Issuu on Google+


4a CAPA


5eFMnew-volume 1.qxd:4eFMv4 11/08/11 13:25 Page vii

Desenho de Moda

Conteúdo Expandido Volume 1 Prefácio ............................................................ xi Introdução........................................................ xii Sugestões de ferramentas e equipamento ......... xv

Capítulo 1

Proporções da figura humana em desenho de moda Introdução........................................................ Aprendendo a figura básica ............................. Linhas de orientação........................................ O alongamento de moda e a figura ................. Interpretando a anatomia ................................ Mapa da figura humana .................................. Definição do tronco superior ........................... Definição do tronco inferior ............................ Definição do tronco ......................................... Dinâmica de pose do tronco ............................ Desenhando a figura humana à mão livre ....... Esboço rápido: passo a passo .......................... Esboço rápido .................................................. Criando a figura de perfil ................................ A figura de perfil.............................................. A pose de perfil ................................................ Encontrando equilíbrio e movimento .............. Usando uma linha de equilíbrio....................... A importância do eixo frontal ......................... Vistas posteriores ............................................. A figura “mais cheia” ...................................... Figuras de moda para gestantes ...................... Resumo/Tarefas................................................

1 2 4 6 8 10 12 16 17 20 22 24 26 28 29 30 32 34 36 38 40 42 44

Capítulo 2

Formas básicas da figura humana Introdução........................................................ 45 Desenhando pernas: estrutura e forma ............ 46

Posando pernas ................................................ Escorço: pernas ................................................ Desenhando pés ............................................... Posando pés ..................................................... Desenhando braços: estrutura e forma ............ Escorço: braços ................................................ Algumas sugestões ........................................... Desenhando mãos: estrutura e forma .............. Resumo/ Tarefas...............................................

48 50 52 56 58 60 64 66 70

Capítulo 3

Desenhando o modelo Introdução........................................................ Componentes de gestos.................................... Tronco.............................................................. Ângulos ............................................................ Linha de equilíbrio........................................... Perna de apoio e linha de equilíbrio ................ Os braços ......................................................... Resumo/Tarefas................................................

71 72 76 80 84 88 92 96

Capítulo 4

Cabeças em desenho de Moda Introdução........................................................ 97 Desenhando cabeças ........................................ 98 Desenhando a vista frontal da cabeça.............. 100 Desenhando a vista de três quartos da cabeça ....... 102 Desenhando a cabeça de perfil......................... 104 Desenhando os elementos do rosto.................. 106 A técnica do diamante ..................................... 110 Posando a cabeça ............................................. 112 Variedade de estilos para rostos e cabelos ....... 114 Desenhando o cabelo ....................................... 116 Desenhando penteados .................................... 118 Resumo/Tarefas................................................ 120


5eFMnew-volume 1.qxd:4eFMv4 11/08/11 13:25 Page viii

viii

Desenho de Moda

Capítulo 5

Desenhando homens Introdução........................................................ 121 Desenhando a figura masculina ....................... 122 A figura masculina básica ................................ 124 Comparando gestos masculinos e femininos .................................................... 126 Trabalhando com gestos .................................. 128 Proporções da figura para trajes masculinos.......... 130 Desenhando pernas de homens........................ 132 Desenhando braços e mãos de homens............ 134 Desenhando cabeças de homens ...................... 136 Desenhando cabelos de homens....................... 138 Vestindo a figura masculina............................. 140 Calças masculinas ............................................ 144 Partes superiores de trajes masculinos ........... 146 Desenhando um terno..................................... 148 Desenho clássico para traje masculino............. 150 Croquis para trajes masculinos ........................ 152

Artistas convidados: Josh Prim ......................................................... 154 Catie Donhauser .............................................. 156 Sasha Flowers................................................... 158 Ilustrações antigas de trajes masculinos: 1900 – 1930................................................ 162 Resumo/Tarefas................................................ 164

