Page 1

JORNAL

CAMPOS DO JORDÃO & Cia

01 a 15 de Junho de 2013 - Ano XXIII - nº 967 - Distribuição Gratuita

Verdes Vales

Editora Jornalística Verdes Vales Ltda - Av. Dr. Januário Miráglia, 1750 - Conjunto 4 - Campos do Jordão - SP Editor responsável: Antonio Luiz Schiavo Júnior - Impressão: Gráfica ADC News - Tiragem: 7.000 exemplares

www.jornaldecampos.com.br

Editora Jornalística

em alta, balança comercial em queda, portos travados, saúde agonizante, insegurança total etc, só para lembrar alguns fatos. Tudo isso e mais a política agressiva para captação de turismo praticado no exterior, respinga forte por aqui. Daí... CONFIRA NA PÁGINA 2.

SOBE & DESCE Confira na página 2 os temas polêmicos mais comentados por jordanenses e turistas. CAMPOS JÁ VIVE CLIMA DE FESTIVAL Em sua 44ª edição, o Festival Internacional de Inverno ultima preparativos para sua estréia no próximo dia 29 de junho. Saiba um pouco mais sobre as novidades e a programação de estréia na página 3. LEITORES E INTERNAUTAS Acompanhe e interaja na página do Jornal Campos do Jordão & Cia, no Facebook, enviando suas críticas, imagens e sugestões.

BONDINHO DA E.F.C.J. VOLTA A OPERAR EM TRECHO DE SERRA

Seis meses após acidente que deixou três vítimas fatais e outras 41 feridas, o bondinho retoma o percurso que liga Campos à Santo Antonio do Pinhal, mais um atrativo turístico para a temporada 2013. De acordo com Ayrton, diretor da EFCJ, o trecho deixou de funcionar devido a reparos necessários na linha férrea e descartou a ligação da interdição com o acidente. O percurso reaberto entre as duas estâncias é de 19 km e tem duração de duas horas e meia, tempo em que a composição percorre a serra, faz uma pausa para cafezinho e compras na estação de Santo Antonio do Pinhal e retorna para Campos do Jordão. O trecho onde ocorreu o acidente ainda está em obras e sem data certa para sua reabertura. Na temporada passada a EFCJ transportou cerca de 15 mil turistas.

PROGRAMAÇÃO DO FESTIVAL DE INVERNO LEIA NA PÁGINA 3

FOTO: KADU SCHIAVO

EDITORIAL: QUEM VIVE DE MEMÓRIAS É MUSEU Embora o governo central negue, o país enfrenta uma dura crise, com inflação

Funcionários da EFCJ trabalhando na Estação Eugênio Lefréve em Santo Antônio do Pinhal. Inaugurada em 1916, está há 1.161m acima do nível do mar

Segundo o laudo técnico da Estrada de Ferro de Campos do Jordão, o acidente ocorreu devido a falha humana. O laudo policial ainda não foi divulgado.

EMPRESAS E EMPRESÁRIOS NOTÍCIAS DO MEIO EMPRESARIAL JORDANENSE - LEIA NA PÁGINA 5


2

JORNAL CAMPOS DO JORDÁO & CIA

www.jornaldecampos.com.br

01 a 15 de Junho de 2013

Quem vive apenas de memórias é museu! Só o governo central não admite que o Brasil está cada vez mais se afundando em crises. Inflação em alta, balança comercial em queda, portos travados, saúde agonizante e insegurança total são algumas delas... Nadando em dívidas, resultado de políticas que favorecem o endividamento e dos juros estratosféricos praticados criminosamente e com aval do próprio governo, o brasileiro começa a sufocar e enfia o pé no freio. Como resultado um clima de desaquecimento geral no comércio e na indústria, onde se inclui o turismo interno, resultado de centenas de super ofertas no exterior, apesar do dólar em alta... Em Campos do Jordão, apesar deste ano o movimento turístico estar bem, até com ligeira alta em comparação a anos anteriores (hotelaria e gastronomia), no comércio e na indústria em geral a situação é inversa. Ou o empresariado acorda para os novos tempos, “se moderniza”, imprime novo ritmo e descobre novas estratégias de marketing para reconquistar o mercado ou a crise que já se instalou na cidade e vem crescendo nos últimos anos poderá trazer graves consequências para toda a sociedade. Há que se repensar políticas de preços em todos os setores, inclusive no turismo de forma geral. Bater no peito e detonar bravatas de que “seu negócio é melhor que o dos concorrentes, que cobra caro mesmo e que seu cliente não reclama” é burrice pura, só prova a incapacidade de alguns “empresários”, além de que esse tipo de atitude só “detona” a imagem da cidade como um todo. Deve-se incluir nessa conta que não fecha, valores mais coerentes com a realidade nacional no quesito “turismo de negócios”. Há depoimentos de empresários que pretendiam realizar congressos em Campos do Jordão e que acabaram desistindo quando tomaram conhecimento dos valores praticados, a começar pelo de locação de centros de eventos, hospedagem etc. Se há 10, 20 ou 30 anos Campos se dava ao luxo de rejeitar eventos e até “dificultava a vinda de outros”, hoje os tempos mudaram. Acordem antes que seja tarde demais! Antonio Luiz Schiavo Júnior - schiavojr@uol.com.br

Verdes Vales

ANUNCIE AQUI (12) 3664-4368

Distribuição Gratuita Narcóticos Anônimos Se você quer parar de usar DROGAS a ajuda está perto de você! Ligue 24 horas (12) 9775-6779 Reuniões às 3ª e 5ª das 19h:30 às 21h.

