Page 1


S

Editorial Modelos de parceria Há muitos modelos de parceria: casais, famílias, sociedades empresariais, projetos público-privados, iniciativas comunitárias, associações de classe, entidades de bairros, etc. Como ninguém é uma ilha, precisamos de apoio, partilha, divisão, pertencimento. Sem isso, perdemos identidade, articulação e, até mesmo, poder. Esta edição de Ênfase é o resultado de mais uma parceria da revista com empresários de Atibaia e região para produzir um conteúdo atraente para os nossos leitores. A informação comercial e de prestação de serviço convive com a informação editorial, esta nos assuntos, eventos e fatos que mais movimentam a cidade. Entre as muitas experiências de parceria na cidade, queremos destacar a Fanfarra Municipal, que vai neste mês de julho para a Alemanha, onde participará de um festival internacional de bandas marciais. Pais, empresários, apreciadores da música, autoridades e moradores comuns se uniram para arrecadar os recursos necessários à viagem. Não há diferenças partidárias, ideológicas ou de qualquer outra espécie. Todos estão juntos, porque se orgulham da corporação que representa a cidade, acima de qualquer coisa. Desejamos à FAMA todo o sucesso do mundo. Boa viagem e boa volta.

Rogério Nunes Pereira Diretoria Rogério Nunes Pereira

Colunista Ana Gouvêa MTB 56.918

Publicidade Aparecida D. de João Rogério Nunes Pereira

Fotos Anderson Luis Bonioli Emerson Morelli

Revisão de texto Millena L. Simões Leme

Arte e diagramação: Editora Ênfase Regina C.T.T. Cardoso

Jornalista responsável Luiz Gonzaga Neto MTB 11.336

Impressão Gráfica e Editora Modelo Tiragem: 3000 exemplares

Editora Ênfase Rua Yolando Malozzi 36 sala 3 Cep 12942-450 - Atibaia - São Paulo

Telefone: 11 4402-4220

vendas@revistaenfase.com.br

www.revistaenfase.com.br Conceitos ou opiniões emitidos em artigos assinados, bem como logotipos e imagens inseridos em anúncios, não são da responsabilidade desta Editora

umário

Arte: Regina C. T. Telles Cardoso Foto: Emerson Morelli

8 14

Quem é o deputado Roberto Santiago?

34

Içami Tiba e suas lições bem-humoradas

Beto Trícoli fala sobre Atibaia

58

68

Artista de Atibaia na novela Passione

Brasil - Europa diário de bordo

A Revista é distribuída nos seguintes condomínios de Atibaia Aclimação Água Verde Alpes Douro Ana Augusta Arco-Íris Chácara Pedra Grande Clube da Montanha Dom Daniele Estância Atibaia Flamboyant Grêmio Lince Horto IVCA Maison dos Gamez Mansão Parque Marfi

Nova Atibaia Palavra da Vida Panorama Parque Residencial Pqe. das Garças I- III Parque das Garças II Parque dos Manacás Paulista Garden Pedra Grande Estância Park Atibaia Portal das Hortências Portal Gamez Porto Atibaia Quintas de Sta. Helena Recanto dos Ipês Residencial Atibaia

Residencial Floresta Park San Felipe Santa Mônica Saua Shambala I Shambala II Vale do Sol Vila Fiorita Vila Santa Tereza Villaggio Conde Passadori Villaggio de Cesare Vilagio Miramonte Vilagio Montecarlo

Caso não tenha recebido a revista entre em contato conosco: (11) 4402.4220 - email: vendas@revistaenfase.com.br

Ênfase - Junho 2010

3


M

omentos

Ana Gouvêa é jornalista e apresenta o programa COTIDIANA nas emissoras Altiora e Mantiqueira. Contato:cotidianagouvea@gmail.com

V

iva Atibaia!!

Nesta edição comemoramos mais um aniversário da nossa querida cidade! Parabéns para nós que a escolhemos para viver e trabalhar. Desejo a todos um ano repleto de saúde, paz, fraternidade, investimentos e desenvolvimento sustentável.

Um belíssimo evento marcou a inauguração do Quantum Diagnóstico que passou a ser referência no atendimento laboratorial da cidade. A Impacto Bolsas e Acessórios chegou à Atibaia. Ise e Louise receberam amigos e familiares em noite de inauguração.

O Clube Música trouxe alegria e boa música nesta edição de 2010. Músicos e público viveram grandes momentos musicais.

O Centro de Convenções recebeu cerca de 2.500 pessoas no lançamento do Projeto Juventude 2010. Dentre os debatedores, Jonas Almeida e Oscar Filho.

Foi um sucesso a apresentação do espetáculo A morte é uma piada! no Clube Recreativo. O ator Renato Prieto e elenco foram brilhantes! Foto: agitoatibaia

Gabriel Chalita fez a abertura do Fórum Nacional de Políticas e Práticas Educacionais em Atibaia. O programa COTIDIANA passou a ser exibido também através do site www.artvweb.com.br . Paulo Cavalheiro é o diretor comercial da ARTV.

6

Ênfase - Junho 2010

Pela primeira vez Atibaia recebeu o projeto Ação Global que recebeu a participação de 49.775 mil pessoas. Registrei na ala de leitura, a professora de Libras Rosa Nunes.


Vereadores se reuniram, em uma fria segunda-feira, para comemorar o aniversário do colega Toninho da Coap.

M

omentos

Ercília Bacci em grande estilo, reabriu ao público sua exposição “20 Anos de Janela” no Hotel Gran Roca.

O dr. José Theodoro Pinto ministrou palestra no curso de especialização da UNIP e recebeu o certificado do dr. Rafael Moscatielo e do dr. Daudi Marques. Nesta palestra, Theodoro abordou o tema “Técnicas e desenvolvimentos atuais da implantodontia moderna”. Ele foi convidado a fazer parte da banca para avaliar as monografias de alunos da especialização.

A praça Santa Efigênia (em frente à Escola Terra Brasil ) passou a se chamar Praça José Carlos Ribeiro. A família TERRA BRASIL esteve presente na cerimônia que marcou a mudança de nome.

Companhia Têxtil, hoje estacionamento

flores cravos; flor de lis. Súbito, na meia-luz suave, nossos corpos lampejam; Fernando Palmari

No início do século passado, o município doou terrenos à Cia Têxtil para construção de fábricas, estimulando o emprego em Atibaia. Muitos moradores trabalharam ali e puderam manter suas famílias. Parte dos trabalhadores residia nas imediações da Têxtil, em casas que ainda marcam a paisagem urbana daquela região. Só que a economia mudou de ciclo, as décadas passaram como vento e poeira, as unidades fabris foram desativadas e, no local, restaram ruínas e abandono, lamentadas em prosa e verso pela comunidade e pela classe política. Neste ano, enquanto luta na Justiça pela retomada dos imóveis em processo que se arrasta há mais de 20 anos, a Prefeitura obteve a autorização para limpar a área, hoje utilizada como estacionamento. As paredes caíram, mas um novo horizonte também se abriu. Ênfase - Junho 2010

7


Q

uem é o deputado Roberto Santiago?

Sua origem está no sindicalismo. Como deputado federal, ele é um dos 100 parlamentares mais influentes do Congresso, de acordo com a publicação “Os cabeças do Congresso Nacional”, do Diap (Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar), nas edições de 2009 e 2010. A publicação diz que ele é “um grande aliado dos trabalhadores, aposentados e pensionistas na Comissão de Trabalho”. Roberto Santiago (PV-SP), paulistano de 51 anos, tem escritório em Atibaia e está focando seu mandato na região. “É uma região que, tirando Atibaia e Bragança, é a segunda mais carente do Estado. E, por falar em Estado, São Paulo nos tira a água, para abastecer a grande metrópole, e nada nos dá em contrapartida”. Por essa primeira declaração à revista Ênfase, em entrevista no final de maio, a impressão sobre Santiago é de que ele é realmente combativo. Sua figura humana é marcada pela educação e a atenção a todos os que o procuram. Mas ele parece também muito impaciente, principalmente com a forma pela qual

8

Ênfase - Junho 2010

a política acontece no país. “Tem muita reunião, muita conversa e os projetos saem lentamente. Sou uma voz única e preciso do apoio da população para levarmos à frente as melhores ideias”.

os moradores de Atibaia, de Piracaia e das outras cidades da região, estamos montando um novo Brasil, que respeitará nossos sonhos, em que tenhamos orgulho de trabalhar.

Entre as melhores ideias, está a universidade federal da região bragantina, projeto que está em tramitação na Câmara dos Deputados. Em parceria com o vereador Rodrigo Parras, Santiago entabulou uma alternativa, chamada de “plano B”: trazer para a cidade um campus da Universidade Federal do ABC. Para isso, articulou em Brasília emenda ao projeto que criou a UFABC, ampliando sua área de alcance, com a ajuda do deputado federal Vicentinho.

Quais seriam suas principais bandeiras como deputado?

Por esse detalhe, dá para concluir que Santiago tem bom relacionamento com o PT. E tem mesmo, embora os estilos de política, entre as duas siglas, tocadas pelos petistas e pelos verdes, sejam bastante diferentes. “A política é a arte do possível. É uma atividade pragmática, em que não cabe muito conceitualismo, abstração, viagem de cabeça. Temos de ser práticos. Compreender os mecanismos de resolução, dentro dos escaninhos do Congresso, e ir atrás de nossos sonhos”. Roberto, como deputado federal, você viaja pelo país. Uma hora, está em Atibaia. Outra, em Brasília ou São Paulo. Como vê o brasileiro? Santiago – Tem gente que não entende direito o que é ser brasileiro, a verdadeira alma brasileira. Onde pulsa aquele nosso estilo de pura brasilidade? No transformar a queda em novas oportunidades, no acreditar sempre, até contra as evidências em contrário, e nunca, nunca mesmo, desistir. É o que defino como ser brasileiro e brasileira. Isso tem a ver com o mandato participativo, não é? Santiago – Tudo a ver. Junto com

Santiago – A valorização do salário mínimo, a busca de políticas públicas que protejam o meio ambiente e a inclusão do jovem no mercado de trabalho. Entre as questões pontuais, lutamos pelo reajuste das aposentadorias, conquista deste ano. E, evidentemente, o sonho da universidade federal da região bragantina – com o plano B do campus da Universidade Federal do ABC – é hoje uma questão de honra, da qual não abro mão. A educação é mais importante que a saúde? Santiago - Diria que é tanto importante quanto. Mas acrescentaria também que, sem educação, não vamos a lugar algum. Precisamos de qualificação permanente, de mais investimentos em projetos educacionais. Com educação de qualidade, o Brasil terá um ganho de curto prazo, tornando-se um país muito mais justo e com muito mais oportunidades para todos nós. A política foi uma paixão despertada em família? Santiago – Sim, meu avô, que foi deputado, bem votado, mas cassado. E diria que fui o preso político mais jovem. Estava na barriga de minha mãe, quando ela, integrante da Juventude Socialista, foi presa. Quando se fala em patrimônio, quando se fala em gastos com campanha (que podem superar os 3 milhões de reais), é possível confiar no político brasileiro?


Santiago – A política teve muito escândalo e o político ficou desprestigiado, diante do eleitor comum. Mas continuo acreditando numa política equilibrada, feita de projetos discutidos em mandato participativo (partilhado com os eleitores), sem corrupção ou ganância patrimonialista. Você foi relator do Salário Mínimo, que passou por aumento real de 45% desde 2002, com a superação da barreira dos

200 dólares. O SM ainda pode ser considerado? Santiago – Há uma enorme distorção na partilha da riqueza no país, mas o salário mínimo se tornou um dos principais fatores de distribuição de renda e de sustentação do mercado consumidor brasileiro. Como político contemporâneo, você acredita nas novas tecnologias?

Santiago – Sim, tanto que o eleitor pode me acompanhar, além do site da Câmara dos Deputados, pelo meu blog e pelo twitter. Acredito na rapidez da informação e também numa mídia profissionalizada. Deixo aqui o meu abraço à revista Ênfase e a todos os seus leitores. Atibaia, 11 de junho de 2010.

Deputado apoiou a instalação do Cenap O Cenap funcionava antes em um prédio no Balneário Municipal. A entidade realiza pesquisas de predadores naturais em todo o país. O centro também é responsável pela administração de 20 unidades de conservação, espalhadas pelos estados de Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Minas Gerais. Cenap Atibaia

O deputado Roberto Santiago apoiou, entre outras iniciativas, a instalação em Atibaia do Centro Nacional de Pesquisas para a Conservação dos Predadores Naturais (Cenap). O investimento contou com recursos do governo federal e o deputado participou da articulação política. A área do centro, na Usina, possui aproximadamente 7,1 mil m².

Cenap Atibaia

Seus estudos focam os conflitos entre predadores e humanos, principalmente em áreas com grande atividade econômica, como nas fazendas de gado corte do Centro-Oeste, e humana, nas regiões populosas do Centro Sul do país, principalmente no Estado de São Paulo. O Pantanal é a principal região de trabalho dos pesquisadores do Cenap. Esta é a região que possui a maior quantidade de informações a respeito de carnívoros no país. Resultado, também, da grande concentração de animais, cerca de 7 por 100 quilômetros quadrados. O Cenap pretende ampliar os estudos na Amazônia e na caatinga (regiões praticamente desconhecidas para os pesquisadores), além dos estados do Sudeste e Sul.

Em Atibaia, os pesquisadores, em parceria com a Unicamp, buscam entender como os animais utilizam um cenário como o nosso, com muita atividade humana, para sobreviver. Com a expansão imobiliária - que passou a ocupar áreas habitadas anteriormente por carnívoros - animais e humanos passaram a dividir o mesmo habitat. A nova sede possibilita uma maior eficácia nas pesquisas. A escolha de Atibaia para abrigar o Cenap foi estratégica, pela proximidade dos principais aeroportos e acesso às grandes universidades, como Unicamp e Usp. Na programação da unidade, estão estudos sobre problemas que envolvem a saúde pública, como a raiva, e atividades de geoprocessamento. O Cenap de Atibaia funcionará como uma referência nacional.

Cenap Atibaia

Ênfase - Junho 2010

9


F

estival de inverno e do funk ao pop-rock que então vigorava no Brasil.

Tom Zé e Ed Motta estão entre as atrações do Festival de Inverno

Tropicalista, reinventor do samba, artista pop excêntrico, influenciador de inúmeros jovens artistas, pensador incansável, cantor cult esquecido, ícone da MPB. Tom Zé já fez muito e já foi muitos nos 70 anos que fez em 2009. Mas uma coisa nunca mudou, como apontou Ronaldo Evangelista para a Folha de S. Paulo: a originalidade de sua obra. No ano passado, ele comemorou o aniversário, estrelando documentário sobre sua vida e obra. Tom Zé não chegou aos 70 anos impunemente, nem a música brasileira mexida e remexida por ele.

A chegada de junho faz o morador e o turista de Atibaia, pelo menos aqueles que gostam de boa música, pensarem em duas novidades: o show do dia 24 de junho, na praça da Matriz, e as atrações do Festival de Inverno. Neste ano, a dupla Kleiton & Kledir, os gaúchos da MPB dos anos 80, faz a noite musical do aniversário da cidade, que cai numa quinta-feira. Já o Festival de Inverno reserva, em julho, grandes nomes da música brasileira, como Lenine, Ed Motta, Maria Gadú e Tom Zé. Ed Motta despontou em fins dos anos 80, como cantor vigoroso e compositor de canções como “Manuel”, “Vamos dançar”, “Baixo Rio” e “Um love”. Sucessos marcados por exuberante musicalidade e que introduziam fortes componentes do soul

Filho de um velho comunista e de uma católica praticante, o pernambucano (de Recife) Lenine criou-se em meio a um acordo político em família. Lenine teve seu som gravado por Elba Ramalho, sendo ela a primeira cantora de sucesso nacional a gravar uma músi-

ca sua. Depois vieram Fernanda Abreu, O Rappa, Milton Nascimento, Maria Rita, Maria Bethânia e muitos outros. A paulistana Maria Gadú é cantora, compositora e violonista de MPB. Ganhou destaque ao interpretar “Ne me quitte pas”, de Jacques Brel, para o diretor Jayme Monjardim, que estava em fase de pré-produção da minissérie Maysa - Quando Fala o Coração. No início de 2009, aos 22 anos de idade, Maria Gadú preparou seu primeiro álbum. A canção “Shimbalaiê”, sua primeira composição aos 10 anos de idade, foi incluída na trilha sonora de mais uma produção da TV Globo, desta vez em horário nobre, a novela Viver a Vida. Homossexual assumida, ela participou de um show do cantor e compositor sueco-americano EagleEye Cherry em São Paulo, no dia 21 de Janeiro de 2010, realizado na Via Funchal. O show foi registrado para o DVD ao vivo do cantor.

Quer causar

Bulk Ink

Recarregamos seu Cartucho na hora Manutenção em impressoras Assistência Técnica

Sistema Contínuo de Impressão

Boa impressão ???

ECONOMIZE

95% na impressão

Disk-Cartuchos: Maior rendimento, qualidade e comodidade

(11) 3402-0599 ou 9484-7736

RECARREGUE VOCÊ MESMO !!!

