__MAIN_TEXT__
feature-image

Page 1


O DEUS DE TODO RECURSO


Rafael Bandeira

O DEUS DE TODO RECURSO Princípios bíblicos na captação de fundos para projetos transformadores 1ª edição

Curitiba/PR 2020


Rafael Bandeira

O Deus de todo recurso

Princípios bíblicos na captação de fundos para projetos transformadores

Coordenação editorial: Claudio Beckert Jr. Revisão: Josiane Zanon Moreschi Capa: Rafael Bandeira, Josiane Zanon Moreschi, canva.com Ilustrações: Rafael Bandeira Editoração eletrônica: Josiane Zanon Moreschi

Dados Internacionais de Catalogação na Publicação (CIP) (Câmara Brasileira do Livro, SP, Brasil)

Bandeira, Rafael O Deus de todo recurso: princípios bíblicos na captação de fundos para projetos transformadores / [texto e ilustração] Rafael Bandeira. - Curitiba, PR : Editora Evangélica Esperança, 2020. 112 p. ISBN 978-65-990619-0-5

1. Princípios bíblicos 2. Projetos 3. Recurso - Captação 4. Organizações cristãs 5. Gerenciamento 5. Missões I. Título

Índices para catálogo sistemático:

1. Organização cristã : Captação : Recursos

CDD-260

260

Salvo indicação, as citações bíblicas foram extraídas da Bíblia na versão Nova Almeida Atualizada © Sociedade Bíblica do Brasil, 2017. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução total e parcial sem permissão escrita dos editores.

Editora Evangélica Esperança

Rua Aviador Vicente Wolski, 353 - CEP 82510-420 Curitiba - PR Fone: (41) 3022-3390 comercial@editoraesperanca.com.br www.editoraesperanca.com.br


"Rafael escreve fácil, com a leveza de quem passeia por um assunto que lhe é familiar tanto em teoria quanto em prática. Consegue ser objetivo e abrangente, prático e didático, agradável e profundo. É um livro que precisa ser lido pelos que pretendem ou precisam mobilizar recursos." Marcio Garcia Fundador da MEAP e docente na área de levantamento de recursos para missões

“A obra O Deus de todo recurso é uma ferramenta ideal para gestores de projetos transformadores e para quem deseja aprender e refletir sobre captação de recursos – uma competência estratégica e fundamental para igrejas, missionários, empreendedores sociais, pesquisadores, organizações da sociedade civil e tantos outros.

Sua linguagem sincera, acessível e otimista contribui significativamente para dar esperança, motivação e inspiração a todos os que se dedicam ou desejam se dedicar à captação de recursos. Isso é muito importante, já que, para muitos, esta atividade pode trazer muito temor e ansiedade e, em alguns casos, até mesmo desesperança e competição (no sentido negativo da palavra).

Um dos capítulos que mais apreciei é o que explica o papel e as qualidades de um captador de recursos eficaz. A obra enfatiza a importância de o captador ser validado e valorizado em sua função, de ser estratégico, capaz e conectado com Deus. Os princípios bíblicos utilizados naquele capítulo (e em toda a obra) ajudam o leitor a compreender a natureza missional e privilegiada do captador de recursos, podendo atuar como peça fundamental na mobilização e uso dos recursos que pertencem a Deus para a transformação de vidas e comunidades e para o cuidado pela criação.


Também gostei muito da ênfase dada pelo autor à importância de o captador de recursos cuidar de si mesmo, da sua saúde e do seu bem-estar, para que possa cumprir bem o seu papel, alcançar seus objetivos e não descuidar de outras áreas importantes da vida, tais como o convívio com a família e o culto a Deus. É muito fácil e tentador “abraçar a causa” 24 horas do dia, nos 7 dias da semana, já que “a causa” está, muitas vezes, intimamente ligada aos valores e à missão de vida do captador.

O amplo uso de passagens e conceitos bíblicos permite que o leitor compreenda a captação de recursos, o papel do captador, o ciclo organizacional de captação e o gerenciamento dos recursos a partir de novas perspectivas que podem conduzir a práticas mais éticas e sustentáveis nessa importante área de atuação que tem se profissionalizado cada vez mais.” João Martinez da Cruz Gerente operacional da A Rocha Internacional, ex-representante nacional da Tearfund para o Brasil

“Este livro não oferece “fórmulas mágicas” para você garantir a sustentabilidade financeira da sua organização ou projeto. Porém você encontrará nele princípios e elementos que são fundamentais para que as ações de serviço que você realiza tenham uma vida longa e um impacto transformador na sociedade. O Deus de todo recurso nos convida a não apenas “incluir Deus” em nossa estratégia de captação de recursos, mas colocá-lo no centro dela. Boa leitura!” Bebeto Araújo Missão Aliança Noruega – Diretor para o Brasil