SUBINDO

DESCENDO

Nova diretoria do CONSEG. O Conselho Comunitário de Segurança de Campos do Jordão elegeu, por aclamação, sua nova diretoria para o biênio 2013/15 e com a seguinte composição: Presidente - Antonio Júlio Martins Lemos; Vice - João Torres Rangel (atual presidente); 1º e 2º Secretários: José Gama de Oliveira e Sebastião Evangelista do Nascimento e, como Diretor Social, Wagner Cardoso da Silva. A cerimônia de posse da nova Diretoria do Conseg Campos do Jordão se dará no próximo dia 18 de Junho, às 19 horas, no Plenário da Câmara Municipal, com presença de autoridades Civis e Militares e estará franqueada ao público.

Agente do DSV desabafa: “não há verbas para nada”. Face aos constantes acidentes próximos às faixas para pedestres e das lombadas (por falta e/ou deficiência na sinalização: pinturas apagadas sobre o asfalto e placas de alerta inexistentes), procuramos alguns agentes para saber o por quê da sinalização estar tão precária. Alguns dos abordados não quiseram falar por receito de represálias, mas pelo menos dois deles foram taxativos sobre o assunto: “Não há verbas para quase nada e quando recebemos tinta é de má qualidade, não são específicas para pintura no asfalto e acabam desaparecendo em poucos dias, como pode se observar por toda cidade”, desabafa. Com referências as placas de alerta, que deveriam existir antes de faixas para pedestres e de lombadas, a informação foi a mesma lacônica de outro agente: “não temos material próprio e nem recursos”. O fato é que os acidentes continuam ocorrendo quase diariamente por falta de sinalização. Geralmente os motoristas locais reduzem a velocidade e/ou param junto das faixas para pedestres, sendo muitas das vezes por veículos dirigidos por motoristas (a maioria) de fora que ignoram muitas das vezes a existências desses redutores de velocidade. A temporada já começou e os problemas no trânsito aumentam a cada dia.

URGENTE Tampas de bueiros soltas. Pelo menos três tampas de bueiros, colocadas na Avenida Frei Orestes Girardi entre a Praça de Jaguaribe e a MM Pneus, estão mal adaptadas e soltas. Elas podem provocar danos sérios e até acidentes aos milhares de veículos que passam diariamente por ali se não forem readaptadas e niveladas às suas bases logo. Vale lembrar que além de bueiros sobre o asfalto há muitas tampas de bueiros sobre calçadas que se encontram parcialmente quebrados e que igualmente oferecem perigo aos transeuntes.

Palácio Alto da Boa Vista. A sede de Inverno do Governo paulista em Campos, está aberta ao público para visitação. Lá podem ser vistos: obras de arte, porcelanas, peças de decoração e mobiliário antigo. Museu Felícia Leirner. O museu está montado ao ar livre junto aos jardins que contornam o Auditório Cláudio Santoro. Lá podem ser vistas diversas esculturas da renomada artista. Museu Casa da Xilogravura. Atelier e mostra permanente com cerca de 2 mil peças de artistas e gravadores de todo mundo. A Casa da Xilo fica em Jaguaribe. Casa do Artesão. Na avenida de ligação entre Capivari e Jaguaribe, defronte aos Bombeiros. Mostra permanente de trabalhos em madeira, como esculturas em placas, couro, metal e grande variedade de objetos de decoração.

Criticas e sugestões: redação@camposdojordaoecia.com.br

EXPEDIENTE: Editora Jornalística Verdes Vales Ltda Jornal Campos do Jordão & Cia (online no UOL)

Registro nº 12 do Livro B-nº1, de Matrícula de Jornal, do Cartório do Oficial de Registro Civil de Pessoas Jurídicas de Campos do Jordão. Impressão: ADC NEWS - Av. Benedito Bento 131 - São José dos Campos-SP Redação: Av. Dr. Januário Miráglia, 1750 - loja 4 - Shopping Abernéssia Campos do Jordão - CEP 12460-000 - fone: (12) 3664-4368 Jornal associado às entidades: ADJORI-SP e ABRARJ. Editor Responsável: Antonio Luiz Schiavo Júnior - MTB 44.237-SP Diretor Administrativo: Hosana Camargo Schiavo. Diretor de Arte: Carlos Eduardo Camargo Aranha Schiavo E-mail: jornaldecampos@uol.com.br - Tiragem semanal: 7 mil exemplares

www.securitymaster.com.br

JCJ&Cia: 23 anos prestando serviços e informando

Editora Jornalística

Agenda Cultural

Sobe & Desce

SECURITY MASTER Monitoramento de Alarmes Venda - Instalação

Equipamentos de última geração: alarmes, câmeras, sensores etc. Segurança Patrimonial residêncial, comércio, indústria, eventos e Vip. Prestação de Serviços em Hotelaria e Condomínios: Zeladoria, Eventos, Portaria - Recepção etc.

