Issuu on Google+

Jornal On-Line: www.issuu.com/exceuni/docs/tabloidesaudefevereiro

Ano I - Edição 01 - F evereiro.2014 - Distribuição Gratuita Fevereiro.2014

tabloidesaude@gmail.com - Jor nal On Line: www .issuu.com/exceuni/docs/tabloidesaude Jornal www.issuu.com/exceuni/docs/tabloidesaude

Confira nesta edição

Feliz Vida! Dr. Marco Antônio Dallegrave

Pág. 2

Vitória contra o diabetes Dr. Paulo Nassif

Pág. 3

Protegendo seu relacionamento Regina Teixeira

Pág. 4

Desligue isso e vá estudar! Marcos Meier

Pág. 5

Ortopedia Funcional dos Maxilares Dra Eliane Isfer Bittencourt

Pág. 7

Podopostutologia Dr. Victor Marcassa

Pág. 12

Fevereiro.2014

1


Jornal On-Line: www.issuu.com/exceuni/docs/tabloidesaudefevereiro

2 Fevereiro.2014

Editorial ○

Todos sabem que a saúde é o principal alicerce para uma vida plena e saudável. Cuidar da saúde é também zelar pelo próprio ser humano. E é com esse intuito que lançamos o Jornal Tablóide Saúde para ajudar tanto profissionais da área como seus clientes a ter uma melhor orientação sobre o assunto. Visando sempre um diálogo aberto, nos colocamos à inteira disposição. Feliz Ano a todos. O editor.

Expediente ○

TABLÓIDE SAÚDE R. Flávio de Azevedo Macedo, 295 - Bom Retiro Curitiba - PR - 82200-080 F: 3078-2725 9999-3771/9619-3494 CNPJ: 06.122.593/0001-45 CIRCULAÇÃO: Clínicas, Consultórios e Clientes TIRAGEM MENSAL: 5.000 exemplares e-mail: tabloidesaude@gmail.com DIRETOR COMERCIAL Luiz Guilherme Marcos DIRETORA EXECUTIVA Bianca Marcos Cintia Magnani JORNALISTA RESPONSÁVEL Marlon Wilmar de Oliveira MTB 9010/PR ASSESSORIA JURÍDICA Belache & Nadal Advogados Associados. F/Fax: 3532-1770 / 4106-2832 www.belacheenadal.com.br DIAGRAMAÇÃO: Editora Exceuni - 3657-2864 IMPRESSÃO Press Alternativa - F: 3047-4280 As matérias contidas neste jornal são de responsabilidade do autor, não correspondem a opinião do editor.

123 123 123 123 123 123 123 123 123 123 123 123 123 123 123 123 123 123 123 123 123 123 123 123 123 123 123 123 123 123 123 123 123 123 123 123 123 123 123 123 123 123 123 123 123 123 123 123 123 123 123 123 123 123 123 123 123 123 123 123 123 123 123 123 123 123 123 123 123 123 123 123 123 123 123 123 123 123 123 123 123 123 123 123 123 123 123 123 123 123 123 123 123 123 123 123 123 123 123 123 123 123 123 123 123 123 123 123 123 123 123 123 123 123 123 123 123 123 123 123 123 123 123 123 123 123 123 123 123 123 123 123 123 123 123 123 123 123 123 123 123 123 123 123 123 123 123 123 123 123 123 123 123 123 123 123 123 123 123 123 123 123 123 123 123 123 123 123 123 123 123 123 123

Feliz Vida! U

m novo ano começou! E começou de fato! Hora de acordar! Tem gente que prefere esperar o carnaval para, enfim, colocar o despertador do novo ano para tocar. Mas se você é como eu, nada de esperar! O trabalho chama, as contas chamam, as atividades anunciam: precisamos de você! Venha! Acorde!!! E é sobre esta possibilidade de recomeçar que quero falar... Agradeço a quem inventou o calendário e nos proporcionou o tempo contado num papelzinho: dias, meses, anos, tudo com prazo, tempo certo de começar e acabar. É que quando acaba, temos a chance do recomeço. E recomeçar é sempre uma página em branco, uma oportunidade de fazer novo, de fazer diferente! Mas, muito mais importante do que o recomeço, é a reflexão que podemos fazer quando, mais do que o comando do calendário, somos nós que decidimos que é chegada a hora de recomeçar. Hora de, por que não, se reinventar. Nesta hora vale pensar sobre o que temos feito das nossas vidas. O que, aliás, inclui todas as áreas: profissional, pessoal, relacionamentos, saúde, e, sim também! - nossa beleza! Afinal, temos um ano inteirinho pela frente para tentar ser o melhor de nós, o melhor que podemos nos dar. E de quebra, sermos melhor para quem está perto de nós. Sou cirurgião plástico e acredito no meu ofício como uma forma de trazer, a partir da harmonização do corpo ou da face, bem estar, felicidade, melhora da autoestima. Mas, como médico, acredito que a cirurgia não deve ser a primeira opção do paciente. Jamais. Existem muitas formas de se cuidar (se amar, acima de tudo!) para postergarmos o momento da cirurgia. Hoje em dia, no consultório, existem procedimentos perfeitamente capazes de adiar o momento do bisturi. Sim, um dia, talvez, chegue a hora, a certeza de querer se submeter a uma cirurgia plástica com objetivos estéticos.

