Issuu on Google+

Sistemas de cor

Baseado nos livros A cor como informação – Luciano Guimarães A cor no processo criativo – Lilian Barros


Sistemas de cor

Algumas vantagens

- A cor é um dos elementos mais marcantes e significativos da linguagem visual; - O uso de cores tem se mostrado bastante eficiente na comunicação tanto em produtos quanto em sistemas de informação; - Algumas das funções das cores são: auxiliar tarefas de busca (ex: tarefas que envolvem procurar termos dentro de tabelas, textos, contar a ocorrência de elementos);   facilitar a leitura e localização de informação em mapas e gráficos;   facilitar a associação entre componentes similares;


Algumas vantagens

Sistemas de cor

facilitar a orientação em espaços de arquitetura complexa;   chamar a atenção para advertências em embalagens de produtos, instruções, mensagens de erro;    enfatizar a organização lógica de grupamentos de informação em cartazes, telas, painéis, elementos de sinalização;   cores chamam mais atenção do que outros mecanismos de codificação gráfica como negrito, itálico, sublinhado;   cores aumentam o interesse do usuário em sistemas de informação pouco interessantes;   cores aumentam a satisfação subjetiva do usuário (usuários preferem utilizar sistemas coloridos a sistemas monocromáticos).


Alguns exemplos

Sistemas de cor


Alguns exemplos

Sistemas de cor


Alguns exemplos

Sistemas de cor


Alguns exemplos

Sistemas de cor


Alguns exemplos

Sistemas de cor


A cor como propriedade dos corpos

(Aristóteles 384-322 a. C.)

-O branco e o preto eram considerados cores;

Sistemas de cor

Primeiros estudos

- A cor era uma interação da luz com a obscuridade;

A cor como qualidade da luz sobre os corpos - A partir de estudos sobre a refração e reflexão da luz;


Sistemas de cor

Primeiros estudos

- Em 1637 a publicação da correta lei da refração por René Descartes influenciou os estudos de Isaac Newton. Em 1666 Newton realizou o estudo de decomposição da luz branca.

- A luz branca contém todas as cores assim como a soma das cores resulta na luz branca.


Sistemas de cor

Primeiros estudos

- O que Newton evidenciou foi o espectro visĂ­vel.


-Os estudos de Newton confirmaram a relação da cor com a luz.

Sistemas de cor

Primeiros estudos

-Temos hoje que a cor é resultante da relação entre absorção e reflexão da luz nos corpos. -Os corpos tem propriedade de refletir ou absorver determinados comprimentos de onda. - Esta propriedade faz com que os corpos apresentem cores diferentes dependendo da iluminação que incide sobre eles.


Sistemas de cor

Como vemos as cores

-Temos em nosso olho estruturas responsáveis pela percepção das formas (bastonetes) e pela percepção das cores (cones). - Quando vemos o vermelho de uma maçã significa que a maçã quando exposta à luz branca tem a capacidade de refletir o comprimento de onda correspondente ao vermelho e absorver os outros comprimentos de onda. - Quando um corpo absorve todas os comprimentos de onda o vemos com preto e quando ele reflete todos os comprimentos de onda dizemos que ele tem a cor branca.


Como vemos as cores

Sistemas de cor


-Albert Munsell definiu três características da cor com base em sua aparência.

Sistemas de cor

Parâmetros da cor

Matiz: a cor em si


Par창metros da cor

Sistemas de cor

Valor: a luminosidade da cor


Sistemas de cor

Parâmetros da cor

Saturação/croma: a pureza da cor


Par창metros da cor

Sistemas de cor

A relatividade da cor


Par창metros da cor

Sistemas de cor


Sistemas de cor

Parâmetros da cor

- Cor inexistente: fenômeno de formação de cores complementares que surgem ao primeiro contato visual em fundo branco ou incolor, sob o efeito de certas induções dominantes.


Par창metros da cor

Sistemas de cor


Sistemas de cor

Síntese aditiva

- Em 1802 Thomas Young descobriu que podemos formar as sete cores de Newton e muitos dos seus tons intermediários através da mistura das cores vermelho, verde e azul. -Surge o sistema RGB (Red, green e blue) que chamamos de síntese aditiva ou cor-luz. -A soma das três cores resulta no branco.


