Page 1

NATURAL DA TERRA | ANO II - Nº 8

EDIÇÃO ESPECIAL ANIVERSÁRIO DE 2 ANOS

NATURAL DA TERRA | ANO II - Nº 8

VIAGEM

As maravilhas do Chile

SALADAS

Fáceis e cheias de sabor

CEREJA

& COMO NASCE ESSA FRUTA QUE TEM A CARA DO NATAL capa_cereja_escolhida.indd 13

12/4/07 7:46:35 PM


é uma publicação do Natural da Terra Diretor Administrativo - Florisvaldo Ruiz Gerente de Marketing - Fabiana Marin Assistente de Marketing - Adriana Naomi Takeuti

Natural da Terra – Alto da Boa Vista Avenida Santo Amaro, 6618, tel. 5188-8108

Natural da Terra – Brooklin Avenida Santo Amaro, 3493, tel. 5531-0166

Natural da Terra - Moema Al. dos Nhambiquaras, 1856, tel. 5042-3005

Natural da Terra – Higienópolis Rua Rosa e Silva, 211, tel. 3824-0596

Natural da Terra – Itaim Rua João Cachoeira, 1351, tel. 3845-7747

www.naturaldaterra.com.br

Diretora Responsável - Mariella Lazaretti Diretor Executivo - Georges Schnyder Rua Andrade Fernandes, 297 - CEP 05421-010 - São Paulo-SP Tel/Fax.: (11) 3023-5509 - E-mail: 4capas@4capas.com.br Projeto Editorial - 4 Capas Editora R E D A Ç Ã O Diretor de Redação - Ricardo Castilho Projeto Gráfico - Fábio Santos Arte - Eduardo Galdieri, Lara Habib Editora - Letícia Rocha Reporter - Horst Kissmann Colaboraram nesta edição: Texto - Ana Claudia Marigliani, Horst Kissmann, Iva Oliveira e Reginaldo Melo Paulo Roberto Pompêo (revisão) Foto - António Rodrigues, André Wanderley, Guilherme Andrade, Inês Rabelo, Paulo Mercadante, Pedro Bueno, Rogério Voltan e Tadeu Brunelli PRODUÇÃO Cristina Esquilante PUBLICIDADE marketing@naturaldaterra.com.br Jornalista Responsável - Ricardo Castilho IMPRESSÃO PLURAL EDITORA GRÁFICA Av. Marco Penteado Ulhôa Rodrigues, 700 - CEP 06500-000 Tamboré - Santana do Paraíba - SP / Tel.: (11) 4152-9446

carta ao leitor |

Aniversário

DUPLO

Esta edição é muito especial para todos do Natural da Terra. Com apenas dois anos de vida a revis-

ta que fazemos foi eleita pela Câmara Municipal de São Paulo, a segunda melhor revista de gastronomia do país, fato esse que nos enche de orgulho e aumenta nossa responsabilidade em levar ao leitor sempre um conteúdo especial. Um júri de especialistas é responsável pela eleição dos melhores, feita todos os anos. Além disso, estamos comemorando seis anos de vida, consolidados como a melhor opção de hortifrúti de São Paulo. São cinco lojas espalhadas por alguns dos principais bairros da cidade, com todas tendo em comum o atendimento especial e produtos diferenciados, escolhidos por profissionais que entendem do assunto. As novidades deste número são o perfil da eletrizante Ivete Sangalo, a baiana arretada que faz o povo dançar por onde quer que passe; e a viagem internacional que fizemos para descobrir os segredos do plantio das cerejas no Chile, um dos principais países produtores dessa fruta, presença obrigatória nas festas de fim de ano. Também abordamos a uva rosada, que, além de deliciosa, é importante para a saúde; receitas para incrementar o panetone e ainda um especial de saladas, prato que é a cara do verão. Um Feliz Natal e um 2008 cheio de paz, alegria e muito amor, são os votos de toda a equipe do Natural da Terra para nossos clientes, leitores, fornecedores e parceiros. Um abraço Fabiana Marin marketing@naturaldaterra.com.br

O prêmio concedido pela Câmara Municipal de São Paulo, aos melhores do ano da gastronomia

As pessoas não listadas no expediente não estão autorizadas a falar em nome da revista ou a retirar qualquer tipo de material sem prévia autorização emitida pela redação ou pelo departamento de marketing do Natural da Terra.

Carta_do_editor.indd 4

12/6/07 12:28:44 AM


anuncios.indd 5

12/5/07 8:18:34 AM


anuncios.indd 6

12/5/07 8:21:10 AM


sumário

NATURAL  DA  TERRA

|

ANO II - nº 8

10 | Vida Saudável

Pílulas de bem-estar

14 | Hortifrúti

A nobre cereja chilena

22 | Produtos da Estação Aproveite a temporada de... 22 Castanha portuguesa • 26 Uva rosada • 30 Panetone

34 | Tentações

Novidades para equipar casa e cozinha

36

36 | Setor

Sushi e sashimi em destaque

42 | Cozinha Fácil

Saladas criativas para refrescar os dias quentes

48 | Faça Sua parte

Instituições que fazem a diferença no Natal

50 | Viagem

A diversidade do Chile

14 42

34

50

sumario.indd 7

12/4/07 7:48:46 PM


sumário 60

88

96 60 | Perfil

Todo o astral do furacão Ivete Sangalo

64 | Esporte O ABC do mergulho

68 | Saúde

O caminho para uma vida longa e feliz

74 | Beleza

Contagem regressiva para o verão

80 | Seu bairro

Roteiro revela parques e passeios culturais da cidade

84 | Dicas do Freguês O cliente conta sua história

88 | Bebida

Hora de brindar com o ponche

96 | Produtos

Todo o colorido das flores

98 | Cartas A palavra do leitor

68 sumario.indd 9

12/4/07 7:50:01 PM


vida sau­ dá­ vel | L E T I ­C I A

nutrição

P o r

RO C H A

VOCÊ SABIA QUE... A farinha de casca de maracujá surgiu como um importante alimento capaz de diminuir a taxa de açúcar no sangue. A grande novidade é que também é um excelente bloqueador de gordura. O produto, que contém altas taxas de pectina e que potencializa o emagrecimento, foi alvo de estudo do pesquisador e químico Armando Sabaa Srur, da Faculdade de Nutrição da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).

Escolha certeira O salmão figura entre os ingredientes obrigatórios de uma mesa saudável. É campeão em DMAE, substância que atua no colágeno, as fibras de sustentação da pele, e tem efeito antiflacidez do corpo e do rosto. O peixe também é rico em proteínas, o que colabora com nossos músculos e é fonte de Ômega 3, que combate os radicais livres e impede a deposição de gorduras nas artérias.

natu­ral da terra

vida_saudavel.indd 10

10

11

12/4/07 7:57:24 PM


Primeira refeição Hábitos saudáveis e fáceis de colocar em prática podem ajudar a emagrecer e entrar em forma. O primeiro deles é simples, mas extremamente importante: tomar café-da-manhã todos os dias. Segundo o estudo realizado pelo Health Sciences Center da Universidade do Colorado, nos Estados Unidos, os adultos que perdem mais peso são aqueles que tomam café-damanhã todos os dias, porque evitam beliscar lanchinhos calóricos antes da hora do almoço. O especialista acredita que consumir cereais integrais na primeira refeição, além dos benefícios nutricionais, ajuda a potencializar a perda de peso.

Cesta básica

Melancia é uma das boas opções para refrescar os dias quentes de verão. A fruta é rica em água, o que ajuda na hidratação e reduz a retenção de líquidos. Já a polpa vermelhinha carrega generosas doses de licopeno, antioxidante com poder rejuvenescedor. Para aumentar sua absorção, sirva com uma fonte de gordura boa, como castanha-do-pará ou amêndoa. E acredite, até sua semente é do bem e ajuda a desinchar e desintoxicar o organismo.

bem-estar

Superpoderosa

Alimentos funcionais são os que carregam propriedades para fortalecer o organismo a ponto de evitar ou combater doenças. Por isso é sempre bom manter a farmácia caseira que vem da cozinha. Na lista do bem estão as hortaliças, chás, trigo e peixes, que melhoram a imunidade celular contra corpos estranhos e microorganismos. As frutas cítricas combatem os resfriados; já o abacaxi, acerola e mexerica ajudam nas doenças respiratórias; brócolis, cenoura e abóbora são indicados para câncer, catarata e diabetes. Para os hipertensos, óleos vegetais, sementes de linhaça e peixes de água salgada e fria; e para a mulherada com TPM, alface, tomate e granola.

11

vida_saudavel.indd 11

12/4/07 7:57:37 PM


SAÚDE

vida saudável |

LÍQUIDO PRECIOSO Para manter o corpo e a saúde em dia, nada melhor do que beber água. Sim, a água é um recurso natural dos mais preciosos. Entenda por que os especialistas aconselham tomar, ao menos, 2 litros por dia. Motivos não faltam, mas, dentre as ações principais, a água facilita a digestão, combate o inchaço, reduz infecções, regula a temperatura corporal, potencializa os resultados da malhação, desintoxica e previne a celulite, ajuda a emagrecer e melhora a absorção dos nutrientes.

RECEITA DO BEM O chá verde está em alta graças ao seu alto poder antioxidante, que ajuda no combate dos radicais livres, responsáveis pelo envelhecimento. A lista de benefícios ainda o inclui como uma boa arma contra o câncer, é amigo do coração e detonador de calorias. Como nem tudo é perfeito, muita gente ainda não aderiu a essa fonte de saúde pois não se acostuma ao seu sabor forte e amargo. Para incluir a bebida na dieta, vale apostar em combinações criativas com o ingrediente, como sugere o Amarynthe Spa, instalado na Daslu. A receita, que deve ser servida quente, leva chá verde, maçã, canela em pau. NATURAL DA TERRA

vida_saudavel.indd 12

12

12/4/07 7:57:53 PM


Anúncio Aguaí Final.indd 1 anuncios.indd 13

3/12/2007 09:57:16 12/5/07 8:26:04 AM


hortifrĂşti |

temporada NATURAL DA TERRA

hortifruti_cerejas.indd 14

14

15

12/4/07 7:54:41 PM


FIM DE ANO MARCA A DESEJADA CHEGADA DAS CEREJAS NO MERCADO BRASILEIRO POR LETICIA ROCHA, DO VALE DO CURICÓ (CHILE) FOTOS TADEU BRUNELLI

A A fruta é um dos símbolos do Natal

cereja é um daqueles símbolos natalinos que não podem faltar na mesa brasileira. Graças à tradição, os apaixonados pela frutinha vermelha comemoram sua chegada nas prateleiras nessa época, já que não é produzida no país. De origem asiática, é um cultivo que precisa de estações definidas, de inverno muito frio e de verão ameno e seco. No ranking da cereja, destacam-se os Estados Unidos, como maior produtor, voltado para o consumo interno e o Chile, como principal país exportador. Para conhecer esse mundo de perto, a revista Natural da Terra embarcou rumo ao Vale do Curicó, no sul do Chile. A região é conhecida por concentrar boa parte da fruticultura do país e destaca as principais plantações da famosa cereja chilena. É o caso da Exportaciones Meyer, especializada na exportação de frutas frescas para o Brasil, como cereja, nectarina, ameixa, pêssego, damasco, kiwi, uva, pêra e maçã. “A idéia surgiu em 1994 com a união das forças de duas famílias tradicionais na área de frutas: a Meyer, do Chile e a Benassi, do Brasil”, conta o empresário Jorge Meyer. Ao longo desses 13 anos, o negócio deu tão certo que a empresa além de se tornar referência no Brasil hoje exporta também para Itália, Alemanha, Taiwan, Índia e Estados Unidos. Para atender tantos mercados, cada um com suas particularidades e preferências, a empresa realiza um trabalho de campo que é a base de tudo. “Rodamos o país para pesquisar produtores. Além de qualidade, temos de observar as práticas de toda a produção”, explica Karen Solis, especialista em fruticultura da Meyer. Neste ano foram selecionadas 46 produções, mas, dependendo da safra, é preciso comprar de fornecedores esporádicos, já catalogados previamente.

15

hortifruti_cerejas.indd 15

12/4/07 7:58:59 PM


Alta temporada: a Meyer percorre o país em busca das melhores colheitas

O simpático Ruperto Burlat confere a produção e a colheita de perto natural da terra

hortifruti_cerejas.indd 16

16

17

12/4/07 8:00:30 PM


Entre os oficiais, o mais antigo deles é Ruperto Burlat, um simpático senhor de 86 anos, há 20 na área de frutas e que faz questão de acompanhar todo o processo, do plantio à colheita. “Todos os dias percorro os pomares, é meu trabalho e meu hobby”, conta Ruperto, proprietário de 13 hectares. Feita a colheita, que está a todo o vapor entre os meses de novembro e janeiro, todos os produtores encaminham as cerejas para o packing, onde a Meyer concentra toda a produção. Dos caminhões seguem para a esteira de lavagem e pré-seleção, que as divide por variedades – as mais comuns são Bing e Swethear, dentre as dez conhecidas. Para finalizar, as cerejas são classificadas por tamanho em uma escala que vai de 22 a 30. “Quanto maior a cereja, maior seu valor. Os tipos 27 e 28 são as mais encontradas e solicitadas pelo mercado, mas quando temos uma safra de 30 é para comemorar”, diz Karen. E para a fruta, extremamente delicada, chegar aos seus destinos, embalagens especiais são desenvolvidas para cada país. “Observamos o tempo de viagem, clima e temperatura e quantidades para criar cada caixa”, explica Karen. Especialmente para o Brasil a empresa despacha todos os anos 40 mil caixas de cereja, cuidadosamente distribuídas em embalagens de 5 kg, divididas em 16 saquinhos aerados de 315 g. Já as embalagens enviadas para os Estados Unidos são de caixas bem maiores. “O mercado brasileiro consome muito, mas em pequenas porções”, complementa Karen. A expert, que já esteve no Brasil diversas vezes para análise do mercado, conta que os brasileiros já tentaram introduzir o cultivo da fruta por aqui, mas a planta não se adaptou. “É um país muito grande, com clima tropical muito variado e a cereja precisa de estações definidas, muito frio e nada de chuva”, analisa. Leve para a mesa A fruta, de paladar adocicado, no Brasil ainda é muito consumida em conservas, compotas e licores, mas seu consumo in natura aumenta a cada estação. A fruta

fresca tem propriedades refrescantes, diuréticas e laxativas, é rica em vitaminas A e C, além de fornecer sais minerais como cálcio, ferro e fósforo. Já na cozinha, é extremamente versátil. “Engana-se quem pensa que cereja é para decorar um prato”, diz o chef Píer Paolo Picchi, do restaurante Picchi, badalado ponto no bairro do Itaim. O chef sugere combinações diferentes para a fruta, receitas elegantes para compor o banquete das festas de fim de ano. “Pensei em uma salada com frutos do mar com calda de cereja e as três sobremesas em que o ingrediente figura como creme, recheio e espuma”, conta o chef. Exportaciones Meyer www.meyersa.cl tel. (56-75) 325-000

O packing concentra toda a produção que a Meyer compra em todo o país. Selecionada e embalada, a fruta ganha os mercados pelo mundo

17

hortifruti_cerejas.indd 17

12/4/07 8:00:54 PM


hortifrúti | SALADA DE FRUTOS DO MAR EM CALDA DE CEREJA 1

p o r ç ã o

Calda de cereja 20 g | de açúcar 30 g | de água Salada 100 g | de cereja chilena 300 g | de lombo de peixe-espada limpo e congelado 1 | camarão-rosa grelhado 1 | lula grelhada 1 | fatia fina de comprido de cenoura (crua) 1 | fatia fina de comprido de abobrinha (crua) Folhas de rúcula, agrião, ciboulete picada, sal e pimenta-do-reino a gosto

Modo de preparo

Calda de cereja 1. Coloque em uma panela o açúcar e a água. 2. Acrescente a cereja picada e deixe cozinhar até dissolver quase toda a cereja. 3. Bata tudo, coe e volte para o fogo baixo. Deixe esfriar. 4. Junte um pouco de sal e a pimenta. Reserve.

Fotos | Paulo mercadante

Finalização 1. Fatie bem fino o peixe e monte no centro do prato. 2. Tempere com sal e pimenta. 3. Coloque os frutos do mar, os legumes e as folhas de rúcula e agrião. 4. Salpique a ciboulete. 5. Regue com a calda de cereja bem de leve.

natural da terra

hortifruti_cerejas.indd 18

18

19

12/4/07 8:01:15 PM


CROSTATA DE CEREJA 2 0

P O R Ç Õ E S

Massa sablé 300 g | de manteiga 5 g | de sal 187,5 g | de açúcar 100 g | de ovos 500 g | de farinha de trigo 2,5 g | de fermento químico Creme patissier 3 | gemas 100 g | de açúcar 25 g | de amido de milho 25 g | de farinha de trigo 500 g | de leite 30 g | de cereja chilena Baunilha e hortelã a gosto

Modo de preparo

Massa sablé 1. Bata a manteiga, o sal e o açúcar. 2. Em seguida, adicione os ovos e bata até a massa ficar homogênea. 3. Acrescente a farinha e o fermento químico. 4. Deixe a massa descansar e, depois, enforme-as. Creme patissier 1. Bata a gema com açúcar até branquear. 2. Em seguida, adicione o amido de milho e a farinha de trigo. Misture bem. 3. Ferva o leite com a baunilha e jogue na mistura acima e volte para o fogo baixo até engrossar. 4. Retire do fogo e misture as cerejas picadas. Montagem Recheie as crostatas (tortas) com creme patissier e por cima decore com cerejas chilenas e hortelã.

19

hortifruti_cerejas.indd 19

12/4/07 8:01:32 PM


hortifrúti |

GRATIN DE CEREJA 1

p o r ç ã o

1 disco | de 12 cm de massa folhada 50 g | de creme de baunilha 20 | cerejas chilenas Sorvete de pistache a gosto Zabaione 5 | gemas 50 g | de açúcar 180 g | de vinho Salterme branco 30 g | de cereja batida e coada Creme patissier 3 | gemas 100 g | açúcar 25 g | de amido de milho 25 g | farinha de trigo 500 g | de leite Baunilha a gosto

Modo de preparo

Zabaione 1. Bata bem a gema com o açúcar até branquear. 2. Acrescente o vinho e a calda de cereja, bata até incorporar. Todo esse processo deve ser feito em banho-maria. Creme patissier 1. Bata a gema com açúcar até branquear. 2. Acrescente o amido de milho e a farinha de trigo. Misture bem. 3. Ferva o leite com a baunilha, jogue-o na mistura acima e volte para o fogo baixo até engrossar. Montagem 1. Asse o disco folhado. 2. Cubra a massa com o creme de baunilha e acrescente as cerejas. 3. Por cima, cubra com o zabaione e leve na salamandra. 4. Sirva com sorvete de pistache.

Picchi Rua Jerônimo da Veiga, 36, Itaim, tel. 3078-9119; www.picchi.com.br natural da terra

hortifruti_cerejas.indd 20

20

21

12/4/07 8:01:52 PM


ESPUMA DE CHOCOLATE BRANCO COM CEREJAS 2 4

P O R Ç Õ E S

Espuma de chocolate branco 300 g | de chocolate branco 300 g | de clara 300 g | de creme de leite 100 g | de cereja batida e coada 2 cápsulas | de chantilly

Modo de preparo

Espuma de chocolate branco 1. Junte a calda de cereja com o creme de leite e leve ao fogo. 2. Derreta o chocolate branco picado com o creme de leite quente. 3. Passe numa peneira, misture com a clara e coloque tudo no sifão. 4. Acrescente as cápsulas de chantilly e deixe em banho-maria. Montagem Sirva a espuma em uma taça de dry martini.

21

hortifruti_cerejas.indd 21

12/4/07 8:02:03 PM


produtos da estação |

b

Amada castanha Usada desde a Idade Média em banquetes gregos e romanos, a castanha portuguesa brilha até hoje nas mesas de todo o mundo, principalmente no fim de ano Por Reginaldo Melo | fotos paulo mercadante

A

castanha portuguesa brilha e é presença obrigatória nas mesas desde a Idade Média. Os primeiros povos a utilizá-la em seus banquetes foram os gregos e os romanos. Mas também era muito usada nas refeições das abadias. No século XVIII a castanha teve enorme importância na dieta dos portugueses, transformando-se em produto básico da alimentação dos beirões chegando até a substituir o pão ou as batatas. Acredita-se que o castanheiro português veio para o Brasil, provavelmente, pela Península Ibérica, adaptando-se de forma satisfatória nos estados de São Paulo e Rio Grande do Sul. Sua colheita ocorre de outubro a maio. A fruta nasce envolta de uma espécie de ouriço, com espinhos. É preciso abrir, tirar a casca e só, então, encontrar a parte comestível da fruta. Essa iguaria pode

ser apreciada em qualquer ocasião, mas é tradicionalmente nas festividades de fim de ano que alcança seu auge e ganha a mesa com mais força. Apresenta um sabor refinado e inconfundível e seus frutos simbolizam prosperidade e desejo de abundância. Na Europa, essas castanhas são abundantes. São servidas cozidas, assadas ou torradas em forma de farinha. Na culinária, adaptam-se a diferentes pratos e doces e podem ser consumidas como aperitivos e petiscos. Vale lembrar que a castanha portuguesa é a matéria-prima do autêntico doce francês marrom-glacê, uma delícia, que mostra toda a utilidade dessa fruta dos deuses. Para mostrar sua versatilidade na cozinha, convocamos o chef cearense Francisco Albano, 41 anos, que comanda a cozinha do Pateo da Luz, casa que explora ingredientes da terra em combinações inusitadas.

Pateo da Luz Primeiro piso do Shopping Center 3, Avenida Paulista, 2064, tel. 3266-5975. natural da terra

PE_castanhas.indd 22

22

23

12/4/07 8:09:36 PM


MINICAKE DE ABOBRINHA COM CENOURA E CASTANHA PORTUGUESA 6

P O R Ç Õ E S

Castanha 150 g | de castanha portuguesa assada e picada Minicake 250 g | de abobrinha ralada 250 g | de cenoura ralada 300 g | de farinha de trigo 500 g | de açúcar 2 colheres (sopa) | de amido de milho 2 colheres (café) | de fermento 3 | ovos grandes 1 pitada | de bicarbonato 1 pitada | de canela em pó 1 pitada | de noz-moscada 1 pitada | de sal Calda de chocolate 250 g | de chocolate meio amargo 150 ml | de leite 1 lata | de creme de leite 1 cálice | de rum

Modo de preparo Castanha

1. Asse as castanhas no forno por 40 minutos. 2. Descasque e pique-as grosseiramente com a faca. Minicake 1. Junte todos os ingredientes em uma tigela e leve para bater na batedeira, em velocidade baixa, por 4 minutos. 2. Unte forminhas com manteiga ou margarina, polvilhe cada forminha com farinha de trigo e despeje o creme. 3. Leve ao forno por 20 minutos a 180ºC. Calda de chocolate 1. Derreta o chocolate com o leite e mexa sem parar. 2. Quando a mistura estiver homogênea, desligue o fogo. 3. Deixe o creme amornar, acrescente o creme de leite e, por fim, o rum. Finalização 1. Em um prato, despeje a calda de chocolate, coloque sobre ela o minicake e acrescente uma bola de sorvete de baunilha e um galhinho de hortelã. 2. Se desejar, adicione uma colher de chantilly.

23

PE_castanhas.indd 23

12/4/07 8:09:52 PM


CEASAR SALAD COM LASCAS DE BACALHAU E CASTANHA PORTUGUESA 6

p o r ç õ e s

2 maços | pequenos de alface americana 500 g | de castanhas portuguesas 20 unidades | de tomate-cereja 500 g | de bacalhau 150 g | de azeitonas pretas 200 ml | de azeite de oliva extravirgem 150 g | de queijo parmesão

Modo de preparo

1. Lave as folhas de alface americana e reserve. 2. Cozinhe por 40 minutos as castanhas portuguesas, descasque-as e reserve. 3. Lave os tomates e reserve. 4. Dessalgue o bacalhau por 24 horas na geladeira, troque a água a cada 6 horas. 5. Cozinhe o bacalhau por 5 minutos em fogo médio e reserve. Molho de azeitona 1. Pique bem as azeitonas, acrescente o azeite e misture bem. Montagem 1. Em uma travessa, disponha as folhas de alface americana, coloque os tomatescereja partidos ao meio e as castanhas portuguesas. 2. Junte às lascas de bacalhau. 3. Finalize com o molho de azeitonas e rale o queijo parmesão por cima.

BADEJO COM CASTANHA PORTUGUESA 6

p o r ç õ e s

Redução de aceto balsâmico 300 ml | de aceto balsâmico 150 g | de açúcar Legumes assados 200 g | de cenoura 200 g | de couve-de-bruxelas 200 g | de vagem torta 200 g | de brócolis 200 g | de couve-flor Peixe 1 kg | de filé de peixe (badejo) limpo 1 cálice | de vinho branco seco 50 ml | de azeite extravirgem Sal a gosto Creme de castanha portuguesa 500 g | de castanha portuguesa 100 ml | de azeite de oliva extravirgem Sal a gosto

Modo de preparo

Redução de aceto balsâmico Junte o aceto e o açúcar e leve ao fogo baixo por 10 minutos ou até ficar com aspecto de xarope. Reserve.

Legumes assados 1. Corte as cenouras em palitos e deixe por 5 minutos em água fervente com sal e a couve-de-bruxelas. 2. Cozinhe os outros legumes por 3 minutos em água fervente, também com sal. Reserve. Peixe Tempere o peixe com os ingredientes. Reserve. Creme de castanha portuguesa 1. Asse a castanha portuguesa com sal por 40 minutos. 2. Descasque e triture com o azeite de oliva extravirgem. Reserve. Finalização 1. Em uma assadeira, coloque o filé de peixe já temperado, cubra com o creme de castanha e asse por 10 minutos a 120ºC com papel-alumínio por cima. 2. Retire o papelalumínio, acrescente os legumes e asse por mais 10 minutos ou até dourar. 3. Retire da fôrma e sirva em seguida. Montagem Em uma travessa, faça uma cama de legumes e coloque o peixe. natural da terra

PE_castanhas.indd 24

24

12/4/07 8:13:27 PM


WT PUBLICIDADE

A Jacareí Agricultura e Comercio é uma empresa conceituada no meio agrícola por sua alta eficiência no cultivo de hortaliças. Em 35 anos, a família Lopes construiu uma estrutura respeitável, com 6 propriedades localizada em São Paulo (Aracilia, Igaratá, Jacareí, Jarinú, Santa Isabel) e Andradas em Minas Gerais, responsáveis hoje pela produção diária de mais de 120.000 unidades de alface.

Av. Dr. Gastão Vidigal, 1946 Vila Leopoldina – Pav: MLP Box: 201 à 204 – CEAGESP São Paulo - SP – 05314-000 Tel: (11) 4656-2799 / 3643-9077 vendas@jacareiagricultura.com.br www.jacareiagricultura.com.br


produtos da estação |

b

Sabor inigualável Não há como resistir a um belo cacho de uvas docE. é uma fruta que instiga o paladar P o r R eginald o Mel o

D

ocumentos históricos mostram que a uva era cultivada desde 4.000 a.C. na Síria e no Egito, mesma época em que foi levada pelos fenícios para a Grécia, Sicília, Itália e França. No Brasil, os portugueses começaram a cultivá-la no início do século XVI. Existem as variedades de mesa, servidas em geral no café-da-manhã e após as refeições; e as variedades vitis vinifera, as que são utilizadas na elaboração dos bons vinhos. Em geral, são consumidas ao natural, desprezando-se a casca e as sementes, embora seja muito recomendado a ingestão com a casca, ricas em flavonóides, que ajudam a aumentar as taxas de colesterol bom, o HDL, e a inibir a produção de substâncias responsáveis pelo enrijecimento das artérias. A videira é considerada uma das plantas frutíferas mais conhecidas desde a Antiguidade. Por ter sido encontrada em fósseis de épocas geológicas anteriores mesmo ao aparecimento do homem na Terra. Alguns vinhedos chegam a durar até 150 anos. Existem cerca de 10 mil variedades de uva, adaptadas a vários tipos de solo e de clima, o que possibilita seu cultivo em quase todas as regiões do mundo. Foram os romanos que transformaram a viticultura em um comércio lucrativo, enchendo as paisagens mediterrâneas de videiras. As uvas rosadas são ricas em carboidratos, vitaminas B e C, fornecem boas doses de minerais como potássio, cálcio, fósforo, magnésio, cobre e iodo. Também é rica em antioxidantes e anticancerígenos. Recentemente, foi constatado mais um benefício: suas sementes contêm polifenóis, eficaz para manter a pele jovem. Desse modo, as sementes passaram a servir de matéria-prima para cremes e loções. Se não bastasse, são frutas que entram muito bem em receitas, como mostra as duas que selecionamos. Especialmente no caso da uva rosada, a típica uva de mesa brasileira, destaca-se seu alto poder antioxidante, substância conhecida como "amiga do coração". Recentes pesquisas apontam que seu suco, assim como o celebrado vinho tinto, tem propriedades que evitam a formação de placas nas paredes das artérias. natural da terra

PE_uvas.indd 26

26

27

12/4/07 8:18:24 PM


PATO GRELHADO E PUPUNHA NA MANTEIGA COM COMPOTA DE UVA 4 porções Compota de uva e vinho 600 g | de uva rosada 150 g | de açúcar 300 ml | de vinho branco 300 ml | de água Pato grelhado e pupunha na manteiga 4 peitos | de pato 1/2 kg | de pupunha já cortada 100 g | de manteiga Sal e pimenta-do-reino a gosto

Modo de preparo

Compota de uva e vinho 1. Tire a casca e semente das uvas. 2. Leve ao fogo a água, vinho e açúcar. 3. Deixe no fogo 10 minutos, coloque as uvas e deixe por mais 10 minutos. Deixe esfriar. 4. Sirva com pato grelhado e a pupunha na manteiga. Pato grelhado e pupunha na manteiga 1. Tempere os peitos de pato com sal e pimenta a gosto. 2. Grelhe primeiro, em frigideira quente, o lado com gordura por 3 minutos, depois vire e deixe mais 3 minutos (o peito deve ficar rosado por dentro). 3. Com a pupunha, escalde em água fervente e depois finalize com a manteiga.

paulo mercadante

Le Chef Rouge Rua Bela Cintra, 2238, Jardim Paulista, tel. 3081-7539. www.chefrouge.com.br

27

PE_uvas.indd 27

12/4/07 8:18:45 PM


produtos da estação |

b

Terrine de frutas 12 porções Casca de 2 laranjas cortada em julienne, sem a parte branca 350 g | de uvas pretas sem as sementes 350 g | de uvas Thompson 15 | lichias descascadas e sem caroços 200 g | de mangas cortadas em cubinhos gelatina de mel 2 colheres (sopa) | de mel 1.500 ml | de água 300 g | de açúcar Raspas de 2 laranjas e de 2 limões 16 folhas | de hortelã, mais hortelã para guarnecer 36 g | de gelatina incolor sem sabor

Modo de preparo

1. Leve ao fogo a água, o mel, o açúcar e as folhas de hortelã até levantar fervura e reduzir para cerca de 900 ml. 2. Coe numa panela, dissolva a gelatina, misturando-a ao líquido. Deixe esfriar. 3. Leve a julienne de laranja a ferver em água por 1 minuto, coe e esfrie.

ROGÉRIO VOLTAN

Montagem 1. Monte a terrine, apoiando uma fôrma de pão grande numa bacia com água e gelo. 2. Coloque uma parte do líquido e deixe um pouco na geladeira. 3. Acrescente a casca de laranja em julienne, espalhada uniformemente, junte um pouco do líquido, faça uma camada de uva Thompson, e vá intercalando a mistura de gelatina com as frutas na seguinte ordem: uma camada de manga, uma camada de uvas pretas e, por último, as lichias e o restante do líquido. 4. Cubra com filme plástico e leve à geladeira por 5 horas. 5. Desenforme, fatie e sirva. Enfeite com folhas de hortelã e/ou meias fatias finas de laranja.

Rosmarino Rua Henrique Monteiro, 44, Pinheiros, tel. (11) 3819-3897, São Paulo, SP. www.rosmarino.com.br natural da terra

PE_uvas.indd 28

28

12/4/07 8:19:07 PM


wtpublicidade.com.br

A Fazenda Palmares, em Porto Seguro, Sul da Bahia, é palco desde 1987 de uma revolução no plantio de mamão. É lá que a Gonsalez Comércio de Frutas implantou o projeto do Mamão Haway Sunrise, variedade que se destaca pelo sabor, qualidade, visual e durabilidade. É por este motivo que a Gonsalez é a número 1, quando o assunto for mamão.

Av. Dr. Gastão Vidigal, 1946 – Vila Leopoldina Pav: HFD – Box: 86 – CEAGESP São Paulo - SP – 05316-900 Tel: (11) 3643-7426 / Fax: 3834-1276 egonsalez@uol.com.br – www.frutasgonsalez.com.br

Anuncio Gonsalez.indd 1 anuncios.indd 29

29/11/2007 11:50:02 12/5/07 8:30:21 AM


produtos da estação |

b

O pão do

Natal P o r H o r s t K i s s m a nn | f o t o s p e d r o b u en o

Em tempo de Natal, ele é indispensável em nossas mesas

ão muitas as lendas sobre a origem do panetone, pão de massa adocicada e recheado com frutas secas. Em uma delas, Tone, um padeiro italiano querendo impressionar o pai de sua amada, criou um pão doce recheado com frutas cristalizadas. A receita fez tanto sucesso que logo a notícia se espalhou pela cidade e a delícia ficou conhecida como panettone, ou seja, o pão de Tone. Para nós, brasileiros, a palavra perde um “t”, mas sua essência continua a mesma. Já bastante conhecida na Itália,foi por volta de 1950 que os empresários Angelo Motta e Gino Alemagna industrializaram a receita e a tornaram conhecida em todo o mundo como um dos símbolos do Natal. No Natural da Terra, o espírito de Natal também contagiou os padeiros que criaram receitas especiais. As crianças, por exemplo, deliciam-se com o chocotone. O difícil será comer apenas uma fatia. Bom Natal!

O que faço com tanto panetone?! Nesta época do ano não é incomum mais de um panetone à mesa. Para dar uma variada, pedimos ajuda a grandes chefs, banqueteiros e padeiros para que dessem dicas de como melhor aproveitar a tradicional receita. Siga seus conselhos e faça sucesso com suas visitas.

natu­ral da terra

panetone.indd 30

30

31

12/4/07 8:21:17 PM


Panetone, em embalagens de 500 g e 1 kg

31

panetone.indd 31

12/4/07 8:21:38 PM


produtos da estação |

B

FELIPE BENJAMIN ABRAHÃO

WAGNER LISBOA

DÉBORA DINIZ

PAULO MACHADO JOÃO BELEZIA

NATURAL DA TERRA

panetone.indd 32

32

33

12/4/07 8:21:57 PM


Pavê de chocotone

Pudim de panetone

Chocotone Trifle

Em uma travessa de vidro, intercale camadas do chocotone em fatias pequenas com algum creme de sua preferência. Pode ser de baunilha ou uma mousse de chocolate. Umedeça as fatias com leite ou com uma calda de açúcar, água e canela e leve à geladeira por 30 minutos.

Disponha em copos de vidro: uma camada de queijo mascarpone ligeiramente batido com creme de leite fresco, alguns cubos pequenos de chocotone umedecidos em uma calda de rum e açúcar, mais uma cobertura de chantilly misturada com chocolate em pó. Decore com chocolate granulado ou amêndoas em lascas.

Felipe Benjamin Abrahão www.benjaminabrahao.com.br

Faça 5 sanduíches com manteiga e geléia de damasco. Corte ao meio no formato de triângulos e coloque em um pirex untado com manteiga (uma metade com o bico para cima, outra metade com o bico para baixo), regue com creme – 1 ovo, 4 gemas, 3 colheres (sopa) de açúcar, 500 ml de creme de leite, 200 ml de leite. Deixe descansar por 10 minutos, salpique com bolinhas de manteiga e leve para assar em forno quente.

Rabanada de minipanetone

Wagner Lisboa Restaurante D´Angola

Chamada de pain perdu na França, a rabanada nasceu dos restos de pães duros que a maioria das pessoas jogava fora. Para não fazer o mesmo com seu minipanetone, corte-o em 3 fatias e mergulhe em uma mistura de leite e açúcar. Depois passe em ovos batidos com uma pitada de sal e frite de ambos os lados até que fiquem douradas. Sirva ainda quente salpicadas com açúcar e canela.

Corte o panetone em discos bem finos e leve ao forno para torrar levemente. Misture bem cream chesse, frutas secas picadas, mel e raspas de limão siciliano. Intercale 3 fatias do panettone com 2 camadas do creme e leve para gelar. Sirva regando a última fatia com limoncello, mel e mais raspas de limão.

Zuccotto di Panettone

Delícia de Chocotone Utilizando um aro redondo, corte círculos de chocotone e mergulhe-os numa calda (açúcar, água e fava de baunilha). Incorpore creme de leite batido com geléia de framboesa até criar uma consistência de creme. Num prato, disponha o círculo de chocotone, preenchendo o meio com o creme de framboesa (com ajuda de saco de confeitar) e cubra com algumas framboesas frescas. Disponha geléia de framboesa misturada com um pouco de água em torno do chocotone e decore com alguns raminhos de ervas frescas (tomilho, menta ou citronela).

Chocotone tropical Versão com vinho: Também se pode utilizar o vinho do Porto. Assim, em vez de 3 xícaras de leite, coloque apenas duas e uma de vinho. Repita o restante do processo.

João Belezia www.joaobelezia.com

Rogério Shimura www.rogerioshimura.com.br

Corte o panetone em fatias finas e leve ao forno moderado (180ºC) preaquecido, até ficarem douradas e crocantes. Deixe esfriar e guarde em latas ou vidros bem fechados. Com manteiga ou geléia fica uma delícia!

Pincele algumas fatias de panetone com geléia de laranja. Faça um creme inglês básico misturando 6 gemas, 1 xícara (chá) de açúcar, meio litro de leite e 1 colher (chá) de essência de baunilha – leve ao fogo até ferver; reserve até que esfrie. Monte em uma forma de vidro alternando as fatias de panetone, nozes picadas e o creme inglês. Polvilhe com açúcar e leve ao forno para assar e dourar.

João Araújo www.portomaracangalha.com.br

Débora Diniz www.fifidoces.com.br

Torradas especiais

Pudim de laranja com panetone

Corte o chocotone em fatias retangulares de 6 cm x 3 cm. Disponha sobre as fatias um purê de bananas (leve ao fogo: açúcar, água, bananas amassadas e canela em pau). Por último, salpique por cima uma mistura de castanha de caju bem picadinha com coco fresco ralado. Decore com uma folhinha de hortelã.

Paulo Machado www.chefpaulo. zip.net

33

panetone.indd 33

12/4/07 8:22:15 PM


tentações Cozinha

P o r

C r i s t i n a

dicas de CASA e cozinha E s q u i l a n t e

Petite casserole As minicaçarolas da Le Creuset vão à mesa e servem também como peças decorativas. ArtMix. Maçã verde (250 ml) e Blueberry (590 ml) R$ 67 cada uma. Abóbora (300 ml) R$ 78 cada uma

As borboletas

&

&

Presentear, decorar e brindar

Taças pintadas à mão da designer brasileira Luca Junqueira. A flutê com 125 ml e a de vinho 250 ml. Artmix. R$ 44.90 cada uma

&

Espírito festivo

&

Conjunto de seis taças flutê Bayern. Casa Casa. Preço sugerido: R$ 180

Dois-em-um

Bule na parte superior e xícara na parte inferior, o modelo Zen é pintado à mão. Kirk's. Preço sugerido: R$ 52 natural da terra

tentacoes.indd 34

34

35

12/4/07 8:23:53 PM


CASA

Para uma casa cheia de charme em 2008

&

Sempre à mão Balde de gelo em madeira com tampa de espelho. Exclusividade na Complemento Decoração. Preço sugerido: R$ 185

&

Bar com estilo

Luz aconchegante

Set para bar feito em osso com cinco peças. Design indiano. Roberto Simões Casa. Preço sugerido: R$ 250

&

Luminária em ferro e vidro colorido. Nas cores azul, âmbar, vermelho e verde. Roberto Simões Casa. Preço sugerido: R$ 59

Comida mais saudável Panela para cozimento lento. Também pode ser utilizada como réchaud elétrico. Com acabamento de aço inox escovado, tampa de vidro temperado, recipiente interno de cerâmica e aquecimento elétrico. Westbend. Preço sob consulta

& Presente

&

Provence Vaso em cristal rosa filetado em dourado. Exclusivo da Complemento Decoração. Preço sugerido: R$ 121

Vinho Saca-rolhas Corkliter. Vem com acessórios e corta-cápsulas. Bacco's Preço sugerido: R$ 264,50

Onde encontrar: Complemento Decoração tel. 3062-9156 • Roberto Simões Casa tel. 3031-1877 www.robertosimoescasa.com.br • Casa Casa tel. 3062-7317 www.casacasa.com.br • Kirk`s tel. 3842-9237 www.kirks.com.br • Artmix tel. 3064-8991 www.artmix.com.br

35

tentacoes.indd 35

12/4/07 8:26:57 PM


setor |

natural da terra

setor.indd 36

50 36

51 37

12/4/07 8:36:00 PM


No almoço ou no jantar POR HORST KISSMANN FOTOS PAULO MERCADANTE

NÃO IMPORTA O HORÁRIO, A COMIDA JAPONESA É DE DAR ÁGUA NA BOCA EM QUALQUER MOMENTO DO DIA

& Elenilson Bernardo: o responsável pelo cardápio

37

setor.indd 37

12/4/07 8:36:13 PM


setor |

&

Especialidade do chef: filé de salmão ao molho de maracujá

uem ainda não conhece, precisa conhecer. Quem já conhece, não deixe de dar uma passadinha sempre que vem ao Natural da Terra. Também pudera. A base dos combinados são os peixes que vêm diariamente e fresquíssimos da peixaria. No fim do expediente nada de guardar para o dia seguinte; aqui é tudo realmente fresco e pode ser apreciado nos balcões, ou, se desejar, nas mesas do salão. Lugar não vai faltar. A refeição inicia-se de maneira saborosa. Com duas opções de cogumelo, o shimeji e o shiitake, feitos em chapa quente e com aquele caldinho com gosto de quero mais. Custam R$ 13,80 cada um. O guioza também é uma boa opção, por R$ 9,80. Segundo o chef Elenilson Bernardo, responsável pelo cardápio, os tradicionais teppan yaki também são muito pedidos. “Eles podem ser de salmão, anchova, frango ou ainda filé mignon e sempre vêm acompanhados de misoshiro (sopa) e goham (arroz)”, diz Bernardo. “Nosso yakissoba também é campeão.” De filé mignon, frango, peixe, misto – ou, para os vegetarianos, com legumes –, nada deixam a desejar se comparados aos encontrados nos melhores restaurantes da cidade. Há 12 anos trabalhando com peixes, Bernardo sabe o que é melhor e recomenda dois pratos quentes (servidos somente na loja do Brooklin) que levam salmão, rico em ômega-3, que faz bem para o coração. São eles: o filé de salmão ao molho de maracujá, por R$ 16,80, e a berinjela recheada com salmão, por R$ 12,80.

natural da terra

setor.indd 38

50 38

51 39

12/4/07 8:36:28 PM


THOLEM THOLEM chegou para ficar !!! chegou para ficar !!!

Apresentamos a linha de Queijos processados da marca THOLEM, fabricado pela empresa SanCorArgentina, já conhecida pelo alto padrão de qualidade na elaboração de queijos finos e demais produtos lácteos. Os queijos processados Tholem são oferecidos nos sabores; Clássico, Cebolinha, Queijo Azul, Presunto, Salmão e 4 queijos, em potes de 190 gramas. E para completar a familia dos Queijos processados, o Queijo por Salut em potes de 200g - Marca SanCor.

&

Peixes sempre frescos direto da peixaria

Outra novidades é o Queijo Provoleta Condimentada, embalagem de 340 gramas, contendo 2 porções.

�1�0�0 �9�5 �7�5

�2�5 �5 �0

39

setor.indd 39

�a�n�u�n�c�i�o��7�0�_�2�7�5�_�s�a�n�c�o�r

12/4/07 8:37:18 PM


anuncios.indd 40

12/5/07 8:32:37 AM


Quem é quem? O sashimi é o peixe servido sem arroz. Já no sushi, o arroz é companhia obrigatória. Pode ser como recheio ou cobertura, o que varia é a forma com que foi montado. É aqui que entra toda a habilidade e a criatividade do sushiman.

Sashimi && Fatias de peixes variados.

Hossomaki && Enrolados com alga por fora.

Uramaki && Enrolados com arroz por fora.

Temaki && Enrolados com alga em formato de cone.

& Combinados: são o ponto forte da casa

& Não deixa nada a desejar se comparado aos melhores restaurantes da cidade

41

setor.indd 41

12/4/07 8:38:15 PM


cozinha fácil |

|

António Rodrigues

SALADA MORNA DE CAMARÕES AO VAPOR COM VINAGRETE DE CHAMPANHE E SOJA

natural natural da da terra terra

saladas.indd 42

50 42

51 43

12/4/07 8:40:34 PM


Estrelas do verão É na estação mais quente do ano que as saladas ganham mais adeptos, todos atrás de uma refeição mais leve Por João Pedro Melo

Preparar uma boa salada, suculenta e que funcione como o prato principal de uma refeição requer inspiração, harmonia entre ingredientes e, claro, técnica. Nada de jogar vários ingredientes em uma travessa de qualquer maneira. É necessário não só pensar na composição da receita, mas também na maneira de apresentá-la. Outra regra que deve ser seguida com rigor é a de só utilizar produtos frescos, que o Natural da Terra oferece em abundância e com grande variedade. As folhas devem ser crocantes, os legumes e verduras terem consistência firme e cores vivas. Queijos, frutas e frios devem ser cortados na hora. A salada cumpre funções diferentes em cada parte do mundo. Na França, por exemplo, é servida no início da refeição, como forma de ir instigando o paladar. Vale lembrar, que foram os franceses, no fim do século 18, os primeiros a montar as saladas de maneira mais artística e criar molhos especiais, mais elaborados para acompanhá-las. Já na Itália, as saladas são servidas no final da refeição. Em algumas regiões isso foi mudado e elas chegam à mesa entre o primeiro e segundo prato. Mas foi nos Estados Unidos que elas ganharam status de prato principal, coisa que copiamos por aqui. Temperar a salada é um dos pontos que requer mais atenção. O ideal é utilizar apenas bons azeites extravirgens; um pouco de vinagre, aceto balsâmico ou mesmo limão; flor de sal ou sal marinho e toques mínimos de pimenta-doreino branca moída na hora. Com relação aos queijos, prefira os elaborados com leite de cabra. Frutas secas e frescas, como manga, pêra e maçã, são outros complementos que vão fazer você receber os aplausos.

43

saladas.indd 43

12/4/07 8:40:44 PM


cozinha fácil |

SALADA MORNA DE CAMARÕES AO VAPOR COM VINAGRETE DE CHAMPANHE E SOJA 4porções

| Modo de preparo

filme, com o bouquet garni e o azeite.

SALADA DE RÚCULA COM PERAS, PARMESÃO E BALSÂMICO

2. Embrulhe e leve para cozinhar em

4porções

1. Coloque os camarões em um papel-

uma panela de vapor por 4 minutos ou até o camarão ficar rosado por dentro.

1 maço | de rúcula ou um mix de rúcula,

16 | camarões grandes

3. Retire o filme, descarte o bouquet e

radicchio, endívia-belga

1 | bouquet garni

tempere com sal e pimenta-do-reino.

1 | pêra portuguesa

2 colheres (sobremesa) | de azeite de oliva

4. Enquanto os camarões cozinham,

madura, cortada em segmentos

extravirgem

monte as saladas. 5. Coloque as folhas

Lascas de queijo parmesão

Folhas verdes mistas, sal e pimenta-do-

no centro dos pratos, acrescente fatias

1 pitada | de suco de limão-siciliano

reino a gosto

de abacate por cima das folhas e fatias

4 colheres (sopa) | de azeite extravirgem

1 | abacate descascado e fatiado fino

de champignon por cima do abacate.

1 colher (sopa) | de vinagre balsâmico

8 | champignons Paris fatiados finos

Sal e pimenta-do-reino moída na hora

1 | tomate descascado, sem sementes

Vinagrete de Champanhe

e a polpa cortada em cubos pequenos

1. Em uma panela média, derreta metade da manteiga e doure a échalote

Modo de preparo

1. Prepare o vinagrete, misturando primeiro

Vinagrete de Champanhe

até ficar translúcido. 2. Acrescente o

3 colheres (sobremesa) | de manteiga

vinagre de champanhe e deixe reduzir

o vinagre com o sal e a pimenta-do-reino e

1 | échalote (ou 1 cebola pequena e

pela metade. 3. Junte o creme de leite

junte o azeite aos pouquinhos, mexendo

1/2

dente de alho), descascado e picado

e reduza à metade mais uma vez. 4.

bem, como se estivesse fazendo maionese.

1/2

xícara (chá) | de vinagre de champanhe

Adicione a manteiga restante, deixe

2. Quando pronto, coloque as folhas

1/2

xícara (chá) | de creme de leite

ferver e retire imediatamente.

em uma saladeira, regue-as com o vinagrete. Misture bem. 3. Cubra os

Vinagrete de Soja e Gengibre

Vinagrete de Soja e Gengibre

segmentos de pêra com o suco de limão-

1 colher (sobremesa) | de shoyu

1. Bata todos os ingredientes (menos a

siciliano e adicione a salada com as

1 colher (sobremesa) | de suco de limão

água) por 30 segundos no liquidificador.

lascas de parmesão. Misture novamente

1 colher (chá) | de gengibre ralado

Mantenha o aparelho ligado e acrescente a

e sirva em seguida.

2

1/2

colheres (sobremesa) | de azeite de

água. Bata mais 10 segundos.

oliva extravirgem 2

colheres (sobremesa) | de óleo

Receita do chef Heston Blumenthal, do Montagem

restaurante The Fat Duck, executada pela

de canola

1. Finalize com os cubinhos de tomate e

food stylist Fabiana Badra Eid

2 colheres (sobremesa) | de água fervente

regue com o vinagrete de soja e gengibre.

Sal e pimenta-do-reino a gosto salada

2. Coloque os camarões em volta da

1/2

salada e regue-os com vinagrete de champanhe morno. Receita do chef Renato Carioni, do restaurante Cantaloup, e Jorge Ratner, do Splendido Ristorante

natural da terra

saladas.indd 44

50 44

51 45

12/4/07 8:41:03 PM


Ant贸nio Rodrigues

45

saladas.indd 45

12/4/07 8:41:21 PM


cozinha fácil |

|

SALADA DE BATATA COM TOMATES E ALCAPARRAS 6 porções 1,1 kg | de batatas 5 colheres (sopa) | de azeite extravirgem 1 | pepino japonês, descascado, sem sementes e cortado em cubos 4 | tomates grandes, cortados em 4 1 | cebola roxa, cortada em fatias finas 1/4

de xícara (chá) | de manjericão

fresco picado 2 colheres (sopa) | de alcaparras escorridas 24 | azeitonas pretas, sem caroço, cortadas ao meio 3 colheres (sopa) | de vinagre branco 1/2

colher (chá) | de orégano

3 | ovos cozidos, cortados em 4, no sentido do comprimento Sal e pimenta-do-reino a gosto

Modo de preparo 1. Cozinhe as batatas em água salgada até ficarem macias, cerca de 30 minutos. Escorra e deixe-as esfriar. 2. Descasque as batatas e corteas em cubos de 1,5 cm e coloque-as em uma vasilha.Adicione o azeite e misture bem. 3. Junte o pepino, os tomates, a cebola, o manjericão, a alcaparra e as azeitonas. 4. Em uma vasilha adicione-o à salada.Tempere com sal e pimenta. Enfeite com os ovos e sirva. Receita da food stylist Fabiana Badra Eid

António Rodrigues

pequena, bata o vinagre e o orégano, depois

natural da terra

saladas.indd 46

50 46

51 47

12/4/07 8:41:37 PM


SALADA DE FEIJÃO

SALADA DE FEIJÃO

8porções 180 g | de feijão-fradinho 150 g | de feijão-raio-de-sol vermelho ou fava rojada 300 g | de vagem 120 g | de bacon 1/2

| cebola

1 | ramo de hortelã 4 unidades | de cebolinha 60 ml | de vinagre de maçã

Modo de preparo 1. Deixe os feijões de molho de um dia para outro em recipientes separados. 2. Coe os feijões e cozinhe cada tipo em uma panela com água e sal até ficarem macios e sem desmanchar. Mantenha o mínimo de água

Paulo Mercadante

80 ml | de azeite ou óleo de milho

SALADA GOAYCHE ZARDINE 2porções

possível, só para cobrir, pode acrescentar

2 xícaras (chá) | de repolho finamente picados

mais enquanto cozinha. 3. Limpe a vagem

8 | tomates-cereja cortados ao meio

retirando as pontas, cozinhe rapidamente

1 | cebola pequena picada

em bastante água fervendo com sal, cozinhe

1 | pepino cortado em tiras finas

até ficar al dente, mas mole por dentro. Logo

Folhas de coentro (opcional)

depois de cocção, dê choque térmico em

Azeite, suco de limão, sal e pimenta-do-reino

água gelada. Corte as vagens em pedaços de 2 centímetros. 4. Corte o bacon em cubos pequenos, frite até ficarem crocantes. Escorra o excesso de gordura. 5. Fatie a cebola fina

Modo de preparo

Misture bem os ingredientes e tempere

e pique as ervas frescas. 6. Misture todos os

com azeite, suco de limão, sal e pimenta

ingredientes e ajuste o tempero com sal.

a gosto.

Receita do chef Andrew Scott Bushee,

Receita do chef Rocky Sebastian D’Mello

professor do Senac-SP

António Rodrigues

SALADA GOAYCHE ZARDINE

47

saladas.indd 47

12/4/07 8:41:52 PM


faça sua parte |

L

Uma instituição que faz a diferença POR HORST KISSMANN

C

om sete unidades e um ônibus-biblioteca, a Gotas de Flor com Amor atende cerca de 250 crianças e jovens de famílias com baixa renda, infelizmente também algumas vítimas de violência e maus-tratos. No período noturno, são mais de 250 pessoas que se beneficiam com aulas de informática e cidadania, inglês, espanhol e cursinho pré-vestibular. Para a alegria dessas crianças, o Natal chegou mais cedo. Durante o mês de dezembro, mais de 460 sacolas de Natal serão distribuídas para a garotada atendida pelo projeto. Em 15 de dezembro, é o Papai-Noel que comanda a festa de Natal na quadra esportiva da entidade.

Arte de qualidade com os pés Presente em 74 países e com mais de 700 associados que não têm o uso de suas mãos, a Associação dos Pintores com a Boca e os Pés promove entre seus integrantes uma forma de remuneração digna sem a dependência de caridade. As pinturas são comercializadas em forma de cartões, calendários e outros artigos expostos no Brasil e por todo o mundo. A proposta que já existe há 50 anos promove trabalhos com alto padrão de qualidade, competindo diretamente com artistas sem deficiências físicas. Vale a pena uma visita ao site para conferir os cartões de Natal, verdadeiras obras de arte. Pintores com a Boca e os Pés Rua Tuim, 426, Moema, tel. 5051-1008, São Paulo; www.apbp.com.br

Seja um padrinho Para ajudar, basta inscrever-se no Programa de Apadrinhamento, que aceita doações a partir de R$ 30 ao mês – o custo mensal de uma criança gira em torno de R$ 200. Maiores informações no site: www.gotasdeflor.org.br NATURAL DA TERRA

Faca_sua_parte.indd 48

48

49

12/4/07 8:43:46 PM


Boa ação p or car ta i Noel dos Correios Neste ano torne-se um Papa Correios

uma passadinha nos Desde 1997 o Papai Noel dá s. tinhas enviadas pelas criança para responder todas as car o do para manter vivo o espírit Essa é a ação da empresa no crença que as crianças têm Natal e não deixar morrer a no posta tem dado certo. Só Papai Noel. Pelo visto a pro ai cartinhas enviadas ao Pap ano passado cerca de 31.250 as, destas, 15.500 foram adotad Noel receberam resposta, e ial ecas, carrinhos, bolas, mater recebendo brinquedos, bon e cestas do bom velhinho. escolar, videogames, roupas

Presentes diferentes, so

nhos realizados

o escreveu que gostaria de No ano passado um menin uga! nto diferente... Uma tartar ganhar algo um tanto qua ri difícil, mas felizmente o gu A busca por um padrinho foi Há o e ficou muito contente. ganhou seu novo amiguinh a a cartinha apenas com um também aqueles que enviam pai Noel, sem pedir nada. mensagem carinhosa ao Pa

Anote na agenda! Qual a data limite para adotar uma cartinha? A adoção pode ser feita ainda na semana do Natal, desde que o presente seja entregue nos pontos de leitura dos Correios até 20/12. A relação dos locais onde as cartas estarão disponíveis pode ser obtida pelo telefone 0800 570 0100.

49

Faca_sua_parte.indd 49

12/4/07 8:46:02 PM


viagem |

g

Tesouro dos

Andes

natural da terra

viagem.indd 50

50

51 51

12/4/07 8:49:07 PM


&

Portillo, a estação de esqui mais antiga da América do Sul

O Chile é um destino de múltiplas descobertas. Cercado pela Cordilheira, contempla paisagens raras, de deserto A vulcão e geleiras. Descubra sua aventura preferida P o r L e t i c i a R o c h a , d o F o t o s T a d e u B r u n e ll i

C h i l e

11

viagem.indd 51

12/4/07 8:49:18 PM


O teleférico e o funicular são atrações imperdíveis do parque natural da terra

viagem.indd 52

&

g g

&

viagem | viagem |

O Parque Metropolitano de Santiago é o lugar perfeito para observar a capital chilena

52

53

12/4/07 8:50:23 PM


O Chile é um tesouro cravado entre a Cordilheira dos Andes e o Oceano Pacífico. Descobrir suas belezas é uma bela aventura mais do que especial, um destino que descortina várias viagens em uma só. É que o país parece concentrar cantinhos especiais do mundo: de capital cosmopolita, montanhas e praias a lagos, vulcão, geleiras e até deserto. Tal variedade tem explicação, retratada com propriedade nos versos de poeta Pablo Neruda – um de seus filhos mais famosos –, “Chile, uma louca geografia”. No mapa sul-americano, atinge 4.300 quilômetros de extensão contra apenas 175 quilômetros de largura máxima.

Europa dos Andes A capital Santiago, localizada no centro do país, é puro encanto. A começar pela paisagem, naturalmente abençoada pela Cordilheira dos Andes e seus picos de neve, que rodeiam a cidade. Já entre construções de arquitetura histórica, figuram prédios modernos, bairros charmosos que remetem ao clima europeu e muito verde, de ruas arborizadas, parques e jardins com fontes. E o melhor lugar para avistar essa beleza é o Parque Metropolitano de Santiago, localizado no Cerro San Cristóbal, um dos morros mais altos da cidade transformado em complexo de lazer. O mapa enumera 26 atrações principais, entre elas piscina, zoológico, zona de piquenique, museu, restaurantes, museu do vinho e um trio muito famoso: mirante, teleférico e funicular, misto de trem e bondinho, que desde 1925 cruza todo o parque. A mesa chilena é um capítulo à parte. Como o país é rico em peixes e frutos do mar, investir em restaurantes dessa especialidade é uma boa pedida. Um dos mais conhecidos é o Donde Augusto, instalado no Mercado Central, outra atração incrível da cidade. Lá dá para conferir espécies raras, como a centolla, um caranguejo que atinge até 70 centímetros, sem falar

O Mercado Central é rico em peixes, frutos do mar e legumes, como a palta, que aqui é conhecida como abacate

3

viagem.indd 53

12/4/07 8:50:49 PM


anuncios.indd 54

12/5/07 8:35:51 AM


&

A boa mesa chilena: os restaurantes Como Água para Chocolate e o Azul Profundo, ambos na Rua Constitución

na variedade de frutas. Um fato que desperta a curiosidade dos brasileiros é o consumo da palta, o nosso abacate, como um legume usado na preparação de saladas e purês. No bairro da Bellavista, a charmosa Rua Constitución, é recheada de opções gastronômicas adoradas pelos brasileiros. Os mais disputados são o Azul Profundo, especializado em pescados e o Como Água para Chocolate, de culinária exótica. Um dos drinques mais disputados para começar a happy hour leva o nome da casa e é preparo com pétalas de rosas. No roteiro dos passeios obrigatórios, comece pelo histórico Palacio de La Moneda. É a sede do governo chileno e que ainda realiza, a cada dois dias, a troca da guarda com uma afinada banda. A Plaza das Armas, o marco zero da cidade, abriga prédios que valem a visita: a Catedral Metropolitana, o edifício dos Correios e o Museo Histórico Nacional. Ainda no circuito cultural, destaque para o Museo de Arte Precolombiano e Museo Nacional de Bellas Artes. Para conhecer e trazer na bagagem a arte popular do Chile, o melhor lugar é a feira Santa Lucia, em frente ao morro de mesmo nome, que também oferece mais uma vista perfeita.

viagem.indd 55

12/4/07 8:51:22 PM


g

&

viagem |

Escolha sua aventura: rota vinícola, gastronomia regional, deserto, vulcão ou geleiras Norte ou sul Depois de explorar Santiago, é hora de embarcar em novas aventuras. Mas que direção seguir? Alugar um carro é a melhor idéia para conferir as atrações, as estradas são seguras e o espetáculo de rodar com a Cordilheira ao lado praticamente o tempo todo, é inesquecível. Distante apenas 160 quilômetros da capital, fica Viña del Mar. O balneário badalado é ideal para quem busca praia, sol e diversão o tempo todo. Já o sul é uma viagem que concentra as plantações das famosas frutas chilenas e a região dos vinhos. Uma pausa para conhecer o universo de uma vinícola é essencial. A maioria está aberta à visitação, como a Santa Hortênsia, localizada no Vale do Curicó, mas é bom ligar antes para reservar. Por ali também vale experimentar a culinária típica local, como a tradicional empanada de carne, a platea-

do la casserola – carne de porco, frango ou vaca preparada no forno a lenha e na panela de barro; e a cazuela – prato que lembra o cassoulet francês, que na versão chilena leva arroz, carne, milho, batata e abóbora. Puerto Montt é um dos destaques da região dos Lagos Andinos, um santuário de águas cristalinas, emoldurados por montanhas cobertas de neve. E o que falar de Púcon, uma estação de esqui aos pés do vulcão ativo Villarrica? Natureza exuberante e excelente estrutura turística, é ideal para a prática de esportes radicais, desde o snowboard até o rafting. Mas para quem busca a região das geleiras, no extremo sul do país, chegar de avião até Punta Arenas é a melhor opção. E depois, é só se entregar ao paraíso chamado Patagônia. Quem ruma ao Norte, encontra Portillo, natural da terra

viagem.indd 56

56

12/4/07 8:51:50 PM


anuncios.indd 57

12/5/07 8:40:47 AM


viagem | viagem |

g g

Roteiro do viajante PARA PESQUISAR

www.monumentos.cl www.chile.cl www.chileviagem.com.br

VALE LEMBRAR DDI: 56 Idioma: espanhol Moeda: peso chileno Visto: não Embaixada brasileira: www.embajadadebrasil.cl Saiba mais: www.turistel.cl

EM SANTIAGO Parque Metropolitano de Santiago – Cerro San Cristóbal Pio Nono 450, Recoleta, tel. (56-2) 730 13 00; www.parquemet.cl Donde Augusto – Mercado Central Ismael Valdes Vergara, 900, Centro, tel. (56-2) 672 28 29 Azul Profundo Constitución, 111, Bellavista, tel. (56-2) 738 02 88 Como Água para Chocolate Constitución, 88, Bellavista, tel. (56-2) 777 87 40

Palacio de la Moneda Moneda, 1002-1008, (56-2) 690 40 20; www.presidencia.cl Catedral Metropolitana e Museo Histórico Nacional Plaza das Armas de Santiago; www.monumentos.cl Museo de Arte Precolombiano Bandera, 361– 385, (56-2) 697 27 79; www.precolombiano.cl Museo Nacional de Bellas Artes Parque Forestal S/N, Casilla, tel. (56-2) 633 44 72; www.mnba.cl Feira de Artesanato Santa Lucia Av. Libertador Bdo. O`Higgins, altura 500, Estação Santa Lucia do Metrô

NO VALE DO CURICÓ Restaurant Colo-Colo Avenida Chile, 1332, Romeral, tel. (56-73) 43 10 36 Viña Santa Hortênsia Camino Zapallar, km 10, tel. (56-75) 197 50 15

EM PORTILLO Hotel: tel. (56-2) 361 7000 Central em Santiago: Renato Sánchez 4270, Las Condes, tel. (56-2) 263 0606; www.skiportillo.com

a estação de esqui preferida dos brasileiros. Situada a 2.850 metros de altitude, quase na fronteira com a Argentina, já tem no caminho para chegar até lá um show raro de beleza. A estrada, pequena e sinuosa, a cada quilômetro estreita-se com a grandiosidade das Cordilheiras, cada vez mais cobertas de neve. Chegando lá, o visual é inacreditável, é coisa para olhar, olhar e suspirar. Apenas um grandioso hotel, que lembra um navio, em meio a muita neve, montanhas geladas enormes e um lago de um azul-turquesa e que, no inverno, congela e abriga a base da estação de esqui. Para enfrentar o frio, nada melhor do que as delícias do chef Rafael Figueroa, que já passou por casas do Grupo Fasano, em São Paulo. No ponto mais longínquo do norte, encontra-se o Deserto do Atacama. Com cerca de 200 quilômetros de extensão, é considerado o deserto mais alto e mais árido do mundo. Zona de tesouros arqueológicos que contam os segredos de uma civilização desaparecida, a região apresenta vales férteis, vulcões, gêiseres e uma paisagem espantosa. Com certeza, é um dos destinos mais incríveis do planeta. natural da terra

viagem.indd 58

58

12/4/07 8:52:20 PM


Anuncio Graembuense.indd 1 anuncios.indd 59

30/11/2007 10:59:25 12/5/07 8:44:32 AM


perfil |

N

natu足ral da terra natural

perfil_ivete.indd 60

24 60

61 25

12/4/07 8:53:07 PM


Furacão Ivete

A cantora baiana faz questão de dizer que seu principal compromisso é com a felicidade. Seus fãs agradecem... Por Iva Oliveira | fotos andré wanderley

legria, energia, sinceridade... Assim é Ivete Sangalo, que conquista logo de cara com seu sorriso franco e posições bem definidas. A cantora baiana é do tipo que não deixa nenhuma pergunta sem resposta e orgulha-se de sua carreira, sua família, seu passado. Para ela, nada é tabu, nem mesmo os anos de dureza em que chegou a vender “quentinhas” em Salvador para ajudar os pais. Para Ivete a vida sempre é, literalmente, uma festa. Tanta energia assim ela encontra na sua força interior e também nas duas horas de malhação diária. “Além de fazer exercícios e musculação numa academia que tenho em casa, em Salvador, gosto de correr, nadar e praticar boxe”, conta a cantora. Além disso, tem uma alimentação balanceada, onde entram líquidos – especialmente os sucos –, cereais e carboidratos.

61 25

perfil_ivete.indd 61

12/4/07 8:53:47 PM


perfil |

N “Amo todas as frutas. Na minha alimentação não podem faltar laranja, morango, manga, abacaxi...”, diz Ivete. Para garantir a energia que ela precisa para ficar horas dançando e cantando em cima de um palco, apela para vitamina de banana com aveia. “Adoro!”, enfatiza. Ivete também é fã de comida japonesa e não dispensa um bom restaurante com essa especialidade quando está com algum compromisso em São Paulo. Em sua casa, na Bahia, costuma reunir os amigos para degustar alguns pratos que ela mesma prepara. “A minha moqueca de camarão é imbatível”, diverte-se. Atualmente, a cantora se desdobra em shows pelo Brasil para divulgar seu último trabalho: Multishow ao Vivo – Ivete no Maracanã, com uma média de dez apresentações por mês, que lhe tomam praticamente todo o tempo. “Neste ano a dedicação é total para os fãs brasileiros, mas, no ano que vem, vou fazer uma turnê pela Europa”, revela.

O furacão baiano que conquistou o mundo

&

O começo Ivete nasceu em Juazeiro, no interior da Bahia, e começou a cantar quando criança, nos intervalos de suas aulas na escola e saraus familiares. Ficou famosa como vocalista da Banda Eva, porém, em 1999, resolveu seguir carreira-solo, lançando seu primeiro CD. Emplacou logo de cara a música Se Eu Não te Amasse Tanto Assim, presente de Herbert Viana, do grupo Paralamas do Sucesso. A consagração veio em 2001, com o CD Festa. A música, de mesmo título, que se tornou hino do Carnaval, do verão, do Réveillon e da conquista do pentacampeonato brasileiro. A seleção de futebol até desfilou pelas ruas de Brasília a bordo do trio elétrico da cantora. Em 2003, outra música viraria hino, sendo cantada de norte a sul do Brasil. Trata-se de Sorte Grande, que ficou conhecida como “Poeira” por causa do refrão popular. Não há estádio de futebol no país em que as torcidas não entoem a música. De lá para cá foram muitos sucessos e a incrível marca de mais de 9 milhões de cópias vendidas, número surpreendente nesses tempos de MP3 e pirataria. Ivete é hoje uma das cantoras que mais vendem no Brasil e, merecidamente, foi indicada a três categorias no Grammy Latino 2007, evento da Academia Latina de Gravações. Ela disputou por Melhor Álbum Brasileiro de Pop pelo disco Multishow Ao Vivo – Ivete no Maracanã, Melhor Canção Brasileira, por Berimbau Metalizado e Melhor Vídeo Musical em Versão Longa, pelo mesmo álbum. natural da terra

perfil_ivete.indd 62

62

12/4/07 8:54:53 PM


anuncios.indd 63

12/5/07 8:49:12 AM


espor te |

Desvende os segredos do

MAR

NATURAL DA TERRA

Esporte_mergulho.indd 64

64

65

12/4/07 8:56:30 PM


Serv

Os m

São P

www

São F

www

Guara

www

Vista

O ESPORTE É A MELHOR FORMA DE EXPLORAR O MUNDO MARINHO, CONTEMPLAR PEIXES COLORIDOS, BARREIRAS DE CORAIS E RESTOS DE NAUFRÁGIOS POR ANA CLAUDIA MARIGLIANI BOGNER

Quer uma atividade diferente neste verão? Mergulhe! Não é difícil como muita gente imagina. Pode ser que em um primeiro momento você fique tenso e ansioso, afinal, estará em contato com os mistérios e as maravilhas subaquáticas. Mas é só o tempo de aprender a respirar embaixo d´água e de acostumar-se com os equipamentos, e você vai encantar-se com o que encontra pela frente: um espetáculo de peixes, em meio a naufrágios, corais com desenhos e tonalidades diferentes, golfinhos, baleias, tartarugas e outras espécies marinhas que tornam o momento simplesmente inesquecível.

Experimente O mergulho pode ser praticado por qualquer pessoa, desde que obedeça a idade mínima de 10 anos, tenha noções de natação e apresente atestado de saúde. Existem técnicas, até mesmo, que permitem deficientes físicos, visuais e auditivos de praticarem a atividade. “Escolhi um curso de mergulho por ser um esporte diferente e também para eliminar um trauma, o medo de estar embaixo d´água”, conta Aldo Messias de Sousa, de 27 anos, técnico em informática. Mergulhar também é alternativa para quem precisa enxugar alguns quilinhos. É que, para cada hora praticada, se pode queimar cerca de 600 calorias. E o melhor, se divertindo. Comece pela escolha da escola e verifique se ela é associada a uma certificadora, que fornece métodos de ensino padronizado e a habilitação para o mergulho. As mais conhecidas são as certificadoras internacionais como a Padi, Pdic e Naui. “Converse com quem fez o curso, com mergulhadores experientes, pesquise muito e vá até as escolas”, explica Renata Simões Espinosa, 23 anos, instrutora há cinco e mergulhadora desde criança. Existem cursos de mergulho para todos os níveis. O básico, com carga horária de 20 horas, custa em torno de R$ 400, com material didático para aulas teóricas e treinos na piscina. Nesse valor não está incluso o batismo (primeiro mergulho no mar) e o equipamento básico obrigatório (máscara, um par de nadadeiras e o snorkel), que pode ser alugado ou comprado. No fim do curso, o aluno recebe o certificado, com opção de validade nacional ou internacional e autorização para mergulhar somente durante o dia e até 18 metros de profundidade. Se o interesse for maior pode-se realizar o curso avançado, que visa explorar profundidades de até 40 metros e praticá-lo durante a noite. Para entrar em naufrágios e cavernas são necessários cursos específicos.

65

Esporte_mergulho.indd 65

12/4/07 8:58:30 PM

www

Qua

Taqu Bola: Sapa Luva A hor


espor­ te | Porém, é possível experimentar um pouquinho dessa modalidade sem a necessidade de matricular-se em uma escola. Muitos resorts e receptivos turísticos oferecem a prática do discover scuba diving. Após assistir a um vídeo com instruções de segurança, você mergulha acompanhado diretamente por um instrutor em baixas profundidades. Essa prática não oferece nenhum certificado. O snorkeling também não necessita de preparo, pois é praticado na superfície utilizando o equipamento básico. Os mais corajosos dão curtos mergulhos em apnéia (com a respiração presa). Não confunda snorkeling com apnéia. Essa é uma técnica de mergulho livre, que consiste em manter o ar nos pulmões, sem o auxílio de cilindros, e mergulhar por longas distâncias em curtos períodos. É utilizada principalmente por caçadores submarinos, pois é preciso ter experiência e controle sobre a mente e o corpo.

Locais para mergulho A costa brasileira conta com mais de 8 mil quilômetros de extensão. Mas os instrutores advertem que a escolha do ponto deve ser compatível com o nível de experiência e as condições climáticas. “Assim que escolher o local, procure uma operadora ou o receptivo turístico da região. As empresas sérias pedem o certificado de mergulhador, antes de vender o destino. E é indispensável apresentálo”, explica Renata. Os fanáticos pelo mergulho podem apostar no live aboard, um programa em que o mergulhador passa, por exemplo, um fim de semana hospedado em um barco e nesse tempo mergulha quantas vezes quiser. Um dos melhores lugares do Brasil para a prática é Fernando de Noronha, um distrito do Estado de Pernambuco. O arquipélago tem uma grande diversidade marinha, como baleias, golfinhos, tartarugas, além de naufrágios, cavernas, sendo que a temperatura da água chega a 28ºC e a visibilidade, normalmente de 30 metros, tem picos de 50 metros. Já o Parque Nacional Marinho dos Abrolhos, na Bahia, também é considerado um paraíso, pois durante o percurso é comum encontrar baleias jubarte e seus filhotes. No estado de São Paulo, existem alguns pontos próximos à capital que merecem destaque. O Parque Estadual Marinho da Laje, em Santos, oferece pontos para mergulhos em nível básico, avançado e experiente, como o naufrágio Moréia, formações rochosas e piscinas que variam de 6 a 35 metros de profundidade. É possível nadar com tartarugas e raias-jamanta.

Ilhabela é considerado o “Triângulo das Bermudas” brasileiro. Cerca de 23 naufrágios rodeiam o arquipélago – dizem que os instrumentos eram alterados por um misterioso campo magnético, que desviava as embarcações da rota, levando-as a colidir com rochas e lajes submersas. Lendas à parte, os naufrágios que se destacam são o Dart (1884), Príncipe das Astúrias (1916) e Concar (1959).

& Mar sem

fim: nossa costa tem mais de 8 mil km de extensão

Equipamentos Os iniciantes podem alugar, mas é ideal comprar os equipamentos básicos: a máscara, o par de nadadeiras e o snorkel. Quanto mais você se aperfeiçoa, mais itens precisa para mergulhar. Hoje, é possível encontrar produtos que permitem estender a duração do mergulho e atingir maiores profundidades. “Antes de comprar o equipamento é ideal experimentá-lo. Ele deve-se adequar a seu tipo físico e ser confortável. Isso é fundamental para realizar a atividade”, observa Renata. Para o instrutor Claudinei Aluízio de Paula, o único item que não vale a pena comprar é o cilindro de ar. “Cada equipamento desses cheio pesa quase 18 quilos. É um transtorno andar com ele por todo lado, até para recarregar. Não compensa, nem em termos de custo”, orienta. A compra do cilindro só é recomendada para quem possui embarcação, pois é possível realizar a recarga na própria marina.

Confira alguns equipamentos: && Capa para câmera fotográfica : acessório indispensável para quem deseja fotografar o fundo do mar. Consiste em acoplar à máquina uma capa resistente à água. && Cilindro de ar comprimido: utilizado para respirar. É composto por 79% de nitrogênio e 21% de oxigênio. && Colete equilibrador: controla a flutuação e prende o cilindro de ar ao corpo. && Colete salva-vidas: é comum utilizar o tipo inflável, que é esvaziado para afundar e inflado para voltar à superfície. && Manômetro: equipamento que controla quanto de ar ainda resta no cilindro. && Máscara: deve proporcionar boa vedação e uma visão perfeita. Coloque-a no rosto e inspire pelo nariz. Se ela “grudar” significa que tem ótima vedação. & & Nadadeiras : conhecidas como pés de pato, servem para dar maior propulsão ao mergulhador. natu­ral da terra

Esporte_mergulho.indd 66

66

67

12/4/07 8:58:48 PM


&& Regulador: controla a entrada e saída de ar. && Relógio de mergulho: serve para controlar o tempo de permanência na água. && Roupas: o tecido neoprene é muito utilizado quando a água está fria. Se for um dia ensolarado, não se esqueça do filtro solar. && Snorkel: tubinho que serve para respirar sem precisar tirar a cabeça da água.

História Os primeiros registros do mergulho são antigos. Para se ter uma idéia, há mais de 4 mil anos a.C. já existiam no Japão mergulhadores especializados em encontrar pérolas no fundo do mar. Mas as guerras foram o principal responsável pelo avanço das técnicas de mergulho. Ele era utilizado para atacar inimigos e ainda resgatar armamentos. Em 1961, o astrônomo inglês Edmund Halley desenvolveu uma espécie de caixa de madeira, com vidro na parte superior, com capacidade para até duas pessoas. Essa caixa era levada até o fundo do mar e os mergulhadores respiravam o ar contido em seu interior. Em 1819, Augustus Siebe desenvolveu uma roupa alimentada por uma bomba manual que mandava o ar para um capacete de metal. Tempos mais tarde, ele modificou a roupa e colocou uma válvula de escape no capacete, inventando o escafandro. A evolução dos equipamentos de mergulho recebeu em 1899, do francês Besnoit Rouquayrol, uma grande contribuição. Ele patenteou o primeiro aparelho de respiração autônoma. Mas faltava uma válvula para equilibrar as pressões existentes no fundo do mar. Isso foi corrigido em 1946 pelo oceanógrafo Jacques Cousteau, que, com o engenheiro Emile Gagnham, projetaram a válvula. O aparelho foi batizando de acqualung (pulmão aquático) e considerado uma revolução na história do mergulho.

No Brasil, a atividade é praticada há cerca de 50 anos. No início, restringia-se aos integrantes da Marinha, sendo difundida ao longo do tempo por interessados na modalidade, que foram buscar no exterior cursos para ministrar no país. A situação atual é bem diferente. O acesso ao mergulho é fácil, mesmo que seja só para experimentação. E o Brasil conta com certificadoras e representantes de entidades internacionais.

Recomendações && Nunca mergulhe sem ter feito um curso. && Procure uma escola credenciada a certificadoras internacionais. && Nunca pratique sozinho. Procure mergulhar em dupla ou em grupo, isso ajuda na segurança da atividade. && Nada de alimentar ou tocar nos animais. Lembre-se de que alguns podem machucar e outros matar. && Não deprecie o meio ambiente. Nada de levar para casa lembranças do fundo do mar.

Sites que valem um clique www.naufragiosdobrasil.com.br – oferece informações com fotos de naufrágios. www.lajeviva.org.br – site do Parque Estadual Marinho da Laje. www.ibama.gov.br/parna_abrolhos – site do Parque Nacional Marinho dos Abrolhos. www.noronha.pe.gov.br – site do arquipélago de Fernando de Noronha. www.ilhabela.sp.gov.br – site da cidade de Ilhabela. www.aidabrasil.com.br – Associação Internacional para o Desenvolvimento da Apnéia. www.padi.com – site da certificadora internacional Padi. www.pdic.com.br – site da certificadora internacional Pdic. www.naui.com.br – site da certificadora internacional Naui.

67

Esporte_mergulho.indd 67

12/4/07 8:59:03 PM


saúde | c

Receita para

viver mais

Envelhecer com qualidade exige alimentação balanceada, exercícios físicos e mudança de alguns hábitos. Só depende de você! Por Ana Claudia Marigliani Bogner

natural da terra

saude_longevidade2.indd 68

50 68

51 69

12/4/07 9:36:06 PM


Já parou para pensar até qual idade você quer viver? Com certeza, ultrapassar os 100 anos é uma boa marca. É possível, acredite. Mas responda: você se alimenta corretamente? Fuma? É estressado? Expõe-se demais ao sol? Como ninguém envelhece de um dia para outro, é importante enfatizar que as principais causas que levam a viver menos são os erros cometidos durante toda a vida, como má alimentação, exposição ao sol, estresse e o hábito de fumar. “Estudos científicos mostram que dentre todos os fatores, a nutrição é a que mais está ligada à qualidade de vida e a longevidade do ser humano”, esclarece Jocelem Salgado, pesquisadora, professora titular de Nutrição da Esalq (USP) e presidente da Sociedade Brasileira de Alimentos Funcionais (SBAF).

Preparando o cardápio O primeiro passo para uma vida longa e saudável é alimentar-se corretamente. Procure ingerir alimentos funcionais. Eles são nutritivos, oferecem substâncias contra os radicais livres e ao mesmo tempo apresentam uma ação fisiológica, metabólica e benéfica ao organismo. “São alimentos de origem vegetal e animal, ricos em fibras, vitaminas, minerais e compostos ativos. Funcionam como verdadeiro coquetel para a juventude”, explica Jocelem. Aposte no chá verde, em castanhas, cereais integrais, frutas vermelhas (uva roxa, amora, cereja) e cítricas (limão, laranja, tangerina), peixes (sardinha, salmão, atum), hortaliças (brócolis, repolho, tomate bem vermelho) e folhas verdeescuras (rúcula, agrião e couve). Entram na lista o colágeno hidrolisado, a gelatina pura (não a de caixinha), uma proteína animal que ajuda na saúde das articulações e é importante para a pele, o cabelo e as unhas; e os alimentos probióticos e prebióticos, enriquecidos com microorganismos vivos, beneficiam a flora intestinal. Para as mulheres, a soja não pode faltar no cardápio. Ela contém substâncias similares aos

hormônios femininos e ajuda a reduzir o risco de doenças cardiovasculares. Uma xícara de chá de soja por dia diminui os níveis de colesterol ruim em mais de 10%, ajuda a amenizar os incômodos da menopausa e é capaz de prevenir o câncer de mama e de cólon do útero. Com relação a osteoporose, um problema que ataca mais mulheres do que homens, é indicada a ingestão de 1 grama de cálcio por dia. Leite, iogurtes enriquecidos e queijos, principalmente a ricota, devem ser incluídos na dieta. Lembrando que o consumo de cálcio em excesso pode ser prejudicial a pessoas com tendência a formar pedras renais. Caso contrário, é eliminado pelo organismo. Evite refrigerantes, em particular as colas e o café: eles aumentam a perda de cálcio pela urina.

Coma menos, viva mais Estudos recentes mencionam que a restrição alimentar é um dos fatores que favorecem a longevidade, ou seja, quem come menos, vive mais. Isso não quer dizer que você tem de parar de comer, mas sim controlar a quantidade dos alimentos e caprichar na qualidade. “Pesquisas realizadas apontam que ingerir menos alimentos e se exercitar mais pode reduzir e até mesmo reverter os danos causados ao envelhecimento de células e órgãos”, conta a pesquisadora. Ao contrário, o consumo excessivo de alguns alimentos diminui a expectativa de vida, ocasionando alterações físicas e doenças ligadas ao envelhecimento. Portanto, deve-se evitar ou comer com moderação embutidos (lingüiças, salsichas e salames), carne gorda, queijos amarelos, massas não integrais, doces, sal, bebidas alcoólicas e produtos que contenham gorduras saturadas, principalmente a trans. Segundo a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), não se deve consumir mais que 2 gramas de gordura trans por dia, já que ela tem o poder de aumentar o colesterol total e o ruim, e diminuir os valores do bom colesterol.

69

saude_longevidade2.indd 69

12/4/07 8:42:12 PM


saúde | C Corpo em movimento

Livre-se do cigarro Em uma tragada o corpo ingere cerca de 1 quadrilhão de radicais livres, moléculas produzidas no organismo e que, em níveis normais, não fazem mal à saúde, mas, em excesso, são responsáveis pelo envelhecimento precoce, doenças degenerativas e enfraquecimento do sistema imunológico. Segundo dados da Organização Mundial de Saúde (OMS), cerca de 93% dos fumantes querem parar com o vício, mas apenas 3% conseguem sem ajuda médica. Existem clínicas especializadas em tratar os fumantes. O hospital da Universidade de São Paulo (USP), por exemplo, realiza um trabalho para quem deseja parar de fumar, com e sem remédios. Acesse o site www.tabagismo.hu.usp.br.

De acordo com o Instituto Nacional do Câncer (Inca), se você parar de fumar agora: & após 20 minutos sua pressão sanguínea e pulsação voltam & & & & & &

ao normal; após 2 horas não há mais nicotina no sangue; após 8 horas o nível de oxigênio no sangue normaliza-se; após dois dias seu olfato já percebe melhor os cheiros e seu paladar degusta melhor a comida; após três semanas, a respiração fica mais fácil e há melhora na circulação; após cinco a dez anos, o risco de sofrer infarto será igual ao de quem nunca fumou. Pense nisso!

Você conhece alguém que diz que se exercita para viver mais? A maioria das pessoas não pensa dessa forma e vê o exercício físico apenas como um meio de modelar o corpo para determinado objetivo: ir à praia no verão, por exemplo. Procure uma academia, um personal trainner e junto monte um cronograma a longo prazo. Não gostou do exercício, mude! Não faltam opções. É comprovado que quem pratica atividades físicas regularmente, ao menos três vezes por semana, vive mais, pois diminui os níveis de estresse, fortalece a musculatura e os ossos. Quando o corpo está em movimento libera endorfina, uma substância que dá sensação de bem-estar e ajuda a diminuir dores. Pesquisas indicam que pacientes em tratamento de quimioterapia, que se exercitam, aumentam suas chances de cura. Uma simples caminhada de meia hora por dia ajuda no condicionamento vascular, deixando o coração mais forte e saudável. “Uma pessoa que leva uma vida sedentária corre o risco de ter problemas cardiovasculares e até um acidente vascular cerebral (AVC)”, explica Raphael Oliveira Duarte, personal trainner. “Dê valor a sua vida e a seu corpo. Ser saudável é ser feliz e ter uma vida longa pela frente”, adverte.

Espaço médico Antes de se matricular em uma academia, procure um médico para realizar um check-up completo. Aliás, o ideal é marcar uma consulta de cada seis meses a um ano. Ao conhecer suas predisposições às doenças, principalmente quando se têm casos na família, é possível atuar de modo rápido na prevenção e, se for necessário, iniciar um tratamento. O acompanhamento nutricional também é importante. A elaboração de um plano alimentar vai determinar metas e contribuir para a incorporação de novos hábitos. Tratamentos alternativos devem fazer parte do seu programa, principalmente se você passa por crises de estresse. Massagens relaxantes, banhos de ofurô e até acupuntura têm dado bons resultados. Para complementar e potencializar os efeitos desses tratamentos, não deixe de ser feliz e dê muitas risadas. NATURAL DA TERRA

saude_longevidade2.indd 70

50 70

51 71

12/4/07 9:33:20 PM


Como se alimentar para viver melhor & Mantenha o peso adequado à altura. & Fracione as refeições. Faça de quatro a cinco refeições diárias em horários fixos e com moderação. Quanto mais fracionada a dieta, menor o número de calorias absorvidas.

& O tempo entre as refeições não deve ser menor que 2 horas, nem maior do que 4 horas.

& Coma devagar e mastigue bem. Isso favorece a digestão e dá mais saciedade. & Coma alimentos variados. Você garante todos os nutrientes necessários para seu corpo.

& Grãos, vegetais e frutas em suas porções máximas oferecem pouca gordura e a maior parte dos nutrientes que precisamos.

& Prefira frutas e vegetais inteiros, com cascas e talos (se possível). Eles apresentam mais fibras do que sucos.

& Consuma uma vez por dia uma fruta ou hortaliça rica em vitamina C. & Açúcar e sal devem ser ingeridos com moderação. Em excesso o açúcar transforma-se em gordura, colocando em risco seu peso. E o sal causa retenção hídrica, proporcionando inchaço, edemas, além de pressão alta.

& Prefira o azeite de oliva para temperar saladas. No preparo de outros alimentos, óleos de canola, girassol e milho devem ser usados com moderação.

& Evite gorduras, frituras e reduza o consumo de churrascos e assados na brasa. & Beba de oito a dez copos de água por dia. & O consumo de dois cálices de vinho tinto ao dia, sob orientação médica, pode ser benéfico para o coração. Fonte: Jocelem Salgado

71

saude_longevidade2.indd 71

12/4/07 8:42:43 PM


AnĂşncio Bella Vista.indd 1 anuncios.indd 72

12/5/07 8:57:11 AM


anuncios.indd 73

29/11/2007 12:14:18 12/5/07 8:57:12 AM


beleza | c

Que venha o

verão P o r An a C l a u d i a M a r i g l i a n i B o g n e r

Prepare-se para a época mais festejada do ano

V

erão é a estação do alto-astral, dos dias longos e ensolarados, noites quentes e muito banho de mar e piscina. Mas se

você é da turma que deixou para a última hora para realizar alguns tratamentos em clínicas de estética, não abuse, pois o efeito pode ser contrário ao que você imagina. Não se consegue em uma semana resultados que levam meses para serem conquistados. Mas é possível submeter-se a algumas técnicas para reduzir a gordura localizada e, no caso das mulheres, amenizar a celulite. Sem contar que pode chegar à praia, com o corpo dourado, sem a famosa “cor de escritório”. Confira as dicas e os segredinhos dos nossos entrevistados para aproveitar, com consciência a época mais festejada do ano. Boas festas, boas férias, bom verão!!!

Plano de emergência Muitos tratamentos oferecidos por clínicas de estética não podem ser realizados no verão, como peelings, aplicações de ácido e até remoção de manchas. Cirurgias plásticas, tratamentos invasivos contra celulite e gordura localizada e sessões de depilação a laser podem provocar pequenos natural da terra

beleza_verao.indd 74

50 74

51 75

12/4/07 9:34:54 PM


&

hematomas (equimoses). “Esses hematomas duram de sete a dez dias e em contato com o sol provocam uma manchinha roxa que pode ficar na pele por até um ano”, explica Ingrid Peres, fisioterapeuta da rede Onodera. Estão liberados procedimentos como massagens, drenagens linfáticas e máscaras faciais, principalmente à base de DMAE, que acabam com a flacidez. Aparelhos utilizados para o fortalecimento muscular corporal e facial, e para amenizar a celulite também estão autorizados. Aposte em um banho de lua, que clareia os pêlos e em contraste com o tom bronzeado sua pele ganha um charme especial. No caso de cera quente e fria, a depilação deve ser realizada três dias antes de ir para a praia, tempo suficiente para se recuperar de qualquer irritação. Cuidado:

jamais se submeta a cera quente ou fria com a pele bronzeada, há o risco de ela sair com a cera e causar manchas e marcas.

Em busca do corpo dourado A pele bronzeada deixa qualquer pessoa mais bonita. Existem maquiagens, como o pó bronzeador, que, quando espalhado no rosto, confere um efeito pós-praia natural e imediato. No seu kit, você pode incluir loções autobronzeadoras. Com agentes hidratantes, são indicadas para uso diário. A pele ganha gradualmente, em cerca de quatro a cinco dias, uma tonalidade mais escura. Outra opção é o autobronzeador. A cor aparece algumas horas após a aplicação, mas precisa ser extremamente cuidadoso quando espalhar

Corpo dourado: exposição ao sol e bronzeamento artificial pedem cuidados

75

beleza_verao.indd 75

12/4/07 8:37:00 PM


fotos | Tadeu Brunelli

beleza | c

& Consulte especialistas antes de iniciar um tratamento

76

o produto, que pode deixar manchas e falhas na pele. Basta seguir as orientações e os gestuais no rótulo da embalagem – esfoliar o corpo antes da aplicação e lavar as mãos após o uso, estão entre os itens obrigatórios. Cabelos claros precisam de cuidados redobrados, pois podem manchar. É preciso aguardar a secagem para se vestir. No entanto, ele não é resistente à água nem ao suor e a cor dura, no máximo, quatro dias, precisando de reaplicação. Bem diferente, os pré-bronzeadores, conhecidos como acelerador de melanina – pigmento produzido para proteger a pele dos raios solares –, intensificam, estimulam e preparam a pele para um bronzeado duradouro. Esse três tipos de produto são indicados para um bronzeado saudável, pois não provocam queimaduras, lesões ou descascam a pele. Mas também não oferecem proteção contra a radiação solar. Para quem tem medo de ficar com a pele manchada, as clínicas de estética oferecem o bronzeamento a jato, que utiliza o principio ativo dos autobronzeadores. A solução que

dá cor à pele, à base de DHA – abreviatura do composto químico dihidroxiacetona –, interage com as células superficiais, tingindo-as com um tom amarronzado. A aplicação, realizada por pincel de ar comprimido ou em uma cabine de vidro (com vários furinhos, por onde saem os jatinhos do produto), garante a uniformidade, evitando assim manchas. Atenção, mulheres: o produto permite imitar com perfeição as famosas marquinhas de biquíni. A aplicação demora cerca de 10 minutos, mas é preciso esperar cerca de 20 minutos para a secagem completa. Banho, só após oito horas. A cor dura 15 dias e para mantê-la é necessário realizar outra sessão do procedimento. O método também é considerado seguro e eficiente por dermatologistas. Já os nutricionistas aconselham a ingestão de grandes quantidades de alimentos que contenham betacaroteno – substância que dá cor amarelada, avermelhada ou alaranjada à pele – para manter o bronzeado. Nesse caso, o ideal é consumir beterraba, cenoura, mamão e abóbora. natural da terra

beleza_verao.indd 76

50 76

51 77

12/4/07 9:35:26 PM


Bronzeamento artificial, amigo ou vilão? É verdade que as camas ou câmaras de bronzear estão cada vez mais confortáveis e bem equipadas, mas os dermatologistas alertam sobre os riscos de envelhecimento precoce, surgimento de rugas e o câncer de pele, para usuários desse procedimento. Elas possuem os mesmos raios encontrados na radiação solar e não trazem nenhum benefício à pele. A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) alerta as pessoas que utilizam esse método para não repetirem a sessão em um prazo inferior a 48 horas, pois pode causar sérios danos à pele, como queimaduras. E se você optar, é importante passar por uma avaliação médica de pele, antes de iniciar as sessões e escolher uma boa clínica de estética.

Use filtro solar Deve ser aplicado sempre, até em dias nublados e meia hora antes da exposição ao sol. O dorso dos pés, o pescoço e as orelhas não podem ser esquecidos. “No caso de peles claras, utilizar FPS 40, no mínimo. Para as peles brancas, utilizar FPS 30. Já as morenas, FPS 20 e as negras, FPS 10”, revela Marcelo Schulman, cosmetólogo, mestre em Dermofarmácia e Tecnologia de Cosmético e presidente da VitaDerm. O banho de sol traz benefícios ao organismo, pois sintetiza a vitamina D. Bastam 15 minutos para ativar a absorção de cálcio pelo corpo, fortalecer os ossos e ainda prevenir a osteoporose. Mas, em excesso, o sol é um vilão. Provoca o envelhecimento, forma manchas e rugas, e é responsável pelo câncer de pele. Os dermatologistas recomendam banho de sol em horários seguros, quando os raios UVA e UVB não são tão agressivos à pele: antes das 10 e após 16 horas. E evitar a qualquer custo o sol do meio-dia.

Escolha sua clínica de estética com segurança A Fundação Procon de São Paulo alerta que todo tratamento deve ser acompanhado por um médico, pois ele é o único profissional habilitado para dar orientações quanto à eficácia de determinados tratamentos e avaliar os eventuais problemas de saúde. Confira algumas dicas de como escolher sua clínica de estética: && Visite o local. Verifique as condições de higiene e certifique-se de que o material utilizado é descartável e individual. && Antes da contratação é importante conhecer como será executado o serviço, além de obter informações sobre o preço de cada sessão e do tratamento total. && Converse sobre os procedimentos utilizados, o número de sessões, contra-indicações e os possíveis riscos para a saúde. && Observe as condições de rescisão contratual, em caso de desistência antes do término do tratamento. && Em procedimentos com redução de peso e medidas, é importante que a clínica possua fichas de controle das sessões realizadas e o registro das mesmas. && Ao fechar negócio, exija que os itens discutidos na fase pré-contratual integrem o contrato de prestação de serviço informando as condições de pagamento e o valor do tratamento. Uma cópia do contrato deve ficar com o consumidor. && Guarde todo o material publicitário veiculado para o caso de precisar reclamar posteriormente. A publicidade, muitas vezes, é capaz de induzir o consumidor a erro. && Em clínicas sérias, todos esses cuidados são observados. Fonte: Procon SP

Proteção total

&

No verão os cabelos sofrem com o sal, areia, poluição, raios solares e, principalmente, a água da piscina, com cloro, que agride mais as madeixas que a água do mar – os produtos químicos usados para tratar a água alteram a cor, ressecam e enfraquecem os fios, por isso a gente vê por aí muitos cabelos louros com tons esverdeados. “Para conservar a beleza, maciez e a cor, os adeptos ao sol devem aplicar produtos que contêm FPS, como xampus, recondicionadores, máscaras

Dica: cremes e loções bronzeadoras ajudam a chegar à cor desejada

77

beleza_verao.indd 77

12/4/07 8:38:16 PM


anuncios.indd 78

12/5/07 8:59:27 AM


fotos | Tadeu Brunelli

& Cuidado: a depilação a laser não pode ser feita no verão

hidratantes e leave in. Após a exposição solar, aposte na hidratação profunda”, aconselha Schulman. Entre um mergulho e outro aproveite para tomar uma ducha ou lavar os fios com uma garrafinha de água mineral. No corpo, a ação dos raios solares destrói as fibras de colágeno e elastina, que sustentam a pele, provocam flacidez e ainda deixam com aspecto ressecado. Escolha hidratante ou produtos pós-sol com vitaminas e nutrientes que ajudam o corpo a manter sua forma e recuperam o manto hidrolipídico – hidratante natural produzido pelo organismo – e óleos

de banho, que evitam a descamação e mantêm o bronzeado por mais tempo. Se sua pele sofrer queimaduras graves, com formação de bolha e até descamação,fique longe do sol e utilize produtos à base de calêndula, camomila e mentol. No banho, morno, nada de buchas ou esponjas. Lembre-se de comprar protetores labiais. Eles protegem e previnem contra rachaduras. Para completar o visual, use acessórios como óculos escuros e chapéus com abas largas, eles oferecem uma proteção extra contra o sol.

79

beleza_verao.indd 79

12/4/07 8:38:44 PM


foto

seu bairro Cultura ou verde? A cultura da capital paulista está mais fervilhante do que nunca. Uma boa opção também é redescobrir os parques da cidade. Você vai-se surpreender ao descobrir que há muito verde e espaços que guardam peças raríssimas. Confira!

& Museu de Arte Brasileira

Rua Alagoas, 903, Prédio 1, Higienópolis, tel.: 3662-7197, www.faap.br Horário de funcionamento: de segunda a sexta, das 10 às 20 horas. Sábados, domingos e feriados, das 13 às 17 horas. Entrada franca. A instituição cultural, localizada na Fundação Armando Álvares Penteado (Faap), reúne mais de 2 mil obras de artistas brasileiros e estrangeiros entre pinturas, gravuras, desenhos e esculturas. Destacam-se peças de Di Cavalcanti, Tarsila do Amaral, Cândido Portinari, Tomie Ohtake e Anita Malfatti (com a obra Homem das Sete Cores, que participou da Semana de Arte Moderna de 1922). Na linha das exposições, a mais recente foi O Olho Fotográfico e seu Tempo, de Marcel Gautherot, que apresentou imagens inéditas da juventude do artista na França, do período entre guerras e do Brasil, nos anos de 1940 e 1960. No fim do passeio, a lojinha é parada obrigatória. É possível levar para casa produtos como livros, canecas, camisetas, bolsas e até jóias.

Parque das Bicicletas

Alameda Iraé, 35, Moema, tel.: 5088-6526. Horário de funcionamento: diariamente, das 6 às 22 horas. A entrada de animais é proibida. É uma boa dica para quem deseja se exercitar e estar em contato com a natureza. A área de lazer compreende 20 mil metros quadrados em um ambiente totalmente arborizado. É composta por duas pistas com 3 quilômetros de extensão, tem um bicicletário, uma grande área plana, indicada para pais ensinarem seus filhos as primeiras pedaladas e ainda oferece espaço para skate, patins e patinete. A Secretaria de Esportes, Lazer e Recreação da Cidade (Seme) em parceria com a Federação Paulista de Ciclismo criaram uma Escola de Ciclismo. Ali, crianças de 7 a 14 anos aprendem a conduzir uma bicicleta conforme a legislação de trânsito, a praticar o esporte e também são incentivadas a utilizá-las como meio de transporte. natural da terra

seu_bairro.indd 80

80

81

12/4/07 8:30:51 PM


Cinemateca Brasileira Largo Senador Raul Cardoso, 207, Vila Mariana, tel.: 3512-6111, www.cinemateca.com.br Horário de funcionamento: a biblioteca abre das 9 às 17 horas. E a sala de cinema funciona de acordo com a programação. A entrada é gratuita e em caso de sessões especiais a taxa é de R$ 8.

&

É uma biblioteca responsável por guardar, difundir e restaurar um dos maiores acervos audiovisuais da América Latina. São aproximadamente 200 mil rolos de filmes, que correspondem a 30 mil títulos entre curta e longa-metragens. Como a coleção de imagens da extinta TV Tupi, a primeira emissora de TV do Brasil. Ali, é possível assistir filmes, documentários, obras de ficção e registros familiares, nacionais e internacionais produzidos desde 1985. O público pode consultar o laboratório fotográfico e realizar pesquisas nos arquivos compostos por livros, revistas, cartazes e roteiros. O complexo de edifícios que abrigam a Cinemateca datam do século 19 e por seu valor histórico e cultural foram tombados pelo Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Artístico, Arqueológico e Turístico do Estado de São Paulo (Condephaat).

É o paraíso dos amantes das histórias em quadrinhos. No acervo, entre gibis, revistas e fanzines, mais de 75 mil exemplares, desde os mais tradicionais como a Turma da Mônica e aqueles de aventura como Batman e X-Men. As obras são divididas por faixa etária para facilitar o trabalho de quem quer levar um exemplar para casa – mediante a matrícula. A Gibiteca é sede de eventos e tem uma programação permanente, com oficina de quadrinhos e um espaço exclusivo para jogos de RPG.

&

Gibiteca Henfil

Rua Vergueiro, 1000, Paraíso, tel.: 3383-3490, www.centrocultural.sp.gov.br Horário de funcionamento: de terça a sexta, das 10 às 19 horas. Sábados, das 10 às 18 horas. Domingos, das 10 às 16 horas.

Parque Lina e Paulo Raia

Rua Volkswagen, s/n, Jabaquara, tel.: 5017-6522. Horário de funcionamento: diariamente, das 7 às 18 horas. Criado em 1980, ocupa quase 15 mil metros quadrados e oferece entretenimento para as crianças com dois playgrounds, repletos de brinquedos. Há ainda bicicletário, mesas para piquenique, pista de caminhada e a sede da Escola Municipal de Educação Artística. O comedouro para pássaros é uma diversão à parte, pois atrai sabiá, tico-tico, bem-te-vi e até garças. No quesito conhecimento e preservação o parque realiza um trabalho de identificação de árvores. Até agora 20 espécies foram identificadas como paineiras, ipês, copaíbas, entre outras.

81

seu_bairro.indd 81

12/4/07 8:31:07 PM


seu bairro Jardim Botânico

&

& Auditório Cultura Inglesa

Avenida Miguel Stéfano, 3031, Água Funda, tel.: 5073-6300, www.ibot.sp.gov.br Horário de funcionamento: de quarta a domingo e feriados, das 9 às 17 horas. Ingresso: crianças até 10 anos e adultos acima de 65 anos não pagam. Estudantes pagam R$ 1 e público em geral, R$ 3. Um pedaço da Mata Atlântica serve de abrigo para animais selvagens como macacos, maritacas e o hábitat de plantas nativas e exóticas. O Jardim Botânico tem um museu que apresenta de forma didática os ecossistemas encontrados no estado. Os visitantes podem conferir ainda o bosque com pau-brasil, orquidário e os lagos formados pelas nascentes do Riacho Ipiranga. No Jardim dos Sentidos, uma coleção de plantas aromáticas faz a alegria de adultos e crianças. Como é possível tocar nas plantas para sentir o aroma e a textura, o espaço foi adaptado para atender deficientes físicos e visuais.

