização de mais de 500 audiências. Estima-se o aumento progressivo do número de demandas, razão pela qual cada vez mais se busca a CONCILIAÇÃO das partes. Todo cidadão pode procurar a Justiça para reivindicar seus direitos, caso

se sinta lesado ou ameaçado. A cada dia, o Judiciário dispõe de acesso mais fácil para quem deseja ver sua reivindicação atendida com redução de tempo e custos.A CONCILIAÇÃO é um meio de resolver uma demanda jurídica, pois representa a resolução de um conflito judicial de forma simplificada para ambas as partes, sendo uma alternativa eficaz, rápida e satisfatória para solucionar diversas causas. Infelizmente não há a estrutura adequada para que se promova a conciliação pré-processual, mas durante o curso processo existe a iniciativa de buscar essa solução menos traumática. 6- Fica o espaço aberto para suas considerações O Poder Judiciário deve ser forte a fim de fortalecer a própria República. Ao mesmo tempo, tem a missão de ser sensível aos reclamos da sociedade, que a cada dia é mais contestadora e inquieta. O apaziguamento da sociedade, todavia, não depende unicamente do Poder Judiciário. É necessário que dentro de cada família exista o diálogo, a educação e o respeito, para que isso se dissemine em todas as relações sociais.


10 Tribuna do Litoral Polícia Militar captura traficante e usuários de droga no Litoral

No final da manhã , 21 de março de 2013, por volta das 12h00min, Policiais Militares de Matinhos abordaram quatro jovens, sendo dois rapazes (18 e 22 anos) e duas adolescentes (16 e 17 anos), onde o mais velho dentre eles entregava um cigarro de maconha aceso para os demais fazerem uso e também mais uma outra quantidade para uma das adolescentes guardar em sua mochila. Diante da situação, foram abordados e com eles localizados um "des-

chavador" (objeto utilizado para triturar a maconha), um pequeno cigarro da droga, dinheiro e objetos pessoais. Segundo o relato das adolescentes, já fazem uso da droga a pelo menos um ano, quando saem da escola e se dirigem à praia, e que o jovem de 22 anos seria o fornecedor da maconha para o consumo. Os quatro jovens, a droga e todos os pertences foram encaminhados à Delegacia de Matinhos para as providências pertinentes.

Assaltante é preso logo após o crime, mais um foragido é capturado e arrombador também é detido no litoral Na tarde de 17 de março, por volta das 14h30, policiais militares de Guaratuba receberam um comunicado de roubo em um estabelecimento comercial, onde um homem fez menção de estar armado e subtraiu certa quantia em dinheiro. Com as informações e com as imagens das câmeras de segurança, os Policiais Militares logo identificaram e localizaram o assaltante de 38 anos, o qual ainda se encontrava com o dinheiro subtraído. Na residência do mesmo ainda foram localizadas 28 (vinte e oito) buchas de cocaína embaladas para venda e cinco pessoas de 19, 20, 21, 22 e 23 anos, as quais ali se encontravam para adquirir a droga. Todos os detidos, a droga e o dinheiro recuperado foram encaminhados à Delegacia de Polícia de Guaratuba para as providências

pertinentes. Ainda em Guaratuba, já no início a manhã de hoje, por volta das 07h00min, Policiais Militares surpreenderam um arrombador de 32 anos na saída de uma sorveteria da área central, onde havia quebrado o vidro da porta para furtar pequenos objetos. O detido e os objetos foram encaminhados à Delegacia de Polícia de Guaratuba para as providências pertinentes. Já em Matinhos, por volta das 08h00min de hoje 18 de março, após abordagem de rotina, os Policiais Militares identificaram mais um foragido da justiça de 32 anos, o qual se encontrava com Mandado de Prisão por envolvimento com tráfico de entorpecentes e roubo pela Comarca de Matinhos, sendo encaminhado à Delegacia de Matinhos para as providências pertinentes. Cap PM CESAR KAMAKAWA Cmt da 2a. Cia/9o. BPM - 6o. CRPM

CORRESPONDENTE POLICIAL

Litoral do Paraná 2a quinzena de março.2014 - Ano 22 - nº 142

Homem é preso por porte ilegal de arma em Antonina Por volta das 19h30 do dia 18 de março de 2014, terça-feira, Policiais militares de Antonina foram informados que um homem estaria ameaçando com uma espingarda crianças que brincavam na rua Escoteiro Milton Oribe, no Portinho, em Antonina. Ao chegar ao local, a equipe Policial Militar recebeu das mãos de DANILO RODRIGUES, 42 anos, uma espingarda de pressão sem o gatilho, e

autorizou que a equipe realizasse buscas no interior da sua residência, sendo localizada uma espingarda cal. 36. A esposa de Danilo

informou que várias crianças e seus pais ficam na esquina brincando com peões e que diversas vezes são arremessados contra o telhado

de sua casa, porém não apontou ou apresentou nome de algum responsável. Danilo foi encaminhado à 7ª DRP por porte ilegal de arma.

Embriagado, homem destrói carro em poste

Por volta dos 30 minutos iniciais do dia 15 de março de 2014, Policiais militares de Antonina foram informados que um veículo chocou-se contra um poste de iluminação pública na Avenida Conde Matarazzo, próximo ao porto Barão de Tefé. Ao chegar ao local, a

equipe Policial Militar constatou que o condutor do veículo GM Meriva placas BCE 4321 apresentava sintomas de embriaguez e, ao realizar o exame etilométrico apurou 0,77 mg de álcool por litro de sangue, sendo dada voz de prisão a ALEXANDRE CARDOSO GOMES, 36

anos, e conduzido à 7ª Delegacia Regional de Polícia Civil de Antonina. Alexandre já estava com sua carteira de habilitação suspensa e não portava os documentos obrigatórios do veículo, que ficou preso ao poste tamanha a violência da batida, causando inclusi-

ve a quebra do poste de iluminação. Havia mais quatro ocupantes no veículo, dentre eles uma adolescente de 15 anos que sofreu apenas escoriações e uma jovem de 23 que fraturou o braço esquerdo, todos socorridos pelo SIATE e pelo SAMU e encaminhados ao hospital local.

Traficante é capturado com arma e um quilo de crack em Guaratuba Na noite de hoje, 07 de março, por volta das 22h00min, Policiais Militares de Guaratuba efetuaram um cerco no Bairro Piçarras, haja vista a denúncia da existência de drogas sendo comercializadas na região. Logo que se aproximaram de uma região de mato e escuridão, os Policiais Militares avistaram três pessoas empreendendo fuga, sendo um deles de 23 anos alcançado logo em seguida e

com ele localizado um revólver cal 357 e um tablete que posteriormente descobriu se tratar de pouco mais de um quilo "crack", o que seria suficiente para se transformar em pelo menos cinco mil pedras destinadas a usuários da droga. A arma, o entorpecente e o detido foram encaminhados à Delegacia de Polícia de Guaratuba para os procedimentos pertinentes.

Jovem é preso por apedrejar prefeitura em Morretes Por volta das 03h45 do dia 20 de março de 2014, Policiais Militares de Morretes realizaram abordagem na Reta do Porto de THIAGO ALEXANDRINO LOS, 21

anos, que havia ateado fogo em uma lixeira e de acordo com imagens do sistema de câmeras de vigilância, danificou na madrugada do dia 19 uma janela da prefeitu-

ra de Morretes arremessando pedras. Thiago conta com histórico de depredação de patrimônio, há pouco mais de um ano danificou o parabrisa do veícu-

lo de um Policial Militar arremessando uma pedra contra o carro. Foi conduzido à Delegacia de Polícia Civil de Morretes para providências.