-Cores primĂĄrias

Sistemas de cor

SĂ­ntese aditiva

Red, green e blue


As cores secundĂĄrias

Sistemas de cor

SĂ­ntese aditiva

R + G = Amarelo

R + B = Magenta

G + B = Azul


Sistemas de cor

Síntese aditiva

-As cores na mídia eletrônica Cada cor que vemos no monitor ou na TV é formada por combinações de pontos verdes, vermelhos e azuis.

O problema é que os monitores, e scanners têm calibrações diferentes.


- A cada uma destes três cores são atribuídos valores que variam de 0 a 255;

Sistemas de cor

Síntese aditiva

-Obtemos o branco no sistema RGB quando somamos as concentrações máximas de cada cor, ou seja: 255 (R) + 255 (G) + 255 (B) = Branco -Obtemos o preto com a ausência de valores em RGB, ou seja: 0 (R) + 0 (G) + 0 (B) = Preto


-As cores hexadecimais ou cores protegidas são 256 cores do sistema RGB que não variam de acordo com as características de exibição das imagens. São adequadas para a web.

Sistemas de cor

Síntese aditiva

- Neste site é possível ver uma tabela com as 256 cores: www.efeitosespeciais.net/tabela.htm


Nas artes grรกficas

Sistemas de cor


Sistemas de cor

Síntese subtrativa

-Goethe descobriu que podemos formar muitas cores em pigmentos a partir da mistura de três outras cores – ciano, magenta e amarelo. Cada um destes pigmentos tem a capacidade de refletir ou de absorver determinados comprimentos de onda.

- A soma das três cores-pigmento obtemos o preto. Chamamos de sistema CMY.


-Cores primĂĄrias

Sistemas de cor

SĂ­ntese subtrativa

Ciano, magenta e amarelo.


As cores secundĂĄrias

Sistemas de cor

SĂ­ntese subtrativa

M + C = Azul violeta

M + Y = Vermelho

Y + C = Verde


- A cada uma destes três cores são atribuídos valores que variam de 0 a 100;

Sistemas de cor

Síntese subtrativa

- O branco no CMY é a ausência de pimento; -Obtemos o preto com a soma dos três pigmentos 100 (C) + 100 (M) + 100 (Y) = Preto


Sistemas de cor

Nas artes gráficas

-Teoricamente a soma das três cores do sistema CMY forma a cor preta; -Devido a impureza dos pigmentos, a indústria gráfica adotou o preto como uma quarta cor que serve como definição de contornos; -Em 1950 a Federação das Indústrias da Alemanha (Normas DIN) estabeleceu o sistema CMYK como padrão para as artes gráficas; -Portanto, as imagens que vemos impressas são formadas por uma mistura das quatro cores do sistema CMYK; - Demonstração dos pretos.


Nas artes grรกficas

Sistemas de cor


Nas artes grรกficas

Sistemas de cor

-Duotone


- As cores que fogem deste padrão são chamadas de cores especiais.

Sistemas de cor

Cores especiais

- Estas cores podem ser obtidas pela mistura mecânica (química) das tintas e não pela mistura óptica dos pontos de retícula do CMYK. - As cores especiais (mistura mecânica) podem ser utilizadas três momentos: - Quando não conseguimos reproduzir pelo CMYK a tonalidade desejada (tons metálicos ou fluorescentes); - Quando temos uma tonalidade da cor institucional e não queremos fugir do padrão adotado;


Sistemas de cor

Cores especiais

- Quando temos uma variedade limitada de matizes obtidos pela mistura de duas ou mais cores primárias, para baratear o custo. - Atualmente existe um outro sistema de obtenção de cores metálicas produzido pela mistura de cinco tonalidades com uma base de cor dourada ou prateada – Metal FX;


- O catálogo Pantone (padrão de cor especial):

Sistemas de cor

Cores especiais

- Estes catálogos são impressos em papéis revestidos e não revestidos e vêm com um código para melhor identificação das cores; - As cores do catálogo Pantone são obtidas através da mistura de 14 pigmentos que não têm relação com o sistema CMYK.