Mas antes disso, são muitas as possibilidades. Só para citar algumas, há o botox, o preenchimento e, claro, os poderosos tratamentos a laser. Mas, agora, me atenho a falar do que você, sozinha (ou sozinho!) pode fazer por você mesma, praticando atividades simples, no dia a dia, que podem te trazer tranquilidade, energia, aumentando sua autoestima e sua vontade de seguir em frente. Sempre íntegra, inteira, e bela! Que tal, a partir deste iniciozinho de ano, passadas as farras de festas, tentar(e conseguir!): 1 - COMER BEM: Escolher melhor o que você consome, privilegiando os alimentos naturais, os sucos, as verduras. Na hora da correria, vale um sanduiche natural. Parece mais complicado que devorar um pacotinho industrializado, não é mesmo? Mas pode apostar: com o tempo, o hábito faz, sim, o monge, e fica fácil se alimentar de forma mais leve e saudável. 2 - PRATICAR ATIVIDADES FÍSICAS: Não precisa virar um atleta! Se for difícil começar, tente uma, duas vezes por semana apenas. Com o tempo, o seu corpo vai pedir mais, você vai ver! Importante é escolher uma atividade que te agrade. Sem se exigir tanto, por exemplo, você pode começar fazendo uma simples caminhada. Trinta minutinhos. Com uma bela playlist te acompanhando, a promessa é de um momento de grande satisfação! E um momento seu! 3 - USAR FILTRO SOLAR: Todos os dias. Mais uma vez, defendo que é o hábito que faz a força! Escovou os dentes, lavou o rosto? Aplique filtro solar como parte da sequencia de cuidados diários. Simples assim. Ah! É bacana escolher o ideal para o seu tipo de pele, certo?

Dr. Marco Antônio Dallegrave

4 - CUIDAR DA MENTE: Nossa mente precisa de cada vez mais calma neste mundo acelerado e cheio de demandas em que vivemos. Recomendo sempre a meditação, atividade em que tentamos silenciar a mente (só tentar já está valendo!), desconectando dos pensamentos que não deixam acessar a nossa essência, que é sempre de paz. Sentada, com a coluna ereta, feche os olhos, tente acalmar os pensamentos. Para ajudar, você pode se concentrar na respiração ou ouvir alguma música relaxante. Alguns minutinhos por dia e pronto. Sua paz agradece! Com estes cuidados simples que agregam disposição, alegria interior e vontade de viver, fica muito mais fácil ficar bonita! Gostou? Podemos fazer um pacto? Eu faço daqui, você faz daí. E não vale deixar para depois. Um, dois, três e...valendo! Por um 2014 melhor. Por nós mesmos! Pela vida! Um forte abraço!

Dr. Marco Antônio Dallegrave Especialista pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica - CRM 17086 www.marcodallegrave.com.br - contato@marcodallegrave.com.br Consultório: Pietà Centro Médico - Rua Solimões, 1175 - Mercês - Tel.: 3021-7700


Jornal On-Line: www.issuu.com/exceuni/docs/tabloidesaudefevereiro

Fevereiro.2014

3

Vitória contra o diabetes Cirurgia do diabetes é esperança de uma vida melhor para muitos curitibanos.

A

diabetes mellitus, ou simplesmente diabetes, como é popularmente conhecida, é uma doença que envolve, primariamente, o metabolismo da glicose, interferindo também no metabolismo das gorduras e proteínas, elementos essenciais ao organismo mas que em quantidades elevadas podem causar graves consequências à saúde. Há diversas formas clínicas do diabetes mellitus, como os do tipo 1, tipo 2 (DM2) e diabetes gestacional. Sabe-se que o diabetes do tipo 2 possui um fator hereditário maior do que no tipo 1. Além disso, há uma grande relação com a obesidade e o sedentarismo. Estima-se que 60% a 90% dos portadores da doença sejam obesos. A incidência é maior após os 40 anos. Uma de suas peculiaridades é a contínua produção de insulina pelo pâncreas. O problema está na incapacidade de absorção das células musculares e adiposas. Por muitas razões, suas CONSEQÜÊNCIAS DO DIABETES TIPO 2: Se os níveis de glicose não forem adequadamente controlados, o diabetes tipo 2 pode provocar uma série de problemas graves e potencialmente fatais, que podem ser divididos em Conseqüências Microvasculares e Macro vasculares: Microvasculares - causadas pela lesão de pequenos vasos pela hiperglicemia crônica, entre elas: - Retinopatia - acometimento da retina, podendo levar à cegueira; - Nefropatia - acometimento dos rins, podendo levar à necessidade de diálise e até de transplante renal; - Neuropatia - acometimento dos nervos cranianos e periféricos, podendo levar a amputações. Macro vasculares - causadas por lesões de vasos maiores também pela hiperglicemia, entre elas: - Infarto agudo do miocárdio - Acidente vascular cerebral - derrame - Insuficiências arteriais, podendo levar a amputações.

células não conseguem metabolizar a glicose suficiente da corrente sangüínea. Esta é uma anomalia chamada de "resistência Insulínica". O diabetes tipo 2 é cerca de 8 a 10 vezes mais comum que o tipo 1. Só quem vive o dia a dia da doença sabe o que significa ser diabético tipo 2 (DM2), o mal de difícil controle que pode levar à amputações, perda de visão e/ou comprometimento renal e que atinge de 5 % da população mundial adulta, sendo uma das 5 doenças de maior mortalidade no mundo. Leia no Box a seguir as consequências que a doença pode trazer. Geralmente o tratamento é constituído de dieta e exercício físico. Outras vezes vai necessitar de medicamentos orais e, por fim, a combinação destes com a insulina. Nos casos dos pacientes com obesidade boa parte do tratamento está na perda de peso. As pesquisas na área vêm evoluindo muito, mas sem dúvida, a maior conquista de resultados positivos foi no tratamento cirúrgico em obesos. Com o surgimento das cirurgias bariátricas, observou-se que os pacientes obesos com DM2 quando operados apresentam evidente melhora do controle glicêmico apenas alguns dias após a cirurgia, mesmo sem grande perda de peso. Já no pós-operatório imediato muitos apresentam a diminuição e/ou a normalização da glicose sem medicações, devido ao desvio intestinal que restabelece a secreção de peptídeos intestinais, fundamentais para auxiliar a secreção de insulina pelo pâncreas. O procedimento é indicado para os pacientes com índice de massa corporal (IMC) igual ou maior a 35, sem sucesso nos tratamentos convencionais para a perda de peso e/ou controle do diabetes tipo 2. Em não obesos, a cirurgia continua sendo estudada e ainda não pode ser apresentada como solução, pois necessita de mais pesquisas científicas, mas os resultados promissores são indiscutíveis. Curitiba, que é referência na área da saúde,