Av. São João, 441 - Centro - Atibaia/SP

e dispense a troca contínua de cartuchos.

h9cartuchos@bol.com.br

10

Ênfase - Junho 2010


ĂŠnfase - Junho 2010

11


B

ullying

Quem nunca foi zoado ou zoou alguém na escola? Risadinhas, empurrões, fofocas, apelidos como “bola”, “rolha de poço”, “quatro-olhos”, “pedra grande”, “monstrinho”. Todo mundo já testemunhou uma dessas “brincadeirinhas” ou foi vítima delas. Mas esse comportamento, considerado normal por muitos pais, alunos e até professores, está longe de ser inocente. Ele é tão comum entre crianças e adolescentes que recebe até um nome especial: bullying Você sabe o que significa bullying? Bullying é uma palavra da língua inglesa que significa gozar, humilhar, intimidar, ofender, agredir, discriminar e colocar apelidos maliciosos em um determinado indivíduo. É um conjunto de atitudes hostis propositadas, recorrentes e sem causa manifesta, empreendido por um sujeito (ou grupo) que ocasiona aflição a outrem. Um aluno que sofre com o bullying, dentro da escola, começa a rejeitar a mesma, muitas vezes pede para mudar de sala de aula, apresenta queda no rendimento escolar, passa a apresentar sinais de somatizações (diarréia, vômitos, dores abdominais, asma, insônia e pesadelos), e problemas emocionais (como tristeza, depressão) ou sociais (como isolamento e não participação em atividades de grupo). Os pais devem estar sempre atentos para a possibilidade do seu filho estar sofrendo bullying. Acompanhar a socialização da criança é tão, ou mais, importante quanto tomar conhecimento do seu aproveitamento escolar. Muito mais importante que garantir o uso adequado da crase é garantir um relacionamento saudável entre os alunos. Fechar os olhos e dizer que na minha escola isso não acontece, é ser omisso com a formação integral dos alunos, pois é impossível formar um aluno só visando os objetivos pedagógicos. É necessário que todos os envolvidos no processo educacional estejam atentos a este vilão que permeia a educação do século XXI e elaborem planos de ação em que valores como o respeito, amor, companheirismo e cidadania sejam constantemente abordados. Consequentemente os ambientes escolares que investirem nesses valores tão esquecidos em tempos atuais, estarão contribuindo para que a prática do Bullying venha a se extinguir em nossas escolas. A escola de hoje vai além do processo de escolarização.

Maria Thereza Galle Malpighi (Teka) Assessora Pedagógica tekamalpighi@hotmail.com

12

Ênfase - Junho 2010


E

scola Internacional participa de Intercâmbio nos EUA!

que o recebeu como filho. Um dos nossos desafios como pais é permear a memória dos nossos filhos de boas experiências e estamos certos de que esta jamais será esquecida. Nosso agradecimento a toda a equipe da Escola Internacional que trabalha com dedicação e carinho, visando sempre o crescimento acadêmico e humano” (Pais do Lucas Silva – 1º Médio) Durante um período de 23 dias, entre os meses de março e abril deste ano, 14 alunos da Escola Internacional Preparando Gerações (EIPG) participaram de mais uma experiência de intercâmbio cultural de tremendo enriquecimento à vida acadêmica e social de seus alunos. A EIPG e a CVCA (Cuyahoga Valley Christian Academy) têm uma parceria desde o ano de 2008. Os alunos que participaram deste programa assistem às aulas juntamente com os alunos americanos, ficam hospedados em casa de famílias de alunos da CVCA, além de desfrutarem de muitos passeios educativos e de lazer. A EIPG também incluiu em seu programa uma passagem por Orlando, com visita aos principais parques de diversão, para a alegria de todos.

Esta é a 4ª viagem de intercâmbio que a EIPG faz para os EUA, cumprindo sua proposta de formar cidadãos bilingues que influenciarão o mundo. “A nossa viagem com a EIPG foi muito boa! O tempo que passamos na CVCA foi uma experiência única, aprendemos muito sobre os costumes americanos... Foi uma experiência muito boa!” (Carolina Pimentel – 1º Médio)

EIPG é a primeira escola bilíngue de Atibaia e região. Agende uma visita e venha conhecer nosso campus com linda área arborizada de 6.000 m², 2 quadras poliesportivas, 2 piscinas, salas, laboratórios, refeitório e muito mais! “Mais do que a melhor escola... a melhor escolha!”

Escola Internacional Preparando Gerações “Como é bom fazer um investimento e ter um retorno seguro e duradouro. Esta é a sensação que temos em relação ao Intercâmbio 2010, nosso Lucas nos relata até hoje os vários momentos que viveu em Ohio e em especial na CVCA e com a Família Horth

R. Guajuvira, 199 – Vila Gíglio Atibaia - SP Tel. 11-4411-6333 Site: www.eipg.com.br e-mail: relacionamento@eipg.com.br “Preparing Leaders for the Future” Ênfase - Junho 2010

13


A

tibaia vive a urgência de modernizar estruturas

Centro de Convenções

Atibaia comemora 345 anos, em clima de movimentação econômica, expectativa política e esperança de que seja uma cidade viável. As capitais e muitas cidades médias se perderam no caos e praticamente se tornaram “inviáveis”. Atibaia tem problemas – sociais e urbanísticos – mas não se perdeu. Ao contrário, ela vem se achando cada vez mais. Sobre o momento da cidade e seu futuro, a revista Ênfase conversou com o ex-prefeito Beto Trícoli. Ele é um apaixonado por Atibaia, conhece muitas histórias e personagens, estuda os problemas e as soluções, enfrenta os desafios da vida política e sua continuidade e ainda consegue se divertir, ir a eventos e ter uma vida familiar. Mesmo a oposição reconhece em Beto Trícoli um dos políticos mais articulados e bem-sucedidos da história atibaiense. Para ele, “Atibaia, no século 21, tem um novo modelo: o desenvolvimento sustentável”. Nos seus 345 anos, em que momento Atibaia está? Superou os coronéis e, agora, é uma cidade moderna? Costumo dizer que acontecem “ciclos de desenvolvimento econômico”, pelos quais a cidade passa a cada 50 anos, e “ciclos políticos”, a cada 18 ou 20 anos. E há momento de coincidência entre esses ciclos.

14

Ênfase - Junho 2010

Voltemos ao fim do século 19. Naquela época, na virada dos anos 1900, Atibaia implantou água encanada, pavimentação, escola, represa e usina hidrelétrica... Passam-se 50 anos e a cidade moderniza sua infraestrutura, desenvolvendo-se economicamente. Construiu-se a nova Prefeitura, Câmara Municipal, Fórum, Rodoviária, Mercado Municipal, Posto de Saúde... Já os “ciclos políticos” nos mostraram, a cada 18 ou 20 anos, propostas progressistas para sua época. Na virada dos anos 2000, fui eleito. 18 anos antes, Gilberto Sant’anna, duas décadas antes, Geraldo da Cunha Barros, duas décadas antes João Batista Conti, e por aí foi. Portanto, a cada 100 anos há uma convergência: o desenvolvimento econômico aliado à renovação política. Quanto aos coronéis, depende como nos referimos a eles. Houve um tempo em que ser coronel era “bacana” e quando a política no país era feita por homens que detinham títulos e patentes. Como exemplo, Tobias de Aguiar e Manoel Jorge Ferraz. Depois, passamos e superamos um modelo de ditadura maléfica. Nesses últimos 25 anos, construímos uma nova democracia. Nossa cidade está mais moderna e hoje o termo “coronel” é usado de forma mais pejorativa. Por fim, vivemos um novo arranjo político (em que não cabe personalismo nem coronelismo) vinculado à necessidade de modernização das estruturas. Atibaia, no século 21, tem

um novo modelo: o desenvolvimento sustentável. Você ganhou um livro sobre soluções arquitetônicas dos Estados Unidos. O que Atibaia pode aproveitar dessas sugestões? O livro é super bacana. Muito do que fizemos por aqui já foi feito por lá, principalmente em cidades como Nova York e New Orleans, ou aquelas do litoral, mais latinas, como Los Angeles ou os estados da Califórnia ou da Flórida. As soluções buscadas para Atibaia são muito próximas ou conceitualmente semelhantes àquelas que aconteceram nos Estados Unidos. Seguimos a mesma linha de preservar referenciais do passado, como percursos, passeios e texturas dos pisos. Onde circulam pedestres, por exemplo, tem que ser liso e sinalizado. Onde trafegam carros, nas áreas centrais, pode ser de pedra, mais histórico, com maior drenagem e menor velocidade. Outro exemplo: em Atibaia há divergência sobre o paralelepípedo, há os que são contra e a favor. Em Manhattan, há ruas interessantes que preservaram a característica das pedras rústicas. O mais importante é reparar que os Estados Unidos, que são o país do automóvel – e o século 20 foi o do automóvel, revisaram conceitos. Uma cidade turística e muito antiga como Atibaia tem o direito e o dever de preservar referências do passado. Isso cria ‘atraência’ turística, resgata a história e valoriza o pedestre. Sem esquecer que Atibaia tem extremo respeito com a questão ambiental, da natureza, da origem das cidades e das pessoas comuns e as especiais. Quando se fala em ecologia urbana, significa respeitar as várias fases his-


tóricas, a diversidade das populações, dos migrantes, percursos das linhas de trens, culturas e as referências históricas dos nomes de lugares. Com a leitura deste livro, percebi que estamos no mesmo caminho. As soluções urbanísticas de Atibaia estão antenadas com o que há de mais moderno no mundo. O trânsito e a poluição visual (Cidade Limpa) não são hoje dois dos principais obstáculos para o desenvolvimento equilibrado de Atibaia? Também são, mas o problema é de infraestrutura e não apenas trânsito e poluição visual. O trânsito engloba fluxo viário, quantia de automóveis, transporte coletivo e bolsões de estacionamento. É um capítulo entre vários. Se a cidade não tiver infraestrutura geral, ela fica caótica. Não podemos reproduzir erros que acontecem em São Paulo, por exemplo, que planejou avenida em área de alagamento. É assim na Marginal Tietê. A poluição visual está relacionada com o tipo de desenvolvimento que queremos. Nós queremos desenvolvimento com qualidade. Não há dúvida que a poluição visual tira a qualidade do ambiente. Queremos que tipo de comércio? Queremos que tipo de cliente? De indústria, ou de industrial? Por isso, a cidade precisa de boas regras de qualidade visual, que também é um capítulo da qualidade ambiental. A ideia é melhorar a infraestrutura, respeitando a qualidade ambiental em todas suas vertentes. Qual será a marca do governo Denig? O que você deixou como herança em oito anos de governo municipal? O que Atibaia consolidará nestes 12 anos?

que começou no meu último mandato e amadureceu no governo Denig e a Unidade de Pronto Atendimento (UPA), uma conquista importante que atende a outra metade da cidade (bairro Cerejeiras). Há muitas outras marcas relevantes, que ele pode melhor dizer. No meu governo, deixei marcas como o planejamento permanente, saneamento das contas públicas e a primeira estação de tratamento de esgoto de Atibaia e região. Na educação, construímos o maior número de escolas, vagas e de projetos transversais e implantamos a primeira escola técnica pública da cidade. Na cultura, tivemos ações importantes e definitivas que culminam com a Orquestra Sinfônica Jovem, dentro do projeto Música e Cidadania, que tem mais de duas mil crianças. Na área de meio ambiente, imprimimos planejamento, articulando o uso do solo e meio ambiente. Ele é moderníssimo e poucas cidades têm. Também fico muito feliz em ter iniciado o intercâmbio regional e internacional, com outras cidades do país e do mundo. Nosso grupo, nesses três mandatos consecutivos, fez a cidade pensar num outro patamar, o de desenvolvimento sustentável. Atibaia caminha para a economia limpa, que gera emprego, combate o desperdício, a pobreza e, ao mesmo tempo, preserva gerações futuras. Com certeza, esses três governos, que poderão ser quatro, vão deixar a cidade muito melhor e relação à que encontramos. É uma evolução qualitativa que estamos consolidando, pensando nos próximos 50 anos.

Acredito muito no foco que o Dr. Denig dá na saúde e na qualidade dos serviços sociais, pela própria formação que tem. Ele caminha para deixar estas marcas neste primeiro mandato.

Temos um crescimento estável/ sustentável e que deve atingir cada vez mais quem precisa, garantindo inclusão da juventude e extremo respeito à terceira idade. O pensamento do terceiro milênio é que as transformações venham de cada um para o coletivo, e não o inverso. Cada pequena atitude individual, mas com pensamento global, transforma.

Em franca realização, citamos o Ambulatório Médico de Especialidades (AME) - que vem num processo

A política é resultado de boa articulação, discurso fácil e mão forte no tratamento dos inimigos?

Beto Trícoli

A democracia bem construída trabalha com posições e ideias diferentes que tem de conviver entre si para construir e modelar a sociedade. A política é a arte da convivência entre os diferentes. Nós vínhamos de uma política fulanizada, personalizada e centralizadora. Falam da minha passagem como prefeito, como se eu fosse extremamente centralizador. Não concordo. Venho de um partido e de um grupo que pensa e visa as pessoas. Fomos aos palanques, publicamos nossos compromissos e cumprimos o que publicamos. Propusemos um modelo de participação popular e de descentralização das decisões, além de critérios e sistemas de gestão e controle público. A melhor política é aquela que cumpre o pacto com a sociedade e que constrói, respeitando as diferenças. Deverá haver um tempo em que a política não qualificará inimigos, mas enquanto houver pessoas querendo destruir pessoas, haverá inimigos. Nunca quis destruir. Minha intenção foi, e é, neutralizar a ação maléfica de pessoas que agem contra pessoas.

Ênfase - Junho 2010

15


E

mpreendedorismo

Mário Simões falou sobre “empreendedorismo na idade escolar” Ele começou a palestra com a história de sua vida, mostrando fotos de sua infância, adolescência e início da vida adulta. Depois, com exemplos curiosos, de equipamentos como o telefone e o celular, identificou os sinais de mudança no último século. “O mundo está mudando terrivelmente. Se o mundo mudou, a educação também mudou ou tem de mudar”, apontou Mário Simões, formado em Comunicação e Jornalismo, que foi assessor de comunicação do Consulado dos EUA em São Paulo e fundador da Comunidade Cristã Ágape em Atibaia. No Fonappe, fórum de educação realizado no Centro de Convenções, no final de maio, ele falou sobre o “Empreendedorismo na idade escolar”.

16

Ênfase - Junho 2010

“No passado, nossos avós foram preparados para serem comerciantes. Nossos pais, por sua vez, foram programados para encontrarem um ‘empregão’ para serem funcionários de uma grande empresa. Porém, o mundo mudou! Os grandes empregos estão deixando de existir, e as demandas para a criação de novos empregos é cada vez maior. Portanto, os pais e educadores da atualidade precisam preparar a próxima geração para serem empreendedores”, apontou Mário em sua palestra. Para ele, os empreendedores precisam se desenvolver em competência, caráter, colaboração, comunicação e chamado. “Os pais e os professores têm uma grande responsabilidade e o privilégio de ajudar e motivar os seus filhos e alunos de hoje a serem os empreendedores do futuro”, disse. Simões citou Jeffry Timmons, da Harvard Business School: “O empre-

endedor é a pessoa que tem a habilidade para criar e construir algo com praticamente nada”. Sim, o empreendedor é aquela pessoa que soluciona problemas. “Eles são visionários e otimistas e desenvolvem a capacidade da liderança em equipe. Então, o perfil do líder tem os adjetivos pró-ativo, bom administrador, corajoso, determinado, aquele que consegue correr riscos”. Segundo Mário Simões, o empreendedor é um gerador de empregos, que ajuda a desenvolver a economia. “Educadores e professores são líderes. E a liderança é a influência exercida sobre a sociedade e os indivíduos”. Para o palestrante, que tem compromissos dentro e fora do país, as esferas de influência são: a religião/igreja, a família, a educação, o governo, a mídia, as artes/ esportes, os negócios/finanças. “Essas esferas moldam a cultura no mundo. Nesse contexto, o educador é um agente de mudanças”.


N

atação de Atibaia

Nadadoras de Atibaia conquistam medalhas no Troféu “Kim Mollo” Adriana Nabholz O XVII Troféu “Kim Mollo” organizado pela Federação Aquática Paulista (FAP) aconteceu nos dias 22 e 23 de maio, na cidade de Mococa. A competição criada em 1994, em homenagem ao educador físico Francisco de Assis Mollo, reúne as categorias Petiz I, Petiz II, Infantil I, Infantil II, Juvenil I e Juvenil II. A equipe de Atibaia contou com a participação das atletas Mirella Carrilho, Juliana Araújo, Karine Dias, Raisa Memolo, Renata Arabian e Thuanny Ramos. Na edição de 2010, Carrilho conquistou a medalha de prata nos 100m nado peito, na categoria Petiz II, e Dias ficou com a segunda colocação no revezamento 4x50m livre, na categoria Infantil. Segundo a comissão técnica, a atleta nadou pela primeira vez na casa dos 29seg com um bom desempenho na prova. As outras nadadoras também melhoraram suas marcas nas disputas conforme seus respectivos nados e categorias. A equipe de natação é resultado da parceria entre a Secretaria de Esportes, o Clube Atlético Atibaia, o AMHA e o Colégio Objetivo.

Nadadoras durante evento em Mococa.

Ênfase - Junho 2010

17


T

erapias alternativas

Workhops de constelações sistêmicas movimentam Atibaia As terapias alternativas e as vivências de consciência estão conquistando grande público em Atibaia, especialmente pessoas de classe média que querem resolver problemas ou obter mais autoconhecimento. Um exemplo é o trabalho de Roberta Engle Barsotti, musicoterapeuta e terapeuta sistêmica que vem fazendo workshops regulares sobre as “constelações sistêmicas familiares e organizacionais”. Ela explica que Constelação Familiar é uma abordagem terapêutica desenvolvida pelo psicoterapeuta alemão Bert Hellinger que identifica as “Ordens do Amor” dentro da estrutura familiar. O objetivo é trazer à luz os profundos vínculos – conscientes ou inconscientes - que as pessoas têm com sua família, buscando a origem de dificuldades, bloqueios e padrões comportamentais, que trazem sofrimentos desenvolvidos pelas pessoas ao longo da vida. Hellinger descobriu que muitos dos problemas vivenciados pelas pessoas têm uma origem sistêmica, ou seja, vêm do seio da família, muitas vezes de outras gerações. O envolvimento sistêmico sempre se dá pela conturbação das “Ordens”, das regras do sistema e por amor, porém um amor cego, que cria sofrimento na tentativa de trazer solução às dinâmicas familiares, mas que também contém a sabedoria e a solução. “Através desse trabalho existe a possibilidade de restabelecimento do fluxo do amor com rapidez e efetividade. Pode ser realizado em grupo ou individualmente”, explicou Roberta. Os interessados devem entrar em contato pelos fones 11-24270699 ou 92203754, com Roberta Barsotti - musicoterapeuta clínica e terapeuta de constelações sistêmicas, assistente de Ana Braga nos workshops de constelação familiar em Atibaia desde 2005. O email é o betabarsotti@hotmail.com.

