Issuu on Google+

Agosto 2009


PALAVRA DO REITOR

APRESENTAÇÃO

NOVOS NEGÓCIOS EM SC A Associação Paranaense de Cultura – APC, mantenedora da PUCPR já há algum tempo tem o desejo de se instalar em Santa Catarina oferecendo cursos de pós-graduação e Joinvile será uma cidade pólo para isso. Representantes da Instituição e uma comitiva formada por autoridades políticas, religiosas, secretários municipais e representantes da sociedade civil do município de Joinville estabeleceram conversas e visitas técnicas para conhecer a estrutura da Universidade em Curitiba e reforçar a intenção de aproximar os municípios para essa parceria. Deu certo e esse é o momento de agradecer todo o apoio e receptividade da população durante esse período. O Instituto Católico de Santa Catarina

começa a ofertar cursos de pós graduação na cidade já no primeiro semestre de 2010 com a perspectiva da criação da Universi-

dade Católica de Santa Catarina, de filosofia Marista, oferecendo educação de qualidade e com foco no desenvolvimento humano.


FILHOS DA PUC

TERRA DE

OPORTUNIDADES O potencial de Joinville contribuiu para que fosse a porta de entrada do Instituto em Santa Catarina

PIB Joinville detém o

2º PIB

industrial per capita do país

FOTO: Nilson Bastian

J

oinville é o município mais populoso e industrializado de Santa Catarina, estado que detém o segundo PIB industrial per capita do país e ocupa o quinto lugar no ranking das exportações nacionais, com uma fatia de 5,52% do total brasileiro. Com cerca de 600 mil habitantes e diversificado parque fabril, Joinville tem mais de 700 grandes indústrias, sendo algumas as maiores do Brasil no setor. O parque fabril do município, com mais de 1.500 indústrias, emprega 58 mil funcionários e cresce em média 5,67% ano. Responsável por cerca de 20% das exportações catarinenses. Terceiro pólo industrial da região Sul, com volume de receitas geradas aos cofres públicos inferior apenas às capitais Porto Alegre (RS) e Curitiba (PR), Joinville figura entre os quinze maiores arrecadadores de tributos e taxas municipais, estaduais e federais. A cidade concentra grande parte da atividade econômica na indústria - que gera um faturamento de US$ 14,8 bilhões por ano - com destaque para os setores metalmecânico, têxtil, plástico, metalúrgico, químico e farmacêutico. O Produto Interno Bruto per capita de Joinville também é um dos maiores do país, em torno de US$ 8.456/ano.

ONDE

O Município de Joinville, Santa Catarina, possui uma área de 1.135,05 km2 sendo 212,6 km2 na área urbana e 922,45 km2 na área rural e está situado na microrregião Nordeste do Estado, a uma distância de 180 km de Florianópolis e 110 km de Curitiba.

Vida Universitária • Especial Joinville • Agosto/2009 •

3


PROGRAMAÇÃO

MOMENTO DE

CRESCIMENTO Católica de Santa Catarina promove palestra com Paulo Henrique Amorim

N

o dia 25 de agosto o Instituto Católico de Santa Catarina trouxe uma palestra com o jornalista Paulo Henrique Amorim sobre a crise econômica e o papel de Joinville na retomada do crescimento. A palestra marca o início das atividades da instituição em Joinville, que irá ofertar cursos de pós-graduação na cidade a partir do primeiro semestre de 2010. Oferecer cultura também está nos planos do Instituto. A orquestra de câmara da PUCPR, que faz parte da vida cultura da Universidade junto com o teatro, a dança e a música popular e erudita também apresentou um pouco da cultura e musicalidade que fazem parte desse projeto. No evento, representantes da PUCPR, autoridades locais, empresários e sociedade civil que participaram de todo o processo de implantação da unidade no município.

Para o diretor de operações da unidades em Santa Catarina, professor Hélio Amaral, “esse é o momento de agradecer o apoio

“Joinville recebe com prazer e satisfação a nova Universidade. Estamos felizes por Joinville ser a porta de entrada do Instituto Católico no Estado de Santa Catarina. Sabemos da tradição da PUCPR e o seu diferencial na qualidade de ensino, o que irá contribuir para o desenvolvimento da nossa cidade. Estamos otimistas e vamos fazer o necessário para que a estrutura amplie e a Universidade se consolide em nosso município.”

recebido e trabalhar para atender as expectativas da população, com a oferta de cursos conforme a demanda local”.

“A PUC, dentro da sua lógica de atuação, vai identificar o que o nosso mercado precisa, e contribuir com o desenvolvimento do município. Para isso, nós iremos oferecer a contrapartida necessária para que essa parceria se viabilize.”

Francesc Boehm, Secretário de infraestrutura Osmari Fritzm, vereador de Joinville

4 • Vida Universitária • Especial Joinville • Agosto/2009

e desenvolvimento econômico de Joinville


PALAVRAS

só o

começo

PERFIL Prof. Hélio Amaral

Ir. Frederico Unterberger comenta estratégia de expansão

H

istoricamente os irmãos Maristas estão presentes em Santa Catarina há mais de setenta anos atuando no Ensino Básico, Ensino Médio, na Ação Social e na Juventude. Com a nova estrutura administrativa dos irmãos Maristas no Brasil, o desejo de atuar no Ensino Superior tornou-se uma realidade em Santa Catarina com a implantação do Instituto Católico de Santa Catarina. O Ir. Frederico Unterberger, Diretor Institucional das Unidades de Santa Catarina, destaca a importância do momento.

