Page 1


2

ColĂŠgio Madre Paula Montalt


Editorial

Novos caminhos

A voz do

Repleto de significados históricos para nós, o ano de 2008 foi particularmente especial. Com a proposta de mostrar que experiências variadas colaboram com o aprendizado dos alunos, c el ebramo s os 75 anos da vinda das primeiras religiosas escolápias para o Brasil e os 100 anos da imigração japonesa em nosso país. Durante os eventos comemorativos, descobrimos muitos e raros talentos em meio à comunidade do Colégio Madre Paula Montalt. Também encontramos força e coragem para enfrentar dificuldades que surgiram, tornando-nos cada vez mais conscientes do papel que exercemos em nossa tarefa educativa. Vivenciamos um tempo de sabedoria, entendimento, conselho, fortaleza, ciência, piedade e amor quando nos colocamos a serviço de Deus para o bem do próximo. Aos educadores, alunos, familiares, funcionários e amigos os nossos agradecimentos pela confiança e pelo estímulo com relação ao processo de ensino-aprendizagem que dispomos em parceria com o Sistema Anglo de Ensino. Que sejamos um só em ti, Espírito Santo, e em nada nos afastemos da verdade, da bondade e do bom exemplo. Santa Paula Montalt e São José de Calasanz cubram-nos com as suas generosas bênçãos.

Alvina Borges de Paiva Madre Imaculada – Diretora

Colaboradores

Alvina Borges de Paiva - Diretora Andréa Baro Ângela Maria Capelete Anunziata Isabel M.Lopes Auriana de Paiva Barbosa – Orientadora Educacional Danilo Carlos da G. Silva Eliza Augusta C. Abreu Fabiana F. C. Del Nero – Coordenadora Ensino Fundamental I Joana D´Arc da S. Costa Mara Lúcia Gennarini Maria Cecília F. Ribeiro – Coordenadora Educação Infantil

Colégio Madre Paula Montalt

Madre Paula Publicação do Colégio Madre Paula, editada sob responsabilidade do seu quadro de profissionais, para os aluno, os pais e toda a equipe de trabalho. Diretora Alvina Borges de Paiva Vice Diretora Rosane Maria Rauber Cordenadoras Sueli Maria Capóia Cardoso Fabiana F. C. Del Nero Maria Cecília Freitas Ribeiro Orientadoras Auriana de Paiva Barbosa Rosana Aparecida S. B. Morais Capa Regina Célia P. S. Crepaldi Secretária Walkiria de A. M. Lapo Produção Editora Eco Ambiental Ltda Tel.: (11) 3871-9292 Diagramação Felipe Emple Colégio Madre Paula Montalt Rua Carlos Weber, 1315 Vila Hamburguesa - São Paulo CEP 05303-000 Tel.: (11) 3836-7369 Cel.: (11) 3837-9012 Site www.madrepaulamontalt.com.br Email madrepaula@madrepaulamontalt.com.br

Maria de Fátima Moço Maria Helena I. Karolski Myrian Massarente Patrícia Ito Sasaki Regina Célia P. S. Crepaldi Renato Vieira Prioste Rosane Maria Rauber Roseli Lopes Guedes Sérgio Akira Oide Sueli Maria Capóia Cardoso – Coordenadora

3


Um sentido maior para a vida

Ana Carolina N. Magalhães Psicológa

O Projeto Multiplicadores Sociais, de nosso Colégio, tem por objetivo o despertar para a cidadania, os direitos e os deveres do cidadão, com fundamento em quatro pilares propostos pela Comissão Internacional sobre a Educação para o Século XXI, da Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (UNESCO), denominado Relatório Jacques Delors: • Aprender a conhecer, isto é, adquirir os instrumentos da compreensão. • Aprender a fazer, para poder agir sobre o meio envolvente. • Aprender a viver juntos, participar e cooperar com os outros em todas as atividades humanas. • Aprender a ser, via essencial que integra as três precedentes.

