{' '} {' '}
Limited time offer
SAVE % on your upgrade.

Page 1

Distribuição gratuita - Ano 29 - Edição 577 - 5 A 18 DE FEVEREIRO DE 2020

FONE: 5021-7010 www.JABAQUARAEMNOTICIAS.com.br @jornaisjabaquaraecidadeademar

Parceria entre ONGs

em notícias

CARNAVAL 2020

A ONG Coração Família que atua em prol da convivência familiar e consciência ambiental, ocupa um terreno de 600m no bairro da Vila Santa Catarina. Página 10

Programação dos Blocos do Jabaquara Páginas 6, 7 e 8

Clube Escola Vila Guarani Inaugurado no dia 24 de abril de 1976, na região do Jabaquara. O Centro Educacional e Esportivo Professor Riyuzo Ogawa, mais conhecido como Clube Escola Vila Guarani, se tornou um verdadeiro parque aberto, que proporciona atividades e recreação aos munícipes da região. Página 8


2 | 5 a 18 DE fevereiro de 2020 Artigo

“Tudo tem seu tempo” A campanha “Tudo tem seu tempo” lançada em meio à época de carnaval pela ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos Damares Alves junto aos Ministérios da Saúde e da Educação está dando o que falar, a campanha consiste na ‘sugestão’ de adiar relações sexuais aos adolescentes, como método de prevenção à gravidez precoce. A campanha gerou reações negativas nas redes sociais, fazendo a ministra negar a intenção de ‘abstinência sexual’, mas após duras criticas, se defendeu dizendo que se trata de métodos nunca tentados na gestão brasileira para lidar com tais problemas. Encobrir o problema a resolvê-lo de fato, é assim que a sociedade está enxergando tal ação. Privar o adolescente de educação sexual e dos diversos métodos contraceptivos, apresentando-lhes os riscos de praticar o ato sem os devidos cuidados não deveria ser negado por uma ministra que lida com os direitos humanos. É a mesma coisa que lutar contra roubos dizendo aos assaltantes para não roubarem, mas a ministra enxerga a educação sexual como apologia

ao sexo, a questão é; não falar do problema vai fazê-lo acabar? A educação sexual trata-se da apresentação aos métodos disponíveis no mercado para se evitar uma gravidez indesejada, doenças transmissíveis e o conhecimento ao corpo, esclarecendo duvidas sobre temas relacionados à sexualidade, além disso, aborda temas pertinentes há atualidade como o abuso sexual. A Organização das Nações Unidas (ONU) considera que a educação sexual está relacionada à promoção de direitos humanos que se baseia nos direitos das crianças, jovens e todas pessoas tem à saúde, educação, informação e não discriminação. Por essa razão, a ONU é favorável à implementação de um currículo para educação sexual nas escolas: “Educação sexual é um programa de ensino sobre os aspectos cognitivos, emocionais, físicos e sociais da sexualidade. Seu objetivo é equipar crianças e jovens com o conhecimento, habilidades, atitudes e valores que os empoderem para: vivenciar sua saúde, bem estar e dignidade; desenvolver relacionamentos

sociais e sexuais respeitosos; considerar como suas escolhas afetam o bem estar próprio e dos outros; entender e garantir a proteção de seus direitos ao longo da vida.” (UNAIDS, Guia técnico para educação sexual) O governo pretende lançar até o fim do ano o Plano Nacional de Prevenção ao Risco Sexual Precoce, para sustentar a eficácia da medida estudos de países como Estados Unidos, Chile e Uganda que adotaram a recuso ao sexo como método contraceptivo serão consultados. Mas, entidades médicas, afirmam que os estudos são insignificantes e que as experiências mundiais mostram que incentivar adolescentes à abstinência os deixam sem o conhecimento necessário para quando iniciarem a vida sexual, os levando a terem doenças que não conhecem. O plano terá uma versão piloto a ser desenvolvida em escolas públicas e unidades de saúde em três municípios, dois no Nordeste e na Ilha de Marajó, no Pará e, depois, replicada para o restante do país.

Nota de falecimento Em 1964 Rubens da Silva, mas conhecido como Rubinho junto a sua turma resolveram fundar o Time de várzea; Garotos FC da Vila Guarani, desde então o clube é movido pelo entusiasmo, que torna o clube totalmente familiar. Durante 30 anos o time brilhou na várzea seja em campos adversários ou participando de torneios. Em 1994 graças a atuação de Orlando Covo Onha, o “Afonsinho” – In Memorian o Garotos fecha um convênio com a antiga FEBEM, selado pelo então governador Luiz Antônio Fleury, concedendo a área onde hoje está construída toda a infraestrutura do Garotos F.C. Foi na lembrança da luta e vitorias do clube que no último dia 25 de janeiro com tristeza e pesar amigos de Humberto Travaina recebia no campo suas cinzas um pedido deste que foi Presidente do clube durante as gestões de 1997, DIRETORA Rosa Maria Gomes de Oliveira JORNALISTA Malucy Nogueira (Mtb 17.862) José Fernando da S. Jr. (Mtb 0089625/SP) Luanda Olivastro (estagiária) DIRETOR COMERCIAL Marcelo Martins (Mtb 25553 SSP-SP) REPRESENTANTE COMERCIAL Sérgio Vastano DIAGRAMADOR José Carlos Rocha da Costa COLABORADORES Luana Martins - Eliane Suwa

Horóscopo Áries- Mantenha seus planos em segredo para não ser vítima de trapaças. No trabalho, mostre seu espírito de liderança, mas evite bater de frente com a chefia. No amor, fique atenta pode pintar romance novo. Quem já tem um par, a dica é; cuide bem do seu amor. Touro- Tem tudo para conquistar o que quer, mas faça isso com descrição. No serviço, vai precisar de mais sossego para render. No amor a atração por amigo deve balançar o seu coração. Gêmeos- Os astros pedem paciência, trabalhar em equipe vai exigir mais jogo de cintura. E você vai precisar de aliados para realizar seus desejos. Contato com alguém que mora longe fará bem ao seu astral. No amor, quanto mais cumplicidade, melhor. Câncer- Se está afim de crescer profissionalmente, faça cursos para se aperfeiçoar e batalhe com disposição para mudar o rumo da sua carreira. Os astros vão dar uma forcinha para quem quer iniciar dieta. No amor, romance firme. Na paquera, clima de pura sedução com alguém do trabalho. Leão- Na vida profissional, você vai ganhar se trocar experiências com os colegas, primeiro você precisa sair do comodismo para criar novas oportunidades. No amor, que tal um bate-papo com o par? Na paquera, vai ser mais fácil atrair admiradores. Virgem- No trabalho, nada de tentar impor a sua experiência aos colegas. Nas finanças pode ter ganhos inesperados mas, controle melhor seu dinheiro. Na família, podem rolar alguns conflitos. No amor promessa de muita paixão entre quatro paredes e astral promissor na paquera. Libra- Momento de disposição para encarar os compromissos. O que é muito bom porque assuntos de casa vão exigir sua atenção. Sua saúde pode ficar mais sensível. No trabalho, pode fazer parceria vantajosa. No amor, renda-se ao romantismo na união. Escorpião- Os astros prometem sorte e conquistas. Aproveite a maré de sorte para fazer uma fezinha! É bom ter cuidado com mal-entendidos. No amor, não exagere nas cobranças. Agora, quem está só, vai desejar viver uma relação séria. Sagitário- Quinzena promissora para quem trabalha em casa, os astros mandam uma dica para o campo profissional: use sua boa lábia para conseguir o que quer. Pare de gastar com coisas que não precisa. No amor, vai revelar seu lado apaixonado. Na paquera, fortes emoções. Capricórnio- Você vai esbanjar criatividade e terá facilidade para dialogar a fazer acordos. No campo familiar, vai dar bom também momento de sintonia em família. Já no amor, o romance vai precisar de mais confiança. E quem está só, vai se sentir mais à vontade para puxar papo com o paquera. Aquário- No setor profissional, os astros indicam que você pode se destacar em entrevista de emprego, em reuniões ou na hora de fechar negócios. No setor financeiro, vão pintar novas oportunidades para ganhar grana fique de olho pra não deixar passar. O astral é positivo ainda para se divertir com os amigos. No amor, só sucesso. Peixes- Neste período você terá inspiração extra para encontrar novas formas de ganhar dinheiro e terá mais determinação para investir na carreira. Fique ligada que pode até pintar uma chance de promoção. No amor, demonstre todo seu carinho. E na paquera, não economize no charme!