18

Ênfase - Junho 2010


ĂŠnfase - Junho 2010

19


C

EUP é a primeira franquia da cidade pela transformação em franquia. Com a concretização desse processo, a marca será a primeira franquia da cidade.

Rodrigo Parras

O mercado de cursos profissionalizantes, pré-vestibulares e de informática está bastante aquecido. Prova disso é que as escolas CEUP, criadas pelo empresário Rodrigo Parras em Atibaia, estão vivendo uma nova fase, marcada

20

Ênfase - Junho 2010

A franquia ou franchising é uma estratégia utilizada no meio empresarial como um sistema de venda de licença. O franqueador (detentor da marca) cede ao franqueado (autorizado a explorar a marca) o direito de uso, recebendo em troca as técnicas, a infraestrutura, o know-how e o direito de distribuição exclusiva ou semi-exclusiva de produtos ou serviços. O franqueado, por sua vez, investe e trabalha na franquia e paga parte do faturamento ao franqueador sob a forma de royalties.

“Atibaia tem se destacado no setor de educação. Há uma demanda também na região por cursos rápidos e preparatórios, que criam chances de ingresso no mundo do trabalho. É, portanto, natural que, desse segmento, surjam empresas capazes de ‘exportar’ tecnologia e gerar novos negócios, em outras cidades”, comentou Rodrigo.

O CEUP começou em Atibaia e chegou a Mairiporã e Bragança. Seu proprietário já foi contato por empreendedores de Itatiba e Piracaia, interessados na aquisição da franquia.


1

2 3

1 - Impressora HP Laser Jet P1005 2 - Cartuchos originais HP e outros 3 - Toner Remanufaturado da Recicle.com Rua ThomĂŠ Franco, 376 Fone: 4402-7350 ĂŠnfase - Junho 2010

21


V

ida com Sucesso!

“Quem deseja ter sucesso na vida?” Tenho feito esta pergunta a milhares de pessoas, e sem exceção, todos respondem em alta voz: “eu”! Todos nós conhecemos pessoas que são bem sucedidas e outras que não são. Por que será? Sabemos também que o sucesso não acontece por acaso, nem é automático. Sucesso não é um ato, é um processo! Quando vemos na televisão um atleta olímpico ganhar uma medalha de ouro após vencer aquela modalidade esportiva, vemos, através daquele ato, a celebração e o reconhecimento de uma jornada árdua, de anos de treinamento, dieta, disciplina, dedicação e muito empenho, ou seja, um processo, que culminou com o ato de premiação de uma medalha olímpica. Certamente o vencedor da Copa do

22

Ênfase - Junho 2010

Mundo de futebol de 2010 será a equipe que melhor se preparou nos últimos anos e melhor jogou 7 partidas na África do Sul. Sucesso não é instantâneo, leva tempo! Durante uma palestra, um de meus alunos me perguntou: “E a pessoa que ganhou milhões na loteria? Ficou rico instantaneamente!” Eu respondi: “É verdade, ele se tornou um milionário instantâneo, mas isso não o torna uma pessoa de sucesso, simplesmente uma pessoa com muito dinheiro!” O dinheiro não deve ser a única régua para medir o sucesso das pessoas. Sucesso não é uma coisa que você tem, é o que você é! Como disse o Mestre dos mestres, Jesus Cristo: “o que adianta do homem ganhar o mundo inteiro e perder a sua própria alma?”. Em outras palavras, o que adianta uma pessoa ganhar tanto dinheiro e ao mesmo tempo perder a família? O que adianta construir grandes empresas e ao mesmo tempo destruir

a sua saúde? O que adianta comprar muitos bens, carros e propriedades, e para isso acontecer, vender o seu caráter, consciência e honestidade? Reflita sobre isso. Desejo a você, uma vida com sucesso!

Mário K. Simões Empresário, Palestrante e Conferencista internacional. eventos@preparando.com.br www.preparando.com.br


T

ransporte profissional de pessoas

A MAX TOUR vem atuando no mercado de Transporte Profissional de Pessoas desde 1991. A partir daí, a MAX TOUR vem trabalhando para ampliar ainda mais o atendimento e o relacionamento com seus usuários. Através de pesquisas realizadas e constante treinamento de seus funcionários e motoristas é que a MAX TOUR vem desenvolvendo um trabalho voltado a satisfação de seus clientes. A MAX TOUR vem investindo constantemente em inovações iniciadas em 2006. Executivo - Estudantes - Indústrias Frota nova com ônibus e microônibus. Frota de automóveis para locação eventual ou contínuo nas empresas. Para os Executivos, área com sala de embarque além de estacionamento. Para os estudantes, grande opção de itinerários para várias universidades em São Paulo, Campinas e Itatiba. Excursões e turismo A Max Tour possui uma agência de viagens na região central da cidade de Atibaia, Rua Major Juvenal Alvim, 76 sala 1 para melhor atender nossos clientes. Para sua empresa ou passeios turísticos, a MAX TOUR possui uma infraestrutura para atendê-lo com qualidade, rapidez e segurança.

Antes de viajar, fale conosco

Ênfase - Junho 2010

23


A

importância da Educação Infantil

Os primeiros anos de vida são verdadeiramente de educação. A construção da inteligência, a aquisição da aprendizagem, habilidades, valores e atitudes são desenvolvidos nesta fase e valem por toda a vida. A educação nesta fase precisa ter uma integração com o social e o cultural, oportunizando as mais diversas formas de expressão e construção do conhecimento, as atividades têm de ser prazerosas, lúdicas e com ambiente letrado, no qual desenvolvimento, socialização e construção de identidade singulares possam relacionar-se gradualmente. O estudo será entendido como uma forma de brincar e, por isso investir em educação se torna uma atitude inteligente. Nos primeiros anos de vida a criança aprende a aprender. As crianças precisam viver em ambientes enriquecedores que favoreçam o brincar, o descobrir, o aprender, nos quais possam interagir com brinquedos e objetos do conhecimento físico e social. O período se resume em estar com os outros. Aprendem a ser e a conviver. “Escola infantil não vive de improviso e não é um parque de diversões. É o pedaço mais precioso da vida, porque é quando está se formando a identidade da criança!” Venilde Latorre Coordenadora Educação Infantil Colégio Atibaia

E

ntidade busca recursos para cuidar de animais

Maria Luiza Fávero, uma das voluntárias mais ativas de Atibaia, enviou e-mail para os amigos divulgando a nova entidade que ajudou a criar neste primeiro semestre: a Ajudaajudar. A entidade foi organizada para cuidar do bem-estar dos animais. Sua fundação ocorreu em janeiro deste ano. “Queremos levantar fundos através de doações, jantares, bazares e o que for possivel para, principalmente, castrar cães e gatos”, explicou Malu. A diretoria é composta por Cássio Ohira, Tica Silveira, Vera Helena Costa, Tinho Gomes de Abreu, Fanny A. Campitelli e Malu Favero. Com o jantar realizado em março foi possível castrar 85 animais. “Estamos pensando e organizando novos eventos”, contou Malu.

24

Ênfase - Junho 2010


ĂŠnfase - Junho 2010

25


E

ducação

Ministro da Educação recebeu comitiva de Atibaia

O deputado federal Roberto Santiago, o professor vereador Rodrigo Parras, professor Jorge Tomioka, da Universidade Federal do ABC, e Saulo Brasil Ruas Vernalha, diretor de Normatização Institucional da FAAT, foram recebidos no gabinete do ministro da Educação, Fernando Haddad, no dia 1º de junho, em Brasília. Os assuntos em pauta foram as várias iniciativas voltadas ao ensino gratuito na região de Atibaia. Entre os temas discutidos, figurou a implantação da Universidade Federal da Região, em que Atibaia aparece como candidata para sediar o campus universitário. O projeto é de autoria do deputado Santiago e tem como grande incentivador o professor Rodrigo Parras. O professor Jorge Tomioka levou, para ser analisado pelo ministro, material de pesquisa e viabilidade técnica para uma possível extensão da UFABC em Atibaia. Vale lembrar que a Prefeitura de Atibaia ofereceu área para a construção da escola de ensino superior.

26

Ênfase - Junho 2010


Na reunião, o ministro Haddad demonstrou total interesse em contemplar a região, especialmente depois que o deputado e o vereador informaram o ministro que a região bragantina é a segunda mais pobre do Estado de São Paulo, perdendo apenas para o Vale do Ribeira. Ainda foi discutido, na reunião, o novo Plano Nacional de Educação, PNE, que será encaminhado pelo MEC ao Congresso Nacional ainda este ano. O PNE vai receber emendas do deputado Roberto Santiago, que irá produzir benefícios para a região de Atibaia. Segundo o vereador Rodrigo, “esse é um grande momento para a educação, pois o PNE prevê investimento de 10% do PIB para atingir os índices de 0% de analfabetos, 100% de alunos matriculados no ensino fundamental e 30% no ensino superior, na faixa etária entre 18 e 24 anos. Ainda merecerão atenção as políticas de capacitação e valorização dos profissionais da educação, que são os principais agentes do processo educacional”. O vereador ainda lembrou que a Conferencia Nacional de Educação teve como proposta aplicar 50% dos recursos do pré-sal em políticas educacionais. Outro assunto abordado foram os projetos de expansão da FAAT. O professor Saulo Vernalha expôs ao ministro o rendimento e os altos índices alcançados pela instituição. Haddad ficou extremamente satisfeito com os resultados obtidos pela FAAT. “Se mantém esses resultados, só pode tratar-se de uma instituição séria e competente”, comentou o ministro. Na avaliação do deputado Roberto Santiago, o encontro com o ministro foi bastante proveitoso e positivo. Já o vereador Rodrigo Parras visualiza mais uma possibilidade, que é a implantação de cursos gratuitos de vários níveis.

Ênfase - Junho 2010

27


P

reços de remédios têm diferenças de até 523,81%, revela Procon

Pesquisa da Fundação Procon-SP, órgão vinculado à Secretaria da Justiça e da Defesa da Cidadania, repercutiu bastante na grande mídia ao constatar diferenças de até 523,81% entre os medicamentos genéricos e de até 135,81% entre os medicamentos de referência. O levantamento, realizado no período de 3 a 5 de maio, revela a importância, para o consumidor, de comparar os preços em diversos estabelecimentos antes de efetuar uma compra. Ainda de acordo com a pesquisa, os preços dos genéricos são, em média, 52,27% mais baratos do que os de referência de mesma apresentação. Por serem produzidos por diversos laboratórios, os medicamentos genéricos são, em geral, mais baratos.

28

Ênfase - Junho 2010

Mas é bom lembrar que um genérico de um mesmo laboratório também pode apresentar preços diferentes entre as drogarias/farmácias. Logo, é essencial a pesquisa de preços sempre aliada à recomendação e prescrição médica. É importante destacar que as drogarias / farmácias devem etiquetar o medicamento com o preço de venda ao consumidor, não podendo ultrapassar o PMC (Preço Máximo ao Consumidor) calculado de acordo com o disposto na Resolução nº 2, de 8 de março de 2010, da Câmara de Regulação do Mercado de Medicamentos (CMED). Sendo que, em 31/03/10, as empresas produtoras de medicamentos foram autorizadas a reajustar os preços dos medicamentos, nos termos da Resolução nº 2.

Os técnicos da fundação verificaram fatores determinantes na formação de preços no mercado de medicamentos, tais como: os descontos podem variar de acordo com as condições locais de mercado, rentabilidade da loja, condições comerciais de compra; em algumas drogarias de rede há políticas comerciais diferentes para cada canal de venda (loja física, telefone e site loja virtual); há redes que são regidas pelo sistema de franquia, não havendo uma política única de preços entre os franqueados. Antes de uma criteriosa pesquisa de preço é interessante que o consumidor consulte a lista de Preços Máximos (PMC) dos medicamentos, disponível no site da ANVISA. www.anvisa.gov.br


ĂŠnfase - Junho 2010

29


M

ovimento pela acessibilidade

Uma das palestras mais interessantes do Fonappe, o fórum de educação que aconteceu no Centro de Convenções, foi a de Mara Gabrilli, vereadora paulistana que representa o movimento pela acessibilidade. Ela chegou, em uma cadeira de rodas, cercada por assessores, esbanjando simpatia e beleza. Um jornalista chegou a estirar a mão para cumprimentá-la. Ela se desculpou, lembrando que não consegue mexer nada no corpo, abaixo do pescoço. O repórter morreu de vergonha. “É assim mesmo. Isso me dá orgulho: aparentar que não tenho nada, sou normal”. Mara disse que não quer deixar ninguém constrangido. Deseja, isto sim, divulgar as ações pela expansão da acessibilidade, não apenas para os cadeirantes e deficientes, mas também para os idosos e aqueles com mobilidade reduzida. Foi um acidente de carro que a levou a essa consciência. Não desistiu nem se entregou ao desânimo diante da tetraplegia (paralisia total ou parcial do corpo, comprometendo a função de braços e pernas; o grau de imobilidade dos membros superiores depende da altura da lesão). Formada em Publicidade e Psicologia, Mara Gabrilli foi a primeira ocupante da Secretaria Especial da Pessoa com Deficiência e Mobilidade Reduzida, criada pela Prefeitura de São Paulo, no governo José Serra, com o objetivo de “pensar e gerir políticas públicas que melhorem a qualidade de vida dessas pessoas”. Desde 2005, como Mara contou na palestra do Centro de Convenções, a capital vem sendo trabalhada par ser uma cidade de todos e para todos. “Claro que muita coisa precisa ser feita, mas o mais importante é que estamos aqui, empe-

30

Ênfase - Junho 2010


nhados no trabalho de ensinar a todos a lidar com essas diferenças”. Ela comemora que, depois de São Paulo (hoje com uma frota de 3.500 ônibus adaptados), mais de 100 cidades adotaram a criação de uma secretaria específica, voltada para a defesa dos deficientes. “Por isso, destaco a importância de um evento como este, aqui em Atibaia. Vocês são multiplicadores de uma ação. Precisamos do movimento horizontal na administração pública, promovendo a acessibilidade. E, além dos equipamentos e das soluções para as barreiras arquitetônicas, precisamos mudar o comportamento das pessoas, no sentido de que entendam as diferenças”, afirmou a vereadora. “Basta uma simples atitude, a do respeito e entendimento, para que as pessoas com deficiência possam exercer a sua cidadania e usufruir de todos os serviços e equipamentos que a sociedade oferece. E podemos começar essa mudança dentro de nossas próprias casas”. Em sua palestra, Mara Gabrilli falou sobre a “cultura” das calçadas (São Paulo tem 30 mil km de calçadas), a lei de cotas para a contratação de deficientes nas empresas, a aceitação dos deficientes pelos professores, a acessibilidade dos deficientes a todos os espaços das escolas e o incentivo à Libras (Língua Brasileira de Sinais, voltada para os surdos). Ao lado do vereador Rodrigo Parras, organizador do evento, Mara Gabrilli divulgou o livro “Manual de convivência”, com informações e orientações sobre os deficientes, entregue gratuitamente ao público do Centro de Convenções. Antes de terminar sua palestra, a vereadora paulistana mostrou um vídeo, que a traz em vários momentos e cenas, inclusive em fotos “picantes”, como descreveu – Mara posou para um ensaio erótico, provando mais uma vez que os deficientes são seres vivos e inteligentes.

Ênfase - Junho 2010

31


O

rquestra de Viola Caipira

Orquestra de Viola Caipira de Atibaia prepara novidades para o segundo semestre de 2010 A preservação e a propagação da música raiz ganhou mais força e brilho em novembro de 2005, com o surgimento da Orquestra de Viola Caipira de Atibaia (OVCA). Fundada a partir do projeto “Canto da Terra”, da Secretaria de Estado da Cultura de São Paulo, contou com o apoio da Secretaria de Cultura e Eventos da Prefeitura da Estância de Atibaia para se firmar e divulgar a arte e a cultura regional. Atualmente, organizada pela “Associação Orquestra de Viola Caipira de Atibaia”, com CNPJ e estatuto próprio, descreve uma história que toca e canta a viola em diversas cidades de São Paulo e do Brasil. Fortemente engajada na divulgação deste instrumento, tem em seu repertório musical, além da verdadeira música raiz, interpretações variadas de artistas que reinventaram a viola. A OVCA é composta por 38 violeiros, regida pelo maestro Agnaldo Villaça, conta com solistas, vozes solo e vozes em coral. Novos projetos Para o segundo semestre deste ano, a Associação trabalha em dois projetos sociais. O primeiro é o “Voluntariola”, em que será oferecido entretenimento gratuito para o público através de quatro shows e quatro rodas de violas que envolverão instituições filantrópicas. Os donativos arrecadados serão entregues para entidades escolhidas. Já o segundo projeto pretende incentivar e promover a cultura raiz com realização de concurso regional para a seleção de melhor intérprete nas categorias solo e grupo de música raiz. Os detalhes das ações, como cronograma e regulamento, serão divulgados posteriormente no site na Orquestra (www. ovca.com.br). Para contratar a OVCA ligue para (11) 9787-0795 ou 96274556.