Aprendendo e vivenciando o ser solidário

Família Madre Paula e Mara Lúcia Gennarini Assistente Social

Em 2008, as equipes do Projeto Social realizaram várias atividades, como as campanhas de arrecadação de agasalhos e brinquedos, a Feira da Solidariedade, a Festa Junina da Família, o desfile beneficente de moda, o Dia de Ação de Graças, o Natal dos Sonhos (em conjunto com a Arquidiocese de São Paulo), o sopão e as visitas ao Cantinho que Encontrei. É gratificante saber que todos nós pudemos contribuir para que os resultados positivos de nossos eventos destinaram-se a instituições que atendem às pessoas que se encontram em dificuldades: ITACI, Creche Normando Souza Linhares, Creche Tia Lita, Casa Nossa Senhora do Socorro Montserrat e Obras Sociais da Paróquia Nossa Senhora de Lourdes. Agradecemos, em especial, a você que sempre colabora e oferece o melhor de si. Contaremos com a sua presença nos próximos encontros.

4

Colégio Madre Paula Montalt


Feira da Solidariedade

Maria de Fátima Moço Professora de Educação Física

Doação foi a nossa maior atitude vivenciada na Feira da Solidariedade 2008. Todos se motivaram e trabalharam para a organização do evento que teve como tema 100 Anos de Imigração Japonesa no Brasil. Houve muitas manifestações de arte em variados tipos de apresentação: confecção de tanabatas, mandalas, tsurus, ideogramas e lanternas que decoraram o ambiente; danças e canções típicas; demonstração de kendô; barracas de guloseimas saborosas, muitas vezes preparadas pelos familiares dos alunos. Conhecer um pouco da cultura japonesa, seus simbolismos e significados, foi uma experiência de grande aprendizado e, também, uma oportunidade de expressar nosso amor às crianças portadoras de dificuldades e carentes, pois a renda obtida foi dedicada a elas.

A prática do bem Com o objetivo de conseguir meios para a compra de materiais esportivos, destinados a 400 crianças que freqüentam o Centro de Juventude da Igreja Dom Bosco, os alunos de 8.º ano do Ensino Fundamental II realizaram um trabalho voluntário com muita elegância. A idéia concretizou-se em forma de um desfile beneficente, em parceria com lojas de roupas, da própria

Colégio Madre Paula Montalt

Angela Maria Capelete Maria de Fátima Moço Facilitadoras do evento

comunidade, que emprestaram algumas peças para o evento. Os alunos e a platéia perceberam a importância do voluntariado e que a união e a amizade são capazes de transformar sonhos em realidade.

5


Educação infantil e Ensino Fundamental I

Como tornar a leitura uma fonte de prazer Maria Cecília de Freitas Ribeiro Coordenadora de Educação Infantil e 1.° ano de Ensino Fundamental I

Ler bons livros para as crianças é uma oportunidade de lazer e um convite à imaginação, mas o que realmente faz a diferença é o entusiasmo do leitor. Para os filhos, poucas situações são tão confortáveis quanto ouvir o papai ou a mamãe contar uma história. A criança que participa do processo de leitura desde pequenina, dentro de casa e em ambiente escolar, é muito auxiliada no processo de alfabetização: leitura, compreensão e produção de textos. A literatura infantil reproduz as histórias do mundo de uma forma simbólica, ao romper barreiras e limitações do real, aproximando o leitor aos valores humanos, como fraternidade, compaixão, amor, respeito, honestidade, coragem e muita criatividade.

6

Colégio Madre Paula Montalt


Projetos interativos Atividades fora da sala de aula A relação ensino - aprendizagem, enriquecida por experiências interessantes, e o contato com outros ecossistemas e ambientes que despertam a criatividade são objetivos das excursões que planejamos. Os alunos que participam dessas atividades sentem mais interesse pelas relações pessoais de companheirismo e pelo meio ambiente.