Avenida Higienópolis, 449, tel.: 3826-4322. Capacidade: 100 lugares.

O espaço foi construído na filial mais antiga da rede Cultura Inglesa e inaugurado há 45 anos em grande estilo, pelo príncipe Phillip, Duque de Edimburgo. Na época, a data foi marcada com a apresentação da peça Twelft Night, de William Shakespeare, encenada por ninguém menos que Vivian Leigh, a inesquecível Scarlet O'Hara, de E o Vento Levou... Hoje, o auditório é palco de espetáculos teatrais para crianças e adultos e ainda abriga todos os meses duas séries de música erudita: o Centro de Música Brasileira (CMB) e o Musicalis.

Museu do Computador

Natural da Terra – Moema

Avenida Rio Bonito, 1201, Interlagos, tel.: 5521-3655, www.museudocomputador.com.br Horário de funcionamento: sábado, das 10 às 17 horas. Quinta e sexta, para escolas com agendamento prévio. Imagine um disco rígido de 500 quilos? Se você não consegue, então pode visitar o Museu do Computador e descobrir como eram as máquinas antigamente. O acervo tem mais de 5 mil peças e equipamentos. Na estrutura que lembra um túnel do tempo, o visitante desvenda a história do micro, desde a era pré-computador. Há objetos curiosos e raridades, como a réplica do primeiro mouse, feito de madeira e uma oficina de robôs. Vale a pena uma visita.

Al. dos Nhambiquaras, 1856, tel. 5042-3005

Natural da Terra – Itaim Rua João Cachoeira, 1351, tel. 3845-7747

Natural da Terra – Alto da Boa Vista Nova Loja Natural da Terra Higienópolis Rua Rosa e Silva, 211, tel. 3824-0596

Avenida Santo Amaro, 6618, tel. 5188-8108

Natural da Terra – Brooklin Avenida Santo Amaro, 3493, tel. 5531-0166 www.naturaldaterra.com.br natural da terra

seu_bairro.indd 82

82

12/4/07 8:31:38 PM


Anuncio ELS.indd 1 anuncios.indd 83

29/11/2007 11:48:27 12/5/07 9:02:12 AM


dicas do freguĂŞs |

y

natural da terra

dicas_do_fregues.indd 84

84

85

12/4/07 8:27:55 PM


Saúde

é aqui

P o r L e t i c i a R o c h a | f o t o s pa u l o m e r c a d a n t e

A carioca Heloísa Carvalho conta por que o Natural da Terra é vital para o estilo de vida de sua família

carioca &Aque adotou a praia paulistana

“Ela é carioca, ela é carioca...” Os versos da famosa canção de Tom Jobim e Vinicius de Moraes parecem a trilha sonora perfeita para ilustrar quando Heloísa Carvalho chega – sorriso estampado no rosto e de bem com a vida. E a bela, que trocou seu Rio de Janeiro por São Paulo há 16 anos, faz questão de manter por aqui o clima de saúde que transborda pelos calçadões da Cidade Maravilhosa. “Lá, sempre é verão, por isso a preocupação com alimentação e boa forma são constantes”, conta Heloísa, que aportou na capital paulista com a transferência de trabalho do marido. Em solo paulistano, sua jornada é repleta de atividades, já que acumula as atividades de profissional, mulher e mãe. Atua no setor de moda fitness, atividade que também exige malhação diária, daí a explicação para o lado feminino, da vaidade com o corpo e saúde. “Vou para a academia todo dia, jogo tênis e ainda faço ioga”, conta Heloísa, que, para recuperar o fôlego, não dispensa um refrescante suco de abacaxi com hortelã. “E natural, porque em casa não entra suco artificial”, afirma. E ela é assim mesmo, linhadura com a alimentação da família, ninguém tem privilégios, do marido aos três filhos – 19, 16 e 6 anos. “Eles têm de comer, no mínimo, uma fruta por dia. Biscoitos só de vez em quando”, conta. Para abastecer a geladeira, uma vez por semana, investe nas compras, tarefa que dura, no mínimo, de duas a três horas. É que mora na Vila Mariana e gosta de ir até o Natural da Terra do Itaim, na Rua João Cachoeira. “Não é súper perto, pego trânsito entre os bairros, mas o custo-benefício é positivo. Nem vou mais ao supermercado”, diz Heloísa, há oito anos cliente da rede, que completa as necessidades da casa para compras de higiene e limpeza em um atacado, de dois em dois meses. Ela conta que ficou impressionada com o diferencial das frutas e dos legumes. “É bonito e tem sabor”, explica ela, que antes tinha algumas dificuldades para emplacar

85

dicas_do_fregues.indd 85

12/4/07 8:28:09 PM


dicas do freguês |

y

&

Sushi é um ritual que não pode faltar

frutas na alimentação do marido. Um bom exemplo é o melão, que ele achava uma fruta sem gosto, hoje é uma fruta que está na lista dos itens obrigatórios, assim como banana, maçã, mamão, cenoura, batata, folhas verdes, peixe fresco e carnes já embaladas em porções. Para completar as compras, produtos da estação como morango e ameixa, artigos do empório como frutas secas e castanha de caju, além de ingredientes especialmente pensados para o cardápio que estabelece para a semana, como atum com crosta de gergelim, uma de suas criações, que Heloísa relembra com água na boca. Antes de encarar o caminho de volta para casa, ela recarrega as baterias com um pit stop no setor de sushi e sashimi e delicia-se com um farto combinado japonês. Na mesa da família, receitas que mesclam sua preferência por ingredientes naturais, que ganham sabor e criatividade com os cuidados de uma nutricionista, profissional que consulta periodicamente há dois anos. “Um dos melhores aprendizados foi trocar o arroz branco pelo integral. Para variar, preparo com brócolis, ervilha...”, fala Heloisa, que, para relembrar os tempos na Cidade Maravilhosa, não abre mão da água-de-coco diariamente. natural da terra

dicas_do_fregues.indd 86

86 87

12/4/07 8:28:55 PM


L u m a C o m u n i c aรง รฃo

O

anuncios.indd 87

NOBRE

SABOR

DA

NATUREZA

12/5/07 9:04:45 AM


bebidas |

Um brinde com

ponche Conheça um pouco mais sobre essa bebida democrática

P o r h o r st k i ss m ann fotos paulo m e r cadante

C

olorido, festivo e refrescante, o ponche é uma excelente pedida para os brindes de fim de ano, tanto no Natal como no Ano- Novo. O drinque surgiu pela primeira vez na Califórnia, nos Estados Unidos, onde os fazendeiros da região – para comemorar a boa safra das frutas – misturaram com vinho branco as variedades que colhiam. Foi consagrado nas décadas de 60 e 70, até por ser uma bebida de baixo teor alcoólico. Aqui, além da receita clássica, selecionamos com o barman Francisco Lima, do Drake`s Bar e Deck, em Pinheiros, algumas variações, todas para serem feitas em doses individuais. Uma prima do ponche é a sangria, que teve sua origem no campo, onde os trabalhadores espanhóis juntavam sobras de vinho, adoçavam e acrescentavam frutas. “São bebidas refrescantes e saborosas. Parece que foram feitas sob medida para países tropicais como o nosso”, define Francisco. “Também são perfeitas para serem consumidas em festas na companhia de amigos.”

natural da terra

bebidas_ponche.indd 88

88

89

12/4/07 8:23:49 PM


PONCHE CLÁSSICO 1 D O S E 2 doses | de licor de laranja ou pêssego 1 garrafa (750 ml) | de vinho branco seco gelado 1 garrafa (300 ml) | de guaraná 2 | laranjas picadas 1/2 | abacaxi cortado em cubos 2 | mangas cortadas em cubos 1 | maçã cortada em cubos 12 | cerejas inteiras 2 | kiwis cortados em rodelas Muito gelo

Modo de preparo

1. Em um recipiente grande e largo, coloque os ingredientes na ordem em que aparecem acima. 2. Mexa bem e sirva em seguida, para que o gelo não derreta por completo. Receita da Federação Internacional de Barmen

89

bebidas_ponche.indd 89

12/4/07 8:24:04 PM


bebidas |

JARDIM DE OLIVIA 1

D O S E

100 ml | de vodca 100 g | de gengibre 50 g | de açúcar Tomilho a gosto Pimenta rosa a gosto Gelo picado a gosto

Modo de preparo

1. Amasse bem o gengibre com o açúcar em um copo alto de caipirinha e complete com gelo picado. 2. Adicione a vodca e salpique um pouco de tomilho e pimenta rosa. 3. Complete com Sprite. 4. Mexa com uma bailarina e sirva.

NATURAL DA TERRA

bebidas_ponche.indd 90

90

91

12/4/07 10:08:23 PM


English Tea Ponche 1

d o s e

100 ml | de chá preto 100 ml | de vinho branco 100 ml | de champanhe 1/4 | de raspas de limão 1 colher (sopa) | de açúcar Gelo a gosto

Modo de preparo

1. Misture levemente os ingredientes. 2. Sirva em um copo de caipiroska grande.

Long Island Iced Tea 1

d o s e

10 ml | de suco de limão 25 ml | de Cointreau 25 ml | de gim 50 ml | de vodca 50 ml | de tequila 50 ml | de rum

Modo de preparo

1. Coloque os ingredientes em um copo pint com gelo e misture. 2. Complete com Coca-Cola.

91

bebidas_ponche.indd 91

12/4/07 8:25:12 PM


anuncios.indd 92

12/5/07 9:22:51 AM


MARQUISE PONCHE 1

D O S E

100 ml | de vinho branco 1 dose | de conhaque 1 colher (sopa) | de açúcar 1 | cravo-da-índia 1/4 | de raspas de limão siciliano

Modo de preparo

1. Misture os ingredientes e esquente até que comece a ferver. 2. Coloque em uma taça de marguerita e adicione uma dose de conhaque. Flambe. 3. Decore com uma fatia de limão siciliano.

WEST INDIAN PONCHE 1

D O S E

75 ml | de suco de abacaxi 75 ml | de suco de laranja 75 ml | de rum branco 20 ml | de groselha Gelo a gosto

Modo de preparo 1. Junte os ingredientes e misture com gelo. Sirva em um copo de Hurricane. 2. Decore com abacaxi.

bebidas_ponche.indd 93

12/4/07 8:25:43 PM


Splendore AnĂşncio Final.indd 1 anuncios.indd 94

29/11/2007 19:10:58 12/5/07 9:13:56 AM


PONCHE DE FRUTAS 1

D O S E

4 | uvas fatiadas sem sementes 2 | morangos fatiados 100 g | de abacaxi fatiado 50 ml | de rum escuro 75 ml | de vinho branco Gelo a gosto

Modo de preparo 1. Junte os ingredientes e misture com gelo. 2. Sirva em um copo alto. 3. Decore com morangos. Receita do Barman Francisco Lima, do Drake’s Bar & Deck. Rua Tucambira, 163, Pinheiros, tel. 3812-4477, São Paulo, SP; www.drakesbar.com

bebidas_ponche.indd 95

12/4/07 8:26:06 PM


produtos |

y

Estação das flores Fotos Pedro Bueno

Conheça os destaques do setor mais colorido e perfumado do Natural da Terra

Hortênsia Branca, azul, rosa, vermelha... seja qual for a cor, é sempre um charme

Phalenópolis É uma orquídea de beleza única

Rosas Clássica, é pura demonstração de amor e carinho

Liziantus Flor das mais nobres, é indicada para ocasiões que pedem requinte natu­ral da terra natural

produtos.indd 96

24 96

97 97 25

12/4/07 8:17:52 PM


Girassol Conhecida como flor da energia solar, nasce apenas uma vez ao ano

Buqu锚 Um ramalhete de flores emociona a qualquer momento

Bico-de-Papagaio O colorido perfeito para decorar as festas natalinas

Rainha Margarida A delicadeza das flores do campo

Beg么nia Traz felicidade, mimo e alegria

97 97

produtos.indd 97

12/4/07 8:18:32 PM


carta do leitor |

U

CANAL ABERTO COM VOCÊ Gostaria de agradecer a revista Natural da Terra nº 7, que recebi recentemente. Moro no bairro de Perdizes e gostei muito de saber que temos ao nosso alcance um hortifrúti do nível e da qualidade de vocês. Achei a revista lindíssima, de muito bom gosto nos assuntos e cores, e de fácil leitura. Ela conseguiu despertar em mim o prazer pela leitura de todos os assuntos e não o comum hábito de apenas folhear uma revista tão colorida. Márcia Franchim Gostaria de parabenizá-los e agradecer pela qualidade dos produtos comercializados. Espero que a rede cresça cada vez mais, atingindo mais bairros, porque tenho certeza de que onde o Natural chega é sucesso garantido. Agradeço pelas dicas e receitas da revista. Rafael Mitsuo

Como morador do bairro Higienópolis é com satisfação que desejo expressar minha alegria em poder desfrutar das instalações da nova loja da Rua Rosa e Silva. Os produtos oferecidos são de excelente qualidade e o atendimento cordial de todos os funcionários são motivos para criar o ambiente ideal para nossas compras. Finalmente, a revista foi outra surpresa agradável proporcionada pelos responsáveis da Natural da Terra. Continuem com essa filosofia empresarial que, tenho certeza, irá assegurar o sucesso que vocês merecem. Mário Passos Sou cliente há tempos e gostaria muito de receber a revista. Por favor, passe a quem de direito os meus elogios ao Natural da Terra, atendimento nota 1000, funcionários simpaticíssimos, fora a qualidade dos produtos, excelente. Sandra Liki

Parabéns pela loja, pela qualidade dos produtos e também pela revista, ela é deliciosa! Gostaria de apenas alertar para a dificuldade que tive em ler os artigos da revista: as letras, às vezes, são muito miúdas; outras são muito claras (o que dá pouco contraste, no papel branco). Pode ser bobagem minha, mas foi uma coisa que me chamou a atenção. Obrigada e de novo parabéns pela nova loja de Higienópolis, já que moro perto e já a freqüento. Tita Muito obrigado pela sua mensagem. Realmente notamos essa dificuldade de leitura e remodelamos nosso projeto gráfico. As mudanças já estão visíveis nesta edição. Aguardo os comentários de todos. Fabiana Marin, gerente de marketing do Natural da Terra

É uma dádiva receber a revista Natural da Terra. Gostaria de recebêla sempre. Compro os produtos e sigo algumas dicas da publicação. Sebastião Koenigkam de Oliveira

Fale conosco: Mande seus elogios, críticas e sugestões para: marketing@naturaldaterra.com.br NATURAL DA TERRA

Carta.indd 98

98

12/4/07 9:38:55 PM


O chocolate é da Bélgica e a baunilha de Madagascar. É a versão globalizada do prazer.

www.haagen-dazs.com.br

Sorveterias: SP_Shopping Morumbi, Shopping Iguatemi, Shopping Higienópolis, Rua Oscar Freire, 900 e Vilaboim RJ_Barra Shopping, Leblon - Rua Rainha Guilhermina, 95 e Fashion Mall DF_Shopping Pier 21 BH_Diamond Mall e Pátio Savassi

Experimente também Vanilla Caramel Brownie e Black Forest Gâteau, os novos sabores de inverno. Häagen-Dazs. Inspire seus sentidos.

AF_An Chocolate 20.5x27.5 cm.indd 1

8/21/07 6:36:52 PM

Natural da Terra #08  

Revista da rede de hortifruit Natural da Terra