“Uma leitura leve, emocionante e recheada de orientações desafiadoras. Rafael Bandeira, com muita humildade, conseguiu retratar as principais características de um captador de recursos, e brilhantemente extraiu da Bíblia conceitos e valores norteadores para quem deseja se dedicar à busca de sustentabilidade de projetos que transformam vidas. Identificou, na história de vida de personagens bíblicos, acontecimentos que mostram a impotência humana suprida pelas possibilidades divina. O livro reconhece a soberania do único Deus, como provedor de todas as coisas. O impressionante é que Rafael, em nenhum momento, coloca a busca pelo recurso como alvo principal, e também não avalia o sucesso de um arrecadador pelos resultados financeiros alcançados, no entanto, reconhece que não há mérito em nós e todo resultado satisfatório é consequência de uma vida dedicada na dependência do Deus de todo recurso.” Emilene Araújo Gerente de Projetos Sociais – Sociedade Bíblica do Brasil

“Levantar sustento é certamente um dos maiores desafios enfrentados por aqueles que se dedicam aos mais diversos ministérios missionários em nosso país. A obra que você tem em mãos vem preencher uma lacuna que perdura há anos: a da necessidade de materiais que forneçam fundamento e encorajamento àqueles que se dedicam à urgente tarefa de mobilizar recursos para servir na expansão do Reino. Rafael Bandeira é uma das pessoas mais capacitadas que conheço para tratar desse tema. Aqui ele nos oferece uma obra escrita com o coração e a experiência de quem há anos tem se dedicado a contribuir para a maior eficácia de obreiros e


organizações neste propósito. Aqui temos uma sólida base bíblica e muitos princípios práticos fundamentais, que fazem deste livro um recurso útil para pastores, missionários, empreendedores sociais, e para todo cristão seriamente comprometido em servir a Deus com seus dons e talentos. Recomendo com alegria esta ferramenta essencial para todos os que dedicam suas vidas à missão de Deus nos mais diversos contextos da igreja brasileira.” Leandro Silva Missionário da Action International Ministries e Presidente da Missão ALEF

"A história mostra que foram as igrejas as primeiras grandes captadoras no mundo. O que hoje é reconhecido internacionalmente como uma competência de gestão, começou há milênios, como forma de estruturar a disseminação da Palavra de Deus e, em alguns casos, de lutar para defendê-la. Com este livro, Rafael retoma e organiza o conceito, apresentando-o de forma clara e objetiva para aquelas pessoas que estão na linha de frente do trabalho missionário e de transformação social. É uma grande inspiração para todos os que desejam gerar mais impacto, inspirados nos valores cristãos." João Paulo Vergueiro Associação Brasileira de Captadores de Recursos – ABCR

“Rafael Bandeira tem se destacado como um grande mobilizador de pessoas e instituições, ajudando diversas organizações e igrejas a levantar recursos para projetos significativos para o Reino de Deus. Neste livro estão unidos reflexão bíblica e conhecimento prático, conduzindo o leitor a compreender desde elementos fundamentais


na captação e gestão de recursos até o princípio sem o qual nenhum captador cristão pode viver: a confiança no Deus de todo recurso. O livro apresenta-se como necessário para uma área de pouca atenção profissional nas instituições cristãs.”

Lucas Merlo Nascimento Coordenador Acadêmico da Faculdade Teológica Batista de São Paulo

“Pense em uma oportunidade animadora! O livro O Deus de todo Recurso é essa oportunidade. Ele é um guia para orientação de como buscar os recursos financeiros para realizar o projeto que sonhamos ou no qual já estamos trabalhando. O texto é um convite para conhecermos os ensinos bíblicos sobre riqueza infinita de Deus e sua generosidade, e para confiarmos que ele suprirá os recursos necessários. É uma ferramenta para o desenvolvimento de projetos, para rever a gestão, as motivações e para empreender na captação de recursos. É uma leitura agradável de conteúdo prático e encorajador. Dá vontade de pôr a mão na massa e começar já a empreender a transformação social tão esperada. Tudo começou em uma viagem missionária... comece do zero e mãos à obra!”

Ivone Lima Botelho Diretora da Faculdade Latino-americana – FLAM


Para todas organizações cristãs que, mediante um chamado, enfrentam desafios diários na busca por recursos necessários ao cumprimento da missão que lhes foi confiada pelo Pai.