DR. PAULO NASSIF CRM 12666 PR

também é uma das precursoras na realização da técnica. O cirurgião Paulo Nassif a realiza nos hospitais em que atua: Santa Cruz, Vita Batel, Vitória, Hospital Universitário Evangélico em Curitiba e Hospital Nossa Senhora do Rocio em Campo Largo, como também as demais cirurgias do aparelho digestório. Especialista em cirurgia do aparelho digestório com mestrado e doutorado em Clínica Cirúrgica pela UFPR, o médico é Membro Titular dos Colégios Brasileiro e Internacional de Cirurgiões, Colégio Brasileiro de Cirurgia Digestiva, da Federação Internacional de Cirurgia de Obesidade e da Sociedade Brasileira de Cirurgia Bariátrica e Metabólica. Renomado por sua experiência e sensibilidade no tratamento de seus pacientes, é professor da Faculdade Evangélica do Paraná, com publicações em revistas nacionais e internacionais. Frequentemente é convidado como preletor em simpósios e conferência, assim como para palestras de esclarecimento a população a quem sempre orienta: "A prevenção e bons hábitos de vida são geralmente os melhores e mais bem sucedidos tratamentos." Por Emmanuelle Hayashi


4 Fevereiro.2014

Jornal On-Line: www.issuu.com/exceuni/docs/tabloidesaudefevereiro

Protegendo seu relacionamento P

recisamos de alguns meios para proteger os relacionamentos, contra inseguranças, dificuldade e falha na comunicação, infidelidade, excesso de ciúme, etc. Muitas vezes, quando no relacionamento de casais, o conflito se faz presente, diagnosti- Regina Teixeira - Psicóloga/ camos na prá- Sexóloga - Mestre/Dra em Psicologia, Pesquisadora tica clínica, na Universidade de Sydney - Austrália que o vínculo foi gravemente afetado, muitas reações destrutivas foram estabelecidas na Comunicação, e sobre este esta- culo afetivo, quando tratado a temdo de desgaste se deu pela pouca ob- po. Uma das questões mais frusservação e renegociação do relaciotrantes que observamos em Teranamento. Quando falo em revisar o relacio- pia de Casais é a frustração que cada namento, quero dizer que os casais individuo sofre, em relação as suas devem sempre estar atentos aos expectativas que tem em relação ao seus sentimentos de mágoa, dúvida, seu par. Isto naturalmente ocorre, e insegurança, fatores estes psicoló- pois no estágio inicial do relaciogicos, podem ser trabalhados na re- namento, tenta-se atender semlação e reforçar cada vez mais o vín- pre as expectativas do outro pas-

sando com o tempo, esta ação, a ser pouco onerosa, pois pode ferir na individualidade de cada um. Trabalhando as dificuldades, na terapia, revendo o que está minando originalmente a relação, pode-se restaurar o vínculo e trazer a satis-

fação de cada um, mas numa nova fase. Ressalto que qualquer relacionamento, sempre deverá ser renegociado, pois as pessoas sofrem individualmente muitas interferências externas que atingem diretamente o seu par. São neste caso, problemas pessoais, profissionais, e de outras fontes externas, que devem ser atualmente, levados muito em consideração. Assim muitas vezes, a questão da dificuldade entre casais devem ser diagnosticadas, para depois trabalhadas. Na revisão de seu relacionamento, a pergunta chave para os casais é: COMO ESTAMOS? SINTO-ME ASSIM COM ISSO E VOCÊ SABE? COMO VOCÊ SENTE-SE NA NOSSA RELAÇÃO? “... COMO Assim abre-se o caESTAMOS? minho para a ComunicaSINTO-ME ASSIM ção construtiva, onde o respeito às necessidaCOM ISSO E VOCÊ SABE? des do outro vão com certeza, abrir sempre COMO VOCÊ novas possibilidades de SENTE-SE NA um relacionamento NOSSA complementar, com seRELAÇÃO?”... gurança e cumplicidade.


Jornal On-Line: www.issuu.com/exceuni/docs/tabloidesaudefevereiro

Fevereiro.2014

5

D

esligue isso e vá estudar! Quem nunca falou isso a um adolescente? Eles estão gastando muito tempo conversando por meio de aplicativos de celular, tablets ou notebooks. Parece até que estão perdendo o jeito de conversar olho no olho. Será que há algum risco no excesso de tempo gasto nos bate-papos virtuais? Vejamos o que anda acontecendo com a Carol. Ela é uma menina muito popular na escola e tem milhares de amigos nas redes sociais. Conversa a tarde toda e parte da noite em seu quarto por meio de seu notebook que fica o tempo todo online. Suas notas não são ruins, vai passar de ano sem maiores dificuldades, pois é muito inteligente. Então o que pode preocupar seus pais? O primeiro problema é que ela está se acostumando com a falta de empenho, com a falta de persistência ou esforço. Uma menina inteligente poderia estar com notas muito mais altas, poderia melhorar muito sua aprendizagem em todas as áreas, mas ela não se esforça. Desempenho médio já está bom. Isso tem nome: mediocridade. O segundo problema acontece quando al-

guém digita algo que ela não concorda, quando lhe apontam erros ou quando começam a falar de algum assunto que ela não gosta. Ela simplesmente bloqueia o sujeito, exclui os mais chatos e conversa apenas com os que ela considera legais. Desse jeito ela não aprende a ouvir críticas e lidar com elas. Muito menos aprende a argumentar e contra-argumentar, pois em vez de criar uma explicação para sustentar suas opiniões, ela foge de tudo o que é contrário. Pessoas que conversam sobre assuntos que ela desconhece não recebem respostas, ficam "no vácuo" como ela mesma gosta de afirmar. Toda essa postura de fuga não permite que ela desenvolva resistência à frustração e não abre espaço para diálogos mais profundos. O resultado disso é uma Carol superficial que não consegue manter um diálogo mais produtivo, não consegue ouvir críticas e não desenvolve adequadamente sua autonomia, pois depende sempre de alguém que a ajude a compreender a realidade, alguém que "curta" e "compartilhe" seus posts, numa postura de aprovação. Construiu um mundinho artificial em torno de si mesma. Pessoas que não ouvem críticas, não aprendem a corrigir seus erros e a crescer, pois têm a falsa impressão de que estão acertando em tudo, já que só recebem aplausos. Encarar a frustração, a raiva de ter sua opinião rechaçada, os sentimentos de insucesso ou de inadequação, faz uma pessoa desenvolver maior controle sobre as emoções, maior maturidade. Não é preciso cair no extremo da frieza ou do comportamento excessivamente calculado, mas é saudá-

FOTO ESTUDIO CAFEINA

Desligue isso e vá estudar!