32

Ênfase - Junho 2010


ĂŠnfase - Junho 2010

33


I

çami Tiba

Içami Tiba trouxe para Atibaia suas lições bem-humoradas

Olhe, que engraçado: Içami Tiba nasceu em Tapiraí, interior paulista, em 1941. Médico, psiquiatra, psicoterapeuta de adolescentes e consultor familiar, ele dá a impressão de que atingiu a sabedoria. Acessível, tranqüilo, acostumado com o assédio popular, o doutor recebeu a revista Ênfase no subsolo do Centro de Convenções, antes da palestra dentro do Fonappe, o fórum de educação organizado pelo vereador Rodrigo Parras e pelo professor Orivaldo Leme Biagi. No papo descontraído, o repórter coloca como primeiro tema a “rapidez do contemporâneo e o desafio de educar os jovens”. Na mesa preparada para um café da manhã, Içami Tiba pega calmamente uma banana, descasca e começa a comer. Depois, senta ao lado do jornalista. Para ele, “os professores não se deram conta de que estão preparando alunos para profissões que ainda não existem. Os alunos, por sua vez, mais ágeis e informados, querem aprender o que a escola tem a ensinar de acordo com suas motivações profundas e não segundo um mero curriculum”. “O professor não tem mais a função de chefe. Tem de estimular os alunos a obter resultados. Os pais também não podem mais se desesperar se seus filhos quiserem abandonar a faculdade. Bill Gates e Mark Zuckerberg, o criador do Facebook, abandonaram a faculdade de Harvard e conseguiram se tornar bilionários. Os pais têm de se atualizar

34

Ênfase - Junho 2010


e ajudar seus filhos não a cumprirem só com obrigações mas a encontrarem seus destinos”. Como se falasse com seus botões: “Hoje, eu estava pensando: minha vida é muito preciosa para caber só dentro de minha responsabilidade. Se não sei uma coisa, procuro quem sabe. Para realizar meu projeto, busco a ajuda do médico, do dentista, do professor. A vida exige muito mais do que o preparo que cada um de nós tem”. E continuou: “Minha grande característica é que gosto de aprender e divulgar o que aprendo. Quando divulgo, entro em contato com um saber diferente do meu. Desenvolvi essa habilidade, contrária ao saber egoísta. Minha vida sempre foi uma composição de diferenças e não uma eliminação. Casei com uma portuguesa, vivo a união entre Brasil e Japão e utilizo as diferenças para melhorar a minha vida”. Perguntamos a Içami Tiba sobre madrastas e padrastos, mas ele preferiu falar sobre o gerenciamento das famílias, para além dos vínculos de sangue, que evidentemente têm um peso nas separações. “Não existe mais o chefe de família. O que existe na família funcional é a liderança partilhada. Agora, o chefe é mais líder que chefe. Na área que ele não entende, as coisas não podem ser do gosto dele. Na liderança compartilhada, cada um agrega à sua experiência o conhecimento do outro. Formam-se parcerias”. As novas famílias estão se encontrando, acrescentou o médico. “O princípio família é tão fundamental que não acabou. Na verdade, encontra outro desenho. Os separados constituem novas famílias. Então, a idéia de família vai continuar por muito tempo”, explicou Içami Tiba. Para ele, o grande desafio das famílias atualmente é o que fazer com os filhos “maravilhosamente tiranos”. Diante desses ditadores, que às vezes não têm mais que cinco anos, nem pais nem padrastos têm autoridade ou se deixam pegar pela “pena”. Então, os pais precisam ser reeducados para aprenderem a educar seus filhos ou enteados. “Eles não estão dando conta e aí querem usar a força”. São tantos assuntos, mas muito obrigado, doutor Içami. Vamos às fotos? Içami posou para muitas máquinas, ao lado de representantes da imprensa e dos professores que foram à sua palestra. Por último, autografou livros e foi embora, almoçar com sua família, naquele domingão de maio.

Ênfase - Junho 2010

35


S

ociedade de Psicanálise tem pólo em Atibaia

A entidade faz cursos de formação para os profissionais e pretende ter uma atuação social na cidade. Em reunião em maio, estiveram reunidos, no início do pólo, os terapeutas Vanda Aparecida Batista, psicanalista e terapeuta naturista; Carlos Roberto Vieira, psicólogo; Denize Evangelista Neves, psicóloga e pedagoga; e Luciana Gomes, psicóloga. Eles estão implantando o curso de Psicanálise, da SBPI. Esteve presente a professora doutora Fátima Mora, fundadora e presidente da SBPI no Brasil. Segundo Vanda Batista, o trabalho da entidade “está destinado ao público geral. Além do curso de psicanálise, o pólo da SBPI contará com ambulatório para terapia psicanalítica em grupo, terapia psicanalítica individual e uma agenda de eventos culturais e terapêuticos”. O objetivo é trazer um atendimento educacional e terapêutico de qualidade à população atibaiense, integrando a psicanálise com outras modalidades terapêuticas naturistas. Apoiando esse projeto, está o vereador Prof. Wanderley, presidente da Câmara Municipal. A criação da SBPI foi em 1997, como resultado natural do caminho percorrido pela psicanalista Fátima Mora, com base na pesquisa e na prática clínica. Além da PI, a sociedade conta com um núcleo de hipnose e regressão, dirigido pelo psicanalista e professor Mário Ferro. Hoje a SBPI, além dos cursos e atendimentos, mantém ainda um departamento jurídico para seus alunos e afiliados e um departamento social que presta atendimento social a pessoas carentes. A Psicanálise Integrativa tem como proposta o uso de novas técnicas para a abordagem do inconsciente, que vão além da limitada análise dos sonhos e associação livre, preconizadas pela Escola Freudiana.

Vanda, Fátima e Denize

36

Ênfase - Junho 2010


D

ificuldade de aprendizado. PEI - Uma nova solução.

Nos dias de hoje é bem comum que crianças apresentem uma desmotivação, falta de atenção, desorganização e apatia, gerando um desinteresse total nos estudos. O que está acontecendo quando uma criança está tirando notas baixas. Problemas de lição de casa? Será que é falta de atenção? O problema, no entanto pode estar na comunicação. Será que foi ensinado a observar? Está motivado para isso? A dificuldade para o mau desempenho poderia ser dividida; é o que acredita o criador do método PEI (programa de enriquecimento instrumental) o psicólogo Reuven Feurstein, o qual vem a 40 anos ensinando as pessoas a serem inteligentes. Para ele não existe limitação da inteligência, nem de aprendizagem e a idéia de que a falha está só na criança, só contribui para a destruição da auto-estima e pode até levar a uma história de fracassos consecutivos e o desgosto pelo estudo. Isso pode ser reflexo da falta de informação e estimulo de pais e educadores. Feustein avaliou o potencial de aprendizagem das pessoas e a partir dos resultados dessa avaliação aplicou o PEI. Onde verificou-se que muitas vezes não se atingiu um potencial por falta de estimulação. O PEI tem como objetivos: - Corrigir funções cognitivas deficientes (coordenação motora, escrita, etc.) - Criar condições para que a resolução de problemas em geral, estabelecer “vontade própria” através da formação de hábitos. - Propiciar a criação do insight e do pensamento reflexivo. - Estimular a pessoa passiva a ter motivação e não ser somente um reprodutor de dados e sim um gerador (criador) de novas informações. A finalidade do método é a melhora da auto-estima, melhora da atenção, diminuição da ansiedade e da impulsividade, com melhora da organização tanto do aspecto emocional como social. É aplicado em cerca de 40 países com sucesso, inclusive já fazendo parte do currículo escolar em alguns países da Europa e EUA. Este trabalho vem sendo realizado também em Atibaia com crianças, adolescentes, adultos e portadores de síndromes, com a Psicóloga Heloísa Beazim que possui experiência e certificação para atuação deste método inovador e motivador. Heloísa Beazim Psicóloga Clínica com abordagem em Terapia Comportamental Cognitiva Ênfase - Junho 2010

37


N

ão deixe de malhar no inverno!

Atividade Física é muito importante para o corpo. No verão, as academias recebem um grande aumento de matrículas, mas no inverno, a situação se inverte. Falta disposição para malhar no frio e a preocupação com o corpo costuma ser menor. A preguiça e a gula atacam muitas pessoas no inverno. Nessa época, o apetite prefere alimentos mais calóricos. Se você não eliminar as calorias extras, irá adquirir uns quilinhos extras.

da circulação sanguínea e nossa musculatura acaba contraindo-se, podendo provocar lesões que podem acentuar desvios posturais e até mesmo causar atritos articulares por encurtamento da musculatura.

Não pode deixar de praticar atividades físicas no inverno, continue indo a academia, no mínimo três vezes por semana ou fazendo exercícios mesmo em casa (adapte as atividades) respeitando sempre seus limites físicos.

Nesta época do ano devemos nos exercitar mais para evitar aquela dores nas costas, principalmente aquelas pessoas que sofrem de lombalgias e dores reumáticas.

Parar com os exercícios nesta época do ano pode ocasionar a perda de massa muscular, doenças articulares que são as mais comuns no inverno, entre outras. Isso porque o corpo precisa ser estimulado sempre para manter a vitalidade do nosso organismo.

Não podemos deixar de lado, principalmente nesta época, o alongamento antes e depois dos exercícios, pois os músculos ficam mais contraídos, podendo aumentar os riscos de lesões musculares.

Não deixe de praticar atividades físicas no inverno. Então coloque uma roupa adequada e não deixe que o frio atrapalhe seus exercícios! Deixe a preguiça de lado! Movimente-se! Isso fará com que você chegue mais confiante e preparada para o verão!

No frio temos a mania de nos encolhermos, o que ocasiona a diminuição

38

Ênfase - Junho 2010

Importante também é não esquecer dos aquecimentos antes das atividades.

Profª de Educação Física Kátia Mulato Camargo Cref. 040647-G/SP


O

que é ser cabeleireiro?

É o profissional que cuida da beleza e vitalidade dos cabelos de seus clientes, sejam eles homens ou mulheres, por meio de serviços estéticos ideais, buscando o melhor resultado para agradar àqueles que o procuram. Para tornar-se um bom cabeleireiro, é necessário ter bastante interesse por estética e estar sempre ligado às novas tendências para compreender o gosto do cliente e sugerir novas idéias. Deve estar antenado com tudo que ocorre ao seu redor. Para isso, é necessário uma formação adequada para atender os anseios de seus clientes. Existem muitos cursos de formação profissional para a área de cabeleireiros, mas a pessoa interessada nessa profissão, antes de tudo precisa ter consciência de que é isso mesmo que procura. Foi-se a época em que as pessoas cortavam os cabelos com qualquer um. Hoje elas procuram qualidade, bom gosto e idéias.

Um bom curso deve oferecer aos alunos uma estrutura na qual eles possam ter formação adequada para atender os clientes com conhecimento do assunto e também noções de cortes, escovas e outros assuntos ligados à profissão. Uma boa metodologia de ensino deve ser ministrada de modo que o aluno tenha a possibilidade de aprender sem se complicar na hora de executar um serviço em seus clientes. Um bom exemplo seria utilizar a técnica de blocos ou fases: 1ª fase: aprendizado de lavagem dos cabelos e massagem relaxantes; 2ª fase: secagem e escovação; 3ª fase: hidratação e tratamentos estéticos; 4ª fase: base de corte; 5ª fase: noções de químicas - coloração, relaxamentos, luzes e reflexos. Desta forma, o aluno terá uma noção mais detalhada de todos os serviços realizados dentro do salão.

É importante que, após a conclusão do curso, o aluno procure fazer aperfeiçoamentos em cortes, químicas e penteados. “Para ser cabeleireiro é preciso amar a profissão e dedicar-se ao máximo, ter boa vontade, procurar cursos de reciclagem e principalmente ter uma boa formação.” Portanto, quando você for fazer uma transformação radical, procure antes de tudo, saber a quem entregar seus cabelos, para que não ter uma surpresa desagradável. Um forte abraço e um beijo em seu coração! Mario Akira Hirano zykirahg@hotmail.com Profissional cabeleireirode Zaironn Instituto de Beleza Monitor no Centro de Integração Comunitária PROART

Ênfase - Junho 2010

39


D

oula

É o resgate do papel da mulher ajudando outra mulher no sublime momento de dar a luz, direito este garantido por lei, em São Paulo (Lei nº12. 241-199). A doula no pré-parto esclarece dúvidas sobre tipos de parto, prepara mentalmente e fisicamente o casal grávido para que esteja em sintonia durante toda a gravidez e parto, priorizarem a saúde e bem-estar em geral, proporcionando ao bebê uma vida uterina enriquecedora, capaz de influenciar e refletir por toda a vida. Durante o trabalho de parto acompanhar e amparar em to-

40

Ênfase - Junho 2010

das as fases, podendo utilizar exercícios apropriados, massagens, digitopressão, aromaterapia, cristais, musicoterapia, banhos, entre outras. A doula faz com que a parturiente fique à vontade e protegida, deixando o ambiente aconchegante e o mais próximo do natural, respeitando, humanizando o momento idealizado. No pós-parto conversa sobre a chegada do bebê, importância da amamentação, ensina a massagem shantala que mantém o vínculo afetivo entre a mãe e o filho, e ajuda a superar dificuldades.

Hoje, até a Organização Mundial da Saúde e o Ministério da Saúde já reconhecem a importância das doulas. Tanto que em 28 de maio de 2003, foram divulgados compromissos do Presidente Luiz Inácio Lula da Silva com as mulheres. Um dos itens é a capacitação de doulas comunitárias para atuação em 50% das capitais. Existem várias formas de nascer, o melhor parto é aquele que se consegue ter, e qualquer tipo de parto (mesmo uma cesariana) pode e deve ser humanizado. Leila Regina de Oliveira


S

1

ugestão de presentes

2 3 4 fotos: Anderson Luis Bonioli

1 - Sapatilha em couro com strass da Coratta 2 - Salto Cone em couro da UZA 3 - Salto fino em couro da UZA da Impacto Calçados e Acessórios Rua José Ignácio, 15 Fone: 2427-8235 4 - Twin Set em tricô da Comic’s Rua Benedito de Almeida Bueno, 464 Fone: 4413-0806

6 5 5 - Vest Leg - diversas cores da Tutti Flor Rua Adolfo André, 393 Fone: 4411-4764

6 - Kafta de Pashimina da Índia da Rishikesh Importados do Oriente Al. Lucas Nogueira Garcêz, 2049 Fone: 4402-2444

Ênfase - Junho 2010

41


S

ugestão de presentes

7 8

7 - Orquídea Vanda 8 - Callas 9 - Arranjo de Hortências Artificiais da Flor e Cia Praça Guilherme Gonçalves, 41 Fone: 4412-0260

10 - Lustre de balão 11 - Porta Maternidade 12 - Kit Higiene da Oficina do Bebê Rua José Bonifácio, 183 Fone: 4412-6361

fotos: Anderson Luis Bonioli

9

11

10

12 42

Ênfase - Junho 2010


fotos: Anderson Luis Bonioli

S

ugestão de presentes

13

13 - Calça de lã Angelo Bertoni / Blazer de veludo Portage / Camisa Social Breda da Loja Teixeira Rua José Pires, 220 Fone: 4411-0835

Ênfase - Junho 2010

43


S

ugestão de presentes

14

16

15 fotos: Anderson Luis Bonioli

44

Ênfase - Junho 2010

14 - Casaco de veludo 15 - Vestido de lã, Baby Look e cinto 16 - Vestido de lã e Baby Look da Cheia de Graça Rua José Alvim, 76 Fone: 4412-8224


S

17 18

ugestão de presentes

19

17 - Calça Xadrez da Lulu 18 - Casaco Tricoline da Lulu 19 - Bota de Couro da Capodarte da Daniele Boutique Al. Lucas Nogueira Garcêz, 2020 Fone: 4411-9905 fotos: Anderson Luis Bonioli

Ênfase - Junho 2010

45


S

ugestão de presentes

20

20 - Vestido da Bué 21 - Camisa e vestido da Tyrol 22 - Jaqueta da Ecko Unltd da Nasch Petit Rua José Lucas, 48 Fone: 2427-3668

46

Ênfase - Junho 2010

21

fotos: Anderson Luis Bonioli

22


M

oda X Estilo

Mari Malpighi

“O mais importante não é a moda, mas o estilo. A moda passa, o estilo fica.” (Glória Kalil) Um exame da história da moda e dos usos e costumes dos diferentes países revela que todas as sociedades, das mais primitivas as mais sofisticadas, usam roupas e ornamentos para transmitir informações sociais e pessoais. Assim como tentamos ler as expressões faciais das pessoas ao nosso redor, também lemos os sinais emitidos por suas roupas e identificamos o tipo de gente que são. Essa comunicação não verbal, a linguagem da moda, pode ser aprendida como qualquer outra linguagem. Compramos e usamos roupas em combinações que são concebidas, deliberada ou inconscientemente, para

transmitir as outras pessoas impressões falsas ou verdadeiras sobre nós mesmos. Algumas das características pessoais que desejamos revelar ou ocultar, por exemplo, idade, orientação sexual, tamanho, formas, estado civil, status econômico, profissão, religião, autoestima, atitudes e importância. No teatro e no cinema os figurinistas manipulam ativamente o significado simbólico das roupas, cobrindo os personagens com itens que reconhecemos como típicos de diversas atividades e atitudes. O que marca realmente uma pessoa é o seu estilo, a moda uniformiza. Ou seja, o estilo diferencia e a moda padroniza. As pessoas seguras gostam de se sentir diferenciadas, as inseguras só se tranquilizam quando se sentem diluídas no meio da multidão. Quando uma

pessoa é bem resolvida, sua preocupação maior passa a ser o cuidado com a própria imagem e seu conforto. Seu maior objetivo é agradar a si mesma e, consequentemente, agrada os outros. Os looks construídos no dia a dia, em relação ao que compõe o visual traduzem o estilo, reforçam ou abalam os comportamentos sociais. O conflito entre o eu individual e o eu social está em constante busca pelo equilíbrio, e isso pode ser mostrado através desta forma de comunicação chamada moda..