1998 e 2000 a seus familiares que estiveram presente durante a solenidade. Em um momento de doação de cada companheiro que teve a oportunidade de estarem com esse líder, orações e gratidão foi oferecida a sua memoria naquele tarde que se completava 30 dias de

seu falecimento. Humberto Travaina deixou esposa, 3 filhos e dois netos. 23.02.1949 25.12.2019 Saudade eterna!

TIRAGEM: 20.000 Exemplares IMPRESSÃO: Gráfica Pana Editora Jornalística Juma CNPJ. 67.052.795/0001-52 SEDE PRÓPRIA: Rua Onofre Silveira , 45 Jabaquara - CEP. 04334-100 - São Paulo - SP Tel.: 5021-7010 Distribuição Gratuita: Jabaquara, Vila Mariana, Mirandópolis, Praça da Árvore, Bosque da Saúde, Vila Sto. Stéfano, Saúde, Planalto Paulista, São Judas, Jardim Aeroporto, Vila Guarani, Água Funda, Cidade Vargas, Vila Facchini, Jardim Scaff, Vila Mascote, Vila Santa Catarina e Vila Campestre.

Cidade Ademar, Divisa de Diadema, Jardim Miriam, Americanópolis, Cidade Ademar, Intelagos, Jardim Consórcio, Jardim das Oliveiras, Vila Joaniza, Vila Missionária e Jardim Prudência. Os serviços prestados por assinantes e as matérias assinadas não são de responsabilidade deste veículo de comunicação. Assim como o conteúdo dos anúncios que são de total responsabilidade do anunciante. É expressamente proibida a reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo desta publicação sob pena prevista por lei.

www.EDITORAJUMA.com.br


5 a 18 DE fevereiro de 2020

|3

Jornais de bairro; o melhor meio de unir moradores, comerciantes e prestadores de serviço

Moradores da região da Vila Facchini reivindicam com urgência uma faixa de pedestre na Rua Hildebrando Siqueira na altura do número 700, o local possui alta circulação de veículos dos dois lados, ocasionando transtornos a quem quer atravessar. O morador Daniel Evaristo que mora na Rua Quinta do Regalo, já contabilizou 10 minutos de espera em sua travessia “Os carros custam a deixar os pedestres atravessarem, ainda mais quando o farol da Av. Engenheiro Armando de Arruda Pereira está aberto para os veículos, eles descem em alta velocidade, é um transtorno. Por ser uma rua curta, as pessoas quando estão esperando algum veiculo ceder a passagem, frequentemente se arriscam em meio aos veículos”. Daniel já solicitou a averiguação do local para incluir a faixa no portal 156, e assim como outros moradores e transeuntes, estão aguardando uma resposta. Envie sua demanda ou sugestões para o WhatsApp 99367-7730 ou no e-mail redacao@editorajuma.com

Símbolo de tradição, os jornais de bairro são considerados o meio mais antigo de emissão de noticias locais, a plataforma é bem requisitada pelos munícipes, abrangendo apenas o que realmente interessa, de maneira simplória. São bem aceitos por diversos motivos; dentre eles estarem nesse meio há anos, sempre transmitindo a confiança que o leitor exige, procuram atender as demandas que os próprios moradores enviam, e se fazem presentes em cada âmbito do bairro, além disso, apresentam conteúdos relevantes que agregam a todos que o consomem. A distribuição gratuita garante a abordagem a todas as classes e faixas etárias. A importância de se fazer presente Aos comerciantes é fundamental entender a importância de se divulgar, fazer-se presente aos olhos dos fregueses é tática infalível à conquista do novo cliente, é a exclusão do esquecimento dos mesmos, enfatizando sua marca induzindo à fixação. Empresas que desejam atingir um público específico, nada mais indicado que anunciar nos jornais que circulam na região fazendo o leitor enten-

der que aquela marca acredita no seu bairro, assim, estreitando relações com os mesmos. Além disso, os profissionais que trabalham nos jornais se preocupam em relacionar às

matérias as propagandas, por exemplo; matérias educativas junto a anúncios de escola, esse cuidado gera interesse do leitor as marcas ali presentes. Atualmente muitos comér-

cios fazem o uso da panfletagem como meio de induzir a fixação de sua empresa, mas com o novo decreto nº 59.172, colocado em vigor recentemente pelo prefeito Bruno Covas impede tais ações com multa fixa de R$ 5 mil ao infrator e beneficiário da propaganda e estabelece o dobro do valor nas reincidências, que podem ser constatadas a partir dos 60 minutos da primeira autuação, se a infração continuar sendo cometida. Caracterizam-se crime a distribuição em via pública, manualmente ou lançados de veículos, aeronaves e edificações ou, ainda oferecidos em mostruários. Além disso, esse tipo de abordagem se faz antepassada aos novos meios, visto a eficiência da comunicação oferecida pelos jornais de bairro, além de contribuir para a poluição não apenas visual, mas também aquela que favorece as enchentes pelo descarte irregular desses panfletos. Com tantas vantagens apresentadas fica difícil escolher a panfletagem ilegal ao anuncio que circula junto as matérias relacionadas a propaganda, conteúdos de interesse e a reputação dos jornais regionais. www.editorajuma.com.br anuncio@editorajuma.com.br