Rua Inácio Caetano, nº 941 - Vila Abernéssia Fones: 3668-9898 // 3664-1750

M.C. Contabilidade

Manoel Carlos Monoo Pereira Tec. Contabil CRC 1-SP164201/O-5

- Assessoria Contábil

- Imposto de Renda Física e Jurídica

- Assessoria Fiscal

- Abertura/Encerramento de Empresas

- Assessoria Trabalhista

- Obtenção de "Habite-se"

- Assessoria Previdenciária

- Certidões de INSS, Cartórios etc.

NOVO ENDEREÇO! R. João Rodrigues Pinheiro, 167 - Vila Abernéssia - Fones: (12) 3662-2774 3662-5686 - 3662-5994 - 3662-3412 - E-Mail: mc-contabil@uol.com.br

DROGARIA CENTRAL Medicamentos e Perfumaria - Produtos de Qualidade

Vantagens do Cartão Preferencial: Entrega Sem Taxa, a partir de R$10,00

Produtos com até 50% de desconto!

Pague em até 3 x Sem Juros!

Disk 0800.102.093 - 3662-5307

Faça-nos uma visita: Av. Januário Miráglia, 910 - Abernéssia


www.jornaldecampos.com.br

TURISMO

JORNAL CAMPOS DO JORDÁO & CIA 01 a 15 de Junho de 2013

3

Campos do Jordão já vive clima de Festival Reforçando cada vez mais seu caráter pedagógico, este ano o Festival amplia a participação dos bolsistas, oferecendo um total de 144 vagas. Os bolsistas terão aulas com renomados professores, palestras, masterclasses, práticas de música de câmara e orquestrais, além de apresentações dos grupos de alunos durante o Festival, enriquecendo suas formações, permitindo que mostrem ao público todo talento e aprendizado. Os bolsistas selecionados para a classe de regência participarão de aulas ministradas por Marin Alsop, regente titular da Osesp, e terão ainda a oportunidade de reger a Orquestra Sinfônica da USP (Osusp), orquestra residente do Festival neste ano. O Festival é uma realizado do Governo do Estado de São Paulo em parceria com a Fundação Osesp, com direção executiva de Marcelo Lopes, direção artística de Arthur Nestrovski, consultoria artística de Marin Alsop e coordenação artístico pedagógica de Fábio Zanon Serão mais de 60 concertos, incluindo atrações sinfônicas, de câmara, corais e recitais, reunindo o melhor da produção erudita nacional e internacional. No Auditório Cláudio Santoro, destacam-se as três apresentações da Orquestra do Festival, duas sob o comando de Marin Alsop (regente titular da Osesp) – incluindo a estreia sul-americana da obra Gejia – Imagens Chinesas [2013], do compositor finlandês Kalevi Aho –, e duas, de Celso Antunes (regente associado da Osesp). Destaque ainda para o trompetisa norueguês Ole Edvard Antonsen, como solista convidado da Orquestra Sinfônica Brasileira, para a apresentação de comemoração dos 50 anos do grupo vocal The Swingle Singers, do recital Bach & Beyond, da violinista Jennifer Koh, e dos concertos da pianista canadense Angela Hewitt e do pianista brasileiro Gilberto Tinetti (que comemora 80 anos), com membros do Quarteto Osesp. Os polos principais das atrações do Festival também buscam estimular a presença dos moradores da região aos concertos. Concertos gratuitos Uma das boas novidades é a programação gratuita que acontece durante a semana, às 18h45, no Espaço Cultural Dr. Além (antigo cinema da década de 1940, no bairro central de Abernéssia). Destaque para o quarteto de cordas novaiorquino Ensõ String Quartet (residente no Festival). Na Praça de Capivari, o destaque é para o concerto ao ar livre da Osesp, sob regência de

Frank Shipway, além de dois concertos especiais para as crianças – o da Palavra Cantada com a Osesp e o da Orquestra de São José dos Campos, com a obra O compositor está morto, de Nathaniel Stookey (de “As desventuras em série”). Na Capela do Palácio do Governo, apresentam-se o Quarteto de Cordas da Cidade de São Paulo e o Quinteto Villa-Lobos, e, na Igreja Nossa Senhora da Saúde, o Coro da Osesp lança o CD com obras de Aylton Escobar, que completa 70 anos e será o compositor homenageado neste 44º Festival.

Programação: dias 29 e 30/06 Dia 29 Coral da Fundação Bradesco Às 13 horas na Praça de Capivari Orquestra Sinfônica do Est. de São Paulo Às 20h:30 no Auditório Cláudio Santoro Regente: Marin Alsop Obras de Camargo Guarnieri e Leo nardo Berstein e James P. Johnson Ingresso: R$ 80,00 Dia 30 Orquestra Sinfônica Jovem do Est. S. P. Às 11h no Auditório Cláudio Santoro Cláudio Cruz - regente Rosana Lamosa - soprano Obras: Dmitri Shostakovich e Gustav Mahler Ingresso: R$ 20,00 Banda Sinfônica Jovem do Est. de S. P. Às 13 horas na Praça de Capivari - Gratuito Mônica Giardini - regente Quarteto Vocal: Rita Kfouri, Vera Veríssimo, Paulinho Campos e Rubinho Ribeiro Cartoons - Músicas de Desenhos Animados TOBIAS, MENCHER e CANTOR Merrie Melodies (That’s all Folks) (arranjo de Hudson Nogueira) ADAMS e BARKAN Banana Split (arranjo de Hudson Nogueira) DANNY ELFMAN Os Simpsons (arranjo Edmundo Villani-Côrtes) HANNA, BARBERA e CURTIN Jonny Quest (arranjo de Edmundo Villani-Côrtes) HANNA, BARBERA e CURTIN Os Jetsons (arranjo de Edmundo Villani-Côrtes) HANNA, BARBERA e CURTIN Os Flintstones (arranjo de Alailton Assumpção) STONE e RUEGGER Animaniacs (arranjo de Hudson Nogueira) HANNA e BARBERA Wally Gator (arranjo de Edmundo Villani-Côrtes) WORTH e ALLMAN