Refêrencia: Fashion design, (Sue Jenkyn Jones)

Ênfase - Junho 2010

47


S

ugestão de presentes

25

23

24 23 - Calça Jeans Feminina da Dzarm 24 - Blusão Feminino da Dzarm 25 - Casaco infantil feminino da PUC da Yuppi Rua José Alvim, 115 Fone: 4411-0781

48

Ênfase - Junho 2010

fotos: Anderson Luis Bonioli


27

fotos: Anderson Luis Bonioli

26

S

ugestão de presentes

26 - Jaqueta de couro da Terra Firme 27 - Calça Jeans Disparate da Loja Laluhê Rua Benedito de A. Bueno, 405 Fone: 4412-1512

Ênfase - Junho 2010

49


C

uidados com as roupas de couro

Agora no outono/inverno é comum abrir o guarda-roupa e ter uma surpresa com as roupas de inverno, principalmente as de couro, mas se você cuidar bem das peças de couro, camurça, pelica, nobuck, perolado, você certamente as terá como novas por muito tempo. Roupas, calçados e acessórios de couro merecem tratamento especial. Para deixar suas peças como novas, sem sujidades ou odores, nada melhor do que contar com o tratamento especializado da Restaura Jeans. “As peças passam por um processo industrial que envolve uma série de equipamentos, produtos químicos e procedimentos que não só limpam, mas tratam e realmente renovam as peças de couro”, explica Flávio Conrad, franqueador.

“A limpeza e renovação do Couro não é uma lavagem a seco como a realizada em lavanderias tradicionais. Consiste em um processo com tecnologia desenvolvido na Restaura Jeans que consiste na lavagem, hidratação e preparação da peça para a renovação da cor original. O cliente que usa a renovação garante uma vida muito mais longa às suas peças. O processo, além de retirar todas as sujidades aparentes, como oleosidade e pequenas manchas, também removem fungos e bolores.

Hidratado, o couro recebe a tonalidade original da cor, ficando novamente bonito, parecendo como novo. Toda vez que o cliente renova sua peça, ele está garantido que na próxima estação fria, em que irá usá-la, ela estará restaurada e sem odores, ou seja, é importante realizar o processo quando a peça precisar e após usá-la no inverno”, diz Adria Duarte (franqueada da Restaura Jeans em Atibaia/SP). A Restaura Jeans oferece tingimento, costura, renovação do couro e lavanderia, é, desde o ano passado, a primeira empresa no ramo de serviços a eliminar o balcão de vendas. A novidade acontece porque a rede trocou seu layout e comunicação visual nas lojas. Neste novo formato há muito mais interatividade com o cliente. Além do atendimento mais próximo, há o acesso direto aos mostruários.

Restaura Jeans – Atibaia Al. Prof. Lucas N. Garcês, 1189 Fone: 4418-2280

50

Ênfase - Junho 2010


S

ugestão de presentes

28

fotos: Anderson Luis Bonioli

29

30

28- Malha bege da Malharia Nacional 29 - Avental com punho 30 - Calça Jeans Branca do Ponto Branco Rua José Bim, 336 Fone: 4411-9933

Ênfase - Junho 2010

51


S

ugestão de presentes

32

31 31 - Relógio Vintage estação antigo 32 - Álbum de fotos de mesa c/ porta-retrato giratório 33 - Candelabros entalhados prateados do Trem Mineiro Al. Lucas Nogueira Garcêz, 3545 Fone: 4411-4692

34

33

35

34 - Espelho de Elefante da Indonésia 35 - Músico de madeira da Tailândia da Rishikesh Importados do Oriente Al. Lucas Nogueira Garcêz, 2049 Fone: 4402-2444

36 - Jogo Jantar-Chá de porcelana Inglesa da Ana Presentes Al. Lucas Nogueira Garcêz, 1100 Fone: 4411-3235 www.anapresentesatibaia.com.br

52

Ênfase - Junho 2010

fotos: Anderson Luis Bonioli

36


ĂŠnfase - Junho 2010

53


K

enjutsu

A prática da esgrima japonesa desenvolvida pela Ryu Chuden Aiki – TachiDo, segue o estilo Takeonouchi Ryu datado de 1532. Baseia-se nas Obras: Gorin No Sho “A Arte dos Cinco Elementos” do famoso espadachim Miyamoto Musashi e A Arte da Guerra “O Caminho de Sun Tzu”. Nesta escola trata-se da defesa e contra-ataque de armas, compreendendo movimentos em forma de Kata’s, prática com bastões, exercícios de “nihonjo”, bastões curtos (arnis), ensaios com espadas em formas de Kata’s e exercícios de “Nito” no uso simuntâneo das duas espadas. É interessante colocar que este caminho (Do), através da prática da espada, conduz o homem a uma segurança psicológica e à preservação da sua integridade física, tão importante no mundo moderno. Trabalhando simultaneamente a mente e o corpo durante a condução dos exercícios, pode-se notar efeitos terapêuticos extremamente importantes. Os movimentos empregados, nas diversas situações de combate, foram cuidadosamente desenvolvidos no sentido de que em nenhum momento possam agredir o corpo através de ações bruscas, contrárias aos sentidos naturais do praticante. Assim sendo, pode ser desenvolvida por homens, mulheres e crianças a partir de oito anos de idade. Poderão experimentar uma melhor concentração, disciplina, apurando os sentidos e reflexos, corrigindo permanentemente a postura e trabalhando o tempo todo com o sistema respiratório. Em completa harmonia com sua arma, a certeza de vitória. Assim o homem moderno no desafio que enfrenta no seu dia a dia através dos ensinamentos, consegue a receita ideal para o sucesso da vida. A prática da esgrima japonesa fundamentada nos ensinamentos do grande espadachim Miyamoto Musashi, exige desprendimento, mente liberta, total disciplina e o corpo devidamente centrado. Miyamoto Musashi escreveu: “A espada está longe de ser apenas uma simples arma, e deve ser a resposta para as questões mais importantes da vida”. Esta prática serve de orientação para todos aqueles que desejam aprender “estratégia”, embora sua filosofia esteja sempre à frente da nossa compreensão imediata. C. Domingues Sensei

54

Ênfase - Junho 2010


1

2 1- Tapete Living, pêlo alto, vários tamanhos, tapetes São Carlos 2- Cortina Jasmim, com ilhós, vários tamanhos - Anatex 3- Jogo de cama Premier Malha 100% algodão fio penteado - Altenburg da Sinha Moça Av. Juvenal Alvim 113 fone: 4413-6674

3

Ênfase - Junho 2010

55


Q

uando Chega o Inverno

Quando chegam os dias mais frios, é tempo de começar a pensar em soluções que mantenham o ambiente com temperatura agradável e confortável e a lareira é a mais antiga forma de aquecimento criada pelo homem. Quem nunca sonhou em passar o inverno em um clima aconchegante em frente a uma lareira? Esta opção está se tornando cada vez mais presente tanto em projetos de decoração de residências quanto em apartamentos, proporcionando um ar sofisticado para o ambiente, podendo ainda valorizar a decoração e o preço do imóvel. Além de deixar o clima muito convidativo e aconchegante, é o local preferido dos moradores para conversas e leituras quando a temperatura cai. Hoje no mercado há modelos que utilizam os mais diversos materiais e que podem ser projetadas em ambientes rústicos, clássicos ou modernos. Seu custo varia de acordo com o tamanho e o material usado em seu acabamento. Os consumidores podem desembolsar entre R$ 800 e R$ 5 mil pelo produto. Tipo certo para cada residência A evolução das lareiras permite que este item ganhe cada vez mais espaço e não fique restrito às casas térreas. Os apartamentos já podem receber este produto, no entanto, nestes casos são indicados os modelos a gás, os elétricos e ecológicos. As lareiras a gás têm como característica principal a não geração de fuligem. Além disso, sua chama é alimentada por gás natural ou comum podendo ser utilizada em qualquer ambiente. Sua limpeza no dia a dia também é muito prática. Para aqueles que não desejam passar por reformas, é indicada a lareira ecológica, que pode ser incluída em um nicho ou apenas ser sobreposta a algum móvel, alimentada por um bio fluido. Praticidade pode ser observada nos modelos elétricos. Este tipo de lareira produz calor e uma chama virtual, no entanto, os modelos no mercado não são muito atrativos aos olhos. Com a difusão da lareira a gás e da ecológica, a lareira a lenha está ficando em desuso. Necessita de lenhas, saída de fumaça e de uma limpeza difícil após o uso. Esta opção é para um cliente “conservador” e que aprecia o charme da lareira tradicional. Escritório de Arquitetura Cecilia De-Stefani

56

Ênfase - Junho 2010


1

1-Cadeira Skynet cromada 2-Sofá lounge em couro sintético de poliuretano 3-Longarina Graphic - capa em couro 100% natural da Alvesmaq Av. São João 554 fone: 4412-3733 www.alvesmaq.com.br

2

3 Ênfase - Junho 2010

57


A

rtista de Atibaia tem trabalhos na novela “Passione”

Mais uma vez os trabalhos do artista plástico Glenn Hamilthon, que mora e tem ateliê em Atibaia, poderão ser vistos numa novela da Rede Globo. “Passione”, novela que estreou em maio, tem como um de seus temas a reciclagem de lixo e reaproveitamento de materiais. Já na sua abertura é possível notar o tema através do trabalho do artista plástico brasileiro radicado em Nova Iorque Vic Muniz. Emprestando sua criatividade para os cenários da trama, Glenn recebeu o pedido da diretora de cenografia May Martins. Ele produziu um lustre feito de rodas, correntes, catracas e guidons de bicicletas, um painel represenLustre Bikelight tando um mapa mundi feito com aparas de madeiras, uma mesa com a base formada por dois blocos de latinhas de alumínio amassadas e uma poltrona de caixas de papelão. No ano passado, Glenn já havia produzido uma escultura em madeira de quase meia tonelada para a novela “Caras e Bocas”, da mesma emissora. O Painel Mapa Mundi artista ainda finaliza uma escultura em madeira que também fará parte de “Passione” a partir do capítulo 40. É aguardar pra ver. Glenn informou que suas esculturas também foram incluídas em mostras de decoração na Capital. Duas esculturas foram para a 19ª edição da Mostra Artefacto de Decoração e Design. O living criado pela designer paranaense Leila Barakat priorizou o cotidiano e foi projetado pra se viver, receber e usufruir ao máximo. As peças de design em madeira e

58

Ênfase - Junho 2010


as esculturas realçaram e valorizaram a arte a partir da natureza. “É a minha casa, meu lugar, minhas peças favoritas e o prazer de dividir tudo isso com meus amigos”, sintetizou Leila. No ambiente, destacaram-se as esculturas Favela´s Tower e Top Floor, feitas com aparas de madeiras pelo artista que mora em Atibaia. Glenn citou também sua participação na edição 2010 da Casa Cor SP, um dos maiores e mais importantes eventos de decoração e design do país. Novamente, o evento aconteceu no Jockey Club de São Paulo e teve a sustentabilidade como ponto forte. Sua escultura “Sinuosa” fez parte do ambiente criado pelos arquitetos Marco e Cida Portes. Por último, Glenn lembrou outra participação em programa de tv. A Vanguarda Tv, retransmissora da Rede Globo no Vale do Paraíba e região, destacou seu trabalho no programa “Planeta Vanguarda”. Ecologia, preservação e sustentabilidade são os assuntos do programa que, este ano, recebeu o prêmio de Melhor Documentário, da Feira Internacional de Tecnologia e Meio Ambiente do Rio Grande de Sul, com o documentário Terra, Vida ou Morte.

Artefacto 2010

A equipe do Planeta Vanguarda visitou o ateliê do artista para mostrar seus trabalhos, seu processo criativo e sua técnica, que utiliza principalmente aparas de madeiras recolhidas em pequenas marcenarias na produção de esculturas que chegam a ter quatro metros de altura e a pesar meia tonelada. “Meu interesse por esse material se explica por ser nobre, abundante e desperdiçado. Normalmente estas sobras acabam sendo queimadas em fornos de padarias e pizzarias. Para as indústrias de reciclagem as quantidades são pequenas e por isso o custo é inviável”, explicou Glenn, que iniciou seu trabalho com madeiras há 10 anos.

Ênfase - Junho 2010

59


A

rtes plásticas

quadro da artista Gersey Pinheiro

Gersey Pinheiro sempre se interessou por pintura. Coloriu muitas congadas e muitas paisagens de Atibaia que segundo ela é a cidade que a inspira. Sempre ampliou suas possibilidades de experiências com muitas técnicas e o uso de materiais diferentes para aumentar sua capacidade de contato com ela mesma e com os outros. Fez exposições dentro e fora do Brasil. Participou de muitas mostras coletivas e realizou sete exposições individuais. Recebeu muitos prêmios, alguns extremamente significativos. Seus quadros de Congadas pertencem ao acervo do Hospital Novo Atibaia. Alguns anos atrás, a artista começou a experimentar a sensação de modelar no barro fascinada pelas idéias do filósofo Gaston Bachelard que destaca o barro como forma terapêutica. Diz a artista: “experimentar a argila úmida e firme, nos abriga de todos os malefícios. O escultor deixa que seus dedos despertem as formas vivas adormecidas no âmago da terra. É relaxante e dá um bem-estar incrível”. Segundo Gersey, deste contato direto com o íntimo do barro nasceram suas formas sacras que ela intitulou de “As muitas Marias”, sua primeira exposição individual como escultora. Algumas dessas peças foram transformadas em resina, pó de mármore e bronze. Aos seus alunos passa a alquimia da argila como a questão do tempo que deve ser respeitada, pois difere do tempo do homem. Terra, água, ar e fogo são os elementos que, segundo ela, transformam a argila em peças exclusivas e coloridas. Conclui: “Qualquer pessoa pode aprender arte. Já a criatividade é individual, intransferível e revela uma peça única que carrega toda a história de vida de seu autor.”

60

Ênfase - Junho 2010


L

eitura Zen

Uma dica para quem tem um sexto sentido é o livro Você é Sensitivo? Fazer meditação, equilibrar os chakras (centros de energia), exercitar pensamentos positivos, ler a aura, interpretar sonhos e cartas do tarô, desenvolver a clarividência são alguns dos assuntos que você poderá encontrar nessas páginas da literatura zen. Mas tem mais... Runas, numerologia, cura à distância e auto-cura, o poder dos cristais, cromoterapia, seres angelicais, amuletos, talismãs, Karma, astrologia preenchem as outras páginas com belíssimas ilustrações. Em cada capítulo, existe um questionário básico para avaliar como você anda usando os seus sentidos e técnicas para o desenvolvimento do seu potencial psíquico. Livro: Você é Sensitivo? – Técnicas para despertar seus poderes inatos Editora: Pensamento 176 páginas Autora: Julie Soskin Para quem gosta de mitologia grega e das cartas de tarô fica o Livro O Tarô Mitológico. Nas 244 páginas, você entenderá um pouco mais sobre os arquétipos da mitologia grega e a presença deles no inconsciente coletivo. O livro vem acompanhado por cartas de tarô (arcanos maiores e menores) e tem um breve histórico das origens do tarô e explicação da leitura das cartas. Mas o mais encantador, para o mês dos namorados, está na lenda de Eros e Psique. Em cada lâmina está um capítulo da história de amor dos deuses, que tem tudo a ver com a trama do amor de nós mortais de hoje. Livro: O Tarô Mitológico Edições Siciliano Autores: Juliet Sharman-Burke e Liz Greene Isa Bertero Jornalista

Ênfase - Junho 2010

61


A

lvenaria Estrutural

Em 1977, foi formada a primeira comissão de estudos para desenvolvimento de normas nacionais de alvenaria estrutural: a NBR 6136 normatiza os blocos de concreto para alvenaria estrutural. Os Blocos de Concreto com função estrutural são aqueles, para o sistema construtivo de Alvenaria Estrutural, que não têm pilares e vigas de concreto, mas sim enchimentos de chamados grautes, nos próprios blocos denominados como auto-portantes. Como vão ter que suportar uma carga maior, uma resistência maior que os blocos de vedação, o projeto deve ser muito bem elaborado e executado de acordo com cálculo estrutural, principalmente se a construção obtiver dois pavimentos ou mais, tendo que dimensionar o Radie (Fundação) de acordo com o solo e o calculo da sobrecarga. Na Alvenaria Estrutural a argamassa Pontos de tem função de liga“Groute” ção entre os blocos, uniformizando os apoios entre eles. Tradicionalmente a argamassa para assentamento é composta de cimento, cal e areia. Argamassas mais fortes (só de cimento e areia) não são recomendadas, pois são muito rígidas e têm baixa capacidade de absorver deformações. Em contrapartida, argamassas muito fracas (só de cal e areia, por exemplo) têm resistência à compressão e aderência muito baixa, prejudicando a resistência da parede. A resistência à compressão da argamassa deve ser próxima a 70% da resistência do bloco utilizado. “Tenho preferência por trabalhar com a massa pronta, pois o seu traço já vem específico e normatizado”, arq. Hipólito Carlos. O sistema construtivo de Alvenaria Estrutural apresenta uma série de vantagens: - Não tem gastos com formas e caixarias para execução de pilares e vigas; - Gastos menores de concreto para gruteamento; - Tubulações passam por dentro dos blocos, evitando o re-trabalho de recortes e passagens de tubos; - Sitema extremamente racionalizado – pouquíssimo desperdício de material; - Economia pode chegar até 20% do custo da obra; - Economia de tempo de execução.