Para missionários que, inspirados por Deus, se veem diante de um grande desafio na realização e cumprimento do chamado divino de pregar as Boas Novas e promover a transformação integral do homem nos mais adversos contextos sociais do país. Para empresários e investidores, que possam servir a Deus com todo seu talento, reconhecendo que ele é o dono de todas as coisas, e lhes confiou a responsabilidade de cooperar nas mais diversas iniciativas do Reino de Deus.


Agradecimentos Ao Senhor Jesus, por me alcançar e por ter sido transformado e redimido pelo seu sangue e por me permitir enxergar este mundo com os olhos da fé e da Palavra de Deus. Aos meus pais, Lúcio e Tereza Bandeira, que dedicaram anos de sua vida na minha formação como servo de Deus e ministro no seu Reino. Sem eles, eu não teria sido capaz de conhecer os caminhos do Senhor. Posso dizer que o Deus dos meus pais, é o meu Deus. À minha igreja local, na qual sirvo e posso estar em comunhão com meus irmãos e irmãs, desenvolvendo relacionamentos de amor, edificando e sendo edificado.

Ao corpo editorial da Editora Esperança e à Missão ALEF por acreditarem e investirem neste projeto, o primeiro de muitos que estão por vir. Aos meus amigos, que têm me acompanhado nessa aventura, que me ouvem e me aconselham e intercedem por mim. Sem vocês essa caminhada seria muito difícil. Em especial, à minha família amada, que tem me apoiado incondicionalmente nessa jornada ministerial, mesmo isso implicando em sacrifícios, contudo, tendo em mente que, na glória, seremos recompensados.


Sumário Agradecimentos.....................................................................................13 Sumário...................................................................................................15

Prefácio.................................................................................................................17

Introdução.........................................................................................19 1 Criando do zero.............................................................................................21

2 O perfil do captador de recursos..........................................................35

3 Ciclo organizacional de captação de recursos...............................55 4 Gerenciando os recursos do Senhor.....................................................65

5 Depositando a confiança em Deus........................................................77 6 Todo recurso vem do Senhor..................................................................87

Considerações finais.......................................................................................101


Prefácio Há quase 30 anos, como resultado do meu chamado missionário, tenho empregado minha vida no desenvolvimento de projetos de transformação social. Experimentei na prática a concretização de uma obra de fé, crendo no ¨Deus de todo recurso¨, e desfrutando da sua fidelidade, ano após ano. Não apenas isso, mas, com minha equipe, e com o próprio Rafael Bandeira, temos trabalhado juntos para fortalecer os braços de centenas de empreendedores sociais cristãos, nutrindo um grande movimento de transformação social que tem impactado milhares de vidas. Os princípios que o meu querido amigo e irmão Rafael Bandeira nos aponta neste livro são eternos, sólido fundamento, ancorado na Verdade eterna, para quem deseja deixar um legado de vida e transformação na sociedade. Segui-los significará a realização dos seus sonhos e da sua vocação. Ignorá-los, a despeito da utilização de quaisquer ferramentas humanas bem elaboradas, levará ao fracasso dos ideais que nunca se tornam realidade.

A obra do Rafael preenche uma lacuna na formação de líderes, missionários e empreendedores sociais cristãos. Quantos projetos sucumbem por falta de visão, fundamentos e ferramentas na área de captação de recursos? Por isso, este livro vem curar uma das grandes dores e suprir o maior anseio dos empreendedores cristãos: o que é preciso e como fazer para que um sonho de transformação seja chamado à existência e cresça no cumprimento da sua missão.


20

O Deus de todo recurso

Nesta obra, Rafael consolida muitos anos de andanças pelo país e de uma forte atuação como consultor na área de captação de recursos para a ação social cristã, deixando um legado à disposição dos empreendedores sociais. Boa leitura!

Mauricio Cunha Presidente do CADI Brasil


Introdução Em 2014, após uma viagem missionária a Moçambique, África, senti-me vocacionado a ajudar pessoas, ou seja, dando suporte àqueles que padecem alguma necessidade, ou por meio de projetos, movimentos sociais ou instituições. Todo esse processo decisório certamente contarei em outro livro, contudo não poderia deixar de mencionar que meu chamado envolve instrumentalizar líderes e organizações para a área gestão e, no caso desta obra, em captação de recursos, uma peculiar atividade que, confesso, nem sabia que existia.

Desde o início do exercício desse trabalho tenho atuado no contexto no qual as iniciativas sociais são desenvolvidas tendo como base valores e a fé cristã, razão pela qual a minha abordagem nesta obra é específica e reflete a realidade na qual tenho atuado. Dessa forma, tenho me deparado com uma grande lacuna de conhecimento que instituições, dirigentes, líderes e agentes de desenvolvimento têm em relação ao assunto que versa sobre captação e mobilização de recursos para iniciativas transformadoras.