4 | 5 a 18 DE fevereiro de 2020

Da periferia paulista ao comando de uma delegacia Filho de porteiro e oriundo da periferia paulista, o Dr. Pedro Luis de Sousa atua há 42 anos na Polícia Civil, nos últimos 30 anos como delegado. Sousa está à frente do 80° Distrito Policial na Vila Joaniza e foi o responsável pela prisão temporária dos dois seguranças de um supermercado na Vila Missionária, onde os seguranças chicotearam um adolescente de 17 anos que tentou furtar quatro barras de chocolate. O adolescente foi amarrado, despido e chicoteado com fios elétricos, as imagens deste triste episódio foram registradas pelos próprios agressores, onde repercutiram nas redes sociais e chegou ao conhecimento da polícia. O Dr. Pedro chamou atenção, pela sensibilidade com que se posicionou diante do caso, onde disse “nunca investiguei algo parecido. Já estive em vários casos graves. Já atendi na delegacia de homicídios e vi corpos mutilados, sem cabeça. Pai que mata filho, filho que mata pai, infelizmente essas ocorrências existem. Sobre o menino torturado, talvez a maior gravidade seja que vivemos num país em que o período escravocrata vigorou por

anos, disse o delegado. Durante a ditadura militar, dos 18 aos 20 anos de idade, Dr. Pedro Luis de Sousa serviu ao Exército brasileiro. Como policial passou por aproximadamente nove delegacias das comunidades carentes da capital, além das especializadas como o DEIC (Delegacia Estadual de Investigações Criminais) do DHPP (Delegacia de Homicídios e de Proteção à Pessoa). Em relação a passar por várias delegacias o Dr. Pedro relata que “não tem pior ou melhor lugar, eu sempre trabalhei na periferia. A gente quer fazer um bom trabalho para quem precisa e o pessoal da periferia é um povo muito sofrido”, afirma. Quando questionado o porquê de seguir na área de segurança o delegado relatou que “nasci num bairro bem pobre de São Paulo, no Rio Pequeno. Morei em favela, mas tive estrutura familiar, meu pai era porteiro e minha mãe dona de casa e estudei em escola pública. Aos 18 anos fui para o Exército e logo depois para a Polícia Civil. Comecei na polícia como escriturário, que auxiliava na delegacia, e fui para a academia de polícia. Fui carcereiro, escrivão, investigador

e há 30 anos atuo como delegado”, avalia. Outro caso que teve grande repercussão e o Dr. Pedro e sua equipe estavam à frente da investigação, ocorreu em 2017 foi o caso “Negão da Madeira” que ocasionou a prisão de um PM. Relembrando o caso, em abril de 2017 o jovem Gabriel Alberto Tadeu Paiva de 16 anos foi encontrado desacordado no chão, onde estava tendo um baile funk. De acordo com munícipes, Gabriel teria sido morto por um policial militar, o delegado Pedro Luís de Souza

investigou a fundo e descobriu que realmente o PM tinha tirado a vida do adolescente. Na versão da PM, os policiais tinham encontrado o corpo do jovem no chão, sem saber o que tinha acontecido. “Naquela época, tinha muito baile funk nessa região em uma comunidade. O PM, que ficou conhecido como ‘Negão da Madeira’, descia da viatura com uma madeira agredindo a todos. Numa dessas agressões, ele atingiu uma criança, que bateu a cabeça e morreu. Provocou uma revolta enorme por aqui. Nós investigamos esse

caso. Ele foi condenado a 24 anos de prisão“, relembra. Recentemente, Souza esteve à frente da prisão temporária William Volpi de 23 anos, o motorista que atropelou uma criança de 4 anos no Campo Grande. Populares relataram à polícia que momentos antes do atropelamento o jovem foi visto ingerindo bebidas alcoólicas e portava um frasco de lança perfume. Em depoimento à Polícia Civil do 80° DP, William relatou não está embriagado, nem fez uso de nenhum tipo de drogas e não tinha a intenção de atropelar ninguém, tinha perdido o controle do carro. Após ser ouvido, William Volpi foi levado para a 2° DP do Bom Retiro, onde ficará detido, numa cela separada de outros detentos enquanto as investigações percorrem. Além de plantão policial, o 80° DP conta com atendimento social. A justiça sempre coopera para o lado do bem, principalmente, quando tem pessoas honestas e humanas no comando, é o que acontece nas investigações que o Dr. Pedro Luís de Souza e toda sua equipe comandam, eles vão a fundo para descobrir a verdade e punir os responsáveis.

Pancadões tiram sossego dos munícipes de várias regiões

Sob o comando do presidente Ronaldo de Paula, a primeira reunião ordinária do Conselho Comunitário de Segurança do Jardim Miriam de 2020, aconteceu na segunda (03/02). Mesmo com noite chuvosa, os munícipes lotaram o salão de reuniões do 98° Distrito Policial na Av. Ângelo Cristianini 467. Além da população autoridades como o Delegado Titular do 98°D.P, Capitão da Polícia Militar, Inspetor da Guarda Civil Metropolitana, José Rubens subprefeito da Cidade Ademar, CET, Sabesp e Assessores Parlamentares estiveram presentes na assembleia.

Pancadões em diversos locais, entre eles no Jardim Novo Pantanal e na Alameda do Castelinho - Jardim Castelo, mais viaturas nas ruas, tapa buracos, entulhos nas ruas, desova de carros e motos roubados, terreno baldio onde moradores jogam restos de móveis, poda de árvore, focos de fogo na favela da fumaça, foram umas das demandas levadas pelos moradores que lutam por um bairro melhor de se viver. “Sou vizinha do pancadão, vai até altas horas da madrugada, tiram o sono o sossego, pois precisamos descansar para poder trabalhar no dia seguinte” diz um dos moradores. Ainda em relação aos

pancadões outro morador relata que “a princípio seria aberto uma adega, mas tudo isso se intensificou, não respeitam os moradores. Na verdade, somos obrigados a conviver ouvindo sons altos e não aguentamos mais esta situação” relata outro munícipe. “Sabemos que aqui é um espaço que nos atende. Nosso bairro já foi bem pior. A população atualmente, está perdendo a educação, um exemplo disso é a questão do lixo, muitos deixam para jogar o lixo após a passagem da coleta e com isso causa transtornos para nós mesmos em dias de chuvas, além das doenças que isso pode causar” avalia uma moradora do Jardim Miriam inconformada com atitude de alguns moradores. Com a oportunidade o subprefeito José Rubens Domingues Filho afirmou que “os nossos problemas têm diminuído continuamente. Quero deixar claro para vocês que sempre liguem e deixem protocolado no 156 serviço de atendimento da Prefeitura de São Paulo, a partir daí somos obrigados a solucionar o problema. Vocês também podem está enviando no meu whatsapp 94451-6377 fotos dos problemas que encontram na região, só que resumidamente e com informações precisas como foto do fato, nome

da rua da ocorrência e numeração” afirma José Rubens Pela primeira vez no Conselho Comunitário de Segurança do Jardim Miriam, o capitão Adélcio Carlos Avelino foi muito bem recepcionado pelos moradores e autoridades presentes, onde desejaram sorte no seu trabalho na nova companhia. Em poucas palavras o capitão agradeceu e disse “não sou melhor do que ninguém, apenas faço o meu papel. O que me foi

designado a fazer, busco realizar da melhor forma possível” disse. No sábado (08) haverá na subprefeitura Cidade Ademar a posse dos novos membros do Conselho Participativo e no domingo dia (16), o Bloco Vá Toma na Cupecê agita a galera das 11h às 19h na Av. Cupecê altura do número 1350. Próxima reunião do Conseg dia 02 de Março Endereço: Av. Ângelo Cristianini 467 - Jd. Miriam