Litoral do Paraná 2a quinzena de março.2014 - Ano 22 - nº 142

Mais uma quadrilha de assaltantes é tirada de circulação no litoral No início da tarde de hoje, 11 de março, por volta das 14h00min, Policiais Militares de Guaratuba realizaram uma abordagem de rotina na rua Santa Clara, no bairro Picarras, onde avistaram um veículo GM/CORSA placas AKZ 8339 de Paranaguá, PR, o qual se encontrava com alerta de roubo, crime esse ocorrido a cerca de dois dias, quando foi tomado de assalto em Paranaguá, por pessoas armadas com faca. Diante da situação, a residência onde se encontravam foi vistoriada e duas facas foram localizadas, além de vários aparelhos celulares, também possivelmente produtos de roubo. Quatro pessoas (três homens e uma mulher) suspeitas das práticas criminosas (18, 19, 21 e 29 anos respectivamente), foram encaminhados à Delegacia de Polícia de Guaratuba, juntamente com o veículo e com os objetos, para os procedimentos pertinentes. O local da abordagem foi nas proximidades onde também ocorreu um cerco policial que resultou na apreensão de 01kg (um quilo) de "crack", um revólver cal 357 municiado e um detido no dia 08 de março último. Cap PM CESAR KAMAKAWA Cmt da 2a. Cia/9o. BPM - 6o. CRPM

Mais uma quadrilha de assaltantes é tirada de circulação no litoral Ontem, dia 17 de março, no município de Matinhos, ocorreu um furto a residência e na tarde de hoje, um jovem de 27 anos voltou até a residência da vítima para tentar vender os objetos furtados, sendo detido por Policiais Militares. Com a captura, descobriu-se o local onde estaria o outro autor do furto, de 23 anos, no bairro Tabuleiro, nas proximidades do Hospital Navegantes, o qual ainda trajava uma camiseta pertencente à vitima, e mais objetos furtados, restando apenas uma televisão. Inusitadamente, após as diligências pelo televisor da vítima, uma denúncia anônima informou o paradeiro do objeto, o qual foi entregue no quartel de Matinhos. A Polícia Militar solicita à comunidade que continue a colaborar com denúncias e informações que levem as autoridades a solucionar crimes e retirar os autores de circulação, a fim de proporcionar maior segurança a toda comunidade. As denúncias e informações podem ser realizadas através do fone 190 (emergência) ou 181 (disque denúncia), mesmo que de forma anônima, e serão cuidadosamente verificadas. Cap PM CESAR KAMAKAWA Cmt da 2a. Cia/9o. BPM - 6o. CRPM

CORRESPONDENTE POLICIAL

Tribuna do Litoral 11

Quadrilha de traficantes é tirada de circulação no litoral No início da noite de ontem, 09 de março, por volta das 19h30min, Policiais Militares de Matinhos receberam uma denúncia de que a pessoa conhecida por "TUCA" receberia um carregamento de drogas de outra traficante vinda de Curitiba e que se encontrariam na região dos balneários de Matinhos. Com as informações, os Policiais Militares se dirigiram aos balneários e, nas imediações do balneário Praia Grande, avistaram "TUCA" às margens da rodovia que liga Matinhos a Pontal do Paraná, acompanhada ainda de outra jovem e onde então foi estabelecida vigilância para verificar quem seria a outra ou outras pessoas que ali chegariam. Passados alguns minutos, um veículo PEUGEOT de cor branca se aproximou, onde TUCA foi ao encontro e recebeu um pequeno pacote, momento em que se deu a abordagem, sendo

constatado se tratar de 300g (trezentos gramas) de pasta base de cocaína, a qual, após ser processada ("batizada") para venda, poderia chegar a três quilos. No interior do veículo, foram localizados ainda 13 (treze) tabletes de maconha que totalizaram 655g (seiscentos e cinquenta e cinco gramas). A condutora, uma mulher de 43 anos, negou a propriedade do entorpecente porém, o veículo estava com documentos e placas clonadas e na verdade se tra-

tava de produto de roubo no dia 28 de fevereiro, em Pinhais, PR. O acompanhante da motorista, um homem de 41 anos, possuía 04 (quatro) Mandados de Prisão por roubo, oriundos do estado de São Paulo e também recebeu voz de prisão. Com "TUCA" (31 anos), se encontrava uma adolescente de 17 anos, a qual foi apreendida. A droga, o veículo e os três maiores foram encaminhados à Delegacia de Polícia de Matinhos para os procedimentos pertinentes.

Em meio a confecção dos documentos pertinentes, um jovem foi abordado defronte ao Quartel da Polícia Militar de Matinhos e com ele foi localizado uma espécie de "kit" de usuário contendo aproximadamente 50g (cinquenta gramas) de maconha, inclusive um cigarro da erva pronto para o consumo. O jovem e a droga também foram encaminhados para a Delegacia de Polícia para os procedimentos pertinentes. Cap PM CESAR KAMAKAWA Cmt da 2a. Cia/9o. BPM - 6o. CRPM

Em apenas uma noite, quatro foragidos da justiça são capturados no litoral Quatro foragidos da Justiça foram capturados nesta noite, em quatro situações de abordagens distintas, nos municípios de Matinhos, Guaratuba e Pontal do Paraná. A primeira delas, em Matinhos, por volta das 23h30min, onde a pessoa conhecida por "CIDÃO", de 41 anos, foi abordado na área central de Matinhos e possuía Mandado em aberto pela Comarca de Pontal do Paraná. Às 00h40min, em Guaratuba, foi aborda-

do um jovem de 22 anos na Avenida Rui Barbosa, bairro Piçarras, e também verificado Mandado de Prisão por envolvimento em furtos. Às 02h10min, às margens da PR 412, na altura do balneário Canoas, em Pontal do Paraná, um homem de 32 anos também foi surpreendido com Mandado de Prisão pela Comarca de Curitiba. E já às 03h40min, novamente em Matinhos, após mais uma abordagem no bairro Rio da Onça, outro homem de

32 anos também foi abordado e, inicialmente, tentou se passar por outra pessoa mas após consultas ao sistema, foi verificado ter Mandado de Prisão em aberto pela Comarca de Curitiba. Os foragidos foram encaminhados às respectivas Delegacias dos municípios para os procedimentos pertinentes. Com o final da temporada, as ações de abordagem no litoral são acentuadas, exatamente com a finalidade de se verificar a permanência de "oportunistas" que

eventualmente estejam à espreita para praticarem pequenos ou grandes delitos. A comunidade pode contribuir com este trabalho encaminhando denúncias, mesmo que de forma anônima, ao fone de emergência 190 ou o disque denúncia 181. Todas as informações serão cuidadosamente verificadas e identidade do colaborador devidamente preservada. Cap PM CESAR KAMAKAWA Cmt da 2a. Cia/9o. BPM - 6o. CRPM

Foragido da justiça é capturado após tentativa de assalto no litoral Na manhã de 16 de março de 2014, por volta das 05h30, Policiais Militares de Matinhos receberam uma informação de que três homens armados teriam tentado adentrar a uma residência no balneário Perequê mas empre-

enderam fuga após o proprietário perceber a tentativa de invasão. Porém, antes de deixar o local em um veículo de cor preta, os marginais efetuaram disparos de arma de fogo em direção ao imóvel e felizmente ninguém foi ferido.

