Page 1

Boletim PS | Autárquicas 2013 | 24 de Setembro de 2013

Vamos! • construir um parque da cidade • oferecer livros até ao 12º ano • abrir ao público as 32 sedes de junta • baixar preço da água, lixo e saneamento • manter a escola profissional • diminuir a taxa do IRS

Eduardo Bragança e o PS estão preparados para governar Felgueiras


“A prioridade na Câmara de Felgueiras será governar para as pessoas!” Entrevista a Eduardo Bragança Nesta entrevista, o candidato do PS fala do projeto que tem para Felgueiras. Eduardo Bragança e a sua equipa querem devolver ao concelho uma gestão autárquica próxima dos munícipes, com políticas sociais que ajudem quem mais precisa. Num clima de união da família socialista e de muitos independentes, esta candidatura preparou um conjunto de compromissos, em diferentes áreas, que será uma realidade se os felgueirenses voltarem a confiar no PS para o governo da sua câmara municipal.

O Partido Socialista parte para este novo desafio eleitoral depois de mais um mandato na oposição. Que avaliação faz do trabalho realizado no executivo? O Partido Socialista teve durante este mandato a mesma postura que sempre teve quando foi poder, ou seja, fez um trabalho responsável, e sempre, independentemente de ser oposição, em defesa do Município e dos Felgueirenses. Enquanto Vereador não me limitei a apreciar e a votar as propostas da maioria do PSD… Apresentei várias propostas, como por exemplo, e por duas vezes, a proposta para que a Câmara abdicasse da sua percentagem no IRS que todos os munícipes pagam… 5% é o valor que o Município recebe da receita total do IRS, e o Partido Socialista propôs que a Câmara abdicasse dessa percentagem, o que significaria, na prática, que os Felgueirenses pagariam menos 5% de IRS… Tal só não acontece porque o senhor Presidente e os senhores Vereadores do PSD votaram contra estas propostas do PS. Ainda na penúltima Reunião de Câmara, a propósito do IMI, propusemos uma alteração à proposta apresentada pelo senhor Presidente, no sentido de que a taxa para os prédios não avaliados, fosse de 0,5% (taxa mínima), em substituição da taxa por ele proposta de 0,65%. O senhor Presidente não demonstrou qualquer sensibilidade… Obviamente que votei contra, porque, ao contrario da propagandeado, por executivo com financiamento público, Felgueiras não tem as taxas mínimas do IMI.

rante de ser a única alternativa para que Felgueiras volte a ser o que era… Todos conhecem e reconhecem o valor do PS em Felgueiras e a capacidade que sempre demonstrou em defender Felgueiras e garantir o seu progresso. Tudo o que Felgueiras hoje tem e representa, deve-o ao legado de Machado de Matos, Júlio Faria, Fátima Felgueiras e António Pereira. Este legado de todos estes Presidentes Socialistas foi esquecido e abandonado nos últimos 4 anos… O PS, a partir de 29 de setembro honrará este legado. O que significa para Eduardo Bragança a escolha de Júlio Faria como cabeça-de-lista à Assembleia Municipal? A Assembleia Municipal, enquanto órgão deliberativo e fiscalizador da atividade da Câmara Municipal, exige que tenha como Presidente alguém com capacidade agregadora, mas que tenha também uma experiência autárquica no sentido de melhor conduzir os trabalhos da Assembleia Municipal. Júlio Faria, representa aquilo que de melhor Felgueiras tem, por toda a sua experiência e seriedade e por representar para todos um garante de imparcialidade, o que, infelizmente, neste último mandato, nunca aconteceu na Assembleia Municipal.