A criança é a dona da festa Foi com planejamento, organização e alegria que, na Semana da Criança, saber e recreação caminharam juntos. Hora da história, teatro, caça ao tesouro, oficina de massinha e cineminha foram aprendizados que instigaram a inteligência, o sentimento e a criatividade para as crianças. Para completar, o lúdico show do mágico Macri, em uma apresentação inesquecível.

Valores da cultura nipo-brasileira Myrian Massarente Professora de Música

Devido ao sucesso da apresentação durante a abertura da Feira da Solidariedade, em nosso Colégio, os integrantes dos cursos de Flauta Doce e Coral foram convidados a prestar mais uma homenagem ao centenário da imigração japonesa no Brasil. No Clube Okinawa de Casa Verde, os alunos puderam tocar e apresentar canções típicas que emocionaram a platéia e, também, assistir a diversas atrações artísticas no decorrer do evento.

Colégio Madre Paula Montalt

7


Para construir a cidadania

Fabiana F. C. Del Nero Coordenadora – Ensino Fundamental I

A presença de pais e familiares, no encerramento dos projetos semestrais, trouxe alegria e orgulho à equipe pedagógica de Ensino Fundamental I. As turmas de 2.º ano levaram os adultos aos bons tempos de infância, com cantigas de rodas tradicionais. A importância da preservação da vida animal foi demonstrada pelas crianças de 3.º ano. Um passeio pelo mundo da fantasia, com a dramatização do texto de Oswaldo Montenegro em sua obra literária Vale encantado, da FTD, foi experiência bem sucedida dos alunos de 4.º ano. As classes de 5.º ano trouxeram-nos de volta à realidade com jogos e desafios em lógica. Parabéns às professoras e aos alunos, pois a semana refletiu a importância da família no ambiente escolar.

Arte em cena

Maria Helena I. Karolski Professora de Língua Portuguesa - 5° ano

Teatro fascina! Teatro diverte! Teatro instrui! Teatro enriquece! É por isso que não deixamos de prestigiá-lo. Dessa vez, a garotada do 5.º ano A, B e C assistiu à peça O poeta e as andorinhas, de Oscar Wilde, no Teatro Imprensa. Uma história de vida que prima pela sensibilidade do tema e pela beleza dos seus diálogos e canções. Saímos muito mais humanos do que entramos. Melhorar mais e mais, isso é o que faz a vida valer a pena!

8

Colégio Madre Paula Montalt


Ensino Fundamental II

Cuidados com a água

Maria do Carmo de M. Borges Professora de Ciências

Em 2008, os alunos de 6.º ano participaram do Programa Água na Escola, que visa sensibilizar, conscientizar e mobilizar a sociedade por meio de agentes animadores - os voluntários da água. O uso inteligente desse bem, o combate a todas as formas de desperdício e os cuidados com a higiene de moradias e locais de trabalho são metas para hoje. Os alunos leram e analisaram a revista fornecida pelo Programa Água na Escola e aplicaram na vida prática o que compreenderam, como verdadeiros cidadãos conscientes das ações de educação ambiental e da conservação do nosso planeta.

Arigatô!

Eliza Augusta C. Abreu Professora de História

Um navio chamado Kasatu-Maru atracou no porto de Santos, no início do século passado. Nele encontravam-se centenas de japoneses tentando começar uma nova vida aqui no Brasil. Era o início da grande integração entre as culturas brasileira e japonesa. No dia 18 de junho de 2008, essa viagem completou 100 anos. Por esse motivo, os alunos de 6.º ano foram visitar o Museu Histórico da Imigração Japonesa, no bairro da Liberdade, em São Paulo. Esse museu tem como objetivo registrar e preservar tudo o que puder contar a história e o modo de vida dos japoneses no Brasil. Para complementar o passeio, conhecemos os arredores onde vimos um templo budista, as famosas lanternas que iluminam as ruas do bairro da Liberdade, um grande portal chamado torii e as famosas lojinhas de deliciosas iguarias típicas.