62

Ênfase - Junho 2010


F

ama

Fanfarra ganha veículo para ajudar na viagem à Alemanha Pais, amigos, fãs, empresários e poderes públicos estão empenhados em ajudar a Fanfarra Municipal de Atibaia (FAMA) a viajar em julho para a Alemanha, onde se apresentará no campeonato mundial conhecido como World Championship for Marching Bands. O festival é organizado pela World Association of Marching Show Bands, que tem sede no Canadá. O campeonato de fanfarras será em Potsdam, perto de Berlim, o berço cultural da Alemanha. A viagem será entre o dia 26 de julho e 2 de agosto. O custo geral foi estimado em R$ 300 mil. Como a Prefeitura não poderá bancar todo esse valor, a Associação de Pais e Amigos da Fanfarra (APAFAMA), que tem quatro anos de existência, CNPJ e declaração de utilidade pública, se mobilizou para arrecadar recursos na comunidade. As doações já começaram e bem – o empresário Rubens Carvalho, proprietário da concessionária Fiat em Atibaia, doou um veículo, o novo Uno, para uma rifa, que terá 25 mil números, com cartazes e folhetos distribuídos pela cidade, e poderá resultar em R$ 120 mil. O sorteio será no dia 17 de julho, pela Loteria Federal. Esse movimento mostra que a FAMA é uma instituição de Atibaia, acima de diferenças políticas ou de limitações de grupo ou sociais. Além de Rubens Carvalho, houve a disposição de ajudar por parte de outros empresários, autoridades e instituições. O diretor do Fórum, dr. José Augusto, destinará até R$ 10 mil da verba que administra. Câmara Municipal, Hospital Novo Atibaia, Huf e Centro Empresarial Atibaia também vão colaborar, mas os valores das doações ainda não foram definidos. Pais, adolescentes e crianças da Fanfarra também estão fazendo rifas e procurando outros apoios. Das apresentações recentes, em que foram cobrados ingressos (incluindo a Big Band), foram obtidos mais R$ 11 mil. A FAMA está correndo para realizar mais um sonho profissional – o grupo já se apresentou no Chile e na Holanda (ficando entre as 10 melhores fanfarras do mundo), sempre com sucesso. Para apoiar, entre em contato pelo fone: 4414-2055 (Secretaria Municipal de Cultura) ou pelo e-mail ezimbres@gmail.com

Ênfase - Junho 2010

63


A

tibaia tem PIB industrial de R$ 599 milhões

Cerca de um quarto do PIB (Produto Interno Bruto) de Atibaia está no setor industrial. Segundo o programa Capital Humano (Departamento de Ação Regional), da Fiesp (Federação das Indústrias do Estado de São Paulo), que mapeia as cidades paulistas com dados atuais, a cidade tem um PIB industrial de R$ 599 milhões. O segmento de serviços é o que predomina na economia local – com PIB de 1,1 bilhão de reais. A agropecuária representa R$ 68,3 milhões. A administração pública já ultrapassa os R$ 210 milhões. A arrecadação tributária está na faixa dos R$ 53,3 milhões e os investimentos chegam a R$ 32,7 milhões. FORMA DE BOLO - O site da Fiesp expõe a economia atibaiense na forma de um bolo: a fatia de 55% está no segmento de serviços; 30% na in-

64

Ênfase - Junho 2010

dústria; 3% na agropecuária; e 10% na administração pública. No total, o PIB supera os R$ 2 bilhões para uma população de 131.679 habitantes, segundo o Seade. A federação reúne informações

também sobre a balança comercial: as exportações de Atibaia registram R$ 63,5 milhões; as importações, R$ 219,7 milhões. O saldo é, portanto, negativo, chegando a R$ 156,1 milhões. Ou seja, Atibaia é basicamente uma consumidora - importa mais do que exporta.


Os trabalhadores com carteira assinada estão em 30.706 (dados de 2008). A massa salarial chega a R$ 34,3 milhões. A média mensal dos salários é R$ 1.118,02. E os trabalhadores portadores de deficiências chegam a 133 no mercado de trabalho de Atibaia. MERCADO DE TRABALHO - O Departamento de Ação Regional da Fiesp criou o programa Capital Humano para atender a demanda do mercado de trabalho por mão de obra qualificada. A entidade afirma que “pretende fomentar debates em diversos fóruns, visando ampliar a sinergia entre indústria e instituições de ensino para que todos passem a participar do processo como agentes e, conseqüentemente, praticar a ‘gestão do capital humano’, de forma planejada e integrada”. Para isso, desenvolveu-se uma ferramenta de comunicação denominada “Sistema de Informações do Capital Humano”, que tem por objetivo compreender a dinâmica do mercado de trabalho e de formação profissional em cada município. Foi construída uma matriz setor/região para identificar deficiências e potencialidades regionais, que subsidia a definição de ações rumo a patamares educacionais e profissionais mais adequados em todos os 645 municípios do estado de São Paulo. As informações socioeconômicas utilizadas são do Ministério do Trabalho – RAIS e Caged – com abertura por nível ocupacional e, busca compreender os gargalos do setor produtivo, perspectivas, investimentos e tendências relativas à Capital Humano. O programa “contempla o mapeamento da educação profissional no Estado, que identifica a infra-instrutura de ensino existente, sua localização, a oferta de cursos, oferta de vagas disponíveis e perfil destes profissionais. Temas específicos como inclusão social também fazem parte do escopo do projeto: lei de aprendizagem e cotas de deficientes”. Para isso, firmou-se um convênio entre a Fiesp e as instituições Senai, Centro Paula Souza e Instituto Federal com objetivo de trabalhar os planejamentos de oferta de educação, integrados às necessidades do setor produtivo.

Ênfase - Junho 2010

65


1

2 1- Calça feminina Urbana Stretch 2- Camisa feminina listrada Tassa 3- Cinto feminino com strass da Selaria Mundial Av. São João, 445 fone: 4411-6598

3

66

Ênfase - Junho 2010

fotos: Anderson Luis Bonioli


G

ripe Canina

A gripe canina ou traqueobronquite infecciosa, mais conhecida com “Tosse dos canis”, afeta diretamente o sistema respiratório dos cães. No inverno, o clima frio e seco favorece o aparecimento da gripe, facilmente transmitida por meio da tosse e do espirro de animais doentes. É uma doença aguda e altamente contagiosa, e a melhor forma de prevenção é a vacinação. Os agentes causadores mais frequentes são a bactéria Bortedella bronchisseptica e os vírus da Parainfluenza e adenoviros canina tipo 2. A transmissão é mais frequente quando há aglomeração de animais, por exemplo, em parques, praças, canis, hotéis para cachorros, etc. O principal sintoma é a tosse seca e repetida que normalmente piora com os exercícios físicos, agitação ou mesmo pela pressão da coleira. A secreção nasal, falta de apetite e febre, podem ser indícios de quadros mais graves da gripe canina. Ela pode atingir 15 espécies de animais diferentes, dentre elas o próprio homem. Pôr este motivo o controle desta doença é importante para a saúde dos animais, proprietários e veterinários. Fatores ambientais como produtos de limpeza a base de formol, poeira e alterações bruscas de temperatura, assim como a irritação das narinas também podem predispor os animais a crises de tosse, favorecendo a penetração de microorganismos da tosse dos canis, produzindo uma secreção purulenta pelo nariz. Nestes casos é necessário aplicar antibióticos, principalmente quando eles apresentarem falta de apetite, febre, apatia e perda de peso. Deve-se também manter o animal protegido do frio, da umidade e do vento e evitar banhos com água fria e aglomerações de cães durante o inverno, e ainda, isolar os animais doentes. Procure um médico veterinário de confiança e se informe sobre a vacina. Dra. Maíra Mendonça Ênfase - Junho 2010

67


F

amília Goldschmidt - Travessia Brasil – Europa

Parte 1 – De Santos a Salvador Viajar é experimentar. Não consigo achar definição melhor. Quando viajamos, saímos de nossa zona de conforto e nos arriscamos em um mundo novo. Experimentamos novos sabores, aromas, sons e relacionamentos e desta maneira, crescemos e ampliamos nossos horizontes. Nós da Família Goldschmidt também resolvemos experimentar um novo tipo de viagem. Decidimos atravessar o oceano em direção a Europa a bordo de um grande navio, um transatlântico, para descobrir como seria a experiência de passar 14 dias no mar. Nossos amigos acharam que seria tedioso. A experiência disse o contrário. Partimos de Santos, dia 05 de Abril a bordo do Vision of the Seas, um navio da Royal Caribbean, com 78 mil tone-

68

Ênfase - Junho 2010

ladas e capacidade para 2 mil pessoas. Escolhemos este navio porque ele faria a rota do descobrimento do Brasil no sentido inverso, parando em lugares que fizeram parte da nossa história e terminando a travessia em Lisboa, onde tudo começou. O navio

Vision of the seas

Viajar em um transatlântico lembra um pouco nossas aventuras de motorhome, coisa que fizemos por mais de 800 dias em nossas aventuras pela

América Latina (veja: www.familiagold. com.br). Ok, eu sei que transatlântico não tem rodas, se locomove pelo mar e é um pouquinho maior que nosso ônibus, mas... a sensação é a mesma. Explico: nos dois tipos de viagem, o destino não é necessariamente o mais importante, é apenas uma referência. Pode ser qualquer lugar. O que importa mesmo é a viagem em si, as paradas no caminho, os lugares que conhecemos e as amizades que fazemos. Viajando em um grande navio também carregamos nossa “casa nas costas” (como no motorhome). Temos nossa cabine, nosso cantinho, nossas coisas, nossa privacidade. É diferente de uma viagem aérea, de carro ou de ônibus, onde o único objetivo é chegar ao destino, não importando muito o conforto e a privacidade durante o trajeto. Uma travessia transatlântica é uma experiência, não apenas um meio de chegar do ponto A ao B.


O navio é uma verdadeira cidade flutuante, com lojas, academia, restaurantes, bares, cassino, parque aquático, teatro, cinema, além de muitas opções de atividades diárias. Foi impossível fazer todas elas. Nossas atividades preferidas eram as seguintes: dormir, acordar, comer, ir à piscina, tomar banho de sol, jogar baralho, tomar banho de sol, dormir, conversar, ler, escrever, escutar música, assistir a um show, comer, dormir, ir na jacuzzi, sauna, SPA, comer, ler, fazer ginástica, conversar, ir a uma festa, voltar para a piscina, etc, etc, etc. Como vocês podem ver, foi uma vida muito dura. Durante os dias da travessia, além das atividades citadas, fizemos paradas para conhecer vários destinos. As para-

das eram de um dia, o suficiente para conhecer um pouco de cada lugar. Nesta e nas seguintes matérias desta série, vamos compartilhar com vocês o que vimos e descobrimos. Hoje vamos começar com Rio de Janeiro e Salvador: Rio de Janeiro Apesar de ser a cidade mais visitada do Brasil, o Rio de Janeiro continua a surpreender pela sua beleza, cultura e história. Se você tiver tempo, além dos tradicionais Pão de Açúcar, Corcovado, Maracanã e Sambódromo, acho que vale a pena dedicar algum tempo

de imperial. Nesta visita conhecemos a imponente e moderna Catedral do Rio e também a Lapa, bairro boêmio próximo ao centro. Um dos lugares que mais nos imCatedral do Rio pressionaram foi o Palácio Imperial que recebeu em 1808 a corte portuguesa e o rei Dom João VI. No Centro Cultural da Marinha, encontramos uma réplica de caravela, idêntica àquelas usadas pelos portugueses na época do descobrimento.

Palácio Imperial escadaria na Lapa

Em uma viagem como esta, temos a oportunidade de ver o mundo passar literalmente pela nossa janela e desfrutar cada pedacinho dele. Nesta viagem, pela nossa janela passaram Santos, Rio de Janeiro, Salvador, Ilha da Madeira, as ilhas Canárias, Cádiz e Lisboa.

para conhecer outros destinos como o Recreio dos Bandeirantes, a praia da Macumba, a Floresta da Tijuca e talvez até dar um pulo em Petrópolis, a cida-

Ênfase - Junho 2010

69


Salvador

Caminhamos por diversas ruas e ladeiras repletas de casarões coloniais, palácios, praças e igrejas. Na verdade, igreja é o que não falta por aqui. Dizem que são mais de 365 igrejas católicas somente em Salvador, uma para cada dia do ano. No final da tarde, antes de embarcamos, Igreja em Salvador visitamos o famoso Farol da Barra e experimentamos uma deliciosa Tapioca.

Elevador Lacerda

Salvador foi a primeira capital do Brasil e ainda é uma das mais bonitas cidades brasileiras. Um dia foi pouco para conhecê-la, mais o suficiente para deixar um gostinho de “quero mais”. Começamos pelo porto e logo fizemos uma parada no Mercado Modelo, um prédio centenário que reúne uma amostra do rico artesanato baiano. Depois, subimos o elevador Lacerda, construído há mais de 100 anos, e que ainda liga a cidade baixa à cidade alta, onde está o Pelourinho. Esta região, tombada pela UNESCO como Patrimônio da Humanidade, é o centro cultural e histórico da cidade.

70

Ênfase - Junho 2010

De Salvador, o navio tomou o rumo do nordeste se afastando cada vez mais da costa brasileira em direção à Europa. Foram seis dias de navegação até chegarmos às ilhas Canárias e à ilha da Madeira, dois paraísos tropicais na

Pelourinho

costa africana. Mas esta história eu vou contar depois, na continuação desta reportagem, na edição de Setembro. Peter Goldschmidt Membro da Família Goldschmidt e consultor de turismo da Gold Trip Cosultoria e Viagens: www.familiagold. com.br // www.goldtrip.com.br * Neste trecho da viagem a Família Goldschmidt teve o apoio da BahiaTursa, do Inter Touring Receptivo Rio (21) 2549-0272 e da seguradora Intermac Assistance.


T

emperos e seus usos

Precisamos esclarecer que existe uma infinidade de tipos de temperos, especiarias e condimentos. Essa variedade, às vezes, atrapalha um pouco, pois diante de uma prateleira, a diversidade pode confundir e suscitar dúvidas. O importante é lembrar que temperos servem para alicerçar o sabor dos pratos, para servir de coadjuvante nas receitas. Nunca uma especiaria deve se sobrepor ao sabor da carne, peixe, ave, crustáceo ou até de legumes. Desta forma, provando um prato, o tempero não deve ser o primeiro a se notar. Se acontecer, houve um excesso. Alguns temperos “nasceram” para certas carnes (ou peixes etc.), outros podem ser usados para diversos tipos de pratos. Os temperos desidratados são igualmente bons, porém têm seu aroma mais concentrado que no estado fresco, sendo esta mais uma razão para ser usado com discrição. Para “hidratar” e suavizar uma erva seca, coloque-a em uma tigela com azeite até cobrir. Leve a tigela ao forno de microondas por uns 45 segundos até que fique quente, mas que não ferva. Deixe esta infusão esfriar e curtir por algumas horas antes de usar. Usos: Alecrim: carnes de cordeiro, pães e peixes Alho: carnes de cordeiro e porco Cebola + Alho + Salsa: aves e carnes bovinas Cebola em flocos: carnes e molhos Erva doce: salmão e massas Ervas finas: carnes servidas ao ponto, como rosbife Estragão: vitelos e aves de carne branca Limão + Ervas: aves e peixes de carne branca Limão + Pimenta: carne de porco Louro em folhas: carne de porco, molhos e caldos Manjericão: peixes e aves de carne branca Manjerona: vitelo, pães e batata Mostarda em grão: peixes e carnes brancas Noz moscada: sopas e batata Orégano: peixes, massas e mussarela de búfala Páprica doce: carne de vitelo, caldos e molhos Pimenta do reino preta: carnes de boi e cordeiro Pimenta do reino branca: carnes brancas, aves e peixes Pimenta verde: carnes de boi, cordeiro e aves Pimenta vermelha: peixes cozidos Pimentas misturadas: carnes, aves e para enriquecer molhos Raiz forte: carnes de porco e aves Sal com Aipo (Salsão): em vez do sal puro, em carnes e aves assadas Sal com Alho: em vez de sal puro, em carnes de porco e cordeiro Sálvia: vitelo e aves de carne branca Tomilho: carne de cordeiro e carnes assadas em geral Chef Eduardo Ortiz eduardo@chef-eduortiz.com.br Ênfase - Junho 2010

71


A

1 Combate MMA

Atibaia terá um evento de lutas inédito na cidade, será o A1 Combate MMA, que será realizado no dia 31/07/2010, no Ginásio de Esportes Elefantão. O evento está sendo promovido por Felipe Vilhena, que promete trazer lutadores de alto nível para atuarem em lutas de Muay Thai, Kick Boxing e MMA. O evento visa promover atletas de Atibaia que são destaques no circuito nacional na modalidade Muay Thai. As lutas de Muay Thai serão com atletas da Strickers Mori Team, que é hoje uma das melhores do estado e enfrentarão atletas de ponta de outras equipes que virão da capital e também de fora do estado. Destaques no peso pesado para Carlos trindade, peso médio Bruno Silva e peso leve Luis Bernardo – LB, todos campeões paulistas e com vários títulos e cinturões profissionais e extenso cartel de lutas e vitórias. O destaque será a luta feminina com a atleta de Atibaia Istela Nunes, que é a nº 1 do ranking na categoria até 52 kg. Istela é dona de 3 cinturões, tem títulos paulista e nacional, um cartel de 21 lutas e 19 vitórias e já venceu todas as melhores atletas da categoria no Brasil. Ela enfrentará a top da categoria de peso, acima da sua, coisa que ela já vem fazendo por falta de adversárias de nível em seu peso. Essa luta visa chamar a atenção de algum possível patrocinador para ela lutar pelo titulo mundial na Tailândia. Recentemente venceu a vice-campeã mundial Juliana Aguiar no evento em Brusque, Santa Catarina. Também terá atleta da cidade representando o Kick Boxing, João Paulo da academia Flex, do professor Ednei Nascimento. O evento contará com uma ótima estrutura, com profissionais capacitados para garantirem ao público um ótimo entretenimento com segurança e conforto. Parte da arrecadação da bilheteria será doada para a entidade de caridade “AMAC” de Atibaia. O treinador Mori lembra que os esportes de luta e atletas profissionais não podem ser relacionados com violência, pois todos são treinados e disciplinados de forma compatível para combaterem de forma igual dentro das regras feitas para preservarem ao máximo a integridade física de cada atleta. Luta é só dentro do ringue. Atleta de verdade não briga na rua nem se mete em encrencas.