Marcos Meier é psicólogo, escritor e palestrante. Contatos pelo site www.marcosmeier.com.br Seus livros estão na loja virtual www.kapok.com.br

vel ter um controle mínimo que impeça explosões emocionais ou choros excessivos em situações mais formais ou ambientes mais profissionais, por exemplo. Pessoas maduras sabem relacionar-se de forma mais profunda, sem recorrer a manhas, birras ou chantagens emocionais como infelizmente vemos acontecer em muitos jovens adultos atualmente. A Carol pode mudar, mas terá que refletir sobre essas questões e começar a levar a sério que a maturidade é uma conquista e não um caminho natural para todos. Toda conquista é fruto de empenho, persistência e de uma boa dose de conversas com quem a ama de verdade e, portanto, com quem tem coragem de lhe criticar e de investir em seu crescimento.


Jornal On-Line: www.issuu.com/exceuni/docs/tabloidesaudefevereiro

6 Fevereiro.2014

Nanotecnologia deverá acabar com a quimioterapia P

esquisas com a nanotecnologia podem, em um futuro próximo, permitir que o tratamento para câncer se torne mais simples e menos tóxico para os pacientes. Nano partículas criadas na Universidade da Flórida Central pelo professor J. Manuel Perez e sua equipe podem um dia atacar e destruir tumores, evitando que pacientes com câncer sejam expostos à quimioterapia. Uma droga chamada Taxol, muito comum em tratamentos quimioterápicos, foi utilizada em estudos com cultura de células. O Taxol costuma causar muito danos ao corpo, pois prejudica tecidos saudáveis, e não apenas as células cancerígenas. Nano partículas com Taxol, criadas em laboratório pela equipe de Perez, são modificadas para carregar o medi-

camento apenas para as células cancerosas, permitindo que tratamentos es-

pecíficos para estas células não ataquem partes saudáveis do corpo. As nano par-

tículas carregam ácido fólico, uma vitamina consumida por células cancerosas e assim se torna "atraentes" para elas. Um pigmento fluorescente e óxido de ferro magnetizado também fazem parte das nano partículas, o que permite que médicos acompanhem em imagens ópticas ou em imagens de ressonância magnética a evolução do tratamento no tumor. A criação também pode ser utilizada para a identificação de câncer. Se o corpo não tem tumores, as nanopartículas não se ligam ao tecido doente e são eliminadas pelo fígado. "O que é único sobre o trabalho é que as nano partículas têm um papel duplo, no diagnóstico e como agente terapêutico, em um veículo biodegradável e biocompatível", afirma Perez. "Embora os resultados ainda sejam preliminares, eles são animadores", diz o pesquisador.

Shakes para emagrecimento funcionam? Segundo nutricionista, os shakes podem complementar a alimentação, mas nada substitui o famoso prato de arroz e feijão Dietas que prometem a redução dos quilinhos extras em pouco tempo existem de monte por aí. Mas muita gente apela para a perda de peso rápida sem levar em conta os cuidados com a saúde. Com o boom das dietas famosas, os shakes também entraram na lista e disputam espaço no quesito "promessa de emagrecimento". Mas qual é a funcionalidade deles? Vale a pena investir nos shakes para ficar em forma? Segundo a nutricionista e professora do curso de Nutrição da Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR) Gisele Pontaroli

Raymundo, os shakes podem até ter nutrientes importantes, mas nada substituiu os bons hábitos de vida: alimentação saudável e a prática de exercícios físicos. "Se você tinha um consumo diário de 2000 calorias e agora consome 1500, você vai emagrecer. Os shakes, por exemplo, têm menos calorias, mas não tem gordura, proteína nem fibras suficientes. A gente pode dizer que eles ser-

vem como complemento, mas sempre com orientação médica", explica.

NUTRICIONISTAS EM CURITIBA Mais uma dica para quem gosta de tomar shakes pelos diversos sabores apresentados: os shakes têm corantes, e isso pode prejudicar o fígado. "Aquele gostinho de chocolate ou morango na verdade são corantes, e de certa forma prejudica o fígado. Qualquer substância química adicionada nos alimentos sobrecarrega o fígado, que tem a função de filtrar tudo que

chega até ele", acrescenta. Para as gestantes, a proibição é ainda maior: como a criança está em desenvolvimento, ela precisa de todos os nutrientes necessários, e isso quem fornece é a mãe. "Se a mulher tomar shake, por exemplo, pode faltar ferro, e ácido fólico (vitamina do complexo B presente no espinafre, vegetais de folhas verde-escuras, fígado, frutas cítricas e gema de ovo), e isso pode prejudicar a formação do feto", finaliza. Ou seja, nada substitui a equação alimentação saudável + exercícios = saúde. Por que não investir nela?


Jornal On-Line: www.issuu.com/exceuni/docs/tabloidesaudefevereiro

Fevereiro.2014

7

Ortopedia Funcional dos Maxilares “O

rtopedia Funcional dos Maxilares especialidade que diagnostica, previne, controla, e trata dos problemas de crescimento e desenvolvimento que afetam os arcos dentários e suas bases". Wima Simões. Algumas disfunções orais quando tratadas precocemente diminuem as probabilidades de extrações dentárias, a necessidade de cirurgias ortognáticas ( ou seja dos ossos da face) e eliminam ou diminuem o tempo de uso de aparelhos fixos. O profissional que atua nessa área é um Ortopedista Funcional dos Maxilares (dentista).