Aluna visita Nova Iorque

Joana D’Arc da S. Costa Professora de Redação

“ A viagem foi perfeita, adorei!”..., disse Georgia Santaniello Abejon (7ºB) que visitou a cidade de Nova Iorque (EUA), em julho deste ano, acompanhada de seus pais. A viagem foi oferecida à aluna pela 20th Century Fox Home Entertaiment em parceria com o Sindicato dos Estabelecimentos de Ensino no Estado de São Paulo - SIEEESP, como prêmio do concurso de redação, em 2007, no qual foi a 1.a colocada, entre os alunos de aproximadamente 300 escolas inscritas. Em visita ao Museu de História Natural de Nova Iorque, Georgia pôde observar o ambiente que inspirou o filme Uma Noite no Museu, que foi tema de sua redação vencedora, além de conhecer outros pontos turísticos da cidade.

Colégio Madre Paula Montalt

9


Feira da Cultura

Um grande desafio para a sociedade Sueli Maria Capóia Cardoso Coordenadora

A

Feira da Cultura deste ano propôs o tema Planeta Terra e a Valorização da Vida, em múltiplos projetos de educação socioambiental. Tendo como base o tema da Campanha da Fraternidade 2008, Fraternidade e Defesa da Vida, e com o lema “Escolhe, pois, a vida“ (Dt 30.19), o objetivo de nosso evento foi levar a sociedade a promover a vida em todos os seus aspectos. A proteção à vida ultrapassa interesses pessoais ou de grupos, pois o nosso compromisso é com o bem que a Terra nos oferece. Não devemos nos esquecer de que o ser humano é somente uma das partes integrantes da natureza. O apoio sempre presente de toda a equipe pedagógica e dos alunos de nosso Colégio foram essenciais para que a comunidade pudesse refletir e agir positivamente a respeito das mudanças ambientais globais que ocorrem.

Apresentação de taikô

Entrega de medalhas do xadrez

coral e flauta doce

10

Colégio Madre Paula Montalt


Apresentação de

danças

Colégio Madre Paula Montalt

11


Exposição de trabalhos dos alunos

A multimídia e o trabalho pedagógico

12

Colégio Madre Paula Montalt


Jogos Olímpicos

Maria de Fátima Moço Sérgio Akira Oide Professores de Educação Física

Em comemoração à Olimpíada 2008, em Pequim, realizamos competições de atletismo, em que os jovens puderam vivenciar as modalidades de corrida, salto e arremesso. A abertura dos jogos foi feita com os alunos de Ensino Fundamental I: desfile de bandeiras, aros e tocha olímpicos. Houve, ainda, o juramento do atleta com todos os alunos participantes. O resultado do projeto foi positivo, porque a amizade, o espírito de equipe e o respeito foram incentivados entre os competidores e a platéia.

Arte em foco

Regina Célia P. S. Crepaldi Professora de EducaçãoArtística

As turmas de 7.º ano fizeram uma excursão à Pinacoteca do Estado, que é, atualmente, o museu mais significativo da arte brasileira, em suas amplas salas com arquitetura neoclássica impecável, de Ramos de Azevedo. Tem tudo para encantar: o charme do Jardim da Luz e um acervo espetacular e bem cuidado. Após, os alunos ainda puderam apreciar, na Estação Pinacoteca, o acervo da Fundação Neverovsky, do qual fazem parte quadros de Picasso e Di Cavalcanti, que foram roubados e, felizmente, recuperados.