Capítulo 6

Desenhando crianças Introdução........................................................ 165 Grupos etários ................................................ 166 Bebês ................................................................ 168 Crianças de 2 a 4 anos..................................... 170 Crianças pequenas ........................................... 171 Crianças .......................................................... 172 Menino pré-adolescente ................................... 173 De pré-adolescente a adolescente ..................... 174 Desenhando cabeças de crianças...................... 176

Penteados para crianças ................................... 178 Desenhando braços e mãos de crianças ........... 180 Desenhando pernas e pés de crianças .............. 182 Croquis de crianças.......................................... 184 Estilizando crianças.......................................... 186

Artistas convidados Janet Kim ......................................................... 188 Eri Mikami....................................................... 190 Antigas ilustrações de roupas infantis: de 1920 a 1930 ........................................... 192 Resumo/ Tarefas............................................... 194

Capítulo 7

Trajes e detalhes de trajes Introdução........................................................ 195 Perspectiva para moda ..................................... 196 Desenhando saias............................................. 198 Desenhando saias godês e franzidas................. 200 Desenhado pregas ............................................ 202 Desenhando calças ........................................... 204 Desenhando decotes e golas............................. 208 Desenhando mangas ........................................ 210 Desenhando uma blusa .................................... 212 Desenhando um blazer..................................... 214 Desenhando uma jaqueta................................. 216 Desenhando sobretudos ................................... 218 Desenhando acolchoados................................. 220 Desenhando pele falsa...................................... 221 Desenhando babados ....................................... 222 Desenhando cascatas........................................ 224 Desenhando ponto smock e franzidos em série ....................................................... 226 Desenhando drapejados ................................... 227 Proporções da noiva ........................................ 228 Poses para noivas ............................................. 230 Looks para noivas ........................................... 232 Caudas de vestidos de noiva ............................ 234 Detalhes de drapejados .................................... 236 Resumo/Tarefas................................................ 238


5eFMnew-volume 1.qxd:4eFMv4 11/08/11 13:25 Page xvii

Sugestões de ferramentas e equipamento China Markers O china marker tem a forma de lápis, com um invólucro exterior de papel que deixa a ponta aparente. O branco é sempre usado sobre representações de detalhes que, de outro modo, ficariam perdidos nas camadas de tinta.

Tintas à base de água Tanto guache como aquarela se dissolvem em água; o guache é opaco enquanto a aquarela é transparente. Essas tintas são usadas para criar aguadas. Experimente ambas para encontrar com qual trabalha melhor. Há uma incrível gama de possibilidades para uso dessas tintas, que variam do intenso para o delicado em uma mesma cor. Pratique misturar a proporção de água em sua tinta vagarosamente de modo a não formar bolhas. Guache e aquarela são muito diferentes. Há outras tintas de cores brilhantes que também podem ser usadas em conjunto com aquarela.

Pincéis Há pincéis de vários tamanhos. Sua numeração vai de 0 a 12. Além do tamanho das pontas (que podem ser chatas ou redondas) estão disponíveis em diferentes tipos de pelos ou fibras. Geralmente, os feitos com pelos de animais são melhores, pois duram mais tempo, sem mancharem ou perderem a forma. Encontre um pincel que tenha corpo ou resistência à pressão e que seja adequado para atender às suas necessidades. Quando comprar um bom pincel, sempre o trate bem. Lave cada vez que o usar e deixe-o secar na vertical, sempre apoiado na parte de madeira, ou deitado, de modo que a ponta não se dobre.

xvii


5eChap1.qxd:4eChap. 01v4 11/08/11 13:31 Page 1

Capítulo Um

Proporções da figura humana em desenho de moda O

enfoque clássico para desenhar a figura humana nas belas artes inclui anatomia, isto é, os ossos, os músculos e a forma natural do corpo. Em desenho de moda, o enfoque clássico é mimético, mas usualmente evita a forma natural porque o realismo é abreviado pela idealização. Por exemplo, para representar a realidade, o artista desenha a figura com tamanho natural, tronco mais volumoso e quadris mais largos para mulheres. Inversamente, na idealização, o artista desenha a figura feminina com alongamento pouco natural, tronco menos volumoso e quadris também estreitos demais para corresponderem à realidade. Esse exagero é o que separa o desenho de moda do desenho das artes. O pintor Modigliani é uma das poucas exceções. Suas formas alongadas e delgadas excedem quase tudo dos atuais exageros da moda em termos da extensão da figura.

No Capítulo 1, você estudará todos os passos básicos do desenho da figura de moda, desde o conceito inicial, seguindo todo o caminho até a aplicação prática. Para entender esse tipo de desenho de figura, dividiremos em partes, para analisarmos a estrutura (e as indicações das linhas para costura) e as reuniremos. Este livro foi concebido para simplificar o processo de estudar as proporções em moda, assim, você poderá aprender como desenhar a figura segundo seu próprio estilo, e de acordo com os rumos que traçar. Este capítulo ajuda a descobrir uma grande variedade de métodos para desenhar a figura, desde a pose frontal ao perfil, um sistema de grade, processos de esboço rápido e desenho realista detalhado. Apresentamos uma introdução ao desenho de gestos, que, junto com análises dos desenhos de modelos contidas no Capítulo 3, irão complementar o conteúdo dos Capítulos 1 e 2.


5eChap1.qxd:4eChap. 01v4 11/08/11 13:31 Page 10

10

Desenho de Moda

Interpretando a anatomia

Esqueleto

Espiral

Gesto

Cilindro espiral

Cones

Músculos

A anatomia de moda combina métodos de esboço, estudo de figura e desenvolvimento de contorno. Os métodos de esboço o ajudam a dividir o corpo em segmentos de desenho. O estudo da figura permite explorar ossos e músculos para o interior da estrutu-

ra da forma humana. O desenvolvimento de contorno permite a percepção dos limites da figura. Esta página apresenta seis técnicas de desenho para interpretar a mesma pose. Pratique cada uma para encontrar qual é mais adequada a você.


5eChap2.qxd:4eChap. 02v4 11/08/11 13:34 Page 45

Capítulo Dois

Formas básicas da figura humana G

eralmente, desenho de moda diz respeito à interpretação da figura, à sua margem externa e à linha de contorno das curvas do corpo e dos ângulos em uma pose. Vamos deixar um pouco de lado a pose para nos concentrarmos na forma sintetizada dos braços e pernas. Em seguida, daremos atenção às mãos e aos pés. Embora essas partes sejam exageradas em comprimento, são simplificadas em forma e largura. Esse tipo de desenho não é tanto uma fórmula, mas um método, que garante bom resultado. Estudando a disposição das figuras no espaço, você irá aperfeiçoar o desenho das partes do corpo e poderá avançar para conceitos complexos (mas adaptáveis) de desenho de moda de poses mais difíceis. Escorço é o termo usado para explicar a representação do deslocamento de uma parte do corpo, de acordo como é visto. Essa inclinação ou diminuição move uma parte do corpo para mais longe ou perto de nosso olho no desenho. Por exemplo, em uma pose da perna, a panturrilha afasta-se, move-se para longe, distancia-se da

coxa. Agora a perna está dobrada e há encurtamento do joelho até o tornozelo. Em outro exemplo, a porção superior da perna até a coxa se move para frente, inclinando o joelho. Desta vez é a coxa que está diminuída da linha do biquíni até o joelho. Em cada exemplo, a porção encurtada da perna irá ser desenhada de modo diferente do usual. O desenho de perspectiva da figura de moda tem mais relação com o nível do olho do que com as linhas horizontais e verticais que se cruzam e diminuem, à medida que se afastam. O nível do olho pode ser a linha horizontal, se você considera que vê a figura acima e abaixo dessa linha. A figura poderia, então, ser vista como alinha vertical que cruza a linha horizontal ou nível do olho. Embora cada artista tenha sua perspectiva pessoal para as poses da figura de moda, neste texto consideraremos que o nível do olho está na linha da cintura. O corpo acima e abaixo do nível do olho será afetado de acordo com a pose. O mais importante, em capítulos adiante, o uso do nível do olho na linha da cintura afetará o desenho de detalhes de roupas vestidas na figura.


5eChap2.qxd:4eChap. 02v4 11/08/11 13:34 Page 62

Desenho de Moda

62

Escorço: braços Para poses de moda os ombros devem permanecer estacionários

Exterior do cotovelo Interior do cotovelo

Raio do cotovelo Rotação do cotovelo Raio do pulso

Para efeito mais radical, também elevar os ombros

A perna de apoio permanece estacionária, somente a estendida (não a de apoio) pode se mover em uma pose

Para mais realismo, músculo do braço levantado mais pronunciado

Linha de equilíbrio

Perna estendida


5eChap3.qxd:4eChap. 03v4 11/08/11 13:36 Page 71

Capítulo Três

Desenhando o modelo O

desenho de modelo é outro modo de estudar como organizar e posar a figura de moda. Nos dois capítulos anteriores, você aprendeu sobre as proporções do corpo e a forma. Este capítulo o leva ao próximo nível – a pose real, modelos vivos. Os aspectos que você aprendeu nos capítulos anteriores, sobre tronco, braços, pernas, mãos e pés, serão combinados com as lições deste capítulo sobre desenhar ângulos em uma pose. A diferença é que, anteriormente, você desenhou a partir de imaginação, dividindo a figura em unidades práticas. Agora irá desenhar a figura integral – olhando as referências reais, ao invés de inventá-las. Desenhar modelo vivo não é como copiar os traços de uma fotografia: é criar sua imagem com base em referências. Neste capítulo, você usará fotografias de modelos para decodificar e reinventar as poses e trazer a realidade de volta para a fantasia da moda. O desenho de modelo aumenta sua habilidade de traço, fundamentando seu entendimento do corpo real e fortalecendo sua conexão visual com a figura. O gesto e o sistema de grade usado neste capítulo são outro instrumento para ajudá-lo a praticar essas poses. Depois de terminar este capítulo, sua confiança em sua capacidade de desenho deverá aumentar o suficiente para encorajá-lo a tentar aquelas poses novamente sem o sistema de gesto nem o de grade, trabalhando para criar seu próprio estilo.

Há um livro exclusivamente dedicado a curso de desenho de modelo editado por Fairchild Publications. Suas bases estão nas mesmas premissas deste capítulo: o estudo do desenho por meio de poses fotográficas. Model drawing, o título do livro, inclui um CR-ROM e combina referências fotográficas com aulas ilustradas a partir de poses de homens, mulheres e crianças.


5eChap3.qxd:4eChap. 03v4 11/08/11 13:36 Page 80

80

Desenho de Moda

Ângulos Em um desenho gestual, são desenhadas três linhas no tronco: a linha do ombro, a cintura e a linha dos quadris (também chamada fim do tronco ou linha do biquíni). Essas três linhas são chamadas linhas de ação e determinam o movimento da pose quando você desenha a figura.

Aqui está um desenho gestual simples no centro à direita da página. Note como a linha do ombro, a cintura e os ângulos dos quadris estão exagerados. O modelo nesta foto de referência (acima à direta) abaixou seu ombro direito em um ângulo específico em direção ao quadril esquerdo. Esses são ângulos relacionados à cintura que você quer enfatizar no desenho. Os braços neste desenho não foram desenhados para que se possa focalizar a atenção nos ângulos dos ombros. Note que, nestas duas poses, os ângulos estão alinhados. O truque para desenhar ângulos é segui-los pelo tronco.

As linhas de ação ditam a dinâmica da pose e ajudam a estabelecer as regras de equilíbrio para o corpo. Por exemplo, o ombro pode estar baixo, no mesmo lado da figura em que o quadril está alto; o ombro baixo e o quadril alto conectados com a perna de apoio mantêm a figura de pé ereta na página.


5eChap4.qxd:4eChap. 04v4 11/08/11 13:43 Page 97

Capítulo Quatro

Cabeças em desenho de moda O

s rostos são pessoais e únicos. Cada rosto individual tem algo especial a oferecer ao artista em sua estrutura e feições. A grande variedade cria a necessidade de se fazer uma avaliação visual. Em virtude das muitas possibilidades de raça e idade, você, como artista, deverá decidir por qual tipo de cabeça e rosto irá optar, no desenho de moda. Outra questão que deverá responder é como abordará uma face complexa e tridimensional, com as simplificações de linha exigidas pela ilustração de moda. Neste capítulo, iremos explorar a estrutura básica da cabeça do mesmo modo como exploramos o corpo no Capítulo 1. A cabeça será modificada e todas as mudanças no rosto, incluindo suas expressões, serão recriadas como um tipo de assinatura gráfica. A síntese das feições em um desenho da cabeça seguirá os mesmos princípios básicos de um desenho em vista frontal, em pose de 3/4 ou de perfil, conforme explicado anterior-

mente. Depois de aprender o que desenhar em um rosto e o que deixar de lado, você estará pronto para criar seu próprio tipo de rosto. Você chegará à sua “cabeça de assinatura” porque será tão natural para você desenhá-la quanto assinar seu próprio nome. Neste capítulo, há dois métodos para criar a cabeça no desenho de moda: o sistema de grade e a técnica do diamante. Ambos os métodos o expõem a novas maneiras de observar feições faciais. Há muitas maneiras de tratar olhos, narizes e boca, e todos os métodos funcionarão, desde que você posicione os elementos uniformemente, delineando-os sobre o rosto. Depois disso, você poderá movê-los em planos e ângulos, criando poses para a cabeça. Você também será capaz de desenhar acessórios como chapéus e óculos de sol. Tudo o que você aprender neste capítulo será, então, reinterpretado em sua própria versão ao criar sua cabeça de assinatura no desenho de moda.


5eChap4.qxd:4eChap. 04v4 11/08/11 13:43 Page 119

Cabeças em desenho de moda

119

Anos 1900 “Gibson Girl”

Anos 1940 “The Pompadour”

Anos 1950 “Pajem”

Anos 1920 “Louise Brooks”

Anos 1960 “Colmeia”

Looks de época

Anos 1930 Ondulado

Anos 1970 Afro

Os penteados, como tudo mais no mundo da moda, são alvos de tendência. Esta página é prova de que a moda de uma década pode ser identificada por um dado penteado. Poderia ser um look em dado espaço de tempo, ou possivelmente um look que tem sido repetido ou refinado, mas não necessariamente visto antes de um período definido de tempo.


5eChap5.qxd:4eChap. 05v4 11/08/11 14:18 Page 121

Capítulo Cinco

Desenhando homens T

odas as fórmulas básicas de moda para completar a figura masculina em desenho de moda estão incluídas neste capítulo. Cada página irá direcionar sua atenção para proporções e estrutura. As ações de desenhar e vestir a figura masculina foram simplificadas para ajudá-lo a dominar os elementos básicos. Depois de aprender o básico, você estará habilitado a criar sua própria versão da figura masculina. Desenhar a figura masculina em desenho de moda é trabalhar com um corpo idealizado, como você fez com a figura feminina. Novamente, a figura exagera ou imita a forma humana, ainda que destituída da maioria dos elementos do corpo humano. Quando aprender como desenhar e criar