Prevenir é manter em estado de normalidade o crescimento e o desenvolvimento das estruturas relacionados com a face, do sistema estomatognático, de todas suas estruturas nas diferentes fases da vida. "As funções (fala, deglutição, mastigação, respiração, sucção) realizadas corretamente envolvem atividades neuromusculares da face e estimulam o crescimento ósseo, permitindo que a maxila e a mandíbula tenham tamanhos e relações adequadas para receber dentes saudáveis e íntegros, posicionado-se com harmonia e equilíbrio em suas bases". Maria C. F. De Camargo. EXEMPLOS DE DISFUNÇÕES Mordidas profundas com retração da mandíbula, alterando o crescimento e desenvolvimento ósseo e muscular da face, a mandí-

bula fica retida na maxila, a mastigação é ineficiente e o palato alto. Prognóstico: arcadas atrésicas (estreitas), comprometimento da fala, da respiração e da oclusão, problemas digestivos pela deficiência mastigatória, podendo haver dor na região da articulação têmporo mandibular (próximo à orelha) pela compressão. CAUSAS PROVÁVEIS Sucção incorreta (mamadeira, chupeta, dedo), mastigação ineficiente (alimentos pastosos e líquidos, pouco estímulo muscular).

MORDIDA CRUZADA - comprometimento do crescimento e do desenvolvimento equilibrado das arcadas, como consequencia assimetria facial e muscular. Podendo ocasionar distúrbios nas Articulações Temporo Mandibulares (ATM).

Exame clínico: Mordida profunda, ou Mordida aberta; Facies hipotônica (sem tonicidade) sem função mastigatória adequada. Tratamento precoce: Pistas Diretas Planas e ajuste oclusal, para permitir oclusão mais funcional das arcadas, promovendo uma mastigação bilateral fisiológica e um crescimento e desenvolvimento harmônico de todo o Sistema Estomatognático. Hábitos parafuncionais (chupeta, dedo, mamadeira), com interposição lingual, promovendo uma mordida aberta com comprometimento ósseo e postural das estruturas oro-faciais (sucção, respiração, deglutição, mastigação e fala). TRATAMENTO PRECOCE: instalação de Aparelho Ortopédico Funcional com grade lingual para reeducação da lingua e reposicionamento das arcadas, encaminhamento para fonoaudiólogo.

TRATAMENTO PRECOCE COM PISTAS DIRETAS E/ OU APARELHO ORTOPÉDICO; Vigiar até o final do crescimento ósseo para evitar compressão da ATM, sequelas ósseas severas, das funções digestivas pela deficíência mastigatória e problemas estéticos . Dra. Eliane Isfer Bittencourt especialista em Ortopedia Funcional dos Maxilares, e em Saúde Social e Coletiva, Mestre em Ciências Bittencourt Odontologia


Jornal On-Line: www.issuu.com/exceuni/docs/tabloidesaudefevereiro

8 Fevereiro.2014

Palavras Cruzadas ○

U

Aumentar a autoestima e mudar o visual ficou mais fácil

A Minsk Perucas traz uma variedade de perucas, apliques, extensões e acessórios para valorizar mulheres que desejam cabelos bonitos e aparência natural todos os dias. A beleza das perucas é que elas permitem que você use um lindo cabelo, com aparência saudável que você sempre quis. Se você prefere um estilo clássico ou moderno, você

vai encontrá-lo aqui. Trabalhamos com as melhores marcas do mercado, oferecendo produtos da mais alta qualidade tanto em fios sintéticos como naturais. As perucas são tão realistas que proporcionam uma aparência incrivelmente natural. Nosso atendimento é personalizado e garante orientação completa para quem quer adquirir uma peruca.

Nós nos especializamos em atender pacientes de quimioterapia, alopecia ou com outros problemas relacionados à perda dos cabelos. Trabalhamos também com apliques, extensões, turbantes e acessórios. Agende um horário e venha conhecer sem compromisso Facilitamos o pagamento, aceitamos cartões de crédito.


Jornal On-Line: www.issuu.com/exceuni/docs/tabloidesaudefevereiro

Fevereiro.2014

9


Jornal On-Line: www.issuu.com/exceuni/docs/tabloidesaudefevereiro

Dicas para evitar a aranha marrom em casa Remover teias atrás dos móveis e manter o ambiente bem ventilado são algumas das orientações

V

ocê pode não saber, mas a aranha marrom é um aracnídeo que vem se proliferando em Curitiba. A mudança de clima e os hábitos curitibanos são alguns dos fatores que agem para a proliferação da espécie na cidade. "Há uns 20 anos, os invernos eram mais rigorosos, e ajudavam a controlar a população de aranhas por causa das baixas temperaturas. Como hoje em dia não há mais invernos com longos períodos de frio, nem temperaturas tão baixas, as aranhas podem ter se adaptado e foram adquirindo uma espécie de resistência a pequenos períodos de frio", conta o biólogo da Secretaria Municipal de Saúde de Curitiba, Marcelo Luiz Vettorello. ENCONTRE MÉDICOS EM CURITIBA Os dados preliminares de 2010 contabilizaram 1025 casos da aranha marrom (até o final de outubro), com 625 casos leves (só sintomáticos) e moderados (107) e graves (8), que necessitam de um acompanhamento médico mais de perto. Nos últimos dez anos,

2001 foi o ano de maior índice de acidentes com a espécie Loxosceles intermédia. Os últimos dois óbitos aconteceram em 1995. O estilo de arquitetura (casas de madeira, com sótão, com porão, por exemplo) e o hábito de guardar tudo em caixas acabam se tornando esconderijos para as aranhas. "Outra coisa importante de ressaltar é a mudança no ambiente: como nos últimos 20 anos a Região Metropolitana e a própria Curitiba tiveram um rápido crescimento habitacional, as aranhas (e os outros animais) sofreram uma mudança muito grande com relação ao meio em que viviam, tendo que se adaptar a outros locais, e obviamente, tiveram êxito na adaptação intradomiciliar", lembra o biólogo. Em casa, se você tiver a não tão agradável presen-