FOTO: DIVULGAÇÃO

Maior evento de música erudita do Brasil, o 44º Festival Internacional de Inverno de Campos do Jordão acontece de 29 de junho a 28 de julho. A abertura oficial será no sábado, 29 de junho, às 20h30, no Auditório Cláudio Santoro, com um concerto da Osesp, sob regência de Marin Alsop.

Concerto de lançamento do 44º Festival de Inverno com a OSESP, realizado no dia 20/05, no Auditório Cláudio Santoro. Super Chicken (arranjo Edmundo Villani-Côrtes) HANNA, BARBERA e CURTIN Novo Scooby-Doo (arranjo Edm. Villani-Côrtes) WORTH e ALLMAN George, o Rei da Floresta (arranjo de Edmundo Villani-Côrtes) HANNA e BARBERA Space Ghost (arranjo de Hudson Nogueira) KOSHIBE e FERNANDEZ Speed Racer (arranjo de Hudson Nogueira) CURTIN, ROLAND e WILLIAMS Josie e as Gatinhas (ar. Edmundo Villani-Côrtes) SAMMY LERNER Popeye (arranjo de Alailton Assumpção) HANNA, BARBERA e CURTIN Os Flintstones (arranjo de Alexandre Daloia) HANNA, BARBERA e CURTIN Dom Pixote (arranjo de Hudson Nogueira) FRED STEINER As Aventuras de Rocky e Bullwinkle (arranjo de Hudson Nogueira) BARER e SCHEIB Super Mouse (arranjo de Hudson Nogueira) HENRY MANCINI A Pantera Cor-de-Rosa (ar. de Hudson Nogueira) TIBBLES e IDRISS Pica-Pau (arranjo de Alailton Assumpção) HANNA, BARBERA, CURTIN e TIMMENS Manda-Chuva (arranjo de Alailton Assumpção) TOBIAS, MENCHER e CANTOR Merrie Melodies (That’s all Folks) (arranjo de Hudson Nogueira) Orquestra Sinfônica Heliópolis Às 17 horas no Auditório Claudio Santoro Isaac Karabtchevsky - regente Alexander Chaushian - violoncelo Obras de Camille Saint-Saëns - Concerto nº 1 para Violoncelo em lá menor, Op.33 e de Gustav Mahller - Sinfonia nº 1 em Ré maior - Titã Ingresso: R$ 20,00


4

OPINIÃO

JORNAL CAMPOS DO JORDÁO & CIA

www.jornaldecampos.com.br

01 a 15 de Junho de 2013

CRIAR MAIS MUNICÍPIOS É REPARTIR A MISÉRIA

ECONOMIA: REVOLUÇÃO É A SAÍDA por Marcos Cintra*

por Dirceu Cardoso Gonçalves*

O projeto que facilita a criação de municípios foi aprovado no dia 04/06 pela Câmara dos Deputados. Existem protocolados, nas Assembléias Legislativas estaduais, 397 pedidos de criação de novas cidades, mas, segundo a Confederação Nacional dos Municípios, há dois anos já haviam 807 iniciativas de emancipação, o que representa quase 15% do total de municípios existentes no território nacional. Só isso geraria pelo menos 8877 novos cargos de prefeito, vice-prefeito e vereadores, sem contar os diretores e assessores que as novas prefeituras e câmaras exigiriam para poder funcionar. O projeto aprovado exige que, para criar um município, seja apresentado o pedido à Assembléia Legislativa, assinado por 20% dos eleitores da área geográfica envolvida. E que a Assembléia elabore, em 180 dias, um levantamento de viabilidade econômica, contendo rendas próprias e as disponibilidades de recursos para o lugar ter vida independente. Se a pretensão for aprovada nessa fase, a população será chamada para um plebiscito e só depois disso ocorrerá a

criação da nova municipalidade, que se instalará nas eleições seguintes. A prática emancipatória do passado é desastrosa. Distritos sem condições foram transformados em municípios, por critérios puramente políticos, e hoje têm como principais rendas o federal FPM (Fundo de Participação dos Municípios) e as cotas do estadual ICMS (Impostos sobre Circulação de Mercadorias e Serviços). E desses recursos tiram o dinheiro para pagar os salários de seus prefeitos, vices, vereadores, diretores, assessores e outros servidores inexistentes quando distrito. Melhor seria que esse recurso fosse aplicado em serviços públicos. Salvo exceções, a emancipação em nada melhorou a vida da população. O quadro ficou tão difícil que, em 1996, foram impostas as regras mais rígidas para a criação e instalação de municípios, que o projeto em tramitação pelo Congresso pode vir a afrouxar. Todo administrador municipal reclama a falta de meios para atender às necessidades de seu governo. Os recursos orçamentários têm 40% destinados obrigatoriamente à Educação e Saúde. Dos 60% restantes, até 54% podem ser aplicados para o