um tipo genérico de figura masculina para moda, você poderá trabalhar desenhando uma figura mais realista que preencha suas necessidades. Você deverá explorar desenhos com a realidade complexa de uma figura viva e a simplificação da figura estilizada em desenho de moda. Depois que fizer isso isso, você poderá criar sua própria versão artística da figura em seu estilo pessoal. Além das distinções óbvias de gênero, este capítulo também ilustrará os padrões de desenho da forma masculina em comparação aos da forma feminina. Você deverá lembrar como ajustar as realidades sociais entre os sexos, separando o masculino do feminino no desenho. O desenho não representa a vida real.


5eChap5.qxd:4eChap. 05v4 11/08/11 14:19 Page 138

138

Desenho de Moda

Desenhando cabelos de homens Como tudo mais, os cabelos das figuras masculinas de moda mudam com as tendências. Longos e arrepiados estão no auge em uma estação para estar fora na outra. Costeletas sobem e descem abaixo das orelhas. Cabe a você decidir o que melhor convém ao cabelo de sua figura masculina ou, até, se será calva ou barbeada. Para a maioria

das ilustrações de moda, o cabelo não é o ponto focal, então, é quase sempre estilizado e representado de modo conciso. O cabelo pode ser desenhado com formas minimalistas, usando poucas linhas, ou de modo pouco realista, só indicando direção. Cada versão parecerá correta se o cabelo corresponder ao estilo do desenho.

Pontos e traços

Linhas curvas

Caneta de ponta Marcador colorido de ponta fina Marcador colorido de ponta larga

Linhas denteadas

Linhas crespas

Linhas retas

Linhas angulares


5eChap6.qxd:Chap6v4 11/08/11 14:16 Page 165

Capítulo Seis

Desenhando crianças D

esenhar crianças pode ser um desafio para um artista. Como se pode expressar a suavidade e o ar de inocência das crianças no papel? Ao desenhar crianças, o artista deve captar a natureza da juventude. Desenhar crianças usando modelos reais é tão prazeroso quanto frustrante. Suas melhores poses acontecem em segundos e perdem-se. Somente uma foto capta o momento que precisa ser salvo, por isso, a figura de moda de crianças sempre é feita a partir de fotos. Entretanto, desenhar crianças para ilustrações de moda não é sempre uma questão de pose. Mais frequentemente, desenhar crianças depende da faixa etária em que estão. Idade é tudo em moda, porque dela depende o tamanho (altura), e altura é uma ferramenta de moda para o marketing ou para as roupas projetadas. Em benefício de espaço e tempo, áreas especiais como braços, pernas, mãos e pés serão desenhadas somente em um grupo de idade. Usar passos básicos ou fórmulas para essas áreas ajuda a tarefa de desenhar crianças de qualquer idade.

Será somente questão de optar por tamanhos maiores para crianças mais velhas e menores para as mais jovens. Este capítulo ajuda você a desenhar os elementos básicos de trajes para figuras infantis. São as mesmas vistas de poses da figura feminina e masculina, mas aqui você aprenderá como dar mais dinamismo, ar de brincadeira e certa aparência desajeitada para a pose frontal, para a de 3/4 e para a de perfil de crianças. Ao contrário dos adultos, as crianças quase nunca têm pescoço; elas têm braços e pernas engraçadinhos, gorduchos, assim como barriguinhas redondas, que nunca estarão na moda, exceto nas roupas para crianças. Diversão e surpresa podem ser incorporadas quando você desenha crianças. Juntamente com o aprofundamento de técnicas de desenho, este capítulo inclui um mostruário de artistas convidados e referências históricas para ilustrações de roupas de crianças e de projetos. Essas imagens irão introduzi-lo em diversas possibilidades de escolhas de estilos para desenhar crianças.