○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○

10 Fevereiro.2014

ça dessa aranha perto de você, o que fazer? Segundo o Dr. Marlon Streicher, do Centro de Controle de Envenenamentos de Curitiba, o importante é não tentar tomar aquelas medidas caseiras. "A pessoa que foi picada deve procurar orientação médica. Nada de se automedicar". As aranhas são mais ativas nos meses mais quentes do ano. Portanto, se você vai para a praia num final de semana, é bom ficar atento e dedetizar o local. Além disso, muito cuidado com as roupas que vai vestir. "Para evitar acidentes, cuide com as roupas guardadas e verifique se não há nenhum animal no interior dela. A roupa de cama também merece atenção especial". Ainda não há veneno que seja aprovado para eliminar as aranhas. O doutor Marlon lembra, ainda, que as medidas indicadas para controle são apenas ambientais. "Remover teias atrás dos móveis, manter o ambiente da casa bem ventilado, tentar vedar frestas que possam servir de abrigo aos animais são itens importantes para o controle da aranha marrom", finaliza.

Médico naturalista ensina... É simples para quem não gosta ou não tem tempo de fazer exercícios físicos diariamente... Um médico naturalista estava muito triste porque participou de congressos e, embora comprovado, o resultado não é divulgado, como ele disse 'NÃO DÁ IBOPE''. Então ensinou a fazer um exercício simples que evita problemas cardíacos Antes do banho, exercitar a panturrilha(barriga da perna) (levantar o corpo na ponta dos pés) , primeiro rápido até esquentar as panturilhas e depois uma sequência de 10 movimentos lentos. Pronto. Esse exercício bombeia o sangue para o coração, melhora os batimentos cardíacos e evita obstrução das veias.. Nos primeiros 6 meses, se a pessoa estiver com excesso de peso, ela emagrece da cintura para baixo e, nos 6 meses seguintes, da cintura para cima; depois de 2 anos, não engorda mais e, alem de tudo, diminui o risco de uma cirurgia cardíaca que custa em média, hoje em dia, R$ 38.000,00 e, de um modo geral, os planos de saúde nem sempre pagam. MELHORA O PROBLEMA DE MICRO VARIZES Ao chegar em casa, coloque os seus pés em uma bacia com água bem quente (o famoso escalda pés - alem de relaxar, esse processo desencadeia a dilatação dos vasos sanguíneos

dos pés, melhora o cabelo e melhora, inclusive, a visão. Esse processo foi pesquisado com pessoas diabéticas e o resultado evidenciou a melhora na circulação sanguínea, diminuindo os casos de gangrena, o quadro geral de saúde dos pesquisados melhorou, e como um fato relevante, a melhora da visão. EVITA O ENCURVAMENTO DA COLUNA Ao acordar, deitado de barriga para cima pedalar 120 vezes no ar. Esse exercício melhora o posicionamento da coluna e da postura, diminuindo ou retardando o encurvamento das costa e aliviando as dores nas costas. BAIXANDO A PRESSÃO Ao perceber que a pressão subiu, coloque as pernas dentro de um balde com água muito gelada até os joelhos. Permaneça nesta imersão por 20min. Este processo fará com que o organismo, na busca de aquecer os membros inferiores, faça com que o acúmulo de sangue na cabeça desça, baixando a pressão. Matéria enviada pela nossa querida amiga e leitora Claire do Sol.


Jornal On-Line: www.issuu.com/exceuni/docs/tabloidesaudefevereiro

Fevereiro.2014 11

Acupuntura: a medicina milenar A

acupuntura (do latim acus - agulha e punctura - colocação) é um ramo da medicina tradicional chinesa e, de acordo com a nova terminologia da OMS Organização Mundial da Saúde, um método de tratamento complementar. Foi também declarado Patrimônio Cultural Intangível da Humanidade pela United Nations Educational, Scientific and Cultural Organization (Unesco) em 19 de novembro de 2010. O tratamento acupunterápico consiste no diagnóstico (igualmente baseado em ensinamentos clássicos da Medicina Tradicional Chinesa) e na aplicação de agulhas em pontos definidos do corpo, chamados de "Pontos de Acupuntura" ou "Acupontos" que se distribuem principalmente sobre linhas chamadas "meridianos chineses" e "canais", para obter diferentes efeitos terapêuticos conforme o caso tratado. Também são utilizadas outras técnicas alternativa ou complementarmente, sendo

as mais conhecidas a moxabustão (aplicação de calor sobre os acupontos ou meridianos), a auriculoterapia e, mais recentemente, a eletroacupuntura. A estreita relação entre o uso das agulhas e da moxa, na acupuntura, fica evidente na tradução literal da expressão que, em chinês, designa acupuntura (Zhen Jiú), sendo Zhen agulha e Jiú fogo. O leque de opções do acupunturista, entretanto, costuma ser bem mais amplo, podendo-se estimular os acupontos e meridianos com

os dedos (do in), moedas, pentes de osso ou de jade (gua sha), ventosas (ventosaterapia), massagens (tui na) e outras técnicas, como por exemplo a sangria. A acupuntura chinesa, por seu histórico milenar, acabou por desenvolver escolas específicas em países próximos da China, dando origem ao shiatsu (espécie de massagem) no Japão e a estimulação nos denominados microssistema do corpo (ver adiante). Com as tecnologias modernas a acupuntura vem

agregando recursos, como a eletricidade (eletroacupuntura, ryodoraku e moxa elétrica), agulhas mais seguras e práticas, cristais stiper ("Stimulation and Permanency" - Estimulação Permanente), esferas banhadas a ouro, prata, de quartzo e de vidro, ventosas de material plástico ou acrílico com válvulas de pressão, ventosas de borracha, porém sempre observando os mesmos princípios da Medicina Tradicional Chinesa. É fundamental compreender que, apesar do uso de

recursos tecnológicos atuais, a acupuntura que se realiza hoje é exatamente a mesma que se realizava nos primórdios da civilização chinesa, utilizando um raciocínio absolutamente estranho à medicina ocidental e sem qualquer preocupação ou influência relativa à existência ou não de explicação científica dos fenômenos verificados. Os mapas de meridianos ultrapassaram milênios chegando quase intocados aos dias atuais; o raciocínio que se desenvolve na verificação e tratamento dos problemas práticos apresentados nos consultórios é baseado em conceitos que soam estranhos aos ocidentais, como os cinco elementos, o tao (equilíbrio entre yin e yang), o fluxo de chi (a grosso modo traduzido como energia vital) e xué (a grosso modo traduzido como sangue), zang (traduzido como órgão por inexistência de palavra adequada) e fu (literalmente oco, mas geralmente traduzido como víscera).