pagamento de salários e encargos do funcionalismo. Restam apenas 6% para manutenção e investimentos. Para qualquer obra, o prefeito é obrigado a recorrer ao Estado e à União e, muitas vezes, a “vender-se” politicamente em troca das migalhas vindas das capitais. E o povo reclama da má prestação dos serviços! O projeto emancipador vai agora para o Senado. Espera-se que os senadores atentem bem para a problemática municipal. Em vez de criar novos municípios, o ideal seria resolver os problemas dos já existentes. Lembrem-se que 88% dos municípios não conseguem pagar seus encargos à Previdência Social e 40% não têm meios de destinar corretamente o lixo produzido pela sua população. Criar novas administrações sem resolver os problemas das atuais é o mesmo que repartir a miséria. O mesmo bolo terá de ser picado num maior número de fatias que, por uma razão física, serão menores que as atuais... Nota: Tenente Dirceu Cardoso Gonçalves é dirigente da ASPOMIL (Associação de Assist. Social dos Policiais Militares de São Paulo). Endereço de e-mail:aspomilpm@terra.com.

Corrupção e enriquecimento ilícito tornaram-se fatos corriqueiros e tolerados pela população. Crimes como o mensalão, por exemplo, que se tornou o maior ícone da ação de quadrilheiros roubando em benefício próprio, derrubariam governos e fariam revoluções em países ciosos de seus direitos. Sempre existiu ladrão na administração pública, aqui e no resto do mundo. É da natureza humana. Mas no Brasil é mais do que isso. Criou-se uma organização criminosa, uma estrutura político-social organizada, incrustada no poder, agindo de maneira sistêmica e orgânica, comprando votos e consciências, e violentando o funcionamento das instituições. Tudo isso afasta da política os homens bem intencionados, criando uma reserva de mercado e um vasto campo de atuação para os setores podres da sociedade que fazem da política e da atividade pública uma profissão, tendo como única meta atingir seus objetivos pessoais. A política deixa de ser uma contribuição que os cidadãos devem sentir-se moralmente obrigados a oferecerem aos demais concidadãos, e passa a ser um meio de vida. Homens públicos abandonam suas atividades profissionais, e passam a depender da política para garantirem sua sobrevivência. Pessoas nessas circunstâncias tornam-se capazes de tudo e de qualquer coisa para sobreviverem. Ao invés de profissionalizar a administração pública, como fazem os países avançados, profissionaliza-se a política, que passa a substituir o burocrata de carreira (no bom sentido) na gestão do Estado. Quando as elites se locupletam, o povo sente-se legitimado para fazer o mesmo. Os meios de comunicação glorificam desvios de conduta éticos e morais. Novelas principalmente, escoradas no princípio inquestionável da liberdade de opinião e estimuladas pela desbragada luta por audiência, desafiam a consciência dos cidadãos que ainda possuem algumas referências para discernir o certo do errado. A apologia da malandragem, da ganância, da luxúria e de

“A indústria do medo prospera de forma assombrosa. A propriedade privada passou a ser um direito relativo com a inatividade do governo frente às invasões de terras e de imóveis urbanos. A depredação de bens não é mais punida, desde que seja protegida sob o manto dos “movimentos sociais”. O poder público se omite e tenta acomodar a situação. O Brasil beira a afronta institucional.” outros vícios corrói instituições e valores tradicionais como a família e a convivência pacífica e civilizada entre pessoas. A acintosa ostentação dos ricos é ofensiva e aguça a violência. A indústria do medo prospera de forma assombrosa. A propriedade privada passou a ser um direito relativo com a inatividade do governo frente às invasões de terras e de imóveis urbanos. A depredação de bens não é mais punida, desde que seja protegida sob o manto dos “movimentos sociais”. O poder público se omite e tenta acomodar a situação. O Brasil beira a afronta institucional. E enquanto tudo isso ocorre, a chamada “sociedade civil organizada” apenas esboça reação com inúteis mobilizações midiáticas que em geral posicionam-se contra, corretamente, muitos aspectos de nossa vida institucional, mas mostram-se incapazes de serem a favor de algo capaz de avançar na busca de soluções efetivas. Mobilizam, sem propor. Deixam a impressão de terem apenas objetivos políticos eleitorais. Só uma revolução salva o Brasil. Revolução de ideias e disposição para mudar. NOTA: Marcos Cintra é doutor em Economia pela Universidade Harvard (EUA), professor titular e vice-presidente da Fundação Getulio Vargas. Endereços: mcintra@marcoscintra.org www.facebook.com/marcoscintraalbuquerque

CLÍNICAS MÉDICAS Dr. Marcelo Faria

Ginecologia - Obstetrícia

Reprodução Humana (CRM-SP 44.188)