Colégio Madre Paula Montalt

13


Show de bola

s

Danilo Carlos da Graça Silva Professor de Futsal

ob a orientação dos professores Danilo e Fernando, alunos das turmas de Ensino Fundamental I fizeram bonito na Escolinha de Futebol e de Futsal. Em 2008, participaram de campeonatos e de jogos amistosos, nas categorias: • XII Novos Talentos de Futsal ACM-Lapa sub – 09 • FUTCUP - Colégio Pentágono - sub 08 e sub 10 • Festival Stand Podium V. Leopoldina – sub 10 • Olibatista - Jogos Interescolares do Colégio Batista Brasileiro - sub 09

Educação e valores esportivos

Renato Vieira Prioste Professor de Esporte

A Escola de Esporte, para alunos do 2.º ano de Ensino Fundamental I ao 3.º ano de Ensino Médio, tem como objetivo a construção do conhecimento sobre o esporte. Normas e regras orientam os padrões de conduta esportiva, compartilhados pelos atletas. Com isso, surgem grupos de competição que representam o nosso Colégio em festivais e torneios internos e externos, ao longo do ano letivo.

Olimpais

Auriana Paiva Barbosa Orientadora Educacional

Em agosto, o Dia dos Pais foi comemorado em forma de jogos e brincadeiras que despertaram o companheirismo e o carinho entre pais e filhos. Peteca, corda, vai-e-vem, bola ao cesto e ao gol foram algumas das atividades esportivas que fizeram parte do encontro, aproveitando o momento de euforia olímpica.

14

Colégio Madre Paula Montalt


Descobrindo o sentimento religioso

Madre Rosane Maria Raber Madre Roseli Lopes Guedes

A Primeira Eucaristia é um encontro sacramental de grande importância e delicadeza, porque é quando o coração do ser humano abre-se para receber a visita de Jesus Cristo. Não é uma visita passgeira, mas o início de uma amizade verdadeira e duradoura. A partir desse momento, sentimo-nos fortificados, corajosos, felizes e exemplos para a comunidade em que vivemos. “Vós sois minhas testemunhas e meus servos que eu escolhi...“(Is 43, 10) “... Aplicai-vos a fazer o bem diante de todos os homens...” (Rm 12-15) Parabéns às crianças da catequese e a seus familiares.

Afinal, o que é TDAH?

z Neusa Maria Lima Botana Fonoaudióloga CRF: 3296

O Transtorno do Déficit de Atenção com Hiperatividade (TDAH) afeta crianças, adolescentes e adultos. Na maioria dos casos essas pessoas tornam-se inquietas, impulsivas, vivem trocando de interesses e planos. Também apresentam dificuldades em realizar atividades até o final e não conseguem manter atenção por muito tempo ao que fazem. Ocorre em 5% a 6% da população estudantil, podendo acarretar comprometimentos na vida escolar e desenvolver comportamentos anti-sociais. Torna-se essencial que educadores e familiares fiquem atentos a esses casos e os encaminhem aos profissionais das áreas de medicina, fonoaudiologia e psicologia para que futuros comprometimentos sejam minimizados. Para maiores informações: e-mail: Neusa.botana@terra.com.br Colégio Madre Paula Montalt

15


Um dia especial

Regina Célia P. S. Crepaldi Professora de Educação Artística

coragem e obstinação dos fortes (dos que semeiam e não apenas colhem), pudessem chegar a tão distante. A pequena romãzeira, que ela plantou em vida, cresceu e se transformou junto a outras árvores com frutos de múltiplos sabores e cores, em países tão diversos.

Luminosa manhã de setembro. A cantoria dos pássaros foi se juntando à nossa alegre algazarra, amigos encontrando-se... Em cada um dos lugares reservados, um intrigante recipiente cheio d´água. Pequenos desastres ao arredar as cadeiras, água entornando, mas nada grave. Depois de acomodados, vamos nos nal. Fazemos isso com alegria, entusiasmo e descontração. A filosofia escolápia é vestida e reinterpretada em imagens, sons, cores e movimentos. Não creio que a menina de olhos azuis e longas tranças, nascida há dois séculos em uma província da Catalunha, obtivesse muita informação sobre um país enorme, a oeste, depois do Mediterrâneo, do oceano Atlântico, e que tivesse como língua oficial o português, em uma América espanhola. Nem imaginou que seus ensinamentos, nos quais pôs empenho, aquietando devagar. Um pequeno presente em forma de origami nos é entregue, uma mensagem se abrindo em forma de flor, no pequeno pote d´água. E a reflexão: “Senhor, dá-me de beber desta água pura que me faz viver“. Acalmados, estamos prontos para apresentar nossos trabalhos, do Ensino Médio ao Minimater-

Informação e segurança

Nós, educadores e funcionários do Colégio Madre Paula Montalt, sentimos orgulho de fazer parte da família escolápia também.

