Page 1


2


3


4


5


6


7


Publicação mensal do GRUPO BOXCOM DIRETOR RESPONSÁVEL Alessandro Rios - MTB 31.649 DIRETORA ADMINISTRATIVA Kelly Rios DEPTO. COMERCIAL Fabiano Rios Juliana Siqueira ASSESSORIA JURÍDICA Dr. Daniel Figueira de Barros PUBLICIDADE 19 3039.7509 contato@revistacondominios.com IMPRESSÃO Gráfica Mundo TIRAGEM 6.000 exemplares PERIODICIDADE Mensal CIRCULAÇÃO Distribuição gratuita em 96 condomínios PONTO DE VENDA Revista Condomínios Rua Alferes Franco, 920 | Sala 4 | Centro Limeira - SP Os anúncios e informes publicitários são espaços adquiridos pelos anunciantes e seu conteúdo é de inteira responsabilidade de cada um deles, cabendo à Revista Condomínios apenas reproduzi-los nos espaços comercializados. A opinião dos colaboradores não reflete necessariamente a opinião da revista. Matérias assinadas são de responsabilidade de seus autores.

Editorial

Alessandro Rios

alessandro@revistacondominios.com

Leia a Revista Condomínios pela internet: www.grupoboxcom.com.br

8

’’

É claro que só poderíamos começar o Editorial agradecendo a todas as pessoas que nos desejaram um Feliz Ano Novo. Esperamos que todas essas energias positivas também recaiam não só sobre os que nos cercam, mas sobre todo o planeta. Que em 2013 possamos ter um mundo mais justo, fraterno e feliz. E como o tempo não para, cá estamos para apresentar a você, caro leitor, mais uma edição muito especial da Revista Condomínios. A matéria de capa é com a belíssima Paloma Bernardi - a Rosângela de “Salve Jorge”. Dona de um olhar hipnotizador, ela conta como se preparou para interpretar a personagem e como lida com sua sensualidade. Vale a pena conferir! A edição deste mês também traz Danilo Gentili falando sobre seu sucesso na Band, os cuidados com o carro antes de pegar a estrada, os atrativos turísticos do Chile, os detalhes sobre como empresas on-line “capturam” dados pessoais e muitos outros assuntos essenciais para quem deseja se manter bem informado. E olha que o ano está só começando. Feliz 2013 a todos e até a próxima edição!

Kelly Rios

kelly@revistacondominios.com


ÍNDICE

10 Viagem de férias

Revisão preventiva deve incluir sistema de ar-condicionado

26 Internet

Especialista revela como algumas empresas “capturam” dados pessoais

50 Paloma Bernardi

Conheça o perfil da vilã mais bela e sensual da TV Brasileira

COLABORADORES 13 Dr. Manoel Francisco de Oliveira Filho 20 Enrico Ferreri Ceneviz 24 Dr. Fernando Rodrigues Pinto 28 Lucas Brum 35 Julianna Zamper Noschang 37 Ana Karina Giusti Mantovani 40 Bárbara Spagnol S. C. Aires 44 Dr. Luiz Ricardo Menezes Bastos

62 Saúde

Aprenda a descobrir se o seu filho está precisando de óculos

64 Henry Ford

A trajetória de um dos maiores nomes da indústria automobilística

94 James Bond

Saiba mais sobre o carro mais famoso do agente 007

22

48 Valter Garcia Júnior 49 Tony dos Santos 52 Dr. Roberto Canton 77 Dra. Stella M. F. Pranzetti Vieira 85 89 93 96 97

Dra. Patricia Milaré Lonardoni Cassia Reis Fabiana Massaro e Alessandra N. Queiroz Andréa C. Bombonati Lopes Émerson Camargo

72

46

Capa PALOMA BERNARDI (atriz da Rede Globo) FOTO: PEDRO PAULO FIGUEIREDO/CZN

9


Dica

VIAGEM DE FÉRIAS

Revisão preventiva no veículo deve incluir reparo de trincas no para-brisa e inspeção do sistema de ar-condicionado por Belisa Frangione/AE | foto: Shutterstock

S

e você ainda pretende viajar neste início

que esse serviço deve incluir o quinto pneu, o

de ano, é importante fazer uma revisão

estepe”, ressalta.

no veículo antes de pegar a estrada. De

“A calibragem deve ser feita antes de pegar a

acordo com o diretor do Sindirepa - sindicato

estrada”, diz o engenheiro de produto da Miche-

que reúne reparadoras - Antônio de Oliveira, a

lin América do Sul, Flávio Santana “A quantidade

inspeção deve começar por itens como limpa-

de libras em cada pneu deve seguir a recomen-

dores de para-brisa, sistema de freios, parte elé-

dação do manual do proprietário do veículo.”

trica e calibragem dos pneus. “Não se esqueça

10

O diretor técnico da Associação Brasileira de


Engenharia Automotiva (AEA) Marcus Vinícius Aguiar

se liga o ar-condicionado do carro que ficou muito

diz que o “coração” do veículo também pede cuida-

tempo exposto ao sol podem piorar a situação de um

dos especiais. “Verifique o nível de todos os fluidos

vidro que já tem trincas”, explica Daniel Capeloza, di-

do motor e se há vazamentos”, completa.

retor de marketing da Carglass, fabricante de vidros.

Alguns cuidados também são necessários após

O reparo de trincas parte de R$ 109. Já a substi-

voltar do período de

tuição do para-brisa vai

viagem. “É ideal que

de R$ 240 a R$ 5 mil,

o veículo passe por

dependendo do tipo

uma nova revisão, já

de veículo.

que algum problema

Também antes de

pode ter surgido pelo

pegar a estrada, é acon-

caminho”,

selhável trocar o filtro

aconselha

Marcos do Amaral, da

do

Oficina Brasil.

“Como o uso do ar é

Especialistas pedem

ar-condicionado.

mais intenso no verão,

atenção também quanto a possíveis trincas no para-

preste atenção se há mau cheiro e se o sistema de-

brisa. O problema, de fácil solução, pode se agravar no

mora para funcionar. Pode ser acúmulo de matéria

verão.

orgânica”, fala o gerente da micronAir, Carlos Matos.

“Nessa época de viagens, as pedrinhas que voam em direção ao para-brisa e o choque térmico quando

O preço do filtro do ar-condicionado pode variar de R$ 18,60 e R$ 71,30, em média.

11


12


Saúde Bucal

IMPLANTE TIPO PROTOCOLO MANDIBULAR Dr. Manoel Francisco de Oliveira Filho Cirurgião Dentista graduado pela USP e especialista em Prótese Dental Consultório: 3451.8769

O Implante Carga Imediata tipo Protocolo Mandibular é um procedimento cirúrgico, pelo qual conseguimos restabelecer todos os dentes da arcada inferior do paciente, dentro de um prazo estimado de 48 a 72 horas. O método é indicado para pessoas que estão perdendo os dentes inferiores, seja por problemas na gengiva, cárie ou trauma. Também pode ser utilizado nos casos em que a pessoa não consegue mais mastigar bem os alimentos – situação que pode provocar problemas de digestão. A cirurgia é pouco invasiva e bastante tranquila. Utilizamos

medicações pré-operatórias que garantem maior conforto ao paciente, reduzindo de forma bastante significativa a ocorrência de dores e edemas. Dentro do prazo de dois, ou no máximo três dias, o paciente já estará recuperado e pronto para voltar a mastigar, levando uma vida normal. Vale ressaltar que esse tipo de procedimento proporciona benefícios tanto no aspecto funcional quanto estético. Isso significa dizer que, além de poder voltar a mastigar e sentir o sabor dos alimentos, o paciente terá um sorriso bonito e bastante natural. É a beleza aliada à funcionalidade.

1. Prótese total removível superior e prótese total fixa inferior instalada

2. Aspecto final do sorriso após a instalação das próteses

13


Foto: Inez Miranda

Cassiana Fagoti (abaixo) e flashes de evento realizado recentemente pela Alpa no Europa Pub, em Limeira

14

Alpa: eventos ajudam a manter entidade A Designer de Interiores Cassiana Fagoti assumiu uma missão: propagar a importância da posse responsável de animais de estimação. Desde que passou a fazer parte da Alpa, ela tem ajudado a promover ações que visam garantir o bem-estar de mais de 300 animais abandonados que hoje vivem em um abrigo mantido pela entidade. “As despesas da entidade são muito altas e dependemos do apoio da população para mantermos nosso trabalho”, afirma Cassiana. Os interessados em fazer doações podem entrar em contato pela internet: www.facebook.com.br/ALPA.Limeira


15


16


17


Mercado

Produtos orgânicos

Conheça a história de empresários que investiram nesse segmento e se deram bem por Cris Olivette (de São Paulo)/AE | Ilustração: Shutterstock

O

mercado de produtos orgânicos vem

pouco explorado, voltado à internet, e que

possibilitando a empreendedores

proporcionasse ganhos sociais. “Conseguimos

idealistas, que desejam difundir a ali-

englobar tudo isso ao criar o e-commerce Vida

mentação saudável e estão preocupados com

18

Saudável Orgânicos”, diz Guerra.

questões socioambientais, um campo fértil de

Segundo ele, a certificação de produtos

atuação. Os sócios Felipe Guerra e Alexandre

orgânicos não procura apenas evitar o uso de

Viola, por exemplo, desejavam criar um negó-

agrotóxicos. “Ela vai além, observando com

cio ligado a sustentabilidade, com potencial

rigor o lado social das relações trabalhistas.”


O empresário conta que o Vida Saudável possui 450

fazem a entrega, a empresa encaminha os produtos

produtos cadastrados, produzidos por sete fornece-

fresquinhos para o cliente.

dores. “Como muitas culturas são sazonais, no momento estamos com 268 produtos ativos.”

Outro ramo que está crescendo nesse mercado é o de padarias orgânicas. Entre elas está a Padaria

Formado em tecnologia da informação, Guerra

Artesanal Orgânica Pão. Criada em 2007 pelo em-

afirma que o investimento inicial foi de R$ 2,5 mil.

presário Rafael Rosa, a marca conta hoje com cinco

“Optamos por um modelo de negócio com baixo in-

unidades. E a sexta será inaugurada em janeiro. “Eu

vestimento. O maior custo seria com a concepção do

me alimento dessa forma, portanto, seria muito con-

sistema de e-commerce, mas eu mesmo desenvolvi

traditório vender produtos não orgânicos aos meus

a ferramenta.”

clientes.”

Outra estratégia que barateou o custo de opera-

Rosa conta que o investimento para criar a pri-

ção foi a opção de evitar manter produtos em esto-

meira loja foi de R$ 160 mil. “O retorno veio em um

que. “Segundo o conceito da agricultura biodinâmi-

ano. Comecei o negócio com três funcionários e hoje

ca, os alimentos devem ser consumidos logo após

tenho 50.” Segundo ele, um dos grandes desafios no

a colheita para preservar o valor nutricional, por isso

início do negócio foi encontrar fornecedores. “Hoje,

trabalhamos com prazo de entrega de dois dias.” De-

melhorou muito. É impressionante como a oferta

pois de receber as encomendas, os pedidos são re-

de produtos orgânicos aumentou nos últimos cinco

passados aos fornecedores. Assim que os produtores

anos aqui no Brasil”, cita.

19


Artigo

Internet nos condomínios: comunicação on-line gera novos modelos de gestão A era digital revolucionou a

via de boleto, atas de assem-

net, e ainda pode incentivar

forma de se comunicar, relacio-

bleias, comunicações internas,

os moradores a participar das

nar e fazer negócio. Há alguns

convenção/estatuto, fale com

ocorrências por meio de ferra-

Bacharel em Administração de Empre-

anos atrás, tivemos a ideia de

o síndico, gráficos de despe-

mentas da web, evitando-se,

sas e Ciências Contábeis Especializa-

criar um canal - um portal na

sas, enquetes, dentre diversos

muitas vezes, reuniões longas

web - para auxiliar a gestão dos

outros. Muitos problemas e dú-

e exaustivas. O que é falado,

condomínios e promover a co-

vidas são solucionados via por-

reclamado ou sugerido on-line

municação.

tal, a qualquer hora do dia ou

pode pautar as condutas ado-

Esse canal já acumula gran-

da noite, sete dias por semana,

tadas no dia a dia.

de número de usuários, sendo

não havendo a necessidade de

Muito importante salientar

que síndicos e condôminos po-

o condômino se deslocar até a

que as informações são atuali-

dem ter acesso mediante iden-

administradora ou aguardar o

zadas diariamente, ou seja, tão

tificação, por meio de um login

atendimento telefônico.

logo tenhamos as informações,

Enrico Ferrari Ceneviz Diretor geral do Grupo Mercúrio

ção em Administração de Condomínio, Qualidade e Produtividade www.grupomercurio.com.br

Envie suas dúvidas Acesse nossa página na internet: www.grupomercurio.com.br Na Divisão Administração de Condomínios, envie sua pergunta pelo campo “Contato”. As dúvidas mais frequentes serão selecionadas e publicadas nas próximas edições.

20

e senha cadastrados no próprio

Essa poderosa ferramenta

elas já estarão publicadas no por-

portal, em um ambiente segu-

possibilita ao síndico e ao con-

tal! Visite www.grupomercurio.

ro, o qual oferece uma extensa

dômino verificar a situação do

com.br e conheça tudo o que se

gama de informações, como

condomínio de qualquer lugar

encontra à sua disposição e que,

balancetes contábeis, segunda

onde ele tenha acesso à inter-

muitas vezes, não é utilizado.