5 a 18 DE fevereiro de 2020

|5

O retorno de Siegrid Ingrid Siegrid Ingrid grupo do estilo underground nacional volta aos palcos após pausa de 17 anos, com novas composições disponíveis nas principais plataformas de músicas, trazendo a sua sonoridade que mescla hardcore, thrash e death metal, além da performance do vocalista M. Pun. O repertório atual da ênfase ao último e mais reconhecido trabalho “The Corpse Falls” e apresenta a mesma formação deste aclamado disco, gravado no estúdio Mr. SOM em São Paulo foi produzido por Heros Trench (korzus). O álbum colocou o grupo como um dos mais importantes nomes do Metal Nacional, o

Projeto Trator Formado em 2006, o duo Projeto Trator, possui 11 lançamentos, 1 turnê européia, por 8 países, diversas turnês pela América do Sul e quase todo o território nacional, participando de festivais no nordeste, sul, centro oeste e sudeste do Brasil, além de festivais importantes na Argentina, Chile, Alemanha, Bélgica e Holanda. Com diversas influências, a banda desenvolve uma sonoridade densa e abrasiva, com guitarras obscuras e dissonantes, ritmos hipnóticos e letras ácidas em português.

fazendo ser sucesso nas criticas, colecionando elogios nas mídias impressas do estilo musical. Formada em 1989 na capital paulista, o nome originou-se em homenagem a Siegrid e Ingrid, irmãs do bairro onde a banda se formou. O primeiro álbum foi laçado em 1992 o “The Choice” já em 1995 lançou o “Pissed Of” e em 1999 lançou aquele que faria a banda estourar de vez “The Corpse Falls”. No início dos anos 2000, já se tornaram uma das bandas mais atuantes do cenário underground, tendo participado de importantes festivais e programas de TV, como “Turma da Cultura”

da TV Cultura e “Fúria Metal” da MTV. Além disso, participaram de diversas coletâneas, como a edição comemorativa de 20 anos da gravadora Mineira Cogumelo Records ao lado de importantes nomes do metal nacional como: Sepultura, Sarcófago, Overdose, The Mist, Ratos de Porão, Vulcano, entre outros. O grupo é formado por cinco integrantes, entre eles; M. Punk vocalista, L. Morales Borô e André Gubber na guitarra, Luiz Berenguer no baixo e Evandro Junior na bateria, estão presentes no facebook como SiegridIngridofficial e instaram @siegridingrid.official

Stoner Fest no Container Pub Stop

- Paulo Ueno - Guitar/Voz/ Efeitos - Thiago Padilha – Bateria

ANTIC Formado em 2012, mas tornou a se formar em 2019. Antic participou da coletânea SOUTHERN BRASIL e participou de festivais como Manifesto rock fest e Time4music, sendo semifinalista. Tocou em São Paulo capital e abc paulista. Com influências clássicas como Black Sabbath, Down, Alice in chains e Nirvana... AN-

TIC, assim como o nome diz, um estilo não nos define, somos únicos. Somos uma mescla de riffs clássicos com roupagens modernas, uma angustia que alegra. Uma lagrima profunda de auto conhecimento e reflexão. Arrastado e pesado. Marcante, profundo. Vocal e guitarra - Daniel Suzigan Guitarra e back vocals - Victor Ferreira Baixo e back vocals - Rodrigo Farias Bateria e back vocals - Guilherme Palma.

RIDERS OF DEATH VALLEY Com influências que vão desde o Rock dos anos 70 e do Stoner até o Rap e o Blues, A Riders of Death Valley apresenta as composições do seu primeiro EP autointitulado e lançado através do selo ABRAXAS. Esse trabalho procura contemplar a criatividade de cada membro, somados a arranjos de muito peso. Riders of Death Valley é rock pesado, com altas doses de psicodélica. A banda se abriga no underground cinza de São Paulo, onde também é o seu estado natal, mas busca novas oportunidades de mostrar o seu

trabalho onde for possível. A Riders of Death Valley é: Patrick Antunes (bateria) Enrico Herrera (baixo) Eric Pfister (guitarra e vocal) Murilo de Souza (guitarra) Além da entrada de R$ 10 reais o Container arrecadará alimentos não perecíveis que serão destinados a Associação Cultural Assistencial Educacional Macaé do Bairro Serraria de Diadema que atende jovens de 8 a 17 anos de idade que apresentam déficit de atenção e/ou então restrição de carência material, habitacional, pessoal e social.

ENTRADA R$ 10,00 + 1kg de alimento não perecível

Container Pub Stop

Rua Orense, 60 - Centro de Diadema


6 | 5 a 18 DE fevereiro de 2020

carnaval

Corte do Carnaval de São Paulo

A nova Corte do Carnaval de São Paulo 2020 foi definida no dia 15 de janeiro. Os membros eleitos foram o Rei Momo Ricardo Lima, a Rainha Mariana Pedro, a Primeira Princesa Mariana Vasconcellos e a Segunda Princesa Daniela Orcisse. Juntaram-se à Corte o Cidadão Samba Daílson de Souza e a Cidadã Samba Idivanir de Moura Mesquita, eleitos em outro evento organizado pela União das Escolas de Samba Paulistanas (Uesp). Perfil e agremiação de cada membro eleito:

Rei Momo - Ricardo Lima, empresário, 130 kg – Agremiação: GRCES Independente Tricolor Rainha: Mariana Pedro, dançarina, 22 anos, 1,70 m – Agremiação: GRCES Independente Tricolor Primeira Princesa: Mariana Vasconcellos, bailarina e modelo, 26 anos, 1,77 m – Escola de Samba Vai-Vai Segunda Princesa: Daniela Orcisse, dançarina, 32 anos, 1,69 m – Mocidade Unida da Mooca

Dia 7/2, Uesp escolhe Corte do Carnaval 2020

A União das Escolas de Samba Paulistanas (Uesp) promoverá no próximo dia 7/2 (sexta-feira), á partir das 20h, o Concurso Miss UESP, que vai eleger a Rainha do Samba, os Passistas de Ouro e Prata, além de duas Princesas do Carnaval 2020. O evento vai acontecer no Grande Auditório Celso Furtado, do Palácio das Convenções do Anhembi (avenida Olavo Fontoura, 1.209 - Santana). A entrada é franca. Os candidatos são representantes das agremiações, filiadas à UESP, que participam dos desfiles oficiais dos bairros da cidade, mantendo a tradição do samba paulistano que a cada ano tem atraído ainda mais participantes. Neste ano, 25 candidatos disputarão os títulos e serão avaliados por uma comissão julgadora formada por personalidades do samba, ligados direta ou indiretamente ao carnaval. Todos participantes do concurso farão um show na abertura do evento sob o comando da core-

G.R.E.S Unidos do Vale Encantado

A escola irá abordar o tema; A misteriosa lenda de amor e dor, abordando a lenda das Cataratas do Iguaçu. Com samba-enredo de autoria de Tiago Melodia, Felipe Olivieri, Mestre Clodoaldo, Wagner do Cavaco, Carlos Dórea, Clau-

dete Carvalho, Dinei Sampa e Café Parque Bristol. Ensaio técnico de rua neste sábado dia 08/02 com a concentração marcada para as 19h, na Rua Gustavo da Veiga, 38 na Vila Império. A direção da escola convida os leitores in-

teressados em desfilar a comparecer neste sábado e garantir sua fantasia que é gratuita. A Unidos do Vale Encantado será a sexta escola a desfilar no dia 24 de fevereiro às 23h40, no Butantã (Av. Eliseu de Almeida).