Jornal On-Line: www.issuu.com/exceuni/docs/tabloidesaudefevereiro

12 Fevereiro.2014

Podoposturologia A

podoposturologia (Reeducação Postural através de palmilhas) tem como objetivo prevenir e tratar os transtornos da postura e do equilíbrio corporal através dos neurorreceptores da planta dos pés com o intuito de reduzir os picos de pressão em certas áreas da planta dos pés decorrentes da má postura e distribuir a força de reação do solo por toda superfície plantar, de forma homogênea, bilateralmente. Tem origem na escola francesa e busca integrar os conhecimentos entre a estreita relação dos pés, olhos e oclusão dentária com a postura corporal. As palmilhas são uma parte fundamental do tratamento

através da técnica de Podoposturologia. Clique no link abaixo e saiba mais como funciona as palmilhas especiais e como elas podem lhe ajudar a ter uma postura melhor. Pelas suas características as palmilhas de Reeducação Postural tem grande funcionabilidade em casos de indivíduos que apresentam muita dor nos pés, tornozelos, joelhos, quadris e na coluna vertebral, que apresentam uma sobrecarga ponderal importante, que praticam alguma atividade física e/ ou esportiva e que apresentam disfunções circulatórias nos pés (pé diabético). São inúmeras as indicações para se utilizar as palmilhas de Reeducação Postural. Podem

ser prescritas de acordo com a marcha (rotação interna ou externa da perna), perna curta (funcional ou verdadeira), pé cavo, pé plano (chato), esporão de calcâneo, calcâneo valgo, calcâneo varo, joelho valgo, joelho varo, joanete, tendinite nos membros inferiores, dores de cabeça, fascite plantar, neuroma de Morton, calosidade, bolhas e rachaduras nos pés, unha encravada, disfunções na ATM (articulação têmporomandibular), alterações no tipo de pisada (pronada ou supinada). São indicadas também para o tratamento dos desníveis da bacia (obliquidade), dores na região cervical, lombar e dorsal da coluna, dores irradiadas

para pernas e braços, pubalgias, hérnias de disco e/ou protusões discais na coluna, síndromes musculares e fasciais, síndromes fêmuro-patelares, artrose, artite, alterações morfológicas da coluna vertebral (cifose, hiperlordose e escoliose), dentre outras. As palmilhas de Reeducação Postural possibilitam a correção dos desvios posturais do corpo no espaço em relação ao centro de gravidade, nivelam a bacia, diminuem a torção do tronco, alinham a coluna, contribuem para a melhor congruência das articulações e amenizam a sobrecarga principalmente na coluna vertebral, prevenindo e tratando eventuais afecções que possam aparecer.

metria. Então, aquele padrão normal fisiológico já não é mais o mesmo; ele está alterado, demonstrando desnivelamentos

e rotações mais acentuados à nível de ombros e bacia, inclinação e bloqueios vertebrais (escoliose) à nível de coluna e alterações em rotações e torções à nível de membros inferiores e pés. O resultado disso é o aparecimento ,ao longo do tempo, de contraturas e tensões musculares, enrijecimento e artrose à nível articular, encurtamentos, dores, tendinites, fadiga e fraqueza por parte dos músculos do corpo que acabam consumindo muito

mais energia para poder suprir o desequilíbrio corporal que esta situação acarreta tentando ao máximo manter o corpo equilibrado, resultando em uma diminuição de rendimento para a realização de atividades físicas e ocupacionais, etc. As alterações quando partem de cima (visão, oclusão, córtex cerebral) são ditas descendentes, quando partem de baixo (pés) são ditas ascendentes e quando partem de cima e de baixo são ditas mistas.

PROBLEMAS COMUNS A simetria corporal é rara. No entanto, existe um parâmetro de assimetria fisiológico considerado como normal onde o funcionamento do sistema atua de forma harmônica, sem nenhuma agressão e/ ou stress ao corpo. Por exemplo, um indivíduo destro tende, na maioria das vezes, a apresentar um leve deslocamento do corpo para a direita e para trás em relação ao centro de gravidade e um leve abaixamento do ombro direito em relação ao esquerdo.

No canhoto ocorre o contrário. À partir do momento em que um ou mais receptores (ditos principais) responsáveis em mandar informações ao sistema nervoso estiverem desregulados e/ou alterados (de forma assimétrica e/ou patológica) ocorrerá à nível central um novo ajustamento postural patológico, o qual acaba se fixando após alguns meses, e que o organismo entende como sendo o correto continuando a funcionar dentro deste novo padrão de assi-


Jornal On-Line: www.issuu.com/exceuni/docs/tabloidesaudefevereiro

Fevereiro.2014 13

Top 10 das atividades que mais queimam gordura Além de escolher uma atividade, o importante é conciliar a atividade aeróbica com a musculação

T

odo ano é a mesma coisa: na lista de promessas para o novo ano que se inicia, a velha e boa academia não sai da listinha! Mas muita gente quer ir direto ao assunto e saber quais os exercícios power que vão fazer o tal milagre, ou seja, acabar de vez com as gordurinhas e queimar o máximo de calorias possível. ACADEMIAS EM CURITIBA "Tem várias atividades que queimam bastante gordura. A corrida, por exemplo, pode ter uma perda calórica de 300 calorias em 30 minutos; o spinning ou o RPM, até 800 calorias", explicou o professor de educação física. Ele também lembrou o tempo em que o aluno fica na academia e se dedica aos exercícios. O que temos que tomar cuidado é em rela-