Cores especiais

Sistemas de cor


A relação CMYK e RGB

Sistemas de cor


A relação CMYK e RGB

Sistemas de cor


Sistemas de cor

A relação CMYK e RGB

- Os guias de cores são utilizados para nortear a correta visualização da cor impressa. O guia serve para comparar a cor do monitor com a cor do papel. - Mesmo quando estamos trabalhando com o sistema de cor CMYK no computador (no Corel, por exemplo) estamos visualizando uma simulação do CMKY no sistema RGB (utilizado no monitor)


Sistemas de cor

Harmonias cromรกticas

http://www.mariaclaudiacortes.com/ http://kuler.adobe.com www.universodacor.com.br http://www.universodacor.com.br/unicor/index. php?scr=esquemas_cores http://www.universodacor.com.br/unicor/index. php?scr=misturador_cor


Combinações cromáticas

Sistemas de cor

- As maioria das combinações cromáticas são feitas a partir de uma paleta de 12 cores que são chamadas de cores puras.

- Estas cores são a mistura de cores primárias, cores secundárias e terciárias independente do sistema de formação da cor – RGB ou CMYK.


Combinações cromáticas

Sistemas de cor

- Combinar as cores depende fundamentalmente de fatores como harmonia, equilíbrio e contraste. - A harmonia ocorre quando uma combinação oferece conforto aos olhos; - Já o equilíbrio ocorre quando as cores se complementam; - E o contraste é usado quando desejamos enaltecer as diferenças na combinação área conferir-lhe dinamismo; - Os contrastes também podem estar em harmonia.


Combinações cromáticas

Sistemas de cor

- As cores quando combinadas têm que ser confortáveis para a visão. - Entretanto algumas combinações não paracem confortáveis, embora sejam equilibradas. É nessa hora que devemos manipular o brilho e a saturação dos matizes.


Combinaçþes cromåticas

Sistemas de cor

- Os contrastes entre cores podem ser feitos de diversas maneiras: - Contraste de valor


Combinações cromáticas

Sistemas de cor

- Quente-frio


Sistemas de cor

Combinações cromáticas

- Saturação: o matiz + uma cor neutra


Harmonias cromรกticas

Sistemas de cor

- Cores complementares


Harmonias cromรกticas

Sistemas de cor


Harmonias cromรกticas

Sistemas de cor

Monocromรกtica


Harmonias cromáticas

Sistemas de cor

Rembrandt. “Paisagem”, 1654.


Harmonias cromรกticas

Sistemas de cor


Harmonias cromรกticas

Sistemas de cor


Harmonias cromรกticas

Sistemas de cor


Harmonias cromรกticas

Sistemas de cor


Harmonias cromรกticas

Sistemas de cor


Harmonias cromรกticas

Sistemas de cor

Anรกloga


Harmonias cromáticas

Sistemas de cor

Morris Louis. “Beth Feth”,1958.


Harmonias cromรกticas

Sistemas de cor


Harmonias cromรกticas

Sistemas de cor


Harmonias cromรกticas

Sistemas de cor


Harmonias cromรกticas

Sistemas de cor


Harmonias cromรกticas

Sistemas de cor


Harmonias cromรกticas

Sistemas de cor

Complementar


Harmonias cromรกticas

Sistemas de cor


Harmonias cromáticas

Sistemas de cor

Pieter Bruegel, o Velho. “Casamento de camponeses”, c. 1565.


Harmonias cromรกticas

Sistemas de cor


Harmonias cromรกticas

Sistemas de cor


Harmonias cromรกticas

Sistemas de cor

Complementar dividida


Harmonias cromรกticas

Sistemas de cor


Harmonias cromรกticas

Sistemas de cor


Harmonias cromรกticas

Sistemas de cor


Harmonias cromรกticas

Sistemas de cor


Harmonias cromรกticas

Sistemas de cor

http://kuler .adobe.com


Teoria da Cor II