Corte 2019 da Uesp ógrafa, Solange Ferreira. Segundo Eduardo Caetano, coordenador geral do Miss Uesp, o show é uma tradição do evento e esse ano fará uma homenagem aos grandes baluartes do carnaval paulistano. Segundo o presidente da Uesp, Alexandre Magno, as agremiações de base são responsáveis por desenvolver e incentivar as novas gerações a preservar a cultura. Daí, a importância do concurso, que tem como objetivo manter viva as tradições “sambísticas”.

“Somos um celeiro de grandes talentos. Nós estamos presentes em muitos locais onde o poder público não chega. O evento é uma forma de valorizar as escolas e profissionais que lutam e defendem o samba e o seu pavilhão o ano inteiro”, diz Alexandre Magno. SHOWS Uma das atrações da noite será um show de Toninho Geraes. A outra atração confirmada é o cantor Marquinhos Sensação. Confira a programação dos desfiles em www.uesp.com.br.


5 a 18 DE fevereiro de 2020

Vá Toma na Cupecê

Fundado em 12/12/ 2014, o bloco ‘Vá Toma na Cupecê’ já levou mais 10.000 pessoas para a rua e em 2020 não será diferente, a diretoria espera durante o desfile deste ano receber um público de mais de 8.000 pessoas “a Cupecê vai tremer” confirma o presidente do bloco Álvaro Fernandes que ao lado da diretoria e apoiadores trabalham para que o 5º evento surpreenda os moradores da Cidade Ademar . Desde 2018 os foliões trocam dois quilos de alimentos não perecíveis por um abadá. A iniciativa se deu pela aproximação da diretoria as instituições locais. Além disso, o bloco proporciona aos foliões uma infraestrutura com cobertura, assentos, petiscos e bebidas, além do apoio de patrocinadores e da equipe. O Bloco busca parceiros comerciais, para transformar o desfile em uma festa autossuficiente gerando a circulação de capital financeiro dentro da região. Uma das novidades é o início do evento ás 11 horas com o carnaval kids. “Uma bateria mirim entra na avenida já animando a

folia, além da ala de cadeirantes que fazem curso de música, inclusive participam da bateria do bloco, um diferencial que dificilmente os pais encontram, carnaval para a garotada, é o que garante a diversão para todos. A ideia é promover a integração entre os moradores da região e conseguir fazer um bloco bem animado para as famílias que não conseguem ir aos grandes blocos muitas vezes por terem as crianças” conclui o presidente Álvaro. Grito de carnaval Neste sábado dia 08 no Komback Casual Food o bloco estará realizando o Grito de Carnaval 2020, a partir das 16h. Local: Rua Ailson Simões, 233. Programação: 16 de fevereiro das 11h às 19h Presença confirmada do músico Alan Tavares e Mister Black Concentração: Av. Cupecê altura do número 1.600 Troca dos 2k de alimentos (menos, sal, açúcar e fubá): Empório MWB – Av. Marari, 518 e Komback Casual Food - Rua Ailson Simões, 233.

|7

União Independente da Zona Sul União Independente da Zona Sul, escola do Grupo Especial de Bairros da União das Escolas de Samba Paulistanas, a Uesp Fundada em 15 de setembro de 1984 levará para avenida no carnaval de 2020 os “Mitos e lendas da Amazônia”. O desfile acontece dia 24 de fevereiro na Avenida Eliseu de Almeida a partir das 22h, a concentração acontece na quadra da escola, localizada na Rua Hildebrando Siqueira, 370 e disponibilizará transporte para os componentes que irão desfilar, a partir das 16h. Inspirado na maior floresta tropical do mundo, o enredo se baseia na exaltação da floresta Amazônica, suas riquezas naturais e suas lendas mitológicas. Trazendo como forma de protesto a atenção para suas queimadas e devastações provocadas pelo homem e suas ambições. A escola desfilará com 700 componentes, distribuídos em onze alas, duas alegorias, dois quadripés e dois casais de mestre sala e porta bandeira. Enredo: Na comissão de frente a fim de atrair bons fluidos, um ritual de fé compõe essa abertura do desfile: A “Pajelança”. Na sequência, pedindo proteção, saudarão: Jaci Deusa da lua, Guaracy Deus sol e Tupã Deus supremo do trovão. Na personificação de Jaci e Guaracy, o primeiro casal Mestre sala e porta bandeira, iniciam os caminhos para o carro abre alas, retratando a mitologia in-

dígena. O carro abre alas traz Tupã. Abrindo o primeiro setor, ao som do rufar do tambor ancestral, a bateria antecede a ala que representa as lendas dos pássaros: Uirapuru e Beija flor. Na continuidade a ala de Matinta Pereira, como conta a lenda, ave de vida misteriosa cujo assobio nunca se sabe de onde vem. A ala seguinte representa os “Muiraquitãs”, talismã feito de argila ou pedra de jade, esculpido pelas índias na beira do rio, conhecido como amuleto de sorte e proteção. Seguindo viagem, tem a ala das baianas representando a flor vitória régia, famoso símbolo da Amazônia. Segundo casal de mestre sala e porta bandeira, contará a lenda

do boto cor de rosa. Já na segunda alegoria, onde se atravessa o rio protegido por Iara, mãe sereia e boitatá (cobra de fogo) até chegar do outro lado de encontro ao folclore popular, representado por saci pererê, lobisomen e curupira. Ao fim da viagem ao folclore popular exaltando o festival de Parintins através da personificação de Boi Garantido e Boi Caprichoso. Para finalizar a escola mostra os bens que são oferecidos pela natureza através das lendas da alimentação, retratando o guaraná, o açaí e a mandioca. No encerramento do desfile a ala das crianças traz vida ao quadripé da mãe natureza, como um grito de preservação da cultura popular e da floresta Amazônica..


8 | 5 a 18 DE fevereiro de 2020

Programação dos Blocos do Jabaquara e Cidade Ademar

Breja no Bloco 15 de fevereiro das 14h às 19h Concentração/ dispersão: Rua Apacê Trajeto: Rua Apacê, Rua Aracirama, Rua Vieira Portuense, Av. Engenheiro George Corbisier, Rua Carmine Di Genio, Rua Jurupari, Rua Matuim, Rua Apacê

Bloco Carnavalesco do Zé Pereira O Bloco carnavalesco do Zé Pereira este ano entra em sua XIV edição levando a população do entorno do Metrô Jabaquara a uma festa contagiante. 15 de fevereiro das 16h às 19h Concentração/ dispersão: Rua Anita Costa, 135 Trajeto: Rua Anita Costa, 135, Rua Onze de Fevereiro, Rua dos Jornalistas, Terminal Metropolitano Jabaquara, Rua Anita Costa, 135 com Rua Nelson Fernandes, 257

Bloco Dos Cabeças da Cinco Fundado em 2014 é considerado o primeiro bloco de rua da região de Americanópolis e já está em seu 6º carnaval, seu publico costuma chegar a 500 pessoas, entre crianças e adultos. 25 de fevereiro a partir das 13h30 às 19h Concentração/ dispersão: Rua Cinco de Outubro x Rua Charles Hoyt, 231 Trajeto: Rua Cinco de Outubro, Rua Leno, Rua Valdir Maluf, Rua Dr. Alcides de Campos, Rua Deodoro de Campos, Rua Tupiritama, Rua das Guassatungas, Rua Hildebrando Siqueira, Rua Cinco de Outubro.