5eChap6.qxd:Chap6v4 11/08/11 14:16 Page 170

170

Desenho de Moda

Crianças de 2 a 4 anos As crianças de 2 a 4 anos conseguem ficar de pé. Isso as separa dos bebês, que somente sentam em seus desenhos. Essas crianças, como os bebês, têm cabeças grandes, pescoços escondidos e troncos gorduchos, com barriguinhas redondas e engraçadinhas. Desenhar crianças desse grupo etário, de

pé e andando, mantendo-as pequeninas e roliças, deixará claro que não são mais bebês, mas também ainda não são crianças maiores. Essas mudanças de proporções são um desafio, mas sua prática é também um grande prazer.

Idade: 2 a 4 anos Tamanho: 2 a 4

0 Cabeças de altura

Tórax

1

Cabeças de largura

2

Barriga Quadris

3

4 Cabeças de altura e de largura para proporções de crianças de 2 a 4 anos

Linha de equilíbrio também para poses de crianças

As barrigas arredondadas são adequadas para trajes infantis

Nessa idade, o tronco se divide em três partes iguais: tórax, barriga e quadris


5eChap7.qxd:4eChap.07v4 11/08/11 14:25 Page 195

Capítulo Sete

Trajes e detalhes de trajes A

té aqui, gravidade e ângulos foram usados exclusivamente para desenho da figura. A gravidade foi usada para o equilíbrio que faz a figura permanecer de pé na página. Ângulos criaram a dinâmica entre a linha do ombro e a do quadril na figura, na medida em que a figura é movimentada . Neste capítulo, são usados ambos os elementos e a perspectiva simplificada, que irão ajudá-lo a desenhar e vestir a figura. O detalhamento de decotes, colarinhos e punhos será incorporado às peças básicas como camisas e blusas simples, assim como calças e saias fáceis de desenhar. Embora vestir a figura de cima a baixo geralmente seja definido como uma linha vertical, esse capítulo também cobre a linha horizontal de vestir, em que a perspectiva simplificada é aplicada. A perspectiva adiciona dimensão à figura. O desenho de moda empresta da perspectiva o conceito de nível dos olhos que permeia a figura. O nível dos olhos é interpretado por meio de linhas côncavas e convexas que circundam a

figura à maneira do tecido. Isso irá mudar seu desenho do plano para o modelado, transformando o ato de vestir a figura em um processo criativo, bastante compensador. Neste capítulo, você aprenderá como desenhar tecido em pregas livres sobre os contornos do corpo. Esse tipo de material drapejado foi usado na Grécia clássica, na arte romana e na estatuária. Você pode estudar esse aspecto da História da Arte para entender sua relação direta com a ilustração de moda. A pesquisa em quase qualquer período da história ou da arte irá proporcionar referências maravilhosas que você poderá aplicar em suas próprias ilustrações e técnicas de design para moda. Artistas como Sargent ou Ingres lhe darão exemplos incríveis de tecidos drapejados e pregueados em seus trabalhos. Olhar obras em museus irá inspirar sua imaginação assim como ajudará você a aprender o intrincado desenho dos tecidos nas figuras.


5eChap7.qxd:4eChap.07v4 11/08/11 14:26 Page 232

232

Desenho de Moda

Looks para noivas Qualidade de traço 1 Ponta ultrafina 2 Ponta regular 3 Com 20% de tinta colorida

A construção da noiva pode incluir camadas como as de bolo de noiva ou com indicações técnicas para detalhamento elaborado de pregas, renda ou bordado. A melhor solução é dividir o desenho em seções, facilitando sua execução.

1 2 3

Trabalhar nos detalhes de drapejamento em uma unidade por vez Caneta de ponta regular: contorno

Volume

A Caneta de ponta ultrafina: construção

Franzidos

B

Aplicação de 20% de tinta colorida: sombra/luz

C

Forma

Final Trabalhando na construção dos detalhes


INOVAÇÃO E EXCELÊNCIA EM

DESIGN DE MODA


Desenho de Moda Vol. 1