72

Ênfase - Junho 2010


R

eceitas Sopa Creme de palmito

Ingredientes: 1 lata pequena de palmito 2 colheres de sopa de manteiga 1 cebola pequena ralada ½ litro de caldo de frango ½ litro de leite 2 colher de sopa de farinha de trigo Salsinha picada Sal a gosto. Modo de Preparo 1. Leve ao fogo a margarina com a cebola, assim que estiver murcha junte a farinha de trigo e vá mexendo no fogo. Adicione o leite quente (devagar sem parar de mexer), metade dos palmitos picados e o caldo de frango. Cozinhe até começar a engrossar. 2. Retire do fogo e deixe esfriar um pouco. Bata no liquidificador e passe na peneira. Coloque novamente na panela e adicione o restante do palmito bem picadinho. Tempere com sal e sirva com salsinha picada e uma cesta de torradinhas. Comadre Restaurante

Arroz com macarrão e amêndoas torradas Ingredientes 6 ninhos de macarrão quebrados 4 colheres de sopa de manteiga 1 pedaço de pequeno de canela em pau 2 xícaras de chá de arroz cru, lavado e escorrido 1 colher de sobremesa de tempero completo Q.B. de sal 2 xícaras de chá de água para o cozimento Q.B. pimenta síria 1 xícara de chá de amêndoas torradas 2 colheres de sopa de cebolinha verde cortada bem fina Modo de Preparo Em uma panela grande derreta a manteiga. Acrescente o macarrão quebradinho e frite em fogo baixo, misturando sempre para que dourem por igual. Coloque o arroz e frite bem. Acrescente a canela o tempero e misture bem. Coloque água o suficiente para cozinhar o arroz. Misture as amêndoas. Finalize polvilhando a cebolinha verde e sirva. Informações: Grau de dificuldade - Fácil Serve 6 porções Tempo de Preparo 25 minutos Chef Eduardo Ortiz eduardo@chef-eduortiz.com.br Ênfase - Junho 2010

73


R

eceita

Bolo Salgado Caipira

Ingredientes da massa: 1 xícara de leite 100g de margarina 1 xícara de farinha de trigo 1 xícara de fubá 1 colher de chá de sal 1 colher de sopa de fermento em pó 1 ovo batido Ingredientes do recheio: 1 colher de sopa de margarina 1 peito de frango médio, cortado em cubos pequenos 1 tomate, sem sementes, cortado em cubos pequenos 1 lata de ervilha escorrida 1 xícara de água fervente 1 colher de sopa de cheiro-verde picado 250g de maionese light azeite de oliva para untar fubá para enfarinhar

74

Ênfase - Junho 2010

Modo de preparo: Para fazer a massa, pré-aqueça o forno em temperatura média (180°C). Unte e enfarinhe uma assadeira pequena (28x18 cm) e reserve. Em uma panela pequena, aqueça o leite e junte a margarina. Misture e deixe esfriar. Em uma tigela grande, peneire juntos a farinha de trigo, o fubá, o sal e o fermento em pó. Acrescente o leite reservado e o ovo. Misture com uma colher até que a massa fique homogênea. Despeje a massa na assadeira reservada e leve ao forno por 30 minutos ou até que um palito saia limpo após ser espetado na massa. Retire do forno e deixe esfriar. Para o recheio, que você pode fazer enquanto a massa está no forno, aque-

ça a margarina e refogue o frango por 5 minutos ou até dourar em uma panela média. Junte o tomate, a ervilha, a água e o cheiro-verde e cozinhe por 10 minutos ou até o frango ficar macio e o líquido secar. Reserve até esfriar. Acrescente a maionese light e misture até formar um recheio cremoso. Agora, comece a montagem. Desenforme o bolo e corte-o ao meio no sentido do lado maior. Espalhe o recheio sobre metade do bolo e cubra com a outra metade. Corte-o em cubos e coloque em formas de papel frisado ou em sacos de papel para sanduíche do tamanho desejado.

Fonte: http://pt.petitchef.com


ĂŠnfase - Junho 2010

75


R

eceita

Couscous Marroquino com Filé de Cordeiro ao Molho de Ervas Tipo de Culinária: Oriente Médio Rendimento: 2 porções Ingredientes 100 ml de água fervente 100 gr de couscous marroquino 1 colher(es) (sopa) de manteiga Q.B. de sal Q.B. de pimenta-do-reino branca 10 gr de cebola picada(s) 50 ml de vinho branco 1/2 xícara(s) (chá) de seleta de legumes 400 gr de filé(s) de cordeiro 2 colher(es) (sopa) de azeite Molho 1 colher(es) (sopa) de salsinha picada(s) 1/4 xícara(s) (chá) de cerefólio picado(s) 1 colher(es) (sopa) de alecrim picado(s) 1 colher(es) (sopa) de tomilho picado(s) 2 dente(s) de alho picado(s) 100 ml de azeite extra virgem Q.B. de sal Q.B. de pimenta-do-reino branco Modo de preparo Tempere os filés de cordeiro com sal e pimenta branca e deixe pegando gosto por pelo menos 1 hora. Adicione o couscous aos poucos na água fervente, mexendo sempre. Acrescente metade da colher de manteiga e mexa até secar um pouco. Desligue o fogo e abafe, por aproximadamente 5 minutos. Enquanto isso refogue na outra metade da manteiga, a cebola e os legumes. Em seguida acrescente o vinho branco, sal e pimenta. Finalizando, misture o couscous com os legumes refogados e enforme (forma untada com óleo). Em uma frigideira, esquente o azeite e frite os filés de cordeiro temperados no ponto desejado. Quando totalmente cozido, sirva acompanhado do couscous e do molho de ervas. Molho Esquente o azeite, coloque o alho, as ervas e ajuste o tempero com sal e pimenta. Observação: retirar o miolo do alho e não torrar, apenas dourar. Chef Eduardo Ortiz eduardo@chef-eduortiz.com.br

76

Ênfase - Junho 2010


Roteiro Gastronômico

Roteiro Gastronômico de Atibaia Bares e Chopperias Baggu’s Bar e Chopperia

A Tentadora

Al. Profº Lucas Nogueira Garcez, 3190 / Fone: 4418-2928 / Horário: 2ª a dom. - 10h até 20h / Cartões de créd.: Master e Redeshop /déb: Master

Al. Profº Lucas Nogueira Garcez, 2678 / fone: 4411-6932 / Horário: 2ª a 6ª - 17h até 23h / sáb. e dom. - 11h até 23h / Cartões déb. e créd.: Visa / sáb e dom. almoço Café Donuts Al. Profº Lucas Nogueira Garcez, 2457 / Fone: Bar Pernil 4411-1717 / Horário: dom. a 5ª - 15h até 0h / Rua José Alvim, 211 / Fone: 4411-6265 / Ho6ª e sáb. - 15h até 02h / Cartões déb. e créd.: rário: 2ª a sáb. - 11h até 15h e 17h até últiMaster e Visa mo cliente / Cartões de déb. e créd.: Master e Visa Casa do Pão de Queijo Al. Profº Lucas Nogueira Garcez, 2255 / Fone: Ego Lounge & Dining Club 4412-4600 / Horário: 2ª a dom. - 08h até 22h / Av. Santana, 55 / Fone: 4418-4600 / Horário: Cartões déb. e créd.: Master e Visa 3ª a sáb. a partir das 18:30h / Cartões de déb. e Doce Roça créd.: Diners, Master, Redeshop e Visa Al. Profº Lucas Nogueira Garcez, 7568 / Fone: Gularejo Bar e Comidinhas 4402-7596 / Horário: 2ª a dom. - 08h até 19:30 Al. Profº Lucas Nogueira Garcez, 2473 / / Cartões déb. e créd.: Master e Visa. Fone: 3402-0203 / Horário: 4ª a 6ª - 17h até 23h / sab. e dom. - 12h até 23h / Cartões de Empório Vila Café déb. e créd.: Diners, Master e Visa Rua Benedito de Almeida Bueno, 484 / Fone: 4412-4513 / Horário: 2ª a sáb. - 8h até 18h / Pub Cartões déb. e créd.: Master e Visa Al. Profº Lucas Nogueira Garcez, 1100 / Fone: 4411-4491 / Horário: 4ª a dom. a partir das Fran’s Café 18h / Cartões déb e créd.: American Express, Al. Profº Lucas Nogueira Garcez, 2546 / Fone: Ipercard, Master e Visa 4412-1281 / Horário: todos os dias - 24h/ Cartões de créd.: American Express, Master e Visa Secret Club / déb: Hipercard, Master e Visa Al. Profº Lucas Nogueira Garcez, 1464 / Fone: 2427-0565 / Horário: 4ª e 5ª - a partir das 19h Geder e Sabine Al. Profº Lucas Nogueira Garcez, 3062 / Fone: / 6ª e sáb. - a partir das 22h / dom. - a partir das 4411-6783 / Horário: 2ª - 11h até 21h / 3ª a 6ª 16h / Cartões déb e créd.: Master e Visa - 10h até 22h / sáb. e dom. - 10h até 23h / CarSeo Ricardo Chopperia tões déb. e créd.: Master, Redeshop e Visa Av. Pref. Antonio J. T. Garcia Lopes 1409 Jd. Cerejeiras/ Fone: 9396-9823 / Horário: 2ª L´Truffer D´or Doceria a sáb - a partir das 18h / Cartões déb e créd.: Rua José Lucas, 81 / Fone: 4411-2082 / HoráMaster ,Visa e BigCard. rio: 2ª a 6ª - 9h até 21h / sáb, dom, fer. - 9h até 22h / Cartões déb. e créd.: Master e Visa.

Cafeterias e Docerias

Munik

Al. Profº Lucas Nogueira Garcez, 2001 / Fone: 2427-2340 / Horário: 2ª a sáb. - 10h até 18h / Cartões de déb. e créd.: Master e Visa.

Sensações Doces

Al. Profº Lucas Nogueira Garcez, 1201 / Fone: 3402-2125 / Horário: 2ª a sáb. - 9h até 19h / dom. - 9h até 13h / Cartões déb. e créd.: Master e Visa.

Spazio Scalla

Al. Profº Lucas Nogueira Garcez, 1913 / Fone: 4413-2368 / Horário: 2ª a 5ª - 9h até 20h / 6ª e sáb. - 9h até 22h / dom. 9h até 18:30h/Cartões déb.e créd.: Master e Visa

Casa de Chá Espaço Caçarola

Rua José Lucas, 35 / Fone: 2427-9010 / Horário: 2ª a dom. - 14:30h até 20:30h / Cartão déb.: Master e Visa

Churrascarias Churrascaria Campera Gaúcha

Al. Profº Lucas Nogueira Garcez, 1362 / Fone: 4412-2507 / Horário: 2ª a dom. - 11:15h até 15:30h e 18h até 23h / Cartões déb. e créd.: Master e Visa / também delivery.

Churrascaria Piá

Av. São João, 1131 / Fone: 4412-4865 / Horário: 2ª a dom. - 08h até 21h / Cartões déb. e créd.: Master e Visa / também delivery.

Churrascaria Recanto Gaúcho

Rua Pedro Salgado, 208 / Fone: 4413-6413 / Horário: 2ª a dom. - 11h até 15h e 18h até 22h / Cartões déb. e créd.: Master e Visa

Churrascaria Sabores do Sul

Av. III Centenário, 628 / Fone: 2427-1893 / Horário: 2ª a sab. - 8h até 20h / dom. - 8h até

77


Roteiro Gastronômico 15h / Cartões déb. e créd.: Master, Redeshop e Dr. Burger Visa / Ticket Refeição: VR e Visa Vale Rua Clóvis Soares, 794 / Fone: 4412-4943/ Horário: 3ª a 6ª - 14h até 23:30h / sáb. e dom. Picanha na Tábua a partir das 17h / Cartões déb. e créd.: Master, Rua Maestro Juvêncio Maciel da Fonseca, 34 Redeshop e Visa / Fone: 4402-2903 / Horário: 2ª a dom. - 11h até 15h e 18h até 23h / Cartões déb. e créd.: Gel Lanches - loja 1 Master e Visa Rua João Soares do Amaral, 16 / Fone: 44112321/ Horário: 2ª a dom. a partir das 11:30h Tango Grill Churrascaria / Cartões déb. e créd.: Master e Visa / Ticket Av. Santana, 279 / Fone: 4413-4221 / Horário: Refeição: Visa-Vale / delivery 3ª a dom. - 11h até 15h e 18h até 23h / Cartões déb. e créd.: Master e Visa / também delivery. loja 2 Al. Profº Lucas Nogueira Garcêz, 1280 / Fone: 4411-2321 / Horário: 3ª a dom. a partir das Esfihas 11:30h / Cartões de déb. e créd.: Master e Visa Allan Esfihas / Ticket Refeição: Visa-Vale Al. Profº Lucas Nogueira Garcez, 2630 / Fones: 4412-0660 / 4411-9322/ Horário: 2ª a sáb. Kava’s Lanches Rua Clóvis Soares, 629 / Fones: 4412-8429 / - 16h até 23h / Cartões déb. e créd.: Master e 4413-3484 / Horário: 2ª a sáb. - 11:40h até 0h/ Visa / também delivery dom. - 19h até 0h / Cartões de déb. e créd.: Mesa do Califa Bigcard, Master e Visa / Ticket Refeição: TR e Rua Dr. Zeferino Alves do Amaral, 224 / Fone: Visa-Vale / também delivery 4413-2043 / Horário: 2ª a dom. a partir das 10h Lanchonete Delícia / Cartões déb. e créd.: Bigcard, Diners, Master Av. Dona Gertrudes, 976 / Fones: 4412-0779 / e Visa / Ticket Refeição: Sodexho, VR e Visa 4411-8433 / Horário: 3ª a dom. - 10h até 0h / Vale delivery: 3ª a dom. - 11h até 0h / Cartões déb. créd.: Bigcard, Master, Redeshop e Visa / TiEspetinhos cket Refeição: Smart VR, Sodexho e VR

Espetinhos Mimi Al. Profº Lucas Nogueira Garcez, 3065 / Fone: 2427-7000 / Horário: 3ª a 6ª - 17h até 0h / sáb. - 12h até 0h / dom. - 12h até 22h / Cartões déb. e créd.: Master e Visa.

Espetinhos Wilson

MC Donald’s

Al. Profº Lucas Nogueira Garcez, 1461 - 1471 / fone: 4411-3211 / Horário: Restaurante: dom. a 4ª - 7h até 0h / 5ª a sáb. - 7h até 1h / Drive Trhu: dom. a 4ª - 7h até 1h / 5ª a sáb. - 7h até 3h / Café da Manhã: todos os dias da 7h até 11h / Cartões déb. e créd.: Todos os cartões, exceto American Express

Av. São João, 875 / Fones: 4411-7206 / 44027499 / Horário: 2ª a sáb. - 17h até 1h / Cartões Veredas Rod. Fernão Dias, Km 45 (retorno entre Kart déb. e créd.: Master e Visa / Ticket Refeição: e Frango Assado) / Fones: 9839-2202 / 3717Sodexho 1959 / Horário: 2ª a dom. - 8:30h até 19h / Kispeto Cartões: Não aceita Al. Profº Lucas Nogueira Garcez, 2094 / Fone:

4412-6775 / Horário:3ª a 6ª a partir das 17h / Pastelarias sáb, dom e feriado a partir das 12h / Cartões Recanto do Pastel déb. e créd.: Diners, Master e Visa Al. Profº Lucas Nogueira Garcez, 4716 / Fone: 3402-3810 / Horário: 2ª a dom. - 11h até 22h / Lanchonetes Cartões: Não aceita Açaí Banana

Al. Profº Lucas Nogueira Garcez, 1709 / Fone: Pizzarias 4412-5304 / Horário: 2ª a dom. - 10h até 0h / Armazém da Pizza Cartões de déb. e créd.: Master e Visa Al. Profº Lucas Nogueira Garcez, 3370 - Loja Baitakão Lanches 15 / Fones: 4402-1234 / 4411-2555 / Horário: Praça 9 de Julho / Fone: 4413-1244 / Horário: 3ª a 6ª e dom. - 18h até 23h / sáb. - 18h até dom. a 5ª - 18h até 01h / 6ª e sáb. - 18h até 06h 00h / Cartões de déb. e créd.: Diners, Master, / Cartões déb. e créd.: Master eVisa Redeshop e Visa / também delivery

78


Roteiro Gastronômico Bella Pizzaria e Restaurante

Paparazzi Pizzaria

Disk Pizza na Brasa

Pizzaria Atibaia

Dom Rocco Pizaria

Pizzaria Freemont

Fire Pizza

Pizzaria Marcopolo

Madonna Pizzaria

Pizzaria Michelangelo

Rua Dr. Zeferino Alves do Amaral, 917 / Fones: 4412-3542 / 4411-7846 / 4411-1019 / Horário: 2ª à dom. - 18h até 23:30h / Cartões de déb. e créd.: Master e Visa / também delivery

Al. Profº Lucas Nogueira Garcez, 2188 / Fone: 4402-3111 / Horário: 3ª a 5ª e dom. - 19h até 23h / 6ª, sab. e fer. - 19h até 00h / Cartões de déb. e créd.: Master e Visa / também delivery

Av. Dona Gertrudes, 812 - 826 / Fones: 4413Rua José Bonifácio, 553 / Fone: 4411-8620 / 4320 / 4413-6376 / Horário: 2ª a dom. - 17h Horário: 3ª a dom. - 18h até 00h / Cartões de até 00h / Cartões déb. e créd.: Master e Visa / déb. e créd.: Bigcard / também delivery também delivery Pizzaria do Zangado Don Orégano Av. Dona Gertrudes, 844 / Fone: 4411-0851 / Av. Dona Gertrudes, 1010 / Fone: 4411-3351 Horário: dom. a 5ª - 18h até 23h / 6ª e Sab. / Horário: 2ª a dom. - 18h até 0h / Cartões de 18h até 00h / Cartões de déb. e créd.: Master deb. e créd.: Bigcard, Master e Visa / também e Visa / Ticket Refeição: Ticket Eletrônico / delivery também delivery Rua Eliseu Corradini, 22 / Fone: 4411-5151 / Horário: 3ª a 5ª e Dom. - 18h até 23h / 6ª e sáb. - 18h até 0h / Cartões de deb. e créd.: Master, Visa e Ticket Rua Clóvis Soares, 774 / Fones: 4412-1727 / 4412-1473 / Horário: 2ª a dom. - 18h até 00h / Cartões de déb. e créd.: American Express, Master e Visa / também delivery