Com as informações, os Policiais Militares logo localizaram um veículo com as mesmas características, ainda nas proximidades do balneário Perequê, e quando perceberam a aproximação das equipes, dois ocupantes conseguiram

abandonar o carro, um GM/CORSA Classic placas ANG 4917 com placas de Colombo e o condutor de 26 anos acabou sendo capturado. Contra ele já havia um Mandado de Prisão em aberto por roubo, pela Comarca de Colombo, de onde

possivelmente também sejam seus comparsas. O cão de faro ainda acusou o odor de entorpecentes no porta luvas do veículo, onde possivelmente tenha sido transportado droga para consumo. Quaisquer informações sobre o para-

deiro de pessoas em atitude suspeita ou foragidos da justiça podem ser encaminhadas à Polícia Militar através do fone de emergência 190 ou pelo disque denúncia 181. Cap PM CESAR KAMAKAWA Cmt da 2a. Cia/9o. BPM - 6o. CRPM


12 Tribuna do Litoral

Litoral do Paraná 2a quinzena de março.2014 - Ano 22 - nº 142

Aciapar realiza Café Colonial para comemorar o mês da mulher Neste dia 20 de março foi realizado no Hotel Porto Fino o 1° Café Colonial da Aciapar Comemorando o Mês da Mulher. A Aciapar teve o objetivo de lembrar a todas as mulheres sobre a sua importância na vida social e econômica do país, além de comemorar o seu dia. Durante o café a psicóloga Léia Weber, palestrou com o tema "Relacionamentos". Após a palestra todas apreciaram um delicioso café colonial e ainda receberam prêmios através de sorteios, estes que foram oferecidos pelos comerciantes. Uma bela iniciativa da Aciapar. Parabéns todas as mulheres de Pontal do Paraná.


Litoral do Paraná 2a quinzena de março.2014 - Ano 22 - nº 142

Tribuna do Litoral 13

Festa Tropical comemora Dia Internacional da Mulher No dia 08 de março é comemorado o Dia Internacional da Mulher, e o Conselho Municipal da Mulher realizou a Festa Tropical que teve como local o Hotel Panorama em Praia de Leste. A noite foi animada, onde todos que estavam presentes degustaram delicioso coquetel, ótima música, sem falar no sorteio de prêmios. O Conselho da Mulher foi criado com o objetivo de orientar e defender as mulheres pontalenses. Parabéns pela iniciativa.


Litoral do Paraná 2a quinzena de março.2014 - Ano 22 - nº 142

14 Tribuna do Litoral NOTA A IMPRENSA

TELEFONES ÚTEIS DE GUARATUBA

São Paulo, 25 de marco de 2013

Techint Engenharia e Construcao prioriza a mão-de-obra local nos projetos executados em sua Unidade Offshore Atualmente, 95% das contratações realizadas para o projeto P-76 em Pontal do Paraná são de moradores do município e região. A Techint Engenharia e Construção, há 31 anos presente em Pontal do Paraná, iniciou em consórcio com a empresa Technip os preparativos para o início das atividades de construção do projeto P-76, que será desenvolvido na Unidade Offshore Techint (UOT). O projeto, a ser entregue ao cliente Petrobras, realizara a construção de módulos e integrações para um navio FPSO. Atualmente, desenvolvem-se atividades de engenharia e suprimentos no escritório da empresa no Rio de Janeiro, sendo que as atividades de construção do FPSO em Pontal estão previstas para iniciar em agosto de 2014, quando o fluxo de contratações devera chegar a um pico de 2.300 empregos diretos. Em paralelo com as demais atividades, a UOT encontra-se em fase de adequação de suas instalações, contando com mais de 170 colaboradores, dos quais, 95% são oriundos da região. A previsão da empresa e de que, no período efetivo da construção sejam realizadas cerca de 500 contratações por mês. Os números estão em linha com a politica da empresa de valorização da mão-de-obra e o cuidado com as comunidades locais. A força de trabalho para a construção do navio será prioritariamente, de moradores da região, que passarão por capacitação e treinamento para atuar nesse tipo de obra. PARCERIA EM CAPACITAÇÃO Visando atender as necessidades da região e contribuir para o desenvolvimento do litoral do Estado Paraná, a empresa apresentou ao Poder Publico um histogra-

ma da necessidade das vagas a serem preenchidas, que pode ser conferido através do SINE (Sistema Nacional de Emprego). Durante a construção de seu ultimo projeto, mais de 600 pessoas foram formadas através de cursos de capacitação em parceria com o Senai e, muitos destes, foram aproveitados para atuar na obra. SOBRE A TECHINT ENGENHARIA E CONSTRUÇÃO No Brasil desde 1947 a Techint Engenharia e Construção já realizou mais de 1.100 empreendimentos nos segmentos de Oil & Gas; Energia; Plantas Industriais; Refinarias de Petróleo e Plantas Petroquímicas; Mineração; Obras Civis, de Infraestrutura e de Arquitetura. A empresa, que conta com excelente know•how no segmento offshore, realizou o primeiro projeto dessa modalidade no país em 1954. Entre os inúmeros empreendimentos desenvolvidos esta a construção das jaquetas PRA 1 e Vermelho III, além da manutenção de nove plataformas de produção de petróleo nos campos de Marlim e Nordeste na Bacia de Campos (RJ). Presente em mais de 45 países, a empresa conta com aproximadamente 21 mil colaboradores e já concluiu mais de 3.500 projetos. Além disso, a Techint incorpora continuamente equipamentos e sistemas de alta tecnologia, contando atualmente com cerca de 2.700 equipamentos pesados de construção. Comprometida com a qualidade, os prazos, a melhora continua de seus processos e a preservação do meio ambiente, a Techint no Brasil conquistou o SGI. Sistema de Gestão Integrada, o que significa que a empresa atingiu o mais alto grau de excelência nas estritas normas de gestão da qualidade ISO 9001, nas nor-

mas de segurança e saúde OHSAS 18001, e nas normas de gestão ambiental ISO 14001. SOBRE A TECHNIP A Technip e uma multinacional francesa, líder mundial em gerenciamento de projetos, engenharia e construção para a indústria de energia. Oferece soluções e tecnologias para atender aos desafios mundiais do setor, desde as mais complexas infraestruturas onshore e offshore ao desenvolvimento de campos submarinos em aguas profundas de óleo e gás. Atua em 48 países e emprega 38 mil colaboradores. Possui três fabricas de tubos flexíveis e opera uma frota de 34 navios especifica para a instalação de dutos e construção submarina. Presente no Brasil desde 1976, conta atualmente com cerca de 4 mil colaboradores locais. E conhecida no país pelo pioneirismo na fabricação de tubos flexíveis com participação de 80% do mercado de óleo e gás. No segmento onshore a atuação da Technip abrange também todos os tipos de instalações para plantas de tratamento de gás e GNL, a cadeia petroquímica, e outras indústrias de energia como eólica e de biocombustíveis. No Espirito Santo, fica sua fabrica de flexíveis e uma base logística em Vitoria, além de um centro de Pesquisa e Desenvolvimento, em Viana. No Estado do Rio de Janeiro, estão localizados sua sede e o centro de engenharia, ambos na capital. Ha também a base operacional de apoio a embarcações, em Macaé, e uma base logística de apoio a projetos, no porto de Angra dos Reis. Em 2014, a Technip vai inaugurar a maior fabrica de dutos flexíveis em capabilidade da América Latina, no Porto do Açu, São João da Barra.