Bloco a Praça é Nossa 16 de fevereiro a partir das 12h Venda de camisetas: Regata 27,00 /Infantil 33,00 /Vestido 60,90 /Swft 37,90 Concentração: Rua Mafalda Rocha em frente ao número 2, reunindo os foliões seguindo em direção ao Carnaval da Cupecê. Coisa de Pele 16 de fevereiro das 11h às 15h30 Concentração/ dispersão: Av. Leonardo da Vinci, 2650 Trajeto: Desce a Av. Água Funda até o número 625 e volta pela Av. Água Funda até a Av. Leonardo da Vinci.

Bloco Vá Toma na Cupecê 16 de fevereiro das 11h ás 19h Av. Cupecê altura do número 1600 Bloco do Arrastão da Vila Guarani 24 de fevereiro das 14h às 19h Concentração/ dispersão: Av. Diederichsen Trajeto: Av. Diederichsen, Rua Eduardo Pereira, Rua Abraão Miguel do Carmo, Av. Diederichsen

Bloco Arrastão da Vila Guarani Dia 24 de fevereiro ás 14h Concentração / Dispersão: Av. Diederichesen Fundado no dia 12 de outubro de 1983, o Bloco do Arrastão da Vila Guarani tem como objetivo unir a comunidade com uma diversão gratuita desfilando pelas ruas do bairro com fantasias, alegorias, bateria e samba enredo próprio. Trajeto: Av. Diederichsen – Rua Eduardo Pereira – Rua Abraão Miguel do Carmo – Dispersão: Avenida Diederichsen

Clube Escola Vila Guarani

Inaugurado no dia 24 de abril de 1976, na região do Jabaquara. O Centro Educacional e Esportivo Professor Riyuzo Ogawa, mais conhecido como Clube Escola Vila Guarani, se tornou um verdadeiro parque aberto, que proporciona atividades e recreação aos munícipes da região. Ocupa um espaço arborizado com uma infraestrutura ampla, localizado na Rua Lussanvira, 178- Vila Guarani. Possui quadras, campo de futebol, piscina, salas para oficinas, trilha de 330m e área para cachorros. O clube é aberto a todos, sem restrições, mas os interessados em realizarem as aulas é necessário fazer o cadastro, feito no próprio clube e emitido na hora. Os documentos necessários são; RG, comprovante de residência, duas fotos 3x4 e exame médico, que comprove aptidão física (o exame não é realizado no clube,

mas pode ser feito em outros clubes, ou em redes médicas como o SUS). As oficinas ocorrem de segunda a sexta das 6h45 às 22h, e possui 18 modalidades, entre elas; yoga, pilates, zumba, atividade corporal, alongamento, karatê, ritmos, ginastica rítmica, patinação artística, kicki boxing, jiu-jitsu, muay thai, natação, vôlei e vôlei adaptado, futsal feminino e masculino, handebol feminino e masculino, basquete, além de musculação. Atua com 18 professores voluntários e 2 contratados pela SEME- Secretaria Municipal de Esportes, Lazer e Recreação. O diretor José Carlos Faraj acrescenta “Recebemos 1.500 visitas pontuais em folha de frequência por mês em nossas oficinas, e em dias de recreação na piscina chegamos a contabilizar 800 visitas ao dia”.


5 a 18 DE fevereiro de 2020

|9

Fim do relacionamento: quem fica com o animal de estimação? Na hora da separação, os casais precisam resolver uma série de questões, entre elas, as mais complexas são a partilha de bens e a guarda dos filhos. No entanto, outra questão familiar está cada vez mais recorrente nos tribunais e acordos de divórcio: a guarda dos animais de estimação. De acordo com o Instituto Pet Brasil, no Brasil há quase 140 milhões de animais de estimação, população maior que a de crianças nas moradias brasileiras. Nesses lares muitos casais optaram por não ter filhos, mas cuidam de seus pets como se fossem. Alguns animais vão a psicólogos, fazem massagem, frequentam creches, possuem plano de saúde e até praticam ioga. Por causa de todo afeto envolvendo os bichinhos, a guarda compartilhada dos animais pode ser um assunto bem complicado no momento de resolver os trâmites do divórcio. Debora Ghelman, advogada especialista em Direito Humanizado nas

áreas de Família e Sucessões, comenta sobre um caso que lhe chamou atenção: “Houve uma disputa entre o ex-casal. A mulher alegava que havia comprado o cachorro, sendo, portanto, de sua propriedade. Do outro lado, o homem argumentou que era ele quem de fato cuidava do bem estar e da saúde do animal. A discussão ficou em torno de considerar o cachorro uma ‘coisa’ ou um ser. Venceu a segunda opção, tendo o juiz determinado a guarda compartilhada.” Outras discussões do mesmo segmento estão chegando cada vez mais nos tribunais de todo o Brasil e os juízes estão resolvendo esse impasse caso a caso, diante da inexistência de uma lei que regule a guarda dos animais na circunstância do divórcio. A Vara Competente para o julgamento dessas ações é a de Família e Sucessões já que os animais integram o núcleo familiar. Os magistrados passaram a reconhecer que os animais de

Prefeitura oferece atendimento gratuito ao empreendedor nas 32 subprefeituras

Agora os empreendedores da capital podem receber orientações e utilizar diversos serviços gratuitamente nas 32 subprefeituras da cidade. A Ade Sampa, agência vinculada à Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Trabalho, oferece apoio ao seu negócio e a novas formas de geração de renda. Em 2019, a Prefeitura de São Paulo, realizou mais de 43 mil atendimentos e qualificações para empreendedores, número 143% maior em relação a 2018. Formalização de MEI - Microempreendedor Individual (com apoio do Cate) - Declaração anual do Simples Nacional - Alteração CNAE - Classificação Nacional de Atividades Econômicas - Cancelamento cadastro MEI - Orientação e impressão da

DASN - Declaração Anual do Simples Nacional - Orientação e parcelamento da contribuição mensal - Orientação e configuração da Senha Web - Orientação e emissão de nota fiscal - Consulta CCM - Cadastro de Contribuintes Mobiliários, CCMEI - Certificado do MEI e CNPJ - Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica - Encaminhamento para o Teia - Inscrições nos programas, cursos e eventos. A orientação é realizada sem a necessidade de apresentação de documentos, já para se formalizar é preciso ter em mãos o RG, CPF, comprovante de endereço residencial e comercial (se houver), título de eleitor, recibo da declaração do imposto de renda do ano anterior e senha do portal do Governo Federal.