Faremos tudo para retomar o dinamismo e desenvolvimento que Felgueiras perdeu

A escolha de Eduardo Bragança foi feita pelo PS em clima de grande união no partido. Fale-nos da forma como decorreu este processo. O Partido Socialista sempre foi um partido que assumiu com responsabilidade e determinação as suas escolhas. E é com essa responsabilidade e determinação que hoje o PS Felgueiras é um partido unido e que, para além dessa união, incorpora nas suas listas de candidatos e listas de apoiantes muitos independentes. Todos perceberam que só uma forte união seria capaz de devolver a Felgueiras o progresso e desenvolvimento que perdeu nos últimos 4 anos, e isso só será possível com a única alternativa credível que se apresenta a eleições, que é o PS. O PS parte unido para estas eleições, o que se percebe bem nas listas à câmara e à assembleia municipal. Em que medida essa coesão pode traduzir-se numa vitória eleitoral em 29 de setembro? O Partido Socialista, para além de se sentir reforçado pela união de todos, apresenta-se a estas eleições como ga-

2

O PS e o seu cabeça-de-lista partem para estas eleições com um conjunto de propostas inovadoras para o eleitorado. Quer adiantar com algumas prioridades? A principal prioridade serão as pessoas. Ajudar verdadeiramente as pessoas que mais precisam. Os problemas de ordem social serão a nossa grande aposta. Podem contar connosco: não se trata de nenhuma promessa – é um compromisso muito sério… Felgueiras será, com o Partido Socialista, um concelho solidário. As dificuldades financeiras do País não nos permitem, neste momento, fazer promessas só para obter votos… Faremos tudo para retomar o dinamismo e desenvolvimento que Felgueiras perdeu nestes 4 anos. Vamos implementar uma política de apoio nos transportes aos mais idosos, nomeadamente para consultas médicas ou tratamentos médicos. Em relação aos manuais escolares, a oferta às crianças e jovens será até ao 12º ano. Isto é um compromisso. O atual executivo prometeu livros até ao 9º ano e não cumpriu. Nós vamos cumprir… Não aceitamos ter um Presidente que se diz amigo, mas que depois, na prática, não se percebe de quem é amigo. Iremos revitalizar a Zona Empresarial de Várzea, à luz do novo quadro comunitário de apoio e criar o Centro de Pesquisa e Desenvolvimento Multidisciplinar, na área do

EDUARDO BRAGANÇA | FELGUEIRAS AUTÁRQUICAS 2013


www.eduardobraganca2013.com

calçado, reunindo valências como design, tecnologia... Procederemos à revisão sustentável da política de taxas e licenças municipais, nomeadamente na área dos incentivos ao investimento, na área da reabilitação urbana e na atração/fixação empresarial. Outra prioridade será apoiar a criação de emprego pelas empresas sedeadas em Felgueiras, concedendolhes compensações fiscais e outras, desde que estas potenciem novas contratações. Uma enorme preocupação será o combate ao Abandono e ao Insucesso Escolar, com uma rede de ação social que apoie todos os alunos, dando particular atenção e prioridade aos mais carenciados, na aquisição dos manuais e materiais escolares e que garanta o almoço e/ou reforço alimentar durante o período de atividade e nas interrupções letivas. Quereremos potenciar o Ensino Superior existente em Felgueiras como Agente de Desenvolvimento Local. Na área do desporto, destacar-se-á a requalificação dos equipamentos da Zona Desportiva Municipal de Felgueiras, criando condições para a prática de um maior número de modalidades desportivas; a requalificação do Estádio Senhor do Amparo na Lixa; garantir a construção do campo de futebol do Torrados no primeiro ano de mandato; requalificar todos os balneários dos clubes e associações desportivas do Concelho, de forma a assegurar a higiene e segurança da sua utilização. Iremos desde logo assegurar que todas as crianças dos Jardins de Infância e 1.º Ciclo do Ensino Básico voltem a frequentar as Piscinas Municipais gratuitamente. Em termos ambientais, vamos solucionar de vez os problemas ainda existentes no nosso concelho, no âmbito do saneamento básico, nomeadamente ao nível da supressão de «esgotos a céu-aberto», drenagem dos esgotos e respetivo tratamento, que ainda afetam algumas freguesias. Outra prioridade será requalificar o Monte de S. Domingos, criando novos sanitários, implementando o parque de merendas e melhorando os espaços verdes. Neste momento, atenta a incompetência reinante, os