ABASTECIMENTO DE ÁGUA SANEPAR - Cia de Saneamento do Paraná - Rua Sete de Setembro, 19. Tel. 115 BANCOS HSBC - Avenida 29 de Abril, 92 Tel. (41) 3442-1495 e (41) 34721386. Banco do Brasil S/A - Avenida 29 de abril esquina com Rua Vieira dos Santos - Tel. (41) 3442-1846 e (41) 3442-1621. Banco Itaú - Rua Dr. João Cândido, 266. - Tel. (41) 3442-2040. Caixa Econômica Federal Praça Cel. Alexandre Mafra, s/nº. Fone - (41) 3442-6466 FARMÁCIAS Farmácia Anafarma - Rua Minas Gerais - Balneário Coroados Tel. (41) 3472-1986. Farmácia Guaratuba - Avenida Vieira dos Santos, 77. Tel. (41) 3442-2202. Farmácia Maxifarma - Rua José Nicolau Abagge, 1083. Tel. (41) 3472-1124. Farmácia de Manipulação Bioceanic - Avenida 29 de Abril, 609. Tel. (41) 3442-1596. Farmácia Praia Mar e Manipulação - Avenida Curitiba, 1365. Tel. (41) 3443-1010. Bairro Piçarras Av. Damião B. de Souza, 1750. Tel. (41) 3442-1451. Farmácia Nissei - Avenida 29 de Abril Tel. (41) 3442-3753. HOSPITAIS E CLÍNICAS MÉDICAS Pronto Socorro Municipal Rua Joaquim Menelau Torres, s/ no - Tel. (41) 3472-1171. Hospital Municipal Rua Capitão João Pedro, 180. Tel. (41) 3472-8674 Clínica Infantil Mãos de Luz Avenida 29 de Abril, 623. Tel. (41) 3442-2260. L A B O R ATÓ R I O S Laboratório de Análises Clinicas - Labomar - Rua José Bonifácio, 367. Tel. (41) 3442-1641. Lanaclin - Laboratório de Análi-

ses Clinicas - Avenida Ponta Grossa, 215. Tel. (41) 3472-1780. Rua Sete de Setembro, 523. Tel. (41) 3442-2287. MECÂNICA CENTRAL MOTO PEÇAS / JET-SKI Avenida V ieira dos Santos, 230. Tel. (41) 3442-2452. - Mecânica Fogaça Avenida V ieira dos Santos, 270. Tel. (41) 3442-1551. MECÂNICA FERRAMENTA R. Menelau de Almeida Torres, s/n. Tel. (41) 3442-2582. POSTOS DE COMBUSTÍVEL Posto Hudson - Avenida 29 de Abril, 100. Tel. (41) 3442-1745. Auto Posto Neon - Rua Cel. Carlos Mafra, 195. Tel. (41) 3442-2306. Auto Posto Orlando - Travessa Vicente Marques, 330. Tel. (41) 3443-1314. Auto Posto Praia Central - Avenida 29 de Abril, 975. Tel. (41) 34421903. Posto C.N. Cordeiro - Avenida 29 de Abril, 288. Tel. (41) 3442-2404 RÁDIOS Alternativa FM Rua Antônio A. Corrêa, 665. Tel. (41) 3472-1037. Litorânea AM Rua Guilherme Pequeno, s/n Tel. (41) 3472-3019. TA X I Ponto 1 - Rua Vieira dos Santos Tel. (41) 3442-1690 Ponto 2 - Rua Vieira dos Santos Tel. (41) 3442-1290 Ponto 3 - Avenida 29 de Abril Tel.(41) 3472-1118 SETORIZAÇÃO DE COLETA DE LIXO EM GUARATUBA SETOR 01 (DIÁRIO) Centro de Guaratuba SETOR 02 (2ª, 4ª e 6ª) Bairros: Mirim - Piçarras - Canela - Cohapar SETOR 03 (3ª, 5ª e sábado) Bairros: Esperança - Figueiras Brejatuba - Caieiras - Eliane - Nereidas - Coroados - Barra do Saí

UTILIDADE PÚBLICA Bombeiros ............................................................................................. 193 Exploração Sexual de Crianças ........................................................... 100 Tráfico de Drogas .................................................................................. 181 Polícia Militar ........................................................................................ 190 Polícia Civil ............................................................................................. 197 Polícia Rodoviária Federal ................................................................. 191 Emergência Médica .............................................................................. 192 Sanepar ............................................................................. 115 (Matinhos) Copel ..................................................................................... 0800 51 00116 Procon ..................................................................................... 0800 41 1512 Ferry- boat (balsa) ....................................... (41) 3472-1024 (Guaratuba) Ecovia ...................................................................................... 0800 41 0277 IML - Instituto Médico Legal - Paranaguá Tel. (41) 3423-4232 Polícia Rodoviária Estadual: Guaratuba ................. Tel. (41) 3442-1132 ........................................................................ 3472-6283 (Baln. Coroados) Polícia Rodoviária Federal: Paranaguá .... (41) 3468-1259 / 3385-8292 Polícia Florestal: Guaratuba ........................................... (41) 3443-6858 Corpo de Bombeiros: Guaratuba ............... (41) 3442-2332 / 3442-1635 Conselho Tutelar: Guaratuba .......................................... (41) 3442-8175

Telefones úteis de Pontal do Paraná COPEL (0XX41) 3458-2345 ou 196 CORPO DE BOMBEIROS (0XX41) 3458-1505 ou 193 CORREIOS - PRAIA DE LESTE (0XX41) 3458-2149 RODOVIÁRIA VIAÇÃO GRACIOSA (0XX41) 3458-1277 / 3458-2773 FÓRUM (0XX41) 3453-4153 / 3457-9763 IBAMA (0XX41) 3423-1818 POLICIA RODOVIÁRIA ESTADUAL

(0XX41) 3458-2377 PREFEITURA MUNICIPAL (0XX41) 3972-7000 PRONTO SOCORRO (0XX41) 3972-7078 SANEPAR (0xx41) 3458-1919 / 195 CONSELHO TUTELAR (0xx41) 3972- 7066 POLICIA CIVIL - DEL. IPANEMA (0XX41) 3457-1546 POLICIA MILITAR (0XX41) 3458-1055 ou 190


Litoral do Paraná 2a quinzena de março.2014 - Ano 22 - nº 142

Tribuna do Litoral 15 ENERGIA

Lucro da Copel cresceu 51,6% no ano passado Em 2013, o lucro líquido da Copel alcançou R$ 1,1 bilhão, valor 51,6% maior que o do ano anterior. O resultado foi impulsionado, principalmente, pelo aumento de 5,6% na produtividade da indústria paranaense no ano passado, quatro vezes maior que a média brasileira - de 1,2%, de acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O consumo industrial no Estado liderou as vendas de energia da Copel, que cresceram 9,6% considerando todas as classes de consumo. "Os resultados positivos em 2013 refletem diretamente o sucesso do programa Paraná Competitivo, do Governo do Estado, e a nossa estratégia para tornar a estrutura da empresa mais ágil e com menor custo operacional", explica o presidente da Copel, Lindolfo Zimmer. Os investimentos têm crescido de forma gradual nos últimos cinco anos. Em 2014, serão aplicados R$ 2,6 bilhões

em todos os segmentos de atuação, 35% a mais do que o efetivado em 2013. Para reduzir custos e dar mais agilidade aos processos decisórios, a diretoria da Companhia fez uma reestruturação organizacional, reduzindo de dez para cinco as diretorias da holding e criando duas novas subsidiárias integrais: a Copel Participações S.A. vai gerir as parcerias da empresa em outros segmentos de negócios e a Copel Renováveis S.A. vai coordenar os investimentos em geração a partir de fontes renováveis. USINAS EÓLICAS A participação das fontes alternativas na matriz energética da Copel cresceu de modo significativo no ano passado, com a aquisição de sete parques eólicos no Rio Grande do Norte. A empresa também deu continuidade à pesquisa da produção de biodiesel a partir de espécies nativas de microalgas e da geração de bi-