estimação são seres dotados de emoção e sentimentos, passando a aplicar a guarda compartilhada, assim como ocorre com as crianças e adolescentes. Há decisões que determinam que o animal fique semanas alternadas com cada parte, outras concedem direito à visitação. Atualmente também é possível fixar a pensão de alimentos para os animais em caso de separação. Antigamente, os gastos com os bichos integravam as despesas da pensão alimentícia dos filhos menores do casal ou do cônjuge. Os animais podem ser herdeiros de seus donos? “A resposta é não, mas a lei permite que a parte disponível do patrimônio possa ser destinada a uma ONG, fundação ou pessoa destinada a cuidar do pet” esclarece a advogada. Debora comenta que percebe uma posição humanizada nos magistrados brasileiros quando estão diante de um conflito envolvendo os bichinhos de estimação. Recentemente, por

exemplo, a Comissão de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável da Câmara dos Deputados aprovou um projeto de lei que impede que os condomínios proíbam animais de estimação nos lares. Há ainda também uma PL para definir a questão da guarda dos animais, mas ainda precisa ser aprovada. “Sempre que alguém tiver o seu direito de convívio com o seu animal de estimação ameaçado, recomendo que consulte

um advogado para a melhor orientação no caso. Este profissional precisa tratar com bastante seriedade esse caso, valorizando o sentimento de afeto entre o pet e seu dono para assim acolher seu cliente e solucionar seu problema” finaliza. *Debora Ghelman é advogada especializada em Direito Humanizado nas áreas de Família e Sucessões, atuando na mediação de conflitos familiares a partir da Teoria dos Jogos.


10|

5 a 18 DE fevereiro de 2020

Parceria entre ONG Coração Família e ASSUMME A ONG Coração Família que atua em prol da convivência familiar e consciência ambiental, ocupa um terreno de 600m no bairro da Vila Santa Catarina, o diretor Carlos Henrique Lima cedeu 20m para a construção de um galpão para a ONG ASSUMME- Associação Para Um Mundo Melhor, que visa o bem estar da pessoa idosa. A obra já se iniciou com uma patrocinadora anônima que esta custeando os materiais, o galpão terá como finalidade o armazenamento das doações entregues a ASSUMME, que atualmente não possui espaço para estocagem, e utiliza os abrigos parceiros para guardar os donativos extras. O mentor da ASSUMME, Vilmar de Sousa, mas conhecido como Vilmar da Viola, pretende tornar

o espaço não apenas um galpão, mas também ponto de distribuição dos mantimentos e donativos. As ONG’S não se fundiram, cada entidade continua inerente à outra; apenas algumas atividades estarão associadas futuramente. Atualmente a ONG Coração Família, está com uma vaquinha online para arrecadar materiais para a construção da copa e sala para secretaria, disponíveis no link: www.vakinha.com.br/ vaquinha/conclusao-do-salao-principal-do-ccf-coracao-familia no próprio site possui todas as informações de gastos e materiais necessários para a realização das obras. Para quem quiser ajudar mais diretamente pode entrar em contato no numero 96594-3037 tratar com Carlos ou 98121-8419

com Elaine Melo. A ONG segue com suas atividades, e pretende ampliar suas dinâmicas. Já a ASSUMME, está a todo vapor com o projeto “Clube da bengala” que está atendendo altas demandas, chegando a 180 telefonemas por dia. O projeto trata-se da entrega de não apenas bengalas, mas também outros equipamentos como, andadores, muletas... Para os interessado basta realizar o cadastro no site assumme.org. br/clubedabengala e aceitar os termos de bom uso da peça, não existem restrições de idade para a retirada. Coração Família Rua Calasans, 200 - Vila Santa Catarina

Curso de qualificação em gestão de resíduos e empreendedorismo sustentável A Prefeitura de São Paulo, por meio da Fundação Paulistana, entidade vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Trabalho abriu inscrições para cursos gratuitos voltados a gestão e reciclagem de resíduos do Recicla Tec. O programa, que vai atender inicialmente as zonas leste e sul da capital, pretende capacitar mil pessoas em 2020, as inscrições deverão ser feitas até 24 de fevereiro. O curso será ministrado pelo Instituto Akhanda, contratado para a aplicação das aulas. Os encontros vão destacar a gestão de resíduo sólido pelo upcycling, um processo que diferente da reciclagem, que recria um objeto descartado mantendo a sua estrutura básica, transforma a matéria em outro objeto de forma criativa, agregando valor ao produto que passa a ter uma qualidade superior a reciclagem. A medida, além de reaproveitar resíduos que antes causava danos ao meio ambiente, também reduz o consumo de minérios e matérias-primas como o petróleo, por exemplo. A categoria upcycling de gestão de resíduos está inserida nos ODS – Objetivos de Desenvolvimento Sus-

tentável da ONU, que estipula metas a serem cumpridas até 2030. De acordo com a Amlurb – Autoridade Municipal de Limpeza Urbana, estima-se que das 20 mil toneladas de resíduos arrecadados diariamente na cidade, 280 são recicláveis. “O objetivo do Recicla Tec é qualificar o participante interessado em empreender no setor de gestão de resíduos e economia circular, um mercado inovador repleto de possibilidades”, explica a secretária de Desenvolvimento Econômico e Trabalho, Aline Cardoso. “No curso, o aluno terá orientações desde a gestão de materiais recicláveis, como pallets, plásticos e tecidos que podem ser transformados em objetos decorativos, até os conceitos de legislação e formalização de negócio”, completa. Dividido em dois módulos, sendo teórico e prático, o curso terá duração de 150 horas em um período de 4 meses, os interessados poderão fazer as aulas durante a semana, às segundas, quartas e sextas-feiras, ou apenas no sábado, onde o curso se estende para 8 meses de duração, sempre das 8h às 12h ou das 13h às 17h. Na primeira etapa, o ReciclaTec atenderá as zonas

sul, na região de Parelheiros e Jabaquara, e leste, no distrito de Itaquera. O Recicla Tec está integrado ao Green Sampa, política pública desenvolvida pela Ade Sampa – Agência São Paulo de Desenvolvimento, vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Trabalho, para a aceleração de iniciativas inovadoras voltadas a sustentabilidade, qualificação e geração de renda. As aulas do Recicla Tec terão início em março, interessados em participar deverão se inscrever pelo link: http://inscricao.Reciclatec até 24 de fevereiro, é necessário ter 16 anos ou mais. As vagas são limitadas. Serviço: Recicla Tec – Ressignificação de resíduos sólidos Inscrições: até 24 de fevereiro pelo link: http://inscricao.Reciclatec Início das aulas: 02 de março de 2020 Parque Natural Municipal Itaim - R. Amaro Alves do Rosário, 2676 - Parelheiros Instituto Akhanda – Av. Leonardo Vinci, 2650 – Jabaquara

DENTISTA CIRURGIÃO DENTISTA Dr. Mário Teruo Minami CROSP 69147 FORMAÇÃO UNESP 1996