Fiquei feliz por poder me dedicar à pesquisa do tema, assim como buscar assessorar entidades que já fazem um trabalho missionário e de impacto social relevante em suas respectivas comunidades, compartilhando com elas experiências e conhecimento obtidos no exercício da profissão de captador de recursos aqui no Brasil.


22

O Deus de todo recurso

Esta obra não tem como objetivo esgotar o tema nem promover uma abordagem exaustiva e aprofundada sobre fundraising1. Entendo que há muitas obras já publicadas com um maior nível de detalhamento, obras técnicas às quais o leitor poderá recorrer, caso deseje. Contudo, acredito profundamente que a Bíblia Sagrada é um verdadeiro manual do comportamento humano, uma fonte riquíssima de instrução sobre todos os temas que o homem deseja compreender. As Escrituras são o ponto de partida para enxergarmos o mundo e as relações humanas. O Deus Todo-Poderoso é aquele que tem em suas mãos as riquezas, o poder, o controle da história e do Universo. Eu creio nisso e a Bíblia diz isso. O que esse Deus tem a nos dizer sobre um tema tão importante no desenvolvimento da nossa missão?

Essas reflexões poderão ser encontradas nas páginas seguintes e sei que, assim como eu tenho ouvido instruções e princípios relacionados à captação de recursos nas Escrituras, intercedo para que o Espírito Santo também fale ao seu coração, edificando seu ministério e sua organização.

Não sou teólogo (ainda), mas sou filho de um. Meu pai sempre me mostrou o valor das Sagradas Escrituras. Embora atuando muitos anos como administrador de empresas, há tempos tenho me dedicado a estruturar formas para que missionários e organizações possam promover a transformação integral do homem com temor a Deus, excelência em gestão e eficácia dos trabalhos. Você tem em mãos o fruto de diversos momentos de devocional de um captador com o Deus que é dono de todos os recursos. Boa leitura!

1

Termo em inglês para obtenção de fundos.


1 Criando do zero O que faz um captador de recursos?

Eu não sabia que essa atividade existia, confesso. Mas em 2015, em um momento no qual estava orando a Deus, ouvindo instruções específicas do Senhor para minha vida, fui direcionado a desempenhar tal papel. Havia acabado de pedir demissão do serviço público federal para me dedicar exclusivamente ao apoio de organizações na área de administração, mas ainda estava por descobrir o que exatamente eu faria. Não sabia que existia um profissional com tão grande comprometimento com uma causa ao ponto de ser um porta-voz para que outras pessoas e organizações pudessem renunciar a seus recursos e direcioná-los ao cumprimento de uma missão.

Talvez você, assim como eu, esteja ouvindo sobre o tema pela primeira vez, não sabe por onde começar, o que fazer, onde buscar informações. Mas fique em paz, pois você está dando um grande passo em seu desenvolvimento. Não posso dizer que a caminhada será curta, fácil e simples, mas posso assegurar que você começou com uma perspectiva correta, a perspectiva da Palavra de Deus.


24

O Deus de todo recurso

Examinaremos passagens bíblicas e descobriremos quais reflexões podemos realizar sobre o trabalho de mobilizar fundos para viabilizar projetos transformadores. Eu não poderia iniciar este livro falando de qualquer outro texto que não fosse a criação.

Não considere isso um clichê ou uma tentativa de seguir uma ordem dos livros bíblicos, mas confesso que, durante a leitura de Gênesis 1, eu me vi diante de muitas situações pelas quais já passei no assessoramento a organizações que estavam iniciando seus trabalhos de captação e mobilização de recursos.

De fato, uma situação idêntica à descrita no primeiro livro bíblico: um caos total. Sem direção, sem coordenação, sem uma visão ou um planejamento dos trabalhos a serem desenvolvidos, é assim que muitas organizações e projetos sociais ou missionários se veem neste momento (não sei se é o seu caso, mas me desculpe a franqueza): estão sem forma e vazios.

Mas há uma boa notícia para você: o Espírito de Deus está pairando sobre essa situação, ele está bem perto e pode certamente trazer ordem a tudo isso, assim como fez com a criação. E, cá pra nós, se ele conseguiu organizar toda a criação, trazendo à existência coisas que não haviam ainda, por que não poderia ajudá-lo em seu projeto? Analisemos, pois, esse importante trecho das escrituras e vejamos o que ela pode nos instruir sobre a mobilização de recursos para projetos transformadores.