Iguaçu, de 350 MW, no rio Iguaçu, e deu continuidade às obras da UHE Colíder, de 300 MW, no Mato Grosso, com previsão de inauguração em junho de 2015.

ogás a partir de resíduos sólidos - projeto realizado junto a suinocultores da região Sudoeste. MAUÁ O ano de 2013 também marcou o início da operação em plena carga da UHE Mauá, de 363 MW, em parceria com a Eletrosul, e da PCH Cavernoso, de 19 MW, que marca o retorno da Copel aos empreendimentos de geração de menor porte. A Companhia também constituiu consórcio, com participação de 30%, para construir e explorar a Usina Baixo

PETRÓLEO E GÁS NATURAL Outro destaque de 2013 foi a entrada da Copel no setor de exploração, desenvolvimento e produção de petróleo e gás natural, ao integrar o consórcio vencedor da 12ª Rodada de Licitações da Agência Nacional de Petróleo - ANP, em novembro. O investimento mínimo na atividade chegará a R$ 78,1 milhões nos próximos seis anos. "Ao explorar este segmento, a Copel busca viabilizar a sua carteira de projetos térmicos e potencializar o desenvolvimento econômico e social do Estado do Paraná.", diz Zimmer. TRANSMISSÃO No segmento de transmissão, foi concluída a ampliação

da Subestação Cascavel Oeste, de 500 kV (mil volts), e iniciados os projetos das linhas Londrina- Figueira e Foz do Chopim- Salto Osório, ambas em 230 kV. As recentes conquistas da Copel em leilões de transmissão da Agência Nacional de Energia Elétrica - Aneel totalizam atualmente 14 empreendimentos, sendo 5.391,5 km em linhas de transmissão e 6.188 MVA em 14 subestações. TELECOMUNICAÇÕES O ano de 2013 também foi promissor para a Copel Telecomunicações. A subsidiária lançou em dezembro o programa Paraná Conectado, que levará internet em fibra óptica a preços populares a 25 pequenos municípios até o final de 2014, e passou a ofertar conexões de até 100 Mbps em cinco municípios, no programa BEL Fibra - até o final deste ano, o serviço estará disponível em 19 cidades paranaenses.

Dilma sacrifica Brasil por jogo eleitoral, diz Rossoni O deputado Valdir Rossoni, presidente do PSDB-PR e da Assembleia Legislativa, disse que a presidente Dilma Rousseff (PT) sacrifica os brasileiros e a economia do país ao maquiar erros para obter vantagens eleitorais. "A única área que o governo federal investe de verdade é em publicidade. Prometem muito, especialmente em ano de eleição. Criam expectativas na população, não cumprem o

prometido e depois inventam desculpas", disse. Rossoni disse que o governo federal vai gastar R$ 63 bilhões em 2014 para segurar artificialmente as tarifas de luz, gasolina e diesel. "É uma atitude irresponsável e com objetivo exclusivamente eleitoreiro. Vão fazer o possível para não afetar o bolso da população neste ano, alimentando uma ilusão de equilíbrio na economia. Depois, tão logo passe a eleição,

se ganharem, anunciam os aumentos das tarifas. Se perderem, deixam a conta pendurada para o próximo governo." Na área de energia, segundo cálculos da empresa de consultoria Safira, os custos com o uso de usinas térmicas e compra de energia pelas distribuidoras foram de R$ 9,6 bilhões em 2013, um impacto de 8% nas tarifas. Para este ano, serão gastos aproximadamente R$ 18 bilhões, um impacto

de 15% nas tarifas, que será repassado apenas para 2015. Além da questão das tarifas, Valdir Rossoni também disse que a má gestão do governo Dilma causou o colapso da Petrobras e Eletrobrás, que perderam respectivamente 43% e 70% de seus valores patrimoniais. A desvalorização da Eletrobrás, por exemplo, obrigou a empresa a trocar de sede para economizar aluguel e causou a demissão de 4.400

pessoas em uma medida para diminuir gastos. "A verdade é que o crescimento pífio da economia, o aumento da dívida pública, a crise da energia elétrica, a estagnação industrial e inflação que está aí são os legados do desgoverno de Dilma Rousseff. Para o futuro, os únicos projetos que a presidente criou são os aumentos das tarifas, novos apagões e a falência de nossas estatais", disse Rossoni.

Encontro do PSDB O presidente do PSDB-PR e da Assembléia Legislativa do Paraná, deputado Valdir Rossoni, afirmou na noite deste dia 17 de março, durante o encontro regional do PSDB em Santa Felicidade, que existe uma grande diferença entre a postura e objetivo do grupo liderado por Beto Richa e o governo federal. "O PSDB não compactua com a ditadura. Nós estamos do lado do povo da Venezuela. Também não compactuamos com a corrupção e jamais faremos vaquinha para soltar condenados da cadeia. Nós trabalhamos pelo desenvolvimento do nosso estado de maneira honesta, sempre com o objetivo de melhorar a qualidade de vida da população". O tucano destacou que

no federal, que corta verbas e faz o possível para prejudicar o estado e população paranaense, continuamos a crescer e mostrar que um governo honesto, que trabalha de forma objetiva e aberta ao diálogo, é a melhor solução para o país", disse o deputado.

apesar da perseguição do governo federal, que busca de todas as formas atrapalhar o desenvolvimento do estado por objetivos eleitoreiros, o

Paraná continua a avançar, sendo uma das principais forças econômicas do país. "A gestão Beto Richa é o maior exemplo de que é pos-

sível desenvolver o estado quando se trabalha de forma responsável, criativa e dedicada. Mesmo com todas as dificuldades impostas pelo gover-

ZONAL 178ª Durante o encontro regional do PSDB também foi realizada a posse da executiva da Zonal 178ª - Santa Felicidade, que será presidida por Jurandir Oliveira, auxiliado por Osmar Kano (vice-presidente) e Allan Kolodzieiski (secretário). O evento foi realizado na Associação Esportiva São Braz e contou com a participação de aproximadamente 400 lideranças e moradores da região.


Litoral do Paraná 2a quinzena de março.2014 - Ano 22 - nº 142

16 Tribuna do Litoral

1ª Feira de Serviços da TV Litoral Paraná e Ilha do Mel FM Com o objetivo de atender as necessidades da população feminina nas questões de serviços voltados a saúde, capacitação, qualificação profissional, educação, emprego, esporte, cultura, lazer e entretenimento, a TV Litoral Paraná e Rádio FM Ilha do Mel, através de sua equipe promoveram no dia 21 de março, na Praça Fernando Amaro das 14h00 às 17h00, a 1ª Feira de Serviços alusiva à comemoração do Dia Internacional da Mulher. Estiveram participando desta Feira de Serviços a 1ª Regional de Saúde, SENAC, SESI/SENAI, ISULPAR-Instituto Superior do Litoral do Paraná, Provopar Paranaguá, Secretaria Municipal de Trabalho e Emprego, Secretaria de Agricultura Pesca e Abastecimento, Academia Marcelo Costa Team, Blog da Luciane, Pedagogas Wahine M.S.Bonn da

Vera Telles - Empresária TV Litoral Paraná

Costa Vidal, Psicóloga Dra Carol Chiarelli Colle, além de outras profissionais voluntárias que abrilhantaram o evento. A programação foi muito movimentada com música, sorteios de brindes, participação da comunidade, depoimentos, entrevistas e acima de tudo celebrando o início de um trabalho conjunto de dois

veículos de comunicação que cumprirão em 2014, um extenso cronograma de eventos em Paranaguá. A cada comemoração alusiva ao Dia Internacional da Mulher percebe-se o maior número de movimentos, ações e melhorias não apenas para comemorar a data, mas principalmente para celebrar as vitórias e conquistas, e a busca de novos espaços. Para a empresária Vera Telles "Que possamos a cada evento promover continuamente a cidadania, maior inclusão e a oportunidade de estarmos junto com a população oferecendo serviços, de forma a beneficiar a todas as participantes. Nosso agradecimento a Rádio Ilha do Mel FM, assim como a toda imprensa e aos parceiros, que juntos farão o sucesso deste importante evento", finalizou Vera Telles.