21


Chile

Uma viagem entre geleiras, montanhas e belas paisagens por Júlio César Barros/AE | foto: Shutterstock

medida que o catamarã se aproxima da ge-

À

Uma das principais atrações da parte norte da Pa-

leira San Rafael, os estalos ficam mais fortes.

tagônia chilena, que os brasileiros ainda visitam pou-

Pouco depois, instalados em botes infláveis,

co, o glaciar San Rafael tem 2 quilômetros de largura

os turistas estarão diante de um fenômeno belo e

e 80 metros de altura. Fica a 13 horas de São Paulo,

arriscado: pedaços de gelo com tamanhos que va-

divididas em três voos (a Santiago, Puerto Montt e

riam entre o de um carro e o de um prédio de cin-

Balmaceda) e traslado à cidade de Puerto Chacabu-

co andares se desprendem do paredão e caem na

co, ponto de hospedagem e partida de passeios.

água. O estrondo lembra um trovão.

22

A aventura rumo ao Parque Nacional Laguna


San Rafael começa cedo, às 7 horas. O catamarã Chai-

sam os 20 graus.

tén (www.catamaranesdelsur.cl; por US$ 420, com

No interior do Chaitén, o clima é aquecido e

café, almoço, petiscos e bebidas) navega entre ilhas

animado por música, dança, vinho e frutos do mar

desertas com praias virgens e árvores centenárias.

- pernas de caranguejo, salmão, camarão. A estre-

São cinco horas de viagem durante as quais não se vê

la do passeio é precedida por blocos de gelo cada

sinal de civilização, casa, estrada ou desmatamento.

vez mais numerosos no estreito canal. Icebergs de-

Uma cachoeira brota na mata, para logo desapa-

nunciam suas idades pela coloração: quanto mais

recer na floresta densa. Montanhas nevadas se ele-

azulado ou transparente, mais antigo. Muitos têm

vam a mais de 2 mil metros acima do nível do mar.

milhões de anos. Focas-leopardo observam nossa

Maciços de rocha e gelo se destacam no horizonte

aproximação.

predominantemente verde. Coberto por neve eter-

Mas só compreendemos a real dimensão de San

na, o vulcão Maca, com silhueta escarpada, lembra

Rafael quando o guia explica que a massa de gelo

um lápis apontado com estilete - cumes pontiagu-

que avança sobre o mar é apenas uma pequena

dos são formações recentes. Maca é uma montanha

porção do Campo de Gelo Norte, um gigante que se

jovem.

estende por mais de 4,5 mil quilômetros quadrados

Fartura - O norte da Patagônia chilena (foto) tem

dentro do parque nacional. Depois da navegação

clima úmido e frio, com temperatura média de 9

nos botes infláveis, os guias ainda servem uísque

graus ao longo do ano. Entre novembro e fevereiro,

com pedras de gelo de San Rafael. Perfeito para fe-

os dias são mais quentes - eventualmente, ultrapas-

char um dia inesquecível.

23


Saúde Bucal

Reabsorções Radiculares e Implantes Dr. Fernando Rodrigues Pinto Graduado pela FOP UNICAMP Mestre e Doutor em Periodontia (FOP UNICAMP) Prof. Especialização em Implantes (APCD Piracicaba) Prof. Curso Excelência em Perio-Implantodontia / São Paulo Fone: 3444-0930

24

As reabsorções radiculares caracterizam-se por uma reação do organismo, que começa a considerar a raiz como se fosse um corpo estranho e inicia um processo de reabsorção que pode ocorrer de fora para dentro e também, em alguns casos, ser interna. A externa é a mais comum e sua principal causa está relacionada a acidentes com trauma nos dentes, principalmente os anteriores. Normalmente, sua evolução é lenta e gradual, mas todo dente com histórico de trauma severo, principalmente em casos de reimplante dental, deve ser acompanhado regularmente com avaliação clínica e radiográfica. O processo, uma vez iniciado,

1.

3.

2.

4.

dificilmente poderá ser revertido e o dente invariavelmente estará condenado, e sua substituição por implante consiste na melhor indicação. Nesses casos, após uma correta avaliação clínica e tomográfica (figura 1 e 2), o melhor planejamento, quando possível, é implante imediato associado à instalação de um provisório imedia-

to para manter a arquitetura e formato da gengiva que circunda esse implante. Muitas vezes, a própria coroa do dente a ser extraído pode ser usada como provisório (figura 3 e 4), pois ela apresenta o formato mais natural para a manutenção dos tecidos, garantindo uma harmonia para uma posterior finalização do caso.


25


Tecnologia

ESPIÕES VIRTUAIS

Entenda de que forma seus dados pessoais são “capturados” por empresas que atuam na internet por Vinicius Felix/AE | foto: Shutterstock

A

lém de todas as informações que você pu-

número de telefone ou cartão de crédito e também

blica on-line porque deseja - fotos, textos,

informações armazenadas automaticamente, como

e-mails - as empresas recolhem uma ava-

informações do seu dispositivo, seu registro e locali-

lanche de informações pessoais suas de maneira

zação. Só o Skype contabiliza 18 categorias diferentes

automática, logo após você aceitar os termos de

dos tipos de informações que coleta de você.

uso e a política de privacidade delas ao entrar para um serviço.

26

As especificações de cada empresa quanto ao que é coletado estão disponíveis nos termos de pri-

O Google, por exemplo, coleta dados fornecidos

vacidade, embora poucas pessoas realmente aten-

por você mesmo, como nome, endereço de e-mail,

tem para os detalhes. Alguns textos são mais claros


e objetivos, outros são mais longos e complicados,

Já é claro que os dados públicos na internet são

mas todos devem ser lidos com atenção. Afinal, se

incontroláveis. E as empresas têm consciência disso.

trata de um acordo com valor legal. “É a partir dos ter-

As regras de privacidade dos serviços enfatizam: não

mos de uso que você vai afirmar se uma atitude dos

iremos nos responsabilizar pela atividade de tercei-

sites é abusiva ou não”, diz o advogado Victor Haikal,

ros, nem pelo uso indevido por parte do usuários.

especializado em direito digital.

Isso não significa que as empresas sejam irres-

Serviços maiores como o Google e o Facebook,

ponsáveis, como esclarece Haikal: “Eles dizem que

que recolhem uma quantidade maior de dados, exi-

não podem garantir a segurança dos dados por cau-

gem atenção redobrada, já que podem guardar infor-

sa da possibilidade de um ataque, por exemplo, uma

mações sigilosas, conteúdos de seus e-mails etc.

invasão de um computador, mas não é porque existe

Já serviços mais práticos, como WhatsApp, são mais simples. Seus termos informam claramente que o aplicativo não retém em seus servidores nenhuma mensagem transferida entre os usuários.

esse potencial de risco que eles não tomam precauções necessárias.” Afinal, não é de interesse das empresas on-line, principalmente de redes sociais, manchar a relação

Toda mensagem enviada pelo serviço é apagada

de confiança com os usuários Para o especialista na

imediatamente depois de ser transmitida e entregue.

área, Kurt Opshal, a força da política de privacidade

Uma mensagem que não chega ao destino fica guar-

está diretamente relacionada à confiança do usuário

dada no máximo por 30 dias. Devido a todos os riscos

na ferramenta. Embora, em sua opinião, essas polí-

envolvendo um possível constrangimento ou o va-

ticas funcionem mais como um termo de limites de

zamento de informações sigilosas eles avisam: “Use

responsabilidades do que uma real promessa de pro-

este aplicativo apenas por diversão”.

teção do que é sigiloso.

27


Artigo Lucas Brum

Editor de imagens da Rede TV e Record comentarista de entretenimento

O oriente nos reserva inúmeras surpresas. Culturas milenares se mesclam na antiga - e nova - China; o Japão encanta a todos com sua educação, senso de organização e tradição que vão das cerejeiras aos animes, games e tecnologias soberbas; o cinema, apesar de pouco difundido, não fica atrás. Ang Lee já se tornou mainstream. O diretor de origem taiwanesa deu novo sentido às cores em “O Tigre e o Dragão” e contou uma história de amor entre dois cowboys sem chocar a audiência em “Brokeback Mountain”. Agora é a vez da adaptação do livro indiano “As Aventuras de Pi”. O filme não é uma aventura de sessão da tarde. Costumo dizer que ele pode ser assistido por muitos, mas sentido em sua plenitude por poucos. A história narrada em flashback pelo próprio Pi conta o dra-

28

O ENCANTO DO GAROTO PI Novo longa de Ang Lee é incrível ma de um naufrágio que ele sofreu com sua família quando deixou a Índia com os animais do zoológico que possuíam em busca de uma nova oportunidade na América. O naufrágio é um plot importantíssimo na trama para uma viagem religiosa e filosófica, que flerta com diferentes crenças de maneiras amistosa e elegante. Pi vai viver inúmeras horas em um barco, ilhado no mar com a companhia de um tigre, aqui chamado de Richard Parkson. A jornada de respeito, luta e perseverança confunde o telespectador, assim como o leitor da obra original, e culmina em mostrar a dureza da vida como um soco na boca do estômago, nos devolvendo ao mundo real acreditando no mundo de novo. E na beleza, no amor, na fé e na esperança. Saí do filme sentindo a alegria

plena de ter sido exposto à arte no seu sentido mais puro e mais poético. Porque a gente pode contar a mesma história, a mais triste que seja, com ou sem poesia, com ou sem amor. Haverá sofrimento das duas formas, mas cabe a nós escolher de que maneira vamos mostrá-la ao mundo. É o meu filme favorito ao Oscar e imprescindível pra qualquer um que se considere vivo por dentro.


29


Automobilismo

FÓRMULA 1

Sebastian Vettel, o mais jovem tricampeão da modalidade, aos 25 anos, será um dos destaques da competição deste ano

Que tal se programar para assistir a um dos GPs de 2013? por Felipe Mortara/AE | foto: Shutterstock

F

30

anatismo e paixão correm, chutam e até gol-

Nesse ponto, os fãs de Fórmula 1 são privilegiados:

peiam juntos quando se trata de acompanhar

há 20 oportunidades ao longo do ano, pelo mundo

seu esporte favorito. Que louco por lutas não

todo, para ver de perto os carros passarem em alta ve-

quer acompanhar a batalha pelo cinturão do UFC a

locidade - a primeira é em Melbourne, na Austrália, de

poucos metros do octógono? Reunimos alguns even-

15 a 17 de março.

tos esportivos mais concorridos do ano para você se

Mas poucos circuitos contam com o fascínio de

programar desde já - e conciliar as datas das principais

Monte Carlo (26 de maio), em Mônaco, no qual a prova

competições com a escolha do seu destino de férias.

é realizada nas ruas da cidade. Ok, convenhamos que


conhecer essas curvas de dentro de um carro de Fórmula

Exclusividade, aliás, se encontra em todas as pro-

1 é uma sensação que poucos vão experimentar na vida.

vas da temporada no Paddock Club, camarote oficial

Porém, diversas empresas alugam Ferraris e Lambor-

que oferece tudo do bom e do melhor, o mais próxi-

ghinis para que qualquer um - com ou sem carteira de

mo possível dos boxes. Por preços a partir de US$ 3.450

motorista - possa circular por lá a bordo de um esportivo

(R$ 7.171), tem-se livre acesso à pista e visita guiada às

potente.

principais escuderias, além de almoço e open bar de

A Elite Rent (eliterent.com) oferece diárias numa Fer-

champanhe.

rari California a partir de 1.050 euros (R$ 2.878). Quem

Para não precisar de muito mais do que um lugar

busca modelos mais sofisticados encontra na Just 4 Vip

naquele ótimo ponto de ultrapassagem, no site oficial

(just4vip.com) a novíssima Ferrari Enzo pela bagatela de

(formula1 com/tickets_and_travel) há ingressos e paco-

13.501 euros (R$ 37 mil) por dia. Também há tours desde

tes com hotel e aéreo para os 20 circuitos do mundial.

59 euros (R$ 162) por 15 minutos na Liven Up (livenup.fr), para ocupar o banco do passageiro.

Operadoras brasileiras também oferecem pacotes para as corridas. Na Top Brasil (topbrasiltur.com.br),

Quer ver a prova de perto? Acelere: ainda há ingressos

quatro noites em Barcelona para o GP da Espanha (12

desde 70 euros (R$ 192) no site formula1monaco.com.

de maio) com aéreo, hospedagem e ingresso custam

Há ainda outras maneiras de acompanhar o circuito. As

desde US$ 2.499. Cinco noites em Mônaco, com ingres-

finanças não estão boas? Veja os treinos das equipes, re-

sos para terraço vip, saem por 7.300 euros o casal na

alizados antes do domingo do Grande Prêmio, gratuita-

Tereza Ferrari (terezaferrariviagens.com.br). Já a Teresa

mente. Se dinheiro não for problema, você pode assistir a

Perez (teresaperez.com.br) e a TAM Viagens (tam.com.

tudo de um iate no porto, com direito a serviço vip - nada

br) têm pacotes para provas como Silverstone e Monza,

por menos de 1 mil. Mais: grand-prix-monaco.com.

com preços sob consulta.

31


32


33


34


Artigo Julianna Zamper Noschang

Psicóloga especialista em Terapia Cognitivo Comportamental Rua Santa Cruz, 876 sala 72 Fone: 81251215

Mudar a maneira de pensar é um remédio eficaz contra doenças como a depressão e dor crônica.

A força da mente ções e aprimorando o comportamento. Coisas como não ser capaz de falar “não” aos outros, ou “não vou conseguir”,

e comportamentos e sim o que pensamos sobre eles, ou seja, a interpretação que fazemos.