processos de licenciamento na câmara estão parados, pelo que iremos agilizar e garantir mais eficácia e mais celeridade na análise e aprovação de processos de obras. Este é, desde já, um compromisso com os munícipes. Iremos criar o Provedor do Munícipe, de forma a atender e agilizar pretensões legítimas e exequíveis, designadamente por parte de Munícipes que esbarram na burocracia, algumas vezes existente, por força da legislação em vigor. Outra garantia é que iremos manter em funcionamento as 32 sedes das juntas de freguesia, disponibilizando recursos humanos, para que estas funcionem nos mesmos horários do atendimento da câmara municipal, criando assim um «Balcão do Munícipe» em todas as sedes de Juntas de Freguesia, onde os residentes possam tratar de assuntos relacionados com a administração municipal. O senhor Presidente diz agora que não concorda com a nova reorganização administrativa, mas o facto é que nada fez para que isso não acontecesse… Não apresentou proposta nenhuma e deixou que nos gabinetes de Lisboa tomassem decisões em nome dos Felgueirenses… Isto não é um Presidente amigo!!!…

Presidente da Câmara nada fez para evitar a agregação de Freguesias

O mandato que agora termina ficou marcado por muitas críticas do PS à gestão da coligação Nova Esperança. Que avaliação faz da gestão liderada pelo PSD? É uma avaliação muito negativa… Este executivo nunca quis aproveitar a experiência que alguns vereadores da oposição disponibilizaram… Preferiu ignorar sempre a oposição e decidir sozinho… Limitou-se a terminar as obras que o anterior executivo deixou ficar, com financiamentos aprovados e garantidos… Aliás, nem disso foi capaz, pois, por exemplo, a requalificação do Mercado Municipal ou a requalificação da Escola Primária Adães Bermudes ficaram na gaveta. É impressionante a coragem que têm agora, de nos

3

outdoors quererem fazer suas as obras dos outros… Não podemos ignorar os episódios das retiradas das placas das inaugurações colocadas nos anteriores mandatos… Quem tem medo do passado, não pode ter orgulho no presente ou no futuro… Este executivo é bom em propaganda enganosa… São cartões dos idosos, que depois ninguém tem; são apoios ao desporto, mas depois não podem utilizar os equipamentos por falta de manutenção; são festas de promoção do calçado, mas depois querem fechar a escola profissional… Tanto criticaram os executivos passados, pelas iniciativas que organizavam de índole cultural e recreativa e, agora, aquilo a que se assiste é a uma verdadeira agenda de festas e festarolas semanais em Felgueiras… Nas Reuniões de Câmara públicas assiste-se, cada vez mais, a um maior número de munícipes a pedir esclarecimentos ao Presidente da Câmara, porque têm que esperar meses para serem recebidos por si, ou porque lhes prometeu resolver o seu problema num curto prazo de tempo, e depois, passados meses ou anos, não têm o problema resolvido, nem sequer uma resposta. Este Presidente de Câmara usa sempre como desculpa o facto de ter que consultar os serviços da câmara… Um Presidente é eleito para decidir e não para deixar que os serviços de câmara decidam por si.

Felgueiras vai mudar… Contem connosco. Porque nós contamos convosco.


Mais de 5.000 pessoas na festa da candidatura de Eduardo Bragança Para o candidato do Partido Socialista, o concelho continuará sempre com 32 Freguesias.

Milhares de Felgueirenses manifestaram apoio à candidatura do Partido Socialista

A família é um apoio importante para Eduardo Bragança

O monte de Santa Quitéria acolheu, no passado dia 8 de setembro, mais de 5.000 pessoas no almoço piquenique da candidatura de Eduardo Bragança à Câmara Municipal de Felgueiras, pelo Partido Socialista. A enorme multidão associou-se à onda de mudança que percorre as 32 freguesias do concelho. A festa teve início pelas 11:30, junto aos paços do concelho, onde foi colocado um painel com o nome das 32 freguesias do concelho. Todos os representantes das freguesias, acompanhados por Eduardo Bragança, foram chamados a colocar uma placa com o nome da sua terra, perante os aplausos de centenas de pessoas que assistiam ao momento. Este ato simbólico foi repetido em Santa Quitéria e teve como objetivo assumir o compromisso da candida-