VAPT-VUPT

Neste dia 26 de março o empresário Luiz Carlos Mansur festejou o seu aniversário recebendo os parabéns da esposa Suely, da família e de todos os amigos. Felicidades.

No dia 23/03 Edna Bardine, e no dia 30/03 Fatima Frizon comemoram aniversário. As duas são empresarias do ramo alimentício. Recebem os parabéns dos familiares e amigos. Felicidades.


Litoral do Paraná 2a quinzena de março.2014 - Ano 22 - nº 142

Tribuna do Litoral 17 OPERAÇÃO VERÃO

Ilha do Mel recebeu mais de 70 mil turistas durante a temporada Um dos pontos turísticos mais visitados no Paraná, a Ilha do Mel, em Paranaguá, recebeu 71,7 mil visitantes durante a temporada de verão, entre os meses de dezembro e fevereiro. Esse número considera os turistas que foram passar o dia ou se hospedaram na Ilha. Mais de 60 mil partiram de Pontal do Paraná e cerca de 10% são estrangeiros vindos, principalmente, da Alemanha e de países da América Latina. Os dados foram repassados ao Instituto Ambiental do Paraná (IAP) pela Associação de Barqueiros do Litoral Norte do Paraná (Abaline), que faz o transporte dos turistas, e não considera o transporte dos moradores. Assim como em outras Ilhas protegidas do Brasil, a Ilha do Mel tem um limite de visitantes diário, que é calculado pelo número de pessoas que se hospedam no local e não por aqueles que vão somente passar o dia. A capacidade máxima para a Ilha do Mel é de cinco mil turistas, além da população local. Os veranistas podem se hospedar em pousadas e campings que fornecem a infraestrutura necessária, de acordo com os objetivos de cada viajante. O limite estabelecido de visitantes na Ilha do Mel é necessário para garantir a manutenção da sustentabilidade do local que, justamente por ser uma ilha, possui uma infraestrutura diferenciada das cidades do continente. "Um dos problemas que a superpopulação na Ilha pode causar é re-

lacionado ao saneamento ambiental, por exemplo, que afeta diretamente nas condições da balneabilidade. Esse controle garantiu que as praias da Ilha se mantivessem próprias para banho em grande parte desse verão", explicou o presidente do IAP, Luiz Tarcísio Mossato Pinto. INFRAESTRUTURA Para fornecer melhor infraestrutura para os visitantes, aliando o turismo com a preservação do meio ambiente, o Governo do Estado investiu mais de R$ 1 milhão na Ilha do Mel desde 2011. Entre os investimentos feitos estão obras de reparos no trapiche da Praia de Brasília e na praça de alimentação da Praia de Encantada, criação dos planos de manejo das Unidades de Conservação da Ilha, entrega de carrinhos elétricos para coleta de lixo, reforma e construção de pontes, entre outros.

SUSTENTABILIDADE A Ilha do Mel possui duas Unidades de Conservação Estaduais que somam cerca de 93% do território. São elas a Estação Ecológica, criada em 1982, e o Parque Estadual, criado 2002. Essas Unidades de Conservação possuem Planos de Manejo, os quais garantem de forma efetiva a exploração sustentável da ilha, pois, regulamentam que pode ser feito nas Unidades de Conservação, que são de proteção integral. "Sem eles o gestor não tem a segurança de executar o plano turístico da ilha, não sabe se pode fazer ou não uma trilha dentro de uma Unidade de Conservação. O plano dita quais são as zonas que podem ser visitadas, quais são exclusivas para pesquisa e quais visam a preservação da biodiversidade", explica o diretor de Biodiversidade e Áreas Protegidas do IAP, Guilherme Vasconcellos. A em-

presa contratada pelo IAP levou um ano para a elaboração dos planos de manejo, o processo foi acompanhado e discutido diretamente com as comunidades que vivem na Ilha do Mel. Os estudos foram anunciados

pelo Governador Beto Richa em dezembro de 2013. Guilherme conta que os moradores contribuíram com conselhos, como a utilização de trilhas antigas, o que poderia atrapalhar ou não no dia a dia das co-

munidades, e outras questões como a pesca. "É o primeiro passo para que se comece realmente a relação entre comunidade, Unidade de Conservação e órgão gestor", destaca o diretor.

Rossoni aprova derrubada do veto para maior distribuição do ICMS ecológico Os deputados derrubaram com 42 votos favoráveis e três contrários o veto do Poder Executivo ao projeto do deputado Francisco Buhrer (PSDB) que altera a repartição do ICMS aos

municípios com mananciais de abastecimento e unidades de conservação ambiental. Pela proposta, mais municípios seriam beneficiados com a divisão de 5% do ICMS Ecológico em razão

de estarem, muitas vezes, impedidos de atraír empresas para se responsabilizar por essa preservação. O deputado Valdir Rossoni deixou a presidência da sessão para fa-

zer um encaminhamento favorável à derrubada do veto, beneficiando assim vários municípios que passarão a ter direito a uma fatia do valor destinado a essas cidades. "Essa

compensação é uma premiação aos municípios com áreas de preservação. Por que alguns recebem e outros não?", questionou Rossoni. "Conversamos com o governador e diretores de

órgãos competentes sobre o assunto e mostramos que a diferenciação é injusta e o veto é indevido. Derrubando o veto, fizemos justiça aos municípios que preservam os mananciais".


18 Tribuna do Litoral

Litoral do Paranรก 2a quinzena de marรงo.2014 - Ano 22 - nยบ 142


Litoral do Paraná 2a quinzena de março.2014 - Ano 22 - nº 142

Tribuna do Litoral 19

Curso - Livre de Acupuntura Sistêmica Chinesa Dirigido a Médicos, Enfermeiros, Psicólogos e Fisioterapeutas. Professor: Carlos Roberto Kindlmann Pós Graduado em Medicina Tradicional Chinesa Autor do Livro Vade Mecum do Clínico Acupunturista Profissional outorgado em lei Há 14 anos tornando pessoas saudáveis e felizes. ANEXO: Clínica de atendimento com hora marcada. Av. das Araucárias, 32 - Balneário Pontal do Sul - Pontal do Paraná E-mail: crkindlmann@yahoo.com F: (41) 3455-2625 / 9907- 5541


Litoral do Paraná 2a quinzena de março.2014 - Ano 22 - nº 142

20 Tribuna do Litoral MEIO AMBIENTE

Ação do Estado assegura planos diretores de Matinhos e Guaratuba

Prefeito em exercício de Matinhos Gentil, prefeita de Guaratuba Ivani Justus e o secretario executivo do COLIT José Maria