Andréa Baro Professora de Ciências, História e Geografia - 5.° ano

O Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência PROERD - foi implantado em 1992, completando 15 anos como um forte aliado para alertar e proteger os educandos contra os perigos das drogas. Em setembro, aconteceu a formatura das turmas de 5.º ano, após alguns meses de curso de prevenção às pressões do mundo atual. Sob a emoção dos pais e dos convidados, os formandos receberam o certificado e prometeram manter-se afastados de todos os males sobre os quais foram orientados.

16

Colégio Madre Paula Montalt


Escolápias completam 75 anos de missão educativa no Brasil

Angela Maria Capelete Professora de Ensino Religioso – Fundamental I

Hoje, louvamos a Deus pelo carisma de Santa Paula Montalt, pois seu ideal, salvar a infância e a família, é tema constante na mídia. Ela colocou a Congregação das Filhas de Maria Escolápias a serviço da fé viva, da caridade e da missão educadora de criança e jovens, a partir da Espanha para quatro continentes, na atualidade. Na missa do dia 10 de outubro, os dois grandes mestres, José de Calasanz e Paula Montalt, foram lembrados com carinho e reverência pela comunidade do nosso Colégio.

Colégio Madre Paula Montalt

17


Sonho de uma noite de

verão

Intriga, ciúme, intransigência, amores não correspondidos, egos inflados, caprichos, tramas, tramóias e trapalhadas numa floresta perturbada e povoada por fantasmas, espíritos e mortais, numa noite de verão com esplêndida lua ceia... Tudo é tema da comédia de William Shakespeare, encenada pelo Grupo de Teatro Santa Paula, em mais uma noite de gala, emoção e alegria. Puck, Titânia, Oberon, Hipólita, Teseu, Lisandro, Demétrio, Hérmia, Helena, Pedro Cunha, Fundilho, Justinho, Beto Faminto, Egeu, Filóstrato, pajem, fadas e narradoras vagaram pelo espaço cênico da floresta, ganhando vida e mistério, provando que talento aliado a empenho, determinação e disciplina produzem um belo resultado harmônico comovente e instigante. Isso é Arte, na sua mais pura definição.

Atividades extras As excursões sempre são organizadas com o objetivo de complementar ou enriquecer as disciplinas estudadas por nossos alunos. São de caráter pedagógico e cultural. Ensino Fundamental II 6.º ano - Museu do Mar - Santos/SP 7.º ano - Eclusa - Barra Bonita / SP 8.º ano - Exposição Albert Einstein / Oca Ibirapuera / SP 9.º ano - Museu da Língua Portuguesa - 100 anos de Machado de Assis 18

Anunziata I. M. Lopes Regina Célia P. S Crepaldi Responsáveis pelo GTSP

Equipe Pedagógica Ensino Médio 1.º, 2.º e 3.º ano - Hopi Hari - Vinhedo / SP 3.º ano - Visita a várias Universidades Oficinas especiais 1.º, 2.º e 3.º ano – Medicina Veterinária e Direito Teatro 3.º ano - A Megera Domada, de W.Shakespeare Direção de Cacá Rosset - Teatro Sérgio Cardoso Colégio Madre Paula Montalt


ColĂŠgio Madre Paula Montalt

19


20

ColĂŠgio Madre Paula Montalt

Colégio Madre Paula Montalt  

Colégio com mais de 50 anos de tradição, localizado na vila leopoldina.