Atende: Hospital S. Camilo p/ Convênios (Particulares: R$ 120,00) R. Ver. Agripino Lopes de Morais 101 - V. Matilde - Fone: 3668-9000

Dr. Márcio Franchi Stievano

Ortopedia - Traumatologia

(CRM-SP 75.455)

Atende no Hospital São Camilo - Convênios e Particulares (R$120,00) Rua Vereador Agripino Lopes de Moraes 101 - Vila Mathilde Telefones: (12) 3668-9001 // Cel: (12) 9784-7476

Dr. Mauro Amâncio Di Agustino

Clínica Geral - UTI Móvel (para remoções) Diagnóstico por imagens - ECG - RX - Ultrassonografia Home Care (atendimento domiciliar) Atendimentos no Hospital S. Paulo (Convênios e Particulares) Telefones: (12) 3668-9010 - 9145-2527 - 7819-8900

Dr. Marcelo De Fiore CIRURGIA PLÁSTICA Estética e Reparadora (CRM-SP 50.282) Atende: Hospital São Camilo - Convênios e Particulares (R$ 120,00) Rua Vereador Agripino Lopes de Moraes 101 - Vila Matilde Telefones: (12) 3668-9000 // (12) 9646-4404


JORNAL CAMPOS DO JORDÁO & CIA

www.jornaldecampos.com.br

01 a 15 de Junho de 2013

Portal Cartórios SP vai facilitar a vida do cidadão Criado pelas entidades representativas dos cartórios do estado de São Paulo, pelo site será possível solicitar certidões e obter informações A ANOREG/SP, Associação dos Notários e Registradores do Estado de São Paulo, em parceria com as demais entidades representativas dos cartórios, entre as quais o Colégio Notarial de São Paulo - Seção São Paulo, lança hoje o portal Cartório SP, o site oficial dos cartórios do Estado de São Paulo. Em um único local - www.cartoriosp.com.br -, será possível encontrar todas as informações sobre cartórios disponíveis na internet, além de ajudar o cidadão a esclarecer dúvidas sobre os serviços das diferentes especialidades de cartório e solicitar certidões, com segurança e sem intermediários. Ou seja, o preço cobrado pelos documentos será o de tabela, mais custos para envio, caso isso ocorra. O site esclarece - de forma simples, clara e direta, por meio de perguntas e respostas -, as dúvidas mais frequentes do cidadão, como quais os documentos necessários para realizar cada ato praticado nas diferentes especialidades de cartórios: Registro Civil das Pessoas Naturais, Registro Civil de Pessoas Jurídicas, Registro de Imóveis, Registro de Títulos e Documentos, Tabelionato de Notas e Tabelionato de Protesto. O novo portal possui também um localizador de cartórios, ferramenta prática que ajuda o usuário a economizar tempo e encontrar o cartório mais próximo no momento de retirar uma certidão. OUTRAS INFORMAÇÕES: Tel. (11) 3105-8767 - imprensa@anoresp.org.br

5

EMPRESAS E EMPRESÁRIOS CACAU SHOW REINAUGURA LOJA APÓS REFORMA Após um período fechada para reforma, a loja da Cacau Show reinaugurou com espaço interno inteiramente reestruturado e fachada temática. Quem passa nas avenidas não deixa de reparar no novo apelo utilizado pela grife, no prédio, que parece ser feito de chocolate, a pintura da fachada parece estar derretendo. Uma ótima ideia com apelo publicitário muito inteligente. As fotos na fachada já davam água na boca mesmo antes da reforma, agora é impossível passar em frente e não ficar com vontade de comer chocolate. Parabéns pela ideia. A loja, a maior da franquia, esta localizada na Av. Frei Orestes Girardi n 3527. Próximo ao Grande Hotel.

CAFÉ DONUTS INAUGURA EM ABERNÉSSIA “Sabe quando você precisa de pelo menos uns 15 minutos para relaxar, descontrair e não pensar mais em nada?“ - João Tralli

Sucesso de aceitação no Market Plaza no ano passado agora em Abernéssia.

E essa é a verdadeira proposta do Café Donuts, oferecer produtos únicos e deliciosos. Um lugar novo, descontraído e agradável para você ter seus tão merecidos 15 minutos de prazer diário. O lugar perfeito para você relaxar, divertir-se, bater papo, estar na companhia de amigos e experimentar receitas exclusivas a qualquer hora do dia. Apaixonado pela cidade, para onde se transferiu há cerca de 3 anos, Tralli além de empreendedor é apoiador e patrocinador de grandes eventos culturais, como do magnífico e premiadíssimo Vanessa Ballet e a Fiel Campos. ENDEREÇO: Av. Frei Orestes Girardi, 1411, em Vila Abernéssia - Próximo a Estação de Abernéssia

ELEMENTO REFORMULA CARDÁPIO DOS RESTAURANTES DO HOTEL ESTORIL Os restaurantes Terraço Gourmet e Estoril da Serra investiram em cardápios novos como atrativos para melhorar o atendimento e a saída de itens de seu cardápio. Após o briefing com as empresas, os publicitários Kadu e Daniel, da Elemento Comunicação, apresentaram um projeto gráfico que resultou em um lindo cardápio de 12 páginas com acabamento primoroso e com muitas fotos de dar água na boca. O retorno já está sendo notado pelos restaurantes, já que, com fotos fica muito mais fácil vender produtos que, muitas vezes, passam despercebidos pelos olhos dos clientes. Elemento Comunicação: (12) 3664-4368 / 9708-2151 / 9191-9672