1 - Criando do zero

25

Reconheça que a situação pode não ser adequada A terra era sem forma e vazia; havia trevas sobre a face do abismo, e o Espírito de Deus se movia sobre a face das águas. (Gênesis 1.2) Era um fato: a Terra era sem forma e vazia. Não consigo imaginar com exatidão isso, a não ser como um contexto de escuridão e sem referências.

Muitas organizações, igrejas e projetos missionários estão cheios de sonhos, de boas intenções, mas quando olham com mais atenção para si mesmos não conseguem extrair um planejamento estratégico básico, um plano de ação para o ano corrente, não têm um projeto escrito, bem estruturado e pronto para ser captado. O que têm são apenas sonhos, não têm conteúdo, nem forma, não têm referências nas quais possam se basear, ou seja, estão vazios.

Por mais simples que seja um planejamento de ações, é necessário colocar no papel, chamar a diretoria, reunir voluntários, definir onde queremos chegar, quais são nossas forças e fraquezas, o que pode nos ameaçar na trajetória. Estou falando não apenas de ter uma ideia clara na mente, mas abrir seu computador (ou seu caderno) e começar a digitar algumas coisas que Deus tem colocado em seu coração. Ou seja, começar a organizar tudo isso! A maioria das organizações com as quais converso são repletas de sonhos acerca do futuro. Conseguem enxergar maravilhosos projetos sendo executados, realidades de vidas sendo transformadas e o Reino de Deus incrivelmente expandido. Quando pergunto se existe algum documento que registra tudo isso, pode ser uma planilha, uma apresentação em slides ou um texto a resposta que mais ouço é não. Quando se trata da sustentabilidade ou da viabilidade


26

O Deus de todo recurso

financeira desses sonhos a negativa é quase unanimidade. Muitas delas nunca sequer ouviram falar de mobilização de recursos. É necessário um Plano de Captação de Recursos para qualquer organização, para qualquer projeto dentro ou fora de uma igreja, para qualquer missionário que deseja implantar uma iniciativa em alguma comunidade ao redor do mundo.

Uma ordem para cada coisa, um plano, uma direção. Temos um Deus organizado, que faz do caos um lugar habitável, e esse mesmo Deus deseja que, ao iniciarmos grandes empreendimentos em seu Reino, possamos agir com fé e disciplina na concretização da sua visão para este mundo. O que cabe a nós, obreiros, atentarmos nessa fase inicial da mobilização dos recursos?

Faça uma análise clara da situação

Então Deus disse: – Haja luz! E houve luz. (Gênesis 1.3) Não há nada melhor do que trabalhar em um lugar bem iluminado, não é verdade? Uma luz fraca nos impede de ver com clareza as coisas, e pode, inclusive, nos levar a cometer erros e causar acidentes.

Uma das primeiras coisas que você faz ao chegar na sua instituição ou igreja é acender as luzes, não é? Isso porque a luz proporciona segurança, afinal, assim você consegue identificar onde está cada coisa. O início do desenvolvimento da atividade de captação de recursos requer sabermos, de fato, como estamos, quem somos, o que podemos fazer e, principalmente, o que pode nos ameaçar.


27

1 - Criando do zero

Você certamente já ouviu falar da metodologia de análise SWOT (Strengt, Weakness, Opportunity e Threaths) que traduzido são: Forças, Fraquezas, Oportunidades e Ameaças.

FORÇAS

Aspectos positivos e favoráveis à captação de recursos dentro da sua organização.

FRAQUEZAS

Aspectos negativos e desfavoráveis à captação de recursos dentro da sua organização.

OPORTUNIDADES

AMEAÇAS

Características ou conjunturas externas que influenciam (ou influenciarão) positivamente a captação de recursos em sua organização.

Características ou conjunturas externas que influenciam (ou influenciarão) negativamente a captação de recursos em sua organização.

Análise SWOT (Adaptador pelo autor)

Essa é uma excelente forma de você poder enxergar com clareza a situação da sua organização, do seu projeto missionário diante das intenções e objetivos que você pretende realizar. Realizar esse exercício trará maior entendimento sobre sua situação e o contexto no qual está trabalhando, ou irá trabalhar. Recentemente comemorei dez anos de casado. Temos dois lindos filhos e, como você sabe, a vida familiar, muitas vezes, é corrida e faz com que baixemos um pouco a guarda em relação ao cuidado pessoal.


28

O Deus de todo recurso

Profile for Editora Esperança

O DEUS DE TODO RECURSO - Princípios bíblicos na captação de fundos para projetos transformadores  

Advertisement

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded