__MAIN_TEXT__
feature-image

Page 1

ExcelĂŞncia em selecionar e formar lĂ­deres Excellence in select and form leaders


Message from the Board

4

Mensagem do Conselho

Mission, Vision and Values

6

Missão, Visão e Valores

Scenery

8

Cenário

Performance Model

12

Modelo de Atuação

Selection Process

14

Processo Seletivo

Scholars in 2008

18

Bolsistas de 2008

Careers

24

Carreiras

Networking

28

Networking

Results

32

Resultados

Stories

36

Histórias

Partners

42

Parcerias

Donations

50

Doações

Scholar Donors

54

Bolsistas Doadores

Financial Statements

60

Demonstrativos Financeiros

sumário

contents




Me n s a g e m d o C o n s e l h o

Me s s a g e f r o m t he B o a r d

engage to perpetuate



pertencer para perpetuar



Training citizens who will become the future leaders of Brazil, giving them conditions to achieve

Formar cidadãos que se tornarão os futuros líderes do Brasil, oferecendo a eles condições de

the necessary vision and structure to positively impact the country, certainly is not a simple task. On

alcançar a visão e a estrutura necessárias para transformar o país, certamente não é uma tarefa

the other hand, is something completely viable and, in which Fundação Estudar has been investing

simples. Por outro lado, é algo plenamente viável e no qual a Fundação Estudar vem investindo

for seventeen years.

há dezessete anos.

Based on the belief that education is the main thrust to build a more productive and modern so-

Com base na crença de que a educação é a mola propulsora para a construção de uma sociedade

ciety, we have concentrated our efforts on providing access to high level education for intelligent,

mais moderna e produtiva, temos concentrado nossos esforços em oferecer acesso à educação de

determined and with achievement skill youths. Fortunately we already have many inspiring stories

alto nível a jovens inteligentes, determinados e com capacidade de realização. Felizmente já temos

to tell, from scholars who joined Fundação some years ago and from others that soon will also have

várias histórias inspiradoras para contar, de bolsistas que ingressaram na Fundação há alguns anos e

the opportunity to give their contribution to the society.

de outros que em breve também terão a oportunidade de dar sua contribuição à sociedade.

Thinking on the development of these actions, we have improved our guidelines and work fronts

Pensando no desenvolvimento dessas ações, aperfeiçoamos nossas diretrizes e frentes de atua-

and we have taken steps towards the institutionalization and self-sustainability of the organization.

ção e demos passos rumo à institucionalização e auto-sustentabilidade da organização. Elevamos

We have elevated the annual level of scholarships granted and assured wide disclosure in centers

o patamar anual de bolsas concedidas e garantimos ampla divulgação nos centros de excelência

for educational excellence in Brazil and abroad. We have structured new channels and instruments

educacionais no Brasil e no exterior. Estruturamos novos canais e instrumentos para promover a

to promote the interaction among the scholars to create favorable conditions to the personal and

interação entre os bolsistas e criar condições favoráveis ao desenvolvimento pessoal e profissional

professional development of each of them. Therefore, we count on and Alumni Board totally ac-

de cada um. Para isso, contamos com uma Diretoria de bolsistas plenamente ativa, co-responsável

tive, co-responsible for the strategy and management of the institution, and we are creating an

pela estratégia e gestão da instituição, e estamos criando um Fundo Patrimonial para promover a

Endowment Fund to promote the perpetuation of Fundação.

perpetuação da Fundação.

We know that to achieve these and other goals it is necessary focus, dedication and a lot of work.

Sabemos que para atingir essas e outras metas é preciso foco, dedicação e muito trabalho. Os

The real owners of this challenge are the community of scholars and the Alumni Board. We recog-

verdadeiros donos desses desafios são a comunidade de bolsistas e a Diretoria. Reconhecemos o

nize the vital support and motivation of this group, of the partners and friends, who by acting as

fundamental apoio e motivação desse grupo, dos parceiros e amigos, que atuando como multipli-

multipliers of this initiative make us believe that we are on the right track.

cadores dessa iniciativa nos fazem acreditar que estamos no caminho certo.

Board of Trustees of Fundação Estudar

Conselho da Fundação Estudar


M i s s ã o , V i s ã o e Va l o r e s

M i s s i o n , V i s i o n a n d Va l u e s

guidelines that give results



diretrizes que dão resultados



The maturity of Fundação Estudar in its seventeen years of activity has lead the Board of Trustees and Alumni Board, together with the team, to improve in 2007 the identity of the organization. By joining the experience obtained over these years to the key beliefs of its origin, Fundação has reformulated its guidelines: Mission, Vision and Values.

O amadurecimento da Fundação Estudar em seus dezessete anos de atuação fez com que o Conselho e a Diretoria, juntamente com a equipe, aprimorassem em 2007 a identidade da organização. Unindo a experiência adquirida ao longo desses anos às crenças fundamentais de sua origem, a Fundação reformulou suas diretrizes: Missão, Visão e Valores.

Mission

“To collaborate for the development of Brazil by providing incentive to education and training of future leaders and change agents, capable of implementing a culture of results and efficiency, with solid ethical principles, in their respective professional fields”

Missão

vision “To be the best Brazilian reference in the selection, support to education and training of future Brazilian

visão

“Colaborar para o desenvolvimento do Brasil por meio do incentivo à educação e à formação de futuros líderes e agentes de mudança, capazes de implementar uma cultura de resultados e eficiência, com sólidos princípios éticos, em suas respectivas áreas de atuação”

leaders, providing opportunities so they can cause positive impact on the development of the country”

“Ser a melhor referência brasileira na seleção, no apoio à educação e na formação de futuros líderes brasileiros, proporcionando oportunidades para que causem impacto positivo no desenvolvimento do país”

beliefs and values

crenças e valores

Responsibility in doing well and giving results Sign in everything you make. Have commitment to the country. Good people People that seek success, take risks, have the will to overcome challenges and make the difference. People able to leverage opportunities. Education as a fast and transforming element Education leverages the capacity of people in making difference.

Dissemination of principles: creating value Provide opportunities for people to develop themselves to their maximum allows the dissemination of our values and empower the ability to create value for the society. Ethics Without ethics there is no recognition. Character and ethics are the foundation of well successful societies. Work and leadership cause impact and have a multiplier effect This combination is the source of progress of the society. People make the difference and the impact becomes possible by means of personal effort.

Responsabilidade em fazer bem feito e dar resultado Assinar embaixo de tudo o que se faz. Ter compromisso com o país. Gente boa Gente que corre atrás do sucesso, assume riscos, tem vontade de vencer desafios e fazer a diferença. Gente capaz de alavancar oportunidades. Educação como elemento transformador e rápido A educação alavanca a capacidade das pessoas de fazerem a diferença.

Disseminação de princípios: criação de valor Proporcionar oportunidades para que as pessoas se desenvolvam ao máximo permite a disseminação de nossos valores e potencializa a capacidade de criação de valor para a sociedade. Ética Sem ética não há reconhecimento. Caráter e ética estão na base das sociedades bem-sucedidas. Trabalho e liderança causam impacto e têm efeito multiplicador Essa combinação é a fonte do progresso da sociedade. As pessoas fazem a diferença e o impacto se torna possível por meio do esforço pessoal.


Lessons beyond the classroom

Lições que vão além da sala de aula

We cannot ignore the fact that the access to quality education, in its various degrees, dictates not only an economic situation, but also a political and cultural feature that acts in the composition of the society and in the development of the country. In any nation, education plays a decisive role in the promotion of human capital for business, government and civil society. Valuing education is, therefore, believe that by means of it, it is possible to form citizens capable of transforming the reality and cooperate with the growth of the country. It was by sharing that thought that, in the 90s, Fundação Estudar began its activities. Its focus, at that time, was to grant MBA scholarships abroad aiming to help broadening the presence of the Brazilians in appraised institutions out there and demystify the access of young people to a world-class education. Indeed, in the 90s, there were very few Brazilians who managed to be accepted in good educational programs abroad. The average of Brazilians at the universities of Harvard or Stanford, for example, was one or two students every two or three years. Nowadays, it is estimated that in every business school in the United States and Europe, about fifteen Brazilians are accepted per year. “With 30 students at Yale, Brazil is today the second Latin American country in number of students enrolled in the University. The first is Mexico, with 32,” declares João Aleixo, Assistant Secretary of International Affairs at Yale University (USA).

Não se pode ignorar o fato de que o acesso ao ensino de qualidade, em seus diversos graus, dita não apenas uma situação econômica, mas também uma característica política e cultural que atua na composição da sociedade e no desenvolvimento do país. Em qualquer nação, a educação desempenha um papel decisivo na promoção do capital humano para os negócios, o governo e a sociedade civil. Valorizar a educação é, portanto, acreditar que por meio dela é possível formar cidadãos capazes de transformar a realidade e colaborar com o crescimento do país. Foi compartilhando desse pensamento que, na década de 90, a Fundação Estudar iniciou suas atividades. Seu foco, na época, era conceder bolsas de MBA no exterior com o objetivo de ajudar a ampliar a presença de brasileiros em conceituadas instituições lá fora e a desmistificar o acesso desses jovens a uma educação de classe mundial. De fato, nos anos 90, eram pouquíssimos os brasileiros que conseguiam ser aceitos em bons programas educacionais no exterior. A média de brasileiros nas universidades de Harvard ou Stanford, por exemplo, era de um ou dois estudantes a cada dois ou três anos. Atualmente, estima-se que, em cada escola de negócios dos Estados Unidos e da Europa, sejam aceitos cerca de quinze brasileiros por ano. “Com 30 estudantes em Yale, o Brasil é hoje o segundo país da América Latina em números de alunos matriculados na universidade. O primeiro é o México, com 32”, revela João Aleixo, secretário assistente de Assuntos Internacionais da Yale University (EUA).

Healthy diversity When accepted into programs such as INSEAD, the Brazilians have the opportunity to share experiences and knowledge with students from various countries. According to Helen Henderson, MBA External Relations director at INSEAD, there are more than seventy nationalities represented in each intake. “This environment favors that, throughout the course, the students develop a global consciousness, which is a necessary attribute of leadership for the successful management of organizations anywhere in the world,” says Helen. With the maturing of its performance, Fundação Estudar expanded the granting of scholarships for undergraduate and graduate courses both international and national. In 1999, Fundação also moved forward in its structuring process creating an Alumni Board consisting of four alumni, who began to act as volunteers, collaborating to the strategic and management activities of Fundação, besides monitoring the actions and results. Other significant changes occurred in 2002 when the Board of Trustees of Fundação reviewed the distribution of the scholarships granted. Unlike the scenario of the beginning of the 90s, when there were almost no foreign loans to Brazilian students studying MBA abroad, in 2002 the outside educational institutions had already expanded the opportunities for the funding. Fundação has, then, started to make available the scholarships only to candidates with proven academic excellence, leadership profile and potential of impact in their performance areas. It was also during this period that Fundação decided to invest in potential leaders in the public area and started to grant scholarships for courses of Public Administration. “We need to transform the work in the public sector

DIVERSIDADE SAUDÁVEL Ao serem aceitos em programas como o do INSEAD, os brasileiros têm a oportunidade de compartilhar experiências e conhecimentos com estudantes de diversos países. Segundo Helen Henderson, diretora de MBA External Relations do INSEAD, são mais de setenta nacionalidades representadas em cada programa. “Esse ambiente favorece que, ao longo do curso, os alunos desenvolvam uma consciência global, que é um atributo de liderança necessário para a administração bem-sucedida de organizações em qualquer parte do mundo.” Com o amadurecimento de sua atuação, a Fundação Estudar ampliou a concessão de bolsas para cursos de graduação e pós-graduação. Em 1999, a Fundação também avançou em seu processo de estruturação criando uma Diretoria composta de quatro bolsistas já formados, que passaram a atuar como voluntários, colaborando com as atividades estratégicas e de gestão da Fundação, além do acompanhamento de ações e resultados. Outras importantes mudanças ocorreram em 2002, quando o Conselho da Fundação reavaliou a distribuição das bolsas concedidas. Diferentemente do cenário do início da década de 90, quando quase não havia empréstimos estrangeiros a alunos brasileiros cursando MBA no exterior, em 2002 as instituições de ensino de fora já haviam ampliado as oportunidades de financiamento. A Fundação passou, então, a disponibilizar bolsas apenas aos candidatos com comprovada excelência acadêmica, perfil de liderança e potencial de impacto em suas áreas de atuação. Foi também nesse período que a Fundação decidiu investir em potenciais líderes da área pública e passou a conceder bolsas para cursos de Administração Pública. “Precisamos tornar o trabalho no setor público e a pesquisa

cenário

Scenery






1991

1999

Beginning of the

2004

2005

2006 2007-2008

linha do tempo

2002

2003

Creation

Changes in

Expansion

Structuring

Significant

National

New strategic

Início das

Criação da

Mudanças

Ampliação

Estruturação

Crescimento

Abrangên-

Novas

of the

the selection

of the

of the

increasing of

coverage

guidelines and

atividades

Diretoria de

no processo

do número

das ativida-

expressivo

cia nacional

diretrizes

activities of

Alumni

process and

number of

activities

the number

of the

granting of

da Fundação

bolsistas,

seletivo e

de mem-

des em três

do número

do processo

estratégicas e

Fundação

Board

granting of

members in

in three

of partners

selection

scholarships

composta

concessão

bros no

frentes de

de parceiros

seletivo,

concessão de

scholarships

the Board of

work fronts:

process,

for Engineering

por quatro

de bolsas

Conselho

trabalho:

com a

bolsas para

also for courses

Trustees

Selection

with local

and

bolsistas já

também

Processo

realização

Engenharia

of Public

Process,

phases

International

formados

para cursos

Seletivo,

de etapas

e Relações

Administration

Careers and

de Políticas

Carreiras e

locais

Internacionais

Públicas

Networking

Relations

Networking

1991

1999

2002

2003

2004

2005

2006 2007-2008

10

cenário

Scenery

time line

11

and the research about their problems into occupations more attractive to talented and competent people,” said Afonso Henriques Borges Ferreira, general-director of Escola do Governo of Fundação João Pinheiro. “If we manage to succeed in this, the impact on the efficiency, efficacy, and effectivity of the management and of the public policy will be great,” he completes. Maria Regina de Almeida Paz, director of the school Engenheiro Juarez Wanderley, designed and sponsored by Embraer through Instituto Embraer de Educação e Pesquisa, agrees with Ferreira and believes in the results of proper training of young Brazilians. “By developing the autonomy and the profficiency they will certainly be questioning citizens of the current situation,” she states. “They will contribute to social, technological, scientific and political aspects.”

a respeito de seus problemas ocupações mais atraentes para as pessoas competentes e talentosas”, afirma Afonso Henriques Borges Ferreira, diretor-geral da Escola de Governo da Fundação João Pinheiro. “Se formos bem-sucedidos nisso, o impacto sobre a eficiência, eficácia e efetividade da gestão e das políticas públicas será grande”, completa. Maria Regina de Almeida Paz, diretora do colégio Engenheiro Juarez Wanderley, concebido e patrocinado pela Embraer por meio do Instituto Embraer de Educação e Pesquisa, concorda com Ferreira e acredita nos resultados da boa formação dos jovens brasileiros. “Desenvolvendo a autonomia e o protagonismo, certamente serão cidadãos questionadores da situação vigente”, afirma. “Contribuirão nos aspectos sociais, tecnológicos, científicos e políticos.”