ção ao que podemos fazer em pouco tempo dentro da academia, se iremos treinar corretamente e se temos tempo de fazer esses treinos com qualidade. PERSONAL TRAINER EM CURITIBA Então, confira o TOP 10 dos exercícios que mais queimam

aquelas indesejadas gordurinhas (aulas e atividades baseadas num tempo médio de 30 a 40 minutos): 1º: SPINNING OU RPM Treino em bicicletas ergométricas com variação de peso e ritmo da pedalada - 800 kcal 2º: STEP Consiste em acompanhar coreografias em volta de uma

plataforma que imita um degrau. Foco no condicionamento aeróbio, coordenação e ritmo - 315 kcal 3º: CORRIDA DE RUA 300 kcal 4º: BOXE Arte marcial que utiliza somente os punhos para ataque ou defesa. Visa melhorar o condicionamento físico muscular e cardiovascular - 300 kcal 5º: BODY COMBAT Aula coreografada que combina vários movimentos de artes marciais como karatê, boxe, kickboxing, tai chi chuan, muay thai - 300 Kcal 6º: ESTEIRA OU TRANSPORT Transport: aparelho eletromagnético elíptico que lembra os movimentos da prática de esqui. O aluno movimenta as pernas e os braços em ritmo alternado. 250 kcal

7º: NATAÇÃO 255 kcal 8º: MUSCULAÇÃO Entre 160 kcal a 240 kcal (dependendo do seu treino: leve ou pesado) 9º: BODY PUMP Aula de treinamento com pesos - 190 kcal 10º: CAMINHADA Entre 50 kcal a 120 kcal (dependendo do ritmo) "E é bom lembrar que o ideal é combinar a atividade aeróbica com a musculação. O ideal é fazer um trabalho aeróbico progressivo. Isso varia de acordo com a individualidade de cada um - idade, peso e a rotina que a pessoa já tem", explica Thiago Vieira, professor da Play Academia. Ou seja, se você se dedicar aos exercícios, vai conseguir um ótimo resultado em pouco tempo!


14 Fevereiro.2014

Aprovação facilitada As melhores taxas do mercado Mais de 10 financeiras cadastradas

41 3038 4277 I 3039 4377 www.pratcarautomoveis.com.br pratcar@pratcarautomoveis.com.br Av. Mal. Floriano Peixoto, 8.242 a 100 mts do Terminal Carmo, ao lado do Itaú

Jornal On-Line: www.issuu.com/exceuni/docs/tabloidesaudefevereiro


Jornal On-Line: www.issuu.com/exceuni/docs/tabloidesaudefevereiro

Espaço do Leitor ○

Aneurisma Abdominal O Aneurisma de Aorta Abdominal (AAA) é um dilatação da porção abdominal da artéria aorta. Entre seus principais fatores de risco estão o tabagismo e a hipertensão arterial. Os aneurismas que causam sintomas são muito grandes ou crescem em velocidade acelerada, geralmente necessitam de intervenção cirúrgica. Sua principal complicação é a ruptura, que causa sangramento para dentro da cavidade abdominal, muitas vezes fatal. Esses casos graves requer cirurgia imediata, sendo que a maioria dos pacientes tem seu diagnóstico após realizarem exames de rotina, sendo ecografia abdominal. E é exatamente o que a paciente Alge Nhoatto, de 75 anos, relata ao jornal Tabloide Saúde, descobriu o aneurisma ao realizar uma ecografia abdominal de rotina, e por descobrir o quadro, já em um estágio muito avançado, estava correndo risco de vida, pois o aneurisma

Alge: sim. No início a cada três meses são necessárias consultas e exames. Depois de um período a cada seis meses e depois uma vez ao ano, mas como operei recentemente ainda estou recebendo as devidas orientações.

Alge Nhoatto, 75 anos

poderia se romper e provocar uma hemorragia fatal, tendo como única alternativa a cirurgia. Tabloide: como se sentiu ao receber o diagnóstico? Alge: No início me senti apreensiva, com muito medo, mas por não ter escolha, procurei entender melhor a situação, e também por receber toda atenção e informações do meu médico, o Dr. Newton Fernando Stadler de Souza F i lho, fui me tornando

mais confiante e segura. Tabloide: Como você se sente após a cirurgia? Alge: Muito feliz e tranquila. Tanto a cirurgia quanto a recuperação foram um sucesso, pois foi mais rápido do que esperava. Após 7 dias pude retirar os pontos e durante um mês foi necessário tomar o cuidado para não erguer peso, mas vivendo o dia a dia normalmente. Tabloide: Existem cuidados contínuos?

○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○

Fevereiro.2014 15

Tabloide: O que tem a dizer para as pessoas que também podem vir a receber o diagnóstico (Aneurisma Abdominal)? Alge: Procurem médicos especializados, realizem os exames necessários e caso haja a necessidade de cirurgia como eu, não esperem, a vida tem que valer mais e falar mais alto do que o medo. Pois agora posso dizer que tenho uma maior qualidade de vida, inclusive quero aproveitar e agradecer imensamente mais uma vez meus médicos juntamente com as suas equipes, Dr. Newton Fernando Stadler de Souza Filho, Dr. Roberto Becker e Dr. Nelson Castro Jr, por serem, além de excelentes profissionais, seres humanos encantadores.

Culinária saudável ○

Salada de Massa e carne

-

INGREDIENTES: Massa cozida tricolor 1 cenoura cortada em juliana 1 pepino cortado as rodelas 1 tomate cortado em meias luas 1 cebola cortada em rodelas finas alface sobras de carne

MOLHO: - azeite - vinagre - sal - manjericão - Preparação: MODO DE PREPARO: Numa saladeira coloque a alface previamente arranjada e cortada em juliana grossa. Por cima coloque a massa, e os restantes ingredientes. Prepare o molho batendo o azeite com o vinagre, o sal e o mangericão, muito bem até engrossar. Misture na salada e sirva.


16 Fevereiro.2014

Jornal On-Line: www.issuu.com/exceuni/docs/tabloidesaudefevereiro


Tabloidesaudefevereiro2014