O Governo do Paraná garantiu no dia 11 de março, a aprovação, pelo Conselho de Desenvolvimento Territorial do Litoral (Colit), dos planos diretores de Guaratuba e Matinhos. A medida é considerada histórica, pois os documentos já haviam sido aprovados pelas Câmaras de Vereadores dos dois municípios e, há dez anos aguardavam a homologação pelos conselheiros. "Criamos uma comissão técnica que, em 60 dias e em oito reuniões, analisou todos os diagnósticos contidos nos planos diretores de Matinhos e Guaratuba, tendo como base o estatuto das cidades", disse o secretário estadual do Meio Ambiente, Luiz Eduardo Cheida, que é presidente do Colit. "Não podíamos permitir que estas cidades do Litoral continuassem sem o seu plano diretor", afirmou. Apenas após a homologação pelo Conselho é que os planos diretores passam a ter eficácia. Com a homologação, o Conselho do Litoral também encaminhará ao governador Beto Richa a minuta do decreto que estabelece o Plano Diretor para Matinhos e Guaratuba e que será utilizado para planejamento pelos gestores municipais. Entre os sete municípios do Litoral do Paraná, apenas Guaraqueçaba e Paranaguá possuem planos diretores aprovados e homologados pelo Conselho. A arquiteta da Secretaria do Meio Ambiente e coordenadora

da comissão que analisou os planos diretores, Carmem Leal, a aprovação dos planos demonstra a seriedade do trabalho que foi feito pelo governo, por meio da Secretaria do Meio Ambiente e Conselho do Litoral, em parceria com os municípios. "A comissão técnica analisou os planos diretores participativos e de desenvolvimento integrado de Matinhos e Guaratuba, para opinar sobre o desenvolvimento do município e amparados pelo estatuto das cidades", reforçou Carmem. COMISSÃO A Comissão definiu nove eixos para análise, antes da construção dos pareceres e recomendações da política de desenvolvimento dos municípios. Os nove eixos analisados são: instrumentos e metodologia de participação popular no plano diretor; zoneamento de uso e ocupação do solo urbano e a interface com as áreas de preservação permanente ou de proteção ambiental; zonas rurais e a preservação ambiental; política habitacional e regularização fundiária; reabilitação de áreas centrais e sítios históricos; sistemas viários, de transporte e de mobilidade urbana; saneamento ambiental; empreendimentos causadores de impacto de vizinhança e instrumentos tributários e de indução de desenvolvimento econômico e regional. O plano diretor de Matinhos

Autoridades do litoral presentes na reunião do conselho

foi elaborado no ano de 2006 e desenvolvido por uma equipe técnica de 160 pessoas. Já o plano diretor de Guaratuba, foi construído a partir de um diagnóstico realizado no ano de 2002, com revisões realizadas nos anos de 2009 e 2012. Ambos os estudos incluem diagnóstico, levantamento de dados, adequações e a realização de audiências públicas. " O plano foi elaborado com o objetivo de promover o desenvolvimento municipal, cumprir a função social da cidade, proteger o meio ambiente e garantir ordenamento do uso e ocupação do solo", afirma o ex-prefeito de Matinhos, Francisco Carlim do Santos, responsável pela elaboração do plano em sua administração. O vice-prefeito de Matinhos, Gentil Rodrigues Arzão, diz que a aprovação do plano diretor é uma conquista para a população e para a cidade. AVANÇO Os planos diretores de Matinhos e Guaratuba incluem uma série de leis, entre elas, a do perímetro urbano municipal, de zoneamento rural, de zoneamento de uso e ocupação do solo, de parcelamento do solo urbano, do fundo municipal de desenvolvimento, do sistema viário, da outorga onerosa do direito de construir. "Com este documento conseguiremos prevenir conflitos de usos, melhorar a paisagem urbana, preservar recursos naturais e

recuperar áreas degradadas", ressaltou a prefeita de Guaratuba, Ivani Justus. Guaratuba é o 27º município do estado em extensão territorial, mas conta com 99,96% de área rural e 0,04% de ocupação urbana. Guaratuba tem 86% de saneamento. "Este plano diretor é um avanço sem comparações que o Governo do estado está se esforçando para votar e aprovar. Já o município aguarda há uma década pelo documento que estabelece o uso e ocupação do solo no Litoral", declarou o deputado e ex-prefeito de Guaratuba, Nelson Justus. O QUE É Os planos diretores municipais são documentos de planejamento e ordenamento territorial, considerados fundamentais para o desenvolvimento econômico e social, segundo o Estatuto da Cidade, e que deveriam ser concluídos até o ano de 2008. Nele, estão contidas informações como, por exemplo, a delimitação e fiscalização de áreas subutilizadas, índices urbanísticos relativos a dimensões de lotes, a definição das zonas urbanas de expansão e de urbanização específica e a previsão da densidade de ocupação admitida em cada zona. Z De acordo com o Estatuto da Cidade o plano diretor deve ser revisto a cada dez anos, bem

como a lei municipal referente a ele. A existência do plano diretor é obrigatória para cidades com mais de 20mil habitantes, para cidades integrantes de regiões metropolitanas e aglomerações urbanas, para cidades em áreas de especial interesse turístico ou inseridas na área de influência de empreendimentos com significativo impacto ambiental. No caso das cidades do Litoral, a obrigatoriedade do Plano diretor se deve ao especial interesse turístico. O COLIT O Conselho de Desenvolvimento Territorial do Litoral Paranaense (Colit) é um componente da Secretaria do Meio Ambiente e Recursos Hídricos e faz parte do Sistema Nacional do Meio Ambiente (SISNAMA). O Conselho do Litoral tem como principal objetivo a função de assessorar à administração estadual no desenvolvimento do litoral paranaense. Segundo o secretário executivo do Conselho do Litoral, José Maria Correia, entre os principais temas que devem passar pela análise do Colit estão o parcelamento, uso e ocupação do solo, à prevenção e controle da poluição, à gestão dos recursos naturais, à proteção das áreas e locais declarados de interesse e proteção especial, do patrimônio histórico, paisagístico, arqueológico ou pré-histórico e outros.


Litoral do Paraná 2a quinzena de março.2014 - Ano 22 - nº 142

Tribuna do Litoral 21

Moradores aprovam a construção de viaduto na BR 277 de acesso a Morretes Os moradores de Morretes acreditam que o novo viaduto da BR-277, que vai dar acesso ao município, vai acabar com acidentes e tornar mais segura a vida dos motoristas e pedestres, que trafegam pela BR277, rumo ao Litoral. A obra é uma parceria entre o Departamento de Estradas de Rodagem (DER) e a concessionária Ecovia. Além do viaduto, também serão construídas duas vias marginais (uma no sentido Curitiba, e a outra no sentido Paranaguá) e trincheiras sobre as pistas. O investimento nestas obras é de mais de R$ 15 milhões. "A mobilidade na região vai ser melhorada não só para veículos de passeio que trafegam pela rodovia estadual de acesso às cidades históricas, mas também caminhões que seguem rumo ao Porto de Antonina", disse o diretor-geral do DER, Nelson Leal Filho. Para o empresário José Maria Santos, o viaduto irá melhorar o comércio local. "O novo viaduto irá trazer mais turistas para a região. As viagens vão ficar mais rápidas e mais seguras para os ônibus de turismo e principalmente para os moradores. Essa obra é muito importante para todos nós", disse. O viaduto está sendo cons-

truído no trevo de acesso a Morretes, no km 29, e vai beneficiar os motoristas que circulam pela rodovia. Na alta temporada, cerca de 30 mil veículos passam pelo local diariamente. Por causa do grande movimento de veículos, a Polícia Rodoviária Federal registra grande número de acidentes no atual acesso para Morretes, que cruza a BR-277 de maneira imprudente. "Vários amigos meus sofreram acidente naquele trecho. Essa obra deixa toda a população mais segura para usar a rodovia e ir de um município ao outro, ou até mesmo nas áreas rurais", disse a vendedora Viviane Guimarães Duarte. A dona de casa

Isabel Silva não vê a hora da obra terminar. "Estamos ansiosos, porque o viaduto vai economizar o tempo que gastamos e evitar gastar mais combustível. Hoje o retorno fica longe do acesso principal para Morretes", disse. Para a execução da obra foram construídos desvios, mantendo as duas faixas de rolamento livres em cada sentido. Assim, o tráfego não está sendo afetado na região. Depois de negociações com a concessionária, o DER-PR conseguiu antecipar em dois anos estas obras programadas em contrato para acontecer em 2017. A previsão é que estas obras fiquem prontas antes da próxima temporada de verão.