INSPIRAÇÃO QUE VEM DE FORA Estudar no exterior é, sem dúvida, uma valiosa oportunidade para os Inspiration from outside Studying abroad is, undoubtedly, a valuable opportunity for students to have access to well-successful initiatives that can later serve as inspiration in their careers. “The students return to Brazil with a more international overview of their careers. This brings great wealth for all sectors of our society, as by having contact with other cultures they can create models to adapt to our needs and vice versa”, says Thais Pires, educational consultant of Associação Alumni. Data from Organização para Cooperação Econômica e Desenvolvimento (Organization for Economic Cooperation and Development – OECD) show significant growth in demand of Brazilian students in undergraduate and graduate courses overseas. According to the OECD, in 1998, 11.695 Brazilians were abroad studying higher education. In 2005, that number had already bounced to 22.686. In order to accompany this social demand, several renowned universities have decided to internationalize themselves and have extended the contributions of their students for a global society. “By adapting our curriculum and encouraging the flow of the best and brightest students, we can better prepare the next generation to exercise leadership and citizenship in an interdependent world,” believes Aleixo. Another piece of good news is that the number of people enrolled in higher education has also grown in Brazil in recent years. In some way, this little advance is also due to the incentive that students receive from parents, teachers and tutors, to seek quality in their training. “We always try to show our students the importance of a solid education, compatible with the challenges of the new world order and that makes them able to expand their limits,” says Andrea Godinho de Carvalho Lauro, tutor at Colégio Vértice, which for three years is performance leader in Enem (National Examination of the High School) and that stimulates in students a culture that promotes good results. “We combined the effort of Fundação with the one of these institutions to achieve a situation in which more people with leadership profile may be prepared to assume an important role in our society,” says Thais Xavier, executive director of Fundação Estudar. In seventeen years of activities, Fundação Estudar has already awarded 419 scholarships, in an investment of nearly 5.6 million dollars.

alunos terem acesso a iniciativas bem-sucedidas que podem futuramente servir de inspiração em suas carreiras. “Os estudantes voltam para o Brasil com uma visão mais internacional de suas carreiras. Isso traz muita riqueza para todos os setores da nossa sociedade, pois ao terem contato com outras culturas conseguem formar modelos para adaptarem às nossas necessidades e vice-versa”, diz Thais Pires, consultora educacional da Associação Alumni. Dados da Organização para Cooperação Econômica e Desenvolvimento (OECD) mostram significativo crescimento da procura dos estudantes brasileiros por cursos de graduação e pós-graduação no exterior. Segundo a OECD, em 1998, 11.695 brasileiros estavam no exterior cursando ensino superior. No ano de 2005, esse número já havia saltado para 22.686. Para acompanhar essa demanda social, várias universidades de renome têm se internacionalizado e estendido as contribuições de seus alunos para uma sociedade global. “Ao adaptar nosso currículo e encorajar o fluxo dos melhores e mais brilhantes estudantes, podemos preparar melhor a próxima geração para exercer liderança e cidadania em um mundo independente”, acredita Aleixo. Outra boa notícia é que o número de pessoas matriculadas no ensino superior também tem crescido no Brasil nos últimos anos. Em parte esse avanço se deve ao incentivo que os alunos recebem de pais, professores e orientadores, a buscar qualidade em sua formação. “Sempre procuramos mostrar aos nossos alunos a importância de uma educação sólida, compatível com os desafios da nova ordem mundial e que faça com que eles possam ampliar seus limites”, diz Andrea Godinho de Carvalho Lauro, orientadora do Colégio Vértice, que há três anos é líder em desempenho no Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) e que estimula nos alunos uma cultura que favorece bons resultados. “Combinamos o esforço da Fundação com o dessas instituições para alcançar uma situação na qual mais pessoas com perfil de liderança possam ser preparadas para assumir um papel de destaque em nossa sociedade”, afirma Thais Xavier, diretora executiva da Fundação Estudar. Em dezessete anos de atuação, a Fundação Estudar já concedeu 419 bolsas de estudo, em um investimento de aproximadamente 5,6 milhões de dólares.


Performance

Since it was created, Fundação Estudar has streamlined its performance model and has created new opportunities for young Brazilian talents. Aiming to strengthen the relationship with the scholars and provide them with continuous professional and personal growth, Fundação Estudar decided in 2004 to structure its operations in three work fronts: Selection Process, Carrers and Networking. These initiatives have different impacts on the career phases of the scholars, beginning with interviews that occur during the selection process, in which the candidates have the opportunity to meet some of the alumni and who are today very active professionals in their areas. “The undergraduates benefit from the view of the potential of their careers and can more precisely drive where they want to go”, believes Júlio César Attílio, scholar in 1997, MBA, University of Southern California . After their graduation, the scholars have the opportunity to better structure the next steps of their career. For those who are under graduate for a longer time, Fundação Estudar offers opportunities for reflection on the professional track and arouses 419 self questionings that should be done frequently, but which end scholarships up being neglected in the day-to-day. awarded These professionals also find in Fundação or by means of it, tools to reinvent their career, to successfully make the since 1991 transition, to grow in a balanced way and to perform in a more participatory and proactive way in the training of new 5.6 million scholars. According to Rodrigo Anunciato´s opinion, scholar in 1996, Business Administration, FGV-SP, career and personal dollars invested

in 17 years of activities 14 meetings held between June 2007 and May 2008

The level of investment of Fundação Estudar in intellectual capital will certainly impact the development of the country’s economy in the long term. Antonio Fatas, professor of the MBA program at INSEAD

Desde sua criação, a Fundação Estudar vem aprimorando seu modelo de atuação e criando novas oportunidades para os jovens talentos brasileiros. Com o objetivo de estreitar o relacionamento com os bolsistas e propiciar a eles contínuo crescimento pessoal e profissional, a Fundação decidiu em 2004 estruturar sua atuação em três frentes de trabalho: Processo Seletivo, Carreiras e Networking. Essas iniciativas têm diferentes impactos nas fases das carreiras dos bolsistas, a começar pelas entrevistas que acontecem durante o processo seletivo, nas quais os candidatos têm a oportunidade de conhecer alguns dos bolsistas já formados e que hoje são profissionais bastante atuantes em suas áreas. “Os graduandos se beneficiam da visualização do potencial de suas carreiras e podem direcionar mais precisamente aonde querem chegar”, acredita Júlio César Attílio, bolsista de 1997, MBA, University of Southern California. Ao se formarem, os bolsistas têm a possibilidade de estruturar melhor os próximos passos de sua carreira. Para os que já estão formados há mais tempo, a Fundação Estudar oferece oportunida419 bolsas des de reflexão sobre a trajetória profissional e desperta autoquesconcedidas tionamentos que deveriam ser feitos com freqüência, mas que desde 1991 acabam sendo negligenciados no dia-a-dia. Esses profissionais também encontram, na Fundação ou por meio dela, ferramentas para reinventar a própria carreira, crescer 5,6 milhões de forma equilibrada e atuar de forma mais participativa e proatide dólares va na formação de novos bolsistas. Na opinião de Rodrigo Anunciato, bolsista de 1996, Administração, FGV-SP, carreira e vida pesinvestidos em

17 anos de atividades 14 encontros e palestras realizados entre junho de 2007 e maio de 2008

O nível de investimento da Fundação Estudar em capital intelectual certamente irá impactar o desenvolvimento da economia do país no longo prazo. Antonio Fatas, professor do programa de MBA do INSEAD

M o d e l o d e At u a ç ã o

Iniciativas que ajudam a formar líderes

Atuação

Performance Model

Initiatives that help to form leaders

12

13


A Fundação Estudar seleciona pessoas com potencial e as acompanha ao longo da vida. Uma vez selecionado e integrado ao círculo, cabe a cada bolsista, individualmente, identificar as privilegiadas circunstâncias que a Fundação coloca à disposição de todos.

life are integrated for those who have big dreams. “Both are very influenced Cláudio Freddo, scholar in 1999, LL.M, by the access to academic education, Columbia University – Columbia Law School which provides the intellectual tools to achieve the dreams, and by the contacts with experienced professionals and wise people, that aid the understanding of the opportunities available and accelerate the steps towards them,” he believes. For Marcos Lisboa, director of Project Management and Efficiency, Compliance and Risks at Unibanco, in the medium and long term the scholars of Fundação will generate a meritocratic culture, of excellence in management and always seeking to do better. “This culture is like a good virus that has been increasingly contaminating several companies and even some areas of the public sector, ensuring better services, higher performance and greater development,” he declares.

soal se integram para quem têm grandes sonhos. “Ambas são muito influenciadas Cláudio Freddo, bolsista de 1999, LL.M, pelo acesso à educação acadêmica, que Columbia University – Columbia Law School fornece o ferramental intelectual para atingir os sonhos, e pelos contatos com profissionais experientes e pessoas sábias, que facilitam a compreensão das oportunidades disponíveis e aceleram os passos em direção a elas”, acredita. Para Marcos Lisboa, diretor de Gestão de Projetos e Eficiência, Compliance e Riscos do Unibanco, no médio e longo prazo os bolsistas da Fundação irão gerar uma cultura meritocrática, de excelência em gestão e buscando sempre fazer melhor. “Essa cultura é como um vírus do bem que vem contaminando crescentemente diversas empresas e até mesmo algumas áreas do setor público, garantindo melhores serviços, maiores resultados e maior desenvolvimento”, declara.

Selection Process

Processo seletivo

Finding potential leaders, capable of impacting the country, is not an easy task. “Hence the importance of Fundação Estudar in adopting technical criteria and a selection process with additional phases, which offer opportunities for the candidate to demonstrate the set of qualities and potential for positive impact in the society that Fundação expects from the scholars,” states Cláudio Freddo, scholar in 1999, LL.M, Columbia University – Columbia Law School and one of the 62 interviewers of the last selection process. Every year, always in the first semester, Fundação Estudar conducts a merit-based selection process for granting scholarships for undergraduate and graduate courses, always aiming to prospect students with academic and professional excellence, high ethical standard, leadership profile and commitment to the country. Above all it seeks to evaluate how the candidates dealt with the opportunities they had over their lives and their willingness to share their current and future success with the others. In 2007, in addition to the scholarships for Business Administration and Economics, Fundação has also provided opportunities for students of Engineering and International Relations. According to Claudio Jorge Pinto Alves, Students Division director at Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA), the Engineering students see Fundação Estudar as a good opportunity to have a support for their personal developments. “Fundação Estudar contributes, together with its scholars, to enable experiences which the schools, alone, not always can provide,” he explains.

Encontrar líderes potenciais, capazes de causar impacto ao país, não é uma tarefa fácil. “Daí a importância de a Fundação Estudar adotar critérios técnicos e um processo seletivo com fases complementares, que oferecem oportunidades para o candidato demonstrar o conjunto de qualidades e potencial de impacto positivo na sociedade que a Fundação espera dos bolsistas”, afirma Cláudio Freddo, bolsista de 1999, LL.M, Columbia University – Columbia Law School e um dos 62 bolsistas entrevistadores do processo seletivo de 2008. Todos os anos, sempre no primeiro semestre, a Fundação Estudar realiza um processo seletivo meritocrático para concessão de bolsas de estudo para graduação e pós-graduação, sempre buscando garimpar estudantes com excelência acadêmica e profissional, elevado padrão ético, perfil de liderança e compromisso com o país. Sobretudo se procura avaliar como o candidato lidou com as oportunidades que teve ao longo de sua vida e sua vontade de compartilhar seu sucesso atual e futuro com os demais. Em 2007, além das bolsas de graduação em Administração e Economia, a Fundação passou a oferecer oportunidades para os estudantes de Engenharia e Relações Internacionais. Segundo Claudio Jorge Pinto Alves, diretor da Divisão de Alunos do Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA), os alunos de Engenharia enxergam a Fundação como uma boa oportunidade de contar com um apoio aos seus desenvolvimentos pessoais. “A Fundação Estudar contribui, junto aos seus bolsistas, para viabilizar experiências que nem sempre as escolas, sozinhas, conseguem propiciar.”

processo seletivo

Se l e c t i o n P r o c e s s

14

Fundação Estudar selects people with potential and follows them through life. Once selected and member of the circle, each scholar must, individually, identify the privileged circumstances that Fundação makes available to everyone.

15


For the graduate education, the candidates may choose programs of MBA, LL.M (Master of Laws) and Masters in the areas of Business Administration, Economics, Finance, Government, Public Policy and International Relations, in the best public or private universities, as Ibmec, in Brazil, Wharton School, in the United States, and Cambridge University, in England. All scholarships provided by Fundação vary between 5% and 95% of the value requested by the candidate. In the case of the scholars who study in public universities, the scholarship helps paying expenses related to their training, such as books, language courses and housing. Fundação Estudar counts on the important support of more than 140 educational partners. These institutions share the goals of Fundação and are of great importance to enlarge the disclosure of their opportunities and encourage students to seek the improvement.

Valuing of meritocracy “The selection process of Fundação Estudar is very thorough and very effective”, evaluates Sara Castanheira, scholar in 2004, MBA, Instituto de Empresa Business School (IE) and one of the interviewers of the selection process. “I was positively surprised with the candidates I interviewed for the selection process of 2008. I saw very young people, well resolved and with very interesting projects “, she highlights. The competition is fierce. Only in 2008, there were 6.160 entries. Of these, 4.495 were for undergraduate programs and 1.665 for graduate programs. These numbers represent an increase of more than 400% over the year 2007, when the total was 1.521 entries. According to Marcelo Parodi, director of Fundação and scholar in 1997, MBA, IMD, this increase also demonstrates institutional spread of Fundação among the best schools and universities in Brazil and in the world. “These are figures which demonstrate the intrinsic value that the seal of Fundação Estudar has for the students,” he analyses. “It is crucial considering the effect of the spreading of Fundação Estudar´s culture among the society, where people begin to increasingly understand and We feel much more comfortable in recruiting seek excellence, ethics and meritocracy”, completes Parodi. people who have already gone through two Once they are selected, the scholars have very difficult sieves: the selection process of an intense study routine, but they count on the monitoring and support of Fundação, Fundação and the undergraduate or graduate which during the academic life and after course in an excellent education institution. graduation serves to ensure their professional Carlos Medeiros, CEO of BRMalls and personal development.

Recorde de inscrições em 2008: 6.160 inscritos, com 38 aprovados Mais de 60 palestras realizadas em mais de 40 escolas e universidades, atingindo quase 3 mil estudantes presencialmente

processo seletivo

More than 60 lectures held in more than 40 schools and universities, reaching almost 3.000 students presentially

Ampla divulgação

Wide disclosure Se l e c t i o n P r o c e s s

16

Record of applications in 2008: 6.160 applied, with 38 approved

Para a pós-graduação, os candidatos podem optar por programas de MBA, LL.M (Master of Laws) e Mestrados nas áreas de Administração, Economia, Finanças, Governo, Políticas Públicas e Relações Internacionais, nas melhores universidades públicas ou privadas, como Ibmec, no Brasil, Wharton School, nos Estados Unidos, e Cambridge University, na Inglaterra. Todas as bolsas de estudo concedidas pela Fundação variam entre 5% e 95% do valor pleiteado pelo candidato. No caso dos bolsistas que estudam em universidades públicas, a bolsa ajuda a custear gastos relacionados à sua formação, como livros, cursos de idiomas e moradia. A Fundação Estudar conta com o valioso apoio de mais de 140 parceiros educacionais. Essas instituições partilham dos objetivos da Fundação e são de grande importância para ampliar a divulgação de suas oportunidades e estimular os alunos a buscar o aprimoramento.