Baseado na premissa de que senti-

são pensamentos automáticos e quase

Assim, o objetivo da terapia não é pro-

mentos e reações comportamentais são

sempre inconscientes, derivados de cren-

curar pelos traumas e frustrações do pas-

consequências de pensamentos criados

ças disfuncionais que determinam o com-

sado para descobrir o que deu origem ao

por determinadas situações, a Terapia

portamento e que limitam os pacientes.

transtorno e sim trabalhar os pensamen-

Cognitivo Comportamental (TCC) defen-

Utilizada contra uma gama ampla de

tos atuais e crenças que levam a funcio-

de a ideia de que a raiz dos transtornos es-

problemas, tais como depressão, fobias,

nar dessa forma, visto que podemos mo-

tão em pensamentos equivocados. Dessa

ansiedades, déficit de atenção e hipera-

dificar nosso comportamento e lidar de

forma, ao submeter pacientes à TCC, os

tividade, dor, anorexia, bulimia, obesida-

modo mais efetivo com nossas emoções

mesmos são ensinados a identificar, ava-

de, fumo, dependência química, dentre

se conseguirmos entender a forma como

liar e responder a seus pensamentos e

outras enfermidades, a TCC ensina aos

nossas crenças moldam as interpretações

crenças disfuncionais de forma mais ade-

pacientes a modificar pensamentos, visto

que regulam o fluxo de interações com o

quada e adaptativa, equilibrando as emo-

que um fato por si só não causa emoções

mundo.

35


36


2013 É O ANO PARA VOCÊ APRENDER UM NOVO IDIOMA Imagens ilustrativas

Prezado leitor, Dias atrás, li um artigo que dizia do início de um novo ano. A maioria das pessoas tem sempre algo em mente para começar, retomar e claro, aprender. Muitas são as promessas e como sempre aprender um novo idioma está entre os 10 mais. Afinal, aprender outro idioma é mais do que um diferencial nos dias de hoje. Infelizmente, nem tudo é perfeito! O tempo passa. O ano vai ficando velho e a motivação vai desaparecendo. Aquela vontade imensa de aprender um idioma continua. Mas, as outras atividades do dia, os problemas que surgem, a preguiça que domina e mais tantas outras desculpas que surgem acabam

Está preparado para receber estrangeiros em seu estabele-

afastando cada um daquela promessa de fim de ano. São pou-

cimento comercial no ano da Copa 2014 ou até mesmo fazer

cos os que se mantêm firmes. São poucos que alcançam o su-

aquela viagem de férias ao exterior?

cesso (por menor que seja o sucesso!). O que você pretende alcançar em temos de idiomas ao longo deste novo ano?

Enfim, o ano está começando e você certamente continua querendo ficar cada vez mais com o idioma na ponta da língua. Portanto, o que você esta esperando?

Confira algumas dicas para incentivá-lo a continuar ou voltar a aprender um idioma em 2013 - Tenha prazer em aprender idiomas

- Não tenha medo de falar o idioma

- Saiba o motivo pelo qual você quer aprender idiomas

- Envolva-se com a língua

- Estabeleça objetivos

- Use tudo a seu favor

- Estabeleça um horário para estudos

- Crie grupos de estudos

- Leia ou repita textos em voz alta

- Avalie-se

- Use diferentes métodos de aprendizado

- Não desista Texto escrito por Ana Karina Giusti Mantovani Coordenadora Pedagógica da Idéia Escolas de Línguas

Rua Boa Morte, 1.395 | Centro | Limeira SP INGLÊS | ESPANHOL | FRANCÊS | ALEMÃO | ITALIANO | JAPONÊS | PORTUGUÊS

Fone: 2113.9900 www.ideiaescolasdelinguas.com.br

37


Posso ajudar? Vendedores precisam de preparo para conviver com mercado de luxo por Thiago Lasco/AE | fotos: Shutterstock

P

ara trabalhar em uma concessionária de

Não se espera que o vendedor tenha con-

luxo é preciso preencher vários requi-

dições de comprar um carrão. Mas ele precisa

sitos. As marcas pedem nível superior,

se aproximar do universo do cliente e conhecer

conhecimentos de mercado financeiro e até

bem suas referências. “O consumidor de luxo

pós-graduação ou MBA. “Tem de ser uma pes-

gosta de conversar com o vendedor que tem o

soa educada, bem informada e com bom trân-

mesmo bom gosto e usufrui das mesmas coi-

sito nas classes sociais mais altas”, resume Leo

sas que ele”, explica Mariana Vieira, da Bentley.

Castanho, da Mercedes.

38

O salário permite cuidar da aparência e fre-


quentar os lugares certos. “Nosso vendedor viaja todo ano para a Europa e os EUA, esquia, vai a competições de polo. Tem de almoçar em lugares onde seja visto”, enumera Mariana. Com o tempo, o vendedor conquista sua maior fortuna: uma carteira própria de clientes, que leva consigo em sua ascensão pelo mercado de luxo, inclusive para outras marcas. Não é raro que os laços se estreitem e ele passe a ser convidado para festas de clientes. Mas o trabalho não é só badalação. É preciso saber tudo sobre os carros vendidos, da tecnologia aos acessórios. “O cliente já chega bem informa-

onde estão as matrizes das montadoras.

do, às vezes até dirigiu o carro lá fora. O vendedor

A fórmula do sucesso de um vendedor de luxo

tem de conhecer bem o nosso produto e também

tem tudo a ver com eficiência. “O que o cliente quer

os das outras marcas, para fazer comparações”, diz

é pronto atendimento, sem bajulação, para dar a in-

Helena Farah, da Jaguar. Os cursos e treinamentos

formação de que ele precisa”, diz Milton Chameh, da

são frequentes e incluem temporadas no exterior,

Rolls-Royce.

39


Nutrição

Flacidez e Alimentação – comece firme esse verão Bárbara Spagnol S. C. Aires - Nutricionista Esportiva e Funcional Fone: 3011.5296 | diet@barbaranutri.com.br | www.barbaranutri.com.br

A alimentação é fundamental para combater a flacidez. Nosso corpo é formado por ossos, músculos, água e gordura e é necessário um equilíbrio entre todos eles para refletir saúde. Para uma pele firme é necessário colágeno, que é sintetizado a partir dos aminoácidos (proteínas) lisina, prolina e glicina e de outros nutrientes como vitamina C, cobre, zinco, manganês e silício. Para tratar a flacidez, é importante fornecer esses nutrientes por meio da alimentação diária. Veja as dicas para ter uma pele firme e maravilhosa: Lisina, prolina e glicina Adicione a gelatina sem sabor

no suco natural. Vitamina C É encontrada em abundância nas frutas ácidas como laranja, limão e acerola. Também está presente na goiaba, no tomate, no kiwi, no abacaxi, no morango e na salsa. Zinco Está presente em alimentos ricos em proteínas, como carnes magras, frango, peixe, amendoim, leite e derivados, leguminosas (feijão, lentilha e soja), nozes e cereais integrais. Vale lembrar: o zinco proveniente de proteínas vegetais não é tão bem aproveitado pelo organismo quanto o zinco de origem animal.

Cobre Presente em grande quantidade nos grãos e oleaginosas, como grão-de-bico, nozes, lentilha, feijão. Manganês Aparece em abacaxi, oleaginosas (amendoim, castanhas e nozes), aveia, arroz integral, farinha de trigo integral, espinafre, chápreto e chá-verde. Silício Está na aveia, cevada, salsa, nabo, avelã e feijão. A dica é variar, fazer um prato colorido, saudável e fugir da monotonia. Quer sugestões de como encaixar todos esses alimentos saudáveis no seu dia? Então veja só:

No café da manhã, beba leite, coma pão integral e uma fruta cítrica. Já no meio da manhã, tome um copo de suco natural com gelatina sem sabor. No almoço, troque o arroz branco por integral e intercale o feijão com outros grãos (grão-de-bico, lentilha), e não deixe de comer verdura de folhas verdes À tarde: beba um refrescante chá-verde / coma uma fruta com aveia e duas oleaginosas (ex: nozes) Consulte uma nutricionista: quanto mais individualizado for seu cardápio, mais fácil será segui-lo e melhores serão os resultados!

DIABETES E A RELAÇÃO COM AS DOENÇAS PERIODONTAIS Segundo a American Diabetes Association, a diabetes é um grupo de doenças heterogêneas que afetam o metabolismo dos carboidratos, lípides e proteínas. Sua principal característica é a hiperglicemia resultante de defeitos na secreção da insulina, na ação dessa ou ambos. A elevação da taxa de glicemia sanguínea é tóxica ao organismo como um todo e pode causar dano, disfunção e falha em vários órgãos, especialmente olhos, rins, nervos, coração e vasos sanguíneos. As doenças periodontais também são frequentemente observadas nesses indivíduos, demonstrando, mais uma vez, como a saúde bucal é parte integrante da saúde geral e vice-versa. Também observa-se xerostomia com frequência, que é a diminuição do fluxo salivar, e a falta de salivação também é indesejável à saúde bucal. É sabido, hoje em dia, que os pacientes diabéticos têm um maior risco à doença periodontal. Essa relação depende, entre outros fatores, do grau de controle glicêmico feito por esses pacientes. Quanto melhor for o controle, menor será o risco de desenvolver

40

doença periodontal. Os trabalhos científicos mais recentes demonstram que a diabetes, por ser uma doença que afeta a resposta do organismo frente a processos inflamatórios e infecciosos, também piora a velocidade severidade de progressão da doença periodontal, quando essa está presente. Por outro lado, há trabalhos demonstrando que os diabéticos com doença periodontal têm uma maior dificuldade em controlar sua glicemia, ou seja, a relação entre diabetes e doença periodontal seja bidirecional. Isso comprova que os pacientes que necessitam fazer o controle da diabetes têm que fazer um controle muito mais severo da saúde bucal. Diversas evidências científicas têm apontado que o paciente diabético e com doença periodontal severa tem aumentado o risco de desenvolvimento de outras complicações da diabetes, como lesões micro e macrovasculares, proteinúria, complicações cardiovasculares e cardiorrenais do que diabéticos sem doença periodontal.

O cirurgião-dentista deve explicar ao paciente diabético essa relação com a doença periodontal e orientá-lo a manter um excelente controle metabólico, uma boa higiene bucal e um monitoramento odontológico periódico (quatro meses, em média) para evitar ou estabilizar a doença periodontal. Esses pacientes também necessitam ter uma ótima condição mastigatória para que se alimentem adequadamente. Aos pacientes sadio,s do ponto de vista glicêmico, devemos agir como um agente de campanha contra a diabetes, orientando quanto a exames rotineiros para avaliar a glicemia com jejum de doze horas.


41


42


43


Artigo Dr. Luiz Ricardo Menezes Bastos Médico

Em primeiro lugar, é importante dizer que não faltam médicos no Brasil. O que ocorre é a má-distribuição dos médicos pelo território. Há locais com concentração intensa e outros com pouquíssimos profissionais, às vezes sem nenhum. Nos últimos anos temos assistido à abertura desenfreada de novas escolas de medicina. Eram menos de cem escolas há vinte anos, hoje há cerca de duzentas. Somente a Índia, com uma população seis vezes maior, tem mais escolas. Outros países, como China, Rússia, Estados Unidos, têm menos escolas que o

44

Medicina: vai ficar pior Brasil. Por trás destes números, existe algo mais sério: a qualidade do ensino médico nas escolas do Brasil vem caindo à medida que novos cursos vão surgindo. Além do aumento do número de formandos em escolas brasileiras, existe uma legião de estudantes fazendo cursos de medicina na Bolívia, Argentina, Cuba e outros. Há escolas sérias, mas na Bolívia principalmente ocorre um fato preocupante: são mais de 20.000 brasileiros estudando, ou melhor, matriculados. São escolas sem vestibulares, sem preparo científico, sem hospitais ou locais adequados para a prática, formando pessoas inaptas para o exercício da medicina.

Por lei, e para segurança da população, todo médico com faculdade feita no exterior deve ter seu diploma revalidado no Brasil para poder exercer a profissão. O que ocorre é que pouquíssimos conseguem a aprovação no exame. Portanto, são profissionais ainda mais deficientes do que os formados no Brasil. As vagas de residência médica, que é a especialização do médico, onde se tem o contato mais intenso com a prática médica, não cresceram na mesma proporção das escolas. O que está acontencendo é que temos cada vez mais profissionais com formação deficiente e consequentemente mais des-

preparados. Mesmo diagnósticos mais simples passam a ser prejudicados, colocando em risco a população. Não adianta a tecnologia ser de ponta, se o sujeito que vai trabalhar com esta tecnologia não tem preparo para extrair dela tudo que se necessita. Um analfabeto na frente de um computador não consegue fazer grande coisa. É hora de repensar a saúde, tomando medidas acertadas para uma formação adequada dos médicos. Queremos profissionais com qualidade, em quantidade suficiente, não aumento exagerado sem qualificação.


45


Saúde

OBESIDADE

Saiba mais sobre um problema que preocupa cada vez mais especialistas do mundo todo por *Tatiana Cunha/AE | foto: Shutterstock

A

obesidade é uma doença crônica, inflamató-

tre 30-34); obesidade grau 2 (IMC entre 35-39 e obe-

ria, recidivante e multifatorial, caracterizada

sidade grau 3 (IMC acima ou igual a 40).

pelo acúmulo excessivo de gordura corporal

A obesidade representa um risco à saúde de

e, para diagnosticarmos, um dos parâmetros utili-

crianças e adultos. O tratamento evita/trata uma série

zados é o índice de massa corporal (IMC), além da

de complicações, como resistência à insulina, diabe-

medida da circunferência abdominal e da Bioimpe-

tes mellitus tipo 2, hipertensão arterial, doenças car-

danciometria.

diovasculares, esteatose hepática, dislipidemia, asma

E é assim classificada: obesidade grau 1 (IMC en-

46

brônquica, certos tipos de cânceres e apnéia do sono.