Rua Caramuru, 19 - Sl. 11 (em cima da loja Alô Bebê da Rua Luís Gois, 885) Próximo ao Metrô Santa Cruz | www.mtmodonto.com.br

Lugar de entulho é no Ecoponto

Os Ecopontos são pontos de entrega voluntaria de entulho e bagulhos. É uma solução para acabar com o despejo desses materiais em ruas, praças, rios e terrenos baldios, assim evitando amontoados e possivelmente enchentes. O serviço é totalmente gratuito e recebe todos os tipos de resíduos de obras, como: cimento, madeira, azulejos e reformas em geral, além de móveis velhos, sobras de podas e outros materiais volumosos, o limite de recebimento diário é de um metro cubico por pessoa (equivalente a uma caixa-d’água de 1000litros). Ecoponto Jabaquara: Rua Jupatis, 140 - Vila Mira Ecoponto Imigrantes: Rua Opixé - Vila Guarani Ecoponto Cupecê: Rua Analia Maria de Jesus, 130 Ecoponto Alvarenga: Estrada do Alvarenga, 2475 (Próximo a R. Francisco Enes)

EDITAL ASSEMBLEIA GERAL ORDINÁRIA – (A.G.O) A ADD - ASSOCIAÇÃO DESPORTIVA PARA DEFICIENTES Inscrita no CNPJ/MF nº 01.207.939/0001-94. Convoca seus associados para comparecerem à Assembleia Geral Ordinária (A.G.O) a ser realizada na Rua das Pitombeiras, 296 Vila Parque Jabaquara, no dia 20/3/2020 às 10:00 em primeira chamada com a totalidade dos associados ou às 10:30 em segunda chamada com qualquer número de associados presentes para as seguintes ordens do dia: I. Aprovação do Balanço financeiro, II. Aprovação do relatório de atividades e III. Homologação do conselheiro fiscal.


5 a 18 DE fevereiro de 2020

Guia de Serviรงos Anuncie

AQUI

Ligue: 5021-7010 Fazendo bons negรณcios no seu bairro

| 11

Ligue para anunciar

5021-7010


12| 5 a 18 DE fevereiro de 2020

Piscinão do Córrego Ipiranga em fase de entrega

Enfim os moradores das regiões do Jabaquara, Saúde, Ipiranga e Vila Mariana que sofriam com enchentes irão desfrutar do piscinão R1 Lagoa Aliperti do Córrego Ipiranga, localizado no Viaduto Ministro Aliomar Baleeiro, na Avenida Professor Abraão de Morais, sentido Rodovia dos Imigrantes. O novo piscinão terá capacidade para armazenar 200 mil metros cúbicos de água, que equivalem a 80 piscinas olímpicas e receberá as águas excedentes do Riacho do Ipiranga e dos córregos Água

Vermelha e Cacareco, assim, amenizando as enchentes na bacia do Córrego Ipiranga. O projeto inclui mais um piscinão o R2-Aliomar Baleeiro do Córrego Ipiranga, também na Avenida Professor Abraão de Morais, as paredes do reservatório já foram concluídas e são formadas por duas células de 13 metros de profundidade cada, o piscinão será aberto e seu esvaziamento será feito por um sistema de bombas. Estão em andamento os trabalhos de escavação e de readequação da alça de acesso à Rodovia dos Imigrantes.

As obras tiveram alguns contratempos, a entrega estava prevista desde o segundo semestre de 2019, mas o primeiro piscinão o R1 Lagoa Aliperti está com previsão de entrega para esse ano no dia 15 de fevereiro. O projeto é de 2011, mas, as obras começaram em agosto de 2017 e estão orçadas em R$ 160 milhões, sendo R$ 122 milhões de repasses do Ministério das Cidades. O projeto já passou por três gestões; de Fernando Haddad, João Doria e atualmente Bruno Covas.

Prefeitura lança livro sobre história do bairro da Vila Missionária No próximo dia 15 a Prefeitura de São Paulo, através da Secretaria de Cultura e Subprefeitura Cidade Ademar, fará o lançamento do livro Vila Missionária, que traz a história desse tradicional bairro paulistano desde os seus primórdios até a atualidade. Este lançamento será realizado no Auditório da Subprefeitura de Cidade Ademar, localizada na Av. Yervant Kissajikian, 416, a partir das 10h da manhã. Resultado de um tradicional concurso realizado pela Secretaria Municipal de Cultura desde a década de 1960, este volume da coleção História dos Bairros de São Paulo foi um dos vencedores selecionados em 2018 e que agora chega ao público. Escrito pelo jovem economista Aquiles Coelho Silva, que nasceu e cresceu na Vila Missionária, o livro conta a

história desse bairro desde a década de 1960, quando a região era composta por chácaras e sítios em um ambiente predominantemente rural, até a grande expansão verificada entre as décadas de 1970 e 1990. Como subtítulo do livro, autor grafou: “Constituição e desenvolvimento da periferia na cidade de São Paulo (1960-1990)”, frase esta que nos remete à participação dos moradores na constituição de sua própria história. Amplamente ilustrado, o livro vem enriquecer ainda mais a história local ao mesmo tempo em que contribui para uma melhor compreensão da história geral da cidade de São Paulo. No dia do lançamento os livros serão entregues gratuitamente ao público, limitado a um volume por pessoa. Posteriormente os mesmos serão

encaminhados às bibliotecas municipais e escolas, ficando disponíveis para doação na

sede do Arquivo Histórico Municipal localizado na Praça Coronel Fernando Prestes, 152, Bom Retiro. A série histórica “Bairros de São Paulo” vem sendo constituída desde 1969 quando foi realizado o primeiro concurso. Na ocasião saíram vencedores os bairros do Brás, Pinheiros, Penha e Santo Amaro. Todos os quatro volumes foram publicados pela Prefeitura no ano de 1970 sendo distribuídos de forma gratuita às instituições públicas (bibliotecas, escolas etc.) bem como ao público em geral.

Ao longo dos anos outros concursos foram realizados e atualmente a série contempla os seguintes bairros: Aclimação, Barra Funda, Bela Vista, Bom Retiro, Brás, Consolação, Higienópolis, Ibirapuera, Ipiranga, Itaim Bibi, Itaim Paulista, Itaquera, Jardim América, Jardim da Saúde, Lapa, Liberdade, Luz, Moema, Morro dos Ingleses, Nossa Senhora do Ó, Penha, Penha de França, Perdizes, Pinheiros, Pirituba, Santa Cecília, Santa Ifigênia, Santana, Santo Amaro, São Miguel Paulista, Sé, Vila Clementino, Vila Mariana, Vila Missionária e Vila Nova Savóia. História de Vila Missionária Local: Auditório da Subprefeitura de Cidade Ademar Av. Yervant Kissajikian nº 416. Data:15 / 02 - sábado, Horário: 10h

Profile for Jornais Jabaquara e Cidade Ademar em notícias

Jornal Jabaquara em notícias  

ANO 29- EDIÇÃO 577- DE 5 A 18 DE FEVEREIRO DE 2020

Jornal Jabaquara em notícias  

ANO 29- EDIÇÃO 577- DE 5 A 18 DE FEVEREIRO DE 2020

Profile for ejuma
Advertisement