VALORIZAÇÃO DA MERITOCRACIA “O processo de seleção da Fundação Estudar é bastante criterioso e muito eficaz”, avalia Sara Castanheira, bolsista de 2004, MBA, IE – Instituto de Empresa Business School e uma das entrevistadoras do processo seletivo. “Fiquei surpreendida positivamente com os candidatos que entrevistei para o processo seletivo de 2008. Vi pessoas muito jovens, bem resolvidas e com projetos bastante interessantes”, destaca. A concorrência é acirrada. Só em 2008, foram efetuadas 6.160 inscrições. Dessas, 4.495 foram para programas de graduação e 1.665 para programas de pós-graduação. Esses números representam aumento de mais de 400% em relação ao ano de 2007, quando o total de inscrições foi de 1.521. Na opinião de Marcelo Parodi, diretor da Fundação e bolsista de 1997, MBA, IMD, esse crescimento também comprova a disseminação institucional da Fundação entre as melhores escolas e universidades do Brasil e do mundo. “São números que demonstram o valor intrínseco que o selo Fundação Estudar possui perante os estudantes”, analisa. “É fundamental considerarmos o efeito da disseminação da cultura da Fundação Estudar entre a sociedade, onde as pessoas passam a entender e a buscar cada vez mais Temos muito mais conforto em recrutar pessoas a excelência, a ética e a meritocracia”, completa Parodi. que já passaram por duas peneiras bastante Uma vez selecionados, os bolsistas têm difíceis: a do processo seletivo da Fundação uma rotina de estudos intensa, mas contam com o acompanhamento e apoio da e a de um curso de graduação ou pós-graduação Fundação, que durante a vida acadêmica e em uma excelente instituição de ensino. pós-formatura atua para garantir o desenCarlos Medeiros, diretor-presidente da BRMalls volvimento profissional e pessoal deles.

17


Bolsistas de 2008 | graduação no exterior Scholars in 2008 | undergraduate abroad

AZOR B. DE T. BARROS MBA The Wharton School 06/2010

SILVIA FILGUEIRAS MBA Harvard Business School 06/2010

RENATO D. F. MORAES LL.M University of Cambridge 06/2009

MARCELO R. MARQUES MBA Kellogg School of Management 06/2010

DANIEL R. DE AZEVEDO MBA Stanford Graduate School of Business 06/2009

Luiz Filipe S. Ferreira

Julia R. Averbuck

Pedro A. S. Mendonça

Viviane Paula Sousa

Níkolas Francisco Iubel

Economia Economics University of Chicago 07/2012

Economia e Matemática Economics and Math Yale University 07/2012

Economia Economics Yale University 09/2012

Engenharia Mecânica Mechanical Engineering INSA de Lyon 09/2013

Engenharia e Matemática Engineering and Math Stanford University 07/2012

DANIEL LIMA RIBEIRO LL.M Duke University School of Law 07/2009

BERNARDO STUHLBERGER MSc in Economics London School of Economics 02/2011

Jan Van Der H. Habib 3D Animation & Visual Effects Vancouver Film School 12/2009

LUANA B. BICHUETTI MBA Harvard Business School 06/2010

CATARINA C. S. PEREIRA LL.M London School of Economics 06/2009

LEONARDO A. BYRRO MBA Kellogg School of Management 06/2010

LETICIA L. GOLDBERG MBA The Wharton School 06/2010

FABIO KATAYAMA MBA Harvard Business School 06/2010

LUIS F. Y. CASSIANO MBA Tuck School of Business at Dartmouth 06/2010

JOSÉ A. ROSA NETO MBA Harvard Business School 06/2010

Bolsistas de 2008 | pós-graduação Scholars in 2008 | graduate programs

ANTONIA B. ALMEIDA MBA The Wharton School 06/2010

BARBARA S. FARHAT Master in International Management EAESP FGV/LSE 08/2009


Pedro Fernando J. Natal

Letícia C. de Oliveira

Flávio Luiz Montini

Greice Ellen S. Tavares

Eduardo R. M. Bordalo

Nádia Leão F. Dias

Vicente Matheus M. Zuffo

Engenharia Civil Civil Engineering ITA 12/2009

Engenharia Civil Civil Engineering ITA 12/2011

Administração Pública Public Administration Fundação João Pinheiro 07/2012

Engenharia Mecânica Aeronáutica Mechanical and Aeronautical Engineering ITA 12/2010

Administração de Empresas Business Administration FEA-USP 12/2010

Engenharia de Produção Production Engineering UFRJ – Intercâmbio École Centrale de Paris 07/2010

Engenharia de Alimentos Food Engineering UNICAMP 12/2010

Engenharia da Computação Computing Engineering ITA 12/2009

Pedro Barreto V. Abreu

Gilberto dos Santos Giuzio

Renata Mayer Gukovas

FAbio Luiz guido

Thaís Fernandes Lori

Flávio Raposo

Natacha Gadelha Rocha

Alfredo S. SAMPAIO

Engenharia Aeronáutica Aeronautical Engineering ITA 12/2012

Engenharia Mecânica Aeronáutica Mechanical Engineering and Aeronautics ITA 12/2011

Economia Economics FEA-USP – Intercâmbio HEC École de Gestion de l’Université de Liège 12/2009

Relações Internacionais International Relations FECAP 12/2010

Engenharia Mecânica Mechanical Engineering POLI-USP 12/2011

Engenharia de Produção Production Engineering UFRJ – Intercâmbio École Centrale de Paris 10/2010

Engenharia de Produção Production Engineering UFC – Intercâmbio École Centrale de Paris 12/2010

Engenharia Eletrônica Electronical Engineering ITA 12/2010

Bolsistas de 2008 | graduação no Brasil e intercâmbio Scholars in 2008 | undergraduate in Brazil and exchange programs

Fernanda M. Almirão


Outros programas de Bolsas de Estudo | Cursos de curta duração Other scholarship programs | Extension courses

Program conducted with the support of AmBev

Programa realizado com o apoio da AmBev

Ana Carolina Naciff Jacome

Ana Carolina Naciff Jacome

Andre Miranda Pimenta

Andre Miranda Pimenta

Bianca Stephanie Shen

Bianca Stephanie Shen

Fabiana Lima Muller

Fabiana Lima Muller

Frances Yumi Fukuda

Frances Yumi Fukuda

Jorge Andre Leonardo Carvalho

Jorge Andre Leonardo Carvalho

Jose Fernando S. Sztrajtman

Jose Fernando S. Sztrajtman

Jussara Regina dos Santos

Jussara Regina dos Santos

Luiz Gustavo Aere

Luiz Gustavo Aere

Manoel Moreira Campos Junior

Manoel Moreira Campos Junior

Maria Jose Haito Galvez

Maria Jose Haito Galvez

Mateus Barbosa Schroeder

Mateus Barbosa Schroeder

Paulo Roberto Guimaraes Benegas

Paulo Roberto Guimaraes Benegas

Raquel Santos Andrade

Raquel Santos Andrade

Ricardo de Oliveira Abreu Silva

Ricardo de Oliveira Abreu Silva

Sandro Freitas de Assis

Sandro Freitas de Assis

Thiago Correa Ely

Thiago Correa Ely

Thiago Lopes Porto

Thiago Lopes Porto


carreiras

c a r ee r s

24

25

Fundação Estudar seeks to aggregate knowledge and experiences that strengthen the professional performance of the scholars and provide appropriate thoughts and actions to the moment of career and life of each one.

Careers

Carreiras

A Fundação Estudar procura agregar conhecimento e experiências que fortaleçam o desempenho profissional dos bolsistas e propiciem reflexões e ações adequadas ao momento de carreira e vida de cada um.

Having an excellent academic background and being close to people who stand out in their performance areas is important, but not enough for those who Sandra Betti, director of MBA Empresarial seek to achieve excellence and participate positively in the development of the country. To stand out in the job market, in public life or in their own business, people need to have constant access to knowledge and experiences that empower their performance and collaborate for their success. It is in this context that the second line of performance of Fundação Estudar is introduced: Careers. This is a series of initiatives such as programs, workshops and orientation sessions that guide the scholars in all their professional moments. “The Career programs are great ways for the students to better update and known themselves, sharing experiences and expanding their relationship networks“, said Sandra Betti, director of MBA Empresarial and one of the facilitators in this process.“It's a fantastic channel for both scholars and speakers.“ Through the program Fundamentos para Orientação de Carreira (Fundamentals for Career Orientation) (FOC), for example, the ten-year alumni and over are invited to evaluate their professional track. The goal is to develop the capacity of leadership of these professionals and help to form better mentors and coaches. For the development of this program, Fundação Estudar has the partnership of DBM Brazil, specialized consulting firm on human capital management.

Ter uma excelente formação acadêmica e estar próximo de pessoas que se destacam em suas áreas de atuação é importante, mas não suficiente para aqueles Sandra Betti, diretora da MBA Empresarial que buscam alcançar a excelência e participar positivamente no desenvolvimento do país. Para se sobressair no mercado, na vida pública ou em seu próprio empreendimento, as pessoas precisam ter acesso constante a conhecimentos e experiências que potencializem seu desempenho e colaborem para seu sucesso. É aqui que entra a segunda linha de atuação da Fundação Estudar: Carreiras. Trata-se de uma série de iniciativas como programas, oficinas e sessões de aconselhamento que orientam os bolsistas em todos os seus momentos profissionais. “Os programas de Carreiras são ótimas formas de os bolsistas se atualizarem e se conhecerem melhor, compartilhando experiências e ampliando sua rede de relacionamento”, acredita Sandra Betti, diretora da MBA Empresarial e uma das facilitadoras nesse processo. “É um canal fantástico, tanto para os bolsistas quanto para os palestrantes.” Por meio do programa Fundamentos para Orientação de Carreira (FOC), por exemplo, os bolsistas formados há mais de 10 anos são convidados a fazer uma avaliação de sua trajetória profissional. O objetivo é desenvolver a capacidade de liderança desses profissionais e ajudar a formar melhores mentores e coaches. Para o desenvolvimento desse programa, a Fundação Estudar tem a parceria da DBM Brasil, consultoria especializada em gestão de capital humano.

In constant evolution In 2007, FOC was conducted between July and August and had as target audience professionals who seek to remain in permanent analysis. “These are people who want to broaden the self-knowledge and the self-management of their careers,“ assesses Iaci Rios, DBM Brasil consultant. People like Cristiane Rembowski Fernandes, scholar in 1990, exchange program, UFRJ – COPPEAD. After making a break in her career to devote to motherhood, Cristiane decided to study the best ways to structure her return to the job market and participated in the 2007 edition of the FOC. “The program has offered several ideas and tools that helped me better define my goals and are being of great relevance to my decision making,“ she says. For Júlio César Attílio, scholar in 1997, MBA, University of Southern California, the program is an opportunity to evaluate his own career and to improve as mentor, being prepared to help other scholars in developing their careers. “The know-how of the program showed me a methodology to be applied not only for the benefit of the scholars of Fundação but also in my own career and personal life,“ he reports.

EM CONSTANTE EVOLUÇÃO Em 2007, o FOC foi realizado entre julho e agosto e teve como público-alvo profissionais que procuram se manter em permanente análise. “São pessoas que desejam ampliar o autoconhecimento e o autogerenciamento de suas carreiras”, avalia Iaci Rios, consultora da DBM Brasil. Pessoas como Cristiane Rembowski Fernandes, bolsista de 1990, intercâmbio, UFRJ – COPPEAD. Depois de ter feito um intervalo em sua carreira para se dedicar à maternidade, Cristiane decidiu estudar as melhores formas de estruturar sua volta ao mercado de trabalho e participou da edição 2007 do FOC. “O programa ofereceu várias idéias e ferramentas que me ajudaram a definir melhor meus objetivos e estão sendo de grande relevância para meu processo decisório”, conta. Para Júlio César Attílio, bolsista de 1997, MBA, University of Southern California, o programa é uma oportunidade de avaliar a própria carreira e se aprimorar como mentor, estando assim preparado para ajudar outros bolsistas no desenvolvimento de suas carreiras. “O know-how do programa mostrou-me uma metodologia para ser aplicada não só em beneficio dos bolsistas da Fundação mas também na minha própria carreira e vida pessoal”, relata.


26%

Services, Commerce and Technology

24%

Industry

14%

Consulting

13%

Distribuição dos bolsistas no mercado de trabalho Investimento e Finanças

26%

Serviços, Comércio e Tecnologia 24% Indústria

14%

Consultoria

13%

Self-employed

7%

Negócio próprio

7%

Public sector and thrird sector

5%

Setor público e Terceiro setor

5%

Law firms

2%

Others

9%

Escritório de advocacia

2%

Outros

9%

For newly formed scholars, Fundação offers the Career Orientation Program or Programa de Orientação de Carreiras (POC), whose mission is to prepare them for the job market and provide opportunities for them to reflect on their careers and map their professional goals in a planned way. The performance occurs through self-knowledge exercises and personal guidance about profile, selection processes and market trends. In this project, Fundação Estudar counts on the partnership of Cia. de Talentos, division of Grupo DMRH dedicated to the development of the youths. For Danilca Galdini, consultant to Cia de Talentos, the POC stimulates the scholars to think in a more structured and conscious way about their careers and future. She also highlights the spread of knowledge acquired. “Through their relationships networks, the scholars multiply the culture they acquired in the programs and extend the activities of Fundação Estudar”. Held between August and November 2007, the POC engaged 10 scholars. The novelty was the participation of alumni who shared experiences in one of the group meetings. Ricardo Veirano, director of Fundação and scholar in 1994, LL.M, University of Chicago – The Law School, and Marcelo Amaral Moraes, scholar in 1994, exchange program, UFRJ – COPPEAD, told to the participant scholars how they made their career choices and how they planned their careers. They also commented how they analyze the market and define professional goals.

Tuning with reality João Brandão, scholar in 2005, Economics, Ibmec São Paulo, believes that Fundação has been offering for the students the opportunity to see how the corporate world works in practice. “Many people spend their period of undergraduate devoting only to subjects of the course and end up not seeing other possibilities,” says João. In 2007, the POC – which until then was held only in São Paulo – had its first edition in Rio de Janeiro. Three scholars participated in the Rio phase, among them Marcelo Lyra de Carvalho, scholar in 2006, Economics, Ibmec Rio de Janeiro. “It was an experience that served as an instrument of self-knowledge, so I could better reflect on my attitudes and Fundação puts us in touch with the real decisions,” says Marcelo. world, with experienced and well-successful Throughout 2007, Fundação also promoted people in various areas. At the same time it a series of workshops and seminars. In June, aiming the spread of the concept and philosophy shows the importance of reflecting on the of networking, it was conducted the workshop career and maintaining a good networking. “Networking in Fundação Estudar”, with Carmelina Nickel, the DBM Brasil consultant. João Brandão, scholar in 2005, Economics, Ibmec Sao Paulo

carreiras

Investment and finance

Atuação profissional

Professional performance

c a r ee r s

26

Distribution of alumni by market sector

27

Para os bolsistas recém-formados, a Fundação oferece o Programa de Orientação de Carreiras (POC), que tem como missão prepará-los para o mercado de trabalho e proporcionar oportunidades para que eles reflitam sobre suas carreiras e tracem seus objetivos profissionais de forma planejada. A atuação se dá por meio de exercícios de autoconhecimento e orientação personalizada sobre perfil, processos seletivos e tendências de mercado. Nesse projeto, a Fundação conta com a parceria da Cia. de Talentos, divisão do Grupo DMRH dedicada ao desenvolvimento de jovens. Para Danilca Galdini, consultora da Cia. de Talentos, o POC estimula os bolsistas a pensarem de forma mais estruturada e consciente sobre suas carreiras e futuro. Ela também destaca a difusão do conhecimento adquirido. “Por meio de suas redes de relacionamentos, os bolsistas multiplicam a cultura que adquiriram nos programas e ampliam a atuação da Fundação Estudar.” Realizado entre agosto e novembro de 2007, o POC envolveu 10 bolsistas. A novidade ficou por conta da participação de bolsistas já formados que compartilharam experiências em um dos encontros em grupo. Ricardo Veirano, diretor da Fundação e bolsista de 1994, LL.M, University of Chicago – The Law School, e Marcelo Amaral Moraes, bolsista de 1994, intercâmbio, UFRJ – COPPEAD, contaram aos bolsistas participantes como fizeram suas escolhas profissionais e como planejaram suas carreiras. Também comentaram de que forma analisam o mercado e traçam objetivos profissionais.