Não raramente é associada a sensações como pra-

Também existem os Neuropeptídeos, ou seja, pep-

zeres ou desprazeres, felicidade ou infelicidade, ansie-

tídeos produzidos pelo hipotálamo que se dividem

dade e depressão. E o apetite, a saciedade e a fome de-

em dois grandes grupos:

terminam o comportamento alimentar do indivíduo. Essas sensações são suscetíveis de diversos fatores que incluem hábitos, fatores socioeconômicos e culturais, ritmo circadiano e da interação de sinais fisiológicos que regulamentam a sensação apetite-saciedade, descritos abaixo:

1. Orexígenos: são aqueles que estimulam a ingestão alimentar, NPY e AgRP e que apresentam ação no controle do apetite e dos depósitos energéticos. 2. Anorexígenos: são aqueles que inibem a ingestão alimentar, MSM e CART, entre outros. O emagrecimento vai além do que o simples co-

Leptina: é um hormônio derivado dos adipócitos,

nhecimento permite. Existe uma série de fatores intes-

células de gordura, que interagem com receptores

tinais, neuronais e endócrinos que atuam e interagem

hipotalâmicos e promovem a saciedade, porém os

entre si, regulando o apetite e a saciedade, demons-

obesos, apesar de terem uma maior concentração de

trando, em consequência, que o comportamento

leptina, apresentam uma resistência à ação desse hor-

alimentar não sugere fraqueza ou fracasso, mas uma

mônio.

doença de tratamento especial e delicado que poderá

Grelina e Orexina: sintetizados pelo intestino, tam-

ser eficaz se for tratada a tempo e permanentemente,

bém atuam no hipotálamo (o grande responsável pelo

com todo o comprometimento necessário de todas

comportamento alimentar), pois estimula o apetite.

as partes envolvidas no controle dessa doença consi-

Colecistocinina e Oximodulina: também sintetiza-

derada um dos grandes problemas de Saúde Pública.

dos pelo intestino, inibindo a ingestão alimentar e promovendo a saciedade após a alimentação.

Tatiana Cunha é pós-graduada em Endocrinologia e Terapêutica da Obesidade

47


Artigo

A MODA COMEMORA CRESCIMENTO NO E-COMMERCE EM 2012 Valter Garcia Junior

A QIX, loja especializada no

lugar, totalizando 34,4% das ven-

ranking do site SocialBakers, a QIX

Especializado em imagem

comércio de calçados, vestuário e

das, seguido por Minas Gerais

aparece em 15°lugar em número

digital e e-commerce

acessórios, comemora o crescimen-

(10,54%), Rio de Janeiro (9,64%),

de fãs na categoria vestuário entre

to de 80% em vendas através de

Paraná (7,41%) e Rio Grande do Sul

as marcas brasileiras que estão no

seu canal on-line. A QixSkateShop,

(6,32%).

Facebook.

Site www.cakeweb.com.br Fone: (19) 8117-2187

48

como é chamado seu braço digital,

O bom desempenho da loja

A remodelação da e-store da

teve o seu melhor resultado desde

em 2012 se deve, em parte, ao in-

QIX, executada pela agência de

que a operação foi criada. Com ven-

vestimento da QIX em publicidade

comunicação digital WBI Brasil

das para todas as regiões do país, a

on-line, através de campanhas de

promete uma navegação mais faci-

loja virtual da QIX oferece mais de

links patrocinados no Google, com

litada, um layout mais clean e mais

300 opções de produtos. Apenas

o objetivo de divulgar os produtos

agilidade e segurança no momen-

em 2012, foram mais de 12 mil pa-

que os consumidores pesquisam.

to da compra. Para 2013, a marca

res de tênis vendidos.

A marca também tem apostado

projeta um crescimento de 70%

Dos estados que lideram o

nas redes sociais, com perfis que

no faturamento da loja através da

ranking de produtos mais vendi-

trazem os últimos lançamentos em

ampliação do mix de produtos à

dos através da operação virtual,

produtos da marca, além da reali-

venda.

São Paulo aparece em primeiro

zação de concursos culturais. No

Fonte: e-commerce news


Intercâmbio e um mundo de conhecimentos Fotos: Arquivo Pessoal

Ganhar conhecimento, apreciar diversos povos e culturas, praticar outra língua, viajar e se divertir, sem dúvidas fazem parte dos sonhos de muitas pessoas. O melhor de tudo isso, é que existe uma atividade que engloba todos esses desejos: o intercâmbio. Experiência que vai além da troca de país por um determinado período de tempo. É uma oportunidade única para o ser humano conhecer a si mesmo. O que muitos não sabem é que para esse tipo de viajem, que atrai principalmente os jovens, existem diversos programas. Dentre eles, intercâmbio cultural, universitário e profissional. Para aqueles que buscam fazer um intercâmbio cultural, é importante

“Além de conhecer e aprender inglês na fascinante cidade de Londres, o intercâmbio proporcionou-me a oportunidade de viajar pela Europa”.

“Foi onde os metrôs te ensinam as direções norte, sul, leste e oeste, as pessoas, cada uma em seu estilo e cultura se entendem nas mais diversas línguas, as melhores baladas começam às 20h e o sol se põe teimosamente após as 21h, em que vivi o melhor verão que um mês de julho pode oferecer”. FERNANDA RODRIGUES, em Toronto, Canadá.

procurar uma agência de intercâmbio que identifique o perfil do

ANA CRISTINA SARTORI, em Toledo, Espanha.

cliente. Perceber suas preferências, seu estilo de vida, seus objeti-

car mais tempo em outro país, o “High School” é muito procurado

vos e desta forma indicar-lhe o programa e destino ideal. “Muitos

por ser um intercâmbio voltado para o estudo de uma parte ou de

chegam à Ideia Viagens e dizem: Eu quero fazer intercâmbio, mas

todo o ensino médio no exterior. Nesse programa, o intercambista

não tenho certeza para onde ir e quanto irei gastar”. Nesses casos

mora em casas de famílias ou em alojamentos nas escolas. Outro

entender as expectativas e necessidades de nossos clientes é fun-

programa de longa duração e uma ótima opção para quem quer

damental. Do desejo de viajar até a sua concretização ocorre um

gastar pouco é o Au Pair. Tem duração de um ano, é exclusivo para

processo burocrático que inclui a escolha do país, cidade, curso,

moças, que moram com uma família e desempenham o papel de

moradia, documentação, etc.

uma irmã mais velha para as crianças da casa e em seu tempo livre,

Os programas que mais atraem os estudantes são os que duram

podem estudar, conforme as regras do programa. Quase todas as

de um a dois meses, principalmente no período das férias, nos quais

despesas com a viagem são pagas pela família e ainda recebem um

procura-se aperfeiçoar a língua estrangeira. Já para quem busca fi-

salário semanal.

Medidas Pré-Embarque e Dicas - Obter passaporte (Taxa: R$ 156,07). - Se você está interessando em fazer um intercâmbio, deve planejar tudo com pelo menos seis meses de antecedência. - Investigue o destino antes de embarcar, tomando conhecimento sobre os costumes e as tradições de seu povo. - Providencie seu passaporte com a máxima antecedência possível. A burocracia pode tornar o processo mais lento do que parece. - Verifique se o país que você vai visitar exige visto. Providencie a documentação para conseguí-lo com antecedência. - Seguro Saúde: Previna-se sempre fazendo uma assistência médica internacional, pois os médicos e hospitais são caríssimos e você poderá estar desprevenido numa emergência - Vacinas (Febre Amarela, sarampo, etc.) Mais informações: http://www.anvisa.org.br

49


Especial

Bernardi Paloma

Atriz fala sobre seu primeiro papel de vilã na novela “Salve Jorge” por Ana Paula Hinz/PopTevê | Fotos: Pedro Paulo Figueiredo/CZN

Q

uando soube que interpretaria a prostituta Rosângela, de “Salve Jorge”, Paloma Bernardi começou a estudar o universo do tráfico internacional de

mulheres. Além de frequentar as palestras sobre o assunto oferecidas pela Globo, leu o livro “O Ano em que Trafiquei Mulheres”, do escritor Antonio Salas, e conversou com garotas de programa. “Esse laboratório foi muito forte e me deu bagagem para viver a personagem. Dá vontade de levantar mesmo a bandeira e alertar as mulheres sobre esse perigo porque é muito triste”, opina. Este é o terceiro trabalho de Paloma na Globo. Antes, fez “Viver a Vida”, de 2009, e “Insensato Coração”, de 2011. Também passou pelo SBT e pela Record, mas tem um carinho especial pela atual emissora. “Com certeza, entrar na Globo é ganhar um voto de confiança e estar em uma vitrine”, avalia a atriz, que admite que está trabalhando onde sempre quis. “Sonhava em estar nas novelas da Globo e é muito bom chegar até aqui. Mas não sou nenhuma Fernanda Montenegro. Tenho um longo caminho a percorrer”, emociona-se. Você já interpretou muitas mocinhas na tevê. Como é encarar agora uma vilã? A grande vilã é a Lívia, da Claudia Raia. A Rosângela tem pitadas de vilania. Mas já estou muito feliz com isso porque dentro da televisão só tive oportunidade de fazer personagens boazinhas, ingênuas, puras, virgens e amigas. Então foi maravilhoso que a Glória Perez (autora) e o Marcos Shechtman (diretor de núcleo) tenham olhado para mim e visto que posso fazer coisas diferentes. Independentemente de ser um papel que vá ter mais destaque ou não, já é uma oportunidade enorme porque nenhuma cena que eu tenho é leve.

50


As sequências sempre têm um mistério, uma pulga atrás da orelha, uma emoção forte. Trabalhar com essas nuances é muito instigante. Já teve medo de ficar marcada como uma atriz que só interpreta o perfil de boa moça? Nunca. Acho que tudo tem o seu tempo, tem a sua hora. Eu agradeço muito aos autores que me deram a oportunidade de estar aqui na televisão mostrando a minha “carinha”, como o Maneco e o Gilberto Braga. As mocinhas me abriram portas e, com o tempo, espero ir conquistando papéis cada vez mais diferentes. Além de ter um certo desvio de caráter, a Rosângela é uma personagem muito sensual. Como é explorar isso na tevê? Eu estou muito à vontade e tranquila. Principalmente por causa da produção e da direção da novela, que quer mostrar a realidade sem pudor, mas sem expor de forma desnecessária. Além disso, a sensualidade é uma coisa que eu sempre tive. Toda mulher tem um lado sensual. Eu sou quando preciso e aqui nesse trabalho acho importante ser. Já pensou em desistir da carreira por causa das dificuldades e negativas? Nunca pensei em desistir, mas a tristeza sempre bate. É muito difícil você receber um não. Eu venho fazendo testes para cinema, mas, às vezes, não é o meu perfil, às vezes, é porque não combina com os atores que vão fazer a família ou algo assim. São detalhezinhos que fazem você não fazer aquele trabalho. Eu sofro, passo o dia chorando e pensando no quanto me dediquei. Mas eu entendo que faz parte e que os “nãos” são importantes para o meu crescimento. O que é para ser meu está reservado.

51


Saúde

A Fumaça da Dor e do Prazer Dr Roberto Canton

Médico Psiquiatra Santa Casa/SP Especialista pela Associação Brasileira de Psiquiatria Pós-Graduação lato sensu pela UNIAD/UNIFESP Consultórios Limeira 19 3713-7030 R. Dr Trajano de B.Camargo,1876 Leme 19 3554-5370/3554-1434 R. Joaquim Mourão, 537

52

O tabagismo é a principal causa de óbitos evitáveis no mundo, com cerca de 1 bilhão de fumantes é responsável por volta de 4,9 milhões de mortes ao ano segundo a OMS, ou 10 mil mortes/dia. A lista de doenças relacionadas ao tabagismo é enorme. A apresentação em fumantes vai desde o Câncer de Pulmão (90% dos casos ocorrem entre fumantes), Câncer de Laringe (95%), Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica (85%), Doenças Coronarianas (25%), Doenças Cerebrovasculares (25%), passando por Osteoporose, Menopausa Precoce, além de na gravidez ser risco para recémnascidos com baixo peso, pre-

maturidade e até abortamento. Diante de todas estas evidências o que leva as pessoas a continuar fumando? As principais causas são: a) a ação da nicotina, que tem um papel fundamental, pois é ela a responsável pelo “prazer” em usar, e sua falta leva a uma intensa vontade de fumar (fissura) e a irritabilidade; b) na vulnerabilidade do indivíduo, que, por exemplo, pode apresentar um quadro ansioso ou mesmo depressivo associado ao tabagismo e c) nos fatores socioculturais. Estes últimos foram estrategicamente utilizados pela indústria do tabaco para associar a imagem do cigarro à aspectos

positivos como jovialidade, sucesso, glamour através de exaustivas campanhas de propaganda na televisão, outdoors, ou mesmo pagando altos cachês a atores de Hollywood para aparecerem fumando em seus filmes. Atualmente, há diversas alternativas para tratamento da dependência ao cigarro, mas devemos observar aquelas que apresentam evidências científicas de eficácia, ou seja, que realmente possam ser úteis neste processo. Este arsenal terapêutico sendo utilizado por profissionais tecnicamente capacitados aumentam as chances de êxito do fumante neste árduo caminho.