Al. Profº Lucas Nogueira Garcez, 4467 / Fone: 4412-5901 / Horário: 3ª a dom. - 18h até 23h / Cartões de déb. e créd.: Master e Visa / também delivery Av. Pref. Antonio Julio Toledo Garcia Lopes, 1402 / Fone: 4412-2554 / Horário: 2ª a 2ª 18h até 00h / Cartões de déb. e créd.: Bigcard, Master e Visa / também delivery

Rua Lourenço Franco, 216 / Fone: 4411-1200 Rua Enio de Abreu Camargo, 46 / Fone: / Horário: 2ª a 6ª e dom. - 18h até 23h / sáb. 4412-7712 / Horário: 2ª a dom. - 18h até 00h / - 18h até 00h / Cartões déb. e créd.: Master e Cartões: não aceita / também delivery Visa / somente delivery Pizzaria Tradição Micheluccio Rua Salvador Russani, 69 / Fone: 4411-6895 Al. Profº Lucas Nogueira Garcez, 4300 / Fone: / Horário: 2ª a dom. - 18h até 23h / Cartões de 2427-0120 / Horário: 3ª a dom. - 19h até 23h / déb. e créd.: Bigcard / também delivery Cartões de déb. e créd.: Master e Visa / Cartão Prime Pizza Express de créd.: Diners / também delivery Rua Elizeu Corradini, 1298 / Fone: 2427-6999 O Gordo Pizzaria e Churrascaria / Horário: 2ª, 4ª, 5ª, dom. e feriados - 18h até Av. Clóvis Soares, 259 / Fone: 4412-3036 / 23h / 6ª e sáb. - 18h até 24h / Cartões de déb. Horário: 3ª a dom. - 08h até 00h (Pizzaria) / 2ª e créd.: Visa / * Verificar disponibilidade de a 6ª - 11h até 15h / sab., dom. e fer. - 11h até entrega na sua região 16h (Churrascaria) / Cartões de déb. e créd.: Stop Pizza Master e Visa / Ticket Refeição: TR e VR / Av. Brigadeiro José Vicente Faria Lima, 1439 também delivery / Fone: 4413-4313 / Horário: 3ª a dom. - 18h

79


Roteiro Gastronômico até 23h / Cartões: não aceita / também delivery

Violeta Pizzaria

Rua Dr. Zeferino Alves do Amaral, 156 / Fones: 4413-2969 / 4418-3704 / Horário: 2ª a dom. - 16h até 00h / Cartões de déb. e créd.: Master e Visa / também delivery

Aiko

Restaurantes

rário: 2ª a sáb. e fer. 11h até 15h / Cartões de déb. e créd.: Master

Cantina Dom Ferrucio

Al. Profº Lucas Nogueira Garcez, 2435 / Fone: 4402-7663 / Horário: 2ª - 19h até 23h / 3ª a dom. - 12h até 15h e 19h até 23h / Cartões de déb. e créd.: Diners, Master e Redeshop / Cartão e déb.: Visa

Casa da Vó

Rua José Lucas, 111 / Fone: 4411-2615 / Horário: 2ª a 6ª - 11h até 15h / sáb. - 11:30h até Rua Presidente Dutra, 215 / Fone: 4412-1472 16h / Cartões de déb. e créd.: Bigcard, Master / Horário: 2ª, 3ª, 5ª e 6ª - 17h até 23h / sáb. e e Visa / Ticket Refeição: Sodexho, TR e VR dom. - 12 até 23:30h / Cartões de déb. e créd.: Master China In Box Ao Mirante Al. Profº Lucas Nogueira Garcez, 2480 / FoRua Bartolomeu Peranovich, 20 / Fone: 4411nes: 4412-2440 / 4418-4675 / Horário: dom. 5601 / Horário: 2ª a 6ª - 11:30h até 15h / sáb. a 5ª - 11h até 23h / 6ª e sáb. - 11h até 00h / e dom. - 12h até 16h / Cartões de déb. e créd.: Cartões de déb. e créd.: Diners, Master e Visa American Express, Bigcard, Master e Visa / / Ticket Refeição: Sodexho, VR Ticket Refeição: Sodexho Choperia do Alemão Bar Restaurante Ultramarino Praça do Lago, 152 / Fone: 4412-0733 / HoRod. Fernão Dias, Km 41 / Fone: 4412-7612 rário: 3ª a 6ª - 17h até 00h / sáb. - 11h até 00h / Horário: 2ª a dom. - 06h até 22h / Cartões / dom. - 11h até 22h / Cartões de déb. e créd.: de déb. e créd.: American Express, Credicard, Visa Diners, Master e Visa Cia do Assado Boulevard Al. Profº Lucas Nogueira Garcez, 2101 / Av. Alfredo André, 905 / Fone: 4414-1913 Fone: 4402-2068 / Horário: 2ª a 5ª - 16h até / Horário: 2ª a dom. - 07h até 22h / Cartões 23h / 6ª - 16h até 00h / sab. e dom. a partir das de déb. e créd.: American Express, Bigcard, 15h / Cartões de déb. e créd.: Master e Visa Credicard, Master e Visa / Ticket Refeição: Comadre Restaurante Sodexho Al. Profº Lucas Nogueira Garcez, 3372 - loja 6 / Fone: 4411-2790 / Horário: Almoço sáb., Cabana Mineira dom. e feriados - 12h até 17h / Jantar 2ª à 5ª 18h até 22h e 6ª e sáb. - 18h até 0h / Cartões Rod. Fernão Dias, Km 43,5 / Fone: 4411de déb. e créd.: Diners, Master, Redeshop e 6756 / Horário: 2ª a dom. - 07:30h até 17h Visa. / Cartões de déb. e créd.: American Express, Compostela Diners, Master e Visa Al. Profº Lucas Nogueira Garcez, 2420 / Calabresa & Cia Fone: 4411-7661 / Horário: 3ª a dom. - 11:30h Rod. Fernão Dias, Km 41,5 / Fone: 4411até 00h / Cartões de déb. e créd.: Diners, Mas5629 / Horário: 2ª a 6ª - 10h até 20h / sáb. e ter, Redeshop e Visa dom. - 10h até 21h / Cartões: não aceita D’Lucas Restaurante Caminho da Roça Café e Restaurante Al. Profº Lucas Nogueira Garcez, 2554 / Rua César Memolo, 131 / Fone: 2427-1914 / Fone: 4412-9293 / Horário: 3ª a 5ª - 12h até Horário: 3ª a sáb. - 8h até 18h / dom. - 8h até 23h / 6ª e sab. - 12 até 02h / dom. - 12h até 23h 11h e 12h até 16h / Cartões de déb.: Master / Cartões de déb. e créd.: Master e Visa e Visa Divina Truta

Cantina Andreoni

Rua José Lucas, 47 / Fone: 2427-1762 / Ho-

Risoto de tomate seco com rúcula. Comadre Restaurante

80

Al. Profº Lucas Nogueira Garcez, 2029 / Fone: 4412-0900 / Horário: 2ª, 4ª e 5ª - 11h


Roteiro Gastronômico até 15h e 19h até 23h / 6ª e sáb. - 11h até 15h O Pachola Rua Profº Dr. José Pugliese, 230 / Fone: 4402e 19h até 00h / dom. - 11h até 17h / Cartões de 1601 / Horário: 6ª e sáb. - à partir das 19:30h déb. e créd.: Master, e Visa / dom. - à partir das 12h / aberto aos feriados / Fan Fan Food Cartões de déb. e créd.: Master e Visa Rua José Bim, 126 / Fone: 4418-2736 / HoráPaiol rio: 2ª a dom. - 11h até 15:30h e 18h até 22:30h Estrada Hisaichi Take Bayashi / Fone: 4416/ Cartões de déb. e créd.: Diners, Master, Re4453 / Horário: 2ª a 6ª - 11:30h até 14:30h / deshop e Visa sáb. e dom. - 12h até 16h / Cartões de déb. Fazendinha e créd.: Master e Visa / Ticket Refeição: SoAl. Profº Lucas Nogueira Garcez, 1980 / Fone: dexho 4411-7857 / Horário: 3ª a 6ª - 17h até 01h / sáb. - 12h até 01h / dom. - 12h até 23h / Car- Papajoe’s Rua José Alvim, 218 / Fone: 4418-1089 / Hotões de déb. e créd.: Master e Visa rário: dom. a 5ª - 11h até 00h / 6ª e sab. - 11h Frango D’água até 02h / Cartões de déb. e créd.: Diners, MasEstrada Hisaichi Take Bayashi, 7060 / Fone: ter e Visa 4416-4515 / Horário: 3ª a 5ª e dom. - 09h até 18h / 6ª e sáb. - 09h até 22:30h / Cartões de Pappagallo Rest. Pizzaria e Buffet Al. Profº Lucas Nogueira Garcez, 4745 / Fodéb. e créd.: Diners, Master, Redeshop e Visa nes: 4411-6565 / 4412-4951 / Horário: 3ª a 6ª Haru Natsu - 11:30h até 15 e 18h até 23:30h / sab., dom. Al. Profº Lucas Nogueira Garcez, 2576 / Fone: e fer. a partir das 12h / Cartões de déb. e créd.: 4411-2231 / Horário: 2ª a 6ª - 11:30h até 15h American Express, Master e Visa / Ticket Ree 19h até 23h / sab. - 11:30h até 15:30h e 19h feição: Sodexho, TR e VR / também delivery até 23:30h / dom. - 11:30h até 15:30h e 19h até 22h / Cartões de déb. e créd.: Master, Re- Ponto do Peixe Frito Al. Profº Lucas Nogueira Garcez, 4712 / Fone: deshop e Visa / Ticket Refeição: Planvale Re4411-8566 / Horário: 3ª a 6ª - 18h até 23:30h / feição, Sodexho, Ticket Refeição e VR sáb. e dom. - 11:30h até 00h / Cartões de déb. New Chef Restaurante e créd.: Master e Visa Av. Brigadeiro Faria Lima, 485 / Fones: 44124225 / Horário: 2ª a sáb. e fer. - 11h até 15h Procura-se a Empadinha Rod. Fernão Dias, Km 49,6 / Fone: 4416-3132 / Cartões de déb. e créd.: Diners, Hipercard, / Horário: 3ª a 5ª - 08h até 19h / 6ª, sab. e dom. Master, Redeshop e Visa / Ticket Refeição: - 07h até 19h / Cartões de déb. e créd.: Master Visa Vale e Visa Novo Sabor Rua Major Juvenal Alvim, 11 / Fones: 4411- Rancho da Viola Rua Eliseu Corradini, 1644 / Fone: 4411-8244 1088 / 9527-3543 / Horário: 2ª a sáb. - 11h até / Horário: 3ª a dom. - 11:30h até 17h / Cartões 16h / Cartões de déb. e créd.: Diners, Master, de déb. e créd.: Master e Visa Redeshop e Visa

O Casarão do Lago

Al. Profº Lucas Nogueira Garcez, 985 / Fone: 4418-1996 / Horário: 2ª a dom. - 11h até 15h / Cartões de déb. e créd.: Master e Visa

Recanto das Pedras

Rod. Fernão Dias, Km 50 B / Fone: 4416-3032 / Horário: 2ª a dom. - 07h até 19h / Cartões de déb. e créd.: American Express, Master, Redeshop e Visa

81


Roteiro Gastronômico Restaurante Ítalo Português

Al. Profº Lucas Nogueira Garcez, 2109 / Fone: 4411-0626 / Horário: 2ª e 4ª - 11h até 15h / 5ª, 6ª e sáb. - 19h até 22:30h / dom. - 11h até 17h / Cartões de déb. e créd.: American Express, Diners, Master e Visa

Rizzi Gastronomia e Cervejaria

Villa Restaurante

Rua Benedito Leite, 19 / Fone: 4402-3868 / Horário: 3ª a 6ª - 11h até 15h / sáb. dom. e fer. - 11:30h até 15:30h / Cartões de déb. e créd.: Master, Redeshop e Visa / Ticket Restaurante: Sodexho e VR

Somente Delivery

Al. Profº Lucas Nogueira Garcez, 3299 / Fone: 4412-1451 / Horário: 3ª à sáb. - 18:30h até Delivery Maria 02h / Cartões de déb. e créd.: Diners, Master Av. Dona Gertrudes, 1504 / Fones: 4413-3429 e Visa / 4412-9253 / Horário: 3ª a dom. - 11h até 14h Sanko e 19h até 22h /Cartões : não aceita / só deliRua 9 de Julho, 98 / Fone: 4413-3132 / Hovery rário: 3ª a dom. - 11h até 15h / 5ª, 6ª e sáb. - 19h até 23h / Cartões de déb. e créd.: AmeRotisseries rican Express, Diners, Master e Visa / Ticket Kytutys Refeição: VR Al. Profº Lucas Nogueira Garcez, 3830 / Fone:

Sanko

4413-4881 / Horário: 2ª a dom. - 08h até 22h / Cartões de déb. e créd.: Master e Visa

Rua Thomé Franco, 184 / Fone: 4413-1093 / Horário: 2ª a 6ª - 11h até 15h / sáb. - 11h Saikô até 15:30h / Cartões de déb. e créd.: Bigcard, Rua Thomé Franco, 246 / Fone: 4411-2619 / Master e Visa / Ticket Refeição: Bigcard, SoHorário: 2ª a sáb. - 10:30h até 16h / Cartões de dexho, TR e VR déb. e créd.: Bigcard / Ticket Refeição: BigSanta Pimenta card Av. Santana, 122 C / Fone: 4412-5714 / Horá- Salsarella rio: 2ª a sáb. - 12h até 15h / Cartões de déb. e Av. Brigadeiro José Vicente Faria Lima, 693 / créd.: Master e Visa Fone: 4411-3898 / Horário: 2ª a sáb. - 08:30h

Skina da Picanha

até 19h / dom. - 08:30h até 13h / Cartões de déb. e créd.: Master e Visa

Al. Profº Lucas Nogueira Garcez, 1952 / Fone: 4412-8779 / Horário: 2ª, 4ª, 5ª e 6ª - 17:30h até Sapore D’Itália Rotisserie 00h / sáb., dom. e fer. - 11h até 00h / Cartões Rua Yolando Malozzi, 629 / Fone: 4412-9892 déb. e créd.: todos os cartões / Horário: 3ª a sáb. - 07h até 19h / dom. - 07h Sushi do Alberto até 13h / Cartões de déb. e créd.: American ExRua José Bonifácio, 318 / Fone: 4411-0558 / press, Ibicard, Master e Redeshop Horário: 2ª a 5ª - 18:30h até 23h / 6ª e sáb. 18:30h até 00h / dom. - 12h até 17h / Cartões Sorveterias de déb. e créd.: Visa

Taberna

Rod. Fernão Dias, Km 37,5 / Fones: 44128604 / 4402-2706 / Horário: dom. a 4ª - 07h até 17h / 5ª a sáb. - 07h até 23h / Cartões de déb. e créd.: Diners, Master, Redeshop e Visa

82

Ao Valentin Sorveteria

Praça Claudino Alves, 88 / Fone: 4413-0587 / Horário: 2ª a dom. - 09h até 21h / Cartões: não aceita

Ao Valentin Sorveteria

Rua José Alvim, 66 / Fones: 4411-7829 / 4418-2896 / Horário: 2ª a dom. - 10h até 21h / Cartões de déb. e créd.: Master e Visa

Ao Valentin Sorveteria

Al. Profº Lucas Nogueira Garcez, 3327 / Fone: 4413-2420 / Horário: 3ª a dom. - 11h até 22h / Cartões de déb. e créd.: Master e Visa

Casa do Sorvete & Milk Shake

Rua José Pires de Camargo, 155 / Fone: 82473742 / Horário: 2ª a dom. - 11h até 00h / Cartões: não aceita

Frutiquello Sorvetes

Al. Profº Lucas Nogueira Garcez, 3039 / Fone: 4402-2869 / Horário: 2ª a 6ª - 13h até 23:30h / sáb., dom. e fer. - 12h até 02h / Cartões de déb. e créd.: Master e Visa

Mil Milk Sheik Só Aki

Al. Profº Lucas Nogueira Garcez, 1860 / Fone: 4402-2884 / Horário: 2ª a 5ª - 10h até 21h / 6ª, sáb. e dom. - 10h até 22h / Cartões de déb. e créd.: Master e Visa

Mil Milk Sheik Só Aki

Rua José Bim, 174 / Fone: 4412-4753 / Horário: 2ª a dom. - 10h até 21h / Cartões de déb. e créd.: Master e Visa

Ponte dos Sabores

Av. São João, 901 / Fone: 4402-3316 / Horário: 2ª a dom. - 10h até 00h / Cartões de déb. e créd.: Master e Visa

Sorveteria Nevaska

Av. Brigadeiro José Vicente Faria Lima, 671 / Fone: 4411-4444 / Horário: 2ª a dom. - 10:30h até 22h / Cartões: não aceita

Sorveteria Nevaski

Av. Dona Gertrudes, 770 / Fone: 4418-3569 / Horário: 2ª a dom. - 09h até 22h / Cartões de déb. e créd.: Master e Visa

Sorvetes Frutos do Cerrado

Al. Profº Lucas Nogueira Garcez, 2674 / Fone: 4413-0019 / Horário: 2ª a 5ª - 12h até 21h / 6ª a dom. - 12h até 22h / Cartões de déb.: Master e Visa


Ênfase 16  

revista Ênfase 16 edição, junho de 2010

Advertisement