SINTONIA COM A REALIDADE João Brandão, bolsista de 2005, Economia, Ibmec São Paulo, acredita que a Fundação tem oferecido aos estudantes a oportunidade de ver como o mundo corporativo funciona na prática. “Muitas pessoas passam o período de graduação se dedicando apenas às matérias do curso e acabam não enxergando outras possibilidades”, conta João. Em 2007, o POC – que até então era realizado apenas em São Paulo – teve sua primeira edição no Rio de Janeiro. Três bolsistas participaram da etapa carioca, entre eles Marcelo Lyra de Carvalho, bolsista de 2006, Economia, Ibmec Rio de Janeiro. “Foi uma experiência que serviu como instrumento de autoconhecimento, fazendo com que eu refletisse melhor sobre A Fundação nos coloca em contato com o minhas atitudes e decisões”, conta Marcelo. mundo real, com pessoas experientes e bemAo longo de 2007, a Fundação também prosucedidas em diversas áreas. Ao mesmo tempo moveu uma série de oficinas e workshops. Em junho, com o objetivo de disseminar o conceimostra a importância de se refletir sobre a to e a filosofia de networking, foi realizado o carreira e manter um bom networking. workshop “Networking na Fundação Estudar”, com Carmelina Nickel, consultora da DBM BraJoão Brandão, bolsista de 2005, Economia, Ibmec São Paulo


Marcos Lisboa, director of Project Management

Marcos Lisboa, diretor de Gestão de Projetos e

and Efficiency, Compliance and Risk at Unibanco

Eficiência, Compliance e Riscos do Unibanco networking

Conhecer o que há de mais avançado na sua área, ter capacidade analítica e determinação de fazer o melhor são ingredientes essenciais nos melhores casos de sucesso.

networking

Knowing what is more advanced in their field, having analytical capacity and determination to do the best are essential ingredients of success in the best cases.

28

29

Besides raising the interest of the scholars to the importance of cultivating relations, the event discussed principles and steps of a more planned process of rescue and expansion of its own relationship networking. In August, the scholars could participate in the Consulting Sales workshop: the art of asking questions “, with Agustin Couto, from Alberto Couto Consultoria e Treinamento em Vendas. In December it was Sandra Betti´s turn, director of MBA Empresarial, to coordinate workshops planned for alumni and with challenges of management and leadership of people. In Sandra´s assessment, managing people is stimulating and challenging. “Particularly when the market is heated, the leader must be competent and creative to bring the right people to the team and keep them,“ she explains.

sil. Além de despertar o interesse dos bolsistas para a importância do cultivo das relações, o evento discutiu princípios e etapas de um processo mais planejado de resgate e expansão da própria rede de relacionamentos. Em agosto, os bolsistas puderam participar do workshop “Venda Consultiva: a arte de fazer perguntas”, com Agustin Couto, da Alberto Couto Consultoria e Treinamento em Vendas. Em dezembro foi a vez de Sandra Betti, diretora da MBA Empresarial, coordenar oficinas planejadas para bolsistas já formados e com desafios de gestão e liderança de pessoas. Na avaliação de Sandra, gerir pessoas é estimulante e desafiador. “Em especial quando o mercado está aquecido, o líder precisa ser competente e criativo para trazer as pessoas certas para seu time e conseguir mantê-las”, explica.

Gateway to the market In 2007, Fundação Estudar conducted the fourth edition of Meeting of Opportunities, an initiative that brings the scholars close to the job market, creating real possibilities for recruitment. Sixteen companies – such as Unibanco and BRMalls – and fifteen scholars participated in the meetings held between November 2007 and March 2008. For Carlos Medeiros, CEO of BRMalls, this relationship is of great value. “Today we have four scholars working with us. They are people who stand out for being ambitious, persistent, with a sense of urgency, correct and committed, besides having strong intellectual background“, he states.

PORTA DE ENTRADA PARA O MERCADO Em 2007, a Fundação Estudar realizou a quarta edição do Encontro de Oportunidades, iniciativa que aproxima os bolsistas do mercado de trabalho, criando possibilidades reais de contratação. Dezesseis empresas – como Unibanco e BRMalls – e quinze bolsistas participaram dos encontros realizados entre novembro de 2007 e março de 2008. Para Carlos Medeiros, diretor-presidente da BRMalls, essa relação é de grande valia. “Hoje temos quatro bolsistas trabalhando conosco. São pessoas que se destacam por serem ambiciosas, persistentes, com senso de urgência, íntegras e comprometidas, além de terem sólida base intelectual.”

Networking

Networking

The networking front goes far beyond the establishment and the maintenance of good contacts. It deals with values, expertise and shared experiences. “I always had an entrepreneur drive and Fundação has encouraged me to believe in my potential. More than that, it has always placed me near major examples,“ says Rodrigo Vella, scholar in 2003, LL.M, Georgetown University Law Center. During 2007 fifteen meetings were made to discuss various topics, from job market and people management, through venture capital, financial market, entrepreneurship and leadership and closing with topics such as politics and social sector. For Rodrigo, these events contribute significantly to his technical training. “The schedule is always very informative, the topics are updated and guests are highly skilled professionals, icons of their areas,“ he assesses. A good example is the breakfast held in August 2007 with Robert Merton, Nobel Prize in Economics (1997), founder of Integrated Finance Ltd (IFL) and professor at Harvard Business School. In the same month, the scholars managed to have an open conversation with Marcos Lisboa, director of Project Management and Efficiency, Compliance and Risk at Unibanco. In October, it was Luis Stuhlberger´s turn, managing partner at Hedging-Griffo, to share with the scholars a little of his track record as head manager in the financial market. “Having the opportunity to listen to reports of people

A frente de networking vai muito além do estabelecimento e da manutenção de bons contatos. Ela trata de valores, expertises e experiências compartilhadas. “Sempre tive um viés empreendedor e a Fundação me incentivou a acreditar no meu potencial. Mais que isso, sempre me colocou perto de grandes exemplos”, conta Rodrigo Vella, bolsista de 2003, LL.M, Georgetown University Law Center. Durante o ano de 2007, foram realizados quinze encontros que abordaram diversos assuntos, como gestão de pessoas, capital de risco, mercado financeiro e política. Para Rodrigo, esses eventos colaboram bastante para sua formação técnica. “A programação é sempre muito informativa, os temas são atuais e os convidados são profissionais extremamente qualificados, ícones de suas áreas”, avalia. Um bom exemplo disso é o café da manhã realizado em agosto de 2007 com Robert Merton, Prêmio Nobel de Economia em 1997, fundador da Integrated Finance Ltd (IFL) e professor em Harvard Business School. No mesmo mês, os bolsistas puderam ter uma conversa aberta com Marcos Lisboa, diretor de Gestão de Projetos e Eficiência, Compliance e Riscos do Unibanco. Em outubro, foi a vez de Luis Stuhlberger, sócio-diretor da Hedging-Griffo, compartilhar com os bolsistas um pouco de sua trajetória de gestor no mercado financeiro. “Ter a oportunidade de ouvir


05.2008 Vicente Falconi, board member of Instituto de Desenvolvimento Gerencial (INDG) 05.2008 Rodrigo Azevedo, partner at JGP and ex-Central Bank director for Monetary Policy 04.2008 Julio Ribeiro, chairman at Grupo Talent

networking

03.2008 Marcelo Salomon, chiefeconomist at Unibanco 11.2007 Carlos Melo, Sociology and Politics professor at Ibmec São Paulo

30

like them is a privilege,“ says Rodrigo Vella. Cauê Amaral, scholar in 2001 undergraduate in Business Administration at PUC-Rio, agrees with Rodrigo. “Two things catch my interest in the networking events: the opportunity to listen to rich life experiences and the chance to talk to influential people in the market.“ Thinking about it, Fundação improved the networking scheduling, dividing it into three categories: Careers, Economics and Markets and Best Practices. Among the guests of 2008 include names such as Vicente Falconi, consultant and adviser board member of Instituto de Desenvolvimento Gerencial (INDG), which in May advised the scholars about what leads people and companies to have the results they desire. “Leadership, technical knowledge of the subject and method. Without these three factors one does not reach there,“ stated Falconi.

Encontros realizados entre junho de 2007 e maio de 2008 Mês/ convidado ano 05.2008 Vicente Falconi, conselheiro do Instituto de Desenvolvimento Gerencial (INDG) 05.2008 Rodrigo Azevedo, sócio da JGP e ex-diretor de política monetária do Banco Central 04.2008 Julio Ribeiro, publicitário e presidente do Grupo Talent 03.2008 Marcelo Salomon, economistachefe do Unibanco 11.2007 Carlos Melo, professor de Sociologia e Política do Ibmec São Paulo

10.2007 Christine Letts, senior associate dean for Executive Education at Kennedy School of Government

10.2007 Christine Letts, senior associate dean para Executive Education na Kennedy School of Government

10.2007 Luis Stuhlberger, director and member of Hedging-Griffo

10.2007 Luis Stuhlberger, sócio-diretor da Hedging-Griffo

09.2007 Fabio Barbosa, chairman at ABN AMRO Real Bank

09.2007 Fabio Barbosa, presidente do banco ABN AMRO Real

08.2007 Marcos Lisboa, executive director of Risks, Management and Compliance at Unibanco 08.2007 Robert Merton, founder of Integrated Finance Ltd(IFL) 08.2007 Andrew Savitz, consultant and author of best-sellers like The Triple Bottom Line (Wiley, 2006) 07.2007 Richard Herman, chancellor at University of Illinois at Urbana-Champaign and Werner Baer, economics professor at University of Illinois at Urbana-Champaign 07.2007 Tadeu Barreto Guimarães, executive coordinator of the Program State for Results of Minas Gerais Government

The meeting of the year Another important event 06.2007 Marcelo Parodi, founder & for the community of Fundação Estudar is the Annual Meeting. member of Comerc and Paulo The 2007 edition took place in July with the participation of Mayon, director-president at scholars, advisers, business people and partners of Fundação. Associação Nacional dos ConsuAs it is already a tradition, the participants of the Annual Meeting midores de Energia (ANACE) had the opportunity to attend the presentation of a guest of the house and of a professional from outside, with career projecting in Brazil and in the world. The first lecture was made by Claudio Andrade, scholar in 1994, Business Administration, FGV-SP, partner at Polo Capital Management and one of the directors of Fundação Estudar. The second speaker was the economist José Alexandre Scheinkman, professor at Princeton University (USA), who talked about the current Brazil and brought challenges, ideas and proposals for the development of the country, especially on the security issue. During the Annual Meeting it was also announced the name of the Scholar of the Year. Ricardo Veirano, scholar in 1994, LL.M, University of Chicago – The Law School, was elected by the scholars of Fundação the more representative name of 2007. The criteria used were professional success, social impact and involvement with Fundação Estudar. To Veirano, the nomination was one of the most important recognition he has received in his career. “The alumni who participated in this election are extremely competent professionals and I am very happy to have been chosen by them,“ he comments.

relatos de pessoas como essas é um privilégio”, diz Rodrigo Vella. Cauê Amaral, bolsista de 2001, Administração, PUC-RJ, concorda com Rodrigo. “Duas coisas me interessam muito nos eventos de networking: a oportunidade de ouvir ricas experiências de vida e a chance de conversar com pessoas influentes do mercado.” Pensando nisso, a Fundação aprimorou a programação de networking, dividindo-a em três categorias: Carreiras, Economia e Mercados e Melhores Práticas. Entre os convidados de 2008 figuram nomes como Vicente Falconi, consultor e conselheiro do Instituto de Desenvolvimento Gerencial (INDG), que em maio aconselhou os bolsistas sobre o que leva pessoas e empresas a ter os resultados que almejam. “Liderança, conhecimento técnico do assunto e método. Sem esses três fatores não se chega lá”, afirmou Falconi.

O ENCONTRO DO ANO Outro importante evento para a

08.2007 Marcos Lisboa, diretor-executivo de Riscos, Gestão e Compliance do Unibanco 08.2007 Robert Merton, fundador da Integrated Finance Ltd(IFL) 08.2007 Andrew Savitz, consultor e autor de livros como The Triple Bottom Line (Wiley, 2006) 07.2007 Richard Herman, chancellor da University of Illinois at Urbana-Champaign, e Werner Baer, professor de Economia na University of Illinois at Urbana-Champaign 07.2007 Tadeu Barreto Guimarães, coordenador executivo do Programa Estado para Resultados do Governo de Minas Gerais

06.2007 Marcelo Parodi, sócio-fundador comunidade da Fundação Estudar é a Reunião Anual. A edição da Comerc e Paulo Mayon, de 2007 aconteceu em julho e contou com a participação de diretor-presidente da Associação bolsistas, conselheiros, empresários e parceiros da Fundação. Nacional dos Consumidores de Como já é tradição, os participantes da Reunião Anual tiveram Energia (ANACE) a oportunidade de assistir a apresentação de um convidado da casa e de um profissional de fora, com carreira de projeção no Brasil e no mundo. A primeira palestra foi de Claudio Andrade, bolsista de 1994, Administração, FGV-SP, sócio da Polo Capital Management e um dos diretores da Fundação Estudar. O segundo palestrante foi o economista José Alexandre Scheinkman, professor de Princeton University (EUA), que discorreu sobre o Brasil atual e trouxe desafios, idéias e propostas para o desenvolvimento do país, especialmente na questão da segurança. Durante a Reunião Anual também foi anunciado o Bolsista do Ano. Ricardo Veirano, bolsista de 1994, LL.M, University of Chicago – The Law School, foi eleito pelos bolsistas da Fundação o nome mais representativo de 2007. Os critérios utilizados foram sucesso profissional, impacto social e envolvimento com a Fundação. Para ele, a nomeação foi um dos reconhecimentos mais importantes que obteve em sua carreira. “Os bolsistas que participaram dessa eleição são profissionais extremamente competentes e me sinto muito feliz por ter sido escolhido por eles”, comenta.

networking

Month/ Speaker Year invited

Experiências compartilhadas

Shared experience

Meetings held between June 2007 and May 2008

31


The last years have been very intense for Fundação Estudar, which is experiencing great progress and important changes. One of them is the increasing number of scholarships granted, which in 2008 reached 38, ahead of 31 in 2007. The number of people interested in participating in the annual selection process of Fundação also grew in 2008, when the institution received 6.160 applications, four times more than the 1.521 recorded in the previous year. This expansion was only possible thanks to the valuable contribution of colleges and universities that share goals and ideals with Fundação, working to develop talents and positively impact the country. In 2007 sixty lectures were offered in more than forty schools and universities, reaching almost 3 thousand students.

Esforços que fazem a diferença

Undergraduate in Brazil

92

14

106

Undergraduate overseas

26

5

31

MBA in Brazil

9

0

9

MBA overseas

139

11

150

Exchange program 38

3

41

LL.M

21

3

24

PhD

6

0

6

Others

29

2

31

Total

360

38

398

* Does not include canceled scholarships and scholarships for extension courses

I view the scholars of Fundação Estudar as the leaders of tomorrow, those with the vision to dream big while dreaming responsibly. Phyllis Clemensen, College Counselor of Graded School

Bolsas concedidas

Scholarships awarded

Type of until scholarship 2007 2008 Total

ção Estudar incorporated the Engineering course to their undergraduate scholarship offers. The choice of this area was taken due to the vital role it plays in the society. “The Engineering contributes significantly to the construction of an infrastructure of support able to provide the welfare conditions for the whole society, in terms of housing, health, education and services,“ said Claudio Jorge Pinto Alves, Students Division Director of Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA). The culture of educational responsibility of Fundação is following not only the changes in the national scenery, but also worldwide. To do this Fundação counts on the

33

Os últimos anos têm sido bastante intensos para a Fundação Estudar, que vem experimentando grandes avanços e importantes mudanças. Um deles é o aumento do número de bolsas concedidas, que em 2008 chegou a 38, à frente de 31 em 2007. A quantidade de pessoas interessadas em participar do processo seletivo anual da Fundação também cresceu em 2008, quando a instituição recebeu 6.160 inscrições, quatro vezes mais que as 1.521 registradas no ano anterior. Essa ampliação só foi possível graças à valiosa contribuição de colégios e universidades que compartilham objetivos e ideais com a Fundação, atuando para desenvolver talentos e impactar positivamente o país. Em 2007 foram oferecidas sessenta palestras em mais de quarenta escolas e universidades, que atingiram quase 3 mil estudantes.

Development structured Also in 2007 FundaDivision of scholarships by category, from 1991 until 2008*

r e s u lta d o s

r e s u lt s

Efforts that make the difference

32

Divisão por categoria de bolsa, de 1991 a 2008* Tipo de bolsa

até 2007 2008 Total

Graduação no Brasil

92

14

106

Graduação no exterior

26

5

31

9

0

9

MBA no exterior 139

11

150

MBA no Brasil

Intercâmbio

38

3

41

LL.M

21

3

24

PhD

6

0

6

Outros

29

2

31

Total

360

38

398

* Não inclui bolsas canceladas e bolsas de curta duração

Desenvolvimento estruturado Também em 2007 a Fundação Estudar incorporou o curso de Engenharia às suas ofertas de bolsa para graduação. A escolha dessa área foi tomada tendo em vista o papel fundamental que ela desempenha na sociedade. “A Engenharia contribui significativamente para a construção de uma infra-estrutura de apoio capaz de garantir as condições de bem-estar de toda a sociedade, em termos de habitação, saúde, educação e serviços”, afirma Claudio Jorge Pinto Alves, diretor da Divisão de Alunos do Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA). A cultura de responsabilidade educacional da Fundação tem acompanhado não apenas as mudanças ocorridas no cenário nacional, mas também mundial. Para isso a Funda-

Vejo os bolsistas da Fundação Estudar como os líderes de amanhã, aqueles com a visão de sonhar grande, mas de forma responsável. Phyllis Clemensen, College Counselor da Graded School


140 parceiros educacionais: escolas e universidades de primeira linha no Brasil e no exterior Desde 2007 foram firmadas 23 novas parcerias educacionais

r e s u lta d o s

Until 2007 23 new educational parterships were firmed

Apoios importantes

Important supports r e s u lt s

140 educational partners: high level schools and universities in Brazil and abroad

34

35

support of important educational partners. In 2007, 23 organizations have joined Fundação. There was also a major step towards the approach with the overseas universities. As a result, in 2007 some of them started offering to the scholars of Fundação Estudar another scholarship in the same value. It was also that year that the community of scholars, the Board of Trustees and the Directors of Fundação saw the need to improve the guidelines of the institution. The mission, the vision and the values have been redefined and began to better represent the ideals of the scholars. From that evolution it was also initiated the Relationship Program; which intends to know the trajectories of the scholars, the role of Fundação in their lives and their professional expectations. Thus, Fundação will be able to give continuity to the improvement of their work fronts and add value to its strategic and communications planning for the coming years.

ção conta com o apoio de importantes parceiros educacionais. Em 2007, 23 organizações se aliaram à Fundação. Também houve um grande avanço na aproximação com as universidades estrangeiras. Como resultado, em 2007 algumas delas passaram a oferecer aos bolsistas da Fundação Estudar uma outra bolsa no mesmo valor. Foi nesse ano também que a comunidade de bolsistas, o Conselho e a Diretoria da Fundação viram a necessidade de aprimorar as diretrizes da instituição. A missão, a visão e os valores foram redefinidos e passaram a representar melhor os ideais dos bolsistas. A partir dessa evolução, também foi iniciado o Programa de Relacionamento, que pretende conhecer as trajetórias dos bolsistas, o papel da Fundação na vida deles e suas expectativas profissionais. Dessa forma, a Fundação poderá dar continuidade ao aprimoramento de suas frentes de trabalho e agregar valor ao seu planejamento estratégico e de comunicação para os próximos anos.

Next Steps Based on the results of the Relationship Program, Fundação expects to be able to offer, in a

Próximos passos Com base nos resultados do Programa de Relacionamento, a Fundação espera ter

driven and wise base, more concrete possibilities for the scholars so they can make the difference in their areas of expertise and, thus, help the country to develop. “People will increasingly see Fundação Estudar as a community recognized for providing guidance, knowledge and networking for the main Brazilian leaders“, said Pedro Albuquerque, scholar in 2006, Economics, Ibmec São Paulo. One of the initiatives of the program is a research that seeks to study further the careers of the scholars. “It's very interesting to see how the career of the people who underwent the same moment I am going through today has developed and the positive things they managed to achieve,“ states Igor Lima, scholar in 2007, MBA, Northwestern University – Kellogg School of Management, who together with André Abram, scholar in 1999, MBA, Northwestern University – Kellogg School of Management and Renoir Vieira, scholar in 2006, Economics, Ibmec São Paulo, collaborated in the conduction of the studies. We see in the scholar of Fundação Estudar In the following pages, you know some inspiring stories of scholars of Fundação a professional with high entrepreneur Estudar. You also know more about the spirit, result-oriented, accurate analytic creation of the Endowment Fund, an initiative that aims to ensure the self-sustainability of view, certain of his challenges and worried Fundação and its perpetuation.

condições de oferecer, de forma dirigida e acertada, mais possibilidades concretas para que os bolsistas possam fazer a diferença em suas áreas de atuação e, conseqüentemente, ajudar o país a se desenvolver. “Cada vez mais as pessoas enxergarão a Fundação Estudar como uma comunidade reconhecida por proporcionar orientação, conhecimento e networking para as principais lideranças brasileiras”, afirma Pedro Albuquerque, bolsista de 2006, Economia, Ibmec São Paulo. Uma das iniciativas do programa procura estudar mais profundamente as carreiras dos bolsistas. “É muito interessante ver como evoluiu a carreira de pessoas que passaram pelo mesmo momento que estou passando hoje e o que de positivo elas conseguiram alcançar”, afirma Igor Lima, bolsista de 2007, MBA, Northwestern University – Kellogg School of Management, que junto com André Abram, bolsista de 1999, MBA, Northwestern University – Kellogg School of Management, e Renoir Vieira, bolsista de 2006, Economia, Ibmec São Enxergamos no bolsista da Fundação Estudar Paulo, colaborou na condução dos estudos. Nas páginas seguintes, você conhece um profissional com alto espírito empreendedor, algumas histórias inspiradoras de bolsisorientado para resultados, visão analítica tas da Fundação Estudar. Também fica sabendo mais sobre a criação do Fundo apurada, seguro de seus desafios e preocupado Patrimonial, iniciativa que tem como obcom o futuro do país. jetivo garantir a auto-sustentabilidade da Fundação e sua perpetuação. Rodolfo Bernardes Roquette, superintendente Institucional Pessoas (RH) do Unibanco

about the future of the country.

Rodolfo Bernardes Roquette, superintendent of Institutional People (HR) at Unibanco


Carolina C. Branco Cooper Bolsista de 2007, Economia, Yale University (EUA) Desafio “Entrar na bolha de excelência

que é Yale sem perder contato com o restante do mundo.” Conquista “Ter a oportunidade de

pesquisar a política dos países da América do Sul e ter um olhar mais aguçado para o Brasil.”

36

challenge “Enter the bubble of excellence that Yale is without losing contact with the rest of the world.”

histórias

Stories

Scholar in 2007, Economics, Yale University (USA)

achievement “Having the opportunity

to make researches about the politics of Latin American countries and having a more accurate look to Brazil.”

37

learn there to apply here I think it is important to get inspiration out there and always seek what you want.

Dynamic and determined, the carioca Carolina has always shown great interest in studies and work. Already at school, she looked for activities that would challenge her and that would keep her productive. Carolina C. Branco Cooper Without hesitation, she has chosen to complete High School with a more rigid international diploma, the International Baccalaureate (IB). Always updated and interested in politics, Carolina also wrote articles for the internal newspaper of the school. During High School, she participated in a exchange program in France, when she decided she would focus her studies in Economics. After being accepted at Yale University, Carolina signed up for the selection process of Fundação Estudar. Her greatest interest was the possibility to count on the support of a networking of experienced people with common goals. The first months abroad were not easy. “Being among so brilliant people and in an environment that offers several opportunities brings advantages, but also challenges,“ says Carol, as she is known by friends. “The routine of study is rigorous and keep in touch with Brazil is a difficult task.“ But in a short time Carol has adapted herself. Since January 2008 – and only 19 years old – Carol works at Yale New Haven Teachers Institute, an organization which aims to integrate teachers from Yale and public schools in the region through seminars. “The teachers of the public schools leave with good ideas to redesign the curriculum of their subjects and to motivate their students.“ Even with intense routine, not even during holidays Carol thinks about stopping. It was like that when she was 16, when she decided to exchange July holidays for an opportunity of probation at WEBB, an outsourcing consulting firm in Rio. In 2007, she also worked as a volunteer in the organization of the Pan American Games in Rio de Janeiro and in the same year, she used the holidays to do an internship at Mabel, a biscuits company. “Those were experiences that allowed me to meet several professionals and enabled my development.“ Concerned by different cultures and political contexts, Carol has always dreamed about travelling around South America. So, she decided to transform that wish into an academic project. She developed a proposal for research about the opposition parties in Latin America – “La Oposición: Difficulties in Challenging Populist Governments in Venezuela and Bolivia“ – and applied to the program Thomas C. Barry Travel Fellowship, a Yale initiative that offers research scholarships. Competing with about 100 students, Carol won one of eight scholarships offered. She recently travelled to Bolivia and Venezuela to study the opposition groups to the governments of both countries and used these observations to analyze the difficulties that these groups face to gain popularity in Latin America. “I intend, with my research, to print new methods to observe the 'opposition' in Brazil.“

aprender lá para aplicar aqui Acho importante buscar inspirações lá fora e sempre correr atrás do que se quer.

Dinâmica e determinada, a carioca Carolina sempre demonstrou grande interesse pelos estudos e pelo trabalho. Já no colégio, procurava atividades que a desafiassem e a mantivessem produtiva. Sem Carolina C. Branco Cooper hesitar, optou por concluir o Ensino Médio com um diploma internacional mais rígido, o International Baccalaureate (IB). Sempre atualizada e interessada por política, Carolina também escrevia artigos para o jornal interno do colégio. Durante o Ensino Médio, fez um intercâmbio de seis meses na França, quando decidiu que focaria seus estudos em Economia. Ao ser aceita na Yale University, Carolina se inscreveu no processo seletivo da Fundação Estudar. Seu maior interesse era a possibilidade de contar com o apoio de um networking de pessoas experientes e com objetivos em comum. Os primeiros meses no exterior não foram fáceis. “Estar entre pessoas tão brilhantes e em um ambiente que oferece inúmeras oportunidades traz vantagens, mas também desafios”, conta Carol, como é conhecida pelos amigos. “A rotina de estudos é rigorosa e manter contato com o Brasil é uma tarefa desafiadora.” Mas em pouco tempo Carol se adaptou. Desde janeiro de 2008 – e com apenas 19 anos – Carol trabalha no Yale New Haven Teachers Institute, organização que tem o objetivo de integrar professores de Yale e de escolas públicas da região por meio de seminários. “Os professores das escolas públicas saem com boas idéias para redesenhar o currículo de suas matérias e motivar seus alunos.” Mesmo com intensa rotina, nem mesmo nas férias Carol pensa em parar. Foi assim aos 16 anos de idade, quando decidiu trocar as férias de julho por uma oportunidade de estágio na WEBB, consultoria carioca de outsourcing. Em 2007, também trabalhou como voluntária na organização dos Jogos Pan-Americanos do Rio de Janeiro e, no mesmo ano, aproveitou as férias para fazer um estágio na Mabel, empresa de biscoitos. “Foram experiências que me possibilitaram conhecer diversos profissionais e me desenvolver.” Interessada por diferentes culturas e contextos políticos, Carol sempre almejou percorrer a América do Sul. Decidiu, então, transformar esse desejo em um projeto acadêmico. Desenvolveu uma proposta de pesquisa sobre os partidos oposicionistas da América Latina – “La Oposición: Difficulties in Challenging Populist Governments in Venezuela and Bolivia” – e candidatou-se ao programa Thomas C. Barry Travel Fellowship, iniciativa de Yale que oferece bolsas de pesquisa. Concorrendo com cerca de 100 estudantes, Carol ganhou uma das oito bolsas oferecidas. Recentemente viajou para Bolívia e Venezuela para estudar os grupos oposicionistas aos governos dos dois países e utilizou-se dessas observações para analisar as dificuldades que esses grupos enfrentam para ganhar popularidade na América Latina. “Pretendo, com minha pesquisa, imprimir novos métodos de observar a ‘oposição’ no Brasil.”


Mateus Affonso Bandeira Bolsista de 2002, MBA, University of Pennsylvania – The Wharton School (EUA) Desafio “Ainda não sei qual será

o próximo, mas com certeza será algo maior.” Conquista “Participar ativamente do

maior processo de ajustes da história do Rio Grande do Sul.” Scholar in 2002, MBA, University of Pennsylvania – The Wharton School (USA)

Stories

which will be the next, but for sure it will be bigger.” achievement “Participating actively in the greatest adjustment process of the history of Rio Grande do Sul.”

38

histórias

challenge “I do not know yet

39

will in public management I have never been afraid of challenges. They, in fact, motivate me going ahead.

Answer quickly: would you accept an invitation to be director of the Brazilian State Treasury with the lowest level of investment among all states of the Federation, the largest expenditure on staff and the Mateus Affonso Bandeira greatest expenditures on inactive, besides the greatest debt of its history? If you said yes, it's likely you have the same courage and determination that Mateus revealed, in early 2007, when he ceased to be technical advisor of Senator Aloizio Mercadante, Leader of the Government in the Senate at that time, to take over the job in Rio Grande do Sul. In his homeland, Mateus faced with a projected deficit of 2.4 billion reais and 1.5 billion reais of debt in the short term, there was no money in cash and the State would lose, from 2007 on, 700 million reais in revenue due to the reduction of ICMS rates (federal type of VAT). “The solution was working with the concept of dual planning, solving today and tomorrow, but without stop thinking in the long term,“ says Mateus, who has a direct team of about 20 people, with more than 300 subordinate to them. To achieve financial balance and give to the State ability to make investments, it was necessary to implement a series of measures, including a deep cut in public expenses, more than 300 million reais, and actions focused on the modernization of management and reform of Welfare. “Fortunately we managed to build in the Government a consensus that the adjustment was for real and that it had to happen quickly and with continuous measures, not extraordinary ones,“ says Mateus. The results have already begun to appear. The projected deficit of 2.4 billion reais for 2007 was shrunk by half. “We have already forwarded the LDO draft (Lei de Diretrizes Orçamentárias or Budgetary Guidelines Law) signalling an agreement with all the powers that proposes, among other assumptions, the freezing of all costing expenses for one year more,“ reveals Mateus. “Thus, the deficit in 2009 will be zero, with investments of about 1.3 billion reais.“ Scholar from Fundação Estudar, Mateus believes that his two years of MBA at Wharton have contributed a lot so that he could face challenges such as those he found at the Treasury. “Besides counting on the whole tradition of Wharton in the financial area, there I had the opportunity to study models of privatization and welfare of countries like Chile and the United States.“ Even after undergoing trained programs during vacation in private companies – Telemar, ALL and GP Investments –, Mateus has remained firm in his purpose to continue acting in the public area after completing his MBA. In 2004 he took over a position as General Coordinator at the Secretary of Economic Policy of the Ministry of Finance. There, he participated until 2006, in various interministerial groups dedicated to the formulation of public policies and initiatives to improve the process of fiscal adjustment to the long term.

vontade na gestão pública Nunca tive medo de desafios. Eles, na verdade, me motivam a seguir em frente.

Responda rápido: você aceitaria um convite para ser diretor de Tesouro do Estado brasileiro com o mais baixo nível de investimento entre todos os Estados da Federação, a maior despesa com pessoal e Mateus Affonso Bandeira os maiores gastos com inativos, além do maior endividamento de sua história? Se você disse sim, é bem provável que você tenha a mesma coragem e determinação que Mateus revelou ter, no início de 2007, quando deixou de ser assessor técnico do senador Aloizio Mercadante, então Líder do Governo no Senado Federal, para assumir o cargo no Rio Grande do Sul. Em sua terra natal, Mateus deparou-se com um déficit projetado de 2,4 bilhões de reais e 1,5 bilhão de reais de dívidas no curto prazo. Não havia dinheiro em caixa e o Estado perderia, a partir de 2007, 700 milhões de reais em receita em função da redução das alíquotas de ICMS. “A saída foi trabalhar com o conceito de duplo planejamento, resolvendo o hoje e o amanhã, mas sem deixar de pensar no longo prazo”, explica Mateus, que tem uma equipe direta de cerca de 20 pessoas, com mais 300 subordinadas a elas. Para conseguir alcançar o equilíbrio financeiro e dar capacidade de investimento ao Estado, foi preciso implementar uma série de medidas, entre elas um profundo corte nos gastos públicos, de mais de 300 milhões de reais, e ações focadas na modernização da gestão e na reforma da previdência. “Felizmente conseguimos construir no Governo um consenso de que o ajuste era para valer e que tinha que acontecer rápido e com medidas perenes, e não extraordinárias”, diz Mateus. Os resultados já começaram a aparecer. O déficit projetado de 2,4 bilhões de reais para 2007 foi reduzido pela metade. “Já encaminhamos o projeto de LDO (Leis de Diretrizes Orçamentárias) sinalizando um acordo com todos os poderes que propõe, entre outras premissas, o congelamento de todas as despesas de custeio por mais um ano”, revela Mateus. “Dessa forma, o déficit em 2009 será zero, com investimentos de cerca de 1,3 bilhão de reais.” Bolsista da Fundação Estudar, Mateus acredita que seus dois anos de MBA na Wharton contribuíram muito para que ele pudesse encarar desafios como os que encontrou no Tesouro. “Além de contar com toda a tradição de Wharton na área de finanças, lá tive a oportunidade de estudar modelos de previdência e privatizações de países como Chile e Estados Unidos.” Mesmo depois de ter feito estágios de férias em empresas do setor privado – Telemar, ALL e GP Investimentos –, Mateus manteve-se firme em seu propósito de continuar atuando na área pública assim que terminasse o MBA. Assumiu em 2004 uma posição de coordenador-geral na Secretaria de Política Econômica do Ministério da Fazenda. Lá participou, até 2006, de diversos grupos interministeriais dedicados à formulação de políticas públicas e iniciativas de melhoria do processo de ajuste fiscal de longo prazo.


Marcelo Barbosa Bolsista de 1996, LL.M, Columbia University – Columbia Law School (EUA) Desafio “Quero ter certeza de estar

sempre fazendo coisas melhores e maiores do que já fiz.” Conquista “Em 1995, éramos três

jovens, com menos de 30 anos, começando do zero.” Scholar in 1996, LL.M, Columbia University – Columbia Law School (USA)

40

I am always doing things better and greater than I have already done.”

histórias

Stories

challenge “I want to be sure that

achievement “In 1995, we were

three young guys, below 30, starting from zero.”

41

the bigger the challenge, the better I never stop thinking if I am doing my best to get where I want.

Many people spend their lives making plans that may not even be put into practice. Others, such as the carioca Marcelo Barbosa, define their goals while they roll up their sleeves to achieve them. Partner Marcelo Barbosa of Vieira, Rezende, Barbosa and Guerreiro Advogados and Fundação Estudar´s scholar in 1996, Marcelo is like this since the college days. “I have chosen law without imagining that I would specialize in corporate issues and help to establish an office after less than a year of my graduation,“ he states. As the challenge to build his own business when he was 23 was not enough, Marcelo also decided to seek expertise overseas. “It was something I considered very important not only from the academic point of view, but also to expand a little my life experience,“ he says. To make this idea viable, as soon as he was accepted at Columbia University, Marcelo applied for a scholarship granted by Fundação Estudar and he was approved. “Until today I have been close to people I met through Fundação and from whom I learn a lot,“ he reveals. After being one year abroad and rejecting two offers to work in law offices in the United States, Marcelo returned to Brazil to fully devote to the office he was already a member. “My goal was to transform that project into a place I could develop works increasingly better and bigger,“ he justifies. And it has been like this so far, thirteen years later, already with more eight members and an office in São Paulo too. Today, Vieira, Rezende, Barbosa and Guerreiro Advogados counts on more than forty lawyers and advises dozens of customers in several areas of the Corporate Law. “We try to know deeply the specific activities of our customers to meet their particular needs,“ states Marcelo. To him, the biggest challenge is what is to come. “I am always in search of more challenging issues. That's what motivates me.“ Between an air bridge and another and in the middle of many projects and responsibilities, Marcelo always finds time and disposition to devote to Fundação Estudar. “After returning from the United States, I tried to participate more actively in the initiatives of Fundação,“ says Marcelo, who as volunteer interviewer and member of the selection committee contributed for the improvement of the selection practices of Fundação and for the identification of potential youths. In 2003, Marcelo was invited to be member of the Board of Directors at Fundação, assuming an even more strategic role. The experience, which would initially last one year, has eventually turned into four years. “The more you become involved and realize your ‘brand’ at Fundação, the more you get motivated to contribute,“ explains Marcelo, who brings many valuable people to Fundação and is also a volunteer of Instituto Empreender Endeavor.

quanto maior o desafio, melhor Nunca deixo de pensar se estou fazendo o meu melhor para chegar aonde quero.

Muitas pessoas passam a vida fazendo planos que talvez nem cheguem a colocar em prática. Outras, como o carioca Marcelo Barbosa, definem suas metas ao mesmo tempo em que arregaçam as mangas Marcelo Barbosa para alcançá-las. Sócio do Vieira, Rezende, Barbosa e Guerreiro Advogados e bolsista da Fundação Estudar em 1996, Marcelo é assim desde os tempos de faculdade. “Escolhi Direito sem imaginar que acabaria me especializando em questões societárias e ajudaria a fundar um escritório com menos de um ano de formado”, afirma. Não bastasse o desafio de montar seu próprio negócio aos 23 anos de idade, Marcelo decidiu também buscar especialização no exterior. “Era algo que considerava muito importante não só do ponto de vista acadêmico, mas também para expandir um pouco minha experiência de vida”, conta. Para viabilizar essa idéia, assim que foi aceito na Columbia University, Marcelo candidatou-se a uma bolsa pela Fundação Estudar e foi aprovado. “Até hoje tenho tido convivência com pessoas que conheci por meio da Fundação e com quem aprendo muito”, revela. Depois de ficar um ano fora do país e recusar duas ofertas para trabalhar em escritórios de advocacia nos Estados Unidos, Marcelo retornou ao Brasil para se dedicar integralmente ao escritório do qual já era sócio. “Minha meta era transformar aquele projeto em um lugar no qual pudesse desenvolver trabalhos cada vez melhores e maiores”, justifica. E tem sido assim até agora, treze anos depois, já com oito sócios a mais e um escritório também em São Paulo. Hoje o Vieira, Rezende, Barbosa e Guerreiro Advogados conta com mais de quarenta advogados e assessora dezenas de clientes em diversas áreas do Direito Empresarial. “Procuramos conhecer a fundo as atividades específicas de nossos clientes para poder atender às suas necessidades particulares”, afirma Marcelo. Para ele, o maior desafio é aquele que está por vir. “Sempre estou em busca de assuntos mais desafiadores. É isso o que me motiva.” Entre uma ponte aérea e outra e em meio a inúmeros projetos e responsabilidades, Marcelo sempre encontra tempo e disposição para se dedicar à Fundação Estudar. “Depois de voltar dos Estados Unidos, procurei participar mais ativamente das iniciativas da Fundação”, conta Marcelo, que como entrevistador voluntário e membro do comitê de seleção contribuiu para aperfeiçoar as práticas de seleção da Fundação e na identificação de jovens potenciais. Em 2003, Marcelo foi convidado a fazer parte da Diretoria da Fundação, assumindo um papel ainda mais estratégico. A experiência, que inicialmente duraria um ano, acabou se transformando em quatro anos. “Quanto mais você se envolve e percebe sua ‘marca’ na Fundação, mais você se motiva a contribuir”, explica Marcelo, que aproxima muita gente de valor à Fundação e também é voluntário do Instituto Empreender Endeavor.


Institutional partners

The performance´s excellence of Fundação Estudar is only possible thanks to the collaboration of a broad network of partners. These are companies, professionals, universities and schools that, together, engage energy and resources to encourage the high quality education and to value a culture of merit and attraction of the best people and opportunities. Nowadays, Fundação has 27 partners that support the programs with financial resources or donation of products and services. In addition, more than 140 educational partners contribute by opening their doors to the Fundação exposure.

pa r c e r i a s

Apoios que não podem faltar

43

A excelência da atuação da Fundação Estudar só é possível graças à colaboração de uma rede ampla de parceiros. São empresas, profissionais, universidades e colégios que, juntos, comprometem energia e recursos para incentivar a educação de alta qualidade e valorizam uma cultura de mérito e atração das melhores pessoas e oportunidades. Atualmente, a Fundação conta com 27 parceiros que apóiam com recursos financeiros ou doação de produtos e serviços. Além disso, mais de 140 parceiros educacionais contribuem abrindo suas portas para a exposição da Fundação Estudar.

ALL – América Latina Logística

GWI Asset Management

ALL – América Latina Logística

GWI Asset Management

AmBev

Oi

AmBev

Oi

Fundação BRAVA

UBS Pactual

Fundação BRAVA

UBS Pactual

Fundação Lemann

Unibanco

Fundação Lemann

Unibanco

Parceiros institucionais

pa r t n e r s

Supports that cannot be missed

42


support

Operational

apoio

Operacional

to Selection Process

Alberto Couto Consultoria e Treinamento em Vendas

ao Processo Seletivo

Alberto Couto Consultoria e Treinamento em Vendas

DM Recursos Humanos (Cia de Talentos) Tadeu da Ponte Consultoria

Americanas.com

ICTS Global

D3!

DM Recursos Humanos (Cia de Talentos)

FSB Comunicações

Tadeu da Ponte Consultoria

Americanas.com

pa r c e r i a s

pa r t n e r s

ICTS Global

D3! FSB Comunicações

44 a Carreiras

DBM Brasil

Instituto de Desenvolvimento Gerencial – INDG

DBM Brasil

Instituto de Desenvolvimento Gerencial – INDG

DM Recursos Humanos (Cia de Talentos)

QG Propaganda

DM Recursos Humanos (Cia de Talentos)

QG Propaganda

MBA Empresarial

Site Blaster (SuaPesquisa.com.br)

MBA Empresarial

Site Blaster (SuaPesquisa.com.br)

to Networking

Suzano Papel e Celulose

a Networking

Suzano Papel e Celulose

Bloomberg

Via Impressa Design Gráfico

Bloomberg

Via Impressa Design Gráfico

Harvard Business School

Vieira, Rezende, Barbosa e Guerreiro Advogados

Harvard Business School

Vieira, Rezende, Barbosa e Guerreiro Advogados

Individual collaborators

colaboradores individuais

Alexandre Behring

Alexandre Behring

Alexandre Van Damme

Alexandre Van Damme

Carlos Brito

Carlos Brito

Miguel Fazanella Filho

Miguel Fazanella Filho

45

IBEP Gráfica

Parceiros

Partners

to Careers

IBEP Gráfica


Brazil Studies of Harvard

Comissão Fulbright Coordenadoria de Relações Internacionais da Universidade Estadual de Campinas – CORI – UNICAMP COPPEAD-UFRJ Curso Alberto Santos Dumont – CASD Diretório Acadêmico de Economia e Relações Internacionais da FAAP

pa r t n e r s

Dartmouth College – Tuck School of Business

Educational partners

46

Comissão de Cooperação Internacional da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo – CRInt-POLI

Alumni Club de Michigan no Brasil Amherst College Associação Alumni Associação dos Engenheiros Politécnicos – AEP Associação Escola Graduada de São Paulo – Graded School Barnard College Bryn Mawr College Centro Acadêmico de Relações Internacionais da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo – CARI Centro Universitário da FEI Centro Universitário Mauá de Tecnologia Chapel School Maria Imaculada – Chapel School Colégio de Aplicação – CAp da Universidade Estadual do Rio de Janeiro – UERJ Colégio de Aplicação – CAp da Universidade Federal do Rio de Janeiro – UFRJ

EABH – Escola Americana de Belo Horizonte – American School of Belo Horizonte Elemento Humano Consultoria Empresa Junior FEA-USP Empresa Junior FGV Empresa Junior Ibmec São Paulo Escola Americana de Brasília – American School of Brasilia Escola Americana de Campinas – American School of Campinas

Colégio Farias Brito Colégio Militar de Fortaleza Colégio pH Colégio Pitágoras Cidade Jardim Colégio Pueri Domus Colégio Santa Cruz Colégio Santo Inácio Colégio São Bento Colégio Sete de Setembro Colégio Vértice Colégio Visconde de Porto Seguro Columbia University: Columbia Business School, Columbia University

Associação Escola Graduada de São Paulo – Graded School Barnard College Bryn Mawr College Centro Acadêmico de Relações Internacionais da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo – CARI

Empresa Junior FEA-USP Empresa Junior FGV Empresa Junior Ibmec São Paulo Escola Americana de Brasília – American School of Brasilia Escola Americana de Campinas – American School of Campinas Escola Americana do Recife – American School of Recife

Centro Universitário da FEI

Escola Americana do Rio de Janeiro – EARJ

Centro Universitário Mauá de Tecnologia

Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas da Fundação Getulio Vargas – EBAPE/FGV

Chapel School Maria Imaculada – Chapel School Colégio de Aplicação – CAp da Universidade Estadual do Rio de Janeiro – UERJ Colégio de Aplicação – CAp da Universidade Federal do Rio de Janeiro – UFRJ Colégio Ari de Sá Colégio Bandeirantes Colégio Dante Alighieri Colégio e Curso Poliedro – SJC Colégio e Curso Ponto de Ensino

Escola das Nações Escola de Administração de Empresas da Fundação Getúlio Vargas – EAESP-FGV Escola de Economia de São Paulo da Fundação Getúlio Vargas – EESP-FGV Escola de Governo da Fundação João Pinheiro Escola Nova Lourenço Castanho Escola Panamericana da Bahia – Pan American School of Bahia Escola Superior de Propaganda e Marketing de São Paulo- ESPM-SP Escola Superior de Propaganda e Marketing do Rio de Janeiro – ESPM-RJ

Colégio Farias Brito

ETE São Paulo

Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas da Fundação Getulio Vargas – EBAPE/FGV

Colégio Militar de Fortaleza

Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade da USP – FEA-USP

Escola das Nações Escola de Administração de Empresas da Fundação Getúlio Vargas – EAESP-FGV Escola de Economia de São Paulo da Fundação Getúlio Vargas – EESP-FGV Escola de Governo da Fundação João Pinheiro Escola Panamericana da Bahia – Pan American School of Bahia

Colégio Eng. Juarez Wanderley – Instituto Embraer de Educação e Pesquisa

Associação dos Engenheiros Politécnicos – AEP

Elemento Humano Consultoria

Escola Americana do Rio de Janeiro – EARJ

Colégio Bandeirantes

Colégio e Curso Ponto de Ensino

Associação Alumni

Belo Horizonte – American School of Belo Horizonte

Colégio Eng. Juarez Wanderley – Instituto Embraer de Educação e Pesquisa

Escola Nova Lourenço Castanho

Colégio e Curso Poliedro – SJC

Amherst College

Escola Americana do Recife – American School of Recife

Colégio Ari de Sá Colégio Dante Alighieri

Alumni Club de Michigan no Brasil

Escola Superior de Propaganda e Marketing de São Paulo- ESPM-SP Escola Superior de Propaganda e Marketing do Rio de Janeiro – ESPM-RJ Escritório Politécnico Internacional – IPOLI ETE São Paulo Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade da USP – FEA-USP Faculdades Jorge Amado Faculdades Ruy Barbosa Fundação Escola de Comércio Álvares Penteado – FECAP Harvard University: Harvard Business School; Harvard Graduate School of Education; Harvard Law School; Kennedy School of Government; David Rockfeller Center for Latin American Studies; Harvard College HEC International Business School Ibmec Rio de Janeiro

Colégio pH Colégio Pitágoras Cidade Jardim Colégio Pueri Domus Colégio Santa Cruz Colégio Santo Inácio Colégio São Bento Colégio Sete de Setembro Colégio Vértice Colégio Visconde de Porto Seguro Columbia University: Columbia Business School, Columbia University School of Law, Columbia College, Columbia School of International and Public Affairs

pa r c e r i a s

Kenneth Maxwell, director of the programme of

Comissão de Cooperação Internacional da Universidade de São Paulo – CCInt

Parceiros educacionais

We hope that Fundação Estudar creates a growing group of graduates committed in areas such as public health, education, public administration for the progress and development of Brazil.

School of Law, Columbia College, Columbia School of International and Public Affairs

Escritório Politécnico Internacional – IPOLI

Faculdades Jorge Amado Faculdades Ruy Barbosa Fundação Escola de Comércio Álvares Penteado – FECAP Harvard University: Harvard Business School; Harvard Graduate School of Education; Harvard Law School; Kennedy School of Government; David Rockfeller Center for Latin American Studies; Harvard College HEC International Business School Ibmec Rio de Janeiro

Comissão de Cooperação Internacional da Universidade de São Paulo – CCInt Comissão de Cooperação Internacional da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo – CRInt-POLI Comissão Fulbright Coordenadoria de Relações Internacionais da Universidade Estadual de Campinas – CORI – UNICAMP COPPEAD-UFRJ Curso Alberto Santos Dumont – CASD Diretório Acadêmico de Economia e Relações Internacionais da FAAP Dartmouth College – Tuck School of Business EABH – Escola Americana de

Esperamos que a Fundação crie um grupo crescente de graduados comprometidos com áreas como saúde, educação e administração pública e que retornam ao Brasil para impactarem positivamente o país. Kenneth Maxwell, diretor do programa de Brazil Studies de Harvard

47


St. Paul’s School – Escola Britânica de São Paulo

IMD Business School

Stanford University – Graduate School of Business (GSB); Stanford Law School

INSEAD

The British School – Rio de Janeiro

Instituto de Empresa Business School Instituto Tecnológico de Aeronáutica – ITA

Thunderbird, the Garvin School of International Management

International School of Curitiba – ISC

Trevisan Escola de Negócios

Irene Felman

Tufts University: The Fletcher School, Tufts School of Arts and Sciences

Northwestern University: Kellogg School of Management, School of Law; Northwestern College Lehigh University London Business School London School of Economics and Political Science

UCBerkeley – Haas School of Management; University of California UniFAE Centro Universitário – UniFAE Business School Universidade de Pernambuco – EPE Universidade de São Paulo – Relações Internacionais

Massachusetts Institute of Technology – MIT: Office of Undergraduate Admission; Sloan School of Management

Universidade do Estado do Rio de Janeiro – UERJ

MBA Empresarial

Universidade Estadual do Ceará – UECE

Megaron Test and Prep Admissions Mercado de Trabalho em Engenharia – MTE New York University: School of Law; Stern School of Business PACA – Pan American Christian Academy

Universidade Federal de Minas Gerais – UFMG University of Chicago: Graduate School of Business (GSB); Harris School of Public Policy; School of Law; The University of Chicago College

Philadelphia Consulting

University of Illinois at UrbanaChampaign: College of Business, Office of Undergraduate Admission

Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais – PUC-Minas

University of Pennsylvania: College of Arts and Sciences, The Wharton School

Pontifícia Universidade Católica de São Paulo – PUC-SP

University of Virginia – Darden Graduate School of Business Administration

Pontifícia Universidade Católica do Paraná – PUC-Paraná

USP São Carlos

Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro – PUC-Rio

Williams College

Patrícia Monteiro

Pontíficia Universidade Católica do Rio Grande do Sul – PUC-RS Portal Universidade de Brasília – UnB

Washington University in St. Louis Yale University: Yale College; Yale Law School, Yale School of Management

Ibmec Minas Gerais Ibmec São Paulo IMD Business School INSEAD Instituto de Empresa Business School

St. Paul’s School – Escola Britânica de São Paulo Stanford University – Graduate School of Business (GSB); Stanford Law School The British School – Rio de Janeiro

Instituto Tecnológico de Aeronáutica – ITA

Thunderbird, the Garvin School of International Management

International School of Curitiba – ISC

Trevisan Escola de Negócios

Irene Felman

Tufts University: The Fletcher School, Tufts School of Arts and Sciences

Northwestern University: Kellogg School of Management, School of Law; Northwestern College Lehigh University London Business School London School of Economics and Political Science Massachusetts Institute of Technology – MIT: Office of Undergraduate Admission; Sloan School of Management MBA Empresarial Megaron Test and Prep Admissions Mercado de Trabalho em Engenharia – MTE New York University: School of Law; Stern School of Business PACA – Pan American Christian Academy Patrícia Monteiro Philadelphia Consulting Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais – PUC-Minas Pontifícia Universidade Católica de São Paulo – PUC-SP Pontifícia Universidade Católica do Paraná – PUC-Paraná Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro – PUC-Rio Pontíficia Universidade Católica do Rio Grande do Sul – PUC-RS Portal Universidade de Brasília – UnB

UCBerkeley – Haas School of Management; University of California UniFAE Centro Universitário – UniFAE Business School Universidade de Pernambuco – EPE Universidade de São Paulo – Relações Internacionais Universidade do Estado do Rio de Janeiro – UERJ Universidade Estadual do Ceará – UECE Universidade Federal de Minas Gerais – UFMG University of Chicago: Graduate School of Business (GSB); Harris School of Public Policy; School of Law; The University of Chicago College University of Illinois at UrbanaChampaign: College of Business, Office of Undergraduate Admission University of Pennsylvania: College of Arts and Sciences, The Wharton School University of Virginia – Darden Graduate School of Business Administration USP São Carlos Washington University in St. Louis Williams College Yale University: Yale College; Yale Law School, Yale School of Management

Special acknowledgements

Agradecimentos especiais

Some people have contributed in a special way to Fundação Estudar in 2007 and 2008. They are partners, scholars and friends that gave particular attention to the projects. At each one's way, they have started or closed its cycle of participation, and have personally devoted to the development of the process of institutionalization, growth and improvement of the activities undertaken by Fundação.

Algumas pessoas contribuíram de forma especial com a Fundação Estudar em 2007 e 2008. São parceiros, bolsistas e amigos que deram atenção particular aos projetos. Cada um à sua maneira, iniciaram ou fecharam seu ciclo de participação e dedicaram-se pessoalmente ao desenvolvimento do processo de institucionalização, crescimento e aperfeiçoamento das atividades desenvolvidas pela Fundação.

• André Luis Abram, scholar in 1999, MBA, Northwestern University – Kellogg School of Management • André Reginato, scholar in 1995, MBA, MIT – Sloan School of Management • Daniel Levy (TOTVS – BMI) • Igor Xavier Correia Lima, scholar in 2007, MBA, Northwestern University – Kellogg School of Management • Marcelo Barbosa, scholar in 1996, LL.M, Columbia University – Columbia Law School • Maria Pia Müssnich (FSB Comunicações) • Paulo Zoéga (QG Propaganda) • Pedro Vieira Lima de Albuquerque, scholar in 2005, Economics, Ibmec São Paulo • Renoir Vieira Pereira, scholar in 2006, Economics, Ibmec São Paulo • Sandra Betti (MBA Empresarial) • Tadeu da Ponte (Tadeu da Ponte Consultoria)

• André Luis Abram, bolsista de 1999, MBA, Northwestern University – Kellogg School of Management • André Reginato, bolsista de 1995, MBA, MIT – Sloan School of Management • Daniel Levy (TOTVS – BMI) • Igor Xavier Correia Lima, bolsista de 2007, MBA, Northwestern University – Kellogg School of Management • Marcelo Barbosa, bolsista de 1996, LL.M, Columbia University – Columbia Law School • Maria Pia Müssnich (FSB Comunicações) • Paulo Zoéga (QG Propaganda) • Pedro Vieira Lima de Albuquerque, bolsista de 2005, Economia, Ibmec São Paulo • Renoir Vieira Pereira, bolsista de 2006, Economia, Ibmec São Paulo • Sandra Betti (MBA Empresarial) • Tadeu da Ponte (Tadeu da Ponte Consultoria)

pa r c e r i a s

Ibmec São Paulo

Parceiros educacionais

Educational partners pa r t n e r s

48

Ibmec Minas Gerais

49


Honored commitment

Within the model of autonomy of Fundação Estudar, the role of the scholar is crucial. By granting scholarships and investing in talents, the Board of Trustees and the Board of Directors of Fundação hope that afterwards the scholars make, spontaneously, contributions to assist in the maintenance and development of the institution. “This type of contribution is very important to create a financial muscle able to provide longevity to Fundação Estudar, regardless the support of those who idealized it”, said Marcelo Parodi, scholar in 1997, IMD. He is one of the 56% of the alumni who have already fully donated to Fundação, at least, the original 56% of amount of money of their scholarships. scholars have More recently, thinking about their sustainability and in a more effective model of fund raising that represents a step already repaid towards the financial perpetuation, Fundação Estudar has to Fundação decided to establish its Endowment Fund. The Endowment Fund Estudar at least has as their goal the generation of resources, in the long term, the whole for an organization. The idea is that the initial amounts donated to the institution remain intact; using only the income generated amount of by the Endowment Fund to ensure its operation.

the scholarship granted

14 alumni repaid their scholarship between June 2007 and May 2008

It is important that Fundação accelerates its process of institutionalization becoming financially self-sustainable and increasingly bigger than the people who are part of it. Jayme Chataque, scholar in 2004, exchange program, UFRJ – COPPEAD

Dentro do modelo de autonomia da Fundação Estudar, o papel do bolsista é determinante. Ao conceder bolsas e investir em talentos, o Conselho e a Diretoria da Fundação esperam que depois os bolsistas façam, espontaneamente, contribuições para ajudar na manutenção e no desenvolvimento da instituição. “Contribuir dessa forma é muito importante para criar uma musculatura financeira capaz de proporcionar longevidade à Fundação Estudar, independentemente do suporte de seus idealizadores”, acredita Marcelo Parodi, bolsista de 1997, MBA, IMD. Ele é um dos 56% dos bolsistas formados que já doaram integralmente à Fundação, no 56% dos mínimo, o valor original de suas bolsas. bolsistas Mais recentemente, pensando em sua sustentabilidade e em um modelo mais eficaz de captação de recursos que represente formados já um passo para a perpetuação financeira, a Fundação Estudar retornaram decidiu instituir seu Fundo Patrimonial. Os Fundos Patrimoniais à Fundação (endowments) têm como objetivo a geração de recursos, a Estudar pelo longo prazo, para uma organização. A idéia é que as quantias iniciais doadas à instituição permaneçam intactas, utilizando-se menos o valor apenas os rendimentos gerados pelo Fundo Patrimonial para integral da bolsa garantir sua operação.

de estudos concedida

14 bolsistas formados quitaram a bolsa entre junho de 2007 e maio de 2008

É importante que a Fundação acelere seu processo de institucionalização tornando-se auto-sustentável financeiramente e cada vez maior que as pessoas que fazem parte dela. Jayme Chataque, bolsista de 2004, intercâmbio, UFRJ – COPPEAD

doações

Contribuições que perpetuam a Fundação

Compromisso honrado

d o n at i o n s

Contributions that perpetuate Fundação

50

51


d o n at i o n s

80% of the budget for scholarships is covered in average by donations of alumni

52

Além de terem quitado suas bolsas, 11% dos bolsistas formados já se tornaram patrocinadores da Fundação Estudar 80% do orçamento de bolsas é coberto, em média, por doações de bolsistas já formados

Looking for the self-sustainability Taking

EM BUSCA DA AUTO-SUSTENTABILIDADE Tendo

as a parameter the example of other Brazilian and international institutions, particularly the well-successful American model, Fundação realized that the Endowment Fund would be the simplest and the most efficient way to achieve its self-sustainability. To Ellen Sullivan, director of corporate and institutional relations from Harvard, institutions in Brazil are actively preparing for the challenge of fund raising. It is expected that the Fund, adjusted to the reality, size and need of Fundação Estudar, push, in the future, the expansion of the organization´s work. Some scholars have been devoted especially to the creation of the Endowment Fund. This is the case of Veronica Allende Serra, scholar in 1995, MBA, Harvard University – Harvard Business School, who for some time has been sharing with Fundação suggestions of improvement for the fund raising. In early 2008, Veronica became a member of the Alumni Board and took over the mission of helping to build this structure for the Fundação. “The idea is to develop tools in order to make the fund raising something permanent and sustainable in the long term involving the largest possible number of scholars,” she says. In parallel with this initiative, there are several opportunities for the scholars to engage even more with Fundação. Since 2006, a campaign is being held to encourage the alumni to directly finance the studies of a new scholar or take the company where they work to become a partner of Fundação. Another way to contribute to Fundação is through the donation of products and services and the sponsorship of programs that strengthen the networking.

como parâmetro o exemplo de outras instituições brasileiras e internacionais, principalmente o bem-sucedido modelo norte-americano, a Fundação percebeu que o Fundo Patrimonial seria a maneira mais simples e eficiente de alcançar sua auto-sustentabilidade. Para Ellen Sullivan, diretora de Relações Corporativas e Institucionais de Harvard, as instituições de ensino no Brasil estão se preparando ativamente para o desafio da captação de recursos. É esperado que o Fundo, adaptado para a realidade, tamanho e necessidade da Fundação Estudar, futuramente impulsione a ampliação do trabalho da organização. Alguns bolsistas têm se dedicado especialmente à criação do Fundo Patrimonial. É o caso de Veronica Allende Serra, bolsista de 1995, MBA, Harvard University – Harvard Business School, que há algum tempo vem compartilhando com a Fundação sugestões de aprimoramento para a captação de recursos. No início de 2008, Veronica ingressou na Diretoria da Fundação e assumiu a missão de ajudar a constituir essa estrutura para a Fundação. “A idéia é elaborar ferramentas para que a captação seja algo permanente e sustentável no longo prazo envolvendo o maior número de bolsistas possível”, conta Veronica. Paralelamente a essa iniciativa, existem diversas oportunidades para os bolsistas se engajarem ainda mais na Fundação. Desde 2006, uma campanha vem sendo realizada para incentivar os bolsistas formados a financiarem diretamente os estudos de um novo bolsista ou levar a empresa onde trabalha a se tornar parceira da Fundação. Outra possibilidade de contribuir com a Fundação é por meio da doação de produtos e serviços e do patrocínio de programações que fortaleçam o networking.