Foi num clima de convívio que decorreu o almoço na Santa Quitéria

4

tura de Eduardo Bragança de que a Câmara liderada pelo PS manterá abertas as sedes das juntas das 32 freguesias do concelho. Foram várias horas de convívio entre felgueirenses de vários pontos do concelho. Numas breves palavras dirigidas, Eduardo Bragança criticou o Governo do PSD por ter acabado com várias juntas do concelho, “utilizando uma política de régua e esquadro”. “Não olharam para a nossa história, nem para as nossas gentes, não podemos mudar isso, mas podemos lutar para manter a identidade das nossas freguesias e por manter a qualidade de vida dos nossos cidadãos”, disse o candidato, afirmando que, “para o PS, o concelho continua a ter 32 freguesias”.

O PS unido no apoio às 32 Freguesias

EDUARDO BRAGANÇA | FELGUEIRAS AUTÁRQUICAS 2013


www.eduardobraganca2013.com

A família Socialista está unida e preparada para voltar a governar na Câmara de Felgueiras

Eduardo Bragança tem a seu lado personalidades socialistas com provas dadas na sociedade

Palavras muito aplaudidas pelos presentes e que levaram Eduardo Bragança a reforçar o compromisso: se o PS ganhar as eleições de 29 de setembro, “todas as 32 sedes de junta manter-se-ão abertas ao longo do mandato para servir as populações com uma política de proximidade”. Durante o convívio, foi visível o apoio e carinho que a população foi demonstrando a Eduardo Bragança, bem como à equipa que o acompanha, carinho retribuído com palavras de agradecimento do candidato socialista e uma promessa de “muito trabalho”. Acompanhado pelos elementos que compõem as listas à Câmara e à Assembleia Municipal, Eduardo Bragança fez questão de ter a companhia da esposa e, mais uma vez, afirmar “o apoio e carinho” que a família lhe transmite nesta luta.

Todos os candidatos nas listas socialistas à Câmara, Assembleia Municipal e Juntas de Freguesia foram chamados ao palco, em homenagem pelo serviço que estão a prestar ao partido e a Felgueiras. A festa prolongou-se tarde fora, com atuação de vários artistas do concelho, que animaram e deram um colorido diferente ao Monte de Santa Quitéria, demonstrando que o povo de Felgueiras deseja a mudança, deseja um projeto político mais perto de si liderado pelo PS e por Eduardo Bragança.

É assim, com o espírito de servir todas as gerações, que o PS se prepara para regressar ao governo de Felgueiras

5


Campanha percorreu todo o concelho

6

EDUARDO BRAGANÇA | FELGUEIRAS AUTÁRQUICAS 2013


www.eduardobraganca2013.com

7


8

EDUARDO BRAGANÇA | FELGUEIRAS AUTÁRQUICAS 2013


www.eduardobraganca2013.com

9


É falso que o PS tenha votado contra a atribuição de manuais escolares PS compromete-se com livros escolares gratuitos até ao 12º ano

É falso que o PS tenha votado contra a atribuição gratuita dos manuais escolares decidida pelo executivo municipal, em junho de 2010. Na reunião, conforme se pode ler na respetiva ata, o vereador do PS Eduardo Bragança votou contra o regulamento apresentado pela “Nova Esperança”, porque não cumpria a promessa que Inácio Ribeiro tinha feito em campanha, em 2009. Todos se lembram que o então candidato tinha prometido aos felgueirenses livros gratuitos até ao nono ano de escolaridade, o que acabou por não fazer, estendendo aquela medida apenas ao primeiro ciclo do ensino básico. Inácio Ribeiro não cumpriu a promessa. Por isso é que o vereador do PS votou contra. Inácio Ribeiro também tinha prometido prolongamento do horário para as crianças do primeiro ciclo, mas no referido regulamento a maioria PSD impôs que os custos daquele serviço deviam ser comparticipados pelos munícipes. O PS e o seu vereador Eduardo Bragança votaram contra, porque entendem que os custos do prolongamento de horário deve ser integralmente assumido pela autarquia. “Entendo que o apoio social é uma das competências dos municípios, devendo assim a CMF assumir integralmente o custo com esse prolongamento”, declarou então Eduardo Bragança. O vereador e atual candidato do PS garante que, se for eleito presidente, a câmara assumirá que todos os livros, até ao 12º ano, serão gratuitos para as famílias.

Atenção: Sondagem “cozinhada”pelo PSD”? O PSD de Inácio Ribeiro estará a preparar-se para publicar num jornal de Felgueiras uma alegada sondagem que dá uma vitória esmagadora a Inácio Ribeiro. O PS já está habituado a estas habilidades do PSD, que mais não procuram do que tentar condicionar o eleitorado nos últimos dias da campanha eleitoral, sobretudo os indecisos! Muitos ainda se lembram de uma pretensa sonda-

10

gem que o PSD publicou, em 1997, que dava uma enorme vitória ao candidato deles. Contudo, os Felgueirenses não foram em cantigas! Na hora da verdade, nas urnas - o que conta - confiaram mais uma vez no PS para continuar a governar Felgueiras. Por isso é que os socialistas e os muitos independentes que apoiam a candidatura de Eduardo Bragança não devem dar importância à dita sondagem, se o jornal a publicar.

Há que continuar a trabalhar, até ao último segundo, mobilizando tudo e todos os que acreditam no projeto de mudança que o PS propõe aos felgueirenses, na certeza de que esta é a melhor solução para o futuro da nossa terra. Força socialistas de Felgueiras. Força Felgueiras!

EDUARDO BRAGANÇA | FELGUEIRAS AUTÁRQUICAS 2013


11

www.eduardobraganca2013.com

Praça Dr. Machado de Matos inaugurada à pressa sem estar pronta Parque de estacionamento, que é da mesma empreitada, continua fechado! Na política, como em tudo na vida, impõe-se que sejamos sérios. Não ficou bem a Inácio Ribeiro, ansioso com a data das eleições, inaugurar a Praça Dr. Machado de Matos, muito antes de a remodelação estar acabada! Durante dias - muita gente viu - trabalhou-se de noite e dia para inaugurar o que não estava concluído! Quem paga aos trabalhadores que deram horas extraordinárias? Os felgueirenses perceberam que quatro anos não chegaram à câmara do PSD para realizar uma obra, cujo projeto e financiamento tinham sido garantidos pelos executivos de Fátima Felgueiras. Então e o parque de estacionamento, que também não está pronto, não foi inaugurado, apesar de ser a mesma empreitada? Óbvio: não está pronto! Uma trapalhada! Os felgueirenses perceberam! E também perceberam que Inácio Ribeiro não foi correto ao apropriar-se, em plena campanha eleitoral, do mérito de uma obra que não é sua, de uma obra que herdou do executivo interior. O que também aconteceu com a Casa das Torres e a Casa das Artes, obras com a marca de Fátima Felgueiras.

A obra foi inaugurada, mas no dia seguinte era este o cenário

O parque de estacionamento está longe de poder receber viaturas

É falso que Felgueiras tenha a taxa de IMI mais baixa do país É falso que a Câmara vá cobrar, em 2014, a taxa mínima permitida de IMI (Imposto Sobre Imóveis) aos felgueirenses. No caso dos prédios urbanos não avaliados - os mais antigos e são milhares no concelho -, a lei permite que os municípios fixem a taxa entre 0,5% e 0,8%.

Mas a Câmara de Felgueiras aprovou a cobrança de uma taxa de 0,65%, o que, como é fácil perceber, não é a taxa mais baixa permita pelo enquadramento legal. Por isso é que os três vereadores da oposição votaram contra a decisão da maioria PSD, porque parte das taxas

de IMI mantém-se elevada para muitos felgueirenses. Por isso, não é verdade o que a maioria tem publicitado quando refere e faz publicar na imprensa que a câmara de Felgueiras tem a Taxa de IMI mais baixa do país.

No domingo, votar bem é votar PS


Inácio Ribeiro não cumpriu! NÃO foi AMIGO! Fatura da água, saneamento e lixo AUMENTOU quase 40% com o PSD na Câmara de Felgueiras Na campanha eleitoral de 2009, Inácio Ribeiro e o PSD criticaram os preços da água praticados pela anterior gestão camarária. A Nova Esperança prometeu pôr a fatura ambiental a preços justos e, com isso, ganhou as eleições. Mas, no poder, Inácio Ribeiro NÃO foi AMIGO, NÃO CUMPRIU o que prometeu aos felgueirenses. Isso é GRAVE! Eis os factos: Sabia que, segundo dados oficiais, o custo da fatura ambiental que os felgueirenses pagam todos os meses aumentou quase 40% desde que Inácio Ribeiro e o PSD chegaram à Câmara de Felgueiras? Em 2009, antes de Inácio Ribeiro, aquele encargo mensal para as famílias felgueirenses era de 9,12 euros e em 2012, com a Nova Esperança na Câmara, já era de 12,71 euros! Sabia que os Felgueirenses pagam as tarifas de recolha

12

de lixo mais elevadas de toda a região do Vale do Sousa e Baixo Tâmega? E sabia que essas tarifas aumentaram com Inácio Ribeiro (2012), para mais do dobro do que custavam antes do PSD chegar ao poder na Câmara de Felgueiras (2009)? Só como exemplo, em AMARANTE paga-se anualmente por aquele serviço 36,96 euros. Em Fafe aquele encargo é de 30 euros! Aqui em FELGUEIRAS paga-se 73,44 euros!!! E sabia que o custo da água em Felgueiras também subiu quase 6% desde que Inácio Ribeiro foi eleito presidente da autarquia? Em 2009, antes de Inácio Ribeiro, custava 50,4 euros por ano a cada felgueirense, agora, com o PSD, custa 53,28 euros? Em AMARANTE a fatura anual da água é de 19,20 euros! Em Felgueiras a tarifa de saneamento também aumentou quase 6,5% com Inácio Ribeiro!

Afinal INÁCIO RIBEIRO NÃO É AMIGO DOS FELGUEIRENSES!!! Estas são as VERDADES, que podem ser observadas nos gráficos e confirmados na página oficial da Entidade Reguladora dos Serviços de Águas e Resíduos (ERSAR) na Internet: http://www.ersar.pt/website/ Inácio Ribeiro e o PSD não podem desmentir porque são dados OFICIAIS!

EDUARDO BRAGANÇA | FELGUEIRAS AUTÁRQUICAS 2013


13

www.eduardobraganca2013.com

13

Algumas marcas deixadas pela Câmara da Nova Esperança

R

onharam os otundas enverg

Felgueirenses

Um cenĂĄrio cada vez mais visto no concelho

, mais s o h n ri Crama stimoso e d a a Estrad m estado l u uma n

Cam Mou painha d tela s em a escola d Mar gari e de


PSD de Passos Coelho e Inácio Ribeiro acabaram com 12 freguesias de Felgueiras A “Lei Relvas”, que impôs a dita reforma administrativa que destruiu centenas de freguesias em Portugal, retirou 12 freguesias a Felgueiras, uma decisão política que merece o repúdio de todos os felgueirenses. O PS nacional e de Felgueiras votaram contra e protestaram, mas de nada valeu, porque a maioria PSD no país e em Felgueiras impôs o fim de 12 freguesias. Mas pior do que isso, os burocratas do PSD de Lisboa, perante o silêncio cúmplice de Inácio Ribeiro e seus pares, impôs a agregação de freguesias, de forma avulsa, sem critérios objetivos e sem conhecer as especificidades do concelho! Mais uma vez o PSD prestou um péssimo serviço ao

14

país e a Felgueiras. O PSD fez uma reforma a “régua e esquadro”, sem levar em consideração a tradição e a importância que as freguesias têm para as populações. O PSD de Felgueiras e o presidente da Câmara Inácio Ribeiro nada fizeram para impedir aquela decisão política, desprezando até alguns dos seus presidentes de junta, só para agradarem a Miguel Relvas e Passos Coelho. Este comportamento não pode deixar de ser condenado! Por isso, os felgueirenses devem castigar, nas eleições do 29 de setembro, o partido que, ao arrepio da vontade popular, destruiu centenas de freguesias em Portugal, 12 das quais em Felgueiras!