Guto Silva anuncia saída da Casa Civil nesta quarta-feira Após dois anos como subchefe da Casa Civil, Silva deixa cargo para disputar uma vaga na Assembleia Legislativa do Paraná, ele é pré-candidato a deputado estadual No dia 26 de março, às 9h, o subchefe da Casa Civil, Guto Silva, anuncia oficialmente sua saída do cargo que ocupa junto ao governo do estado desde o ano de 2012. Pré-candidato a deputado estadual pelo PSC, Silva deixa oficialmente o posto no dia 31 de março, mas faz o anúncio antecipado para prestar contas de sua atuação no governo do estado. Além da confirmação da saída do cargo, Guto fará um importante anúncio nesta quarta-feira. Tido com um dos homens forte do governador Beto Richa, Guto foi o responsável

pelo processo de interiorização do governo do estado, tratando diretamente com prefeitos dos municípios Paranaenses demandas e necessidades locais. "Temos um saldo muito positivo durante este período de trabalho, foi uma experiência muito válida, de

crescimento pessoal, político e profissional. Pude conhecer o estado, as necessidades dos paranaenses e, principalmente, colaborar, ajudar os municípios que buscavam investimentos e ações do governo do estado", disse. Assessoria


22 Tribuna do Litoral

Litoral do Paranรก 2a quinzena de marรงo.2014 - Ano 22 - nยบ 142


Litoral do Paraná 2a quinzena de março.2014 - Ano 22 - nº 142

Tribuna do Litoral 23

Saia sino, a nova tendência para 2014 Você já encontrou pelas ruas alguma moça de saia rente ao corpo e um leve babado na barra e se perguntou, 'que moda é essa?'. Trata-se da saia sino, mais um modelo da peça indicada para a mulherada que gosta de se vestir de forma bem feminina e ainda deixar um ar romântico no visual. Esse tipo de saia está mais ligada ao público jovem pelo estilo despojado, comprimento e por estar bastante presente no guarda-roupa infantil. Porém, nada impede que mulheres mais maduras invistam na saia sino. Compor com elementos visuais mais 'maduros' deixa o look interessante.

A saia sino dá um volume tridimensional à silhueta. "Se a mulher tem quadril largo ou culote, esse volume fica aparente exatamente em cima dessa região. Já para as que têm corpos triângulo invertido (com pouco quadril), retângulo (ombros, quadris e cintura na mesma linha) ou ampulheta (ombros e

quadris proporcionais), essa adição de volume é muito bem-vinda". Apesar disso, nada impede que uma mulher com mais quadril use o modelo. "Se não quer acentuar essa área do corpo é só reposicionar a barra. Há saias que abrem a barra em sino perto do joelho. Pode ser uma solução".

Os calçados que mais combinam com a saia por ser extremamente feminina, deve-se compor o look usando sapatos mais 'pesados'. "Não que esteja errado combiná-la com outros formatos, mas se optar por uma sapatilha, vai reforçar ainda mais o ar de menininha conferido pela saia. Já o sapato pesado vem para 'quebrar' essa impressão. Por isso, as botas, ankle boots (botas que não têm cano ou que são de canos baixos), open boots (abertas nas frente ou trás), que são curtas, ou aquelas próximas do meio da panturrilha. Outras combinações interessantes são o scarpin e a sandália com sola tratorada".

Audiência Pública O Conselho Municipal das Cidades convida para audiência pública do Plano Diretor no dia 09 de abril no Colégio Paulo Freire às 19 horas. UTILIDADE PÚBLICA: Audiência Pública do Plano Diretor de Pontal do Paraná. A participação na Audiência Pública obedecerá as seguintes regras: 1 - Audiências públicas são eventos públicos que permitem a participação de qualquer pessoa ou entidade interessada no assunto objeto da discussão, desde que devidamente inscrito e identificado;

2 - O tema desta Audiência será: - Apresentação da síntese do diagnóstico da realidade municipal, baseando-se no produto de Análise Temática Integrada; - Diretrizes e Propostas do PLANO DIRETOR MUNICIPAL; - Apreciação das Pro-

posições para a Legislação Básica; - Manifestação da Sociedade Civil com sugestões para o aprimoramento das sínteses apresentadas. 3 - Para bom andamento dos trabalhos, nas manifestações de apoio ou sugestões ao anteprojeto, fica vedado

o uso de instrumentos acústicos ou de quaisquer meios que conturbem a discussão, sendo aceita apenas a manifestação de pessoas inscritas, seguindo sua ordem e conforme conteúdo apresentado na inscrição; 4 - Serão entregues aos participantes um formulário para preenchimento, com sugestões que auxiliará a revisão do Plano; 5 - O horário de encerramento não ultrapassará às 21h, preferencialmente. Toda população está convidada para participar.

CULTURA Paranaguá como cenário em novo espetáculo do ator Paulo Silvino

Dentro dos trabalhos do Projeto Paranaguá Porto das Artes, o produtor e empresário do ator Paulo Silvino e coordenador do Projeto, indicou o artista Glaucio Ayrton, parnanguara e ativo no cenário artístico local, para compor a equipe técnica do novo espetáculo do ator Paulo Silvino, "As Aventuras do Papaceta", que tem sua estreia marcada para o dia 05 de abril, em Bebedouros-SP e dia 12 de abril em um dos maiores festivais de humor do Brasil, em Brasília. Além disso, o espetáculo escrito pelo próprio ator, terá em sua estória a cidade de Paranaguá como ponto de partida. Em parceria com a Prefeitura Municipal de Paranaguá e Fundações Municipais de Turismo e Cultura, foi possível que esta situação se viabilizasse, o que levará o selo da Prefeitura Municipal de Paranaguá a todos os locais de apresentação na divulgação do espetáculo, que

tem agenda até o final do ano, inclusive em apresentações internacionais. Para início dos trabalhos, Glaucio Ayrton estará de partida ao Rio de Janeiro no dia 21/03 para trabalhar na cenotécnica do espetáculo, dentro das instalações do PROJAC e supervisionado pela coordenadora de cenários da linha de show da TV Globo, Kuo Tsu Te. Divulgando o Projeto Porto das Artes, a parceria com o município de Paranaguá e suas apresentações na cidade dias 29 e 30 de março no Teatro Rachel Costa, o ator Paulo Silvino e o produtor e empresário Edinei Ieger estarão no Programa Pânico na radio Joven Pam dia 25/03 e no Programa do Jô, que deverá ir ao ar dia 27/03. Nas atividades na cidade de Paranaguá, o Projeto trará, além de Paulo Silvino em março, o ator Jackson Antunes no espetáculo Coração Caipira, em abril.

CLASSIFICAÇÃO: 16 anos DIA 29 DE MARÇO 20H00 DIA 30 DE MARÇO 19H00 TEATRO RACHEL COSTA Ingressos a venda no Restaurante Abonbonne, Contteudo Publicidade e na bilheteria do teatro R$ 60,00 inteira R$30,00 meia entrada (estudantes, idosos, doadores regulares de sangue e professores da rede pública (todos mediante comprovação)


24 Tribuna do Litoral

Litoral do Paranรก 2a quinzena de marรงo.2014 - Ano 22 - nยบ 142


Tribunadolitoral ed142  

Tribuna do Litoral - março 2014

Advertisement
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you