53


54


55


Redes Sociais

INSTAGRAM

Conheça mais sobre a rede que está mudando o jeito de as pessoas se relacionarem com o celular por Tatiana de Mello Dias/AE | foto: Divulgação

S

e 2012 tivesse uma cor, seria um tom amarela-

transformou em um clube fechado. Foi só em 3 de

do e antigo. O ano poderia ser relembrado em

abril que a rede lançou um aplicativo para Android.

imagens ensolaradas, fotos de praças e praias,

O sucesso foi instantâneo: em 24 horas, foram 1 mi-

pratos de comida, gatos e unhas recém-pintadas.

lhão de downloads. E, seis dias depois (e uma média

Retratos cotidianos em que as pessoas aprenderam

de 1 milhão de usuários a mais por dia), a rede foi

a enxergar beleza por causa do Instagram.

comprada pelo Facebook em um acordo de US$ 1

A rede pensada para celulares apareceu em outubro de 2010. Era restrita a iPhones, o que a

56

bilhão. A empresa foi do zero para os nove zeros em um ano e meio.


Em setembro, a rede social atingiu 100 milhões de usuários que aprenderam rápido sua linguagem visual e subjetiva. O Instagram é um dos responsáveis por incentivar os usuários a permanecerem conectados o tempo todo. Ele é o lugar para compartilhar fotos na hora, de onde estiver. O Instagram fez muita gente educar o olhar para cenas “instagramáveis”. Ao ser comprado pelo Facebook, o Instagram criou perfis visíveis na web, mas suas características permaneceram. Por isso o anúncio da mudança em seus termos de uso, há duas semanas, causou comoção.

quê de clubinho. Poucos de nossos pais ou tios estão

Primeiro: os tentáculos de publicidade do Facebook

ali. Não há anúncios. Lá as pessoas falam menos. Toda

chegariam ao oásis do Instagram? Segundo: a rede po-

a interação é simples: dois cliques na tela e a foto está

deria vender as fotos dos usuários? Muitos anunciaram

curtida. Os comentários são curtos. O Instagram está

que sairiam da rede. A debandada fez o cofundador se

mudando a forma de as pessoas se relacionarem com

desculpar. “Foi nosso erro a linguagem confusa”, escre-

o celular - e com as cenas ao redor. Se 2012 fosse re-

veu Kevin Systrom.

visto apenas pelas fotos postadas por seus usuários, o

O Instagram se popularizou, mas ainda tem um

ano pareceria mais bonito.

57


ENSINO MÉDIO: INOVAÇÕES E DESAFIOS O grande desafio para as escolas que buscam oferecer o Ensino

Segundo Krawczyk (2004):

Médio de qualidade é aliar o desenvolvimento efetivo do conteúdo teórico, à preparação para o vestibular e à formação integral do

A nova reorganização curricular, de acordo

aluno. Para que isso de fato ocorra, é necessário ter como aliados

com o que preconiza a Resolução n. 15/98 do Con-

um corpo docente de alto nível em consonância a um material

selho Nacional de Educação, deve ser interdiscipli-

didático de excelência.

nar e contextualizada, de forma que “as margens

O Colégio Novo Acadêmico compreende as inovações e de-

das linguagens, das ciências, das tecnologias, da

safios do contexto educacional atual, por isso tem como principal

história, da sociologia, da filosofia estejam pre-

parceiro o sistema COC de ensino que trabalha com módulos se-

sentes em todos os momentos da prática escolar”.

toriais buscando o completo desenvolvimento da teoria e da prá-

(KRAWCZYK, 2004, p.119)

tica. Em cada módulo de ensino há um conjunto de exercícios de aplicação que se destina a aplicação em sala de aula e também a fixação das tarefas de casa. Essa divisão dos conteúdos em módulos visa organizar o ritmo de aprendizado e facilitar o desenvolvimento das aulas. O material

O Colégio Novo Acadêmico entende que essa reorganização curricular abre possibilidades para que cada escola possa adaptar seu currículo em função da sua realidade, atendendo aos interesses desta.

didático do sistema COC é elaborado para que haja total aprovei-

Cabe destacar que nossa proposta pedagógica continua res-

tamento do aluno e tem como meta preparar os seus alunos para

peitando os princípios da LDBEN, onde são determinadas as se-

o ingresso nas melhores universidades.

guintes diretrizes: identidade, diversidade, autonomia, currículo

Contudo, o sistema visa também fazer com que os conteúdos

voltado para as competências básicas, interdisciplinaridade e con-

programáticos sejam estudados com mais profundidade sem se

textualização. Portanto, na organização do currículo do Ensino Mé-

esquecer que o equilíbrio emocional é fundamental para estes

dio o Colégio Novo Acadêmico considera uma base diversificada

acadêmicos. Assim, além do apoio de coordenadores e professo-

e uma base comum, contendo, nessa matriz curricular, a indicação

res bem preparados, o sistema conta com um calendário de ati-

de competências e habilidades associadas aos conteúdos.

vidades recreativo-culturais e suporte tecnológico de última ge-

De acordo com Nunes, 2002 a interdisciplinaridade se compre-

ração com uma extensão virtual da escola através do Portal COC

ende como um eixo que integra um diálogo permanente entre os

Educação.

conhecimentos, de forma a complementar, negar, confirmar, am-

O Portal COC Educação se trata do mais completo portal de

pliar e iluminar os questionamentos de aspectos não distinguidos.

educação do país. Trata-se de uma ferramenta diferenciada, ágil

O Ensino Médio é um período único na vida dos estudantes e

e dinâmica, de fácil entendimento, onde os alunos podem rever

deve ter como premissa os aspectos qualitativos sem deixar de ga-

os conteúdos das aulas nas revisões online e no Livro Eletrônico,

rantir também os aspectos quantitativos com um currículo atuali-

aprimorar o conhecimento no “estudo.com”. No aprofundamento

zado contextualizado com a necessidade dos alunos da faixa etária

online, esclarecem as dúvidas no Banco de Resoluções e nos plan-

correspondente a este período acadêmico.

tões online questionam os professores (que podem ser acessados de sua própria casa).

58

O sistema COC de ensino divide o Ensino Médio em duas fases. Os dois primeiros anos são dedicados à fundamentação teórica e


à formação, sendo executado todo o conteúdo pedagógico

resultados, com aulas dinâmicas e envolventes para que os

do Ensino Médio. No terceiro ano (Terceirão), a prioridade é

estudantes se sintam motivados com a mais completa es-

a preparação para o vestibular, visando à revisão e à utiliza-

trutura, desenvolvida para que o aluno obtenha os melho-

ção do conteúdo visto nos dois primeiros anos. A principal

res resultados.

meta é auxiliar na formação de vencedores e superar o de-

Oferecer o melhor ensino e desenvolver competências e habilidades diferenciadas é um compromisso do Colégio

safio dos vestibulares. Desse modo, o corpo docente do Colégio Novo Acadê-

Novo Acadêmico junto aos acadêmicos que buscam ser ci-

mico é permanentemente atualizado para aplicar o projeto

dadãos éticos, detentores do saber significativo construído

pedagógico do sistema COC. Desde o primeiro ano do En-

ao longo dos três anos do Ensino Médio e profissionais pró-

sino Médio, os professores estimulam a busca por melhores

-ativos no mercado de trabalho do mundo globalizado.

REFERÊNCIAS: _______.Diretrizes Curriculares Nacionais Para o Ensino Médio. PARECER CEB 15/98 de 1/6/98 (Processo 23001.000309/97 - 46). FERNANDES, Angela Viana Machado,

Diretrizes Curriculares

para o ensino médio: é possível superar a histórica dualidade? Departamento da Ciência da Educação Faculdade de Ciências e Letras – UNESP 14800901 – Araraquara/SP. KRAWCZYK, Nora. A escola média: Um espaço sem consenso. IN: FRIGOTTO, Gaudêncio. & CIAVATTA, Maria. Ensino Médio: Ciência, cultura e trabalho. Brasília, MEC/SEMTEC. 2004. NUNES, Clarice. Ensino médio. Rio de Janeiro: DP&A, 2002. (Diretrizes curriculares nacionais).

O Contador de Histórias - Cenas escolhidas

DICA DE LEITURA

Jorge Amado foi um grande contador de histórias - era assim que ele gostava de se definir. Partindo de cenários variados, geralmente ambientados em sua Bahia encantada, o autor criou enredos sempre inesperados, amarrados de maneira inusitada, muitas vezes com humor e irreverência, prendendo totalmente a atenção do leitor. Foram mais de trinta romances, que ganharam adaptações para teatro, televisão e cinema, provavelmente por conta da força de seus enredos, pelos diálogos vívidos dos personagens e o domínio na arte de interromper a narrativa em momentos cruciais, a chamada “técnica de virada”. Apesar de ser um dos maiores escritores de todos os tempos, Jorge Amado sonhava ser diretor de cinema. Para homenagear esse amante da sétima arte, Heloisa Prieto selecionou sequências narrativas, fragmentos, descrições de personagens, diálogos e cenários, montando esta antologia como um verdadeiro trailer de cinema. São doze cenas inesquecíveis, de todas as fases da carreira do autor - um convite saboroso a futuros mergulhos em suas obras. Páginas: 120

Um amigo meu

DICA DE FILME

Que tal conhecer um pouco mais sobre o cinema alemão com uma divertida e emocionante comédia? O filme “Um amigo meu” conta a história de dois amigos completamente diferentes. Enquanto um tem um emprego de bastante responsabilidade, um bom carro e uma vida estável, o outro só está preocupado em aproveitar cada dia como se fosse o último. Dessas diferenças, surge a pergunta: o que realmente traz a felicidade? No decorrer da trama, situações cômicas e dramáticas mostram a loucura na amizade e a descoberta do amor. Divirta-se e se emocione com esse filme que nos leva a refletir sobre o que é realmente importante na vida. Classificação: 16 anos Diretor: Sebastian Schipper Gênero: Comédia Nacionalidade: Alemanha

COLÉGIO NOVO ACADÊMICO | Via Dep. Laércio Corte, 3.000 | Chácara Boa Vista da Graminha | Limeira SP | Fone: 3404-4720 | www.colegionovoacademico.com.br

59


Salve Jorge

IMITANDO A VIDA André Gonçalves usa sua experiência em comunidades para viver Miro por Márcio Mello/AE | foto: Divulgação

A

60

pesar de ter acabado de dar vida a Pedro

do Rio de Janeiro, André, que hoje tem uma car-

Fonseca, na trama de “Amor Eterno Amor”,

reira de sucessos e com papéis importantes como

André Gonçalves não perdeu tempo e já

o Sandrinho, de “A Próxima Vítima” e o divertido

engatou outro trabalho. No ar como o malandro

Áureo, de “Morde & Assopra”, fala da emoção ao

Miro, de “Salve Jorge”, personagem do núcleo

voltar a pisar na comunidade após a pacificação.

do Complexo do Alemão, o ator não esconde a

“Há uns 15 anos eu já tinha ido ao Complexo do

emoção de poder voltar ao local que conhece

Alemão. Eu corria por lá, subia o morro para ver o

bem desde jovem. Descoberto pelo também ator

pôr-do-sol. Morei perto da comunidade na minha

Roberto Bomtempo numa comunidade carente

época de menino, dos meus 14, 15 anos. E agora


voltei nos meus 36. E posso garantir que a diferen-

sa uma mensagem positiva, o ator conta que a pró-

ça é gritante após a pacificação. Os moradores têm

pria experiência de vida, de contato com a comuni-

o processo da cidadania chegando ao local. Espero

dade serviu como uma das bases para a formação da

que o governo incentive os movimentos para trans-

estrutura do personagem. “O Miro me dá a possibi-

formar a vida das pessoas, como já aconteceu em

lidade de mostrar que a vida não acaba. De cara foi

vários outros lugares”, conta o ator.

esse o sentimento que tive dele. O Miro leva tudo no

Mais uma vez formando parceira com Glória Pe-

bom humor, sempre com a esperança que vai rece-

rez - o ator trabalhou em “Caminho das Índias” e na

ber muito ainda da vida. Logo no começo da trama,

minissérie “Amazônia - De Gavlez a Chico Mendes” -

em uma das primeiras gravações do personagem no

André Gonçalves aproveita para defender o persona-

Complexo do Alemão, eu cheguei a passar um dia lá.

gem Miro. “É sempre uma delícia poder trabalhar com

A gravação das cenas acabaram e eu fiquei por mais

a Glória. É realmente um privilégio. Quanto ao Miro,

um tempo. Cada coisinha marcante que vi naquelas

ele é o típico carioca que mora no Complexo do Ale-

pessoas serviu para montar o personagem”, fala.

mão. É um cara que tenta sobreviver, fazer com que a

De visual novo, André se diverte com o look mo-

vida dele dê certo. Posso dizer que o personagem tem

derno, criado especialmente para o personagem.

sofrimento, mas, ao mesmo tempo, é divertido, tem o

“Estou adorando esse corte do Miro. O grande bara-

lado do humor. E existe também a situação dele como

to é poder ter a chance de mudar completamente o

cidadão, da falta de oportunidade. E isso acontece de

visual a cada nove meses, que é o tempo que uma

verdade no dia a dia”, explica o ator.

novela leva. É aquela coisa de poder mudar a cara a

Com a certeza de que Miro, de “Salve Jorge”, pas-

cada novo trabalho. Isso é muito gostoso”, finaliza.