Mas o PS em Felgueiras opõe-se, com todas as suas forças, a esta Reforma Relvas, porque para os socialistas o nosso concelho continua a ter 32 freguesias. Se o PS ganhar as eleições, a câmara liderada por Eduardo Bragança vai governar para as 32 freguesias! E garante que criará condições para que as 32 sedes de junta, mesmo aquelas que o Governo quer fechar, se mantenham abertas, para servirem a população! O PS criará condições para que as 32 juntas tenham um horário de funcionamento igual ao da câmara. Este é um compromisso do PS, na convicção plena de que é a que melhor corresponde aos interesses dos felgueirenses!

EDUARDO BRAGANÇA | FELGUEIRAS AUTÁRQUICAS 2013


15

www.eduardobraganca2013.com

Votar PSD em Felgueiras é dar força a Passos Coelho e ao Governo

Os últimos anos têm sido um ciclo negro para o país e para Felgueiras, com a chegada das políticas de direita ao Governo e à autarquia da nossa terra. A verdade é clara: Passos Coelho e Inácio Ribeiro são do mesmo partido, seguem a mesma cartilha, as mesmas políticas, que tanto têm prejudicado os nossos cidadãos, que estão hoje mais pobres. Os cortes nos salários e pensões, o desemprego galopante, o aumento das taxas moderadoras e nos transportes e tantas outras medidas de austeridade são da responsabilidade dos líderes do PSD, o mesmo partido que governa Felgueiras há quatro anos. Foi também a coligação de direita, liderada pelo PSD de Miguel Relvas que, de forma prepotente, acabou com 12 das nossas juntas de freguesia, esquecendo o trabalho

notável, de proximidade, realizado nas últimas décadas por aquelas autarquias ao serviço das populações! Nunca vimos Inácio Ribeiro criticar de forma clara as políticas do seu líder Passos Coelho, preferindo um silêncio próprio de “quem cala consente”. Mas o presidente da Câmara e os seus vereadores sabem bem o mal que as políticas do seu partido provocaram nos felgueirenses. Por isso é que, na propaganda que espalham pelo concelho, escondem o símbolo do PSD, por isso é que criaram artificialmente uma coligação com o PPM, partido sem expressão em Felgueiras, simplesmente para não dizerem ao eleitorado que são do mesmo partido de Passos Coelho! Até o CDS se cansou das práticas de Inácio Ribeiro, rompendo com a coligação!

Por isso, votar na Coligação “Manter a Esperança” é votar no PSD, é dar força àquele partido e a Passos Coelho para continuarem, em Lisboa e em Felgueiras, com as políticas que põem o país e o concelho mais pobre! No país, Passos Coelho, do PSD, aumentou impostos e cortou nas reformas. Não cumpriu as promessas que fez aos portugueses. Em Felgueiras, Inácio Ribeiro, do PSD, pôs os felgueirenses a pagar mais taxas municipais e aumentou os custos da água e da recolha do lixo para valores dos mais altos da região. Também não cumpriu as promessas que fez aos felgueirenses. Votar no PS é dizer basta ao PSD, é mostrar um cartão vermelho à dupla Passos Coelho/Inácio Ribeiro.


16

EDUARDO BRAGANÇA | FELGUEIRAS AUTÁRQUICAS 2013

Esclarecer os Felgueirenses  

Jornal informativo da candidatura de Eduardo Bragança à Presidência da Câmara Municipal de Felgueiras. Eleições Autárquicas 2013

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you