6

JORNAL CAMPOS DO JORDÁO & CIA

www.jornaldecampos.com.br

01 a 15 de Junho de 2013

COMUNICADOS - ATAS - EDITAIS POUSADA CONTRATA

Garçom noturno: Período das 19 às 24 horas. Salário R$ 1.130,00 +10 % Experiência mínima comprovada em carteira de 1 ano. Recepcionista: Período das 15 às 23 horas. Salário R$ 1.300,00 + bonificação. Experiência mínima comprovada em carteira de 1 ano. Camareiras: Período das 07 às 16 horas. Salário R$ 1.300,00 + bonificação. Experiência mínima comprovada em carteira de 1 ano. Repositor de frigobar: período das 09 às 19 horas. Salário R$ 1.100,00 + 10 % Experiência mínima comprovada em carteira de 1 ano. Lavadeira profissional x calandra. Período das 7 às 16 horas. Salário R$ 1.500,00 + bonificação. Experiência mínima comprovada em carteira de 1 ano. Vigia noturno: período das 23h às 07h am. Salário R$ 1.300,00 + bonificação. Experiência mínima comprovada em carteira de 1 ano. Promoter: (com boa aparência e fluência verbal) para trabalho temporário. Contrato de 90 dias com início dia 01/06. Período das 10 às 17 h, de 5 feira a domingo. Salário R$ 1.100,00 + bonificação. Não requer experiência. Solicitamos 2º Grau completo ou em curso + CNH. Candidatos: Tratar 2ª e 3ª feira das 09 às 11 horas (não ligar fora do horário). Cel 9794-6879. Enviar currículo para pousada@altodaboavista.com.br

EDITAL DE CONVOCAÇÃO ASSEMBLÉIA GERAL EXTRAORDINÁRIA O Presidente do Sindicato dos Professores de Taubaté e Região, usando dos poderes que lhe conferem o estatuto social, convoca todos os Professores da ASSOCIAÇÃO DE PAIS E AMIGOS DOS EXCEPCIONAIS DE CAMPOS DO JORDÃO, sindicalizados e associados ou não, para reunirem-se em Assembléia Geral Extraordinária, no dia 20 de junho de 2013 às 17h15min horas, em primeira convocação, na sede da APAE – Rua Agripino Lopes Moraes, 500 – Vila Matilde – Campos do Jordão SP, com finalidade de deliberar sobre a seguinte ORDEM DO DIA: 1) Deliberar sobre a renovação do Acordo Coletivo de Trabalho dos professores da APAE Campos do Jordão; 2) Encaminhamentos e formas de luta com o objetivo de alcançar as reivindicações da categoria. Taubaté, 10 de junho de 2013. Jeferson Campos Presidente

Passo Ponto em Capivari Loja no Shopping Center Capivari Tratar proprietário: (12) 9736-7008.

Compro Honda Fit EX 07/08 Automático e em perfeito estado.Tratar Sérgio: (12) 9792-6900.

CASA VALE ENCANTADO Vendo linda propriedade. Tratar: (12) 3664-1432. ALUGA-SE SALAS

Com infraestrutura para profissionais liberais. Tratar 3662-4000 A/C Marilene

CLÍNICA VETERINÁRIA

Clínica Animais da Serra Dra. Daniela M. Cruz (CRMV-SP 12.264) Clínica - Banho - Tosa Pet shop - Hospedagem

Rua Brigadeiro Jordão nº 998 - Vila Abernéssia Fones: (12) 3662-5704 - 9725-0151 - 9775-5252

Quem não é visto...

Não é lembrado! Jornal Campos do Jordão & Cia 24 anos prestando serviços e informando

Revista-Guia Encantos e Sabores

Há 6 anos a mais completa vitrine sobre Campos e região

Ligue: (12) 3664-4368

Anuncie veículos e imóveis a partir de

,00

R$ 15

Basta ligar: (12) 3664-4368 / 3664-4385


JORNAL CAMPOS DO JORDÁO & CIA

www.jornaldecampos.com.br

01 a 15 de Junho de 2013

7

PARTICIPAÇÃO DO LEITOR - JORNALISMO PARTICIPATIVO

Abrimos este espaço de interatividade para que VOCÊ LEITOR possa nos contar e tornar público, com texto e imagens, o que está acontecendo em seu bairro. Pode ser uma denúncia, sugestão, divulgação de evento, fotos de natureza ou qualquer coisa que creia merecer ser compartilhado com a população. Lembre-se, às vezes, tão importante quanto criticar é sugerir uma solução para um problema existente.