61


Saúde

Óculos na infância Problemas na visão atingem 25% das crianças; saiba quando os óculos são necessários por *Renato Neves/AE | foto: Shutterstock

N

62

a infância, 25% das crianças manifestam al-

sendo interpretados erroneamente como falta de

gum problema de visão. Há quem não en-

atenção ou dedicação aos estudos.

xergue bem o que está escrito na lousa e

Haja vista as graves implicações que os problemas

quem enfrente dificuldades com a leitura de livros,

visuais não detectados podem gerar na disposição

cadernos e apostilas. Apesar de muitas vezes passar

dos alunos em relação aos estudos, os adultos devem

despercebido por pais e professores, há crianças

estar sempre atentos às crianças e estimulá-las a usar

que têm baixo rendimento escolar por causa de

óculos ou tampões sem preconceito, quando neces-

problemas visuais não detectados e que acabam

sário. Trata-se de uma medida temporária que evita


o comprometimento do rendimento escolar, aumenta a

- que muitas vezes prefere utilizar o dedo indicador para

autoconfiança e melhora o relacionamento interpessoal.

acompanhar a leitura. A ambliopia é o diagnóstico mais

Sendo assim, pais e professores devem aprender a

comum dentro desse quadro, quando letras e palavras

reconhecer algumas características que alertam para o

parecem muito próximas, dificultando a leitura.

momento certo de agendar uma consulta com o oftal-

Há casos em que a criança estrábica ou com desequi-

mologista. O primeiro sinal vem do comportamento da

líbrio no músculo ocular acaba tendo dupla visão ao focar

criança. Sentar-se muito próximo à televisão ou aproxi-

um objeto ou olhar para baixo. Para se sentir mais segura, automaticamente passa a an-

mar em direção aos olhos tudo o que precisa enxergar bem

dar sempre com a cabeça bai-

pode indicar miopia. Outro si-

DORES DE CABEÇA

nal importante é franzir a tes-

DURANTE AS AULAS SÃO UM FORTE

das e tropeços. É importante

ta na intenção de melhorar o

INDÍCIO DE PROBLEMAS NA VISÃO

que os adultos prestem aten-

foco do que está vendo.

xa, na tentativa de evitar que-

ção nesse comportamento e em outros tantos sinais, a fim

Reclamar com alguma frequência de dor de cabeça quando está em aula, ou ainda

de proporcionar melhor qualidade de vida e aprendizado

quando faz a lição de casa, é outro sintoma que merece

aos pequenos Os pais devem levar seus filhos ao oftal-

ser investigado. Principalmente quando a criança se quei-

mologista pela primeira vez até os seis meses de idade e

xa de “dor na testa”. Afinal, ela pode ter astigmatismo e es-

retornar ainda na primeira infância para um diagnóstico

tar fazendo um esforço extra para enxergar direito. Nesse

mais completo.

caso, ler uma sentença sem se perder nas palavras ou pular linhas se transforma num grande desafio para a criança

* Prof. Dr. Renato Neves é presidente do Eye Care Hospital de Olhos (SP)

63


Túnel do tempo

HENRY FORD

Considerado o pai da indústria automobilística, ele completaria 150 anos de idade em 2013 por Thiago Lasco/AE | fotos: Reprodução/Divulgação

E

64

m 13 de julho de 2013, aquele que é conside-

primeiro é a exposição do mais antigo exemplar da

rado um dos pais da indústria automobilística

marca ainda existente, um Modelo A de 1930 per-

completaria 150 anos, se ainda estivesse vivo.

tencente ao bisneto de Henry, Bill Ford.

O engenheiro Henry Ford introduziu o conceito

Henry teve talento precoce para a mecânica.

da linha de montagem, que permitiu produção de

Ainda criança, já fazia reparos nas máquinas da fa-

carros em grande escala e com custos baixos.

zenda da família.

Para comemorar a efeméride, a Ford norte-ame-

Aos 30 anos, criou seu primeiro veículo, um qua-

ricana realizará diversos eventos ao longo do ano. O

driciclo parecido com uma carruagem. Dez anos


depois, ele fundou a Ford Motor Company. A empresa nascida em 16 de junho de 1903 é hoje a terceira

Modelo “T” Tin Lizzie, de 1908 O veículo era uma espécie de conversível dos dias de hoje

maior fabricante de automóveis do mundo, atrás de VW e Toyota. Modelo T - Carro mais célebre da Ford, o T foi lançado em 1908 e vendeu mais de 15 milhões de unidades ao longo de seus 19 anos de produção. Tinha motor quatro-cilindros 2.8 que entregava 20 cv e atingia 70 km/h. Primeiro carro feito em linha de montagem, tinha no preço um de seus trunfos: custava apenas

pois, sob o comando do neto Henry Ford II, a monta-

US$ 825.

dora atingiu a primeira posição em vendas mundiais.

Com o declínio das vendas do T, a equipe de Ford

Nas décadas seguintes, a Ford produziu outros

criou o Modelo A, cuja carroceria foi desenhada pelo

modelos icônicos, como o Thunderbird e o Mustang.

filho de Henry, Edsel. O carro foi produzido de 1927 a

Em 2008, o Ford T foi eleito o carro do século 20

1931 e se tornou outro sucesso de vendas. Henry Ford morreu em 7 de abril de 1947, em decorrência de uma hemorragia cerebral. Um ano de-

por um júri de 133 jornalistas de 33 países, incluindo o Brasil. Ele desbancou concorrentes como o Fusca e o Porsche 911.

65


66


67


ANIMAL PRINT NA DECORAÇÃO As estampas estão em alta. As “animal print”,

tampa escolhida. Não deixe que seu objeto “animal

como são chamadas, levam esse nome por repro-

print” se perca em meio a tantas outras informa-

duzirem a pele de vários animais, como zebra, onça,

ções fortes da sua decoração. Deixe-o fazer o papel

girafa, cobra e crocodilo. Essas estampas imprimem

principal.

sofisticação ao seu ambiente e podem ser empre-

O seu sofá do home-theather marrom escuro fi-

gadas em sofás, puffs, mesa de centro, almofadas,

cará um charme com algumas almofadas de trigre.

entre outros.

Podemos até arriscar um pouco mais, colocando

As estampas de animais podem ser divertidas

um tapete que reproduza a pele de animal em um

se a cor de fundo for diferente da pele original, seja

ambiente mais rústico. Com cautela e domínio, po-

turquesa, pink ou laranja. Nesse caso, estamos fa-

demos até misturar dois animais em uma sala, mas

lando de estampas mais ousadas que podem ser

aqui vale um aviso: cuidado com o exagero.

usadas em quartos de adolescentes e ambientes

“Animal print” também virou estampa de bom

teen. Quem resiste a uma oncinha rosa ou a uma

gosto e luxo se usado adequadamente. Mas o es-

girafa turquesa?

sencial de toda essa conversa é estar segura de que

Só um lembrete: coloque-as apenas em ambientes que tenham cores harmônicas com a es-

está comprando realmente imitação, pois é proibida a venda de pele de animal, ok?

ALESSANDRA BUZOLIN ARQUITETOS Rua Senador Vergueiro, 995, Ed. Del Monde sl. 42 | Centro | Limeira Fones: 19 3442.7072 | 3704.6686 alessandrabuzolin.arquitetos@gmail.com

46 68


69


70


71


Danilo

GENTILI Comediante se afirma como opção bem-humorada nas noites da Band por Ana Paula Hinz/PopTevê | foto: Pedro Paulo Figueiredo/CZN

Graças ao seu jeito irreverente, Danilo Gentili coleciona conquistas na televisão. De uma participação temporária no “CQC”, conseguiu se firmar na produção e participar de quadros como “Repórter Inexperiente” e “Identidade Nacional”. Em 2011, resolveu se aventurar como apresentador de “talk show” e, à frente do “Agora é Tarde”, teve um resultado tão bom que a exibição, que era só às quartas e quintas, passou a ser de terça a sexta em 2012. Cria da Band, o apresentador acredita que o humor é um dos pontos fortes do canal. “Eu sou comediante e estou em uma emissora que tem ótimos produtos de comédia, então não poderia estar em um lugar melhor”, elogia. Atualmente, o programa tem uma média de cinco pontos de audiência, o que é considerado bom para a madrugada. E com a marca chegou a superar o principal concorrente, “Programa do Jô”, da Globo, em novembro. Enquanto Sandy era a convidada do “Agora é Tarde”, a emissora rival exibia uma entrevista com a apresentadora da TV Cultura Inezita Barroso e com o estilista Alexandre Herchcovitch. “Embora a vida do programa seja curta, ele já teve muitas conquistas e momentos maravilhosos”, orgulha-se o apresentador, que brinca sobre a maior diferença entre o reconhecimento do público antes da produção solo e agora “As pessoas me chamavam de ‘CQC’ na rua. Agora elas já sabem o meu nome”, diverte-se. Quais as maiores dificuldades de se apresentar um “talk show”? Ser você mesmo e ainda ser agradável, ter uma equipe apaixonada pelo formato por trás das câmeras e não

72


achar que você está fazendo algo para ser levado a sério. Esses ingredientes são essenciais. Você acredita que o “Agora é Tarde” evoluiu do ano passado para esse? Qual o seu envolvimento com as pautas e produção? Ele é um programa vivo. E verdadeiro também. Na medida em que o carinho e a amizade entre a equipe cresce nos bastidores, as sacanagens e piadas na frente das câmaras crescem junto. O meu envolvimento foi, desde sempre, total. Não porque não confio em quem trabalha comigo, mas porque a natureza do programa sempre foi ser aberta às novidades. Toda ideia boa é bem-vinda. Não importa da onde venha. Seu humor no “CQC” era diferente do que você usa no atual programa? Os seus comentários irônicos dão liberdade para falar o que quiser? O humor é o mesmo. Minha posição que é diferente hoje. A proposta do meu programa é bem diferente da do “CQC” e isso, obviamente, influencia a maneira como eu faço piadas e comentários naquele espaço que tenho no ar. Mas não é a ironia que me dá liberdade. O que me deixa à vontade para expor a minha opinião é eu estar pouco me lixando se amanhã perco meu emprego ou não. Este ano, você apresentou o “CQC” enquanto o Marcelo Tas estava em Londres. Sente falta de fazer parte da equipe? Eu amava ir para Brasília, sinto saudade disso. Mas acho que o que eu mais sinto falta é das brigas com os outros pelas matérias. Eu adorava a confusão e a disputa. Acho que sou um animal.

73


Rolando

BOLDRIN Contador de histórias tem causos retratados em livro por Edison Veiga/AE | foto: Pierre Yves Refalo/Divulgação

“E

starei te esperando para um papo gostoso.”

74

dor de causos dos ‘bão’.

Foi assim que Rolando Boldrin respondeu ao

“O causo é diferente da piada”, explica, com o carac-

e-mail deste repórter, agendando a entrevis-

terístico sotaque caipira. “Causo é uma história de um

ta no Sesc Pompeia, zona oeste de São Paulo, antes da

fato acontecido, um incidente, cujo desfecho é engra-

gravação de seu programa Sr. Brasil, veiculado pela TV

çado. Na minha terra, se diz que o contador de causo é

Cultura. Não poderia ser diferente: o compositor, can-

um caboclo gozador”.

tor, ator e apresentador de TV é conhecido por esse

No recém-lançado “História de Contar o Brasil - Um

Brasilzão com um rótulo do qual se orgulha: um conta-

Carroção de Causos de Rolando Boldrin” (Nova Alexan-


dria, 188 páginas, R$ 42), há dezenas dessas pequenas e

de, ainda não tinha pretensões artísticas. Foi frentista, gar-

engraçadas narrativas. Muitas gozam - para usar a expres-

çom, carregador e ajudante de farmácia. “Ficava uns tem-

são do próprio Boldrin - de gente como ele: os que vêm

pos em São Paulo, voltava para o interior, vinha de novo.

do interior para enfrentar a cidade grande.

Comecei a acostumar, a gostar mesmo de São Paulo.”

Boldrin nasceu em outubro de 1936, na pequena São

Já tinha 20 anos quando começou a fazer testes em

Joaquim da Barra, interior paulista, sétimo filho de um

rádios para trabalhar como radioator. Foi parar na TV Tupi.

mecânico e de uma dona de casa. Foi criado com onze ir-

“Fazia figuração, com e sem fala. Preferia com fala, por-

mãos. Na adolescência, formou dupla caipira com um dos

que pagavam o dobro. Arrumei um quartinho no Sumaré,

irmãos, Leili. Eram Boy e Formiga. “Ou Forrrrrrrmiga, como

bairro da zona oeste da capital paulista, pertinho da emis-

se diz no interior”, explica ele, que era o Boy.

sora. E ficava lá o dia inteiro”, diz. “Foi um aprendizado. Fiz

“Nunca estudei nada. Fiz só até o 3º ano do primário.”

grandes amigos.” Cita como parceiros dessa fase o drama-

Aos 16 anos, cismou de mudar para São Paulo. “Era aque-

turgo Plínio Marcos (1935-1999) e o novelista Walter Ne-

la aventura de garoto. Eu e mais dois amigos viemos de

grão. “No almoço, a gente chegava a dividir um ovo, por

trem. Só tinha o dinheiro da passagem. Dormi as primeiras

falta de dinheiro. Tanto que, quando assinei meu primeiro

noites na rua, aos pés de uma estátua do Ramos de Aze-

contrato na Tupi, engordei 10 quilos em uma semana.”

vedo que ficava na Avenida Tiradentes. Imagina a loucura:

Hoje, vive com a segunda mulher, Patrícia Maia, ce-

um capiau que nem eu em São Paulo. Minha cidade não

nógrafa e produtora do Sr. Brasil desde a estreia, há sete

tinha semáforo, poluição, não tinha nada disso “

anos. “Ele é tímido com desconhecidos. Mas, entre amigos

O primeiro emprego que arrumou foi de sapateiro, em

e família, junta rapidinho uma roda, porque sempre conta

uma pequena fábrica em Santana, zona norte. “Ou melhor:

causos”. Do primeiro casamento, com a cantora Lurdinha

oficial de calçados”, apressa-se em corrigir. Na cidade gran-

Pereira, tem dois filhos: Vera, de 55 anos, e Marcus, de 38.

75


76


Artigo

Propostas de Ano Novo Dra. Stella M. F. Pranzetti Vieira | Médica pediatra São muitas e variadas, mas ajudam a gente a começar o ano, encarar a vida e o trabalho, acreditando que seja o momento de recomeçar. Adultos preocupados com o trabalho voltam à rotina e encaram velhos problemas, às vezes insolúveis, após a trégua que as festas proporcionam. Crianças ainda em férias, empolgadas ou não com os presentes, observam os pais tentando se organizar como se tivessem passado muito tempo em férias e não soubessem bem como voltar ao velho esquema. Não adianta fazer muitas promessas que fatalmente nunca serão cumpridas. É muito mais sensato nos propormos a realizar pequenas e poucas mudanças para melhorar nossas vidas e a das pessoas próximas de nós, como a nossa família, os nossos amigos e principalmente as nossas crianças. Elas crescem tão depressa que, se perdermos este tem-

po, quando percebemos ele passou e elas vão cuidar da vida e seguir em frente, muitas vezes longe de nós. E o que adiantou correr tanto, trabalhar muito, passar tantas horas fora de casa e colocá-las em tantas atividades para que sentissem menos a nossa ausência, com a desculpa de que era preciso que aprendessem muitas coisas e fizessem vários esportes mesmo sem gostarem ou terem aptidão para tal? Esta pode ser a hora de rever tudo isso com muito cuidado, pensando não só no agora mas no futuro. Escolas em período integral para crianças bem pequenas podem resolver os problemas dos adultos, mas será que são a melhor opção para nossas crianças que, com poucos meses de vida, são levadas bem cedo, ainda sonolentas, e voltam dormindo para casa, já de banho tomado e após jantarem tipo três e meia da tarde? Parece lógico isto?

Pode facilitar a nossa vida, mas está longe de ser o melhor para nossos pequenos. Com frequência as mães me dizem que as crianças só comem na escola e recusam alimentos em casa. Talvez seja porque, na escola, elas comem no horário e sentadas na mesa com outras crianças e, em casa, as pessoas deixaram de se sentar à mesa como antigamente, quando a hora da refeição servia para reunir a família e conversar.Além da falta de tempo, existem hábitos, como comer em frente à TV, para não perder o programa favorito... Seria uma boa proposta de ano novo reunir a família em volta da mesa pelo menos uma vez ao dia ou, quem sabe, uma vez por semana. Uma outra proposta poderia ser dispor de um tempo para brincar, conversar e, principalmente, ouvir as crianças. Elas têm muito mais a dizer do que a gente imagina.

Quando a família sai de férias ou viaja e passa mais tempo convivendo, os pais se surpreendem com os filhos, que parecem ter crescido, e fazem e dizem coisas inesperadas. Isto prova o quanto do tempo deles estamos perdendo. Sabemos que tentamos sempre fazer o melhor, trabalhamos muito também por eles, mas é importante pensar e ponderar sobre o que é realmente o melhor. Na maioria dos casos, pouco se pode fazer em relação a horários, mas sempre haverá o que se fazer em relação a gestos de carinho, atenção, parar para ouvi-los e demonstrar o nosso imenso amor por eles. Resumindo, acho que a nossa proposta de ano novo deveria ser basicamente encontrar mais tempo para AMAR aqueles que realmente importam e usar os próximos 365 dias para demonstrar isto. Um ano lindo para todos!

77


78


79


80


COMBUSTÍVEL QUE VEM DAS ALGAS Cientista diz que sua invenção será a 3ª geração de bicombustíveis

por Diego Ortiz/AE

A busca por novas tecnologias de combustíveis,

Outra vantagem apontada pelo cientista é o pro-

para diminuir a dependência dos fósseis, é a grande

cesso de produção. As microalgas são fáceis de cultivar

corrida química do momento. Os biocombustíveis são

e não ocupam o lugar da lavoura de alimentos, como

as opções mais concretas até agora e entre eles ain-

o etanol. O combustível já está em testes finais e deve

da há espaço para invenções. É o caso das

chegar ao mercado até 2016.

microalgas criadas pelo cientista francês e

Calleja também criou uma microalga

doutor em ictiologia (estudo dos peixes)

que absorve mais gás carbônico que o

Pierre Calleja.

normal. Com isso, desenvolveu uma es-

De acordo com ele, seu combustível criado com as microalgas tem pratica-

pécie de reativo, que junto da alga transmite luz.

mente a mesma octanagem da gasolina.

As lâmpadas com esse composto são

Por isso, para usá-lo não é necessário fa-

alimentadas pelo CO2 e absorvem cerca

zer alterações nos motores atuais a combustão. Calleja

de uma tonelada do poluente por ano, mesma quan-

afirma também que o produto criado por ele tem po-

tidade que uma árvore durante toda a vida. São pró-

der de corrosão menor que o do etanol e o considera a

prias, segundo Calleja, para iluminação pública e estra-

terceira geração dos bicombustíveis.

das movimentadas.

81


Leitura

E-BOOKS

As livrarias digitais chegam ao Brasil, mas será que essa moda pega? por Felipe Mortara/AE | foto: Shutterstock

O

s livros digitais ou e-books chegaram de vez

atingir um novo público atraído pelo digital”, diz Fabio

ao Brasil, país que não só ainda tem uma bai-

Uehara, responsável pelos negócios digitais da Compa-

xa penetração de e-readers e tablets como

nhia das Letras. “Se não tem tantas livrarias quanto se

também índices baixíssimos de leitura. Amazon, Goo-

deveria, agora com um ponto de internet e um tablet

gle, Apple e Kobo estão ansiosos para ver suas lojas

ou e-reader é possível comprar qualquer livro, e tanto

virtuais jorrando livros digitais, mas há dúvidas sobre

faz se estou em São Paulo ou no Oiapoque.”

se ou quando isso realmente acontecerá. “O brasileiro em geral lê pouco. Mas a gente pode

82

As livrarias estrangeiras levaram mais tempo para chegar do que o planejado e chegaram com preços


não tão baixos quanto o esperado. Boa parte da respon-

rias sobrevivam”, diz o vice-presidente da ANL, Augusto

sabilidade é das editoras. Elas se debruçaram sobre os

Kater. A medida, para a presidente do Sindicato Nacional

imensos contratos, refizeram alguns acordos mais an-

dos Editores de Livros, Sônia Machado Jardim, só incen-

tigos com autores (de quando não se previa o formato

tivaria mais a pirataria que, para ela, é o “maior inimigo”

digital), bateram o pé para o preço não ser menor do que

“Se o livro que estiver bombando não estiver no digital,

70% do valor do livro físico e demoraram para aprender a

as pessoas vão escanear e lerão do mesmo jeito.”

converter seu catálogo da forma correta.

Na questão do preço, o Brasil seguiu uma espécie de

“Acho que as editoras brasileiras foram muito espertas

convenção internacional que limita em 30% o desconto

ao negociar com esses players internacionais”, diz Edward

do livro físico para o digital. Isso garante competitividade

Nawotka, editor do site Publishing Perspectives, especiali-

ao papel, mas não anima o consumidor.

zado no setor. “Elas conseguiram obter contratos de ven-

Para analistas, o mercado de e-books deverá ficar res-

das realmente decentes da Amazon. Problemas podem

trito a um pequeno público, composto basicamente de

surgir se a Amazon adquirir muita fatia de mercado, en-

pessoas de renda mais alta e que já tenham tido contato

tão eles passarão a exercer pressão sobre as editoras por

com dispositivos móveis de leitura. “Quem compra livros

acordos melhores para eles, como aconteceu nos Estados

impressos hoje, com preços médios de R$ 50, não terá

Unidos.”

dificuldade em adquirir e-readers”, diz Gerson Ramos,

Por aqui, a Associação Nacional das Livrarias também

consultor de mercado editorial para a Nielsen e para a

se arma. Em uma carta aberta, ela defendeu que lança-

Fundação Biblioteca Nacional. “Estamos falando de um

mentos demorem 120 dias para chegar ao digital. “É bom

poder aquisitivo bem maior do que a média - grande par-

que o livro digital venha, mas é importante que as livra-

te inclusive já possui tais aparelhos”, completa.

83


84


Nutrição

Romã e pêssego: duas grandes bênçãos entre muitas outras que temos à disposição Dra. Patrícia Milaré Lonardoni | Nutricionista | Tel: 3443.3236 | patricia.milare@itelefonica.com.br Quem me conhece sabe que eu não me canso de dizer que não me conformo com pessoas que não acreditam em DEUS. Só para se ter um ideia do quanto nosso PAI é perfeito, nessa época costumo dar esses dois exemplos para meus pacientes. Qual é a época em que o brasileiro mais come gorduras, pois tem muitas confraternizações, coloca pernil para assar e serve leitoa além de outros tipos de carnes e seus acompanhamentos? E qual é a época do pêssego, fruta que desintoxica o fígado – órgão responsável pela digestão e regulação de proteínas e gorduras do corpo? De novembro até o final de janeiro. Será coincidência? Eu acredito

que não. O pêssego protege as células do organismo, renova- as e as revitaliza. O pêssego também limpa e desintoxica a vesícula, além de diminuir os níveis de estresse, por causa de todos os minerais presentes nele. E esses minerais melhoram nosso estado de ânimo. DEUS é perfeito não é mesmo? Afinal, em dezembro há muitas pessoas estressadas e, para janeiro, todos precisam de uma injeção de ânimo para começar o ano com o pé direito. A romã não fica atrás. Só para se ter uma ideia, todas as substâncias ruins dadas ao animal ficam concentradas em sua gordura. Por mais que você retire as gorduras das carnes, há mui-

tas gorduras entre suas fibras. Além disso, nessa época, poucos pensam em retirar e não comer a gordura das carnes. Quando você come essa carne gorda, tudo de ruim que foi dado ao animal (hormônios, antibióticos, etc), e até mesmo o ar mais poluído e cheio de metais tóxicos que ele respirou, virá para você. E pode levar você a desenvolver muuuitas doenças, entre elas, o câncer. Uma fruta riquíssima em antioxidantes - que são substâncias que previnem da gripe ao câncer – é a romã. Essa fruta é considerada anti-câncer pois previne o alojamento do tumor e controla sua multiplicação. Será por acaso que a época da romã é próxima a essas festas

carregadas de gorduras, doces, álcool, onde nosso corpo e, principalmente o fígado, precisam de uma ajuda? Eu acredito que não; foi DEUS quem quis assim. Então, que tal comer um pêssego por dia para desintoxicar seu fígado e sua vesícula? Com relação à romã, achar complicado consumi-la não é desculpa. Corte-a ao meio e aperte, que suas sementes ‘escapam’ com mais facilidade. Então, aproveite para salpicar sobre a salada ou fazer um molho de romã para a salada ou, ainda, tomar um copo de suco de romã por dia. Sua saúde irá agradecer e nosso PAI também, afinal foi ELE quem criou e colocou tudo isso à nossa disposição!!

85


Negócios

Empresas on-line

Especialistas analisam mercado e afirmam que este é o melhor ano para investimentos no setor por Filipe Serrano/AE | Ilustração: Shutterstock

M

uitas ideias boas, muito dinheiro

web comercial. Se em 2011 já se via muita

para investir e uma internet que

oportunidade de negócio na internet brasi-

já é acessada por 94,2 milhões de

leira - cada vez mais usada pela classe C -, em

brasileiros, segundo os números mais re-

86

2012 isso se consolidou.

centes do Ibope Media, e que deve conti-

Diversos fundos de investimento vieram

nuar em crescimento. É nesse cenário que

para o Brasil e hoje aplicam aqui modelos de

estão surgindo empresas de internet no

negócios que já existem em outros países

Brasil, num ritmo que lembra o início da

Porém, para empreendedores e investidores


entrevistados pelo Link, tal otimismo não significa que temos um mercado de tecnologia capaz de se sustentar a longo prazo. Isso porque ainda não há empresas que cresceram a ponto de abrir capital ou que são vendidas por centenas de milhões ou bilhões de dólares - e que, com isso, compram outras startups, renovando o ciclo. Esse é o desafio para 2013. “Sem aquisições, dificilmente conseguiremos atrair mais investimentos e formar startups mais sóli-

empresas que já têm R$ 10 milhões de faturamento

das”, diz Gustavo Caetano, presidente da Associação

e a nova geração”, diz.

Brasileira de Startups e CEO da Sambatech. “Ainda

Também é preciso investir na formação dos em-

estamos na transição entre o amadorismo e o mer-

preendedores, segundo o investidor Cassio A. Spi-

cado maduro.”

na, da Anjos do Brasil. Para ele, as pessoas que que-

Para o investidor e empreendedor Marcelo Sales,

rem empreender online devem trabalhar em outras

fundador da aceleradora 21212, em 2013 as star-

startups antes de abrir a sua. “Além da ganharem

tups terão de aumentar o número de clientes para

experiência, acumulam capital para desenvolver

ganhar escala. “O Brasil tem um gap enorme entre

sua ideia”, diz.

87


88


Design de Interiores

Casa arrumada é assim Cássia Reis | Designer de Interiores | 9115.5495 | 3011.2091 Um lugar organizado, limpo, com espaço livre pra circulação e uma boa entrada de luz. Mas casa, pra mim, tem que ser casa e não um centro cirúrgico, um cenário de novela. Tem gente que gasta muito tempo limpando, esterilizando, ajeitando os móveis, afofando as almofadas... Não, eu prefiro viver numa casa onde eu bato o olho e percebo logo: “Aqui tem vida”. Casa com vida, pra mim, é aquela em que os livros saem das prateleiras e os enfeites brincam de trocar de lugar. Casa com vida tem fogão gasto pelo uso, pelo abuso das refeições fartas, que

chamam todo mundo pra mesa da cozinha. Sofá sem mancha? Tapete sem fio puxado? Mesa sem marca de copo? Tá na cara que é casa sem festa. E se o piso não tem arranhão, é porque ali ninguém dança. Casa com vida, pra mim, tem banheiro com vapor perfumado no meio da tarde. Tem gaveta de entulho, daquelas que a gente guarda barbante, passaporte e vela de aniversário, tudo junto. Casa com vida é aquela em que a gente entra e se sente bem-vinda. A que está sempre pronta pros amigos, filhos, netos, pros vizinhos.

E nos quartos, se possível, tem lençóis revirados por gente que brinca ou namora a qualquer hora do dia. Casa com vida é aquela que a gente arruma pra ficar com a cara da gente. Arrume a sua casa todos os dias, mas arrume de um jeito que lhe sobre tempo pra viver nela. E reconhecer nela o seu lugar.

89


Mulher

Dificuldade para engravidar Pesquisas apontam que problema pode estar relacionado ao que os médicos chamam de “menopausa prematura” por Assumpto Iacomelli Jr*/AE

E

90

studos em andamento no mundo todo sobre

de idade, esse grupo começa a apresentar falhas

as causas da ‘insuficiência ovariana primária’,

no ciclo menstrual antes mesmo dos 40 anos. Tal

também chamada de ‘menopausa prematu-

ocorrência contrasta com uma mudança no com-

ra’, ainda são inconclusivos, mas há fortes evidên-

portamento feminino, já que é grande o número

cias indicando a possibilidade de se tratar de um

de mulheres que estão adiando a maternidade e os

problema genético que atinge uma em cada cem

planos de aumentar a família por causa da carreira.

mulheres. Enquanto a maior parte do público fe-

Vem aumentando, desta feita, o número de mu-

minino chega à menopausa por volta dos 50 anos

lheres que recorrem a um especialista em Medicina


Reprodutiva porque estão enfrentando dificuldade para

realizam os melhores prognósticos da reserva ovariana.

engravidar nessa fase madura, em que a fertilidade é natu-

A contagem já é realizada durante o ultrassom pélvico

ralmente mais reduzida. Quando o assunto é menopausa

basal e é, sem dúvida, de grande utilidade, pela facilida-

prematura, entre 5% e 10% delas atingem seu objetivo.

de de realização e boa acurácia.

Vale ressaltar que mulheres com mais de 35 anos

Com o aumento do nível educacional e a maior par-

que desejam engravidar deveriam consultar um espe-

ticipação feminina no mercado de trabalho, já houve

cialista para avaliar suas taxas de fertilidade o quanto

um aumento significante na incidência de infertilidade

antes, buscando tratamento quando necessário. Quan-

relacionada à idade reprodutiva da mulher. A drástica

do a pessoa tem 20 anos, as chances de não engravidar

diminuição da fertilidade com o passar dos anos é fator

depois de um ano de tentativas contínuas é de 5%. Essa

relevante para homens e mulheres.

taxa aumenta para 30% ou mais a partir dos 35 anos.

Outro fator é a incidência de problemas relaciona-

Já em pacientes com insuficiência ovariana primária, a

dos ao aparelho reprodutor feminino - como a me-

proporção de mulheres que não conseguem engravidar

nopausa precoce, por exemplo - que podem dificul-

gira em torno de 80% ou 90%. Daí a importância de ava-

tar ainda mais uma gravidez. No caso da insuficiência

liar sem demora a reserva ovariana para verificar se há

ovariana primária, a paciente precisa receber inclusive

óvulos disponíveis que permitam dar início a um trata-

um acompanhamento médico para evitar outros des-

mento de fertilização assistida.

dobramentos, como osteoporose, doenças endócrinas

Além de checar os óvulos disponíveis, o exame de

e cardiovasculares devido ao baixo nível de estrogênio.

reserva ovariana também contribui para individualizar o

Os casais, de modo geral, deveriam considerar esses fa-

tratamento e adotar um protocolo com mais chances de

tores importantes antes de adiar os planos de ter filhos.

sucesso. Atualmente, a dosagem de hormônio antimulleriano (AMH) e a contagem de folículos antrais (CFA)

*Assumpto Iacomelli Jr. é ginecologista e especialista em Reprodução Humana

91


92


Arquitetura & Design

Ano novo, casa nova Fabiana Massaro e Alessandra N. Queiroz | www.atelier21.com.br | Fone: 3704.0083 Chegou 2013 e todos renovam as energias para mais um ano de muito trabalho e emoções. Podemos também começar uma mudança onde moramos. Nada mais prazeroso e energizante do que estar num ambiente agradável e harmonioso. Isso pode ser feito de várias formas, por exemplo: pinte uma parede de outra cor; mude seus quadros de lugar ou, se possível, coloque um novo; troque todas as fotos dos porta-retratos; compre um spray branco e pinte algum objeto, que já ficou cansativo pela cor; ou uma cesta rústica, que pode se transformar num lindo porta-objetos. Uma cúpula de abajur pode dar outro toque com um novo tecido. Faça o mesmo com assento de cadeiras e almofadas. Arrume todo seu armário, fazendo doa-

ções de todas as peças que você não usa há algum tempo, dando espaço para novas peças e fazendo outras pessoas mais felizes. Procure facilitar a sua vida, deixando sua casa mais prática à sua rotina. Troque as flores artificiais, por algum tempo e deixe somente as naturais para que tragam energias positivas para seu lar e à sua vida. Troque as toalhas de mesa e faça arranjos com velas, flores e frutas para causar mais impacto. Mude os tapetes de lugar e inove com as peças que já possui. O mais importante: faça você mesmo e tenha certeza que o resultado lhe trará muito mais prazer e alegria. As mudanças boas devem começar de dentro para fora, partindo de nós mesmos. Então mãos à obra e feliz 2013!

93


Cinema

O MITO

Conheça a história de Aston Martin, o carro de 007 por Diego Ortiz/AE | foto: Divulgação

S

e até hoje o espião James Bond curte a vida

tin tinha chassi de Isotta-Fraschini 1908. O motor

a bordo de modelos da Aston Martin, a “cul-

quatro-cilindros era da Coventry Símplex.

pa” é de Lionel Martin e Robert Bamford, que

Já em 1915 a empresa sofreu um grande revés.

fundaram a mítica marca inglesa há 100 anos, na

Com o início da Primeira Guerra Mundial, Martin se

cidade de Gaydon. O nome surgiu da ideia de ho-

alistou no exército real britânico. No fim do conflito,

menagear a corrida Aston Hill combinada ao so-

os sócios se reuniram novamente para produzir, em

brenome de Lionel

1922, modelos de competição.

O primeiro carro a ser batizado de Aston Mar-

94

Destes, o destaque foi o Razor Blade, considera-


do pela revista The Light Car & Cyclecar, à época, “o

James Bond (Daniel Craig) junto a seu Aston Martin em Operação Skyfall (2012)

maior avanço em design e alta eficiência em um carro pequeno.” Mas o mundo dos negócios não era o forte de Martin e Bamford, mais afeitos às aventuras. Em 1924 a empresa foi vendida para Lady Charnwood, que também não obteve sucesso financeiro com a Aston. Dois anos depois, a fábrica fechou as portas para reabrir em seguida, sob o comando de Bert Bertelli. Até 1937, ele criou modelos emblemáticos, como o T-type e o 2 Liter Speed. Mas as dificuldades financeiras continuaram a se sobrepor e em 1947 a Aston Martin foi comprada por

chegou às mãos da Ford. Ganhou fábrica nova, em Bloxham, e modelos que ainda fazem “babar”, como DB7, DB9 e V12 Vantage.

David Brown. Nesta fase surgiram os modelos com a

A Ford vendeu a empresa em 2007 para o grupo

sigla DB, utilizada até hoje nos carros, digamos, mais

inglês Prodrive. Surgiram o fracassado subcompacto

interessantes da inglesa.

Cygnet e os belos Rapide, One-77 e V12 Zagato, mais

O primeiro, DB2, chegou em 1950. O belo DB Mark

recente criação da marca. Mesmo após tantos pro-

III é de 1957 e o icônico DB5, primeiro carro do agente

blemas, a Aston Martin manteve intacta sua imagem

007, é de 1963.

de mito automotivo, fruto da tradição esportiva cria-

Em 1994, após uma sucessão de donos, a Aston

da pelos aventureiros Martin e Bamford.

95


Artigo Andréa C. Bombonati Lopes Psicóloga e Psicanalista Rua Frederico Ozanan, 94 Fone: 8132-7989

No finalzinho do ano que se acabou, há poucas semanas, havia um comercial de tevê que costuma circular em finais de ano. Com uma mensagem de boas festas, o comercial trazia um pequeno trecho do poema Receita de Ano Novo, do poeta Carlos Drummond de Andrade, (parcialmente reproduzido abaixo) que diz: “É dentro de você que o Ano Novo cochila e espera desde sempre”. Pois imagino que a maior parte de nós não caia mais na velha armadilha de achar que ‘as coisas vêm mesmo prontas’, não é mesmo? Engano. Ainda acreditamos, sim,

96

ANO NOVO que todos os problemas se resolverão num estalar de dedos, ou num passe de mágica. Parece tarefa difícil reconhecermos que felicidade, paz, prosperidade, amor e os demais desejos com que brindamos a todos que amamos estão cochilando dentro de nossos corações. Só nossas ações e atitudes para despertá-los. Por isso, é fundamental que o ano novo possa nos trazer apenas uma mensagem: comprometimento. Não há relacionamento, emprego ou quilos a menos, que nos sejam entregues em pacote único pelo correio,

pronto, acabado, sem nos exigir cultivo e dedicação. Sabemos disso. Mas ainda assim alguns de nós continuam a achar que ‘o que tiver de ser, será’, em vez de alavancar o que desejam. Alguns de nós ainda escolhem responsabilizar um outro qualquer por fracassos ou sucessos de elementos absolutamente intransferíveis: nossa vontade e nossos sonhos. Não precisa fazer lista de boas intenções para arquivá-las na gaveta. Não precisa chorar arrependido pelas besteiras consumadas nem parvamente acreditar que por decreto de

esperança a partir de janeiro as coisas mudem e seja tudo claridade, recompensa, justiça entre os homens e as nações, liberdade com cheiro e gosto de pão matinal, direitos respeitados, começando pelo direito augusto de viver. Para ganhar um Ano Novo que mereça este nome, você, meu caro, tem de merecê-lo, tem de fazê-lo novo, eu sei que não é fácil, mas tente, experimente, consciente. É dentro de você que o Ano Novo cochila e espera desde sempre. A você, leitor, meu desejo de um Ano Novo escancaradamente desperto!


Segurança

O MELHOR CAMINHO É SEMPRE A PREVENÇÃO Émerson Camargo Pós-graduado com especialização em Segurança Pública e Privada MBA em gestão estratégica de negócios MBA em gestão de pessoas Fone 7802-5064 – ID 55*139*7222

Existem pessoas que são assaltadas várias vezes enquanto outras nunca sofreram qualquer abordagem de marginais. Mas, será que é azar de umas e pura sorte de outras? Com certeza, não! Esse evento não está atrelado à sorte envolvida no fato de alguém jamais ter sido roubado. A verdade é que quem nunca foi vítima de assalto é certamente mais prevenido que as outras pessoas, evitando, mesmo que inconscientemente, a aproximação de estranhos e, por isso, acaba sendo considerado sortudo, quando o assunto é

segurança. Por exemplo, o carteiro anda pelas ruas da cidade observando e procurando endereços para entregar correspondências. O policial faz seu patrulhamento pelas ruas da cidade atento a pessoas suspeitas que possam vir a praticar crimes a fim de evitar esses delitos. Já o marginal anda por aí armado, às vezes drogado, em busca de vítimas fáceis, pessoas ingênuas e distraídas, que não acreditam serem vítimas em potencial. A vítima ideal para o marginal, como se diz na gíria, é qualquer pessoa que estiver “dando mole”.

Agindo imprudentemente, ela será vítima duas vezes; dos marginais e da sua própria inexperiência e desatenção. Portanto, manter-se focado nos riscos do cotidiano é um ato de esperteza e de sabedoria, que pode salvar sua vida e patrimônio, ou seja, se policie sempre! Lembre-se que ser vítima da criminalidade não é um fenômeno ligado a sorte ou azar, nem é mera fatalidade. Os riscos podem ser evitados; e o melhor caminho é sempre a prevenção. Pense nisso, mude seus hábitos e tenha uma vida mais segura.

97


98


99


Condominios ed_25  

Condominios ed_25

Advertisement
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you