Qual a expectativa da implantação do Instituto Católico de Santa Catarina em Joinville? Estamos indo para Joinville para contribuir com o desenvolvimento da região. A princípio vamos ofertar cursos de pós graduação em convênio com a PUCPR, mas temos como meta a curto prazo aprovar a oferta de cursos de graduação. Em médio prazo queremos incentivar a pesquisa e aproximação com o setor produtivo local com apoio e inovação. Como será a atuação em Santa Catarina? Joinville foi escolhida como porta de entrada no Estado de Santa Catarina pelo seu grande potencial de crescimento e desenvolvimento e muito provavelmente migraremos também para outras cidades, até que, no futuro, tenhamos a Universidade Católica de Santa Catarina.

Conheça o Diretor de operações das unidades em Santa Catarina

Muito provavelmente migraremos também para outras cidades, até que, no futuro, tenhamos a Universidade Católica de Santa Catarina.

Professor da PUCPR desde 1995, Hélio Amaral é diretor de operações das unidades em Santa Catarina. Doutorado em Ciências em Gestão, em ênfase em Gestão de Empresas Inovadoras, já foi diretor superintendente do Instituto Brasileiro de Qualidade e Produtividade e diretor da Universidade Livre do Meio Ambiente. Recentemente ministrava aulas de Consultoria em Gestão Empresarial na Escola de Negócios da Universidade. Aos 48 anos de idade, casado há 25 anos e pai de três filhos, Hélio está bastante entusiasmado com a possibilidade de participar da criação do embrião da futura Universidade Católica de Santa Catarina. O Instituto Católico de Santa Catarina está sendo criado para atender as expectativas da população e oferecer cursos de pós-graduação conforme a necessidade do mercado. Com orientação Marista, o instituto vai oferecer educação de qualidade visando a formação e o desenvolvimento humano. Vida Universitária • Especial Joinville • Agosto/2009 •

5


ENTREVISTA

DESENVOLVIMENTO

SUSTENTÁVEL Superintendente Executivo da APC fala sobre os planos em SC

S

anta Catarina é um estado com grande perfil de desenvolvimento. Os diferenciais competitivos da Associação Paranaense de Cultura – APC de excelência acadêmica, pesquisa cientifica e grande desenvolvimento tecnológico poderão contribuir no desenvolvimento regional de Santa Catarina. Além do mais, a nossa instituição tem adotado uma estratégia desenvolvimentista que, por meio de novos produtos e novos mercados visa consolidar a missão educacional Marista no Ensino Superior. A região norte de Santa Catarina permite sinergia com nossos diferenciais competitivos e está próximo de Curitiba, o que facilita o compartilhamento de professores e pesquisadores e recursos de infraestrutura técnica e tecnologia. Vale destacar que o nosso projeto não é oportunista, não é de curto prazo e não visa um acirramento da concorrência. Estamos chegando para, de fato, contribuir para o desenvolvimento de Santa Catarina numa perspectiva sustentável e de longo prazo, mesmo porque a nossa instituição é sem fins lucrativos e de caráter comunitário. Marco Antonio Barbosa Cândido – Superintendente executivo da APC

6 • Vida Universitária • Especial Joinville • Agosto/2009


FILHOS DA PUC

qualidade

total

Expansão prevê instalações com o padrão de qualidade das unidades maristas

A

Associação Paranaense de Cultura, APC, mantenedora da universidade irá expandir as suas atividades e oferta, a partir do primeiro semestre de 2010, cursos de pós-graduação no Instituto Católico de Santa Catarina, em convênio com a PUCPR.

A cidade de Joinville foi escolhida como porta de entrada no Estado. A iniciativa foi bem acolhida pela comunidade local: autoridades, comunidade religiosa e membros da sociedade civil do município. A unidade será instalada no Bairro América, em localização privilegiada e fácil acesso.

A estrutura será reformada para que abrigue confortavelmente as operações dos cursos de pós-graduação que terão início no primeiro semestre de 2010. A perspectiva é que a infraestrutura oferecida seja a de melhor qualidade, a exemplo de todas as unidades mantidas pelo Grupo Marista.

Vida Universitária • Especial Joinville • Agosto/2009 •

7


DNA

PRESENÇA

MARISTA Colégios e Unidades Sociais em SC são voltados para o desenvolvimento humano

A

Província Marista Brasil Centro-Sul engloba os Estados de Santa Catarina, São Paulo, Paraná, Mato Grosso do Sul e Distrito Federal e desenvolve diversos negócios e atividades nas áreas de Educação Básica, Ensino Superior, Editorial, Comunicação, Saúde e Assistência Social. Mais de 130 irmãos e 10 mil colaboradores trabalham para permitir que a missão Marista

8 • Vida Universitária • Especial Joinville • Agosto/2009

seja levada a milhares de crianças, jovens e adultos, por meio dos diversos organismos da Província. A ABEC/UCE, Associação Brasileira de Educação e Cultura e União Catarinense de Educação atuam na administração dos Colégios, Unidades Sociais e Casas de Formação. Em Santa Catarina são quatro colégios. A tradição pedagógica Marista tem como base a experiência e a reflexão edu-

cativa desenvolvidas pelo Pe. Marcelino Champagnat e pelos primeiros Irmãos, desde a fundação do Instituto Marista, em 1817, até os dias de hoje. São serviços e programas educacionais e sociais voltados para a criança, o adolescente e o jovem com foco na promoção da cidadania, fortalecimento da cultura da solidariedade e desenvolvimento local sustentável.


Vida SC