Moradores do Alto da Vila Inglesa unem recursos e fazem multirão para arrumar ruas esquecidas pelo poder público Um grupo de moradores das Ruas Benedito Abel Braga e Rua 2 do Alto da Vila Inglesa, cansados de esperar providências do poder público, se reuniram, com recursos próprios, para garantir seus direitos de ir e vir. A iniciativa surgiu após alguns turistas, proprietários de casas no bairro ficarem impossibilitados de chegar de carro em suas casas no feriado de Corpus Christie, tendo que deixar seus veículos na rua e prosseguir à pé até suas residências. Segundo moradores, que não quiseram se identificar, a prefeitura foi solicitada para manutenção da rua por mais de 30 vezes, sendo 20 por telefone e 15 delas protocoladas no setor responsável. NOTA DA REDAÇÃO: O descaso com as ruas de terra em Campos do Jordão é um problema que se arrasta há décadas, e infelizmente não são todos os moradores que tem condições de seguir este exemplo. Já que um caminhão de pedra, aluguel de máquinas e mão de obra para esse tipo de serviço são demasiadamente caros. Em entrevista ao CJ&Cia em janeiro de 2013, o prefeito afirmou que antes do período das chuvas seria feito uma manutenção preventiva nas ruas de terra da cidade, algo que até então não tem acontecido com frequência, já que a grande maioria das ruas de terra da cidade encontram-se da mesm forma, desde a administração passada. Entre elas, vias de acesso a diversos pontos turísticos como o Pico do Imbirí, Vila Natal e Gruta dos Crioulos.

Denúncia protocolada na Prefeitura continua sem providência alguma

No dia 22 de maio, após denúncia recebida de moradores da região da Biquinha, sobre o uso irregular para estacionamento (a 45 e 90 graus) e onde deveria haver passeio público, defronte a uma indústria alimentícia com movimentado ponto comercial na Av. Amadeu Carletti Júnior, protocolamos a pedido da Seplan junto à Prefeitura de Campos do Jordão (sob nº 9735/2013) denúncia formal, com cópia ao prefeito Frederico Guidoni e a Câmara Municipal (que imediatamente pediu formalmente informações sobre providências através do vereador Salim Rachid). Em rápida entrevista com um dos diretores da empresa, ele se manifestou laconicamente dizendo que se utiliza daquele espaço há 17 anos e que até hoje ninguém contestou o uso daquele espaço destinado para pedestres como estacionamento. Acontece que passados quase um mês nada foi alterado, não se viu providência alguma sendo tomada e muito menos resposta ao protocolo que registramos. Ao contrário e para indignação de quem se utiliza daquela via, em especial de centenas de crianças que estudam em duas escolas vizinhas e de uma creche que fica logo em frente, a situação de iminente perigo pode ser constatada a qualquer hora do dia. Com a temporada chegando o movimento cresce a cada dia, assim como o perigo e indignação pelo flagrante desrespeito às leis e aos cidadãos. E aí Prefeito, como ficamos?

Par ticipe do g r upo em “www.facebook.com/g r oups/jor nalcamposdojor dao/”

Horto Florestal pode ser privatizado O Parque Estadual de Campos do Jordão, hoje administrado pela Fundação Florestal, está na iminência de ser privatizado. Está em trâmites burocráticos na Assembléia Legislativa de São Paulo uma proposta do governador Geraldo Alckmin (PSDB) que tem como objetivo transfirir à iniciativa privada a gestão de diversos parques estaduais, entre eles o Horto Florestal de Campos do Jordão. Com a privatização o concessionário que ganhar a concorrência pública terá o direito de cobrança das taxas de ingresso e para exploração comercial do parque por um período de até 30 anos. Não é de hoje que se vê uma crise na administração do Horto Florestal de Campos do Jordão. Segundo informações da Secretária Estadual de Meio Ambiente, em 2012 o Parque teve um prejuizo de cerca de R$ 400 mil entre arrecadação e contas à pagar. No fim do ano passado, com mudanças dos gestores do parque, as empresas que prestavam serviços no local tiveram muitas dores de cabeça. Muitas das empresas prestadoras de serviços estavam no parque trabalhando sem licitações algumas há mais de 10 anos, desde seguranças a funcionários da manutenção, até empresas que exploram lojas e serviços em seu interior. Não é de hoje que o Estado se mostra pouco eficiente na administração de Parques. Esperamos que as mudanças que possam vir sejam para melhor, e que não prejudiquem a população jordanense nem o turismo local. Vale lembrar que hoje o Horto Florestal de Campos do Jordão ocupa cerca de 2/3 do território da cidade e abriga a principal reserva de araucárias do Estado de São Paulo.


8

JORNAL CAMPOS DO JORDÁO & CIA

www.jornaldecampos.com.br

01 a 15 de Junho de 2013

RESERVE SEU ESPAÇO PARA A EDIÇÃO DE INVERNO

Encantos e Sabores Campos do Jordão  C DIVULGANDO CAMPOS DO JORDÃO NAS 4 ESTAÇÕES DO ANO ROTEIROS DE GASTRONOMIA, LAZER, CULTURA E HOSPEDAGEM ANUNCIE NA EDIÇÃO DE INVERNO EDIÇÃO Nº 22 - OUTONO

DE 2013

NAL DE JUNHO

EM CIRCULAÇÃO ATÉ O FI

AGENDE UMA VISITA DE NOSSA EQUIPE (12) 3664-4368 | 9772-2285 | 9708-2151 | 9191-9673 WWW.ENCANTOSESABORES.COM.BR | REDACAO@ENCANTOSESABORES.COM.BR

967  

Edição 967 do Jornal Campos do Jordão & Cia - de 01 a 15 de Junho de 2013

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you