The challenge of fund raising includes the creation of a structure focused on the relationship with former students, helping to develop a more enduring relationship with students. Ellen Sullivan, director of Corporate and Institutional Relations from Harvard

O desafio de captação de recursos inclui a criação de uma estrutura focada no relacionamento com ex-alunos, contribuindo para desenvolver uma relação mais duradoura com os estudantes. Ellen Sullivan, diretora de Relações Corporativas e Institucionais de Harvard

doações

Bolsistas atuantes

Active scholars

Besides having repaid their scholarships, 11% of alumni already became sponsors of Fundação Estudar

53


54

Honored commitment The majority of the alumni have already donated to Fundação

Compromisso honrado Boa parte dos bolsistas formados já doou à Fundação Estudar, no mínimo,

Estudar, at least, the total value of their scholarships. We register here, for the first time, a yearslong tradition of Fundação. In recognition to the return of this commitment, each of them is identified in the Annual Meeting with a golden ball in the ID card. Those who win two golden balls are those who, besides repaying their scholarship, demonstrate a special commitment and go far beyond, performing financial contributions as sponsors of the institution. See who they are:

o valor integral de suas bolsas de estudo. Registramos aqui, pela primeira vez, uma tradição já de anos da Fundação. Em reconhecimento ao retorno desse compromisso, cada um deles é identificado na Reunião Anual da Fundação com uma bolinha dourada no crachá. Aqueles que ganham duas bolinhas douradas são os que, além de quitarem sua bolsa, demonstram um compromisso especial e vão além, realizando contribuições financeiras como patrocinadores da instituição. Saiba quem são eles:

NOME Ano da Bolsa

NOME Ano da Bolsa

NAME Year of Scholarship

NAME Year of Scholarship

patrocinadores no período (junho 07 a maio 08) Sponsors in the PERIOD (june 07 to may 08)

Jorge Guimarães Larangeira

1996

Leonardo Goldfeld

1995

Marcelo Faria Parodi

1996

Marcelo Moreira Russo

1999

Márcia Ghitnick

1994

Marco Simonovitch

1995

Maria Fernanda Lima Rocha Barros

2006

Bernardo Vieira Hees

1992

Cláudio José Carvalho de Andrade

1993

Marcelo Faria Parodi

1996

Maria Fernanda Lima Rocha Barros

2006

Paulo Passoni

2003

Marília Artimonte Rocca

1998

Rodrigo Vilardo Vella

2003

Marta Mendes Miguel

2001

Paula Vopatto Fagundes

2004

Paulo Passoni

2003

Pedro Marcus Lira Palma

2001

Patrocinadores

Bolsistas que quitaram seu compromisso Scholars who paid their scholarships

••

Sponsors

••

Ana Fernandes Kertesz

2000

Rodrigo Leonardo Anunciato

1997

Andre Caldas Oliveira

2000

Rodrigo Vilardo Vella

2003

André Reginato

1995

Sérgio Luis Guedes D’Ávila

2001

Antônio Henrique Prado

1995

Sérgio Messias Pedreiro

1994

Bernardo Vieira Hees

1992

Stephanie de Souza Mayorkis

1998

Bruno Pessoa Serapião

2001

Veronica Allende Serra

1995

Daniele Valadão Levy

1995

Eduardo Andre Bottino Roma

2002

Quitaram a bolsa no período (junho 07 a maio 08)

Eleonora Pizarro Motta

1993

REPAID THEIR SCHOLARSHIPS IN THE PERIOD (JUNE 07 TO MAY 08)

Hadriano Domingues

1996

Andre Caldas Oliveira

2000

Ivo Luis de Sá Freitas Vieitas Jr.

1994

Breno Toledo Pires de Oliveira

2001

Jayme Chataque de Moraes

2004

Cristina Artimonte Farjallat

2000

João Mauricio Giffoni de Castro Neves

1991

Fabio Vidal Armaganijan

2001

Joaquim Pedro Andrés Ribeiro

1997

Flávio Campello Costa

1998

55


56

NOME Ano da Bolsa

NOME Ano da Bolsa

NAME Year of Scholarship

NAME Year of Scholarship

Guilherme Medeiros Bastos

1998

Carlos Vieira Gamboa

1997

Júlio André Kogut

2004

Carlos Watanabe

1999

Márcia Ghitnick

1994

Cauê Costa Amaral

2002

Paulo Passoni

2003

César Munehiro Arata

1996

Ricardo Alário Arantes

2001

Cláudia Elisa Pinho Soares

1997

Rodolfo de Souza Senra

2005

Claudio Galeno de Araujo Filho

2000

Rodrigo Augusto Pereira Zago

1999

Cláudio Maurício Freddo

1999

Rodrigo Vilardo Vella

2003

Colin Butterfield

2002

Rubens Freitas

2004

Cristiane Rembowski Fernandes

1994

Cristina Haruko Kawamoto

1995

Dalbi Sebastião Arruda Jr

1993

Quitaram a bolsa

Bolsistas que quitaram seu compromisso Scholars who paid their scholarships

Repaid their scholarship

Daniela Barone Soares

1995

Adelmo Hideyoshi Inamura

2003

Daniela Fusco Alcaro

2004

Adriana Pozzani

1995

Danilo Gamboa

2002

Affonso Parga Nina

1996

Dercio Santiago Silva Júnior

1993

Alberto Winkler Blanco

1994

Diego Luis Milred

1995

Alexandre de Barros Cruz e Guião

1996

Edison Yu

1996

Alexandre Ferraz de Marinis

1998

Eduardo Fontana Hoffmann

1996

Alexandre Houara Lordello

1995

Fabiana Sandra Eggers

1996

Alexandre Valério De Wilde

1996

Fábio Marcel Fossen

1998

Ana Beatriz Santos Gama

1995

Fernanda Haydée Pasquarelli

1998

Ana Paula Cavalcanti de Oliveira Fontes

2004

Fernando Quintana Merino

1993

Ana Paula Martinez

2005

Filipe Bonetti Alves

1996

Ana Silvia Antunes

1995

Flávia Marques Barros

1995

André Ferrari

2000

Flávio Eduardo Sznajder

1996

André Luis Abram

1999

Floriano Paulino da Costa Neto

1994

André Luiz Miranda e Silva

1995

Francisco José Bastos Santos

1994

André Sapoznik

1996

Gilberto Ribeiro

1992

Andrea Narholz Diaz

1994

Gisele Simões Everett

1994

Arkhan Helu

1994

Gregor Masini Monteiro de Andrade*

1995

Augusto Alves Tannure

1995

Guilherme Bokel Catta-Preta

1992

Carlos Henrique Lobão Pegurier

1996

Guilherme Cavalcanti Piereck

1998

Carlos Henrique Miyaki

1997

Hans Lin

1996

57


Bolsistas que quitaram seu compromisso Scholars who paid their scholarships

58

NOME Ano da Bolsa

NOME Ano da Bolsa

NAME Year of Scholarship

NAME Year of Scholarship

Heny Gabay

1994

Monica Rossi Duarte Neves

1994

Hugo Botelho Barra

1998

Murilo Mattos Chaim

1996

Isabel Lustosa Veirano

1995

Nelson Lopes Puccini

1995

Jaime Pfaltzgraf Ribeiro

1992

Nilo Martins de Andrade Filho

2002

Jaime Schlittler Silva Filho

1998

Olavo Hartveld Cunha

1996

Janaina Martins Soares

1999

Patrícia Andrade Paviani

1996

Janete das Neves Inverno Macedo

2000

Patricia Regina Verderesi

1996

João Henrique Guerra

1999

Paulo André Piereck da Cunha

1996

Júlio Cesar Attílio

1997

Paulo Haroldo Mannheimer

1998

Lissa Collins

1992

Paulo José Marques Soares

1997

Luis Fernando Gustavo de Castro

1995

Pedro de Freitas Almeida Bueno Vieira

1997

Luis Heitor de Queirós Gonçalves

1994

Pedro Loffredi Rodolfo

1992

Luiz Claudio Valmont

2003

Pedro Paulo Alves de Brito

1997

Luiz Felipe Echenique Wielandt

1994

Peter Lerner Mintzberg

1996

Luiz Fernando Barreto Silva

1996

Renato Oliveira Furtado

1997

Luiz Gustavo Lamego Alves

1993

Ricardo Camargo Veirano

1994

Luiz Raul Delgado de Andrade

1993

Ricardo de Oliveira Barreto

1991

Lycia Akiko Hossaka

1998

Ricardo Marques Garcias

1999

Manoela Olbrich de Souza Andrade

1996

Ricardo Mollica Jourdan

1998

Marcello Marreco Sardenberg de Mattos

2000

Ricardo Tadeu Almeida Cabral de Soares

1994

Marcelo Amaral Moraes

1993

Rodolfo Aranha Alves Barreto

1997

Marcelo de Carvalho Navarro

1994

Rodolfo Magno de Carvalho Coelho

1993

Marcelo Leite Moura e Silva

1996

Rodrigo Peixoto Galvão

1993

Marcelo Luiz Mendes Soares da Silva

1996

Rodrigo Perazzi Musiello

2002

Marcelo Santos Barbosa

1996

Rogério de Deus Oliveira

1994

Marcelo Santos Ribeiro

1996

Rogério Frota Melzi

1999

Márcia Andrea de Almeida Wolff

1992

Rogério Rocha Mascarenhas

2000

Marcos André Gonçalves de Macedo

1993

Rosineide Wanderley Tinoco

1997

Marcos Fernandes Vianna

1992

Simone Lahterman

2000

Marie Louise Conilh de Beyssac

1994

Tamy Ymei Lin

1998

Mark Mercante Amorim

1995

Valéria Marinho Freundt

1993

Martin Jochmann

1993

William I Wei Tsui

1996

Maurício França Junior

1997

59


Balance Sheet As at 31 December 2007 (In Reais)

Assets

2007

Current assets

Cash and cash equivalents Investments Inventory Total Current Assets

60

Em 31 de dezembro de 2007 (em Reais)

ativo

2007

Circulante

139.097 1.174.867 123 1.314.087

Disponibilidades Aplicações financeiras Estoques Total do ativo circulante

139.097 1.174.867 123 1.314.087

Fixed assets

Não circulante

Permanent Fixed asset 1.035.506 Total Fixed Assets 1.035.506

Permanente Imobilizado líquido 1.035.506 Total do ativo não circulante 1.035.506

TOTAL ASSETS

Liabilities and equity

2.349.593

2007

Current liabilities

Demonstrativos financeiros Financial statements

Balanço patrimonial

Accounts payable Wages and provisions Total Currents Liabilities

Total ativo

Passivo

2.349.593

2007

Circulante

50.322 63.986 114.408

corporate assets

Contas a pagar Provisões trabalhistas Total do passivo circulante

50.322 63.986 114.408

patrimônio social

Net Worth Accumulated superavit (deficit) Total Corporate Assets

2.390.269 (155.084) 2.235.185

Patrimônio social Superávit (déficit) acumulado Total do patrimônio social

2.390.269 (155.084) 2.235.185

TOTAL LIABILITIES

2.349.593

Total passivo

2.349.593

61


income

62

Demonstração de resultados

As at 31 December 2007 (In Reais)

Em 31 de dezembro de 2007 (em Reais)

2007

receitas operacionais

2007

Donations 1.999.462 Scholarship and Coleção Brasiliana expenses Scholarships (1.561.988) Coleção Brasiliana (205.742)

Doações 1.999.462 Custo com bolsas concedidas e Coleção Brasiliana Bolsas de estudo (1.561.988) Coleção Brasiliana (205.742)

231.732 Operating expenses Wages and benefits (287.463) Administrative expenses (235.617) Net financial income 136.264 (386.816)

superávit bruto

Gross superavit

surplus (deficit) of period

Demonstrativos financeiros Financial statements

Income statement

(155.084)

231.732

Despesas e receitas operacionais Despesas com pessoal Despesas administrativas e gerais Resultado financeiro líquido

(287.463) (235.617) 136.264 (386.816)

Superávit (déficit) do exercício

(155.084)

63


Fundação Estudar Conselho vitalício | founders

Administração | administration

Carlos Alberto da Veiga Sicupira Jorge Paulo Lemann Marcel Herrmann Telles

Thais Junqueira Franco Xavier Direção Executiva | Executive Director

Conselho Curador | board of trustees

Anna Victoria Lemann Osório Antonio Carlos Augusto Ribeiro Bonchristiano Bianka Cristine Van Hoegaerden Herrmann Telles Cecília de Paula Machado Sicupira Paulo Cezar Castello Branco Chaves de Aragão

Rosi Alves Comunicação e Projetos | Communications and Projects Maria Eugênia Pereira Administrativo e Financeiro | Administration and Finance Suelen Santos Garcia Comunicação e Projetos | Communications and Projects

Diretoria | alumni board

André Reginato (2004 a 2007) Claudio José Carvalho de Andrade (desde 2006) Marcelo Faria Parodi (desde 2006) Marcelo Barbosa (2004 a 2008) Ricardo Camargo Veirano (desde 2008) Veronica Allende Serra (desde 2008)

Rua Dr. Renato Paes de Barros, 1.017 15º andar – Itaim Bibi CEP 04530-001 – São Paulo – SP – Brasil www.estudar.org.br

Expediente | personnel Coordenação-Geral | General Coordination Rosi Alves

Projeto Gráfico | Graphic Design Marina Mattos e Raquel Matsushita | Entrelinha Design

Coordenação Editorial | Editorial Supervision Alexandrina Macedo

Diagramação | Desktop Publishing Marcel Ursini | Entrelinha Design

Redação e Reportagem | Writing and Reporting Agnes Godoy

Fotos | Photos Everton Ballardin CTP, impressão e acabamento | CTP, printing and finishing IBEP Gráfica

A impressão desse material foi inteiramente doada pela IBEP Gráfica. / The printing of this report was totally donated by IBEP Gráfica.

Profile for Fundação Estudar

Relatório Anual 2008  

Veja como foi o ano da Estudar em 2008.

Relatório Anual 2008  

Veja como foi o ano da Estudar em 2008.

Profile for estudar
Advertisement

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded